Sample records for iron 49
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Avaliação do impacto de um suplemento nutricional rico em ferro hematínico/ Evaluating the impact of a hematinic iron-rich nutritional supplement

Simões, Miriam Correa de Carvalho; Moura, Erly Catarina; Sgarbieri, Valdemiro Carlos; Figueiredo, Dalcélia Bueno de
1999-10-01

Resumo em português Estudo quase-experimental foi desenvolvido junto a 49 mulheres sadias para se avaliar o impacto de um produto do sangue bovino nos níveis hematológicos. Ao grupo experimental (n = 32) prescreveu-se 0,5mg de ferro ao dia e ao controle (n = 17), placebo. Freqüência de consumo de alimentos e sintomas associados ao sulfato ferroso foram registrados. Inquérito alimentar foi realizado a cada 15 dias, assim como coleta de sangue para dosagem bioquímica. Observou-se maior d (mais) iferença para o ferro sérico, no grupo experimental, e menor de capacidade latente de fixação de ferro nas segunda, terceira e quinta coletas. Quanto à dieta, verificou-se para o grupo experimental menor ingestão de calorias, proteínas e vitamina C na quinta coleta e menor consumo de leite e derivados nas terceira, quarta e quinta coletas e de frutas na quarta coleta. Após a incorporação destas variáveis, para o cálculo das médias ajustadas, encontrou-se diferença significativamente maior para o ferro sérico (p = 0,009) e menor para a CLFF (p = 0,031) ao final do estudo. Os resultados indicam a viabilidade do uso deste produto na deficiência de ferro. Resumo em inglês A quasi-experimental epidemiological study was performed to evaluate the effect of a nutritional supplement made from bovine blood on human blood parameters. Healthy women who were neither pregnant nor breast-feeding were allocated to two groups: study (n = 32) and control (n = 17). Women in the study group received 0.5 mg of iron per day, while controls received placebo. Food intake frequency and side effects related to ferrous sulfate were recorded. A 24-hour dietary re (mais) call was performed every two weeks, and blood samples were collected to determine biochemical parameters. Compared to controls, the study group showed higher serum iron and iron retention capacity, lower calorie, protein, and vitamin C intake, and lower consumption of dairy products and fruit. Adjusted mean blood parameters were calculated using ANOVA. The output showed increased serum iron (p = 0.009) and decreased iron retention capacity (p = 0.031) at the end of the study. The results favor use of the product to treat iron deficiency anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Avaliação do impacto de um suplemento nutricional rico em ferro hematínico/ Evaluating the impact of a hematinic iron-rich nutritional supplement

Simões, Miriam Correa de Carvalho; Moura, Erly Catarina; Sgarbieri, Valdemiro Carlos; Figueiredo, Dalcélia Bueno de
1999-10-01

Resumo em português Estudo quase-experimental foi desenvolvido junto a 49 mulheres sadias para se avaliar o impacto de um produto do sangue bovino nos níveis hematológicos. Ao grupo experimental (n = 32) prescreveu-se 0,5mg de ferro ao dia e ao controle (n = 17), placebo. Freqüência de consumo de alimentos e sintomas associados ao sulfato ferroso foram registrados. Inquérito alimentar foi realizado a cada 15 dias, assim como coleta de sangue para dosagem bioquímica. Observou-se maior d (mais) iferença para o ferro sérico, no grupo experimental, e menor de capacidade latente de fixação de ferro nas segunda, terceira e quinta coletas. Quanto à dieta, verificou-se para o grupo experimental menor ingestão de calorias, proteínas e vitamina C na quinta coleta e menor consumo de leite e derivados nas terceira, quarta e quinta coletas e de frutas na quarta coleta. Após a incorporação destas variáveis, para o cálculo das médias ajustadas, encontrou-se diferença significativamente maior para o ferro sérico (p = 0,009) e menor para a CLFF (p = 0,031) ao final do estudo. Os resultados indicam a viabilidade do uso deste produto na deficiência de ferro. Resumo em inglês A quasi-experimental epidemiological study was performed to evaluate the effect of a nutritional supplement made from bovine blood on human blood parameters. Healthy women who were neither pregnant nor breast-feeding were allocated to two groups: study (n = 32) and control (n = 17). Women in the study group received 0.5 mg of iron per day, while controls received placebo. Food intake frequency and side effects related to ferrous sulfate were recorded. A 24-hour dietary re (mais) call was performed every two weeks, and blood samples were collected to determine biochemical parameters. Compared to controls, the study group showed higher serum iron and iron retention capacity, lower calorie, protein, and vitamin C intake, and lower consumption of dairy products and fruit. Adjusted mean blood parameters were calculated using ANOVA. The output showed increased serum iron (p = 0.009) and decreased iron retention capacity (p = 0.031) at the end of the study. The results favor use of the product to treat iron deficiency anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Eritrograma, metabolismo do ferro e concentração sérica de eritropoetina em fêmeas caprinas da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto/ Erithrogram, iron metabolism and serum erythropoietin concentration in female Saanen caprine in the pregnancy, parturition and postpartum periods

Fonteque, Joandes Henrique; Takahira, Regina Kiomi; Saito, Mere Erika; Valente, Ana Cláudia dos Santos; Barioni, Graziela; Kohayagawa, Aguemi
2010-11-01

Resumo em português As alterações hematológicas durante o período de gestação, parto e pós-parto são de grande importância em humanos e têm sido estudadas em várias espécies de animais domésticos. O objetivo do trabalho foi determinar as alterações no eritrograma, no metabolismo do ferro e na concentração sérica de eritropoetina durante os períodos de gestação, parto e pós-parto em fêmeas nulíparas Saanen. Foram colhidas amostras de sangue de 20 fêmeas, clinicamente (mais) sadias, aos 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), sete (M7), três (M8) dias antes do parto, no dia do parto (M9), três (M10) e sete (M11) dias após o parto, para a realização do eritrograma, proteína plasmática total, e dosagens séricas de eritropoetina, ferro, capacidade total de ligação do ferro, índice de saturação da transferrina e ferritina. Os dados foram analisados pelo teste de análise de variância (ANOVA) ao nível de 5% de significância (P Resumo em inglês Hematological changes during the pregnancy and parturition are of great importance in humans and have been studied in several species of domestic animals. The objective was to determine changes in erythrogram, iron metabolism and the serum concentration of erythropoietin in nuliparous female Saanen caprine during periods of pregnancy, parturition and postpartum. Blood samples were collected from 20 goats, clinically healthy, the 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5) (mais) , 14 (M6), seven (M7), three (M8) days in the pregnancy, parturition (M9), three (M10) and seven (M11) days postpartum for the erythrogram, plasma total protein and the serum of erythropoietin, iron, total iron binding capacity, transferrin saturation index and ferritin determination. The data were analyzed by analysis of variance (ANOVA) at 5% level of significance (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Níveis de vitamina C e ferro para tilápia do nilo (Oreochromis niloticus)/ Levels of vitamin C and iron for nile tilapia (Oreochromis niloticus)

Barros, Margarida Maria; Pezzato, Luiz Edivaldo; Kleemann, Geisa Karine; Hisano, Hamilton; Rosa, Guilherme Jordão de Magalhães
2002-11-01

