Sample records for lactation
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Lactação em éguas da raça Mangalarga Marchador: produção e composição do leite e ganho de peso dos potros lactentes/ Lactation in Mangalarga Marchador mares: yield production and composition of milk, and weight gain of suckling foals

Santos, Edson Mauro; Almeida, Fernando Queiroz de; Vieira, Antônio Assis; Pinto, Luís Fernando Batista; Corassa, Anderson; Pimentel, Robson Ricardo Moreira; Silva, Vinicius Pimentel; Galzerano, Leandro
2005-04-01

Resumo em português Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a produção e a composição do leite de éguas Mangalarga Marchador e o ganho de peso dos potros lactentes. A produção de leite foi avaliada em oito éguas, pelo método da pesagem dos potros antes e depois das mamadas, em intervalos de duas horas, em doze observações diárias. A partir do somatório da quantidade de leite produzido nas observações, obteve-se a produção diária de leite. A produção de leite, analisado q (mais) uanto aos teores de lactose, proteína, gordura e energia, foi avaliada aos 20, 40, 60, 80, 100, 120, 140 e 160 dias da lactação A produção média de leite variou de 9,95 kg/dia no 40º dia a 7,48 kg/dia no final da lactação. A produção total de leite estimada foi igual a 1405,56 kg. A produção de leite, expressa em percentual do peso vivo (PV) das éguas, variou entre 2,3% do PV no 20º dia e 1,8% do PV no final da lactação, sendo similar às quantidades de leite produzidas nos períodos diurno e noturno. Não foi observado efeito da idade das éguas na produção de leite. O ganho médio diário de peso dos potros ao longo do período de amamentação foi de 0,77 kg, com maiores valores nos meses iniciais do período de amamentação. O leite das éguas apresentou baixas concentrações de proteína, gordura e energia e altas de lactose, além de resposta quadrática decrescente, em função do período da lactação. Resumo em inglês This work aims to evaluate yield production and composition of milk of Mangalarga Marchador mares and average weight gain of suckling foals. Milk yield was evaluated in eight mares by the weigh-suck-weigh method, at intervals of two hour, twelve times a day. Daily milk produced was estimated by summing of the twelve observations. Milk yield was performed at 20, 40, 60, 80, 100, 120, 140 and 160 days of lactation. The milk was analyzed for lactose, protein, fat and energy (mais) concentration. Daily milk production ranged from 9.95 kg at 40th day to 7.48 kg no final da lactação (160th day) Total estimate milk yield during the lactation was 1405.56 kg. Milk yield as a % LW of mares ranged from 2.3% LW at 20th day to 1.8% LW at the end of lactation. Amounts of milk produced during daytime and nighttime was similar and mare age did not affect milk production. Average weight gain of foals during lactation period was 0.77 kg/day with higher values at first months of lactation period. Milk showed low concentration of protein, fat and energy, high levels of lactose, with a decreasing quadratic response in function of lactation period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Curva de lactação na raça Guzerá/ Lactation curve in Guzera breed

Cobuci, Jaime Araujo; Euclydes, Ricardo Frederico; Verneque, Rui da Silva; Teodoro, Roberto Luiz; Lopes, Paulo de Sávio; Silva, Martinho de Almeida e
2000-10-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram identificar as funções matemáticas que melhor se ajustam à produção de leite de vacas da raça Guzerá, avaliar os efeitos dos fatores de ambiente sobre a forma da curva de lactação e estimar parâmetros genéticos para a produção de leite e para os componentes responsáveis pela forma da curva de lactação. Foram utilizadas 1130 lactações de 583 vacas da raça Guzerá, filhas de 165 touros, com produções abrangendo o perí (mais) odo de 1983 a 1997. Os modelos y = a n e-cn, y = a - cn+ ln(n), y = a - cn e y=a e-c n foram os que melhor se ajustaram à curva de lactação das vacas. Pela análise de variância, verificou-se que, os efeitos de rebanho, ano de parto e idade da vaca ao parto influenciaram as características produção de leite total, produção inicial e taxa de declínio da produção. Foram obtidas as estimativas para os coeficientes de herdabilidade e repetibilidade, por meio de análises com uma e duas características. A seleção de animais, baseada somente no formato da curva de lactação, seria de baixa eficiência. Resumo em inglês The objectives of this work were to identify the mathematical functions that better fitted the milk production of Guzera breed cows, to evaluate the effects of the environmental factors on the lactation curve format and to estimate the genetic parameters for the milk production and for the dependable components of the lactation curve format. A total of 1130 lactations from 583 Guzera breed cows, daughters of 165 bulls, with production over the period from 1983 to 1997 wer (mais) e used. The models y = a n e-cn, y = a - cn + ln (n), y=a -cn e y =a e-c n were the ones that best fitted the milk production of the cows. By the analysis of variance, it was observed that the effects of cow herd, calving year and cow age at calving influenced the total milk production, initial milk production and milk decline production rate characteristics. The coefficients of heritability and repeatability estimates were obtained by means of one and two characteristic analyses. The animal selection, based only on the of the lactation curve format, would be of low efficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Curva de lactação e qualidade do leite de cabras Saanen recebendo rações com diferentes relações volumoso: concentrado/ Lactation curve and milk quality of Saanen goats fed diets with different forage: concentrate ratios

Zambom, Maximiliane Alavarse; Alcalde, Claudete Regina; Martins, Elias Nunes; Santos, Geraldo Tadeu dos; Macedo, Francisco de Assis Fonseca de; Horst, José Augusto; Veiga, Darcy Rodrigues da
2005-12-01

Resumo em português O objetivo neste estudo foi avaliar a curva de lactação e a qualidade do leite de cabras Saanen recebendo rações com diferentes relações volumoso:concentrado. Foram utilizadas 20 cabras (59,59 kg ± 6,97) em lactação, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado. Os tratamentos consistiram de cinco relações volumoso:concentrado nas rações (40:60, 50:50, 60:40, 70:30 e 80:20), correspondentes a 2,95; 2,83; 2,70; 2,58 e 2,46 Mcal de EM/kg MS. Os animai (mais) s permaneceram alojados, durante 152 dias, em baias individuais com controle diário da ração ingerida e da produção de leite. Os tratamentos não influenciaram o peso vivo (kg) das cabras. A ingestão de matéria seca (kg/dia) variou ao longo do ciclo produtivo. A produção de leite foi influenciada pelos tratamentos, de modo que a ração com maior concentração energética proporcionou maior produção de leite. Não foram verificadas diferenças entre os tratamentos para os constituintes do leite, a produção inicial, a taxa de acréscimo de produção até o pico de lactação e a taxa de declínio de produção após o pico. No entanto, foi observado efeito linear negativo para o dia de produção no pico e a produção no pico. A relação volumoso:concentrado com maior concentração energética melhora o desempenho produtivo dos animais, sem alterar a qualidade do leite. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the lactation curve and milk quality of Saanen goats receiving diets with different forage:concentrate ratios. Twenty goats averaging 59.59 ± 6.97 kg of body weight were assigned to a completely randomized design. The following forage:concentrate ratios were used: 40:60, 50:50, 60:40, 70:30, or 80:20 and provided 2.95, 2.83, 2.70, 2.58, or 2.46 Mcal ME/kg DM, respectively. Animals were confined during 152 days in individual sta (mais) lls with daily measurements of intake and milk yield. Body weight of goats fed increasing levels of forage did not change significantly in this trial but the opposite was observed for DM intake (kg/day) with the progress of lactation. Milk yield also was affected by treatments; in fact, milk production was highest in the diet with the greatest energy content. However, different forage:concentrate ratios did not affect milk components, initial milk yield, incremental production rate until lactation peak, and decline production rate after lactation peak. Conversely, day that goats reached peak production and production at peak were both reduced linearly when forage was increased in the diet. The diet with the greatest forage:concentrate ratio and energy level improved animal production with no compromise of milk quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Curvas de Lactação em Rebanhos da Raça Holandesa no Estado de Minas Gerais: Escolha do Modelo de Melhor Ajuste/ Lactation Curve in Holstein Herds of Minas Gerais State: Choice of Model with the Best Fit

Gonçalves, Tarcísio de Moraes; Oliveira, Antonio Ilson Gomes de; Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de; Pereira, Idalmo Garcia
2002-07-01

Resumo em português Para selecionar o modelo de curva de lactação de melhor ajuste aos dados de produção de leite no dia de controle de animais da raça Holandesa no Estado de Minas Gerais, utilizaram-se 157.932 controles de 17.150 lactações, de 1990 a 1996, do arquivo inicial com 305.506 controles de 56.422 lactações, do Serviço de Controle Leiteiro da ACGHMG. Ajustaram-se os dados para os fatores: região, nível de produção, ano-estação de parto, classes de ordem e idade ao p (mais) arto (COPI), grupo genético, número de controles e interações, além dos efeitos linear e quadrático da duração da lactação. Para verificar o melhor ajuste aos modelos Quadrático logarítmico, Gamma Incompleta, Regressão Múltipla e Multifásico (Monofásico e difásico), foram usados menor desvio padrão residual, R² ajustado ao número de parâmetros das equações, autocorrelação de primeira ordem e teste de Durbin-Watson. O uso de uma função difásica para predizer a produção de leite em programas de seleção é recomendado, sendo também possível estimar, com base nessa função, a produção de leite em 305 dias. Resumo em inglês In order to select the model of the lactation curve that has the best adjustment for milk production records of Holstein cows in the Minas Gerais State, a total of 157,932 test day of 17,150 lactations from 305,506 test day of 56,422 lactations, from 1990 to 1996, provided by the milk recording service of the ACGHMG (Holstein Breed Association of Minas Gerais), were used. The data were adjusted for: region, management level, year -season of calving, COPI (parity and age o (mais) f calving), genetic group, number of tests, interactions and linear and quadratic effects of lactation period. In order to compare results obtained using quadratic logarithmic, incomplete gamma, multiple regression and multiphasic (monophasic and diphasic) functions methods. The following statistics were used: lowest standard error, adjusted R², first order auto-correlation and Durbin-Watson. It was concluded that the diphasic function was the best for predict milk yield in selection programs being possible to estimate the 305-day milk yield with this function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Curvas de lactação de vacas holandesas do Estado do Paraná, Brasil/ Lactation curves of Holstein cows in the state of Parana, Brazil

Molento, Carla Forte Maiolino; Monardes, Humberto; Ribas, Newton Pohl; Block, Elliot
2004-10-01

Resumo em português Dados do Programa de Análise de Rebanhos Leiteiros do Paraná (PARLPR - APCBRH), contendo 27029 lactações encerradas de 422 rebanhos, foram utilizados para a visualização das curvas de lactação. As curvas foram calculadas de acordo com três grupos de parição e seis níveis de produção. A produção no momento do pico aumenta à medida que aumenta o nível de produção do rebanho ou a ordem de parição. O declínio diário aumenta à medida que aumenta o nív (mais) el de produção do rebanho, para animais de segunda ou mais lactações; para animais de primeira lactação, não se observou tendência para esta característica. As curvas e os valores de pico e persistência obtidos podem ser utilizados como instrumentos de manejo em fazendas leiteiras do Paraná. Resumo em inglês A data set from the dairy herd analysis system in the State of Parana, Brazil (PARLPR - APCBRH), containing 27029 lactation records from 422 herds, was used to plot lactation curves. Lactation curves were plotted according to three parity groups and six levels of production. Production at peak increases with increases in herd production level and with increases in lactation number. Daily decline increases with increases in herd production level, in the case of second or g (mais) reater lactation; for first lactation animals, no trend was identified for this characteristic. The curves, peak and persistency values obtained are to be used as management tools on dairy farms in the State of Parana.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Curvas de lactação de vacas F1 Holandês-Gir ajustadas pela função gama incompleta/ Lactation curves adjusted by incomplete gamma function for crossbred F1 Holstein-Gyr cows

Oliveira, H.T.V.; Reis, R.B.; Glória, J.R.; Quirino, C.R.; Pereira, J.C.C.
2007-02-01

Resumo em português Estudaram-se o padrão das curvas de lactação de 5.368 vacas F1 Holandês-Gir pelo modelo gama incompleto e os efeitos da ordem de lactação e época de parição sobre os parâmetros da função e sobre a produção inicial (PI), produção no pico de lactação (PP), tempo ao pico de lactação (TP), persistência (PER) e produção total de leite estimada na lactação (PLTLE). As curvas de lactação apresentaram-se curvilíneas com queda da produção a partir do (mais) início da lactação. A diferença entre a produção de multíparas e primíparas foi de 48,9%, favorável às primeiras. As multíparas apresentaram maior queda na produção no primeiro mês de lactação e maior persistência, enquanto as primíparas apresentaram fortes quedas ao longo de toda lactação e menor persistência. A diferença da produção de leite entre lactações iniciadas na época seca e das águas foi de 1,6%, favorável à primeira. Os resultados para produção relativa mensal, queda percentual na produção referente ao mês anterior e queda percentual na produção referente ao primeiro mês de lactação indicam poucas diferenças no formato das curvas de lactação para vacas paridas nas épocas da seca e das águas. Baixos valores de R² encontrados indicam que a função não produziu bom ajuste para a curva de lactação de vacas desse grupo genético. Resumo em inglês The lactation curves of 5,368 crossbred F1 Holstein-Gyr cows were studied. The gamma incomplete function was used as a model. The effects of parity and season of calving on the gamma incomplete parameters, the inicial milk production, the peak of production, the time to the peak of production, the lactation persistency and the total milk production were measured. The lactation curves showed curvilinear effect with decreasing in milk production since the beginning. The mul (mais) tiparous cows produced 48.9% more milk, more reduction in milk production during the first month of lactation and higher lactation persistency than primiparous cows. Although the lactation curves were similar, average milk production from dry season calving cows was 1.6% higher than those for rainy season calving. Low R² values suggested that the gamma incomplete function did not fit as a model for the lactation curves of this genetic group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Curvas de lactação de quatro grupos genéticos de mestiças Holandês-Zebu/ Lactation curves of four genetic groups of Holstein-Zebu crossbred cows

Glória, Joana Ribeiro da; Bergmann, José Aurélio Garcia; Quirino, Célia Raquel; Ruas, José Reinaldo Mendes; Matos, Carlos Rafael Araújo de; Pereira, Jonas Carlos Campos
2010-10-01

Resumo em português Modelaram-se curvas de lactação a partir de 1.340 lactações de vacas F1 dos grupos Holandês-Gir, Holandês-Guzerá, Holandês-Nelore e Holandês-azebuado com controles leiteiros realizados a cada 14 dias, provenientes de duas fazendas. O manejo nutricional era à base de pastagens no verão e silagem de milho e cana-de-açúcar com ureia no inverno, e ração concentrada na ordenha, de acordo com a produção. A função Gamma Incompleta foi utilizada para estimaçã (mais) o dos parâmetros das curvas, da produção no pico da lactação, do tempo entre o início da lactação e o pico, da persistência e da produção total de leite. Dentro de cada grupo genético, curvas foram modeladas para as várias ordens de lactação. Coeficientes de determinação ajustados foram superiores a 90% para a maioria das curvas, logo a função Gamma Incompleta modelou adequadamente curvas de lactação de vacas F1 Holandês-Zebu. As curvas apresentaram produção inicial seguida de fase ascendente até o pico de lactação e fase descendente posterior ao pico. Para a quinta ou mais ordens do grupo Holandês-Nelore, a curva foi linear e descendente a partir do início. Para todos os grupos genéticos, foram evidentes as diferenças entre as curvas da primeira ordem e as demais. As diferenças entre produção inicial e produção no pico da lactação não foram expressivas, com média, para todas as ordens de lactação, de 2,3 kg para o grupo Holandês-Gir; 2,6 kg para o Holandês-Guzerá; 1,2 kg para o Holandês-Nelore e 3,5 kg para o Holandês-azebuado, mostrando pico de lactação discreto. A média entre o início da lactação e o pico foi de 23,3 dias, variando entre 15,8 dias para o grupo Holandês-Nelore até 32,6 dias para o Holandês-azebuado. A persistência da lactação tendeu a diminuir e as produções inicial, no pico e total aumentaram com a ordem de lactação. Em geral, vacas Holandês-azebuadas apresentam maior produção total e persistência em comparação às demais. Resumo em inglês Lactation curves were fitted from 1,340 lactations of F1 Holstein-Gyr, Holstein-Guzerat, Holstein-Nellore and Holstein-Undefined Zebu crossbred cows from two farms with milk controls carried out every 14 days. Nutritional management was based on pastures in the summer, and corn silage and sugar cane with urea during winter and concentrated rations in the milking, according to the production. Incomplet Gamma function was used for estimating parameters of curves, production (mais) during lactation peak and of the time from the beginning of lactation to the peak, of persistence and total milk production. Within each genetic group, curves were adjusted for the several lactation orders. Adjusted coefficients of determination were higher than 90% for most of the curves; therefore Incomplete Gamma function adequately fitted lactation curves of F1 Holstein-Zebu cows. Curves showed initial production followed by upward phase until lactation peak and downward phase subsequent to the peak. For fifth or higher orders of Holstein-Nellore, the curve was linear and downward from the beginning. The differences among curves of the first order and others were evident for all genetic groups. Differences among initial production and production during lactation peak were not expressive, with the following means for all lactation orders: mean 2.3 kg for Holstein-Gir; 2.6 kg for Holstein-Guzerat; 1.2 kg for Holstein-Nellore and 3.5 kg for Holstein-Undefined Zebu, showing a discreet lactation peak. The mean from the beginning of lactation to the peak was 23.3 days ranging from 15.8 for Holstein-Nellore group to 32.6 days for Holstein-Undefinied Zebu. Persistence of lactation tended to decrease and initial productions, during the peak and total production increased according to lactation order. In general, Holstein-Undefinied Zebu cows show higher total production and persistence compared to the others.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Características da lactação de vacas Hereford criadas em um sistema de produção extensivo na região da campanha do Rio Grande do Sul/ Lactation performance of Hereford cows raised in a range system in the state of Rio Grande do Sul

Pimentel, Marcelo Alves; Moraes, José Carlos Ferrugem; Jaume, Carlos Miguel; Lemes, Jaqueline Schneider; Brauner, Cássio Cassal
2006-02-01

Resumo em português A produção de leite de vacas Hereford primíparas e multíparas manejadas sobre campo nativo foi estudada utilizando-se 144 lactações em um período de quatro anos (1995, 1998, 2000, 2001). A estimativa da produção de leite foi realizada em intervalos de 21 dias pela técnica da pesagem antes e após a mamada, do nascimento à desmama (189 dias). Foram considerados os fatores fixos ano, ordem de parto, prenhez, sexo do bezerro e raça do touro. As vacas multíparas (mais) produziram mais leite (8,27+0,26) que as primíparas (5,81+0,25 kg dia-1) no pico de lactação (42 dias). A produção total de leite em multíparas também foi superior (158,34+25,51) à das primíparas (915,44+24,47 kg). A produção de leite não foi influenciada pelos demais fatores. A maior produção de leite durante o pico de lactação consiste na principal diferença entre as curvas de lactação de vacas multíparas e primíparas, que, no entanto, apresentam amplitude de produção de leite similar nas condições estudadas. O leite fornece a energia suficiente para atender às exigências de mantença e ganho dos bezerros durante os dois primeiros meses da lactação e, apenas para mantença, até o quarto mês de lactação. Resumo em inglês Milk yield of primiparous and multiparous Hereford cows grazing native pastures was studied using 144 lactations from four different years (1995, 1998, 2000, 2001). Estimates of milk yield were obtained every 21-day interval from birth to weaning (189 d) by the weigh-suckle-weigh technique. Effects of year, calving order, pregnancy, calf sex, and sire breed were studied. Multiparous cows (8.27+0.26 kg/d) yielded more milk than primiparous cows (5.81+0.25 kg/d) at peak of (mais) lactation (42 d). Total milk yield also was higher for multiparous (1,158.34+25.51 kg/d) compared to primiparous (915.44+24.47 kg/d). Therefore, the main difference between multiparous and primiparous lactation curves was production at peak although similar lactation persistence was found. All remaining effects did not affect milk yield in the present trial. Milk met calf requirements for maintenance and growth in the first 2 months of lactation and only maintenance requirements until the fourth month.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Comportamento da Curva de Lactação de Cabras Mestiças Saanen em Função da Suplementação de Concentrado e do Sistema de Produção/ Lactation Curve Behavior of Cross Breed Saanen Dairy Goats in Function of the Concentrate Supplementation and the Production System

Macedo, Vicente de Paulo; Damasceno, Júlio Cesar; Santos, Geraldo Tadeu dos; Martins, Elias Nunes; Macedo, Francisco de Assis Fonseca de
2001-12-01

Resumo em português Estudaram-se o comportamento da curva de lactação em 31 cabras mestiças Saanen e o efeito de duas estratégias de suplementação de concentrado: 30% das exigências em energia líquida da 3ª semana até o final da lactação (ESC.1); 60% das exigências em energia líquida diária da 3ª à 13ª semana, e 15% da 14ª semana até o final da lactação (ESC.2), em sistemas de produção semi-confinamento e pastagem. Os seguintes modelos foram avaliados: Wood linear e n (mais) ão-linear, Morant linear e não-linear, D-set e Grossman. O modelo Wood não linear foi o que melhor descreveu o comportamento da curva de lactação. A resposta da estratégia de suplementação com concentrado variou em função do sistema de produção. A estratégia de suplementação com concentrado afetou mais intensamente o comportamento da curva de lactação no sistema de produção semi-confinamento. A estratégia ESC.2, de suplementação com concentrado, resultou em mais dias para atingir o pico de produção, no sistema semi-confinamento, e maior produção no pico em ambos sistemas. Resumo em inglês The behavior of lactation curve of 31 crossbred Saanen dairy goats and the effect of two strategies of supplementation with concentrate: 30% of requirements in net energy from third week until the end of lactation (ESC.1); or 60% of requirements in daily net energy from the 3rd to the 13th week and 15% from 14th until the end of lactation (ESC.2), in a pasture or semi-confined systems, were studied. The following models were evaluated: Wood linear and non-linear, Morant l (mais) inear and non-linear, D-set and Grossman. Non-linear Wood model was the best in describing the behavior of lactation curve. The responses to the strategy of supplementation with concentrate were different in function of production systems. The strategy of supplementation affected the behavior of lactation curve more intensely in the semi-confined system. The ESC.2 strategy of supplementation resulted in more days to reach the production pick, in semi-confined system, and larger production in the lactation pick in both systems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Influência do estádio de lactação, hora e número de ordenhas sobre o teor de cloretos no leite caprino/ Influence of stage of lactation, time and number of milkings on chloride content in goats milk

Tonin, F.B.; Nader Filho, A.
2002-02-01

Resumo em português De outubro de 1998 a fevereiro de 1999 foram analisadas 359 amostras de leite colhidas de 28 cabras lactantes, nos estádios inicial, médio e final da lactação, nas ordenhas da manhã e da tarde. De março a julho de 1999 foram analisadas 150 amostras de leite dos mesmos animais, ordenhados uma única vez ao dia. Os teores de cloretos de amostras colhidas nos períodos da manhã e da tarde apresentaram valores crescentes (P(mais) 0,211gCl/100ml de leite nos estádios inicial e médio, respectivamente, para as amostras colhidas nas ordenhas da manhã e 0,183gCl/100ml e 0,217gCl/100ml de leite nos estádios inicial e médio, respectivamente, para as amostras colhidas nas ordenhas da tarde. Para as amostras de leite colhidas de animais ordenhados uma única vez observou-se aumento no teor de cloretos (P Resumo em inglês A total of 359 milk samples, obtained from 28 goats, milked twice daily during the months of October 1998 to February 1999, and 150 samples, obtained from the same 28 animals, milked once daily during the months of March to July 1999, were analyzed for chlorides content. The concentration of chloride in milk increased during the lactation in the samples obtained from animals milked twice a day. The concentration of chlorides in samples from morning milking, obtained at ea (mais) rly and middle of lactation, were, respectively, 0.175g/100ml, and 0.211g/100ml of milk. For samples from afternoon milking, obtained at early and middle of lactation, the concentration of chlorides in milk were, respectively, 0.183g/100ml and 0.217g/100ml of milk. For samples obtained from goats milked once daily, there was an increase of chlorides concentration from early toward the end of lactation. Different stages of lactation resulted in different concentration of chlorides in milk (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Análises da persistência na lactação de vacas da raça Holandesa, usando produção no dia do controle e modelo de regressão aleatória/ Analysis of persistency in the lactation of Holstein cows using test-day yield and random regression model

Cobuci, Jaime Araujo; Euclydes, Ricardo Frederico; Costa, Claudio Napolis; Lopes, Paulo Sávio; Torres, Robledo de Ameida; Pereira, Carmen Silva
2004-06-01

Resumo em português Foram utilizados 87.045 registros de produção de leite, na primeira lactação, de 11.023 vacas da raça Holandesa, obtidos nos anos de 1997 a 2001, em diferentes rebanhos distribuídos em dez núcleos do Estado de Minas Gerais. Foram avaliados seis tipos de mensuração da persistência na lactação utilizando-se os valores genéticos da produção de leite, obtidos por meio do modelo de regressão aleatória - MRA. Utilizou-se a função de Wilmink na descrição dos (mais) efeitos aleatórios e fixos, pelo MRA. As estimativas de herdabilidade e de correlação genética, para as várias mensurações da persistência na lactação, variaram em decorrência da definição da persistência. As estimativas de herdabilidade para persistência na lactação variaram de 0,11 a 0,27 e as estimativas de correlação genética entre as mensurações da persistência na lactação e produção de leite até 305 dias, de -0,31 a 0,55, indicando que a persistência na lactação é uma característica de moderada herdabilidade e pouco correlacionada com a produção de leite até 305 dias. A seleção de animais para persistência na lactação, com o objetivo de alterar a forma da curva de lactação, pode ser eficiente. Resumo em inglês A total of 87,045 milk yield records of 11,023 first-parity Holstein cows was utilized, obtained from 1997 to 2001 from different herds of 10 Minas Gerais locations. Six types of persistency measures in lactation were evaluated using milk yield breeding values, obtained by means of Random Regression Model - RRM. The Wilmink function was used to describe the random and fixed effects by RRM. Heritability estimates and genetic correlations for various persistency measures in (mais) lactation were dependent on the definition of persistency. The heritability estimates for persistency in lactation ranged from 0.11 to 0.27 and the genetic variations among persistency measures in lactation and milk yield up to d 305 ranged from -0.31 to 0.55, showing that persistency in lactation is a trait of moderate heritability showing little correlation with milk yield up to d 305. The selection of animals for persistency in lactation aiming to alter the lactation curve may be effective.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Influência do estágio de lactação na composição do leite de cabras (Capra hircus)/ Influence of lactation stage on goat (Capra hircus) milk composition

Gomes, Viviani; Della Libera, Alice Maria Melville Paiva; Madureira, Karina Medici; Araújo, Wanderley Pereira de
2004-10-01

Resumo em português A influência do estágio de lactação na composição do leite de cabras foi estudada em 27 animais lactantes da raça Saanen durante oito meses, colhendo-se o total de 304 amostras. Foram selecionados e mantidos, no decorrer do trabalho, animais saudáveis, sem qualquer alteração no exame físico da glândula mamária e cujo leite manteve-se negativo ao exame microbiológico. Avaliaram-se os teores de gordura, proteína, lactose e sólidos totais. A concentração de (mais) sólidos totais, gordura e lactose declinaram durante a lactação, porém os teores de proteína foram praticamente estáveis durante o período estudado. Os resultados obtidos permitem concluir que a constituição do leite de cabras sofreu influência do estágio de lactação. Resumo em inglês The influence of the stage of lactation in the composition of goat milk was studied in 27 Saanen goats during eight months. These animals provided a total of 304 samples that were microbiologically negative. Animals were healthy and presented no alterations in the physical examination of the mammary gland. The following analyses were performed: concentration of fat, protein, lactose and total solids. Protein concentrations were stable during the whole trial, whereas total (mais) solids, fat and lactose decreased during lactation. The results showed that the constitution of goat milk is influenced by the stage of lactation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Avaliação do impacto de centros de lactação sobre padrões de amamentação, morbidade e situação nutricional: um estudo de coorte/ Evaluating the impact of lactation centers on breastfeeding patterns, morbidity and nutritional status: a cohort study

Barros, Fernando C.; Semer, Tereza C.; Tonioli Filho, Santo; Victora, Cesar G.
2002-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA: A OMS financiou a criação de centros de lactação em Guarujá, São Paulo, e solicitou uma avaliação de seu impacto sobre os padrões de amamentação, morbidade e situação nutricional infantis. OBJETIVOS: medir a prevalência de amamentação, a morbidade e a situação nutricional de um grupo de crianças, em que algumas haviam freqüentado centros de lactação e outras não. DELINEAMENTO: estudo de coorte desde o nascimento até os 6 meses de ida (mais) de. RESULTADOS: Das 605 crianças recrutadas no período perinatal, 54% foram subseqüentemente levadas para consultar em centros de lactação. Este grupo foi amamentado exclusivamente em maior proporção do que aquele das crianças que não freqüentaram tais centros, aos 4 meses (43% e 18%, respectivamente) e aos 6 meses de idade (15% vs. 6%). Estas diferenças se mantiveram após o ajuste para variáveis de confundimento. Além disso, as crianças que freqüentaram os centros de lactação apresentaram menos diarréia nas duas semanas prévias ao estudo do que aquelas que não os freqüentaram (10% e 17%, respectivamente) e seu peso para a idade era mais apropriado - (médias de escorre z de 0.26 e 0.02, respectivamente). CONCLUSÕES: este não é um estudo aleatorizado, e sempre existe a possibilidade que variáveis de confundimento não estudadas possam ter influenciado os resultado. Parece, entretanto, que Centros de Lactação são formas efetivas de promover a amamentação e seu uso é uma alternativa que deve ser considerada, principalmente em áreas com baixas prevalências de amamentação. Resumo em inglês JUSTIFICATION: WHO has financed the creation of lactation centers in the city of Guarujá, São Paulo, Brazil, and has required an evaluation of their impact on breastfeeding patterns, morbidity and growth. OBJECTIVES: To measure the prevalence of breastfeeding, morbidity and nutritional status in a group of children differentiated by attendance to lactation centers. DESIGN: Cohort study from birth to 6 months of life. RESULTS: Of the 605 children recruited in the neonata (mais) l period, 54% were subsequently taken to lactation centers, whereas the remaining 46% were not. The first group was exclusively breastfed in a higher proportion than the second, both at 4 months (43% and 18%, respectively) and at 6 months (15% vs. 6%). These differences remained after adjustment for possible confounding factors. In addition, lactation center attendees presented fewer episodes of diarrhea in the two weeks before the interview (10% and 17%, respectively) and their weight according to age was more appropriate (mean z-scores of 0.26 e 0.02, respectively). CONCLUSIONS: although this is not a randomized trial, and there is always the possibility that non-studied intervening variables could account for the differences, it appears that lactation centers improve breastfeeding patterns and reduce morbidity. Lactation centers should be promoted in areas with low prevalence of breastfeeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Avaliação do impacto de centros de lactação sobre padrões de amamentação, morbidade e situação nutricional: um estudo de coorte/ Evaluating the impact of lactation centers on breastfeeding patterns, morbidity and nutritional status: a cohort study

Barros, Fernando C.; Semer, Tereza C.; Tonioli Filho, Santo; Victora, Cesar G.
2002-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA: A OMS financiou a criação de centros de lactação em Guarujá, São Paulo, e solicitou uma avaliação de seu impacto sobre os padrões de amamentação, morbidade e situação nutricional infantis. OBJETIVOS: medir a prevalência de amamentação, a morbidade e a situação nutricional de um grupo de crianças, em que algumas haviam freqüentado centros de lactação e outras não. DELINEAMENTO: estudo de coorte desde o nascimento até os 6 meses de ida (mais) de. RESULTADOS: Das 605 crianças recrutadas no período perinatal, 54% foram subseqüentemente levadas para consultar em centros de lactação. Este grupo foi amamentado exclusivamente em maior proporção do que aquele das crianças que não freqüentaram tais centros, aos 4 meses (43% e 18%, respectivamente) e aos 6 meses de idade (15% vs. 6%). Estas diferenças se mantiveram após o ajuste para variáveis de confundimento. Além disso, as crianças que freqüentaram os centros de lactação apresentaram menos diarréia nas duas semanas prévias ao estudo do que aquelas que não os freqüentaram (10% e 17%, respectivamente) e seu peso para a idade era mais apropriado - (médias de escorre z de 0.26 e 0.02, respectivamente). CONCLUSÕES: este não é um estudo aleatorizado, e sempre existe a possibilidade que variáveis de confundimento não estudadas possam ter influenciado os resultado. Parece, entretanto, que Centros de Lactação são formas efetivas de promover a amamentação e seu uso é uma alternativa que deve ser considerada, principalmente em áreas com baixas prevalências de amamentação. Resumo em inglês JUSTIFICATION: WHO has financed the creation of lactation centers in the city of Guarujá, São Paulo, Brazil, and has required an evaluation of their impact on breastfeeding patterns, morbidity and growth. OBJECTIVES: To measure the prevalence of breastfeeding, morbidity and nutritional status in a group of children differentiated by attendance to lactation centers. DESIGN: Cohort study from birth to 6 months of life. RESULTS: Of the 605 children recruited in the neonata (mais) l period, 54% were subsequently taken to lactation centers, whereas the remaining 46% were not. The first group was exclusively breastfed in a higher proportion than the second, both at 4 months (43% and 18%, respectively) and at 6 months (15% vs. 6%). These differences remained after adjustment for possible confounding factors. In addition, lactation center attendees presented fewer episodes of diarrhea in the two weeks before the interview (10% and 17%, respectively) and their weight according to age was more appropriate (mean z-scores of 0.26 e 0.02, respectively). CONCLUSIONS: although this is not a randomized trial, and there is always the possibility that non-studied intervening variables could account for the differences, it appears that lactation centers improve breastfeeding patterns and reduce morbidity. Lactation centers should be promoted in areas with low prevalence of breastfeeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Avaliação da persistência na lactação da raça Guzerá, utilizando modelos de regressão aleatória/ Evaluation of lactation persistency of Guzerat cows using random regression models

