Sample records for magnesium 21
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Calagem para a sucessao batata-triticale-milho usando calcários com diferentes teores de magnésio/ Liming for a crop succession of potato, triticale and corn using limestones with different magnesium contents

Quaggio, José Antonio; Ramos, Valdir Josué; Bataglia, Ondino Cleante; Van Raij, Bernardo; Sakai, Mauro
1985-01-01

Resumo em português No ano agrícola de 1981/82 foi instalado num Cambissolo álico, com argila de atividade baixa e com horizonte A proeminente - unidade Urutu, da Estação Experimental de Itararé (SP), um experimento de calagem para a sucessão de culturas batata-triticale-milho. Os tratamentos foram constituídos pelas doses 0, 3, 6, 9 e 12t/ha, utilizando-se três calcários com diferentes teores de magnésio, em esquema de parcelas subdivididas com quatro repetições. Houve resposta (mais) à aplicação de doses de calcário para as três culturas, porém sem diferenças entre os materiais corretivos. Os calcários foram igualmente eficazes para a correção da acidez do solo e forneceram magnésio em quantidades adequadas para as três culturas. O cálcio mostrou-se como nutriente importante para o crescimento de tubérculos de batata. É apresentada uma curva de calibração para os teores de magnésio e a produção relativa das culturas. Resumo em inglês The experiment started in 1981 on a Pachic Haplumbrept, Urutu soil unit of the Itararé Experimental Station, State of São. Paulo, Brazil. The treatments consisted of three limestones, with different magnesium contents (7.5, 16.0 and 21.7%0 of MgO) applied in amounts corresponding to 0, 3, 6, 9 and 12 t/ha. The three crops were grown in sequence. A significant response to liming was verified, but there was no difference among the three limestones, which were all equally (mais) efficient in the neutralization of soil acidity. The amounts of magnesium supplied by the three amendments were sufficient for the crops. Calcium had a positive effect on the potato sizes. A calibration curve for magnesium contents in the soil and relative yields of the three crops is presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Comparação da efetividade entre polietilenoglicol 4000 sem eletrólitos e hidróxido de magnésio no tratamento da constipação intestinal crônica funcional em crianças/ Comparison of the effectiveness of polyethylene glycol 4000 without electrolytes and magnesium hydroxide in the treatment of chronic functional constipation in children

Gomes, Patricia Boechat; Duarte, Marco Antônio; Melo, Maria do Carmo Barros de
2011-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a efetividade de dois medicamentos: hidróxido de magnésio e polietilenoglicol 4000 sem eletrólitos no tratamento da constipação intestinal crônica funcional em crianças. MÉTODOS: Trinta e oito crianças foram divididas, por processo randômico, em dois grupos para uso de polietilenoglicol 4000 sem eletrólitos ou de hidróxido de magnésio. As crianças foram acompanhadas em consultas periódicas até completarem 6 meses de tratamento. Em todas (mais) as consultas, foram investigados: consistência das fezes, frequência evacuatória, presença de escape fecal, dor abdominal, esforço evacuatório e aceitação desses fármacos. RESULTADOS: Dezessete crianças fizeram uso de polietilenoglicol, e 21 utilizaram o hidróxido de magnésio. Houve melhora clínica de todas as variáveis nos dois grupos, sem diferenças com significância estatística. Todas as crianças aceitaram o polietilenoglicol, enquanto 42,9% recusaram o hidróxido de magnésio. CONCLUSÃO: Não houve diferença de efetividade no tratamento da constipação intestinal entre esses dois laxantes. Entretanto, a melhor aceitação do polietilenoglicol, por ser inodoro e insípido, torna-o melhor opção no tratamento da constipação intestinal crônica funcional. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the effectiveness of two drugs, polyethylene glycol 4000 without electrolytes and magnesium hydroxide, in the treatment of chronic functional constipation in children. METHODS: Thirty-eight children were randomly assigned to either of two groups, polyethylene glycol 4000 without electrolytes or magnesium hydroxide. The children were followed through periodic appointments until they reached 6 months of treatment. In each medical appointment the follow (mais) ing aspects were evaluated: stool consistency, frequency of bowel movements, fecal incontinence, abdominal pain, straining and acceptance of the drugs. RESULTS: Seventeen children made use of polyethylene glycol and twenty-one received magnesium hydroxide. All variables analyzed improved for both groups, with no statistically significant differences. All children accepted polyethylene glycol, while 42.9% refused magnesium hydroxide. CONCLUSION: The two laxatives showed no difference in effectiveness for the treatment of constipation. However, due to its better acceptance, because it is odorless and tasteless, polyethylene glycol proved to be a better option for treating chronic functional constipation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Resposta de fase aguda e níveis séricos de magnésio em pacientes hospitalizados/ Acute phase response and serum magnesium levels among hospitalized patients

Cunha, D. F. da; Bianco, M. de P.; Lenza, R. da M.; Cunha, S. F. de C. da
1999-04-01

Resumo em português OBJETIVO: A resposta de fase aguda (RFA), caracteriza-se por proteólise, com hipotrofia da massa celular corporal, hiperglicemia, retenção hídrica e disfunção renal, fenômenos que potencialmente afetam os níveis de magnésio (Mg++) sérico. O objetivo do estudo foi comparar os níveis séricos de Mg++ entre pacientes hospitalizados, com ou sem RFA. MÉTODOS: Obteve-se um banco de dados do mainframe do Hospital-Escola contendo informações sobre dosagens bioquími (mais) cas simultâneas de creatinina, glicose e magnésio e outros eletrólitos séricos de 214 pacientes internados, sem diabetes mellitus, insuficiência renal crônica ou creatinina sérica > 1,5mg/dl. A presença de RFA foi definida pela presença de febre mais diagnósticos de trauma, cirurgia recente ou infecção, além de leucopenia ou leucocitose. RESULTADOS: Dos casos, 32,2% foram considerados RFAÅ. Não houve diferença entre os grupos quanto à idade, gênero e cor. Houve pareamento entre os grupos RFAÅ e RFAteta quanto à freqüência de uso de diuréticos (10,1 vs 11,7%) e presença de edema (3 vs 6%). Hipomagnesemia ocorreu em 154 casos (72% do total), sendo 75,9% no grupo RFAteta e 63,8% no grupo RFAÅ(p=0,06). Os níveis de Mg++ (mediana; faixa de variação) foram maiores no grupo RFAÅ: (1,75; 1-3 vs 1,6; 0,9-2,9mg/dl), o mesmo ocorrendo com a glicemia (115; 49-236 vs 99; 61-191mg/dl) e creatinina sérica (0,884 ± 0,306 vs 0,803 ± 0,257mg/dl). Hipermagnesemia foi mais comum no grupo RFAÅ: 8,7 vs 2,1%. CONCLUSÕES: Pacientes RFAÅ apresentam maiores níveis de magnésio sérico, fenômeno possivelmente relacionado com aumentos da glicemia, uréia e creatinina séricas. Resumo em inglês The acute phase response (APR) is characterized by proteolysis with decreased body cell mass, hyperglycemia, body water retention and renal dysfunction, which we hypothesised could affect magnesium serum levels. The aim of this study was to compare serum magnesium levels among hospitalized patients with or without APR. METHOD: All serum magnesium results (n=527) corresponding to a six-months period were searched at University Hospital mainframe. Relevant laboratorial and (mais) clinical details were also registered. All cases of diabetes mellitus, chronic renal insufficiency, or serum creatinine > 1.5mg/dl were excluded. APR was defined by the presence of fever plus severe trauma or infection plus leukopenia or leukocytosis. RESULTS: From a total of 214 patients, sixty-nine (32.2%) met the criteria for APR positivity (APRÅ). Groups were paired for age, color, gender, diuretic use and edema presence. Hypomagnesemia was registered among 72% of cases, without statistical difference (p=0.06) among APRÅ and APRtheta patients (63.8 vs 75.9%). Serum magnesium levels (median; range) were higher among APRÅ cases, when compared to APRtheta ones: 1.75;1-3 vs 1.6;0.9-2.9m/dl, the same occurring with glycemia (115; 49-236 vs 99; 61-191mg/dl) and serum creatinine (mean ± SD): 0,8840±306 vs 0,803 ± 0,257mg/dl. Hypermagnesemia was more common among APRÅ cases: 8.7 vs 2.1%. CONCLUSIONS: Our results suggest that higher magnesium serum levels seen in APRÅpatients may be attributed to subclinical renal ischemia and possibly to increased glucose serum levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Marcha de absorção de nutrientes pelo tomateiro/ Nutrients absorption rate of tomato plants

Gargantini, H.; Blanco, H. Garcia
1963-01-01

Resumo em português São apresentados, neste trabalho, os dados da marcha da absorção dos elementos nutritivos essenciais pelo tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.), em plantas cultivadas em igualdade de condições em vasos de Mitscherlich. Durante o ciclo da planta, em cada dez dias, foram colhidas e analisadas para determinar os teores de N, P, K, Ca, Mg e S. Os resultados obtidos mostraram que o tomateiro absorve grande quantidade de potássio, 185 kg/ha, e pouco menos de nitrogên (mais) io, 93,6 kg/ha, A seguir, em ordem decrescente, vieram o cálcio, com 31 kg, o enxôfre, com 28 kg, o fósforo, com 21 kg, e, finalmente, o magnésio, com 9 kg por hectare. As quantidades totais de nitrogênio, potássio e magnésio foram absorvidas até a cultura completar 120 dias, a de enxôfre, até 100 dias após a germinação. O fósforo e o cálcio foram absorvidos, continuamente, desde o início até o final do ciclo. Resumo em inglês In this paper some data are presented on the absorption rate of essential nutrients of the tomato plant (Lycopersicon esculentum Mill.) in Mitscherlich pots. Plant samples were analyzed for N, P, K, Ca, Mg and S. The cultural practices and other conations, such as water, disease and insect control were the same for all plants. Fertilizers, including microelements, were used in order to maintain fertility at a high level. Based on the results, it was concluded that the tom (mais) ato plant absorbs a large quantity of potassium, followed by nitrogen. It was found that the quantities of minerals absorbed by the plants per hectare, in decreasing order, were 185 kg of potassium, 93.6 kg of nitrogen, 31 kg of calcium, 28 kg of sulfur, 21 kg of phosphorus and, finally, in smaller amount, magnesium at the rate of 9 kg. The results showed that the total quantities of nitrogen, potassium and magnesium were absorbed within 120 days from the starting of the culture, whereas sulfur was absorbed in as much as 100 days after the germination. On the other hand, phosphorus and calcium were absorbed continuously from the beginning to the end of the experiment without showing any absorption climax.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Lixiviação de potássio na avaliação da qualidade fisiológica de sementes de amendoim/ Potassium leachate in the evaluation of peanut seed physiological quality

