Sample records for lung cells
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Detecção de micrometástases em câncer de pulmão não-pequenas células estádio pN0: um método alternativo combinando imunohistoquímica e análise em microsséries/ Detection of micrometastases in pN0 non-small cell lung cancer: an alternative method combining tissue microarray and immunohistochemistry

Franco, Maíra Rovigatti; Parra, Edwin Roger; Takagaki, Teresa Yae; Soares, Fernando Augusto; Capelozzi, Vera Luiza
2008-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar um método alternativo para detectar micrometástases em linfonodos previamente negativos para câncer de pulmão não-pequenas células (CPNPC) pela coloração de rotina com hematoxilina-eosina. MÉTODOS: Setenta e sete linfonodos hilares e mediastinais ressecados de 18 pacientes portadores de CPNPC foram investigados para a presença de micrometástases associando-se análise em microsséries e imunoistoquímica. RESULTADOS: Micrometástases foram (mais) detectadas após a identificação de células neoplásicas citoqueratina e cromogranina positivas em microsséries de linfonodos. Dos 18 pacientes inicialmente estadiados como pN0 pela coloração de rotina com hematoxilina-eosina, 9 (50%) foram reestadiados como N1, e o prognóstico foi reavaliado em função de parâmetros histológicos e clínicos. A comparação das curvas de sobrevida mostrou que os pacientes sem micrometástases tiveram maior sobrevida do que os portadores de micrometástases. Além disso, após a análise multivariada controlada para idade, sexo, tipo histológico e reestadiamento, a presença de micrometástases mostrou-se como um fator independente na sobrevida. Entre os pacientes que haviam sido previamente estadiados como pN0, o risco de morte mostrou-se 7 vezes maior para os que foram posteriormente diagnosticados com micrometástases do que para aqueles nos quais não foram identificadas micrometástases. CONCLUSÃO: A combinação da análise em microsséries com a imunoistoquímica pode representar um método alternativo de baixo custo e menos demorado para identificar metástases ocultas e prever o prognóstico em pacientes portadores de CPNPC pN0 cujos tumores foram cirurgicamente ressecados. São necessários estudos prospectivos randomizados com casuísticas maiores para determinar a acurácia desse método alternativo. Resumo em inglês OBJECTIVE: To present an alternative method of detecting micrometastases in lymph nodes previously testing negative for non-small cell lung cancer (NSCLC) by routine hematoxylin-eosin staining. METHODS: A total of 77 hilar and mediastinal lymph nodes resected from 18 patients with NSCLC were investigated for the presence of micrometastases using a combination of microarray analysis and immunohistochemistry. RESULTS: Micrometastases were detected by identifying cytokeratin (mais) - and chromogranin-positive cells in lymph node microarrays. Of the 18 patients initially staged as pN0 through routine hematoxylin-eosin staining, 9 (50%) were restaged as N1, and the prognoses were re-evaluated in terms of histological and clinical parameters. The comparison of the survival curves revealed that survival was higher in the patients without micrometastases than in those with micrometastases. In addition, in the multivariate analysis adjusted for age, gender, histological type, and restaging, the presence of micrometastases proved to be an independent predictor of survival. Among patients who had been previously staged as pN0, the risk of death was found to be 7-times greater for those later diagnosed with micrometastases than for those in whom no micrometastases were identified. CONCLUSION: The combination of microarray analysis and immunohistochemistry might represent a low-cost and less time-consuming alternative for identifying occult micrometastases and predicting prognoses in surgically resected patients with pN0 NSCLC. Larger randomized, prospective studies are needed in order to determine the accuracy of this method.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Suscetibilidade de linhagens celulares e cultivos primários ao Neospora caninum/ Susceptibility of cell lines and primary cell cultures to Neospora caninum

Cadore, Gustavo Cauduro; Vogel, Fernanda Silveira Flores; Flores, Eduardo Furtado; Sangioni, Luis Antônio; Camillo, Giovana
2009-08-01

Resumo em português O Neospora caninum é um protozoário de ampla distribuição e grande importância na bovinocultura, principalmente pelas perdas reprodutivas que produz. Cultivos celulares são utilizados para o isolamento e a multiplicação do agente in vitro, com diversas finalidades. Este trabalho teve como objetivo avaliar a suscetibilidade de diferentes cultivos celulares à infecção pelo N. caninum. Dentre oito cultivos testados, quatro apresentaram boa susceptibilidade ao N. c (mais) aninum: células VERO (produção de 21,2 taquizoítos/célula), MA-104 (17,1), cultivo primário de testículo (16,3) e pulmão bovino (13,6). Cultivo primário de rim bovino (8,2), células MDBK (5,1) e RK-13 (0,4) apresentaram baixa sensibilidade, enquanto células MDCK não produziram taquizoítos viáveis. Os resultados obtidos demonstram que as células MA-104 apresentaram suscetibilidade semelhante a das células VERO - linhagem tradicionalmente utilizada para o cultivo desse protozoário. Pela maior facilidade de cultivo, rápida multiplicação, menor exigência nutricional e produção de taquizoítos em níveis semelhantes às células VERO, as células MA-104 demonstraram ser adequadas para a manutenção e multiplicação do N. caninum in vitro. Resumo em inglês Neospora caninum is a protozoan of wide distribution and great importance to the cattle industry, mainly due to its associated reproductive losses. Cultured cells are widely used for isolation and multiplication of the agent in vitro with several purposes. Thus, this study aimed to evaluate the susceptibility of different cell cultures to infection by N. caninum. Among the cell cultures tested, four presented good susceptibility to the agent: cell lines VERO (yield of 21. (mais) 2 taquizoites/cell) and MA-104 (17.1); primary bovine testicle (16.3) and lung cells (13.6). Primary bovine kidney (8.2 taquizoites/cell), MDBK (5.1) and RK-13 cell lines (0.4) presented moderate to low sensitivity. No viable taquizoites were detected in the culture of MDCK cells. These results demonstrate that MA-104 cells present adequate susceptibility to N. caninum compared to VERO cells, which have been largely used to multiply the parasite in vitro. Together with its easy manipulation, fast multiplication and relatively low nutritional requirements, these results indicate that MA-104 cells are adequate for multiplication of N. caninum in vitro.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Estudo sôbre a célula leprosa do rato

Linhares, Hermínio
1944-04-01

Resumo em português Onze ratos com lepra murina em periodo muito adiantado, foram inoculados várias vezes com litio carmin e azul pirrol. Foi possível evidenciar nestes onze ratos que as células que englobam as partículs do corante, na coloração vital, eram as mesmas que continham os bacilos. Vêem-se mesmo num únoco elemento celular os grãos de corante e os bacilos. Em cortes da pele é possível observar-se a transformação dos histiocitos do tecido cojuntivo frouxo em células le (mais) prosas. Em órgãos internos examinados, sempre se verificou que a célula leprosa provinha de um elemento do sistema retículo endotelial e grânulos de corante juntamente com bacilos foram encontrados nas células do retículo-endotélio do baço, medula óssea gânglios linfáticos, células de Kupffer e histiocitos do pulmão. Resumo em inglês Eleven infect rats with murine leprosy were inoculated several time with lithiocarmine and pyrrole blue. One can see that the same cells which phagocytize the dye granules, in vital staining, were the same which contained bacilli. One can observe in the cell both dye particles and staining bacilli together. It is possible to see the transformation of the histiocytes into lepra cells. In inner organs examined we have always ascertained that the lepra cell was derived from (mais) an element of the reticuloendothelial system and the dye particles and bacilli were seen in the cells of reticulo-endothelium of the spleen, bone marrow, lymph nodes, Kupffer cells and lung histiocytes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Carcinoma primário do pulmão/ Primary carcinoma of the lung

Azevedo, A. Penna de; Cardoso, Rita A. de Almeida
1943-01-01

Resumo em português Em um período de 23 anos, de 1919 a 1941, observaram-se 25 casos de carcinoma primário do pulmão entre o total de 6.458 necrópsias, registadas na Secção de Anatomia Patológica do Instituto Osvaldo Cruz e realizadas nos vários hospitais do Rio de Janeiro. Os indivíduos eram de procedência variada, não só de diferentes regiões do Brasil, como também de alguns países estrangeiros. A incidência do carcinoma primário do pulmão, considerado como causa mortis, (mais) entre o total das necrópsias e de 0,38 % e, entre os casos de cancer, 4,5 %. Em referência ao sexo, 21 casos eram de indivíduos masculinos (84 %) e 4 femininos (16 %), fornecendo a relação de 5:1. Dos 25 casos, 13 (52 %) eram de nacionalidade estrangeira e 12 (48 %) brasileira; 18, em indivíduos de cor branca, 6 pretos e 1 pardo. Em relação à idade, a maior incidência ocorreu entre 41 e 70 anos, com o máximo entre 51 a 60, existindo casos extremos de 21 e 93 anos. A forma anatômica mais freqüente, no mesmo material, e a infiltrante hilar, 16 casos (64 %), seguindo-se a nodular, com 7 casos (28 %) e a difusa, 2 casos (8) . O carcinoma de células indiferenciadas é o tipo histológico mais comum, existindo em 13 casos (52 %), seguindo-se o tipo de células cilíndricas, em 8 casos (32 %) e o de células pavimentosas em 4 casos (16 %). A incidência das metastases foi observada em 22 casos (88 %), sendo, para o carcinoma de células indiferenciadas, de 76,9 %, e, tanto para o carcinoma de células cilíndricas como para o de células pavimentosas, de l00%. Em três casos (12 %), não foram observadas metástases. Entre os orgãos sede frequente das metástases, foi observada a seguinte relação: gênglios linfáticos, 72 %; fígado, 56 %; pleura, 12 %; peritônio, pericárdio, rins e suprarrenal, 8 %; cérebro e osso, 4 %. Nos últimos 10 anos (1932 a 1941), ocorreram 16 casos (64 % do total dos 25 encontrados), demostrando senão o aumento do cancer pulmonar, certamente o maior número de diagnostico positivos. Resumo em inglês For a period of 23 years, from 1919 until 1941, 25 cases of primary lung carcinoma have been observed amongst the total number of 6.458 post mortem examinations, registered at the Section of Pathological Anatomy of the Osvaldo Cruz Institute and performed at various hospitals of Rio de Janeiro. The individuals were of varying descent, not only from different Brasilian regions, but also from several foreign countries. The incidence of primary lung carcinoma, considered as (mais) causa mortis, amongst the total number of necropsies is 0,38 % and amongst the cases of cancer, 4,5 %. As to sex, 21 cases are male (84 %) and 4 of female individuals (16 %), giving the ratio of 5:1. Out of the 25 cases, 13 (52 %) were aliens and 12 (48 %) of Brasilian nationality; 18 in individuals of white, 6 of black colour and 1 in a mulatto. As to age, the largest incidence ocurred between 51 and 60, there being also extreme cases with 21 and 93 years. The most frequent anatomical form, in the same material, is the infiltrating hilar, 16 cases (64 %), folowed by the nodular form with 7 cases (28 %) and by the diffused one in 2 cases (8 %). The undifferenciated cell carcinoma is the most commonly met with, observed in 13 cases (52 %), followed by that of cylindrical cell in 8 cases (32 %) and by that of squamous cell in 4 cases (16 %) . Incidence of metastasis was observed in 22 cases (88 %): 76,9 % for the undifferenciated cell carcinoma, and 100 % for each of the other two, either of cylindrical or of squamous cells. In 3 cases (12 %) no metastasis was observed. As to the organs, which are the frequent seat of metastasis, the following order was observed: lymph nodes, 72 %; liver, 56 %; pleura, 12 %; peritoneum, pericardium, kidney and suprarrenals, 8 %; brain and bone, 4 %. In the last 10 years (1932 until 1941) 16 cases occurred (64 % of the total number 25) showing, if not an increase of lung cancer, certainly a larger number of positive diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Tumor glómico do pulmão: Apresentação de um caso pouco frequente/ Glomic tumor: Presentation of an infrequent case

Sousa, Vítor; Carvalho, Lina
2006-05-01

Resumo em português Os tumores glómicos são tumores perivasculares cujas células se assemelham a células musculares lisas modificadas do corpo glómico. São mais frequentes na região subungueal e raros no pulmão. Os autores apresentam um caso de uma doente de 62 anos, com toracalgia esquerda e dispneia para grandes esforços. Apresentava nódulo solitário localizado ao segmento basal-externo do LIE, com 1,9 cm de diâmetro, de limites bem definidos, consistência firme e superfície (mais) de secção nodular e branco-rosada. Os tumores glómicos são geralmente benignos. Podem ter origem em células glómicas ectópicas ou diferenciarem-se a partir de células não glómicas. Devem ser classificados em tumor glómico, glomangioma ou glomangiomioma de acordo com a abundância relativa de células glómicas, do componente vascular e muscular. Estão descritas metástases pulmonares de tumores glómicos malignos, sendo necessário excluir origem primária extra-pulmonar nesses casos. O diagnóstico diferencial dos tumores glómicos do pulmão inclui o carcinóide, hemangiopericitoma, tumores musculares lisos (leiomioma epitelióide) e o paraganglioma. Resumo em inglês Glomic tumours are perivascular tumours whose cells resemble modified smooth muscular cells of the glomic body. They are more frequent in the subungueal region and rare in the lung. The authors present a case of a 62 year old women with left thoracic pain and great enforces dyspnoea. She presented a solitary nodule in the external basal segment of the LLL, 1.9 cm diameter, circumscribed, firm and with nodular whitish rose cut surface. Glomic tumours are generally benign. (mais) They may origin in ectopic glomic cells or be differentiated from non glomic cells. They should be classified as glomic tumor, glomangioma and glomangiomioma according to the relative abundance of glomic cells and of the vascular and muscular components. Pulmonary metastasis of malignant glomic tumours have been described. In these cases an extra pulmonary primary origin must be excluded. The differential diagnosis of glomic tumours of the lung includes the carcinoid, hemangioperycitoma, smooth muscle tumours (epi-thelioid leyomioma) and the paraganglioma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Modelo de tumor de pulmão em rato com o carcinossarcoma de Walker/ Lung tumor model in rats with Walker’s carcinosarcoma

Gomes Neto, Antero; Pessoa, Breno Bezerra Gomes de Pinho; Aguiar, Silvana Araújo de; Furtado, Bruno Machado; Moraes, Manoel Odorico; Ribeiro, Ronaldo de Albuquerque
2002-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Desenvolver um modelo de tumor pulmonar em ratos com o carcinossarcoma de Walker e verificar in vivo a presença de tumor por meio de tomografia computadorizada (TC). MÉTODOS: Ratos Wistar fêmeas (n=47) foram anestesiados com pentobarbital, intubados por traqueostomia e submetidos a toracotomia para injeção no parênquima pulmonar de células do tumor de Walker ou do veículo das mesmas. O estudo consistiu de duas etapas: na primeira desenvolveu-se a técnic (mais) a de implante do tumor e estabeleceu-se o número de células necessário para um bom índice de pega tumoral. Na segunda etapa, determinou-se o volume do tumor em cm³ (Dxd²/2) através de TC e necropsia (6° dia do implante), e analizou-se a sobrevida dos animais. RESULTADOS: O índice de pega do tumor foi 93,3%, sendo 81,8% na primeira etapa e 100% na segunda. A mortalidade cirúrgica foi 17,0%. As medidas dos tumores foram semelhantes (0,099 vs. 0,111 cm³) na tomografia e na necropsia, respectivamente (r=0,993; p Resumo em inglês OBJECTIVE: To develop a lung tumor model in rats using Walker’s carcinosarcoma and to verify the presence in vivo of tumors using computerized tomography (CT). METHODS: Female Wistar rats (n=47) were anesthetized with pentobarbital, intubated through tracheostomy and submitted to thoracotomy; subsequently a 50-70 mu L volume containing Walker’s tumor cells, or the suspension of these same cells, was injected into the lung parenchyma. The study consisted of two phases: i (mais) n the first a tumor implantation technique was developed and the number of cells required to attain a satisfactory tumor development rate was established. In the second phase, the tumor volume in cm³ (Dxd²/2) was determined through CT scan and necropsis, and the survival rates were analyzed. RESULTS: The overall tumor development rate was 93.3%, or rather, 81.1% in the first phase and 100% in the second. The surgical mortality rate was 17.0%. The average tumor volume was similar (0.099 vs. 0.111 cm³) at CT scan and at necropsis, respectively (r=0.993; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Análise da celularidade do lavado bronco-alveolar em pacientes submetidos à revascularização do miocárdio com circulação extracorpórea: relato de três casos/ Broncho-alveolar lavage cellularity in patients submitted to myocardial revascularization with cardiopulmonary bypass: three case reports/ Análisis de la celularidad del lavado bronco-alveolar en pacientes sometidos a revascularización del miocardio con circulación extracorpórea: relato de tres casos

Machado, Luciano Brandão; Santos, Luciana Moraes dos; Negri, Elnara Márcia; Malbouisson, Luiz Marcelo Sá; Auler Júnior, José Otávio Costa; Carmona, Maria José Carvalho
2006-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A circulação extracorpórea (CEC) é um dos principais determinantes da resposta inflamatória sistêmica (SIRS) em cirurgia cardíaca. Demonstrou-se em modelo experimental que a CEC pode levar a aumento na produção das citocinas. No intuito de avaliar a ativação celular no pulmão após CEC, foi estudada a celularidade no lavado bronco-alveolar (LBA) em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio (RM) com CEC. REL (mais) ATO DOS CASOS: Foram estudados, prospectivamente, três pacientes adultos submetidos à RM com CEC. Após indução de anestesia geral e intubação traqueal, a ventilação mecânica foi realizada com sistema circular valvular; exceto durante a CEC, o volume corrente foi mantido entre 8 e 10 mL.kg-1 com O2 e ar, numa proporção de 50%. Antes do despinçamento da aorta, foram realizadas insuflações pulmonares com pressão de 40 cmH2O e coletadas duas amostras de LBA de cada paciente, no início da intervenção cirúrgica e ao final do procedimento, após a reversão da anticoagulação. Após a infusão de 60 mL de solução fisiológica a 0,9% pelo canal do broncofibroscópio, foi aspirado o LBA, sendo o material encaminhado para processamento laboratorial. A análise evidenciou aumento do número total de células, em média, de 0,6.10(6) cél.dL-1 para 6,8.10(6) cél.dL-1 com aumento de neutrófilos de 0,8% para 4,7%; 0,6% para 6,2% e 0,5% para 5,3% em cada paciente, respectivamente. Observou-se na lâmina o aumento de celularidade no fluido pulmonar após a CEC. CONCLUSÕES: O influxo leucocitário é descrito em diversas condições clínicas pulmonares inflamatórias, como na síndrome da angústia respiratória do adulto. Sabe-se que a CEC está relacionada com a inflamação sistêmica e pulmonar, demonstrando aumento do número de células após a CEC com o predomínio de macrófagos. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La circulación extracorpórea (CEC) es uno de los principales determinantes de la respuesta inflamatoria sistémica (SIRS) en cirugía cardiaca. Quedó demostrado en modelo experimental que la CEC puede llevar a un aumento en la producción de las citocinas. Con el objetivo de evaluar la activación celular en el pulmón después del CEC, se estudió la celularidad en el lavado bronco-alveolar (LBA) en pacientes sometidos a la cirugía de revas (mais) cularización del miocardio (RM) con CEC. RELATO DE LOS CASOS: Se estudiaron, como sondeo, tres pacientes adultos sometidos a la RM con CEC. Después de la inducción de anestesia general e intubación traqueal, la ventilación mecánica se realizó con sistema circular valvular; excepto durante la CEC, el volumen corriente se mantuvo entre 8 y 10 mL.kg-1 con O2 y aire, en una proporción de 50%. Antes del despinzamiento de la aorta, se realizaron insuflaciones pulmonares con presión de 40 cmH2O y recolectadas dos muestras de LBA de cada paciente, al comienzo de la intervención quirúrgica y al final del procedimiento, después de la reversión de la anticoagulación. Después de la infusión de 60 mL de solución fisiológica a 0,9% por el canal del broncofibroscopio, se aspiró el LBA, siendo el material enviado al laboratorio. El análisis mostró un aumento del número total de células, como promedio, de 0,6.10(6) cél.dL-1 para 6,8.10(6) cél.dL-1 con aumento de neutrófilos de 0,8% para 4,7%; 0,6% para 6,2% y 0,5% para 5,3% en cada paciente, respectivamente. Se observó en la lámina el aumento de celularidad en el fluido pulmonar después de la CEC. CONCLUSIONES: El influjo de leucocitos se describe en diversas condiciones clínicas pulmonares inflamatorias como en el síndrome de la angustia respiratoria del adulto. Se conoce que la CEC está relacionada con la inflamación sistémica y pulmonar, demostrando aumento del número de células después de la CEC con el predominio de macrófagos. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Cardiopulmonary bypass (CPB) is a primary determinant of systemic inflammatory response (SIRS) during cardiac procedures. It has been shown in an experimental model that CPB may increase cytokine production. This study aimed at evaluating post-CPB lung cell activation by investigating broncho-alveolar lavage (BAL) cellularity in patients submitted to myocardial revascularization (MR) with CPB. CASE REPORTS: Participated in this prospective study (mais) 3 adult patients submitted to MR with CPB. After general anesthesia induction and tracheal intubation, mechanical ventilation was installed with valve circle system; except during CPB, tidal volume was maintained between 8 and 10 mL.kg-1 with 50% O2 and air. Before aortic unclamping, 40 cmH2O pulmonary inflations were performed. Two BAL samples were collected from all patients at beginning and end of procedure, after anticoagulation reversion. BAL was aspired after 60 mL infusion of 0.9% saline through the bronchofibroscope tube. Material was then referred to laboratorial processing. Analysis has evidenced mean increase in total number of cells from 0.6 × 10(6)cel.dL-1 to 6.8 × 10(6) cel.dL-1 with increased neutrophils from 0.8% to 4.7%; 0.6% to 6.2% and 0.5% to 5.3% for each patient, respectively. There has been increased pulmonary fluid cellularity after CPB. CONCLUSIONS: Leukocyte inflow is described in different clinical pulmonary inflammatory conditions, such as adult respiratory distress syndrome. It is known that CPB is related to systemic and pulmonary inflammation with increased number of cells after CPB and predominance of macrophages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Marcadores moleculares no câncer de pulmão: papel prognóstico e sua relação com o tabagismo/ Molecular markers in lung cancer: prognostic role and relationship to smoking

Duarte, Ricardo Luiz de Menezes; Paschoal, Marcos Eduardo Machado
2006-02-01

Resumo em português Estudos epidemiológicos têm demonstrado um nexo causal entre tabagismo e carcinoma de pulmão. Embora a maioria dos cânceres de pulmão esteja associada com tabagismo, somente uma minoria de grandes tabagistas desenvolve essa malignidade, o que leva ao conceito de que fatores genéticos afetam a susceptibilidade individual. As principais alterações moleculares no câncer de pulmão são: genes de supressão tumoral, proto-oncogenes e fatores de crescimento, atividade (mais) da telomerase e status de metilação de promotores. Fatores estimuladores da angiogênese (fator de crescimento endotelial vascular) e fatores relacionados à proliferação e apoptose de células tumorais (receptor para fator de crescimento epidérmico, p53, K-ras, retinoblastoma, BCL-2) são bem conhecidos. Vários desses fatores genéticos foram investigados, porém nenhum deles apresentou seletividade no que diz respeito à importância prognóstica ou eficácia terapêutica. Estratégias terapêuticas para o tratamento do câncer de pulmão devem considerar essas alterações genéticas precoces para promover o seu reparo ou eliminar as células tumorais. Resumo em inglês Epidemiological studies have demonstrated a causal relationship between smoking and lung cancer. Although most lung cancer cases are linked to smoking, only a minority of heavy smokers develop lung cancer, leading to the notion that genetic factors affect individual susceptibility. The principal molecular changes in lung cancer are seen in tumor suppressor genes, proto-oncogenes, growth factors, telomerase activity, and methylation status of promoters. Well-known agents i (mais) nclude angiogenesis-stimulating factors (such as vascular endothelial growth factor), as well as factors related to tumor cell proliferation and apoptosis (epidermal growth factor receptor, p53, K-ras, retinoblastoma and BCL-2). Several of these genetic factors have already been investigated, but no single parameter has yet presented sufficient selectivity regarding prognostic value or therapeutic efficacy. Treatment strategies to cure lung cancer should focus on these early genetic lesions in order to promote their repair or to eliminate these lung cancer cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Perfil do doador de pulmão disponibilizado no estado de São Paulo, Brasil, em 2006/ Lung donor profile in the state of São Paulo, Brazil, in 2006