Resumo em português Os efeitos de diferentes níveis de vitamina C e ferro no desempenho produtivo e parâmetros fisiológicos da tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) foram avaliados por um período de 73 dias. O delineamento foi inteiramente casualizado, com tratamentos dispostos em esquema fatorial com três níveis de vitamina C (125; 375 e 1115 mg/kg) e três níveis de ferro (30, 90 e 270 mg/kg), mais um tratamento adicional (0 mg/kg de suplementação de vitamina C e ferro), com qu (mais) atro repetições cada tratamento, totalizando 10 grupos experimentais. Utilizaram-se 240 alevinos revertidos com peso médio inicial de 7,46 ± 0,49 g, distribuídos aleatoriamente em 40 aquários de 250 L, numa lotação de 6 peixes/aquário. Confeccionou-se dieta purificada com 32,0% de proteína bruta e 3300 kcal/kg de energia digestível. A ausência de vitamina C e ferro nas dietas propiciou o aparecimento de anemia microcítica e hipocrômica aos alevinos. A presença dessa vitamina em dosagens elevadas estimulou a liberação de eritrócitos imaturos na corrente sangüínea. Determinou-se, também, que níveis desses acima das exigências nutricionais descritas para a espécie não determinaram efeito detrimental no desempenho produtivo, na produção de proteínas plasmáticas ou nos aspectos morfológicos do fígado. Resumo em inglês The effects of different levels of vitamin C and iron on growth performance and physiological parameters on Nile tilapia (Oreochromis niloticus) were evaluated for 73 days. A factorial experiment with three levels of vitamin C (125; 375 e 1115 mg/kg) and three levels of iron (30, 90 e 270 mg/kg), plus an additional treatment (with 0 mg/kg of vitamin C and iron), was considered on a completely randomized design, with four replicates for each experimental group. It was rand (mais) omly stocked 240 reverted fingerlings, an average weight of 7.46 ± 0.49 g, into 40, 250L, aquaria at a density of 6 fish/aquarium. A albumin-gelatin-diet was formulated to contain 32.0% of crude protein and 3,300 kcal/kg of digestible energy. Fingerlings of Nile tilapia fed diet without supplemental vitamin C and iron developed hypochromic microcytic anemia and the supplemental vitamin C determined the presence of immature erythrocytes on blood. It was also determined that iron serum concentration was influenced by vitamin C and iron supplied on diets, and that levels above to nutritional requirements for the specie did not determined detrimental effect on growth performance, plasmatic protein or morphologic characteristics of liver.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Políticas públicas para o controle da anemia ferropriva/ Public policies to control iron deficiency in Brazil

Szarfarc, Sophia C.
2010-06-01

Resumo em português A anemia por deficiência de ferro configura um problema epidemiológico da maior relevância atuando nos gastos públicos de saúde, nas consequências sociais do aumento de riscos no período gestacional, na redução da produtividade e, ainda, nas consequências, em longo prazo, do desenvolvimento mental. Algumas datas marcam o envolvimento do governo brasileiro em busca de alternativas de controle da deficiência marcial: 1977 - 1ª Reunião do Ministério da Saúde ( (mais) INAN), com especialistas nacionais e internacionais, para discutir perspectivas e intervenções para o controle da anemia; 1982/83 - distribuição de suplemento de ferro para a clientela do Programa de Atenção à Gestante e dosagem de hemoglobina na 1ª consulta; 1992 - assinatura de compromisso brasileiro de reduzir em 1/3 a prevalência de anemia em gestantes; 1994 - implantação do Programa de Leite Vivaleite, no estado de São Paulo, fornecendo leite fortificado com ferro a famílias com crianças até 6 anos e renda inferior a dois salários mínimos; 2002/junho 2004 - fortificação das farinhas de trigo e de milho com ferro; 2005 - programa de suplementação de ferro a lactentes; 2009/março - divulgação do resultado do levantamento de prevalência de anemia em mulheres (15-49 anos) e crianças (6 - 59 meses) no Brasil; 2009/agosto - foi reeditada a Portaria no 1793/GM/agosto/2009 do Ministério da Saúde, instituindo a Comissão Interinstitucional para implementação, acompanhamento e monitorização das ações de fortificação das farinhas de trigo e milho e seus subprodutos. Resumo em inglês Iron deficiency anemia is a vast epidemiologic problem evidenced by health public spending, the social consequences of increased risk in pregnancy, low production, and also by long term consequences of cognitive development. Some points in time highlight the involvement of the Brazilian government: 1977 - 1st Health Minister Meeting (INAN), with international and national specialists to discuss perspectives and interventions to control anemia; 1982/83 - distribution of ir (mais) on supplement to Pregnancy Programs and 1st consultation to measure hemoglobin concentration; 1992 - Brazilian government commitment to reduce the prevalence of anemia in pregnant women by 1/3; 1994 - Implementation of the "Vivaleite" Program to provide iron fortified milk to families with under 6-year-old children and incomes of up to 2 minimum wages; June 2002-2004 - wheat and corn flour fortification with iron; 2005 - Iron supplementation program to breastfeeding women; March 2009 - Reports published on the prevalence of anemia in women (15 to 49 years old) and children (6 to 59 months) in Brazil. August 2009 - the 1st Inter-institutional Commission Meeting for the Implementation, accompaniment and monitoring of fortification policies of wheat and corn flour and their "subproducts" was established by the Health Minister.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Efetividade de três esquemas com sulfato ferroso para tratamento de anemia em gestantes/ The effectiveness of three regimens using ferrous sulfate to treat anemia in pregnant women

Souza, Ariani Impieri de; Batista Filho, Malaquias; Ferreira, Luiz Oscar Cardoso; Figueirôa, José Natal
2004-05-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a efetividade de três esquemas de tratamento utilizando sulfato ferroso em gestantes anêmicas. MÉTODOS: O estudo foi desenvolvido no Centro de Atenção à Mulher do Instituto Materno Infantil de Pernambuco, em Recife, no período de maio de 2000 a dezembro de 2001. Realizou-se um ensaio clínico, aleatório e cego do ponto de vista laboratorial, utilizando comprimidos de 300 mg de sulfato ferroso para administração de 60 mg de ferro elementar. As g (mais) estantes foram alocadas em três grupos de tratamento, conforme a freqüência de administração do ferro: uma vez por semana (n =48); duas vezes por semana (n =53); e uma vez ao dia (n =49). Foram comparadas as concentrações de hemoglobina, volume corpuscular médio e ferritina. RESULTADOS: Antes da intervenção, os grupos eram homogêneos e apresentaram as seguintes médias e desvios-padrão nas concentrações de hemoglobina: 10,2 ± 0,5 g/dL para o grupo que recebeu sulfato ferroso uma vez por semana; 10,2 ± 0,6 g/dL para o grupo que recebeu sulfato ferroso duas vezes por semana; e 10,1 ± 0,6 g/dL para o grupo que recebeu sulfato ferroso uma vez ao dia. As médias de volume corpuscular médio foram, respectivamente: 88,5 ± 5,0; 87,6 ± 5,9; e 88,7 ± 5,1 fL. As medianas de ferritina foram 30,2; 37,1; e 52,9 ng/mL. Houve 27% de cura no esquema de uma vez por semana, 34% no grupo tratado duas vezes por semana e 47% no tratamento diário. Houve fracasso terapêutico (hemoglobina Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of three regimens employing ferrous sulfate to treat pregnant women with anemia. METHODS: The study was carried out at the Women's Health Center of the Pernambuco Institute of Maternal and Child Health in the city of Recife, Pernambuco, Brazil, from May 2000 to December 2001. A randomized clinical trial with blinded laboratory analysis was conducted. Iron (60 mg) was administered as 300-mg ferrous sulfate tablets. The women were al (mais) located to three treatment groups, according to the frequency of ingesting the tablets: once a week (48 women), twice a week (53 women), and once a day (49 women). The groups were compared for the values for hemoglobin (Hb) concentration, mean corpuscular volume, and ferritin before and after the treatment. RESULTS: Before the intervention, the groups were homogeneous. They had the following mean (± standard deviation) concentrations of hemoglobin: 10.2 ± 0.5 g/dL for the group receiving iron once a week, 10.2 ± 0.6 g/dL for the group receiving iron twice a week, and 10.1 ± 0.6 g/dL for the group receiving iron once a day. The means of corpuscular volume were, respectively: 88.5 ± 5.0 fL, 87.6 ± 5.9 fL, and 88.7 ± 5.1 fL. The respective medians for ferritin were 30.2 ng/mL, 37.1 ng/mL, and 52.9 ng/mL. The cure rate (Hb > 11 g/dL) was 27% in the patients treated once a week, 34% in those treated twice a week, and 47% in the women treated daily. Treatment failure (hemoglobin

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Trauma ocular ocupacional por corpo estranho superficial/ Work-related eye trauma due to superficial foreign body

