Sample records for knoop hardness
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 6 shown.



1

Dureza knoop de resinas compostas em função do número relativo de radicais livres/ Relative number of free radicals and knoop hardness of composites

MENEZES, Marco Aurélio de; MUENCH, Antonio
1998-07-01

Resumo em português A pesquisa teve a finalidade de determinar o número relativo de radicais livres e a dureza Knoop de três resinas compostas (Z100, Silux Plus e Heliomolar RO). Para o ensaio dos radicais livres, as irradiações foram: 110, 180, 300, 580 mW/cm2, pelos tempos de 10, 20, 30, 40, 50, 60, 80 e 90 segundos. As durezas foram determinadas com as cores claras com irradiação de 110 e 300 mW/cm2, por 20, 40, 60 e 80 segundos, nas faces da frente e do fundo, nas idades de 5 minut (mais) os, 1 hora, 1 dia, 1 semana e 1 mês. As conclusões foram: a resina Z100 apresentou cerca de 3 vezes mais radicais livres do que as outras; o número relativo de radicais livres aumenta com a intensidade e tempo de exposição; maior intensidade de luz aumentou a dureza; maior tempo de exposição aumentou as durezas das resinas Silux Plus e Heliomolar, mas não da Z100; a dureza aumentou com a idade até 1 mês; o lado da irradiação apresentou maior dureza do que o do fundo; a resina Z100 foi bem mais dura e sofreu menos a influência da irradiação. Resumo em inglês The present study had the purpose of determining the relative number of free radicals of three composites with clear and dark colors. Intensities of irradiation were: 110, 180, 300, and 580 mW/cm2, for 10, 20, 30, 40, 50, 60, 80 and 90 seconds. Hardness was determined for the clear colors of the composites, using 110 and 300 mW/cm2 irradiation intensities, for 20, 40, 60, and 80 seconds, on front and deep surfaces, at the ages of 5 minutes, 1 hour, 1 day, 1 week, and 1 mo (mais) nth. The conclusions were that: depending on the resin, clear colors present more free radicals; the number of free radicals increases with higher intensity and longer irradiation time; composite Z100 is much richer in free radicals than Silux Plus and Heliomolar RO; higher intensity of irradiation leads to increasing hardness; longer irradiation time increases hardness of Silux Plus and Heliomolar RO, but not that of Z100; hardness increases with age; in depth hardness is very low; Z100 is much harder than the other two resins; Z100 is less sensitive to irradiation intensity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Microdureza de resinas em função da cor e luz halógena/ Microhardness of resins as a function of color and halogen light

Martins, Fábio; Delbem, Alberto Carlos Botazzo; Santos, Luis Roque de Araújo dos; Soares, Hugo Leonardo de Oliveira; Martins, Eleonora de Oliveira Bandolin
2002-09-01

Resumo em português O objetivo desse trabalho foi avaliar a influência da intensidade da luz e cor de uma resina composta no grau de dureza Knoop. Corpos-de-prova foram confeccionados utilizando-se matrizes de poliéster envoltas por um anel de cobre, contendo uma cavidade padronizada de 6 mm de diâmetro por 2 mm de espessura. Estas cavidades foram preenchidas com resina composta selecionada, Fill Magic - Vigodent, com as cores A3, B3, C3, D3 e I, fotopolimerizadas através de um fotopolim (mais) erizador Elipar, calibrado para produzir 3 intensidades de luz diferentes: 450 mW/cm², 800 mW/cm² e uma intensidade de luz crescente de 100 a 800 mW/cm². Foram confeccionados 90 corpos-de-prova em que o tempo de exposição da resina à luz halógena foi de 40 s. As amostras foram armazenadas em tubos de ensaio com água destilada a 37 ± 1ºC. Após este período, foram realizados os testes de dureza Knoop na região de superfície e fundo. Os resultados mostraram que houve diferença estatística em relação a intensidade de luz, entretanto em relação a cor, não houve diferença estatística. Os autores concluíram que a cor do compósito não influencia a dureza Knoop e que a intensidade progressiva promoveu os melhores resultados de dureza Knoop. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the influence of light intensity and the influence of the color of a composite resin on Knoop hardness. Samples were confected utilizing polyester matrices with 6 mm of diameter and 2 mm of depth. The matrices were filled with composite resin (Fill Magic - Vigodent), colors A3, B3, C3, D3 and I, and light-cured by means of an Elipar light-curing unit in three different light intensities: 450 mW/cm2, 800 mW/cm² and an increasing inten (mais) sity setup of 100 mW/cm² to 800 mW/cm². Ninety test specimens were confected, with the standard curing time of 40 seconds. The specimens were stored at 37 ± 1ºC and immersed in distillate water. The Knoop test was carried out in superficial and deep areas of the specimens. The results revealed that there was no statistical difference (Tukey) between the tested colors. However, there was statistical difference between different light intensities. The authors concluded that the color of the composite resin did not influence Knoop hardness and that the progressive intensity setup led to the best Knoop hardness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Efeito dos métodos de fotoativação e de inserção sobre a dureza de resinas compostas/ Effect of the methods of photoactivation and insertion on the hardness of composite resins