Fernandes, Paulo Manuel Pêgo; Samano, Marcos Naoyuki; Junqueira, Jader Joel Machado; Waisberg, Daniel Reis; Noleto, Gustavo Sousa; Jatene, Fabio Biscegli
2008-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a taxa de aproveitamento de pulmões disponibilizados em São Paulo no ano de 2006, bem como caracterizar o perfil dos doadores de pulmão deste período. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 497 prontuários de doadores de pulmão, no período de janeiro a dezembro de 2006. RESULTADOS: Não houve oferta de doação de pulmões para transplante em 149 (30%) dos prontuários analisados, sendo excluídos do estudo. A idade média dos 348 doadores eleitos par (mais) a o estudo foi de 37,4 ± 16,1 anos, e 56,9% deles eram do sexo masculino. As principais causas da morte cerebral dos doadores foram: acidente vascular cerebral (40,5%); trauma cranioencefálico (34,2%); e hemorragia subaracnóidea (10,9%). A grande maioria dos doadores recebia drogas vasoativas (90,5%), sendo que 13,5% haviam apresentado parada cárdio-respiratória. Do ponto de vista infeccioso, o leucograma médio foi de 15.008 ± 6.467 células/mm³, 67,8% recebiam antibioticoterapia e 26,1% apresentavam infecção pulmonar. Quase 40% dos doadores apresentavam alterações radiográficas. Apenas 4,9% dos doadores foram aceitos, representando 28 pulmões (taxa de aproveitamento de órgãos de 4%). Os motivos de recusa foram: alteração gasométrica (30,1%); infecção (23,7%); e distância (10,9%). CONCLUSÕES: A taxa de aproveitamento de pulmões em nosso meio é baixa quando comparada às taxas médias de aproveitamento mundial. Além disso, mais de 50% das recusas deveram-se à gasometria arterial inadequada e infecção pulmonar. Aliar melhor cuidado ao potencial doador à menor rigidez nos critérios de seleção poderia aumentar a utilização dos órgãos doados. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the rate at which lungs available for transplantation in the state of São Paulo in 2006 were utilized and to determine the lung donor profile in the same period. METHODS: A retrospective study of 497 clinical charts of lung tissue donors from January to December of 2006. RESULTS: According to the clinical charts, lungs were not offered for transplant in 149 cases (30%), which were therefore excluded from the study. Among the 348 lung donors eligible (mais) for inclusion in the study, the mean age was 37.4 ± 16.1 years, and 56.9% were males. The main causes of brain death among the donors were stroke (in 40.5%), skull-brain trauma (in 34.2%) and subarachnoid hemorrhage (in 10.9%). The great majority of these lung donors (90.5%) received vasoactive agents, and 13.5% presented cardiopulmonary arrest. The mean donor leukocyte count was 15,008 ± 6,467 cells/mm³, 67.8% of the donors received anti-bacterial agents, and 26.1% presented lung infection. Nearly 40% of the lung donors presented chest X-ray abnormalities. Only 4.9% of the lung donors were accepted, representing 28 lungs (allograft utilization rate of 4%). The causes for donor exclusion were gas exchange alterations (in 30.1%), infection (in 23.7%) and distance (in 10.9%). CONCLUSIONS: The lung utilization rate in the state of São Paulo is low when compared to mean rates worldwide. In addition, more than half of the donor pool was excluded due to altered gas exchange or pulmonary infection. The combination of better care of the potential donor and more flexible selection criteria could increase allograft utilization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Linfangioleiomiomatose pulmonar/ Pulmonary Lymphangioleiomyomatosis

Medeiros Junior, Pedro; Carvalho, Carlos Roberto Ribeiro
2004-02-01

Resumo em português Linfangioleiomiomatose pulmonar (LAM) é uma doença rara, de etiologia desconhecida, que basicamente afeta mulheres jovens no período fértil de sua vida. Clinicamente, manifesta-se através de dispnéia progressiva, pneumotórax de repetição, tosse seca e, menos freqüentemente, por quilotórax e escarros hemoptóicos. Essas alterações surgem devido à proliferação anormal de células de músculo liso no parênquima pulmonar, linfonodos e em outros tecidos. Mais (mais) recentemente, estudos citogenéticos verificaram a presença de mutações do gene TSC-2 em células de angiomiolipoma renal e linfonodos abdominais de pacientes com LAM, indicando uma possível origem para as lesões hamartomatosas da doença. Radiologicamente, caracteriza-se pela presença de infiltrado intersticial reticulonodular e sinais de hiperinsuflação ao radiografia de tórax. Na tomografia computadorizada de alta resolução, cistos de paredes finas, localizados centralmente, são visibilizados por todo o parênquima do pulmão. O ultrassom e a tomografia de abdome podem revelar angiomiolipomas renais e linfonodomegalias retroperitoneais. Meningeomas também podem estar associados, porém a sua presença deve sempre levar à pesquisa de esclerose tuberosa. Funcionalmente, a doença caracteriza-se por um distúrbio ventilatório obstrutivo, de caráter progressivo, com hiperinsuflação pulmonar e diminuição da difusão de monóxido de carbono. Apesar da ausência de comprovação quanto à eficácia, o principal tratamento utilizado ainda é o anti-estrogênico e constitui-se de oofarectomia, progesterona contínua, tamoxifeno e análogos de GnRH. Além desse, a realização de transplantes pulmonares tem elevado para além de dez anos a sobrevida média das pacientes. Resumo em inglês Lymphangioleiomyomatosis (LAM) is a rare lung disease of unkwnon etiology that frequently affects women in childbearing age. Clinically it manifests itself by and pneumothorax. Chylous pleural effusions and hemoptisis occur less frenquently. All these fenomena results from the abnormal smooth muscle proliferation in the lung parenchima. Lymph-nodes, small airways and blood vessels. More recently cytogenetic studies disclosed mutations of the TSC-2 gene in cells of renal a (mais) ngiomyolipoma and/or abdominal lymph nodes, pointing towards a possible origin of the hamartomatous lesions. Chest radiography may appear normal or yield reticulonodular infiltrates and signs of hyperinsuflation. At HRCT scans, multiple thin-walled cysts can be seen over the lung parenchyma. Abdominal imaging by either ultrasound or CT may show renal angiomyolipomas and retroperitoneal lymph node enlargement. Meningeomas may also be associated but their presence requires testing for tuberous sclerosis complex. Physiologically LAM is characterized by progressive airflow obstruction, air trapping and gastransfer impairment. Estrogenic suppression with either oophorectomy, deposit progestogens, tamoxifen and GnRh analogs, is still the main treatment. In addition to this therapy lung transplantations have increased patients median survival rates by more than ten years.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Mucous gland adenoma of the bronchus in a 5-year-old child: case report and review of the literature/ Adenoma de células mucosas do brônquio em criança de 5 anos: relato de caso e revisão da literatura

Peres, Luiz Cesar; Castro, Eumenia Costa da Cunha
2003-01-01

Resumo em português O adenoma de células mucosas é uma neoplasia benigna rara que se origina nas glândulas da mucosa das vias aéreas maiores. A maioria dos casos é vista nos brônquios, mas já foram descritos casos na traquéia e nas vias respiratórias distais. O tumor é constituído por células mucossecretoras, que geralmente formam glândulas que crescem para dentro da luz, formando massa obstrutiva. Não há predileção por sexo ou idade. Nós relatamos aqui um caso observado em (mais) uma menina de 5 anos, o mais jovem relato na literatura consultada, que se apresentou no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto para investigação e tratamento de pneumonia recorrente e atelectasia do pulmão. O exame broncoscópico mostrou massa obstruindo o brônquio inferior esquerdo e a biópsia revelou lesão benigna incaracterística. A remoção cirúrgica do segmento afetado, que é o tratamento recomendado para esta lesão benigna, evidenciou um adenoma de células mucosas. A criança recuperou-se bem e estava completamente livre de doença quando deixou o seguimento com 6 anos de idade. Resumo em inglês Mucous gland adenoma is a rare benign tumor arising from the mucous secreting glands of the larger airway mucosa. The majority of the cases are seen in the bronchus, but it has also been described in the trachea or peripheral airways. The tumor is composed of mucus-secreting cells, usually forming glands that grow into the lumen as to form an obstructive mass. There is no predilection for sex or age. We report here a case seen in a 5-year-old girl, to our knowledge the yo (mais) ungest in the consulted literature, who presented to Hospital das Clínicas of Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto for investigation and treatment of recurrent pneumonia and lung atelectasis. Bronchoscopy showed a mass obstructing the lower left bronchus and a biopsy of the lesion revealed a benign, although uncharacteristic lesion. Surgical removal of the affected segment, the recommended treatment for this benign lesion, evidenced a mucous gland adenoma. The child recovered well and was completely free of disease when she was lost for follow-up when she was 6 years old.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Calcitonina monomérica plasmática e hipercalcemia em pacientes portadores de neoplasia pulmonar/ Monomeric plasmatic calcitonin and hypercalcemia in lung cancer patients

Coifman, R.; Weforte, R.V.B.; Kasamatsu, T.S.; Fukusima, L.; Santoro, I.; Jamnik, S.; Vieira, J.G.H.; Castro, M.L.
1997-06-01

Resumo em português A calcitonina (CT) é um hormônio peptídico relacionado ao metabolismo de cálcio produzido pelas células C da tiróide. Encontra-se com níveis plasmáticos bastante elevados no carcinoma medular de tiróide e mostra-se como excelente marcador dessa doença. No entanto, existem relatos na literatura que demonstraram níveis elevados deste peptídio em pacientes portadores de outras neoplasias, principalmente no carcinoma de pulmão. OBJETIVO. Avaliar a validade da dos (mais) agem da CT sérica como possível marcador tumoral em pacientes portadores de tumor de pulmão de diferentes tipos histológicos. MÉTODOS. Foram dosados CT plasmática e cálcio ionizado sanguíneo em 56 pacientes portadores de tumores malignos de pulmão. Para as dosagens de CT os autores utilizaram um método de radioimunoensaio específico, realizado após extração prévia do soro em coluna de sílica. RESULTADOS. Observou-se prevalência de hipercalcemia de 21,4%; apenas três (5,4%) dos 56 pacientes investigados apresentaram níveis pouco elevados de calcitonina, e o restante manteve níveis normais ou indetectáveis do peptídio. CONCLUSÃO. Os resultados demonstram que, com a utilização de um método bastante específico para dosagem da calcitonina em sua forma monomérica, não se encontram níveis elevados deste hormônio em pacientes portadores de neoplasia pulmonar, desestimulando sua utilização como marcador tumoral nesta patologia. Resumo em inglês BACKGROUND. Calcitonin (CT) is a peptidic hormone produced by the thyroid C cells and related to calcium metabolism. High plasmatic levels of this hormone are found in patients with medullary thyroid carcinoma, what makes it an excellent tumor marker for this disease. However, there are reports that showed an increase of plasmatic CT levels in patients with other tumors, mainly in lung cancer. PURPOSE. These data prompt us to investigate the validity of the CT level deter (mais) minations as a potential tumor marker in different histologic lung cancer, and its correlation with hypercalcemia, a very common complication in these tumors. METHOD. Blood were sampled from 56 patients with malignant lung disease for the CT and ionized calcium determinations. Calcitonin was measured using a specific radioimmunoassay for the monomeric form of the molecule, in a previous silica extracted serum probe. RESULTS. We did not find elevated levels of monomeric CT in lung cancer. Only 3 patients had mild elevated levels, while in the others CT was normal or undetectable. Hypercalcemia was found in 21.4% of these patients, but only one with supranormal CT levels. CONCLUSION. Monomeric CT serum levels are normal in lung cancer, what makes the latter use an unreliable tumor marker.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Carcinoma pleomórfico do pulmão em doente com síndroma de Mounier-Kuhn/ Pleomorphic carcinoma of the lung in a patient with Mounier-Kuhn syndrome

Ferreira, Daniela; Barroso, Ana; Oliveira, Ana; Nogueira, Rosete; Furtado, Antónia; Parente, Bárbara
2006-09-01

Resumo em português O carcinoma pleomórfico do pulmão (CPP) é um tumor maligno raro e de prognóstico reservado. Está inserido no grupo dos carcinomas pulmonares pouco diferenciados não pequenas células, exibe componente sarcomatoso ou sarcoma like (células fusiformes//células gigantes). Atendendo à raridade do tumor e às dificuldades no diagnóstico, é apresentado pelos autores o caso de um carcinoma pleomórfico do pulmão diagnosticado por biópsia aspirativa num paciente de 44 (mais) anos, fumador, e cuja apresentação inicial consistiu numa tumefacção dorsal. À data de diagnóstico apresentava estádio IV (TNM), não tendo sido possível efectuar tratamento dirigido ao tumor pelo mau performancestatusapresentado pelo doente, mas apenas terapêutica de suporte. A sobrevida do doente foi de 5 meses. Na sequência do estudo clínico, foi confirmada a síndroma de Mounier-Kuhn. Reportam-se os aspectos clínico-imagiológicos mais importantes, assim como os aspectos citológicos e imunocitoquímicos que caracterizam esta entidade e permitiram efectuar o diagnóstico. Resumo em inglês Pleomorphic carcinoma of the lung (PLC) is a rare malignant tumour presenting with a poor clinical outcome. It is included in the group of non-small cell lung carcinomas that contain sarcoma or sarcoma-like components (spindle cells/giant cells). Because of its rarity and diagnostic difficulties, the authors report a case of PLC in a 44 year-old patient, smoker, with the initial clinical presentation of a dorsal tumoural mass. As the time of diagnosis the tumour was in st (mais) age IV (TNM), the patient was treated only with supportive therapy and died five months later. During clinical evaluation, a Mounier-Kuhn Syndrome was confirmed. Clinical-imagiological aspects of this situation are reported as well as cytological and immunocytochemical features.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Terapia celular em doenças pulmonares: existem perspectivas?/ Cell therapy in pulmonary diseases: are there perspectives?

Ribeiro-Paes, João T.; Bilaqui, Aldemir; Greco, Oswaldo T.; Ruiz, Milton A.; Alves-de-Moraes, Luis B. C.; Faria, Carolina A.; Stessuk, Talita
2009-05-01

Resumo em português A terapia celular poderia ser conceituada de forma ampla e genérica como o emprego de células para tratamento de doenças. Apesar de um número não tão expressivo de relatos tendo o pulmão como objeto de estudo na terapia celular em pacientes humanos, há dados consistentes da literatura, tanto em humanos, quanto em modelos animais,que evidenciam a migração de células-tronco da medula óssea para o pulmão,em diferentes situações experimentais. Esses resultados (mais) forneceram o embasamento experimental para o emprego de células-tronco na regeneração do tecido pulmonar em modelos animais. Em nosso laboratório, vários projetos de pesquisa têm sido conduzidos com a finalidade de avaliar a resposta pulmonar (morfológica e funcional) ao tratamento com células-tronco adultas em camundongos com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) induzida experimentalmente. Os resultados obtidos, aliados àqueles de outros grupos de pesquisa, permitem aventar a possibilidade de aplicação, a curto prazo, da terapia celular em pacientes com DPOC. Em outra patologia pulmonar, fibrose cística (FC), cuja abordagem terapêutica com células-tronco apresenta aspectos particulares em relação às patologias pulmonares crônico-degenerativas, há avanços promissores e potencialmente interessantes; no entanto, os resultados podem ser considerados incipientes e deve-se assinalar, portanto, que a associação da terapia gênica e celular apresenta-se como uma alternativa possível, mas ainda muito distante quanto à sua consolidação e incorporação como opção terapêutica segura e eficaz em FC. Por outro lado, tendo por embasamento os resultados obtidos em modelos experimentais, é possível postular que a terapia celular com células-tronco hematopoéticas (ou de outras fontes) encerra perspectivas consistentes de aplicação em diversas outras patologias pulmonares humanas, especialmente em DPOC. Resumo em inglês Cell therapy can be briefly described as the use of cells in the treatment of diseases. Although the number of scientific reports involving lung and cell therapy in humans is not expressive, there are consistent data, both in humans and animal models. Experiments show the migration of bone marrow stem cells to the lung, in different situations. These results provide the experimental basis for the use of stem cells in the regeneration of the lung tissue in animal models. I (mais) n our laboratory, several projects have been conducted aiming to evaluate the pulmonary response (morphological and functional) to treatment with adult stem cells in mice with experimentally induced chronic obstructive pulmonary disease. The results obtained, together with those from other research groups, allow us to consider the possibility of application, in the near future, of cell therapy in chronic obstructive pulmonary disease patients. For another disease, cystic fibrosis, cell therapy shows particular aspects in relation to other chronic degenerative pulmonary diseases. In this pathology, there are interesting and promising advances, however, the results are incipient and, thus, it must be said that the association between genetic and cell therapy appears to be a possibility, but still far from being consolidated and incorporated as a safe and effective therapeutic alternative in cystic fibrosis. On the other hand, based on the results obtained in experimental models, it is possible to postulate that cell therapy with hematopoietic stem cells (or from other sources) brings consistent application perspectives in several other human pulmonary diseases, especially in chronic obstructive pulmonary disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Resistência à Síndrome Ascítica, Competência Homeotérmica e Níveis de Hsp70 no Coração e Pulmão de Frangos de Corte/ Resistance to Ascites Syndrome, Homoeothermic Competence and Levels of Hsp70 in the Heart and Lung of Broilers

Hernandes, Renata; Ferro, Jesus Aparecido; Gonzales, Elisabeth; Macari, Marcos; Bernal, Francisco Ernesto Moreno; Ferro, Maria Inês Tiraboschi
2002-06-01

Resumo em português Como em outros seres vivos, também nas células das aves ocorre a síntese das proteínas de baixo peso molecular (Hsp), cujo aumento é induzido sob condições de estresse. As Hsps têm um papel importante na manutenção da integridade celular, questiona-se o seu envolvimento no mecanismo de proteção celular de órgãos alvos na ocorrência da síndrome ascítica (SA). Este trabalho objetivou avaliar a temperatura corporal e os níveis da Hsp70 no coração e pulmã (mais) o de frangos de corte Hubbard (sensível à SA) e caipira de pescoço-pelado (resistente), criados em termoneutralidade (25°C) e frio (16°C) entre 10 e 45 dias de idade. Foram utilizados 192 pintos machos, 96 de cada linhagem. Não houve mortalidade por SA nas aves caipiras. Nas aves Hubbard, a mortalidade devida à SA foi de 4% e 41% em ambiente termoneutro e frio, respectivamente. Em ambiente frio, a temperatura corporal das aves Hubbard foi menor que a das caipiras. A temperatura corporal e o nível de Hsp70 do coração das aves Hubbard diminuíram com o aumento da idade, mas não nas aves caipiras, os quais se mantiveram constantes, inclusive a Hsp70 do pulmão. Independente da idade ou da temperatura, o nível de Hsp70 no pulmão das aves caipiras era superior ao das aves Hubbard. Em relação às aves Hubbard, as caipiras são homeotérmicas mais competentes e apresentam uma maior indução de Hsp70 nos órgãos primariamente afetados na SA, mas este não parece ser o sistema de proteção contra SA, a qual as aves de pescoço pelado são resistentes. Resumo em inglês Similar to other living animals, the cells of the birds also synthesize small proteins (heat shock protein, Hsp), which increasing levels can be induce by stress. The Hsp have a relevant function in maintaining the integrity of the cell, and we question if they are involved in the mechanism of the cellular protection of target organs affected by ascites syndrome (AS). The objective of this study was to evaluate the body temperature, and the Hsp70 levels in the heart and l (mais) ungs of broilers Hubbard (sensitive to AS) and naked-neck (resistant), raised under thermo-neutral (25C) or cold (16C) environments between 10 and 45 days of raising. We used 192 male chicks, 96 from each broiler strain. No AS mortality occurred among naked-neck birds, but 4% and 41% of Hubbard broilers submitted, respectively, to thermo-neutral and cold temperatures died due to AS. The body temperatures of cold-exposed-Hubbard-birds were lowers than that of naked-necks. The Hsp70 levels of heart and the body temperature of Hubbard chicks decreased as the age increased, for naked-neck these variables were constant during their lives, including the Hsp70 level in the lung cells. Independently from age or temperature effects, the lung cells of naked-neck birds had higher Hsp70 levels than those of Hubbard chickens. Comparing to Hubbard broilers, the naked-neck birds are more competent homoeothermics, and present superior level of Hsp70 in the organs firstly affected by AS, but it did not seem the system of protection against AS, in which the naked-neck birds are resistant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Linfoma intravascular do pulmão: A propósito de um caso clínico com boa resposta à terapêutica/ Intravascular pulmonary lymphoma with good response to treatment. A case report

Felizardo, M; Mendes, A C; Fernandes, A; Campos, P; Magalhães, V; Correia, I; Pignatelli, A; Ferreira, C; Sotto-Mayor, R; Almeida, A Bugalho de
2008-12-01

Resumo em português O linfoma intravascular é uma forma muito rara de linfoma não Hodgkin de células grandes B. Caracteriza-se pela proliferação celular tumoral de linfócitos limitada aos pequenos vasos, particularmente nos capilares. Apresentamos o caso de uma doente de 54 anos, não fumadora, que foi admitida no nosso hospital para investigação de um quadro com quatro meses de evolução de febre, sudorese nocturna, emagrecimento não quantificado e dispneia progressiva. Ao exame o (mais) bjectivo apresentava-se febril, taquicárdica e polipneica. Analiticamente, destacava-se anemia, leucocitose e LDH elevada. Gasometria arterial - FiO2 1 l/m: PaO2-63,6 mm Hg. A telerradiografia de tórax revelava infiltado intersticial difuso. Foram excluídas todas as causas de febre de origem indeterminada. O diagnóstico foi realizado por biópsia pulmonar cirúrgica e foi prescrita terapêutica citostática combinada e rituximab com boa resposta clínica. Relatamos o caso pela dificuldade diagnóstica e pela boa resposta à terapêutica. Resumo em inglês Intravascular lymphoma is a very rare form of large B cell non-Hodgkin’s lymphoma, characterised by the presence of lymphoma cells in the lumina of small vessels only, particulary in the capillaries. We report a 54 year-old female non-smoker, admitted to hospital for further examination of a four month long clinical condition involving high fever, night sweats, unqualified weight loss and progressive dyspnea. Patient’s temperature was 38.5 ºC, pulse 100/min and respira (mais) tory 22 cycles/min. Patient’s haemoglobin was 9.4g/dL, she had leukocytosis, elevated LDH and arterial blood gas analysis with moderate hypoxaemia (FiO2 1l/m: PaO2-63.6 mm Hg). Chest X-ray revealed diffuse interstitial changes. All the possible causes of unknown origin fever were excluded. Diagnosis was made through lung biopsy and treatment with combined chemotherapy and rituximab was prescribed leading to a 48 hours clinical remission. We present this case to show how difficult this diagnosis can be and how a good response to therapy is possible.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Tomografia emissora de positrões: Indicações no cancro do pulmão - Experiência prospectiva de um serviço/ Positron emission tomography: Indications in lung cancer - Prospective experience of a department

Ferreira, Diva; Oliveira, A; Barroso, A; Conde, A; Parente, B
2007-01-01

Resumo em português A tomografia emissora de positrões (PET) é uma tecnologia recente no âmbito da medicina nuclear. Utiliza radionuclídeos biológicos como o 18F-fluoro-2-deoxy-D-glicose (FDG) permitindo detectar locais onde o metabolismo está aumentado, como no caso de células neoplásicas. Tem vindo a tornar-se um inovador e importante meio imagiológico no cancro do pulmão. Recomendações actuais incluem o diagnóstico de cancro do pulmão, bem como o estadiamento loco-regional e à distancia do CPNPC. Resumo em inglês Positron emission tomography (PET) is a new technique in nuclear medicine. It uses biological radiotracers such as 18F-fluoro-2-deoxyglucose (FDG) which permit the detection of suspected lesions with metabolic alterations that take up the glucose isotope too avidly, as is the case with neoplastic cells. PET has become an innovatory and important imaging tool for evaluating patients with lung cancer. The present recommended uses of PET include lung cancer diagnosis and the intrathoracic and extrathoracic staging in N-SCLC.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Endotoxin and cancer/ Endotoxina e câncer

Lundin, Jessica I.; Checkoway, Harvey
2010-09-01

Resumo em português A exposição à endotoxina, componente de paredes celulares bacterianas gram-negativas, é muito comum em plantas industriais e no meio ambiente. Ambientes de alta exposição incluem fazendas de criação de animais, instalações têxteis de algodão e moinhos. Neste artigo, revemos estudos experimentais, epidemiológicos e ensaios clínicos sobre a hipótese de que a endotoxina previne o câncer. Desde os anos 70, estudos epidemiológicos em têxteis de algodão e out (mais) ros grupos ocupacionais expostos à endotoxina demonstram redução no risco de câncer de pulmão. Pesquisa experimental de toxicologia animal e ensaios terapêuticos limitados em pacientes com câncer dão suporte para um potencial anticarcinogênico. Os mecanismos biológicos anticarcinogênicos de base ainda não são completamente compreendidos, mas acredita-se que incluem recrutamento e ativação de células imunológicas e mediadores pró-inflamatórios (ex.: fator de necrose tumoral α e interleucina-1 e - 6). Devido ao estágio atual de conhecimento, seria prematuro recomendar a endotoxina como agente quimiopreventivo. Porém, pesquisas epidemiológicas e experimentais que esclareçam relações de dosagem-efeito e exposição-relações temporais podem trazer benefícios para a saúde pública e a biomedicina básica. Resumo em inglês Exposure to endotoxin, a component of gram-negative bacterial cell walls, is widespread in many industrial settings and in the ambient environment. Heavy-exposure environments include livestock farms, cotton textile facilities, and saw mills. In this article, we review epidemiologic, clinical trial, and experimental studies pertinent to the hypothesis that endotoxin prevents cancer. Since the 1970s, epidemiologic studies of cotton textile and other endotoxin-exposed occup (mais) ational groups have consistently demonstrated reduced lung cancer risks. Experimental animal toxicology research and some limited therapeutic trials in cancer patients offer additional support for an anticarcinogenic potential. The underlying biological mechanisms of anticarcinogenesis are not entirely understood but are thought to involve the recruitment and activation of immune cells and proinflammatory mediators (e.g., tumor necrosis factor α and interleukin-1 and - 6). In view of the current state of knowledge, it would be premature to recommend endotoxin as a cancer-chemopreventive agent. However, further epidemiologic and experimental investigations that can clarify further dose-effect and exposure-timing relations could have substantial public health and basic biomedical benefits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Endotoxin and cancer/ Endotoxina e câncer

