Sample records for intake
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Ingestão dietética de cálcio e adiposidade em mulheres adultas/ Dietary calcium intake and adiposity in adult women

Esteves, Elizabethe Adriana; Rodrigues, Chrystiellen Ayana Aparecida; Paulino, Érika Júnia
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a ingestão de cálcio dietético e sua correlação com parâmetros de adiposidade em mulheres adultas, residentes em Diamantina (MG). MÉTODOS: Foram determinados, em cinquenta mulheres adultas, o índice de massa corporal, a circunferência da cintura, a relação cintura-quadril e o percentual de gordura corporal. A ingestão dietética de cálcio foi avaliada por meio de recordatório de 24 horas e de um questionário de frequência de consumo. Os a (mais) limentos do questionário foram divididos em três grupos: 1) laticínios, 2) vegetais fontes de cálcio, 3) redutores da biodisponibilidade de cálcio. Foram calculados os escores I, II e III de frequência de consumo, correspondentes aos grupos 1, 2 e 3 de alimentos. RESULTADOS: Aproximadamente 42,0% das mulheres apresentou índice de massa corporal >25Kg/m², sendo 26,0% com algum grau de obesidade; 90,0% apresentou excesso de gordura corporal, sendo 42,0% com risco para doenças metabólicas. A ingestão média diária de cálcio representou 43,8% da Ingestão Adequada e não diferiu entre aquelas com índice de massa corporal Resumo em inglês OBJECTIVE: This study aimed to assess dietary calcium intake and its correlation with the adiposity parameters of adult women living in Diamantina (MG). METHODS: The body mass index, waist circumference, waist-to-hip ratio and percentage of body fat of 50 women were determined. Dietary calcium intake was assessed by the 24-hour recall and food frequency questionnaire. The foods in the questionnaire were divided into three groups: 1) dairy, 2) vegetable sources of calcium (mais) and 3) calcium absorption inhibitors. The food frequency scores I, II and III corresponding to the three food groups mentioned above were then calculated. RESULTS: Approximately 42.0% of the women had a body mass index >25Kg/m²; 26.0% of them had some degree of obesity. Ninety percent of the women presented excess body fat and 42.0% were at risk of metabolic diseases. The mean calcium intake per day represented 43.8% of the Adequate Intake and did not differ between women whose body mass index was

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Ingestão de cálcio e indicadores antropométricos entre adolescentes/ Calcium intake and anthropometric indicators in adolescents

Santos, Luana Caroline dos; Martini, Lígia Araújo; Freitas, Sílvia Nascimento de; Cintra, Isa de Pádua
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo investigar a relação da ingestão de cálcio com indicadores antropométricos de adolescentes. MÉTODOS: Foram avaliados 507 alunos de duas escolas públicas e uma particular de Ouro Preto, Minas Gerais, por meio de questionário sobre condições socioeconômicas, avaliação da maturação sexual, antropometria, composição corporal e consumo alimentar. RESULTADOS: A ingestão média de cálcio foi 703,7 (396,0) mg/dia, sendo (mais) a maior ingestão verificada na escola de maior nível socioeconômico. Apenas 8% dos adolescentes apresentavam ingestão superior à ingestão adequada. Houve associação negativa do cálcio, ajustado para o índice de massa corporal (r=-0,203, p=0,001), na escola de médio nível socioeconômico e nos adolescentes com ingestão desse mineral entre 400 e 800mg/dia (r=-0,134, p=0,044). CONCLUSÃO: Verificou-se ingestão insuficiente de cálcio entre os adolescentes de Ouro Preto, evidenciando a necessidade de estimular o consumo de alimentos fontes desse mineral nesta população. Resumo em inglês OBJECTIVE: This study was undertaken to determine the relationship between calcium intake and anthropometric indicators in adolescents. METHODS: Students (n=507) from two public and one private schools of Ouro Preto, Minas Gerais, were assessed by means of a questionnaire on socioeconomic conditions, sexual maturity, anthropometry, body composition and food intake. RESULTS: The mean calcium intake was 703.7 (396.0) mg/day and the school with the highest socioeconomic leve (mais) l presented the highest mean intake. Only 8% of the adolescents presented an intake above the recommended intake. Body mass index was inversely associated with calcium (r=-0.203, p=0.001) in the school of intermediate socioeconomic level and also in adolescents with dietary calcium intake between 400 and 800 mg/day (r=-0.134, p=0.044). CONCLUSION: These results showed that calcium intake was insufficient among the adolescents of Ouro Preto, indicating the need to stimulate the consumption of calcium-rich foods in this population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Ingestão de alimentos e adequação de nutrientes no final da infância/ Food intake and nutritional adequacy in final phase of childhood

ALBUQUERQUE, Maria de Fátima Machado de; MONTEIRO, Adriana Maria
2002-09-01

Resumo em português Este trabalho reúne informações sobre a ingestão de alimentos e a adequação dos nutrientes no período final da infância. O grupo estudado foi composto por 247 escolares, sendo 150 do sexo feminino e 97 do masculino, com idade de nove e dez anos, pertencentes a escolas públicas municipais de Maceió. Os dados sobre ingestão de alimentos foram coletados através do recordatório de 24 horas e comparados com as recomendações preconizadas pelo National Research Co (mais) uncil de 1989. De acordo com os resultados, a ingestão alimentar dos escolares apresentou-se deficiente em relação à energia e aos micronutrientes, especialmente as vitaminas e alguns minerais pesquisados, com exceção do ferro. Essa deficiência foi encontrada independente do sexo. Tais achados sugerem que o aporte insuficiente dos nutrientes estudados, se persistente, poderá contribuir negativamente para o desempenho do crescimento linear durante a fase da adolescência. Resumo em inglês This study analyzes the results of a dietary intake survey. The main goal was to estimate the nutrient and energy intake of children in final phase of childhood and the nutritional adequacy of their diet. The studied group was composed of 247 schoolchildren (150 females and 97 males, aged nine to ten years old) from public schools of the city of Maceió, state of Alagoas. Food intake data were collected through a 24-hour dietary recall and compared with the standards of N (mais) ational Research Council-Recommended Dietary Allowances (RDA, 1989). According to the results, the children food intake, independently of the sex, was deficient in energy and micronutrients, specially vitamins and some minerals, with the exception of iron. These findings suggest that in this group specific nutrients deficits can be a limiting factor which may contribute to an inadequate growth performance during adolescence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Ingestão de energia e nutrientes por adolescentes de uma escola pública/ Nutrient and energy intake in adolescents from a public school

Albano, Renata Doratioto; Souza, Sônia Buongermino de
2001-12-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar o consumo médio alimentar de energia, de proteína, de cálcio, de ferro, e de vitaminas A e C de adolescentes. MÉTODOS: estudo transversal em uma escola pública de ensino fundamental e médio, no município de São Paulo, com 92 alunos, de ambos os sexos, entre 11 e 17 anos, do ensino fundamental, em 1998. A amostra foi selecionada utilizando-se um procedimento sistemático, com intervalo 2, de acordo com a série e sexo. Os dados de consumo alimenta (mais) r foram coletados através do recordatório de 24 horas e comparados com as recomendações preconizadas pelo National Research Council de 1989. RESULTADOS: os consumos médios de energia, de proteínas e de vitamina C, para ambos os sexos, ultrapassaram a recomendação. O consumo médio de ferro para o sexo masculino ultrapassou a recomendação e, para o feminino, atingiu mais que 80%. O consumo médio de cálcio para o sexo masculino atingiu menos que 70% da recomendação e para o feminino, menos que 50%. CONCLUSÕES: pode-se concluir que os principais problemas detectados foram o baixo consumo médio de cálcio e elevado consumo de energia. Resumo em inglês OBJECTIVE: to assess the average intake of energy, protein, calcium, iron, vitamins A and C in adolescents. METHODS: cross-sectional study in a high school in São Paulo, Brazil, with 92 students, both males and females, aged between 11 and 17. The sample was chosen by a systematic statistical selection. The food intake was determined by 24-h diet recall and compared with the National Research Council recommendation (1989). RESULTS: the average intake of energy, proteins (mais) and vitamin C by both males and females was higher than the recommendation. The average iron intake by males was higher than the recommendation and more than 80% in females. The average calcium intake by males was less than 70% and less than 50% in females. CONCLUSIONS: low average intake of calcium and high average intake of energy were observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Ingestão do cálcio na obesidade de mulheres atendidas pelo Sistema Único de Saúde/ Calcium intake in obese women treated at Sistema Único de Saúde, Brazil

Silva, Patricia Maria Candido; Cabral Junior, Cyro Rego; Vasconcelos, Sandra Mary Lima
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Verificar a associação entre consumo de cálcio e obesidade em uma amostra de mulheres obesas ou eutróficas. MÉTODOS: Por meio de inquéritos alimentares, estimou-se a ingestão de cálcio de 177 mulheres hipertensas e/ou diabéticas mediante recordatórios de 24h e frequência de consumo alimentar. Estudo caso-controle teve o grupo-estudo composto por 102 mulheres obesas e o grupo-controle por 75 mulheres eutróficas. Os dados de ingestão foram comparados (mais) às recomendações dietéticas e às porções de alimentos de origem animal, recomendados pela pirâmide alimentar brasileira, que são fontes de cálcio. Na análise estatística dos dois grupos segundo faixa etária, utilizou-se o coeficiente de correlação linear simples de Pearson com nível de significância de até 5% de probabilidade de erro experimental. RESULTADOS: A ingestão quantitativa de cálcio foi semelhante entre os grupos e igualmente insuficiente para atingir as recomendações nutricionais. A análise da frequência de consumo de fontes de cálcio revelou que os dois grupos apresentavam consumo inferior a três porções/dia, merecendo destaque o grande número que referiu "raramente" consumir tais alimentos. CONCLUSÃO: Não foi observada nessa população a associação entre obesidade e ingestão de cálcio. Seu consumo foi insuficiente para atingir as quantidades recomendadas, um achado relevante. Considerando a idade das mulheres estudadas e o diagnóstico de hipertensão e diabetes, é evidente a necessidade de atividades de educação nutricional para estimular o consumo de fontes alimentares de cálcio com o intuito de auxiliar no controle da hipertensão e de prevenir agravos importantes, como a obesidade e a osteoporose. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to assess the relationship between calcium intake and obesity in a sample of obese and normal weight women. METHODS: The 24-hour recall and food frequency questionnaire were used to determine the calcium intake of 177 hypertensive and/or diabetic women. This was a case-control study. The study group consisted of 102 obese women and 75 normal weight women (control). Intake data were compared with the dietary reference intakes and (mais) with the animal-source food portions, which are the sources of calcium recommended by the Brazilian food pyramid. The Pearson correlation coefficient with a significance level of 5% of experimental error probability was used for the statistical analysis of both groups according to age groups. RESULTS: Calcium intake was similar between the groups and both failed to reach the recommended intake levels. Analysis of the intake frequency of calcium-rich foods showed that both groups consumed less than 3 portions a day. The high percentage of women who reported hardly ever eating such foods is worthy of notice. CONCLUSION: An association between obesity and calcium intake was not found in this population. Calcium intake failed to reach the recommended levels, which was a relevant finding. Considering the age of the studied women and the diagnoses of diabetes and hypertension, there is a clear need for nutrition education activities that encourage the intake of calcium-rich foods, which aid in the control of hypertension, as well as in the prevention of important diseases, such as obesity and osteoporosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Ingestão de lipídios na dieta e indicadores antropométricos de adiposidade em policiais militares/ Dietary fats and measures of adiposity in military policemen

Donadussi, Cristina; Oliveira, Ana Flávia; Fatel, Elis Carolina de Souza; Dichi, Jane Bandeira; Dichi, Isaias
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar se há relação entre a ingestão de lipídios e os indicadores antropométricos de adiposidade em policiais militares do Município de Cascavel, (PR). MÉTODOS: A amostra constituiu-se de 183 policiais militares do sexo masculino do 6º Batalhão da Polícia Militar de Cascavel (PR), com idade entre 21 e 50 anos. Avaliou-se o peso, a estatura, o índice de massa corporal, a circunferência abdominal e a ingestão alimentar, por meio do recordatório (mais) de 24horas. Relacionaram-se os resultados de ingestão de lipídios da dieta com os indicadores antropométricos índice de massa corporal, circunferência abdominal e percentual de gordura corporal. RESULTADOS: O diagnóstico nutricional mais freqüente em 117 (63,9%) dos policiais, segundo o índice de massa corporal, foi de sobrepeso e obesidade; 22 (12,0%) apresentaram risco elevado para complicações metabólicas associadas à obesidade pelo indicador circunferência abdominal e 26 (18,6%) elevado percentual de gordura corporal. A ingestão de lipídios se mostrou aumentada em 53 (70,7%) dos 75 inquéritos validados, no entanto apenas 24 (32,0%) ingeriam lipídios saturados acima da recomendação. Houve correlação positiva apenas entre a ingestão de lipídios totais e o indicador antropométrico de adiposidade circunferência abdominal (p=0,03). CONCLUSÃO: Este estudo sugere que a ingestão de lipídios acima das recomendações pode ser um fator relacionado à adiposidade abdominal na população estudada. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to investigate whether there is any relationship between dietary fats and measures of adiposity in military policemen from Cascavel (PR), Brazil. METHODS: The study evaluated 183 male military policemen from the 6th. Military Police Force of Cascavel (PR), aged from 21 to 50 years. Weight, height, body mass index and waist circumference were measured and food intake was determined by the 24-hour dietary recall. Dietary fats were (mais) related with the anthropometric indicators body mass index, waist circumference and percentage of body fat. RESULTS: The most common nutritional diagnoses found in 117 (63.9%) of the policemen were overweight and obesity. Waist circumference showed that 22 (12.0%) of these men were at high risk of metabolic complications associated with obesity and 26 (18.6%) had high body fat percentiles. Fat intake was high in 53 (70.7%) of the 75 validated surveys, however, only 24 (32.0%) ingested saturated fats above the recommended levels. There was a positive correlation only between total fat intake and the anthropometric indicator waist circumference (p=0.03). CONCLUSION: This study suggests that fat intake above the recommended levels may be associated with abdominal adiposity in this population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Ingestão alimentar e balanço energético da população adulta de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil: resultados da Pesquisa de Nutrição, Atividade Física e Saúde (PNAFS)/ Dietary intake and energy balance in the adult population in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil: the Nutrition, Physical Activity, and Health Survey (PNAFS)

Souza, Danielle Ribeiro de; Anjos, Luiz Antonio dos; Wahrlich, Vivian; Vasconcellos, Mauricio Teixeira Leite de; Machado, Juliana da Mata
2010-05-01

Resumo em português Avaliou-se a ingestão alimentar de 24 horas de um dia típico, mediu-se a massa corporal e a estatura e estimou-se o gasto energético em uma amostra probabilística de adultos de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Os resultados mostraram que a ingestão energética média foi de 1.570,9 (24,1) e 2.188,8 (46,1) kcal.dia-1 para mulheres e homens, respectivamente. O gasto energético foi maior nos obesos do que nos indivíduos com massa corporal normal. O balanço energéti (mais) co medido (ingestão energética - gasto energético) diminuiu com o aumento do índice de massa corporal, sendo negativo (-3,2; 131 kcal.dia-1) nos homens obesos. Concluiu-se que a ingestão alimentar da população adulta de Niterói encontra-se dentro do recomendado, apesar da prevalência de pré-obesidade e obesidade ser alta. Ao se estratificar a ingestão energética pelo estado nutricional nota-se menor ingestão para os indivíduos com maior massa corporal, fato mais evidente nas mulheres (possível subestimativa da ingestão energética), o que pode ser explicado, em parte, pela superestimativa no cálculo do gasto energético ou pela omissão da ingestão energética por parte dos indivíduos. Resumo em inglês This study aimed to assess typical daily dietary intake and energy expenditure in a probabilistic sample of adults in the city of Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil. Dietary intake was measured by 24-hour dietary recall, body mass and height were measured in the household, and energy expenditure was estimated by the Flex-heart rate method. The results showed mean energy intake of 1,570.9 (24.1) and 2,188.8 (46.1) kcal.day-1 for women and men, respectively. Energy expe (mais) nditure was higher in obese women and men (1,511.5±19.5 and 2,222.3±68.8 kcal.day-1, respectively) due to their higher body mass. Measured energy balance (intake - expenditure) decreased with increasing body mass index (BMI) in both women and men and was negative (-3.2; 131 kcal.day-1) in obese men. In conclusion, energy intake among adults in Niterói falls within the recommended values, despite high prevalence of overweight and obesity in women and men. Energy intake decreased with increasing body mass, indicating possible overestimation of energy expenditure. It is important to develop better estimates of energy expenditure in this population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Ingestão alimentar e balanço energético da população adulta de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil: resultados da Pesquisa de Nutrição, Atividade Física e Saúde (PNAFS)/ Dietary intake and energy balance in the adult population in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil: the Nutrition, Physical Activity, and Health Survey (PNAFS)

Souza, Danielle Ribeiro de; Anjos, Luiz Antonio dos; Wahrlich, Vivian; Vasconcellos, Mauricio Teixeira Leite de; Machado, Juliana da Mata
2010-05-01

Resumo em português Avaliou-se a ingestão alimentar de 24 horas de um dia típico, mediu-se a massa corporal e a estatura e estimou-se o gasto energético em uma amostra probabilística de adultos de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Os resultados mostraram que a ingestão energética média foi de 1.570,9 (24,1) e 2.188,8 (46,1) kcal.dia-1 para mulheres e homens, respectivamente. O gasto energético foi maior nos obesos do que nos indivíduos com massa corporal normal. O balanço energéti (mais) co medido (ingestão energética - gasto energético) diminuiu com o aumento do índice de massa corporal, sendo negativo (-3,2; 131 kcal.dia-1) nos homens obesos. Concluiu-se que a ingestão alimentar da população adulta de Niterói encontra-se dentro do recomendado, apesar da prevalência de pré-obesidade e obesidade ser alta. Ao se estratificar a ingestão energética pelo estado nutricional nota-se menor ingestão para os indivíduos com maior massa corporal, fato mais evidente nas mulheres (possível subestimativa da ingestão energética), o que pode ser explicado, em parte, pela superestimativa no cálculo do gasto energético ou pela omissão da ingestão energética por parte dos indivíduos. Resumo em inglês This study aimed to assess typical daily dietary intake and energy expenditure in a probabilistic sample of adults in the city of Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil. Dietary intake was measured by 24-hour dietary recall, body mass and height were measured in the household, and energy expenditure was estimated by the Flex-heart rate method. The results showed mean energy intake of 1,570.9 (24.1) and 2,188.8 (46.1) kcal.day-1 for women and men, respectively. Energy expe (mais) nditure was higher in obese women and men (1,511.5±19.5 and 2,222.3±68.8 kcal.day-1, respectively) due to their higher body mass. Measured energy balance (intake - expenditure) decreased with increasing body mass index (BMI) in both women and men and was negative (-3.2; 131 kcal.day-1) in obese men. In conclusion, energy intake among adults in Niterói falls within the recommended values, despite high prevalence of overweight and obesity in women and men. Energy intake decreased with increasing body mass, indicating possible overestimation of energy expenditure. It is important to develop better estimates of energy expenditure in this population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Avaliação da ingestão de nutrientes de crianças de uma creche filantrópica: aplicação do Consumo Dietético de Referência/ Assessment of nutrients intake of children in a charity daycare center: application of Dietary Reference Intake

Barbosa, Roseane Moreira Sampaio; Soares, Eliane Abreu; Lanzillotti, Haydée Serrão
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: comparar a adequação aparente da ingestão dos nutrientes utilizando os valores de referência "Consumo Dietético de Referência" (Dietary Reference Intake-DRIs) de 35 crianças de uma creche filantrópica, em dois momentos, no ato da matrícula (momento 1) e após seis meses de freqüência na creche (momento 2). MÉTODOS: A avaliação sócio-demográfica foi realizada através de questionário abordando renda, escolaridade, condições de moradia e saneam (mais) ento básico. Para avaliação do consumo alimentar, no ato da matrícula, a história dietética foi determinada em entrevista com o responsável, com o propósito de obter informações sobre consumo habitual da criança na sua residência. Após o período de seis meses foi utilizado o método de pesagem direta de alimentos (na creche) complementando com o consumo alimentar da criança na residência. A análise dos nutrientes como proteínas, ferro, cálcio e vitamina C, além das fibras alimentares, foi realizada através um programa computacional. Para comparar a adequação dos nutrientes nos dois momentos do estudo utilizou-se o teste t de Student para dados pareados (p Resumo em inglês OBJECTIVES: to compare nutrients intake apparent adequacy through reference values of Dietary Reference Intake (DRIs) of 35 children of a charity daycare center in two instances, when they enrolled (instance 1) and six months after (instance 2). METHODS: socio-demographic assessment was performed through a questionnaire collecting information pertaining to income, school level, living conditions and basic sanitation. To assess food consumption at enrollment, dietary histo (mais) ry was informed through an interview with the parent, family member or guardian on the usual intake of the child at home. Following a six month period the weighed food record method (in the daycare center) was performed complemented by the food intake of the child at home. Nutrient analysis such as proteins, iron, calcium and vitamin C in addition to food fibers was performed by specific software. To compare nutrients' adequacy in the two instances of the study the paired Student test (t) (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Notificação imprecisa da ingestão energética na dieta de adolescentes/ Misreporting of dietary energy intake in adolescents

Santos, Luana C. dos; Pascoal, Mariana N.; Fisberg, Mauro; Cintra, Isa de P.; Martini, Lígia A.
2010-10-01

Resumo em português OBJETIVOS: Examinar a prevalência da sub e supernotificação da ingestão energética em adolescentes e seus fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com 96 adolescentes na pós-puberdade (47 com peso normal e 49 obesos), com idade média de 16,6±1,3 anos. Peso e altura foram medidos e o índice de massa corporal foi calculado. A composição corporal foi avaliada através de absorciometria por raios X de dupla energia. A ingestão de alimentos foi avaliada por (mais) meio de um registro alimentar de 3 dias. Realizou-se uma avaliação bioquímica (níveis séricos de colesterol total, LDL, HDL, glicose plasmática e insulina). Os subnotificadores relataram uma ingestão energética Resumo em inglês OBJECTIVES: To examine the prevalence of under and overreporting of energy intake in adolescents and their associated factors. METHODS: Cross-sectional study with 96 postpubertal adolescents (47 normal-weight and 49 obese), mean age of 16.6±1.3 years. Weight and height were measured, and body mass index was calculated. Body composition was assessed by dual energy X-ray absorptiometry. Dietary intake was evaluated by a 3-day dietary record. Biochemical assessment was perf (mais) ormed (serum total cholesterol, LDL-cholesterol, HDL-cholesterol, plasma glucose, and insulin). Underreporters reported energy intake

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Fatores associados ao risco de ingestão insuficiente de folato entre adolescentes/ Factors associated with risk of low folate intake among adolescents

Vitolo, Márcia R.; Canal, Queli; Campagnolo, Paula D. B.; Gama, Cíntia M.
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os fatores associados com risco para ingestão deficiente de folato entre adolescentes. MÉTODOS: O processo amostral deu-se por conglomerados através de sorteio sistemático de 40 setores censitários e dos domicílios, incluindo todos os indivíduos com idade entre 10 e 19 anos. Foram obtidos as medidas de peso, estatura, dobras cutâneas dos adolescentes e dados sociodemográficos da família. Utilizou-se o inquérito recordatório de 24 horas e inqu (mais) érito de freqüência alimentar. A determinação do folato presente nos alimentos foi realizada por meio do programa Nutwin. Foi considerado risco para ingestão insuficiente quando a ingestão de folato era menor que a estimativa de requerimento médio. A análise estatística foi realizada por meio de regressão logística, utilizando modelo hierárquico. RESULTADOS: Os resultados foram obtidos com 722 adolescentes, com média de ingestão de folato de 145±117 µg e freqüência de adolescentes com risco de ingestão de folato abaixo da recomendação de 89%. Observou-se que os adolescentes com índice de massa corporal > ao percentil 85, aqueles com a circunferência da cintura > ao percentil 80 e com antecedentes familiares de doenças cardiovasculares, além do consumo não habitual de feijão e de vegetais verde-escuros, foram associados positivamente com a maior chance de risco para consumo insuficiente. CONCLUSÕES: Os adolescentes apresentaram risco elevado para ingestão insuficiente de folato, o que foi associado à maior faixa etária, circunferência de cintura maior que percentil 80, consumo não habitual de feijão e de vegetais verde-escuros. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate factors associated with the risk of low folate intake among adolescents. METHODS: We employed cluster sampling, using a random selection of 40 representative census sectors and households within those sectors, including all individuals between 10 and 19 years of age. The weight, height and skin folds of subjects were measured and socioeconomic data on their families were collected. A 24-hour dietary recall and frequency questionnaire were used to es (mais) timate the quantity and frequency of folate intake. Folate consumption was quantified using Nutwin software. Risk of low folate intake was defined as Folate consumption below the estimated average requirement. The statistical analysis employed hierarchical logistic regression. RESULTS: A total of 722 adolescents were investigated and their mean folate intake was 145±117 µg. The frequency of subjects at risk of having a lower than recommended folate intake was 89%. Adolescents had a greater risk of inadequate folate intake if their body mass index was at or above the 85th percentile, their waist circumference was at or above the 80th percentile or they had a family history of cardiovascular disease. Adolescents who ate beans and dark green vegetables less than four times a week also exhibited an increased chance of having folate intake below recommended levels. CONCLUSIONS: These adolescents present a high risk of low folate intake and this risk is linked with increasing age, waist circumference above the 80th percentile and low frequency of beans and dark green vegetables consumption.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Estimando a prevalência da ingestão inadequada de nutrientes/ Estimating prevalence of inadequate nutrient intake

Slater, Betzabeth; Marchioni, Dirce Lobo; Fisberg, Regina Mara
2004-08-01

Resumo em português Na avaliação das dietas em um grupo de indivíduos, com freqüência é de interesse conhecer a proporção que apresenta ingestão acima ou abaixo de um determinado critério. Discute-se uma nova metodologia para estimar a prevalência de inadequação do consumo de nutrientes utilizando como valores de referência as DRIS - dietary reference intakes. Foram abordados os aspectos sobre a utilização de inquéritos alimentares baseados em métodos que permitam uma estim (mais) ativa quantitativa a mais acurada possível, sendo necessárias medidas repetidas, em dias não consecutivos. O consumo alimentar é ajustado pelas variâncias intra e interpessoal, obtendo-se uma distribuição corrigida por esses valores. A partir da construção da curva de distribuição utilizando-se os parâmetros corrigidos estimados (média e desvio-padrão), pode-se utilizar o método EAR (estimate average requirement) como ponto de corte para verificar a proporção de indivíduos cuja ingestão do nutriente está inadequada. Esse número corresponde à área da curva abaixo desse valor de referência. Concluiu-se que essa nova abordagem minimiza o erro do cálculo da prevalência de inadequação de nutrientes, pois considera as características aleatórias da dieta. Resumo em inglês In assessing food intake patterns in groups of individuals, it is usually important to know how many of these individuals present nutrient intakes above or below a determined criterion. This information is relevant for planning healthcare actions, both in monitoring and in assessing such interventions, and also for the purposes of regulating commercial activities. This paper discusses a new methodology for estimating the prevalence of inadequate nutrient intake, with the (mais) Dietary Reference Intakes as the reference values. The utilization of diet surveys that allow the most accurate quantitative estimate possible is dealt with. These should use repeated measurements of food intake, on non-consecutive days. The food intake should be adjusted for between-person and within-person variance, so as to obtain a corrected distribution for the nutrient intake values. After constructing this distribution curve based on the corrected estimated parameters (average and standard deviation), the EAR method (Estimated Average Requirement) can be used as a cutoff point for verifying the proportion of individuals that has inadequate nutrient intake. This corresponds to the area of the curve below this reference value. It is concluded that this new approach minimizes the error in the calculation of the prevalence of inadequate nutrient intake, since it takes into consideration the random characteristics of the diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Estimando a prevalência da ingestão inadequada de nutrientes/ Estimating prevalence of inadequate nutrient intake

Slater, Betzabeth; Marchioni, Dirce Lobo; Fisberg, Regina Mara
2004-08-01

Resumo em português Na avaliação das dietas em um grupo de indivíduos, com freqüência é de interesse conhecer a proporção que apresenta ingestão acima ou abaixo de um determinado critério. Discute-se uma nova metodologia para estimar a prevalência de inadequação do consumo de nutrientes utilizando como valores de referência as DRIS - dietary reference intakes. Foram abordados os aspectos sobre a utilização de inquéritos alimentares baseados em métodos que permitam uma estim (mais) ativa quantitativa a mais acurada possível, sendo necessárias medidas repetidas, em dias não consecutivos. O consumo alimentar é ajustado pelas variâncias intra e interpessoal, obtendo-se uma distribuição corrigida por esses valores. A partir da construção da curva de distribuição utilizando-se os parâmetros corrigidos estimados (média e desvio-padrão), pode-se utilizar o método EAR (estimate average requirement) como ponto de corte para verificar a proporção de indivíduos cuja ingestão do nutriente está inadequada. Esse número corresponde à área da curva abaixo desse valor de referência. Concluiu-se que essa nova abordagem minimiza o erro do cálculo da prevalência de inadequação de nutrientes, pois considera as características aleatórias da dieta. Resumo em inglês In assessing food intake patterns in groups of individuals, it is usually important to know how many of these individuals present nutrient intakes above or below a determined criterion. This information is relevant for planning healthcare actions, both in monitoring and in assessing such interventions, and also for the purposes of regulating commercial activities. This paper discusses a new methodology for estimating the prevalence of inadequate nutrient intake, with the (mais) Dietary Reference Intakes as the reference values. The utilization of diet surveys that allow the most accurate quantitative estimate possible is dealt with. These should use repeated measurements of food intake, on non-consecutive days. The food intake should be adjusted for between-person and within-person variance, so as to obtain a corrected distribution for the nutrient intake values. After constructing this distribution curve based on the corrected estimated parameters (average and standard deviation), the EAR method (Estimated Average Requirement) can be used as a cutoff point for verifying the proportion of individuals that has inadequate nutrient intake. This corresponds to the area of the curve below this reference value. It is concluded that this new approach minimizes the error in the calculation of the prevalence of inadequate nutrient intake, since it takes into consideration the random characteristics of the diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Efeito de duas metodologias de educação alimentar na ingestão e nos conhecimentos das recomendações de fruta e vegetais em adolescentes/ Effect of two nutrition education methodologies in adolescents’ intake and knowledge about recommendations of fruit and vegetables

Granja, Liliana; Severo, Milton; Alves, Ana Paula; Ramos, Elisabete; Lopes, Carla
2006-02-01

Resumo em português Este estudo pretendeu avaliar o efeito de duas metodologias de educação alimentar (software interactivo e sessões alimentares) no consumo e no conhecimento das recomendações de fruta e vegetais (F&V) em adolescentes. Foram avaliados 161 estudantes (idade mediana =14 anos), pertencentes a 3 grupos seleccionados aleatoriamente: no primeiro grupo aplicou-se uma sessão com software interactivo, o segundo recebeu cinco sessões de educação alimentar e o terceiro grupo (mais) não foi sujeito a qualquer intervenção. Usou-se um questionário auto-aplicado para avaliação da ingestão de F&V e dos conhecimentos sobre as recomendações, em dois momentos separados de dois meses. Foi observado um aumento médio de 0,74 e 0,55 porções na ingestão total de F&V no grupo 1 e 2, respectivamente. Contudo, estes aumentos não foram significativamente diferentes dos encontrados no grupo controlo (0,20) nem suficientes para alterar significativamente a proporção de indivíduos com um consumo superior a 5 porções F&V/dia. A proporção de alunos com conhecimentos sobre a ingestão recomendada de F&V aumentou significativamente nos grupos sujeitos a intervenção, quando comparados com o grupo controlo. As intervenções tiveram maior impacto no aumento dos conhecimentos do que no consumo de F&V. Resumo em inglês This study aimed to evaluate the effect of two nutrition education methodologies (interactive software and nutrition education sessions) in adolescents’ fruit and vegetables (F&V) intake and knowledge about recommendations on the intake of F&V.One hundred and sixty one students (median age=14 years) were evaluated and divided into three groups: the first group received one session with the interactive software, the second received 5 nutrition education sessions and the t (mais) hird was not submitted to any intervention. F&V intake and knowledge about recommendations were evaluated using a self-administered questionnaire, at baseline and two months after intervention. An increase of 0.74 and 0.55 servings on total F&V intake was found in group 1 and 2, respectively. However, these increases were not significantly different from the control group (0.20) and did not significantly change the proportion of students with total F&V intake of 5 or more servings per day. Knowledge about F&V intake recommendations increased significantly in the intervention groups, compared with the control group. The interventions were less successful in increasing F&V intake rather than knowledge about recommendations on the intake of F&V.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Desafios na medição quantitativa da ingestão alimentar em estudos populacionais/ Challenges in food intake assessment in population studies

Aanjos, Luiz Antonio dos; Souza, Danielle Ribeiro de; Rossato, Sinara Laurini
2009-02-01

