Sample records for isotonic solutions
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 12 shown.



1

Viabilidade celular da mucosa do intestino delgado de ratos, após correção de choque hipovolêmico com solução de NaCl 7,5%/ Celular viability of rat small bowel mucosa, after hypovolemic shock correction with NaCl 7,5% solution

Brito, Marcus Vinicius Henriques; Nigro, Amaury José Texeira; Montero, Edna Frasson de Souza; Nascimento, José Luiz Martins do; Silva, Paula Roberta Ferreira da; Siqueira, Roberta Bianca Peres
2003-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar o efeito da correção volêmica com diferentes tipos de solução, na mucosa do intestino delgado de ratos. MÉTODOS: Foram utilizados 120 ratos Wistar (Rattus norvegicus albinus), machos, adultos, com peso individual entre 310 e 410g, oriundos do Instituto Evandro Chagas de Belém do Pará, submetidos a período de adaptação por 15 dias, recebendo água e ração ad libitum, durante todo o experimento. Os animais foram distribuídos em: Grupo Padrão (mais) (P), Grupo Choque (C), Grupo Solução Fisiológica (SF) e Grupo Solução Hipertônica (SH), com 30 animais cada. Estes foram divididos em subgrupos com 10 animais cada, de acordo com o dia de pós-operatório (DPO) previsto para a eutanásia dos animais, (1º, 3º ou 7º DPO), sendo após esta, colhido material para realização de teste de absorvância pelo MTT em todos os animais. RESULTADOS: O grupo SF apresentou menores índices de viabilidade celular comparado aos grupos SH e C (p Resumo em inglês PURPOSE: Study the effect of the volemic correction with different solutions, in the mucous of the small bowel in rats. METHODS: Were used 120 rats Wistar (Rattus norvegicus albinus), males, adults, seemingly healthy, with individual weight varying between 310 and 410g, originating from of the Instituto Evandro Chagas of Belém of Pará, submitted to an adaptation period of 15 days, receiving water and ration ad libitum, during the role experiment. For the research, ten a (mais) nimals were distributed, in groups and subgroups as following: Standard group (S), Shock group (Sh), Physiological Solution group (PS) and Hypertonic Solution Group (HS). The groups were divided in subgroups with 10 animals each, in agreement with the day of postoperative (DPO) foreseen for the euthanasis of the animals, (1st, 3rd or 7th DPO), being after this, picked material for cellular viability in every animals. RESULTS: The group PS took less quantity viable cells. CONCLUSION: The volemic correction with chloride of sodium solution at 7.5%, when compared the correction with chloride of sodium at 0.9% (isotonic solution), took the maintenance of larger amount of viable cells, in the small bowel in rats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Suporte farmacológico a lactentes e crianças com choque séptico/ Pharmacologic support of infants and children in septic shock

Irazuzta, José; Sullivan, Kevin J.; Garcia, Pedro Celiny R.; Piva, Jefferson Pedro
2007-05-01