Lundin, Jessica I.; Checkoway, Harvey
2010-09-01

Resumo em português A exposição à endotoxina, componente de paredes celulares bacterianas gram-negativas, é muito comum em plantas industriais e no meio ambiente. Ambientes de alta exposição incluem fazendas de criação de animais, instalações têxteis de algodão e moinhos. Neste artigo, revemos estudos experimentais, epidemiológicos e ensaios clínicos sobre a hipótese de que a endotoxina previne o câncer. Desde os anos 70, estudos epidemiológicos em têxteis de algodão e out (mais) ros grupos ocupacionais expostos à endotoxina demonstram redução no risco de câncer de pulmão. Pesquisa experimental de toxicologia animal e ensaios terapêuticos limitados em pacientes com câncer dão suporte para um potencial anticarcinogênico. Os mecanismos biológicos anticarcinogênicos de base ainda não são completamente compreendidos, mas acredita-se que incluem recrutamento e ativação de células imunológicas e mediadores pró-inflamatórios (ex.: fator de necrose tumoral α e interleucina-1 e - 6). Devido ao estágio atual de conhecimento, seria prematuro recomendar a endotoxina como agente quimiopreventivo. Porém, pesquisas epidemiológicas e experimentais que esclareçam relações de dosagem-efeito e exposição-relações temporais podem trazer benefícios para a saúde pública e a biomedicina básica. Resumo em inglês Exposure to endotoxin, a component of gram-negative bacterial cell walls, is widespread in many industrial settings and in the ambient environment. Heavy-exposure environments include livestock farms, cotton textile facilities, and saw mills. In this article, we review epidemiologic, clinical trial, and experimental studies pertinent to the hypothesis that endotoxin prevents cancer. Since the 1970s, epidemiologic studies of cotton textile and other endotoxin-exposed occup (mais) ational groups have consistently demonstrated reduced lung cancer risks. Experimental animal toxicology research and some limited therapeutic trials in cancer patients offer additional support for an anticarcinogenic potential. The underlying biological mechanisms of anticarcinogenesis are not entirely understood but are thought to involve the recruitment and activation of immune cells and proinflammatory mediators (e.g., tumor necrosis factor α and interleukin-1 and - 6). In view of the current state of knowledge, it would be premature to recommend endotoxin as a cancer-chemopreventive agent. However, further epidemiologic and experimental investigations that can clarify further dose-effect and exposure-timing relations could have substantial public health and basic biomedical benefits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Atividade antiproliferativa dos extratos e da fração orgânica obtidos das folhas de Virola sebifera Aubl. (Myristicaceae)/ Antiproliferative activity of extracts and fractions from Virola sebifera Aubl. leaves (Myristicaceae)

Denny, Carina; Zacharias, Marcela E.; Kohn, Luciana K.; Foglio, Mary Ann; Carvalho, João Ernesto de
2007-12-01

Resumo em português As cascas de Virola sebifera (Myristicaceae) são utilizadas por populações indígenas amazônicas em preparações alucinógenas, nas quais foram encontrados alcalóides como a dimetiltriptamina e seus derivados. Considerando a enorme importância dos alcalóides isolados de plantas na terapêutica do câncer e a presença desses compostos em espécies de Virola, o presente trabalho teve por objetivo o estudo da atividade antiproliferativa em cultura de células tumora (mais) is humanas de extratos e da fração orgânica, obtidos das folhas de Virola sebifera. O extrato bruto diclorometânico (EBD) foi considerado o mais ativo, com seletividade principalmente para a linhagem de pulmão (NCI-460) - IC50: 4,46 µg/mL e para a fração orgânica (FO) obtida por extração ácido-base - IC50; 6,91 µg/mL. A atividade observada possivelmente pode ser atribuída a alcalóides ou compostos nitrogenados que foram evidenciados pelo corante Dragendorff. Assim, a purificação da FO será necessária a fim de comprovar a presença de compostos nitrogenados, através de isolamento e determinação estrutural, bem como a participação desses compostos na atividade antiproliferativa observada. Resumo em inglês Barks of Virola sebifera (Myristicaceae) used by Amazonian Indian communities in hallucinogenic snuff preparations have yielded dimethyltryptamine and derivatives. Considering the importance of the alkaloids isolated from plants for the development of chemotherapy, and the presence of these compounds in several Virola species, the scope of this work was to evaluate the antiproliferative activity of the extracts and the organic fraction from Virola sebifera leaves. The cru (mais) de dichloromethane extract was the most active with selectivity for lung line (NCI-460) - IC50: 4.46 µg/mL, as well as the organic fraction (OF) - IC50: 6.91 µg/mL. The observed activity could probably be attributed to alkaloids or nitrogen compounds that were evidenced by the Dragendorff reagent. However, the future purification of OF will be necessary to prove the presence of alkaloids and their role in the antiproliferative activity in human cells as well as isolating and identifying these compounds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Exposição a hidroquinona e ao fenol sobre a resposta inflamatória pulmonar induzida por bactéria/ Hydroquinone and phenol exposure on pulmonary inflammatory response induced by bacteria

Ferreira, Alexandre; Macedo, Sandra Manoela Dias; Ligeiro-Oliveira, Ana Paula; Lima, Wothan Tavares de; Farsky, Sandra Helena Poliselli; Coelho, Fernando Rodrigues
2007-09-01

Resumo em português A gravidade dos efeitos causados pela exposição ambiental e ocupacional ao benzeno determinou o controle de sua utilização. No entanto, mesmo nestas condições, toxicidade ao sistema imune e nervoso tem sido descrita. A toxicidade do benzeno é determinada pelos seus produtos de biotransformação, em que fenol (FE) e hidroquinona (HQ) têm papel relevante na imunotoxicidade. Neste contexto, o presente trabalho mostra que a exposição de ratos Wistar, machos, a dose (mais) s de 5 ou 10 mg/kg de HQ (via i.p., uma vez ao dia, 13 doses consecutivas, com intervalos de 2 dias a cada 5 doses) provocou reduções acentuadas no influxo de leucócitos polimorfonucleares (PMN) e mononucleares (MN) para o pulmão 24 horas após inalação de Lipopolissacarídeo (LPS) de Salmonella abortus. Diferentemente, a migração de leucócitos em animais expostos ao FE não foi alterada. A exposição a ambos os agentes químicos simultaneamente (dose de 5 mg/kg cada) manteve a redução na migração de MN detectada em animais expostos à HQ e potencializou o efeito inibitório da HQ sobre a migração de leucócitos PMN. Os prejuízos nas migrações de leucócitos não foram decorrentes de modificações no número destas células na circulação. É importante ressaltar que os efeitos foram induzidos por doses dos agentes químicos que não causaram prejuízo à função hepática ou renal, determinados pela atividade das transaminases hepáticas e a concentração de creatinina no soro. Em conjunto, os dados obtidos mostram a exposição a baixas doses de HQ não provoca alterações nos parâmetros empregados como indicadores de toxicidade. No entanto, os efeitos tóxicos são manifestados resposta do organismo ao trauma. Resumo em inglês The high toxicity induced by occupational and environmental benzene exposure lead to its use restriction. However, at these conditions, neuronal and immune toxicity has been described. It is well known that benzene metabolites, such as hydroxyl compounds phenol (PHE) and hydroquinone (HQ), are responsible for immunotoxicity. In this context, it has shown herein that male Wistar rats exposed to HQ (doses of 5 or 10 mg/kg/day; 13 days with 2-day intervals every 5 doses) pre (mais) sented marked reduction in the number of mononuclear (MN) and polymorphonuclear (PMN) leukocytes in the bronchoalveolar fluid 24 hours after inhalation of Lipopolyssacaride of Salmonella abortus (LPS; 100 µg/mL). On the other hand, leukocyte migration into inflamed lungs was not altered in FE exposed rats, since values obtained were similar to those detected in control animals. Simultaneous exposure to HQ and PHE (5 mg/kg each compound) maintained the decreased number of MN cells observed in HQ exposed rats and potentiated the reduction of PMN cells induced by HQ exposure. The impaired leukocyte migration into inflamed lung did not reflect alterations on number of circulating cells. Moreover, it is important to emphasize that schedule of intoxication did not alter the functional ability of liver and kidney, as detected by normal activity of transaminases and creatinine concentration in the serum. Therefore, it is shown herein that in vivo exposures to lower doses of HQ do not alter end points used as biological indicators of toxicity, nevertheless toxic effects are evident after a host defense.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Células inflamatórias e seus mediadores na patogênese da DPOC/ Inflammatory cells and their mediators in COPD pathogenesis

Costa, Cláudia Henrique da; Rufino, Rogério; Lapa e Silva, José Roberto
2009-01-01

Resumo em português A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é causada por processo inflamatório crônico que limita o fluxo aéreo, sendo sua principal causa o tabagismo. Conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a DPOC será a quarta causa de mortalidade em 2020, atrás apenas das doenças vasculares, cardíacas e cerebral, além das neoplasias. Apesar do enorme crescimento da prevalência e da mortalidade da DPOC, não existe nenhuma terapêutica que consiga controla (mais) r a evolução da doença estabelecida. O processo inflamatório crônico causado pelos gases da fumaça de tabaco desencadeia alterações estruturais que predominam nas pequenas vias aéreas (menores que 2 mm). Essa agressão provoca um processo inflamatório que conta com a participação não apenas de macrófagos, linfócitos e neutrófilos, mas células estruturais como epiteliais, musculares e fibroblastos. Atualmente, a interação entre macrófagos e linfócitos, especialmente CD8+, tem sido implicada na patogênese da DPOC. Quimiocinas como CXCL9/MIG, CXCL10/IP-10, CXCL11/I-TAC e CCL5/RANTES têm sido descritas como possíveis responsáveis pelo recrutamento de linfócitos T e monócitos sanguíneos, facilitando o aumento de macrófagos alveolares e linfócitos T CD8+ no parênquima dos pacientes com DPOC. Conhecer melhor como ocorre o tráfego de células mononuclerares em direção ao pulmão é fundamental não só para um maior entendimento da patogênese da DPOC, mas para o desenvolvimento de terapêuticas adequadas. Com base nessas evidências tem sido proposto o estudo de moléculas capazes de bloquear de forma específica o recrutamento de células inflamatórias para o pulmão por meio de ação direta nos seus receptores. Resumo em inglês Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD) is considered to be a progressive disease characterized by chronic inflammation and irreversible airflow obstruction, mainly caused by tobacco smoking. Based on World Health Organization data, COPD will be the fourth cause of mortality in 2020, after vascular, cardiac and cerebral diseases and cancer. To date no therapy retards or suppresses progression of COPD. The chronic inflammatory process caused by tobacco smoking promote (mais) s structural changes predominantly in the small airways (less than 2mm). Macrophages, neutrophils and T cells are thought to be important key players, as well as structural cells like fibroblasts, epithelial and smooth muscle cells. The interaction between macrophages and lymphocytes, especially CD8+, has been implicated in the pathogenesis of COPD. Chemokines such as CXCL9/MIG, CXCL10/IP-10, CXCL11/I-TAC and CCL5/ RANTES have been described as possibly responsible for recruitment of T cells and blood monocytes increasing the number of macrophages and CD8+ T cells in the lung of COPD patients. The study of the influx of mononuclear cells to the lung is very important not only to promote a better understanding of the COPD physiopathology but also to help identify new targets for treatment. Based on this new evidence, the study of several mediator antagonists that can block the recruitment of inflammatory cells to the lung have been tested in COPD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Broncopneumopatias a vírus: análise crítica de alterações histológicas encontradas no estudo de afecções respiratórias não bacterianas na infância

Oliveira, Albanita Viana de; Madi, Kalil; Rodrigues, Murilo Gimenes; Paola, Domingos de
1973-01-01

Resumo em português Os autores apresentam 69 casos de afecções respiratórias em crianças que atribuem a agentes não bacterianos, provavelmente virais. Usam para isto um critério clínico, outro morfológico, em uma revisão de 372 pneumopatias infecciosas em casos de autópsias. Caracterizaram morfologicamente a resposta à agressão viral pela presença de: infiltrado mononuclear intersticial, predominantemente peribronquilar; alterações degenerativas ou mesmo necrose e hiperplasia (mais) do epitélio respiratório; membrana hialina; descamação epitelial; células gigantes sinciciais alveolares e bronquiolares; inclusões nucleares e citoplasmáticas; edema proteináceo alveolar e septal, proliferação intersticial conjuntiva incipiente. Criticam o erro por excesso de diagnósticos de "pneumonia mononuclear intesticial" e o erro por falta quando o acometimento bacteriano dificulta o diagnóstico de lesão atribuível a vírus. Além disso realçam a importância de achado de bonquiolite aguda como fundamental para o diagnóstico. Estas lesões - ao lado de achados clínicos-radiológicos e epidemiológicos - cosntituem o que a experiência adquirida julga como reação do pulmão a vários vírus conhecidos (Adenovírus, Influenza, Parainfluenza, Vírus Sincicial Respiratório e Sarampo). Resumo em inglês 69 cases of respiratory diseases in children are presented and atributed to non-bacterial agents, probably viral. Using clinical and morphological criteria, a review of 372 cases of infections lung diseases was performed in autopsy material. The reaction due to the viral injury is characterized morphologically by interstitial mononuclear infiltration, mainly peribronchiolar; degenerative changes, necrosis and hyperplasia of the respiratory epithelium; hyaline membrane; ep (mais) ithelial desquamation; syncytial giant-cells, alveolar or bronquiolar; nuclear and cytoplasmic inclusions; proteinaceous edema, alveolar and septal; mild intersticial conective tissue proliferation. The overdiagnosis of "mononuclear intesticial pneumonia' is criticized; on the other hand, attention is called to the underdiagnosis of viral pneumonia when bacterial complication difficults its bronchiolitis for morphological diagnosis of viral disease of the lung is stressed. Those lesions - correlated the clinico-radiological and epidemiological findings - constitute which the acquired experience judge as the reaction of the lung to several known viruses (adenovirus, influenza, parainfluenza, sysncytial respiratory virus and measles).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Entendendo o papel de marcadores biológicos no câncer de pulmão/ Understanding the role of biological markers in lung cancer

CAPELOZZI, VERA LUIZA
2001-11-01

Resumo em português Marcadores biológicos são componentes celulares, estruturais e bioquímicos, que podem definir alterações celulares e moleculares tanto em células normais quanto aquelas associadas a transformação maligna. Podem ser de dois tipos: 1) marcadores intermediários, que medem alterações celulares e moleculares antes do aparecimento da malignidade; 2) marcadores diagnósticos, presentes em associação com a malignidade. O processo de identificação e validação para (mais) uso clínico do marcador tem diversas etapas: identificação inicial feita em linhagens celulares do tumor em questão; teste do marcador em tecido proveniente de biópsias de pacientes com diagnóstico estabelecido do tumor em questão; teste em biópsias de tecidos normais e com processo inflamatório; teste em escarro, sangue ou urina para validação como teste não-invasivo que possa ser usado em população de alto risco. Marcadores biológicos diagnósticos sorológicos e histológicos são componentes celulares, estruturais e bioquímicos, presentes não só em células tumorais como também em células normais, que podem ser medidos quantitativamente por métodos bioquímicos, imunológicos e moleculares nos fluidos ou nos tecidos corporais, respectivamente, associados a neoplasias e possivelmente ao órgão de origem da neoplasia. Marcadores biológicos são estudados em diferentes neoplasias primárias, porém poucos tiveram seu valor clínico definido. O papel dos marcadores biológicos em câncer de pulmão ainda é incerto, pois apenas um pequeno número de marcadores foi avaliado de maneira adequada. O objetivo deste trabalho é entender o papel dos marcadores biológicos sorológicos e diagnósticos no prognóstico e sobrevida de pacientes com câncer de pulmão baseado em uma coletânea de trabalhos realizada pela autora. Apresenta-se também uma perspectiva futura para a detecção precoce do câncer de pulmão baseada no papel dos marcadores biológicos intermediários. Resumo em inglês Biological markers are cellular, structural and biochemical components that can define cellular as well as molecular changes in both normal and neoplastic cells. There are two types of biological markers: 1) intermediate markers that evaluate cellular and molecular alterations before malignancy occurs; and 2) diagnostic markers, present in association with malignancy. The identification and validation of biological markers for clinical use are performed in stages: (mais) ACE=Symbol>¨ initial identification in cell cultures of the tumor; ¨ testing of the marker in tissues obtained in biopsies of patients with an established diagnosis of the tumor; ¨ testing of biopsies of normal tissues and tissues with an inflammatory process; ¨ sputum, blood or urine tests for validation as a non-invasive test that can be used in high-risk populations. Sorologic and histopathologic biological markers are cellular, structural and biochemical components found in both normal and neoplastic cells that can be quantitatively assessed by biochemical, immunological and molecular methods in the body fluids or tissues, respectively, and may be associated with malignancies and, possibly, with the neoplastic organ. Biological markers are studied in diverse primary neoplasms. However, few of them proved to be clinically valuable. The role of biological markers in lung cancer patients remains unclear because only a small number of markers has been properly assessed. The aim of this paper is to understand the role of sorologic and histologic biological markers in the prognosis and survival of lung cancer patients based on our previous works. Furthermore, we present a future perspective of the early detection of lung cancer on the basis of the role of intermediate biological markers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Papel da imuno-histoquímica no diagnóstico do câncer de pulmão/ Role of immunohistochemistry in the diagnosis of lung cancer

Capelozzi, Vera Luiza
2009-04-01

Resumo em português O propósito da imuno-histoquímica é reconhecer antígenos e assim identificar e classificar células específicas dentro de uma população celular morfologicamente heterogênea (ou aparentemente homogênea). A visualização do complexo antígeno-anticorpo é possível pela adição de um fluorocromo conjugado ao anticorpo, que pode então ser observado ao microscópio, ou alternativamente uma enzima, cujo produto de reação pode igualmente ser visualizado. A imuno-h (mais) istoquímica pode ser aplicada na rotina diagnóstica complementar do câncer de pulmão para a identificação de marcadores biológicos diagnósticos e prognósticos. Os painéis imuno-histoquímicos mínimos necessários para a complementação diagnóstica serão discutidos nesta revisão. Resumo em inglês The role of immunohistochemistry is to recognize antigens and, consequently, to identify and classify specific cells within a cell population whose morphology is heterogenous or apparently homogenous. The visualization of the antigen-antibody complex is made possible through the addition of either a fluorochrome conjugate or an enzyme to the antibody, which is then viewed under microscopy. Immunohistochemistry can be used in the routine diagnosis of lung cancer, in order (mais) to identify biological markers (diagnostic and prognostic). The essential immunohistochemistry panels will be discussed in this review.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Manifestação clínico-patológica de infecção natural pelo Vírus Respiratório Sincicial Bovino (BRSV) em bovinos de criação extensiva no Rio Grande do Sul, Brasil/ Clinic-pathological aspects in the natural infection of Bovine Respiratory Syncytial Virus (BRVS) in extensive management of cattle in Rio Grande do Sul, Brazil

Driemeier, David; Gomes, Marcos José Pereira; Moojen, Valéria; Arns, Clarice Weiss; Vogg, Guilherme; Kessler, Luciano; Costa, Ubirajara Maciel da
1997-04-01

Resumo em português São descritas as manifestações clínicas, patológicas, microbiológicos e sorológicos da enfermidade natural causada pelo Vírus Respiratório Sincicial Bovino (BRSV) em uma criação extensiva de bovinos de corte no Rio Grande do Sul. Clinicamente havia tosse crônica e dispnéia intensa frente a exercícios físicos mínimos em dois animais. Os dois foram sacrificados e necropsiados. As alterações macroscópicas eram pulmonares com enfisema alveolar disseminado, (mais) focos de atelectasia e espessamento dos septos interlobulares. A imunofluorescência para BRSV em corte de pulmão congelado foi positiva em ambos os casos, sendo negativa para Parainfluenza-3 (PI-3), Diarréia Vírica Bovina (BVDV) e Rinotraqueíte Infecciosa Bovina (BHV). Foi isolado BRSV em cultivo celular de MDBK a partir de um dos animais necropsiados. Nenhuma associação foi detectada através de elisa para detecção de antígeno LPS gênero específico de Chlamydia psittaci no tecido pulmonar. O exame histopatológico evidenciou células sinciciais, enfisema crônico, hipertrofia da camada muscular peribronquiolar e metaplasia escamosa do epitélio bronquial e bronquiolar. O exame sorológico para BRSV evidenciou 79% de soropositivos em uma primeira amostragem na qual havia animais jovens e alguns com tosse. O segundo exame sorológico 6 meses após, proveniente de animais de diferentes faixas etárias, resultou em 17,3% de soropositivos. Este é o primeiro relato de doença causada por BRSV no Brasil. Resumo em inglês The clinical aspects as well as the pathology, microbiology and serology of a natural Bovine Respiratory Syncytial (BRSV) infection of bovine in a herd of 600 beef cattle kept under extensive management in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, are described. Clinically two animals had chronic cough and severe dyspnea when forced to mild physical exercise. These two animals were euthanatized and post-morten examination was performed. The macroscopic changes were of pulmo (mais) nary origin, such as disseminated alveolar emphysema, focal atelectasis and marked interlobular septal thickening. The fluorescent antibody test on lung cryostat sections was positive to BRSV for both animals, and it was negative to PI-3 virus, BVDV and BHV. The BRSV was isolated from the lung of one of the animals on MDBK, and was also identified by fluorescent antibody test. No association with Chlamydia psittaci was found by ELISA performed on lung tissues. The histopathology showed syncytial cells, chronic emphysema, peribronchiolar muscle layer hypertrophy and squamous metaplasia of bronchial and bronchiolar epithelia. The serology to detect antibodies to BRSV resulted in 79% of positives from the first specimen collection. In this group of young animals some of them had a cough. The second samples collected 6 months later were from animals of different age groups resulting in 17.3% of positives. This is the first report on clinical BRSV infection in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Hipercoagulabilidade e câncer de pulmão/ Hypercoagulability and lung cancer

Marinho, Felipe Costa de Andrade; Takagaki, Teresa Yae
2008-05-01

Resumo em português A relação entre câncer e alteração na coagulação já havia sido sugerida há quase 150 anos por Trousseau e, subseqüentemente, ficou claro o maior risco que os pacientes oncológicos têm de desenvolverem fenômenos tromboembólicos. Isto pode ser conseqüência da ativação do sistema de coagulação pelas células neoplásicas ou pelas terapias empregadas (quimioterapias e cirurgias). Tais fenômenos podem, ainda, ser a primeira manifestação do câncer e a su (mais) a recorrência, mesmo com anticoagulação adequada, foi descrita. O sistema de coagulação é ativado, normalmente, com finalidade reparativa. Na presença de neoplasias, este complexo sistema está atuante frente a variados estímulos e parece contribuir para a progressão tumoral. Este efeito é mais importante para os focos metastáticos que para o próprio tumor primário. Contudo, a maior parte das vítimas de neoplasias morre das complicações das metástases, revelando a importância deste tema. Nesta área, vários mecanismos já são conhecidos e geram interessantes perspectivas para tratamentos futuros. Atualmente, o sucesso obtido com as heparinas de baixo peso molecular no carcinoma de pequenas células de pulmão é animador. Embora o conhecimento sobre esses mecanismos sejam relativamente recentes, os campos de pesquisa e tratamento estão amplamente abertos. Resumo em inglês The relationship between cancer and coagulopathy was suggested by Trousseau nearly 150 years ago. Later, it became more evident that oncologic patients are at a higher risk of experiencing thromboembolic events. This can be due to activation of the coagulation system either by neoplastic cells or by prescribed therapies (chemotherapy or surgical procedures). In fact, these events can constitute the first manifestation of cancer, and their recurrence, despite efficient ant (mais) icoagulation, has been described. The coagulation system is normally activated in order to provide healing. In the presence of neoplasms, this complex system is activated as a response to multiple stimuli and seems to contribute to cancer progression. Activation of the coagulation system has a greater effect on metastatic foci than on the primary tumor. However, most cancer victims die from complications caused by metastasis, which underscores the importance of this theme. In this area, various mechanisms have been described, creating promising perspectives for future treatments. The current success in using low-molecular-weight heparins against small cell lung cancer is encouraging. Although the knowledge of those mechanisms is relatively incipient, many basic research and clinical studies are underway.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Surto de Circovirose (Síndrome Definhante Multissistêmica de Suínos Desmamados) no estado do Rio de Janeiro/ Outbreak of Circovirosis (Porcine Postweaning Multisystemic Wasting Syndrome) in the state of Rio de Janeiro, Brazil

França, Ticiana do Nascimento; Peixoto, Paulo Vargas; Brito, Marilene Farias; Morés, Nelson; Zanella, Janice; Driemeier, David
2005-03-01

