Sample records for intake structures
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 10 shown.



1

Efeito de diferentes níveis de ingestão de energia sobre a produção e viabilidade de embriões em novilhas e vacas/ Effect of different levels of energy intake on production and viability of embryos in heifers and cows

Rigolon, Luiz Paulo; Prado, Ivanor Nunes do; Cavalieri, Fábio Luiz Bim; Nascimento, Willian Gonçalves do; Negrão, João Alberto
2003-12-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi estudar o efeito do nível de ingestão de matéria seca (IMS/% do PV) sobre ganho de peso, produção e viabilidade de embriões em novilhas mestiças e vacas Nelore. No primeiro experimento foram utilizadas 27 novilhas cruzadas ( ½ Nelore x ½ Simental) distribuídas em três tratamentos e nove repetições: 1,2; 1,6 e 2,6% de IMS/dia em relação ao peso vivo, respectivamente. Os animais foram submetidas à superovulação com FSH e a coleta (mais) dos embriões realizada sete dias após a inseminação artificial, através de lavagem uterina. Este procedimento foi repetido por mais duas vezes com intervalos de 45 dias. No segundo experimento foram usadas 21 vacas Nelore de três anos, distribuídas em três tratamentos: 1,0; 1,8 e 2,6% de IMS em relação ao peso vivo. Após 30 dias os animais foram sincronizados com implante auricular de norgestomet e superovulados com FSH, sendo a coleta dos embriões realizada sete dias após a inseminação artificial, através de lavagem uterina. O peso vivo final, ganho médio diário e peso de carcaça foram maiores para os animais alimentados com 2,6% de IMS. O nível de IMS e o período de coleta não tiveram influência sobre o número de corpos lúteos, número de estruturas totais transferíveis e degeneradas e ovócitos, tanto para novilhas como para vacas. Resumo em inglês This work was carried out to study the effect of dry matter feed intake level (DMI/% BW), weight gain, production and viability of embryos in cross-breed heifers so does production and viability of embryonic structures in Nellore cows. During the first trial, 27 cross-breed (½ Nelore x ½ Simental) heifers were used divided in 3 treatments and 9 replications: 1.2%; 1.6% and 2.6% of DMI/day in relation to body weight, respectively. The heifers were synchronized and after (mais) nine days these animals were superovulated using FSH. The embryos were collected seven days after the artificial insemination by uterus flushing. This procedure was repeated twice with intervals of 45 days. In the second trial, 21 Nellore cows of 3 years old were used. The cows were divided in 3 treatments: 1.0; 1.8 and 2.6% of DMI according to body weight. After 30 days, the cows were synchronized with norgestomet implant and superovulated with FSH. The embryos were collected seven days after artificial insemination by uterus flushing. The final body weight, average daily gain and carcass weight were superior for cows fed 2.6% of DMI. On the other hand, the DMI levels and collect period did not influence on corpus luteum number nor on total, transferable and degenerated numbers of structures and not fertilized oocites for heifers and the cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Ingestão de concentrado e concentração plasmática de progesterona em vacas da raça Holandesa/ Concentrate intake and plasmatic progesterone concentration in Holstein cows