Resumo em português OBJETIVOS: O choque séptico (CS) é uma causa freqüente de internação na unidade de tratamento intensivo pediátrica e requer reconhecimento e intervenção imediatos para que haja um desfecho favorável. Nosso objetivo é revisar a literatura relacionada ao diagnóstico e manejo do CS e apresentar um manejo seqüencial para seu tratamento. FONTES DOS DADOS: Revisão não-sistemática da literatura médica através de pesquisa na base de dados MEDLINE. Os artigos fora (mais) m selecionados de acordo com sua relevância em termos do objetivo proposto e com base na opinião dos autores. SÍNTESE DOS DADOS: O desfecho da sepse e do CS depende do reconhecimento precoce e da implementação de tratamentos sensíveis ao tempo e guiados por objetivos. Esses tratamentos incluem reanimação agressiva com fluidos seguida de tratamento medicamentoso bem elaborado. Os objetivos da reanimação são a restauração da microcirculação e a melhora da perfusão tecidual. Os marcadores clínicos e laboratoriais são importantes para avaliar a adequação dos tratamentos. Respostas farmacocinéticas e farmacodinâmicas alteradas indicam que os agentes vasoativos devem ser ajustados a fim de atingirem o objetivo pré-estabelecido. Na reanimação inicial com soluções isotônicas (> 60 mL/kg), é possível usar infusão tanto de cristalóides (solução salina normal) como de colóides. Apesar da reanimação adequada com fluidos, se: (a) uma pressão de pulso com grande amplitude, pressão arterial baixa, ou pulso oscilante (débito cardíaco alto, baixa resistência vascular sistêmica - RVS) estiverem presentes, o uso de noradrenalina deve ser considerado; (b) reenchimento capilar prolongado, pulso fraco e filiforme, pressão arterial normal (baixo débito cardíaco, alta RVS), deve-se considerar o uso de dopamina, adrenalina ou dobutamina. O tratamento concomitante com dose de estresse de corticosteróides é indicado em populações selecionadas. CONCLUSÕES: A resposta hemodinâmica do CS é um processo variável que requer avaliação e ajustes terapêuticos freqüentes. Resumo em inglês OBJECTIVES: Septic shock (SS) is a frequent cause for admission to the pediatric intensive care unit, requiring prompt recognition and intervention to improve outcome. Our aim is to review the relevant literature related to the diagnosis and management of SS and present a sequential management for its treatment. SOURCES: Non-systematic review of medical literature using the MEDLINE database. Articles were selected according to their relevance to the objective and accordin (mais) g to the authors’ opinions. SUMMARY OF THE FINDINGS: The outcome of sepsis and SS is dependent on the early recognition and implementation of time-sensitive goal-directed therapies. These include rapid aggressive fluid resuscitation followed by a well-designed pharmacotherapy. The goals of the resuscitation are the restoration of microcirculation and improved organ tissue perfusion. Clinical and laboratory markers are needed to assess the adequacy of the treatments. Altered pharmacokinetic and pharmacodynamic responses dictate that vasoactive agents should be adjusted to achieve the predetermined goals. In initial resuscitation with isotonic solutions (> 60 mL/kg), either crystalloid (normal saline) or colloid infusion could be used. Despite adequate fluid resuscitation, if: (a) wide pulse pressure, low blood pressure, or bounding pulses (high cardiac output, low systemic vascular resistance - SVR) are present, norepinephrine should be considered; (b) prolonged capillary refill, weak pulses, narrow pulse pressure, normotensive (low cardiac output, high SVR), dopamine, epinephrine or dobutamine should be considered. Adjunctive therapy with stress dose of corticosteroid is indicated in selected populations. CONCLUSIONS: Septic shock hemodynamics is a changing process that requires frequent assessment and therapeutic adjustments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Perspectivas atuais do tratamento da cetoacidose diabética em pediatria/ Current perspectives for treating children with diabetic ketoacidosis

Piva, Jefferson P.; Czepielewski, Mauro; Garcia, Pedro Celiny R.; Machado, Denise
2007-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Revisar os conceitos atuais da fisiopatologia, diagnóstico e tratamento da cetoacidose diabética (CAD) na infância, assim como as medidas preventivas para evitar o edema cerebral. FONTES DOS DADOS: Os autores selecionaram artigos na MEDLINE com as palavras-chave diabetes, cetoacidose, hiperglicemia e edema cerebral, priorizando estudos realizados em crianças, que tenham textos completos publicados em inglês, português ou espanhol. Revisaram, ainda, capítu (mais) los de livros publicados no Brasil descrevendo o tratamento de CAD em unidade de tratamento intensivo pediátrico. Baseados na literatura revisada e em sua experiência, apresentam as medidas mais eficazes e recomendadas no manejo da CAD. SÍNTESE DOS DADOS: Consolida-se cada vez mais a utilização de solução fisiológica (NaCl 0,9%) tanto na fase de reposição rápida quanto na fase de hidratação, em substituição às soluções diluídas (hipotônicas), assim como a contra-indicação do uso de bicarbonato de sódio para corrigir acidose metabólica na CAD. A insulina regular deve ser utilizada sob a forma de infusão contínua (0,1 UI/kg/h) sem a necessidade de dose de ataque. Para rápidas correções das oscilações da glicemia, é apresentado um esquema prático com duas bolsas de soluções eletrolíticas. Revisam edema cerebral, seu mecanismo fisiopatológico e o tratamento atual. CONCLUSÕES: O uso de infusão contínua de insulina regular associada à reposição hídrica adequada com soluções isotônicas, além de tratamentos efetivos da CAD, preserva a osmolaridade plasmática e previne a ocorrência de edema cerebral. Resumo em inglês OBJECTIVE:To review current concepts of physiopathology, diagnosis and treatment of diabetic ketoacidosis (DKA) in childhood, as well as preventive measures to avoid cerebral edema. SOURCES: The authors selected articles from MEDLINE with the keywords diabetes, ketoacidosis, hyperglycemia and cerebral edema, and priority was given to studies including children and that contained complete texts published in English, Portuguese or Spanish. Chapters of books published in Bra (mais) zil describing the treatment of DKA in pediatric intensive care unit were also reviewed. Based on the reviewed literature and on the author's experience, the most efficient and recommended measures for DKA management are presented. SUMMARY OF THE FINDINGS: Normal saline solution (NaCl 0.9%) has been increasingly used for fast replacement and hydration, as a substitute to diluted (hypotonic) solutions, as well as contraindication of sodium bicarbonate to repair metabolic acidosis in DKA. Regular insulin should be used as continuous infusion (0.1 IU/kg/h) without the need of a loading dose. For fast corrections of glucose oscillations, a practical scheme using two bags of electrolytic solutions is presented. Cerebral edema, its physiopathological mechanism and current treatment are reviewed. CONCLUSIONS: Use of continuous infusion of regular insulin associated with adequate water and electrolyte replacement using isotonic solutions, besides being an effective treatment for DKA, preserves plasma osmolarity and prevents cerebral edema.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Manutenção parenteral de líquidos na criança agudamente doente/ Maintenance parenteral fluids in the critically ill child