Vanzolini, Silvelena; Nakagawa, João
2003-12-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo investigar a possibilidade de se obter indicações sobre a qualidade fisiológica de sementes de amendoim através do teste de lixiviação de potássio, cuja eficiência foi avaliada comparativamente às informações fornecidas por outros testes de vigor e à emergência de plântulas em campo. Para tanto, utilizou-se dois lotes de sementes de amendoim da cultivar Tatu (peneira 20/64") que foram submetidos aos testes de germinaç� (mais) �o, primeira contagem de germinação, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica (3 e 24 horas), emergência de plântulas em campo, índice de velocidade de emergência de plântulas, peso de matéria seca de plântulas e determinação do grau de umidade. Além destes, foram conduzidos estudos de lixiviação de potássio, cálcio e magnésio utilizando-se amostras de sementes fisicamente puras. A quantificação de potássio foi conduzida em fotômetro de chama e as de cálcio e magnésio em espectrofotometro de absorção atômica após 3, 6, 9, 12, 15, 18, 21, 24, 27 e 30 horas de embebição a 20ºC. As avaliações da lixiviação de potássio mostraram-se promissoras para a identificação de lotes com diferentes níveis de qualidade. Resumo em inglês This study was carried out to investigate whether the physiological quality of peanut seeds should be evaluated using the potassium leachate test, which was compared with other physiological quality seed measurements. Two lots of peanut seeds, cultivar Tatu (20 mesh) were submitted to germination test, germination at first count, accelerated aging, electrical conductivity (3 and 24 hours), field seedling emergence, speed of emergence index, seedling dry weight, and seed m (mais) oisture content. In addition, studies on potassium, calcium and magnesium leachate were carried out with pure seed samples. The amount of potassium leached was evaluated in a flame photometer and calcium and magnesium in an atomic absorption spectrophotometer after 3, 6, 9, 12, 15, 18, 21, 24, 27 and 30 hours of imbibition at 20ºC. The evaluations of the potassium leachate were promising for the identification of lots with different quality levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Balanço eletrolítico e níveis de proteína bruta sobre parâmetros sangüíneos e ósseos de frangos de corte aos 21 dias de idade/ Electrolyte balance and crude protein levels on blood and bone parameters of 21 days broiler chicks

Vieites, Flávio Medeiros; Moraes, George Henrique Kling de; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Rostagno, Horacio Santiago; Rodrigues, Ana Cláudia; Silva, Fernanda Álvares da; Atencio, Anel
2004-12-01

Resumo em português Foi realizado um experimento com o objetivo de determinar os melhores valores de balanço eletrolítico (BE) para frangos de corte de 1 a 21 dias. Utilizaram-se 2.112 pintinhos da marca comercial Ross, machos, criados em boxes de galpão de alvenaria, cobertos com maravalha e alimentados com duas rações basais, uma com 20 e outra com 23% de proteína bruta (PB) à base de milho e de farelo de soja, combinadas com níveis de BE de 00; 50; 100; 150; 200; 250; 300 e 350 mq (mais) /kg. Foi utilizado delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 8x2 (oito níveis de BE e dois níveis de PB), seis repetições e 22 aves por unidade experimental. Avaliaram-se os níveis sangüíneos de cálcio, fósforo e proteínas totais aos 21 dias de idade. As cinzas, o cálcio, o fósforo, o potássio, o sódio e o magnésio dos ossos também foram quantificados. Aos 21 dias de idade, os melhores valores estimados de BE foram 168 (20% PB) e 245 (23% PB) mEq/kg para o cálcio no sangue. O valor de BE obtido para o menor nível de proteínas totais foi de 189 (23% PB) mEq/kg. Os melhores valores de BE no sangue foram os pontos de mínimo na curva de regressão. O melhor valor de BE para o cálcio no tibiotarso foi de 132 mEq/kg (23% PB). O BE da dieta deve situar-se entre 150 e 200 mEq/kg para frangos de corte de 1 a 21 dias de idade. Resumo em inglês An experiment was conducted to determine the best electrolyte balance (EB) for broiler chicks from one to 21 days of age, based on blood and bone parameters. One day old chicks, male, Ross were reared on floor covered with shaving woods and fed with two corn-soybean meal based diet with 20 and 23% of crude protein (CP) combined with 0; 50; 100; 150; 200; 250; 300 and 350 mEq/kg of EB. The experiment was analised as a completely randomized design in a factorial arrangement (mais) of treatments (two CP levels and eight EB) with six replicates of 22 chicks each. It were evaluated blood levels of calcium, phosphorus and total proteins. Ash, calcium, phosphorus, potassium, sodium and magnesium in the bone were also measured at 21 days of age. The best values of EB estimated were 168 (20% CP) and 245 (23% CP) mEq/kg for blood calcium. The EB value obtained for the lowest level of blood total protein was 189 (23% CP) mEq/kg. The optimum EB obtained in the blood were the minimum points of the regression curve. The best value for calcium in the bone was 132 mEq/kg (23% CP). The dietary EB should be from 150 to 200 mEq/kg, concerning the biological responses of broiler chicks (from 1 to 21 days of age).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Caracterização química da carne de cabrito da raça Moxotó e de cruzas Pardo Alpina x Moxotó/ Chemical characterization of kid meat from Moxotó goat and Pardo Alpina x Moxotó Crossbreeds

Beserra, Frederico José; Monte, Antonia Lucivânia de Sousa; Bezerra, Luciana Cristina Nogueira de Moraes; Nassu, Renata Tieko
2000-01-01

Resumo em português O objetivo da pesquisa foi avaliar a composição química da carne de cabrito-mamão (idade média de 72 dias), da raça Moxotó (MOX), grupos genéticos ¾ Pardo Alpina x ¼ Moxotó (3/4 PAMOX) e ½ Pardo Alpina x ½ Moxotó (1/2 PAMOX). A análise apresentou valores médios entre 77,80% a 80,25% de umidade; 15,90% a 19,08% de proteína; 1,12% a 1,21% de gordura, e 1,29% a 2,03% de cinzas. Quanto à composição mineral, os valores médios variaram de 5,62 mg/100 g a 8, (mais) 21 mg/100 g de cálcio; 156,97 mg/100 g a 196,25 mg/100 g de fósforo; 0,26 mg/100 g a 0,48 mg/100 g de ferro; 16,25 mg/100 g a 23,72 mg/100 g de magnésio; 59,20 mg/100 g a 78,79 mg/100 g de sódio, e de 259,69 mg/100 g a 292,24 mg/100 g de potássio. Foram encontradas diferenças significativas a 5% de probabilidade entre os grupos genéticos no que diz respeito à composição de umidade, proteína e cinzas e mineral quanto a elementos estudados. Não houve diferenças entre os valores de gordura dos grupos genéticos. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate chemical composition of kid meat of Moxotó (MOX), ¾ Pardo Alpina x ¼ Moxotó (3/4 PAMOX) and ½ Moxotó x ½ Pardo Alpina (1/2 PAMOX) crossbreed goats. Average age of kids at slaughter was 72 days. Kids were fed with cow milk and a protein supplement. Meat analysis showed average values ranging from 77.80% to 80.25% for moisture; from 15.90% to 19.08% for protein; from 1.12% to 1.21% for fat and from 1.29% to 2.03% for ash. F (mais) or mineral composition, average values ranged from 5.62 mg/100 g to 8.21 mg/100 g for calcium; from 156.97 mg/100 g to 196.25 mg/100 g for phosphorus; from 0.26 mg/100 g to 0.48 mg/100 g for iron; from 16.25 mg/100 g to 23.72 mg/100 g for magnesium; from 59.20 mg/100 g to 78.79 mg/100 g for sodium and from 259.69 mg/100 g to 292.24 mg/100 g for potassium. Genetic groups showed significative differences for composition of moisture, protein and ash values and for mineral composition, in all measured elements. Fat content values did not show statistical differences between goat genetic groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Acúmulo de matéria seca e nutrientes, em soja cultivar Santa-Rosa/ Dry matter accumulation and nutrient uptake in soybeans, cultivar Santa Rosa

Bataglia, Ondino C.; Mascarenhas, Hipólito A. A.; Teixeira, J. P. F.; Tisseli F. °, O.
1976-07-01

Resumo em português Estudou-se o acúmulo de matéria seca e a absorção de macronutrientes pela soja, cultivar santa-rosa, em estádios sucessivos de desenvolvimento. As amostragens da parte aérea foram feitas a intervalos de 20 dias num ensaio em São Simão, em latossolo roxo de textura média sob vegetação de cerrado. O máximo de matéria seca acumulada durante o ciclo ocorreu aos 90 dias após a germinação e atingiu uma produção de 5632 kg/ha. O mesmo foi observado para cálcio (mais) , magnésio e enxofre, tendo sido absorvidos até esta época 58,7, 27,8 e 9,3 kg/ha, respectivamente. A absorção máxima de potássio, de 80,2 kg/ha, ocorreu aos 110 dias, enquanto para o fósforo, 12 9 kg/ha, e para o nitrogênio, 146,1 kg/ha, aos 130 dias coincidindo com o maior desenvolvimento das sementes. Aos 130 dias as sementes continham o máximo de matéria seca e macronutrientes. As sementes retiraram 92,5% de N, 83,7% de P, 58,7% de K, 16,0% de Ca, 21,9% de Mg e 43,0% de S em relação ao total extraído pela planta. Resumo em inglês A study was made on the accumulation of dry matter, concentration, and uptake of macronutrients in the cultivar Santa Rosa, in sucessive stages of growth. The sampling of the above ground parts was done at intervals of 20 days. The soil was a Terra Roxa with latossolic B under cerrado vegetation. The maximum of dry matter accumulation occurred at 90 days after germination with a production of 5632 kg/ha. The same was observed for calcium, magnesium and sulphur whose uptak (mais) es were 58.7, 27.8 and 9.3 kg/ha respectively. The maximum uptake of potassium, which was 80.2 kg/ha occurred at 110 days whereas those of phosphorus and nitrogen occurred at 130 days and reached 12.9 and 146.1 kg/ha respectively. Of the total amount of macronutrients retained by the plants (excluding roots and fallen leaves) the seeds contained 92.5% of N, 83.7% of P, 58.7% of K, 16.0% of Ca, 21.9% of Mg, and 43.0% of S respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Fosfatos com diferentes relações flúor: fósforo na alimentação de frangos de corte/ Phosphates with different fluorine: phosphorus relations in the diet for broiler chicken

Casartelli, Elenice Maria; Junqueira, Otto Mack; Araújo, Lúcio Francelino; Araújo, Cristiane Soares da Silva; Savietto, Davi; Trindade Neto, Messias Alves da
2008-05-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido com o objetivo de verificar os efeitos de diferentes relações flúor:fosforo na alimentação sobre o desempenho de frangos de corte. Foram utilizados 1.000 pintos de corte de 1 dia distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e cinco repetições de 50 aves por boxe. Os tratamentos consistiram de quatro fontes de fósforo com relações flúor:fósforo de 1:40, 1:60, 1:80 e 1:100. O experimento foi divid (mais) ido em três fases experimentais: 1 a 21, 22 a 42 e 43 a 49 dias de idade. Em cada fase, avaliou-se o consumo de ração, o ganho de peso e a conversão alimentar. Ao final do experimento, foram abatidas duas aves de cada repetição para coleta da tíbia e de músculos do peito para análise das concentrações de flúor, cálcio, fósforo e magnésio desses tecidos. As relações flúor:fósforo avaliadas não afetaram o desempenho dos frangos de corte. A deposição óssea de flúor é proporcional à sua concentração na dieta, no entanto, a elevação dos níveis de flúor da dieta não influencia sua deposição nos músculos. Resumo em inglês An experiment was conducted to evaluate the effect of different fluorine:phosphorus ratios in the diet on performance of broiler chickens. One thousand broiler chickens with one day old were allotted to a completely randomized experimental design with four treatments with five replications of fifty broilers per experimental unit. The treatments was composed by four phosphorus sources with fluorine: phosphorus ratios of 1:40, 1:60,1:80, 1:100 and fed during three experimen (mais) tal phases: 1-21, 22-42 and 43-49 days. In each phase, feed intake, weight gain and feed conversion were evaluated. At the end of experiment, two birds per replication were slaughtered and their tibias and samples of muscle tissue from breast were collected for determination of fluorine, calcium, phosphorus and magnesium contents. The fluorine to phosphorus ratios did not affect the performance of broiler chickens. Bone deposition of fluorine is proportional to their concentration in diet. However, the increase of fluorine levels in diet does not influence their deposition in the muscle tissue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Efeito do aleitamento artificial à base de soro de queijo de leite cabra sobre as características da carcaça e da carne de cabritos "mamão" do tipo genético three cross/ Influence of the replacement of cow milk by goat milk cheese whey on meat composition carcass characteristics of three cross suckling kids

