Sample records for magnesium 28
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 14 shown.



1

Marcha de absorção de nutrientes pelo tomateiro/ Nutrients absorption rate of tomato plants

Gargantini, H.; Blanco, H. Garcia
1963-01-01

Resumo em português São apresentados, neste trabalho, os dados da marcha da absorção dos elementos nutritivos essenciais pelo tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.), em plantas cultivadas em igualdade de condições em vasos de Mitscherlich. Durante o ciclo da planta, em cada dez dias, foram colhidas e analisadas para determinar os teores de N, P, K, Ca, Mg e S. Os resultados obtidos mostraram que o tomateiro absorve grande quantidade de potássio, 185 kg/ha, e pouco menos de nitrogên (mais) io, 93,6 kg/ha, A seguir, em ordem decrescente, vieram o cálcio, com 31 kg, o enxôfre, com 28 kg, o fósforo, com 21 kg, e, finalmente, o magnésio, com 9 kg por hectare. As quantidades totais de nitrogênio, potássio e magnésio foram absorvidas até a cultura completar 120 dias, a de enxôfre, até 100 dias após a germinação. O fósforo e o cálcio foram absorvidos, continuamente, desde o início até o final do ciclo. Resumo em inglês In this paper some data are presented on the absorption rate of essential nutrients of the tomato plant (Lycopersicon esculentum Mill.) in Mitscherlich pots. Plant samples were analyzed for N, P, K, Ca, Mg and S. The cultural practices and other conations, such as water, disease and insect control were the same for all plants. Fertilizers, including microelements, were used in order to maintain fertility at a high level. Based on the results, it was concluded that the tom (mais) ato plant absorbs a large quantity of potassium, followed by nitrogen. It was found that the quantities of minerals absorbed by the plants per hectare, in decreasing order, were 185 kg of potassium, 93.6 kg of nitrogen, 31 kg of calcium, 28 kg of sulfur, 21 kg of phosphorus and, finally, in smaller amount, magnesium at the rate of 9 kg. The results showed that the total quantities of nitrogen, potassium and magnesium were absorbed within 120 days from the starting of the culture, whereas sulfur was absorbed in as much as 100 days after the germination. On the other hand, phosphorus and calcium were absorbed continuously from the beginning to the end of the experiment without showing any absorption climax.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Aplicação de potássio, magnésio e calcário em mudas de bananeira 'Prata-anã' (AAB)/ Potassium, magnesium and limestone application in banana tree seedlings 'Prata anã' (AAB)

Silva, José Tadeu Alves da; Silva, Inêz Pereira da; Moura Neto, Asthor de; Costa, Édio Luiz da
2008-09-01

Resumo em português Para aplicar elevada quantidade de K no solo, é necessário que exista Mg em quantidade adequada, para evitar o aparecimento de distúrbios fisiológicos na bananeira. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da aplicação de potássio (K), magnésio (Mg) e calcário sobre o desenvolvimento de mudas de bananeira 'Prata-anã' (AAB) cultivadas em casa de vegetação. Os tratamentos foram distribuídos no delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições (mais) em esquema fatorial (5x5x2), correspondentes a cinco doses de K (0; 200; 400; 800 e 1.600 mg dm-3), cinco doses de Mg (0; 30; 60; 90 e 180 mg dm-3) e duas doses de calcário dolomítico (0 e 2 t ha-1). A produção da massa da matéria seca das mudas de bananeira aumentou com as aplicações de K e calcário no solo e reduziu com as doses de Mg. Para a produção máxima da massa da matéria seca da parte aérea das mudas de bananeira, a relação Ca: K: Mg no solo apresentou valores de 2,0: 0,3: 0,9, que correspondem a 62%, 9% e 28% da saturação por base, respectivamente. Resumo em inglês To apply high amount of K in the soil, it is necessary that Mg in adequate amount exists, in order to prevent the appearance of physiologic disturbances in banana tree. The objective of this work was to verify the effects of the application of K, Mg and limestone in the development of banana tree seedlings 'Prata Anã'(AAB) cultivated in greenhouse. The treatments were distributed in a complete block design, with four repetitions, in factorial scheme (5x5x2), correspondin (mais) g to five K rates (0, 200, 400, 800 and 1600 mg dm-3), five Mg rates (0, 30, 60, 90 and 180 mg dm-3) and two limestone rates (0 and 2 t ha-1). The dry matter production of banana tree seedlings increased with the applications of K and limestone in soil and reduced with the rates of Mg. For the maximum production of dry matter of the aerial part of the banana tree seedlings the relationships Ca: K: Mg in the soil presented values of 2,0: 0,3: 0,9, that correspond to 62%, 9% and 28% of the saturation for base, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Níveis de fósforo disponível e tamanho de partícula do fosfato bicálcico na dieta de poedeiras comerciais de 24 a 58 semanas de idade/ Levels of the available phosphorus and particle size of dicalcium phosphate in brown egg layer hens diet from 24 to 58 weeks of age

