Sample records for interleukins
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 10 shown.



2

Síndrome da resposta inflamatória sistêmica na circulação extracorpórea: papel das interleucinas/ Systemic inflammatory response syndrome: role of the interleukins

MOURA, Helmiton Vieira de; POMERANTZEFF, Pablo M. A.; GOMES, Walter José
2001-12-01

Resumo em português A síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SIRS) na cirurgia cardíaca ocorre, com maior freqüência, com o uso da CEC. Isto se deve ao contato do sangue com superfícies não endoteliais e, mais tarde, à reperfusão. Esse contato leva à liberação de componentes moleculares, dos quais as anafilotoxinas ativadas pelo fator de complemento, que estimulam a liberação de citocinas pró-inflamatórias, tais como a IL-1, IL-6, FNT-a. Estas interleucinas são respon (mais) sáveis por indução de febre, neutrofilia, com aumento da adesividade entre neutrófilos e miócitos e/ou endotélio, e agem de forma sinergética estimulando a produção de outras interleucinas pelos monócitos e leucócitos (IL-6, IL-8). Observa-se que a isquemia intestinal, decorrente do uso da CEC, ocasiona a produção de IL-6, FNT-a, IL-1 no epitélio intestinal, e a reperfusão pós-CEC provoca a expressão de IL-1 e FNT-a no endotélio microvascular e pode gerar uma disfunção que danifica os cardiomiócitos. Seguindo a cascata de reações pós- CEC, a síndrome do distress respiratório do adulto é mediada pela IL-8, encontrada a nível alveolar. Cérebro e fígado também podem ser afetados pelos fenômenos causados pela isquemia/reperfusão e se demonstra que as interlucinas, uma vez mais (IL-8 e IL-13, respectivamente), têm um papel importante na série de eventos que ocorre. As técnicas de CEC bem como a anestesia podem influenciar a atividade das interleucinas. Não há um consenso sobre terapias preventivas ou de tratamento das complicações advindas da SIRS. Intervenção a nível dos mediadores da inflamação, procedimento de descontaminação digestiva, uso de drogas como a indometacina ou esteróides são opções possíveis. A regulação do processo inflamatório, de um modo geral, depende do equilíbrio entre citocinas pró- e anti-inflamatórias. Estas últimas são detectáveis no indivíduo normal, enquanto que as pró-inflamatórias apenas se manifestam localmente ou são quase inexistentes. Conclui-se que, o aumento da concentração das interleucinas pró-inflamatórias no organismo é um fato esperado, em grandes cirurgias, e que trará complicações se este aumento for exacerbado e se o organismo estiver muito debilitado. Resumo em inglês The systemic inflammatory response syndrome (SIRS) occurs in the cardiac surgery more often with the use of CPB. It is due to the contact of the blood with non-endothelial surfaces and, later to reperfusion. This contact leads to the release of substances such as anaphylotoxins, which are activated by the complement factor, and stimulate the production of pro-inflammatory cytokines (IL-1, IL-6, TNF-a). Cytokines are responsible for induction of fever, neutrophilia with in (mais) crease of adhesiveness between neutrophils and mocytes and, they act synergetically stimulating the production of other interleukins (IL-6, IL-8). It is observed that intestinal ischemia secondary to CPB, causes the production of IL-6, TNF-a, IL-1 in the intestinal epithelium and, reperfusion post CPB induces the expression of IL-1 and TNF-a in the vascular endothelium that can generate a dysfunction able to injure cardiomyocytes. Following the post-CPB cascade of reactions, the adult respiratory distress syndrome is mediated by IL-8, found the at alveolar level. The brain and the liver can also be affected by ischemia/reperfusion phenomena and, once more, it is shown that interleukins (IL-8 and IL-13, respectively) have an important role in the course of SIRS- related events. CPB and anesthesia techniques can influence interleukin activity. There is not a consensus regarding preventive or treatment therapies for complications from SIRS. Possible choices are: intervention at the level of inflammation mediators, digestive decontamination procedures, use of drugs such as indometacin or steroids. The regulation of the inflammatory process, generally depends on the balance between anti- and pro- inflammatory cytokines. These later are detectable in normal individuals whereas the others only manifest locally or are almost inexistent. We conclude that the increase of the concentration of pro-inflammatory interleukins in the organism is expected during important surgical intervention. Such an increase will bring complications if it is exacerbated and, the organism is debilitated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Interleucina 6 e proteína c reativa no diagnóstico de sepse tardia no recém-nascido/ Interleukins 6 and c - reactive protein for the diagnosis of late onset sepsis in the newborn infant

