Sample records for kale
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Oviposição de Ascia monuste orseis (Godart) (Lepidoptera, Pieridae) em couve comum/ Oviposition of Ascia monuste orseis (Godart) (Lepidoptera, Pieridae) in kale

Bastos, Cristina Schetino; Picanço, Marcelo; Lôbo, Ailton Pinheiro; Silva, Edimar Antônio da; Neves, Ludmila Lafetá de Melo
1997-01-01

Resumo em inglês This research was developed in green house of the Universidade Federal de Viçosa, in Viçosa, Minas Gerais State, Brazil and the objective was to evaluate oviposition patterns of Ascia monuste orseis (Godart, 1819) (Lepidoptera, Pieridae) in the canopy of Brassica oleracea Linnaeus plants. Ascia monuste orseis eggs were laid preferable during the morning period, in higher numbers in the stem of these plants and in the leaves of the lower part of the plants. Higher number of eggs was found in the lower parts of leaves of plants with no previous oviposition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Avaliação de biossólido de águas servidas domiciliares como adubo em couve/ Evaluation of biosolid fed by municipal waste-water sludge as a fertilizer in kale

Rocha, Ricardo Eiras Moreira da; Pimentel, Márcio Sampaio; Zago, Valéria Cristina Palmeira; Rumjanek, Norma Gouvêa; De-Polli, Helvécio
2003-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o biossólido e proveniente da estação de tratamento de águas servidas domiciliares, como adubo no cultivo da couve (Brassica oleraceae var. acephala, grupo Georgia). O trabalho foi em delineamento de blocos ao acaso, com três tratamentos de adubação, esterco bovino, biossólido e uréia, com quatro repetições. Amostras de solo de cada tratamento foram analisadas quanto a parâmetros químicos, microbiológicos e parasitológi (mais) cos. Os níveis de metais pesados encontravam-se abaixo dos permitidos pela legislação internacional. Após 54 dias da incorporação do biossólido ao solo, os coliformes fecais eram praticamente nulos e, a partir dos 60 dias, não foram mais encontradas amostras positivas com ovos de helmintos, apesar do alto grau de contaminação inicial. As plantas adubadas com biossólido, na maior dose, comparadas ao esterco, apresentaram maior produtividade e menores teores de N total nas folhas. O biossólido foi classificado como B, pela concentração de coliformes fecais apresentada, tornando-o impróprio para aplicação em culturas de contato primário como as hortaliças. Os resultados indicam a importância de selecionar indicadores de sanidade que permitam o uso seguro deste adubo. Resumo em inglês This work aimed to evaluate the biosolid from the municipal waste-water treatment, as fetilizer in kale (Brassica oleraceae var. acephala, group Georgia). The experiment was in a randomized complete block design with three fertilization treatments, cattle manure, biosolid and urea, and four replications. Soil samples from each treatment were chemically, microbiologically and parasitologically analyzed. The heavy metal levels were below those recommended by the internation (mais) al legislation. After 45 days of incorporation of the biosolid into the soil, the fecal coliforms were almost undetectable. After 60 days, none of the samples showed the presence of eggs of parasitic worms, despite the high initial number. The plants fertilized with biosolid, at the higher level, showed greater productivity and lower N content in leaf tissue than those fertilized with cattle manure. The biosolid was classified as Class B, according to concentration of fecal coliforms, and is not appropriate for cultures with primary contact, as vegetables. The results show the importance to select indicators of sanity which provide biosolid safety use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Efeito de extratos aquosos de plantas na oviposição da traça-das-crucíferas, em couve/ Effect of plants aqueous extracts on oviposition of the diamondback, in kale

Medeiros, Cesar Augusto Manfré; Boiça Junior, Arlindo Leal; Torres, Adalci Leite
2005-01-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito de extratos aquosos de Achillea millefolium L. (folhas), Azadirachta indica A. Juss. (folhas), Bidens pilosa L. (folhas, frutos e ramos), Bougainvillea glabra Choisy (folhas), Chenopodium ambrosioides L. (folhas, frutos e ramos), Datura suaveolens Humb & Bonpl. ex. Willd (folhas), Enterolobium contortisilliquum (Vell.) Morong (frutos), Mentha crispa L. (folhas e ramos), Nicotiana tabacum L. (folhas), Piper nigrum L. (folhas), Plumbago capensis Thunb. ( (mais) folhas e ramos), Pothomorphe umbellata L. (folhas), Sapindus saponaria L. (folhas), S. saponaria (frutos), Solanum cernuum Vell. (folhas), Stryphnodendron adstringens (Mart) Coville (casca), Symphytum officinale L. (folhas), Trichilia catigua A. Juss. (folhas), T. catigua (ramos), Trichilia pallida Sw. (folhas) e T. pallida (ramos), em relação à preferência para oviposição de Plutella xylostella. Discos de folhas de couve (Brassica oleracea var. acephala) cultivar Georgia foram imersos em cada extrato à concentração de 10% (massa/volume) por um minuto. Em seguida, foram divididos em quatro partes iguais e duas partes foram colocadas alternadamente com outras duas partes tratadas com água destilada, em uma gaiola. A contagem dos ovos foi feita após 24 horas. Os extratos apresentaram efeito deterrente na oviposição da praga, com exceção do extrato de S. adstringens, que não diferiu da testemunha, tratada apenas com água destilada. Os extratos de E. contortisilliquum, S. saponaria (frutos) e T. pallida (folhas) foram os mais eficientes, apresentando 100% de deterrência. Resumo em inglês The effect of aqueous extracts from Achillea millefolium L. (leaves), Azadirachta indica A. Juss. (leaves), Bidens pilosa L. (leaves, fruits e branches), Bougainvillea glabra Choisy (leaves), Chenopodium ambrosioides L. (leaves, fruits e branches), Datura suaveolens Humb & Bonpl. ex. Willd (leaves), Enterolobium contortisilliquum (Vell.) Morong (fruits), Mentha crispa L. (leaves e branches), Nicotiana tabacum L. (leaves), Piper nigrum L. (leaves), Plumbago capensis Thunb. (mais) (leaves e branches), Pothomorphe umbellata L. (leaves), Sapindus saponaria L. (leaves), S. saponaria (fruits), Solanum cernuum Vell. (leaves), Stryphnodendron adstringens (Mart) Coville (bark), Symphytum officinale L. (leaves), Trichilia catigua A. Juss. (leaves), T. catigua (branches), Trichilia pallida Sw. (leaves) e T. pallida (branches), was evaluated in relation to oviposition preference of Plutella xylostella. Disks of kale leaves (Brassica oleracea var. acephala), cultivar Georgia were immersed in each extract at a concentration of 10% (weight/volume) for one minute, and afterwards, divided in four equal parts, and two parts were placed alternately with other two parts treated with distilled water, in each cage. The counting of the eggs was made after 24 hours. The results showed deterrent effect on oviposition of the pest, except for the extract of S. adstringens, which didn't differed from the water treated control. The extracts of E. contortisilliquum, S. saponaria (fruits) and T. pallida (leaves) were the most efficient, presenting 100% of deterrence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Biocontrole de Listeria monocytogenes por Pediococcus acidilactici em couve minimamente processada/ Biocontrol of Listeria monocytogenes by Pediococcus acidilactici in fresh-cut kale

Costa, Wanessa Altimiras; Vanetti, Maria Cristina Dantas; Puschamann, Rolf
2009-12-01

Resumo em português Este estudo avaliou um sistema de biocontrole para inibição de Listeria monocytogenes em couve minimamente processada, objetivando sua segurança durante estocagem sob refrigeração e em condições de abuso de temperatura. O potencial inibitório de bactérias láticas tolerantes ao sal e psicrotróficas contaminantes naturais da couve e Lactobacillus plantarum, Lactobacillus delbrueckii ATCC 9649 e Lactobacillus casei CCT 1465 foram avaliadas contra L. monocytogenes. (mais) O isolado de couve identificado como P. acidilactici CCA3 inibiu L. monocytogenes a 10 e 15 °C em ágar MRS e foi selecionado como possível agente de biocontrole. O número de L. monocytogenes na couve minimamente processada aumentou 3,7 e 4,7 ciclos logarítmicos a 5 e 10 °C, respectivamente, após 20 dias de armazenamento e 4,6 ciclos logarítmicos após oito dias a 15 °C. Entretanto, quando 10(8) UFC.g-1 de P. acidilactici CCA3 foram inoculados no produto processado, o crescimento de L. monocytogenes reduziu 2,3 ciclos logarítmicos sob temperatura abusiva de 15 °C. A acidez titulável e as características sensoriais da couve não foram alteradas pela presença de CCA3 ao longo do período de vida útil. Estes resultados sugerem o potencial de aplicação dos bioconservantes na couve minimamente processada, que necessitam estar associados à refrigeração e sanitização para garantir segurança. Resumo em inglês This study evaluated a biological control system for the inhibition of Listeria monocytogenes in minimally processed kale focusing on its freshness under refrigeration and extreme temperatures. The inhibitory potential of salt and cold tolerant lactic bacteria from natural microflora of kale, Lactobacillus delbrueckii ATCC 9649, Lactobacillus plantarum, and Lactobacillus casei CCT 1465 strains were evaluated against L. monocytogenes. Pediococcus acidilactici CCA3 isolated (mais) from kale exhibited a large inhibition zone of L. monocytogenes at 10 and 15 °C in MRS agar and was selected as a possible biological control bacterium. The population of L. monocytogenes inoculated in minimally processed kale increased 3.7 and 4.7 logarithmic cycles at 5 and 10 °C, respectively, after 20 days of storage and 4.6 logarithmic cycles at 15 °C after eight days. However, when 10(8) CFU.g-1 of P. acidilactici CCA3 was inoculated into processed product a reduction of L. monocytogenes of 2.3 logarithmic cycles under extreme temperature conditions (15 °C) occurred. P. acidilactici CCA3 did not alter the titratable acidity or the kale sensorial characteristics during the shelf life period. These results suggest the potential application of biopreservatives on minimally processed kale that need to be associated with refrigeration and sanitation to assure safety.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Efeito da aplicação de extratos aquosos em couve na alimentação de largatas de Ascia monuste orseis/ Effect of aqueous vegetal extratcts application on larva feeding behavior of Ascia monuste orseis at kale

Medeiros, Cesar Augusto Manfré; Boiça Júnior, Arlindo Leal
2005-01-01

Resumo em português Os efeitos de extratos aquosos de amêndoas de Azadirachta indica e frutos de Sapindus saponaria, aplicados em discos de folhas de couve (Brassica oleracea var. acephala) nas concentrações de 0,0117% e 1,0342% (p/v), respectivamente, foram estudados sobre a alimentação das lagartas de Ascia monuste orseis. Avaliou-se a atratividade e o consumo de área foliar de lagartas de primeiro e terceiro ínstar durante 24 horas, em condições de laboratório (T = 25 ± 2ºC, U (mais) R = 60 ± 10% e fotofase = 12 horas). Nos testes com e sem chance de escolha, para lagartas de primeiro ínstar e teste sem chance de escolha para lagartas de terceiro ínstar, não houve diferença quanto à atratividade das lagartas. No teste com chance de escolha para lagartas de terceiro ínstar, houve menor atratividade das lagartas pelos discos de folhas tratadas com S. saponaria, diferindo da testemunha. No decorrer de 24 horas de avaliações, pode-se observar 58,3% de lagartas atraídas na testemunha, não diferindo de A. indica e diferindo de S. saponaria, com 39,3% e 2,4% das lagartas atraídas, respectivamente. Quanto ao consumo de área foliar, o extrato de S. saponaria diminuiu o consumo de lagartas, em todos os testes realizados. Quando não tinham opção de escolha para se alimentar de folhas sem os extratos, as lagartas consumiram as folhas tratadas nas concentrações testadas, porém em menor quantidade. Os extratos testados neste experimento demonstram ter efeitos sobre a alimentação das lagartas de A. monuste orseis, possivelmente com propriedades deterrentes e/ou supressoras de alimentação. Resumo em inglês The effects of aqueous extracts of Azadirachta indica almonds and of Sapindus saponaria fruits, applied on disks of kale leaves (Brassica oleracea var. acephala) at concentrations of 0.0117% and 1.0342% (w/v), respectively, were studied on larval feeding behavior of Ascia monuste orseis. Data on leaves attractiveness and consumption at first and third larval instar were taken during 24 hours (25 ± 2ºC temperature, 60 ± 10% RH and 12 photophase). There was not differenc (mais) e in relation to attractiveness of caterpillars at first instar in tests with and without choice as well as caterpillar at third instar in tests without possibility of choice. In the test with possibility of choice for caterpillars of third instar had lesser attractiveness of the caterpillars for disks leaf treated with S. saponaria, differing to the control. During 24 hours of evaluations 58.3% of caterpillars were attracted to the control treatment which, did not differed to the 39.3% of A. indica treated disks. However, the treatments with S. saponaria, showed a 2.4% of the caterpillars attracted by observation, which was a significant difference. In addition, S. saponaria reduced the consumption of leaves by caterpillars in all the carried tests. When the caterpillars did not have feeding choice of leaves without extracts, consumption was performed with no difference among treated leaves, in all tested concentrations, however they consumed a lesser amount. The extracts tested in this experiment demonstrated effect on the feeding of the caterpillars of A. monuste orseis, possibly with deterrents properties and/or feeding suppressors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Flutuação populacional e distribuição vertical de Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae) em couve/ Populational fluctuation and vertical (within-plant) distribution of Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae) on kale