Araújo, Lúcio Francelino; Junqueira, Otto Mack; Araújo, Cristiane Soares da Silva; Savietto, Davi; Albuquerque, Ricardo de; Barbosa, Luís Carlos Garibaldi Simon
2010-06-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido para verificar o efeito de níveis de fósforo e do tamanho de partícula do fosfato bicálcico na dieta de poedeiras comerciais na fase de produção. Utilizou-se um delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 × 3 com dois tamanhos de partícula do fosfato (fino e granulado) e três níveis de fósforo disponível (0,28; 0,38 e 0,48%), totalizando seis tratamentos, cada um com cinco repetições de oito aves. As (mais) dietas experimentais foram isoproteicas, isocalóricas e isocálcicas. O consumo de ração, a produção de ovos, a massa de ovos, a conversão alimentar, a porcentagem de casca, a gravidade específica e os teores de cinzas, cálcio, fósforo e magnésio nos ossos não foram afetados pelas dietas. Dietas contendo fosfato bicálcico (fino ou granulado) e 0,28% de fósforo disponível atendem às exigências de fósforo de galinhas poedeiras semipesadas de 24 a 58 semanas de idade. Resumo em inglês An experiment was carried out to verify the effect of levels of phosphorus and the particle size of dicalcium phosphate on diets for brown egg layer hens during production phase. A complete randomized experimental design as a 2 × 3 factorial arrangement, with two sizes of particles of phosphate (fine and granulate) and three levels of available phosphorus (0.28, 0.38 and 0.48%), totalizing six treatements with five replications of eight birds each, was used. The experime (mais) ntal diets were isoproteic, isocaloric, and isocalcium. Feed intake, egg production, egg mass, feed conversion, shell percentage, egg specific gravity, ash, calcium, phosphorus and magnesium levels in the bones were not affected by the diets. Diets with dicalcium phosphate (fine or granulated) and 0.28% available phosphorus level meet the phosphorus requirements in brown egg layer hens from 24 to 58 weeks of age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Avaliação de genótipos de Leucaena spp. nas condições edafoclimáticas de São Carlos,SP: II. determinações bromatológicas no período de estabelecimento/ Evaluation of Leucaena spp. genotypes in the edaphic and climatic conditions of São Carlos, SP: II. bromatological determinations at the establishment period

Primavesi, A.C.P. de A.; Nogueira, A.R.A.; Primavesi, O.; Godoy, R.; Batista, L.A.R.; Novaes, N.J.; França-Dantas, M.S.
1994-04-01

Resumo em português Em experimento conduzido em Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico, em área da EMBRAPA - CPPSE em São Carlos, situada a 22°01'S e 47°53'W, com altitude de 856 m e média de precipitação anual de 1502 mm, procedeu-se a determinação da composição bromatológicade folhas, hastes com diâmetro menor que 6 mm e vagens, de genótipos de leucena. Os genótipos avaliados, foram: L.leucocephala cv. Texas 1074 (TI), L.leucocephala 29 A9 (T2), L.leucocephala 11 x L.d (mais) lversifolia 25 (T3), L.leucocephala 11 x L.diversifolia 26 (T4), L.leucocephala 24-19/2-39 x L.diverstfolia 26 (T5) e L.leucocephala c v. Cunningham (testemunha). Verificou-se que: os genótipos avahados não apresentaram diferenças nas determinações bromatológicas, realizadas nas folhas e talos finos; o genótipo T3 registrou o maior teor de proteína bruta (28,06%), de fósforo (0,29%) e a maior relação PB/FDN e o menor teor de FDN para vagens; os genótipos apresentaram os seguintes teores médios, em porcentagem, para a composição bromatológicadas folhas, vagens e talos finos, respectivamente: Proteína bruta (18,57; 21,68; 6,41); Fibra detergente neutro (29,09; 41,58; 71,01); Fósforo (0,12; 0,22; 0,06); Cálcio (1,39; 0,36; 0,49); Magnesio (0,51; 0,28; 0,24); Tanino (1,32; 1,15; 0,28) e Digestibilidade "in vitro" (58,39; 61,22; 33,61); os teores de proteína e fósforo apresentaram a seguinte ordem decrescente nas partes das plantas: vagens > folhas > talos finos; os teores de cálcio: folhas > talos finos > vagens e de magnésio: folhas > vagens > talos finos. Resumo em inglês In a trial conducted on a distrofic Red-Yellow Latossol, at EMBRAPA-CPPSE, São Carlos, located at 22°01'S and 47'53'W, altitude of 856 m and with a mean annual rainfall of 1502 mm, the bromatological composition of leaves, stems smaller than 6 mm diameter and pods of leucena genotypes was determined. The genotypes evaluated were: L.leucocephala cv. Texas 1074 (T1), L.leucocephala 29 A9 (T2), L.leucocephala 11 x L.dlversifolia 25 (T3), L.leucocephala 11 x L.diverstfol (mais) ia 26 (T4), L.leucocephala 24-19/2-39 x L.diversifolia 26 (T5) and L.leucocephala cv. Cunningham (control). It was found that: - The evaluated genotypes did not show differences among themselves for bromatological determinations on leaves and fine stems; - T3 genotype had the greatest content of crude protein (28.06%), phosphorus (0.29%), the greatest PB/FDN relation, and the smaller FDN content of pods; - The genotypes presented the following average percentual contents of the bromatological composition of leaves, pods and stems smaller than 6 mm diameter, respectively: Crude Protein (18.57; 21.68; 6.41); Neutral detergent fiber (29.09; 41.58; 71.01); Phosphorus (0.12; 0.22; 0.06); Calcium (1.39; 0.36; 0.49); Magnesium (0.51; 0.28; 0.24); Tannin (1.32; 1.15; 0.28) and "in vitro" digestibility (58J9; 61.22; 33.61); - Protein and phosphorus contents presented the following decreasing order in plant parts: pods > leaves > stems smaller than 6 mm diameter; calcium contents: leaves > stems smaller than 6 mm diameter > pods; and the magnesium: leaves > pods > stems smaller than 6 mm diameter.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Quantificação de macronutrientes no solo e em folhas de cana-de-açúcar em função de doses de resíduo da mineração de bauxita/ Nutrient diagnosis of sugarcane in function of residue rates of the bauxite mining

