Sample records for interferon
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Interferon beta 1-a na esclerose múltipla: experiência de um ano em 62 pacientes/ Interferon beta 1-a in multiple sclerosis: experience of one year in 62 patients

TILBERY, CHARLES P.; FELIPE, EDUARDO; MOREIRA, MARCOS A.; MENDES, MARIA F.; FRANÇA, ANDREA S.
2000-06-01

Resumo em português Relatamos os resultados de estudo com o interferon beta 1-a em 62 pacientes ambulatoriais com a forma remitente-recorrente da esclerose múltipla durante um ano. Os critérios de inclusão para este tratamento foram de escore do EDSS entre 0 e 5,5 e de pelo menos relato de dois surtos nos dois últimos anos. Administramos 3 milhões de unidades internacionais de interferon beta 1-a três vezes por semana. Os objetivos deste estudo foram verificar o efeito da medicação n (mais) o número de surtos e avaliar a eficácia da droga na progressão da doença. O índice anual de surtos nos pacientes que não tomaram a medicação foi 1,32 e naqueles medicados 0,63. O escore do EDSS em pacientes não medicados foi 4,7 e naqueles com medicamento 2,0. O interferon beta 1-a foi bem tolerado e 85% dos pacientes completaram um ano de tratamento. Resumo em inglês We report the results of a trial of interferon beta 1-a in 62 ambulatory patients with relapsing-remitting multiple sclerosis. Entry criteria included EDSS of 0 to 5.5 and at least two exacerbations in the previous 2 years. The patients received 3 million international units by subcutaneous injections three times a week. The end points were differences in exacerbation rate and treatment effect on disease progression. The annual exacerbation rate for patients that did not (mais) take the interferon beta 1-a was 1.32 and for the patients under medication 0.63. The EDSS score in patients that did not take the mediaction was 4.7 and 2.0 for the patients with interferon beta 1-a. Interferon beta 1-a was well tolerated and 85% of patients completed 1 year treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Interferon convencional versus interferon peguilado associados à ribavirina no tratamento de pacientes coinfectados pelo vírus da hepatite C (genótipo 1) e da imunodeficiência humana/ Alpha-interferon versus peg-interferon associated to ribavirin in the treatment of genotype 1 hepatitis C virus and human imunodeficiency virus coinfected patients

Almeida, Paulo Roberto Lerias de; Tovo, Cristiane Valle; Rigo, Juliana Oliveira; Zanin, Pauline; Alves, Alexandro Vasquen; Mattos, Angelo Alves de
2009-06-01

Resumo em português CONTEXTO: Tem sido sugerido que os pacientes coinfectados por vírus da hepatite C e da imunodeficiência humana (VHC/HIV) devam ser tratados com interferon peguilado associado à ribavirina (PEG+RBV) porque as taxas de resposta virológica sustentada seriam maiores do que aquelas obtidas com interferon convencional associado à ribavirina (IFN+RBV). No entanto, há escassez de trabalhos na literatura comparando as duas opções de tratamento nesta população de paciente (mais) s, em especial fora do cenário de ensaios clínicos. OBJETIVO: Avaliar a resposta virológica sustentada ao tratamento com IFN+RBV versus PEG+RBV em pacientes coinfectados pelo vírus da hepatite C genótipo 1 e vírus da imunodeficiência humana (VHC-1/HIV), no âmbito do programa do Ministério da Saúde. MÉTODOS: Trata-se de estudo de coorte misto, onde foram revisados prontuários de pacientes coinfectados por VHC-1/HIV tratados com IFN+RBV (antes de 2002) ou PEG+RBV (a partir de 2002) pelo período de 48 semanas, no âmbito da Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul. Foram avaliadas as características demográficas (idade, gênero e peso), contagem de células CD4 e histopatologia - atividade inflamatória (A) e fibrose - segundo classificação METAVIR. O nível de significância adotado na análise estatística foi de 5%. RESULTADOS: Foram avaliados 81 pacientes coinfectados por VHC-1/HIV, 22 que utilizaram IFN+RBV e 59 que utilizaram PEG+RBV por 48 semanas. Os grupos eram semelhantes no que tange à média de idade, gênero, peso, contagem de células CD4 e grau de fibrose. Os pacientes que utilizaram IFN+RBV apresentaram maior atividade histológica com proporção de A2+A3 que superava aqueles que utilizaram PEG+RBV (P Resumo em inglês CONTEXT: It has been suggested that coinfected patients HCV/HIV must be treated with pegylated interferon associated to ribavirin (PEG+RBV), because of better taxes of sustained virological response when compared to those treated with conventional interferon associated to ribavirin (IFN+RBV). There are few studies in the literature comparing these two treatments options in this population. OBJECTIVE: To evaluate the sustained virological response to the treatment with IFN (mais) +RBV versus PEG+RBV in coinfected patients HCV/HIV genotype 1, in a public health program. METHODS: It is a cohort study, where the data of the coinfected patients treated with IFN+RBV (before 2002) or PEG+RBV (from 2002) during 48 weeks in the Brazilian Health Ministry program were reviewed. Demographic characteristics were evaluated (age, gender and weight), CD4 cell count and histopathology - inflammatory activity (A) and fibrosis grade, by METAVIR classification. The significance level adopted was 5%. RESULTS: Eighty one patients were evaluated, 22 treated with IFN+RBV and 59 treated with PEG+RBV. Both were similar relating to age, gender, weight, CD4 cell count and fibrosis grade. Those treated with IFN+RBV presented a greater proportion of A2+A3 patients than those treated with PEG+RBV (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Produção de interferon ou substância semelhante em culturas EB3 inoculadas com soros humanos contendo antígeno Austrália/ The interferon or interferon-like substance production of EB3 cells after inoculation with human sera containing Australia antigen

Candeias, J. A. N.
1975-09-01

Resumo em português Culturas de células EB3, quando inoculadas com soros humanos contendo antígeno Austrália, produzem interferon ou substância semelhante em títulos significativamente mais elevados do que as culturas controle, não inoculadas. As culturas de células EB3 inoculadas com soros humanos negativos para o antígeno Austrália comportam-se de modo idêntico às culturas controle, no que respeita aos títulos de interferon, ou substância semelhante. Sugere-se a possibilidade (mais) daquele efeito poder servir de indicador de uma possível interação entre as células EB3 e o antígeno Austrália. Resumo em inglês The production of interferon or an interferon-like substance by EB3 cell cultures exposed to human sera containing Australia antigen is described. The normal pattern of interferon production by EB3 cells not inoculated with human sera is modified, after exposure to human positive sera for Australia antigen and it is suggested that this modification may provide a criterion for interaction of Australia antigen and EB3 cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Produção de interferon ou substância semelhante em culturas EB3 inoculadas com soros humanos contendo antígeno Austrália/ The interferon or interferon-like substance production of EB3 cells after inoculation with human sera containing Australia antigen

Candeias, J. A. N.
1975-09-01

Resumo em português Culturas de células EB3, quando inoculadas com soros humanos contendo antígeno Austrália, produzem interferon ou substância semelhante em títulos significativamente mais elevados do que as culturas controle, não inoculadas. As culturas de células EB3 inoculadas com soros humanos negativos para o antígeno Austrália comportam-se de modo idêntico às culturas controle, no que respeita aos títulos de interferon, ou substância semelhante. Sugere-se a possibilidade (mais) daquele efeito poder servir de indicador de uma possível interação entre as células EB3 e o antígeno Austrália. Resumo em inglês The production of interferon or an interferon-like substance by EB3 cell cultures exposed to human sera containing Australia antigen is described. The normal pattern of interferon production by EB3 cells not inoculated with human sera is modified, after exposure to human positive sera for Australia antigen and it is suggested that this modification may provide a criterion for interaction of Australia antigen and EB3 cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Função do interferon-tau durante o reconhecimento materno da gestação em ruminantes/ The role of interferon-tau during maternal recognition of pregnancy in ruminants

Antoniazzi, Alfredo Quites; Henkes, Luiz Ernani; Oliveira, João Francisco Coelho; Hansen, Thomas Ross
2011-01-01

Resumo em português O reconhecimento materno da gestação é o período em que o concepto sinaliza sua presença para a mãe. Em ruminantes, este período coincide com o alongamento do embrião e a máxima produção de interferon-tau (IFNT). O IFNT produzido pelo concepto age via parácrina no útero inibindo a expressão dos receptores de estrógenos (ESR1) e de ocitocina (OXTR) no epitélio luminal do endométrio, evitando, assim, a liberação de pulsos luteolíticos de prostaglandina F (mais) 2 alfa (PGF2 ), hormonio responsável pelo início da luteólise. Além da sua ação durante o reconhecimento materno da gestação em ruminantes, o IFNT aumenta a expressão de vários genes estimulados por interferons (ISGs) no útero, no corpo lúteo (CL) e em células sanguíneas. Estudos recentes demonstraram que o IFNT possui ação endócrina no CL ovino e também estende o ciclo estral (pseudo gestação) além do dia 32 após a infusão de IFNT recombinante ovino (roIFNT) na veia uterina. A comprovação da saída de IFNT do útero pela veia uterina sugere que a ação endócrina do IFNT possa ser um mecanismo complementar ao mecanismo intrauterino de reconhecimento materno da gestação. A ação direta do IFNT em tecidos extrauterinos estimula a expressão de ISGs que, no CL, podem estar envolvidos com a resistência luteal à ação luteolítica da PGF2a. Resumo em inglês Maternal recognition of pregnancy is the period when the conceptus signals its presence to the dam. In ruminants, it requires conceptus elongation, which coincides with maximum production of interferon-tau (IFNT). Conceptus IFNT acts in a paracrine manner silencing estrogen receptor alpha (ESR1) and oxytocin receptor (OXTR) in the luminal epithelium, thus preventing luteolytic prostaglandin F2 alpha (PGF2 ) pulses. Besides its role during maternal recognition of pregnancy (mais) , IFNT induces the expression of several interferon stimulated genes (ISGs) in the endometrium, corpus luteum (CL) and blood cells. Recently, it was suggested an endocrine role for IFNT during the period of maternal recognition of pregnancy in sheep. It was demonstrated that infusion of IFNT into the uterine vein can extend the estrous cycle beyond 32 days. This direct action of IFNT in extrauterine tissues induces ISGs expression, which might be involved in the rescue of the CL from the luteolytic effects of PGF2 pulses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Pesquisa de interferon gama em tecido periodontal de ratos submetidos à movimentação dentária induzida/ Gamma-interferon investigation in rat periodontal tissue under induced dental movement

Silveira, Daniel Mascarenhas da; Franco, Fernanda Catharino Menezes; Nascimento, Ivana Lúcia de Oliveira; Salomão, Milene de Freitas Lima; Araujo, Telma Martins de
2009-04-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: durante o tratamento ortodôntico, um processo inflamatório é induzido, desencadeando uma série de eventos bioquímicos que resultam na movimentação dentária. Estímulos como a hipóxia e a deformação mecânica são os principais fatores responsáveis pela quebra da homeostasia celular, resultando em estresse e liberação de diversos mediadores importantes para o movimento do dente. Para que a remodelação óssea ocorra durante o tratamento ortodô (mais) ntico, fatores reguladores,como subprodutos do ácido araquidônico e citocinas,são liberados.Ao interferon gama (INF-γ , uma citocina principal liberada após a indução da resposta imune adaptativa, é atribuída a função de atrair os macrófagos, que auxiliam na remoção de restos celulares e promovem a cicatrização e reorganização das áreas com inflamação. OBJETIVO: visto que alguns aspectos biológicos que permeiam a movimentação dentária ainda não estão totalmente esclarecidos, procurou-se, neste trabalho, verificar a expressão do INF-γ por células do periodonto de ratos submetidos à movimentação ortodôntica. MÉTODOS: a amostra foi constituída por nove ratos, cujos primeiros molares superiores direitos foram movimentados com uma força de 0,5N, por 3, 7 e 14 dias. Os molares esquerdos desempenharam o papel de grupo controle. RESULTADOS: através da imunohistoquímica, foi verificada a ausência de expressão de INF-γ na quase totalidade dos tecidos estudados,tanto no lado de pressão quanto no lado de tração. Resumo em inglês INTRODUCTION: During the orthodontic treatment, an inflammatory process is induced, triggering series of biochemical events that results in dental movement. Stimuli such as hypoxia and mechanical deformation are the main factors responsible for the breaking of cell homeostasis, resulting in stress and liberation of several important mediators for tooth movement. To occur osseous remodeling during orthodontic treatments, regulating factors such as sub products of arachidon (mais) ic acid and cytokines are released. To interferon-gamma (INF-γ ), a main cytokine released after induction of adaptive immune response, is attributed the function of attracting the macrophages, which aids in removing cell rests and promote healing and reorganization of the inflamed areas. AIM: Given that some biological aspects that permeate dental movement are not yet fully clear, we aimed in this study to investigate INF-γ expression in the periodontium of rats under orthodontic movement. METHODS: The sample was composed of 9 rats, whose first upper right molars were moved with a force of 0,5N, for 3, 7 and 14 days. The left molars were used as controls. RESULTS: Through immunohistochemistry, we verified the absence of INF-γ expression in almost all the studied tissues, in both the traction and pressure sides.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Tratamento clínico do linfangioma com alfa-2a-interferon/ Treatment of lymphangioma with interferon-alpha-2a

Souza, Reynaldo J.S.P. de; Tone, Luiz G.
2001-04-01

Resumo em português OBJETIVO: descrever os resultados obtidos com o uso do alfa-2a-interferon no tratamento de pacientes pediátricos com linfangiomas irressecáveis ou refratários a outros tratamentos. MÉTODO: após revisão da literatura sobre a patogenia e os tratamentos disponíveis para os linfangiomas, utilizamos o alfa-2a-interferon na dosagem de 3 milhões de unidades/m2/dia, via subcutânea, para tratamento de pacientes que apresentavam lesões irressecáveis. Para avaliar o grau (mais) de resposta e os efeitos colaterais foram realizadas avaliações clínicas e laboratoriais periódicas. RESULTADOS: observamos que os 6 pacientes com linfangiomas irressecáveis que utilizaram alfa-2a-interferon obtiveram uma resposta clínica satisfatória associada a efeitos colaterais mínimos. Cinco destes evoluíram com regressão parcial de suas lesões e 1 com estabilização da doença. CONCLUSÃO: concluímos que o alfa-2a-interferon constitui uma das armas disponíveis para o tratamento dos linfangiomas inoperáveis na infância. Resumo em inglês OBJECTIVE: to describe the results of the use of alpha-2a-interferon in the treatment of inoperable childhood lymphangiomas refractory to other therapeutic management. METHOD: we reviewed the literature about pathogenic events and the treatments available for lymphangiomas. Based on that, we used alpha-2a-interferon at a dose of 3 million units/m2/day administered subcutaneously to patients with inoperable disease and no response to other treatments. We conducted periodic (mais) clinical and laboratory control to evaluate the response and the adverse reactions to alpha-2a-interferon administration. RESULTS: we observed that the 6 patients with inoperable lymphangiomas who used alpha-2a-interferon had a satisfactory clinical response associated with minimum adverse reactions. Of these patients, 5 had partial regression of their lesions, and 1 remained stable. CONCLUSION: alpha-2a-interferon may be one more available treatment for inoperable childhood lymphangiomas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Eficácia terapêutica do interferon alfa em criança com hemangioma gigante craniofacial: relato de caso/ Therapeutical effectiveness of interferon alpha in a child with craniofacial giant hemangioma: case report

Fonseca Junior, Nilson Lopes da; Cha, Sung Bok; Cartum, Jairo; Rehder, José Ricardo Carvalho Lima
2008-06-01

Resumo em português O hemangioma é o tumor benigno mais freqüente da infância. O hemangioma capilar geralmente apresenta-se como uma mancha ou tumoração violácea bem delimitada. O diagnóstico destas lesões é clínico. O hemangioma gigante é rara e extensa variação do hemangioma capilar, que geralmente ocorre em recém-nascidos e lactentes. Várias são as modalidades terapêuticas, como a injeção intralesional de corticóide, laserterapia, injeção intralesional de soluções (mais) esclerosantes, corticoterapia sistêmica, cirurgia, radioterapia e embolização. Novas modalidades terapêuticas têm sido desenvolvidas, com o objetivo de se obter melhores resultados e possibilitar o tratamento de lesões de difícil acesso cirúrgico e refratárias às modalidades terapêuticas utilizadas rotineiramente. Os melhores resultados tem sido obtidos com o interferon alfa. Este é um caso de uma paciente com três meses de idade, que apresentava desde o nascimento, tumoração arroxeada e amolecida em pálpebra superior do olho direito, lesões cutâneas planas e arroxeadas em região temporal e parietal direita. Realizada tomografia computadorizada de crânio evidenciando processo expansivo orbitário vascularizado com extensão para fossa média, seio cavernoso e fossa posterior. O tratamento inicial foi a corticoterapia oral durante quarenta dias, com redução progressiva por quatro semanas. Com o quadro praticamente inalterado, foi iniciado o tratamento com interferon alfa, na dose de 3.000.000 U/m², subcutâneo, três vezes por semana. Após 9 meses de tratamento, observa-se apenas uma pequena lesão orbitária residual. Neste caso, o interferon alfa apresentou-se como boa opção no tratamento do hemangioma gigante craniofacial. Resumo em inglês Hemangiomas are the most commom benign tumors of infancy. Capillary hemangioma generally is presented as a spot or well-defined purple lesion. The diagnosis of these tumors is based on physical examination. Giant hemangioma is a rare and extensive variation of capillary hemangioma, that generally occurs in newborns and suckling infants. There are several therapeutical modalities, as the intralesional injection of steroids, laser therapy, intralesional injection of scleros (mais) ing solutions, surgery, radiotherapy and embolization. New therapeutical modalities have been developed, with the objective of getting better results and to make possible the treatment of the lesions of difficult surgical access or refractory cases to the used therapeutical modalities. The best results have been observed with interferon-alpha. This is a case of a patient with three months of age, that presented since birth, a purplish tumor in the superior eyelid of the right eye, plain and purplish cutaneous lesions in the temporal and parietal right region. On computed tomography of the skull, an orbital expansive vascularized process with intracranial extension could be observed. Systemic therapy with steroids was the initial treatment, during forty days, with gradual reduction for four weeks. With the practically unchanged clinical findings, the treatment with interferon-alpha was indicated, in the dose of subcutaneous 3.000.000 U/m², three times a week. After 9 months of treatment, a small residual orbital lesion was observed. In this case, interferon-alpha is presented as a good option for the treatment of craniofacial giant hemangioma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Revisão sistemática da eficácia do interferon alfa (convencional, peguilado) e lamivudina para o tratamento da hepatite crônica B/ Efficacy of interferon (conventional, pegylated) and lamivudine for treatment of chronic hepatitis B: a systematic review

Almeida, Alessandra Maciel; Silva, Dirce Inês da; Guerra Jr, Augusto Afonso; Silva, Grazielle Dias; Acurcio, Francisco de Assis
2009-08-01

Resumo em português A hepatite crônica B constitui um grave problema de saúde pública e vem demonstrando crescentes gastos com financiamento de medicamentos de dispensação em caráter excepcional e de alto custo no Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo do estudo foi comparar a eficácia do interferon (convencional; peguilado - PEG2a) e lamivudina (LAM) para o tratamento da hepatite crônica B, pelo método de revisão sistemática selecionando ensaios clínicos randomizados e contr (mais) olados identificados nas bases PubMed e LILACS. As medidas de resultado consideradas foram resposta virológica, soroconversão, resposta bioquímica, resposta histológica e efeitos adversos. Foram selecionados 35 artigos. A presença ou ausência do HBeAg e os níveis de alanina amino transferase (ALT) no pré-tratamento demonstraram papel fundamental na indicação terapêutica inicial. O tratamento com interferons convencionais permite a inativação da doença por longos períodos de tempo, podendo resultar em soroconversão HBsAg. O PEG 2a demonstrou eficácia superior ao interferon e LAM e efeitos colaterais semelhantes ao interferon. A LAM apresenta vantagem de ser sensível para os pacientes HBeAg negativo e apresenta como maior desvantagem o desenvolvimento de resistência. Resumo em inglês Chronic hepatitis B is considered a major public health problem, and its treatment entails increasing health budget expenses with high-cost drugs covered by Unified National Health System. The objective of this study was to compare the efficacy of interferon (conventional; pegylated - PEG2a) and lamivudine (LAM) for the treatment of chronic hepatitis B through a systematic review, selecting randomized, controlled clinical trials identified in PubMed and LILACS. Target out (mais) comes were virological, biochemical, and histological response, seroconversion, and adverse effects. The review selected 35 articles. Presence or absence of HBeAg and pre-treatment alanine aminotransferase (ALT) levels were considered important factors in the initial therapeutic indication. Treatment with conventional interferon enables lasting disease inactivation and can result in HBsAg seroconversion. PEG2a showed better efficacy than interferon and LAM and similar side effects to interferon. LAM presents advantages such as its sensitivity in the HbeAg-negative phenotype, while its main disadvantage is the development of resistance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Revisão sistemática da eficácia do interferon alfa (convencional, peguilado) e lamivudina para o tratamento da hepatite crônica B/ Efficacy of interferon (conventional, pegylated) and lamivudine for treatment of chronic hepatitis B: a systematic review

Almeida, Alessandra Maciel; Silva, Dirce Inês da; Guerra Jr, Augusto Afonso; Silva, Grazielle Dias; Acurcio, Francisco de Assis
2009-08-01