Cividanes, Francisco J.; Santos, Durvalina M. Mathias dos
2003-01-01

Resumo em português O conhecimento da dinâmica populacional e da distribuição vertical de insetos pragas em plantas hospedeiras é fundamental para o desenvolvimento de programas de manejo integrado de pragas. No presente trabalho efetuou-se um levantamento populacional de formas ápteras do pulgão Brevicoryne brassicae (L.), visando determinar a época de maior densidade populacional e a distribuição vertical em plantas de couve, (Brassica oleracea L. var. acephala DC.), cultivadas em (mais) Jaboticabal, SP. O estudo foi realizado durante as safras de brássicas de 1998 e 1999, efetuando-se correção da acidez do solo por meio de aplicação de calcário apenas no campo utilizado em 1998. A amostragem dos pulgões foi feita visualmente em folhas classificadas em três categorias: apical, mediana e basal. Nas duas safras estudadas, a infestação de B. brassicae na couve atingiu a maior densidade populacional em setembro, diminuindo rapidamente a seguir. Nos dois campos não se observou a mesma distribuição de B. brassicae em folhas apicais, medianas e basais. Os fatores que podem ter contribuído para as diferenças observadas no padrão de distribuição do pulgão devem estar relacionados com a precipitação pluvial e o calcário magnesiano. Resumo em inglês The knowledge of the population dynamics and vertical distribution of insect pests in host plants are fundamental for the development of programs of integrated pest management. In the present work, a population survey of apterous cabbage aphid, Brevicoryne brassicae (L.), was carried out aiming to determine the period when this aphid reachs the highest population density and the within-plant distributions on its common host, kale, Brassica oleracea L. var. acephala DC., c (mais) ultivated in Jaboticabal, State of São Paulo. The study took place during the 1998 and 1999 Brassica seasons, and limestone treatment was only made in the field cultivated in 1998. The cabbage aphid was sampled by visual search on leaves classified in three categories: top, middle and basal. In the two studied seasons, the B. brassicae infestations reached the highest population density in September, decreasing quickly afterwards. In the two fields, the same distributions of B. brassicae was not observed on top, middle and basal leaves. The factors that might have contributed to the differences observed in that distribution pattern were rainfall and magnesium limestone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Impacto de inimigos naturais e de fatores meteorológicos sobre uma população de Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae) em couve/ Impact of natural enemies and meteorological factors on a population of Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae) in kale

CIVIDANES, FRANCISCO J.
2002-06-01

Resumo em português Neste estudo, visou-se avaliar o impacto de inimigos naturais e de fatores meteorológicos na população do pulgão Brevicoryne brassicae (L.), na cultura da couve, usando-se correlação simples e análise de regressão múltipla com seleção de variáveis pelo método stepwise. A amostragem de B. brassicae foi realizada por procura visual e dos inimigos naturais através de armadilhas de sucção e de solo. Formas ápteras de B. brassicae começaram a infestar a couve (mais) em julho, atingindo pico populacional em setembro. Os fatores que apresentaram correlação significativa com a população de B. brassicae, no período que abrangeu todo o levantamento populacional, foram Diaeretiella rapae (Mc'Intosh), aranhas presentes no solo, precipitação pluviométrica e umidade relativa, sugerindo que tais fatores tiveram função importante na mortalidade do pulgão. No período de maior crescimento e declínio populacional de B. brassicae, aranhas presentes no solo mostraram-se como o fator de mortalidade mais significativo relacionado com a variação da densidade populacional do pulgão. Resumo em inglês The dynamics of a population of the cabbage aphid, Brevicoryne brassicae (L.), was studied to estimate the impact of natural enemies and meteorological factors using simple correlation and stepwise regression. Apterous B. brassicae were sampled by visual search, and natural enemies by suction net and pitfall traps. The aphids began to infest kale in July, reaching peak population in September. The factors Diaeretiella rapae (Mc'Intosh), ground spiders, rainfall and relati (mais) ve humidity showed significant correlation with B. brassicae population, in the period that embraced the whole population survey, which suggests that these factors had an important function in the mortality of the aphid. During the period of highest increase and decline of the population of B. brassicae, ground spiders constituted the most significant mortality factor related with the variation of the population density of the aphid.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Desenvolvimento e produção de genótipos de couve manteiga/ Development and yield of kale genotypes

Novo, Maria do Carmo de SS; Prela-Pantano, Angélica; Trani, Paulo E; Blat, Sally F
2010-09-01

Resumo em português O experimento foi conduzido na casa de vegetação no Centro de Ecofisiologia e Biofísica do IAC, em Campinas-SP, de agosto a dezembro de 2008. As cultivares de couve Manteiga São José, Verde-Escura, IAC-Campinas, Orelha de Elefante e Vale das Garças foram avaliadas a cada quatorze dias até 126 dias após a instalação do experimento. As couves foram produzidas a partir de mudas. Os tratamentos foram dispostos em blocos ao acaso, com oito repetições com parcelas s (mais) ubdivididas para época de avaliação. Foram medidos a altura média de plantas e o diâmetro do caule e colhidas todas as folhas consideradas apropriadas para comercialização. Estas foram contadas, medidas suas áreas foliares e determinadas as suas biomassas frescas e secas. Contou-se ainda o número de brotações e o número de folhas totalmente expandidas que ainda não estavam apropriadas para colheita e determinou-se o número total de folhas. A cultivar Vale das Garças apresentou o maior desenvolvimento vegetativo em todas as variáveis analisadas. A 'Orelha de Elefante', por possuir folhas com área foliar específica maiores, teve biomassas fresca e seca totais semelhantes à da Vale das Garças embora tenha apresentado menor número de brotações, de folhas colhidas e total de folhas. Concluiu-se que essas duas cultivares constituem boas alternativas para a produção de couve. Resumo em inglês The experiment was carried out in a glasshouse in the Centro de Ecofisiologia e Biofísica of the Instituto Agronômico de Campinas, São Paulo State, Brazil, between August and December 2008. The kale cultivars Manteiga São José, Verde-Escura, IAC-Campinas, Orelha de Elefante, and Vale das Garças were evaluated every 14 days until 126 days after planting. The kales were produced from plantlets. The experimental design was a randomized complete block with eight replica (mais) tions, in a split-plot design for time of evaluation. The plant height and stem diameter were measured and all commercial leaves were harvested and counted. Leaf areas were measured and their fresh and dry weights were determined. The sprout number and all totally expanded but not yet commercial leaves were counted and the total number of leaves was calculated. Vale das Garças was the cultivar with highest vegetative development for all variables analyzed. Although the sprout, commercial leaves and total number of leaves showed lower values in 'Orelha de Elefante', the final yield of fresh and dry leaves of this cultivar presented higher specific foliar area and its fresh and dry weight were similar to that of Vale das Garças. 'Vale das Garças' and 'Orelha de Elefante' presented themselves as a good alternative for kale production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Primeiro registro de Lipaphis pseudobrassicae Davis (Hemiptera: Aphididae) e sua associação com insetos predadores, parasitóides e formigas em couve (Cruciferae) no Brasil/ First record of Lipaphis pseudobrassicae Davis (Hemiptera: Aphididae) and its association with predator insects, parasitoids and ants in kale (Cruciferae) in Brazil

Resende, André L.S.; Silva, Edmilson E.; Silva, Venicio B.; Ribeiro, Raul L.D.; Guerra, José G.M.; Aguiar-Menezes, Elen L.
2006-08-01

Resumo em português Este estudo descreve a fauna de insetos predadores, parasitóides e formigas associada a pulgões em couve (Brassica oleracea L. var. acephala D.C.), cultivada em sistema orgânico. O pulgão foi identificado como Lipaphis pseudobrassicae Davis, sendo este o primeiro registro da espécie atacando couve no Brasil. Parasitismo primário por Diaeretiella sp. e Aphidius sp. e hiperparasitismo por Aphydencyrtus sp., Alloxysta sp., Pachyneuron sp. e Syrphophagus sp. foram obser (mais) vados. Vinte espécies de Coccinellidae foram coletadas, sendo que oito delas foram observadas, tanto na fase adulta como larval, atacando o pulgão: Hyperaspis (Hyperaspis) festiva Mulsant, que foi a mais abundante (72,5% do total de insetos predadores obtidos), Cycloneda sanguinea (L.), Eriopis connexa Germar, Coleomegilla maculata DeGeer, Hippodamia convergens Guérin, Heterodiomus sp., Scymnus (Pullus) sp.1 e Scymnus (Pullus) sp.2. Larvas de Syrphidae afidófagas coletadas nas folhas de couve infestadas por L. pseudobrassicae pertencem às espécies Allograpta exotica (Wiedemann) e Ocyptamus gastrostactus (Wiedemann). Larvas e pupas de Syrphidae foram parasitadas por Pachyneuron sp., Syrphophagus sp. e Diplazon laetatorius Fabricius. Larvas de Chrysopodes sp. foram observadas alimentando-se de L. pseudobrassicae. Espécies de formigas associadas às colônias desse pulgão foram Ectatomma quadridens Fabricius e Pheidole sp. Resumo em inglês This study describes the fauna of predator insects, parasitoids and ants associated with aphids on kale (Brassica oleracea L. var. acephala D.C.) in organic system. The aphid was identified as Lipaphis pseudobrassicae Davis, and this is the first record of the species attacking kale in Brazil. Primary parasitism by Diaeretiella sp. and Aphidius sp. and hyperparasitism by Aphydencyrtus sp., Alloxysta sp., Pachyneuron sp. and Syrphophagus sp. were observed. Twenty species o (mais) f Coccinellidae were collected, and eight of them were observed in adult and larval stages attacking the aphid: Hyperaspis (Hyperaspis) festiva Mulsant, which was the most abundant (72.5% of all predator insects obtained), Cycloneda sanguinea (L.), Eriopis connexa Germar, Coleomegilla maculata DeGeer, Hippodamia convergens Guérin, Heterodiomus sp., Scymnus (Pullus) sp.1 and Scymnus (Pullus) sp.2. Aphidophagous Syrphidae larvae collected on leaves of kale infested by L. pseudobrassicae belong to the species Allograpta exotica (Wiedemann) and Ocyptamus gastrostactus (Wiedemann). Larvae and pupae of Syrphidae were parasitized by Pachyneuron sp., Syrphophagus sp. and Diplazon laetatorius Fabricius. Larvae of Chrysopodes sp. were observed feeding on L. pseudobrassicae. Species of ants associated with the colony of this aphid were Ectatomma quadridens Fabricius and Pheidole sp.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Efeito inibitório na germinação, induzido pelo extrato de couve (Brassica oleracea L. var. acephala DC.)/ Inhibition effect of the germination, induced by extract of common kale (Brassica oleracea L. var. acephala DC)

Lucchesi, A.A.; Oliveira, R.F.
1988-01-01

Resumo em português Com a finalidade de se estudar as possíveis propriedades alelopáticas da couve (Brassica oleracea L. var. acephala DC), foi conduzido um bioensaio, em condições de laboratório, na E.S.A."Luiz de Queiroz", em Piracicaba, SP. Foram utilizadas sementes de tomate (Lycopersicon esculentum Mill. cv.Santa Cruz) colocadas para germinar em soluções com diferentes concentrações (0; 25; 50 e 100%) do extrato obtido da parte aérea (folhas) da couve. Constataram-se efeitos p (mais) ronunciadamente inibitórios de germinação das sementes de tomate nas maiores concentrações do extrato de couve. As plântulas que germinaram, nas parcelas tratadas com o extrato, mostraram-se com o crescimento reduzido, morfo-fisiologicamente anormais, e com maior tempo para o início da germinação. Todas essas características foram mais pronunciadas nas parcelas com maiores concentrações do extrato. Resumo em inglês With the purpose of studying the possible allelopathy characteristics of the common kale (Brassica oleracea L. var. acephala DC.), an experiment was conducted in laboratory conditions, at E.S.A. "Luiz de Queiroz", in Piracicaba, São Paulo State. Tomato seeds (Lycopersicon esculentum Mill. cv. Santa Cruz) were put to germinate in solutions with different concentrations (0; 25; 50 and 100%) of the extract obtained from the air part (leaves) of the common kale. Effects pron (mais) ouncedly inhibitories of the germination of the tomato seeds were found in the largest concentrations of the common kale extract. The seedlings which germinated in the parcels treated with the extract presented reduced growth morpfo-physiologically abnormal and with larger time for the beginning of the germination. All these characteristics were more pronounced in the parcels with larger concentrations of the extract.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Respostas fisiológicas de folhas de couve minimamente processadas/ Physiological response of kale leaves minimally processed

Carnelossi, Marcelo Augusto G.; Silva, Ebenézer de O.; Campos, Rodrigo da S.; Puschmann, Rolf
2005-06-01

Resumo em português Verificou-se a taxa respiratória, a produção de etileno de folhas de couve intactas e minimamente processadas, e a influência do horário de colheita, do resfriamento rápido e da temperatura de sanitização sobre a conservação do produto minimamente processado. Folhas de couve totalmente desenvolvidas foram colhidas às sete e às 14 horas, na horta da UFV, entre 1996 e 2000. O processamento foi realizado logo após a colheita e após a refrigeração (6±1� (mais) �C por 8 h). Amostras (200 g) foram acondicionadas em embalagens de poliolefina multicamada, armazenadas a 5±2ºC por 15 dias e foram avaliadas quanto aos teores de vitamina C e atividade de polifenoloxidase (PPO). A taxa respiratória e produção de etileno foram determinadas em folhas intactas e minimamente processadas colocadas em bandejas plásticas e frascos de vidros hermeticamente fechados, e armazenadas durante 24 horas a 1; 5; 10 e 25ºC. A taxa respiratória e a evolução de etileno das folhas de couve inteira aumentaram imediatamente após destacamento da planta mãe. O fatiamento aumentou a taxa respiratória da folha em aproximadamente duas vezes. O aumento da temperatura influenciou significativamente (P Resumo em inglês The respiratory rate and ethylene production were evaluated in whole and minimally processed kale leaves and, the influence of harvest time, of fast cooling and sanitization temperature on the conservation of the minimally processed product. Totally developed kale leaves were harvested at 7 and 14 o'clock in the field, during the years 1996 and 2000. Processing was carried out soon after harvest and subsequent refrigeration (6±1ºC for 8 h). Samples (200 g) were co (mais) nditioned in multilayer poliolefina packing, stored at 5±2ºC for 15 days and evaluate for vitamin C and polifenoloxidase (PPO) activity. The respiratory rate and production of ethylene were determined in whole leaves as well as in minimally processed ones, packed in plastic trays and glass jars hermetically closed. The packs were stored during 24 hours under temperatures of 1; 5; 10 and 25ºC. The respiratory rate and the ethylene production increased immediately after the detachment of the leaves from the mother plant. Cutting increased the respiratory rate in approximately two-folds. Increasing of the temperature affected significantly (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Caracterização física, química e sensorial de cookies confeccionados com farinha de talo de couve (FTC) e farinha de talo de espinafre (FTE) ricas em fibra alimentar/ Phisical, chemical, and sensorial characterization of cookies made with kale stalk flour (KSF) and spinach stalk flour (SSF) rich in nourishing fiber

Mauro, Ana Karina; Silva, Vera Lúcia Mathias da; Freitas, Maria Cristina Jesus
2010-09-01

