Sample records for iraq
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 16 shown.



1

Unipolaridade, governabilidade global e intervenção unilateral anglo-americana no Iraque

Viola, Eduardo; Leis, Héctor Ricardo
2004-12-01

Resumo em português As intervenções humanitárias (Bósnia 1995-2003, Somália 1992-1993, Kosovo 1999-2003) e de substituição de regimes ditatoriais (Haiti 1994, Afeganistão 2001-2003, Iraque 2003) na política internacional têm sido objeto de muitas controvérsias acadêmicas durante a última década. O presente artigo, à luz dos teóricos das relações internacionais e da ciência política, analisa a legitimidade dessas atitudes por meio do unilateralismo norte-americano. Resumo em inglês Humanitarian interventions (Bosnia, 1995-2003; Somalia, 1992-1993; Kosovo, 1999-2003) and the replacement of dictatorial regimes (Haiti, 1994; Afghanistan, 2001-2003; Iraq, 2003) in international politics have aroused much academic controversy throughout this past decade. This article analyzes, in light of the views of international relations and political science theorists, the legitimacy of such initiatives from the standpoint of the United States' unilateralism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Guerra de imagens e imagens da guerra: estupro e sacrifício na Guerra do Iraque/ War of images and images of war: rape and sacrifice in the Iraq War

Rial, Carmen
2007-04-01

Resumo em português O artigo aborda um dos grandes silêncios da mídia global: o caso dos estupros de mulheres muçulmanas por soldados e mercenários norte-americanos no Iraque, através da análise das imagens dessas violências. O mediascape contemporâneo é um dos mais prolixos. No entanto, silêncios permanecem como estes e outros estupros de guerra. Com uma abordagem antropológica do significado da guerra, o artigo enfoca também a participação e as imagens das mulheres neste espaço masculino que é a guerra. Resumo em inglês This article addresses one of the great issues about which global media remains silent: the rape of Muslim women by U.S. soldiers in Iraq. Contemporary mediascape is prolix. But some silences remain, such as the issue of rape during war. With an anthropological approach to the meaning of war and through the analysis of images, the article focuses on the participation of women in this male space.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

O Pragmatismo do Petróleo: as relações entre o Brasil e o Iraque/ The oil pragmatism: the Brazil-Iraq relations

Fares, Seme Taleb
2007-12-01

Resumo em português No artigo se propõe analisar as relações entre o Brasil e o Iraque, com ênfase no período de 1973 a 2007. Para tanto, são examinados os aspectos econômicos, políticos e estratégicos do relacionamento bilateral, passando pelos dois choques do petróleo, a Guerra do Golfo e, finalmente, a ocupação do Iraque em 2003. Resumo em inglês This article aims to analyze the Brazil-Iraq relations, from 1973 to 2007. For this purpose, the economic, political and strategic aspects of the bilateral relations were examined, including the 1973 and the 1979 oil crisis, the Persian Gulf War and, finally, the US-led invasion of Iraq, in 2003.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Amando de olhos abertos: Emma Goldman e o dissenso político nos EUA/ Loving with open eyes: Emma Goldman and the political dissent in the Unites States

Azevedo, Cecilia
2007-12-01

Resumo em português Este artigo apresenta a trajetória de Emma Goldman, grande nome do anarquismo, pacifismo e feminismo nos EUA, procurando apresentá- la como uma representante da chamada tradição de dissenso neste país que, ao longo de toda sua história, tem disputado os sentidos a serem atribuídos aos ideais nacionais. Em meio à atual guerra no Iraque, a memória e o legado de Emma Goldman vêm sendo recuperados no embate político em torno do sentido do americanismo. Resumo em inglês This article presents the life of Emma Goldman, who played a central role in the history of anarchism, pacifism and feminism in the United States. In the present days, when a new war is taking place in Iraq, the memory and legacy of Emma Goldman are being reassessed amidst the debate over the political meaning of Americanism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Conflito e cooperação nas relações internacionais: as organizações internacionais no século XXI

Sato, Eiiti
2003-12-01

Resumo em português Partindo da recente intervenção anglo-americana no Iraque, o presente artigo inicia um debate acerca do papel desempenhado pelas organizações multilaterais no mundo atual. Questionando inicialmente a real eficácia dessas organizações, o autor conclui que seu processo de consolidação não é linear, estando sujeito a retrocessos, mas afirma que a continuidade da diplomacia multilateral não pode ser abandonada. Resumo em inglês Departing from the recent Anglo-American intervention in Iraq, this article inaugurates a debate regarding the role played by the multilateral organizations in today's world. Initially questioning the real efficiency of these organizations, the author infers that its process of consolidation is not linear, being subject to retrocessions, but affirms that the continuity of multilateral diplomacy cannot be disregarded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

