Sample records for hypothermia
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Hipotermia no período peri-operatório/ Perioperative hypothermia/ Hipotermia en el período perioperatorio

Biazzotto, Camila B.; Brudniewski, Márcio; Schmidt, André P.; Auler Júnior, José Otávio Costa
2006-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hipotermia ocorre freqüentemente durante o período peri-operatório, sendo, porém, raramente diagnosticada e tratada. A hipotermia pode ser benéfica ou prejudicial ao paciente dependendo da situação e do procedimento específicos. Este artigo teve como objetivo realizar uma revisão da literatura sobre as indicações e complicações da hipotermia, assim como seu diagnóstico, prevenção e tratamento. CONTEÚDO: São apresentadas as pr (mais) incipais causas e complicações da hipotermia peri-operatória, bem como os seus benefícios. CONCLUSÕES: A hipotermia pode ocorrer durante o ato anestésico-cirúrgico devido à inibição direta da termorregulação pelos anestésicos, à diminuição do metabolismo e à perda de calor para o ambiente frio das salas cirúrgicas, mesmo com a utilização de aquecimento ativo. Quando ocorre de forma inadvertida, pode estar associada a numerosas complicações, mas, quando bem indicada, pode proteger órgãos vitais, como o sistema nervoso central e o miocárdio. A manutenção da normotermia reduz os efeitos indesejáveis da hipotermia, sendo a prevenção através do aquecimento, o método mais efetivo. Estratégias de aquecimento ativo ou passivo devem ser empregadas e os tremores musculares devem ser adequadamente tratados, prevenindo desconforto e o aumento da demanda metabólica. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La hipotermia ocurre frecuentemente durante el período perioperatorio, siendo, sin embargo, raramente diagnosticada y tratada. La hipotermia puede ser benéfica o perjudicial al paciente dependiendo de la situación y del procedimiento específico. Este artículo tiene como objetivo hacer una revisión de la literatura sobre las indicaciones y complicaciones de la hipotermia, así como su diagnóstico, prevención y tratamiento. CONTENIDO: Son (mais) presentadas las principales causas y complicaciones de la hipotermia perioperatoria, bien como sus beneficios. CONCLUSIONES: La hipotermia puede ocurrir durante el acto anestésico-quirúrgico debido a la inhibición directa de la termorregulación por los anestésicos, a la disminución del metabolismo y a la pérdida de calor para el ambiente frío de las salas quirúrgicas, mismo con la utilización de calentamiento activo. Cuando ocurre de forma inadvertida, puede estar asociada a numerosas complicaciones, pero cuando bien indicada puede proteger órganos vitales, como el sistema nervioso central y el corazón. La manutención de la normotermia reduce los efectos indeseables de la hipotermia, siendo la prevención a través del calentamiento el método más efectivo. Estrategias de calentamiento activo o pasivo deben ser empleadas y los temblores musculares deben ser adecuadamente tratados, previniendo el malestar y el aumento de la demanda metabólica. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Perioperative hypothermia is a common event, however seldom diagnosed and treated. Hypothermia may be beneficial or noxious for the patient depending on specific situations and procedures. This paper is a literature review of hypothermia indications and complications, as well as its diagnosis, prevention and treatment. CONTENTS: Major perioperative causes and complications of hypothermia are presented, in addition to its benefits. CONCLUSIONS: P (mais) erioperative hypothermia may be due to direct anesthetic inhibition of thermoregulation, decreased metabolism and loss of heat to the cold environment of operating rooms, even with active warming. When it is inadvertent, it may be associated to several complications, but when adequately indicated, it may protect vital organs such as central nervous system and heart. Normothermia decreases undesirable hypothermia effects, being warming the most effective preventive method. Active or passive warming approaches should be adopted and muscle shivering should be adequately treated to prevent discomfort and increased metabolic demand.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Hipotermia acidental em um país tropical/ Accidental hypothermia cases in a tropical country

Golin, Valdir; Sprovieri, Sandra Regina Schwarzwälder; Bedrikow, Rubens; Pereira, Afonso Celso; Melhado, Vânia Elizabeth Ramos; Salles, Mauro José Costa; Azevedo, Paulo Roberto Cavallaro
2003-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: Estudar a presença, forma de apresentação e as conseqüências da hipotermia em nosso meio. MÉTODOS: Estudo prospectivo em hipotérmicos atendidos no Serviço de Emergência de Clínica Médica da Santa Casa de São Paulo, com 212 pacientes com hipotermia leve, moderada e grave, entre 1987 a 2001, a maioria constituída por alcoólatras crônicos e moradores de rua. Foram analisados os resultados quanto ao sexo, faixa etária, temperatura central, eletrocar (mais) diograma, comorbidades e mortalidade. RESULTADOS: A hipotermia predominou no sexo masculino em 75,9%. Quanto à faixa etária prevaleceu a idade entre 30 e 59 anos. Em 70,3% dos pacientes a temperatura central foi inferior a 32ºC, sendo que em 26,4% destes, a temperatura foi menor que 28ºC. A associação com quadros infecciosos ocorreu em 76,8% dos casos. Os pacientes com hipotermia leve responderam melhor à terapêutica (96,8%) quando comparados com os hipotérmicos moderados (72,1%) e graves (87,5%). A onda de Osborn esteve presente em 42,6% dos pacientes. A mortalidade geral foi de 38,2%. CONCLUSÕES: A hipotermia acidental em serviços de emergência de país tropical é fato inegável. O socorrista deve estar atento e treinado para o reconhecimento desta doença de alta morbidade e mortalidade. A mortalidade aumenta com a presença de doenças associadas, particularmente processos infecciosos, desnutrição e alcoolismo crônico. Resumo em inglês OBJECTIVE: This paper has by objective to study the hypothermia's presence, presentation form and consequences in our environment. METHODS: A prospective study in hypothermic patients assisted in the Medical Clinic Emergency Service of Santa Casa of São Paulo, with 212 patients with mild, moderate and serious hypothermia from 1987 to 2001, the most part of them constituted by chronic alcoholics and homeless. The results were analyzed in reference to sex, age group, centr (mais) al temperature, electrocardiogram, co-morbidity and mortality. RESULTS: The hypothermia prevailed in the male sex with 75.9%. As age group prevailed the age between 30 and 59 years. In 70.3% of the patients the central temperature went lower than 32°C, and in 26.4% of these, the temperature was lower than 28°C. The association with infectious processes happened in 76.8% of the cases. The patients with mild hypothermia answered better at therapeutics (96.8%) when compared with the moderate hypothermic (72.1%) and serious (87.5%) patients. The Osborn's wave was present in 42.6% of the patients. The general mortality was 38.2%. CONCLUSIONS: The accidental hypothermia in Emergency Services from Tropical Country is an undeniable fact. The paramedic and medics should be alert and trained to recognize this disease of high morbidity and mortality. The mortality increases with the presence of associated diseases, particularly infectious processes, malnutrition and chronic alcoholism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Hipotermia no período intra-operatório em pacientes submetidos a cirurgias eletivas/ Intraoperative hypothermia in patients undergoing elective surgery/ La hipotermia en el período intraoperatorio en pacientes sometidos a cirugías electivas

Poveda, Vanessa de Brito; Galvão, Cristina Maria; Dantas, Rosana Aparecida Spadoti
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a temperatura corporal do paciente submetido a cirurgia eletiva no período intra-operatório. MÉTODOS: Para a coleta de dados elaborou-se um instrumento que foi submetido à validação aparente e de conteúdo e a amostra foi constituída de 70 pacientes. As variáveis mensuradas foram: temperatura e umidade da sala de cirurgia e temperatura corporal do paciente em diferentes momentos do período intra-operatório. RESULTADOS: Em relação à temperat (mais) ura corporal dos pacientes observou-se que no final do procedimento anestésico-cirúrgico a média foi de 33,6º C. A temperatura média da sala na chegada dos pacientes foi de 24,6º C e na quarta hora de procedimento anestésico-cirúrgico foi de 22,4ºC. Houve correlação estatisticamente significante e positiva entre as variáveis mensuradas. CONCLUSÃO: Os resultados apontaram a necessidade de implementação de intervenções efetivas para a prevenção da hipotermia e, neste cenário, a atuação do enfermeiro é crucial para a melhoria da assistência prestada ao paciente cirúrgico. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar la temperatura corporal del paciente sometido a cirugía electiva en el período intra-operatorio. MÉTODOS: Para la recolección de datos se elaboró un instrumento que fue sometido a la validación aparente y de contenido. La muestra estuvo constituida por 70 pacientes. Las variables mensuradas fueron: temperatura y humedad de la sala de cirugía y temperatura corporal del paciente en diferentes momentos del período intra-operatorio. RESULTADOS: En r (mais) elación a la temperatura corporal de los pacientes se observó que al final del procedimiento anestésico-quirúrgico el promedio fue de 33,6º C. La temperatura promedio de la sala a la llegada de los pacientes fue de 24,6º C y en la cuarta hora de procedimiento anestésico-quirúrgico fue de 22,4ºC. Hubo correlación estadísticamente significativa positiva entre las variables mensuradas. CONCLUSIÓN: Los resultados apuntaron la necesidad de implementación de intervenciones efectivas para la prevención de la hipotermia y, en este escenario, la actuación del enfermero es crucial para la mejora de la asistencia prestada al paciente quirúrgico. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the body temperature of patients during the intraoperative period. METHODS: The sample consisted of 70 patients undergoing elective surgery. An instrument with established face and content validity was used to collect the data. The variables consisted of operation room temperature and humidity and patient's body temperature at different time points during the intraoperative period. RESULTS: The mean temperature of the operation room when the patient (mais) s were transferred to the surgical table and at the fourth hour of the surgical procedure were 24.6º C and 22.4ºC, respectively. At the end of the surgery the patients' mean body temperature was 33.6º C. There were statistically significant positive correlations among the variables measured. CONCLUSION: The results indicated the need for implementation of effective interventions to prevent hypothermia during the intraoperative period. Nursing interventions are crucial to improve the delivery of quality care to surgical patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Hipotermia terapêutica pós-reanimação cardiorrespiratória: evidências e aspectos práticos/ Therapeutical hypothermia after cardiopulmonary resuscitation: evidences and practical issues

Feitosa-Filho, Gilson Soares; Sena, Joberto Pinheiro; Guimarães, Hélio Penna; Lopes, Renato Delascio
2009-03-01

Resumo em português Os sobreviventes de parada cardiorrespiratória freqüentemente apresentam lesão cerebral isquêmica associada a piores desfechos neurológicos e óbito. A hipotermia terapêutica melhora os desfechos entre os sobreviventes comatosos após manobras de reanimação. Considerando sua recomendação formal para emprego terapêutico pós-recuperação da circulação espontânea na parada cardiorrespiratória, o objetivo deste estudo foi rever os principais aspectos clínico (mais) s relativos à hipotermia terapêutica. Foi feita revisão através de pesquisa não-sistemática de artigos através das palavras-chave "parada cardiorrespiratória, resfriamento, hipotermia, síndrome pós-reanimação" na base de dados MedLine. Adicionalmente, referências destes artigos foram igualmente avaliadas. Pacientes adultos inconscientes com circulação espontânea após parada cardiorrespiratória extra-hospitalar devem ser resfriados quando o ritmo inicial for fibrilação ventricular ou taquicardia ventricular. Este resfriamento pode ser benéfico para os outros ritmos e para o ambiente intra-hospitalar. Existem várias formas diferentes de induzir a hipotermia. O sistema de resfriamento deve atingir a temperatura alvo o mais rápido possível. O reaquecimento para 36º C deve ser realizado em não menos do que 8 horas. Quando a temperatura aumenta para mais de 35º C, sedação, analgesia e paralisia podem ser descontinuadas. As complicações esperadas da hipotermia terapêutica podem incluir pneumonia, sepse, disritmias cardíacas e coagulopatias. A despeito de potenciais complicações que necessitam de cuidadosa monitoração, apenas seis pacientes precisam ser tratados com hipotermia induzida pós- parada cardiorrespiratória para salvar uma vida. Resumo em inglês Cardiac arrest survivors frequently suffer from ischemic brain injury associated with poor neurological outcome and death. Therapeutic hypothermia improves outcomes in comatose survivors after resuscitation from out-of-hospital cardiac arrest. Considering its formal recommendation as a therapy, post-return of spontaneous circulation after cardiac arrest, the objective of this study was to review the clinical aspects of therapeutic hypothermia. Non-systematic review of art (mais) icles using the keywords "cardiac arrest, cardiopulmonary resuscitation, cooling, hypothermia, post resuscitation syndrome" in the Med-Line database was performed. References of these articles were also reviewed. Unconscious adult patients with spontaneous circulation after out-of-hospital ventricular fibrillation or pulseless ventricular tachycardia should be cooled. Moreover, for any other rhythm or in the intra-hospital scenario, such cooling may also be beneficial. There are different ways of promoting hypothermia. The cooling system should be adjusted as soon as possible to the target temperature. Mild therapeutic hypothermia should be administered under close control, using neuromuscular blocking drugs to avoid shivering. The rewarming process should be slow, and reach 36º C, usually in no less then 8 hours. When temperature increases to more than 35º C, sedation, analgesia, and paralysis could be discontinued. The expected complications of hypothermia may be pneumonia, sepsis, cardiac arrhythmias, and coagulopathy. In spite of potential complications which require rigorous control, only six patients need to be treated to save one life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Hipotermia terapêutica em pacientes pós-parada cardiorrespiratória: mecanismos de ação e desenvolvimento de protocolo assistencial/ Mild therapeutic hypothermia after cardiac arrest: mechanism of action and protocol development

Rech, Tatiana Helena; Vieira, Sílvia Regina Rios
2010-06-01

Resumo em português A parada cardiorrespiratória é um evento de alta mortalidade. A isquemia cerebral difusa relacionada ao hipofluxo cerebral frequentemente leva à injúria neurológica grave e ao desenvolvimento de estado vegetativo persistente. A hipotermia terapêutica representa um importante avanço no tratamento da encefalopatia anóxica pós-parada cardíaca. Seus efeitos neuroprotetores têm sido amplamente demonstrados em várias situações de isquemia neuronal. Apesar de ser u (mais) m procedimento associado com redução de mortalidade nesses pacientes, a hipotermia ainda é um tratamento subutilizado no manejo da síndrome pós-ressuscitação. Nosso objetivo é revisar aspectos referentes aos mecanismos de ação da hipotermia e seus efeitos em pacientes críticos reanimados pós- parada cardiorrespiratória e propor um protocolo assistencial simples, que possa ser implantado em qualquer unidade de terapia intensiva. Resumo em inglês Cardiac arrest is a high mortality event and the associated brain ischemia frequently causes severe neurological damage and persistent vegetative state. Therapeutic hypothermia is an important tool for the treatment of post-anoxic coma after cardiopulmonary resuscitation. It has been shown to reduce mortality and to improve neurological outcomes after cardiac arrest. Nevertheless, hypothermia is underused in critical care units. This manuscript aims to review the hypother (mais) mia mechanism of action in cardiac arrest survivors and to propose a simple protocol, feasible to be implemented in any critical care unit.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Sudorese profusa e hipotermia após administração de morfina por via subaracnóidea: relato de caso/ Excessive sweating and hypothermia after spinal morphine: case report/ Sudor profuso e hipotermia después de administración de morfina por vía subaracnoidea: relato de caso

Bicalho, Gustavo Prosperi; Castro, Carlos Henrique Viana; Cruvinel, Marcos Guilherme Cunha; Bessa Júnior, Roberto Cardoso
2006-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia e a cirurgia freqüentemente causam perturbações térmicas significativas. A hipotermia durante a anestesia é o distúrbio térmico peri-operatório mais comum. O presente relato evidenciou um mecanismo não usual de alteração do controle térmico corporal, neste caso, associado à utilização da morfina no espaço subaracnóideo. O objetivo deste relato foi descrever este efeito incomum. RELATO DO CASO: Paciente do sexo femini (mais) no, 44 anos, estado físico ASA I, sem doenças prévias conhecidas, foi admitida para histerectomia abdominal por quadro de miomatose uterina. Foi realizada raquianestesia com 20 mg de bupivacaína hiperbárica e 100 µg de morfina. Durante o procedimento não apresentou qualquer intercorrência. Na sala de recuperação pós-anestésica (SRPA), 3h30 minutos após a realização do bloqueio, a paciente apresentou quadro de sudorese profusa do tronco levando, inclusive, ao descolamento de eletrodos e de fitas adesivas, leve sonolência e diminuição da temperatura timpânica para 35,2 ºC. Nos 60 minutos subseqüentes manteve temperatura abaixo de 36 ºC e com 90 minutos após o evento já apresentava temperatura de 36,2 ºC e remissão completa dos sintomas. CONCLUSÕES: Além dos clássicos mecanismos de perda excessiva de calor durante o bloqueio do neuro-eixo, podem ocorrer perturbações diretas nos centros hipotalâmicos de controle da temperatura corporal, neste caso, associado ao uso de morfina por via subaracnóidea. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia y cirugía con frecuencia causan alteraciones térmicas importantes. La hipotermia durante la anestesia es la alteración térmica más común en el perioperatorio. Este relato muestra un mecanismo no usual de alteración de la temperatura, en este caso, asociado con el empleo de morfina subaracnoidea. El objetivo de este relato fue describir el efecto raro. RELATO DEL CASO: Paciente femenina, de 44 años, estado físico ASA I, sin (mais) enfermedades previas, fue admitida para realizar histerectomía abdominal por miomatosis uterina. Recibió raquianestesia con 20 mg de de bupivacaína hiperbárica con 100 µg de morfina. Durante el procedimiento no presentó ninguna alteración. En la sala de recuperación post-anestésica, 3h30 minutos después de hecho el bloqueo, la paciente presento profusa sudoración en el tronco, que despega los electrodos y otros adhesivos, con leve somnolencia y disminución de la temperatura timpánica a 35,2 ºC. En los 60 minutos siguientes mantuvo temperatura debajo de 36 ºC pero a los 90 minutos la temperatura era de 36,2 ºC con remisión completa de los síntomas. CONCLUSIONES: Aparte e los clásicos mecanismos de perdida de calor, pueden ocurrir perturbaciones directamente en los centros hipotalámicos de control de la temperatura corporal, que en este caso estuvo asociada a morfina subaracnoidea. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Anesthesia and surgery often promote significant temperature changes. Hypothermia during anesthesia is the most common perioperative thermal disorder. This report describes an unusual body heat balance change associated to spinal morphine. CASE REPORT: Female patient, 44 years old, physical status ASA I, with no previous diseases, admitted for abdominal hysterectomy due to uterine myomatosis. Spinal anesthesia was performed with 20 mg hyperbaric (mais) bupivacaine and 100 mug morphine and surgical procedure was eventless. In the post-anesthetic recovery unit (PACU), 3h30 minutes after blockade, patient presented excessive sweating, even leading to detachment of electrodes and adhesive tapes, mild sleepiness and decreased tympanic temperature to 35.2 ºC. Temperature was maintained below 36 ºC for the next 60 minutes and 90 minutes later temperature was 36.2 ºC with total remission of symptoms. CONCLUSIONS: In addition to classic excessive heat loss mechanisms during neuraxial block, there may be direct disorders in the hypothalamic temperature control centers, in this case associated to spinal morphine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Estudo da hipotermia acidental em idosos institucionalizados/ Study on accidental hypothermia in institutionalized elderly

Seman, António Palma; Golim, Valdir; Gorzoni, Milton Luiz
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a prevalência, causas e evolução da hipotermia acidental em idosos institucionalizados. MÉTODOS: Estudo prospectivo realizado entre janeiro e dezembro de 2004, no Hospital Geriátrico e de Convalescentes D. Pedro II, com 483 internos. Hipotermia foi confirmada por termômetro esofágico, utilizado em todos os pacientes com temperatura axilar menor ou igual a 35ºC (95ºF). Tanto o diagnóstico etiológico quanto as complicações da hipotermia foram (mais) observados em exames clínico e subsidiários de urgência como eletrocardiograma, radiografia de tórax, hemograma, gasometria arterial, glicemia, metabólitos, amilase, função hepática e renal, sorologias para HIV, sífilis e hepatite B e urina tipo I. Foram adotadas medidas de reaquecimento entre outras do protocolo de tratamento. RESULTADOS: A prevalência de hipotermia foi de 7,2% especialmente em mulheres (65,7%), e a média de idade do grupo foi 76,4 anos. A maioria dos pacientes (77,1%) apresentava elevado grau de dependência (Katz "F" e "G"). Hipotermia leve foi identificada na maioria dos idosos (71,4%). A taxa de mortalidade foi de 62,8%, sendo 31,4% em vigência de hipotermia e 31,4% após sua reversão. Em 100,0% dos casos, a etiologia foi infecciosa: pneumonia em 80%, infecção urinária em 60,0%, e úlceras por pressão em 17,1%. Em 60% dos casos havia mais de um foco infeccioso. CONCLUSÃO: A hipotermia em idosos institucionalizados é uma grave condição clínica, com altos índices de mortalidade. A prevenção, o diagnóstico precoce e medidas de reaquecimento central corroboram para um melhor prognóstico. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the prevalence, causes and outcome of hypothermia in institutionalized elderly. METHODS: prospective study held from January to December, 2004 at the Hospital Geriátrico e de Convalescentes Dom Pedro II (Geriatric and Convalescent Hospital Dom Pedro II), with 483 long-term care beds. Hypothermia was diagnosed by esophageal thermometer in all patients with axillary temperature below or equal to 35°C or 95ºF. Clinical examination and tests were used (mais) to obtain etiologic diagnosis and detect complications. Tests included: ECG, Chest X-Ray, blood count, blood gas analysis, glycemia, biochemical blood tests, amylase, kidney and liver functions, urinalysis and serology for HIV, syphilis and hepatitis B. Rewarming was adopted, among other actions in the treatment protocol. RESULTS: Thirty nine cases of hypothermia were confirmed, 31 in elderly (60 years old or over), 10 men and 21 women with an average age of 76.9 years. Eighty three percent of these patients had a high degree of dependence (Katz index between "F" and "G"). Seventy percent of these cases had mild hypothermia (32º-35°C [89.6º-95ºF]), 25.0% had moderate hypothermia (28°-31,9°C [82.4º-89.6ºF]) and 5.0% had severe hypothermia (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Avaliação do efeito da hipotermia por crioimersão corporal, nos neutrófilos e linfócitos sanguíneos de ratos submetidos ao exercício físico agudo/ Evaluation of the effect of hypothermia by cold water immersion on blood neutrophils and lymphocytes of rats submitted to acute exercise

Bachur, José A.; Quemelo, Paulo R.; Bachur, Cynthia A. K.; Domenciano, Julio C.; Martins, Carlos H. G.; Stoppa, Marcos A.; Barros Neto, Turíbio L. de; Garcia, Sérgio B.
2008-12-01

Resumo em português O estresse sistêmico induzido pelo exercício libera substâncias bioativas determinantes da mobilização neutrofílica. A crioterapia diminui a reação inflamatória e atenua a elevação da perfusão sanguínea induzida pelo exercício. O objetivo deste trabalho foi analisar a influência da hipotermia decorrente da crioimersão corporal (CIC) imediata ao esforço físico agudo nas concentrações neutrofílicas e linfocíticas no sangue. Os ratos do grupo controle ( (mais) AI) foram mantidos em repouso enquanto os do grupo AII foram submetidos ao protocolo de CIC a 10ºC por 10 minutos. Enquanto os animais dos grupos BI, BII, BIII e BIV realizaram o esforço físico agudo (EFA) em água a 31ºC durante 100 minutos com sobrecarga corpórea de 5% do peso corporal, os dos grupos CI, CII, CIII e CIV foram submetidos ao EFA seguido imediatamente de CIC. Nos grupos B e C, os animais foram sacrificados nos períodos de 06 (I), 12 (II), 24 (III) e 48 (IV) horas posteriores ao EFA. Através da microscopia óptica realizou-se a contagem dos neutrófilos e linfócitos. Utilizou-se do Teste T Student para análise estatística considerando-se nível de significância p Resumo em inglês Systemic stress induced by exercise increases bioactive substances in plasma which leads to neutrophilic mobilization. Cryotherapy causes a decrease in the inflammatory reaction and attenuates high blood perfusion after exercise. The objective of this work was to analyze the influence of cold water immersion (CWI) after acute exercise on neutrophil and lymphocyte mobilization. A control group of rats (AI) was kept at rest and a second group (AII) was submitted to CWI at 1 (mais) 0º C for 10 minutes. The animals of Groups BI, BII, BIII and BIV were submitted to acute exercise which consisted in swimming in water at 31º C for 100 minutes with a load equivalent to 5% of the body weight. Groups CI, CII, CIII and CIV were submitted to CWI immediately after acute exercise. The animals were sacrificed at 6 (I), 12 (II), 24 (III) and 48 (IV) hours after the exercise and neutrophil and lymphocyte cells were counted for all groups by optic microscopy. The Student t-test was used for statistical analysis with a significance level of p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Temperatura e alterações no equilíbrio ácido-base de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea, sob normotermia e hipotermia/ Temperature and acid-base balance in coronary bypass grafting with cardiopulmonary bypass, under hypothermia and normothermia/ Temperatura y alteraciones en el equilibrio ácido-base de pacientes sometidos a cirugía cardíaca con circulación extracorpórea, bajo normotermia e hipotermia

Luz, Hugo Leonardo de Moura; Auler Junior, José Otávio Costa
2002-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A circulação extracorpórea (CEC) associa-se a várias mudanças na fisiologia normal. As múltiplas causas destas alterações interagem e representam um número de rotas potenciais para a disfunção orgânica pós-operatória. O objetivo deste trabalho é investigar as alterações de seus parâmetros indicadores durante a circulação extracorpórea em hipotermia e compará-las àquelas ocorridas em normotermia. MÉTODO: Foram selecionados (mais) 30 pacientes adultos, de ambos os sexos, com idades entre 41 e 78 anos, indicados para revascularização cirúrgica do miocárdio, operados com auxílio de CEC, sob normotermia ou hipotermia. Foram avaliados os seguintes parâmetros: concentração de hemoglobina e dos gases sangüíneos, pH, bicarbonato, excesso de bases, hiato aniônico, íon lactato, parâmetros de oxigenação tecidual e os índices de fluxo e de resistência vascular sistêmica. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos normotermia e hipotermia, em relação ao pH arterial, ao bicarbonato arterial, às concentrações plasmáticas dos íons sódio e cloreto, ao "anion gap", à pressão parcial de gás carbônico e ao conteúdo arterial de oxigênio. Houve efeito de tempo em todas essas variáveis exceto para as variáveis excesso de bases e "anion gap". O excesso de bases e a concentração de potássio mostraram valores inferiores no grupo hipotérmico. O lactato sérico aumentou nos dois grupos do tempo antes para o após a CEC sendo que o grupo hipotermia apresentou valores mais elevados. CONCLUSÕES: Hipotermia leve parece não modificar substancialmente o equilíbrio ácido-base, quando comparado a valores normais de temperatura, durante a CEC. Entretanto, o íon lactato elevou-se significativamente nos pacientes operados sob hipotermia, sugerindo que o transporte de oxigênio para a periferia não foi adequado durante o período de observação proposto. A diminuição da temperatura, embora discreta, parece não ter conferido o grau de proteção celular esperada ao fluxo sangüíneo da CEC. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La circulación extracorpórea (CEC) se asocia a varios cambios en la fisiología normal. Las múltiplas causas de estas alteraciones interaccionan y representan un número de rutas potenciales para la disfunción orgánica pós-operatoria. El objetivo de este trabajo es investigar las alteraciones de sus parámetros indicadores durante a circulación extracorpórea en hipotermia y compararlas a aquellas ocurridas en normotermia. MÉTODO: Fueron (mais) seleccionados 30 pacientes adultos, de ambos sexos, con edades entre 41 y 78 años, indicados para la revascularización quirúrgica del miocárdio, operados con auxilio de CEC, bajo normotermia o hipotermia. Fueron evaluados los siguientes parámetros: concentración de hemoglobina y de los gases sanguíneos, pH, bicarbonato, exceso de bases, hiato aniónico, íon lactato, parámetros de oxigenación tecidual y los índices de flujo y de resistencia vascular sistémica. RESULTADOS: No hubo diferencia estadísticamente significativa entre los grupos normotermia e hipotermia, en relación al pH arterial, al bicarbonato arterial, a las concentraciones plasmáticas de los íons sodio y cloreto, al "anion gap", a la presión parcial de gás carbónico y al contenido arterial de oxígeno. Hubo efecto de tiempo en todas esas variables excepto para las variables exceso de bases y "anion gap". El exceso de bases y la concentración de potasio mostraran valores inferiores en el grupo hipotérmico. El lactato sérico aumentó en los dos grupos del tiempo antes para el después la CEC siendo que el grupo hipotermia presentó valores más elevados. CONCLUSIONES: Hipotermia leve parece no modificar substancialmente el equilibrio ácido-base, cuando comparado a valores normales de temperatura, durante a CEC. Entretanto, el íon lactato se elevó significativamente en los pacientes operados sobre hipotermia, sugiriendo que el transporte de oxígeno para la periferia no fue adecuado durante el período de observación propuesto. La disminución de la temperatura, aun cuando discreta, parece no haber conferido el grado de protección celular esperada al flujo sanguíneo de la CEC. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Cardiopulmonary bypass (CPB) is related to several changes in normal physiology. The multiple causes of these changes interact and are a potential risk for postoperative organic dysfunction. This study aimed at investigating changes in acid-base and metabolic balance during cardiopulmonary bypass with hypothermia and at comparing them to those observed in patients submitted to normothermal cardiopulmonary bypass. METHODS: Participated in this st (mais) udy 30 adult patients of both genders, aged 41 to 78 years, scheduled for coronary bypass grafting with CPB, under normothermia or hypothermia. The following parameters were evaluated: hemoglobin and blood gases concentration, pH, bicarbonate, base excess, anion gap, lactate ion, tissue oxygenation parameters and flow and systemic vascular resistance. RESULTS: There were no statistically significant differences in arterial pH, arterial bicarbonate, Na+ and Cl- plasma concentrations, anion gap, carbon dioxide partial pressure and arterial oxygen content between Normothermia and Hypothermia Groups. A time-effect was observed for all variables except for base excess and anion gap. Base excess and K+ concentration were lower in the hypothermia group. Serum lactate increased in both groups when comparing time before CPB to after CPB, with higher levels in the hypothermia group. CONCLUSIONS: Mild hypothermia does not seem to substantially change acid-base balance as compared to normal temperature during CPB. Plasma lactate, however, has significantly increased in patients under hypothermia, suggesting inadequate oxygen transport to periphery during the proposed observation period. Low temperature, although mild, does not seem to offer the expected degree of cell protection to CPB blood flow.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Estudo funcional e morfológico da hipotermia sistêmica ou tópica no fígado de cães/ Functional and morphological study of the local and systemic hypothermia on dog's liver