Freitas, L.S.; Silva, M.A.; Verneque, R.S.; Valente, B.D.; Corrêa, G.S.; Ferreira, R.F.; Peixoto, M.G.C.D.; Santos, G.G.
2010-04-01

Resumo em português Estimaram-se a herdabilidade e as correlações genéticas e de ambiente permanente entre seis medidas de persistência da lactação de vacas da raça Guzerá, utilizando modelo de regressão aleatória. Foram considerados 8276 registros de produção de leite no dia do controle, na primeira lactação, de 1021 vacas. A regressão aleatória foi calculada pela função logarítmica de Ali e Schaeffer e pelo polinômio de Legendre, obtendo-se os coeficientes para os efeit (mais) os fixos, genético aditivo e de ambiente permanente. A função que mais se adequou aos dados foi a de Ali e Schaeffer, mas apresentou problemas de convergência. Os resultados evidenciaram que a persistência é uma característica com herdabilidade de valor moderado e de baixa correlação com o valor genético para produção de leite aos 305 dias, indicando a possibilidade de se obter resposta à seleção para mudança na curva de lactação sem afetar negativamente a produção total de leite na lactação. A medida de persistência que calcula a diferença de produção de leite entre as fases intermediária e inicial da lactação apresentou alta correlação com a produção aos 305 dias. Resumo em inglês The heritability and the genetic and permanent environment correlations were estimated among six different measures of persistency in the lactation of Guzerat cow, using the Random Regression Model. A total of 8,403 records from 1,034 first lactation cows were evaluated. The Random Regression Model was calculated by the logarithmic function of Ali and Schaeffer and Legendre polynomials to get coefficients for fixed, additive genetic and permanent environment effects. Ali (mais) and Schaeffer was the function that better fit to the data, but it had convergence problems. The results showed that persistence is a trait with moderate heritability, and low correlation with genetic value for 305-d milk production which allows to select animals in order to alter the format of the curve of production without affecting the total productivity. The measure of persistence that calculates the difference of milk production between the medium and initial phases was highly correlated with 305-d milk production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Abordagem Bayesiana da curva de lactação de cabras Saanen de primeira e segunda ordem de parto/ Bayesian approach in the lactation curve of Saanen goats from first and second calving orders

Silva, Fabyano Fonseca e; Muniz, Joel Augusto; Aquino, Luiz Henrique de; Sáfadi, Thelma
2005-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi utilizar o método Bayesiano no ajuste do modelo de Wood a dados de produção de leite de cabras da raça Saanen. Dois grupos de animais da primeira e segunda lactação foram considerados. Amostras das distribuições marginais a posteriori dos parâmetros do modelo de Wood e das funções de produção derivadas desses parâmetros - pico de produção, tempo do pico de produção, persistência e produção total de leite - foram obtidas p (mais) elo algoritmo Gibbs Sampler. As inferências foram feitas em cada população e os resultados mostraram diferenças na taxa de decréscimo da produção após o pico e na persistência, indicando maior produção nos animais de segunda lactação. Realizou-se um estudo de simulação de dados para avaliar o método Bayesiano sob diferentes estruturas de matrizes de covariâncias dos parâmetros. Os resultados desse estudo indicam que o método é eficiente no estudo das curvas de lactação quando a matriz de covariância apresenta alta correlação dos parâmetros. Resumo em inglês The objective of this work was to use the Bayesian method in the fitting of the Wood´s model for milk production of Saanen goats. Two groups of animals from first and second lactation were considered in the analysis. The posterior marginal distributions for each parameter and production functions, peak milk yield, time of peak yield, persistency and total milk production, were obtained via Gibbs Sampler algorithm. The inference was done for each population. The resu (mais) lts showed differences in the slope of the curve after the peak and in persistency, indicating highest production for the second lactation. The data were simulated for evaluating Bayesian method under several covariance matrices structures. The simulation results indicate the efficiency of this method for lactation curves studies when the covariance matrices show high correlation for parameters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Influência da ordem e estádios da lactação no perfil bioquímico sangüíneo de cabras da raça Saanen/ Influence of parity and stage of lactation on the blood biochemical profile of Saanen goats

Mundim, A.V.; Costa, A.S.; Mundim, S.A.P.; Guimarães, E.C.; Espindola, F.S.
2007-04-01

Resumo em português O perfil bioquímico sérico de cabras da raça Saanen lactantes foi investigado com o objetivo de analisar as variações fisiológicas e a influência da ordem e estádio da lactação, em função de possíveis biomarcadores, para monitorar o balanço energético, adequação metabólica durante a lactação. Foram analisadas amostras de sangue de cabras lactantes de primeira, segunda e terceira lactação, colhidas da veia jugular em tubo vacutainer com gel separador (mais) para obtenção de soro e determinação das concentrações de proteínas, metabólitos, minerais e enzimas. Observou-se influência da ordem de lactação nos valores das proteínas totais, glicose, triglicérides, cálcio total e ionizado, aspartato aminotransferase (AST), fosfatase alcalina e dos estádios da lactação nas concentrações séricas das proteínas totais, glicose, triglicérides, magnésio, AST e fosfatase alcalina. Conclui-se que glicose, triglicérides, cálcio total, cálcio ionizado, magnésio, AST e fosfatase alcalina são biomarcadores eficazes para detecção de desbalanço energético e mineral em cabras lactantes. Resumo em inglês The serum biochemical profile of Saanen dairy goat was investigated with the purpose of analyzing the physiological variations and the influence of lactation order and stage in terms of possible biomarkers to monitor the energetic balance and the metabolic adequacy during lactation. Blood samples were taken from lactating goats at first, second and third lactation. They were collected from the jugular vein in a vacutainer tube with separator gel to obtain sera and to dete (mais) rmine protein, metabolite, mineral and enzyme concentrations. The lactation order influence was observed on total protein, glucose, triglycerides, total and ionized calcium, aspartate aminotransferase (AST) and alkaline phosphatase values and the lactation stages on serum concentrations of total proteins, glucose, triglycerides and magnesium, AST and alkaline phosphatase. It was inferred that glucose, triglycerides, total calcium, ionized calcium, magnesium, AST and alkaline phosphatase are effective biomarkers to detect the energetic and mineral imbalance in Saanen dairy goats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Utilização da multimistura durante a lactação e seus efeitos na produção e composição do leite materno de ratas/ Use of multimixture during lactation and its effects on production and composition of rat milk

LEITE, Milane Souza; AZEREDO, Vilma Blondet de; CARMO, Maria das Graças Tavares do; BOAVENTURA, Gilson Teles
2002-08-01

Resumo em português A multimistura, composta por farelos, pós de folhas verdes, pós de sementes e pó da casca de ovo, vem sendo amplamente recomendada para aumentar a produção de leite materno, porém sem bases científicas que confirmem sua eficácia. Este estudo objetivou avaliar o desempenho lactacional de ratas alimentadas com dieta suplementada com 2% de multimistura (MM). Foram utilizados ratos fêmeas da linhagem Wistar lactantes com idade entre 90 e 100 dias de vida, divididos n (mais) os seguintes grupos (n=12): a) à base da dieta habitual do Estado do Rio de Janeiro (HERJ); b) dieta HERJ suplementada com 2% de multimistura (HERJ+MM); c) à base de caseína, com 12% de proteínas (CAS1); d) à base de caseína, com 20% de proteínas (CAS2). Foram determinados os macronutrientes proteína, lactose e lipídios e a produção de leite. O grupo HERJ+MM apresentou a menor produção de leite (p Resumo em inglês The addition of multimixture, composed of bran, green leaves powder, seeds powder and eggshell powder, to the population's diet has been encouraged in Brazil, as a means to increase the production of breast milk, although without scientific bases that confirm its efficacy. The objective of this study was to evaluate the lactation performance of rats receiving ad libitum diet supplemented with 2% of multimixture (MM). Female Wistar-lactating rats of 90 to 100 days of age w (mais) ere divided into the following groups (n=12): a) fed the typical diet of the state of Rio de Janeiro, Brazil (HERJ); b) HERJ diet supplemented with 2% of multimixture (HERJ+MM); c) casein diet, with 12% of proteins (CAS1); d) casein diet, with 20% of proteins (CAS2). Lipid, lactose and protein concentrations and milk production were determined. The HERJ+MM group presented significantly lower milk production (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Influência da produção de serviço no início da lactação na relação entre a produção de leite e o período de serviço de vacas da raça Holandesa/ Effect of days open during early lactation on the relations between milk production and days open in Holstein cows

Teixeira, Nilson Milagres; Ferreira, William José; Freitas, Ary Ferreira de; Durães, Marcus Cordeiro; Magalhães Junior, Márcio Nery
2000-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar se é necessário o ajustamento da produção de leite até 305 dias para produção no início da lactação, ao se determinar o efeito do período de serviço sobre a produção de leite. As produções no início da lactação foram representadas pelas produções acumuladas até 80, 100 e 120 dias e pela produção no pico. As análises foram realizadas para as primeiras e lactações seguintes, por meio de modelos em que se con (mais) sideraram os períodos de serviço corrente e anterior, respectivamente. Em um modelo animal para produção de leite até 305 dias, incluíram-se os efeitos fixos de rebanho-ano-estação de parto, composição racial, idade e período de serviço em classes e produção no início da lactação e os efeitos aleatórios de animal, meio permanente e erro. Quando foi considerada a produção inicial para primeiras lactações, as diferenças relativas entre cada classe de período de serviço, por exemplo, 160 dias, permaneceram praticamente inalteradas. Por exemplo, quando as produções iniciais foram de até 80 e 100 dias, as diferenças entre produções de vacas com 40 e 160 dias de período de serviço corrente foram 675 e 677 kg, respectivamente. Esta diferença foi de 672 kg, quando a produção inicial foi ignorada. Para vacas de lactações seguintes, não houve influência da variação da duração da produção inicial sobre a relação entre produção e período de serviço anterior. O valor estimado da heritabilidade da produção de leite, quando não houve ajustamento para produção inicial, foi de 0,24, reduzindo-se para 0,15, quando o pico foi considerado. Concluiu-se que não é necessário considerar o efeito da produção inicial, ao se ajustarem as produções para período de serviço. Resumo em inglês The objective of this work was to verify if it is necessary to adjust the 305-day milk yield for yield in the early lactation in determining the effect of days open on milk production. The yields in early lactation were represented by the cumulative yield up to 80, 100 or 120 days and summit production. The analyses were conducted for the first and following lactation using models that accounted for present and previous days open, respectively. An animal model for 305-day (mais) milk yield included the fixed effects of herd-year-calving season, genetic group, age of cow and days open in classes, early lactation yield and the random effects of animal, permanent environmental and error. When early lactation yield was included for the first lactation cows, the relative differences of each days open class, for example, 160 days, remained practically unalterable. For example, as the initial yield were up to 80 to 100 days, the relative differences among cows with 40 to 160 days of the present days open were 675 and 677 kg, respectively. When early lactation yield was ignored this difference was of 672 kg. For the following lactation of the cows, there was no effect of the variation of early lactation time on the relation between milk production and previous days open. The estimated heritability value for milk production was 0.24, when there was no adjustment and, decreased to 0.15, when summit production was considered. It was concluded that it is not necessary to account for early lactation yield on adjusting milk production for days open.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Consumo de semente de linhaça durante a lactação afeta peso e nível de hemoglobina na prole de ratas/ Maternal consumption of flaxseed during lactation affects weight and hemoglobin level of offspring in rats

Cardozo, Ludmila F. M. F.; Soares, Lavínia L.; Chagas, Maurício A.; Boaventura, Gilson T.
2010-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os efeitos do consumo da semente de linhaça durante a lactação sobre o peso corporal, indicadores hematológicos e massa de gordura visceral dos filhotes de ratas na idade adulta. MÉTODOS: Foram utilizadas 16 ratas Wistar que, após o parto, foram divididas em dois grupos que receberam, durante a lactação, as seguintes dietas: grupo-controle (GC), ração à base de caseína, e grupo linhaça (GL), ração à base de caseína contendo 25% de sement (mais) e de linhaça. Ao desmame, os filhotes machos passaram a receber ração comercial até a idade adulta, quando foram sacrificados aos 170 dias de vida para coleta de sangue e avaliação da massa de gordura visceral. RESULTADOS: Foi encontrado menor peso corporal da prole do GL (GL = 42,69±3,06 g; GC = 47,31±4,72 g; p = 0,036) ao desmame. Aos 170 dias de idade foram observados menores valores na hemoglobina do GL (GL = 12,30±1,28 g/dL; GC = 13,88±0,91 g/dL; p = 0,02). Não foram verificadas diferenças estatísticas na massa de gordura visceral entre os grupos. CONCLUSÕES: O consumo materno da ração à base de semente de linhaça durante a lactação promoveu menor peso ao desmame e níveis menores de hemoglobina na idade adulta quando comparados ao GC. Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate the effects of maternal flaxseed consumption during lactation on the body weight, hematological indicators and visceral fat mass of male offspring in adulthood. METHODS: Sixteen female Wistar rats were divided into two groups after giving birth. During lactation the control group (CG) was fed a casein-based diet and the flaxseed group (FG) was fed a casein-based diet containing 25% flaxseed. After weaning, male offspring were fed on commercial ch (mais) ow until adulthood and euthanized at 170 days for blood collection and visceral fat mass assessment. RESULTS: Offspring of rats in the FG had lower body weight (FG = 42.69±3.06 g; CG = 47.31±4.72 g; p = 0.036) at weaning. At 170 days, lower hemoglobin levels were observed in the FG (FG = 12.30±1.28 g/dL; CG = 13.88±0.91 g/dL; p = 0.02). There was no statistically significant difference in visceral fat mass between groups. CONCLUSIONS: Maternal consumption of a flaxseed-based diet during lactation resulted in lower body weight at weaning and lower hemoglobin levels in adulthood, when compared with the control group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Avaliação de medidas da persistência da lactação de cabras da raça Saanen sob modelo de regressão aleatória/ Evaluation of persistency lactation measures of Saanen goats under random regression model

Menezes, Gilberto Romeiro de Oliveira; Torres, Robledo de Almeida; Sarmento, José Lindenberg Rocha; Rodrigues, Marcelo Teixeira; Melo, Ana Lúcia Puerro de; Silva, Felipe Gomes da; Brito, Luiz Fernando
2010-08-01

Resumo em português Utilizaram-se 10.238 registros semanais de produção de leite no dia do controle, provenientes de 388 primeiras lactações de cabras da raça Saanen, na avaliação de seis medidas da persistência da lactação, a fim de verificar qual a mais adequada para o uso em avaliações genéticas para a característica. As seis medidas avaliadas são adaptações de medidas utilizadas em bovinos de leite, obtidas por substituir, nas fórmulas, os valores de referência de bovi (mais) nos pelos de caprinos. Os valores usados nos cálculos foram obtidos de modelos de regressão aleatória. As estimativas de herdabilidade para as medidas de persistência variaram entre 0,03 e 0,09. As correlações genéticas entre medidas de persistência e produção de leite até 268 dias variaram entre -0,64 e 0,67. Por apresentar a menor correlação genética com produção aos 268 dias (0,14), a medida de persistência PS4, obtida pelo somatório dos valores do 41º ao 240º dia de lactação como desvios da produção aos 40 dias de lactação, é a mais indicada em avaliações genéticas para persistência da lactação em cabras da raça Saanen. Assim, a seleção de cabras de melhor persistência da lactação não altera a produção aos 268 dias. Em razão da baixa herdabilidade dessa medida (0,03), pequenas respostas à seleção são esperadas neste rebanho. Resumo em inglês It was used 10,238 weekly milk production records on the control day from the first 388 lactations of Saanen goats on the evalution of six lactation persistency measures in order to find out which was the best fitted for using in genetic evaluations on this trait. These six evaluated measures are adaptations from those used on dairy cattle, obtained by replacing, in the formula, bovine reference values by the goat ones. The values used in the calculations were obtained fr (mais) om random regression models. Heritability estimates for persistency measures ranged from 0.03 to 0.09. Genetic correlations between persistency measures and milk production until 268 days ranged from -0.64 to 0.67. Because it presented the lowest genetic correlation with production at 268 days (0.14), the persistency measure PS4 obtained by the sum of the genetic values from the 41st to the 240th day of lactation as deviations of production at 40 days of lactation, is the best recommended for genetic evaluations of lactation persistence on Saanen goats. Thus, the selection of the goats with the best persistency of lactation does not change the production at 268 days. Due to the low heritability of this measure (0.03), few responses to selection are expected on this herd.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Comparação da produção de leite e de gordura e da duração da lactação entre cinco "graus de sangue" originados de cruzamentos entre Holandês e Gir em Minas Gerais/ Effect of breed group on milk and fat milk yield and on lactation length of Brazilian crossbred dairy cows

Freitas, M.S.; Durães, M.C.; Freitas, A.F.; Barra, R.B.
2001-12-01

Resumo em português Para comparar as produções de leite e gordura e a duração da lactação de animais de cinco "graus de sangue" (1/2, 3/4, 7/8, 15/16 e 31/32) originados de cruzamentos entre Holandês e Gir foram formados três conjuntos de dados. O conjunto 1 foi constituído de 9.817 lactações, 3.012 registros de primeira lactação e 122 rebanhos; o conjunto 2, de 7.839 lactações, 2.334 registros de primeira lactação e 75 rebanhos; e o conjunto 3, de 5.236 lactações, 1.468 r (mais) egistros de primeira lactação e 38 rebanhos. As médias da produção de leite, de gordura e da duração da lactação de todas as lactações nos conjuntos 1, 2 e 3 foram, respectivamente: 4.532±17kg, 157±1kg e 290±1 dias; 4.514±18kg, 157±1kg e 292 ± 1 dias; e 4.495 ± 22kg, 156 ± 1kg e 293 ± 1 dias. Os animais de "grau de sangue" 31/32 foram superiores aos demais quanto à produção de leite, à de gordura e à duração da lactação. Os animais 7/8 e 15/16 tiveram desempenho semelhante e os 1/2 apresentaram o pior desempenho. Resumo em inglês Milk yield, fat yield and lactation length of five crossbred (Holstein x Gir) groups (1/2, 3/4, 7/8, 15/16 e 31/32) were studied. Data were divided in three groups, that holded the following number of records and number of herds: group 1- 9,817 lactation records, 3,012 first lactation records and 122 herds; group 2- 7,839 lactation records, 2,334 first lactation records and 75 herds: group 3- 5,236 lactation records, 1,468 first lactation records and 38 herds. The means f (mais) or milk yield, fat yield and length of lactation in groups 1, 2 and 3, for all lactation records were, respectively: 4,532±17kg, 157±1kg and 290±1 days, 4,514±18kg, 157±1kg and 292±1 days, and 4,495±22kg, 156±1kg, and 293±1 days. The 31/32 crossbred group showed better performance than the other groups in milk yield, fat yield and length of lactation. The 7/8 and 15/16 crossbred groups presented intermediary performance and 1/2 crossbred group showed the lowest performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Valores genéticos para as produções de leite do dia do controle e da lactação na raça Holandesa com diferentes modelos estatísticos/ Breeding values prediction for test day and lactation milk yields in Holstein cattle using different statistical models

Melo, Cláudio Manoel Rodrigues de; Packer, Irineu Umberto; Costa, Claudio Napolis; Machado, Paulo Fernando; Patrício, Mateus
2007-10-01

Resumo em português Foram utilizados 263.390 registros de produção de leite do dia do controle (PDC) de 32.448 primeiras lactações de vacas da raça Holandesa paridas no período de 1991 a 2001 para predizer valores genéticos usando diferentes modelos estatísticos e a metodologia REML. Valores genéticos estimados utilizando-se três modelos de regressão aleatória (MRA) foram comparados àqueles estimados utilizando-se um modelo de repetibilidade (MRF) e um modelo para produção at� (mais) � 305 dias (P305). Nos modelos de regressão aleatória, duas curvas foram utilizadas para descrever a trajetória da lactação: a polinomial logarítmica (AS) e a exponencial (W), sob duas formas: padrão e com uma modificação para reduzir a amplitude das covariáveis e contornar problemas de convergência (W*). As covariâncias requeridas foram estimadas em análises prévias utilizando-se as mesmas funções de covariância e mesmos modelos. Os desvios-padrão (DP) das estimativas de valores genéticos (EVG) para touros foram similares para os MRA com as curvas AS, W* e MRF. Os desvios-padrão das estimativas de valores genéticos para vacas e touros foram maiores nos modelos para ajuste das PDC que naquele para ajuste da P305. A magnitude das diferenças dos desvios-padrão entre modelos dependeu do número de controle, no caso de vacas, e do número de filhas, no caso de touros. Os desvios-padrão para o modelo W foram maiores, contudo, problemas de convergência ocorreram na fase de estimação dos componentes de covariância, o que exige cautela na interpretação dos resultados deste modelo. As correlações das estimativas de valores genéticos de touros preditas com os modelos testados aumentaram com o aumento no número de progênies e variaram de 0,66 (P305-W) a 0,92 (P305-AS, P305-W*). A tendência genética foi maior para os MRA e menor para MRF em comparação a P305. Os MRA possibilitam mais informações sobre as EVG que MRF por possibilitarem avaliação genética para persistência da produção de leite na lactação. Os resultados indicam o MRA com a curva de AS como o melhor modelo de ajuste das PDC alternativamente ao ajuste da P305 para avaliação genética dos animais da raça Holandesa no Brasil. Resumo em inglês Data consisting of 263.390 test day records (PDC) of 32.448 first lactation Holstein cows were used to compare three random regression test-day models (RR), a repeatability test-day model (RM) and a 305-d lactation model (P305) for breeding value (EBV) prediction of milk yield. One RR model used the logarithmic function of Ali & Schaeffer (AS) and the other two models used the exponential Wilmink function in its standard form (W) and a modified form (W*). The required cov (mais) ariance parameters were previously estimated from the same covariance functions and models. Standard deviations (SD) of EBVs for bulls were similar for AS, W* and RM. SD of EBVs for cows were larger for test-day models than for P305 and for bulls they differed by -33.64 to +321.95 from the P305 depending on progeny number. SD of EBVs for bulls and cows for the W were the largest ones. Correlation between EBVs of P305 and EBVs of the other models for bulls increased as progeny number increased and ranged from 0.66 (P305-W) to 0.92 (P305-AS, P305-W*). Genetic trends were largest for RR and smaller for RM than for P305. RR models provide more information than the RM and describe the shape of the lactation curve from which EBVs for persistency can be derived. The AS was the best function to fit RR test-day models and may be an alternative to replace the lactation model for genetic evaluation of milk yield in Holstein cattle in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Fatores que influenciam os parâmetros das curvas de lactação em cabras no Distrito Federal/ Factors which influence parameters of goat lactation curves in the Federal District

McManus, Concepta; Soares Filho, Guilherme; Mariante, Arthur da Silva; Louvandini, Helder
2003-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de fatores ambientais sobre a forma de curvas de lactação (Quadrática, Gama, Linear Hiperbólica e Jenkins e Ferrel) de cabras das raças Saanen, Parda Alpina, Toggenburg e seus mestiços. Foram usados registros de 299 lactações de 215 cabras criadas em dois criatórios localizados no Distrito Federal no período de 1995 a 1997. Os parâmetros das curvas de lactação (produção no início da lactação - a, taxa m (mais) édia de ascenção - b e taxa média de declínio após o pico - c) foram estimados pelo programa "Table Curve" da companhia de Jandel Scientific. Estes parâmetros foram analisados usando o programa SAS com os procedimentos Corr e GLM. O modelo estatístico incluiu como fatores fixos o capril, a raça, o mês e o ano de parto, tipo de parto, sexo do cabrito, e o peso de cobertura foi utilizado como covariável. Os parâmetros a e c foram influenciados pela raça, pelo mês do parto e pelo tipo do parto. As curvas Quadrática e Linear Hiperbólica tiveram os maiores R². As correlações entre os parâmetros das curvas e os índices zootécnicos, no geral, foram altas e positivas. Este estudo mostra que qualquer uma das funções estudadas poderia representar a curva de lactação individual do rebanho, no entanto, a que melhor expressou os parâmetros na formação da curva foi a função Quadrática, enquanto aquelas que melhor descreveram a produtividade foram o Linear Hiperbólica e Jenkins e Ferrel. Resumo em inglês The objetive of this work was to evaluate the effect of environmental factors on the shape of lactation curves (Quadratic, Gama, Linear Hiperbolic and Jenkins & Ferrel) of Saanen, Alpine and Toggenburg as well as mixed breed goats. Data from 299 lactations of 215 goats raised on two farms in the Federal District from 1995 to 1997 was used. The parameters of the lactation curves (yield at start of lactation- a, rate of increase of milk production - b e rate of decline of m (mais) ilk production after peak rate - c) were estimated using the Table Curve program from Jandel Scientific. The parameters were then analysed using SAS (Statistical Analysis System) (CORR and GLM procedures). The statistical model included fixed effects (farm, breed, month and year of kidding, type of kidding, kid sex) and covariates (weight at insemination). Parameters a and c were influenced by breed, month of kidding as well as type of kidding. The Quadratic and Linear Hyperbolic curves had the highest R². The correlations between curve parameters and production indices were, in general, high and positive. This study shows that any in the functions studied may be used to represent the individual lactation curve of herd, however, the curve that best expressed the shape of the lactation curve for goats was the Quadratic function while the Linear Hyperbolic and Jenkins and Ferrel had higher correlation between total production and curve parameters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Avaliação da contagem de células somáticas na primeira lactação de vacas holandesas no dia do controle mensal/ Evaluation of test-day somatic cell count of first lactation Holstein cows

Barbosa, Severino Benone Paes; Monardes, Humberto Gonzalo; Cue, Roger Ian; Ribas, Newton Pohl; Batista, Ângela Maria Vieira
2007-02-01

Resumo em português Avaliaram-se a contagem (CCS) e o escore (ECS) de células somáticas de vacas holandesas primíparas no dia do controle e a influência de causas não-genéticas sobre a presença de células somáticas no leite. Foram obtidas 172.304 amostras de leite de vacas holandesas primíparas no dia do controle, coletadas no período de jan/93 a dez/98 pelo Programa de Análises de Rebanhos Leiteiros do Paraná (PARLPR). As variáveis fixas consideradas foram região (bacia leite (mais) ira), número de ordenhas (2x ou 3x/Nordenha), dias em lactação (5 a 450/Dialac), idade da vaca, em meses (20 a 40/Idames), mês de controle (jan. a dez./Mescon) e idade da amostra, em dias (0 a 15/Diaana). Os efeitos aleatórios foram rebanho (região), vaca e resíduo. Os dados foram analisados por REML, sob modelo misto, por meio da estrutura estatística Spatial Power [sp(pow)]. As médias não ajustadas, para CCS (x1000 cel/mL) e ECS, segundo o ano de parto, variaram de 400,245±468,558 e 3,55±0,82 (1993) a 241,360±514,969 e 2,41±1,35 (1998), respectivamente. As variáveis DIALAC, IDADE, MESCON e DIALEI foram importantes fontes de variação e devem ser consideradas na avaliação da CCS e do ECS. As altas correlações fenotípicas estimadas entre dias consecutivos da produção de leite (0,9591 a 0,9653, para CCS, e 0,9632 e 0,9813, para ECS) permitem o estabelecimento de práticas de rotina que podem contribuir para a redução da incidência de mastite clínicas e/ou subclínica. Resumo em inglês Data consisting of 172,304 test-day records of first lactation Holstein cows were used to evaluate non-genetic effects on Somatic Cell Count (SCC) and Somatic Cell Score (SCS). Milk samples were collected in Holstein herds supervised by the Dairy Herd Analysis Program, at Paraná State, Brazil, between January 1983 and December 1998. The statistical models included the fixed effects of region (Reg), number of milkings (NM), days in milk (DIM), age of cow (AC), month of te (mais) st-day (MTD), days of storaging of samples before analysis (DS) and the random effects of herd, cow and residual. Data was analyzed by REML using the spatial power procedure. Observed means for SCC (x1000 cel/mL) and SCS ranged from 400,245±468,558 and 3.55±0.82 in 1993 to 241,360±514,969 and 2.41±1.35 in 1998, respectively. DIM, AC, MTD and DS effects were significant for SCC and SCS. The phenotypic correlations between SCC and SCS on consecutive test-days suggest it is possible to estabilish management routines to reduce the presence of clinical and/or subclinical mastitis in first lactation Holstein cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Estimativas de parâmetros genéticos para produção de leite e persistência da lactação em vacas Gir, aplicando modelos de regressão aleatória/ Estimates of genetic parameters for milk yield and persistency of lactation of Gyr cows, applying random regression models

Herrera, Luis Gabriel González; El Faro, Lenira; Albuquerque, Lucia Galvão de; Humberto, Tonhati; Machado, Carlos Henrique Cavallari
2008-09-01

Resumo em português Com o objetivo de estimar parâmetros genéticos para a produção de leite no dia do controle (PLDC), foram usadas as 2.440 primeiras lactações de vacas da raça Gir leiteira, com partos registrados entre 1990 e 2005. As PLDC foram consideradas em dez classes mensais e analisadas por meio de modelo de regressão aleatória (MRA) utilizando-se como efeitos aleatórios o genético-aditivo, o de ambiente permanente e o residual e, como efeitos fixos, o grupo de contempor� (mais) �neos (GC), a co-variável idade da vaca ao parto (efeito linear e quadrático) e a curva média de lactação da população. Os efeitos genético-aditivos e de ambiente permanente foram modelados utilizando-se as funções de Wilmink (WIL) e Ali e Schaeffer (AS). As variâncias residuais foram modeladas utilizando-se 1, 4, 6 ou 10 classes. Os grupos de contemporâneos foram definidos como rebanho-ano-estação do controle contendo no mínimo três animais. Os testes indicaram que o modelo com quatro classes de variâncias usando a função paramétrica AS foi o que melhor se ajustou aos dados. As estimativas de herdabilidade variaram de 0,21 a 0,33 para a função AS e de 0,17 a 0,30 para WIL e foram maiores na primeira metade da lactação. As correlações genéticas entre as PLDC foram positivas e elevadas entre os controles adjacentes e diminuiram quando a distância entre os controles aumentou. Para o melhor modelo, foram estimados os valores genéticos para a produção de leite acumulada até os 305 dias e, para períodos parciais da lactação, foram obtidas como médias dos valores genéticos preditos naquele período. Os valores genéticos foram comparados, por meio da correlação de posto, ao valor genético predito para a produção acumulada até os 305 dias, pelo método tradicional. As correlações entre os valores genéticos indicaram que podem ocorrer divergências na classificação dos animais pelos critérios estudados. Resumo em inglês Data consisting of 2,440 first lactations of Gyr cows calving between 1990 and 2005 were used to estimate genetic parameters of monthly test-day milk yield (TDMY). Records were analyzed by random regression models (MRA) that included the additive genetic and permanent environmental random effects and the contemporary group, age of cow at calving (linear and quadratic components) and the average trend of the population as fixed effects. Random trajectories were fitted by W (mais) ilmink's (WIL) and Ali & Schaeffer's (AS) parametric functions. Residual variances were fitted by step functions with 1, 4, 6 or 10 classes. The contemporary group was defined by herd-year-season of test-day and included at least three animals. Models were compared by Akaike's and Schwarz's Bayesian (BIC) information criterion. The AS function used for modeling the additive genetic and permanent environmental effects with heterogeneous residual variances adjusted with a step function with four classes was the best fitted model. Heritability estimates ranged from 0.21 to 0.33 for the AS function and from 0.17 to 0.30 for WIL function and were larger in the first half of the lactation period. Genetic correlations between TDMY were high and positive for adjacent test-days and decreased as days between records increased. Predicted breeding values for total 305-day milk yield (MRA305) and specific periods of lactation (obtained by the mean of all breeding values in the periods) using the AS function were compared with that predicted by a standard model using accumulated 305-day milk yield (PTA305) by rank correlation. The magnitude of correlations suggested differences may be observed in ranking animals by using the different criteria which were compared in this study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Micronutrientes na gestação e lactação/ Micronutrients in pregnancy and lactation

Silva, Luciane de Souza Valente da; Thiapó, Ana Paula; Souza, Gisele Gonçalves de; Saunders, Cláudia; Ramalho, Andréa
2007-09-01