Resumo em português Descreve-se o primeiro surto de Síndrome Definhante Multissistêmica de Suínos Desmamados (SDMSD) na Região Sudeste do Brasil, no estado do Rio de Janeiro. A enfermidade que afetou principalmente suínos desmamados com idade em torno de 4 meses, levou a morte pelo menos 14 animais. A granja onde o surto ocorreu, tinha péssimas condições sanitárias e de manejo. Clinicamente, a doença caracterizou-se por má condição corporal, pouco desenvolvimento, tosse, taquipn (mais) éia, dispnéia, diarréia, ataxia, tremores após estímulo, decúbito e convulsões, com evolução aguda a subaguda. À necropsia, os achados mais importantes foram um aumento de volume de linfonodos e pulmões não-colapsados, com áreas consolidadas, principalmente nos lobos craniais e porção anterior dos lobos médios. O exame histológico revelou, com maior freqüência, infiltração linfo-histiocítica com células sinciciais em linfonodos, baço, placas de Peyer, rim, pulmão e fígado, depleção ou hiperplasia linfóide, bem como pneumonia bronco-intersticial linfo-histiocitária e áreas de broncopneumonia secundária. O diagnóstico firmou-se pela observação dos sintomas e das lesões histológicas típicas e foi confirmado por exame imunohistoquímico e PCR. O estudo teve por objetivo caracterizar os aspectos epidemiológico e clínico-patológico desse surto, já que a mesma tem causado grandes perdas econômicas, diretas ou indiretas, à suinocultura mundial. Resumo em inglês The first outbreak of Postweaning Multisystemic Wasting Syndrome (PMWS) in swine, which occurred in southeastern Brazil, in the state of Rio de Janeiro, is described. The disease, which affects mainly weaned about 4 month-old pigs, caused the death of at least 14 animals. The property, where the outbreak occurred, had inadequate sanitary and management conditions. Clinically the disease was characterized by wasting, poor development, cough, tachypnoea, dispnoea, diarrhoea (mais) , ataxia, tremors after stimulation, decubitus and convulsions. The course of the disease was acute or subacute. The most important post-mortem findings were enlarged lymphnodes, non-collapsed lungs, with consolidated areas mainly in the cranial lobes. Histological lesions consisted mainly of lymphohistiocytic infiltration with multinucleate giant cells in lymph nodes, spleen, Peyer's patches, kidney, lung and liver, depletion or lymphoid hyperplasia, as well as lymphohistiocytic interstitial pneumonia and areas of secondary bronchopneumonia. The diagnosis was established through observations of the symptoms and typical lesions, and was confirmed by immunohistochemical examination and PCR. The objective of this study was to characterize the epidemiological, clinical and pathological aspects of the outbreak of PMWS, because of the severe direct or indirect economical losses caused by the disease to the world pig industry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Achados clínicos e patológicos em cães infectados naturalmente por herpesvírus canino

Oliveira, Eduardo C.; Sonne, Luciana; Bezerra Júnior, Pedro S.; Teixeira, Elisa M.; Dezengrini, Renata; Pavarini, Saulo P.; Flores, Eduardo F.; Driemeier, David
2009-08-01

Resumo em português Descrevem-se os achados clínicos e patológicos e os exames laboratoriais de filhotes de cães com diagnóstico post mortem de infecção por herpesvírus canino. Os casos ocorreram em duas propriedades da Cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em abril de 2007 e julho de 2008. Clinicamente, os cães apresentaram anorexia, apatia, choro e dispneia. A morte dos cães ocorreu após 24-72 horas do início dos sinais clínicos. Na necropsia observaram-se hemorragia multi (mais) focal renal e hepatomegalia com petéquias e pontos brancos na superfície natural do fígado. Os pulmões se apresentaram não-colapsados e vermelhos. Havia esplenomegalia e, em alguns cães, petéquias na superfície capsular do baço. Aumento dos linfonodos mesentéricos e do timo foi observado. Lesões microscópicas incluíram hemorragia e necrose multifocal em células epiteliais tubulares renais, hepatócitos e tecidos linfoides. Nos pulmões, havia necrose alveolar multifocal acentuada com abundante material fibrinoso e infiltrado inflamatório misto de intensidade variada. Ocasionais corpúsculos de inclusão intranucleares em áreas periféricas à necrose foram identificados em hepatócitos, células epiteliais de túbulos renais e células alveolares. Amostras de fígado, rim e pulmão foram positivas na imunofluorescência direta para herpesvírus canino tipo 1 (CHV-1). O diagnóstico de infecção por herpesvírus foi baseado nos achados de necropsia, histológicos e de imunofluorescência positiva em tecidos usando anticorpo anti-CHV-1. De nosso conhecimento, este é o primeiro relato da identificação do CHV-1 no Brasil, embora achados clínico-patológicos anteriores já sugerissem a presença do agente na população canina do país. Resumo em inglês The clinic and pathological findings and laboratorial testing of puppies with postmortem diagnosis of canine herpesvirus infection are described. The cases occurred in two households of Porto Alegre, RS, in April 2007 and July 2008. The puppies presented anorexia, depression, cry and dyspnea, followed by death about 24-72 hours after the onset of clinical signs. At necropsy multifocal pin point hemorrhages were observed in the kidneys. The liver was enlarged with petechia (mais) e and white foci on the surface. The lungs were red and did not collapse. The spleen was enlarged and, in some cases, with petechiae on the capsular surface. Mesenteric lymph nodes and thymus were enlarged. Microscopic lesions included hemorrhages and multifocal necrosis of the renal tubular epithelial cells, hepatocytes and lymphoid tissues. In the lungs there was severe multifocal alveolar necrosis with abundant fibrin deposits and a mixed inflammatory infiltrate of variable intensity. Intranuclear inclusion bodies were identified in the periphery of necrotic areas in hepatocytes, renal tubular epithelial cells and alveolar cells. Samples of liver, kidney and lung were positive in the direct immunofluorescence test for canine herpes virus type 1 (CHV-1). The diagnosis was based on epidemiological data, necropsy findings, histological lesions and positive immunofluorescence results using CHV-1 antibody in tissue samples. To our knowledge, this is the first report of the identification of CHV-1 in Brazil, although previous clinic and pathological findings already suggested the presence of the virus in Brazilian canine population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Intoxicação experimental por sementes de Crotalaria spectabilis (Leguminosae) em suínos/ Experimental poisoning by Crotalaria spectabilis (Leguminosae) seeds in pigs

Torres, Márcia Bersane Araújo de Medeiros; Salles, Mônica Weissmann Seabra; Headley, Selwyn Arlington; Barros, Claudio Severo Lombardo de
1997-06-01

Resumo em português Para estudar os efeitos da ingestão de sementes de Crotalaria spectabilis em suínos, 14 porcos foram divididos em 5 grupos; quatro (A-D) eram formados por 3 porcos e um (Grupo E) por dois porcos. Com exceção do grupo A, que serviu como controle, os porcos foram alimentados com ração contendo 0,3 e 0,5% (Grupos B e C) e 1% (Grupos D e E) de sementes moídas de C. spectabilis por 32 (Grupo D), 44 (Grupo E) e 120 (Grupo B e C) dias. Um suíno do Grupo D e 2 suínos do (mais) Grupo B, morreram 8, 70 e 137 dias após o início do experimento; os restantes 11 suínos foram sacrificados em períodos que variaram entre 52 e 159 dias após o início do experimento. Dez dos 11 suínos tratados apresentaram perda do apetite e subdesenvolvimento. Outros sinais clínicos observados foram depressão, perda localizada de pêlos e distúrbios respiratórios. As principais lesões ocorreram no fígado. Em um caso eram agudas e consistiam principalmente de padrão lobular acentuado resultante de necrose centrolobulara massiva. Os outros 11 suínos apresentavam lesões hepáticas crônicas; o fígado estava firme, com cápsula espessada e aderências fibrosas entre os lobos e a estruturas adjacentes. Microscopicamente havia fibrose capsular, interlobar, interlobular e intralobular; hepatomegalocitose e proliferação de ductos biliares. Bilestase foi observadada no fígado de dois suínos; num outro havia regeneração hepatocelular nodular. Os pulmões de 4 suínos estavam avermelhados e firmes. Histologicamente havia espessamento dos septos interalveolares e interlobulares por edema, fibrose e infiltração celular, e proliferação de pneumócitos tipo II. Alterações renais foram observadas apenas microscopicamente e incluíam, principalmente, hepatomegalocitose das células epiteliais tubulares. Em 6 porcos observaram-se edemas cavitários (ascite, hidrotórax e hidropericárdio) de intensidade discreta a moderada. Alterações vasculares microscópicas consistindo de espessamento e hialinização da parede arterial foram observadas no pulmão de 5 suínos e no rim de 3. Quatro suínos tinham alterações sugestivas de encefalopatia hepática. Essas alterações não foram observadas nos suínos controles. Resumo em inglês To study the effects of the ingestion of Crotalaria spectabilis seeds, fourteen pigs were alloted in 5 groups. Four groups (A-D) consisted each of three pigs and the other (Group E) of two pigs. With the exception of those from Group A, which served as control, pigs were fed a ration containing 0.3 and 0.5% (groups B and C) and 1% (Groups D and E) of ground seeds of C. spectabilis for 32 (group D), 44 (group E), and 120 (groups B and C) days. One pig from Group D and two (mais) pigs from Group B died at 8, 70, and 137 days after the beginning of the experiment; the remaining 11 pigs were euthanatized at periods varying from 52 to 159 days from the beginning of the experiment. Ten of the 11 treated pigs had loss of apetite and poor growth rate. Depression, localized loss of hair, and respiratory distress were other observed clinical signs. Main pathological changes occurred in the liver. They were acute in one case and consisted of accentuation of the lobular pattern; due to centrilobular to massive hepatic necrosis. The remaining 11 treated pigs had chronic hepatic lesions, which included firmness, thickening of the capsule and fibrous adhesions between lobes and between hepatic capsule and adjacent structures. Histologically there was capsular, interlobar, interlobular, and intralobular fibrosis, hepatomegalocytosis and proliferation of bile ducts. In two case there was bilestasis and, in one pig, nodular regeneration was observed. The lungs of 4 pigs were reddened and firm. Histologically there was thickenning of interalveolar and interlobular septa by edema, fibrosis, cell infiltration and type II pneumocytes proliferation. The kidneys were grossly unremarkable. Histologically there was megalocytosis of the tubular epithelium and of the cells of the glomerular tuft. Hialinization of the glomerular tuft was also observed. Mild to moderate cavitary edema (ascites, hydrothorax and hydropericardium) was observed in 6 pigs. Microscopic vascular lesions consisting of arterial wall thickening and hialinization were seen in the lung of 5 pigs and in the kidney of 3 pigs. Four pigs had microscopic changes suggestive of hepatic encephalopathy. Those changes were not observed in the controls.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Pulmão profundo: Reacção celular ao VIH/ Deep lung: Cellular reaction to HIV

Marques, Maria Alcide Tavares; Alves, Vera; Duque, Victor; Botelho, M Filomena
2007-03-01

Resumo em português A evolução da infecção VIH é caracterizada por uma grande variabilidade individual. Na verdade, omo em outros processos da mesma natureza, depende largamente das complexas inter-relacções que num dado momento se estabelecem entre o hospedeiro e o agente agressor. Contudo, nesta infecção, essa correlação assume um papel determinante. Desde o início da pandemia que o pulmão se assumiu como alvo preferencial de complicações, quer de origem infecciosa quer de o (mais) utras etiologias. A esta inevitabilidade biológica diríamos não serem de facto estranhas as características anatomo-funcionais do órgão, enquanto interface privilegiada entre o meio interno e o ambiente exterior, aliadas a particularidades de ordem imunológica que o tornam, sob muitos aspectos, um órgão único. Cedo se constatou que esta infecção se acompanhava de uma disfunção imunológica progressiva que culminava na completa exaustão deste sistema nas fases terminais da doença. Desde o reconhecimento da SIDA até à presente data foram sendo adquiridos enormes conhecimentos não só em relação ao vírus, como aos seus mecanismos patogénicos, no entanto subsistem ainda numerosas questões para as quais o estado da arte ainda não dispõe de respostas. Nessas incluíriamos os efeitos do VIH na dinâmica celular do pulmão. Vários estudos efectuados, nos quais tivemos oportunidade de participar, demonstraram a apresença de uma alveolite linfocitária durante a fase assintomática da infecção. Desde essa altura têm-se vindo a adquirir novos conhecimentos relativos aos mecanismos imunológicos e bioquímicos subjacentes à entrada do VIH nas células, às células-alvo, ao microambiente citocínico, assim como de outros mediadores celulares envolvidos. Neste contexto, a descoberta de que receptores específicos de quimiocinas actuavam como co-receptores para o VIH abriu definitivamente um novo capítulo na investigação dirigida aos mecanismos responsáveis pelo tropismo viral e infecção celular. Neste âmbito, vários autores têm salientado a importância, para além da molécula CD4, dos receptores quimiocínicos CCR5 e CXCR4 na ligação e, posteriormente, na entrada do vírus nas células, reconhecendo-se em relação ao primeiro uma importância fundamental na transmissão da infecção, enquanto que o CXCR4 parece ser utilizado por estirpes virais que emergem tardiamente no decurso da doença, quer isoladamente, quer em associação com o CCR5. Resumo em inglês The course of HIV infection is accompanied by a wide individual variability. The complex and large interplay between host and viral factors is crucial in the disease’s evolution. The lung has been recognised from the beginning of the disease as one of the main targets of infectious and non-infectious complications of AIDS. In this setting both anatomic and immunologic particularities of this organ play an important role. The hallmark of HIV is progressive immune dysfunct (mais) ion. Despite the intensive research into the pathogenesis, several questions remain to be answered on the dynamic effects of HIV on pulmonary cells. Previous studies in which we have participated showed the early presence of lymphocytic alveolitis from the asymptomatic phase of infection. Since then, many collected data has brought new insights into the immune and biochemical mechanisms involving HIV cell entry, as well as target cells, cytokines and other cellular mediators. In this context, the discovery that specific chemokine receptors could act as co-receptors for HIV, allowed a better understanding of the mechanisms underlying viral cellular entry and tropism. On this issue several authors have reported that in addition to the CD4 molecule, most strains of HIV use the chemokine receptor CCR5 for viral attachment and entry into the host cells. This receptor seems to be very important in disease transmission, whereas CXCR4 receptor tends to be used by the viral strains that emerge later in the disease in addition to or instead of the CCR5.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Efeitos da hiperóxia sobre o pulmão de ratos Wistar/ Effects of hyperoxia on Wistar rat lungs

Valença, Samuel dos Santos; Kloss, Milena Leonarde; Bezerra, Frank Silva; Lanzetti, Manuella; Silva, Fabiano Leichsenring; Porto, Luís Cristóvão
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a repercussão da elevada concentração de oxigênio (hiperóxia) em um curto período de tempo no pulmão de ratos Wistar. MÉTODOS: Os animais foram divididos em grupos O10', O30', O90', ou seja, ratos expostos à hiperóxia por 10', 30' e 90', respectivamente, e no grupo controle (GC), exposto ao ar ambiente. Os animais foram sacrificados 24 h após a exposição. O lavado broncoalveolar foi realizado e os pulmões foram retirados para análise histo (mais) lógica e estereológica. RESULTADOS: Observamos um aumento do número de macrófagos (2169,9 ± 118,0, 1560,5 ± 107,0 e 1467,6 ± 39,0) e neutrófilos (396,3 ± 35,4, 338,4 ± 17,3 e 388,7 ± 11,7), concomitante a um aumento do dano oxidativo (143,0 ± 7,8%, 180,4 ± 5,6% e 235,0 ± 13,7%) nos grupos O10', O30' e O90', respectivamente, quando comparados ao GC (781,3 ± 78,3%, 61,6 ± 4,2% e 100,6 ± 1,7%). Na análise histológica e estereológica foram observados alvéolos e septos normais no GC (83,51 ± 1,20% e 15 ± 1,21%), no grupo O10' (81,32 ± 0,51% e 16,64 ± 0,70%) e no grupo O30' (78,75 ± 0,54% e 17,73 ± 0,26%). Entretanto, no grupo O90' foi notado um influxo de células inflamatórias nos alvéolos e nos septos alveolares. Hemácias extravasaram do capilar para o alvéolo (59,06 ± 1,22%), com evidências de congestão, hemorragia e edema de septo (35,15 ± 0,69%). CONCLUSÃO: Os resultados indicam que a hiperóxia induziu uma ação lesiva no grupo O90' sobre o parênquima pulmonar, com repercussões de dano oxidativo e infiltrado inflamatório. Resumo em inglês OBJECTIVE: To study the effects of short-term exposure to high oxygen concentrations (hyperoxia) on Wistar rat lungs. METHODS: Animals were divided into three groups exposed to hyperoxia for 10', 30' and 90' (O10', O30', O90', respectively), together with a control group (exposed to room air). The animals were sacrificed 24 h after exposure. Bronchoalveolar lavage was performed, and the lungs were removed for histological and stereological analysis. RESULTS: In the O10', (mais) O30', and O90' groups, respectively and in comparison with the controls, we observed an increase in the numbers of macrophages (2169.9 ± 118.0, 1560.5 ± 107.0, and 1467.6 ± 39.0 vs. 781.3 ± 78.3) and neutrophils (396.3 ± 35.4, 338.4 ± 17.3, and 388.7 ± 11.7 vs. 61.6 ± 4.2), concomitant with an increase in oxidative damage (143.0 ± 7.8%, 180.4 ± 5.6%, and 235.0 ± 13.7 vs. 100.6 ± 1.7%). The histological and stereological analyses revealed normal alveoli and alveolar septa in the controls (83.51 ± 1.20% and 15 ± 1.21%), in the O10' group (81.32 ± 0.51% and 16.64 ± 0.70%), and in the O30' group (78.75 ± 0.54% and 17.73 ± 0.26%). However, in the O90' group, inflammatory cell infiltration was observed in the alveoli and alveolar septa. Red blood cells extravasated from capillaries to the alveoli (59.06 ± 1.22%), with evidence of congestion, hemorrhage, and septal edema (35.15 ± 0.69%). CONCLUSION: Hyperoxia for 90' caused injury of the lung parenchyma, resulting in oxidative damage and inflammatory cell infiltration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Ativação da proteína TGFbetaI latente em pulmão irradiado in vivo/ Latent TGFbeta1 activation in the lung irradiated in vivo

MATTOS, MARCOS DUARTE; KIMURA, EDNA TERUKO; SILVA, MARIA REGINA RÉGIS; EGAMI, MIZUE IMOTO; SEGRETO, ROBERTO ARAÚJO; SEGRETO, HELENA REGINA COMODO
2002-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar no pulmão, por imunohistoquímica, a localização das proteínas TGFbeta1 latente e TGFbeta1 ativa, se ocorre ativação radioinduzida da proteína TGFbeta1 latente e a distribuição das fibras colágenas em diversos períodos de tempo após irradiação. MÉTODOS: 32 camundongos isogênicos (C57BL) foram divididos em dois grupos: GI (não irradiado) com 12 animais e GII (irradiado) com 20 animais. Os animais do GII receberam radiação gama (telec (mais) obaltoterapia, 60Co, com rendimento de 0,97Gy/min, dose única de 7Gy em corpo inteiro). Os camundongos dos grupos I e II foram sacrificados por estiramento cervical nos períodos de 1, 14, 30 e 90 dias após irradiação. RESULTADOS: Os pulmões irradiados apresentaram: 1) congestão vascular e espessamento dos septos alveolares aos 30 dias e mais intensamente aos 90 dias depois da irradiação; 2) aumento significante da deposição de colágeno em todos os períodos de tempo após irradiação; 3) fraca ativação da proteína TGFbeta1 latente em um dia e intensa aos 14 dias depois da irradiação em brônquios e alvéolos. Nossos resultados sugerem que células dos brônquios e alvéolos podem participar do complexo mecanismo de fibrose pulmonar radioinduzida atuando como fontes da proteína TGFbeta1 ativa. Resumo em inglês PURPOSE: assess the latent and active TGFb1 localization in the lung, whether or not radiation induces latent TGFbeta1 activation, and the distribution of collagen fibers in the irradiated lung. METHODS: Thirty two C57BL mice were randomly assigned in two groups: GI (non irradiated animals) and GII (irradiated animals). The mice from GII received a single whole ¾ body radiation dose of 7Gy, using a 60Co source at a dose rate of 0.97 Gy/min. (mais) They were sacrificed by cervical dislocation at 1, 14, 30 and 90 days after radiation. RESULTS: The irradiated lungs showed: 1) vascular congestion and thickness of the alveolar septa 30 days and more intense 90 days after irradiation; 2) significant increase of collagen deposition in all time periods after irradiation; 3) weak latent TGFbeta1 activation 1 day and strong activation 14 days after irradiation in the bronchi and alveoli. Our results suggest that some bronchial and alveolar cells may have a role in the complex process of radiation-induced lung fibrosis acting as cellular sources of active TGFbeta.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Carcinoma bronquíolo-alveolar difuso em um cão: aspectos clínico-patológicos e imuno-histoquímicos/ Diffuse bronchioloalveolar carcinoma in a dog: clinicopathological and immunohistochemical findings

Lucena, Ricardo Barbosa; Maia, Lisanka Ângelo; Dantas, Antônio Flávio Medeiros; Nobre, Verônica Medeiros da Trindade; Macêdo, Juliana Targino Silva Almeida; Galiza Filho, Elias Marques; Barros, Claudio Severo Lombardo
2011-01-01

Resumo em português Um cão Poodle, 12 anos de idade, demonstrou marcada dispneia. Na radiografia, havia comprometimento difuso do pulmão e foi feito diagnóstico de pneumonia intersticial. Na necropsia, o pulmão continha múltiplos e pequenos nódulos coalescentes. Histologicamente, os nódulos eram compostos por células epiteliais cuboides ou colunares baixas atípicas, que eram PAS-negativa. A avaliação imuno-histoquímica revelou positividade para citoceratina, fator 1 de transcriç (mais) ão da tireoide (TTF-1) e apoproteína A surfactante (SP-A). O tumor foi negativo para vimentina e cromogranina A. As áreas necróticas não marcaram para TTF-1 e SP-A. Com base nos achados histopatológicos e imuno-histoquímicos, foi realizado o diagnóstico de carcinoma bronquíolo-alveolar não mucinoso com envolvimento difuso do pulmão. Essa é uma forma rara de apresentação desse tumor que pode mimetizar pneumonia na avaliação clínica e radiográfica. O diagnóstico definitivo é baseado na histopatologia e imuno-histoquímica. Resumo em inglês A 12-year-old poodle dog was presented with a history of severe dyspnea. Radiology revealed diffuse pulmonary lesion which was diagnosed as interstitial pneumonia. At necropsy there were multiple small coalescent nodules distributed throughout the lung parenchyma. Histologically the nodules consisted of cubic to low columnar atypical epithelial cells which were PAS-negatives. In the immunohistochemistry reaction this cells were marked for cytokeratin, TTF (thyroid transcr (mais) iption factor)-1 and surfactant apoprotein A (SP-A). The neoplastic cells were negative for vimentin and cromagranine A. The necrotic areas were not marked for TTF-1 and SP-A. Based of the histopathological and immunohistochemistry findings a diagnosis of non-mucinous bronchioloalveolar carcinoma with diffuse involvement of the lung was made. This is a rare form of presentation for this tumor, and it can mimetize pneumonia on clinical and morphological examination. A definitive diagnosis for this condition should be based on histopathology and immunohistochemistry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Vasculite e padrão de panbronquiolite difusa no lúpus eritematoso sistémico: Caso clínico/ Vasculitis and diffuse panbronchiolitis-like in systemic lupus erythematosus: Case report

Carvalho, Lina; Freitas, Sara
2007-03-01

Resumo em português O compromisso visceral pelo lúpus eritematoso sistémico (LES) estende-se para além do rim e da pele. Lesões pleuropulmonares são reconhecidas e as formas de destruição alveolar difusa e hemorragia alveolar são as mais difíceis de controlar. O compromisso pulmonar na evolução clínica do LES difere nas crianças e nos adultos, tanto nos padrões morfológicos como nas apresentações clínicas, dependendo da imunoincompetência do doente e do tratamento institu� (mais) �do. Um rapaz de 16 anos apresentou um quadro clínico de astenia, cansaço e pequenos gânglios linfáticos cervicais bilaterais e não dolorosos, entendido como infecção pelo EBV, com serologia concordante (IgG e IgM de EBV e EBNA positivos). Os sintomas persistiram durante oito meses e progressivamente instalou-se eritema nasal e malar, discreto e descamativo e também febre persistente, dispneia e estertores basais à auscultação. Foram efectuadas biópsia de um gânglio linfático cervical e biópsia cirúrgica pulmonar. Observou-se hiperplasia folicular no gânglio linfático e ausência de células LMP1 (EBV) positivas. Na biópsia pulmonar eram evidentes fenómenos de bronquiolite e vasculite à custa de células macrofágicas identificadas pelo marcador CD68. Os macrófagos dissociavam as paredes vasculares e bronquiolares e também estavam presentes nos septos interalveolares peribroncovasculares e nos espaços alveolares, observando-se assim um padrão de panbronquiolite difusa e vasculite. Não se identificaram células LMP1 (EBV) positivas. O padrão pulmonar micronodular bilateral observado na TAC resolveu com corticoterapia. O diagnóstico de LES foi confirmado pela positividade dos anticorpos ANA, anti-dsDNA, anti-nDNA e anti-histonas. Este é o primeiro caso divulgado na literatura médica de compromisso pulmonar sob a forma de vasculite e padão de panbronquiolite difusa como primeira manifestação clínica do lúpus eritematosos sistémico. Resumo em inglês Visceral involvement in systemic lupus erythematosus (SLE) extends beyond renal and cutaneous management. Pleuro-pulmonary lesions have been recognised and diffuse alveolar damage and hemorrhage are the most difficult patterns to control. Pulmonary compromise in clinical evolution of SLE differs from children to adults, both in morphological patterns and in clinical presentation, depending on immunocompetence and the treatment prescribed. A 16-year-old boy presented asthe (mais) nia, malaise and bilateral cervical painless adenopathies understood as EBV infection as serological EBV IgG, IgM and EBNA were positive. The symptoms persisted for eight months when discrete erythematous and desquamative nasal and malar rash expressed together with persistent fever, dispnoea and bibasilar crackles. Lymph node and pulmonary biopsises were performed. Lymph node presented follicular hyperplasia and LMP1 (EBV) immunostaining was negative. In lung biopsy bronchovascular lesions were consistent with vasculitis and bronchiolitis due to intense macrophage infiltration, validated with CD68 antibody and intra-alveolar macrophages were also present with septal compromise; LMP1 (EBV) positive cells were not visualized. The lung pattern seen in CAT as diffuse micronodules all over the lung parenchyme resolved after corticosteroid therapy. The diagnosis of SLE was confirmed by ANA, anti-dsDNA, anti-nDNA and anti-histones positivity. To the best of our knowledge this is the first reported case of pulmonary SLE involvement with vasculitis and diffuse panbronchiolitis - like pattern as the first clinical sign of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Tumor metastático espinocelular de cérvix uterino para coração: diagnóstico ante mortem/ Metastatic tumor of squamous cell carcinoma from uterine cervix to heart: ante-mortem diagnosis