As agendas dos candidatos/ The Candidates Agendas

Sá, Tiago Moreira de
2008-09-01

Resumo em português O artigo analisa as agendas de política externa de Barack Obama e John McCain e identifica as respectivas orientações internacionais a partir das semelhanças e diferenças das propostas apresentadas. Nele se conclui que os dois candidatos à Presidência dos Estados Unidos baseiam as suas estratégias externas no princípio do internacionalismo multilateral e têm visões muito similares para a maioria dos problemas. Não obstante, as diferenças, embora em número reduzido, são significativas, destacando-se neste âmbito os casos do Iraque, da Rússia e do Paquistão. Resumo em inglês Even before they were chosen as the Presidential hopefuls of their respective parties, Barack Obama and John McCain had already developed coherent foreign policy agendas. This article argues that both candidates propose to follow multilateral internationalist strategies and share a similar position on great many issues. They are opposed on a limited but significant set of issues, namely Iraq, Pakistan and the relationship with the Russian Federation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

A Política Externa Americana e seus críticos/ American Foreign Politics and its critics

Froelich, Ivani Vassoler
2005-12-01

Resumo em português Este artigo toma como referência analítica a teoria da estabilidade hegemônica como ponto de partida para o exame dos objetivos buscados por uma corrente crítica nos Estados Unidos que propõe um mudança de rumo na condução da atual política externa americana. Os conceitos de poder duro e de poder suave, e as implicações de ambos, são discutidos dentro do contexto das ações internacionais dos Estados Unidos, contrapondo as prioridades da Guerra Fria com os novos desafios da era pós-Guerra Fria, a partir dos atentados de 11 de Setembro e a guerra no Iraque. Resumo em inglês This article employs the theory of hegemonic stability as the analytical tool and the starting point for the examination of the goals sought by a stream of critics in the United States who are proposing changes in the conduction of the current American foreign policy. The concepts of hard power and soft power, and the implications of both, are discussed in the context of external actions of the United States, with a contrast between the Cold War priorities and the new post-Cold War challenges, in the aftermath of the September 11 attacks and the war in Iraq.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

A Administração Bush e o futuro da política estratégica dos EUA: Da GWOT à «Longa Guerra»/ Bush and the future of the United States strategic policies: from GWOT to the «Long War»

Cantalapiedra, David Garcia
2008-09-01

Resumo em português A GWOT («Global War on Terror») evoluiu para a chamada «Longa Guerra». As lições aprendidas no Afeganistão, Iraque, e o próprio desenvolvimento da GWOT, conduziram Washington a uma abordagem mais multilateral e realista. Neste sentido, as zonas que melhor ilustram essa inflexão são a Ásia Central e a África, graças à criação de políticas, concepções e estruturas como a «Grande Ásia Central» e o AFRICOM. Isto não significa porém que tais modificaç� (mais) �es anulem a continuidade essencial de certos parâmetros da GWOT e a Grande Estratégia actualmente prosseguida pela Administração norte-americana. Resumo em inglês The “Global War on Terror” has now become the “Long War”. Lessons learned in Afghanistan and Iraq and the evolution of GWOT have led Washington back to multilateral realism. Central Asia and Africa are good examples of the new policies that have developed the Greater Central Asia concept and created AFRICOM. However those adjustments will not change the main priorities of GWOT and of the Grand Strategy that was defined by the present administration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

ONU e segurança coletiva no século XXI: tensões entre autoridade política e exercício efetivo da coerção/ UN and collective security in the 21st century: tensions between political authority and the effective exercise of coercitive power

Lopes, Dawisson Belém; Casarões, Guilherme Stolle Paixão e
2009-04-01

Resumo em português Este artigo argumenta ser plausível atribuir à Organização das Nações Unidas a condição de importante lócus de autoridade política das relações internacionais contemporâneas, a despeito de sua flagrante dificuldade em fazer cumprir, por via da violência organizada, parcela significativa de suas determinações - sobretudo, no que toca às questões de segurança coletiva. Para tanto, oferece-se aqui uma nova abordagem da crise institucional desencadeada pela invasão anglo-americana do Iraque, em 2003. Resumo em inglês This essay argues it is plausible to attribute to the United Nations organization the condition of important locus of political authority in contemporary international relations, despite its flagrant difficulty in enforcing, by means of organized violence, significant parcel of its determinations - especially those related to collective security issues. We hereby offer a new account of the institutional crisis brought about by Anglo-American invasion of Iraq in 2003.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