Siqueira, Venilton José; Taha, Murched Omar; Fagundes, Djalma José; Gomes, Paulo de Oliveira; Juliano, Yara; Bruzzadelli, Renata Marcon Zanelatto; Caputto, Lucélia Rita Galdino
2005-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar as alterações morfo-funcionais hepáticas produzidas por dois tipos de hipotermia; a sistêmica ou tópica (localizada). MÉTODOS: 20 cães foram distribuídos em dois grupos: G I (n=10) submetido a hipotermia tópica e G II (n=10) submetido à hipotermia sistêmica. Dosagens bioquímicas de alanina aminotransferase (ALT), aspartato aminotransferase (AST), bilirrubina direta (BD) e estudo morfológico à microscopia óptica (MO) e microscopia eletrôni (mais) ca de transmissão (MET) foram realizados antes da hipotermia (T0), após a estabilização da temperatura corporal em 10ºC menor que a temperatura inicial (Test) e após sessenta minutos de hipotermia (T60). RESULTADOS: A dosagem bioquímica das enzimas, aspartato aminotransferase e bilirrubina direta, evidenciaram maiores níveis de lesões no grupo submetido à hipotermia tópica, quando comparado ao grupo de animais submetidos à hipotermia sistêmica. Por sua vez, a dosagem da Alanina aminotransferase não apresentou alterações em ambos os grupos. Tanto a MO quanto a MET, revelou que nos animais do grupo com hipotermia tópica, as lesões hepáticas foram mais intensas quando comparadas ao do grupo com hipotermia sistêmica. CONCLUSÃO: A hipotermia tópica é mais lesiva ao fígado do que a sistêmica. Resumo em inglês PURPOSE: To compare hepatic lesions produced by two types of hypothermia; the systemic and the local or topic. METHODS: Twenty dogs distributed in two groups were studied: the first submitted to local hypothermia and the second to systemic hypothermia. In all groups, biochemical dosages for alanina allytransferase (A.L.T.), aspartate aminotrasnferase (A.S.T.) and direct bilirubin (T.D.), conventional optical microscopy and electronic transmission microscopy were performed (mais) in times T0, Test, and T60, that is, before the hypothermia (T0), after temperature stabilization at 10° lower than initial temperature (Test), and after sixty minutes of hypothermia (T60). RESULTS: The data analysis, both of the biochemical profile and of the microscopy showed that in the group of animals with selective hypothermia, the hepatic lesions were more intense when compared to the systemic hypothermia group. CONCLUSION: The selective hypothermia causes more lesions to the liver than the systemic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Controle ácido-básico na hipotermia/ The acid-base management in hypothermia

Gomes, Walter José; Buffolo, Ênio
1993-09-01

Resumo em português O emprego da hipotermia profunda tem se constituído, atualmente, numa Importante estratégia para melhoria da qualidade técnica e resultados em cirurgia cardiovascular. A hipotermia reduz os danos teciduais induzidos pela isquemia por diminuir o metabolismo e preservar os fosfatos energéticos. A regulação do pH tecidual durante a hipotermia é fundamental para a manutenção da homeostasia celular, já que a hipotermia induz alterações desse pH pela mudança provoc (mais) ada na constante de dissociação da água. A questão do melhor manuseio dos gases sangüíneos durante a hipotermia induzida tem sido objeto de controvérsia. Duas abordagens têm sido preconizadas para o manejo das alterações iónicas durante a hipotermia. A regulção pH-stat envolve a manutenção do pH constante de 7,40 em todas as temperaturas com ajustes da PaCO2 e a regulação α-stat permite a variação do pH sangüíneo, que aumenta conforme a diminuição da temperatura e o conteúdo total corpóreo de CO2 é mantido constante. Nesta presente revisão a relação entre pH sangüíneo e intracelular e as alterações iónicas induzidas pela hipotermia são discutidas. Resumo em inglês Deep hypothermia is a usefull tool to improve technical results in cardiovascular surgery and is nowadays the major strategy used to reduce ischemic injury. Hypothermia reduces metabolism and preserves cellular stores of high-energy phosphates. The regulation of tissue pH during hypothermia is important for cellular homeostasis. Furthermore, hypothermia has important effects on pH by altering the dissociation constant of water and various metabolics intermediates and the (mais) question of optimal blood gas management during deliberate hypothermia has been subject of much controversy. Two approaches have been advocated for pH management during hypothermia, the first termed pH strategy, where blood pH is maintained constant at 7,40 at all temperatures with PaCO2 adjustment, and in the second type of regulation, termed α-stat strategy, the blood pH is increased according to decrease in temperature and the total CO2 , content of the blood remain constant. In this present review the relationship between blood pH and intracelular pH and the ionic alterations induced by hipothermia are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Uso da manta térmica na prevenção da hipotermia intraoperatória/ Use of forced-air to prevent intraoperative hypothermia

Bernardis, Ricardo Caio Gracco de; Silva, Mauro Prado da; Gozzani, Judymara Lauzi; Pagnocca, Marcelo Lacava; Mathias, Lígia Andrade da Silva Telles
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: A hipotermia é prejudicial no período perioperatório. Não há consenso sobre o melhor método de aquecimento ativo e nem sobre o melhor período para fazê-lo. Este estudo teve como objetivo primário verificar a eficácia de diferentes períodos de utilização da manta térmica à temperatura de 38°C, como método de prevenção da hipotermia intraoperatória. Como objetivo secundário avaliou-se os efeitos adversos do uso da manta térmica na temperatura (mais) de 38°C. MÉTODOS: Foram comparados quatro grupos de 15 pacientes submetidos a operações ortopédicas. No grupo controle (Gcont) os pacientes não utilizaram manta térmica, nos grupos pré (Gpré), intra (Gintra) e total (Gtotal), os pacientes utilizaram manta térmica a 38ºC, respectivamente, durante 30 minutos antes da indução anestésica, após a indução anestésica até 120 minutos e antes e após a indução. Foram avaliados: temperatura central (timpânica), periférica (pele), da sala cirúrgica, variação das condições hemodinâmicas e efeitos adversos do aquecimento. RESULTADOS: O Gtotal foi o único grupo que não teve variação significativa da temperatura central. A temperatura central dos pacientes do grupo Gtotal foi significativamente maior (p Resumo em inglês OBJECTIVE: Hypothermia is a life-threatening event during the perioperative period. No consensus has been reached about the best active warming approach for such cases. Furthermore there is no consensus on the most appropriate time to warm a hypothermic patient. This study aimed to assess the efficacy of a forced-air blanket to warm patients at 38ºC before and during surgery. Following utilization of the forced-air blanket, adverse effects were evaluated. METHODS: Patien (mais) ts submitted to orthopedic surgeries were divided into four groups of 15 patients. In the control group (Gcont), patients were not warmed with a forced-air blanket. In the preoperative group (Gpre), intraoperative group (Gintra), and total group (Gtotal), patients were warmed at 38°C, during 30 minutes before anesthetic induction, after anesthetic induction up to 120 minutes and before and after the induction, respectively. Parameters evaluated were central (tympanic) temperature, peripheral (skin) temperature, operating room temperature, variations in the hemodynamic conditions and warming-induced adverse effects. RESULTS: Only Gtotal did not show significant variation in central temperature. Central temperatures of Gtotal patients were significantly higher (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Correção de doenças da aorta torácica com utilização de hipotermia profunda e parada circulatória/ Surgical treatment of thoracic aortic lesions with deep hypothermia and circulatory arrest

Gontijo Filho, Bayard; Fantini, Fernando Antônio; Barbosa, Juscelino Teixeira; Silva, João Alfredo de Paula e; Castro, Marcelo Frederique de; Peredo, Eduardo O. A; Pedrosa, Adelso A; Gonçalves, Flávio Donizete; Vrandecic, Mário Osvaldo
1991-04-01

Resumo em português São apresentados 14 casos de aneurismas e/ou dissecções da aorta torácica submetidos a correção cirúrgica com o emprego de hipotermia profunda e parada circulatória. Entre os 14 pacientes, seis eram portadores de aneurismas da aorta (um de aorta ascendente, três do arco aórtico, um de aorta ascendente + arco aórtico, um de aorta descendente) e oito eram portadores de dissecção aórtica. A hipotermia foi induzida gradualmente até atingir 18ºC de temperatura (mais) nasofaríngea. O período médio de parada circulatória foi de 35 minutos. Houve quatro óbitos hospitalares, sendo um por problemas hemorrágicos, um por arritmia ventricular pós IAM, um por insuficiência renal aguda já existente no pré-operatório e um por AVC e infecção pulmonar secundária. Dos 10 pacientes, dois apresentaram insuficiência respiratória com assistência ventilatória prolongada e quatro apresentaram distúrbios neurológicos transitórios, com recuperação total. A técnica de hipotermia profunda e parada circulatória mostrou-se como boa alternativa na abordagem cirúrgica de lesões graves da aorta torácica. Resumo em inglês The authors report 14 cases of aneurysms and/or dissections of the thoracic aorta, treated with deep hypothermia and circulatory arrest. There were 6 aneurysms of the aorta (1 of the ascending aorta, 3 of the aortic arch, 1 of the ascending aorta and aortic arch, 1 of the descending aorta) and 8 cases of aortic dissections. The patients were gradually colled down to 18ºC of nasopharingeal temperature. The mean circulatory arrest time was 35 minutes. There were 4 hospital (mais) deaths; 1 patient died in the operating room, from persistent surgical bleeding; 1 patient died from acute renal failure, which was already present in the pre-operative period; 1 patient died after an acute myocardial infarction followed by ventricular fibrillation; 1 patient died from pulmonary infection following a carebro-vascular accident. This was the only death directly related to the circulatory arrest technique. Among the 10 survivors, there were 2 patients who required prolonged ventilatory support and 4 minor neurological abnormalities with complete recovery. The technique of deep hypothermia and circulatory arrest proved to be a good alternative in the treatment of difficult aortic lesions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Ação da TENS acupuntural em acupontos na dor induzida pela hipotermia local (0-2º C)/ Action of acupunctural TENS in acupuncture points on local hypothermia-induced pain (0-2º C)

Montenegro, Eduardo José Nepomuceno; Albuquerque, Nathália Bayma de; Mariz, Larissa Melo Rodrigues de; Costa, Rita de Cássia da Silva; Montarroyos, Camila Soares; Motta, Mauricy Alves da
2010-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A dor é um fenômeno multidimensional que dificulta o desenvolvimento das atividades cotidianas. A aplicação de estimulação elétrica nervosa transcutânea (transcutaneous electrical nerve stimulation - TENS) está entre uma das modalidades mais usadas para o tratamento da dor. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi verificar se a TENS acupuntural (baixa frequência) influencia a dor aguda produzida pela hipotermia local em indivíduos saudáveis, quando (mais) os eletrodos estão localizados nos acupontos TA5 e CS6 e na aplicação placebo. MÉTODOS: Trinta e dois voluntários, de ambos os gêneros, foram alocados, aleatoriamente, nos grupos TENS e placebo. O estudo consistiu em três momentos: hipotermia sem eletroanalgesia, hipotermia com eletroanalgesia ou placebo, e hipotermia pós-eletroanalgesia ou placebo, para avaliar o efeito da TENS e do placebo na latência do limiar de dor e na intensidade da dor. RESULTADOS: Os resultados mostraram que a latência do limiar de dor aumenta significativamente quando comparados os momentos antes e depois do uso da TENS, enquanto o grupo placebo não mostrou significância entre seus ciclos de experimentação. A intensidade da dor não sofreu influencia da TENS e do placebo. CONCLUSÃO: Nossos resultados sugerem que a TENS acupuntural aplicada sobre a área dos acupontos TA5 e CS6 é eficaz em aumentar a latência do limiar de dor, mas não interfere na intensidade da dor. Resumo em inglês INTRODUCTION: Pain is a multidimensional phenomenon that hampers the development of daily activities. The application of transcutaneous electrical nerve stimulation (TENS) is among one of the most widely used to treat pain. OBJECTIVE: The aim of this study was to determine whether acupunctural TENS (low frequency) influences the acute pain produced by local hypothermia in healthy subjects, when the electrodes are located on acupoints TA5 and CS6 and in placebo application (mais) . METHODS:Thirty-two volunteers, both male and female, were randomly allocated to TENS groups and sham. The study consisted of three phases: hypothermia without TENS analgesia, hypothermia with TENS analgesia or placebo, and hypothermia post-TENS analgesia or placebo, to evaluate the effect of TENS and placebo in the latency of pain threshold and pain intensity. RESULTS: The results show that the latency of pain threshold significantly increased when compared to the moments before and after use of TENS, while the placebo group showed no significant difference between its cycles of experimentation. Pain intensity was not affected by TENS and placebo. CONCLUSION: Our results suggest that TENS acupunctural applied over the area of acupoints TA5 and CS6 is effective in increasing the latency of pain threshold, but does not interfere in pain intensity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Aspectos da proteção cerebral em pacientes submetidos a tromboendarterectomia pulmonar com hipotermia profunda e parada circulatória intermitente/ Aspects of cerebral protection in patients submitted to pulmonary thromboendarterectomy with profound hypothermia and intermittent circulatory arrest

HUEB, Alexandre C.; JATENE, Fabio B.; PÊGO-FERNANDES, Paulo M.; JATENE, Marcelo B.; BERNARDO, Wanderley M.; JATENE, Adib D.
2000-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A tromboendarterectomia pulmonar é utilizada como método bem estabelecido para aliviar a hipertensão pulmonar nos casos de tromboembolismo pulmonar crônico. A dificuldade que se apresenta é conciliar o tempo relativamente exíguo de parada circulatória total (PCT) hipotérmica com a completa desobstrução das artérias pulmonares, sob pena de danos neurológicos. CASUÍSTICA E MÉTODOS: No período de março de 1998 a abril de 1999 (13 meses), 8 pacie (mais) ntes, 5 do sexo masculino, 1 de cor negra, com idade variando entre 25 a 56 anos (média 46,2 anos) e com diagnóstico angiográfico de tromboembolismo pulmonar, foram submetidos a tromboendarterectomia pulmonar uni ou bilateral por tromboembolismo pulmonar crônico (TEP). Instalado o circuito extracorpóreo e incisada a artéria pulmonar, procede-se à PCT e, aproximadamente a cada 20 minutos de procedimento, intermitentemente, o fluxo da circulação extracorpórea (CEC) é restabelecido a 14º C por um período de 15 minutos objetivando-se a reperfusão cerebral e corpórea. Sucessivas paradas circulatórias total são realizadas e tantas quanto forem necessárias até a remoção de todos os trombos da artéria pulmonar. RESULTADOS: Não foram registrados óbitos no transoperatório. Um paciente faleceu no 30º dia de pós-operatório (PO) devido a broncopneumonia que evoluiu para sepse. Os 8 pacientes foram submetidos a CEC e PCT hipotérmica, sendo que em 5 (62,5%) foram necessárias 4 PCT e em 3 (37,5%) apenas 3 PCT, com média de 3,6 PCT. O tempo total de CEC variou de 210 a 255 minutos, com média de 225 minutos. O tempo de PCT hipotérmica variou de 58 a 88 minutos, com média de 76,7 minutos e o período de PCT por paciente variou de 18 a 24 minutos, com média de 20,5 minutos. Em todos os pacientes foram realizadas tomografias de crânio, que não revelaram nenhuma alteração anatômica, assim como o exame físico não revelou déficit motor ou rebaixamento do sensório. CONCLUSÃO: Acreditamos ser esta uma técnica promissora, capaz de oferecer tranqüilidade para o cirurgião e segurança para o paciente em termos de proteção do sistema nervoso central. Resumo em inglês INTRODUCTION: Pulmonary thromboendarterectomy is a well established method to alleviate pulmonary hypertension in cases of chronic pulmonary thromboembolism. It is difficult to balance the relatively short time of total hypothermic circulatory arrest (TCA) and the thorough opening of the pulmonary artery, and there is risk of neurologic damages. MATERIAL AND METHODS: From March 1998 to April 1999 (13 months), 8 patients, 5 male, 1 black with ages ranging from 25 to 56 yea (mais) rs (mean: 46.2 years) with angiographic diagnosis of pulmonary thromboembolism, underwent unilateral or bilateral thromboendarterectomy for chronic pulmonary thromboembolism (PTE). Once the extracorporeal circulation is prepared and the pulmonary artery is incised, TCA is carried out and, approximately 20 minutes after thromboendarterectomy blood flow is re-established by ECC at 14º C for a period of 15 minutes for cerebral and corporeal reperfusion. Successive total circulatory arrests are carried out as many times as required until all thrombi are removed from the pulmonary artery. RESULTS: No trans-operative deaths were recorded. One patient died on postoperative (PO) day 30 due to bronchopneumonia which developed into sepsis. The 8 patients underwent hypothermic ECC and TCA, four TCA procedures were required in 5 (62.5%) and, only 3 in three (37.5%) with a mean of 3.6 TCA procedures. Total ECC time ranged from 210 to 255 minutes (mean time 225 minutes). Hypothermic TCA time ranged from 58 to 88 minutes (mean time 76.7 minutes) and the TCA time per patient ranged from 18 to 24 minutes (mean time 20.5 minutes). Skull CT scans were carried out for all patients and did not show any anatomic changes, the physical examination did now show motor deficit or sensorial loss. CONCLUSIONS: We believe this is a very promising technique which provides better operating conditions for the surgeons and central nervous system protection for the patient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

O BERA como instrumento de avaliação funcional do tronco cerebral em cirurgias com hipotermia profunda e parada circulatória total/ The ABR as a tool in the evaluation of brainstem function in surgeries with deep hypothermia and total cardiac arrest

Sousa, Luiz Carlos Alves de; Piza, Marcelo Ribeiro de Toledo; Ferez, Marcus; Rodrigues, Luciano da Silveira; Ruiz, Danielle Barbosa; Schmidt, Viviane Bom
2003-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Monitoramento do tronco cerebral através da análise dos traçados do BERA em cirurgia cardíaca com hipotermia profunda e parada circulatória total (PCT), registrando a recuperação funcional (eletrofisiológica) do tronco cerebral. FORMA DE ESTUDO: Coorte Longitudinal. MATERIAL E MÉTODO: Foram estudados o comportamento do traçado do BERA de 8 pacientes submetidos a cirurgia cardíaca com hipotermia profunda e PCT para correção de aneurisma de aorta tor� (mais) �cica. Etapas: resfriamento corporal até 18ºC C; PCT por até 60 minutos; reaquecimento. Registros do BERA: 35ºC, 32ºC, 26ºC, 18ºC, 27ºC, 35ºC. RESULTADOS: Os traçados iniciais (35ºC) se apresentavam normais. Aos 26ºC há o desaparecimento de todas as ondas. Aos 18ºC o traçado do BERA mostrava um padrão isoelétrico. Aos 27ºC, recuperação das ondas I, III e V. A partir de 35ºC as latências das ondas retornam ao normal. CONCLUSÃO: O BERA constitui-se em competente instrumento de monitoramento da integridade funcional do tronco cerebral em cirurgia cardíaca com hipotermia profunda e PCT. As ondas desaparecem no período de resfriamento corporal, atingem um padrão isoelétrico a 18ºC, e reaparecem durante o reaquecimento. No final do procedimento, os médicos anestesistas não dispõem de exame clínico fidedigno para acessar a integridade funcional do tronco cerebral, devido ao uso de drogas depressoras do SNC. O reaparecimento das ondas do BERA é o parâmetro proposto para este fim. A manutenção do padrão isoelétrico após o reaquecimento corporal sugere grave comprometimento funcional do tronco cerebral. Resumo em inglês AIM: The authors propose the use of ABR as an instrument for the detection of brainstem dysfunction in the trans- and post-operatory period of surgeries with total circulatory arrest (TCA) and deep hypothermia for correction of aneurysms of the thoracic aorta. STUDY DESIGN: Longitudinal Cohort. MATERIAL AND METHOD: Eight adult patients that underwent surgery for correction of aneurisms of thoracic aorta had their brainstem monitored through ABR. The patients had their bod (mais) y temperature lowered to 18ºC. At this moment, TCA was performed for a period of up to 60 minutes. The recordings were done at the following: before lowering the body temperature, during the cooling process, at the time of TCA (18ºC), and during the re-warming process. RESULTS: The initial tracings (35ºC) were normal. At 26ºC, ABR waves disappeared. At 18ºC and TCA, ABR showed isoelectric tracings. Waves I, III and V reappeared at 27ºC, although with prolonged latencies. When temperature reached 35ºC, latencies were back to normal. CONCLUSIONS: The ABR seems to be a useful monitor for evaluating brainstem function during surgeries with TCA and deep hypothermia. Our experience showed the extreme usefulness of the evoked auditory potentials in such procedures as a noninvasive, reliable and objective method for the monitoring of variations in the neurophysiological pattern of the brainstem. This can be of great value in presuming the patient's neurological outcome in a moment when the neurological status cannot be clinically accessed due to the several drugs used during surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Tratamento cirúrgico da aorta ascendente e arco com perfusão cerebral anterógrada e hipotermia moderada/ Surgical treatment of the ascending aorta and aortic arch with antegrade cerebral perfusion and moderate hypothermia

Martins, Marcelo Sávio da Silva; Sá, Mauro Paes Leme de; Abad, Leonardo; Bastos, Eduardo Sérgio; Franklin Junior, Ney; Baptista, Alvaro Luiz Xavier de B. M.; Annibal, Jorge Viana; Bezerra, Alvaro Barde
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a técnica de proteção cerebral utilizando como via de acesso o tronco braquiocefálico para perfusão cerebral anterógrada e hipotermia moderada nas operações da aorta ascendente e arco aórtico. MÉTODO: Foram operados, consecutivamente, doze pacientes portadores de dissecção da aorta e/ou aneurismas. Destes, sete pacientes apresentavam dissecção de aorta e cinco eram portadores de aneurisma de aorta ascendente ou de arco aórtico. A perfusão (mais) arterial foi realizada por meio de enxerto de PTFE de 8,0 mm anastomosado ao tronco braquiocefálico. A hipotermia sistêmica foi de 28ºC nasofaríngea. O tronco braquiocefálico foi ocluído para perfusão cerebral anterógrada. A pressão arterial média em artéria radial direita foi mantida entre 50-60 mmHg. A saturação transcutânea de oxigênio na artéria temporal e o BIS foram utilizados para monitorização contínua. RESULTADOS: Não houve nenhuma complicação neurovascular relacionada ao procedimento. A circulação extracorpórea foi mantida com fluxo adequado para manter pressão arterial de 50-60 mmHg, durante toda a operação. Em dez casos, a valva aórtica foi preservada com o emprego de técnicas de remodelagem ou ressuspensão. O tempo médio de parada circulatória total com hiperfluxo cerebral foi de 24 minutos (20 a 35 min). CONCLUSÃO: A perfusão cerebral e a circulação extracorpórea por via anterógrada, através do tronco braquioocefálico, associadas à hipotermia moderada, mostraram-se eficientes na proteção do sistema nervoso e, possivelmente, evitaram as graves discrasias sanguíneas pós-operatórias. Resumo em inglês OBJECTIVE: To retrospectively evaluate the technique of antegrade cerebral perfusion via the innominate artery associated with moderate systemic hypothermia (28-30ºC) in adults operated on for aneurysms or proximal aortic dissections. METHOD: Twelve consecutive adult patients who presented with proximal aortic dissections or aneurysms were operated on. Of these, seven presented with aortic dissections and five presented with ascending aortic or aortic arch aneurysms. Art (mais) erial perfusion was achieved using an 8.0 mm PTFE graft anastomosed to the innominate artery; the brachiocephalic trunk was occluded proximally for antegrade cerebral perfusion. Systemic hypothermia of 28-30ºC was used during circulatory arrest with the mean arterial pressure of the right radial artery maintained between 50-60 mmHg. RESULTS: There were no neurological or bleeding complications. In ten cases, the aortic valve was preserved by resuspension or remodeling. The mean time of circulatory arrest with antegrade cerebral perfusion was 24 minutes (range from 20 to 35 minutes). CONCLUSION: Antegrade cerebral perfusion through the innominate artery associated with moderate hypothermia (28-30ºC) seems to be effective to protect the central nervous system and possibly to avoid excessive bleeding in the post operative period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Estudo das emissões otoacústicas por produto de distorção durante a hipotermia em humanos/ Study of distortion-product otoacoustic emissions during hypothermia in humans

Borin, Andrei; Cruz, Oswaldo Laércio Mendonça
2008-06-01

Resumo em português As células ciliadas externas da cóclea desempenham papel fundamental na audição. OBJETIVO: Avaliar o funcionamento das células ciliadas externas da cóclea durante a cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea e hipotermia moderada. DESENHO DO ESTUDO: Estudo clínico prospectivo. MÉTODOS: Registro das emissões otoacústicas por produto de distorção (EOAPD) antes da cirurgia, após a indução anestésica, após o estabelecimento da circulação extracorpó (mais) rea com hipotermia moderada e no pós-operatório. RESULTADOS: Comparações da resposta em amplitude das EOAPD pré e pós-operatórias e pré e pós-estabelecimento da anestesia não demonstraram diferenças estatisticamente significantes. Comparações pré e pós-estabelecimento da circulação extracorpórea com hipotermia moderada demonstraram uma diminuição estatisticamente significante na amplitude das EOAPD. CONCLUSÕES: A amplitude das EOAPD diminui durante a hipotermia moderada. Resumo em inglês AIM: To evaluate the function of cochlear outer hair-cells under the influence of extra-corporeal circulation and moderate hypothermia during cardiac surgery. STUDY DESIGN: Prospective clinical study. METHODS: Distortion-product otoacoustic emissions (DPOAE) were registered before surgery, immediately after general anesthesia induction, during extra-corporeal circulation with moderate hypothermia and after the surgical procedure. RESULTS: Comparison of response-amplitudes (mais) before and after surgery and before and after general anesthesia initiation did not demonstrate statistical difference. Comparison of amplitudes before and after extra-corporeal circulation with moderate hypothermia demonstrated a statistically significant decrease in responses amplitudes during hypothermia. CONCLUSIONS: The amplitudes of DPOAE decreased during moderate hypothermia induced during extra-corporeal circulation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Influência da irrigação intraperitoneal de solução salina em diferentes temperaturas na formação de aderências e prevenção de hipotermia após pneumoperitônio em ratos/ Effect of intraperitoneal saline solution irrigation at different temperatures on adhesion formation and hypothermia prevention after pneumoperitoneum in rats

Molla Neto, Oswaldo Lourenço de; Silva, Rodrigo Altenfelder; Pacheco Júnior, Adhemar Monteiro
2000-04-01