Consani, Simonides; Pereira, Samira Buselli; Sinhoreti, Mario Alexandre Coelho; Correr Sobrinho, Lourenço
2002-12-01

Resumo em português Este trabalho verificou o efeito do tipo de inserção (duas camadas ou bloco único) e dos métodos de fotoativação (luz contínua, duplo pulso ou intermitente), sobre a dureza Knoop dos compósitos Z100 e Alert. Os corpos-de-prova foram confeccionados em cavidades de 4 x 4 mm, com o material inserido de duas maneiras diferentes: porção única ou em duas camadas de 2 mm de espessura cada uma. O material inserido numa única porção foi comprimido com carga estática (mais) de 1 kgf exercido sobre uma lâmina de vidro, interposta por uma tira de poliéster, para remoção do excesso. Depois de retirar a lâmina de vidro e a tira de poliéster, a fotoativação foi por luz contínua emitida pelo aparelho XL 3000, com intensidade de 520 mW/cm², por 40 segundos; duplo pulso, 10 segundos com emissão de 150 mW/cm² mais 30 segundos com 520 mW/cm² com o aparelho XL 3000; e luz pulsátil de 520 mW/cm² emitida pelo aparelho Optilux 400, sendo 2 segundos ligado e 1 segundo desligado, por 60 segundos. As duas camadas da inserção dupla foram fotoativadas nas mesmas condições da inserção única, assim como a remoção do excesso de material da última camada. Após armazenagem em estufa a 37ºC e umidade relativa de 100% por 24 horas, os corpos-de-prova foram embutidos em resina de poliéster, desgastados e submetidos ao polimento com lixas de granulação decrescente e pasta de diamante. A dureza Knoop foi avaliada em diferentes profundidades com penetrômetro HMV Shimadzu, sob carga de 50 g durante 30 segundos. Os resultados submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey (5%) mostraram que o Z100 apresentou maior valor de dureza; a inserção dupla foi melhor que a inserção única e a dureza de superfície foi maior que nas demais profundidades, independente dos demais fatores. No Z100 todos os métodos de fotoativação promoveram maior dureza na inserção dupla, enquanto no Alert a ativação por luz contínua promoveu similaridade estatística entre os dois tipos de inserção. O Z100 mostrou similaridade estatística entre os métodos de fotoativação somente na inserção dupla, enquanto no Alert a similaridade estatística ocorreu na inserção única entre as ativações por duplo pulso e luz pulsátil. Resumo em inglês The purpose of this study was to assess the effect of methods of photoactivation and insertion on the Knoop hardness of the Z100 and Alert composite resins. The specimens were confected in cavities measuring 4 x 4 mm. The insertion of material was carried out by means of two methods: single-portion technique and insertion of two 2-mm-thick layers. When inserted in a single portion, the resin was compressed with a static load of 1 kgf on a glass slab recovered with a polye (mais) ster strip, in order to remove the excess of material. After the removal of the glass slab and polyester strip, the materials were photoactivated by means of continuous light emitted by a XL 3000 unit with a light intensity of 520 mW/cm² for 40 seconds; double pulse, with light emission of 150 mW/cm² for 10 seconds, plus 30 seconds with light intensity of 520 mW/cm² emitted by a XL 3000 unit; and pulsatile light of 520 mW/cm² emitted by the Optilux 400 unit, turned on for 2 seconds and off for 2 seconds, during 60 seconds. The two layers of the material submitted to double insertion were photoactivated in the same conditions as the bulk-inserted material, and the excess of material was also removed from the second layer. After storage in a stove at 37ºC and 100% relative humidity for 24 hours, the specimens were embedded in polyester resin, trimmed and polished with sandpaper and diamond slurry. Knoop hardness was assessed in 4 depths with a HMV Shimadzu penetrometer under the load of 50 g during 30 seconds. The data submitted to ANOVA and Tukey's test revealed that Z100 presented greater hardness values; double insertion was better than single insertion; the hardness at the surface was smaller than that at the bottom of the specimen, regardless of other factors. For Z100, all activation methods produced smaller hardness values when double insertion was carried out. Meanwhile, for Alert, continuous light promoted statistical similarity between the insertion techniques. For Z100, there was statistical similarity between the activation methods only when the double-insertion technique was employed. There was statistical similarity between the double-pulse and pulsatile-light techniques for Alert, when the single-portion insertion technique was carried out.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Compósito de "metal duro - nitreto cúbico de boro"/ "Hard metal - cubic boron nitride" composite