Resumo em português A hepatite crônica B constitui um grave problema de saúde pública e vem demonstrando crescentes gastos com financiamento de medicamentos de dispensação em caráter excepcional e de alto custo no Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo do estudo foi comparar a eficácia do interferon (convencional; peguilado - PEG2a) e lamivudina (LAM) para o tratamento da hepatite crônica B, pelo método de revisão sistemática selecionando ensaios clínicos randomizados e contr (mais) olados identificados nas bases PubMed e LILACS. As medidas de resultado consideradas foram resposta virológica, soroconversão, resposta bioquímica, resposta histológica e efeitos adversos. Foram selecionados 35 artigos. A presença ou ausência do HBeAg e os níveis de alanina amino transferase (ALT) no pré-tratamento demonstraram papel fundamental na indicação terapêutica inicial. O tratamento com interferons convencionais permite a inativação da doença por longos períodos de tempo, podendo resultar em soroconversão HBsAg. O PEG 2a demonstrou eficácia superior ao interferon e LAM e efeitos colaterais semelhantes ao interferon. A LAM apresenta vantagem de ser sensível para os pacientes HBeAg negativo e apresenta como maior desvantagem o desenvolvimento de resistência. Resumo em inglês Chronic hepatitis B is considered a major public health problem, and its treatment entails increasing health budget expenses with high-cost drugs covered by Unified National Health System. The objective of this study was to compare the efficacy of interferon (conventional; pegylated - PEG2a) and lamivudine (LAM) for the treatment of chronic hepatitis B through a systematic review, selecting randomized, controlled clinical trials identified in PubMed and LILACS. Target out (mais) comes were virological, biochemical, and histological response, seroconversion, and adverse effects. The review selected 35 articles. Presence or absence of HBeAg and pre-treatment alanine aminotransferase (ALT) levels were considered important factors in the initial therapeutic indication. Treatment with conventional interferon enables lasting disease inactivation and can result in HBsAg seroconversion. PEG2a showed better efficacy than interferon and LAM and similar side effects to interferon. LAM presents advantages such as its sensitivity in the HbeAg-negative phenotype, while its main disadvantage is the development of resistance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Epidermodisplasia verruciforme: tratamento combinado com acitretina e interferon alfa-2a/ Epidermodysplasia verruciformis: combined treatment with acitretin and interferon alpha-2a

Silva, Cristiana Silveira; Ramos, Rodrigo de Oliveira; Pires, Mario Cezar; Sittart, José Alexandre S.
2006-12-01

Resumo em português Comunica-se o resultado do tratamento com acitretina e interferon alfa-2a em doente de 16 anos de idade com epidermodisplasia verruciforme. O diagnóstico foi realizado mediante os achados clínico-histopatológicos e pesquisa in situ positiva para papiloma vírus humano. O quadro clínico era extenso e resistente a outros tratamentos, com risco de desenvolvimento de neoplasias. Houve melhora clínica 30 dias após o início do tratamento, mantida durante os 16 meses de seguimento. Resumo em inglês We report the result of a treatment with acitretin and alpha-2a interferon in a 16-year-old boy with epidermodysplasia verruciformis. Diagnosis was based on clinical features, histopathological examination and positivity for in situ HPV. The affection was extensive and resistant to other treatment modalities, with a high risk of development of neoplasias. Treatment with oral acitretin associated with subcutaneous recombinant interferon alpha-2a three times per week induced improvement, which was sustained for 16 months of follow-up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Molde brônquico devido ao uso de interferon peguilado e ribavirina/ Bronchial casts attributed to the use of pegylated interferon and ribavirin

Garcia, Eduardo; Silva Junior, Ângelo Ferreira da; Schorr, Fabíola; Hota, Milene; Brizzi, Ricardo Gondim; Silva, André Barreto da
2009-07-01

Resumo em português Relatamos o caso de um homem de 50 anos com uma rara associação entre moldes brônquicos e o uso de interferon peguilado e ribavirina. O paciente procurou o serviço de pneumologia por apresentar, há quatro meses, dispneia progressiva que evoluiu com tosse progressiva seguida da expulsão de moldes brônquicos frequentes e abundantes. O paciente foi tratado inicialmente com medicações broncodilatadoras e uso de corticoide oral e inalatório. Foram realizados fibrobro (mais) ncoscopia, lavado broncoalveolar e análise do escarro, os quais não acrescentaram informações para elucidação diagnóstica. Durante o período sintomático, o paciente fez uso de interferon peguilado e ribavirina para o tratamento de hepatite C. Após 30 dias da interrupção das medicações, o paciente ficou assintomático. Este é o primeiro relato sobre a associação entre molde brônquico e o uso de interferon peguilado e ribavirina. Resumo em inglês We report the case of a 50-year-old male patient with a rare profile: bronchial casts associated with the use of pegylated interferon and ribavirin. The patient sought treatment in a pulmonology clinic with a history of progressive dyspnea for four months that had evolved to progressive cough followed by frequent and abundant elimination of bronchial casts. The patient was initially treated with bronchodilators, as well as with oral and inhaled corticosteroids. Fiberoptic (mais) bronchoscopy, bronchoalveolar lavage and sputum analysis were carried out but did not contribute to the elucidation of the diagnosis. The symptoms developed while the patient was receiving pegylated interferon and ribavirin for the treatment of hepatitis C. The symptoms resolved 30 days after the discontinuation of the treatment. To our knowledge, this is the first report of bronchial casts caused by the use of pegylated interferon and ribavirin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Tratamento de hemangioma gigante com interferon alfa: relato de dois casos/ Treatment of giant hemangioma with interferon-alpha: report of two cases

Balau, Ana Julia; De Nadai, Livia C.; Bressan, Mônica S.; Simão, Josiane L.
2007-12-01

Resumo em português O objetivo do trabalho é descrever o uso de interferon alfa no tratamento de pacientes com hemangioma gigante. Os autores relatam e analisam dois casos de hemangioma gigante em tratamento com interferon alfa. IBS, 3 anos, em acompanhamento no Ambulatório de Hematologia desde um ano de idade com quadro de lesão angiomatosa em praticamente toda hemiface direita, acompanhada de sangramentos gengivais importantes. Após a realização de exames complementares (Angiorresson (mais) ância magnética) e feito o diagnóstico de hemangioma gigante em face, foi iniciado tratamento com prednisona e, posteriormente, associação com interferon alfa e observada importante melhora do quadro, resultando na diminuição dos episódios de sangramento e no tamanho do tumor. C.N.P., 12 anos, apresentando nódulo em região lateral de joelho esquerdo há 2 anos, com aumento progressivo do tamanho e dor local. Fez uso de prednisona e, sem melhora do quadro, introduzido interferon alfa com regressão importante do tamanho do tumor. O tratamento com interferon alfa deve ser considerado no tratamento de hemangiomas, pois apresenta bons resultados em relação à diminuição do tamanho do tumor e, conseqüentemente, reduz as intercorrências clínicas associadas à sua presença, principalmente os sangramentos. Resumo em inglês The aim of this study is to describe the treatment using interferon-alpha of giant hemangiomas in children. The authors report two cases of children presenting with giant hemangiomas treated using interferon-alpha and analyze the results. IBS, 3 years-old, has been followed up in Famema Hemathology Service since she was 1 year-old with a tumor on the face and persistent bleeding. After clinical and radiologic evaluations and suggested the diagnosis of giant hemangioma, sh (mais) e started treatment with interferon-alpha. A great clinical improvement was observed a reducing of the number of episodes of bleedings and a decrease in of the tumor size. CNP, 12 years-old, came to this service in the last year presenting with a small painful tumor on the left knee. She had already tried a treatment with Prednisone with no improvement. Treatment with interferon-alpha was initiated with a significant decrease in its size. The use of interferon-alpha should be considered in the treatment of giant hemangioma due to its favorable results related to a reduction in the tumor size and the episodes of bleeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Fênomeno de Raynaud grave associado a terapia com interferon-beta para esclerose múltipla: relato de caso/ Severe Raynaud's phenomenon associated with interferon-beta therapy for multiple sclerosis: case report

CRUZ, BORIS AFONSO; QUEIROZ, EUSTÁQUIO DE; NUNESi, SIMONE VILELA; CRUZ FILHO, ACHILES; CAMPOS, GILBERTO BELISARIO; MONTEIRO, ERNESTO LENTZ DE CARVALHO; CRIVELLARI, HUMBERTO
2000-06-01

Resumo em português Interferon-B (IFN-beta) é usado no tratamento de esclerose múltipla (EM). Descrevemos o caso de uma mulher com EM que apresentou fenômeno de Raynaud grave, livedo reticular e necrose digital duas semanas após tratamento com IFN-beta. Os sintomas melhoraram após suspensão do IFN-beta e início de anticoagulação associada a ciclofosfamida e corticóide. Fenômeno de Raynaud é um efeito colateral provável da terapia com IFN-beta para EM. Resumo em inglês Interferon-beta (IFN-beta) is administered for treatment of multiple sclerosis (MS). We report on a woman with MS who presented with severe Raynaud's phenomenon, livedo-reticularis and digital necrosis two weeks after beginning therapy with IFN-beta. Symptoms improved after the IFN-beta was discontinued and anticoagulation associated with cyclophosphamide and corticoid were introduced. Raynaud's phenomenon is probably a side effect of IFN-beta therapy for multiple sclerosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Tratamento de pacientes com hepatite crônica pelo vírus C com interferon-alfa e ribavirina: a experiência da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul/ Interferon-alpha and ribavirin therapy on chronic hepatitis C virus infection: the experience of Rio Grande do Sul State Health Department, Brazil

Alves, Alexandro Vaesken; Azevedo, Andrea Prates da Cunha de; Perin, Chistiano; Ramos, Gabriel Zatti; Brandão, Ajacio Bandeira de Mello; Mattos, Angelo Alves de; Almeida, Paulo Roberto Leiria de
2003-12-01

Resumo em português RACIONAL: A infecção crônica pelo vírus da hepatite C é importante problema de saúde pública. OBJETIVOS: Analisar os resultados do tratamento combinado interferon-alfa/ribavirina e identificar fatores preditivos de resposta em pacientes adultos com hepatite crônica C de um programa público de fornecimento de medicamentos. PACIENTES E MÉTODOS: Estudo retrospectivo de registros consecutivos de 400 pacientes com hepatite crônica C tratados com interferon/ribavirin (mais) a em programa estabelecido pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, no período de 1999 a 2000. RESULTADOS: A distribuição entre homens e mulheres foi similar, e a média de idade foi de 46,5 ± 10,3 anos. Observou-se resposta ao final do tratamento e resposta sustentada em 49% e 32% dos pacientes, respectivamente. Resposta sustentada foi significativamente maior nas mulheres e em pacientes infectados com genótipos não-1, não se tendo observado diferença quando avaliada a idade e o grau de atividade e estágio histológico. CONCLUSÃO: Em pacientes adultos com hepatite crônica C, a resposta ao tratamento combinado interferon-alfa/ribavirina foi observada em um terço deles. Taxas maiores de resposta foram observadas em mulheres e em pacientes infectados com genótipos não-1. Resumo em inglês BACKGROUND: Chronic infection by hepatitis C virus is an important public health issue. AIMS: To assess the effectiveness of a combination therapy with interferon-alpha plus ribavirin and to identify predictive factors of response in adult patients with chronic hepatitis C in a public drug supply program. PATIENTS AND METHODS: A retrospective study of consecutive records of 400 patients with chronic hepatitis C treated with interferon-a plus ribavirin therapy, as part of (mais) a health program conducted by the Department of Health of the State of Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, southern Brazil, between 1999 and 2000, was carried out. RESULTS: Sex distribution was similar, and the average age was 46.5 ± 10.3 years. Response at the end of the treatment was observed in 49% of patients, and sustained response was observed in 32% of them. Sustained response was significantly higher in females and in patients infected by genotypes other than 1. We did not observe significant differences in terms of age or histological stage and activity score. CONCLUSION: In adult patients with chronic hepatitis C, combination therapy with interferon-alpha plus ribavirin was effective in one third of patients. Higher rates of response were observed in women and in patients infected by genotypes other than 1.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Retinopatia em paciente portador de hepatite C tratado com interferon peguilado e ribavirina: relato de caso/ Retinopathy in a patient with hepatitis C treated with pegylated interferon and ribavirin: case report

Ávila, Marcos Pereira de; Freitas, André Moraes; Isaac, David Leonardo Cruvinel; Bastos, André Luis de Moura; Pena, Rafael Valadares
2006-04-01

Resumo em português O interferon é uma citocina imunomoduladora utilizada no tratamento de diversas doenças, incluindo infecções crônicas pelo vírus da hepatite C. O interferon peguilado é uma nova forma de interferon, desenvolvida para aumentar o tempo de meia-vida da droga. Uma série de efeitos adversos têm sido associados ao uso do interferon, dentre eles a toxicidade ocular com desenvolvimento de retinopatia. As lesões oculares típicas incluem exsudatos algodonosos e hemorragi (mais) as retinianas no pólo posterior, particularmente em torno do disco óptico. Descrevemos o caso de paciente tratado com associação de interferon peguilado e ribavirina com diminuição da acuidade visual e quadro oftalmológico compatível com retinopatia associada ao interferon. Quatro semanas após a suspensão do interferon, houve melhora da acuidade visual e diminuição importante das alterações retinianas. Resumo em inglês Interferon is an immunomodulating cytokine used to treat patients with different diseases, such as hepatitis C chronic infection. Pegylated interferon is a new type of interferon, developed to increase the half-life of the drug. Many side effects have been related to its use, including ocular toxicity and retinopathy. The most reported ocular findings are cotton-wool spots and hemorrhages located at the posterior pole and surrounding optic nerve head. We describe one case (mais) of pegylated interferon-associated retinopathy with visual loss. The patient had visual acuity improvement four weeks after discontinuation of the medication and the ocular findings became much more subtle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Trombose de veia central da retina em paciente usuária de interferon e ribavirina: relato de caso/ Central vein occlusion in a patient using interferon and ribavirin: case report

Helal Jr., John; Zacharias, Leandro Cabral; Alencar, Luciana Malta de
2006-08-01

Resumo em português O interferon alfa (INF alfa) é droga atualmente utilizada no tratamento de várias doenças sistêmicas, como a hepatite C crônica. A ribavirina quando associada ao interferon alfa aumenta muito a resposta ao tratamento. Estima-se que a infecção crônica pelo vírus da hepatite C afete 170 milhões de pessoas no mundo, muitas delas em uso dessas medicações. A forma típica da retinopatia associada ao interferon alfa apresenta exsudatos algodonosos e hemorragias intr (mais) a-retinianas. Há vários relatos de alterações oculares associadas ao uso do interferon alfa. Este trabalho descreve um caso de oclusão de veia central da retina em olho direito, com hemorragias no olho contralateral, em paciente usuária dessas medicações por dois anos. O caso descrito expõe em um dos olhos o quadro mais freqüente da retinopatia associada ao uso de interferon alfa (hemorragias de fundo) e no olho contralateral, uma apresentação muito mais atípica (trombose de veia central da retina). O quadro fundoscópico apresentou melhora com a interrupção da medicação. Resumo em inglês Interferon and ribavirin are medications widely used in the treatment of some systemic diseases, mainly hepatitis C. Ribavirin when associated with interferon increases the rate of success of this treatment. There are about 170 million patients with chronic hepatitis C in the world, many in use of these medications. The classic associated retinopathy is described as cotton wool exudates and hemorrhages. Since the first reports, several different ocular disturbances were d (mais) escribed in association with interferon. The present case shows a patient whose right eye presented with central retinal vein occlusion and whose left eye presented the typical findings of hemorrhages; prompt resolution after the medications were discontinued.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica pós-tratamento com interferon peguilado alfa 2b em um paciente co-infectado HIV/HCV: relato de caso/ Chronic inflammatory demyelinating polyneuropathy after treatment with pegylated interferon alpha 2b in a patient with HIV/HCV coinfection: case report

Bassetti, Bil Randerson; Trés, Eduardo Sturzeneker; Ciríaco, Jovana Gobbi Marchesi; Pinto Neto, Lauro Ferreira Silva
2010-02-01

Resumo em português A polineuropatia desmielinizante inflamatória cônica possui forte associação com a infecção pelo HIV e HCV. Uma rara associação entre PDIC e o tratamento da hepatite C com interferon peguilado alfa foi descrita recentemente. Nós descrevemos o primeiro caso de polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica em um paciente branco, sexo masculino infectado por HIV e HCV associado a interferon peguilado alfa 2b. O paciente recuperou-se completamente após o uso (mais) de imunoglobulina hiperimune endovenosa. Infectologistas e hapatologistas devem estar atentos à esta rara e grave associação, que exige imediata descontinuação da droga e tratamento precoce. Resumo em inglês Chronic inflammatory demyelinating polyneuropathy has a strong association with HIV and HCV infection. A rare association between chronic inflammatory demyelinating polyneuropathy and hepatitis C treatment with pegylated interferon alpha was described recently. We described the first case of chronic inflammatory demyelinating polyneuropathy associated with pegylated interferon alpha 2b in a white man infected with HIV and HCV. The patient recovered completely with the use (mais) of intravenous hyperimmune immunoglobulin. Infectologists and hepatologists should be alert regarding this rare and serious association, which requires immediately drug discontinuation and early treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

A taxa de resposta sustentada da hepatite C crônica ao tratamento com os diversos interferons-alfa e ribavirinas distribuídos pelo governo brasileiro é semelhante à da literatura mundial/ The sustained response rates for chronic hepatitis C patients undergoing therapy with the several interferons and ribavarins supplied by Brazilian’s Health Ministry is comparable to those reported in the literature

Acras, Rafael Nastás; Pedroso, Maria Lúcia A.; Caum, Leiber Carvalho; Pisani, Júlio C.; Amarante, Heda M. B. S.; Carmes, Eliane R.
2004-03-01

Resumo em português RACIONAL: As taxas de resposta sustentada aos interferons-alfa 2A e 2B associados à ribavirina são descritas na literatura como sendo de 40%. No entanto, a taxa de resposta sustentada em ambiente de freqüentes mudanças dos produtos fornecidos ainda não era conhecida. OBJETIVOS: Avaliar a prevalência de resposta sustentada e os fatores preditivos de melhor resposta ao tratamento da hepatite C crônica, com as diferentes combinações e procedências de interferons-al (mais) fa e ribavirina, fornecidos pelo Ministério da Saúde e compará-la às da literatura mundial. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Foi realizado estudo de coorte, não-controlado, em 87 pacientes do ambulatório de Hepatologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, tratados com interferon-alfa e ribavirina, entre agosto de 1999 e agosto de 2002. Avaliou-se a prevalência de resposta sustentada e sua correlação com sexo feminino, idade, genótipos 2 e 3 e graus de fibrose. RESULTADOS: Houve taxa de resposta sustentada em 32,1% dos pacientes, correlacionada positivamente com os genótipos 2 e 3. CONCLUSÕES: As taxas de resposta sustentada encontradas são comparáveis com as da literatura internacional, apesar das freqüentes variações quanto ao tipo e/ou procedência dos produtos. Resumo em inglês BACKGROUND: The sustained response rates of chronic hepatitis C therapy to interferons alpha 2A and 2B associated to ribavirin are described as approximately 40%. Nevertheless, studies on the sustained response rates in a setting of frequent changes of type of interferon as well as of supplies of interferons and ribavirin are lacking. AIMS: To evaluate the prevalence of sustained response and to determine the predictors of response to chronic hepatitis C therapy, in a coh (mais) ort of outpatients at Curitiba, PR, south Brazil, in a setting of heterogeneous therapy regarding type and supply of the medications. POPULATION AND METHODS: A cohort of 87 chronic hepatitis C patients submitted to therapy with interferon alpha 2 and ribavirin were followed from August 1999 to August 2002. The prevalence of sustained response and the influence of gender, age, genotype and severity of liver fibrosis in the response were evaluated. RESULTS: A sustained response prevalence of 32.1% was found, positively associated to genotypes 2 and 3. CONCLUSIONS: Despite the frequent changes on product type and/or procedence, the sustained response prevalence rate found in this study was similar to that described in the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Interferão peguilado e ribavirina em doentes com hepatite crónica sem resposta sustentada ao interferão standard e ribavirina

Freire, R.; Mangualde, J.; Vieira, A. M.; Lobato, C.; Pinho, C.; Alves, A.; Augusto, F.; Oliveira, A. P.
2006-03-01

Resumo em português Introdução: Apesar de submetidos a tratamento, muitos dos doentes com hepatite C crónica permanecem infectados. Com o interferão peguilado e ribavirina, a resposta virológica sustentada ultrapassou os 50%, um acréscimo de 17 a 25% comparativamente ao interferão standard e ribavirina. Tal facto poderá fundamentar o retratamento dos doentes sem resposta a tratamentos anteriores. Objectivos: Avaliar a eficácia do tratamento com interferão peguilado e ribavirina, ap (mais) ós falência do interferão standard e ribavirina. Identificar factores preditivos de boa resposta. Doentes e Métodos: Análise retrospectiva dos doentes retratados com interferão peguilado e ribavirina após falência do interferão standard e ribavirina. Resultados: Identificaram-se 27 doentes (78% do sexo masculino, média de idades de 43 anos). O genótipo 1 foi identificado em 23 doentes. Catorze tinham virémias superiores a 500.000 UI/L. Quinze doentes tinham efectuado interferão standard em monoterapia. Todos cumpriram tratamento com interferão standard e ribavirina, sendo a resposta nula em dois terços. Com o retratamento (interferão peguilado e ribavirina), a resposta sustentada atingiu 25,9% (7 doentes). Os factores preditivos de boa resposta foram: resposta virológica precoce ao retratamento e ausência de curso prévio de interferão em monoterapia. Conclusões: O retratamento deverá ser considerado, sobretudo se estiverem presentes os factores preditivos de boa resposta. Resumo em inglês Introduction: Treatment failures were frequent before peginterferon and ribavirin become standard therapy for chronic hepatitis C. Overall, a sustained virologic response can now be achieved in over 50% of patients, a 17-25% higher rate than that with standard interferon and ribavirin, which may sustain a retreatment strategy for patients with no response to previous therapies. Aims: To evaluate the effectiveness of retreatment with peginterferon and ribavirin in patients (mais) who failed treatment with standard interferon and ribavirin and to identify factors associated with a favourable outcome. Patients and Methods: Retrospective analysis of patients retreated with peginterferon and ribavirin after treatment failure with standard interferon and ribavirin. Results: Twenty-seven patients were included (78% male, mean age of 43 years, 85% with genotype 1). Serum HCV RNA was higher than 500.000 IU/L in 14 patients. Fifteen patients had been previously treated with standard interferon monotherapy. All were treated with, and failed, standard interferon and ribavirin. With retreatment (peginterferon and ribavirin), a sustained response was achieved in 25,9% (7 patients). Factors associated with a favourable outcome were early virologic response on retreatment and absence of previous interferon monotherapy. Conclusions: Retreatment should be considered, particularly in selected patients with factors predictive of a favourable outcome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Depressão e câncer/ Depression and cancer