Ceccon, Maria Esther J. R.; Vaz, Flávio A.C.; Diniz, Edna M. A.; Okay, Thelma S.
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a acurácia da interleucina 6 (IL-6) e da proteína C reativa (PCR) para o diagnóstico de sepse tardia no recém-nascido (RN). MÉTODOS: Trata-se de estudo de coorte prospectivo com 43 RNs internados com suspeita de sepse tardia na UTIN. Foram dosados no dia da suspeita diagnóstica (dia 0) e nos dias 1, 3 e 7 de evolução os níveis séricos da IL-6 e da PCR e calculado o melhor valor de coorte para o diagnóstico de sepse. Também foram calculados (mais) os índices de sensibilidade (S), especificidade (E), valor preditivo positivo e negativo (VPP, VPN) para cada um dos testes, assim como para a combinação entre eles. RESULTADOS: Os níveis séricos da IL-6 e da PCR estiveram acima do ponto de coorte nos RN com sepse e com sepse presumível com diferenças significantes entre ambos os grupos, nos quais a única diferença foi hemocultura positiva no primeiro. Foi possível afastar esse diagnóstico em seis RNs. Para o diagnóstico de sepse, a IL-6 obteve os melhores índices no dia da suspeita diagnóstica, dia 0 (S: 88,9%, E: 80%, VPP: 76,2%, VPN: 90,9%), seguida da proteína C reativa (S: 94%, E: 78,3%, VPP: 77,3%, VPN: 94,7%) 24 horas após. A combinação dos dois (IL 6/PCR) mostrou-se mais adequada para o diagnóstico precoce no dia 0 e até 24 horas de evolução com S e VPN de 100%. CONCLUSÃO: A combinação de IL6/PCR apresentou acurácia para o diagnóstico de sepse. A evolução destes testes ao longo dos dias refletiu a evolução clínica dos RN. Resumo em inglês BACKGROUND: Verify the accuracy of interleukin 6 (IL-6) and C-reactive protein (CRP) for diagnosis of late onset sepsis in newborn (NB) infants. METHODS: a prospective cohort study with 43 NB infants hospitalized at the NICU with suspicion of late onset sepsis was carried out. Levels of IL-6 and of CRP were dosed with suspicion diagnoses; day (0) and sequentially on day 1, 3, and 7 of the evolution and the best cut-off values were calculated for the diagnoses. Indices of (mais) sensibility (S), specificity (SP), positive predictive value and negative predictive value (PPV, NPV) were calculated for each test as well as for the combination between them. RESULTS: Levels of IL-6 and CRP were above the established cut-off values in the NB infants with sepsis and with presumed sepsis. There was a significant difference between both groups, where the only difference was the positive blood culture for the first group. Diagnosis could be rejected in 6 NB infants. The IL-6 showed better indices on the day of suspicion diagnosis, day 0 (S: 88.9%, Sp: 80.0%, PPV: 76.2%, NPV: 90.9%), followed by the C-reactive protein (S: 94.0%, Sp: 78.3%, PPV: 77.3%, NPV: 94.7%) 24 hours later. The combination of IL-6 / CRP demonstrated to be adequate for early diagnosis of sepsis on day 0 and 24 hours later with S and NPV of 100%. CONCLUSION: for diagnosis of sepsis the combination interleukin 6 / CRP presented accuracy. During the following days their development reflected the clinical evolution of the NB infants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Primeiro escore de risco inflamatório das endopróteses de aorta/ First inflammatory risk score for aortic endoprostheses