Santos, R.M.; Vasconcelos, J.L.M.
2006-12-01

Resumo em português Vacas da raça Holandesa não-lactantes (n=7), que receberam 4kg/dia de concentrado durante 28 dias e pasto ad libitum, foram sincronizadas com protocolo Ovsynch. No dia 0 (segunda aplicação de GnRH), as vacas foram distribuídas em dois grupos: as do grupo 2kg receberam 2kg/dia, e as do grupo 8kg receberam 8kg/dia de concentrado, oferecido duas vezes/dia. Os animais foram sincronizados novamente na fase 2. Aqueles que receberam 2kg de concentrado na primeira fase passa (mais) ram a receber 8kg na segunda fase e vice-versa. As estruturas ovarianas foram avaliadas diariamente por ultra-sonografia. Amostras de sangue para dosagem de progesterona (P4), por radioimunoensaio, foram colhidas diariamente, antes do fornecimento do concentrado e quatro horas depois, até o dia 16 do ciclo estral. Não houve diferença entre os grupos quanto ao diâmetro do folículo ovulatório no dia 0 e ao diâmetro do maior folículo no dia 16. O diâmetro do corpo lúteo foi maior (P Resumo em inglês Non-lactating Holstein cows (n=7) fed 4kg/day of concentrate for 28 days and kept on pasture were synchronized by Ovsynch protocol. On day 0 (day of 2nd GnRH injection), the cows were distributed in two groups: Group2 = 2kg/day and Group8 = 8kg/day of concentrate, fed twice a day. One replicate was performed (phase 1 and 2). Animals were synchronized again at the beginning of phase-2 and those that fed 2kg of concentrate on phase-1, fed 8kg on phase-2 and vice-versa. The (mais) ovarian structures were daily evaluated by ultrasound. Blood samples for progesterone (P4)dosage by RIA were collected daily, just before feeding the concentrate and 4 hours afterwards, until day 16 of the estrous cycle. No difference was detected between the groups in ovulatory follicle diameter on day 0 and in diameter of the largest follicle on day 16. The CL diameter was higher (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Impacto dos nutrientes na saúde óssea: novas tendências/ Nutrients impact on bone health: new trends

Morais, Glaucia Queiroz; Burgos, Maria Goretti Pessoa de Araújo
2007-07-01

Resumo em português A nutrição é fator importante modificável no desenvolvimento/manutenção da massa óssea (MO) e prevenção da osteoporose. Esta é uma doença caracterizada por decréscimo na massa esquelética e elevação da suscetibilidade a fraturas. O desenvolvimento do pico de massa óssea (PMO) é ainda o maior determinante dessa condição. Por isso, alterações com a idade sinalizam a importância da manutenção de nutrição adequada durante o desenvolvimento desse pico (mais) . Indivíduos que atingiram elevado PMO terão, na idade adulta, baixo risco de desenvolver doenças osteometabólicas com o envelhecimento. Os efeitos dos nutrientes sobre as estruturas esqueléticas são intensos e amplos; alguns, há anos, são consistentemente relacionados com a saúde óssea, como o cálcio, fósforo e vitamina D. Entretanto, outros nutrientes vêm sendo sugeridos como essenciais para o metabolismo ósseo normal: proteínas, lipídeos, potássio, vitaminas K e A e cloreto de sódio. A influência das interações entre tais fatores nutricionais, meio ambiente, estilo de vida e hereditariedade auxiliarão na compreensão da complexidade do desenvolvimento da osteoporose e subseqüentes fraturas. Em adição, déficit energético pode acarretar redução da MO, em face dos distúrbios endócrino-metabólicos desencadeados pela privação alimentar. Esta revisão objetiva elucidar o impacto dos nutrientes e ingestão calórica sobre o osso, em diferentes estágios da vida, descrevendo possíveis interações entre nutrientes e como estas poderiam afetar a homeostase óssea e mineral. Resumo em inglês Nutrition is an important factor in bone mass development/maintenance and in osteoporosis prevention. This disease is characterized by decreased skeletal mass and increased susceptibility to fractures. The greatest determinant of this condition is the peak bone mass (PBM). Hence, alterations over time indicate the importance of maintaining adequate nutrition during the development of this peak. In adult age, individuals who reached a high PBM will have a low risk of devel (mais) oping bone metabolic diseases when aging. Nutrients exert intense and wide-ranging effects on skeletal structures. Some of them have been consistently related with bone health, such as calcium, phosphorus and vitamin D. However, it has been suggested that other nutrients are essential for normal bone metabolism: proteins, lipids, potassium, vitamins K and A, and sodium chloride. The influence of interactions between these nutritional factors, environment, lifestyle, and heredity will help understand the complex development of osteoporosis and subsequent fractures. In addition, energy deficits can lead to reduced bone mass, in view of endocrine-metabolic disorders caused by food deprivation. This review aims at clarifying the impact of nutrients and of calories intake on the bones during different stages in life, describing possible interactions among nutrients and how these could affect bone and mineral homeostasis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Relações planta-animal em ambiente pastoril heterogêneo: padrões de desfolhação e seleção de dietas/ Plant-animal relationships in pastoral heterogeneous environments: defoliation and selectivity patterns