Leal, Fernando Antônio de Macedo; Silva e Filho, Arthur Pereira da; Neiva, Daniela Martins; Learth, Josilene Carvalho Soares; Silveira, Durwagner Barros da
2003-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar a ocorrência de trauma ocular provocado por corpos estranhos superficiais durante a realização de atividades ocupacionais. MÉTODOS: Estudo prospectivo de pacientes portadores de trauma ocular ocupacional atendidos no serviço de urgência do Hospital Getúlio Vargas (HGV) / Universidade Federal do Piauí (UFPI), no período de outubro de 1997 a março de 1999. Os seguintes dados foram coletados: idade, sexo, profissão, olho afetado, atividade realiz (mais) ada durante o trauma, natureza do corpo estranho, localização do mesmo e doença ocorrida. RESULTADOS: Foram estudados 713 pacientes, sendo 686 (96,21%) do sexo masculino e 27 (3,79%) do sexo feminino. Os pacientes foram acometidos principalmente na terceira década de vida, correspondendo a um total de 312 pacientes (43,75%). Com relação à atividade desenvolvida durante o trauma, 158 pacientes (22,16%) eram metalúrgicos, 153 (21,46%) serralheiros e 126 (17,67%) mecânicos. No tocante ao corpo estranho, 489 (68,58%) eram ferro e 47 (6,59%) outros metais. Referente a localização, 587 corpos estranhos (81,64%) estavam localizados na córnea, 75 (10,43%) na conjuntiva tarsal e 49 (6,81%) na conjuntiva bulbar. Além dos corpos estranhos 361 (48,39%) dos pacientes apresentaram abrasão córneo-conjuntival. CONCLUSÃO: O corpo estranho superficial é importante causa de trauma ocular ocupacional. A atividade desenvolvida principalmente por indivíduos do sexo masculino na metalurgia, serralheria e mecânica foi a principal causa do trauma, sendo o ferro e outros metais os mais freqüentes corpos estranhos encontrados. Resumo em inglês PURPOSE: To study the prevalence of superficial ocular trauma due to foreign bodies in patients during occupational activities. METHODS: Prospective study of patients with occupational ocular trauma diagnosed at the Hospital Getúlio Vargas (HGV) / Universidade Federal do Piauí (UFPI), from October 1997 to March 1999. The following data were obtained: age, gender, occupation, affected eye, activity performed at the time of the trauma, nature and localization of the forei (mais) gn body and posterior complications. RESULTS: 713 patients were studied, of whom 686 (96.21%) were males and 27 (3.79%) were females. The patients were affected mainly in the third decade of life, corresponding to 312 patients (43.75%). In relation to the activity performed during the trauma, 158 patients (22.16%) were metallurgists, 153 (21.46%) locksmiths and 126 (17.67%) mechanics. Concerning the foreign body, 489 (68.58%) were iron and 47 (6.59%) were other metals. Regarding localization, 587 foreign bodies (81.64%) were in the cornea, 75 (10.43%) in the tarsal conjunctiva, 49 (6.81%) in the bulbar conjunctiva. In addition to the foreign bodies 361 (48.38%) patients presented corneo-conjunctival abrasion. CONCLUSION: The superficial foreign body is an important cause of occupational ocular trauma. The most frequent component was iron, and the patients were mainly metallurgists, locksmiths and mechanics, males in their thirties.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso como medida de intervenção no combate à carência de ferro em crianças atendidas em unidades básicas de saúde/ Treatment with prophylactic doses of ferrous sulphate in the fight against iron deficiency in children attended in basis health units

Torres, Marco A. A.; Sato, Kasue; Juliano, Yara; Queiroz, Suzana S.
1994-12-01

Resumo em português Objetivou-se testar a terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso no combate à anemia carencial ferropriva, em 620 crianças de 4 a 36 meses de idade, atendidas em duas unidades de saúde do Município de São Paulo, Brasil. As crianças foram submetidas a coleta de sangue para dosagem de hemoglobina. Em seguida, foi prescrito dosagem de 12 mg/dia de ferro elementar, por 30 dias. Observou-se que 25% dos menores de 6 meses apresentaram níveis de hemoglobina i (mais) nferiores a 11,0 g/dl. As maiores ocorrências de anemia foram detectadas entre os 9 e 23 meses de idade (50,0%). Decorrido o prazo, apenas 37,4% das crianças com anemia e 52,4% das não anêmicas retornaram para reavaliação. Das 299 que foram reavaliadas, somente 157 (52,5%) receberam a medicação corretamente. A freqüência de hemoglobinas inferiores a 9,5 g/dl caiu de 17,1% no início, para 8,1% ao final da intervenção. Por outro lado, o percentual de crianças com hemoglobinas superiores a 12,0 g/dl subiu de 13,4%, para 33,4%. As que receberam a suplementação férrica de forma correta registraram queda nos índices de anemia sensivelmente maior que a observada naquelas suplementadas de forma incorreta. Concluiu-se que a terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso, apesar de se mostrar eficiente na recuperação dos níveis de hemoglobina, apresenta sérios entraves do ponto de vista operacional. Resumo em inglês The efficacy of medical prophylaxis in the fight against iron deficiency anemia in 620 children aged from four to thirty-six months, attended in two health units of the municipality of S. Paulo, Brazil, was tested. First, the children's blood was tested for hemoglobin level and eletrophoresis. Then they received daily doses of iron sulphate in the form of drops, corresponding to 12 mg/ day of elementary iron, over a 30-day period. Afterwaeds, they were asked to return for (mais) re-evaluation. Twenty-five percent of children under 6 months presented hemoglobin levels under 11.0 g/dl. The highest occurrences of anemia were detected among children aged 9 to 11 months (49.5%) and in the age bracket between 12 and 23 months (50.4%). After the established period, only 37.4% of the children with anemia and 52.4% of children who did not present anaemia returned for further evaluation. Of the 299 evaluated, ony 157 (52.5%) had taken the medication correctly. Frequency of hemoglobin inferior to 9.5 g/dl dropped from 17.1% at the beginning to 8.1% at the end of the intervention. On the other hand, the percentage of children with hemoglobin above 12.0 g/ dl increased from 13.4% to 33.4%. Those chidren who took their iron supplements correctly registered a siginificantly higher drop in the number of cases of anemia than that observed in those who had not taken the supplement correctly. The great majority (80.3%) did not present any side effects of medication. It was concluded that medical prophylaxis, instead of proving to be efficient in the recovery of hemoglobin levels, presents serious hazards from the operation point of view including a low level of participation in the project on the part of mothers, resulting from the daily obligation to administer a medication to their chidren over a long period of time which can consequence generate saturation and forgetfulness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso como medida de intervenção no combate à carência de ferro em crianças atendidas em unidades básicas de saúde/ Treatment with prophylactic doses of ferrous sulphate in the fight against iron deficiency in children attended in basis health units

Torres, Marco A. A.; Sato, Kasue; Juliano, Yara; Queiroz, Suzana S.
1994-12-01

Resumo em português Objetivou-se testar a terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso no combate à anemia carencial ferropriva, em 620 crianças de 4 a 36 meses de idade, atendidas em duas unidades de saúde do Município de São Paulo, Brasil. As crianças foram submetidas a coleta de sangue para dosagem de hemoglobina. Em seguida, foi prescrito dosagem de 12 mg/dia de ferro elementar, por 30 dias. Observou-se que 25% dos menores de 6 meses apresentaram níveis de hemoglobina i (mais) nferiores a 11,0 g/dl. As maiores ocorrências de anemia foram detectadas entre os 9 e 23 meses de idade (50,0%). Decorrido o prazo, apenas 37,4% das crianças com anemia e 52,4% das não anêmicas retornaram para reavaliação. Das 299 que foram reavaliadas, somente 157 (52,5%) receberam a medicação corretamente. A freqüência de hemoglobinas inferiores a 9,5 g/dl caiu de 17,1% no início, para 8,1% ao final da intervenção. Por outro lado, o percentual de crianças com hemoglobinas superiores a 12,0 g/dl subiu de 13,4%, para 33,4%. As que receberam a suplementação férrica de forma correta registraram queda nos índices de anemia sensivelmente maior que a observada naquelas suplementadas de forma incorreta. Concluiu-se que a terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso, apesar de se mostrar eficiente na recuperação dos níveis de hemoglobina, apresenta sérios entraves do ponto de vista operacional. Resumo em inglês The efficacy of medical prophylaxis in the fight against iron deficiency anemia in 620 children aged from four to thirty-six months, attended in two health units of the municipality of S. Paulo, Brazil, was tested. First, the children's blood was tested for hemoglobin level and eletrophoresis. Then they received daily doses of iron sulphate in the form of drops, corresponding to 12 mg/ day of elementary iron, over a 30-day period. Afterwaeds, they were asked to return for (mais) re-evaluation. Twenty-five percent of children under 6 months presented hemoglobin levels under 11.0 g/dl. The highest occurrences of anemia were detected among children aged 9 to 11 months (49.5%) and in the age bracket between 12 and 23 months (50.4%). After the established period, only 37.4% of the children with anemia and 52.4% of children who did not present anaemia returned for further evaluation. Of the 299 evaluated, ony 157 (52.5%) had taken the medication correctly. Frequency of hemoglobin inferior to 9.5 g/dl dropped from 17.1% at the beginning to 8.1% at the end of the intervention. On the other hand, the percentage of children with hemoglobin above 12.0 g/ dl increased from 13.4% to 33.4%. Those chidren who took their iron supplements correctly registered a siginificantly higher drop in the number of cases of anemia than that observed in those who had not taken the supplement correctly. The great majority (80.3%) did not present any side effects of medication. It was concluded that medical prophylaxis, instead of proving to be efficient in the recovery of hemoglobin levels, presents serious hazards from the operation point of view including a low level of participation in the project on the part of mothers, resulting from the daily obligation to administer a medication to their chidren over a long period of time which can consequence generate saturation and forgetfulness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Segurança alimentar em famílias indígenas Teréna, Mato Grosso do Sul, Brasil/ Food security in Teréna indigenous families, Mato Grosso do Sul, Brazil