Bobrovnitchii, G.S.; Filgueira, M.; Gomes, U.U.; Tardim, R.C.
2008-03-01

Resumo em português Os materiais compósitos à base de metal duro (matriz) e nitreto cúbico de boro (cBN) ainda são raramente utilizados em aplicações de tecnologias industriais. Apesar de possuir propriedades físicas similares as do diamante, o cBN possui a característica inconveniente de reagir com o material da matriz durante seu processo de obtenção, feita através da sinterização. Uma maneira de eliminar este efeito negativo é aplicar altas pressões (até 9,0 GPa) durante o (mais) processo de sinterização. Em experimentos realizados, misturas de pó de metal duro (WC15%Co) e cBN (16% do volume) foram submetidas a altas pressões, entre 6,0 e 7,0 GPa, e a altas temperaturas, entre 1200 e 1400º C, durante 40 s. Depois de realizada a sinterização, a amostra que apresentou melhores resultados possuía densidade de 14,81 g/cm3, dureza Knoop média de 20,8 GPa, limite de compressão médio de 5,2 GPa, e desgaste na razão de 0,21 g a cada 5 min. Resumo em inglês "Hard metal - cubic boron nitride (cBN)" composite materials are rarely used in industrial applications. Although its physical properties are similar to diamond, cBN has the inconvenience of reacting with hard metal during the sintering process. A way to eliminate this negative effect is to apply high pressures (up to 9,0 GPa) during the sintering process. In the experiments, hard metal (WC+15%Co) and cBN (16% of the volume) powder mixtures had been submitted to high pres (mais) sures about 6,0 and 7,0 GPa, and temperatures from 1200 to 1400º C, for 40 seconds. After the sintering processes, the sample that showed the best result had density of 14,81 g/cm3, Knoop hardness of 20,8 GPa, compression limit of 5,2 GPa, and a wear of 0,21 g per each 5 min of use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Influência do eugenol na microdureza da resina composta utilizando sistemas adesivos atuais/ Influence of eugenol on the microhardness of composite resin using current bonding systems

