Sample records for leguminosae
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Leguminosae do município de Poconé, Pantanal de Poconé, Mato Grosso, Brasil/ Leguminosae at Poconé, Pantanal of Poconé, Mato Grosso, Brazil

Silva, Rosilene Rodrigues
2010-12-01

Resumo em português Este trabalho apresenta o levantamento florístico de Leguminosae do município de Poconé, localizado no Pantanal de Poconé, Mato Grosso, Brasil, entre as coordenadas 16° 00´-17° 38´ S e 55° 59´ 46"-57º 38´ 38" W. Coletas assistemáticas de espécimes de Leguminosae foram feitas entre 2007 e 2009 e o material tombado no Herbário UFMT. Na área de estudo, Leguminosae está representada por 54 gêneros e 99 espécies e duas variedades, sendo 12 gêneros e 29 esp� (mais) �cies e duas variedades pertencentes à subfamília Caesalpinioideae, 12 gêneros e 19 espécies pertencentes à subfamília Mimosoideae, e 30 gêneros e 51 espécies à Papilionoideae. Senna foi o gênero mais expressivo (7 ssp.), seguido por Bauhinia e Desmodium (5), Chamaecrista, Inga e Mimosa (4), Copaifera, Crotalaria, Discolobium, Indigofera e Stylosanthes (3), Aeschynomene, Albizia, Andira, Eriosema, Galactia, Hymenaea, Machaerium, Phanera, Pterodon, Sesbania, Vigna e Zornia (2), e os demais gêneros com uma espécie cada. Houve um acréscimo de 30 espécies não citadas previamente para a região do Pantanal. Dentre as espécies registradas podemos salientar o primeiro registro para o município e estado de Chamaecrista mucronata (Spreng.) H.S. Irwin & Barneby. Resumo em inglês This paper presents a floristic survey of Leguminosae at Poconé township, situated in Pantanal of Poconé, Mato Grosso State, Brazil, among 16° 00´-17° 38´ S and 55° 59´ 46"-57º 38´ 38" W. Unsystematic collects of specimens of Leguminosae were done between 2007 and 2009 and the material was deposited in the UFMT Herbarium. In the study area, Leguminosae is represented by 54 genera and 99 species and two varieties, of which 12 genera and 29 species and two varieti (mais) es belongs to the subfamily Caesalpinioideae, 12 genera and 19 species to subfamily Mimosoideae, and 30 genera and 51 species to subfamily Papilionoideae. Senna was the most expressive genus (7 spp.), followed by Bauhinia and Desmodium (5), Chamaecrista, Inga and Mimosa (4), Copaifera, Crotalaria, Discolobium, Indigofera and Stylosanthes (3), Aeschynomene, Albizia, Andira, Eriosema, Galactia, Hymenaea, Machaerium, Phanera, Pterodon, Sesbania, Vigna and Zornia (2), while the other ones presents only one species each. An increase of 30 species not cited to Pantanal region. Amongst the species that have been registered we can emphasize Chamaecrista mucronata (Spreng.) H.S. Irwin & Barneby as a first record to Poconé and Mato Grosso State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Leguminosae, Papilionoideae no Parque Estadual do Rio Doce, Minas Gerais, Brasil. II: árvores e arbustos escandentes/ Leguminosae, Papilionoideae at Parque Estadual do Rio Doce, Minas Gerais, Brazil. II: trees and climbing shrubs

Bortoluzzi, Roseli Lopes da Costa; Carvalho-Okano, Rita Maria de; Garcia, Flávia Cristina Pinto; Tozzi, Ana Maria Goulart de Azevedo
2004-03-01

Resumo em português Este estudo relata o levantamento florístico de táxons de Papilionoideae arbóreos e arbustivo-escandentes em floresta semidecídua, no Parque Estadual do Rio Doce, localizado ao leste de Minas Gerais. O trabalho de campo foi realizado no período de abril/1998 a maio/1999, quando foram conduzidas visitas mensais para coletas de material botânico ao longo de trilhas e da estrada principal. O levantamento resultou em 22 táxons pertencentes a oito gêneros. São apresentados chave de identificação, descrições, ilustrações e comentários sobre os táxons analisados. Resumo em inglês This work is a floristic survey of arboreous and climbing shrub taxa of Papilionoideae in a semideciduos forest at Parque Estadual do Rio Doce, eastern Minas Gerais State. Field work was carried out from April/1998 to May/1999, when montly visits were conducted to collect botanical material along trails and of the main road. The floristic survey resulted in 22 taxa belonging to eight genera. An identification key, descriptions, illustrations and comments on the analyzed taxa are presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Flavonoides de Lonchocarpus campestris (Leguminosae)/ Flavonoids from Lonchocarpus campestris (Leguminosae)

Pires, Andreza Maria L.; Silveira, Edilberto R.; Pessoa, Otília Deusdênia L.
2011-01-01

Resumo em inglês A new flavone named 3,4',5,6-tetramethoxy-[2'',3'':7,8]furanoflavone besides the known flavonoids (2S,3R,4S)-3,4,5,8-tetramethoxy-[2'',3'':6,7]-furanoflavan, 3,6-dimethoxy-2'',2''-dimethylcromene-[2'',3'':7,8] -flavone, 3,5,6-trimethoxy-[2'',3'':7,8]-furanoflavone, 2,4',4,5-tetramethoxy-[2'',3'':6,7]-furanodihydroaurone, (2R,3S,4S)-3,4,5,6-tetramethoxy-[2'',3'':7,8]-furanoflavan and 3',4'-methylenodioxy-5,6-dimethoxy-[2'',3'':7,8]-furanoflavone were isolated from the root (mais) barks of Lonchocarpus campestris. The complete ¹H and 13C NMR assignments of the new furan flavonoid was performed using 1D and 2D pulse sequences, including COSY, HMQC and HMBC experiments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Diversidade de Leguminosae em uma área de savana do estado de Roraima, Brasil/ Leguminosae diversity in a savanna area of Roraima, Brazil

Flores, Andréia Silva; Rodrigues, Rodrigo Schütz
2010-03-01

Resumo em português Leguminosae é considerada a família mais diversa nas savanas de Roraima, que são as maiores áreas de savana da Amazônia brasileira. Este trabalho tem como objetivos fornecer uma listagem florística e analisar os padrões de distribuição geográfica dos táxons de Leguminosae encontrados em uma área de savana em Boa Vista, Roraima (02º52´07´´N; 60º43´03´´W). Foram registrados 80 táxons distribuídos em 38 gêneros. Seis táxons são novos registros para a (mais) flora de Roraima. Os gêneros que apresentaram o maior número de espécies foram Aeschynomene e Chamaecrista, cada um com sete espécies. Leguminosae-Papilionoideae foi a subfamília mais diversa em número de gêneros (24) e de táxons infragenéricos (53). A análise da distribuição geográfica revelou a predominância de táxons com padrão neotropical. A área estudada representa um sítio diverso em táxons de Leguminosae, pois concentra cerca de 87% da diversidade citada para a família nas savanas de Roraima. Resumo em inglês Leguminosae is the most diverse family in the savannas of Roraima, which are the largest savanna areas in the Brazilian Amazon. This paper presents a floristic survey and an analysis of the geographic distribution patterns of Leguminosae taxa in a savanna area at Boa Vista, Roraima (02º52´07´´N; 60º43´03´´W). The survey identified 80 taxa belonging to 38 genera. Six taxa are new records for the flora of Roraima. The best-represented genera were Aeschynomene and Ch (mais) amaecrista, both with seven species each. Leguminosae-Papilionoideae was the most diverse subfamily based on the number of genera (24) and infrageneric taxa (53). The phytogeographical analysis revealed predominance of taxa with a Neotropical distribution. The savanna site analyzed represents a legume diverse area, because it concentrates 87% of legume diversity referred for the savannas of Roraima.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

O gênero Senna (Leguminosae, Caesalpinioideae) no Rio Grande do Sul, Brasil/ The genus Senna (Leguminosae, Caesalpinioideae) in Rio Grande do Sul State, Brazil

Rodrigues, Rodrigo Schütz; Flores, Andréia Silva; Miotto, Sílvia Teresinha Sfoggia; Baptista, Luís Rios de Moura
2005-03-01

Resumo em português Este trabalho apresenta o estudo taxonômico do gênero Senna para o Rio Grande do Sul, Brasil. São encontradas 19 espécies, sendo que Senna aphylla (Cav.) H.S. Irwin & Barneby, S. araucarietorum H.S. Irwin & Barneby, S. pendula (Willd.) H.S. Irwin & Barneby, S. scabriuscula (Vogel) H.S. Irwin & Barneby e S. spectabilis (DC.) H.S. Irwin & Barneby são registradas pela primeira vez para a flora do Estado. São apresentadas chave analítica, descrições e ilustrações p (mais) ara as espécies. Além disso, são fornecidos dados sobre a distribuição geográfica, hábitat, nomes vulgares e importância econômica das espécies estudadas. Resumo em inglês This paper presents a taxonomic study of the species of the genus Senna occurring in Rio Grande do Sul State, Southern Brazil. Nineteen species were found and the occurences of Senna aphylla (Cav.) H.S. Irwin & Barneby, S. araucarietorum H.S. Irwin & Barneby, S. pendula (Willd.) H.S. Irwin & Barneby, S. scabriuscula (Vogel) H.S. Irwin & Barneby and S. spectabilis (DC.) H.S. Irwin & Barneby are recorded for the first time in Rio Grande do Sul. Analitical key, species descr (mais) iptions and illustrations are presented. Additional informations are provided concerning geographic distribution, habitats, common names and economic uses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Papilionoideae (Leguminosae) nos campos rupestres do Parque Estadual do Itacolomi, MG, Brasil/ Papilionoideae (Leguminosae) in the campos rupestres of Itacolomi State Park, Minas Gerais State, Brazil

Dutra, Valquíria Ferreira; Garcia, Flávia Cristina Pinto; Lima, Haroldo Cavalcante de
2009-03-01

Resumo em português O presente trabalho trata do estudo florístico de Papilionoideae dos Campos Rupestres do Parque Estadual do Itacolomi (PEI), localizado no sul da Cadeia do Espinhaço. O trabalho de campo foi realizado no período entre setembro/2003 e outubro/2004. Foram encontradas 28 espécies de Papilionoideae, reunidas em 18 gêneros, sendo Desmodium o mais representativo, com cinco espécies. São fornecidos neste trabalho chaves analíticas, diagnoses, ilustrações e comentários sobre a distribuição geográfica e fenologia de cada espécie. Resumo em inglês A floristic study of Papilionoideae in the campos rupestres of Itacolomi State Park, South Espinhaço Range, was carried out. Field work took place from September 2003 to October 2004. Twenty eight species of Papilionoideae, grouped into 18 genera, were found. Desmodium was the most representative with five species. Analytical keys, diagnoses, illustrations and comments on the geographic distribution and phenology of each species are also presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Diferenças no padrão da atividade alelopática em espécies da família Leguminosae/ Differences in allelopathic activity patterns in Leguminosae

Mourão Júnior, M.; Souza Filho, A.P.S.
2010-01-01

Resumo em português As inúmeras espécies de plantas que compõem a floresta amazônica podem representar excelente alternativa para fazer frente ao desafio de desenvolver a agricultura conforme as exigências da sociedade. Neste trabalho, procurou-se determinar e caracterizar o padrão de atividade alelopática em espécies da família Leguminosae, em função de variações de espécies, fonte de extratos e sensibilidade da planta receptora. Bioensaios de germinação de sementes e alonga (mais) mento da radícula e do hipocótilo foram desenvolvidos em condições controladas. Os resultados indicam que as espécies estudadas não apresentaram padrão semelhante no tocante aos efeitos potenciais alelopáticos, havendo, entretanto, hierarquização no tocante à intensidade dos efeitos globais, sendo o potencial alelopático inibitório mais amplo e efetivo nas espécies Bauhinia guianensis, Bowdichia virgiloides, Parkia pendula e Platimenia reticulata. O potencial alelopático foi efetivo e mais restrito em Bauhinia macrostachya. O fator fração das plantas revelou diferenciação no padrão de atividade: para a maioria das espécies, as folhas foram a principal fonte de aleloquímicos, e para Bauhinia macrostachya e Inga edulis, a raiz. Em termos de padrão de respostas das espécies receptoras, o alongamento da radícula é mais sensível aos efeitos dos extratos, ficando o alongamento do hipocótilo como o de menor sensibilidade. Os efeitos dos extratos foram mais intensos sobre Mimosa pudica. Esses resultados também atribuem à floresta amazônica importância como fonte de compostos químicos de interesse para o homem, o que, em si, justifica sua preservação. Resumo em inglês Innumerous plant species in the Amazon forest may be an excellent alternative to meet society's demand for natural products. This work aimed to determine and characterize the pattern of allelopathic activity in species of the Leguminosae family, according to species variation, extract source, and receptor plant sensitivity. Bio assays of seed germination and radicle and hypocotyl elongation were developed under controlled conditions. The results indicated that the species (mais) studied do not present a similar pattern regarding the potential allelopathic effects; however, there is a hierarchy concerning the intensity of the global effects, with the allelopathic inhibitory potential being more extensive and effective for the species Bauhinia guianensis, Bowdichia virgiloides, Parkia pendula and Platimenia reticulate, and more restricted and effective for Bauhinia macrostachya. The plant fraction factor showed differences in the activity pattern, with the leaves being the main source of allelochemicals for most species, and the roots, for Bauhinia macrostachya and Inga edulis. In terms of response pattern of the receptor plants, radicle elongation is more sensitive to the effects of the extracts, with hypocotyl elongation being the least sensitive. The effect of the extracts was more intense for Mimosa pudica. These results confirm the importance of the Amazon forest as a source of chemical compounds of interest to mankind, which by itself justifies its preservation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

O gênero Inga Mill. (Leguminosae - Mimosoideae) no estado do Paraná, Brasil/ The genus Inga Mill. (Leguminosae - Mimosoideae) in Paraná state, Brazil

Possette, Rafael Fernando da Silva; Rodrigues, William Antônio
2010-06-01

Resumo em português O tratamento taxonômico do gênero Inga no Estado do Paraná, Brasil, foi baseado em coleções de herbário, trabalhos de campo e consulta à literatura referente ao gênero Inga disponível até a presente data. Doze táxons do gênero são assinalados, incluindo 10 espécies e 2 subespécies: I. barbata Benth., I. edulis Mart., I. edwallii (Harms.) T. D.Penn., I. laurina (Sw.) Willd., I. lentiscifolia Benth., I. marginata Willd., I. sellowiana Benth., I. sessilis (Vel (mais) l.) Mart., I. striata Benth., I. subnuda subsp. luschnathiana (Benth.) T. D. Penn., I. vera subsp. affinis (DC) T. D. Penn. e I. virescens Benth.. São apresentadas chave de identificação, descrições e ilustrações além de serem fornecidos dados sobre distribuição geográfica, hábitat, época de floração e frutificação e o grau de conservação dos táxons em seu ambiente natural no Estado do Paraná. Resumo em inglês Taxonomic treatment of the genus Inga in Paraná state, Brazil, was based on field work, herbaria materials and consultation of the literature concerning the genus Inga available up to now. Twelve taxa of the genus are presented, including 10 species and 2 subspecies: I. barbata Benth., I. edulis Mart., I. edwallii (Harms.) T. D.Penn., I. laurina (Sw.) Willd., I. lentiscifolia Benth., I. marginata Willd., I. sellowiana Benth., I. sessilis (Vell.) Mart., I. striata Benth., (mais) I. subnuda subsp. luschnathiana (Benth.) T. D. Penn., I. vera subsp. affinis (DC) T. D. Penn. and I. virescens Benth.. An identification key, descriptions and illustrations of Inga taxa from the study area are presented. Additional information on geographic distribution, habitat, flowering and fruiting period and conservation status in their natural habitat in Paraná state are provided.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Papilionoideae (Leguminosae) nos campos ferruginosos do Parque Estadual do Itacolomi, Minas Gerais, Brasil: florística e fenologia/ Papilionoideae (Leguminosae) of "campos ferruginosos" of Itacolomi State Park, Minas Gerais, Brazil

Dutra, Valquíria F.; Messias, Maria Cristina T.B.; Garcia, Flávia Cristina P.
2005-09-01

Resumo em português Foi realizado um levantamento florístico das espécies de Papilionoideae (Leguminosae) ocorrentes nos campos ferruginosos do Parque Estadual do Itacolomi (PEI), situado nos municípios de Ouro Preto e Mariana, estado de Minas Gerais. As coletas foram feitas no período de março de 2001 a maio de 2002. Foram identificadas 20 espécies de Papilionoideae, pertencentes a 13 gêneros. Os gêneros mais representativos em número de espécies foram Desmodium (4), Crotalaria (3 (mais) ), Machaerium e Stylosanthes, com duas espécies cada. Os demais gêneros foram representados por apenas uma espécie cada. No estudo fenológico das espécies, foram constatadas correlações entre fatores climáticos (temperatura e precipitação) e a perda de folhas, brotação, floração e frutificação. Resumo em inglês A floristic survey of Papilionoideae species was carried out in "campos ferruginosos" of Itacolomy State Park (PEI), situated between Ouro Preto and Mariana cities, Minas Gerais. The collections was made from March, 2001 to May, 2002. Twenty species of 13 genera of Papilionoideae were identified. The genera that had more representative number of species were Desmodium (4), Crotalaria (3), Machaerium (2) and Stylosanthes (2). The others had only one specie each. In the phe (mais) nological study of the species, correlations between environmental parameters (temperature and rainfall) and the leaf fall, leaf flushing, flowering and the fruiting were verified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Caesalpinioideae (Leguminosae) nos Campos Rupestres do Parque Estadual do Itacolomi, MG, Brasil/ Caesalpinioideae (Leguminosae) in "Campos Rupestres" of Itacolomi State Park, Minas Gerais State, Brazil

Dutra, Valquíria Ferreira; Garcia, Flávia Cristina Pinto; Lima, Haroldo Cavalcante de
2008-06-01

Resumo em português Este trabalho consiste do estudo florístico de Caesalpinioideae dos Campos Rupestres do Parque Estadual do Itacolomi (PEI), localizado no sul da Cadeia do Espinhaço. As coletas foram mensais, no período entre setembro/2003 e outubro/2004. Foram encontradas 13 espécies de Caesalpinioideae, reunidas em três gêneros: Bauhinia, Chamaecrista e Senna. O gênero Chamaecrista foi o que mais se destacou em número de espécies. Foram elaboradas chaves para identificação da (mais) s espécies, além de diagnoses, ilustrações e comentários sobre afinidades, distribuição geográfica e fenologia das mesmas. Resumo em inglês This work consists of a floristic study of the Caesalpinioideae in "Campos Rupestres" at Itacolomi State Park, southern Espinhaço Range. Collections were carried out monthly from September 2003 to October 2004. Thirteen species of Caesalpinioideae belonging to three genera were found: Bauhinia, Chamaecrista and Senna. The genus Chamaecrista had the highest number of species. Species identification keys are presented, as well as descriptions, illustrations and comments on morphological relationships, geographic distribution and phenology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Caesalpinioideae (leguminosae) lenhosas na Estação Ambiental de Volta Grande, Minas Gerais, Brasil/ Woody Caesalpinioideae (leguminosae) species at the Estação Ambiental de Volta Grande, Minas Gerais, Brazil

Filardi, Fabiana Luiza Ranzato; Garcia, Flávia Cristiana Pinto; Okano, Rita Maria de Carvalho
2009-12-01

Resumo em português Este trabalho apresenta o levantamento florístico das Caesalpinioideae lenhosas nas formações de Cerrado e de Floresta Semidecidual, da Estação Ambiental de Volta Grande. A área de estudo, localizada no Triângulo Mineiro, faz parte do complexo da Usina Hidrelétrica Estadual de Volta Grande, reúne 391 ha e retrata 30 anos de regeneração natural. Foram registrados 14 táxons da subfamília, reunidos em 11 gêneros e quatro tribos. Caesalpinieae foi a tribo mais r (mais) epresentada (Dimorphandra Schott, Diptychandra Tul, Peltophorum (Vogel) Benth., Pterogyne Tul. e Tachigali Aubl.), seguida por Cassieae (Apuleia Mart., Chamaecrista Moench e Senna Mill.), Detarieae (Copaifera L. e Hymenaea L.) e Cercideae (Bauhinia L.). O gênero mais representativo foi Senna (4 spp.), enquanto os demais foram representados por uma espécie cada. Apresentam-se chave para identificação, descrições e ilustrações, além de comentários sobre a distribuição geográfica dos táxons encontrados. Resumo em inglês This work presents the floristic survey of woody Caesalpinioideae taxa in the "Cerrado" and Semideciduous Forest vegetation, at the Estação Ambiental de Volta Grande. The area of study is located in the Triângulo Mineiro and belongs to the Companhia Energética de Minas Gerais. It covers 391 ha and represents 30 years of natural regeneration. Fourteen taxa were reported for the subfamily, distributed in 11 genera and four tribes. Caesalpinieae was the most representati (mais) ve tribe (Dimorphandra Schott, Diptychandra Tul., Peltophorum (Vogel) Benth., Pterogyne Tul. and Tachigali Aubl.), followed by Cassieae (Apuleia Mart., Chamaecrista Moench and Senna Mill.), Detarieae (Copaifera L. and Hymenaea L.) and Cercideae (Bauhinia L.). The most representative genus was Senna (4 spp.). Each one of the others was represented by one species. Identification key, descriptions and illustrations are presented for the sampled taxa, besides comments about their geographical distribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

O gênero Collaea DC. (Leguminosae, Papilionoideae) na Região Sul do Brasil/ The genus Collaea DC. (Leguminosae, Papilionoideae) in South Brazil

Ceolin, Guilherme Bordignon; Miotto, Sílvia Teresinha Sfoggia
2009-12-01

Resumo em português Este trabalho apresenta os resultados do levantamento florístico e estudo taxonômico abrangendo o gênero Collaea na Região Sul do Brasil. Este gênero é exclusivamente sul-americano, possuindo seis ou sete espécies, distribuídas pelo Peru, Bolívia, Brasil, Paraguai e no norte e centro da Argentina. Para a Região Sul foram confirmadas três espécies: Collaea aschersoniana (Taub.) Burkart, C. speciosa (Loisel.) DC. e C. stenophylla (Hook. et Arn.) Benth. É aprese (mais) ntada uma chave para a identificação dos táxons estudados, além de ilustrações, descrições e dados ecológicos. Resumo em inglês We carried out a floristic survey and taxonomic study of the genus Collaea DC. (Leguminosae, Papilionoideae) in South Brazil. This genus occurs exclusively in South America, including six or seven species found in Peru, Bolivia, Brazil, Paraguay, central and northern Argentina. In South Brazil, three species were confirmed: Collaea aschersoniana (Taub.) Burkart, C. speciosa (Loisel.) DC. and C. stenophylla (Hook. et Arn.) Benth. An identification key, descriptions and illustrations for all taxa are provided, as well as ecological and distribution data.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Potencial alelopático de catequinas de Tachigali myrmecophyla (leguminosae)/ Allelopathic potential of catechins of the Tachigali myrmecophyla (Leguminosae)

Lôbo, Lívia T.; Castro, Kelly Christina Ferreira; Arruda, Mara Silvia P.; Silva, Milton N. da; Arruda, Alberto C.; Müller, Adolfo Henrique; Arruda, Giselle Maria Skelding P.; Santos, Alberdan Silva; Souza Filho, Antonio Pedro da Silva
2008-01-01

Resumo em inglês Two compounds, (+)-catechin and epicatechin, were isolated from leaves of T. myrmecophyla, using chromatographic techniques. The structural identification was carried out on the basis of ¹H and 13C NMR spectral data and comparison with literature data. The compounds (+)-catechin and epicatechin were submitted to germination inhibition and radicle and hypocotyl growth assays. Results showed some significant activities confirming the initial hypothesis about allelopathic properties of that plant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Papilionoideae (Leguminosae) arbóreas e lianas na estação de pesquisa, treinamento e educação ambiental (EPTEA), Mata do Paraíso, Viçosa, Zona da Mata Mineira/ Trees and lianes of the papilionoideae (Leguminosae) in the research, training and environmental education station (EPTEA), Mata do Paraíso, Viçosa, Zona da Mata Mineira

Rodrigues, Izabella Martins da Costa; Garcia, Flávia Cristina Pinto
2007-01-01

Resumo em português Este trabalho consiste em um levantamento florístico das árvores e lianas pertencentes à Papilionoideae da Mata do Paraíso, importante fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Submontana, no Município de Viçosa, Zona da Mata mineira. A pesquisa de campo foi realizada por meio de visitas à área de estudo, no período de julho/2004 a agosto/2005. Foram reconhecidos 12 táxons infra-específicos pertencentes a oito gêneros, sendo Machaerium Pers. (4 spp.) e Dal (mais) bergia L. f. (2 spp.) os mais representativos. São apresentados chaves de identificação, descrições, ilustrações e comentários sobre os táxons analisados. Dalbergia nigra (Vell.) Allemão ex Benth., espécie vulnerável, e Ormosia vicosana Rudd, endêmica da região, foram encontradas na EPTEA. Resumo em inglês This work is a floristic survey of trees and lianas of the Papilionoideae in the Mata do Paraíso, an important fragment of Submontane Semideciduous Seasonal Forest, in Viçosa, Zona da Mata Mineira. The fieldwork was carried out through visits to the studied area, from July/2004 to August/2005. Twelve taxa represented by eight genera were recorded. Machaerium Pers. (4spp.) and Dalbergia L. f. (2 spp.) were the most representatives. Identification keys, descriptions and i (mais) llustrations are presented for the analyzed taxa. Dalbergia nigra (Vell.) Allemão ex Benth., vulnerable species and, Ormosia vicosana Rudd, endemic for the region were found at EPTEA.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Flavonóides glicosilados das folhas e flores de Bauhinia forficata (Leguminosae)/ Flavonoids glycosides from leaves and flowers of Bauhinia forficata (Leguminosae)

Pizzolatti, Moacir Geraldo; Cunha Jr., Anildo; Szpoganicz, Bruno; Sousa, Eliandra de; Braz-Filho, Raimundo; Schripsema, Jan
2003-08-01

Resumo em inglês From the leaves of Bauhinia forficata kaempferol and four flavonoid glycosides, 3,7-di-O-alpha-L-rhamnopyranosylkaempferol, 3,7-di-O-alpha-L-rhamnopyranosylquercetin, 3-O-[alpha-L-rhamnopyranosyl-(1->6)-beta-D-glucopyranosyl]-7-O-alpha-L-rhamnopyranosylkaempferol and 3-O-[alpha-L-rhamnopyranosyl-(1->6)-beta-D-glucopyranosyl]-7-O-alpha-L-rhamnopyranosylquercetin were obtained. From the flowers only the flavonoid 7-O-alpha-L-rhamnopyranosylkaempferol was isolated. The struc (mais) tures were established by chemical and spectroscopic methods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Atividade anti-helmíntica dos flavonóides isolados das raízes de Andira anthelmia (Leguminosae)/ Anthelmintic activity of flavonoids isolated from roots of Andira anthelmia (Leguminosae)

Silva, Virgínia C. da; Carvalho, Mário G. de; Borba, Hélcio R.; Silva, Sandra L. C.
2008-12-01

