Sample records for income distribution
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Distribuição de renda e crescimento econômico

Hoffmann, Rodolfo
2001-04-01

Resumo em português CRESCIMENTO econômico e distribuição da renda são temas básicos da teoria econômica e das análises econômicas do desenvolvimento do Brasil, um país com desigualdade extremamente elevada. A análise da desigualdade ganhou especial notoriedade a partir de 1972, depois da publicação dos resultados do Censo Demográfico de 1970. Hoje, parece consensual que é necessário reduzir essa desigualdade, mas toda medida prática nesse sentido gera polêmica. Resumo em inglês ECONOMIC growth and income distribution are basic themes on economic theories and economic analysis of the development process in Brazil, a country with a particularly high-income inequality. The controversy about income distribution in Brazil became notorious in 1972, after the publication of 1970 Demographic Census results. Today, it seems that there is a consensus about the need to reduce inequality, but every practical measure towards this objective arouses controversy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

O impacto da escolaridade sobre a distribuição de renda

Salvato, Marcio Antonio; Ferreira, Pedro Cavalcanti Gomes; Duarte, Angelo José Mont'Alverne
2010-12-01

Resumo em português Este trabalho investiga o impacto da escolaridade sobre a distribuição de renda do trabalho de Estados/ regiões do Brasil, usando um método semiparamétrico, seguindo DiNardo, Fortin e Lemieux (1996) e informações da PNAD de 1999. Foram construídas densidades contrafactuais, reponderando a distribuição da região/Estado mais pobre (Nordeste/Ceará) pelo perfil de escolaridade da mais rica (Sudeste/São Paulo). Resultados: entre 12% e 36% do diferencial de renda � (mais) � explicado pelo diferencial de escolaridade; a reponderação pela escolaridade aumentou em cerca de 55% a renda média nos contrafactuais; a renda do contrafactual do Nordeste equivale a 93% da renda média brasileira; quanto mais elevado for o percentil de renda considerado, maior é a contribuição da diferença de escolaridade para a diferença de renda; a dispersão de renda das regiões mais pobres aumenta quando fornecemos a elas o nível de escolaridade das regiões mais ricas, mantendo-se o perfil salarial da região. Resumo em inglês This paper investigates the impact of education on income distribution of Brazilian states and regions, using a semi parametric method, following Dinardo, Fortin and Lemieux (1996) and dataset from the PNAD 1999. Contrafactual densities were constructed weighting the distribution of the poorest region/state (Northeast / Ceará) by the profile of education in the richer one (Southeast / São Paulo). Results: between 12% and 36% of the difference in income is explained by t (mais) he educational differences; the weighting by education increased by about 55% the average income in counterfactuals; the counterfactual income of the Northeast amounts to 93% of the average Brazilian income; the higher the percentile considered income, the greater the contribution of the difference in schooling for the difference in income; and the income dispersion of the poorest regions increases when they provide the level of schooling of the richest regions, while the wage profile of the region is kept constant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Mudança na distribuição de renda brasileira: significância estatística e bem-estar econômico

Figueiredo, Erik Alencar de; Ziegelmann, Flávio Augusto
2009-06-01

Resumo em português Este estudo busca verificar a significância estatística da mudança na distribuição de renda brasileira no período de 1987 a 2005. Para tanto, adotou-se uma série de instrumentais estatísticos, destacando-se o cálculo dos desvios padrões das medidas de desigualdade, o teste de Kolmogorov-Smirnov, as estimativas das densidades não-paramétricas via suavização por kernels e bootstrap e as dominâncias estocásticas de primeira e segunda ordens. Os resultados apo (mais) ntam para uma alteração significativa no padrão distributivo. Por fim, conclui-se que as mudanças na distribuição de renda são condizentes comum maior nível de bem-estar econômico. Resumo em inglês This study aims at verifying a statistically significant change in Brazilian income distribution during the period between 1987 and 2005. To do so we adopt several statistical tools, as the calculation of standard deviations of inequality measures, Kolmogorov-Smirnov test, nonparametric density estimation via kernel smoothing and bootstrap, and stochastic dominance of first and second orders. The results point to a significative change in the income distributive pattern. Finally, we conclude that changes in income distribution are related to higher levels of economic welfare.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Redução da desigualdade da distribuição de renda entre 2001 e 2006 nas macrorregiões brasileiras: tendência ou fenômeno transitório?/ 2001-2006 income distribution decreasing in the Brazilian regions: tendency or transitory phenomena?

Cacciamali, Maria Cristina; Camillo, Vladimir Sipriano
2009-08-01

Resumo em português O objetivo deste estudo é contribuir para o debate sobre a queda da desigualdade na distribuição domiciliar de renda no Brasil no início do século XXI. Assim, nessa diminuição, analisamos a participação relativa de três fontes de renda (trabalho, aposentadorias e pensões e transferências públicas) nas cinco macrorregiões brasileiras - Norte (urbana), Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, entre os anos de 2001 e 2006. Para atingir os propósitos, estruturamo (mais) s o texto em três seções. A primeira seção apresenta aspectos selecionados da literatura especializada brasileira sobre as causas da variação da desigualdade de renda. A segunda apresenta a técnica matemática de decomposição utilizada. Finalmente, na terceira seção, analisam-se os resultados empíricos para Brasil e cinco macrorregiões selecionadas. À guisa de conclusão, destacamos, dentre os resultados, a importância das transferências públicas de renda e, principalmente, as mudanças nos mercados de trabalho regionais para a diminuição do grau de desigualdade. Resumo em inglês The aim of this paper is to contribute to the debate on the decrease of the concentration degree of the family's income distribution in Brazil in the first five years of the XXI Century. On this purpose, we approach the phenomenon analyzing the importance of five types of income ( labor, property rents, donation, retirement and public cash transference) in the five macro regions in Brazil - North, Northeast, Middle-West, Southeast, South, during the period 2001-2006.To re (mais) ach the purposes, the text was structured in three parts. The first one highlights stylized facts on this decreasing from the Brazilian specialized literature. The second section presents the mathematical technique used to build the decomposition. Finally, in the third section we analyze the results obtained for the five macro regions. We detached, specially, the magnitude of the employment's creation and, secondarily, the public cash transference to poor families as the main causes to explain the decline on the concentration degree of the income distribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Mortalidade no primeiro ano de vida e a distribuição de renda e de recursos públicos de saúde, São Paulo (Brasil)/ Mortality within the first year of life in relationship to the distribution of income and of public facilities, S. Paulo (Brasil)

Monteiro, Carlos Augusto; Benício, Maria Helena D'Aquino; Baldijão, Márcia F. A.
1980-12-01

Resumo em português Foi feito estudo para identificar em torno de 1976 a distribuição da freqüência do óbito infantil, a distribuição da renda e a distribuição da disponibilidade de determinados recursos públicos de saúde nos 55 distritos e sub-distritos do município de São Paulo (Brasil), para analisar as possíveis identificações entre estas distribuições. A freqüência do óbito infantil foi crescente no sentido centro-periferia da cidade, o mesmo ocorrendo com a concent (mais) ração de famílias de baixa renda. Os recursos públicos de saúde estudados, água do abastecimento público, leitos hospitalares e centros de saúde do Estado, foram decrescentes no mesmo sentido centro-periferia. Tanto a distribuição crescente da baixa renda quanto a distribuição decrescente dos recursos públicos acham-se positiva e significativamente correlacionadas à distribuição crescente da mortalidade infantil. Na área periférica da cidade, correspondente à área de maior mortalidade, encontra-se a mais alta concentração de famílias de baixa renda e, também, as menores disponibilidades de recursos públicos de saúde providos direta ou indiretamente pelo Estado. Conclui-se que renda e recursos públicos operam no mesmo sentido, ou seja, de reforço mútuo às desigualdades registradas ao nível da mortalidade infantil, e não no sentido inverso, como talvez se pudesse crer. Discute-se o duplo processo desigual da distribuição das riquezas na cidade de São Paulo, o que se dá na distribuição direta da renda e o que se dá, posteriormente, quando o Estado participa daquela distribuição provendo serviços públicos. Resumo em inglês It was made a study to identify the distribution of the infant death rates and the distribution of income, and the distribution of certain public health facilities in the 55 districts of the city of S. Paulo (Brazil) and, then, to analyze the similarity among them. The infant death rates and concentration of low income families increased from the center to the periphery of the city. The public health facilities - water supply, maternity beds, and State health centers - al (mais) so decreased from the center to the periphery of the city. Both the increasing distribution of income and the decreasing distribution of public facilities were positively related to the increasing mortality distribution. The conclusion, therefore, is that, in S. Paulo, income and public facilities are synergic; that is, they mutually reinforce the inequalities observed through the infant mortality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Mortalidade no primeiro ano de vida e a distribuição de renda e de recursos públicos de saúde, São Paulo (Brasil)/ Mortality within the first year of life in relationship to the distribution of income and of public facilities, S. Paulo (Brasil)

Monteiro, Carlos Augusto; Benício, Maria Helena D'Aquino; Baldijão, Márcia F. A.
1980-12-01

Resumo em português Foi feito estudo para identificar em torno de 1976 a distribuição da freqüência do óbito infantil, a distribuição da renda e a distribuição da disponibilidade de determinados recursos públicos de saúde nos 55 distritos e sub-distritos do município de São Paulo (Brasil), para analisar as possíveis identificações entre estas distribuições. A freqüência do óbito infantil foi crescente no sentido centro-periferia da cidade, o mesmo ocorrendo com a concent (mais) ração de famílias de baixa renda. Os recursos públicos de saúde estudados, água do abastecimento público, leitos hospitalares e centros de saúde do Estado, foram decrescentes no mesmo sentido centro-periferia. Tanto a distribuição crescente da baixa renda quanto a distribuição decrescente dos recursos públicos acham-se positiva e significativamente correlacionadas à distribuição crescente da mortalidade infantil. Na área periférica da cidade, correspondente à área de maior mortalidade, encontra-se a mais alta concentração de famílias de baixa renda e, também, as menores disponibilidades de recursos públicos de saúde providos direta ou indiretamente pelo Estado. Conclui-se que renda e recursos públicos operam no mesmo sentido, ou seja, de reforço mútuo às desigualdades registradas ao nível da mortalidade infantil, e não no sentido inverso, como talvez se pudesse crer. Discute-se o duplo processo desigual da distribuição das riquezas na cidade de São Paulo, o que se dá na distribuição direta da renda e o que se dá, posteriormente, quando o Estado participa daquela distribuição provendo serviços públicos. Resumo em inglês It was made a study to identify the distribution of the infant death rates and the distribution of income, and the distribution of certain public health facilities in the 55 districts of the city of S. Paulo (Brazil) and, then, to analyze the similarity among them. The infant death rates and concentration of low income families increased from the center to the periphery of the city. The public health facilities - water supply, maternity beds, and State health centers - al (mais) so decreased from the center to the periphery of the city. Both the increasing distribution of income and the decreasing distribution of public facilities were positively related to the increasing mortality distribution. The conclusion, therefore, is that, in S. Paulo, income and public facilities are synergic; that is, they mutually reinforce the inequalities observed through the infant mortality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Posicionamento social e a hipótese da distribuição de renda desconhecida. Brasil: quão pobres, quão ricos e quão desiguais nos percebemos?/ Social scale and the hypothesis of the not recognized income distribution

Rocha, Rudi; Urani, André
2007-12-01

Resumo em inglês Based on the ISSP (1999) survey the aim of the present paper is to provide an empirical description about the perceptions Brazilians have towards their own social positioing in the social scale and towards the country’s income distribution. Throughout this description, the paper gives support for the hypothesis that Brazilians do not recognize the form of the country’s income distribution and its high degree of inequality. Also, we present a brief discussion on the causes and consequences of this knowledge gap.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Investimento direto externo, acumulação de capital produtivo e distribuição de renda: uma abordagem pós-keynesiana/ Foreign direct investment, productive capital accumulation and income distribution: a post-keynesian approach

Bertella, Mário Augusto; Lima, Gilberto Tadeu
2005-04-01

Resumo em inglês It is developed a macrodynamic model in the post-keynesian tradition of political economy of the productive capital accumulation and income distribution to analyze some of the impacts of the (flow of) foreign direct investment and the (stock of) foreign productive capital on capital accumulation, economic growth and functional income distribution in a stylized economy. Alongside a usual demand effect, the impacts of such an internationalization of local capital through labor productivity and market concentration are taken into account as well.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Crescimento econômico e as políticas de distribuição de renda e investimento em educação nos estados brasileiros: teoria e análise econométrica

Dias, Joilson; Dias, Maria Helena Ambrósio
2007-12-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é desenvolver e testar empiricamente um modelo de crescimento econômico que incorpore educação, distribuição de renda e nível tecnológico. Nos testes empíricos, uma das variáveis importantes é a razão das escolaridades dos empregados e empregadores. Além desta é utilizada uma medida de tecnologia e os seguintes índices de desigualdade de renda: i) participação na renda dos 40% mais pobres; ii) participação na renda dos 10% mais r (mais) icos; iii) participação na renda da classe média; e iv) o coeficiente de Gini e duas outras variáveis de controle: v) a percentagem de trabalhadores autônomos; e vi) a taxa de desemprego. A econometria de painel de dados empregada consiste de testes de raiz unitária, para verificar a estacionariedade dos dados, heterogeneidade, autocorrelação, dependência seccional, e as estimativas de efeitos fixos, randômicos e dinâmicas. Os resutados demonstram que a taxa de crescimento da produtividade dos Estados brasileiros é afetada positivamente: a) pelo aumento na razão do nível educacional dos empregados vis-à-vis empregadores; b) por políticas de redistribuição de renda que favoreçam os 40% mais pobres e a classe média; e c) pela tecnologia importada. Contudo, os investimentos em educação dos Estados brasileiros possuem efeitos negativos sobre a taxa de crescimento de suas produtividades, estes agem como um imposto realocativo dos insumos do setor produtivo de bens para o de educação no curto prazo. Resumo em inglês The objective of the paper is to develop and empirically test an economic growth model that incorporates education, income distribution effects and technology. In the empirical tests, one of the driving forces of productivity growth is the ratio of the average knowledge levels of employees and entrepreneurs. Besides this variable and a measure of technology the following variables are considered: i) the income index of the 10% richest; ii) the income index of the 40% poor (mais) est; iii) middle class income size index; iv) the Gini coefficient and two control variables: v) self employed and vi) the unemployment rate. The econometrics of panel data employed includes panel tests for stationary, heterogeneity, auto-correlation, cross-section dependency, and fixed, random and dynamic effect estimates. The overall result shows that the productivity growth is influenced positively by: a) the increase in the employee-employers education level; b) income redistribution policies that benefits middle classes and the 40% poorest in the economy; c) the imported technology. Nevertheless, the investment in education made by the Brazilian States has a negative impact on their productivity growth rate. It may behave as shift tax that allocates inputs from production of goods to the human capital accumulation sector.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Liberalização comercial e financeira e seus efeitos sobre crescimento, emprego e distribuição de renda nos países latino-americanos/ Trade and financial liberalization and its effects on growth, employment and income distribution in Latin American countries

Medeiros, Carlos Aguiar de
2005-12-01

Resumo em português A partir de alguns fatos estilizados sobre o comportamento do crescimento econômico, emprego e distribuição de renda na América Latina nos anos 90, o artigo examina os principais mecanismos identificados na literatura estruturalista latino-americana sobre as relações entre abertura externa e distribuição de renda. Depois de uma breve análise histórica, argumenta-se que a partir de sua influência no regime macroeconômico, nos preços básicos e na heterogeneida (mais) de das técnicas produtivas, a abertura externa dos anos 90 liderou as mudanças distributivas observadas. Resumo em inglês After a brief historic review of Latin American economic development and some stylized facts on economic growth, employment and income distribution, the connections between trade and finance opening and income distribution are examined. We argue, following the tradition of Latin American structuralism, that through its influence on macroeconomic regime, on basic prices and on technology heterogeneity, the 1990 external opening led the shifts in income distribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Distribuição, mobilidade e polarização de renda no Brasil: 1987 A 2003

Figueirêdo, Erik Alencar de; Silva Netto Junior, José Luis da; Porto Junior, Sabino da Silva
2007-03-01

Resumo em português Este estudo busca investigar o padrão de transformação da distribuição pessoal de renda brasileira e de suas regiões geográficas no período de 1987 a 2003. Procura-se ainda identificar os fatores motivadores de tal transformação ressaltando os aspectos inerentes às mobilidades de renda e educacional. Para tanto, utilizam-se uma série ferramentais estáticos e dinâmicos, onde se destacam a medida de polarização de renda proposta por Duclos et alii (2004) e o (mais) cálculo das matrizes de transição de probabilidade. Os resultados apontam uma substancial mudança na distribuição de renda brasileira. Grosso modo, observou-se a polarização dos salários nas faixas de renda inferiores e superiores. Este movimento foi acompanhado por um intenso aumento na mobilidade educacional, que por sua vez, está associado a um decréscimo do efeito familiar. No entanto, tal comportamento se dá de forma diferenciada no âmbito regional. Resumo em inglês This study aims to investigate the pattern of transformation of the Brazilian income distribution its geographic regions in the period 1987 - 2003. It also intends to identify the underlying factors of such transformation, specifically, the income and educational mobilities. To achieve that, static and dynamic tools have been used. Among those tools, the polarization measures proposed by Duclos et alii (2004) and the matrix transition of probability can be highlighted. Th (mais) e results show a great change in the Brazilian income distribution. In general, it was observed a polarization of the wages featured by an increase in both the bottom and the top salary levels. These changes were followed by a strong educational mobility related to a decrease in the parental effect. However, differences among the regions connected to that process could also be found.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Rendimentos crescentes e a distribuição internacional de renda/ Increasing returns and the international distribution of income

Zagottis, Alexandre de
2008-09-01

Resumo em inglês The existence of increasing returns in high technology industries assigns a path dependent character to the international division of labor. Rich countries, first entrants in these industries, enjoy permanent advantages that prevent, in a free market environment, the development of such industries in middle-income countries. This dynamics allows the former group of countries to experience a higher growth rate of labor productivity than the latter, and, as a result, increa (mais) ses the gap between the workers' standard of living in these countries. It is up to the States of middle-income countries the task of devising development strategies capable of breaking such pattern and improving the international distribution of income.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Convergência, para onde? Uma análise da dinâmica de distribuição de renda per capita a partir do modelo de misturas finitas

Catela, Eva Yamila da Silva; Gonçalves, Flávio de Oliveira
2009-09-01

Resumo em português Diferentes teorias de crescimento implicam em diferentes padrões de distribuição de níveis de renda per capita entre as economias mundiais. A validação empírica de tais teorias pressupõe propriedades nos processos estocásticos nem sempre verificadas nos exercícios empíricos tradicionais de regressões de crescimento. Este trabalho busca estas propriedades e discute a existência de clubes de renda na economia mundial analisando a distribuição da renda per cap (mais) ita em 134 países durante o período 1970-2003. As conclusões mostram uma estratificação em três grupos, com path dependence sem lock in, isto é existe uma alta probabilidade de permanência do status quo. Resumo em inglês Different growth theories implies in different patterns of per capita income distribution between countries. The empirical validation to these theories assumes some non-commonly verified stochastic processes properties. This paper seeks for theseis properties and discusses the existence of per capita income clubs in the world economy by analyzing the distribution of per capita income in 134 countries during the period 1970-2003. The conclusions show stratification in thre (mais) e groups, with path dependence and no lock in, that is, there is a high probability of maintenance of the status quo, while there exists a small probability of migration between groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Aposentadorias e distribuição da renda no Brasil: uma nota sobre o período 1981 a 2001

Ferreira, Carlos Roberto
2006-09-01

Resumo em português Esse estudo avalia a contribuição das aposentadorias e pensões para a desigualdade da distribuição do rendimento domiciliar per capita no Brasil, através da técnica de decomposição do índice de Gini. Concluiu-se que o rendimento das aposentadorias e pensões contribuem para aumentar a desigualdade da distribuição da renda no Brasil. Resumo em inglês This study evaluates the contribution of the retirements and pensions for the inequality of the per capita domiciliay income distribution in Brazil, through the technique of decomposition of Gini's index. The conclusion drawn is that the retirement and pension income contributes to the increase of inequality of the income distribution in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Desigualdade e polarização entre empregados na agricultura brasileira: 1992-2007

Hoffmann, Rodolfo
2009-08-01

Resumo em português Após discutir o conceito de polarização de uma distribuição de renda, é analisada a distribuição do rendimento do trabalho principal dos empregados na agricultura brasileira no período 1992-2007. Considerando o período 1995-2007, após a estabilização monetária, verifica-se que a desigualdade daquela distribuição é estável e que o grau de polarização apresenta tendência decrescente. Também é examinada a evolução da desigualdade entre empregados per (mais) manentes e temporários e entre empregados sem carteira e com carteira de trabalho assinada, destacando o diferente papel desempenhado pelo salário mínimo na distribuição da renda dentro dessas categorias de trabalhadores. Finalmente, mostra-se que houve crescimento da participação do componente inter-regional na desigualdade da distribuição dos salários na agricultura brasileira. Resumo em inglês The paper discusses the concept of polarization of an income distribution and examines the earnings distribution of employees in Brazilian agriculture in the period 1992-2007. Considering the period 1995-2007, after the monetary stabilization, it is shown that the inequality of that distribution is stable and that its degree of polarization has a decreasing trend. Next, the paper analyses the changes in the inequality between permanent and temporary employees and between (mais) those with or without the legal employee's document, pointing to the different role of the legal minimum wage in influencing the earnings distribution within these worker categories. Finally, the paper shows that the share of regional differences in the inequality of the distribution of wages in Brazilian agriculture has increased.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Aspectos históricos e metodológicos da evolução recente do perfil distributivo brasileiro

Mattos, Fernando Augusto Mansor de
2005-06-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é avaliar a evolução da distribuição pessoal e da distribuição funcional de renda desde o início da industrialização brasileira. Aspectos históricos e metodológicos serão levados em consideração para analisar os resultados empíricos. Resumo em inglês The objective of this article is to evaluate the personal income distribution and also the functional distribution of income since the beginning of the Brazilian industrialization. Historical and methodological aspects are taken into consideration so as to evaluate the empirical data.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Formação de profissionais de saúde no Brasil: uma análise no período de 1991 a 2008/ Undergraduate programs for health professionals in Brazil: an analysis from 1991 to 2008/ Formación de profesionales de salud en Brasil: un análisis en el período de 1991 a 2008

Haddad, Ana Estela; Morita, Maria Celeste; Pierantoni, Célia Regina; Brenelli, Sigisfredo Luis; Passarella, Teresa; Campos, Francisco Eduardo
2010-06-01

Resumo em português Estudo conduzido com o objetivo de contribuir para o planejamento e implementação de políticas de qualificação profissional no campo da saúde. Foram analisados 14 cursos de graduação da área da saúde: biomedicina, ciências biológicas, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, psicologia, serviço social e terapia ocupacional, no período de 1991 a 2008. Dados sobre número (mais) de ingressantes, taxa de ocupação de vagas, distribuição de concluintes por habitante, gênero e renda familiar foram coletados a partir dos bancos do Ministério da Educação. Para o curso de medicina, a relação foi de 40 candidatos por vaga nas instituições públicas contra 10 nas privadas. A maioria dos ingressantes era composta por mulheres. A região Sudeste concentrou 57% dos concluintes, corroborando o desequilíbrio de distribuição regional das oportunidades de formação de profissionais de saúde e indicando a necessidade de políticas de incentivo à redução dessas desigualdades. Resumo em espanhol Estudio conducido con el objetivo de contribuir a la planificación e implementación de políticas de calificación profesional en el campo de la salud. Fueron analizados 14 cursos de pregrado del área de la salud: biomedicina, ciencias biológicas, educación física, enfermería, farmacia, fisioterapia, fonoaudiología, medicina, medicina veterinaria, nutrición, odontología, psicología, servicio social y terapia ocupacional, en el período de 1991 a 2008. Datos sob (mais) re número de ingresos, tasa de ocupación de vagas, distribución de concluyentes por habitante, género y renta familiar fueron colectados a partir de bancos del Ministerio de Educación de Brasil. En el curso de medicina, la relación fue de 40 candidatos por vacante en las instituciones públicas contra 10 en las privadas. La mayoría de los ingresados estaba compuesta por mujeres. La región sudeste concentró 57% de los concluyentes, corroborando el desequilibrio de la distribución regional de las oportunidades de formación de profesionales de salud e indicando la necesidad de políticas de incentivo para la reducción de tales desigualdades. Resumo em inglês Study conducted to support the planning and implementation of public policies on human health resources. Fourteen undergraduate health courses were analyzed: biomedicine, biological sciences, physical education, nursing, pharmacy, physical therapy, speech and language therapy, medicine, veterinary medicine, nutrition, dentistry, psychology, social work and occupational therapy between 1991 and 2008. Data on number of students admitted, college admission rates, rates of gr (mais) aduating student by inhabitant, gender, geographic area and family income were collected from the Brazilian Ministry of Education database. For medicine undergraduate programs there were 40 applicants per place at public institutions and 10 at private ones. Most students admitted were females. The Southeast region concentrated 57% of graduating students. The study revealed trends that indicates opportunity inequalities in the regional distribution of health professional education, thus supporting the need for policies aimed at reducing such inequalities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Formação de profissionais de saúde no Brasil: uma análise no período de 1991 a 2008/ Undergraduate programs for health professionals in Brazil: an analysis from 1991 to 2008/ Formación de profesionales de salud en Brasil: un análisis en el período de 1991 a 2008

Haddad, Ana Estela; Morita, Maria Celeste; Pierantoni, Célia Regina; Brenelli, Sigisfredo Luis; Passarella, Teresa; Campos, Francisco Eduardo
2010-06-01

Resumo em português Estudo conduzido com o objetivo de contribuir para o planejamento e implementação de políticas de qualificação profissional no campo da saúde. Foram analisados 14 cursos de graduação da área da saúde: biomedicina, ciências biológicas, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, psicologia, serviço social e terapia ocupacional, no período de 1991 a 2008. Dados sobre número (mais) de ingressantes, taxa de ocupação de vagas, distribuição de concluintes por habitante, gênero e renda familiar foram coletados a partir dos bancos do Ministério da Educação. Para o curso de medicina, a relação foi de 40 candidatos por vaga nas instituições públicas contra 10 nas privadas. A maioria dos ingressantes era composta por mulheres. A região Sudeste concentrou 57% dos concluintes, corroborando o desequilíbrio de distribuição regional das oportunidades de formação de profissionais de saúde e indicando a necessidade de políticas de incentivo à redução dessas desigualdades. Resumo em espanhol Estudio conducido con el objetivo de contribuir a la planificación e implementación de políticas de calificación profesional en el campo de la salud. Fueron analizados 14 cursos de pregrado del área de la salud: biomedicina, ciencias biológicas, educación física, enfermería, farmacia, fisioterapia, fonoaudiología, medicina, medicina veterinaria, nutrición, odontología, psicología, servicio social y terapia ocupacional, en el período de 1991 a 2008. Datos sob (mais) re número de ingresos, tasa de ocupación de vagas, distribución de concluyentes por habitante, género y renta familiar fueron colectados a partir de bancos del Ministerio de Educación de Brasil. En el curso de medicina, la relación fue de 40 candidatos por vacante en las instituciones públicas contra 10 en las privadas. La mayoría de los ingresados estaba compuesta por mujeres. La región sudeste concentró 57% de los concluyentes, corroborando el desequilibrio de la distribución regional de las oportunidades de formación de profesionales de salud e indicando la necesidad de políticas de incentivo para la reducción de tales desigualdades. Resumo em inglês Study conducted to support the planning and implementation of public policies on human health resources. Fourteen undergraduate health courses were analyzed: biomedicine, biological sciences, physical education, nursing, pharmacy, physical therapy, speech and language therapy, medicine, veterinary medicine, nutrition, dentistry, psychology, social work and occupational therapy between 1991 and 2008. Data on number of students admitted, college admission rates, rates of gr (mais) aduating student by inhabitant, gender, geographic area and family income were collected from the Brazilian Ministry of Education database. For medicine undergraduate programs there were 40 applicants per place at public institutions and 10 at private ones. Most students admitted were females. The Southeast region concentrated 57% of graduating students. The study revealed trends that indicates opportunity inequalities in the regional distribution of health professional education, thus supporting the need for policies aimed at reducing such inequalities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Estimativa de consumo de sódio pela população brasileira, 2002-2003/ Estimated sodium intake by the Brazilian population, 2002-2003/ Estimación del consumo de sodio por la población brasilera, 2002-2003