SOUZA, André Rubio de; MELLO, Fernanda Bernardo de; TURBINO, Míriam Lacalle; YOUSSEF, Michel Nicolau
2000-09-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar, in vitro, se a utilização do cimento de óxido de zinco e eugenol exerce influência na microdureza da restauração de resina composta (Z100) realizada com dois sistemas adesivos (Scotchbond Multi-Purpose Plus® - sistema que remove o "smear layer", e o Clearfil Liner Bond 2® - adesivo que promove o tratamento do "smear layer", sem removê-lo totalmente). Para isto, foram utilizados 40 molares humanos hígidos que foram divididos (mais) igualmente em 4 grupos. Para cada adesivo havia um grupo controle (sem óxido de zinco e eugenol) e outro onde foram realizadas e removidas as restaurações provisórias com cimento de óxido de zinco e eugenol. Após sete dias de armazenamento em estufa a 37ºC, os dentes foram cortados e mediu-se a microdureza da resina composta na região a 0,3 mm da interface dente-restauração em um microdurômetro SHIMADZU HMV 2000, com ponta penetradora Knoop de 50 gramas por 45 segundos. Os resultados obtidos foram analisados estatisticamente pela ANOVA (alfa = 1%), e verificou-se não haver diferença estatisticamente significante na microdureza da resina composta entre os grupos estudados. Resumo em inglês The zinc oxide-eugenol cement is still widely used as a temporary restorative material. Its use is known, however, to disturb the curing process of composite resins used in the final restoration. Nevertheless, with the development of dentin bonding systems, total etch is used to remove or treat the smear layer before the construction of the composite resin restoration. The purpose of this study was to evaluate if the zinc oxide-eugenol cement influenced the microhardness (mais) of composite resin (Z100) restorations used in association with either one of two bonding systems (Scotchbond Multi-Purpose Plus® and Clearfil Liner Bond 2®). Forty molars were divided into four groups. For each bonding material there was a control group that did not receive cement and a group that received a temporary zinc oxide-eugenol restoration that was removed after seven days. The specimens were stored in a dry heat sterilizer at 37ºC, for seven days before the sectioning procedure. Microhardness was measured 0.3 mm far from the tooth-restoration interface by means of a SHIMADZU HMV 2000 apparatus, with a Knoop hardness tip of 50 g, for 45 seconds. Statistical analysis of the results was performed using ANOVA (alpha = 1%) and revealed no statistically significant differences in the microhardness of the composite resin, among the studied groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Estudo in situ do esmalte dental humano após aplicação de tetrafluoreto de titânio/ An in situ study of human enamel after titanium tetrafluoride application

MORAIS, Andréa Pereira de; SOUZA, Ivete Pomarico Ribeiro de; CHEVITARESE, Orlando
2000-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho, cruzado, duplo-cego, realizado in situ, foi avaliar o esmalte dental humano submetido a um grande desafio cariogênico após aplicação de tetrafluoreto de titânio (TiF4) a 1%. Para isso, 5 voluntários utilizaram dispositivos intrabucais superiores contendo 80 fragmentos dentais durante 2 etapas (TiF4 e Controle) de 14 dias cada, gotejando 8 vezes ao dia glicose 25%. Após o uso, o esmalte foi submetido à análise através da MEV (microscopi (mais) a eletrônica de varredura) e a MDT (microdureza em corte transversal) em 5 posições até a profundidade de 100 µm da superfície anatômica do dente. Os resultados não revelaram diferença significativa entre esmalte decíduo e permanente. Os dados da MDT, submetidos à análise de variância multifatorial também não revelaram efeito significativo do TiF4, porém, através da MEV, verificou-se diferença entre TiF4 e Controle com p = 0,027 (teste do qui-quadrado). O número de lesões brandas era igual para os dois grupos, porém no Controle haviam 10 fragmentos com esmalte sem cárie e 18 com lesões severas contra 20 e 8 respectivamente do grupo TiF4. Os dados permitem sugerir que o TiF4 modificou o padrão da lesão formada amenizando-a, sendo necessários novos estudos definindo esse efeito em termos de profundidade. Resumo em inglês The purpose of this in situ, double blind, crossover study was to compare the effectiveness of an application of titanium tetrafluoride (TiF4) on deciduous and permanent enamel submitted to highly cariogenic conditions. Five volunteers used palatal appliances with 80 sections of teeth during two phases (TiF4 and Control) of 14 days each. They dropped 25% glucose on the sections, eight times per day. After that, the enamel was analyzed through scanning electron microscopy (mais) (SEM) and the Knoop Hardness Number (KHN) was determined at five different depths, up to 100 µm. The results revealed that differences between deciduous and permanent enamel were not significant. The KHN (Multiple Range Analysis) did not show a significant TiF4 effect, but SEM (Chi Square Test) results revealed differences between TiF4 and the Control group with p value = 0.027. There were equal numbers of incipient lesions in both groups, but there were 10 caries-free sections and 18 severe lesions in the Control group, against 20 and 8 in the TiF4 group, respectively. The findings suggested that lesions were less severe with TiF4 and that it changed the pattern of caries, but other studies are necessary to precisely define this effect, in terms of depth.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)