Resumo em português As cascas e as raízes de A. anthelmia têm sido utilizadas tradicionalmente como vermífugas. Um estudo biomonitorado do extrato metanólico das raízes de A. anthelmia conduziu ao isolamento das isoflavonas biochanina A e genisteína da fração acetato de etila; biochanina A 7-O-β-D-glicopiranosídeo, biochanina A 7-O-α-L-rhamnopiranosil-(1→6)-β-D-glicopiranosídeo e biochanina A 7-O-β-D-apiofuranosil-(1→5)-β-D-apiofuranosil-(1͛ (mais) 4;6)-β-D-glicopiranosídeo da fração n-butanólica e catequina da fração metanólica. Suas estruturas foram elucidadas com base em dados espectrométricos. A atividade anti-helmíntica foi investigada em camundongos naturalmente infectados por Aspiculuris tetraptera. Os compostos isolados aplicados nos animais por via intragástrica na dose de 2,0 mg.kg-1 durante três dias consecutivos revelaram percentuais significativos na eliminação de A. tetraptera, quando comparados com o lote controle. Resumo em inglês Bioactivity-guided fractions of the methanol extract from the roots of Andira anthelmia led the isolation of the isoflavones biochanin A and genistein from the ethyl acetate fraction; biochanin A 7-O-β-D-glucopyranoside, biochanin A 7-O-α-L-rhamnopyranosyl-(1→6)β-D-glucopyranoside and biochanin A 7-O-β-D-apiofuranosyl-(1→5)-β-D-apiofuranosyl-(1→6)β-D-glucopyranoside from the n-butanol fraction and catechin from the methanol (mais) one. Their structures were elucidated on the basis of spectroscopy data. The anthelmintic activity was investigated in mice naturally infected by Aspiculuris tetraptera. The compounds administered in the animals by intragastric route in doses of 2.0 mg.kg-1, were effective in the removal of the total number of the A. tetraptera when compared with the control group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Avaliação de atividades biológicas das sementes de Stryphnodendron obovatum Benth. (Leguminosae)/ Evaluation of biological activities of the seeds of Stryphnodendron obovatum Benth. (Leguminosae)

Vasconcelos, M. C. A.; Rodovalho, N. C. M.; Pott, A.; Pott, V. J.; Ferreira, A. M. T.; Arruda, A. L. A.; Marques, M. C. S.; Castilho, R. O.; Bueno, N. R.
2004-01-01

Resumo em português Stryphnodendron obovatum Benth., conhecido como "barbatimão", é uma espécie pertencente à família Leguminosae, sub-família Mimosoideae, e é amplamente distribuído em campos e cerrados. Na medicina popular, cascas de S. obovatum são usadas no tratamento de processos inflamatórios, como cicatrizante, para diarréia, frieira. Neste trabalho investigou-se a presença de proteínas e as atividades citotóxica, antibacteriana, antifúngica do extrato salino das sement (mais) es de S. obovatum. O extrato salino S. obovatum não apresentou toxidade frente ao ensaio com Artemia salina, nem mostrou atividade antibacteriana contra Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa e Escherichia coli. Na avaliação da atividade antioxidante, o extrato salino apresentou uma CE50 de 12, 193 µg/mL, enquanto a do padrão positivo BHT foi 2,98 µg/mL. O extrato salino de S. obovatum não apresentou atividade antifúngica, tanto na técnica de bioautografia com o fungo Cladosporium sphaerospermum, quanto no método de difusão em disco, realizado com Candida albicans. Foi realizado teste de atividade enzimática na qual observou-se a hidrólise do substrato H-D-Benzoil-arginina-p-nitroanilida (Bz-Arg-pNan). Resumo em inglês Stryphnodendron obovatum Benth., popularly known as "barbatimão", belongs to the Leguminosae fami/y, of the Mimosoideae subfamily, and is present in fields and in "cerrados". S. obovatum bark is used in popular medicine for treating inflammatory processes, for healing wounds, and as cure for diarrhea and chílblain. This research investigates the presence of proteins and the cytotoxic, antifungal, antibacterial and antioxidant activities of the S. obovatum seed saline ex (mais) tract. The saline extract did not show cytotoxicity against Artemia salina nor any antibacterial activíty against Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa and Escherichia colí. The evaluation of the antioxidant activity showed a CEso=12.193 µg/mL, and the BHT positive pattern presented 2.98 µg/mL. The S. obovatum saline extract was tested against Cladosporium sphaerospermum and Candida albicans, using the bioautography technique and the disk diffusion method. Benzoyl­arginine-p-nitroanilide (Bz-Arg-pNan) was hydrolyzed by the saline extract.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Estudos morfoanatômicos da semente e da plântula de espécies de Anileiras (Indigofera L., Leguminosae)/ Morpho-anatomical studies of seeds and seedlings of wild indigo, "anileira", Indigofera- Leguminosae

Paulino, Juliana Villela; Pessine, Elisângela; Teixeira, Simone de Pádua
2010-03-01

Resumo em português O nome popular "anileira" designa Indigofera anil L., I. suffruticosa Mill. e I. truxillensis Kunth, muito semelhantes quanto à morfologia externa. Este trabalho teve por objetivo avaliar se caracteres da semente e plântula apresentavam valor diagnóstico para este grupo, já que tais caracteres têm sido muito utilizados na Taxonomia de Leguminosae. A superfície e morfoanatomia de sementes e cotilédones foram estudadas por microscopias eletrônica de varredura e de l (mais) uz, e as etapas do desenvolvimento das plântulas descritas. Embora as plântulas sejam semelhantes, caracteres de sementes (tamanho, forma, ornamentação da superfície, forma do hilo e tamanho do embrião) e cotilédones (forma, organização do parênquima lacunoso na nervura central e distribuição de metabólitos nos tecidos) apresentaram valor diagnóstico para as espécies. I. anil distingue-se de I. suffruticosa por suas sementes maiores e cotilédones com borda acuminada. I. truxillensis caracteriza-se por apresentar sementes cilíndricas e cotilédones reniformes contendo gotas de óleo e alcalóides. Nossos dados, a morfologia externa dos frutos (curvos em I. anil e I. suffruticosa, e retos em I. truxillensis) e, ainda, a anatomia foliar (células parenquimáticas grandes e fenólicas no floema de I. suffruticosa e sua ausência em I. anil) sugerem que I. anil, I. suffruticosa e I. truxillensis não devem ser sinonimizadas. Resumo em inglês The common name "wild indigo" specifies Indigofera anil L., I. suffruticosa Mill. (legitimate name) and I. truxillensis Kunth (legitimate name) that are very similar due to their external morphology. This work analyzed diagnostic characteristics of seeds and seedlings of these species since such features are widely used in taxonomic approaches within Leguminosae. We studied surface features and morpho-anatomy of seeds and cotyledons with scanning electronic microscopy and (mais) light microscopy, and described seedling phases. Although seedlings are similar, seed characteristics (size, shape, surface ornamentation, shape of the hilum and embryo size) and cotyledon characteristics (shape, trichome ornamentation, organization of spongy parenchyma along central veins and metabolite distribution in the tissues) have diagnostic features for the species. I. anil differs from I. suffruticosa in its larger seeds and acuminate-margined cotyledons. I. truxillensis is recognized by its cylindrical seeds and kidney-shaped cotyledons with large oil drops. We assume that the characteristics examined, plus fruit morphology and foliar anatomy suggest that I. anil, I. suffruticosa and I. truxillensis should not be synonymized.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Atividade antimicrobiana do óleo-resina produzido pela copaiba - Copaifera multijuga Hayne (Leguminosae)/ Antimicrobial activity of the oil-resin produced by copaiba Copaifera multijuga Hayne (Leguminosae)

Mendonça, Davidy Eduardo; Onofre, Sideney Becker
2009-06-01

Resumo em português A pesquisa de plantas com fins medicinais tem grande importância para a comunidade médica, uma destas é o óleo-resina extraído da copaíba, Copaifera multijuga Hayne, o qual é natural da região Amazônica onde é encontrado uma grande diversidade dessa espécies. Seu uso medicinal, tão difundido o torna o fitofármaco mais usado e conhecido pelas populações mais pobres da região Norte do Brasil, sendo utilizado como diurético, laxativo, antitetânico, antiblen (mais) orrágico, anti-reumático, anti-séptico do aparelho urinário, antiinflamatório, antitussígeno, cicatrizante e remédio para o combate ao câncer. O presente trabalho apresenta os resultados da avaliação da atividade antimicrobiana deste óleo, onde foi avaliado pela a técnica de difusão em ágar em meio Muller-Hinton. As cepas avaliadas foram: Escherichia coli ATCC 25922, Staphylococcus aureus ATCC 25923 e Pseudomonas aeruginosa ATCC 9027. As placas forma incubadas em estufas por 24 h em temperatura de 35 ºC. Como padrões foram utilizados os antibióticos amoxicilina (AMO-10 mg/disco), cloranfenicol (CLO-30 mg/disco) e tetraciclina (TET-30 mg/disco). Os resultados mostraram que o óleo de copaíba possui capacidade de inibir o crescimento das três bactérias avaliadas, apresentando com isso uma concentração inibitória mínima de 1,56, 3,12 e 12,5% para E. coli, S. aureus e P. aeruginosa, respectivamente. Resumo em inglês The research of plants with medicinal purposes has great importance for the medical community, one of these is the oil-resin extracted of copaíba, Copaifera multijuga Hayne, which is natural of the Amazon region where a great diversity of this species is found. Its medicinal use, the way it is widely spread out, becomes it the phytopharmacs most used and known by the poor populations at the North region of Brazil, being used as diuretic, laxative, antitetanic, antiblenor (mais) ragic, anti-rheumatic, anti-septic for urinary system, anti-inflammatory, anti-cough, cicatrizing and medicine for the combat to the cancer. The present work shows the evaluation results of this oil antimicrobial activity by the technique of diffusion in agar in Muller-Hinton ambience. The evaluated strains were: Escherichia coli ATCC 25922, 25923 Staphylococcus aureus ATCC and Pseudomonas aeruginosa ATCC 9027. The plates were incubated in hot houses for 24 h under temperature of 35 ºC. Amoxicillin antibiotics (AMO-10 mg/disco), cloranfenicol (CLO-30 mg/disco) and tetracycline used (TET-30 mg/disco) as being standard. The results showed that the oil has the capacity to inhibit the growth of three evaluated bacteria, presenting a minimum inhibitory concentration of 1,56, 3,12 and 12.5% for E. coli, S. aureus and P. aeruginosa, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Morfologia de nectários em Leguminosae senso lato em áreas de caatinga no Brasil/ Nectary morphology of Leguminosae senso lato in areas of dry seasonal forest in Brazil

Melo, Yanna; Córdula, Elisabeth; Machado, Silvia R; Alves, Marccus
2010-12-01

Resumo em português Nectários extraflorais (Nefs) são glândulas secretoras de néctar encontradas em diversas espécies de Angiospermas, inclusive Leguminosae. Essas estruturas podem se apresentar sob diferentes formas (elevados, embebidos; com ou sem estipe; cores distintas) e posições nas plantas (na raque, no pecíolo), sendo essas características relevantes aos estudos de taxonomia e sistemática. Este trabalho analisou a diversidade morfológica dos Nefs em Leguminosae de uma áre (mais) a prioritária para a conservação da caatinga no Estado de Pernambuco. As 35 espécies de Legumionsae estudadas foram coletadas no Município de Mirandiba, no semi-árido Pernambucano, e submetidas às técnicas usuais para análise e descrição morfológica. Entre essas espécies, foram caracterizados Nefs com origem primária (não substitutivos) e secundária (substitutivos). Dois diferentes tipos com onze formatos distintos foram encontrados entre elas. Uma grande variedade de localização, coloração, projeção, e dimensão foram registradas aqui. Uma chave de identificação e ilustrações foram elaboradas também. Os dados apresentados aqui ampliam o número de espécies estudadas com Nefs para a família, e também confirmam a importância taxonômica e ecológica dessas estruturas para os legumes da região do semi-árido do Brasil. Resumo em inglês Extrafloral nectaries (Efns) are nectar secreting glands found in many species of Angiosperms, including Leguminosae. These structures have various forms (elevated, embedded; stalk present or not; different colors) and positions on the plants (on the rachis, on the petiole), and these characteristics are relevant to taxonomy and morphology studies. This work analyses the morphological diversity of Efns in Leguminosae from a priority conservation area of caatinga in Pernam (mais) buco state. The 35 Leguminosae species studied were collected in Mirandiba municipality, a semi-arid region of Pernambuco and submitted to the usual techniques of anatomy and morphology analyses. Among these species, Efns with primary (non-substitutive) and secondary (substitutive) origin were characterized. Two different kinds and eleven distinct Efns forms were found. A large variety of placement, color, shape, and size are reported here. An identification key and illustrations are also provided. Our data increased the number of species studied with Efns in the family, and also confirm the taxonomic and ecological importance of this structure for legumes from the semi-arid region of Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Atividades biológicas e enzimáticas do extrato aquoso de sementes de Caesalpinia ferrea Mart., Leguminosae/ Biological and enzymatic activities of aqueous extract of seeds from Caesalpinia ferrea Mart., Leguminosae

Cavalheiro, Mariana G.; Farias, Davi F.; Fernandes, Geórgia Sampaio; Nunes, Edson P.; Cavalcanti, Francisca S.; Vasconcelos, Ilka M.; Melo, Vânia M. M.; Carvalho, Ana F. U.
2009-06-01

Resumo em português Caesalpinia ferrea Mart. (jucá ou pau-ferro) é uma espécie da família Leguminosae cuja ocorrência estende-se da região Nordeste ao Estado do Rio de Janeiro. Trata-se de uma espécie bastante utilizada na medicina popular pelas suas inúmeras propriedades terapêuticas tais como antiinflamatória, analgésica, antimicrobiana e antitérmica as quais indicam a presença de compostos de interesse farmacológico. Contudo, muitos estudos em plantas também investigam a pr (mais) esença de compostos de interesse industrial. Com base nas propriedades terapêuticas e atividades já descritas para essa espécie, esse trabalho objetivou pesquisar atividades biológicas no extrato de sementes de C. ferrea na busca por compostos de interesse industrial e farmacológico. Os resultados indicaram a presença das atividades celulásica, amilásica, anticoagulante e larvicida contra A. aegypti no extrato aquoso das sementes de C. ferrea, entretanto, não foram observadas as atividades tóxica aguda, hemolítica, heparinásica, antibacteriana e antifúngica. Resumo em inglês Caesalpinia ferrea Mart. is a species belonging to Leguminosae family commonly known in Brazil as "jucá" or "pau-ferro". It occurs in Brazil from the Northeast Region to the State of Rio de Janeiro and it is widely utilized in folk medicine due to its several therapeutic properties such as anti-inflammatory, analgesic, antimicrobial and antithermic, which indicate the presence of compounds of pharmacological interest. Besides, many studies with plants look for the presen (mais) ce of compounds with industrial applications. Based upon the therapeutic and bioactive properties described for this species so far, this work aimed to investigate several biological activities in the water extract of C. ferrea seeds. The results indicated the presence of the following activities: cellulase, amylase, anticoagulant and larvicide against A. aegypti in the water extract of C. ferrea seeds. Nevertheless, the extract did not show the other activities assayed: acute toxic activity, hemolytic, heparinasic, antibacterial and antifungal activities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Estudo físico-químico, químico e biológico de extrato das cascas de Stryphnodendron polyphyllum Mart. (Leguminosae)

Lopes, G.C.; Nakamura, C.V.; Dias Filho, B.P.; Mello, J.C.P.
2003-01-01

Resumo em inglês Two flavan-3-ols and one proanthocyanidins have been isolated from the stem bark of Stryphnodendron polyphyllum Mart., which is traditionally used in Brazil against various diseases. The structure was determined on the basis of spectroscopic data including 1-D (¹H, 13C) and 2-D NMR (¹H/¹H COSY) and MS. The antibacterial activities of an acetone:water and semipurified extracts from the stem bark of Stryphnodendron polyphyllum Mart. were evaluated. Both the crude and sem (mais) ipurified extracts showed activity against Bacillus subtilis and Staphylococcus aureus. Quality control was determined using several pharmacopoeial assay.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Estudo anatômico das espécies de Leguminosae comercializadas no estado do Pará como "angelim"/ An anatomic study of Leguminosae species in the State of Pará commercialized as "angelim"

Ferreira, Gracialda Costa; Gomes, Joaquim Ivanir; Hopkins, Michael Jonh Gilbert
2004-09-01

Resumo em português A estrutura da madeira de sete espécies de Leguminosae comercializadas como "angelim", no estado do Pará, foi analisada quanto aos aspectos anatômicos através de cortes histológicos da madeira, nos sentidos transversal, tangencial e radial. Através deste estudo procurou-se determinar diferenças básicas entre as espécies comercializadas com a mesma denominação vernacular, a fim de auxiliar no processo de identificação anatômica das mesmas. Uma chave dicotômi (mais) ca foi elaborada para separar as espécies estudadas (Andira surinamensis, Dinizia excelsa, Hymenolobium excelsum, H. modestum, H. pulcherrimum, H. petraeum e Vatairea paraensis). Características de parênquima, raios e poros são muito úteis na separação das espécies estudadas em nível de gênero, porém em nível de espécie a separação é mais difícil. Para o agrupamento de espécies, é necessário que as características anatômicas das espécies sejam conhecidas para associadas a características morfológicas. Resumo em inglês The wood structure of seven commercialized species of Leguminosae as angelim, in the state of Pará, was analyzed by their anatomical aspects and through histological sections of the wood, in transversal, tangential and radial planes. This study was undertaken to determine basic differences among various species commercialized with the same vernacular denomination, in order to facilitate the process of their anatomical identification. A dichotomous key was elaborated to s (mais) eparate the species studied (Andira surinamensis, Dinizia excelsa, Hymenolobium excelsum, H. modestum, H. pulcherrimum, H. petraeum and Vatairea paraensis). Characteristics of parenchyma, rays and vessels are very useful in the separation of the species studied in the genus level, however in the species level the separation is more difficult. For the species grouping, it is necessary that the anatomical characteristics of the species are known for associates to the morphologic characteristics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Biologia reprodutiva de Copaifera langsdorffii Desf. (Leguminosae, Caesalpinioideae)/ Reproductive biology of Copaifera langsdorffii Desf. (Leguminosae, Caesalpinioideae/ Biologia reprodutiva de Copaifera langsdorffii Desf. (Leguminosae, Caesalpinioideae

FREITAS, CRISTIANE V.; OLIVEIRA, PAULO E.
2002-09-01

Resumo em português Copaifera langsdorffii Desf. é uma espécie da família Leguminosae, subfamília Caesalpinioideae, de ampla distribuição no Brasil. O estudo da biologia reprodutiva desta espécie foi realizado numa área de cerradão aberto para pastagem da Fazenda Capim Branco, Uberlândia, MG. A espécie floresce durante o período das chuvas e dispersa suas sementes na época seca. As flores são branco-esverdeadas, com cerca de 0,5 cm de diâmetro, fracamente zigomorfas e estão r (mais) eunidas em inflorescência paniculada. Apresentam um forte odor adocicado e duram apenas um dia. A antese inicia-se por volta das 5:00 h. Os recursos oferecidos aos visitantes são pólen e néctar. Produzem pouco néctar (0,2 ml) com concentração média de 49% de equivalentes de sacarose. Os visitantes mais freqüentes foram as abelhas Apis mellifera, Scaptotrigona cf. depiles e Trigona spinipes. Os resultados das polinizações manuais e o índice de incompatibilidade (ISI) indicam que a espécie é auto-incompatível e não apomítica. No entanto, foram observados tubos polínicos crescendo até o ovário e penetrando os óvulos em flores autopolinizadas, sugerindo a ocorrência de fenômenos de auto-esterilidade de ação tardia ou depressão endogâmica. A baixa produção de frutos está relacionada à pequena conversão de flores em frutos e também à predação dos frutos. Resumo em inglês A survey on the phenology and reproductive biology of Copaifera langsdorffii Desf. was carried out in a cerradão area at Fazenda Capim Branco, Uberlândia, MG. Flowering occurs during the rain season and seed dispersal during the dry season. Flowers are pale-green, 0.5 cm in diameter, weakly zigomorphic and organized in paniculate inflorescences. They are highly odoriferous, one-day flowers. Anthesis begins at about 5:00 h. The nectar production is very small (0.2 ml) wi (mais) th 49% of sucrose equivalents. The most frequent flower visitors and pollinators were Apis mellifera, Scaptotrigona cf. depiles and Trigona spinipes bees. Controlled hand-pollinations showed that the species is mostly self-sterile and non-apomictic. However, pollen tubes were observed growing down to the ovary and penetrating the ovules in self-pollinated pistils, a fact which suggests late-acting self-sterility phenomena or inbreeding depression. Fruit-set was always low and related to low flower to fruit conversion, may be due to inefficient pollination and fruit predation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Técnicas para a obtenção de preparações citológicas com alta freqüência de metáfases mitóticas em plantas: Passiflora (Passifloraceae) e Crotalaria (Leguminosae)/ Techniques to obtain cytological preparations with high frequency of mitotic metaphases in plants: Passiflora (Passifloraceae) and Crotalaria (Leguminosae)

Cuco, Silvia Marina; Mondin, Mateus; Vieira, Maria Lúcia Carneiro; Aguiar-Perecin, Margarida L. R.
2003-09-01

Resumo em português Foram conduzidos experimentos visando à otimização de procedimentos para preparações citológicas de pontas de raiz com alta freqüência de metáfases mitóticas, apresentando cromossomos com morfologia nítida, em espécies pertencentes a dois gêneros de plantas, Passiflora (Passifloraceae) e Crotalaria (Leguminosae). Para o acúmulo de metáfases, bem como de prófases e prometáfases com cromossomos bem condensados, foram avaliados pré-tratamentos de raízes, e (mais) m que foram utilizadas diferentes combinações de 8-hidroxiquinolina, inibidor do fuso mitótico, com cicloheximida, inibidor da síntese protéica. As preparações foram coradas pelo método de Feulgen. Os melhores resultados foram obtidos com o tratamento com 8-hidroxiquinolina a 300ppm combinado com cicloheximida a 3,125ppm, por 1 hora e 30 minutos para as espécies de Passiflora, e a combinação de 8-hidroxiquinolina a 300ppm + cicloheximida a 6,25ppm também durante 1 hora e 30 minutos para as espécies de Crotalaria. Esta investigação ilustra a situação de dois gêneros de plantas em que a adequação de pré-tratamentos diferiu entre os grupos, e é fundamental para estudos envolvendo comparação do cariótipo das espécies, sobretudo para a detecção de marcadores cromossômicos evidenciados por meio de métodos diversos de citogenética (bandamento-C, bandamento com fluorocromos e hibridação in situ fluorescente). Resumo em inglês Experiments were carried out aiming to optimize procedures for cytological preparations of root tips with high frequency of metaphase cells showing clear features of chromosome morphology, in species belonging to two genera of plants, Passiflora (Passifloraceae) and Crotalaria (Leguminosae). For the accumulation of metaphases, as well as prophases and prometaphases with well condensed chromosomes, pretreatments of root tips with different combinations of 8-hydroxiquinolin (mais) e, a mitotic fuse inhibitor and with cycloheximide, a protein synthesis inhibitor, were evaluated in Feulgen stained preparations. The treatments with 8-hydroxiquinoline at 300ppm + cycloheximide at 3.125ppm, and with 8hydroxiquinoline at 300ppm + cycloheximide at 6.25ppm, both for 1 hour and 30 minutes, were more effective respectively for Passiflora and Crotalaria species. This investigation illustrates a case of differences of pretreatment procedures between two genera of plants, as well as represents a basic work for studies involving the comparison of the karyotype of species belonging to these genera, and especially, for the detection of chromosome markers via several cytogenetic methods (C-banding, fluorescent-chromosome banding and in situ hybridization).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Padronização do teste de tetrazólio em sementes de Parkia velutina Benoist (Leguminosae - Mimosoideae)/ Tetrazolium test in Parkia velutina Benoist seeds (Leguminosae - Mimosoideae)

Mendes, Angela Maria da Silva; Bastos, Adriana de Araújo; Melo, Maria da Glória Gonçalves de
2009-01-01

Resumo em português O trabalho teve por objetivo determinar métodos de pré-condicionamento e concentrações da solução de tetrazólio na avaliação da qualidade de sementes de Parkia velutina Benoist. Os tratamentos pré-condicionantes das sementes foram avaliados com três métodos de escarificação: desponte na região oposta ao hilo, punção na região mediana e lixa nos dois lados da semente com posterior embebição em 200 ml de água para cada 25 sementes e permanência em câm (mais) ara a 30 ºC por 16 horas. As concentrações da solução de tetrazólio testadas foram: 1,0%, 0,5% e 0,1% por duas horas na temperatura de 40 ºC. O tratamento de pré-condicionamento mais eficiente foi a combinação do desponte e lixamento nos dois lados da semente. A concentração de tetrazólio a 0,5% pode ser utilizada para avaliar a viabilidade das sementes de P. velutina como complemento ao teste de germinação. O teste de tetrazólio se mostrou eficiente na caracterização de lesões ocasionadas por insetos e danos mecânicos em sementes de P. velutina. Resumo em inglês This manuscript aimed to determine methods of daily pre-conditioning and concentrations of the tetrazolium solution for evaluating the quality of Parkia velutina Benoist seeds. The daily pre-condicionanting seed treatments were evaluated using three scarification methods: coating cutting on the opposite side of the hilum region, puncture in the medium region and scarification with sandpaper on both sides of the seed, followed by soaking each of the 25 seeds in 200 ml of w (mais) ate and permanence in chamber 30 ºC for 16 hours. The concentrations of the tetrazolium solution tested were 1.0%, 0.5% and 0.1% for two hours at 40 ºC. The more efficient daily pre-conditioning treatlment was a combination of the coating cutting and the scarification n both sides of the seed. The 0.5% tetrazolium concentration can be used to evaluate the viability of P. velutina seeds as complement to the germination test. The tetrazolium test showed its efficiency in the characterization of injuries caused by insects and mechanical damages in P. velutina seeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Palinologia de espécies de Mimosa L. (Leguminosae - Mimosoideae) do Semi-Árido brasileiro/ Pollen morphology of Mimosa L. species (Leguminosae - Mimosoideae) from the semi-arid region of Brazil

Lima, Luciene Cristina Lima e; Silva, Francisco Hilder Magalhães e; Santos, Francisco de Assis Ribeiro dos
2008-09-01

Resumo em português O estudo palinológico de Mimosa L. teve por finalidade caracterizar as espécies do gênero ocorrentes na vegetação de caatinga do Nordeste brasileiro. Foram examinadas 39 espécies que tiveram seus grãos de pólen acetolisados, medidos, descritos e ilustrados sob microscopia óptica e eletrônica de varredura. Os resultados permitiram reconhecer seis tipos polínicos e dois subtipos com base na unidade de dispersão. Foi registrada a ocorrência de díades (M. adenop (mais) hylla Taub., M. ursina Mart.) e mônades (M. ursina Mart.). A morfologia polínica das espécies (Mimosa lepidophora Rizzini e Mimosa pithecolobioides Benth.) Mimosa-Mimadenia mostrou similaridade com grupo Piptadenia enquanto a diversidade polínica observada em Mimosa-Batocaulon indicou o polimorfismo do grupo. Resumo em inglês Pollen studies of Mimosa L. sought to characterize the species of this genus occurring within the caatinga vegetation of northeastern Brazil. A total of 39 species were examined. The pollen grains were acetolyzed, measured, described, and illustrated using optical light microscopy and scanning electron microscopy. The results indicated the existence of six basic pollen types and two sub-types, based on dispersal units. The occurrence of dyads (Mimosa adenophylla Taub., Mimosa ursina Mart.) and monads (Mimosa ursina Mart.) was recorded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Diversidade polínica das Mimosoideae (Leguminosae) ocorrentes em uma área de caatinga, Pernambuco, Brasil/ Pollen diversity of Mimosoideae taxa (Leguminosae) from a caatinga region, Pernambuco, Brazil

