Sample records for international relations
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Relações internacionais do Brasil: um balanço da era Cardoso

Cervo, Amado Luiz
2002-06-01

Resumo em português Desde 1990, particularmente durante os dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso, as relações internacionais do Brasil foram caracterizadas por ausência de estratégia de inserção no mundo da interdependência global, visto que a abertura foi eleita como ideologia de mudança. O Brasil empenhou-se junto aos órgãos multilaterais para estabelecer um ordenamento mundial nas áreas do comércio, meio ambiente, finanças e segurança. Atribuiu importância ao processo (mais) de integração do Cone Sul. As relações internacionais apresentaram resultados medíocres no comércio exterior, induziram forte dependência financeira e abalaram o núcleo nacional da economia. Resumo em inglês Since 1990, particularly during the two administrations of Fernando Henrique Cardoso, the Brazilian's international relations were characterized by the absence of an insertion strategy in a world of global interdependence, when the opening was chosen as the ideology of change. Brazil, together with the multilateral organizations, worked on establishing a world order on trade, environment, finances and security sectors. It attributed importance to the process of integratio (mais) n of the South Cone. The international relations presented mediocre results on international trade, induced to strong financial dependence and affected the national nucleus of the economy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Ação comunicativa e relações internacionais

Miniuci, Geraldo
2005-11-01

Resumo em português Este artigo discute a proposta do cientista político alemão Harald Müller acerca da aplicação da teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas nas análises das relações políticas internacionais. Apontam-se as principais dificuldades dessa proposta e discute-se a possibilidade de examinar tais relações sob a ótica do processo comunicativo sem recorrer à teoria habermasiana. Resumo em inglês This article discusses the ideas of the German political scientist Harald Müller concerning the use of Habermas’ theory of communicative action to analyze international political relations. It raises the main problems of this proposal and discusses the possibilities of examining these relations against the framework of the communicative process without borrowing concepts from the habermasian theory.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Relações internacionais federativas no Brasil/ International relations by states and municipalities in Brazil/ Relations internationales fédératives au Brésil

Rodrigues, Gilberto Marcos Antonio
2008-01-01

Resumo em inglês This article aims to analyze the phenomenon of international diplomatic relations conducted by States and Municipalities in Brazil, based on the methodology used by the Forum of Federations (2007), which developed a comprehensive study of paradiplomacy, with a focus that incorporates Constitutional issues, inter-government relations, foreign relations/foreign policy, and related issues of legitimacy and accountability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Relações internacionais do Mundo Árabe (1954-2004): os desafios para a realização da utopia pan-arabista/ International relations of the Arab World (1954-2004): the challenges for the achievement of pan-arab utopia

Ferabolli, Silvia
2007-06-01

Resumo em português Desde a formação do Sistema Árabe de Estados, na esteira do processo de descolonização, a retórica do nacionalismo árabe tem sido o pano de fundo sobre o qual as relações políticas intra-árabes se desenvolveram. Contudo, as relações que se estabelecem entre os Estados árabes estão muito aquém da unidade, tendo se caracterizado mais pela desintegração. A literatura sobre a integração política no Mundo Árabe aponta diversos fatores envolvidos no aparen (mais) te contra-senso representado pelo discurso unificador nacionalista árabe e na ausência de integração na região. Esses fatores foram analisados neste artigo, em diferentes períodos selecionados para estudo - a saber: 1954-1973, 1973-1990 e 1991-2004 -, tendo como referencial teórico o realismo estrutural, conforme proposto pela Escola Inglesa de Relações Internacionais. Na tentativa de responder ao questionamento que guiou essa pesquisa - o que condiciona o Mundo Árabe a viver uma permanente fragmentação, a despeito de todo o discurso unificador do arabismo? -, buscou-se identificar quais desses fatores apontados pela literatura sobre integração no Mundo Árabe tiveram um peso relativo maior para o fenômeno não integrativo intra-árabe, no que se concluiu que apenas a falta de complementaridade econômica regional não teve um papel relevante para a ausência de integração política intra-árabe entre os anos de 1954 e 2004. Resumo em inglês Since the creation of the Arab State System in the wake of the decolonization process, the rhetoric of arab nationalism has been the background over which the political relations have been developed among the arab states. However, these relations are far from achieving unity, and can be characterized more by the desintegration. The literature on political integration in the Arab World points several factors related to the apparently contraditory idea represented by the un (mais) ifying arab nationalism speech and the abscence of integration in the region. These factors were analysed in this research in different periods selected to be studied: 1954-1973, 1973-1990, and 1990-2004. As theoretical reference, it was used the structural realism proposed by the English School of International Relations. In the attempt to answer the question that guided this research - what does condition the Arab World to live in a permanent fragmentation despite all the unifying arabist speech? - it was sought to identify which of theses factors pointed by the literature about integration in the Arab World had a greater role for the non-integrative arab phenomenon. It was revealed that only the lack of regional economic complementarity did not have a significant role for the absence of intra-arab political integration between the years 1954 and 2004.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

As relações em eixo: novo paradigma da teoria das relações internacionais?/ The axis relations: a new paradigm of the international relations theory?

Patrício, Raquel
2006-12-01

Resumo em português No presente artigo se propõe as "relações em eixo" como um novo conceito paradigmático da Teoria das Relações Internacionais. Paradigma que, alcançado através da análise das relações bilaterais franco-alemãs e argentino-brasileiras, de 1870 aos nossos dias, permite analisar a formação, a condução e a consolidação de processos regionais de integração que têm por objectivo ultrapassar o quadro estritamente economicista das formas elementares de integração. Resumo em inglês The present article proposes the axis-relations as a new paradigmatical concept of the International Relations Theory. A paradigm which was reached through the analysis of the franco-german and the argentino-brazilien bilateral relations from 1870 to the present. It allows us to analyse the creation, conduction and consolidation of regional integration processes which have, as main goal, to surpass the economical step of the most elementary forms of regional integration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

O ensino das relações internacionais no Brasil: problemas e perspectivas/ Teaching international relations in Brazil: problems and perspectives/ L'enseignement des relations internationales au Bresil: problemes et perspectives

Miyamoto, Shiguenoli
2003-06-01

Resumo em português Em função das grandes transformações verificadas no mundo, na última década, ocorreu um rápido aumento na quantidade de cursos de Relações Internacionais (RI) no Brasil. Atualmente, há quase sessenta cursos em funcionamento. Percebe-se, todavia, é que nem sempre se asseguram condições adequadas para o funcionamento desses cursos. Deficiências podem ser observadas não só no corpo docente, como também nas bibliotecas, que muitas vezes não dispõem de acerv (mais) o suficiente para atender às demandas das disciplinas ministradas. Juntamente com esses problemas, os egressos dos cursos de RI têm manifestado preocupações com sua inserção no mercado de trabalho, apesar de se encontrarem em uma área em plena expansão, e terem uma formação múltipla que os torna altamente competitivos. Neste artigo analisamos as condições sociais que criam a demanda pelo estudo das Relações Internacionais no Brasil, bem como as exigências legais e institucionais para o bom funcionamento dos cursos de graduação nessa área. Resumo em inglês In light of the major transformations that have taken place in the world during the last decade, there has been a rapid increase in the number of International Relations programs offered in Brazil. Today, there are almost 60 of them in operation. Yet it is evident that adequate conditions for their operation are not always guaranteed. There are deficiencies not only in terms of qualified faculty but also with regard to libraries, which often do not dispose of collections (mais) that can meet the needs produced by the courses taught. In addition to such problems, graduates of the programs have shown concern about their positioning in the labor market, notwithstanding the fact that it is a currently expanding field and that the graduates themselves have undergone multiple faceted training which makes them highly competitive. In this article we look at the social conditions that created the demand for International Relations programs in Brazil, as well as the legal and institutional demands for well functioning undergraduate programs in this area that meet up to social needs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

História das Relações Internacionais no Brasil: esboço de uma avaliação sobre a área/ History of International Relations in Brazil: a summarize field evaluation

Santos, Norma Breda dos
2005-01-01

Resumo em português O artigo realiza uma reflexão metateórica sobre o campo da História das Relações Internacionais, avaliando a especificidade de seu programa de pesquisa e as características que tem assumido no Brasil. O texto compõe-se de duas partes principais. Na primeira, são feitas algumas considerações sobre a delimitação sociointelectual do campo da História das Relações Internacionais e sobre sua institucionalização. Na segunda, apresenta-se a trajetória desse cam (mais) po de conhecimento no Brasil com a exposição de dois argumentos sobre a pesquisa realizada nas duas últimas décadas. O primeiro argumento é o de que os debates teóricos têm pouca repercussão na área. O segundo é o de que há uma relativa falta de contato entre os historiadores das relações internacionais do Brasil e aqueles que estudam a história do Brasil mais amplamente. Permeando discussões teóricas e metodológicas inescapáveis à reflexão da análise historiográfica, problematiza-se a evolução do debate e da produção nesse campo, que considera tanto a História Diplomática quanto as produções mais contemporâneas da História das Relações Internacionais do Brasil, bem como o ilustrativo tratamento temático e constitutivo da nacionalidade na escrita da história. Resumo em inglês This article proposes a reflection on the field of the History of International Relations, evaluating the specificity of its program of research and the characteristics is has acquired in Brazil. The study is composed of two main parts. The first one discusses the socio-intellectual delimitation of the field of History of International Relations and its academic institutionalization. The second part analyses the development of that area in Brazil and presents two argument (mais) s about this research field in the country during the last two decades. The first one is that the theoretical debates have modest repercussion in the area. The second one is that there is a relatively poor dialogue between historians of International Relations of Brazil and those who study the History of Brazil. The article intends to take into account the important discussions of theory and methodology as well as some particular themes of debate, as the illustrative treatment given to the question of nationality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Assimetria nas relações internacionais, propriedade industrial e medicamentos anti-aids/ Asymmetry in international relations, industrial property rights and anti-HIV medication

Costa-Couto, Maria Helena; Nascimento, Álvaro César
2008-12-01

Resumo em português Este artigo analisa a assimetria nas relações internacionais entre países no que diz respeito ao reconhecimento da propriedade industrial no setor específico da indústria farmacêutica. O foco é o impacto destas relações no acesso a medicamentos anti-retrovirais (ARV), questão de interesse mundial em face da sua relação com o desenvolvimento das nações. A disputa de interesses no campo e o posicionamento de alguns países frente às leis patentárias, ao long (mais) o do tempo, apontam um cenário pouco favorável para acesso aos medicamentos anti-aids pelos países que não pertencem ao núcleo do sistema mundial. O sucesso do programa brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e Aids nas negociações dos preços dos ARV, ao contrário, aponta para novas possibilidades de enfrentamento desta realidade. A saída parece ser o fortalecimento interno dos Estados Nacionais e um papel ativo das Agências do Sistema das Nações Unidas na defesa dos interesses humanos coletivos. Resumo em inglês This paper analyzes the asymmetry in the international relations as refers to the recognition of industrial property rights in the pharmaceutical industry. It focuses on the impact of such relations upon the access to ARV medication, an issue of worldwide interest due to its connection with the development of the nations. Clashing interests and the position taken by some countries in their patent laws point to a scenario less favorable for the access of peripheral countri (mais) es to anti-HIV/AIDS medication. On the other hand, it seems that the success of the Brazilian STD/AIDS program in negotiating ARV prices will open new possibilities. The solution may be the internal strengthening of the National States and the active role played by the Agencies of the United Nations System in defense of the collective human interests.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Assimetria nas relações internacionais, propriedade industrial e medicamentos anti-aids/ Asymmetry in international relations, industrial property rights and anti-HIV medication

Costa-Couto, Maria Helena; Nascimento, Álvaro César
2008-12-01

Resumo em português Este artigo analisa a assimetria nas relações internacionais entre países no que diz respeito ao reconhecimento da propriedade industrial no setor específico da indústria farmacêutica. O foco é o impacto destas relações no acesso a medicamentos anti-retrovirais (ARV), questão de interesse mundial em face da sua relação com o desenvolvimento das nações. A disputa de interesses no campo e o posicionamento de alguns países frente às leis patentárias, ao long (mais) o do tempo, apontam um cenário pouco favorável para acesso aos medicamentos anti-aids pelos países que não pertencem ao núcleo do sistema mundial. O sucesso do programa brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e Aids nas negociações dos preços dos ARV, ao contrário, aponta para novas possibilidades de enfrentamento desta realidade. A saída parece ser o fortalecimento interno dos Estados Nacionais e um papel ativo das Agências do Sistema das Nações Unidas na defesa dos interesses humanos coletivos. Resumo em inglês This paper analyzes the asymmetry in the international relations as refers to the recognition of industrial property rights in the pharmaceutical industry. It focuses on the impact of such relations upon the access to ARV medication, an issue of worldwide interest due to its connection with the development of the nations. Clashing interests and the position taken by some countries in their patent laws point to a scenario less favorable for the access of peripheral countri (mais) es to anti-HIV/AIDS medication. On the other hand, it seems that the success of the Brazilian STD/AIDS program in negotiating ARV prices will open new possibilities. The solution may be the internal strengthening of the National States and the active role played by the Agencies of the United Nations System in defense of the collective human interests.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Teoria das Relações Internacionais no Pós-Guerra Fria

Herz, Mônica
1997-01-01

Resumo em inglês Analyzing the history of academic production on international relations since the end of the Cold War, the article identifies and synthesizes three main trends in the literature: a debate concerning the role of international institutions; a revival of the cultural dimension; and renewed legitimization of normative studies. It is concluded that the theoretical debate on international relations has been reinvigorated and now encompasses a broader range of disciplines. On th (mais) e other hand, the realist tradition still maintains its hegemony, despite critiques of positivist epistemology and of the greater emphasis on cooperative processes. Lastly, the article argues that issues related to the formation of identities and normative perspectives must be made part of the discussion on the international situation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Conceitos em Relações Internacionais/ Concepts in International Relations

Cervo, Amado Luiz
2008-12-01

Resumo em português As teorias de relações internacionais não são isentas nem imparciais, visto que estão vinculadas a interesses, valores e padrões de conduta das sociedades onde são elaboradas e descartam esses fatores de outras sociedades. As teorias que servem ao primeiro mundo não são necessariamente convenientes para os países emergentes. O artigo propõe substituir teorias por conceitos aplicados ao estudo das relações internacionais. Os conceitos expõem o lastro nacional (mais) ou regional sobre os quais se assentam. A experiência brasileira corresponde ao campo de observação desta pesquisa. O conjunto de conceitos elaborados sugere outros estudos de caso. A nova abordagem das relações internacionais visa prover explicação, orientar projetos de pesquisa e formar a inteligência dirigente. Resumo em inglês Theories of International Relations are neither free from bias nor impartial. They are linked to specific interests, values, and patterns of conduct in certain societies which constitute their field of observation. They discard these factors of other societies. So, the theories which serve the First World are not convenient, necessarily, to emerging countries. This text proposes to substitute theories by concepts applied to the field of the study of international relation (mais) s. Concepts expose the national or regional roots on which they stand. The Brazilian experience furnishes the observation base for the study's data gathering. This collection of concepts has two functions historically attributed to theory courses: providing explanations and values.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

O poder político na energia e relações internacionais: o difícil equilíbrio entre o direito e a busca de segurança do Estado brasileiro/ The power politics in the energy and international relations: the hard balance between the law and search of brazilian State security

Hage, José Alexandre Altahyde
2008-01-01

Resumo em português Neste artigo se tem a intenção de analisar algumas questões de política internacional que envolve temas energéticos. Tem-se em conta que as grandes potências dedicam grandes esforços para obter segurança energética por meio de políticas e planejamento estratégico condizente com a situação de conflito e disputa que o assunto provoca. Por conseguinte, o texto procura avaliar se, efetivamente, o Brasil também tem planos e estratégia coerente para dar cabo das questões mais importantes do sistema internacional que toca, inclusive, aos assuntos energéticos. Resumo em inglês This paper intents to show some international politics questions in the energetic themes. We have in mind the great powers have strong policy to have energetic security liked to situation from conflict and dispute by energetic goods because they have strategic and plans of actions. Then, we have the same intent to show if, effectively, Brazil has equal strategy of it energetic security. Nowadays, energy issues are part of international system problems. In this fact the theme claims more observations and research to understand some questions from them.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

A pós-graduação em relações internacionais no Brasil/ Advanced degrees in international relations in Brazil

Santos, Norma Breda dos; Fonseca, Fúlvio Eduardo
2009-08-01

Resumo em português Este trabalho trata dos programas de pós-graduação em Relações Internacionais no Brasil, cujo número tem crescido de forma expressiva, passando de dois, na década de 1980, para oito, em 2008. Em sua primeira parte, são abordados a evolução, o crescimento e as políticas de indução para a criação e a consolidação dos programas na área. A segunda parte trata da avaliação desses programas pela Capes e busca mapear, de forma aproximativa, a situação da área com relação ao fomento à pesquisa na Capes e no CNPq. Resumo em inglês This work is on advanced degrees in International Relations in Brazil, which have grown four-fold from two in the 1980s to eight in 2008. The first part of the paper discusses this increase in the total of degrees and public policy incentives for the creation and consolidation of such programs. The second part discusses the evaluation of these programs by Capes and maps out the state of International Relations in Brazil given research incentives from Capes and CNPq.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Teoria crítica em relações internacionais/ Critical theory in international relations