Ferraz, João Gustavo Gongora; Martins, André Luiz Mylonas; Souza, João Francisco de; Matos, Aline; Canto, Ana Paula Fraga Santini; Martins, Alfredo Mylona
2006-10-01

Resumo em português Mulher de 63 anos com história pregressa de câncer de útero e queixa de fadiga e dispnéia aos pequenos esforços. Ao exame, apresentava-se hipertensa e com estertores de bases pulmonares. O ecocardiograma transtorácico mostrou massa de pouca mobilidade em ventrículo direito. A paciente foi levada para cirurgia, ocasião em que se encontrou uma massa envolvendo a parede anterior da artéria pulmonar, valva tricúspide, átrio direito e parede posterior do ventrículo (mais) direito. A artéria pulmonar e o ventrículo direito foram reconstruídos com patch de pericárdio bovino e a valva tricúspide foi substituída por prótese biológica número 31. O exame anatomopatológico demonstrou metástase de células escamosas com áreas bem diferenciadas e infiltrativas. A paciente recebeu alta hospitalar um mês após a cirurgia. Quatro meses após, entretanto, foi readmitida em estado terminal, confirmando o prognóstico reservado da doença neste estágio. Resumo em inglês Sixty-three-year-old woman with a past medical history of uterine cancer and complaint of fatigue and dyspnea on mild exertion. Physical examination revealed hypertension and rales at lung bases. A transthoracic echocardiogram showed a mass with reduced mobility in the right ventricle. The patient was taken to surgery during which a mass involving the anterior wall of the pulmonary artery, tricuspid valve, right atrium, and posterior wall of the right ventricle was found. (mais) The pulmonary artery and the right ventricle were reconstructed with a bovine pericardium patch and the tricuspid valve was replaced by a number-31 biological prosthesis. The pathological examination revealed metastasis of squamous cells with well-differentiated infiltrative areas. The patient was discharged one month after surgery. Four months later, however, she was readmitted to hospital in terminal stage, confirming the guarded prognosis of the disease at this stage

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Timoma em cão. Relato de caso/ Thymoma in the dog. Case report

BANDARRA, Enio Pedone; SEQUEIRA, Julio Lopes; MOURA, Veridiana Maria Brianezi Dignani de; FERREIRA, Helena
2000-01-01

Resumo em português Uma cadela, Dachshund, quatro anos, foi encaminhada ao H.V. da FMVZ-UNESP-Botucatu-SP com histórico de prostração, emagrecimento progressivo, anorexia, cansaço e tosse seca. Ao exame clínico observou-se apatia, secreção nasal serosa bilateral e dispnéia intensa. Radiografia torácica demonstrou efusão pleural, edema pulmonar acentuado, desvio dorsal da traquéia e possível massa mediastinal. A ultra-sonografia, após drenagem torácica, confirmou a presença de (mais) massa mediastinal, sendo classificada como neoplasia maligna de origem epitelial pela citologia aspirativa por agulha fina. O animal veio a óbito logo após o diagnóstico de neoplasia. À necropsia constatou-se massa mediastinal encapsulada, consistência macia e superfície de corte com coloração branco-acinzentada e áreas necrótico-hemorrágicas, localizada na região ântero-ventral do tórax. O exame histopatológico demonstrou células epiteliais neoplásicas, células linfóides (timócitos) com morfologia normal, vasos sangüíneos de pequeno e médio calibre, formações císticas com conteúdo eosinofílico e corpúsculos de Hassall. A imunohistoquímica apresentou positividade para citoqueratina AE1/AE3 e UCHL, confirmando o diagnóstico de timoma. Resumo em inglês A four years old Dachshund female dog was guided to the Veterinary Hospital of FMVZ-UNESP-Botucatu-SP with history of prostration, progressive weigh loss, anorexia, fatigue and drought coughs. Apathy, serous bilateral nasal discharge, intense dyspneia and lung edema were observed in the clinical exam. Thoracic X-ray showed pleural effusion and dorsal deviation of trachea and the presence of a mediastinal mass. The ultrasonography, after thoracic drainage and fine needle a (mais) spiration cytology, confirmed the presence of mediastinal mass classified as malignant neoplasm of epithelial origin. The animal died soon after the exams due to its bad clinical conditions. At necropsy mediastinal mass was located in the antero-ventral area of the thorax. It was encapsulated, with soft consistency and gray coloration with hemorragic and necrotic areas in the cut surface. The histopathology demonstrated neoplastic epithelial cells, lymphoid cells (thymocytes) with normal morphology, blood vessels of small and medium caliber, cystic formations with eosinophilic contents and Hassall corpuscles. The immunohistochemistry reaction was positive for cytokeratin AE1/AE3 and UCHL, confirming the thymoma diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Terapia com células-tronco na síndrome do desconforto respiratório agudo/ Stem cell therapy in acute respiratory distress syndrome

Maron-Gutierrez, Tatiana; Araujo, Indianara; Morales, Marcelo Marcos; Garcia, Cristiane Sousa Nascimento Baez; Rocco, Patricia Rieken Macedo
2009-03-01

Resumo em português A síndrome do desconforto respiratório agudo é caracterizada por uma reação inflamatória difusa do parênquima pulmonar, podendo ser induzida por um insulto direto ao epitélio alveolar (síndrome do desconforto respiratório agudo pulmonar) ou indireto através do endotélio vascular (síndrome do desconforto respiratório agudo extrapulmonar). Acredita-se que uma terapia eficaz para o tratamento da síndrome do desconforto respiratório agudo deva atenuar a respos (mais) ta inflamatória e promover adequado reparo da lesão pulmonar. O presente artigo apresenta uma breve revisão acerca do potencial terapêutico das células-tronco na síndrome do desconforto respiratório agudo. Essa revisão bibliográfica baseou-se em uma pesquisa sistemática de artigos experimentais e clínicos sobre terapia celular na síndrome do desconforto respiratório agudo incluídos nas bases de dados MedLine e SciELO nos últimos 10 anos. O transplante de células-tronco promove melhora da lesão inflamatória pulmonar e do conseqüente processo fibrótico, induzindo adequado reparo tecidual. Dentre os mecanismos envolvidos, podemos citar: diferenciação em células do epitélio alveolar e redução na liberação de mediadores inflamatórios e sistêmicos e fatores de crescimento. A terapia com células-tronco derivadas da medula óssea pode vir a ser uma opção eficaz e segura no tratamento da síndrome do desconforto respiratório agudo por acelerar o processo de reparo e atenuar a resposta inflamatória. Entretanto, os mecanismos relacionados à atividade antiinflamatória e antifibrogênica de tais células necessitam ser mais bem elucidados, limitando, assim, o seu uso clínico imediato. Resumo em inglês Acute respiratory distress syndrome is characterized by an acute pulmonary inflammatory process induced by the presence of a direct (pulmonary) insult that affects lung parenchyma, or an indirect (extrapulmonary) insult that results from an acute systemic inflammatory response. It is believed that an efficient therapy for the acute respiratory distress syndrome should attenuate inflammatory response and promote adequate repair of the lung injury. This article presents a b (mais) rief review on the use of stem cells and their potential therapeutic effect on the acute respiratory distress syndrome. This systematic review was based upon clinical and experimental acute respiratory distress syndrome studies included in the MedLine and SciElO database during the last 10 years. Stem cell transplant lead to an improvement in lung injury and fibrotic process by inducing adequate tissue repair. This includes alveolar epithelial cell differentiation,and also reduces pulmonary and systemic inflammatory mediators and secretion of growth factors. Stem cells could be a potential therapy for acute respiratory distress syndrome promoting lung repair and attenuating the inflammatory response. However, mechanisms involving their anti-inflammatory and antifibrinogenic effects require better elucidation, limiting their immediate clinical use in acute respiratory distress syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Tabaco e morfologia: Doenças pulmonares/ Tobacco and morphology: Pulmonary diseases

Carvalho, Lina
2007-05-01

Resumo em português O tabaco está implicado na carcinogénese multiorgânica, com identificação de mais de cinquenta substâncias carcinogénicas que induzem mutações, alterando o ciclo celular, a resposta auto-imune e a regulação endócrina. É um dos nove factores identificados responsáveis por um terço de mortes por neoplasias malignas juntamente com erros dietéticos, obesidade, sedentarismo, consumo de álcool, promiscuidade sexual, toxicodependência e poluição ambiental ger (mais) al e limitada. Está implicado nas doenças cardiovasculares que representam a primeira causa de morte nos países civilizados e, no aparelho respiratório, é o factor principal para o desenvolvimento de DPOC (doença pulmonar obstrutiva crónica), RB-ILD (bronquiolite respiratória e doença pulmonar intersticial), DIP (pneumonia intersticial descamativa), bronquiolite e fibrose intersticial bronquiolocêntrica, histiocitose de células de Langerhans, pneumonia eosinofílica, sarcoidose, metaplasia epidermóide do epitélio respiratório e carcinoma bronco-pulmonar. O estado inflamatório crónico sistémico induzido pelo tabaco constitui a base de desenvolvimento de alterações genéticas também dependentes dos contaminantes do tabaco. Resumo em inglês Tobacco is implicated in multisystemic carcinogenesis through more than fifty identified carcinogenic metabolites that produce mutations responsible for alterations in cell cycle, immune response and endocrine regulation. Is one of nine risk factors identified in one third of cancer deaths together with obesity, sedentary, alcohol consumption, sexual promiscuity, drug addiction, and open and closed air contamination. Answering for cardiovascular diseases as the first caus (mais) e of death in civilized world, tobacco is also pointed as the major factor implicated in the development of COPD (chronic obstructive pulmonary disease), RB-ILD (respiratory bronchiolitis and interstitial lung disease), DIP (desquamative interstitial pneumonia), bronchiolitis and bronchiolocentric interstitial fibrosis, Langerhans cells histiocytosis, eosinophilic pneumonia, sarcoidosis, epidermoid metaplasia in respiratory epithelium and lung cancer. The chronic tobacco induced inflammatory state is the basis for the acquisition of genetic alterations dependent on the tobacco contaminants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Síndrome aguda do tórax como primeira manifestação de anemia falciforme em adulto/ Acute chest syndrome as the first manifestation of sickle cell disease in a middle aged adult

BOK YOO, HUGO HYUNG; PELEGRINO, NILVA REGINA; CARLOS, ANA LÚCIA OLIVEIRA DE; GODOY, IRMA DE; QUELUZ, THAIS THOMAZ
2002-07-01

Resumo em português A síndrome aguda do tórax (SAT) acomete portadores de anemia falciforme e é responsável por cerca de 25% dos óbitos. Relata-se o caso de um homem pardo de 45 anos, alcoolista crônico, sem nenhum antecedente de falcização, com quadro de pneumonia-símile havia sete dias. A radiografia simples do tórax mostrou infiltrado heterogêneo bilateral, com áreas de consolidação e broncograma aéreo e derrame pleural à esquerda. Outros exames laboratoriais revelaram ane (mais) mia, leucocitose com desvio à esquerda e hipoxemia. Tratado com cefoxitina e amicacina, o paciente evoluiu rapidamente para insuficiência respiratória aguda e morreu 14 horas após a internação. Na necropsia, no exame dos pulmões observaram-se intensa congestão, hemorragia intra-alveolar, dano alveolar difuso e hemácias com morfologia falciforme. O caráter rápido, progressivo e freqüentemente mimetizado por outras doenças torna a SAT um evento dramático e de diagnóstico precoce difícil, sendo, entretanto, obrigatória tê-la sempre em mente, especialmente em um país com grande população da raça negra como o Brasil. Resumo em inglês Acute chest syndrome is an affection, specially in young adults, of sickle cell disease and is responsible for 25% of the deaths. The authors report the case of an alcoholic 45-year-old mulatto man, without any previous manifestation of sickle cell disease, who presented with a pneumonia-like clinical picture with seven days of duration. The chest X-ray revealed bilateral lung infiltrates and spots of consolidation with air bronchograms, and left pleural effusion. The pat (mais) ient also had anemia and leukocytosis with neutrophilia. Treated with cefoxitin and amicacin, the patient developed acute respiratory insufficiency and died 14 hours after hospitalization. The necropsy showed lungs with intense congestion, intra-alveolar hemorrhage, diffuse alveolar damage, and sickle red blood cells. The progressive, fast, and severe character of the acute chest syndrome, which is frequently mimicked by other illnesses, makes the disease a dramatic and severe event of difficult earlier diagnosis. Therefore, in countries like Brazil, with a large black population, the physicians must always be aware of this possibility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Substituição parcial do pericárdio de cães por membrana de látex natural/ Partial replacement of dog pericardium with a natural latex membrane

SADER, Soraya Lopes; COUTINHO NETTO, Joaquim; BARBIERI NETO, José; MAZZETTO, Sebastião Assis; ALVES JR., Paulo; VANNI, José Carlos; SADER, Albert Amim
2000-12-01

Resumo em português FUNDAMENTO: São numerosas as vantagens de se fechar a cavidade pericárdica após as operações cardíacas e pneumonectomias intrapericárdicas. OBJETIVO: Estudar o comportamento da membrana de látex natural como substituto parcial do pericárdio. MATERIAL E MÉTODOS: Em 16 cães, divididos em 3 grupos, ressecou-se um retalho elíptico da porção ântero-lateral esquerda do pericárdio (7 cm x 5 cm): Grupo A (n=4) - o retalho removido foi reimplantado imediatamente; G (mais) rupo B (n=8) - o retalho foi substituído por outro, de látex natural, com área equivalente e espessura de 0,3 mm; Grupo C (n=4) - retalho de látex de 0,7 mm de espessura. Em todos os animais, fixou-se o retalho com sutura contínua de fio de polipropileno 5-0 ou 6-0. No último grupo, foram dados 4 pontos adicionais, em U, ancorados em barras de dacron. Realizaram-se eletrocardiogramas (ECG) e leucogramas no pré e no pós-operatório, bem como estudo macro e microscópio post-mortem. RESULTADOS: Grupo A - auto-enxerto íntegro, macro e microscopicamente, fortemente aderido ao pulmão e frouxamente aderido ao epicárdio; Grupo B - deiscência parcial da sutura em 1 e total em 2 animais. A membrana de látex não aderiu nem ao pulmão nem ao epicárdio. Em 3 (37,5%) animais houve regeneração total e distinta do pericárdio subjacente ao látex, microscopicamente idêntico ao pericárdio nativo. Grupo C - suturas íntegras. Em 3 (75%) animais observou-se regeneração pericárdica total e distinta. Nos demais animais dos Grupos B e C, e epicárdio subjacente ao látex apresentava-se ligeiramente espessado, permitindo visibilizar os vasos coronários com facilidade. Microscopicamente, identificaram-se algumas áreas com denso infiltrado linfo-plasmocitário, proliferação fibroblástica e vascular; em outras, os fibroblastos circunscreviam fendas com revestimento mesotelial, indicativas de regeneração irregular do pericárdio. Não se observou infecção local nem alteração do leucograma e ao ECG, apenas inversão da onda T, em todos os grupos. CONCLUSÃO: A membrana de látex natural mostrou-se adequada para a substituição parcial do pericárdio de cães, em observação de até 345 dias, propiciando a regeneração do pericárdio nativo. Resumo em inglês BACKGROUND: There are numerous advantages in closing the pericardial cavity after heart surgery and intrapericardial pneumonectomies. OBJECTIVE: To study the behavior of a natural latex membrane as a partial pericardium substitute. MATERIAL AND METHODS: Sixteen dogs divided into 3 groups were submitted to resection of an elliptical flap of the left anterolateral portion of the pericardium (7 x 5 cm): Group A (n=4) - the removed flap was immediately reimplanted; Group B (n (mais) =8) - the flap was replaced with a 0.3 mm thick natural latex membrane of equivalent area; Group C (n=4) - the latex flap was 0.7 mm thick. In all animals the flap was fixed with continuous 5-0 or 6-0 polypropylene sutures. In group C, 4 additional U-shaped stitches anchored with dacron pledgets were applied. All animals were submitted to ECG and to white cell counts during the preoperative period as well as to macro- and microscopic post mortem study. RESULTS: Group A - the self-graft was macro and microscopically intact, strongly adhering to the lung and loosely adhering to the epicardium; Group B - total suture dehiscence occurred in 1 animal and partial dehiscence in 2. The latex membrane did not adhere to the lung or to the epicardium. In 3 animals (37.5%) there was full regeneration of the pericardium underlying the natural latex, microscopically identical to the native pericardium. Group C - the sutures were intact and total pericardium regeneration was observed in 3 animals (75%). In the remaining animals of Groups B and C, the epicardium underlying the latex was slightly thickened, permitting easy visualization of the coronary vessels. Some areas with dense lymphocytes and plasma cells infiltrates, fibroblast and vascular proliferation were microscopically identified in its thickness; in some other areas the fibroblasts surrounded slits with mesothelial lining indicating irregular pericardium regeneration. No local infection or changes in white cell counts were observed and the ECG only showed T wave inversion in all groups. CONCLUSION: The natural latex membrane proved to be adequate for partial pericardium replacement in dogs kept under observation for up to 345 days, favoring regeneration of the native pericardium.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Schwannoma intercostal simulando neoplasia pulmonar/ Intercostal schwannoma simulating pulmonary neoplasia

Henn, L.A.; Gonzaga, R.V.; Crestani, J.; Cerski, M.R.
1998-06-01

Resumo em português Schwannoma é uma neoplasia mesenquimal, usualmente solitária, encontrada no mediastino, retroperitônio ou pelve, sendo rara sua apresentação na parede torácica. OBJETIVO: Relatar o caso de um paciente masculino, tabagista, com um nódulo pulmonar direito com características de malignidade, detectado em radiografia de tórax de rotina, cujo diagnóstico anatomopatológico foi de schwannoma benigno de nervo intercostal. MÉTODOS: Revisaram-se os dados referentes ao q (mais) uadro clínico, exames laboratoriais e de imagem (radiografia e tomografia computadorizada de tórax) do caso em estudo, assim como os exames anatomopatológico e imuno-histoquímico do espécime cirúrgico. RESULTADOS: O paciente foi submetido à toracotomia direita diagnóstica com ressecção da tumoração. O exame anatomopatológico convencional mostrou células tumorais de aspecto fusiforme, dispostas em paliçada, formando os corpos de Verocay, compatível com schwannoma intercostal. A imuno-histoquímica foi positiva para proteína S-100, vimentina e enolase, e negativa para neurofilamentos. CONCLUSÃO: O diagnóstico definitivo de schwannoma só é possível por meio da análise histopatológica e imuno-histoquímica da lesão. Seu aspecto celular, associado à atividade mitótica e a áreas de pleomorfismo, pode levar ao diagnóstico incorreto de malignidade. A imuno-histoquímica, por meio da proteína S-100, é útil na caracterização da benignidade da lesão, já que não é detectada nas lesões malignas. Os schwannomas de parede torácica podem simular neoplasias pulmonares na radiografia e tomografia computadorizada de tórax. Resumo em inglês Schwannoma is a mesenchymal neoplasm, frequently solitary, localizated in the mediastinum, retroperitoneum or pelvis, being rare in the thoracic wall. PURPOSE: Describe the case of a man, tabagist, with a nodule in right lung that showed malignant characteristics detected by routine chest radiographs, whose histopathological diagnosis was benign intercostal schwannoma. METHOD: The authors reviewed the clinical features, chest radiographs and computer tomographies of the c (mais) ase, and the histological and immunohistochemical aspects of the surgical specimen. RESULTS: The patient was submitted to diagnostic right thoracotomy with resection of the tumor. The conventional histopathological exam showed spindle shaped cells in a palisading fashion, forming the Verocay's bodies, characteristics of schwannomas. The immunohistochemical was positive to S-100 protein, vimentin and enolases, and negative to neurofilament proteins. CONCLUSION: The definitive diagnosis of schwannoma is possible only after histopathological and immunohistochemical examination of the tumor. Its cellularity associated with mitotic count and pleomorphism may lead to a mistaken diagnosis of malignant neoplasm. The immunohistochemistry by S-100 protein can characterize the benignity of the lesion, so that this protein is not found in the malignant cells. The intercostal schwannomas of the thoracic wall can mimick pulmonary neoplasm in chest radiographs and computer tomographies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Sarcoidose: Uma forma rara de apresentação/ Sarcoidosis: A less common presentation

Cemlyn-Jones, Jessica; Gamboa, Fernanda; Teixeira, Luísa; Bernardo, João; Cordeiro, Carlos Robalo
2009-05-01

Resumo em português A apresentação clínica da sarcoidose e diversa e em mais de 90% dos casos existe envolvimento pulmonar. Os achados radiológicos mais frequentes aquando do diagnostico são a presença de adenopatias hilares e infiltrados pulmonares. Os autores apresentam o caso de uma doente jovem cuja radiografia torácica apresentava múltiplos nódulos bilaterais. A biopsia cirúrgica revelou a presença de granulomas nao necrotizantes com células gigantes multinucleadas, compatí (mais) vel com sarcoidose. Apesar de se tratar de uma sarcoidose pulmonar estádio III, a doente apresentava -se assintomática, o estudo funcional ventilatorio era normal e não havia sinais de envolvimento extratoracico, pelo que foi decidido não iniciar tratamento. Houve remissão espontânea das lesões, comprovada em tomografia computorizada de alta resolução após um ano. Resumo em inglês The clinical presentation of sarcoidosis is diverse and in over 90% of patients there is pulmonary involvement. The most common features of the radiographic findings at the time of diagnosis are bilateral hilar lymphadenopathy and pulmonary infiltration. The authors report the case of a young female patient who presented with multiple bilateral nodular shadows on chest radiograph. Surgical biopsy revealed non-necrotizing granulomas with occasional multinucleated giant cel (mais) ls compatible with sarcoidosis. Al-though this was a case of stage III pulmonary disease, the patient was asymptomatic, lung function tests were normal and there were no signs of extrathoracic involvement. Spontaneous remission occurred without treatment as shown on high resolution CT scan follow-up, one year later.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Prevalência de achados pulmonares em 55 pacientes com neoplasias esofagianas/ Prevalence of lung abnormalities in 55 patients with esophageal cancer

Zan, Tiago Alves de Brito; França, Fabrício Corrêa de; Muniz, Marcos Pontes; Cordeiro, José Antônio; Borim, Aldenis Albenese; Cury, Patrícia Maluf
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Identificar alterações pulmonares em pacientes com neoplasia esofágica. Comparar os dados obtidos, além de mostrar sua relação com o tabagismo. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo transversal tipo série de casos. Foram analisados prontuários e exames de imagem (tomografias computadorizadas e radiografias) de 55 pacientes com câncer de esôfago, diagnosticados entre 1998 e 2001, no Hospital de Base de São José do Rio Preto. Comparou-se a freqüência dos tumo (mais) res encontrados e outras alterações pulmonares em dois grupos de pacientes: tabagistas e não tabagistas. RESULTADOS: Quarenta e seis (83%) pacientes apresentaram carcinomas espinocelulares, sete (13%) adenocarcinomas, um (2%) carcinoma de pequenas células e um (2%) linfoma não-Hodgkin. Quarenta e oito (87%) pacientes eram tabagistas e sete (13%) eram não tabagistas. Entre os tabagistas, 89% possuíam carcinoma espinocelular, 9% adenocarcinoma e 2% carcinoma de pequenas células. Entre os não tabagistas, 57% apresentaram adenocarcinoma, 28% carcinoma espinocelular e 15% linfoma não-Hodgkin. Houve metástases em quatro tabagistas e em dois não tabagistas. A prevalência das alterações pulmonares (infiltrado intersticial, enfisema e pneumonia) foi maior nos tabagistas (73%) do que nos não tabagistas (27%) (p = 0,03). CONCLUSÃO: Este fato reforça a importância da avaliação pulmonar nos pacientes com neoplasia esofágica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To identify lung abnormalities in patients with esophageal cancer, to compare the obtained data and to demonstrate its relationship with smoking. MATERIALS AND METHODS: This was a series of cases type of cross-sectional study. We studied 55 patients with esophageal carcinoma diagnosed between 1998 and 2001 at "Hospital de Base de São José do Rio Preto", SP, Brazil. Chest plain films and computed tomography scans were analyzed. The frequency of the tumors and (mais) other lung abnormalities in two groups of patients were compared: smokers and non-smokers. RESULTS: Forty-six (83%) patients had spinous cell carcinoma, seven (13%) adenocarcinomas, one (2%) carcinoma of small cells and one (2%) non-Hodgkin lymphoma. Forty-eight (87%) patients were smokers and seven (13%) were non-smokers. In the smokers group, 89% had spinous cell carcinoma, 9% adenocarcinoma and 2% small cells carcinoma. In the non-smokers group, 57% had adenocarcinoma, 28% spinous cell carcinoma and 15% non-Hodgkin lymphoma. Metastases were identified in four smokers and in two non-smokers. The prevalence of the lung abnormalities (interstitial infiltration, emphysema and pneumonia) was higher in the smokers group (73%) than in the non-smokers group (27%) (p = 0.03). CONCLUSION: This fact reinforces the importance of evaluation of the lungs in patients with esophageal neoplasms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Pneumonia enzoótica em javalis (Sus scrofa)/ Enzootic pneumonia in wild boars (Sus scrofa)