Resumo em português Objetivou-se utilizar Farinhas de Talos (FT) na confecção de cookies. As farinhas foram obtidas a partir de talos de couve manteiga e espinafre desidratados. Confeccionaram-se 3 tipos de cookies por modificação da formulação padrão de sugar-sanap cookie, método 10-50D (AMERICAN..., 1995): cookie controle, cookie com 15% de FTC e com 15% de FTE. Realizou-se a composição centesimal nas FT segundo as metodologias descritas da AOAC (ASSOCIATION..., 1995), sendo as f (mais) ibras alimentares analisadas pelo método de van Soest (1963). Nos cookies, procedeu-se às seguintes análises: peso, espessura, diâmetro, volume e densidade aparente segundo método 10-50D da AACC (AMERICAN..., 1995), acidez titulável e pH através da técnica do Instituto Adolfo Lutz (SÃO PAULO, 1985), rendimento e fator térmico. A composição centesimal dos cookies seguiu normas da AOAC (ASSOCIATION..., 1995) e, para aceitação dos experimentais, utilizou-se escala hedônica de 9 pontos. Constatou-se que as FT possuem baixa densidade energética e alto teor de fibra alimentar e cinzas. Os cookies experimentais apresentaram maior (p Resumo em inglês The objective of the study was to use Stalk Flours (SF) to prepare cookies. The ST was made with dehydrated Kale Stalks (KSF) and Spinach Stalks (SSF). Three kinds of cookies were prepared by modification of the sugar-snap cookie formula, 10-50D method (AMERICAN..., 1995): control cookie, cookie with 15% of KSF, and cookie with 15% of SSF. The centesimal composition was performed on the SF by the AOAC (ASSOCIATION..., 1995) and the nourishing fibers were prepared accordin (mais) g to van Soest (1963). The following parameters were analyzed: weight, thickness, diameter, volume, and apparent density according to the 10-50D method of the AACC (AMERICAN..., 1995), titratable acidity and pH using the Adolfo Lutz Institute (2005) technique, and also revenue and caloric factor. The determination of the centesimal composition of the cookies followed the AOAC regulations (ASSOCIATION..., 1995), and a 9-point hedonic scale of was used for the acceptance testing. It was observed that the SF had a low energetic density and a high value of nourishing fiber and ashes. The cookies analyzed showed a higher value of thickness (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Consórcio couve-coentro em cultivo orgânico e sua influência nas populações de joaninhas/ Performance of the kale-coriander intercropping in organic cultivation and its influence on the populations of ladybeetles

Resende, André Luis S; Viana, Abraão José da S; Oliveira, Rafael J; Aguiar-Menezes, Elen de L; Ribeiro, Raul de LD; Ricci, Marta dos SF; Guerra, José Guilherme M
2010-03-01

Resumo em português O consórcio de culturas é comumente praticado na produção de hortaliças devido a diversos benefícios econômicos. Em alguns casos, podem reduzir infestações de pragas por favorecer a conservação dos inimigos naturais nos agroecossistemas. Avaliou-se a viabilidade agronômica do consórcio de couve e coentro, sob manejo orgânico, com base em parâmetros fitotécnicos, além de sua influência sobre populações de joaninhas (Coleoptera: Coccinellidae), na compar (mais) ação com os respectivos cultivos solteiros. O coentro, representando a cultura secundária, foi utilizado com a finalidade de fornecer recursos para as joaninhas. O estudo foi realizado em área do Sistema Integrado de Produção Agroecológica em Seropédica-RJ. O experimento consistiu dos consórcios: 1) couve consorciada com coentro, cujas quatro linhas de plantas foram colhidas na fase vegetativa (consórcio I), e 2) couve consorciada com coentro, cujas plantas das duas linhas internas (próximas à linha da couve) foram colhidas na fase vegetativa e as duas linhas externas foram cortadas após floração (consórcio II). Em ambos consórcios foram avaliados os parâmetros fitotécnicos da couve e do coentro na fase vegetativa (padrão comercial), enquanto que no consórcio II, também se avaliou as populações de joaninhas, por meio de coletas semanais de adultos, em comparação com a couve em cultivo solteiro. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições. O coentro não interferiu na produtividade da couve consorciada e sua introdução contribuiu positivamente para a abundância e diversidade de espécies de joaninhas. O índice de equivalência de área para o consórcio I, com referência aos rendimentos de biomassa aérea fresca, foi superior em 92% em relação ao cultivo solteiro. Este resultado demonstra a viabilidade do consórcio I, no manejo orgânico adotado, para plantios de outono nas condições edafoclimáticas da Baixada Fluminense. Resumo em inglês Intercropping is commonly practiced in the production of vegetable crops due to diverse economic benefits. In some cases, it may decrease the infestations of pests by favoring the conservation of the natural enemies in the agroecosystems. This study aimed to evaluate the agronomical viability of the kale and coriander intercropping, under organic management, based on phytotechnical parameters, and its influence on the populations of ladybeetles (Coleoptera: Coccinellidae) (mais) in comparison to respective sole crops. Coriander, representing the secondary crop, was used aiming to provide resources to ladybeetles. The study was carried out in area of the Sistema Integrado de Produção Agroecológica, Seropédica county, State of Rio de Janeiro. The experiment consisted of two types of intercropping: 1) kale intercropped with coriander, whose four lines of plants were harvested at the vegetative phase (intercropping I), and 2) kale intercropped with coriander, whose plants of the two internal lines (near to the line of kale) were harvested at the vegetable phase, and the two external lines were cut after blossom (intercropping II). In both intercropping the phytotechnical parameters of the kale and the coriander at the vegetative phase (commercial standard) were evaluated, while in the intercropping II, the populations of ladybeetles were also evaluated by weekly samples of adults, in comparison to kale sole crop. The experimental design was of randomized blocks with four replicates. Coriander did not interfere in the productivity of the kale intercropped and its introduction contributed positively to the abundance and the species diversity of ladybeetles. The land equivalent ratio for the intercropping I, taking into account the yield of fresh aerial biomass, was superior in 92% in relation to kale sole crop. This result demonstrates the viability of the intercropping I, in the organic management adopted, for cultivation of autumn in the edaphoclimatic conditions of the Baixada Fluminense region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

A produção da violência e dispositivos de intervenção

Chaves, Juliane A.; Kale, Kenia C.; Santos, Miralda; Kubaski, Verônica G.; Tedesco, Silvia Helena
2006-12-01

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Estudos de alguns aspectos da alimentação em Ascia monuste Godart (Lepidoptera, Pieridae)/ Estudies on some aspects of the alimentation of Ascia monuste Godart (Lepidoptera, Pieridae)

Felipe, Maria Cecília; Zucoloto, Fernando Sérgio
1993-01-01

Resumo em inglês Six kinds of crucifer (broccoli, cabbage, califlower, kale, mustard and rugula) were tested, as food, for larvae od Ascia monuste. The best results were obtained eith califlower, broccoli, rugula and kale. Four sugars (glucose, fructose, sucrose and maltose) were tested to know their influence on the number of oviposition in female of Ascia monuste. The best results were obtained with fructose, glucose and sucrose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Aspectos biológicos de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) alimentada com Bemisia tabaci (Gennadius, 1889) biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae) criada em três hospedeiros/ Biological aspects of Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) fed on Bemisia tabaci (Gennadius, 1889) biotype B (Hemiptera: Aleyrodidae) reared in three hosts

Silva, Cláudio Gonçalves; Auad, Alexander Machado; Souza, Brígida; Carvalho, César Freire; Bonani, Jean Patrick
2004-04-01

Resumo em português Estudaram-se alguns aspectos biológicos de adultos de Chrysoperla externa (Hagen) oriundos de larvas alimentadas com ninfas da mosca-branca Bemisia tabaci (Gennadius) biótipo B, criadas em folhas de pepino (Cucumis sativus) var. caipira, couve (Brassica oleraceae) var. acephala e na planta invasora leiteiro (Euphorbia heterophylla). Discos foliares dos hospedeiros contendo ninfas de terceiro e quarto estádios da mosca-branca foram acondicionados em placas de Petri cont (mais) endo ágar-água a 1%. Em cada placa foi colocada uma larva de C. externa recém-eclodida, onde permaneceram até a emergência dos adultos. Foram avaliados o peso logo após a emergência, os períodos de pré-oviposição, oviposição, efetivo de oviposição, pós-oviposição, número total de ovos produzidos por fêmea e longevidade. Avaliaram-se, também, o período embrionário e a viabilidade dos ovos, coletando-se, uma vez por semana, uma amostra de 10% do total de ovos produzidos no dia, ao longo de todo o período reprodutivo. O peso de machos e fêmeas não diferiu significativamente em função do hospedeiro da presa, sendo em média de 4,7 mg. De maneira geral, adultos de C. externa oriundos de larvas alimentadas com ninfas de B. tabaci biótipo B criadas em leiteiro apresentaram performance inferior em relação àqueles oriundos do pepino e da couve. O período de oviposição foi, em média, de 49,5 dias para o pepino e a couve, e de 31,6 dias para o leiteiro. A produção de ovos foi reduzida em aproximadamente 50% em leiteiro, sendo de 293,8 ovos; no pepino e couve, a média foi de 591,3 ovos. Ninfas de B. tabaci biótipo B criadas em leiteiro causaram uma redução da viabilidade dos ovos de C. externa, que foi 62,8% e 57,7% inferior ao verificado para o pepino e a couve, respectivamente. Resumo em inglês The aim was to study some biological aspects of adults of Chrysoperla externa (Hagen), from larvae fed on nymphs of third and fourth stages of Bemisia tabaci (Gennadius) biotype B, and reared on leaves of cucumber (Cucumis sativus), kale (Brassica oleracea) and wild poinsettia (Euphorbia heterophylla). Leaf discs from the hosts containing third and fourth stage nymphs of whitefly, were placed in Petri dishes containing 1% agar. One recently hatched larvae of C. externa wa (mais) s placed in each dish, until adult emergence. The weight after emergence,eoviposition, oviposition, effective oviposition and postoviposition periods, the total number of eggs per female and longevity were evaluated. The embryonic period and the survival rate of the eggs were also recorded by collecting weekly samples of 10% of the daily egg production, throughout the reproductive period. The weights of males and females did not differ in relation to the hosts, the average being 4.7 mg. In general, adults of C. externa, coming from larvae fed on B. tabaci biotype B nymphs reared on leaves of the host wild poinsettia, had their biological characters affected, in comparison with those on leaves of cucumber and kale. The oviposition period averaged 49.5 days for cucumber and kale, and 31.6 days for wild poinsettia. Egg laying capacity was reduced by 50% on wild poinsettia, its being 293.8 eggs. In cucumber and kale, the average was 591.3 eggs. Nymphs of B. tabaci biotype B reared on wild poinsettia caused increase of the embrionic period and a reduction of the survival rate of the eggs, its being 62.8% and 57.7% lower than that presented by the ones reared on cucumber and kale, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Biologia e preferência alimentar de Ascia monuste orseis (Latreille) (Lepidoptera: Pieridae) na planta invasora Raphanus raphanistrum L./ Biology and feeding preference of Ascia monuste orseis (Latreille) (Lepidoptera: Pieridae) on the weed Raphanus raphanistrum L.

Pereira, Tania; Pasini, Amarildo; Oliveira, Émerson D.M. de
2003-12-01

Resumo em português Foi estudada a biologia e preferência alimentar do curuquerê-da-couve, Ascia monuste orseis (Latreille) na planta invasora R. raphanistrum L. Ovos de A. monuste orseis foram coletados nas plantas de couve manteiga da fazenda da Universidade Estadual de Londrina (UEL), PR. As lagartas foram individualizadas, recebendo folhas de nabiça diariamente, observando-se os ínstares e registrando-se a mortalidade. A duração média da fase larval foi de 12,9 (± 0,08) dias, com (mais) mortalidade de 42,0%; a duração média da fase pupal foi 6,7 (±0,13) dias e a mortalidade de 38,4%. O curuquerê preferiu alimentar-se de nabiça, comparativamente com a couve manteiga, Brassica oleracea var. acephala. Resumo em inglês The biology and feeding preference of the kale leafworm, Ascia monuste orseis (Latreille) on the weed Raphanus raphanistrum Godart was studied. Eggs were collected on plants at the farm of the Universidade Estadual de Londrina (UEL), PR, Brazil. Neonate caterpillars were individualized and were daily fed on leaves of R. raphanistrum; instar duration and mortality were recorded. Mean duration of the larval stage was 12.9 (± 0.08) days and mortality was 42.0%. Mean duratio (mais) n of the pupal stage was 6.7 (± 0.13) days, and mortality was 38.4%. A. monuste orseis prefered feeding on leaves of R. raphanistrum, than leaves of kale Brassica oleracea var. acephala.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

CARACTERIZAÇÃO DA VARIABILIDADE GENÉTICA EM COUVE-MANTEIGA UTILIZANDO ISOENZIMAS E RAPD

SAWAZAKI, HAIKO ENOK; NAGAI, IROSHI; SODEK, LADASLAV
1997-01-01

Resumo em português Estudou-se a variabilidade genética em couve (Brassica oleracea L. var. acephala D.C.) tipo manteiga por intermédio do polimorfismo enzimático em gel de poliacrilamida e do polimorfismo de DNA, denominado RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA), com base na amplificação de segmentos de DNA ao acaso. Avaliaram-se quinze clones de couve-manteiga do Banco Ativo de Germoplasma do Instituto Agronômico (IAC), utilizando-se extratos de folhas para análise de isoenzimas e (mais) marcador RAPD com os "primers" dos kits A e B da Operon Technologies. Entre as isoenzimas estudadas, as mais polimórficas foram as fosfoglucomutase (PGM), peroxidase (PRX) e esterase (EST), tendo o sistema PGM realizado a melhor caracterização. Verificou-se a ocorrência de variabilidade genética por meio de isoenzimas e RAPD, porém não foi observada a similaridade entre os dendrogramas obtidos por ambos os tipos de marcadores, sugerindo que as isoenzimas forneceram menos informação sobre o genoma. A maior eficácia do RAPD foi devida à possibilidade de processar maior número de análises, evidenciando mais detalhes sobre o genoma. Resumo em inglês Genetic variability of kale plants (Brassica oleracea L. var. acephala D.C.) was studied by means of enzymatic polymorphism using polyacrilamide gel electrophoresis and a DNA polymorphism assay based on RAPD. Fifteen clones of kale var. acephala from IAC germplasm collection were studied. Leaf extracts were analysed for isozymes and RAPD markers using A and B kits of primers. Isozyme polymorphism was observed for phosphoglucose mutase (PGM), peroxidase (PRX) and esterase (mais) (EST) and was higher for PGM. Differences among clones were observed by isozymes and RAPD, however, the dendrograms obtained from both kinds of markers were dissimilar, suggesting that the isozymes provided less information than RAPD about the genome. The superior efficiency of the RAPD was due to its ability to process a larger number of samples, making details about genome more evident.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Seleção e produção de sementes em hortaliças: com referência especial ao gênero Brassica