Choong, Karen; Bohn, Desmond
2007-05-01

Resumo em português OBJETIVO: Examinar as necessidades hídricas (água livre de eletrólitos) a serem consideradas quando da administração de fluidos de manutenção na criança em estado grave. Analisamos algumas das dificuldades na estimativa desses requisitos, e discutimos as controvérsias a respeito das recomendações tradicionais. FONTES DOS DADOS: MEDLINE (1966-2007),Embase (1980-2007), e Cochrane Library, usando os termos: “fluidoterapia”, “solução hipotônica (mais) ”, “isotônica”, e sinônimos ou termos relacionados. SÍNTESE DOS DADOS: A solução de manutenção e regime de fluido ideais permanecem um ponto de controvérsia em pediatria. As recomendações tradicionais para fluidos de manutenção são cada vez mais criticadas por não se aplicarem consistentemente à doença aguda, onde o gasto de energia e a necessidade de eletrólitos se desviam significantemente das estimativas originais. Apresentamos uma estrutura fisiologicamente fundamentada para a prescrição de fluidos de manutenção, com o objetivo de manter a tonicidade em equilíbrio, e administrar o volume mínimo de fluidos de manutenção necessário para manter a hemodinâmica. Discutimos também as indicações para soluções isotônicas e hipotônicas. CONCLUSÕES: As prescrições de fluidos de manutenção devem ser individualizadas. Não existe uma solução endovenosa única e ideal para todas as crianças durante todas as fases da doença, mas há evidências suficientes para sugerir que a escolha empírica mais segura é uma solução isotônica. As soluções hipotônicas devem ser consideradas apenas se o objetivo é alcançar um equilíbrio positivo de água livre. As crianças em estado grave podem necessitar de uma redução de até 40-50% dos volumes de manutenção atualmente recomendados. Todos os pacientes que receberem fluidos endovenosos devem ser monitorados bem de perto, com pesagem diária, equilíbrio dos fluidos, controle dos parâmetros bioquímicos e clínicos, a fim de melhor orientar esta terapia. Resumo em inglês OBJECTIVE: To examine electrolyte-free water requirements that should be considered when administering maintenance fluids in a critically ill child. We examine some of the difficulties in estimating these requirements, and discuss the controversies with respect to the traditional recommendations. SOURCES: MEDLINE (1966-2007), Embase (1980-2007), and the Cochrane Library, using the terms: “fluid therapy”, “hypotonic”, “isotonic solution” (mais) , and synonyms or related terms. SUMMARY OF THE FINDINGS: The ideal maintenance solution and fluid regimen remains a topic of heated debate in pediatrics. The traditional recommendations for maintenance fluids are increasingly criticized as they do not consistently apply in acute illness, where energy expenditure and electrolyte requirements deviate significantly from the original estimates. A physiologically based framework for prescribing maintenance fluids is presented, with the objective of maintaining tonicity balance, and infusing the minimum volume of maintenance fluid required to maintain hemodynamics. Indications for isotonic and hypotonic solutions are discussed. CONCLUSIONS: Maintenance fluid prescriptions should be individualized. No single intravenous solution is ideal for every child during all phases of illness, but there is evidence to suggest that the safest empirical choice is an isotonic solution. Hypotonic solutions should only be considered if the goal is to achieve a positive free-water balance. Critically ill children may require a reduction by as much as 40-50% of the currently recommended maintenance volumes. All patients receiving intravenous fluids should be monitored closely with daily weights, fluid balances, biochemical and clinical parameters in order to best guide this therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Influência da irrigação intraperitoneal de solução salina em diferentes temperaturas na formação de aderências e prevenção de hipotermia após pneumoperitônio em ratos/ Effect of intraperitoneal saline solution irrigation at different temperatures on adhesion formation and hypothermia prevention after pneumoperitoneum in rats