Gonçalves, Edna Nunes; Carvalho, Paulo César de Faccio; Silva, Carlos Eduardo Gonçalves da; Santos, Davi Teixeira dos; Díaz, José Augusto Queirolo; Baggio, Carolina; Nabinger, Carlos
2009-04-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido para avaliar o efeito das alturas de manejo do pasto (4, 8, 12 e 16 cm) no padrão de desfolhação de uma pastagem nativa e na seletividade de bezerras e ovelhas em testes de pastejo de 45 minutos. O delineamento estatístico utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro alturas de manejo e duas repetições no tempo e no espaço. Quarenta perfilhos marcados por unidade experimental foram usados para determinar o número e comprimento (mais) de lâminas foliares. Para caracterizar o padrão de desfolhação do pasto, determinaram-se as probabilidade de desfolhação e os índices de seletividade passiva e ativa. Houve correlação positiva da altura do pasto com a massa de forragem, e negativa com a densidade de forragem. A partir de 4 cm, a participação de lâminas foliares foi quase que exclusiva, o que indica condições potenciais para a ingestão de forragem pelos animais. A probabilidade de desfolhação diminuiu com o aumento da altura, como conseqüência da menor relação lotação animal/forragem disponível. Os índices de seletividade passiva (ISP) e ativa (ISA) foram afetados negativamente pela altura do pasto. O índice de seletividade passiva não diferiu entre bezerras e ovelhas e, após 6,7 cm, o consumo de lâminas em expansão foi menor que o de lâminas expandidas, no entanto, não significou que os animais deixaram de selecionar as lâminas em expansão, pois o índice de seletividade ativa permaneceu, em ambas as espécies animais, acima do valor de referência 1. A estrutura do campo nativo afeta o padrão de desfolhação e a oportunidade de pastejo de bezerras e ovelhas, pois o aumento da altura representa menor facilidade de apreensão das lâminas foliares, uma vez que há menor densidade de lâminas foliares nos estratos superiores, porém os animais buscam sempre selecionar folhas mais jovens. Resumo em inglês The experiment was conduced to evaluate the effect of different native pasture structures, represented by four sward heights (4, 8 12 and 16 cm) on defoliation and selectivity patterns of calves and ewes, in 45-minute grazing tests. A completely randomized design with four treatments and two replicates in time and space were used. Sward structure was characterized by sward height, herbage mass, leaf blade mass, herbage bulk density, leaf blade bulk density, and number and (mais) length of fully-emerged and emerging leaves. Forty tillers were marked in each experimental unit to determine the number and length of leaf blade. Defoliation and selectivity patterns were evaluated by defoliation probability and by passive selectively (PS) and active selectively (AS) indexes. A positive correlation between sward height and herbage mass, and negative between sward height and herbage bulk density were observed. Above 4 cm, leaf blade was almost exclusive, meaning optimal conditions for herbage intake by the animals. A reduction in the defoliation probability was observed with increasing sward height due to a lower stocking rate/available forage relationship. PS and AS were negatively affected by sward height. PS did not differ between calves and ewes, and above 6.7 cm, animals consumed less emerging leaf blade in relation to fully-emerged leaf blade. However, it did not mean that animals fail to select leaf blade, since AS remained above reference value 1 for both animal species. Ewes differed from calves in terms of AS. The increase in sward height affects the opportunity of animals to find emerging leaf blade, however, they selected younger leaf blade in the attempt to obtain a better food quality. Ewes selected emerging leaf blade more effectively than calves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Padrões de deslocamento e procura por forragem de novilhas leiteiras em pastagem de capim-mombaça/ Displacement and forage searching patterns of Holstein heifers in mombaçagrass pasture