Brieger, F. G.; Gurgel, J. T. A.
1942-01-01

Resumo em inglês The preliminary work with vegetables was described and special reference was-made to the group Brassica oleracea. a) Plants flowering easily in Piracicaba and probably in the whole State of São Paulo. To this group belongs the lettuce, endive, chichory, carrot, radish, kale, brocoli and cauliflower. b) Plants where special treatment is necessary for flowering, as cabbage. c) Plants that did not flower up to this moment, as Svisschard beet and beet. Three main factors con (mais) tribute for the seedless condition in the group cabbage : lack of flowering, anormalities of the flowers and self-sterility. The preliminary experiments in controling these factors seem to indicate the possibility of seed production in this group. The systematics of the two species Brassica oleracea (Europe) and Brassica juncea (Oriental Asia) was discussed. The economical differences in the group Brassica oleracea are controled by Mendelian factors with complicate types of interaction. It is not necessary to look for special places in the State of São Paulo for vegetable experiments but the possibility of better results in the future, with appropriate conditions, is emphasized.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Quantificação não destrutiva de clorofilas em folhas através de método colorimétrico/ Non-destructive quantification of chlorophylls in leaves by means of a colorimetric method

Amarante, Cassandro VT do; Bisognin, Dilson Antônio; Steffens, Cristiano André; Zanardi, Odimar Z; Alves, Erlani de O
2008-12-01

Resumo em português Avaliou-se a viabilidade de utilização de um colorímetro, como alternativa à utilização de medidor de clorofila, para a quantificação não destrutiva de clorofilas em folhas. Folhas de couve "Manteiga" e batata "Ágata", com tonalidades variando de verde amarelado (clorótica) a verde escuro, foram avaliadas individualmente com um medidor de clorofila (Minolta SPAD-502) e um colorímetro (Minolta CR-400, no espaço de cores L, C e hº), seguido de quantificações (mais) destrutivas de clorofilas a, b e totais. Os valores de leitura do medidor de clorofila e da relação hº/(LxC) do colorímetro aumentaram com o incremento nos teores de clorofilas nas folhas em couve e batata. Os modelos ajustados entre teores de clorofilas e as leituras do medidor de clorofila e da relação hº/(LxC) do colorímetro apresentaram valores similares de R², em ambas as espécies. Os resultados obtidos demonstram que o colorímetro é uma alternativa viável na avaliação não destrutiva do teor de clorofilas (µg cm-2 de folha), especialmente de clorofilas a e totais. Para tanto, os valores da relação hº/(LxC) do colorímetro devem ser calibrados com a extração de clorofilas nas folhas da espécie e genótipo de interesse. Resumo em inglês This work was carried out to evaluate the viability of the use of a chroma meter as an alternative to the leaf chlorophyll meter for nondestructive quantification of chlorophylls in the leaves. Leaves of kale ("Manteiga") and potato ("Ágata") plants, with colors ranging from yellow-green (chlorotic) to dark green, were individually assessed with the chlorophyll meter (SPAD-502) and the chroma meter (Minolta CR-400, at the L, C, and ho color space), and, thereafter, destr (mais) uctively assessed for total chlorophyll and chlorophylls a and b. The chlorophyll meter reading and the hº/(LxC) ratio for the chroma meter increased with the increment of chlorophylls content in the leaves of kale and potato. The adjusted models between chlorophylls content versus chlorophyll meter readings and the hº/(LxC) ratio for the chroma meter had similar R² in both species. The chroma meter is a viable alternative for non-destructive assessment of chlorophylls (µg cm-2) in leaves, especially of chlorophyll a and total chlorophyll. Nevertheless, this requires the calibration between the hº/(LxC) ratio of the chroma meter and the chlorophylls extracted from leaves of concerned specie and genotype.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

CONFIRMAÇÃO DA IDENTIDADE DA alfa-CRIPTOXANTINA E INCIDÊNCIA DE CAROTENÓIDES MINORITÁRIOS PROVITAMÍNICOS A EM VERDURAS FOLHOSAS VERDES/ CONFIRMATION OF THE IDENTITY OF alpha-CRYPTOXANTHIN AND INCIDENCE OF MINOR PROVITAMIN A CAROTENOIDS IN GREEN LEAFY VEGETABLES

MERCADANTE, Adriana Z.; RODRIGUEZ-AMAYA, Délia
2001-08-01

Resumo em português Numerosos trabalhos comprovaram que os carotenóides principais de folhas verdes são invariavelmente luteína, beta-caroteno, violaxantina e neoxantina. No entanto, há discordância em torno dos carotenóides minoritários. Portanto, a espectrometria de massas por impacto de elétrons e cromatografia líquida de alta eficiência com detector de arranjo de diodos foram utilizados para confirmar a identidade de carotenóides minoritários com atividade provitamínica A em (mais) verduras folhosas brasileiras. Os carotenóides pró-vitamínicos A, incluindo os isômeros cis e trans de beta-caroteno, foram separados em coluna de C18 polimérica, Vydac 201TP54, com metanol/água (98:2) como fase móvel. Os espectros UV-visível e de massas confirmaram o carotenóide monoidroxilado como sendo alfa-criptoxantina e não beta-criptoxantina como aponta a literatura internacional. Todas as onze folhas analisadas (agrião, alface crespa, alface lisa, almeirão, caruru, chicória, couve, espinafre, rúcula, salsinha e taioba) apresentaram alfa-criptoxantina, 13-cis-beta-caroteno e 9-cis-beta-caroteno, enquanto que alfa-caroteno foi encontrado em apenas quatro folhas (caruru, couve, salsinha e taioba). Resumo em inglês The main carotenoids from green leafy vegetables have been consistently found to be lutein, beta-carotene, violaxanthin and neoxanthin. However, there is a controversy about the identity of minor carotenoids. Therefore, electron impact mass spectrometry and high performance liquid chromatography with a diode array detector were used in order to confirm the identity of the minor provitamin A carotenoids in Brazilian green leaves. The provitamin A carotenoids, including the (mais) cis and trans isomers of beta-carotene, were separated on a polymeric C18 column, Vydac 201TP54, with MeOH/H2O (98:2) as mobile phase. The UV-visible and mass spectra confirmed that the monohydroxy carotenoid present in Brazilian green leafy vegetable to be alpha-cryptoxanthin, and not beta-cryptoxanthin as reported in the international literature. All eleven green leaves analyzed (water-cress, unheaded lettuce, lettuce, wild chicory, "caruru", common chicory, kale, spinach, endive, roquette, parsley, and "taioba") had alpha-cryptoxanthin, 9-cis and 13-cis- beta-carotene, whereas alpha-carotene was found in only four of these leaves ("caruru", kale, salsinha and "taioba").

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Controle de perdas de carotenóides em hortaliças preparadas em unidade de alimentação e nutrição hospitalar/ Control of carotenoid loss in vegetables prepared in a hospital foodservice

Della Lucia, Ceres Mattos; Campos, Flávia Milagres; Mata, Gardênia Márcia Silva Campos; Sant'Ana, Helena Maria Pinheiro
2008-10-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar procedimentos de manipulação visando o controle de perdas de β-caroteno e licopeno em couve e tomate preparados em uma Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) hospitalar. Os critérios adotados não utilizados previamente pela UAN foram: armazenamento por 24 h sob refrigeração (10°C), sanitização por 15 min e distribuição logo após o preparo. As hortaliças foram coletadas após a recepção e depois de cada etapa de manipulação. (mais) A análise foi realizada por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), usando como fase móvel metanol, acetato de etila e acetonitrila (50:40:10). A ANOVA (α = 0,05) foi utilizada para detecção de diferenças significativas. Não foram encontradas diferenças significativas quanto ao conteúdo dos componentes entre as etapas de manipulação, mas houve redução importante das taxas de retenção. Para β-caroteno em couve, verificou-se retenção de 68,2% após 60 minutos de exposição para consumo, enquanto em tomate, 91,96% do conteúdo desse composto foi preservado após 120 minutos de espera até a distribuição. Não foi observada redução importante na taxa de retenção de licopeno. Os procedimentos avaliados na UAN hospitalar contribuíram para controlar as perdas de carotenóides nas hortaliças, pois sua retenção foi elevada, sendo sugerida sua adoção em outras UAN. Resumo em inglês The aim of this study was to assess the handling procedures of kale and tomatoes in a hospital foodservice (HFS) in order to control loss of β-carotene and licopene. The adopted measures, up to then not used by the HFS, were: 24-h storage under refrigeration (10°C), hygienizing for 15 min and distribution immediately after preparation. Vegetable samples were collected after reception and after each stage of manipulation in the HFS. The samples were analyzed using hi (mais) gh performance liquid chromatography (HPLC) with a mobile phase of methanol, ethyl acetate and acetonitrile (50:40:10). ANOVA (α = 0.05) was used to detect significant differences. No significant differences in the content of the components were found between the different stages of manipulation but there was an important decrease in the retention rates. In kale a retention rate of 68.2% for β-carotene was verified 60 minutes after preparation whereas in tomatoes 91.96% of this compound were preserved for 120 minutes after preparation. No important decrease was observed in the retention of licopene. The high retention rates showed that the evaluated procedures contributed to control the loss of carentoids in vegetables and therefore these measures should be adopted in other HFS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Controle de perdas de carotenóides em hortaliças preparadas em unidade de alimentação e nutrição hospitalar/ Control of carotenoid loss in vegetables prepared in a hospital foodservice

Della Lucia, Ceres Mattos; Campos, Flávia Milagres; Mata, Gardênia Márcia Silva Campos; Sant'Ana, Helena Maria Pinheiro
2008-10-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar procedimentos de manipulação visando o controle de perdas de β-caroteno e licopeno em couve e tomate preparados em uma Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) hospitalar. Os critérios adotados não utilizados previamente pela UAN foram: armazenamento por 24 h sob refrigeração (10°C), sanitização por 15 min e distribuição logo após o preparo. As hortaliças foram coletadas após a recepção e depois de cada etapa de manipulação. (mais) A análise foi realizada por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), usando como fase móvel metanol, acetato de etila e acetonitrila (50:40:10). A ANOVA (α = 0,05) foi utilizada para detecção de diferenças significativas. Não foram encontradas diferenças significativas quanto ao conteúdo dos componentes entre as etapas de manipulação, mas houve redução importante das taxas de retenção. Para β-caroteno em couve, verificou-se retenção de 68,2% após 60 minutos de exposição para consumo, enquanto em tomate, 91,96% do conteúdo desse composto foi preservado após 120 minutos de espera até a distribuição. Não foi observada redução importante na taxa de retenção de licopeno. Os procedimentos avaliados na UAN hospitalar contribuíram para controlar as perdas de carotenóides nas hortaliças, pois sua retenção foi elevada, sendo sugerida sua adoção em outras UAN. Resumo em inglês The aim of this study was to assess the handling procedures of kale and tomatoes in a hospital foodservice (HFS) in order to control loss of β-carotene and licopene. The adopted measures, up to then not used by the HFS, were: 24-h storage under refrigeration (10°C), hygienizing for 15 min and distribution immediately after preparation. Vegetable samples were collected after reception and after each stage of manipulation in the HFS. The samples were analyzed using hi (mais) gh performance liquid chromatography (HPLC) with a mobile phase of methanol, ethyl acetate and acetonitrile (50:40:10). ANOVA (α = 0.05) was used to detect significant differences. No significant differences in the content of the components were found between the different stages of manipulation but there was an important decrease in the retention rates. In kale a retention rate of 68.2% for β-carotene was verified 60 minutes after preparation whereas in tomatoes 91.96% of this compound were preserved for 120 minutes after preparation. No important decrease was observed in the retention of licopene. The high retention rates showed that the evaluated procedures contributed to control the loss of carentoids in vegetables and therefore these measures should be adopted in other HFS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Classificação de cultivares de brássicas com relação à resistência à traça-das-crucíferas e à presença de glucosinolatos/ Brassicas cultivars classification in relation to resistance to diamondback moth and to the presence of glucosinolates

Thuler, Robson Thomaz; De Bortoli, Sergio Antonio; Hoffmann-Campo, Clara Beatriz
2007-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de cultivares de repolho e de couve na biologia da traça-das-crucíferas; analisar a composição química das plantas, em relação aos glucosinolatos e aplicar a análise multivariada na classificação das cultivares. Foram utilizadas as cultivares: de repolho verde Chato-de-quintal e o híbrido Midori; de repolho roxo Roxo precoce e o híbrido Roxo TPC00682; e de couve-manteiga Geórgia (padrão de suscetibilidade) e Ge� (mais) �rgia híbrido HS20. Foram avaliadas as características biológicas da praga: viabilidade e duração das fases larval e pupal, razão sexual, fecundidade das fêmeas, longevidade dos adultos e duração e viabilidade da fase de ovo, tendo-se calculado o potencial reprodutivo corrigido (PRC). Obtiveram-se as correlações entre os parâmetros pelo método de Pearson, e realizaram-se análises multivariadas de agrupamento e de componentes principais. Em cromatógrafo líquido, avaliaram-se a presença de sinigrina e de outros glucosinolatos nas plantas. A cultivar Geórgia e os híbridos HS20 e Roxo foram classificados como altamente suscetíveis; 'Roxo precoce' e 'Midori' como suscetíveis e, 'Chato-de-quintal' como moderadamente resistente à Plutella xylostella. As análises multivariadas proporcionam melhor classificação das cultivares, em razão do grau de resistência apresentado. Os materiais genéticos avaliados não apresentam a substância secundária sinigrina. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the effect of cabbage and kale cultivars on the diamondback moth biology; to analyze the plant chemical composition in relation to glucosinolates and to apply the multivariate analysis to classify cultivar resistance. Trials were conduct using: green cabbage cultivar Chato-de-quintal and hybrid Midori; purple cabbage Roxo precoce and purple hybrid TPC00682; kale cultivar Georgia (susceptibility standard) and hybrid HS20. The pest (mais) biological characteristics evaluated were: viability and the length of the larval and pupal period, sex ratio, female fertility, adult longevity and the length and viability of the egg phase; also it was calculated the corrected reproductive potential index (CRP). Pearson correlation was obtained, and the grouping and main components of multivariate analysis were applied. Sinigrin and other glucosinolates were evaluated by liquid chromatography. 'Georgia', 'Roxo' and HS20 hybrids were classified as highly susceptible; 'Roxo precoce' and Midori hybrid, as susceptible, and 'Chato-de-quintal' as moderately resistant to diamondback moth. Multivariate analyses provided a better way to classify cultivars in relation to different resistance degrees. Brassica genetic materials evaluated do not present sinigrin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Caracterização morfocultural, biossíntese de autoindutor e formação de biofilme por rizobactérias de hortaliças/ Morphocultural characterization, autoinducer biosynthesis and biofilm formation in rhizobacteria isolated from vegetable crops