Fávaro, Thatiana; Ribas, Dulce Lopes Barboza; Zorzatto, José Roberto; Segall-Corrêa, Ana Maria; Panigassi, Giseli
2007-04-01

Resumo em português O presente estudo buscou descrever a situação de segurança alimentar vivenciada por famílias Teréna, das aldeias Água Azul, Olho D'Água e Oliveiras, Mato Grosso do Sul, Brasil. Foi utilizada a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar adaptada, com 15 questões que refletem a insegurança alimentar em diferentes níveis de intensidade. Foram investigadas 49 famílias que continham em seu núcleo crianças menores de sessenta meses e obtidas informações sobre re (mais) nda, densidade familiar, escolaridade materna e consumo alimentar das crianças. A prevalência de famílias com algum grau de insegurança alimentar observada foi 75,5%, 22,4% das famílias com insegurança leve, 32,7% moderada e 20,4% grave. Grande parte das famílias (67,3%) convive com o medo de ficar sem alimentos. Um quarto das mulheres entrevistadas afirmou ter passado por situações de fome no mês anterior à entrevista e 14,3% (7) apontaram que o mesmo ocorreu com as crianças da casa. Situações mais graves de insegurança alimentar foram observadas em famílias com menor renda mensal per capita, menor escolaridade materna, maior densidade domiciliar, maior número de filhos por grupo familiar e cuja dieta das crianças era insuficiente, sobretudo em proteínas e ferro. Resumo em inglês This study aims to describe the food security situation among Teréna families in the villages of Água Azul, Olho D'Água, and Oliveiras in Mato Grosso do Sul State, Brazil. The Brazilian Food Insecurity Scale was adapted to 15 questions that reflect food insecurity at different levels of intensity. A survey was conducted in the villages with 49 families that had under-five children. Information was obtained on income, family size, maternal education, and children's food (mais) intake. 75.5% of families showed some level of food insecurity (22.4% low, 32.7% moderate, and 20.4% high). A large percentage (67.3%) of the families live with fear of lack of food. One-fourth of women had experienced hunger during the month prior to the survey, and 14.3% (7) reported the same condition for children in the household. More serious food insecurity was observed in families with lower per capita income and lower maternal education, more family members, and more children per family group in which the children's diet was insufficient, especially in protein and iron.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Segurança alimentar em famílias indígenas Teréna, Mato Grosso do Sul, Brasil/ Food security in Teréna indigenous families, Mato Grosso do Sul, Brazil

Fávaro, Thatiana; Ribas, Dulce Lopes Barboza; Zorzatto, José Roberto; Segall-Corrêa, Ana Maria; Panigassi, Giseli
2007-04-01

Resumo em português O presente estudo buscou descrever a situação de segurança alimentar vivenciada por famílias Teréna, das aldeias Água Azul, Olho D'Água e Oliveiras, Mato Grosso do Sul, Brasil. Foi utilizada a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar adaptada, com 15 questões que refletem a insegurança alimentar em diferentes níveis de intensidade. Foram investigadas 49 famílias que continham em seu núcleo crianças menores de sessenta meses e obtidas informações sobre re (mais) nda, densidade familiar, escolaridade materna e consumo alimentar das crianças. A prevalência de famílias com algum grau de insegurança alimentar observada foi 75,5%, 22,4% das famílias com insegurança leve, 32,7% moderada e 20,4% grave. Grande parte das famílias (67,3%) convive com o medo de ficar sem alimentos. Um quarto das mulheres entrevistadas afirmou ter passado por situações de fome no mês anterior à entrevista e 14,3% (7) apontaram que o mesmo ocorreu com as crianças da casa. Situações mais graves de insegurança alimentar foram observadas em famílias com menor renda mensal per capita, menor escolaridade materna, maior densidade domiciliar, maior número de filhos por grupo familiar e cuja dieta das crianças era insuficiente, sobretudo em proteínas e ferro. Resumo em inglês This study aims to describe the food security situation among Teréna families in the villages of Água Azul, Olho D'Água, and Oliveiras in Mato Grosso do Sul State, Brazil. The Brazilian Food Insecurity Scale was adapted to 15 questions that reflect food insecurity at different levels of intensity. A survey was conducted in the villages with 49 families that had under-five children. Information was obtained on income, family size, maternal education, and children's food (mais) intake. 75.5% of families showed some level of food insecurity (22.4% low, 32.7% moderate, and 20.4% high). A large percentage (67.3%) of the families live with fear of lack of food. One-fourth of women had experienced hunger during the month prior to the survey, and 14.3% (7) reported the same condition for children in the household. More serious food insecurity was observed in families with lower per capita income and lower maternal education, more family members, and more children per family group in which the children's diet was insufficient, especially in protein and iron.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Avaliação antropométrica e análise dietética de pré-escolares em centros educacionais municipais no sul de Minas Gerais/ Anthropometric evaluation and food intake of preschool children at municipal educational centers, in South of Minas Gerais State, Brazil

Martino, Hércia Stampini Duarte; Ferreira, Andreza Campos; Pereira, Cristina Novack Amaral; Silva, Roberta Ribeiro
2010-03-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar as condições socioeconômicas, o estado nutricional e o consumo alimentar de pré-escolares assistidos pelos Centros Educacionais Municipais (CEM) de Alfenas (MG). Foi realizado um estudo transversal, com 186 crianças. Avaliou-se o perfil socioeconômico, peso, estatura, idade, sexo e o consumo alimentar pelo instrumento de pesagem direta dos alimentos. Observou-se renda familiar de um a três salários mínimos, ensino fundamental incompleto, casa (mais) própria com saneamento básico, quatro a cinco habitantes por domicílio, dos quais, na maioria dois trabalhavam. A média de idade foi de 49,2 ± 12,9 meses. A baixa estatura foi o desvio nutricional mais prevalente (20,5%). 72,6 % das crianças apresentaram ingestão energética abaixo da necessidade energética estimada (EER). Ao estratificar por faixa etária, de um a três anos, 78,4% das crianças apresentaram ingestão acima da EER e de quatro a seis anos, 74,1% apresentaram ingestão abaixo da EER. Todas as crianças apresentaram baixo consumo de cálcio e a maioria apresentou consumo abaixo da necessidade média estimada (EAR) para ferro. Apesar de alguns fatores biossocioeconômicos serem favoráveis, os desvios nutricionais e a ingestão inadequada de nutrientes estavam presentes, tornando-se necessária implementação de programa de controle nutricional nos CEM. Resumo em inglês The objective of this article is to evaluate socioeconomic conditions, nutritional status and food intake of preschool children assisted at Municipal Educational Centers (CEMs) of Alfenas, Minas Gerais State, Brazil. A transverse study involving 186 children was performed. The socioeconomic profile, weight, height, age, sex and food intake by a direct weighting tool were evaluated. It was observed an income family of one to three minimum wages, incomplete fundamental lear (mais) ning, private house with basic sanitation, four to five inhabitants per house of whom two worked at most. The average age was 49.2 ± 12.9 months. The stunting rates were more prevalent among the children (20.5%). The whole, 72.6% of children have energy intake below Estimated Energy Intake (EER). However, when stratifying for age group, 78.4% of the children from 1 to 3 years old have high energy intake and 74.1% from 4 to 6 years old have inadequate energy intake. All children presented consumption below the Adequate Intake (AI) of calcium and most of them below to Estimated Average Requirement (EAR) of iron. Despite some biosocioeconomic factors be favorable to the nutritional status, malnutrition, and inadequate nutrient intake were present, which demanded the implementation of nutritional programs in CEMs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Avaliação antropométrica e análise dietética de pré-escolares em centros educacionais municipais no sul de Minas Gerais/ Anthropometric evaluation and food intake of preschool children at municipal educational centers, in South of Minas Gerais State, Brazil