Molla Neto, Oswaldo Lourenço de; Silva, Rodrigo Altenfelder; Pacheco Júnior, Adhemar Monteiro
2000-04-01

Resumo em português Este estudo experimental em ratos avalia a influência da irrigação da cavidade peritoneal com solução salina isotônica (0,9 %), em diferentes temperaturas, na formação de aderências peritoneais e prevenção de hipotermia após pneumoperitônio. Foram utilizados 80 ratos divididos em quatro grupos de 20 animais: grupo controle (G1) sem irrigação, grupos com irrigação a temperatura ambiente 22,0°C (G2), a 35,0°C (G3) e a 45,0°C (G4). A análise da hipotermi (mais) a foi realizada através da monitorização da temperatura retal em três diferentes momentos: após a anestesia (T1), cinco minutos depois da insuflação de dióxido de carbono (T2) e cinco minutos após a irrigação com solução salina (T3). Os animais foram sacrificados no 28º dia de pós-operatório. Observaram-se aderências nos grupos com irrigação, sendo que, com salina à temperatura de 45,0ºC houve maior formação de aderências (30,0%) , porém, esta diferença não foi significante. No G2 ocorreu uma queda significante na temperatura média retal quando comparada aos demais grupos, demonstrando que a hipotermia na cirurgia laparoscópica pode ser reduzida com o uso de solução salina aquecida. Resumo em inglês Adhesions following abdominal surgery have plagued surgeons for years. Intra-operative irrigation of the peritoneal cavity with isotonic saline solution is a common procedure in gastrointestinal surgery. Although warm saline is often recommended to prevent hypothermia, accurate temperature control is rarely observed. Recent experimental studies are correlating saline temperature with adhesion formation and it has been shown that when saline temperature exceeds 37,0ºC it (mais) increases the possibilities of adhesions. Hypothermia is frequent during laparoscopy due to the insufflation of cold carbon dioxide to induce pneumoperitoneum. Most laparoscopic procedures also use irrigation with physiologic solutions, such as normal saline. Our purpose was to evaluate the influence of intraperitoneal isotonic saline solution irrigation, at different temperatures, on adhesion formation and hypothermia prevention after pneumoperitoneum. Eighty rats were divided in four groups of 20 animals each: control group (G1) with no irrigation, G2 group with irrigation at ambient temperature - 22,0°C, G2 at 35,0ºC and G4 at 45,0ºC. Temperature analysis was accomplished through a rectal probe in three different moments: after anesthesia (T1), five minutes after carbon dioxide insuflation (T2) and five minutes after saline irrigation (T3). The animals were sacrificed in the 28th day of postoperative. Adhesions were observed in all groups with irrigation and a greate adherence formation (30%) was observed at 45,0ºC. Even so, this difference was not significant. In the G2 a significant fall occurred in the rectum average temperature when compared with the other groups demonstrating that the hypothermia can be avoided with the use of warmed saline solution in laparoscopic surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Hidratação enteral em equinos - solução eletrolítica associada ou não à glicose, à maltodextrina e ao sulfato de magnésio: resultados de laboratório/ Enteral fluid therapy in horses - electrolyte solution associated or not with glucose, maltodextrine and magnesium sulphate: laboratory results

Avanza, Marcel Ferreira Bastos; Ribeiro Filho, José Dantas; Lopes, Marco Aurélio Ferreira; Ignácio, Fernanda Saules; Carvalho, Thony Assis; Guimarães, José Domingos
2009-07-01