Palhano, Ana Luisa; Carvalho, Paulo César de Faccio; Dittrich, João Ricardo; Moraes, Aníbal de; Silva, Sila Carneiro da; Monteiro, Alda Lúcia Gomes
2006-12-01

Resumo em português Para avaliar as estratégias de alimentação de bovinos em pastejo, quatro novilhas da raça Holandês Preto e Branco foram mantidas em uma pastagem de capim-mombaça (Panicum maximum Jacq.) com cinco alturas de dossel, em um delineamento inteiramente casualizado, com duas repetições, durante os meses de fevereiro a abril de 2002. Os animais experimentais foram avaliados por meio de testes de pastejo de 45 minutos, durante os quais foram determinados o número de bocad (mais) os, o número de estações alimentares, o número de passos e o tempo de alimentação utilizando-se cronômetros e contadores. Com o aumento da altura do dossel, o número de estações alimentares diminuiu de forma quadrática (Y= 16,3199 - 0,2424 x + 0,000996 x², R² = 0,9328, P = 0,0031), como resultado da maior disponibilidade de forragem, que reduziu a procura por melhores sítios de pastejo. O número de passos entre as estações alimentares aumentou (Y= 0,7247 + 0,01603 x, R² = 0,6172, P = 0,0043), ampliando a exploração do ambiente de pastejo. Quando a massa de forragem aumentou, os animais reduziram as distâncias totais percorridas (Y= 513,998287 - 2,659875 x, R² = 0,728076, P = 0,0016), a taxa média de deslocamento (Y= 11,567445 - 0,058396 x, R² = 0,724633, P = 0,0013) e, conseqüentemente, a intensidade de utilização da área (Y= 9,533139 - 0,051351 x, R² = 0,7708, P = 0,0005), como resultado da elevação da altura do dossel, que garantiu elevado consumo de forragem. Os animais ajustam seus padrões de deslocamento e procura de forragem em resposta à estrutura do dossel forrageiro. Resumo em inglês To evaluate grazing strategies of cattle on pastures, four Holstein black and white coating heifers were submitted to five sward heights of mombaçagrass (Panicum maximum Jacq.) pasture, in a completely randomized design, with two replications, between February and April, 2002. The experimental animals were evaluated during 45 minutes tests. Number of bites, number of feeding stations, number of steps and feeding time were measured, using chronometers and counters. The nu (mais) mber of feeding stations per minute decreased quadratically (Y= 16.3199 - 0.2424 x + 0.000996 x², R² = 0.9328, P = 0.0031), from low to tall sward, as a result of the greater available mass present in the highest sward heights, that reduced the searching for other feeding stations. The number of steps between feeding stations increased (Y= 0.7247 + 0.01603 x, R² = 0.6172, P = 0.0043) increasing the exploration of pasture environment. With the increase in available forage dry matter, the animals reduced total number of steps (Y= 513.998287 - 2.659875 x, R² = 0.728076, P = 0.0016), steps by minute (Y= 11.567445 - 0.058396 x, R² = 0.724633, P = 0.0013) and, consequently, the intensity of area utilization (Y= 9.533139 - 0.051351 x, R² = 0.7708, P = 0.0005), as the greater sward height assured high forage intake. The animals showed adaptive feeding strategies to different pasture structures, in an attempt to improve their ingestive efficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

O dilema do papa-chibé: consumo alimentar, nutrição e práticas de intervenção na Ilha de Ituqui, baixo Amazonas, Pará