Pinton, Rachel; Dias, Anelise; Xavier, Terezinha Ferreira; Rouws, Luc Felicianus Marie; Xavier, Gustavo Ribeiro; Rumjanek, Norma Gouvêa; Ribeiro, Raul de Lucena Duarte
2010-03-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi caracterizar e agrupar rizobactérias, isoladas de hortaliças, quanto à morfologia cultural, riqueza e diversidade e avaliar a biossíntese de autoindutores N-acil lactonas homoserinas (ALH) e a capacidade de formação de biofilmes. Sete estirpes também foram avaliadas quanto ao potencial de promoção de crescimento de Brassica oleraceae var. acephala em casa de vegetação. Para verificar a produção de ALH, foram realizados ensaios co (mais) m Agrobacterium tumefaciens estirpe NT1 como sistema repórter. A formação de biofilme foi avaliada pelo cultivo do isolado em meio líquido. A promoção do crescimento foi avaliada após inoculação das estirpes em plantas de couve-de-folha pela determinação da produção de massa de matérias fresca e seca. A maior diversidade morfocultural foi encontrada entre as estirpes isoladas de couve-de-folha. De um total de 112 estirpes testadas, 13% foram positivas quanto à produção de ALH; de 91 estirpes, 96% foram capazes de formar biofilmes; e de 79 estirpes, 11% foram positivas para ambas as características. Foram observadas diferenças significativas na massa de matéria seca das raízes com inoculação de 10(9) UFC mL-1 da estirpe R142, que incrementou em 55% a massa de matéria seca das raízes de couve, em relação ao controle. Não há relação entre a capacidade de formar biofilme e a detecção de ALH produzidos pelas rizobactérias avaliadas. Resumo em inglês The objective of this work was to characterize and group rhizobacteria isolated from vegetable crops for culture morphology, richness and diversity, and to evaluate the biosynthesis of N-acyl homoserine lactone (AHL) autoinducers and the capacity to form biofilms. Seven strains were also assessed for their potential to promote plant growth of Brassica oleraceae var. acephala in greenhouse. To test the production of AHL, the indicator strain Agrobacterium tumefaciens NT1 w (mais) as used. The formation of biofilms was evaluated by cultivating the isolates in liquid medium. Growth promotion was evaluated after the inoculation of the strains in kale plants and through determination of the fresh and dry mass production. The largest morphocultural diversity was found among the strains isolated from kale. From a total of 112 tested strains, 13% were positive for AHL production, among 91 strains, 96% were capable to form biofilms, and among 79 strains, 11% were positive for both characteristics. Significant differences were observed in root dry mass of plants inoculated with 10(9) UFC mL-1 of strain R142 that increased in 55% the root dry mass in comparison to the control. There is no relationship between the capacity to form biofilms and the detection of the AHL produced by the evaluated rhizobacteria.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Exigências Térmicas e Previsão de Picos Populacionais de Lipaphis erysimi (Kalt.) (Homoptera: Aphididae)/ Thermal Requirements and Prediction of Populational Peaks of Lipaphis erysimi (Kalt.) (Homoptera: Aphididae)

GODOY, KARLLA B; CIVIDANES, FRANCISCO J.
2001-09-01

Resumo em português Experimentos de laboratório e de campo foram realizados de outubro de 1998 a agosto de 1999, visando estimar as exigências térmicas de Lipaphis erysimi (Kalt). Para isso, o desenvolvimento do afídeo foi estudado em condições de laboratório em couve, Brassica oleracea L. var. acephala, usando câmaras climatizadas reguladas a 10, 15, 20, 25 e 30°C, fotofase de 14h e UR de 70±10%. O limite térmico inferior de desenvolvimento de L. erysimi foi de 3,04°C e a consta (mais) nte térmica 132,21 graus-dia. A previsão de ocorrência de adultos no campo foi feita usando-se o método da triangulação; o pico populacional foi previsto para 0-1 dia antes da data em que o mesmo foi observado no campo. Resumo em inglês Laboratory and field experiments were conducted from October 1998 to August 1999, aiming to estimate the thermal requirements of Lipaphis erysimi (Kalt.). The development of the aphid was studied under laboratory conditions in kale (Brassica oleracea L. var. acephala. using incubators adjusted to 10, 15, 20, 25 and 30ºC, 14h photophase and 70±10% RH. The lower developmental thermal threshold found was 3.04°C and the thermal constant 132.21 degree-days. The prediction o (mais) f adult occurrence in the field was done using the triangulation method; the populational peak was predicted to occur 0-1 day before the date it was actually observed in the field.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Ação de extratos de plantas na oviposição e na mortalidade da traça-das-crucíferas/ Action of plants extracts on oviposition and on mortality of diamondback moth

Dequech, Sônia Thereza Bastos; Egewarth, Rafael; Sausen, Carla Daniele; Sturza, Vinícius Soares; Ribeiro, Leandro do Prado
2009-04-01

Resumo em português A traça-das-crucíferas, Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Yponomeutidae), é uma das principais espécies de inseto-praga de plantas da família Brassicaceae no Brasil e no mundo. A utilização de extratos de plantas inseticidas no controle desse inseto é uma alternativa promissora. O presente trabalho teve como objetivo avaliar, em laboratório, o efeito de extratos de plantas na oviposição e na mortalidade de P. xylostella. Para análise do efeito sobre a ovi (mais) posição, pedaços de folhas de couve foram expostos, em gaiola, aos seguintes tratamentos: extratos aquosos (10% p/v) de folha de cinamomo (Melia azedarach), de ramo de cinamomo, de pó-de-fumo (Nicotiana tabacum), além de DalNeem (produto comercial à base de Azadirachta indica), a 10% v/v. No interior da gaiola, foram liberados 50 adultos de P. xylostella e, após 48h, foi contado o número de ovos por folha, em sete repetições. Um segundo ensaio constou da exposição de três larvas aos extratos referidos anteriormente em tubos de vidro com um pedaço de folha de couve previamente tratado. Foram utilizados três tubos por tratamento, com quatro repetições. O número de larvas mortas foi avaliado diariamente. Os extratos aquosos de folha de cinamomo, de ramo de cinamomo e de pó-de-fumo, além de DalNeem, reduzem a oviposição de P. xylostella e a utilização de extrato de pó-de-fumo, de DalNeem e de ramo de cinamomo resultam em controle eficiente de larvas de P. xylostella a partir do segundo, do quinto e do sexto dias após a aplicação, respectivamente. Resumo em inglês The diamondback moth, Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera, Yponomeutidae), is one of the most important insect pest species of the Brassicaceae family plants in Brazil and in the world. The use of insecticidal plants extracts in the control of this insect is a promising alternative. Therefore, this research goal is to evaluate, in laboratory, the plants extracts effect on the oviposition and mortality of P. xylostella. In order to analyze the effect on the oviposition, (mais) kale leaf pieces were treated, in cage, as following: aqueous extracts (10% p/v) of leaf of chinaberry (Melia azedarach), of branch of chinaberry, of tobacco powder (Nicotiana tabacum), besides DalNeem (commercial product, based on Azadirachta indica), at 10% v/v. Inside the cage, 50 adults of P. xylostella were put and, 48h later, the egg number per leaf was counted, in seven repetitions. A second assay was consisted of the exposition of three larvae to the same cited extracts, in glass tube with a kale leaf piece previously treated. Three glass tubes were used per treatment, with four repetitions. The number of death larvae was evaluated daily. The aqueous extracts of chinaberry leaf, chinaberry branch and tobacco powder, besides DalNeem, reduce the oviposition of P. xylostella and the use of tobacco powder extract, DalNeem and chinaberry branch extract result in efficient control of P. xylostella larvae after the second, fifth and sixth days after application, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Efeito de cultivares de repolho, utilizadas para criação de Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae), no desenvolvimento de Trichogramma pretiosum Riley (Hymenoptera: Trichogrammatidae)/ Influence of cabbage cultivars utilized for rearing of Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae) on the development of Trichogramma pretiosum Riley (Hymenoptera: Trichogrammatidae)

Barros, Reginaldo; Vendramim, José D.
1999-09-01

Resumo em português A influência de 20 cultivares de repolho, Brassica oleracea var. capitata (L.), utilizadas para a alimentação da traça-das-crucíferas, Plutella xylostella (L.), no desenvolvimento do parasitóide de ovos da traça Trichogramma pretiosum Riley, foi avaliada sob condições de laboratório. A cultivar Couve de Verão, B. oleracea var. acephala (L), foi incluída como padrão. Após a 2ª geração, discos de folhas de cada cultivar, contendo ovos do dia da praga, foram (mais) expostos a T. pretiosum por 12 horas. A duração do ciclo ovo-adulto e a viabilidade aparente do parasitóide foram influenciadas pelas cultivares, e classificadas como segue: `Green Cup' e `Chato de Brunswick' foram consideradas favoráveis ao parasitóide; `Quatro Estações, `Roxo Precoce' e `Chato de Quintal' não afetaram os dois parâmetros avaliados e `XPH,' `Kenzan' e `Liso de Verão' foram desfavoráveis. O restante das cultivares e a couve foram enquadradas em categorias distintas em função dos parâmetros avaliados. Correlações entre a duração do ciclo ovo-adulto e viabilidade aparente de T. pretiosum e a duração e viabilidade larval e pupal, peso de pupa, razão sexual, fecundidade e Potencial Reprodutivo Corrigido (PRC) de P. xylostella mostraram que, quando as cultivares de repolho proporcionaram maior duração das fases de desenvolvimento e menor viabilidade larval para a traça-das-crucíferas, houve menor duração das fases de desenvolvimento e maior viabilidade aparente para o parasitóide. Apenas a correlação entre a viabilidade pupal da praga e a viabilidade aparente do parasitóide, evidenciou desfa-vorecimento na associação P. xylostella - T. pretiosum. Resumo em inglês The influence of feeding twenty cabbage cultivars of Brassica oleraceae var. capitata (L.) to the diamondback moth Plutella xylostella (L.) on the development of the egg parasitoid Trichogramma pretiosum Riley, was evaluated under laboratory conditions. The kale cultivar Couve de Verão, B. oleraceae var. acephala (L.) was included as control. After the 2nd-generation, leaf discs of each cultivar with 1-d-old eggs of diamondback moth were exposed to T. pretiosum for 12 h. (mais) The period of egg-adult emergence and the apparent viability of the parasitoids were affected by the cultivars and ranked as follows: `Green Cup' and `Chato de Brunswick' were classified as "favorable"; `Quatro Estações', `Roxo Precoce' and `Chato de Quintal', as "neutral" and `XPH', `Kenzan' and `Liso de Verão' as "unfavorable" in relation to both parameters. The others 12 cabbage cultivars and Kale studied were grouped in different categories according to the presented results. Correlation between egg-adult period and apparent viability of T. pretiosum and larval and pupal duration and viability, pupal weight, sexual ratio, fecundity, Adjusted Reproductive Potential (PRC) of P. xylostella evidenced that when cabbage cultivars took longer pest developmental stages and lower larval viability a shorter egg-adult and higher apparent viability of parasitoid was achieved. Only the correlation between pest pupal viability and apparent viability of parasitoid indicated "unfavorable" for the association P. xylostella - T. pretiosum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Padrão temporal das internações e óbitos por diarréia em crianças, 1995 a 1998, Rio de Janeiro/ Temporal pattern of diarrhea hospitalizations and deaths in children, 1995 to 1998, Brazil

Kale, Pauline Lorena; Fernandes, Cristiano; Nobre, Flávio Fonseca
2004-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar o padrão temporal dos óbitos e internações, no período de 1995 a 1998, associadas à diarréia em crianças menores de cinco anos de idade para subsidiar ações específicas de prevenção e controle dessa doença. MÉTODOS: Os dados foram obtidos do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e Sistema de Internações Hospitalares (SIH) do Ministério da Saúde. As séries mensais de internações e de óbitos por diarréia foram decomposta (mais) s em componentes de tendência linear estocástica, sazonalidade determinística e irregularidades mediante a aplicação dos modelos estruturais para análise de séries temporais. RESULTADOS: Os níveis de ambas as séries apresentaram mudanças ao longo do tempo, com declínio mais perceptível na série de internações. A variação das taxas de inclinação foi constante para cada uma das séries, em média, a menos 5,3 internações por mês (p-valor Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the temporal pattern of hospitalization and deaths due to diarrhea among children less than five years old between 1995 and 1998 to support specific prevention actions and disease control strategies. METHODS: Data was collected from the Ministry of Health's Mortality Data System and Hospitalization Data System. Monthly time series of diarrhea hospitalizations and deaths were decomposed into stochastic linear trend, deterministic seasonal and irregula (mais) r components using structural time series models. RESULTS: The levels of both series showed a decline in time. This pattern being more evident in the hospitalization series. The slope variation was constant in both series; on average less than 5.3 hospitalizations/month (p-value

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Padrão temporal das internações e óbitos por diarréia em crianças, 1995 a 1998, Rio de Janeiro/ Temporal pattern of diarrhea hospitalizations and deaths in children, 1995 to 1998, Brazil

Kale, Pauline Lorena; Fernandes, Cristiano; Nobre, Flávio Fonseca
2004-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar o padrão temporal dos óbitos e internações, no período de 1995 a 1998, associadas à diarréia em crianças menores de cinco anos de idade para subsidiar ações específicas de prevenção e controle dessa doença. MÉTODOS: Os dados foram obtidos do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e Sistema de Internações Hospitalares (SIH) do Ministério da Saúde. As séries mensais de internações e de óbitos por diarréia foram decomposta (mais) s em componentes de tendência linear estocástica, sazonalidade determinística e irregularidades mediante a aplicação dos modelos estruturais para análise de séries temporais. RESULTADOS: Os níveis de ambas as séries apresentaram mudanças ao longo do tempo, com declínio mais perceptível na série de internações. A variação das taxas de inclinação foi constante para cada uma das séries, em média, a menos 5,3 internações por mês (p-valor Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the temporal pattern of hospitalization and deaths due to diarrhea among children less than five years old between 1995 and 1998 to support specific prevention actions and disease control strategies. METHODS: Data was collected from the Ministry of Health's Mortality Data System and Hospitalization Data System. Monthly time series of diarrhea hospitalizations and deaths were decomposed into stochastic linear trend, deterministic seasonal and irregula (mais) r components using structural time series models. RESULTS: The levels of both series showed a decline in time. This pattern being more evident in the hospitalization series. The slope variation was constant in both series; on average less than 5.3 hospitalizations/month (p-value