A herança de Bush/ The Bush Legacy

Rato, Vasco
2008-09-01

Resumo em português Tal como Truman ou Reagan, George W. Bush é um presidente cujo legado vai marcar as próximas décadas, sobretudo no domínio da politica externa norte-americana, cuja nova orientação foi definida na sequência dos ataques terroristas do 11 de Setembro. Numa linha de continuidade com as políticas do seu antecessor, a Estratégia de Segurança Nacional do Presidente Bush procura consolidar a preponderância internacional dos Estados Unidos, conter a emergência de riva (mais) is hegemónicos e neutralizar as ameaças do terrorismo islâmico e da proliferação de armas nucleares. As novas orientações foram postas à prova no Iraque e é do sucesso ou do insucesso da política norte‑americana nessa crise que sairá o veredicto final sobre a herança de Bush. Resumo em inglês As with Truman or Reagan, the Bush legacy will be felt during the next decades. American foreign policy was transformed after the September 11 terrorist attacks but the Bush National Security Strategy shares some of his predecessors’ priorities, namely the consolidation the international primacy of the United States, the containment of challengers and the need to respond to the threats of Islamic terrorism and the proliferation of nuclear weapons. The new policies were p (mais) ut to the test in Iraq and the final verdict on the Bush legacy will be settled by the success or failure of the Iraq crisis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Brasil, política multilateral e Nações Unidas

Sardenberg, Ronaldo Mota
2005-04-01

Resumo em português O FOCO DESTE texto é o da visão brasileira da diplomacia multilateral nas Nações Unidas, tendo em vista recentes desenvolvimentos, inclusive o renascimento das políticas unilaterais. Concentra-se nos desafios centrais da paz e segurança, cooperação internacional para o desenvolvimento econômico e promoção dos direitos humanos. Examinam-se as questões do Iraque, Sudão e Haiti, assim como a Declaração do Milênio, das Metas de Desenvolvimento do Milênio e a (mais) Conferência de Monterrey para o Financiamento do Desenvolvimento. São ainda tratados os temas do Tribunal Penal Internacional e da assistência humanitária. Finalmente, avaliam-se as questões da reforma das Nações Unidas, em particular o Conselho de Segurança. Resumo em inglês THIS TEXT IS focused on the Brazilian understanding of the multilateral diplomacy at the United Nations, having in mind recent developments, including the rising of the policies of unilateralism. Attention is given to the central challenges of peace and security, international cooperation for development, and promotion of human rights. The items on Iraq, Sudan and Haiti are examined, as well as those on the Millennium Declaration, Millennium Development Goals and the Mont (mais) errey Conference on the Financing for development. Attention is given to the items on International Criminal Court, and humanitarian assistance. Finally, the issue of the Reform of the United Nations in particular the Security Council is evaluated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

A nova configuração do poder global/ The new configuration of global power/ La nouvelle configuration du pouvoir global

Agnew, John
2008-08-01

Resumo em português Hegemonia e império são termos diferentes, que oferecem interpretações profundamente distintas do poder estadunidense e suas manifestações contemporâneas, e de como dito poder pode ser mudado. Depois de uma breve introdução sobre ambos os termos, o texto procura mostrar como a hegemonia pode ser entendida espacialmente e, dessa forma, como a hegemonia dos Estados Unidos dificilmente será canalizada em um império, destacando o fiasco politico-militar estaduniden (mais) se no Iraque, apesar da sua aparente supremacia militar depois da Guerra Fria. Finalmente, considerarei a emergência de uma nova configuração do poder global, em que a hegemonia já não pode ser exclusivamente associada aos Estados Unidos. A questão central que subjaz é a necessidade de fugir da armadilha de pensar o poder em termos exclusivamente territoriais: Estados versus impérios. O poder se desenvolve espacialmente de maneiras muito mais complexas, e necessitamos entendê-lo, se quisermos questioná-lo. Resumo em inglês Hegemony and empire are different words that offer widely distinct interpretations of the power of the United States and their contemporary manifestations, and how this power can be changed. After a brief introduction about both words, we will show how hegemony can be spatially understood and, in this way, how difficult it is for the hegemony of the United States to be channelled in an empire, pointing out the political-military American fiasco in Iraq in spite of her app (mais) arent military supremacy after the Cold War. Finally, we will consider the emergency of a new configuration of global power where the hegemony no longer can be exclusively associated to the United States. The underlying central subject is the need to flee the trap of thinking power exclusively in territorial terms: States versus empires. The power grows spatially in much more complex ways and we needed to understand it if we want to question it.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Os Estados Unidos e as relações internacionais contemporâneas/ The United States in the present international relations