Buril, Maria Teresa; Santos, Francisco de Assis Ribeiro do; Alves, Marccus
2010-03-01

Resumo em português O município de Mirandiba, Pernambuco, considerado prioritário para a conservação da caatinga, apresenta cerca de 25% das espécies de Leguminosae do bioma, sendo 23 espécies em 13 gêneros da subfamília Mimosoideae, das quais 6 espécies são endêmicas. Dezenove táxons desta subfamília tiveram seus grãos de pólen caracterizados por microscopia óptica e eletrônica de varredura, ilustrados e incluídos em uma chave de identificação. A morfologia polínica dos (mais) táxons estudados é muito variada, principalmente em relação às unidades de dispersão, sendo encontradas desde mônades, em Neptunia e Desmanthus; políades com oito grãos de pólen, uniplanar em Calliandra depauperata e multiplanar em Mimosa spp. e Pityrocarpa moniliformis, políades com 16 grãos de pólen, em Anadenanthera, Inga, Parapiptadenia, Pithecellobium e Senegalia, tétrades também em espécies de Mimosa, e políades amorfas com 32 grãos de pólen, presentes em Chloroleucon e Pithecellobium. Essas diferenças aliadas a caracteres morfométricos e da ectexina possibilitam a identificação da maioria dos táxons de Mimosoideae de Mirandiba. Resumo em inglês Mirandiba municipality in Pernambuco, is a prioritary conservation area for caatinga. It has almost 25% of Leguminosae species from the caatinga, where 23 species in 13 genera belong to the Mimosoideae subfamily and 6 species are endemics. The pollen grains of 19 mimosoid taxa were characterized by their pollen grains using light and scanning electron microscopy. All taxa are illustrated and keyed. Pollen morphology of these taxa is varied, mainly regarding pollen units; (mais) we found monads in Neptunia and Desmanthus; 8-grain uniplanar polyads in Calliandra depauperata and multiplanar ones in Mimosa spp. and Pityrocarpa moniliformis, tetrads also in Mimosa, polyads with 16 pollen grains in Anadenanthera, Inga, Parapiptadenia, Pithecellobium and Senegalia, and polyads with 32 pollen grains in Chloroleucon and Pithecellobium. Different pollen units allied to other morphometric and ectexine characters were useful to identify most mimosoid taxa from Mirandiba.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Leguminosas da Amazônia Brasileira - XV. O pólen do gênero Bocoa Aubl. (Leguminosae - Papilionoideae)/ Brazilian Amazon Legumes - XV. Pollen of the genus Bocoa Aubl. (Leguminosae-Papilionoideae)

Gurgel, Ely Simone Cajueiro; Carreira, Léa Maria Medeiros; Kalume, Maura Anjos de Andrade
2004-09-01

Resumo em português O gênero Bocoa Aubl. (Leguminosae - Papilionoideae), está representado na Amazônia brasileira pelas espécies Bocoa alterna (Benth.) Cowan, B. racemulosa (Huber) Cowan e B. viridiflora (Ducke) Cowan. Botões florais adultos foram coletados de amostras depositadas nos herbários MG e INPA, e acetolisados para posterior preparo de lâminas. Com o objetivo de analisar a morfologia polínica, os grãos de pólen foram medidos, descritos e fotomicrografados. Os grãos de p� (mais) �len das espécies estudadas são 3-colporados, variam de pequenos a médios, de subprolatos a prolatos, o amb de subtriangular a triangular e a superfície de punctada a microrreticulada. Os grãos de pólen das espécies analisadas são homogêneos, tratando-se, portanto, de um gênero estenopalino. Foi elaborada uma chave de identificação, com base nos caracteres polínicos, a fim de separar as espécies. Resumo em inglês The genus Bocoa Aubl. (Leguminosae - Papilionoideae) is represented in Brazilian Amazon for species Bocoa alterna (Benth.) Cowan, B. racemulosa (Huber) Cowan and B. viridiflora (Ducke) Cowan. With the objetive to analyse the pollinic morphology, adults flower-buds were colleted to the MG and INPA herbarium, and submited to acetolisis and slides preparations. The pollens grains were measured, described, and photomicrographed. The pollen grains are 3-colporate, vary from sm (mais) all to medium size, subprolate to prolate, amb subtriangular to triangular, and surface punctate to microreticulate.The pollen grains of the species analysed were homogeneous, so it is a stenopalynous genus. A key based in polinic caracters was elaborate to separate the species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Aves explorando flores de Erythrina fusca (Leguminosae, Fabaceae) durante a estação seca no Pantanal de Mato Grosso/ Exploitation of Erythrina fusca (Leguminosae, Fabaceae) flowers by birds during the dry season in Pantanal of Mato Grosso, Brazil

Parrini, Ricardo; Raposo, Marcos A.
2010-06-01

Resumo em português Estudos recentes têm evidenciado a importância de flores como recurso alimentar de diversas espécies de aves neotropicais. Este estudo teve o objetivo de listar espécies e descrever o comportamento das aves que se alimentaram de recursos florais de Erythrina fusca (Fabaceae) no Pantanal Mato-Grossense. Para isso, foram acompanhadas aves que se alimentaram em 14 árvores floridas dessa espécie em um total de cerca de 25 horas de observação. Como resultados, 20 espé (mais) cies de aves pertencentes a sete famílias taxonômicas foram observadas alimentando-se de recursos florais de E. fusca. Apesar de várias espécies de aves terem apresentado comportamentos destrutivos em maior proporção, algumas espécies, sobretudo das famílias Trochilidae e Icteridae, apresentaram estratégias alimentares compatíveis com o transporte de pólen. O cruzamento dos dados obtidos neste estudo com os da literatura indicam que a família Icteridae pode ter relevante papel na polinização dessa espécie vegetal. Resumo em inglês Recent studies reported the importance of flowers in the diet of many Neotropical bird species. In this paper we identify and describe the feeding behaviour of bird species that feed on flower resources of Erythrina fusca (Fabaceae) in the Pantanal Mato-Grossense, Brazil. We recorded birds foraging in 14 flowered individuals of E. fusca during 25 hours of observation. We recorded 20 bird species belonging to seven families feeding on the flowers. Several of the observed b (mais) ehaviours were destructive, despite some species, especially the Trochilidae and Icteridae, showed feeding strategies that preserve the integrity of the flowers and are compatible with pollen transportation. The comparison of the data gathered in this study with the available literature indicates that the Icteridae may play an important role in pollination of this tree species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Morfologia polínica de Caesalpinia echinata Lam. (Leguminosae - Caesalpinioideae)/ Pollen morphology of Caesalpinia echinata Lam. (Leguminosae - Caesalpinioideae)

Corrêa, Angela Maria S.
2003-09-01

Resumo em português Foram examinados os grãos de pólen de sete exsicatas de C. echinata. O material polínico foi acetolisado, medido, descrito e fotodigitalizado sob microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura. Os grãos de pólen de C. echinata são, médios a grandes, suboblatos a oblato-esferoidais, âmbito circular, 3-brevicolporados, colpo com margem bem larga, microrreticulada, formada por um afinamento da sexina nessa região, endoabertura lolongada, exina reticulada e heterorreticulada. Resumo em inglês Pollen grains from seven collections of C. echinata were examined. The pollen material was acetolysed, measured, described, and digitally photographed by light microscopy and, microscopy scanning electron. Pollen grains of C. echinata are medium to large in size, suboblate to oblate spheroidal, circular amb, 3-brevicolporate, colpus with a wide microreticulate margin, formed by the thinning of sexine at that region, endoaperture lolongate, exine reticulate, heterobrochate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Morfo-anatomia da semente de Bauhinia monandra Kurz: (Leguminosae-caesalpinioideae)/ Morph-anatomy of the Bauhinia monandra Kruz: Seed (Leguminosae-caesalpinioideae)

Ilkiu-Borges, Fernanda; Mendonça, Maria Sílvia de
2009-01-01

Resumo em português Bauhinia monandra, espécie popularmente conhecida na Amazônia como pata-de-vaca, é indicada entre outros usos como planta medicinal nessa região. Visando contribuir para um melhor conhecimento foram coletadas sementes dessa espécie do banco de germoplasma da EMBRAPA - CPATU, Amazônia Oriental, no estado do Pará. O estudo morfo-anatômico revelou sementes estenospérmicas, oblongas, base arredondada, margem inteira, ápice assimétrico, perfil convexo pouco acentuad (mais) o e hilo em forma de "V" na região apical. A testa é monocrômica, brilhante, lisa e constituída por dois estratos epidérmicos; linha lúcida presente. O endosperma é contínuo, espesso, adnato a testa. O embrião é axial e invaginado, apresenta dois cotilédones foliáceos e eixo embrionário com plúmula rudimentar e radícula imperceptível. Foram vistos grãos de amido no interior dos cotilédones. Resumo em inglês Bauhinia menandra popularly known in the Amazon as "pata-de-vaca" (cow's hoof or foot; paw for animals such as cats and dogs) is indicated among other uses as a medicinal plant in our region. Aiming to contribute to better knowledge, seeds of this species were collected from the germplasm bank sperms of EMBRAPA - CPATU, Eastern Amazon, in the State of Pará. The morph-anatomic study revealed stenospermic seeds, oblong, rounded basis, whole edge, symmetric top, a little ac (mais) centuated convex profile, and V-shaped hilo in the apical region. The seed coat is monochromic, bright, smooth and consists of two epidermic stracts; lucid line present. The endosperm is continuous, thick, and attached to the seed coat. The embryo is axial and invaginated, with foliate cotyledons and the embryo axle has a rudimentary plumule and imperceptible radicle. Starch grains were seen inside the cotyledons.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Morfologia de plântulas de cinco leguminosas genistóides arbóreas do Brasil (Leguminosae-Papilionoideae)/ Seedling morphology of five genistoid legume trees from Brazil (Leguminosae-Papilionoideae)

Rodrigues, Rodrigo Schütz; Tozzi, Ana Maria Goulart de Azevedo
2007-09-01

Resumo em português Este trabalho tem como objetivo descrever, ilustrar e comparar a morfologia de plântulas de cinco espécies arbóreas ocorrentes no Brasil dos gêneros Bowdichia, Cyclolobium, Diplotropis, Ormosia e Poecilanthe, pertencentes ao clado genistóide (Leguminosae Papilionoideae). Plântulas fanero-epígeo-foliáceas são encontradas em Bowdichia virgilioides Kunth, Cyclolobium brasiliense Benth. possui plântulas fanero-epígeo-armazenadoras, enquanto que Ormosia arborea (Vel (mais) l.) Harms, Diplotropis martiusii Benth. e Poecilanthe parviflora Benth. apresentam plântulas cripto-hipógeo-armazenadoras. Outros relevantes caracteres morfológicos das plântulas são discutidos e comparados com os de espécies previamente estudadas nestes gêneros. Resumo em inglês This work aims to describe, illustrate and compare the seedling morphology of five tree species of the genera Bowdichia, Cyclolobium, Diplotropis, Ormosia, and Poecilanthe, which belong to the genistoid clade (Leguminosae Papilionoideae). Phanero-epigeal-foliaceous seedlings are found in Bowdichia virgilioides Kunth, Cyclolobium brasiliense Benth. has phanero-epigeal-reserve seedlings, while Ormosia arborea (Vell.) Harms, Diplotropis martiusii Benth., and Poecilanthe parv (mais) iflora Benth. possess crypto-hypogeal-reserve seedlings. Some other relevant seedling morphological characters are discussed and compared with those of previously studied species in these genera.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Números cromossômicos em espécies de Acosmium Schott e Leptolobium Vogel (Leguminosae, Papilionoideae)/ Chromosome numbers in species of Acosmium Schott and Leptolobium Vogel (Leguminosae, Papilionoideae)

Rodrigues, Rodrigo Schütz; Corrêa, Andréa Macêdo; Forni-Martins, Eliana; Tozzi, Ana Maria Goulart de Azevedo
2009-09-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi realizar a análise citotaxonômica de espécies de Acosmium Schott e Leptolobium Vogel, através da determinação de seus números cromossômicos. Foram estudadas as três espécies aceitas de Acosmium e cinco espécies de Leptolobium (representando 50% do gênero), a partir de sementes oriundas de diferentes regiões do Brasil. As contagens mitóticas apresentadas para todas as espécies de Acosmium e para quatro espécies de Leptolobium s (mais) ão inéditas. Acosmium cardenasii apresentou uniformemente 2n = 18, enquanto que em A. diffusissimum foram encontradas no mesmo meristema 2n = 18, 24 e 32 e em A. lentiscifolium 2n = 18 e 32. Para Leptolobium, o número cromossômico das espécies estudadas foi de 2n = 18, confirmando uma contagem mitótica anterior para L. dasycarpum. Os resultados obtidos evidenciaram homogeneidade no número cromossômico de Acosmium e Leptolobium, confirmando x = 9 como o número cromossômico básico em ambos os gêneros. Portanto, o número cromossômico não é um caráter taxonômico utilizável na distinção entre Acosmium e Leptolobium. Resumo em inglês A cytotaxonomic analysis of species of Acosmium Schott e Leptolobium Vogel was carried out, by determining their chromosome numbers. The three species of Acosmium and five species of Leptolobium (representing 50% of the genus) were studied from seeds obtained from different regions of Brazil. Chromosome counts were new for all Acosmium species and for four Leptolobium species. For Acosmium cardenasii, 2n = 18 was constantly observed, while occurring at the same meristem w (mais) ere found 2n = 18, 24 e 32 in A. diffusissimum and 2n = 18 e 32 in A. lentiscifolium. For Leptolobium, all studied species had 2n = 18, confirming a previous count for L. dasycarpum. The results showed that chromosome numbers of Acosmium and Leptolobium species are homogeneous, confirming the basic number x = 9 for both genera. Therefore, chromosome numbers do not provide a useful taxonomic character distinguishing Acosmium from Leptolobium.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Avaliação da atividade antibacteriana e triagem fitoquímica das flores de Acacia podalyriifolia A. Cunn. ex G. Don Leguminosae-Mimosoideae/ Evaluation of the antibacterial activity and phytochemical screening of the flowers of Acacia podalyriifolia A. Cunn. ex G. Don Leguminosae-Mimosoideae

Andrade, C.A.; Peitz, C.; Cúnico, M.; Carvalho, J.L.S.; Abrahão, W.M.; Miguel, O.G.; Miguel, M.D.; Kerber, V.A.
2005-03-01

Resumo em português A atividade antibacteriana das flores da Acacia podalyriifolia A. Cunn. (Leguminosae) foi avaliada pelo método de difusão em disco. As bactérias testadas foram: Staphylococcus aureus (ATCC 6538), Staphylococcus epidermidis (ATCC 1228), Escherichia coli (ATCC 11229) e Pseudomonas aeruginosa (ATCC 27853). O meio de cultura utilizado foi ágar Müeller-Hinton. Foram utilizados discos de papel (6 mm de diâmetro) impregnados com 1000, 500, 250 e 125 mg dos extratos: Etanol (mais) Bruto, fração Acetato de Etila e fração Diclorometano obtidas a partir do extrato etanólico bruto. Os resultados indicam que as amostras avaliadas exercem ação contra as cepas gram positivo testadas, em graus variáveis sendo que a fração Acetato de Etila apresentou maior atividade. A triagem fitoquímica indicou a presença de fenóis e flavonoides nas flores de A. podalyriifolia. Resumo em inglês The antibacterial activity of the flowers of Acacia podalyriifolia A. Cunn. (Leguminosae) was evaluated through the gel diffusion method. The bacteria tested were: Staphylococcus aureus (ATCC 6538), Staphylococcus epidermidis (ATCC 1228), Escherichia coli (ATCC 11229) and Pseudomonas aeruginosa (ATCC 27853). The culture media was agar Müeller-Hinton. Paper discs (6 mm in diameter) with 1000, 500, 250 e 125 mg of the tested extracts (crude ethanolic and its fractions; Eth (mais) yl Acetate and Dichloromethane) were used. The results indicated action against the gram-positive tested strains in different levels. The Ethyl Acetate extract showed a higher activity. Phenols and flavonoids were detected in the flowers of A. podalyriifolia through phytochemical screening.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Variação da estrutura carpelar em seis espécies de Cassiinae (Leguminosae: Caesalpinioideae)/ Structural variation of the carpel in six Cassiinae species (Leguminosae: Caesalpinioideae)

De-Paula, Orlando Cavalari; Oliveira, Denise Maria Trombert
2007-12-01

Resumo em português Estudos estruturais sobre carpelos são raros, embora de grande importância como subsídios para análises taxonômicas e filogenéticas. Este trabalho foi realizado com o objetivo de analisar morfoanatomicamente os carpelos de seis espécies da subtribo Cassiinae, grupo em que a literatura tem registrado significativa diversidade estrutural carpelar, analisando-os sob o ponto de vista evolutivo. Para tanto, os carpelos de flores em antese foram fixados e processados seg (mais) undo as técnicas de inclusão em metacrilato. Apesar de diferenças específicas serem registradas, observou-se um padrão estrutural típico das Leguminosae, especialmente em características morfológicas gerais, como: gineceu unicarpelar, unilocular, pluriovulado e estipitado, com placentação sutural e óvulos anátropos, bitegumentados e crassinucelados. A presença de epiderme na região sutural, conectando as faces abaxial e adaxial é reconhecida como caráter ancestral. Este aspecto foi verificado nas seis espécies estudadas, indicando que o fechamento do carpelo é ontogenético e que produz estrutura variável com relação à manutenção da epiderme entre as faces carpelares. Resumo em inglês Structural studies of carpels are rare, even though they are very important for taxonomic and phylogenetic analysis. The aim of this work was to analyze carpel structure of six Cassiinae species. To this end, carpels of flowers at anthesis were processed by embedding in methacrylate. Although specific differences were recorded, we observed a structural pattern that is typical of Leguminosae species, especially in overall morphology, as follows: unicarpellate, unilocular, (mais) pluriovulated and stipitate gynoecium, with sutural placentation, and anatropous, bitegmic and crassinucelate ovules. The presence of epidermis in the sutural region connecting abaxial and adaxial surfaces is recognized as an ancestral character. This aspect was verified in all six species, indicating that carpel closure is ontogenetic and produces variable structure related to the maintenance of the epidermis between carpel surfaces.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Revisão taxonômica de Acosmium Schott (Leguminosae, Papilionoideae, Sophoreae)/ Taxonomic revision of Acosmium Schott (Leguminosae, Papilionoideae, Sophoreae)

Rodrigues, Rodrigo Schütz; Tozzi, Ana Maria Goulart de Azevedo
2009-03-01

Resumo em português Este trabalho apresenta uma revisão taxonômica de Acosmium Schott, incluindo chave de identificação, descrições, ilustrações e mapa de distribuição dos táxons. Acosmium é um gênero sul-americano com três espécies reconhecidas: A. cardenasii H.S. Irwin & Arroyo, A. diffusissimum (Mohlenbr.) Yakovlev e A. lentiscifolium Schott. Acosmium fallax (Taub.) Yakovlev é proposto como sinônimo de A. lentiscifolium. Em adição, são discutidos aspectos sobre a morfo (mais) logia e delimitação específica em Acosmium, bem como sobre sua distribuição geográfica, que parece estar fortemente associada com a distribuição das florestas tropicais estacionais secas na América do Sul. Resumo em inglês This work presents a taxonomic revision of Acosmium Schott, including an identification key, descriptions, illustrations, and a distribution map for the taxa. Acosmium is a South American genus with three accepted species: A. cardenasii H.S. Irwin & Arroyo, A. diffusissimum (Mohlenbr.) Yakovlev, and A. lentiscifolium Schott. Acosmium fallax (Taub.) Yakovlev is proposed as a new synonym of A lentiscifolium. In addition, aspects on morphology and specific delimitation in Ac (mais) osmium, as well as on its geographical distribution, which appears to be strongly associated with the distribution of the seasonally dry tropical forests in South America, are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Influência da temperatura e do substrato na germinação de sementes de itaubarana (Acosmium nitens (Vog.) Yakovlev) - Leguminosae, Caesalpinoideae/ Influence of temperature and substrate on seeds germination of itaubarana (Acosmium nitens (Vog.) Yakovlev) - Leguminosae, Caesalpinoideae

Varela, Vania P.; Costa, Suely de Souza; Ramos, Michele Braule P.
2005-01-01

Resumo em português Acosmium nitens (Vog.) Yakovlev (Itaubarana), Leguminosae Caesalpinoideae, é uma espécie madeireira e ocorre em áreas inundáveis da Amazônia. O objetivo deste trabalho foi estudar a germinação de sementes de itaubarana sob diferentes condições de temperatura e substrato, utilizando-se como parâmetros a porcentagem e o tempo médio de germinação. Realizou-se um experimento, de acordo com o fatorial 4x3, nas temperaturas constantes de 20, 25, 30 e 35°C e utiliz (mais) ando os substratos sobre areia (S.A), sobre papel (S.P) e sobre vermiculita (S.V). O delineamento estatístico empregado foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial, com quatro repetições de 25 sementes por tratamento. Os resultados demonstraram que não ocorreu germinação das sementes quando semeadas sobre papel nas temperaturas de 30 e 35°C. Para o substrato vermiculita, em todas as temperaturas testadas, foram observadas altas taxas de germinação das sementes com valores variando de 87 a 97%. A temperatura de 30°C juntamente com o substrato vermiculita mostrou-se mais adequada para a germinação das sementes; nesta condição foi obtida a maior taxa de germinação (97%) com tempo médio de aproximadamente 5,0 dias. Para o substrato sobre areia, as temperaturas de 20, 25 e 30°C proporcionaram maiores porcentagens de germinação das sementes quando comparadas com a temperatura de 35°C. Para as temperaturas de 30 e 35°C, o substrato sobre vermiculita proporcionou maior taxa de germinação quando comparado aos demais substratos. Resumo em inglês Acosmium nitens (Vog.) Yakovlev (Itaubarana), Leguminosae Caesalpinoideae, is an important timber species, which occurs in "varzea" (annualy flooded) Amazonian forests. This paper deals with germination rates of itaubarana, which were determined for seeds sown under different temperature and substrate conditions. The mean time lenght for germination was also included as measurement parameters. The experiment was carried out using a two-factor design with balanced data con (mais) sidering the effects of constant temperatures (20, 25, 30 e 35°C) and substrates (sand, paper and vermiculite) on the germination rates. Each level was replicated four times, and each replication contained twenty-five seeds. The results showed that seeds did not germinated when they were sown over paper at temperatures of 30 and 35°C. High seed germination rates were observed on the substrate over vermiculite at all temperatures tested, with rates ranging from 87 to 97%. The combination of temperature of 30°C and substrate over vermiculite showed to be adequate for seed germination; under this condition, the highest germination rate (97%) was obtained with a mean time lengh of approximately 5,0 days. For substrate over sand, temperatures of 20, 25 and 30°C provided the highest seed germination rates when compared with a temperature of 35°C. For temperatures of 30 and 35°C, the substrate over vermiculite provided the highest germination rate when compared with the other substrates.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Morfologia de frutos, sementes, plântulas e mudas de Senna multijuga var. lindleyana (Gardner) H. S. Irwin & Barneby - Leguminosae Caesalpinioideae/ Morphology of fruits, seeds and seedlings of Senna multijuga var. lindleyana (Gardner) H. S. Irwin & Barneby - Leguminosae Caesalpinioideae

Amorim, Isaac Lucena de; Davide, Antonio Claudio; Ferreira, Robério Anastácio; Chaves, Maria Madalena Ferreira
2008-09-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram descrever e ilustrar os aspectos morfológicos externos e internos de frutos e sementes e os aspectos externos de plântulas e mudas de Senna multijuga. O trabalho foi realizado em laboratório e viveiro florestal. A espécie apresentou características importantes que podem auxiliar na sua identificação, tanto em laboratórios para análise da qualidade fisiológica e em viveiros de produção de mudas, quanto em estudos da ecologia da (mais) espécie, sob o aspecto da regeneração natural. Características dos frutos, principalmente a deiscência, forma, coloração e textura do pericarpo, comuns na subfamília; de sementes como presença de pleurograma fechado, aréola e endosperma; de plântulas e mudas como aspectos da superfície do caulículo, forma e persistência dos cotilédones, filotaxia, presença de pêlos e glândulas e forma dos protófilos constituíram-se nos principais elementos para identificação da espécie. Resumo em inglês We described and illustrated the external and internal morphology of fruits and seeds and the external morphology of seedlings of Senna multijuga. The work was carried out in laboratory and forest nursery conditions. We detected useful characters to identify this species both in laboratory (in seed analyses) and field studies (ecology and regeneration). The main fruit characters described were: dehiscence, shape, color and pericarp texture. The main seed characters descri (mais) bed were: closed pleurogram, shape and persistence of cotyledons, areole and endosperm; of the seedlings: aspects of young stem, shape and persistence of cotyledons, leaf arrangement, presence of hair and glands and shape of eophyll.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Caracterização morfológica de frutos e sementes e desenvolvimento pós-seminal de Tamarindus indica L. - Leguminosae: caesalpinioideae/ Tamarind fruit and seed morphological characterization and post-seminal development Leguminosae: caesalpinioideae

Sousa, Danielle Marie Macedo; Bruno, Riselane de Lucena Alcântara; Dornelas, Carina Seixas Maia; Alves, Edna Ursulino; Andrade, Albericio Pereira de; Nascimento, Luciana Cordeiro do
2010-12-01

Resumo em português O tamarindeiro (Tamarindus indica L.) pertence à família Leguminosae e é uma árvore frutífera, nativa da África tropical, de onde se dispersou por todas as regiões tropicais do mundo. A caracterização morfológica de frutos e sementes é importante para identificação das espécies, bem como serve de base para estudos que visem a maiores conhecimentos ligados à germinação e vigor. Este trabalho teve por objetivo descrever a morfologia de frutos, sementes e pl (mais) ântulas, bem como caracterizar o processo germinativo de Tamarindus indica L. Para o estudo do fruto, foram observados tipo, cor, dimensões, textura e consistência do pericarpo e deiscência e número de sementes por fruto. Os aspectos observados nas sementes foram: cor, dimensões, textura e consistência dos tegumentos; e forma, borda, posição do hilo e de outras estruturas presentes e características do embrião. O estádio de plântula foi considerado quando os protófilos já estavam totalmente formados. Os elementos vegetativos descritos e ilustrados foram radícula, coleto, hipocótilo, cotilédones, epicótilo, protófilos e caule. O fruto de Tamarindus indica é um legume indeiscente medindo aproximadamente 7,3 a 9,2 cm e contendo de 1 a 11 sementes. O eixo embrionário encontra-se inserido nos cotilédones, sendo axial e invaginado. A germinação da semente é do tipo epígea. A plântula apresenta protófilos compostos de seis a nove pares de folíolos pequenos opostos e glabros. Resumo em inglês Tamarind (Tamarindus indica L.) is a fruit tree native of tropical Africa, belonging to the Leguminosae family and nowadays is spread along tropical regions of the world. Fruit and seed morphologic characterization is important for species identification and has been used in studies on seed germination and vigor. The main aim of this research work was to describe fruit, seed and seedlings morphology as well as characterizing its germination process. Fruit traits analyzed (mais) were type, color, dimensions, texture and consistency of pericarp, dehiscence and number of seeds for fruit. On the other hand, seed traits were scored as to color, dimensions, texture and consistency of the teguments, shape, edges, position of hilum and other structures and embryo characteristics. Seedlings were recorded when protophylls development had already been complete. Radicle, collect, hypocotyl, cotyledons, epicotyl and protophyll have been described and illustrated. T. indica presents an indehiscent fruit with dimensions around 7.3 and 9.2cm and containing 1-11 seeds. The embryonic axle is axial and invagined and is inserted into cotyledons. Seed germination is an epigeal-type and seedlings present protophyll composites with 6 and 9 pairs of opposing and glabrous and small leaflets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Atividade alelopática de extratos brutos de três espécies de Copaifera (Leguminosae-Caesalpinioideae)/ Allelophatic activity of crude extracts from three species of Copaifera (Leguminosae - Caesalpinioidedae)