Silva, Marco Antonio de Meneses
2005-12-01

Resumo em português Este artigo tem por objetivo apresentar a tradição da teoria crítica em Relações Internacionais. Entende-se que haja uma lacuna nos debates teóricos com a reduzida atenção dedicada a essa tradição no Brasil. O revigoramento dos debates teóricos contribui para o enfraquecimento das tradições teóricas convencionais. O papel da teoria crítica nessa tendência é primordial. A teoria crítica da Escola de Frankfurt é examinada como precursora filosófica e met (mais) ateórica da teoria crítica em Relações Internacionais. Em seguida, as bases epistemológicas dos desafios da teoria crítica às teorias convencionais são apresentadas, com ênfase especial dedicada ao trabalho de Robert W. Cox. O pensamento neogramsciano é inspecionado à luz da busca pela transformação social nas relações internacionais. A vertente da teoria crítica internacional é vista como fonte de inspiração para muitos autores que trabalham com a emancipação. Examina-se a produção de Andrew Linklater por representar a busca por transformação das comunidades políticas por meio da expansão de suas fronteiras morais. Em seguida, busca-se uma avaliação crítica dos impactos trazidos pela teoria crítica ao campo de estudos das Relações Internacionais. Conclui-se que a teoria crítica tem méritos na guinada das discussões teóricas em direção a questionamentos ontológicos e epistemológicos, debate esse que tem caracterizado esse campo de estudo nas últimas décadas, por meio da exposição das limitações conseqüentes do domínio das teorias convencionais. Não obstante, a associação da teoria crítica ao pós-positivismo epistemológico constitui atitude premeditada. Resumo em inglês This article aims to present Critical Theory in International Relations. It is understood that there has been a lacuna in theoretical debates with little attention paid to this tradition in Brazil. The current revival in theoretical discussions contributes to the weakening of conventional theories. The role of Critical Theory in this trend is fundamental. Frankfurt School Critical Theory is examined as a philosophical and metatheoretical forerunner to its International Re (mais) lations' counterpart. There follows the epistemological bases for the challenges Critical Theory poses to conventional approaches, with particular regard to the work of Robert W. Cox. Neo-Gramscian thought is thus in the light of concerns for social transformation in International Relations. The Critical International Theory perspective is subsequently scrutinized as a source for emancipatory concerns of IR scholars. The work of Andrew Linklater is presented due to the search for the transformation of political communities by way of the expansion of moral boundaries. A critical assessment of the impacts of Critical Theory to the field of International Relations is thus presented. This article concludes that Critical Theory is largely accountable for the turn towards the ontological and epistemological issues that have distinguished this field of study within the last few decades, by exposing the consequential shortcomings of the predominant conventional theoretical approaches. However, Critical Theory is deliberately associated to post-positivist epistemologies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Dom Quixote reencontra Sancho Pança: relações internacionais e direito internacional antes, durante e depois da Guerra Fria/ Don Quixote meets Sancho Panza again: international relations and international law before, during and after the Cold War

Souza, Igor Abdalla Medina de
2006-06-01

Resumo em português Este artigo aborda a relação histórica entre as disciplinas acadêmicas de Relações Internacionais e do Direito Internacional a fim de proporcionar compreensão mais acurada acerca do atual debate interdisciplinar. Dessa forma, concepções convencionais sobre as principais teorias de Relações Internacionais - realismo e liberalismo - são discutidas, sendo estas teorias apresentadas sob novo enfoque. O liberalismo é concebido no contexto da convergência observad (mais) a entre os estudiosos da política internacional e os juristas internacionais até o desenvolvimento de uma visão cética no campo do Direito Internacional, que é responsável pela criação do realismo em Relações Internacionais. O debate interdisciplinar pós-Guerra Fria é abordado por meio de três teorias distintas: institucionalismo, liberalismo e construtivismo. Argumenta-se que o construtivismo oferece maiores oportunidades para cooperação mais profunda entre estudiosos da política internacional e juristas internacionais. Isso se deve às conexões entre o construtivismo e a teoria crítica, o que permite unir construtivistas e teóricos legais críticos em uma Agenda Crítica para Relações Internacionais e Direito Internacional neste começo do século XXI. Resumo em inglês This article deals with the relation between the academic disciplines of International Relations and International Law in a historical perspective, so that an accurate comprehension of the current interdisciplinary debate can be brought to the fore. Thus, conventional conceptions about the main theories of International Relations - realism and liberalism - are discussed, and those theories are presented in a new light. Liberalism is conceived in the context of the converg (mais) ence of international politics scholars and international lawyers until the development of a skeptical view in the field of International Law, which is responsible for the creation of realism in International Relations. The post-Cold War interdisciplinary debate is focused through three distinct theories: institutionalism, liberalism and constructivism. We argue that constructivism is more able to develop a deeper cooperation between international politics scholars and international lawyers. That is due to the connections between constructivism and critical theory, what allows joining constructivists and critical legal theorists in a Critical Agenda for International Relations and International Law in this beginning of the Twentieth-First Century.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Instituições, atores e dinâmicas do ensino e da pesquisa em Relações Internacionais no Brasil: o diálogo entre a história, a ciência política e os novos paradigmas de interpretação (dos anos 90 aos nossos dias)/ Institutions, actors and dynamics in teaching and Researching International Relations in Brazil: history, political science and new paradigms of interpretation (from the nineties to the present day)

Lessa, Antônio Carlos
2005-12-01

Resumo em português No artigo se analisa o processo de rearticulação dos esforços de pesquisa e de ensino na grande área de Relações Internacionais no Brasil, especialmente considerando o dialogo entre a história das relações internacionais e a politologia internacional, que teriam produzido novos paradigmas de interpretação para a disciplina. Resumo em inglês The article analyses the process of re-articulation of the research efforts and of the tuition in the great area of the International Relations in Brazil, specially considering the dialogue between the history of the international relations and the international politology, that would have produced new paradigms of interpretation for the discipline.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

O Crescimento da área de relações internacionais no Brasil/ The development of the studies of international relations in Brazil

Herz, Mônica
2002-06-01

Resumo em português O artigo analisa a produção acadêmica brasileira no campo das relações internacionais nos anos 90, ressaltando as mudanças qualitativas ocorridas durante o período. Um breve histórico da disciplina no âmbito global é oferecido para que seja possível contextualizar a experiência brasileira. As principais tendências, características e ausências da bibliografia produzida no país durante esse período são consideradas. Os temas contemplados são: política ex (mais) terna dos Estados, instituições internacionais, natureza do sistema internacional e da política internacional e estratégia e política de defesa. Resumo em inglês The article analyses the Brazilian academic literature in the international relations field during the 1990's, stressing the qualitative changes that marked the period. A brief history of the discipline in the global context is offered in order to present the wider context within which the Brazilian experience took place. The main tendencies, characteristics and absences of the bibliography produced in the country during the period in question are considered. The followin (mais) g themes are contemplated: foreign policies of states, international institutions, the nature of the international system and of international politics and strategic studies and defense policy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Contrato e confederação: notas sobre o papel das relações internacionais no pensamento político de Jean-Jacques Rousseau/ Contract and confederation: notes on the role of international relations in Jean-Jacques Rousseau's political thought

Marques, José Oscar de Almeida
2010-01-01

Resumo em português Ao ler o Contrato social de Rousseau, tendemos a nos concentrar em seu objetivo explícito, que é o de investigar e estabelecer uma regra de administração legítima e segura para uma comunidade política individual. Em conformidade com o próprio caráter abstrato da obra, somos levados a ver essa comunidade como alguma coisa pré-existente e isolada, sem perguntar o que já havia inicialmente de comum a esses indivíduos que decidem submeter-se à regra de sua vontade (mais) geral, e como esse corpo político assim constituído se relaciona com os que não são eles mesmos, mas "os outros", isto é, com as demais sociedades com as quais terá inevitavelmente de conviver. Tais questões tinham grande importância para Rousseau, e só o caráter fragmentário e inconcluso do Contrato social explica por que não receberam o tratamento aprofundado que lhes seria devido. Pretendo, em minha exposição, explorar alguns aspectos das soluções que Rousseau deixou esboçadas em outras obras, especialmente no Emílio e em seu Extrato e Julgamento, do projeto de paz perpétua do Abbé de Saint-Pierre, e que apontam para uma compreensão muito lúcida do problema das relações entre as nações, e para uma solução que tem, surpreendentemente, muito em comum com a que propôs, no Contrato social, para a questão das relações entre indivíduos. Pretendo mostrar que há, em Rousseau, o gérmen de uma concepção das relações internacionais que não as reduz ao mero jogo de forças proposto pelo "realismo" hobbesiano e, ao mesmo tempo, viabiliza a convivência civilizada e regulada, sem impor a uniformidade de valores e perspectivas característica do cosmopolitismo kantiano. Resumo em inglês When we read Rousseau's Social Contract, we tend to focus on its explicit goal, which is to investigate and establish a safe and legitimate rule of administration for a single political community. In accordance with the abstract character of the work, we tend to see this community as something pre-existing and isolated, without asking what those individuals who decide to submit to the rule of his general will had initially in common, and how the political body thus formed (mais) is related to those who are not they themselves, but "the others", i.e., with other societies among which they will inevitably have to live. Such issues were of great importance to Rousseau, and only the fragmentary and inconclusive nature of the Social Contract explains why they did not receive the detailed treatment that would be due to them. In this paper I intend to explore some aspects of the solutions Rousseau left sketched elsewhere, especially in Emile and in the Extract and Judgment of the the Abbé de Saint-Pierre's project of perpetual peace, which point to Rousseau's very lucid understanding of the problem of relations between nations, and to a solution that has, surprisingly, much in common with the one that he proposed, in the Social Contract, to the problem of relations between individuals. I Intend to show that there is, in Rousseau, the germ of a conception of international relations that do not reduce them to the mere play of forces proposed by Hobbesian "realism" and, at the same time, allows a regulated and civilized coexistence without imposing the uniformity of values and perspectives characteristic of Kantian cosmopolitanism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

O debate entre comunitaristas e cosmopolitas e as teorias de Relações Internacionais: Rawls como uma via média/ The cosmopolitan-communitarian debate and the International Relations theory: the Rawls's law of people as a middle ground theory

Guimarães, Feliciano de Sá
2008-01-01

Resumo em português O artigo revisa as principais abordagens de comunitaristas e cosmopolitas acerca da justiça distributiva internacional no intuito de problematizá-las dentro das teorias contemporâneas de Relações Internacionais, notadamente do construtivismo e do racionalismo (institucionalismo). Além disso, o trabalho pretende reclassificar a proposta de Rawls para a arena internacional em meio a tal debate. Acredita-se que a obra O direito dos povos (RAWLS, 2004), embora geralment (mais) e caracterizada como cosmopolita e em certa medida racionalista, guarde semelhanças importantes com algumas noções do comunitarismo e do construtivismo. Resumo em inglês The article debates the main communitarian and cosmopolitan perspectives in terms of international distributive justice in order to rethink the international relations theory, especially the constructivism and the neo-liberalism. Moreover, the article intends to analyze the John Rawls's Law of People for the international arena as a middle ground theory between the communitarism and the cosmopolitism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

O tema da guerra na Escola Inglesa das Relações Internacionais/ The issue of war in the English School of International Relations

Trento, Maikel
2008-04-01

Resumo em português A guerra tem um papel importante na construção histórica da Inglaterra, influenciando diretamente as reflexões teóricas produzidas em seu mundo acadêmico. À luz desta questão, este artigo estuda o tema da guerra dentro da "Escola Inglesa das Relações Internacionais", a partir da análise do pensamento de Carr, Butterfield, Wight e Bull. Este artigo argumenta que, embora Carr tenha sido um "outsider" da Escola Inglesa das Relações Internacionais, suas críticas (mais) contra a noção de harmonia internacional de interesses e seu apelo para a construção de uma nova moral internacional possibilitaram mais tarde o desenvolvimento de pesquisas sobre a sociedade internacional. Butterfield, Wight e Bull vêem a guerra com um prisma racionalista, fruto de um descontentamento com explicações dialéticas ou antitéticas das Relações Internacionais: realismo x idealismo. Nesse contexto, a guerra é, em primeira análise, um elemento permanente das Relações Internacionais, tendo como objetivo primordial promover a ordem e não manter a paz. Em uma segunda análise, a guerra é, de um lado, um instrumento da política de poder e, de outro, uma ameaça a ser contida. Nestas análises, há uma sofisticação, tanto do ponto de vista das idéias quanto metodológico, entre o pensamento de Butterfield e Wight, e de Wight e Bull. Resumo em inglês The war has an important role in the historical process in England, with direct influence to the theoretical thought produced in her academy. The focus of this article is the issue of war in the "English School of International Relations", through the analyses of Carr, Butterfield, Wight and Bull's works. The article concludes that Carr was an outsider of the English school of International Relations. Nevertheless, his critics against the international harmony of interest (mais) s and his call to the building of a new international moral made possible further research developments on international society. Butterfield, Wight and Bull are rationalist in their views on war. This tradition is a product of disenchantment with dialectical and antithetical explanations in International Relations: realism x idealism. Against this background, the war is, first, a permanent element of the International Relations, whose most important objective is provide order and not to keep the peace. Second, the war is, on one hand, an instrument of power politics and, on the other, a threat to be contained. In these analyses there is sophistication, both in substance and in methodology, among the thought of Butterfield to Wight, and of Wight to Bull.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

O baile do monstro: o mito da paz de vestfália na história das relações internacionais modernas/ The monster ball: the myth of the peace of westphalia in the history of modern international relations

Jesus, Diego Santos Vieira de
2010-12-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é problematizar o mito da Paz de Vestfália nas relações internacionais modernas, trazendo interpretações alternativas para tal evento e para seus impactos no estudo da história das relações internacionais e nas relações internacionais contemporâneas. Problematizando, primeiramente o marco histórico, o argumento central aponta que a Paz de Vestfália não promoveu profunda inovação nem ruptura em relação à perspectiva anterior à G (mais) uerra dos Trinta Anos no que diz respeito aos aspectos essenciais das unidades constitutivas do Sacro Império Romano e das prerrogativas do imperador, apenas confirmou uma ordem cooperativa legal de entidades autônomas não-soberanas. O questionamento da existência empírica de um sistema inviolável de Estados soberanos evidencia, a seguir, as brechas nos princípios de autonomia e de territorialidade do modelo vestfaliano de relações internacionais. Finalmente, as interpretações alternativas do impacto da Paz de Vestfália para as relações internacionais e para seu estudo indicam que a igualdade formal entre os Estados intensifica dificuldades na resposta às diferenças na cultura, na religião e no modo de vida. Resumo em inglês The aim of this article is to cast doubt on the myth of the Peace of Westphalia in modern international relations, bringing alternative interpretations for such an event and its impact on the study of the history of international relations and contemporary international relations. First, discussing the historical framework, the central argument points out that the Peace of Westphalia did not promote any important innovation or break-up in relation to the perspective befor (mais) e the Thirty Years' War regarding to the essential aspects of the constituent units of the Holy Roman Empire and the emperor's prerogatives confirming just a cooperative legal order from non-sovereign autonomous entities. The questioning to the empirical existence of an inviolable system of sovereign states shows the gaps in the principles of autonomy and territoriality of the Westphalian model of international relations. Finally, the alternative interpretations of the impact of the Peace of Westphalia on international relations and its study indicate that the formal equality among states intensify difficulties in the response to differences in culture, religion and ways of life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Os cosmopolitas: Kant e os "temas kantianos" em relações internacionais/ The cosmopolitans: Kant and kantian themes in international relations

Soraya, Nour
2003-06-01

Resumo em português Este artigo discute o legado e os limites do paradigma kantiano em relações internacionais. Se as atuais reconstruções de Kant em relações internacionais enfatizam aspectos positivos das idéias liberais e institucionalistas, restringem-se, no entanto, à análise de princípios, não analisando o que na realidade impede sua realização. Na primeira parte, examina-se os princípios jurídicos que Kant apresentou como condição para a paz: 1) a pacificação da ord (mais) em internacional depende da democratização da ordem interna; 2) as relações entre os Estados devem ser submetidas ao direito internacional; 3) os indíviduos devem ser considerados como cidadãos do mundo, conforme um direito cosmopolita. Na segunda parte, mostra-se como estes princípios orientaram o movimento pacifista, bem como o assim chamado "idealismo-utópico" no entre-guerras. Em seguida, verifica-se como estes princípios foram objeto de crítica do realismo do pós-Segunda Guerra, para quem: 1) a democracia na ordem interna não influencia a paz na ordem externa; 2) a paz nas relações internacionais pode ser assegurada não pelo direito internacional, mas por alianças militares; 3) os ideais cosmopolitas "moralizam" as relações internacionais, transformando os conflitos políticos em conflitos entre o "bem" e o "mal". Por fim, investiga-se como análises contemporâneas se orientam pelos princípios kantianos, em oposição ao realismo da razão de Estado. Isso mostra que tal paradigma é necessário, mas não suficiente para a análise das relações internacionais, por não inserir a afirmação de princípios na análise das relações hegemônicas que caracterizam o cenário internacional. Resumo em inglês This article discusses the legacy and limits of the Kantian paradigm in international relations. Contemporary Kantian reconstructions in international relations emphasise the positive aspects of liberal and institutional ideas, although they restrict themselves to the analysis of principles, and do not analyse what impedes the realisation of these principles. The first part of the paper analyses juridical principles that Kant established as conditions for peace: 1) Pacifi (mais) cation of international order depends on democratisation of internal order; 2) Relations between states must be subject to international law; 3) Individuals must be considered as world citizens, according to cosmopolitan law. The second part shows how these principles have defined and oriented the pacifist movement as well as so-called "utopian-idealism" in the between-wars period. Further, it analyses realist criticism of those principles in post-war periods, according to which: 1) Democracy in internal order does not influence peace in international order; 2) Peace in international relations can be assured not by international law, but by military alliances; 3) Cosmopolitan ideals "moralise" international relations, transforming political conflict into a contention between "good" and "evil". Finally, it investigates how contemporary analyses orient themselves to Kantian principles, as opposed to realism (reason of state). This shows that this paradigm, while necessary, is not sufficient for analyses of international relations, since it does not consider the affirmation of principles in the analyses of hegemonic relations that characterize the international scene.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Gulliver na Amazônia e as aventuras do indigenismo nas Relações Internacionais/ Gulliver in the Amazon and the adventures of "indigenism" in International Relations

Procópio, Argemiro
2009-12-01

Resumo em português Este artigo discute as políticas de proteção dos povos indígenas e a epístola do ecologismo dos excluídos nos países amazônicos. Aborda a Declaração das Nações Unidas sobre o Direito dos Povos Indígenas e a Resolução da Assembléia Geral da ONU que qualifica os efeitos das mudanças climáticas como uma ameaça à segurança internacional. Ambas levam a uma construção cognitiva por parcerias pela justiça social. O texto relembra a invasão de terras pela (mais) desordenada imigração. Descortina o potencial analítico oferecido pelo estudo das relações internacionais para aclarar perspectivas tanto da mitigação das mudanças climáticas por meio da Responsabilidade de Proteger (R2P) quanto do convívio das maiorias excluídas com as minorias indígenas protegidas. Resumo em inglês This article discusses the policies of protection for indigenous people and the environmentalist manifesto for the excluded in Amazonian countries. It addresses the UN Declaration on the Rights of Indigenous People and the resolution of the General Assembly that qualifies the effects of climate change as threats to international security. Both lead to cognitive constructions for social justice. The paper reminds us of the invasion of lands by disorderly immigration. More (mais) importantly, it unveils the analytical potential offered by the study of international relations to clarify the perspectives of both the mitigation of climate change through the Responsibility to Protect (R2P) and the excluded majority that lives alongside the protected indigenous minorities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

