Sample records for k codes
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 4 shown.



1

Residência multiprofissional em saúde da família e a formação de psicólogos para a atuação na atenção básica/ Family health multiprofessional residency and the education of psychologists to work in basic care

Clemente, Anselmo; Matos, Damaris Roma; Grejanin, Danitielle K. Marques; Santos, Heloísa Elaine dos; Quevedo, Michele Peixoto; Massa, Paula Andrea
2008-03-01

Resumo em português O Programa de Saúde da Família (PSF) surgiu como estratégia de reorientação da atenção básica em saúde. A incorporação de profissionais de saúde mental no PSF não foi prevista na Portaria nº 648 (2006), que definiu os recursos mínimos para a atuação das equipes. O Ministério da Saúde, em 2007, aprovou os Núcleos de Atenção à Saúde da Família. A Residência Multiprofissional em Saúde da Família foi uma proposta coordenada pela Faculdade e Casa de (mais) Saúde Santa Marcelina, contando com dez categorias profissionais, entre elas a psicologia. Este trabalho tem o objetivo de refletir sobre a prática do psicólogo residente e analisá-la, contribuindo para a discussão das possibilidades de atuação do psicólogo no PSF na cidade de São Paulo. Trata-se de uma pesquisa avaliativa do tipo estudo de caso, que tem o objetivo de sistematizar as intervenções realizadas, o processo de construção da planilha mensal de produção e alguns dados que ela fornece. Os resultados são: a descrição das categorias, a planilha mensal de produção com adaptações a partir dos códigos do Sistema de Informação Ambulatorial (SIA) atribuídos aos psicólogos e um quadro com os dados quantitativos. Foi possível perceber que os princípios do PSF, a formação em psicologia e a vinculação com a Residência estão relacionados com os caminhos percorridos. Concluiu-se, então, que a quantificação é necessária para a visualização das ações, entretanto, não é suficiente para avaliar a abrangência, a eficácia e a efetividade das ações e o quanto o SIA não está preparado para o registro, o controle e a fiscalização do psicólogo inserido no PSF. Resumo em inglês The Family Health Program (FHP) emerged in Brazil as a strategy of basic health care reorientation. The incorporation of Mental Health professionals in the FHP was not included in Directive 648 (year?), which defines minimum resources for the teams' work. In 2007, the Brazilian Ministry of Health approved the Family Healthcare Nuclei. The Multiprofessional Family Health Residency was a proposal that was coordinated by the Santa Marcelina Faculty and Hospital. It had ten p (mais) rofessional categories, one of them being the psychologists. This work aims to reflect on and analyze the resident psychologists' practice and contribute to the discussion about the possibilities for the psychologists' work in the FHP in the city of São Paulo. It is a descriptive research; more specifically, a case study. The objective is the systematization of the practices, of the process of construction of the monthly production table and of some data it provides. The results are: categories description, the monthly production table, with some adaptations based on the codes of the Day-Care Information System that were attributed to psychologists, and a framework with quantitative data. It was possible to notice that: FHP principles, having attended a psychology undergraduation course and being part of the residency program are related with the psychologists' own history. The conclusion is that, although quantifying is necessary for the understanding of the practices, it is not sufficient to assess the complexity, efficacy and effectiveness of the practices. In addition, quantifying does not reveal the extent to which the Day-Care Information System is not prepared to register, control and inspect the psychologists who work in the FHP.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Medidas de audição de pais de indivíduos com deficiência auditiva de herança autossômica recessiva/ Auditory measurements in parents of individuals with autosomal recessive hearing loss

Silva, Larissa Suyama da; Netto, Regina Célia Mingroni; Sanches, Seisse Gabriela Gandolfi; Carvallo, Renata Mota Mamede
2010-12-01