Resumo em português Vitamina A, ferro e zinco são micronutrientes essenciais ao pleno funcionamento do organismo humano. Durante o período gestacional, seus requerimentos encontram-se aumentados devido ao intenso crescimento e proliferação celular e, durante a lactação, o leite materno constitui a mais importante fonte destes nutrientes para o recém-nascido e lactente. O atendimento às necessidades nutricionais do grupo materno-infantil, considerado como grupo de risco, para o desenv (mais) olvimento de carências nutricionais, deve ser uma preocupação dos profissionais de saúde, e a prevenção e o diagnóstico precoce da deficiência de micronutrientes reveste-se de extrema importância. Este trabalho objetiva revisar informações disponíveis na literatura acerca do papel da vitamina A, do ferro e do zinco na gestação e lactação, enfatizando os agravos à saúde decorrentes de sua deficiência e o papel da suplementação no combate ao estado carencial desses micronutrientes. Foram pesquisadas as bases de dados MEDLINE e LILACS, utilizando os decritores: "vitamin A", "iron", "zinc", "deficiency", "pregnancy", "lactation", "newborn", "anemia" e "micronutrient", no período 1966 a 2004. Sugerem-se medidas que concorram para a modificação das práticas alimentares e da qualidade da dieta como estratégia de combate à deficiência de micronutrientes e incluídas no elenco de ações universais da atenção pré-natal. Tais ações podem produzir benefícios para a saúde materno-infantil e contribuir para a redução dos níveis de morbi-mortalidade no binômio mãe-filho. Resumo em inglês Vitamin A, iron and zinc are essential trace elements for the perfect functioning of the human body. During pregnancy, the demand of these trace elements is increased due to intense cellular growth and proliferation. During lactation, maternal milk is the most important source of these nutrients for newborns and infants. Therefore, to meet the nutritional needs of mothers and newborns, considered risk groups for nutritional deficiencies, early prevention and diagnosis sho (mais) uld be a major concern of healthcare professionals. This paper aims at reviewing information available in the literature related to the role of Vitamin A, iron and zinc during pregnancy and lactation, focusing on the negative effects of these trace elements deficiency as well as the role of supplementation in treating this condition. Data bases MEDLINE and LILACS were surveyed using the following descriptors: "Vitamin A", "iron", "zinc", "deficiency", "pregnancy", "lactation", "newborn", "anemia" and "micronutrients" in the period from 1966 to 2004. Measures that help change food habits and diet quality as a strategy to face micronutrients deficiency and included in the set of universal measures of prenatal care are suggested. Such actions can benefit mother and child health and contribute to reduce levels of morbidity and mortality of both mother and child.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Efeitos genéticos e ambientais que afetam a produção de leite e duração da lactação de cabras mestiças no estado da Paraíba/ Genetic and environmental effects that affect milk production and lactation length of crossbred goats in the state of Paraiba

Pimenta Filho, Edgard Cavalcanti; Sarmento, José Lindenberg Rocha; Ribeiro, Maria Norma
2004-12-01

Resumo em português Utilizaram-se dados de 689 lactações de 225 cabras Pardo Alpina x Gurguéia filhas de 18 bodes, controladas de 1988 a 1996, criadas na Fazenda Carnaúba, Taperoá-PB, com os objetivos de estudar os efeitos ambientais e estimar parâmetros genéticos para as características produção de leite (PL) e duração da lactação (DL). Os efeitos ambientais foram estimados por meio de um modelo estatístico que incluiu o efeito aleatório de bode, os efeitos fixos de grupo co (mais) ntemporâneo, tipo de parto e idade da cabra ao parto e duração da lactação, para PL, como covariáveis. Os parâmetros genéticos foram estimados por intermédio do programa MTDFREML, sob modelo animal, contendo os efeitos fixos e covariáveis utilizados no modelo anterior. As características foram influenciadas pelo efeito fixo de grupo contemporâneo. A idade da cabra influenciou apenas a característica PL. As médias obtidas para PL e DL foram 257,71 ± 54,73 kg e 185,56 ± 46,87 dias, respectivamente, equivalendo à produção média diária de 1,38 kg de leite/dia. As estimativas de herdabilidade e repetibilidade foram, respectivamente, de 0,23 e 0,35 para PL e 0,20 e 0,24 para DL. A correlação genética estimada entre as características foi de 0,96. Em razão de as herdabilidades das características serem de média magnitude e limitadas ao sexo, sugere-se o teste de progênie como método de seleção mais eficaz para os bodes. Resumo em inglês Records of 689 lactations of 225 Alpine x Gurguéia goats, progenies of 18 buck, controlled from 1988 to 1996, raised at Carnaúba Farm, Taperoá-PB, were analyzed with the objective of study environmental effects and estimate genetics parameters for Milk Production (MP) and Length of Lactation (LL). The environmental effects were analyzed by an statistical model that included buck random effects and the fixed effects of contemporary groups, type of kidding and age of dam (mais) at kidding and length lactation as covariate. The genetic parameters were estimated using MTDFREML program, under animal model, including fixed effects and covariates through a described model before. The traits were influenced by contemporary groups. The age of dam at kidding influenced only MP trait. The means for MP and LL were 257.72 ± 54.73 kg and 185.54± 46.87 days, respectively, giving a daily mean production of 1.38 kg of milk/day. The heritability and repeatability estimates were, respectively, 0.23 and 0.35 for MP and 0.20 and 0.24 for LL. The genetic correlation estimate between MP and LL was 0.96. Due to the traits heritability are of average magnitude and sex-limited, it is suggested to use the progeny test as method of more effective selection for bucks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Uso de medicamentos durante a lactação/ Breastfeeding and maternal medications

Chaves, Roberto G.; Lamounier, Joel A.
2004-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Contribuir com informações para o uso racional de medicamentos durante a amamentação. FONTES DOS DADOS: Foram selecionados artigos na base de dados MEDLINE, de 1993 a 2004, e no Lilacs, de 1995 a 2004, em português, espanhol e inglês, usando as palavras-chave aleitamento, lactação, drogas e medicamentos. Outras referências recentes encontradas em artigos e livros foram incluídas a fim de fornecer subsídios para a realização deste artigo. SÍNTESE DO (mais) S DADOS: A maior parte dos fármacos é compatível com a amamentação. Poucos são contra-indicados (antineoplásicos, radiofármacos, drogas de abuso); alguns requerem cuidados devido ao risco de efeitos adversos em lactentes ou de redução do volume de leite. Porém, ainda é necessário maior conhecimento sobre os efeitos para a criança de muitos fármacos durante a amamentação. CONCLUSÕES: O princípio fundamental da prescrição de medicamentos para mães em lactação baseia-se no conceito de risco e benefício. Deve-se fazer opção, sempre que possível, por uma droga já estudada, que seja pouco excretada no leite materno e que não tenha risco aparente para a saúde da criança. Medicamentos que reduzem a produção de leite pela nutriz devem ser evitados durante a lactação, e o uso dos galactagogos está reservado para situações especiais. Dessa maneira, só excepcionalmente o aleitamento materno precisa ser desencorajado ou descontinuado quando a mãe necessitar de tratamento farmacológico. Resumo em inglês OBJECTIVE: To contribute with information about the adequate administration of drugs during breastfeeding. SOURCES OF DATA: MEDLINE articles from 1993 to 2004, and Lilacs articles from 1995 to 2004 were selected in Portuguese, Spanish and English, by including the following keywords: breastfeeding, lactation, drugs and medicines. Other update references found in articles and books were also included in this review, in order to provide additional information. SUMMARY OF TH (mais) E FINDINGS: Most of the drugs are compatible with breastfeeding. Few were considered inadequate, such as antineoplastic drugs, radiopharmaceuticals and drugs of abuse. Some drugs require concern, as they may cause adverse effects in breastfed babies or reduce the mother's breast milk volume. However, further knowledge on some medicines during lactation is required. CONCLUSION: The fundamental principle in the prescription of medicines for lactating mothers is mostly based on the concept of risk and benefit. The option must be, as much as possible, for a drug that has already been studied, which is little released in the maternal milk or that does not mean an apparent risk for the infant's health. Medicines that reduce the mother's production of milk should be avoided during the lactation period. The use of galactogogos is reserved for particular situations. Therefore, only safety drugs should be administered during breastfeeding, which should rarely be discouraged or discontinued in such cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Efeito da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite, a curva de lactação e a mobilização de reservas corporais em vacas da raça Holandesa/ Effects of body condition at calving on milk yield and composition, lactation curve and body reserve mobilization of Holstein cows

Rennó, F.P.; Pereira, J.C.; Santos, A.D.F.; Alves, N.G.; Torres, C.A.A.; Rennó, L.N.; Balbinot, P.Z.
2006-04-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos do escore da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite, a curva de lactação e o padrão de mobilização de reservas corporais em vacas da raça Holandesa. Foram utilizadas 51 vacas, sendo 13 primíparas e 38 multíparas, distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, segundo a ordem de partos - primíparas e multíparas - e a classe de escore da condição corporal ao parto (ECCP) - classe 1 ECCP igual ou supe (mais) rior a 3,25, e classe 2 ECCP igual ou inferior a 3,0. Para avaliar o padrão de mobilização de reservas corporais, foram formados grupos de vacas em função do ECCP e do nível de produção de leite. Nas primíparas, não foram observados efeitos da ECCP sobre a produção e a composição do leite e sobre a curva da lactação, exceto para porcentagem de gordura. Nas multíparas, as vacas da classe 1 produziram mais leite e mais componentes do leite, e a curva da lactação mostrou pico de produção mais alto. As vacas de maior ECCP e maior produção de leite apresentaram padrão de mobilização de reservas corporais mais acentuado no início da lactação e maior peso corporal no pré-parto e ao parto. O peso corporal e a mudança de peso corporal ao parto e no início da lactação não foram influenciados pelo escore de condição corporal ao parto e pela produção de leite. Resumo em inglês The effects of body condition at calving on milk yield, milk composition, lactation curve and body tissue mobilization patterns were evaluated in Holstein cows. Thirteen primiparous and 38 multiparous cows were assigned body condition scores at calving (BCC). Those with BCC equal to or greater than 3.25 were assigned to class 1; while those with BCC less than 3.25 constituted class 2. These BCC classes did not affect milk yield, milk composition (except for fat percentage (mais) ) or lactation curve significantly in primiparous cows. In multiparous cows, however, class 1 individuals had higher total milk yield, higher peak milk yield, higher milk composition percentages and more effective mobilization of body tissue reserves than cows in class 2. Among those cows that had higher BCC, those with more effective mobilization of body tissue reserves at the beginning of lactation had higher milk yields. Cows with higher BCC were heavier at prepartum and at calving in comparison to cows with lower BCC. However, body weight at calving and change in body weight early in lactation were not related to body composition at calving and subsequent milk yield.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Comparação de alguns modelos matemáticos para o ajuste às curvas de lactação individuais de vacas da raça Caracu/ Comparison of some mathematical models for the adjustment of individual lactation curves of Caracu cows

Faro, L.E.; Albuquerque, L.G.
2002-06-01

Resumo em português Foram ajustadas 7239 curvas de lactação de vacas Caracu, controladas semanalmente entre os anos de 1978 a 1988, pertencentes à Fazenda Chiqueirão, Poços de Caldas, MG. As funções utilizadas foram a linear hiperbólica (FLH), a quadrática logarítmica (FQL), a gama incompleta (FGI) e a polinomial inversa (FPI). Os parâmetros foram estimados por meio de regressões não lineares, usando-se processos iterativos. A verificação da qualidade do ajuste baseou-se no co (mais) eficiente de determinação ajustado (R²A), no teste de Durbin-Watson (DW) e nas médias e desvios-padrão estimados para os parâmetros e funções dos parâmetros dos modelos. Para a curva média, os R²A foram superiores a 0,90 para todas as funções. Bons ajustes, baseados nos R²A>0,80 foram obtidos, respectivamente, por 25,2%, 39,1%, 31,1% e 28,4% das lactações ajustadas pelas funções FLH, FQL, FGI e FPI. De acordo com o teste de DW, bons ajustes foram proporcionados para 29,4% das lactações ajustadas pela FLH, 54,9% pela FQL, 34,9% pela FGI e 29,6% pela FPI. Para ambos os critérios, a FQL foi superior às demais funções, indicando grande variação nas formas das curvas de lactação geradas pelos ajustes individuais. Curvas atípicas foram estimadas pelas funções, com picos ocorrendo antes do parto e algumas vezes após o término da lactação. Todas as funções apresentaram problemas quando ajustaram dados individuais. Resumo em inglês The present study was carried out to test the goodness of fit of different lactation curve functions for 7239 Caracu cows, belonging to Chiqueirão farm, Poços de Caldas - MG, weekly recorded from 1978 to 1988. The functions used to describe the lactation curves were: linear hyperbolic function (LHF); logarithmic quadratic function (LQF); incomplete gamma function (IGF) and inverse polynomial function (IPF). Parameters were estimated by iterative methods. The criteria us (mais) ed to compare the models were the adjusted coefficient of determination (R²A), Durbin-Watson statistic (DW) and the estimated means and standard deviations estimated for the parameters and function of parameters. All R²A were higher than 0.90 for the average curves. When fitted to individual lactation, the functions showed lack of fit. Goodness of fit, according to R²A>0.80 were observed for 25.2%; 39.1%; 31.1% and 28.4% of LHF, LQF, IGF and IPF functions, respectively. Durbin-Watson statistics estimated goodness of fit for 29.4%; 54.9%; 34.9% and 29.6% of LHF, LQF, IGF and IPF functions, respectively. All models showed high CV for the parameters and function of parameters. The results indicated a wide variation in the shape of individual lactation curves. There was a great number of atypical curves with observed peaks before calving or after the end of lactation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Consumo, digestibilidade aparente total, produção e composição do leite em vacas no terço inicial da lactação alimentadas com níveis crescentes de proteína bruta no concentrado/ Intake, total apparent digestibility, milk production and composition in early lactation cows fed with increasing levels of crude protein in the concentrate

Pereira, Mara Lúcia Albuquerque; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Campos, José Maurício de Souza; Leão, Maria Ignez; Pereira, César Augusto Ramos; Pina, Douglas dos Santos; Mendonça, Sandro de Souza
2005-06-01

Resumo em português Avaliaram-se os consumos, as digestibilidades aparentes dos nutrientes e a produção e composição do leite de vacas no terço inicial da lactação recebendo dietas contendo níveis crescentes (20; 23; 26 e 29% da matéria natural - MN) de proteína bruta (PB) no concentrado. Foram utilizadas 12 vacas em lactação da raça Holandesa, puras e mestiças (Holandês x Zebu), distribuídas em três quadrados latinos (4x4). Foram utilizados quatro períodos de 15 dias cada, (mais) considerando-se uma semana de adaptação. A dieta consistiu de 60% de silagem de milho como volumoso e 40% de concentrado. Os consumos de matéria seca (MS), PB, fibra em detergente neutro (FDN) e nutrientes digestíveis totais (NDT) aumentaram linearmente, enquanto o consumo de carboidratos não-fibrosos (CNF) apresentou redução linear com os níveis de PB no concentrado. As digestibilidades da MS, matéria orgânica (MO), PB e FDN elevaram linearmente em função dos teores de PB. A produção de leite (PL) e PL corrigida para 3,5% de gordura, as quantidades de gordura e proteína e suas concentrações no leite não foram afetadas pelos níveis de PB no concentrado. No entanto, a PL corrigida para 3,5% de gordura de 29,08 kg/dia foi numericamente superior para o nível de 26% de PB na MN do concentrado. O concentrado contendo 26% de PB utilizado na proporção de 40%, que correspondeu a 15,5% na MS da dieta total, permitiu melhores respostas na produção de leite em vacas produzindo em média 28 kg/dia de leite no terço inicial da lactação e alimentadas com silagem de milho como volumoso. Resumo em inglês The intake, total apparent digestibility of nutrients and milk production and composition were evaluated in early lactation cows fed with increasing levels (20; 23; 26 and 29% natural matter - NM) of crude protein (CP) in concentrate. Twelve crossbred Holstein cows were assigned to three latin square (4x4), in four periods of 15 days each (one week of adaptation). The feeding consisted of 60% of cow silage and 40% of concentrate. The intakes of dry matter (DM), CP, neutra (mais) l detergent fiber (NDF), and total digestible nutrients (TDN) intakes increased linearly and the nonfiber carbohydrates (NFC) intake showed linear reduction as CP levels in the concentrate increased. DM, organic matter (OM), CP and NDF digestibilities increased linearly with CP levels. Milk production (MP), corrected MP, fat and protein levels in milk were not influenced by CP levels in the concentrate. Nonetheless, corrected MP for 3.5% fat was 29.08 kg/day in 26% of CP in NM of the concentrate. CP level of 26%, in a proportion of 40% concentrate, correspondent to 15.5% DM in the feed, showed better results of milk production, average of 28 kg/day, in early lactation of cows fed with corn silage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Repercussões do exercício físico durante a gestação e da desnutrição proteica durante a gestação e lactação sobre o desenvolvimento e crescimento do fêmur da prole/ Effects of physical exercise during pregnancy and protein malnutrition during pregnancy and lactation on the development and growth of the offspring's femur

Monteiro, Alessandra C. T.; Paes, Silvânia T.; Santos, José Antônio dos; Lira, Kamilla D. S. de; Moraes, Silvia R. A. de
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os efeitos do treino físico imposto às ratas mães durante a gestação associado a uma dieta hipoproteica imposta durante os períodos gestacional e de lactação sobre o desenvolvimento e crescimento do fêmur da prole. MÉTODOS: Quarenta ratos machos Wistar, 90 dias de vida, foram divididos em quatro grupos: filhotes de mãe sedentária nutrida, filhotes de mãe sedentária desnutrida, filhotes de mãe treinada nutrida e filhotes de mãe treinada de (mais) snutrida, todos com n = 10. Treinamento físico em esteira durante 8 semanas, 5 semanas antes da concepção e 3 no período gestacional para as ratas mães dos grupos filhotes de mães treinada nutrida e treinada desnutrida. Indução da dieta hipoproteica às ratas mães durante a gestação e lactação para os grupos filhotes de mães sedentária desnutrida e treinada desnutrida. Após sacrifício, no 90º dia de vida, analisou-se peso, comprimento e conteúdo mineral ósseo do fêmur dos filhotes. RESULTADOS: Peso corporal, peso femoral e comprimento femoral diminuídos (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the effects of physical training of mother rats during pregnancy associated with a low-protein diet offered during pregnancy and lactation on the development and growth of the femur of their offspring. METHODS: Forty 90-day old male Wistar rats were divided into four groups: pups of sedentary nourished mothers, pups of sedentary malnourished mothers, pups of trained nourished mothers, and pups of trained malnourished mothers; all groups included 10 (mais) rats. Physical training on a treadmill for 8 weeks, 5 weeks before conception and 3 weeks in the gestational period for mother rats of pups of trained nourished mothers and pups of trained malnourished mothers. Induction of low-protein diet to the mother rats during pregnancy and lactation for the groups of pups of sedentary malnourished mothers and trained malnourished mothers. After the pups were sacrificed, on the 90th day of life, we analyzed weight, length, and femoral bone mineral content. RESULTS: Decreased body weight, femur weight, and femur length (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Influência do manejo do rebanho, das condições higiênicas da ordenha e da fase de lactação na composição química do leite de cabras Saanen/ Effects of flock management, milking sanitary conditions and lactation stage on milk composition of Saanen goats

Queiroga, Rita de Cássia Ramos do Egypto; Costa, Roberto Germano; Biscontini, Telma Maria Barreto; Medeiros, Ariosvaldo Nunes de; Madruga, Marta Suely; Schuler, Alexandre Ricardo Pereira
2007-04-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a influência dos períodos de lactação nas características químicas e físicas do leite de cabras Saanen no Brejo Paraibano, Brasil, e verificar o efeito do manejo do rebanho, da higiene da ordenha e dos períodos da lactação no perfil lipídico do leite. Vinte animais foram selecionados, constituindo-se quatro grupos de 5 (com e sem a presença do macho e ordenha com e sem procedimentos de higiene) para análises de amostras de leite coletadas (mais) com 35, 85 e 135 dias de lactação. Os resultados comprovaram produtividade leiteira satisfatória em 135 dias de lactação, evidenciando produção máxima aos 35 dias e comportamento linear decrescente com o avanço da lactação. Os teores de lipídios e acidez variaram no decorrer da lactação. A higiene da ordenha e o manejo do rebanho não tiveram efeito sobre o perfil de ácidos graxos, no entanto, os valores médios de ácidos graxos saturados foram influenciados pela fase de lactação, observando-se os maiores percentuais de ácidos graxos de cadeia curta aos 85 dias da lactação. Os teores médios de ácidos graxos insaturados também foram modificados por este fator e apresentaram os maiores valores aos 35 dias de lactação. Resumo em inglês The objective of this trial was to evaluate the effect of lactation stage in the chemical and physical characteristics of milk from Saanen goats as well as to investigate the effects of flock management, milking sanitary conditions, and lactation phase in the milk fatty acid profile. Twenty goats were randomly assigned to four groups of five animals each. Flock management differed by the presence or absence of males in the groups while milking sanitary conditions differed (mais) either by a poor or by a good milking hygiene. Milk samples were collected at 35, 85 and 135 days of lactation. Results showed that milk yield was as expected at 135 days of lactation; peak milk production was observed at 35 days of lactation and decreased linearly as lactation progressed. Milk yield, milk fat content, and milk acidity all changed according to the lactation stage. Milking sanitary conditions and flock management did not affect the milk fatty acids profile. However, milk fatty acids profile differed at different lactation stages with the greatest content of saturated fatty acids at 85 days of lactation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Avaliação de rações de alta densidade nutricional para porcas em lactação no verão/ Evaluation of rations with high nutritional density rations for lactation sows during the summer

Haese, Douglas; Donzele, Juarez Lopes; Oliveira, Rita Flávia Miranda de; Kill, João Luís; Silva, Francisco Carlos de Oliveira; Santos, Fabrício de Almeida; Abreu, Márvio Lobão Teixeira de
2010-07-01

Resumo em português Para avaliar dietas de alta densidade nutricional, com ou sem suplementação de aminoácidos industriais, ajustadas com base na energia líquida, utilizaram-se 80 porcas pluríparas, em lactação, do mesmo padrão genético, distribuídas em delineamento experimental de blocos composto por quatro dietas, 20 blocos, considerando cada porca uma unidade experimental. Na formação dos blocos, utilizaram-se como critérios o peso e a ordem de parto das porcas. As dietas for (mais) am formuladas com a combinação de quatro níveis de proteína bruta (18,33; 15,23; 19,63; ou 16,59%), quatro de energia metabolizável (3.344; 3.293; 3.480; e 3.440 kcal/kg), dois de lisina digestível (0,85 e 0,95%) e dois de energia líquida (2.519 e 2.636 kcal de EL/kg) e da suplementação com aminoácidos industriais até a relação triptofano:lisina digestíveis de 18%. Não houve efeito das dietas com alta densidade nutricional, com ou sem suplementação de aminoácidos, sobre o consumo médio diário de ração. As dietas também não influenciaram o peso, a perda e variação de peso, o intervalo desmama-estro nem a estimativa da produção de leite das porcas no período de lactação. Dietas de alta densidade nutricional (lisina e energia) para porcas em lactação são eficientes em reduzir a mobilização de reservas corporais e não afetam os desempenhos produtivo e reprodutivo das porcas. Resumo em inglês In order to evaluate diets with high nutritional density, with or without industrial amino acid supplementation, adjusted at net energy base, it was used 80 pluriparous lactating sows with the same genetic pattern, distributed in an experimental block design composed of four diets, 20 blocks, considering each sow an experimental unity. The criteria used for formation of the blocks were the weight and parity order. Diets were formulated by the combination of four levels of (mais) crude protein (18.33; 15.23; 19.63; or 16.59%), four levels of metabolizable energy (3,344; 3,293; 3,480; and 3,440 kcal/kg), two of digestible lysine (0.85 and 0.95%) and two levels of net energy (2,519 and 2,636 kcal of NE/kg) and the supplementation with industrial amino acids up to the digestible triptofano:lysine relationship of 18%. There was no effect of the diets with high nutritional density, with or without amino acid supplementation, on the average daily intake of the ration. The diets did not influence weight, loss and changes on weight, the internal weaning-to-estrus interval neither the estimate of milk production of the sows during lactation period. Diets of high nutritional density (lisyne and energy) for lactating sows are efficient in reducing mobilization of body reserves and they do not affect productive and reproductive performance of the sows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Utilização de funções matemáticas no estudo da curva de lactação em caprinos/ Use of mathematical functions in the study of lactation curves in goats

Guimarães, Vinícius Pereira; Rodrigues, Marcelo Teixeira; Sarmento, José Lindenberg Rocha; Rocha, Denis Teixeira da
2006-04-01

Resumo em português Objetivou-se com este estudo comparar funções matemáticas propostas na literatura para o ajuste da curva de lactação em caprinos leiteiros. Foram utilizados 23.502 controles leiteiros, totalizando 748 lactações de cabras das raças Saanen e Alpina. A estimativa dos parâmetros foi feita por meio de regressões não-lineares, pelo procedimento NLIN do programa SAS (Statistical Analysis System), utilizando-se o método modificado de Gauss-Newton. Para a escolha do me (mais) lhor modelo, utilizou-se o gráfico de distribuição de resíduo, a média dos desvios absolutos, o quadrado médio dos resíduos e a comparação das curvas estimada e observada por meio de avaliação visual. Foram testadas a igualdade de parâmetros e a identidade de modelos de regressão não-linear para verificar se os parâmetros das curvas para cada ordem de lactação e para cada raça eram iguais. Entre os modelos estudados, o proposto por Nelder (1966), , foi o que apresentou o melhor ajuste para a curva de lactação dos animais. Houve diferenças entre os parâmetros do modelo escolhido para as diferentes lactações e raças; mesmo assim, considerou-se na análise uma única equação para facilitar o estudo. Resumo em inglês Production of low cost milk is the most relevant aspect in dairy goat systems. Therefore, studying the behavior of the lactation curve of dairy goats is important to implement animal breeding programs as well as for plan and introduce new management tools. The objective of this study was to select among mathematical models published in the literature the one that best describe the lactation curve of dairy goats. A dataset constituted of 23,502 observations of milk yield f (mais) rom 748 lactations of Saanen and Brown Alpine (Oberhaslis) goats was used. Estimation of the parameters was done by the non-linear regression procedure of SAS using the modified method of Gauss-Newton. Residual plot, absolute mean deviation, correlation coefficient and visual appraisal of predicted versus measured lactation curve all were used to determine the best model. The equality of parameters and the models identity of non-linear regression were used to test if the parameters of the lactation curve were similar for breed and order of lactation. Among the evaluated models, that proposed by Nelder (1966), , was the best compromise for adjustment of the lactation curve of goats. Even though differences among parameters of the chosen model for different lactation and breed were observed, only one equation was used in the analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Eficiência bioeconômica de vacas de diferentes níveis de produção de leite por lactação e estratégias de alimentação/ Bioeconomic efficiency of cows of different milk yield levels per lactation and feeding strategies

Rennó, Francisco Palma; Pereira, José Carlos; Leite, Carlos Antônio Moreira; Rodrigues, Marcelo Teixeira; Campos, Oriel Fajardo de; Fonseca, Dilermando Miranda da; Rennó, Luciana Navajas
2008-04-01

Resumo em português Avaliou-se a eficiência bioeconômica de vacas de diferentes níveis de produção de leite por lactação submetidas a sete estratégias de alimentação. Utilizou-se um modelo de simulação desenvolvido com os programas CNCPS v5.0 e planilhas eletrônicas do Microsoft Excell®, de forma a simular a produção e as exigências de nutrientes de uma lactação completa para vacas de diferentes níveis de produção. Foram realizadas avaliações da eficiência bioeconôm (mais) ica (EBE) em vacas de cinco níveis de produção de leite (10,15,20, 25 e 30 kg/dia), em sete estratégias de alimentação. A EBE foi definida de forma semelhante à eficiência biológica, considerando a quantidade de alimentos utilizada e a produção de leite obtida multiplicada pelos respectivos valores econômicos. Também com o propósito de avaliar a EBE das vacas de cada nível de produção, foram avaliados o produto físico médio (PFme) e o produto físico marginal (PFma) de cada nível de produção e de cada estratégia de alimentação. Na avaliação do PFma, foram estimadas equações de regressão da produção de leite por vaca considerando o nível de utilização de concentrados e os custos de alimentação. A eficiência bioeconômica de vacas de diferentes níveis de produção comprovou que a maior eficiência biológica de vacas de maior produção de leite por lactação não resultou, necessariamente, em maior eficiência bioeconômica. A eficiência de utilização de concentrados, quando avaliada em níveis crescentes de produção de leite por vaca, segue a lei dos retornos decrescentes e influencia a eficiência bioeconômica quanto maior o nível de produção de leite por vaca. Resumo em inglês This work was carried out to evaluate the bioeconomic efficiency of cows of different levels of milk yield per lactation, under different feeding strategies. The bioeconomic evaluations was carried out in cows of five milk yield levels and seven feeding strategies The simulation model was developed with the programs CNCPS v5.0 and electronic spreadsheets of Microsoft Excell®, in way to simulate the production and demands of nutrients of a complete lactation for cows of d (mais) ifferent milk yield levels. The bioeconomic efficiency (EBE) were evaluated in cows of five milk yield levels, in seven feeding strategies. The EBE was defined similarly to the biological efficiency, considering the amount of feeds utilized and the milk production obtained, multiplied by the respective economical values. Also, with the purpose of evaluating EBE of the cows of each production level, were evaluated the medium physical product (PFme) and the marginal physical product (PFma) for each production level and feeding strategy. In the evaluation of PFma, regression equations of milk yield per cow in function of concentrate level utilization and total feeding costs were estimate. The largest biological efficiency of cows of greater milk yield per lactation not result, necessarily, in larger bioeconomic efficiency. The efficiency of the use of concentrate, when evaluated in crescent milk yield per cows, follows the law of the decreasing returns and influences the bioeconomic efficiency as higher is the milk production level per cow.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Padrões da distribuição nictemeral do comportamento ingestivo de vacas leiteiras, ao início e ao final da lactação, alimentadas com dieta à base de silagem de milho/ Ingestive behavior nycterohemeral patterns of dairy cows, at the beginning and at the end of lactation, fed a corn silage based diet

Fischer, Vivian; Deswysen, Armand Gerard; Dutilleul, Pierre; De Boever, Johan
2002-09-01

Resumo em português Os efeitos dos estádios de lactação inicial e final sobre o comportamento e a distribuição nictemeral do comportamento ingestivo foram avaliados com oito vacas leiteiras, consumindo uma dieta à base de silagem de milho. A análise espectral das séries de tempos horários de mastigação (ingestão ou ruminação) foi realizada usando os dados modificados pela transformação finita de Fourier. Foi realizada análise de variância destes dados e a análise dos perio (mais) dogramas e diagramas de fase. A duração média das refeições e o consumo de matéria seca foram superiores, enquanto o tempo unitário de ruminação foi inferior no período inicial em relação ao final da lactação. A distribuição dos tempos de ingestão e de ruminação nos estádios inicial e final de lactação seguiu, respectivamente, periodicidades de 24, 12, 8 e 4 horas e de 24, 12 e 8 horas. Foi constatado efeito significativo do estádio de lactação para o tempo gasto ingerindo e ruminando no componente de ritmo 4. O estádio da lactação influenciou alguns parâmetros do comportamento ingestivo e sua ritmicidade. Resumo em inglês The effects of the stage of lactation upon the ingestive behavior nycterohemeral patterns were evaluated with eight dairy cows eating a corn silage based diet. Spectral analysis was performed through application of the finite Fourier transformation upon hourly duration of eating or ruminating time series. Variance analysis and inspection of phase diagrams and periodograms were done upon modified data. The mean meal duration and dry matter intake were larger while the unit (mais) ary ruminating time was inferior at the beginning than at the end of the lactation. Nycterohemeral patterns of time spent eating or ruminating at the beginning and at the end of lactation followed mainly periodicities of, respectively, 24, 12, 8 and 4 hours and 24, 12 and 8 hours. A significant effect of stage of lactation was observed at the rhythm component 4 for both time spent eating and ruminating. Lactation stage affected some parameters of ingestive behavior and its rhythmicity patterns.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Influência do tabagismo na fertilidade, gestação e lactação/ The influence of smoking on fertility, pregnancy and lactation

Mello, Paulo Roberto Bezerra de; Pinto, Gilberto Rodrigues; Botelho, Clovis
2001-08-01

Resumo em português OBJETIVOS: descrever a influência do tabagismo nas diferentes fases do processo reprodutivo, fecundação, gestação e lactação, destacando os mecanismos de ação dos principais componentes tóxicos do cigarro nestas fases. Sugerir medidas profiláticas de controle ambiental e de como reduzir a exposição da criança à fumaça do tabaco. MÉTODOS: revisão bibliográfica não sistemática sobre os temas abordados, utilizando-se da base de dados do MEDLINE. RESULTAD (mais) OS: o tabagismo atua negativamente nas diferentes fases da reprodução, por ação direta de seus principais componentes tóxicos, a nicotina e o monóxido de carbono. Reduz a taxa de fertilidade, compromete a duração da gestação e o peso do concepto. Também diminui a produção de leite da nutriz fumante e o tempo de lactação, comprometendo o ganho de peso da prole, por mecanismos ainda não bem compreendidos, nos quais a prolactina pode estar envolvida. CONCLUSÕES: os efeitos do tabagismo comprometem a qualidade da função reprodutiva em diferentes fases, por atuar principalmente sobre o desenvolvimento do concepto, tanto na fase intra quanto na fase extra-uterino. Por ser um período de contato mais freqüente da mulher fumante com o profissional de saúde, a gestação e a lactação deveriam ser alvo especial de campanhas antitabágicas. Resumo em inglês OBJECTIVE: to decribe the influence of smoking on different phases of the reproductive process, fecundation, pregnancy and lactation, drawing special attention to the mechanisms of action of the main toxic components found in cigarettes. To suggest prophylactic measures for environmental control and how to reduce children's exposure to tobacco smoke. METHODS: nonsystematic literature review using MEDLINE database. RESULTS: smoking has a negative effect on different phases (mais) of the reproduction process, by direct action of main toxic components, nicotine and carbon monoxide. Smoking reduces fertility, compromises the length of gestation and infant birthweight. Smoking mothers also have reduced breast milk production and shorter lactation, which affects infant weight gain through unclear mechanisms in which prolactin may probably be involved. CONCLUSIONS: smoking compromises reproductive function quality in different phases, acting mainly on intrauterine and extrauterine development of infants. Since during pregnancy and lactation women are in closer contact with health professionals, antismoking campaigns should be especially addressed to this period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Parâmetros genéticos para as produções de leite no dia do controle e da primeira lactação de vacas da raça Holandesa/ Genetic parameters for test day and lactation milk yields of first lactation Holstein cows