Bottino, Sara Mota Borges; Fráguas, Renério; Gattaz, Wagner Farid
2009-01-01

Resumo em português A depressão é o transtorno psiquiátrico mais comum em pacientes com câncer, com prevalências variando de 22% a 29%. Essa variabilidade está associada a sítios do tumor, estágio clínico, dor, funcionamento físico limitado, além da existência de suporte social. A depressão associa-se a um pior prognóstico e aumento da mortalidade pelo câncer. Síndromes depressivas podem ser uma consequência das terapias antineoplásicas, como ocorre em 21% a 58% dos pacient (mais) es recebendo interferon-alfa. Sentimentos de tristeza e desespero podem inibir a procura de cuidado pelos pacientes, dificultando o reconhecimento da depressão. O tratamento com antidepressivos é efetivo e melhora a adesão aos tratamentos do câncer, reduzindo efeitos adversos como náusea, dor e fadiga. Em pacientes com câncer, tratamento prévio com antidepressivos pode minimizar sintomas depressivos induzidos por interferon-alfa. O tratamento com antidepressivos parece ser uma estratégia efetiva para prevenir o desenvolvimento da depressão induzida por interferon-alfa. Intervenções psicossociais, como técnicas de relaxamento, terapia individual e em grupo, também podem ser utilizadas na redução dos sintomas depressivos e de estresse em pacientes com câncer. Resumo em inglês Depression is the most common psychiatric disorder in patients with cancer, with prevalence rates ranging from 22% to 29%. This variability is associated to cancer sites, clinical stages, pain, limited physical functioning, beyond the existence of social support. Depression is associated to poorer prognosis and higher cancer mortality. Depressive syndromes can be a consequence of the antineoplasic therapies, as occurs in 21% to 58% of the patients treated with alfa-interf (mais) eron. Sadness and desperation can inhibit the search for care by the patients, and difficult depression recognition. Antidepressant treatment is effective, and improve the adherence to cancer treatments, reducing side effects as nausea, pain and fatigue. In cancer patients, pretreatment with antidepressants seems to minimize depressive symptoms induced by interferon-alfa. Psychosocial interventions as relaxing techniques, group and individual psychotherapies can also be applied to reduce depressive and stress symptoms in patients with cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

O desafio da tuberculose na faixa etária pediátrica frente a novas técnicas diagnósticas/ The challenge of pediatric tuberculosis in face of new diagnostic techniques

Sztajnbok, Flavio R.; Boecha, Neio L.; Sztajnbok, Denise C. N.; Ribeiro, Samantha Brum; Oliveira, Sheila K. F.; Sant'Anna, Clemax C.
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Apresentar uma revisão atualizada sobre os novos métodos para o diagnóstico da tuberculose baseados na produção in vitro de interferon-gama (IFN-γ) por células T dos pacientes sob investigação, comparando-os com a tradicional prova tuberculínica. FONTES DOS DADOS: Revisão de literatura utilizando os bancos de dados MEDLINE e LILACS (2000-2008) utilizando as palavras-chave tuberculose, interferon-gama, quantiFERON, ELISPOT e T-SPOT.TB. SÍNTESE DO (mais) S DADOS: Esses novos testes mostraram-se, de um modo geral, tão ou mais sensíveis e específicos que a prova tuberculínica, tanto em adultos como em crianças e imunossuprimidos, para o diagnóstico da infecção latente e da doença ativa, apresentando vantagens como a menor interferência da vacinação prévia pelo BCG, menor influência de estados anérgicos e melhor acurácia em crianças menores. Nos Estados Unidos, já estão sendo utilizados em substituição à prova tuberculínica, e apesar dos custos ainda elevados, a Organização Mundial de Saúde vai priorizar a sua viabilidade econômica. CONCLUSÕES: Sempre levando em conta a importância da história clínica e epidemiológica, os novos testes baseados na produção de IFN-γ apresentam resultados promissores e deverão ser considerados na investigação de tuberculose em qualquer paciente, mas especialmente nos grupos de risco, como as crianças e os imunossuprimidos. Resumo em inglês OBJECTIVES: To present an updated review concerning new assays for diagnosing tuberculosis based on in vitro interferon-gamma production by host T cells, and compare them with tuberculin skin test. SOURCES: A literature review was carried out based on Medline and LILACS databases (2000-2008) searching for the following keywords: tuberculosis, interferon-gamma, quantiFERON, ELISPOT and T-SPOT.TB. SUMMARY OF THE FINDINGS: These new assays proved to have, in general, equal o (mais) r superior sensitivity and specificity than the tuberculin skin test not only in adults but also in children and immunosuppressed patients for the diagnosis of both latent tuberculosis infection or active disease, with some advantages such as less cross-reactivity as a result of previous BCG vaccination, less influence of anergy and better accuracy in small children. In the United States, these assays have been used instead of the tuberculin skin test and, although still very expensive, the World Health Organization will be making its economic viability a priority. CONCLUSIONS: Always having in mind the importance of clinical and epidemiological histories, these new assays based on interferon-gamma release present promising results and should be considered in tuberculosis investigation procedures for all patients, however with a special concern in the risk groups (i.e., children and immunosuppressed patients).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Quimioterapia neoadjuvante torna ressecável carcinoma de cabeça de pâncreas/ Neoadjuvant chemotherapy making a pancreatic head cancer resectable

Melo, Marco Antônio Cezário de; Violet, Christiane
2007-08-01

Resumo em inglês We present a case of non-resectable head pancreatic cancer by mesenteric venous invasion in which treatment with Gemcitabine (Gemzar) 1.000 mg/m 2 weekly for 3 weeks, followed by a 1-week rest, normalized CA 19.9 and promoted tumor resecability in a second operation (ultrasound, helicoidal tomography and magnetic ressonance exams). The value of the adjuvant treatment (radiochemotherapy) and the association with immunotherapy (Interferon) is discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Cútis laxa granulomatosa: relato de caso/ Granulomatous slack skin: a case report

Roberti, Maria do Rosário Ferraz; Tuma, Cristiane Araújo
2007-10-01

Resumo em português A cútis laxa granulomatosa é variante de linfoma T cutâneo com características histopatológicas semelhantes às da micose fungóide, além da presença de infiltrado granulomatoso e perda de fibras elásticas. Caracteriza-se clinicamente por placas endurecidas, eritêmato-vinhosas, que evoluem para flacidez cutânea, acometendo preferencialmente as regiões axilar e inguinal. Em mais da metade dos casos há associação com linfoma de Hodgkin. Relata-se o caso de pac (mais) iente de 47 anos com cútis laxa granulomatosa, com manifestação sistêmica, que respondeu parcialmente à terapia com interferon-alfa e corticosteróides. Resumo em inglês Granulomatous slack skin is a cutaneous T cell lymphoma variant with histopathologic findings similar to those of mycosis fungoides, in addition to granulomatous infiltrate and loss of dermal elastic tissue. Clinically, it begins with indurated purplish plaques that evolve into areas of hanging bulky skin masses, preferentially affecting axillary and inguinal folds. In more than half of cases there is an association with Hodgkin’s disease. Here, we report the case of a 4 (mais) 7-year-old woman with granulomatous cutis laxa and systemic manifestations that partially responded to therapy with interferon alpha and steroids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

O tratamento da Leucemia Mielóide Crônica com mesilato de imatinibe/ Therapy of Chronic Myeloid Leukemia with imatinib mesylate

Funke, Vaneuza M.; Setubal, Daniela C.; Ruiz, Jefferson; Azambuja, Ana Paula; Lima, Denise H.; Kojo, Terezinha K.; Pasquini, Ricardo
2008-04-01

Resumo em português O mesilato de imatinibe é atualmente o tratamento de escolha para pacientes com Leucemia mielóide Crônica (LMC) recém-diagnosticados. Desde os primeiros estudos clínicos em 1998 até o estudo IRIS, que comparou o uso em primeira linha de imatinibe com interferon + ara-C, esta droga vem se consolidando em segurança e eficácia. Ainda há, entretanto questionamentos sobre a melhor dose inicial, a identificação dos pacientes que mais se beneficiariam e a melhor abord (mais) agem frente a respostas sub-ótimas e resistência. Os principais estudos clínicos publicados com mesilato de imatinibe são revisados no presente artigo, e discutidos sob a perspectiva da realidade brasileira. Resumo em inglês Imatinib mesylate is currently the gold-standard therapy for patients with newly diagnosed Chronic Myelogenous Leukemia. From the clinical trials in 1998 to the IRIS study, which compared first line imatinib treatment with interferon and low dose ara-C, this drug has been consolidated in regards to its safety and efficacy. There are still some questions to answer. Which would be the best initial dose? Are there any patients who benefit more than others? What is the best a (mais) pproach to suboptimal response and resistance? The most important published clinical studies are reviewed in the current article and discussed from a Brazilian perspective.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Diabetes Mellitus após Terapêutica com Peginterferão-Alfa 2ª para Hepatite Viral C Crónica

Osório, M. J.; Iurescu, L.; Bagulho, L.; Marques, C.; Esteves, J.; Almeida, J.; Matias, T.
2007-05-01

Resumo em português Tem sido descrita na literatura a existência de uma relação entre Hepatite Viral C Crónica e Diabetes mellitus tipo II, devido à hepatopatia crónica ou uma sua manifestação extra-hepática. O aparecimento de Diabetes mellitus tipo 1 em doentes medicados com interferão-alfa tem sido recentemente relacionado com o aparecimento de anticorpos anti-pancreáticos ou com o aumento da sua titulação. Este artigo ilustra um caso de diabetes mellitus tipo 1 inaugural, gra (mais) ve, 5 meses após ter sido iniciada terapêutica combinada com peginterferão-alfa e ri-bavirina. O nosso objectivo é interrogar a importância da avaliação prévia do risco da ocorrência de diabetes mellitus durante o tratamento da hepatite viral. Resumo em inglês It has been reported the existence of an association between Chronic Viral Hepatitis C and type 2 Diabetes mellitus, probably as a manifestation of the chronic hepatic disease and/or one of its extra-hepatic manifestations. Recently, it has been reported the appearance of type 1 Diabetes mellitus after treatment with interferon-alpha, associated with the appearance of anti-pancreatic antibodies or with an increase in their titration. We pretend to illustrate a severe case (mais) of new-onset type 1 diabetes mellitus, 5 months after combined treatment with interferon-alpha and ribavirin. Our objective is to enhance the importance of evaluate the risk of developing diabetes mellitus with the treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Importância da resitência insulínica na hepatite C crônica/ Insulin resistance in chronic hepatitits C

Parise, Edison Roberto; Oliveira, Ana Cláudia de
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Revisar a importância da resistência insulínica no desenvolvimento da hepatite C crônica e sua interferência na resposta ao tratamento antiviral de pacientes infectados pelo vírus da hepatite C. FONTE DE DADOS: Revisão bibliográfica de trabalhos publicados pelo MEDLINE e dados dos próprios autores. SÍNTESE DE DADOS: Nos últimos anos, grande número de publicações tem demonstrado importante associação entre resistência insulínica e hepatite C cr� (mais) �nica. Aumento na prevalência de diabetes mellitus tipo 2, desenvolvimento de esteatose hepática (principalmente nos pacientes com infecção pelo genótipo não-3), progressão mais rápida da doença e redução na taxa de resposta virológica sustentada ao tratamento com interferon peguilado e ribavirina, têm sido todos associados à presença de resistência insulínica nos pacientes infectados pelo vírus da hepatite C. A produção aumentada de fator de necrose tumoral pelo core do vírus da hepatite C é o principal mecanismo responsável pelo aparecimento da resistência insulínica. O fator de necrose tumoral afetaria a fosforilação do substrato do receptor de insulina diminuindo a captação de glicose e acarretando hiperinsulinemia compensatória. Aumento da siderose hepática e alterações dos níveis circulantes das adipocitocinas podem ter efeito adicional sobre a sensibilidade à insulina na hepatite C crônica. CONCLUSÕES: O diagnóstico e o tratamento da resistência insulínica nesses pacientes podem não só evitar o aparecimento das complicações, mas também prevenir a progressão da doença e, possivelmente, aumentar a taxa de resposta virológica sustentada ao tratamento com interferon peguilado e ribavirina. Resumo em inglês OBJECTIVE: To revise the importance of insulin resistance in the development of chronic hepatitis C and its interference in the response to the antiviral treatment of these patients. DATA SOURCE: Bibliographic revision of published papers in the MEDLINE and the authors’ data. DATA SYNTHESIS: In the last years several published papers have demonstrated an important relationship between insulin resistance and chronic hepatitis C. Increased prevalence of type 2 diabetes mel (mais) litus, the development of hepatic steatosis (specially in non-3 genotype), a more rapid progression of hepatic disease and reduction in the sustained virological response to treatment with pegylated interferon plus ribavirin have been associated with insulin resistance in patients infected with HCV. The mechanism implied in the insulin resistance is the enhanced production of tumor necrosis factor by the HCV core. Tumor necrosis factor affects insulin receptor substrate phosphorylation, resulting in decreased glucose uptake and compensatory hyperinsulinemia. Increased liver iron accumulation and modification in the levels of adipocytokinemia can have an additional effect on insulin sensitivity in chronic C hepatitis. CONCLUSIONS: Diagnosing and treating insulin resistance in patients with chronic hepatitis C could not only avoid complications but also prevent disease progression and increased the sustained virological rate to treatment with pegylated interferon plus ribavarin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Angioma em tufos: relato de um caso tratado com laser corante pulsado/ Tufted angioma: a case report treated with pulsed-dye laser

Cardoso, Alberto Oiticica; Tayti, Tatiana; Oliveira, Juliana Pedroso de; Torezan, Luís Antonio; Sotto, Mirian N.; Vilela, Maria Aparecida; Nico, Marcello Menta Simonsen; Osório, Nuno de Sanches; Festa Neto, Cyro
2006-10-01

Resumo em português O angioma em tufos é quadro raro, benigno, de proliferação cutânea angiomatosa. Acomete mais crianças e clinicamente caracteriza-se por lesões em placas, vermelho-violáceas, dolorosas e mais freqüentes no tronco. Quando não regride espontaneamente, os tratamentos propostos (cirurgia convencional, corticoterapia, interferon e laser) alcançam pouco sucesso. Descreve-se o caso de uma menina de 11 anos, com angioma em tufos no tronco, tratada com laser corante pulsa (mais) do que mostrou alívio importante da dor local e redução discreta do tamanho da lesão. A raridade de casos relatados no Brasil e a tentativa terapêutica com laser corante pulsado motivaram a divulgação do caso. Resumo em inglês Tufted angioma is a rare, benign, cutaneous angiomatous proliferation. It is more common in children and is clinically characterized by red-purple painfull plaques, more common in trunk. When spontaneous regression does not occur, proposed treatments (conventional surgery, steroid therapy, interferon and laser) achieve little success. We describe a case of a 11-year-old girl with a tufted angioma located in the trunk treated with pulsed-dye laser, showing important relief (mais) of local pain, and small reduction in lesion size. We have been motivated to describe this case due to the small number of such reports in Brazil and by the attempt to treat it with pulsed-dye laser.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Valor preditivo de marcadores séricos de fibrose hepática em pacientes portadores de hepatite crônica viral C/ Predictive value of serum markers of hepatic fibrosis in patients with chronic hepatitis C

Lima, Leila Maria Soares Tojal de Barros; Martins, João Roberto Maciel; Nader, Helena Bonclani; Lacet, Celina Maria Costa; Balwani, Maria do Carmo Lins Vasconcelos; Pinhal, Maria Aparecida da Silva
2008-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Os marcadores séricos têm sido empregados na avaliação da fibrose hepática em pacientes portadores de hepatite crônica C (HCC). OBJETIVOS: Avaliar a capacidade do índice aspartato aminotransferase (AST)/alanina aminotransferase (ALT), dos níveis séricos de gama-glutamiltransferase (GGT), contagem de plaquetas, do índice AST/plaquetas (APRI) e do ácido hialurônico (AH) em predizer a intensidade da fibrose hepática na HCC e a variação desses mar (mais) cadores após tratamento com interferon. PACIENTES E MÉTODOS: Em 72 pacientes portadores de hepatite C determinamos no soro o índice AST/ALT, GGT, plaquetas, índice APRI (obtido pelo quociente AST/plaquetas) e o AH, que foram comparados ao estadiamento histológico, segundo os critérios de METAVIR. Receberam tratamento com interferon e ribavirina 65 pacientes. Os indivíduos que concluíram o tratamento (n = 33) realizaram nova dosagem dos marcadores séricos de fibrose para comparar com os níveis pré-tratamento. RESULTADOS: Observamos que a GGT, a contagem de plaquetas, o índice APRI e o AH se correlacionaram com estádio de doença hepática (p Resumo em inglês INTRODUCTION: Serum markers have been used in the assessment of liver fibrosis in patients with chronic hepatitis C (CHC). AIMS: We evaluated the capacity of aspartate aminotransferase (AST)/alanine aminotransferase (ALT) ratio, gama-glutamyltransferase (GGT) levels, platelet count, the AST to platelet ratio index (APRI) and serum hyaluronic acid (HA) to predict the intensity of hepatic fibrosis in patients with CHC and the variation of these markers after therapy with in (mais) terferon. PATIENTS AND METHODS: In 72 patients with hepatitis C, AST/ALT ratio, GGT levels, platelet count, the APRI index (calculated as the ratio of AST to platelets) and serum HA concentration were determined and compared to histological staging according to the scoring system of METAVIR. Sixty-five patients received interferon and ribavirin therapy. The individuals that completed the treatment (n = 33) underwent a new test for serum marker of fibrosis in order to compare it with pre-treatment levels. RESULTS: GGT levels, platelet count, the APRI index and serum HA were correlated with the stage of hepatic fibrosis (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Atresia das vias biliares extra-hepáticas: conhecimentos atuais e perspectivas futuras/ Extrahepatic biliary atresia: current concepts and future directions

Carvalho, Elisa de; Ivantes, Cláudia Alexandra Pontes; Bezerra, Jorge A.
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: Apresentar uma revisão atualizada sobre atresia das vias biliares extra-hepáticas, com ênfase em etiopatogenia, abordagens diagnósticas e terapêuticas e prognóstico. FONTES DOS DADOS: Foram selecionadas pelos sites de busca médica (MEDLINE e PubMed) pesquisas relacionadas à atresia biliar, utilizando as seguintes palavras-chave: biliary atresia,etiopathogenesis, diagnosis, treatment, prognosis, children. SÍNTESE DOS DADOS A atresia das vias biliares ex (mais) tra-hepáticas é a principal indicação de transplante hepático na faixa etária pediátrica. Quanto à etiologia, o citomegalovírus, o reovírus e o rotavírus têm sido os agentes mais estudados como possíveis desencadeadores da obstrução imunomediada da árvore biliar. A resposta imune, especialmente o predomínio da resposta TH1 e do interferon gama, a susceptibilidade genética e as alterações do desenvolvimento embrionário da árvore biliar são aspectos que podem participar na etiopatogênese da obliteração das vias biliares extra-hepáticas. Ainda hoje, o único tratamento disponível é a portoenterostomia, cujos resultados são melhores quando realizada nos primeiros 2 meses de vida. Em relação ao prognóstico, as crianças não tratadas vão a óbito na totalidade, por complicações relacionadas à hipertensão portal e à cirrose hepática, e mesmo os casos tratados necessitam, em sua maioria, do transplante hepático. CONCLUSÃO: A atresia das vias biliares extra-hepáticas continua sendo a principal indicação de transplante hepático em crianças, e a mudança deste panorama depende de um melhor entendimento da etiopatogenia da obstrução biliar nos diferentes fenótipos da doença. Investigações futuras a respeito do papel do interferon gama e de outras citocinas são necessárias para avaliar se esses aspectos seriam potenciais alvos de intervenção terapêutica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To provide an updated review on extrahepatic biliary atresia, focusing mainly on its etiopathogenesis, diagnosis, treatment and prognosis. SOURCES: MEDLINE and PubMed databases were searched using the following keywords: biliary atresia,etiopathogenesis, diagnosis, treatment, prognosis, children. SUMMARY OF THE FINDINGS: Extrahepatic biliary atresia is the main indication for liver transplantation among pediatric patients. As to its etiology, cytomegalovirus, r (mais) eovirus and rotavirus have been widely investigated as possible triggers of the immunomediated obstruction of the biliary tree. The immune response, especially the predominant TH1 and interferon-gamma responses, genetic susceptibility and disorders related to the embryonic development of the biliary tree can play a role in the etiopathogenesis of extrahepatic biliary atresia. Yet today, portoenterostomy is the only available treatment, with better results when performed in the first 2 months of life. As to prognosis, all untreated children eventually die due to complications resulting from portal hypertension and liver cirrhosis, and most treated children have to undergo liver transplantation. CONCLUSIONS: Extrahepatic biliary atresia is still the major indication for pediatric liver transplantation, and to change this scenario some more light should be shed upon the etiopathogenesis of biliary atresia in different disease phenotypes. Future research into the role of interferon-gamma and of other cytokines is necessary in order to assess whether these aspects should be potential targets for therapeutic intervention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Diagnóstico da hepatite C na prática médica: revisão da literatura/ Diagnosing hepatitis C in clinical practice: a literature review