Murrieta, Rui Sérgio Sereni
1998-01-01

Resumo em português Este artigo é uma análise das práticas cotidianas de escolha e utilização de alimentos na ilha de Ituqui, município de Santarém, Pará. Somado a isto, pretendo avaliar alguns aspectos do impacto destes processos nas práticas locais de intervenção. Os estudos antropológicos sobre hábitos alimentares concentram-se, principalmente, em análises mononivelares de estruturas mentais e sociais, sistemas de representação e infra-estruturas econômico-ambientais. Pro (mais) ponho para este estudo um deslocamento deste foco para as interações das práticas cotidianas com o habitus, e com as esferas acima referidas. Na Amazônia, a urgência de estudos sobre os hábitos alimentares de sociedades campesinas e seu papel no impacto de programas de intervenção nesta área, alia-se ao número ainda modesto de estudos gerais sobre tais sociedades, especialmente, as Caboclas. O estudo realizado na ilha de Ituqui apresentou altos valores de consumo protéico e valores moderadamente baixos de calórico, quando comparados com as recomendações internacionais. Os processos de escolha são práticas superpostas influenciadas e limitadas pelos sistemas de tabu locais, alta sazonalidade dos recursos naturais e do mercado, representações de classe e preferências sociais e individuais. Apesar da heterogeneidade dos processos observados, os projetos de intervenção locais insistem em homogeneizar os pacotes de nutrição e alimentação introduzidos, ignorando assim importantes variáveis de natureza social e cultural. Resumo em inglês This paper is a study of everyday practices of food choice and use among the inhabitants of Ituqui Island, Santarém municipality, Pará. In addition, I intend to assess the impact of such practices on the local intervention programs. Anthropological studies on food habits and use have been, especially, concentrated on monolevel analysis of mental and cultural structures, systems of representation and economic and environmental infrastructures. For this study, I propose t (mais) he shift of this focus to the interaction among everyday practices, the habitus and the levels mentioned above. In the Amazon, the need for more research on food habits and uses among peasant societies is added to the modest number of studies in general on these societies, specially, the caboclo ones. The study done on Ituqui Island shows high values of protein intake and low, but moderate, values of caloric intake in relation with the international standards. The processes of food choice appear to be mainly influenced by systems of local food taboos, natural resources and market intense seasonal fluctuation, class representations, and social and individual preferences. Despite the heterogeneity of the processes mentioned above, local intervention programs on nutrition and food insist in simplifying the packages introduced, thus ignoring important social and cultural variables.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Efeito do nível de uréia na dieta sobre o desempenho, a qualidade e o estádio de desenvolvimento embrionário em cabras Alpinas/ Effect of the dietary urea level on performance, quality and embryonic development stage on Alpine goats

Alves, N.G.; Torres, C.A.A.; Rodrigues, M.T.; Cecon, P.R.; Santos, A.D.F.; Siqueira, L.G.B.; Bitencourt, L.L.; Moraes, E.A.
2007-08-01