Resumo em português A avaliação da ingestão alimentar em populações é uma medida cada vez mais presente em estudos epidemiológicos para a investigação da relação entre nutrição e doenças crônicas não transmissíveis já que as atuais recomendações indicam a necessidade de se manter uma vida ativa com controle da ingestão alimentar. A medida da ingestão alimentar quantitativa é geralmente feita por meio de recordatório (ou diário) alimentar de 24h ou por questionários (mais) semiquantitativos de freqüência alimentar. O presente artigo discute os principais fatores que envolvem a obtenção e a análise dessas informações, particularmente no que diz respeito à ingestão energética. Fica evidente a necessidade de aprimorar as condições de obtenção das informações sobre as porções ingeridas, as tabelas de composição química de alimentos e da estimativa do gasto energético para a determinação das recomendações energéticas. Resumo em inglês The assessment of food intake in populations has been present in epidemiological studies involving the relationship between nutrition and non-communicable chronic diseases in accordance with the recommendation of maintenance of an active lifestyle with control of food intake. Quantitative food intake is measured via 24h recall (or diary) or semi-quantitative food frequency questionnaires. The present paper discusses the main factors involved in obtaining and analyzing suc (mais) h information, particularly in relation to energy intake. It is evident that there should be better estimates of food portions, food composition tables, and energy expenditure to determine energy requirements.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Densidade mineral óssea, composição corporal e ingestão alimentar de adolescentes modelos de passarela/ Bone mineral density, body composition, and food intake of adolescent runway models

Rodrigues, Alexandra M.; Cintra, Isa P.; Santos, Luana C.; Martini, Ligia A.; Mello, Marco T.; Fisberg, Mauro
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a densidade mineral óssea (DMO) e relacioná-la com a ingestão alimentar e composição corporal de adolescentes modelos de passarela. MÉTODOS: Estudo transversal avaliando 33 modelos e 33 não modelos de 15 a 18 anos pareadas por idade e índice de massa corporal (IMC). A densidade mineral óssea da coluna (L1-L4) foi avaliada por meio da técnica da absorciometria de feixe duplo de energia (Lunar® DPX Alpha), e a composição corporal, pela técnic (mais) a de pletismografia. A ingestão alimentar foi avaliada por meio do registro alimentar de 3 dias. RESULTADOS: A média de idade das adolescentes foi de 16,75±1,04 anos, sendo que 24% apresentaram IMC abaixo dos valores ideais para a idade. Não houve diferença de DMO entre modelos (1,108±0,080 g/cm2) e não modelos (1,096±0,102 g/cm2) (p > 0,05), sendo identificada uma porcentagem de 6% de baixa DMO para a idade. Observou-se que a média de ingestão de energia foi menor entre as modelos em comparação às adolescentes não modelos (1.480,93±582,95 versus 1.973,00±557,63 kcal) (p > 0,05) e que a maioria das adolescentes de ambos os grupos apresentou consumo inadequado de micronutrientes, ressaltando-se a baixa ingestão de cálcio. Verificou-se correlação significativa da DMO apenas com a massa magra (kg) (modelos r = 0,362 e não modelos r = 0,618; p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the bone mineral density (BMD) and to relate it to the food intake and body composition of adolescent runway models. METHODS: Cross-sectional study evaluating 33 models and 33 non-models aged from 15 to 18 years, paired by age and body mass index (BMI). BMD of spine (L1-L4) was evaluated using the dual-energy X-ray absorptiometry technique (Lunar® DPX Alpha), and body composition was assessed by means of plethysmography. Food intake was evaluated b (mais) y a 3-day-food record. RESULTS: The subjects mean age was 16.75±1.04 years, and 24% had BMI below ideal value for their age. BMD values (g/cm2) were similar between models (1.108±0.080) and non-models (1.096±0.102) (p > 0.05), and 6% of the participants had low BMD for age. We found that the mean energy intake was lower among models as compared to non-models (1,480.93±582.95 vs. 1,973.00±557.63 kcal) (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Determinantes dietéticos da ingestão alimentar e efeito na regulação do peso corporal

Nobre, Luciana Neri; Resende Monteiro, Josefina Bressan
2003-09-01

Resumo em português RESUMO. A obesidade é uma patologia multicausal, considerada, atualmente, como um dos principais problemas de saúde pública. Sua prevalência vem crescendo muito nas últimas décadas alcançando índices alarmantes no Brasil e no mundo. Independente de fatores associados com predisposição genética, essa patologia está sempre acompanhada de distúrbios na ingestão alimentar e de alto consumo de refeições com alta densidade energética e com o sedentarismo. Deste (mais) modo, a obesidade ocorre quando se tem uma perda de equilíbrio entre a ingestão alimentar e o gasto energético. Tendo em vista esses aspectos, este artigo faz uma revisão das pesquisas realizadas com intuito de melhor entender os fatores que afetam a ingestão alimentar e regulam o peso corporal, visto que, na atualidade, um dos grandes interesses dos pesquisadores, na área de nutrição, têm sido os determinantes dietéticos que exercem maior influência no processo de ingestão de alimentos, assim como os fatores, fisiológicos, físicos e químicos dos alimentos que mais atuam no processo de saciação e saciedade. Resumo em inglês The role of dietetic factors on food intake and body weight. Obesity is a multifactorial pathology currently considered one of the main public health problems. Its prevalence is increasing dramatically in the last decades, reaching huge rates in Brazil and many other countries. Regardless of the factors associated with genetic predisposition, this pathology is often associated with abnormal food intake, and also with high consumption of caloric foods and sedentary habits. (mais) Thus, obesity is the result of an imbalance between food intake and energy expenditure. One of the greatest research interests in nutrition has currently been the dietetic determinants that may exert an influence on the process of food intake, as well as the role of foods on physiological, physical and chemical factors most related to the processes of satiation and satiety. Based on these aspects, this paper analyzes several research works to gain a better insight of the dietetic factors affecting food intake and body weight regulation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Efeito do contributo energético do pequeno-almoço no perfil nutricional e ingestão energética em estudantes universitários Portugueses : Trabalho de Investigação : Effect of breakfast contribution to nutrient profile and energy intake among Portuguese university students

Abreu, Sandra Marlene Ribeiro de

Resumo da tese: Introdução: O padrão alimentar desequilibrado encontrado nos estudantes universitários reflecte, possivelmente, as pressões socais e académicas que enfrentam neste novo ambiente. A omissão de refeições, nomeadamente, do pequeno-almoço é frequentemente encontrada em jovens adultos. O ...

DRIVER (Portuguese)

20

Ácidos graxos como marcadores biológicos da ingestão de gorduras/ Fatty acids as biological markers of fat intake

Vaz, Juliana dos Santos; Deboni, Fabíola; Azevedo, Mirela Jobim de; Gross, Jorge Luiz; Zelmanovitz, Themis
2006-08-01

Resumo em português Os ácidos graxos da dieta têm sido associados ao desenvolvimento de doenças crônicas. Os inquéritos alimentares, utilizados em estudos clínicos e epidemiológicos para estimativa da ingestão de nutrientes, apresentam limitações na coleta de informações. Nesse sentido, a utilização da composição de ácidos graxos do plasma e do tecido adiposo como marcadores do tipo de gordura alimentar pode fornecer uma medida mais acurada da ingestão de gorduras. Esta pes (mais) quisa tem como objetivo evidenciar aspectos metabólicos de alguns ácidos graxos e o papel como marcadores da ingestão de gorduras, e apresentar as técnicas analíticas empregadas na sua determinação. A biópsia do tecido adiposo, com determinação da composição de ácidos graxos, fornece uma informação a longo prazo da ingestão de gorduras, enquanto que a avaliação da composição das frações lipídicas séricas representa a ingestão a curto e médio prazos. Os ácidos graxos essenciais, os ácidos graxos saturados com número ímpar de carbonos (15:0 e 17:0) e os ácidos graxos trans, por não apresentarem síntese endógena, são utilizados como marcadores biológicos da ingestão de gorduras ou de sua própria ingestão. As principais técnicas utilizadas para a determinação de ácidos graxos são a cromatografia gasosa e a cromatografia líquida de alta precisão. No presente momento, o uso de marcadores biológicos para a ingestão de gorduras, associados aos inquéritos alimentares, representa a forma mais completa de avaliação da ingestão de gorduras. Resumo em inglês Dietary fatty acids have been associated with the development of chronic diseases. The methods commonly used in dietary assessment for estimating nutrient intake in clinical and epidemiological studies present limitations regarding data collection. The use of plasma and adipose tissue fatty acid composition as markers of the type of fat ingested has been studied and can provide a more accurate measurement of dietary fat intake. The aim of this study is to evidence the met (mais) abolic aspects of some fatty acids and their role as markers of dietary fat intake, and to present the analytical methods used in their determination. Analysis of the fatty acid composition of adipose tissue provides long-term information on dietary fat intake, whereas the determination of the fatty acid composition of serum lipid fractions accounts for the short- and medium-term dietary intakes. The essential fatty acids, the saturated fatty acids with an odd number of carbon atoms (15:0 and 17:0) and the trans fatty acids are used as biological markers of dietary fat intake or of these individual components, since they are not synthesized endogenously. Gas chromatography and high-performance liquid chromatography are the main analytical methods used to determine fatty acid composition. At present, the most comprehensive evaluation of dietary fat intake comprises the determination of biological markers in association with dietary assessment methods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Questionário de freqüência de consumo alimentar e recordatório de 24 horas: aspectos metodológicos para avaliação da ingestão de lipídeos/ Food frequency questionnaire and 24-hour recall: methodological aspects in the assessment of lipid intake

Costa, André Gustavo Vasconcelos; Priore, Sílvia Eloíza; Sabarense, Céphora Maria; Franceschini, Sylvia do Carmo Castro
2006-10-01

Resumo em português A adequada avaliação da ingestão lipídica, por meio de inquéritos alimentares, é de interesse em estudos populacionais, visto que os lipídeos estão envolvidos tanto no desenvolvimento quanto na prevenção de doenças arteriais coronarianas. Os inquéritos de consumo alimentar consistem em métodos indiretos de avaliação do estado nutricional, que estão sujeitos a erros inerentes ao indivíduo e à metodologia do estudo. É fundamental que tais métodos, partic (mais) ularmente o questionário de freqüência de consumo alimentar sejam validados para a população em estudo. Entre os principais erros que envolvem a avaliação de consumo de lipídeos, incluem-se a variabilidade intrapessoal, que pode ser minimizada com o aumento do número de recordatórios analisados e por técnicas estatísticas. O uso de biomarcadores para estimar o consumo alimentar a longo prazo é cada vez mais utilizado e apresenta um importante papel na correta avaliação do consumo real de lipídeos. Nesse contexto, pretende-se com este trabalho discutir aspectos metodológicos para estimar a ingestão de lipídeos pela população. Discutem-se aspectos relacionados aos erros de avaliação da ingestão alimentar, aspectos relacionados à utilização do questionário de freqüência de consumo alimentar e do recordatório de 24 horas, a importância de estudos utilizando biomarcadores e a utilização de inquéritos alimentares para estimar o consumo de lipídeos. Resumo em inglês The correct assessment of lipid intake through dietary questionnaires is interesting in population studies since lipids are involved in the development and prevention of coronary artery diseases. Food intake questionnaires consist of indirect methods of assessing the nutritional status and are subject to errors inherent to the individual and the study methodology. It is essential that such methods, especially the food frequency be validated for the studied population. Amo (mais) ng the main mistakes that involve the assessment of lipid intake are intrapersonal variability which can be minimized by increasing the number of analyzed recalls and by statistical techniques. Biomarkers are used increasingly to estimate long term food intake and play an important role in the correct assessment of the real lipid intake. In this context, this study aims to discuss methodological aspects in estimating lipid intake by the population. The aspects associated with assessment errors of food intake and the use of food frequency questionnaire and 24-hour recall, the importance of studies using biomarkers and the use of dietary questionnaires to estimate lipid intake are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Serotonina e controle hipotalâmico da fome: uma revisão/ Serotonin and hypothalamic control of hunger: a review

Feijó, Fernanda de Matos; Bertoluci, Marcello Casaccia; Reis, Cíntia
2011-02-01

Resumo em português Este trabalho revisa a participação do sistema serotonérgico no controle da ingestão de alimentos e saciedade. É de grande interesse compreender a relevância desse sistema para o controle fisiológico do balanço energético e da obesidade. Mais de 35 anos de pesquisas sugerem que a serotonina (5-HT) desempenha um importante papel na saciedade. Assim, o sistema serotonérgico tem sido um alvo viável para o controle de peso. A 5-HT apresenta controle sobre a fome e (mais) a saciedade através de diversos receptores, com diferentes funções. O receptor 5-HT2C parece ser o mais importante na relação entre ingestão alimentar e balanço energético. Nesta revisão serão discutidos os mecanismos do sistema serotonérgico envolvidos no controle da ingestão de alimentos e saciedade. Resumo em inglês This paper reviews involvement of the serotonergic system in the control of food intake and satiety. It is of great interest to understand the relevance of this system for physiological control of energy balance and obesity. Over 35 years of research suggest that serotonin (5-HT) plays an important role in satiety. Thus, the serotonergic system has been a viable target for weight control. The 5-HT has control over hunger and satiety through different receptors with distin (mais) ct functions. The 5-HT2C receptor may be more important in the relationship between food intake and energy balance. This review will discuss the mechanisms of the serotonergic system involved in the control of food intake and satiety.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Consumo de nutrientes e desempenho de cordeiros em confinamento alimentados com dietas com polpa cítrica úmida prensada em substituição à silagem de milho/ Nutrient intake and performance of lambs in feedlot fed diets with different levels of pressed citrus pulp in substitution of corn silage

Pereira, Mykel Stefanni; Ribeiro, Edson Luis de Azambuja; Mizubuti, Ivone Yurika; Rocha, Marco Antonio da; Kuraoka, Juliana Tiemi; Nakaghi, Eduardo Yukio Okada
2008-01-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da substituição da silagem de milho pela polpa cítrica úmida prensada (PCUP) no desempenho de cordeiros da raça Santa Inês. Vinte e quatro cordeiros com 90 dias de idade e 18,44 kg PV inicial médio foram confinados durante 67 dias e alimentados com dietas contendo níveis crescentes de PCUP em substituição à silagem de milho (0, 25, 50 e 75% MS). Não houve diferença para ingestão de MS (IMS). Os valores médios (mais) de IMS em g, %PV e g/kgPV0,75 foram respectivamente, 1.180, 4,74 e 126. Houve redução linear na ingestão de FDN, em %PV e em g/kgPV0,75, com o aumento dos níveis de substituição. A ingestão de PB não foi afetada pela dieta. Verificou-se aumento linear para a ingestão de EE, em %PV e em g/kgPV0,75, e para a FDA, em %PV. A ingestão de carboidratos não-fibrosos (CNF) apresentou comportamento quadrático, em %PV e em g/kgPV0,75, e linear em g/animal.dia, à medida que houve a substituição da silagem de milho pela PCUP. A substituição da silagem de milho pela PCUP não afetou a conversão alimentar (4,33 kg MS/ kg de ganho), no entanto, o ganho de peso médio apresentou comportamento quadrático em função do nível de substituição; o nível de substituição de 48% promoveu o maior ganho médio diário. Os resultados sugerem que a PCUP pode substituir a silagem de milho em dietas para cordeiros em confinamento. Resumo em inglês This experiment was carried out to evaluate the substitution of corn silage by fresh pressed citrus pulp (FPCP) on the performance of Santa Ines lambs. Twenty-four lambs, with average age of 90 days and initial average body weight of 18.44 kg, were feedlot during 67 days and fed with increasing levels of FPCP in substitution of corn silage (0, 25, 50, and 75 % DM). There was no difference for DM intake (DMI). The average values for DMI in g, %BW and g/kgBW0.75 were, respe (mais) ctively, 1,180, 4.74 and 126. There was a linear decreased in NDF intake, in %BW and g/kgBW0.75, with the increase of the level of substitution. The CP intake was not affected by the diet. There was linear increase for EE intake, in %BW and g/kgBW0.75, and for ADF in %BW. The non fiber carbohydrate intake showed quadratic behavior, in %BW and g/kgBW0.75, and linear increase in g/an/day, as corn silage was substituted by FPCP. The substitution of corn silage by FPCP did not affect the feed conversion (4.33 kg DM/kg of gain), however, the average weight gain showed a quadratic behavior in function of substitution level. The level of substitution of 48% promoted the highest average daily gain. The results suggest that FPCP can substitute corn silage in the diets for lambs in feedlot confined.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Avaliação antropométrica e análise dietética de pré-escolares em centros educacionais municipais no sul de Minas Gerais/ Anthropometric evaluation and food intake of preschool children at municipal educational centers, in South of Minas Gerais State, Brazil

Martino, Hércia Stampini Duarte; Ferreira, Andreza Campos; Pereira, Cristina Novack Amaral; Silva, Roberta Ribeiro
2010-03-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar as condições socioeconômicas, o estado nutricional e o consumo alimentar de pré-escolares assistidos pelos Centros Educacionais Municipais (CEM) de Alfenas (MG). Foi realizado um estudo transversal, com 186 crianças. Avaliou-se o perfil socioeconômico, peso, estatura, idade, sexo e o consumo alimentar pelo instrumento de pesagem direta dos alimentos. Observou-se renda familiar de um a três salários mínimos, ensino fundamental incompleto, casa (mais) própria com saneamento básico, quatro a cinco habitantes por domicílio, dos quais, na maioria dois trabalhavam. A média de idade foi de 49,2 ± 12,9 meses. A baixa estatura foi o desvio nutricional mais prevalente (20,5%). 72,6 % das crianças apresentaram ingestão energética abaixo da necessidade energética estimada (EER). Ao estratificar por faixa etária, de um a três anos, 78,4% das crianças apresentaram ingestão acima da EER e de quatro a seis anos, 74,1% apresentaram ingestão abaixo da EER. Todas as crianças apresentaram baixo consumo de cálcio e a maioria apresentou consumo abaixo da necessidade média estimada (EAR) para ferro. Apesar de alguns fatores biossocioeconômicos serem favoráveis, os desvios nutricionais e a ingestão inadequada de nutrientes estavam presentes, tornando-se necessária implementação de programa de controle nutricional nos CEM. Resumo em inglês The objective of this article is to evaluate socioeconomic conditions, nutritional status and food intake of preschool children assisted at Municipal Educational Centers (CEMs) of Alfenas, Minas Gerais State, Brazil. A transverse study involving 186 children was performed. The socioeconomic profile, weight, height, age, sex and food intake by a direct weighting tool were evaluated. It was observed an income family of one to three minimum wages, incomplete fundamental lear (mais) ning, private house with basic sanitation, four to five inhabitants per house of whom two worked at most. The average age was 49.2 ± 12.9 months. The stunting rates were more prevalent among the children (20.5%). The whole, 72.6% of children have energy intake below Estimated Energy Intake (EER). However, when stratifying for age group, 78.4% of the children from 1 to 3 years old have high energy intake and 74.1% from 4 to 6 years old have inadequate energy intake. All children presented consumption below the Adequate Intake (AI) of calcium and most of them below to Estimated Average Requirement (EAR) of iron. Despite some biosocioeconomic factors be favorable to the nutritional status, malnutrition, and inadequate nutrient intake were present, which demanded the implementation of nutritional programs in CEMs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Avaliação antropométrica e análise dietética de pré-escolares em centros educacionais municipais no sul de Minas Gerais/ Anthropometric evaluation and food intake of preschool children at municipal educational centers, in South of Minas Gerais State, Brazil

Martino, Hércia Stampini Duarte; Ferreira, Andreza Campos; Pereira, Cristina Novack Amaral; Silva, Roberta Ribeiro
2010-03-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar as condições socioeconômicas, o estado nutricional e o consumo alimentar de pré-escolares assistidos pelos Centros Educacionais Municipais (CEM) de Alfenas (MG). Foi realizado um estudo transversal, com 186 crianças. Avaliou-se o perfil socioeconômico, peso, estatura, idade, sexo e o consumo alimentar pelo instrumento de pesagem direta dos alimentos. Observou-se renda familiar de um a três salários mínimos, ensino fundamental incompleto, casa (mais) própria com saneamento básico, quatro a cinco habitantes por domicílio, dos quais, na maioria dois trabalhavam. A média de idade foi de 49,2 ± 12,9 meses. A baixa estatura foi o desvio nutricional mais prevalente (20,5%). 72,6 % das crianças apresentaram ingestão energética abaixo da necessidade energética estimada (EER). Ao estratificar por faixa etária, de um a três anos, 78,4% das crianças apresentaram ingestão acima da EER e de quatro a seis anos, 74,1% apresentaram ingestão abaixo da EER. Todas as crianças apresentaram baixo consumo de cálcio e a maioria apresentou consumo abaixo da necessidade média estimada (EAR) para ferro. Apesar de alguns fatores biossocioeconômicos serem favoráveis, os desvios nutricionais e a ingestão inadequada de nutrientes estavam presentes, tornando-se necessária implementação de programa de controle nutricional nos CEM. Resumo em inglês The objective of this article is to evaluate socioeconomic conditions, nutritional status and food intake of preschool children assisted at Municipal Educational Centers (CEMs) of Alfenas, Minas Gerais State, Brazil. A transverse study involving 186 children was performed. The socioeconomic profile, weight, height, age, sex and food intake by a direct weighting tool were evaluated. It was observed an income family of one to three minimum wages, incomplete fundamental lear (mais) ning, private house with basic sanitation, four to five inhabitants per house of whom two worked at most. The average age was 49.2 ± 12.9 months. The stunting rates were more prevalent among the children (20.5%). The whole, 72.6% of children have energy intake below Estimated Energy Intake (EER). However, when stratifying for age group, 78.4% of the children from 1 to 3 years old have high energy intake and 74.1% from 4 to 6 years old have inadequate energy intake. All children presented consumption below the Adequate Intake (AI) of calcium and most of them below to Estimated Average Requirement (EAR) of iron. Despite some biosocioeconomic factors be favorable to the nutritional status, malnutrition, and inadequate nutrient intake were present, which demanded the implementation of nutritional programs in CEMs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Desempenho e consumo de matéria seca de bovinos sob suplementação protéico-energética, durante a época de transição água-seca/ Protein and energy supplementation of steers during the transition of the wet to the dry season

Barbosa, F.A.; Graça, D.S.; Maffei, W.E.; Silva Júnior, F.V.; Souza, G.M.
2007-02-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da suplementação protéico-energética em dois níveis de ingestão diária, 0,17 e 0,37% do peso vivo médio, sobre o no desempenho e consumo de matéria seca por bovinos, em pastagens de Brachiaria brizantha cv. Marandu. Para avaliação do desempenho foram utilizados 42 novilhos (Holandês x Gir - HG), com média de 211kg de peso vivo inicial (PVI) e para a avaliação do consumo de matéria seca total (CMST) e de forragem (CMSF) foram usados 15 n (mais) ovilhos inteiros HG, com 239kg de PVI. Os tratamentos foram: SM - controle; SUP1 - suplementação protéico-energética com ingestão média diária de 0,17% do peso vivo e SUP2 - suplementação protéico-energética com ingestão média diária de 0,37% do peso vivo (PV). Os valores do CMSF foram de 2,6, 2,4 e 2,3% PV, e os de CMST 2,6, 2,6 e 2,6% PV, para SM, SUP1 e SUP2, respectivamente. Esses valores não diferiram entre si (P>0,05). A suplementação protéico-energética proporcionou maior ganho de peso, 0,54, 0,66 e 0,75kg/cabeça/dia para SM, SUP1 e SUP2, respectivamente. Resumo em inglês The effect of two levels of daily intake (0.17% and 0.37% of live weight) of protein and energy supplementation on weight gain and on dry matter intake of bulls grazing Brachiaria Brizantha cv. Marandu grass was evaluated. Forty two bulls (Holstein x Gir - HG), averaging 211kg initial LW, were used in the performance trial, and 15 HG steers, averaging 239kg initial LW, for evaluation of total dry matter intake (TDMI) and forage dry matter intake (FDMI). The treatments wer (mais) e: MS - mineral supplementation, SUP1 - protein and energy supplementation with an average daily intake of 0.17% of the live body weight, and SUP2 - protein and energy supplementation with an average daily intake of 0.37% of the live body weight. The average FDMI intakes were 2.6, 2.4, and 2.3% of the LW, for MS, SUP1 and SUP2, respectively. The average TDMI intakes were 2.6, 2.6, and 2.6% for MS, SUP1, and SUP2, respectively. Protein and energy supplementation increased weight gain from 0.54kg/day in the MS treatment to 0.66 and 0.75kg/day for SUP1 and SUP2, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Silagens de girassol e de milho em dietas de vacas leiteiras: consumo e digestibilidade aparente/ Sunflower and corn silages in lactating cow diets: intake and digestibility

Leite, L.A.; Silva, B.O.; Reis, R.B.; Faria, B.N.; Gonçalves, L.C.; Coelho, S.G.; Saturnino, H.M.
2006-12-01

Resumo em português Avaliaram-se o consumo e a digestibilidade aparente de dietas, contendo diferentes proporções de silagem de girassol em substituição à silagem de milho, para vacas leiteiras em lactação. Foram utilizadas cinco vacas da raça Holandesa, que produziam 25kg leite/dia, distribuídas em um delineamento em quadrado latino 5´5. Os tratamentos foram compostos por: 100% de silagem de girassol e concentrado (100SG), 66% de silagem de girassol m (mais) ais 34% de silagem de milho e concentrado (66SG), 34% de silagem de girassol mais 66% de silagem de milho e concentrado (34SG), 100% de silagem de milho e concentrado (100SM) e 100% de silagem de milho mais caroço de algodão (16,5% da matéria seca) e concentrado (SM+CA). A ingestão de matéria seca (17,8kg para 100SG e 21,6kg para 100SM), a ingestão de matéria orgânica (15,5kg para 100SG e 20,2kg para 100SM), a ingestão de fibra insolúvel em detergente neutro (8,1kg para 100SG e 9,9kg para 100SM), a digestibilidade aparente da fibra insolúvel em detergente neutro (30,7% para 100SG e 51,4% para 100SM) e da fibra insolúvel em detergente ácido (28,4% para 100SG e 49,4% para 100SM) foram menores para a dieta 100SG comparada à dieta 100SM (P Resumo em inglês The intake and the apparent digestibility of dry matter, organic matter, neutral detergent fiber, acid detergent fiber and the intake of crude protein were evaluated in lactating Holstein cows fed sunflower silage (SS) in replacement of corn silage (CS) in their diets. Five ruminal cannulated cows, 60 to 82 days in milk, were arranged in a 5 x 5 latin square design. The treatments werethe following: 100% corn silage (100CS) and concentrate; 34% sunflower silage plus 66% c (mais) orn silage (34SS) and concentrate; 66% sunflower silage plus 34% corn silage (66SS) and concentrate; 100% sunflower silage (100SS) and concentrate;and 100% corn silage plus whole cotton seed (CS-WCS) and concentrate. Dry matter (17.86kg for 100SS and 21.62kg for 100CS) and organic matter intake (17.5kg for 100SS and 20.2kg for 100CS), intake and apparent digestibility of neutral detergent fiber and acid detergent fiber were lower for 100SS compared to 100CS (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Consumo de nutrientes em adultos e idosos em estudo de base populacional: Projeto Bambuí/ Nutrient consumption by adults and seniors in a population-based study: the Bambuí Project

Lopes, Aline Cristine Souza; Caiaffa, Waleska Teixeira; Sichieri, Rosely; Mingoti, Sueli Aparecida; Lima-Costa, Maria Fernanda
2005-08-01

Resumo em português Inquérito alimentar populacional em amostra aleatória de 550 indivíduos > ou = 18 anos, realizado em Bambuí, Minas Gerais, Brasil, utilizando o Questionário Semiquantitativo de Freqüência Alimentar e recordatório 24 horas calibrados pela técnica de regressão linear. A análise constou de comparação de médias, teste de qui-quadrado e razão de adequação do nutriente (RAN-adequada: 90,0-110,0%). Foi baixo o percentual da população que apresentou RAN de ac (mais) ordo com o recomendado para consumo de carboidratos (2,4%), proteínas (17,6%), vitaminas (0,0-5,1%) e minerais (0-21,1%). Diferenças de acordo com sexo e idade foram encontradas: 90,2% e 91,8% de mulheres apresentaram baixo consumo de ferro e vitamina B6, respectivamente. Ao contrário, 87,7% dos homens relataram consumo excessivo de ferro, 80,3% de fósforo e 11,9% de colesterol. Quanto à idade, 64,3% de idosos (> 60 anos) relataram baixa ingestão protéica e 39,3% apresentavam inadequação das frações lipídicas; sendo que 35,7% informaram consumo excessivo de ácidos graxos saturados. Dos adultos (18-59 anos), 67,8% relataram excessivo consumo protéico e 53,4% ingestão insuficiente de ferro. Alto e inadequado consumo de lipídios e baixa ingestão de fibras, vitaminas e minerais, constituem problema importante de saúde pública por possivelmente contribuir para o aumento das doenças crônicas não transmissíveis. Resumo em inglês A nutritional survey was performed in a random sample of 550 individuals ( > or = 18 years) in Bambuí, Minas Gerais State, Brazil, using the Semi-Quantitative Food Frequency Questionnaire calibrated with 24-hour recall. Comparisons used means, proportions, and the nutrient adequacy ratio (NAR: 90.0-110.0%). Adequate intake was reported in only 2.4% of the individuals for carbohydrate, 17.6% for protein, 0.0 to 5.1% for vitamins, and 0.0 to 21.1% for minerals. NAR was in (mais) fluenced by gender and age: 90.2% and 91.8% of women presented low iron and B6 vitamin intake, respectively. Meanwhile, 87.7% of men reported excess iron, 80.3% phosphorous, and 11.9% cholesterol. Regarding aging, 64.3% of elderly (> 60 years old) reported low protein intake and 39.3% inadequate lipid fraction balance (P/S); 35.7% reported high unsaturated fatty acid intake. For adults (18-59 years), 67.8% reported excess protein and 53.4% deficient iron intake. In this population, high lipid consumption and low intake of fiber, vitamins, and minerals pose an important public health problem and may contribute to an increase in chronic non-communicable diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Consumo de nutrientes em adultos e idosos em estudo de base populacional: Projeto Bambuí/ Nutrient consumption by adults and seniors in a population-based study: the Bambuí Project

Lopes, Aline Cristine Souza; Caiaffa, Waleska Teixeira; Sichieri, Rosely; Mingoti, Sueli Aparecida; Lima-Costa, Maria Fernanda
2005-08-01

Resumo em português Inquérito alimentar populacional em amostra aleatória de 550 indivíduos > ou = 18 anos, realizado em Bambuí, Minas Gerais, Brasil, utilizando o Questionário Semiquantitativo de Freqüência Alimentar e recordatório 24 horas calibrados pela técnica de regressão linear. A análise constou de comparação de médias, teste de qui-quadrado e razão de adequação do nutriente (RAN-adequada: 90,0-110,0%). Foi baixo o percentual da população que apresentou RAN de ac (mais) ordo com o recomendado para consumo de carboidratos (2,4%), proteínas (17,6%), vitaminas (0,0-5,1%) e minerais (0-21,1%). Diferenças de acordo com sexo e idade foram encontradas: 90,2% e 91,8% de mulheres apresentaram baixo consumo de ferro e vitamina B6, respectivamente. Ao contrário, 87,7% dos homens relataram consumo excessivo de ferro, 80,3% de fósforo e 11,9% de colesterol. Quanto à idade, 64,3% de idosos (> 60 anos) relataram baixa ingestão protéica e 39,3% apresentavam inadequação das frações lipídicas; sendo que 35,7% informaram consumo excessivo de ácidos graxos saturados. Dos adultos (18-59 anos), 67,8% relataram excessivo consumo protéico e 53,4% ingestão insuficiente de ferro. Alto e inadequado consumo de lipídios e baixa ingestão de fibras, vitaminas e minerais, constituem problema importante de saúde pública por possivelmente contribuir para o aumento das doenças crônicas não transmissíveis. Resumo em inglês A nutritional survey was performed in a random sample of 550 individuals ( > or = 18 years) in Bambuí, Minas Gerais State, Brazil, using the Semi-Quantitative Food Frequency Questionnaire calibrated with 24-hour recall. Comparisons used means, proportions, and the nutrient adequacy ratio (NAR: 90.0-110.0%). Adequate intake was reported in only 2.4% of the individuals for carbohydrate, 17.6% for protein, 0.0 to 5.1% for vitamins, and 0.0 to 21.1% for minerals. NAR was in (mais) fluenced by gender and age: 90.2% and 91.8% of women presented low iron and B6 vitamin intake, respectively. Meanwhile, 87.7% of men reported excess iron, 80.3% phosphorous, and 11.9% cholesterol. Regarding aging, 64.3% of elderly (> 60 years old) reported low protein intake and 39.3% inadequate lipid fraction balance (P/S); 35.7% reported high unsaturated fatty acid intake. For adults (18-59 years), 67.8% reported excess protein and 53.4% deficient iron intake. In this population, high lipid consumption and low intake of fiber, vitamins, and minerals pose an important public health problem and may contribute to an increase in chronic non-communicable diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Consumo de sódio e síndrome metabólica: uma revisão sistemática/ Sodium intake and metabolic syndrome: a systematic review

Sarno, Flávio; Jaime, Patricia Constante; Ferreira, Sandra Roberta G.; Monteiro, Carlos Augusto
2009-07-01