Souza Filho, A.P.S; Gurgel, E.S.C; Queiroz, M.S.M; Santos, J.U.M
2010-12-01

Resumo em português Nos últimos anos, atenção especial foi dada aos compostos químicos envolvidos na interação entre plantas, especialmente quando se sabe das possibilidades do seu uso em estratégia de manejo de plantas daninhas. A Amazônia, pela sua megabiodiversidade e abundância de espécies vegetais, pode oferecer excelente oportunidade para a descoberta de inovadoras moléculas químicas com potencial de uso na atividade agrícola. Dessa forma, neste trabalho analisou-se, compa (mais) rativamente, a atividade potencialmente alelopática de três espécies de Copaifera, caracterizando-se as variações na intensidade dos efeitos alelopáticos em função da espécie doadora, da fração da planta e da polaridade dos constituintes químicos. Extratos hexânico e etanólico, preparados a 1,0% a partir de folhas, galhos e cascas de Copaifera duckei, C. martii e C. reticulata, foram testados sobre a germinação de sementes e o desenvolvimento da raiz das plantas daninhas malícia (Mimosa pudica) e mata-pasto (Senna obtusifolia). Observaram-se variações nas intensidades dos efeitos em função das variáveis estudadas. O extrato etanólico de folhas e o de galhos de C. martii e C. reticulata apresentaram alto potencial para inibir a germinação de sementes, sobretudo da espécie malícia. A espécie C. duckei evidenciou baixo potencial alelopático inibitório na germinação das duas espécies receptoras. Cascas, folhas e galhos de C. duckei apresentaram potencial inibitório mais expressivo sobre o desenvolvimento da raiz, com destaque para as folhas. Compostos químicos apolares e polares estão envolvidos na atividade alelopática da espécie C. duckei, com ênfase maior para os compostos apolares. Diferentemente, para C. martii e C. reticulata, compostos polares estão envolvidos, preferencialmente, na atividade inibitória evidenciada por essas espécies, notadamente aqueles localizados nas folhas e cascas. Comparativamente, a tendência observada foi de que a espécie receptora malícia demonstrou maior sensibilidade aos efeitos alelopáticos dos extratos, especialmente no bioensaio de germinação. Resumo em inglês For the past few years, special attention has been given to chemical composites involved in interaction between plants, especially when the potential of their use in weed management is known. The Amazon region with its enormous biodiversity and abundance of plant species may offer excellent opportunities for the discovery of innovative chemical molecules capable of being used in agriculture. Thus, in this paper, a comparative analysis was made between the potential allelo (mais) pathic activity of three species of Copaifera, characterizing the variations of the intensity of the allelopathic effects of the donating species, plant fraction and chemical component polarity. Hexanic and ethanolic extracts, prepared at 1.0% from the leaves, branches and barks of Copaifera duckei, C. martii and C. reticulata, were tested on seed germination and development of Mimosa pudica and Senna obtusifolia weed roots. The results showed that the intensity of the effects varied according to the variables studied. The ethanolic extract of C. martii and C. reticulata leaves and barks showed high potential to inhibit seed germination, especially of M. pudica species. The species C. duckei showed low allelopathic inhibitory potential in the germination of two receptor species. Barks, branches and especially leaves of C. duckei presented more expressive inhibitory potential for root development. Polar, and especially non-polar chemical composites, are involved in the allelopathic activity of C. duckei. Differently for C. martii and C. reticulata, the polar composites are preferentially involved in the inhibitory activity evidenced by these species, especially those located on the leaves and barks. Comparatively, it was observed that the weed species receptor tended to show more sensitivity to the allelopathic effects of the extracts, especially in the germination bioassay.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Viabilidade e vigor de sementes de Caesalpinia echinata Lam. (pau-brasil - Leguminosae) pelo teste de tetrazólio/ Viability and vigor of seeds of Caesalpinia echinata Lam. (brazilwood - Leguminosae) by tetrazolium test

Lamarca, Edmir Vicente; Leduc, Simone Nadur Mota; Barbedo, Claudio José
2009-12-01

Resumo em português O teste de tetrazólio é importante componente para a avaliação da qualidade fisiológica de sementes, possibilitando fornecer rápida avaliação do vigor e do estado de deterioração. Objetivou-se desenvolver metodologia do teste de tetrazólio para sementes de Caesalpinia echinata Lam. (pau-brasil). Sementes colhidas por ocasião de sua maturidade fisiológica foram incubadas, com ou sem tegumento, em soluções de tetrazólio em concentrações que variaram de 0,0 (mais) 5% a 1,00%, por períodos que variaram de 1 a 24 horas, a 35 °C na ausência de luz. As melhores combinações entre concentração e período de incubação (0,05% a 0,075% por 2 horas) foram aplicadas a amostras de sementes, sem tegumento, com diferentes níveis de deterioração. Os resultados permitiram estabelecer oito classes de vigor, que permitirão diagnosticar a qualidade de lotes de sementes de pau-brasil em 4 horas, bem como identificar uma série de injúrias nos embriões, fundamentais para previsão de armazenabilidade das sementes. Resumo em inglês As an important method to quickly evaluate seed vigor and deterioration, both of them related to seed physiological quality, the tetrazolium test was analyzed for seeds of Caesalpinia echinata Lam. (brazilwood). Mature seeds were incubated in 0.05% to 1.00% tetrazolium solutions for a period varying from 1 to 24 hours, at 35 °C without light. Then, embryos of different levels of deterioration were analyzed under the best conditions (0.05%-0.075% for 2 hours) of incubatio (mais) n. It was possible to identify eight levels of vigor which will be important to a brazilwood seed lot diagnosis in a short time (4 hours) and to identify different types of embryo damages, the later essential to estimate seed storability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Análise morfológica de sementes, germinação e plântulas de jatobá (Hymenaea intermedia Ducke var. adenotricha (Ducke) Lee & Lang.) (Leguminosae-caesalpinioideae)/ Morphologycal analysis of seeds, germination, and seedlings of jatobá (Hymenaea intermedia Ducke var. adenotricha (Ducke) Lee & Lang.) (Leguminosae-caesalpinioideae)

Melo, Maria da Glória Gonçalves de; Mendonça, Maria Sílvia de; Mendes, Ângela Maria da Silva
2004-01-01

Resumo em português As leguminosas são usadas para compor Sistemas Agroflorestais, cujo sucesso de implantação depende de informações básicas sobre as espécies que compõem os diferentes extratos. Hymenaea intermedia var. adenotricha é uma leguminosa com potencial para aproveitamento agroflorestal na região. As sementes foram coletadas de matrizes na área de floresta natural da Província Petrolífera de Porto Urucu - Amazonas. O estudo foi realizado em condições de viveiro e lab (mais) oratório da Faculdade de Ciências Agrárias (UFAM). A semente de Hymenaea intermedia var. adenotricha é eurispérmica, com testa de consistência pétrea (desidratada) e cartácea (hidratada). O tegumento apresenta quatro estratos celulares com o primeiro formado por células finas e longas em paliçada, sendo visível a "linha lúcida". O embrião é axial, total, de cor amarelo-esverdeado. Os cotilédones são carnosos, inteiro com radícula escondida. A plúmula é rudimentar. A germinação é epígea fanerocotiledonar, com emergência curvada. A plântula apresenta sistema radicular pivotante com raiz primária axial, sub-lenhosa, estriada, glabra. As raízes secundárias são curtas, pouco ramificadas, porém entrelaçadas, resinosas e sem nódulos. O protófilo é composto, com folíolos opostos, sésseis. O primeiro metáfilo apresenta-se composto, bifoliolado, com folíolos assimétricos levemente falcado-oblongo. Resumo em inglês Species from the Leguminosae family are used in Agroforestry Systems. Their successful implementation depends on basic information about the species that constitute each extract. Hymenaea intermedia var. adenotricha is a specie from the leguminosae family with potential to be used in agroforestry in the Amazon region. The seeds were harvested from plants found in the natural forest of Petroleum Province Urucu Harbor. The studies were carried out under laboratory and nurse (mais) ry conditions at the Agrarian Sciences College the Amazonas University. H. intermedia var. adenotricha seeds are eurispermic, the tegument showed stone consistency when dehydrated and soft consistency when hydrated. The seed tegument showed four cellular strata, the first layer was formed by thin cells organized in a palissade. The embryon axis was yellow green. The cotyledons were fleshy with a hidden radicle. The plumule is rudimentary. The seed germination is phanero-epigeal, showing curved body during its emergency. The seedling showed tap-root root system, the axial primary root was woody grooved and glabrous. The secondary roots were resinous, short, slightly ramified but interlaced and showed no nodules. The protophyll exhibited compound asymmetric leaflets which were slightly falcade and oblonge. The first metaphyll presented compound asymmetric leaflets with slightly falcade-oblonge shape.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Sinopse de Bauhinia sect. Pauletia (Cav.) DC. (Leguminosae: Caesalpinioideae: Cercideae) no Brasil/ Synopsis of Bauhinia sect. Pauletia (Cav.) DC. (Leguminosae: Caesalpinioideae: Cercideae) in Brazil

Vaz, Angela Maria S.F.; Tozzi, Ana Maria G.A.
2005-09-01

Resumo em português Este trabalho apresenta chave para identificação, sinonímia sumária e comentários sobre taxonomia para dezenove táxons (dezoito espécies e uma subespécie) do gênero Bauhinia sect. Pauletia pertencentes às séries Aculeatae, Acuminatae, Ariaria, Pentandrae e Perlebia. A distribuição das espécies nativas foi plotada em três mapas. Duas pranchas, ilustrativas de Bauhinia aculeata e de B. tarapotensis, são apresentadas. Resumo em inglês This treatment presents a key to identification, brief synonymy and taxonomic comments for nineteen taxa (eighteen species and one subspecies) of the genus Bauhinia sect. Pauletia, belonging to five series: Aculeatae, Acuminatae, Ariaria, Pentandrae and Perlebia. The distribution of the native species was plotted on three maps. Two plates, illustrative of Bauhinia aculeata and B. tarapotensis are presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Revisão taxonômica de Myrocarpus Allemão (Leguminosae, Papilionoideae, Sophoreae)/ Taxonomic revision of Myrocarpus Allemão (Leguminosae, Papilionoideae, Sophoreae)

Sartori, Ângela L.B.; Tozzi, Ana Maria G. de Azevedo
2004-09-01

Resumo em português Em Myrocarpus, gênero exclusivamente sul-americano, são reconhecidas cinco espécies: Myrocarpus frondosus Allemão, M. leprosus Pickel, M. venezuelensis Rudd, M. fastigiatus Allemãoe M. emarginatus A.L.B. Sartori & A.M.G. Azevedo. Na delimitação das espécies são discutidos dados de morfologia, hábitats e de distribuição geográfica. A morfologia das pétalas e a ornamentação da região seminífera são caracteres relevantes na identificação das espécies, e (mais) mbora não utilizados até o presente. Este estudo apresenta chave de identificação das espécies, descrições, ilustrações, mapa de distribuição e novos registros de ocorrência. Resumo em inglês In Myrocarpus, an exclusively South American genus, five species are recognised: Myrocarpus frondosus Allemão, M. leprosus Pickel, M. venezuelensis Rudd, M. fastigiatus Allemãoand M. emarginatus A.L.B. Sartori & A.M.G. Azevedo. Morphologic data, habitat information and geographic distribution of each taxon are discussed. Petal morphology and ornamentation of seed chamber are an important character for species identification, though not shown previously. Key to the species, descriptions, illustrations, distribution, and new registers are presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Estudo fitoquímico e avaliação da atividade larvicida de Pterodon polygalaeflorus Benth (Leguminosae) sobre Aedes aegypti/ Phytotochemical study and evaluation of larvicidal activity of Pterodon polygalaeflorus Benth (Leguminosae) against Aedes aegypti

Pimenta, Antonia T.A.; Santiago, Gilvandete M.P.; Arriaga, Ângela M.C.; Menezes, Gustavo H.A.; Bezerra, Suzana B.
2006-12-01

Resumo em português Estudo fitoquímico dos extratos hexânico e metanólico dos frutos de Pterodon polygalaeflorus Benth forneceu três diterpenos furânicos: 6-alfa-acetoxivouacapano, 6-alfa-hidroxivouacapano e vouacapano, sendo este ultimo relatado pela primeira vez como produto natural. Avaliação da atividade sobre larvas de estágio 3 de Aedes aegypti de 6-alfa-acetoxivouacapano, dos extratos hexânico e metanólico dos frutos de P. polygalaeflorus e de seu óleo essencial também é (mais) relatada. Apenas o extrato hexânico mostrou boa atividade com CL50 23,99 ± 0,75 µg/mL, podendo ser considerado um potencial agente larvicida. Resumo em inglês Chemical investigation of the hexane and methanol extracts of the fruits of Pterodon polygalaeflorus (Leguminosae) resulted in the isolation and identification of furanic diterpenes: 6-alpha-acetoxivouacapane, 6-alpha-hidroxyvouacapane and vouacapane, which is related by the first time as a natural product. The structures of these compounds were established by spectroscopic analysis, including 2D NMR experiments. The 6-alpha-acetoxivouacapane, the hexane and methanol extr (mais) acts, and the essential oil were evaluated on 3rd instar larvae of Aedes aegypti and only the hexane extract showed good larvicidal activity with LC50 23.99 ± 0.75 µg/mL.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Estudo dos anéis de crescimento de Schizolobium parahyba (Leguminosae: Caesalpinioideae) após episódio de mortalidade em Ilha Grande, Rio de Janeiro/ Tree-ring study of Schizolobium parahyba (Leguminosae: Caesalpinioideae) after a mortality episode in Ilha Grande, Rio de Janeiro state

Callado, Cátia Henriques; Guimarães, Rosana Cardoso
2010-03-01

Resumo em português Schizolobium parahyba (Vell.) S.F. Blake é uma espécie nativa da Floresta Atlântica, cujos indivíduos arbóreos desapareceram devido a um episódio de mortalidade na Ilha Grande, Rio de Janeiro. Neste trabalho, os anéis de crescimento foram investigados com o objetivo de determinar a idade das árvores mortas, a relação da largura desses anéis com os índices pluviométricos locais e a possível relação do episódio de mortalidade com a estrutura etária da popu (mais) lação ou com processos sucessionais. Os resultados demonstraram que os indivíduos morreram com diferentes idades e que a largura dos anéis de crescimento foi significativamente correlacionada com a precipitação anual no período investigado. A possibilidade do episódio de mortalidade refletir um processo de sucessão natural ou um evento particular de uma população senescente foi descartada e é provável que as anomalias climáticas ocorridas entre os anos de 1997 e 2001 tenham contribuído para a mortalidade das árvores. Resumo em inglês Schizolobium parahyba (Vell.) S.F. Blake is a native species of the Atlantic rain forest which trees disappeared from Ilha Grande, Rio de Janeiro, due to a mortality episode. In this study, the growth-rings were investigated with the objective of determining the age of the dead trees, the relationship between growth-ring width and local precipitation, and the possible relationship between mortality episode and the population age structure or successional processes. The re (mais) sults showed that dead individuals had different ages and that growth-rings width was significantly correlated with the annual precipitation in the period investigated. The possibility of the death episode being part of a natural succession process or a particular event of a senescent population was discarded and it is suggested that climatic anomalies that occurred between the years 1997 and 2001 have probably contributed to tree mortality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Diversidade de ácaros (Arachnida: Acari) em Hymenaea martiana (Leguminosae) em gradiente de tamanho de plantas/ Diversity of mites (Arachnida: Acari) on Hymenaea martiana (Leguminosae) in gradient of plant size

Feres, Reinaldo José Fazzio; Russo, Vimael; Daud, Rodrigo Damasco
2010-12-01

Resumo em português Foram estudadas as comunidades de ácaros em indivíduos de Hymenaea martiana Hayne (Leguminosae) com diferentes tamanhos, localizados em fragmento de Mata Estacional Semidecidual com transição para o Cerrado. As plantas analisadas foram selecionadas com base no gradiente de altura e perímetro do tronco a 10 cm acima do solo. Foram realizadas coletas quinzenais no período de março de 2007 a março de 2008. Em cada amostragem foram retiradas três folhas dos ramos ext (mais) ernos e três dos ramos internos, ao redor da região mediana da copa de cada planta selecionada. Para comparar os padrões ecológicos das comunidades de ácaros entre as plantas, foram aplicados índices descritores da diversidade. Em H. martiana, foram registrados 109.445 ácaros pertencentes a 28 espécies de 14 famílias. Nove espécies de ácaros, dentre as 19 classificadas como frequentes e acessórias, tiveram sua densidade populacional influenciada pelo tamanho da planta. Enquanto a densidade populacional de Chiapacheylus edentatus De Leon, 1962, Euseius cf. errabundus, Pronematus sp., Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) e Tarsonemus sp., apresentou correlação positiva com a altura da planta, a de Aberoptus aff. cerostructor, Euseius sibelius (De Leon, 1962), Typhlodromalus aripo De Leon, 1967 e Phytoseius nahuatlensis De Leon, 1959, apresentou correlação negativa. Não houve influência da altura da planta sobre a riqueza de espécies e densidade total de ácaros entre ramos internos e externos das plantas com diferentes alturas. As variações fisiológicas entre os indivíduos de diferentes estágios ontogenéticos de H. martiana, juntamente com fatores abióticos, podem ter influenciado a ocorrência e a distribuição dessas espécies de ácaros sobre essa planta. Resumo em inglês The mite communities on plants with different sizes of Hymenaea martiana Hayne (Leguminosae) were studied in a remnant of Mata Estacional Semidecidual in transition to Cerrado forest. The plants were selected according to the height and perimeter of trunk at 10 cm from the soil. Biweekly samples from March 2007 to March 2008 were performed, with three leaves collected from the outer and three from the inner branches at level of median canopy region for each plant selected (mais) . Diversity indexes were applied in order to verify the ecological patterns of mite community among the plants. We recorded 109,445 mites belonging to 28 species and 14 families on H. martiana. The population density of nine species of mites, among 19 classified as frequent and accessory, varied according to the plant size. While the population densities of Chiapacheylus edentatus De Leon, 1962, Euseius cf. errabundus, Pronematus sp., Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) and Tarsonemus sp. had positive correlation with the plant size, the densities of Aberoptus aff. cerostructor, Euseius sibelius (De Leon, 1962), Typhlodromalus aripo De Leon, 1967 and Phytoseius nahuatlensis De Leon, 1959 had negative correlation. There was no influence of the plant height on the species richness and total density of mites between leaves from the inner and outer branches sampled in plants with different sizes. The physiological variations between individuals of H. martiana in different ontogenetic stages, in addition to abiotics traits, might have influenced the occurrence and distribution of mites on this plant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Análise morfoanatômica comparativa da folha de Bauhinia forficata Link e B. variegata Linn. (Leguminosae, Caesalpinioideae)/ Comparative morphogical and anatomycal analyses of Bauhinia forficata Link and B. variegata Linn. (Leguminosae, Caesalpinioideae) leaves

Lusa, Makeli Garibotti; Bona, Cleusa
2009-03-01

Resumo em português Esse trabalho foi desenvolvido com o propósito de subsidiar o controle de qualidade das espécies medicinais Bauhinia forficata Link e B. variegata Linn. Essas foram coletadas em jardins e terrenos baldios de Curitiba, Paraná, Brasil. As amostras do limbo, pecíolo e pulvino foram fixadas em F.A.A. 50 e conservadas em etanol 70%. O seccionamento do material foi feito em micrótomo de rotação (material incluído em historresina) ou a mão livre e as lâminas foram mont (mais) adas de forma permanente ou semipermanente. Foram realizadas análises em microscopia fotônica e eletrônica de varredura. A folha de B. forficata é alongada, com folíolos unidos em torno da metade do limbo, ápices agudos, superfície adaxial lisa e mucro entre os folíolos. Enquanto que, B. variegata possui folha mais larga que longa, com folíolos unidos na porção terminal do limbo e ápices obtusos. Nos pulvinos de B. variegata ocorrem camadas de colênquima, ausentes em B. forficata. O formato e a bainha de fibras dos pecíolos, em secção transversal, são distintos entre as espécies, assim como a distribuição dos estômatos e tricomas no limbo e a forma do bordo em secção transversal. B. variegata possui maior quantidade de idioblastos com drusas e compostos fenólicos. As características morfológicas e anatômicas de B. forficata e B. variegata contribuem para a identificação e diferenciação das espécies, sendo importantes para o controle de qualidade do material destinado à pesquisa e à indústria farmacêutica. Resumo em inglês This work has been developed with the purpose of helping the quality control of the medicinal species Bauhinia forficata Link and B. variegata Linn., which were collected in gardens and vacant lots in Curitiba, Paraná, Brazil. The samples of leaf blade, petiole and pulvinus were fixed in FAA 50 and preserved in alcohol 70. The sectioning of the material was made in rotational microtome (with the material included in historesine) or manually and the blades were mounted in (mais) permanent or semipermanent way. Analyses in photonic and scanning electronic micros betscopy were performed. The leaf of B. forficata is elongated, with the leaflets united around the middle of the leaf blade, acute apices, smooth adaxial surface and mucroween the leaflets. The B. variegata, on the other hand, possesses a broader than long leaf, with the leaflets united in the terminal portion of the blade and obtuse apices. In the pulvinus of B. variegata there are collenchyma layers, which are absent in B. forficata. The shape and the petiole fibers sheath, in cross section, are distinct in both species, as well as the distribution of the stomata and trichomes in the leaf blade and the shape of the border in transversal section. B. variegata possesses a higher quantity of idioblasts with druses and phenolic compounds. The morphologic and anatomic characteristics of B. forficata an B. variegata contribute to the identification and distinction of the species and they are important for the control of the material destined to research and to the pharmaceutical industry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Substâncias fenólicas com atividade antioxidante de Pseudopiptadenia contorta (Leguminosae-Mimosoideae)

Moreira, Davyson de Lima; Engelhardt, Renata L.; Reis, Alexandre da Silva; Sanches, Edgar Marteleto; Leitão, Suzana Guimarães; Leitão, Gilda Guimarães
2002-01-01

Resumo em português O extrato bruto em acetona/ água das folhas de Pseudopiptadenia contorta foi purificado rendendo frações e substâncias puras. A atividade antioxidante foi avaliada para o extrato e frações, empregando-se o teste químico do DPPH. As frações contendo taninos condensados e substâncias fenólicas de baixo peso molecular mostraram ser as responsáveis pela atividade antioxidante do extrato bruto das folhas de P. contorta.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Contribuição ao conhecimento morfológico das espécies de leguminosae comercializadas no estado do Pará, como "angelim"/ Contribution to the morphologic knowledge of the species of leguminosae in the state of Pará, traded as "angelim"

Ferreira, Gracialda Costa; Hopkins, Michael John Gilbert; Secco, Ricardo de S.
2004-01-01

Resumo em português Sete espécies de Leguminosae comercializadas como "angelim", no estado do Pará, foram analisadas quanto aos aspectos morfológicos dos órgãos vegetativos e reprodutivos. Este estudo visou determinar diferenças básicas entre as espécies comercializadas com esta denominação vernacular, a fim de auxiliar no processo de identificação taxonômica das mesmas. Foi elaborada uma chave dicotômica para separar as espécies estudadas (Andira surinamensis, Dinizia excelsa (mais) , Hymenolobium excelsum, H. modestum, H. pulcherrimum, H. petraeum e Vatairea paraensis). As principais características utilizadas no campo, para separação das espécies estudadas, foram folha, folíolo, casca e tronco, porém, espécies de Andira, Hymenolobium e Vatairea, por apresentarem-se desprovidas de folhas no período fértil, necessitam de dados dos órgãos reprodutivos. Resumo em inglês The morphology of vegetative and reproductive structures of seven species of Leguminosae traded as "angelim" in the State of Pará were analyzed. This study sought to determine the basic differences between the species traded under the same vernacular name, in order to facilitate their taxonomic identification. A dichotomous key was developed to distinguish the species studied (Andira surinamensis, Dinizia excelsa, Hymenolobium excelsum, H. modestum, H. pulcherrimum, H. p (mais) etraeum and Vatairea paraensis). The main characteristics used for separation in the field were of leaf, leaflet, bark and trunk. However, flower or fruit characters are needed to identify those species of Andira, Hymenolobium and Vatairea that lose their leaves while flowering.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Crescimento de Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. e Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong (Leguminosae) sob diferentes níveis de sombreamento/ Growth of Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. e Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong (Leguminosae) under different shading levels

Lima, Ana Lúcia da Silva; Zanella, Fábio; Castro, Ley Daiana Marins de
2010-03-01

Resumo em português Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. é uma espécie clímax tolerante a sombra, ao passo que Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. é uma espécie pioneira. O desenvolvimento destas espécies pode refletir a habilidade de adaptação aos diferentes fatores ambientais (luz, água e temperatura) no local em que estão crescendo. O suprimento inadequado de um desses fatores pode reduzir o vigor da planta e limitar seu desenvolvimento. O presen (mais) te trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos do nível de sombreamento no crescimento e a concentração de pigmentos fotossintéticos em duas espécies de leguminosas arbóreas, Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. e Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. O experimento foi conduzido no Setor de Olericultura do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA)/Rondônia. Durante a formação das mudas, ambas as espécies foram expostas a quatro tratamentos de sombra: 0 % (controle - sol pleno); 30 %; 50 % e 80 %. Cada tratamento foi constituído com três repetições de cada espécie; o delineamento experimental foi inteiramente casualisado. Quatro meses após a semeadura, as seguintes análises foram realizadas: número de folhas, altura da planta, comprimento do sistema radicular, massa seca total e concentração de pigmentos fotossintéticos. O tratamento sob sol pleno afetou negativamente o crescimento de ambas as espécies. As mudas crescidas sob 50% e 80% apresentaram melhor desenvolvimento. Conforme o aumento do sombreamento houve um decréscimo na razão clorofila a/b e um aumento nas concentrações de clorofila total e carotenóides totais. Resumo em inglês Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. is a clímax shadow tolerant specie and Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong., by the other hand, is considered as a pioneer specie. The development of these species may reflect its adaptation ability to different environmental elements (light, water and temperature) at its growth site. An inadequate supply of some of these elements may reduce plant vigor and limit its development. This work aimed to eval (mais) uate the effects of shade intensity on the growth and photosynthetic pigment concentration of two arboreal legumes that are typical to northern Brazil, namely, the Hymenaea courbaril L. var. stilbocarpa (Hayne) Lee et Lang. and the Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. The experiment was carried out at the Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJ/ULBRA)/Rondônia. During the formation of the seedlings, both species were exposed to four treatments of shade: 0 % (control - without shade); 30 %; 50 % e 80 %. Each treatment was carried out with three replications for each species; the experimental design was completely randomized. Four month after sowing, the following analyses were carried out: number of leaves, plant height, roots length, dry mass and photosynthetic pigment concentration. The treatment under 0% shade impaired the seedling growth of both species. The most favorable treatments were 50 % and 80 % shade. According to the shade intensity, the chlorophyll a/b ratio decreased and the chlorophyll and carotenoids increased.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Aspectos fitogeográficos das espécies de Crotalaria L. (Leguminosae, Faboideae) na Região Sul do Brasil/ Phytogeographic aspects of the Crotalaria L. species (Leguminosae, Faboideae) in Southern Brazil