O historiador e o teórico: a historiografia de Hobbes na teoria das relações internacionais/ The historian and the theoretician: Hobbes' historiography in the theory of international relations

Nour, Soraya; Zittel, Claus
2003-12-01

Resumo em português Uma dificuldade crucial no estudo das relações internacionais é unir investigação teórica com investigação histórica. O objetivo deste artigo é analisar como Hobbes enfrentou este problema, bem como em que medida a solução que apresentou influenciou a teoria das relações internacionais e permite ainda hoje resolver dificuldades desta disciplina. A primeira parte examina como Hobbes justifica seu método de pensar histórica e teoricamente ao mesmo tempo. A s (mais) egunda parte mostra como Hobbes é recuperado no pós-Segunda Guerra tanto pela revisão do programa idealista como pelo emergente realismo, em ambos os casos a fim de criticar o idealismo do entreguerras. A terceira parte, tendo em vista o debate contemporâneo em relações internacionais, mostra como o neo-realismo, concentrando-se em tecnologias de poder, perde o interesse pela investigação histórica presente no realismo clássico; e o normativismo que se fortalece a partir dos anos 90, formulando uma justificada crítica à ausência de reflexão ética no neorealismo, recai muitas vezes em variantes do idealismo utópico. Em ambos há um déficit de investigação histórica, o que não permite analisar a contingência das relações sociais. Se o caráter predominantemente antropológico da historiografia de Hobbes, bem como o caráter predominantemente institucionalista de sua teoria do Estado e do Direito não podem mais ser aceitos, é seu modo de pensar ao mesmo tempo teórica e historicamente o legado e o desafio que nos deixa. Resumo em inglês A crucial issue in international relations is to associate theoretical with historical inquiry. This paper aims to analyse how Hobbes struggled with this problem, in which measure his answers have influenced the theory of international relations and to what extent they permit the solution of contemporary problems in this discipline. The first part analyses how Hobbes justifies his method of thinking both historically and theoretically. The second part shows how Hobbes is (mais) later rehabilitated by the revision of idealism as well as by the emergence of the doctrine known as realism, in both cases with the aim of criticising early idealism. The third part, considering the contemporary debate in international relations, analyses how neo-realism, investigating above all power technologies, loses the interest for historical inquiry that was present in classical realism, and how normativism, which came to prominence in the 90s, formulating a justified criticism of the lack of ethical reflection by neo-realism, often creates variants of utopian idealism. In both there is a lack of historical inquiry, which does not allow the analysis of the contingency of social relations. If the predominantly anthropological character of Hobbes' historiography, as well as the predominantly institutionalistic character of his state and law theory can no longer be accepted, it is his way of thinking theoretically and historically at once which is the challenge and the legacy that he has left to us.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

As relações econômicas internacionais do Brasil dos anos 1950 aos 80/ Brazil's international economic relations, from 1950s to 1980s

Almeida, Paulo Roberto de
2007-12-01

Resumo em português Ensaio histórico sobre as relações econômicas internacionais do Brasil dos anos 1950 aos 80, evidenciando as mudanças nos principais fluxos comerciais e financeiros, no quadro da economia mundial. O Brasil preserva uma postura defensiva, em função de restrições cambiais e de fragilidades financeiras que são recorrentes nesse período. Resumo em inglês Historical essay on international economic relations of Brazil since the 1950s up to the end of military regime, in 1985. Important changes are observed in the main flows in trade and finance, within world economy. Brazil keeps its defensive stance, in order to adjust to serious exchange restrictions and financial fragilities, a recurring trend during that period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Relações econômicas internacionais, isomorfismo institucional e democracia na América Latina: explicando as convergências (inesperadas?) entre Uruguai, Brasil e Honduras/ International economic relations. Institutional isomorphism and democracy in Latin America: explaining the (unexpected?) convergences between Uruguay, Brazil and Honduras/ Relations économiques internationales, isomorphisme institutionnel et démocratie en Amérique Latine: explication des convergences (inattendues?) entre l'Uruguay, le Brésil et Honduras

Lopes, Dawisson Belém
2007-01-01

Resumo em inglês Along this article, we sought to apprehend the logic underlying the triangular relation between international economic powers, structural reforms of the State, and democracy in Latin America. The study is based on the findings expressed in the Report on "A Democracia na América Latina: Rumo a uma Democracia de Cidadãs e Cidadãos" ["Democracy in Latin America: towards a Democracy of Female and Male Citizens"] (PNUD, 2004). The data subject to scrutiny refer to three Sta (mais) tes - Uruguay, Brazil and Honduras. Two hypotheses have been tested: (1) structural reforms of the State in Latin America have been conditioned by the dynamics of the international economy; and (2) the democracy that is possible in Latin America is a formalist democracy, and it does not inhibit the rational choice of market oriented economic agents. The conclusions of this work are discussed in the light of political theories and international relations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

O debate cosmopolitismo x comunitarismo sobre direitos humanos e a esquizofrenia das relações internacionais/ The cosmopolitanism x comunitarianism debate on human rights and the esquizofreny of the international relations

Braga, Leonardo Carvalho
2008-04-01

Resumo em português A consideração do Estado Nacional como o ator privilegiado nas Relações Internacionais a partir da criação do Sistema de Westphalia apresenta uma esquizofrenia congênita. Os princípios clássicos das Relações Internacionais - autodeterminação dos povos e não-intervenção - sugerem, por um lado, um direito de cada Estado se autodeterminar soberanamente e, por outro, um direito dos Estados de não sofrerem intervenção dos outros Estados. O primeiro direito p (mais) ossui uma natureza mais excludente; o segundo, mais includente. Só o próprio Estado garante a sua autodeterminação e, assim, exclui os outros; ao passo que a não-intervenção depende de todos os Estados a respeitarem - isso inclui os outros. O debate acerca dos direitos humanos nas Relações Internacionais segue a mesma lógica. Cosmopolitas defendem uma inclusão; comunitaristas, uma exclusão. São direitos que se excluem e fazem das Relações Internacionais algo esquizofrênico. Rawls tenta resolver este dilema com o seu "Direito dos Povos", mas fracassa. A proposta talvez então seja pensar Relações Internacionais por outro viés, a partir do pós-modernismo, pelo qual pensamos a satisfação de demandas globais humanas que ultrapassam as fronteiras criadas em Westphalia por outra conformação política que não o Estado Nacional. Resumo em inglês Considering the Nation State as the privilegied actor in International Relations since Westphalian System points a congenital esquizofreny. The International Relations classical principles - self-determination and non-intervention - sugests, by one side, a right of each State self-determinate itself sovereingtly and, by other side, a right of not being object of intervention. The first right excludes, the second, includes. Just the State guarrantees its self-determination (mais) and doing so, excludes the others; meanwhile the non-intervention depends on the other States respect. The debate about human rights in International Relations follows the same logic. Cosmopolitans defends inclusion; comunitarians, exclusion. These are rights that exlcude each other and make the International Relations something esquizofrenic. Rawls tries to work out this dilemma, but he fails. The proposal may be thinking International Relations from another point of view, from post-modernism, by which we think the satisfaction of human global demands that overcome the national boundaries made in Westphalia by a political configuration other than the Nation State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Uma teoria de instituições em declínio: reavaliando saída, voz e lealdade de Hirschman para as instituições internacionais/ A theory of institutions in decline: reevaluating Hirsch man's exit, voice, and loyalty for international institutions

Borges, Bruno de Moura
2004-12-01

Resumo em português Este artigo se propõe a adaptar a teoria de Hirschman para as Relações Internacionais. A partir de uma diferenciação entre as preferências dos Estados dentro de instituições internacionais, o modelo explicita as dinâmicas que surgem quando a qualidade institucional declina. Enquanto Estados fortes tentarão reformar a instituição por meio de ameaças de saída, Estados médios e fracos terão poucas alternativas. Três casos envolvendo os EUA são descritos e analisados. Resumo em inglês This article is an attempt to adapt Hirschman's theory to International Relations. Proposing a differentiation in preferences from the states inside international institutions, the model points to the dynamics generated when institutional quality declines. While strong states will try to reform the institutions through threats of exit, intermediary and weak states will have few alternatives. Three cases involving the United States are described and analyzed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Revisitando a Escola Inglesa/ Revisiting the English School

Saraiva, José Flávio Sombra
2006-06-01

Resumo em português Neste artigo se tem como objetivo avaliar criticamente a evolução recente da Escola Inglesa das Relações Internacionais, procurando situá-la no espectro mais amplo do debate interparadigmático da disciplina. Resumo em inglês The article aims to analyze critically the recent evolution of the English School of International Relations, according to the debate of the discipline.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Um casamento feliz: direito internacional e sociedade civil global na formação dos regimes internacionais/ A happy marriage: international law and global civil society in the formation of international regimes/ Un mariage heureux: droit international et societe civile globale dans la formation des regimes internationaux

Tostes, Ana Paula
2006-11-01

Resumo em português O artigo tem o objetivo de demonstrar a relação entre o aumento da sociedade civil global e o Direito internacional público, por um lado e, por outro, a importância dos regimes internacionais para a perspectiva da participação de atores não-estatais nas relações internacionais. O debate na literatura sobre regimes internacionais aponta para a necessidade de realizarem-se mais pesquisas empíricas sobre os condicionantes do sucesso dos regimes internacionais, por� (mais) �m já é possível destacar evidências a respeito de um importante papel que vem sendo ocupado por atores não-soberanos na formação de regimes: o papel de especialistas. O artigo é uma reflexão sobre o conceito de "regime internacional" e seus limites e apresenta uma nota preliminar de pesquisa sobre as possibilidades da influência de atores da sociedade civil na busca da formação de um regime internacional de meio ambiente, com destaque na participação do Brasil no processo de formulação de um regime de biosseguranca. Resumo em inglês The goal of this article is to demonstrate the relationship between the growth of global civil society and international public Law, on the one hand, and on the other, the importance of international regimes from the perspective of non-State actors´ participation in international relations. Debates in the literature on international regimes point to the need for the realization of more empirical research on the factors that condition the success of international reg (mais) imes, although it is already possible to present evidence regarding one important role that has been occupied by non-sovereign actors in regime formation: the role of specialists. This article is a reflection on the concept if "international regime" and its boundaries. It presents a preliminary note for research on the possibilities that civil society actors have for influencing the formation of an international regime for the environment, emphasizing Brazil´s participation in the process of formulation of a regime of bio-security.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Acordos internacionais e controle parlamentar no Brasil/ International agreements and parliamentary control in Brazil/ Les accords internationaux et le controle parlementaire au Bresil

Diniz, Simone; Ribeiro, Cláudio
2010-10-01

Resumo em português O artigo analisa a atuação dos deputados federais no exercício de suas funções tanto de "controle legislativo" quanto de "controle político" na deliberação dos atos internacionais. A literatura tende a indicar que no Brasil há déficit em matéria de controle legislativo e, no campo das Relações Internacionais, o diagnóstico não é muito diferente. A reconstituição do trâmite legislativo dos projetos de decreto legislativo (PDL) permitiu-nos identificar o (mais) padrão de interação entre os poderes, com a constatação de que o Executivo domina a deliberação dos acordos internacionais. Para além do fato do Legislativo ter somente a prerrogativa de apresentar ressalvas aos decretos legislativos, o Executivo tem como controlar o tempo para deliberação dos atos internacionais nas comissões permanentes e a indicação dos relatores na maioria dos casos. Em resumo, mais até do que na política doméstica, os preceitos da Constituição Federal e os mecanismos de controle da agenda à disposição do poder Executivo restringem significativamente o campo de atuação do poder Legislativo na deliberação dos acordos internacionais, principalmente no que diz respeito ao "controle legislativo". A eficácia de mecanismos de controle do tipo "político", como os pedidos de informação, ficam circunscritos a possíveis constrangimentos de ordem eleitoral. Resumo em inglês This article analyzes how federal representatives have exercised their functions in both "legislative" and "political" control in deliberation around international acts. The literature in the field seems to indicate that in Brazil, legal control is faulty, and that within the field of International Relations, much the same could be said. A reconstitution of legislative procedures regarding legislative bills (PDL) has enabled us to identify patterns of interaction of power (mais) s, showing that the Executive prevails in deliberations on international agreements. Beyond the fact that the Legislature has only the prerogative of presenting objections to these bills, the Executive must control the time that deliberation on international acts is able to take within permanent commissions and, in most cases, the nomination of relaters. In short, even more than within domestic politics, the precepts of the Federal Constitution and the control mechanisms for the agenda that is available to Executive power place significant restrictions on operating fields in deliberations on international agreements, primarily with regard to "legislative control". The efficacy of control mechanisms of the "political" type, such as requests for information, remain circumscribed by the potential constraints of the electoral order.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Um outro olhar: sobre a análise gramsciana das organizações internacionais/ Another view: on the gramscian analysis of international organizations/ Un autre regard: à propos de l'analyse suivant gramsci des organisations internationales

Cruz, Sebastião C. Velasco e
2000-02-01

Resumo em português No contexto de uma reflexão geral sobre o campo das Relações Internacionais, como área de atividade acadêmica, e suas transformações nas últimas duas décadas, o artigo discute a contribuição da abordagem gramsciana para a análise das organizações internacionais, com base no estudo crítico da obra International organization and industrial change. Global governance since 1850, de Craig Murphy. Fazendo uma avaliação global muito positiva desse trabalho, o ar (mais) tigo o critica pelo uso problemático da noção de "sociedade civil internacional". Depois de salientar as tensões e antagonismos que esse texto recobre, o artigo associa as mudanças em curso no plano da sociedade civil internacional aos fatores que têm contribuído, nos últimos 20 anos, para abrir o campo das Relações Internacionais a uma pluralidade de orientações e programas de pesquisa pouco ortodoxos. Resumo em inglês In the context of a general discussion relating to the field of International Relations as an area of academic activity, and with its changing configuration in the last two decades, the article discusses the contribution of the Gramscian approach to the study of international organizations, from the vantage-point of a critical examination of the book International organization and industrial change. Global governance since 1850, by Craig Murphy. Even though with a pretty (mais) much positive global evaluation of the book, the article criticizes the problematic use of the "international civil society" concept. After discussing the tensions and antagonisms covered by the book, the article associates the current changes in the level of the international civil society with factors which have contributed, in the last twenty years, to open the International Relations field to a plurality of less orthodox orientations and research programs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Marcas do gênero nas migrações internacionais das mulheres/ Gender mark in international migration of immigrant women

Alencar-Rodrigues, Roberta de; Strey, Marlene Neves; Espinosa, Leonor Cantera
2009-12-01

Resumo em português O presente texto discute as questões de gênero e aculturação, considerando suas implicações nas migrações internacionais. Pretende-se compreender as transformações ocorridas nas relações de gênero decorrentes do processo migratório e, como consequência, a renegociação que membros de famílias imigrantes fazem no que concerne aos papéis de gênero. Considera-se que a aculturação promove o questionamento das relações de gênero, desestabilizando formas (mais) de ser homem e mulher cristalizadas na sociedade de origem. Nesse sentido, sublinha-se o fato de que a interface entre o conceito de aculturação e o de gênero é essencial para discutir as relações de gênero nas migrações internacionais contemporâneas, tornando visíveis as experiências de mulheres anteriormente negligenciadas. Resumo em inglês The present text discusses gender issues and acculturation, considering their implications in international migrations. We intend to learn the transformations occurred in gender relations after migration and consequently the renegotiating process that family members do regarding gender roles. We consider that acculturation fosters questions toward gender relations, disordering the traditional roles women and men play in their societies of origin. Therefore, we highlight t (mais) he fact that the interface between acculturation concept and gender is essential to discuss gender relations in international migrations, making women's experience visible where they were previously neglected.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

O fenómeno da guerra no nosso século/ The phenomenon of war in our century

Garcia, Francisco Proença
2009-06-01

Resumo em português São inúmeras as questões que têm captado a atenção de várias gerações de estudiosos das relações internacionais e da estratégia em torno do fenómeno da guerra. De facto evoluiu-se de um modelo essencialmente clausewitziano para um modelo de guerra irregular, global, assimétrica e permanente, sem uma origem clara e que pode surgir em qualquer lugar. Iremos traçar uma evolução das transformações ocorridas nos conflitos armados e caracterizar as principais ameaças à segurança, procurando mostrar a ligação entre estas e a guerra no nosso século. Resumo em inglês The researchers of international relations and strategy have been focused their analysis in the phenomenon of war for so long. We had assisted to a change in the war model, from a clausewitzian model towards an irregular, global, asymmetric and permanent model with an undefined origin. According to this we will design the evolution in the armed conflicts and characterize the main threats to our security, presenting the association between these wars and the war of our century.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

O sindicalismo, a política internacional e a CUT/ Trade unionism, internacional politics and CUT

Costa, Hermes Augusto
2005-04-01

Resumo em português O artigo confere uma atenção especial à relação entre sindicalismo e política internacional, um tema escassamente analisado pelos estudiosos do movimento sindical. Na primeira parte, assinalam-se algumas das contrariedades à construção de uma política sindical internacional, tanto a conduzida por organizações sindicais internacionais quanto por organizações sindicais nacionais. Na segunda parte, toma-se a Central Única dos Trabalhadores como objeto de estud (mais) o preferencial, identificando-se e caracterizando-se as principais etapas da sua política de relações internacionais. Resumo em inglês This article focuses on the relationship between trade unionism and international politics, a subject scarcely studied by scholars of trade unionism. The first part refers to some obstacles felt by union organizations when they have to construct their international relations policy. The second part analyses the international relations policy of the Brazilian CUT, pointing out its stages and key features.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Soberania/ On Sovereignty

Fernandes, António Horta
2009-12-01

Resumo em português A soberania e o que ela significa é uma das questões menos discutidas hoje em politologia, aparecendo mesmo praticamente informulada em relações internacionais. Provavelmente podemos encontrar razões para isso no estrito empirismo e positivismo que marca hoje muitas das análises nesses saberes Todavia, talvez a razão principal se deva encontrar na forma como os racionais soberanos se impregnaram no corpo político moderno e contemporâneo, ao ponto de parecerem o a (mais) r que respiramos. O presente artigo visa precisamente desconstruir essa impregnação, tentando chamar a atenção para a duvidosa consistência praxista da soberania, trazendo a lume a sua arquitectura. Resumo em inglês Sovereignty and what it means is less discussed on Political Science and International Relations. May be we could justify it because of the empiric and positivism that even more support that studies. However, the main justification could be found on the way as the rational sovereigns has crossed the modern and contemporary political body - seems to be the air we breathe. This article will try to deconstruct this impregnation and to alert to the uncertain consistence of sovereignty by stressing its architecture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Regimes internacionais e o contencioso das patentes para medicamentos: estratégias para países em desenvolvimento/ International regimes and the medical patent dispute: strategies for developing countries