Resumo em português Estudos recentes mostram que restrições na ingestão de sódio podem aumentar a resistência à insulina (RI) e induzir alterações nas lipoproteínas séricas e em marcadores de inflamação semelhantes às encontradas na síndrome metabólica (SM). Realizou-se uma revisão sistemática da literatura sobre os efeitos da restrição do consumo de sódio sobre a SM ou a RI. Nove artigos foram incluídos na revisão. A restrição no consumo de sódio associou-se ao aume (mais) nto da RI em dois artigos e a diminuição em três outros. Em sete dos nove artigos, a restrição na ingestão de sal determinou redução da pressão arterial e em dois artigos ocorreram efeitos adversos em marcadores da SM. A maioria dos estudos mostrou efeitos benéficos da restrição moderada de sódio da dieta associados ou não a outras modificações nutricionais ou ao aumento da atividade física. Novos estudos são necessários para avaliar os efeitos de reduções moderadas no consumo de sódio sobre a SM e a RI. Resumo em inglês Recent studies have shown that sodium intake restrictions may increase insulin resistance (IR) and induce changes on serum lipoproteins and on inflammation markers that are similar to those found in metabolic syndrome (MS). We performed a systematic review of literature regarding the effects of restricting sodium intake on MS or on IR. Nine articles were included in the review. Restriction of sodium consumption was associated with increase insulin resistance in two articl (mais) es and with decrease in three others. In seven of nine articles, salt intake restriction determined blood pressure reduction, and in two articles adverse effects on markers of MS were found. Most studies showed beneficial effects of moderate sodium intake restriction, associated or not to others nutritional modifications or increased physical activity. Further studies are needed to evaluate the effects of moderate sodium consumption reductions on MS and IR.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Consumo alimentar e perfil antropométrico de tenistas amadores e profissionais/ Food intake and anthropometric profile of amateur and professionals tennis players

Gomes, Rodrigo Vitasovic; Ribeiro, Sandra Maria L.; Veibig, Renata Furlan; Aoki, Marcelo Saldanha
2009-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O perfil antropométrico e o consumo alimentar exercem grande influência no desempenho esportivo; entretanto, essas informações sobre tenistas brasileiros ainda são escassas. OBJETIVO: Descrever e comparar o consumo alimentar e o perfil antropométrico de tenistas amadores (AM) e profissionais (PRO). MÉTODOS: Foram avaliados 24 tenistas, com a seguinte distribuição: profissionais (PRO; n = 9) e amadores (AM; n = 15). Os atletas foram avaliados quanto (mais) a variáveis antropométricas (peso, estatura, circunferências e dobras cutâneas) e a composição corporal foi estimada por três diferentes protocolos. As dietas foram avaliadas a partir de três diários alimentares. RESULTADOS: Não houve diferença significativa no perfil antropométrico dos atletas PRO em relação aos AM (peso: 69,5 ± 9,8kg e 66,0 ± 5,0kg; estatura: 177,9 ± 4,3cm e 175,6 ± 2,7cm, IMC: 23,5 ± 1,4kg/m² e 22,6 ± 0,8kg/m² e gordura corporal: 13,0 ± 5,5% e 13,7 ± 2,4%, respectivamente). Observou-se significativo déficit energético entre a estimativa da necessidade energética e a ingestão energética relatada. O consumo de carboidratos apresentou-se no limite mínimo sugerido (AM: 6,3 ± 0,5g/kg/dia e PRO: 6,5 ± 0,7g/kg/dia), enquanto a ingestão de proteínas mostrou-se superior às recomendações disponíveis na literatura (AM: 2,4 ± 0,2g/kg/dia e PRO: 2,3 ± 0,3g/kg/dia). Com relação aos minerais, a principal preocupação foi a baixa ingestão de cálcio (AM: 798,1 ± 786,3mg/dia e PRO: 766,9 ± 602,4mg/dia). CONCLUSÃO: Não foram observadas diferenças significativas no perfil antropométrico e no consumo alimentar entre os atletas AM e PRO. Os desvios observados no consumo alimentar reforçam a necessidade de orientação/planejamento nutricional, a fim de atender às demandas específicas da modalidade, visando maximizar o desempenho. Resumo em inglês The anthropometric profile and food intake play a key role in sports performance; however, there is little information available regarding Brazilian tennis players. AIM: the present study aimed to evaluate the food intake and the anthropometric profile of professional and amateur tennis players. METHODS: twenty-four tennis players were distributed in two groups: professionals (PRO; n = 9) and amateurs (AM; n = 15). The athletes were evaluated on their anthropometric measu (mais) rements (body weight, height, circumferences and skin folders). Body fat was estimated from three different equations. Food intake was determined by a 3-day food diary. RESULTS: there were no significant differences from anthropometric profile between PRO and AM (body weight: 69.5 ± 9.8 kg and 66.0 ± 5.0 kg; height: 177.9 ± 4.3 cm and 175.6 ± 2.7 cm, BMI: 23.5 ± 1.4 kg/m² and 22.6 ± 0.8 kg/m² and body fat: 13.0 ± 5.5% and 13.7 ± 2.4%, respectively). Significant difference between the energy expenditure and estimation and reported energy intake was observed. Both groups showed low carbohydrate (AM: 6.3 ± 0.5 g/kg/day and PRO: 6.5 ± 0.7 g/kg/day) and high protein intake AM: 2.4 ± 0.2 g/kg/day and PRO: 2.3 ± 0.3 g/kg/day) compared to the current recommendations. Very low calcium intake was observed (AM: 798.1 ± 786.3 mg/day and PRO: 766.9 ± 602.4 mg/day). CONCLUSION: no significant differences were detected for food intake pattern and anthropometric profile between PRO and AM. The results presented herein reinforce the relevance of nutritional planning in order to achieve specific demands of tennis and maximize performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Inadequação do consumo alimentar de crianças e adolescentes com artrite idiopática juvenil e lúpus eritematoso sistêmico/ Inadequate dietary intake of children and adolescents with juvenile idiopathic arthritis and systemic lupus erythematosus

Caetano, Michelle C.; Ortiz, Thaís T.; Terreri, Maria Teresa S. L. R. A.; Sarni, Roseli O. S.; Silva, Simone G. L.; Souza, Fabíola I. S.; Hilário, Maria Odete E.
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar o consumo alimentar de crianças e adolescentes com artrite idiopática juvenil (AIJ) e lúpus eritematoso sistêmico (LES) por recordatório de 24 horas e relacioná-lo com características clínicas e antropométricas e com os medicamentos empregados. MÉTODOS: Em estudo transversal, avaliamos os recordatórios de 24 horas de pacientes ambulatoriais. O estado nutricional foi classificado pelo CDC, 2000. Para o cálculo da ingestão, utilizamos o softw (mais) are NutWin UNIFESP-EPM. Para a análise quantitativa e qualitativa, adotamos as Recommended Dietary Allowances e a pirâmide alimentar brasileira. RESULTADOS: A mediana de idade foi 12 na AIJ e 16,5 anos no LES. Na AIJ, 37,5% dos pacientes estavam em atividade de doença, e, no LES, 68,2% tinham Systemic Lupus Erythematosus Disease Activity Index > 4. Foi encontrada desnutrição em 8,3 e 4,5% dos pacientes com AIJ e com LES, respectivamente, e obesidade, em 16,7 e 18,2%. Na AIJ, o consumo excessivo de energia, proteína e lipídios foi de 12,5, 75 e 31,3%, respectivamente. No LES, o consumo excessivo de energia, proteína e lipídios foi de 13,6, 86,4 e 36,4%, respectivamente. Consumo deficiente de ferro, zinco e vitamina A foi observado em 29,2 e 50, 87,5 e 86,4 e 87,5 e 95,2% dos pacientes com AIJ e LES, respectivamente. Não houve relação significante entre consumo, atividade da doença e estado nutricional. CONCLUSÃO: Pacientes com doenças reumáticas apresentam inadequação do consumo alimentar. Ressaltamos a ingestão excessiva de lipídios e proteínas e a ingestão insuficiente de micronutrientes. Resumo em inglês OBJECTIVES: To evaluate the dietary intake of children and adolescents with juvenile idiopathic arthritis (JIA) and juvenile systemic lupus erythematosus (JSLE) using a 24-hour diet recall and relating it to the patients clinical and anthropometric characteristics and to the drugs used in their treatment. METHODS: By means of a cross-sectional study, we assessed the 24-hour diet recalls of outpatients. Their nutritional status was classified according to the CDC (2000). T (mais) he computer program NutWin UNIFESP-EPM was used for food intake calculation. The Recommended Dietary Allowances and the Brazilian food pyramid were used for quantitative and qualitative analysis. RESULTS: Median age was 12 years for JIA patients and 16.5 years for JSLE patients. Among the JIA patients, 37.5% had active disease, and among the JSLE patients, 68.2% showed Systemic Lupus Erythematosus Disease Activity Index (SLEDAI) > 4. Malnutrition was found in 8.3 and 4.5% of the JIA and JSLE patients, respectively, and obesity was present in 16.7 and 18.2%. For JIA patients, the excessive intake of energy, protein, and lipids was 12.5, 75, and 31.3%, respectively. For JSLE patients, the excessive intake of energy, protein, and lipids was 13.6, 86.4, and 36.4%, respectively. Low intake of iron, zinc, and vitamin A was found in 29.2 and 50, 87.5 and 86.4, and 87.5 and 95.2% of the JIA and JSLE patients, respectively. There was not a significant association between intake, disease activity, and nutritional status. CONCLUSION: Patients with rheumatic diseases have inadequate dietary intake. There is excessive intake of lipids and proteins and low intake of micronutrients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Oxintomodulina e obesidade/ Oxyntomodulin and obesity

Pimentel, Gustavo Duarte; Mota, João Felipe; Oyama, Lila Missae
2009-10-01

Resumo em português Desde o descobrimento da leptina, avanços consideráveis foram obtidos na caracterização dos mecanismos hipotalâmicos do controle da ingestão alimentar e, atualmente, a oxintomodulina é reconhecida como um regulador da homeostase energética. O presente artigo de revisão enfoca algumas das mais relevantes inter-relações do hormônio oxintomodulina com o apetite, a homeostase energética e aspectos de seu papel na bioquímica e fisiologia nutricional. A oxintomodu (mais) lina é um peptídeo intestinal anorexígeno produzido pelas células L do intestino. Recentes estudos têm demonstrado que em longo prazo a administração de oxintomodulina reduz a ingestão alimentar e o ganho de peso. Pesquisas em humanos têm verificado que o seu uso reduz o consumo energértico em 25%. Portanto, a oxintomodulina representa uma potente terapia anti-obesidade. Entretanto, o mecanismo de ação da oxintomodulina ainda é desconhecido. Atuais evidências sugerem que tem ação via receptor do peptídeo semelhante ao glucagon 1. Além disso, a literatura mostra que, juntamente com a adoção de hábitos saudáveis e a mudança do estilo de vida, a oxintomodulina pode proporcionar menor avanço da obesidade. Resumo em inglês Since the discovery of leptin, great advances occurred in the characterization of hypothalamic mechanisms involved in the control of food intake and oxyntomodulin is currently recognized as a homeostasis energy regulator. This review discusses the most important interrelationships between the hormone oxyntomodulin and appetite, energy homeostasis and aspects of its role in nutritional biochemistry and physiology. Oxyntomodulin is an anorexigenic peptide produced by the L (mais) cells of the small intestine. Recent studies have shown that long-term use of oxyntomodulin in rats leads to reduced food intake and weight gain. Studies in humans have demonstrated that its administration reduces food intake by 25%. Therefore, oxyntomodulin represents a potent anti-obesity therapy. However, its mechanism of action is unknown. Current evidence suggests that it acts via the peptide receptor similar to glucagon 1. Moreover, the literature shows that together with the adoption of healthy habits and lifestyle changes, oxyntomodulin can reduce weight gain.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Consumo de álcool entre vítimas de acidentes e violências atendidas em serviços de emergência no Brasil, 2006 e 2007/ Alcohol-related injuries in emergency departments in Brazil, 2006 and 2007

Mascarenhas, Márcio Dênis Medeiros; Malta, Deborah Carvalho; Silva, Marta Maria Alves da; Carvalho, Cynthia Gazal; Monteiro, Rosane Aparecida; Morais Neto, Otaliba Libânio de
2009-12-01

Resumo em português O consumo excessivo de bebidas alcoólicas e as causas externas de morbimortalidade são grandes problemas de saúde pública no mundo. Este estudo tem como objetivo descrever a frequência de referência à ingestão de bebida alcoólica entre os atendimentos de emergência por causas externas a partir do Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes em Serviços Sentinelas (VIVA). Realizou-se estudo de corte transversal, com amostra intencional, em serviços especí (mais) ficos de emergência durante um mês de 2006 e 2007. Vítimas de violências e acidentes foram entrevistadas por meio de formulário elaborado pelo Ministério da Saúde. Os dados foram processados e analisados no programa Epi Info 3.5.1. Referência à suspeita de uso de álcool foi maior entre as vítimas de violência (37,9%) em relação às vítimas de acidentes (8%). Dentre os atendimentos por violência, maior referência ao consumo de álcool foi registrada entre vítimas do sexo masculino (43,7%), idade de 20 a 39 anos (45,3%), negros (40,5%), baixa escolaridade (40,3%), ocorrência em bares (78,2%) e vias públicas (39,5%). Houve maior ingestão de álcool entre as vítimas de agressões (39,1%), tentativas de suicídio (25,4%), acidentes de transporte (16,8%) e quedas (5,9%). Resumo em inglês Alcohol-related injuries are an important public health issue worldwide. The objective of this study was to describe the epidemiology of alcohol intake perceived by interviewers among injury victims seen at emergency departments in selected Brazilian cities. Cross-sectional data were collected from the injury surveillance system based on sentinel health services recently implemented in the country through intentional sampling in 2006 and 2007 and analyzed in Epi Info 3.5. (mais) 1. Alcohol intake perception was higher in violence-related injuries than in unintentional injuries (37.9% versus 8%). For violence-related injuries, highest proportions of alcohol intake perception were observed among males (43.7%), 20 to 39 years old (45.3%), blacks (40.5%), and low schooling level victims (40.3%). Settings where these injuries occurred with the highest concerned proportions were taverns (78.2%) and public places (39.5%). Higher alcohol intake perception was observed in assaults (39.1%), suicide attempts (25.4%), transport-related injuries (16.8%), and falls victims (5.9%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Consumo de álcool entre vítimas de acidentes e violências atendidas em serviços de emergência no Brasil, 2006 e 2007/ Alcohol-related injuries in emergency departments in Brazil, 2006 and 2007

Mascarenhas, Márcio Dênis Medeiros; Malta, Deborah Carvalho; Silva, Marta Maria Alves da; Carvalho, Cynthia Gazal; Monteiro, Rosane Aparecida; Morais Neto, Otaliba Libânio de
2009-12-01

Resumo em português O consumo excessivo de bebidas alcoólicas e as causas externas de morbimortalidade são grandes problemas de saúde pública no mundo. Este estudo tem como objetivo descrever a frequência de referência à ingestão de bebida alcoólica entre os atendimentos de emergência por causas externas a partir do Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes em Serviços Sentinelas (VIVA). Realizou-se estudo de corte transversal, com amostra intencional, em serviços especí (mais) ficos de emergência durante um mês de 2006 e 2007. Vítimas de violências e acidentes foram entrevistadas por meio de formulário elaborado pelo Ministério da Saúde. Os dados foram processados e analisados no programa Epi Info 3.5.1. Referência à suspeita de uso de álcool foi maior entre as vítimas de violência (37,9%) em relação às vítimas de acidentes (8%). Dentre os atendimentos por violência, maior referência ao consumo de álcool foi registrada entre vítimas do sexo masculino (43,7%), idade de 20 a 39 anos (45,3%), negros (40,5%), baixa escolaridade (40,3%), ocorrência em bares (78,2%) e vias públicas (39,5%). Houve maior ingestão de álcool entre as vítimas de agressões (39,1%), tentativas de suicídio (25,4%), acidentes de transporte (16,8%) e quedas (5,9%). Resumo em inglês Alcohol-related injuries are an important public health issue worldwide. The objective of this study was to describe the epidemiology of alcohol intake perceived by interviewers among injury victims seen at emergency departments in selected Brazilian cities. Cross-sectional data were collected from the injury surveillance system based on sentinel health services recently implemented in the country through intentional sampling in 2006 and 2007 and analyzed in Epi Info 3.5. (mais) 1. Alcohol intake perception was higher in violence-related injuries than in unintentional injuries (37.9% versus 8%). For violence-related injuries, highest proportions of alcohol intake perception were observed among males (43.7%), 20 to 39 years old (45.3%), blacks (40.5%), and low schooling level victims (40.3%). Settings where these injuries occurred with the highest concerned proportions were taverns (78.2%) and public places (39.5%). Higher alcohol intake perception was observed in assaults (39.1%), suicide attempts (25.4%), transport-related injuries (16.8%), and falls victims (5.9%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Desempenho e digestibilidade de nutrientes em ovinos alimentados com rações contendo farelo de babaçu/ Performance and nutrient digestibility on lambs fed diets containing different levels of babassu meal

Xenofonte, Antônio Robson Bezerra; Carvalho, Francisco Fernando Ramos de; Batista, Ângela Maria Vieira; Medeiros, Geovergue Rodrigues de; Andrade, Rafael de Paula Xavier de
2008-11-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar o desempenho, o consumo voluntário e a digestibilidade dos nutrientes, foram utilizados 24 ovinos sem raça definida (SRD), machos não-castrados, com peso inicial de 20 ± 3,25 kg e 4,6 ± 0,8 meses de idade. Os animais foram mantidos em confinamento e alimentados com dietas com farelo de babaçu (0, 10, 20 e 30%) em substituição ao feno de capim-colonião. As dietas, isoprotéicas e isoenergéticas, foram fornecidas em forma de ração compl (mais) eta. Utilizou-se um delineamento em blocos casualizados, com quatro tratamentos e seis repetições. O consumo de matéria seca foi influenciado pela inclusão do farelo de babaçu na dieta e apresentou redução de 302 g/dia a cada 10% de participação de farelo de babaçu. A ingestão dos nutrientes e o desempenho foram restringidos pela diminuição do consumo de matéria seca. A inclusão do farelo de babaçu reduziu linearmente o ganho de peso dos animais. A digestibilidade dos nutrientes foi influenciada pelos níveis de farelo de babaçu, mas esse aumento está associado às reduções na ingestão de matéria seca. O farelo de babaçu, ao ser utilizado como alternativa de alimento para cordeiros em crescimento, compromete o consumo de alimentos e o ganho de peso dos animais. Resumo em inglês With the objective to evaluate the performance, voluntary intake and nutrient digestibilities, 24 NDB (no defined breed), non castrated male lambs with 20 ± 3.25 BW initial and 4.6 ± 0.8 months old were used. Animals were kept in feedlot and fed diets with babassu meal (0, 10, 20 and 30%) in substitution to Panicum maximum Jack hay. The diets, isoprotein and isonitrogenous, were fed in a complete mix ration. A completely blocks randomized design, with four treatments an (mais) d six replicates was used. The dry matter intake was influenced by the inclusion of babassu meal in the diet and presented a reduction of 302 g/day for each 10% of babassu meal inclusion. Nutrient intake and performance were limited by the decrease of dry matter intake. The inclusion of babassu meal caused a linear decrease on average daily gain of lambs. Nutrient digestibility was influenced by inclusion of babassu meal in the diet, but this increase was a result of the reduction on dry matter intake. Babassu meal, used as an alternative feed for growing sheep, affect nutrient intake and weight gain of the animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Efeito do fornecimento de diferentes fontes de lipídeos na dieta sobre o consumo, a digestibilidade e o N-uréico plasmático de novilhos bubalinos em confinamento/ Effect of different fat sources on intake, digestibility and blood urea nitrogen of feedlot water buffalo steers

Oliveira, Ronaldo Lopes; Assunção, Diêni Maria Pereira; Barbosa, Marco Aurélio Alves de Freitas; Ladeira, Márcio Machado; Silva, Manoel Messias Pereira da; Mascarenhas, Alessandra Gimenez; Snel-Oliveira, Marília Viviane; Oliveira, Renata Lopes de
2007-06-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos de diferentes fontes de lipídeos sobre o consumo, a digestibilidade e o N-uréico no plasma de novilhos bubalinos terminados em confinamento. Utilizaram-se 13 animais castrados Murrah (297±9 kg de PV) alimentados com três diferentes dietas (tratamentos): sem lipídeo adicional; óleo de soja; e grão de soja integral. A duração do experimento foi de 84 dias, divididos em três períodos de coleta, cada (mais) um com 28 dias. Nos seis últimos dias de cada período, foram coletadas amostras de alimentos, sobras e fezes para análise e determinação do consumo e da digestibilidade. As rações foram fornecidas duas vezes ao dia, às 8 e 16h, na forma de ração total, em quantidade ajustada para ocorrer 10 a 20% de sobras. Verificou-se maior ingestão de MS e PB nos animais alimentados com a dieta sem lipídeo adicional, enquanto, com as dietas contendo óleo de soja e grão de soja integral, obteve-se maior ingestão de EE. Não foram verificados efeitos da adição de lipídeo sobre a digestibilidade da MS total, porém, os menores coeficientes de digestibilidade da fração fibrosa foram registrados nos animais alimentados com a dieta contendo óleo de soja. Os triglicerídeos presentes no grão de soja integral não tiveram esse efeito negativo, o que indica que estiveram menos disponíveis no rúmen. O aporte de energia com a inclusão de lipídeos provocou redução no consumo e, quando a fonte de energia foi o óleo de soja, diminuiu a digestibilidade das frações fibrosas das dietas. Resumo em inglês The objective of this trial was to evaluate the effect of different dietary fat sources on intake, digestibility, and plasma urea N in feedlot water buffalo steers. Thirteen castrated Murrah steers averaging 297±9 kg of body weigh were assigned to one of the following three treatments: no added fat (control), soybean oil or whole soybean in a completely randomized design. The experiment lasted 84 days with three experimental periods of 28 days each. Samples of feeds, ort (mais) s and feces were collected in the last six days of each period for determination of intake. Diets were fed twice a day (8 a.m. and 4 p.m.) as total mixed ration and the amount of feed offered was adjusted daily to yield refusals equal to approximately 10 to 20% of intake. Intakes of DM and CP were greater in the control compared to treatments supplemented with fat while the opposite was observed for ether extract intake. Apparent total tract digestibility of dry mater did not differ across treatments but animals fed the diet containing soybean oil had the lowest fiber digestibility. Feeding whole soybean to feedlot steers had no negative impact on fiber digestibility showing that the polyunsaturated fatty acids of this fat source were less available in the rumen. It can be concluded that the higher energy content of diets supplemented with fat sources increased DM intake but feeding soybean oil reduced fiber digestibility in this study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Avaliação do consumo alimentar de crianças de 0 a 24 meses com cardiopatia congênita/ Assessment of food intake in infants between 0 and 24 months with congenital heart disease

Vieira, Tais Cleto Lopes; Trigo, Marlene; Alonso, Rosiris Roco; Ribeiro, Regina Helena Cunha; Cardoso, Maria Regina Alves; Cardoso, Antonio Carlos Alves; Cardoso, Maria Aparecida Alves
2007-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: As crianças com cardiopatia congênita geralmente são desnutridas e apresentam algum grau de comprometimento funcional e/ou estrutural dos orgãos. Existe, ainda, uma deficiência na ingestão de nutrientes, corroborada pelo controle hídrico, que limita o aporte nutricional de alguns cardiopatas. OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar de crianças com cardiopatia congênita internadas na Unidade de Pediatria Cardiológica de hospital-escola público. MÉTODO (mais) S: O consumo de alimentos e nutrientes foi calculado pelo consumo alimentar de três dias (método direto de pesagem) e o cálculo das calorias e nutrientes foi feito pelo software Virtual Nutri. RESULTADOS: O consumo de calorias/kg peso, de proteínas diárias, de sódio e de vitamina A esteve dentro do recomendado (p Resumo em inglês BACKGROUND: Children with congenital heart disease are usually malnourished and present some degree of functional and/or structural impairment of organs. There is also deficiency in nutrient intake, due to the control of fluids required by some patients which restrains the nutrient intake of some cardiac children. OBJECTIVE: To assess the food intake of children with congenital heart disease hospitalized in the pediatric heart unit of a "Public Teaching Hospital". METHODS (mais) : The intake of food and nutrients was calculated based on the food consumed during three days (direct weighting method) and the calories and nutrients were calculated using the Virtual Nutri software. RESULTS: The intake of calories per kilogram of body weight, of daily proteins, sodium and vitamin A was within the recommended levels (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Consumo de aditivos alimentares e efeitos à saúde: desafios para a saúde pública brasileira/ Food additive intake and health effects: public health challenges in Brazil

Polônio, Maria Lúcia Teixeira; Peres, Frederico
2009-08-01

Resumo em português Este estudo visa a contextualizar por meio de uma revisão sistemática da literatura, os riscos acarretados pelo consumo de aditivos alimentares. Em relação aos resultados dos estudos associando o consumo de aditivos ao aparecimento do câncer, os efeitos adversos à saúde foram observados principalmente nos estudos em que a Ingestão Diária Aceitável (IDA) foi excedida. Também apontou uma carência de pesquisas sobre o transtorno do déficit de atenção e hiperat (mais) ividade. Já em relação à hipersensibilidade não específica, o número de estudos foi significativo e os resultados mais consistentes quanto às manifestações clínicas de rinite, urticária e angioedema provocadas pelos aditivos, em particular pelos os corantes artificiais. As crianças aparecem como grupo vulnerável, em razão do consumo potencial de alimentos com aditivos alimentares, particularmente corantes artificiais. Os resultados indicam que estudos de consumo de aditivos alimentares deveriam servir de base para a elaboração de estratégias de vigilância alimentar e nutricional, com a finalidade de promover hábitos alimentares saudáveis. Resumo em inglês This study uses a systematic literature review to contextualize the risks associated with food additive intake. Studies comparing food additive intake and cancer showed that adverse health effects appeared when Acceptable Daily Intake (ADI) was exceeded. The review also detected a lack of studies on attention deficit-hyperactivity disorder. There were more studies on non-specific hypersensitivity, highlighting such clinical manifestations as rhinitis, urticaria, and angio (mais) edema, all associated with food additives, particularly artificial colorants. Children are a vulnerable group as potential consumers of food additives, particularly artificial colorants. Studies on food additive intake should provide the basis for effective food and nutritional surveillance strategies, aiming to promote healthy eating habits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Consumo de aditivos alimentares e efeitos à saúde: desafios para a saúde pública brasileira/ Food additive intake and health effects: public health challenges in Brazil

Polônio, Maria Lúcia Teixeira; Peres, Frederico
2009-08-01

Resumo em português Este estudo visa a contextualizar por meio de uma revisão sistemática da literatura, os riscos acarretados pelo consumo de aditivos alimentares. Em relação aos resultados dos estudos associando o consumo de aditivos ao aparecimento do câncer, os efeitos adversos à saúde foram observados principalmente nos estudos em que a Ingestão Diária Aceitável (IDA) foi excedida. Também apontou uma carência de pesquisas sobre o transtorno do déficit de atenção e hiperat (mais) ividade. Já em relação à hipersensibilidade não específica, o número de estudos foi significativo e os resultados mais consistentes quanto às manifestações clínicas de rinite, urticária e angioedema provocadas pelos aditivos, em particular pelos os corantes artificiais. As crianças aparecem como grupo vulnerável, em razão do consumo potencial de alimentos com aditivos alimentares, particularmente corantes artificiais. Os resultados indicam que estudos de consumo de aditivos alimentares deveriam servir de base para a elaboração de estratégias de vigilância alimentar e nutricional, com a finalidade de promover hábitos alimentares saudáveis. Resumo em inglês This study uses a systematic literature review to contextualize the risks associated with food additive intake. Studies comparing food additive intake and cancer showed that adverse health effects appeared when Acceptable Daily Intake (ADI) was exceeded. The review also detected a lack of studies on attention deficit-hyperactivity disorder. There were more studies on non-specific hypersensitivity, highlighting such clinical manifestations as rhinitis, urticaria, and angio (mais) edema, all associated with food additives, particularly artificial colorants. Children are a vulnerable group as potential consumers of food additives, particularly artificial colorants. Studies on food additive intake should provide the basis for effective food and nutritional surveillance strategies, aiming to promote healthy eating habits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Mudanças no consumo alimentar de nipo-brasileiros residentes em Bauru, São Paulo, Brasil, 1993-2000/ Changes in dietary intake among Japanese-Brazilians in Bauru, São Paulo, Brazil, 1993-2000

Castro, Teresa Gontijo de; Bertolino, Carla Novaes; Gimeno, Suely Godoy Agostinho; Cardoso, Marly Augusto; Grupo de Estudo de Diabetes de Nipo-Brasileiros de Bauru
2006-11-01

Resumo em português Foram estudados 328 nipo-brasileiros, ambos os sexos e faixa etária de 40 a 79 anos em 1993, participantes de dois inquéritos de saúde e nutrição realizados em 1993 e 2000. A avaliação da dieta foi realizada por questionários quantitativos de freqüência. A análise das alterações da dieta entre 1993 e 2000, segundo sexo, utilizou o teste de Wilcoxon para amostras dependentes (p (mais) dois inquéritos, houve aumento da contribuição do consumo de gorduras para as calorias totais em 16% (valores médios em 2000: 31,5% para mulheres e 30,8% para homens). Houve aumento de 40% no consumo de ácidos graxos oléico e linoléico, com redução de 20% no colesterol. Entre as mulheres, observou-se aumento nas calorias totais, redução no consumo de vegetais e percentual calórico dos doces. Apesar do aumento do consumo de gordura total da dieta, houve redução no teor de colesterol e aumento no consumo de ácidos graxos linoléico e oléico, frutas e cálcio. Ainda assim, os níveis de ingestão de cálcio e vegetais foram abaixo das recomendações internacionais. Resumo em inglês Cross-sectional surveys were performed in 1993 and 2000 on Japanese-Brazilians (n = 328) of both sexes, aged 40 to 79 years in 1993, living in Bauru, São Paulo State. Both surveys examined food intake using food frequency questionnaires. Dietary intake in both surveys was compared to Wilcoxon tests according to gender (p (mais) ared, the main dietary changes were: (a) a 40% increase in oleic and linoleic acids and calories from fat and (b) a 20% reduction in dietary cholesterol in both sexes. Among women, an increase in total calorie intake with reduced consumption of vegetables and calories from sweets were observed. Despite increased intake of total dietary fat, there was a decrease in cholesterol intake and an increase in oleic and linoleic acids, fruit, and calcium. However, calcium and vegetable consumption is still short of international recommendations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Mudanças no consumo alimentar de nipo-brasileiros residentes em Bauru, São Paulo, Brasil, 1993-2000/ Changes in dietary intake among Japanese-Brazilians in Bauru, São Paulo, Brazil, 1993-2000

Castro, Teresa Gontijo de; Bertolino, Carla Novaes; Gimeno, Suely Godoy Agostinho; Cardoso, Marly Augusto; Grupo de Estudo de Diabetes de Nipo-Brasileiros de Bauru
2006-11-01

Resumo em português Foram estudados 328 nipo-brasileiros, ambos os sexos e faixa etária de 40 a 79 anos em 1993, participantes de dois inquéritos de saúde e nutrição realizados em 1993 e 2000. A avaliação da dieta foi realizada por questionários quantitativos de freqüência. A análise das alterações da dieta entre 1993 e 2000, segundo sexo, utilizou o teste de Wilcoxon para amostras dependentes (p (mais) dois inquéritos, houve aumento da contribuição do consumo de gorduras para as calorias totais em 16% (valores médios em 2000: 31,5% para mulheres e 30,8% para homens). Houve aumento de 40% no consumo de ácidos graxos oléico e linoléico, com redução de 20% no colesterol. Entre as mulheres, observou-se aumento nas calorias totais, redução no consumo de vegetais e percentual calórico dos doces. Apesar do aumento do consumo de gordura total da dieta, houve redução no teor de colesterol e aumento no consumo de ácidos graxos linoléico e oléico, frutas e cálcio. Ainda assim, os níveis de ingestão de cálcio e vegetais foram abaixo das recomendações internacionais. Resumo em inglês Cross-sectional surveys were performed in 1993 and 2000 on Japanese-Brazilians (n = 328) of both sexes, aged 40 to 79 years in 1993, living in Bauru, São Paulo State. Both surveys examined food intake using food frequency questionnaires. Dietary intake in both surveys was compared to Wilcoxon tests according to gender (p (mais) ared, the main dietary changes were: (a) a 40% increase in oleic and linoleic acids and calories from fat and (b) a 20% reduction in dietary cholesterol in both sexes. Among women, an increase in total calorie intake with reduced consumption of vegetables and calories from sweets were observed. Despite increased intake of total dietary fat, there was a decrease in cholesterol intake and an increase in oleic and linoleic acids, fruit, and calcium. However, calcium and vegetable consumption is still short of international recommendations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Associação entre consumo de refrigerantes, sucos e leite, com o índice de massa corporal em escolares da rede pública de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil/ Association between consumption of soft drinks, fruit juice, and milk and body mass index among public school students in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil

Nogueira, Fernanda de Albuquerque Melo; Sichieri, Rosely
2009-12-01

Resumo em português Avaliou-se a associação entre o consumo de refrigerantes, sucos e leite, com o índice de massa corporal (IMC) em 1.423 estudantes, entre 9 e 16 anos, de escolas públicas de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. O consumo de bebidas foi avaliado por meio do recordatório alimentar de 24 horas e questionário de freqüência de consumo alimentar. Peso e estatura foram coletados para o cálculo do IMC. As análises de regressão linear foram estratificadas por sexo e ajustad (mais) as por atividade física, idade e efeito do conglomerado (classes). Verificou-se associação positiva entre freqüência de consumo de refrigerante e idade (p = 0,05) e negativa entre consumo de leite e idade (p = 0,004). Apenas para as meninas, o IMC associou-se positivamente com o consumo de sucos (β = 0,02; p = 0,03). Para as outras bebidas não foram encontradas associações entre IMC e freqüência usual de consumo. O consumo de refrigerantes e sucos representou cerca de 20% do total de energia média consumida diariamente. Os resultados indicam que esforços para reduzir a ingestão de energia por meio de bebidas devem enfatizar também os sucos. Resumo em inglês The association between consumption of soft drinks, fruit juice, and milk and body mass index (BMI) was evaluated in 1,423 students 9 to 16 years of age from public schools in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil. Beverage intake was measured using 24-hour recall and a food frequency questionnaire. Weight and height were measured to calculate BMI. Regression analyses took into account the cluster (classes) effect. Analyses were stratified by gender and adjusted for phys (mais) ical activity and age. The results showed a positive association between soft drink intake and age (p = 0.05) and a negative association between milk and age (p = 0.004). For girls only, there was a significant association between frequent fruit juice intake and BMI (β = 0.02; p = 0.03). For the other beverages, there were no significant associations between BMI and frequent consumption in either gender. Soft drinks and juices accounted for 20% of mean daily energy intake. The results showed that efforts to reduce energy intake from beverages should include consumption of fruit juice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Associação entre consumo de refrigerantes, sucos e leite, com o índice de massa corporal em escolares da rede pública de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil/ Association between consumption of soft drinks, fruit juice, and milk and body mass index among public school students in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil

Nogueira, Fernanda de Albuquerque Melo; Sichieri, Rosely
2009-12-01

Resumo em português Avaliou-se a associação entre o consumo de refrigerantes, sucos e leite, com o índice de massa corporal (IMC) em 1.423 estudantes, entre 9 e 16 anos, de escolas públicas de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. O consumo de bebidas foi avaliado por meio do recordatório alimentar de 24 horas e questionário de freqüência de consumo alimentar. Peso e estatura foram coletados para o cálculo do IMC. As análises de regressão linear foram estratificadas por sexo e ajustad (mais) as por atividade física, idade e efeito do conglomerado (classes). Verificou-se associação positiva entre freqüência de consumo de refrigerante e idade (p = 0,05) e negativa entre consumo de leite e idade (p = 0,004). Apenas para as meninas, o IMC associou-se positivamente com o consumo de sucos (β = 0,02; p = 0,03). Para as outras bebidas não foram encontradas associações entre IMC e freqüência usual de consumo. O consumo de refrigerantes e sucos representou cerca de 20% do total de energia média consumida diariamente. Os resultados indicam que esforços para reduzir a ingestão de energia por meio de bebidas devem enfatizar também os sucos. Resumo em inglês The association between consumption of soft drinks, fruit juice, and milk and body mass index (BMI) was evaluated in 1,423 students 9 to 16 years of age from public schools in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil. Beverage intake was measured using 24-hour recall and a food frequency questionnaire. Weight and height were measured to calculate BMI. Regression analyses took into account the cluster (classes) effect. Analyses were stratified by gender and adjusted for phys (mais) ical activity and age. The results showed a positive association between soft drink intake and age (p = 0.05) and a negative association between milk and age (p = 0.004). For girls only, there was a significant association between frequent fruit juice intake and BMI (β = 0.02; p = 0.03). For the other beverages, there were no significant associations between BMI and frequent consumption in either gender. Soft drinks and juices accounted for 20% of mean daily energy intake. The results showed that efforts to reduce energy intake from beverages should include consumption of fruit juice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Utilização de óleo de soja em rações para vacas leiteiras no período de transição: consumo, produção e composição do leite/ Use of soybean oil for dairy cows during transition period: Intake, milk yield and composition

Santos, Anselmo Domingos Ferreira; Torres, Ciro Alexandre Alves; Rennó, Francisco Palma; Drumond, Mariana Resende Soares; Freitas Júnior, José Esler de
2009-07-01

Resumo em português O objetivo neste estudo foi avaliar o desempenho produtivo de vacas leiteiras sob suplementação com óleo de soja durante o período de transição. Foram utilizadas 20 vacas da raça Holandesa, multíparas e gestantes, distribuídas aleatoriamente em duas rações: controle, com 2,5% de extrato etéreo (EE) na matéria seca (MS); e gordura, com adição de 3,0% de óleo de soja e 5,5% de EE na MS. Os valores médios de consumo de MS e nutrientes não diferiram no perí (mais) odo pré e pós-parto nas vacas das dietas controle e com óleo de soja, exceto no maior consumo de EE, em decorrência da maior concentração desse nutriente na dieta com óleo. Em virtude da maior densidade energética da ração com óleo de soja, as vacas apresentaram maior consumo de nutrientes digestíveis totais e energia líquida no pós-parto. Não foi observada alteração nas produções de leite e gordura, no entanto, observou-se redução do teor de gordura do leite nas vacas da ração com óleo de soja em relação àquelas da ração controle. As rações utilizadas não influenciaram o consumo, mas a dieta com óleo de soja aumentou a ingestão de energia líquida e melhorou o balanço de nutrientes no início da lactação. Foi observado aumento não-significativo (+ 2,53 kg/dia) na produção de leite das vacas da dieta com óleo de soja. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the productivity of dairy cows supplemented with soybean oil during the transition period. Twenty multiparous and pregnant Holstein cows were randomly allocated to two diets: control (C), 2.5% ether extract (EE) in the dry matter (DM); and fat (G), with the addition of 3% soybean oil, and 5.5% EE in the dry matter. The average values for intake were not different in the pre- and post-partum for cows on the control and fat diets (mais) except for an increase in EE intake due to great concentration of this nutrient in the soybean oil diet. Due to the higher energy density of the fat diet, cows had higher intake of total digestible nutrients and net lactation energy during the post-partum. There was no alteration in milk and fat yield, but a reduction in the milk fat content was observed for cows fed fat diet compared with the control diet. The diets used had no influence on the intake, and the fat diet resulted in an increased net energy intake and improvement in the nutrient balance during the initial phase of lactation. A non-significant increase in milk yield (+ 2.53 kg/d) was observed when using the fat diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Consumo, digestibilidade e produção microbiana em novilhos alimentados com diferentes volumosos, com e sem suplementação/ Intake, digestibility and microbial production in steers fed with different forages, supplemented or not

Gomes, S.P.; Leão, M.I.; Valadares Filho, S.C.; Paulino, M.F.
2006-10-01

Resumo em português Determinaram-se os consumos e as digestibilidades aparentes totais da matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), carboidratos totais (CHO), fibra em detergente neutro (FDN), carboidratos não fibrosos (CNF), o consumo de nutrientes digestíveis totais (NDT), e estimou-se a produção microbiana (PMic) de dietas para novilhos. Avaliou-se, também, a degradabilidade in situ dos alimentos. Foram utilizados cinco novilhos, fistula (mais) dos no rúmen, com peso vivo (PV) médio de 185,4kg, em delineamento inteiramente ao acaso, alimentados com: 1- capim-elefante picado (CE); 2- pré-secado de capim-tifton 85 (PS); 3- feno de capim-braquiária (FB); 4- feno de capim-braquiária e concentrado a 0,5% PV (FB:C1); e 5- feno de capim-braquiária e concentrado a 1% PV (FB:C2). O PS proporcionou maior ingestão de MS (6kg/novilho/dia) e de NDT (4,2kg/novilho/dia) em relação aos demais volumosos utilizados, mostrando ser boa alternativa na nutrição de bovinos. A adição de concentrado ao feno de capim-braquiária aumentou o consumo de MS do volumoso, que passou de 2,7kg/novilho/dia para 3,9kg/novilho/dia, constituindo estratégia para a utilização de volumosos de baixa qualidade. O maior consumo do concentrado C2 (1%PV) resultou em aumento no consumo de MS (0,9kg/novilho/dia) e de NDT (1kg/novilho/dia) na dieta FB:C2, em relação à dieta FB:C1. Resumo em inglês The intake and total apparent digestibility of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), total carbohydrates (CHO), neutral detergent fiber (NDF) and non-fiber carbohydrates (NFC); the total digestible nutrients (TDN) intake and the microbial protein production (MicP) in diets of steers were determined. The in situ degradability of feeds was also evaluated. Five steers averaging 185.4kg live weight (LW) and fistulated in the rumen and e (mais) sophagus were randomly, assigned in a completely randomized experimental design. They were fed on: 1- chopped elephantgrass (CE); 2- tifton-85 bermudagrass haylage (PS); 3- brachiaria decumbens hay (FB); 4- brachiaria decumbens hay plus concentrate at 0.5% LW (FB:C1); and 5- brachiaria decumbens hay plus concentrate at 1.0% LW (FB:C2). Tifton-85 bermudagrass haylage provided higher intake of DM (6.0kg/steer/day) and TDN (4.2kg/steer/day) related to other forages, showing that its use is a good alternative for bovine feeding. The addition of concentrate to the brachiaria decumbens hay increased the forage intake, from 2.7kg/steer/day to 3.9kg/steer/day, constituting a strategy for the poor quality forages use. The highest concentrate C2 intake (1.0% LW) increased DM (0.9kg/steer/day) and TDN (1.0kg/steer/day) intake of FB:C2 dietary, relative to FB:C1 dietary.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Estimativa de consumo de sódio pela população brasileira, 2002-2003/ Estimated sodium intake by the Brazilian population, 2002-2003/ Estimación del consumo de sodio por la población brasilera, 2002-2003

Sarno, Flavio; Claro, Rafael Moreira; Levy, Renata Bertazzi; Bandoni, Daniel Henrique; Ferreira, Sandra Roberta Gouvêa; Monteiro, Carlos Augusto
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a magnitude e a distribuição regional e socioeconômica do consumo de sódio no Brasil e identificar as fontes alimentares que mais contribuem para esse consumo. MÉTODOS: As estimativas foram baseadas nos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada no Brasil entre julho de 2002 e junho de 2003. Foram analisados 969.989 registros de aquisição de alimentos efetuados por uma amostra probabilística de 48.470 domicílios localizados em 3.984 (mais) setores censitários do País. Realizou-se conversão dos registros das aquisições de alimentos em nutrientes por meio de tabelas de composição de alimentos. Foram calculadas a disponibilidade média de sódio por pessoa e por dia e a disponibilidade média ajustada para um consumo energético equivalente a 2.000 kcal. Calculou-se a contribuição de grupos de alimentos selecionados para o total de sódio disponível para consumo no domicílio. As estimativas são apresentadas segundo regiões, situação urbana ou rural do domicílio, e estratos de renda. RESULTADOS: A quantidade diária de sódio disponível para consumo nos domicílios brasileiros foi de 4,5 g por pessoa (ou 4,7 g para uma ingestão diária de 2.000 Kcal), excedendo, assim, em mais de duas vezes o limite recomendado de ingestão desse nutriente. Embora a maior parte do sódio disponível para consumo em todas classes de renda provenha do sal de cozinha e de condimentos à base desse sal (76,2%), a fração proveniente de alimentos processados com adição de sal aumenta linear e intensamente com o poder aquisitivo domiciliar, representando 9,7% do total de sódio no quinto inferior da distribuição da renda per capita e 25,0% no quinto superior. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que o consumo de sódio no Brasil excede largamente a recomendação máxima para esse nutriente em todas as macrorregiões brasileiras e em todas as classes de renda. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la magnitud y la distribución regional y socioeconómica del consumo de sodio en Brasil e identificar las fuentes alimenticias que más contribuyen para ese consumo. MÉTODOS: Las estimaciones fueron basadas en los datos de la Pesquisa de Presupuestos Familiares, realizada en Brasil entre julio de 2002 y junio de 2003. Fueron analizados 969.989 registros de adquisición de alimentos efectuados por una muestra probabilística de 48.470 domicilios localiz (mais) ados en 3.984 sectores censados del País. Se realizó conversión de los registros de las adquisiciones de alimentos en nutrientes por medio de tablas de composición de alimentos. Fueron calculadas la disponibilidad promedio de sodio por persona y por día y la disponibilidad promedio ajustada para un consumo energético equivalente a 2.000 kcal. Se calculó la contribución de grupos de alimentos seleccionados para el total de sodio disponible para consumo en el domicilio. Las estimaciones son presentadas según regiones, situación urbana o rural del domicilio e estratos de renta. RESULTADOS: La cantidad diaria de sodio disponible para consumo en los domicilios brasileros fue de 4,5 g por persona (o 4,7 g para una ingestión diaria de 2.000 kcal), excediendo así, en más del doble el límite recomendado de ingestión de ese nutriente. A pesar de que la mayor parte del sodio disponible para consumo en todas clases de renta provenga de la sal de cocina y de condimentos a base de sal (76,2%), la fracción proveniente de alimentos procesados con adición de sal aumenta linear e intensamente con el poder adquisitivo domiciliar, representando 9,7% del total de sodio en el quinto inferior de la distribución de la renta per capita y 25,0% en el quinto superior. CONCLUSIONES: Los resultados indican que el consumo de sodio en Brasil excede grandemente la recomendación máxima para ese nutriente en todas las macroregiones brasileras y en todas las clases de renta. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the magnitude and distribution of sodium intake in Brazil and to identify major dietary sources contributing to this intake. METHODS: Estimates were based on data from a Brazilian household budget survey carried between July 2002 and June 2003. A total of 969,989 food purchase records from a probabilistic sample of 48,470 households located in 3,984 census tracts across the country were analyzed. Purchase records were converted into nutrients using (mais) food composition charts. Mean sodium availability per person per day and mean adjusted availability considering a 2,000 kcal daily energy intake were calculated, as well as the contribution of selected food groups to total household sodium availability. Estimates are presented according to geographical region, urban or rural status of the household, and income stratum. RESULTS: Mean daily sodium availability in Brazilian households was 4.5 g per person (or 4.7 g considering a daily calorie intake of 2,000 kcal), thus exceeding by more than two times the recommended levels of intake for this nutrient. Although most of the sodium available for intake across all income strata was derived from kitchen salt or salt-based condiments (76.2%), the fraction derived from processed foods with added salt showed a strong linear increase as household purchasing power increased, representing 9.7% of total sodium intake in the lower quintile of the per capita income distribution and 25.0% in the upper quintile. CONCLUSIONS: Results indicate that sodium intake in Brazil widely exceeds the maximum recommended intake level for this nutrient in all of the country's macro regions and across all income strata.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Estimativa de consumo de sódio pela população brasileira, 2002-2003/ Estimated sodium intake by the Brazilian population, 2002-2003/ Estimación del consumo de sodio por la población brasilera, 2002-2003

Sarno, Flavio; Claro, Rafael Moreira; Levy, Renata Bertazzi; Bandoni, Daniel Henrique; Ferreira, Sandra Roberta Gouvêa; Monteiro, Carlos Augusto
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a magnitude e a distribuição regional e socioeconômica do consumo de sódio no Brasil e identificar as fontes alimentares que mais contribuem para esse consumo. MÉTODOS: As estimativas foram baseadas nos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada no Brasil entre julho de 2002 e junho de 2003. Foram analisados 969.989 registros de aquisição de alimentos efetuados por uma amostra probabilística de 48.470 domicílios localizados em 3.984 (mais) setores censitários do País. Realizou-se conversão dos registros das aquisições de alimentos em nutrientes por meio de tabelas de composição de alimentos. Foram calculadas a disponibilidade média de sódio por pessoa e por dia e a disponibilidade média ajustada para um consumo energético equivalente a 2.000 kcal. Calculou-se a contribuição de grupos de alimentos selecionados para o total de sódio disponível para consumo no domicílio. As estimativas são apresentadas segundo regiões, situação urbana ou rural do domicílio, e estratos de renda. RESULTADOS: A quantidade diária de sódio disponível para consumo nos domicílios brasileiros foi de 4,5 g por pessoa (ou 4,7 g para uma ingestão diária de 2.000 Kcal), excedendo, assim, em mais de duas vezes o limite recomendado de ingestão desse nutriente. Embora a maior parte do sódio disponível para consumo em todas classes de renda provenha do sal de cozinha e de condimentos à base desse sal (76,2%), a fração proveniente de alimentos processados com adição de sal aumenta linear e intensamente com o poder aquisitivo domiciliar, representando 9,7% do total de sódio no quinto inferior da distribuição da renda per capita e 25,0% no quinto superior. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que o consumo de sódio no Brasil excede largamente a recomendação máxima para esse nutriente em todas as macrorregiões brasileiras e em todas as classes de renda. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la magnitud y la distribución regional y socioeconómica del consumo de sodio en Brasil e identificar las fuentes alimenticias que más contribuyen para ese consumo. MÉTODOS: Las estimaciones fueron basadas en los datos de la Pesquisa de Presupuestos Familiares, realizada en Brasil entre julio de 2002 y junio de 2003. Fueron analizados 969.989 registros de adquisición de alimentos efectuados por una muestra probabilística de 48.470 domicilios localiz (mais) ados en 3.984 sectores censados del País. Se realizó conversión de los registros de las adquisiciones de alimentos en nutrientes por medio de tablas de composición de alimentos. Fueron calculadas la disponibilidad promedio de sodio por persona y por día y la disponibilidad promedio ajustada para un consumo energético equivalente a 2.000 kcal. Se calculó la contribución de grupos de alimentos seleccionados para el total de sodio disponible para consumo en el domicilio. Las estimaciones son presentadas según regiones, situación urbana o rural del domicilio e estratos de renta. RESULTADOS: La cantidad diaria de sodio disponible para consumo en los domicilios brasileros fue de 4,5 g por persona (o 4,7 g para una ingestión diaria de 2.000 kcal), excediendo así, en más del doble el límite recomendado de ingestión de ese nutriente. A pesar de que la mayor parte del sodio disponible para consumo en todas clases de renta provenga de la sal de cocina y de condimentos a base de sal (76,2%), la fracción proveniente de alimentos procesados con adición de sal aumenta linear e intensamente con el poder adquisitivo domiciliar, representando 9,7% del total de sodio en el quinto inferior de la distribución de la renta per capita y 25,0% en el quinto superior. CONCLUSIONES: Los resultados indican que el consumo de sodio en Brasil excede grandemente la recomendación máxima para ese nutriente en todas las macroregiones brasileras y en todas las clases de renta. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the magnitude and distribution of sodium intake in Brazil and to identify major dietary sources contributing to this intake. METHODS: Estimates were based on data from a Brazilian household budget survey carried between July 2002 and June 2003. A total of 969,989 food purchase records from a probabilistic sample of 48,470 households located in 3,984 census tracts across the country were analyzed. Purchase records were converted into nutrients using (mais) food composition charts. Mean sodium availability per person per day and mean adjusted availability considering a 2,000 kcal daily energy intake were calculated, as well as the contribution of selected food groups to total household sodium availability. Estimates are presented according to geographical region, urban or rural status of the household, and income stratum. RESULTS: Mean daily sodium availability in Brazilian households was 4.5 g per person (or 4.7 g considering a daily calorie intake of 2,000 kcal), thus exceeding by more than two times the recommended levels of intake for this nutrient. Although most of the sodium available for intake across all income strata was derived from kitchen salt or salt-based condiments (76.2%), the fraction derived from processed foods with added salt showed a strong linear increase as household purchasing power increased, representing 9.7% of total sodium intake in the lower quintile of the per capita income distribution and 25.0% in the upper quintile. CONCLUSIONS: Results indicate that sodium intake in Brazil widely exceeds the maximum recommended intake level for this nutrient in all of the country's macro regions and across all income strata.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Consumo de gordura e hipercolesterolemia em uma amostra probabilística de estudantes de Niterói, Rio de Janeiro/ Fat intake and hypercholesterolemia in a probabilistic sample of adolescents from Niterói, Rio de Janeiro

Teixeira, Márcia H.; Veiga, Glória V. da; Sichieri, Rosely
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a associação entre consumo de gordura e colesterol total sérico (CT). MÉTODOS: O inquérito foi realizado em uma amostra probabilística de adolescentes das escolas estaduais de Niterói, RJ. Foram obtidos dados antropométricos de 610 jovens, 577 participaram da coleta de sangue e 539 responderam o questionário de consumo alimentar. A análise multivariada de regressão linear incluiu como variáveis de confusão a hipercolesterolemia nos pais, ida (mais) de e índice de massa corporal (IMC). RESULTADOS: Concentrações aumentadas de CT (> 170 mg/dL) ocorreram em 31,2% dos jovens. Ambos os sexos apresentaram freqüências elevadas (aproximadamente 45%) de consumo inadequado de gorduras. O sobrepeso foi de 15,7%, sem diferença estatisticamente significante entre os sexos (p= 0,83). Nenhum item alimentar isolado apresentou associação com o CT. IMC e presença de hipercolesterolemia nos pais mostraram associação estatisticamente significante com os teores de CT das meninas, e idade associou-se somente para os meninos. Verificou-se ausência de associação entre consumo de gordura e valores de CT. CONCLUSÕES: A combinação de altas taxas de hipercolesterolemia, sobrepeso e consumo de alimentos ricos em gordura sugerem que somente ações coletivas podem reduzir essas epidemias e que a redução na ingestão energética excessiva deve ser o principal objetivo destas ações. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the relationship between fat intake and serum cholesterol. METHODS: A survey was conducted in a probabilistic sample of students from public schools in Niterói, state of Rio de Janeiro, Brazil. Anthropometric data were collected on 610 youngsters, 573 of them had blood drown, and 539 answered a simplified questionnaire on fat intake. Multivariate linear regression included as confounders: parents' cholesterolemia, adolescent age and body mass index (mais) (BMI). RESULTS: The prevalence of high concentrations (> 170 mg/dL) of serum cholesterol was 31.2%. Both sexes presented high frequencies (45% approximately) of inadequate intake of fatty foods. Prevalence of overweight was 15.7%, without significant statistical difference between sexes (p= 0.83). Total fat intake as measured by the questionnaire and each one of the nine high fat items was not associated with youngsters' cholesterol. Among girls BMI and parents' hypercholesterolemia were associated with cholesterol levels, but for boys only age showed statistically significant association. Lack of association between fat intake and cholesterol levels was observed. CONCLUSION: The combined higher prevalence of hypercholesterolemia, overweight and intake of high fat foods suggest that only public health action may curb these epidemics. This may indicate that overall energy intake should be the target of the actions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Parâmetros nutricionais de novilhas de corte alimentadas com cana-de-açúcar tratada com óxido de cálcio e diferentes níveis de concentrado/ Nutritional parameters of beef heifers fed sugarcane treated with calcium oxide and different concentrate levels

Moraes, Kamila Andreatta Kling de; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Moraes, Eduardo Henrique Bevitori Kling de; Leão, Maria Ignez; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Detmann, Edenio; Nalon, Paula Maria
2008-07-01

Resumo em português Avaliaram-se o consumo, as digestibilidades total e ruminal, a eficiência de síntese microbiana, o balanço de nitrogênio (BN) e os parâmetros ruminais de novilhas de corte em confinamento alimentadas com dietas à base de cana-de-açúcar tratada ou não com óxido de cálcio (CaO - 1%) e diferentes níveis concentrado (NC), em confinamento. Utilizaram-se seis animais (170 kg PC) distribuídos em quadrado latino 6 × 6 incompleto, em esquema fatorial 2 × 3 (cana-de- (mais) açúcar in natura tratada ou não com 1,0% CaO e três NC - 0,0; 0,5 e 1,0% PC). Não houve interação volumoso × CL para o consumo e a digestibilidade total dos nutrientes. Com exceção dos consumos de MS e FDN (em % PC) e das digestibilidades totais de EE e FDN, a cana-de-açúcar tratada com CaO prejudicou o consumo e a digestibilidade dos demais nutrientes. O consumo de FDN não foi influenciado pelo NC, mas o consumo dos demais nutrientes apresentou comportamento linear positivo de acordo com o NC. A digestibilidade total dos nutrientes aumentou linearmente com o NC. As digestibilidades ruminais dos nutrientes não foram afetadas pelo consumo de cana-de-açúcar tratada com CaO. O aumento do NC teve efeito linear positivo sobre as digestibilidades ruminais de MS, MO, PB, FDN. Não houve efeito do tratamento da cana-de-açúcar com CaO sobre o nitrogênio microbiano e a MS microbiana, que aumentaram de acordo com o NC da dieta. As menores retenções de nitrogênio foram observadas nos animais alimentados com cana-de-açúcar tratada com CaO. A cana-de-açúcar tratada com 1% CaO, fornecida após 24 horas de armazenamento, prejudica o consumo da maioria dos nutrientes. O balanço de nitrogênio e o nível de concentrado até 1,0% PC melhoram a ingestão de MS, a digestibilidade da maioria dos nutrientes e o balanço de nutrientes. Resumo em inglês This research was carried out to evaluate the intake, total and ruminal digestibilities, microbial efficiency synthesis, nitrogen balance (NB) and ruminal parameters of beef heifers, fed sugarcane treated or not with calcium oxide (CaO - 1.0%) and different concentrate levels (CL), in feedlot. Six animals (170.0 kg BW) were allotted to a 6 × 6 Latin square design in a 2 × 3 factorial arrangement (sugarcane in nature treated or not with 1.0% CaO and three CL 0.0, 0.5 and (mais) 1.0% BW). No interaction was observed between forage and CL for nutrients intake and total digestibilities. With exception for DM and NDF intakes (% BW) and of EE and NDF total digestibilities, sugarcane treated with CaO prejudice the intake and digestibility of others nutrients. NDF intake was unaffected by CL, however the intake of the other nutrients showed a positive linearly behavior as CL increased. The total apparent digestibilities of nutrients linearly as CL increased. Ruminal digestibilities were unaffected by sugarcane treated with CaO. The increase of CL showed a positive linear behavior for DM, OM, CP, NDF ruminal digestibilities. There was no effect of sugarcane treated or not CaO on microbial nitrogen and microbial DM, which increased as CL increased in the diet. The lesser nitrogen retention was observed in animals fed sugarcane treated with CaO. Sugarcane treated with 1.0% CaO, fed after 24 hours of storage, prejudice the intake of most nutrients. Nitrogen balance and CL up to 1.0% BW improve DM intake, digestibility of most nutrients and nutrient balance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Influência da televisão no consumo alimentar e na obesidade em crianças e adolescentes: uma revisão sistemática/ Television influence on food intake and obesity in children and adolescents: a systematic review

Rossi, Camila Elizandra; Albernaz, Denise Ovenhausen; Vasconcelos, Francisco de Assis Guedes de; Assis, Maria Alice Altenburg de; Di Pietro, Patrícia Faria
2010-08-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi identificar a influência da televisão no consumo alimentar e na obesidade em crianças e adolescentes. Realizou-se revisão sistemática nas bases MedLine, PubMed, SciELO-Brasil e Lilacs, capturando-se 73 artigos publicados entre 1997 e 2007. Definiu-se não analisar artigos com adultos ou pré-escolares, notas, comunicações, revisões, amostras de população específica (indígenas, por exemplo) e enferma (exceto obesidade), e estudos d (mais) e intervenção, selecionando-se vinte artigos para análise. Em seis, dentre oito estudos brasileiros, observou-se associação significativa entre televisão e obesidade, e, em um destes, também se verificou associação positiva entre televisão e consumo alimentar. Nas investigações internacionais, observaram-se seis, dentre dez artigos, evidenciando associação entre televisão e obesidade, além de se identificar associação inversa entre televisão e tempo de atividade física. Em cinco artigos, do total de seis internacionais que investigaram o consumo alimentar, observou-se associação significativa entre televisão e ingestão alimentar, verificando-se que crianças e adolescentes que despendem maior tempo com a televisão tendem a ingerir menos frutas e verduras, e mais porções de salgadinhos, doces e bebidas com elevado teor de açúcar. A associação entre televisão e consumo alimentar foi evidente (85% dos artigos), e a associação com obesidade apareceu em 60% dos artigos. Ao identificar-se que o tempo em frente à TV associa-se à inadequação dos hábitos alimentares e à redução da atividade física, revela-se o hábito de assistir à televisão como um importante fator que pode propiciar a obesidade entre crianças e adolescentes. Resumo em inglês The objective of this study was to identify the influence that watching television has on food intake and obesity in children and adolescents. A systematic review of the MedLine, PubMed, SciELO-Brasil and Lilacs databases was done which resulted in 73 articles published between 1997 and 2007. Articles with adults or preschoolers, notes, communications, reviews, samples of specific populations (Indians for example) or diseases (except for obesity) and intervention studies (mais) were excluded, resulting in 20 articles for analysis. In six of eight Brazilian studies, there was a significant association between watching television and obesity. In one of them, there was also a significant association between watching television and food intake. In six of ten international studies, there was a positive association between watching television and obesity and a negative association between times spent watching television and doing physical activity. In five out of six international studies that investigated food intake, there was a significant association between watching television and food intake. It was also found that children and adolescents who spend more time watching television tend to consume less fruits and vegetables and more salty snacks, sweets and sugar-rich beverages. The association between watching television and food intake was evident, found in 85% of the articles, and the association between watching television and obesity was found in 60% of the articles. Since time spent watching television is associated with unhealthy food habits and reduced levels of physical activity, it becomes an important factor in the promotion of obesity in children and adolescents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Subprodutos industriais na ensilagem de capim-elefante para cabras leiteiras: consumo, digestibilidade de nutrientes e produção de leite/ Industrial by-products in elephant grass silage for dairy goats: intake, nutrient digestibility and milk yield

Oliveira, Jobel Beserra de; Pires, Aureliano José Vieira; Carvalho, Gleidson Giordano Pinto de; Ribeiro, Leandro Sampaio Oliveira; Cruz, Jurandir Ferreira da; Silva, Fabiano Ferreira da
2010-02-01

Resumo em português O experimento foi conduzido para avaliar o consumo, a digestibilidade aparente e a produção do leite em cabras alimentadas com silagens de capim-elefante contendo subprodutos industriais. Utilizaram-se oito cabras da raça Saanen, distribuídas em dois quadrados latinos 4 × 4, com 4 períodos de 14 dias (10 dias de adaptação e 4 dias para coleta de dados). Os tratamentos foram: silagem de capim-elefante + concentrado; silagem de capim-elefante com 15% de farelo d (mais) e mandioca + concentrado; silagem de capim-elefante com 15% de casca de café + concentrado; silagem de capim-elefante com 15% farelo de cacau + concentrado. Os maiores consumos de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), carboidratos totais (CT), carboidratos não-fibrosos (CNF) e nutrientes digestíveis totais foram observados entre os animais alimentados com a silagem contendo farelo de mandioca. As silagens com farelo de mandioca ou casca de café promoveram maior consumo de extrato etéreo. Os maiores valores de digestibilidade da MS, MO, EE e CT foram obtidos na dieta contendo silagem de capim-elefante com farelo de mandioca. O valor de digestibilidade dos CNF foi semelhante entre as dietas contendo silagem de capim-elefante com farelo de mandioca, casca de café e farelo de cacau. A digestibilidade de fibra em detergente neutro e de fibra em detergente ácido foi maior para a silagem sem aditivo, com farelo de mandioca ou farelo de cacau. Entre os subprodutos avaliados, o farelo de mandioca é o que promove maiores consumos, digestibilidades dos nutrientes e produção de leite em cabras alimentadas com silagem de capim-elefante. Resumo em inglês The experiment was carried out to evaluate the intake, apparent digestibility and the milk yield of goats fed elephant grass silages containing industrial by-products. Eight Saanen breed goats were used, distributed in two 4 × 4 Latin squares, with four 14-day periods (ten days of adaptation and four days for data collection). The treatments were: elephant grass silage + concentrate; elephant grass silage containing 15% cassava meal + concentrate; elephant grass sila (mais) ge containing 15% coffee hulls + concentrate; elephant grass silage containing 15% cocoa meal + concentrate. The greatest intakes of dry matter (DM), organic matter (OM), total carbohydrates (TC), nonfiber carbohydrate (NFC) and digestible total nutrients were observed in the animals fed silage containing cassava meal. The greatest intake of ether extract was verified in the silages with cassava meal or coffee hulls. The greatest digestibility values of the DM, OM, EE and TC were obtained in the diet containing elephant grass silage with cassava meal. The NFC digestibility value was similar among diets containing elephant grass silage with cassava meal, coffee hulls and cocoa meal. The neutral detergent fiber and acid detergent fiber digestibility was greater in the silage without additive, with cassava meal or cocoa meal. Greater intake, digestibility coefficients and milk yield were obtained in goats fed elephant grass silage containing cassava meal.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Resposta de vacas leiteiras à substituição total de milho por polpa cítrica e à suplementação com microminerais orgânicos I: consumo e digestão/ Response of lactating cows to the total replacement of corn by citrus pulp and to the supplementation of organic trace minerals I: intake and digestion

Salvador, S.C.; Pereira, M.N.; Santos, J.F.; Melo, L.Q.; Chaves, M.L.
2008-06-01

Resumo em português Avaliou-se a resposta de vacas leiteiras à substituição total de milho maduro finamente moído por polpa cítrica peletizada. O teor dietético do milho foi 10% e o de polpa 24% nos tratamentos com milho, e o de polpa foi 33% nas dietas exclusivas com polpa. Simultaneamente, foi avaliada a substituição total de fontes inorgânicas de Cu, Mn, Se, Zn e Cr por fontes orgânicas. Quatro dietas baseadas em silagem de milho foram geradas por arranjo fatorial dos dois fator (mais) es. Dezesseis vacas receberam os tratamentos em quadrado latino 4x4. O efeito da substituição de fontes inorgânicas por fontes orgânicas de microminerais não foi conclusivo. O consumo diário de matéria seca foi 19,4kg na polpa e 20,5kg na dieta com milho (P=0,03). O consumo de matéria orgânica digestível foi maior nas dietas com milho (P Resumo em inglês The response of lactating cows to the total replacement of finely ground mature corn by pelleted citrus pulp was evaluated. Treatments with corn contained 10% corn and 24% citrus pulp while citrus diets contained 33% citrus pulp. The complete replacement of inorganic sources of Cu, Mn, Se, Zn, and Cr by organic sources was simultaneously evaluated. Four corn silage based diets were generated by a factorial arrangement of the two factors. Sixteen cows received the treatmen (mais) ts in 4x4 latin squares. The effect of substituting inorganic by organic mineral sources was not conclusive. Daily dry matter intake was 19.4kg for citrus diets and 20.5kg with corn (P=0.03). The digestible organic matter intake was increased by corn supplementation (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Reprodutibilidade de questionário semiquantitativo de freqüência alimentar elaborado para adolescentes da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil/ Reliability of a semi-quantitative food frequency questionnaire designed for adolescents from the Rio de Janeiro Metropolitan Area, Brazil