Brandão, Ajacio Bandeira de Mello; Fuchs, Sandra Costa; Silva, Mauro Alberto dos Anjos; Emer, Letícia Fanck
2001-03-01

Resumo em português Objetivo. O objetivo do presente estudo foi revisar a literatura a respeito dos testes laboratoriais para diagnóstico da infecção pelo vírus da hepatite C, disponíveis desde 1989. O diagnóstico da hepatite C é baseado em métodos serológicos e em técnicas de biologia molecular. O método serológico, que utiliza pesquisa de anticorpos contra o vírus da hepatite C, é o mais freqüentemente empregado para identificar a infecção, presente ou passada. Existem doi (mais) s tipos de testes serológicos: os que adotam a técnica ELISA, de alta sensibilidade, usados no rastreamento da infecção; e os que utilizam a técnica immunoblot, de maior especificidade, denominados por isso suplementares ou confirmatórios. Em relação às técnicas de biologia molecular, existem vários testes. Um deles possibilita a detecção do RNA do vírus C, sendo útil para estabelecer o diagnóstico de infecção em situações específicas, como na fase inicial da infecção, em pacientes imunossuprimidos ou com baixa probabilidade de estarem infectados. Também são recomendados antes de se iniciar o tratamento com interferon e ribavirina e para monitorizar a resposta terapêutica. Outros testes de biologia molecular possibilitam determinar a carga viral, mediante amplificação do alvo, como na reação em cadeia de polimerase, ou amplificação de um sinal, como no DNA ramificado. A determinação do genótipo do vírus da hepatite C pode ser feita por metodologias de biologia molecular ou de serotipagem. A determinação da carga viral e do genótipo do vírus C servem para definir a duração do tratamento da hepatite crônica com interferon e ribavirina. Em geral, pode-se dizer que na última década houve grandes avanços no diagnóstico da hepatite C, com melhora na sensibilidade e especificidade dos testes utilizados para detecção de anticorpos, o que permitiu diagnósticos mais rápidos e relativamente mais baratos. Contudo, é necessário desenvolver testes de maior acurácia para avaliar grupos determinados, como pacientes imunossuprimidos ou com hepatite aguda. Resumo em inglês The objective of this study was to review the literature concerning laboratory tests to detect hepatitis C virus infection, which have been available since 1989. The diagnosis of hepatitis C is mainly based on serological techniques and on molecular techniques. Serological techniques to detect hepatitis C virus antibodies are the method of choice to identify past or present infection. There are two types of serological assays: highly sensitive enzyme-linked immunosorbent (mais) screening assays; and more specific immunoblot techniques, which are used as supplemental or confirmatory tests. With respect to molecular diagnostic techniques, there are several types of assays. One such assay detects viral RNA. It is useful for diagnosis in such situations as the early stages of infection, with immunosuppressed patients, and with persons who have a low probability of infection. Molecular assays are also recommended before treatment with interferon and ribavirin, in order to monitor response to treatment. Other assays allow determination of viral load by either target amplification (as in polymerase chain reaction) or signal amplification (as in branched-DNA). Determining the hepatitis C virus genotype is possible using either molecular techniques or serotyping. Determining viral load and genotype is useful for planning the duration of interferon and ribavirin treatment. There have been major advances in the diagnosis of hepatitis C in the past decade Improvements in the sensitivity and specificity of antibody tests have provided faster, less expensive diagnoses. However, more accurate assays are still needed for such groups as immunosuppressed persons and acute hepatitis patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Efeitos adversos e resposta citogenética em pacientes com leucemia mieloide crônica tratados com imatinibe/ Adverse events and cytogenetc response in patients with chronic myeloid leukemia treated with imatinib

Alvarenga, Tatiana F.; Carvalho, Luize O.; Lucenas, Stella B.; Dobbins, Jane; Azevedo, Alexandre; Fernandez, Teresa S.; Ornellas, Maria Helena
2010-01-01

Resumo em português A leucemia mieloide crônica (LMC) é uma doença mieloproliferativa clonal caracterizada citogeneticamente pelo cromossomo Philadelphia. Dentre as opções terapêuticas estão a hidroxiureia, o interferon-a, o transplante alogeneico de células-tronco hematopoéticas e o imatinibe. Esta última terapia tem demonstrado eficácia, principalmente na fase crônica da doença. Entretanto, alguns estudos têm demonstrado que alterações cromossômicas adicionais levam resist (mais) ência à terapia, enquanto outros relatam aparecimento de manifestações clínicas indesejáveis, como cefaleia, náuseas e vômitos. Devido à importância desta terapia alvo-molecular, torna-se necessário analisar a resposta deste tratamento considerando a qualidade de vida dos pacientes. O objetivo deste trabalho foi analisar as manifestações clínicas indesejáveis e a resposta citogenética durante o tratamento com imatinibe em pacientes com LMC após uso prévio de interferon-a. O estudo clínico foi feito através de prontuários de 51 pacientes. A análise citogenética foi feita em células de medula óssea através da técnica de bandeamento GTG. As manifestações clínicas mais frequentes foram: cefaleia (37%), náusea (37%), vômito (33%) e edema periférico (33%). Esses sintomas foram considerados leves a moderados. Os pacientes que alcançaram resposta citogenética completa tiveram uma sobrevida significativamente maior que os pacientes que não apresentaram resposta citogenética ao tratamento (p=0.007). Oito pacientes sem resposta citogenética faleceram. Nossos resultados mostraram a importância do acompanhamento clínico (analisando o grau de tolerância medicamentosa) e citogenético, onde a presença de alterações cromossômicas adicionais mostrou um comportamento biológico distinto que não pode ser avaliado pelas técnicas moleculares. Desta forma, a análise citogenética representa uma importante ferramenta para o diagnóstico e monitoramento destes pacientes. Resumo em inglês Chronic myeloid leukemia (CML) is a clonal myeloproliferative disorder characterized cytogenetically by the Philadelphia chromosome (Ph). Therapeutic options of this disease are: hydroxyurea, interferon-a, allogeneic HSCT and more recently imatinib. This latter therapy demonstrated efficacy in the treatment of CML, particularly in the chronic phase. However some studies have demonstrated that there are additional chromosomal alterations related to resistance while others (mais) have reported undesirable clinical manifestations during imatinib therapy such as headache, nausea and vomiting. Because of the importance of this new molecular target therapy, it may be necessary to analyze the response of this treatment in respect to the quality of life of patients. The aim of this study was to analyze the clinical manifestations and the cytogenetic response during imatinib therapy in fifty-one patients with CML who had previously been treated using interferon-a. Cytogenetic analysis was performed in bone marrow cells using GTG-banding. The commonest clinical manifestations were mild to moderate: headache (37%), nausea (37%), vomiting (33%) and edema (33%). Patients that achieved major cytogenetic response had a significantly longer median survival than patients without response (p=0.007). Eight patients evolved to death; none of them exhibited cytogenetic responses to imatinib. Our results show the importance of the clinical (analyzing the degree of tolerance to the drug) and cytogenetic follow-up, where the presence of additional chromosomal alterations showed a distinct biological pattern that is not identifiable by molecular techniques, and so cytogenetic analysis is an important tool for the diagnosis and monitoring of this group of patientss.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Resposta imune específica de bovinos experimentalmente sensibilizados com inóculos inativados de Mycobacterium bovis e Mycobacterium avium/ Specific immune response of cattle to experimental sensibilization by inactivated Mycobacterium bovis and Mycobacterium avium

Almeida, Robson F.C.; Madruga, Claudio R.; Soares, Cleber O.; Fernandes, Marta C.; Carvalho, Nilton M.; Jorge, Klaudia S.G.; Osório, Ana Luiza A.R.
2006-12-01

Resumo em português O diagnóstico presuntivo da tuberculose bovina é baseado na análise da resposta imune celular a antígenos micobacterianos. Procedeu-se à simulação experimental de sensibilização por Mycobacterium bovis e Mycobacterium avium inativados em bovinos a fim de acompanhar a resposta imune a partir do teste cervical comparativo e da evolução da produção específica de interferon-gama, além de identificar a interferência de reações inespecíficas por M. avium nos (mais) resultados dos testes. Verificou-se que os animais desencadearam resposta de hipersensibilidade tardia contra os bacilos inativados, e que ambos os testes diagnósticos da tuberculose bovina foram eficientes na identificação dos animais sensibilizados com M. bovis e na discriminação das reações geradas pela inoculação dos bovinos com M. avium. Resumo em inglês The presumptive diagnosis of bovine tuberculosis is based on analysis of the immune response to micobacterial antigens. This experimental simulation of sensibilization by Mycobacterium bovis and Mycobacterium avium in cattle aimed to verify the immune response by both the cervical comparative test and the evolution of the specific production of gamma-interferon, and also to identify interference of unspecified reactions by M. avium on the test results. The results support (mais) that the experimental animals started a response of delayed hypersensitivity to the inactivated bacilli, and that both diagnostic tests for bovine tuberculosis were efficient for the identification of animals sensitized with M. bovis and for discrimination of reactions generated by inoculation of cattle with M. avium.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Hepatite C/ Hepatitis C

Strauss, Edna
2001-02-01

Resumo em português Estima-se que cerca de 3% da população mundial esteja infectada pelo vírus da hepatite C. Todos os que receberam transfusão de sangue ou seus componentes e os usuários de drogas podem estar infectados. Procedimentos odontológicos, médicos, tatuagem ou acupuntura também constituem fatores de risco. A infecção se cronifica em até 85% dos indivíduos, com evolução assintomática durante anos ou décadas e apresentação clínica variada. Para o diagnóstico, a d (mais) eterminação do anti-VHC revela-se muito sensível e a confirmação se faz pela determinação do RNA-VHC no sangue; o estadiamento da doença e a avaliação da atividade inflamatória pela biópsia hepática. O tratamento objetiva deter a progressão da doença hepática através da inibição da replicação viral. Devido à baixa eficácia terapêutica aliada a importantes efeitos colaterais do interferon e da ribavirina, esses medicamentos encontram indicações e contra-indicações específicas. Vários fatores preditivos de resposta ao tratamento, principalmente a carga viral e o genótipo do VHC, mostram-se úteis na avaliação dos pacientes. Resumo em inglês It has been estimated that 3% of the world population is infected with the hepatitis C virus. Those who are blood product recipients or have been illicit drug users are at risk. Dental and medical procedures as well as tattooing and acupuncture are also risk factors. Chronic infection occurs in up to 85% of infected cases but they may remain without symptoms during years or even decades, and clinical presentation varies. Determination of anti-HCV in sera is a fairly sensi (mais) tive tool for the diagnosis, and confirmation requires the identification of HCV-RNA. Staging of the liver disease as well as definition of its present activity can be graded by liver biopsy. The aim of treatment is to stop the progression of the hepatic disease by inhibiting viral replication. Due to the low therapeutic efficacy combined with important side-effects, the administration of interferon and ribavirin have specific indications and contraindications. Predictive factors of therapeutic response, particularly viral load and genotypes of HCV, are useful in the evaluation of patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Vacina BCG: via percutânea ou intradérmica?/ Percutaneous or intradermal BCG vaccine?

Bricks, Lucia F.
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVO: As variações na eficácia da vacina BCG têm sido atribuídas a diversos fatores do hospedeiro, ambiente, cepas vacinais, dose e métodos de administração da vacina. O objetivo deste estudo é analisar os métodos intradérmico e percutâneo no uso da vacina BCG. FONTES DOS DADOS: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica referente ao período de 1987 a 2002 no MEDLINE e Lilacs (OPS/Bireme), através das palavras-chave "vacina BCG/administração", "eficáci (mais) a", "eventos adversos", "tuberculose/prevenção" e "eficácia". Alguns artigos publicados antes de 1987 foram incluídos devido à sua relevância para a discussão do tema. SÍNTESE DOS DADOS: Não existem estudos clínicos que permitam comparar a efetividade das vacinas BCG intradérmica e BCG percutânea. A BCG percutânea é menos reatogênica do que a BCG intradérmica, porém estimula de forma menos eficiente a produção de interferon-gama pelos linfócitos Th1, considerada como o melhor marcador da resposta imune protetora contra tubérculos. CONCLUSÕES: Testes imunológicos in vivo e in vitro demonstraram que a via intradérmica é mais eficiente para estimular a resposta imune. O método intradérmico deve ser recomendado para a administração da vacina BCG. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the intradermal and percutaneous routes of BCG administration. SOURCES OF DATA: A review of the literature published between 1987 and 2002 was carried out in the MEDLINE and Lilacs databases. The following key words were used: BCG vaccine/administration, adverse effects, efficacy, tuberculosis/ prevention and control. Some articles published before 1987 were included because of their relevance to the topic. SUMMARY OF THE FINDINGS: There are no clini (mais) cal studies comparing the efficacy of intradermal and percutaneous BCG. Percutaneous BCG causes a weaker reaction, however it is also less efficient in stimulating gamma-interferon production by Th1-lymphocytes, which is considered as the best marker of the anti-tuberculin immune response. CONCLUSIONS: In vivo and in vitro studies suggest a better immune response with intradermal BCG. The intradermal method should be recommended for BCG administration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

A identidade do doente com hepatite C crónica/ The identity of The patient with cronic hepatitis C

Maia, Marta
2006-05-01

Resumo em português O tratamento da hepatite C consiste numa biterapia de interferão pegilado e ribavirina. Este tratamento acarreta efeitos secundários numerosos e pesados. Neste contexto, procurei avaliar que percepção de si e dos outros tem o doente, qual a influência da doença, do tratamento e da cura não só no seu quotidiano mas também na sua identidade enquanto doente. A investigação assenta em testemunhos em fóruns de discussão na internet e de entrevistas a alguns doentes encontrados a partir destes fóruns. Resumo em inglês The treatment of hepatitis C consists of a bitherapy of pegylated interferon and ribavirin. This treatment causes numerous and strong side effects. In this context, I tried to evaluate the perception that the patient has of himself and of the others, the influence of the illness, of the treatment and the cure not only in his daily life but also in his identity as a patient. The investigation assembles on testimonies in internet discussion forums and interviews of patients found at these forums.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Determinação da neopterina e de defesas antioxidantes na asma de evolução arrastada/ The evaluation of neopterin and antioxidants in long lasting asthma

Pinto, A Mota; Todo-Bom, A; Pereira, S Vale; Alves, V; Rosa, M Santos
2006-11-01

Resumo em português A asma é uma doença caracterizada por uma resposta imuno-inflamatória a diferentes estímulos desencadeantes. A neopterina (NPT) é sintetizada por macrófagos após estimulação por interferon-ã produzido por linfócitos T e demonstrou-se ter capacidade de ampliar o potencial oxidativo das espécies reactivas de oxigénio. A determinação de NPT é útil para monitorizar a activação imunológica celular dos linfócitos Th1. Este estudo tem como objectivo analisar (mais) a NPT na asma de longa evolução enquanto marcador de um ambiente citocínico do tipo Th1. Avaliaram-se, no grupo de asmáticos e no grupo-controlo, os indicadores de alergia (IgE, eosinófilos e testes cutâneos de alergia por picada). Determinou-se também a NPT, a proteína C reactiva (PCR), total antioxidant status (TAS) e superoxide dismutase enzyme (SOD). Seleccionaram-se idosos com mais de 65 anos. Grupo-controlo - 41 indivíduos saudáveis (79±7 anos); grupo de asmáticos - 64 indivíduos (72±5 anos). Os valores dos eosinófilos e de IgE estavam estatisticamente aumentados e os de NPT reduzidos entre asmáticos alérgicos e não alérgicos, respectivamente (5,42±4,7vs 2,8±2,8; p Resumo em inglês Asthma is a condition characterised by a chronic immunoinflammatory response to different triggers. Neopterin (NPT) is synthesised by human macrophages upon stimulation with interferon-ã and is also capable of enhancing the oxidative potential of reactive oxygen species. NPT is useful for the monitoring of cell-mediated (Th1-type) immune activation. This study analysed the behaviour of NPT in long lasting asthma, considering its role as a marker of Th1 environment. Aller (mais) gic parameters (skin prick tests, Immunoglobin E (IgE), and eosinophil count) and NPT were evaluated in an asthmatic group and in a control group. We also analysed the C Reactive Protein (CRP) concentration, Total Antioxidant Status (TAS) and Superoxide Dismutase Enzyme (SOD) in both groups. A group of individuals aged over 65 years old was selected. It included 64 asthmatic patients (72±5 years) and 41 healthy individuals (79±7 years). Blood cell counts showed statistically different median values of eosinophils (5.42±4.7 vs 2.8±2.8;p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Resultado do inquérito nacional sobre condutas no acompanhamento e no tratamento da recurrência da hepatite C em portadores de vírus C submetidos a transplante de fígado/ National survey about management and treatment options of hepatitis C recurrence after liver transplantation

Bittencourt, Paulo Lisboa; Silva, Rita de Cássia Silva Martins Alves da; Pessoa, Mário Guimarães; Marroni, Cláudio Augusto
2007-03-01

Resumo em português RACIONAL: A recurrência da hepatite C no período pós-operatório do transplante hepático é um dos principais desafios atualmente enfrentados pela comunidade transplantadora. O tratamento com interferon peguilado e ribavirina tem sido associado à resposta virológica sustentada em 21% a 45% dos casos e constitui a única conduta eficaz, até o momento, para mudar o curso da progressão acelerada da doença no período pós-operatório do transplante hepático, que po (mais) de levar à perda do enxerto e à necessidade de retransplante. No entanto, a portaria n° 863 do Ministério da Saúde não disponibiliza esse tratamento para pacientes com recidiva da hepatite C após o transplante hepático. OBJETIVOS: Avaliar as condutas de acompanhamento e tratamento de pacientes com vírus C submetidos a transplante hepático em diferentes centros nacionais. MÉTODOS: Foram enviados questionários à maioria dos centros de transplante hepático nacionais de adultos sobre condutas acerca de acompanhamento e/ou tratamento de pacientes com hepatite C. RESULTADOS: Dezenove centros nacionais que congregam mais de 2 800 pacientes (51% com hepatite C) submetidos a transplante hepático responderam o questionário. A maioria (53%) usa tacrolimus e prednisona como esquema de indução e 32% usam esquemas diferenciados para hepatite C. Treze centros fazem biopsia protocolar para seguimento, sendo empregados diferentes critérios histológicos para diagnóstico de recurrência. Todos os centros indicam tratamento com interferon peguilado e ribavirina apenas na recurrência histológica da hepatite C e 46% empregam estádios de fibrose inferiores a F2 de acordo com a classificação METAVIR, mais leves do que aqueles preconizados para tratamento de pacientes não transplantados. A duração do tratamento é de 1 ano em 32% dos centros, baseada no genótipo em 21% e a la carte em 47%. A maioria dos centros (84%) não interrompe o tratamento na 12ª semana, na ausência de resposta virológica. CONCLUSÕES: A despeito da portaria nº. 863 do Ministério da Saúde, todos os centros estão viabilizando tratamento mediante acordo com secretarias regionais de saúde ou por intermédio de liminares concedidas aos pacientes pela justiça comum. Resumo em inglês BACKGROUND: Recurrence of hepatitis C after orthotopic liver transplantation is one of the major clinical challenges faced by the liver transplantation community. Treatment of hepatitis C recurrence with peguilated interferon and ribavirin has been associated with sustained virological response in 21% to 45% of treated patients. Furthermore, it has been shown to halt disease progression after orthotopic liver transplantation and to prevent graft failure and the need for r (mais) etransplantation at least in those subjects with sustained virological response. However, treatment of hepatitis C recurrence after orthotopic liver transplantation in Brazil was not recommended according to ministerial Law number 863. AIMS: To assess the management and treatment options of hepatitis C recurrence after orthotopic liver transplantation in different liver transplantation centers in Brazil. METHODS: Inquiries were sent to active liver transplantation centers throughout the country. RESULTS: Nineteen centers accepted to participate and answered the questionnaire. Altogether they transplanted around 2,800 subjects, half of them with hepatitis C. Immunosuppressive regimen is comprised by tacrolimus and short-term prednisone in 53% of the centers. One third of them claim to use different schedules for hepatitis C patients. Protocol biopsies for diagnosis of recurrence are employed by 13 centers. Different histological criteria are used for the either diagnosis or decision for treatment in most of the centers. Approximately half of them (42%) indicate treatment in subjects with less severe stages of fibrosis (less than F2 according to METAVIR classification). All centers are referring patients for treatment with peguilated interferon and ribavirin, for 1 year, for 6 months or 1 year based on the genotype, or a la carte based on response, respectively, in 32%, 21% and 47% of the centers. Most of them (84%) do not stop treatment in early non-responders at the 12th week. CONCLUSIONS: Even in the absence of national guidelines and federal support, most of the liver transplantation centers in Brazil are treating patients with hepatitis C recurrence after orthotopic liver transplantation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Uso de escitalopram em paciente com depressão secundária/ Use of escitalopram in a patient with secondary depression/ Uso de escitalopram en paciente con depresión secundaria