Melo, Cláudio Manoel Rodrigues de; Packer, Irineu Umberto; Costa, Cláudio Nápolis; Machado, Paulo Fernando
2005-06-01

Resumo em português Foram utilizados 263.390 registros de produção de leite no dia do controle (PDC) de 32.448 primeiras lactações de vacas da raça Holandesa com parto no período de 1991 a 2001, para estimar componentes de variância e parâmetros genéticos utilizando um modelo animal e a metodologia REML. Os dados de produção foram coletados pelo Serviço de Controle Leiteiro da Associação Brasileira de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa e suas afiliadas estaduais e disponib (mais) ilizados pela Embrapa Gado de Leite. O modelo para ajuste da produção de leite até 305 dias (P305) incluiu os efeitos fixos de rebanho-ano de parto, época do parto e idade da vaca ao parto, com termos linear e quadrático, e os efeitos aleatórios de animal e erro. Os mesmos efeitos foram incluídos no modelo para as produções de leite no dia do controle (PDC) tanto sob modelo uni- e bi-caráter como sob modelo de repetibilidade (MRS), exceto para o efeito fixo de grupo contemporâneo, definido por rebanho-ano-mês do controle. Alternativamente, ajustou-se um segundo modelo de repetibilidade (MRF), que além dos efeitos presentes no MRS, incluiu as covariáveis que descrevem a curva da lactação: dias em lactação (DEL)/305 e ln(305/DEL) com termos linear e quadrático. As estimativas de h² para as PDC, com MRS e MRF foram 0,43 e 0,30, respectivamente. As estimativas de herdabilidade (h²) para as PDC variaram de 0,22 (PDC1) a 0,36 (PDC4) com o modelo uni-caráter. Para o modelo bi-caráter, as estimativas variaram de 0,23 (PDC1) a 0,33 (PDC3 e PDC4). Em ambos os modelos, observaram-se valores inferiores de h² no início e no fim do período de lactação. A estimativa h² para a P305 com o modelo uni-caráter foi 0,27, enquanto, pelo modelo bi-caráter, estas estimativas variaram de 0,27 a 0,30. As correlações genéticas (r g) entre as PDC e a P305 foram altas, variando de 0,86 (PDC1 e P305) a 0,99 (PDC3 e P305). Estimativas de herdabilidade maiores para as PDC que para a P305 e a alta correlação com a mesma indicam potencial de uso das PDC nas avaliações genéticas de animais da raça Holandesa no Brasil. Embora predominantemente altas, as estimativas de r g entre as PDC não foram homogêneas (0,64-1,0); entretanto as maiores freqüências foram para valores próximos ou iguais a 1. Assim, modelos de regressão aleatória devem ser também avaliados para se concluir sobre a melhor utilização das PDC da raça Holandesa no Brasil. Resumo em inglês Covariance components for test day records and lactation milk yield using 263.390 records of 32.448 first lactation Holstein cows, were estimated using animal models by REML. Besides the lactation model, two alternative repeatability models (RM) were analyzed. Lactation model included fixed effects of herd-year-season and age of cow with linear and quadratic terms, and random effects of animal and error. The first model for test-day yield (RMF) included the same effects, (mais) but fixed effect of contemporary group, defined as herd-year-month of test. Alternatively another model for test-day yield (RMF) used a logarithmic polynomial sub-model for the shape of the lactation curve. Heritability for lactation yield (0.27) was smaller than those estimated by RMF and RMS, 0.30 and 0.43, respectively. Heritability estimates for univariate (0.22-0.36) and bivariate models (0.23-0.33) for test day milk yields were found to be smallest during early and late lactation. Heritability estimate for lactation milk yield when estimated by univariate model (0.27) was smaller than estimates obtained by bivariate models (0.27-0.30). Genetic correlations were higher between consecutive test days than between test days in the beginning and end of lactation. Larger heritability estimates for test day models and large genetic correlations between test day and lactation yield (0.86-0.99) indicate a potential use of test day records in genetic evaluations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Valor do farelo de arroz integral como fonte de gordura na dieta de vacas Jersey na fase inicial de lactação: digestibilidade aparente de nutrientes/ Value of rice bran as a fat source for Jersey cows in early lactation: apparent digestibility of nutrients

Nörnberg, José Laerte; Stumpf Júnior, Waldyr; López, Jorge; Costa, Patrícia Barcellos
2004-12-01

Resumo em português Foram utilizadas oito vacas Jersey, com peso médio de 420 kg, produção média de 20 kg de leite corrigida para 3,5% de gordura, na fase inicial de lactação (próximas ao pico de lactação), estabuladas em baias individuais, distribuídas em dois quadrados latinos (4 x 4). Objetivou-se avaliar a potencialidade do farelo de arroz integral como fonte de gordura, associado a óleo de arroz e a sebo bovino, em dietas isoprotéicas, isofibrosas e isolipídicas entre as fo (mais) ntes de gordura estudadas, por meio da digestibilidade aparente dos nutrientes. Os tratamentos foram: CON- concentrado sem adição de gordura; GP- concentrado com gordura protegida; FAIO- concentrado com farelo de arroz integral e óleo de arroz; FAIS- concentrado com farelo de arroz integral e sebo bovino. Os concentrados foram à base de grãos de milho moído e farelo de soja, e, como volumosos, foram empregados silagem de milho e feno de alfafa (1:1). O concentrado foi fornecido três vezes ao dia, separadamente dos volumosos. Os volumosos foram fornecidos à vontade, procurando-se manter a proporção de 55% em relação às misturas concentradas. A estimativa da excreção fecal foi obtida com emprego de óxido de cromo e a digestibilidade da gordura por diferença. A interpretação estatística foi feita pela análise de variância dos valores médios de cada tratamento pelo teste F. As fontes de gordura não afetaram a digestibilidade aparente da matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, fibra em detergente neutro e de carboidratos não-fibrosos. O farelo de arroz integral pode ser usado como fonte de gordura, totalizando 6% de gordura bruta na dieta de vacas leiteiras na fase inicial da lactação. Resumo em inglês Eight Jersey cows with an average live weight of 420 kg, yielding around 20 kg of 3.5% FCM in early lactation (around the peak of lactation) were used in a trial whose objectives were to evaluate rice bran as fat source associated with oil or tallow in iso-proteic, iso-fibrous and iso-lipidic diets on the apparent digestibility of nutrients. Four treatments were used: CON concentrate without fat addition; BPF- concentrate with "by pass" fat; RBO- concentrate with rice bra (mais) n + rice oil; RBT- concentrate with rice bran + tallow. The concentrate was made of corn meal and soybean meal. Corn silage and alfalfa hay in a ratio of 1:1 in dry matter basis were fed ad libitum and kept in a ratio to the concentrate of 55:45%, respectively. Concentrates were fed three times a day. Two 4 x 4 latin squares with 4-wk period were used and the means were compared by the F-test. The apparent digestibility coefficient for dry matter, organic matter, crude protein, neutral detergent fiber and nonfibrous carbohydrates was not affected by the fat sources. Rice bran can be used as fat source up to 6% of crude fat in diet for cows in early lactation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Gordura protegida na dieta de vacas de alta produção a campo, em alfafa verde ou pré-secada, na fase inicial da lactação: parâmetros plasmáticos/ Protected fat to high producing dairy cows, under grazing, supplemented with fresh or haylage alfalfa, in early lactation: blood parameters

Bermudes, Rogério Fôlha; López, Jorge; Gallardo, Miriam; Silva, José Henrique Souza da; Cuatrin, Alejandra
2003-04-01

Resumo em português O trabalho foi desenvolvido na Estação Experimental Agropecuária do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (EEA-INTA, Rafaela) da Argentina. Foram utilizadas 32 vacas da raça Holando-Argentina, de alta produção (média de 36 litros de leite por dia) e na fase inicial da lactação, com o objetivo de avaliar os parâmetros plasmáticos (ácidos graxos, glicose, triglicerídeos e a enzima hepática gama-glutamiltransferase). Foram comparados dois níveis de go (mais) rdura protegida (0 e 400 gramas) e duas formas de oferecimento de alfafa (verde e pré-secada). Todos os animais foram submetidos a um período pré-experimental de 15 dias, quando receberam ou não suplementação de gordura. Após o parto os animais foram distribuídos em piquetes com alfafa verde ou alfafa pré-secada, constituindo quatro tratamentos. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso em fatorial 2x2, utilizando-se dias pós-parto e ordem de lactação como covariâncias. A interpretação estatística foi feita pela análise da variância e teste F e os resultados mostraram que não houve diferenças significativas entre os tratamentos experimentais. Resumo em inglês This trial was run at Estación Experiment Agropecuária of INTA (EEA-INTA, Rafaela), Argentina. Thirty-two high producing Hostein-Argentina dairy cows were used in early lactation, aiming to evaluate blood parameters at two levels of protected fat (0 and 400 g/cow/day) and two types of alfalfa (fresh or haylage). All cows were submitted to a pre-trial period of fifteen day in two groups: with and without fat supplementation. The animals, post-partum, were allocated to pa (mais) ddocks with green or pre-dried alfalfa, comprising, then, four experimental treatments. A completely randomized design with a 2x2 factorial, using days post-partum and lactation order as covariates, was used. The statistical analysis was performed by using the analysis of variance and F-test. There were no differences among experimental treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Suplementação de vacas holandesas em estádio avançado de lactação/ Supplementation of Holstein cows at an extended lactation stage

Marques, Lúcia Treptow; Fischer, Vivian; Zanela, Maira Balbinotti; Stumpf Júnior, Waldyr; Ribeiro, Maria Edi Rocha; Vidal, Luís Eduardo Barros; Rodrigues, Caroline Moreira; Peters, Mônica Daiana
2010-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de duas dietas: baixo e alto nível de suplementação, fornecidas a vacas em estádio avançado de lactação sobre os aspectos produtivos, as características físico-químicas do leite e o perfil bioquímico sanguíneo. Foram utilizadas 12 vacas da raça Holandês, com média de 514kg de peso corporal, escore de condição corporal 3,5, produção de leite de 13 litros vaca-1 dia-1, com média de 349 dias de lactação. Os (mais) tratamentos foram: baixo e alto nível de suplementação para vacas mantidas em campo natural. Foram avaliados o peso vivo, o escore de condição corporal, a produção leiteira individual, as características físico-químicas e a contagem de células somáticas do leite (CCS), além do perfil bioquímico do sangue. As vacas, mesmo em estádio lactacional avançado, responderam ao aumento do aporte nutricional, com incrementos de ganho de peso, ganho de condição corporal e de produção de leite e produção leiteira corrigida para gordura, além de maiores teores de gordura e de sólidos totais. As demais características do leite e do sangue não foram alteradas. O aumento do aporte nutricional de vacas lactantes com estádio de lactação avançado pode ser uma opção viável para alcançar maior nível de produção leiteira e melhores condições físicas das vacas em sistemas de produção baseadas na utilização de pastagem, sem afetar adversamente a concentração dos componentes lácteos. Resumo em inglês The trial aimed to verify the effects of two feeding supplements: low and high level supplementation given to cows at an extended lactation stage upon productive aspects, physical-chemical composition of milk and blood biochemical profile. Twelve lactating Holstein cows, with 514kg of body weight, body condition score of 3.5, yielding 13L milk cow-1 day-1 and approximately 349 days of lactation were used. Treatments were low or high level of supplementation for lactating (mais) cows grazing natural range pasture. Cow's body weight and body condition score, individual milk yield, physical and chemical characteristics and somatic cells count, besides biochemical blood profile were evaluated. Increased nutrient supply augmented body weight gain, body condition score, fat corrected milk, milk fat and total solids contents, but did not change the others milk components nor blood biochemical profile. Increasing nutrient supply for cows at an extended lactation might be a valuable option to match milk productivity and improved physical aspects of dairy cows kept on grazing systems, without adverse effects upon milk components yield.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Utilização dos polinômios de Legendre e da função de Wilmink em avaliações genéticas para persistência na lactação de animais da raça Holandesa/ Use of Legendre polynomials and Wilmink function in genetic evaluations for persistency of lactation in Holstein cows

Cobuci, J.A.; Costa, C.N.; Teixeira, N.M.; Freitas, A.F.
2006-08-01

Resumo em português Os registros de produção de leite de 11.023 primeiras lactações de vacas da raça Holandesa pertencentes a 251 rebanhos distribuídos no estado de Minas Gerais foram usados para comparar os polinômios de Legendre e a função Wilmink em modelos de regressão aleatória (MRA) quanto aos seus efeitos na estimação de parâmetros genéticos e predição de valores genéticos para nove medidas de persistência na lactação e produção de leite até 305 dias. Os modelo (mais) s de regressão aleatória ajustados aos controles leiteiros entre o sexto e o 305(0) dia de lactação incluíram o efeito de rebanho-ano-mês do controle, os parâmetros dos polinômios de Legendre de ordens 3 a 5 ou da função de Wilmink, para modelar as curvas fixas da regressão dentro das subclasses de idade-estação de parto da vaca e os parâmetros dos polinômios de Legendre de ordens 3 a 5, para modelar os efeitos aleatórios genético-aditivo e permanente de ambiente. Os testes do critério de informação de Akaike e Bayesiano indicaram o modelo com maior número de parâmetros como o que melhor se ajustou aos dados de produção de leite. Observaram-se grandes variações nas estimativas de herdabilidade para a maioria das medidas de persistência na lactação, com uso dos modelos que envolveram ajustes dos polinômios de Legendre. As estimativas de herdabilidade variaram de 0,11 a 0,33 para produção de leite ao longo da lactação, de 0,33 a 0,36 para a produção de leite até 305 dias e de 0,00 a 0,32 para persistência na lactação. As correlações genéticas entre persistência e produção de leite até 305 dias diferiram com o modelo e a medida de persistência. A utilização da função de Wilmink, comparada aos polinômios de Legendre, proporcionou mudanças expressivas na ordem dos animais quando classificados para persistência na lactação. Resumo em inglês Records of 11,023 first-parity Holstein cows belonging to 251 herds in the State of Minas Gerais were used to compare the Legendre polynomials and Wilmink function in random regression models (RRM) as for their effects in the estimate of genetic parameters and prediction of breeding values for nine types of persistency measurements and 305-day milk yield. The random regression test day models included the effect of herd-year-month test day, parameters of the function of W (mais) ilmink or 3th to 5th order Legendre polynomials to model fixed curves of the subclasses and 3th to 5th order Legendre polynomials to model genetic and permanent environmental effects. The Akaike’s Information Criterion (AIC) and Bayesian Information Criterion (BIC) indicated the model with larger number of parameters as the one that best fitted the data of milk yield. Using the Legrendre polynomial model large variation was observed in the estimates heritabilities for most of the persistency measures. The estimates herdabilities varied from 0.11 to 0.33 to milk yield throughout the lactation, from 0.33 to 0.36 for the 305-day milk yield and, from 0.00 to 0.32 for persistency. Genetic correlations between persistency and 305-day milk yield differed according to the model and persistency measure. Compared the Legendre polynomials to the Wilmink function provided expressive changes in rank of animals for persistency of lactation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Desempenho e digestibilidade dos nutrientes de rações com casca do grão de soja em substituição ao milho para cabras Saanen em lactação e no pré-parto/ Performance and nutrients digestibility of rations with soybean hulls as a corn ground replacement for Saanen goats, in prepartum and lactation

Zambom, Maximiliane Alavarse; Alcalde, Claudete Regina; Silva, Karina Toledo da; Macedo, Francisco de Assis Fonseca de; Ramos, Carlos Eduardo Crispim Oliveira; Passianoto, Gabriella de Oliveira
2008-07-01

Resumo em português Objetivou-se com este experimento avaliar o desempenho produtivo, a digestibilidade da matéria seca e dos nutrientes e a composição do leite de cabras Saanen alimentadas com rações contendo casca do grão de soja (CGS) em substituição ao milho (0, 50 ou 100%CGS) no período da lactação até o pré-parto (30 dias). Foram utilizadas 18 cabras (75,70 ± 10,59 kg) em delineamento inteiramente casualizado. As dietas apresentaram em média 14,82% PB e 2,28 Mcal de EM/k (mais) g MS ingerida. Os animais foram mantidos confinados em baias individuais com controle diário da ração ingerida e da produção de leite. No 150º dia de lactação, e também no 20º dia anterior à data prevista para o parto, iniciou-se a coleta de fezes para determinação da digestibilidade da ração e dos nutrientes. Mensalmente, foram coletadas amostras de leite para análise dos principais constituintes. Os níveis de CGS não influenciaram o peso corporal (PC), as ingestões de matéria seca (IMS) e matéria orgânica (IMO), a digestibilidade de matéria seca (DMS), matéria orgânica (DMO) e proteína bruta (DPB) para produção de leite, a eficiência de produção de leite e a composição do leite no período de lactação. Também não afetaram o PC e as digestibilidades de MS e MO no período pré-parto. Os níveis de CGC influenciaram as ingestões de proteína bruta e fibra em detergente neutro e a digestibilidade da fibra em detergente neutro nos dois períodos avaliados. No período pré-parto, os maiores resultados para ingestão de MS e MO, digestibilidade da PB e nitrogênio uréico no plasma foram obtidos no nível de 100%CGS. A utilização de casca do grão de soja em substituição ao milho moído na alimentação de cabras Saanen em lactação não altera o desempenho produtivo e a composição do leite. Resumo em inglês This experiment was carried out to evaluate productive performance, dry matter and nutrient digestibility, and milk composition of Saanen goats fed rations with soybean hulls (SBH) as a corn ground replacement (0, 50 and 100%SBH), during lactation until prepartum (30 days). Eighteen goats were used (75.70 ± 10.59 kg) in a completely randomized design. The rations presented 14.82% CP and 2.28 Mcal ME/kg DM intake. The animals were confined in individual pens, with daily c (mais) ontrol of ration intake and milk production. At the 150th lactation day and also 20 th days before kidding, fecal sampling started to be collected to determine ration and nutrient digestibilities. Monthly, milk samples were collected to analyses the main constituents. The levels of SBH did not affect body weight (BW), dry matter (DMI) and organic matter (OMI) intake, dry matter (DMD), organic matter (OMD) and crude protein (CPD) digestibility for milk production, milk production efficiency and milk composition during lactation; likewise for BW and digestibilities of DM and OM in prepartum period. The SBH influenced the intakes of crude protein, neutral detergent fiber and digestibility of neutral detergent fiber in the two evaluated periods. In prepartum period, the greatest results for DM and OM intakes , digestibility of CP and plasma urea nitrogen were obtained with the level of 100%SBH. Soybean hulls can be used as a corn ground replacement in rations for lactating Saanen goats without changes in productive performance and milk composition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Condição corporal e desempenho produtivo de cabras Alpinas no início de lactação/ Body condition and productive performance of Alpine goat in early lactation

Barbosa, Larissa Pires; Rodrigues, Marcelo Teixeira; Guimarães, José Domingos; Maffili, Vitor Valério; Amorim, Lincoln da Silva; Garcez Neto, Américo Fróes
2009-11-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a influência da condição corporal ao parto sobre os parâmetros produtivos de cabras Alpinas no início da lactação. Sessenta e oito cabras foram distribuídas em três grupos, de acordo com o escore de condição corporal (baixo, entre 1,00 e 2,75; intermediário, entre 2,75 e 3,50; e alto, entre 3,50 e 5,00) e avaliadas do parto até a oitava semana de lactação. Realizaram-se o controle diário do consumo alimentar e da produção leiteira e (mais) avaliações semanais de peso corporal, escore da condição corporal e composição do leite. Os animais com escore corporal alto apresentaram menor consumo de matéria seca, fibra em detergente neutro e proteína bruta em comparação àqueles com escores corporais baixo e intermediário. O período médio de recuperação do consumo de matéria seca dos animais das três condições corporais foi de 16 dias (2,3 semanas) do pós-parto, com estabilização até o final do experimento. Na sexta semana de lactação, o peso corporal dos animais com escore corporal baixo se igualou ao daqueles com escore corporal intermediário. Não houve efeito da condição corporal ao parto nas variações de ECC e da produção leiteira ao longo do período. O teor de gordura do leite dos animais com escore corporal alto foi menor nas duas primeiras semanas pós-parto em comparação ao dos animais com escores corporais baixo e intermediário. Elevada condição corporal ao parto influencia negativamente o consumo voluntário de cabras leiteiras no início da lactação, mas quando se utiliza dieta de alta qualidade e com altos níveis de energia, a influência da condição corporal ao parto inexiste para variações de peso, de escore da condição corporal e produção leiteira dos animais. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the influence of body condition at birth on Alpine goat productive parameters in early lactation. Sixty-eight females were assigned to three groups according to the body condition score (BCS) - low (1.00 - 2.75); intermediate (2.75 - 3.50) and high (3.50 - 5.00) and evaluated from kidding to the eighth week of lactation. The feed intake and milk production were recorded on a daily basis and the body weight, body condition score (mais) and milk composition at weekly intervals. Animals with a high body condition score presented lower dry matter intake, neutral detergent fiber and crude protein compared to those with low and intermediate body condition scores. The average time for dry matter intake recovery of the animals with the three body condition scores was 16 days (2.3 weeks) postpartum, and stabilization by the end of the experiment. In the sixth week of lactation, animals with low body condition score had the same body weight of animals with intermediate body condition score. There was no effect of the body condition at birth on the body condition score changes and milk production during the experiment. The milk fat content of animals with high body condition score was lower in the first two weeks postpartum compared to animals with low and intermediate body condition score. The high body condition at birth influences negatively the ad libtum intake of dairy goats in the early lactation, but when it is used feed of high quality with high energy levels, the influence of the body condition at birth is nil to variations in weight, BCS and milk production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Condição corporal ao parto e perfil metabólico de cabras alpinas no início da lactação/ Body condition and metabolic profile of Alpine goats at the onset of lactation

Barbosa, Larissa Pires; Rodrigues, Marcelo Teixeira; Guimarães, José Domingos; Maffili, Vitor Valério; Amorim, Lincoln da Silva; Garcez Neto, Américo Fróes
2009-10-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a influência da condição corporal ao parto sobre alguns metabólitos sanguíneos em cabras no início da lactação. As cabras (68 no total) foram distribuídas em três grupos de acordo com o escore da condição corporal (ECC) ao parto: entre 1,00 e 2,75 (animais magros); entre 2,75 e 3,50 (condição corporal intermediária); e entre 3,50 e 5,00 (animais gordos). O experimento foi realizado nos primeiros 60 dias de lactação e as coletas de san (mais) gue, após o parto e semanalmente até a oitava semana de lactação. Foram feitas análises para determinação das concentrações de ácidos graxos não-esterificados (AGNE), beta-hidroxibutirato (BHBA), glicose, colesterol total e lipoproteína de alta densidade (HDL). As concentrações plasmáticas dos metabólitos não diferiram entre os grupos. As concentrações de AGNE, nos animais dos três grupos, ao parto e nas oito primeiras semanas de lactação, foram de 658,46 e 232,90 mg/dL, respectivamente, e os valores de BHBA ao parto, de 10,31 ± 3,0 mg/dL para os animais magros; 6,88 ± 0,9 mg/dL para os intermediários; e 4,21 ± 0,8 mg/dL para os animais gordos. Os valores de glicose ao parto foram de 112,54 ± 15,4 mg/dL para os animais magros; 90,93 ± 13,5 mg/dL para os animais intermediários; e 132,47 ± 26,7 mg/dL para os animais gordos. Os valores médios de colesterol total e de HDL nas oito primeiras semanas pós-parto foram de 109,01 ± 2,5 e 54,9 ± 1,39 mg/dL para os animais magros; 83,0 ± 21,7 e 56,0 ± 1,30 mg/dL para os intermediários; e 84,3 23,9 e 54,5 ± 1,93 mg/dL para os gordos. As alterações no metabolismo energético de cabras leiteiras de média produção diminuem, independentemente da condição corporal ao parto, quando fornecida dieta de alta qualidade e com altos níveis de energia. Resumo em inglês An experiment was carried out to study the influence of the body condition score at birth on blood metabolites of goats in early lactation. Sixty-eight goats were placed in three groups according to the body condition score (BCS) at parturition: from 1.00 to 2.75 (thin animals); 2.75 and 3.50 (intermediate body condition) and from 3.50 to 5.00 (fat animals). The experimental was carried out in the first sixty days of lactation and blood sampling started after parturition (mais) at weekly intervals up to the eighth week of lactation. Analyses were made of the non-esterified fat acids (NEFA), beta-hydroxibutirate (BHBA), glucose, total cholesterol and high density lipoprotein (HDL). The plasma concentrations of the metabolites did not differ among the groups. The NEFA concentrations in the animals in the three groups at birth and in the first eight weeks of lactation were 658.46 and 232.90 mg/dL, respectively and the values of BHBA at birth were 10.31 ± 3.0 mg/dL for the thin animals, 6.88 ± 0.9 mg/dL for the intermediate animals and 4.21 ± 0.8 mg/dL for the fat animals. The glucose values at birth were 112.54 ± 15.4 mg/dL for the thin animals, 90.93 ± 13.5 mg/dL for the intermediate animals and 132.47 ± 26.7 mg/dL for the fat animals. The average of total cholesterol and HDL in the first eight weeks after birth were 109.01 ± 2.5; and 54.9 ± 1.39 mg/dL for the thin animals, 83.0 ± 21.7 and 56.0 ± 1.30 mg/dL for the intermediate animals and 84.3 ± 23.9 and 54.5 ± 1.93 mg/dL for the fat animals. The changes in the energy metabolism of dairy goats with medium production decreased, regardless of the body condition at birth, when supplied with high quality feed with high energy levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Mastite subclínica causada por Staphylococcus aureus: custo-benefício da antibioticoterapia de vacas em lactação/ Subclinical mastitis caused by Staphylococcus aureus: cost benefit analysis of antibiotic therapy in lactating cows

Zafalon, L.F.; Nader Filho, A.; Oliveira, J.V.; Resende, F.D.
2007-06-01

Resumo em português Avaliou-se a relação custo-benefício do tratamento da mastite subclínica bovina causada por Staphylococcus aureus. Foram selecionados 270 quartos mamários com mastite subclínica e sadios, divididos em quatro grupos de acordo com o estádio de lactação e o tratamento. O grupo 1 foi formado por animais entre 10 e 60 dias da lactação e tratados contra mastites; o grupo 2 incluiu animais entre 61 dias da lactação e dois meses antes da secagem e tratados contra mas (mais) tite; o grupo 3 foi formado por animais entre 10 e 60 dias da lactação, não tratados contra mastite; e o grupo 4 foi formado por animais entre 61 dias em lactação e dois meses antes da secagem, não tratados. O tratamento foi realizado pela infusão intramamária de 150mg de gentamicina, uma vez ao dia. A reavaliação foi efetuada após 30 dias. Para os cálculos dos custos com o tratamento, foram considerados uma prevalência de S. aureus de 5% e os gastos com medicamento, descarte do leite, antibiograma e mão-de-obra. Observou-se redução de 2% e 14% das receitas nos grupos 1 e 2, respectivamente, quando comparada com as receitas obtidas antes do tratamento, demonstrando ser economicamente inviável o tratamento da mastite subclínica bovina causada por S. aureus, durante a lactação. Resumo em inglês Economic evaluation of the treatment bovine subclinical mastitis caused by S. aureus was evaluated. Two hundred and seventy udder quarters with or without subclinical mastitis were distributed into four groups, in conformity to lactational stage and treatments. Group 1 included animals treated between 10 and 60 days of lactation; group 2 included animals treated from 61 days of lactation to two months before drying; group 3 included animals no treated between 10 and 60 da (mais) ys of lactation; group 4 included animals no treated from 61 days of lactation to two months before drying. Treatment with gentamicin (150mg) was accomplished by intramammary doses, once a day, after performing sensitivity tests. The mammary quarters were re-evaluated after 30 days. The costs with the treatment were calculated considering a S. aureus prevalence of 5% as well as expenses with antibiotic, milk disposal, tests of drug sensitivity and workload. There was loss of income of 2% and 14% in the groups 1 and 2, respectively, when compared with the values before the treatment. In such case, the treatment of bovine subclinical mastitis caused by S. aureus in the lactation was economically unviable.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Suplementação de lipídeos de diferentes fontes em dietas para vacas Jersey na fase inicial de lactação/ Fat supplementation from different sources in the diet of Jersey cows in the initial lactation stage

Costa, Patrícia Barcellos; Stumpf Júnior, Waldyr; Nörnberg, José Laerte; Fischer, Vivian; Queiroz, Augusto César de; Mello, Renius
2007-08-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação de lipídeos como sais de cálcio de óleo de palma (GP), farelo de arroz integral + óleo de arroz (FAIO) ou farelo de arroz integral + sebo bovino (FAIS) sobre o consumo de MS, a eficiência produtiva e o balanço energético de vacas leiteiras no terço inicial da lactação. A dieta controle continha 2,9% EE, enquanto as dietas GP, FAIO e FAIS continham, respectivamente, 5,13; 5,29 e 5,16% EE. Foram utilizadas oito va (mais) cas Jersey, puras de origem, de 2ª e 3ª ordens de lactação, aos 70 dias de lactação, com média de 420 kg PV e escore corporal de 3,5 a 4. O delineamento experimental utilizado foi o quadrado latino 4 x 4 duplo, com oito animais, quatro dietas e quatro períodos experimentais de 21 dias (14 dias para adaptação e sete para coleta de amostras para as análises químicas do leite e dos alimentos). A produção de leite corrigida para 3,5% de gordura (PLC3,5%) foi maior com a suplementação de lipídeos à dieta. Não houve efeito da suplementação sobre o consumo de MS. A suplementação de lipídeos resultou em maior eficiência produtiva, expressa como PLC3,5% em relação ao peso metabólico. Independentemente da fonte de lipídeo, não houve efeito das dietas sobre a PLC3,5%, o consumo de MS e a eficiência produtiva. O uso de diferentes fontes de lipídeos em dietas para vacas leiteiras de alta produção pode ser viável, pois sua inclusão na dieta promoveu aumento na produção leiteira sem alterar o consumo de alimentos. Resumo em inglês The objective of this research was to evaluate the effects of fat supplementations as calcium salts of palm oil (PF), whole rice bran + rice oil (WRBO) and whole rice bran + bovine tallow (WRBT) on dry matter intake, productive efficiency and energy balance of dairy cows in the beginning of the first third period of lactation. Control diet contained 2.9% EE, while the diets GP, FAIO and FAIS contained 5.13; 5.29 and 5.16% EE, respectively. Pure bred Jersey cows of 2nd and (mais) 3rd lactation were used, with 70 days in milk, average weight of 420 kg and body condition of 3.5 to 4. A replicated 4 x 4 Latin square experimental design was used, with eight cows, four diets and four experimental periods. Each experimental period consisted of 21 days (14 days for adaptation and 7 for sample collection for the chemical analysis of milk and feeds. Milk production of 3.5% fat corrected milk (FCM 3.5%) was higher with the fat supplementation to the diet. There was no difference in dry matter intake. Fat supplementation showed better results for productive efficiency expressed as FCM3.5% in function of metabolic weight. Independently of lipid source, there was not effect of the diets on PLC3.5%, dry matter intake and productive efficiency, expressed as PLC3.5% in function of the metabolic weight. The addition of different fat sources to high production dairy cows diets could be viable, because its addition to the diet improved milk yield without alter feed intake.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Teores de cloretos, lactose e índice cloretos/lactose na secreção láctea de bovinos da raça Jersey no primeiro mês da lactação/ Chloride and lactose contents and chloride/lactose ratio in milk from Jersey cows in the first month of lactation

Raimondo, R.F.S.; Birgel, D.B.; Saut, J.P.E.; Komninou, E.R.; Birgel Junior, E.H.
2009-02-01

Resumo em português Avaliou-se a influência do período colostral nos teores lácteos de cloretos, lactose e do índice cloretos/lactose. Foram colhidas 418 amostras de leite provenientes de glândulas mamárias sadias, e que não apresentavam crescimento bacteriano ao exame microbiológico, de 127 vacas da raça Jersey. As amostras foram distribuídas em oito grupos: 0 ┤1/2 dia; 1/2 ┤1 dia; 1 ┤2 dias; 2 ┤3 dias; 3 ┤5 dias; 5 ┤7 dias; 7 ┤15 dias; 15 (mais) ┤30 dias em lactação. Nas amostras, colhidas antes da ordenha, foram determinados os valores de cloretos, por titulação colorimétrica, e de lactose, por radiação infravermelho, e calculou-se o índice cloretos/lactose. Nas primeiras 24 horas da lactação, observou-se abrupta diminuição no teor lácteo de cloretos e do índice cloretos/lactose, associada com o aumento no teor lácteo de lactose. A transição da secreção de colostro para leite em relação ao teor de cloretos e lactose e ao índice cloretos/lactose na secreção láctea ocorreu na primeira semana da lactação, a partir do terceiro dia da lactação para o valor de cloretos e para a relação cloretos/lactose e a partir do quarto dia da lactação para o teor de lactose. Recomenda-se, nas primeiras 24 horas da lactação, a adoção dos seguintes limites de normalidade: cloretos, 3,94g/dL e índice cloretos/lactose, 4,03g/dL e índice cloretos/lactose Resumo em inglês In order to assess the influence of the colostral period on chloride and lactose levels and on the chloride/lactose ratio, 419 milk samples from 127 Jersey cows were analyzed. The samples were collected from healthy udders that did not present any bacterial growth in the microbiological examination. Cows were distributed into eight groups as follows: 0 ┤1/2 day; 1/2 ┤1 day; 1 ┤2 days; 2 ┤3 days; 3 ┤5 days; 5 ┤7 days; 7 ┤15 days; 1 (mais) 5 ┤30 days of lactation. The samples were collected before milking to analyze the levels of chloride by colorimetric titration, lactose by infrared radiation, and to determine the chloride/lactose ratio. In the first 24 hours after partition, there was an abrupt reduction in chloride levels as well in chloride/ lactose ratio, associated with an increase in lactose levels. It was observed that the transition of the secretion from colostrum to milk, regarding chloride and lactose levels and chloride/lactose ratio occurred during the first week of lactation: from the 3rd day of lactation for chloride and chloride/lactose ratio and from 4th for the lactose levels. It is recommended the use the following thresholds as normal ranges for the first 24 hours of lactation: chloride 3.94g/dL, and chloride/lactose ratio 4.03g/dL and chloride/lactose ratio

