Sample records for lead 184
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

Perfil motivacional do enfermeiro atuante em um hospital geral do interior paulista/ Motivational profile of nurses who work at a general hospital at the state of São Paulo/ Perfil motivacional del enfermero que trabaja en un hospital general del interior del estado de São Paulo

Pasti, Maria José; Gir, Elucir; Dela Coleta, José Augusto
1999-12-01

Resumo em português Esta investigação teve como objetivo geral identificar o perfil motivacional de um grupo de enfermeiros atuantes em um hospital geral universitário, bem como mapear as motivações que conduzem os enfermeiros no trabalho e correlacionar as atitudes e crenças verificadas nas respostas dos sujeitos em relação ao trabalho e suas motivações. Os dados foram coletados através de três instrumentos sendo duas escalas tipo Likert (MOSE e ACTRA) e um questionário para ca (mais) racterização pessoal e profissional da amostra composta por 184 sujeitos. O perfil motivacional encontrado a partir das três motivações sociais permitiu avaliar que a maioria dos enfermeiros estudados caminha para a superação do subdesenvolvimento. Resumo em espanhol Esta investigación tuvo como objetivo general identificar el perfil motivacional de un grupo de enfermeros que trabajan en un hospital universitario general y también establecer las motivaciones que estimulan los enfermeros al trabajo y correlacionar las actitudes y creencias verificadas en las respuestas de los sujetos en relación al trabajo y sus motivaciones. Los datos fueron colectados a través de tres instrumentos, dos escalas tipo Likert (MOSE e ACTRA) y un cues (mais) tionario para caracterización personal y profesional de la muestra formada por 184 sujetos. El perfil motivacional elaborado a partir de las tres motivaciones sociales permitió evaluar que la mayor parte de los enfermeros estudiados camina para la superación del subdesarrollo. Resumo em inglês The present study aimed at identifying the motivational profile of nurses who work in a public general hospital as well as at finding out the motivations that lead nurse in their work and correlating attitudes and beliefs verified in the responses of the subjects to work and their motivations. Data were collected through three instruments, two of them were scales of Likert type (MOSE e ACTRA) and one questionnaire with data to characterize the sample that was formed by 18 (mais) 4 nurses. Results enabled the author to delineate a motivational profile based on the three social motivations and conclude that the majority of nurses studied are working in order to overcome the underdevelopment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Perfil biopsicossocial de portadores de anoftalmia no sul de Minas Gerais - Brasil/ Biopsychosocial profile of patients with anophthalmia in the south of Minas Gerais - Brazil

Cabral, Luiz Gustavo Megda; Martelli Júnior, Hercílio; Leite, Denise Moura; Sabatini Júnior, David; Freitas, Amanda Beatriz Dahdah Aniceto de; Miranda, Roseli Teixeira; Swerts, Mário Sérgio Oliveira; Barros, Letízia Monteiro de
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o perfil biopsicossocial de portadores de anoftalmia, com ênfase no impacto psicológico e funcional da perda ocular e na reintegração social dessa população. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com 84 pacientes (50 do gênero masculino e 34 do feminino), reabilitados ou em processo de reabilitação com próteses oculares, avaliados por meio de questionário que contemplava dimensões como: etiologia da perda ocular, grau de adaptação à pr� (mais) �tese e impacto nas atividades profissionais, sociais e escolares. RESULTADOS: O olho direito foi afetado em 45,2% dos pacientes, o olho esquerdo em 51,2%, e os demais apresentavam anoftalmia bilateral. Relataram dificuldade, atual ou já superada, de adaptação à visão monocular 47,5% dos participantes. No gênero masculino as principais causas da anoftalmia foram os traumatismos oculares por acidentes (54%), e no feminino, as doenças adquiridas (38,2%). Na população estudada, a perda ocular ocorreu, em média, aos 20,5 ± 18,4 anos, e o tempo decorrido até a primeira reabilitação protética foi de 8,6 ± 13,1 anos. A maioria dos pacientes (66,1%) relatou satisfação e boa adaptação à prótese ocular. Sentimentos de tristeza, vergonha e timidez foram freqüentemente relatados. CONCLUSÃO: Pacientes com anoftalmia freqüentemente apresentam transtornos psíquicos e/ou funcionais que dificultam sua readaptação ao meio social, profissional e familiar, o que é agravado por fatores econômicos e pela carência de serviços públicos que ofereçam tratamento reabilitador. A realização de campanhas de esclarecimento à população também pode ser útil para a prevenção das causas que levam à perda ocular. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the biopsychosocial profile of patients with anophthalmia, with emphasis on the psychological and functional impact of eye loss and the social reintegration of this population. METHODS: Prospective analyses of 84 patients (50 males and 34 females), rehabilitated or in the rehabilitation process with ocular prostheses were interviewed by means of a questionnaire with dimensions involving the etiology of the ocular defect, degree of adaptation to the oc (mais) ular prosthesis, and impact on professional, family and social activities. RESULT: The right eye was affected in 45.2% of the patients, the left eye in 51.2%, and the rest of the patients had bilateral anophthalmia. Difficulty in adapting to monocular vision was reported by 47.6% of the patients. The main causes of anophthalmia in males were eye injuries due to accidents (54%), and, in females, acquired diseases (38.2%). For the total studied population, the eye loss occurred at a mean of 20.5 ± 18.41 years, and the elapsed time until the first rehabilitation with ocular prosthesis was of 8.6 ± 13.10 years. Most patients (66.1%) reported satisfaction and good adaptation to the prosthesis. Feelings of sadness, shame and shyness were frequently reported. CONCLUSION: Anophtalmic patients often exhibit psychic and/or functional disorders which hinder their social, professional and family readaptation, and this is aggravated by both economic factors and lack of public services that provide rehabilitative treatment. Public information campaigns could also be useful to prevent causes that lead to ocular loss.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Estudo de vigilância epidemiológica da profilaxia do tromboembolismo venoso em especialidades cirúrgicas de um hospital universitário de nível terciário/ Study of epidemiological surveillance of venous thromboembolism prophylaxis in surgical specialties of a school tertiary referral hospital