Horimoto, Fabiano Coelho; Ayache, Danusa Céspedes Guizzo; Souza, Juberty Antônio de
2004-12-01

Resumo em português As depressões secundárias freqüentemente remetem o psiquiatra a dificuldades maiores no tratamento do paciente, visto ser necessário uma abordagem mais ampla do caso para que a terapêutica alcance o efeito esperado sem piorar as doenças de base e sem interagir com outros medicamentos prescritos. Este artigo ilustra o caso de paciente com diabetes tipo II e hepatite C que, após fazer uso do interferon, apresentou sintomas depressivos. Estes só melhoraram, após div (mais) ersas intervenções terapêuticas, com o uso do escitalopram. Também são discutidas as dificuldades no diagnóstico e tratamento da depressão e comorbidades psiquiátricas e clínicas de evolução crônica. Resumo em espanhol Las depresiones secundarias frecuentemente remiten el psiquiatra a dificultades mayores en el tratamiento del paciente, una vez que es necesario un planteo más amplio del caso para que la terapéutica logre el efecto esperado sin empeorar las enfermedades de base y sin interactuar con otros medicamentos prescritos. Este artículo ilustra el caso de un paciente con diabetes de tipo II y hepatitis C que, después de utilizar el interferón, presentó síntomas depresivos. (mais) Éstos solo mejoraron después de diversas intervenciones terapéuticas, con el uso del escitalopram. También se discuten las dificultades en el diagnóstico y tratamiento de la depresión y comorbilidades psiquiátricas y clínicas de evolución crónica. Resumo em inglês Treatment of secondary depression frequently involves a higher degree of difficulty. Such cases require a broader approach, so that the therapy may reach the expected effect without worsening the underlying diseases and without interacting with other prescribed drugs. This article describes the case of a patient with type II diabetes and hepatitis C who presented depressive symptoms after using interferon. Several drugs were tested, but symptoms only improved with the use (mais) of escitalopran. The authors also discuss the difficulty faced in the diagnosis and treatment of depression and psychiatric co-morbidities associated with the chronic illnesses presented by the patient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Leucemia mielóide crônica em paciente com carcinoma epidermóide de região tonsilar submetido à radioterapia pós-operatória/ Chronic myeloid leukemia in association with squamous cell carcinoma of tonsillar region submitted to postsurgical irradiation

Franzi, Sergio Altino; Amar, Ali; Incerti, Milena Mendes; Rapoport, Abrão; Zampieri Filho, José Pedro; Monteiro, Andréia Gomes
2004-12-01

Resumo em português O tratamento de escolha para o carcinoma epidermóide avançado de tonsila consiste em cirurgia e radioterapia pós-operatória. A indicação de radioterapia pós-operatória baseia-se no exame do espécime operatório, considerando as margens cirúrgicas, a presença de embolização neoplásica, infiltração perineural ou de linfonodos cervicais metastáticos. Segundo a literatura, o tratamento ionizante tem o potencial de induzir uma neoplasia, embora a evidência cl (mais) ínica seja escassa. O presente relato descreve um paciente portador de carcinoma epidermóide de tonsila, submetido à irradiação ionizante que evoluiu com quadro clínico de leucemia mielóide crônica, três anos após o tratamento inicial. Um paciente do sexo masculino de 54 anos, branco, operado há 11 anos de um carcinoma epidermóide de tonsila e submetido à radioterapia (50Gy), após três anos apresentou desmaio súbito e fraqueza. O exame laboratorial mostrou tratar-se de leucose e o mielograma revelou uma leucemia mielóide crônica. O paciente foi submetido à quimioterapia com Hidroxiuréia e interferon, sem sinais de recidiva após um seguimento de 8 anos (até novembro de 2003). Resumo em inglês Surgery and postsurgical radiotherapy are the standard treatment of advanced squamous cell carcinoma of the tonsillar region and they are based on specimen findings, such as margins, vascular embolization, perineural infiltration or metastatic lymph nodes. Apparently, radiotherapy has the potential to bear malignant neoplasms, although this fact is uncommon. A case of a 54-year-old Caucasian male with squamous cell carcinoma of the tonsillar region treated by surgery and (mais) radiotherapy (50Gy) eleven years ago is described. After three years of follow-up, he suddenly presented sudden fainting and weakness. The laboratorial exam revealed higher rate of leucocytes and myelogram confirmed the diagnosis of chronic myeloid leukemia. The patient received Hydroxyurea and then Interferon. After eight years of follow-up, he showed no evidence of disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Estudo das alterações das citocinas inflamatórias na rejeição aguda do transplante intestinal em ratos/ Cytokine participation in the acute rejection of intestinal transplantation in rats

Lee, André Dong Won; Ribeiro Jr., Ulysses; Alves, Venâncio A. F.; Corbett, Carlos Eduardo Pereira; Nonogaki, Sueli; Gama-Rodrigues, Joaquim
2004-06-01

Resumo em português RACIONAL: O transplante de intestino delgado é procedimento cirúrgico em estudo visando sua aplicação no tratamento dos pacientes portadores da síndrome do intestino curto, com vistas à reabilitação oral. Porém a grande barreira se deve à "rejeição" pela grande quantidade de tecido linfóide presente no intestino delgado. OBJETIVO: Avaliar a atuação das citocinas, interleucina-6 e interferon-gama em alotransplante heterotópico intestinal. MATERIAL E MÉTODO (mais) S: Realizaram-se 24 alotransplantes intestinais em ratos da raça Brown-Norway (doador) para Lewis (receptor), sendo subdivididos em três subgrupos de oito animais, sacrificados respectivamente no terceiro dia de pós-operatório (Tx(3)), no quinto dia de pós-operatório (Tx(5)) e no sétimo dia de pós-operatório (Tx(7)) para coleta das biopsias dos enxertos intestinais. Enquanto que no grupo isotransplante (C) envolveu oito animais da raça Lewis (doador) para Lewis (receptor), porém neste grupo realizaram-se biopsias seriadas no mesmo animal, sendo subdivididos em três momentos: biopsia no terceiro dia de pós-operatório (C(3)), no quinto dia de pós-operatório (C(5)) e sacrificados no sétimo dia de pós-operatório (C(7)) para coleta da biopsia. Realizou-se inicialmente análise intragrupo entre os momentos C(3), C(5) e C(7) para todos os parâmetros de rejeição citados anteriormente, como também para os três subgrupos Tx(3), Tx(5) e Tx(7). Posteriormente, realizou-se a análise intergrupo de forma transversal e pareada comparando-se o grupo isotransplante com o grupo alotransplante (C(3) com Tx(3); C(5) com Tx(5) e C(7) com Tx(7)). RESULTADOS: No grupo isotransplante não houve diferença estatisticamente significante quanto à imunoexpressão das citocinas estudadas, todavia no grupo alotransplante observou-se que alterações da interleucina-6 e de interferon-gama ocorreram a partir do quinto dia de pós-operatório. Resumo em inglês BACKGROUND: Intestinal transplantation is a possible treatment for patients with short bowel syndrome, aiming the reintroduction of oral diet. However, the major obstacle in this procedure is the strong rejection. Delay in rejection diagnosis may be irreversible and lethal. AIM: To define method for early diagnosis of rejection based on the presence of interleucin-6 (IL-6) e interferon- gamma (IFN-gamma) from intestinal allograft. MATERIAL AND METHODS: Isogenic rats Brown (mais) -Norway (BN) and Lewis (LEW) were submitted to intestinal heterotopic allotransplantation and divided in two groups: LEW donor to LEW recipient isograft group (C) and BN donor to LEW recipient allograft group (Tx). According to the day of sacrifice, Tx group were subdivided in three subgroups with eight animals each as follow: Tx3- sacrificed at third postoperative day (POD), Tx5 - sacrificed at fifth POD and Tx7 - sacrificed at seventh POD. Eight animals from control group were subdivided in three moments according to the time of biopsy from the graft as follow: C³ - biopsy at third POD; C5 - biopsy at fifth POD and C7 - biopsy at seventh POD. All animals from control group were sacrificed at seventh POD. Rejection parameters were compared between the control groups (C3 vs C5, C3 vs C7 and C5 vs C7, and allograft group (Tx3 vs Tx5, Tx3 vs Tx7 and Tx5 vs Tx7). The same parameters were analyzed between the control group and allograft groups ( C3 vs Tx3, C5 vs Tx5 and C7 vs Tx7). RESULTS: In C group no statistical significant difference regarding the immunoexpression of the cytokines, while in Tx group, immunoexpression of IL-6 and IFN-gamma were remarkable since the fifth postoperative day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Leucemia Mielóide Crônica em pediatria: perspectivas atuais/ Chronic Myeloid Leukemia in pediatrics patients: current approach

Lee, Maria Lucia M.
2008-04-01

Resumo em português A Leucemia Mielóide Crônica (LMC) constitui evento raro na infância, representando menos de 5% das leucemias nesta faixa etária. Caracteriza-se pela presença de um marcador citogenético específico, cromossomo Ph+, que é responsável por grande parte da etiopatogenia da doença. Possui, portanto, características clínicas e evolutivas que não diferem dos pacientes adultos. Sua abordagem terapêutica em pediatria é baseada principalmente na experiência obtida co (mais) m os estudos em adultos. Tem no TMO sua única opção de tratamento curativo, sendo este mais efetivo em pacientes com doador aparentado compatível, realizado durante a fase crônica inicial da doença. A grande eficácia antileucêmica observada com o mesilato de imatinibe fez com que a droga fosse aprovada para uso pediátrico em pacientes intolerantes ou refratários ao interferon a, ou recidivados pós-transplante de medula óssea. Seu uso em pacientes pediátricos com LMC de diagnóstico recente, com doador disponível, tornou-se um grande dilema, não existindo até o momento um consenso em relação à melhor forma de se utilizar a droga ou, mesmo, se esta irá em algum momento substituir o TMO. Estudos mais concretos com um seguimento maior ainda necessitam ser realizados. Resumo em inglês Chronic myeloid leukemia (CML) is a rare event in childhood, comprising of less than 5% of all leukemia cases in this age group. CML is characterized by the presence of a specific molecular marker, the Ph+ chromosome, which is responsible for almost all etiopathogenesis, hence, it has clinical and course characteristics that do not differ from the adult population. In pediatrics the therapeutic approach is based mainly on the experience obtained with adult protocols. With (mais) bone marrow transplantation (BMT) being the only cure option, this procedure is more effective in patients with compatible related donors and performed during the initial chronic phase of the disease. The great anti-leukemic efficacy seen with imatinib mesylate was responsible for the approval of this drug in pediatric use for intolerant or refractory -interferon treated patients or relapsed patients after BMT. Currently, its use in pediatric patients with recently diagnosed CML, who have a compatible donor, has become a great dilemma. There is no agreement yet on which is the best way to use this drug or even whether it will ever replace BMT. Further studies with longer follow-up periods are still needed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Trombocitose essencial: o que é essencial saber/ Essential thrombocytosis: what is vital to know

Bittencourt, Rosane I.; Poncelet, Karin; Almeida, Antonio Carlos C.; Fassina, Katia; Onsten, Tor G.
2010-01-01

Resumo em português A trombocitose essencial (TE) faz parte do grupo de síndromes mieloproliferativas (SMP) cromossomo Philadelphia(Ph) negativas. Caracteriza-se pela hiperproliferação megacariocítica com consequente trombocitose periférica, favorecendo fenômenos trombo-hemorrágicos. Esta entidade estava esquecida até meados de 2005, quando as recentes publicações sobre as alterações moleculares na atividade da enzima tirosina quinase, JAK2, desencadeou um novo interesse sobre a (mais) patogenia, aspectos clínicos e terapêuticos da TE. A identificação das mutações de JAK2 e do gene MPL W515K, W515L e S505N impulsionou a nova proposta da Organização Mundial de Saúde (OMS) para reformular os critérios diagnósticos, reduzindo o número de plaquetas para 450x10(9)/L. O alicerce do tratamento são agentes redutores das contagens plaquetárias: hidroxiureia, anagrelide ou interferon associados à prevenção das complicações trombo-hemorrágicas. Não há um tratamento curativo para a TE, mas despontam perspectivas de que terapias alvo, bloqueadoras da mutação JAK2, possam incrementar o desfecho da doença. Inibidores de JAK2, específicos e inespecíficos, estão sendo estudados em fase I e II e parecem promissores num futuro próximo. Resumo em inglês Essential thrombocythemia (ET) is an acquired myeloproliferative Philadelphia negative disorder characterized by megakaryocytic hyperproliferation and persistent peripheral thrombocytosis with a tendency of thrombosis and hemorrhages. This entity was forgotten until 2005, when the recent identification of somatic mutations such as JAK2V617F and MPL W515L/K triggered off interest in the molecular pathogenesis, clinical aspects and therapeutic approach of ET. The presence o (mais) f molecular mutations changed the diagnostic criteria proposed by the World Health Organization, and nowadays the platelet count for which ET should be considered has dropped to 450 X 10(9) /L. Treatment is given according to risk stratification: in cases with high risk platelet reduction, therapy using drugs such as hydroxyurea, interferon or anagrelide is chosen. There is no drug known to cure ET and the current therapy is either to prevent thrombohemorrhagic events or reductions in the platelet count. The identification of the JAK2V617F mutation has opened an opportunity to develop new therapeutic target. JAK2 inhibitors are promising for the treatment of ET in the near future.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Imunologia do transtorno bipolar/ Immunology of bipolar disorder

Barbosa, Izabela Guimarães; Huguet, Rodrigo Barreto; Neves, Fernando Silva; Bauer, Moisés Evandro; Teixeira, Antônio Lúcio
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Pesquisas recentes têm implicado fatores imunes na patogênese de diversos transtornos neuropsiquiátricos. O objetivo do presente trabalho é revisar os trabalhos que investigaram a associação entre transtorno bipolar e alterações em parâmetros imunes. MÉTODOS: Artigos que incluíam as palavras-chave: "bipolar disorder", "mania", "immunology", "cytokines", "chemokines", "interleukins", "interferon" e "tumor necrosis factor" foram selecionados em uma revi (mais) são sistemática da literatura. As bases de dados avaliadas foram MedLine e Scopus, entre os anos de 1980 e 2008. RESULTADOS: Foram identificados 28 trabalhos que estudaram alterações imunes em pacientes com transtorno bipolar. Seis artigos investigaram genes relacionados à resposta imune; cinco, autoanticorpos; quatro, populações leucocitárias; 13, citocinas e/ou moléculas relacionadas à resposta imune e seis, leucócitos de pacientes in vitro. CONCLUSÕES: Embora haja evidências na literatura correlacionando o transtorno bipolar a alterações imunes, os dados não são conclusivos. O transtorno bipolar parece estar associado a níveis mais elevados de autoanticorpos circulantes, assim como à tendência à ativação imune com produção de citocinas pró-inflamatórias e redução de parâmetros anti-inflamatórios. Resumo em inglês OBJECTIVE: Emerging research has implicated immune factors in the pathogenesis of a variety of neuropsychiatric disorders. The objective of the present paper is to review the studies that investigated the association between bipolar disorder and immune parameters. METHODS: Papers that included the keywords "bipolar to disorder", "mania", "immunology", "cytokines", "chemokines", "interleukins", "interferon" and "tumor necrosis factor" were selected in a systematic review o (mais) f the literature. The evaluated databases were MedLine and Scopus in the period between 1980 and 2008. RESULTS: Twenty eight works were found. Six studies investigated immune response-related genes; five, auto-antibodies; four, leukocyte population; 13, cytokines and/or immune-related molecules; six, leukocytes in vitro. CONCLUSIONS: Although there is evidence in the literature correlating affective disorders with immune parameters, the results are still inconclusive. Bipolar disorder seems to be associated with increased levels of auto-antibodies as well as with a trend for increased immune activation with production of pro-inflammatory cytokines and reduction of the anti-inflammatory parameters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Desafios na era pós genômica para o desenvolvimento de testes laboratoriais para o diagnóstico da hanseníase/ Challenges in the post genomic era for the development of tests for leprosy diagnosis

Stefani, Mariane Martins de Araújo
2008-01-01

Resumo em português O diagnóstico da hanseníase se baseia em manifestações clínicas e não existe teste laboratorial para diagnosticar casos assintomáticos ou para prever progressão da doença entre indivíduos expostos. Novas análises genômicas comparativas in silico e ferramentas de biologia molecular têm sido empregadas para revelar proteínas exclusivas do Mycobacterium leprae que apresentem potencial aplicação diagnóstica. A hanseníase tuberculóide paucibacilar (PB) apres (mais) enta baixo nível de anticorpos e forte resposta imune celular (RIC) tipo Th1/interferon gamma (IFN-γ). A doença lepromatosa multibacilar (MB) apresenta sorologia positiva e fraca RIC. Portanto, testes laboratoriais para diagnosticar hanseníase PB e MB devem contemplar testes de RIC e sorologia. Proteínas recombinantes do Mycobacterium leprae sorologicamente reativas podem ser incorporadas ao antígeno PGLI para melhorar o diagnóstico sorológico de pacientes MB. Proteínas recombinantes e peptídeos sintéticos do Mycobacterium leprae têm sido testados em ensaios de RIC/IFN-γ para diagnosticar casos PB. Sorologia anti-PGLI modificada incorporando novos antígenos do Mycobacterium leprae e ensaios baseados na RIC/produção de IFN-γ devem permitir a detecção precoce de casos MB e PB em países endêmicos. Resumo em inglês Leprosy diagnosis is based mainly on clinical manifestations and no laboratory test is available to diagnose asymptomatic disease or to predict disease progression among exposed individuals. Novel comparative genomic in silico analyses and molecular biology tools have discovered unique Mycobacterium leprae proteins with potential diagnostic application. Tuberculoid paucibacillary leprosy (PB) shows low antibodies titers and strong Th1 type/ IFN-γ specific cell mediat (mais) ed immunity (CMI), while lepromatous multibacillary patients (MB) show high antibody titers and low CMI. Therefore, laboratory tests for PB and MB leprosy diagnosis will require CMI and antibody based assays. Serologically reactive recombinant Mycobacterium leprae proteins were identified and may be used in conjunction with PGL-I to improve MB patient diagnosis. Mycobacterium leprae recombinant proteins and synthetic peptides have been tested for CMI-interferon gamma based assays for PB diagnosis. Modified PGL-I serology incorporating new Mycobacterium leprae antigens and CMI tests based on IFN-γ γ production may permit the detection of leprosy PB and MB forms in endemic countries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Monitoramento de doença residual mínima em leucemia mielóide crônica por PCR em tempo real/ Monitoring minimal residual disease in chronic myeloid leukemia by real time PCR

Almeida, Priscilla S. R.; Saddi, Vera Aparecida
2007-12-01

Resumo em português O monitoramento de doença residual mínima (DRM) em leucemia mielóide crônica é extremamente importante, pois possibilita o diagnóstico precoce de eventuais recidivas da doença. Este estudo visa apresentar uma revisão bibliográfica sobre a aplicação e a avaliação da eficácia do método de PCR em tempo real no monitoramento da doença residual mínima em pacientes com leucemia mielóide crônica. O método fornece informações a respeito do número e cinétic (mais) a das células tumorais residuais, sendo atualmente o padrão ouro para seu monitoramento. O uso de transcrição reversa associada à PCR em tempo real tornou a quantificação de mRNA mais simples e precisa. A metodologia mais utilizada é a TaqMan, que emprega a atividade exonucleásica 5'-3' da Taq DNA Polimerase. O monitoramento da DRM é feito após transplante de medula óssea ou após terapias baseadas em drogas, como o interferon-a e o mesilato de imatinibe. Entretanto, os estudos sobre o assunto apresentam os dados de maneiras conflitantes, dificultando a interpretação e comparação dos resultados. A determinação e uniformização dos cut-offs em diversas condições se fazem necessárias a fim de que a metodologia de PCR em tempo real seja aplicada na clínica. Resumo em inglês Monitoring minimal residual disease (MRD) in chronic myeloid leukemia is a very important issue, because it makes early diagnosis of relapse of the disease possible. The objective of this study is to present a review on the use and evaluation of real time PCR in monitoring minimal residual disease in patients with chronic myeloid leukemia. The method provides information on the number and kinetics of tumour residual cells which currently it is the gold standard for monito (mais) ring MRD. The use of reverse transcription associated to real time PCR has made the quantification of mRNA easier and more accurate. TaqMan methodology, that exploits the 5'-3' exonuclesase activity of Taq DNA Polymerase, is the most common method used for this purpose. Monitoring MRD is required after stem cell transplantation and after drug-based therapies including Interferon-a and Imatinib Mesylate. So far, the studies published on this issue present differing and conflicting data, making the interpretation and comparison of the results very difficult. In order to use real time PCR to monitor MRD in chronic myeloid leukemia patients it is necessary to determine and to standardize cut-off points for results obtained under different conditions. This procedure will certainly be helpful for better clinical decision making.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Hepatite D/ Hepatitis D