Nobile, Fabio O. De; Galbiatti, João A.; Muraishi, Reginaldo; Ribeiro, Adriano G.; Freddi, Onã da S.
2010-02-01

Resumo em português O experimento foi realizado em ambiente protegido, com o objetivo de avaliar o efeito do resíduo da mineração de bauxita nos teores de macronutrientes, no solo e em plantas de cana-de-açúcar. Foram utilizados vasos de 10 L que receberam as seguintes doses de resíduo de bauxita: 0; 28;56; 84; 112 e 140 t ha-1, utilizando-se do clone de cana-de-açúcar SP92 4221. A incorporação do resíduo de bauxita no solo proporcionou aumento nos teores dos macronutrientes do so (mais) lo, sendo que apenas para o enxofre doses acima de 83 t ha-1 proporcionaram reduções desse nutriente. Já para os teores de macronutrientes determinados na folha, doses acima de 70,5; 125; 101 e 56 t ha-1 diminuíram os teores de nitrogênio, fósforo, potássio e enxofre, respectivamente. Entretanto, para o cálcio e o magnésio, a utilização do resíduo proporcionou a diminuição dos seus teores foliares. A dose do resíduo de bauxita que teve a maior produção de massa seca foi de 64 t ha-1. Resumo em inglês The experiment was carried out in green house with the objective of evaluating the effect of the bauxite mining residue in the rates of macronutrients in sugarcane and soil. Containers of 10 L were used. They received the following rates of bauxite residue: 0; 28; 56; 84; 112 and 140 t ha-1 . The used culture was the sugarcane (SP92 4221). The incorporation of the bauxite residue in the soil provided an increase in the levels of the soil macronutrients, and only for sulph (mais) ur levels above 83 t ha-1, it was possible to provide reductions of this nutrient. For rates of determined macronutrients in the leaf, levels above 70, 5; 125; 101; 56 t ha -1 diminished the rates of nitrogen, phosphorum, potassium and sulphur, respectively. However, for calcium and magnesium the use of the residue provided the reduction of leaf rates. The level of the bauxite residue which had the largest production of dry mass was 64 t ha-1.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Água salina nos atributos químicos do solo e no estado nutricional da mandioqueira/ Saline water on chemical properties of soil and nutritional status of Cassava

Holanda Filho, Roberto S. F. de; Santos, Delfran B. dos; Azevedo, Carlos A. V. de; Coelho, Eugênio F.; Lima, Vera L. A. de
2011-01-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi verificar a influência do uso de água salina nos atributos químicos do solo e no estado nutricional da mandioqueira. O trabalho foi conduzido na área experimental de Irrigação e Drenagem do IF Baiano, Campus de Senhor do Bonfim, BA (10o 28’S, 40o 11’W e 550 m). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado constando de sete tratamentos e três repetições. Os tratamentos consistiram de uma testemunha (seq (mais) ueiro), um tratamento irrigado com água potável (100% da ETc) e cinco tratamentos irrigados com água salina com CE de 3 dS m-1 variando as lâminas aplicadas: 110, 120, 130, 140 e 150% da ETc. O uso de água salina aumentou a percentagem de sódio trocável, a razão de adsorção de sódio e a condutividade elétrica do solo, tanto na 0-0,20 como na 0,20-0,40 m de profundidade. Quanto ao estado nutricional foliar da mandioqueira, os tratamentos influenciaram apenas nos teores de cálcio, magnésio e cloro. Resumo em inglês The purpose of this study was to assess the influence of saline water on chemical properties of the soil and nutritional attributes of cassava. The work was conducted in the area of Irrigation and Drainage of IF Baiano, Campus de Senhor do Bonfim, BA (10° 28’S, 40° 11’W and 550 m). The experimental design was completely randomized, consisting of seven treatments and three replicates. The treatments consisted of control (rainfed), a treatment irrigated with drinking wa (mais) ter (100% of ETc) and five treatments irrigated with saline water of 3 dS m-1 with varying water depths: 110, 120, 130, 140 and 150% of ETc. The use of saline water increased the exchangeable sodium percentage, the sodium adsortion ratio and the electrical conductivity of the soil in both 0-0.20 and 0.20-0.40 m dephts. Regarding the leaf nutritional status of cassava, the treatments influenced only the contents of calcium, magnesium and chlorine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Caracterização e avaliação do potencial agronômico e nutricional de etnovariedades de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) da Amazônia/ Characterization and evaluation of the agronomic and nutritional potential of ethnovarieties of cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) in Amazonia

Silva Filho, Danilo Fernandes da; Yuyama, Lucia Kiyoko Ozaki; Aguiar, Jaime Paiva Lopes; Oliveira, Maslova Carmo; Martins, Lúcia Helena Pinheiro
2005-12-01