Resumo em português Este estudo experimental em ratos avalia a influência da irrigação da cavidade peritoneal com solução salina isotônica (0,9 %), em diferentes temperaturas, na formação de aderências peritoneais e prevenção de hipotermia após pneumoperitônio. Foram utilizados 80 ratos divididos em quatro grupos de 20 animais: grupo controle (G1) sem irrigação, grupos com irrigação a temperatura ambiente 22,0°C (G2), a 35,0°C (G3) e a 45,0°C (G4). A análise da hipotermi (mais) a foi realizada através da monitorização da temperatura retal em três diferentes momentos: após a anestesia (T1), cinco minutos depois da insuflação de dióxido de carbono (T2) e cinco minutos após a irrigação com solução salina (T3). Os animais foram sacrificados no 28º dia de pós-operatório. Observaram-se aderências nos grupos com irrigação, sendo que, com salina à temperatura de 45,0ºC houve maior formação de aderências (30,0%) , porém, esta diferença não foi significante. No G2 ocorreu uma queda significante na temperatura média retal quando comparada aos demais grupos, demonstrando que a hipotermia na cirurgia laparoscópica pode ser reduzida com o uso de solução salina aquecida. Resumo em inglês Adhesions following abdominal surgery have plagued surgeons for years. Intra-operative irrigation of the peritoneal cavity with isotonic saline solution is a common procedure in gastrointestinal surgery. Although warm saline is often recommended to prevent hypothermia, accurate temperature control is rarely observed. Recent experimental studies are correlating saline temperature with adhesion formation and it has been shown that when saline temperature exceeds 37,0ºC it (mais) increases the possibilities of adhesions. Hypothermia is frequent during laparoscopy due to the insufflation of cold carbon dioxide to induce pneumoperitoneum. Most laparoscopic procedures also use irrigation with physiologic solutions, such as normal saline. Our purpose was to evaluate the influence of intraperitoneal isotonic saline solution irrigation, at different temperatures, on adhesion formation and hypothermia prevention after pneumoperitoneum. Eighty rats were divided in four groups of 20 animals each: control group (G1) with no irrigation, G2 group with irrigation at ambient temperature - 22,0°C, G2 at 35,0ºC and G4 at 45,0ºC. Temperature analysis was accomplished through a rectal probe in three different moments: after anesthesia (T1), five minutes after carbon dioxide insuflation (T2) and five minutes after saline irrigation (T3). The animals were sacrificed in the 28th day of postoperative. Adhesions were observed in all groups with irrigation and a greate adherence formation (30%) was observed at 45,0ºC. Even so, this difference was not significant. In the G2 a significant fall occurred in the rectum average temperature when compared with the other groups demonstrating that the hypothermia can be avoided with the use of warmed saline solution in laparoscopic surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Estudo de pacientes reanimados pós-parada cardiorrespiratória intra e extra-hospitalar submetidos à hipotermia terapêutica/ Study of resuscitated in- and out-hospital cardiorespiratory arrest patients undergoing therapeutic hypothermia

Ravetti, Cecilia Gómez; Silva, Tatiana Oliveira; Moura, Anselmo Dornas; Carvalho, Frederico Bruzzi de
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Conhecer as características dos pacientes submetidos a um protocolo operacional padrão institucional de atendimento a pacientes reanimados após episódio de parada cardiorrespiratória incluindo a aplicação de hipotermia terapêutica. MÉTODOS: Foram analisados retrospectivamente 26 pacientes consecutivos após episódio de parada cardiorrespiratória de janeiro de 2007 a novembro de 2008. RESULTADOS: Todos os casos foram submetidos a hipotermia terapêutic (mais) a. Idade média de 63 anos, predominantemente do sexo masculino. O local da parada cardiorrespiratória foi extra-hospitalar em 8 casos, pronto socorro em 3, durante internação fora da unidade de terapia intensiva em 13 casos e o bloco cirúrgico em 2 casos. O ritmo de parada foi fibrilação ventricular em sete pacientes, assistolia em 11, atividade elétrica sem pulso em 5 casos e não foi determinado em 3 pacientes. O intervalo entre a parada e o retorno à circulação espontânea foi de 12 ± 5 minutos. O tempo requerido para alcançar a temperatura alvo foi de 5 ± 4 horas, o tempo de hipotermia foi de 22 ± 6 horas e para o reaquecimento usaram-se 9 ± 5,9 horas. Catorze pacientes evoluíram a óbito na unidade de terapia intensiva, representando uma mortalidade de 54%, e três pacientes tiveram o mesmo desfecho durante a internação, determinando uma mortalidade intra-hospitalar de 66%. Houve redução estatisticamente significativa dos valores de hemoglobina (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine the characteristics of patients undergoing standard institutional protocol for management of resuscitated patients after a cardiac arrest episode, including therapeutic hypothermia. METHODS: This was a retrospective analysis of 26 consecutive patients admitted following cardiac arrest, between January 2007 and November 2008. RESULTS: All cases underwent therapeutic hypothermia. Average age was 63 years, and the patients were predominantly male. Car (mais) diac arrest event was out-of-hospital in 8 cases, in the emergency room in 3 cases, in the wards in 13 cases and in the operation room in 2 cases. The cardiac arrest rhythm was ventricular fibrillation in seven patients, asystolia in 11, pulseless electrical activity in 5 cases, and was undetermined in 3 patients. The interval between the cardiac arrest and return of spontaneous circulation was 12 minutes (SD ± 5 min). The time to reach the target temperature was 5 ± 4 hours, the hypothermia time was 22 ± 6 hours and time to rewarming 9 ± 5.9 hours. Fourteen patients died in the intensive care unit, a 54% mortality, and three patients died during the in-hospital stay, a 66% in-hospital mortality. There was statistically significant reduction in hemoglobin (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Tratamento cirúrgico das dissecções de aorta tipo A utilizando parada cardiocirculatória total com hipotermia profunda/ Surgical treatment of type A aortic dissections utilizing total cardiocirculatory arrest with deep hypothermia

Albuquerque, Luciano Cabral; Goldani, Marco Antônio; Goldani, Juremir João; Piantá, Ricardo Medeiros; Araújo, Rubens Lorentz; Petracco, João Batista
1993-03-01

Resumo em português No período de julho de 1986 a julho de 1993, 22 pacientes portadores de dissecção de aorta tipo A foram tratados cirurgicamente utilizando-se parada cardiocirculatória (PCC) total sob hipotermia profunda (18ºC), dos quais 15 apresentavam dissecção aguda e 7 dissecção crônica. Em 14 casos (64%) a aorta ascendente foi reconstruída utilizando-se enxerto reto de Dacron, com troca valvar aórtica em 5 pacientes e ressuspensão valvar aórtica em 2; a reconstrução (mais) do arco aórtico foi empregada em 8 casos (36%), nos quais a dissecção se extendia ou se originava no mesmo, havendo necessidade de reimplante dos ramos supra-aórticos em 3 pacientes. O tempo médio do PCC foi de 43 minutos, a mortalidade hospitalar foi de 18%, e a complicação pós-operatória mais freqüente foi a infecção respiratória. Cinco pacientes (22,7%) apresentaram dano neurológico pós-operatório, sendo, em 4 casos, reversível e atribuível a edema cerebral; 1 caso (4,5%) apresentou acidente vascular hemisférico estabelecido. Concluímos que a técnica de PCC sob hipotermia profunda deve ser utilizada sempre no reparo das dissecções de aorta tipo A, independentemente de sua extensão ao arco aórtico, pois oferece uma proteção cerebral segura, permite a inspeção ampla da zona dissecada e do local de rotura da íntima, e evita o trauma produzido pelo clampeamento da aorta acometida. Resumo em inglês From July 1986 to July 1993, 22 consecutive patients with Type A Aortic Dissecation were surgically treated using total cardiovascular arrest with deep hypothermia (18ºC). Fifteen cases had acute dissecations and 7 were chronic cases. In 14 cases (64%), the ascending aorta was reconstructed using a straight Dacron graft. In 5 of these, the aortic valve was repaired. The aortic arch was reconstructed in 8 cases (36%) and in 3 of these, the arch branches were reimplanted. (mais) The average time of the cardiovascular arrest was 43 minutes and the hospital mortality was 18%. The most frequent complication was respiratory infection, 5 patients (22.7%) showed neurologic damage, 4 of them transient and reversible. In summary, the cardiovascular arrest with deep hypothermia technique for the treatment of Type A Aortic Dissection can be used with reasonable mortality and morbility allowing a safe cerebral protection, good exposure of the dissected aorta and prevents damage to the aortic wall by the cross clamping.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Controle de temperatura em intervenção cirúrgica abdominal convencional: comparação entre os métodos de aquecimento por condução e condução associada à convecção/ Control de temperatura en intervención quirúrgica abdominal convencional: comparación entre los métodos de calentamiento por conducción y conducción asociada a la convección/ Temperature control in conventional abdominal surgery: comparison between conductive and the association of conductive and convective warming

Pagnocca, Marcelo Lacava; Tai, Eun Joo; Dwan, Joana L.
2009-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Hipotermia intra-operatória é complicação frequente, favorecida por operação abdominal. A eficácia da associação dos métodos de aquecimento por condução e convecção na prevenção de hipotermia e seus efeitos no período de recuperação pós-operatória foram os objetivos deste estudo. MÉTODO: Quarenta e três pacientes de ambos os sexos de 18 a 88 anos de idade, submetidos à laparotomia xifopúbica sob anestesia geral e monitor (mais) ização da temperatura esofágica, foram distribuídos de modo aleatório em dois grupos de aquecimento: COND (n = 24), com colchão de circulação de água a 37°C no dorso e COND + CONV (n = 19), com a mesma condição associada à manta de ar aquecido a 42°C sobre o tórax e membros superiores. Analisados peso, sexo, idade, duração da operação e anestesia, temperaturas na indução anestésica (Mi), horas consecutiva (M1, M2), final da operação (Mfo) e anestesia (Mfa), entrada (Me-REC) e saída (Ms-REC) da recuperação pós-anestésica (SRPA), além das incidências de tremores e queixas de frio no pós-operatório. RESULTADOS: Os grupos foram semelhantes em todas as variáveis analisadas, exceto nas temperaturas em M2, M3, M4, Mfo e Mfa. O grupo COND reduziu a temperatura a partir da segunda hora da indução anestésica, mas o grupo COND + CONV só na quarta hora. Em COND, observou-se hipotermia na entrada e saída da SRPA. CONCLUSÕES: Associar métodos de aquecimento retardou a instalação e diminui a intensidade da hipotermia intra-operatória, mas não reduziu a incidência das queixas de frio e tremores. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La Hipotermia intraoperatoria es una complicación frecuente, favorecida por la operación abdominal. La eficacia de la asociación de los métodos de calentamiento por conducción y convección en la prevención de hipotermia y sus efectos en el período de recuperación postoperatoria, fueron los objetivos de este estudio. MÉTODO: Cuarenta y tres pacientes de los dos sexos, entre 18 y 88 años de edad, sometidos a la laparotomía xifopúbica (mais) bajo anestesia general y monitorización de la temperatura esofágica, aleatoriamente distribuidos en dos grupos de calentamiento: COND (n = 24) colchón de circulación de agua a 37,0°C en el dorso y COND + CONV (n = 19) la misma condición asociada a la manta de aire calentado a 42°C sobre el tórax y los miembros superiores. Se analizó el peso, sexo, edad, duración de la operación y anestesia, temperaturas en la inducción anestésica (Mi), horas consecutiva (M1, M2), final de la operación (Mfo) y anestesia (Mfa), entrada (Me-REC) y salida (Ms-REC) de la recuperación postanestésica (SRPA), además de las incidencias de temblores y quejidos de frío en el postoperatorio. RESULTADOS: Los grupos fueron similares en todas las variables analizadas, excepto en las temperaturas en M2, M3, M4, Mfo y Mfa. El Grupo COND redujo la temperatura a partir de la segunda hora de la inducción anestésica, pero el grupo COND + CONV sólo en la cuarta hora. En COND se observó una hipotermia en la entrada y en la salida de la SRPA. CONCLUSIONES: El asociar métodos de calentamiento, retardó la instalación y redujo la intensidad de la hipotermia intraoperatoria, pero no redujo la incidencia de los quejidos de frío y los temblores. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Intraoperative hypothermia is a common complication, and its development is favored by abdominal surgeries. The efficacy of the association of conductive and convective warming methods in the prevention of hypothermia, and its effects during postoperative recovery were the objectives of this study. METHODS: Forty-three patients of both genders, ages 18 to 88 years, undergoing xyphopubic laparotomy under general anesthesia and monitoring of the e (mais) sophageal temperature were randomly divided in two groups, according to the warming method: COND (n = 24), circulating-water mattress at 37° C on the back, and COND + CONV (n = 19), circulating-water mattress associated with warm air blanket at 42° C over the thorax and upper limbs. Weight, gender, age, duration of surgery and anesthesia, temperature on anesthetic induction (Mi), consecutive hours (M1, M2), end of surgery (Mes) and anesthesia (Mea), and admission (Ma-REC) and discharge (Md-REC) from the post-anesthetic recovery room (PARR), besides the postoperative incidence of tremors and complaints of cold, were analyzed. RESULTS: Both groups were similar regarding all parameters analyzed, except temperatures on M2, M3, M4, Mes, and Mea. The temperature of patients in the COND group decreased from the second hour of anesthetic induction on, but in the COND + CONV group it only happened in the fourth hour. Patients in the COND group presented hypothermia upon admission and discharge from the PARR. CONCLUSIONS: The association of different warming methods delayed the beginning and reduced the severity of intraoperative hypothermia, but it did not reduce the complaints of feeling cold and tremors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Proteção cerebral no tratamento cirúrgico dos aneurismas do arco aórtico: estudo experimental em cães/ Cerebral protection during surgical approach to the aortic arch aneurysms resection: experimental study in dogs

Espinosa, Gaudêncio Lopes; Murad, Henrique; Jazbik, Antônio de Pádua; Bastos, Eduardo Sérgio; Brito, João de Deus e; Feitosa, José L; Barros, Rogério Antônio Silva; D'Avila, Cláudio Miguel
1994-12-01

Resumo em português É realizado estudo experimental comparativo entre dois métodos de proteção cerebral na abordagem cirúrgica dos aneurismas do arco aórtico, avaliando a sua eficácia: hipotermia sistêmica profunda isolada (menor que 20ºC) com pinçamento arterial braquiocefálico e hipotermia sistêmica profunda associada à perfusão carotídea seletiva. Dois grupos de 15 cães cada foram submetidos, respectivamente, à hipotermia sistêmica profunda com pinçamento arterial braqu (mais) iocefálico (Grupo I) e à hipotermia sistêmica profunda associada à perfusão seletiva da carótida direita (Grupo II). Foram analisadas amostras seriadas das alterações metabólicas de pH e PaCO2 que ocorreram no retorno venoso cerebral aferidas na veia julgular interna, bem como as alterações histopatológicas encontradas com 45 min., 90 min. e 135 min. de cada procedimento. Os resultados demonstram que, apesar de ambos os métodos de proteção cerebral serem eficazes por um período de 45 minutos, o método utilizado no Grupo II mostrou ser superior em períodos de até 90 minutos de isquemia cerebral. Em períodos de 135 minutos os métodos tiveram resultados semelhantes, não oferecendo proteção cerebral adequada. Resumo em inglês The authors proposition is to make an experimental study of two methods of cerebral protection to be used during aortic arch aneurysm resection. The methods to be evaluated were profound systemic hypothermia (under 20ºC) whith great vessels occlusion and profound systemic hypothermia with selective right carotid artery perfusion. Two groups of 15 dogs each were submitted either to profound systemic hypothermia with great vessels occlusion (Group I), or to profound system (mais) ic hypothermia with selective right carotid artery perfusion (Group II). Serial jugular vein samples for pH and PaCO2 were analyzed to evaluate ischemic cerebral metabolic derangements. Hystopathological studies were also performed 45, 90 and 135 minutes, through animal sacrifice in each experiment. The results have shown good cerebral protection with both methods in the 45 minutes ischemic interval. At 90 minutes Group II method has conferred better cerebral protection than Group I. At 135 minutes of cerebral ischemia neither method could afford cerebral protection against ischemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Cirurgia cardíaca fetal: características hemodinâmicas da placenta durante circulação extracorpórea/ Fetal cardiac surgery: hemodynamic characteristics of placenta during extracorporeal circulation

Assad, Renato S; Lee, Fan-Yen; Berger, Kim; Hanley, Frank I
1991-04-01

Resumo em português A diminuição da perfusão placentária com conseqüente distúrbio de trocas gasosas ocorre com freqüência após a circulação extracorpórea (CEC) fetal experimental. Com o objetivo de caracterizar a hemodinâmica placentária durante a CEC, foram colocadas em CEC sete placentas de ovelhas, isoladas in situ, através da canulação dos vasos umbilicais. O fluxo da CEC foi alterado de 15 a 300 ml/min/kg de peso fetal, em normotermia e hipotermia. A resistência vascu (mais) lar placentária (RVP) permaneceu constante durante uma pressão de perfusão e fluxo da CEC acima de 40 mmHg e 150 ml/min/kg, respectivamente. Abaixo destes valores, a relação da RVP com estes dois parâmetros foi inversamente proporcional. Um maior aumento da RVP foi observado durante a hipotermia. A implicação clínica destes achados reside no fato de que a diminuição do fluxo e da pressão de perfusão placentária durante a CEC pode conduzir a um ciclo vicioso, resultando em prejuízo adicional da perfusão placentária das trocas gasosas, sendo que a hipotermia agrava ainda mais esta disfunção placentária. Resumo em inglês Decreased placental perfusion and respiratory gas exchange have been observed following experimental fetal cardiopulmonary bypass (CPB). To better characterize placental hemodynamics during CPB, 7 isolated in-situ lamb placentas were placed on a CPB circuit, using umbilical arterial and venous cannulation. Measures were taken to simulate normal placental hemodynamics. Perfusion flow rates were varied randomly from 15 to 300 ml/min/kg fetal wt. during both normothermia and (mais) hypothermia. Placental vascular resistance (PVR) remained constant when perfusion pressure and flow were varied above 40 mmHg and 150 ml/min/kg respectively. Below these values, PVR varied inversely. This increase in PVR was more marked when CPB was performed with hypothermia as compared to normothermia. The clinical implications is that decreased placental flow and pressure on CPB may lead to a vicious cycle resulting in further impariment of placental perfusion and respiratory gas exchange. Hypothermia promotes this impairment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Proteção cerebral: sítios de canulação arterial e vias de perfusão do cérebro/ Cerebral protection: sites of arterial cannulation and brain perfusion routes

Dias, Ricardo Ribeiro; Silva, Isaac Azevedo; Fiorelli, Alfredo Inácio; Stolf, Noedir Antonio Groppo
2007-06-01

Resumo em português O método de perfusão encefálica para a adequada proteção cerebral evoluiu desde o início da circulação extracorpórea. As limitações de tempo de atuação na parada circulatória total em hipotermia profunda, a ineficiente manutenção do metabolismo encefálico na retroperfusão cerebral e os cuidados relacionados à prevenção de eventos embólicos na perfusão cerebral seletiva resultaram em diferentes métodos de proteção cerebral durante sua evolução, (mais) principalmente nas operações que envolvem o arco aórtico. O fluxo arterial anterógrado, em oposição ao fluxo arterial retrógrado, e os sítios de canulação que permitem esse fluxo anterógrado são hoje, em associação à hipotermia moderada sistêmica, considerados o método mais efetivo de proteção cerebral. Resumo em inglês Brain perfusion for adequate cerebral protection has changed over the years. The limitations of the time during total circulatory arrest with deep hypotermia, the inefficient cerebral metabolism during retrograde perfusion and special care to prevent cerebral embolism during antegrade perfusion have resulted in the development of different methods of cerebral protection during the evolution of aortic arch operations. Antegrade cerebral perfusion associated with moderate hypothermia is today, considered the best option for cerebral protection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Substituição do arco aórtico sem parada circulatória total: técnicas, táticas e resultados/ Substitution of the aortic arch without total circulatory arrest: techniques, tactics and results

REIS FILHO, Fernando Antônio Roquette; LIMA, Luiz Cláudio Moreira; SILVEIRA, Ernesto Lentz da; BERNARDES, Rodrigo de Castro
2001-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A despeito dos avanços da cirurgia cardiovascular, das técnicas de circulação extracorpórea e dos métodos de proteção cerebral, a mortalidade nas operações de substituição ou reparo do arco aórtico permanece elevada. As alterações decorrentes da hipotermia profunda e as lesões neurológicas ainda são a maior causa de morbi-mortalidade. OBJETIVO: Demonstrar um conjunto de técnicas e táticas cirúrgicas que permite realizar a substituição (mais) do arco aórtico sem a necessidade de hipotermia e parada circulatória total e apresentar os resultados alcançados em um grupo de 10 pacientes. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Dez pacientes do sexo masculino, com idade média de 48,7 anos, foram submetidos a substituição do arco aórtico, utilizando-se hipotermia moderada, canulação arterial em artéria subclávia direita e femoral esquerda, perfusão cerebral seletiva pela artéria subclávia e confecção da anastomose dos vasos arco no primeiro tempo. RESULTADOS: O tempo médio de perfusão cerebral seletiva foi de 14,1 minutos, de isquemia miocárdica 39,6 minutos e de circulação extracorpórea 98,9 minutos. A temperatura esofágica média foi de 26,6º C (24º C a 30º C). O tempo médio de internação foi de 18,4 dias (8 a 40). Não ocorreram óbitos imediatos ou tardios. Dois pacientes apresentaram confusão mental temporária e um apresentou hemiparesia que foi revertida. CONCLUSÕES: A combinação de técnicas e táticas empregadas permitiu uma efetiva correção das lesões em um campo cirúrgico amplo e seco. Ofereceu uma excelente proteção cerebral sem a necessidade de hipotermia profunda o que diminuiu substancialmente as complicações pós-operatórias. Resumo em inglês INTRODUCTION: Despite the development in cardiovascular techniques such as in cardiopulmonary bypass and cerebral protection the mortality in the correlations of the diseases of the aortic arch remains high. Deep hypothermic circulatory arrest and cardiopulmonary bypass times as well as neurological lesions are the major causes of morbi-mortality. OBJECTIVE: To show some techniques and tactics that allow the complete substitution of the aortic arch without the need of tot (mais) al circulatory arrest and deep hypothermia, and the results obtained in 10 consecutive patients. MATERIAL AND METHODS: Ten consecutive patients, all male, with a mean age of 48.7 years, had their aortic arch totally substituted using moderate hypothermia, selective cerebral perfusion via subclavian artery and an arch vessels anastomose performed isolatedly as the first stage. RESULTS: The mean selective cerebral perfusion time was 14.1 minutes with 39.6 minutes of myocardial ischaemia and 98.9 minutes of cardiopulmonary bypass. The mean esofagic temperature was 26.6º C (24º C to 30º C). The mean time of hospital stay was 18.4 days (8 to 40). There were no immediate or late deaths. Two patients had temporary cerebral dysfunction (confusion) and one had hemiparesis, completed recover with time. CONCLUSION: The combination of these techniques and tactics allowed an effective correction of the diseases in a wide and dry surgical field. They promoted an excellent cerebral protection without the need of deep hypothermia which decreasing substantially the postoperative complications and mortality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Proteção cerebral no tratamento cirúrgico dos aneurismas do arco aórtico: estudo experimental em cães/ Cerebral protection to be used during aortic arch aneurysms resection

Murad, Henrique; Lopes, Gaudêncio E; Jazbik, Antônio de Pádua; Bastos, Eduardo Sérgio; Brito, João de Deus e; Feitosa, José L; Giambroni Filho, Rubens; Nascimento, Francisco José do; Palhares, Márcia S; Gomes, Eliane C
1993-09-01

Resumo em português Os autores realizaram estudo experimental comparativo entre dois métodos de proteção cerebral utilizados na abordagem cirúrgica dos aneurismas do arco aórtico, avaliando a sua eficácia. Os métodos comparados foram a hipotermia sistêmica profunda isolada (menor que 20ºC) com pinçamento arterial braquiocefálico e a hipotermia sistêmica profunda associada à perfusão carotídea seletiva. Dois grupos de 15 cães cada foram submetidos, respectivamente, a hipotermi (mais) a sistêmica profunda com pinçamento arterial braquiocefálico (GRUPO I) e a hipotermia sistêmica profunda associada a perfusão seletiva da carótida direita (GRUPO II). Foram colhidas amostras seriadas de sangue para análise das alterações metabólicas de pH e PaCO2 que ocorreram no retorno venoso cerebral, aferidas na veia jugular interna, bem como as alterações histopatológicas encontradas com 45 min, 90 min e 135 min de cada procedimento. Os resultados demonstraram que, apesar de ambos os métodos de proteção cerebral serem eficazes por um período de 45 minutos, o método utilizado no GRUPO II mostrou ser superior em períodos de até 90 minutos. Em períodos de 135 minutos os métodos tiveram resultados semelhantes, não oferecendo proteção cerebral adequada. Resumo em inglês The authors proposition is to make an experimental study of two methods of cerebral protection to be used during aortic arch aneurysm resection. The methods to be evaluated were profound systemic hypothermia (under 20oC) with great vessels occlusion and profound systemic hypothermia with selective right carotid artery perfusion. Two groups of 15 dogs each were submitted either to profound systemic hypothermia with great vessels occlusion (GROUP I) or to profound systemic (mais) hypothermia with selective right carotid artery perfusion (GROUP II). Serial jugular vein samples for pH and PaC02 were analyzed to evaluate ischemic cerebral metabolic derangements. Hystopathological studies were also made at 45, 90 and 135 minutes, through animal sacrifice in each experiment. The results have shown good cerebral protection with both methods in the 45 minutes ischemic interval. At 90 minutes GROUP II method has conferred better cerebral protection than GROUP I. At 135 minutes of cerebral ischemia neither methods could afford cerebral protection against ischemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

As intervenções do enfermeiro e as complicações em sala de recuperação pós-anestésica/ Nurse interventions and the complications in the post-anesthesia recovery room/ Las intervenciones del enfermero y las complicaciones en la sala de recuperación postanestésica

Popov, Débora Cristina Silva; Peniche, Aparecida de Cássia Giani
2009-12-01

Resumo em português Este estudo objetivou identificar complicações prevalentes em Sala de Recuperação Pós-Anestésica (SRPA); relacionar as complicações às intervenções de enfermagem realizadas; relacionar o esquema de jornada de trabalho dos enfermeiros às complicações. A amostra compôs-se de 400 prontuários de pacientes maiores de 18 anos, submetidos a procedimentos cirúrgicos de grande e médio porte, admitidos na unidade de SRPA, com tempo de permanência superior à uma (mais) hora. As complicações prevalentes foram: dor e hipotermia. Complicações que apresentaram relação estatisticamente significante com intervenção de enfermagem - dor: rotina, oxigenioterapia, medicação e curativo; agitação/ansiedade: rotina e oxigenioterapia; hipotensão: hidratação, exames complementares e observação; hipertensão: observação; tremor: manta térmica, transfusão sanguínea; náuseas/vômitos: rotina, medicação e sondagem vesical de alívio; sangramento: rotina, medicação e curativos; hipoxemia: rotina e oxigenioterapia; hipotermia: rotina, manta térmica e medicação. A dor, náuseas/vômitos, agitação e sangramento obtiveram relação estatisticamente significante com o enfermeiro fixo em SRPA. Resumo em espanhol Este estudio objetivó identificar las complicaciones prevalentes en la Sala de Recuperación Postanestésica (SRPA); relacionar las complicaciones a las intervenciones de enfermería realizadas; relacionar el esquema de jornada de trabajo de los enfermeros con las complicaciones. La muestra estuvo compuesta de 400 fichas de pacientes mayores de 18 años, sometidos a procedimientos quirúrgicos de grande y medio porte, admitidos en la unidad de SRPA, con tiempo de permane (mais) ncia superior a una hora. Las complicaciones prevalentes fueron: dolor e hipotermia. Complicaciones que presentaron relación estadísticamente significativa con la intervención de enfermería - dolor: rutina, oxigenoterapia, medicación y curativo; agitación/ansiedad: rutina y oxigenoterapia; hipotensión: hidratación, exámenes complementares y observación; hipertensión: observación; tremor: manta térmica, transfusión sanguínea; náuseas/vómitos: rutina, medicación y sondaje vesical de alivio; hemorragia: rutina, medicación y curativos; hipoxemia: rutina y oxigenoterapia; hipotermia: rutina, manta térmica y medicación. El dolor, náuseas/vómitos, agitación y hemorragia obtuvieron relación estadísticamente significativa con el enfermero fijo en SRPA. Resumo em inglês The objective of this study was to identify the prevalent complications in the post-anesthesia recovery room (PARR), and correlate nurses' work hours with the complications. The sample consisted of 400 records of patients older than 18 years, who had major and medium surgical procedures, admitted at the PARR unit, with a stay of at least one hour. The prevalent complications were pain and hypothermia. The following complications showed a statistically significant relation (mais) ship with the nursing intervention: pain: routine, oxygen therapy, medication and bandages; agitation/anxiety: routine and oxygen therapy; hypotension: hydration, complementary exams, and observation; hypertension: observation; tremor: mat heater, blood transfusion; nausea/vomiting: routine, medication and urinary catheterization; bleeding: routine, medication and bandages; hypoxemia: routine and oxygen therapy; hypothermia: routine, mat heater, and medication. Pain, nausea/vomiting, agitation and bleeding showed a statistically significant relationship with the PARR nurse.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Correção dos aneurismas da aorta torácica e toracoabdominal: técnica de canulação central/ Correction of thoracic and thoracoabdominal aortic aneurysms: central cannulation technique

Rojas, Salomón Soriano Ordinola; Veiga, Viviane Cordeiro; Souza, Januário Manoel de; Berlinck, Marcos Fassheber; Senra, Dante Fanganiello; Vieira, Reinaldo Wilson; Magna, Luiz Alberto; Braile, Domingo Marcolino; Oliveira, Sérgio Almeida de
2005-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Demonstrar a viabilidade do uso da circulação extracorpórea estabelecida entre o átrio esquerdo e a aorta ascendente para indução da hipotermia profunda na correção de aneurismas torácicos e toracoabdominais. MÉTODOS: De janeiro 1994 a julho 2001, foram operados 38 pacientes, com média de idade de 54,6±12,7 anos. Foram submetidos a correção de aneurisma toracoabdominal 12 (31,6%) pacientes e 26 a aneurismas torácicos descendentes. Os pacient (mais) es foram induzidos a hipotermia profunda por meio de circulação extracorpórea, com temperatura faríngea variando entre 15 e 25ºC (média de 20,6±3,2ºC). RESULTADOS: Dentre as complicações neurológicas, a paraplegia ocorreu em dois (5,3%) casos. Um paciente evoluiu com paraparesia de membros inferiores e um com quadro de convulsão. As complicações respiratórias estiveram presentes em 12 (31,6%) pacientes, com mortalidade de 16,7% (dois pacientes). Dois pacientes foram operados em caráter de urgência e vieram a falecer. A mortalidade total foi de 18,4% (7 pacientes). CONCLUSÃO: A correção dos aneurismas da aorta torácica descendente e toracoabdominal, com emprego da hipotermia profunda pela circulação extracorpórea estabelecida entre o átrio esquerdo e a aorta ascendente, demonstrou ser um método viável na correção desses aneurismas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To demonstrate the viability of the use of extracorporeal circulation established between the left atrium and ascending aorta to induce deep hypothermia for correcting thoracic and thoracoabdominal aortic aneurysms. METHODS: From January 1994 to July 2001, 38 patients (mean age, 54.6 ± 12.7 years) were operated on as follows: 12 (31.6%) patients underwent repair of thoracoabdominal aortic aneurysm, and 26 patients underwent repair of descending thoracic (mais) aneurysms. Deep hypothermia was induced by use of extracorporeal circulation, with pharyngeal temperature ranging from 15 to 25ºC (20.6 ± 3.2ºC). RESULTS: Of the neurological complications, paraplegia occurred in 2 (5.3%) patients. One patient developed paraparesis, and another evolved with convulsion. Twelve (31.6%) patients had respiratory complications, and 2 (16.7%) patients died. Two other patients were operated on on an emergency basis and ended up dying. Total mortality was 18.4% (7 patients). CONCLUSION: Repair of descending thoracic and thoracoabdominal aortic aneurysms with deep hypothermia by use of extracorporeal circulation established between the left atrium and ascending aorta proved to be a viable method for correcting those aneurysms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

A temperatura da pele pode ser um indicador para hemorragia grave no pós-operatório?/ Can skin temperature be a clue for predicting excessive postoperative bleeding?