Martino, Hércia Stampini Duarte; Ferreira, Andreza Campos; Pereira, Cristina Novack Amaral; Silva, Roberta Ribeiro
2010-03-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar as condições socioeconômicas, o estado nutricional e o consumo alimentar de pré-escolares assistidos pelos Centros Educacionais Municipais (CEM) de Alfenas (MG). Foi realizado um estudo transversal, com 186 crianças. Avaliou-se o perfil socioeconômico, peso, estatura, idade, sexo e o consumo alimentar pelo instrumento de pesagem direta dos alimentos. Observou-se renda familiar de um a três salários mínimos, ensino fundamental incompleto, casa (mais) própria com saneamento básico, quatro a cinco habitantes por domicílio, dos quais, na maioria dois trabalhavam. A média de idade foi de 49,2 ± 12,9 meses. A baixa estatura foi o desvio nutricional mais prevalente (20,5%). 72,6 % das crianças apresentaram ingestão energética abaixo da necessidade energética estimada (EER). Ao estratificar por faixa etária, de um a três anos, 78,4% das crianças apresentaram ingestão acima da EER e de quatro a seis anos, 74,1% apresentaram ingestão abaixo da EER. Todas as crianças apresentaram baixo consumo de cálcio e a maioria apresentou consumo abaixo da necessidade média estimada (EAR) para ferro. Apesar de alguns fatores biossocioeconômicos serem favoráveis, os desvios nutricionais e a ingestão inadequada de nutrientes estavam presentes, tornando-se necessária implementação de programa de controle nutricional nos CEM. Resumo em inglês The objective of this article is to evaluate socioeconomic conditions, nutritional status and food intake of preschool children assisted at Municipal Educational Centers (CEMs) of Alfenas, Minas Gerais State, Brazil. A transverse study involving 186 children was performed. The socioeconomic profile, weight, height, age, sex and food intake by a direct weighting tool were evaluated. It was observed an income family of one to three minimum wages, incomplete fundamental lear (mais) ning, private house with basic sanitation, four to five inhabitants per house of whom two worked at most. The average age was 49.2 ± 12.9 months. The stunting rates were more prevalent among the children (20.5%). The whole, 72.6% of children have energy intake below Estimated Energy Intake (EER). However, when stratifying for age group, 78.4% of the children from 1 to 3 years old have high energy intake and 74.1% from 4 to 6 years old have inadequate energy intake. All children presented consumption below the Adequate Intake (AI) of calcium and most of them below to Estimated Average Requirement (EAR) of iron. Despite some biosocioeconomic factors be favorable to the nutritional status, malnutrition, and inadequate nutrient intake were present, which demanded the implementation of nutritional programs in CEMs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Caracterização e avaliação sensorial de barra de cereais funcional de alto teor protéico e vitamínico/ Characterization and sensorial evaluation of functional cereal bar

Freitas, Daniela G.C.; Moretti, Roberto H.
2006-06-01

Resumo em português Barras de cereais foram introduzidas no mercado há cerca de uma década como alternativa "saudável" de confeito. Concomitantemente, alimentos como a soja, ricos em vitaminas e minerais e com propriedades antioxidantes vêm recebendo grande aplicação em produtos de alegação funcional, pois previnem contra doenças cardiovasculares e crônico-degenerativas. Considerando o crescimento do segmento de barra de cereais no setor de alimentos, desenvolveu-se uma formulaçã (mais) o de barra de cereais de alto teor protéico e vitamínico, à base de proteína de soja texturizada, gérmen de trigo e aveia, enriquecida de ácido ascórbico e acetato de -tocoferol. As matérias-primas e a formulação final da barra de cereais foram submetidas a análises para caracterização e três formulações, variando o teor de ácido ascórbico, foram avaliadas quanto à preferência sensorial e intensidade ideal de doçura e acidez. A proteína de soja texturizada utilizada apresentou elevados teores dos oligossacarídeos rafinose e estaquiose (1,92 g/100 g e 4,66 g/100 g) e de isoflavonas totais (283,49 mg/100 g) se comparados ao grão, farinha integral e isolado protéico. A formulação final da barra de cereais apresentou 15,31% de proteína e elevado teor de vitamina E (118,0 mg/100 g) e minerais como fósforo, ferro e manganês. A formulação adicionada de 1,1 g/100 g de ácido ascórbico obteve maior preferência sensorial diferindo das demais amostras (p Resumo em inglês Cereal bars were introduced over a decade ago as a "healthy" alternative confectionery. Concomitantly, foods as soybean, with high vitamin and mineral levels and antioxidants properties come receiving great application in functional products, because they can prevent against chronic-degenerative illnesses of the heart. Considering the growth of the segment of cereal bars in the food sector, it was developed a formulation with high protein and vitamin levels cereal bar bas (mais) ed on textured soy protein, wheat germ and oat, enriched with acid ascorbic and acetate of -tocoferol. The cereal bar and its ingredients had been submitted to the analyses for characterization and three formulations, varying the content of acid ascorbic; they had also been evaluated as a sensorial preference and an ideal intensity of sweetness and acidity. The textured soy protein used presented high levels of oligosaccharides raffinose and stachiose (1.92 g/100 g e 4.66 g/100 g) and of total isoflavones (283.49 mg/100 g), when compared with the grain, integral flour and isolated protein. The final formulation of the cereal bar presented 15.31% of protein, high vitamin E content (118.0 mg/100 g) and minerals such as phosphorus, iron and manganese. The 1.1 g/100 g added formulation of acid ascorbic got greater significantly sensorial preference, differing from the other samples (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Caracterização e qualidade de frutos de umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin) provenientes do Recôncavo Sul da Bahia/ Characterization and quality of umbu-caja fruits (Spondias tuberosa X S. mombin) procceeding from the Southern Reconcavo in Bahia

Santos, Márcio Barros dos; Cardoso, Ricardo Luís; Fonseca, Antonio Augusto de Oliveira; Conceição, Milene do Nascimento
2010-12-01

Resumo em português O Recôncavo Sul da Bahia apresenta uma significativa riqueza de fruteiras nativas com grande potencial alimentício. Além de indicativos etnológicos sobre seus usos como alimento, pouco se conhece sobre elas, principalmente sobre sua composição bromatológica. A exemplos destas fruteiras, encontram-se os frutos do umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin) que são amplamente consumidos in natura ou na forma de produtos processados em quase todo o Brasil. Devido à c (mais) rescente aceitação de seus produtos e à incessante busca por novos sabores, as agroindústrias vêm despertando o interesse tanto para o mercado interno quanto para exportações. Entretanto, apesar do forte interesse comercial, poucos estudos foram efetuados na busca de respostas sobre a sua composição. Nesse sentido, este trabalho teve o objetivo de efetuar a caracterização física, físico-química e mineralógica dos frutos de umbu-cajá cultivados nas condições climáticas do Recôncavo Sul da Bahia. Foram realizadas análises de peso do fruto e da casca; tamanho e diâmetro; percentagem de casca, semente e polpa; pH; sólidos solúveis totais; acidez titulável; relação sólido solúveis/acidez (Ratio); índice tecnológico; açúcares (redutores, não redutores e totais); vitamina C; proteína; umidade; lipídios; fibra bruta; amido; e minerais (fósforo, ferro, cálcio, sódio e potássio). Os frutos apresentaram tamanho grande (23,18g) com rendimento considerável de polpa (69,70 %) e razoáveis valores de açucares (7,49 %), acidez (1,32 %), fibras (1,36 %), vitamina C (8 mg /100g) e minerais ( Na-40 mg /100g; K-44mg /100g; P-17,76mg /100g; Fé-0,59mg /100g; e Ca-12,25mg /100g), demonstrando ser uma alternativa para o mercado de frutas in natura, bem como para a agroindústria na região. Resumo em inglês The Southern Reconcavo in Bahia has a significant wealth of native plants with high nutritional potential. Besides ethnological indicative of their uses as food, little is known about them, especially on their chemical composition. As examples of these plants, it can be found fruits of (Spondias tuberosa X S. mombin) that are widely consumed fresh or as processed products all over Brazil. Due to the increasing pro acceptance of its products and the continuing search for n (mais) ew flavors, agro-industries have attracted the interest for both the domestic market and exportation. However, despite the strong commercial interest, few studies have been conducted in search for answers about its composition. Thus, this work aimed to make the physical, physical-chemical and mineralogical composition of unripe fruits of umbu-caja grown in the climatic conditions of the southern Recôncavo in Bahia. Analysis were performed of fruit and bark weight; size and diameter; percentage of bark, seeds and pulp; pH; soluble solids; acidity; soluble solid relationship acidity (ratio); the technology index; sugars (reducing and non reducing and total); vitamin C; protein; moisture; lipids; crude fiber; starch; and minerals (phosphorus, iron, calcium, sodium and potassium). The fruits have large size (23,18g), with considerable pulp yield (69,70 %), reasonable values of sugars (7,49 %), total acidity (1,32 %), fiber (1,36 %), vitamin C (8 mg /100g) and minerals ( Na-40 mg /100g; K-44mg /100g; P-17,76mg /100g; Fe-0,59mg /100g; and Ca-12,25mg /100g), proving to be an alternative to the market of fresh fruits and for agribusiness in the region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Mortes súbitas em bovinos associadas à carência de cobre/ Sudden deaths in cattle associated with copper deficiency