Cepaluni, Gabriel
2005-06-01

Resumo em português Este artigo mostra que não existe apenas uma única teoria sobre regimes internacionais, mas um conjunto de estudos teóricos e empíricos que, isoladamente ou em conjunto, não constituem uma "teoria geral" das relações internacionais. Três abordagens resumem os principais debates sobre os regimes: o realismo-estrutural, o neoliberalismo e o cognitivismo. A primeira perspectiva - a realista - considera que o poder é o principal conceito para explicar os regimes inte (mais) rnacionais. O neoliberalismo considera que o interesse é a principal noção analítica para entender a criação e a manutenção dos regimes. Finalmente, o cognitivismo coloca as idéias e os valores no centro de suas explicações. Feitas essas considerações, analisa-se o contencioso das patentes farmacêuticas entre o Brasil e os Estados Unidos (1988-2001) utilizando insights fornecidos pelos estudos de regimes internacionais - privilegiando-se a abordagem neoliberal. A partir do conflito entre o Brasil e os Estados Unidos, também são desenhadas algumas estratégias que podem ser utilizadas pelos países em desenvolvimento para maximizar seus ganhos no cenário internacional. Resumo em inglês This article demonstrates that there is not one international regime theory, but a set of theoretical and empirical studies that, alone or together, do not constitute a "general theory" of International Relations. Three approaches summarise the main debates on regimes: structural realism, neoliberalism, and cognitivism. The first perspective - the realist - considers power as the main concept for explaining international regimes. Neoliberalism considers interest as the ma (mais) in analytical tool to understand the creation and maintenance of regimes. Finally, cognitivism places ideas and values at the center of its explanations. After establishing these perspectives, the pharmaceutical patents dispute between Brazil and the United States (1988-2001) is analyzed, utilizing insights gained by the study of international regimes - privileging the neoliberal approach. From this conflict between Brazil and the United States, some strategies are also outlined that can be used by developing countries to maximize their gains on the international stage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Ciclos longos e cenários contemporâneos da sociedade internacional/ Long cycles of the international society

Vigevani, Tullo
1999-01-01

Resumo em português A despeito da anarquia que resulta da ausência uma autoridade legítima comum, as relações internacionais pós-Westphalia têm elementos de ordem que são suficientes para caracterizá-las como uma forma de "associação prática". Esses elementos são a (igual) soberania nacional, a diplomacia, o direito internacional e o equilíbrio de poder. Discute-se, neste artigo, em que medida esses pilares da ordem mundial pós-Westphalia ainda se prestam para pensar as relaç� (mais) �es internacionais no pós-Guerra Fria. Trata-se de saber em que medida essas relações hoje se afastam do modelo de "associação prática" em direção a um modelo, normativamente mais exigente, de "associação de objetivos". Resumo em inglês Despite the lack of a common legitimate authority the international relations after Westphalia share enough elements of order for being characterized as a form of "practical association": (equal) national sovereignty, diplomacy, international law and the balance of power. The fit-ness of those pilars of the post-Westphalian world order for thinking the international relations after the Cold War is discussed. It is asked how far those relations are leaving the model of a practical association towards another normatively more demanding model, of "goals association".

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Hegemonia e imperialismo: caracterizações da ordem mundial capitalista após a Segunda Guerra Mundial/ Hegemony and imperialism: characterizations of the capitalist world order after the Second World War

Garcia, Ana Saggioro
2010-06-01

Resumo em português O uso dos conceitos de hegemonia e imperialismo é intercalado na literatura de Relações Internacionais para explicar uma ordem internacional hierárquica sob dominação de uma potência. O termo "imperialismo" é utilizado em geral por marxistas, enfatizando o elemento da coerção, que, diferentemente do imperialismo clássico, hoje se dá de forma opaca e indireta. Já "hegemonia" é usado de forma ampla por teóricos críticos, realistas e institucionalistas, enfat (mais) izando elementos do consenso, como regras, normas e instituições internacionais. O período de dominação dos EUA é caracterizado por ambos os termos. Resumo em inglês The use of the concepts of hegemony and imperialism is interspersed in the literature of International Relations to explain a hierarchical international order under the domination of one power. The term "imperialism" is generally used by Marxists, to emphasize elements of coercion, which, differently than in classic imperialism, takes place today in a more opaque and indirect form. "Hegemony" is used broadly by critical theorists, realists and institutionalists, emphasizi (mais) ng elements of consensus, such as rules, norms and international institutions. The period of U.S. dominance has been characterized with both terms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

A busca de um novo paradigma: política exterior, comércio externo e federalismo no Brasil

Saraiva, José Flávio Sombra
2004-12-01

Resumo em português O artigo examina o processo de inserção das entidades federativas no cenário do comércio internacional. Para tanto, faz uma análise das relações entre o Estado federativo do Brasil e as relações internacionais do mesmo, com vista ao comércio exterior. Ressalta a nova conjuntura, na qual se faz mister a participação dos Estados-membro articulados com o governo central brasileiro. Destaca o papel do Nordeste, em especial o Ceará, nesse novo contexto econômico. Resumo em inglês This article examines the process whereby federation members participate in international trade. To this end, it surveys relations within the Brazilian Federative State and the latter's international relations linked to foreign trade. The article stresses the new circumstances, which requires coordination between federation members and the Brazilian central government. It also points out the role of the Northeast and of the state of Ceara in particular in this new economic context.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

As relações entre a NATO e a União Europeia pós-11 de Setembro/ NATO and European Union relations after 9/11

Lima, Bernardo Pires de
2009-03-01

Resumo em português No momento em que a nato celebra os seus 60 anos, em que uma nova administração norte-americana inicia funções e em que as três principais potências europeias apresentam lideranças atlantistas, vale a pena fazer o ponto da situação sobre a relação que a nato e a União Europeia têm mantido na arquitectura de segurança internacional pós-11 de Setembro. Duas razões fundamentais motivam este artigo: a emergência de novos actores estatais e não estatais; a urgência de forjar um novo paradigma para a relação transatlântica. Resumo em inglês In a moment that NATO is celebrating its 60th anniversary, that the new American administration is defining its foreign policy agenda, and that the three major European powers have Atlantic approaches, it is particular relevant to make the state of the art of NATO and the European Union relationship in the post-9/11 international security architecture. There are two fundamental reasons that motivate this article: the emergence of new state and non-state actors and the urgency of a new transatlantic paradigm to face the current threats and international challenges.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Portugal e a presidência da União Europeia (1992-2007)/ Portugal and the Presidency of the European Council (1992-2007)

Ferreira-Pereira, Laura C.
2008-12-01

Resumo em português Portugal ocupou três vezes a presidência do Conselho da União Europeia. Em 1992, 2000 e 2007 o desafio foi sempre como combinar a salvaguarda dos interesses nacionais e as prioridades, expectativas e desafios da ue. Há um processo de aprendizagem subjacente a cada mandato presidencial que revela a evolução da posição portuguesa em relação ao projecto de integração, na sua vertente política e de afirmação internacional. Resumo em inglês Portugal has held the Presidency of the European Council three times since accession in 1986. In 1991, as in 2000 or in 2007 the challenge has always been how to reconcile the national interests of a small member state with the broader priorities, expectations and challenges that the eu has to address. Through this learning process, Portugal’s commitment to European integration and the eu international relations has evolved significantly.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

A política exterior do Brasil: 1990-2002

Bernal-Meza, Raúl
2002-06-01

Resumo em português O artigo destaca a continuidade na política exterior do Brasil, identificando duas vertentes principais: participar ativamente do ordenamento mundial e tornar-se ator central no cenário internacional, tomando como importante referência o Mercosul e a construção de parcerias estratégicas - pautadas sobretudo no desenvolvimento econômico. As relações com a Argentina, da competição à integração, são destacadas na agenda de relações econômicas internacionais (mais) . O Brasil, nesse contexto, representa potência regional ante a América Latina e potência média ante o restante do mundo. Resumo em inglês The article highlights the continuity of the actions of the Brazilian external policy, identifying two main slopes: to participate actively in the world order and become a central actor in the international scenery, taking as important reference Mercosur and the construction of strategic partnerships - based mainly in the economic development. The relations with Argentina, from competition to integration, are outstanding in the agenda of international economic relations. (mais) In this context, Brazil represents a regional power in the ambit of Latin America, and a medium power in the ambit of the world.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Unipolaridade, governabilidade global e intervenção unilateral anglo-americana no Iraque

Viola, Eduardo; Leis, Héctor Ricardo
2004-12-01

Resumo em português As intervenções humanitárias (Bósnia 1995-2003, Somália 1992-1993, Kosovo 1999-2003) e de substituição de regimes ditatoriais (Haiti 1994, Afeganistão 2001-2003, Iraque 2003) na política internacional têm sido objeto de muitas controvérsias acadêmicas durante a última década. O presente artigo, à luz dos teóricos das relações internacionais e da ciência política, analisa a legitimidade dessas atitudes por meio do unilateralismo norte-americano. Resumo em inglês Humanitarian interventions (Bosnia, 1995-2003; Somalia, 1992-1993; Kosovo, 1999-2003) and the replacement of dictatorial regimes (Haiti, 1994; Afghanistan, 2001-2003; Iraq, 2003) in international politics have aroused much academic controversy throughout this past decade. This article analyzes, in light of the views of international relations and political science theorists, the legitimacy of such initiatives from the standpoint of the United States' unilateralism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

A trajetória de Henrique da Rocha Lima e as relações teuto-brasileiras (1901-1956)/ The career of Henrique da Rocha Lima and German-Brazilian relations (1901-1956)

Silva, André Felipe Cândido da
2010-06-01

Resumo em português A trajetória de Henrique da Rocha Lima vincula-se estreitamente às relações científicas e culturais entre Brasil e Alemanha. Seus trabalhos científicos foram produzidos em instituições de pesquisa biomédica dos dois países, mas foi na Alemanha que ele conquistou projeção internacional, graças a suas pesquisas nos campos da microbiologia, patologia e medicina tropical. Lastreado pelo prestígio e boa inserção nas comunidades científicas brasileira e alemã, (mais) contribuiu para o estreitamento do intercâmbio intelectual entre os dois países, mobilizando diversos personagens e instituições como pontos de apoio. Apresentam-se percalços e desafios impostos pelo estudo desse personagem complexo, cuja trajetória lança luz, a um só tempo, sobre os meandros das relações científicas internacionais e sobre processos sócio-históricos marcantes na institucionalização das ciências no Brasil. Resumo em inglês The career of Henrique da Rocha Lima is closely linked to cultural and scientific relations between Brazil and Germany. He pursued his scientific work at biomedical research institutions in both countries, but it was in Germany that he attained international standing, thanks to his research in the fields of microbiology, pathology and tropical medicine. His prestige and active participation in both Brazil's and Germany's scientific communities meant he was able to further (mais) academic interchange between both nations, mobilizing many people and institutions to contribute to this process. I present the obstacles and challenges faced in studying this complex character, whose career sheds light on the machinations of international scientific relations and some socio-historical processes that marked the institutionalization of science in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

O Direito Internacional repensado em tempos de ausências e emergências: a busca de uma tradução para o princípio da não-indiferença/ International Law reconceptualized in a time of absences and of emergency: the search for a translation to the Principle of Non-Indifference

Seitenfus, Ricardo Antônio da Silva; Zanella, Cristine Koehler; Marques, Pâmela Marconatto
2007-12-01

Resumo em português O presente artigo consiste na tentativa de buscar um traço comum às experiências africana e brasileira em relação àquele que vem sendo chamado, nas relações internacionais contemporâneas, Princípio da Não-Indiferença. A escolha se justifica por se tratar de um Princípio jovem, que enseja a revisão de alguns dos conceitos clássicos do Direito Internacional Tradicional, tais como a Não-Intervenção e a Soberania, carecendo, portanto, de teorização e reflexão que ampare sua aplicação. Resumo em inglês The article is an attempt to find a commonality among African and Brazilian experiences towards what is termed, in cotemporary International Relations, the Principle of Non-Indifference. The subject of analysis is chosen for its cutting edge quality and its challenge to some of Traditional International Law's concepts, such as Non-Intervention and Sovereignty Its novelty calls for reflection in its support.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Publicações científicas e as relações Norte-Sul: racismo editorial?/ North-South relations in scientific publications: editorial racism?

Victora, Cesar G; Moreira, Carmen B
2006-08-01

Resumo em português O objetivo do estudo foi comentar a possível existência de preconceito editorial entre editores de revistas científicas de países do Norte contra autores do Sul. Destacou-se que em estudo por métodos bibliométricos ficou evidenciada a existência de um importante desequilíbrio entre a produção científica de pesquisadores de países de alta renda ("Norte") e daqueles trabalhando em instituições de países de renda média ou baixa ("Sul"). Há uma percepção ge (mais) neralizada entre autores brasileiros de que, em parte, isso seria devido a preconceito de editores de revistas internacionais contra autores do Sul - 75% de uma amostra de 244 autores que responderam a inquérito acreditam que exista preconceito. Essa impressão é reforçada pela observação de uma minoria dos membros de conselhos editoriais das principais revistas na área de saúde proveniente do Sul. Embora o preconceito possa explicar parte do problema, há também questões especificas e remediáveis que podem aumentar a probabilidade de publicar no exterior. Essas incluem investir na qualidade do texto e da redação, e mostrar empatia com editores e leitores, sinalizando claramente a contribuição que o artigo pode trazer para a literatura internacional. Finalmente, é abordada a questão de onde publicar: em periódicos nacionais ou internacionais. Foram propostos seis tópicos que devem ser levados em conta nessa opção: idioma e público-alvo; tipo de contribuição ao conhecimento; capacidade de generalização; índice de citações; velocidade de publicação; e acesso livre. O aumento rápido de publicações brasileiras em periódicos internacionais mostra que o preconceito editorial, embora existente, pode ser efetivamente vencido por trabalhos com metodologia sólida e apresentação de qualidade. Resumo em inglês The aim of the present study was to comment on the possible existence of editorial prejudice among the editors of scientific journals from Northern countries against Southern authors. We highlight that a study using bibliometric methods documented an important imbalance in terms of the international scientific production of health researchers from high-income countries (the "North") and those from low and middle-income countries (the "South"). In a survey of Brazilian res (mais) earchers, three in every four blamed this imbalance, at least in part, on prejudice among international editors. This is supported by the fact that a very small percentage of editorial board members of international journals come from the South. Although prejudice can explain part of the imbalance, there are also specific measures that may increase the likelihood of a paper from the South being accepted in international journals. These include the need to invest in the quality of the written text, and to show empathy with editors and readers, emphasizing the contribution of the manuscript to the international literature. Finally, we discuss whether research carried out in the South should be published in national or international journals, and suggest that there are at least six dimensions to this choice. These include language and target audience; type of contribution to knowledge; generalizability; citation index; speed of publication; and open access. The rapid growth in the number of Brazilian contributions to the international health literature shows that editorial prejudice, although often present, can be effectively offset by research with solid methodology and good-quality presentation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Publicações científicas e as relações Norte-Sul: racismo editorial?/ North-South relations in scientific publications: editorial racism?

Victora, Cesar G; Moreira, Carmen B
2006-08-01

Resumo em português O objetivo do estudo foi comentar a possível existência de preconceito editorial entre editores de revistas científicas de países do Norte contra autores do Sul. Destacou-se que em estudo por métodos bibliométricos ficou evidenciada a existência de um importante desequilíbrio entre a produção científica de pesquisadores de países de alta renda ("Norte") e daqueles trabalhando em instituições de países de renda média ou baixa ("Sul"). Há uma percepção ge (mais) neralizada entre autores brasileiros de que, em parte, isso seria devido a preconceito de editores de revistas internacionais contra autores do Sul - 75% de uma amostra de 244 autores que responderam a inquérito acreditam que exista preconceito. Essa impressão é reforçada pela observação de uma minoria dos membros de conselhos editoriais das principais revistas na área de saúde proveniente do Sul. Embora o preconceito possa explicar parte do problema, há também questões especificas e remediáveis que podem aumentar a probabilidade de publicar no exterior. Essas incluem investir na qualidade do texto e da redação, e mostrar empatia com editores e leitores, sinalizando claramente a contribuição que o artigo pode trazer para a literatura internacional. Finalmente, é abordada a questão de onde publicar: em periódicos nacionais ou internacionais. Foram propostos seis tópicos que devem ser levados em conta nessa opção: idioma e público-alvo; tipo de contribuição ao conhecimento; capacidade de generalização; índice de citações; velocidade de publicação; e acesso livre. O aumento rápido de publicações brasileiras em periódicos internacionais mostra que o preconceito editorial, embora existente, pode ser efetivamente vencido por trabalhos com metodologia sólida e apresentação de qualidade. Resumo em inglês The aim of the present study was to comment on the possible existence of editorial prejudice among the editors of scientific journals from Northern countries against Southern authors. We highlight that a study using bibliometric methods documented an important imbalance in terms of the international scientific production of health researchers from high-income countries (the "North") and those from low and middle-income countries (the "South"). In a survey of Brazilian res (mais) earchers, three in every four blamed this imbalance, at least in part, on prejudice among international editors. This is supported by the fact that a very small percentage of editorial board members of international journals come from the South. Although prejudice can explain part of the imbalance, there are also specific measures that may increase the likelihood of a paper from the South being accepted in international journals. These include the need to invest in the quality of the written text, and to show empathy with editors and readers, emphasizing the contribution of the manuscript to the international literature. Finally, we discuss whether research carried out in the South should be published in national or international journals, and suggest that there are at least six dimensions to this choice. These include language and target audience; type of contribution to knowledge; generalizability; citation index; speed of publication; and open access. The rapid growth in the number of Brazilian contributions to the international health literature shows that editorial prejudice, although often present, can be effectively offset by research with solid methodology and good-quality presentation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

ONU e segurança coletiva no século XXI: tensões entre autoridade política e exercício efetivo da coerção/ UN and collective security in the 21st century: tensions between political authority and the effective exercise of coercitive power