Araújo, Marina Campos; Ferreira, Daniele Mendonça; Pereira, Rosangela Alves
2008-12-01

Resumo em português A reprodutibilidade de questionário semiquantitativo de freqüência alimentar (QSFA) para adolescentes do Rio de Janeiro, Brasil, foi analisada entre 108 adolescentes. O intervalo médio entre as duas aplicações do QSFA foi de vinte dias. A lista de alimentos e as porções de referência do QSFA basearam-se em dados de registros alimentares de 430 adolescentes. Estimaram-se coeficientes de correlação intraclasse para itens alimentares e coeficientes de correlação (mais) de Pearson para nutrientes. A concordância da classificação em quartis para nutrientes foi estimada pelo kappa ponderado. O método de Bland-Altman avaliou a concordância para nutrientes. Apresentaram-se dados brutos e ajustados pela energia. Para os itens alimentares, a média dos coeficientes de correlação intraclasse foi 0,54. Para dados ajustados, a concordância para o mesmo quartil e quartis adjacentes variou de 72% a 86%. Segundo o método de Bland-Altman, a concordância média variou de 77% a 104% e foram independentes da magnitude do consumo, exceto para vitamina A. Os coeficientes de correlação de Pearson variaram de 0,40 a 0,61. O QSFA demonstrou confiabilidade aceitável para as estimativas de alimentos e nutrientes de adolescentes da área considerada. Resumo em inglês A test-retest study was carried out to assess the reproducibility of a semi-quantitative food frequency questionnaire (SFFQ) designed for adolescents. The study group included 108 individuals. The mean interval between the two interviews was 20 days. Three days of food records from 430 adolescents were used to define the items and portions in the SFFQ. Intraclass correlation coefficients (ICC) were estimated to assess the agreement in food item reports. The agreement for (mais) energy and nutrient intake was assessed by Pearson's correlation coefficients, weighted kappa (agreement in quartile classification), and the Bland-Altman method. Data for nutrients were adjusted according to energy intake. Mean ICC was 0.54. The categorization in the same and in the adjacent quartile for data adjusted for energy intake ranged from 72% to 86% (mean = 80%). According to the Bland-Altman method, mean agreements ranged from 77% to 104% and were independent of the intake variation, except for vitamin A. Pearson's correlation coefficients ranged from 0.40 to 0.61 (mean = 0.52). The SFFQ showed acceptable reliability to assess food, energy, and nutrient intake by adolescents in the study area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Reprodutibilidade de questionário semiquantitativo de freqüência alimentar elaborado para adolescentes da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil/ Reliability of a semi-quantitative food frequency questionnaire designed for adolescents from the Rio de Janeiro Metropolitan Area, Brazil

Araújo, Marina Campos; Ferreira, Daniele Mendonça; Pereira, Rosangela Alves
2008-12-01

Resumo em português A reprodutibilidade de questionário semiquantitativo de freqüência alimentar (QSFA) para adolescentes do Rio de Janeiro, Brasil, foi analisada entre 108 adolescentes. O intervalo médio entre as duas aplicações do QSFA foi de vinte dias. A lista de alimentos e as porções de referência do QSFA basearam-se em dados de registros alimentares de 430 adolescentes. Estimaram-se coeficientes de correlação intraclasse para itens alimentares e coeficientes de correlação (mais) de Pearson para nutrientes. A concordância da classificação em quartis para nutrientes foi estimada pelo kappa ponderado. O método de Bland-Altman avaliou a concordância para nutrientes. Apresentaram-se dados brutos e ajustados pela energia. Para os itens alimentares, a média dos coeficientes de correlação intraclasse foi 0,54. Para dados ajustados, a concordância para o mesmo quartil e quartis adjacentes variou de 72% a 86%. Segundo o método de Bland-Altman, a concordância média variou de 77% a 104% e foram independentes da magnitude do consumo, exceto para vitamina A. Os coeficientes de correlação de Pearson variaram de 0,40 a 0,61. O QSFA demonstrou confiabilidade aceitável para as estimativas de alimentos e nutrientes de adolescentes da área considerada. Resumo em inglês A test-retest study was carried out to assess the reproducibility of a semi-quantitative food frequency questionnaire (SFFQ) designed for adolescents. The study group included 108 individuals. The mean interval between the two interviews was 20 days. Three days of food records from 430 adolescents were used to define the items and portions in the SFFQ. Intraclass correlation coefficients (ICC) were estimated to assess the agreement in food item reports. The agreement for (mais) energy and nutrient intake was assessed by Pearson's correlation coefficients, weighted kappa (agreement in quartile classification), and the Bland-Altman method. Data for nutrients were adjusted according to energy intake. Mean ICC was 0.54. The categorization in the same and in the adjacent quartile for data adjusted for energy intake ranged from 72% to 86% (mean = 80%). According to the Bland-Altman method, mean agreements ranged from 77% to 104% and were independent of the intake variation, except for vitamin A. Pearson's correlation coefficients ranged from 0.40 to 0.61 (mean = 0.52). The SFFQ showed acceptable reliability to assess food, energy, and nutrient intake by adolescents in the study area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Relação do zinco e cobre plasmáticos com componentes nutricionais e desempenho de leitões: uma meta-análise/ Relation of plasma zinc and copper with nutritional components and performance of weanling pigs: a meta-analysis

Hauschild, Luciano; Lovatto, Paulo Alberto; Carvalho, Amanda d'Ávila; Andretta, Ines; Lehnen, Cheila Roberta
2008-03-01

Resumo em português Foi realizada uma meta-análise para estudar a relação do zinco (Zn) e cobre (Cu) plasmáticos com os nutrientes da dieta e ganho de peso em leitões. A base de dados contemplou 18 publicações. As variáveis nutricionais consideradas na análise foram ingestões de PB, lisina, Ca, P, Cu e Zn. Foram realizadas análises de regressão por intermédio de modelos mistos. O Zn plasmático foi influenciado pelo P, Zn ingeridos e Cu plasmático. O P ingerido e Cu plasmático (mais) afetaram negativamente o Zn plasmático. A análise de regressão mostrou que, para cada grama de P total ingerido/kg PV0,6, houve redução de 0,043 mg/L de Zn plasmático. O Cu plasmático foi influenciado pelo Ca, P, Cu e o Zn ingerido. O Ca e Zn ingerido afetaram negativamente o Cu plasmático. O ganho de peso foi influenciado pela PB, Ca, lisina e Cu ingeridos e o Zn plasmático. O Zn ingerido apresentou efeito negativo no metabolismo do Cu, mas o Zn plasmático teve influência positiva no ganho de peso. Neste estudo de meta-análise, identificaram-se alguns fatores de origem dietética, como o P e Ca, que influenciam negativamente a absorção e o metabolismo de Zn e Cu em leitões. Resumo em inglês A meta-analysis was carried out to study the relationship among plasma Zn and Cu with diet nutrients and piglets weight gain. Eighteen publications were considered in the database. The intake of CP, lysine, Ca, P, Cu and Zn was considered as variable in the analysis. Regression analyses were used through mixed models. Plasma Zn was affected by P and Zn intake as well as Cu plasma. P intake and plasma Cu affected negatively plasmatic Zn. The regression analysis showed that (mais) for each gram of total P intake/kg BW0.6 there was reduction in 0.043 mg/L of plasmatic Zn. Plasma Cu was affected by Ca, P, Cu and Zn intake. Ca and Zn intake affected negatively plasma Cu. Weight gain was affected by CP, Ca, lysine and Cu intake as well as plasma Zn. A negative effect of Zn intake on Cu metabolism was observed; however plasma Zn had a positive effect on piglets weight gain. This meta-analysis study identified some factors of dietary origin, as P and Ca, which influence negatively the absorption and the metabolism of Zn and Cu in weanling pigs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Níveis de fibra em detergente neutro forrageiro na alimentação de ovelhas Santa Inês gestantes/ Level of fiber on feeding of Santa Ines pregnant ewes

Macedo Junior, G.L.; França, P.M.; Assis, R.M.; Almeida, T.R.V.; Paula, O.J.; Pérez, J. R.O.; Baião, A.A.F.; Borges, I.; Silva, V.B.
2009-02-01

Resumo em português Avaliaram-se o consumo, a digestibilidade aparente e o comportamento ingestivo de ovelhas no terço final de gestação com dietas contendo diferentes níveis de fibra em detergente neutro forrageiro (FDNf). Foram utilizadas 16 ovelhas adultas da raça Santa Inês, distribuídas em um delineamento inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos: 9, 17, 26 e 35% de FDNf. Os consumos de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, energia bruta, energia digestível e e (mais) nergia metabolizável não foram influenciados pelos tratamentos, e os consumos de fibra em detergente neutro (FDN) e de fibra em detergente ácido (FDA) aumentaram com maiores níveis de FDNf. As digestibilidades do FDN e FDA e o tempo gasto pelos animais com ruminação também aumentaram com maiores níveis de FDNf na dieta. Dietas com maior quantidade de FDNf influenciaram comportamento ingestivo e digestibilidade de ovelhas em fase final de lactação. Resumo em inglês The intake, apparent digestibility and feeding behavior of pregnant ewes ped diets containing different levels of neutral detergent fiber (NDF) were evaluated. Sixteen Santa Inês ewes were randomly assigned to four treatments with 9, 17, 26 e 35% of NDF. Dry matter (DM), organic matter, crude protein, crude energy, digestible energy and metabolizable energy intake were not affected by the level of NDF in the diet, however, NDF and acid detergent fiber (ADF) intake increa (mais) sed with the increase of NDF diet levels. The apparent digestibility of the NDF and ADF and rumination time increased with the NDF diet level. Higher NDF diet levels influenced feeding behavior and apparent digestibility of ewes at the end of the lactation period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Nutrição e excesso de massa corporal: fatores de risco cardiovascular em adolescentes/ Nutrition and excess body mass: cardiovascular risk factors in adolescents

Rêgo, Ana Lúcia Viégas; Chiara, Vera Lucia
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a freqüência de hipertensão arterial, sedentarismo e consumo alimentar inadequado em adolescentes com excesso de massa corporal. MÉTODOS: Estudo transversal com 56 adolescentes, sendo 21 meninos e 35 meninas, entre 10 e 19 anos. As variáveis foram: sexo, idade, peso, estatura, índice de massa corporal, classificação nutricional, hipertensão arterial, atividade física e consumo alimentar de risco cardiovascular. Avaliou-se o consumo alimentar (mais) com questionário que estabelece consumo de risco cardiovascular entre adolescentes por categorias de consumo, segundo pontuações por quantidades e freqüência consumida. Do questionário originaram-se as variáveis categorias de consumo e pontuações. Aplicou-se correlação de Spearman entre índice de massa corporal, idade e pontuação de consumo. Por teste "t" de Student compararam-se entre os sexos as médias de índice de massa corporal, idade, massa corporal, estatura e pontuação de consumo, e por qui-quadrado as freqüências por presença e ausência de hipertensão arterial, prática de atividade física e categorias de consumo. Com teste Kruskal-Wallis, analisou-se a variância da pontuação de consumo entre grupos. RESULTADOS: Não houve diferenças estatísticas entre os sexos para atividade física (p=0,68), hipertensão arterial (p=0,94), excesso de massa corporal (p=0,31) e categorias de consumo (p=0,53). O índice de massa corporal não se correlacionou com a idade (r=0,20 e p=0,14) e a pontuação de consumo (r=-0,06 e p=0,60). Não houve diferença estatística (p=0,19) na pontuação do consumo por grupos. CONCLUSÃO: Os adolescentes não apresentaram distinções por sexo quanto à prevalência de hipertensão arterial, sedentarismo e consumo alimentar de risco cardiovascular, embora as meninas apresentassem maior freqüência desses fatores quando agrupados. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the frequency of arterial hypertension, inactivity and inadequate food intake related to cardiovascular risk in adolescents with excess body mass. METHODS: Cross-sectional study including 56 adolescents (21 boys and 35 girls) aged 10-19 years. Variables were: gender, age, weight, height, body mass index, nutritional classification, arterial hypertension, physical activity, and food intake categories scored in terms of cardiovascular risk. This intake (mais) was assessed through a questionnaire which established cardiovascular risk intake among adolescents by intake categories according to scored amounts and intake frequency. The questionnaire originated the variables intake categories and scores. Spearman's correlation was applied among body mass index, age and intake score. Student's test compared body mass index averages, age, body mass, stature and intake score, according to gender; and the chi-square test assessed frequencies according to presence and absence of arterial hypertension, physical exercise practice and intake categories. The Kruskal-Wallis test analyzed the variation of intake scores among the groups. RESULTS: There was no statistical difference between genders in physical activity (p=0.68), arterial hypertension (p=0.94), body mass excess (p=0.31), or intake categories (p=0.53). Body mass index did not correlate with age (r=0.20, p=0.14) or intake score (r=-0.06, p=0.60). There was no statistical difference (p=0.19) in intake scores among the groups. CONCLUSION: Adolescents showed no gender differences concerning arterial hypertension prevalence, inactivity and food intake related to cardiovascular risk, although for girls these factors were more frequent when these were grouped.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Mudanças no consumo alimentar de mulheres do Município do Rio de Janeiro, Brasil, 1995-2005/ Changing in dietary intake by women in the Municipality of Rio de Janeiro, Brazil, from 1995 to 2005

Pereira, Rosângela Alves; Andrade, Roseli Gomes de; Sichieri, Rosely
2009-11-01

Resumo em português Compara-se o consumo alimentar de mulheres de 35 anos e mais investigado em dois estudos transversais de base populacional desenvolvidos no Rio de Janeiro, Brasil, em 1995-1996 (n = 1.014) e 2004-2005 (n = 1.001). Utilizou-se questionário de freqüência do consumo de alimentos para estimar o consumo de alimentos e o índice de massa corporal (IMC = peso/estatura²) para avaliar o estado nutricional. A prevalência da obesidade (IMC 30kg/m²) aumentou no período de 10 a (mais) nos (16,6% para 24%). O consumo de diversos alimentos com alta densidade energética sofreu incremento, como: biscoitos salgados, doces, bacon, lingüiça/salsicha e hambúrguer. Outros foram relatados com menor freqüência: manteiga/margarina, maionese, batata frita ou chips, e açúcar. Frutas, leite, feijão, raízes e tubérculos, e carnes tiveram redução do consumo. Mulheres com escolaridade elevada apresentaram maior redução no consumo de frutas e carnes. As mudanças na prevalência da obesidade parecem estar relacionadas com as modificações do consumo de alimentos e dependentes do grau de escolarização. Resumo em inglês This article compares food intake by women 35 years or older in two population-based cross-sectional studies in Rio de Janeiro, Brazil, in 1995-1996 (n = 1,014) and 2004-2005 (n = 1,001). Food intake was assessed with a food-frequency questionnaire, and nutritional status was defined according to body mass index (BMI = weight/height²). Prevalence of obesity (BMI 30kg/m²) increased in the ten-year period (16.6% to 24%). Many high energy density (kcal/g) foods showed a st (mais) atistically significant increase in the period, such as crackers, candies, bacon, sausage, and hamburger. Some high energy density items were reported less frequently: butter, mayonnaise, potato chips, and sugar. The intake of fruits, milk, beans, roots and potatoes, and meat decreased in the 10-year period. Women with more education showed a larger reduction in fruit and meat intake and a smaller reduction in fish, dairy product, and root and potato intake. Changes in prevalence of obesity were associated with numerous changes in food intake, depending on the level of schooling.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Mudanças no consumo alimentar de mulheres do Município do Rio de Janeiro, Brasil, 1995-2005/ Changing in dietary intake by women in the Municipality of Rio de Janeiro, Brazil, from 1995 to 2005

Pereira, Rosângela Alves; Andrade, Roseli Gomes de; Sichieri, Rosely
2009-11-01

Resumo em português Compara-se o consumo alimentar de mulheres de 35 anos e mais investigado em dois estudos transversais de base populacional desenvolvidos no Rio de Janeiro, Brasil, em 1995-1996 (n = 1.014) e 2004-2005 (n = 1.001). Utilizou-se questionário de freqüência do consumo de alimentos para estimar o consumo de alimentos e o índice de massa corporal (IMC = peso/estatura²) para avaliar o estado nutricional. A prevalência da obesidade (IMC 30kg/m²) aumentou no período de 10 a (mais) nos (16,6% para 24%). O consumo de diversos alimentos com alta densidade energética sofreu incremento, como: biscoitos salgados, doces, bacon, lingüiça/salsicha e hambúrguer. Outros foram relatados com menor freqüência: manteiga/margarina, maionese, batata frita ou chips, e açúcar. Frutas, leite, feijão, raízes e tubérculos, e carnes tiveram redução do consumo. Mulheres com escolaridade elevada apresentaram maior redução no consumo de frutas e carnes. As mudanças na prevalência da obesidade parecem estar relacionadas com as modificações do consumo de alimentos e dependentes do grau de escolarização. Resumo em inglês This article compares food intake by women 35 years or older in two population-based cross-sectional studies in Rio de Janeiro, Brazil, in 1995-1996 (n = 1,014) and 2004-2005 (n = 1,001). Food intake was assessed with a food-frequency questionnaire, and nutritional status was defined according to body mass index (BMI = weight/height²). Prevalence of obesity (BMI 30kg/m²) increased in the ten-year period (16.6% to 24%). Many high energy density (kcal/g) foods showed a st (mais) atistically significant increase in the period, such as crackers, candies, bacon, sausage, and hamburger. Some high energy density items were reported less frequently: butter, mayonnaise, potato chips, and sugar. The intake of fruits, milk, beans, roots and potatoes, and meat decreased in the 10-year period. Women with more education showed a larger reduction in fruit and meat intake and a smaller reduction in fish, dairy product, and root and potato intake. Changes in prevalence of obesity were associated with numerous changes in food intake, depending on the level of schooling.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Interação entre gene e nutriente e sua associação à obesidade e ao diabetes melito/ Gene-nutrient interaction and its association with obesity and diabetes mellitus

Steemburgo, Thais; Azevedo, Mirela J.de; Martínez, José Alfredo
2009-07-01

Resumo em português A genômica nutricional avalia o efeito da variação genética na interação entre dieta e doenças crônicas. O objetivo deste manuscrito foi revisar os principais polimorfismos associados à obesidade, ao diabetes melito e também aos fatores da dieta. As principais interações entre polimorfismos genéticos e dieta foram: para obesidade: interleucina-6 (IL-6) com consumo energético; receptor ativado por proliferador de peroxissoma gama 2 (PPAR-gama2) e fat mass and (mais) obesity associated (FTO) com consumo de gorduras; receptor β-adrenérgico 2 (ADRB2) e receptor da melanocortina-4 (MCR4) com consumo de carboidratos; para perda de peso: proteínas desacopladoras (UCPs) com restrição calórica; para leptinemia: receptor da leptina (LEPR) com restrição calórica; para diabetes melito: PPAR-gama2 com consumo de gordura; para hipertrigliceridemia: proteína transportadora de ácidos graxos 2 (FABP2) com consumo de gordura. Os dados apresentados sugerem que a genômica nutricional é importante ao desenvolvimento da obesidade e do diabetes melito. Resumo em inglês Nutritional genomics evaluates the effects of genetic variation in the interaction between diet and chronic diseases. The aim of this manuscript was to review the most important genetic polymorphisms associated with obesity, diabetes mellitus, and dietary factors. The main interactions among genetic polymorphisms and diet were: for obesity: interleukin-6 (IL-6) with daily intake; peroxisome proliferator-activated receptor gamma 2 (PPAR-gama2) and fat mass and obesity asso (mais) ciated (FTO) with fat intake; β-adrenergic receptor 2 (ADRB2) and melanocortin receptor 4 (MCR4) with carbohydrate intake; or reduction in body weight: uncoupling proteins (UCPs) with restriction of energy; for leptinemia: leptin receptor (LEPR) with restriction of energy; for diabetes mellitus: PPAR-gama2 with fat intake; for hypertriglyceridemia: fatty acid-binding protein 2 (FABP2) with fat intake. The data demonstrated suggest that nutritional genomics is important for the development of obesity and diabetes mellitus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Interação entre consumo alimentar e polimorfismos da GSTM1 e GSTT1 no risco para o câncer de cabeça e pescoço: estudo caso-controle em São Paulo, Brasil/ Interaction between dietary intake and GSTM1 and GSTT1 polymorphisms in head and neck cancer risk: a case-control study in São Paulo, Brazil

Marchioni, Dirce Maria Lobo; Gattás, Gilka Jorge Figaro; Curioni, Otavio A.; Carvalho, Marcos Brasilino de
2011-02-01

Resumo em português O objetivo foi investigar a interação entre fatores dietéticos e polimorfismos de enzimas de metabolização de xenobióticos (GSTM1 e GSTT1) associadas ao câncer de cabeça e pescoço em um estudo caso controle de base hospitalar, no Município de São Paulo, Brasil. Participaram 103 casos incidentes, histologicamente confirmados, e 101 controles. O consumo alimentar foi obtido por um questionário de frequência alimentar validado. Os polimorfismos GSTM1 e GSTT1 for (mais) am avaliados pelo método PCR. Observou-se aumento de risco no mais alto tercil de consumo de carne bovina na presença do alelo nulo da GSTM1 (OR = 10,79; IC95%: 2,17-53,64) e GSTT1 (OR = 3,41; IC95%: 0,43-27,21). Considerando-se a razão entre alimentos de origem animal e vegetal, verificou-se para o tercil intermediário a OR = 2,02 (IC95%: 0,24-16,0) e no tercil superior OR = 3,23 (IC95%: 0,40-25,92). Os resultados apontam para uma possível interação entre o consumo de carne e variantes polimórficas dos genes GSTM1 e GSTT1 na modulação do risco para o câncer de cabeça e pescoço, influenciados pelo consumo de alimentos de origem vegetal. Resumo em inglês A hospital-based case-control study was conducted to investigate the potential interaction between dietary factors and polymorphisms in phase II metabolic enzymes GSTM1 and GSTT1, associated with head and neck cancer risk. The study included 103 histologically confirmed incident cases and 101 controls. Food intake was estimated with a validated food frequency questionnaire. The gene polymorphisms were evaluated by PCR. Increased risk was observed in the highest tertile of (mais) beef consumption in the presence of the GSTM1 (OR = 10.79; 95%CI: 2.17-53.64) and GSTT1 null alleles (OR = 3.41; 95%CI: 0.43-27.21). Assessment of dietary intake considering the ratio between animal product and vegetable consumption showed OR = 2.35 (95%CI: 0.27-19.85) in the intermediate tertile and OR = 3.36 (95%CI: 0.41-27.03) in the highest tertile. The results suggest a possible interaction between meat intake and GSTM1/GSTT1 polymorphisms in modulating the risk of head and neck cancer, influenced by vegetable consumption.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Interação entre consumo alimentar e polimorfismos da GSTM1 e GSTT1 no risco para o câncer de cabeça e pescoço: estudo caso-controle em São Paulo, Brasil/ Interaction between dietary intake and GSTM1 and GSTT1 polymorphisms in head and neck cancer risk: a case-control study in São Paulo, Brazil

Marchioni, Dirce Maria Lobo; Gattás, Gilka Jorge Figaro; Curioni, Otavio A.; Carvalho, Marcos Brasilino de
2011-02-01

Resumo em português O objetivo foi investigar a interação entre fatores dietéticos e polimorfismos de enzimas de metabolização de xenobióticos (GSTM1 e GSTT1) associadas ao câncer de cabeça e pescoço em um estudo caso controle de base hospitalar, no Município de São Paulo, Brasil. Participaram 103 casos incidentes, histologicamente confirmados, e 101 controles. O consumo alimentar foi obtido por um questionário de frequência alimentar validado. Os polimorfismos GSTM1 e GSTT1 for (mais) am avaliados pelo método PCR. Observou-se aumento de risco no mais alto tercil de consumo de carne bovina na presença do alelo nulo da GSTM1 (OR = 10,79; IC95%: 2,17-53,64) e GSTT1 (OR = 3,41; IC95%: 0,43-27,21). Considerando-se a razão entre alimentos de origem animal e vegetal, verificou-se para o tercil intermediário a OR = 2,02 (IC95%: 0,24-16,0) e no tercil superior OR = 3,23 (IC95%: 0,40-25,92). Os resultados apontam para uma possível interação entre o consumo de carne e variantes polimórficas dos genes GSTM1 e GSTT1 na modulação do risco para o câncer de cabeça e pescoço, influenciados pelo consumo de alimentos de origem vegetal. Resumo em inglês A hospital-based case-control study was conducted to investigate the potential interaction between dietary factors and polymorphisms in phase II metabolic enzymes GSTM1 and GSTT1, associated with head and neck cancer risk. The study included 103 histologically confirmed incident cases and 101 controls. Food intake was estimated with a validated food frequency questionnaire. The gene polymorphisms were evaluated by PCR. Increased risk was observed in the highest tertile of (mais) beef consumption in the presence of the GSTM1 (OR = 10.79; 95%CI: 2.17-53.64) and GSTT1 null alleles (OR = 3.41; 95%CI: 0.43-27.21). Assessment of dietary intake considering the ratio between animal product and vegetable consumption showed OR = 2.35 (95%CI: 0.27-19.85) in the intermediate tertile and OR = 3.36 (95%CI: 0.41-27.03) in the highest tertile. The results suggest a possible interaction between meat intake and GSTM1/GSTT1 polymorphisms in modulating the risk of head and neck cancer, influenced by vegetable consumption.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Hábito alimentar de escolares adolescentes de um município do oeste do Paraná/ Food habits of adolescent students from a municipality in western Paraná, Brazil

Dalla Costa, Marcia Cristina; Cordoni Júnior, Luiz; Matsuo, Tiemi
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Este estudo objetivou identificar o padrão de consumo alimentar de 2562 escolares de 14 a 19 anos das escolas urbanas, públicas e particulares, do município de Toledo, Paraná, bem como os fatores associados à classe econômica e ao sexo. MÉTODOS: Para caracterizar o consumo alimentar utilizou-se Questionário de Freqüência de Consumo Alimentar validado. A análise estatística foi realizada seguindo os grupos da pirâmide alimentar, e as associações da (mais) s variáveis foram realizadas pelo teste Qui-quadrado com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Os alimentos que apresentaram maior consumo em cada grupo foram: pão e arroz, alface e tomate, banana e laranja, leite integral e desnatado, carne de gado e frango, feijão, margarina e maionese, açúcar e balas/doces. A associação da freqüência de consumo com a renda familiar foi significante entre os mais pobres para os grupos dos pães, cereais, raízes e tubérculos, das leguminosas e dos óleos e gorduras. Entre os mais ricos encontram-se os grupos das hortaliças, das frutas, dos leites e produtos lácteos. Quanto ao sexo, as meninas consomem mais alimentos dos grupos das hortaliças e dos açúcares e doces, já entre os meninos prevalece o consumo de leite, leguminosas, óleos e gorduras. CONCLUSÃO: Esses resultados mostram diferença de consumo entre os sexos e sugerem que a renda famíliar associa-se ao consumo alimentar dos escolares. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to identify the food intake patterns of 2562 students aging from 14 to 19 years from public and private schools of the municipality of Toledo, Paraná, Brazil. Associations between intake patterns and gender and intake patterns and social class were also investigated. METHODS: A validated food frequency questionnaire was used to characterize food intake. Statistical analysis was based on the food guide pyramid and the variables a (mais) ssociated with the chi-square test, using a significance level set at 5%. RESULTS: The foods with highest intakes were: bread and rice, lettuce and tomato, banana and orange, whole milk and skim milk, beef and poultry, beans, margarine and mayonnaise, sugar and candies/sweets. The association between intake frequency and family income was significant among the poorest for the following groups: breads, cereals, nuts and seeds, legumes and oils and fats. Among the wealthiest, the groups were: vegetables, fruits, milks and dairy. Regarding gender, girls consume more vegetables and sweets and boys consume more milk, legumes, oils and fats. CONCLUSION: These results show that there is a difference in intakes between genders and suggest that family income is associated with food intake among students.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Food patterns according to sociodemographics, physical activity, sleeping and obesity in Portuguese children

Moreira, Pedro; Santos, Susana; Padrão, Patrícia; Cordeiro, Tânia; Bessa, Mariana; Valente, Hugo; Barros, Renata

Our study aimed to describe the association between food patterns and gender, parental education, physical activity, sleeping and obesity in 1976 children aged 5−10 years old. Dietary intake was measured by a semi quantitative food frequency questionnaire; body mass index was calculated and ca...

DRIVER (Portuguese)

68

Fatores associados ao consumo regular de refrigerante não dietético em adultos de Pelotas, RS/ Factors associated with regular non-diet soft drink intake among adults in Pelotas, Southern Brazil/ Factores asociados al consumo regular de gaseosa no dietética en adultos de Pelotas, Sur de Brasil

Rombaldi, Airton José; Neutzling, Marilda Borges; Silva, Marcelo Cozzensa da; Azevedo, Mario Renato; Hallal, Pedro Curi
2011-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar fatores associados ao consumo regular de refrigerantes não dietéticos por adultos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com 972 adultos (20 a 69 anos) do município de Pelotas, RS, realizado em 2006. A freqüência de consumo nos 12 meses anteriores à pesquisa foi medida por meio da pergunta: "em geral desde o (mais) para fins de análise. Foi considerado consumo regular de refrigerante não dietético a freqüência de cinco ou mais vezes por semana. A associação entre o desfecho e variáveis demográficas, socioeconômicas, comportamentais e nutricionais foi analisada pelo teste qui-quadrado para heterogeneidade e tendência linear e a análise multivariável foi realizada por meio de regressão de Poisson, com variância robusta. RESULTADOS: Cerca de um quinto da população adulta de Pelotas (20,4%) ingeria regularmente refrigerante não dietético. Indivíduos do sexo masculino (RP 1,50; IC95%: 1,20;2,00), fumantes atuais (RP 1,60; IC95%: 1,20;2,10) e que consumiam semanalmente lanches (RP 2,10; IC95%: 1,60;2,70) apresentaram maior prevalência de consumo de refrigerantes não dietéticos na análise ajustada. A análise estratificada por sexo mostrou que o consumo regular de frutas, legumes e verduras foi fator protetor ao consumo de refrigerantes entre mulheres (RP 0,50; IC95%: 0,30;0,90). CONCLUSÕES: A freqüência do consumo regular de refrigerantes não dietéticos na população adulta foi elevada, particularmente entre homens, jovens e fumantes. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar factores asociados al consumo regular de gaseosas no dietéticas por adultos. MÉTODOS: Estudio transversal de base poblacional con 972 adultos (20 a 69 años) del municipio de Pelotas, Sur de Brasil, realizado en 2006. La frecuencia de consumo en los 12 meses anteriores a la investigación fue medida por medio de la pregunta: "en general desde el (mais) eron dicotomizadas para fines de análisis. Fue considerado consumo regular de refrigerante no dietético la frecuencia de cinco o más veces por semana. La asociación con variables demográficas, socioeconómicas, conductuales y nutricionales fue analizada por la prueba de chi-cuadrado para heterogeneidad y tendencia linear y el análisis multivariable fue realizado por medio de regresión de Poisson, con variancia robusta. RESULTADOS: Cerca de un quinto de la población adulta de Pelotas (20,4%) ingería regularmente gaseosa no dietética. Individuos del sexo masculino (RP 1,50; IC95%: 1,20;2,00), fumadores actuales (RP 1,60; IC 95%: 1,20;2,10) y que consumían semanalmente meriendas (RP 2,10; IC95%: 1,60;2,70) presentaron mayor prevalencia de consumo de gaseosas no dietéticas en el análisis ajustado. El análisis estratificado por sexo mostró que el consumo regular de frutas, legumbres y verduras fue factor protector al consumo de gaseosas entre mujeres (RP 0,50; IC95%: 0,30;0,90). CONCLUSIONES: La frecuencia de consumo regular de gaseosas no dietéticas en la población adulta fue elevada, particularmente entre hombres, jóvenes y fumadores. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess factors associated with regular intake of non-diet soft drinks among adults. METHODS: Population-based cross-sectional study including 972 adults (aged 20 to 69) in the city of Pelotas, Southern Brazil, conducted in 2006. The frequency of non-diet soft drink intake in the 12 months prior to the study was evaluated by the question: "In general since last (mais) the analysis. Intake of non-diet soft drinks five times or more per week was considered regular intake. The association between the outcome and sociodemographic, behavioral and nutritional variables was tested using the chi-square test for heterogeneity and linear trend and a multivariate analysis was performed through Poisson regression with a robust variance. RESULTS: Approximately one in every five adults (20.4%) reported regular intake of non-diet soft drinks. Males (PR 1.50; 95%CI 1.20;2.00), smokers (RP 1.60; 95%CI 1.20;2.10) and those reporting weekly intake of snacks (PR 2.10; 95%CI 1.60;2.70) had higher prevalence of non-diet soft drink intake in the adjusted analysis. The analysis stratified by gender showed that in women regular intake of fruits and vegetables was protective against soft drinks consumption (PR 0.50; 95%CI 0.30;0.90). CONCLUSIONS: Regular intake of non-diet soft drinks among adults was high, particularly among men, young adults and smokers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Fatores associados ao consumo regular de refrigerante não dietético em adultos de Pelotas, RS/ Factors associated with regular non-diet soft drink intake among adults in Pelotas, Southern Brazil/ Factores asociados al consumo regular de gaseosa no dietética en adultos de Pelotas, Sur de Brasil