Beserra, Frederico José; Bezerra, Luciana Cristina Nogueira de Moraes; Silva, Elisabeth Mary Cunha da; Silva, Cláudio Ernani Mendes da
2003-10-01

Resumo em português Avaliou-se a influência da substituição parcial na etapa de alimentação líquida do leite de vaca por soro de queijo de cabra (SLC) sobre alguns aspectos qualitativos da carne e quantitativos da carcaça de cabritos "mamão" Three cross (½ Anglonubiana x ¼ Pardo-Alpina x ¼ Moxotó), em quatro níveis: 0% (Tratamento1); 20% (Tratamento2); 40% (Tratamento3) 60% (Tratamento 4). Os pesos vivos ao abate (84 dias) mostraram-se homogêneos (10,88 a 13,42kg), assim como o (mais) rendimento de carcaça (44,62 a 47,86%) e a área do Longíssimus dorsi (9,55 a 10,80cm²). 0 Tratamento 2 apresentou os maiores teores de tecido muscular (48,37%). A composição centesimal mostrou valores médios entre 76,78 a 77,62% de umidade; 20,39 a 21,43% de proteína; 4,86 a 6,59% de gordura e 1,06 a 1,14% de cinza. Para os minerais estudados, os valores médios variaram de 16,77 a 35,68mg/100g para o cálcio; 110,33 a 153,90mg/100g para o fósforo; 1,29 a 2,17mg/100g para o ferro; 0,72 a 1,30mg/100g para magnésio; 128,86 a 165,94mg/100g para o sódio e 404,88 a 504,73mg/100g para o potássio. Concluiu-se que os níveis de soro de leite de cabra utilizados, de uma maneira geral, não tendo influenciado de forma significativa (P Resumo em inglês In this study, the influence of the replacement of cow milk by goat cheese whey on some quality aspects of meat and on some aspects of carcass composition of suckling kids Three cross (½ Anglonubiana x ¼ Pardo-Alpina x ¼ Moxotó) was evaluated. The replacements goat cheese whey levels were: 0% (treatment 1); 20% (treatment 2); 40% (treatment 3); 60% (treatment 4). The values of live weight for all were statistically similar (10.88 to 13.42kg); the same happened to the (mais) carcass yield which ranged from 44.62 to 47.86% and to the Longissimus dorsi area (9.55 to 10.80cm²). The treatment 2 showed the highest contents of muscular tissue (48.37%). Proximal composition of the meat showed mean values ranging from 76.78 to 77.62% for moisture; 20.39 to 21.43% for protein; 4.86 to 6.59% for fat and 1.06 to 1.14% for ash. There was no significant difference among treatments. For mineral composition mean values ranged from 16.77 to 35.68mg/100g for calcium; 110.33 to 153.90mg/100g for phosphorus; 1.29 to 2.17mg/100g for iron; 0.72 to 1.30mg/100g for magnesium; 128.86 to 165.94mg/100g for sodium and 404.88 to 504.73mg/100g for potassium. It was concluded that the whey levels used in this study, did not influence in the parameters analyzed (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Fornecimento de suplementos com diferentes níveis de energia e proteína para vacas Jersey e seus efeitos sobre a instabilidade do leite/ Supply of supplements with different levels of energy and protein to Jersey cows and their effects on milk instabilty

Marques, Lúcia Treptow; Fischer, Vivian; Zanela, Maira Balbinotti; Ribeiro, Maria Edi Rocha; Stumpf Junior, Waldyr; Manzke, Naiana
2010-12-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o efeito de suplementos contendo três combinações de energia e proteína sobre a produção leiteira, as características físico-químicas do leite, o peso e a condição corporal e o perfil bioquímico sanguíneo de vacas. Foram utilizadas 24 vacas lactantes em campo natural, distribuídas em delineamento completamente casualizado, recebendo um dos seguintes suplementos: baixos níveis de energia e proteína; baixo nível de energia e alto nível (mais) de proteína; ou altos níveis de energia e proteína. Em comparação ao suplemento com baixos níveis de energia e proteína, aquele com altos níveis de energia e proteína reduziu a instabilidade do leite na prova do álcool, aumentou em 50% a produção de leite e em 18% o escore de condição corporal das vacas. Além disso, ocasionou aumento dos componentes do leite e do perfil bioquímico sanguíneo das vacas: 13% no teor de lactose; 9% no de extrato seco desengordurado; 21% nos níveis plasmáticos de glicose; 24% no teor de fósforo; 16% no nível de creatinina; 9% no teor de magnésio; e reduziu em 40% o teor de nitrogênio ureico. O suplemento com altos níveis de energia e proteína foi mais eficiente que os demais em melhorar a estabilidade do leite na prova do álcool, o escore de condição corporal e os teores de alguns componentes químicos do leite e do sangue. Resumo em inglês The aim of the study was to evaluate the effects of supplements with three combinations of energy and protein on milk production, milk physical and chemical characteristics, body weight, body condition score and blood biochemical profile of the cows. It was used, in this experiment, 24 lactating cows on natural fields distributed in a complete random design, receiving one of the following supplements: low levels of energy and protein, low level of energy and high level of (mais) protein or high levels of energy and protein. Compared to the low energy and protein supplement, high energy and protein supplement reduced milk instability in the alcohol test, it increased milk production in 50%, and body condition score of the cows in 18%. In addition, it increased milk components and blood biochemical profile of the cows: 13% in lactose content; 9% in non-fat dry extracts; 21% in glucose plasmatic levels, 24% in phosphorus content, 16% in creatinine content, 9% in magnesium contents; and it reduced ureic nitrogen in 40%. The supplement with high levels of energy and protein was more efficient than the others in improving milk stability in the alcohol test, body condition score and contents of some chemical components of the milk and of blood.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Aspectos quantitativos do processo de reciclagem de nutrientes pelas fezes de bovinos sob pastejo em pastagem de Brachiaria decumbens na Zona da Mata de Minas Gerais/ Quantitative aspects of nutrients recycling in the feces of bovines grazing a pasture of Brachiaria decumbens in the Zona da Mata region of Minas Gerais

Braz, Sérgio Pereira; Nascimento Junior, Domicio do; Cantarutti, Reinaldo Bertola; Regazzi, Adair José; Martins, Carlos Eugênio; Fonseca, Dilermando Miranda da; Barbosa, Rodrigo Amorim
2002-04-01

Resumo em português O experimento foi conduzido na estação experimental da EMBRAPA/Gado de Leite, em Coronel Pacheco, na Zona da Mata de Minas Gerais, com o objetivo de avaliar os aspectos quantitativos do processo de reciclagem dos nutrientes pelas fezes de bovinos em pastejo. Utilizou-se uma área de 1,21 ha em uma pastagem de Brachiaria decumbens, já estabelecida. Foi verificado que, durante as 10 semanas do período experimental, ocorreram variações significativas nos teores de nitr (mais) ogênio e magnésio na forrageira, que provavelmente influenciaram as variações nos teores destes nutrientes nas fezes. Quanto aos outros nutrientes, não foram observadas variações na forragem disponível, tampouco nas fezes. Observou-se que a freqüência média de defecações foi de 9,84 placas de fezes por animal por dia e o peso médio de cada defecação, de 200,5 g (em base de MS). Pode-se constatar, por intermédio de algumas estimativas envolvendo estes dados, a representatividade do retorno dos nutrientes pelas fezes do animal. Assim, estimou-se que 93,28% do N, 76,68% do P, 17,99% do K, 72,93% do Ca e 62,54% do Mg ingeridos pelos animais retornaram à pastagem como fezes, o que corresponde a 18,09% do N, 35,46% do P, 5,47% do K, 30,26% do Ca e 15,43% do Mg presentes na forragem disponível. Resumo em inglês The experiment was carried out at the experimental station of EMBRAPA/National Dairy Research, at Coronel Pacheco, in the Zona da Mata region of Minas Gerais, to evaluate the qualitative aspects of the nutrients recycling through the feces of grazing bovines. A 110 square meter plot was located in a previous established pasture of Brachiaria decumbens. There were significant differences on the nitrogen and magnesium concentrations of forage, for 10 weeks, apparently refle (mais) cting amounts in the forage. There were no variation of the other nutrients in the forage and feces. The average frequency defecation was of 9.84 defecations/animal per day and the average weight of the feces at each defecation was of 200.5 g dry matter. It was verified, by means of some data estimates, that the nutrients recycling in the feces, so 93.28% N, 76.68% P, 1.99% K, 72.93% Ca and 62.54% Mg, that was ingested by the animal returned to the pasture as feces, the same as 18.09% N, 35.46% P, 5.47% K, 30.26% Ca and 15.43% Mg, available as primary production, returned to the pasture through feces.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Influência do processamento no teor de minerais em sucos de maçãs/ Influence of the processing of apple juice in mineral content

Nogueira, Alessandro; Teixeira, Sergio Henrique; Demiate, Ivo Mottin; Wosiacki, Gilvan
2007-06-01

Resumo em português A produção brasileira de maçãs apresenta 130 mil toneladas de frutas classificadas como descarte, que são anualmente transformadas em suco de maçã e exportadas na forma de concentrado. Alguns minerais têm apresentado teores abaixo dos padrões de qualidade internacionais, comprometendo a autenticidade e comercialização desse produto. Este trabalho teve como objetivos: quantificar os principais minerais em diferentes cultivares de maçãs e verificar o efeito das (mais) operações de processamento no teor de minerais, em sucos de maçãs. Foi avaliado, em diferentes cultivares de maçã, o teor de minerais na fruta e nos sucos obtidos por prensagem e liquefação enzimática. O teor de cinzas nas frutas das cultivares Gala (15,6 ± 0,8 g.kg -1) e Fuji (15,1 ± 0,5 g.kg -1) foi inferior ao das demais cultivares brasileiras (20,3 ± 2,6 g.kg -1). No processamento do suco por prensagem, apenas 15% das cinzas da fruta foram transferidas para o suco, contra 23% pelo processo de extração por liquefação, permanecendo grande quantidade de minerais no bagaço. O suco de maçã apresentou teores de minerais compatíveis com a International Federation of Fruit Juice Producers (IFU), entretanto, o teor de magnésio (29,24 ± 6,10 mg.L-1) ficou abaixo do limite preconizado pela IFU e o teor de cálcio (38,21 ± 7,20 mg.L-1) foi inferior aos valores da literatura e muito próximo do limite mínimo permitido, o que indica que estes minerais, nos sucos de maçãs processados no país, apresentam baixos teores. Resumo em inglês The Brazilian apple production discards 130,000 tons of classified fruit that is annually transformed into apple juice and exported as concentrate. Some minerals have presented contents below the international standards of quality, which in turn is problematic concerning authenticity and commercialization. This aims of this work are to quantify the main minerals in different apple varieties and to observe the effect of processing operations on mineral contents in apple ju (mais) ice. Various apple varieties growing in Brazil were evaluated concerning the mineral content both in the fruit and in the clarified apple juice obtained by pressing and by enzymatic liquefaction. Ash in the fruits of Gala variety (15.6 ± 0.8 g.kg -1) and Fuji (15.1 ± 0.5 g.kg -1) was lower than other varieties (20.3 ± 2.6 g.kg -1). When extracting the juice by pressing, 15% of them were transferred, compared to 23% when the extraction process was enzymatic liquefaction, leaving a large amount of minerals. The mineral contents in apple juice were compatible with the International Federation of Fruit Juice Producers (IFU). However, the value for magnesium (29.24 ± 6.10 mg.L-1) was below the limit suggested by the IFU and that for calcium (38.21 ± 7.20 mg.L-1), lower than that found in the literature and close to the allowed minimum limit, which indicates that these minerals show low levels in Brazilian apple juice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Efeito da restrição alimentar como redutor do poder poluente dos dejetos de suínos/ Feed restriction as an alternative to reduce environmental impact of swine waste