Sarno, Flavio; Claro, Rafael Moreira; Levy, Renata Bertazzi; Bandoni, Daniel Henrique; Ferreira, Sandra Roberta Gouvêa; Monteiro, Carlos Augusto
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a magnitude e a distribuição regional e socioeconômica do consumo de sódio no Brasil e identificar as fontes alimentares que mais contribuem para esse consumo. MÉTODOS: As estimativas foram baseadas nos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada no Brasil entre julho de 2002 e junho de 2003. Foram analisados 969.989 registros de aquisição de alimentos efetuados por uma amostra probabilística de 48.470 domicílios localizados em 3.984 (mais) setores censitários do País. Realizou-se conversão dos registros das aquisições de alimentos em nutrientes por meio de tabelas de composição de alimentos. Foram calculadas a disponibilidade média de sódio por pessoa e por dia e a disponibilidade média ajustada para um consumo energético equivalente a 2.000 kcal. Calculou-se a contribuição de grupos de alimentos selecionados para o total de sódio disponível para consumo no domicílio. As estimativas são apresentadas segundo regiões, situação urbana ou rural do domicílio, e estratos de renda. RESULTADOS: A quantidade diária de sódio disponível para consumo nos domicílios brasileiros foi de 4,5 g por pessoa (ou 4,7 g para uma ingestão diária de 2.000 Kcal), excedendo, assim, em mais de duas vezes o limite recomendado de ingestão desse nutriente. Embora a maior parte do sódio disponível para consumo em todas classes de renda provenha do sal de cozinha e de condimentos à base desse sal (76,2%), a fração proveniente de alimentos processados com adição de sal aumenta linear e intensamente com o poder aquisitivo domiciliar, representando 9,7% do total de sódio no quinto inferior da distribuição da renda per capita e 25,0% no quinto superior. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que o consumo de sódio no Brasil excede largamente a recomendação máxima para esse nutriente em todas as macrorregiões brasileiras e em todas as classes de renda. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la magnitud y la distribución regional y socioeconómica del consumo de sodio en Brasil e identificar las fuentes alimenticias que más contribuyen para ese consumo. MÉTODOS: Las estimaciones fueron basadas en los datos de la Pesquisa de Presupuestos Familiares, realizada en Brasil entre julio de 2002 y junio de 2003. Fueron analizados 969.989 registros de adquisición de alimentos efectuados por una muestra probabilística de 48.470 domicilios localiz (mais) ados en 3.984 sectores censados del País. Se realizó conversión de los registros de las adquisiciones de alimentos en nutrientes por medio de tablas de composición de alimentos. Fueron calculadas la disponibilidad promedio de sodio por persona y por día y la disponibilidad promedio ajustada para un consumo energético equivalente a 2.000 kcal. Se calculó la contribución de grupos de alimentos seleccionados para el total de sodio disponible para consumo en el domicilio. Las estimaciones son presentadas según regiones, situación urbana o rural del domicilio e estratos de renta. RESULTADOS: La cantidad diaria de sodio disponible para consumo en los domicilios brasileros fue de 4,5 g por persona (o 4,7 g para una ingestión diaria de 2.000 kcal), excediendo así, en más del doble el límite recomendado de ingestión de ese nutriente. A pesar de que la mayor parte del sodio disponible para consumo en todas clases de renta provenga de la sal de cocina y de condimentos a base de sal (76,2%), la fracción proveniente de alimentos procesados con adición de sal aumenta linear e intensamente con el poder adquisitivo domiciliar, representando 9,7% del total de sodio en el quinto inferior de la distribución de la renta per capita y 25,0% en el quinto superior. CONCLUSIONES: Los resultados indican que el consumo de sodio en Brasil excede grandemente la recomendación máxima para ese nutriente en todas las macroregiones brasileras y en todas las clases de renta. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the magnitude and distribution of sodium intake in Brazil and to identify major dietary sources contributing to this intake. METHODS: Estimates were based on data from a Brazilian household budget survey carried between July 2002 and June 2003. A total of 969,989 food purchase records from a probabilistic sample of 48,470 households located in 3,984 census tracts across the country were analyzed. Purchase records were converted into nutrients using (mais) food composition charts. Mean sodium availability per person per day and mean adjusted availability considering a 2,000 kcal daily energy intake were calculated, as well as the contribution of selected food groups to total household sodium availability. Estimates are presented according to geographical region, urban or rural status of the household, and income stratum. RESULTS: Mean daily sodium availability in Brazilian households was 4.5 g per person (or 4.7 g considering a daily calorie intake of 2,000 kcal), thus exceeding by more than two times the recommended levels of intake for this nutrient. Although most of the sodium available for intake across all income strata was derived from kitchen salt or salt-based condiments (76.2%), the fraction derived from processed foods with added salt showed a strong linear increase as household purchasing power increased, representing 9.7% of total sodium intake in the lower quintile of the per capita income distribution and 25.0% in the upper quintile. CONCLUSIONS: Results indicate that sodium intake in Brazil widely exceeds the maximum recommended intake level for this nutrient in all of the country's macro regions and across all income strata.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Estimativa de consumo de sódio pela população brasileira, 2002-2003/ Estimated sodium intake by the Brazilian population, 2002-2003/ Estimación del consumo de sodio por la población brasilera, 2002-2003

Sarno, Flavio; Claro, Rafael Moreira; Levy, Renata Bertazzi; Bandoni, Daniel Henrique; Ferreira, Sandra Roberta Gouvêa; Monteiro, Carlos Augusto
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a magnitude e a distribuição regional e socioeconômica do consumo de sódio no Brasil e identificar as fontes alimentares que mais contribuem para esse consumo. MÉTODOS: As estimativas foram baseadas nos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada no Brasil entre julho de 2002 e junho de 2003. Foram analisados 969.989 registros de aquisição de alimentos efetuados por uma amostra probabilística de 48.470 domicílios localizados em 3.984 (mais) setores censitários do País. Realizou-se conversão dos registros das aquisições de alimentos em nutrientes por meio de tabelas de composição de alimentos. Foram calculadas a disponibilidade média de sódio por pessoa e por dia e a disponibilidade média ajustada para um consumo energético equivalente a 2.000 kcal. Calculou-se a contribuição de grupos de alimentos selecionados para o total de sódio disponível para consumo no domicílio. As estimativas são apresentadas segundo regiões, situação urbana ou rural do domicílio, e estratos de renda. RESULTADOS: A quantidade diária de sódio disponível para consumo nos domicílios brasileiros foi de 4,5 g por pessoa (ou 4,7 g para uma ingestão diária de 2.000 Kcal), excedendo, assim, em mais de duas vezes o limite recomendado de ingestão desse nutriente. Embora a maior parte do sódio disponível para consumo em todas classes de renda provenha do sal de cozinha e de condimentos à base desse sal (76,2%), a fração proveniente de alimentos processados com adição de sal aumenta linear e intensamente com o poder aquisitivo domiciliar, representando 9,7% do total de sódio no quinto inferior da distribuição da renda per capita e 25,0% no quinto superior. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que o consumo de sódio no Brasil excede largamente a recomendação máxima para esse nutriente em todas as macrorregiões brasileiras e em todas as classes de renda. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la magnitud y la distribución regional y socioeconómica del consumo de sodio en Brasil e identificar las fuentes alimenticias que más contribuyen para ese consumo. MÉTODOS: Las estimaciones fueron basadas en los datos de la Pesquisa de Presupuestos Familiares, realizada en Brasil entre julio de 2002 y junio de 2003. Fueron analizados 969.989 registros de adquisición de alimentos efectuados por una muestra probabilística de 48.470 domicilios localiz (mais) ados en 3.984 sectores censados del País. Se realizó conversión de los registros de las adquisiciones de alimentos en nutrientes por medio de tablas de composición de alimentos. Fueron calculadas la disponibilidad promedio de sodio por persona y por día y la disponibilidad promedio ajustada para un consumo energético equivalente a 2.000 kcal. Se calculó la contribución de grupos de alimentos seleccionados para el total de sodio disponible para consumo en el domicilio. Las estimaciones son presentadas según regiones, situación urbana o rural del domicilio e estratos de renta. RESULTADOS: La cantidad diaria de sodio disponible para consumo en los domicilios brasileros fue de 4,5 g por persona (o 4,7 g para una ingestión diaria de 2.000 kcal), excediendo así, en más del doble el límite recomendado de ingestión de ese nutriente. A pesar de que la mayor parte del sodio disponible para consumo en todas clases de renta provenga de la sal de cocina y de condimentos a base de sal (76,2%), la fracción proveniente de alimentos procesados con adición de sal aumenta linear e intensamente con el poder adquisitivo domiciliar, representando 9,7% del total de sodio en el quinto inferior de la distribución de la renta per capita y 25,0% en el quinto superior. CONCLUSIONES: Los resultados indican que el consumo de sodio en Brasil excede grandemente la recomendación máxima para ese nutriente en todas las macroregiones brasileras y en todas las clases de renta. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the magnitude and distribution of sodium intake in Brazil and to identify major dietary sources contributing to this intake. METHODS: Estimates were based on data from a Brazilian household budget survey carried between July 2002 and June 2003. A total of 969,989 food purchase records from a probabilistic sample of 48,470 households located in 3,984 census tracts across the country were analyzed. Purchase records were converted into nutrients using (mais) food composition charts. Mean sodium availability per person per day and mean adjusted availability considering a 2,000 kcal daily energy intake were calculated, as well as the contribution of selected food groups to total household sodium availability. Estimates are presented according to geographical region, urban or rural status of the household, and income stratum. RESULTS: Mean daily sodium availability in Brazilian households was 4.5 g per person (or 4.7 g considering a daily calorie intake of 2,000 kcal), thus exceeding by more than two times the recommended levels of intake for this nutrient. Although most of the sodium available for intake across all income strata was derived from kitchen salt or salt-based condiments (76.2%), the fraction derived from processed foods with added salt showed a strong linear increase as household purchasing power increased, representing 9.7% of total sodium intake in the lower quintile of the per capita income distribution and 25.0% in the upper quintile. CONCLUSIONS: Results indicate that sodium intake in Brazil widely exceeds the maximum recommended intake level for this nutrient in all of the country's macro regions and across all income strata.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Distribuição espacial dos idosos de um município de médio porte do interior paulista segundo algumas características sócio-demográficas e de morbidade/ Spatial distribution of elderly individuals in a medium-sized city in São Paulo State, Brazil, according to key socio-demographic and morbidity characteristics

Campos, Frederico Grizzi de; Barrozo, Ligia Vizeu; Ruiz, Tania; César, Chester Luiz Galvão; Barros, Marilisa Berti Azevedo; Carandina, Luana; Goldbaum, Moisés
2009-01-01

Resumo em português Os Sistemas de Informação Geográfica constituem importantes instrumentos dentro da Saúde Pública como técnicas de análise da distribuição de agravos à população, e, portanto, podem ser usados no estudo da localização de indivíduos portadores de doenças crônicas. Este trabalho objetivou a realização de análise espacial da distribuição da população de sessenta anos e mais no Município de Botucatu, São Paulo, Brasil, estudando o perfil sócio-demogr (mais) áfico e a presença de diabetes e hipertensão arterial. Foram analisados dados de 468 idosos da amostra de inquérito populacional realizado entre 2001 e 2002. Os idosos com melhor nível sócio-econômico residem nos setores censitários de estratos sociais mais altos, o que foi estatisticamente comprovado pela utilização de técnicas de análise espacial para renda e escolaridade. Não se encontrou padrão de distribuição espacial para idosos hipertensos e diabéticos que se localizaram no mapa de forma heterogênea. O presente estudo sugere a utilização das técnicas de geoprocessamento para o mapeamento digital das áreas de abrangências das Unidades de Atenção Primária à Saúde, para um melhor controle da distribuição de idosos portadores de doenças crônicas e de sua assistência pelos profissionais de saúde. Resumo em inglês Geographic Information Systems serve as important public health tools for analyzing population disease distribution and thus for identifying individuals with chronic non-communicable diseases. The current study performed a spatial analysis of the distribution of the population 60 years and older in the city of Botucatu, São Paulo State, Brazil, studying the socio-demographic profile and the presence of diabetes mellitus and arterial hypertension. Data were analyzed from (mais) 468 elderly individuals from a population survey conducted in 2001-2002. Elders with the highest socioeconomic status live in the census tracts with the highest social strata, as proven statistically by spatial analysis techniques for income and schooling. No spatial distribution pattern was found for elderly individuals with hypertension and diabetes, who were located heterogeneously on the map. The study suggests the use of geoprocessing techniques for digital mapping of areas covered by primary health care units, aimed at better monitoring of the distribution of elderly individuals with chronic diseases and their care by health professionals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Distribuição espacial dos idosos de um município de médio porte do interior paulista segundo algumas características sócio-demográficas e de morbidade/ Spatial distribution of elderly individuals in a medium-sized city in São Paulo State, Brazil, according to key socio-demographic and morbidity characteristics

Campos, Frederico Grizzi de; Barrozo, Ligia Vizeu; Ruiz, Tania; César, Chester Luiz Galvão; Barros, Marilisa Berti Azevedo; Carandina, Luana; Goldbaum, Moisés
2009-01-01

Resumo em português Os Sistemas de Informação Geográfica constituem importantes instrumentos dentro da Saúde Pública como técnicas de análise da distribuição de agravos à população, e, portanto, podem ser usados no estudo da localização de indivíduos portadores de doenças crônicas. Este trabalho objetivou a realização de análise espacial da distribuição da população de sessenta anos e mais no Município de Botucatu, São Paulo, Brasil, estudando o perfil sócio-demogr (mais) áfico e a presença de diabetes e hipertensão arterial. Foram analisados dados de 468 idosos da amostra de inquérito populacional realizado entre 2001 e 2002. Os idosos com melhor nível sócio-econômico residem nos setores censitários de estratos sociais mais altos, o que foi estatisticamente comprovado pela utilização de técnicas de análise espacial para renda e escolaridade. Não se encontrou padrão de distribuição espacial para idosos hipertensos e diabéticos que se localizaram no mapa de forma heterogênea. O presente estudo sugere a utilização das técnicas de geoprocessamento para o mapeamento digital das áreas de abrangências das Unidades de Atenção Primária à Saúde, para um melhor controle da distribuição de idosos portadores de doenças crônicas e de sua assistência pelos profissionais de saúde. Resumo em inglês Geographic Information Systems serve as important public health tools for analyzing population disease distribution and thus for identifying individuals with chronic non-communicable diseases. The current study performed a spatial analysis of the distribution of the population 60 years and older in the city of Botucatu, São Paulo State, Brazil, studying the socio-demographic profile and the presence of diabetes mellitus and arterial hypertension. Data were analyzed from (mais) 468 elderly individuals from a population survey conducted in 2001-2002. Elders with the highest socioeconomic status live in the census tracts with the highest social strata, as proven statistically by spatial analysis techniques for income and schooling. No spatial distribution pattern was found for elderly individuals with hypertension and diabetes, who were located heterogeneously on the map. The study suggests the use of geoprocessing techniques for digital mapping of areas covered by primary health care units, aimed at better monitoring of the distribution of elderly individuals with chronic diseases and their care by health professionals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações/ Population aging today: demands, challenges and innovations/ Envejecimiento poblacional contemporáneo: demandas, desafíos e innovaciones

Veras, Renato
2009-06-01

Resumo em português O estudo discute as conseqüências sociais e, particularmente, da saúde, decorrentes da ampliação do número de idosos no Brasil em um curto período. Foram utilizados dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, de 1998 e 2003, que indicam melhoria das condições de saúde dos idosos e uma distribuição de doença crônica semelhante para todos os grupos de renda. Se, por um lado, os idosos apresentam maior carga de doenças e incapacidades, e usam mais o (mais) s serviços de saúde, por outro, os modelos vigentes de atenção à saúde do idoso se mostram ineficientes e de alto custo, reclamando estruturas criativas e inovadoras, como os centros de convivência com avaliação e tratamento de saúde. A agenda prioritária da política pública brasileira deveria priorizar a manutenção da capacidade funcional dos idosos, com monitoramento das condições de saúde, com ações preventivas e diferenciadas de saúde e de educação, com cuidados qualificados e atenção multidimensional e integral. Resumo em espanhol El estudio discute las consecuencias sociales y, particularmente, de la salud, producto de la ampliación del número de ancianos en Brasil en un corto período. Fueron utilizados datos de la Pesquisa Nacional por Muestra de Domicilios, de 1998 y 2003, que indican mejoría de las condiciones de salud de los ancianos y una distribución de enfermedad crónica semejante para todos los grupos de renta. Si, por un lado, los ancianos presentan mayor carga de enfermedades e inc (mais) apacidades, y usan más los servicios de salud, por el otro, los modelos vigentes de atención a la salud del anciano se muestran ineficientes y de alto costo, reclamando estructuras creativas e innovadoras, como los centros de convivencia con evaluación y tratamiento de salud. La agenda prioritaria de la política pública brasilera debería priorizar el mantenimiento de la capacidad funcional de los ancianos, con monitoria de las condiciones de salud, con acciones preventivas y diferenciadas de salud y de educación, con cuidados calificados y atención multidimensional e integral. Resumo em inglês The paper discusses the social and, particularly, the health consequences resulting from the expansion of the numbers of elderly people in Brazil over a short period. The data used were from the 1998 and 2003 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD, the national household sampling survey), and they express an improvement in elderly people's health conditions and similar distribution of chronic diseases across all income groups. If, on the one hand, elderly peop (mais) le present greater disease burden and incapacities and they use healthcare services more, on the other hand, the current models for healthcare for the elderly are shown to be inefficient and high-cost. Creative and innovative structures are required, such as social centers with health assessments and treatment. Foremost on the agenda for Brazilian public policy, priority should be given to maintaining elderly people's functional capacity, with monitoring of their health conditions; preventive and differentiated actions relating to health and education; and qualified care and multidimensional comprehensive attendance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações/ Population aging today: demands, challenges and innovations/ Envejecimiento poblacional contemporáneo: demandas, desafíos e innovaciones

Veras, Renato
2009-06-01

Resumo em português O estudo discute as conseqüências sociais e, particularmente, da saúde, decorrentes da ampliação do número de idosos no Brasil em um curto período. Foram utilizados dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, de 1998 e 2003, que indicam melhoria das condições de saúde dos idosos e uma distribuição de doença crônica semelhante para todos os grupos de renda. Se, por um lado, os idosos apresentam maior carga de doenças e incapacidades, e usam mais o (mais) s serviços de saúde, por outro, os modelos vigentes de atenção à saúde do idoso se mostram ineficientes e de alto custo, reclamando estruturas criativas e inovadoras, como os centros de convivência com avaliação e tratamento de saúde. A agenda prioritária da política pública brasileira deveria priorizar a manutenção da capacidade funcional dos idosos, com monitoramento das condições de saúde, com ações preventivas e diferenciadas de saúde e de educação, com cuidados qualificados e atenção multidimensional e integral. Resumo em espanhol El estudio discute las consecuencias sociales y, particularmente, de la salud, producto de la ampliación del número de ancianos en Brasil en un corto período. Fueron utilizados datos de la Pesquisa Nacional por Muestra de Domicilios, de 1998 y 2003, que indican mejoría de las condiciones de salud de los ancianos y una distribución de enfermedad crónica semejante para todos los grupos de renta. Si, por un lado, los ancianos presentan mayor carga de enfermedades e inc (mais) apacidades, y usan más los servicios de salud, por el otro, los modelos vigentes de atención a la salud del anciano se muestran ineficientes y de alto costo, reclamando estructuras creativas e innovadoras, como los centros de convivencia con evaluación y tratamiento de salud. La agenda prioritaria de la política pública brasilera debería priorizar el mantenimiento de la capacidad funcional de los ancianos, con monitoria de las condiciones de salud, con acciones preventivas y diferenciadas de salud y de educación, con cuidados calificados y atención multidimensional e integral. Resumo em inglês The paper discusses the social and, particularly, the health consequences resulting from the expansion of the numbers of elderly people in Brazil over a short period. The data used were from the 1998 and 2003 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD, the national household sampling survey), and they express an improvement in elderly people's health conditions and similar distribution of chronic diseases across all income groups. If, on the one hand, elderly peop (mais) le present greater disease burden and incapacities and they use healthcare services more, on the other hand, the current models for healthcare for the elderly are shown to be inefficient and high-cost. Creative and innovative structures are required, such as social centers with health assessments and treatment. Foremost on the agenda for Brazilian public policy, priority should be given to maintaining elderly people's functional capacity, with monitoring of their health conditions; preventive and differentiated actions relating to health and education; and qualified care and multidimensional comprehensive attendance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Análise espacial e sazonal da leptospirose no município de São Paulo, SP, 1998 a 2006/ Spatial and seasonal analysis on leptospirosis in the municipality of São Paulo, Southeastern Brazil, 1998 to 2006/ Análisis espacial y estacional de la leptospirosis en el municipio de Sao Paulo, SP, 1998 a 2006

Soares, Tatiana Spinelli Martins; Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira; Laporta, Gabriel Zorello; Buzzar, Márcia Regina
2010-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial e sazonal da leptospirose, identificando possíveis componentes ecológicos e sociais para a sua transmissão. MÉTODOS: Foram georreferenciados 2.490 casos em cada distrito do município de São Paulo, SP, registrados de 1998 a 2006. Os dados foram obtidos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Foram realizados mapas temáticos com as variáveis taxa de incidência, letalidade, taxa de alfabetização, renda m (mais) édia mensal, número de moradores por domicilio, abastecimento de água e rede de esgoto. Para identificar o padrão espacial (disperso, em aglomerado ou randômico), foram analisadas pelo Índice de Moran global e local. Foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman para testar associações entre as variáveis com padrão espacial em aglomerados. RESULTADOS: O padrão espacial em aglomerados foi observado nas variáveis taxa de incidência de leptospirose, taxa de alfabetização, renda média mensal, número de moradores por domicílio, abastecimento de água e rede de esgoto. Foram notificados 773 casos no período seco e 1.717 no úmido. A incidência e a letalidade estão correlacionadas com as condições socioeconômicas da população, independentemente do período. CONCLUSÕES: A leptospirose está distribuída por todo o município de São Paulo e sua incidência aumenta no período das chuvas. No período seco, os locais de aparecimento dos casos coincidem com as áreas de piores condições de moradia e, durante o período úmido, também aumenta em outros distritos, provavelmente devido à proximidade de rios e córregos. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar la distribución espacial y estacional de la leptospirosis, identificando posibles componentes ecológicos y sociales para su transmisión. MÉTODOS: Fueron georeferenciados 2.490 casos en cada distrito del municipio de Sao Paulo, en sureste de Brasil, registrados de 1998 a 2006. Los datos fueron obtenidos del Sistema de Información de Agravios de Notificación. Fueron realizados mapas temáticos con las variables tasa de incidencia, letalidad, tasa de (mais) alfabetización, renta promedio mensual, número de moradores por domicilio, abastecimiento de agua y red de cloacas. Para identificar el patrón espacial (disperso, en aglomerado o azaroso), fueron analizados por el Índice de Moran global y local. Fue utilizado el coeficiente de correlación de Spearman para evaluar asociaciones entre las variables con patrón espacial en aglomerados. RESULTADOS: El patrón espacial en aglomerados fue observado en las variables tasa de incidencia de leptospirosis, tasa de alfabetización, renta promedio mensual, número de moradores por domicilio, abastecimiento de agua y red de cloacas. Fueron notificados 773 casos en el período seco y 1.717 en el húmedo. La incidencia y la letalidad están correlacionadas con las condiciones socioeconómicas de la población, independientemente del período. CONCLUSIONES: La leptospirosis está distribuida por todo el municipio de Sao Paulo y su incidencia aumenta en el período de lluvias. En el período seco, los locales de aparecimiento de los casos coinciden con las áreas de peores condiciones de vivienda y, durante el período húmedo, también aumenta en otros distritos, probablemente debido a la proximidad de ríos y riachuelos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the spatial and seasonal distribution of leptospirosis and identify possible ecological and social components of its transmission. METHODS: A total of 2,490 cases registered in each district of the municipality of São Paulo, Southeastern Brazil, between 1998 and 2006, were georeferenced. The data were obtained from the Notifiable Diseases Information System. Thematic maps were made, showing the variables of incidence rate, lethality rate, literacy r (mais) ate, average monthly income, number of residents per household, water supply and sewage system. To identify spatial patterns (dispersed, clustered or random), these variables were analyzed using the global and local Moran indices. Spearman's correlation coefficient was used to test associations between variables with clustered spatial patterns. RESULTS: Clustered spatial patterns were observed for the variables of leptospirosis incidence, literacy rate, average monthly income, number of residents per household, water supply and sewage system. There were 773 notified cases in the dry season and 1,717 cases in the rainy season. The incidence and lethality rates correlated with the population's socioeconomic conditions, independently of the period. CONCLUSIONS: Leptospirosis is spread throughout the municipality of São Paulo, and its incidence increases during the rainy season. In the dry season, the localities where cases appear coincide with the areas of poorest housing conditions. In the rainy season, it also increases in other districts, probably due to the proximity of rivers and streams.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Análise espacial e sazonal da leptospirose no município de São Paulo, SP, 1998 a 2006/ Spatial and seasonal analysis on leptospirosis in the municipality of São Paulo, Southeastern Brazil, 1998 to 2006/ Análisis espacial y estacional de la leptospirosis en el municipio de Sao Paulo, SP, 1998 a 2006

