Sample records for injection fluids
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 4 shown.



1

Stress cracking e ataque químico do PET em diferentes agentes químicos/ Stress cracking and chemical attack of pet under different chemicals

Teófilo, Edvânia T.; Melo, Rafaela N.; Silva, Suédina M. L.; Rabello, Marcelo S.
2009-01-01

Resumo em português A análise de resistência ao stress cracking (ESCR) do PET foi feita em corpos de prova de tração moldados por injeção, utilizando vários agentes químicos (metanol, etanol, propanol, butanol e soluções de hidróxido de sódio em diferentes concentrações). Foram realizados ensaios dinâmicos e estáticos de tração. Durante os testes os corpos de prova foram mantidos em contato com os agentes e as propriedades mecânicas monitoradas. Os resultados evidenciam qu (mais) e todas as soluções de hidróxidos de sódio testadas são agentes agressivos de ESC por diminuírem as propriedades mecânicas do polímero, ocasionando falha catastrófica. Já os demais fluidos, apesar de não terem efeito significativo nas propriedades do PET, afetam drasticamente sua aparência superficial. Observou-se também a ocorrência de ataque químico nos ensaios com NaOH, resultando em redução nas massas molares. Resumo em inglês The investigation of stress cracking resistance (ESCR) of PET was done in injection-moulded tensile test bars using different fluids as active agents. These were methanol, ethanol, propanol, butanol and solutions based on sodium hydroxide. Both dynamic and static tensile experiments were conducted. During the tensile experiments, the samples were kept in contact with the fluids and the mechanical properties were monitored. The results showed that all sodium hydroxide solu (mais) tions were aggressive stress cracking agents for PET, reducing mechanical properties and causing catastrophic failure. On the other hand, the other fluids did not cause much influence on the mechanical behaviour but changed drastically the surface appearance. Also observed was a chemical attack when NaOH solutions were used, causing a reduction in molar mass of PET molecules.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Iontoforese no transporte ocular de drogas/ Iontophoresis for ocular drug delivery

Fialho, Sílvia Ligório; Cunha Júnior, Armando da Silva
2004-10-01

Resumo em português O método mais comum de administração de drogas no olho é por meio de colírios. Entretanto, por este método, não é possível atingir a concentração terapêutica nos fluidos e tecidos posteriores do olho. A administração sistêmica apresenta reduzido acesso ao segmento posterior do olho devido à presença das barreiras oculares. Injeções subconjuntivais e retrobulbares não são capazes de proporcionar níveis adequados da droga, e a injeção intravítrea é (mais) método invasivo, inconveniente e que apre-senta riscos de perfuração do bulbo ocular ou descolamento da retina. A iontoforese, no entanto, apresenta-se como alternativa para o transporte de doses terapêuticas de drogas para o segmento posterior do olho. A iontoforese é uma técnica que consiste na administração de drogas para o organismo através dos tecidos, utilizando um campo elétrico. O eletrodo ativo, que se encontra em contato com a droga, é colocado no local a ser tratado, e um segundo eletrodo, com a finalidade de fechar o circuito elétrico, é colocado em outro local do organismo. O campo elétrico facilita o transporte da droga, que deve se encontrar, preferencialmente, na forma ionizada. A iontoforese pode ser considerada como um método seguro e não invasivo de transporte de drogas para locais específicos do olho. Aplicada experimentalmente para o tratamento de doenças oculares, esta técnica tem evoluído muito nos últimos anos e, atualmente, testes clínicos de fase III encontram-se em andamento. Resumo em inglês The most traditional method of ocular drug delivery is through the use of eyedrops. However, by this method, the therapeutic concentration in deep ocular fluids and tissues can not be efficiently reached. Systemic administration presents poor access to the posterior segment of the eye due to ocular barriers. Subconjuntival and retrobulbar injections are not able to produce adequate levels of the drug, and intravitreal injection is an invasive and problematic procedure tha (mais) t may involve the risk of ocular perforation or retinal detachment. Thus, iontophoresis presents an alternative technique for the delivery of therapeutic drug doses to the posterior segment of the eye. Iontophoresis is a technique that consists of the administration of drugs to the body through tissues using an electric field involving a small potential difference. The active electrode, which is in contact with the drug, is placed at the site to be treated, and a second electrode, with the purpose to close the electric circuit, is placed at another site of the body. The electric field facilitates the transport of the drug that should be mainly ionized. Iontophoresis is considered to be a safe and noninvasive technique of drug delivery to specific sites of the eye. This technique, experimentally applied to the treatment of ocular diseases, has advanced in the last years and, at present, phase III clinical trials are in progress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Sistema automático para análise direta de ligas metálicas por eletrodissolução anódica e espectrometria de absorção atômica/ On-line anodic electrodissolution system for direct determination of metallic alloys by atomic absorption spectrometry

Silva, José Bento B.; Giacomelli, Maria B. O.; Lehmkuhl, Arilson; Curtius, Adilson J.; Queiróz, Roldão R. U.; Souza, Ivan G. de
1999-02-01

Resumo em inglês An automatic system for the direct determination of lead and tin by atomic absorption spectrometry is described. The on-line treatment of the metallic samples was obtained by anodic electrodissolution in a flow injection system. Lead was determined by flame atomic absorption spectrometry (FAAS) and tin by graphite furnace atomic absorption spectrometry (GFAAS). A computer program managed the current source and the solenoid valves that direct the fluids. Good linear correl (mais) ations between absorbance and current intensity for lead and tin were observed. Results were in agreement with the certified values. Precision was always better than 5%. The recommended procedure allows the direct determination of 60 or 30 elements/h using FAAS or GFAAS, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Controle da utilização de ingredientes não cárneos para injeção e marinação de carnes/ Control of non meat ingredients for meat injection and marination

Daguer, Heitor; Assis, Michel Tavares Quinteiro Milcent; Bersot, Luciano dos Santos
2010-09-01

Resumo em português O crescimento da produção e consumo de carne têm sido acompanhados da diversificação de produtos processados, com maior elaboração de itens de conveniência, praticidade e valor agregado, em detrimento da comercialização de cortes in natura. Fosfatos e proteínas não cárneas, sobretudo as da soja e do soro de leite, figuram entre os ingredientes mais usados para marinar carnes, melhorando sua textura e promovendo a retenção de líquidos que podem trazer aumen (mais) to do rendimento de fabricação e benefícios sensoriais para o consumidor. Nessa tecnologia, os principais processos empregados são a injeção e o massageamento da carne. No entanto, práticas abusivas devem ser coibidas pela fiscalização, impondo limites à incorporação de água pelo produto final e à utilização de ingredientes não cárneos. No presente artigo, são revisados aspectos da utilização desses ingredientes, ressaltando a importância da disponibilidade de técnicas analíticas adequadas ao controle de produtos injetados e marinados. Resumo em inglês Meat production and consumption growth has been accompanied by a wide diversification of processed products, while the trading of non-processed meat has decreased. Phosphates and non-meat proteins, mainly soy and whey proteins, are widely used to marinate meat, improving its texture and promoting the fluids retention that can bring sensorial benefits to the consumers and improve producers' yield. On this technology, the main processes employed are the injection and the tu (mais) mbling of raw materials. However, some fraudulent practices must be avoided by the meat inspection service, setting limits to the replacement of meat proteins by water and non-meat ingredients. The present article reviewed the main aspects of the use of such ingredients enlightening the importance of appropriate analytical techniques to control injected, and marinated products.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)