Marques, Ana Paula; Riet-Correa, Franklin; Soares, Mauro Pereira; Ortolani, Enrico Lippi; Giuliodori, Maurício Javier
2003-01-01

Resumo em português Foi estudado um surto de morte súbita em bovinos no sul do Rio Grande do Sul. Nos animais necropsiados não foram observadas lesões macroscópicas ou microscópicas significativas. Para testar se as mortes súbitas teriam sido causadas por plantas tóxicas, 13 espécies de plantas foram coletadas e administradas a coelhos num total de 440 a 600 g/ kg de peso vivo num período de 7 dias. Os resultados foram negativos. Os teores de cobre no fígado dos bovinos foram muito (mais) baixos (3,6±1,6 ppm-base seca) sugerindo que as mortes foram causadas por deficiência de cobre. Cinco amostras de pasto, coletadas no local do surto, apresentaram teores normais de Cu (8,4±0,8 ppm-bs) e S (0,2%±0,03%-bs), mas altos teores de Fe (522±122 ppm-bs). Um grupo de 10 novilhas foi suplementado com Cu subcutâneo. Este grupo e um grupo controle foram mantidos em área similar à da ocorrência do surto. Teores séricos de Cu, S, Fe, Mo e ceruloplasmina foram determinados bimensalmente durante um ano de experimento. Os teores médios de Cu (1,76±1,06 a 10,34±3,1 µmol/l no grupo controle e 3,86±1,53 a 10,61±1,34 µmol/l para o grupo suplementado) e ceruloplamina (6,59±3,93 a 18,61±4,14 mg/l para o grupo controle e 10,35±5,48 a 32,49±6,05 mg/l para o grupo suplementado) foram significativamente maiores no grupo suplementado (P=0,0046 para o Cu e P=0,0001 para a ceruloplasmina), mas a maioria das amostras tiveram teores abaixo do normal em ambos os grupos. Houve uma correlação entre os teores de Cu e os de ceruloplasmina (r=0,67, P=0,05). Em ambos os grupos os teores séricos de Fe (40,09±5,22 a 78,48±28,23 µmol/l) estiveram acima dos teores normais. Amostras de forragens foram coletadas bimensalmente em sete pontos do campo onde ocorreu o surto para determinação de Cu, Mo, S, Fe e proteína. Os teores de Cu (1,36±0,56 a 4,76±1,15 ppm-bs) estiveram abaixo dos requerimentos. Os teores de Mo (0,17±0,06 a 0,96±0,47 ppm-bs) estiveram dentro da normalidade. Valores de S (0,21±0,04% a 0,5±0,17%) e Fe (172,92±62,64 a 437,24±205,44 ppm-bs) alcançaram, ocasionalmente, níveis tóxicos. Teores de proteína variaram de 7,77±2,6% a 13,16±3,02%. Seis amostras de água e 6 amostras de pasto submerso foram coletadas no fim do experimento quando o campo estava inundado. Altos teores de Fe (169, 23±83,49 ppm) e S (0,06±0,03%) foram encontrados na água. Os teores de Fe e S no pasto submerso foram de 469,5±218,28 ppm e 0,19±0,05%, respectivamente. Os resultados obtidos sugerem que as mortes súbitas foram causadas por deficiência de Cu. Três fatores parecem ser responsáveis pela deficiência de Cu: 1) altos teores de Fe na pastagem e na água; 2) ocasionalmente baixos teores de Cu na pastagem; e 3) ingestão de S acima dos requerimentos, devido aos teores ocasionalmente altos na pastagem e na água. O surto descrito é similar a outros surtos de morte súbita em bovinos descritos no sul do Rio Grande do Sul durante o inverno, que foram, também, associados a baixos teores de cobre no fígado. As regiões onde ocorre a enfermidade são caracterizadas por solos arenosos e ácidos com inundações freqüentes durante o inverno. Em solos ácidos periodicamente inundáveis o ferro é solubilizado e absorvido pelas plantas, diminuindo o conteúdo de Cu na forragem e aumentando os teores de Fe. Esta parece ser a maior razão para a deficiência de cobre na região. Resumo em inglês An outbreak of sudden death was observed in cattle in southern Brazil. No significant gross or microscopic lesions were found in 10 cattle at post-mortem examination. To test if the sudden deaths were caused by a toxic plant, 13 weeds were collected and given to rabbits at a total of 440 to 600 g per kg body weight within 7 days. Results were negative. Mean copper levels of the liver in 10 cattle were very low (3.6±1.6 ppm-dry matter) suggesting Cu deficiency as the caus (mais) e of the disease. Five samples of pasture collected during the outbreak had normal levels of Cu (8.4±0.8 ppm-d.m.) and S (0.2%±0.03-d.m.), but high levels of Fe (522±122 ppm-d.m.). One group of 10 heifers was supplemented with Cu subcutaneously. This group and a similar control group were maintained in the same area where the outbreak occurred. Serum levels of Cu, S, Fe, Mo and ceruloplasmin were determined bimonthly in both groups during one year. Mean serum levels of Cu (1.76±1.06 to 10.34±3.1 µmol/l for the control group and 3.86±1.53 to 10.61±1.34 µmol/l for the treated group) and ceruloplasmin (6.59±3.93 to 18.61±4.14 mg/l for the control group and 10.31±5.48 to 32.49±6.05 mg/l for the treated group) were significantly higher in the supplemented group (P=0.0046 for Cu and P=0.0001 for ceruloplasmin), but they were below normal levels in most samples of both groups. Serum levels of Cu and ceruloplasmin were correlated (r=0.67; P=00.5). In both groups serum levels of Fe (40.09±5.25 to 78.48±28.23 µmol/l) were higher than normal levels. Samples of forage were collected bimonthly for determination of Cu, Mo, S, Fe and protein in 7 points of the paddock where the outbreak occurred. Levels of Cu (1.36±0.56 to 4.76±1.15 ppm-d.m.) were below the normal ranges. The concentration of Mo (0.17±0.06 to 0.96±0.47 ppm-d.m.) was within normal ranges. Levels of S (0.21±0.04% to 0.5±0.17%) and Fe (172.92±62.64 to 437.24±205.44 ppm-d.m.) were occasionally within toxic level. Levels of protein varied from 7.77±2.6% to 13.16±3.02%. Six samples of water and six of submersed pastures were collected at the end of the experiment when the paddock was flooded. High levels of iron (169.23±83.49 ppm-d.m. ) and S (0.06±0.03%) were found in the water. Levels of Fe and S in the submerse pasture were of 469.3±218.28 ppm and 0.19±0.05%, respectively. The results obtained suggest that the sudden deaths are due to Cu deficiency. Three factors seem to be responsible for the Cu deficiency: 1) high levels of iron in pastures and water; 2) occasionally low levels of copper in the pastures; and 3) the ingestion of S above the requirements due to the levels occasionally high in pastures and high in water. The outbreak reported is similar to other outbreaks of sudden deaths associated with low liver copper previously reported during winter in the same region of southern Brazil. This area is characterized by acid sandy soils with frequent flooding during this season. In periodically flooded acid soils iron is solubilized and absorbed by the plants, decreasing the Cu content and increasing the Fe content of forage. This seems to be the main reason for Cu deficiency in the region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Repercussão da perda de peso sobre parâmetros nutricionais e metabólicos de pacientes obesos graves após um ano de gastroplastia em Y-de-Roux/ Nutritional and metabolic evaluation of patients after one year of gastric bypass surgery