Rombaldi, Airton José; Neutzling, Marilda Borges; Silva, Marcelo Cozzensa da; Azevedo, Mario Renato; Hallal, Pedro Curi
2011-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar fatores associados ao consumo regular de refrigerantes não dietéticos por adultos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com 972 adultos (20 a 69 anos) do município de Pelotas, RS, realizado em 2006. A freqüência de consumo nos 12 meses anteriores à pesquisa foi medida por meio da pergunta: "em geral desde o (mais) para fins de análise. Foi considerado consumo regular de refrigerante não dietético a freqüência de cinco ou mais vezes por semana. A associação entre o desfecho e variáveis demográficas, socioeconômicas, comportamentais e nutricionais foi analisada pelo teste qui-quadrado para heterogeneidade e tendência linear e a análise multivariável foi realizada por meio de regressão de Poisson, com variância robusta. RESULTADOS: Cerca de um quinto da população adulta de Pelotas (20,4%) ingeria regularmente refrigerante não dietético. Indivíduos do sexo masculino (RP 1,50; IC95%: 1,20;2,00), fumantes atuais (RP 1,60; IC95%: 1,20;2,10) e que consumiam semanalmente lanches (RP 2,10; IC95%: 1,60;2,70) apresentaram maior prevalência de consumo de refrigerantes não dietéticos na análise ajustada. A análise estratificada por sexo mostrou que o consumo regular de frutas, legumes e verduras foi fator protetor ao consumo de refrigerantes entre mulheres (RP 0,50; IC95%: 0,30;0,90). CONCLUSÕES: A freqüência do consumo regular de refrigerantes não dietéticos na população adulta foi elevada, particularmente entre homens, jovens e fumantes. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar factores asociados al consumo regular de gaseosas no dietéticas por adultos. MÉTODOS: Estudio transversal de base poblacional con 972 adultos (20 a 69 años) del municipio de Pelotas, Sur de Brasil, realizado en 2006. La frecuencia de consumo en los 12 meses anteriores a la investigación fue medida por medio de la pregunta: "en general desde el (mais) eron dicotomizadas para fines de análisis. Fue considerado consumo regular de refrigerante no dietético la frecuencia de cinco o más veces por semana. La asociación con variables demográficas, socioeconómicas, conductuales y nutricionales fue analizada por la prueba de chi-cuadrado para heterogeneidad y tendencia linear y el análisis multivariable fue realizado por medio de regresión de Poisson, con variancia robusta. RESULTADOS: Cerca de un quinto de la población adulta de Pelotas (20,4%) ingería regularmente gaseosa no dietética. Individuos del sexo masculino (RP 1,50; IC95%: 1,20;2,00), fumadores actuales (RP 1,60; IC 95%: 1,20;2,10) y que consumían semanalmente meriendas (RP 2,10; IC95%: 1,60;2,70) presentaron mayor prevalencia de consumo de gaseosas no dietéticas en el análisis ajustado. El análisis estratificado por sexo mostró que el consumo regular de frutas, legumbres y verduras fue factor protector al consumo de gaseosas entre mujeres (RP 0,50; IC95%: 0,30;0,90). CONCLUSIONES: La frecuencia de consumo regular de gaseosas no dietéticas en la población adulta fue elevada, particularmente entre hombres, jóvenes y fumadores. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess factors associated with regular intake of non-diet soft drinks among adults. METHODS: Population-based cross-sectional study including 972 adults (aged 20 to 69) in the city of Pelotas, Southern Brazil, conducted in 2006. The frequency of non-diet soft drink intake in the 12 months prior to the study was evaluated by the question: "In general since last (mais) the analysis. Intake of non-diet soft drinks five times or more per week was considered regular intake. The association between the outcome and sociodemographic, behavioral and nutritional variables was tested using the chi-square test for heterogeneity and linear trend and a multivariate analysis was performed through Poisson regression with a robust variance. RESULTS: Approximately one in every five adults (20.4%) reported regular intake of non-diet soft drinks. Males (PR 1.50; 95%CI 1.20;2.00), smokers (RP 1.60; 95%CI 1.20;2.10) and those reporting weekly intake of snacks (PR 2.10; 95%CI 1.60;2.70) had higher prevalence of non-diet soft drink intake in the adjusted analysis. The analysis stratified by gender showed that in women regular intake of fruits and vegetables was protective against soft drinks consumption (PR 0.50; 95%CI 0.30;0.90). CONCLUSIONS: Regular intake of non-diet soft drinks among adults was high, particularly among men, young adults and smokers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Fatores associados ao consumo de frutas, legumes e verduras em adultos de uma cidade no Sul do Brasil/ Factors associated with fruit and vegetable intake among adults in a southern Brazilian city

Neutzling, Marilda Borges; Rombaldi, Airton José; Azevedo, Mario Renato; Hallal, Pedro C.
2009-11-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi descrever a freqüência de consumo de frutas, legumes e verduras por adultos de 20 a 69 anos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, e analisar fatores associados. Foi realizado em 2006 um estudo transversal de base populacional, incluindo 972 adultos. A freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras foi medida por meio de três perguntas referentes ao consumo habitual destes no ano anterior. O desfecho foi o consumo regular de frutas, l (mais) egumes e verduras. Cerca de 1/5 da população adulta (20,9%) consumia regularmente frutas, legumes e verduras. Indivíduos do sexo feminino, com 60 anos ou mais, das classes A e B, ex-fumantes e não sedentários apresentaram maior prevalência de consumo de frutas e legumes e verduras. A freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras na população adulta residente no Município de Pelotas está aquém das recomendações atuais do Ministério da Saúde, em especial entre os homens mais jovens, de menor nível sócio-econômico e que não praticam atividade física no lazer. Políticas públicas que estimulem uma alimentação saudável são urgentemente necessárias. Resumo em inglês The study aimed to describe the frequency of fruit and vegetable intake among adults (20-69 years of age) and to identify associated factors. This population-based study in 2006 included 972 adults in Pelotas, Southern Brazil. Consumption of fruits and vegetables was evaluated with three questions on habitual food intake during the year prior to the interview. The outcome variable was regular consumption of fruits and vegetables. Only one in five adults (20.9%) reported c (mais) onsuming fruits and vegetables regularly. Female gender, age 60 years or older, higher socioeconomic status, former smoking, and physical activity were associated with the outcome variable. According to the results, fruit and vegetable intake among adults fails to meet current Ministry of Health recommendations, particularly among male, young, poor, and physically inactive adults. Interventions to encourage healthy diet are urgently needed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Fatores associados ao consumo de frutas, legumes e verduras em adultos de uma cidade no Sul do Brasil/ Factors associated with fruit and vegetable intake among adults in a southern Brazilian city

Neutzling, Marilda Borges; Rombaldi, Airton José; Azevedo, Mario Renato; Hallal, Pedro C.
2009-11-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi descrever a freqüência de consumo de frutas, legumes e verduras por adultos de 20 a 69 anos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, e analisar fatores associados. Foi realizado em 2006 um estudo transversal de base populacional, incluindo 972 adultos. A freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras foi medida por meio de três perguntas referentes ao consumo habitual destes no ano anterior. O desfecho foi o consumo regular de frutas, l (mais) egumes e verduras. Cerca de 1/5 da população adulta (20,9%) consumia regularmente frutas, legumes e verduras. Indivíduos do sexo feminino, com 60 anos ou mais, das classes A e B, ex-fumantes e não sedentários apresentaram maior prevalência de consumo de frutas e legumes e verduras. A freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras na população adulta residente no Município de Pelotas está aquém das recomendações atuais do Ministério da Saúde, em especial entre os homens mais jovens, de menor nível sócio-econômico e que não praticam atividade física no lazer. Políticas públicas que estimulem uma alimentação saudável são urgentemente necessárias. Resumo em inglês The study aimed to describe the frequency of fruit and vegetable intake among adults (20-69 years of age) and to identify associated factors. This population-based study in 2006 included 972 adults in Pelotas, Southern Brazil. Consumption of fruits and vegetables was evaluated with three questions on habitual food intake during the year prior to the interview. The outcome variable was regular consumption of fruits and vegetables. Only one in five adults (20.9%) reported c (mais) onsuming fruits and vegetables regularly. Female gender, age 60 years or older, higher socioeconomic status, former smoking, and physical activity were associated with the outcome variable. According to the results, fruit and vegetable intake among adults fails to meet current Ministry of Health recommendations, particularly among male, young, poor, and physically inactive adults. Interventions to encourage healthy diet are urgently needed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Exigência nutricional de metionina+cistina digestíveis para galinhas poedeiras de 54 a 70 semanas de idade/ Nutritional requirement of methionine+cistine digestibles for laying hens during a period of 54 to 70 weeks of age

Cupertino, Edwiney Sebastião; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Donzele, Juarez Lopes; Schmidt, Marlene; Mello, Heloisa Helena de Carvalho
2009-07-01

Resumo em português Objetivou-se determinar a exigência de metionina+cistina digestíveis no período de 54 a 70 semanas de idade. Utilizaram-se 360 aves (180 Lohmann LSL e 180 Lohmann Brown) em esquema fatorial 5 × 2 (5 níveis de metionina+cistina digestíveis e 2 variedades) no delineamento inteiramente casualizado com 6 repetições e 6 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de dietas suplementadas com cinco níveis de DL-metionina (98%), de forma a proporcionar (mais) 0,492; 0,544; 0,596; 0,648 e 0,700% de metionina+cistina digestíveis. Os parâmetros avaliados foram: produção de ovos, peso dos ovos, massa de ovos, consumo de ração, consumo de metionina+cistina digestível, conversão alimentar, componentes dos ovos (albúmen, gema e casca), qualidade interna do ovo (unidades Haugh, índice de albúmen e de gema), percentual de ovos não-comerciais e variação de peso corporal. Os níveis de metionina+cistina digestíveis estudados influenciaram a produção de ovos, o peso dos ovos, a massa de ovos, o consumo de ração, o consumo de metionina+cistina digestíveis, a conversão alimentar, o peso da gema e da casca e a variação de peso corporal. As exigências de metionina+cistina digestíveis foram estimadas pelos modelos de regressão polinomial. O valor estimado para a exigência de poedeiras leves foi de 0,645% de metionina+cistina digestíveis, correspondente a um consumo de 712 mg/ave.dia de metionina+cistina e 12,5 g de metionina+cistina digestível/g de massa de ovo produzida. Para as poedeiras semipesadas, a exigência foi de 0,655% de metionina+cistina digestíveis na dieta, correspondente a um consumo de 723 mg/ave.dia de metionina+cistina e 13,2 g de metionina+cistina digestível/g de massa de ovo produzida. Resumo em inglês This research was carried out using 360 laying hens (180 Lohmann LSL and 180 Lohmann Brown), to establish the nutritional requirement of digestible methionine+cystine in the period from 54 to 70 weeks of age. A completely randomized experimental design, in a 5 × 2 factorial arrangement (5 levels of digestible methionine+cystine and 2 laying hen strain), with 6 replications and 6 hens per experimental unit, was used. The treatments consisted of diets supplemented with (mais) 5 levels of DL-methionine (98%), resulting in 0.492, 0.544, 0.596, 0.648 and 0.700% of digestible methionine+cystine in diets. The parameters analyzed were: egg production, egg weight, egg mass, feed intake, digestible methionine+cystine intake, feed conversion, egg components (albumen, yolk and shell), internal quality (Haugh unit, albumen index and yolk index), the percentage of eggs does not trade and the body weight gain. The levels of methionine+cystine digestibles studied influenced the egg production, egg weight, egg mass, feed intake, digestible methionine+cystine intake, feed conversion, weight yolk and shell, and the body weight gain. The requirements of digestible methionine+cistine were estimated by polynomial regression models. The digestible methionine+cystine requirement, estimated for the laying hens light-weight was of 0.645% in the ration, corresponding to daily intake per hen of 712 mg and 12.5 g of methionine+cystine digestibles/g egg mass produced. For the laying hens semi-heavy was of 0.655% in the ration, corresponding to daily intake per hen of 723 mg and 13.2 g of methionine+cystine digestibles/g egg mass produced.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Estado nutricional e consumo alimentar de adolescentes da rede pública de ensino da cidade de São Mateus do Sul, Paraná, Brasil/ The nutritional status and dietary intake of adolescents in public schools in the city of São Mateus do Sul, in the State of Paraná, Brazil

Bertin, Renata Labronici; Karkle, Elisa Noemberg Lazzari; Ulbrich, Anderson Zampier; Stabelini Neto, Antônio; Bozza, Rodrigo; Araujo, Italo Quenni; Campos, Wagner de
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: caracterizar o estado nutricional e consumo alimentar de adolescentes da rede pública de ensino de São Mateus do Sul, Paraná, Brasil. MÉTODOS: o Índice de Massa Corporal foi calculado e classificado pela proposta da Organização Mundial da Saúde. O consumo alimentar foi obtido pelo Questionário de Freqüência de Consumo Alimentar. Foi utilizada análise descritiva, de freqüência e teste t de Student com p(mais) presentou estado nutricional normal (84% eutróficos, 12% sobrepeso/obesidade e 4% baixo peso). A dieta caracterizou-se por consumo energético adequado, com distribuição de macronutrientes de acordo com as recomendações, sendo maior nos meninos do que nas meninas. Noventa por cento dos adolescentes consumiam ácidos graxos em excesso. Verificou-se consumo adequado de vitamina C (287 mg meninos e 328 mg meninas) e ferro (27 e 21 mg, respectivamente). O consumo de ferro diferiu estatisticamente entre os sexos (t=3,765; p Resumo em inglês OBJECTIVES: to characterize the nutritional status and dietary intake of adolescents attending public schools in the city of São Mateus do Sul, in the State of Paraná, Brazil. METHODS: the Body Mass Index was calculated and classified as proposed by the World Health Organization. Dietary intake was calculated using the Survey of Consumer Food Frequency. Analysis was carried out using descriptive and frequency analysis, and Student's t test with p(mais) ividuals presented a normal nutritional status (84% being eutrophic, 12% overweight/obese and 4% underweight). The diet was characterized by adequate energy intake, with a distribution of nutrients in accordance with recommendations and higher in boys than in girls. Ninety percent of the adolescents had an excessive intake of fatty acids. There was adequate intake of vitamin C (287 mg and 328 mg for boys and girls respectively) and iron (27 and 21 mg respectively). The consumption of iron differed significantly between the genders (t=3.765; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Digestibilidade e parâmetros ruminais de dietas à base de forragem com adição de própolis e monensina sódica para bovinos/ Digestibility and ruminal parameters of diet based on forage with the addition of propolis and sodium monensin for steers

Prado, Odimári Pricila Pires do; Zeoula, Lucia Maria; Moura, Lucimar Pontara Peres de; Franco, Selma Lucy; Prado, Ivanor Nunes do; Gomes, Hanna Carla Cardoso
2010-06-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos da utilização de produtos contendo própolis em duas concentrações (B e C) e duas extrações alcoólicas (1 e 3) e de monensina sódica em dieta à base de forragem sobre o consumo, a digestibilidade total e parcial e as características ruminais em bovinos. Utilizaram-se quatro bovinos da raça Holandesa, castrados, com peso corporal de 221 ± 21 kg, canulados no rúmen, em delineamento experimental quadrado latino 4 × 4. As dietas experimen (mais) tais foram constituídas de 72,5% de volumoso e 27,5% de concentrado e apresentaram 14,4% de PB e 67% de nutrientes digestíveis totais (NDT), diferindo apenas quanto à presença de aditivos. Os consumos médios de matéria seca e nutrientes, não foram afetados pelas dietas, exceto o de NDT, que foi maior nos animais alimentados com a dieta controle. O fornecimento dos aditivos, principalmente própolis, reduziu a digestibilidade total de matéria seca, proteína bruta e NDT. A digestibilidade total da fibra em detergente neutro (FDN) foi semelhante entre aditivos e menor que nos animais controle. A inclusão de própolis refletiu em menor pH ruminal e maiores produções de acetato e AGV totais e a monensina propiciou a menor razão acetato:propionato. A adição dos aditivos avaliados tem efeito negativo sobre a concentração e consumo de energia digestível de dietas à base de forragem fornecida para bovinos em crescimento. Resumo em inglês It was evaluated the effects of using products containing propolis in two propolis concentrations (B and C) and two alcoholic extractions (1 and 3) and sodium monensin in forage based diet on intake, total and partial digestibility and ruminal characteristics in cattle. It was used four Holstein castrated bovines, with body weight of 221 ± 21 kg, implanted with ruminal cannulla, in a 4 × 4 Latin square experimental design. The experimental diets were composed of 72.5% r (mais) oughage and 27.5% concentrate and had 14.4% crude protein and 67% of total digestible nutrients (TDN), only differing to the presence of additives. The average intake of dry matter and nutrients did not differ among diets, except for the intake of TDN that was higher for animal fed control diet. The supply of additives, mainly propolis, reduced the total digestibility of dry matter (DM), crude protein (CP) and total digestible nutrients (TDN). The total digestibility of neutral detergent fiber was similar among additives and it was lower than the control animals. The inclusion of propolis reflected in lower pH and production of acetate and total volatile fatty acids and monensin resulted in lower acetate:propionate ratio. The addition of the evaluated additives has negative effect on the concentration and intake of digestible energy of roughage based diets for growing cattle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Dietas com mananoligossacarídeo e níveis reduzidos de cálcio para codornas japonesas/ Diets with mannan oligosaccharides and reduced calcium levels for Japanese quails

Oliveira, Maria Cristina de; Machado, Milena Garcia; Gonçalves, Bruno Nunes; Macedo, Carlos Marques Rodrigues; Assis, Francisco Alves de
2009-11-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos de níveis de cálcio e da suplementação de dietas com mananoligossacarídeos sobre desempenho e a viabilidade econômica de codornas em postura. Foram utilizadas 200 codornas em delineamento inteiramente casualizado e arranjo fatorial 2 × 2 + 1, com dois níveis de cálcio (2,2 e 1,9%), dois de mananoligossacarídeos (0 e 0,1%) e uma dieta controle (sem mananoligossacarídeos e com 2,5% de cálcio) com quatro repetições. Não houve efeito dos (mais) níveis de cálcio nem de mananoligossacarídeos sobre o peso dos ovos, a porcentagem de gema e albúmen e o preço da ração consumida/dúzia. A interação controle × fatorial foi significativa para consumo diário de ração, conversão alimentar e margem bruta. Codornas alimentadas com dietas pobres em cálcio e sem mananoligossacarídeos consumiram mais ração e tiveram pior conversão alimentar em comparação às aves alimentadas com a dieta controle, o que causou pior margem bruta. A redução dos níveis de cálcio diminuiu a produção e a massa de ovos, piorou a conversão alimentar (kg/kg) e reduziu a porcentagem de casca de ovo. A inclusão de mananoligossacarídeos reduziu o consumo diário de ração, melhorou a conversão alimentar (kg/dúzia) e aumentou a margem bruta, como reflexo do menor consumo diário de ração e da menor conversão alimentar. Dietas com 2,2% de cálcio e suplementadas com 0,1% de mananoligossacarídeos podem ser adotadas para codornas japonesas em postura. Resumo em inglês The effects of calcium levels and diet supplementation with mannan oligosaccharides (MOS) on the performance and economic viability of laying quails were evaluated. Two hundred quails were used in a randomized complete design and 2 × 2 + 1 factorial arrangement. The treatments were two calcium levels (2.2 and 1.9%), two MOS levels (0 and 0.1%) and a control diet (with 2.5% calcium and no MOS) with four replications. There was no effect of calcium or mannan oligosaccharid (mais) e levels on egg weight, yolk and albumen percentage and the diet intake/price per dozen ratio. The control × factorial interaction was significant for daily ration intake (DRC), feed conversion and gross marginal (GM). Quails fed calcium deficient diets and without MOS, consumed more ration and had worst feed conversion than birds fed the control diet, which resulted in lower gross margin. The reduction in calcium levels decreased egg production and mass, increased the feed conversion (kg/kg) and reduced the eggshell percentage. Mannan oligosaccharides inclusion reduced the daily feed intake, improved the feed conversion (kg/dz) and increased the gross margin as a result of the lower daily feed intake and lower feed conversion value. Diets with 2.2% calcium and supplemented with 0.1% MOS can be used for Japanese quails.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Dietary calcium and body mass in Portuguese children

Moreira, P.; Fernandes, Teresa; Mourão, I.; Padez, C.; Rosado, V.

DRIVER (Portuguese)

79

Degradação ruminal e estimativa de consumo de genótipos de capim-elefante anão/ Ruminal degradation and intake prediction of the dwarf elephant grass genotypes

Araújo, Saulo Alberto do Carmo; Vásquez, Hernán Maldonado; Silva, José Fernando Coelho da; Deminicis, Bruno Borges; Campos, Patrícia Regina de Souza Siqueira; Lista, Fábio Nunes
2010-01-01

Resumo em português Os objetivos neste estudo foram avaliar a degradação ruminal in situ da matéria seca (MS) e da fibra em detergente neutro (FDN) e estimar o consumo de matéria seca de genótipos de capim-elefante anão em diferentes intervalos de corte. Os tempos de incubação no ambiente ruminal foram 0, 3, 6, 12, 24, 36, 48, 72, 96 e 144 horas. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com três repetições (animais), dois genótipos de capim-elefante anã (mais) o (CNPGL 94-34-3, CNPGL 92-198-7) e a cultivar Mott, avaliados em intervalos de corte de 14, 28, 42, 56, 70 e 84 dias, em esquema em parcelas subdivididas. Os parâmetros de degradação da MS e FDN e suas degradabilidades potencial e efetiva não apresentaram grande variação entre a cultivar Mott e os genótipos CNPGL 94-34-3 e CNPGL 92-198-7, mas reduziram substancialmente com o aumento da maturidade da planta em todos os genótipos. As estimativas de consumo geradas por duas equações são adequadas a esses alimentos. Resumo em inglês The objectives of this study were to assess the in situ rumen degradation of dry matter (DM) and neutral detergent fiber (NDF) and the estimated DM intake of dwarf elephant grass genotypes in different cutting intervals. The incubation periods in the rumen environment were 0, 3, 6, 12, 24, 36, 48, 72, 96 and 144 hours. A randomized block design was used with three replications (animals), two dwarf elephant grass genotypes (CNPGL 94-34-3 and CNPGL 92-198-7) and the cv. Mot (mais) t, with cutting intervals of 14, 28, 42, 56, 70 and 84 days, in a split plot design. The parameters of DM and NDF degradation, and its potential and effective degradabilities did not vary greatly for cv. Mott and the CNPGL 94-34-3 and CNPGL 92-198-7 genotypes, but they decreased substantially with increased plant maturity for all the genotypes. Intake estimates generated by two equations are considered valid for these feeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Cálcio dietético: estratégias para otimizar o consumo/ Dietary calcium: strategies to optimize intake

Pereira, Giselle A. P.; Genaro, Patrícia S.; Pinheiro, Marcelo M.; Szejnfeld, Vera L.; Martini, Lígia A.
2009-04-01

Resumo em português O cálcio é um nutriente essencial necessário em diversas funções biológicas. Estudos têm demonstrado a associação entre o baixo consumo de cálcio e doenças crônicas, entre elas osteoporose, câncer de colón, hipertensão arterial e obesidade. Entretanto, grande parte da população brasileira apresenta consumo de cálcio abaixo do recomendado. Este artigo objetiva revisar os fatores endógenos (idade e estado hormonal) e exógenos (fitatos, oxalatos, sódio, (mais) compostos bioativos e vitamina D) que influenciam a absorção do cálcio, bem como as principais metodologias utilizadas para avaliar a absorção e biodisponibilidade desse nutriente. Discorre-se sobre os possíveis fatores para o baixo consumo de cálcio: 1) Hábito alimentar - substituição de leite por bebidas com baixo teor de cálcio como o refrigerante, refeições realizadas fora de casa e a não realização de refeições como o café da manhã; 2) Alto custo dos alimentos fontes de cálcio. Além disso, este artigo discute as estratégias para otimizar o consumo do cálcio, que incluem: 1) Aumentar o conhecimento sobre a importância do consumo de cálcio para a saúde e as principais fontes alimentares desse nutriente; 2) Aumentar a disponibilidade de alimentos fortificados com cálcio; 3) Uso de suplementos em grupos específicos - quando e como administrar os sais de cálcio. Resumo em inglês Calcium is an essential nutrient required for numerous biological functions. Studies have demonstrated an association between low calcium intake and chronic diseases, such as osteoporosis, colon cancer, hypertension, and obesity. However, most Brazilians do not meet the adequate intake for calcium. This review focuses on the endogenous (age, hormonal state) and exogenous (phytate, oxalate, sodium, bioactive compounds and vitamin D) factors that can influence calcium absor (mais) ption. The main methods used for evaluating calcium absorption and bioavailability. The potential factors for the low calcium intake: 1) Food habits - substitution of milk for soft drinks, eating away from home and skipping meals specially breakfast; 2) High cost of dairy food. Besides, this article discuss strategies to optimize calcium intake: 1) Increase knowledge of the relationship between calcium and health and the main food sources; 2) Increase availability of calcium-fortified foods; 3) Supplement use for target groups - when and how administrate calcium salts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Consumo, ganho de peso e análise econômica da terminação de cordeiros em confinamento com dietas contendo diferentes proporções de resíduo úmido de cervejaria/ Feed intake, weight gain and economical analysis of feedlot finished lambs fed diets with different proportions of wet brewery residue

Brochier, M.A.; Carvalho, S.
2008-10-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito de dietas contendo diferentes proporções de resíduo úmido de cervejaria sobre o consumo de nutrientes e o ganho de peso de cordeiros terminados em confinamento, e realizou-se uma análise econômica da alimentação oferecida aos animais. Foram utilizados 25 cordeiros, machos, não-castrados, da raça Texel, distribuídos aleatoriamente em cinco tratamentos compostos por proporções de 0%, 25%, 50%, 75% e 100% de substituição do alimento concent (mais) rado por resíduo úmido de cervejaria. Verificou-se efeito quadrático sobre os consumos de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, extrato etéreo (EE) e de fibra em detergente neutro (FDN), e linear decrescente sobre os consumos de carboidratos totais (CHT) e de carboidratos não estruturais (CNE), quando expressos em kg/dia. Os consumos de EE e de FDN aumentaram linearmente, e os de CNE diminuíram linearmente, quando expressos em porcentagem do peso vivo e em g/kg PV0,75. O consumo de energia líquida, o ganho de peso diário e o custo da alimentação diminuíram linearmente com o aumento da proporção de resíduo úmido de cervejaria. Não foi verificado efeito sobre o lucro relacionado à venda dos animais vivos ou à venda das carcaças. Resumo em inglês The effect of diets with different proportions of wet brewery residue on the nutrient intake and the weight gain of feedlot lambs in phase of termination were determined. An economic analysis of the food given to the animals was also performed. Twenty-five non-castrated Texel male lambs were randomly allotted into five groups, consisting in the replacement of the concentrate by wet brewery residue; at proportions of 0%, 25%, 50%, 75%, and 100%. The results of the test rev (mais) ealed a quadratic effect on the intake of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), and neutral detergent fiber (NDF); and a linear decreasing effect on intake of total carbohydrate (TCH), and non-structural carbohydrate (NSC), expressed in kg/day. The intakes of EE and NDF showed a linear increase and NSC intake showed a linear decrease, expressed in percentage of live weight (% LW) and g/kg LW.0.75 The consume of net energy (NE), daily weight gain, and feed cost showed a linear decrease with the increase in the proportion of wet brewery residue. It was not verified effect on profits related to the sales of the live animals or the sale of the carcasses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Consumo, digestibilidade aparente dos nutrientes e balanço hídrico em equinos alimentados com feno de coast-cross em diferentes formas/ Intake, apparent nutrient digestibility and water balance in horses fed on different forms of coast-cross hay

Pimentel, Róbson Ricardo Moreira; Almeida, Fernando Queiroz de; Vieira, Antonio Assis; Oliveira, Ana Paula Pessim de; Godoi, Fernanda Nascimento de; França, Almira Biazon
2009-07-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o consumo, a digestibilidade aparente dos nutrientes e o balanço hídrico em equinos consumindo feno de capim coast-cross em diferentes formas físicas. Foram utilizados quatro equinos mestiços, com idade de 30 meses e peso vivo médio de 200 kg. Os animais foram alimentados com feno de capim coast-cross em quatro formas físicas: inteiro; picado (5 cm); moído a 5 mm; ou moído a 3 mm. O delineamento experimental ut (mais) ilizado foi em quadrado latino 4 × 4, com 10 dias de adaptação às dietas em cada período experimental, 4 dias de coleta de fezes e 1 dia de coleta de urina.A estimativa da digestibilidade aparente dos nutrientes das dietas foi realizada pelo método de coleta total das fezes e a urina foi coletada durante 24 horas utilizando-se coletores de urina. Os coeficientes de digestibilidade aparente e o consumo de nutrientes não diferiram com o processamento do feno, no entanto, o tempo de consumo reduziu com a moagem do feno.Houve maior retenção de água, estimada pelo balanço hídrico, quando fornecido feno picado ou moído a 3 mm. O consumo e a digestão dos nutrientes não são influenciados pelo nível de moagem do feno, porém o balanço hídrico é afetado pelas formas físicas do feno. Não há relação direta entre a redução do tamanho da partícula do feno e o aumento da retenção de água. Resumo em inglês This study was carried out to evaluate intake, apparent nutrient digestibility and water balance in horses fed on different forms of coast-cross hay. Four crossbreed horses, 30 months of age and 200 kg body weight were used. Horses were fed coast-cross hay in four physical forms: long hay; chopped hay (5 cm); ground hay (5 mm) and ground hay (3 mm). The experiment was performed in a 4 × 4 Latin Square design with 15 days for each experimental period (10 days for adap (mais) tation to the diets, four days for feces collection and one day for urine collection). Apparent nutrient digestibility was estimated by total feces collection and urinary collection was carried during 24 hours by urine collectors. Apparent digestibility coefficients and nutrient intake did not differ among the diets but the intake time was reduced with hay processing. There was greater water retention, estimated by water balance, when chopped hay or ground hay (3 mm) were fed. Intake and nutrient digestibility were not influenced by levels of hay grinding, but water balance was influenced by the different forms of hay, but a direct relationship was not observed between fiber length reduction and increased water retention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Consumo energético-protéico e estado nutricional de crianças menores de cinco anos, no estado de Pernambuco, Brasil/ Energy and protein intake and nutritional status of children under five years of age in Pernambuco state, Brazil

Menezes, Risia Cristina Egito de; Osório, Mônica Maria
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o consumo de energia e proteínas e associá-lo ao estado nutricional de crianças menores de 5 anos. MÉTODOS: Estudo transversal com 948 crianças menores de cinco anos, no Estado de Pernambuco. O consumo alimentar foi registrado utilizando o método recordatório de 24 horas. Para análise de energia e proteína foram utilizadas as Dietary Reference Intakes como referência, verificando-se o consumo mediano e a prevalência de inadequação. O estado (mais) nutricional foi avaliado utilizando a referência do National Center for Health Statistics (índices peso/idade, peso/estatura e estatura/idade). O estado nutricional das crianças com consumo abaixo e maior ou igual à referência de energia e proteína foi comparado, utilizando-se o teste "t" de Student. RESULTADOS: O consumo mediano de energia e proteína esteve acima das ingestões dietéticas de referência, na maioria das faixas etárias. No entanto, foram encontradas prevalências de inadequação do consumo de energia (42,4%) e de proteína (5,0%). O percentual de desnutrição (escore-Z Resumo em inglês OBJECTIVE: This study aims to evaluate energy and protein intake and associate it with the nutritional status of children under five years of age. METHODS: This is a cross-sectional study with 948 children under five years of age, in the State of Pernambuco. Dietary intake was recorded using 24-hour recalls. Dietary Reference Intakes were used as reference to analyze energy and protein intake values by verifying the median intake and the prevalence of inadequacy. Nutritio (mais) nal status was assessed using the National Center for Health Statistics as reference (weight-for-age, weight-for-length and length-for-age indices). The Student's t-test was used to compare the nutritional status of children with intake values below, above or equal to the energy and protein reference standards. RESULTS: The median energy and protein intake exceeded the dietary reference intakes in most age groups. However, a prevalence of inadequacy of 42.4% for energy and 5.0% for protein were found. The percentages of malnutrition (score-Z

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Consumo e digestibilidade dos nutrientes e desempenho de caprinos recebendo farelo grosso de trigo na dieta em substituição ao milho/ Nutrient intake and digestibility and performance of goats fed rough wheat bran in replacement of corn

Dias, Argélia Maria Araújo; Batista, Ângela Maria Vieira; Carvalho, Francisco Fernando Ramos de; Guim, Adriana; Silva, Gilvan; Silva, Aline Candido da
2010-04-01