Resumo em português No presente estudo, foram avaliados os efeitos de soluções eletrolíticas administradas via sonda nasoesofágica de pequeno calibre sobre o hematócrito, o volume plasmático e as concentrações plasmáticas de proteínas totais, sódio, potássio, cloreto, magnésio total e cálcio iônico de eqüinos hígidos e desidratados experimentalmente. Foram utilizados quatro equinos adultos, mestiços, dois machos e duas fêmeas. No experimento 1 (E1Des), os animais foram des (mais) idratados experimentalmente, enquanto no 2 (E2Hig) foram utilizados equinos hígidos. Os animais foram submetidos a cada um dos seguintes tratamentos: SE - solução eletrolítica isotônica; SEGli - solução eletrolítica isotônica + glicose; SEMalt - solução eletrolítica isotônica + maltodextrina e SEMg - solução eletrolítica isotônica + sulfato de magnésio. A solução eletrolítica foi administrada na dose de 15mL kg-1 h-1, durante 12h via sonda nasoesofágica por fluxo contínuo. Os tratamentos com as soluções eletrolíticas ocasionaram expansão do volume plasmático, ocasionando a redução nos valores das proteínas plasmáticas totais e do hematócrito, enquanto os valores dos eletrólitos avaliados permaneceram na faixa de referência. Resumo em inglês In the present study, the effects of four different electrolyte solutions on the packed cell volume (PCV), plasma volume and plasma concentrations of total protein, sodium, potassium, chloride, total magnesium, and ionized calcium in healthy and experimentally dehydrated horses were evaluated. Four crossbred horses, two males and two females were used. In experiment 1 (E1Des) the animals were experimentally dehydrated, while in the second experiment (E2Hig) healthy equine (mais) s were used. In both experiments the animals were subjected to the following treatments: SE - isotonic electrolyte solution; SEGlu - glucose-enriched SE; SEMalt - maltodextrine-enriched SE and SEMg - magnesium sulphate-enriched SE. The electrolyte solutions used in all treatments were administered at 15mL kg-1 h-1 during 12h through small-bore nasoesophagus tube by continuous flow. The treatments with the electrolyte solutions resulted in an increase of plasma volume and a decrease in total plasma protein, hematocrit, while the electrolytes remained within the reference values.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Hidratação enteral em bovinos: avaliação de soluções eletrolíticas isotônicas administradas por sonda nasogástrica em fluxo contínuo/ Enteral fluid therapy in cattle: evaluation of isotonic electrolyte solutions administered via nasogastric tube on continuous flow

Ribeiro Filho, José Dantas; Gimenes, Angélica Misailidis; Fonseca, Eduardo Ferreira; Dantas, Waleska de Melo Ferreira; Oliveira, Tânia Toledo de
2011-02-01

Resumo em português Foram avaliados os efeitos de soluções eletrolíticas isotônicas administradas via sonda nasogástrica de pequeno calibre e fluxo contínuo sobre o hematócrito, proteína total, albumina, sódio, potássio, cloreto, magnésio total, uréia, creatinina, glicose e lactato de bovinos desidratados experimentalmente. Seis bovinos adultos, mestiços, dois machos e quatro fêmeas foram avaliados. A hidratação enteral foi administrada na dose de 15mL kg-1 h-1 durante 12 hor (mais) as. Os animais foram separados em dois tratamentos num delineamento experimental crossover e submetidos a cada um dos seguintes tratamentos: SEGlic: NaCl 4g, KCl 1g, NaHCO3 4g, dextrose 5g em 1.000mL de água; SEProp: NaCl 8g, KCl 0,5g, CaCl2 0,5g, propilenoglicol 15mL em 1.000mL de água. Após a administração das soluções eletrolíticas, ocorreu expansão da volemia, em ambos os tratamentos, ocasionando diminuição do hematócrito e proteína total. A SEGli ocasionou o aparecimento de hipernatremia e aumento do lactato plasmático. Por sua vez, a SEProp aumentou a taxa de glicose plasmática, enquanto os demais parâmetros avaliados permaneceram na faixa de referência. Resumo em inglês This study evaluated the effects of isotonic electrolyte solutions administered via small-bore nasogastric intubation on a continuous flow rate on the hematocrit, total protein, albumin, sodium, potassium, chloride, total magnesium, urea, creatinine, glucose and lactate in cattle experimentally dehydrated. Six crossbred adult cattle, two males and four females were used for the study. Enteral fluid therapy was performed by using 15mL kg-1 h-1 for 12 hours. The animals wer (mais) e divided in two treatments in a "crossover" experimental design and subjected to the following treatments: SEGlic: 4g NaCl, 1g KCl, 4g NaHCO3, 5g dextrose in 1.000mL of water; SEProp: 8g NaCl, 0.5g KCl, 0.5g CaCl2, 15mL propylene glycol in 1.000mL of water. Both treatments demonstrated expansion of blood volume, reduction of hematocrit and total protein. In the SEGlic treatment, hypernatremia and increase of lactate were observed. On the other hand, the SEProp treatment caused an increase in the level of plasma glucose, while the other parameters remained within the reference values.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Estudo da capacidade alcalinizante de tampões metabolizáveis em bovinos sadios/ The alkalinizing effects of different metabolizable buffers in healthy steers