Marcato, Simara Márcia; Lima, Gustavo Júlio Mello Monteiro de
2005-06-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar o efeito da restrição alimentar sobre a excreção de minerais nas fezes de suínos, foram utilizados 48 machos castrados com peso inicial de 41,92 ± 0,21kg, distribuídos em delineamento de blocos casualizados, com três tratamentos (T1=alimentação à vontade; T2=95% do consumo diário apresentado por T1; e T3=90% do consumo diário apresentado por T1) e 16 repetições. Os animais permaneceram durante 21 dias em adaptação aos tratamentos (mais) em baias coletivas e gaiolas de estudos metabólicos. As coletas de urina e fezes foram realizadas durante dois dias, utilizando-se 20 g de partículas de plástico colorido como marcador fecal. Houve redução de 8,54% no consumo diário de ração dos animais do T3, acarretando em decréscimo em torno de 9,65% excreção de matéria mineral nas fezes, quando comparado com o consumo ad libitum (T1). Todos os macrominerais, com exceção do magnésio, sofreram redução significativa no conteúdo fecal com o aumento da restrição alimentar. Os teores de cálcio e potássio das fezes representaram cerca de 29% da matéria mineral excretada pelas fezes dos animais e foram reduzidos significativamente com o emprego da restrição alimentar. Para todos os microminerais, as relações entre as quantidades excretadas e as quantidades consumidas foram iguais ou superiores a 86,60%, indicando que os animais apresentaram baixa eficiência de retenção desses nutrientes. Concluiu-se que a restrição alimentar de suínos em fase de terminação acarreta redução da quantidade de matéria seca e da maioria dos minerais excretados. Resumo em inglês With the objective to evaluate the effect of feed restriction on fecal mineral content of finishing swine, forty-eight barrows, with initial weight of 41.92 ± 0.27 kg were assigned to a randomized experimental block design. Treatments were: T1=ad libitum feeding; T2=95% T1 feed intake; and T3 = 90% T1 feed intake and 16 replications. Animals were kept during 21 days in adaptation period to the treatments in collective pens and metabolism cages. Urine and fecal collection (mais) was performed during two days, using 20 g of colored plastic particles as fecal markers. There was a reduction of 8.54% in the daily feed consumption of the diet in T3 animals, causing a decrease close to 9.65% in fecal mineral content, as compared to ad libitum consumption (T1). All macro minerals, except for magnesium, showed significant reduction in the fecal content with the increase of feed restriction. Calcium and potassium fecal content represented about 29% of the excreted mineral matter of the animals and both were significantly reduced with the use of feed restriction. For all micro minerals, the relations between excreted amount and consumed amount were equal or higher than 86.60%, indicating that the animals showed a low retention efficiency of these nutrients. In conclusion, feed restriction in finishing phase of swine cause reduction in the amount of dry matter and almost all minerals excreted. Therefore, the use of this practice can contribute to reduce pollution problems of swine manure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Avaliação de genótipos de Leucaena spp. nas condições edafoclimáticas de São Carlos,SP: II. determinações bromatológicas no período de estabelecimento/ Evaluation of Leucaena spp. genotypes in the edaphic and climatic conditions of São Carlos, SP: II. bromatological determinations at the establishment period

Primavesi, A.C.P. de A.; Nogueira, A.R.A.; Primavesi, O.; Godoy, R.; Batista, L.A.R.; Novaes, N.J.; França-Dantas, M.S.
1994-04-01

Resumo em português Em experimento conduzido em Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico, em área da EMBRAPA - CPPSE em São Carlos, situada a 22°01'S e 47°53'W, com altitude de 856 m e média de precipitação anual de 1502 mm, procedeu-se a determinação da composição bromatológicade folhas, hastes com diâmetro menor que 6 mm e vagens, de genótipos de leucena. Os genótipos avaliados, foram: L.leucocephala cv. Texas 1074 (TI), L.leucocephala 29 A9 (T2), L.leucocephala 11 x L.d (mais) lversifolia 25 (T3), L.leucocephala 11 x L.diversifolia 26 (T4), L.leucocephala 24-19/2-39 x L.diverstfolia 26 (T5) e L.leucocephala c v. Cunningham (testemunha). Verificou-se que: os genótipos avahados não apresentaram diferenças nas determinações bromatológicas, realizadas nas folhas e talos finos; o genótipo T3 registrou o maior teor de proteína bruta (28,06%), de fósforo (0,29%) e a maior relação PB/FDN e o menor teor de FDN para vagens; os genótipos apresentaram os seguintes teores médios, em porcentagem, para a composição bromatológicadas folhas, vagens e talos finos, respectivamente: Proteína bruta (18,57; 21,68; 6,41); Fibra detergente neutro (29,09; 41,58; 71,01); Fósforo (0,12; 0,22; 0,06); Cálcio (1,39; 0,36; 0,49); Magnesio (0,51; 0,28; 0,24); Tanino (1,32; 1,15; 0,28) e Digestibilidade "in vitro" (58,39; 61,22; 33,61); os teores de proteína e fósforo apresentaram a seguinte ordem decrescente nas partes das plantas: vagens > folhas > talos finos; os teores de cálcio: folhas > talos finos > vagens e de magnésio: folhas > vagens > talos finos. Resumo em inglês In a trial conducted on a distrofic Red-Yellow Latossol, at EMBRAPA-CPPSE, São Carlos, located at 22°01'S and 47'53'W, altitude of 856 m and with a mean annual rainfall of 1502 mm, the bromatological composition of leaves, stems smaller than 6 mm diameter and pods of leucena genotypes was determined. The genotypes evaluated were: L.leucocephala cv. Texas 1074 (T1), L.leucocephala 29 A9 (T2), L.leucocephala 11 x L.dlversifolia 25 (T3), L.leucocephala 11 x L.diverstfol (mais) ia 26 (T4), L.leucocephala 24-19/2-39 x L.diversifolia 26 (T5) and L.leucocephala cv. Cunningham (control). It was found that: - The evaluated genotypes did not show differences among themselves for bromatological determinations on leaves and fine stems; - T3 genotype had the greatest content of crude protein (28.06%), phosphorus (0.29%), the greatest PB/FDN relation, and the smaller FDN content of pods; - The genotypes presented the following average percentual contents of the bromatological composition of leaves, pods and stems smaller than 6 mm diameter, respectively: Crude Protein (18.57; 21.68; 6.41); Neutral detergent fiber (29.09; 41.58; 71.01); Phosphorus (0.12; 0.22; 0.06); Calcium (1.39; 0.36; 0.49); Magnesium (0.51; 0.28; 0.24); Tannin (1.32; 1.15; 0.28) and "in vitro" digestibility (58J9; 61.22; 33.61); - Protein and phosphorus contents presented the following decreasing order in plant parts: pods > leaves > stems smaller than 6 mm diameter; calcium contents: leaves > stems smaller than 6 mm diameter > pods; and the magnesium: leaves > pods > stems smaller than 6 mm diameter.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Diferenças genéticas na eficiência de absorção, na translocação e na utilização de K, Ca e Mg em mudas enxertadas de cafeeiro/ Genetics differences in the efficiency of absorption, translocation and use of K, Ca and Mg in grafted seedlings of coffee

Tomaz, Marcelo Antonio; Martinez, Hermínia Emília Prieto; Cruz, Cosme Damião; Ferrari, Rafael Binda; Zambolim, Laércio; Sakiyama, Ney Sussumu
2008-09-01

Resumo em português O estudo da eficiência nutricional de plantas enxertadas de cafeeiro é importante para a seleção de combinações enxerto/porta-enxerto visando desenvolvimento e produção máximos. O presente trabalho teve como objetivo avaliar as diferenças genéticas na eficiência de absorção, no transporte e na utilização de Potássio, Cálcio e Magnésio em mudas enxertadas de cafeeiro. O plantio foi realizado em vasos de 20L contendo como substrato terra, areia e esterco (mais) na proporção de 3:1:1, em que as plantas permaneceram por 18 meses até a coleta do experimento. Utilizaram-se como enxertos quatro genótipos de Coffea. arabica L.: as variedades Catuaí Vermelho IAC 15 e Oeiras MG 6851 e os híbridos H419-10-3-4-4 e H514-5-5-3 do programa de melhoramento da EPAMIG/UFV. Como porta-enxerto, foram empregados cinco progênies famílias de meios-irmãos de clones de Coffea canephora Pierre cv. Conilon: "ES 21", "ES 36", "ES 26", "ES 23" e "ES 38" do programa de melhoramento de café robusta do INCAPER. Houve variação da eficiência nutricional de K, Ca e Mg das plantas de cafeeiro em função da combinação enxerto/porta-enxerto. Na maioria das vezes, as plantas enxertadas tiveram desempenho inferior ao do pé-franco quanto à eficiência de absorção, translocação e utilização do K, Ca e Mg, bem como na produção de matéria seca. As combinações da variedade Catuaí Vermelho IAC 15 com os porta-enxertos ES 26 e ES 23 foram eficientes quanto à utilização de Mg e à produção de matéria seca. A baixa eficiência de absorção de K e Mg das combinações de enxertia com a cultivar Oeiras MG 6851 podem ter contribuído para a redução de produção de matéria seca total das mesmas. Resumo em inglês Studies on the nutritional efficiency of grafted coffee trees are important for the selection of the rootstocks/grafts combinations that aim at for a good development and maximum yield. This study aimed to evaluate the genetic differences in the efficiency of K, Ca and Mg uptake, transport and use in grafted coffee seedlings. Trees were planted in 20-L pots containing soil, sand and manure (3:1:1) to grow for 18 months, until harvest. As grafts, four genotypes of Coffea a (mais) rabica L were used: varieties Catuaí Vermelho IAC 15 and Oeiras MG 6851 and hybrids H419-10-3-4-4 and H514-5-5-3, of the breeding program of EPAMIG/UFV. As rootstocks, five half-sib progenies of Coffea canephora Pierre cv. Conilon clones were used: 'ES 21', 'ES 36', 'ES 26', 'ES 23' and 'ES 38', of the robust coffee breeding program of INCAPER. The nutritional efficiency of the coffee trees regarding K, Ca and Mg varied with the graft/ rootstock combination. The performance of the grafted coffee plants was inferior to the control varieties, with regard to the nutritional efficiency and dry matter yield. Catuaí Vermelho IAC 15 combined with the rootstocks ES 26 and ES 23 was highly effective regarding Mg utilization and dry matter yield. The dry weight reduction in the cv. Oeiras MG 6851 combinations may be explained by the low potassium and magnesium uptake efficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Cátions trocáveis, capacidade de troca de cátions e saturação por bases em solos brasileiros adubados com composto de lixo urbano/ Exchangeable cations, cation exchange capacity and base saturation in Brazilian soils amended with urban waste compost

Abreu Jr., Cassio Hamilton; Muraoka, Takashi; Oliveira, Fernando Carvalho
2001-12-01