Resumo em português TEMA: avaliação audiológica de pais de indivíduos com perda auditiva de herança autossômica recessiva. OBJETIVO: estudar o perfil audiológico de pais de indivíduos com perda auditiva, de herança autossômica recessiva, inferida pela história familial ou por testes moleculares que detectaram mutação no gene GJB2, responsável por codificar a Conexina 26. MÉTODO: 36 indivíduos entre 30 e 60 anos foram avaliados e divididos em dois grupos: grupo controle, sem q (mais) ueixas auditivas e sem história familiar de deficiência auditiva, e grupo de estudos composto por pais heterozigotos em relação a genes de surdez de herança autossômica recessiva inespecífica ou portadores heterozigotos de mutação no gene da Conexina 26. Todos foram submetidos à audiometria tonal liminar (0,25kHz a 8), audiometria de altas freqüências (9kHz a 20) e emissões otoacústicas produtos de distorção (EOAPD). RESULTADOS: houve diferenças significativas na amplitude das EOAPD nas freqüências 1001 e 1501Hz entre os grupos, sendo maior a amplitude no grupo controle. Não houve diferença significativa entre os grupos para os limiares tonais de 0,25 a 20KHz. CONCLUSÃO: as EOAPD foram mais eficazes, em comparação com a audiometria tonal liminar, para detectar diferenças auditivas entre os grupos. Mais pesquisas são necessárias para verificar a confiabilidade destes dados. Resumo em inglês BACKGROUND: audiological evaluation of parents of individuals with autosomal recessive hearing loss. AIM: to study the audiological profile of parents of individuals with autosomal recessive hearing loss, inferred by family history or by molecular tests that detected heterozygous mutations in the GJB2 gene. This gene codes Connexin 26. METHOD: participants were 36 subjects, ranging between 30 and 60 years, who were divided into two groups: a control group composed by indi (mais) viduals without auditory complaints and without family history of hearing loss, and a research group composed by heterozygous parents of individuals with autosomal recessive hearing loss or heterozygous for connexin 26 mutations. All subjects underwent pure tone audiometry (0,25 to 8kHz), high frequencies audiometry (9 to 20kHz) and distortion product otoacoustic emissions (DPOAE). RESULTS: there were significant differences between the groups when considering the amplitude of DPOAE in the frequencies of 1001 and 1501Hz. Amplitude was higher in the control group. There was no significant difference between the groups for pure tone thresholds from 0.25 to 20KHz. CONCLUSION: the DPOAE were more effective, in comparison to the pure tone audiometry, to detect auditory differences between the groups. More studies of this type are necessary to confirm the observed results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Desenvolvimento e avaliação de novas estratégias de imunização contra colibacilose suína/ Development and evaluation of new strategies for immunization against swine colibacillosis

Simionatto, Simone; Vaz, Eliana K.; Michelon, André; Seixas, Fabiana K.; Dellagostin, Odir Antônio
2005-06-01