Resumo em português Utilizaram-se 22 cabras da raça Alpina, distribuídas aleatoriamente em quatro tratamentos (T): as cabras do T1 (n=5) formaram o grupo-controle; as do T2 (n=7) receberam 0,73% de uréia na matéria seca da dieta; as do T3 (n=4) receberam 1,46% de uréia; e as do T4 (n=6), 2,24% de uréia. As cabras foram superovuladas e os embriões, coletados entre sete e oito dias após a primeira monta, foram avaliados quanto à qualidade e ao estádio de desenvolvimento. Amostras de (mais) sangue para dosagem dos teores de uréia e glicose foram coletadas nos dias do estro e da coleta de embriões. Houve efeito linear crescente do nível de uréia nas dietas sobre o consumo de MS (kg/dia) e de proteína bruta (kg/dia). O peso das cabras não diferiu (P>0,05) entre os tratamentos nem entre as semanas experimentais. Dezoito cabras (81,8%) manifestaram estro após a sincronização. A duração do estro e o intervalo da remoção da esponja ao início do estro não foram influenciados (P>0,05) pelos tratamentos. Quatorze cabras (77,8%) responderam à superovulação. O número de estruturas e de embriões coletados não diferiu (P>0,05) entre os tratamentos. O número (Y= 10,90 - 11,64NS U + 4,93§U²; R² = 0,67; PªU²; R² = 0,94; P0,05) pelos tratamentos. A uréia pode ser fornecida no nível de 2,24% na MS da dieta de cabras não lactantes. Resumo em inglês Twenty-two Alpine goats were allocated at random into four treatments: 0.0% (T1 - control, n=5); 0.73% (T2, n=7); 1.46% (T3, n=4) or 2.24% (T4, n=6) of urea in the dry matter (DM) of the diet. Embryos collected from 7 to 8 days after mating of superovulated goat were evaluated by quality and development stage. Blood samples for urea and glucose analyses were collected at estrus and at embryos collection day. The DM (kg/day) and crude protein (kg/day) intake increased line (mais) arly in function of dietary urea level. Goat body weights were not affected by treatments out experimental weeks (P>0.05). Eighteen goats (81.8%) came in estrus after the synchronization. The estrus length and the interval from sponge removal to the beginning of estrus were not affected (P>0.05) by treatments. Fourteen goats (77.8%) were responsive to superovulation protocol. The levels of urea (treatments) did not affect structures and embryo numbers (P>0.05). Number (Y= 10.90 - 11.64NS U + 4.93§U²; R²= 0.67; PªU²; R²= 0.94; P0.05). Diets for no nursing goats can be supplied by urea at 2.24% of DM.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Dietas com nitrogênio não-proteico para fêmeas bovinas superovuladas sem prévia adaptação durante curto tempo e em diferentes fases do ciclo estral/ Effect of short term non-protein nitrogen feeding for superovulated beef cows without previous adaptation and at different periods of the oestrus cycle

Alves, Flávio Rocha; Martins, Claudiney de Melo; Braga, Fernando do Amaral; Costa, Ricardo Lopes Dias da; Demarchi, João José Assumpção de Abreu; Rodrigues, Paulo Henrique Mazza
2010-09-01

Resumo em português Objetivou-se neste estudo avaliar o efeito do fornecimento, sem prévia adaptação, durante curto tempo e em diferentes fases do ciclo estral, de dietas contendo nitrogênio não-proteico (NNP) na produção, na qualidade e no grau de desenvolvimento de embriões recuperados em fêmeas bovinas superovuladas. Sessenta e oito vacas Nelore foram distribuídas em três grupos: um controle e dois com fornecimento de ureia antes (UA = do dia -5 ao dia 0) e após (UD = dia 0 ao (mais) dia 5) a inseminação artificial. As vacas foram mantidas em pastagem e receberam concentrado (3,0 kg/animal/dia) durante 16 dias. Foram formulados dois concentrados, e as dietas totais (concentrado e consumo estimado de pastagem) apresentaram 12,0% (dieta controle) e 14,6% (dieta NNP) de proteína bruta (PB). As vacas foram sincronizadas, superovuladas e inseminadas. Sete dias (dia 7) após a inseminação (dia 0), realizou-se a colheita e análise dos embriões. Amostras de sangue foram coletadas nos dias -5, 0 e 5 para determinação da concentração de nitrogênio ureico plasmático (NUP), glicose, insulina e progesterona. A época de fornecimento de ureia influenciou as concentrações médias de NUP nos dias -5, 0 e 5, mas não tiveram efeito nas concentrações de glicose, insulina e progesterona. O período de fornecimento da ureia teve efeito na porcentagem de mórulas compactas em relação ao total de estruturas (UA = 51,4 vs. UD = 15,3%), em relação ao total de oócitos fecundados (UA = 62,5 vs. UD = 30,6%) e em relação ao total de embriões viáveis (UA = 68,8 vs. UD = 38,6%). No grupo que recebeu ureia depois da inseminação artificial, houve redução de 70,2% da proporção de mórulas compactas por total de estruturas em relação ao grupo que recebeu ureia antes da inseminação. Dietas com nitrogênio não-proteico fornecidas imediatamente após a inseminação promovem aceleração do desenvolvimento embrionário inicial. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the effects of short term non-protein nitrogen feeding at different periods of the oestrus cycle in superovulated cows, without previous adaptation, on yield, quality and development degree of recovered embryos. A total of sixty-eight Nelore cows were distributed in three groups: the control group (C) and two groups with urea supply before (UB; urea supply from day -5 to day 0) and after (UA; supply from day 0 to day 5) artificial ins (mais) emination. Animals were kept grazing and received 3.0 kg/animal/day of concentrate during 16 days. Two concentrates were formulated and the total diets (concentrate and estimate forage intake) showed 12.0% (control diet) and 14.6% (non-protein diet) of crude protein. Animals were synchronized, superovulated and inseminated. The embryos were collected and analysed seven days (day 7) after insemination (day 0). Blood samples were collected on days -5, 0 and 5 to determine concentration of plasmatic urea nitrogen, glucose, insulin and progesterone. The time of urea supply affected average plasmatic urea nitrogen concentration on days -5, 0 5 but it did not affect concetrations of glucose, insulin and progesterone. The moment of urea inclusion had effect on compact morula percentage in relation to the total number of structures (UB = 51.4 vs. UA = 15.3%), to the total number of fertilized oocytes (UB = 62.5 vs. UA = 30.6%) and to the total number of viable embryos (UB = 68.8 vs. UA = 38.6%). In the after insemination group of urea supply there was 70.2% of reduction on compact morula proportion over the total structures in relation to the group that received urea before insemination. Non-protein nitrogen feeding immediately after insemination promotes faster rates of embryo development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Desempenho, eficiência de utilização dos nutrientes e estrutura do trato digestório de pintos de corte alimentados na fase pré-inicial com rações de diferentes formas físicas/ Performance, efficiency of nutrient utilization and gastrointestinal structures of broiler chick fed in prestarter phase with ratios with different physical form