Resumo em português O uso agrícola do composto de lixo, como fertilizante orgânico, além de melhorar as propriedades do solo, representa uma alternativa importante para gestão de resíduos sólidos domiciliares. Foram estudados os efeitos da aplicação do composto de lixo, proveniente da cidade de São Paulo (Usina de compostagem São Matheus), na dose de 30 g dm-3 (60 t ha-1), na presença e ausência de calcário dolomítico e adubos minerais, sobre os teores de cátions trocáveis (K (mais) +, Ca2+, Mg2+ e Na+); a capacidade de troca de cátions (CTC) e a saturação por bases (V%) de 21 solos ácidos e 5 solos alcalinos. Nos solos alcalinos o calcário foi substituído por gesso. O experimento foi conduzido em condições de casa de vegetação em delineamento em blocos ao acaso, com parcelas em faixas e três repetições. Nos solos ácidos, a aplicação do composto de lixo promoveu aumentos nos teores trocáveis de potássio, cálcio, magnésio e sódio, em média, de 195%, 200%, 86% e 1200%, e elevação da CTC em 42%, refletindo na V%, com aumento médio de 39%. Nos solos alcalinos, esses efeitos foram menos pronunciados, refletindo porém, em média, em aumentos da CTC em 8,4% e da V% em 2%. Os maiores efeitos sobre as propriedades químicas avaliadas foram conseqüências das aplicações do composto + adubo + calcário, nos solos ácidos, e do composto + adubo + gesso, nos solos alcalinos. A aplicação agrícola do composto de lixo urbano é viável, porém seus efeitos sobres as propriedades químicas do solo devem ser monitorados. Resumo em inglês The use of urban organic solid waste compost as organic fertilizer is an important alternative to solid waste management. This waste has been applied to agricultural lands because of the benefits in relation to soil chemical properties. A greenhouse experiment was conducted to investigate the effects of the application of urban waste compost, at the rate of 30 g dm-3 (60 t ha-1), on the contents of exchangeable cations (K+, Ca2+, Mg2+, and Na+), on cation exchangeable cap (mais) acity (CEC), and on base saturation (BS%) of 21 acid and 5 alkaline soils. The organic compost (collected at the São Matheus Plant Treatment, São Paulo, Brazil) was applied with or without dolomitic lime and mineral fertilizers. For alkaline soils, lime was substituted by gypsum. The experiment was carried out on a split-plot, completely randomized block design with three replicates. The compost application increased the exchangeable content of potassium, calcium, magnesium, and sodium on average of 195%, 200%, 86%, and 1200%, respectively, and elevated the CEC by 42% in acid soils. Consequently the BS% was increased 39%. A lower, but significant, increase on CEC was observed in alkaline soils in response to the compost application. Average CEC and BS% increases were of 8.4% and 2%, respectively. The highest effects on the evaluated soil properties were verified for compost + fertilizer + lime and compost + fertilizer + gypsum applications in acid and alkaline soils, respectively. It is concluded that the use of urban waste compost in agricultural lands is viable only if its effects on chemical properties are properly monitored.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Composição corporal e requisitos líquidos e dietéticos de macroelementos minerais de bovinos Nelore não-castrados/ Body composition and liquid and dietary requirements of macrominerals of Nellore bulls

Véras, Antonia Sherlânea Chaves; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Coelho da Silva, José Fernando; Paulino, Mário Fonseca; Cecon, Paulo Roberto; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Ferreira, Marcelo de Andrade; Paulino, Pedro Veiga Rodrigues; Rocha, Cleiton Vieira
2001-06-01

Resumo em português Utilizaram-se 30 animais Nelore, não-castrados, com idade e peso médios de 20 meses e 330 kg, para avaliar os efeitos da inclusão de concentrado sobre os requisitos líquidos e dietéticos de cálcio (Ca), fósforo (P), magnésio (Mg) e potássio (K). Após um período de adaptação (40 dias), cinco animais foram abatidos para servir como referência e os 25 restantes, distribuídos em cinco tratamentos (25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% de concentrado, na MS), em delin (mais) eamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. O peso de abate foi estabelecido como 450 kg. Ajustaram-se equações de regressão do logaritmo do conteúdo corporal de Ca, P, Mg ou K, em função do logaritmo do peso do corpo vazio (PCVZ), para cada nível de concentrado nas dietas. Derivando-se as referidas equações, obtiveram-se os requisitos líquidos para ganho de 1 kg de PCVZ (GPCVZ). Para estimativa dos requisitos dietéticos dos elementos inorgânicos avaliados, utilizaram-se os coeficientes médios de absorção estimados previamente, de 53,13; 37,33; 39,62; e 65,54%, para Ca, P, Mg e K, respectivamente. Os requerimentos líquidos dos elementos minerais diminuíram com o aumento do PCVZ dos animais. Para um animal de 400 kg de PV, as exigências líquidas foram de 8,18; 7,53; 0,21; e 2,77 g/kgGPCVZ, respectivamente, para Ca, P, Mg e K. Já os requisitos dietéticos para um bovino com este mesmo peso foram de 15,40; 20,17; 0,53; e 4,23 g/kg GPCVZ, respectivamente, para a mesma seqüência de minerais. Os requisitos de Ca, P, Mg e K diferiram dos preconizados pelos sistemas britânico e americano de exigências nutricionais. Resumo em inglês Thirty Nellore bulls, averaging 20 months of age and 330 kg, were used to evaluate the effects of concentrate inclusion on the liquid and dietary requirements of calcium (Ca), phosphorus (P), magnesium (Mg) and potassium (K). After a period of adaptation (40 days), five animals were slaughtered as reference and the 25 remaining were allotted to five treatments (25.0, 37.5, 50.0, 62.5, and 75.0% of concentrate, in DM), in a completely randomized design, with five replicate (mais) s. The slaughter weight was established as 450 kg. Regression equations of the logarithm of Ca, P, Mg or K body content were fitted in function of the logarithm of the empty body weight (EBW), for the concentrate levels in the diets. By deriving these equations, liquid requirements for gain of 1 kg EBW (EBWG) were obtained. The previous average estimated coefficients of absorption, of 53.13, 37.33, 39.62, and 65.54%, for Ca, P, Mg and K, respectively, were used to determine the macrominerals dietary requirements. The macrominerals liquid requirements decreased as EBW increased. For a 400 kg LW animal, the liquid requirements were 8.18, 7.53, .21, and 2.77 g/kg EBWG, respectively, for Ca, P, Mg and K. The dietary requirements for a 400 kg LW bovine were 15.40, 20.17, .53, and 4.23 g/kg EBWG, respectively, for the same macrominerals sequence. The Ca, P, Mg and K requirements differed from the British and American nutritional requirements systems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Palma Forrageira (Opuntia ficus indica Mill) em Substituição à Silagem de Sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) na Alimentação de Vacas Leiteiras/ Replacement of Forage Cactus (Opuntia ficus indica Mill) for Sorghum Silage (Sorghum bicolor (L.) Moench) in the Dairy Cows Feeding

Wanderley, Walmir Lima; Ferreira, Marcelo de Andrade; Andrade, Dulciene Karla Bezerra de; Véras, Antônia Sherlânea Chaves; Farias, Iderval; Lima, Luís Evandro de; Dias, Argélia Maria de Araújo
2002-02-01

Resumo em português O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o desempenho de vacas da raça Holandesa em lactação, alimentadas com rações contendo diferentes níveis (0, 12, 24 e 36%) de palma forrageira (Opuntia ficus indica Mill) em substituição à silagem de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench). Foram utilizadas oito vacas distribuídas em dois quadrados latinos (4x4). Cada período experimental teve duração de 21 dias, sendo 14 destinados à adaptação dos animais à (mais) s rações e sete para coleta. Os consumos de matéria seca (MS), em kg/dia, % de PV e em relação ao peso metabólico (g/kg0,75), e matéria orgânica e carboidratos totais, expressos em kg/dia, não foram influenciados pela adição de palma na ração, apresentando valores médios de 20,18; 3,41; 167,80; 18,86; e 14,85, respectivamente. O consumo de carboidratos não-fibrosos, em kg/dia, aumentou, e os de fibra em detergente neutro, em kg/dia e % de PV, fibra em detergente ácido; proteína bruta e extrato etéreo, expressos em kg/dia, diminuíram linearmente com a inclusão de palma na ração. O consumo de sódio não foi influenciado pela adição de palma na ração, com valor médio de 29,45g/dia. Os consumos de potássio e magnésio aumentaram e o de fósforo diminuiu linearmente com a adição de palma na ração. Não houve efeito da inclusão de palma sobre a produção de leite com e sem correção para 3,5% de gordura, cujos valores médios foram de 25,01 e 26,97kg/dia, respectivamente. O teor de gordura do leite foi influenciado de forma quadrática, sendo o teor máximo estimado em 4,08%, com 20,51% de palma na ração. A conversão alimentar aumentou linearmente com a inclusão de palma. Resumo em inglês The experiment was conducted to evaluate the performance of lactating Holstein cows fed diet with different replacement levels (0, 12, 24 and 36%) of forage cactus (Opuntia ficus indica Mill) for sorghum silage (Sorghum bicolor (L.) Moench). Eight cows were assigned to a two 4x4 latin square design. Each experimental period lasted 21 days, 14 days for adaptation and 7 days for data collection. The intakes of dry matter (DM) in kg/day, % of live weight (LW) and g/kg0,75, o (mais) rganic matter and total carbohydrates in kg/day, were not affected by the forage cactus levels (20.18, 3.41, 167.80, 18.86, and 14.85, respectively). The nonfiber carbohydrates (kg/day) intake increased and the intakes of neutral detergent fiber (kg/day and % of LW), acid detergent fiber, crude protein and ether extract (kg/day) linearly decreased as the forage cactus levels increased. The sodium intake was not affected by the inclusion of forage cactus, with average value of 29.45g/day. The potassium and magnesium intake increased and phosphorus intake linearly decreased. The milk production and fat corrected milk was not affected by the forage cactus levels (25.01 and 26.97 kg/day, respectively). There was a quadratic effect of levels of forage cactus on the milk fat concentration, with maximum milk fat of 4.08% with 20.51% of forage cactus. Feed:milk production ratio linearly decreased as the forage cactus levels increased.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Resposta do milho a fontes e modos de aplicação de fósforo durante três cultivos sucessivos em solo da região do Cerrado/ Maize response to phosphorus sources and application methods during three successive cultivations in soil of the Cerrado region

Resende, Álvaro Vilela de; Furtini Neto, Antonio Eduardo; Alves, Vera Maria Carvalho; Muniz, Joel Augusto; Curi, Nilton; Lago, Fabiano José do
2006-06-01

Resumo em português Objetivou-se comparar fertilizantes fosfatados em diferentes modos de aplicação, durante três cultivos sucessivos de milho, num Argissolo Vermelho já adubado anteriormente. Foi utilizado um fatorial 4 x 2+1, envolvendo quatro fontes de P (superfosfato triplo ST, termofosfato magnesiano TM, fosfato reativo de Arad FR e fosfato natural de Araxá FA), duas formas de aplicação (a lanço ou no sulco de plantio), e uma testemunha (sem P) como tratamento adicional. Foram f (mais) ornecidos 180 kg ha-1 de P2O5 no primeiro cultivo, com base nos teores totais das fontes. Para os cultivos seguintes, não foi feito preparo do solo. Determinaram-se os teores de nutrientes no solo e nas folhas de milho e a produção de grãos. As respostas aos tratamentos foram mais discrepantes inicialmente e tenderam à eqüidade com os cultivos sucessivos. Nas duas primeiras safras, as fontes de maior solubilidade (ST e TM) ocasionaram as maiores produções. Os fosfatos naturais (FR e FA) apresentaram aumento de eficiência com o tempo. A aplicação localizada do FR proporcionou alta produtividade na terceira safra. O residual de antigas adubações e as condições climáticas influenciaram os efeitos dos tratamentos. Resumo em inglês The objective of this study was to compare phosphate fertilizers in different methods of application during three successive maize cultivations in a Red Argisol (Hapludults) which had been previously fertilized. Treatments arranged in a 4x2+1 factorial design combined four P sources in the amount of 180 kg ha-1 P2O5 (triple superphosphate - TS, magnesium termophosphate - MT, Arad reactive rock phosphate - RP, and Araxá rock phosphate - AP), two application methods (broad (mais) casted or banded in the seeding furrow), and a check plot (without P) as an additional treatment. The applied P ratio was based on the total P2O5 content of each fertilizer. After the first cultivation, the soil was no longer revolved. Soil and leaf nutrient concentrations, and the grain yield were determined. The responses to treatments were more contrasting initially and tended to level off with successive cultivations. In the first two cultivations, the most soluble sources (TS and MT) promoted greater yields. The rock phosphates (RP and AP) presented increased efficiency with time. Banded application of RP provided a higher grain yield in the third cultivation. The residual effect of previous fertilizations and the climatic conditions influenced the effects of the treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Relação fósforo e magnésio na fertilidade do solo, no estado nutricional e na produção da alfafa/ Phosphorus and magnesium ratio on soil fertility, nutritional status, and yield of alfalfa