Fonseca, José Carlos Ferraz da
2002-04-01

Resumo em português O vírus da hepatite D (VHD), também chamado de vírus delta, é um pequeno vírus contendo RNA circular. O VHD causa infecção, quando há coinfecção com o vírus da hepatite B (VHB) em indivíduos normais ou superinfecção em portadores crônicos do VHB. Três genótipos já foram clonados e seqüenciados. A infecção apresenta distribuição mundial, sendo a região ocidental da Amazônia brasileira considerada área de alta endemicidade. Estima-se que 18 milhõe (mais) s de pessoas encontram-se infectadas pelo vírus entre os 350 milhões de portadores crônicos do VHB no mundo. As vias de transmissão do VHD e os fatores de risco mostram-se similares aos da infecção pelo VHB. O diagnóstico se faz pela identificação imuno-histológica do HDAg no fígado e pelo encontro das frações IgM e IgG anti-HD no soro por radioimunoensaio ou ELISA. O curso clínico da infecção pelo VHD mostra-se variável. Os pacientes podem apresentar formas fulminantes de hepatite. As formas crônicas associam-se a achados histopatológicos graves no fígado, com curso rápido e progressivo, evoluindo para cirrose, insuficiência hepática e morte. O interferon alfa constitui a única opção terapêutica com algum efeito benéfico no tratamento da hepatite. O transplante hepático encontra indicação nos casos terminais de cirrose. A profilaxia indireta da infecção pelo VHD tornou-se possível com o advento da vacina contra o vírus da hepatite B. Resumo em inglês The hepatitis D virus (HDV), also called delta virus, is a small circular RNA virus. The HDV is dependent on the hepatitis B virus (HBV) and can cause infection in normal individuals with hepatitis B or yet, superinfect chronic HBV carriers. Three genotypes have already been cloned and sequenced. Infection with HDV has a worldwide distribution and a high HDV endemicity has been documented in the western Amazon region, in Brazil. It has been estimated that 18 million peopl (mais) e are infected with this virus amongst the 350 million carriers of the HBV around the world. The HDV transmission and risk factors for infection are similar to those for HBV infection. The diagnosis is based on the immunohistological identification of HDAg in the liver and detection of IgM and IgG anti-HD in serum using RIA or EIA. The clinical course of hepatitis D is variable. Fulminant disease occurs more commonly in hepatitis B and D than in other forms of acute viral hepatitis. Chronic HDV infection is usually associated with severe histological changes in the liver and with a rapidly progressive course, that can lead to cirrhosis, liver failure and death. Treatment of chronic hepatitis D is currently unsatisfactory and interferon alpha is the only agent found to have some effect on the course of chronic hepatitis. Orthotopic liver transplantation is indicated for terminal cases of cirrhosis. Prophylaxis for HDV infection is possible by vaccination against the hepatitis B virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Análise das demandas judiciais para o fornecimento de medicamentos pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina nos anos de 2003 e 2004/ Situation of lawsuits concerning the access to medical products by the Health Department of Santa Catarina State, Brazil, during the years 2003 and 2004

Pereira, Januária Ramos; Santos, Rosana Isabel dos; Nascimento Junior, José Miguel do; Schenkel, Eloir Paulo
2010-11-01

Resumo em português Neste trabalho, é analisada a situação dos processos judiciais contra a Secretaria de Estado de Saúde de Santa Catarina determinando fornecimento de medicamentos em 2003 e 2004. As variáveis consideradas foram: patologia declarada, medicamento solicitado, origem da prescrição, possíveis alternativas terapêuticas na Relação Estadual de Medicamentos (Resme), registro dos medicamentos na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e custos totais. Foram a (mais) nalisados 622 processos, com gasto de R$ 11.333.750,00. Os serviços privados de saúde originaram 56% das prescrições. Hepatite C e artrite reumatoide foram as doenças mais referidas. Em 40% dos casos, os produtos faziam parte da Resme. Dos produtos solicitados, 6,2% tiveram a sua comercialização iniciada no Brasil a partir do ano 2000, destacando-se Interferon Pequilado e Infliximabe, responsáveis por 46% do total dos gastos. Alguns processos envolviam medicamentos que não possuíam registro na Anvisa, e houve casos em que a indicação de uso do medicamento não estava aprovada no país. Os resultados indicam que a reavaliação dos elencos de medicamentos padronizados e a melhoria no acesso aos tratamentos, aliadas à melhor divulgação dos programas de distribuição de medicamentos, são medidas que potencialmente poderão reduzir o número de processos judiciais. Resumo em inglês This study describes the situation of lawsuits concerning the access to medical products by the Health Department of Santa Catarina State (SES/SC), Brazil, during the years of 2003 and 2004. The variables considered were: declared illnesses, medicines demanded, prescription origin, possible alternatives therapeutics in the Santa Catarina State Register of Essential Medicines (Resme), the medicines registration at the National Health Surveillance Agency (Anvisa) and total (mais) expenditure. 622 lawsuits were filed. Total expenditure was R$ 11,333,750,00 (Brazilian Reais). Private health care was the source of 56% of the prescriptions. Hepatitis C and rheumatoid arthritis were the most commonly diseases involved. About 40% of requested drugs were on the Resme. 6.2% of required drugs were approved in Brazil after 2000. PEG-Interferon and Infliximab were responsible for 46% of total expenditure. There were still some cases of drugs or indications not registered at Anvisa. These results indicate the need to reassess the list of medicines regularly provided by the SES/SC, and also to improve accessibility to (and information concerning) Programs of medicines distribution. These measures may potentially reduce the number of lawsuits filed against the State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Análise das demandas judiciais para o fornecimento de medicamentos pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina nos anos de 2003 e 2004/ Situation of lawsuits concerning the access to medical products by the Health Department of Santa Catarina State, Brazil, during the years 2003 and 2004

Pereira, Januária Ramos; Santos, Rosana Isabel dos; Nascimento Junior, José Miguel do; Schenkel, Eloir Paulo
2010-11-01

Resumo em português Neste trabalho, é analisada a situação dos processos judiciais contra a Secretaria de Estado de Saúde de Santa Catarina determinando fornecimento de medicamentos em 2003 e 2004. As variáveis consideradas foram: patologia declarada, medicamento solicitado, origem da prescrição, possíveis alternativas terapêuticas na Relação Estadual de Medicamentos (Resme), registro dos medicamentos na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e custos totais. Foram a (mais) nalisados 622 processos, com gasto de R$ 11.333.750,00. Os serviços privados de saúde originaram 56% das prescrições. Hepatite C e artrite reumatoide foram as doenças mais referidas. Em 40% dos casos, os produtos faziam parte da Resme. Dos produtos solicitados, 6,2% tiveram a sua comercialização iniciada no Brasil a partir do ano 2000, destacando-se Interferon Pequilado e Infliximabe, responsáveis por 46% do total dos gastos. Alguns processos envolviam medicamentos que não possuíam registro na Anvisa, e houve casos em que a indicação de uso do medicamento não estava aprovada no país. Os resultados indicam que a reavaliação dos elencos de medicamentos padronizados e a melhoria no acesso aos tratamentos, aliadas à melhor divulgação dos programas de distribuição de medicamentos, são medidas que potencialmente poderão reduzir o número de processos judiciais. Resumo em inglês This study describes the situation of lawsuits concerning the access to medical products by the Health Department of Santa Catarina State (SES/SC), Brazil, during the years of 2003 and 2004. The variables considered were: declared illnesses, medicines demanded, prescription origin, possible alternatives therapeutics in the Santa Catarina State Register of Essential Medicines (Resme), the medicines registration at the National Health Surveillance Agency (Anvisa) and total (mais) expenditure. 622 lawsuits were filed. Total expenditure was R$ 11,333,750,00 (Brazilian Reais). Private health care was the source of 56% of the prescriptions. Hepatitis C and rheumatoid arthritis were the most commonly diseases involved. About 40% of requested drugs were on the Resme. 6.2% of required drugs were approved in Brazil after 2000. PEG-Interferon and Infliximab were responsible for 46% of total expenditure. There were still some cases of drugs or indications not registered at Anvisa. These results indicate the need to reassess the list of medicines regularly provided by the SES/SC, and also to improve accessibility to (and information concerning) Programs of medicines distribution. These measures may potentially reduce the number of lawsuits filed against the State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Associação entre os níveis plasmáticos de TNF-α, IFN-γ, IL-10, óxido nítrico e os isotipos de IgG específicos nas formas clínicas da doença de Chagas crônica/ Association between the plasma levels of TNF-α, IFN-γ, IL-10, nitric oxide and specific IgG isotypes in the clinical forms of chronic Chagas disease

Pissetti, Cristina Wide; Correia, Dalmo; Braga, Teodoro; Faria, Gladstone Eustáquio Lima; Oliveira, Rafael Faria de; Ribeiro, Betânia Maria; Rodrigues, Denise Bertulucci Rocha; Rodrigues, Virmondes
2009-08-01

Resumo em português A doença de Chagas é uma importante doença parasitária crônica, que acomete cerca de 9-11 milhões de pessoas na América Latina. Provavelmente, uma combinação de fatores relacionados ao parasito e ao hospedeiro podem ser os responsáveis pela patogênese na fase crônica da doença. Dentre os fatores relacionados ao hospedeiro, a resposta imunológica é um parâmetro de especial interesse. Objetivamos avaliar os níveis plasmáticos das citocinas interferon gama, (mais) interleucina 10, fator de necrose tumoral alfa e das imunoglobulinas G total, 3 e 4, por ELISA e do óxido nítrico, pela reação de Griess, entre indivíduos soronegativos e soropositivos para Trypanosoma cruzi, com as formas clínicas cardíaca, indeterminada e digestiva. Os indivíduos soropositivos para Trypanosoma cruzi produziram níveis significativamente mais elevados de imunoglobulinas G total e G3. Indivíduos com a forma digestiva apresentam níveis mais elevados de imunoglobulina G4 e interleucina 10. Entretanto, tais indivíduos apresentaram menores níveis de óxido nítrico do que controles. Os resultados sugerem que os maiores níveis de IL-10 observados nos indivíduos com a forma digestiva poderiam contribuir com os maiores níveis de IgG4 específicos observados. Resumo em inglês Chagas disease is an important chronic parasitic disease that affects around 9-11 million people in Latin America. A combination of parasite and host-related factors are probably responsible for pathogenesis in the chronic phase of the disease. Among the host-related factors, the immunological response is a parameter of special interest. Our aim here was to evaluate the plasma levels of the cytokines interferon gamma, interleukin 10 and tumor necrosis factor alpha and the (mais) immunoglobulins total IgG and its subclasses 3 and 4, by means of ELISA, and the levels of nitric oxide by means of the Griess reaction, among individuals who were seropositive for Trypanosoma cruzi, presenting the cardiac, indeterminate and digestive clinical forms of the disease, and among seronegative individuals. The seropositive individuals produced significantly higher levels of total IgG and IgG-3. Individuals with the digestive form presented higher levels of IgG-4 and interleukin 10. However, these individuals presented lower levels of nitric oxide than the controls did. The results suggest that the higher levels of interleukin 10 observed among individuals with the digestive form may contribute towards the higher levels of the specific IgG-4 that were seen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

O papel da terapia de manutenção no Mieloma Múltiplo/ The role of maintenance therapy for Multiple Myeloma

Bittencourt, Rosane
2007-03-01

Resumo em português O papel da terapia de manutenção para os pacientes com mieloma múltiplo(MM) após a obtenção de resposta completa ou resposta parcial quase completa ainda é um assunto controverso. As altas doses de quimioterapia seguidas pelo transplante autólogo de células hematopoéticas podem prolongar significativamente a sobrevida, embora não seja curativo, propiciando a alternativa da terapia de manutenção, como uma possibilidade de manter por períodos mais prolongados (mais) a fase de estabilização, onde a doença está clinicamente inativa (plateau). A manutenção pode ainda agir na doença residual mínima, capaz de converter taxas de resposta parcial em resposta completa. Há mais de duas décadas a terapia de manutenção antimieloma vem sendo proposta e suscitando discussões. Desde os anos 80, o interferon-alfa, os corticóides, incluindo a dexametasona e a prednisona, e, mais recentemente, os antiangiogênicos talidomida e seus derivados, junto às combinações destes vários agentes são alvos de estudos como terapia de manutenção. Para cada um destes agentes, os ensaios clínicos apontam vantagens e desvantagens em termos de sobrevida livre de doença, sobrevida global e toxicidades. Na avaliação geral faltam evidências que justifiquem um inequívoco benefício na sobrevida global para a maioria dos pacientes. No momento atual, em que novas terapias para o MM estão despontando como promissoras, o mais racional é individualizar a necessidade da terapia de manutenção considerando os fatores de riscos prognósticos apresentados por cada indivíduo. Resumo em inglês The use of maintenance therapy for patients with multiple myeloma (MM) and complete or almost complete remission is still under discussion. Although not curative, high dose chemotherapy followed by autologous bone marrow transplantation significantly prolongs overall survival time. The addition of maintenance therapy seems to be a valuable alternative aiming at longer inactive disease periods (plateau) or even as an effective therapy for minimal residual disease. It may a (mais) lso bring higher rates of complete response to patients with an initial partial response. Over more than two decades, maintenance therapy for MM has been discussed and proposed. Since then various drugs and their combinations have been studied for this purpose, such as interferon-alpha, glucocorticoids - including dexamethasone and prednisone - and the more recently antiangiogenic drugs including thalidomide and its analogs. Clinical trials with each of these agents have shown advantages and, sometimes, disadvantages in terms of disease-free survival, overall survival and toxicity. A general review of these studies draws attention to the lack of evidence favoring unequivocal benefits in overall survival. In a time when novel and promising therapies arrive we shall emphasize the need of individual therapeutic approaches in terms of maintenance therapy, considering the prognosis and risk factors of each patient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Carcinoma hepatocelular: parte 2. Tratamento/ Hepatocelular carcinoma: part 2. Therapy

CONTE, Vinício Paride
2000-04-01

Resumo em português São revisadas as formas de tratamento, particularmente as ressecções cirúrgicas, a quimioembolização arterial e as injeções percutâneas de etanol e de ácido acético. Alguns aspectos relativos à dieta, com particular atenção à aflatoxina B1 e aos retinóides, são abordados quanto ao seu desempenho na etiopatogenia e no tratamento da afecção mais comumente encontrada nos países em desenvolvimento. Em relação ao tratamento, fazem-se considerações tamb� (mais) �m referentes ao uso de octreotide, nitrosaminas e outras drogas. A coagulação intersticial a laser e as drogas de ação antivascular também mereceram abordagem sucinta. O problema do carcinoma hepatocelular precoce e a sua destruição é sinalizado de modo sumário. A quimioprevenção com o uso do interferon alfa recombinante considerado e o transplante de fígado encerram a revisão, antes dos comentários finais. Resumo em inglês Recent improvements on the therapeutical management of hepatocellular carcinoma are revised with special attention to evaluate the role of surgery for the disease. Considering that definitive surgical intervention is not feasible in most cases because of extreme tumor extension, multiplicity of tumor foci, and associated advanced liver cirrhosis at the time of diagnosis, others forms of treatment are listed, such as transcatheterarterial chemoembolization, percutaneous et (mais) hanol and acetic acid injections, and chemotherapy only to a small portion of patients with no indication for standard treatments The emerging role of retinoic acid metabolism blocking agents, was examined and may offer a significant new potential treatment for cancer, inclusive the possibility of combining other anticancer drugs with exogenous retinoids or modulation of endogenous retinoids as a real opportunity to advance our ability to treat or prevent human cancer effectively. Octreotide, nitrosamine and other drugs are analyzed and is concluded that improves survival and is a valuable alternative in the treatment of inoperable hepatocellular carcinoma. The potential role of intersticial laser coagulation for patients with irresectable hepatic tumors was investigated, and in terms of experience, it has now been developed sufficiently to study its effect on these patients survival. The homeostatic control of angiogenesis and its influences on the tumor growth and for migration of metastatic cells, was focused in this concise review, given that hepatocytes are the source of much of the precursor pool, regulation of angiogenesis may be regarded as a new liver function with important consequences for tissue repair and cancer. Early hepatocellular carcinoma and its recognition in routine clinical pratice contributes to improved patients survival. Recombinant-Interferon-alpha therapy surely prevents, the development of cirrhosis or hepatocellular carcinoma in about one-third of patients, with chronic hepatitis C, with sustained response. Finally, in individuals with life-threatening liver disease, such as those with cirrhosis and hepatocellular carcinoma, the liver transplantation, must be considered, besides controversial, however, with increasing experience the results of the procedure in these patients have improved, and may offer a better long-term survival than liver resection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Avaliação da qualidade de estudos clínicos e seu impacto nas metanálises/ Assessment of clinical trial quality and its impact on meta-analyses

Silva Filho, Carlos Rodrigues da; Saconato, Humberto; Conterno, Lucieni Oliveira; Marques, Iara; Atallah, Álvaro Nagib
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar se diferentes instrumentos de avaliação de qualidade, aplicados a um grupo de estudos clínicos que se correlacionam e qual seu impacto no resultado na metanálise. MÉTODOS: Foram analisados 38 estudos clínicos randomizados e controlados, selecionados para a revisão sistemática sobre a eficácia terapêutica do Interferon Alfa no tratamento da hepatite crônica pelo vírus B. Utilizaram-se os seguintes instrumentos: Maastricht (M), Delphi (D) e Ja (mais) dad (J) e o método da Colaboração Cochrane (CC), considerado padrão-ouro. Os resultados definidos pelos três instrumentos foram comparados pelo teste de Correlação de Spearman. O teste de Kappa (K) avaliou a concordância entre os revisores na aplicação dos instrumentos e o teste de Kappa ponderado analisou o ordenamento de qualidade definido pelos instrumentos. O clareamento do HBV-DNA e HbeAg foi o desfecho avaliado na metanálise. RESULTADOS: Os estudos foram de regular e baixa qualidade. A concordância entre os revisores foi, de acordo com o instrumento: D=0.12, J=0.29 e M=0.33 e CC= 0,53. A correlação foi moderada e homogênea (D/J=0,51; D/M=0,53 e J/M=0,52). Os resultados da metanálise (HBV-DNA), variaram de RR=0,71; IC 95%: 0,66-0,77 a RR=0,67; IC 95%: 0,58-0,79 e (HbeAg) de RR=0,85; IC 95%: 0,80-0,90 a RR=0,85; IC 95%:0,77-0,93, dependendo da qualidade dos estudos incluídos. CONCLUSÕES: Os instrumentos de avaliação de qualidade têm boa correlação. Nas revisões sistemáticas que apontem à mesma direção do efeito, a avaliação pode não alterar significantemente seu resultado. O método da Colaboração Cochrane é o mais reprodutível e de simples aplicação. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate whether different quality assessment tools applied to a group of clinical trials could be correlated, and what would be their impact on meta-analysis results. METHODS: Thirty-eight randomized controlled clinical trials were analyzed. These had been selected for a systematic review of the therapeutic efficacy of alpha interferon for treating chronic hepatitis B. The following tools were utilized: Maastricht (M), Delphi (D), Jadad (J) and the Cochrane (mais) Collaboration (CC) method (gold standard). The Spearman correlation coefficient was used to compare the results from the three methods. The Kappa test was used to assess the concordance between the reviewers in applying the tools, and the weighted Kappa test was applied to compare the quality ranking determined by the tools. The outcomes assessed in the meta-analyses were clearance of HBV-DNA and HBeAg. RESULTS: The studies presented regular to low quality. The concordance between reviewers varied according to the instrument utilized: D=0.12; J=0.29; M=0.33; and CC=0.53. The correlation was moderate and homogeneous (D/J=0.51; D/M=0.53; and J/M=0.52). Thje meta-analysis result relating to HBV-DNA ranged from RR=0.71 (95% CI: 0.66-0.77) to RR=0.67 (95% CI: 0.58-0.79). For HBeAg, the results ranged from RR=0.85 (95% CI: 0.80-0.90) to RR=0.85 ( 95% CI: 0.77-0.93). These results depended on the quality of the studies included. CONCLUSIONS: The quality assessment tools presented good correlation. In systematic reviews with the same direction of effect, the quality assessment may not significantly change the results. The Cochrane Collaboration method was the most reproducible method and easiest to apply.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Avaliação da qualidade de estudos clínicos e seu impacto nas metanálises/ Assessment of clinical trial quality and its impact on meta-analyses

Silva Filho, Carlos Rodrigues da; Saconato, Humberto; Conterno, Lucieni Oliveira; Marques, Iara; Atallah, Álvaro Nagib
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar se diferentes instrumentos de avaliação de qualidade, aplicados a um grupo de estudos clínicos que se correlacionam e qual seu impacto no resultado na metanálise. MÉTODOS: Foram analisados 38 estudos clínicos randomizados e controlados, selecionados para a revisão sistemática sobre a eficácia terapêutica do Interferon Alfa no tratamento da hepatite crônica pelo vírus B. Utilizaram-se os seguintes instrumentos: Maastricht (M), Delphi (D) e Ja (mais) dad (J) e o método da Colaboração Cochrane (CC), considerado padrão-ouro. Os resultados definidos pelos três instrumentos foram comparados pelo teste de Correlação de Spearman. O teste de Kappa (K) avaliou a concordância entre os revisores na aplicação dos instrumentos e o teste de Kappa ponderado analisou o ordenamento de qualidade definido pelos instrumentos. O clareamento do HBV-DNA e HbeAg foi o desfecho avaliado na metanálise. RESULTADOS: Os estudos foram de regular e baixa qualidade. A concordância entre os revisores foi, de acordo com o instrumento: D=0.12, J=0.29 e M=0.33 e CC= 0,53. A correlação foi moderada e homogênea (D/J=0,51; D/M=0,53 e J/M=0,52). Os resultados da metanálise (HBV-DNA), variaram de RR=0,71; IC 95%: 0,66-0,77 a RR=0,67; IC 95%: 0,58-0,79 e (HbeAg) de RR=0,85; IC 95%: 0,80-0,90 a RR=0,85; IC 95%:0,77-0,93, dependendo da qualidade dos estudos incluídos. CONCLUSÕES: Os instrumentos de avaliação de qualidade têm boa correlação. Nas revisões sistemáticas que apontem à mesma direção do efeito, a avaliação pode não alterar significantemente seu resultado. O método da Colaboração Cochrane é o mais reprodutível e de simples aplicação. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate whether different quality assessment tools applied to a group of clinical trials could be correlated, and what would be their impact on meta-analysis results. METHODS: Thirty-eight randomized controlled clinical trials were analyzed. These had been selected for a systematic review of the therapeutic efficacy of alpha interferon for treating chronic hepatitis B. The following tools were utilized: Maastricht (M), Delphi (D), Jadad (J) and the Cochrane (mais) Collaboration (CC) method (gold standard). The Spearman correlation coefficient was used to compare the results from the three methods. The Kappa test was used to assess the concordance between the reviewers in applying the tools, and the weighted Kappa test was applied to compare the quality ranking determined by the tools. The outcomes assessed in the meta-analyses were clearance of HBV-DNA and HBeAg. RESULTS: The studies presented regular to low quality. The concordance between reviewers varied according to the instrument utilized: D=0.12; J=0.29; M=0.33; and CC=0.53. The correlation was moderate and homogeneous (D/J=0.51; D/M=0.53; and J/M=0.52). Thje meta-analysis result relating to HBV-DNA ranged from RR=0.71 (95% CI: 0.66-0.77) to RR=0.67 (95% CI: 0.58-0.79). For HBeAg, the results ranged from RR=0.85 (95% CI: 0.80-0.90) to RR=0.85 ( 95% CI: 0.77-0.93). These results depended on the quality of the studies included. CONCLUSIONS: The quality assessment tools presented good correlation. In systematic reviews with the same direction of effect, the quality assessment may not significantly change the results. The Cochrane Collaboration method was the most reproducible method and easiest to apply.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Identificação de micoplasmas pela inibição de crescimento de amostras isoladas de culturas celulares/ Identification of mycoplasma samples isolated from cell cultures by the growth inhibition test