Gabriel, Edmo Atique; Locali, Rafael Fagionato; Matsoka, Priscila Katsumi; Romano, Carla Cristina; Duarte, Alberto José da Silva; Buffolo, Enio
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Propor um escore de risco inflamatório para tratamento endovascular dos aneurismas da aorta. MÉTODOS: Vinte e cinco pacientes foram seguidos do período pré-operatório até 3º mês de pós-operatório (1 hora, 6 horas, 24 horas, 48 horas, 7 dias, 1 mês, 2 meses e 3 meses). Variáveis inflamatórias avaliadas foram proteína C reativa, velocidade de hemossedimentação, interleucinas (IL-6, IL8), fator de necrose tumoral alfa, L-selectina, molécula de ades (mais) ão intercelular (ICAM-1), transfusão de hemáceas, volume de cristalóide, volume de contraste, material da prótese, número de próteses, contagem total de leucócitos e linfócitos. O teste de Spearman apontou as variáveis candidatas ao maior risco inflamatório, segundo P Resumo em inglês OBJECTIVE: To purpose an inflammatory risk score for aortic aneurysm endovascular treatment. METHODS: Twenty-five patients were followed-up from preoperative period to third month postoperatively (1-hour, 6-hour, 24-hour, 48-hour, 7-day, 1-month, 2- month and 3month). Inflammatory variables were C-reactive protein, hemosedimentation velocity, interleukins (IL-6, IL-8), tumor necrosis factor-Alpha, L-selectin, intercellular adhesion molecule (ICAM-1), red blood cells trans (mais) fusion, volume of crystalloid, volume of contrast, type of endoprosthesis, number of endoprostheses, total count of leukocytes and lymphocytes. Spearman test defined the variables considered as candidates to higher inflammatory risk based on P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avanços tecnológicos em hematologia laboratorial/ Technological advances in laboratorial haematology

Naoum, Paulo C.
2001-08-01

Resumo em português O recente avanço científico e tecnológico direcionado à identificação imuno-hematológica de produtos celulares (ex.: citocinas, interleucinas, interferons, entre outros) sintetizados por determinadas células sanguíneas, bem como na identificação de antígenos de membrana de leucócitos e células progenitoras hematopoiéticas, promoveram excepcional desenvolvimento no diagnóstico laboratorial de diversas doenças hematológicas. Somam-se a esse fato as aplica� (mais) �ões das técnicas de biologia molecular que se tornam cada vez mais instrumentos laboratoriais de grande definição no diagnóstico e na prevenção de doenças hematológicas, notadamente aquelas de origem hereditária. O presente artigo teve o objetivo de expor as principais aplicações de novas tecnologias que deverão ser adotadas rapidamente pela moderna hematologia laboratorial, bem como a de sensibilizar os profissionais hematologistas, clínicos e laboratoriais, para a necessidade de se atualizarem numa nova ciência, a dos produtos celulares. Resumo em inglês Recent progress towards the identification of products synthesised by some blood cells (ex.: cytokines, interleukins, interferons, etc) as well as the identification of white blood cell and stem cell membrane antigens, has aided the exceptional development of laboratory diagnostics of several haematological diseases. In addition to this there has been a great development in the use of molecular biology techniques which have become instrumentals of high definition in the d (mais) iagnosis and prevention of haematological diseases, specifically those of hereditary origin. This article has the aim of disclosing the main applications of the new technologies that will soon be used widely in laboratory haematology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Doença pulmonar obstrutiva crónica: Uma revisão/ Chronic obstructive pulmonary disease: A review

Laizo, Artur
2009-11-01

Resumo em português A DPOC é uma doença prevenível e tratável ocasionada pela exposição ao tabagismo e gases tóxicos. A sua característica é a obstrução progressiva ao fluxo aéreo de irreversível depois de ocorrerem as lesões no parênquima. O objectivo do trabalho é uma revisão sistemática da doença e da forma de tratamento. Discussão: o tabagismo é a maior causa de DPOC e leva a não só uma diminuição da oxigenação por hiperinsuflação pulmonar com redução do fl (mais) uxo aéreo como a um processo inflamatório sistémico, reduzindo a resistência à fadiga da musculatura esquelética produzindo hipoxemia, diminuição do fluxo sanguíneo periférico, levando inclusive a abortos espontâneos e partos prematuros. Marcadores inflamatórios como as interleucinas e o TNF-alfa mantêm o quadro sistémico. A cessação do tabagismo melhora a hipoxemia, a intolerância ao exercício, porém não recupera o tecido lesado. A DPOC é uma doença grave que pode ser evitada se houver uma consciencialização maior da população a respeito dos malefícios do cigarro. Resumo em inglês COPD is a preventable and treatable disease caused by exposure to tobacco smoke and poisonous gases. It is characterised by progressive obstruction of the airflow, irreversible once lesions occur in the parenchyma. This article aims to systematically review the disease and its treatment. Discussion: Smoking is the main cause of COPD and leads to decreased oxygenation via lung hyperinflation with reduced airflow as a systemic inflammatory process. This reduces resistance t (mais) o fatigue of the skeletal musculature, leading to hypoxemia, decreased peripheral blood flow and also miscarriages and premature births. Inflammatory markers such as interleukins and TNF-alpha maintain the systemic picture. While smoking cessation improves hypoxemia and exercise intolerance, it does not repair damaged tissue. COPD is a serious disease which can be avoided by a wider understanding by the population of the harm smoking causes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Perfil de citocinas da polipose nasossinusal na Fibrose Cística comparado com indivíduos sem doenças nasossinusais/ Cytokine profile in subjects with Cystic Fibrosis and nasal polyposis compared to patients with no nasal disorders