Flores, Andréia Silva; Miotto, Silvia Teresinha Sfoggia
2005-06-01

Resumo em português São discutidos aspectos fitogeográficos de Crotalaria L. (Leguminosae) na Região Sul do Brasil. O gênero possui distribuição pantropical, sendo que no sul do Brasil apresenta nove espécies nativas e sete introduzidas. As espécies nativas de Crotalaria ocorrem nas províncias biogeográficas Paranaense, Atlântica e Pampeana. A distribuição geográfica das espécies do gênero ao longo dos três Estados da região mostra um gradiente latitudinal de diversidade fl (mais) orística decrescente do Paraná para o Rio Grande do Sul. A região no Paraná compreendida entre 49º50º W e 24º-26º S é a que apresenta a maior diversidade de espécies. Resumo em inglês Phytogeographic aspects of Crotalaria L. (Leguminosae) in southern Brazil are discussed. The genus presents pantropical distribution, with nine native species and seven introduced ones in southern Brazil. The species of Crotalaria occur on the Paranaense, Atlântica and Pampeana biogeographic provinces. The geographic distribution of the species along the three states in southern Brazil shows a decreasing latitudinal gradient of floristic diversity from Paraná to Rio Gra (mais) nde do Sul. The region of Paraná State, between the 49º-50º W and 24º 26º S, presents the greatest diversity of species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Estudo farmacobotânico de duas espécies de Anileira (Indigofera suffruticosa e Indigofera truxillensis, Leguminosae) com propriedades farmacológicas/ Pharmacobotanical studies of wild indigo species (Indigofera suffruticosa and Indigofera truxillensis, Leguminosae,) with pharmacological properties

Barros, Giselle Monte Cassiano Canavaci; Teixeira, Simone de Pádua
2008-06-01

Resumo em português Indigofera suffruticosa e Indigofera truxillensis são espécies de Leguminosae que se destacam no gênero por suas propriedades farmacológicas. O objetivo deste trabalho foi estabelecer um controle de qualidade morfológico para as matérias-primas vegetais obtidas destas duas espécies, por meio de análises da superfície e organoléptica do pó foliolar e estudos anatômicos e histoquímicos dos folíolos, do caule e da raiz. A análise dos pós mostrou que a forma e (mais) ornamentação dos tricomas tectores são bons caracteres diagnósticos da matéria-prima pulverizada com partículas maiores que 53 µM, e que o odor em I. suffruticosa é forte e desagradável, com sabor fracamente amargo não persistente e em I. truxillensis é fraco e agradável e de sabor muito amargo e persistente. As espécies apresentaram estrutura anatômica de folíolos, entrenós caulinares e raízes laterais muito semelhantes; exceto pela epiderme papilosa em ambas as faces foliolares em I. truxillensis e apenas na face adaxial em I. suffruticosa. Compostos fenólicos foram detectados nos folíolos e alcalóides foram detectados nos caules e nas raízes (em maior quantidade nestas) de ambas as espécies. A presença de alcalóides nas raízes de I. suffruticosa e I. truxillensis é semelhante à observada em espécies de leguminosas ictiotóxicas incluídas no "complexo timbó", cujas raízes são tóxicas devido à presença de rotenóides. Resumo em inglês The Leguminosae genus Indigofera has two important pharmacological species, Indigofera suffruticosa and I. truxillensis. The present work aims to establish a morphological quality control for vegetal drugs obtained from these two species through the analyses of surface and organoleptic features in leaflet powder, and also through anatomical and histochemical studies in leaflet, shoot and root. Powder analyses evidenced that shape and ornamentation of the simple trichomes (mais) are good diagnostic characters for the sprayed drug, with particles bigger than 53 µm; moreover, odor was strong and awkward, with non-persistent, weakly bitter taste in I. suffruticosa, and weak and pleasant, with more persistent, bitter taste in I. truxillensis. Similar anatomical structures were found in leaflets, cauline internodes and lateral roots in both species, except for papillose epidermic cells that occurred in both leaflet sides in I. truxillensis, and only on the adaxial side in I. suffruticosa. Phenolic compounds were found in leaflets, and alkaloids in shoots and roots (greater amount) of both studied species. The occurrence of alkaloids in roots of I. suffruticosa and I. truxillensis seems to be similar to that observed in ichthyotoxic legume species that belong to the so-called "timbó complex", whose roots are toxic due to rotenoids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Ácaros (Arachnida: Acari) associados a Bauhinia variegata L. (Leguminosae) no noroeste do Estado de São Paulo/ Mites (Acari: Arachnida) associated with Bauhinia variegata L. (Leguminosae) in northeast of State of São Paulo, Brazil

Daud, Rodrigo D.; Feres, Reinaldo J.F.; Buosi, Renato
2007-04-01

Resumo em português Foi estudada a acarofauna associada a Bauhinia variegata L., espécie introduzida no Brasil como ornamental. Dois exemplares dessa planta foram amostrados mensalmente, de maio de 2000 a abril de 2001. Foram registrados 8.482 ácaros, pertencentes a 25 espécies de 11 famílias. Os fitófagos foram os mais abundantes, sendo Lorryia formosa Cooreman a espécie dominante. A dominância de L. formosa foi provavelmente influenciada pela condição de estresse das plantas amostradas e pela baixa quantidade de ácaros predadores sobre estas plantas. Resumo em inglês The occurrence of mites on Bauhinia variegata L., a species introduced in Brazil as ornamental, was studied. Two plants of this species were sampled monthly from May 2000 to April 2001. A total of 8,482 mites, belonging to 25 species in 11 families were collected. The abundance of phytophagous mites was higher, being Lorryia formosa Cooreman the dominant species. The dominance of L. formosa might be caused by stress conditions of sampled plants and low number of predaceous mites on those plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Anatomia comparada do lenho de Copaifera langsdorffii Desf. (Leguminosae-Caesalpinoideae) de floresta e cerradão/ Comparative wood anatomy of Copaifera langsdorffii Desf. (Leguminosae-Caesalpinoideae) in forest and "cerradão"

MARCATI, CARMEN REGINA; ANGYALOSSY-ALFONSO, VERONICA; BENETATI, LUCIMAR
2001-09-01

Resumo em português O presente estudo compara a estrutura do lenho de uma espécie arbórea (Copaifera langsdorffii Desf.) que ocorre em floresta mesófila semidecídua e em cerradão. Objetivou-se verificar diferenças estruturais qualitativas e quantitativas nos espécimes em relação aos dois ecossistemas. A análise estatística revelou um maior diâmetro tangencial dos vasos nos espécimes do cerradão e um maior diâmetro tangencial das pontoações intervasculares nos espécimes da f (mais) loresta, ambos ao nível de 0,05. Fibras gelatinosas foram encontradas em maior quantidade nos espécimes do cerradão quando comparadas com os espécimes da floresta. A presença de um parênquima marginal que se subdivide e algumas faixas parenquimáticas que não apresentam canais axiais são pela primeira vez mencionadas em Copaifera langsdorfii. Resumo em inglês The present study compares qualitative and quantitative characters of the wood of a tree species (Copaifera langsdorffii Desf.-Leguminosae-Caesalpinoideae) from semideciduous mesophytic forest and "cerradão". Analysis revealed vessels with significantly larger diameter in trees from "cerradão" and intervascular pits being significantly larger in trees from forest. In contrast to the trees from the forest, gelatinous fibers, which have a special layer innermost of the wa (mais) ll, were found in great quantity in trees from "cerradão". Furthermore, the presence of subdivided marginal parenchyma and the absence of axial canals in some of the parenchyma bands are for the first time mentioned for this species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Influência da temperatura e da água sobre a germinação de sementes de Paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke Leguminosae-Caesalpinioideae)/ Influence of temperature and water on Paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke - Leguminosae-Caesalpinioideae) seed germination

Ramos, Michele Braule Pinto; Varela, Vania Palmeira; Melo, Maria de Fátima Figueiredo
2006-04-01

Resumo em português O Paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke) é uma espécie florestal, pertencente à família Leguminosae-Caesalpinioideae, utilizada na recuperação de áreas degradadas e que apresenta destaque no mercado madeireiro. O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar diferentes volumes de água no substrato e temperaturas para a germinação de sementes de S. amazonicum. As sementes foram imersas em ácido sulfúrico por 50 minutos, para superar a impe (mais) rmeabilidade do tegumento à água. Em seguida, foram semeadas em rolos de papel Germitest umedecidos com quantidades (mL.g-1 papel) de água equivalentes a 15; 2,0; 2,5 e 3,0 vezes a massa do substrato, sem adição posterior de água e mantidas em câmaras nas temperaturas constantes de 25, 30 e 35ºC. Foram avaliados a porcentagem de germinação, o índice de velocidade de germinação e os comprimentos da raiz primária e do hipocótilo das plântulas normais. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com os tratamentos em esquema fatorial 4 x 3. O melhor desempenho germinativo foi observado nas temperaturas de 25, 30 e 35ºC, com as quantidades de água de 2,5 e 3,0 vezes a massa do papel. A velocidade do processo foi favorecida pelas temperaturas de 30 e 35ºC e pela quantidade de água equivalente a 3,0 vezes a massa do papel. Ocorre maior desenvolvimento da raiz e do hipocótilo com a quantidade de água de 3,0 vezes a massa do papel a 25ºC. Resumo em inglês Paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke) is a tree species of the Leguminosae-Caesalpinioideae botanical family. This species has been used in rehabilitation programs for of degraded areas and it has good acceptance at local timber markets as well. This study aimed to evaluate the effects of different water contents in the substrate and temperatures on germination of S. amazonicum. Seeds were immersed in sulfuric acid for 50 minutes in order to break the impermeab (mais) ility of the seed-coat. After this, they were seeded over Germitest paper rolls wetted with water contents (mL.g-1 paper) equivalent to 1.5, 2, 2.5 and 3 times the substrate mass without new water addition, and they were maintained in chambers at constant temperatures of 25, 30 and 35ºC. In addition to the germination percentage, the speed of germination index and length of primary roots and hypocotyl of normal seedlings were also evaluated. A completely randomized design was used with a 4x3 factorial. The best germination performance was observed at temperatures of 25, 30 and 35ºC combining with water contents of 2.5 and 3 times the paper mass. The germination speed was favored by temperatures of 30 and 35ºC as well as by the largest water content, which corresponded to 3 times the paper mass. The best results related to root and hypocotyl development were observed in treatments involving water content 3 times the paper mass at a temperature of 25ºC.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Números cromossômicos e implicações sistemáticas em espécies da subfamília Caesalpinioideae (Leguminosae) ocorrentes na região sul do Brasil/ Chromosome numbers and systematic implications in species of subfamily Caesalpinioideae (Leguminosae) from the Southern region of Brazil

Biondo, Elaine; Miotto, Silvia Teresinha S.; Schifino-Wittmann, Maria Teresa
2005-12-01

Resumo em português A subfamília Caesalpinioideae (Leguminosae) possui cerca de 2.800 espécies, muitas das quais ocorrem no Brasil. Para a região Sul do Brasil são citadas 56 espécies, distribuídas pelos mais diversos ambientes, com importância econômica, social e científica bastante grande, sendo ainda pouco conhecidas do ponto de vista citogenético e taxonômico. Neste estudo foram analisados, quanto ao número de cromossomos, 74 acessos de 27 táxons incluídos em 10 gêneros pe (mais) rtencentes às tribos Cassieae, Caesalpinieae e Cercideae. Os números cromossômicos encontrados foram 2n = 32, 28, 26, 24, 22, 16 e 14. Sete espécies tiveram seus números cromossômicos determinados pela primeira vez: Cassia leptophylla, Senna araucarietorum, S. hilariana, S. neglecta, S. oblongifolia, Chamaecrista repens e Pomaria stipularis. A maioria das espécies apresentaram 2n = 28 cromossomos, sendo observados também 2n = 26, 24 e 22. O gênero Chamaecrista diferenciase dos demais gêneros, pois todos os seus táxons apresentaram 2n = 32, 16 e 14 cromossomos, sendo o primeiro número supostamente originado por poliploidia. O número básico proposto para as espécies estudadas foi x = 14, com os demais números, x = 13, 12 e 11, tendo surgido provavelmente por disploidia e para o gênero Chamaecrista x = 8 e x = 7 para a espécie pertencente à seção Xerocalyx. A poliploidia pareceu importante na diversificação inicial do grupo, com ocorrência de uma série de reduções displóides no decorrer do processo evolutivo. O caráter número de cromossomos mostrou-se relevante na distinção de táxons do gênero Chamaecrista dos demais gêneros, sugerindo, juntamente com outros caracteres analisados e encontrados em literatura, a segregação deste dos demais gêneros pertencentes à tribo Cassieae. Resumo em inglês The subfamily Ceasalpinioideae (Leguminosae) comprises around 2,800 species, many of which occurring in Brazil. For the Southern region of Brazil, 56 species economically, socially and scientifically important, are cited, distributed along different environments, but detailed taxonomic and cytogenetic studies are still missing. This paper reports chromosome number analysis in 74 accessions of 27 taxa belonging to ten genera of tribes Cassieae, Caesalpinieae, and Cercideae (mais) . The determined chromosome numbers were 2n = 32, 28, 26, 24, 22, 16 and 14. For seven species the chromosome numbers were determined for the first time: Cassia leptophylla, Senna araucarietorum, S. hilariana, S. neglecta, S. oblongifolia, Chamaecrista repens and Pomaria stipularis. Most species had 2n = 28 chromosomes, 2n = 26, 24, and 22 being also found. The genus Chamaecrista differs from the others studied as all its taxa presented 2n = 32, 16, and 14, the first one derived by polyploidy. The basic number of x = 14 was proposed for the species of nine of the studied genera, while x = 13, 12 and 11 would have probably been originated by disploidy. For the genus Chamaecrista, x = 8 is suggested for most species and x = 7 for the species of section Xerocalyx. Polyploidy seems to have played an important role in the initial diversification of the group, accompanied by several disploid reductions during the evolutionary process. The number of chromosomes distinguishes Chamaecrista from the other genera. This, together with other analyzed characteristics, as well as literature data, supports the separation of this genus from the other Cassieae genera.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Anatomia do lenho de oito espécies de lianas da família Leguminosae ocorrentes na Floresta Atlântica/ Wood anatomy of eight liana species of Leguminosae family from Atlantic Rain Forest

Brandes, Arno Fritz das Neves; Barros, Cláudia Franca
2008-06-01

Resumo em português Lianas são importantes componentes estruturais das florestas tropicais, apesar disso a anatomia destes vegetais é pouco estudada. A família Leguminosae é relatada como a segunda maior em número de espécies de lianas, contudo pouco se conhece da diversidade anatômica das lianas desta família. O presente estudo descreveu e analisou a anatomia do lenho de oito espécies de lianas da família Leguminosae, ocorrentes no Parque Nacional do Itatiaia, localizado no Estado (mais) do Rio de Janeiro, região Sudeste do Brasil, local inserido no bioma Floresta Atlântica. As espécies apresentaram características comuns ao hábito liana, como: elementos de vaso com diâmetro elevado, com duas categorias de diâmetro; e maior proporção de parênquima axial em comparação às fibras. Quatro espécies do gênero Senegalia apresentaram variações cambiais produzidas por um único câmbio, normal em produto mas anormal em conformação. A anatomia do lenho das espécies estudadas é muito semelhante por compartilharem o mesmo hábito e pertencerem à mesma família. Apesar disso, as oito espécies estudadas puderam ser diferenciadas. As espécies com variações cambiais e Dalbergia frutescens são facilmente diferenciadas das demais. Contudo Senegalia tenuifolia, Piptadenia micracantha e Piptadenia adiantoides necessitam ser examinadas com muita cautela para identificá-las exclusivamente pela anatomia do lenho. Resumo em inglês Lianas are important structural component of tropical forests and even though the anatomy of these plants is poorly studied. Leguminosae family is reported as the second larger family in number of liana species, but little is know about the anatomical diversity of lianas from this family. The present study described and analyzed the wood anatomy of eight liana species of Leguminosae family, from Parque Nacional do Itatiaia, located in Rio de Janeiro State, Southeast regio (mais) n of Brazil and included in Atlantic Rain Forest Biome. The species show common features with the liana habit, as: wide vessels, vessel dimorphism, and high proportion of parenchyma when compared with fibers. Four species of Senegalia genus showed cambial variants made by a single cambium, normal in products but abnormal in conformation. The studied species have similar wood anatomy, many of which are because they belong to the same family and share the same habit. Nevertheless, the eight species studied could be distinguished. The species with cambial variants and Dalbergia frutescens are easy distinguished from the others. However Senegalia tenuifolia, Piptadenia micracantha and Piptadenia adiantoides require much wariness examination to identify the species exclusively by wood anatomical features.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Biologia reprodutiva da "catingueira" (Caesalpinia pyramidalis Tul., Leguminosae-Caesalpinioideae), uma espécie endêmica da Caatinga/ Reproductive biology of catingueira (Caesalpinia pyramidalis Tul., Leguminosae-Caesalpinioideae), an endemic species of Caatinga

Leite, Ana Virgínia; Machado, Isabel Cristina
2009-03-01

Resumo em português Leguminosae está representada na Caatinga por 293 espécies, das quais oito foram estudadas quanto à polinização e/ou sistema reprodutivo. Foram analisados a biologia floral, os polinizadores e o sistema reprodutivo de Caesalpinia pyramidalis Tul. Houve produção de 5,7 ± 0,9 óvulos/flor, 66,9 ± 47,8 flores e 2,1 ± 1,2 frutos por inflorescência e 2,88 ± 1,44 sementes/fruto. O volume de néctar foi cerca de 1,0 µL durante o primeiro dia da flor, 0,5 µL no segu (mais) ndo dia, não havendo produção no terceiro dia. C. pyramidalis é auto-incompatível, com tubos polínicos oriundos de autopolinização manual crescendo até o saco embrionário. Espécies de Xylocopa e Centris constituem importantes polinizadores de C. pyramidalis. Durante as visitas, as abelhas promovem principalmente geitonogamia, a qual favorece a perda de frutos e leva à baixa razão fruto/flor (0,03). Entretanto, a razão semente/óvulo relativamente elevada (0,50), demonstra maior investimento em sementes provenientes de polinizações cruzadas, reduzindo os efeitos da geitonogamia. Resumo em inglês The Leguminosae comprises 293 species in the Caatinga, and only eight were studied for pollination and, or breeding system. We analysed the floral biology, pollinators and breeding system of Caesalpinia pyramidalis Tul. The pollen tube growth was observed eight, 24 and 48 hours after hand pollinations. There were 5.7 ± 0.9 ovules/flower, 66.9 ± 47.8 flowers and 2.1 ± 1.2 fruits per inflorescence and 2.88 ± 1.44 seeds/fruit. Nectar production was about 1.0 µL during t (mais) he first day of anthesis, 0.5 µL in the second day, and there was no production in the third day. C. pyramidalis is self-incompatible but self-pollen tubes grew down to the embryo sac. Species of Xylocopa and Centris are important pollinators of C. pyramidalis. During the visits, the bees promote mostly geitonogamy which favours the loss of fruits, and generates a low fruit/flower ratio (0.03). However, high seed/ovule ratio (0.50) shows highest investment in seeds by cross-pollination, reducing the effects of geitonogamy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Anatomia do lenho de Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong (Leguminosae-Mimosoideae) ocorrente em dois ambientes/ Wood anatomy of Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong (Leguminosae-Mimosoideae) occurring in two environments

Lima, Rivete s. de; Oliveira, Paulo L. de; Rodrigues, Lia R.
2009-06-01

Resumo em português Este estudo comparou e caracterizou a anatomia do lenho de Enterolobium contortisiliquum em ambientes distintos. As amostras foram coletadas de plantas ocorrentes na vegetação de Caatinga dos Municípios de Campina Grande, PB (7°11' S e 35°58' W), Buíque-PE (8°35' S e 37°14' S) e de Floresta Estacional Semidecídua nos Municípios de Taquara, RS (29°44' S e 50°50' W) e Santa Maria-RS (29°47' S e 53°34' W), totalizando vinte indivíduos. As áreas apresentam con (mais) dições climáticas distintas, com Campina Grande e Buíque apresentando temperaturas mais elevadas e menor índice pluviométrico em comparação a Taquara e Santa Maria. Uma análise qualitativa foi realizada através da microscopia de luz (ML) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os dados foram submetidos à análise estatística descritiva e à análise de variância (P ³ 0,05), De um modo geral, independente da procedência dos indivíduos examinados, o lenho de E. contortisiliquum apresentou vasos solitários e múltiplos; porosidade difusa; placa de perfuração simples; pontoações intervasculares e radiovasculares alternas, com formas poligonais; pontoações guarnecidas; presença de parênquima paratraqueal vasicêntrico; raios homogêneos, predominantemente com 3 a 4 células de largura. Foram observadas fibras gelatinosas. Todos os indivíduos analisados apresentaram camadas de crescimento. Uma maior quantidade de cristais e amido foi registrada em células do parênquima axial de plantas de menores latitudes. A análise de variância paramétrica confirmou associações entre ambiente e características anatômicas do lenho de E. contortisiliquum, mas com importantes diferenças quanto ao que foi registrado na literatura para outras espécies. Resumo em inglês This study compares and characterizes the wood from stem of Enterolobium contortisiliquum in different environments. Samples from a total of twenty individuals were collected from plants occurring in a Caatinga area in the municipalities of Campina Grande, PB (7°11' S and 35°58' W), and Buíque-PE (8°35' S and 37°14' S) and in a Tropical Semidecidual Forest in the municipalities of Taquara-RS (29°44' S and 50°50' W), and Santa Maria-RS (29°47' S and 53°34' W). The (mais) areas present different climatic conditions, where Campina Grande and Buíque present the highest temperatures and lowest rainfall compared to Taquara and Santa Maria. A qualitative analysis was made through light microscopy (LM) and scanning electron microscopy (SEM). The data were submitted to descriptive statistical analysis and analysis of variance (P ³ 0,05). In general, regardless of the origin the individuals examined, the wood of E. contortisiliquum presented solitary and multiple vessels, intervascular pits and alternate polygonal radiovascular alterns with shapes, vestured pits, presence of vasicentric paratraqueal parenchyma, homogeneous rays, predominantly 3 to 4 cell wide. Gelatinous fibres were observed. All individuals analyzed presented growth layers. A greater quantity of crystals and starch grains was detected in cells of the axial parenchyma of plants from the lower latitudes localities. The parametric analysis of variance confirm the associations between environment and wood anatomic characteristics of E. contortisiliquum, but show differences when data are compared to reports from other species and registered in the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Alterações estruturais e fisiológicas em sementes de Copaifera Langsdorffii DESF. - Leguminosae-Caesalpinioideae submetidas ao tratamento com hipoclorito de sódio/ Structural and physiological changes in seeds and seedlings of Copaifera Langsdorffii DESF. (Leguminosae - Caesalpinioideae) submitted to sodium hypochlorite treatment

Noleto, Leonardo Gonçalves; Pereira, Maria de Fátima Rodrigues; Amaral, Lourdes Isabel Velho Do
2010-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito do hipoclorito de sódio (NaClO) sobre a testa das sementes, germinação e o estabelecimento de plântulas de copaíba. A remoção da cutícula da testa de sementes após imersão em NaClO a 2,5% foi evidenciada pelo corante Sudan IV e microscopia eletrônica de varredura. Com a remoção dessa camada ocorreu aumento significativo na absorção de água pela semente, durante a fase inicial da embebição. Substâncias fe (mais) nólicas, provavelmente inibitórias da germinação, foram detectadas com cloreto férrico nas paredes celulares dos cotilédones. A imersão em NaClO foi mais favorável para a emergência de plântulas (54%), quando comparada com a escarificação mecânica (2%) e controle (14%). Esses resultados permitem concluir que a utilização do NaClO é uma alternativa eficaz para a produção de mudas em larga escala, devido principalmente às suas propriedades antissépticas. Resumo em inglês We determined the effect of Sodium Hypochlorite (NaClO) immersion on the seed coat, germination and establishment of seedlings of Copaifera langsdorffii Desf. (copaiba; diesel tree; kerosene tree; Langsdorf's copaifera). Cuticle removal of the seed coats treated with 2.5% NaClO was shown by Sudan IV staining and scanning electronic microscopy. Treatment with NaClO increased water uptake by the seeds during the early stages of imbibition. The cell walls of cotyledons stain (mais) ed with ferric chloride showed phenolic compounds with putative inhibitory proprieties upon germination. Immersion in NaClO was the treatment most favorable to seedling emergence (54%) when compared to mechanical scarification (2%) and untreated control seeds (14%). These results indicate that NaClO is an efficient option for large-scale seedling production, principally due to its antiseptic proprieties.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Consumo foliar e aspectos biológicos de Urbanus acawoios (Lep.: Hesperiidae) alimentado com folíolos de Clitoria fairchildiana (Leguminosae: Faboideae) em três níveis de maturidade/ Leaf consumption and biological aspects of Urbanus acawoios (Lep.: Hesperiidae) fed with Clitoria fairchildiana (Leguminosae: Faboideae) leaflets in three maturity stages

Trevisan, Henrique; De Nadai, Janaína; Lunz, Alexandre Mehl; Carvalho, Acacio Geraldo de
2004-02-01

Resumo em português Urbanus acawoios (Lepidoptera: Hesperiidae) tem como principal hospedeiro a essência arbórea Clitoria fairchildiana (Leguminosae: Faboideae), utilizada em diversos estados brasileiros, principalmente, na arborização urbana. Nos últimos anos, foram registrados surtos anuais deste inseto, principalmente no estado do Rio de Janeiro, com desfolha intensa e conseqüente estresse fisiológico das árvores. Este trabalho teve como objetivo avaliar, em laboratório, o consum (mais) o foliar e aspectos biológicos de U. acawoios, alimentado com folíolos de C. fairchildiana em três diferentes estádios de maturidade: novos, intermediários e velhos. O consumo de lagartas de U. acawoios foi maior com folíolos novos e a duração das fases de desenvolvimento, a longevidade e o ciclo de vida desse inseto foram afetados pelo tipo de folíolo de C. fairchildiana. A porcentagem de sobrevivência de U. acawoios foi maior para indivíduos alimentados com folíolos de C. fairchildiana de maturidade intermediária. Resumo em inglês Clitoria fairchildiana (Leguminosae: Faboideae) is a tree used in several Brazilian states in the urban arborization and is the main host of Urbanus acawoios (Lepidoptera: Hesperiidae). Annual outbreaks of this defoliator insect was registered in the last years mainly in Rio de Janeiro state where these trees are submitted a physiologic stress after being completely stripped. The aim of this study is to evaluate the leaf consumption and biological aspects of U. acawoios c (mais) aterpillars fed with C. fairchildiana leaflets in laboratory in three maturity stages: new, middlemen and old. The consumption of U. acawoios caterpillars was larger with new leaflets and the duration of the development stages, the longevity and the life cycle were affected for the type of C. fairchildiana leaflet. The U. acawoios survival percentage were larger for individuals fed with C. fairchildiana middlemen leaflets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Duas novas espécies de Tanaostigmodes Ashmead, 1896 (Hymenoptera, Tanaostigmatidae) obtidas de galhas de Calliandra disysantha Benht. (Leguminosae, Mimosoidea) do Brasil Central