Lopes, Dawisson Belém; Casarões, Guilherme Stolle Paixão e
2009-04-01

Resumo em português Este artigo argumenta ser plausível atribuir à Organização das Nações Unidas a condição de importante lócus de autoridade política das relações internacionais contemporâneas, a despeito de sua flagrante dificuldade em fazer cumprir, por via da violência organizada, parcela significativa de suas determinações - sobretudo, no que toca às questões de segurança coletiva. Para tanto, oferece-se aqui uma nova abordagem da crise institucional desencadeada pela invasão anglo-americana do Iraque, em 2003. Resumo em inglês This essay argues it is plausible to attribute to the United Nations organization the condition of important locus of political authority in contemporary international relations, despite its flagrant difficulty in enforcing, by means of organized violence, significant parcel of its determinations - especially those related to collective security issues. We hereby offer a new account of the institutional crisis brought about by Anglo-American invasion of Iraq in 2003.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Ecologia política, movimentos ambientalistas e contestação transnacional na América Latina/ Political ecology, environmentalist moviments and transnational contestation in Latin America/ L'écologie politique, les mouvements environnementaux et la contestation transnationale en Amérique Latine

Milani, Carlos R. S.
2008-08-01

Resumo em português Os anos pós-Guerra Fria possibilitam uma renovação do debate latino-americano sobre as tensões entre meio ambiente, ética e política internacional. Defensores da idéia de que as relações internacionais emergem exclusivamente da interação entre entidades políticas soberanas e independentes contrapõem-se aos que sustentam a centralidade na agenda ecopolítica de muitos outros atores para além do Estado. Ou seja, os princípios da soberania incondicionada e da (mais) não-ingerência ordenadores tradicionais do sentido das "relações internacionais" são questionados pela crescente transnacionalização das reivindicações, por redes e movimentos ambientalistas, de condutas éticas e responsáveis no campo ambiental. É com base nesses pressupostos que o presente artigo se estrutura em duas partes: (1) uma discussão sobre o processo de internacionalização da problemática ambiental e das tensões contemporâneas entre meio ambiente, ética e política internacional na América Latina; (2) uma análise dos questionamentos trazidos pelo campo do ambientalismo latino-americano operando no seio da contestação transnacional do Fórum Social Mundial. Resumo em inglês In the aftermath of the Cold War, there has been a renewal in the Latin American academic debate on tensions between environmental protection, ethics and international politics. Those who defend the idea that international relations stem from an exclusive interaction between sovereign and independent political entities are confronted with those who reaffirm the relevance of many other players beyond the state in the global ecopolitics. That means that the tenets of uncond (mais) itioned sovereignty and non-intervention, which have traditionally built the sense of 'international relations', are questioned by the growing transnationalization of political demands by environmental movements in favor of ethical and responsible patterns of action and behavior. Rooted in these premises, the present article is structured in two parts: (1) a discussion on the process of internationalization of the environmental problematique, and contemporary tensions between environment, ethics, and international politics in Latin America; (2) an analysis of political demands by Latin American environmental movements associated with transnational antiglobalization contention in the World Social Forum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Democracia cosmopolita versus política internacional/ Cosmopolitan democracy versus international politics

Villa, Rafael Duarte; Tostes, Ana Paula Baltasar
2006-01-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é mostrar os pontos de tensão, as hipóteses fortes e as teses otimistas e/ou pessimistas que perpassam os vínculos entre o modelo westphaliano internacional de soberania, a democratização do sistema internacional e a sociedade civil internacional. O artigo contém quatro partes: na primeira, recupera-se a discussão clássica sobre democracia e relações internacionais; na segunda, trata-se das relações entre globalização e democracia; n (mais) a terceira, as tensões entre democracia (transnacional) e as novas noções de representação; finalmente, mostram-se os pontos críticos da visão celebratória da sociedade civil internacional pregada pelas teorias cosmopolitas da democracia. Resumo em inglês This paper intends to show the points of tension, strong hypothesis, and optimistic and/or pessimistic thesis which go through the connections between the Westphalian international model of sovereignty, the democratization of the international system, and the international civil society. This article has four parts. First, we review the classical debate about democratization and international relations. Second, we address the relations between globalization and democracy. (mais) The third part is dedicated to the tensions between transnational democracy and new notions of representation. Finally, we pin-point the critical aspects of the celebratory vision of the international civil society, as advocated by the cosmopolitan theories of democracy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

O papel de síntese da escola de Copenhague nos estudos de segurança internacional/ The synthesis made by the copenhagen school in international security studies

Duque, Marina Guedes
2009-12-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é analisar a contribuição da Escola de Copenhague para os estudos de segurança internacional, por meio do exame de sua relação com as teorias das Relações Internacionais e seus desdobramentos no campo de segurança internacional. Para cumpri-lo, realiza-se uma breve contextualização da literatura acadêmica mainstream dos estudos de segurança desde a gênese do campo, com vistas a melhor se compreender o impacto do construtivismo na áre (mais) a a partir da década de 1990. Posteriormente, procede-se a uma breve revisão dos debates realizados tanto entre racionalistas e construtivistas como entre as variações do construtivismo, com vistas a situar o trabalho do grupo de Copenhague nas discussões da área. Apresenta-se, por fim, um panorama da produção da Escola de Copenhague, sustentado em dois eixos principais: (a) as contribuições que mais se destacaram; e (b) os debates suscitados, com as críticas recebidas e as respostas fornecidas pelos autores. Conclui-se que uma das principais contribuições dos autores de Copenhague para os estudos de segurança internacional diz respeito ao papel de síntese de seu trabalho em relação aos debates mais amplos realizados no campo de teoria das Relações Internacionais e ao debate sobre segurança internacional no pós-Guerra Fria. Resumo em inglês The objective of this article is to analyze the contribution made by the Copenhagen School to international security studies, by examining its relation with international relations theories and theories in the field of international security. Firstly, I review briefly mainstream academic literature in security studies since its genesis, with a view to understanding the impact of constructivism on the field since the 1990s. Secondly, I proceed to a brief revision of the de (mais) bates involving not only rationalists and constructivists but also different variants of constructivism, with the purpose of situating the work of the Copenhagen authors in the epistemological debates in the field of international relations. Lastly, I present a panorama of the work undertaken by the Copenhagen School, based on two main axes: (a) its main innovations; and (b) the debates evoked by its work, i.e. the critics received and the answers given by the authors. I conclude that one of the main contributions of the Copenhagen authors to international security studies corresponds to the role of synthesis of its work regarding not only wider debates undertaken in the field of international relations theory but also the post-Cold War debate about international security.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

O aprofundamento das relações do Brasil com os países do Oriente Médio durante os dois choques do petróleo da década de 1970: um exemplo de ação pragmática/ Intensifying Brazil's relations with Middle East countries during the two oil crises of the 70's: an example of a pragmatic action

Santana, Carlos Ribeiro
2006-12-01

Resumo em português A intensificação da aproximação com o Oriente Médio, a qual preencheu certos vazios diplomáticos da atuação brasileira, está associada à crise energética da primeira metade da década de 1970 e ao projeto nacional de desenvolvimento econômico. Diante da alta do preço do petróleo, garantir o seu fornecimento consistia questão crucial para o país. A política externa da época inseriu-se no conteúdo da ação pragmática segundo a qual o relacionamento dipl (mais) omático deveria ser intensificado à medida em que crescia a sangria de divisas com a importação de petróleo, o que contribuiu para ampliar o leque das relações internacionais do país naquela região. Resumo em inglês Faced with the energy crises of the 70's Brazil pursued a natural model of economic development that led to strengthening its ties with the Middle East, which filled a certain diplomatic vacuum in Brazil's foreign policy. With high oil prices, securing its supplies was a crucial issue to the country. In an international context that forced Brazil to strengthen its political ties with the Middle East, foreign policy action was then geared to pragmatic ends, which meant tha (mais) t diplomatic relation should be intensified as foreign exchange losses grew with oil imports, something which contributed to the diversification of Brazil's relations with the countries in that region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

O Brasil e a ideia de "América Latina" em perspectiva histórica/ Brazil and the idea of "Latin America" in historical perspective

Bethell, Leslie
2009-12-01

Resumo em português Este ensaio sobre a história das ideias e a história das relações internacionais examina as origens do conceito de "América Latina" e discute o fato de que nem os intelectuais hispano-americanos e brasileiros, nem os governos hispano-americanos e brasileiros consideravam o Brasil parte da "América Latina" - expressão que se referia somente à América Espanhola - pelo menos até a segunda metade do século XX, quando os Estados Unidos e o resto do mundo exterior co (mais) meçaram a pensar o Brasil como parte integrante de uma região chamada "Latin America". Mesmo agora, os governos brasileiros e os intelectuais brasileiros, exceto talvez da esquerda, continuam sem convicção profunda de que o Brasil é parte da América Latina. Resumo em inglês This essay in the history of ideas and the history of international relations examines the origins of the concept "América Latina", and argues that neither Spanish American nor Brazilian intellectuals, and neither Spanish American nor Brazilian governments considered Brazil part of "América Latina" - which generally referred to Spanish America only - at least until the second half of the 20th century, when the United States, and the rest of the outside world, began to t (mais) hink of Brazil as an integral part of a region called "Latin America". Even now Brazilian governments and Brazilian intellectuals, except perhaps on the Left, had no deep engagement with Latin America.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

O nomos e a lei: considerações sobre o realismo político em Carl Schmitt

Ferreira, Bernardo
2008-12-01

Resumo em português O artigo aborda o tema do realismo político no pensamento de Carl Schmitt, à luz de suas reflexões sobre o direito e a história da política internacional no mundo moderno. Para tanto, o texto analisa sua narrativa sobre a constituição da ordem das relações internacionais a partir do século XVI, apresentada no livro Der Nomos der Erde im Völkerrecht des Jus Publicum Europaeum (O Nomos da Terra no Direito Internacional do Jus Publicum Europaeum). Essa análise bu (mais) sca pôr em evidência a maneira como Carl Schmitt concebe a relação entre direito e realidade na época moderna e, com isso, pretende apresentar uma imagem do seu realismo político que leve em conta algumas de suas premissas históricas e filosóficas. Resumo em inglês The article deals with the political realism theme in the way of thinking of Carl Schmitt, in the light of his reflections on law and history of international politics in the modern world. For that purpose, the text analyses his narrative on the establishment of international relations order from the sixteenth century, as presented in the book Nomos der Erde im Völkerrecht des Jus Publicum Europaeum (The Nomos of the Earth in the International Law of Jus Publicum Europae (mais) um). This analyses looks forward to place in evidence the way Carl Schmitt conceives the relation between modern age law and reality, and, by this, intends to present an image of his political realism that takes into account some of his historical and philosophical premises

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Famílias palestinas no extremo sul do Brasil e na diáspora: experiências identitárias e aduaneiras/ Palestinian families in the extreme south of Brazil and in the diaspora: experiences of border-crossing and identity

Jardim, Denise Fagundes
2007-12-01

Resumo em português Nos parágrafos a seguir, para refletir sobre temas como a "identidade palestina" ou "a família árabe", tentarei demonstrar, a partir do estudo etnográfico de famílias morando em Chuí, o quanto a identidade territorial tem a ver com aspectos da vida familiar. Entre viagens de retorno (que introduzem jovens "brasileiros" no convívio com primos, tios e tias na Palestina), relações familiares (na diáspora, vínculos travados na cidade de Chuí e outras localidades n (mais) o Brasil e no exterior), e acontecimentos internacionais recentes -- não será uma única explicação que dará a entender a recriação e a pertinência de uma identidade social calcada no reconhecimento de uma origem e um destino comum. Resumo em inglês In the following paragraphs, to investigate themes such as "Palestinian identity" or "the Arab family", and drawing on an ethnographic study of families living in Chui, I intend to demonstrate the extent to which territorial identity is intermingled with aspects of family life. Between "return trips" (that introduce young Brazilians to the daily life of cousins, aunts and uncles in Palestine), family relations (in the diaspora, relations forged in the city of Chui and oth (mais) er places in Brazil and abroad), and recent international events - there is no single element that can explain the re-creation and the relevance of a social identity based on the recognition of a common origin and destiny.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

A resiliência do Estado Nacional diante da globalização/ The resilience of the Nation State to globalization

Ricupero, Rubens
2008-04-01

Resumo em português Apesar da literatura sobre o recente enfraquecimento de funções básicas do Estado Nacional por obra da globalização, o Estado-nação vem demonstrando admirável resiliência, isto é, flexibilidade e capacidade de adaptação às mudanças. Partindo da perspectiva das relações internacionais, o artigo realiza levantamento da geografia política do mundo contemporâneo, indicando as razões que levaram à criação, no século XX, de nada menos de 150, do total de (mais) cerca de duzentos Estados existentes. Analisa o caráter ambivalente dos fatores de mudança, nem sempre no sentido do enfraquecimento do Estado, e se detém no caso da União Européia, única exceção de êxito na construção, ainda incompleta, de configuração pós-nacional. Resumo em inglês Notwithstanding recent studies about the alleged weakening of some basic functions of nation-states on account of globalization, national states have been showing remarkable resiliency, that is, flexibility and adaptability to change. Starting from the perspective of international relations, the article undertakes a review of contemporary world’s political geography, pointing out some of the reasons that explain the creation, during the XXth century, of 150 out of a tota (mais) l number of 200 existing national states. It analyses the ambivalent nature of some of the forces for change, not always towards national state weakening, and devotes special attention to the European Union, the only example of a still unfinished construction of a post-national configuration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Processo ensino-aprendizagem na residência médica/ The teaching-learning process in medical residency

Botti, Sérgio Henrique de Oliveira; Rego, Sergio
2010-03-01

Resumo em português A comunidade científica nacional e internacional discute muito sobre o ensino médico e o equilíbrio entre conhecimento científico, raciocínio clínico, desenvolvimento de habilidades práticas, formação do caráter e profissionalismo. Entretanto, em nosso meio, o processo ensino-aprendizagem é pouco estudado durante a residência médica. Pretendemos descrever as relações da ciência da aprendizagem com o ensino durante a residência médica. Analisamos essa int (mais) erface em publicações nacionais e internacionais da área da educação em geral, da educação mé dica e da residência no período compreendido entre 1997 e 2007, mostrando os pressupostos da aprendizagem importantes no desenvolvimento do raciocínio clínico, no ensino de habilidades e na aquisição de competências indispensáveis à formação do residente. Resumo em inglês The Brazilian and international scientific communities have engaged in extensive debate on the balance between scientific knowledge, clinical reasoning, development of practical skills, character-building, and professionalism. However, the teaching-learning process during medical residency has received little research attention in Brazil. This article aims to describe the relations between the science of learning and teaching during medical residency. We analyze this inte (mais) rface in Brazilian and international publications (1997-2007) from the field of education in general, medical education, and medical residency, demonstrating the important learning assumptions in the development of clinical reasoning, teaching of skills, and acquisition of indispensable competencies for the resident's training.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Por que ler Hobbes como um teórico de segurança internacional?/ Why read Hobbes as a theorist of international security?

Walker, R. B. J
2010-06-01

Resumo em português Thomas Hobbes tornou-se uma figura canônica para teorias de segurança internacional, ainda que seus escritos digam relativamente pouco acerca do que chamaríamos hoje de um sistema internacional. Este artigo sugere que Hobbes permanece importante para a análise de segurança internacional, assim como para a teoria política de modo mais geral, não por desenvolver qualquer teoria coerente de Relações Internacionais, mas sim porque sua consideração sobre a soberania (mais) de Estados particulares exige uma análise sobre as condições de possibilidade externas de tais Estados. Uma política após Hobbes precisa tratar dos efeitos constitutivos de sua filosofia da história particular. Assim, este artigo propõe uma leitura política de Hobbes, a qual enfatiza sua importância para o pensamento da política moderna e de suas condições de possibilidade; de suas origens e limites, que são também nossas origens e limites enquanto sujeitos modernos. Resumo em inglês Thomas Hobbes has become a canonical figure for theories of international security even though his writings say relatively little about what we would now call an international system. This paper suggests that Hobbes remains important for the analysis of international security, as well as for political theory more generally, not because he advances any coherent theory of international relations but because his account of the sovereignty of particular states requires an acc (mais) ount of the external conditions of possibility of such states. Politics after Hobbes needs to get to grips with the constitutive effects of his particular philosophy of history. Thus, this paper proposes a political reading of Hobbes that emphasizes his importance for thought about modern politics and its conditions of possibility; about its origins and limits that are also our origins and limits as modern subjects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Medicinas Alternativas e Complementares: uma metassíntese/ Complementary and Alternative Medicines: a meta-synthesis

Spadacio, Cristiane; Castellanos, Marcelo Eduardo Pfeiffer; Barros, Nelson Filice de; Alegre, Sarah Monte; Tovey, Philip; Broom, Alex
2010-01-01

Resumo em português O aumento do uso de Medicinas Alternativas e Complementares (MAC) motivou o crescimento do número de estudos qualitativos sobre o tema, justificando a realização de sínteses sobre esse material. Este artigo apresenta uma revisão sistemática de pesquisas qualitativas sobre MAC publicadas em periódicos internacionais. Esta revisão se orientou pela metodologia dos metaestudos. Foi realizada busca em revistas do Portal Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento (mais) de Pessoal de Nível Superior e foram selecionados 32 artigos para análise. Os estudos revisados apresentam questões que têm como foco: o paciente, suas experiências terapêuticas e seus contextos sociais e culturais; o profissional, as relações profissionais e o processo de profissionalização das MAC; a MAC e sua relação com a biomedicina. Conclui-se que as pesquisas qualitativas sobre as MAC ensejam um olhar exploratório sobre o tema, procurando identificar as experiências de pacientes e profissionais com essas terapêuticas, assim como buscam discutir as conseqüências desse uso para a Medicina Convencional ou biomedicina. Resumo em inglês The growing use of Complementary and Alternative Medicines (CAM) has led to an increase in the number of qualitative studies on the subject, thus justifying a meta-synthesis of the resulting material. The current article presents a systematic review of qualitative studies on CAM published in international journals. The review was conducted according to the meta-synthesis methodology. A search was performed in journals through the Periodicals Periodical of CAPES, the Natio (mais) nal Agency for the Evaluation of Graduate Studies, and 32 articles were selected for analysis. The reviewed studies raise questions focusing on: patients, their therapeutic experiences, and their social and cultural contexts; professionals, professional relations, and the process of professionalization of CAM; and CAM and their relationship to biomedicine. The article concludes that qualitative studies on CAM call for an exploratory view of the theme, seeking to identify the experiences of patients and professionals with these therapies and discussing the impact of their use on conventional medicine or biomedicine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Medicinas Alternativas e Complementares: uma metassíntese/ Complementary and Alternative Medicines: a meta-synthesis

Spadacio, Cristiane; Castellanos, Marcelo Eduardo Pfeiffer; Barros, Nelson Filice de; Alegre, Sarah Monte; Tovey, Philip; Broom, Alex
2010-01-01