Freitas, Ednardo Rodrigues; Sakomura, Nilva Kazue; Dahlke, Fabiano; Santos, Fabiana Ramos; Barbosa, Nei André Arruda
2008-01-01

Resumo em português Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da forma física da ração sobre o desempenho, a utilização dos nutrientes das rações e o desenvolvimento do trato disgestório de pintos de corte na primeira semana de vida. Foram utilizados 150 pintos machos Cobb distribuídos ao acaso em três tratamentos com cinco repetições de dez aves. Os tratamentos consistiram das formas físicas farelada, triturada e peletizada de uma ração pré-inicial comerci (mais) al. Com exceção da moela, os órgãos do trato digestório e a estrutura morfométrica do intestino não foram influenciados pela forma física da ração. Maior digestibilidade do N foi obtida com a ração peletizada, enquanto a ração triturada possibilitou maior digestibilidade do EE. A energia metabolizável determinada para a ração farelada foi menor que a obtida nas demais formas físicas da ração. As aves alimentadas com ração farelada tiveram menor consumo de ração e ganho de peso e pior conversão alimentar. Ingeriram ainda menos energia, apresentaram menores retenções de proteína, gordura e energia corporal e utilizaram maior proporção da energia ingerida para produção de calor. As rações pré-iniciais na forma peletizada ou triturada possibilitam maior aproveitamento dos nutrientes da ração pelos pintos e melhor desempenho. Resumo em inglês This experiment was conducted to evaluate the effect of different physical form of pre-starter diet on performance, nutrient utilization and development of gastrointestinal tract of broiler chicks during the first week of age. A total of 150-day-old male broiler chicks was allotted to a completely randomized design with three treatments and five replicates of 10 birds each. Treatments consisted of three physical forms of a commercial pre-starter diet: mashed, crumbled and (mais) pressed into pellets. Except for gizzard, the other organs of the digestive tract and morphologic structures of the small intestine were not affected by the physical form of the diet. The highest N digestibility was observed in birds fed pellet diet, while crumbled diet showed the highest digestibility of EE. The metabolizable energy determined for mashed diet was lower than those determined for the other physical forms of the diet. Birds fed mashed diet had the lowest feed intake and body weight gain and the worse feed conversion. These birds also showed lower intake of energy and less protein, fat and energy retention in the body. They used a higher proportion of the energy consumed for heat production. Pre-starter diets prepared as pellets or crumbles allow better nutrient utilization and improve chick performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Avaliação do desempenho zootécnico de genótipos de frangos de corte utilizando-se a análise de medidas repetidas/ Performance evaluation of broiler genotypes by repeated measures