Ecco, Roselene; Lazzari, Andrea Maria; Guedes, Roberto M.C.
2009-06-01

Resumo em português O objetivo desse estudo foi descrever o quadro clínico e epidemiológico, os achados patológicos, bacteriológicos e imuno-histoquímicos de um surto de pneumonia em uma granja de Javalis do Distrito Federal, Brasil. Em um período de cinco meses, morreram 90 javalis. Desses, 63 tinham lesões pulmonares. Clinicamente apresentavam atraso no desenvolvimento corporal, diminuição do apetite, letargia, tosse e dificuldade respiratória, principalmente quando movimentados. (mais) Constatou-se elevação da temperatura, 40ºC em média. Na auscultação, havia crepitações e estertores pulmonares de intensidade moderada. As alterações macroscópicas nos pulmões analisados eram típicas de broncopneumonia lobular. As lesões caracterizavam-se por consolidação crânio-ventral na maioria dos pulmões. A coloração variava de difusamente vermelho-escuro a um padrão mosaico (lóbulos vermelho-escuros intercalados por lóbulos cinzas) ou difusamente acinzentados. Na maioria dos pulmões observou-se exsudato mucopurulento na luz dos brônquios e fluindo do parênquima. Histologicamente, as alterações eram de broncopneumonia purulenta e histiocitária com focos de necrose. Em alguns animais havia também hiperplasia do BALT e, na maioria dos animais, infiltração linfocítica perivascular e peribronquial. Bordetella bronchiseptica e Streptococcus spp. foram as principais bactérias isoladas. A imuno-histoquímica demonstrou a bactéria Mycoplasma hyopneumoniae no epitélio bronquiolar e bronquial e o DNA desta bactéria foi detectado pela PCR. Este é o primeiro relato de broncopneumonia em Javalis associado à infecção por M. hyopneumoniae. Resumo em inglês The aim of this paper is to describe the clinical, epidemiological, pathological, bacteriological and immunohistochemical aspects of a pneumonia outbreak in a wild pig farm in the Distrito Federal, Brazil. Ninety wild pigs died in a period of five months, and 63 of these had pulmonary lesions. Clinically, the pigs presented reduced growth rate, anorexia, lethargy, cough and dyspnea, especially after they were moved. High body temperature (40ºC in average) was verified in (mais) some animals. Auscultation revealed moderate pulmonary crepitation and stertors. Pulmonary gross lesions were typical of lobular bronchopneumonia. Lung lesions were characterized by ventral-cranial consolidation in the majority of the cases. The color of affected pulmonary areas varied from diffuse dark red to mosaic pattern (dark red lobule intercalate by grayish lobule) or diffusely grayish. The majority of the lungs had mucopurulent exsudate in the bronchial lumen that also drained from the parenchyma cut surface. Upon microscopy, the changes were characterized by purulent and histiocytic bronchopneumonia with necrotic foci. In some animals, there was BALT hyperplasia associated with perivascular and peribronchial plasma cells and lymphocytes infiltration in most of these cases. Bordetella bronchiseptica and Streptococcus spp. were the most frequently isolated bacteria. Immunohistochemistry evaluation demonstrated Mycoplasma hyopneumoniae on the luminal surface of bronchial and bronchiolar epithelial cells, and the DNA of bacteria was detected by PCR. This is the first report of bronchopneumonia in wild boars associated with M. hyopneumoniae infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Opacidades em vidro fosco nas doenças pulmonares difusas: correlação da tomografia computadorizada de alta resolução com a anatomopatologia/ Ground-glass opacity in diffuse lung diseases: high-resolution computed tomography-pathology correlation

Santos, Maria Lúcia de Oliveira; Marchiori, Edson; Vianna, Alberto Domingues; Souza Jr., Arthur Soares; Moraes, Heleno Pinto de
2003-12-01

Resumo em português Opacidade em vidro fosco é achado freqüentemente visto na tomografia computadorizada de alta resolução do tórax e se traduz pelo aumento do coeficiente de atenuação dos pulmões, mas sem apagar as marcas broncovasculares. Por sua inespecificidade, a associação com outros achados radiológicos, clínicos e anatomopatológicos deve ser considerada para uma interpretação diagnóstica mais correta. Neste trabalho foram analisados 62 exames tomográficos de paciente (mais) s com doenças pulmonares difusas, de 14 etiologias diferentes, em que opacidades em vidro fosco foram o achado único ou predominante, e feita correlação anatomopatológica por meio de biópsias ou necropsias. Na pneumocistose as opacidades em vidro fosco corresponderam, histologicamente, à ocupação alveolar por material espumoso contendo parasitos; no carcinoma bronquíolo-alveolar, a espessamento dos septos alveolares e ocupação de sua luz por muco e células tumorais; na paracoccidioidomicose, a espessamento dos septos alveolares, áreas de fibrose e alvéolos contendo exsudato broncopneumônico; na sarcoidose, a fibrose ou a acúmulo de granulomas; na fibrose pulmonar idiopática, a espessamento dos septos alveolares por fibrose; na bronquiolite obliterante com pneumonia em organização, a pneumonia intersticial com áreas de organização intra-alveolar. A ocupação alveolar por sangue foi observada nos casos de leptospirose, hemossiderose idiopática, metástases de tumor renal e na aspergilose invasiva; por vacúolos de gordura na pneumonia lipídica; por material protéico e lipoprotéico na silicoproteinose e na proteinose alveolar; e por líquido de edema na insuficiência cardíaca congestiva. Resumo em inglês Ground-glass opacity is a finding frequently seen in high-resolution computed tomography examinations of the chest and is characterized by hazy increased attenuation of lung, however without blurring of bronchial and vascular margins. Due to its unspecificity, association with other radiological, clinical and pathological findings must be considered for an accurate diagnostic interpretation. In this paper were reviewed 62 computed tomography examinations of patients with (mais) diffuse pulmonary diseases of 14 different etiologies in which ground-glass opacity was the only or the most remarkable finding, and correlated this findings with pathology abnormalities seen on specimens obtained from biopsies or necropsies. In pneumocystosis, ground-glass opacities correlated histologically with alveolar occupation by a foaming material containing parasites, in bronchioloalveolar cell carcinoma with thickening of the alveolar septa and occupation of the lumen by mucus and tumoral cells, in paracoccidioidomycosis with thickening of the alveolar septa, areas of fibrosis and alveolar bronchopneumonic exsudate, in sarcoidosis with fibrosis or clustering of granulomas and in idiopathic pulmonary fibrosis with alveolar septa thickening due to fibrosis. Alveolar occupation by blood was found in cases of leptospirosis, idiopathic hemosiderosis, metastatic kidney tumor and invasive aspergillosis whereas oily vacuoli were seen in lipoid pneumonia, proteinaceus and lipoproteinaceus material in silicoproteinosis and pulmonary alveolar proteinosis, and edematous fluid in cardiac failure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Ocorrência de lesão pulmonar aguda relacionada com transfusão (TRALI - Transfusion Related Acute Lung Injury) em pós-operatório de mastectomia com reconstrução microcirúrgica de mama/ Aparecimiento de lesión pulmonar aguda relacionada con la transfusión (TRALI - Transfusion Related Acute Lung Injury) en postoperatorio de mastectomía con reconstrucción micro quirúrgica de mama/ Transfusion-related acute lung injury (Trali) after mastectomy with microsur-gical breast reconstruction

Sluminsky, Beatriz Garcia; Silva, Ranger Cavalcante da
2009-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Após sua descrição há mais de 20 anos, a TRALI - transfusion related acute lung injury - tornou-se, nos Estados Unidos e na Inglaterra, a principal causa de morbidade e mortalidade relacionada com transfusão sanguínea. Por não existirem dados confiáveis com relação à sua epidemiologia no Brasil, seu diagnóstico é difícil, pois seu quadro clínico é variado e não há dados laboratoriais específicos. Sendo assim, os relatos de cas (mais) os tornam-se importantes. É o primeiro relato dessa reação transfusional, neste situação cirúrgica, indexado na base de dados LILACS. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 36 anos, submetida à mastectomia com reconstrução microcirúrgica de mama sob anestesia geral. Logo após o término da transfusão de concentrado de hemácias, na sala de recuperação pós-anestésica, evoluiu com insuficiência respiratória, não necessitando reintubação traqueal. Foi realizado tratamento de suporte em unidade de terapia intensiva após serem descartadas outras hipóteses diagnósticas. Evoluiu bem, recebendo alta hospitalar no quarto dia de pós-operatório, sem seqüelas. CONCLUSÕES: Ressalta-se a importância da realização criteriosa de transfusão sanguínea, pois, apesar da transmissão de doenças ser rara, a ocorrência de TRALI é muito freqüente, contudo subestimada pela diversidade de hipóteses diagnósticas. Por isso é salutar o conhecimento e divulgação dessa doença, sobretudo em nosso meio. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVAS Y OBJETIVOS: Después de su descripción hace más de 20 años, la TRALI - Transfusion Related Acute Lung Injury se convirtió, en los Estados Unidos de América y en Inglaterra, en la principal causa de morbidez y mortalidad relacionada con la transfusión sanguínea. Por el hecho de no haber datos confiables con relación a su epidemiología en Brasil, su difícil diagnóstico, al cuadro clínico variado y la ausencia de datos de laboratorio específicos, (mais) los relatos de casos son importantes. Es el primer relato de esta reacción transfusional indexado a la base de datos del LILACS. RELATO DEL CASO: Paciente femenino, de 36 años, sometida a la mastectomía con reconstrucción micro quirúrgica de mama bajo anestesia general. Inmediatamente después del término de la transfusión de un concentrado de hematíes, en la sala de recuperación postanestésica, evolucionó con insuficiencia respiratoria no necesitando re-intubación traqueal. Fue realizado el tratamiento de soporte en la unidad de cuidados intensivos después de descartar otras hipótesis diagnósticas. Evolucionó bien y recibió el alta al cuarto día del postoperatorio, sin secuelas. CONCLUSIONES: Resaltamos la importancia de la realización con criterio de la transfusión sanguínea, ya que a pesar de que la transmisión de enfermedades sea algo raro, el aparecimiento de TRALI es muy frecuente, sin embargo, se subestima por la diversidad de hipótesis diagnósticas. Por eso, es saludable que conozcamos y divulguemos esa enfermedad, sobre todo en nuestro medio. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: After its description more than 20 years ago, TRALI Transfusion Related Acute Lung Injury became the main cause of transfusion-related morbidity and mortality in the United States and England. Since reliable data on its epidemiology in Brazil are not available, the difficulty to diagnose, varied clinical presentation, and absence of specific laboratory data, case reports are important. This is the first report of this transfusion reaction indexe (mais) d in the LILACS data base. CASE REPORT: A 36-year old female underwent mastectomy with microsurgical breast reconstruction under general anesthesia. Immediately after the transfusion of one unit of packed red blood cells in the post-anesthetic recovery room, she developed respiratory failure, which did not require reintubation. Supportive treatment was instituted in the intensive care unit after other diagnostic hypotheses were ruled out. She had a favorable evolution and was discharged from the hospital without sequelae. CONCLUSION: The importance of judicious blood transfusion is emphasized since, although disease transmission is rare, TRALI is not, but it is underestimated due to the diversity of diagnostic hypotheses. Therefore, the knowledge of this disorder and its dissemination, especially in our country, is important.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Linfangioleiomiomatose - A propósito de três casos clínicos/ Lymphangioleiomyomatosis - report of three cases

Valente, Carla; André, Sónia; Catarino, Alexandra; Fradinho, Fátima; Gamboa, Fernanda; Loureiro, Mário; Baganha, M Fontes
2010-01-01

Resumo em português A linfangioleiomiomatose (LAM) é uma doença rara, de etiologia desconhecida, caracterizada pela proliferação anormal de células musculares lisas nas regiões perilinfática, perivascular e peribrônquica. A LAM pode ocorrer esporadicamente ou associada ao complexo esclerose tuberosa (CET) e hamartose hereditária multiorgânica. Em ambas as situações a LAM afecta principalmente mulheres jovens em idade fértil, sendo que aproximadamente 1/3 das mulheres com CET tê (mais) m LAM. A propósito desta patologia, os autores elaboram uma revisão da literatura e descrevem os casos clínicos de três doentes do sexo feminino com o diagnóstico de LAM com base nos achados clínicos e imagiológicos. Resumo em inglês Pulmonary lymphangioleiomyomatosis (LAM) is a rare disease of unknown aetiology. It is characterized by proliferation of abnormal smooth-muscle cells throughout the peribronchial, perivascular and perilymphatic regions of the lung. LAM may occur sporadically, in association with tuberous sclerosis complex (TSC) or inheritable multiorgan hamartomatosis. In either situation, LAM occurs almost exclusively in women of reproductive age, and approximately one third of the patie (mais) nts with TSC have LAM. The authors review the cases of three female patients diagnosed with LAM based on clinical and radiological findings. A brief review of the disease is then presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Lesão pulmonar de reperfusão por oclusão da aorta abdominal: modelo experimental em ratos/ Pulmonary reperfusion injury by aortic occlusion: experimental model in rats

PINHEIRO, BRUNO DO VALLE; HORTA, CÂNDIDA MARIA MOREIRA; BALDI, BRUNO GUEDES; SCHIAVON, LEONARDO DE LUCCA; GOLLNER, ÂNGELA MARIA; OLIVEIRA, JÚLIO CÉSAR ABREU DE
2000-08-01

Resumo em português Introdução: Procedimentos cirúrgicos com oclusão da aorta têm sido associados a lesão pulmonar de reperfusão. O objetivo deste trabalho foi estudar a presença de edema pulmonar em um modelo de lesão de reperfusão por oclusão da aorta em ratos. Material e métodos: 33 ratos Wistar foram anestesiados com tiopental sódico (20mg/kg, via intraperitoneal), seguindo-se laparotomia por incisão mediana, para isolamento da aorta e cava inferior. A seguir, os animais fo (mais) ram randomizados em três grupos. Grupo isquemia-reperfusão (GIR, n = 5): animais submetidos a 30min de oclusão dos vasos, seguindo-se 120min de reperfusão. Grupo isquemia (GI, n = 5): animais submetidos a 30min de oclusão dos vasos. Grupo controle (GC, n = 5): animais submetidos apenas ao procedimento cirúrgico, sem oclusão dos vasos, acompanhados por 150min. Após o sacrifício, em 15 animais foram realizados estudos histopatológicos dos pulmões. Para caracterização de edema, foi realizada a análise morfométrica por contagem de pontos, determinando-se o índice de edema alveolar. Realizou-se também uma análise semiquantitativa da infiltração de polimorfonucleares nos pulmões. Em 18 animais retirou-se o pulmão direito para a determinação da relação entre os pesos úmido e seco. O índice de edema alveolar e a relação peso úmido/peso seco foram comparados entre os grupos através de ANOVA, com a correção de Bonferroni para comparação entre os grupos dois a dois. Resultados: Os animais do GIR apresentaram maior edema alveolar em relação aos do GI e GC (0,24; 0,18; 0,17; respectivamente, com p Resumo em inglês Introduction: Surgical procedures requiring aortic occlusion have been associated with pulmonary reperfusion injury. The authors studied the pulmonary edema in a reperfusion injury model by aortic occlusion in rats. Material and methods: Thirty-three Wistar rats were anesthetized with intraperitoneal injection of sodium pentobarbital (20 mg/kg). Using a midline abdominal incision, the infra-renal aorta was isolated and the animals were randomized into three groups. Ischem (mais) ia-reperfusion group (IRG, n = 5): rats that underwent 30 min of aorta occlusion and were followed during 120 min of reperfusion. Ischemia group (IG, n = 5): rats that underwent 30 min of aorta occlusion. Control group (CG, n = 5): rats that underwent sham operations without aorta occlusion and were followed during 150 min. Histopathologic examination of the right lung was performed. The pulmonary edema was studied by morphometric analysis and so was the leukocytes infiltration. Eighteen rats (6 rats in each group) were studied with respect to lung fresh/dry weight ratio. ANOVA was used to analyze the morphometric results and the lung fresh/dry weight ratio, with Bonferroni adjustment for paired multiple comparisons. Animals of the IRG presented more pulmonary edema than those of the IG and CG (0.24 vs. 0.17 and 0.17, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Infecção natural pelo Vírus Sincicial Respiratório Bovino (BRSV) no Estado de Alagoas/ Spontaneous BRSV infection in cattle of the state of Alagoas, Brazil

Peixoto, Paulo V.; Mota, Rinaldo A.; Brito, Marilene F.; Corbellini, Luís G.; Driemeier, David; Souza, Maria Izabel de
2000-12-01

Resumo em português Descreve-se a ocorrência de infecção pelo vírus sincicial respiratório bovino (BRSV) em bezerros descendentes de animais das raças pardo-suíça e holandesa importados da Alemanha, Áustria, Suíça e Uruguai, na qual morreram em Alagoas, Brasil, pelo menos 220 cabeças, de 1995 até a presente data. O quadro clínico caracterizou-se por hipertermia, tosse seca, mais tarde dispnéia acentuada e por vezes lacrimejamento; à auscultação havia estertores secos, depoi (mais) s úmidos, com sibilos, muitas vezes audíveis à distância. O exame histológico revelou pneumonia intersticial com formação de células sinciciais, infiltração predominantemente linfocitária com presença de eosinófilos e de corpúsculos de Russel, proliferação de pneumócitos tipo II e leve metaplasia escamosa. Células epiteliais de bronquíolos e células sinciciais marcaram-se positivamente com o anticorpo anti-BRSV. A ocorrência da enfermidade no Sul e agora no Nordeste do Brasil indica a necessidade de se promover um amplo levantamento epidemiológico para se avaliar o grau de perdas e a proporção de animais infectados no país. Lembramos que parte dos animais importados, ao que tudo indica, já estavam infectados nos países de origem, quando desembarcaram em Belém, Pará. Resumo em inglês Cases of bovine respiratory syncytial virus (BRSV) infection affecting calves in the State of Alagoas, Brazil, are described. At least 220 calves, which were the progeny of Brown Swiss and Holstein Friesian cattle imported from Germany, Austria, and Uruguay, have died from the disease since 1995. Clinical signs included fever, dry cough, serous ocular discharge and, towards the final stages, marked dyspnea. On auscultation there were loud and harsh breathing sounds, and a (mais) strong wheezing could be heard from a distance. Histopathology of the lung revealed interstitial pneumonia associated with syncytial cells and infiltration by lymphocytes and eosinophils. A few plasma cells containing Russel bodies in their cytoplasm were also observed. There was hyperplasia of type II pneumocytes and mild squamous metaplasia of the respiratory epithelium. Bronchiolar epithelial cells and syncytial cells were positively stained with anti-BRSV antibody. The finding of BRSV infection in calves in Northeast Brazil plus identical findings already reported from South Brazil, strongly indicate the need for a wide epidemiologic survey in order to evaluate the losses due to BRSV infection and the incidence of infected cattle. There is evidence that at least part of the imported animals involved in this outbreak was already infected on arrival at the port of Belém, in the State of Pará, Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Estudo comparativo do diagnóstico de câncer pulmonar entre tomografia computadorizada e broncoscopia/ Comparative study between computed tomography and bronchoscopy in the diagnosis of lung cancer

Oliveira, Christopher; Saraiva, António
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a tomografia computadorizada e a broncoscopia no diagnóstico do câncer pulmonar e verificar a eficácia destas técnicas perante a presença desta doença. Os parâmetros idade, gênero, hábitos tabágicos, tipos histológicos, estadiamento e terapêutica foram, igualmente, analisados. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram analisados 70 pacientes do Serviço de Pneumologia do Hospital Distrital da Figueira da Foz, Coimbra, Portugal, que realizaram ambas as té (mais) cnicas em estudo, tendo-se confirmado ou não a presença de câncer pulmonar. RESULTADOS: Diagnosticaram-se 37 tumores pulmonares, 23 casos no gênero masculino e 14 no feminino. Histologicamente, 40,54% eram adenocarcinomas, seguido do carcinoma escamoso (32,43% dos casos) e do carcinoma de pequenas células (18,92%). O estadiamento mostrou 6,70% no estádio IB, 23,30% no estádio IIIA comparativamente ao IIIB com 36,70%, encontrando-se 33,30% dos doentes no estádio IV. A quimioterapia isolada foi efetuada em 75,7% dos doentes. A sensibilidade da broncoscopia foi de 83,8%, a especificidade, de 81,8%, e a precisão, de 82,8%. A sensibilidade da tomografia computadorizada foi de 81,1%, a especificidade, de 63,6%, e a precisão, de 72,8%. CONCLUSÃO: Os resultados da broncoscopia confirmaram a sua importância no diagnóstico do câncer pulmonar, pela dependência deste no exame anatomopatológico do tecido ou células, obtido por várias técnicas de biópsia. A tomografia computadorizada apresentou boa sensibilidade, de 81,1%, contudo, a sua especificidade, de apenas 63,6%, resulta do número de falso-positivos (36,4%). Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the role of computed tomography and bronchoscopy in the diagnosis of lung cancer, evaluating the effectiveness of these techniques in the presence of this disease. Parameters such as age, gender, smoking habits, histological types, staging and treatment were also analyzed. MATERIALS AND METHODS: The sample of the present study included 70 patients assisted at the Department of Pneumology of Hospital Distrital da Figueira da Foz, Coimbra, Portugal, wh (mais) o were submitted to both diagnostic methods, namely, computed tomography and bronchoscopy, to confirm the presence or the absence of lung cancer. RESULTS: Thirty-seven patients (23 men and 14 women) were diagnosed with lung cancer. Histologically 40.54% were adenocarcinoma, followed by squamous carcinoma (32.43% cases) and small-cell lung cancer (18.92%). Staging showed 6.70% stage IB disease, 23.30% stage IIIA and 36.70% stage IIIB, and 33.30% stage IV. Chemotherapy alone was the first treatment of choice for 75.7% of patients. Bronchoscopy sensitivity was 83.8%, specificity 81.8%, and accuracy 82.8%. Computed tomography sensitivity was 81.1%, specificity 63.6%, and accuracy 72.8%. CONCLUSION: Bronchoscopy results corroborated the relevance of the method in the diagnosis of lung cancer, considering its dependence on the anatomopathological study of tissue or cells obtained through different biopsy techniques. Computed tomography presented good sensitivity (81.1%), however the specificity of only 63.6% is related to the rate of false-positive results (36.4%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Enfermidade gastroentérica e respiratória em bezerros inoculados com amostras brasileiras do vírus da diarréia viral bovina tipo 2 (BVDV-2)/ Gastroenteric and respiratory disease in calves inoculated with brazilian isolates of bovine viral diarrhea virus type 2 (BVDV - 2)

Brum, Mário Celso Sperotto; Scherer, Charles Fernando Capinos; Flores, Eduardo Furtado; Weiblen, Rudi; Barros, Claudio Severo Lombardo de; Langohr, Ingeborg Maria
2002-10-01