Perioto, Nelson Wanderley; Lara, Rogéria Inês Rosa
2005-01-01

Resumo em português Duas novas espécies de Tanaostigmodes obtidas a partir de galhas de Calliandra disysantha em Brasília (DF), Brasil são descritas e ilustradas. Resumo em inglês Two new species of Tanaostigmodes were reared from galls of Calliandra disysantha from Brasília (DF), Brazil are described and illustrated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Alterações ultraestruturais em larvas de Aedes aegypti submetidas ao diterpeno labdano, isolado de Copaifera reticulata (Leguminosae), e à uma fração rica em taninos de Magonia pubescens (Sapindaceae)/ Ultrastructural alterations in larvae of Aedes aegypti subject to labdane diterpene isolated from Copaifera reticulata (Leguminosae) and a fraction enriched with tannins of Magonia pubescens (Sapindaceae)

Valotto, Cleyde Ferreira Barreto; Silva, Heloisa Helena Garcia da; Cavasin, Gláucia; Geris, Regina; Rodrigues Filho, Edson; Silva, Ionizete Garcia da
2011-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Dengue é um importante problema de saúde pública, em vários países, e tem como principal vetor o Aedes aegypti, mosquito mais adaptado às áreas urbanizadas. Apresenta-se, pela primeira vez, as alterações ultraestruturais em larvas de 3º estádio, desse mosquito, causadas pelos larvicidas naturais, um diterpeno labdano, extraído de Copaifera reticulata, e uma fração rica em taninos catéquicos, extraída de Magonia pubescens, evidenciando o mecan (mais) ismo de ação dessas substâncias. MÉTODOS: Os experimentos foram realizados com larvas de 3º estádio em solução de 0,9ppm, do diterpeno (3-β-acetoxylabdan-8(17)-13-dien-15-óico) e de 3,7ppm, da fração majoritária de tanino catéquico de massa molecular 864Da. Obtiveram-se as substâncias através de fracionamentos cromatográficos sucessivos, identificadas por ressonância magnética nuclear de hidrogênio e espectrometria de massas. As larvas que atingiram estado letárgico foram coletadas e dissecadas e seus tubos digestórios fixados, desidratados, emblocados e polimerizados. Cortes ultrafinos foram feitos e contrastados com acetato de uranila 3% e citrato de chumbo, posteriormente, levados ao microscópio eletrônico. RESULTADOS: As principais alterações ultraestruturais provocadas pelos diterpeno e tanino sobre larvas de Aedes aegypti foram vacuolização citoplasmática, desorganização e degeneração celular, mudança estrutural dos microvilos e deslocamento das células da lâmina basal. CONCLUSÕES: O diterpeno e a fração rica em taninos catéquicos provocaram a morte das larvas de Aedes aegypti através da destruição celular no intestino médio. Resumo em inglês INTRODUCTION: Dengue is an important public health problem in many countries and its main vector Aedes aegypti, is the mosquito most adapted to urban areas. For the first time, the mechanism of action of labdane diterpenoid extracted from Copaifera reticulata and the fraction enriched of catechin tannins extracted from Magonia pubescens is demonstrated through ultrastructural alterations of Aedes aegypti larvae. METHODS: Experiments were performed using a 0.9ppm solution (mais) of diterpenoid and 3.7ppm of the fraction as the main catechin tannin of molecular mass 846Da. The compounds were obtained by thin layer chromatography and identified by nuclear magnetic resonance of hydrogen and mass spectrometry. Larvae that achieved lethargic state were collected and dissected. Next, they were contrasted with 1% uranyl acetate, dehydrated, embedded and polymerized. Ultrathin sections were made, mixed with 3% uranyl acetate and lead citrate and placed in an electron microscope. RESULTS: The main ultrastructural alterations caused by the diterpenoid and by tanins in larvae of Aedes aegypti were: cytoplasmic vacuolation, alteration of microvilli, cellular aging, cell disruption and degeneration, formation of secretion vesicles and structural changes in microvilli, irregular nuclei and displacement of cells in the basal lamina. CONCLUSIONS: The fraction containing tannins and the diterpenoid caused the death of Aedes aegypti larvae by cell destruction in the midgut.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Qualidade sanitária e germinação de sementes de Pterogyne nitens Tull. (Leguminosae - Caesalpinioideae)/ Health quality and germination of Pterogyne nitens seeds

Nascimento, Walnice Maria Oliveira do; Cruz, Eniel David; Moraes, Maria Heloísa Duarte; Menten, José Otávio Machado
2006-04-01

Resumo em português Pterogyne nitens Tull. (Leguminosae Caesalpinioideae), espécie florestal nativa da Mata Atlântica, é normalmente utilizada para extração de madeira. Devido à necessidade de ampliação da área produtiva com essa espécie, para fins de exploração comercial, tem-se observado maior interesse em relação às informações sobre qualidade e conservação de suas sementes. Apesar da grande importância econômica das espécies florestais, estudos sobre sanidade de tai (mais) s sementes são quase inexistentes, principalmente com espécies nativas. Procurou-se, com este trabalho, identificar fungos associados às sementes e sua relação com a germinação de sementes de amendoim-bravo, utilizando-se os métodos de detecção do papel de filtro com congelamento, sem congelamento e de sintomas em plântulas. Detectaram-se os seguintes fungos: Aspergillus sp., Penicillium sp., Fusarium moniliforme, Alternaria alternata, Rhizopus sp., Cladosporium sp. e Phoma sp. A maior ocorrência foi de fungos dos gêneros Aspergillus e Penicillium. O método do papel de filtro com congelamento permitiu a identificação de Fusarium moniliforme e Alternaria alternata, duas espécies de fungos potencialmente patogênicos. Não foi detectada ocorrência de sintomas relacionados ao ataque de patógenos nas plântulas. Resumo em inglês Pterogyne nitens Tull. (Leguminosae Caesalpinioideae), wood species native to the Atlantic Rain Forest, is constantly used to extract timber. With the need to amplify the cultivation surface for trade, the interest in information about the quality and conservation of its seeds has increased. In spite of the great economic importance of this species, studies about the health quality of seeds are inexistent, mainly for native species. This paper aims to identify the occuren (mais) ce of pathogens associated in Pterogyne nitens seeds. The fungi were studied in a blotter test with and without freezing and symptoms in seedlings. The following fungi were found in seeds: Aspergillus sp., Penicillium sp., Fusarium moniliforme, Alternaria alternata, Rhizopus sp., Cladosporium sp. and Phoma sp. The largest occurence found was the fungi Aspergillus and Penicillium. The blotter test with freezing made it possible to identify two species of the potentially pathogenic Fusarium moniliforme and Alternaria alternata. Symptoms in seedlings were not detected.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Diversidade de bactérias que nodulam siratro em três sistemas de uso da terra da Amazônia Ocidental/ Leguminosae nodulating bacteria diversity from three different land use systems in Brazilian Western Amazon

Jesus, Ederson da Conceição; Moreira, Fátima Maria de Souza; Florentino, Ligiane Aparecida; Rodrigues, Maria Isabel Dantas; Oliveira, Marcelo Silva de
2005-08-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito de três sistemas de uso da terra da Amazônia Ocidental sobre a diversidade fenotípica de bactérias que nodulam siratro. Os sistemas estudados foram cultivo de mandioca, cultivo de pupunheira e floresta de terra firme. As densidades de bactérias foram avaliadas pela técnica do número mais provável, pela inoculação de suspensões de solo diluídas em siratro (Macroptilium atropurpureum), e foram semelhantes nas áre (mais) as estudadas. Foram caracterizados 257 isolados, provenientes dos nódulos de siratro, os quais formaram 63 grupos culturais a 80% de similaridade. Poucos isolados foram obtidos a partir de solo sob floresta, enquanto um maior número de isolados foi obtido nas áreas cultivadas. A diversidade pelo índice de Shannon e a riqueza foram maiores na área com mandioca e menores na floresta. Porém, a riqueza foi similar nos três sistemas quando determinada pela análise de rarefação. Houve diferença na proporção de tipos de culturais, a qual pôde ser explicada pela diferença na utilização da terra. Houve influência dos sistemas de uso da terra sobre a diversidade de bactérias que nodulam leguminosas. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the effect of three different land use systems from the Brazilian Western Amazon on Leguminosae nodulating bacteria diversity. The land use systems studied were cassava crop, peach palm crop and upland forest. Rhizobial densities were evaluated by the most probable number technique, after inoculation of Macroptilium atropurpureum with diluted soil samples, and they were similar for the three systems studied. Two hundred and fifty-seven (mais) bacteria isolated from the nodules were characterized and clustered into 63 groups of isolates with 80% similarity. Few isolates were obtained from forest, whereas a large number of isolates was obtained in the crop systems. The highest richness and Shannon diversity were found in the cassava crop and the lowest ones were found in the forest. However, the richness was similar for the three systems when it was determined with a rarefaction analysis. Differences in the proportion of types of growth were found and can be explained by differences amongst the systems. The land use systems influenced the Leguminosae nodulating bacterial diversity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

O gênero copaifera L./ The Copaifera L. genus

Veiga Junior, Valdir F.; Pinto, Angelo C.
2002-05-01

Resumo em inglês This review details the history, chemistry and pharmacology of the Copaifera L. genus (Leguminosae - Caesalpinoideae), including copaiba oils.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Parâmetros fitossociológicos de um cerrado no Parque Nacional Da Serra Do Cipó, MG/ Phytosociological parameters of a cerrado in "Serra Do Cipó" national park, Minas Gerais, Brazil

Meira Neto, João Augusto Alves; Saporetti Júnior, Amilcar Walter
2002-10-01

Resumo em português A riqueza de espécies e os fatores determinantes da ocorrência da vegetação de cerrado há muito têm despertado o interesse de pesquisadores. Muitos cerrados protegidos em unidades de conservação ainda não foram investigados florística e estruturalmente. Neste trabalho foi realizado um levantamento florístico e fitossociológico no Parque Nacional da Serra do Cipó (19º22'01''S e 43º37'10''W). Foram instaladas 12 parcelas de 150 m² e foram amostrados todos os (mais) indíviduos lenhosos com circunferência do caule à altura do solo maior ou igual a 10 cm. Foram relacionadas 44 espécies de 37 gêneros e 30 famílias. Entre estas, Leguminosae Caesalpinioideae, Leguminosae Mimosoideae e Guttiferae, com três espécies cada, foram as mais ricas. As espécies mais importantes (VI) foram Hymenaea stigonocarpa, Allagoptera campestris, Diospyros hispida, Rapanea guianensis e Piptocarpha rotundifolia. Resumo em inglês The diversity of species and the factors determining the occurrence of cerrado vegetation have long called the attention of researchers. Many protected cerrados in Conservation Units have not been floristically and structurally studied. This work conducted a floristic and phytosociological survey of the Parque Nacional da "Serra do Cipó" ("Serra do Cipó" National Park) (19º22'01''S and 43º37'10''W). Twelve quadrats of 150 m² were established and all individuals with (mais) a stem circumference at ground level larger than or equal to 10 cm were sampled. A total of 44 species of 37 genera and 30 families were found. The richest families were Leguminosae Caesalpinioideae, Leguminosae Mimosoideae and Guttiferae, with three species each. The most important species (VI) were Hymenaea stigonocarpa, Allagoptera campestris, Diospyros hispida, Rapanea guianensis and Piptocarpha rotundifolia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Psigida walkeri (Grote) e seus estágios imaturos (Lepidoptera, Saturniidae, Ceratocampinae)/ Psigida walkeri (Grote) and its immature stages. (Lepidoptera, Saturniidae, Ceratocampinae)

Furtado, Eurides
2000-09-01

Resumo em inglês The biology and immature stages of Psigida walkeri (Grote) are described for the first time. Development is rapid with only 35 days from egg to adult. The larva feed on Calliandra parviflora Benth. (Leguminosae-Mimosoideae), its natural host plant. Egg, larval instars, pupa and adults are illustrated in color.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Composição da flora arbórea de um trecho de floresta estacional no Jardim Botânico da Universidade Federal de Viçosa (face sudoeste), Viçosa, Minas Gerais/ Composition of the arboreal flora of a stretch of the semideciduous forest of the Botanical Garden at the Universidade Federal de Viçosa (southwest side), Viçosa, Minas Gerais, Brazil

Lopes, Waldomiro de Paula; Paula, Alessandro de; Sevilha, Anderson Cassio; Silva, Alexandre Francisco da
2002-05-01

Resumo em português Estudou-se um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Submontana, localizado no município de Viçosa (20º35' a 28º50'S e 42º45' a 43º00'W), no Estado de Minas Gerais. Os dados apresentados resultam de uma amostragem fitossociológica realizada em uma área de 1 hectare quadrado. Foram relacionados todos os indivíduos arbóreos que apresentavam circunferência de tronco à altura do peito maior ou igual a 15 cm, o que resultou em121 espécies, compreendendo 89 (mais) gêneros, distribuídos em 39 famílias. Considerando os gêneros, as famílias mais bem representadas foram Leguminosae (16), Rubiaceae (6) e Euphorbiaceae e Myrtaceae, com cinco cada uma. As famílias mais ricas em espécies foram Leguminosae (20), Lauraceae (10), Rubiaceae (9) e Flacourtiaceae (8). Dentre os gêneros encontrados, destacaram-se Ocotea e Casearia, com sete e cinco espécies, respectivamente. Entre os vários fragmentos analisados na região, o trecho de floresta estudado apresentou-se como o mais rico em espécies, considerando o mesmo critério de amostragem. Resumo em inglês A fragment of Semideciduous Submontane Forest, located in Viçosa-MG (20º35' to 28º50'S and 42º45' to 43º00'W), was studied. The data presented are the result of a phytosociological analysis carried out in an area of an hectare square. All trees wich a minimum trunk circunference of 0.15 m at 1.30 m from the soil level were sampled, comprising 121 species of 89 genera, distributed over 39 families. In regards to genera, the families most represented were Leguminosae ( (mais) 16), Rubiaceae, (six) and Euphorbiaceae and Myrtaceae, each with five genera. In regards to number of species, the most represented were Leguminosae (20), Lauraceae (ten), Rubiaceae (nine) and Flacourtiaceae (eight). The genera Ocotea and Casearia were the most prominent, showing seven and five species, respectively. Among the several stretches studied in the same region, the one presently studied had the largest number of especies, when the same sample criterion was adopted.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Adeloneivaia schubarti Rêgo Barros & Mielke e seus estágios imaturos (Lepidoptera, Saturniidae, Ceratocampinae)/ Adeloneivaia schubarti Rêgo Barros & Mielke and its immature stages (Lepidoptera, Saturniidae, Ceratocampinae)

Furtado, Eurides
2001-12-01

Resumo em inglês Descriptions of the morphology and behavior of the immature stages of Adeloneivaia schubarti Rêgo Barros & Mielke, 1970 are given for the first time. The larvae was reared (in captivity) on Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville (Leguminosae-Mimosoideae). Egg, larval instars, pupa and adults are illustrated in color and line drawings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Recursos vegetais usados por Acromyrmex striatus (Roger) (Hymenoptera, Formicidae) em restinga da Praia da Joaquina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil/ Vegetable resources used by Acromyrmex striatus (Roger) (Hymenoptera, Formicidae) in sand dunes at Joaquina Beach, Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil

Lopes, Benedito C.
2005-06-01

Resumo em português Foram amostrados 400 ninhos de Acromyrmex striatus entre 1997 e 1998, nas dunas da praia da Joaquina, Florianópolis, SC, para a verificação do material vegetal trazido para o ninho. Estas formigas usam partes de 50 espécies de plantas dispostas em 22 famílias, sendo as principais, representantes de Compositae, Gramineae e Leguminosae. Nesta última família, Stylosanthes viscosa foi a espécie mais utilizada nos dois anos de amostragem. Acromyrmex striatus corta mat� (mais) �ria vegetal fresca, bem como se utiliza de material vegetal já caído, podendo, então se comportar como cortadeira ou como uma espécie oportunista. Resumo em inglês A total of 400 nests of Acromyrmex striatus (Roger, 1863) was evaluated between 1997 and 1998 at the dunes of the Joaquina Beach, Florianópolis, Santa Catarina State, in order to determine the vegetable substrate brought back to the nests. These ants use some parts of 50 plant species in 22 botanical families, being Compositae, Gramineae and Leguminosae the principal ones. In this last family, Stylosanthes viscosa Swartz was the most herbivored species in the two years s (mais) amplings. Acromyrmex striatus cut fresh vegetables, as well as use decayed materials, being then a true leaf-cutter ant or a opportunistic ant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Fitossociologia de sub-bosque de cerrado em talhão de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden no município de Bom Despacho-MG/ Phytosociology of a cerrado understory in a stand of Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden in Bom Despacho-MG

Saporetti Jr., Amilcar Walter; Meira Neto, João Augusto Alves; Almado, Roosevelt
2003-12-01

Resumo em português O Cerrado, o segundo maior bioma brasileiro, apresenta uma crescente área sujeita a impactos variados, o que desperta a necessidade de conservá-lo e desenvolver métodos para seu uso sustentável. Os objetivos do presente trabalho foram realizar um levantamento florístico e fitossociológico de regeneração em um Cerrado no município de Bom Despacho - MG e embasar tomadas de decisões para conservação da biodiversidade. Para o estudo foram instaladas 15 parcelas de (mais) 200 m² (10 x 20 m) em uma área originalmente de Cerrado, que atualmente encontra-se ocupada por um plantio de Eucalyptus grandis. A distribuição das parcelas foi feita sistematicamente. Foram amostradas todas as plantas lenhosas eretas com CAB - ao nível do solo - maior ou igual a 10 cm. A composição florística apresentou 39 espécies, distribuídas em 24 famílias. As famílias com maior número de espécies foram Leguminosae Caesalpinioideae, com cinco espécies, Myrtaceae, com quatro, e Melastomataceae, com três, seguidas de Annonaceae, Leguminosae Papilionoideae, Nyctaginaceae, Rubiaceae e Vochysiaceae, com duas. A espécie que apresentou o maior VI foi Eucalyptus grandis (42,03%), seguida das Miconia albicans (7,69%), Brosimum gaudichaudii (6,9%), Eugenia dysenterica (4,99%), Qualea grandiflora (3,11%) e Xylopia aromatica (3,01%). Das 39 espécies lenhosas nativas encontradas no sub-bosque de Eucalyptus grandis, 27 são peculiares do Cerrado e as demais são acessórias, vindas de florestas da região. Esses dados mostram que o Cerrado está em regeneração. Resumo em inglês Cerrado, the second largest Brazilian bioma, is an area increasingly subject to various impacts, thus demanding conservation and development of sustainable use methods. The objective of this work was to conduct a floristic and phytosociological regeneration survey of a Cerrado in Bom Despacho-MG as a basis for biodiversity and conservation - oriented decision - making. Thus, 15 plots of 200 m² (10 x 20 m) were established in a former Cerrado area currently occupied by Eu (mais) calyptus grandis stands. Plots distribution was systematically performed. All the standing woody plants with a ground level circumference of 10 cm or more were sampled. The floristic composition presented 39 species distributed within 24 families. The families with greater number of species were Leguminosae Caesalpinioideae with 5 species, Myrtaceae with 4, Melastomataceae with 3, followed by Annonaceae, Leguminosae Papilionoideae, Nyctaginaceae, Rubiaceae and Vochysiaceae, with 2 species. The species presenting the greatest VI was Eucalyptus grandis (42,03%). The native species which presented greater VI were Miconia albicans (7,69%), Brosimum gaudichaudii (6,9%), Eugenia dysenterica (4,99%), Qualea grandiflora (3,11%) and Xylopia aromatica (3,01%). Out of the 39 native woody species within the understory of Eucalyptus grandis, 27 are typical of Cerrado; the others are acessory species which came from forests in the region. These data show that this Cerrado region is being regenerated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Constituintes químicos voláteis das flores e folhas do pau-brasil (Caesalpinia echinata, Lam.)/ Volatile constituents from Brazil-wood flowers and leaves (Caesalpinia echinata, Lam.)

Rezende, Claudia M.; Corrêa, Vivian F. S.; Costa, Alexsander V. M.; Castro, Bruno C. S.; Alves, Ruy J. V.
2004-06-01

Resumo em inglês The volatile constituents obtained from a static cryogenic headspace of Caesalpinia echinata Lam. (Leguminosae) showed E-beta-ocimene as the major compound (57.2%), beside other monoterpenes, C6 derivatives like n-hexanal and (E)-2-hexenal and nitrogen compounds such as indole and methyl anthranilate. From the essential oil of the leaves obtained by hydrodistillation in a Clevenger apparatus, (E)-3-hexen-1-ol was identified as the major constituent while phenolic compounds were the most representative class of secondary metabolites.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Florística dos componentes arbóreo e arbustivo de um trecho da Floresta Estacional Semidecídua Montana, município de Pedreira, estado de São Paulo/ Floristic analysis of trees and shrubs in a fragment of Semideciduous Montane Forest, municipality of Pedreira, São Paulo State, southeastern Brazil

Yamamoto, Leila F; Kinoshita, Luiza S; Martins, Fernando R
2005-03-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivos conhecer a flora de árvores e arbustos em um fragmento da Floresta Estacional Semidecídua Montana e verificar se há diferença entre as formações Montana e Submontana no estado de São Paulo. Durante 15 meses foram feitas coletas semanais de flores e/ou frutos de espécies de arbustos, arvoretas, árvores e palmeiras, através de caminhadas nos fragmentos na Fazenda Bela Vista (4º52' W e 22º47' S, 750 a 850 m de altitude). Foram iden (mais) tificadas 151 espécies de 106 gêneros e 47 famílias de angiospermas, sendo os táxons mais ricos em espécies Leguminosae, Myrtaceae, Lauraceae, Rubiaceae, Meliaceae, Piperaceae e Solanaceae, Ocotea, Piper, Machaerium, Miconia, Eugenia e Solanum. Foram comparados levantamentos das formações Montana e Submontana da Floresta Estacional Semidecídua no estado de São Paulo. Os táxons de maior constância relativa e maior riqueza de espécies arbustivas e arbóreas em ambas as formações foram: Leguminosae, Euphorbiaceae, Myrtaceae, Rubiaceae, Lauraceae, Machaerium, Eugenia, Solanum e Croton. A aplicação do teste G indicou que Solanaceae, Asteraceae, Melastomataceae, Aspidosperma, Trichilia e Casearia apresentaram riqueza específica e constância relativa significativamente maiores na formação Montana que na Submontana. Por outro lado, Meliaceae, Rutaceae, Moraceae, Ocotea, Miconia, Myrcia e Ficus apresentaram riqueza e constância significativamente maiores na formação Submontana. Portanto, na Floresta Estacional Semidecídua no estado de São Paulo, há distinção florística entre as formações Montana e Submontana tanto em nível de espécies quanto de gênero e família. Resumo em inglês The aims of this study were to know the species of trees and shrubs in a fragment of Semideciduous Montane Forest and investigate the floristic difference between Montane and Submontane forests in São Paulo State. To survey tree and shrub species, weekly collectings were done during 15 months in the Fazenda Bela Vista (46º52' W and 22º47' S, 750-850 m). A total of 151 species of 106 genera and 47 angiosperm families was collected. Leguminosae, Myrtaceae, Lauraceae, Rub (mais) iaceae, Meliaceae, Piperaceae, Solanaceae, Ocotea, Piper, Machaerium, Miconia, Eugenia and Solanum were the richest taxa. Samples performed by other authors of the Montane and Submontane formations of the Seasonal Semideciduous Forest were compared. Leguminosae, Euphorbiaceae, Myrtaceae, Rubiaceae, Lauraceae, Machaerium, Eugenia, Solanum and Croton had higher relative constancy and richness of tree and shrub species in both formations. The G test indicated that Solanaceae, Asteraceae, Melastomataceae, Aspidosperma, Trichilia and Casearia had significantly higher species richness and relative constancy in the Montane formation. On the other hand, Meliaceae, Rutaceae, Moraceae, Ocotea, Miconia, Myrcia and Ficus had significantly higher richness and constancy in the Submontane formation. Therefore, each formation has distinct floristic composition at the species as well as at genera and family levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Estrutura e composição florística do estrato arbóreo de um remanescente de Mata Atlântica submontana no município de Rio Bonito, RJ, Brasil (Mata Rio Vermelho)/ Structure and floristic composition of a tree community in a submontane Atlantic Forest remnant in Rio Bonito, RJ, Brazil (Rio Vermelho Forest)

Carvalho, Fabrício Alvim; Nascimento, Marcelo Trindade; Braga, João Marcelo Alvarenga
2007-08-01

Resumo em português Neste trabalho, descreveram-se a composição florística e a estrutura do estrato arbóreo de um remanescente de Floresta Ombrófila Densa Submontana (Mata Rio Vermelho) na região Centro-Norte fluminense, comparando-a com outras florestas da região. Foram alocadas oito parcelas de 5 m x 100 m, e todos os indivíduos vivos e mortos com DAP > 5 cm foram amostrados. Ao todo, foram registradas 106 espécies pertencentes a 77 gêneros e 32 famílias. As famílias com maior (mais) riqueza de espécies foram Leguminosae (13 espécies) e Lauraceae (8), e as mais abundantes foram Monimiaceae (13% dos indivíduos) e Leguminosae (11%). As espécies mais importantes quanto ao valor de cobertura (VC) foram Siparuna guianensis, Apuleia leiocarpa, Cupania oblongifolia e Machaerium brasiliensis, todas características de áreas secundárias. O índice de diversidade de espécies (H' = 3,91 nats.ind-1) foi próximo ao encontrado em outras florestas secundárias. Os resultados (elevado número de árvores mortas, com lianas, perfilhadas e secundárias iniciais; baixo número de árvores de grande porte e área basal) indicaram que a mata em foco se encontrava perturbada e em fase de regeneração intermediária. Ainda assim, permanecia detentora de considerável riqueza e diversidade florística, com espécies arbóreas ameaçadas de extinção, como Melanoxylon brauna e Dalbergia nigra. Devido à importância ecológica desde remanescente para a manutenção da flora e fauna local e ao avançado processo de fragmentação da região, sugere-se que a Mata Rio Vermelho seja prioritária em programas de conservação e manejo. Resumo em inglês This work describes the floristic composition and forest structure of a tree community in a Submontane Ombrofilous Dense Atlantic forest (Rio Vermelho Forest) and compares this forest to other remnant forests in the region. Eight 100 m x 5 m plots were allocated and all trees > 5 cm DBH were sampled. A total of 106 species was sampled, distributed in 77 genus and 32 families. The richest families in number of species were Leguminosae (13 species) and Lauraceae (8). Monimi (mais) aceae (13% of trees) and Leguminosae (11%) had the highest densities. The most important species (cover value) were Siparuna guianensis, Apuleia leiocarpa, Cupania oblongifolia and Machaerium brasiliensis. These species are common in secondary Atlantic forests. The species diversity (H' = 3,91 nats.ind-1) can be considered within the values found for secondary Atlantic forests. Based on the floristic data and the high values found for standing dead trees, trees supporting lianas, number of multiple stems and number of early secondary species and the low number of large trees, this forest can be classified as a secondary forest in an intermediate regenerating status. However, this forest still has a considerable richness and diversity with some endangered tree species such as Melanoxylon brauna and Dalbergia nigra. Due to its ecological importance for the local flora and fauna and the fragmentation process in the region, this remnant forest should be considered as a priority area for establishment of conservation and management practices.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Plantas do gênero Bauhinia: composição química e potencial farmacológico/ Plants of the genus Bauhinia: chemical composition and pharmacological potential

Silva, Karina Luize da; Cechinel Filho, Valdir
2002-05-01

Resumo em inglês Plants of the genus Bauhinia (Leguminosae) are widely distributed in most tropical countries and have been frequently used in folk medicine to treat several ailments, especially diabetes. In recent years, the interest in these plants has increased considerably in all world. This review shows the main chemical and pharmacological aspects of these plants. The studies carried out with the extracts and purified compounds from these plants support most of their reported therap (mais) eutic properties. It also gives an account of some compounds including terpenes, steroids and flavonoids that were isolated from the genus Bauhinia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Síntese e atividade fitotóxica de amidas derivadas do ácido 6alfa,7beta-di-hidroxivouacapan-17beta-óico/ Synthesis and phytotoxic activity of new amide derivatives of 6alpha,7beta-Di-hydroxyvouacapan-17beta-oic acid.