Rosário, Millor Fernandes do; Silva, Marco Aurélio Neves da; Savino, Vicente José Maria; Coelho, Antonio Augusto Domingos; Moraes, Michel Choairy de
2005-12-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar genótipos de frangos de corte por meio do desempenho zootécnico utilizando-se medidas repetidas. Os tratamentos consistiram de quatro genótipos (A, B, C e D) e dois sexos avaliados em seis idades (7, 14, 21, 28, 35 e 42 dias). As variáveis analisadas foram: consumo médio de alimento (CONS), peso vivo médio (PV) e conversão alimentar (CA). O delineamento experimental foi em blocos incompletos desbalanceados, em esquema fatorial 4x2 nas parcelas (mais) experimentais, com seis medidas realizadas no decorrer do experimento. A análise estatística foi realizada por meio do procedimento MIXED do SAS®, sendo testadas cinco estruturas de variância e covariância do erro. As médias foram estimadas por quadrados mínimos e comparadas pelo teste Tukey-Kramer. Foram estimadas funções de resposta quadrática para CONS e CA e Gompertz para PV e seus respectivos coeficientes de determinação, pelo procedimento NLIN do SAS®. Detectaram-se efeitos de algumas interações triplas ou duplas para todas as variáveis. Verificaram-se diferenças significativas entre genótipos dentro de cada idade e sexo para CONS e PV e para CA entre genótipos e sexos, dentro de cada idade, apenas aos 42 e a partir dos 21 dias, respectivamente. Constatou-se que o genótipo D, apesar de apresentar maiores médias de CONS e PV, não mostrou menor CA, que foi verificada nos genótipos C e B. As funções de resposta estimadas explicaram adequadamente cada variável em função da idade, constatando-se que o CONS e PV dos machos do genótipo D foram maiores a partir dos 14 dias e dos 28 aos 42 dias, distinguindo este tratamento dos demais. A melhor CA foi verificada nos machos e no genótipo C. É possível avaliar o desempenho zootécnico de frangos de corte por medidas repetidas, sendo que os genótipos B e C apresentaram melhor desempenho zootécnico. Resumo em inglês The objetive of this study was to evaluate the performance of broiler genotypes using repeated measurements. Four genotypes (A, B, C, and D) and two sexes were evaluated at six ages (7, 14, 21, 28, 35, and 42 days) for average feed intake (AFI), average body weight (ABW) and feed:gain ratio (F/G) using an unbalanced incomplete blocks 4x2 factorial design. Five error co(variance) structures were tested using the MIXED procedure of SAS® for statistical analyses. Averages w (mais) ere estimated by least squares and compared by the Tukey-Kramer test. Quadratic profile analyses for AFI and F/G and Gompertz growth model for ABW and respective coefficients of determination were estimated by NLIN procedure of SAS®. Significant effects of some triple or double interactions were observed for all response variables. Genotypes signicantly diferred in each age and sex for AFI and ABW after 21 days of age and diferences for F/G between genotypes and sexes, in each age, were verified only at 42 days of age. Larger averages for AFI and ABW was observed for genotype D and smaller F/G was verified in genotypes C and B. Estimated profile analyses explained adequately each response variable in function of age. AFI and ABW for males of genotype D were larger after 14 days and from 28 to 42 days their performance diferred from the other genotypes. The best F/G was observed in males of the genotype C. Overall, genotypes C and B presented the best performance. The repeated measurements approach was approppriate to evaluate diferences in the performance of broiler genotypes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)