Leal, M.L.R.; Mori, C.S.; Ortolani, E.L.
2007-08-01

Resumo em português Seis novilhos mestiços, com cerca de 250kg e um ano de idade, foram infundidos, no decorrer de quatro horas, com cinco litros de diferentes soluções isotônicas de sais sódicos, com 150mM/l de bicarbonato, acetato, propionato, lactato L, lactato racêmico e cloreto (controle), em delineamento em quadrado latino (6x6). Análises hemogasométricas e do pH urinário foram determinadas no decorrer da infusão - zero, primeira e quatro horas - e após o seu término, na oi (mais) tava hora. O pH do sangue foi maior nos animais infundidos com os tampões que nos infundidos com cloreto; teores mais elevados de bicarbonato e de excesso de ácido-base sanguíneos foram obtidos na quarta e oitava hora nos infundidos com bicarbonato e lactato; o mesmo ocorreu com a pressão de CO2 na oitava hora. Os resultados indicam que os tratamentos com Bicarbonato e lactato proporcionam acúmulo de tampões no sangue e geram discreta alcalose metabólica, compensada organicamente por leve retenção de CO2. a infusão com bicarbonato de sódio causa elevação do pH urinário. Resumo em inglês Six healthy crossbred yearling 250kg steers were infused intravenously, during four hours, with five liters of each of the six different isotonic solutions of sodium salts containing 150 mMol/l of the bicarbonate, acetate, propionate, L-lactate, D and L-lactate and chloride in a 6 x 6 latin square experimental design. Blood was collected from the jugular vein, anaerobically, for blood gas analysis, samples were obtained at different times throughout the infusion (zero, 1s (mais) t, 4th and 8th h ). Urine was collect for determining the pH at the same schedule. Higher blood pH was found in cattle infused with all buffers than the chloride infused animals; higher level of blood bicarbonate and base excess were obtained at 4th and 8th h with bicarbonate and L-lactate, as well as with pCO2 at the 8th h. These results show that treatments with B and L lead to a slight accumulation of buffers in the blood, and generate a discrete metabolic alkalosis compensated organically by a small retention of CO2. Best alkalinizing effects are obtained by bicarbonate and L-lactato infusions. Bicarbonate infusions causes a high urinary pH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Efeitos da solução salina hipertônica a 7,5% em glicose a 5% nas concentrações séricas de sódio, cloreto e potássio de eqüinos com hipovolemia induzida/ Effects of 7,5% hypertonic saline in 5% glucose on serum levels of sodium, chloride and potassium in induced hypovolemic horses

Bordin, A.I.; Oliveira, H.P.; Freitas, C.F.; Verçosa Junior, D.; Marval, C.A.; Fonseca, M.R.; Pagliosa, G.; Souza, M.V.; Alves, G.E.S.
2007-06-01

Resumo em português Estudaram-se os efeitos de soluções salinas isotônica e hipertônica em eqüinos hipovolêmicos sobre as concentrações séricas de sódio, cloreto e potássio e freqüências cardíaca (FC) e respiratória (FR). Quinze eqüinos machos com peso entre 390 e 475kg e idades entre quatro e 18 anos foram submetidos à retirada de sangue correspondente a 2% do peso corporal e distribuídos em três grupos de igual número: o grupo GSH recebeu solução hipertônica de NaCl (mais) a 7,5% em glicose a 5%; o GSI, solução isotônica de NaCl a 0,9%; e o GC não foi tratado. Os eletrólitos séricos foram avaliados antes (T0), após a retirada de sangue (T1) e após a infusão das soluções, entre 20 e 30 minutos (T2), entre 60 e 70 minutos (T3) e entre 120 e 130 minutos (T4). Após T0, houve elevação da FC e da FR, e as concentrações séricas de Na, Cl, K permaneceram inalteradas. Após a infusão, houve melhora das variáveis clínicas em GSI e GSH, em relação ao GC. Quanto a T3 e T4, os valores de Na em T2 do GSH foram maiores, e os de Cl e de K não se alteraram. As soluções hipertônica e isotônica são seguras na correção da hipovolemia induzida e não produzem alteração eletrolítica significativa. Resumo em inglês The effect of isotonic and hypertonic solutions on serum levels of sodium, chloride and potassium and cardiac (CR) and respiratory rates (RR) of hypovolemic horses were studied. Fifteen horses weighting from 390 to 475kg, aging from four to 18-years-old were submitted to bleeding of 2% of body weight and divided in three groups: 7.5% NaCl hypertonic saline in 5% glucose (GSH), 0.9% NaCl isotonic saline and control group (GC). Serum electrolytes were evaluated before (T0) (mais) and after bleeding (T1) and after the administration of the solutions between 20 and 30 minutes (T2), 60 and 70 minutes (T3) and 120 and 130 minutes (T4). After T0, CR and RR increased while serum sodium, chloride, potassium were not affected. After the treatment, the clinical variables improved in GSI and GSH as compared to GC. The Na levels increased in GSH at T2 being higher than T3 and T4 while chloride and potassium concentrations did not change. The hypertonic and isotonic solutions safely corrected the hypovolemia of the horses, without altering significantly the electrolyte balance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Efeito de diferentes soluções de enema sobre os parâmetros clínicos de eqüinos/ Effect of different enema solutions on clinical parameters of equines