Resumo em português Avaliou-se a inclusão de farelo grosso de trigo nos níveis 0,0; 8,9; 19,8 e 31,7% em substituição ao milho na dieta de caprinos. Utilizaram-se 24 cabritos mestiços, machos não-castrados, com peso inicial médio de 20 kg, alojados em gaiolas individuais, em delineamento inteiramente casualizado, com quatro dietas e seis repetições, durante 74 dias. Os coeficientes de digestibilidade foram obtidos por coleta total de fezes. A inclusão do farelo grosso de trigo infl (mais) uenciou de forma quadrática os consumos de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB) e nutrientes digestíveis totais (NDT). O consumo de fibra em detergente neutro (FDN) aumentou e o de carboidratos não-fibrosos (CNF) diminuiu com o uso do farelo grosso de trigo. A substituição do milho pelo farelo grosso de trigo não influenciou os consumos de extrato etéreo (EE) e carboidratos totais, mas teve efeito linear decrescente nos coeficientes de digestibilidade de MS, MO, carboidratos totais e CNF, embora não tenha alterado os de PB, EE e FDN. O ganho de peso e a conversão alimentar não foram afetados pela inclusão de farelo grosso de trigo na dieta. O farelo grosso de trigo pode ser incluído em níveis de até 14% em dietas para caprinos em crescimento, desde que o percentual da FDN não ultrapasse 48% da matéria seca da dieta. Resumo em inglês It was evaluated the inclusion of rough wheat bran at 0.0; 8.9; 19.8 and 31.7% levels replacing corn in goat diets. Twenty-four crossbred non-castrated male goats averaging 20 kg body weight were used. They were allocated in individual cages as a complete randomized design with four treatments and six replicates during for 74 days. The digestibility coefficients were obtained through total collection of feces. The inclusion of rough wheat bran had a quadratic effect on th (mais) e intake of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP) and total digestible nutrient (TDN). The intake of fiber in neutral detergent (NDF) increased and nonfiber carbohydrates (NFC) decreased with the addition of rough wheat bran. Replacing corn by the rough wheat bran did not affect the ether extract (EE) and total carbohydrates intake but it had a decreasing linear effect in the digestibility coefficients of dry matter (DM), organic matter (OM), total carbohydrates and nonfiber carbohydrates despite of not affecting crude protein, ether extract and fiber in neutral detergent. Weight gain and food conversion were not affected by the inclusion of rough wheat bran in the diet. Rough wheat bran can be included in levels up to 14% in the diet of growing goats, since the percentage of NDF is not higher than 48% of the dry matter in the diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Consumo e digestibilidade de nutrientes em novilhos suplementados e terminados em pasto, na seca/ Intake and digestibility of nutrients in steers supplemented and finished on pasture in the dry season

Baroni, C.E.S.; Lana, R.P.; Mancio, A.B.; Mendonça, B.P.C.; Leão, M.I.; Sverzut, C.B.
2010-04-01

Resumo em português Avaliaram-se o consumo e a digestibilidade de nutrientes por novilhos Nelore suplementados com elevado teor de proteína na terminação, em pasto, durante a seca. Foram utilizados quatro novilhos com 30 meses e peso médio inicial de 440kg, distribuídos em quadrado latino 4x4 (quatro níveis de suplementação e quatro períodos de 16 dias). Foram usados quatro piquetes de um hectare de capim Panicum maximum cv. Tanzânia, e os animais receberam: 0 (grupo-controle); 1,0 (mais) ; 2,0; ou 4,0kg de suplemento/dia. Os suplementos, à exceção do controle, apresentaram níveis decrescentes de proteína bruta (58 a 32% da matéria seca) e proporções de mistura mineral:ureia:farelos de 10:10:80, 5:5:90 e 2,5:2,5:95 para os respectivos tratamentos. O consumo e a digestibilidade foram determinados com o uso do óxido crômico e FDAi, o delineamento estatístico foi em quadrado latino, e os tratamentos foram avaliados pela análise de regressão. Houve efeito linear crescente sobre o consumo e sobre os coeficientes de digestibilidade da matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo e fibra em detergente neutro, e sobre o consumo de nutrientes digestíveis totais. Não houve efeito sobre o consumo de pasto e o consumo e a digestibilidade dos carboidratos não fibrosos. Os suplementos avaliados em geral melhoraram o consumo e a digestibilidade e, consequentemente, o valor nutritivo da dieta de novilhos em terminação sob pastejo, no período da seca. Resumo em inglês The effects of supplements with high protein content on intake and digestibility were evaluated in Nellore steers finished at pasture during the dry season. Four steers avering 30-month old and initial weight of 440kg were distributed in a 4x4 Latin square (four levels of supplementation and four periods of 16 days). Four paddocks of one hectare containing Panicum maximum cv. Tanzania grass were utilized and the animals received 1.0, 2.0, or 4.0kg of supplement/day, in ad (mais) dition to a control - mineral mixture. The supplements, except control, presented decreasing levels of crude protein (58 to 32% in dry matter) and the proportions of mineral mixture:urea:cereal meals were 10:10:80, 5:5:90, and 2.5:2.5:95 for the treatments. The intake and digestibility were determined with the use of chromium oxide and ADFi. The statistical design was Latin square and the treatments were evaluated by regression analysis. There was an increasing linear effect on the intakes and digestibility coefficients of dry matter, crude protein, ether extract, neutral detergent fiber, and intake of total digestible nutrients. There was no effect on the intake of pasture and intake and digestibility of non-fiber carbohydrates. It can be concluded that the evaluated supplements generally improve the intake and digestibility and consequently the nutritive value of the diets of finishing animals on the pasture during the dry season.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Consumo e digestibilidade aparente da matéria seca, proteína e energia bruta, e balanço de nitrogênio das silagens de cinco genótipos de milho/ Consumption and apparent digestibility of dry matter, crude protein and crude energy, and balance of nitrogen of silages of five maize genotypes

Freitas, G.A.R.; Coelho, S.G.; Gonçalves, L.C.; Rodrigues, J.A.S.; Borges, I.
2003-08-01

Resumo em português Quantificaram-se o consumo voluntário e a digestibilidade aparente da matéria seca, proteína bruta, energia bruta e balanço de nitrogênio das silagens de cinco genótipos de milho (HT01, HT47C, HT129, AG 5011 e BR 3123). Foram utilizados 15 carneiros alojados em gaiolas metabólicas para coleta total de fezes e urina. O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso com cinco tratamentos e seis repetições. Não foram observadas diferenças entre os genótipo (mais) s quanto ao consumo e digestibilidade da MS, da EB e da PB (P>0,05). Os consumos de MS, EB e PB digestíveis e energia metabolizável também não foram diferentes entre os híbridos (P>0,05). Quanto às relações consumo de energia digestível/consumo de MS e consumo de energia metabolizável/consumo de MS, o genótipo AG5011 foi semelhante ao HT01 (P>0,05) e superior aos demais (P0,05). Todos os genótipos produziram silagens de bom valor nutritivo, entretanto o genótipo AG5011 apresentou maior eficiência na utilização da energia (P Resumo em inglês The voluntary intake and the apparent digestibility of dry matter, crude protein and crude energy and the nitrogen balance, of silages of five maize genotypes (HT01, HT47C, HT129, AG5011 and BR3123) were quantified. Fifteen sheep were stored in metabolic cages for total collection of feces and urine. A complete randomized design, with five treatments and six repetitions was used. The intake and digestibility of dry matter, crude protein and crude energy did not differ (P> (mais) 0.05) among treatments. The intake of digestible dry matter, crude protein, crude energy and metabolic energy did not differ (P>0.05) among the genotypes. The ratios of digestible energy intake/dry matter intake and metabolic energy intake/dry matter intake of the genotype AG5011 silage was similar (P>0.05) to HT01, and higher than the other genotypes (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Consumo de nutrientes e parâmetros ruminais de vacas alimentadas com diferentes níveis de energia na dieta/ Intake of nutrients and ruminal parameters of cows fed different energy levels in the diet

Goularte, S.R.; Ítavo, L.C.V.; Morais, M.G.; Ítavo, C.C.B.F.; Santos, G.T.; Dias, A.M.; Bezerra, F.S.; Azevedo Júnior, N.P.; Calvis, D.S.
2010-04-01

Resumo em português Avaliou-se a influência de níveis de concentrado na dieta de bovinos. Utilizaram-se quatro vacas fistuladas no rúmen, distribuídas em quadrado latino 4x4, sobre o consumo, pH ruminal e nitrogênio amoniacal (N-NH3). Foi utilizada a silagem de milho, como volumoso, e concentrado, à base de milho, sorgo, farelo de soja, casca de soja, ureia e gordura protegida. As dietas foram isoproteicas com 18,6% de proteína bruta, utilizando valores crescentes de extrato etéreo ( (mais) 5,7; 6,6; 7,5 e 8,4%) para os níveis de concentrado de 30; 40; 50 e 60%. Os valores médios de pH ruminal foram 6,71; 6,64; 6,63; 6,69 e as concentrações médias de N-NH3 de 37,40; 39,62; 35,59 e 34,13mg/100mL de líquido ruminal. O tratamento com 7,5% de extrato etéreo apresentou média de consumo de fibra detergente neutro mais alto que os demais tratamentos, com máximo consumo de matéria seca estimado em 10,47kg/dia. Dietas com gordura protegida não interferiram no ambiente ruminal, até níveis de 8,4% de extrato etéreo, apresentando melhor eficiência com relação ao consumo de 55% de concentrado. Resumo em inglês The influence of concentrate levels in the diet of cattle on intake, rumen pH, and ammonia nitrogen (NH3-N) using four cows fistulated in the rumen and distributed in 4x4 Latin square was evaluated. Corn silage was used as roughage and concentrate was maize, sorghum, soybean hulls, soybean rules, urea, and protected fat. Diets were isonitrogenous with 18.6% crude protein, using increasing amounts of ether extract (5.7, 6.6, 7.5, and 8.4%) to the levels of concentrate, 30, (mais) 40, 50 and 60%. The average values of rumen pH were 6.71, 6.64, 6.63, and 6.69 and the average concentrations of NH3-N were 37.40, 39.62, 35.59, and 34.13mg/100mL of rumen fluid. Animals fed 7.5% ether extract diet had higher neutral detergent fiber intake than the animals of other treatments with maximum dry matter intake estimated in 10.47kg/day. Protected fat diet did not interfere in the environment of rumen up to levels of 8.4% of ether extract, providing better efficiency with respect to intake of 55% concentrate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Consumo de matéria seca e desempenho de novilhas das raças Girolando e Guzerá sob suplementação na caatinga, na época chuvosa, em Pernambuco, Brasil/ Dry matter intake and performance of Girolando and Guzerá heifers and Guzerá under supplementation in caatinga, during the rainy season, in Pernambuco, Brazil

Santana, Daniel Fernando Ydoyaga; Lira, Mario de Andrade; Santos, Mércia Virginia Ferreira dos; Ferreira, Marcelo de Andrade; Santos, Djalma Cordeiro dos; Mello, Alexandre Carneiro Leão de; Dubeux Júnior, José Carlos Batista; Araujo, Gherman Garcia Leal de
2010-10-01

Resumo em português Com os objetivos de estimar o consumo de matéria seca e avaliar a variação do peso vivo de novilhas, conduziu-se um experimento no período entre março e julho de 2003, com quatro estratégias de suplementação: sem suplementação (controle); torta de algodão (1 kg); palma-forrageira (10 kg); e de palma (5,0 kg) + torta de algodão (0,5 kg). O fornecimento de suplemento não influenciou o consumo de matéria seca (MS) do pasto nativo, no entanto afetou o consumo de (mais) MS total. O consumo de matéria seca total diferiu entre as raças, com valores de 5,44 e 6,75 kg/dia, respectivamente, para as raças Guzerá e Girolando. Nos animais sob suplementação com torta de algodão, o consumo de MS total foi superior ao do grupo controle (sem suplementação), porém semelhante ao daqueles sob suplementação com palma-forrageira e com torta de algodão + palma-forrageira. O ganho de peso vivo médio diário (de 517 e 434 g/animal, respectivamente, para os grupos Girolando e Guzerá) não diferiu entre as raças nem foi influenciado pela interação raça õ suplementação. Entre as estratégias de suplementação, no entanto, os valores tiveram diferença significativa e foram de 412, 620, 371 e 498 g/animal/dia, respectivamente, para os grupos controle e sob suplementação com torta de algodão; palma-forrageira; torta de algodão + palma-forrageira. No semiárido de Pernambuco, a suplementação com 1 kg de torta de algodão na época chuvosa do ano melhora o ganho de peso médio diário, independentemente da raça do animal. Resumo em inglês To estimate dry matter intake and to evaluate variation on live weight of heifers, an experiment was conducted from March to July 2003, with the following supplementation strategies: no supplementation (control), cottonseed cake (1 kg); spineless cactus (10 kg); spineless cactus + 0.5 kg of cottonseed cake (5 kg). Dry matter intake of native pasture was not affected by supplementation, but it affected total dry matter intake. Intake of total dry matter (DM) differed among (mais) breeds with values of 5.44 and 6.75 kg/day, respectively for Guzerat and Girolando breeds. For animal fed cottonseed cake supplementation, total DM intake was higher than in the control group (no supplementation), however, it was similar for those under spineless cactus and cottonseed cake + spinelles cactus supplementation. Daily average body weight gain (517 and 434 g/animal, respectively, for Girolando and Guzerat groups) did not differ among breeds neither was affected by breed õ supplementation interaction. However, among strategies of suplementation, values were significantly different and they were 412, 620, 371 and 498 g/animal/day, respectively, for control and cottonseed cake suplementation group; spineless cactus; cottonseed cake + spineless cactus. In Pernambuco semiarid, 1 kg of cottonseed cake supplementation improved daily average weight gain, regardless to breed of the animal during the rainy season.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Consumo de frutas e hortaliças por idosos de baixa renda na cidade de São Paulo/ Fruit and vegetable intake among low income elderly in the city of São Paulo, Southeastern Brazil/ Consumo de frutas y hortalizas por ancianos de baja renta en la ciudad de São Paulo (Sureste de Brasil)

Viebig, Renata Furlan; Pastor-Valero, Maria; Scazufca, Marcia; Menezes, Paulo Rossi
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar os fatores socioeconômicos e sociodemográficos associados ao consumo diário de cinco porções de frutas e hortaliças por idosos residentes em áreas de baixa renda, identificando as principais frutas e hortaliças que compõem a dieta desta população. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com 2.066 idosos (>60 anos) de baixa renda residentes na cidade de São Paulo, SP, em 2003-2005. Para a avaliação do consumo de frutas e hortaliça (mais) s foi aplicado questionário de freqüência alimentar. As respostas foram transformadas em consumo diário e comparadas às recomendações da Organização Mundial da Saúde (consumo de cinco ou mais porções diárias). A relação entre consumo recomendado de frutas e hortaliças e variáveis socioeconômicas foi avaliada mediante modelos de regressão logística. RESULTADOS: Dos participantes, 60,5% eram mulheres e 39,5% homens. Cerca de um terço dos idosos (n=723; 35,0%) não consumia diariamente nenhum tipo de fruta ou hortaliça e 19,8% relataram consumo diário de cinco ou mais porções de frutas e hortaliças. Este consumo esteve positivamente associado à renda e à escolaridade. CONCLUSÕES: O consumo de frutas e hortaliças de idosos de baixa renda do município de São Paulo mostrou-se insuficiente em relação às recomendações da Organização Mundial da Saúde e está associado a condições socioeconômicas desfavoráveis. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar los factores socioeconómicos y sociodemográficos asociados al consumo diário de cinco porciones de frutas y hortalizas por ancianos residentes en áreas de baja renta, identificando las principales frutas y hortalizas que componen la dieta de esta población. MÉTODOS: Estudio transversal de base poblacional con 2.066 ancianos (>60 años) de baja renta residentes en la ciudad de São Paulo, Sureste de Brasil, en 2003-2005. Para la evaluación del cons (mais) umo de frutas y hortalizas fue aplicado cuestionario de frecuencia alimentaria. Las respuestas fueron transformadas en consumo diário y comparadas con las recomendaciones de la Organización Mundial de la Salud (consumo de cinco o más porciones diárias). La relación entre consumo recomendado de frutas y hortalizas y variables socioeconómicas fue evaluada mediante modelos de regresión logística. RESULTADOS: De los participantes, 60,5% eran mujeres y 39,5% hombres. Cerca de un tercio de los ancianos (n=723; 35,0%) no consumia diariamente ningún tipo de fruta u hortaliza y 19,8% relataron consumo diário de cinco o más porciones de frutas y hortalizas. Este consumo estuvo positivamente asociado con la renta y la escolaridad. CONCLUSIONES: El consumo de frutas y hortalizas de ancianos de baja renta del município de São Paulo se mostró insuficiente con relación a las recomendaciones de la Organización Mundial de la Salud y está asociado a condiciones socioeconómicas desfavorables. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the socioeconomic and sociodemographic factors associated with the daily intake of five servings of fruit and vegetables by elderly individuals living in low income areas, identifying the main fruits and vegetables which compose the diet of this population. METHODS: This is a cross-sectional population-based study with 2,066 low income elderly individuals (>60 years) living in the city of São Paulo, Southeastern Brazil, in 2003-2005. To assess the (mais) fruit and vegetable intake a Food Frequency Questionnaire was administered. The answers were transformed into daily intake and compared with the recommendations of the World Health Organization (five or more servings per day). The relationship between recommended fruit and vegetable intake and socioeconomic variables was analyzed using logistic regression models. RESULTS: Of the participants, 60.5% were women and 39.5% were men. Approximately one third of the elders (n=723; 35.0%) did not consume any kind of fruit or vegetable on a daily basis and 19.8% reported a daily intake of five or more servings of fruits and vegetables. This intake was positively associated with income and years of schooling. CONCLUSIONS: The fruit and vegetable intake of low income elderly individuals in the city of São Paulo was insufficient according to the recommendations of the World Health Organization and is associated with unfavorable socioeconomic conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Consumo de frutas e hortaliças por idosos de baixa renda na cidade de São Paulo/ Fruit and vegetable intake among low income elderly in the city of São Paulo, Southeastern Brazil/ Consumo de frutas y hortalizas por ancianos de baja renta en la ciudad de São Paulo (Sureste de Brasil)

Viebig, Renata Furlan; Pastor-Valero, Maria; Scazufca, Marcia; Menezes, Paulo Rossi
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar os fatores socioeconômicos e sociodemográficos associados ao consumo diário de cinco porções de frutas e hortaliças por idosos residentes em áreas de baixa renda, identificando as principais frutas e hortaliças que compõem a dieta desta população. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com 2.066 idosos (>60 anos) de baixa renda residentes na cidade de São Paulo, SP, em 2003-2005. Para a avaliação do consumo de frutas e hortaliça (mais) s foi aplicado questionário de freqüência alimentar. As respostas foram transformadas em consumo diário e comparadas às recomendações da Organização Mundial da Saúde (consumo de cinco ou mais porções diárias). A relação entre consumo recomendado de frutas e hortaliças e variáveis socioeconômicas foi avaliada mediante modelos de regressão logística. RESULTADOS: Dos participantes, 60,5% eram mulheres e 39,5% homens. Cerca de um terço dos idosos (n=723; 35,0%) não consumia diariamente nenhum tipo de fruta ou hortaliça e 19,8% relataram consumo diário de cinco ou mais porções de frutas e hortaliças. Este consumo esteve positivamente associado à renda e à escolaridade. CONCLUSÕES: O consumo de frutas e hortaliças de idosos de baixa renda do município de São Paulo mostrou-se insuficiente em relação às recomendações da Organização Mundial da Saúde e está associado a condições socioeconômicas desfavoráveis. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar los factores socioeconómicos y sociodemográficos asociados al consumo diário de cinco porciones de frutas y hortalizas por ancianos residentes en áreas de baja renta, identificando las principales frutas y hortalizas que componen la dieta de esta población. MÉTODOS: Estudio transversal de base poblacional con 2.066 ancianos (>60 años) de baja renta residentes en la ciudad de São Paulo, Sureste de Brasil, en 2003-2005. Para la evaluación del cons (mais) umo de frutas y hortalizas fue aplicado cuestionario de frecuencia alimentaria. Las respuestas fueron transformadas en consumo diário y comparadas con las recomendaciones de la Organización Mundial de la Salud (consumo de cinco o más porciones diárias). La relación entre consumo recomendado de frutas y hortalizas y variables socioeconómicas fue evaluada mediante modelos de regresión logística. RESULTADOS: De los participantes, 60,5% eran mujeres y 39,5% hombres. Cerca de un tercio de los ancianos (n=723; 35,0%) no consumia diariamente ningún tipo de fruta u hortaliza y 19,8% relataron consumo diário de cinco o más porciones de frutas y hortalizas. Este consumo estuvo positivamente asociado con la renta y la escolaridad. CONCLUSIONES: El consumo de frutas y hortalizas de ancianos de baja renta del município de São Paulo se mostró insuficiente con relación a las recomendaciones de la Organización Mundial de la Salud y está asociado a condiciones socioeconómicas desfavorables. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the socioeconomic and sociodemographic factors associated with the daily intake of five servings of fruit and vegetables by elderly individuals living in low income areas, identifying the main fruits and vegetables which compose the diet of this population. METHODS: This is a cross-sectional population-based study with 2,066 low income elderly individuals (>60 years) living in the city of São Paulo, Southeastern Brazil, in 2003-2005. To assess the (mais) fruit and vegetable intake a Food Frequency Questionnaire was administered. The answers were transformed into daily intake and compared with the recommendations of the World Health Organization (five or more servings per day). The relationship between recommended fruit and vegetable intake and socioeconomic variables was analyzed using logistic regression models. RESULTS: Of the participants, 60.5% were women and 39.5% were men. Approximately one third of the elders (n=723; 35.0%) did not consume any kind of fruit or vegetable on a daily basis and 19.8% reported a daily intake of five or more servings of fruits and vegetables. This intake was positively associated with income and years of schooling. CONCLUSIONS: The fruit and vegetable intake of low income elderly individuals in the city of São Paulo was insufficient according to the recommendations of the World Health Organization and is associated with unfavorable socioeconomic conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Consumo de frutas e hortaliças por adultos em Ribeirão Preto, SP/ Fruit and vegetable intake by adults in Ribeirão Preto, Southeastern Brazil/ Consumo de frutas y hortalizas por adultos en Ribeirao Preto, Sureste de Brasil

Mondini, Lenise; Moraes, Suzana Alves de; Freitas, Isabel Cristina Martins de; Gimeno, Suely Godoy Agostinho
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o consumo de frutas e hortaliças por adultos e identificar variáveis sociodemográficas e de estilo de vida associadas ao consumo desses alimentos. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, realizado na área urbana de Ribeirão Preto, SP, em 2006, com amostra selecionada por conglomerados, em três estágios, tendo como unidade primária o setor censitário. A amostra foi composta por 930 participantes com 30 anos e mais; na análise de dado (mais) s levou-se em consideração o efeito de desenho. O consumo de frutas e hortaliças baseou-se em questionário de freqüência semiquantitativo, utilizando-se como indicadores os escores médios de freqüência de consumo de frutas e hortaliças, consumo diário e consumo mínimo desses alimentos. As variáveis independentes analisadas foram: faixa etária, estado marital, escolaridade, renda familiar per capita, estado nutricional, tabagismo e atividade física. Médias dos escores de freqüência de consumo foram estimadas por pontos e por intervalos com 95% de confiança. Para o estudo de associação, razões de prevalências foram estimadas por pontos e por intervalos com 95% de confiança, utilizando-se regressão de Poisson. Testes de tendência linear foram aplicados, adotando-se nível de significância de 5%. RESULTADOS: Apenas 24% dos homens e 38% das mulheres atenderam à recomendação mínima do consumo de frutas e hortaliças; observou-se associação positiva com a idade e renda per capita. Mulheres com maior escolaridade e homens que viviam com a companheira consumiam mais frutas e hortaliças que os demais. Atividade física, tabagismo e estado nutricional não apresentaram associação com o consumo mínimo recomendado de frutas e hortaliças. CONCLUSÕES: Fatores socioeconômicos têm importante influência sobre o consumo de frutas e hortaliças e, por serem passíveis de intervenção, podem contribuir para a adoção de hábitos alimentares saudáveis. Resumo em espanhol OBJETIVO: Evaluar el consumo de frutas y hortalizas por adultos e identificar variables sociodemográficas y de estilo de vida asociadas al consumo de estos alimentos. MÉTODOS: Estudio transversal, de base poblacional, realizado en el área urbana de Ribeirao Preto, Sureste de Brasil, en 2006, con muestra seleccionada por conglomerados, en tres fases, teniendo como unidad primaria el sector del censo. La muestra estuvo compuesta por 930 participantes con 30 años y más (mais) y, en el análisis de datos se tomó en consideración el efecto del diseño. El consumo de frutas y hortalizas se basó en cuestionario de frecuencia semi-cuantitativa, utilizándose como indicadores los escores promedios de frecuencia de consumo de frutas y hortalizas, consumo diario y consumo mínimo de esos alimentos. Las variables independientes analizadas fueron: grupo etario, estado marital, escolaridad, renta familiar per capita, estado nutricional, tabaquismo y actividad física. Promedio de los escores de frecuencia de consumo fueron estimados por puntos y por intervalos con 95% de confianza. Para el estudio de asociación, razones de prevalencias fueron estimadas por puntos y por intervalos con 95% de confianza utilizándose regresión de Poisson. Pruebas de tendencia linear fueron aplicados, adoptándose nivel de significancia de 5%. RESULTADOS: Solo 24% de los hombres y 38% de las mujeres atendieron la recomendación mínima de consumo de frutas y hortalizas; se observó asociación positiva con la edad y renta per capita. Mujeres con mayor escolaridad y hombres que vivían con la compañera consumían más frutas y hortalizas con que los demás. Actividad física, tabaquismo y estado nutricional no presentaron asociación con el consumo mínimo recomendado de frutas y hortalizas. CONCLUSIONES: Factores socioeconómicos tienen importante influencia sobre el consumo de frutas y hortalizas y, por estar sujetos a intervención, pueden contribuir para la adopción de hábitos alimentarios saludables. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess fruit and vegetable intake by adults and identify sociodemographic and life style variables associated with this intake. METHODS: A population-based cross-sectional study was performed in the urban area of the city of Ribeirão Preto, Southeastern Brazil, in 2006. Sample was selected using three-stage cluster sampling, with census tracts as primary units. Sample was comprised of 930 participants aged 30 years and more and the design effect was conside (mais) red in data analysis. Fruit and vegetable intake was based on a semi-quantitative food frequency questionnaire, using mean scores of frequency of fruit and vegetable intake, daily intake and minimum intake of such foods as indicators. The independent variables analyzed were as follows: age group, marital status, level of education, per capita household income, nutritional status, smoking and physical activity. Mean scores of frequency of intake were estimated by point and 95% confidence intervals. Prevalence ratios were also estimated by point and 95% confidence intervals to analyze association, using Poisson regression. Linear trend tests were applied, adopting a 5% confidence level. RESULTS: Only 24% of men and 38% of women met the minimum recommendation for fruit and vegetable intake; there was a positive association with age and per capita income. Women with a higher level of education and men who lived with a female partner consumed more fruits and vegetables than others. Physical activity, smoking and nutritional status were not associated with the minimum recommended fruit and vegetable intake. CONCLUSIONS: Socioeconomic factors have an important influence on fruit and vegetable intake and, as these are subject to intervention, they can contribute to the adoption of healthy eating habits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Consumo de frutas e hortaliças por adultos em Ribeirão Preto, SP/ Fruit and vegetable intake by adults in Ribeirão Preto, Southeastern Brazil/ Consumo de frutas y hortalizas por adultos en Ribeirao Preto, Sureste de Brasil

Mondini, Lenise; Moraes, Suzana Alves de; Freitas, Isabel Cristina Martins de; Gimeno, Suely Godoy Agostinho
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o consumo de frutas e hortaliças por adultos e identificar variáveis sociodemográficas e de estilo de vida associadas ao consumo desses alimentos. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, realizado na área urbana de Ribeirão Preto, SP, em 2006, com amostra selecionada por conglomerados, em três estágios, tendo como unidade primária o setor censitário. A amostra foi composta por 930 participantes com 30 anos e mais; na análise de dado (mais) s levou-se em consideração o efeito de desenho. O consumo de frutas e hortaliças baseou-se em questionário de freqüência semiquantitativo, utilizando-se como indicadores os escores médios de freqüência de consumo de frutas e hortaliças, consumo diário e consumo mínimo desses alimentos. As variáveis independentes analisadas foram: faixa etária, estado marital, escolaridade, renda familiar per capita, estado nutricional, tabagismo e atividade física. Médias dos escores de freqüência de consumo foram estimadas por pontos e por intervalos com 95% de confiança. Para o estudo de associação, razões de prevalências foram estimadas por pontos e por intervalos com 95% de confiança, utilizando-se regressão de Poisson. Testes de tendência linear foram aplicados, adotando-se nível de significância de 5%. RESULTADOS: Apenas 24% dos homens e 38% das mulheres atenderam à recomendação mínima do consumo de frutas e hortaliças; observou-se associação positiva com a idade e renda per capita. Mulheres com maior escolaridade e homens que viviam com a companheira consumiam mais frutas e hortaliças que os demais. Atividade física, tabagismo e estado nutricional não apresentaram associação com o consumo mínimo recomendado de frutas e hortaliças. CONCLUSÕES: Fatores socioeconômicos têm importante influência sobre o consumo de frutas e hortaliças e, por serem passíveis de intervenção, podem contribuir para a adoção de hábitos alimentares saudáveis. Resumo em espanhol OBJETIVO: Evaluar el consumo de frutas y hortalizas por adultos e identificar variables sociodemográficas y de estilo de vida asociadas al consumo de estos alimentos. MÉTODOS: Estudio transversal, de base poblacional, realizado en el área urbana de Ribeirao Preto, Sureste de Brasil, en 2006, con muestra seleccionada por conglomerados, en tres fases, teniendo como unidad primaria el sector del censo. La muestra estuvo compuesta por 930 participantes con 30 años y más (mais) y, en el análisis de datos se tomó en consideración el efecto del diseño. El consumo de frutas y hortalizas se basó en cuestionario de frecuencia semi-cuantitativa, utilizándose como indicadores los escores promedios de frecuencia de consumo de frutas y hortalizas, consumo diario y consumo mínimo de esos alimentos. Las variables independientes analizadas fueron: grupo etario, estado marital, escolaridad, renta familiar per capita, estado nutricional, tabaquismo y actividad física. Promedio de los escores de frecuencia de consumo fueron estimados por puntos y por intervalos con 95% de confianza. Para el estudio de asociación, razones de prevalencias fueron estimadas por puntos y por intervalos con 95% de confianza utilizándose regresión de Poisson. Pruebas de tendencia linear fueron aplicados, adoptándose nivel de significancia de 5%. RESULTADOS: Solo 24% de los hombres y 38% de las mujeres atendieron la recomendación mínima de consumo de frutas y hortalizas; se observó asociación positiva con la edad y renta per capita. Mujeres con mayor escolaridad y hombres que vivían con la compañera consumían más frutas y hortalizas con que los demás. Actividad física, tabaquismo y estado nutricional no presentaron asociación con el consumo mínimo recomendado de frutas y hortalizas. CONCLUSIONES: Factores socioeconómicos tienen importante influencia sobre el consumo de frutas y hortalizas y, por estar sujetos a intervención, pueden contribuir para la adopción de hábitos alimentarios saludables. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess fruit and vegetable intake by adults and identify sociodemographic and life style variables associated with this intake. METHODS: A population-based cross-sectional study was performed in the urban area of the city of Ribeirão Preto, Southeastern Brazil, in 2006. Sample was selected using three-stage cluster sampling, with census tracts as primary units. Sample was comprised of 930 participants aged 30 years and more and the design effect was conside (mais) red in data analysis. Fruit and vegetable intake was based on a semi-quantitative food frequency questionnaire, using mean scores of frequency of fruit and vegetable intake, daily intake and minimum intake of such foods as indicators. The independent variables analyzed were as follows: age group, marital status, level of education, per capita household income, nutritional status, smoking and physical activity. Mean scores of frequency of intake were estimated by point and 95% confidence intervals. Prevalence ratios were also estimated by point and 95% confidence intervals to analyze association, using Poisson regression. Linear trend tests were applied, adopting a 5% confidence level. RESULTS: Only 24% of men and 38% of women met the minimum recommendation for fruit and vegetable intake; there was a positive association with age and per capita income. Women with a higher level of education and men who lived with a female partner consumed more fruits and vegetables than others. Physical activity, smoking and nutritional status were not associated with the minimum recommended fruit and vegetable intake. CONCLUSIONS: Socioeconomic factors have an important influence on fruit and vegetable intake and, as these are subject to intervention, they can contribute to the adoption of healthy eating habits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Consumo alimentar na gestação e no pós-parto segundo cor da pele no município do Rio de Janeiro/ Food intake during pregnancy and postpartum according to skin color in Rio de Janeiro, Brazil

Lacerda, Elisa Maria de Aquino; Kac, Gilberto; Cunha, Cynthia Braga da; Leal, Maria do Carmo
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar durante a gestação e pós-parto, segundo cor da pele. MÉTODOS: Estudo longitudinal prospectivo que incluiu 467 mulheres entre 15 e 45 anos no período pós-parto, no município do Rio de Janeiro, entre 1999 e 2001. Foi aplicado um questionário de freqüência de consumo de alimentos aos 15 dias pós-parto (consumo referente ao período da gestação) e aos seis meses (consumo referente ao período pós-parto). Foi utilizada análi (mais) se de covariância para analisar diferenças no consumo alimentar, segundo cor da pele, controlada pela escolaridade. RESULTADOS: Durante a gestação, pretas e pardas apresentaram consumo de energia 13,4% e 9,1% (p=0,009 e p=0,028) e consumo de carboidrato 15,1% e 10,5% maior que brancas (p=0,005 e p=0,014), respectivamente. Mulheres pretas e brancas apresentaram consumo energético 34% e 20% acima das recomendações nutricionais, respectivamente (p=0,035). Durante o período pós-parto, as pretas apresentaram consumo de energia 7,7% maior e consumo de lipídios 14,8% maior que as brancas; consumo de ácidos graxos saturados 23,8% maior que brancas (p=0,003) e 13% maior que pardas (p=0,046). A adequação de consumo de lipídios e ácidos graxos saturados foi maior em pretas que em brancas (p=0,024 e p=0,011, respectivamente). CONCLUSÕES: Os resultados mostram ser necessário revisar estratégias de intervenção nutricional no pré-natal e implementar assistência nutricional no pós-parto, para ajustar o consumo alimentar a níveis adequados, considerando as diferenças por cor/raça identificadas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess dietary intake during pregnancy and postpartum according to skin color. METHODS: A longitudinal prospective study was carried out comprising 467 postpartum women aged between 15-45 years in the city of Rio de Janeiro, Southeastern Brazil, in 1999-2001. A food frequency questionnaire was administered at two weeks postpartum (intake covering the pregnancy period) and at six months postpartum (intake covering the postpartum period). Analysis of covarianc (mais) e was performed to evaluate differences in food intake among skin color groups, adjusted for educational level. RESULTS: During pregnancy, black and mulatto women had 13.4% and 9.1% higher energy intake (p=0.009 and p=0.028) and 15.1% and 10.5% higher carbohydrate intake (p=0.005 and p=0.014) than white women, respectively. Energy intake of black and white women exceeded the nutritional recommendations by 34% and 20%, respectively (p=0.035). During the postpartum period, black women had 7.7% higher energy intake (p=0.030) and 14.8% higher lipid intake (p=0.008) than white women, as well as 23.8% and 13% higher saturated fatty acids intake than white (p = 0.003) and mulatto (p = 0.046) women, respectively. The adequacy of lipid and saturated fatty acids intake was higher in black (p=0.024) than white women (p=0.011). CONCLUSIONS: The study suggests the need to revise nutritional interventions strategies in the prenatal period, and to implement nutritional guidance programs during the postpartum period in order to adjust food intake to adequate levels, taking into consideration racial differences identified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Consumo alimentar na gestação e no pós-parto segundo cor da pele no município do Rio de Janeiro/ Food intake during pregnancy and postpartum according to skin color in Rio de Janeiro, Brazil