Manduz, Sinasi; Toktamis, Aydin; Sapmaz, Ismail; Dogan, Kasim
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo deste estudo é avaliar a hipotermia residual pós-operatória e sua duração, assim como discutir se a hipotermia tardia pode ser um marcador de sangramento excessivo. MÉTODO: Neste estudo retrospectivo, os registros de 12 pacientes que tiveram re-intervenção por causa de sangramento no período pós-operatório foram revisados e suas durações, que foram desde o primeiro minuto em Unidade de Terapia Intensiva até a pele alcançar uma temperatu (mais) ra de 36,5 graus Celsius. O tempo de duração da Circulação Extracorpórea (CEC) foi anotado. Também foi registrado o tempo ativado de coagulação (TCA). A temperatura mais baixa do corpo durante a operação foi medida. Um grupo de controle foi criado (n=16) aleatoriamente, formado por pacientes que não precisariam de re-intervenção e no qual a duração da CEC foi similar à do grupo de estudo. Todos os parâmetros foram comparados entre dois grupos com a versão do software SSPSs. RESULTADOS: As durações desde o primeiro minuto no tratamento intensivo até a temperatura da pele alcançar 36.5 graus Celsius foram significantemente mais longas no grupo de estudo (p=0,0001). TAC pré-operatório e pós-operatório não foram diferentes (p=0,312 e p=0,576 respectivamente). A menor temperatura do corpo não foi diferente (p=0,157). CONCLUSÕES: Nossos achados indicam que a temperatura da pele é importante no sangramento excessivo que leva à re-intervenção. Hipotermia pode ser o motivo ou a causa do sangramento. Resumo em inglês OBJECTIVE: The purpose of this study was to investigate whether postoperative hypothermia evaluated by skin temperature can be a clue of excessive bleeding requiring re-exploration. METHODS: In this retrospective study, the records of 12 patients who needed re-exploration due to bleeding in the postoperative period were reviewed and the time from the first minute in the intensive care unit until the skin temperature reached 36.5ºC was measured. Cardiopulmonary bypass (CP (mais) B) durations were noted as were preoperative and postoperative Activated Clotting Times (ACT) and the lowest body temperatures during the operation. A control group was formed of 16 randomly chosen patients who did not need re-exploration with CPB times similar to the study group. All parameters were compared between the two groups using the SPSS software version 10.0. RESULTS: The length of time from the first minute in the intensive care unit until skin temperatures reached 36.5ºC were significantly longer in the study group (p=0.0001). Preoperative and postoperative ACT were not significantly different (p=0.312 and p=0.576 respectively). The lowest body temperatures were also not significantly different (p=0.157). CONCLUSIONS: Our findings show that skin temperature is an important indicator of excessive bleeding with a need for re-exploration. Hypothermia may be a reason for this or may be a result of the bleeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Mortalidade perinatal em cabritos no semi-árido da Paraíba/ Perinatal mortality in kids in the semiarid region of Paraíba, Brazil

Medeiros, Josemar Marinho de; Tabosa, Ivon Macêdo; Simões, Sara Vilar Dantas; Nóbrega Júnior, Janduí Escarião da; Vasconcelos, Jackson Suélio de; Riet-Correa, Franklin
2005-12-01

Resumo em português As causas de mortalidade perinatal em cabritos foram estudadas de maio de 2002 a agosto de 2004. Em 118 cabritos necropsiados as causas de morte foram: infecção neonatal (50%), distocia (12,71%), complexo hipotermia/inanição (11,86%), malformações (7,62%), síndrome do cabrito mole (6,77%) e abortos (1,69%). Com relação ao momento da morte 1,69% dos cabritos morreram antes do parto, 16,94% durante o parto e 81,34 % após o nascimento. A alta ocorrência de infecç (mais) ões neonatais, distocias e hipotermia/inanição é provavelmente devido a fatores relacionados com erros no manejo sanitário, reprodutivo e nutricional. Artogripose dos membros anteriores foi a principal malformação observada. Este defeito é endêmico em rebanhos de caprinos no semi-árido do Brasil. A maioria das mortes ocorreu após o nascimento (25,42%) e do quarto ao vigésimo dia de vida (38,98%) sugerindo que o cuidado com os cabritos durante os primeiros 28 dias de vida é importante para melhorar as taxas de sobrevivência dos mesmos. Resumo em inglês The causes of perinatal kid mortality were studied from May 2002 to August 2004 in the semiarid region of Paraíba. In 118 necropsied kids the frequency of different causes of death were neonatal infections (50%), distocia (12.71%), hypothermia/starvation (11.86%), malformations (7.62%), floppy kid (6.77%) and abortions (1.69%). Regarding the time of death, 1.69% of the kids died before parturition, 16.94% during the parturition and 81.34 % after birth. The high occurrenc (mais) e of neonatal infections, dystocias, and hypothermia/starvation is probably to due to factors related with error in the sanitary, reproductive and nutritional management. Arthrogryposis of the forelimbs was the main malformation observed. This defect is endemic in goat flocks in the semi-arid of Brazil. Most deaths occurred after birth (25.42%) and from the 4th to the 28th day of life (38.98%) suggesting that care with the kids during their first 28 days of life is important for the improvement of the survival rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Manutenção térmica em galinhas domésticas mantidas sob anestesia inalatória com isofluorano/ Thermal maintenance in chickens under inhalant anesthesia with isoflurane

Carregaro, Adriano Bonfim; Cruz, Fernando Silvério Ferreira da; Gerardi, Patrícia Molina; Scholten, Claudia
2008-08-01

Resumo em português A hipotermia em aves sob anestesia é freqüentemente observada, causando alterações fisiológicas e metabólicas que podem levar ao óbito. O estudo avaliou dois métodos de manutenção térmica em galinhas submetidas à anestesia inalatória com isofluorano. Foram utilizadas seis galinhas, pesando entre 1 e 1,5kg, com idade aproximada de um ano. Os animais foram autocontrole, submetidos a três grupos: controle (GC), não sendo utilizado nada; alumínio (GA), envolto (mais) s por papel alumínio comercial; manta (GM), envoltos por uma manta térmica de dupla face de alumínio. Após jejum prévio de quatro horas, as aves foram submetidas à anestesia inalatória por meio de máscara facial com 4V% de isofluorano e mantidas posteriormente com 2V% do mesmo agente inalatório, em um circuito avalvular com umidificador, após intubação endotraqueal. As aves foram mantidas em sala climatizada (26°C) e posicionadas em decúbito lateral. As variáveis mensuradas foram a temperatura corpórea, freqüência cardíaca, freqüência respiratória e saturação de oxihemoglobina, nos momentos zero, 5, 15, 30, 45, 60, 75 e 90 minutos. Tanto no GC quando no GM houve hipotermia aos 15 minutos, acentuando-se até o fim das mensurações. No GA a hipotermia só ocorreu após 45 minutos. Houve bradicardia no GC a partir de 15 minutos, no GM a partir de 30 minutos e no GA somente após 60 minutos. Observou-se bradipnéia no GC após 45 minutos e aos 15 e 30 minutos no GA e GM, respectivamente. Ambos os métodos foram eficientes na manutenção térmica, sendo o alumínio mais eficiente devido a menor variação de parâmetros fisiológicos. Resumo em inglês Hypothermia in birds under general anesthesia is frequently seen, causing physiologic and metabolic alterations that may lead to death. This study evaluated two thermic maintenance methods in chickens under inhalant anesthesia by isoflurane. Six chickens, weighing between 1 and 1.5kg and with approximately one year old, were submitted to three groups in a random order: CG, control, nothing was used; GA, wrapped in a commercial aluminum paper, and GM, wrapped in a double f (mais) ace blanket of aluminum. After four hour fasting, they were submitted to inhalant anesthesia by facial mask with 4V% of isoflurane, and maintained with 2V% of this gas through a humidifier nonrebreathing circuit after endotracheal intubation. In GM and GA the animals body were wrapped in their totality, exception of the head. Body temperature, heart rate, respiratory rate and oxyhemoglobin saturation were measured at 0, 15, 30, 45, 60, 75 and 90 minutes. In GC and GM hypothermia occur with 15 minutes, staying in constant fall until 90 minutes. The difference in GA with basal level occurs only between 45 to 90 minutes. Bradycardia occurred in control group at 15 minutes, in blanket group at 30 minutes and in aluminum group only at 60 minutes. Bradypnea was observed in GC at 45 minutes, and at 15 and 30 minutes in GA and GM, respectively. No significant alterations were seen for to oxihemoglobin saturation. Both methods employed were effective on thermic maintenance, showing the aluminum more effective due less variation observed in body temperature and heart rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Efeito protetor da criocardioplegia cristalóide na isquemia global e reperfusão durante circulação extracorpórea: um mecanismo dependente do endotélio?

ÉVORA, Paulo Roberto B; PEARSON, Paul J; DISCIGIL, Berent; OELTJEN, Marilyn; SCHAFF, Hartzell V
1997-01-01

Resumo em português Estudos prévios demonstraram que o comprometimento da produção de EDRF/NO mediada por receptores, após isquemia global e reperfusão, possa ser devido a uma disfunção de G-proteínas que liga os receptores da célula endotelial à via da síntese de EDRF/NO. O presente trabalho experimental sugere que a criocardioplegia cristalóide, associada a hipotermia tópica, previne ou pode reverter, em parte, a disfunção endotelial nas mesmas condições. Mais estudos ser� (mais) �o necessários para conclusões mais definitivas, pois as análises estatísticas mais acuradas sugeriram aumento da amostragem. Este detalhe talvez seja devido às grandes dificuldades de uniformização relacionada a este tipo de experimentos. Além disso, demonstrou-se pela primeira vez que a hipotermia, por si só, pode estimular a liberação de EDRF/NO pelo endotélio vascular. Isto sugere que o endotélio possa ser um importante sensor de mudanças da temperatura sangüínea e tem importantes implicações para o entendimento da fisiologia da CEC e dos mecanismos locais de auto-regulação. Resumo em inglês Previous experiments showed evidence of impaired receptor-mediated production of EDRF/NO following reperfusion injury could be due to G-protein dysfunction which links endothelial cell receptors to the pathway of EDRF/NO synthesis. This experimental research suggested that criocrystalloid cardioplegia, associated to topic hypotermia, could prevent or reverse the endothelium disfunction under same experimental conditions. More experiments will be necessary to get definitiv (mais) e conclusions, because fine statystical analysis suggested increasing the number of experiments. Otherwise, the present study proved for the first time that hypothermia alone can cause the release of PGI2 and EDRF/NO from the endothelium. This suggests that the endothelium could be an important temperature sensor and has important implications for the understanding of cardiopulmonary bypass physiology and local vascular autoregulation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Transporte intra-hospitalar de pacientes internados em UTI Neonatal: fatores de risco para intercorrências/ Intra-hospital transport of neonatal intensive care patients: risk factors for complications

Vieira, Anna Luiza P.; Guinsburg, Ruth; Santos, Amélia Miyashiro N.; Peres, Clóvis de Araújo; Lora, Mayra Ivanoff; Miyoshi, Milton Harumi
2007-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar os fatores associados à hipotermia e ao aumento da necessidade de oxigênio e/ou suporte ventilatório durante o transporte intra-hospitalar de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva neonatal. MÉTODOS: Estudo prospectivo de todos os pacientes internados na unidade neonatal que necessitaram de transporte intra-hospitalar de janeiro de 1997 a dezembro de 2000, entre segundas-feiras e sextas-feiras, das 8h às 17h. Fatores associados à hipo (mais) termia e ao aumento da necessidade de oxigênio e/ou de suporte ventilatório durante e até duas horas após o transporte foram estudados por meio de regressão logística. RESULTADOS: Foram realizados 502 transportes no período. Os pacientes tinham em média 2.000g, 35 semanas de idade gestacional ao nascer e 22 dias de vida. As principais indicações do transporte foram: cirurgia e realização de exames de imagem. A hipotermia ocorreu em 17% dos transportes e o aumento da necessidade de oxigênio e/ou de suporte ventilatório em 7%. Fatores associados à hipotermia foram: duração do transporte >3h (OR=2,1; IC95%=1,2-3,6), presença de malformações neurológicas (OR=1,7; IC95%=1,1-2,5), transporte realizado em 1997 (OR=1,7; IC95%=1,1-2,6) e peso no transporte >3.500g (OR=0,3; IC95%=0,16-0,68). Fatores de risco para o aumento da necessidade de oxigênio e/ou de suporte ventilatório foram: idade gestacional ao nascimento em semanas (OR=0,9; IC95%=0,8-0,9), idade em dias no transporte (OR=1,0; IC95%=1,0-1,1) e presença de malformações gastrintestinais e geniturinárias (OR=3,1; IC95%=1,6-6,2). CONCLUSÕES: As intercorrências relativas ao transporte intra-hospitalar são freqüentes nos neonatos em UTI e estão associadas às condições dos pacientes e dos transportes. Resumo em inglês OBJECTIVE: Evaluate factors associated with hypothermia and increased need of oxygen and/or ventilatory support during intra-hospital transport of neonatal intensive care patients. METHODS: Prospective study of infants admitted to a single neonatal unit in need of at least one intra-hospital transport during weekdays, from 8:00AM to 05:00PM, from January 1997 to December 2000. Factors associated with hypothermia and increased need of oxygen and/or need of ventilatory supp (mais) ort during and up to two hours after transport were studied by regression analyses. RESULTS: During the study period, 502 transports were analyzed. At the time of transport, the neonates had a mean weight and gestational age of, respectively, 2,000g and 35 weeks, and they were 22 days old. The main reasons for transport were: surgery and image exams. Hypothermia occurred in 17% of the transported infants and increased need of oxygen and/or ventilatory support in 7%. Factors associated with hypothermia were: duration of transportation >3h (OR=2.1; 95%CI=1.2-3.6), neurologic malformation (OR=1.7; 95%CI=1.1-2.5), transport performed in 1997 (OR=1.7; 95%CI=1.1-2.6) and weight at time of transport >3,500g (OR=0.3; 95%CI=0.16-0.68). Factors associated with increased need of oxygen and/or ventilation support were: gestational age at birth in weeks (OR=0.9; 95%CI=0.8-0.9), age in days at transportation (OR=1.0; 95%CI=1.0-1.1) and presence of gastrointestinal and genitourinary malformation (OR=3.1; 95%CI=1.6-6.2). CONCLUSIONS: Complications related to neonatal intra-hospital transports are frequent and associated with the patients’ characteristics and transport conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Ropivacaína isolada e associada ao fentanil ou ao tramadol administrados pela via peridural em cães/ Ropivacaine individually and in combination with fentanyl or tramadol, administered by peridural via in dogs

Silva, Bruno Monteiro da; Matsubara, Lídia Mitsuko; Albuquerque, Verônica Batista; Maia, Camila Aparecida de Almeida; Oliva, Valéria Nobre Leal de Souza
2008-11-01

Resumo em português A anestesia peridural é amplamente difundida no meio veterinário, utilizando-se o anestésico local isolado ou associado aos opióides, capazes de promover aumento do efeito analgésico. O objetivo deste estudo foi avaliar a função cardiorrespiratória e analgésica da ropivacaína isolada ou associada ao fentanil ou tramadol. Para tanto, oito cães foram tranqüilizados com acepromazina, submetidos à anestesia peridural com um dos seguintes protocolos: GR (ropivaca� (mais) �na), GRF (ropivacaína + fentanil), GRT (ropivacaína + tramadol), em volume total de 0,25ml kg-1, e foram avaliados os parâmetros: freqüência cardíaca e respiratória, temperatura retal, pressão arterial sistólica, e gasometria do sangue arterial, os bloqueios sensitivo e motor, o grau de sedação e a ocorrência de possíveis efeitos indesejáveis. A diminuição da freqüência cardíaca nos grupos GRF e GRT foi mais intensa e ocorreu hipotermia significativa no GRF. Foi evidenciada sedação severa em GRF e GRT. O período de recuperação foi mais curto nos animais de GRT. O GRT foi o grupo que apresentou bloqueio mais cranial. Foram observadas bradicardia, hipotermia e síndrome de Shiff-Sherrington no período trans-anestésico em animais de todos os grupos. Nas 24 horas de período pós-anestésico, não foram evidenciados efeitos indesejáveis nos grupos. O GRF apresentou maior duração de anestesia e analgesia, enquanto que o GRT apresentou a menor duração de anestesia com analgesia intermediária e o GR apresentou duração intermediária, com menor analgesia. Não foram encontradas alterações respiratórias e hemogasométricas, porém, bradicardia, hipotermia e síndrome de Schiff-Sherrington, alterações trans-anestésicas comuns na anestesia peridural foram encontradas. Resumo em inglês Peridural anesthesia is broadly applied in the Veterinary field, using the isolated local anesthetic or in combination with opiates capable to increase the analgesic effect. This research compared analgesia and cardiorespiratory effects of epidural anaesthesia produced by ropivacaine alone or combined with fentanyl or tramadol in eight mixed breed adult dogs after sedation with acepromazina. Drugs were administered on the following protocols: GR (ropivacaine), GRF (ropiva (mais) caine + fentanyl), GRT (ropivacaine + tramadol), in 0.25ml kg-1 of total volume. Heart and respiratory rate, rectal temperature, blood pressure and, gasometry of atrial blood were mensured, as well the sensory and motor blockade (latency and period of action), degree of sedation and side effects. The most important decrease of the heart rate occurred in GRF and GRT. Also significant hypothermia in GRF. Intense degree of sedation was observed in GRF and GRT. The period of recovery was shorter in GRT. The most cranial region of blockade occurred in GRT. Bradicardia, hypothermia and Shiff-Sherrington syndrom were observed in the transanesthetic period in animal from all of the groups. During 24 hours after the anaesthesia no side effects were observed. The GRF had the longer period of anesthesia and analgesia, GRT presented the shorter period of anesthesia with intermediate analgesia and, GR presented intermediate period of anesthesia with lower degree of analgesia. Respiratory and hemogasometrics change were not found, but hipotermy, bradicardy and Schiff-Sherrington syndrome, side effects usually seen in peridural anesthesia, were observed in this study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Correção total da tétrade de Fallot no primeiro ano de vida

MORAES NETO, Fernando; LAPA, Cleuza; MORAES, Carlos R.; HAZIN, Sheila; GOMES, Cláudio A.; TENÓRIO, Euclides; MATTOS, Sandra
1998-01-01

Resumo em português De janeiro de 1996 a novembro de 1997, 15 crianças com idade variando de 3 a 11 meses (média: 6 meses) e pesando entre 5 kg a 9 kg (média: 7,2 kg) foram eletivamente submetidas à correção total de tétrade de Fallot. Treze tinham sintomas de hipoxemia, e 2 eram acianóticos. O diagnóstico definitivo foi obtido em todos os casos por ecocardiografia bidimensional. Utilizou-se circulação extracorpórea convencional e hipotermia moderada. Obteve-se proteção miocár (mais) dica com infusão na aorta de solução cardioplégica cristalóide gelada e hipotermia tópica do coração. O tempo de CEC variou de 50 min a 125 min (média: 56 min) e o de pinçamento aórtico de 32 min a 86 min (média: 56 min). A correção foi realizada por via transventricular em 14 e por via transatrial em 1. Em 11 casos, utilizou-se enxerto de pericárdio bovino para ampliar a via de saída do ventrículo direito, sendo que em 4 a ampliação foi transanular. Após a correção, o gradiente entre o ventrículo direito e a artéria pulmonar variou de 2 a 25 mmHg (média: 12 mmHg). Não ocorreram óbitos ou complicações significativas nesta série. Conclui-se que a correção total da tétrade de Fallot no primeiro ano de vida pode ser realizada com baixa mortalidade, podendo essa conduta ter vantagens sobre a correção em dois tempos. Resumo em inglês From January 1996, to November 1997, 15 consecutive infants ranging in age from 3 to 11 months (mean: 6 months) and weigh ing from 5 to 9 kilograms (mean: 7.2 kilograms) underwent elective total repair of tetralogy of Fallot. Thirteen had symptoms of hypoxemia and two were acyanotic. Definitive diagnosis was established in all cases by two-dimensional echocardiography. Intracardiac correction was accomplished with conventional cardiopulmonary bypass and moderate hypotherm (mais) ia. Myocardial protection was obtained by cold cristaloide cardioplegia infused into the aorta and topical hypothermia of the heart. Bypass time ranged from 50 to 125 minutes (mean: 84 minutes) and aorta cross clamp time ranged from 32 to 86 minutes (mean: 56 minutes). Intracardiac repair was accomplished through right ventriculotomy in 14 cases and by a transatrial approach in one. A right ventricular outflow patch was used in 11 cases but was extended across the pulmonary valve ring only in four. Transannular pulmonary gradient after correction ranged from 2 to 25 mmHg (mean: 12 mmHg). There were no deaths or major complications in this series. It is concluded that intracardiac correction of the tetralogy of Fallot in the first year of life may be accomplished with low mortality and may have advantages over the two-stage approach.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Abordagem do paciente reanimado, pós-parada cardiorrespiratória/ Care of patient resuscitated from cardiac arrest

Pereira, João Carlos Ramos Gonçalves
2008-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A parada cardiorrespiratória (PCR) ocorrida em ambulatório tem elevada mortalidade, sendo a sobrevida entre 5% e 35%. Dos pacientes que são reanimados uma percentagem elevada permanece com déficits neurológicos, resultantes das lesões ocorridas, tanto no período de ausência de circulação ou durante a reperfusão. No entanto a compreensão dos mecanismos da lesão cerebral não tem traduzido na melhoria do prognóstico. A hipotermia ter (mais) apêutica após a reanimação parece ser uma opção válida associada à diminuição destas seqüelas neurológicas. O objetivo deste estudo foi rever a evidência científica relativa à abordagem do paciente reanimado após PCR. CONTEÚDO: Descrição e abordagem dos principais fatores de risco associados à lesão neurológica após PCR, bem como dos seus critérios de prognóstico.Feita pesquisa não sistemática na base de dados PubMed dos artigos referentes à abordagem terapêutica dos pacientes reanimados de parada cardíaca. As referências bibliográficas dos artigos de revisão foram igualmente analisadas. Elaboradas normas práticas para essa abordagem. CONCLUSÕES: Os pacientes que sobrevivem à PCR têm elevado risco de permanecer com lesões neurológicas graves. A hipotermia terapêutica e o controle das variáveis fisiológicas, com otimização da perfusão cerebral, podem melhorar o seu prognóstico. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Out-of-hospital cardiac arrest is a major cause of death with survival rates as low as 5% to 35%. A large number of patients who survive resuscitation will face significant neurological damage, as a result of the ischemia that occurs both during cardiac arrest and reperfusion. However understanding of the mechanisms responsible for brain damage has not resulted in prognostic improvement. Therapeutic hypothermia after resuscitation may be a valid (mais) option associated to reduction of neurological damage. The purpose of this study was to review scientific evidence related to a therapy for patients resuscitated from cardiac arrest. CONTENTS: Description and analysis of the main risk factors associated with neurological damage after resuscitation from cardiac arrest as well as prognostic criteria was carried out. A non-systematic search was conducted in the PubMed data base for papers on a therapeutic approach for patients resuscitated from cardiac arrest. Bibliographic references of reviewed papers were also analyzed. Practical rules were drafted for such an approach. CONCLUSIONS: Patients resuscitated from cardiac arrest face a high level of risk of neurological damage. Therapeutic hypothermia and control of physiological parameters to optimise brain perfusion, may improve prognosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Anestesia para o recém-nascido submetido a cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea/ Anesthesia for the newborn submitted to cardiac surgery with cardiopulmonary bypass/ Anestesia para el recién nacido sometido a cirugía cardiaca con circulación extracorpórea