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Efeitos da administração de monensina por meio de cápsulas de liberação controlada no desempenho de vacas Holandesas no início da lactação/ Effects of administration controlled released monensin capsules on performance of Holstein cows in the beginning of lactation

Conti, Renata Maria Consentino; Salles, Márcia Saladini Vieira; Schalch, Edison
2008-05-01

Resumo em português Com o objetivo de estudar o efeito da monensina sobre a produção e composição de leite, a contagem de células somáticas, a condição corporal e os parâmetros sangüíneos e reprodutivos de vacas da raça Holandesa de alta produção no início de lactação, foram utilizadas 44 vacas com produção diária de 33,44 ± 4,93 litros de leite, em delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos: um controle (C) e outro com cápsulas de liberação con (mais) trolada de monensina com eficácia de 100 dias (300 mg/vaca/dia). A administração individual de monensina foi realizada 30 dias antes da data provável do parto. A monensina não alterou a produção, a composição do leite e a contagem de células somáticas do leite nem a condição corporal e a concentração de glicose e BHBA (beta-hidroxibutirato) no soro das vacas, no entanto, diminuiu a concentração de AGNE (ácidos graxos não-esterificados) no soro das vacas com 60 dias de lactação. O período de serviço e o número de serviços por concepção não diferiram entre os tratamentos, porém, a administração de monensina diminuiu o número de animais que apresentaram retenção de placenta e laminite. A administração de monensina para vacas Holandesas de alta produção no início de lactação não modifica a produção e a composição do leite, contudo, diminui a concentração de AGNE 60 dias após o parto e a incidência de laminite e retenção de placenta nas vacas no pós-parto. Resumo em inglês The objective was to study the effect of the monensin on milk yield and milk composition, somatic cell count, body condition score, serum parameters and reproductive aspects high producing Holstein cows in early lactation. Fourty-four cows with daily milk yield of the 33.44 ± 4.93 liter of milk were assigned to a completely randomized design with two treatments: control (C) and other with controlled released monesin capsule with eficacy of 100 days (300 mg/cow/day) (mais) . The individual administration of the monensin capsule was made 30 day before the probable calving time. Monensin did not affect the milk yield and milk composition, somatic cell count, body condition score and glucose and BHBA (beta-hidroxibutirate) concentration in the cow blood serum. However, decreased concentration of NEFA (Non esterified fatty acid) in blood serum of cow with 60 days in milk. Service period and number of services per conception was not affected by treatments, however, the administration monensin decreased the number of the cows that showed retained placenta and laminitis. The administration monensin for high producing Holstein cows in early lactation did not change the milk production and composition. However, decrease the concentration of NEFA 60 days post calving and the incidence of laminitis and retained placenta in the post calving cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Condicionamento físico aeróbio moderado promove redução no rápido ganho de peso de ratos adultos desnutridos nos períodos de gestação e lactação/ Moderate aerobic physical conditioning reduces the fast weight gain of adult rats malnourished during pregnancy and lactation

Araújo, Tâmara Nunes de; Queiroz, Lícia Vasconcelos Carvalho de; Lira, Kamilla Dinah Santos de; Franca, Tiago José Bezerra de Mello; Moraes, Silvia Regina Arruda de
2010-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Foram avaliados os efeitos do condicionamento físico aeróbio moderado sobre o peso corporal e o ganho de peso de animais submetidos à desnutrição na gestação e lactação e alimentados com dieta normoprotéica após o desmame. MÉTODOS: Ratos machos Wistar foram gerados e amamentados por nutrizes alimentadas com dieta normoprotéica (caseína 17%) e dieta hipoprotéica (caseína 8%), formando os grupos Nutridos (n=18) e Desnutridos (n=17) inicialmente e, (mais) após o desmame, foram alimentados com dieta normoprotéica padrão do biotério (Labina®, Purina). Aos 60 dias de vida, os animais foram subdivididos em quatro grupos: Nutrido Sedentário (n=9), Nutrido Condicionado (n=7), Desnutrido na Gestação e Lactação Sedentário (n=8) e Desnutrido na Gestação e Lactação Condicionado (n=9). O condicionamento físico aeróbio moderado foi realizado em esteira elétrica durante 8 semanas, 5 dias/ semana, 60min/dia e os animais sofreram eutanásia após o término do protocolo. Realizaram-se as análises do peso corporal (g) e do ganho de peso corporal (%). RESULTADOS: Observou-se menor peso corporal nos grupos Desnutrido na Gestação e Lactação Sedentário (247,00: 134,00 - 335,00) e Desnutrido na Gestação e Lactação Condicionado (245,00: 166,00 - 324,50) comparados respectivamente, aos grupos Nutrido Sedentário (303,75: 176,00 - 372,00) e Nutrido Condicionado (290,25: 190,00 - 372,00) (p Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to assess the effects of moderate aerobic physical conditioning on the body weight and weight gain of rats whose mothers were fed a low protein diet during gestation and lactation. METHODS: Male Wistar rats were bred from dams fed a normal- (17% casein) or low-protein (8% casein) diet, constituting the initial nourished (n=18) and malnourished (n=17) groups. After weaning, they were fed the standard diet of the laboratory, with n (mais) ormal protein content (Labina®, Purina). At the age of 60 days, the animals were divided into four groups: inactive and well nourished (n=9), active and well nourished (n=7), inactive and malnourished from conception until weaning (n=8) and active and malnourished from conception until weaning (n=9). Moderate aerobic physical conditioning was done on a treadmill for 8 weeks, 5 days per week, 60 minutes per day. All animals were killed after this training period. Body weight (g) and weight gain (%) were analyzed. RESULTS: Lower body weights were seen in animals that were inactive and malnourished from conception until weaning (247.00: 134.00 - 335.00) and active and malnourished from conception until weaning (245.00: 166.00 - 324.50) when compared with the animals that were inactive and well nourished (303.75: 176.00 - 372.00) and active and well nourished (290.25: 190.00 - 372.00) (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Efeito de dois regimes de suplementação alimentar e dois sistemas de produção, nos constituintes sangüíneos de cabras Saanen durante a lactação/ Effect of two regimes of alimentary supplementation and two systems of production on blood traits of dairy goats bred

Nunes, Adriana Sampaio; Barbosa, Orlando Rus; Sakaguti, Eduardo Shiguero; Sakuno, Marlene Leiko Doi; Araujo, Maria de Fátima T. E. de; Silva, Cilene Pereira da
2002-06-01

Resumo em português Foram analisados os constituintes sangüíneos de oito cabras leiteiras cruza Saanen lactantes, entre novembro (1997) e maio (1998), submetidas a dois sistemas de produção ¾ pastagem (S1) e semiconfinamento (S2) ¾ e dois regimes alimentares: 30% das exigências em energia líquida ao longo de toda a lactação (R1) e 60% das exigências diárias em energia líquida da 3ª a 13ª semana de lactação e 15% d (mais) as exigências em energia líquida da 14ª semana até o final da lactação (R2). Amostras de sangue foram coletadas quinzenalmente de dois animais de cada tratamento para a análise de glicose (Gl), hemoglobina (Hb) e hematócrito (Ht). Não foram encontradas diferenças na concentração de GL e Hb e no hematócrito, nos diferentes regimes alimentares. Os animais do sistema de produção S1 apresentaram maiores valores de Hb (7,60 g/100 mL) e Ht (22,42%) em relação aos animais do sistema de produção S2 (Hb = 6,05 g/100 mL e Ht = 17,71%), não havendo diferença entre os dois sistemas de produção em relação à Gl. Resumo em inglês Three blood constituents in eight crossbred Saanen goats bred in two systems ¾ pasture (S1) and semi-confinement (S2) ¾ were analyzed. The animals were fed two different diets: 30% of the dairy requirements of net energy supplied by concentrate during all the lactation (R1), and 60% of the requirements from 3rd to 13th week of lactation and 15% from 14th until the end of lactation (R2). Blood samples were tak (mais) en to evaluate glucose (Gl), hemoglobin (Hb), and hematocrit (Ht) levels. The results showed that none of these traits were affected by the feeding systems. Animals in the S1 production system presented higher values of Hb (7,60 g/100 mL) and Ht (22,42%) than those of S2 animals (Hb = 6,05 g/100 mL and Ht = 17,71%). No significant difference was observed between the two production systems for Gl.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Parâmetros genéticos para produções de leite e gordura nas três primeiras lactações de vacas Holandesas/ Genetic parameters of milk and fat yields of Holstein cows in the three first lactations

Freitas, Ary Ferreira de; Durães, Marcus Cordeiro; Valente, José; Teixeira, Nilson Milagres; Martinez, Mário Luiz; Magalhães Junior, Márcio Nery
2001-06-01

Resumo em português Foram analisadas 9527 lactações de vacas puras de origem (PO) da raça Holandesa, iniciadas entre 1988 e 1997, em rebanhos no Estado de Minas Gerais. Estabeleceram-se dois conjuntos de dados: um com as vacas de primeira lactação (Conjunto I) e outro com as vacas de primeira até a terceira lactação (Conjunto II). Para as análises das produções de leite e gordura até 305 dias, adotaram-se modelos mistos com a metodologia da máxima verossimilhança restrita (REML (mais) ). As médias para produções de leite e gordura, até 305 dias de lactação, foram 5870 ± 1662 kg e 199 ± 55 kg, respectivamente, para o conjunto I. Para o conjunto II, essas médias, na mesma ordem, foram 5521 ± 1523 kg e 187 ± 50 kg, na primeira lactação; 6421 ± 1789 kg e 215 ± 58 kg, na segunda lactação e 7045 ± 1903 kg e 231 ± 60 kg, na terceira lactação. As estimativas de herdabilidade para produções de leite e gordura foram 0,28 ± 0,04 e 0,20 ± 0,03, respectivamente, para o conjunto I. Para o conjunto II, foram 0,16 ± 0,09 e 0,09 ± 0,09, na primeira; 0,17 ± 0,11 e 0,20 ± 0,11 na segunda e 0,16 ± 0,10 e 0,10 ± 0,16 na terceira lactação, para produções de leite e gordura, respectivamente. As correlações genéticas entre as características estudadas foram altas, variando de 0,86 a 1,00. Resumo em inglês In this study 9,527 lactations of purebreed Holstein cows, calved between 1988 to 1997, from herds in the Minas Gerais State, were analysed. Two data sets were established: one with first lactations only and another with the first lactation until the third one. Milk and fat 305-day yields were analysed using a multivariate mixed model and restricted maximum likelihood procedure (REML). The milk and fat 305 days yields averages were respectively 5,870 ± 1,662 kg and 199 � (mais) � 55 kg for set I and 5,521 ± 1,523 kg and 187 ± 50 kg for set II in the first lactation, and 6,421 ± 1,789 kg and 215 ± 58 kg for the second lactation, and 7,045 ± 1,903 kg and 231 ± 60 kg for the third lactation, respectively. Heritabilities estimated for milk and fat yields in set I (first lactation) were .28 ± .04 and .20 ± .03 and using the set II, were .16 ± .09 e .9 ± .9 for milk and fat yields in the first lactation, .17 ± .11 and .20 ± .11 for second one, and .16 ± .10 and .10 ± .16 in third lactation, respectively. Genetic correlations were high and ranged from .86 to 1.0.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Estimação de parâmetros genéticos para características produtivas em búfalos na Amazônia Oriental/ Estimation of genetic parameters of dairy buffaloes productive characteristics Eastern Amazon

Rodrigues, A.E.; Marques, J.R.F.; Araújo, C.V.; Camargo Júnior, R.N.C.; Dias, L.N.S.
2010-06-01

Resumo em português Dados de 1.182 registros de produção de fêmeas bubalinas da raça Murrah e seus mestiços, parindo no período de 1967 a 2005, foram utilizados para estimação de parâmetros genéticos utilizando-se o método de máxima verossimilhança restrita. O modelo animal utilizado para estimação de componentes de variância incluiu os efeitos fixos de rebanho, ano e época de parto, ordem de parto e duração da lactação e os efeitos aleatórios do animal, e ambiente perm (mais) anente e temporário. As estimativas de herdabilidade foram 0,25, 0,18, 0,08 e 0,09, para produção de leite, produção de gordura, duração da lactação e produção de leite por dia de intervalo de parto, respectivamente. As estimativas de repetibilidade foram 0,33, 0,29 e 0,10 para produção de leite, produção de gordura e duração da lactação, respectivamente. As correlações genéticas entre produções de leite e gordura, produção de leite com duração da lactação, produção de leite com produção de leite por dia de intervalo de partos, produção da gordura com duração da lactação, produção de gordura com produção de leite por dia de intervalo de partos e duração da lactação com produção de leite por dia de intervalo de partos foram 0,93; 0,76; 0,99; 0,89; 0,87 e -0,27, respectivamente. Os resultados demonstram que ganhos genéticos podem ser obtidos pela seleção das produções de leite e gordura. Resumo em inglês Data from 1,182 records of Murrah females buffaloes and their crossbreds, calving from 1967 to 2005, were used to estimate genetic parameters by maximum restricted likelihood method. An animal model used to estimate variance components, included the fixed effects of herds, year and season of calving, order of parity, and length of lactation as covariables; and random effects of animal, permanent, and temporary environment. The estimate of heritability to milk yield, fat y (mais) ield, length of lactation, and milk yield per day of calving interval were 0.25, 0.18, 0.08, and 0.09 respectively. Estimate of repeatability for milk yield, fat yield, and length of lactation were 0.33, 0.29, and 0.10, respectively. The genetic correlations between milk yield and fat yield, milk yield and length of lactation, milk yield and milk yield per day of calving interval, fat yield and length of lactation, fat yield and milk yield per day of calving interval, and length of lactation and milk yield per day of calving interval were 0.93, 0.76, 0.99, 0.89, 0.87, and -0.27, respectively. These results showed that genetic gains may be obtained by selecting to milk and fat yields.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Avaliação genética de caprinos da raça Alpina utilizando-se a produção de leite no dia do controle/ Genetic evaluation of Alpine goats using test day milk yield

Sarmento, José Lindenberg Rocha; Reis Filho, João Cruz; Albuquerque, Lucia Galvão de; Lopes, Paulo Sávio; Rodrigues, Marcelo Teixeira
2006-04-01

Resumo em português Com os objetivos de estimar os parâmetros genéticos e predizer os valores genéticos para produção de leite no dia do controle (PLDC) e para produção acumulada (PAC), utilizaram-se dados de 356 cabras da raça Alpina, com 825 lactações e 26.389 controles semanais efetuados entre os anos de 1997 e 2004. A PLDC foi analisada considerando-se o efeito fixo de grupo contemporâneo (ano-mês de controle), a idade da cabra ao parto, como covariável, e os efeitos aleató (mais) rios genético aditivo e de ambiente permanente. Para PAC, o modelo incluiu os mesmos efeitos aleatórios, o efeito fixo de grupo contemporâneo (ano-mês de parto) e as covariáveis idade da cabra ao parto e duração da lactação. Em geral, as herdabilidades estimadas foram de maiores magnitudes na primeira lactação, nos controles intermediários, indicando possibilidade de resposta à seleção. As correlações de ordem entre os valores genéticos para a produção até 305 dias de lactação e as PLDC intermediárias foram maiores que as do início e do final da lactação. Apesar de a correlação de ordem ter sido alta, houve alterações na classificação dos reprodutores para produção até 305 dias de lactação quando a seleção foi praticada com base na PLDC aos 90 dias. A seleção pela PLDC e PAC no meio da lactação pode ser indicada como critério de seleção, em substituição à produção até 305 dias. Resumo em inglês Data consisting of 26,389 individual test day milk yield from 825 lactations of 356 Parda Alpina goats, recorded from 1997 to 2004, were used to estimate genetic parameters and to predict breeding values for test day (PLDC) and accumulated (PAC) milk yields. The model for PLDC included the fixed effects of contemporary group (year-month of test), age of dam at kidding as covariate, and additive genetic, permanent environment and residual random effects. The model for PAC (mais) included the same random effects used for PLDC and the fixed effects of contemporary group (year-month of kidding) and the covariates age of dam at kidding and lactation length. Larger heritability estimates for milk yield in the intermediary test days indicate possibility of selection response. Rank correlation between breeding values for milk yield up to 305 days and intermediary PLDC were larger than those on early and late lactation. Despite the high rank correlation, changes in ranking of bucks for milk yield up to 305 days were observed when selection was based on PLDC at 90 days. Selection based on PLDC and PAC in middle lactation may be used as a selection criterion in substitution for milk yield up to 305 days.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Produção de leite e desempenho dos bezerros de vacas Nelore e mestiças/ Milk production and performance of calves from Nellore and crossbred cows

Oliveira, Vítor Corrêa de; Fontes, Carlos Augusto de Alencar; Siqueira, João Gomes de; Fernandes, Alberto Magno; Sant´Ana, Nivaldo de Faria; Chambela Neto, Alberto
2007-12-01

Resumo em português O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar as curvas de lactação de vacas Nelore e mestiças F1 Limousin-Nelore (LN) e Simental-Nelore (SN) e o desempenho de suas progênies. Foram utilizadas 13 vacas de cada grupo genético, com 5 a 9 anos de idade, e as suas respectivas crias. A partir do 15º dia após o parto até a desmama dos bezerros (210 dias), as vacas foram mantidas com suas crias em baias individuais. No arraçoamento procurou-se atender 100% das exig (mais) ências de mantença e lactação das vacas; a mesma ração foi fornecida aos bezerros a partir dos 90 dias de idade visando atender no máximo 30% de suas exigências nutricionais. A ração foi formulada com 30% de concentrado e 70% de silagem, na MS. A produção de leite das vacas foi determinada mensalmente pelo método da diferença de peso dos bezerros. Por meio de um modelo não-linear, estimaram-se o tempo necessário para as vacas atingirem o pico de lactação, a produção no pico, a persistência de produção de leite e as produções total e média diária. As vacas Nelore tiveram, em comparação às mestiças, menores produções no pico de lactação, total e média diária, mas apresentaram maior persistência de lactação. As produções no pico de lactação, total e média diária, nas vacas SN foram maiores que nas vacas LN, no entanto, não houve diferença entre esses grupos quanto à persistência de lactação. Os bezerros das vacas Nelore apresentaram menores ao nascer e à desmama e ganharam menos peso no período de aleitamento em comparação aos de vacas mestiças, que não diferiram entre si. Vacas mestiças têm maior habilidade materna que vacas Nelore. Resumo em inglês The research was carried out to evaluate the lactation curves of Nellore and Crossbred F1 Limousin-Nellore (LN) and Simmental-Nellore (SN) cows and the performance of the progeny. Thirteen cows from each breed group, with age ranging from 5 to 9 years, and the respective calves were used. From 15 days after calving until weaning of the calves (210 days), the cows and calves were kept in individual pens. The nutritional requirements of the cows for maintenance and lactatio (mais) n were met. The same ration was offered to the calves from the 90 days of age, in limited amounts to supply 30% of the nutritional requirements. The ration was formulated with 30% of concentrate and 70% of silage, DM basis. Monthly, milk production of the cows was estimated, utilizing the weigh-suckle-weigh method. By means of nonlinear model, it was estimated the time needed for the cows to reach the peak of lactation, the production at the peak of lactation; the persistence of milk production and total and daily average milk production. Nellore cows showed lower production at the peak of lactation, total and daily average milk production, but higher persistency than crossbred cows. The productions in the lactation peak, total and daily average, in cows SN, were higher than in cows LN, however, no difference was observed between these groups for lactation persistence. Calves from Nellore cows had lower birth weight, weaning weight and preweaning weight gain than those from crossbred cows. There was no difference between calves from the two crossbred groups. It is concluded that crossbred cows have higher maternal ability than Nellore cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Estudo dos efeitos de ambiente sobre as características lineares de tipo em rebanhos bovinos da raça Holandesa/ Study of environmental effects on linear type traits in Brazilian Holstein

Esteves, A.M.C.; Bergmann, J.A.G.; Durães, M.C.; Costa, C.N.; Silva, H.M.
2004-08-01

Resumo em português Efeitos de estádio da lactação, idade à classificação e grupo contemporâneo de rebanho, ano e estação de classificação foram considerados nas análises de 21 características lineares de tipo e pontuação final de 2.122 animais da raça Holandesa, filhos de 178 reprodutores e nascidos em 83 rebanhos. Utilizou-se o método dos quadrados mínimos nas análises de variância das características. O efeito de estádio da lactação teve influência sobre as caract (mais) erísticas do sistema mamário, evidenciando que houve alterações morfológicas durante o período de lactação para todas as características de úbere, exceto inserção do úbere anterior, textura do úbere e comprimento dos tetos. Dentre as características de conformação/capacidade corporal, profundidade corporal foi a mais influenciada pelo estádio da lactação, seguida do tamanho corporal, largura torácica e força lombar. Para todas as características de conformação/capacidade corporal o efeito da idade à classificação revelou-se altamente significativo. Dentre as características lineares da categoria pernas/pés, a variável idade à classificação foi importante (P Resumo em inglês Stage of lactation, classification age and herd-year-season contemporary group effects were considered in the analyses of 21 linear type traits, in addition to final score using 2,122 Brazilian Holstein cows, from 83 herds and daughters of 178 sires. Least square methodology was applied in the analyses of variance. With the exception of fore udder attachment, udder texture and fore teat length, the effect of stage of lactation was important ((P(mais) system traits, indicating that there were morphological changes during lactation. All traits related to conformation/body capacity were influenced by classification age. Among these traits, body deep was the one affected by stage of lactation, followed by body size, chest width and loin strength. Among traits related to feet and legs, the effect of age of the animal on side view of rear legs was important (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Parâmetros genéticos para a produção de leite de controles individuais de vacas da raça Gir estimados com modelos de repetibilidade e regressão aleatória/ Estimation of genetic parameters for test day milk records of first lactation Gyr cows using repeatability and random regression animal models

Costa, Claudio Napolis; Melo, Claudio Manoel Rodrigues de; Machado, Carlos Henrique Crivelari; Freitas, Ary Ferreira de; Packer, Irineu Umberto; Cobuci, Jaime de Araújo
2005-10-01

Resumo em português Registros individuais perfazendo 8.183 controles de produção de leite (PLC) de 1.273 primeiras lactações de vacas da raça Gir de rebanhos supervisionados pela ABCZ no período 1994/2000 foram utilizados para se estimar componentes de variância e parâmetros genéticos para PLC usando-se REML. Foram comparados um modelo de repetibilidade e modelos de regressão aleatória ajustados com as funções logarítmica (Ali & Schaeffer, 1987), exponencial (Wilmink, 1987) e p (mais) olinômios ortogonais de Legendre (LP) de ordem 3 a 5, sob as pressuposições de homogeneidade e heterogeneidade de variância residual, definidas respectivamente por uma (ME=1) ou quatro classes de medidas de erro temporário (ME=4) ao longo do período de lactação. Também ajustou-se a produção de leite acumulada na lactação (P305) utilizando-se um modelo animal cuja estimativa de heritabilidade foi 0,22. As estimativas de heritabilidade e repetibilidade para a PLC foram 0,27 e 0,76, respectivamente. As estimativas de heritabilidade com a FAS e a FW alcançaram respectivamente 0,59 e 0,74 ao início da lactação e decresceram para valores próximos de 0,20 ao final do período. Exceto para o LP de quinta ordem com ME=1, as estimativas de heritabilidade diminuíram de 0,70 no início para 0,30 no final da lactação. Menores estimativas de VR foram obtidas para a FAS do que para a FW sob ambas as pressuposições de homogeneidade e heterogeneidade de variância. Em todos os estádios da lactação, as estimativas de VR diminuíram com o aumento da ordem do LP e dependeram da pressuposição sobre o ME. As estimativas das variâncias genética e de ambiente permanente não apresentaram nenhuma tendência com o aumento da ordem do LP e não se observaram diferenças significativas para tais estimativas sob a pressuposição de heterogeneidade de VR ao longo da lactação. Maiores valores de correlação genética entre as PLC foram obtidos com a FW, que também apresentou maior número de estimativas negativas entre as PLC do início e fim da lactação do que a FAS. Exceto para a FAS, observou-se redução das estimativas de correlação genética próximas à unidade entre as PLC adjacentes para valores negativos entre as PLC no início e no fim da lactação. Entre os polinômios de Legendre, o de quinta ordem apresentou um melhor o ajuste das PLC. Os resultados indicam o potencial de uso de regressão aleatória, com os modelos LP5 e a FAS apresentando-se como os mais adequados para a modelagem das variâncias genética e de efeito permanente das PLC da raça Gir. Resumo em inglês Data comprising 8,183 test day records of 1,273 first lactations of Gyr cows from herds supervised by ABCZ were used to estimate variance components and genetic parameters for milk yield using repeatability and random regression animal models by REML. Genetic modelling of logarithmic (FAS), exponential (FW) curves was compared to orthogonal Legendre polynomials (LP) of order 3 to 5. Residual variance was assumed to be constant in all (ME=1) or some periods of lactation (M (mais) E=4). Lactation milk yield in 305-d was also adjusted by an animal model. Genetic variance, heritability and repeatability for test day milk yields estimated by a repeatability animal model were 1.74 kg2, 0.27, and 0.76, respectively. Genetic variance and heritability estimates for lactation milk yield were respectively 121,094.6 and 0.22. Heritability estimates from FAS and FW, respectively, decreased from 0,59 and 0.74 at the beginning of lactation to 0.20 at the end of the period. Except for a fifth-order LP with ME=1, heritability estimates decreased from around 0,70 at early lactation to 0,30 at the end of lactation. Residual variance estimates were slightly smaller for logarithimic than for exponential curves both for homogeneous and heterogeneous variance assumptions. Estimates of residual variance in all stages of lactation decreased as the order of LP increased and depended on the assumption about ME. Estimates of genetic and permanent environment variances did not show any trend due to the increase in the order of LP. Genetic correlation estimates between TD were largest for LP and larger for FW than for FAS. Except for FAS, a similar pattern in genetic correlation estimates was observed for all curves decreasing from values close to unity between adjacent TD at early lactation to negative values for TD in the beginning and the end of lactation. The Legendre polynomial of order five and the FAS under ME4 best fitted the data. There is a potential for using random regression to model animal genetic and permanent environmental effects using test day information of Gyr cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Conseqüências econômicas da seleção para gordura e proteína do leite/ Economic consequences of selecting for milk fat and protein

Madalena, Fernando Enrique
2000-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi examinar a conveniência de se pagar pelo valor genético da proteína e gordura do leite no sêmen importado, usando a técnica do fluxo genético descontado, com base em valores econômicos derivados de um trabalho paralelo e parâmetros biológicos da literatura. No Estado do Paraná, o sêmen de reprodutores melhoradores para proteína e gordura poderia resultar em lucro, dependendo do seu custo, enquanto em Minas Gerais esses reprodutore (mais) s teriam prejuízo. As tendências genéticas para proteína e gordura na raça Holandesa no Brasil, estimadas a partir de resultados da literatura, foram, respectivamente, 0,181 e 0,237 kg/lactação, correspondendo a aumento de R$0,357/lactação, com os valores econômicos do Paraná, e à perda de R$ 0,112/lactação, com os de Minas Gerais. A seleção individual para índice dos componentes do leite, com base nos valores econômicos de Minas Gerais, atingindo resposta de um desvio-padrão do índice, geraria ganho de R$31,27/lactação, se os preços não mudassem, mas de apenas R$10,27, se os preços fossem os da Nova Zelândia, tomada como exemplo de país concorrente. Em contrapartida, se a seleção fosse para índice apropriado para a Nova Zelândia, o ganho seria de R$37,06/lactação, se os preços no Brasil mudassem, e de R$9,66, se ficassem constantes. O índice com valores do Paraná apresentou comportamento intermediário entre esses dois e similar ao da seleção unicamente para produção de leite. A seleção para índices em testes de progênie teria resultados semelhantes, porém as diferenças entre os vários índices seriam menores. Resumo em inglês The objective of this work was to exam the convenience of paying for the genetic value of protein and fat in imported semen using the technique of discounted gene flow, based on economic values derived in a parallel paper and literature biological parameters. In the State Parana, semen of Holstein sires positive for protein and fat could be economic, depending on its cost, while in Minas Gerais such sires would be unprofitable. Genetic trends for protein and fat in Brazil (mais) ian Holsteins, estimated from literature results, were, respectively, 0.181 and 0.237 kg/lactation, corresponding to an economic gain of R$0.357/lactation using the Parana economic values and a loss of R$ 0.112 /lactation using the values of Minas Gerais. Individual selection on an index of milk components based on Minas Gerais values would result, upon a gain of one standard deviation of the index, in a gain of R$31.27 per lactation if prices were to remain unchanged, but only in R$10.27 if prices were those of New Zealand, taken as an example of competitor country. On the other hand, selecting on an appropriated index for New Zealand would result in a gain of R$37.06 per lactation if Brazilian prices changed and R$9.66 if prices remained the same. The index based on the Parana values behaved intermediary between those two and similarly to selecting on milk yield only. Progeny test selection indexes had similar results, although the differences between the various indexes were smaller.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Metanálise da relação entre espessura de toicinho e variáveis nutricionais de porcas gestantes e lactantes/ Meta-analysis of relation among backfat thickness and nutritional variables of gestating and lactating sows

Rossi, Carlos Augusto Rigon; Lovatto, Paulo Alberto; Weschenfelder, Volnei Antônio; Lehnen, Cheila Roberta; Fraga, Bruno Neutzling; Andretta, Ines; Ceron, Marcos Speroni
2008-08-01

Resumo em português Uma metanálise foi realizada para avaliar a relação entre a espessura de toicinho e as variáveis nutricionais de porcas gestantes e lactantes. A base de dados contemplou 14 artigos publicados de 2000 a 2006 em revistas indexadas. A metanálise foi realizada através de análises gráfica, de correlação e de variância. A correlação entre espessura de toicinho na gestação (ETg) com consumo de alimento na gestação (CAl G) foi de -0,09 (P=0,04), com CAl na lacta� (mais) �ão (CAl L) baseado na tabela NRC (1998) foi de -0,09 (P=0,06), com CAl na lactação baseado na tabela Rostagno (2000) foi de -0,08 (P=0,06) e com consumo de proteína bruta na lactação (CAl L PB) foi de -0,08 (P=0,06). A correlação entre espessura de toicinho na lactação (ETl) com CAl na gestação foi de 0,29 (P Resumo em inglês A meta-analysis was undertaken to evaluate the relationship between backfat thickness and nutritional variables of sows during gestation and lactation. The database was developed from 14 studies published between 2000 and 2006. The meta-analysis was carried out trough by graphical analysis, correlation and variance. The correlation between backfat thickness at gestation (BTg) and feed intake (FI) at this phase was -0.09 (P=0.04). The correlation between backfat thickness (mais) at gestation (BTg) and lactation FI NRC (1998) was -0.09 (P=0.06); BTg and FI at lactation Rostagno (2000) presented a correlation of-0.08 (P=0.06). In the same way the correlation between BTg and crude protein (CP) intake at lactation was -0.08 (P=0.06). The correlation between backfat thickness at lactation (BTl) and FI at gestation was 0.29 (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Parâmetros genéticos entre características de leite, de peso e a idade ao primeiro parto em gado mestiço leiteiro (Bos taurus x Bos indicus)/ Genetic parameters between milk traits, weight traits and age at first calving in crossbreed dairy cattle (Bos taurus x Bos indicus)

Vercesi Filho, A.E.; Madalena, F.E.; Albuquerque, L.G.; Freitas, A.F.; Borges, L.E.; Ferreira, J.J.; Teodoro, R.L.; Faria, F.J.C.
2007-08-01