Moreira, Adônis; Heinrichs, Reges; Freitas, Alfredo Ribeiro de
2008-06-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar a influência da relação P:Mg na fertilidade do solo, no estado nutricional e na produção de matéria seca da alfafa, foi realizado um experimento em vasos com Latossolo Vermelho Amarelo distrófico, segundo delineamento inteiramente casualizado, em esquema de parcelas subdivididas, com três repetições. Os tratamentos foram constituídos de combinações de P (doses: 0, 100, 200 e 400 mg kg-1, fonte: superfosfato triplo) e Mg (doses: 0, 10 (mais) 0 e 200 mg kg-1, fonte: cloreto de magnésio), nas proporções de 0, 0,5, 1, 2 e 4. No período experimental, foram realizados três cortes, com intervalo de 30 dias (subparcelas). Os resultados demonstraram que o incremento da relação P:Mg e das doses de P e de Mg aumenta a produção de matéria seca. O teor de P e as combinações de P:Mg no tecido vegetal apresentaram estreita relação com a proporção desses nutrientes no solo. A relação 2:1 acarretou maior teor de clorofila e N na matéria seca, enquanto altas quantidades de P no solo diminuíram a absorção de K. Resumo em inglês A greenhouse experiment was carried out to evaluate the effect of P:Mg ratios on soil fertility and on mineral composition and yield of alfalfa cultivated in a dystrophic Red Yellow Latosol (Oxisol). It was used a split-plot in a complete randomized design, with three replicates. Treatments were combinations of P (rates: 0, 100, 200, and 400 mg kg-1, source: triple superphosphate) and Mg (rates: 0, 100, and 200 mg kg-1, source: magnesium chlorite) at the following P:Mg ra (mais) tios: 0, 0.5, 1, 2, and 4. Three harvest were performed (subplots), with 30-d intervals. Results showed that dry matter yield increased with the increment of P:Mg ratios and P and Mg rates. Phosphorus concentrations and P:Mg ratios in tissue showed close relationship with the proportion of the nutrients in the soil. The 2:1 ratio caused higher chlorophyll and N concentrations in tissue, while elevating quantity of P in soil decreased K uptake.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Relação entre atributos de solos e oxidação de enxofre elementar em quarenta e duas amostras de solos do Brasil/ Relationship between soil attributes and elemental sulfur oxidation in 42 soil samples from Brazil

Horowitz, Nelson; Meurer, Egon José
2007-06-01

Resumo em português O uso do S-elementar como fertilizante pode reduzir custos de produção. É necessária, porém, a sua oxidação a S-sulfato, forma disponível à planta. Poucas informações são encontradas na literatura sobre a capacidade de solos brasileiros em oxidar S-elementar. Este trabalho foi realizado com os objetivos de determinar a taxa de oxidação de S-elementar em amostras de 42 solos coletadas em vários Estados do Brasil e verificar como atributos de solos podem afet (mais) ar a oxidação. O estudo foi realizado com amostras coletadas no horizonte A, na camada de 0 a 20 cm, que foram incubadas com S-elementar na dose de 10 g kg-1 de S0 no solo por 90 dias em estufa na temperatura de 27 ± 1 ºC, em frascos de vidro com capacidade para 150 mL. As amostras dos 42 solos apresentaram taxas de oxidação do S-elementar a S-sulfato que variaram de 1,95 a 21,89 µg cm-2 dia-1 de S0. A taxa de oxidação do S-elementar se correlacionou positivamente com o teor de matéria orgânica (MO) e negativamente com os teores de Al trocável e o teor inicial de S dos solos. O pH e os teores de argila, P, K disponíveis, Ca e Mg trocáveis não afetaram a taxa de oxidação do S-elementar dos solos. Resumo em inglês The use of elemental S as fertilizer can reduce costs in agriculture, but elemental-S must first be oxidized to sulfate-S to become plant-available. Little information is found in the literature about the capacity of Brazilian soils to oxidize elemental-S. This study was carried out with the objective of determining the oxidation rates of 42 soils samples from different Brazilian states to verify how soil attributes affect oxidation. Samples were collected in the A horizo (mais) n (0-20 cm layer) and incubated in 150 mL glass flasks with 10 g kg-1 of S0 for 90 days, at 27 ± 1 ºC. The samples of the 42 soils oxidized the elemental-S to sulfate-S at rates between 1.95 and 21.89 µg cm-2 day-1 of S0. The oxidation rate was positively related to soil organic matter content and inversely related to exchangeable aluminum and initial sulfur content of the soils. Soil pH and soil concentration of phosphorus, potassium, calcium, and magnesium had no effect on the oxidation rate of elemental-S.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Relação cálcio e magnésio na fertilidade de um latossolo vermelho escuro distrófico cultivado com alfafa/ Calcium and magnesium ratio in the fertility of a dystrophic dark red latosol cultivated with alfalfa

Moreira, Adônis; Carvalho, Janice Guedes de; Evangelista, Antônio Ricardo
2005-08-01

Resumo em português Realizou-se com este trabalho com o objetivo de verificar os efeitos da relação Ca e Mg na fertilidade de um Latossolo Vermelho Escuro distrófico, fase cerrado, cultivado com alfafa (Medicago sativa L.). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado em parcelas subdivididas, com seis tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos consistiram de cinco relações Ca:Mg: 1:0; 1:1; 2:1; 3:1 e 4:1 (3,9 t ha-1) e mais um tratamento adicional com a m (mais) esma relação 3:1, porém, com o dobro da quantidade aplicada (7,8 t ha-1). As quatro coletas de solo realizadas durante a condução do experimento consistiram nas subparcelas. Os resultados mostraram que com o aumento da relação K/(Ca+Mg) ocorre diminuição do teor de Ca e Mg na matéria seca da parte aérea e da quantidade Ca e Mg trocável, que as saturações de K, Ca e Mg estão diretamente relacionadas com a produção de matéria seca total e o aumento da relação K/(Ca+Mg) diminui o índice de pH e aumenta a acidez potencial do solo. Resumo em inglês The objective of this work was to verify the effect of the calcium and magnesium ratio in the fertility of a dystrophic Dark Red Latosol (Oxisol), phase savanna, cultivated with alfalfa (Medicago sativa L.). The used experimental design was a randomized split-plot with four replicates. The treatments consisted of five Ca:Mg ratios 1:0; 1:1; 2:1; 3:1 and 4:1 at a recommended dosage of 3.9 t ha-1 and an additional treatment with the same ratio of 3:1, however with the doubl (mais) e of the applied amount (7.8 t ha-1). Four soil samples were collected during the experiment consisting in the subtreatments. The results showed that with an increase of the relationship K/(Ca+Mg) a reduction of the Ca and Mg content of the aerial dry matter and of the exchangeable Ca and Mg content happens. The saturations of K, Ca and Mg are directly related with the total dry matter production and the increase of the relationship K/(Ca+Mg) reduces the pH index and increases the potential acidity of the soil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Influência da variedade e do porta-enxêrto, na composição mineral das fôlhas de citros/ Influence of scion and rootstock varieties on the inorganic composition of citrus leaves

Gallo, J. Romano; Moreira, Sylvio; Rodriguez, Ody; Fraga Jr, Constantino G.
1960-01-01

Resumo em português No presente trabalho são relatados os efeitos determinados; por diferentes combinações copa-cavalo, na composição mineral das fôlhas de citros. O material para o presente estudo foi retirado de dois ensaios de cavalos para laranja pêra e laranja baianinha (Citrus sinensis Osbeck) instalados na Estação Experimental de Limeira, do Instituto Agronômico. Amostras de fôlhas foram colhidas em diferentes estágios de crescimento e correspondentes o dois ciclos vegetat (mais) ivos, e a composição estudada separadamente para árvores de mesma idade. Os resultados obtidos permitiram concluir que além dos efeitos na composição das folhas devidos à variedade e ao porta-enxêrto, outros fatôres como longevidade e moléstias de vírus devem ser considerados pora o julgamento dos efeitos da adubação pela análise foliar. Resumo em inglês The influence of five different combinations scion-rootstock for two scion varieties on the percentage of nitrogen, phosphorus, potassium, calcium, and magnesium in citrus leaves is reported. Leaves from fruiting shoots of two spring flushes were taken from Baianinha and Pêra oranges trees (Citrus sinensis Osbeck) on two experimental orchards located in the Experiment Station of Limeira, State of Sao Paulo. The rootstocks On which they are budded and used for this study (mais) were: Pêra orange, and sweet orange (C. sinensis Osb.), Rangour lime (C. reticulata Blanco X C- aurantifolia Swing (?)), rough lemon (C. limon Burm. f. X (?)), and Cleopatra mandarin (C. reticulata Blanco). In the spring of 1957 when the leaf sampling was started the trees on sweet orange, Rangpur lime and rough lemon rootstocks were 21 years old and those an Pêra and mandarin rootstocks 7 years old, but only plants of the same age were compared. Fertilization was uniform in all plots and the soil apparently very uniform. Confidence limits for the mean results of inorganic composition of leaves 3 to 6 months old of two flushes are presented. Seasonal changes in nutrient composition of leaves ore olso shown. The leaves of both scion varieties differed in their principal mineral constituents. The major difference was found in the potassium content. Leaves of Baianinha orange trees contained relatively more potassium than Pêra orange leaves. The composition of leaves changed according to the rootstock species. Differences in potassium, calcium, and magnesium levels in leaves of the some scion variety were found to be significant when Pêra orange and Cleopatra mandarin were the rootstocks. Variations in the composition of scion leaves in the older combinations could be associated with virus disease tolerance and longevity of species. In view of the results obtained, other factors such as virus diseases, longevity, etc. besides varietal effects and selectivity of rootstocks to absorb nutrients, must be taken into account in attempting to associate the results of foliar analysis with fertilizer utilization by citrus trees.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Influência da relação cálcio:magnésio do corretivo na nodulação, produção e composição mineral da alfafa/ Influence of calcium:magnesium ratio in limestone on nodulation, dry matter yield and mineral composition of alfalfa