Resumo em português Duas amostras brasileiras do vírus da Diarréia Viral Bovina tipo 2 (BVDV-2) foram inoculadas em bezerros com o objetivo de avaliar a sua virulência e estudar a patogenia da infecção. Previamente à inoculação, os animais foram imunodeprimidos com dexametasona. Quatro bezerros com idades entre 45 e 90 dias (grupo A) foram inoculados com a amostra SV-260 (n=2) ou LV-96 (n=2) e quatro bezerros com 6 a 8 meses de idade foram inoculados com a amostra SV-260 (grupo B). A (mais) pós a inoculação, os bezerros do grupo A apresentaram anorexia, depressão, hipertermia, sinais de infecção respiratória e diarréia profusa, acompanhada de melena em dois animais. Os sinais respiratórios e digestivos progrediram, e os animais morreram ou foram sacrificados in extremis entre os dias 7 e 12 pós-inoculação. Úlceras e erosões no trato digestivo (língua, n=4; esôfago, n=1; rúmen, n=1 e abomaso, n=3), edema pulmonar (n=4) e na mucosa do abomaso (n=3); equimoses e sufusões na serosa do baço (n=2), no rúmen, no intestino delgado e no ceco (n=1), no coração (n=1) e na mucosa da bexiga (n=1) e intussuscepção intestinal (n=1) foram os achados macroscópicos mais marcantes. Úlceras e erosões, acompanhadas de infiltrado mononuclear na mucosa e submucosa do trato digestivo e depleção linfóide nos linfonodos e placas de Peyer, foram as alterações microscópicas mais freqüentes. O vírus foi detectado em vários tecidos e órgãos. Antígenos virais foram demonstrados por imuno-histoquímica, principalmente em células epiteliais do trato digestivo; em células mononucleares nos espaços perivasculares e peribronquiais; na cápsula e septos de linfonodos; e em linfócitos e células mononucleares das placas de Peyer e baço. Os animais do grupo B apresentaram depressão, hipertermia, sinais moderados de infecção respiratória e digestiva, ulcerações na língua e bochecha, mas recuperaram-se após alguns dias. Esses resultados demonstram que as amostras de BVDV-2 foram capazes de reproduzir a enfermidade aguda quando inoculadas em bezerros e que as conseqüências clínico-patológicas da infecção foram mais severas nos animais mais jovens. Resumo em inglês Two Brazilian isolates of bovine viral diarrhea virus type 2 (BVDV-2) were inoculated in calves to evaluate their virulence and to study the pathogenesis of the infection. Previously to virus inoculation, the calves were immunossupressed with dexamethasone. Four 45 to 90-days-old calves (group A) were inoculated with isolate SV-260 (n=2) or LV-96 (n=2), and four 6 to 8-months-old calves (group B) were inoculated with isolate SV-260. Following virus inoculation, group A ca (mais) lves showed anorexia, depression, hyperthermia, signs of respiratory infection and profuse diarrhea, bloody in two cases. The respiratory and digestive signs progressed and the animals died or were euthanized in extremis between days 7 and 12 post-inoculation. Ulcers and erosions in the digestive tract (tongue, n=4; esophagus, n=1; rumen, n=1 and abomasum, n=3), edema of the lung (n=4) and abomasal mucosa (n=3); echimosis and suffusions in the spleen serosa (n=2), rumen, small intestine and ceccum (n=1), heart (n=1) and urinary bladder mucosa (n=1) and intestinal intussuseption (n=1) were the most prominent findings. Ulcerations and erosions accompanied by mononuclear cell infiltrates in the digestive tract mucosa and submucosa, and lymphoid depletion in lymph nodes and Peyer’s patches were frequently observed. Infectious virus was detected in several tissues and organs. Viral antigens were detected by immunohistochemistry mainly in epithelial cells of the digestive tract, in mononuclear cells of the perivascular and peribronchial spaces; in lymph node septae and capsule; and in lymphocytes and other mononuclear cells of the spleen and Peyer’s patches. Group B calves showed depression, hyperthermia, moderate signs of respiratory and digestive infection, small ulcerations in the tongue and recovered after a few days. These results demonstrate that the Brazilian BVDV-2 isolates were capable of producing an acute disease in calves upon experimental inoculation, and that the clinical and pathological consequences of the infection were more severe in young calves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Efeitos da castração pós-natal sobre o tecido pulmonar após sepse experimental de origem abdominal em ratos/ The effect of post-natal castration in pulmonary tissue after experimental abdominal sepsis

d'Acampora, Armando José; Bernhardt, Joel Antônio; Serafim, João Daniel May; Farias, Débora Cadore de; Tramonte, Ricardo
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os efeitos da castração pós-natal sobre o tecido pulmonar na sepse de origem abdominal induzida em ratos. MÉTODOS: Foram utilizados 33 ratos Wistar distribuídos em dois grupos: Grupo Controle (GC) = 5 machos adultos normais sem desafio séptico. Grupo Experimento (GE): 28 ratos submetidos a sepse por ligadura e perfuração de ceco (LPC) e distribuídos em três subgrupos: Subgrupo Macho (SgM): nove ratos machos adultos, sem castracão e submetidos (mais) a sepse por LPC. Subgrupo Fêmea (SgF): nove ratos fêmeas adultos normais submetidas a sepse por LPC. Subgrupo Castrado (SgC): dez ratos machos que no quarto dia de vida foram submetidos a orquiectomia bilateral e quando adultos à sepse por LPC. Após a LPC os animais foram observados até o óbito, realizada análise histomorfométrica do pulmão, observando-se o número de polimorfonucleares e mononucleares. RESULTADOS: 50% dos animais do SgC sobreviveram 24 horas, contra 33% do SgF e 0% do SgM, mostrando uma nítida influência da castração na resposta ao desafio séptico. O número de polimorfonucleares e mononucleares não foi diferente estatisticamente entre o SgC e CG, estando estatisticamente aumentados no SgM e SgF. CONCLUSÃO: Os animais castrados apresentaram uma maior tendência à sobrevida e menor alteração pulmonar. Resumo em inglês PURPOSE: Analyse the effects of post-natal castration in the pulmonary response during inducible sepsis in rats. METHODS: Thirdy tree rats (Wistar) were separated in two groups: Control group (GC): five adults males rats in order to analyse the normal lungs; and Experimental group (GE): twenty eight rats submited to sepsis by ligature and perfuration of the cecum (LPC) divided in tree sub-groups: Males (SgM) nine males rats submited to sepsis by LPC, Females (SgF) nine fe (mais) male rats submited to sepsis by LPC, and Castration (SgC) ten males rats castrated in the 4º day after birth, and submited by sepsis in adult age using LPC. After LPC, all animals were observed until death. A fragment of the right lung in all animals was submited to histologic and morphometric analysis to evaluated the number of polymorphonuclear and mononuclear cells. RESULTS: 50% of the rats in the SgC have a survive time of 24 hs, against 33% of the animals in the SgF and 0% in the SgM. The number of polymorphonuclear cells and mononuclear cells in the lung in SgC and GC, shows no statistic differences, but in animals of SgM and SgF groups, we found an increase of these cells with significant statistic differences. CONCLUSION: Rats in the SgC shows a increase of survival time after LPC and the least alterations in the lung observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Efeito da exposição prolongada a ruído ocupacional na função respiratória de trabalhadores da indústria têxtil/ Effects of long term exposure to occupational noise on textile industry workers' lung function

Cardoso, António Paes; Oliveira, Maria João R.; Silva, Álvaro Moreira da; Águas, Artur P.; Pereira, António Sousa
2006-01-01

Resumo em português O presente estudo procurou detectar eventuais alterações da função respiratória em 28 operárias de uma fábrica de fiação, submetidas a uma exposição prolongada ao ruído (> 10 anos) com amplitude elevada e baixa frequência, susceptível de causar doença vibro-acústica (DVA). Foram realizados testes da função respiratória, incluindo espirometria, oscilometria de impulso e estudo da Capacidade de difusão alvéolo-capilar pelo CO. Os resultados foram compar (mais) ados com os de outra população de igual número de mulheres, do mesmo grupo etário, consideradas normais no aspecto respiratório, com cargos administrativos, não sujeitas a agressão acústica detectável. Realizou-se um estudo estatístico dos resultados obtidos comparando as duas populações, tendo sido calculado para cada um dos parâmetros, escolhidos a partir do estudo funcional respiratório, os valores médios, o desvio-padrão e o grau de significância (p Resumo em inglês Vibroacoustic disease is a pathology caused by long occupational exposure to large pressure amplitude and low frequency noise. It is a systemic disease, with evolvement of respiratory structures. The exposure workers to this noise of textile industry may favour alterations in lung function. We studied 28 women working more than ten years in cotton-mill rooms to evaluate their lung function, including Spirometry, forced oscillation technique (I.O.S.) and Diffusion capacity (mais) . These results were compared with those of 30 women of similar ages not exposed to similar noise and not presenting respiratory disease. Statistical significance (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Desenvolvimento do Schistosoma mansoni na cavidade peritoneal de camundongos da linhagem AKR/J/ Development of Schistosoma mansoni in the peritoneal cavity of the AKR/J strain of mice

Bicalho, Rosilene S.; Melo, Alan L. de; Pereira, Leógenes H.
1993-10-01

Resumo em português Cercárias de Schistosoma mansoni, inoculadas na cavidade peritoneal de camundongos da linhagem AKR/J, conseguiram sobreviver in situ e chegar à maturidade sexual. Ao contrário da linhagem convencional (SWISS), onde as fêmeas que se desenvolveram no peritônio não produziram ovos, 7,7% das fêmeas retiradas da cavidade peritoneal de camundongos AKR/J apresentavam ovo normal no útero. Os parasitos recuperados da cavidade peritoneal de ambas as linhagens não apresenta (mais) ram pigmento hemoglobínico, indicando que os mesmos sobrevivem na cavidade peritoneal de camundongos sem a necessidade de ingestão de hemácias. O desenvolvimento do parasito na cavidade peritoneal de camundongos AKR/J, com produção de ovos normais, reforça os dados, já existentes na literatura, que mostram que o ciclo evolutivo do parasito pode ser completado sem a necessidade da fase pulmonar. Resumo em inglês Cercariae of Schistossoma mansoni after intraperitoneal inoculation, developed and reached the sexual maturation in that site with egg production. In the AKR/J strain of mice, 7.7% of the peritoneal recovered females showed normal eggs in the uterus. No evidence of hemoglobinic pigment in their digestive tract was observed in the peritoneal recovered parasites from both strains (AKR/J and SWISS). This fact suggests that the parasites can develop without red blood cells in (mais) gestion. On the other hand, the development of the parasite with egg prodution in the peritoneal cavity of the AKR/J mouse reinforces the data that the lung phase is not necessary for the development of the parasite.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Derrame pleural: uma complicação extra-intestinal da doença de Crohn/ Pleural effusion: an extraintestinal complication of Crohn's disease

FISS, ELIE; STEINWAURZ, FLAVIO; VANNUCCI, ANDREA BARRANJARD; SUCCI, CAMILA DE MENEZES
2002-09-01

Resumo em português Paciente de 34 anos, portadora de doença de Crohn (DC) havia oito anos, foi atendida queixando-se de dor torácica e febre, sem manifestações gastrointestinais. Testes laboratoriais mostraram atividade inflamatória (VHS = 45mm, PCR positivo). O exame físico revelou derrame pleural na base do hemitórax esquerdo, confirmado pela radiografia de tórax. A análise do líquido pleural mostrou 100% de linfócitos, com BAAR negativo. A biópsia pleural evidenciou granuloma (mais) não caseoso. Foi instituída terapia para tuberculose, sem sucesso, com regressão dos sintomas apenas após reintrodução de altas doses de corticosteróide, sugerindo atividade da DC como causa do derrame pleural. Resumo em inglês A 34-year-old patient had had Crohn's disease (CD) for eight years; she was seen for complaints of thoracic pain and fever, without gastrointestinal manifestations. Initial laboratory exams were compatible with the presence of inflammatory activity (VHS = 45 mm for normal value of 20 mm and PCR+). The physical exam revealed signs of pleural effusion in the left hemithorax base, which was confirmed by thoracic RX. The pleural liquid analysis showed that the cells were 100% (mais) of lymphocytes, with negative BAAR research. The pleural biopsy evidenced non caseous granuloma. Despite the tuberculosis treatment, the patient only got better when corticotherapy was introduced in high doses, suggesting the activity of CD as the cause of the pleural effusion. This case establishes a connection between activity of CD and manifestations of lung disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Derivados citotóxicos de vitanolidos isolados das folhas de Acnistus arborescens/ Cytotoxic derivatives of withanolides isolated from the leaves of Acnistus arborescens

Minguzzi, Sandro; Barata, Lauro E. S.; Cordell, Geoffrey A.
2011-01-01

Resumo em inglês In view of anticancer activity of 7 β-acetoxywithanolide D (2) and 7β-16α-diacetoxywithonide D (3), isolated from the leaves of Acnistus arborescens (Solanaceae), five withanolide derivatives were obtained and their structures were determined by NMR, MS and IV data analysis. The in vitro anticancer activity of these derivatives was evaluated in a panel of cancer cell lines: human breast (BC-1), human lung (Lu1), human colon (Col2) and human oral epidermoid (mais) carcinoma (KB). Compounds 2a (acetylation of 2), 3b (oxidation of 3) and 2c (hydrogenation of 2) exhibited the highest anticancer activity against human lung cancer cells, with ED50 values of 0.19, 0.25 and 0.63 μg/mL, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Comprometimento pulmonar na malária (revisão)/ Pulmonary involvement in malaria

Boulos, Marcos; Costa, Jane Margarete; Tosta, Carlos Eduardo
1993-02-01

Resumo em português Com uma incidência de 3 a 10% dos casos e letalidade próxima a 70%, o comprometimento pulmonar constitui uma das manifestações mais graves da malária por Plasmodium falciparum. Embora sua patogênese não esteja perfeitamente esclarecida, reconhece-se que a hiperativação do sistema imune por antígenos liberados pelo Plasmodium falciparum desempenhe um importante papel no desencadeamento e agravamento das lesões. A estrutura alvo parece ser o endotélio capilar, r (mais) esponsável pelo fluxo de líquidos para o espaço intersticial. Essas células são ativadas por ação de citocinas, produzidas por linfócitos e macrófagos durante a resposta imune, e passam a expressar em sua membrana celular receptores e moléculas de aderência que facilitam a sequestração de eritrócitos parasitados e também a aderência de células capazes de produzir mediadores inflamatórios. A reação inflamatória e a lesão endotelial que se seguem, juntamente com as alterações hemodinâmicas induzidas pelo bloqueio capilar devido ao acúmulo local de eritrócitos e células inflamatórias causam alterações de permeabilidade vascular e, consequentemente, acúmulo de líquido nos espaços intersticiais e alvéolos. Nos casos mais graves, as manifestações clínicas assemelham-se às do quadro da Síndrome do desconforto respiratório do adulto. Comprometimento pulmonar grave pode se instalar rapidamente em qualquer estágio da evolução clínica da malária, mesmo após a cura parasitológica, desconhecendo-se os fatores desencadeantes. Hiperparasitismo, insuficiência renal e gravidez constituem fatores predisponentes. O prognóstico dependerá da rapidez com que o diagnóstico for estabelecido e o correto tratamento instituído. Além do tratamento instituído contra o parasita, especial atenção deverá ser dispensada à monitorização hemodinâmica, se possível através de cateter de Swan-Ganz, à manutenção de adequada oxigenação e balanço hídrico, e ao controle de outras complicações, frequentemente associadas ao comprometimento pulmonar. O esclarecimento da patogenia do comprometimento pulmonar associado à malária deverá concorrer para a racionalização da conduta terapêutica e, consequentemente, melhorar o prognóstico dos indivíduos acometidos por esta complicação Resumo em inglês Pulmonary involvement occurs in 3 to 10% of the cases of Plasmodium falciparum malaria and represents the most serious complication of this infection, with a lethality of about 70%. The understanding of its pathogenesis is still very fragmentary, however it is recognized that activation of the immune system by antigens released by the parasite plays an important role in the induction and worsening of lung damage. Capillary endothelial cells, which control the flux of flui (mais) ds to the interstitial space, appear to be the most involved structure. These cells are activated by cytokines, produced by lymphocytes and macrophages during the immune response, and express receptors and molecules of adhesion, allowing for sequestration of parasitized erythrocytes and adherence of cells, which will produce locally inflammatory mediators. The inflammatory reaction and lesion of endothelial cells that ensue, together with the hemodynamic alterations induced by the capillary blockade due to the sequestration of parasitized erythrocytes and leukocytes, cause alterations of the vascular permeability and transfer of liquid to intertitial space and alveoles. Severe cases are clinically expressed by a picture of Adult Respiratory Distress Syndrome. The clinical manifestations of pulmonary involvement may start suddenly at any time during the course of malaria, even after desappearance of circulating parasites. The inducing factors are unknown. Hyperparasite-mia, renal failure and pregnancy are predisposing factors. The prognosis will depend on how fast the diagnosis is established and convenient treatment initiated. If parasites are present they shall be treated with schizonticidal drugs, hemodynamic parameters continuously evaluated, preferably through a Swam-Ganz catheter. Appropriate oxygen supply and fluid balance have to be warranted. Other complications of malaria, frequently associated to the pulmonary involvement, need special attention and proper treatment. A better understanding of the pathogenesis of lung damage associated to malaria will certainly help to improve treatment and reduce morbidity and mortality

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Citologia tumoral do escarro e do lavado brônquico

Mello, R. Pimenta de; Leme, M. A. Paes
1957-05-01

Resumo em português O autor, depois de analisar as diversas técnicas utilizadas por diversos pesquisadores, com respeito à maior ou menor positividade obtida pela chamada técnica do bloco de parafina e técnica de Papanicoulaou, apresenta 10 casos de comprovado néo brônquico, estudados com a técnica de inclusão em parafina e subseqüente coloração epla hematoxilina-azur-eosina. Conclui afirmando que o exame citológico do escarro do lavado brônquico, deve ser, de preferência, util (mais) izado pelo emprêgo daquela técnica, por permitir maiores detalhes nas técnicas histoquímicas e por conservaram as células as suas inter-relações. Resumo em inglês The authors analyse the methods for demonstration of neoplastic cells in sputum and bronchic aspiration. They found better results with the paraffin block technic. They finally show 10 cases of lung and bronchogenic carcinoma with very characteristic neoplastic cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Carcinomatose leptomeníngea como primeira manifestação de adenocarcinoma pulmonar: relato de caso/ Leptomeningeal carcinomatosis as the first clinical manifestation of lung adenocarcinoma: case report

Gimenez, Andréa; Limongi, João Carlos Papaterra; Valente, Anna Carolina Tavares; Gimenez, Cristiane; Silva, Jair Urbano da
2003-03-01

Resumo em português A carcinomatose leptomeníngea é uma complicação neurológica de alguns tumores sistêmicos caracterizada por invasão multifocal das leptomeninges por células neoplásicas. Estima-se que 5% de todos os pacientes com câncer apresentem carcinomatose leptomeníngea. As manifestações clínicas são heterogêneas e caracterizam-se por sinais e sintomas relacionados a comprometimento de múltiplas áreas do sistema nervoso, particularmente nervos cranianos e raízes ner (mais) vosas. O diagnóstico é baseado nos achados clínicos, exame do líquido cefalorraqueano (LCR) e exames de neuroimagem. O estudo mais informativo para o diagnóstico de metástase meníngea é o exame do LCR através do qual o achado de células neoplásicas é definitivo para o diagnóstico. O intuito deste trabalho é realizar revisão da literatura a partir de descrição de um caso clínico, de um homem de 42 anos de idade, em que a primeira manifestação de neoplasia pulmonar consistiu de sintomas e sinais sugestivos de comprometimento neoplásico das leptomeninges. Resumo em inglês Leptomeningeal carcinomatosis is a neurological complication of several systemic tumors and is characterized by multifocal invasion of the meninges by neoplastic cells. It is estimated that 5% of all patients with cancer will present leptomeningeal carcinomatosis at some time during the course of the illness. Clinical manifestations are heterogeneous and present with signs and symptoms related to involvement of multiple areas of the nervous system, particularly cranial ne (mais) rves and spinal roots. The diagnosis is based on suggestive clinical findings, cerebrospinal fluid (CSF) testing and imaging studies. The most informative findings come from CSF where the presence of neoplastic cells is definitive for the diagnosis. The purpose of this report is to describe, along with a review of the literature, a clinical case of a 42 years old man in whom the first clinical signs of a lung cancer manifested with symptoms suggestive of meningeal involvement.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Carcinoma bronquíolo-alveolar em leão-africano (Panthera leo)/ Bronchioloalveolar carcinoma in an African Lion (Panthera leo)

Lucena, Ricardo B.; Fighera, Rafael A.; Carregaro, Adriano B.; Inkelmann, Maria Andréia; Barros, Claudio S.L.
2010-06-01

Resumo em português Um caso de carcinoma bronquíolo-alveolar difuso do tipo misto foi diagnosticado em um leão-africano (Panthera leo), hospitalizado com sinais de dispnéia e emagrecimento progressivo. Em todos os lobos pulmonares havia múltiplos nódulos esbranquiçados, macios e homogêneos, de 0,2-0,5cm em diâmetro. Histologicamente, os nódulos eram constituídos por células neoplásicas arranjadas em alvéolos e papilas sustentados por moderado estroma fibrovascular, um padrão qu (mais) e lembrava a estrutura pulmonar pré-existente. Na reação pelo ácido periódico de Schiff (PAS) foi observada marcação positiva no citoplasma de numerosas células neoplásicas. Todas as células neoplásicas demonstraram forte e uniforme imunorreatividade citoplasmática para pancitoceratina. A marcação para o fator 1 de transcrição da tireóide (TTF-1) foi observada em focos nos núcleos das células neoplásicas das margens dos nódulos. Nas secções avaliadas para surfactante A, a marcação foi observada em múltiplas áreas focais, tanto no citoplasma como na membrana citoplasmática das células neoplásicas. O diagnóstico de carcinoma bronquíolo-alveolar difuso do tipo misto foi feito com base nos achados histológicos, histoquímicos e imuno-histoquímicos. Essa parece ser a primeira descrição de um neoplasma pulmonar primário maligno em leão-africano. Resumo em inglês A case of diffuse bronchioloalveolar carcinoma of the mixed type was diagnosed in the lung of an adult female African lion (Panthera leo) with presenting signs of progressive dyspnea and weight loss. In all pulmonary lobes there were multiple 0.2-0.5cm in diameter soft and homogenous white nodules. Histologically, these nodules consisted of neoplastic cells with an alveolar and papillary disposition, a pattern reminiscent of the preexistent pulmonary structure. The cytopl (mais) asms of numerous neoplastic cells were positive in the periodic acid-Schiff (PAS) stain. At immunohistochemistry examination, all neoplastic cells reacted strongly and uniformly to pancytokeratin; focal reactivity for thyroid transcription factor 1 (TTF-1) was observed in the nucleus of neoplastic cells mainly in those at the margins of the nodules. Positive reaction for surfactant A was observed in multifocal areas, both in the cytoplasm and plasma membranes of neoplastic cells. The diagnosis of diffuse bronchioloalveolar carcinoma of the mixed type was made based on histological, histochemistry and immunohistochemistry findings. This seems to be the first report of a primary malignant neoplasm in the lung of the African lion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Caracterização imunofenotípica das subpopulações de linfócitos do lavado broncoalveolar de pacientes com silicose/ Phenotypic characterization of lymphocyte subsets in bronchoalveolar lavage of patients with silicosis

FERREIRA, ÂNGELA; MOREIRA, JOSE DA SILVA; CAETANO, REGINA; GABETTO, JOSÉ MANOEL; QUIRICO-SANTOS, THEREZA
2000-06-01

Resumo em português A lavagem broncoalveolar é um procedimento simples e seguro, na avaliação das pneumopatias relacionadas à exposição a poeiras minerais. O objetivo do estudo foi caracterizar as subpopulações celulares no lavado broncoalveolar (LBA) de pacientes silicóticos. A lavagem broncoalveolar foi realizada em 26 trabalhadores com diferentes formas de silicose: forma simples (n = 12), complicada (n = 13) e um paciente com a forma aguda da doença. Como grupo controle, foram (mais) incluídos sete indivíduos sadios. Os pacientes com silicose apresentaram intensa pleocitose com predomínio de macrófagos alveolares e tendência à linfocitose. As subpopulações de linfócitos presentes no lavado broncoalveolar (LBA) dos indivíduos sadios apresentaram fenótipo de células maduras. A grande maioria era constituída por células CD2+TCRab (87,3%) e somente 2,9% das células T apresentaram marcação CD2+TCRgd. A relação CD4/CD8 foi de 1,8, com poucas (16%) células T imaturas duplo-negativas CD4-CD8-. Em contraste, pacientes com silicose apresentaram redução acentuada das subpopulações dos linfócitos maduros CD2+CD4+, CD2+CD8+ e aumento marcante (47%) de células imaturas (DN) duplo-negativas (CD4-CD8-). Não foi observado aumento das células NK (CD56+). A análise do conteúdo protéico e a determinação da relação Ig/albumina permitiram caracterizar produção local de imunoglobulinas no microambiente pulmonar. Como não foi observado aumento percentual de plasmócitos e linfócitos B (CD19+) no LBA desses pacientes, é possível concluir que as células produtoras de imunoglobulinas estão possivelmente localizadas no interstício pulmonar. Estes resultados sugerem que, durante a evolução da silicose, ocorre o desenvolvimento de linfopoese extratímica e surgimento de órgão linfóide terciário, no microambiente pulmonar desses pacientes. Resumo em inglês Bronchoalveolar lavage is a safe and simple technique to evaluate lung disease related to exposure to mineral dusts. The aim of this study was to characterize the lymphocyte subsets in bronchoalveolar lavage of patients with silicosis. Bronchoalveolar lavage was carried out in 26 workers with different forms of silicosis: simple form (n = 12), complicated (n = 13) and 1 patient with acute form of the disease. As a control group, 7 healthy individuals were included. Compar (mais) ed to the control group, silicotic patients showed intense pleocytosis constituted mainly by alveolar macrophages with slight lymphocytosis. Lymphocyte subsets present in the bronchoalveolar fluid (BAL) of normal individuals were mature lymphocytes with phenotype CD2+TCRab (87.3%) and only 2.9% were CD2+TCRgd. CD4/CD8 ratio was 1.8 with few (16%) immature double negative T cells subsets (CD4-CD8-). In contrast, silicotic patients showed reduction of the more mature lymphocyte subset CD2+CD4+, CD2+CD8+ and a great increase (47%) of immature (CD4-CD8-) T cell subsets. No increase in the NK (CD56+) cell population was observed. Biochemical analysis of protein contents and determination of the Ig/albumin ratio characterized local immunoglobulin production within the pulmonary microenvironment. Furthermore, lack of increase of plasma cells, as well as the maintenance of the percentage of B lymphocyte population (CD19+) in the BAL of silicotic patients, favors the hypothesis that the cells responsible for Ig production are possibly located in the interstitial space. Altogether the results suggest development of lymphopoiesis and tertiary lymphoid tissue within the pulmonary microenvironment during the clinical course of silicosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Bronquiolite aguda, uma revisão atualizada/ Acute bronchiolitis, an updated review

