Sample records for line narrowing
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 1 shown.



1

Tratamento do trauma duodenal complexo: comparação entre sutura simples e sutura associada à exclusão pilórica e gastrojejunostomia em cães/ Treatment of complex duodenal lesions: comparison between simple repair and repair associated to pyloric exclusion and gastrojejunostomy in dogs

Pierro, André Canesso; Mantovani, Mario; Reis, Norair Salviano dos; Morandin, Rosana Celestina; Fraga, Gustavo Pereira
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar uma série de parâmetros obtidos de dois tratamentos diferentes para uma lesão duodenal complexa (grau III), produzida experimentalmente. MÉTODOS: Foram utilizados 24 cães mestiços, com peso variando entre 10 e 15 kg, divididos em 4 grupos de 6 animais. Em todos os cães provocou-se uma lesão duodenal complexa, grau III, com perda de aproximadamente 50% da sua circunferência, e realizou-se sutura no sentido longitudinal, produzindo alto grau de e (mais) stenose duodenal. Nos grupos A e C realizou-se apenas a sutura duodenal, enquanto nos grupos B e D, além desta sutura, associou-se o método de exclusão pilórica e gastrojejunostomia, como método de proteção. Os cães dos grupos A e B foram submetidos à eutanásia no 7º dia pós-operatório, e os dos grupos C e D, no 14º dia. Os parâmetros estudados foram os seguintes: perda de peso, índice de estenose duodenal, evolução da cicatrização duodenal, ocorrência de vômitos, incidência de fístulas ou abscessos intracavitários e incidência de óbitos. RESULTADOS: O tratamento com sutura simples mostrou-se mais eficaz, no presente estudo, já que proporcionou menor perda de peso e menor incidência de vômitos entre os animais, além de ser um procedimento menos traumático. Não houve diferenças quanto ao índice de estenose duodenal, processo cicatricial da sutura duodenal, incidência de fístula, abscesso intracavitário ou, mesmo, morte entre os dois tratamentos. demonstrando que a exclusão pilórica e gastrojejunostomia não ofereceram vantagens quanto a sua aplicação. CONCLUSÃO: A sutura duodenal associada à exclusão pilórica e gastrojejunostomia proporcionou maior perda média de peso e maior incidência de vômitos entre os cães; o processo cicatricial da área duodenal suturada foi semelhante entre os dois tratamentos; ambos os tratamentos proporcionaram aumento médio dos índices de estenose duodenal semelhantes; não houve casos de deiscência de sutura, fístula, abscesso intra-abdominal, ou morte, relacionados diretamente aos tipos de tratamento; todos os animais submetidos ao fechamento pilórico apresentaram-no fechado, no momento da necropsia. Resumo em inglês PURPOSE: The goal of this study is to compare the results of two different procedures to complex duodenal lesion (grade III), in an animal model. METHODS: Twenty-four mongrel dogs, weighting 10 to 15 kg, were distributed in 4 groups of 6 animals each. All animals were submitted to a complex duodenal lesion (grade III), with a 50% loss of its circumference. All animals were treated with a longitudinal repair, resulting a significant narrowing of the duodenal lumen. Groups (mais) A and C animals were submitted solely to repair while groups B and D, also underwent pyloric exclusion and gastrojejunostomy as a protection method. Groups A and B animals were sacrificed at day 7 post op, while groups C and D were sacrificed at day 14. The following parameters were studied: weight-loss, degree of duodenal stenosis, operative site, vomiting, anastomotic leak, intra-abdominal abscess formation and death. RESULTS: The results obtained with simple duodenal repair were superior to pyloric exclusion and gastrojejunostomy in that the animals lost less weight and vomited less. It was also a simpler and less traumatic procedure. There were no differences in duodenal stenosis, leak, intra-abdominal abscess incidence or death between the two treatment groups. CONCLUSION: Duodenal suture associated to pyloric exclusion and gastrojejunostomy resulted more weight-loss and more vomiting incidence; the healing process of the duodenal suture line were similar between the two treatments; both treatments resulted similar increase in the duodenal stenosis degree; there were no cases of suture dehiscence, anastomotic leak, intra-abdominal abscess or death related to the kind of treatment; all animals submitted to pyloric occlusion had it intact at the time of necropsis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)