Ayerbe, Luis Fernando
2005-12-01

Resumo em português O artigo analisa a posição dos Estados Unidos nas relações internacionais pós-Guerra Fria, tomando como referência as controvérsias sobre os alcances e limites da sua postura hegemônica, que adquirem maior impulso a partir da formulação da chamada "doutrina Bush", sistematizada no documento "A Estratégia de Segurança Nacional dos EUA". No tratamento da temática proposta, enfatizam-se os seguintes aspectos: estabelecimento de um paralelo entre a transição do (mais) s séculos XIX-XX e XX-XXI, situando as características do imperialismo de cada época; uma análise da atual política externa dos Estados Unidos, enfocando o debate entre unilateralismo e multilateralismo, com destaque para as reações geradas pela intervenção no Iraque; uma discussão crítica das abordagens que visualizam na agenda de segurança da administração Bush um indicador de perda de hegemonia, que imporia a substituição da busca do consenso pela dominação aberta. Resumo em inglês This article analyzes the position of the United States in the post-Cold War world, considering as a reference the controversies on the extension and limits of its hegemonic posture, which acquires greater relevance after the formulation of the "Bush Doctrine", systematized in the document "The National Security Strategy of the United States of America". Our approach will lay emphasis on the following aspects: establishment of a parallel between the transition of the XIX- (mais) XX and XX-XXI centuries, from studies that point out the characteristics of imperialism at different times; an analysis of the current foreign policy of the United States, focusing on the debate between unilateralism and multilateralism, emphasizing the reactions caused by the intervention in Iraq; a critical argument of the approaches that visualize in the security agenda of the Bush administration an indicator of a loss of hegemony, which would impose open domination over the search of consensus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Estratégias de referenciação no discurso midiático: práticas ideológicas de inclusão e exclusão de dizeres no discurso sobre a guerra/ Referenciation strategies in media discourse: ideological practices of inclusion and exclusion of voices in the discourse of war

Campos, Carla Leila Oliveira
2010-04-01

Resumo em português Neste artigo, investigamos o funcionamento discursivo da referenciação enquanto atividade linguística de acordo com a qual os objetos são construídos e reproduzidos nas práticas discursivas. Buscamos examinar o processo de lexicalização na construção do objeto-de-discurso "Guerra no Iraque" pela Revista Veja, utilizando teorias que investigam o papel da mídia na produção e disseminação de práticas simbólicas. Vimos como tais práticas se fazem essenciais (mais) para a construção da nossa visão de mundo, principalmente no âmbito das relações internacionais. Procuramos articular esses estudos com a teoria da Análise Crítica do Discurso proposta por van Dijk, para que pudéssemos compreender o funcionamento discursivo dos processos de referenciação nessas práticas simbólicas. Observamos que a referenciação, enquanto prática de nomeação dos eventos internacionais, constitui-se em importante objeto de análise na medida em que nos revela as crenças ideológicas do sujeito socioculturalmente localizado e é um elemento fundamental na construção de nossas visões dos eventos sociais. Resumo em inglês In this paper, we investigate the discursive role of referenciation as a discursive activity of introduction of referents. We examine the lexicalization process in the introduction of the referent "Iraq War" in the Brazilian Magazine Veja, working with theories that investigate the role of media in the production and dissemination of symbolic practices. These practices are essential for the construction of our view of the world, especially in the field of international re (mais) lations. Through the articulation of these studies and the critical discourse analysis developed by van Dijk, we try to understand the discursive role of referenciation in the symbolic practices of the media. We conclude that referenciation is an important object of analysis that reveals the ideological positions of socio-culturally situated subjects and as such is a central element in the construction of our views of social events.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Construção de estados: por que não funciona e com o fazê-la funcionar?/ State building: why it does not work, and how can we make it work?