Tenório, Sérgio Bernardo; Cumino, Débora O; Gomes, Daniela B G
2005-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As doenças congênitas do coração atingem 0,8% dos recém-nascidos (RN) vivos, sendo que muitos necessitam de correção cirúrgica ainda no período neonatal. A cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea (CEC), nesta faixa etária, associa-se a maior incidência de complicações, devido à imaturidade funcional da criança, à falta de equipamentos de CEC que sejam totalmente compatíveis com as dimensões do RN e às dificuldades t (mais) écnicas para correção da lesão cardíaca. Este artigo tem o propósito de apresentar os aspectos relacionados à técnica anestésica, a CEC e seus efeitos em RN. CONTEÚDO: Elevadas doses de fentanil ou sufentanil provêm adequada anestesia sem interferir na estabilidade cardiocirculatória. A depressão respiratória residual dos opióides não é problema neste grupo de pacientes porque a maioria necessita assistência respiratória no pós-operatório imediato. A entrada em CEC pode ser acompanhada de hipotensão arterial por manipulação do coração e/ou sangramento. O posicionamento inadequado das cânulas venosas e aórtica pode causar sérias complicações, como insuficiente fluxo encefálico ou dificuldade na drenagem venosa. São comuns a utilização de hipotermia profunda e a parada circulatória total durante a CEC. A hipotermia modifica a viscosidade do sangue que é tratada com hemodiluição e traz implicações para a correção do pH (alfa-stat versus pH stat). No desmame da CEC é freqüente ocorrer baixo débito cardíaco e ajustes em um ou em todos os seus componentes ( pré-carga, contratilidade, pós-carga e freqüência cardíaca) podem ser necessários. Além das drogas clássicas, como a adrenalina e a dopamina, pode ser necessário o emprego de outras substâncias como a aprotinina, o óxido nítrico ou os inibidores da fosfodiesterase. CONCLUSÕES: O anestesiologista tem papel preponderante no ajuste da homeostasia durante o período peri-operatório. Conhecimentos sobre o tipo de lesão cardíaca, a correção a ser realizada, a resposta do organismo a CEC podem ser úteis no manuseio destas crianças. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las enfermedades congénitas del corazón alcanzan 0,8% de los recién nacidos (RN) vivos, siendo que muchos necesitan corrección quirúrgica aún en el período neonatal. La cirugía cardiaca con circulación extracorpórea (CEC), en esta faja de edad, se asocia la mayor incidencia de complicaciones, debido a la inmadurez funcional del niño, a la falta de equipos de CEC que sean totalmente compatibles con las dimensiones del RN y a las dificu (mais) ltades técnicas para corrección de la lesión cardiaca. Este artículo tiene el propósito de presentar los aspectos relacionados a la técnica anestésica, la CEC y sus efectos en RN. CONTENIDO: Elevadas dosis de fentanil o sufentanil abastecen de adecuada anestesia sin interferir en la estabilidad cardiocirculatoria. La depresión respiratoria residual de los opioides no es problema en este grupo de pacientes porque la mayoría necesita asistencia respiratoria en el post-operatorio inmediato. La entrada en CEC puede ser acompañada de hipotensión arterial por manipulación del corazón y/o sangramiento. El posicionamiento inadecuado de las cánulas venosas y aórtica pueden causar serias complicaciones, como insuficiente flujo encefálico o dificultad en el drenaje venoso. Son comunes la utilización de hipotermia profunda y la parada circulatoria total durante la CEC. La hipotermia modifica la viscosidad de la sangre que es tratada con hemodiluición y trae implicaciones para la corrección del pH (alfa-stat x pH stat). En el desmame de la CEC es frecuente ocurrir bajo debito cardíaco y ajustes en uno o en todos sus componentes (pre-carga, contratilidad, post-carga y frecuencia cardiaca) pueden ser necesarios. Además de las drogas clásicas, como la adrenalina y la dopamina, puede ser necesario el empleo de otras substancias como la aprotinina, el óxido nítrico o los inhibidores de la fosfodiesterasa. CONCLUSIONES: El anestesista tiene papel preponderante en el ajuste de la homeostasia durante el período peri-operatorio. Conocimientos sobre el tipo de lesión cardiaca, la corrección a ser realizada, la respuesta del organismo a la CEC pueden ser útiles en el manoseo de estos niños. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Congenital heart diseases affect 0.8% of liveborn infants and many need neonatal surgical correction. Cardiac surgery with cardiopulmonary bypass (CPB) in this age is associated to higher risk of complications related to child's functional immaturity, lack of CPB equipment fully compatible with neonate (NN) size and technical difficulties to correct cardiac defects. This article aimed at describing aspects related to anesthetic technique, CPB an (mais) d their effects on NN. CONTENTS: High fentanyl or sufentanil doses promote adequate anesthesia without interfering with cardiocirculatory stability. Opioids residual respiratory depression is not a problem for these patients because most of them will need immediate postoperative respiratory assistance. CPB may be followed by heart manipulation-induced hypotension and/or bleeding. Inadequate venous and aortic cannula position may lead to severe complications, such as insufficient brain flow or difficult venous drainage. Deep hypothermia and total circulatory arrest are common during CPB. Hypothermia changes blood viscosity, which is treated with hemodilution and has implications on pH correction (alpha-stat versus pH stat). Low cardiac output is common during CPB weaning and adjustments in one or all its components (preload, contractility, afterload and heart rate) may be necessary. In addition to classic drugs, such as epinephrine and dopamine, other substances may be needed, such as aprotinin, nitric oxide or phosphodiesterase inhibitors. CONCLUSIONS: Anesthesiologists play a major role in adjusting perioperative homeostasis. Understanding the type of cardiac disease, the correction to be performed and body response to CPB may be useful for the management of those children.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

A preservação do intestino delgado para transplante: a contribuição da oxigenação hiperbárica/ Small bowel preservation for transplantation: the contribution of the hyperbaric oxygenation

Guimarães, Fernando Augusto Garcia; Taha, Murched Omar; Fagundes, Djalma José
2008-06-01

Resumo em português RACIONAL: Não há ainda um método que mantenha adequadamente e por tempo prolongado a qualidade e a função do intestino delgado a ser transplantado, apesar da existência de várias modalidades de preservação. Há necessidade de se desenvolver e aprimorar novas opções técnicas. OBJETIVO: Recuperar os artigos que estudaram a aplicação da oxigenação hiperbárica (OHB) como técnica de preservação do intestino delgado destinado para transplante, procurando det (mais) erminar qual a contribuição do método no prolongamento do tempo e qualidade dessa preservação. MÉTODOS: Utilizou-se a base de dados do Medline e da Scielo consultada nos sites www.pubmed.com e www.bireme.br tendo sido selecionados 58 trabalhos pertinentes. A revisão mostrou que a preservação intestinal está associada ao uso de soluções que fornecem substrato oxidativo para a célula assim como acrescentam substâncias que evitam ou reduzem a formação de espécies reativas de oxigênio. A hipotermia e a oxigenação destas soluções preservadoras é de uso corrente e consensual. Nove trabalhos ativeram-se ao uso específico da OHB. Não há consenso sobre sua utilização em trabalhos experimentais. Contudo os estudos não são comparáveis, pois utilizam metodologias diversas e diferentes tipos de avaliação. Discute-se também a complexidade e os custos da OHB. Apesar disto, há indicações que a OHB pode prevenir o edema da hipotermia, manter a oxigenação tecidual durante a preservação e impedir ou diminuir a formação de radicais livres. CONCLUSÃO: A OHB deve ser avaliada como alternativa exclusiva ou complementar às técnicas de preservação, sendo campo fértil de investigação. Resumo em inglês INTRODUCTION: In spite of the existence of several modalities of preservation, up to now a method that adequately keeps for a long time the quality and the functioning aspects of the small bowel to be transplanted is lacking. AIM: To gather articles using hyper baric oxygenation (HBO) as technique of small bowel preservation for transplant and quality of the preservation. METHODS: Database Medline and Scielo were checked at www.pubmed.com and www.bireme.br, with 58 works (mais) selected. Solutions supplying oxidative substratum to the cells and adding substances to prevent or reduce the formation of reactive oxygen, is the main source of preservation. The hypothermia and solutions oxygenation are in current use. Nine papers studied the specific use of the HBO. There is no consensus on its use in experimental works. However, these papers are not comparable, due to different methodologies and types of evaluation. One also argues the complexity and the costs of the HBO. In spite of that, there are evidences that the HBO can prevent hypothermia edema, keep the tecidual oxygenation during the preservation and hinder or diminish the formation of free radicals. CONCLUSION: HBO must be considered as the unique alternative or complementary technique in the preservation of the small bowell for transplant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Erosão esternal por aneurisma da aorta. Qual o melhor acesso?/ Sternum erosion provoked by aortic aneurysm. Which is the better approach?

CARVALHO, Roberto Gomes de; GIUBLIN, Paulo R.; LOPES, Luiz R.; MULASKI, José Carlos; SILVA Jr., Arleto Zacarias; MULINARI, Leonardo A.
2001-03-01

Resumo em português É descrito o caso de um paciente que apresentava erosão esternal ocasionada por aneurisma da aorta ascendente e hemi-arco aórtico proximal. A via de acesso foi toracotomia bilateral uma vez que a erosão era na parte alta do esterno, empregando-se hipotermia profunda e parada circulatória total. Foi interposto enxerto de pericárdio bovino para correção da aorta ascendente e hemi-arco aórtico proximal e outro enxerto entre o tronco braquicefálico e a parede latera (mais) l do enxerto de pericárdio bovino. A artéria descendente anterior foi revascularizada por haver oclusão do óstio da artéria coronária esquerda. Após 3 anos da operação o paciente está assintomático. Resumo em inglês The case of a patient presenting sternum erosion provoked by aneurysm of the ascending aorta and proximal hemi-arch of syphilitic etiology is described, the surgical approach was bilateral thoracotomy, using deep hypothermia and total circulatory arrest. A bovine pericardium patch was anchored for reapair of the ascending aorta and proximal aortic hemi-arch and another patch placed between the brachiocephalic trunk and the lateral wall of the bovine pericardium patch. The (mais) anterior interventricular artery was revascularized orving to occlusion of the ostium of the left coronary artery. Three years after surgery the patient is asymptomatic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Resultados imediatos e tardios da correção cirúrgica da dissecção aguda da aorta (tipo A)

GONTIJO FILHO, Bayard; COLLUCI, Flávio Coelho; FANTINI, Fernando Antônio; VRANDECIC, Mário O.
1997-10-01

Resumo em português Realizamos uma análise retrospectiva do tratamento cirúrgico da dissecção aguda da aorta do tipo A no período compreendido entre janeiro de 1986 a dezembro de 1996. Foram tratados 64 pacientes com idade média de 52,6 ± 10,9 anos, sendo a maioria do sexo masculino (64,1%). Em 17 casos (26,6%) havia rotura intrapericárdica da dissecção; a fenda de origem da dissecção encontrava-se na aorta ascendente em 58 pacientes (90,6%) e no arco aórtico nos demais (9,4%). (mais) O tratamento básico compreendeu a ressecção da aorta ascendente com substituição por prótese de pericárdio bovino, embora outras técnicas tenham sido empregadas em um pequeno número de pacientes, no início de nossa experiência. A hipotermia profunda com parada cardiocirculatória foi usada em 32,8% dos pacientes, de forma crescente nos últimos anos. A valva aórtica do paciente foi preservada em 76,5% das vezes. A mortalidade global foi de 28,1% (18 pacientes), porém significativamente menor nos últimos 4 anos (17,8%). Na evolução tardia houve 4 óbitos, sendo 2 de causa indeterminada e os outros 2 por AVC e embolia pulmonar, respectivamente. Reoperações foram necessárias em 7 pacientes, sem mortalidade, sendo a causa principal da reoperação a progressão da insuficiência aórtica. Nesse período de observação não houve falência estrutural das biopróteses nem dos enxertos de pericárdio bovino. Esta experiência nos reforça uma tática mais radical no tratamento das dissecções agudas do tipo A, com maior liberdade na substituição da valva aórtica e na utilização da hipotermia profunda em quase todos os pacientes. Resumo em inglês A retrospective analysis of the surgical treatment of Type A acute aortic dissection was performed during the period Jan.86 and Dec.96. A total of 64 patients were operated on (mean age 52.6 + 10.9 years) with predominance of the male gender (64.1%). In 17 cases there was intrapericardial rupture of the dissection; the intimal tear was located in the ascending aorta in 58 patients (90.6%) and in the aortic arch in the remaining (9.4%). The basic surgical procedure consist (mais) ed of extensive resection of the ascending aorta with substitution by a bovine pericardial conduit. However, other techniques were employed in a few patients in the beginning of our experience. Deep hypothermia with circulatory arrest was used in 32.8% of the patients, but with increasing frequency in the last years. The native aortic valve was preserved in 76.5% of patients. Total hospital mortality was 28.1% (18 patients), but was significatively lower in the last 4 years (17.8%). Late follow-up showed 4 deaths; CVA and pulmonary embolism were responsible for two of these deaths, respectively. The cause could not be determined in the other two. Reoperations were necessary in 7 patients without mortality; progressive aortic insufficiency was the major indication for reoperation. Structural failures of bioprosthesis and bovine pericardial grafts were not recorded during this period. This experience reinforces our approach to a more radical treatment of Type A acute aortic dissection with probably more use of aortic valve replacements and deep hypothermia with circulatory arrest.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Nova técnica: operação de Norwood com perfusão regional cerebral e coronariana/ New technique: Norwood operation with regional cerebral and coronary perfusion

Furlanetto, Gláucio; Furlanetto, Beatriz H. S.; Henriques, Sandra S; Kapins, Carlos Eduardo B.; Lopes, Lílian M.; Olmos, Mario Carlos C.; Cristóvão, Salvador André B.; Medeiros, Patrícia M. V. P.
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o resultado imediato da operação de Norwood modificado com nova técnica de perfusão regional cerebral (PRCeA) anterógrada associado a perfusão regional coronariana (PRCoR) retrógrada em substituição à parada circulatória total com hipotermia profunda em crianças portadoras da Síndrome da Hipoplasia do Coração Esquerdo (SHCE) com aorta ascendente extremamente hipoplásica (AH). MÉTODOS: No período de dezembro de 2006 a fevereiro de 2008, (mais) a operação de Norwood modificado com tubo entre o ventrículo direito e as artérias pulmonares ou shunt tipo Sano foi realizada em oito crianças portadoras de SHCE e aorta ascendente com diâmetro inferior a 3 mm, (quatro do sexo masculino e quatro do sexo feminino) com idade média de 9,2 dias (variando de 1 a 29 dias) e peso médio de 3,3 kg (variando de 2,7 a 3,8 kg). Utilizada CEC e hipotermia a 25ºC com duas cânulas venosas e anastomose de um enxerto de politetrafluoretileno com a artéria inominada utilizado como linha arterial e para PRCeA. A PRCoR foi realizada por meio de um desvio na linha arterial e colocação de um cateter na aorta ascendente. Foram analisados o resultado cirúrgico imediato e a presença de alterações neurológicas nesse período. RESULTADOS: O resultado cirúrgico imediato revelou mortalidade de 25% e ausência de comprometimento neurológico ao exame clínico. CONCLUSÃO: A operação de Norwood modificado pode ser realizada com PRCeA e PRCoR em crianças com SHCE e AH com resultado cirúrgico imediato satisfatório e ausência de complicações neurológicas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the immediate result of the modified Norwood procedure with new technique of anterograde regional cerebral perfusion (ARCeP) and retrograde regional coronary perfusion (RRCoP) in substitution of profound hypothermia and circulatory arrest in children with hypoplastic left heart syndrome (HLHS) with extremely hypoplastic ascending aorta (HA). METHODS: In the period of December of 2006 to February 2008 the modified Norwood procedure with tube between th (mais) e right ventricle and pulmonary arteries or Sano shunt was performed in eight children with HLHS and with ascending aorta diameter less than 3 mm, (four male and four female) with median age of 9.2 days (ranging from 1 to 29 days) and median weigh of 3.3 kg (ranging from 2.7 to 3.8 kg). We used cardiopulmonary bypass and hypothermia at 25ºC with two venous cannulas and suture with a polytetrafluoroethylene graft sutured to the innominate artery as an arterial line and used to ARCeP. The RRCoP was performed by a deviation in the arterial line and placement of a catheter in the ascending aorta. The immediate surgical results and the clinical neurological manifestation were assessed. RESULTS: The immediate surgical results revealed mortality of 25% and there were absence of neurological injury at clinical examination. CONCLUSIONS: The modified Norwood procedure can be accomplished with ARCeP and RRCoP in children with HLHS with HA with satisfactory immediate surgical result and without neurological complications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Perfusão cerebral retrógrada é método eficaz de proteção cerebral?: resultados imediatos de estudo consecutivo e randomizado/ Is retrograde cerebral perfusion an effective method for cerebral protection?: immediate results of a consecutive and randomized study

FONTES, Ronaldo D.; STOLF, Noedir A. G.; MADY, Charles; ÁVILA, Luiz F.; D'ÉLIA, Renata S.; PARRAS, Cinthia; SANTOS, Ricardo V. dos; JATENE, Adib D.
1999-01-01

Resumo em português Foram estudados 30 pacientes com diagnóstico de aneurisma ou dissecção de aorta tratados cirurgicamente. O método utilizado consistiu: uso de hipotermia profunda, parada circulatória total, infusão de 0,20 mg/Kg de peso de dexametasona intravenosa e 10 mg/Kg/peso de thiopental, colocação dos pacientes em Trendelemburg a 45 graus durante o período de parada respiratória. Os 30 pacientes foram operados consecutivamente e randomizados em 2 grupos. Grupo I constitu� (mais) �do de 15 pacientes, nos quais foi utilizada a perfusão cerebral retrógrada (PCR) através da veia cava superior e Grupo II também com 15 pacientes nos quais não foi utilizada PCR. Onze (36,7%) pacientes tinham aneurisma da aorta ascendente e arco aórtico, 7 (23,3%) tinham dissecção aguda da aorta do tipo I, 6 (20%) com dissecção crônica da aorta ascendente e os 6 (20%) restantes outros diagnósticos não agrupáveis. Foi realizada análise das seguintes variáveis independentes para mortalidade: idade, sexo, tempo de circulação extracorpórea, tempo de parada circulatória, diagnóstico, complicações prévias, comparando os dois grupos. A mortalidade imediata do Grupo I foi de 4/15 (insuficiência respiratória) 26,6% e no Grupo II 3/15 (coma) 20,0% - p =1,00. A incidência de complicações neurológicas no Grupo I foi 3/15 (20,0%) e no Grupo II, 2/15 (13,3%) p = 1,000. A análise estatística utilizando o teste exato de Fisher não demonstrou diferença entre os dois grupos com relação à mortalidade imediata e complicações neurológicas. As causas de óbito foram: insuficiência respiratória em 4 pacientes, alteração neurológica, hiperpotassemia e infarto do miocárdio, respectivamente nos 3 últimos. No presente trabalho, concluímos que a associação de PCR não oferece proteção cerebral mais eficaz que a parada circulatória total associada à hipotermia profunda, para o tempo de isquemia utilizado. Resumo em inglês Thirty patients with diagnosis of aortic aneurysm or dissection were submitted to surgery and randomized into two groups. Group I, consisting of 15 patients underwent retrograde cerebral perfusion (RCP) and Group II, also with 15 patients in which the RCP was not utilized. Eleven (36.7%) patients had ascending aorta aneurysm and aortic arch, 7 (23.3%) had acute aortic dissection type I, 6 (20%) suffered from chronic dissection of the ascending aorta and the remaining 6(20 (mais) %) had other ungroupable diagnosis. The following independent variables were analyzed in the two groups: age, sex, extra-corporeal time span, duration of circulatory arrest, diagnosis and previous complications. Immediate mortality in Group I was 4/15 (26.6%) and in Group II 3/15 (20.0%) p = 1.00. The rate of neurological complications in Group I was 3/15 (20%) and in Group II, 2/15 (13.3%) p = 1.000. Causes of death were: respiratory insufficiency in 4 patients, neurological changes, hyperpotassemia and myocardial infarct, respectivelly in the last three. In this study, we concluded that the association of RCP does not provide more effective cerebral protection than circulatory arrest with deep hypothermia for the ischemic period studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Diagnósticos de enfermagem de pacientes em período pós-operatório imediato de colecistectomia laparoscópica/ Nursing diagnoses of patients in immediate postoperative period of laparoscopic cholecystectomy/ Diagnósticos de enfermería de pacientes en período post-operatorio inmediato de colecistectomía por laparoscopia

Dalri, Cristina Camargo; Rossi, Lídia Aparecida; Dalri, Maria Célia Barcellos
2006-06-01

Resumo em português Os objetivos deste estudo foram identificar e analisar os diagnósticos de enfermagem de pacientes no período pós-operatório imediato de colecistectomia laparoscópica. Foi elaborado e validado um instrumento de coleta e registro de dados. Foram avaliados 15 pacientes adultos no período pós-operatório imediato de colecistectomia laparoscópica: 4 homens e 11 mulheres, com idade média de 45 anos. Os diagnósticos de enfermagem identificados foram: Integridade tissul (mais) ar prejudicada (100%), Risco para infecção (100%), Percepção sensorial perturbada (100%), Risco para aspiração (100%), Risco para função respiratória alterada (80%), Hipotermia (60%), Risco para temperatura corporal desequilibrada (40%), Nutrição desequilibrada: mais do que as necessidades corporais (33,3%) e Dor aguda (26,7%). Todos os pacientes foram admitidos em regime ambulatorial e receberam alta do Centro de recuperação pós-anestésica, apresentando ainda os diagnósticos de enfermagem Integridade tissular prejudicada e Risco para infecção. Resumo em espanhol Este estudio tuvo como objetivos identificar y analizar los diagnósticos de enfermería de pacientes en el período post-operatorio inmediato de colescistectomía por laparoscopia. Fue elaborado y validado un instrumento de recolecta y registro de datos. Fueron evaluados a 15 pacientes adultos en el período post-operatorio inmediato de colecistectomía laparoscópica: cuatro hombres y once mujeres, con edad promedia de 45 años. Los diagnósticos de enfermería identifi (mais) cados fueron: Deterioro de la integridad tisular (100%), Riesgo de infección (100%), Alteración de la percepción (100%), Riesgo de aspiración (100%), Riesgo de patrón respiratorio ineficaz (80%), Hipotermia (60%), Riesgo de alteración de la temperatura corporal (40%), Nutrición alterada: superior a los requerimientos (33,3%) y Dolor agudo (26,7%). Todos los pacientes fueron admitidos en régimen ambulatorio y recibieron alta del centro de recuperación post-anestesia, aun presentando los diagnósticos de enfermería de Deterioro de la integridad tisular y Riesgo de infección. Resumo em inglês The aim of this study was to identify and analyze the nursing diagnoses for patients in the immediate postoperative period of laparoscopic cholecystectomy. We elaborated and validated an instrument for data collection and registration. Fifteen 15 adult patients were evaluated in the immediate postoperative period of laparoscopic cholecystectomy, four men and 11 women, with average age of 45 years. Identified nursing diagnoses were: Impaired Skin Integrity (100%), Risk for (mais) Infection (100%), Sensory/Perceptual Alterations (100%), Risk for aspiration (100%), Risk for Ineffective Breathing Pattern (80%), Hypothermia (60%), Risk for Altered Body Temperature (40%), Altered nutrition: more than body requirements (33,3%) and Acute pain (26,7%). All patients were admitted in ambulatory regimen and were discharged from Post anesthesia Care Unit, still presenting the nursing diagnoses of Impaired Skin Integrity and Risk for infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Diagnósticos de enfermagem do paciente no período pós-operatório imediato/ Nursing diagnoses of the patient in the immediate post-operative period

Rossi, Lídia Aparecida; Torrati, Fernanda Gaspar; Carvalho, Emilia Campos de; Manfrim, Alessandra; Silva, Dulce Ferreira da
2000-06-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi identificar os diagnósticos de enfermagem mais freqüentes de pacientes em pós-operatório imediato. Foi elaborada uma ficha de avaliação pós-anestésica do período pós-operatório que foi utilizada em 28 pacientes nas primeiras duas horas em que permaneceram em centro de recuperação pós-anestésica. Os diagnósticos de enfermagem foram estabelecidos com base na Taxionomia I dos Diagnósticos de Enfermagem da North American Nursing Di (mais) agnosis Association -NANDA. Foram identificados os seguintes diagnósticos: risco para injúria (100,0%), risco para infecção (92,8%), senso-percepção alterada (89,2%), risco para aspiração (82,1%), mobilidade física prejudicada (71,4%), integridade tissular prejudicada (82,1%) e hipotermia (67,8%). Resumo em inglês The aim of this study was to identify the nursing diagnoses that are more f requent in patients in immediate post-operative period. Data were collected and recorded on specially cards, through evaluation of 28 patients in the f irst two hours af ter the admission of the patient. The nursing diagnoses were set by one of the authors, based on Taxonomy I, proposed by North American Nursing Diagnosis Association - NANDA. The diagnoses that occurred mostly were: Risk for injur (mais) y (100,0%), Risk for inf ection (92,8% ), Sensory perceptual al terations (89,2% ), Risk for aspiration (82,1% ), Impaired physical mobility (71,4%), Impaired tissue integrity (82,1%) and Hypothermia (67,8%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Proteção cerebral durante parada circulatória total a 28°C

FILGUEIRAS, Carlos Luiz; EDE, Maurício; Ryner, Lowrence; YE, Jian; ARONOV, Alex; KOZLOWSKI, Piotr; SUN, Jiankang; YANG, Loujia; Saunders, John K.; DESLAURIERS, Roxane; SALERNO, Tomas A
1997-04-01

Resumo em português As operações de aneurismas do arco aórtico dependem do tempo de parada circulatória hipotérmica total (PCH). Diversas técnicas têm sido propostas para melhorar a proteção do cérebro e estender o tempo seguro de isquemia (45 minutos em hipotermia profunda). A proteção cerebral durante duas horas de parada circulatória hipotérmica foi estudada em 23 suínos, divididos em quatro grupos. Nos grupos de controle, 8 animais foram submetidos a anestesia (Grupo 1) e (mais) a circulação extracorpórea (Grupo 2). Os outros dois grupos foram à PCH associada à perfusão cerebral anterógrada a 28°C (Grupo 3) e a PCH associada a perfusão retrógrada do cérebro a 28°C (Grupo 4). A proteção cerebral foi avaliada pelo estudo histológico e pelo metabolismo celular cerebral estudado pela espectroscopia por ressonância nuclear magnética (RNM). Durante a PCH associada à perfusão cerebral anterógrada a 28°C, o metabolismo cerebral manteve-se normal durante todo o experimento e houve preservação das estruturas cerebrais no estudo histológico. Na PCH com a perfusão cerebral retrógrada a 28°C, o pH intracelular, a fosfocreatina (PCr) e o trifosfato de adenosina (ATP) diminuíram durante o período de parada circulatória e não retornaram aos seus níveis normais durante a reperfusão, permanecendo o cérebro em grave acidose intracelular. Concluímos que, durante duas horas de PCH, a perfusão anterógrada a 28°C proporcionou uma adequada proteção ao cérebro. A PCH associada à perfusão retrógrada em hipotermia moderada a 28°C não proporcionou proteção cerebral, no estudo metabólico e histológico. Resumo em inglês Aortic surgical treatment of aneurysms is time dependent on the hypothermic circulatory arrest. Many techniques have been proposed to improve brain protection and increase safe time of ischemia (45 minutes in deep hypothermia). Brain protection during two hours of hypothermic circulatory arrest was studied in twenty-three animals that were divided in four groups. In the control groups, eight animals were submitted to anesthesia (group I) and extracorporeal circulation alo (mais) ne (group II). The other two groups underwent circulatory arrest associated with antegrade brain perfusion at 28°C (group III) and hypothermic circulatory arrest with retrograde brain perfusion at 28°C (group IV). Brain protection was evaluated by the histologic study and by the cellular brain metabolism which was studied by 31P Nuclear Magnetic Resonance spectroscopy. During circulatory arrest with antegrade brain perfusion at 28°C, the cellular metabolism remained normal during all the experiments and the brain structures were preserved. In the circulatory arrest with retrograde brain perfusion at 28°C, the intracellular brain pH, phosphocreatine (PCr) and adenosine triphosphate (ATP) decreased during the circulatory arrest period, and did not recover normal levels during reperfusion, the brain remained in severe intracellular acidosis. We conclude that during two hours of hypothermic circulatory arrest, antegrade perfusion at 28°C provides adequate brain protection. The hypothermic circulatory arrest associated with retrograde perfusion at 28°C does not protect the brain, from a metabolic and histologic point of view.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Fístula traumática entre tronco braquiocefálico e veia braquiocefálica por arma de fogo/ Traumatic fistula between the brachiocephalic trunk and the brachiocephalic vein due to gunshot wound

Oliveira, Pedro Paulo Martins de; Petrucci, Orlando; Vilarinho, Karlos Alexandre de Souza; Silveira, Lindemberg Mota; Vieira, Reinaldo Wilson; Braile, Domingo Marcolino
2008-04-01

Resumo em português Descrevemos caso de paciente do sexo masculino, 49 anos, que sofreu ferimento por arma de fogo no tórax, transfixando o mediastino médio. Apresentava-se estável hemodinamicamente, contudo taquicárdico e taquipnéico. Ele foi submetido à propedêutica armada com radiograma de tórax, ecocardiografia transtorácica, tomografia computadorizada de tórax e arteriografia do arco aórtico. Evidenciou-se fístula traumática do tronco braquiocefálico com a veia braquiocef� (mais) �lica. Realizou-se correção cirúrgica com a utilização de circulação extracorpórea e hipotermia profunda com parada circulatória total. O paciente evolui bem com alta no quinto pós-operatório. Resumo em inglês We describe the case of a 49-year old male patient who suffered a gunshot wound in the chest which transfixed the medial mediastinum. He was hemodynamically stable, but had tachycardia and tachypnea. He was submitted to integrated work-up with chest radiogram, transthoracic echocardiography, computerized chest tomography, and arteriography of the aortic arch. A traumatic fistula was evidenced between the brachiocephalic trunk and the brachiocephalic vein. Surgical repair (mais) was performed using extracorporeal circulation and deep hypothermia with total circulatory arrest. The patient progressed well and was discharged on the fifth day postoperatively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