Moreira, Adônis; Carvalho, Janice Guedes de; Evangelista, Antônio Ricardo
1999-02-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da relação Ca:Mg do corretivo da acidez do solo na produção de matéria seca, composição mineral da alfafa, e nodulação. O solo utilizado foi um Latossolo Vermelho-Escuro distrófico. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial com seis relações de Ca:Mg (1:0; 1:1; 2:1; 3:1; 4:1, na dosagem de 3,9 t ha-1 do corretivo e uma relação 3:1 na dosagem de 7,8 t ha-1) x seis épocas de corte, c (mais) om quatro repetições. Mediram-se as produções de matéria seca (MS), teores de N, P, K, Ca, Mg e S na parte aérea, e peso fresco e massa seca dos nódulos, determinados no último corte. As mudanças na relação Ca:Mg não afetaram a produção de MS da alfafa. O dobro da dosagem de calcário recomendada apresentou a maior produção de MS. O teor de Ca e Mg foi diretamente proporcional à sua disponibilidade no solo, ao passo que o K foi inversamente proporcional ao teor de Ca. Não houve influência dos tratamentos nos teores de P. As relações Ca:Mg afetaram os teores de S na matéria seca, os quais foram menores nos tratamentos com maior quantidade de Ca. O tratamento 4:1 apresentou maior teor de N, e as maiores concentração de Ca no solo aumentaram a fixação de N à planta. Resumo em inglês This study evaluated the effect of different Ca:Mg ratios on dry matter yield, mineral composition of alfalfa, and nodulation. A dystrophic Dark-Red Latosol (Oxisol) soil was used in the experiment. A randomized design was adapted with five Ca:Mg ratios (1:0; 1:1; 2:1; 3:1 and 4:1) at a recommended limestone dosage of 3.9 t ha-1. An additional treatment was included at a ratio of 3:1 with the dosage of 7.8 t ha-1. All treatments had four replicates in six cutting times. T (mais) he analyzed variables were dry matter production, concentrations (g kg-1) of N, P, K, Ca, Mg and S in dry matter and weights of fresh and dry nodules. The changes in the ratios of Ca:Mg at the recommended limestone rate did not affect the dry matter production. The highest dry matter yield was obtained in the treatment that used twice the recommended dosage. The concentrations of Ca and Mg in the aerial dry matter were directly proportional to their availability in the soil, while the K concentrations were inversely proportional to the rate Ca applied. No treatment influenced the concentration of P in the aerial dry matter. The concentration of S was influenced by the ratio of Ca:Mg and diminished with increases in Ca. The 4:1 treatment showed the highest concentration of N in the dry matter. The N fixation enhanced as the Ca rate in the soil increased.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Efeitos de calagem e adubação mineral em siratro cultivado em solo de cerrado/ Effect of liming, phosphorus and potassium on Siratro culture in "cerrado soil"

Lovadini, Luiz A. C.; Bulisani, Eduardo A.; Mascarenhas, Hipólito A. A.
1977-01-01

Resumo em português São apresentados resultados de ensaio permanente de níveis de calcário, fósforo e potássio, conduzido durante três anos com siratro (Macroptilium atropurpureum DC), em latossolo vermelho-amarelo, fase arenosa, sob vegetação de cerrado. Na produção de matéria seca foram observadas respostas apenas ao calcário e fósforo. O melhor tratamento foi 4,0 t de calcário em presença de 100 kg/ha de P(2)0(5) e 60 kg/ha de K(2)0, produzindo o máximo de matéria seca (2 (mais) 1 t/ha) e maior quantidade de proteína total (3137 kg/ha). O mesmo tratamento mostra a maior absorção de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio e magnésio, nas quantidades de 502, 25, 340, 167 e 64 kg/ha respectivamente. Resumo em inglês Results are discussed of a three year experiment on levels of liming, phosphorus and potassium with Siratro (Macroptillium atropurpureum DC) on a Red Yellow Latosol sandy phase under "cerrado" vegetation. Responses were observed for lime and phosphorus. The best treatment was 4.0t of lime in the presence of 100 kg of P(2)0(5) (simple superphosphate) and 60 kg/ha of K2O (potassium chloride) which gave the maximum dry matter 21t/ha, the highest total protein 3137 kg/ha, and (mais) the greatest uptake of nitrogen, phosphorus, potassium, calcium, and magnesium which were 502, 25, 340, 167 and 62 kg/ha respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Efeito da relação cálcio e magnésio do corretivo sobre micronutrientes na alfafa/ Effect of limestone calcium and magnesium ratio on micronutrients in alfalfa

MOREIRA, ADÔNIS; CARVALHO, JANICE GUEDES DE; MORAES, LARISSA ALEXANDRA CARDOSO; SALVADOR, JOÃO ODEMIR
2000-10-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da relação Ca:Mg do corretivo sobre micronutrientes na alfafa, em experimento conduzido em casa de vegetação, em um Latossolo Vermelho-Escuro distrófico. O delineamento experimental utilizado foi, em todos os tratamentos, inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foram estudadas cinco relações (1:0, 1:1, 2:1, 3:1, 4:1, na dosagem equivalente a 3.900 kg ha-1), e um tratamento com a dosagem equivalente a 7.800 k (mais) g ha-1 (relação 3:1), em seis cortes, com intervalo de 35 dias. Verificou-se que o dobro da aplicação da relação 3:1 diminui significativamente os teores de B, Fe, Mn e Zn. A aplicação só de CaCO3, como corretivo da acidez, não afeta a absorção de Cu. Os teores dos micronutrientes estudados apresentam níveis considerados adequados, sendo, estes, afetados pelas épocas de corte. Resumo em inglês This study evaluated the effect of limestone Ca:Mg ratios on micronutrients in alfalfa. A randomized block design was used with five relations of Ca:Mg ratios (1:0, 1:1, 2:1, 3:1 and 4:1) at a recommended limestone dosage of 3,900 kg ha-1. An additional treatment was included at a ratio of 3:1 with the dosage of 7,800 kg ha-1. All treatments had four replicates in a six-cutting number, in 35 days of interval. The variables analyzed were: concentration and quantity of B, C (mais) u, Fe, Mn, and Zn in dry matter. The decrease of the concentration of B, Fe, Mn and Zn was obtained in the treatment that used twice the recommended dosage. The antagonic effect between Ca, applied as CaCO3, and Cu was not observed in the treatments. The concentration of micronutrients varied according to the cutting times.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Efeito da fertilização com fósforo, potássio e magnésio em jacatupé infectado com rizóbio em um Latossolo álico/ Effect of phosphorus, potassium and magnesium fertilization on yam bean inoculated with bradyrhizobium and growing in an alic Latosol soil

Stamford, Newton Pereira; Santos, Carolina Etiene de Rosália e Silva; Medeiros, Rui; Freitas, Ana Dolores Santiago de
1999-10-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar o efeito da fertilização com fósforo, potássio e magnésio na fixação do N2 em jacatupé (Pachyrhizus erosus (L.) Urban) cultivado em um Latossolo Amarelo distrófico álico da Zona da Mata de Pernambuco, foi conduzido um experimento inoculando as sementes com a estirpe de Bradyrhizobium sp. NFB 450. Foram aplicadas quatro fórmulas de adubação com potássio e magnésio, na proporção (K2O:MgO) 2:1, em quantidades crescentes (0:0, 40:20, (mais) 60:30 e 80:40 kg ha-1 de K2O e MgO, respectivamente) e cinco níveis de fósforo (0, 20, 40, 60 e 80 kg ha-1 de P2O5, na forma de superfosfato triplo). A produção máxima foi obtida quando aplicou-se 64 kg ha-1 de P2O5. Observou-se efeito significativo para os níveis de K2O-MgO, quando em comparação com o tratamento sem K e Mg; entretanto, com o aumento da aplicação verificou-se diminuição da produção de matéria seca e do N total, e aumento do P total acumulado na parte aérea. O jacatupé respondeu a níveis baixos da fertilização com P, K e Mg, e mostrou-se efetivo na fixação do N2, com grande potencial na produção de biomassa. Resumo em inglês In order to evaluate the effects of phosphorus, potassium and magnesium application on the nutrient absorption and yield of yam bean (Pachyrhizus erosus (L.) Urban), in a Yellow Latosol of the Zona da Mata of Pernambuco State, Brazil, an experiment was carried out using the strain of Bradyrhizobium sp. NFB 450, isolated from yam bean and selected for efficient N2 fixation in previous experiments. Potassium and magnesium were applied in the proportion of 2:1 (K2O:MgO) in i (mais) ncreasing levels (0:0, 40:20, 60:30 and 80:40 kg ha-1 of K2O and MgO, respectively), and crescent levels of phosphorus (0, 20, 40, 60 and 80 kg ha-1 of P2O5) were added in the form of triple superphosphate. Maximum dry matter production, total N and total P accumulated were obtained when applying 64 kg ha-1 of P2O5. A significant effect of K2O:MgO levels was observed in relation to the treatment without K and Mg application; nevertheless, higher levels of K2O:MgO decreased dry matter and total N, and increased total P accumulation. Yam bean responded to low levels of P, K and Mg fertilizer, and showed ability in N2 fixation, with great potential for biomass production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Doses de fertilizante de liberação lenta na formação do porta-enxerto 'Trifoliata'/ Rates of slow-release fertilizer on 'Trifoliata' rootstock production

Scivittaro, Walkyria Bueno; Oliveira, Roberto Pedroso de; Radmann, Elizete Beatriz
2004-12-01

Resumo em português Realizou-se, em viveiro telado, um experimento para avaliar o efeito de doses de fertilizante de liberação lenta na formação e acumulação de nutrientes pelo porta-enxerto 'Trifoliata' produzido em tubetes. Os tratamentos compreenderam uma testemunha sem adubação e quatro doses (1,5; 3,0; 4,5 e 6,0 kg m-3) de fertilizante de liberação lenta contendo 15% de N, 10% de P2O5 e 10% de K2O, com liberação total de nutrientes em um período de 150 a 180 dias à tempera (mais) tura de 21ºC. Para fins de comparação, foram incluídos dois tratamentos com fontes solúveis de nutrientes diferindo, entre si, pela omissão ou não de N (superfosfato triplo, sulfato de potássio e soluções de sulfato de magnésio, micronutrientes e de cloreto ou nitrato de cálcio, respectivamente). Estes foram dispostos em delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. As doses de N, P, K e Mg aplicadas nos tratamentos com fontes solúveis corresponderam às quantidades desses nutrientes fornecidas pela maior dose de fertilizante de liberação lenta. A elevação na dose de fertilizante de liberação lenta promoveu aumento no diâmetro do caule, produção de matéria seca da parte aérea e acumulação de N, P, K, Mg e B nas plantas de 'Trifoliata'. O uso de fertilizantes solúveis propiciou maior diâmetro do caule e acumulação de N e de Ca nas mudas de 'trifoliata', relativamente ao fertilizante de liberação lenta. A deficiência de N limitou o desenvolvimento e a acumulação de nutrientes pelo porta-enxerto 'Trifoliata'. Resumo em inglês The effect of slow-release fertilizer rates on growth and nutrient accumulation of 'Trifoliata' seedlings was evaluated in dibble tubes at a screen-protected nursery. The treatments comprised a control without fertilization and four rates (1.5, 3.0, 4.5, and 6.0 kg m-3) of slow-release fertilizer with 15% N, 10% P2O5, and 10% K2O, with total release of nutrients in 150 to 180 days at the temperature of 21ºC. Two standard treatments with soluble fertilizers, which differ (mais) one from the other by the omission or not of nitrogen (triple superphosphate, potassium sulfate and solutions of magnesium sulfate, micronutrients, and calcium chloride or calcium nitrate) were included. The treatments were disposed according to a randomized complete block design with four replications. The rates of N, P, K, and Mg used in the treatments with soluble fertilizers corresponded to the amounts supplied by the highest rate of slow-release fertilizer. Stem diameter, shoot dry matter yield and N, P, K, Mg and B accumulation of 'Trifoliata' seedlings increased with the rate of slow-release fertilizer. Soluble fertilizers causes greater stem diameter, and nitrogen and calcium accumulation in 'Trifoliata' rootstocks than slow-release fertilizer. Nitrogen deficiency limited growth and nutrient accumulation of 'Trifoliata' rootstock.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Caracterização físico-química e microbiológica da farinha de algaroba (Prosopis juliflora (Sw.) DC)/ Physicochemical and microbiological characterization of mesquite flour (Prosopis juliflora (Sw.) DC)

Silva, Celiane Gomes Maia da; Melo Filho, Artur Bibiano de; Pires, Edleide Freitas; Stamford, Tânia Lúcia Montenegro
2007-12-01