BELINELO, Valdenir José; PILÓ-VELOSO, Dorila; BORGES, Eduardo Euclydes de Lima e; ALVES, Dalton Luiz Ferreira; REIS, Genuína Teixeira
2001-01-01

Resumo em português O ácido 6alfa,7beta-di-hidroxivouacapan-17beta-óico foi isolado das sementes de Pterodon polygalaeflorus Benth (Leguminosae) e então dez novas amidas derivadas deste ácido foram preparadas. Os efeitos destas amidas na germinação de sementes de Sorghum bicolor L. e Cucumis sativus L. foram avaliados. Nove compostos, a uma concentração de 100 ppm, mostraram um efeito inibitório (5-21%) no crescimento radicular de C. sativus L.. A N-(t-butil)-6alfa,7beta-di-hidroxiv (mais) ouacapan-17beta-amida mostrou a maior ação inibitória (33%) para S. bicolor L.. Somente a N-benzil-6alfa,7beta-di-hidroxivouacapan-17beta-amida mostrou efeito estimulatório no crescimento radicular para C. sativus L. e S. bicolor L., de 16% e 34% respectivamente. Resumo em inglês The 6alpha,7beta-Di-hydroxyvouacapan-17beta-oic acid was isolated from the seeds of Pterodon polygalaeflorus Benth (Leguminosae) and, then, ten new amide derivatives of this acid were prepared. The effects of these amides on the radicle growth of Sorghum bicolor L. and Cucumis sativus L. were evaluated. Nine compounds, at a concentration of 100 ppm, showed an inhibitory effect (5-21%) on the radicle growth of the C. sativus L.. The N-(t-butyl)-6alpha,7beta-di-hydroxyvouac (mais) apan-17beta-amide showed the most effective inhibitory action (33%) for S. bicolor L.. Only the N-benzil-6alpha,7beta-di-hydroxyvouacapan-17beta-amide showed stimulatory growth effect both for C. sativus L. and S. bicolor L. of 16% and 34% respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Composição florística da vegetação arbórea de um remanescente de cerração, paraopeba, MG/ Floristic composition of woody trees of a remaining cerradão, paraopeba, Minas Gerais

Souza, Priscila Bezerra de; Alves, João Augusto; Silva, Alexandre Francisco da; Souza, Agostinho Lopes de
2008-08-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado na Floresta Nacional de Paraopeba - FLONA, Município de Paraopeba, Estado de Minas Gerais (19º16'19"S e 44º24' 06"W), com os objetivos de conhecer a composição florística do estrato arbóreo de uma formação florestal (cerradão) e avaliar sua semelhança com outros levantamentos florísticos realizados em cerradões de Minas Gerais e São Paulo. Foram encontradas 78 espécies, pertencentes a 66 gêneros, representados em 31 famílias. A (mais) s famílias mais representativas em números de espécies foram Fabaceae-Leguminosae (22), Myrtaceae (10) e Vochysiaceae (3). Floristicamente, os cerradões são mais próximos às formações florestais que aos Cerrados e poderiam, formalmente, ser classificados como um subtipo dessas formações florestais, visto que 83% das espécies são acessórias e apenas 17%, peculiares. Resumo em inglês This work was carried out at the Floresta Nacional de Paraopeba - FLONA, in the municipality of Paraopeba, Minas Gerais State, Brazil, located at 19º16'19"S and 44º24'06"W, to study the floristic composition of the tree stratum of a forest formation (cerradão), and to evaluate the similarity with other floristic surveys conducted in cerradões of Minas Gerais and São Paulo. There have been found 78 species belonging to 66 genera representing 31 families. The most repr (mais) esentative families in relation to number of species were Fabaceae-Leguminosae (22), Myrtaceae (10) and Vochysiaceae (3). Floristically the cerradões is closer to the forest formations than to cerrado and formally they could be classified as a subtype of those forest formations, because 83% of the species are accessory and just 17% peculiar.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

A cana-de-açúcar em sistema de plantio direto comparado ao sistema convencional com e sem adubação/ Sugarcane in a no-tillage system compared to the conventional system with, and without, manuring

Duarte Júnior, José B.; Coelho, Fábio C.
2008-12-01

Resumo em português O objetivo neste trabalho foi avaliar as características agronômicas da cana-de-açúcar em função do sistema de plantio direto (SPD) comparativamente ao convencional (PC) com e sem adubação. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados com quatro repetições, em esquema fatorial 4 x 2. Os tratamentos foram: cana SPD sobre crotalária (Crotalaria juncea); cana SPD sobre feijão de porco (Canavalia ensiformis); cana SPD sobre mucuna preta (Mucuna (mais) aterrima) e cana PC com vegetação espontânea incorporada, sendo duplicados, pois cada um foi com e sem adubação. Em termos nutricionais, a cana SPD sobre leguminosas foi 43% superior em teores de K, e o destaque foi feijão de porco e mucuna que proporcionaram, em média, 26% a mais de N foliar em relação à cana PC. A diagnose nutricional também indicou N e K como os principais nutrientes limitantes da produtividade da cana PC, enquanto Ca, Fe, Zn e Cu foram limitantes independentes do sistema de manejo. O K foi o principal nutriente limitante da produtividade da cana não adubada. O SPD de cana sobre leguminosas proporcionou maiores teores foliares de N e K, além de aumentar em 27, 32 e 37%, respectivamente, o número, o diâmetro e a produtividade de colmos em relação à cana de PC. A cana-de-açúcar em SPD sobre palhada de leguminosas garante, além de ser mais produtiva, maior preservação do ambiente devido à colheita da cana sem prévia queimada. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the agronomic characteristics of sugarcane as a function of the no-tillage system (NTS) compared to the conventional one (CS) with, and without, manuring. The experimental design was completely randomized, using four repetitions, in a factorial scheme 4 x 2. The treatments were: sugarcane NTS on sunnhemp (Crotalaria juncea); sugarcane NTS on jack bean (Canavalia ensiformis); sugarcane NTS on black mucuna (Mucuna aterrima) and su (mais) garcane CS with incorporation of spontaneous vegetation (control), being duplicated, since each one was with, and without, manuring. In nutritional terms, the sugarcane CS on leguminosae was 43% superior in content of K, and the prominence was jack bean and mucuna that on average provided 26% more foliar N in relation to sugarcane CS. The nutritional diagnosis also indicated N and K as the main limitants of the productivity of sugarcane CS, while Ca, Fe, Zn and Cu were independent limitants of the management system. K was the main nutrient limitant of the productivity of unfertilized sugarcane. Sugarcane NTS on leguminosae provides larger foliar contents of N and K, besides increasing in 27, 32 and 37%, respectively, the number, the diameter and the productivity of stems in relation to the sugarcane of CS. The sugarcane in NTS on leguminosae, besides being more productive, guarantees larger preservation of the environment due to the harvesting of the cane without prior burning.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Constituintes químicos das cascas do caule de Cenostigma macrophyllum: ocorrência de colesterol/ Chemical constituents from bark of Cenostigma macrophyllum: cholesterol occurrence

Rocha e Silva, Hilris; Silva, Carmem Cícera Maria da; Neto, Laurentino Batista Caland; Lopes, José Arimatéia Dantas; Citó, Antonia Maria das Graças Lopes; Chaves, Mariana H.
2007-01-01

Resumo em inglês Phytochemical investigation of the bark of Cenostigma macrophyllum (Leguminosae-Caesapinioideae) resulted in the isolation and identification of valoneic acid dilactone, ellagic acid, lupeol, alkyl ferulate, four free sterols (cholesterol, campesterol, stigmasterol and sitosterol), a mixture of sitosteryl ester derivatives of fatty acids, sitosterol-3-O-beta-D-glucopyranoside, stigmasterol-3-O-beta-D-glucopyranoside and saturated and unsaturated fatty acids. The structure (mais) s of the isolated compounds were identified by ¹H and 13C NMR spectral analysis and comparison with literature data. The mixtures of 3-beta-hydroxysterols and fatty acids were analysed by GC/MS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Toxicidade e atividade antioxidante de flavonoides das cascas das raízes de Lonchocarpus filipes/ Toxicity and antioxidant activity of flavonoids from Lonchocarpus filipes root bark

Santos, Érica L.; Costa, Emmanoel V.; Marques, Francisco A.; Vaz, Nelissa P.; Maia, Beatriz Helena L. N. Sales; Magalhães, Eva G.; Tozzi, Ana Maria A.
2009-01-01

Resumo em inglês The phytochemical investigation of dichloromethane extract from root bark of Lonchocarpus filipes Benth (Leguminosae) afforded four flavonoids including three dibenzoylmethane derivatives rarely found in nature. The structures were established based on their spectral data (¹H and 13C NMR, 2D-NMR) as being: lanceolatin B (1), pongamol (2), (E)-7-O-methylpongamol (3) and (E)-9-O-methylpongamol (4). Compound (4) is described herein for the first time as a natural product. T (mais) he extracts and the isolated compounds (1), (2) and (3) displayed high toxicity in the brine shrimp lethality assay. Only compound (2) showed antioxidant activity using a DPPH radical scavenging assay. This is the first report on the phytochemical study of Lonchocarpus filipes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Ocorrência e caracterização de galhas entomógenas em uma área de floresta estacional semidecídua em Goiânia, Goiás, Brasil/ Occurrence and characterization of entomogenous galls in a seasonal semideciduous forest area in Goiânia, Goiás, Brazil

Santos, Benedito Baptista dos; Ferreira, Heleno Dias; Araújo, Walter Santos de
2010-03-01

Resumo em português Em uma área de floresta estacional semidecídua do Campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás foram coletados 34 tipos de galhas entomógenas, durante o período de 2005-2007. As galhas ocorreram em 20 espécies de plantas de 12 famílias, sendo Leguminosae (9), Styracaceae (6) e Ulmaceae (4) as que apresentaram o maior número de morfotipos de galhas. Galhas foliares e caulinares foram as mais comuns. Em relação à morfologia foram coletadas (mais) galhas globóides, discóides, elipsóides, cilíndricas e coniformes. A coloração variou entre o verde, amarela, marrom e vermelha. As galhas estavam agrupadas ou isoladas e eram glabras ou pilosas. Os Cecidomyiidae (Diptera) foram os principais cecidógenos e os parasitóides encontrados pertenciam às famílias Eulophidae, Torymidae, Pteromalidae, Encyrtidae (Hymenoptera). Este é o primeiro relato de galhas em quatro espécies de plantas hospedeiras para a região Neotropical. Resumo em inglês In an area of seasonal semideciduous forest situated on Campus Samambaia of the Universidade Federal de Goiás in Goiânia, Goiás 34 types of insect galls were collected during the period 2005-2007. The galls occurred in 20 species of plants from 12 families, with Leguminosae (9), Styracaceae (6) and Ulmaceae (4) having the greatest number of gall morphotypes. Leaf and stem galls were the most widespread. Concerning gall morphology, the following were collected: globoid, (mais) discoidal, ellipsoidal, cylindrical and conical. The colour varied from green to yellow, brown and red. The galls were isolated or grouped and glabrous or pilose. The principal inducers were Cecidomyiidae (Diptera) and the parasitoids found were of the families Eulophidae, Torymidae, Pteromalidae, Encyrtidae (Hymenoptera). This is the first report of galls in four species of host plants for the Neotropical region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Chuva de sementes em Floresta Estacional Semidecidual em Viçosa, MG, Brasil/ Seed rain in a seasonal semideciduous forest at Viçosa, Minas Gerais State, Brazil

Campos, Érica Pereira de; Vieira, Milene Faria; Silva, Alexandre Francisco da; Martins, Sebastião Venâncio; Carmo, Flavia Maria da Silva; Moura, Vitor Moreira; Ribeiro, Acauã Santos de Saboya
2009-06-01

Resumo em português Este estudo objetivou avaliar a composição florística, a densidade e a freqüência de sementes, em 25 coletores, em um trecho de Floresta Estacional Semidecidual. Além disso, classificar os táxons quanto à forma de vida, às síndromes de dispersão e, nas arbóreas, quanto ao estádio sucessional e verificar a similaridade florística entre as espécies identificadas na chuva de sementes e as espécies arbóreas localizadas nas mesmas parcelas dos coletores. O tra (mais) balho foi realizado entre dezembro/2004 a novembro/2006. Foram reconhecidos 43 táxons, sendo que Leguminosae foi representada por 11 espécies. A forma de vida dominante foi arbórea (63,1%), as lianas foram representadas por 28,9% das espécies amostradas, as herbáceas por 5,3% e as arbustivas por 2,6%. A densidade média de sementes no primeiro ano foi de 113,92 sementes.m-2 e no segundo de 2.603,84 sementes.m-2. Essas diferenças demonstraram heterogeneidade espacial e temporal da chuva de sementes. A similaridade florística encontrada pelo índice de Sørensen entre as espécies da chuva de sementes e as espécies arbóreas do trecho do fragmento estudado foi de 32%, valor considerado baixo ( Resumo em inglês This study aims to evaluate the floristic composition, density and frequency of seeds in 25 traps in a section of seasonal semideciduous forest, as well as classify taxons as to life form, dispersal syndromes, and succession phase of the tree species, and verify floristic similarities between seed rain species and tree species located in the same plots. The work was carried out from December/2004 to November/2006. Forty three taxons were recognized and Leguminosae was rep (mais) resented by 11 species. The dominant life form was arboreal (63.1%), climbers were represented by 28.9% of the sampled species, herbs by 5.3% and shrubs by 2.6%. Mean seed density in the first year was 113.92 seeds.m-2 and 2603.84 seeds.m-2 in the second year. These differences showed spatial and seasonal heterogeneity of the seed rain. Floristic similarity using Sørensen's index between seed-rain species and tree species from the studied fragment was 32%, a value considered to be low (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Aspectos biológicos e morfológicos de Leucanella viridescens (Lepidoptera: Saturniidae: Hemileucinae)/ Biological and morphological aspects of Leucanella viridescens (Lepidoptera: Saturniidae: Hemileucinae)

Specht, Alexandre; Corseuil, Elio; Benedetti, Augusto J.; Poletto, Graziela; Formentini, Aline C.
2009-03-01

Resumo em inglês The goal of this work was to describe aspects of the biology and morphology of Leucanella viridescens (Walker, 1855), a polyphytophagous species that is a pest to several crops of economical interest and whose larvae may cause erucism. Biological parameters were obtained under controlled conditions: temperature of 25 ± 1ºC, relative humidity of 70 ± 10%, and a 14 h photophase. Morphological and behavioral aspects were analyzed in each developmental phase. The larval st (mais) age had six instars, with an average growth rate of 1.396. A high degree of polyphytophagy was observed, including over 49 host plant species belonging to 25 families, especially Leguminosae, Solanaceae and Salicaceae. The considerable chromatic variability of the adults obtained from the same egg batch corroborates the need for a new taxonomic assessment of L. viridescens viridescens Walker, 1855 and L. viridescens viridior Lemaire, 1973.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Controles físico, físico-químico, químico e microbiológico dos frutos de Dimorphandra mollis Benth., Fabaceae/ Physic, physic-chemical, chemical and microbiological control of fruits of Dimorphandra mollis Benth., Fabaceae

Hubinger, Silviane Z.; Salgado, Hérida R. N.; Moreira, Raquel R. D.
2009-09-01

Resumo em português Considerando-se a qualidade dos fitoterápicos, é importante salientar que a preocupação com esta questão inclui rigoroso acompanhamento das diferentes etapas de desenvolvimento e produção, desde a coleta do vegetal até o produto final. O controle de qualidade de drogas vegetais e seus extratos é essencial quando utilizados como matéria-prima para o desenvolvimento de fitoterápicos. Neste trabalho foram utilizadas diversas técnicas (farmacopeicas e não farmaco (mais) peicas) visando estabelecer parâmetros de qualidade dos frutos de Dimorphandra mollis Benth. (Leguminosae), popularmente conhecida como faveiro. Os resultados obtidos determinaram as características físico-químicas da droga vegetal e mostraram que o pó dos frutos e o extrato etanólico 70% de D. mollis apresentam um teor de flavonóides de 10,25% e 17,21%, respectivamente. A análise fitoquímica preliminar dos frutos caracterizou a presença de taninos, saponinas e flavonóides. Na análise microbiológica do extrato não houve crescimento de patógenos entre os testes realizados. Resumo em inglês Considering the quality of phytotherapic agents, it is important to point out that the concern with this subject includes rigorous attendance the different steps of development and production of these products, from the collection of the vegetable to the availability of the final product. The quality control for the plants and their extracts is essential when they are used in the development of phytotherapics. In this work, methodologies (pharmacopoeic and no pharmacopoei (mais) c) were employed to establish norms for the quality control of Dimorphandra mollis Benth. (Leguminosae) fruit, popularly known as faveira. Pharmacopoeic and no pharmacopoeic methodologies were employed to physic, physic-chemical, chemical and microbiological quality control. The results obtained established the physic-chemical characters of the drug and showed that the fruits and the ethanol 70% extract present a content of flavonoids of 10.25% and 17.21%, respectively. The preliminary phytochemical analysis of the D. mollis fruits evidenced tannins, saponnins and flavonoids. The microbiological analysis did not present pathogenic growth among the accomplished tests.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Tipos polínicos encontrados em colônias de abelhas africanizadas sujeitas à doença cria ensacada brasileira/ Pollen types found in africanized honeybees colonies submitted to brazilian sac brood disease

Pacheco, Marta Rodrigues; Barth, Ortrud Monika; Lorenzon, Maria Cristina
2009-10-01

Resumo em português O pólen de algumas espécies de Stryphnodendron (Mimosoidea), conhecidas popularmente por barbatimão, tem sido apontado como agente causador da mortandade de larvas pré-pupas observada na cria ensacada brasileira (CEB). Neste estudo, objetivou-se identificar os tipos polínicos encontrados em amostras de pólen coletadas em colméias de Apis mellifera L., no Estado do Rio de Janeiro, a fim de elucidar as fontes florais utilizadas por essa espécie de abelhas em períod (mais) os sujeitos a CEB, com especial atenção para a presença do pólen de Stryphnodendron spp. Foram coletadas amostras de pólen apícola e pão de abelhas em sete apiários, em três municípios do Estado do Rio de Janeiro. A amostragem foi tomada um mês antes e durante a ocorrência da CEB. As famílias botânicas mais representativas foram: Leguminosae, Euphorbiaceae, Asteraceae, Poaceae e Myrtaceae. O pólen de Stryphnodendron não esteve presente nas amostras analisadas. A ausência de Stryphnodendron no menu floral das colônias africanizadas acometidas pela CEB em condições naturais sugere outro fator causal para a CEB no Estado do Rio de Janeiro. Resumo em inglês The pollen of some Stryphnodendron species (Mimosoidea), commonly known as barbatimão, has been identified as a causative agent of pre-pulps larvae mortality, observed in Brazilian sac brood disease (BSB). The goal of this study is to identify the pollen types found in samples of pollen collected by Apis mellifera L. to elucidate the floral diet used by this honeybee specie in Rio de Janeiro state during the periods where BSB usually occurs. Particular attention was give (mais) n to the pollen of Stryphnodendron spp presence. Samples of pollen and bee bread were collected from seven apiaries located in Rio de Janeiro state, Brazil. Sampling procedures were done a month before BSB usual occurrence and also during its occurrence. Leguminosae, Euphorbiaceae, Asteraceae, Poaceae and Myrtaceae were most representative botanical families on pollen sampling. Pollen from Stryphnodendron was not presented at the analyzed samples. In order to Stryphnodendron absent at the floral diet of Africanized hives affected by BSB in natural conditions, it is proposed another causal factor for BSB in the state of Rio de Janeiro.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Plantas vasculares da região do Parque Estadual Cristalino, norte de Mato Grosso, Brasil/ Vascular plants from the Parque Estadual Cristalino, Northern Mato Grosso, Brazil

Zappi, Daniela C.; Sasaki, Denise; Milliken, William; Iva, José; Henicka, Gracieli Silva; Biggs, Nicola; Frisby, Sue
2011-03-01

Resumo em português Os resultados do primeiro inventário botânico detalhado da região do Parque Estadual Cristalino, Mato Grosso, Brasil, são apresentados, incluindo uma lista de espécies. Um total de 1366 espécies de plantas vasculares distribuídas em 626 gêneros e 151 famílias foram registradas. As famílias com maior número de espécies foram Leguminosae, Rubiaceae, Melastomataceae, Malvaceae sensu lato e Moraceae. A flora inclui pelo menos sete novas espécies e diversos endemi (mais) smos da região da Serra do Cachimbo, assim como muitos registros novos para o estado e alguns novos para o Brasil. Mais estudos provavelmente irão incrementar o número de espécies de forma significativa. Apesar da região apresentar uma diversidade alfa relativamente baixa em comparação a outras regiões já estudadas na Amazônia, a sua grande heterogeneidade de fitofisionomias é refletida numa elevada diversidade beta. Levando em conta esta riqueza biológica, situação importante mas ainda pouco estudada da margem ecotonal da Amazônia meridional, e sua posição estratégica com relação ao avanço sul-norte do deflorestamento, a região do Cristalino ocupa alta prioridade em termos de conservação. Resumo em inglês The results of the first detailed botanical inventory in the region of the Cristalino State Park, Mato Grosso, Brazil, are presented, including an annotated checklist. A total of 1366 species of vascular plants, representing 626 genera and 151 families, were recorded. The most species-diverse families included Leguminosae, Rubiaceae, Melastomataceae, Malvaceae (sens. lat.) and Moraceae. The flora includes at least seven new species and several endemics from the Serra do C (mais) achimbo, as well as many new records for the State of Mato Grosso and several for Brazil. Further studies are likely to increase the number of species significantly. The region does not show high alpha-diversity by Amazonian standards but is ecologically diverse, resulting in high levels of beta-diversity. Considering this biological richness, its situation within the important yet relatively poorly studied ecotone of the Amazonian margin, and its strategic position at the advancing frontier of deforestation pushing northwards into the basin, Cristalino is a high priority for conservation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Plantas medicinais comercializadas no Mercado Municipal de Campo Grande-MS/ Commercialized medicinal plants in the Mercado Municipal of Campo Grande-MS

Ustulin, Mirella; Figueiredo, Beatriz de Barros; Tremea, Catarine; Pott, Arnildo; Pott, Vali Joana; Bueno, Norlene Regina; Castilho, Rachel Oliveira
2009-09-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi realizar um levantamento etnofarmacológico das principais espécies vegetais comercializadas no Mercado Municipal de Campo Grande (MS). O estudo foi realizado entre agosto de 2002 e agosto de 2003, através de entrevistas com os raizeiros. Cerca de 117 espécies foram citadas. Foram selecionadas as plantas dos biomas Cerrado e Pantanal e dessas 34 espécies foram adquiridas. Das plantas adquiridas 22 foram identificadas botanicamente, (mais) pois o material das outras foi deficiente para determinação até espécie. Das plantas identifificadas, somente dez são típicas do cerrado, podendo-se citar a Curatella americana, Guazuma ulmifolia, Maclura tinctoria e Stryphnodendron obovatum. A família com o maior número de citação foi Asteraceae, seguida de Moraceae, Sterculiaceae e Leguminosae. A parte das plantas mais utilizada é a folha, preparada principalmente como infusão. A indicação terapêutica mais citada foi como cicatrizante, no tratamento de feridas e dores reumáticas. Grande parte das espécies têm indicação de utilização popular para várias patologias e a maioria das espécies (65,2%) não teve qualquer estudo farmacológico que confirmasse a indicação popular. Somente oito espécies (34,8%) tiveram alguma atividade confirmada na literatura. Resumo em inglês The aim of this paper was the survey of the medicinal plants most used from Campo Grande population and commercialized in the Mercado Municipal of Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil. The survey was performed in 2002 and 2003 by interviewing and revealed 117 species. Thirty four species were acquired, and of those 22 were identified. Of those ten are only typical of the Cerrado, like as: Curatella americana, Guazuma ulmifolia, Maclura tinctoria, Stryphnodendron obova (mais) tum etc. The most mentioned families were Asteraceae, Moraceae, Sterculiaceae and Leguminosae. The most used part of the plant is the leaf, mainly prepared as infusion. These folk-medicine plants have been mostly used for wound healing and the treatment of rheumatism. The species are used for treating diverse pathologies. Data obtained showed that most of the species (65.2%) did not have any pharmacological study to confirm the popular indication. Only eight species (34.8%) had some activity confirmed in the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Composição florística de florestas estacionais ribeirinhas no estado de Mato Grosso do Sul, Brasil/ Floristic composition of seasonal riparian forests in Mato Grosso do Sul state, Brazil

Baptista-Maria, Vivian Ribeiro; Rodrigues, Ricardo Ribeiro; Damasceno Junior, Geraldo; Maria, Fabrício de Souza; Souza, Vinicius Castro
2009-06-01

Resumo em português O presente estudo teve como objetivos caracterizar a composição florística em dois trechos de floresta estacional semidecidual associada ao rio Formoso, Bonito, MS, e em três trechos de florestas estacionais deciduais e semideciduais associadas aos rios Salobra, Salobrinha e Perdido ocorrentes no Parque Nacional da Serra da Bodoquena (76.481 ha) - única unidade de Conservação Federal de Proteção Integral implantada no Estado de Mato Grosso do Sul. O levantamento (mais) florístico foi realizado mensalmente entre o período de outubro/2004 a março/2006, onde foram coletadas fanerógamas em fase reprodutiva (flores e frutos), através do método de tempo de avaliação. O levantamento florístico resultou em 56 famílias, 184 gêneros e 307 espécies. Do total das espécies, 68% apresentaram hábito arbóreo, 17% arbustos, 14% foram lianas e apenas 1% palmeiras. A família Fabaceae (Leguminosae), representada por 51 (16,6%) espécies, foi a de maior riqueza. Os resultados obtidos neste trabalho contribuíram para o conhecimento da flora sul-mato-grossense e sua distribuição geográfica, reforçando a necessidade de conservação destas matas ribeirinhas e fornecendo subsídios para os planos de restauração das áreas degradadas do entorno da unidade de conservação e das áreas de proteção permanente (APP's) dos rios ocorrentes na região. Resumo em inglês This study aimed to characterize the floristic composition in two stretches of seasonal semideciduous forest associated with the Formoso River, Bonito, Mato Grosso do Sul State, and in three stretches of seasonal deciduous and semideciduous forests associated with the Salobra, Salobrinha and Perdido rivers in Bodoquena Plateau National Park (76,481 ha) - the only Federal Conservation unit with Integral Protection in the state of Mato Grosso do Sul. The floristic survey wa (mais) s carried out monthly from October/2004 to March/2006, where flowering and fruiting phanerogams were collected by the method of evaluation time. The floristic survey resulted in 56 families, 184 genera and 307 species. Of the total number of species, 68% were trees, 17% shrubs, 14% lianas and only 1% palms. The Fabaceae family (Leguminosae), represented by 51 (16.6%) species, was the most species-rich. These results increase our knowledge of the Mato Grosso do Sul flora and its geographic distribution, thus emphasizing the need for conservation of these riparian forests and providing subsidies for restoration projects of the degraded areas around the conservation unit and permanent protection areas (APPs) of regional rivers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Análise estrutural da floresta tropical úmida do município de Alta Floresta, Mato Grosso, Brasil/ Structural analysis of tropical rainforest in Alta Floresta city, Mato Grosso, Brazil