Resumo em português O aumento do uso de Medicinas Alternativas e Complementares (MAC) motivou o crescimento do número de estudos qualitativos sobre o tema, justificando a realização de sínteses sobre esse material. Este artigo apresenta uma revisão sistemática de pesquisas qualitativas sobre MAC publicadas em periódicos internacionais. Esta revisão se orientou pela metodologia dos metaestudos. Foi realizada busca em revistas do Portal Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento (mais) de Pessoal de Nível Superior e foram selecionados 32 artigos para análise. Os estudos revisados apresentam questões que têm como foco: o paciente, suas experiências terapêuticas e seus contextos sociais e culturais; o profissional, as relações profissionais e o processo de profissionalização das MAC; a MAC e sua relação com a biomedicina. Conclui-se que as pesquisas qualitativas sobre as MAC ensejam um olhar exploratório sobre o tema, procurando identificar as experiências de pacientes e profissionais com essas terapêuticas, assim como buscam discutir as conseqüências desse uso para a Medicina Convencional ou biomedicina. Resumo em inglês The growing use of Complementary and Alternative Medicines (CAM) has led to an increase in the number of qualitative studies on the subject, thus justifying a meta-synthesis of the resulting material. The current article presents a systematic review of qualitative studies on CAM published in international journals. The review was conducted according to the meta-synthesis methodology. A search was performed in journals through the Periodicals Periodical of CAPES, the Natio (mais) nal Agency for the Evaluation of Graduate Studies, and 32 articles were selected for analysis. The reviewed studies raise questions focusing on: patients, their therapeutic experiences, and their social and cultural contexts; professionals, professional relations, and the process of professionalization of CAM; and CAM and their relationship to biomedicine. The article concludes that qualitative studies on CAM call for an exploratory view of the theme, seeking to identify the experiences of patients and professionals with these therapies and discussing the impact of their use on conventional medicine or biomedicine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Diplomacia e política doméstica: a lógica dos jogos de dois níveis/ Diplomacy and domestic politics: the logic of the two-level games/ La diplomatie et la politique intérieure: la logique du jeu de deux niveaux

Putnam, Robert D.
2010-06-01

Resumo em português A política doméstica e as relações internacionais com freqüência são inextricavelmente vinculadas; todavia, as teorias existentes (particularmente as estatocêntricas) não levam adequadamente em considerações tais vínculos. Quando os líderes nacionais devem obter as ratificações (formais ou informais) dos membros de seus parlamentos para um acordo internacional, seus comportamentos em negociações refletem os imperativos simultâneos tanto de um jogo de pol (mais) ítica doméstica quanto de um jogo de política internacional. Usando exemplos de cúpulas econômicas ocidentais, das negociações do Canal do Panamá e do Tratado de Versalhes, dos programas de estabilização do Fundo Monetário Internacional, da Comunidade Européia e de muitos outros contextos diplomáticos, o artigo oferece uma teoria da ratificação. Ele enfatiza o papel das preferências, coalizões, instituições e práticas domésticas, das estratégias e táticas dos negociadores, da incerteza, das reverberações domésticas das pressões externas e o papel dos interesses do negociador-chefe. Essa teoria de "jogos de dois níveis" também pode ser aplicável a muitos outros fenômenos políticos, tais como a dependência, os comitês legislativos e as coalizões multipartidárias. Resumo em inglês Domestic politics and international relations are often inextricably entangled, but existing theories (particularly state-centric theories) do not adequately account for these linkages. When national leaders must win ratification (formal or informal) from their constituents for an international agreement, their negotiating behavior reflects the simultaneous imperatives of both a domestic political game and an international game. Using illustrations from Western economic s (mais) ummitry, the Panama Canal and Versailles Treaty negotiations, IMF stabilization programs, the European Community, and many other diplomatic contexts, this article offers a theory of ratification. It addresses the role of domestic preferences and coalitions, domestic political institutions and practices, the strategies and tactics of negotiators, uncertainty, the domestic reverberation of international pressures, and the interests of the chief negotiator. This theory of "two-level games" may also be applicable to many other political phenomena, such as dependency, legislative committees, and multiparty coalitions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

"Nosso Darfur, Darfur deles": a política desviante do Sudão e a nascente "limpeza étnica" em uma emergente anarquia Africana/ "Our Darfur, their Darfur": Sudan's politics of deviance and the rising "ethnic-cleansing" in an African emerging anarchy

Badmus, Isiaka Alani
2008-08-01

Resumo em português Este artigo analisa a atual guerra civil na região oeste da República do Sudão (RS), em Darfur, dentro do contexto mais amplo da antiga crise de governo do país no âmbito nacional, que é condicionada pelas políticas desiguais do Estado central e de sua elite árabe dominante. Usando o que Frost (1996) identificou como conjunto de normas "estabelecidas" nas relações internacionais para investigar as condutas do Sudão na política doméstica e na política interna (mais) cional, este trabalho conclui que Cartum é culpada por graves comportamentos impróprios e violações do direito internacional humanitário. Esses comportamentos desviantes, atrelados a sua busca para estabelecer um Estado teocrático e exportar sua ideologia radical, opuseram a RS à comunidade internacional. Baseando-se nos atuais engajamentos militares de Cartum e em operações similares anteriores, este estudo defende que, para que o Sudão consiga superar a presente dificuldade política, seus governantes devem, com sinceridade de propósito, abandonar suas políticas desequilibradas e dar preferência àquelas inclusivas, abertas a todas as formações étnicas no país. Na análise final, é argumentado que isto só pode ter sentido dentro de um contexto de melhores condições socioeconômicas, pois, stricto sensu, requer o apoio econômico ao Sudão por parte da África e da comunidade internacional em geral. Resumo em inglês This article analyses the current civil war in the Republic of the Sudan's (RoS) western region of Darfur within the broad context of the country's age-old crisis of governance at the national level; conditioned by the inequitable State's policies of the central state and its dominant Arab elite. Using Frost's (1996) identified "settled" body of norms in international relations to probe Sudan's conducts in domestic and international politics, this paper found Khartoum gui (mais) lty of gross misconducts and violations of international humanitarian law. These deviant behaviours, rooted in its quest to establish a theocratic state and export its radical ideology overseas, have pitted the RoS with the wider international community. Drawing from Khartoum's current military engagements in Darfur and previous similar operations, this study contends strongly that for Sudan to come out of its present political hiccup, its rulers must jettison its lopsided policies in peference for the ones that are inclusive of all ethnic formations in the country with sincerity of purpose. In the final analysis, it is argued that this can only becomes meaningful within the context of improved socio-economic conditions. This, stricto sensus, calls for the Africa's development partners and the wider international community's economic support to Sudan.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Constituição brasileira, direitos humanos e educação/ The Brazilian Constitution, human rights and education/ Constitución brasileña, derechos humanos y educación

Fischmann, Roseli
2009-04-01

Resumo em português O tema da 31ª Reunião Anual da ANPEd celebra os 20 anos da Constituição brasileira, os 60 da Declaração Universal dos Direitos Humanos e os entrelaçamentos de ambos com a educação. Esses documentos jurídicos magnos, um internacional e outro nacional, têm em comum o fato de haverem sido elaborados em momentos pósruptura, e o de atribuir destacado papel à educação na reconstrução democrática. Há a considerar também dois processos no campo jurídico: o de (mais) internacionalização e o de internalização dos direitos humanos. A Constituição brasileira de 1988 e as leis complementares, principalmente as Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB, lei n. 9.394/96), têm relações importantes com a Declaração Universal dos Direito Humanos e documentos internacionais correlatos. É caminho de mão dupla: a Constituição resultou de processos e desencadeou dinâmicas que se aproveitaram do acúmulo internacional na compreensão jurídica e do sistema internacional de proteção dos direitos humanos, tiveram também influência no campo internacional. Resumo em espanhol El tema de la 31ª Reunión Anual de la ANPEd celebra los 20 años de la Constitución brasileña, los 60 años de la Declaración Universal de los Derechos Humanos y los entrelazamientos de ambos con la educación. Esos documentos jurídicos magnos, uno internacional y otro nacional, tienen en común el hecho de haber sido elaborados en momentos de postruptura, y el de atribuir destacado papel a la educación en la reconstrucción democrática. Hay que considerar tambié (mais) n dos procesos en el campo jurídico: el de internacionalización y el de internalización de los derechos humanos. La Constitución Brasileña de 1988 y las leyes complementares, principalmente las Directrices y Bases de la Educación Nacional (ley n. 9.394/96), tienen relaciones importantes con la Declaración Universal de los Derechos Humanos y documentos internacionales correlatos. Es un camino de mano dupla: la Constitución resultó de procesos y desencadenó dinámicas que se aprovecharon del acúmulo internacional en la comprensión jurídica y del sistema internacional de protección de los derechos humanos, tuvieron también influencia en el campo internacional. Resumo em inglês The 31st Annual Meeting of ANPEd celebrated the 20th Anniversary of the Brazilian Constitution, the 60th anniversary of the Universal Declaration of Human Rights, and their connections with education. As common points, these documents - one national and other international - were elaborated in moments of post-rupture, and both also gave a special role to education in the process of democratic reconstruction. The text seeks to reflect on this, taking the role of education (mais) in the internationalization and also in the internalization of human rights. The Brazilian Constitution of 1988 and complementary laws, like law n. 9.394/96, have important relations with the Universal Declaration of Human Rights and related international documents; however, it is not one-way track, the Brazilian Constitution was a result of processes and set in motion dynamics which profited from the accumulation of international juridical understanding and also the international system for the protection of human rights, and also ended up by influencing the international debate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

À sombra de Charles de Gaulle: uma diplomacia carismática e intransferível. A política externa do governo Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010)

Ricupero, Rubens
2010-07-01

Resumo em português O artigo avalia avanços e retrocessos na atuação do governo Lula no campo da política externa. De um lado, fatores como a estabilização econômica e política do país, em curso desde a redemocratização, ampliaram naturalmente a inserção do Brasil no cenário mundial. De outro, ainda que bem-sucedido em aproveitar esse capital político, o governo Lula parece tender a um estilo carismático e ideológico em suas ações de política externa, colocando em risco o caráter necessariamente institucional e impessoal da diplomacia. Resumo em inglês The article analysis Lula's foreign policy. In the one hand, both political and economic stabilization in course since the end of the military government ("redemocratização") have naturally intensified Brazil's role as a global player. In the other hand, even though his government has been able to take advantage of this condition, Lula's charismatic and ideological approach to foreign policy could be a risk for the impersonal and institutional qualities that characterizes international relations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Violência contra idosos: relevância para um velho problema/ Violence against the elderly: the relevance of an old health problem

Minayo, Maria Cecília de Souza
2003-05-01

Resumo em português Este artigo apresenta dados sobre mortalidade e morbidade em idosos brasileiros por "causas externas", bem como uma revisão da literatura nacional e internacional sobre o tema. As informações referem-se ao período de 1980 a 1998. Como fontes principais, utilizaram-se bancos do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informações Hospitalares (SIH-SUS). Avaliou-se a causa básica dos óbitos segundo a 9ª revisão da Classificação Internacional (mais) de Doenças (CID9), de 1980 até 1995; e de acordo com a 10ª revisão, a partir de então. A revisão da literatura nacional e internacional teve por base textos do MEDLINE; do LILACS e do Informa. Acidentes e violências são a sexta causa de morte de idosos com 60 anos de idade ou mais no Brasil. A maioria das internações por causas externas são devidas a lesões e traumas provocados por quedas e atropelamentos. As violências contra idosos, porém, são muito mais abrangentes e disseminadas no país, evidenciando-se em abusos físicos, psicológicos, sexuais e financeiros e em negligências que não chegam aos serviços de saúde: ficam 'naturalizadas', sobretudo, no cotidiano das relações familiares e nas formas de negligência social e das políticas públicas. Resumo em inglês This article presents data on morbidity and mortality due to "external causes" among the Brazilian elderly and a review of the Brazilian and international literature on the theme. The data refer to the period from 1980 to 1998. The main sources were the Mortality Information System (SIM) and the Hospital Information System of the Unified National Health System (SIH-SUS). The basic cause of death was evaluated according to the 9th Review of the International Classification (mais) of Diseases (ICD9) for 1980 to 1995 and based on the 10th Review since then. The Brazilian and international literature review was based on texts from MEDLINE, LILACS, and Informa. Accidents and violence are the 6th most common cause of death among individuals 60 years of age and older in Brazil. The majority of hospitalizations from external causes involve lesions from falls and injuries to older pedestrians by motor vehicles. However, violence against elderly Brazilians is more widespread and varied than this, as reflected by cases of physical, psychological, sexual, and financial abuse and neglect that fail to reach the health care system; rather, such cases are "taken for granted", seen as basically natural within the daily routine of family relations and various forms of social and public policy neglect.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Violência contra idosos: relevância para um velho problema/ Violence against the elderly: the relevance of an old health problem

Minayo, Maria Cecília de Souza
2003-06-01

Resumo em português Este artigo apresenta dados sobre mortalidade e morbidade em idosos brasileiros por "causas externas", bem como uma revisão da literatura nacional e internacional sobre o tema. As informações referem-se ao período de 1980 a 1998. Como fontes principais, utilizaram-se bancos do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informações Hospitalares (SIH-SUS). Avaliou-se a causa básica dos óbitos segundo a 9ª revisão da Classificação Internacional (mais) de Doenças (CID9), de 1980 até 1995; e de acordo com a 10ª revisão, a partir de então. A revisão da literatura nacional e internacional teve por base textos do MEDLINE; do LILACS e do Informa. Acidentes e violências são a sexta causa de morte de idosos com 60 anos de idade ou mais no Brasil. A maioria das internações por causas externas são devidas a lesões e traumas provocados por quedas e atropelamentos. As violências contra idosos, porém, são muito mais abrangentes e disseminadas no país, evidenciando-se em abusos físicos, psicológicos, sexuais e financeiros e em negligências que não chegam aos serviços de saúde: ficam 'naturalizadas', sobretudo, no cotidiano das relações familiares e nas formas de negligência social e das políticas públicas. Resumo em inglês This article presents data on morbidity and mortality due to "external causes" among the Brazilian elderly and a review of the Brazilian and international literature on the theme. The data refer to the period from 1980 to 1998. The main sources were the Mortality Information System (SIM) and the Hospital Information System of the Unified National Health System (SIH-SUS). The basic cause of death was evaluated according to the 9th Review of the International Classification (mais) of Diseases (ICD9) for 1980 to 1995 and based on the 10th Review since then. The Brazilian and international literature review was based on texts from MEDLINE, LILACS, and Informa. Accidents and violence are the 6th most common cause of death among individuals 60 years of age and older in Brazil. The majority of hospitalizations from external causes involve lesions from falls and injuries to older pedestrians by motor vehicles. However, violence against elderly Brazilians is more widespread and varied than this, as reflected by cases of physical, psychological, sexual, and financial abuse and neglect that fail to reach the health care system; rather, such cases are "taken for granted", seen as basically natural within the daily routine of family relations and various forms of social and public policy neglect.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Um novo futuro

Barros, Luiz Carlos Mendonça de
2008-07-01

Resumo em português Para explicar o dinamismo da economia brasileira nos últimos anos, é preciso entender as mudanças na economia mundial, principalmente na Ásia. A incorporação de quase um bilhão de asiáticos à economia de mercado provocou uma alteração profunda nas relações de preços entre produtos industriais e commodities agrícolas e minerais, em favor destes últimos. Essa nova dinâmica de preços nos mercados mundiais provocou uma mudança nas contas de nosso comércio exterior, com o aparecimento, a partir de 2004, de saldos comerciais elevadíssimos. Resumo em inglês To understand the dynamics of Brazilian economy in recent years, one has to assimilate the changes in the world economy, mainly in Asia. The incorporation of almost a billion of Asians into the market economy led to a profound change in the relations of prices between industrial products and mineral and agricultural commodities, in favour of the latter. This new dynamic of prices in international markets had an impact over our external commerce, resulting, since 2004, in very high incomes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Participação dos trabalhadores nos lucros e resultados das empresas: lições da experiência internacional/ Workers participation in profits and firm performance: lessons from the international experience

Corrêa, Daniela; Lima, Gilberto Tadeu
2006-08-01

Resumo em português Resgata-se a evidência empírica internacional sobre efeitos de esquemas de participação dos trabalhadores nos lucros e resultados das empresas, o que permite mostrar que a experiência brasileira, ainda pouco estudada, oferece indícios que vão ao encontro das opiniões de que esses esquemas podem melhorar os indicadores das empresas que os adotam e as relações no ambiente de trabalho. Com base em dados sobre experiências de sucesso de alguns países, são apontad (mais) as algumas possíveis direções para onde o caso brasileiro poderia caminhar, sendo abordado inclusive o papel de políticas públicas de incentivo aos esquemas de participação. Resumo em inglês Having reviewed a large body of international empirical evidence on the impacts of schema of workers participation in profits and firm performance, it is shown that the less-studied Brazilian experience provides casual evidence that those schema are able to improve firms performance and labor relations inside the firm. Drawing upon evidence from some countries's successful experience, policy recommendations are advanced with respect to the Brazilian case.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Parceiro relutante: as relações do Canadá com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)/ Reluctant partner: Canada's relationship with the Pan American Health Organization (PAHO)

Dmitrienko, Klaudia
2006-09-01

Resumo em português Apesar do forte compromisso ao multilateralismo e à cooperação internacional em saúde na era pós-Segunda Guerra Mundial, o Canadá absteve-se de ingressar na Organização Pan-Americana da Saúde - OPAS até 1971. Este artigo examina as explanações oficiais canadenses relativas aos fatores que retardaram esse ingresso, utilizando como fonte de análise cartas e memorandos trocados entre diplomatas e representantes governamentais canadenses. Esses fatores incluem a (mais) carência inicial de relações oficiais entre o Canadá e a América Latina, a hegemonia dos Estados Unidos na região, e restrições orçamentárias. A posição cautelosa do Canadá em relação à OPAS também é analisada no contexto da política externa geral do Canadá para a região, enfatizando as linhas paralelas entre a relutância do Canadá em associar-se à OPAS e a evolução do compromisso do Canadá com a região como um todo. Resumo em inglês Despite a strong commitment to multilateralism and international health cooperation in the post World War II era, Canada refrained from joining the Pan American Health Organization - PAHO until 1971. Drawing on letters and memos sent between Canadian diplomats and government representatives, this paper explores official Canadian accounts of the factors that delayed Canada's membership in PAHO. These factors include the initial lack of official relations between Canada and (mais) Latin America, US hegemony in the region, and budgetary constraints. Canada's cautious position regarding PAHO is also placed within the context of Canada's overall foreign policy to the region, emphasizing the parallels between Canada's reluctant association with PAHO and the evolution of Canada's engagement with the region as a whole.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

On the Nature of the [Portuguese] Short Story : A Poetics of Intimacy

Van Achter, E.A.