Soares, Tatiana Spinelli Martins; Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira; Laporta, Gabriel Zorello; Buzzar, Márcia Regina
2010-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial e sazonal da leptospirose, identificando possíveis componentes ecológicos e sociais para a sua transmissão. MÉTODOS: Foram georreferenciados 2.490 casos em cada distrito do município de São Paulo, SP, registrados de 1998 a 2006. Os dados foram obtidos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Foram realizados mapas temáticos com as variáveis taxa de incidência, letalidade, taxa de alfabetização, renda m (mais) édia mensal, número de moradores por domicilio, abastecimento de água e rede de esgoto. Para identificar o padrão espacial (disperso, em aglomerado ou randômico), foram analisadas pelo Índice de Moran global e local. Foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman para testar associações entre as variáveis com padrão espacial em aglomerados. RESULTADOS: O padrão espacial em aglomerados foi observado nas variáveis taxa de incidência de leptospirose, taxa de alfabetização, renda média mensal, número de moradores por domicílio, abastecimento de água e rede de esgoto. Foram notificados 773 casos no período seco e 1.717 no úmido. A incidência e a letalidade estão correlacionadas com as condições socioeconômicas da população, independentemente do período. CONCLUSÕES: A leptospirose está distribuída por todo o município de São Paulo e sua incidência aumenta no período das chuvas. No período seco, os locais de aparecimento dos casos coincidem com as áreas de piores condições de moradia e, durante o período úmido, também aumenta em outros distritos, provavelmente devido à proximidade de rios e córregos. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar la distribución espacial y estacional de la leptospirosis, identificando posibles componentes ecológicos y sociales para su transmisión. MÉTODOS: Fueron georeferenciados 2.490 casos en cada distrito del municipio de Sao Paulo, en sureste de Brasil, registrados de 1998 a 2006. Los datos fueron obtenidos del Sistema de Información de Agravios de Notificación. Fueron realizados mapas temáticos con las variables tasa de incidencia, letalidad, tasa de (mais) alfabetización, renta promedio mensual, número de moradores por domicilio, abastecimiento de agua y red de cloacas. Para identificar el patrón espacial (disperso, en aglomerado o azaroso), fueron analizados por el Índice de Moran global y local. Fue utilizado el coeficiente de correlación de Spearman para evaluar asociaciones entre las variables con patrón espacial en aglomerados. RESULTADOS: El patrón espacial en aglomerados fue observado en las variables tasa de incidencia de leptospirosis, tasa de alfabetización, renta promedio mensual, número de moradores por domicilio, abastecimiento de agua y red de cloacas. Fueron notificados 773 casos en el período seco y 1.717 en el húmedo. La incidencia y la letalidad están correlacionadas con las condiciones socioeconómicas de la población, independientemente del período. CONCLUSIONES: La leptospirosis está distribuida por todo el municipio de Sao Paulo y su incidencia aumenta en el período de lluvias. En el período seco, los locales de aparecimiento de los casos coinciden con las áreas de peores condiciones de vivienda y, durante el período húmedo, también aumenta en otros distritos, probablemente debido a la proximidad de ríos y riachuelos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the spatial and seasonal distribution of leptospirosis and identify possible ecological and social components of its transmission. METHODS: A total of 2,490 cases registered in each district of the municipality of São Paulo, Southeastern Brazil, between 1998 and 2006, were georeferenced. The data were obtained from the Notifiable Diseases Information System. Thematic maps were made, showing the variables of incidence rate, lethality rate, literacy r (mais) ate, average monthly income, number of residents per household, water supply and sewage system. To identify spatial patterns (dispersed, clustered or random), these variables were analyzed using the global and local Moran indices. Spearman's correlation coefficient was used to test associations between variables with clustered spatial patterns. RESULTS: Clustered spatial patterns were observed for the variables of leptospirosis incidence, literacy rate, average monthly income, number of residents per household, water supply and sewage system. There were 773 notified cases in the dry season and 1,717 cases in the rainy season. The incidence and lethality rates correlated with the population's socioeconomic conditions, independently of the period. CONCLUSIONS: Leptospirosis is spread throughout the municipality of São Paulo, and its incidence increases during the rainy season. In the dry season, the localities where cases appear coincide with the areas of poorest housing conditions. In the rainy season, it also increases in other districts, probably due to the proximity of rivers and streams.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Pobreza e desigualdade de renda entre famílias da zona rural de Mato Grosso de 2004 a 2006/ Poverty and income inequality among families in rural areas of Mato Grosso from 2004 to 2006

Pereira, Benedito Dias; Maia, João Carlos de Souza; Joseph, Lázaro Camilo Recompensa; Freitas, Aprígio Guilherme Miranda; Oyamada, Graciela Cristine
2010-12-01

Resumo em português Investigou-se a desigualdade da distribuição de renda e a pobreza das famílias residentes nas áreas rurais de Mato Grosso em 2004 e 2006, com base nos microdados da PNAD (IBGE). Em especial, o coeficiente de Gini foi decomposto por fonte de renda, para se identificar a contribuição relativa de determinada fonte de renda na desigualdade da renda total. Dentre os principais resultados encontrados, verificou-se que há elevada desigualdade na distribuição de renda en (mais) tre as famílias rurais mato-grossenses, que a renda das atividades agrícolas contribui para aumentar essa desigualdade e que essa renda se constitui em variável importante e estratégica para a economia do Estado. Os indicadores também sugerem que houve incremento da pobreza entre as famílias rurais do Estado entre 2004 e 2006. Resumo em inglês Investigates on income distribution inequality and poverty of families living in rural areas of Mato Grosso in 2004 and 2006, based on the microdata of PNAD (IBGE). In particular, the Gini coefficient was broken by source of income to identify the relative contribution of a particular source of income inequality in total income. Among the key findings, it appears that there is high inequality in the income distribution among households in Mato Grosso, that the agriculture (mais) income contributes to increasing inequality and that this income is one important and strategic variable for the economy of the state. The indicators also suggest that there was an increase in poverty among rural families of the state between 2004 and 2006.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Prevalência de sobrepeso e obesidade entre funcionários plantonistas de unidades de saúde de Teresina, Piauí/ Overweight and obesity prevalence in employees of healthcare units in Teresina, Piauí, Brazil

Sousa, Ruth Maria Rocha de Pádua; Sobral, Débora Pereira; Paz, Suzana M. Rebelo Sampaio da; Martins, Maria do Carmo de Carvalho e
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi identificar a prevalência de sobrepeso e obesidade, bem como os fatores a eles associados, em funcionários de quatro Unidades de Saúde do Município de Teresina, Piauí. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra estratificada proporcional de 207 funcionários plantonistas diurnos das Unidades Básicas de Saúde da Prefeitura Municipal de Teresina, que foram entrevistados e avaliados a partir de dados antropométricos. Para a class (mais) ificação do estado nutricional foi utilizado o Índice de Massa Corporal e, para a classificação do risco cardiovascular de acordo com a distribuição da gordura corporal, foi utilizada a circunferência da cintura. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 53,72%, sendo as proporções de sobrepeso e obesidade de 35,75% e 17,70%, respectivamente. O sobrepeso esteve mais presente no sexo masculino (45,16%) e a obesidade no sexo feminino (19,31%). As variáveis que se mantiveram associadas significantemente com a obesidade foram: idade, função desempenhada pelo funcionário, obesidade dos pais, renda, fumo e circunferência da cintura. CONCLUSÃO: As elevadas proporções de excesso de peso entre os funcionários das Unidades de Saúde mostram a necessidade de ações de saúde destinadas à prevenção e ao controle, de modo a contribuir para a redução desses índices e para o controle das doenças crônicas. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to identify the prevalence of overweight and obesity and associated factors in employees of four Health Units in the municipality of Teresina, Piauí. METHODS: This was a cross-sectional study with proportionate stratified sampling of 207 day shift employees of Basic Healthcare Units of the city of Teresina, who were interviewed and classified according to their anthropometric data. Nutritional status was determined with body mas (mais) s index and waist circumference was used to determine cardiovascular risk according to the distribution of body fat. RESULTS: The prevalence of excess weight was 53.72%, with 35.16% overweight and 17.70% obese. Overweight was more common among males (45.16%) and obesity among females (19.31%). The variables that were significantly associated with obesity were: age, job, parental obesity, income, smoking and waist circumference. CONCLUSION: The high rates of excess weight found among Healthcare Unit employees show that health actions to prevent and control obesity are needed to help reduce these indices and chronic disease rates.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Distribuição espacial da taxa de mortalidade infantil e principais determinantes no Ceará, Brasil, no período 2000-2002/ Spatial distribution of the infant mortality rate and its principal determinants in the State of Ceará, Brazil, 2000-2002

Bezerra Filho, José Gomes; Kerr, Lígia Regina Franco Sansigolo; Miná, Daniel de Lima; Barreto, Maurício Lima
2007-05-01

Resumo em português A distribuição geográfica dos agravos à saúde e sua relação com potenciais fatores de risco vêm abrindo um vasto campo para a investigação epidemiológica. O presente estudo visa a identificar padrões de distribuição espacial dos componentes neonatal (TMIN) e pós-neonatal (TMIP) da taxa de mortalidade infantil (TMI) dos municípios do Ceará, Brasil, e discute os principais fatores sócio-econômicos, demográficos e de atenção à saúde que contribuíram (mais) para dependência espacial destes componentes. Trata-se de um estudo ecológico transversal, utilizando regressão linear múltipla, cuja análise espacial desses componentes foi obtida através do índice de Moran. Conclui-se que as condições de assistência à gravidez, ao parto e ao recém-nascido somadas a uma melhor distribuição de renda são decisivas para a sobrevivência no primeiro mês de vida, enquanto que a má alimentação, imunização, saneamento, educação e situação econômica são possíveis determinantes da mortalidade pós-neonatal. Reconhece-se a importância que as ações de atenção seletiva à saúde exercem para o declínio da TMI. No entanto, mudanças estruturais e intersetoriais são as que irão gerar a sustentabilidade necessária para levar esse indicador ao nível dos países desenvolvidos. Resumo em inglês The geographic distribution of health problems and its relationship to potential risk factors has opened a vast field for epidemiological research. The present study aims to identify spatial distribution patterns for the neonatal and post-neonatal components of the infant mortality rate (IMR) in Ceará State, Brazil, and discuss the main socioeconomic, demographic, and healthcare factors contributing to the spatial dependence of these components. This cross-sectional ecol (mais) ogical study uses multiple linear regression, in which spatial analysis of the components was obtained through the Moran index. Prenatal, childbirth, and neonatal care as well as improved income distribution are decisive for survival in the first month of life, while other factors related to nutrition, immunization, sanitation, education, and economic status are possible determinants of post-neonatal mortality. Selective healthcare measures are known to play a decisive role in decreasing the IMR. However, structural and inter-sector changes generate the sustainability needed to maintain this indicator on the same level as in developed countries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Distribuição espacial da taxa de mortalidade infantil e principais determinantes no Ceará, Brasil, no período 2000-2002/ Spatial distribution of the infant mortality rate and its principal determinants in the State of Ceará, Brazil, 2000-2002

Bezerra Filho, José Gomes; Kerr, Lígia Regina Franco Sansigolo; Miná, Daniel de Lima; Barreto, Maurício Lima
2007-05-01

Resumo em português A distribuição geográfica dos agravos à saúde e sua relação com potenciais fatores de risco vêm abrindo um vasto campo para a investigação epidemiológica. O presente estudo visa a identificar padrões de distribuição espacial dos componentes neonatal (TMIN) e pós-neonatal (TMIP) da taxa de mortalidade infantil (TMI) dos municípios do Ceará, Brasil, e discute os principais fatores sócio-econômicos, demográficos e de atenção à saúde que contribuíram (mais) para dependência espacial destes componentes. Trata-se de um estudo ecológico transversal, utilizando regressão linear múltipla, cuja análise espacial desses componentes foi obtida através do índice de Moran. Conclui-se que as condições de assistência à gravidez, ao parto e ao recém-nascido somadas a uma melhor distribuição de renda são decisivas para a sobrevivência no primeiro mês de vida, enquanto que a má alimentação, imunização, saneamento, educação e situação econômica são possíveis determinantes da mortalidade pós-neonatal. Reconhece-se a importância que as ações de atenção seletiva à saúde exercem para o declínio da TMI. No entanto, mudanças estruturais e intersetoriais são as que irão gerar a sustentabilidade necessária para levar esse indicador ao nível dos países desenvolvidos. Resumo em inglês The geographic distribution of health problems and its relationship to potential risk factors has opened a vast field for epidemiological research. The present study aims to identify spatial distribution patterns for the neonatal and post-neonatal components of the infant mortality rate (IMR) in Ceará State, Brazil, and discuss the main socioeconomic, demographic, and healthcare factors contributing to the spatial dependence of these components. This cross-sectional ecol (mais) ogical study uses multiple linear regression, in which spatial analysis of the components was obtained through the Moran index. Prenatal, childbirth, and neonatal care as well as improved income distribution are decisive for survival in the first month of life, while other factors related to nutrition, immunization, sanitation, education, and economic status are possible determinants of post-neonatal mortality. Selective healthcare measures are known to play a decisive role in decreasing the IMR. However, structural and inter-sector changes generate the sustainability needed to maintain this indicator on the same level as in developed countries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Uma análise da progressividade do financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS)/ Analysis of the progressivity of Brazilian Unified National Health System (SUS) financing

Ugá, Maria Alicia Domínguez; Santos, Isabela Soares
2006-08-01

Resumo em português Este artigo analisa o grau de progressividade dos tributos que financiam o Sistema Único de Saúde (SUS). Nele são identificados os principais tributos que financiam o SUS e, com base nos microdados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2002-2003, é inferida a distribuição do ônus do pagamento dos tributos diretos e indiretos que financiam o SUS e analisado o grau de progressividade dos mesmos. Foi, ainda, calculado o índice de Kakwani do financiamento do SUS, que (mais) sintetiza o grau de progressividade de um sistema tributário. Os dados mostraram que o índice de Kakwani do financiamento público é de ­0,008 e que, portanto, o financiamento do SUS corresponde a um sistema quase proporcional, que onera proporcionalmente à renda. Em uma sociedade com o grau de desigualdade da brasileira, que exibe um índice de Gini de 0,57, ter um financiamento do SUS proporcional é fortemente questionável sob a ótica da justiça social: ao contrário, seria desejável construir bases de financiamento do SUS francamente progressivas, de forma a contra-restar a fortíssima concentração de renda da nossa sociedade. Resumo em inglês This article analyzes the level of progressivity in taxes financing the Brazilian Unified National Health System (SUS). Distribution of the tax burden financing the SUS was calculated using micro-data from the Household Budgets Survey, 2002-2003. The Kakwani index, which shows a tax system's level of progressivity, was calculated. The Kakwani index of public financing was -0.008, and SUS financing was nearly proportional to income. From a social justice perspective this i (mais) s highly undesirable in a society like Brazil, with a Gini index of 0.57. The system should be clearly progressive in order to counterbalance the country's extreme income concentration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Uma análise da progressividade do financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS)/ Analysis of the progressivity of Brazilian Unified National Health System (SUS) financing

Ugá, Maria Alicia Domínguez; Santos, Isabela Soares
2006-08-01

Resumo em português Este artigo analisa o grau de progressividade dos tributos que financiam o Sistema Único de Saúde (SUS). Nele são identificados os principais tributos que financiam o SUS e, com base nos microdados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2002-2003, é inferida a distribuição do ônus do pagamento dos tributos diretos e indiretos que financiam o SUS e analisado o grau de progressividade dos mesmos. Foi, ainda, calculado o índice de Kakwani do financiamento do SUS, que (mais) sintetiza o grau de progressividade de um sistema tributário. Os dados mostraram que o índice de Kakwani do financiamento público é de ­0,008 e que, portanto, o financiamento do SUS corresponde a um sistema quase proporcional, que onera proporcionalmente à renda. Em uma sociedade com o grau de desigualdade da brasileira, que exibe um índice de Gini de 0,57, ter um financiamento do SUS proporcional é fortemente questionável sob a ótica da justiça social: ao contrário, seria desejável construir bases de financiamento do SUS francamente progressivas, de forma a contra-restar a fortíssima concentração de renda da nossa sociedade. Resumo em inglês This article analyzes the level of progressivity in taxes financing the Brazilian Unified National Health System (SUS). Distribution of the tax burden financing the SUS was calculated using micro-data from the Household Budgets Survey, 2002-2003. The Kakwani index, which shows a tax system's level of progressivity, was calculated. The Kakwani index of public financing was -0.008, and SUS financing was nearly proportional to income. From a social justice perspective this i (mais) s highly undesirable in a society like Brazil, with a Gini index of 0.57. The system should be clearly progressive in order to counterbalance the country's extreme income concentration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Desigualdade da renda e das despesas per capita no Brasil, em 2002-2003 e 2008-2009, e avaliação do grau de progressividade ou regressividade de parcelas da renda familiar/ Income and spending inequality in Brazil in 2002-2003 and 2008-2009 and an evaluation of the degree of progressivity or regressivity of components of family income

Hoffmann, Rodolfo
2010-12-01

Resumo em português Utilizando os dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) de 2008-2009, são analisadas as principais características da distribuição da renda familiar per capita (RFPC) no Brasil e em seis regiões, comparando com resultados obtidos da POF de 2002-2003. Também é analisada a distribuição da despesa total per capita. Finalmente, verifica-se como várias parcelas da renda familiar contribuem para aumentar ou reduzir a desigualdade no país em 2008-2009. Constat (mais) a-se que as aposentadorias e pensões de funcionários públicos são uma parcela fortemente regressiva. Por outro lado, as transferências de programas sociais federais são fortemente progressivas, com destaque para o Bolsa Família. Resumo em inglês Using data from the 2008-2009 Brazilian Family Budgets Survey, this paper analyzes the main characteristics of the per capita family income distribution in Brazil and its regions, compared to results obtained from the 2002-2003 Survey. The distribution of total spending per capita is also analyzed. Finally, the way in which the components of family income contributed to the increase or decrease in the country's income distribution in 2008-2009 is examined. It is shown tha (mais) t pensions of public servants are a strongly regressive component of the per capita family income, and that transfers from federal social programs are progressive, especially the Bolsa Família program.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Automedicação em adultos de baixa renda no município de São Paulo/ Self-medication in low-income adults in Southeastern Brazil/ Automedicación en adultos de baja renta en el municipio de Sao Paulo

Schmid, Bianca; Bernal, Regina; Silva, Nilza Nunes
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a proporção de automedicação em adultos de baixa renda e identificar fatores associados. MÉTODOS: Foram utilizados dados de inquérito populacional realizado no município de São Paulo em 2005, cujo plano amostral incluiu dois domínios, favela e não favela, com amostragem por conglomerados em dois estágios, totalizando 3.226 indivíduos elegíveis. Além de características sociodemográficas e econômicas, foram analisados: uso de medicamentos (mais) nos 15 dias anteriores à entrevista, tipo de acesso (gratuito, comprado ou outra) aos medicamentos e os tipos de morbidades (crônicas ou agudas) tratadas, em análise de regressão logística múltipla. RESULTADOS: A proporção de automedicação foi de 27% a 32%. Automedicação esteve fortemente associada à morbidade aguda, ao acesso ao medicamento por compra, à idade menor que 47 anos e medicamentos do grupo terapêutico que atuam no sistema nervoso central. O grupo que atua no sistema nervoso central foi o mais utilizado na automedicação. CONCLUSÕES: O acesso gratuito aos medicamentos mostrou-se fator de proteção para a automedicação. A distribuição de medicamentos e o atendimento adequado devem ser considerados para orientação e redução dos riscos que o uso irracional de medicamentos pode gerar à saúde. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la proporción da automedicación en adultos de baja renta e identificar factores asociados. MÉTODOS: Se utilizaron datos de pesquisa poblacional realizado en el municipio de Sao Paulo, Sureste de Brasil, en 2005, cuyo plan de muestreo incluyó dos dominios, barrio y no barrio, con muestreo por conglomerados en dos fases, totalizando 3.226 individuos elegibles. Además de las características sociodemográficas y económicas, se analizaron: uso de medic (mais) amentos en los 15 días anteriores a la entrevista, tipo de acceso (gratuito, comprado u otra) a los medicamentos y los tipos de morbilidades (crónicas o agudas) tratadas, en análisis de regresión logística múltiple. RESULTADOS: La proporción de automedicación fue de 27% a 32%. La automedicación estuvo fuertemente asociada a la morbilidad aguda, al acceso al medicamento por compra, a la edad menor de 47 años y medicamentos del grupo terapéutico que actúan en el sistema nervioso central. El grupo que actúa en el sistema nervioso central fue el más utilizado en la automedicación. CONCLUSIONES: El acceso gratuito a los medicamentos se mostró como factor de protección para la automedicación. La distribución de medicamentos y la atención adecuada deben ser considerados para orientación y reducción de los riesgos que el uso irracional de medicamentos puede generar para la salud. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the self-medication prevalence in low-income adults and identify associated factors. METHODS: Data from a population survey performed in São Paulo municipality, Southeastern Brazil in 2005, were used. The sample strategy included two domains, favelas and non-favelas, with clustered sampling performed in two stages with a total of 3,226 eligible individuals. In addition to sociodemographic and economic characteristics, the multiple logistic regressi (mais) on included: use of medicines in the 15 days preceding interview, access to medicines (free, purchased or other) and type of morbidities treated (chronic or acute). RESULTS: The proportion of self-medication was 27% to 32%. Self-medication was strongly associated with acute morbidity, ability to purchase medicines, age less than 47 years and the medicine group that acts on the central nervous system. The medicinal group that acts on the central nervous system was the most common utilized in self-medication. CONCLUSIONS: Free access to medicines was shown to be a protective factor for self-medication. The distribution of medicines and appropriate health care should be considered when providing patient counseling and for reducing health risks from irrational medicine use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Automedicação em adultos de baixa renda no município de São Paulo/ Self-medication in low-income adults in Southeastern Brazil/ Automedicación en adultos de baja renta en el municipio de Sao Paulo

Schmid, Bianca; Bernal, Regina; Silva, Nilza Nunes
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a proporção de automedicação em adultos de baixa renda e identificar fatores associados. MÉTODOS: Foram utilizados dados de inquérito populacional realizado no município de São Paulo em 2005, cujo plano amostral incluiu dois domínios, favela e não favela, com amostragem por conglomerados em dois estágios, totalizando 3.226 indivíduos elegíveis. Além de características sociodemográficas e econômicas, foram analisados: uso de medicamentos (mais) nos 15 dias anteriores à entrevista, tipo de acesso (gratuito, comprado ou outra) aos medicamentos e os tipos de morbidades (crônicas ou agudas) tratadas, em análise de regressão logística múltipla. RESULTADOS: A proporção de automedicação foi de 27% a 32%. Automedicação esteve fortemente associada à morbidade aguda, ao acesso ao medicamento por compra, à idade menor que 47 anos e medicamentos do grupo terapêutico que atuam no sistema nervoso central. O grupo que atua no sistema nervoso central foi o mais utilizado na automedicação. CONCLUSÕES: O acesso gratuito aos medicamentos mostrou-se fator de proteção para a automedicação. A distribuição de medicamentos e o atendimento adequado devem ser considerados para orientação e redução dos riscos que o uso irracional de medicamentos pode gerar à saúde. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la proporción da automedicación en adultos de baja renta e identificar factores asociados. MÉTODOS: Se utilizaron datos de pesquisa poblacional realizado en el municipio de Sao Paulo, Sureste de Brasil, en 2005, cuyo plan de muestreo incluyó dos dominios, barrio y no barrio, con muestreo por conglomerados en dos fases, totalizando 3.226 individuos elegibles. Además de las características sociodemográficas y económicas, se analizaron: uso de medic (mais) amentos en los 15 días anteriores a la entrevista, tipo de acceso (gratuito, comprado u otra) a los medicamentos y los tipos de morbilidades (crónicas o agudas) tratadas, en análisis de regresión logística múltiple. RESULTADOS: La proporción de automedicación fue de 27% a 32%. La automedicación estuvo fuertemente asociada a la morbilidad aguda, al acceso al medicamento por compra, a la edad menor de 47 años y medicamentos del grupo terapéutico que actúan en el sistema nervioso central. El grupo que actúa en el sistema nervioso central fue el más utilizado en la automedicación. CONCLUSIONES: El acceso gratuito a los medicamentos se mostró como factor de protección para la automedicación. La distribución de medicamentos y la atención adecuada deben ser considerados para orientación y reducción de los riesgos que el uso irracional de medicamentos puede generar para la salud. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the self-medication prevalence in low-income adults and identify associated factors. METHODS: Data from a population survey performed in São Paulo municipality, Southeastern Brazil in 2005, were used. The sample strategy included two domains, favelas and non-favelas, with clustered sampling performed in two stages with a total of 3,226 eligible individuals. In addition to sociodemographic and economic characteristics, the multiple logistic regressi (mais) on included: use of medicines in the 15 days preceding interview, access to medicines (free, purchased or other) and type of morbidities treated (chronic or acute). RESULTS: The proportion of self-medication was 27% to 32%. Self-medication was strongly associated with acute morbidity, ability to purchase medicines, age less than 47 years and the medicine group that acts on the central nervous system. The medicinal group that acts on the central nervous system was the most common utilized in self-medication. CONCLUSIONS: Free access to medicines was shown to be a protective factor for self-medication. The distribution of medicines and appropriate health care should be considered when providing patient counseling and for reducing health risks from irrational medicine use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Prevalência e epidemiologia da leishmaniose visceral em cães e humanos, na cidade de Cuiabá, Mato Grosso, Brasil/ Prevalence and epidemiology of visceral Leishmaniasis in dogs and humans in the city Cuiaba, Mato Grosso, Brazil

Almeida, Arleana do Bom Parto Ferreira de; Mendonça, Adriane Jorge; Sousa, Valéria Régia Franco
2010-07-01

Resumo em português A leishmaniose visceral é uma doença infecciosa endêmica em diversas regiões do Brasil, incluindo o Estado de Mato Grosso. Em Cuiabá, no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2008, foi realizada investigação dos casos caninos de infecção por Leishmania sp. por meio de sorologia e citologia, enfocando a sua distribuição geográfica e correlacionando a ocorrência de casos de leishmaniose visceral humana. De 150 cães com suspeita da infecção, 57 (38%) fora (mais) m sorológicos ou parasitologicamente positivos. Observou-se soroprevalência significativa (P≤0,05) nos bairros com renda per capita baixa, além de maior número de casos caninos na regional leste; no entanto, observou-se uma distribuição difusa da doença canina na cidade de Cuiabá, enquanto os casos humanos originaram principalmente na regional norte do município. Esse fato sugere que há risco em todo o município, devendo ser realizados novos estudos soroepidemiológicos, assim como a distribuição vetorial, que promovam maior conhecimento da infecção canina por Leishmania sp, de forma a se gerar medidas adequadas para o controle da doença. Resumo em inglês Visceral Leishmaniasis is an infectious disease endemic in several regions of Brazil, including the state of Mato Grosso. In Cuiabá, from January 2006 to December 2008, a research was performed in canine cases of infection with Leishmania sp. by serology and cytology, focusing on its geographical distribution, correlating to the occurrence of human visceral Leishmaniasis cases. From 150 dogs with suspected infection, 57 (38%) were serological or parasitologically positiv (mais) e. Seroprevalence was observed (P≤0.05) in districts with low per capita income, besides a larger number of canine cases in the East regional, but there was a diffuse distribution of the canine disease in the city of Cuiabá, in contrast to cases focused mainly on human in the northern municipality. This suggests risk throughout the municipality and further epidemiological studies should be carried out, as well as vector distribution, to promote better understanding of canine infection by Leishmania, in order to promote appropriate measures for disease control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Desigualdade social e saúde no Brasil/ Social inequality and health in Brazil