Resumo em português Colibacilose suína causada por Escherichia coli enterotoxigênica continua sendo um dos principais problemas sanitários na criação de suínos. A tecnologia do DNA recombinante proporciona a possibilidade de desenvolvimento de novas estratégias de imunização. Neste trabalho é descrito o desenvolvimento de uma vacina de subunidade através da produção e purificação da proteína FaeC da fímbria de E. coli K88. O gene que codifica este antígeno foi amplificado p (mais) or PCR e clonado em um vetor de expressão em E. coli, fusionado a uma cauda de histidinas. A proteína recombinante expressa por esta bactéria foi purificada, e depois de quantificada foi utilizada para imunizar camundongos. Paralelamente a isso, o mesmo gene foi clonado no vetor de expressão em célula eucariótica, introduzindo a seqüência de Kozak para favorecer a tradução deste gene em células musculares. O plasmídio resultante, denominado pUP310, foi produzido em larga escala e também utilizado na imunização de camundongos. A resposta imune induzida por ambas formas de imunizações foi monitorada por ELISA, onde o antígeno utilizado foi a proteína FaeC purificada. Houve indução de resposta imune nos camundongos inoculados com pUP310 e FaeC purificada. Foi possível detectar anticorpos anti-FaeC 42 dias após a primeira inoculação e este título foi aumentando, sendo ainda detectável 7 meses após a primeira inoculação. Conclui-se que pUP310 e FaeC recombinante são candidatos potenciais para imunização de suínos contra E. coli K88. Resumo em inglês Swine colibacillosis caused by enterotoxigenic Escherichia coli remains one of the main sanitary problems in pig farms. The recombinant DNA technology offers the possibility of developing new immunization strategies. This paper describes the development of a subunit vaccine through the expression and purification of the E. coli K88 FaeC fimbrial protein. The gene that codes for this antigen was amplified by PCR and cloned into an E. coli expression vector fused to a 6X hi (mais) stidine tag. The recombinant protein was purified by affinity chromatography and used for mice immunization. In parallel, the same gene was cloned into an eucariotic expression vector with the addition of the Kozak sequence for improving translation of this gene in muscle cells. The resulting plasmid named pUP310 was purified in large scale and used to immunize mice. The immune response afforded by both forms of immunization was monitored by ELISA. There was an immune response in mice inoculated with pUP310 and purified FaeC. It was possible to detect anti-FaeC antibodies 42 days after the first inoculation. The antibody titer increased with time, being still detectable 7 months after the first inoculation. It is concluded that recombinant FaeC and pUP310 are potential tools for immunization of swine against E. coli K88.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Algoritmo genético de agrupamento para formação de módulos de arranjo físico/ A clustering genetic algorithm for the formation of facility layout modules

Argoud, Ana Rita Tiradentes Terra; Gonçalves Filho, Eduardo Vila; Tiberti, Alexandre José
2008-08-01

Resumo em português O projeto de arranjo físico modular tem como base o agrupamento de máquinas em módulos a partir de subseqüências de operações comuns a um conjunto de peças. No método proposto por Huang (2003), os módulos de arranjo físico são gerados por análise de agrupamentos. O presente trabalho apresenta uma forma alternativa à geração de módulos de arranjo físico, através de algoritmo genético de agrupamento (AGA). O AGA permite ao usuário especificar a priori o (mais) número desejado de módulos (problema de K-agrupamentos), e também trabalhar de forma que o número e a formação dos módulos sejam variáveis de decisão do problema (problema de agrupamento automático). Uma característica importante do AGA é sua flexibilidade, pois fornece a possibilidade ao usuário de interagir com o método de solução através da escolha de diferentes codificações do cromossomo, de medidas de similaridade para comparação de seqüências de operações e de métodos de geração da nova população. Para tal foram desenvolvidos dois operadores de cruzamento e três operadores de mutação. No exemplo apresentado, os módulos de arranjo físico gerados pelo AGA e o arranjo físico final da fábrica foram comparados aos de Huang (2003) e houve importante redução da distância total percorrida pelo conjunto de peças, demonstrando a eficácia do algoritmo genético de agrupamento. Dessa forma, os resultados apontaram o AGA como uma alternativa à geração de módulos de arranjo físico em projeto de arranjo físico modular. Resumo em inglês The modular facility layout consists of grouping machines into modules according to subsequences of operations common to a set of parts. In the method proposed by Huang (2003), facility layout modules are generated by cluster analysis. This paper introduces an alternative way to generate layout modules through a clustering genetic algorithm (CGA). The CGA allows the user to specify the number of modules he wants (K-grouping problem) and to optimize the number of modules ( (mais) automatic clustering problem). An important feature of the genetic algorithm is its flexibility, which enables the user to interact with the problem-solving method by presenting him with a choice of chromosome codes, measures of similarity to compare sequences of operations, and methods for generating new populations. To this end, two crossover operators and three mutation operators were developed. In the example presented here, the layout modules generated by the CGA and the plant's final physical layout were compared with those of Huang (2003). This comparison revealed a significant reduction in the total distance covered by the set of parts, demonstrating the effectiveness of the clustering genetic algorithm. Thus, the results indicated that the clustering genetic algorithm is an alternative for generating layout modules in the design of modular facility layouts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)