The study of continental Portuguese criticism on the short story has shown that it has been rather limited in quantity although the conto (literᲩo moderno) is highly esteemed in Portuguese fiction studies. Upon a close reading, and following a study of the theoretical distinction between genre and m...

DRIVER (Portuguese)

76

O uso da econometria na cooperação internacional/ The econometrics in international cooperation

Moreira, Sandrina Berthault
2008-04-01

Resumo em português As análises de regressão são o principal instrumental da Econometria para medir ou estimar relações entre variáveis que constituem a essência da teoria económica. Esta técnica básica para os economistas revela-se, porém, complexa e de contornos pouco claros, no entender de vários especialistas em Cooperação para o Desenvolvimento com diferente formação de base. Nesta linha, o presente trabalho visa descrever em termos acessíveis a leigos a metodologia eco (mais) nométrica utilizada nos estudos de avaliação macroeconómica da contribuição da ajuda internacional no crescimento económico dos países em desenvolvimento. Resumo em inglês Regression analyses are the main instrumental of Econometrics to measure or estimate relations between variables that constitute the essence of economic theory. This basic technique for economists is however complex and of blurred forms, according to several specialists in Development Co-operation that have a different background. In light of this, the present article aims to describe in accessible terms to a lay person the econometric methodology used in macroeconomic evaluation studies of the impact of international aid on the economic growth of developing countries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

O sistema político dos EUA: implicações para suas políticas externa e de defesa/ Influences of the American political system on US foreign and defense policies

Rocha, Antonio Jorge Ramalho da
2006-06-01

Resumo em português O artigo discute a condição e o grau de interdependência prevalecente no atual contexto internacional e analisa, por diferentes perspectivas teóricas, suas origens e evolução recente. Ao argumentar que os EUA exercem forte influência na redefinição das "regras do jogo" no plano internacional, examina as bases institucionais e culturais em que se fundamenta a política externa norte-americana. Por fim, avalia a extensão em que os EUA utilizam normas e valores como instrumentos de projeção de sua influência no ambiente internacional contemporâneo. Resumo em inglês This article examines, from different theoretical perspectives, the characteristics and the degree of interdependence that prevail in current international relations. It argues that the US plays a key role in redefining the "rules of the game" in the international realm, while examining the cultural and institutional basis on which American foreign policy is rooted. Finally, it evaluates the extent in which the US government uses norms and values as instruments to project its influence in current international relations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

O Brasil e a Conferência de Washington (1951)/ The Conference in Washington (1951) and the historical roots of a new standard Brazilian diplomatic

Dalio, Danilo José; Miyamoto, Shiguenoli
2009-01-01

Resumo em português A década de 1940 representou o auge e o declínio do paradigma das "relações especiais" Brasil - Estados Unidos, predominante por quase meio século na política exterior brasileira. Após a experiência bem sucedida de colaboração durante a segunda guerra mundial, o Brasil enfrentou um período de frustração e desapontamento nas suas relações com o governo de Washington. Emergindo como potência hegemônica, os sucessivos governos norte-americanos constituíram (mais) interesses e objetivos globais na nova ordem internacional, pouco restando para o atendimento das demandas dos países latino-americanos. A IV Reunião de Consulta dos Chanceleres Americanos, realizada em Washington, entre março e abril de 1951, explicitou não apenas o dissídio de objetivos e interesses entre os Estados Unidos e os países latino-americanos no pós-guerra, mas também o surgimento de uma nova perspectiva de relacionamento dentro do continente, pautada em negociações realistas e pragmáticas, sobretudo por parte do Brasil. Resumo em inglês The 1940s represented the peak and decline of the paradigm of the "special relationship" Brazil - United States, predominant for almost half a century in the Brazilian foreign policy. After the successful experience of collaboration during the Second World War, Brazil faced a period of frustration and disappointment in their relations with the government in Washington. Emerging as a hegemonic power, successive Americans governments have global interests and objectives in (mais) the new international order, leaving little to meet the demands of Latin American countries. The Fourth Meeting of Consultation of Foreign Ministers American held in Washington, between March and April 1951, explicited not only the goals and interests of disagreement between the U.S. and Latin American countries in the post-war, but also the emergence of a new perspective on relations within the continent, namely, from that time based on realistic and pragmatic negotiations, this orientation led by Brazil during the meeting.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Is ambient intelligence a truly human-centric paradigm in industry? Current research and application scenario

Ribeiro, Luis; Barata, José; Barreira, Pedro

Based on the paper presented at the International Conference “Autonomous Systems: inter-relations of technical and societal issues”, organized by IET with the support of the Portuguese-German collaboration project on “Technology Assessment of Autonomous Robotics” (DAAD/CRUP) at FCT-UNL, Biblioteca d...

DRIVER (Portuguese)

80

Introdução: a análise de discurso crítica/ Introduction: critical discourse analysis

Magalhães, Izabel
2005-01-01

Resumo em português Esta é uma breve introdução à análise de discurso crítica (ADC), considerando a ADC tanto uma continuação da lingüística crítica (LC), praticada na Grã-Bretanha na década de 1970, como também um campo transdisciplinar internacional derivado da lingüística, com interesse no texto e nas relações de poder. Resumo em inglês This is a brief introduction to critical discourse analysis (CDA), viewing CDA as both a continuation of critical linguistics (CL), practised in the United Kingdom in the 1970s, as well as an international transdisciplinary field derived from linguistics, with an interest in text and in power relations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Indicadores bibliométricos de cooperação científica internacional em bioprospecção/ Bibliometric indicators of international scientific cooperation in bioprospection

Lima, Ricardo Arcanjo de; Velho, Lea Maria Leme Strini; Faria, Leandro Innocentini Lopes de
2007-04-01

Resumo em português Busca observar os fatores que influem nas relações de colaboração científica de uma atividade de pesquisa multidisciplinar - a área de bioprospecção - como afinidades econômicas, culturais e geográficas. Apresenta e analisa indicadores bibliométricos de co-autoria que abrangem o período de 1986 a 2006, computados a partir de uma base bibliográfica internacional e multidisciplinar, o Science Citation Index. Resumo em inglês The current article aims at observing the factors that influence in the relations of scientific collaboration of a multidisciplinary research activity - the area of bioprospection - such as economical, cultural and geographical similarities. Bibliometric indicators of co-authorship are presented and analyzed, gathered from an international and multidisciplinary bibliographic basis, the Science Citation Index, from 1986 to 2006.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

História, saúde e seus trabalhadores: da agenda internacional às políticas brasileiras/ History, health and its workers: from the international agenda to the Brazilian policies

Pires-Alves, Fernando; Paiva, Carlos Henrique Assunção; Hochman, Gilberto
2008-06-01

Resumo em português O artigo discute, em perspectiva histórica, as agendas dirigidas para a formação de trabalhadores e para a gestão do trabalho em saúde no Brasil, em especial as suas relações com os programas desenvolvidos pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Na primeira seção, discute-se o papel da história no campo da saúde coletiva. A priorização do tema do trabalho em saúde na agenda internacional parece apontar (mais) para uma potencial renovação das relações entre história e saúde. Na segunda seção, realiza-se um balanço histórico a respeito das agendas da OMS em torno do tema recursos humanos. Na terceira parte, constrói-se balanço similar a respeito das ações da OPAS. Na quarta parte, discute-se - a partir da experiência do Programa de Preparação Estratégica de Pessoal de Saúde (PPREPS) - a relação da agenda de trabalho nacional com a internacional em torno do desenvolvimento de recursos humanos, bem como se aponta para um conjunto de respostas adaptadas e soluções originais aos problemas da formação de pessoal de saúde dadas pelos técnicos brasileiros. Ao final, são levantadas algumas questões para discussão sobre a articulação entre história e as agendas de recursos humanos para a saúde discutida ao longo do artigo. Resumo em inglês This article discusses the agenda for the training and management of the health workforce in Brazil from a historical viewpoint, especially as refers to its relations with the programs in this field developed by the Pan American Health Organization (PAHO) and by the World Health Organization (WHO). In the first section one discusses the role of history in the field of community health. The priority given to the topic health work in the international agenda seems to point (mais) to a potential renewal of the relations between history and health. The second section provides a historical examination of the human resources programs of the WHO. In the third section, a similar examination is conducted with respect to the actions of PAHO in the same field. The fourth part of the article discusses - on the basis of the experience called "Program for Strategic Preparation of Health Personnel - PPREPS" - the relations between the national and international policies for the development of human resources in health. Moreover it describes a number of adapted responses and original solutions for facing the health workforce problem proposed by the Brazilian technicians. Finally, some questions are raised for discussion regarding the articulation between history and health workforce policies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

História, saúde e seus trabalhadores: da agenda internacional às políticas brasileiras/ History, health and its workers: from the international agenda to the Brazilian policies

Pires-Alves, Fernando; Paiva, Carlos Henrique Assunção; Hochman, Gilberto
2008-06-01

Resumo em português O artigo discute, em perspectiva histórica, as agendas dirigidas para a formação de trabalhadores e para a gestão do trabalho em saúde no Brasil, em especial as suas relações com os programas desenvolvidos pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Na primeira seção, discute-se o papel da história no campo da saúde coletiva. A priorização do tema do trabalho em saúde na agenda internacional parece apontar (mais) para uma potencial renovação das relações entre história e saúde. Na segunda seção, realiza-se um balanço histórico a respeito das agendas da OMS em torno do tema recursos humanos. Na terceira parte, constrói-se balanço similar a respeito das ações da OPAS. Na quarta parte, discute-se - a partir da experiência do Programa de Preparação Estratégica de Pessoal de Saúde (PPREPS) - a relação da agenda de trabalho nacional com a internacional em torno do desenvolvimento de recursos humanos, bem como se aponta para um conjunto de respostas adaptadas e soluções originais aos problemas da formação de pessoal de saúde dadas pelos técnicos brasileiros. Ao final, são levantadas algumas questões para discussão sobre a articulação entre história e as agendas de recursos humanos para a saúde discutida ao longo do artigo. Resumo em inglês This article discusses the agenda for the training and management of the health workforce in Brazil from a historical viewpoint, especially as refers to its relations with the programs in this field developed by the Pan American Health Organization (PAHO) and by the World Health Organization (WHO). In the first section one discusses the role of history in the field of community health. The priority given to the topic health work in the international agenda seems to point (mais) to a potential renewal of the relations between history and health. The second section provides a historical examination of the human resources programs of the WHO. In the third section, a similar examination is conducted with respect to the actions of PAHO in the same field. The fourth part of the article discusses - on the basis of the experience called "Program for Strategic Preparation of Health Personnel - PPREPS" - the relations between the national and international policies for the development of human resources in health. Moreover it describes a number of adapted responses and original solutions for facing the health workforce problem proposed by the Brazilian technicians. Finally, some questions are raised for discussion regarding the articulation between history and health workforce policies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Goffman, mal-entendidos e riscos interacionais/ Goffman, misunderstandings, and international risks/ Goffman, malentendus et risques interactifs

Velho, Gilberto
2008-10-01

Resumo em português O texto analisa as possíveis influências do fenomenólogo austríaco Gustav Ichheiser sobre a obra de Erving Goffman. Enfatiza-se, sobretudo, a dimensão de insucesso e de mal-entendidos nas relações sociais e individuais. Estabelecem-se pontes com a noção de negociação da realidade e com outros autores relevantes para o desenvolvimento dessa linha de reflexão, como Georg Simmel, William James, William Thomas e Alfred Schutz. Resumo em inglês The paper analyses the possible influences of the Austrian phenomenologist Gustav Ichheiser on the work of Erving Goffman. It emphasizes, mainly, the scope of failure and misunderstandings in both social and individual relations. We establish connections to the notion of negotiation of the reality and to other relevant authors towards the development of this line of reflection, such as Georg Simmel, William James, William Thomas, and Alfred Schutz.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Gerações e famílias: Polissemia, mudanças históricas e mobilidade

Scott, Parry
2010-08-01

Resumo em português Uma revisão selecionada da literatura nacional e internacional sobre família e gerações mostra como transformações nas relações de poder entre nações favorecem ênfases históricas diferentes de hierarquia, solidariedade, desigualdade e direitos. Quando se refere à família para embasar identidades e relações entre nações e povos, ela se relaciona com o "enquadramento hierárquico" e a "integração, padronização e incorporação". Evolucionismo, personal (mais) idade e cultura, estrutura-funcionalismo e urbanização e modernização realçam hierarquias, unificação e estabilidade, restringindo a discussão de gerações a cumprir uma agenda semelhante. Quando se refere à família como meio de resistência contra a desigualdade, discutem-se "modos de produção, contenção de pobreza e planejamento reprodutivo" e abre mais espaço para a discussão de gerações como grupos etários desiguais, apartes, com interesses próprios. Esta abordagem intensifica-se com o realce à pluralidade e fragmentação da família no mundo global, permitindo que gerações recebam tratamento como grupos com iguais direitos à diversidade com culturas próprias, parcialmente dissociadas de famílias. Discute-se como migração e mobilidade se articulam diferentemente diante da ambiguidade e polissemia de relações intergeracionais e família. Resumo em inglês A selected review of national and international literature about family and generations shows how changes in power relations among nations favor different historical emphases on hierachy, solidarity, inequality and rights. When family is referred to as a basis for national or group identities, it does so from the perspective of "hierarchical inclusion" and of "integration, patterning and incorporation". Evolutionism, personality and culture, structural-functionalism, urba (mais) nization and modernization, emphasize hierarchies, unity and stability, restricting generations to a similar agenda. When family is referred to as a means of resistence against inequality, it does so in reference to "modes of production, reduction of poverty and reproductive planning" and leaves more space to discuss generations as unequal an separate age groups with their own interests. This approach intensifies with the emphasis on plurality and fragmentation of families in a global world, permitting the treatment of generations as groups with equal permitindo que gerações recebam tratamento como grupos com igual rights to diversity with their own cultures, partially dissociated from families. How migration and mobility are related to the ambiguities and polissemy of inter-generational relations and family.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Financeirização do Estado, erosão da democracia e empobrecimento da cidadania: tendências globais?/ Marketizing of the State, erosion of democracy and impoverishment of citizenship: global tendencies?

Giffin, Karen Mary
2007-12-01

Resumo em português Este artigo aborda a questão do avanço internacional do regime neoliberal, contexto da formulação de políticas que focalizam a pobreza, inclusive em países centrais. Em debates recentes, termos como 'cidadania' e 'democracia' têm sido sujeitos à interrogação crítica, revelando mudanças na relação cidadão/Estado que acompanham a hegemonia de critérios econômicos e a financeirização dos Estados nacionais. Argumentamos que tais processos globais requerem u (mais) ma abordagem ampla, de uma perspectiva de economia política, capaz de iluminar como a substância da democracia e a legitimidade da autoridade estatal têm sido condicionadas pelo avanço de novos atores globais que representam os interesses do capital, favorecendo a concentração da riqueza e o aumento da pobreza, da desigualdade e da exclusão, e instaurando uma insegurança vital que atinge a maioria da população em nível mundial. Resumo em inglês This article analyses the advance of the neo-liberal regime, in order to contextualise the international formulation of policies focussed on poverty reduction. In recent debates, terms such as 'citizenship' and 'democracy' have been subject to critical scrutiny, revealing changes in the relations between citizens and the State which accompany the hegemony of economic criteria that put financial considerations at the centre of national states. We argue that analyses of suc (mais) h global processes require an ample political economy perspective, capable of illuminating how the substance of democracy and the legitimacy of state authority have been conditioned by the advance of new global entities that represent the interests of capital, favouring the concentration of wealth and the increase of poverty, inequality and exclusion, and installing a state of vital insecurity that affects the majority of the world's population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Financeirização do Estado, erosão da democracia e empobrecimento da cidadania: tendências globais?/ Marketizing of the State, erosion of democracy and impoverishment of citizenship: global tendencies?

Giffin, Karen Mary
2007-12-01

Resumo em português Este artigo aborda a questão do avanço internacional do regime neoliberal, contexto da formulação de políticas que focalizam a pobreza, inclusive em países centrais. Em debates recentes, termos como 'cidadania' e 'democracia' têm sido sujeitos à interrogação crítica, revelando mudanças na relação cidadão/Estado que acompanham a hegemonia de critérios econômicos e a financeirização dos Estados nacionais. Argumentamos que tais processos globais requerem u (mais) ma abordagem ampla, de uma perspectiva de economia política, capaz de iluminar como a substância da democracia e a legitimidade da autoridade estatal têm sido condicionadas pelo avanço de novos atores globais que representam os interesses do capital, favorecendo a concentração da riqueza e o aumento da pobreza, da desigualdade e da exclusão, e instaurando uma insegurança vital que atinge a maioria da população em nível mundial. Resumo em inglês This article analyses the advance of the neo-liberal regime, in order to contextualise the international formulation of policies focussed on poverty reduction. In recent debates, terms such as 'citizenship' and 'democracy' have been subject to critical scrutiny, revealing changes in the relations between citizens and the State which accompany the hegemony of economic criteria that put financial considerations at the centre of national states. We argue that analyses of suc (mais) h global processes require an ample political economy perspective, capable of illuminating how the substance of democracy and the legitimacy of state authority have been conditioned by the advance of new global entities that represent the interests of capital, favouring the concentration of wealth and the increase of poverty, inequality and exclusion, and installing a state of vital insecurity that affects the majority of the world's population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Existe uma ordem econômica internacional? A problematização de uma premissa/ Is there an international economic order?