Resumo em português O cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) é um importante recurso genético para o povo da Amazônia, porque produz frutos tradicionalmente utilizados como alimento, medicamento e cosméticos. Por se tratar de um excelente produto para o agro-negócio, aprofundar o conhecimento sobre a espécie, será uma contribuição de grande valia para a sociedade da região. Este trabalho teve o objetivo de caracterizar e avaliar o potencial de diferentes etnovariedades (ETNs) por meio (mais) de descritores agronômicos e minerais dos seus frutos. O Experimento foi conduzido na Estação Experimental de Hortaliças do INPA, em Manaus, em solo Podzólico vermelho-amarelo, álico, textura arenosa e de baixa fertilidade. Adotou-se um delineamento experimental de blocos ao acaso, com 28 tratamentos (as ETNs) em quatro repetições. Os seguintes descritores agronômicos e minerais dos frutos foram avaliados: forma dos frutos, número de frutos, comprimento do fruto, largura do fruto, peso médio do fruto, espessura da polpa, potássio, zinco, manganês, sódio, ferro, magnésio e cálcio. As análises de variância detectaram diferenças significativas entre as etnovariedades para todos os caracteres. As 28 ETNs puderam ser classificadas em nove formatos diferentes de frutos. As plantas produziram em média 4 a 89 frutos, variando em peso de 18,5 a 301 g. Entre os micro-elementos analisados a concentração de ferro variou de 97,3 a 352,7 mg em 100g da polpa in natura. Destacou-se em conteúdo deste elemento, a ETN3, originária de Barcelos (AM). Entre os macro-elementos, o potássio (variando entre 54,6 a 563,5 mg em 100g da polpa in natura) apresentou maior concentração nas 28 ETNs avaliadas. A ETN9, originária de Lábrea (AM), foi a que produziu os frutos mais ricos nesse elemento. De maneira geral, as ETNs estudadas apresentam variabilidade genética ampla para ser explorada em programa de melhoramento do cubiu. Resumo em inglês Cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal), is an important genetic resource for the Amazonian people, because its fruit is traditionally usede for food, medicine and cosmetics. As na excellent product for agribusiness, it is important to study the species to contribuite to regional development. The agronomic and nutritional potential of different cubiu ethnovarietes (ETNs) was characterized and evaluated., in an experiment at INPA's Horticulture Experimental Station, Manaus, Am (mais) azonas, Brazil, on a sandy textured, low fertility, alic, red-yellow Podzol, in an experimental design of randomized blocks, with 28 treatments (the ETNs) and four repetitions, the following fruit agronomic and chemical composition characteristics were evaluated: fruit number, shape, length, diameter, weight, pulp thickness, potassium, zinc, manganese, sodium, iron, magnesium and calcium. There were significant differences among the ETNs for all characteristics. The 28 ETNs were could be classified into nine different fruit shape. Fruit number/plant varied from 4 to 89, and mean fruit weight from 18.5 to 301g. Among the macroelents, potassium had the highest concentration in all 28 ETNs (varying from 54.6 to 563.5 mg in 100 g fresh pulp). The ETN from Lábrea (AM) produced the fruits with highest concentrations of this element. Among the microelements, iron varied from 97.3 to 352 mcg and the ETN from Barcelos (AM) had the highest concentration. In general, the ETNs presented ample genetic variability to be exploited in a cubiu improvement program.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Aspectos quantitativos do processo de reciclagem de nutrientes pelas fezes de bovinos sob pastejo em pastagem de Brachiaria decumbens na Zona da Mata de Minas Gerais/ Quantitative aspects of nutrients recycling in the feces of bovines grazing a pasture of Brachiaria decumbens in the Zona da Mata region of Minas Gerais

Braz, Sérgio Pereira; Nascimento Junior, Domicio do; Cantarutti, Reinaldo Bertola; Regazzi, Adair José; Martins, Carlos Eugênio; Fonseca, Dilermando Miranda da; Barbosa, Rodrigo Amorim
2002-04-01

Resumo em português O experimento foi conduzido na estação experimental da EMBRAPA/Gado de Leite, em Coronel Pacheco, na Zona da Mata de Minas Gerais, com o objetivo de avaliar os aspectos quantitativos do processo de reciclagem dos nutrientes pelas fezes de bovinos em pastejo. Utilizou-se uma área de 1,21 ha em uma pastagem de Brachiaria decumbens, já estabelecida. Foi verificado que, durante as 10 semanas do período experimental, ocorreram variações significativas nos teores de nitr (mais) ogênio e magnésio na forrageira, que provavelmente influenciaram as variações nos teores destes nutrientes nas fezes. Quanto aos outros nutrientes, não foram observadas variações na forragem disponível, tampouco nas fezes. Observou-se que a freqüência média de defecações foi de 9,84 placas de fezes por animal por dia e o peso médio de cada defecação, de 200,5 g (em base de MS). Pode-se constatar, por intermédio de algumas estimativas envolvendo estes dados, a representatividade do retorno dos nutrientes pelas fezes do animal. Assim, estimou-se que 93,28% do N, 76,68% do P, 17,99% do K, 72,93% do Ca e 62,54% do Mg ingeridos pelos animais retornaram à pastagem como fezes, o que corresponde a 18,09% do N, 35,46% do P, 5,47% do K, 30,26% do Ca e 15,43% do Mg presentes na forragem disponível. Resumo em inglês The experiment was carried out at the experimental station of EMBRAPA/National Dairy Research, at Coronel Pacheco, in the Zona da Mata region of Minas Gerais, to evaluate the qualitative aspects of the nutrients recycling through the feces of grazing bovines. A 110 square meter plot was located in a previous established pasture of Brachiaria decumbens. There were significant differences on the nitrogen and magnesium concentrations of forage, for 10 weeks, apparently refle (mais) cting amounts in the forage. There were no variation of the other nutrients in the forage and feces. The average frequency defecation was of 9.84 defecations/animal per day and the average weight of the feces at each defecation was of 200.5 g dry matter. It was verified, by means of some data estimates, that the nutrients recycling in the feces, so 93.28% N, 76.68% P, 1.99% K, 72.93% Ca and 62.54% Mg, that was ingested by the animal returned to the pasture as feces, the same as 18.09% N, 35.46% P, 5.47% K, 30.26% Ca and 15.43% Mg, available as primary production, returned to the pasture through feces.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Avaliação físico-química de águas minerais comercializadas na região de Campinas, SP/ Physical-chemical evaluation of mineral waters marketed in Campinas, SP