Neri, Marcelo; Soares, Wagner
2002-01-01

Resumo em português Esse artigo estuda a relação entre desigualdade social e saúde no Brasil. A estratégia usada foi avaliar as necessidades e o consumo dos serviços de saúde, bem como o acesso a seguro saúde ao longo da distribuição de renda. Adicionalmente, por meio da estimação de uma regressão logística, foram avaliados outros determinantes do consumo dos serviços de saúde, com o intuito de se conhecer aonde e quem utiliza esses serviços no país. Os dados foram extraído (mais) s da Pesquisas Nacional de Amostra por Domicilio da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística levada a campo em 1998. Em geral, observou-se que os indivíduos nos primeiros décimos da distribuição de renda têm pior acesso a seguro saúde, necessitam de maiores cuidados médicos, mas consomem menos os serviços de saúde. As outras características extra rendimento indicam que os principais determinantes para o consumo dos serviços de saúde estariam fortemente associados aos grupos sociais mais privilegiados (de maior escolaridade, acesso a seguro saúde, água, esgoto, luz, coleta de lixo) e a fatores que apontam para capacidade de geração de oferta desses serviços no país. Resumo em inglês This paper studies the relationship between social inequality and health in Brazil. The strategy adopted by the authors was to analyze needs and uses of medical care as well as access to health insurance plans according to income distribution. Determinants of health care consumption were also studied by means of logistic regression. The main source of data was the 1998 National Sample Household Survey of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (PNAD-IBGE). In (mais) general, individuals in the lowest income distribution deciles had less access to health insurance, greater need for medical care, and lower consumption of such services. Other determinants of health care consumption were heavily associated with the most privileged social strata (greater access to schooling, water supply, sewerage, electricity, garbage collection, and health insurance) and with factors pointing to the capacity to supply these services in country.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Desigualdade social e saúde no Brasil/ Social inequality and health in Brazil

Neri, Marcelo; Soares, Wagner
2002-01-01

Resumo em português Esse artigo estuda a relação entre desigualdade social e saúde no Brasil. A estratégia usada foi avaliar as necessidades e o consumo dos serviços de saúde, bem como o acesso a seguro saúde ao longo da distribuição de renda. Adicionalmente, por meio da estimação de uma regressão logística, foram avaliados outros determinantes do consumo dos serviços de saúde, com o intuito de se conhecer aonde e quem utiliza esses serviços no país. Os dados foram extraído (mais) s da Pesquisas Nacional de Amostra por Domicilio da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística levada a campo em 1998. Em geral, observou-se que os indivíduos nos primeiros décimos da distribuição de renda têm pior acesso a seguro saúde, necessitam de maiores cuidados médicos, mas consomem menos os serviços de saúde. As outras características extra rendimento indicam que os principais determinantes para o consumo dos serviços de saúde estariam fortemente associados aos grupos sociais mais privilegiados (de maior escolaridade, acesso a seguro saúde, água, esgoto, luz, coleta de lixo) e a fatores que apontam para capacidade de geração de oferta desses serviços no país. Resumo em inglês This paper studies the relationship between social inequality and health in Brazil. The strategy adopted by the authors was to analyze needs and uses of medical care as well as access to health insurance plans according to income distribution. Determinants of health care consumption were also studied by means of logistic regression. The main source of data was the 1998 National Sample Household Survey of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (PNAD-IBGE). In (mais) general, individuals in the lowest income distribution deciles had less access to health insurance, greater need for medical care, and lower consumption of such services. Other determinants of health care consumption were heavily associated with the most privileged social strata (greater access to schooling, water supply, sewerage, electricity, garbage collection, and health insurance) and with factors pointing to the capacity to supply these services in country.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Condicionantes de clubes de convergência no Brasil

Gondim, João Luis Brasil; Barreto, Flávio Ataliba; Carvalho, José Raimundo
2007-03-01

Resumo em português Os principais estudos sobre convergência, no Brasil, têm se concentrado na análise da beta-convergência. Neste artigo é reexaminada essa questão utilizando a metodologia de Quah (1997) para analisar a evolução da distribuição da renda condicionada dos estados e municípios entre 1970 e 2000. São efetuados três tipos de estimações: a) densidades estimadas pelo método de suavização por núcleo; b) estimação de núcleos estocásticos para analisar os movim (mais) entos das economias ao longo do espaço de rendas para identificar a formação de clubes de convergência e; c) estimação de núcleos estocásticos condicionados à localização geográfica, escolaridade, abertura comercial e desigualdade de renda, com o objetivo de identificar possíveis responsáveis pelo padrão de convergência encontrado. O uso das metodologias acima permitiu identificar a tendência à formação de clubes de convergência no Brasil, como já identificados por Mossi et alii (2003) e Andrade et alii (2004). As variáveis de localização geográfica e nível inicial de escolaridade surgem como os principais condicionantes desse processo. Resumo em inglês The main studies about convergence in Brazil have concentrated in the beta-convergence analysis. The present article reexamines this issue using a methodology developed by Quah (1997) to analyze the evolution over time of the conditioned distribution of income among Brazilian states and municipalities between 1970 and 2000. Three kinds of estimation are done: a) kernel smoothed densities methods; b) estimation of stochastic kernels to analyze the movements of the economie (mais) s over the income space with the aim to identify convergence clubs in specific space intervals; c) estimation of stochastic kernels conditional on geographic localization, education, openness to international trade and income inequality, with the objective to identify possible explanations to the observed pattern of convergence. The use of the methodologies above allowed us to identify a tendency of club formation in Brazil, as already identified by Mossi et all (2003) and Andrade et all (2004). Variables concerning geographical localization and level of education appeared as the main conditioner for this process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Aspectos relacionados aos efeitos da desigualdade de renda na saúde: mecanismos contextuais/ Issues regarding the effects on health of income inequality: contextual mechanisms

Celeste, Roger Keller; Nadanovsky, Paulo
2010-08-01

Resumo em português O Brasil é um dos países mais desiguais em distribuição de renda e a influência desse fator na saúde das pessoas é controversa. Este artigo revisou a metodologia para estudos contextuais e mecanismos de ação que podem explicar o efeito contextual da desigualdade de renda na saúde. O estudo de efeitos contextuais necessita de teorias multiníveis bem formuladas que identifiquem o papel de cada variável no modelo, e o nível de agregação ideal das variáveis co (mais) ntextuais. Foram identificadas quatro explicações: (1) artefato estatístico; (2) comparação social;(3) subinvestimento público; (4) capital social. A contribuição relativa de cada um desses mecanismos não está ainda bem avaliada. Concluímos que a existência de diferentes mecanismos de ação pode explicar parte da heterogeneidade dos resultados. Outra explicação é que a desigualdade de renda pode captar outros construtos, como estratificação social ou políticas públicas e, em alguns casos, pode não ser um bom marcador de tais construtos. Estudos com maior poder de estabelecimento de relação causal são necessários. Uma possibilidade é a avaliação do impacto de políticas de intervenção direcionadas para redistribuição de renda. Resumo em inglês Brazil is one of the most unequal countries in income distribution. The influence of this factor on people's health is controversial. This article reviews the contextual effects and possible pathways linking income inequality to health. Contextual effect studies need well-developed multilevel theories, identifying the roles of variables in the explaining model, especially the role of individual level variables and the level of aggregation of contextual variables. Four exp (mais) lanations for the relationship between income inequality and health were identified: (1) statistical artifact; (2) social comparison; (3) underinvestment in social police; (4) social capital. The relative contribution of each of these mechanisms has not been well evaluated yet. We concluded that part of the heterogeneity found in the studies results may be explained by different pathways. Alternatively, income inequality may be a proxy for social stratification and less investment in public policies, but the Gini coefficient may be an unsuitable marker for such constructs in certain circumstances. More powerful designs to ascertain cause relationship should be applied. One possibility is to study the effect of intervention policies aimed at income redistribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Aspectos relacionados aos efeitos da desigualdade de renda na saúde: mecanismos contextuais/ Issues regarding the effects on health of income inequality: contextual mechanisms

Celeste, Roger Keller; Nadanovsky, Paulo
2010-08-01

Resumo em português O Brasil é um dos países mais desiguais em distribuição de renda e a influência desse fator na saúde das pessoas é controversa. Este artigo revisou a metodologia para estudos contextuais e mecanismos de ação que podem explicar o efeito contextual da desigualdade de renda na saúde. O estudo de efeitos contextuais necessita de teorias multiníveis bem formuladas que identifiquem o papel de cada variável no modelo, e o nível de agregação ideal das variáveis co (mais) ntextuais. Foram identificadas quatro explicações: (1) artefato estatístico; (2) comparação social;(3) subinvestimento público; (4) capital social. A contribuição relativa de cada um desses mecanismos não está ainda bem avaliada. Concluímos que a existência de diferentes mecanismos de ação pode explicar parte da heterogeneidade dos resultados. Outra explicação é que a desigualdade de renda pode captar outros construtos, como estratificação social ou políticas públicas e, em alguns casos, pode não ser um bom marcador de tais construtos. Estudos com maior poder de estabelecimento de relação causal são necessários. Uma possibilidade é a avaliação do impacto de políticas de intervenção direcionadas para redistribuição de renda. Resumo em inglês Brazil is one of the most unequal countries in income distribution. The influence of this factor on people's health is controversial. This article reviews the contextual effects and possible pathways linking income inequality to health. Contextual effect studies need well-developed multilevel theories, identifying the roles of variables in the explaining model, especially the role of individual level variables and the level of aggregation of contextual variables. Four exp (mais) lanations for the relationship between income inequality and health were identified: (1) statistical artifact; (2) social comparison; (3) underinvestment in social police; (4) social capital. The relative contribution of each of these mechanisms has not been well evaluated yet. We concluded that part of the heterogeneity found in the studies results may be explained by different pathways. Alternatively, income inequality may be a proxy for social stratification and less investment in public policies, but the Gini coefficient may be an unsuitable marker for such constructs in certain circumstances. More powerful designs to ascertain cause relationship should be applied. One possibility is to study the effect of intervention policies aimed at income redistribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Dinâmica populacional, uso da terra e geração de renda: uma análise longitudinal para domicílios rurais na Amazônia equatoriana

Barbieri, Alisson F.; Bilsborrow, Richard E.
2009-01-01

Resumo em português A área em estudo neste artigo, no Norte da Amazônia equatoriana, é a principal região de colonização por migrantes no país desde os Anos 70, e tem experimentado grandes mudanças em anos recentes, incluindo rápido crescimento populacional e urbano, fragmentação de lotes rurais, mudanças nas formas de uso da terra, e aumento na oferta de trabalho assalariado fora dos lotes. Essas mudanças têm afetado de forma importante a renda e bem-estar dos colonos. Este ar (mais) tigo utiliza dados detalhados de uma pesquisa longitudinal de colonos migrantes em 1990 e 1991, para estimar a renda domiciliar gerada tanto a partir de atividades no próprio lote rural, quanto fora do lote. São estimados, ainda Coeficientes de Gini para a desigualdade na distribuição de terras e renda domiciliar, e avaliadas possíveis causas das mudanças na renda nos Anos 90. O artigo é finalizado com uma discussão sobre políticas que possam aliviar a pobreza e atingir um padrão de desenvolvimento mais sustentável. Resumo em inglês The Northern Ecuadorian Amazon, the principal region of colonization of migrants in Ecuador since the 1970's, has been experiencing major changes in recent years, including a rapidly growing population, fragmentation of agricultural plots, changes in land use, and increasing off-farm employment, all of which are affecting farm household incomes and well-being. In this paper we use detailed data from a longitudinal survey of migrant settlers in 1990 and 2000 in Ecuador to (mais) first estimate farm household incomes, on-farm and off-farm. We then compute Gini coefficients for both land distribution and household income, and evaluate factors responsible for changes in household income in the 1990s. The article ends with a discussion of the policies that could reduce poverty and lead to a more sustainable standard of development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Prevalência de dispepsia e fatores sociodemográficos/ Prevalence of dyspepsia and associated sociodemographic factors

Oliveira, Sandro Schreiber de; Santos, Iná da Silva dos; Silva, José Francisco Pereira da; Machado, Eduardo Coelho
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Medir a prevalência e distribuição de dispepsia e dispepsia freqüente por subtipos na população com 20 anos ou mais segundo características socioeconômicas e demográficas. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, com 3.934 indivíduos moradores na cidade de Pelotas (RS), entrevistados em seus domicílios, de outubro de 1999 a janeiro de 2000. Dispepsia foi definida como dor ou desconforto no andar superior do abdome e/ou náuseas no ano anter (mais) ior à entrevista (conforme critérios Roma I e II). Dispepsia freqüente incluiu o registro de dispepsia mais de seis vezes e/ou náuseas, uma vez por mês ou mais. Esses desfechos foram analisados por idade, sexo, cor da pele, escolaridade, renda e estado civil. Os dados foram analisados por meio do teste qui-quadrado de Pearson de associação para variáveis categóricas e teste de tendência linear, quando aplicável. RESULTADOS: A prevalência de dispepsia foi de 44,4% e de dispepsia freqüente, 27,4%. A prevalência de dispepsia tipo refluxo, úlcera, dismotilidade e não especificada foi, respectivamente, 19,4%, 6,3%, 13,9% e 16,6%; para dispepsia freqüente foram 14,7%, 4,9%, 11,2% e 6,8%, respectivamente. As mulheres apresentaram cerca de 50% mais dispepsia freqüente. Indivíduos mais jovens e de menor renda apresentaram maiores prevalências de dispepsia e dispepsia freqüente. Análise de acordo com critérios de Roma II mostrou prevalências de 15,9% e 7,5% para dispepsia e dispepsia freqüente, respectivamente. CONCLUSÕES: A dispepsia constitui um problema prevalente na população estudada. A maioria dos indivíduos apresentaram mais de um subtipo de dispepsia. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess prevalence of dyspepsia and distribution of dyspepsia and frequent dyspepsia in subgroups of adults (20 years and older) according to their demographic and socioeconomic characteristics. METHODS: A cross-sectional population-based study was carried out comprising 3,934 subjects living in Pelotas, Southern Brazil, from October 1999 to January 2000. Data was collected through household interviews. Dyspepsia was defined as epigastric pain or disconfort a (mais) ssociated or not with nausea in the previous year, according to Rome I and Rome II criteria. Frequent dyspepsia was defined as more than six dyspepsia episodes in the previous year and/or nausea, at least once a month. These outcomes were analyzed according to age, gender, skin color, educational level, per capita income and marital status. Data analysis was carried out through Pearson Chi-square test for categorical variables and linear trend test, when applicable. RESULTS: The prevalence of dyspepsia was 44.4% and frequent dyspepsia, 27.4%. The prevalences of reflux-like, ulcer-like, dysmotility-like and unspecific dyspepsia subtypes were 19.4%, 6.3%, 13.9%, and 16.6%, respectively. The prevalences of these subtypes of frequent dyspepsia were 14.7%, 4.9%, 11.2% and 6.8%, respectively. Prevalences among women were 50% higher. Low-income young people seemed to be more affected by dyspeptic symptoms. The analysis according to Rome II criteria showed prevalences of 15.9% and 7.5% for dyspepsia and frequent dyspepsia, respectively. CONCLUSIONS: Dyspepsia and frequent dyspepsia were prevalent problems in the studied population. Most people could be classified in more than one subgroup of dyspepsia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Prevalência de dispepsia e fatores sociodemográficos/ Prevalence of dyspepsia and associated sociodemographic factors

Oliveira, Sandro Schreiber de; Santos, Iná da Silva dos; Silva, José Francisco Pereira da; Machado, Eduardo Coelho
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Medir a prevalência e distribuição de dispepsia e dispepsia freqüente por subtipos na população com 20 anos ou mais segundo características socioeconômicas e demográficas. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, com 3.934 indivíduos moradores na cidade de Pelotas (RS), entrevistados em seus domicílios, de outubro de 1999 a janeiro de 2000. Dispepsia foi definida como dor ou desconforto no andar superior do abdome e/ou náuseas no ano anter (mais) ior à entrevista (conforme critérios Roma I e II). Dispepsia freqüente incluiu o registro de dispepsia mais de seis vezes e/ou náuseas, uma vez por mês ou mais. Esses desfechos foram analisados por idade, sexo, cor da pele, escolaridade, renda e estado civil. Os dados foram analisados por meio do teste qui-quadrado de Pearson de associação para variáveis categóricas e teste de tendência linear, quando aplicável. RESULTADOS: A prevalência de dispepsia foi de 44,4% e de dispepsia freqüente, 27,4%. A prevalência de dispepsia tipo refluxo, úlcera, dismotilidade e não especificada foi, respectivamente, 19,4%, 6,3%, 13,9% e 16,6%; para dispepsia freqüente foram 14,7%, 4,9%, 11,2% e 6,8%, respectivamente. As mulheres apresentaram cerca de 50% mais dispepsia freqüente. Indivíduos mais jovens e de menor renda apresentaram maiores prevalências de dispepsia e dispepsia freqüente. Análise de acordo com critérios de Roma II mostrou prevalências de 15,9% e 7,5% para dispepsia e dispepsia freqüente, respectivamente. CONCLUSÕES: A dispepsia constitui um problema prevalente na população estudada. A maioria dos indivíduos apresentaram mais de um subtipo de dispepsia. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess prevalence of dyspepsia and distribution of dyspepsia and frequent dyspepsia in subgroups of adults (20 years and older) according to their demographic and socioeconomic characteristics. METHODS: A cross-sectional population-based study was carried out comprising 3,934 subjects living in Pelotas, Southern Brazil, from October 1999 to January 2000. Data was collected through household interviews. Dyspepsia was defined as epigastric pain or disconfort a (mais) ssociated or not with nausea in the previous year, according to Rome I and Rome II criteria. Frequent dyspepsia was defined as more than six dyspepsia episodes in the previous year and/or nausea, at least once a month. These outcomes were analyzed according to age, gender, skin color, educational level, per capita income and marital status. Data analysis was carried out through Pearson Chi-square test for categorical variables and linear trend test, when applicable. RESULTS: The prevalence of dyspepsia was 44.4% and frequent dyspepsia, 27.4%. The prevalences of reflux-like, ulcer-like, dysmotility-like and unspecific dyspepsia subtypes were 19.4%, 6.3%, 13.9%, and 16.6%, respectively. The prevalences of these subtypes of frequent dyspepsia were 14.7%, 4.9%, 11.2% and 6.8%, respectively. Prevalences among women were 50% higher. Low-income young people seemed to be more affected by dyspeptic symptoms. The analysis according to Rome II criteria showed prevalences of 15.9% and 7.5% for dyspepsia and frequent dyspepsia, respectively. CONCLUSIONS: Dyspepsia and frequent dyspepsia were prevalent problems in the studied population. Most people could be classified in more than one subgroup of dyspepsia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Indicador econômico para o Brasil baseado no censo demográfico de 2000/ A nationwide wealth score based on the 2000 Brazilian demographic census

Barros, Aluísio J D; Victora, Cesar G
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Propor um indicador econômico para o Brasil baseado em bens de consumo usando variáveis presentes no censo demográfico de 2000. MÉTODOS: O indicador, denominado Indicador Econômico Nacional (IEN), foi desenvolvido a partir de 12 bens e a escolaridade do chefe de família, por meio de análise de componentes principais. Dados da amostra do Censo Demográfico Brasileiro de 2000, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, foram usados par (mais) a gerar o indicador e para o cálculo dos pontos de corte dos decis de referência. RESULTADOS: O indicador, primeiro componente obtido da análise, reteve 38% da variabilidade total e apresentou correlação de Spearman de 0,74 com a renda total do domicílio e de 0,67 com a renda per capita. Os coeficientes necessários para calcular o indicador são apresentados, assim como as distribuições de referência para 27 capitais e Estados, as cinco regiões e o País. Apresenta-se um exemplo de como se usa o indicador. CONCLUSÕES: Diferentemente de outros indicadores econômicos disponíveis, o IEN tem as distribuições de referência publicadas, para capitais, Estados, Regiões, bem como a distribuição nacional. Torna-se possível, portanto, comparar a amostra estudada à distribuição municipal, estadual ou nacional. O número reduzido de variáveis torna fácil o cálculo do Indicador Econômico Nacional para investigadores envolvidos em pesquisas onde é importante a classificação econômica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To propose an asset based indicator of wealth for Brazil using variables present in the demographic census. METHODS: The indicator, named IEN (Indicador Econômico Nacional/ National Wealth Score), was developed using 12 assets and the schooling of the household head, through principal component analysis. Data from the 2000 Brazilian Demographic sample was used for deriving the score and for the calculation of decile cut-off points. RESULTS: The indicator, firs (mais) t component obtained from the analysis with the 13 variables, retained 38% of the total variability, and presented a Spearman correlation of 0,74 with total family income and of 0,67with per capita income. The necessary scores to calculate the indicator are presented, as well as reference distributions for the 27 states and their capitals, the five major regions as for the whole country. An example of use of indicator is presented. CONCLUSIONS: Differently from other economic indicators, the Indicador Econômico Nacional has local reference distributions available, along with the national distribution. It is therefore possible to compare a study sample to the municipal, state or country distribution. The small number of variables allow investigators to calculate the Indicador Econômico Nacional in research studies where economic classification is of interest.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Indicador econômico para o Brasil baseado no censo demográfico de 2000/ A nationwide wealth score based on the 2000 Brazilian demographic census

Barros, Aluísio J D; Victora, Cesar G
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Propor um indicador econômico para o Brasil baseado em bens de consumo usando variáveis presentes no censo demográfico de 2000. MÉTODOS: O indicador, denominado Indicador Econômico Nacional (IEN), foi desenvolvido a partir de 12 bens e a escolaridade do chefe de família, por meio de análise de componentes principais. Dados da amostra do Censo Demográfico Brasileiro de 2000, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, foram usados par (mais) a gerar o indicador e para o cálculo dos pontos de corte dos decis de referência. RESULTADOS: O indicador, primeiro componente obtido da análise, reteve 38% da variabilidade total e apresentou correlação de Spearman de 0,74 com a renda total do domicílio e de 0,67 com a renda per capita. Os coeficientes necessários para calcular o indicador são apresentados, assim como as distribuições de referência para 27 capitais e Estados, as cinco regiões e o País. Apresenta-se um exemplo de como se usa o indicador. CONCLUSÕES: Diferentemente de outros indicadores econômicos disponíveis, o IEN tem as distribuições de referência publicadas, para capitais, Estados, Regiões, bem como a distribuição nacional. Torna-se possível, portanto, comparar a amostra estudada à distribuição municipal, estadual ou nacional. O número reduzido de variáveis torna fácil o cálculo do Indicador Econômico Nacional para investigadores envolvidos em pesquisas onde é importante a classificação econômica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To propose an asset based indicator of wealth for Brazil using variables present in the demographic census. METHODS: The indicator, named IEN (Indicador Econômico Nacional/ National Wealth Score), was developed using 12 assets and the schooling of the household head, through principal component analysis. Data from the 2000 Brazilian Demographic sample was used for deriving the score and for the calculation of decile cut-off points. RESULTS: The indicator, firs (mais) t component obtained from the analysis with the 13 variables, retained 38% of the total variability, and presented a Spearman correlation of 0,74 with total family income and of 0,67with per capita income. The necessary scores to calculate the indicator are presented, as well as reference distributions for the 27 states and their capitals, the five major regions as for the whole country. An example of use of indicator is presented. CONCLUSIONS: Differently from other economic indicators, the Indicador Econômico Nacional has local reference distributions available, along with the national distribution. It is therefore possible to compare a study sample to the municipal, state or country distribution. The small number of variables allow investigators to calculate the Indicador Econômico Nacional in research studies where economic classification is of interest.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

"Aposentadorias e Pensões" e desigualdade da renda: uma análise para o Brasil no período 1998-2003/ "Retirements and Pensions" and inequality of the income: an analysis for Brazil in period 1998-2003

Ferreira, Carlos Roberto; Souza, Solange de Cássia Inforzato de
2008-01-01

Resumo em português Este trabalho tem como objetivo avaliar a contribuição do componente do rendimento domiciliar "aposentadorias e pensões" para a desigualdade da distribuição do rendimento domiciliar per capita no Brasil, nos meios rural e urbano, em 1998, 1999, 2001, 2002 e 2003. Para isso, utilizaram-se estratos de rendimento domiciliar per capita e a metodologia de decomposição do índice de Gini dos seguintes componentes: rendimento do trabalho principal, rendimento de outros tr (mais) abalhos, aposentadorias e pensões, doações, rendimentos de aluguel e outros rendimentos (juros, dividendos etc.). Destaca-se, nos resultados, a substancial contribuição das aposentadorias e pensões para a desigualdade da distribuição da renda no Brasil. A estratificação dos rendimentos domiciliares permitiu a constatação de que, no Brasil rural, o percentual de domicílios e pessoas na população e os rendimentos total e das aposentadorias e pensões estão localizados nos estratos inferiores da renda. Resumo em inglês This paper to analyze the contribution of the component of the household income "retirements and pensions" for the inequality of the per capita household income distribution in Brazil, in rural and urban areas, in 1998, 1999, 2001, 2002 and 2003. To that end, it was used per capita household income stratus and the Gini index decomposition methodology of the following components: main work income, other works incomes, retirements and pensions, donations, rent income and ot (mais) her incomes (interests, dividends etc.). The results showed the substantial contribution of the retirements and pensions for the inequality of the per capita household income distribution in Brazil. The household income stratification allowed showing that in Brazilian rural area, the percentage of households and people in the population and the total incomes and retirements and pensions incomes are located in inferior stratus of the income.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Relação entre a ocorrência de enteroparasitoses em manipuladores de alimentos e aspectos epidemiológicos em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil/ Relationship between intestinal parasites in food handlers and epidemiological factors in the city of Florianópolis, Santa Catarina, Brazil

Nolla, Alexandre Costa; Cantos, Geny Aparecida
2005-04-01

Resumo em português Estudou-se a presença de enteroparasitas e os aspectos epidemiológicos em 238 indivíduos que trabalhavam em uma empresa de alimentos e trabalhadores de feiras livres e "sacolões", na cidade de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. As técnicas parasitológicas utilizadas neste estudo foram: Lutz, Baermann-Moraes, Graham e Faust, e as taxas de infecção parasitária encontradas, 42,85% e 47,06%, respectivamente. Os fatores sócio-econômicos, como distribuição de (mais) renda, escolaridade e categorias ocupacionais, foram importantes dentro deste contexto. O hábito de ingerir hortaliças e frutas foram os fatores mais associados ao alto grau de parasitismo. Conclui-se que, nesta cidade, os manipuladores de alimentos apresentaram elevados índices de parasitose, havendo necessidade de uma melhor vigilância epidemiológica por meio de exames parasitológicos e educação sanitária a todos esses indivíduos. Resumo em inglês The presence of intestinal parasites and epidemiological aspects were evaluated in 238 workers from a fast food company and other individuals working in street markets and farmers' produce markets in the city of Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil. Parasitological techniques used in this study were: Lutz, Baermann-Moraes, Graham, and Faust, and parasite infection rates were 42.85% and 47.06%, respectively. Socioeconomic factors such as income distribution, school (mais) ing, and occupational categories proved to be relevant in this context. Habitual daily intake of fruits and vegetables was the factor most heavily associated with infection. These data suggest that intestinal parasites are frequent among food handlers in this city and that there is a need for constant epidemiological surveillance through periodic parasitological tests and health education for this entire population segment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Relação entre a ocorrência de enteroparasitoses em manipuladores de alimentos e aspectos epidemiológicos em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil/ Relationship between intestinal parasites in food handlers and epidemiological factors in the city of Florianópolis, Santa Catarina, Brazil