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Tabelas de Vida de Fertilidade de Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae) em Condições de Campo/ Age-Specific Life Tables of Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae) Under Field Conditions

CIVIDANES, FRANCISCO J.
2002-07-01

Resumo em português Estudos relacionados com tabelas de vida são fundamentais para o entendimento da dinâmica populacional de insetos. Neste trabalho, a espécie Brevicoryne brassicae (L.) foi estudada durante a primavera, verão, outono e inverno por meio de tabelas de vida de fertilidade, visando-se avaliar a influência da temperatura sobre sua dinâmica populacional. Para a condução dos experimentos, os pulgões foram mantidos em pequenas gaiolas fixadas em folhas de couve, Brassica (mais) oleracea L. var. acephala DC. Os parâmetros das tabelas de vida, estimados na escala de tempo em graus-dia, evidenciaram que B. brassicae apresentou maior sobrevivência nas condiç ões térmicas de outono e inverno, o mesmo ocorrendo com sua fecundidade quando as fêmeas foram submetidas às temperaturas da primavera. As elevadas temperaturas registradas no verão influenciaram adversamente a dinâmica populacional de B. brassicae, pois afetaram negativamente seu desenvolvimento, sobrevivência, longevidade e reprodução. Resumo em inglês Studies related with life tables are fundamental for the understanding of the population dynamics of insects. In this work, Brevicoryne brassicae (L.) was studied during spring, summer, fall and winter through age-specific life tables aiming to evaluate the influence of temperature on its population dynamic. The experiments were carried out observing B. brassicae enclosed in leaf cages fixed in kale, Brassica oleracea L. var. acephala DC. The age-specific life table param (mais) eters, computed on a degree-day time scale, indicated that B. brassicae showed the longest survival during the thermal conditions of fall and winter, while its highest fecundity was observed when the aphids experienced spring temperatures. High summer temperatures adversely affected the population dynamic of B. brassicae through its negative influence on immature development, survival, longevity and reproduction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Exigências térmicas e tabelas de vida de fertilidade de Myzus persicae (Sulzer) (Hemiptera: Aphididae) em laboratório/ Thermal requirements and age-specific life tables of Myzus persicae (Sulzer) (Hemiptera: Aphididae) in laboratory

Cividanes, Francisco J.; Souza, anderlei P.
2003-09-01

Resumo em português Este estudo visou determinar as exigências térmicas do pulgão Myzus persicae (Sulzer), calcular tabelas de vida de fertilidade, e prever a ocorrência de adultos no campo, por meio de modelo de graus-dia. Os pulgões foram mantidos individualmente em gaiolas fixadas em folhas de couve, Brassica oleracea L. var. acephala DC, em laboratório, às temperaturas de 15, 20, 23, 25 e 30ºC. O limite térmico inferior de desenvolvimento (Tb) e a constante térmica (K) foram 2, (mais) 2ºC e 165,6 graus-dia, respectivamente. O modelo de graus-dia previu a ocorrência de adultos de M. persicae para 0 a1 dia antes da data em que eles foram observados no campo. Os parâmetros das tabelas de vida estimados na escala de tempo em graus-dia evidenciaram que as temperaturas de 23°C e 25°C foram as que proporcionaram as melhores condições térmicas para o crescimento populacional de M. persicae. Nessas temperaturas observou-se o maior valor da capacidade inata de aumentar em número (r m = 0,012), o menor valor da duração média da geração (T = 303,8 graus-dia e 272 graus-dia, respectivamente) e o menor tempo necessário para a população duplicar em número de indivíduos (TD = 57,8 graus-dia). Resumo em inglês This study aimed to determine the thermal requirements of the green peach aphid, Myzus persicae (Sulzer), to calculate age-specific life tables, and to predict the occurrence of adults in the field by a degree-day model. The aphids were reared, individualized, in leaf cages set on kale, Brassica oleracea L. var. acephala DC., kept at 15, 20, 23, 25 and 30°C, in laboratory. The lowest developmental thermal threshold (Tb) was 2.2°C and the thermal constant (K) was 165.6 d (mais) ay-degree. The degree-day model predicted the occurrence of adults 0-1 day before the time they were first observed in the field. The age-specific life table parameters, on a degree-day time scale, indicated that the temperatures 23°C and 25°C provided the best thermal conditions for the population growth of M. persicae. At these temperatures the highest intrinsic rate of natural increase (r m = 0.012) was observed as well as the lowest mean generation time (T = 303.8 degree-day and T = 272 degree-day, respectively) and population doubling time (TD = 57.8 degree-day).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

O mercado de planos e seguros de saúde no Brasil: uma abordagem exploratória sobre a estratificação das demandas segundo a PNAD 2003/ The market of health plans and insurances in Brazil: an exploratory approach to the stratification of demands based on the 2003 PNAD

Bahia, Ligia; Luiz, Ronir Raggio; Salm, Cláudio; Costa, Antonio José Leal; Kale, Pauline Lorena; Cavalcanti, Maria de Lourdes T.
2006-12-01

Resumo em português A partir dos dados do Suplemento Saúde da PNAD 1998, diversos estudos evidenciaram a presença de diferenças significativas nos padrões socioeconômicos, acesso, utilização de serviços de saúde e condições de saúde entre os segmentos populacionais cobertos e não cobertos por planos de saúde. Buscando contribuir para aprimorar o acervo dos conhecimentos sobre a estrutura e a dinâmica do mercado de planos e seguros de saúde no Brasil, admite-se e procura-se ev (mais) idenciar a heterogeneidade dessas demandas. Para tanto, foi definida uma tipologia de planos de saúde, fundamentada nas origens institucionais das demandas e, subseqüentemente, pelas relações de dependência com titulares de planos e seguros de saúde, integrada por três categorias principais: os planos empresariais privados, os planos empresariais públicos e os planos individuais. As características etárias, socioeconômicas e de condições de saúde variam segundo os diferentes tipos de plano, sugerindo a presença de padrões distintos de demandas, especialmente entre os planos empresariais privados e os planos individuais. Resumo em inglês Several studies based on the 1998 PNAD Health Supplement data have shown significant differences in socioeconomic standards, access to and use of health services among population segments covered or not by health plans. Seeking to improve our knowledge on the structure and dynamics of the market of health plans and insurances in Brazil, we sought first to identify and then to highlight the different demands. To this effect, we conceived a typology of health plans on the b (mais) asis of the institutional origin of the demands and on the relation between insurance and health plan holders and their dependents for three major categories: private employer plans, public employer plans and individual plans. Age, socioeconomic patterns and health conditions vary according to different health plan profiles, suggesting distinct patterns of demands, markedly between private employer and individual plans.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

O mercado de planos e seguros de saúde no Brasil: uma abordagem exploratória sobre a estratificação das demandas segundo a PNAD 2003/ The market of health plans and insurances in Brazil: an exploratory approach to the stratification of demands based on the 2003 PNAD

Bahia, Ligia; Luiz, Ronir Raggio; Salm, Cláudio; Costa, Antonio José Leal; Kale, Pauline Lorena; Cavalcanti, Maria de Lourdes T.
2006-12-01

Resumo em português A partir dos dados do Suplemento Saúde da PNAD 1998, diversos estudos evidenciaram a presença de diferenças significativas nos padrões socioeconômicos, acesso, utilização de serviços de saúde e condições de saúde entre os segmentos populacionais cobertos e não cobertos por planos de saúde. Buscando contribuir para aprimorar o acervo dos conhecimentos sobre a estrutura e a dinâmica do mercado de planos e seguros de saúde no Brasil, admite-se e procura-se ev (mais) idenciar a heterogeneidade dessas demandas. Para tanto, foi definida uma tipologia de planos de saúde, fundamentada nas origens institucionais das demandas e, subseqüentemente, pelas relações de dependência com titulares de planos e seguros de saúde, integrada por três categorias principais: os planos empresariais privados, os planos empresariais públicos e os planos individuais. As características etárias, socioeconômicas e de condições de saúde variam segundo os diferentes tipos de plano, sugerindo a presença de padrões distintos de demandas, especialmente entre os planos empresariais privados e os planos individuais. Resumo em inglês Several studies based on the 1998 PNAD Health Supplement data have shown significant differences in socioeconomic standards, access to and use of health services among population segments covered or not by health plans. Seeking to improve our knowledge on the structure and dynamics of the market of health plans and insurances in Brazil, we sought first to identify and then to highlight the different demands. To this effect, we conceived a typology of health plans on the b (mais) asis of the institutional origin of the demands and on the relation between insurance and health plan holders and their dependents for three major categories: private employer plans, public employer plans and individual plans. Age, socioeconomic patterns and health conditions vary according to different health plan profiles, suggesting distinct patterns of demands, markedly between private employer and individual plans.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Parasitismo de traça-das-crucíferas por Oomyzus sokolowskii/ Parasitism of diamondback moth by Oomyzus sokolowskii

Silva-Torres, Christian Sherley Araújo da; Torres, Jorge Braz; Barros, Reginaldo; Pallini, Ângelo
2010-07-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade de parasitismo do parasitoide larval-pupal Oomyzus sokolowskii, submetido a diferentes densidades do hospedeiro traça-das-crucíferas (Plutella xylostella), em laboratório, casa telada e campo. Em laboratório e campo, O. sokolowskii foi exposto às densidades de 2, 4, 8 e 16 lagartas. Em laboratório, empregaram-se recipientes de 300 mL e, em campo, plantas de couve foram confinadas em gaiolas de organza (30x50 cm). Em (mais) casa telada, foram utilizadas microparcelas compostas por seis plantas de repolho infestadas com 25, 50, 85 ou 100 lagartas. O número de lagartas parasitadas aumentou de acordo com a densidade do hospedeiro e variou de 1,7 a 10,4, em laboratório, e de 0,61 a 7,0, em campo. Em casa telada, a maior taxa de parasitismo foi observada nas microparcelas com densidades mais elevadas do hospedeiro. O tempo de exposição aos parasitoides proporcionou maior taxa de parasitismo após 72 horas (24 horas, 52,4% e 72 horas, 80,7%) independentemente da densidade. Oomyzus sokolowskii responde positivamente ao incremento na densidade de P. xylostella, embora a taxa de parasitismo permaneça constante independentemente da disponibilidade do hospedeiro. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the parasitism capacity of the larval-pupal parasitoid Oomyzus sokolowskii submitted to different densities of the host diamondback moth, Plutella xylostella, in the laboratory, greenhouse and field. In the laboratory and in the field, O. sokolowskii was exposed to densities of 2, 4, 8 or 16 larvae. In the laboratory, 300 mL recipient were used, and in the field kale plants were placed in cages (30x50 cm). In the greenhouse, micr (mais) oparcels consisted of six cabbage plants each infested with 25, 50, 85 or 100 larvae. The number of parasitized larvae increased with host density and varied from 1.7 to 10.4 (laboratory) and from 0.61 to 7.0 (field). In the greenhouse, parasitism rate was higher in microparcels with higher host infestation. The time of exposition was significant, with higher parasitism rate at 72 hours after host exposure (24 hour, 52.4%; and 72 hour, 80.7%), irrespective of host density. Oomyzus sokolowskii responds to increases in host density, but maintains the parasitism rate unchanged irrespective of variations in the host availability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Potencial de isolados de Metarhizium anisopliae e Beauveria bassiana e do óleo de Nim no controle do pulgão Lipaphis erysimi (Kalt.) (Hemiptera: Aphididae)/ Potential of Metarhizium anisopliae and Beauveria bassiana isolates and Neem oil to control the Aphid Lipaphis erysimi (Kalt.) (Hemiptera: Aphididae)

Araujo Jr, José M de; Marques, Edmilson J; Oliveira, José V de
2009-08-01

Resumo em português Avaliou-se a eficiência de Metarhizium anisopliae e Beauveria bassiana para o controle do pulgão Lipaphis erysimi (Kalt.) em couve Brassica oleracea L. var. acephala D.C., bem como sua compatibilidade com óleo de nim (Neemseto®). Dez isolados desses fungos foram utilizados, onde o isolado CG 001 de B. bassiana e o isolado CG 30 de M. anisopliae apresentaram-se como os mais virulentos com 90% e 4,4 dias, e 64% e 3,8 dias, de mortalidade e tempo letal médio, respectiva (mais) mente. Bioensaios com o produto à base de nim nas concentrações 0,5; 1,0 e 2,0% foram realizados por imersão foliar e pulverização sobre os pulgões. O tratamento com pulverização de 2,0% de Neemseto® proporcionou mortalidade de 90%. O teste in vitro de Neemseto® a 0,125; 0,25 e 0,5%, sobre os isolados CG 001 de B. bassiana e CG 30 de M. anisopliae mostrou que esses isolados podem ter seu crescimento colonial e viabilidade alterados quando expostos a concentrações de nim maiores que 0,25%. Em valores absolutos, os isolados CG 001 de B. bassiana e CG 30 de M. anisopliae foram os mais virulentos para L. erysimi, podendo ser utilizados no manejo dessa praga. Resumo em inglês This work aimed to determine the efficiency of the entomopathogenic fungi Metarhizium anisopliae and Beauveria bassiana to control the aphid Lipaphis erysimi (Kalt.) (Hemiptera: Aphididae) in kale Brassica oleracea var acephala D.C., as well as their compatibility with a neem oil formulation (Neemseto®). Ten isolates of both fungi were tested and the most pathogenic ones were B. bassiana CG001 and M. anisopliae CG30 with 90% and 4.4 days, and 64% and 3.8 days of mortalit (mais) y and median lethal time, respectively. Bioassays with neem at concentrations of 0.5, 1.0 and 2.0% were done either by leaf discs dipping or spraying the aphids on the leaf discs. The neem spraying treatment at 2.0% provided 90% mortality. The use of B. bassiana isolate CG001 or M. anisopliae isolate CG30 with neem at 0.125, 0.25, and 0.5%, demonstrated that these isolates could have their spore viability or colony growth affected when exposed to neem concentrations higher than 0.25%. In absolute values, the isolates B. bassiana CG001 and M. anisopliae CG30 are the most virulent to L. erysimi, and could be utilized in the management of this pest.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Efeito de extratos aquosos de plantas no desenvolvimento de Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae)/ Effects of plant aqueous extracts on the development of Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae)