Nunes, Flávio Barbosa; Castro, Mirian Cabral Moreira de; Silva, Tacimara Moreira da; Araújo, Ricardo Nascimento; Becker, Helena Maria Gonçalves; Crosara, Paulo Fernando Tormin Borges; Guimarães, Roberto Eustáquio Santos
2010-02-01

Resumo em português Embora o perfil das citocinas na polipose nasossinusal seja bem documentado, pouco se sabe sobre estas proteínas quando associadas à Fibrose Cística. OBJETIVOS: Avaliar a expressão das citocinas IL¬4, IL¬5, IL¬6, IL¬8, GM¬C-SF e IFN--y analisada pela RT¬-PCR, nos pólipos de pacientes com Fibrose Cística. MATERIAL E MÉTODO: Estudo transversal, prospectivo, de 24 pacientes, 13 com Fibrose Cística e polipose nasossinusal (Grupo Fibrose Cística) e 11 com exame (mais) otorrinolaringológico normal (Grupo Controle). A média de idade foi de 21 anos (3¬-57), 12 eram do sexo masculino e 12 do sexo feminino. O perfil das citocinas foi pesquisado nos fragmentos de mucosa (Grupo Controle) ou pólipo nasal (Grupo Fibrose Cística) através da RT-¬PCR. Foram estudadas as transcrições para as citocinas IL¬4, IL¬5, IL¬6, IL¬8, IFN¬y e GM¬-CSF ajustadas pelo valor da β¬ actina. RESULTADOS: As interleucinas 5, 6, 8 e GM¬-CSF foram semelhantes nos dois grupos (p>0,05). Menores valores de IFNy¬ (p=0,03) e forte tendência de aumento de IL¬4 (p=0,06) foram observados no grupo Fibrose Cística. CONCLUSÃO: As células inflamatórias e estruturais podem produzir RNA mensageiro para IL¬4, bloqueando a produção de outras citocinas com IFN-y¬, sugerindo a participação destes mecanismos na formação dos pólipos da Fibrose Cística. Resumo em inglês Although the cytokine profile in nasal polyposis is well documented, little is known about cytokines associated to cystic fibrosis. AIM: Assess the expression of cytokines IL¬4, IL¬5, IL¬6, IL¬8, GM¬-CSF and IFN¬-y, analyzed through RT-PCR, in the polyps of patients with cystic fibrosis. MATERIALS AND METHODS: A cross-sectional, prospective study was carried out with 24 patients, 13 of whom had cystic fibrosis and nasal polyposis (Cystic Fibrosis Group) and 11 had n (mais) ormal otorhinolaryngological exams (Control Group). The average age was 21 years (3¬57); 12 participants were males and 12 were females. The cytokine profile was studied in mucosal fragments (Control Group) or nasal polyps (Cystic Fibrosis Group) through RT¬PCR. Transcriptions were studied for cytokines IL¬4, IL¬5, IL¬6, IL¬8, IFN¬y and GM¬CSF, adjusted for the β¬-actin value. RESULTS: Interleukins 5, 6, 8 and GM¬CSF were similar in both groups (p>0.05). There were lower values of IFN-y¬ (p=0.03) and a strong tendency toward an increase in IL¬4 (p=0.06) in the Cystic Fibrosis Group. CONCLUSION: Inflammatory and structural cells may produce messenger RNA for IL¬4, blocking the production of other cytokines such as IFN-y, suggesting the participation of this mechanism in the formation of polyps in cystic fibrosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Efeito anti-inflamatório do treinamento físico na insuficiência cardíaca: papel do TNF-α e da IL-10/ Anti-inflammatory effect of physical training in heart failure: role of TNF-α and IL-10/ Efecto antiinflamatorio del entrenamiento físico en la insuficiencia cardiaca: rol del TNF-α y de la IL-10

Batista Júnior, Miguel Luiz; Lopes, Renato Delascio; Seelaender, Marília Cerqueira Leite; Lopes, Antonio Carlos
2009-12-01