Nolla, Alexandre Costa; Cantos, Geny Aparecida
2005-04-01

Resumo em português Estudou-se a presença de enteroparasitas e os aspectos epidemiológicos em 238 indivíduos que trabalhavam em uma empresa de alimentos e trabalhadores de feiras livres e "sacolões", na cidade de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. As técnicas parasitológicas utilizadas neste estudo foram: Lutz, Baermann-Moraes, Graham e Faust, e as taxas de infecção parasitária encontradas, 42,85% e 47,06%, respectivamente. Os fatores sócio-econômicos, como distribuição de (mais) renda, escolaridade e categorias ocupacionais, foram importantes dentro deste contexto. O hábito de ingerir hortaliças e frutas foram os fatores mais associados ao alto grau de parasitismo. Conclui-se que, nesta cidade, os manipuladores de alimentos apresentaram elevados índices de parasitose, havendo necessidade de uma melhor vigilância epidemiológica por meio de exames parasitológicos e educação sanitária a todos esses indivíduos. Resumo em inglês The presence of intestinal parasites and epidemiological aspects were evaluated in 238 workers from a fast food company and other individuals working in street markets and farmers' produce markets in the city of Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil. Parasitological techniques used in this study were: Lutz, Baermann-Moraes, Graham, and Faust, and parasite infection rates were 42.85% and 47.06%, respectively. Socioeconomic factors such as income distribution, school (mais) ing, and occupational categories proved to be relevant in this context. Habitual daily intake of fruits and vegetables was the factor most heavily associated with infection. These data suggest that intestinal parasites are frequent among food handlers in this city and that there is a need for constant epidemiological surveillance through periodic parasitological tests and health education for this entire population segment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Gasto privado com saúde por classes de renda/ Private health expenditures and income distribution in Brazil

KILSZTAJN, SAMUEL; CAMARA, MARCELO BOZZINI DA; CARMO, MANUELA SANTOS NUNES DO
2002-09-01

Resumo em português OBJETIVO: O artigo analisa a participação do gasto privado com saúde das famílias no PIB e no total da renda familiar per capita e a distribuição do gasto privado com saúde das famílias por classes de renda. MÉTODOS: A pesquisa utilizou os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 1998, com a divisão da população em quatro classes de renda familiar per capita e a distribuição dos gastos em planos de saúde, consultas médicas, consultas c (mais) om outros profissionais de saúde, exames, medicamentos, artigos ortopédicos e aparelhos médicos, óculos e lentes, odontologia, hospitais, enfermagem domiciliar e outros gastos com saúde. RESULTADOS: Apenas 7,2% da população com renda familiar per capita até 1 salário mínimo em 1998 tinha direito a algum plano de saúde, e o gasto privado com saúde das famílias desta classe, que representava 52,5% da população, era em média de R$ 5,36 por pessoa. Para as pessoas com renda familiar per capita acima de 9 salários mínimos, os planos de saúde atingiam 83,2% da população e o gasto privado com saúde das famílias R$ 133,04. CONCLUSÕES: A implantação do Sistema Único de Saúde foi acompanhada pelo crescimento expressivo dos planos de saúde nos anos 90. Mesmo se todo o gasto público com saúde fosse destinado à população sem planos de saúde, ainda assim o gasto destas pessoas em 1998 só alcançaria R$ 352,62, ou seja, 43% do gasto com saúde das pessoas com planos, R$ 819,08. Resumo em inglês BACKGROUND: This paper analyses the share of the family private health expenditures in the Brazilian GDP and in personal income; and the distribution of the family private health expenditures among social groups. METHODS: The research utilized the 1998 Brazilian Home Sample Survey (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilios) with the division of the population into four social groups according to the family income per capita; and the distribution of the family private he (mais) alth expenditures among health insurance, physicians, other health professionals, medical tests, drugs, orthopedic and other medical durables, vision products, dental services, hospital care, nursing home care and other health spending. RESULTS: In 1998, only 7.2% of the population with family income per capita up to 1 minimum wage had health insurance and the health expenditures of this group, that represented 52.5% of the population, was US$ 4.62 per capita. For the people with 9 and more minimum wages per capita the health insurance coverage was 83.2% and the health expenditures was US$ 114.66 per capita. CONCLUSIONS: The implementation of the Brazilian public universal health care system in 1988 denominated "Sistema Unico de Saude" was followed by an expressive expansion of private insurance coverage in the 1990's. Even if all public health expenditures had been exclusively directed to the population without any private insurance, these people's health expenditures would only reach 43% of the health expenditures of those with private insurance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Promover os talentos para reduzir a probreza

Novara, Enrico
2003-08-01

Resumo em português A dimensão da pobreza, a sua distribuição regional, as diferenças do fenômeno na área rural e na cidade, são elementos de conhecimento público. A cidade brasileira mostra cotidianamente as feridas causadas pela desigual distribuição de renda e pela exclusão social: a configuração espacial do território intraurbano é o mais nítido retrato do fenômeno, que hoje representa o principal obstáculo ao desenvolvimento sustentável do país. Apesar desta evidênc (mais) ia, os programas de redução da pobreza, desenvolvidos nos últimos anos, apresentam poucos pontos de integração com a realidade territorial. Por outro lado, a desigual distribuição de renda e a exclusão social de ampla parte da população, mesmo descrevendo detalhadamente o problema, não ajudam a identificar os pontos de partida e os elementos positivos que devem ser fortalecidos para implementar programas integrados de redução da pobreza. A história e as experiências de programas de urbanização dos últimos 25 anos podem contribuir para definir um percurso metodológico a partir das potencialidades, mesmo que adormecidas, das pessoas que vivem a situação de pobreza. Chamamos "patrimônio" o conjunto de recursos palpáveis e impalpáveis que as pessoas possuem e podem colocar em jogo para enfrentar as situações críticas que estão vivendo. Identificar e desenvolver ações que possam aumentar este patrimônio, reduzindo a vulnerabilidade das famílias, pode ser o caminho a ser percorrido. O desenvolvimento de "corpos intermediários" e de atores intermediários capazes de compartilhar necessidades e potencialidades representa uma etapa fundamental deste percurso. Resumo em inglês The dimension of poverty, its regional distribution, the differences of the phenomenon in the rural area and in the city, are widely known elements. The Brazilian city shows, on a daily basis, the wounds caused by the unequal distribution of income and social exclusion: the spatial configuration of the urban territory is the clearest portrait of the phenomenon, representing the main obstacle for the country's sustained development. Despite this evidence, poverty reduction (mais) programs present few points of integration with the territorial reality. On the other hand, the unequal distribution of income and social exclusion of considerable part of the population, even if describing poverty in detail, do not help in identifying the points of departure and the positive elements which should be strengthened for the implementation of poverty reduction programs. The history and experiences of the projects for the urbanization of the favelas of the last twenty five years may contribute to define a methodological path starting from the potentialities, even if dormant, of the persons who live the reality of poverty. We call "patrimony" the set of palpable and impalpable resources possessed by these persons and that can be used to face the critical situations in which they live. The path to be taken may be the identification and development of actions to increase these patrimonies, reducing the vulnerability of the families. The development of "intermediary organisms" and of social agents, able of sharing the necessities and potentialities, represent a fundamental stage in this path.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

A situação socioeconômica afeta igualmente a saúde de idosos e adultos mais jovens no Brasil? Um estudo utilizando dados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios ­ PNAD/98/ Is the health of older and younger adults in Brazil similarly affected by socioeconomic circumstances? A study using data from a national household survey ­ PNAD/98

Lima-Costa, Maria Fernanda; Barreto, Sandhi; Giatti, Luana
2002-01-01

Resumo em português Neste artigo utilizamos dados da PNAD/98 para examinar as associações existentes entre a renda domiciliar per capita e indicadores da condição de saúde (relato de doenças crônicas selecionadas, percepção da própria saúde, incapacidade para realizar atividades por problemas de saúde e ter estado acamado recentemente), função física (dificuldade para realizar seis conjuntos de atividades) e uso de serviços médicos e odontológicos. O estudo foi realizado em (mais) uma amostra de 197.297 pessoas representativas da população brasileira com idade ³ 20 anos, estratificada em dois grupos etários (20-64 e ³ 65 anos). As características daqueles com renda familiar per capita situada no quintil mais baixo da distribuição de renda dos idosos foram comparadas às daqueles com renda mais alta (³ 0,67 salários mínimos). Os resultados mostraram que a situação socioeconômica afeta igualmente a saúde de idosos e de adultos mais jovens neste país. Indivíduos no estrato mais baixo de renda, independentemente da idade, apresentaram piores condições de saúde, pior função física e menor uso de serviços de saúde. Os resultados deste trabalho indicam que políticas para reduzir as desigualdades sociais podem contribuir tanto para a melhoria das condições de saúde dos indivíduos mais jovens quanto dos idosos neste país. Resumo em inglês In this article we used data from a national household survey in Brazil (PNAD/98) to examine the association between household income per capita and several indicators of health condition (report of selected chronic diseases, self rated health, inability to perform routine activities because of a health problem, and staying in bed recently), impairment (level of difficulty to perform selected physical activities) and use of medical and dental services. A representative sa (mais) mple of the Brazilian population aged ³ 20 years (n=197297) participated in the study. The characteristics of people in the lower quintile of the distribution of household income per capita of older adults were compared with those with higher income (³ 0,67 Brazilian minimum wage). The data analysis was stratified by age (20-64 and ³ 65 years). The results showed that the health conditions of both, older and younger adults, were similarly affected by socioeconomic circumstances. Those with lower household income per capita, independently of age, presented worse health conditions and worse physical functioning, and less use of medical and dental services. The results of this study indicate that policies aiming at reducing income inequalities are equally important to improve the health of older and younger adults in this country.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

A situação socioeconômica afeta igualmente a saúde de idosos e adultos mais jovens no Brasil? Um estudo utilizando dados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios ­ PNAD/98/ Is the health of older and younger adults in Brazil similarly affected by socioeconomic circumstances? A study using data from a national household survey ­ PNAD/98

Lima-Costa, Maria Fernanda; Barreto, Sandhi; Giatti, Luana
2002-01-01

Resumo em português Neste artigo utilizamos dados da PNAD/98 para examinar as associações existentes entre a renda domiciliar per capita e indicadores da condição de saúde (relato de doenças crônicas selecionadas, percepção da própria saúde, incapacidade para realizar atividades por problemas de saúde e ter estado acamado recentemente), função física (dificuldade para realizar seis conjuntos de atividades) e uso de serviços médicos e odontológicos. O estudo foi realizado em (mais) uma amostra de 197.297 pessoas representativas da população brasileira com idade ³ 20 anos, estratificada em dois grupos etários (20-64 e ³ 65 anos). As características daqueles com renda familiar per capita situada no quintil mais baixo da distribuição de renda dos idosos foram comparadas às daqueles com renda mais alta (³ 0,67 salários mínimos). Os resultados mostraram que a situação socioeconômica afeta igualmente a saúde de idosos e de adultos mais jovens neste país. Indivíduos no estrato mais baixo de renda, independentemente da idade, apresentaram piores condições de saúde, pior função física e menor uso de serviços de saúde. Os resultados deste trabalho indicam que políticas para reduzir as desigualdades sociais podem contribuir tanto para a melhoria das condições de saúde dos indivíduos mais jovens quanto dos idosos neste país. Resumo em inglês In this article we used data from a national household survey in Brazil (PNAD/98) to examine the association between household income per capita and several indicators of health condition (report of selected chronic diseases, self rated health, inability to perform routine activities because of a health problem, and staying in bed recently), impairment (level of difficulty to perform selected physical activities) and use of medical and dental services. A representative sa (mais) mple of the Brazilian population aged ³ 20 years (n=197297) participated in the study. The characteristics of people in the lower quintile of the distribution of household income per capita of older adults were compared with those with higher income (³ 0,67 Brazilian minimum wage). The data analysis was stratified by age (20-64 and ³ 65 years). The results showed that the health conditions of both, older and younger adults, were similarly affected by socioeconomic circumstances. Those with lower household income per capita, independently of age, presented worse health conditions and worse physical functioning, and less use of medical and dental services. The results of this study indicate that policies aiming at reducing income inequalities are equally important to improve the health of older and younger adults in this country.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Combate à fome no Brasil: uma análise histórica de Vargas a Lula/ Fighting hunger in Brazil: a historical analysis from Presidents Vargas to Lula

Vasconcelos, Francisco de Assis Guedes de
2005-08-01

Resumo em português Este estudo consiste de uma análise histórica dos programas de combate à fome no Brasil no período de 1930 a 2003. Como critérios metodológicos de análise foram estabelecidos três cortes transversais, correspondentes a contextos específicos da trajetória da política social de alimentação e nutrição no Brasil: 1930-1963; 1964-1984; 1985-2003. Em cada corte investigado, procurou-se identificar e descrever os programas de alimentação e nutrição e evidencia (mais) r as suas principais categorias discursivas. A análise dos programas aponta importantes mudanças, sobretudo depois da metade dos anos 1980. A partir desse período, a política de combate à fome no país transitou do planejamento autoritário ao participativo; da centralização à descentralização administrativa; da universalização à focalização de benefícios; do controle estatal ao social; da distribuição de alimentos à transferência de renda em dinheiro; do financiamento público à parceria entre público e privado, entre sociedade civil e Estado. Resumo em inglês This study consists of a historical analysis of the programmes aimed at fighting hunger in Brazil, in the period from 1930 to 2003. As methodological criteria for this analysis three transverse sections were established, corresponding to specific contexts in the history of the social policy on food and nutrition in Brazil: 1930-1963; 1964-1984 and 1985-2003. The survey attempts to identify and describe the food and nutrition programmes, showing the main discursive categor (mais) ies in each section studied. An analysis of the programmes shows important changes, above all, since the mid-eighties. As from this point, the policy for fighting hunger in the country passed from authoritarian planning to partnership; from centralized to decentralized administration; from universal to specific benefits; from State control to social control; from distribution of food to transference of income in cash; from public financing to public and private partnerships between the civilian society and the State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Níveis de intervenção para obesidade abdominal: prevalência e fatores associados/ Intervention levels for abdominal obesity: prevalence and associated factors

Olinto, Maria Teresa Anselmo; Nácul, Luis Carlos; Dias-da-Costa, Juvenal Soares; Gigante, Denise Petrucci; Menezes, Ana M. B.; Macedo, Silvia
2006-06-01

Resumo em português Estudo transversal de base populacional na Cidade de Pelotas, Sul do Brasil, entre 1999 e 2000, para descrever a distribuição de adiposidade abdominal na população de acordo com os níveis de intervenção e identificar fatores de risco. O estudo incluiu uma amostra de 1.935 adultos (20-69 anos) residentes na zona urbana do município. Obesidade abdominal foi classificada como nível I para circunferência da cintura (CCnI) de 80-88cm em mulheres e de 94-102cm em home (mais) ns; e nível II (CCnII) > 88cm para mulheres e > 102cm para homens. Apresentavam obesidade abdominal 62% das mulheres e 37% dos homens. Os valores de CCnI foram 23% e 19% e de CCnII 39% e 19%, para mulheres e homens, respectivamente. Após ajuste para fatores de confusão, o aumento da idade e estar casado ou vivendo em união, em homens e mulheres, mantiveram-se fortemente associadas com CCnII. Escolaridade manteve-se como fator de risco apenas para homens e renda familiar apenas para mulheres, nas quais, o efeito da renda manteve-se inversamente associado com a obesidade abdominal. A utilização da medida da CC deveria ser incorporada às ações de promoção à saúde, principalmente, no acompanhamento e monitoramento da população. Resumo em inglês During 1999 and 2000, a population-based cross-sectional study was conducted in Pelotas, southern Brazil, to describe the population distribution of abdominal adiposity according to "action level points" and to identify risk factors. The study included a sample of 1,935 adults (20-69 years) residing in urban areas. Abdominal obesity was classified as action level I for waist circumference (WCLI) 80-88cm in women and 94-102cm in men; and as action level II (WCLII) for > 88 (mais) cm in women and > 102cm in men. Abdominal obesity was present in 62% of women and 37% of men. Some 23% and 19% of men and women were classified as WCLI, respectively; 39% of women and 19% of men were classified as WCLII. After adjustment for confounding variables, age and being married or in a stable relationship were strongly associated with WCLII. Schooling was a risk factor in men only, and family income in women. In women, income was inversely associated with abdominal obesity. Use of a simple measurement such as waist circumference, which allows identification of levels of intervention, should be incorporated into health promotion measures, especially to help community health workers monitor the population needs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Níveis de intervenção para obesidade abdominal: prevalência e fatores associados/ Intervention levels for abdominal obesity: prevalence and associated factors

Olinto, Maria Teresa Anselmo; Nácul, Luis Carlos; Dias-da-Costa, Juvenal Soares; Gigante, Denise Petrucci; Menezes, Ana M. B.; Macedo, Silvia
2006-06-01

Resumo em português Estudo transversal de base populacional na Cidade de Pelotas, Sul do Brasil, entre 1999 e 2000, para descrever a distribuição de adiposidade abdominal na população de acordo com os níveis de intervenção e identificar fatores de risco. O estudo incluiu uma amostra de 1.935 adultos (20-69 anos) residentes na zona urbana do município. Obesidade abdominal foi classificada como nível I para circunferência da cintura (CCnI) de 80-88cm em mulheres e de 94-102cm em home (mais) ns; e nível II (CCnII) > 88cm para mulheres e > 102cm para homens. Apresentavam obesidade abdominal 62% das mulheres e 37% dos homens. Os valores de CCnI foram 23% e 19% e de CCnII 39% e 19%, para mulheres e homens, respectivamente. Após ajuste para fatores de confusão, o aumento da idade e estar casado ou vivendo em união, em homens e mulheres, mantiveram-se fortemente associadas com CCnII. Escolaridade manteve-se como fator de risco apenas para homens e renda familiar apenas para mulheres, nas quais, o efeito da renda manteve-se inversamente associado com a obesidade abdominal. A utilização da medida da CC deveria ser incorporada às ações de promoção à saúde, principalmente, no acompanhamento e monitoramento da população. Resumo em inglês During 1999 and 2000, a population-based cross-sectional study was conducted in Pelotas, southern Brazil, to describe the population distribution of abdominal adiposity according to "action level points" and to identify risk factors. The study included a sample of 1,935 adults (20-69 years) residing in urban areas. Abdominal obesity was classified as action level I for waist circumference (WCLI) 80-88cm in women and 94-102cm in men; and as action level II (WCLII) for > 88 (mais) cm in women and > 102cm in men. Abdominal obesity was present in 62% of women and 37% of men. Some 23% and 19% of men and women were classified as WCLI, respectively; 39% of women and 19% of men were classified as WCLII. After adjustment for confounding variables, age and being married or in a stable relationship were strongly associated with WCLII. Schooling was a risk factor in men only, and family income in women. In women, income was inversely associated with abdominal obesity. Use of a simple measurement such as waist circumference, which allows identification of levels of intervention, should be incorporated into health promotion measures, especially to help community health workers monitor the population needs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

As aposentadorias e pensões e a concentração dos rendimentos domiciliares per capita no Brasil e na sua área rural: 1981 a 2003

Ferreira, Carlos Roberto; Souza, Solange de Cássia Inforzato de
2007-12-01

Resumo em português Este trabalho tem como objetivo analisar a participação e a contribuição do rendimento domiciliar "aposentadorias e pensões" para a desigualdade da distribuição do rendimento domiciliar per capita no Brasil e Brasil Rural, no período de 1981 a 2003. Para isso, revisa a literatura sobre concentração de renda e previdência social, e utiliza a metodologia de decomposição do índice de Gini levando em consideração os componentes: rendimento do trabalho principa (mais) l, rendimento de outros trabalhos, aposentadorias e pensões, doações, rendimentos de aluguel e outros rendimentos (juros, dividendos etc.). Destaca-se, nos resultados, a crescente participação das aposentadorias e pensões nos anos 1990 em relação à década anterior, com maior intensidade no Brasil rural, explicada pelas políticas sociais e econômicas do período. A contribuição dessa parcela de rendimento domiciliar para a concentração de renda é significativa para o Brasil em nove dos 18 anos analisados, e para a área rural a partir da década de 1990. Resumo em inglês This work has as objective to analyze the participation and the contribution of the household income "retirements and pensions" for the inequality of the distribution of the per capita household income in Brazil and Rural Brazil, in the period from 1981 to 2003. For that, it revises the literature about concentration of income and social welfare in the country, and it uses the Gini index components decomposition methodology: revenue of the main work, revenue of other work (mais) s, retirements and pensions, donations, rent revenues and other revenues (interests, dividends, etc.). It stands out, in the results, the growing participation of the retirements and pensions and in the 1990's in relation to the previous decade, with larger intensity in rural Brazil, explained by the social and economic policies of the period. The contribution of that portion of household income for the concentration of income is significant to Brazil in 9 of the 18 analyzed years, and to rural Brazil, starting from the decade of 1990.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Moeda endógena e progresso tecnológico induzido num modelo macrodinâmico pós-keynesiano/ Endogenous money and induced technical progress in a post Keynesian macrodynamic model

Carvalho, Luciano Dias; Oreiro, José Luís
2008-04-01

Resumo em português Este artigo tem por objetivo analisar o processo de crescimento econômico e distribuição funcional da renda em uma situação na qual o progresso tecnológico e a taxa básica de juros são endógenos e a moeda, via oferta de crédito, tem um papel preponderante na determinação da dinâmica de longo prazo da economia. Neste contexto, demonstramos diversas combinações onde ocorrem equilíbrios múltiplos e flutuações amortecidas nas principais variáveis econômic (mais) as. Além disso, para baixa parcela salarial, verificamos um predomínio de um regime de acumulação impulsionado pelos lucros e, para altas parcelas, um regime de acumulação impulsionado pelos salários. Resumo em inglês This article intend to analyze the process of the economic growth and income distribution in an environment where technological progress and the basic rate of interest are endogenous and the money, via credit offer, has a preponderant role in the determination of economic dynamics. In this context, we demonstrate several combinations where happen multiple equilibriums and soften flotation in the main relevant variables. Besides, for low salary portions, we observed the prevalence of a profit-led accumulation regime and, for high portions, a wage-led accumulation regime.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Dois Lulas: a geografia eleitoral da reeleição (explorando conceitos, métodos e técnicas de análise geoespacial)

Soares, Gláucio Ary Dillon; Terron, Sonia Luiza
2008-11-01

Resumo em português A votação de Lula em 2006 suscitou hipóteses sobre a repercussão das políticas públicas do primeiro mandato nos resultados eleitorais. Os programas sociais de transferência direta de renda, em especial o Bolsa Família, foram associados ao grande crescimento de sua votação nos municípios mais pobres do norte e nordeste. Empregamos conceitos e métodos da geografia eleitoral moderna para averiguar qual a participação do Bolsa Família nesta mudança geográfica (mais) . Os resultados mostram um novo padrão na distribuição espacial dos votos de Lula, confirmando que este ainda recebe o apoio de suas bases anteriores, mas revelam que os blocos regionais de municípios de alta votação em 2002 perderam a coesão em 2006, tornando-se mais vulneráveis. Os resultados confirmam ainda que a participação do Bolsa Família sobre a renda local foi um determinante do novo contorno das bases geoeleitorais, e o fator de maior peso na explicação da votação municipal. Resumo em inglês The voting of Lula in 2006 excited hypotheses on the repercussion of the public politics of the first mandate in the electoral results. The social programs of direct transference of income, in special the "Bolsa Família", had been associates to the great growth of its voting in the cities poor of the north and northeast. We use concepts and methods of modern electoral geography to inquire which the participation of the "Bolsa Família" in this geographic change. The resu (mais) lts show a new standard in the space distribution of the votes of Lula, confirming that he still receives the support from its previous bases, but disclose that the regional blocks of cities of high voting in 2002 had lost the cohesion in 2006, becoming more vulnerable. The results confirm the participation of the "Bolsa Família" on the local income was a determinative one of the new contour of the electoral-geographic basis, and the factor of big weight in the explanation of the municipal voting.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Desigualdades de classe e gênero e saúde mental nas cidades/ Class and gender inequalities and mental health in the cities

Ludermir, Ana Bernarda
2008-09-01

Resumo em português O caráter social da doença mental se expressa objetivamente na sua distribuição desigual entre homens e mulheres e entre diferentes classes sociais. Essas desigualdades representam um persistente achado na literatura. Diversos autores têm encontrado alta prevalência dos Transtornos Mentais Comuns (TMC) em mulheres, nos excluídos do mercado formal de trabalho, nos indivíduos de baixa renda e nos de baixa escolaridade. Alguns estudos fundamentais para a visão conte (mais) mporânea sobre as desigualdades de classe e gênero dos TMC são tratados neste artigo. As reflexões a respeito dos determinantes sociais da doença mental apontam desafios para a formulação de políticas públicas de saúde. Resumo em inglês The social nature of mental disorders is objectively apparent from its unequal distribution between men and women and between social classes. These inequalities are recurrent in the literature. Several authors have found high prevalence of Common Mental Disorders (CMD) among women, among the unemployed and informal workers, the low income and the low educated individuals. Some studies, fundamental for the contemporary view on the inequalities between class and gender of t (mais) he CMD, are here presented. Considerations about the social determinants of mental illness point to some challenges for mental health planners.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Diferenciais intra-urbanos no Município de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil: potencial de uso para o planejamento em saúde/ Intra-urban differentials in Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil, and their potential use in health services planning

Lacerda, Josimari Telino de; Calvo, Maria Cristina Marino; Freitas, Sérgio Fernando Torres de
2002-10-01

Resumo em português Partindo do pressuposto de que a ocupação espacial da população é um processo socialmente construído, e que o espaço social é determinante no processo saúde/doença, o presente estudo identificou e agrupou os setores homogêneos quanto à condição de vida no Município de Florianópolis. Selecionou, dentre as variáveis sócio-econômicas do censo demográfico brasileiro, as que melhor identificavam os diferenciais intra-urbanos de condição de vida no municí (mais) pio. Categorizou as variáveis observando os aspectos de uniformidade dos grupos e a orientação da literatura. Utilizou a Análise Fatorial de Correspondência, no processo de agrupamento dos setores, definido pelas variáveis: Renda Alta, Renda Baixa, Escolaridade Alta, Analfabetismo e Coleta Precária do Lixo. Como resultado, observou que o município pode ser dividido em quatro grupos homogêneos: dois oponentes, com melhores e piores condições de escolaridade e renda e dois medianos, nos quais a diferença é determinada pelo acesso aos serviços públicos. Indica as regiões Norte e Sul como as merecedoras de maior atenção dos gestores públicos. Identifica uma distribuição heterogênea dos domicílios no interior dos setores, caracterizando Florianópolis por não apresentar grupos concentrados de pobreza, o que não pode ser entendido como ausência desses grupos no município. Resumo em inglês Based on the premise that spatial occupation by the population is a socially constructed process, the present study identified and grouped homogeneous sectors vis-à-vis living conditions in the municipality of Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil. Among socioeconomic variables from the Brazilian national census, the study identified and selected those which best represent the intra-urban differentials in living conditions in Florianópolis. The variables were cat (mais) egorized according to uniformity in the groups and orientation from the literature. Factor correspondence analysis was used for sector grouping. High income, low income, high schooling, illiteracy, and sub-standard garbage collection were the variables used to define grouping. As a result, the authors were able to divide the municipality into four homogeneous groups: two opposite groups having the best and worst schooling and income, and two median groups in which access to public services defines the hierarchical level. The northern and southern regions of Florianópolis were identified as receiving the greatest attention from the city administration. A heterogeneous distribution of households within sectors was identified, whereby Florianópolis was characterized as not presenting large agglomerations of poverty; however, this should not be interpreted as the absence of a poor population in the municipality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Diferenciais intra-urbanos no Município de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil: potencial de uso para o planejamento em saúde/ Intra-urban differentials in Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil, and their potential use in health services planning