Timenetsky, Jorge; Miyaki, Cosue; Mendes, Inácio França; Rizzo, Edda de
1992-02-01

Resumo em português As culturas celulares devem ser continuamente monitoradas quanto à presença de micoplasmas, pois, embora às vezes eles passem despercebidos, podem causar alterações cromossômicas, interferir na replicação viral, na produção de anticorpos e interferon. A Organização Internacional em Micoplasmologia (IOM) recomenda o isolamento e a identificação de micoplasmas, visando detectar as prováveis origens da infecção e melhorar a qualidade das culturas. Assim, for (mais) am analisadas pela inibição de crescimento, 37 amostras pertencentes a 27 linhagens celulares contaminadas por micoplasmas. Em nenhuma amostra foi observada a ocorrência de duas espécies. Foram identificados 18 (48,65%) Mycoplasma arginini, 15 (40,55%) Acholeplasma laidlawii, dois (5,40%) Mycoplasma orale, sendo que duas amostras (5,40%) não foram identificadas. Considerando as espécies caracterizadas na pesquisa, os autores sugerem: a) a adoção do teste de isolamento de micoplasmas em caráter de rotina; b) o aprimoramento das técnicas de assepsia e desinfecção; c) a eliminação da pipetagem bucal; d) a utilização de soros e de outros componentes de meios de cultura de qualidade certificada; e) o questionamento da presença de micoplasmas quando linhagens celulares são permutadas pelas instituições; f) a avaliação cautelosa de resultados obtidos quando se utilizam culturas infectadas por esse microrganismo. Resumo em inglês Cell cultures must be continuously screened for the presence of mycoplasma because, although these microorganisms sometimes pass unoticed, they may cause chromosomic alterations and interfere with viral replication, antibody and interferon production etc. The International Organization for Mycoplasmology (IOM) recommends the isolation and identification of mycoplasma with a view to the detection of the origin of the infection and the improvement of the quality of the cult (mais) ures. In this paper, 37 samples belonging to 27 cell lines contaminated with mycoplasma were assayed by the growth inhibition test. It is known that Mycoplasma orale is the most common human mycoplasma contaminant of cell cultures, the major vehicle of contamination being mouth pippeting, while commercial bovine serum in the main source for Mycoplasma arginini and Acholeplasma laidlawii. M. arginini was found in 18 (48.65%) of the cell samples tested, A. laidlawii in 15 (40.55%), and M. orale in two (5.40%). Two other samples could not be identified by the antisera used (antisera against M. arginini, M. orale, Mycoplasma hyorhinis and A. laidlawii) their characteristics being "fried egg" colonies, digitonine sensitivity, Dienes stained, positive glucose catabolism, negative arginini hydrolysis, and negative tetrazolium reduction. No more than one type of mycoplasma was found in each cell culture. In the light of the results of the study, it is suggested that: a) cell cultures should be tested for mycoplasma on a routine basis; b) microbial control techniques be unproved; c) mouth pippeting be abolished; d) serum and cell culture media components purchased be of certified quality; e) the presence of mycoplasma when cell lines are exchanged among institutions be investigated; f) data obtained when mycoplasma infected cell cultures are used be carefully evaluated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Identificação de micoplasmas pela inibição de crescimento de amostras isoladas de culturas celulares/ Identification of mycoplasma samples isolated from cell cultures by the growth inhibition test

Timenetsky, Jorge; Miyaki, Cosue; Mendes, Inácio França; Rizzo, Edda de
1992-02-01

Resumo em português As culturas celulares devem ser continuamente monitoradas quanto à presença de micoplasmas, pois, embora às vezes eles passem despercebidos, podem causar alterações cromossômicas, interferir na replicação viral, na produção de anticorpos e interferon. A Organização Internacional em Micoplasmologia (IOM) recomenda o isolamento e a identificação de micoplasmas, visando detectar as prováveis origens da infecção e melhorar a qualidade das culturas. Assim, for (mais) am analisadas pela inibição de crescimento, 37 amostras pertencentes a 27 linhagens celulares contaminadas por micoplasmas. Em nenhuma amostra foi observada a ocorrência de duas espécies. Foram identificados 18 (48,65%) Mycoplasma arginini, 15 (40,55%) Acholeplasma laidlawii, dois (5,40%) Mycoplasma orale, sendo que duas amostras (5,40%) não foram identificadas. Considerando as espécies caracterizadas na pesquisa, os autores sugerem: a) a adoção do teste de isolamento de micoplasmas em caráter de rotina; b) o aprimoramento das técnicas de assepsia e desinfecção; c) a eliminação da pipetagem bucal; d) a utilização de soros e de outros componentes de meios de cultura de qualidade certificada; e) o questionamento da presença de micoplasmas quando linhagens celulares são permutadas pelas instituições; f) a avaliação cautelosa de resultados obtidos quando se utilizam culturas infectadas por esse microrganismo. Resumo em inglês Cell cultures must be continuously screened for the presence of mycoplasma because, although these microorganisms sometimes pass unoticed, they may cause chromosomic alterations and interfere with viral replication, antibody and interferon production etc. The International Organization for Mycoplasmology (IOM) recommends the isolation and identification of mycoplasma with a view to the detection of the origin of the infection and the improvement of the quality of the cult (mais) ures. In this paper, 37 samples belonging to 27 cell lines contaminated with mycoplasma were assayed by the growth inhibition test. It is known that Mycoplasma orale is the most common human mycoplasma contaminant of cell cultures, the major vehicle of contamination being mouth pippeting, while commercial bovine serum in the main source for Mycoplasma arginini and Acholeplasma laidlawii. M. arginini was found in 18 (48.65%) of the cell samples tested, A. laidlawii in 15 (40.55%), and M. orale in two (5.40%). Two other samples could not be identified by the antisera used (antisera against M. arginini, M. orale, Mycoplasma hyorhinis and A. laidlawii) their characteristics being "fried egg" colonies, digitonine sensitivity, Dienes stained, positive glucose catabolism, negative arginini hydrolysis, and negative tetrazolium reduction. No more than one type of mycoplasma was found in each cell culture. In the light of the results of the study, it is suggested that: a) cell cultures should be tested for mycoplasma on a routine basis; b) microbial control techniques be unproved; c) mouth pippeting be abolished; d) serum and cell culture media components purchased be of certified quality; e) the presence of mycoplasma when cell lines are exchanged among institutions be investigated; f) data obtained when mycoplasma infected cell cultures are used be carefully evaluated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

O ressurgimento da tuberculose e o impacto do estudo da imunopatogenia pulmonar/ The resurgence of tuberculosis and the impact of the study of pulmonary immunopathogenesis

Lapa e Silva, José Roberto; Boéchat, Neio
2004-08-01

Resumo em português O ressurgimento da tuberculose como uma das doenças contagiosas que mais assola a humanidade deu-se após uma falsa impressão de que se caminhava para o seu controle antes do final do Século XX. Nos últimos dez anos, em associação com centros de pesquisas norte-americanos e europeus, nosso grupo na Universidade Federal do Rio de Janeiro tem estudado diversos aspectos relacionados com a patogenia da forma pulmonar, a mais importante por conta de sua freqüência e im (mais) portância que tem no ciclo de transmissão. Nossa hipótese é que o estabelecimento da infecção latente e o desenvolvimento da forma ativa dependem de um desequilíbrio entre citocinas ativadoras e desativadoras da função microbicida dos macrófagos. A despeito da presença de mecanismos habitualmente protetores, como de moléculas nos macrófagos que denotam ativação celular e de moléculas comprometidas com a proteção contra a tuberculose, como o óxido nítrico e o interferon-g, a tuberculose progride. Um dos motivos é a presença no sítio de infecção de moléculas como a interleucina-10 e o TGF-b, que tem capacidade de desativar macrófagos previamente ativados. Existem evidências que a micobactéria secreta proteínas capazes de induzir a expressão de interleucina-10, agindo assim para burlar os mecanismos de defesa. Indivíduos suscetíveis teriam mais capacidade de responder a estas moléculas da micobactéria, devido a mutações genéticas que facilitam a produção de interleucina-10. A compreensão destes mecanismos poderá representar avanços na prevenção e descoberta de novos alvos terapêuticos para o controle da tuberculose. Resumo em inglês The resurgence of tuberculosis as one of the most important infectious diseases to affect mankind came after the illusion that the disease was under control and would be eradicated before the end of the 20th Century. Over the last 10 years, in association with American and European research centers, our group at the Universidade Federal do Rio de Janeiro has been dedicated to investigating the pathogenic mechanisms involved in pulmonary tuberculosis. Due to its frequency (mais) and role in transmission, pulmonary tuberculosis is the most serious form of the disease. Our hypothesis is that the establishment of latent infection and its progression to active disease depend on an imbalance between activating and deactivating cytokines at the disease site. Despite the presence of protective mechanisms such as the macrophage expression of phenotypes (denoting cellular and molecular activation of agents involved in protection, such as nitric oxide and interferon-g), tuberculosis progresses. A possible explanation for this is the concomitant presence at the site of infection of molecules such as interleukin-10 and TGF-b, which are able to deactivate previously activated macrophages. Recent data suggest that mycobacteria secrete proteins capable of inducing interleukin-10, thus contributing to overcoming host protective mechanisms. Susceptible individuals would be more able to produce larger amounts of these molecules due to genetic polymorphisms that facilitate interleukin-10 production at infection onset. The understanding of these mechanisms could advance the prevention and discovery of new therapeutic targets for the control of tuberculosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Citocinas e proteínas de fase aguda do soro como marcadores de regressão da resposta inflamatória ao tratamento da tuberculose pulmonar/ Cytokines and acute phase serum proteins as markers of inflammatory regression during the treatment of pulmonary tuberculosis

Peresi, Eliana; Silva, Sônia Maria Usó Ruiz; Calvi, Sueli Aparecida; Marcondes-Machado, Jussara
2008-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar o padrão de citocinas pró- e antiinflamatórias e da resposta de fase aguda (RFA) como marcadores de resposta ao tratamento da tuberculose pulmonar. MÉTODOS: Determinação dos níveis de interferon-gama (IFN-γ), tumor necrosis factor-alpha (TNF-α, fator de necrose tumoral-alfa), interleucina-10 (IL-10) e transforming growth factor-beta (TGF-β, fator transformador de crescimento-beta), pelo método ELISA, em sobrenadante de cultura de (mais) células mononucleares do sangue periférico e monócitos, assim como dos níveis de proteínas totais, albumina, globulinas, alfa-1-glicoproteína ácida (AGA), proteína C reativa (PCR) e velocidade de hemossedimentação (VHS) em 28 doentes com tuberculose pulmonar, em três tempos: antes (T0), aos três meses (T3) e aos seis meses (T6) de tratamento, em relação aos controles saudáveis, em um único tempo. RESULTADOS: Os pacientes apresentaram valores maiores de citocinas e RFA que os controles em T0, com diminuição em T3 e diminuição (TNF-α, IL-10, TGF-β, AGA e VHS) ou normalização (IFN-γ e PCR) em T6. CONCLUSÕES: PCR, AGA e VHS são possíveis marcadores para auxiliar no diagnóstico de tuberculose pulmonar e na indicação de tratamento de indivíduos com baciloscopia negativa; PCR (T0 > T3 > T6 = referência) pode também ser marcador de resposta ao tratamento. Antes do tratamento, o perfil Th0 (IFN-γ, IL-10, TNF-α e TGF-β), indutor de e protetor contra inflamação, prevaleceu nos pacientes; em T6, prevaleceu o perfil Th2 (IL-10, TNF-α e TGF-β), protetor contra efeito nocivo pró-inflamatório do TNF-α ainda presente. O comportamento do IFN-γ (T0 > T3 > T6 = controle) sugere sua utilização como marcador de resposta ao tratamento. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the pattern of pro-inflammatory cytokines, anti-inflammatory cytokines and the acute phase response (APR) as markers of the response to treatment of pulmonary tuberculosis. METHODS: Twenty-eight patients with pulmonary tuberculosis were evaluated at three time points: pretreatment (T0), treatment month 3 (T3) and treatment month 6 (T6). Levels of interferon-gamma (IFN-γ), tumor necrosis factor-alpha (TNF-α), interleukine-10 (IL-10) and tra (mais) nsforming growth factor-beta (TGF-β) were determined using ELISA in the supernatant of peripheral blood mononuclear cell and monocyte culture. Levels of total protein, albumin, globulins, C-reactive protein (CRP), alpha-1-acid glycoprotein (AAG) and erythrocyte sedimentation rate (ESR) were also determined. All of these parameters were also evaluated, only once, in a group of healthy controls. RESULTS: In relation to controls, patients presented cytokine levels and APR that were higher at T0, lower at T3 and either lower (TNF-α, IL-10, TGF-β, AAG and ESR) or normal (IFN-γ and CRP) at T6. CONCLUSIONS: For individuals with negative smear sputum microscopy, CRP, AAG and ESR are potential markers of pulmonary tuberculosis and of the need for treatment; CRP (T0 > T3 > T6 = reference) can also be a marker of treatment response. In the patients, the Th0 profile (IFN-γ, IL-10, TNF-α and TGF-β), inducer of and protector against inflammation, predominated at T0, whereas the Th2 profile (IL-10, TNF-α and TGF-β), protecting against the harmful pro-inflammatory effect of the remaining TNF-α, predominated at T6. The behavior of IFN-γ (T0 > T3 > T6 = controls) suggests its use as a marker of treatment response.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Diagnóstico imunológico da tuberculose: problemas e estratégias para o sucesso/ Immunological diagnosis of tuberculosis: problems and strategies for success

Teixeira, Henrique Couto; Abramo, Clarice; Munk, Martin Emilio
2007-06-01

Resumo em português A tuberculose continua sendo um grave problema social e de saúde, afetando milhões de pessoas anualmente. A vacina Bacille Calmette-Guerin (BCG), usada no controle profilático, é incapaz de conter a progressão da doença, que usualmente se manifesta através da queda da imunidade celular do indivíduo. O diagnóstico da tuberculose em seus estágios iniciais, aliado à poliquimioterapia, pode contribuir para o controle da disseminação da infecção. Os atuais méto (mais) dos de diagnóstico apresentam problemas, como: baixa sensibilidade da baciloscopia; longo tempo de realização das culturas microbiológicas; e baixa especificidade do teste cutâneo com o derivado protéico purificado do M. tuberculosis. Novos métodos de diagnóstico que utilizam antígenos específicos (por exemplo, os conhecidos em inglês como o early secreted antigenic target 6-kDa e o culture filtrate protein 10-kDa), estão sendo testados. Os genes que codificam esses antígenos estão localizados na região de diferença 1 do M. tuberculosis, M. africanum e M. bovis, mas estão ausentes no M. bovis (BCG) e na maioria das micobactérias do meio ambiente. Métodos de diagnóstico baseados na produção de interferon-gama por linfócitos T, em resposta a esses antígenos, como o QuantiFERON-TB® e o T SPOT.TB®, estão sendo testados, e superam o teste cutâneo com o derivado protéico purificado nas seguintes características: maior sensibilidade; menor reatividade cruzada devido à vacinação com o BCG ou infecção por micobactérias do meio ambiente; e tempo de execução. A introdução de métodos de diagnóstico mais específicos e sensíveis, assim como um maior entendimento dos mecanismos moleculares e celulares que regulam a interação parasito-hospedeiro, pode contribuir para um eficiente combate à tuberculose. Resumo em inglês Tuberculosis remains a serious social and public health problem, affecting millions of people annually. The bacille Calmette-Guerin (BCG) vaccine, used prophylactically, does not impede the progression of the disease, which usually manifests as decreased cellular immunity. Early diagnosis, together with polychemotherapy, can control the dissemination of the tuberculosis infection. The current diagnostic methods present certain problems. Such problems include the low sensi (mais) tivity of sputum smear microscopy, the fact that performing microbiological cultures is quite time-consuming, and the low specificity of the skin test with the purified protein derivative of M. tuberculosis. New diagnostic methods, which use specific antigens such as the early secreted antigenic target 6-kDa and culture filtrate protein 10kDa, are being evaluated. The genes that encode these antigens are located in the DNA region of difference 1 of M. tuberculosis, M. africanum and M. bovis. However, they are absent from the M. bovis (BCG) and from most environmental mycobacteria. Diagnostic methods such as QuantiFERON-TB® and T SPOT.TB®, which are based on the production of interferon-gamma by T lymphocytes, in response to those antigens, are being tested and have been found to outstrip the purified protein derivative skin test in the following characteristics: greater sensitivity; lower cross-reactivity due to BCG vaccination or infection with environmental mycobacteria; and execution time. The introduction of diagnostic methods that are more specific and sensitive, together with gaining a better understanding of the molecular and cellular mechanisms that regulate the parasite-host interaction, can increase the efficiency of strategies devised to combat tuberculosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

É possível uma vacina gênica auxiliar no controle da tuberculose?/ Could a DNA vaccine be useful in the control of tuberculosis?