Morgano, Marcelo A.; Schatti, Ana Cláudia; Enriques, Hercília A.; Mantovani, Dilza M.B.
2002-12-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar a qualidade de águas minerais, foram analisadas amostras, adquiridas em supermercados, de oito fontes localizadas no Estado de São Paulo entre agosto de 1999 e maio de 2000, com coletas trimestrais. Os resultados das análises físico-químicas mostraram que as amostras possuíam, em sua maioria, composição química dentro dos limites permitidos pela legislação brasileira, exceto quatro amostras, que apresentaram resultados na análise de c (mais) or acima de 5 unidades PtCo, uma amostra com pH fora da faixa recomendada de 4,0 a 9,0 e uma amostra com alcalinidade em hidróxidos em duas épocas de análise. Os resultados obtidos para as diferentes amostras variaram de acordo com as seguintes faixas: pH de 6,39 a 9,92, alcalinidade de 0,0 a 189,1mg L-1 de bicarbonato, dureza de 0,00 a 136,00mg L-1 de carbonato de cálcio, cor de 0,0 a 9,0 unidades de PtCo, turbidez de 0,00 a 2,00 FTU de turvação, sulfato de 0,00 a 55,67mg L-1, sulfeto de 0,00 a 0,002mg L-1, cloreto de 0,00 a 23,53mg L-1, fluoreto de 0,02 a 0,8mg L-1, alumínio de 0,01 a 0,09mg L-1, bário de 0,00 a 0,26mg L-1, cálcio de 0,53 a 28,35mg L-1, crômio de 0,00 a 0,01mg L-1, ferro de 0,00 a 0,03mg L-1, potássio de 0,39 a 3,27mg L-1, sódio de 0,53 a 97,29mg L-1, magnésio de 0,00 a 9,10mg L-1, manganês de 0,00 a 0,05mg L-1, zinco de 0,00 a 0,03mg L-1, chumbo de 0,00 a 0,01mg L-1 e lítio de 0,00 a 0,02mg L-1. Os elementos cádmio, cobre e cobalto apresentaram-se abaixo dos limites de detecção dos métodos. Resumo em inglês Samples from eight different sources of mineral water from São Paulo State were purchased from August 1999 to May 2000 in order to evaluate the physical-chemical quality. In general, most samples were within the limits permited by the Brazilian legislation, except for four samples which showed color results above 5 PtCo units, one sample with pH outside the recommended range (pH 4 to 9) and one sample which presented hydroxide alkalinity in two different periods of sampl (mais) ing. The results varied according to the following ranges: pH from 6.39 to 9.92, alkalinity from 0.00 to 189.10mg L-1 de HCO3-1, hardness from 0.00 to 136.00mg L-1 carbonate of calcium, color from 0.0 to 9.0 units PtCo, turbidity from 0.00 to 2.00 FTU of turbidity, sulphate from 0.00 to 55.67mg L-1, sulfide from 0.00 to 0.002mg L-1, chloride from 0.00 to 23.53mg L-1, fluoride de 0.02 a 0.8mg L-1 aluminum from 0.01 to 0.09mg L-1, barium from 0.00 to 0.26mg L-1, calcium from 0.53 to 28.35mg L-1, chromium from 0.00 to 0.01mg L-1, iron from 0.00 to 0.03mg L-1, potassium from 0.39 to 3.27mg L-1, sodium from 0.53 to 97.29mg L-1, magnesium from 0.00 to 9.10mg L-1, manganese from 0.00 to 0.05mg L-1, zinc from 0.00 to 0.03mg L-1, lead from 0.00 to 0.01mg L-1 and lithium from 0.00 to 0.02mg L-1. The elements cadmium, copper and cobalt were below the limits of detection for the analytical methods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Nutrientes na água para irrigação de arroz na Região Sul do Rio Grande do Sul, Brasil/ Nutrients in the water for irrigation of rice in the South region of the State of Rio Grande do Sul, Brazil

Diel, Marcelo; Castilhos, Rosa Maria Vargas; Sousa, Rogério Oliveira de; CarlosValh, Ledemar; Silva, João Baptista da
2007-02-01