Torres, Adalci L.; Barros, Reginaldo; Oliveira, José V. de
2001-03-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito de extratos aquosos de diferentes espécies de plantas no desenvolvimento de Plutella xylostella (L.). Discos de couve, Brassica oleracea var. acephala, 'Portuguesa' foram imersos em cada extrato e, após secos ao ar livre, foram inoculados com 12 larvas recém-eclodidas ((mais) smos tratamentos e procedimentos descritos acima. A duração da fase larval de P. xylostella foi alongada pelos extratos aquosos de Melia azedarach L. Cissampelos aff. glaberrima St. Hil. em 3,5 e 1,7 dias, respectivamente. Os extratos de Aspidosperma pyrifolium Mart., Azadirachta indica A. Juss. e a formulação de A. indica ocasionaram mortalidade total das larvas, o que não permitiu o cálculo da duração da fase larval. O restante dos extratos aquosos não afetou esse parâmetro. Para os extratos de M. azedarach, C. aff. glaberrima, Laurus nobillis L., Prosopis juliflora DC, Croton sp. e Eugenia uniflora L., a mortalidade das larvas foi de 96,7; 93,3; 83,3; 66,7; 63,3 e 60%, respectivamente. Os demais extratos não afetaram a viabilidade da fase larval de P. xylostella. A duração da fase pupal de P. xylostella não foi afetada pelos extratos, entretanto a viabilidade dessa fase foi afetada pelos extratos de M. azedarach, L. nobillis, C. aff.. glaberrima e Croton sp. com 100; 90; 66,7 e 65% de pupas das quais não emergiram adultos, respectivamente. Resumo em inglês The effects of aqueous extracts of different plant species on the development of Plutella xylostella (L.) were studied. Leaf discs of kale cultivar Portuguesa, Brassica oleracea var. acephala, were dipped in each plant extract per 30 seconds. Twelve neonate P. xylostela larvae ((mais) ed on leaf discs treated with Melia. azedarach L. and Cissampelos aff. glaberrima St. Hil. delayed their development by 3.5 and 1.7 days, respectively. However, the other plant extracts studied did not affect larva development. Extracts of Aspidosperma pyrifolium Mart., Azadirachta indica A. Juss., and A. indica oil formulation caused 100% mortality of P. xylostella larvae, while, the extracts of M. azedarach, C. aff.glaberrima, Laurus nobillis L., Prosopis juliflora DC, Croton sp. and Eugenia uniflora L. caused larval mortality of 96.7, 93.3, 83.3, 66.7, 63.3 and 60%, respectively. The other studied extracts did not cause significant larval mortality. Duration of pupae stage was not affected by the studied plant extracts, however, the extracts of M. azedarach, L. nobillis, C. aff. Glaberrima and Croton sp. caused 100, 90, 66.7 and 65% of pupae mortality, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Flutuação populacional de formas aladas de Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae)/ Population curve of alate Brevicoryne brassicae (L.) (Hemiptera: Aphididae)

Cividanes, Francisco Jorge
2002-08-01

Resumo em português Estudos relacionados com a atividade de vôo de pulgões, capturados com armadilhas, podem ser úteis para prever o aparecimento de formas aladas no campo e melhorar o entendimento da dinâmica populacional desses insetos. O presente trabalho foi realizado na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, no período de julho de 1997 a dezembro de 1999, a fim de determinar a flutuação populacional de formas aladas de Brevicoryne brassi (mais) cae (L.) na região de Jaboticabal (SP), bem como a influência de fatores meteorológicos sobre suas populações. O levantamento populacional foi realizado em quatro locais, sendo a amostragem efetuada com armadilhas amarelas de água. A análise de regressão múltipla, com seleção de variáveis pelo método "stepwise", foi utilizada para verificar a influência da temperatura do ar, umidade relativa, precipitação pluvial e insolação. As primeiras capturas de formas aladas de B. brassicae nas armadilhas instaladas iniciaram-se no final de junho. A flutuação populacional de formas aladas de B. brassicae, em Jaboticabal, caracterizou-se por apresentar maior revoada em setembro. Temperatura máxima de 26,4 ºC, mínima de 13,5 ºC, umidade relativa de 75,1% e baixa precipitação pluvial favoreceram o aparecimento de formas aladas de B. brassicae em campos de couve em fase inicial de desenvolvimento. Resumo em inglês Studies related with the flight activity of aphids captured with traps can be useful to predict the appearance of alate forms in the field. It is also useful to understand the population dynamics of those insects. This work was carried out at the Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, State of São Paulo, during the period from July 1997 to December 1999, aiming to determine the population curve of alate Brevicoryne (mais) brassicae (L.) in the region of Jaboticabal and the influence meteorological factors plays on it. The population survey was carried out in four places, and the alate aphids were sampled by yellow water traps. The influence of air temperature, relative humidity, rainfall and sunshine brightness was verified using stepwise regression. The first captures of alate B. brassicae in the traps began at the end of June. In the region of Jaboticabal, the population curve of alate B. brassicae showed the highest frequency of flights during September. The appearance of alate forms in kale fields at initial stage of development was favored by maximum and minimum temperatures of 26.4 ºC and 13.5 ºC, respectively; relative humidity of 75.1%, and reduced rainfall.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Toxicidade e acúmulo de flúor em hortaliças nas adjacências de uma fábrica de alumínio/ Toxicity and fluoride accumulation in herbs grown in the vicinity of an aluminum plant

Sant'Anna-Santos, Bruno Francisco; Azevedo, Aristéa Alves
2010-12-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar o potencial de acumulação de flúor e o percentual deste elemento removido pela lavagem, quatro espécies de hortaliças foram expostas em área poluída. Spondias dulcis foi utilizada como bioindicadora de reação e apresentou sintomas típicos em resposta ao poluente. Somente a salsa apresentou sintomas. Apesar de aparentemente sadias, as folhas das outras espécies utilizadas para estudos microscópicos, exceto da cebolinha, evidenciaram al (mais) terações na superfície, principalmente associados aos estômatos. Houve redução na espessura do limbo, mais acentuada no manjericão e na cebolinha, havendo formação de tecido de cicatrização na couve e condensação do conteúdo das células epidérmicas na salsa. As folhas subuladas e eretas da cebolinha favoreceram o menor acúmulo do poluente; já na salsa, as folhas laminares, recortadas e paralelas ao solo contribuíram para a maior retenção. A lavagem das folhas removeu 34,1 e 73,9% do flúor na cebolinha e na salsa, respectivamente, indicando que a maior parte do poluente encontrava-se internamente na cebolinha e externamente na salsa. O cultivo destas hortaliças em áreas poluídas por flúor é inadequado, pois os teores do poluente estão acima do recomendado para o consumo, mesmo após a lavagem das folhas. Resumo em inglês To assess fluoride accumulation potential and the percentage of fluoride removed by washing, four herb species were exposed to a polluted area. Spondias dulcis was used as a responsive bioindicator and showed typical fluoride response symptoms. Symptoms were observed only in parsley. Although apparently healthy, the leaves of the remaining herbs, except for chives, showed surface damage associated mainly with stomata when observed under the microscope. A reduction in leaf (mais) thickness was also observed, most prominently in basil and chives. Scar tissue was observed in kale, and a retraction of the protoplast of the epidermal cells was observed in parsley. The subulate, erect leaves of chives accumulated less fluoride; on the other hand, parsley leaves are laminar, lobed and parallel to the soil, which contributed to higher pollutant retention. Washing the leaves removed 34.1 and 73.9% of the fluoride on chives and parsley, respectively, indicating that for chives, most of the pollutant was found inside the leaves, while for parsley, the pollutant was located on the outside. Growing these herbs in fluoride-polluted areas is not recommended, since pollutant percentages are above levels recommended for consumption, even after washing the leaves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Desenvolvimento das fases imaturas de Chrysoperla externa alimentadas com ninfas de Bemisia tabaci criadas em três hospedeiros/ Development of immature stages of Chrysoperla externa fed on nymphs of Bemisia tabaci biotype B reared on three hosts

Silva, Cláudio Gonçalves; Souza, Brígida; Auad, Alexander Machado; Bonani, Jean Patrick; Torres, Lucas Castro; Carvalho, César Freire; Ecole, Carvalho Carlos
2004-11-01

Resumo em português Insetos da família Chrysopidae têm sido encontrados em ovos e ninfas de moscas-brancas em diferentes agroecossistemas. O objetivo deste estudo foi avaliar a duração e a viabilidade das fases imaturas de Chrysoperla externa alimentada com ninfas de Bemisia tabaci, biótipo B, criadas em folhas de pepino (Cucumis sativus), couve (Brassica oleracea) e na erva adventícia leiteiro (Euphorbia heterophylla). Discos foliares dos hospedeiros contendo ninfas da mosca-branca fo (mais) ram acondicionados em placas de Petri contendo ágar-água a 1% e mantidos a 25±1ºC, 70±10% UR e fotófase de 12 horas. Em cada placa foi colocada uma larva de C. externa recém-eclodida, num total de dez repetições. Avaliaram-se a duração e a viabilidade de cada ínstar, de toda fase de larva, das fases de pré-pupa e pupa e peso após 24 horas de idade em cada estádio e fase do desenvolvimento. A espécie de planta hospedeira da mosca-branca afetou a duração do primeiro e terceiro ínstares de C. externa, registrando-se redução no período larval, quando alimentadas com presas oriundas de folhas de pepino. A fase de pré-pupa foi prolongada quando utilizadas folhas de leiteiro. Os pesos foram afetados pelo tipo de hospedeiro do aleirodídeo, porém esse efeito não influencia a viabilidade das fases imaturas. Resumo em inglês Insects of the Chrysopidae family have been found on eggs and nymphs of whitefly in several ecosystems. The aim of this work was to evaluate the duration and survival of the immature stages of Chrysoperla externa (Hagen, 1861), fed on nymphs of Bemisia tabaci (Gennadius, 1889) biotype B reared on leaves of cucumber (Cucumis sativus), kale (Brassica oleracea) or wild poinsettia (Euphorbia heterophylla). Leaf discs from the hosts containing nymphs of whitefly were placed in (mais) Petri dishes containing 1% agar and maintained at 25±1ºC, 70±10% RH and a 12-hour photophase. One recently hatched larvae of C. externa was placed in each dish, in ten replications. The duration and survival of each instar, larval, prepupal and pupal phases were determined, as well as the weight after 24 hours in each instar and phase of development was recorded. The species of host plant of the whitefly affected the duration of the first and third instar of C. externa larvae, with a reduction in the larval period when they were fed on preys from cucumber leaves. Prepupal phase was lengthened in wild poinsettia leaves. Weights were affected by the kind of the whitefly host, however, this effect do not affect the survival of the immature stages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Interação tritrófica e influência de produtos químicos e vegetais no complexo: brássicas x traça-das-crucíferas x parasitóides de ovos/ Tritrofic interaction and influence of insecticides and plant products on the complex: brassica diamondback moth egg parasitoids

Thuler, Robson Thomaz; Bortoli, Sergio Antonio de; Goulart, Roberto Marchi; Viana, Cácia Leila Tigre Pereira; Pratissoli, Dirceu
2008-08-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a interação tritrófica no complexo hospedeiro-vegetal (brássicas) x praga/hospedeiro-natural Plutella xylostella Linnaeus x inseto-entomófago (parasitóides - Trichogrmma pretiosum Riley e T. exiguum Pinto & Platner), associada a alguns produtos químicos e vegetais com efeito inseticida, utilizando-se os cultivares de repolho verde - Chato de quintal e híbrido Midori; roxo - Roxo precoce e Híbrido roxo - TPC00682; e couve manteiga - Geórgia e (mais) hibrido Geórgia HS20, pulverizadas com os inseticidas: lufenuron (2,52 ml/100L) e deltametrina (32 ml/100L), os produtos vegetais óleo de nim a 0,16 % e extrato pirolenhoso a 3,0 %, controle (água). Foi avaliada a interação das cultivares com os compostos por meio da exposição de lagartas recém-eclodidas aos produtos, avaliando-se os insetos nas fases de desenvolvimento até a emergência dos adultos. Para avaliar o efeito desses compostos sobre os parasitóides, foram empregados ovos de uma geração F2 de P. xylostella oriunda de lagartas alimentadas com folhas de brássicas, pulverizadas com esses produtos. A associação de produtos químicos ou vegetais, com efeito inseticida, com as cultivares de brássicas permitiu o manejo mais eficaz, especialmente na interação extrato pirolenhoso x a cultivar de repolho Chato de quintal. Observa-se que a interação entre as cultivares e os produtos pode ser prejudicial à atuação do parasitóide Trichogramma, sendo necessária uma avaliação criteriosa para minimizar o efeito sobre inimigos naturais. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the tritrofic interaction in brassica complex: host-vegetable (brassica) vs. pest/natural-host (Plutella xylostella) vs. entomophagous-insect (parasitoid - Trichogramma pretiosum and Trichogramma exiguum), combined with chemical and vegetable products with insecticide action. The cultivar used were: green cabbage - Chato de quintal and Midori hybrid; purple cabbage - Roxo Precoce and purple hybrid - TPC00682; kale - Georgia and Georgia (mais) hybrid HS20. They were sprayed using the insecticides - lufenuron (2,52 ml/100L) and deltamethrin (32 ml/100L); the vegetal products - neen oil (0,16%) and pyroligneous extract (3,0%); and water (check). The cultivars interaction was evaluated with the products, by larvae exposition to the treatments, being analyzed the different phases of development through adults emergence. To evaluate the effect of these products on the parasitoids, P. xylostella, eggs from F2 generation were used. Eggs of this pest were collected from adults fed with brassica leaves that were sprayed with the mentioned products. The insecticides association and vegetable products combined with brassica cultivars became more effective to manage the pest control, especially in the pyroligneous extract x Chato de Quintal interaction. The interaction between the cultivars and products may be harmful to Trichogramma performance being necessary a discerning evaluation to minimize the effect on natural enemies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Levantamento da intensidade da alternariose e da podridão negra em cultivos orgânicos de brássicas em Pernambuco e Santa Catarina/ Survey of the intensity of Alternaria black spot and black rot on brassica species under organic farming systems in Pernambuco and Santa Catarina states, Brazil