Resumo em português Foram estimadas as correlações genéticas entre características de produção de leite (produção de leite, gordura, proteína e duração da lactação em até 305 dias, na primeira lactação), características de peso (taxa de crescimento de novilhas entre 12-24 meses e peso médio de vacas) e idade ao primeiro parto, em uma população de fêmeas Mestiço Leiteiro Brasileiro (MLB), por meio de metodologia REML, sob modelo animal. As estimativas de herdabilidade da (mais) s características estudadas na ordem acima foram, respectivamente, 0,28± 0,08, 0,30±0,11, 0,28±0,09, 0,19±0,07, 0,18±0,06, 0,42±0,10 e 0,48±0,12. As correlações genéticas entre peso médio da vaca e a produção de leite, gordura e proteína foram, respectivamente, -0,22±0,22, -0,49±0,31 e -0,22±0,23 e da taxa de crescimento das novilhas com a produção de leite, gordura e proteína foram respectivamente, -0,59±0,35, -0,73±0,44 e -0,62±0,37. As correlações genéticas entre produção de leite, peso médio das vacas e taxa de crescimento das novilhas com idade ao primeiro parto foram respectivamente, 0,05±0,18, -0,05±0,18 e 0,02±0,20. A alta correlação genética (0,93±0,02) entre produção de leite e duração da lactação indicou que não se deve remover a variação na duração da lactação na seleção de gado leiteiro tropical. Resumo em inglês Genetic correlations between milk production (milk, fat, protein yield lactation length in 305-d lactation), live weight (average cow live weight, growth rate between 12-24 mo) and age at first calving traits were estimated in a population of Mestiço Leiteiro Brasileiro (MLB) females using REML methodology and animal model. The estimates of heritability were respectively, 0.28± 0.08, 0.30±0.11, 0.28±0.09, 0.19±0.07, 0.18±0.06, 0.42&plus (mais) mn;0.10 and 0.48±0.12 for those traits. Genetic correlations between milk, fat and protein yield with cow average weight were, respectively, -0.22±0.22, -0.49±0.31, -0.22±0.23, and between milk, fat and protein yield with heifer live weight gain, -0.59±0.35, -0.73±0.44, -0.62±0.37 as well. Genetic correlations between milk yield, cow average weight and heifer live weight gain with age at first calving were, respectively, 0.05±0.18, -0.05±0.18, 0.02±0.20. The high genetic correlation between milk production and lactation length (0.93±0.02) indicated that variation of the lactation length should not be removed when selecting tropical dairy cattle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Produção de leite e comportamento de amamentação em cinco sistemas de produção de gado de corte/ Milk yield and suckling behavior in five beef cattle production system

Espasandin, Ana Carolina; Packer, Irineu Umberto; Alencar, Maurício Mello de
2001-06-01

Resumo em português Foram estudados a produção de leite de vacas Nelore e o comportamento de amamentação em diferentes sistemas de produção: NR-Nelore Referência, sob manejo extensivo (manejo tradicional); NI-Nelore, sob manejo intensivo; e três cruzamentos CN-Canchim x Nelore, AN-Angus x Nelore e SN-Simental x Nelore, sob manejo intensivo. Em três momentos da lactação (60, 120 e 180 dias após o parto), foram medidos, nos bezerros, o número e a duração das mamadas, o ganho di� (mais) �rio de peso (kg/dia) e o peso à desmama. O momento da lactação e a interação sistema de produção x momento da lactação apresentaram efeito significativo sobre a produção de leite. A produção de leite não apresentou corrrelação com o comportamento de amamentação nem com o ganho de peso dos bezerros dos diferentes sistemas de produção. Condições deficientes de alimentação não resultaram em menores produções de leite de vacas Nelore, mas sim em acentuadas perdas de peso (80 kg) durante a estação de monta no sistema NR. O tempo diário de amamentação apresentou diminuições significativas no sistema extensivo com o decorrer da lactação, enquanto os sistemas intensivos não mudaram ou aumentaram os minutos de amamentação por dia. Para as condições nas quais o experimento foi desenvolvido, os bezerros cruzados apresentaram os melhores desempenhos durante a fase pré-desmama, em comparação com os bezerros Nelore. Resumo em inglês Milk yield in Nellore cows and suckling behavior of their calves of different production systems: NR- Extensive Nellore, NI- Intensive Nellore; and three crossbreeding systems (CN- Canchim-Nellore, AN-Angus-Nellore and SN-Simmental-Nellore in intensive management), were studied. Milk production of cows and number and length of suckles, and daily gain (kg/day) of calves were obtained in three moments of lactation (60, 120 and 180 days after calving). Moment of lactation an (mais) d production system by lactation moment interaction had a significant effect in milk yield. Milk yield did not show any relationship with suckling behavior or daily gain in calves. Extensive grazing condition did not reduce milk yield of Nellore cows although it determined significant cow weight losses (80 kg) during the breeding season in the NR system. Daily length of suckling decreased in the NR system as lactation progressed, and was sustained or increased in the intensive systems. Crossbred calves showed higher daily gain and weaning weight than purebred.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Mastite bovina por Mycoplasma bovis em rebanhos leiteiros/ Mastitis caused by Mycoplasma bovis in dairy cattle

Pretto, Lucienne G.; Müller, Ernst E.; Freitas, Júlio C.; Mettifogo, Elena; Buzinhani, Melissa; Yamaguti, Maurício; Salvador, Rogério
2001-12-01

Resumo em português Foram examinadas 713 vacas de três rebanhos leiteiros localizados na região norte do Estado do Paraná e sudoeste do Estado de São Paulo, das quais 137 apresentaram mastite. Nas três propriedades foram detectados oito animais (1,12%) com mastite clínica por Mycoplasma bovis. Destes animais, quatro tratados com oxitetraciclina e tilosina e três com enrofloxacina, não responderam ao tratamento e foram descartados no decorrer da lactação. Uma vaca medicada com enrof (mais) loxacina recuperou quase que totalmente a secreção láctea mas a eliminação de M. bovis persistiu por toda lactação. Esta vaca apresentou cura bacteriológica na lactação seguinte. O descarte dos animais positivos, monitora-mento bacteriológico e a aplicação correta das medidas de prevenção para as mastites contagiosas controlaram a disseminação de M. bovis nos rebanhos. Resumo em inglês In this study 713 cows were examined. The animals were from three dairy farms in northern Paraná and the southwest of the State of São Paulo. From these cows, 137 had mastitis. On the three farms, 8 cows (1.12%) with Mycoplasma bovis mastitis were detected. Four were treated with tylosin and oxytetracyclin and three with enrofloxacin. There was no response to the treatments, and these animals were culled during the lactation period. One cow treated with enrofloxacin alm (mais) ost totally recovered milk production, but elimination of M. bovis continued during the lactation, and there was no bacteriological cure. This cow had a normal milk production in the next lactation period, without elimination of M. bovis. Culling of positive animals, the bacteriological study and correct application of preventive practices for contagious mastitis controlled the dissemination of M. bovis to other animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Influência da freqüência de ordenhas diárias sobre a eficiência produtiva de vacas mestiças Holandês-Zebu e o desempenho dos seus bezerros/ Effect of milking frequency on production of crossbred holstein-zebu cows

Ruas, José Reinaldo Mendes; Brandão, Felipe Zandonadi; Silva Filho, José Monteiro da; Borges, Álan Maia; Carvalho, Bruno Campos de; Menezes, Arismar de Castro; Amaral, Reginaldo; Marcatti Neto, Alberto
2006-04-01

Resumo em português Verificou-se a influência do número de ordenhas diárias sobre a produção de leite, a duração da lactação, a incidência de mastite e o desempenho dos bezerros. Foram utilizadas 63 vacas primíparas e multíparas mestiças (Holandês-Zebu) com boa condição corporal ao parto, distribuídas ao acaso, por meio de sorteio, em três grupos experimentais com número igual de repetições, representadas pelo número de ordenhas diárias: vacas ordenhadas uma vez por di (mais) a; vacas ordenhadas duas vezes ao dia; vacas ordenhadas alternadamente a cada 14 dias, uma ou duas vezes ao dia. A saúde da glândula mamária não foi influenciada pela diminuição do número de ordenhas diárias. Não houve efeito do número de ordenhas sobre o desempenho dos bezerros, mesmo daqueles submetidos a uma mamada diária. A duração da lactação não foi influenciada pela adoção de duas ordenhas diárias. A adoção da segunda ordenha diária aumentou em 24,54% a produção de leite de vacas com potencial produtivo para 2.500 a 2.800 L por lactação. Resumo em inglês This trial was conducted to study the effects of daily milking frequency on milk yield, duration of lactation, incidence of mastitis, and calves body weight gain. Sixty-three crossbred Holstein-Zebu cows were equally and randomly assigned to three experimental groups according to the frequency of daily milkings as follows: once a day milking, twice a day milking, or alternating once or twice a day milking every 14 days. The duration of lactation, mammary gland health, and (mais) calf production did not differ among treatments in this study. However, cows milked twice a day yielded 24.54% more milk per lactation (699.9 kg) compared to the other milking regimes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Estimação de parâmetros genéticos utilizando-se a produção de leite no dia do controle em primeiras lactações de vacas da raça Jersey/ Estimation of genetic parameters for test day milk yield of first lactation Jersey cows using repeatability and random regression models

Dionello, Nelson José Laurino; Silva, Carlos Alberto Soares da; Costa, Claudio Napolis; Cobuci, Jaime Araújo
2006-08-01

Resumo em português Registros da produção de leite de 3.531 controles de 620 primíparas da raça Jersey foram utilizados para a estimação dos componentes de covariância e dos parâmetros genéticos para a produção de leite por meio dos modelos de repetibilidade e de regressão aleatória. O modelo de repetibilidade (MR) incluiu os efeitos fixos de rebanho-ano-mês do controle, estação do parto e idade da vaca ao parto como covariável, com termos linear e quadrático, e os efeitos (mais) aleatórios de animal, de ambiente permanente e residual. O modelo de regressão aleatória incluiu os mesmos efeitos do MR, com o uso da função de Wilmink para a modelagem dos efeitos fixo (estação de parto) e aleatórios (genético de animal e de ambiente permanente). As estimativas de variância genética aditiva, de ambiente permanente, residual e fenotípica, e de herdabilidade e repetibilidade para a produção de leite usando-se o MR foram, respectivamente, 7,08; 1,88; 7,79 e 16,76 kg² e 0,42 e 0,50. Pelo modelo de regressão aleatória, os valores de herdabilidade para a produção de leite decresceram de 0,81 a 0,20 ao longo da lactação. As estimativas de variância genética aditiva mantiveram-se praticamente constantes durante a lactação, com maiores valores no início e final da lactação. As correlações genéticas foram próximas à unidade para as produções de leite da fase intermediária da lactação e diminuíram com o aumento do período entre os controles leiteiros. O modelo de repetibilidade não é a melhor alternativa para a modelagem das produções de leite no dia do controle da primeira lactação de vacas Jersey no Brasil. Resumo em inglês Data consisting of 3,531 test day records of 620 first parity Jersey cows were used to estimate genetic parameters for milk yield. Covariance components were estimated by repeatability and random regression animal models. The Wilmink function was used in the random regression model to fit the fixed effect of season of calving and the additive genetic, permanent environment and residual random effects. The repeatability model included the fixed effects of herd-year-month o (mais) f test, season of calving and age at calving as a covariable with linear and quadratic terms and animal, permanent environmental and residual random effects. The estimates of additive genetic, permanent environmental, residual and phenotypic variances, heritability and repeatability obtained by the repeatability model for milk yield were, respectively: 7.08; 1.88; 7.79 and 16.76 kg², 0.42 and 0.50. The estimates of heritability for milk yield obtained from the random regression model decreased from 0.81 in the beginning of the lactation to 0.20 in the end. Larger estimates of genetic variance were observed at the extremes of the lactation period, but they were practically constant in mid-lactation. The permanent environmental variances increased along lactation. Genetic correlations between milk yields were larger in close test days, particularly in mid-lactation and decreased for the most distant test days. Genetic parameters do not indicate the repeatability model as an alternative to use test day records in order to estimate breeding values for milk yield of Jersey cows in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Estimação de parâmetros genéticos para a produção de leite no dia do controle e em 305 dias para primeiras lactações de vacas da raça Holandesa/ Estimates of genetic parameters for test day and accumulated 305 day milk yields of first lactation Holstein cows

Vargas, Anderson Daniel Freitas; El Faro, Lenira; Cardoso, Vera Lucia; Machado, Paulo Fernando; Cassoli, Laerte Dagher
2006-10-01

Resumo em português Dados de 39.578 controles leiteiros de 3.766 primeiras lactações de vacas da raça Holandesa, ocorridas de 1994 a 2002, foram analisados com os objetivos de estimar parâmetros genéticos para as produções de leite no dia do controle (PLDC) e para a produção até 305 dias de lactação (P305) e comparar estes dois critérios de seleção. Os componentes de variância foram estimados pelo método da máxima verossimilhança restrita, sob modelo animal univariado ou b (mais) ivariado. Para as PLDC, os modelos incluíram o efeito aleatório genético aditivo, o efeito fixo de grupo contemporâneo e, como covariáveis, a idade da vaca ao parto (efeitos linear e quadrático) e os dias em lactação (efeito linear). Para a P305, foi utilizado o mesmo modelo, substituindo dias em lactação por duração da lactação. Os grupos de contemporâneos foram formados por ano, mês do controle e rebanho (para as PLDC) e por ano, época do parto e rebanho (para a P305). As herdabilidades estimadas para a P305 foram de 0,27 e 0,25 para as análises univariadas e bivariadas, respectivamente. Para as PLDC, as herdabilidades variaram de 0,11 a 0,31. Para o modelo bivariado (pelo qual avaliaram-se simultaneamente P305 e as PLDC), as herdabilidades para os controles (PLDC) foram menores, variando de 0,08 a 0,25. As maiores estimativas ocorreram para as produções do 4º e 5º controles, correspondendo aos 2º e 3º meses de lactação. As correlações genéticas entre P305 e os controles individuais foram positivas e elevadas, variando de 0,83 a 1,00. Os resultados indicaram que a seleção direta para P305, como tradicionalmente realizada, implicaria maiores ganhos genéticos para a produção de leite (PL) na maioria dos controles quinzenais. Além disso, a seleção direta para as produções parciais poderia proporcionar ganhos correlacionados também para a P305, mas estes ganhos seriam menores que os obtidos via seleção direta. Resumo em inglês Data comprising 39,578 test-day records of 3,766 first lactation Holstein cows calving from 1994 to 2002 was used to estimate genetic parameters for test-day yields (TDY) and 305-day milk yield (MY305) and to compare two selection criteria. Variance components were estimated by restricted maximum likelihood using univariate and bivariate animal models. The TDY models included the additive genetic random effect and the fixed effects of contemporary groups and the regressio (mais) ns of calving age (linear and quadratic effects) and days in milk (linear effect). The model used to analyse MY305 included lactation length in place of days in milk effect. Contemporary groups were defined by herd, and year and month of test for TDY, and by herd and calving season for MY305. Heritability estimates for MY305 from one-trait and two-trait analyses were 0.27 and 0.25, respectively. Heritabilities for TDY estimated by univariate and bivariate (MY305 and TDY) analyses ranged from 0.11 to 0.31 and from 0.08 to 0.25, respectively. Highest heritability estimates were obtained for 4th and 5th TDY, corresponding to the 2nd and 3rd months of lactation. Genetic correlations between MY305 and TDY were positive and high, ranging between 0.83 and 1.00. The results suggest that traditional direct selection for MY305 would result in larger genetic gains in most of TDY across lactation. Direct selection for TDY would result in genetic gains for MY305, but they would be smaller than those achieved by direct selection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Efeitos da exposição à fumaça do cigarro sobre a produção láctea e o crescimento de filhotes de ratas/ The effects of exposing rats to cigarette smoke on milk production and growth of offspring

Mello, Paulo R. B.; Okay, Thelma S.; Botelho, Clovis
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Analisar o efeito da exposição à fumaça do cigarro na gestação e lactação sobre a produção láctea de ratas, ganho ponderal e crescimento linear dos filhotes. MÉTODOS: Três grupos de ratas foram estudados na gestação e lactação: 15 ratas expostas à fumaça do cigarro mais fluxo de ar, 18 ratas manipuladas, isto é, expostas ao fluxo de ar comprimido e 18 ratas controle. Os filhotes foram medidos e pesados a cada 5 dias, do primeiro ao 15º dia. (mais) A produção láctea foi estimada pelos métodos de captação de leite em 1 hora e ganho ponderal dos filhotes. RESULTADOS: Os filhotes das ratas expostos à fumaça do cigarro apresentaram menor peso e comprimento ao nascer. Durante a lactação, os filhotes das ratas expostas à fumaça e das apenas manipuladas ganharam menos peso que o grupo controle. A produção láctea pelo método de captação de leite em 1 hora foi reduzida no grupo exposto à fumaça e, em menor proporção, nas ratas do grupo manipulado. Pelo método do ganho ponderal dos filhotes, a produção láctea reduziu-se igualmente nos grupos exposto à fumaça e manipulado, comparados ao grupo controle. CONCLUSÕES: A exposição à fumaça do cigarro comprometeu o peso e o comprimento ao nascer, mas, durante a lactação, também a manipulação comprometeu o ganho de peso dos filhotes. A manipulação e, mais acentuadamente, a exposição ao tabaco prejudicaram a produção de leite. Resumo em inglês OBJECTIVES: To analyze the effects of exposure to cigarette smoke during gestation and lactation on the milk production of rats and on the weight gain and linear growth of their offspring. METHODS: Three groups of female rats were studied during gestation and lactation: 15 rats were exposed to cigarette smoke and air flow, 18 rats were handled, i.e., exposed to compressed air flow, and 18 rats were used as controls. Newborn rats were measured and weighed every 5 days, fro (mais) m the first to the 15th day. Milk production was estimated by 1-hour milk extraction and weight gained by litters. RESULTS: The offspring of rats exposed to cigarette smoke weighed less and were shorter at birth. During lactation, the offspring of rats exposed to smoke and also of rats that had merely been handled gained less weight than the control group. Milk production gauged by the 1-hour extraction method was reduced in the group exposed to smoke and, to a lesser extent, also in the group that had been handled. Milk production estimated according to the pups' weight gain was reduced equally in the groups exposed to smoke and merely handled, when compared to the control group. CONCLUSIONS: Exposure to cigarette smoke compromised the birth weight and birth length, but during lactation, handling also compromised weight gain of offspring. Handling and, to a greater extent, exposure to tobacco, were prejudicial to milk production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Ingestão, digestibilidade das rações e produção de leite em cabras Saanen submetidas a diferentes relações volumoso: concentrado na ração/ Effects of different forage: concentrate ratios on intake, digestibility, and milk yield of Saanen goats

Zambom, Maximiliane Alavarse; Alcalde, Claudete Regina; Silva, Karina Toledo da; Macedo, Francisco de Assis Fonseca de; Santos, Geraldo Tadeu dos; Borghi, Everton Luiz; Barbosa, Eder Dias
2005-12-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o desempenho produtivo, os parâmetros sangüíneos e a digestibilidade dos nutrientes em cabras Saanen no início e após 60 dias de lactação. Foram utilizadas 20 cabras (59,59 kg ± 6,97) em delineamento inteiramente casualizado, submetidas a diferentes relações volumoso:concentrado nas rações (40:60, 50:50, 60:40, 70:30 e 80:20), correspondendo a 2,95; 2,83; 2,70; 2,58 e 2,46 Mcal de EM/kg MS, respectivamente. Os animais permaneceram confinad (mais) os em baias individuais, com controle diário da ração ingerida e da produção de leite. Os tratamentos não influenciaram o peso vivo das cabras. Verificou-se efeito linear negativo do aumento de volumoso na ração sobre a ingestão (kg/dia) e a digestibilidade de alguns dos nutrientes, dependendo da fase avaliada. Os tratamentos influenciaram a produção de leite, que foi maior nos animais alimentados com a ração contendo maior teor energético. Não foi observada influência dos tratamentos sobre os parâmetros sanguíneos no início de lactação, mas, após 60 dias de lactação, houve efeito linear negativo do aumento de volumoso na ração sobre a concentração de colesterol. A relação volumoso:concentrado 40:60, com maior nível energético, proporcionou melhor desempenho produtivo e digestibilidade dos nutrientes em cabras Saanen em lactação. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate production, blood metabolites, and nutrient digestibility of Saanen goats either in the beginning or after 60 days of lactation. Twenty goats averaging 59.59 ± 6.97 kg of body weight were assigned to a completely randomized design. The following forage:concentrate ratios were used: 40:60, 50:50, 60:40, 70:30, or 80:20 and provided 2.95, 2.83, 2.70, 2.58, or 2.46 Mcal ME/kg DM, respectively. Animals were confined in individual s (mais) talls with daily measurements of feed intake and milk yield. Body weight of goats fed increasing levels of forage did not change significantly in this trial. However, dry matter intake and apparent digestibilities of some nutrients decreased linearly when forage replaced concentrate in the diet although this decrease was dependent of the lactation stage. Milk yield also was affected by treatments; in fact, milk production was highest in the diet with the greatest energy content. No significant differences were observed among treatments for blood metabolites in early lactation but after 60 days of commence of lactation the incremental levels of forage in the diet reduced blood cholesterol linearly. It can be summarized that the forage:concentrate ratio of 40:60 resulted in better production and apparent nutrient digestibilities in lactating Saanen goats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Uso da somatotropina bovina recombinante - rbST como alternativa para a produção de leite de cabra na entressafra/ Use of recombinant bovine somatotropin - rbST as an alternative for lactating goats during the low production season

Barbosa, Paula Galvano; Gonçalves, Heraldo Cesar; Wechsler, Francisco Stefano; Resende, Kleber Tomás de; Sartori, Denise Rangel da Silva; Pauli, Laís Fernanda Callado de; Pulz, Lilian Martini; Losi, Tiago Creste
2002-09-01

Resumo em português O experimento desenvolveu-se no Setor de Caprinocultura da FMVZ - UNESP - Campus de Botucatu, com o objetivo de estudar a influência da somatotropina bovina recombinante (rbST - nome comercial: Boostin 250 mg) na produção de leite, nos constituintes do leite, peso e escore de condição corporal de cabras durante o ciclo lactacional. Foram usadas 21 cabras da raça Parda Alpina, com idade entre 1 ½ e 4 anos, distribuídas aleatoriamente entre três tratamentos d (mais) e sete animais cada: controle (T1 - sem rbST); completo, safra e entressafra (T2 - rbST após 45 dias de lactação); e apenas entressafra (T3 - rbST após 154 dias de lactação). Os animais dos três tratamentos receberam a mesma alimentação, que diferiu apenas na quantidade de concentrado, ajustada de acordo com a produção de leite dos animais. Não se observou aumento na produção de leite dos animais tratados, mas a persistência da lactação foi maior nestes animais. Não se observou diferença entre animais controles e tratados quanto aos constituintes do leite (densidade, gordura, EST, lactose e proteína). O peso e o índice de condição corporal também não apresentaram diferença significativa entre animais tratados e controle. Resumo em inglês The experiment was conducted at the Goat Husbandry Sector of FMVZ - UNESP - Botucatu Campus, with the purpose of studying the influence of recombinant bovine somatotropin (rbST - commercial name: Boostin 250 mg) on the lactation curve, milk production, milk constituents, body weight and body score of goats during the lactation cycle. Twenty-one Alpine Brown goats between 1½ and 4 years old were used, randomly allotted to three treatments with seven animals each: co (mais) ntrol (T1 - no rbST), complete (T2 - rbST after the milk production peak) and low production season (T3 - rbST during the low production season). All animals received the same diet, excepting the amount of concentrate, which was adjusted according to milk yield. No increase in milk yield was observed in the treated animals, but lactation persistency was greater in these goats. The body weight and the body score also did not show significant difference between treatment and control animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Desempenho de coelhos até a desmama de acordo com o tamanho da ninhada e o nível de amido nas dietas/ Performance of rabbits during lactation phase according to the litter size and starch level in the diets

Faria, Haroldo Garcia de; Scapinello, Cláudio; Peralta, Rosane Marina; Gidenne, Thierry; Furlan, Antonio Carlos; Andreazzi, Marcia Aparecida
2004-08-01

Resumo em português Foi conduzido um experimento com o objetivo de estudar as influências do padrão alimentar de coelhos durante a fase de lactação, em função do nível de amido nas dietas e da disponibilidade de leite modulada pelo tamanho da ninhada, sobre o desempenho de láparos até a desmama (35 dias). Cem ninhadas foram mantidas com oito láparos ao nascer até o 16º dia de vida. A partir do 16º dia de idade até a desmama, 60 ninhadas foram reduzidas para quatro láparos, enq (mais) uanto as demais foram mantidas com oito, recebendo dietas contendo nível alto (24%) ou normal (15%) de amido. As ninhadas com quatro láparos apresentaram maior ganho de peso diário, independentemente dos intervalos analisados, sendo desmamados com maior peso em relação aos mantidos em ninhadas mais numerosas. Este efeito também foi observado naqueles que receberam dietas com alto teor de amido somente a partir do 24º dia de lactação. Os láparos mantidos em ninhadas mais numerosas apresentaram maior consumo diário de ração até 26º dia de idade. À medida que os láparos mantidos em ninhadas menores apresentaram superioridade no crescimento e a disponibilidade de leite pela coelha foi diminuída pela proximidade do final da lactação, o consumo de ração na fase final de lactação passou a ser maior para os láparos mantidos em ninhadas menores. Por outro lado, a dieta mais rica em amido proporcionou maior consumo diário, independentemente do intervalo analisado. O consumo individual de leite foi maior para láparos mantidos em ninhadas menores, não havendo diferença em relação aos níveis de amido nas dietas disponibilizadas aos animais. Resumo em inglês The experiment was carried out to study the influences of the feeding pattern of rabbits during the lactation phase according function of the starch level in the diets and availability of milk modulated by litter size on performance young rabbits before weaning (35 days). One hundred litters were maintained to eight rabbits at birth until the 16 day old. From 16 to 35 days old, 60 litter were reduced for four young rabbits, while the others were maintained with eight youn (mais) g rabbits, feeding with high (24%) or normal (15%) starch level. The litters with four young rabbits presented higher daily weight gain, independently of the analyzed intervals, and were weaned with higher weight than young rabbits maintained in more numerous litters. This effect was also observed only for young rabbits feeding diets with high starch level, from 24 days to weaning. The young rabbits maintained in more numerous litters presented the higher daily consumption of ration until 26 days of age. As young rabbits maintained in smaller litter presented superiority in the growth and the availability of milk for the does was decreased by the proximity of the end lactation, the feed intake in the final phase of lactation became the higher for the young rabbits maintained in smaller litters. The diet with high level starch showed higher feed intake, independently of the analyzed interval. The individual milk intake was the higher for young rabbits maintained in smaller litters, but no difference was observed in relation to the starch levels in diets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Análise das relações da curva de crescimento e eficiência produtiva de vacas da raça Holandesa/ Analysis of the relationships of growth curve and productive efficiency of Holstein-Friesian cows

Coelho, Janaína Galvão; Barbosa, Pedro Franklin; Tonhati, Humberto; Freitas, Maria Armênia Ramalho de
2009-12-01

Resumo em português O objetivo neste trabalho foi analisar as relações entre parâmetros da curva de crescimento (peso à maturidade e taxa de maturação) e medidas da eficiência produtiva de 333 vacas da raça Holandesa nascidas de 1992 a 2002. Dados de idade ao primeiro parto, produção de leite e duração da primeira lactação, primeiro intervalo de partos e produção de leite por dia de intervalo de partos foram analisados por meio de um modelo linear generalizado com o efeito fi (mais) xo de grupo contemporâneo (ano-estação de nascimento), os efeitos aleatórios de pai da vaca e erro e os efeitos lineares e quadráticos do peso à maturidade e da taxa de maturação. Nas análises de longevidade e de duração da vida útil, incluiu-se o efeito fixo de motivo de descarte da vaca. Houve efeitos linear e quadrático da taxa de maturação sobre a maioria das características, exceto o primeiro intervalo de partos e a produção de leite por dia de intervalo de partos. As estimativas das taxas de maturação ótimas variaram de 0,0896 a 0,1187 kg/kg de peso vivo/mês. O peso à maturidade influenciou a longevidade de forma linear e quadrática. A combinação ótima foi de 701 kg de peso à maturidade e 0,0934 kg/kg de peso vivo/mês de taxa de maturação. O peso à maturidade correlacionou-se de forma desfavorável com a duração da primeira lactação (-0,11). Coeficientes de correlação significativos foram obtidos entre taxa de maturação e idade ao primeiro parto (-0,22), produção de leite na primeira lactação (0,18), duração da primeira lactação (0,18) e longevidade (0,14), o que confirma a hipótese de que vacas com taxas de maturação mais rápidas apresentam maior eficiência produtiva. Resumo em inglês The objective of this study was to analyze the relationships between previously estimated individual growth curve parameters (mature weight and maturing rate) and measures of productive efficiency of 333 Holstein-Friesian cows, born from 1992 to 2002. Data on age at first calving, first lactation milk yield, first lactation length, first calving interval and milk yield per day of first calving interval were analyzed using a generalized linear model with the fixed effect f (mais) or age group (year-season of birth), the random effects of sire and error and the linear and quadratic effects of mature weight and maturing rate. In the analyses of longevity and productive life, the fixed effect of culling reason was also included in the model. There were significant linear and quadratic effects of maturing rate on most of the traits analyzed, except on first calving interval and milk yield per day of first calving interval. The estimates of optimum maturing rates varied from 0.0896 to 0.1187 kg/ kg of liveweight/month. There were both linear and quadratic effects of mature weight on longevity. The optimum combination was a mature weight of 701 kg and a maturing rate of 0.0934 kg/kg of liveweight/month. Mature weight showed a significant and unfavourable correlation with first lactation length (-0.11). Significant correlation coefficients were obtained between maturing rate and age at first calving (-0.22), first lactation milk yield (0.18), first lactation length (0.18) and longevity (0.14), confirming the hypothesis that cows with faster maturing rates have higher productive efficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Produção, composição e rendimento em queijo do leite de ovelhas Santa Inês tratadas com ocitocina/ Effects of oxytocin on milk yield and composition of Santa Inês ewes

Ribeiro, Louiziane Carvalho; Pérez, Juan Ramón Olalquiaga; Carvalho, Pablo Henrique Andrade; Silva, Fabyano Fonseca e; Muniz, Joel Augusto; Oliveira Júnior, Gregório Murilo de; Souza, Nicholas Vilela de
2007-04-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a produção, a composição e o rendimento (na fabricação de queijos) do leite de ovelhas Santa Inês tratadas ou não com ocitocina. Os animais foram mantidos em regime de confinamento e receberam uma dieta com 12% de PB e 65% de NDT. As ovelhas foram distribuídas em dois tratamentos: ordenha manual com injeção endovenosa de três UI de ocitocina e ordenha manual sem injeção de ocitocina (grupo controle). Realizou-se uma ordenha diária, de m (mais) odo que, até a desmama, as ovelhas permaneceram diariamente com os cordeiros durante 14 horas. Os cordeiros foram desmamados aos 60 dias e as ovelhas continuaram sendo ordenhadas uma vez ao dia até o final da lactação. Foram coletadas amostras de leite para análise dos teores de gordura, de sólidos totais e de sólidos desengordurados. A duração média da lactação foi de 225±27,24 e 210±38,77 dias para as ovelhas controle e tratadas com ocitocina, respetivamente. Até os 133 dias de lactação, o tratamento com ocitocina (141,63±51,52 kg) foi superior ao controle (89,39±16,65 kg), entretanto, durante todo o período de lactação, não diferiu (169,64 ± 71,05) do controle (119,72±32,73). As porcentagens de gordura (5,84±0,44 e 4,96±0,47), sólidos totais (17,40±0,42 e 16,18±0,57) e sólidos desengordurados (11,57±0,15 e 11,22±0,25) no leite foram influenciadas pela aplicação de ocitocina. Os resultados revelaram diferença significativa para as ovelhas tratadas com ocitocina, as quais apresentaram maior produtividade e, inclusive, melhor composição química do leite. A aplicação de ocitocina é recomendada para animais não adaptados à rotina de ordenha. O leite das ovelhas Santa Inês apresentou rendimentos de 4,80; 8,29 e 5,99 L/kg para os queijos tipo azeitão, pecorino e roquefort, respectivamente. Resumo em inglês The objective of this trial was to investigate the effects of oxytocin on milk yield and composition and on cheese yield of Santa Inês sheep receiving a diet containing 12% CP and 65% TDN. Animals were maintained in pens and were assigned to one of the following two treatments: hand milking plus an intravenous injection of 3 IU of oxytocin or hand milking without oxytocin injection (control group). Ewes were milked daily and remained with their lambs for a daily period o (mais) f 14 hours until weaning; lambs were weaned at 60 days of age and ewes still milked once a day until the end of lactation. Milk samples were collected for analysis of fat, total solids, and solids non-fat. Lactation length averaged 225±27.24 and 210±38.77 for control and oxytocin-treated ewes, respectively. Ewes receiving oxytocin yielded more milk (141.63±51.52 kg) than those on the control group (89.39±16.65 kg) until 133 days of lactation; however, total milk yield on the entire lactation did not differ significantly comparing oxyitocin-treated (169.64 ± 71.05) with control (119.72±32.73) animals. Milk contents of fat (5.84±0.44 and 4.96±0.47), total solids (17.40±0.42 and 16.18±0.57) and solids non-fat (11.57±0.15 and 11.22±0.25) differed between both groups of animals, respectively. Results showed improved milk yield and composition on oxytocin-injected ewes; therefore, it is recommended the use of oxytocin to facilitate milk ejection on ewes not adapted to the milking routine. Yields of cheese (L of milk/kg of cheese) averaged 4.80, 8.29 and 5.99 L/kg for azeitão, pecorino, and roquefort cheeses, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Parâmetros genéticos para produção de leite no dia do controle e para produção de leite até 305 dias nas primeiras lactações de vacas da raça Gir/ Genetic parameters of test-day and accumulated 305 day milk yields in first lactation of Gyr cattle

Herrera, Luis Gabriel González; El Faro, Lenira; Albuquerque, Lucia Galvão de; Tonhati, Humberto; Machado, Carlos Henrique Cavallari
2008-10-01