Costa, Luziane Della; Valezi, Antonio Carlos; Matsuo, Tiemi; Dichi, Isaias; Dichi, Jane Bandeira
2010-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a evolução metabólico-nutricional e a atividade inflamatória em pacientes com obesidade grave submetidos à cirurgia bariátrica. MÉTODOS: Realizou-se um estudo prospectivo em 56 pacientes (50 mulheres e seis homens), apresentando média de idade de 40 +/- 9,9 anos, submetidos à RYGB. Avaliação metabólica e nutricional e da atividade inflamatória foram verificadas antes, seis e 12 meses após o procedimento cirúrgico. RESULTADOS: Verificou-se (mais) redução significativa nos valores iniciais, em relação à perda de peso de 138 ± 28,8 to 90 ± 19,5 kg (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess nutritional and metabolic evolution and inflammatory activity in severe obese patients submitted to bariatric surgery. METHODS: This prospective study evaluated 56 patients (50 female and 6 male), mean age 40 ± 9,9 years, submitted to RYGB. Nutritional, metabolic, and inflammatory parameters were assessed prior to and 12 months postsurgery. RESULTS: It was verified significant decreases in weight loss in relation to baseline values from 138 ± 28,8 t (mais) o 90 ± 19,5 kg (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Efeito da fortificação semanal do arroz com ferro quelato sobre a freqüência de anemia e concentração de hemoglobina em crianças de creches municipais do Rio de Janeiro, Brasil/ Effect of weekly rice fortification with iron on anemia prevalence and hemoglobin concentration among children attending public daycare centers in Rio de Janeiro, Brazil

Bagni, Ursula Viana; Baião, Mirian Ribeiro; Santos, Marta Maria Antonieta de Souza; Luiz, Ronir Raggio; Veiga, Gloria Valeria da
2009-02-01

Resumo em português Trata-se de um ensaio clínico comunitário, duplo-cego, controlado por placebo. Durante 16 semanas, as crianças do grupo intervenção (GI, n = 180) receberam arroz fortificado com ferro, e as do grupo controle (GC, n = 174) receberam arroz com placebo. Considerou-se presença de anemia quando hemoglobina (mais) A concentração de hemoglobina aumentou em ambos os grupos, com incremento médio de 0,42g/dL no GI (11,28±1,23g/dL para 11,75±1,16g/dL; p 53,76mg pelo arroz fortificado tiveram maior aumento na hemoglobina do que aquelas que receberam quantidades inferiores (0,94g/dL vs. 0,39g/dL; p = 0,03). Sugere-se que esse tipo de intervenção pode ser útil no controle da anemia quando o consumo do alimento fortificado é adequado. Resumo em inglês This was a double-blind, placebo-controlled, community-based trial. For 16 weeks, children in the intervention group (n = 180) received iron-fortified rice, while children in the control group (n = 174) received rice with placebo. Anemia was defined as hemoglobin (mais) 28±1.23g/dL to 11.75±1.16g/dL, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Efeito da fortificação semanal do arroz com ferro quelato sobre a freqüência de anemia e concentração de hemoglobina em crianças de creches municipais do Rio de Janeiro, Brasil/ Effect of weekly rice fortification with iron on anemia prevalence and hemoglobin concentration among children attending public daycare centers in Rio de Janeiro, Brazil

Bagni, Ursula Viana; Baião, Mirian Ribeiro; Santos, Marta Maria Antonieta de Souza; Luiz, Ronir Raggio; Veiga, Gloria Valeria da
2009-02-01

Resumo em português Trata-se de um ensaio clínico comunitário, duplo-cego, controlado por placebo. Durante 16 semanas, as crianças do grupo intervenção (GI, n = 180) receberam arroz fortificado com ferro, e as do grupo controle (GC, n = 174) receberam arroz com placebo. Considerou-se presença de anemia quando hemoglobina (mais) A concentração de hemoglobina aumentou em ambos os grupos, com incremento médio de 0,42g/dL no GI (11,28±1,23g/dL para 11,75±1,16g/dL; p 53,76mg pelo arroz fortificado tiveram maior aumento na hemoglobina do que aquelas que receberam quantidades inferiores (0,94g/dL vs. 0,39g/dL; p = 0,03). Sugere-se que esse tipo de intervenção pode ser útil no controle da anemia quando o consumo do alimento fortificado é adequado. Resumo em inglês This was a double-blind, placebo-controlled, community-based trial. For 16 weeks, children in the intervention group (n = 180) received iron-fortified rice, while children in the control group (n = 174) received rice with placebo. Anemia was defined as hemoglobin (mais) 28±1.23g/dL to 11.75±1.16g/dL, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Biodisponibilidade de minerais em refeições vegetarianas e onívoras servidas em restaurante universitário/ Mineral bioavailability in vegetarian and omnivorous meals served in a university restaurant

Siqueira, Egle Machado de Almeida; Mendes, Juliana Frossard Ribeiro; Arruda, Sandra Fernandes
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a biodisponibilidade de cálcio, ferro e zinco nas dietas vegetarianas e onívoras, servidas no Restaurante Universitário da Universidade de Brasília. MÉTODOS: Foram coletadas três amostras de cada refeição, durante 5 dias, para determinação do conteúdo de fitato. O conteúdo em cálcio ferro e zinco foi estimado a partir de tabelas de composição de alimentos. A razão molar entre o ácido fítico e o mineral dietéticos foi utilizada como cri (mais) tério para avaliar a biodisponibilidade. RESULTADOS: As concentrações médias de ácido fítico, cálcio e ferro foram significantemente maiores na dieta vegetariana (p=0,0002; p=0,0015 e p=0,0227, respectivamente), enquanto a concentração de Zinco foi maior na dieta onívora (p=0,0205). Ambas as dietas apresentaram razões molares ácido fítico: cálcio e ácido fítico: ferro inferiores aos valores críticos (1,56 e 14, respectivamente), sugerindo que o fitato não deve comprometer a biodisponibilidade do cálcio ou do ferro nessas refeições. A razão molar ácido fítico: zinco, na dieta vegetariana, foi de 9,3 e na onívora de 4,9, caracterizando-as como refeições de média e alta biodisponibilidade para o zinco, respectivamente. O feijão e a soja eram os componentes dietéticos mais ricos em fitato nas duas refeições. CONCLUSÃO: Devido aos teores de cálcio e ferro nas duas refeições, a presença de fitato não deve representar risco de deficiência desses minerais para indivíduos que se alimentam diariamente no Restaurante Universitário da Universidade de Brasília. Entretanto, devido ao baixo teor de zinco nas refeições, a presença do fitato pode representar um risco de deficiência desse mineral, principalmente, para homens vegetarianos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the bioavailability of calcium, iron and zinc in vegetarian and omnivorous meals served in the university restaurant of the Universidade de Brasília. METHODS: Three samples of each meal were collected during 5 days to determine the concentration of phytate. Calcium, iron and zinc contents were estimated by using food composition tables. The molar ratio between phytic acid and the dietary mineral was used as a criterion to evaluate mineral bioavailabi (mais) lity. RESULTS: The mean concentrations of phytate, calcium and iron were significantly higher in the vegetarian meal (p=0.0002; p=0.0015 e p=0.0227, respectively), while zinc concentration was higher in the omnivorous meal (p=0.0205). Both meals presented molar ratios of phytate to calcium and phytate to iron below the critical values (1.56 and 14, respectively) suggesting that phytate in these meals should not impair calcium and iron bioavailability. The molar ratio of phytic acid to zinc in the vegetarian meal was 9.4, while in the omnivorous meal it was 4.3, characterizing them as medium and high bioavailability meals for zinc, respectively. Beans and soy were the highest sources of phytate in both meals. CONCLUSION: Due to the calcium and iron contents in both meals served in the university restaurant of the Universidade de Brasília, phytate content should not induce calcium and iron deficiency in individuals that consume these meals daily. However, given the low zinc content in the meals, phytate content may represent a risk for the development of zinc deficiency, especially in vegetarian men.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Avaliação tribológica de materiais ferrosos sinterizados oxidados a vapor