CLORORPROMAZINA E FUNÇÃO MITOCONDRIAL NA ISQUEMIA-REPERFUSÃO RENAL/ CHLORPROMAZINE AND MITOCHONDRIAL FUNCTION IN KIDNEY ISCHEMIA-REPERFUSION

Netto, JMB; Tucci Jr, S; Cologna, AJ; Suaid, HJ; Martins, ACP; Molina, CAF; Roselino, JES
2001-01-01

Resumo em português Introdução e objetivo - em transplante renal com doador cadáver, a função do enxerto depende da manutenção da integridade celular e subcelular, principalmente mitocondrial. Neste estudo o objetivo foi analisar a função mitocondrial do rins submetidos a período prolongado de isquemia fria, seguido de reperfusão por uma hora, empregando-se, ou não, a clorpromazina previamente à isquemia. Métodos - utilizando autotransplante renal em cães, subdivididos em dois (mais) grupos, foram extraidas mitocôndrias de rins submetidos à isquemia fria de 48 horas, seguida de 1 hora de reperfusão pós-transplante. Um grupo recebeu clorpromazina antes da nefrectomia. A análise da fosforilação oxidativa e do intumescimento osmótico ("swelling") mitocôndrial foi comparada com dados obtidos de rins normais, sem isquemia. Resultados - Os dados obtidos para o estado III e IV da respiração não mostraram diferença significativa entre os grupos experimentais. A primeira fase do "swelling" ocorreu em tempo semelhante em todos os grupos experimentais. Durante a reversão, os grupos I e II se comportaram de maneira estatisticamente semelhante, com frações de reversão de 57%, e 68%, respectivamente, valores significativamente menores que os obtidos para o grupo normal (99%) (grupo I: p = 0,0374 e grupo II: p = 0,0221). Discussão - é conhecida a ação protetora da clorpromazina na isquemia renal normotérmica. Entretanto, os dados aqui obtidos mostram que após 48 horas de isquemia fria, o grupo II (clorpromazina) comportou-se de maneira semelhante ao grupo I (hipotermia isolada) tanto no estudo da fosforilação oxidativa, quanto no "swelling", embora os valores apresentem tendência a serem maiores no grupo II. Isto pode ser devido a alguns fatores, como: 1) a clorpromazina possui efeito protetor mínimo quando o tempo de isquemia é prolongado; 2) seu efeito pode ser afetado ou sua ação protetora sobreposta àquela imposta pela hipotermia; 3) tempo de reperfusão curto para manifestação de seus efeitos. Resumo em inglês The purpose of this study was to evaluate the function of mitochondria obtained from kidneys submmited to 48 hours of cold ischemia followed by 1 hour of reperfusion, with and without the use of chlorpromazine. Sixteen adult mongrel dogs were submitted to unilateral nephrectomy. In 13 animals the kidney was then perfused with Euro-Collins solution and preserved during 48-hours in cold solution. After that time auto-transplantation was performed. Reperfusion time was 1 hou (mais) r. After that, the transplanted kidney was taken out and samples were obtained for mitochondrial evaluation. The animals were divided into 3 groups: group N - control without ischemia (3 animals); group I - hypothermia (6 animals); group II - hypothermia + IV injection of 2 mg/Kg of chlorpromazine 15 minutes before nephrectomy. The results of mitochondrial phosphorilation and swelling showed no statistical differences. However, group II animals showed higher values during the reversion phase of the swelling. Chlorpromazine action on mitochondrial function has been previously described, providing better mitochondria recovering from ischemic lesion. The results obtained in this study may be related to the short reperfusion time, or we can argue that chlorpromazine has no protection after prolonged ischemic time, or chlorpromazine action may be masqueraded by hypothermia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Elaboração e aplicação de um instrumento de avaliação no pós-operatório imediato com base no protocolo do Advanced Trauma Life Suport/ Elaboration and application of an evaluation instrument in the immediate postoperative period, based on the Advanced Trauma Life Support protocol/ Elaboración y aplicación de un instrumento de evaluación en el post operatorio inmediato con base en el protocolo del Advanced Trauma Life Suport

Von Atzingen, Marisa Dias; Schmidt, Denise Rodrigues Costa; Nonino, Eleine Aparecida Penha Martins
2008-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Elaborar e aplicar um instrumento de avaliação do paciente no pós-operatório imediato (POI) de anestesia geral baseado no protocolo do Advanced Trauma Life Suport. MÉTODOS: Foi criado um instrumento baseado no ABCDE do Trauma e aplicado na Sala de Recuperação Pós-Anestésica em todos os pacientes adultos submetidos a cirurgias sob efeito de anestesia geral no período de setembro a novembro de 2007. RESULTADOS: Observou-se que 93,5% dos pacientes tinham (mais) vias aéreas pérvias, porém 92,2% necessitaram de oxigênio suplementar. Houve alteração na ausculta pulmonar de 15,6% dos pacientes, hipotensão em 16,9% e hipotermia em 23,4%. Observou-se também uma diferença estatisticamente significativa sugerindo que as mulheres apresentam melhores condições de recuperação que os homens. CONCLUSÃO: O exame físico na seqüência proposta pelo ABCDE do Trauma permitiu identificar as principais alterações fisiológicas no POI contribuindo para a assistência de enfermagem. Resumo em espanhol OBJETIVO: Elaborar y aplicar un instrumento de evaluación del paciente en el post operatorio inmediato (POI) de anestesia general basado en el protocolo do Advanced Trauma Life Suport. MÉTODOS: Fue creado un instrumento fundamentado en el ABCDE del Trauma y aplicado en la Sala de Recuperación Post-Anestésica a todos los pacientes adultos sometidos a cirugías que se encontraban bajo efecto de la anestesia general en el período de setiembre a noviembre del 2007. RESUL (mais) TADOS: Se observó que el 93,5% de los pacientes tenían vías aéreas permeables, sin embargo el 92,2% necesitó de oxígeno suplementario. Hubo alteración en la auscultación pulmonar del 15,6% de los pacientes, hipotensión en el 16,9% e hipotermia en el 23,4%. Se observó también una diferencia estadísticamente significativa, sugiriendo que las mujeres presentan mejores condiciones de recuperación que los hombres. CONCLUSIÓN: El examen físico en la secuencia propuesta por el ABCDE del Trauma permitió identificar las principales alteraciones fisiológicas en el POI contribuyendo, por tanto, a la asistencia de enfermería. Resumo em inglês OBJECTIVE: Elaborating and applying a patient evaluation instrument in the immediate postoperative period (IPOP) after general anesthesia, based on the Advanced Trauma Life Support protocol. METHODS: An instrument was created, based on the Trauma ABCDE and applied in the post-anesthetic recovery room in all adult patients submitted to surgeries under the effect of general anesthesia, from September to November, 2007. RESULTS: 93.5% of the patients were observed to have pe (mais) rvious airways; however, 92.2% of them needed oxygen supplementation. There were alterations in pulmonary auscultation in 15.6% of the patients, hypotension in 16.9% and hypothermia in 23.4%. A statistically significant difference was also observed, suggesting that women have better recovery conditions than men. CONCLUSION: The physical exam in the sequence proposed by the Trauma ABCDE allowed for the identification of the main physiological alterations in the IPOP, contributing for nursing care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Mortalidade perinatal de cordeiros no semi-árido da Paraíba/ Perinatal mortality of lambs in the semi-arid region of Paraíba, Brazil

Nóbrega Jr, Janduí Escarião da; Riet-Correa, Franklin; Nóbrega, Rossana S.; Medeiros, Josemar M. de; Vasconcelos, Jackson S. de; Simões, Sara Vilar D.; Tabosa, Ivon M.
2005-09-01

Resumo em português As causas de mortalidade perinatal em ovinos foram estudadas de março de 2002 a outubro 2004 em 27 fazendas da região semi-árida da Paraíba. De 90 cordeiros necropsiados, 41,1% morreram de infecções neonatais, 23,3% por malformações, 10% por inanição/hipotermia, 10% por distocia, 2,2% por predação e 4,4% foram abortos sem causa identificada. Em relação ao momento da morte, 4,4% dos cordeiros morreram antes do parto, 10% durante o parto, 30% no primeiro dia d (mais) e vida, 20% entre o 2º e 5º dia e 35,6% entre o 4º e 28º dia após o parto. A assistência das ovelhas durante o parto, a desinfecção do umbigo dos cordeiros, a ingestão de colostro 2 a 6 horas após o parto, e a manutenção das ovelhas em locais adequados durante e após o parto contribuiriam para diminuir as mortes perinatais por distocia e infecções neonatais. A alta freqüência de malformações, em diferentes raças, sugere que esses defeitos sejam causados por uma planta tóxica. Os principais defeitos observados foram a flexão permanente dos membros anteriores, braquignatismo, fenda palatina e outras alterações dos ossos da cabeça. Recentemente foi demonstrado o efeito teratogênico de Mimosa tenuiflora ("jurema-preta"), uma planta muito comum na região semi-árida, nas áreas de caatinga, que aparentemente é responsável pelas malformações. Os cordeiros mortos por inanição/hipotermia tiveram baixo peso ao nascimento (1,37 ± 0,7kg) o que sugere que a principal causa dessas mortes é a deficiente nutrição da mãe durante o último terço da gestação. Considerando-se que na região nordeste, na maioria das fazendas, os carneiros permanecem com as ovelhas durante todo o ano, a adoção de uma estação de monta definida contribuiria para a diminuição da mortalidade perinatal. Resumo em inglês The causes of perinatal lamb mortality were studied, from March 2002 to October 2004, on 27 farms in the semiarid region of Paraíba, northeastern Brazil. In 90 lambs necropsied the following frequency of different causes of death was found: neonatal infections (41.1%), malformations (23.3%), dystocia (10%), starvation/hypothermia (10%), abortion (4.4%), and predation (2.2%). Regarding the time of death, 4.4% of the lambs died before parturition, 10% during parturition, 3 (mais) 0% on the first day after parturition, 20% between the second and the third day, and 35.6% between the 4th and the 28th day after parturition. The assistance during parturition, umbilical disinfection of the neonates, colostrum ingestion between 2 and 6 hours after parturition, and keeping the ewes in healthy environmental conditions during and after parturition could improve lamb surviving. The high frequency of malformations in different breeds suggests that malformations are due to a toxic plant. The main defects were permanent flexure of the front legs, brachygnathia, cleft palate, and other head malformations. In a recent report the authors demonstrated the teratogenic effects of Mimosa tenuiflora, a very common plant in the semiarid region, which is probably the cause of those malformations. Lambs which died due to starvation/hypothermia and had low birth weight (1.37 ± 0.70kg), suggesting that a better nutrition of the ewe during the last trimester of gestation is a way to control this cause of lamb mortality. Considering that in the northeastern region, in most farms, the rams stay with the ewes during the whole year, the adoption of a breeding season would help to control the different causes of perinatal lamb mortality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Comprometimento do plexo braquial na cirurgia cardíaca para revascularização do miocárdio por esternotomia mediana: avaliação clínica/ The involvement of the brachial plexus in cardiac surgery with median sternotomy for the revascularization of the myocardium: clinical evaluation

ATRA, MAURO; GABBAI, ALBERTO ALAIN
1999-12-01

Resumo em português Para avaliar o plexo braquial na cirurgia cardíaca por esternotomia mediana para revascularização do miocárdio acompanhamos clinicamente 113 pacientes (87 homens e 26 mulheres) no pré-operatório e entre o 5º e 8º dia pós-operatório. Do total dos pacientes, em 65 foi utilizada a artéria torácica interna. Não foi realizado exame de eletroneuromiografia. Encontramos lesão do plexo braquial em três pacientes, sendo que apenas em um foi utilizada a artéria tor� (mais) �cica interna. Acreditamos que fatores como postura do paciente, hipotermia, afastadores torácicos, uso da artéria torácica interna têm importância nestas lesões. Devemos ficar atentos a estes fatores para evitar ou minimizar as lesões. Resumo em inglês To evaluate the involvement of brachial plexus in cardiac surgery with median sternotomy for the revascularization of the myocardium 113 patients (87 men and 26 women) were clinically examined in the pre-operative and between the fifth and eighth post-operative days. The internal thoracic artery was used in 65 of the 113 patients. The electroneuromyography was not effected in any of the patients. A lesion of the brachial plexus was found in three patients though the inter (mais) nal thoracic artery was used in only one patient.We believe that factors such as posture of the patient, hypothermia, thoracic braces and use of the internal thoracic artery are relevant in the lesions. Hence one must be attentive to all the factors mentioned above so as to avoid or minimize the lesions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Cirurgia de Glenn bidirecional: importância da manutenção de fluxo "pulsátil" na artéria pulmonar/ Bidirectional Glenn procedure: the importance of "pulsatile" flow in the pulmonary artery

Fantini, Fernando Antônio; Gontijo Filho, Bayard; Lopes, Roberto Max; Castro, Marcelo Frederico de; Barrientos, Arturo; Silva, João Alfredo de Paula e; Barbosa, Juscelino Teixeira; Miotto, Heberth César; Masci, Tereza Lúcia de Melo; Martins, Cristiane; Vrandecic, Mário O
1995-03-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar a importância clínica da presença de fluxo pulsátil na artéria pulmonar de pacientes submetidos à cirurgia de Glenn bidirecional, 36 casos consecutivos operados no período de outubro de 1990 a julho de 1994 foram revistos. As crianças, com idade variando de 11 meses a 14 anos (média, 4,4 ± 3,4 anos), eram portadoras das seguintes lesões: atresia tricúspide (18), ventrículo único (16), atresia mitral (1) e atresia pulmonar sem comuni (mais) cação interventricular (1). Dezenove (52,8%) pacientes haviam sido submetidos a 22 procedimentos cirúrgicos prévios, sendo que 2 fizeram duas e outro, três anastomoses sistêmico-pulmonar. Circulação extracorpórea foi utilizada em todos os casos, sendo com hipotermia leve em 11 e com hipotermia profunda e parada cardiocirculatória total nos demais. A técnica cirúrgica básica foi a anastomose término-lateral da veia cava superior à artéria pulmonar ipsilateral. Nos casos com fluxo anterógrado, o tronco pulmonar foi ligado somente quando a pressão média ao nível da anastomose era superior a 15 mmHg, sendo que em 2 casos recentes com pressão acima de 20 mmHg, optouse por cerclar o tronco pulmonar, ajustando-se, assim, os níveis pressóricos. Ocorreram 3 óbitos imediatos; a sobrevida hospitalar foi de 91,7%. Uma criança, que evoluiu no pós-operatório com baixa saturação arterial sistêmica, foi submetida após 7 dias à anastomose sistêmico-pulmonar com prótese vascular de 3 mm. Vinte e oito pacientes foram acompanhados por um período de tempo que variou de 3,1 meses a 4,1 anos (média 1,8 ± 1,2 anos) e foram divididos em 2 grupos: A-18 crianças com fluxo pulmonar dependente exclusivamente do Glenn; B -10 crianças com outra fonte de circulação pulmonar promovendo fluxo "pulsátil" ao nível da anastomose. No Grupo A a saturação arterial sistêmica tem variado de 68% a 85% (média, 77,6 ± 5,5%) e no Grupo B de 80% a 90% com média de 86,0 ± 3,8% (p Resumo em inglês In order to evaluate the effects of pulsatile flow in the pulmonary artery of patients undergoing bidirectional cavopulmonary shunts (BCS), we reviewed the data of 36 patients operated upon from October 1990 to July 1994. Age at operation ranged from 11 months to 14 years (mean 4.4 ± 3.4 years) and diagnoses were as follows: tricuspid atresia (18), single ventricle (16), mitral atresia (1) and pulmonary atresia with intact ventricular septum (1). A total of 19 (52.8%) pa (mais) tients had a prior palliative operation done. Cardiopulmonary bypass was used in every case, with mild hypothermia in 11 cases and profound hypothermia and circulatory arrest in the remaining. The surgical technique was an anastomosis between the superior vena cava and the ipsilateral pulmonary artery in an end-to-side fashion. The main pulmonary artery was ligated only if the mean pressure taken at the site of the anastomosis was higher than 15 mmHg but in 2 recent cases with a very high mean pulmonary pressure, the main pulmonary artery was banded, adjusting the pressure to the desirable levels. The overall hospital survival was 91.7% (33 patients). One patient required a systemic to pulmonary shunt due to persistent low arterial oxygen saturation, 7 days after the BCS. Twenty-eight patients were followed for a mean of 1.8 ± 1.2 years (3 months to 4.1 years) and were divided in 2 groups: A-18 patients without pulsatile flow in the pulmonary artery, and B-10 patients with pulsatile flow. In Group B, the mean arterial saturation has ranged from 80% to 90% (mean 86 ± 3.8%) and is significantly higher than in Group A (68 to 85%, mean, 77.6 ± 5.5) (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Tratamento cirúrgico da insuficiência aórtica nos aneurismas e dissecções da aorta ascendente pela técnica de Tirone David

PEREIRA, Wagner M; FROTA FILHO, José Dario; NOGUEIRA, Aldemir; SANTOS, Carlos S; DUNCH, Andréa; VALLENAS, Mário; JUNG, Luís A; LUCCHESE, Fernando A
1997-01-01

Resumo em português Aneurismas da aorta ascendente (AAA) e dissecções agudas da aorta (DAA) são defeitos que cursam com insuficiência valvar aórtica (IAo) na maioria dos pacientes, geralmente causada por vários mecanismos. Em 30% a 50% dos casos, os folhetos aórticos são morfologicamente normais, possibilitando a reconstrução através do reimplante da valva e das artérias coronárias em um tubo corrugado de Dacron e pericárdio bovino. Descrita por Tirone David, esta técnica evit (mais) a a prótese valvular e, provavelmente, nos casos de AAA, corrige definitivamente os mecanismos envolvidos. No período de novembro de 1994 a dezembro de 1995 operamos 11 pacientes, que foram assim divididos: Grupo I: DAA, 5 pacientes, todos com o Tipo 1 de DeBakey, sendo 4 agudos e 1 crônico; Grupo II: AAA, 6 pacientes, a maioria com idade acima de 50 anos. No Grupo I empregamos hipotermia profunda, parada circulatória total e perfusão cerebral retrógrada. No Grupo II usamos hipotermia moderada a 28oC. Em ambos a proteção miocárdica foi realizada através de infusão anterógrada intermitente e isotérmica de solução cardioplégica sangüínea associada a solução salina gelada no pericárdio. Dois (18,2%) pacientes faleceram na fase hospitalar e 1 (9%) tardiamente, todos do Grupo I, e 8 vêm sendo acompanhados, com tempo máximo de 13 meses de seguimento. Todos os pacientes sobreviventes (9/11) foram submetidos a estudo ecocardiográfico antes da alta e nenhum apresentou disfunção valvar aórtica. Em dezembro de 1995, todos que sobreviviam (8/11) foram reavaliados por ecocardiografia e os resultados são mostrados neste trabalho. Concluímos que o reimplante da valva aórtica descrito por David é um método efetivo de tratamento da IAo associada aos AAA e DAA. Mesmo sendo pequeno o número de pacientes e o seguimento desta série, acreditamos que a tentativa de evitar o implante de próteses valvulares é encorajadora para ambos, cirurgião e paciente, em um seleto número de casos. Resumo em inglês Aneurysms of the root and ascending aorta (AAA) and acute aortic dissections (AAD) are usually associated with valvular aortic insufficiency (VAI) in a large number of patients, caused by a variety of machanisms. In 30% to 50% of these cases the aortic leaflets are morphologically normal and can be spared using the technique of reconstruction of the root and ascending aorta plus the reimplantation of the aortic valve and the coronary arteries in a composite Dacron and bov (mais) ine pericardium tubular graft. This technique, described and proposed by Tirone David, avoids valve replacement and, in some cases of AAA, may definitely correct the mechanisms involved in the disease. From November 1994 to December 1995, 11 patients were operated upon this technique and divided in two main groups: Group I - AAD, 5 patients, all with Type I DeBakey, 4 with acute and 1 with chronic dissection; Group II - AAA, 6 patients, the majority being over 50 years old. The surgical technique, concerning the Group I, included profound hypothermia (all cases), total circulatory arrest and retrograde cerebral perfusion, (3 cases). In Group II we used moderate hypothermia at 28°C. In both groups the myocardial protection was performed with intermittent antegrade isothermic blood cardioplegia delivered each 10 minutes, associated with iced saline into the pericardium. There were two operative deaths (18.2%) and one late death (9%), all from the Group I, and 9 were discharged from hospital (81.8%) with a maximum follow-up period of 13 months. All patients (9/11) had colour ecodopplercardiographic evaluation before discharge and none of them had aortic valvular dysfunction. The Eco studies were repeated for all surviving patients (8/11) in December 1995, and the results are shown in this paper. We conclude that the aortic valve-sparing operation described by Tirone David is a very reliable and effective method of treatment of the VAI associated with AAA and AAD. Although the number of patients is small and the follow-up period is short in this series, we believe that the efforts to avoid valve replacement in these patients is encouraging for both, the surgeon and the patient, in carefully selected cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Evolução e prognóstico materno-fetal da cirurgia cardíaca durante a gravidez/ Maternal-fetal outcome and prognosis of cardiac surgery during pregnancy/ Evolución y pronóstico materno-fetal de la cirugía cardiaca durante el embarazo

Ávila, Walkiria Samuel; Gouveia, Ana Maria Milani; Pomerantzeff, Pablo; Bortolotto, Maria Rita Lemos; Grinberg, Max; Stolf, Noedir; Zugaib, Marcelo
2009-07-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A cirurgia cardíaca favorece o prognóstico materno em casos refratários à terapêutica clínica, contudo associa-se a riscos ao concepto quando realizada durante a gravidez. OBJETIVO: Analisar a evolução e o prognóstico materno-fetal de gestantes submetidas à cirurgia cardíaca no ciclo gravídico-puerperal. MÉTODOS: Estudou-se a evolução de 41 gestações de mulheres que tiveram indicação de cirurgia cardíaca no ciclo gravídico puerperal. A car (mais) diotocografia fetal foi mantida durante o procedimento nas pacientes com idade gestacional acima de 20 semanas. RESULTADOS: A média da idade materna foi de 27,8 ± 7,6 anos, houve predomínio da valvopatia reumática (87,8%), e 15 dessas (41,6%) foram submetidas à reoperação, devido à disfunção de prótese valvar. A média do tempo de circulação extracorpórea foi de 87,4 ± 43,6 min, e a hipotermia foi utilizada em 27 casos (67,5%). Treze mães (31,7%) não apresentaram intercorrências e tiveram seus recém-nascidos vivos e saudáveis. A evolução pós-operatória das demais 28 gestações (68,3%) mostrou: 17 complicações maternas (41,5%); três óbitos (7,3%); 12 perdas fetais (29,2%) e quatro casos de malformação neurológica (10%), dois dos quais evoluíram para óbito tardio. Houve uma perda de seguimento após a cirurgia. Nove pacientes (21,9%) foram operadas em caráter de emergência, situação que influenciou (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La cirugía cardiaca favorece el pronóstico materno en casos refractarios a la terapéutica clínica, sin embargo está asociada a riesgos cuando realizada durante el embarazo. OBJETIVO: Analizar la evolución y el pronóstico materno-fetal de gestantes sometidas a la cirugía cardiaca en el ciclo grávido puerperal. MÉTODOS: Se estudió la evolución de 41 gestaciones de mujeres que tuvieron indicación de cirugía cardiaca en el ciclo grávido puerperal. L (mais) a cardiotocografía fetal se mantuvo durante el procedimiento en las pacientes con edad gestacional superior a 20 semanas. RESULTADOS: El promedio de edad materna fue de 27,8 ± 7,6 años, con predominio de valvulopatía reumática (87,8%), y 15 de ellas (41,6%) se sometieron a reoperación, debido a disfunción de prótesis valvular. El promedio del tiempo de circulación extracorpórea fue de 87,4 ± 43,6 min, y se utilizó la hipotermia en 27 casos (67,5%). Trece madres (31,7%) no presentaron intercurrencias y tuvieron sus recién nacidos vivos y sanos. La evolución postoperatoria de las demás 28 gestaciones (68,3%) reveló: 17 complicaciones maternas (41,5%); tres óbitos (7,3%); 12 pérdidas fetales (29,2%) y 4 casos de malformación neurológica (10%), dos de los cuales evolucionaron para óbito tardío. Hubo una pérdida de seguimiento tras la cirugía. Se operaron a nueve pacientes (21,9%) en carácter de emergencia, situación que influenció (p Resumo em inglês BACKGROUND: Cardiac surgery improves the maternal prognosis in cases refractory to medical therapy. However, it is associated with risks to the fetus when performed during pregnancy. OBJECTIVE: To analyze maternal-fetal outcome and prognosis related to cardiac surgery performed during pregnancy and puerperium. METHODS: The outcome of 41 gestations of women undergoing cardiac surgery during pregnancy and puerperium was studied. Fetal cardiotocography was performed througho (mais) ut the procedure in patients with gestational age above 20 weeks. RESULTS: Mean maternal age was 27.8 ± 7.6 years; there was a predominance of patients with rheumatic valve disease (87.8%), of whom 15 (41.6%) underwent reoperation due to prosthetic valve dysfunction. Mean extracorporeal circulation time was 87.4± 43.6min and hypothermia was used in 27 (67.5%) cases. Thirteen (31.7%) mothers experienced no events and gave birth to live healthy newborns. Postoperative outcome of the remaining 28 (68.3%) pregnancies showed: 17 (41.5%) maternal complications and three (7.3%) deaths; 12 (29.2%) fetal losses, and four (10%) cases of neurological malformation, two of which progressed to late death. One patient was lost to follow-up after surgery. Nine (21.9%) patients underwent emergency surgery, and this variable was correlated with maternal prognosis (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Reperfusão rápida e homogênea como fator de risco da síndrome pós-reperfusão hepática durante transplante ortotópico de fígado/ Rapid and homogeneous reperfusion as a risk factor for postreperfusion syndrome during orthotopic liver transplantation/ Reperfusión rápida y homogénea como factor de riesgo del síndrome postreperfusión hepática durante transplante ortotópico de hígado

Cordoví de Armas, Lucas; Jiménez Paneque, Rosa E.; Gala López, Boris; Rápalo Romero, Edin Ismael; Añuez Castillo, Ydriss; Vallongo Menéndez, Marina Beatriz
2010-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A revascularização do órgão transplantado é um momento crucial no transplante ortotópico de fígado (TOF). Aproximadamente um terço dos pacientes desenvolve síndrome pós-reperfusão hepática (SPR), uma combinação de hipotermia, desordens metabólicas e instabilidade cardiovascular que podem levar à parada cardíaca. O objetivo deste estudo foi avaliar a relação velocidade-qualidade (RVQ) da reperfusão do órgão transplantado com (mais) o fator independente de predição da SPR. MÉTODOS: Todos os pacientes elegíveis que se submeteram ao TOF em nossa instituição de 1987 a março de 2009 foram incluídos. O OR ajustado da associação RVQ-SPR foi obtido através do modelo de regressão logística, incluindo oito variáveis de confusão. RESULTADOS: A proporção de pacientes que desenvolveram SPR foi maior nos pacientes com RVQ identificada como boa (75,8%) do que naqueles com RVQ média ou baixa; o risco relativo ao comparar a RVQ de boa qualidade com a RVQ de baixa qualidade foi de 12,9 (IC 95%: 2,1 - 528,8). O OR ajustado foi de 132,9 (IC 95%: 10,5 - 1688,6) quando a RVQ de boa e baixa qualidade foram comparadas e de 90,9 (IC 95%: 13,8-645,2) comparando a RVQ boa com a intermediária. CONCLUSÕES: De acordo com nossos resultados, a RVQ pode ser considerada um bom fator preditivo da SPR. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La revascularización del órgano transplantado es un momento crucial en el transplante ortotópico de hígado (TOH). Aproximadamente un tercio de los pacientes debuta con síndrome de post-reperfusión hepática (SPR), una combinación de hipotermia, desórdenes metabólicos e inestabilidad cardiovascular que pueden conllevar a la parada cardíaca. El objetivo de este estudio fue evaluar la relación velocidad-calidad (RVC), de la reperfusión (mais) del órgano transplantado como factor independiente de predicción de la SPR. MÉTODOS: Todos los pacientes elegibles que se sometieron al TOH en nuestra institución desde 1987 a marzo de 2009, estuvieron incluidos en el estudio. El OR ajustado de la asociación RVC-SPR, se obtuvo a través del modelo de regresión logística, incluyendo ocho variables de confusión. RESULTADOS: La proporción de pacientes que debutaron con SPR fue más elevada en los pacientes con RVC identificada como buena (75,8%), que en aquellos con RVC media o baja; el riesgo relativo al comparar la RVC de buena calidad con la RVC de baja calidad fue de 12,9 (IC 95%: 2,1 - 528,8). El OR ajustado fue de 132,9 (IC 95%: 10,5 - 1688,6) cuando la RVC de buena y baja calidad fueron comparadas, y de 90,9 (IC 95%: 13,8-645,2) comparando la RVC buena con la intermedia. CONCLUSIONES: De acuerdo con nuestros resultados, la RVC puede ser considerada como un buen factor predictivo de la SPR. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: The revascularization of the graft remains as a crucial instant of the orthotopic liver transplantation (OLT) surgical procedure. About a third of the recipients suffer the postreperfusion syndrome (PRS), a combination of hypothermia, metabolic disorders and cardiovascular instability potentially leading to cardiac arrest. The objective of this study was to evaluate the speed-quality (SQR) of the graft`s reperfusion as an independent predictor o (mais) f PRS. METHODS: All eligible patients receiving an OLT in our institution from 1987 to march 2009 were included. The adjusted OR for SQR-PRS association was obtained by means of logistic regression modeling including eight potential confounders. RESULTS: The proportion of recipients suffering PRS was highest when the SQR was identified as good (75.8%) compared to those with middle or poor SQR; the relative risk comparing good SQR with poor SQR was 12.9 (CI 95%: 2.1-528.8). The adjusted OR was 132.9 (95% CI: 10.5-1688.6) when comparing good with bad SQR and 90.9 (95% CI: 13.8-645.2) when comparing good with intermediate SQR. CONCLUSIONS: According to our results, SQR can be considered an unambiguous predictor of PRS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Cirurgia e anestesia na doença falciforme/ Anesthesia and surgery in sickle cell disease