Resumo em português Foram estimados parâmetros genéticos para as produções de leite no dia do controle (PLDC) e para a produção acumulada até 305 dias (P305) de 2.440 primeiras lactações de vacas da raça Gir leiteiro com partos entre 1990 e 2005. A produção acumulada até 305 dias e as produções de leite no dia do controle foram analisadas por meio de um modelo animal em análises uni e bicaracterísticas. Para as produções no dia do controle, o modelo incluiu o efeito aleat� (mais) �rio genético direto e os efeitos fixos de grupo de contemporâneos, classe de idade da vaca ao parto e dias em lactação como co-variável (regressão linear). Para a P305, utilizou-se o mesmo modelo, excluindo-se os dias em lactação e utilizando-se a idade da vaca ao primeiro parto como co-variável (regressão linear e quadrática). O grupo de contemporâneos (GC) foi definido como rebanho, ano e estação do controle para produções no dia do controle e rebanho, ano e época de parto para P305. Aplicou-se a restrição de que cada grupo de contemporâneo deveria conter no mínimo três observações no caso das produções no dia do controle e cinco observações para P305. Os componentes de variância foram estimados pelo método de máxima verossimilhança restrita. Os valores maiores de variâncias fenotípicas foram observados no meio da lactação e os das variâncias aditivas no início da lactação. As estimativas de herdabilidade obtidas pelas análises unicaracterísticas oscilaram entre 0,13 e 0,36, enquanto as obtidas por análises bi-características oscilaram entre 0,14 e 0,34. Para as duas análises, essas estimativas foram maiores nos primeiros e menores nos últimos controles. As correlações genéticas entre as produções no dia do controle foram elevadas e positivas e maiores entre os controles mais próximos. Os resultados sugerem que as produções no dia do controle podem ser utilizadas como critério de seleção para produção de leite da raça Gir. Resumo em inglês Records from 2.440 first lactations of Gir cows, calving between 1990 and 2005, were used for estimating genetic parameters of test-day milk yield (TDMY) and accumulated 305 day milk yield (M305) in univariate and bivariate animal models analyses. The model for TDMY included the contemporary group (CG) defined by the combination of herd, year and season of test day, the class of age of cow at calving and the linear covariate of days in milk (linear regression) as fixed ef (mais) fects and the additive genetic as random effect. For M305 the model included the CG (herd, year and season of calving), age of cow as covariate (linear and quadratic regression) and the additive genetic as random effect. Classes of CG with less than three or five animals respectively for TDMY or M305 were eliminated. The variance components were estimated by Restricted Maximum Likelihood. The highest values of phenotypic variances were observed in middle lactation, but in early lactation for the additive genetic variances. Heritability estimates ranged from 0.13 to 0.36 in univariate analyses and from 0.14 to 0.34 in bivariate analyses and were higher at the beginning and lower at the end of lactation in both analyses. Genetic correlations between TDMY were positive and high between adjacent test days. These results suggest that TDMY may be used as selection criteria for improving milk yield of Gyr cattle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Mastite subclínica e relação da contagem de células somáticas com número de lactações, produção e composição química do leite em vacas da raça Holandesa/ Subclinical mastitis and the relationship between somatic cell count with number of lactations, production and chemical composition of the milk

Cunha, R.P.L.; Molina, L.R.; Carvalho, A.U.; Facury Filho, E.J.; Ferreira, P.M.; Gentilini, M.B.
2008-02-01

Resumo em português Verificaram-se a ocorrência de mastite subclínica em animais da raça Holandesa e a relação entre a contagem de células somáticas com a ordem de lactação e com a produção e a composição química do leite. O estudo foi realizado em propriedades integrantes do programa de controle leiteiro da Associação de Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais. As variáveis estudadas foram: ordem de lactação, ocorrência de mastite subclínica, contagem de células so (mais) máticas (CCS), produção de leite e porcentagens de gordura e de proteína total. A correlação entre CCS e produção de leite foi negativa e entre CCS e porcentagens de gordura e de proteína, positivas. Animais com maior número de lactações apresentaram maior CCS, e com CCS acima de 100.000 cels/ml menor produção de leite. Resumo em inglês The subclinical mastitis occurrence and the relationship between somatic cell count (SCC) with parity, milk yield and milk chemical composition, were studied in Holstein cows. The study was carried out in farms belonging to the milk control program of the Associação de Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais. Data on lactation order, subclinical mastitis, SCC, milk production, fat contents and total protein contents were analyzed. There was a negative correlation be (mais) tween SCC and milk production and, correlations between SCC and percentage of fat and protein were positive. Higher lactation order cows showed higher SCC, and cows with SCC higher than 100,000 cels/ml showed less milk production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Fatores determinantes da retenção de peso no pós-parto: uma revisão da literatura/ Determinants of postpartum weight gain retention: a literature review

Kac, Gilberto
2001-06-01

Resumo em português Este trabalho constitui-se em uma revisão de literatura sobre fatores determinantes da retenção de peso em mulheres no pós-parto. Os resultados da revisão demonstraram que os principais fatores determinantes incluem o ganho de peso gestacional e a intensidade da lactação. Diversos estudos demonstraram que quanto maior o ganho de peso durante a gestação, maior a retenção de peso no pós-parto. O fumo esteve associado a uma menor retenção, enquanto a lactação (mais) só exerceu efeito protetor para a retenção de peso em alguns estudos. Diversos fatores, como a atividade física, o consumo de alimentos, a idade de menarca, número de abortos e o trabalho materno, ainda não foram devidamente estudados. Conclui-se que são escassos os estudos sobre mudanças de peso no pós-parto, o que sugere a realização de novos trabalhos sobre o tema, especialmente em países em desenvolvimento onde a obesidade ainda é pouco estudada. Resumo em inglês This study is a literature review of factors determining postpartum weight gain retention. According to the literature, the main factors include gestational weight gain and intensity of lactation. Various studies show that the greater the weight gain during pregnancy, the greater the postpartum weight retention. Smoking was associated with lower retention, while lactation only demonstrated a protective effect against weight retention in some studies. Various factors, like (mais) physical activity, food consumption, age at menarche, number of abortions, and mother's work status have still not been properly studied. The conclusion is that there are few studies on postpartum weight changes, suggesting the need for new research on the theme, especially in developing countries where obesity has been insufficiently researched thus far.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Fatores determinantes da retenção de peso no pós-parto: uma revisão da literatura/ Determinants of postpartum weight gain retention: a literature review

Kac, Gilberto
2001-06-01

Resumo em português Este trabalho constitui-se em uma revisão de literatura sobre fatores determinantes da retenção de peso em mulheres no pós-parto. Os resultados da revisão demonstraram que os principais fatores determinantes incluem o ganho de peso gestacional e a intensidade da lactação. Diversos estudos demonstraram que quanto maior o ganho de peso durante a gestação, maior a retenção de peso no pós-parto. O fumo esteve associado a uma menor retenção, enquanto a lactação (mais) só exerceu efeito protetor para a retenção de peso em alguns estudos. Diversos fatores, como a atividade física, o consumo de alimentos, a idade de menarca, número de abortos e o trabalho materno, ainda não foram devidamente estudados. Conclui-se que são escassos os estudos sobre mudanças de peso no pós-parto, o que sugere a realização de novos trabalhos sobre o tema, especialmente em países em desenvolvimento onde a obesidade ainda é pouco estudada. Resumo em inglês This study is a literature review of factors determining postpartum weight gain retention. According to the literature, the main factors include gestational weight gain and intensity of lactation. Various studies show that the greater the weight gain during pregnancy, the greater the postpartum weight retention. Smoking was associated with lower retention, while lactation only demonstrated a protective effect against weight retention in some studies. Various factors, like (mais) physical activity, food consumption, age at menarche, number of abortions, and mother's work status have still not been properly studied. The conclusion is that there are few studies on postpartum weight changes, suggesting the need for new research on the theme, especially in developing countries where obesity has been insufficiently researched thus far.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Estimação de parâmetros genéticos para produção de leite no dia do controle e produção acumulada até 305 dias, para as primeiras lactações de vacas da raça Caracu/ Estimation of genetic parameters for first lactation test-day records and total milk yield for Caracu cows

El Faro, Lenira; Albuquerque, Lucia Galvão de
2003-04-01

Resumo em português Foram estimados parâmetros genéticos para produção de leite no dia do controle e produção acumulada até 305 dias (P305) de primeiras lactações de vacas da raça Caracu. O modelo animal considerado conteve efeito genético aditivo, como aleatório, além dos efeitos fixos de grupo contemporâneo e da idade ao parto, como covariável. Foram definidos dois grupos contemporâneos para explicar a variação ocorrida nas produções em cada controle leiteiro, compostos (mais) por ano, semana do controle e retiro (gc1) ou ano, mês do controle e retiro (gc2). Os componentes de variância foram estimados pelo método da máxima verossimilhança restrita. As variâncias fenotípicas, residuais e genéticas foram maiores no início da lactação, entretanto, a variância genética aditiva foi proporcionalmente menor em relação às demais variâncias. As estimativas de herdabilidade oscilaram entre 0,09 e 0,32 e foram maiores no final da lactação, indicando maior variabilidade genética nesse período. As correlações genéticas (r a) entre as produções em cada controle foram positivas e maiores, quanto menor a distância entre eles. A herdabilidade para P305 foi de 0,27 e as r a desta com os controles, positivas e elevadas, principalmente no meio da lactação. Os resultados indicam que a seleção direta para P305 proporciona maiores ganhos genéticos para essa característica que a obtida por meio de resposta correlacionada para as produções em cada controle. Resumo em inglês Genetic parameters for first lactation test-day milk yields and 305 day milk yield (M305) for Caracu cows were estimated. The test-day animal model included additive genetic effect as random and contemporary group and age of cow (quadratic regression) as fixed effects. Two contemporary groups were defined to explain variation, composed by year, week of test and paddock (gc1) or year, week of test and paddock (gc2). Variance components were estimated by Restricted Maximum (mais) Likelihood. Phenotypic, residual and genetic additive variances were higher at the beginning of lactation, however the genetic additive variances were proportionally smaller than the other variances. Heritability estimates ranged from 0.09 to 0.32 and were higher at the end of lactation, indicating larger genetic variability in this period. The genetic correlation (r a) among test-days were positive and decreased with the increase in lag between tests. Heritability for M305 was 0.27 and the r a between test days and M305 were positive and high, mainly for mid lactation. The results indicate greater genetic response in M305 through direct selection rather than by correlated response based on test-day milk yield selection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Influência da desnutrição promovida pela dieta básica regional sobre o perfil de ácidos graxos do leite materno, o crescimento e o desenvolvimento de ratos jovens/ Malnutrition promoted by a basic regional diet alters the fatty acid profile of breast milk, and the growth and development of rat pups

Souza, Amanda Santos de; Pacheco, Luciana da Camara; Castro, Priscila da Silva; Carmo, Maria das Graças Tavares Do
2009-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os efeitos do consumo da Dieta Básica Regional e da reabilitação nutricional, durante os períodos críticos de crescimento e desenvolvimento de ratos, sobre a evolução da sua massa corporal e tecidual, bem como o consumo alimentar de mães durante a gestação e lactação e de seus filhotes, machos e fêmeas, até 70 dias de vida. Adicionalmente, verificou-se o percentual dos ácidos graxos nas dietas experimentais e no leite materno. MÉTODOS: Fo (mais) ram utilizados ratos Wistar, de ambos os sexos. Após a constatação da prenhez, as ratas foram divididas em três grupos. 1) Grupo controle, animais alimentados com ração comercial durante o período de gestação e lactação (mães e filhotes) e, após o desmame, os filhotes até 70 dias de vida; 2) Grupo desnutrido, animais alimentados com ração Dieta Básica Regional durante o mesmo período descrito para o grupo controle e 3) Grupo recuperado, animais alimentados com ração Dieta Básica Regional durante o período de gestação e lactação e os filhotes, após o desmame, alimentados com ração comercial até 70 dias de vida. Os animais foram monitorados diariamente, aferindo-se a massa corporal e o consumo alimentar. Os filhotes com 70 dias de vida foram sacrificados por decapitação e o cérebro, o coração, o fígado e os rins foram retirados e pesados. Os animais receberam água e ração ad libitum e foram mantidos em biotério com temperatura e luminosidade controladas. Os testes estatísticos utilizados foram o teste t de Student, a Análise de Variância e o pós-teste de Bonferroni. RESULTADOS: Foram encontradas alterações importantes no percentual de ácidos graxos essenciais na Dieta Básica Regional, assim como no leite materno das mães desnutridas. O ganho de peso das mães desnutridas e de seus respectivos filhotes, tanto machos quanto fêmeas, foi menor que o de animais controle desde a lactação até o final do experimento. As fêmeas recuperadas apresentaram valores de massa corporal estatisticamente semelhantes aos do grupo controle, o que não foi observado nos filhotes machos do grupo recuperado. CONCLUSÃO: O comprometimento da massa corporal materna durante a lactação e o déficit na taxa de crescimento dos filhotes, machos e fêmeas, se deveram à ingestão da Dieta Básica Regional multideficiente. A diminuição dos teores de ácidos graxos específicos do leite materno poderia, ainda que não completamente, justificar o déficit de crescimento observado. Resumo em inglês OBJECTIVE: The aim of this study was to assess the effects of a basic regional diet and nutritional rehabilitation during the critical growth and development periods of rat pups and their effects on body weight and tissue mass gain; to assess food intakes of dams during gestation and lactation and of male and female pups until they were 70 days old; and to assess the percentages of fatty acids in experimental diets and breast milk. METHODS: Male and female Wistar rats wer (mais) e used. After mating, pregnant rats were divided into three groups: 1) Control group, consisting of dams from the beginning of pregnancy (21 days) and pups from birth until they were 70 days old (totaling 91 days) fed commercial lab chow; 2) Malnourished group, consisting of dams and pups fed the regional basic diet chow for the same 91 days; and 3) rehabilitated group, consisting of dams fed the regional basic diet during pregnancy and lactation and pups fed commercial lab chow after weaning (at 21 days) until they were 70 days old. The animals received food and water ad libitum and were maintained in a room with controlled temperature and lighting conditions. The animals were monitored daily to record body weight and food intake. At 70 days, the offspring were killed by decapitation and the brain, heart, kidneys and liver were removed and weighed. The results were analyzed using the Student's t-test, analysis of variance and Bonferroni post hoc test. RESULTS: Important changes were observed in the percentages of essential fatty acids in the regional basic diet as well as in the milk of malnourished dams. Weight gains of malnourished dams and male and female offspring were lower than those of the controls´ from the lactation period until the end of experiment. No differences in body weight were found between the females of the rehabilitated and control groups, but the weight of the male offspring of both groups differed. CONCLUSION: The impaired body weight gain of the dams during lactation and the deficient growth rate of the male and female pups were due to the basic regional diet which lacked many nutrients. The decreased amounts of specific fatty acids in breast milk could partially justify the observed growth deficit.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Características da carcaça e dos não-componentes da carcaça de ovelhas de descarte abatidas em diferentes estágios fisiológicos/ Carcass and non components of carcass characteristics of discarded ewes slaughtered at different physiological stages

Pinheiro, Rafael Silvio Bonilha; Jorge, André Mendes; Souza, Hirasilva Borba Alves de
2009-07-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido no intuito de avaliar ovelhas de descarte abatidas em diferentes estágios fisiológicos e terminadas em confinamento, quanto aos rendimentos de carcaça e seus cortes, assim como os percentuais de cada não-componente da carcaça. Utilizaram-se 21 ovelhas da raça Santa Inês com idade média de 6 anos, distribuídas nos tratamentos: OL = ovelhas mantidas por 60 dias em lactação com seus cordeiros e abatidas um dia após o desmame dos mesmo (mais) s; OSC = ovelhas mantidas por 60 dias em lactação com seus cordeiros e mais um período de aproximadamente 30 dias sem os cordeiros, no intuito de recuperar o peso corporal perdido na amamentação, e posteriormente abatidas; e ONP = ovelhas mantidas por 60 dias em confinamento e que não pariram durante o ano. As ovelhas que permaneceram por 60 dias em confinamento e que não pariram durante o ano apresentaram maiores rendimentos de carcaça quente 45,00 e fria 44,73% em comparação àquelas mantidas por 60 dias em lactação com seus cordeiros e abatidas um dia após o desmame: 40,80 e 40,66%. Os rendimentos dos cortes da carcaça (perna, lombo, paleta, costelas e pescoço) foram similares entre todas as ovelhas abatidas nos distintos estágios fisiológicos. Os rendimentos dos não-componentes da carcaça, com exceção dos valores do fígado, do sangue, do úbere e da gordura interna, foram similares entre as ovelhas. Resumo em inglês The objective of the experiment was to evaluate discarded ewes slaughtered at different physiological stages and terminated in feedlot for yields of carcass and cuts and the percentage of each non carcass component. Twenty-one Santa Inês ewes were used, with average age of six years old, distributed into the following treatments: EL = ewes that had remained in lactation for 60 days with their respective lambs until slaughtering; EWL = ewes that remained in lactation for (mais) 60 days with their respective lambs and a further 30 days approximately without lambs to recover lost of body weight during suckling, and were subsequently slaughtered; and ENC = ewes that remained in feedlot for 60 days and did not deliver during the year. The results obtained in this research showed that ewes that remained in feedlot for 60 days and did not deliver during the year presented higher hot (45.00) and cold (44.73%) carcass yields, compared to ewes that had remained in lactation for 60 days with their respective lambs until slaughtering (40.80 and 40.66%). Carcass cut (leg, loin, shoulderblade, ribs and neck) yields were similar among all ewes slaughtered in the different physiological conditions. Non carcass component yields were similar among the ewes slaughtered in different physiological stages, except for the liver, blood, udder and internal fat values.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Avaliação genética de touros usando produção em lactações completas ou parciais projetadas: 3. Confiabilidade e ganhos genéticos/ Sires genetic evaluations using complete or partial projected lactation records: 3. Reliabilities and genetic gains

Melo, Cláudio Manoel Rodrigues de; Gonçalves, Tarcisio de Moraes; Martinez, Mário Luiz; Verneque, Rui da Silva; Oliveira, Antonio Ilson Gomes de; Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
2000-06-01

Resumo em português Para estudar a viabilidade de se usarem produções em lactações parciais, projetadas, na avaliação do mérito genético de touros, foram utilizadas 4595 lactações de 2254 vacas, filhas de 145 touros de 1618 matrizes, distribuídas em 18 rebanhos, com partos entre 1980 e 1997. A partir de 91, 151, 211 ou 241 dias de lactação, projetaram-se 10, 30, 50 ou 70% das lactações, para a duração da lactação observada e para 305 dias. As estimativas dos parâmetros ge (mais) néticos foram obtidas pelo sistema MTDFREML. Incluíram-se no modelo, independente da característica, efeitos fixos de rebanho-ano, época de parto e idade da vaca ao parto, com termos linear e quadrático, considerando-se efeitos aleatórios de animal, efeito permanente de ambiente e erro. A média das confiabilidades, obtida por meio das produções estimadas (PE), variou de 0,60 a 0,67, utilizando-se P305 igual a 0,60. O ganho genético anual pela seleção dos touros utilizando as PE foi, em média, 24,27% maior que o ganho genético anual da P305, quando as lactações foram projetadas para a duração da lactação observada, e 25,65% superior, quando as lactações foram projetadas para P305. As confiabilidades obtidas, bem como os ganhos genéticos anuais estimados nas avaliações genéticas, usando as PE, foram semelhantes àquelas obtidas para a produção de leite até 305 dias. Resumo em inglês Records of 4595 lactations from 2254 cows, daughters of 145 sires and 1,618 dams of the Gyr breed, assigned to 18 herds, with calving from 1980 to 1997 were used to study the viability of using production from projected partial lactations, on the evaluation. From 91, 151, 211 or 241 days of lactation, 10, 30, 50 or 70% of the lactations were projected, for the duration of the observed lactation and 305 days of lactation. The estimates of genetic parameters were determined (mais) using the MTDFREML system. Independent of the traits, the herd-year, season of calving and age of calving with linear and quadratic parameters were included in the model as fixed effects, and considering the animal, permanent environment and error as random effects. The mean of the obtained reliabilities using the estimation productions (PE) ranged from 0.60 to 0.67, and the average was obtained using P305 equal to 0.60. The annual genetic gain for the selection of the sire using the PE was, on the average, 24.27% higher than the annual genetic gain of P305, when the lactations were projected for the length of the observed lactation, and 25.65% higher, when the lactations were projected for P305. The recorded reliabilities as well as the annual genetic gain estimated in the genetic evaluations using the PE were similar to those obtained for the production of milk up to 305 days.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Consumo de nutrientes, produção e composição do leite de ovelhas alimentadas com dietas contendo diferentes níveis de fibra em detergente neutro/ Nutrient intake, milk yield and composition of ewes fed diet containing different neutral detergent fiber levels

Hübner, Cristiano Haetinger; Pires, Cleber Cassol; Galvani, Diego Barcelos; Carvalho, Sérgio; Wommer, Tatiana Pfüller
2007-12-01

Resumo em português O experimento foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes níveis de fibra na dieta sobre o consumo de nutrientes e a produção e composição do leite de ovelhas. Dezoito ovelhas multíparas, confinadas 24 horas após o parto em baias individuais, foram distribuídas aleatoriamente em três níveis dietéticos de FDN (tratamento): 34, 43 e 52%. As dietas, constituídas por mistura completa de silagem de milho e concentrado (grão de milho triturado (mais) , farelo de soja e mistura mineral) foram formuladas para serem isoprotéicas (13% PB). A produção e a composição do leite foram avaliadas a cada sete dias, durante 42 dias. Houve influência do nível de FDN da dieta sobre os consumos de MS, MO, PB, EE, FDN, FDA, CNE e CT (kg/dia, %PV e g/kgPVº,75), que apresentaram comportamento quadrático. O máximo consumo de MS estimado correspondeu ao nível de 42,7% de FDN na dieta. Verificou-se efeito quadrático da produção de leite em função dos tratamentos, sendo a produção máxima estimada no nível de 39,8% de FDN na dieta. A relação entre proteína do leite e nível de FDN da dieta foi quadrática. A quantidade de gordura (g/dia) e a densidade do leite decresceram linearmente com o incremento do nível FDN na dieta. A produção de sólidos totais (g/dia) e as produções de leite corrigidas para 3,5% e para sólidos totais variaram de forma quadrática. O estádio da lactação influenciou a produção de leite, de modo que o pico da lactação situou-se entre a primeira e terceira semanas de lactação. Resumo em inglês The experiment was carried to evaluate the effect of different levels of fiber in the diet on the nutrients intake, daily milk yield and composition of ewes. Eighteen multiparous ewes, housed in individual cage 24 hours postpartum, were randomly assigned to three levels of dietary NDF (treatment): 34, 43 and 52%. The diets constituted by a total mixed ration of corn silage, and a concentrate mix (ground corn, soybean meal and mineral mix) were formulated to be isoproteic (mais) (13% CP). The milk yield and composition was evaluated at each week, during 42 days. The NDF levels quadratically affected the intakes of DM, OM, CP, EE, NDF, ADF, NSC and TC (kg/day, %BW and g/kgBWº.75). The maximum intake of DM corresponded to the 42.7% of NDF level in the diet. Quadratic effect on the milk yield was verified, which was higher with 39.8% of NDF level. Quadratic effect on CP milk contents was observed. Milk fat contents (g/day) and milk density showed linear decrease with the increment of NDF level in the diet. Total solids contents (g/day), 3.5% fat corrected milk yield and corrected for total solids showed a quadratic behavior. The stage of the lactation influenced the milk production, in way that the peak of the lactation can occurs between the first and the third week of lactation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Fatores ambientais que afetam a produção e a composição do leite em rebanhos assistidos por cooperativas no Rio Grande do Sul/ Effects of environmental factors on milk yield and composition of dairy herds assisted by cooperatives in Rio Grande do Sul, Brazil

Noro, Giovani; González, Félix Hilario Diaz; Campos, Rómulo; Dürr, João Walter
2006-06-01

Resumo em português Neste estudo, avaliaram-se os efeitos de alguns fatores ambientais sobre a produção, a composição química e a contagem de células somáticas do leite em rebanhos vinculados às cooperativas no Rio Grande do Sul. Foram utilizados dados de um programa de controle leiteiro durante cinco anos, totalizando 165.311 observações, para analisar os seguintes efeitos ambientais: ano e mês do controle leiteiro, idade ao parto, tempo em controle leiteiro e estádio da lactaç (mais) ão. A produção média de leite foi de 19,36 L/vaca/dia. Foi encontrada maior produção de leite em vacas de 5 a 6 anos de idade ao parto, nos primeiros 60 dias de lactação, nos meses de inverno e em rebanhos com mais tempo em controle leiteiro. Maior número de células somáticas foi relacionado à redução na produção de leite. Houve menor teor de gordura e de proteína no leite nos primeiros 60 dias de lactação e aumento desses componentes com o aumento no número de células somáticas. A concentração de lactose no leite diminuiu significativamente à medida que aumentaram as células somáticas e a idade ao parto. A contagem de células somáticas aumentou com a idade da vaca e à medida que avançou a lactação. Nos meses de inverno, verificaram-se valores mais elevados de proteína, gordura e lactose, possivelmente como conseqüência da alimentação com gramíneas temperadas. Os resultados revelam a importância das variações ambientais no estudo da composição do leite. Resumo em inglês The effects of some environmental factors on milk yield and milk chemical composition and also on somatic cells count in dairy herds assisted by cooperatives (DHI) in Rio Grande do Sul, Brazil were investigated in this trial. Data were obtained from a 5-year period of dairy control program totalizing 165,311 observations and were used to investigate the effects of year and month of dairy control, age at calving, time of farm on dairy control and stage of lactation on milk (mais) yield and composition. Milk yield including all observations averaged 19.36 L/cow/day. Greater milk yield was observed in cows varying from 5 to 6 years of age at calving, at the first 60 days of lactation, in the winter months and in herds with longer time in dairy control. Increased somatic cells count was associated to reduction in milk yield. Lower contents of milk fat and milk protein and greater somatic cells number were observed at the first 60 days of lactation. Concentration of milk lactose decreased with both the increment in somatic cells count and age at calving. Somatic cells count increased as the age of cows advanced and as lactation progressed. Milk contents of protein, fat and lactose all increased during the winter months possibly because of feeding temperate grasses. Results from this study showed that is important taking into account the effects of environmental factors on milk composition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Estimação de parâmetros genéticos para produção de leite de vacas da raça Holandesa via regressão aleatória/ Estimation of genetic parameters for Holstein cows milk production by random regression

Dorneles, C.K.P.; Cobuci, J.A.; Rorato, P.R.N.; Weber, T.; Lopes, J.S.; Oliveira, H.N.
2009-04-01

Resumo em português Foram utilizados 21.702 registros de produção de leite no dia do controle de 2.429 vacas primíparas da raça Holandesa, filhas de 233 touros, coletados em 33 rebanhos do Estado do Rio Grande do Sul, para estimar parâmetros genéticos para produção de leite no dia do controle. O modelo de regressão aleatória ajustado aos controles leiteiros entre o sexto e o 305º dia de lactação incluiu o efeito de rebanho-ano-mês do controle, idade da vaca no parto e os parâm (mais) etros do polinômio de Legendre de ordem quatro, para modelar a curva média da produção de leite da população e parâmetros do mesmo polinômio, para modelar os efeitos aleatórios genético-aditivo e de ambiente permanente. As variâncias genéticas e de ambiente permanente para produção de leite no dia do controle variaram, respectivamente, de 2,38 a 3,14 e de 7,55 a 10,35. As estimativas de herdabilidade aumentaram gradativamente do início (0,14) para o final do período de lactação (0,20), indicando ser uma característica de moderada herdabilidade. As correlações genéticas entre as produções de leite de diferentes estágios leiteiros variaram de 0,33 a 0,99 e foram maiores entre os controles adjacentes. As correlações de ambiente permanente seguiram a mesma tendência das correlações genéticas. O modelo de regressão aleatória com polinômio de Legendre de ordem quatro pode ser considerado como uma boa ferramenta para estimação de parâmetros genéticos para a produção de leite ao longo da lactação. Resumo em inglês A total of 21,702 records of milk production from 2,429 first-lactation Holstein cows, sired by 233 bulls, collected in 33 herds in the State of Rio Grande do Sul from 1991 to 2003, were used to estimate genetic parameters for that characteristic. The random regression model adjusted to test day from the 6th and the 305th lactation day included the effect of herd-year-month of the test day, the age of the cow at parturition, and the order fourth Legendre polynomial parame (mais) ters, in order to obtain the average curve for the milk production of the population and parameters from the same polynomial to estimate the additive genetic and permanent environmental random effects. The genetic and permanent environmental variances for test day milk yield ranged from 2.38 to 3.14 and from 7.55 to 10.35, respectively. The estimated heritabilities gradually increased from the beginning (0.14) to the end (0.20) of the lactation period, indicating that test day milk yield is a characteristic with moderate heritability. The genetic correlation between milk yield in different phases of lactation ranged from 0.33 to 0.99 and was higher between the adjacent test days. The permanent environmental correlations followed the same tendency of the genetic ones. The random regression animal model using Legendre polynomials of order four can be considered as a good tool to estimate genetic parameters for milk production throughout the lactation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Níveis de treonina digestível em dietas para fêmeas suínas lactantes de médio potencial genético/ Digestible threonine levels in diets for lactating sows of medium genetic potential

Kiefer, Charles; Ferreira, Aloizio Soares; Donzele, Juarez Lopes; Oliveira, Rita Flávia Miranda de; Silva, Francisco Carlos de Oliveira; Carrijo, Alfredo Sampaio
2007-12-01

Resumo em português Foram utilizadas 76 fêmeas suínas lactantes de médio potencial genético com peso inicial de 207,0 ± 32,0 kg e ordem de parto de 3,53 ± 2,11, para avaliar níveis de treonina digestível na fase de lactação. Os animais foram distribuídos em delineamento experimental de blocos ao acaso, composto por quatro tratamentos (0,589; 0,627; 0,665 e 0,703% de treonina digestível) e 19 repetições, em que cada unidade experimental foi constituída por uma fêmea. Não houv (mais) e efeito dos níveis de treonina digestível sobre o peso das fêmeas ao desmame, a espessura de toucinho (ET) e a composição de proteína corporal à desmama. A perda de peso das fêmeas durante a lactação reduziu de forma linear com o aumento do nível de treonina digestível. Os níveis de treonina digestível não influenciaram a variação da ET durante a lactação, mas afetaram a mobilização de proteína corporal, que reduziu linearmente com o aumento do nível de treonina digestível. Não houve efeito dos níveis de treonina digestível sobre os consumos de ração, de lisina e de energia digestível, entretanto, verificou-se aumento linear do consumo de treonina digestível, em razão do aumento de seu nível na dieta. Os níveis de treonina digestível não influenciaram a eficiência energética das fêmeas, o intervalo desmama-estro e o desempenho dos leitões e leitegadas. Fêmeas suínas lactantes de médio potencial genético exigem 0,589% de treonina digestível, correspondente ao consumo diário de 28,5 g e à relação treonina digestível: lisina digestível de 62%. Resumo em inglês Seventy and six lactating crossbred sows of medium genetic potential with initial weight of 207.0 ± 32.0 kg and reproductive cycles order of 3.53 ± 2.11 were used to evaluate digestible threonine levels in the lactation phase. The animals were allotted to a randomized blocks experimental design with four treatments (0.589, 0.627, 0.665, and 0.703% of digestible threonine) and nineteen replications, in which each experimental unit was onsisted by a female. There was no e (mais) ffect of digestible threonine levels on the weight of sows at weaning time, fat thickness (FT) and corporal protein composition at weaning time. The loss of weight of the sows during the lactation reduced in a linear form with the increase of the digestible threonine level. There was no effect of digestible threonine levels on FT variation during the lactation, however affected the corporal protein mobilization that linearly reduced with the increase of the digestible threonine level. There was no effect of digestible threonine levels on feed intake, lysine and digestible energy, however, was observed linear increase of the intake of digestible threonine with its increase level in the diet. The digestible threonine levels did not influence the energy efficiency of the sows; weaning - estrus interval and the performance of the pigs and litters. Lactating sows of medium genetic potential require 0.589% of digestible threonine, corresponding to daily consumption of 28.5 g and a digestible threonine: digestible lysine ratio of 62%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Efeito da monensina sódica sobre a produção e composição do leite, a produção de mozzarela e o escore de condição corporal de búfalas Murrah/ Effect of monensin on milk production and composition, production of mozzarela cheese and body condition score of Murrah Buffalo cows