Resumo em português Nos últimos 50 anos, a compreensão sobre as alterações deteriorativas envolvidas na progressão da insuficiência cardíaca (IC), descritas inicialmente como decorrentes de alterações na retenção de sais e fluidos, ou alterações nos parâmetros hemodinâmicos, mudou significatiamente. Recentemente, diversos estudos em pacientes com IC demonstraram níveis plasmáticos (ou no soro) alterados de citocinas pro-inflamatórias, tais como o fator α de necrose tum (mais) oral (TNF-α), as interleucinas 1, 6 e 18, e a cardiotropina-1, dentre outros marcadores inflamatórios. Essas alterações monstraram-se independentes da etiologia da IC, sugerindo uma via patogênica comum. Em reposta a esses novos achados, intervenções no sentido de evitar e/ou reduzir essas alterações inflamatória tem sido propostas. Os benefícios cardiovasculares, induzidos treinamento aeróbio realizados em intensidades variando de leve a moderada, têm sido previamente relatados. Além disso, tem-se demonstrado que o treinamento físico (aeróbio moderado) parece capaz de modular, na vigência de um quadro inflamatório crônico anormal, a expressão elevada de citocinas pró-inflamatórias, moléculas de adesão solúveis, fatores quimioatratantes e estresse oxidativo. Tomados em conjunto, esses dados indicam um possível efeito anti-inflamatório induzido pelo treinamento físico. Dessa forma, esta revisão tem por objetivo abordar o treinamento físico como uma alternativa não farmacológica adjuvante a ser administrada em alguns quadros patológicos em que predominam as alterações crônicas do TNF-α, como na IC. Por sua vez, o "efeito anti-inflamatório" induzido pelo treinamento físico parece ser mediado principalmente pela IL-10. Resumo em espanhol En los últimos 50 años, la comprensión sobre las alteraciones deteriorativas involucradas en la progresión de la insuficiencia cardiaca (IC), descriptas inicialmente como causadas por alteraciones en la retención de sales y fluidos, o alteraciones en los parámetros hemodinámicos, ha cambiado significativamente. Recientemente, diversos estudios en pacientes con IC han demostrado niveles plasmáticos (o en el suero) alterados de citosinas proinflamatorias, tales como (mais) el factor α de necrosis tumoral (TNF-α), las interleuquinas 1, 6 y 18, y la cardiotropina-1, entre otros marcadores inflamatorios. Esas alteraciones se mostraron independientes de la etiología de la IC, sugiriendo una vía patogénica común. En respuesta a esos nuevos hallazgos, se vienen proponiendo intervenciones en el sentido de evitar y/o reducir esas alteraciones inflamatorias. Se viene relatando previamente los beneficios cardiovasculares, inducidos por el entrenamiento aerobio realizado en intensidad variando de ligera a moderada. Además, se está demostrando que el entrenamiento físico (aerobio moderado) parece capaz de modular, en la vigencia de un cuadro inflamatorio crónico anormal, la expresión elevada de citosinas proinflamatorias, moléculas de adhesión solubles, factores quimioatractantes y estrés oxidactivo. Tomados en conjunto, esos datos indican un posible efecto Antiinflamatorio inducido por el entrenamiento físico. Así, esta revisión tiene por objeto abordar el entrenamiento físico como una alternativa no farmacológica adyuvante que se administrará en algunos cuadros patológicos donde predominan las alteraciones crónicas del TNF-α, como en la IC. A su vez, el "efecto antiinflamatorio" que el entrenamiento físico induce parece mediarse sobre todo por la IL-10. Resumo em inglês Over the past 50 years, the understanding of the deteriorative changes involved in the progression of heart failure (HF), initially described as resulting from changes in salt and fluid retention, or changes in hemodynamic parameters, have changed significantly. Recently, several studies conducted in HF patients showed altered plasma (or serum) levels of pro-inflammatory cytokines, such as tumor necrosis factor α (TNF-α), interleukins 1, 6, and 18, and cardiotro (mais) pin-1, among other inflammatory markers. These changes were independent of HF etiology, suggesting a common pathogenic pathway. In response to these new findings, interventions to prevent and/or reduce these inflammatory changes have been proposed. The aerobic training-induced cardiovascular benefits of physical exercises performed at intensities ranging from mild to moderate have been previously reported. Moreover, it has been shown that moderate aerobic physical training seems to be able to modulate, in the presence of an abnormal chronic inflammatory condition, the overexpression of pro-inflammatory cytokines, soluble adhesion molecules, chemoattractant factors and oxidative stress. Altogether, these data indicate a possible anti-inflammatory effect induced by physical training. Therefore, this review aims to assess the role of physical training as an alternative non-pharmacological adjuvant to be administered in some pathological conditions in which TNF-α chronic changes are predominant, as in HF. The "anti-inflammatory effect" induced by physical training seems to be primarily mediated by IL-10.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Imunologia do transtorno bipolar/ Immunology of bipolar disorder