Resumo em português Algaroba (Prosopis juliflora (Sw.) D.C.) é uma leguminosa arbórea tropical comum no semi-árido brasileiro e desenvolve-se em lugares secos, onde dificilmente outras plantas poderiam sobreviver. Suas vagens produzem uma farinha que pode ser usada na alimentação humana, além de vários outros produtos como o mel, licor e um produto similar ao café. Este trabalho teve por objetivo caracterizar quanto à composição físico-química e microbiológica a farinha de alga (mais) roba potencialmente passível de introdução como matéria-prima de interesse comercial. A farinha de algaroba foi analisada quanto ao teor de umidade, cinzas, proteína, lipídios, açúcares totais, açúcares redutores, fibra alimentar total e tanino. Os minerais analisados foram cálcio, fósforo, magnésio, ferro, zinco, sódio, potássio, manganês, silício, alumínio e cobre. As análises microbiológicas foram: coliformes a 45 °C.g -1, Bacillus cereus.g -1, Salmonella sp..25 g -1, e bolores e leveduras.g -1. Verificou-se que a farinha de algaroba apresenta elevados níveis de açúcares (56,5 g.100 g -1), razoável teor de proteínas (9,0 g.100 g -1) e baixo teor em lipídios (2,1 g.100 g -1). Quanto aos minerais observou-se a predominância do fósforo (749 mg.100 g -1) e do cálcio (390 mg.100 g -1). As análises microbiológicas apresentaram resultados inferiores ao limite estabelecido pela legislação, sendo considerada apropriada quanto à qualidade higiênico-sanitária. Portanto, conclui-se que esta possui uma elevada concentração de açúcares além de outros nutrientes, como minerais, importantes para o desenvolvimento humano e animal. Resumo em inglês Mesquite (Prosopis juliflora (Sw.) D.C.) is a tropical tree legume fairly common in the semi-arid region of Brazil, which thrives in dry environments where other plants would hardly survive. Its seedpods can be made into flour, which is used in human food and other products such as honey, liqueur and a product similar to coffee. The major aim of this study was to characterize the physicochemical and microbiological composition of mesquite flour with a view to introducing (mais) it as a commercial raw material. The mesquite flour was analyzed to determine its water, ash, protein, lipids, total sugar, reducing sugar, total food fiber and tannin content. The minerals analyzed were calcium, phosphorous, magnesium, iron, zinc, sodium, potassium, manganese, silicon, aluminum and copper. The microbiological analysis focused on coliforms at 45 °C.g-1, Bacillus cereus.g -1, Salmonella sp..25 g-1 and molds and yeasts.g -1. The mesquite flour presented high levels of sugars (56.5 g.100 g -1), a moderate level of proteins (9.0 g.100 g -1) and low levels of lipids (2.1 g.100 g -1). As for mineral content, the results showed a prevalence of phosphorous (749 mg.100 g -1) and calcium (390 mg.100 g -1). The microbiological analysis showed results below the legal limits, allowing the product to be considered appropriate from a sanitary standpoint. It was therefore concluded that mesquite flour contains a high concentration of sugars as well as other nutrients such as minerals, which are important for human and animal development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Avaliação nutricional de uma dieta suplementada com multimistura: estudo em ratos/ Nutritional evaluation of a diet supplement with "multimistura": study with rats

Madruga, Marta Suely; Santos, Hosana Bandeira; Bion, Francisca Martins; Antunes, Norma Lúcia Marinho
2004-03-01

Resumo em português Foi realizado estudo utilizando-se 60 ratos machos Wistar, com o objetivo de avaliar a influência de uma multimistura no combate à desnutrição. Todos os ratos foram submetidos a 14 dias de depleção, após este período, 12 ratos foram selecionados para formar o Grupo 0 ou Aprotéico; o restante foi distribuído em 4 grupos: I - dieta controle; II - dieta creche; III - dieta creche mais 1,2g de Multimistura e IV - dieta creche mais 2,4g de multimistura. A multimistur (mais) a constituía-se por 47,5% de fubá de milho; 47,5% de farelo de trigo; 4% de pó de sementes de melão, gergelim, abóbora e amendoim; 0,5% de pó da folha da mandioca e 0,5% do pó da casca de ovo. A composição centesimal da multimistura reportou elevados teores de carboidratos (74,24%) e proteínas (11,75%). A multimistura apresentou em sua composição mineral 8,07% de ferro; 357,45mg% de cálcio; 235,10mg% de magnésio; 677,65% de potássio; 570,21mg% de fósforo e 7,02mg% de sódio. No ensaio biológico, observou-se que o Grupo I - controle - obteve um ganho de peso corporal de 42% mais elevado que os Grupos II e III e 37% a mais que o Grupo IV. As ingestões alimentar e protéica foram superiores no Grupo I. Observou-se que o acréscimo de multimistura não influenciou na recuperação ponderal dos ratos. Resumo em inglês A study was developed with 60 Wistar male rats, aiming to evaluate the influence of a "multimistura" against malnutrition. All animals were submitted to 14 days of malnutrition, and after this period, 12 rats were selected to constitute group "O" or non-protein; the others were distributed among 4 groups: I - control diet of casein; II - crèche diet; III - crèche diet plus 1,2g of multimistura; IV - crèche diet plus 2.4g of "multimistura". The "multimistura" was formul (mais) ated by using 47.5% of corn bran, 47.5% of wheat bran, 4% of powder from melon seeds, sesame, pumpkinseeds and peanut; 0.5% of powder from cassava leaves and 0.5% of eggshell powder. The chemical composition showed that the multimistura presented high contents of carbohydrates (74.24%) and proteins (11.75%). The "multimistura" presented in its mineral composition 8.07mg% of iron; 357.45mg% of calcium; 235.10mg% of magnesium; 677.65mg% of potassium; 570.21mg% of phosphorus and 7.02mg% of sodium. The biological essay revealed that group I presented a body-weight 42% higher than groups II and III, and 37% more than group IV. The food and protein intake were better presented by group I. The addition of multimistura did not affect the rat recovery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Atributos físicos, químicos e mineralógicos de solos da região das Várzeas de Sousa (PB)/ Physical, chemical and mineralogical characteristics of soils from the meadow Region of Sousa (PB)

Corrêa, M. M.; Ker, J. C.; Mendonça, E. S.; Ruiz, H. A.; Bastos, R. S.
2003-04-01

Resumo em português O presente trabalho teve por objetivo caracterizar, física, química e mineralogicamente, os solos localizados nas várzeas de Sousa (Sertão da Paraíba), bem como verificar o efeito dos cátions alcalinos e alcalino-terrosos na estabilidade das substâncias húmicas. Procurou-se, ainda, identificar os critérios de distinção de ambientes utilizados pelos pequenos agricultores e as diferentes formas de uso dos solos da região estudada. Para isso, foram selecionados, (mais) amostrados e analisados perfis de solos das classes: Neossolo Flúvico, Luvissolo, Planossolo Nátrico e Vertissolo Cromado. Constatou-se que, além do sódio, o magnésio teve participação efetiva na dispersão de argila, principalmente nos Vertissolos. Os teores de Fe2O3 foram baixos em todos os perfis, com provável predomínio das formas menos cristalinas, identificadas pelas altas relações Feo/Fed. A mineralogia cálcio-sódica da fração silte é condizente com os teores, relativamente elevados, de cálcio, magnésio e sódio, sendo, provavelmente, o principal responsável por esses valores nos solos estudados. Na fração argila de todos os solos, foi observada a presença marcante da vermiculita/esmectita e ilita. Nos Vertissolos, o teor expressivo de ferro na fração argila revela, além da presença da hematita, a ocorrência de mineral 2:1 expansivo rico em ferro, sobretudo a nontronita. O pré-tratamento para eliminação de carbonatos (HCl 0,1 mol L-1), efetuado durante o fracionamento das substâncias húmicas, resultou em aumentos de 300 e 340 % para as frações ácidos húmicos e fúlvicos, respectivamente, e redução de 60 % na fração humina, evidenciando a participação de humatos e fulvatos de cálcio e de magnésio na estabilização da matéria orgânica. Resumo em inglês Physical, chemical and mineralogical characteristics of soils from the meadows of Sousa (Paraíba State - Brazil) were studied, as well as the effect of alkaline and alkaline-earthy cations on humic substance stability. Furthermore, criteria of environmental distinction used by the small farmers and different forms of land use in the studied region were identified. Profiles from the classes Ustifluvents (Neossolo Flúvico), Haplustalfs (Luvissolo), Natrustalfs (Planossolo (mais) nátrico), and Usterts (Vertissolo crómico) were therefore selected, sampled and analyzed. Besides sodium, magnesium also had an effective participation in clay dispersion, mainly in the Usterts. Fe2O3 contents were low in all profiles, with a probable prevalence of less crystalline forms. The calcium-sodic mineralogy of the silt fraction is in agreement with the relative high content of calcium, magnesium and sodium. The outstanding presence of vermiculite/smectite and ilite was observed in the soil clay fraction of all soils. The high iron content in the clay fraction of Usterts suggests, besides the presence of hematite, the occurrence of 2:1 expansible mineral, rich in iron, possibly nontronita. The pre-treatment for carbonate elimination (HCl 0.1 mol L-1), applied during the humic substance fractionation, caused increases of 300 and 340 % for the humic and fulvic acid fractions, respectively, and a reduction of 60 % in the humin fraction, suggesting a participation of calcium and of magnesium humates and fulvates in organic matter stabilization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

A análise foliar na nutrição do milho: I - Correlação entre analise de fôlhas e produção/ Leaf analyses in corn plant nutrition: III - Correlations of leaf analysis with yield

Gallo, J. Romano; Hiroce, Rúter; Miranda, Luiz T. de
1968-01-01

Resumo em português Análises de folhas de milho (híbrido H-6999B) foram correlacionadas com as produções em 31 ensaios de adubação em diferentes localidades e solos do Estado de São Paulo. Num total de 24 ensaios para nitrogênio e 26 para o fósforo foram encontradas as correlações: nitrogênio, r = 0,51++, y = - 4,26 + 28,66 x; e fósforo, r =0,47++, y = 43,21 + 160,83 x. As correlações para nitrato não foram consistentes. A omissão de enxofre na presença de NPK resultou em d (mais) ecréscimo variável na produção e no teor de S-S0(4) nas folhas. Com base nos resultados foram estabelecidos os seguintes níveis limiares nas folhas: nitrogênio (N) = 2,90%; fósforo (P) = 0,230%; potássio (K), latossolo roxo = 1,70%; solos podzolizados com cascalho = 2,80%; outros solos = 2,10 a 2,70%. Resumo em inglês A correlation between foliar analysis and yield of corn was established, based on 31 fertilizer experiments conducted during the period of 1962-64, at 16 different localities of the State of São Paulo. In these trials five levels each of N, P2O5 and K2O were used; plots with and without sulfur were also included. Arranging in groups all the trials showing positive coefficients of correlation for total nitrogen (24 trials) and phosphorus (26 trials), the following correla (mais) tions for total nitrogen (24 trials) and phosphorus (26 trials), the following correlations were found in each case: nitrogen, r = 0.51**, y - 4.26 + 28.66 x; phosphorus, r = 0.47**, y = 43.21 + 160.83 x. As the K content of levaves was affected mainly by soil type, the correlations for leaf potassium were obtained separately special consideration being given to this circumstance. The nitrate content of midribs, required for best yields, varies in the same year from locality to locality and in the same site, from year to year. This uncontrollable variability, of course, makes the interpretation of nitrate data difficult. The plants not receiving sulfur averaged low yields and had lower sulfate--sulfur content in the leaves. [The normal ones had 40 kg S per hectare but all plots received a central dose of 60 kg per hectare of each N or P2O5, and 30kg per hectare of K2O] . It seems that the mean values for calcium and magnesium in leaves, obtained from the range of levels which provides high yields, may be indicative of normal composition. Limiting leaf nutrient values associated with 80 per cent maximum yields in the field are as follows: nitrogen (N), 2.90%; phosphorus (P), 0.230%; potassium (K) - latosolic B terra roxa type of soil, 1.70%; gravelly podzolized soils, 2.80%; other soil types, 2.10- 2.70%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)