Andrighetto, Cristiana; Jorge, André Mendes; Gomes, Maria Isabel Franchi Vasconcellos; Hoch, Amanda; Piccinin, Adriana
2005-04-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da adição de monensina sódica sobre a produção, composição do leite, produção de mozzarela e o escore de condição corporal de búfalas da raça Murrah. O experimento foi conduzido na Área de Produção de Bubalinos da UNESP- FMVZ Botucatu/SP, utilizando-se vinte e quatro búfalas da raça Murrah, submetidas a dois tratamentos, T1: sem adição de monensina sódica na dieta T2: adição de 300 mg de monensina sódica por búfala por dia na d (mais) ieta, durante os primeiros 150 dias de lactação. Os animais receberam dieta composta por silagem de sorgo, capim-elefante e concentrado. Semanalmente, foram anotadas as produções de leite, coletando-se amostras, para a determinação dos teores de proteína, gordura, sólidos totais, e avaliando-se o peso vivo e escore de condição corporal. Foram calculadas as produções de mozzarella, leite (total e média diária), produção de leite corrigida para 270 dias de lactação, produções de proteína e de gordura e relação proteína:gordura. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado. Não houve diferenças estatísticas entre os tratamentos para produção média diáriade leite, produção total corrigida para 270 dias, produção de leite no pico da lactação, produção de mozzarella, porcentagens de proteína e sólidos totais, relação proteína:gordura, peso vivo e escore de condição corporal. A monensina influenciou positivamente, com diferenças estatísticas entre os tratamentos na produção diária de proteína (T1 = 47,10 g, T2 = 162,07 g), gordura (T1 = 226,90 g, T2 = 259,62 g) e a porcentagem de gordura do leite (T1 = 5,41%, T2 = 5,84%). Resumo em inglês The effect of monensin on milk production, milk composition and body condition score of buffaloes cows in early lactation was evaluated. Twenty four Murrah buffalo cows were submitted to two treatments T1 (0 mg of monensin/buffalo cow/day) T2 (300 mg of monensin/buffalo cow/day) evaluated during the 150 first days of lactation. The total ration was composed by sorghum silage, elephant grass, and concentrate. The effect of monensin on milk production, milk composition and (mais) body condition score of buffaloes cows in early lactation was evaluated. Weekly, data on milk production recorde, and milk samples were collected, for determination of protein, fat and total solids analysis were measured. The buffaloes cows were also evaluated for live weight and the body condition score. Mozzarela production, milk production (total and daily mean), milk production corrected for 270 days of lactation, protein and fat productions and protein: fat ratio were recorded. A completely randomized experimental design was used. There was no differences between treatments for daily milk and for total milk production corrected for 270 days, milk production at the peak of lactation, mozzarela production, protein and total solids percentage, protein:fat ratio, live weight and body condition score. Monensin influenced positively, with differences between treatments for daily protein (T1 = 147.10 g, T2 = 162.07 g) and fat production, (T1 = 226.90 g, T2 = 259.62 g) and fat percentage (T1 = 5.41%, T2 = 5.84%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Avaliação dos fatores oficiais de correção da produção até o primeiro controle leiteiro em vacas Holandesas/ Evaluation of correction factors used to estimate milk production from calving to the first monthly control

Morais Júnior, Nilson Nunes; Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de; Pereira, Marcos Neves; Oliveira, Antonio Ilson Gomes de; Pereira, Idalmo Garcia; Bueno Filho, Júlio Sílvio de Souza; Gonçalves, Tarcísio de Moraes
2002-04-01

Resumo em português Para o cálculo oficial do desempenho de vacas Holandesas no Brasil, com base em controles leiteiros mensais, são utilizados os fatores de correção propostos por Everett & Carter (1968) para estimar a produção parcial do parto ao primeiro controle diário de uma dada lactação. A adequacidade destes fatores foi avaliada em 262 lactações oriundas de dois rebanhos que adotavam controle diário da produção de leite por vaca. Os dados foram divididos em classes com (mais) base na idade ao parto (CIP): CIP 1 (até 3 anos), CIP 2 (3,1 a 4 anos), CIP 3 (4,1 a 5 anos), CIP 4 (5,1 a 6 anos) e CIP 5 (acima de 6,1 anos) com 104, 56, 44, 18 e 40 lactações, respectivamente. A produção de leite do parto até um dia pré-definido da lactação foi estimada com os fatores oficiais e assumindo que o primeiro controle da produção naquela lactação ocorreu nos dias 6º, 20º, 34º, 48º, 62º ou 75º. Os dados estimados foram comparados aos dados reais calculados com a pesagem diária do leite. Em todas as CIP, os fatores oficiais superestimaram a produção acumulada até o primeiro controle e o erro relativo de superestimação decresceu com o avançar do dia do primeiro controle. A quantidade superestimada de leite no período aumentou com o avançar do dia do primeiro controle e foi 13,9 e 87,1 kg na CIP 1 e 20,6 e 196,3 kg na CIP 2 para os dias 6º e 75º, respectivamente. As CIPs 3, 4 e 5 apresentaram valores intermediários. Novos fatores para dias do primeiro controle variando de 6 a 75 e nas 5 CIPs foram gerados pela mesma metodologia descrita por Everett & Carter (1968). Os fatores gerados foram menores que os importados e rotineiramente utilizados para cálculo oficial de lactações no Brasil. Resumo em inglês Official Holstein cow performance data in Brazil, based on monthly milk weights, is calculated using the correction factors proposed by Everett & Carter (1968) to estimate the partial production from calving to the first daily control in a given lactation. The adequacy of these factors was evaluated using 262 lactations from two herds with daily control of milk production per cow. Data were divided into classes based on age at calving (CIP): CIP 1 (up to 3 years), CIP 2 ( (mais) 3.1 to 4 years), CIP 3 (4.1 to 5 years), CIP 4 (5.1 to 6 years) and CIP 5 (above 6.1 years) which included 104, 56, 44, 18 and 40 lactations, respectively. Milk yield from calving to a set day of lactation was estimated with the official factors and assuming that the first control of production of that given lactation occurred on days 6th, 20th, 34th, 48th, 62nd or 75th. Estimated data was compared with real data calculated from daily milk weights. For all CIPs, official factors overestimated the production from calving to first control and the relative overestimation error decreased with advance in the first control day. The overestimated amount of milk in that period increased with advance in the first control day and was 13.9 and 87.1 kg in CIP 1 and 20.6 and 196.3 kg in CIP 2 for days 6th and 75th, respectively. CIPs 3, 4, and 5 had intermediate values. New factors for first control days ranging from 6 to 75 and in all 5 CIPs were generated using the same methodology described by Everett & Carter (1968). The generated factors were smaller than the ones imported and routinely used to calculate official lactation records in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Coloração da gordura e qualidade da carne de ovelhas de descarte abatidas em distintos estágios fisiológicos/ Fat coloring and meat quality of culling ewes slaughtered at distinct physiological stages

Pinheiro, R.S.B.; Jorge, A.M.; Souza, H.B.A.; Boiago, M.M.
2010-04-01

Resumo em português Avaliaram-se a qualidade física do músculo Longissimus lumborum de ovelhas de descarte da raça Santa Inês, abatidas em diferentes estágios fisiológicos, a cor da gordura subcutânea desse músculo e as possíveis correlações entre as variáveis de qualidade da carne. Utilizaram-se 21 ovelhas, distribuídas nos seguintes tratamentos: T1= ovelhas que permaneceram por 60 dias em lactação com seus respectivos cordeiros e abatidas um dia após o desmame das crias; T2 (mais) = ovelhas que permaneceram por 60 dias em lactação com seus respectivos cordeiros e mais um período aproximado de 30 dias sem os cordeiros e posteriormente abatidas; e T3= ovelhas que não pariram durante o ano. A cor da carne e da gordura subcutânea não foram influenciadas pelo estágios fisiológico dos animais no momento do abate, com exceção da luminosidade da carne (T1= 41,13; T2= 37,56 e T3= 38,12 L*). A qualidade física da carne apresentou pouca variação entre os tratamentos, porém a força de cisalhamento (T1= 4,08; T2=2,86 e T3=2,35 kgf/cm²) e as perdas por cocção (T1=31,97; T2=35,70 e T3= 31,91 %) da carne diferiram entre os tratamentos. Não se observou alta correlação entre a maioria das características avaliadas. Resumo em inglês The physical quality of the Longissimus lumborum muscle of Santa Inês culled ewes slaughtered at different physiological stages was evaluated as well as the color of the subcutaneous fat of the same muscle, and the correlations between meat quality traits. Twenty-one ewes were randomly allotted in the following treatments: T1= ewes which remained in lactation for 60 days with their respective lambs and slaughtered one day after weaning of the lambs; T2= ewes which remain (mais) ed in lactation for 60 days with their respective lambs, followed by an additional period of 30 days without the lambs and slaughtered afterwards; and T3= non pregnant ewes. The colors of meat and subcutaneous fat were not influenced by the physiological stage of the animals at the moment of slaughtering, except meat luminosity (T1= 41.13; T2= 37.56 and T3= 38.12 L*) . The physical quality of the meat presented little variation between treatments; however, shear force (T1= 4.08; T2=2.86 and T3=2.35 kgf/cm2) and losses by cooking (T1=31.97; T2=35.70 and T3= 31.91 %) were affected by treatments. No high correlation between most of the evaluated traits was observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Correlações entre medidas determinadas in vivo por ultrassom e na carcaça de ovelhas de descarte/ Correlations between in vivo measurements through ultrasound and on the carcass of discard ewes

Pinheiro, Rafael Silvio Bonilha; Jorge, André Mendes; Yokoo, Marcos Juniti
2010-05-01

Resumo em português Objetivou-se estudar as medidas de espessura de gordura subcutânea, área de olho-de-lombo, comprimento e profundidade máxima do músculo longissimus dorsi entre a 13ª costela e 1ª vértebra lombar determinadas por ultrassom e na carcaça de ovelhas de descarte abatidas em diferentes estágios fisiológicos, além dos coeficientes de correlação e determinação das medidas avaliadas. Utilizaram-se 21 ovelhas da raça Santa Inês, distribuídas nos seguintes grupos: (mais) OL = ovelhas que permaneceram por 60 dias em lactação com seus cordeiros e foram abatidas um dia após o desmame dos mesmos; OSC = ovelhas que permaneceram por 60 dias em lactação com seus cordeiros e mais 30 dias sem os cordeiros e foram posteriormente abatidas; e ONP = ovelhas que não pariram durante o ano. O comprimento máximo do músculo longissimus dorsi obtido pelo ultrassom e na carcaça dos animais não foi influenciado pelos estágios fisiológicos. O ultrassom pode ser utilizado com razoável precisão para estimar características da carcaça de ovelhas de descarte, em particular a espessura de gordura subcutânea. Resumo em inglês The objective of this paper was to study subcutaneous fat thickness, loin eye area, length and maximum depth measurements of the longissimus dorsi muscle between the 13th rib and the 1st lumbar vertebra determined by ultrasound examination and on the carcass of discard ewes slaughtered in different physiological stages, besides correlation and determination coefficients among measurements evaluated. It was used 21 Santa Ines ewes distributed into the following treatments: (mais) EL = ewes that remained in lactation for 60 days with their respective lambs and slaughtered one day after weaning; EWL = ewes that remained in lactation for 60 days with their respective lambs one more period of approximately 30 days without the lambs and slaughtered afterwards; and ENC = ewes that did not give birth during the year. Results showed that the maximum length of the longissimus dorsi muscle obtained by ultrasound examination and on carcass of the animals were not influenced by the experimental treatments. The ultrasound can be used with reasonable accuracy to estimate characteristics of the carcass of discard ewes, particularly the thickness of subcutaneous fat.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Composição tecidual do lombo de ovelhas de descarte terminadas em confinamento e abatidas em diferentes estágios fisiológicos/ Tissue composition of the loin of discard ewes terminated in confinement and slaughtered at different physiological stages

Pinheiro, Rafael Silvio Bonilha; Jorge, André Mendes
2010-11-01

Resumo em português Os objetivos neste experimento foram gerar informações sobre a composição física e as relações músculo:osso, músculo:gordura e porção comestível:osso do lombo de ovelhas abatidas em diferentes estágios fisiológicos, além das possíveis correlações entre as variáveis avaliadas neste estudo. Foram utilizadas 21 ovelhas Santa Inês, distribuídas nos respectivos estágios fisiológicos: OL = ovelhas que permaneceram por 60 dias em lactação com seus respec (mais) tivos cordeiros e abatidas um dia após o desmame dos mesmos; OSC = ovelhas que permaneceram por 60 dias em lactação com seus respectivos cordeiros e por mais um período aproximado de 30 dias sem os cordeiros e posteriormente abatidas; e ONP = ovelhas que permaneceram por 60 dias em confinamento e que não pariram durante o ano. Os percentuais de músculos e gorduras intermuscular e comestível foram semelhantes entre os estágios fisiológicos. O abate de ovelhas em diferentes estágios fisiológicos alterou a relação porção comestível:osso do lombo. Maiores proporções de gordura subcutânea corresponderam a menores quantidades de gordura intermuscular no lombo ou vice-versa. Resumo em inglês The objectives of this paper were to generate data on physical composition and muscle:bone, muscle:fat and edible portion:bone ratios of the loin of ewes slaughtered at different physiological stages in addition to the possible correlations among the variables analyzed in this study. Twenty-one Santa Inês ewes were distributed to the following physiological stages: EL = ewes which remained in lactation for 60 days with their respective lambs and slaughtered at one day af (mais) ter weaning of the lambs; EWL = ewes which remained in lactation for 60 days with their respective lambs and one more period of approximately 30 days without the lambs and slaughtered afterwards; and ENP = ewes which remained in confinement for 60 days and did not give birth during the year. Muscles and edible and intermuscular fat percentages were similar among physiological stages. The slaughter of ewes at different physiological stages altered the edible portion:bone of the loin ratio. Higher proportions of subcutaneous fat correspond to lower amounts of intermuscular fat in loin or vice-versa.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Medidas biométricas obtidas in vivo e na carcaça de ovelhas de descarte em diferentes estágios fisiológicos/ Biometric measurements obtained in vivo and in the carcass of culled ewes at different physiological stages

Pinheiro, Rafael Silvio Bonilha; Jorge, André Mendes
2010-02-01

Resumo em português Objetivou-se determinar as medidas in vivo e na carcaça de ovelhas de descarte abatidas em diferentes estágios fisiológicos, assim como as possíveis correlações entre essas medidas objetivas (in vivo e na carcaça) e o peso corporal ao abate e da carcaça fria. Foram utilizadas 21 ovelhas da raça Santa Inês, distribuídas nos seguintes estágios fisiológicos: OL = ovelhas mantidas por 60 dias em lactação com seus cordeiros e abatidas um dia após o desmame dos (mais) mesmos; OSC = ovelhas que foram mantidas por 60 dias em lactação com seus respectivos cordeiros e mais um período aproximado de 30 dias sem os cordeiros e posteriormente abatidas; e ONP = ovelhas que permaneceram por 60 dias em confinamento e que não pariram durante o ano. Não se observou diferença entre os estágios fisiológicos na maioria das características medidas in vivo e na carcaça. O perímetro da garupa determinado na carcaça e o perímetro torácico, as larguras do peito e da garupa obtidos in vivo mostraram-se altamente correlacionados aos pesos corporal e de carcaça fria dos animais. Portanto, essas medidas podem auxiliar na determinação do peso corporal de ovelhas em diferentes estágios fisiológicos. Resumo em inglês The objective was to determine in vivo and carcass measurements of culled ewes slaughtered at different physiological stages and the possible correlations between the objective measurements (in vivo and in the carcass) and the body weight at slaughter and cold carcass weight. Twenty-one Santa Inês ewes were used, placed in the following treatments: EL = ewes which remained in lactation for 60 days with their respective lambs and slaughtered one day after weaning the lamb (mais) s; EWL = ewes which remained in lactation for 60 days with their respective lambs and a further period of approximately 30 days without their lambs and, afterwards, slaughtered; and ENP = ewes that remained in feedlot for 60 days and did give birth during the year. No difference was observed between rearing systems in most of the characteristics measured in vivo and in the carcass. The croup perimeter determined in the carcass and the thoracic perimeter and chest and croup width obtained in vivo were highly correlated to the body and cold carcass weights of the ewes in this study. Therefore, these measurements can assist in determining the body weight of ewes at different physiological stages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Fatores genéticos e de ambiente sobre o intervalo de partos de cabras leiteiras no semi-árido nordestino/ Genetic and environmental factors affecting the kidding interval of dairy goats in the semi-arid Northeastern

Sarmento, José Lindenberg Rocha; Pimenta Filho, Edgard Cavalcanti; Ribeiro, Maria Norma; Araújo, Cláudio Vieira; Breda, Fernanda Cristina; Pires, Aldrin Vieira; Torres Filho, Rodolpho de Almeida; Torres, Robledo de Almeida
2003-08-01

Resumo em português Objetivou-se estudar a influência de efeitos genéticos e ambientais sobre o intervalo de partos, utilizando-se 486 registros de parição de cabras leiteiras mestiças criadas entre 1988 e 1996, no Estado da Paraíba. Os efeitos ambientais foram analisados pelo procedimento GLM do SAS por meio de um modelo que incluiu os efeitos fixos de grupo contemporâneo e tipo de parto, as covariáveis idade da cabra ao parto e duração da lactação e os efeitos aleatórios de bo (mais) de e cabra dentro de bode e erro. O programa MTDFREML foi usado para estimar os parâmetros genéticos sob modelo animal, que incluía os mesmos efeitos fixos e covariáveis do modelo anterior. Como aleatórios foram considerados os efeitos genético aditivo, permanente de meio e erro. O intervalo de parto médio obtido foi 275,55 ± 60,96 dias. Os efeitos de grupo contemporâneo e duração da lactação influenciaram o intervalo de partos. As estimativas de herdabilidade e repetibilidade foram de baixa magnitude, 0,09 e 0,09, respectivamente, indicando que reduções mais rápidas nessa característica seriam obtidas por meio de melhorias no manejo. Resumo em inglês The aims of this study were evaluate influence of the environmental and genetic effects on the kidding interval, using 486 records of kidding crossbred dairy goats obtained from 1988 to 1996 in Paraiba State. The environmental effects were analyzed by means of the procedure GLM of the SAS with a model that included as fixed factors the contemporary group and kidding type, and covariates age of goat at kidding and lactation length. Buck, goat inside of the buck and error w (mais) ere included as random effects. MTDFREML program was used in the analysis with an animal model containing the contemporary group and kidding type, the linear and quadratic effects of age of kidding and lactation length as fixed effects. Animal and permanent environmental and error were included as random effects. The least-square means of kidding interval was 275.55 ± 60.96 days. Kidding interval was affected by the contemporary group and lactation length effects. Estimates of heritability and repeatability were low, 0.09 and 0.09, respectively, showing that smaller kidding intervals would be obtained by better management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Uso de funções ortogonais para descrever a produção de leite no dia de controle por meio de modelos de regressão aleatória/ Genetic modelling of daily milk yield using orthogonal polynomials in random regression

Araújo, Cláudio Vieira de; Torres, Robledo de Almeida; Costa, Claudio Napolis; Torres Filho, Rodolpho de Almeida; Araújo, Simone Inoe; Lopes, Paulo Sávio; Regazzi, Adair José; Pereira, Carmen Silva; Cobuci, Jaime Araújo; Sarmento, José Lindenberg Rocha
2006-06-01

Resumo em português Registros de produção de leite de 68.523 controles leiteiros de 8.536 vacas da raça Holandesa, filhas de 537 reprodutores, distribuídas em 266 rebanhos, com parições nos anos de 1996 a 2001, foram utilizados na comparação de modelos de regressão aleatória, para estimação de componentes de variância. Os modelos de regressão aleatória diferiram entre si pelo grau do polinômio de Legendre utilizado para descrever a trajetória da curva de lactação dos anima (mais) is. Os modelos incluíram os efeitos rebanho-mês-ano do controle, composição genética dos animais, freqüência de ordenhas diárias, regressão polinomial em cada classe de idade-estação de parto para descrever a parte fixa da lactação e regressão polinomial aleatória relacionadas aos efeitos genético direto e de ambiente permanente. As estimativas de herdabilidade obtidas oscilaram de 0,122 a 0,291. Verificou-se que o modelo de regressão aleatória que utilizou a maior ordem para os polinômios de Legendre descreveu melhor a variação genética da produção de leite, de acordo com o critério de Akaike. Resumo em inglês Data comprising 68,523 test day milk yield of 8,536 cows of the Holstein breed, daughters of 537 sires, distributed in 266 herds, calving from 1996 to 2001, were used to compare random regression models, for estimating variance. Test day records (TD) were analyzed by different random regression models regarding the function used to describe the trajectory of the lactation curve of the animals. Legendre orthogonal polynomials function of second, third and fourth order were (mais) used. The random regression models included the effects of herd-month-year of the control, genetic group of the animals; the frequency of the daily milk; regression coefficients for each class of age-season (in order to describe the fixed part of the lactation curve) and random regression coefficients related to the direct genetic and the permanent environmental effects. The heritability estimates obtained using the random regression models ranged from 0.122 to 0.291. The random regression model which used the fourth order Legendre polynomials was the model which better described the genetic variation of the milk yield, according to AIC test.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Comportamento alimentar neonatal/ Neonatal feeding behavior

Souza, Sandra Lopes de; Castro, Raul Manhães de; Nogueira, Maria Inês
2003-09-01

Resumo em português Durante o período de aleitamento, aspectos do comportamento alimentar sofrem intensa transformação. Vários estudos descrevem, do nascimento ao desmame, as modificações nas ações comportamentais necessárias para aquisição do alimento pelo neonato. O controle desse comportamento também apresenta ajustes fisiológicos através da lactação, mudando de um padrão pré-absortivo, em período precoce, para pós-absortivo, próximo ao desmame. Devido a essas transfo (mais) rmações, esse período torna-se vulnerável a agressões ambientais que podem influenciar o estabelecimento de padrões alimentares que estarão associados a patologias na vida adulta. Resumo em inglês Feeding behavior suffers intense changes during lactation. Several studies describe the necessary changes in behavior involved in the feeding pattern of newborns. The control of this behavior also depicts physiological adjustment through lactation, changing from a pre-absorptive pattern in earlier stages to a post-absorptive pattern close to weaning. Because of these changes this state is vulnerable to environmental aggressions that could influence the establishment of feeding standards associated to pathologies in adult life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Avaliação genética de touros usando produção em lactações completas ou parciais projetadas: 2. correlações e coincidência de ordem no "Rank"/ Sires genetic evaluations using complete or partial projected lactation records: 2. Correlations and coincidence of order in "Rank"

Melo, Cláudio Manoel Rodrigues de; Gonçalves, Tarcisio de Moraes; Martinez, Mário Luiz; Verneque, Rui da Silva; Oliveira, Antonio Ilson Gomes de; Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
2000-06-01

Resumo em português Para estudar a viabilidade de se usarem produções de lactações parciais, projetadas, na avaliação do mérito genético de touros, foram utilizadas 4595 lactações de 2254 vacas, filhas de 145 touros e 1618 matrizes, distribuídas em 18 rebanhos, com partos entre 1980 e 1997. A partir de 91, 151, 211 ou 241 dias de lactação, projetaram-se 10, 30, 50 ou 70% das lactações, para a duração da lactação observada e para 305 dias. As estimativas dos parâmetros gen (mais) éticos foram obtidas pelo sistema MTDFREML. Incluíram-se no modelo, independente da característica, efeitos fixos de rebanho-ano, época de parto e idade da vaca ao parto, com termos linear e quadrático, considerado-se os efeitos aleatórios de animal, efeito permanente de ambiente e erro. As correlações de ordem e valores, estimadas dos resultados da avaliação genética de 145 touros, usando a produção estimada (PE) e P305, variaram de 0,80 a 1,00 (correlações de ordem) e de 0,83 a 1,00 (corelações de valores), respectivamente. O teste de Friedman evidenciou que as avaliações genéticas realizadas utilizando-se as PE foram iguais às realizadas com base na produção de leite até P305. Selecionando-se 5% dos touros de maior PTA, por intermédio dos valores genéticos oriundos das PE, obteve-se coincidência de 41,65 a 100% em relação à seleção com base em P305. Foi viável projetar as lactações pelas equações quadráticas logarítmicas estudadas e, a partir das PE, realizar a avaliação genética de touros, recomendando-se a projeção de 10% das lactações, a partir de 91 dias, bem como a projeção de 10 a 70% das lactações, a partir de 211 dias. Resumo em inglês Records of 4595 lactations from 2254 cows, daughters of 145 sires and 1618 dams of the Gyr breed, assigned to 18 herds, with calving from 1980 to 1997 were used to study the viability of using production from projected partial lactations, on the evaluation of sires. From 91, 151, 211 or 241 days of lactation, 10, 30, 50 or 70% of the lactations were projected, for the duration of the observed lactation and at 305 days of lactation. The estimated of genetic parameters were (mais) determined using the MTDFREML system. Independent of the traits, herd-year, season of calving and age of calving with linear and quadratic parameters were included in the models as fixed effects, and considering the animal, permanent environment and error as random effects. Rank and values correlations estimated from the results of genetic evaluations of 145 sires, using estimation production (PE) and P305 ranged from 0.80 to 1.00 (rank correlations) and from .83 to 1.00 (values correlations), respectively. Genetic evaluations using PE were equal by Friedman test to those using P305d. Selecting the best 5% sires based on theirs predicted transmitting ability (PTA) for PE milk yield resulted on the selection of 41.65% to 100% of the same sires as were selected using PTA based on P305. The quadratic log function could be used to extend lactations for sires genetic evaluation; considering the small change in the sires rank. When PEs were used, it is suggested to extend 10% of lactations from 91 days, as the same as to extend 10% to 70% of lactations from 211 days.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Utilização de óleo de soja em rações para vacas leiteiras no período de transição: consumo, produção e composição do leite/ Use of soybean oil for dairy cows during transition period: Intake, milk yield and composition

Santos, Anselmo Domingos Ferreira; Torres, Ciro Alexandre Alves; Rennó, Francisco Palma; Drumond, Mariana Resende Soares; Freitas Júnior, José Esler de
2009-07-01

Resumo em português O objetivo neste estudo foi avaliar o desempenho produtivo de vacas leiteiras sob suplementação com óleo de soja durante o período de transição. Foram utilizadas 20 vacas da raça Holandesa, multíparas e gestantes, distribuídas aleatoriamente em duas rações: controle, com 2,5% de extrato etéreo (EE) na matéria seca (MS); e gordura, com adição de 3,0% de óleo de soja e 5,5% de EE na MS. Os valores médios de consumo de MS e nutrientes não diferiram no perí (mais) odo pré e pós-parto nas vacas das dietas controle e com óleo de soja, exceto no maior consumo de EE, em decorrência da maior concentração desse nutriente na dieta com óleo. Em virtude da maior densidade energética da ração com óleo de soja, as vacas apresentaram maior consumo de nutrientes digestíveis totais e energia líquida no pós-parto. Não foi observada alteração nas produções de leite e gordura, no entanto, observou-se redução do teor de gordura do leite nas vacas da ração com óleo de soja em relação àquelas da ração controle. As rações utilizadas não influenciaram o consumo, mas a dieta com óleo de soja aumentou a ingestão de energia líquida e melhorou o balanço de nutrientes no início da lactação. Foi observado aumento não-significativo (+ 2,53 kg/dia) na produção de leite das vacas da dieta com óleo de soja. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the productivity of dairy cows supplemented with soybean oil during the transition period. Twenty multiparous and pregnant Holstein cows were randomly allocated to two diets: control (C), 2.5% ether extract (EE) in the dry matter (DM); and fat (G), with the addition of 3% soybean oil, and 5.5% EE in the dry matter. The average values for intake were not different in the pre- and post-partum for cows on the control and fat diets (mais) except for an increase in EE intake due to great concentration of this nutrient in the soybean oil diet. Due to the higher energy density of the fat diet, cows had higher intake of total digestible nutrients and net lactation energy during the post-partum. There was no alteration in milk and fat yield, but a reduction in the milk fat content was observed for cows fed fat diet compared with the control diet. The diets used had no influence on the intake, and the fat diet resulted in an increased net energy intake and improvement in the nutrient balance during the initial phase of lactation. A non-significant increase in milk yield (+ 2.53 kg/d) was observed when using the fat diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Perfil celular e microbiológico do leite de ovelhas Santa Inês no período lactante e pós-desmame/ Cellular and microbiological profile of Santa Ines ewes in the lactation and the post-weaning period

Blagitz, Maiara G.; Batista, Camila F.; Souza, Fernando N.; Benites, Nilson R.; Melville, Priscila A.; Stricagnolo, Claúdia R.; Ricciardi, Mariana; Gomes, Viviani; Azedo, Milton R.; Sanches, Bárbara G.S.; Della Libera, Alice M.M.P.
2008-09-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o perfil microbiológico e celular do leite no período lactante e de involução ativa de ovelhas da raça Santa Inês. Foram avaliadas amostras lácteas de 12 ovelhas durante estes distintos períodos. Realizou-se o exame físico da mama, sendo as amostras lácteas submetidas à contagem de células somáticas (CCS), ao California Mastitis Test (CMT), ao exame microbiológico e aos testes de sensibilidade in vitro dos patógenos enc (mais) ontrados. Foram observados maiores escores do exame físico, CCS, CMT durante o período de involução ativa, além de uma alta persistência da infecção durante estes períodos. O período de involução ativa não se mostrou como um momento de alta susceptilidade. Os estafilococos coagulase negativa representaram o único gênero isolado das glândulas infectadas. Uma alta sensibilidade dos agentes etiológicos envolvidos frente aos diferentes antimicrobianos in vitro foi também observada. Resumo em inglês The aim was to evaluate and compare the microbiological and cellular profile of the milk of Santa Ines ewes during the lactation period and the active involution. Milk samples were analyzed from 12 ewes during these distinct periods. Clinical examination of the mammary gland, somatic cell count (SCC), California Mastitis Test (CMT), bacteriologic screening and sensibility of the pathogens in vitro were performed. Most alterations were observed in the active involution per (mais) iod. SCC and CMT were higher in this same period. Besides this, a high persistency of infection occurred. The active involution period did not show high susceptibility. Coagulase-negative staphylococci were the only isolated bacteria. A high antimicrobial sensibility of these pathogens was also encountered.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Parâmetros sangüíneos e urinários, no pré e pós parto, de búfalas criadas em sistema exclusivo de pastejo/ The blood and urinary values in the pre and pos-parturient period of buffaloes, kept on exclusive pasture feeding

Oliveira, Carlos Magno Chaves de; Barbosa, José Diomedes; Pfeifer, Imke Barbara; Cardoso, Deugles Pinheiro
2003-06-01

Resumo em português Foi avaliada a ocorrência de alterações nas concentrações de glicose sanguínea, proteína plasmática total, hematócrito e presença de corpos cetônicos na urina de oito búfalas leiteiras da raça Murrah, com idade variando entre 5 e 10 anos, com no mínimo duas lactações, clinicamente sadias, desde 60 dias antes até 60 dias pós-parto. As concentrações médias de glicose sangüínea e o valor médio do hematócrito diminuíram significativamente no pós-par (mais) to (p Resumo em inglês Eight lactating buffaloes of the Murrah breed were used from 60 days before up to 60 days after calving, in order to evaluate alterations in the concentration of blood glucose, total plasmatic protein, haematocrit and the presence of ketonic bodies in the urine. The 5 to 10- year old buffaloes were clinically healthy and had had at least two lactations. During the experimental period the animals were maintained on Brachiaria brizantha pasture and supplemented with a miner (mais) al mixture and water.The media concentrations of blood glucose and the media values of the haematocrit diminished significantly after calving (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Metanálise da relação entre espessura de toicinho e variáveis corporais e reprodutivas de porcas gestantes e lactantes/ Meta-analysis of relation among backfat thickness, body and reproductive variables of gestating and lactating sows

Rossi, Carlos Augusto Rigon; Lovatto, Paulo Alberto; Weschenfelder, Volnei Antônio; Lehnen, Cheila Roberta
2008-02-01

Resumo em português Um estudo de metanálise avaliou a relação entre a espessura de toicinho e as variáveis de condição corporal de porcas gestantes e lactantes. A base de dados contemplou 14 artigos publicados de 2000 a 2006 em revistas indexadas. A metanálise foi realizada através de análises gráfica, de correlação e de variância. A correlação da espessura de toicinho (ET) com o peso vivo foi de 0,16 (P(mais) eptina de 0,88 (P Resumo em inglês A meta-analysis was carried out to evaluate the association between backfat thickness and sow body condition in gestation and lactation. The database assembled 14 publications from 2000 to 2006. The meta-analysis was accomplished by graphical analysis, correlation, and analysis of variance. The correlation between backfat thickness (BT) and body weight was 0.16 (P(mais) n the backfat variation during and in lactation (VBTl) and body weight was -0.21 (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Efeitos genéticos e não-genéticos sobre o intervalo de parto em fêmeas suínas no Sudeste do Brasil/ Genetic and environmental effects on the farrowing interval in sows in the southeastern region of Brazil

Cavalcante Neto, A.; Lui, J.F.; Sarmento, J.L.R.; Ribeiro, M.N.; Monteiro, J.M.C.; Fonseca, C.; Tonhati, H.
2009-02-01

Resumo em inglês The effect of environmental and genetic effects on the farrowing interval in Dalland (C-40) sows in the Southeast of Brazil was studied. Data consisting of 1,013 farrowing intervals recorded in two herds were analyzed, using a model that included the sire and the dam as random effects and the year of farrowing, the herd and the farrowing season as fixed effects, plus the covariables sow's age at farrowing, litter size at birth, lactation length and weaning-estrus interval (mais) . For the farrowing interval first only, variance components were estimated by REML, with an animal model that included, as fixed effect, a contemporary group and, as random effects, the additive genetic variance and the error. The mean farrowing interval was 140.9+5.7 days, with a 4.0% coefficient of variation. Variance analysis showed no effect of either year, season of farrowing or herd on the farrowing interval. The sire effect was not important for the farrowing interval, but the dam represented an important source of variation. The total number of piglets born and the sow's age at farrowing had no influence on the farrowing interval. The length of lactation exerted an influence on the farrowing interval, accounting for 19.4% of the total variation of this trait. Likewise, the linear regression of the weaning-estrus interval in relation to the farrowing interval was highly significant, accounting for 51.7% of the total variation. The heritability estimate was 0.00, suggesting that no genetic gain can be obtained by selection for a shorter farrowing interval.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)