Messari, Nizar
2004-12-01

Resumo em português O autor procura entender por que processos de paz não são eficazes em estabelecer uma paz estável e duradoura depois que conflitos intra-estatais são encerrados. Ele argumenta que a insistência na construção de Estados em regiões marcadas por conflitos intra-estatais pode explicar a falha de grande parte dos processos de paz. Afirma, então, que o "elo que falta" nas explicações apresentadas por boa parte da literatura sobre resolução de conflitos é a questã (mais) o da construção de identidades. Em seguida, explora como alguns autores lidam com o tema da identidade para defender uma postura influenciada pelos escritos de Habermas sobre comunicação, política e Estado. Na conclusão, avalia o processo de peacebuilding na Bósnia, e afirma que, longe do fracasso que muitos atribuem a esse processo, a intervenção naquele país conseguiu suspender as hostilidades e iniciar um processo político lento que pode levar a uma nova configuração política, diferente do Estado-nação, entre as partes. Finalmente, o autor afirma que o referido processo pode fornecer elementos fundamentais para a transição política agora em curso no Iraque, após a invasão americana em 2003. Resumo em inglês The author tries to explain why intra-state conflicts are less likely to be successfully concluded by peaceful settlements than inter-state conflicts. The author affirms that his main hypothesis is that those peace processes fail because they insist on building states as the only possible political space. The author argues that the missing link in the existing literature on conflict resolution is the social construction of identities involved in such conflicts. He discuss (mais) es how different authors deal with identity construction before he settles for a position defended by Habermas, which relies on new ideas on communication, politics and the state. The author concludes his argument by evaluating the Dayton agreement in Bosnia. According to the author, the Dayton agreement cannot be evaluated as a failure since they managed to cease the hostilities and to begin the construction of a new political process that does not necessarily coincide with the state. The author presents the Bosnian evolution as a model to what might happen in Iraq after the US invasion in 2003.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Psicopatologia nas histórias em quadrinhos e cartoons/ Psychopathology in newspaper cartoons and comic strips

Bonomi, Tomás Moraes Abreu; Lotufo Neto, Francisco
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Este artigo classifica e analisa a forma e a frequência com a qual uma amostra de histórias em quadrinhos brasileiras e norte-americanas retrata a psicopatologia. Além disso, compara a frequência dos temas saúde, saúde mental, psicopatologia geral e especial entre essas tiras. MÉTODO: Foi coletada uma amostra de 1.883 tirinhas publicadas pelos jornais Folha de São Paulo e New York Times, no período de 1/2/2007 a 31/7/07. Nessa amostra, 1.022 tiras são (mais) de seis autores nacionais e 293, de autores norte-americanos, publicados pela Folha de São Paulo, e 568 publicados pelo New York Times. Foram criadas categorias para classificá-las. RESULTADOS: Entre os autores nacionais, 75,3% das tiras contêm temas relacionados à área da saúde. Tal categoria se divide em: saúde física, 12,9%, e saúde mental, 62,4%. Por outro lado, os autores americanos registram a temática da saúde em 39,2% das tiras. Sua preferência é pela crítica de costumes e temas políticos, principalmente a guerra. Quando saúde foi apresentada, os temas foram obesidade e ausência de cuidados adequados aos veteranos de guerra. CONCLUSÕES: As histórias em quadrinhos mostram que violência, pobreza e principalmente saúde são temas muito representados pelos autores brasileiros. Já os quadrinhos americanos abordam principalmente a temática da crítica aos costumes. O tema psicopatologia geral é amplamente utilizado como recurso para criar situações de humor. Os temas de psicopatologia são semelhantes no Brasil e nos Estados Unidos. As histórias brasileiras cobrem variedade maior de problemas de saúde física. Por meio do humor, os quadrinhos chamam atenção para os problemas de nossas sociedades. Resumo em inglês OBJECTIVE: This paper classifies and analyzes how and with what frequency psychopathology is portrayed in a sample of Brazilian and American cartoons and comic strips. It compares the frequency in which health issues, mental health, special and general psychopathology are addressed. METHOD: A sample of 1,883 cartoons and comic strips published in a six month period by the newspaper Folha de São Paulo and the New York Times was collected from February first to July 31 of (mais) 2007. Thousand and twenty-two strips were by Brazilian authors, 293 by American authors published by Folha de São Paulo and 568 by the New York Times. Categories were created to classify them. RESULTS: Among Brazilian authors, 75.3% of the strips deal with health related themes. This category is divided into: physical health (12.9%) and mental health (62.4%). On the other hand, the American authors seldom address the theme health. Their preference was to social customs and habits and political issues, specially related to war. When health was presented the issues were mainly related to obesity and the lack of adequate care to the war veterans. DISCUSSION: Comic books and strips show that violence, poverty and especially health are major concerns of the Brazilians comics authors, whereas the American comics and cartoons deal mainly with election politics and the war. The Brazilian stories address the topic of mental health more frequently, yet the portrayed psychopathological signs and symptoms are basically the same as Americans'. Brazilian stories also cover a greater variety of topics related to physical health. The American ones deal mostly with obesity related themes. Through humor, the comics call attention to the problems of our societies. In Brazil especially those of mental health and in United States the Iraq and Afghanistan war.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)