Lacerda, Elisa Maria de Aquino; Kac, Gilberto; Cunha, Cynthia Braga da; Leal, Maria do Carmo
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar durante a gestação e pós-parto, segundo cor da pele. MÉTODOS: Estudo longitudinal prospectivo que incluiu 467 mulheres entre 15 e 45 anos no período pós-parto, no município do Rio de Janeiro, entre 1999 e 2001. Foi aplicado um questionário de freqüência de consumo de alimentos aos 15 dias pós-parto (consumo referente ao período da gestação) e aos seis meses (consumo referente ao período pós-parto). Foi utilizada análi (mais) se de covariância para analisar diferenças no consumo alimentar, segundo cor da pele, controlada pela escolaridade. RESULTADOS: Durante a gestação, pretas e pardas apresentaram consumo de energia 13,4% e 9,1% (p=0,009 e p=0,028) e consumo de carboidrato 15,1% e 10,5% maior que brancas (p=0,005 e p=0,014), respectivamente. Mulheres pretas e brancas apresentaram consumo energético 34% e 20% acima das recomendações nutricionais, respectivamente (p=0,035). Durante o período pós-parto, as pretas apresentaram consumo de energia 7,7% maior e consumo de lipídios 14,8% maior que as brancas; consumo de ácidos graxos saturados 23,8% maior que brancas (p=0,003) e 13% maior que pardas (p=0,046). A adequação de consumo de lipídios e ácidos graxos saturados foi maior em pretas que em brancas (p=0,024 e p=0,011, respectivamente). CONCLUSÕES: Os resultados mostram ser necessário revisar estratégias de intervenção nutricional no pré-natal e implementar assistência nutricional no pós-parto, para ajustar o consumo alimentar a níveis adequados, considerando as diferenças por cor/raça identificadas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess dietary intake during pregnancy and postpartum according to skin color. METHODS: A longitudinal prospective study was carried out comprising 467 postpartum women aged between 15-45 years in the city of Rio de Janeiro, Southeastern Brazil, in 1999-2001. A food frequency questionnaire was administered at two weeks postpartum (intake covering the pregnancy period) and at six months postpartum (intake covering the postpartum period). Analysis of covarianc (mais) e was performed to evaluate differences in food intake among skin color groups, adjusted for educational level. RESULTS: During pregnancy, black and mulatto women had 13.4% and 9.1% higher energy intake (p=0.009 and p=0.028) and 15.1% and 10.5% higher carbohydrate intake (p=0.005 and p=0.014) than white women, respectively. Energy intake of black and white women exceeded the nutritional recommendations by 34% and 20%, respectively (p=0.035). During the postpartum period, black women had 7.7% higher energy intake (p=0.030) and 14.8% higher lipid intake (p=0.008) than white women, as well as 23.8% and 13% higher saturated fatty acids intake than white (p = 0.003) and mulatto (p = 0.046) women, respectively. The adequacy of lipid and saturated fatty acids intake was higher in black (p=0.024) than white women (p=0.011). CONCLUSIONS: The study suggests the need to revise nutritional interventions strategies in the prenatal period, and to implement nutritional guidance programs during the postpartum period in order to adjust food intake to adequate levels, taking into consideration racial differences identified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Consumo alimentar e padrão de refeições de adolescentes, São Paulo, Brasil/ Food intake and meal patterns of adolescents, São Paulo, Brazil

Leal, Greisse Viero da Silva; Philippi, Sonia Tucunduva; Matsudo, Sandra Marcela Mahecha; Toassa, Erika Christiane
2010-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar e o padrão de refeições de adolescentes, São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Por meio do Recordatório de 24 horas, avaliou-se o consumo energético total, de macronutrientes, cálcio, ferro e vitamina A e a omissão de refeições ou sua substituição por lanche, de adolescentes de uma escola pública de Ilhabela. Comparou-se o consumo alimentar por grupo com a Pirâmide Alimentar do adolescente. Foi realizada análise descritiva, apli (mais) cou-se o teste Qui-quadrado (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess food intake and meal patterns in adolescents, a cross-sectional study was conducted with 228 adolescents from a public school, SP, Brazil. METHODS: Total energy, macronutrients, calcium, iron, and vitamin A intakes were evaluated. The food pattern was compared with the eating patterns established by the Food Pyramid for adolescents. Meal frequency was assessed to identify meal skipping. Descriptive statistics and Chi Square were used. RESULTS: Mean en (mais) ergy intake was lower than estimated for 66% adolescents, carbohydrate intake was lower than estimated for 50% adolescents, fat intake was higher than estimated for 50% of adolescents, and protein intake was above the recommendation for 40% of adolescents. Among adolescents studied, 21% skipped breakfast and one third of them had snacks instead of lunch or dinner. CONCLUSION: The diet of adolescents had insufficient energy intake and deficient intake of fruits and vegetables. Meal patterns were satisfactory, but breakfast should be encouraged.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Consumo alimentar e padrão de refeições de adolescentes, São Paulo, Brasil/ Food intake and meal patterns of adolescents, São Paulo, Brazil

Leal, Greisse Viero da Silva; Philippi, Sonia Tucunduva; Matsudo, Sandra Marcela Mahecha; Toassa, Erika Christiane
2010-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar e o padrão de refeições de adolescentes, São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Por meio do Recordatório de 24 horas, avaliou-se o consumo energético total, de macronutrientes, cálcio, ferro e vitamina A e a omissão de refeições ou sua substituição por lanche, de adolescentes de uma escola pública de Ilhabela. Comparou-se o consumo alimentar por grupo com a Pirâmide Alimentar do adolescente. Foi realizada análise descritiva, apli (mais) cou-se o teste Qui-quadrado (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess food intake and meal patterns in adolescents, a cross-sectional study was conducted with 228 adolescents from a public school, SP, Brazil. METHODS: Total energy, macronutrients, calcium, iron, and vitamin A intakes were evaluated. The food pattern was compared with the eating patterns established by the Food Pyramid for adolescents. Meal frequency was assessed to identify meal skipping. Descriptive statistics and Chi Square were used. RESULTS: Mean en (mais) ergy intake was lower than estimated for 66% adolescents, carbohydrate intake was lower than estimated for 50% adolescents, fat intake was higher than estimated for 50% of adolescents, and protein intake was above the recommendation for 40% of adolescents. Among adolescents studied, 21% skipped breakfast and one third of them had snacks instead of lunch or dinner. CONCLUSION: The diet of adolescents had insufficient energy intake and deficient intake of fruits and vegetables. Meal patterns were satisfactory, but breakfast should be encouraged.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Consumo alimentar e dislipidemia decorrente da terapia antirretroviral combinada para infecção pelo HIV: uma revisão sistemática/ Dietary intake and dyslipidemia arising from combination antiretroviral therapy for HIV infection: a systematic review

Almeida, Luara Bellinghausen; Giudici, Kelly Virecoulon; Jaime, Patricia Constante
2009-07-01

Resumo em português Revisar e sintetizar as evidências científicas disponíveis sobre a relação entre o consumo alimentar e dislipidemia em pacientes infectados pelo HIV em terapia antirretroviral combinada de alta atividade (TARV). Desenvolveu-se uma revisão sistemática de literatura. Foram pesquisados estudos originais e duas categorias de exposição dietética foram revisadas: consumo de energia e nutriente ou consumo de uma dieta teste. Foi feita síntese narrativa dos estudos sel (mais) ecionados. Os achados foram sintetizados segundo a categoria de desfecho metabólico (efeito sobre colesterol total e LDL-c, efeito sobre HDL-c e efeito sobre triglicérides). Vinte estudos originais foram incluídos na revisão, sendo 13 ensaios clínicos e 7 estudos epidemiológicos observacionais. A suplementação com ácido graxo ω-3 resultou em significativa redução nos níveis séricos de triglicérides. Observou-se evidência insuficiente acerca da efetividade de intervenções dietéticas na prevenção e controle das dislipidemias em pacientes infectados pelo HIV em uso de TARV. Resumo em inglês To review and synthesize the available scientific evidence on the relationship between dietary intake and dyslipidemias in HIV-infected patients in combination antiretroviral therapy (ART). A systematic review of literature was carried out. Original and published studies were investigated and two categories of dietary exposure were considered: energy and nutrient intake, and consumption of a test diet. A narrative review of included studies was conducted. The findings wer (mais) e summarized according to category of metabolic outcomes (effect on total cholesterol and LDL-c, effect on HDL-c and effect on triglycerides). Twenty original studies were included in this review, being 13 clinical trials and 7 observational studies. ω-3 fatty acid supplementation led to a significant decrease in triglycerides. There was very little evidence on the effectiveness of dietary interventions for the prevention and control of dyslipidemias in HIV-infected patients receiving ART.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Consumo alimentar de crianças menores de três anos residentes em área de alta prevalência de insegurança alimentar domiciliar/ Food intake among children under three years of age in an area with high food insecurity

Antunes, Marina Maria Leite; Sichieri, Rosely; Salles-Costa, Rosana
2010-08-01

Resumo em português O objetivo deste artigo foi descrever a associação entre insegurança alimentar e consumo alimentar de crianças no Município de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brasil. Trata-se de estudo transversal de base populacional, com amostra probabilística de domicílios; com 402 famílias compostas por crianças de 6 e 30 meses de idade. Insegurança alimentar foi avaliada com base na Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA) e o consumo alimentar das crianças foi (mais) estimado por dois recordatórios de 24 horas. Comparou-se o consumo dos grupos de alimentos, de energia e de nutrientes entre as categorias de insegurança alimentar. O consumo de doces e de gorduras foi elevado, independentemente do grau de insegurança alimentar, e o consumo de café foi significativamente maior entre crianças com insegurança alimentar. No modelo de regressão linear ajustado por energia, o consumo de proteínas associou-se de forma inversa com a EBIA (p = 0,005). Os resultados encontrados sugerem que a insegurança alimentar das famílias compromete a qualidade da dieta infantil, reduzindo o consumo de alimentos protéicos, aumentando o consumo de café e de alimentos de alta densidade energética. Resumo em inglês This study focused on the association between food insecurity and children's dietary intake in a representative sample of children in an area with high food insecurity in Duque de Caxias, Rio de Janeiro State, Brazil. This was a cross-sectional, population-based study with a probabilistic cluster sample of 402 families with children ranging from six to 30 months of age. Food insecurity was assessed based on the Brazilian Food Insecurity Scale (EBIA), and children's dietar (mais) y intake was evaluated with two 24-hour recalls. Intake levels for food groups, energy, and nutrients were compared according to food insecurity status. Intake of sugar/sweets and fat was high, regardless of food insecurity status, and coffee intake was significantly higher among children with food insecurity. In the energy-adjusted linear regression model, protein intake was inversely associated with the EBIA (p = 0.005). The results suggest that family food insecurity jeopardizes the quality of children's diet, reducing the consumption of protein and increasing the consumption of coffee and high energy density foods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Consumo alimentar de crianças menores de três anos residentes em área de alta prevalência de insegurança alimentar domiciliar/ Food intake among children under three years of age in an area with high food insecurity

Antunes, Marina Maria Leite; Sichieri, Rosely; Salles-Costa, Rosana
2010-08-01

Resumo em português O objetivo deste artigo foi descrever a associação entre insegurança alimentar e consumo alimentar de crianças no Município de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brasil. Trata-se de estudo transversal de base populacional, com amostra probabilística de domicílios; com 402 famílias compostas por crianças de 6 e 30 meses de idade. Insegurança alimentar foi avaliada com base na Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA) e o consumo alimentar das crianças foi (mais) estimado por dois recordatórios de 24 horas. Comparou-se o consumo dos grupos de alimentos, de energia e de nutrientes entre as categorias de insegurança alimentar. O consumo de doces e de gorduras foi elevado, independentemente do grau de insegurança alimentar, e o consumo de café foi significativamente maior entre crianças com insegurança alimentar. No modelo de regressão linear ajustado por energia, o consumo de proteínas associou-se de forma inversa com a EBIA (p = 0,005). Os resultados encontrados sugerem que a insegurança alimentar das famílias compromete a qualidade da dieta infantil, reduzindo o consumo de alimentos protéicos, aumentando o consumo de café e de alimentos de alta densidade energética. Resumo em inglês This study focused on the association between food insecurity and children's dietary intake in a representative sample of children in an area with high food insecurity in Duque de Caxias, Rio de Janeiro State, Brazil. This was a cross-sectional, population-based study with a probabilistic cluster sample of 402 families with children ranging from six to 30 months of age. Food insecurity was assessed based on the Brazilian Food Insecurity Scale (EBIA), and children's dietar (mais) y intake was evaluated with two 24-hour recalls. Intake levels for food groups, energy, and nutrients were compared according to food insecurity status. Intake of sugar/sweets and fat was high, regardless of food insecurity status, and coffee intake was significantly higher among children with food insecurity. In the energy-adjusted linear regression model, protein intake was inversely associated with the EBIA (p = 0.005). The results suggest that family food insecurity jeopardizes the quality of children's diet, reducing the consumption of protein and increasing the consumption of coffee and high energy density foods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Consumo alimentar de atletas: reflexões sobre recomendações nutricionais, hábitos alimentares e métodos para avaliação do gasto e consumo energéticos/ Athletes' food intake: reflections on nutritional recommendations, food habits and methods for assessing energy expenditure and energy intake

Panza, Vilma Pereira; Coelho, Mara Sérgia Pacheco Honório; Di Pietro, Patrícia Faria; Assis, Maria Alice Altenburg de; Vasconcelos, Francisco de Assis Guedes de
2007-12-01

Resumo em português O objetivo do artigo foi efetuar revisão sobre o consumo alimentar de atletas, enfatizando recomendações nutricionais, adequações dietéticas, comportamento alimentar e limitações dos métodos na avaliação dietética e estimativa do gasto energético nesta população. Foram analisados 30 artigos, publicados no período de 1984-2004, selecionados em bases eletrônicas de dados. O critério de inclusão dos artigos foi a abordagem sobre aspectos nutricionais relac (mais) ionados ao exercício, recomendações de energia e nutrientes, bem como consumo alimentar de atletas. As recomendações de energia, macronutrientes e hidratação para atletas já estão bem determinadas, porém, pouco se conhece sobre as necessidades de vitaminas e minerais. Contudo, existe um consenso de que as necessidades de micronutrientes para a maioria desses indivíduos podem ser atendidas por uma dieta variada e equilibrada. Por outro lado, estudos indicam que a inadequação de energia e nutrientes ainda predomina em vários grupos atléticos, revelando a necessidade da reeducação nutricional. Diversos fatores inerentes à modalidade esportiva, tais como os esquemas de treinamento e as exigências relativas à imagem corporal, podem influenciar os hábitos alimentares do atleta. Portanto, a compreensão das relações entre o padrão de alimentação de atletas e os diversos fatores relacionados ao esporte são aspectos fundamentais para o estabelecimento de orientações nutricionais. A ocorrência de erros sistemáticos em pesquisas com atletas que empregam métodos que utilizam o auto-relato, ressalta a importância do rigor metodológico na aplicação desses instrumentos. Resumo em inglês The purpose of this paper was to review the bibliography on athletes' food intake, emphasizing nutritional recommendations, dietary propriety and behavior, limitations of the methods for assessing food intake and estimated energy expenditure in this population. Thirty articles were analyzed, published from 1984 to 2004, selected from electronic databases. Articles that discussed nutritional aspects associated with exercise and those that made recommendations regarding ene (mais) rgy, nutrient or food intake were included. Determinations for energy, macronutrient and liquid intake for athletes are already well established but little is known about their need of vitamins and minerals. However, there is a consensus that the micronutrient requirements for most of these individuals can be met by a varied and balanced diet. On the other hand, studies show that unbalanced energy and nutrient intakes still prevail among many athletic groups, revealing the need for dietary education. Many factors related to the type of sport such as training schemes and body image requirements may influence the athletes' dietary habits. Therefore, understanding the relationship between the athletes' eating patterns and the various patterns associated with the sport in question is essential to establish specific nutritional guidance. The occurrence of systematic errors in researches involving athletes that employ methods that rely on self reports emphasizes the importance of following a strict methodology when using these instruments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Consumo alimentar de adolescentes com e sem sobrepeso do Município do Rio de Janeiro/ Food intake in overweight and normal-weight adolescents in the city of Rio de Janeiro

Andrade, Roseli G.; Pereira, Rosangela A.; Sichieri, Rosely
2003-10-01

Resumo em português Comparam-se, neste estudo, as características do consumo alimentar de uma amostra probabilística de adolescentes com sobrepeso e adolescentes com peso normal, com idades entre 12 e 17,9 anos. Os dados analisados foram obtidos em pesquisa realizada no Município do Rio de Janeiro, em 1995-1996. Estimou-se o consumo alimentar através de um questionário de freqüência do consumo de alimentos semiquantitativo. Avaliou-se o estado nutricional através do índice de massa (mais) corporal (IMC = peso/altura²), classificando-se os adolescentes com e sem sobrepeso pelo percentil 90 da distribuição do IMC de crianças brasileiras de 1989. O consumo de indivíduos com e sem sobrepeso foi semelhante, em ambos os grupos observou-se consumo inferior ao mínimo das porções recomendadas dos grupos alimentares e consumo elevado de alimentos de alta densidade energética. Esses hábitos alimentares propiciam o desenvolvimento de excesso de peso e podem ser determinantes de obesidade e doenças crônicas não transmissíveis na maturidade. Resumo em inglês This article compares the food intake of overweight and normal-weight adolescents from 12 to 17.9 years of age (71.8% of the original sample). Data were obtained in a survey performed in the city of Rio de Janeiro, Brazil, in 1995-1996. Food intake was assessed by a semi-quantitative food frequency questionnaire, and nutritional status was assessed by body mass index (BMI = weight/stature²). Adolescents classified as overweight reached the 90th percentile of the 1989 Bra (mais) zilian BMI distribution. Food intake of overweight and non-overweight subjects was similar. Both groups showed below-minimum-recommended food-group intakes and higher intake of high-density food items. These nutritional habits are risk factors for obesity and chronic diseases later in life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

102

Consumo alimentar de adolescentes com e sem sobrepeso do Município do Rio de Janeiro/ Food intake in overweight and normal-weight adolescents in the city of Rio de Janeiro

Andrade, Roseli G.; Pereira, Rosangela A.; Sichieri, Rosely
2003-10-01

Resumo em português Comparam-se, neste estudo, as características do consumo alimentar de uma amostra probabilística de adolescentes com sobrepeso e adolescentes com peso normal, com idades entre 12 e 17,9 anos. Os dados analisados foram obtidos em pesquisa realizada no Município do Rio de Janeiro, em 1995-1996. Estimou-se o consumo alimentar através de um questionário de freqüência do consumo de alimentos semiquantitativo. Avaliou-se o estado nutricional através do índice de massa (mais) corporal (IMC = peso/altura²), classificando-se os adolescentes com e sem sobrepeso pelo percentil 90 da distribuição do IMC de crianças brasileiras de 1989. O consumo de indivíduos com e sem sobrepeso foi semelhante, em ambos os grupos observou-se consumo inferior ao mínimo das porções recomendadas dos grupos alimentares e consumo elevado de alimentos de alta densidade energética. Esses hábitos alimentares propiciam o desenvolvimento de excesso de peso e podem ser determinantes de obesidade e doenças crônicas não transmissíveis na maturidade. Resumo em inglês This article compares the food intake of overweight and normal-weight adolescents from 12 to 17.9 years of age (71.8% of the original sample). Data were obtained in a survey performed in the city of Rio de Janeiro, Brazil, in 1995-1996. Food intake was assessed by a semi-quantitative food frequency questionnaire, and nutritional status was assessed by body mass index (BMI = weight/stature²). Adolescents classified as overweight reached the 90th percentile of the 1989 Bra (mais) zilian BMI distribution. Food intake of overweight and non-overweight subjects was similar. Both groups showed below-minimum-recommended food-group intakes and higher intake of high-density food items. These nutritional habits are risk factors for obesity and chronic diseases later in life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

104

Avaliação do consumo e ganho de peso de novilhos em pastejo rotacionado de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum.) cv. Napier, na estação chuvosa/ Evaluation of intake and weight gain of steers in rotacional grazing of elephantgrass (Pennisetum purpureum, Schum.) cv. Napier, during the rainy season

Erbesdobler, Eleonora D'Avila; Fontes, Carlos Augusto de Alencar; Queiroz, Domingos Sávio; Maldonado Vasquez, Hernan; Silva, Manoel Messias Pereira da; Gesualdi, Ana Cristina Ladeira de Souza; Freitas, José Antônio de
2002-09-01

Resumo em português A pesquisa foi conduzida na Fazenda Experimental da EPAMIG-Leopoldina, MG, onde foram avaliados o consumo de capim-elefante, a efetividade da limitação do tempo de pastejo a quatro horas diárias, para manter o consumo próximo à mantença e o ganho de peso de 36 novilhos ¾ Gir-Holandês, em cinco períodos sucessivos de 36 dias, na estação chuvosa. Os tratamentos foram: livre acesso ao pasto (pastejo irrestrito) e pastejo restrito. A disponibilidade de matér (mais) ia verde seca do capim-elefante nos cinco períodos variou de 4,0 a 7,8 kg/100 kg PV. Os animais com livre acesso ao pasto consumiram o equivalente a 1,61 vezes o dos animais de pastejo restrito e tiveram ganho de peso de corpo vazio médio diário de 516,4 g, com um ganho estimado de 432,5 kg por hectare, estando dentro da faixa de ganho de peso verificada para capim-elefante no Brasil. O consumo de energia metabolizável por unidade de tamanho metabólico manteve-se estável nos três primeiros períodos, elevando-se nos dois últimos períodos, em que ocorreram os maiores ganhos de peso dos animais. Quatro horas diárias de pastejo garantiram consumo próximo à mantença. Resumo em inglês The research was conducted in the experimental farm of the EPAMIG-Leopoldina, MG, to evaluate intake of elephantgrass, the effectiveness of limiting grazing time to four daily hours for keeping intake close to maintenance level, and the weight gain of thirty-six steers during five successive periods of thirty-six days, during the rainy season. The treatments were: free access to pasture (unlimited grazing) and restricted grazing. The availability of green dry matter varie (mais) d from 4.0 to 7.8 kg/100kg LW. The average daily weight gain of animals with free access to pasture was 516.5 g and their dry matter intake corresponded to 1.61 times that from the restricted grazing ones. The estimated gain per hectare was 423.5 kg, which is within the range reported for elephantgrass in Brasil. Metabolizable energy intake, per unit metabolic size, remained stable in the first three periods and increased in the last two, during which the highest weight gains of the animals. Four daily hours grazing period ensured intake close to maintenance level.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

105

Avaliação de indicadores em estudos com ruminantes: estimativa de consumos de concentrado e de silagem de milho por vacas em lactação/ Prediction of individual dry matter intake in group-fed lactating dairy cows

Ferreira, Marcelo de Andrade; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Silva, Luiz Fernando Costa e; Nascimento, Fernando Barros; Detmann, Edenio; Valadares, Rilene Ferreira Diniz
2009-08-01

Resumo em português Dois trabalhos foram conduzidos para estimativa do consumo individual de vacas em lactação alimentadas em grupo. No primeiro, para validar a metodologia, foram utilizadas oito vacas, alojadas em baias individuais recebendo silagem de milho e 4 kg de concentrado. Dois indicadores externos (óxido crômico e dióxido de titânio) foram avaliados para estimativa do consumo individual de concentrado. A fibra em detergente ácido indigestível (FDAi) foi utilizada para estim (mais) ativa do consumo de silagem. A produção de matéria seca fecal (PMSF) foi determinada pela coleta total de fezes e estimada pelo LIPE®. Tanto o óxido crômico quanto o dióxido de titânio permitiram estimar com eficiência o consumo de concentrado, independentemente do método para estimativa da PMSF. A FDAi estimou de forma satisfatória o consumo de silagem de milho. No segundo experimento, foram utilizadas 31 vacas, distribuídas em três grupos de alimentação, alojadas em estábulo tipo free stall e alimentadas com silagem de milho e concentrado de acordo com a produção de leite (8,0; 5,5 e 4 kg, para os grupos 1, 2 e 3, respectivamente). Não houve diferença entre o óxido crômico e o dióxido de titânio no consumo de MS do concentrado, que foi muito próximo da quantidade média fornecida por vaca/dia (6,99 vs 7,12; 4,81 vs 4,96 e 3,49 vs 3,52 kg/vaca/dia). Verificou-se grande variação individual no consumo de concentrado, silagem e matéria seca total, independentemente do grupo de alimentação. Não foi verificada relação entre o consumo de matéria seca, a produção de leite e o peso metabólico dos animais. O óxido crômico e o dióxido de titânio podem ser usados para estimativa do consumo individual de concentrado e a FDAi é adequada para estimativa do consumo de silagem de milho por vacas em lactação alimentadas em grupo. Resumo em inglês Two studies were carried out to evaluate individual dry matter intake of group-fed lactating dairy cows. In the first trial, eight cows were housed in individual pens and fed corn silage and 4 kg of concentrate meal. Two external markers (chromium oxide and titanium dioxide) were used to predict individual concentrate intake. Indigestible acid detergent fiber (iADF) was used to estimate individual silage intake. Fecal dry matter output (FDMO) was determined by total colle (mais) ction and also by LIPE®. Chromium oxide and titanium dioxide were able to estimate individual concentrate intake, regardless of the FDMO method. The iADF marker was able to estimate the individual silage intake. In the second trial, 31 cows were distributed in three groups, housed in a free stall and fed corn silage and concentrate according to milk yield (8.0, 5.5, and 4 kg, for groups 1, 2 and 3, respectively). There was no difference between chromium oxide and titanium dioxide in the estimates of individual concentrate intake which were similar to the observed values (7.12 vs 6.99, 4.96 vs 4.81 and 3.52 vs 3.49 kg/cow/day). Individual intakes of concentrate, silage and total dry matter varied considerably, regardless of the group. There was no relationship among dry matter intake, milk yield and metabolic body weight. Chromium oxide and titanium dioxide and iADF can be used to estimate individual intakes of concentrate and corn silage, respectively, by group-fed lactating dairy cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

106

Associação entre excesso de peso e consumo de feijão em adultos/ Association between overweight and intake of beans among adults

Silva, Sara Araújo; Santos, Priscilla de Nazaré Silva dos; Moura, Erly Catarina
2010-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar associação entre excesso de peso e consumo de feijão em adultos. MÉTODOS: O estudo constou de indivíduos adultos (>18 anos), moradores em Belém (PA), em 2005. A amostragem foi realizada por sorteio de residências com telefone fixo e de um morador adulto de cada casa sorteada. A variável desfecho foi excesso de peso, a variável explanatória consumo de feijão e as variáveis de controle foram idade, escolaridade e situação conjugal, além d (mais) e atividade física no lazer e hábitos alimentares de risco. A análise dos dados foi feita pelo teste do qui-quadrado e por regressão logística. RESULTADOS: Foram avaliados 2 352 indivíduos (39,8% do sexo masculino). O excesso de peso atingiu mais os homens, 49,3%, do que as mulheres, 34,0% (p Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to assess the association between overweight and intake of beans in adults. METHODS: The study population was 2,352 adults (>18 years of age) living in Belém (PA), Brazil, in 2005. Sampling was done by randomly selecting households with a telephone landline and then selecting an adult in the household. The dependent variable was overweight, the explanatory variable was intake of beans and the confounding variables were age, e (mais) ducation level, marital status, leisure-time physical activity and risky food habits. The data were analyzed by the chi-square test and logistic regression. RESULTS: A total of 2,352 individuals were assessed where 39.8% were males. The prevalence of overweight was higher in men (49.3%) than in women (34.0%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

107

Aplicação de regressão linear para correção de dados dietéticos/ Use of linear regression for correction of dietary data

Slater, Betzabeth; Marchioni, Dirce Maria Lobo; Voci, Silvia Maria
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Estratégias metodológicas vêm sendo desenvolvidas para minimizar o efeito do erro de medida da dieta. O objetivo do estudo foi descrever a aplicação de uma estratégia para correção da informação dietética pelo erro de medida. MÉTODOS: Foram obtidos dados de consumo alimentar pela aplicação do Questionário de Freqüência Alimentar a 79 adolescentes do Município de São Paulo em 1999. Os dados dietéticos obtidos foram corrigidos por meio de regre (mais) ssão linear, após o ajuste pela energia usando-se o método dos resíduos. O método de referência utilizado foi o recordatório de 24 horas, aplicado em três momentos distintos. RESULTADOS: Os valores corrigidos aproximaram-se dos valores de referência. O fator de correção lambda foi de 0,89 para energia. Para os macronutrientes, os fatores foram de 0,41; 0,22 e 0,20, para carboidratos, lipídios e proteínas, respectivamente. CONCLUSÕES: As médias e desvios-padrão dos valores corrigidos denotam que houve uma correção do erro de medida. Apesar disso, debate-se o desempenho desses métodos, que são notoriamente imperfeitos quando seus pressupostos teóricos não são atendidos, o que é comum nos estudos da dieta que usam instrumentos de medida baseados no relato dos indivíduos. Resumo em inglês OBJECTIVE: Methodological approaches have been developed to minimize effects of measurement error in dietary intake data. The objective of the study was to apply a strategy to correct intake data according to measurement error. METHODS: Intake data were obtained by applying the Food Frequency Questionnaire in 79 adolescents of São Paulo city, Brazil. Correction of dietary intake data was performed by linear regression, after energy adjustment by the residual method. The (mais) reference method used was 24-hour dietary recall and it was applied three times. RESULTS: Corrected values were similar to reference values. Correction factor ? was 0.89 to energy. For macronutrients, factors were 0.41, carbohydrate 0.22, and lipid and protein 0.20. CONCLUSIONS: Mean and standard deviation of corrected values show a correction for the measurement error. The performance of these methods, that are imperfect, is questioned when the assumptions are not proved which is common in intake studies of measures based on the reports of individuals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

108

Aplicação de regressão linear para correção de dados dietéticos/ Use of linear regression for correction of dietary data

Slater, Betzabeth; Marchioni, Dirce Maria Lobo; Voci, Silvia Maria
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Estratégias metodológicas vêm sendo desenvolvidas para minimizar o efeito do erro de medida da dieta. O objetivo do estudo foi descrever a aplicação de uma estratégia para correção da informação dietética pelo erro de medida. MÉTODOS: Foram obtidos dados de consumo alimentar pela aplicação do Questionário de Freqüência Alimentar a 79 adolescentes do Município de São Paulo em 1999. Os dados dietéticos obtidos foram corrigidos por meio de regre (mais) ssão linear, após o ajuste pela energia usando-se o método dos resíduos. O método de referência utilizado foi o recordatório de 24 horas, aplicado em três momentos distintos. RESULTADOS: Os valores corrigidos aproximaram-se dos valores de referência. O fator de correção lambda foi de 0,89 para energia. Para os macronutrientes, os fatores foram de 0,41; 0,22 e 0,20, para carboidratos, lipídios e proteínas, respectivamente. CONCLUSÕES: As médias e desvios-padrão dos valores corrigidos denotam que houve uma correção do erro de medida. Apesar disso, debate-se o desempenho desses métodos, que são notoriamente imperfeitos quando seus pressupostos teóricos não são atendidos, o que é comum nos estudos da dieta que usam instrumentos de medida baseados no relato dos indivíduos. Resumo em inglês OBJECTIVE: Methodological approaches have been developed to minimize effects of measurement error in dietary intake data. The objective of the study was to apply a strategy to correct intake data according to measurement error. METHODS: Intake data were obtained by applying the Food Frequency Questionnaire in 79 adolescents of São Paulo city, Brazil. Correction of dietary intake data was performed by linear regression, after energy adjustment by the residual method. The (mais) reference method used was 24-hour dietary recall and it was applied three times. RESULTS: Corrected values were similar to reference values. Correction factor ? was 0.89 to energy. For macronutrients, factors were 0.41, carbohydrate 0.22, and lipid and protein 0.20. CONCLUSIONS: Mean and standard deviation of corrected values show a correction for the measurement error. The performance of these methods, that are imperfect, is questioned when the assumptions are not proved which is common in intake studies of measures based on the reports of individuals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)