Lopes, Dawisson Belém; Ramos, Leonardo César Souza
2009-06-01

Resumo em inglês This article invites to a reflection on the ontological and axiological foundations of the concept 'international economic order'. We argue that the notion of 'order' implies, at first, identifying a sort of social arrangement or pattern. However, as we intend to demonstrate, this pattern is hardly present in contemporary international economic relations. Besides, the adjectives 'economic' and 'international' instill doubt not only in regard to the nature of the 'internat (mais) ional', but also in what concerns the feasibility of spotting a working pattern in international economy nowadays. Thus, it seems, on heuristical terms, an appropriate methodological option to revisit some of the main canonical contributions to the theme of international (economic) order, and to submit it to academic scrutiny. Additionally, we seek to evaluate how plausible it is to think of a 'multilateral' economic international order.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Estratégia nacional e desenvolvimento/ National strategy and development

Bresser-Pereira, Luiz Carlos
2006-06-01

Resumo em inglês After a review of the concept of economic growth as a historical process beginning with the capitalist revolution and the formation of the modern national states, the author claims that growth is almost invariably the outcome of a national development strategy. Effective economic development occurs historically when the different social classes are able to cooperate and formulate an effective strategy to promote growth and face international competition. It follows a disc (mais) ussion of the main characteristics and of the basic tensions that such strategies face in the central countries which first developed, and in the underdeveloped countries, which, besides their domestic problems, confront major challenges in their relations with the rich countries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Dormindo com o inimigo: uma crítica ao conceito de confiança/ Sleeping with the enemy: a critique of the concept of trust/ Coucher avec l'ennemi: une critique de l'idée de confiance

Feres Júnior, João; Eisenberg, José
2006-01-01

Resumo em inglês In this article we intend to demonstrate that mainstream interpretations of international survey results on the value of interpersonal trust are often imprecise and mistaken, since they ignore the different roles conflict-adjudicating institutions play in mediating interpersonal relations in the societies the survey is applied, and thus the capacity this institutions have in fashioning civic and political cultures. Consequently, the answers obtained in public opinion poll (mais) s referring to the concept of trust end up translating a very distinct dimension from that originally intended by those conducting the study. At the same time, the assumption that culture is an independent variable that determines social and political relations runs unchecked by the methodology and is confirmed in the final interpretation of results. In short, due to such analytical weakness, the concept of interpersonal trust is turned ineffective as a tool for empirical measurement, thus leading to erroneous nomological conclusions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Determinates do grau de envolvimento na atividade exportadora e suas implicações nas exportações brasileiras de carne de frango/ Determinats of the degree of engagement in export activities and their implication in the performance of Brazil's chicken exports

Bueno, Ynaiá Masse; Aguiar, Danilo R. D.
2004-08-01

Resumo em português Este trabalho examina os determinantes do grau de envolvimento na atividade exportadora e verifica as suas implicações para o desempenho das exportações brasileiras da carne de frango. Inicialmente, as empresas foram agrupadas por meio de análise de Cluster. Em seguida, as empresas de cada grupo foram separadas, segundo seu padrão de desempenho, em empresas de maior sucesso e menor sucesso. Os resultados obtidos indicam que a orientação internacional da empresa, s (mais) ua experiência nas relações com o mercado externo e seu posicionamento competitivo ante os concorrentes destacam-se como os principais determinantes de sucesso das empresas estudadas, pois influenciam positivamente a escolha de estratégias de marketing internacional que proporcionam melhor desempenho. Por outro lado, o estágio do processo de internacionalização, a orientação internacional do administrador e sua experiência nas relações com o mercado externo não apresentaram influência direta na escolha de estratégias de marketing capazes de possibilitar um desempenho satisfatório. Em relação ao tamanho, suas implicações no desempenho das empresas não foram evidenciadas. Resumo em inglês This paper analyzes the factors determining the degree of engagement in export activities and verifies their implications in the performance of Brazil's chicken exports. The exporters were first divided into groups by cluster analysis, after which the companies in each group were classified, according to their performance, as more successful or less successful. The results indicated that the company's international experience, its relations with foreign markets, and its c (mais) ompetitive approach toward its competitors are the main determinants of its success, for they exert a positive influence on the choice of international marketing strategies that lead to improved performance. Surprisingly, however, the company's degree of internationalization, the manager's international focus and his expertise in relations with foreign markets did not directly affect the choice of international marketing strategies producing a satisfactory performance. No evidence was found that the size of the business influenced its export performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Desenvolvimento, ciência e política: o debate sobre a criação do Instituto Internacional da Hiléia Amazônica/ Development, science, and politics: the debate surrounding creation of the Instituto Internacional da Hiléia Amazônica

Magalhães, Rodrigo Cesar da Silva; Maio, Marcos Chor
2007-12-01

Resumo em português Analisa o tema do desenvolvimento a partir do debate em torno do projeto de criação do Instituto Internacional da Hiléia Amazônica (IIHA). Abordam-se as relações entre ciência e desenvolvimento no pós-Segunda Guerra Mundial. Apresentam-se as iniciativas do Estado brasileiro na Amazônia na década de 1940 e a recepção do projeto IIHA. Analisam-se as controvérsias suscitadas pelo plano da Unesco no Brasil. O projeto do IIHA foi um catalisador do debate sobre o d (mais) esenvolvimento no pós-Segunda Guerra no Brasil. As discussões que ele motivou no país e o desfecho que teve consolidaram um modelo de desenvolvimento para a Amazônia que permanece pautando as iniciativas relacionadas a essa região na atualidade. Resumo em inglês The article uses the debate surrounding creation of the Instituto Internacional da Hiléia Amazônica (International Institute of the Hylean Amazon - IIHA) as a point of departure for analyzing the topic of development. We first address post-World War II relations between science and development. Next, we examine the Brazilian government's initiatives in the Amazon during the 1940s and how the IIHA project was received. Lastly, we analyze the controversies ignited in Braz (mais) il by Unesco's plan. The IIHA project was a catalyst of the development debate in post-World War II Brazil. The discussions then sparked in Brazil and the project's denouement solidified a development model for the Amazon that even today underpins initiatives taken in the region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Crise e castigo: as relações Brasil-África no governo Sarney/ Crisis and punishment: the Brazil-Africa relations in the government Sarney

Ribeiro, Cláudio Oliveira
2008-12-01

Resumo em português Este artigo analisa as relações político-comerciais Brasil-África no governo Sarney, procurando demonstrar que as mudanças observadas no sistema internacional e na realidade doméstica afetaram diretamente a condução da política externa brasileira e, por conseqüência, a intensidade das relações do país com o continente africano. Resumo em inglês This article analyzes the politician-commercial relations Brazil-Africa in the government Sarney, looking for to demonstrate that the changes observed in the international system and the domestic reality had directly affected the conduction of external politics Brazilian e, for consequence, the intensity of the relations of the country with the African continent.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Construção do Sistema Brasileiro de Vigilância Sanitária: argumentos para debate/ Construction of the Brazilian Sanitary Surveillance System: arguments to debate

De Seta, Marismary Horsth; Dain, Sulamis
2010-11-01

Resumo em português Este artigo analisa a construção do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, um arranjo voltado à regulação e redução dos riscos sanitários decorrentes do consumo de produtos, da prestação de serviços de saúde e do ambiente no Brasil. Consideraram-se aspectos históricos, políticos, fiscais e a conjuntura atual para cotejar seu desenvolvimento com o do Sistema Nacional de Vigilância em Saúde, que tem recebido intensa cooperação internacional. O cotejam (mais) ento se baseou na trajetória de seus sistemas nacionais e respectivos serviços federais, bem como nos critérios para descentralização. A análise teve como categoria central a coordenação federativa e se baseou no referencial do federalismo e das relações intergovernamentais. O contexto institucional da saúde e da vigilância sanitária apresenta forte competição política, instabilidade no projeto e provável redução da capacidade de coordenação federativa após o Pacto pela Saúde. O Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, em razão da sua natureza de bem público e da alta externalidade de seu campo de ação, requer coordenação federativa para incremento da cooperação regional e local e também pela heterogeneidade estrutural dos municípios brasileiros. Resumo em inglês This paper analyzes the Brazilian Sanitary Surveillance System as an arrangement aimed at regulating and reducing health risks associated with consumption of products, use of health services and the environment. Historical, political and tax aspects were considered and their development compared with the National Health Surveillance System, which has received strong international cooperation. The comparison was based on the trajectory of their national systems and related (mais) federal agencies, as well as on criteria adopted for decentralization. The central category of analysis is federative coordination and was based on the framework of federalism and intergovernmental relations. The institutional context of health and sanitary surveillance presents strong political competition, instability in the project and probable reduction of the ability of federal coordination after the Pact for Health. The National Sanitary Surveillance System due to its nature of public good and high externality in its field of action requires federal coordination for increasing the regional and local cooperation, also because of the structural heterogeneity of Brazilian municipalities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Construção do Sistema Brasileiro de Vigilância Sanitária: argumentos para debate/ Construction of the Brazilian Sanitary Surveillance System: arguments to debate

De Seta, Marismary Horsth; Dain, Sulamis
2010-11-01

Resumo em português Este artigo analisa a construção do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, um arranjo voltado à regulação e redução dos riscos sanitários decorrentes do consumo de produtos, da prestação de serviços de saúde e do ambiente no Brasil. Consideraram-se aspectos históricos, políticos, fiscais e a conjuntura atual para cotejar seu desenvolvimento com o do Sistema Nacional de Vigilância em Saúde, que tem recebido intensa cooperação internacional. O cotejam (mais) ento se baseou na trajetória de seus sistemas nacionais e respectivos serviços federais, bem como nos critérios para descentralização. A análise teve como categoria central a coordenação federativa e se baseou no referencial do federalismo e das relações intergovernamentais. O contexto institucional da saúde e da vigilância sanitária apresenta forte competição política, instabilidade no projeto e provável redução da capacidade de coordenação federativa após o Pacto pela Saúde. O Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, em razão da sua natureza de bem público e da alta externalidade de seu campo de ação, requer coordenação federativa para incremento da cooperação regional e local e também pela heterogeneidade estrutural dos municípios brasileiros. Resumo em inglês This paper analyzes the Brazilian Sanitary Surveillance System as an arrangement aimed at regulating and reducing health risks associated with consumption of products, use of health services and the environment. Historical, political and tax aspects were considered and their development compared with the National Health Surveillance System, which has received strong international cooperation. The comparison was based on the trajectory of their national systems and related (mais) federal agencies, as well as on criteria adopted for decentralization. The central category of analysis is federative coordination and was based on the framework of federalism and intergovernmental relations. The institutional context of health and sanitary surveillance presents strong political competition, instability in the project and probable reduction of the ability of federal coordination after the Pact for Health. The National Sanitary Surveillance System due to its nature of public good and high externality in its field of action requires federal coordination for increasing the regional and local cooperation, also because of the structural heterogeneity of Brazilian municipalities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Capital social e desenvolvimento democrático: Porto Alegre (Brasil) e Santiago do Chile/ Social capital and democratic development: Porto Alegre (Brazil) and Santiago (Chile)/ Capital social et développement démocratique: Porto Alegre (Brésil) et Santiago du Chili

Valdivieso, Patricio
2009-02-01

Resumo em português A partir da análise de dois casos sul-americanos (Brasil e Chile), este estudo apresenta novas possibilidades de utilização da teoria do capital social, um método rigoroso para investigar relações e, portanto, para fazer aportes à investigação internacional sobre política comparada. Com uma base de dados gerada autonomamente e levando em consideração a produção científica sobre o tema, este estudo trata, primeiramente, da apresentação de alguns conceitos (mais) centrais e de sua operacionalização, passando-se à observação de tendências e correlações e, posteriormente, à constatação de relações causais mediante análise de regressão. Submete-se a um exame critico as generalizações sobre o capital social. Resumo em inglês From the analysis of two South American cases, Brazil, and Chile, the study puts forward new observations about the Social Capital, exhibits a rigorous methodology to propose relations and, for instance, to make contributions for the international research. With an autonomously generated database and through the contributions of the literature on the issue, this study commences with the explanation of some central concepts involved and its operationalization, then moving (mais) to the observation of tendencies, in addition to their correlations, and ends with casual relations through regression analysis and examining generalizations about Social Capital.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Angolan politics and the portuguese press : media-politics interaction in a context of political crisis

Carvalho, Anabela

The goal of this paper is to examine the role of the Portuguese press in Angolan political dynamics during 1991/1992 and in the political relations between Portugal and Angola at two main levels: the effects of press on political decision-making and on political action and the ways political actors ...

DRIVER (Portuguese)

102

Agentes globais e esfera local: o pólo automobilístico de Gravataí/ Global agents and the local level: the Gravataí automotive complex

Garcia, Sandro Ruduit
2010-04-01

Resumo em português O artigo tenta discutir aspectos das relações global-local, focalizando o processo de formação e desenvolvimento do pólo automobilístico de Gravataí e suas implicações sociais no âmbito das relações de trabalho e emprego em empresas locais. Ao reconhecer a recente formação do sistema global, supõe-se que a presença de agentes globais em contextos locais tenderia a criar novas dinâmicas sociais que dependeriam de articulações específicas entre conjuntur (mais) as econômico-institucionais, níveis e tipos de recursos econômicos e sociais disponíveis, e estratégias mobilizadas pelos agentes sociais. Os agentes globais imporiam novas referências competitivas e tecnológicas aos agentes locais, que se achariam, com frequência, despreparados para acompanhar tais exigências. Por outro lado, poderiam ser criadas, com diferentes configurações, chances de acesso a capitais, mercados, tecnologias e conhecimentos, estimulando mudanças nas relações de trabalho e emprego na esfera local. A assimetria nas relações de poder econômico não impediria a reação dos agentes locais, nas possibilidades de seus recursos e nos horizontes de seus valores, às novas regras e condições do sistema internacional. A relação global-local teria, portanto, implicações distintas entre os agentes sociais. Resumo em inglês This article discusses aspects of the global-local relations, focusing on the process of formation and development of the Gravataí automotive complex and its social implications as related to the labor relations and employment in local companies. In accordance with the recent formation of the global system, it is assumed that the presence of global agents in local contexts creates new social dynamics that depend on specific arrangements between economic and institutional (mais) circumstances, levels and types of available social and economic resources, and strategies mobilized by social agents. The global agents would impose new competitive and technological references to the local agents, who would often be unprepared to meet such requirements. On the other hand, there could be alternative ways of providing access to capital, markets, technologies and knowledge, encouraging changes in labor relations and employment at the local level. The asymmetry in the relations of economic power would not prevent the local agents from reacting to the new rules and conditions of the international system, in accordance with the possibilities offered by their resources and the limits of their values. Thus, the global-local relation would have different implications among the social agents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

103

A lógica da construção de confiança: relações Brasil-Suriname entre 1975 e 1985/ Towards confidence building: Brazil-Suriname relations between 1975 and 1985

Urt, João Nackle
2010-01-01

Resumo em português Entre 1975 e 1985, observa-se a atuação do Brasil para assegurar relações confiáveis com o Suriname, bem como as primeiras manifestações da identidade internacional surinamesa. Destaca-se a missão diplomática brasileira enviada ao Suriname após o golpe de Estado de 1982, o qual indicava a possível "cubanização" desse país. Resumo em inglês Between 1975 and 1985, Brazil's efforts to warrant reliable relations with Suriname, as well as Suriname's first international identity manifestations can be observed. The analysis focuses the Brazilian diplomatic mission dispatched to Suriname after the 1982 coup d'État, which indicated a possible 'cubanization' of this country.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

104

A cooperação internacional como dádiva: algumas aproximações

Silva, Kelly Cristiane da
2008-04-01

Resumo em português Este texto propõe que aspectos relevantes das práticas de cooperação internacional para o desenvolvimento são melhor compreendidos à luz do regime da dádiva. Para tanto, confrontam-se dados etnográficos relacionados com o modus operandi do campo da AID em Timor-Leste com os legados de Marcel Mauss e a recente produção do M.A.U.S.S. Indica-se que as políticas internacionais de doação são veículos privilegiados de construção de hegemonia em arenas glocaliza (mais) das de negociação, mediante as quais diferentes atores constroem identidades e vínculos de aliança, honra e precedência. Neste debate, sugere-se que a maior contradádiva de Timor-Leste à comunidade internacional seja a de se colocar como um instrumento por meio do qual valores caros aos seus doadores, expressos nos mitos ocidentais de boa sociedade, possam mais uma vez ser cultivados no processo de edificação de um novo Estado-nação. Resumo em inglês The article proposes that some of the key practices in the area of international cooperation for development can be better understood in terms of a gift regime. To this end, it compares ethnographic data relating to the modus operandi of the aid sector in East Timor with the legacy of Marcel Mauss and the recent production of M.A.U.S.S.. International aid policies are shown to be important means for establishing hegemony in negotiation spaces in which different actors con (mais) struct identities and relations of alliance, honour and precedence. In this debate, it is argued that East Timor’s biggest countergift to the international community has been to function as an instrument through which values cherished by aid donors, expressed in Western myths of good society, can once again be cultivated in the process of building a new nation state.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

106

Relações de poder e mudanças pós-aquisição internacional na rede de relacionamentos da adquirida/ Power relations and international post-acquisition changes in the relationship network of the acquired firm

Esper, Luciedi Temporal Gomes; Rezende, Sérgio Fernando Loureiro; Versiani, Ângela França; Lopes, Humberto Elias Garcia; Guimarães, Liliane de Oliveira; Duarte, Roberto Gonzalez
2010-08-01

Resumo em português Embasados na perspectiva de redes industriais e na literatura de canais de distribuição, neste artigo analisamos poder e mudanças pós-aquisição internacional, ocorridas nos relacionamentos da adquirida com fornecedores e compradores. Especificamente, investigamos se e como a variável poder influencia mudanças pós-aquisição internacional na rede de relacionamentos da adquirida. Para tanto, desenvolvemos um estudo de caso, com base em entrevistas semiestruturadas (mais) com representantes da adquirente, adquirida, fornecedores e compradores. Os principais resultados apontam que a aquisição ocasionou mudanças em práticas organizacionais de caráter econômico e não econômico, nos relacionamentos da adquirida com fornecedores e compradores. Além disso, revelam que a adquirente utilizou fontes de poder coercitivas e/ou não coercitivas para introduzir tais mudanças. A utilização dessas fontes, por sua vez, esteve atrelada ao grau de dependência dos fornecedores e compradores em relação à adquirente. Baeados nesses resultados, desenvolvemos novo modelo de pesquisa, com cinco novas hipóteses de pesquisa para testes empíricos futuros. Resumo em inglês Based on the industrial network perspective and the distribution channel literature, this article deals with power and international post-acquisition changes that occurred in the relationships of the acquired firm with suppliers and buyers. Specifically, we investigate if and how the power variable affects international post-acquisition changes at the network level of the acquired firm. To do so, we developed a case study based on semi-structured interviews with a number (mais) of individuals from the acquirer, the acquired firm, suppliers and buyers. The main results point out that the acquisition triggered economic and non economic organizational practice changes at the supplier and buyer levels. Furthermore, they indicate that the acquirer used coercive and non coercive sources of power in order to introduce these changes. The use of these sources of power, in turn, was associated with the degree of dependence of suppliers and buyers in relation to the acquirer. Based on these results, we have developed a model with five new hypotheses that can be tested in future empirical studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)