Resumo em português A cultura do arroz irrigado apresenta baixa resposta à adubação em comparação com as culturas de sequeiro, cultivadas em solos com as mesmas características de fertilidade. Isto é causado, em parte, pelas transformações físico-químicas que ocorrem no solo devido ao alagamento, favorecendo a disponibilização de nutrientes. Outro fator que também pode estar contribuindo para a baixa resposta do arroz à adubação é o aporte de nutrientes para a lavoura, pela (mais) água utilizada na irrigação. Com o objetivo de quantificar os teores de nutrientes nas águas dos principais mananciais utilizados para irrigação de lavouras de arroz da Região Sul do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, bem como estimar a sua possível contribuição para a nutrição desta cultura, foram coletadas sessenta amostras, sendo vinte de cada tipo de manancial - açudes, lagoas e rios. Nestas foram determinados os teores de N-amônio, N-nitrato, fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), magnésio (Mg), sódio (Na), zinco (Zn), ferro (Fe), manganês (Mn), silício (Si), pH e condutividade elétrica (CE). Na média, os elementos presentes nas águas de açudes, lagoas e rios utilizados para irrigação de arroz e na Região Sul do Rio Grande do Sul decresceram na seqüência Na > Ca > Si > Fe > Mg > K> Mn > N> Zn >P. Os teores médios diferiram entre mananciais, sendo mais elevados N, Fe e Si nos rios, do que nas lagoas; Ca e Mg nas lagoas, do que nos açudes; e Fe nos açudes e rios, do que nas lagoas. Os aportes de nutrientes estimados através de suas concentrações nas águas de irrigação mostraram que essas quantidades correspondem ao que, em média, é acumulado nas plantas de Ca, Fe, Si e Na e até 28% de Mg e 12% de K. Resumo em inglês The flooded rice crop presents low response to fertilization when compared to dry land crops, cultivated in soils with same characteristics of fertility. This is caused, in part, by physical and chemical changes that take place in the soil due to flooding, increasing nutrients availability. Another factor that also can cause the low response of rice crops to fertilization is nutrients supply through the water used in the irrigation. This paper was aimed at quantifing nutr (mais) ients concentration in the irrigation waters used in the Southern region of the State of Rio Grande do Sul, Brazil, as well as estimating its possible contribution to rice plant nutrition. Sixty samples of waters were collected from dams, lagoons and rivers, twenty in each source. It was determined N-ammonium, N-nitrate, phosphorus (P), potassium (K), calcium (Ca), magnesium (Mg), sodium (Na), zinc (Zn), iron (Fe), manganese (Mn), silicon (Si) content, pH and electrical conductivity (CE). The elements concentration in the irrigation waters decreased in the following order Na > Ca > Si > Fe > Mg > K> Mn > N> Zn >P. The average elements contents were different between irrigation sources: N and Si content in rivers were higher than those in the lagoons; Ca and Mg were more concentrated in lagoons than in dams; Fe was more concentrated in dams and rivers compared to the lagoons. The estimated nutrient contribution by irrigation waters can correspond to all of the calcium, iron, silicon and sodium, and up to 28% of magnesium and 12% of potassium uptake, in average, by rice plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Progresso da cercosporiose (Cercospora coffeicola Berkeley & Cooke) em cafeeiros sob cultivos orgânico e convencional/ Progress of brown eye spot (Cercospora coffeicola Berkeley & Cooke) in coffee trees in organic and conventional systems

Santos, Florisvalda da Silva; Souza, Paulo Estevão de; Pozza, Edson Ampélio; Miranda, Júlio César; Barreto, Sarah Silva; Theodoro, Vanessa Cristina
2008-02-01

Resumo em português Avaliou-se o progresso da cercosporiose em cafeeiros sob sistemas de produção orgânico e convencional no município de Santo Antônio do Amparo, MG, entre novembro/2003 e novembro/2005. As lavouras, que são vizinhas, encontravam-se sob condições similares de clima, solo e relevo e eram formadas por cafeeiros cv. Acaiá MG-474-19, de dez anos. A doença foi mais intensa no sistema de produção convencional, cuja média de dois anos consecutivos de avaliações demon (mais) strou área abaixo da curva de progresso da cercosporiose maior (3,905) do que o orgânico (2,529). Isso ficou demonstrado também pela incidência máxima nas folhas, equivalente a 28% em 2004 e 29% em 2005, enquanto no sistema orgânico foi de 9% e 12%, respectivamente. Nos frutos, a incidência foi de 18,2% em 2004 e 22% em 2005, enquanto no orgânico foi de 11,5% e 15%, respectivamente. A maior suscetibilidade dos cafeeiros à cercosporiose no sistema convencional coincidiu com menores teores de cálcio e magnésio foliares nas fases de granação e maturação dos frutos comparados ao orgânico, conseqüência da maior carga pendente que resultou em uma produtividade superior em 26,8 sc/ha ao orgânico em 2004 (alta carga pendente). Em 2005 a produtividade foi estatisticamente semelhante em ambos os sistemas. Houve menor alternância entre a produtividade das duas safras consecutivas no sistema orgânico (34% menor em 2005) quando comparada à convencional (64% menor) sugerindo uma tendência de menor efeito da doença sobre a safra seguinte dos cafeeiros no sistema orgânico de produção, comparado ao convencional. Resumo em inglês The progress of brown eye spot in coffee trees in both organic and conventional crop systems was evaluated in two neighboring fields, in Santo Antônio do Amparo city, MG, between nov./2003 and nov./2005. The fields are under similar weather, soil and relief conditions and made up of ten-year-old coffee trees cv. Acaiá MG-474-19. The incidence of brown eye spot was significantly higher in conventional system, whose average from two years demonstrated the area under the d (mais) isease progress curve (3.905) higher than organic system (2.529). That was also demonstrated by the higher incidence on leaves (maximum 28% in 2004 and 29% in 2005) on conventional than on organic system (9% and 12%, respectively). The incidence on fruits was 18.2% in 2004 and 22% in 2005, while on organic system it was 11.5% and 15%, respectively. This higher susceptibility to disease on coffee trees in conventional system coincided with lower foliar content of calcium and magnesium for the fruit filling and fruit ripening stages compared with to the organic system. That was a consequence of higher production of the conventional system that resulted in yield 47.8% higher than organic one in 2004 (high number of berries). In 2005, the yield was similar in both crop systems but it was verified that the conventional production in 2005 was 64% lower than in 2004 whereas in the organic system from the difference in yield was 34%. This suggested for a tendency of lower effect of the disease in the following coffee harvest of the organic system compared to the conventional one.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Padrão de distribuição de K+, Ca++, Mg++ e P no solo de um pomar de citros em função da fertirrigação/ Distribution pattern of K+, Ca++, Mg++ and P in soil of a citrus orchard depending on fertigation