Lacerda, Josimari Telino de; Calvo, Maria Cristina Marino; Freitas, Sérgio Fernando Torres de
2002-10-01

Resumo em português Partindo do pressuposto de que a ocupação espacial da população é um processo socialmente construído, e que o espaço social é determinante no processo saúde/doença, o presente estudo identificou e agrupou os setores homogêneos quanto à condição de vida no Município de Florianópolis. Selecionou, dentre as variáveis sócio-econômicas do censo demográfico brasileiro, as que melhor identificavam os diferenciais intra-urbanos de condição de vida no municí (mais) pio. Categorizou as variáveis observando os aspectos de uniformidade dos grupos e a orientação da literatura. Utilizou a Análise Fatorial de Correspondência, no processo de agrupamento dos setores, definido pelas variáveis: Renda Alta, Renda Baixa, Escolaridade Alta, Analfabetismo e Coleta Precária do Lixo. Como resultado, observou que o município pode ser dividido em quatro grupos homogêneos: dois oponentes, com melhores e piores condições de escolaridade e renda e dois medianos, nos quais a diferença é determinada pelo acesso aos serviços públicos. Indica as regiões Norte e Sul como as merecedoras de maior atenção dos gestores públicos. Identifica uma distribuição heterogênea dos domicílios no interior dos setores, caracterizando Florianópolis por não apresentar grupos concentrados de pobreza, o que não pode ser entendido como ausência desses grupos no município. Resumo em inglês Based on the premise that spatial occupation by the population is a socially constructed process, the present study identified and grouped homogeneous sectors vis-à-vis living conditions in the municipality of Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil. Among socioeconomic variables from the Brazilian national census, the study identified and selected those which best represent the intra-urban differentials in living conditions in Florianópolis. The variables were cat (mais) egorized according to uniformity in the groups and orientation from the literature. Factor correspondence analysis was used for sector grouping. High income, low income, high schooling, illiteracy, and sub-standard garbage collection were the variables used to define grouping. As a result, the authors were able to divide the municipality into four homogeneous groups: two opposite groups having the best and worst schooling and income, and two median groups in which access to public services defines the hierarchical level. The northern and southern regions of Florianópolis were identified as receiving the greatest attention from the city administration. A heterogeneous distribution of households within sectors was identified, whereby Florianópolis was characterized as not presenting large agglomerations of poverty; however, this should not be interpreted as the absence of a poor population in the municipality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Justiça distributiva: uma revisão da literatura psicossocial e desenvolvimentista/ Distributive justice: a review over psychosocial and developmental literature/ Justicia distributiva: una revisión de la literatura psicosocial y de desarrollo

Sampaio, Leonardo Rodrigues; Camino, Cleonice P. Santos; Roazzi, Antonio
2009-12-01

Resumo em português Justiça distributiva designa um construto relacionado à maneira como as pessoas avaliam as distribuições de bens positivos (renda, liberdade, cargos políticos) ou negativos (punições, sanções, penalidades) na sociedade. Ao fazer julgamentos distributivos, os indivíduos estão preocupados em avaliar em que medida a distribuição favoreceu ou prejudicou os envolvidos, a partir de parâmetros ou princípios que determinam qual método distributivo é mais ou menos (mais) justo aplicar no contexto da distribuição. A respeito da justiça distributiva, muitos estudos teóricos e empíricos têm sido realizados. O objetivo do presente trabalho é fazer uma revisão da literatura psicológica sobre o conceito de justiça distributiva, apresentando, inicialmente, as principais teorias psicossociais e do desenvolvimento que tratam deste tema. Além disso, alguns estudos empíricos importantes sobre a justiça distributiva serão revistos e discutidos. Por fim, são feitas algumas considerações a respeito do campo de estudos na atualidade. Resumo em espanhol Justicia distributiva designa un constructo relacionado a la manera como las personas evalúan las distribuciones de bienes positivos (renta, libertad, cargos políticos) o negativos (puniciones, sanciones, penalidades) en la sociedad. Al hacer juicios distributivos, los individuos están preocupados en evaluar en que medida la distribución favoreció o perjudicó los envueltos, a partir de parámetros o principios que determinan cual método distributivo es más o menos (mais) justo de ser aplicado en el contexto de la distribución. Con respecto a justicia distributiva, muchos estudios teóricos y empíricos han sido hechos. El objetivo del presente trabajo es hacer una revisión de la literatura psicológica acerca del concepto de justicia distributiva, presentando, inicialmente, las principales teorías psicosociales y de desarrollo que tratan de este tema. Además de eso, algunos estudios empíricos importantes sobre la justicia distributiva serán revistos y criticados. Por fin, serán hechas algunas consideraciones acerca del campo de estudios en la actualidad. Resumo em inglês Distributive justice assigns a construct related to the way as the people evaluate the distributions of positive goods (income, freedom, positions politicians) or negatives ones (punishment, sanctions, penalties) in society. When making distributive judgments, the individuals are concerned if the distribution favored or it harmed the involved ones, using parameters or principles that determine which distributive method is more or less just of being applied in the context (mais) of the distribution. Related to the distributive justice, many theoretical and empirical studies have been carried through. The main aim of the present work is to make a revision of psychological literature regarding the concept of distributive justice. It will be presented the main psychosocial and developmental theories that deal with this subject. Then, some important empirical studies on distributive justice will be reviewed and criticized. Finally, some consideration about the field of nowadays studies will be made.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Aspectos estruturais e funcionais do apoio social de idosos do Município de São Paulo, Brasil/ Structural and functional aspects of social support for the elderly in the city of São Paulo, Brazil

Rosa, Tereza Etsuko da Costa; Benício, Maria Helena D'Aquino; Alves, Maria Cecília Goi Porto; Lebrão, Maria Lúcia
2007-12-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo descrever a distribuição das redes sociais e de apoio em idosos no Município de São Paulo, Brasil, por características sócio-econômicas e demográficas. Estudou-se amostra probabilística de 1.568 idosos (60 ou mais anos) da cidade de São Paulo (inquérito sobre Saúde, Bem-estar e Envelhecimento - SABE), focalizando-se as dimensões estruturais e funcionais das redes sociais. Para a análise dos dados utilizou-se a regressão log� (mais) �stica simples e múltipla. As melhores condições nas redes sociais foram observadas nos menores patamares de renda e as piores entre os mais velhos e os "não casados". Para as mulheres, as chances de estarem "não casadas" aumentaram significativamente quanto pior era o seu nível educacional. O "status de coabitação" foi o que mais influenciou o apoio funcional, onde "morar só" aumentou significativamente as chances de não ocorrerem as trocas sociais. Os modelos de regressão logística múltipla construídos separadamente por gênero sugerem que idade, estado civil, renda per capita e escolaridade estão associados com as redes sociais entre os idosos. No entanto, essas relações manifestam-se de modos desiguais entre gêneros e entre as características sócio-demográficas para as diferentes dimensões da rede social. Resumo em inglês This study aimed to describe the distribution of social support networks for the elderly in the City of São Paulo, Brazil, based on socioeconomic and demographic characteristics. A probability sample of 1,568 elderly persons (> 60 years) was studied (SABE query), focusing on structural and functional dimensions of social networks. Univariate and multiple logistic regression models were used to analyze the data. The best conditions in social networks were in the lowest in (mais) come levels and the worst among older and unmarried people. For women, unmarried marital status was significantly associated with lower schooling. Cohabiting had the strongest influence on the functional dimension, while "living alone" significantly decreased the odds of social exchange. Multiple logistic regression by gender suggested that age, marital status, per capita income, and schooling were associated with social networks among elderly people. However, these relationships were expressed unevenly between the genders and depending on the socio-demographic characteristics of the different dimensions of the social support network.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Aspectos estruturais e funcionais do apoio social de idosos do Município de São Paulo, Brasil/ Structural and functional aspects of social support for the elderly in the city of São Paulo, Brazil

Rosa, Tereza Etsuko da Costa; Benício, Maria Helena D'Aquino; Alves, Maria Cecília Goi Porto; Lebrão, Maria Lúcia
2007-12-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo descrever a distribuição das redes sociais e de apoio em idosos no Município de São Paulo, Brasil, por características sócio-econômicas e demográficas. Estudou-se amostra probabilística de 1.568 idosos (60 ou mais anos) da cidade de São Paulo (inquérito sobre Saúde, Bem-estar e Envelhecimento - SABE), focalizando-se as dimensões estruturais e funcionais das redes sociais. Para a análise dos dados utilizou-se a regressão log� (mais) �stica simples e múltipla. As melhores condições nas redes sociais foram observadas nos menores patamares de renda e as piores entre os mais velhos e os "não casados". Para as mulheres, as chances de estarem "não casadas" aumentaram significativamente quanto pior era o seu nível educacional. O "status de coabitação" foi o que mais influenciou o apoio funcional, onde "morar só" aumentou significativamente as chances de não ocorrerem as trocas sociais. Os modelos de regressão logística múltipla construídos separadamente por gênero sugerem que idade, estado civil, renda per capita e escolaridade estão associados com as redes sociais entre os idosos. No entanto, essas relações manifestam-se de modos desiguais entre gêneros e entre as características sócio-demográficas para as diferentes dimensões da rede social. Resumo em inglês This study aimed to describe the distribution of social support networks for the elderly in the City of São Paulo, Brazil, based on socioeconomic and demographic characteristics. A probability sample of 1,568 elderly persons (> 60 years) was studied (SABE query), focusing on structural and functional dimensions of social networks. Univariate and multiple logistic regression models were used to analyze the data. The best conditions in social networks were in the lowest in (mais) come levels and the worst among older and unmarried people. For women, unmarried marital status was significantly associated with lower schooling. Cohabiting had the strongest influence on the functional dimension, while "living alone" significantly decreased the odds of social exchange. Multiple logistic regression by gender suggested that age, marital status, per capita income, and schooling were associated with social networks among elderly people. However, these relationships were expressed unevenly between the genders and depending on the socio-demographic characteristics of the different dimensions of the social support network.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Pobreza e indigência no Brasil: algumas evidências empíricas com base na PNAD 2004

Rocha, Sonia
2006-08-01

Resumo em português Este artigo traz resultados empíricos relativos à incidência de pobreza e de indigência do ponto de vista da renda, baseados nos resultados da PNAD 2004. Trata especificamente das tendências de espacialização da pobreza, assim como dos eventos intervenientes recentes no que concerne ao funcionamento do mercado de trabalho e à formação da renda das famílias. O forte declínio da pobreza e da indigência entre 2003 e 2004, que foi o melhor resultado obtido desde (mais) o Plano Real, constitui o pano de fundo para a análise, embora os efeitos observados sejam diferenciados, mais favoráveis em áreas rurais e mais adversos na metrópole de São Paulo. O aumento da renda das famílias é devido principalmente à expansão da ocupação, já que o rendimento do trabalho manteve-se constante. No entanto, os indivíduos mais pobres se beneficiaram da redução do retorno à educação, do aumento real do salário mínimo e da ampliação da cobertura da rede de proteção social, que resultaram numa maior melhoria da renda na base da distribuição, permitindo também a queda da desigualdade. Resumo em inglês This article presents income-based indicators using the data from the 2004 Brazilian National Household Survey regarding poverty and indigence in 2004. It refers to spatial characteristics of poverty, as well as its relation with the functioning of the labor market and the way family income is formed. The relatively sharp reduction in poverty and indigence from 2003 to 2004, the best result obtained since the Real Plan was implemented, constitutes the background for the a (mais) nalysis, although the impact of this reduction is spatially differentiated, more favorable in rural areas and less so in the São Paulo metropolitan area. The increase in family income is mainly due to the vigorous expansion of occupation, as the average labor income remained unchanged. Nevertheless, poor individuals benefited from the reduction in the returns to schooling, from the real increase in the minimum wage and from the wider scope of the social security net, which resulted in a more vigorous income increase at the base of distribution, thus leading to a reduction in inequality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Eugênio Gudin

Bielschowsky, Ricardo
2001-04-01

Resumo em português NESTE ARTIGO analisa-se o pensamento de Eugênio Gudin, o mais importante economista conservador brasileiro durante o período que se pode denominar de "ciclo ideológico do desenvolvimentismo". Inicia-se com uma caracterização geral da obra do autor no período 1930-64, e com um breve balanço de sua posição teórica. Em seguida, abordam-se suas interpretações sobre as economias subdesenvolvidas, para logo passar a sua visão sobre a economia brasileira. Nesse terr (mais) eno, trata de suas análises dos temas de econonomia política mais intensamente debatidos naquela fase de instalação da moderna economia industrial brasileira: desenvolvimento e industrialização; protecionismo e planejamento; controle e financiamento dos investimentos (empreendimentos estatais, tributação, sistema financeiro e capital estrangeiro); questões monetárias: inflação e balanço de pagamentos; e questões distributivas: salários, distribuição de renda e reforma agrária. Resumo em inglês THIS IS AN analysis of the thought of Eugênio Gudin, the most important Brazilian conservative economist within the period which can be termed "developmentalism ideological cycle". First, a general description of the author's writings from 1930 to 1964 is given along with a brief evaluation of his theoretical position. Second, his interpretations of the underdeveloped economies are shown only to go on to his vision of Brazilian economy. Third, the article deals with Gudi (mais) n's analyses of the political economy issues most intensely debated during the period when modern Brazilian industrial economy was established: protectionism and planning; investment control and financing (government-owned enterprises, taxation, financing system and foreign capital); monetary issues: inflation and balance of payments; distributive issues: salaries, income distribution and land reform.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Acesso à educação por faixas etárias segundo renda e raça/cor/ Access to education by age groups, according to income and race/skin colour in Brazil

Andrade, Cibele Yahn de; Dachs, J. Norberto W.
2007-08-01

Resumo em português São analisadas as contribuições da situação econômica e da raça/cor da pele no acesso à escola, até o ensino superior, considerando as principais transições escolares e grupos etários, usando dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD 2003. As variáveis renda e raça/cor afetam com intensidades diferentes as diversas faixas etárias e transições escolares. As restrições que levam ao reduzido percentual de jovens com acesso ao ensino supe (mais) rior dependem do número de vagas neste nível de ensino, mas parecem ser mais determinadas pelo pequeno contingente de jovens brasileiros que consegue completar o ensino médio, atingindo a qualificação formal necessária para o acesso ao ensino superior. Somente 40% dos jovens de 18 a 24 anos possuem o ensino médio completo, sendo que 13% tiveram acesso ao ensino superior. A situação econômica é um determinante mais importante do que a variável raça/cor, embora essa última variável apresente influência em todas as faixas de renda. Finalmente, estuda-se a distribuição dos alunos de ensino superior nesta faixa etária nos estabelecimentos públicos e privados. Resumo em inglês Data from the National Sample Household Survey - PNAD 2003 was employed to analyse the role of economic status and race/skin colour in access to school, including higher education. Income and race/skin colour variables have a strong impact on the various age groups and school transitions. Constraints that resulted in only a small percentage of young people having access to higher education are dependent upon the number of places the school has to offer at this level of ed (mais) ucation and even more by the reduced' number of youngBrazilians who manage to finish high school, achievingthe required formal qualification to have access to higher education. Only 40% of youths from 18 to 24 years of age complete high school and a mere 13% of which have access to college. The economic status plays a more important role than race/skin colour, although the latter has an influence throughout all income groups. Finally, the article analyzes the distribution of higher education students within this age group in public and private schools.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Meio ambiente, saúde e desenvolvimento sustentável/ Environment, health and sustainable development

Rattner, Henrique
2009-12-01

Resumo em português Os problemas do meio ambiente e seus impactos na saúde e bem-estar das populações, sobretudo dos mais carentes e excluídos do acesso a bens materiais e simbólicos proporcionados apenas a uma minoria privilegiada, devem ser analisados no contexto da crise econômica e financeira que varre o sistema capitalista, com seus desdobramentos na queda da produção, do emprego e de renda e a perda de inúmeros ativos fixos e de poupanças populares.A crise do paradigma capita (mais) lista evidencia a natureza predatória do sistema, levando a humanidade à beira de uma catástrofe, cujos impactos são sentidos em nível local, nacional e global. O ensaio aponta os principais aspectos da deterioração ambiental - o efeito estufa, a poluição de rios, lagos e águas costeiras, a contaminação dos solos por agrotóxicos e pesticidas; a erosão de solos e a desertificação pelo desmatamento de florestas; a ausência de saneamento básico nas regiões metropolitanas, onde se concentra uma parcela crescente da população carente e deserdada.Ao discutir as disfunções e paradoxos da acumulação e concentração do capital, o ensaio aponta para a necessidade de construir um novo paradigma de desenvolvimento, baseado na cooperação e solidariedade, na distribuição equitativa do produto social e na reformulação do sistema político, superando os padrões autoritários, através da construção de um modelo participativo e de cogestão. Resumo em inglês Environmental problems and their impact on health and welfare of the population, mainly the most deprived and excluded, from access to material and symbolic goods, provided only to a privileged minority, must be analyzed within the context of the global economic and financial crisis which swept the whole world since 2008. The collapse of the capitalist system and its negative impacts on production, income and employment provide evidence to the predatory nature of the unde (mais) rlying social and political relations which lead humanity to a catastrophic abyss whose consequences are felt on local, national and global levels. Appointing to the main aspects of environmental deterioration - greenhouse gases; pollution of rivers, lakes and oceans; the erosion and intoxication of soils; the lack of basic sanitation and fresh water supply in metropolitan areas, this essay refers to official health indicators published recently by the Ministry of Health of Brazil which documents destructive trends. Discussing the dysfunction and the paradoxes of capital accumulation the essay points out to the need for building a new development paradigm based on cooperation and solidarity; an equitable distribution of the social product and the reform of the political system leading from the present authoritarian patterns of social relations to a participative and a true democratic model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Meio ambiente, saúde e desenvolvimento sustentável/ Environment, health and sustainable development

Rattner, Henrique
2009-12-01

Resumo em português Os problemas do meio ambiente e seus impactos na saúde e bem-estar das populações, sobretudo dos mais carentes e excluídos do acesso a bens materiais e simbólicos proporcionados apenas a uma minoria privilegiada, devem ser analisados no contexto da crise econômica e financeira que varre o sistema capitalista, com seus desdobramentos na queda da produção, do emprego e de renda e a perda de inúmeros ativos fixos e de poupanças populares.A crise do paradigma capita (mais) lista evidencia a natureza predatória do sistema, levando a humanidade à beira de uma catástrofe, cujos impactos são sentidos em nível local, nacional e global. O ensaio aponta os principais aspectos da deterioração ambiental - o efeito estufa, a poluição de rios, lagos e águas costeiras, a contaminação dos solos por agrotóxicos e pesticidas; a erosão de solos e a desertificação pelo desmatamento de florestas; a ausência de saneamento básico nas regiões metropolitanas, onde se concentra uma parcela crescente da população carente e deserdada.Ao discutir as disfunções e paradoxos da acumulação e concentração do capital, o ensaio aponta para a necessidade de construir um novo paradigma de desenvolvimento, baseado na cooperação e solidariedade, na distribuição equitativa do produto social e na reformulação do sistema político, superando os padrões autoritários, através da construção de um modelo participativo e de cogestão. Resumo em inglês Environmental problems and their impact on health and welfare of the population, mainly the most deprived and excluded, from access to material and symbolic goods, provided only to a privileged minority, must be analyzed within the context of the global economic and financial crisis which swept the whole world since 2008. The collapse of the capitalist system and its negative impacts on production, income and employment provide evidence to the predatory nature of the unde (mais) rlying social and political relations which lead humanity to a catastrophic abyss whose consequences are felt on local, national and global levels. Appointing to the main aspects of environmental deterioration - greenhouse gases; pollution of rivers, lakes and oceans; the erosion and intoxication of soils; the lack of basic sanitation and fresh water supply in metropolitan areas, this essay refers to official health indicators published recently by the Ministry of Health of Brazil which documents destructive trends. Discussing the dysfunction and the paradoxes of capital accumulation the essay points out to the need for building a new development paradigm based on cooperation and solidarity; an equitable distribution of the social product and the reform of the political system leading from the present authoritarian patterns of social relations to a participative and a true democratic model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Estratificação sócio-econômica em estudos epidemiológicos de cárie dentária e doenças periodontais: características da produção na década de 90/ Social stratification in epidemiological studies of dental caries and periodontal diseases: a profile of the scientific literature in the 1990s

Boing, Antonio Fernando; Peres, Marco Aurélio; Kovaleski, Douglas Francisco; Zange, Sabrina Elisa; Antunes, José Leopoldo Ferreira
2005-06-01

Resumo em português Vários estudos epidemiológicos avaliaram a associação entre saúde bucal e desenvolvimento social. Entretanto, o uso de diferentes variáveis mensurando condição sócio-econômica dificulta a análise comparativa de seus achados. O presente estudo descreveu as formas mais usadas por estudos recentes de saúde bucal para a classificação de segmentos de população segundo categorias de estratificação social. Foram selecionados 86 artigos publicados em periódicos (mais) indexados no MEDLINE, entre 1990 e 2001. Embora esses estudos tenham empregado diferentes estratégias para estratificar a população, ocupação, escolaridade e renda, foram as variáveis mais freqüentemente utilizadas. Diferenciais étnicos, características dos domicílios e das escolas e acesso a bens materiais também foram usadas com freqüência. Foi também observada grande participação de estudos brasileiros sobre diferenciais sócio-econômicos na distribuição de cáries e doença periodontal. O conhecimento das estratégias para a estratificação social pode aprimorar o entendimento dos fatores associados às doenças bucais, incentivando novos estudos e permitindo a comparação de seus resultados. Resumo em inglês Several epidemiological studies have analyzed the association between oral health and social development. However, the use of different variables assessing socioeconomic status impairs the comparative analysis of their findings. The present study describes how recent dental studies have classified population segments according to categories of social stratification. We selected 86 papers on social determinants of dental caries or periodontal conditions, and published in M (mais) EDLINE-indexed journals from 1990 to 2001. The studies used different strategies to stratify populations, but occupation, schooling, and income were the most frequently assessed variables. Ethnic differentials, characteristics of households and schools, and access to material resources were also frequently appraised. We also observed a large portion of Brazilian studies focusing on socioeconomic differentials in the distribution of caries and periodontal disease. Knowledge of strategies for social stratification can improve the understanding of factors associated with dental diseases, fostering further studies and allowing the comparison of their results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Estratificação sócio-econômica em estudos epidemiológicos de cárie dentária e doenças periodontais: características da produção na década de 90/ Social stratification in epidemiological studies of dental caries and periodontal diseases: a profile of the scientific literature in the 1990s

Boing, Antonio Fernando; Peres, Marco Aurélio; Kovaleski, Douglas Francisco; Zange, Sabrina Elisa; Antunes, José Leopoldo Ferreira
2005-06-01

Resumo em português Vários estudos epidemiológicos avaliaram a associação entre saúde bucal e desenvolvimento social. Entretanto, o uso de diferentes variáveis mensurando condição sócio-econômica dificulta a análise comparativa de seus achados. O presente estudo descreveu as formas mais usadas por estudos recentes de saúde bucal para a classificação de segmentos de população segundo categorias de estratificação social. Foram selecionados 86 artigos publicados em periódicos (mais) indexados no MEDLINE, entre 1990 e 2001. Embora esses estudos tenham empregado diferentes estratégias para estratificar a população, ocupação, escolaridade e renda, foram as variáveis mais freqüentemente utilizadas. Diferenciais étnicos, características dos domicílios e das escolas e acesso a bens materiais também foram usadas com freqüência. Foi também observada grande participação de estudos brasileiros sobre diferenciais sócio-econômicos na distribuição de cáries e doença periodontal. O conhecimento das estratégias para a estratificação social pode aprimorar o entendimento dos fatores associados às doenças bucais, incentivando novos estudos e permitindo a comparação de seus resultados. Resumo em inglês Several epidemiological studies have analyzed the association between oral health and social development. However, the use of different variables assessing socioeconomic status impairs the comparative analysis of their findings. The present study describes how recent dental studies have classified population segments according to categories of social stratification. We selected 86 papers on social determinants of dental caries or periodontal conditions, and published in M (mais) EDLINE-indexed journals from 1990 to 2001. The studies used different strategies to stratify populations, but occupation, schooling, and income were the most frequently assessed variables. Ethnic differentials, characteristics of households and schools, and access to material resources were also frequently appraised. We also observed a large portion of Brazilian studies focusing on socioeconomic differentials in the distribution of caries and periodontal disease. Knowledge of strategies for social stratification can improve the understanding of factors associated with dental diseases, fostering further studies and allowing the comparison of their results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Vínculos empregatícios de Médicos de Família e Comunidade no Brasil, 2004/ Geographical distribution of employment contracts of Family and Community physicians in Brazil in 2004

Bolze, Maurício de Garcia; Fisher, Paul Douglas; Misoczky, Maria Ceci Araujo; Bordin, Ronaldo
2010-09-01

Resumo em português O Programa Saúde da Família (PSF) constitui, desde a sua implantação em 1994, a principal estratégia para a reestruturação da Atenção Básica em Saúde no Brasil, sendo a atuação do Médico de Família e Comunidade (MFC) fundamental para o sucesso do programa. Este estudo descreve a distribuição geográfica dos vínculos de trabalho em MFC no Brasil, presentes no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, e sua relação com o Índice de Desenvolvimento (mais) Humano (IDH), coeficiente de mortalidade infantil, anos de estudo, PIB e rendimento mensal em 2004. Trata-se de estudo ecológico, com apresentação geográfica dos indicadores em relação às microrregiões brasileiras. Os coeficientes de correlação entre os vínculos de trabalho e o coeficiente de mortalidade infantil, o IDH e o PIB foram 0,17, 0,18 e 0,74, respectivamente. Presentes na quase totalidade das microrregiões, em menos de 12% delas havia três ou mais vínculos descritos, conforme preconiza o PSF. Após dez anos de implantação da Estratégia de Saúde na Família no Brasil, a distribuição dos vínculos em MFC ainda era irregular e, na maioria das microrregiões, insuficiente. Resumo em inglês Since it was introduced in Brazil in 1994, the Family Health Program (FHP) has been the main strategy for restructuring primary health care in the country. In this context, the work of family physicians in the community has been essential for the program's success. This study describes the geographical distribution of family physicians in Brazil, based on employment contracts listed in the National Registry of Health Institutions, and the relationship to the infant mortal (mais) ity rate, human development index, mean schooling, GDP, and monthly income in 2004. This was an ecological study presenting the variables geographically, by micro-region. The correlation coefficients between number of family physicians and infant mortality rate, human development index, and GDP were, respectively: 0.17, 0.18, and 0.74. Although nearly all the micro-regions had family physicians, fewer than 12% had three or more family physicians (as recommended by FHP guidelines). A decade into the Family Health Plan in Brazil, the distribution of family physicians was still uneven and insufficient in most micro-regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Um modelo macrodinâmico pós-keynesiano de simulação

Oreiro, José Luís; Ono, Fábio Hideki
2007-01-01

Resumo em inglês A post-keynesian macro-dynamic model of simulation. The objective of this article is to present the structure and the simulation results of a one-sector macro-dynamic model that embeds some elements of the post-keynesian theory. The computational simulation of the model replicates some important features of capitalist dynamics as the phenomenon of cyclical growth, the long-run stability of the profit rate and functional distribution of income, the maintenance of idle-capa (mais) city in the long-run and the occurrence of a single episode of deep fall in real economic activity, which is in accordance with the rarity character of great crashes in the history of capitalism. Moreover, the simulation results show that a great reduction in inflation rate will be followed by an increase of financial fragility, increasing the like-hood of a great depression. As a policy advice derived from the simulation results, we can state that the Central Bank should never promote big reductions in inflation rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Transferências de renda federais: focalização e impactos sobre pobreza e desigualdade/ Federal income transfers: targeting and impacts on poverty and inequality

Rocha, Sonia
2008-01-01

Resumo em português Este artigo tem como objetivo explorar evidências empíricas sobre a clientela beneficiária dos "novos" programas de transferência de renda do governo federal a partir da utilização dos microdados do questionário principal e do suplemento específico da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD. Além do descasamento entre os registros oficiais e as informações da pesquisa domiciliar, estas últimas revelam uma forte superposição de programas em setemb (mais) ro de 2004. Dados os critérios de elegibilidade do Bolsa-família, analisou-se também sua focalização e cobertura, o que permitiu dimensionar a clientela elegível e não beneficiária da ordem de 5 milhões de domicílios. A imputação simulada de transferência monetária a toda clientela elegível, mas não beneficiária, permitiu mensurar o impacto esperado sobre indicadores de pobreza e de desigualdade de renda. Resumo em inglês This article explores empirical evidences on the implementation of the "new" federal income-transfer programs, using micro-data from the National Annual Household Sample Survey. Besides the incompatibility between official registers and household information, these ones reveal a strong overlapping of federal programs in September 2004. Given the eligibility criteria of the Bolsa-família Program, its characteristics in terms of coverage and targeting were analyzed, which (mais) allowed for estimating the size of the eligible but not benefited clientele - around 5 million households. Imputing the monetary transfer to the entire eligible but not beneficiary households generated a new income distribution, which served as basis for measuring the expected impact on income-based poverty and inequality indicators.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

The redistributive impact of the guaranteed minimum income programme in Portugal

Rodrigues, Carlos Farinha

In this paper we evaluate the impact of the Portuguese Guaranteed Minimum Income Programme (GMI) on the income distribution in Portugal, and discuss its effectiveness and efficiency in fighting poverty and social exclusion in the country. We measure its impact on the distribution of household income...