Carvalho, Werther Brunow de; Johnston, Cíntia; Fonseca, Marcelo Cunio
2007-04-01

Resumo em português A bronquiolite aguda (BA) é um diagnóstico freqüente de internação hospitalar em pediatria, ocasionada principalmente pelo vírus sincicial respiratório (VSR). Ocorre epidemicamente nos meses de outono e inverno. Algumas populações de crianças (recém-nascidos pré-termo, cardiopatia congênita, doença pulmonar crônica, imunocomprometidos, desnutridos, entre outros) apresentam maior risco de morbidade e mortalidade. Os vírus multiplicam-se nas células epiteli (mais) ais ciliadas, e a inflamação e os debris celulares ocasionam obstrução da via aérea, hiperinsuflação, atelectasia localizada, chiado e alterações das trocas gasosas. Não existem evidências definitivas em relação aos tratamentos utilizados para esta doença. O tratamento inclui a utilização de oxigênio, hidratação, beta-2 agonistas por via inalatória, epinefrina racêmica, DNase recombinante, fisioterapia respiratória, entre outros. Medidas profiláticas: administração de anticorpos monoclonais (palivizumab). A maioria das crianças com BA, independentemente da gravidade da doença, recuperam-se sem seqüelas. O curso natural desta doença, habitualmente, varia entre sete a dez dias, mas algumas crianças permanecem doentes por semanas. Resumo em inglês Acute bronchiolitis (AB) is a frequent cause of hospitalization among children and its main etiological agent is respiratory syncytial virus (RSV). It occurs epidemically during autumn and winter. Some populations of children such as premature newborns, infants with congenital heart disease and those with chronic lung disease, immunocompromised, undernourished, among others, present increased morbidity and mortality risk. The virus multiplies in epithelial ciliated cells (mais) while inflammation and cellular debris cause obstruction of the airways, hyperinflation, atelectasis, and wheezing and gas exchange imbalance. Definitive evidence still does not exist about treatment of this disease, Treatment includes oxygen therapy, hydration, inhaled beta-2 agonists, racemic epinephrine, recombinant DNase and respirotherapy, among others. Prophylactic measures include administration of monoclonal antibodies. The majority of children with AB, independent of disease severity, recover without sequels. The natural course of this disease usually varies, from seven to ten days ,however some children may not recover for weeks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Blastoma pulmonar: tratamento cirúrgico por lobectomia superior direita e broncoplastia/ Pulmonary blastoma: treatment through sleeve resection of the right upper lobe

Pilla, Eduardo Sperb; Sanchez, Pablo; Mädke, Gabriel Ribeiro; Camargo, Spencer; Camargo, José de Jesus Peixoto
2006-02-01

Resumo em português O blastoma pulmonar é um tumor maligno raro, de crescimento rápido, composto por uma mistura de células epiteliais e mesenquimais malignas. Relatamos o caso de uma paciente com hemoptise e uma massa no lobo superior direito. Apresentava uma reserva pulmonar limitada e achado fibrobroncoscópico de comprometimento do brônquio intermediário. O tratamento realizado através de lobectomia superior direita com broncoplastia foi inédito. A paciente encontra-se assintomát (mais) ica após 36 meses de seguimento. A literatura é revisada em relação a aspectos clínicos, anatomopatológico e tratamento. Resumo em inglês Pulmonary blastoma is a rare lung tumor that is composed of malignant epithelial and mesenchymal cells. It presents a pattern of rapid growth. Herein, we report the case of a patient with hemoptysis and a mass in the right upper lobe. The patient presented limited pulmonary function, and fiberoptic bronchoscopy revealed invasion of the intermediate bronchus. The patient underwent sleeve resection of right upper lobe, a technique never before described. After 36 months of (mais) follow-up, the patient remained asymptomatic. We also review the literature regarding treatment, clinical aspects and pathology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Avaliação quantitativa das fibras elásticas na doença pulmonar obstrutiva crônica/ Quantitative assessment of elastic fibers in chronic obstructive pulmonary disease

Rufino, Rogerio; Madi, Kalil; Souza, Heitor Siffert Pereira de; Costa, Cláudia Henrique da; Saito, Eduardo Haruo; Silva, José Roberto Lapa e
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Quantificar fibras elásticas (FE), músculo liso (ML) e linfócitos T CD4+ e CD8+ na doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) estável. MÉTODOS: Biópsias cirúrgicas foram obtidas de 15 pacientes com DPOC, 18 tabagistas sem limitação do fluxo aéreo e 14 não tabagistas. FE, ML e células T CD4+ e CD8+ foram quantificados através de métodos histológicos e imuno-histoquímicos. RESULTADOS: Não foi observada diferença estatisticamente significativa da (mais) s FE nos três grupos (p > 0,05). Tanto a quantidade de FE por unidade de área pulmonar (mm²), quanto o percentual destas fibras por tecido pulmonar foram semelhantes nos três grupos. Foi encontrado aumento da quantidade de ML em pacientes com DPOC quando comparados a tabagistas (p = 0,003) e não tabagistas (p = 0,009). Houve tendência de aumento das células T CD8+ nos pacientes com DPOC. O total de células T CD4+ estava diminuído nos pacientes com DPOC quando comparados aos tabagistas (p = 0,015) e não tabagistas (p = 0,003). Observou-se fraca correlação entre estas células e a relação entre o volume expiratório forçado no primeiro segundo e a capacidade vital forçada (r² = 0,003). CONCLUSÕES: A quantidade de FE foi semelhante nos três grupos estudados. A hipertrofia/hiperplasia muscular da parede das vias aéreas foi encontrada tanto em pacientes com DPOC quanto em tabagistas, indicando que o remodelamento ocorra também nos tabagistas sem limitação do fluxo aéreo. Houve diminuição da relação CD4/CD8 em pacientes com DPOC. Resumo em inglês OBJECTIVE: To quantify elastic fibers (EFs) and smooth muscle (SM) cells, as well as CD4+ and CD8+ T lymphocytes, in stable chronic obstructive pulmonary disease (COPD). METHODS: Surgical specimens were obtained from 15 COPD patients, 18 smokers without airflow limitation, and 14 nonsmokers. Histological and immunohistochemical methods were employed in order to quantify EFs, SM cells, CD4+ T cells, and CD8+ T cells. RESULTS: There was no significant difference in EF numbe (mais) rs among the three groups (p > 0.05). The number of EFs per unit area of lung tissue (mm²) and the percentage of EFs in the lung tissue were similar among the three groups. The numbers of SM cells were found to be higher in the COPD patients than in the smokers (p = 0.003) or in the nonsmokers (p = 0.009). There was a tendency toward an increase in CD8+ T-cell counts in the COPD patients. In specimens collected from the COPD patients, CD4+ T-cell counts were lower than in those collected from the smokers (p = 0.015) or from the nonsmokers (p = 0.003). There was a weak correlation between CD4+ T-cell count and the ratio of forced expiratory volume in one second to forced vital capacity (r² = 0.003). CONCLUSIONS: The EF counts were similar among the three groups. Hypertrophy/hyperplasia of airway wall SM cells was found in the COPD patients and in the smokers, indicating that airway remodeling occurs in smokers. The CD4/CD8 ratio was lower in the COPD patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Avaliação da inflamação de vias aéreas em asmáticos após o teste de broncoprovocação com metacolina/ Airway inflammation in asthmatic patients after methacholine challenge

MATOS, FABRÍCIO LINO DE; TERRA FILHO, JOÃO; MARTINEZ, JOSÉ ANTONIO BADDINI; SALA, TATIANA FURLAN; VIANNA, ELCIO OLIVEIRA
2001-07-01

Resumo em português Introdução: O teste de broncoprovocação com metacolina é comumente empregado em pneumologia para medir a reatividade brônquica com finalidade de diagnóstico ou acompanhamento da asma. Objetivo: Pesquisar efeitos tardios da inalação de metacolina na inflamação brônquica avaliada pelo escarro induzido. Casuística e métodos: Foram selecionados dez pacientes com asma leve ou moderada, não tabagistas, com medicação e quadro clínico estáveis. Às 12:00h, os p (mais) acientes receberam inalação, aleatoriamente designada, de metacolina (broncoprovocação) ou soro fisiológico. Às 18:00h, foi realizada a indução de escarro. Em outro dia, com intervalo de uma semana, os pacientes completaram o protocolo, recebendo a outra inalação (metacolina ou soro fisiológico) e nova indução de escarro. Resultados: Após metacolina, obtiveram-se 8,6 ± 9g de escarro, 8,6 ± 6 milhões de células, sendo 78 ± 10% viáveis e 6,8 ± 7% eosinófilos. Esses dados não foram significativamente diferentes dos resultados obtidos após soro fisiológico: escarro = 7,6 ± 6g, células = 12,4 ± 12 milhões, 82 ± 10% viáveis e 6,6 ± 9% eosinófilos. A queda de pico de fluxo observada durante a indução de escarro também não diferiu: 21,4 ± 12% após metacolina e 18,4 ± 15% após soro fisiológico. A queda de pico de fluxo durante a indução correlacionou-se com a quantidade de escarro (p = 0,018) e percentagem de eosinófilos (p = 0,003). Outras correlações entre parâmetros funcionais e do escarro não foram significantes. Conclusão: O teste de broncoprovocação com metacolina realizado seis horas antes da indução de escarro não altera significativamente a quantidade e nem a constituição celular do escarro. Resumo em inglês Background: The methacholine challenge test is commonly used to evaluate bronchial responsiveness in diagnosis and follow-up of asthmatic patients. Objective: To investigate late effects of methacholine challenge on induced sputum. Methods: Ten non-smoker patients with mild or moderate stable asthma were recruited. At 12:00 p.m., patients were randomly assigned to inhale either methacholine (challenge) or physiologic saline. At 6:00 p.m., sputum induction was performed. O (mais) n the second visit, one week apart, patients completed their participation in the study by undergoing another inhalation and sputum induction. Results: After methacholine, 8.6 ± 9 g of sputum were expectorated with 8.6 ± 6 million cells, 78 ± 10% were viable, and 6.8 ± 7% eosinophils. These data were not different from results obtained after saline: sputum amount = 7.6 ± 6 g, total cell count = 12.4 ± 12 million, viability = 82 ± 10%, and eosinophils = 6.6 ± 9%. Expiratory flow (PF) peak fall during sputum induction was not different: 21.4 ± 12% after methacholine and 18.4 ± 15% after saline. The PF fall observed during induction correlated with the amount of expectorated sputum (p = 0.018) and eosinophil relative number (p = 0.003). No other significant correlation between lung function measurements and sputum characteristics was found. Conclusion: A methacholine challenge carried out six hours before sputum induction does not significantly alter the cellular constituents or amount of sputum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Atividade da catalase no pulmão, rim e intestino delgado não isquemiado de ratos após reperfusão intestinal/ Catalase activity in lung, kidney and small bowel non-ischemic in rats after intestinal reperfusion

Ferro, Camila de Oliveira; Chagas, Vera Lucia Antunes; Oliveira, Marcus Fernandes de; Oliveira, Pedro Lagerblad de; Schanaider, Alberto
2010-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a atividade catalase, após lesão por isquemia e reperfusão intestinal e estudar as alterações deste antioxidante em órgãos situados à distância do insulto inicial. MÉTODOS: Utilizaram-se 18 ratos do tipo Wistar, aleatoriamente distribuídos em três grupos. 1-Controle, 2-Simulação e 3-Isquemia/Reperfusão. Neste último, realizou-se isquemia no íleo, por 60 minutos, seguida de reperfusão por 30 minutos. No grupo 2 efetuou-se apenas uma lapa (mais) rotomia. Foram retirados, de todos os animais, segmentos do intestino com e sem reperfusão, além do pulmão e rim direitos para exame com microscopia óptica. A atividade da catalase foi aferida em espectrofotômetro ajustado para 240 nm. Utilizaram-se os testes estatísticos Mann e Whitney e Kruskal Wallis. RESULTADOS: Observou-se aumento significante (p Resumo em inglês OBJECTIVE: This study aimed to assess the catalase activity after ischemia and reperfusion and to study the changes of this antioxidant in organs located far from the initial insult. METHODS: Eighteen Wistar rats were randomly divided into three groups. 1-Control, 2-Simulation and 3-Ischemia and Reperrfusion. In the latter it was done an ischemia of the ileum for 60 minutes followed by reperfusion for 30 minutes. In group 2 only laparotomy was performed. From all animals (mais) it was taken segments of the reperfused and non reperfused intestine, as well of the right kidney and lung to be evaluated under light microscopy. Catalase activity was measured in spectrophotometer with a wavelength set to 240 nm. It was used Mann Whitney and Kruskal Wallis statistical tests. RESULTS: There was a significant increase (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Alterações fetais induzidas pelo uso de antiinflamatórios durante a gestação/ Fetal alterations induced by the use of antiinflammatory drugs during gestation

Fonseca, Cláudia Sampaio; Viloria, Marlene Isabel Vargas; Repetti, Leandro
2002-06-01

Resumo em português Em geral, todos os efeitos dos antiinflamatórios estão relacionados com a inibição da ciclo-oxigenase (COX) do ácido araquidônico e, portanto, inibição da produção de prostaglandinas e tromboxanos. Existem dois tipos de COX, quais sejam COX-1 e COX-2. A COX-1 é uma enzima constitucional expressa em muitos tecidos, incluindo plaquetas sangüíneas, e está envolvida na homeostase tecidual. Por outro lado, a COX-2 é induzida em células inflamatórias quando ela (mais) s são ativadas, sendo considerada a enzima que produz os mediadores da inflamação da classe dos prostanóides. A ação dos antiinflamatórios está relacionada à inibição da COX-2 e é provável que seus efeitos indesejados se devam principalmente à inibição da COX-1. Tratamentos maternos com antiinflamatórios não esteroidais (AINEs) têm sido associados, com freqüência, à vasoconstrição do ducto arterioso fetal, hipertensão arterial pulmonar e inibição da agregação plaquetária. Alterações na hemostasia são alguns dos efeitos colaterais produzidos pelo uso incontrolado dos AINEs, os quais induzem a um desequilíbrio na liberação de prostaglandinas e tromboxanos, que se reflete na adesividade e agregação plaquetária. As alterações hemostáticas observadas em neonatos, decorrentes do uso de salicilatos pela mãe, ocorrem devido à inibição da agregação plaquetária e à diminuição da atividade do fator XII relacionado à coagulação sangüínea. Estudos em camundongos revelaram que o uso de corticóides durante a gestação pode levar a anormalidades no desenvolvimento fetal, por alterações na diferenciação celular. Resumo em inglês In general, all effects of the antiinflammatory drugs are related to the inhibition of the arachidonic acid and inhibition of prostaglandins and tromboxans production. Two types of ciclo-oxygenasis (COX) exist, which are COX-1 and COX-2. COX-1 is a constitutional enzyme expressed in many sites, including platelets, and is involved in tecidual homeostasis. On the other hand, COX-2 is induced in inflammatory cells when they are activated, and it is considered as being the e (mais) nzyme that produces the mediators of the inflammation. The action of antiinflammatory drugs is related to the inhibition of COX-2 and is probable that their undesirable effects are due mainly to the inhibition of COX-1. Maternal treatments with NSAIDs have been frequently associated, with the vasoconstriction of the fetal ductus arteriosus, lung arterial hypertension and inhibition of platelet aggregation. Alterations in hemostasis are some of the collateral effects produced by the indiscriminate use of NSAIDs, which induce to an unbalance in the prostaglandins and tromboxans liberation, that are reflected in the adhesiveness and platelet aggregation. The haemostatic alterations observed in neonates, caused by salicilates’s ingestion by the mother, are due to inhibition of the platelet aggregation and the decrease of the activity of the factor XII related to the clotting. Studies in mice revealed that corticoids’s use during the gestation can lead to abnormalities in fetal development, because of the alterations in the cellular differentiation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Adenocarcinoma pulmonar em um bovino/ Pulmonary adenocarcinoma in a bovine

Viott, Aline de Marco; Langohr, Ingeborg Maria; Vannucci, Fábio Augusto; Almeida, Aliny Pontes; Leite, Rômulo Cerqueira; Ecco, Roselene
2010-02-01

Resumo em português Um bovino Guzerá, fêmea, adulto, com histórico de insuficiência cardíaca congestiva direita de duração de duas semanas, morreu durante o transporte ao hospital veterinário. À necropsia, o lobo pulmonar cranial esquerdo estava moderadamente aumentado de tamanho e firme. O parênquima do lobo afetado era branco e continha múltiplas áreas de 0,3 a 1,5cm de diâmetro, amareladas e caseosas. Alterações semelhantes foram observadas nos linfonodos mediastínicos e b (mais) rônquicos, no pericárdio parietal, no epicárdio e na adventícia da artéria pulmonar. Histologicamente, a massa tecidual do lobo pulmonar era constituída por células epiteliais neoplásicas de padrão acinar, com duas ou mais camadas celulares, algumas com projeções papilares intraluminais. A anisocariose era acentuada, e o índice mitótico, moderado (dois a três por campo de maior aumento). Envolvendo as neoformações, observava-se abundante tecido conjuntivo fibroso. Focos de necrose e mineralização eram multifocais moderados. Alterações histológicas semelhantes foram observadas nos linfonodos brônquicos, nos mediastínicos, nos pericárdios visceral e parietal e na adventícia da artéria pulmonar. Com exceção do fígado com congestão generalizada crônica, não foram observadas alterações macro e microscópicas em outros órgãos. Os achados histológicos foram compatíveis com adenocarcinoma pulmonar, com metástases regionais. O quadro de insuficiência cardíaca congestiva direita provavelmente foi decorrente do impedimento da drenagem linfática pelas metástases. Resumo em inglês An adult Guzera cow, dysplaying for two weeks signs of right-sided congestive heart failure died during the transport to the veterinary hospital. At necropsy, the left cranial lung lobe was moderately increased in volume and firm. The parenchyma of the affected lung lobe was white and contained multiple 0.3 to 1.5cm in diameter, yellow, dry, friable nodules. Similar changes were observed in bronchial and mediastinal lymph nodes, parietal pericardium, epicardium, and adven (mais) titia of the pulmonary artery. Microscopically, the pulmonary tissue mass was composed of neoplastic epithelial cells arranged in acini lined by two or more layers, some with intraluminal papillary projections. Anisokaryosis was marked, and mitotic index was moderate (2-3 mitosis in high field). Abundant fibrous connective tissue surrounded the neoplastic cell aggregates. Foci of necrosis and mineralization were moderate. Similar microscopic changes were observed in bronchial and mediastinal lymph nodes, visceral and parietal pericardium and adventitia of the pulmonary artery. With liver chronic generalized congestion exception, no other macro or microscopic lesions were observed. Microscopic findings were consistent with pulmonary adenocarcinoma with regional metastases. The right-sided congestive heart failure was probably due to obstruction of lymphatic drainage by metastases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Aborto ovino associado com infecção por Sarcocystis sp/ Ovine abortion associated with Sarcocystis sp. infection

Pescador, Caroline A.; Corbellini, Luís G.; Oliveira, Eduardo C. de; Bandarra, Paulo M.; Leal, Juliano S.; Pedroso, Pedro M.O.; Driemeier, David
2007-10-01

Resumo em português Infecções por protozoários têm distribuição mundial e podem causar aborto, nascimentos prematuros e ou morte fetal em diversas espécies animais. Em julho de 2004, oito ovinos Corriedale apresentaram problemas reprodutivos caracterizados por aborto e natimortalidade no terço final da gestação. Dessas oito perdas, um natimorto macho foi enviado ao Setor de Patologia Veterinária para necropsia. Alterações macroscópicas não foram observadas durante a necropsia. (mais) Lesões histológicas foram observadas principalmente no cérebro e coração e se caracterizaram por encefalite não-supurativa multifocal acentuada associada à presença de protozoários no interior de células endoteliais e vasos sanguíneos e miocardite não-supurativa focal leve. Alguns desses organismos apresentaram formato de roseta. O teste de imunoistoquímica anti-Toxoplasma gondii foi negativo, mas houve reação cruzada com anticorpo anti-Neospora caninum. O exame de imunofluorescência direta para Leptospira sp. foi negativo. A bacteriologia aeróbica e micro-aeróbica não revelou crescimento significativo. Esses achados foram compatíveis com o diagnóstico de Sarcocystis sp. Resumo em inglês Protozoal infection has worldwide distribution and may cause abortion, premature parturition or fetal death in almost all domestic animals. In July 2004, eight Corriedale sheep showed abortion and stillbirth in the third trimester of gestation. Of these reproductive losses, one stillborn male was submitted to the Laboratory of Veterinary Pathology for necropsy investigation. The direct immunofluorescence test for Leptospira sp. was negative. No significant bacteria was is (mais) olated from lung and liver by aerobic and microaerobic cultures. Macroscopic lesions were not found in any fetal tissue. The histological lesions were observed mainly in the brain and heart and consisted primarily of severe multifocal nonsupurative encephalitis and nonsuppurative myocarditis. Schizonts of a protozoan parasite consistent with Sarcocystis sp. were found in the endothelial cells and vascular endothelium in several organs. Many schizonts with merozoites arranged in a rosette-like pattern were observed in brain and kidney tissues. In sections stained with periodic acid-Schiff (PAS), the limiting membrane of some schizonts appeared to be weakly PAS-positive. Merozoites and nuclei were PAS-negative. Protozoa did not react immunohistochemically to the antibody anti-Toxoplasma gondii; however, cross-reactivity was observed with Neospora caninum antibody. These findings were consistent with the diagnosis of Sarcocystis sp.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

A espirometria na avaliação pré e pós-transplante de medula óssea/ Pre-operative and post-operative spirometry in bone marrow transplant patients

Mancuzo, Eliane Viana; Silva, Walace Espada da; Rezende, Nilton Alves de
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar os resultados da espirometria de pacientes submetidos a transplante de medula óssea e verificar sua importância na detecção de complicações pulmonares e sua correlação com a evolução dos pacientes. MÉTODOS:Foram analisados retrospectivamente os resultados da espirometria em 120 pacientes, maiores de doze anos, de ambos os sexos, e comparados com o tipo de transplante de medula óssea, doença de base, sorologia para citomegalovírus, fonte de (mais) células para o transplante, tabagismo, infecção pulmonar, doença pulmonar prévia, duração da doença hematológica, quimioterapia utilizada, regime de condicionamento, doença do enxerto contra o hospedeiro aguda e crônica e óbito. RESULTADOS: Dezesseis pacientes apresentaram alterações da espirometria antes do transplante, sendo 5% com obstrução pura, 5,8% com restrição pura e 2,5% com obstrução com redução da capacidade vital. Após o transplante 29 pacientes apresentaram alterações desses exames. A chance de alteração da espirometria foi maior nos pacientes com doença do enxerto contra o hospedeiro aguda (p = 0,02), idade menor que 30 anos (p = 0,02), sexo feminino (p = 0,02) e naqueles que receberam células tronco (p = 0,01). As presenças de doença pulmonar prévia e doença do enxerto contra o hospedeiro crônica associaram-se com aumento da mortalidade. Alterações prévias da espirometria não estiveram relacionadas com o óbito pós-transplante. CONCLUSÃO: As alterações detectadas na espirometria não foram capazes de predizer a ocorrência de complicações pulmonares e óbito pós-transplantes. Também não foram determinantes para a não realização do procedimento. A espirometria simples realizada na avaliação desses pacientes parece ter pouca importância prática. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the spirometry findings in patients undergoing bone marrow transplant, determining the importance of such findings in predicting postoperative pulmonary complications and looking for correlations with postoperative outcomes. METHODS:The spirometry findings in 120 male and female patients, all above the age of 12, were evaluated retrospectively and compared in terms of the following parameters: the type of bone marrow transplant; the underlying diseas (mais) e; cytomegalovirus serology; source of the transplanted cells; smoking; pulmonary infection; history of lung disease; duration of the hematological disease; chemotherapy employed; conditioning regimen; acute or chronic rejection of the transplant; and post-operative mortality. RESULTS: In the pre-operative spirometry, 16 patients (13.3%) presented alterations: 6 (5%) presented pure obstruction; 7 (5.8%) presented pure restriction; and 3 (2.5%) presented obstruction accompanied by a reduction in vital capacity. In the post-operative spirometry, 29 patients (24.2%) presented alterations. The chance of presenting post-operative spirometry alterations was greater in patients presenting acute transplant rejection (p = 0.02), patients older than 30 (p = 0.02), female patients (p = 0.02) and patients receiving stem cells (p = 0.01). Having a history of lung disease was found to be associated with greater mortality, as was suffering from chronic transplant rejection. No relationship was found between pre-operative spirometry alterations and post-operative mortality. CONCLUSION: In bone marrow transplant patients, the alterations found through pre-operative spirometry were not predictive of post-operative pulmonary complications or mortality. Nor were such alterations determinant of whether or not a given patient was a good candidate for bone marrow transplant. Simple spirometry seems to be of little practical importance in the evaluation of such patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)