Melo, U.P.; Palhares, M.S.; Ferreira, C.; Evaristo, I.G.B.; Leme, F.O.P.; Serakides, R.; Silva Filho, J.M.
2008-06-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito de diferentes soluções de enema sobre os parâmetros clínicos de eqüinos hígidos. Foram utilizados 15 eqüinos adultos, distribuídos em três grupos de cinco animais cada: grupo 1 - tratados com água de torneira mais sabão neutro; grupo 2 - tratados com solução isotônica e grupo 3 - tratados com água de torneira mais vaselina. O efeito das soluções de enema sobre os parâmetros clínicos variou em função do tipo de solução infundida. (mais) A solução com menor efeito sobre os parâmetros clínicos foi a isotônica. A solução de água de torneira e sabão neutro desencadeou um aumento da temperatura retal e edema da mucosa retal. Embora as três soluções tenham se mostrado efetivas em hidratar e amolecer as fezes, a solução de água com sabão foi a que apresentou o melhor efeito. Resumo em inglês The effect of three different enema solutions on clinical parameters of equines was studied using 15 healthy adult animals. They were alloted into three groups of five animals each: group 1 - treated with tap water associated with neuter soap; group 2 -treated with isotonic solution; and group 3 - treated with tap water associated with vaseline. Effects of enema solutions on clinical parameters were observed. Isotonic solution caused less alteration on clinical parameters (mais) . Tap water and soap enema induced inflammatory reaction on colon mucosa. Even though all three solutions showed effectiveness in hydrating and softening the feces, the treatment with water plus soap showed the best results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Avaliação qualitativa do efeito de agentes de limpeza na camada de lama dentinária: estudo ultra-estrutural em microscopia eletrônica de varredura/ Smear layer removal: a qualitative scanning electron microscopy study

ARAÚJO, Maria Auxiliadora Junho de; RODE, Sigmar de Mello; VILLELA, Lauro Cardoso; GONÇALVES, Rogério Duque
1998-04-01