Bozzi, Antônio C.; Mello, José D. B. de
2006-01-01

Resumo em português Apesar da grande utilização de componentes ferrosos sinterizados em situações que envolvem o deslizamento, há relativamente poucos trabalhos na literatura sobre o seu comportamento tribológico. Neste trabalho, o efeito de parâmetros selecionados de processamento sobre o comportamento tribológico do ferro puro sinterizado com e sem o processo de oxidação a vapor foi analisado. Amostras de ferro puro sinterizado com três diferentes densidades e dois diferentes pr (mais) ocessos de oxidação a vapor foram usadas. Além disso, parte destas amostras foram comprimidas em uma prensa para emular o processo de calibração. A caracterização tribológica foi realizada através de ensaios de desgaste por deslizamento do tipo alternado, na configuração esfera-sobre-plano, com um curso e uma freqüência de 6 mm e 2 Hz, respectivamente, e três níveis de força normal (4,9, 8,8 e 29,4 N). O desgaste das amostras foi avaliado através da perda volumétrica, utilizando-se para isto dados da topografia superficial fornecidos por um interferômetro tridimensional a aser. Os mecanismos de desgaste foram avaliados através da microscopia eletrônica de varredura. Os resultados mostraram que o comportamento de desgaste das amostras foi influenciado principalmente pelo nível de carga e pela oxidação a vapor. A oxidação a vapor aumentou significativamente a resistência ao desgaste de todas as amostras ensaiadas nas cargas de 4,9 e 8,8 N em relação às amostras não oxidadas. Nos ensaios realizados com a carga de 29,4 N, o processo de oxidação não foi eficaz no aumento da resistência ao desgaste das amostras devido à remoção precoce da camada superficial de óxidos. Resumo em inglês In spite of the widespread use of the sintered iron components, with or without surface treatments, in sliding situations, there are very few papers about their tribological behaviour. In this work, the effect of processing parameters on the tribological behaviour of sintered pure iron, with or without steam oxidation, was analysed. Samples with three levels of density were used, ranging from 6.55 to 7.10 g/cm3. With the objective of obtaining different types of surface o (mais) xides (magnetite, hematite and wustite), steam treatments with different parameters were performed. The physical, mechanical and microstructural properties of the samples were evaluated. Reciprocating sliding wear tests in a ball on flat geometry were preformed under normal load of 8.8 and 29.4 N; stroke of 6 mm and frequency of 2 Hz. Wear was evaluated in terms of the volume loss of wear scar by using data of surface topography provided by a 3D laser interferometer and a special software. The wear mechanisms were analysed by scanning electron microscopy. Results show a great influence of the steam oxidation on the wear of the sintered pure iron.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Avaliação de componentes químicos em brotos de Fabaceae para o consumo humano/ Evaluation of chemical compounds in Fabaceae sprouts for the human consumption

Machado, Andrelisa Lina de Lima; Barcelos, Maria de Fátima Píccolo; Teixeira, Alessandra Honório Ribeiro; Nogueira, Denismar Alves
2009-08-01

Resumo em português Na busca de um alimento de fácil preparo, com melhor valor nutritivo e sendo a promoção da germinação um processo simples, econômico e que melhora o valor nutricional dos grãos, objetivou-se com este trabalho estudar três espécies de Fabaceae baseado nas características químicas. Grãos e brotos foram analisados quanto à composição química, minerais e vitamina C. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em fatorial 6x3, com três repetições (mais) . O mungo-preto apresentou valores mais elevados que as demais espécies de feijões estudadas quanto aos teores de sódio e ferro, tanto para os grãos quantos para os brotos. O mungo-verde se destacou quanto aos teores de proteínas, tanto no grão quanto no broto, e quanto aos teores de fibra e vitamina C (4,9 vezes mais elevado que o do grão). O feijão guandu-anão apresentou, o maior teor de vitamina C no sexto dia de germinação (3,6 vezes mais elevado que o do grão) e elevados teores de potássio e sódio. Observou-se que, seis dias mostrou-se como o período mais indicado, para a germinação das três espécies de Fabaceae, para a obtenção dos brotos. Resumo em inglês In the search for a food of easy preparation, with a better nutrition value, and germination being an easy and economic process that improves the nutritional value of grains, this work was aimed at studying three Fabaceae species based on chemical characteristics. Grains and sprouts were analyzed for the chemical composition, minerals and vitamin C. The experimental design was in randomized blacks, in a 6x3 factorial structure, with three replications. The black mungo bea (mais) n presented higher values than the other species of bean studied, concerning the contents of sodium and iron, both in grains and sprouts. The green mungo bean has distinguished itself for its protein contents both in grains and sprouts, and for its fiber and vitamin C contents (4.9 times higher than the contents of the grains). The dwarf guandu bean presented the highest content of vitamin C at the sixth day of germination (3.6 times higher than the grains) and high contents of potassium and sodium. It was observed that the six-day period was the most indicated for the germination of the three Fabaceae species in order to obtain sprouts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Associação entre concentrações séricas de minerais, índices antropométricos e ocorrência de diarréia entre crianças de baixa renda da região metropolitana do Rio de Janeiro/ Association among serum concentration of minerals, anthropometric indices and diarrhea in low-income children in the metropolitan region of Rio de Janeiro, Brazil

Borges, Cássia Viviane Dantas; Veiga, Ana Paula Black; Barroso, Gabriela dos Santos; Jesus, Edgar Francisco Oliveira de; Serpa, Renata Faria Barbosa; Moreira, Silvana; Salles-Costa, Rosana
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar a associação entre concentrações séricas de ferro, zinco e cobre, perfil nutricional e ocorrência de diarréia entre crianças residentes em uma comunidade de baixa renda no município de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brasil. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, que avaliou 104 crianças, na faixa etária de 1 a 5 anos, selecionadas entre os meses de abril a dezembro de 2004, pelo projeto Vila Rosário. Avaliou-se o perfil socioeconômi (mais) co das famílias e de saúde das crianças, incluindo a ocorrência de diarréia. A avaliação nutricional incluiu peso, estatura/comprimento, índices peso-para-idade e estatura-para-idade, expressos em escores-Z e classificação do estado nutricional segundo estes índices. As concentrações séricas de zinco, ferro e cobre foram determinados em uma sub-amostra (n=59) a partir da técnica de florescência de raios x por reflexão total com radiação síncroton. RESULTADOS: As crianças residiam em domicílios caracterizados por condições sanitárias insatisfatórias, com famílias numerosas e com baixo poder aquisitivo. A prevalência de diarréia no último mês foi de 55,7%. Cerca de 28,4% das crianças apresentaram déficit ponderal e 4,9% delas déficit estatural. A deficiência de ferro, zinco e cobre encontrada na amostra foi de, respectivamente, 13%, 7,5% e 8,9%. Não foi observada associação significante entre os indicadores do perfil nutricional e os valores séricos dos minerais. As crianças com relato de diarréia apresentaram valores séricos médios de minerais inferiores aos daquelas sem relato, sendo significante para os valores de zinco. CONCLUSÃO: As crianças com episódios de diarréia podem apresentar comprometimento das concentrações séricas de zinco. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the association among blood serum concentrations of iron, zinc, copper, nutritional status and occurrence of diarrhea in children from a low-income community in Duque de Caxias, Rio de Janeiro. METHODS: This is a cross-sectional study that evaluated 104 children aging from 1 to 5 years, selected in the months of April and December 2004, by the project Vila Rosário. The socioeconomic profile of the families and health (mais) of the children were assessed, including the occurrence of diarrhea. Nutritional assessment included weight, height/length, weight-for-age and height-for-age indices expressed in Z-scores and classification of the nutritional status based on these indices. Serum concentrations of zinc, iron and copper were determined in a sub-sample (n=59) by synchrotron total reflection x-ray fluorescence. RESULTS: The children lived in crowded households with unsatisfactory sanitary conditions and were from low-income families. The prevalence of diarrhea in the last moth was 55.7%; 28.4% of the children were underweight and 4.9% were stunted. Iron, zinc and copper deficiencies in the sample were 13.0%, 7.5% and 8.9% respectively. There was no significant association between nutritional indicators and serum concentration of the minerals. Blood serum levels of zinc in children without diarrhea were significantly higher than among those with diarrhea. CONCLUSION: Episodes of diarrhea can compromise blood serum levels of zinc in children.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)