Friedrisch, João R.
2007-09-01

Resumo em português Pacientes com doença falciforme (DF) que serão submetidos a procedimentos anestésicos e cirúrgicos demandam cuidados específicos. Condições comumente associadas a estes procedimentos, como hipóxia, acidose, hipotermia, infecção e hipovolemia, podem ter conseqüências deletérias especialmente graves no paciente com DF. Há uma tendência ao aumento da eritrofalciformação e dos fenômenos vaso-oclusivos, o que pode levar à síndrome torácica aguda, episódio (mais) álgico agudo, priapismo, acidente vascular cerebral dentre outras complicações diretamente relacionadas à DF. Para minimizar o risco destas complicações, recomenda-se que pacientes com DF tenham avaliação pré-operatória multidisciplinar, atenção especial à hidratação e oxigenação, escolha de procedimentos cirúrgicos menos invasivos e cuidados pós-operatórios intensivos. Mesmo com a adoção destes cuidados, a incidência de complicações cirúrgicas em pacientes com DF é especialmente alta, estimada em 25% a 30%. O objetivo desta revisão é abordar as principais condições cirúrgicas associadas à DF e os cuidados perioperatórios que devem ser tomados neste grupo de pacientes. Resumo em inglês Individuals with sickle cell disease (SCD) have special perioperative concerns that must be considered before their anesthesia and surgery. During the perioperative period, these individuals are at risk for vaso-occlusive events, including acute chest syndrome, pain crises, priapism and stroke because they are exposed to hypoxia, acidosis, hypothermia, infections and hypovolemia. Several suggestions to reduce risk have been made, including a structural multidisciplinary a (mais) pproach, paying special attention to hydration and oxygenation, postoperative respiratory care and selection of less aggressive or extensive surgical procedures. Even with meticulous care, approximately 25% to 30% of individuals with SCD will have a postoperative complication. This article provides readers with information about the role of surgery in SCD and the measures that should be taken to ensure patients are well cared for in the perioperative period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

O uso de manta térmica no intra-operatório de pacientes submetidos à prostatectomia radical está relacionado com a diminuição do tempo de recuperação pós-anestésica/ The intraoperative use of warming blankets in patients undergoing radical prostatectomy is related with a reduction in post-anesthetic recovery time/ El uso de manta térmica en el intraoperatorio de pacientes sometidos a la prostatectomía radical está relacionado con la disminución del tiempo de recuperación pos anestésica

Panossian, Cláudia; Simões, Cláudia Marquez; Milani, Wilson Roberto Oliveira; Baranauskas, Marília Bonifácio; Margarido, Clarita Bandeira
2008-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia e o procedimento cirúrgico causam alterações térmicas substanciais. A hipotermia pode causar complicações cardiovasculares, distúrbios da coagulação, alterações imunológicas e hidroeletrolíticas, além de diminuir o metabolismo de fármacos aumentando o período de recuperação pós-anestésica (RPA). A circulação de ar aquecido (manta térmica) é o método de aquecimento não-invasivo mais efetivo disponível atualm (mais) ente. O objetivo do presente estudo foi comparar o tempo de permanência na RPA de pacientes submetidos à prostatectomia radical com e sem o uso de manta térmica no período intra-operatório. MÉTODO: Foram estudados pacientes ASA PS I, II, III, entre 45 e 75 anos, submetidos à prostatectomia radical sob anestesia geral no ano de 2004. Os dados coletados incluíram: idade, peso, estado físico, técnica anestésica, uso de manta térmica e tempo de permanência na RPA, que foram tabulados em planilha Excel e analisados pelo teste de Mann-Whitney. RESULTADOS: Os pacientes em que a manta térmica foi utilizada no período intra-operatório permaneceram em média 139,66 ± 58,6 minutos na RPA; já nos pacientes em que a manta térmica não foi utilizada o tempo de permanência foi em média 208,28 ± 65,8 minutos na RPA (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia y el procedimiento quirúrgico causan alteraciones térmicas ostensivas, y la hipotermia puede causar complicaciones cardiovasculares, disturbios de la coagulación, alteraciones inmunológicas, hidro electrolíticas, además de reducir el metabolismo de fármacos aumentando el período de recuperación pos anestésica (RPA). La circulación de aire caliente (manta térmica), es el método de calentamiento no invasivo más efectivo (mais) que está a disposición actualmente. El objetivo del presente estudio fue comparar el tiempo de permanencia en el RPA de pacientes sometidos a la prostatectomía radical con y sin el uso de manta térmica en el período intraoperatorio. MÉTODO: Fueron estudiados pacientes, ASA PS I, II, III, entre 45 y 75 años, sometidos a prostatectomía radical con anestesia general en el año 2004. Los datos recolectados incluyeron: edad, peso, estado físico, técnica anestésica, uso de manta térmica y tiempo de permanencia en la RPA, esos fueron puestos en una planilla Excel y analizados por la prueba de Mann-Whitney. RESULTADOS: Los pacientes en que la manta térmica fue utilizada en el período intraoperatorio permanecieron en promedio 139,66 ± 58,6 minutos en la RPA, ya en los pacientes en que la manta térmica no fue utilizada el general de permanencia fue como promedio de 208,28 ± 65,8 minutos en la RPA (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Anesthesia and the surgeries cause substantial thermal changes, and hypothermia can lead to cardiovascular complications, clotting disorders, immunologic changes, and disruption of water and electrolyte balances, besides decreasing drug metabolism and, therefore, increasing post-anesthetic recovery time (PART). Circulation of warm air (forced-air warming blanket) is the most effective non-invasive warming method currently available. The objectiv (mais) e of the present study was to compare the time spent in the recovery room of patients undergoing radical prostatectomy with and without the intraoperative use of a forced-air warming blanket. METHODS: Male patients between 45 and 75 years, ASA PS I, II, and III undergoing radical prostatectomy under general anesthesia during 2004 were studied. Data gathered included: age, weight, physical status, anesthetic technique, use of warming blanket, and time spent in the recovery room. The data was recorded on an Excel chart and analyzed by the Mann-Whitney test. RESULTS: Patients in whom the warming blanket was used intraoperatively remained a mean of 139.66 ± 58.6 minutes in the recovery room, while patients without the warming blanket spent a mean of 208.28 ± 65.8 minutes in the recovery room (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Onze anos de experiência com emprego do anel intraluminal para tratamento das doenças da aorta/ Use of the intraluminal aortic ring for treatment of aortic diseases: an eleven year experience

BERNARDES, Rodrigo de Castro; REIS FILHO, Fernando Antônio Roquette; LIMA, Luiz Cláudio Moreira; MONTEIRO, Ernesto Lentz da Silveira; MELO, José Marcelo Coutinho de; MARTINS, Sandro Adauto; PENA, Geraldo de Rezende; FARIA, Pedro Evandro Alvim de; GUIMARÃES, Rodrigo Gil; BARROS NETO, Wanderbilt Duarte de; OLIVEIRA, Jefferson Francisco de
1999-07-01

Resumo em português O tratamento cirúrgico das doenças da aorta é geralmente acompanhado de altas taxas de morbimortalidade. O paciente que tem média de idade avançada geralmente é apresentado ao cirurgião em estado grave, com má condição nutricional, muitas vezes com alterações em vários órgãos e sistemas causados pela própria doença aguda. A correção convencional exige técnicas coadjuvantes complexas e agressivas como a circulação extracorpórea prolongada, hipotermia (mais) profunda, parada circulatória total além de prolongados tempos de pinçamento de aorta. Na tentativa de reduzir a agressão cirúrgica no paciente já intensamente debilitado pela própria doença, desenvolvemos, em 1988, um anel intraluminal (1, 2) que tem medidas projetadas e experimentadas para facilitar a sua manipulação e anastomose, proporcionando uma diminuição acentuada no tempo de operação, tempo de CEC, tempo de pinçamento de aorta, excluindo muitas vezes a circulação extracorpórea e a hipotermia, obtendo uma anastomose fácil, rápida, segura e hemostática. Entre março de 1988 e janeiro de 1999, 432 pacientes foram submetidos a tratamento cirúrgico de dissecções ou aneurismas da aorta em nosso Serviço. Em 328 pacientes empregamos o anel intraluminal como técnica de anastomose. Usamos 489 anéis. Cento e vinte e cinco pacientes eram portadores de dissecção aguda de aorta do tipo A, 29 eram portadores de dissecção aguda de aorta do tipo B, 81 de aneurisma de aorta ascendente, 8 de aneurisma de arco aórtico, 28 pacientes eram portadores de aneurisma de aorta torácica descendente, 17 eram portadores de aneurisma toracoabdominal e 40 pacientes de aneurisma de aorta abdominal infra-renal. A mortalidade global foi de 13,41%. O seguimento ambulatorial destes pacientes variou de 11 anos a 25 dias. A curva actuarial de sobrevivência em 11 anos mostra 67,3%. Em nenhum caso observamos as complicações descritas na literatura, como embolia, formação de pseudo- aneurisma, roturas ou estenose. Concluindo, em nosso Serviço, o emprego de anel intraluminal facilita o ato cirúrgico, reduz o tempo de anastomose e o sangramento, proporcionando facilidade técnica, redução da mortalidade e boa perspectiva de sobrevida a longo prazo. Resumo em inglês The surgical management of diseases of the aorta is usually followed by high rates of morbidity/mortality. The patient who is usually elderly and debilitated presents in serious condition, and often with changes in various organs and systems caused by the acute disease itself. Conventional surgery requires complex coadjuvant techniques such as prolonged extracorporeal circulation (ECC), deep hypothermia, complete circulatory arrest besides prolonged time of aortic clampin (mais) g. In 1988, in an attempt to reduce the surgical aggression on this already feeble patient, we developed an intraluminal ring (1, 2). It was projected and measurements were experimented to simplify its handing and anastomosis resulting in a marked decrease in operative time, ECC time and aortic clamping. It often eliminated the need of ECC and hypothermia resulting in easy, rapid, safe and hemostatic anastomosis. Between March 1988 and Jannuary 1999, 432 patients underwent surgical treatment of dissections or aneurysms of the aorta on our Service. The intraluminal ring with anastomosis was employed in 328 patients. Four hundred and eighty-nine rings were utilized. Diseases included acute dissection of the aorta type A (25), acute dissection of the aorta type B (29), aneurysms of the ascending aorta (81), aneurysms of the aortic arch (08), aneurysms of the descending thoracic aorta (28), thoraco-abdominal aneurysms (17) and aneurysms of the infra-renal abdominal aorta (40). Over-all mortality was 13.41%. Out-patient followup ranged from 11 years to 25 days. The actuarial survival curve in 11 years was 67.3%. In no case did we observe the complications described in the literature such as emboli, formation of pseudo-aneurysms, ruptures or stenosis. On our Service, use of the intraluminal ring simplifies surgery, shortens the time necessary for anastomosis and reduces bleeding, simplifying techniques, reducing mortality and providing a good perspective of survival over the long term.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Influência da temperatura corporal de cascavéis (Crotalus durissus) submetidas à anestesia com cetamina/ Influence of body temperature on rattlesnakes (Crotalus durissus) anesthetized with ketamine

Carregaro, Adriano B.; Cruz, Mariângela L.; Cherubini, André L.; Luna, Stélio P.L.
2009-12-01

Resumo em português O estudo objetivou verificar a influência da temperatura corporal nos parâmetros fisiológicos e nos períodos de indução e recuperação anestésicos de cascavéis (Crotalus durissus) anestesiadas com cetamina. Os animais foram previamente submetidos à hipotermia (HIPO) ((mais) e reflexo de endireitamento. Mensurou-se a frequência cardíaca (FC), tempo de apnéia e temperatura corporal em 0 min e 5, 10, 15, 30, 60, 90, 120 min e análise dos gases sanguíneos em 0 min, 30 e 60 min. Não houve diferença em relação ao período de latência entre os grupos. A recuperação dos animais em HIPO foi mais prolongada (5,5 horas) que em NORMO (3,5 horas). Obteve-se FC no grupo NORMO superior que no grupo HIPO. O tempo de apnéia manteve o mesmo padrão em ambos os grupos. Em relação ao basal, tanto em HIPO quanto em NORMO o tempo de apnéia diminuiu acentuadamente entre 5 e 30 min. Observou-se acidose respiratória no grupo NORMO apenas em 0 min. O SvO2 elevou-se significativamente após 30 min, o mesmo ocorrendo com a PvO2. A PvCO2 diminuiu em ambos os grupos após 30 min. Evidenciou-se que a temperatura corporal influencia intrinsecamente o período de recuperação de cascavéis anestesiadas com cetamina. Resumo em inglês The aim of the study was to verify the influence of the body temperature under physiological values and latency and recovery times on rattlesnakes anesthetized with ketamine. The animals were previously submitted to hypothermia (HYPO) ((mais) ere measured before and 5, 10, 15, 30, 60, 90 and 120 minutes after ketamine administration. Blood gases parameters were measured before, 30 and 60 minutes. It was not observed difference on latency time in both groups. The recovery time was higher on HYPO (5,5 hours) compared to NORMO (3,5 hours). HR was higher on NORMO compared to HYPO. Time of apnea was the same pattern on both groups. Compared to basal levels, time of apnea was shorter between 5 to 30 min on both groups. Respiratory acidosis was observed only at 0 min in NORMO. SvO2 was higher after 30 min, the same as with PvO2 in both groups. PvCO2 reduced after 30 min in both groups. It was evident that body temperature exerts intense influence on the recovery time on rattlesnakes anesthetized with ketamine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Efeitos da pentoxifilina sobre as plaquetas e hemodinâmica de pacientes com valvopatias adquiridas, operados com circulação extracorpórea/ Effects of pentoxifylline on platelets and hemodynamic of patients with acquired valvopathies, operated on with extracorporeal circulation

Tannus Filho, José Manoel; Carneiro, João José; Piccinato, Carlos Eli; Vicente, Walter Villela Andrade; Rodrigues, Alfredo José; Basseto, Solange; Sader, Albert Amin
1996-09-01

Resumo em português Pentoxifilina (Trental®), vasodilatador com ação reológica, foi administrada a valvopatas adquiridos (7 pacientes - 2 reoperações), antes (1.200mg v.o./dia/3 dias) e durante a operação (1 mg/kg/90 min e.v.) a fim de avaliar seus efeitos sobre as plaquetas e hemodinâmica (grupo pentoxifilina - GP) Oxigenadores de bolhas, hipotermia moderada e cardioplegia sangüínea, fria, intermitente foram usados. Hematócrito, hemoglobina, número de plaquetas e índice de agr (mais) egados plaquetários circulantes, perdas sangüíneas, volume de transfusões e débito cardíaco, entre outras variáveis, foram seguidos até a 12º hora do p.o.. Os resultados foram comparados com os de um grupo controle (GC) (6 pacientes -1 reoperação) através de testes não paramétricos de Wilcoxon e Mann Whytnei). A pentoxifilina, protegendo as plaquetas, determinou melhores condições de coagulação e menor sangramento p.o. Entretanto, seu efeito vasodilatador foi reduzido ou nulo, sem nenhum benefício para a circulação periférica, resistência vascular sistêmica e débito cardíaco. Resumo em inglês Pentoxifylline (Trental ®), vasodilator with rheologic action, was administered to patients with acquired valvopathies (7 pt - 2 reoperations) before (1,200 mg p/day/3 days) and during the surgery (1 mg/kg/90 min, i.v.) to evaluate its effects on the platelets and hemodynamic. Bubble oxygenators, moderate hypothermia and intermittent cold blood cardioplegia were used. Hematocrit, hemoglobin, circulating platelets and aggregate platelets index, blood loss and transfusion (mais) and cardiac output were followed among other variables till the 12th post-op. hour. They were compared with a control group (6 pt - 1 reoperation) by non parametric tests of Wilcoxon and Mann Whitney. Pentoxifylline, protecting the platelets, has determined better conditions of coagulation and small post-op bleeding. However, its vasodilator effect was reduced or absent, without any benefit on the periferic circulation, systemic vascular resistance and cardiac output.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Alterações bioquímicas post-mortem de matrinxã Brycon cephalus (Günther, 1869) procedente da piscicultura, mantido em gelo/ Post-mortem biochemical alterations in aquacultured matrinxã fish Brycon cephalus (Günther, 1869) when stored on ice

Batista, Gilvan Machado; Lessi, Edson; Kodaira, Makie; Falcão, Paulo de Tarso
2004-12-01

Resumo em português No presente trabalho, foram estudadas as alterações bioquímicas post-mortem que ocorreram em matrinxã Brycon cephalus (Günther, 1869) procedente da piscicultura e mantido em gelo em Manaus - AM. Foi determinado o tempo de estocagem em gelo por meio das avaliações sensoriais físicas e gustativas, das análises de pH, Nitrogênio das Bases Voláteis Totais (N-BVT) e bacteriológicas durante 29 dias. Foram determinados os índices de rigor-mortis, as concentrações (mais) de ATP e seus produtos de degradações e o valor K. De acordo com a composição química, o peixe foi classificado como "semi-gordo". Os peixes entraram em rigor-mortis aos 75 minutos após a morte por hipotermia, tendo permanecido durante 10 dias. As avaliações sensoriais (físicas e gustativas) mostraram que os peixes apresentaram condição de consumo até 26 dias. As análises de ATP e de seus produtos de degradação mostraram que a referida espécie foi considerada formadora de inosina (HxR), nas condições de experimento. O valor K mostrou que os exemplares de matrinxãs permaneceram "muito frescos" até 16 dias de estocagem em gelo, concordante com a avaliação sensorial gustativa. Resumo em inglês Post-mortem biochemical alterations in aquacultured matrinxã fish Brycon cephalus (Günther, 1869) when stored on ice in Manaus-AM, were studied in this paper. The storage time on ice was determined through tasting and physical sensory evaluations, pH, total volatile bases nitrogen (TVB-N) and bacteriological analyses during 29 days. Rigor-mortis index, ATP-related compounds and K value were also determined. Chemical composition demonstrated that fish was classified as " (mais) semi-fat". The specimens presented rigor-mortis 75 minutes after death caused by hypothermia and remained that way for 10 days. Shelf life time on ice was 26 days, according to sensory evaluations, pH, TVBN determinations and bacteriological analyses. ATP-related compounds pointed out that the referred species was considered to be inosine (HxR) forming, in experimental conditions. The K value pointed out that matrinxã specimens remained "quite fresh" up to 16 days storage time on ice corroborating the sensory, tasting evaluation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

ASPECTO FUNCIONAL DO REMANESCENTE HEPÁTICO EM CONDIÇÕES DE ISQUEMIA E REPERFUSÃO APÓS HEPATECTOMIA PARCIAL/ FUNCTIONAL ASPECTS OF HEPATIC REMMANESCENT AFTER PARCIAL HEPATECTOMY IN ISCHEMIA AND REPERFUSION CONDICTION

Brisotti, J. L.; Centurion, S.; Lima, A. A. L. de A.; Pacheco, E. G.; Sankanrankutty, A. K.; Mente, E. D.; Oliveira, G. R. de; Silva Jr., O. de C.
2001-01-01

Resumo em português O efeito da hipotermia, precondicionamento isquêmico e drogas protetoras das lesões de isquemia e reperfusão têm sido amplamente estudado. O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos da deferoxamina na isquemia e reperfusão sobre o fígado remanescente após ressecção hepática parcial a 70%, avaliando-se a função mitocondrial hepática. Estudou-se 34 ratos divididos em grupos: Grupo HP (n = 8) - submetidos a hepatectomia parcial (HP) a 70%; Grupo HPD (n (mais) = 4) - submetidos a administração de deferoxamina (40 mg/kg) e HP a 70%; Grupo HPI (n = 7) - hepatectomizados (HP a 70%) e submetidos a isquemia (40 minutos); Grupo HPID (n = 7) - semelhante ao anterior, porém recebendo previamente deferoxamina; Grupo C (n = 8) - controle, submetido a operação simulada para HP a 70%. A análise estatística entre os diversos grupos foi feita pelos testes de Kruskal - Wallis e de Mann - Whitney, com nível de significância de 5%. Dessa maneira, o estado III foi semelhante em todos os procedimentos; o estado IV: C Resumo em inglês Hepatic ischemics and the effect of the hypothermia, ischemia and protecting drugs of the ischemic lesions and reperfusion have been studied. The use of several types of drugs that reduce the deleterious effects of the binomial ischemia-reperfusion, have been turning focus of several experimental studies seeking possible clinical applications. The objective of the present study is partially to evaluate the effects of the deferoxamine on ischemia and reperfusion on the rem (mais) aining liver after parenchyma ressection of 70%, being evaluated by mitochondrial function Mice was divided in groups: Group HP (n = 8)-submitted the partial hepatectomy (HP) to 70%; Group HPD (n = 4)-submitted the deferoxamine administration (40 mg/kg) and HP to 70%; Group HPI (n = 7)-hepatectomizeted (HP to 70%) and submitted by ischemia (40 minutes); Group HPID (n = 7)-similar to the previous, however previously receiving deferoxamine; Group C (n = 8)- controls, submitted to the simulate operation for HP to 70%. The statistical analysis among the several groups was made by the tests of Kruskal - Wallis and of Mann - Whitney, with level of significância of 5%. Of that it sorts things out, the state III was similar in all the procedures; the state IV: C

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Intoxicação experimental com frutos de Melia azedarach (Meliaceae) em suínos/ Experimental poisoning by fruits of Melia azedarach (Meliaceae) in pigs

Méndez, Maria del Carmen; Elias, Fabiana; Riet-Correa, Franklin; Gimeno, Eduardo Juan; Portiansky, Enrique Leo
2006-03-01

Resumo em português Frutos maduros, triturados, de Melia azedarach foram administrados misturados à ração a 8 suínos em doses únicas de 5-20g/kg. Diarréia passageira foi o único sinal nos 2 suínos que consumiram 5g/kg. Os sinais clínicos observados nos animais que ingeriram doses únicas de 10, 15 e 20g/kg caracterizaram-se por incoordenação, tremores musculares, dificuldade para manter-se de pé, relutância para levantar-se, decúbito esternal e hipotermia. Os 2 suínos que inge (mais) riram 20g/kg morreram. Macroscopicamente observou-se congestão do intestino delgado e da mucosa do estômago. As alterações histológicas caracterizaram-se por discreta a moderada necrose do tecido linfático, necrose dos músculos esqueléticos, congestão e necrose da mucosa gástrica e do intestino delgado e alterações degenerativas moderadas no fígado e rim. Os níveis séricos de AST e CPK aumentaram após a ingestão do tóxico. Observaram-se valores altos de CPK nos animais que morreram, evidenciando a mionecrose. Os resultados obtidos demonstram que, para suínos, a ingestão de altas doses de frutos de Melia azedarach induz ao aparecimento de sinais clínicos da intoxicação e causa lesões em diversos órgãos, inclusive a morte. Resumo em inglês Mature ground fruits of Melia azedarach were administered mixed with the food to 8 pigs at single doses of 5-20g/kg. Transient diarrhea was the only sign observed in the 2 pigs that ingested 5g/kg. Clinical signs observed in the pigs that ingested 10, 15 and 20 g/kg were incoordination, muscular tremors, difficulty to stand or to get up, sternal decubitus and hypothermia. The 2 pigs that ingested 20g/kg died. The gross lesions were congestion and necrosis of the small int (mais) estine and the stomach mucosa. The microscopic alterations were characterised by necrosis of the lymphatic tissues and skeletal muscles, congestion and necrosis of the stomach and small intestine, and moderate degenerative alterations of liver and kidneys. The serum levels of AST and CPK increased after the ingestion of the toxic fruits. High values of CPK were observed in the succumbing animals due to the muscle necrosis.These results demonstrate that the ingestion of high doses of Melia azedarach fruits by pigs may induce clinical signs of poisoning and cause lesions in several organs and even death.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Uso tópico do amitraz em concentração terapêutica em gatos/ Topical use of amitraz in therapeutic concentration in cats

Andrade, Silvia Franco; Laposy, Cecília Braga; Cardoso, Cléber Salesse; Sakamoto, Keila Priscilla; Motta, Yudney Pereira da
2007-08-01

Resumo em português O amitraz é um inseticida do grupo das formamidinas muito utilizado como acaricida e carrapaticida em medicina veterinária. O presente trabalho teve como objetivo analisar as alterações induzidas com o uso do amitraz por via tópica, através de banho, em concentração terapêutica de 0,05%, avaliando-se a freqüência cardíaca, o eletrocardiograma, a pressão arterial sistólica, a freqüência respiratória, a temperatura retal, o diâmetro pupilar e o grau de sed (mais) ação, além da dosagem da concentração de glicose, insulina e cortisol. As alterações observadas foram diminuição da pressão arterial, hipotermia, vômito, salivação, midríase, grau de sedação leve e aumento no nível de glicose. Alguns animais, individualmente, em alguns momentos, também apresentaram arritmia sinusal. Apesar de ter ocorrido diminuição da freqüência cardíaca e pressão arterial sistólica e aumento no nível de glicose, esses valores estavam dentro da normalidade referida para a espécie felina. O trabalho demonstrou que a utilização do amitraz por via tópica em concentração terapêutica é segura em gatos hígidos e, assim como ocorre em outras espécies, o seu uso deve ser contra-indicado em gatos diabéticos, com problemas cardíacos e hipotérmicos. Resumo em inglês Amitraz is an insecticide of the formamidine group very used as acaricide and tickicide in veterinary medicine. The present research was aimed at analyzing the alterations induced by the topical use of amitraz in therapeutic concentration of 0.05%. Heart rate, electrocardiogram, systolic blood pressure, respiratory rate, rectal temperature, pupil diameter and degree of sedation, dosage of the glucose, insulin and cortisol concentration were measurements. The alterations w (mais) ere blood pressure decrease, hypothermia, vomit, salivation, mydriasis, light degree of sedation and increase in plasma glucose level. Some animals also presented sinusal arrhthymia. In spite of having occurred decrease of the heart rate and systolic blood pressure and increase in the glucose levels, these values were inside of the normality referred for the feline species. The research demonstrated that the use of the amitraz by topical way in therapeutic concentration is safe in healthy cats, and as well as it happens in other species, it’s use should be contraindicated in cats with diabetic, heart problems and hypothermia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Tumores renais e adrenais com invasão cardíaca: resultados cirúrgicos imediatos em 14 pacientes/ Renal and adrenal tumors with cardiac invasion: immediate surgical results in 14 patients/ Tumores renales y adrenales con invasión cardiaca: resultados quirúrgicos inmediatos en 14 pacientes