Diogo-Filho, Augusto; Maia, Cíntia Prado; Diogo, Débora Miranda; Fedrigo, Larissa dos Santos Paula; Diogo, Priscila Miranda; Vasconcelos, Priscila Meira
2009-03-01

Resumo em português CONTEXTO: O tromboembolismo venoso pós-operatório é uma entidade frequente e grave, que pode levar à embolia pulmonar e à síndrome pós-trombótica. Apesar dos benefícios comprovados pela profilaxia, nota-se uma inadequação na sua indicação. OBJETIVO: Verificar a indicação de heparina profilática entre pacientes de diferentes clínicas cirúrgicas de um hospital universitário de nível terciário. MÉTODOS: Realizou-se avaliação prospectiva, através de b (mais) usca ativa, por 10 dias seguidos, em cada mês, no período de setembro a dezembro de 2005, de pacientes operados nas clínicas: cirurgia geral (aparelho digestório e proctologia), ginecologia, neurocirurgia, ortopedia e traumatologia, urologia e angiologia e cirurgia vascular, com identificação dos fatores de risco para tromboembolismo venoso e o uso profilático de heparina, de acordo com as normas da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. RESULTADOS: Foram avaliados 357 pacientes, 24 (6,7%) classificados como de baixo risco para tromboembolismo venoso, 128 (35,9%) de risco moderado, e a maioria, 205 (57,4%) de alto risco. Do total de pacientes, 184 (51,5%) receberam heparina profilática. A heparina foi utilizada em 73,3% dos pacientes da cirurgia geral, em 16,7% da ginecologia, em 50,0% da neurologia, em 32,5% da ortopedia e traumatologia, em 37,3% da urologia e em 97,7% da clínica de angiologia e cirurgia vascular. Das clínicas avaliadas, apenas 38,3% dos pacientes de risco moderado e 64,4% dos de alto risco receberam heparina profilática. Esta foi utilizada de forma adequada em 77,6% dos pacientes de risco moderado e em 63,6% dos de alto risco. Trombocitopenia, sangramento menor e maior, foram identificados em 3 (1,6%), 12 (6,5%) e 2 (1,1%) pacientes que receberam heparina, respectivamente. Foram diagnosticados clinicamente seis (1,7%) episódios de tromboembolismo venoso. CONCLUSÃO:Apesar das indicações bem definidas da heparina na profilaxia do tromboembolismo venoso, verifica-se adesão incompleta por parte dos profissionais médicos da especialidade, expondo os pacientes a complicações graves. Resumo em inglês CONTEXT: Postoperative venous thromboembolism is a frequent and severe disease that can lead to pulmonary embolism and post thrombotic syndrome. Although the venous thromboembolism prophylaxis is a proven strategy, an unsuitable indication is observed. OBJECTIVE: To verify the indication of prophylaxis with heparin among patients of several surgical specialties of a School Tertiary Referral Hospital. METHODS: It was accomplished a prospective study during 10 consecutive d (mais) ays in each month, from September to December of 2005, with 360 patients surgically treated in the specialties: General Surgery, Gynecology, Neurosurgery, Ortopedy and Traumatology, Urology and Angiology and Vascular Surgery, identifying risk factors for the development of venous thromboembolism (VTE) and the use of heparin prophylaxis according to the recommendations of the Brazilian Society of Angiology and Vascular Surgery. RESULTS: Three hundred and fifty seven patients were evaluated, 24 (6,7%), 128 (35,9%) and 205 (57,4%) were included in low risk, medium risk and high risk for venous thromboembolism, respectively. One hundred and eighty four patients (51,5%) of the sample received prophylactic heparin. Heparin was used in 73,3% of the patients of General Surgery, 16,7% of Gynecology, 50,0% of Neurosurgery, 32,5% of Ortopedy and Traumatology, 37,3% of Urology and 97,7% of Angiology and Vascular Surgery. Only 38,3% of medium risk and 64,4% of high risk patients received prophylactic heparin. Heparin was suitably used in 77,6% of medium risk and in 63,6% of high risk patients. Thrombocytopenia, minor bleeding and major bleeding occurred in 3 (1,6%), 12 (6,5%) and 2 (1,1%) of the patients, respectively. Thromboembolic complications occurred in 6 (1,7%) cases. CONCLUSION: Although the indications of prophylactic heparin to venous thromboembolism are well known, we verify an incomplete adhesion of medical professionals, exposing patients to severe complications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)