Rodrigues Júnior, José Maciel; Lima, Karla de Melo; Castelo, Arlete Aparecida Martins Coelho; Martins, Vânia Luiza Deperon Bonato; Santos, Sandra Aparecida dos; Faccioli, Lucia Helena; Silva, Célio Lopes
2004-08-01

Resumo em português Vacinas de DNA, ainda em fase de experimentação e testes clínicos, podem se tornar uma importante ferramenta de combate a doenças infecciosas para as quais, até hoje, não existe prevenção segura e eficaz, como a tuberculose. Nos últimos anos vários estudos têm sido dedicados ao desenvolvimento de vacinas de DNA que codificam proteínas de micobactérias, entre as quais destacam-se as que codificam o antígeno 85 (Ag 85) e a proteína de choque térmico de 65 kD (mais) a (hsp65). Estes dois antígenos foram os mais estudados apresentando resultados bastante satisfatórios em ensaios pré-clínicos e com grande volume de dados registrados na literatura. Além de proteger contra infecção experimental por Mycobacterium tuberculosis virulenta, a vacina DNA-hsp65 também apresenta atividade terapêutica, ou seja, é capaz de curar os animais previamente infectados, inclusive aqueles com bacilos resistentes a múltiplas drogas. Esta vacina, hoje em avaliação clínica no Brasil também para o tratamento de câncer, é capaz de induzir a produção de citocinas de padrão Th1 tal como IFN- interferon-gama, associadas ao controle da doença. Além disso, a vacina de DNA-hsp65 é capaz de estimular clones de células CD8 citotóxicos e CD4 que podem ser caracterizados como células de memória sendo responsáveis por conferir imunidade duradoura contra a infecção. Quando utilizada na terapia da infecção, a vacina de DNA-hsp65 faz com que haja uma mudança no padrão de resposta imune, induzindo a secreção de citocinas de padrão Th1 criando um ambiente favorável à erradicação do bacilo. Os resultados demonstram ainda que a via de administração e a formulação na qual a vacina é administrada exerce fundamental influência no padrão e duração da resposta imune desencadeada. O conjunto de resultados hoje disponíveis mostra que uma vacina de DNA contra a tuberculose contribuirá de maneira significativa no controle desta doença. Resumo em inglês The DNA vaccines currently under pre-clinical and clinical development may prove to be important tools in combating infectious diseases, such as tuberculosis, for which no safe and effective form of prevention has yet been developed. In recent years, several studies have aimed to develop a DNA vaccine encoding mycobacterial proteins such as antigen 85 (Ag85) and the 65-kDa mycobacterial heat shock protein (hsp65). The latter is protective against virulent infection with M (mais) ycobacterium tuberculosis (including multidrug-resistant strains). The hsp65 DNA vaccine, currently under clinical evaluation in Brazil for cancer therapy, is able to induce the secretion of Th1 cytokines, such as gamma-interferon, associated with disease control. Furthermore, this vaccine stimulates cytotoxic CD8 and CD4 T-cell clones that can be characterized as memory cells, which are responsible for effective and long-lasting immunity against tuberculosis. When used as a therapeutic agent in inoculated mice, the hsp65 DNA vaccine promotes changes in the immunity profile, triggering the secretion of Th1 cytokines and establishing a favorable environment for the elimination of bacilli. The results also demonstrate that the route of administration, as well as the formulation in which the vaccine is administered, fundamentally influence the pattern and duration of the immune response induced. Taking all currently available data into account, we can conclude that a DNA vaccine against tuberculosis could contribute significantly to the control of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Acompanhamento farmacoterapêutico dos pacientes com leucemia mieloide crônica em uso de mesilato de imatinibe na Universidade Federal do Ceará/ The pharmacotherapeutic follow- up of patients with chronic myeloid leukemia (CML) on imatinib mesylate therapy

Aquino, Sterfen S.; Gonçalves, Romélia P.; Silva, Lilianne B.
2009-01-01

Resumo em português Leucemia mieloide crônica (LMC) é uma desordem genética de etiologia desconhecida, caracterizada por crescimento aumentado e não regulado de células precursoras mieloides na medula óssea. LMC está associada com uma característica translocação cromossômica chamada de cromossoma Philadelphia. Esse é um estudo observacional descritivo de pacientes com LMC do Hospital Universitário Walter Cantídio, Universidade Federal de Ceará, Brasil. O objetivo foi estudar a (mais) eficácia e a frequência de efeitos colaterais da terapia com mesilato de imatinibe. Vinte e seis pacientes foram incluídos: 09 em fase crônica (34,61%), 06 em fase acelerada (23,08%) e 11 em crise blástica (42,31 %). Os casos em fase crônica tiveram intolerância prévia para interferon alfa (IFN- α). Resposta hematológica completa foi observada em sete pacientes, cinco em fase crônica, um em acelerada e um em crise blástica. Durante o primeiro ano de tratamento, quatro pacientes em fase crônica mostraram resposta citogenética completa. Um destes pacientes perdeu a resposta posteriormente. Nenhum paciente em fase acelerada ou crise blástica mostrou resposta citogenética completa. Entre os 18 pacientes que estavam vivos no fim do estudo, apenas quatro (22,22%) não tiveram nenhuma queixa. Os mais comuns efeitos adversos foram: edema (50%), adinamia (33,33%), dor óssea e/ou articular (33,33%), cefaléia (27,78%), cãimbra (16,67%), diarreia (16,67%), insônia (16,67%), prurido (16,67%), equimoses (11,11%), náuseas (11,11%), dor epigástrica (5,55%), eritema (5,55%), lacrimejamento (5,55%), ressecamento da pele e lábios (5,55%), rush (5,55%), sudorese (5,55%). Uma minoria de pacientes desenvolveu resistência ao imatinibe. Para superar a resistência e aumentar a resposta positiva aos inibidores de tirosino- quinase novos fármacos e testes estão sendo utilizados e pesquisados. Resumo em inglês Chronic myeloid leukemia (CML) is a genetic disorder of unknown etiology characterized by increased and unregulated growth of myeloid precursor cells in the bone marrow. CML is associated with a characteristic chromosomal translocation known as the Philadelphia chromosome. This is a descriptive observational study of CML patients in the Walter Cantídio University Hospital, Federal University of Ceará, Brazil. The aim of the study was to investigate the efficacy and comm (mais) on side effects of imatinib mesylate therapy. Twenty- six patients were included in the study: 9 in the chronic phase (34.61%), 6 in the accelerated phase (23.08%) and 11 in blast crises (42.31 %). The cases in the chronic phase had previous intolerance to interferon alpha (IFN- α). Complete hematological responses were observed in 7 patients: 5 in the chronic phase, 1 in the accelerated phase and 1 in blast crisis. During the first year of treatment, 4 patients in the chronic phase presented complete cytogenetic responses. One of these patients subsequently lost response. No patient in the accelerated phase or blast crisis showed complete cytogenetic response. Complete molecular response was confirmed in 1 patient in the chronic phase. Among the 18 patients who were alive at the end of the study, only 4 patients (22.22%) had no complaint. The most commonly reported adverse events were: edema (50%), adynamia (33.33%), bone and / or joint pain (33.33%), headaches (27.78%), cramps (16,67%), diarrhea (16.67%), insomnia (16.67%), itching (16.67%), ecchymosis (11.11%), nauseas (11.11%), epigastric pain (5.55%), erythema (5.55%), shedding of tears (5.55%), dehydration of the skin and lips (5.55%), rush (5.55%), and sweating (5.55%). A minority of patients evolved with imatinib resistance. Newer drugs and trials are being developed to overcome resistance and to increase responsiveness to tyrosine- kinase inhibitors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Teste tuberculínico. Como optimizar?/ Tuberculin skin test. How to optimise?

Duarte, Raquel
2009-03-01

Resumo em português Os testes utilizados no diagnóstico de infecção latente pelo Mycobacterium tuberculosis, o teste tuberculínico e o doseamento do interferão gama (IGRA) identificam a existência de uma resposta imunológica adaptativa de memória contra os antigénios micobacterianos. Considerando as limitações dos dois testes, a melhor solução passa por tirar proveito das melhores características de cada um. A maior parte dos autores concorda com a utilização dos dois testes, (mais) utilizando os IGRA sobretudo na confirmação da positividade do teste tuberculínico (tirando proveito da sua maior especificidade). As características operativas do teste tuberculínico dependem da prevalência da doença na comunidade e dos objectivos da sua realização (as suas características são superiores quando utilizada no âmbito de rastreio ou como teste diagnóstico). Para interpretar correctamente um teste tuberculínico, o clínico deve conhecer a epidemiologia da tuberculose na comunidade e definir correctamente as indicações para a sua realização. Resumo em inglês The tests used in the diagnosis of tuberculosis latent infection, the tuberculin skin test (TST) and the interferon -gamma assays (IGRA), identify the existence of an adaptive immune response towards mycobacterial antigens. Considering the limitations of the two tests, the best solution is to take advantage of the best characteristics of each one. Most of the authors agree to the use of the two tests, using the IGRAS in the confirmation of a positive TST (because of its h (mais) igher specificity). The operative characteristics of TST depend on the prevalence of the illness in the community and the aim of its use (its operative characteristics are higher when used in the tracing scope or as a diagnostic test). To interpret correctly a TST, the physician must know the epidemiology of tuberculosis in the community and correctly define the indications for its use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Dupla hepatite aguda por vírus da hepatite C

Cruz, A.; Lima, S. C.; Cotter, J.
2006-11-01

Resumo em português Apresenta-se o caso clínico de um doente toxicómano, com diagnóstico de hepatite aguda por vírus da hepatite C (genótipo 3a). Após iniciar tratamento com interferão alfa 2b e se assistir a uma boa resposta terapêutica, às 12 semanas de tratamento verificou-se um súbito agravamento, cuja investigação mostrou tratar-se de nova hepatite aguda por vírus C (genótipo 1a). O doente tinha mantido consumo de drogas intravenosas. A continuação da terapêutica anteri (mais) ormente iniciada levou à recuperação clínica e analítica. Aos 6 meses de tratamento, teve aquela de ser interrompida devido a depressão grave. Apesar disto, na avaliação trinta e seis meses após suspensão da terapêutica, o doente mantinha-se assintomático, com aminotransferases normais e determinação negativa do RNA do vírus da hepatite C. Os autores destacam a raridade do caso, nomeadamente a dupla infecção aguda sequencial por diferentes genótipos do vírus da hepatite C e o facto da segunda infecção ocorrer em pleno período de tratamento com interferão, salientando-se mais uma vez a reconhecida importância da abstinência de consumo de drogas. Resumo em inglês The authors report a case of an intravenous drug user diagnosed with acute hepatitis C virus (genotype 3a). After initial improvement when treatment was begun, sudden decompensation occurred, compatible with the onset of a new acute hepatitis C virus (genotype 1a). The patient had continued using intravenous drugs. Clinical recovery and normalisation of laboratory values were achieved with continuation of the initial therapy. Six months later, treatment had to be disconti (mais) nued because of the patient’s severe depression. Nevertheless, thirty-six months after treatment was stopped, serum HCV RNA levels were undetectable, ALT levels were normal and the patient was symptom free. This case shows a rare clinical course, namely double acute sequential infection by different genotypes of hepatitis C virus with the second infection occurring during treatment with interferon. This once again highlights the importance of drug abstinence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Diagnóstico e tratamento da hepatite B/ Diagnosis and treatment of hepatitis B

Ferreira, Marcelo Simão
2000-08-01

Resumo em português A hepatite B constitui grave problema de saúde pública. Estima-se que 350 milhões de pessoas, ou seja, 5% da população mundial sejam portadores dessa virose. Admite-se que a infecção evolui para a cura em 90% a 95% dos casos e para o estado de portador crônico nos restantes 5% a 10%; a infecção persistente pode resultar também em cirrose, insuficiência hepática e carcinoma hepatocelular. O diagnóstico de qualquer das formas clínicas da hepatite B realiza-se (mais) através de técnicas sorológicas. Os médicos, hoje, possuem acesso a modernas técnicas laboratoriais capazes de avaliar a carga viral, o índice de replicação do agente infeccioso e a eficácia das novas medicações utilizadas. Vários agentes antivirais têm sido usados no tratamento dos indivíduos com hepatite crônica, como o intérferon alfa, a lamivudina, o famciclovir, e o adefovir dipivoxil, entre outros. A imunização ativa utilizando as modernas vacinas recombinantes constitui, na atualidade, a arma mais importante no combate à infecção pelo vírus da hepatite B. Resumo em inglês Hepatitis B constitutes a serious public health problem. It has been estimated that 350 million people - approximately 5% of the world population - have been infected by this virus. Of the people infected, in 90% to 95% of them there will be a spontaneous resolution of the disease. In 5% to 10% of the cases, though, the infection will persist and a chronic hepatitis will develop that may evolve leading, in the end, to liver cirrhosis, liver failure and/or carcinoma of the (mais) liver. The diagnosis of the different stages of the disease (i.e., acute, chronic infection) is performed using modern serologic techniques. Physicians, more recently, are having access to a series of laboratory tests which permit them to evaluate the viral load, replication of the virus and to testing of the efficacy of new anti-viral drugs. For the treatment of chronic hepatitis B new agents have been tested and some are being used with different degrees of success, such as, alfa-interferon, lamivudine, famciclovir, and adefovir dipivoxil, among others. Active immunization, using modern recombinant vaccines, are lately, the most important instrument of control of the infection caused by the hepatitis B virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Ação de extratos do açaí (Euterpe oleracea Mart.) sobre a produção de óxido nítrico em células RAW 264.7

Matheus, M.E.; Mantovani, I.S.B.; Santos, G.B.; Fernandes, S.B.O.; Menezes, F.S.; Fernandes, P.D.
2003-01-01

Resumo em português Açaí (Euterpe oleracea Mart.), é uma palmeira tropical muito apreciada por sua beleza e valor nutricional. Estudos químicos revelaram a presença de ácidos graxos e esteróides. No presente trabalho foi avaliada a ação de extratos obtidos dos frutos e flores sobre a produção de óxido nítrico (ON), molécula que apresenta várias atividades fisiológicas, tais como vasodilatação, neurotransmissão, além de atividades tumoricidas e citotóxicas. Células Raw 2 (mais) 64,7 estimuladas com lipopolissacarídeo bacteriano (LPS, 100 ng/ml) e interferon-alfa (IFN-alfa, 10 U/ml) produziram grande quantidade de óxido nítrico (35 μM) quando comparadas com as células não estimuladas (3 μM). Os extratos com hexano, diclorometano, acetato de etila e n-butanol apresentaram alta capacidade de inibição em células ativadas com LPS e IFN-alfa, de acordo com a concentração, sendo que na concentração mais alta ocorreu uma inibição de quase 100 %. Também avaliamos se o efeito inibitório seria devido a seqüestro do radical livre (ON), através do uso do SNAP (um doador de ON). Somente o extrato em acetato de etila mostrou atividade sequestrante. Esforços estão sendo empregados na tentativa de compreender os possíveis mecanismos associados ao efeito inibitório destes extratos. Resumo em inglês Açaí (Euterpe oleracea Mart.) is a tropical palm tree appreciated for its attractive beauty and for nutritional purposes. Chemical studies have revealed the presence of fatty acids and steroids. In the present work, it has been tested the action of the extracts obtained from the fruits and flowers on the nitric oxide (NO) production, a very important molecule with a lot of physiological rules such as vasodilatation, neurotransmission, tumoricidal and cytotoxic activity. (mais) Cells RAW 264.7 stimulated with bacterial lipopolysaccharide (LPS, 100 ng/ml) and interferonalpha (IFN-alpha, 10 U/ml) produce large amounts of nitric oxide (35 μM) when compared with non-stimulated cells (3μM). The hexane, dichloromethane, ethyl acetate and n-butanol extracts have shown high inhibition capacity, concentration-dependent in the cells activated with LPS and IFN-alpha, and the highest concentration has promoted almost 100 % of inhibition. We also have tested if the inhibitory effect was due to a scavenger action using a NO donor, the SNAP. Only the ethyl acetate extract has shown significant scavenger action. At this moment an effort is going on to try to understand the possible mechanisms associated to the inhibition of those extracts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Sepse por Salmonella associada à deficiência do receptor da Interleucina-12 (IL-12Rbeta1)/ Samonella septicemia associated with interleukin 12 receptor b1 (IL-12Rbeta1) deficiency

Carvalho, Beatriz Tavares Costa; Iazzetti, Antônio V.; Ferrarini, Maria Aparecida G.; Campos, Sandra O.; Iazzetti, Marco Antônio; Carlesse, Fabianne A.M.C.
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: descrever caso clínico de uma criança que desenvolveu septicemia por Salmonella enteritidis, sendo diagnosticada imunodeficiência primária. DESCRIÇÃO: paciente masculino, de um ano e 9 meses, com febre e lesões de pele há 50 dias, internado com lesão perilabial ulcerada com secreção purulenta, lesão ulcerada friável em língua, lesões ulcerocrostosas em membros, pneumonia bilateral com derrame pleural e choque séptico, sendo diagnosticado Salmonel (mais) la enteritidis como agente etiológico. A identificação desta bactéria direcionou a investigação para a síndrome MIM. O diagnóstico de deficiência do receptor da interleucina-12 (IL-12Rbeta1) foi confirmado através da dosagem de IL-12 e do interferon (IFN)-gama produzido pelas células do paciente em meio de cultura. O resultado demonstrou ausência de produção de IL-12 e do IFN-gama mesmo após estímulo adequado. COMENTÁRIOS: a identificação da Salmonella enteritidis como agente etiológico de septicemia sugere uma disfunção do sistema imunológico. Foi realizada avaliação laboratorial das imunidades humoral, celular e inata. Após avaliação laboratorial direcionada para síndrome MIM, foi confirmada a deficiência do receptor da Interleucina-12 (IL-12Rbeta1). O uso do IFN-gama é recomendado nos casos graves, assim como o tratamento de suporte e o aconselhamento genético. Resumo em inglês OBJECTIVE: to present a case report of a child who developed sepsis by Salmonella enteritidis associated with the diagnosis of primary immunodeficiency. DESCRIPTION: a twenty-one months old boy presenting fever and skin lesions, bilateral pneumonia with pleural effusion and septic shock. Salmonella enteritidis was isolated in blood cultures and pleural fluid. The identification of the bacteria suggested the presence of the MIM syndrome. The diagnosis of IL-12Rbeta1 was co (mais) nfirmed after IL-12 and IFN-gamma levels were measured using patient cells in a culture medium. The results showed absence of IL-12 and the IFN-gamma post stimulation using BCG. COMMENTS: a severe infection by Salmonella enteritidis is strongly suggestive of an immune system dysfunction. Laboratory tests for humoral, cellular and innate immunity were performed. Interleukin 12 receptor beta1 (IL-12 Rbeta1) deficiency was confirmed after specific laboratory evaluation. The use of INF-gamma is recommended in severe cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Mielopatia associada ao vírus linfotrópico humanode células T do tipo 1 (HTLV-1)/ Human T-cell lymphotropic virus type 1(HTLV-1) - associated myelopathy

Ribas, João Gabriel Ramos; Melo, Gustavo Correa Netto de
2002-08-01

Resumo em português A mielopatia associada ao HTLV-1 (HAM), também conhecida como paraparesia espástica tropical (TSP), é uma doença desmielinizante crônica progressiva que afeta a medula espinal e a substância branca do cérebro. Menos de 5% dos portadores crônicos do HTLV-1 desenvolverão essa complicação. As primeiras manifestações da doença ocorrem na quarta década da vida e observa-se relação mulher/homem de 2:1. Os distúrbios da marcha, a fraqueza e o enrijecimento dos (mais) membros inferiores constituem os principais sinais e sintomas de apresentação da mielopatia. As extremidades inferiores são afetadas com maior intensidade do que as extremidades superiores. A espasticidade pode variar de moderada a intensa e a dor lombar baixa revela-se comum. Com a progressão da doença há, com freqüência, disfunção vesical e intestinal. O envolvimento sensitivo mostra-se discreto e manifesta-se com graus variados de perdas sensitivas e sensação de disestesia. A ressonância nuclear magnética do sistema nervoso pode resultar normal ou revelar atrofia da medula espinal e alterações inespecíficas no cérebro. Há evidências de envolvimento imunológico na gênese da lesão medular. Não há tratamento eficaz para a mielopatia. Os corticoesteróides e o interferon-a produziram benefícios transitórios no tratamento da doença. Não houve melhora da marcha e da disfunção vesical em pacientes que usaram o danazol, um esteróide anabolizante. O valor da zidovudina (anti-retroviral) no tratamento da mielopatia ainda não se encontra definido. Resumo em inglês HTLV-1-associated myelopathy (HAM), also known as tropical spastic paraparesis (TSP), is a chronic progressive demyelinating disease that affects the spinal cord and white matter of the central nervous system. The lifetime incidence of HAM in HTLV-1 carriers is estimated to be less than 5%. Typical time of onset is in the fourth decade of life, with a female-to-male rate of 2:1. Gait disturbance and weakness and stiffness of the lower limbs are common presenting signs and (mais) symptoms of HAM. Lower extremities are affected to a much greater degree than upper extremities. Spasticity may be moderate to severe, and lower back pain is common. As the disease progresses, bladder and bowel dysfunction can occur. Sensory involvement is generally mild and can result in a variable degree of sensory loss and dysesthesia. Results of magnetic resonance imaging may be normal, or the scans show atrophy of the spinal cord and nonspecific lesions in the brain. Immunologic evidence suggests that an immune mechanism may play a role in the development of HAM. There is no effective treatment for the myelopathy. Corticosteroids, and INF-gamma may produce transient responses. Danazol, an anabolic steroid, does not improve gait and bladder function. The value of zidovudine (anti-retroviral agent) in the treatment has not been defined yet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Avanços no tratamento da hepatite pelo vírus B/ Advances in the treatment of hepatitis B

Ferreira, Marcelo Simão; Borges, Aércio Sebastião
2007-08-01

Resumo em português Nos últimos anos, houve um grande progresso no tratamento da hepatite B crônica. Cinco drogas são hoje aprovadas para tratamento dessa virose: intérferon alfa, lamivudina, adefovir, entecavir e telbivudina. Os intérferons (convencionais ou peguilados) foram as primeiras drogas utilizadas no tratamento dessas infecções podendo levar a resposta sustentada (perda do DNA-VHB e do AgHbe) em até um terço dos casos tratados. Um grande número de análogos de nucleosíde (mais) os/nucleotídeos estão no momento, disponíveis para tratar a hepatite B; a eficácia da lamivudina, o primeiro análogo de nucleosídeo utilizado, é limitada pela elevada incidência de resistência. O adefovir tem eficácia comparável à lamivudina porém baixa freqüência de resistência. Entecavir e tenofovir também se mostram muito ativos em controlar a replicação do vírus da hepatite B, e estão associados com mínimo desenvolvimento de resistência, mesmo em tratamento prolongados. Outras drogas, tais como telbivudina, emtricitabina e clevudine, se tornarão em futuro próximo, novas armas no controle dessa virose. Co-infectados HIV/VHB representam um grupo de doentes de difícil manuseio e que hoje se beneficiam com combinações de drogas no esquema anti-retroviral potente que devem atuar em ambas as viroses. O desenvolvimento de antivirais mais potentes e novas associações de medicamentos, conjuntamente com a melhor compreensão dos mecanismos de resistência do vírus da hepatite B a terapia são importantes conquistas para melhorar a eficácia do tratamento e diminuir no futuro, a carga global de portadores do vírus da hepatite B. Resumo em inglês Over the last years there has been considerable progress in the treatment of chronic hepatitis B. Five drugs are now approved for the treatment of this virosis: interferon alpha, lamivudine, adefovir, entecavir and telbivudine. Interferons (conventional or PEG) were the first medicine used in the treatment of hepatitis being able to lead the persistent response (loss of DNA-HBV and of AgHbe) to up to one third of treated cases. A large number of nucleoside/nucleotide anal (mais) ogues are, at present, available to treat hepatitis B. The efficacy of lamivudine, the first nucleoside analogue used, is limited by the high rate of resistance. Adefovir has efficacy comparable to that of lamivudine, but with low resistance rate. Entecavir and tenofovir have also been particularly active in the control of hepatitis B virus replication and are associated with minimal resistance development, even during long treatment regimens. Other drugs, such as telbivudine, emtricitabine and clevudine, will become new treatment options in the near future. Individuals co-infected with HIV/HBV are particularly difficult to manage and are nowadays able to benefit from combinations of drugs of the HAART therapy, which should be effective towards both viruses. The development of more potent antiviral drugs as well as new drug combinations, together with a better understanding of hepatitis B virus resistance mechanisms are important milestones to improve treatment efficacy and to diminish, in the future, the global burden of hepatitis B virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)