Resumo em português Quando qualquer instrumento abrasiona ou corta a dentina, produz na superfície uma camada de lama dentinária ou "smear layer". Dependendo do agente de união indicado em Odontologia adesiva, há a necessidade ou não da remoção da camada de lama da superfície dentinária. Com a finalidade de verificar a ação de diferentes substâncias para a limpeza dentinária, utilizamos 20 dentes pré-molares superiores íntegros, mantidos em soro fisiológico, nos quais as coro (mais) as foram seccionadas ao meio no sentido mésio-distal. Com instrumento diamantado, removeu-se o esmalte da porção vestibular e da porção lingual da coroa e, com uma broca carbide cilíndrica lisa nº 56, cortou-se aproximadamente 1 mm de dentina com alta rotação sob abundante refrigeração ar/água, para produzir a camada de lama dentinária. Em seguida, essa superfície foi tratada com diferentes substâncias e lavada por 30 segundos com "spray" ar/água. No controle, foi simplesmente utilizado o "spray" ar/água. Os espécimes foram montados em suportes metálicos, preparados e visualizados no MEV-DSM 950 da Zeiss, em aumentos que variaram de 100 a 5.000 vezes. Os materiais que mais removeram a camada de lama foram, em ordem crescente: 1. "spray" ar/água; 2. fluoreto de sódio 2%; 3. associação alternada de Dakin/Tergensol; 4. água oxigenada 3%; 5. jateamento com óxido de alumínio 50 mm; 6. flúor acidulado 1,27%; 7. ácido poliacrílico 25%; 8. ácido fosfórico 10%. Resumo em inglês A smear layer is produced on the dentin surface after abrasion or cutting by instruments. Its removal is indicated or not according to the kind of bonding agent used in adhesive dentistry. The purpose of this study was to evaluate the possible effects of some substances on the smear layer. Twenty upper non-carious premolars, stored in isotonic saline solution, were mesiodistally hemi-sectioned and the buccal and lingual enamel was removed with high speed diamond bur. One (mais) millimeter of the dentinal surface was then removed with a water-cooled high speed carbide bur # 56 in order to obtain the smear layer. Different solutions were applied on the dentin surface for 30 seconds, which was then rinsed and dried. The specimens were mounted on metallic holder stubs, prepared, and examined under the scanning electron microscope (DSM 95-Zeiss). Removal of the smear layer by the tested solutions was qualitatively observed, and the solutions, rated according to their performance in increasing order of extent of removal, as follows: 1. air/water spray; 2. 2% NaF; 3. sodium hypochloride/anodic detergent; 4. 3% H2O2; 5. sandblasting with 50 mm aluminum oxide; 6. 1.27% acidulated fluoride; 7. 25% polyacrylic acid; 8. 10% phosphoric acid. The best solutions for the removal of the smear layer were the acid ones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Avaliação da eficácia de diferentes modalidades de preparo interoperatório do colón associado ou não ao emprego da antibioticoprofilaxia: estudo experimental em ratos/ Evaluation of the efficacy of different kinds of transoperatory colon washout associating or not the prophylacties with antibiotics: experimental study in rats

Greca, Fernanddo Hintz; Repka, João Carlos; Souza Filho, Zacarias Alves de; Araújo, Celso Fernando Ribeiro; Strobel, Rodrigo; Pacheco, Alderson Luiz; Cabrera, Pablo Fabian Aviles
1997-06-01

Resumo em português A limpeza mecânica do cólon e a antibioticoprolaxia profilática foram os procedimentos responsáveis pela significante diminuição de morbidade e mortalidade na cirurgia colorretal. O objetivo do presente estudo foi avaliar, do ponto de vista bacteriológico, a eficácia de alguns métodos de preparo mecânico do cólon associado ou não ao emprego da antibioticoprolaxia. Foram estudados 64 ratos, machos, Wistar, com peso corporal entre 250-350g. Os animais foram divi (mais) didos em grupos e submetidos a limpeza transoperatória do cólon utilizando-se diferentes tipos de solução (água de torneira, solução salina isotônica (SSI) e solução de polivinilpirrolidona (PVPI) a 5%). Cada grupo foi subdividido em dois subgrupos, que receberam ou não antibioticoprolaxia (cefoxitina sódica, 30 mg/ Kg, via intraperitoneal) 1 hora antes da intervenção cirúrgica. Os resultados foram comparados com o grupo controle no qual não foi realizado qualquer tipo de procedimento. Não se verificou diferença significativa entre os diferentes tipos de preparo mecânico do cólon. Concluímos que houve uma diminuição da flora bacteriana do cólon com o preparo mecânico, todavia a diminuição foi mais acentuada quando se fez uso da antibioticoprolaxia. Resumo em inglês Teh significant decreasing in morbity and mortality rates in colorectal surgery was due to the bowel preparation and the antibiotic prophylacticts. The aim of the present study was to evaluate, in a bacteriologic point of view, the different methods of colon cleasing associated or not with an antimicrobial agent. Sixty four male rats, Wistar, ranging in weight from 250g to 350g were used. The animals were allocated for intraoperative irrigation of the colon using differen (mais) t washout solutions ( tap water, isotonic saline solution (SSI), and 5% solution of povidine iodine). Half of the animals of each group received prophylactic antibiotics ( cefoxitin, 30 mg/Kg, intraperitoneal) one hour before procedure. The results were compared with a control group where neither antibiotics prophylactics or bowel preparation were done. No significantly difference was observed when comparing the many types of intraoperative irrigation of the colon. We conclued that the bacterial concentration in the colon lumen has a significantly decrease with the mechanical preparation, however, the most important reduction was achieved with the use of parenteral antibiotics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)