Malheiros, Antonio Francisco; Higuchi, Niro; Santos, Joaquim dos
2009-09-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo estudar a composição e estrutura de um estrato arbóreo da floresta tropical úmida em Alta Floresta - MT, determinando os padrões de semelhança com outras regiões da Amazônia brasileira. O estudo foi realizado em uma área de 2 hectares, dividida em 20 parcelas de 10x 100m, onde foram mensurados a altura e o DAP ≥ 10 cm de todos os indivíduos. Para avaliação do grau de similaridade entre a composição florística e estrutu (mais) ra arbórea de Alta Floresta com as nove regiões pertencentes à Amazônia Legal brasileira, utilizou-se o método de agrupamento hierárquico aglomerativo com ligações pela média dos grupos (UPGMA), por meio do índice de Sorensen (qualitativo). Para a ordenação, foi utilizado o mesmo programa, utilizando a Escalonamento Multidimensional não-métrica (NMS) por meio do índice de Jaccard aplicado à presença e ausência de famílias e gêneros. Para análise de similaridade entre as 10 regiões, comparando a matriz de distâncias físicas entre elas com as matrizes de composição de famílias e gêneros, utilizou-se o programa PATN por meio do Teste de Mantel com o índice de Jaccard. A região apresentou 1101 indivíduos, pertencentes a 32 famílias, 54 gêneros e 68 espécies. A família com maior riqueza de espécie foi Leguminosae. A espécie Helicostilys podogyne e o gênero Cecropia sp. foram as mais importantes no levantamento. A floresta tropical úmida de Alta Floresta não se assemelhou com nenhuma das nove regiões comparadas neste estudo. Resumo em inglês This paper deals with the composition and structure of a pristine tropical rainforest using likelihood patterns to compare it with other Amazonian sites. This work was carried out in Alta Floresta, Mato Grosso. Our ground truth was obtained from a two-hectare plot, which was divided into 20 plots of 10 by 100 m each. In each plot, all trees with dbh = 10 cm were recorded. To evaluate the level of similarity between the Alta Floresta and other nine Amazonian sites we used (mais) the hierarchy clustering method linked by group means (UPGMA) through Sorensen index (qualitative). For ordination, we used the same method based on multidimensional non-metric scaling (NMS) through Jaccard index applied to presence or absence of botanical families or genera. The software PATN was used to run Mantel test with Jaccard index, which was, in turn, used for the similarity analysis among sites. The studied site presented 1,101 individuals distributed in 32 botanical families, 54 genera e 68 species. The richest family was Leguminosae. Helicostilys podogyne and Cecropia sp. were the most important species of the studied area. The Alta Floresta site did not present any similarity when compared to other Amazonian sites.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Aspectos morfológicos de frutos, sementes, germinação e plântulas de Hymenolobium petraeum/ Morphological aspects of fruits, seeds, germination and seedlings of Hymenolobium petraeum

Oliveira, Luciene Zagalo de; Cesarino, Fabiano; Pantoja, Tammya de Figueiredo; Môro, Fabíola Vitti
2010-08-01

Resumo em português Hymenolobium petraeum Ducke é uma espécie arbórea pertencente à família Leguminosae conhecida popularmente por angelim-pedra. Apresenta alto valor comercial, com madeira muito utilizada na construção civil e marcenaria. Este trabalho teve por objetivo descrever morfologicamente o fruto, a semente e as plântulas, assim como, determinar as temperaturas cardeais para a germinação de sementes de angelim-pedra. Foram determinados o comprimento, a largura e a massa fr (mais) esca de frutos e sementes. Para os testes de germinação foram utilizadas três repetições de 50 sementes, colocadas em placas de Petri e mantidas em germinadores nas temperaturas de 15, 20, 25, 30, 35 e 40°C e fotoperíodo de 12 horas. Os frutos são legumes-samaróides, indeiscentes, oblongos e unicarpelares. As sementes são de coloração castanho-escura, oblongas, estenospérmicas, exalbuminosas e com plúmula inconspícua. A raiz primária é branca e pubescente na região próxima ao colo; a parte aérea das plântulas possui pilosidade branca, protófilos compostos imparipinados e com inserção oposta, epicótilo verde, ereto, cilíndrico e piloso e os metáfilos imparipinados e com inserção alterna-espiralada. A germinação é semi-hipógea criptocotiledonar. Para de sementes de angelim-pedra as temperaturas máximas de germinação estão acima de 35°C e a mínima abaixo de 15°C, enquanto a faixa de temperatura ótima para germinação está entre 25 e 35°C. Resumo em inglês Hymenolobium petraeum Ducke is a tree belonging to the family Leguminosae popularly known angelim-pedra. Possesses high commercial value, with wood widely used in construction and carpentry. The objective of the present work was to describe morphologically the fruit, the seed and the post-seminal development and to determine the cardinal temperatures for germination of angelim-pedra seeds. The length, width and dry mass of fruits and seeds were measured. For the germinati (mais) on tests, three repetitions of 50 seeds were placed in Petri dishes, in germination chambers at the temperatures of 15, 20, 25, 30, 35 and 40°C and 12 hours photoperiod. The fruits are samaroid-legumes, indehiscent, oblong, unicarpelate. The seeds are chestnut-dark, oblong, stenospermic, unalbuminous and with inconspicuous plumule. The primary root is white and pubescent near to the col; the shoot seedlings possess white pilosity and compound pinnate protophylum with opposite phyllotaxis, epicotyls green, erect, cylindrical and pilose, pinnate metaphylls with spiral pattern phyllotaxis. The germination is hypogeal cryptocotilar. The maximum germination temperature are above 35°C and the minimum below 15°C, while, the optimum temperature for germination of the seed is between 25 and 35°C.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Plantas ornamentais e seus recursos para abelhas no campus da Universidade Estadual de Campinas, Estado de São Paulo, Brasil/ Resources of ornamental plants for bee on campus of the State University of Campinas, São Paulo, Brazil

Agostini, Kayna; Sazima, Marlies
2003-01-01

Resumo em português Este trabalho apresenta um estudo florístico e fenológico das plantas ornamentais arbóreas e arbustivas, visitadas por abelhas no campus da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Os registros sobre as plantas foram feitos de maio de 1999 a abril de 2000, obtendo-se 42 espécies de plantas. Cerca de 43% apresentou pico de floração no período úmido, 33% no período seco e 24% em ambos os períodos, não havendo sazonalidade marcada. A maioria das espécies, c (mais) erca de 72%, apresentou padrão de floração anual. As famílias mais representativas foram Leguminosae e Bombacaceae com 13 e 5 espécies respectivamente. Dentre as espécies estudadas predominaram flores brancas e o tipo floral aberto. As observações sobre as abelhas que visitavam as flores foram feitas de maio de 2000 a fevereiro de 2001, tendo sido registradas 17 espécies de abelhas. Essas abelhas podiam realizar visitas legítimas e/ou ilegítimas às flores. Os recursos utilizados pelas abelhas foram, principalmente, pólen e néctar e, na maioria das espécies de plantas, ambas as substâncias foram utilizadas. Apis mellifera, Trigona spinipes e Tetragonisca angustula, abelhas consideradas generalistas e Xylocopa frontalis e Bombus morio, consideradas mais especializadas, foram as cinco espécies que visitaram as flores de maior quantidade de espécies de plantas. Essas informações podem ser úteis para a elaboração de planos de manejo em ambientes urbanos visando à utilização de plantas ornamentais adequadas para atender maior diversidade de abelhas. Resumo em inglês A floristic and phenological study of ornamental, arboreal and shrubby species visited by bees was carried out on the campus of the Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Data on the species were recorded from May 1999 to April 2000. During this period 42 flowering species in flower were evaluated, of these 43% flowered in the wet season, 33% in the dry season and 24% in both seasons, without marked seasonality. Most of the species, about 72%, presented an annual (mais) phenological pattern. Leguminosae and Bombacaceae were the richest abundant families (13 and 5 species, respectively). Most of the species studied had white or dish-shaped flowers. A total of 17 bee species were recorded visiting flowers, from May 2000 to April 2001. Visits to flowers could be legitimate or illegitimate. Pollen and nectar were the only resources exploited by the bees. The generalist species Apis mellifera, Trigona spinipes and Tetragonisca angustula, and the more specialized species Xylocopa frontalis and Bombus morio, were the most common in the area, and visited the majority of the plant species. These data may be useful in future plans for management of urban environments, using appropriate ornamental plants, to encourage a diversity of bee species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Atividade farmacológica da monocrotalina isolada de plantas do gênero Crotalaria/ Pharmacological activity of monocrotalina isolated from plants of the genus Crotalaria

Honório Júnior, José E. R.; Soares, Paula M.; Melo, Célio L. de; Arruda Filho, Antônio C. V.; Sena Filho, José G.; Barbosa Filho, José M.; Sousa, Francisca Cléa Florenço; Fonteles, Marta Maria França; Leal, Luzia Kalyne de Almeida; Queiroz, Maria Goretti Rodrigues de; Vasconcêlos, Silvânia M.M.
2010-07-01

Resumo em português Crotalaria retusa é uma planta encontrada no Nordeste brasileiro, pertence ao gênero Crotalaria e à família Leguminosae, e possuem mais de seissentas espécies no mundo e mais de quarenta no Brasil. As variedades tóxicas mais conhecidas são C. spectabilis, C. crispata, C. retusa, C. dura e C. globifera. Plantas do gênero Crotalaria são de interesse porque são usadas na medicina popular. Esses gêneros são ricos em alcaloides pirrolizidínicos (AP), que são as p (mais) rincipais toxinas e apresentam efeitos pneumotóxicos, nefrotóxicos, cardiotóxicos, fetotóxicos, carcinogênicos, inflamação, hemorragia e fibrose. A monocrotalina é o principal alcaloide pirrolizidínico encontrado nessas plantas e é ativamente oxidada in vivo pelo citocromo P450 no fígado, formando intermediários altamente reativos tipo pirrólicos que são responsáveis pela ligação cruzada do DNA-DNA e DNA-proteína. O presente trabalho teve como objetivo fazer um levantamento bibliográfico via internet, utilizando bancos de dados, programas de pesquisa científica e pesquisa em livros relacionados, acerca da atividade farmacológica e do mecanismo de ação da monocrotalina extraída de plantas do gênero Crotalaria, ressaltando desde os aspectos botânicos da planta, estrutura química dos alcaloides pirrolizidínicos, exemplos experimentais de toxicidade e provável mecanismo de ação. Resumo em inglês Crotalia retusa is a plant found in Brazilian Northeast and belongs to the genus Crotalaria and the family Leguminosae, which comprises more than 600 species throughout the world and more than forty in Brazil. The most known toxic species are C. spectabilis, C. crispata, C. retusa, C. dura and C. globifera. Plants of the Crotalaria genus are of great interest because they are used by humans for folk medicine. These plants are rich in pyrrolizidine alkaloids (PA), which ar (mais) e the main toxins that cause effects such as pneumotoxic, nefrotoxic, cardiotoxic, fetotoxic, carcinogenic, inflammation, hemorrhage and fibrosis. Monocrotaline is the main pirrolizidinic alkaloid found in plants and is actively oxidated in vivo by the cytochrome P450 in the liver, yielding highly reactive pyrrolic type intermediates, which are responsible for DNA-DNA and DNA-protein cross-links reaction. The aim of this work is to make a bibliographic survey via internet, using databases, scientific research programs and related books, about pharmacological activity and mechanism of action of monocrotaline extracted from plants of Crotalaria genus, emphasizing plant botanical aspects, chemical structure of pirrolizidinic alkaloid, experimental examples of toxicity and probable action mechanism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Análise polínica do resíduo pós-emergência de ninhos de Centris tarsata Smith (Hymenoptera: Apidae, Centridini)/ Pollen analysis of the post-emergence residue of Centris tarsata Smith (Hymenoptera: Apidae, Centridini) nests

Dórea, Marcos da C; Santos, Francisco de A R dos; Lima, Luciene C de L E; Figueroa, Luís E R
2009-04-01

Resumo em português Foi estabelecido um protocolo de tratamento para análise do resíduo polínico de ninhos de Centris tarsata Smith, obtidos através do uso de ninhos-armadilha. A área estudada localiza-se na Estação Biológica de Canudos, município de Canudos (09º56'34"S; 38º59'17"W), microrregião Nordeste da Bahia. A vegetação local é de caatinga hiperxerófila arbustiva, o clima é semi-árido, com temperatura média anual de 24,1ºC e precipitação anual de 454 mm. Foram ut (mais) ilizados dez ninhos de C. tarsata coletados dos ninhos-armadilha no primeiro semestre de 2004. Para a análise palinológica do conteúdo dos ninhos, foi necessário o estabelecimento de um método adequado, elaborado a partir da análise de sedimentos em paleopalinologia e de procedimentos de acetólise usuais em palinologia. As análises microscópicas foram realizadas sob microscopia óptica. Foram identificados 17 tipos polínicos relacionados a sete famílias vegetais, contudo estes se apresentaram nos ninhos em associações de cinco a onze tipos distintos, indicando quais plantas foram utilizadas pelas abelhas na nutrição das crias. As famílias mais representadas foram Leguminosae (49,3%) e Solanaceae (43,2%) e os tipos polínicos com as maiores frequências de grãos encontrados foram Solanum paniculatum (43,8%) e Senna rizzini (32,1%). O protocolo desenvolvido proporciona uma nova técnica de estudos sobre a dieta de Centris e outros grupos de abelhas solitárias. Resumo em inglês A new treatment protocol was developed to analyze pollen residues found in nests of Centris tarsata Smith harvested from nest-traps. The study area was located in the Canudos Biological Station in the municipality of Canudos (09º56'34"S; 38º59'17"W), in the northeastern micro-region of Bahia State, Brazil. The local vegetation is an open caatinga (deciduous dryland vegetation), the regional climate is semi-arid, the average annual temperature is 24.1ºC, and the annual (mais) regional rainfall rate is 454 mm. Ten nests of C. tarsata were collected in trap-nests during the first semester of 2004. Pollen analysis from the nests required the development of a new methodology that combined techniques of palynological sediment analysis with the more common pollinic analysis by acetolysis. Microscopic analyses employed optical microscopy techniques. The pollinic spectrum of the samples from C. tarsata indicated the presence of 17 pollen types from seven plant families, which were present in assemblage of five to eleven pollen types, pointed to the plants used by bees to feed on their offspring. The most represented plant families were Leguminosae (49.3%) and Solanaceae (43.2%). The most frequent pollen types in the samples were from Solanum paniculatum (43.8%) and Senna rizzini (32.1%). The protocol developed provides a new tool for diet assessment of Centris and other groups of solitary bees.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Estudo enzimático da deterioração de sementes de Melanoxylon brauna submetidas ao envelhecimento natural e acelerado/ Enzymatic study of the deterioration of Melanoxylon brauna seeds aged naturally and artificially

Corte, Viviana Borges; Borges, Eduardo Euclydes de Lima e; Leite, Helio Garcia; Pereira, Barbara Luísa Corradi; Gonçalves, José Francisco de Carvalho
2010-01-01

Resumo em português Não há conhecimento específico para sementes florestais quanto aos processos metabólicos envolvidos durante o armazenamento, o que dificulta o estabelecimento de técnicas para sua conservação adequada. Assim, o objetivo do presente trabalho foi estudar a participação de enzimas do estresse oxidativo e metabolismo de lipídios durante o armazenamento ou envelhecimento acelerado. Sementes de brauna (Melanoxylon brauna - Leguminosae-Caesalpinoideae) foram envelhecid (mais) as naturalmente durante o armazenamento por 0, 3, 6, 9 e 12 meses em câmara fria e artificialmente (envelhecimento acelerado) durante 0, 24, 48, 72 e 96 horas, com objetivo de avaliar alterações na atividade das enzimas superóxido dismutase e catalase e nos teores de lipídios. Para isso, foram realizados testes de germinação, avaliadas a atividade enzimática e quantificados os teores de lipídios no eixo embrionário e nos cotilédones. O envelhecimento natural e acelerado afetou de forma semelhante o comportamento das sementes de brauna, promovendo redução do vigor. Embora os efeitos dos dois tipos de envelhecimento afetassem igualmente a germinação, o envelhecimento artificial a 45 ºC por 72 horas simula adequadamente o comportamento enzimático manifestado pelas sementes armazenadas por 12 meses em câmara fria. Houve semelhante redução gradativa das reservas de lipídios em ambos os sistemas de envelhecimento, mas sem correlação entre o armazenamento natural e o envelhecimento acelerado. Resumo em inglês There is no specific knowledge of forest tree seeds regarding the metabolic processes involved during storage which makes the establishment of techniques for their suitable conservation difficult. The object of the present research was to study the role of oxidative stress enzymes and fat metabolism during storage and artificial ageing. Seeds of Melanoxylon brauna - Leguminosae-Caesalpinodeae (brauna) were naturally aged during storage for 0, 3, 6, 9 and 12 months in a co (mais) ld chamber, and artificially aged (accelerated ageing) during 0, 24, 48, 72 and 96 hours, in order to evaluate the changes in the activity of the enzymes superoxide dismutase and catalase and also the oil content. Germination tests were made and the enzymatic activity and quantification of fat content were measured in the embryonary axis and cotyledons. The natural and accelerated ageing affected the behavior of the seeds in a similar manner causing a reduction in vigour. Although the artificial and natural ageing of the seeds affected the germination in a similar way, the accelerated ageing at 45 ºC for 72 hours adequately simulated the enzymatic behavior as demonstrated by the seeds stored for 12 months in the cold chamber. There was a similar gradual reduction in the fat reserves in both ageing systems but without any correlation between natural storage and accelerated ageing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Florística e estrutura de fragmento florestal em área de transição na Amazônia Matogrossense no município de Sinop/ Floristics and structure of a forest fragment at a transitional zone at the Amazon in Mato Grosso State, Municipality of Sinop

Araujo, Rosalia de Aguiar; Costa, Reginaldo Brito da; Felfili, Jeanine Maria; Gonçalvez, Ivani Kuntz; Sousa, Roberto Antonio Ticle de Melo e; Dorval, Alberto
2009-01-01

Resumo em português A fragmentação do ambiente é intensa na amazônia matogrossense e é esperado como consequência, além do desaparecimento da vegetação original, que a flora dos fragmentos seja transicional, com elementos de floresta amazônica e de cerrado e que já apresentem elevada presença de famílias e espécies pioneiras. Este trabalho objetivou avaliar a composição florística e obter parâmetros fitossociológicos de componentes arbóreos presentes em um fragmento urban (mais) o no município de Sinop, Mato Grosso com vistas a confirmar sua classificação como vegetação de transição e detectar indícios de perturbação pela fragmentação. A vegetação foi amostrada pela instalação de 25 parcelas permanentes de 20 x 20m, onde foram amostrados os indivíduos com CAP igual ou superior a 15 cm à altura de 1,30m do solo. A densidade total da área foi de 1555 ind./ha, distribuídos em 37 famílias botânicas, 81 gêneros e 113 espécies. A família mais representativa foi Leguminosae com 14 espécies. As espécies que mais contribuíram em abundância e apresentaram maior frequência foram: Cecropia sciadophylla, Cecropia sp., Bellucia grossularioides e Vismia guianensis. O índice de Shannon (H') foi de 3,55, considerado alto para uma floresta de transição. A equabilidade de Pielou foi de 0,75, sugerindo grande dominância de poucas espécies. As espécies que mais se destacaram em ordem decrescente de VI (%) foram Cecropia sp., Bellucia grossularioides, Qualea ingens, Cecropia sciadophylla, Vismia guianensis, Miconia prasina, Trattinickia burserifolia, Unonopsis guatterioides e Schefflera vinosa. O remanescente apresenta uma flora mista amazônica e de cerrado, confirmando ser ecótono e a abundância de pioneiras sugere distúrbios. Esta floresta protege espécies madeireiras e frutíferas com grande potencial para uso múltiplo, podendo ser um espaço educativo com vistas a conservação e manejo sustentável. Resumo em inglês Fragmentation is intense in Amazon forest especially in Mato Grosso State. Loss of original vegetation is expected along with a transitional flora in such fragments, having elements of rainforest and Cerrado vegetation with abundant pioneer species. Goal of this work was to evaluate the floristic composition and phytosociology of the arboreal vegetation of an urban forest fragment in Sinop, Mato Grosso. It was intended to confirm its transitional characteristic and to det (mais) ect possible perturbation due to fragmentation. The trial had 25 (20 x 20 m) permanent plots, where all individuals over 15 cm gbh were assessed. A total of 36 families, 81 genera and 113 species were found in the area with 1555 ind.ha-1 plant density. The largest family was Leguminosae with 14 species. The most frequent species were: Cecropia sciadophylla, Cecropia sp., Bellucia grossularioides e Vismia guianensis. Shannon (H') diversity index reached 3.55 nats.ind-1, considered high for transitional forests. Pielou's evenness was 0.75, suggesting high dominance of few species. In a decreasing ranking of VI (%) the most frequent species were: Cecropia sp., Bellucia grossularioides, Qualea ingens, Cecropia sciadophylla, Vismia guianensis, Miconia prasina, Trattinickia burserifolia, Unonopsis guatterioides and Schefflera vinosa. The Amazon and Cerrado mixed floristic composition confirms the fragment as transitional and the abundance of pioneer species suggests disturbances caused by fragmentation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Plantas medicinais utilizadas em comunidades rurais de Oeiras, semiárido piauiense/ Medicinal plants used in rural communities from Oeiras Municipality, in the semi-arid region of Piauí State (PI), Brazil

Oliveira, F.C.S.; Barros, R.F.M.; Moita Neto, J.M.
2010-09-01

Resumo em português O estudo foi realizado no período de fevereiro de 2007 a maio de 2008, em vinte e uma comunidades rurais do município de Oeiras (07º00'54''S e 42º08'06''W), localizadas em área de transição vegetacional Caatinga/Cerrado, onde predomina a Caatinga. Objetivou-se conhecer as plantas tradicionalmente utilizadas pela população com fins terapêuticos. As coletas botânicas seguiram metodologia usual e os exemplares identificados foram incorporados ao acervo do Herbári (mais) o Graziela Barroso (TEPB). Como procedimento metodológico realizou-se entrevistas semi-estruturadas com formulários padronizados a 20 moradores indicados por líderes comunitários locais como pessoas de reconhecido saber, que acompanharam as coletas. As espécies citadas foram agrupadas em de17 categorias de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Os dados quantitativos foram obtidos através do cálculo da Importância Relativa (IR) para cada espécie e do Fator de Consenso dos Informantes (FCI). Assim, identificou-se 167 etnoespécies, distribuídas em 59 famílias botânicas e 143 gêneros, sendo 65,86% nativas. As famílias com maior representatividade em número de espécies foram a Leguminosae (28) e a Euphorbiaceae (18). Os gêneros mais representativos foram Croton L. (9), Senna Mill. (5), Jatropha L. e Solanum L. (4). Caesalpinia ferrea Mart., Ximenia americana L., Myracrodruon urundeuva Allem. e Lippia alba L., obtiveram os maiores valores de IR de 1,79; 1,86; 1,21; 1,14; respectivamente. Salienta-se a elevada frequência de usos terapêuticos destas espécies, concentradas no tratamento dos transtornos do sistema respiratório (56 espécies) e das doenças infecciosas intestinais, hepáticas e helmintíases (65), sendo gripe e diarréia as doenças mais citadas. A folha é a parte do vegetal mais utilizada na medicina caseira local (31,5% dos casos) e as formas de preparo mais utilizadas são a decocção (32,2% dos casos) seguida por infusão (23,8%). Estes dados possibilitam inferir que os moradores das comunidades rurais possuem conhecimento acerca das plantas utilizadas como medicinais, especialmente as nativas. Resumo em inglês This study was performed between February 2007 and May 2008 in twenty-one rural communities from Oeiras Municipality (07º00'54''S and 42º08'06''W) located in a transition area of Caatinga/Cerrado vegetation, where Caatinga predominates. The aim was to know the plants traditionally used for therapeutic purposes by the population. The botanical harvests followed the usual methodology and the identified specimens were incorporated into the collection from the Herbarium Gra (mais) ziela Barroso (TEPB). As methodological procedure, semi-structured interviews by using standardized forms were done with 20 dwellers indicated by local community leaders as people presenting notorious knowledge and who accompanied the harvests. The cited species were grouped into 17 categories, according to the World Health Organization (WHO). Quantitative data were obtained by calculating the relative importance (RI) for each species and the informant consensus factor (ICF). We identified 167 ethnospecies, distributed into 59 botanical families and 143 genera, from which 65.86% were native. The most representative families in number of species were Leguminosae (28) and Euphorbiaceae (18). The most representative genera were Croton L. (9), Senna Mill. (5), Jatropha L. and Solanum L. (4). Caesalpinia ferrea Mart., Ximenia americana L., Myracrodruon urundeuva Allem. and Lippia alba L. had the highest RI values: 1.79, 1.86, 1.21 and 1.14, respectively. It must be emphasized the high therapeutic use of these species, mainly for the treatment of respiratory system disorders (56 species) and intestinal, hepatic and helminthic infectious diseases (65), from which flu and diarrhea were the most cited. The leaf is the most used plant part in the local folk medicine (31.5% of cases). The most frequently used preparation procedures are decoction (32.2% of cases) and infusion (23.8%). These data allow inferring that dwellers of rural communities have knowledge about the plants used as medicinal, especially native ones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Fitossociologia de duas fitocenoses de floresta ombrófila aberta no município de Codó, Estado do Maranhão/ Phytosociology of two open ombrophylous forest phytocenosis Codó municipality, State of Maranhão, Brazil

Gama, João Ricardo Vasconcellos; Souza, Agostinho Lopes de; Calegário, Natalino; Lana, Guilherme Campos
2007-01-01

Resumo em português Este estudo foi realizado no Projeto Magela (04º 35' 20" S e 43º 49' 55,2" W), pertencente à Empresa MARGUSA (Maranhão Gusa S.A.), localizado no Município de Codó, Estado do Maranhão. Teve como objetivo analisar a composição florística e a estrutura horizontal de Floresta Ombrófila Aberta com cipó (FOAcipó) e Floresta Ombrófila Aberta com palmeira (FOApalmeira). No inventário florestal, utilizou-se amostragem casual estratificada com 12 parcelas na FOAcipó (mais) e nove na FOApalmeira. Em parcelas de 50 x 200 m, mensuraram-se todos os indivíduos com DAP > 15 cm (nível I de inclusão) e, em subparcelas de 5 x 50 m, os indivíduos com 5 cm Resumo em inglês The study was carried out in the area of the Magela Project (04º 35' 20" S and 43º 49' 55,2" W) owned by MARGUSA Enterprise (Maranhão Gusa S/A), located in the Municipality of Codó, State of Maranhão. The forest cover belongs to the Open Ombrophylous Forest with lianas (OOFliana) and to the Open Ombrophylous Forest with palms (OOFpalm). The objective was to analyze the floristic composition and horizontal structure of the OOFliana and OOFpalm. In 50 x 200 m plots, al (mais) l individuals with DBH > 15 cm (inclusion level I) were measured, and in 5 x 50 m subplots, individuals with 5 cm

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)