Peruch, Luiz A M; Michereff, Sami J; Araújo, Issac B
2006-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a intensidade da alternariose, causada por Alternaria brassicicola e/ou Alternaria brassicae, e da podridão negra, causada por Xanthomonas campestris pv. campestris, em cultivos orgânicos de brássicas em Pernambuco e Santa Catarina. Os levantamentos foram realizados no período de novembro de 2001 a fevereiro de 2002, num total de 103 cultivos orgânicos de várias espécies de brássicas. Foram registradas elevadas prevalências d (mais) as doenças nos estados, com exceção em couve-chinesa em Santa Catarina. A prevalência da alternariose foi 100% nos cultivos de brócolis em Pernambuco, bem como em couve-flor nos dois estados, enquanto a podridão negra atingiu esse nível nos cultivos de brócolis e couve-flor em Santa Catarina. Na média das diferentes espécies de brássicas, as doenças foram mais prevalentes em Pernambuco que Santa Catarina. Entretanto, as médias de severidade de cada doença no conjunto das brássicas não foram diferentes entre os estados, embora as condições climáticas tenham sido nitidamente distintas. A severidade da alternariose variou entre as espécies de brássicas somente em Pernambuco, com a menor severidade registrada em couve-manteiga. Em relação à podridão negra, apenas em Santa Catarina houve diferença na severidade entre as brássicas, sendo registrados os menores níveis em couve-chinesa. Não foram constatadas correlações significativas entre os níveis de severidade da alternariose e da podridão negra, bem como da severidade destas com o número total de plantas e a idade das plantas nos cultivos. Resumo em inglês The objective of this research was to evaluate the intensity of Alternaria black spot, caused by Alternaria brassicicola and/or Alternaria brassicae, and black rot, caused by Xanthomonas campestris pv. campestris in organic cultivation of brassicas in Pernambuco and Santa Catarina. The survey was carried aut from November 2001 to February 2002, in 103 fields under organic farming systems with different brassicas. High prevalence of the diseases was registered in both stat (mais) es, except on Chinese cabbage in Santa Catarina. Prevalence of Alternaria black spot was 100% on broccoli fields in Pernambuco, as well as on cauliflower in both states, while the black rot reached that level on broccoli and cauliflower fields in Santa Catarina. On the average of the different brassica species, the diseases were more prevalent in Pernambuco than in Santa Catarina. However, when the severity averages of each disease were considered, no significant differences were observed between the two states, although the climatic conditions were highly different. The Alternaria black spot severity varied among the brassica species in Pernambuco, being lower on kale. In Santa Catarina no significant differences were observed among the brassicas species. In relation to the black rot, only in Santa Catarina was there a difference in the disease severity, with the lowest level on Chinese cabbage. No significant correlations were observed either between severity levels of Alternaria black spot and black rot, neither between disease severity and total number of plants or plant age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Diversidade e tamanho de himenópteros parasitóides de Brevicoryne brassicae L. e Aphis nerii Boyer de Fonscolombe (Hemiptera: Aphididae)/ Diversity and size of parasitic Hymenoptera of Brevicoryne brassicae L. and Aphis nerii Boyer de Fonscolombe (Hemiptera: Aphididae)

Vaz, Letícia A.L.; Tavares, Marcelo T.; Lomônaco, Cecília
2004-04-01

Resumo em português Este trabalho teve o objetivo de registrar a diversidade de himenópteros parasitóides dos pulgões Brevicoryne brassicae L. e Aphis nerii Boyer de Fonscolombe em Uberlândia, MG e verificar se o tamanho dos parasitóides se relaciona com o tamanho das múmias de duas espécies de hospedeiros. B. brassicae foram coletados em couve Manteiga (Brassica oleraceae L. var. acephala D.C.) e A. nerii em oficial-de-sala (Asclepias curassavica L.). As coletas foram realizadas mens (mais) almente, no período de maio de 1999 a maio de 2000, em dois Jardins Experimentais. Medidas morfométricas realizadas tanto nas múmias quanto nos parasitóides foram simplificadas pela Análise de Componente Principal, obtendo-se um índice multivariado de tamanho. As espécies de himenópteros parasitas A. nerii foram as mesmas observadas em B. brassicae, porém com freqüências relativas diferentes. Em B. brassicae foram encontrados os parasitóides: Diaeretiella rapae (M'Intoch) (93,2%), Aphidius colemani Viereck (4,5%), Lysiphlebus testaceipes (Cresson) (2,3%) e os hiperparasitóides Alloxysta fuscicornis (Ashmead) (57,7%), Syrphophagus aphidivorus (Mayr) (25,1%) e Pachyneuron sp. (17,1%). Em A. nerii os parasitóides encontrados foram L. testaceipes (96,1%), A. colemani (3,9%) e os hiperparasitóides Pachyneuron sp. (85,2%) e S. aphidivorus (14,8%). O tamanho dos parasitóides correlacionou-se com o tamanho das múmias, tanto em A. nerii quanto em B. brassicae. S. aphidivorus provenientes de A. nerii foram significativamente maiores que os de B. brassicae. O mesmo não ocorreu para L. testaceipes, A. colemani e Pachyneuron sp. Múmias de A. nerii também foram significativamente maiores que as de B. brassicae. Não foi detectado dimorfismo sexual para o tamanho. Resumo em inglês The objective of this work was to record the diversity of parasitoid of two aphid species, Brevicoryne brassicae L. and Aphis nerii Boyer de Fonscolombe in a site at Uberlândia, MG, and the relationship between parasitoid size and their mummies size, with reference to the host species. B. brassicae were collected on kale (Brassica oleracea L. var. acephala D.C.) and A nerii on milkweed (Asclepias curassavica L.). Samplings were made monthly from May, 1999 to May, 2000 in (mais) two experimental gardens. Morphometric measurements for both aphids and parasitoids were simplified by PCA analysis to achieve a multivariate size index. The parasitic Hymenoptera species associated with A. nerii were also found as parasitoids of B. brassicae, but with distinctive relative frequencies. Diaeretiella rapae (M'Intoch) (93.2%), Aphidius colemani Viereck (4.5%) and Lysiphlebus testaceipes (Cresson) (2.3%) were the parasitoids obtained from B. brassicae. Hyperparasitoids associated with these parasitoids were Alloxysta fuscicornis (Ashmead) (57.8%), Syrphophagus aphidivorus (Mayr) (25.1%) and Pachyneuron sp. (17.1%). The parasitoids found in A. nerii were: L. testaceipes (96.1%), A. colemani (3.9%) and the hyperparasitoids Pachyneuron sp. (85.2%) and S. aphidivorus (14.8%). Parasitoid size was correlated with mummy size for both A. nerii and B. brassicae. S. aphidivorus from A. nerii were significantly larger than those from B. brassicae. However, such differences were not detected for L. testaceipes, A. colemani or for Pachyneuron. Mummies of A. nerii were significantly larger than those of B. brassicae. No sexual dimorphism for size was detected.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Tabelas de esperança de vida e fertilidade para Lipaphis erysimi (Kalt.) (Hemiptera: Aphididae) em condições de laboratório e campo/ Age-specific life tables of Lipaphis erysimi (Kalt.) (Hemiptera: Aphididae) under laboratory and field conditions

GODOY, KARLLA B.; CIVIDANES, FRANCISCO J.
2002-03-01

Resumo em português O pulgão Lipaphis erysimi (Kalt.) foi criado a diferentes temperaturas, visando-se obter tabelas de esperança e fertilidade de vida em condições de laboratório e campo. Os insetos foram mantidos sobre couve, Brassica oleracea L. var. acephala, em câmaras climatizadas a 15, 20, 25 e 30°C, fotofase de 14h e UR de 70±10%. O intervalo de tempo de cada geração (T) foi maior a 15°C (23,86 dias) e menor a 30°C (7,18 dias), enquanto a taxa líquida de reprodução (Ro (mais) ) foi menor a 15°C (4,30) e maior a 25°C (38,29). Nas temperaturas de 15, 20, 25 e 30°C a capacidade inata de aumentar em número (r m) e a razão finita de aumento (lambda) foram 0,06/1,06, 0,24/1,27, 0,28/1,33 e 0,23/1,25, respectivamente. O tempo necessário para a população duplicar o número de indivíduos (TD) a 15, 20, 25 e 30°C, foi 11,55, 2,89, 2,47 e 3,01 dias, respectivamente. Para condições de campo, a taxa líquida de reprodução (Ro) para L. erysimi foi maior no inverno (53,50) do que no verão (40,99), o mesmo ocorrendo para o intervalo de tempo entre cada geração (T) que no inverno foi de 13,85 dias e no verão de 7,57 dias. A capacidade inata de aumentar em número (r m) e a razão finita de aumento (lambda) foram 0,29/1,34 e 0,40/1,63 para inverno e verão, respectivamente. O tempo necessário para a população duplicar em número de indivíduos (TD) foi maior no inverno (2,39 dias) que no verão (1,41 dias). A longevidade de L. erysimi é, portanto, influenciada pela temperatura e os melhores parâmetros de tabela de vida de fertilidade em condições de laboratório são obtidos a 25°C. Os resultados obtidos no campo reforçam essa afirmação. L. erysimi apresentou maior fecundidade diária e menor longevidade no verão que no inverno, resultando na maior capacidade inata de aumentar em número e duplicando a população em menor tempo. Resumo em inglês In this study, the aphid Lipaphis erysimi (Kalt) was reared at different temperatures, under laboratory and field conditions, aiming to obtain age-specific life tables. In the laboratory, L. erysimi was fed on kale, Brassica oleracea L. var. acephala, and kept in incubators adjusted to 10, 15, 20, 25 and 30ºC, 14h photophase and 70±10% RH. The longest mean generation time (T) was observed at 15ºC (23.86 days) and the shortest at 30ºC (7.18 days), while the smallest ne (mais) t reproductive rate (R0) occurred at 15ºC (4.30) and largest one at 25ºC (38.29). For the temperatures of 15, 20, 25 and 30ºC, the intrinsic rate of natural increase (r m) and the finite rate of increase (lambda) were 0.06/1.06, 0.24/1.27, 0.28/1.33 and 0.23/1.25, respectively. The doubling time (DT) at 15, 20, 25 and 30ºC were 11.55, 2.80, 2.47, and 3.01 days, respectively. Under field conditions, the net reproductive rate (R0) of L. erysimi was larger in the winter (53.50) than in the summer (40.99), the same being observed for the mean generation time (T), which was 13.85 days in the winter and 7.57 days in the summer. The intrinsic rate of natural increase (r m) and the finite rate of increase (lambda) were 0.29/1.34 and 0.40/1.63 for winter and summer, respectively. The doubling time (DT) observed for winter (2.39 days) was larger than the one observed for summer (1.41 days). The temperature affects longevity of L. erysimi and the best parameters of life table of fertility under laboratory conditions are obtained at 25°C. The data obtained in field conditions reinforced this finding. The daily fecundity was higher and longevity was smaller in the summer than in the winter, thus increasing the innate capacity of increasing in number and duplicating the population in a shorter period of time.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Seletividade de inseticidas a Doru luteipes (Scudder, 1876) (Dermaptera: Forficulidae) e Cotesia sp. (Hymenoptera: Braconidae) inimigos naturais de Ascia monuste orseis (Godart, 1818) (Lepdoptera: Pieridae)/ Selectivity of insecticides to Doru luteipes (Scudder, 1876) (Dermaptera: Forficulidae) and Cotesia sp. (Hymenoptera: Braconidae) natural enemies of Ascia monuste orseis (Godart, 1818) (Lepdoptera: Pieridae)

Picanço, Marcelo Coutitnho; Moura, Marcelo Fialho de; Miranda, Moacyr Mascarenhas Motta; Gontijo, Lessando Moreira; Fernandes, Flávio Lemes
2003-04-01

Resumo em português Este trabalho objetivou estudar a seletividade dos inseticidas carbaril, deltametrina, paratiom metílico, permetrina e triclorfom em favor do predador Doru luteipes (Scudder) (Dermaptera: Forficulidae) e do parasitóide Cotesia sp. (Hymenoptera: Braconidae), em relação ao controle do curuquerê Ascia monuste orseis (Godart) (Lepidoptera: Pieridae). Foram determinadas as CL90 para A. monuste orseis e estas foram utilizadas como doses discriminatórias para se avaliar o (mais) grau de seletividade dos inseticidas. Deltametrina e permetrina foram altamente seletivos em favor de D. luteipes. Deltametrina foi medianamente seletiva em favor de Cotesia sp. e a permetrina não apresentou seletividade em favor deste parasitóide. Triclorfom foi altamente seletivo em favor de ninfas de quarto estádio e adultos de D. luteipes e mediamente seletivo em favor de Cotesia sp. e de ninfas de primeiro estádio do predador. Carbaril foi medianamente seletivo em favor de Cotesia sp. mas não apresentou seletividade em favor de D. luteipes. Paratiom metílico não foi seletivo em favor de Cotesia sp. e D. luteipes. Adultos de D. luteipes foram menos sensíveis a deltametrina, permetrina e triclorfom do que adultos de Cotesia sp., sendo que o inverso ocorreu com o carbaril. Esses inimigos naturais apresentaram alta sensibilidade ao paratiom metílico. Ninfas de quarto estádio e adultos de D. luteipes foram mais sensíveis ao paratiom metílico e triclorfom que ninfas de primeiro estádio. Ninfas e adultos de D. luteipes apresentaram semelhante sensibilidade ao carbaril, deltametrina e permetrina. Resumo em inglês This work aimed to study the selectivity of the insecticides carbaryl, deltamethrin, methyl parathion, permethrin and trichlorfon in favor of the predator Doru luteipes (Scudder) (Dermaptera: Forficulidae) and of the parasitoid Cotesia sp. (Hymenoptera; Braconidae) in relation to the control of the kale leafworm Ascia monuste orseis (Godart) (Lepidoptera: Pieridae). LC90 were determined for A. monuste orseis, and these were used as discriminatory doses to evaluate the deg (mais) ree of selectivity of the insecticides. Deltamethrin and permethrin were highly selective in favor of D. luteipes. Deltamethrin was intermediate selectivity in favor of Cotesia sp., while permethrin was not selective in favor of this parasitoid. Trichlorfon was highly selective in favor of fourth instar nymphs and adults of D. luteipes, and it was intermediate selectivity in favor of Cotesia sp. and first instar nymphs of the predator. Carbaryl was intermediate selectivity in favor of Cotesia sp., but it did not show selectivity in favor of D. luteipes. Methyl parathion did not show selectivity in favor of D. luteipes and Cotesia sp. Adults of D. luteipes were less sensitive to deltamethrin, permethrin and trichlorfon than adults of Cotesia sp. and the inverse happened with carbaryl. Both natural enemies presented high sensibility to methyl parathion. Fourth instar nymphs of and adults of D. luteipes were more sensitive to methyl parathion and trichlorfon than first instar nymphs. Both nymphs and adults of D. luteipes presented similar sensibility to the carbaryl, deltamethrin and permethrin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)