DRIVER (Portuguese)

78

The impact of a "Minimum Guaranteed Income Program" in Portugal

Gouveia, Miguel; Rodrigues, Carlos Farinha

The objective of this paper is to estimate the impact of the Portuguese Minimum Guaranteed Income Program (RMIG). We estimate its impact on the distribution of household incomes and poverty as well as the size of government expenditures necessary to finance the program. The baseline adopted is const...

DRIVER (Portuguese)

79

Tendências da desigualdade educacional no Brasil/ Trends in educational inequality in Brazil/ Tendances des inégalités en éducation au Brésil

Silva, Nelson do Valle; Hasenbalg, Carlos
2000-01-01

Resumo em inglês Even today, Brazil’s educational indicators are only slightly better than those of the poorest countries in Latin America. Nevertheless, the slow but continuous expansion in schooling in the last two decades has increased the Brazilian population’s educational level and decreased inequality according to region, color, gender, and income bracket. By breaking down the explanatory factors for educational improvement, this study suggests, as a conservative estimate, (mais) that approximately 60% of this improvement is due to changes in living conditions and the geographic distribution of families resulting from urbanization and the demographic transition, with the remaining 40% due to actual improvements in the educational system’s performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Salários, produtividade e lucros na indústria brasileira, 1945-1978

Colistete, Renato Perim
2009-12-01

Resumo em inglês Wages, productivity and profits in the Brazilian manufacturing industry, 1945-1978. This article investigates the distribution between profits and wages in Brazil's manufacturing industry from 1945 to 1978. First, the article provides yearly series of average real wages and labour productivity, from which labour unit costs and the distribution between profits and wages in the manufacturing industry are estimated. Second, the article addresses the behaviour of wages, labou (mais) r productivity and industrial income distribution in the context of variable economic, political and institutional conditions which prevailed in post-war Brazil. The results of the quantitative analysis allow us to assess both the trends and the yearly behaviour of the manufacturing income distribution during a key period of the Brazilian economic history.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Prevalência de doenças crônicas auto-referidas e utilização de serviços de saúde, PNAD/1998, Brasil/ Prevalence of self reported chronic diseases and health services consumption from the National Household Sample Survey of 1998 in Brazil

Almeida, Márcia Furquim de; Barata, Rita Barradas; Montero, Cláudia Valencia; Silva, Zilda Pereira da
2002-01-01

Resumo em português Com o envelhecimento da população brasileira torna-se cada vez mais importante conhecer a prevalência das doenças crônicas. Essas doenças constituem-se em forte demanda aos serviços de saúde. Foram utilizados os dados da amostra da PNAD/98. Analisou-se o conjunto de doenças crônicas auto-referidas, empregou-se a razão de prevalência e razão de odds ratios com intervalo de confiança de 95% para verificar a presença de associações. Comprovou-se o aumento da (mais) prevalência das doenças crônicas com o aumento da idade; padronizando-se a idade identificou-se um gradiente de redução da prevalência com aumento da escolaridade e da renda. Observou-se maior prevalência entre mulheres e entre os que não possuíam plano de saúde. A presença de doença crônica estava associada à má avaliação do estado de saúde e de restrição de atividade. A utilização dos serviços de saúde foi de 1,8 vezes entre os portadores de doenças crônicas; com um consumo significativamente maior do número médio de consultas. Não se verificou diferença significante do número médio de consultas médicas por estrato de renda. Entre os portadores de doença crônica não houve diferença significativa do número médio de consultas entre usuários do SUS e de planos privados de saúde. Resumo em inglês The prevalence and the distribution of chronic diseases became of overwhelming importance with the ageing process of Brazilian population. These diseases are responsible by an increased demand of health services. It was analyzed the data from the sample of the Health Supplement of PNAD/98 (National Household Sample Survey). It was used the data from all self reported chronic diseases by sociodemographic variables and health services consumption. It was employed prevalence (mais) ratios and odds ratios, with 95% confidence interval to evaluate the presence of possible associations. As expected it was observed an increase of chronic diseases prevalence with age; and a decrease with educational and income level. It was found higher rates of chronic diseases in women and in the group without access to private health insurance. Consumption of health services was 1.8 fold for the chronic diseases group. It was not found an association between the mean number of medical visits and income level, although it was observed a clear differential in hospitalization rates, with higher rates of hospitalization in the higher income brackets. It was not also found differences of the mean number of medical visits between the owners of private health insurance and the users of the Brazilian National Health System (SUS).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Prevalência de doenças crônicas auto-referidas e utilização de serviços de saúde, PNAD/1998, Brasil/ Prevalence of self reported chronic diseases and health services consumption from the National Household Sample Survey of 1998 in Brazil

Almeida, Márcia Furquim de; Barata, Rita Barradas; Montero, Cláudia Valencia; Silva, Zilda Pereira da
2002-01-01

Resumo em português Com o envelhecimento da população brasileira torna-se cada vez mais importante conhecer a prevalência das doenças crônicas. Essas doenças constituem-se em forte demanda aos serviços de saúde. Foram utilizados os dados da amostra da PNAD/98. Analisou-se o conjunto de doenças crônicas auto-referidas, empregou-se a razão de prevalência e razão de odds ratios com intervalo de confiança de 95% para verificar a presença de associações. Comprovou-se o aumento da (mais) prevalência das doenças crônicas com o aumento da idade; padronizando-se a idade identificou-se um gradiente de redução da prevalência com aumento da escolaridade e da renda. Observou-se maior prevalência entre mulheres e entre os que não possuíam plano de saúde. A presença de doença crônica estava associada à má avaliação do estado de saúde e de restrição de atividade. A utilização dos serviços de saúde foi de 1,8 vezes entre os portadores de doenças crônicas; com um consumo significativamente maior do número médio de consultas. Não se verificou diferença significante do número médio de consultas médicas por estrato de renda. Entre os portadores de doença crônica não houve diferença significativa do número médio de consultas entre usuários do SUS e de planos privados de saúde. Resumo em inglês The prevalence and the distribution of chronic diseases became of overwhelming importance with the ageing process of Brazilian population. These diseases are responsible by an increased demand of health services. It was analyzed the data from the sample of the Health Supplement of PNAD/98 (National Household Sample Survey). It was used the data from all self reported chronic diseases by sociodemographic variables and health services consumption. It was employed prevalence (mais) ratios and odds ratios, with 95% confidence interval to evaluate the presence of possible associations. As expected it was observed an increase of chronic diseases prevalence with age; and a decrease with educational and income level. It was found higher rates of chronic diseases in women and in the group without access to private health insurance. Consumption of health services was 1.8 fold for the chronic diseases group. It was not found an association between the mean number of medical visits and income level, although it was observed a clear differential in hospitalization rates, with higher rates of hospitalization in the higher income brackets. It was not also found differences of the mean number of medical visits between the owners of private health insurance and the users of the Brazilian National Health System (SUS).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Política de estabilização de renda para a agricultura familiar: uma análise de risco

Oliveira, Maria Aparecida Silva; Teixeira, Erly Cardoso
2005-03-01

Resumo em português Os produtores familiares foram prejudicados pelas políticas de substituição de importações e de modernização da agricultura, sofrendo com elevadas transferências de renda para fora do setor. Uma forma de ressarci-los seria implementando uma política de estabilização de renda que asseguraria rentabilidade estável aos produtores. O objetivo deste artigo é determinar os benefícios de uma política de estabilização de renda implementada na agricultura familiar (mais) para agricultores e consumidores de arroz, feijão, milho e mandioca, e os custos para agricultores comerciais nesses mercados. Utilizou-se o modelo de Newbery e Stiglitz, que considera a redução do risco com a política de estabilização de renda. A política implicaria aumento de receita para produtores familiares. Os benefícios de transferência superariam os de eficiência para produtores familiares e consumidores. Os benefícios para a agricultura familiar superariam os custos da agricultura comercial com a política nos mercados de feijão, mandioca e milho, e os benefícios totais superariam os custos totais nos mercados de feijão e milho, ao contrário ocorreria nos mercados de arroz e mandioca, embora neste fosse pequena a diferença. Conclui-se que a implementação da política seria viável nos mercados onde a participação da agricultura familiar fosse maior que a da comercial e naqueles importadores. Resumo em inglês Income transfers from family farm to nonagricultural sectors occurred due to imports to substitution policy. A way of compensating this segment could be set by an income stabilization policy that would improve the income distribution in the agricultural sector. Also it could assure a stable profitability to farmers. The objective of this paper is to determine the benefits of an income stabilization policy implemented to the family farms producing rice, beans, corn and cas (mais) sava. The research also aims to determine the costs of this policy for commercial farmers. The methodology applies the Newbery and Stiglitz model, that consider the risk reduction with the income stabilization policy. This policy would increase the family farmers' income. The transfer benefits would exceed the efficiency benefits for family farmers and consumers. The benefits for the family farm would be larger than the costs for the commercial farm in the beans, cassava and corn markets. The benefits with this policy would overcome the costs in the beans and corn markets, but not in the rice and cassava markets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Pobreza e o sistema de seguridade social rural no Brasil

Marinho, Emerson; Araujo, Jair
2010-06-01

Resumo em português A partir de dados em painel para as regiões rurais dos estados brasileiros no período 1995-2005, analisa-se o impacto das aposentadorias da seguridade social na pobreza. Essa análise é realizada controlandose por outros determinantes da pobreza como o produto agropecuário per capita, a concentração de renda rural medida pelo coeficiente de GINI, os anos médios de estudo e o número de pessoas desocupadas com mais de dez anos de idade. Neste sentido, especifica-se (mais) um modelo econométrico dinâmico que é estimado pelo Método dos Momentos Generalizado-sistema (MMG-sistema) desenvolvido por Arellano e Bover (1995) e Blundell e Bond (1998). Os resultados do modelo permitem concluir que os benefícios da aposentadoria per capita não impactaram a pobreza rural no Brasil. Os fatores que contribuíram para a diminuição da pobreza rural foram os anos médios de estudo e o produto agropecuário per capita com a predominância do primeiro. Por sua vez, o número de pessoas desocupadas influenciou de maneira positiva a pobreza enquanto a concentração de renda rural não a afetou em nenhuma direção. Resumo em inglês This work aims at measuring the impact of the monetary benefits from social security retirement on poverty using panel data for the rural regions of the Brazilian states in the 1995-2005 period. The analysis is performed by controlling for other poverty determinants, such as the per capita agricultural product, income distribution, measured by the GINI index, the average of school years and the number of unemployed people over 10 years of age. The method of analysis relie (mais) s on a dynamic econometric model which is estimated by the Generalized Method of Moments system, developed by Arellano e Bond (1991) and Blundell e Bond (1998). The results suggest that the retirement benefits have no direct impact on rural poverty in Brazil, whereas the average of school years and the per capita agricultural product are relevant factors for reducing rural poverty. On the other hand, the number of unemployed people has a positive effect on the increase of poverty, while the effect of income concentration is statistically insignificant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

O conflito distributivo e a teoria da inflação inercial/ Conflicting claims over the distribution of income and the theory of inertial inflation

Serrano, Franklin
2010-08-01

Resumo em português Neste trabalho, discutiremos alguns aspectos da evolução da teoria da inflação inercial no Brasil e analisaremos brevemente algumas de suas principais deficiências a partir de uma perspectiva sraffiana, que vê a inflação de custos como baseada no conflito distributivo. Resumo em inglês This paper briefly discusses a few aspects of the evolution of the theory of inertial inflation in the Brazilian literature. Some of its main shortcomings are analyzed from a Sraffian perspective, that sees cost push inflation as being based on conflicting claims over the distribution of income.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Influência do déficit de estatura nos desvios nutricionais em adolescentes e pré-adolescentes/ Influence of stunting on nutrition disorders in adolescents and pre-adolescents

Santos, Carla Danusa da Luz; Clemente, Ana Paula Grotti; Martins, Paula Andrea; Sawaya, Ana Lydia
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a influência do déficit estatural nos desvios nutricionais em pré-adolescentes e adolescentes de baixa renda. MÉTODOS: Calculou-se o Índice de Massa Corporal a partir do peso e da estatura de alunos da rede pública entre 4 e 8ª séries. Foram utilizadas as tabelas do National Center for Health Statistics de 2000 para crianças e adolescentes e foi considerado excesso de peso Índice de Massa Corporal/Idade>P85 e déficit de peso Índice de Massa C (mais) orporal/Idade Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the influence of stunting on nutrition disorders in low-income preadolescents and adolescents. METHODS: Body mass index was calculated from the weight and height of 4 to 8th grade students from public schools. The tables from the National Center for Health Statistics of 2000 for children and adolescents were used as reference guides. Individuals were considered overweight when Body Mass Index-for-age >P85 and underwei (mais) ght when Body Mass Index-for-age

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Income distribution and poverty in Portugal [1994/95]: a comparison between the European Community household panel and the household budget survey

Rodrigues, Carlos Farinha

The aim of this study is to give a broad picture of the income distribution and the level of inequality and poverty in Portugal as revealed by the two most recent family surveys produced by the Portuguese Statistical Office: the European Community Household Panel and the Household Budget Survey. The...

DRIVER (Portuguese)

88

Income distribution and poverty in Portugal [1994/95] : A Comparison between the European Community Household Panel and the Household Budget Survey

Rodrigues, Carlos Farinha

The aim of this study is to give a broad picture of the income distribution and the level of inequality and poverty in Portugal as revealed by the two most recent family surveys produced by the Portuguese Statistical Office: the European Community Household Panel and the Household Budget Survey. The...

DRIVER (Portuguese)

89

Estrutura sócio-ocupacional no Brasil/ Socio-occupational structure in Brazil

Quadros, Waldir José de; Maia, Alexandre Gori
2010-12-01

Resumo em português Este trabalho analisa a distribuição de grupos sócio-ocupacionais do mercado de trabalho brasileiro. Para cumprir com o objetivo proposto, apresenta alguns dos principais elementos do processo de formação das estruturas sociais modernas e analisa a composição dos grupos sócio-ocupacionais identificados em relação a uma série de características socioeconômicas. O pressuposto dessas análises é que a combinação entre a inserção ocupacional e o rendimento d (mais) os indivíduos cumpre um papel fundamental na definição dos complexos padrões sociais brasileiros. De maneira geral, a estrutura sócio-ocupacional proposta permite destacar o elevado grau de desigualdade e o baixo padrão sócio-ocupacional brasileiro, além de discriminar consistentemente importantes grupos socioeconômicos da população. Resumo em inglês This paper analyzes the distribution of socio-occupational groups in the Brazilian labor market. In order to reach such purpose, this paper introduces some key elements of the process of formation of the modern social structure and analyzes the composition of such socio-occupational groups in relation to a series of socioeconomic characteristics. The hypothesis of these analyses is that the combination of occupational position and individual income plays an important role (mais) defining the complexity of the Brazilian social patterns. Overall, the proposed class structure allows to stress the high level inequality and the low socio-occupational patterns in Brazil, as well to discriminate consistently important socioeconomic groups in the population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Elasticidades dos rendimentos do trabalho em relação ao salário mínimo: a experiência de um período recente de crescimento do salário mínimo/ Elasticities of labor income in relation to minimum wage in Brazil: the experience in a period of high increase of minimum wage

Saboia, João
2010-08-01

Resumo em português Na última década, o salário mínimo (SM) passou por um período de forte crescimento, ao mesmo tempo em que a remuneração média do trabalho sofreu queda. Esse resultado, aparentemente incoerente, motivou este artigo sobre a evolução dos rendimentos do trabalho no período 1995/2006 e o cálculo das elasticidades de tais rendimentos em relação ao SM. Foi verificado que o SM manteve sua representatividade como referência mínima legal no período, sem que houvess (mais) e queda da parcela de pessoas ocupadas recebendo 1 SM. Apesar disso, houve aumento do percentual de trabalhadores abaixo do SM, usualmente pertencentes ao setor informal da economia. Ao desagregar os trabalhadores segundo sua posição na ocupação, notou-se que as elasticidades são sistematicamente mais elevadas para os valores de rendimentos no entorno do valor do SM, tanto acima quanto abaixo. Portanto, o aumento do SM foi transferido, mesmo que parcialmente, para faixa importante da população ocupada de baixos rendimentos. Entretanto, na medida em que nos afastamos do valor do SM, as elasticidades se reduzem, muitas vezes tornando-se negativas nas duas extremidades dos rendimentos. Os resultados do artigo corroboram, para o período recente de forte crescimento do SM, resultados encontrados por outros autores em períodos anteriores, reforçando a importância do papel do SM para a melhoria da distribuição dos rendimentos do trabalho. Resumo em inglês In the last decade minimum wage showed a high growth while average labor income suffered a fall. This apparently incoherent result motivated this article on the evolution of labor income in 1995/2006 and the estimation of the elasticities of labor income in relation to minimum wage. It was verified that minimum wage kept its representation as legal minimum reference in the period. There was no fall in the percentage of workers receiving exactly one minimum wage. However i (mais) t was verified an increase in the percentage of workers from the informal sector below its level. When disaggregating workers according to its occupation position, it was noticed that the elasticities are systematically higher for income levels around the value of the minimum wage. Therefore, the increase of minimum wage had a strong influence for many workers of low income. However, when moving away (up and down) from the value of minimum wage, the elasticities decrease, being usual to become negative when considered the two extremities of the labor income distribution. The findings of this article for the recent period of high growth of minimum wage corroborate results found by other authors in previous periods, strengthening the importance of the role of minimum wage for the improvement of the labor income distribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Efeito das taxas de descarte sobre medidas econômicas de vacas leiteiras em Kentucky/ Effect of culling reasons on lifetime profitability measures of dairy cows in Kentucky

Ribeiro, Anamaria Cândido; McAllister, Alan Jack; Queiroz, Sandra Aidar de
2003-12-01

Resumo em português Foram utilizadas 19.565 lactações vitalícias de vacas da raça Holandesa para avaliar o impacto dos motivos de descarte sobre a rentabilidade vitalícia de vacas leiteiras, mais especificamente sobre a receita líquida vitalícia (RLV), eficiência vitalícia (EF), receita do leite menos o custo de alimentação (RLMA) e receita líquida por dia de vida produtiva (RLD). A taxa geral de descarte foi igual a 31,39%, valor que pode ser considerado alto e estaria diretamen (mais) te relacionado com a vida produtiva curta encontrada para estes rebanhos, 25,57 meses. A principal causa de descarte foi problema reprodutivo (21,57%), seguido por injúrias e outras causas (21,17%) e baixa produção (17,20%). Os descartes involuntários foram a grande maioria, representando 75% do total. As diferentes medidas econômicas estudadas sofreram impacto significativo do motivo de descarte, em que as vacas removidas por venda para fins leiteiros foram as mais rentáveis ao produtor. Resumo em inglês The aims of this research were to evaluate the effect of culling reasons on lifetime economic measures of dairy cows especially, Lifetime Net Income (LNI), Lifetime efficiency (LE), Income Over Feed Costs (IOFC) and Lifetime income per day of productive life (LIPL) using 19,565 lifetime records from Holstein cows. Culling rate was calculated dividing the number of culled animals, yearly, by the number of all animals present in each year. Data on reasons for disposal were (mais) used to calculate the culling rate distribution, dividing the number of animals in each class of culling reason by the total number of animals. The estimated culling rate was 31.39%. This value was high and could be a result from the short productive life of cows, 25.57 months. The main reasons for disposal were reproductive problems (21.57%), injuries and other causes (21.17%), and low production (17.20%). Involuntary culling was responsible for the majority of culling, representing 75% of total. All traits were significantly affected by culling reason. Cows culled for dairy purposes were more profitable to producers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Distribution of aggregate income in Portugal from 1995 to 2000 within a SAM (Social Accounting Matrix) framework. Modelling the household sector

Santos, Susana

Aggregated Social Accounting Matrices (SAMs) will be constructed for the Portuguese economy from 1995 to 2000, based on the country's national accounts statistics. The economic flows associated with households, enterprises, government and other institutions will be analysed, as well as their evoluti...

DRIVER (Portuguese)

93

Desigualdade social, crescimento urbano e hanseníase em Manaus: abordagem espacial/ Social inequality, urban growth and leprosy in Manaus: a spatial approach/ Desigualdad social, crecimiento urbano y hanseníasis en Manaus (Norte de Brasil): abordaje espacial

Imbiriba, Elsia Nascimento Belo; Silva Neto, Antônio Levino da; Souza, Wayner Vieira de; Pedrosa, Valderiza; Cunha, Maria da Graça; Garnelo, Luiza
2009-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a epidemiologia de hanseníase segundo a distribuição espacial e condições de vida da população. MÉTODOS: Estudo ecológico baseado na espacialização da hanseníase em Manaus (AM), entre 1998 e 2004. Os 4.104 casos obtidos do Sistema de Informações de Agravos de Notificação foram georreferenciados de acordo com a localização dos endereços em 1.536 setores censitários urbanos, por meio de quatro técnicas: correios (73,7% dos endereços (mais) encontrados); Programa de Cadastro de Logradouros (7,3%); Programa Saúde da Família (2,1%) e folhas de coleta do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (1,5%). Para cálculo do coeficiente de detecção utilizou a população de 2001. Na análise espacial foi aplicado o método bayesiano empírico local para produzir uma estimativa do risco da hanseníase, suavizando o efeito da flutuação das taxas, quando calculadas para pequenas áreas. Para análise da associação entre espacialização e fatores de risco empregou-se a regressão logística, tendo como variáveis explicativas a ocorrência de casos em menores de 15 anos (indicador de gravidade) e o Índice de Carência Social construído a partir das variáveis do Censo 2000. RESULTADOS: O coeficiente de detecção apresentou-se hiperendêmico em 34,0% dos setores e muito alto em 26,7%. A medida de associação (odds ratio) referente às variáveis explicativas foi significativa. A combinação de baixa condição de vida e ocorrência em menores de 15 anos foi adotada para identificar as áreas prioritárias para intervenção. CONCLUSÕES: A análise espacial da hanseníase mostrou que a distribuição da doença é heterogênea, atingindo mais intensamente as regiões habitadas por grupos em situação de maior vulnerabilidade. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar la epidemiología de hanseníasis según la distribución espacial y condiciones de vida de la población. MÉTODOS: Estudio ecológico basado en la especialización de la hanseníasis en Manaus (Norte de Brasil), entre 1998 y 2004. Los 4.104 casos obtenidos del Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sistema de Informaciones de Agravios de Notificación) fueron georeferenciados de acuerdo con la localización de las direcciones en 1.536 s (mais) ectores de censo urbano, por medio de cuatro técnicas: correos (73,7% de las direcciones encontradas); Programa de Registro de Espacios Públicos (7,3%); Programa deSalud de la Familia (2,1%) y hojas de colecta del Instituto Brasilero de Geografía y Estadística (1,5%). Para el cálculo del coeficiente de detección utilizó la población de 2001. En el análisis espacial fue aplicado el método bayesiano empírico local para producir una estimativa del riesgo de la hanseníasis, suavizando el efecto de la fluctuación de las tasas, cuando se calcularon para pequeñas áreas. Para análisis de la asociación entre especialización y factores de riesgo se empleó la regresión logística, teniendo como variables explicativas la ocurrencia de casos en menores de 15 años (indicador de gravedad) y el Índice de Carencia Social construido a partir de las variables del Censo 2000. RESULTADOS: El coeficiente de detección se mostró hiperendémico en 34,0% de los sectores y muy alto en 26,7%. La medida de la asociación (odds ratio) referente a las variables explicativas fue significativa. La combinación de baja condición de vida y ocurrencia en menores de 15 años fue adoptada para identificar las áreas prioritarias para intervención. CONCLUSIONES: El análisis espacial de la hanseníasis mostró que la distribución de la enfermedad es heterogénea, afectando más intensamente las regiones habitadas por grupos en situación de mayor vulnerabilidad. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the epidemiology of leprosy according to spatial distribution and living conditions of the population. METHODS: Ecological study based on the spatial distribution of leprosy in the municipality of Manaus, Northern Brazil, from 1998 to 2004. The 4,104 cases identified in the Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan -National Notification System) were georeferenced according to the addresses in the 1,536 urban census tracts through f (mais) our different sources: postal service (73.7% of addresses found), Property Registration Program (7.3%), Family Health Program (2.1%), and Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Brazilian Institute of Geography and Statistics) data sheet (1.5%). Calculation of detection coefficient was performed based on the 2001 population. Local empirical Bayesian method was used for the spatial distribution analysis, in order to estimate leprosy risk, making rate variation shorter when they were calculated for small areas. Logistic regression was employed to analyze the association between geographical distribution and risk factors. The incidence of cases in children under 15 (severity indicator) and Social Need Index built from variables of the 2000 census were adopted as explicative variables. RESULTS: The mean coefficient of detection was hyperendemic in 34.0% of the census tracts, and very high in 26.7%. Odds ratio was obtained for explicative variables and proved to be significant. Low-income and incidence in children under 15 were combined to identify priority areas for intervention. CONCLUSIONS: Spatial analysis of leprosy showed that the distribution of the disease is heterogeneous and is more strongly present in regions inhabited by more vulnerable groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Desigualdade social, crescimento urbano e hanseníase em Manaus: abordagem espacial/ Social inequality, urban growth and leprosy in Manaus: a spatial approach/ Desigualdad social, crecimiento urbano y hanseníasis en Manaus (Norte de Brasil): abordaje espacial