Barbosa, Izabela Guimarães; Huguet, Rodrigo Barreto; Neves, Fernando Silva; Bauer, Moisés Evandro; Teixeira, Antônio Lúcio
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Pesquisas recentes têm implicado fatores imunes na patogênese de diversos transtornos neuropsiquiátricos. O objetivo do presente trabalho é revisar os trabalhos que investigaram a associação entre transtorno bipolar e alterações em parâmetros imunes. MÉTODOS: Artigos que incluíam as palavras-chave: "bipolar disorder", "mania", "immunology", "cytokines", "chemokines", "interleukins", "interferon" e "tumor necrosis factor" foram selecionados em uma revi (mais) são sistemática da literatura. As bases de dados avaliadas foram MedLine e Scopus, entre os anos de 1980 e 2008. RESULTADOS: Foram identificados 28 trabalhos que estudaram alterações imunes em pacientes com transtorno bipolar. Seis artigos investigaram genes relacionados à resposta imune; cinco, autoanticorpos; quatro, populações leucocitárias; 13, citocinas e/ou moléculas relacionadas à resposta imune e seis, leucócitos de pacientes in vitro. CONCLUSÕES: Embora haja evidências na literatura correlacionando o transtorno bipolar a alterações imunes, os dados não são conclusivos. O transtorno bipolar parece estar associado a níveis mais elevados de autoanticorpos circulantes, assim como à tendência à ativação imune com produção de citocinas pró-inflamatórias e redução de parâmetros anti-inflamatórios. Resumo em inglês OBJECTIVE: Emerging research has implicated immune factors in the pathogenesis of a variety of neuropsychiatric disorders. The objective of the present paper is to review the studies that investigated the association between bipolar disorder and immune parameters. METHODS: Papers that included the keywords "bipolar to disorder", "mania", "immunology", "cytokines", "chemokines", "interleukins", "interferon" and "tumor necrosis factor" were selected in a systematic review o (mais) f the literature. The evaluated databases were MedLine and Scopus in the period between 1980 and 2008. RESULTS: Twenty eight works were found. Six studies investigated immune response-related genes; five, auto-antibodies; four, leukocyte population; 13, cytokines and/or immune-related molecules; six, leukocytes in vitro. CONCLUSIONS: Although there is evidence in the literature correlating affective disorders with immune parameters, the results are still inconclusive. Bipolar disorder seems to be associated with increased levels of auto-antibodies as well as with a trend for increased immune activation with production of pro-inflammatory cytokines and reduction of the anti-inflammatory parameters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Avaliação da aprotinina na redução da resposta inflamatória sistêmica em crianças operadas com circulação extracorpórea/ Assessment of aprotinin in the reduction of inflammatory systemic response in children undergoing surgery with cardiopulmonary bypass

Ferreira, Cesar Augusto; Vicente, Walter Villela de Andrade; Evora, Paulo Roberto Barbosa; Rodrigues, Alfredo José; Klamt, Jyrson Guilherme; Carlotti, Ana Paula de Carvalho Panzeli; Carmona, Fábio; Manso, Paulo Henrique
2010-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar se a aprotinina em altas doses hemostáticas pode reduzir o processo inflamatório após circulação extracorpórea (CEC) em crianças. MÉTODOS: Estudo prospectivo randomizado em crianças de 30 dias a 4 anos de idade, submetidas à correção de cardiopatia congênita acianogênica, com CEC e divididas em dois grupos, um denominado Controle (n=9) e o outro, Aprotinina (n=10). Neste, o fármaco foi administrado antes e durante a CEC. A resposta inflama (mais) tória sistêmica e disfunções hemostática e multiorgânicas foram analisadas por marcadores clínicos e bioquímicos. Foram consideradas significantes as diferenças com P Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess if the hemostatic high-dose aprotinin is able to reduce the inflammatory process after cardiopulmonary bypass (CPB) in children. METHODS: A prospective randomized study was performed on children aged 30 days to 4 years who underwent correction of acyanogenic congenital heart disease with CPB and were divided into two groups: Control (n=9) and Aprotinin (n=10). In the Aprotinin Group the drug was administered before and during CPB and the systemic infl (mais) ammatory response and hemostatic and multiorgan dysfunctions were assessed through clinical and biochemical markers. Differences were considered to be significant when P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)