Laurindo, Valério T.; Silva, Guilherme O.; Pavani, Luiz C.; Quaggio, José A.
2010-10-01

Resumo em português Em solos tropicais, a distribuição dos nutrientes no solo em função da fertirrigação realizada por meio de irrigação localizada (gotejamento e/ou microaspersão), na cultura de citros, é pouco conhecida. Este trabalho teve por objetivo avaliar os padrões de distribuição de potássio, cálcio, magnésio e fósforo em solo tropical, em função da fertirrigação, aplicada por dois sistemas de irrigação localizada (microaspersão e gotejamento), sendo que o si (mais) stema por gotejamento era composto por uma e duas linhas laterais por linha de plantas, e o de microaspersão por apenas uma linha, e com três dotações hídricas (100%, 75% e 50%) da evapotranspiração da cultura (ETc), em um pomar de laranjeira. As fontes de fertilizantes utilizadas na fertirrigação foram o nitrato de amônio (fonte de N), o cloreto de potássio (fonte de K+) e o ácido fosfórico (fonte de P). Observouse que, sob o emissor, nos tratamentos com gotejamento, houve depleção nos teores de Ca++ e Mg++ desde a superfície do solo até 60 cm de profundidade em relação aos teores anteriores às fertirrigações, enquanto os teores de P aumentaram, principalmente na camada de 0 cm a 20 cm. Na microaspersão, esses efeitos não foram observados, ocorrendo distribuição mais homogênea desses nutrientes tanto na direção transversal à linha de plantas quanto em profundidade. As lâminas de irrigação aplicadas por irrigação localizada não interferem na distribuição de K+ aplicado por fertirrigação e do Ca++ e Mg++ no solo em profundidade, porém menores lâminas de irrigação promovem maior concentração de P na camada mais superficial do solo, e lâminas maiores carregam o P para camadas mais profundas. Resumo em inglês There is few knowledge of the localized fertigation effect (dripping and micro sprinklers irrigation) on nutrients distribution in tropical soils in a citrus orchard. The objective of this research was to evaluate the distribution of potassium (K+), calcium (Ca++), magnesium (Mg++) and phosphorus (P) in a tropical soil, under three water distribution patterns by localized irrigation method - micro sprinklers, single dripping line and double dripping lines per line of tree (mais) s, and three irrigation depths -100%, 75% and 50% of the crop evapotranspiration (ETc) in an orange orchard. The sources of nutrients applied by fertigation were ammonium nitrate (N source), potassium chloride (K source) and phosphoric acid (P source) applied by fertigation parceled in 28 times. The results obtained showed that under the emitter, in the dripping treatments, there was depletion in Ca++ and Mg++ from the soil surface to 60 cm depth compared to prior levels to fertigation, whereas the P levels increased mainly in the 0 cm to 20 cm. In the micro sprinklers these effects were not observed, occurring more homogeneous distribution of these nutrients as in the transverse direction to the plant row as in the depth. The irrigation water applied by irrigation did not interfere the distribution of K+ applied by fertigation and Ca++ and Mg++ in the soil depth, but lower irrigation levels promote greater P concentrations in the most superficial layer of soil and larger water depths carry the P for deeper layers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Desempenho de bezerros da raça Nelore e cruzados desmamados recebendo concentrado em pastagem adubada de Cynodon dactylon cv. Coastcross/ Performance of weaned Nelore and crossbred calves grazing Cynodon dactylon cv. Coastcross fertilized pastures supplemented with concentrate

Cruz, Geraldo Maria da; Rodrigues, Armando de Andrade; Tullio, Rymer Ramiz; Alencar, Maurício Mello de; Alleoni, Guilherme Fernando; Oliveira, Gilson Pereira de
2009-01-01