Imbiriba, Elsia Nascimento Belo; Silva Neto, Antônio Levino da; Souza, Wayner Vieira de; Pedrosa, Valderiza; Cunha, Maria da Graça; Garnelo, Luiza
2009-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a epidemiologia de hanseníase segundo a distribuição espacial e condições de vida da população. MÉTODOS: Estudo ecológico baseado na espacialização da hanseníase em Manaus (AM), entre 1998 e 2004. Os 4.104 casos obtidos do Sistema de Informações de Agravos de Notificação foram georreferenciados de acordo com a localização dos endereços em 1.536 setores censitários urbanos, por meio de quatro técnicas: correios (73,7% dos endereços (mais) encontrados); Programa de Cadastro de Logradouros (7,3%); Programa Saúde da Família (2,1%) e folhas de coleta do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (1,5%). Para cálculo do coeficiente de detecção utilizou a população de 2001. Na análise espacial foi aplicado o método bayesiano empírico local para produzir uma estimativa do risco da hanseníase, suavizando o efeito da flutuação das taxas, quando calculadas para pequenas áreas. Para análise da associação entre espacialização e fatores de risco empregou-se a regressão logística, tendo como variáveis explicativas a ocorrência de casos em menores de 15 anos (indicador de gravidade) e o Índice de Carência Social construído a partir das variáveis do Censo 2000. RESULTADOS: O coeficiente de detecção apresentou-se hiperendêmico em 34,0% dos setores e muito alto em 26,7%. A medida de associação (odds ratio) referente às variáveis explicativas foi significativa. A combinação de baixa condição de vida e ocorrência em menores de 15 anos foi adotada para identificar as áreas prioritárias para intervenção. CONCLUSÕES: A análise espacial da hanseníase mostrou que a distribuição da doença é heterogênea, atingindo mais intensamente as regiões habitadas por grupos em situação de maior vulnerabilidade. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar la epidemiología de hanseníasis según la distribución espacial y condiciones de vida de la población. MÉTODOS: Estudio ecológico basado en la especialización de la hanseníasis en Manaus (Norte de Brasil), entre 1998 y 2004. Los 4.104 casos obtenidos del Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sistema de Informaciones de Agravios de Notificación) fueron georeferenciados de acuerdo con la localización de las direcciones en 1.536 s (mais) ectores de censo urbano, por medio de cuatro técnicas: correos (73,7% de las direcciones encontradas); Programa de Registro de Espacios Públicos (7,3%); Programa deSalud de la Familia (2,1%) y hojas de colecta del Instituto Brasilero de Geografía y Estadística (1,5%). Para el cálculo del coeficiente de detección utilizó la población de 2001. En el análisis espacial fue aplicado el método bayesiano empírico local para producir una estimativa del riesgo de la hanseníasis, suavizando el efecto de la fluctuación de las tasas, cuando se calcularon para pequeñas áreas. Para análisis de la asociación entre especialización y factores de riesgo se empleó la regresión logística, teniendo como variables explicativas la ocurrencia de casos en menores de 15 años (indicador de gravedad) y el Índice de Carencia Social construido a partir de las variables del Censo 2000. RESULTADOS: El coeficiente de detección se mostró hiperendémico en 34,0% de los sectores y muy alto en 26,7%. La medida de la asociación (odds ratio) referente a las variables explicativas fue significativa. La combinación de baja condición de vida y ocurrencia en menores de 15 años fue adoptada para identificar las áreas prioritarias para intervención. CONCLUSIONES: El análisis espacial de la hanseníasis mostró que la distribución de la enfermedad es heterogénea, afectando más intensamente las regiones habitadas por grupos en situación de mayor vulnerabilidad. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the epidemiology of leprosy according to spatial distribution and living conditions of the population. METHODS: Ecological study based on the spatial distribution of leprosy in the municipality of Manaus, Northern Brazil, from 1998 to 2004. The 4,104 cases identified in the Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan -National Notification System) were georeferenced according to the addresses in the 1,536 urban census tracts through f (mais) our different sources: postal service (73.7% of addresses found), Property Registration Program (7.3%), Family Health Program (2.1%), and Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Brazilian Institute of Geography and Statistics) data sheet (1.5%). Calculation of detection coefficient was performed based on the 2001 population. Local empirical Bayesian method was used for the spatial distribution analysis, in order to estimate leprosy risk, making rate variation shorter when they were calculated for small areas. Logistic regression was employed to analyze the association between geographical distribution and risk factors. The incidence of cases in children under 15 (severity indicator) and Social Need Index built from variables of the 2000 census were adopted as explicative variables. RESULTS: The mean coefficient of detection was hyperendemic in 34.0% of the census tracts, and very high in 26.7%. Odds ratio was obtained for explicative variables and proved to be significant. Low-income and incidence in children under 15 were combined to identify priority areas for intervention. CONCLUSIONS: Spatial analysis of leprosy showed that the distribution of the disease is heterogeneous and is more strongly present in regions inhabited by more vulnerable groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Desigualdade e informação política: as eleições brasileiras de 2002/ Inequality and political information: the 2002 brazilian elections/ Inégalités et information politique: les élections brésiliennes en 2002

Rennó, Lucio R.
2007-01-01

Resumo em inglês This article tests whether there were race, gender, and income-related biases in political participation and distribution of political information during the 2002 Brazilian elections. The importance of political information is not assumed, but verified empirically. The first step was thus to confirm which types of information more clearly affected voter turnout and choices. Having clarified the role of political information in the 2002 elections, the article proceeds to i (mais) nvestigate whether there were biases in the distribution of information that affected political participation and choice. Data for this study were obtained from a single public opinion panel study conducted in two medium-sized Brazilian cities, and the findings indicate pervasive biases in the distribution of political information in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Desigualdade de renda e situação de saúde: o caso do Rio de Janeiro/ Income inequality and health: the case of Rio de Janeiro

Szwarcwald, Célia Landmann; Bastos, Francisco Inácio; Esteves, Maria Angela Pires; Andrade, Carla Lourenço Tavares de; Paez, Marina Silva; Medici, Erika Vianna; Derrico, Mônica
1999-01-01

Resumo em português Este estudo ecológico testa a associação entre desigualdade de renda e condições de saúde no Município do Rio de Janeiro. Utilizaram-se técnicas de geoprocessamento e de regressão múltipla, além do coeficiente de mortalidade infantil, da taxa de mortalidade padronizada por idade, da esperança de vida ao nascer e da taxa de homicídios. Os padrões de desigualdade de renda foram avaliados por meio do índice de Gini, do índice de Robin Hood e da razão da rend (mais) a média entre os 10% mais ricos e os 40% mais pobres. Os resultados evidenciam correlações significativas dos indicadores de desigualdade de renda com todos os indicadores de saúde, demonstrando que as piores condições de saúde não podem ser dissociadas das disparidades de renda. Para os homicídios, a concentração de indivíduos residentes em favelas se mostrou relevante, sugerindo uma piora adicional das condições de saúde através da deterioração das interações comunitárias e do aumento da criminalidade. A análise geoepidemiológica aponta para o vínculo entre as piores condições de saúde e a concentração residencial de pobreza. Conclui-se que há necessidade urgente de se implementarem políticas compensatórias para amenizar os efeitos danosos da desigualdade social. Resumo em inglês This ecological analysis addresses the association between income inequality and health status in the municipality of Rio de Janeiro. Data were analyzed using geo-processing and multiple regression techniques. The following health indicators were used: infant mortality rate; standardized mortality rate; life expectancy at birth; and homicide rate among 15-29-year-old males. Patterns of income inequality were assessed through income distribution indicators: Gini index, Rob (mais) in Hood index, and top 10%/bottom 40% average income ratio. The results indicate significant correlations between income distribution indicators and health indicators, providing additional empirical evidence of the association between health status and income inequality. For the homicide rate, the effect of the indicator "density of slum residents" was also relevant, suggesting that further deterioration in health standards may be due to social disruption of deprived communities and the resultant increase in criminal activity. The geo-epidemiological analysis presented here highlights the association between adverse health outcomes and residential concentration of poverty. Social policies focused on slum residents are needed to reduce the harmful effects of relative deprivation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Desigualdade de renda e situação de saúde: o caso do Rio de Janeiro/ Income inequality and health: the case of Rio de Janeiro

Szwarcwald, Célia Landmann; Bastos, Francisco Inácio; Esteves, Maria Angela Pires; Andrade, Carla Lourenço Tavares de; Paez, Marina Silva; Medici, Erika Vianna; Derrico, Mônica
1999-01-01

Resumo em português Este estudo ecológico testa a associação entre desigualdade de renda e condições de saúde no Município do Rio de Janeiro. Utilizaram-se técnicas de geoprocessamento e de regressão múltipla, além do coeficiente de mortalidade infantil, da taxa de mortalidade padronizada por idade, da esperança de vida ao nascer e da taxa de homicídios. Os padrões de desigualdade de renda foram avaliados por meio do índice de Gini, do índice de Robin Hood e da razão da rend (mais) a média entre os 10% mais ricos e os 40% mais pobres. Os resultados evidenciam correlações significativas dos indicadores de desigualdade de renda com todos os indicadores de saúde, demonstrando que as piores condições de saúde não podem ser dissociadas das disparidades de renda. Para os homicídios, a concentração de indivíduos residentes em favelas se mostrou relevante, sugerindo uma piora adicional das condições de saúde através da deterioração das interações comunitárias e do aumento da criminalidade. A análise geoepidemiológica aponta para o vínculo entre as piores condições de saúde e a concentração residencial de pobreza. Conclui-se que há necessidade urgente de se implementarem políticas compensatórias para amenizar os efeitos danosos da desigualdade social. Resumo em inglês This ecological analysis addresses the association between income inequality and health status in the municipality of Rio de Janeiro. Data were analyzed using geo-processing and multiple regression techniques. The following health indicators were used: infant mortality rate; standardized mortality rate; life expectancy at birth; and homicide rate among 15-29-year-old males. Patterns of income inequality were assessed through income distribution indicators: Gini index, Rob (mais) in Hood index, and top 10%/bottom 40% average income ratio. The results indicate significant correlations between income distribution indicators and health indicators, providing additional empirical evidence of the association between health status and income inequality. For the homicide rate, the effect of the indicator "density of slum residents" was also relevant, suggesting that further deterioration in health standards may be due to social disruption of deprived communities and the resultant increase in criminal activity. The geo-epidemiological analysis presented here highlights the association between adverse health outcomes and residential concentration of poverty. Social policies focused on slum residents are needed to reduce the harmful effects of relative deprivation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Concentração e distribuição do rendimento por raça no Brasil/ Race, equality and income distribution in Brazil

Kilsztajn, Samuel; Carmo, Manuela Santos Nunes do; Sugahara, Gustavo Toshiaki Lopes; Lopes, Erika de Souza; Petrohilos, Sonia Santos
2005-08-01

Resumo em português O objetivo do trabalho é estudar a concentração racial do rendimento e analisar a distribuição do rendimento no interior das categorias de raça/cor no Brasil em 2001, a partir dos microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE. Apesar do MITo da democracia racial, o rendimento no Brasil está concentrado na categoria não negra da população, que inclusive aufere rendimento maior que os negros, mesmo quando controlado o nível de escolaridade do (mais) s trabalhadores. Embora o rendimento entre negros seja relativamente melhor distribuído que o rendimento para não-negros e para o Brasil como um todo, essa melhor distribuição é pouco significativa quando comparada a indicadores internacionais. Neste sentido, a má distribuição do rendimento no Brasil extrapola a questão racial e se manifesta também no interior das categorias de raça/cor. Resumo em inglês This article analyzes race/ethnic income inequality and income distribution within blacks and within non-blacks in Brazil, 2001. Despite the Brazilian racial democracy myth, income is concentrated by non-black people that moreover earn higher wages than blacks with the same level of education. Although income within blacks is somewhat better distributed than for non-blacks and for Brazilians altogether, this better distribution is not quite significant when compared to in (mais) ternational indicators. Therefore, income inequality in Brazil surpasses ethnic origin and emerges for blacks and non-blacks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Caracterização das puérperas assistidas pela fonoaudiologia de uma maternidade escola/ Characterization of parturients assisted by the speech therapy care service of a school maternity

Santana, Maria da Conceição Carneiro Pessoa de; Goulart, Bárbara Niegia Garcia de; Chiari, Brasília Maria
2010-09-01

Resumo em português TEMA: puérperas atendidas por serviço de Fonoaudiologia. OBJETIVOS: caracterizar a população de puérperas assistidas pelo Serviço de Fonoaudiologia, participantes da segunda etapa do Método Mãe-Canguru, em uma Maternidade Escola referência em alto risco, no ano de 2006. MÉTODOS: estudo descritivo analítico retrospectivo desenvolvido através da análise de 204 prontuários. Foram utilizadas técnicas de estatística descritiva, testes de Mann-Withney para compa (mais) ração das variáveis sem distribuição normal, considerando significativos valores de p Resumo em inglês BACKGROUND: parturients assisted by a speech therapy care service. AIM: to characterize the parturient population assisted by the Speech Therapy Care Service, who were participating of the second phase of the Kangaroo Mother Method, in a school maternity, reference for high risk cases, in 2006. METHOD: retrospective analytical descriptive study by means of the analysis of 204 medical registers. Descriptive statistical techniques were used as well as the Mann-Whitney test (mais) for the comparison of variables without normal distribution. The adopted significance level was of 5%. RESULTS: the mean age of the mothers was of 24.61 years (SD = 7.36), being 125 (61.27%) from the countryside and 201 (50%) single. Most of the assisted population had been to school for 4 to 5 years (35.29%), most were housewives (76.47%) and had no previous experience concerning breastfeeding (53.43%). The prevalent birth method was Caesarean section (n=98; 48.03%) and 89 (43.62%) reported 1 to 3 sessions of pre-natal care counseling. CONCLUSION: the population assisted by the Speech Therapy Care Service was characterized mainly as single precipitous from the countryside, who had low income and no remunerated job, however they presented high schooling in terms of study years. Also a low number of pre-natal counseling sessions was observed, as well as caesarean section, low pregnancy age and extended hospital stay time.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Avaliação do impacto da variação da renda no consumo domiciliar de água/ Evaluation of the income variation impact on household water consumption

Dias, David Montero; Martinez, Carlos Barreira; Libânio, Marcelo
2010-06-01

Resumo em português Este trabalho objetivou avaliar o impacto que a alteração da renda das famílias exerce sobre o consumo de água tratada fornecida pela concessionária (no caso, a Companhia de Saneamento de Minas Gerias - Copasa) no município de Belo Horizonte, ao longo de um histórico de 35 meses, abrangendo o período de agosto de 2003 a junho de 2006. Para tal, utilizaram-se dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), englo (mais) bando 3.100 domicílios e 10.200 moradores, e os consumos residenciais micromedidos dos 6 distritos operacionais da Copasa. Os dados foram observados em seus períodos de forma que houvesse a compatibilização cronológica entre os mesmos. Os resultados mostraram relação intrínseca entre o consumo per capita e a renda mensal, balizados pelos gráficos de dispersão e pelos significativos coeficientes de determinação obtidos (superiores a 0,8), além do prognóstico de saturação do consumo demonstrado para classes sociais economicamente mais favorecidas. Resumo em inglês This work aimed to investigate the role of income variation on household water consumption supplied by the dealership (in this case, the water supply and sanitation services of Minas Gerais, Brazil - Copasa) in the urban area of Belo Horizonte, based on data spanning a period of 35 months (from August 2003 to June 2006). For this, data of the Monthly Employment Survey (PME, acronym in Portuguese) of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE, acronym in Por (mais) tuguese) were used, comprising 3,100 households with their 10,200 dwellers, and the household water consumption of the 6 operatinal districts of the Copasa. The household water consumption data were defined in order to allow the water consumption observation period to coincide with the social economic data. The results pointed out clearly that the household water consumption is strongly linked with the economical condition of the served population. This aspect was evident by means of the observation of spatial distribution and water consumption scattered related to the social economic characteristics and was supported by the highest coefficients of determination (R² > 0.8) obtained and the predictable water consumption saturation for the more prosperous social economic classes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Aplicação de modelo bayesiano empírico na análise espacial da ocorrência de hanseníase/ Empirical bayesian model applied to the spatial analysis of leprosy occurrence

Souza, Wayner Vieira; Barcellos, Cristhovam Castro; Brito, Ana Maria; Carvalho, Marília Sá; Cruz, Oswaldo Gonçalves; Albuquerque, Maria de Fátima Militão; Alves, Keyla Ribeiro; Lapa, Tiago Maria
2001-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial da hanseníase, identificar áreas de possível sub-registro de casos ou de provável alta transmissão (risco) e verificar a associação dessa distribuição à existência de casos de formas multibacilares. MÉTODOS: O estudo foi realizado em Recife, PE, de acordo com 94 bairros analisados. A fonte de coleta de dados foi o Sistema de Informações sobre Agravos de Notificação do Ministério da Saúde. Foi adotada uma abord (mais) agem ecológica com utilização do método bayesiano empírico para suavização local de taxas, a partir de informações de bairros vizinhos por adjacência. RESULTADOS: A ocorrência média anual foi de 17,3% de casos novos em menores de 15 anos (28,3% de formas multibacilares), indicando um processo de intensa transmissão da doença. A análise da distribuição espacial de hanseníase apontou três áreas onde se concentram bairros com taxas de detecção elevadas e que possuem baixa condição de vida. CONCLUSÕES: O emprego do modelo bayesiano, baseado em informações de unidades espaciais vizinhas, permitiu estimar novamente indicadores epidemiológicos. Foi possível identificar áreas prioritárias para o programa de controle de hanseníase no município, tanto pelo elevado número de ocorrências correlacionado à presença de formas multibacilares de doença em menores de 15 anos quanto pela existência de subnotificação. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the spatial distribution of leprosy, identify areas of potential case underreporting or high transmission risk, and to assess the ecological association of leprosy distribution with multibacillary cases. METHODS: This study was carried out in 94 neighborhoods of Recife, Brazil. Data was obtained from the Ministry of Health's Disease Reporting System. An ecological approach with the empirical Bayesian method was applied for local rate flattening, usin (mais) g data from a neighborhood matrix. RESULTS: The mean annual occurrence was 17.3% of new cases in individuals under the age of 15 (28.3% corresponded to multibacillary forms), revealing an intense disease transmission. The spatial distribution of leprosy indicated three areas where there was a concentration of high detection rates and low-income neighborhoods. CONCLUSIONS: The Bayesian method allowed to reassess epidemiological indicators based on data from neighboring spatial units. This enabled to identify areas that should be prioritized in municipal control programs, either because of underreporting of cases or the higher number of occurrences related to multibacillary forms in individuals under 15.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

102

Aplicação de modelo bayesiano empírico na análise espacial da ocorrência de hanseníase/ Empirical bayesian model applied to the spatial analysis of leprosy occurrence

Souza, Wayner Vieira; Barcellos, Cristhovam Castro; Brito, Ana Maria; Carvalho, Marília Sá; Cruz, Oswaldo Gonçalves; Albuquerque, Maria de Fátima Militão; Alves, Keyla Ribeiro; Lapa, Tiago Maria
2001-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial da hanseníase, identificar áreas de possível sub-registro de casos ou de provável alta transmissão (risco) e verificar a associação dessa distribuição à existência de casos de formas multibacilares. MÉTODOS: O estudo foi realizado em Recife, PE, de acordo com 94 bairros analisados. A fonte de coleta de dados foi o Sistema de Informações sobre Agravos de Notificação do Ministério da Saúde. Foi adotada uma abord (mais) agem ecológica com utilização do método bayesiano empírico para suavização local de taxas, a partir de informações de bairros vizinhos por adjacência. RESULTADOS: A ocorrência média anual foi de 17,3% de casos novos em menores de 15 anos (28,3% de formas multibacilares), indicando um processo de intensa transmissão da doença. A análise da distribuição espacial de hanseníase apontou três áreas onde se concentram bairros com taxas de detecção elevadas e que possuem baixa condição de vida. CONCLUSÕES: O emprego do modelo bayesiano, baseado em informações de unidades espaciais vizinhas, permitiu estimar novamente indicadores epidemiológicos. Foi possível identificar áreas prioritárias para o programa de controle de hanseníase no município, tanto pelo elevado número de ocorrências correlacionado à presença de formas multibacilares de doença em menores de 15 anos quanto pela existência de subnotificação. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the spatial distribution of leprosy, identify areas of potential case underreporting or high transmission risk, and to assess the ecological association of leprosy distribution with multibacillary cases. METHODS: This study was carried out in 94 neighborhoods of Recife, Brazil. Data was obtained from the Ministry of Health's Disease Reporting System. An ecological approach with the empirical Bayesian method was applied for local rate flattening, usin (mais) g data from a neighborhood matrix. RESULTS: The mean annual occurrence was 17.3% of new cases in individuals under the age of 15 (28.3% corresponded to multibacillary forms), revealing an intense disease transmission. The spatial distribution of leprosy indicated three areas where there was a concentration of high detection rates and low-income neighborhoods. CONCLUSIONS: The Bayesian method allowed to reassess epidemiological indicators based on data from neighboring spatial units. This enabled to identify areas that should be prioritized in municipal control programs, either because of underreporting of cases or the higher number of occurrences related to multibacillary forms in individuals under 15.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

103

Anti-poverty effectiveness and efficiency of the guaranteed minimum income programme in Portugal

Rodrigues, Carlos Farinha

The objective of this paper is to estimate the impact of the Portuguese Guaranteed Minimum Income (GMI) Programme on income distribution and to evaluate its effectiveness and efficiency in fighting situations of poverty and social exclusion. We estimate its impact on the distribution of household in...

DRIVER (Portuguese)

104

Anti-poverty effectiveness and efficiency of the Guaranteed Minimum Income Programme in Portugal

Rodrigues, Carlos Farinha

The objective of this paper is to estimate the impact of the Portuguese Guaranteed Minimum Income (GMI) Programme on income distribution and to evaluate its effectiveness and efficiency in fighting situations of poverty and social exclusion. We estimate its impact on the distribution of household in...

DRIVER (Portuguese)

105

A contribuição das atividades agrícolas e não-agrícolas para a desigualdade de renda no Brasil rural

Ney, Marlon Gomes; Hoffmann, Rodolfo
2008-09-01

Resumo em português O trabalho analisa a contribuição das atividades agrícolas e não-agrícolas para a desigualdade de renda rural, observando dois indícios: sua participação no rendimento total dos domicílios em diferentes estratos de renda delimitados por percentis e a decomposição do índice de Gini. Além da população oficialmente rural do País, a pesquisa abrange as chamadas "cidades rurais", compostas por áreas que, mesmo oficialmente consideradas urbanas, apresentam baix (mais) o contingente populacional e densidade demográfica. Os resultados obtidos revelam que as ocupações agrícolas e não-agrícolas contribuem, respectivamente, para a redução e para o aumento das disparidades de rendimentos no meio rural brasileiro. Resumo em inglês This study analyses the contribution of agricultural and non-farm activities to the inequality of rural income distribution in Brazil, observing two evidences: the participation of each sector in the household earnings of different income strata delimited by percentiles and the decomposition of Gini coefficients. Besides the official rural population, this research includes towns whose population and demographic density are very low. The results show that agriculture and (mais) rural non-farm activities contribute, respectively, to reduce and to increase rural income inequalities in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

106

Distribuição geográfica dos médicos no Brasil: uma análise a partir de um modelo de escolha locacional/ Geographic distribution of physicians in Brazil: an analysis based on a locational choice model

Póvoa, Luciano; Andrade, Mônica Viegas
2006-08-01

Resumo em português A localização dos médicos exerce influência no bem-estar de uma comunidade, pois, estes são provedores diretos dos serviços de saúde. Contudo, a distribuição dos médicos resultante do processo de escolha locacional realizado pelos mesmos, muitas vezes não coincide com o que seria considerado socialmente adequado. O objetivo deste artigo é, por meio de um modelo Probit de escolha binária, modelar a decisão locacional dos médicos com base nos dados da PNAD e (mais) analisar o papel de alguns fatores destacados na literatura como sendo importantes para a compreensão de sua escolha locacional e, conseqüentemente, da sua distribuição geográfica no Brasil. Os resultados apontam uma atração exercida pelas vagas em programas de residência, indicando que a probabilidade de um médico ser não-natural é maior em Estados que oferecem mais vagas. Desta maneira, podemos indicar a concentração dos programas de residência nas regiões Sul e Sudeste como sendo um dos fatores que promovem a desigual distribuição geográfica dos médicos. O Norte e o Centro-oeste destacam-se como regiões atrativas para médicos migrantes. Resumo em inglês The primary aim of this study was to analyze the geographic distribution of physicians among the Regions and States of Brazil using a locational choice model. Our individual data analysis showed a positive relationship between the number of physicians per 1,000 inhabitants in a State and the number of places in residency programs. Thus, the concentration of residency programs in some States has contributed to the unequal distribution of physicians in Brazil. There are also significant differences in physicians' income between Regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

107

Distribuição geográfica dos médicos no Brasil: uma análise a partir de um modelo de escolha locacional/ Geographic distribution of physicians in Brazil: an analysis based on a locational choice model

Póvoa, Luciano; Andrade, Mônica Viegas
2006-08-01

Resumo em português A localização dos médicos exerce influência no bem-estar de uma comunidade, pois, estes são provedores diretos dos serviços de saúde. Contudo, a distribuição dos médicos resultante do processo de escolha locacional realizado pelos mesmos, muitas vezes não coincide com o que seria considerado socialmente adequado. O objetivo deste artigo é, por meio de um modelo Probit de escolha binária, modelar a decisão locacional dos médicos com base nos dados da PNAD e (mais) analisar o papel de alguns fatores destacados na literatura como sendo importantes para a compreensão de sua escolha locacional e, conseqüentemente, da sua distribuição geográfica no Brasil. Os resultados apontam uma atração exercida pelas vagas em programas de residência, indicando que a probabilidade de um médico ser não-natural é maior em Estados que oferecem mais vagas. Desta maneira, podemos indicar a concentração dos programas de residência nas regiões Sul e Sudeste como sendo um dos fatores que promovem a desigual distribuição geográfica dos médicos. O Norte e o Centro-oeste destacam-se como regiões atrativas para médicos migrantes. Resumo em inglês The primary aim of this study was to analyze the geographic distribution of physicians among the Regions and States of Brazil using a locational choice model. Our individual data analysis showed a positive relationship between the number of physicians per 1,000 inhabitants in a State and the number of places in residency programs. Thus, the concentration of residency programs in some States has contributed to the unequal distribution of physicians in Brazil. There are also significant differences in physicians' income between Regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)