Resumo em português Em três anos de pesquisa, avaliou-se o desempenho de bezerros desmamados de quatro grupos genéticos (Nelore; Canchim × Nelore; Angus × Nelore; e Simental × Nelore) em pastagem de Cynodon dactylon, cv. Coastcross, adubada, sob manejo rotacionado, recebendo mistura mineral ou concentrado. O concentrado foi fornecido na quantidade de 3 kg/animal/dia e continha 18,8% de proteína bruta e 81,5% de nutrientes digestíveis totais na matéria seca. A quantidade d (mais) e forragem disponível diferiu com a utilização de mistura mineral e concentrado (2.961 kg e 3.383 kg de matéria seca (MS) por hectare, respectivamente). A oferta de MS/animal/dia foi 9,9 kg/dia (3,9% PV) para mistura mineral e 9,0 kg/dia (3,3% PV) para concentrado. A forragem disponível possuía, na matéria seca, 13,6% de proteína bruta, 79,8% de fibra em detergente neutro; 62,3% de digestibilidade in vitro da matéria seca, 3,9 g/kg de cálcio, 2,0 g/kg magnésio, 2,5 g/kg de fósforo, 22,7 g/kg de potássio, 2,8 g/kg de enxofre, 9,9 mg/kg de cobre, 22,5 mg/kg de zinco, 98 mg/kg de manganês e 188 mg/kg de ferro. Foram observadas interações grupo genético × suplementação e ano × suplementação para ganho diário de peso e taxa de lotação das pastagens e ciclo de pastejo × suplementação para a taxa de lotação. O ganho diário de peso nos animais Nelore, Canchim × Nelore, Angus × Nelore e Simental × Nelore criados com suplementação do pasto com mistura mineral foi de 0,48; 0,63; 0,68 e 0,50 kg, enquanto naqueles que receberam concentrado foi de 0,87; 0,95; 0,99 e 0,95 kg, respectivamente. As médias estimadas das taxas de lotação das pastagens foram 6,1 para todos os grupos genéticos que receberam mistura mineral e 7,5; 7,6; 8,8 e 9,0 unidades animais/ha para os grupos genéticos Nelore, Canchim × Nelore, Angus × Nelore e Simental × Nelore que receberam concentrado, respectivamente. O grupo genético influencia o desempenho de bovinos em pastagem de capim-coastcross e interage com a suplementação com concentrado. Resumo em inglês In three years of research, 223 purebred Nelore and crossbred Canchim × Nelore, Angus × Nelore and Simmental × Nelore calves received either mineral mixture or 3 kg/animal/day of a concentrate, containing 18.8% crude protein and 81.5% total digestible nutrients, on a dry basis, while in a rotational grazing of Cynodon dactylon cv. Coastcross, fertilized pastures. Available forage (kg dry matter/ha) was different for paddocks of cattle receiving mineral mixt (mais) ure (2,961 kg) from those receiving concentrate (3,383 kg). However, forage dry matter allowance was higher (9.9 kg/animal/day or 3.9% of BW) for cattle receiving mineral mixture than for cattle receiving concentrate in the diet (9.0 kg/animal/day or 3.3% of BW). Available forage had, on a dry basis, 13.6% crude protein, 79.8% neutral detergent fiber, 62.3% in vitro dry matter digestibility, 3.9 g/kg Calcium, 2.0 g/kg magnesium, 2.5 g/kg phosphorus, 22.7 g/kg potassium, 2.8 g/kg sulfur, 9.9 mg/kg copper, 22.5 mg/kg zinc, 98 mg/kg manganese and 188 mg/kg iron. Statistical interactions of genetic group × supplementation and year × supplementation were observed for average daily gain and for stocking rates while a grazing cycle × supplementation interaction was observed for stocking rates. The average daily gain of Nelore, Canchim × Nelore, Angus × Nelore and Simmental × Nelore, receiving mineral mixture in the diet, were 0.48, 0.63, 0.68 and 0.50 kg, respectively, while those animals receiving concentrate in the diet, were 0.87, 0.95, 0.99 and 0.95 kg, in the same order of genetic groups. Average stocking rates of pastures grazed by all genetic groups receiving mineral mixture in the diet was 6.1 animal units/ha, while the pastures grazed by Nelore, Canchim × Nelore, Angus × Nelore and Simmental × Nelore showed values of 7.5, 7.6, 8.8 and 9.0 animal units/ha, respectively, for animals receiving concentrate in the diet. The genetic group affects performance of cattle grazing coastcross and shows interaction with supplementation of diet with concentrate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

A análise foliar na nutrição do milho: I - Correlação entre analise de fôlhas e produção/ Leaf analyses in corn plant nutrition: III - Correlations of leaf analysis with yield

Gallo, J. Romano; Hiroce, Rúter; Miranda, Luiz T. de
1968-01-01

Resumo em português Análises de folhas de milho (híbrido H-6999B) foram correlacionadas com as produções em 31 ensaios de adubação em diferentes localidades e solos do Estado de São Paulo. Num total de 24 ensaios para nitrogênio e 26 para o fósforo foram encontradas as correlações: nitrogênio, r = 0,51++, y = - 4,26 + 28,66 x; e fósforo, r =0,47++, y = 43,21 + 160,83 x. As correlações para nitrato não foram consistentes. A omissão de enxofre na presença de NPK resultou em d (mais) ecréscimo variável na produção e no teor de S-S0(4) nas folhas. Com base nos resultados foram estabelecidos os seguintes níveis limiares nas folhas: nitrogênio (N) = 2,90%; fósforo (P) = 0,230%; potássio (K), latossolo roxo = 1,70%; solos podzolizados com cascalho = 2,80%; outros solos = 2,10 a 2,70%. Resumo em inglês A correlation between foliar analysis and yield of corn was established, based on 31 fertilizer experiments conducted during the period of 1962-64, at 16 different localities of the State of São Paulo. In these trials five levels each of N, P2O5 and K2O were used; plots with and without sulfur were also included. Arranging in groups all the trials showing positive coefficients of correlation for total nitrogen (24 trials) and phosphorus (26 trials), the following correla (mais) tions for total nitrogen (24 trials) and phosphorus (26 trials), the following correlations were found in each case: nitrogen, r = 0.51**, y - 4.26 + 28.66 x; phosphorus, r = 0.47**, y = 43.21 + 160.83 x. As the K content of levaves was affected mainly by soil type, the correlations for leaf potassium were obtained separately special consideration being given to this circumstance. The nitrate content of midribs, required for best yields, varies in the same year from locality to locality and in the same site, from year to year. This uncontrollable variability, of course, makes the interpretation of nitrate data difficult. The plants not receiving sulfur averaged low yields and had lower sulfate--sulfur content in the leaves. [The normal ones had 40 kg S per hectare but all plots received a central dose of 60 kg per hectare of each N or P2O5, and 30kg per hectare of K2O] . It seems that the mean values for calcium and magnesium in leaves, obtained from the range of levels which provides high yields, may be indicative of normal composition. Limiting leaf nutrient values associated with 80 per cent maximum yields in the field are as follows: nitrogen (N), 2.90%; phosphorus (P), 0.230%; potassium (K) - latosolic B terra roxa type of soil, 1.70%; gravelly podzolized soils, 2.80%; other soil types, 2.10- 2.70%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)