Locali, Rafael Fagionato; Matsuoka, Priscila Katsumi; Cherbo, Tiago; Gabriel, Edmo Atique; Buffolo, Enio
2009-03-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A ressecção do trombo tumoral em veia cava inferior (VCI) e átrio direito (AD) aumenta a sobrevida do paciente com câncer renal/supra-renal. OBJETIVO: Avaliar a conduta cirúrgica do trombo da VCI e AD no tratamento dos tumores renais e supra-renais. MÉTODOS:De janeiro de 1997 a junho de 2007 foram avaliados, retrospectivamente, 14 pacientes tratados cirurgicamente para retirada de trombo em VCI e/ou AD decorrente de tumor renal ou supra-renal. Desses, 64 (mais) ,2% eram do sexo masculino, e havia 42,8% de casos de tumor de Wilms (TW), 28,5% de adenocarcinoma de supra-renal (AS) e 28,5% de carcinoma de células claras (CC), com idades médias de 4,5, 60,5 e 2,5 anos, respectivamente. Aspectos epidemiológicos e parâmetros intra e pós-operatórios hospitalar foram avaliados. RESULTADOS: Em todos os casos encontrou-se trombo tumoral em VCI supra-hepática, e em 62,4% o trombo invadiu o AD. A trombectomia foi realizada com o emprego da circulação extracorpórea associada à hipotermia profunda e parada circulatória total em 85,7% dos casos e moderada no restante. Ligou-se a VCI em 7,1% dos pacientes, e reconstruiu-se por rafia em 92,9%. Os tempos de intubação orotraqueal e internação variaram conforme o tipo de tumor. Ocorreram dois óbitos hospitalares no grupo de AS, por parada cardiorrespiratória intra-operatória. CONCLUSÃO: Existe maior número de casos de trombo tumoral em VCI e AD decorrente de TW. Os casos de AS evoluem com mais complicações no pós-operatório, e o prognóstico no pós-operatório hospitalar dos pacientes com TW é melhor. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La resección del trombo tumoral en vena cava inferior (VCI) y atrio derecho (AD) aumenta la sobrevida del paciente con cáncer renal/ suprarrenal. OBJETIVO: Evaluar la conducta quirúrgica frente al trombo de la VCI y AD en el tratamiento de los tumores renales y suprarrenales. MÉTODOS: De enero de 1997 a junio de 2007, se evaluaron, retrospectivamente, a 14 pacientes tratados quirúrgicamente para retirada de trombo en VCI y/o AD que transcurre de tumor ren (mais) al o suprarrenal. De estos, el 64,2% eran del sexo masculino; había el 42,8% de casos de tumor de Wilms (TW), el 28,5% de adenocarcinoma suprarrenal (ACS) y el 28,5% de carcinoma de células claras (CC), con edades promedio de 4,5, 60,5 y 2,5 años, respectivamente. Se evaluaron los aspectos epidemiológicos y también los parámetros hospitalarios intra y postoperatorios. RESULTADOS: En todos los casos se encontró trombo tumoral en VCI suprahepática, y en el 62,4% el trombo invadió el AD. Se realizó la trombectomia con el empleo de la circulación extracorpórea asociada a la hipotermia profunda; se verificó paro circulatorio total en el 85,7% de los casos, mientras que se mantuvo moderada en el restante del grupo. Se procedió a la ligadura de la VCI en el 7,1% de los pacientes, y se la reconstruyó por rafia en el 92,9%. Los tiempos de intubación orotraqueal e internación variaron conforme el tipo de tumor. Ocurrieron dos óbitos hospitalarios en el grupo de ACS, provocados por paro cardiorrespiratorio intraoperatorio. CONCLUSIÓN: Existe mayor número de casos de trombo tumoral en VCI y AD que transcurre de TW. Los casos de ACS evolucionan con más complicaciones en el período postoperatorio, mientras que el pronóstico en el postoperatorio hospitalario de los pacientes con TW resulta mejor. Resumo em inglês BACKGROUND: The resection of tumor thrombus of the inferior vena cava (IVC) and right atrium (RA) increases the survival rate of patients with renal/adrenal cancer. OBJECTIVE: To evaluate the surgical procedure in cases of IVC and RA in the treatment of renal and adrenal tumors. METHODS: Fourteen patients undergoing surgical intervention (during the period) between January 1997 and June 2007, for resection of IVC and/or RA thrombus due to renal or adrenal tumors, were ret (mais) rospectively evaluated. The patients (64.2% male) presented with Wilms' tumor, clear cell carcinoma and adrenal adenocarcinoma, and had mean age of 4.5, 60.5 and 2.5 years, respectively. Epidemiological characteristics and intra- and postoperative parameters were evaluated. RESULTS: Suprahepatic IVC tumor thrombus were observed in all the patients, and in 62.4% of them the thrombus invaded the RA. Thrombectomy was performed with extracorporeal circulation with deep hypothermia and total circulatory arrest in 85.7%, with mild hypothermia in the remaining cases. The inferior vena cava was ligated in 7.1% of the cases, and reconstruction with suture was performed in 92.9% of the patients. The duration of orotracheal intubation and length of hospital stay were different, according to the tumor type. Two deaths, due to intraoperative cardiorespiratory arrest, were seen among patients with adrenal adenocarcinoma. CONCLUSION: IVC and RA tumor thrombi are more frequent in patients with Wilms' tumor. More postoperative complications are seen in patients with adrenal adenocarcinoma, and the postoperative prognosis is better for patients with Wilms' tumor.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Aneurismas e dissecções da aorta: progresso nos resultados imediatos do tratamento cirúrgico

FONTES, Ronaldo D.; STOLF, Noedir A. G.; MADY, Charles; HUEB, Alexandre; PARRAS, Cinthia; SANCHES, Renata; SANTOS, Roberto V.; JATENE, Adib D.
1998-01-01

Resumo em português Após 1989, introduzimos algumas alterações no tratamento cirúrgico dos aneurismas e dissecções da aorta, em nosso Serviço, entre elas maior rapidez no diagnóstico, uso de parada circulatória, hipotermia profunda, parada circulatória total, monitorização hemodinâmica, controle dos distúrbios de coagulação, controle da pressão liquórica, implantação das artérias intercostais. Entre janeiro de 1980 e julho de 1994, 520 pacientes foram submetidos a tratam (mais) ento cirúrgico de aneurismas ou dissecções da aorta, de forma consecutiva e não selecionados. Os pacientes foram divididos em três grupos, de acordo com o diagnóstico: • Aneurisma de aorta ascendente (AAAS) • Aneurisma de arco aórtico (AAAO) • Dissecção aguda da aorta tipos I e II (DAAO I e II) Nos três grupos, a mortalidade foi significativamente inferior para pacientes operados no período após 1989. Variáveis preditivas de mortalidade para AAAS foram: complicações pulmonares (p = 0,0210), renais (p = 0,0310), neurológicas (p < 0,0001). Para DAAO I e II, a hipertensão arterial (p < 0,0001), complicações cardíacas (p < 0,0001), neurológicas (p < 0,0001), renais (p < 0,0001) e a rotura (p < 0,0001) foram preditivas de óbito, e para AAAO foram as variáveis: idade (p = 0,0001) e complicações renais (p = 0,0015). Os autores concluem que as modificações introduzidas no método de tratamento cirúrgico dos aneurismas e dissecções da aorta contribuíram significativamente para a melhora dos resultados. Resumo em inglês After 1989, modifications were made for treatment of Aortic Aneurysm and Dissection, they included: Cardiocirculatory arrest, deep hypothermia, hemodynamic monitoring and others. Between January 1980 and July 1994, 520 patients were submitted to surgical treatment of Aortic Aneurysms and Dissection. The patients was divided into three groups according todiagnoses: • Ascending Aortic Aneurysms (AAAS) • Aortic Arch Aneurysm (AAAO) • Aortic Dissections type I and II (D (mais) AAO I and II) In the three groups the mortality was inferior to patients operated before 1989, predictive variables of death for AAAS were: pulmonary complications (p = 0.0210), renal (p = 0.0310), neurological (p < 0.0001); for DAAO I and II: arterial hypertension (p < 0.0001), cardiac complications (p < 0.0001), neurological (p < 0.0001), renal (p < 0.0001) and rupture (p < 0.0001) and for AAAO, age (p = 0,001) and renal complications (p = 0.0015). The authors conclude that the modifications utilized in the method of Surgical treatment for Aortic Aneurysm and Dissections achieved better results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Push and park: uma opção técnica no tratamento do ateroembolismo agudo dos membros inferiores/ Push and park: a technical option for the management of acute lower limb atheroembolism

Massière, Bernardo; Ristow, Arno von; Pedron, Cleoni; Cury Filho, José Mussa; Gress, Marcus; Vescovi, Alberto; Zucco, Fabrício
2006-09-01

Resumo em português A aterotrombose é uma doença multissistêmica associada a elevada morbidade e mortalidade. A manipulação das artérias com fios-guia ou cateteres pode gerar trauma mecânico, com conseqüente deslocamento de material ateromatoso da parede vascular. Um paciente de 82 anos, no qual uma ponte fêmoro-poplítea distal com veia safena in situ havia sido realizada por nós há 10 anos, apresentou dor, palidez, hipotermia, diminuição da sensibilidade e força do pé direit (mais) o 6 horas após coronariografia com acesso pela artéria femoral direita (classe 2b de Rutherford). Arteriografia diagnóstica evidenciou perviedade do enxerto, com múltiplas irregularidades em seu terço distal, compatíveis com material ateroembólico, além de pobreza extrema de circulação distal. Optamos pela revascularização do membro inferior direito em caráter de urgência, associando técnicas convencionais a métodos endovasculares. Empregando a técnica de push and park, cruzamos a lesão ateroembólica com fio-guia e tratamos todo o eixo arterial acometido com manobras de angioplastia. O paciente apresentou boa evolução, boa perfusão distal, adequado enchimento capilar, eliminação da dor e melhora acentuada imediata do déficit motor e sensitivo. Resumo em inglês Atherothrombosis is a multisystemic disease associated with high morbidity and mortality rates. Management of arteries with guide-wires or catheters may cause mechanical trauma, with consequent detachment of atheromatous material from the vascular wall. An 82-year-old patient, in whom a distal femoropopliteal in situ saphenous vein graft bypass had been performed 10 years before, presented with pain, pallor, hypothermia, loss of sensibility and motor activity on the right (mais) lower limb 6 hours after coronary angiography from the femoral artery (Rutherford class 2b). Arteriography demonstrated bypass patency, with multiple irregularities in its distal third, compatible with atheroembolic material, and very poor distal circulation. We indicated lower limb revascularization on an emergency basis, by both conventional and endovascular techniques. Using the "push and park" technique, the atheroembolic obstruction was crossed by guide-wire and the whole affected arterial axis was treated by angioplasty. The patient progressed well, with good distal perfusion, adequate capillary refill, relief of pain and immediate recovery of sensory and motor function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Enfermidades de cutias (Dasyprocta aguti) criadas em cativeiro diagnosticadas pelo exame anatomopatológico/ Diseases of agouti (Dasyprocta aguti) raised in captivity diagnosed by pathological examination

Batista, Jael S.; Olinda, Roberio G.; Silva, Taciana M. F.; Rodrigues, Carla M. F.; Oliveira, Andréia F.; Queiroz, Sílvia A. C.; Morais, Sérgio R. L.; Oliveira, Moacir F.
2010-06-01

Resumo em português O exame necroscópico é especialmente útil no diagnóstico de enfermidades em animais silvestres. Em muitas ocasiões, as manifestações clínicas não são características como em animais domésticos, sendo frequente a ocorrência de óbitos em animais assintomáticos. Este trabalho objetivou realizar um estudo retrospectivo sobre as doenças de cutias diagnosticadas pelo Laboratório de Patologia Veterinária da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, através do (mais) exame anatomopatológico no período de 2006 a 2009. Em 32 cutias submetidas à necropsia, as percentagens das enfermidades diagnosticadas foram: morte perinatal pelo complexo inanição/hipotermia (21,6%), urolitíase obstrutiva (6,24%), distocia (6,24%), obstrução do ceco por areia - sablose (6,24%), intussuscepção (3,20%), fecaloma (3,20%) e obstrução do esôfago (3,20%). Dezesseis (16) animais permaneceram sem diagnóstico, dos quais nove (28,48%) apresentavam avançado estado autolítico e em sete (21,60%) não foram observadas lesões macro e microscópicas compatíveis com nenhuma enfermidade. Este artigo apresenta relatos de doenças ainda não descritas em cutias e seus resultados poderão produzir literatura sobre os aspectos patológicos destas enfermidades nessa espécie. Resumo em inglês Necroscopic examination is remarkably useful to diagnose wild animal's diseases. In several occasions the clinical signs are not charactheristic as in domestic animals and the occurrence of death in asymptomatic animals is frequent. Thus, the present work aimed to accomplish a retrospective study on agouti diseases diagnosed by pathological examination in the Laboratory of Veterinary Pathology, Federal Rural University of the Semi-arid, through January 2006 to December 20 (mais) 06. In 32 agoutis submitted to the necropsy, the percentage of diagnosed diseases was: perinatal death due hypothermia/ inanition complex (21.6%), obstructive urolithiasis (6.24%), dystocia (6.24%), cecum sablosis (6.24%), intussusceptions (3.20%), fecaloma (3.20%) and esophagus obstruction (3.20%). A total of 16 (50.08%) animals remained undiagnosed in which nine (28.48%) showed advanced autolysis and seven (21.60%) agouti had none macroscopic or microscopic lesions compatible with any disease. The present article presents reports of some diseases not yet diagnosed in agoutis and these results may produce literature review about the pathologic aspects of these diseases in this species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Correção cirúrgica dos aneurismas da aorta: novo dispositivo que transforma qualquer tipo de prótese em prótese intraluminal/ Surgical correction of aortic aneurysms: a new device for conversion of any graft of intraluminal one

Bernardes, Rodrigo de Castro; Reis Filho, Fernando Antônio Roquette; Castro, Atena Cipriano; Rabelo, Walter; Marino, Marcos Antônio; Marino, Roberto Luiz; Rabelo, Raul Correa
1994-03-01

Resumo em português Os autores propõem o tratamento dos aneurismas da aorta com prótese intraluminal. É usado um novo dispositivo que transforma prótese de tipo, tamanho e diâmetro diferentes em prótese intraluminal, excluindo qualquer tipo de sutura para a fixação, e usando apenas uma ligadura circunferencial extravascular. Entre maio de 1989 e janeiro de 1993, 22 pacientes foram submetidos a aneurismectomia da aorta usando esta técnica: 12 pacientes com dissecção aguda da aorta (mais) tipo I e II de DeBAKEY, 1 paciente com dissecção aguda da aorta tipo III de DeBAKEY, 2 pacientes com aneurisma da aorta descendente, 2 pacientes com aneurisma da aorta toracoabdominal e 5 pacientes com aneurisma da aorta abdominal. Três pacientes evoluíram para o óbito no pós-operatório por acidente vascular cerebral, trombose mesentérica e infecção pulmonar, respectivamente. Os pacientes sobreviventes estão sendo seguidos trimestralmente em ambulatório e encontram-se assintomáticos. O uso do anel rígido sulcado de Delrin (R) simplifica a técnica cirúrgica, reduzindo o tempo de circulação extracorpórea e de parada cardíaca, dispensando o uso de hipotermia profunda e reduzindo o sangramento. Permite ainda o seu uso em qualquer local da aorta de maneira rápida, fácil e a baixo custo. Resumo em inglês The authors propose the treatment of aortic aneurysms by using an intraluminal graft. A new device which transforms any kind of graft of different sizes and diameters into an intraluminal one is described. This new device just needs an extra-vascular circunferential ligature and does not require any fixation suture. The use of the rigid, sulcated DELRIN (R) ring simplifies the technique shortening the duration of the surgery, reducing surgical bleeding and dispensing the (mais) use of profound hypothermia and platelet transfusion. Between May 1989 and January 1993, 22 patients were submited to aneurysmectomy of the aorta using this technique. Twelve patients exhibited acute aortic dissection (type I and II DeBakey), one DeBakey type III acute aortic dissection, two presented descending aortic aneurysm, two cases were of thoraco-abdominal aortic aneurysm and five aneurysms of abdominal aorta. Three patients died in the imediate post-operative period from cerebrovascular accident, mesenteric thrombosis and pulmonary infection. The survivors have been followed up as outpatients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Efeito da crioterapia e termoterapia associados ao alongamento estático na flexibilidade dos músculos isquiotibiais/ Effects of cryotherapy and thermotherapy associated with static stretching on the flexibility of hamstring muscles

Silva, S.A.; Oliveira, D.J.; Jaques, M.J.N.; Araújo, R.C.
2010-12-01

Resumo em português O objetivo do presente estudo foi analisar o efeito da crioterapia e do aquecimento muscular sobre a flexibilidade dos isquiotibiais associados com 3 minutos de alongamento estático. Para isso, 40 jovens voluntários, de ambos os sexos, foram distribuídos de forma aleatória em quatro grupos: Grupo 1 - Controle, Grupo 2 - Alongamento estático mantido por 3 minutos, Grupo 3 - Alongamento e aquecimento por 20 minutos e Grupo 4 - Alongamento e crioterapia por 20 minutos. (mais) Foram realizadas três series de alongamento durante cinco dias consecutivos, sendo realizadas avaliações do ângulo extensor do joelho ao início do protocolo, depois de cada dia e ao final do protocolo. Para a comparação intergrupos foi utilizada a ANOVA com post-hoc Tukey e para a análise intragrupo foi utilizado o teste t pareado, todos com nível de significância de 5%. Os resultados demonstraram que todos os grupos submetidos ao alongamento apresentaram ganho de flexibilidade em relação ao grupo controle. No entanto, não houve diferença estatística entre os grupos submetidos aos diferentes programas de alongamento. Conclui-se que o aumento da flexibilidade se deve ao alongamento e independe da aplicação prévia de hipertermia e/ou hipotermia. Resumo em inglês The objective of the present study was to analyze the effect of cryotherapy and muscular warming on the flexibility of the hamstring muscles associated with three minutes of static stretching. Forty young male and female volunteers were randomly included in one of four groups: Group 1 - Control group, Group 2 - Three minutes of static stretching, Group 3 - Stretching preceded by warming using shortwave diathermy (20 minutes), and Group 4 - Stretching preceded by applying (mais) cryotherapy (20 minutes) to the posterior thigh region. The program consisted of three series of stretching during five consecutive days and flexibility was assessed by goniometric evaluations of the extensor angle of the knee at the beginning of the protocol, at the end of the day and at the end of the protocol. The intergroup comparison was made through ANOVA post-hoc Tukey and the intragroup by paired t test, all with 5% level of significance. The three experimental groups significantly increased their range of motion in relation to the control group. However, differences were not observed among groups submitted to the different stretching programs. In conclusion, increases in flexibility were due to stretching and did not depend on previous application of hyperthermia and/or hypothermia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Exposição aguda a derivados imidazolínicos em crianças/ Acute exposure to imidazoline derivatives in children

Bucaretchi, Fábio; Dragosavac, Sanja; Vieira, Ronan J.
2003-11-01

Resumo em português OBJETIVOS: Estudar a exposição aguda a derivados imidazolínicos em crianças com idade inferior a 15 anos, atendidas no período de janeiro de 1994 a dezembro de 1999. MÉTODOS: Neste estudo retrospectivo foram avaliadas 72 crianças com idades entre dois meses e 13 anos, mediana de dois anos (25% a 75%; um a três anos), expostas a nafazolina (n = 48), fenoxazolina (n = 18), oximetazolina (n = 5) e tetrizolina (n = 1); por via oral (n = 46), nasal (n = 24) ou desconhe (mais) cida (n = 2). RESULTADOS: No total, 57 crianças desenvolveram manifestações clínicas: sonolência (n = 34), sudorese (n = 20), palidez (n = 17), hipotermia (n = 16), bradicardia (n = 13), extremidades frias (n = 9), agitação (n = 7), taquicardia (n = 6), vômitos (n = 34), respiração irregular e apnéia (n = 5), miose/midríase (n = 4), sendo a nafazolina (n = 47), a fenoxazolina (n = 5) e a oximetazolina (n = 4) os princípios ativos mais envolvidos. O início das manifestações clínicas foi rápido, iniciando-se, em 32/57 crianças, até duas horas após a exposição. Somente medidas de suporte foram empregadas, com uma criança necessitando de ventilação mecânica após exposição à nafazolina. Na maioria dos pacientes, o quadro clínico remitiu até 24 horas após a exposição (n = 39/57). Não houve evolução letal. Pacientes expostos à nafazolina (n = 47/48) apresentaram maior freqüência de manifestações clínicas de intoxicação em comparação com aqueles expostos à fenoxazolina (n = 5/18) (p Resumo em inglês OBJECTIVES: To study acute exposure to imidazoline derivatives in 72 children younger than 15 years of age, followed-up from January 1994 to December 1999. METHODS: This is a retrospective study of 72 patients with age between 2 months and 13 years (median 2 years; 25-75% = 1 to 3 years old) exposed to naphazoline (N=48), fenoxazoline (N=18), oxymetazoline (N=5) and tetrahydrozoline (N=1), through oral (N=46), nasal (N=24) or unknown (N=2) routes. RESULTS: Fifty-seven chi (mais) ldren developed clinical manifestations such as somnolence (N=34/57), sweating (N=20/57), pallor (N=17/57), hypothermia (N=16/57), bradycardia (N=13/57), cool extremities (N=9/57), restlessness (N=7/57), tachycardia (N=6/57), vomiting (N= 5/57), irregular respiratory pattern and apnea (N= 5/57), miosis/mydriasis (N=4/57). Naphazoline was the active ingredient most frequently involved (N=47), followed by phenoxazoline (N=5) and oxymetazoline (N=4). The onset of clinical manifestations was rapid, beginning within 2 hours after exposure in 32/57 children. Only supportive measures were employed, with one child requiring mechanical ventilation after accidental naphazoline ingestion. In most of the children resolution of symptoms occurred within 24 hours (N= 39/57). No deaths were observed. Patients exposed to naphazoline (N=47/48) presented a higher frequency of clinical signs of poisoning in comparison with those exposed to phenoxazoline (N= 5/18) (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Efeito de agentes térmicos aplicados previamente a um programa de alongamentos na flexibilidade dos músculos isquiotibiais encurtados/ Effect of thermal agents previously applied to a program of prolongations in the flexibility of the shortened isquiotibial muscles

Signori, Luis Ulisses; Voloski, Fernando Roberto Schütz; Kerkhoff, Alessandra Cristina; Brignoni, Léia; Plentz, Rodrigo Della Méa
2008-08-01

Resumo em português A hipotermia e a hipertermia são sugeridas como meios físicos para aumentar a flexibilidade. O objetivo deste estudo foi comparar o efeito desses agentes térmicos aplicados previamente a um programa de alongamentos dos músculos isquiotibiais (ITs) encurtados. Foram selecionados 42 voluntários saudáveis com encurtamento de ITs avaliados pelo teste do Banco de Wells e Dillon (BWD). A amostra foi aleatoriamente dividida em quatro grupos: G1 (controle), n: 10; sete masc (mais) ulinos (M); 23 ± 0,8 anos (a); 23,4 ± 0,7kg/m²; G2 (hipo+alongamentos), n: 12; 9 M; 23 ± 1,2a; 22,8 ± 0,6kg/m², G3 (hiperalongamentos), n: 12; 10 M; 21,5 ± 0,5a; 23,17 ± 0;6kg/m2; e G4 (alongamentos), n: 8; 6 M; 24,7 ± 1,7a; 23,2 ± 0,4kg/m². Os grupos G2, G3 e G4 foram submetidos a um programa de alongamentos estáticos, consistindo de 13 sessões (15 min cada) e seguimento de 21 dias. Cada sessão compreendeu uma série de 15 exercícios para cada membro inferior; o tempo de manutenção de cada alongamento foi de 30s e igual tempo de intervalo. Os agentes térmicos foram aplicados através de bolsas térmicas (diâmetro de 30cm) por 15 min, precedendo os alongamentos dos ITs. A temperatura foi controlada para o G2 entre 1º e 4ºC e, para o G3, de 41º a 45ºC. Observou-se que os grupos G2, G3 e G4 apresentaram aumento quantitativo na variação da flexibilidade dos ITs (BWD: G2: 10,8 ± 1,2; G3: 11,5 ± 1,4; G4: 11,07 ± 1,7cm; P Resumo em inglês The hypothermia and hyperthermia are suggested as physical means to increase the flexibility. The objective of this study was to compare the effect of these thermal agents applied previously to a program of muscles stretching isquiotibiais (ITs) shortened. 42 healthy volunteers were selected with shortening of appraised ITs by the sit-and-reach test (BWD). The sample was random divided in 4 groups: G1 (controls) n:10; 7 masculine (M); 23 ± 0,8 years (y); 23,4 ± 0,7kg/m� (mais) �, G2 (hypo+stretching) n:12; 9M; 23 ± 1,2y; 22,8 ± 0,6kg/m², G3 (hyper+stretching) n:12; 10M; 21,5 ± 0,5y; 23,17 ± 0;6kg/m² and G4 (stretching) n:8; 6M; 24,7 ± 1,7y; 23,2 ± 0,4kg/m². The groups G2, G3 and G4 were submitted to the program of static prolongations, consisting of 13 sessions (15 min each) and continuation within 21 days. Each session consisted of a series of 15 exercises for each inferior member, and the time of maintenance of each prolongation was of 30s and equal time of interval. The thermal agents were applied through thermal bags (diameter of 30cm) for 15 min, preceding the prolongations of ITs, the temperature was controlled for G2 between 1º to 4ºC and G3 41º to 45ºC. It was observed that the groups G2, G3 and G4 presented quantitative in the variation of the flexibility of ITs (BWD: G2: 10,8 ± 1,2; G3: 11,5 ± 1,4; G4: 11,07 ± 1,7cm; P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

RSR13 e modificação alostérica da afinidade hemoglobina-oxigênio: abuso entre atletas/ RSR13 and allosteric change in the hemoglobin-oxygen afinity: abuse among athletes

Nóbrega, Antonio Claudio Lucas da
2002-02-01

Resumo em português O ácido metilpropiônico (RSR13) é um modificador alostérico da hemoglobina, com a qual se liga de forma não-covalente, diminuindo sua afinidade pelo oxigênio de modo dose-dependente e, conseqüentemente, aumentando a oxigenação periférica. O objetivo deste artigo é apresentar brevemente as evidências científicas acerca das características farmacológicas e funcionais, indicações médicas e efeitos adversos do uso do RSR13 por atletas, a mais recente alterna (mais) tiva de aumento artificial do desempenho. Estudos experimentais preliminares verificaram algum efeito positivo do RSR13 sobre a recuperação do miocárdio isquêmico e sobre a extensão da isquemia cerebral, mas as principais indicações estudadas atualmente são a cirurgia com hipotermia e cardioplegia durante circulação extracorpórea e o uso como agente coadjuvante potenciador da radioterapia para certos tumores sólidos. Somente um estudo em modelo canino mostrou aumento do consumo máximo de oxigênio em músculo isolado, não existindo evidências de que o RSR13 possa efetivamente melhorar o desempenho em humanos. Em realidade, já foram descritos efeitos adversos, como diminuição da perfusão sanguínea, elevação da pressão arterial e diminuição da função renal. Antecipando o potencial aumento da utilização do RSR13 por atletas, métodos já foram desenvolvidos para sua detecção em amostras de urina humana. Resumo em inglês Methylpropionic acid (RSR13) is an allosteric hemoglobin modifier to which it binds in a non-covalent manner, reducing its affinity to oxygen in a dose-dependent fashion, and consequently, increasing peripheral oxygenation. The purpose of this article is to briefly present scientific evidence concerning pharmacological and functional characteristics, medical indications, and adverse effects of RSR13 use by athletes, the most recent alternative to enhance performance artif (mais) icially. Preliminary experimental studies have verified some positive effect of RSR13 on the recovery of ischemic myocardium and on the extension of cerebral ischemia. However, the main indications currently under study are surgery with hypothermia and cardioplegia during extra-corporeal circulation and the use as a radiotherapy enhancing agent for certain solid tumors. One single study with a canine model has shown increased maximal oxygen consumption in isolated muscles, there existing no evidence that RSR13 can effectively enhance performance in humans. Actually, adverse effects such as reduced blood perfusion, increased arterial blood pressure, and impaired renal function have been described. As an anticipation of the potential increased use of RSR13 by athletes, methods have been developed for its detection in human urine samples.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Uso da prótese endovascular auto-expansível para tratamento das doenças da aorta torácica descendente

STOLF, Noedir A. G.; PÊGO-FERNANDES, Paulo M.; SOUZA, Luciano R.; MOITINHO, Rilson R.; COSTA, Roberto; ARTEAGA, Edmundo; JATENE, Adib D.
1998-04-01

Resumo em português Os autores relatam a experiência com o tratamento de aneurisma e dissecção da aorta descendente associada ou não a comprometimento do arco aórtico com o uso de prótese intraluminal auto-expansível introduzida cirurgicamente através do arco aórtico. Foram operados 11 pacientes, 9 do sexo masculino e com idades variando de 49 a 78 anos. O diagnóstico era de aneurisma em 6, sendo 2 rotos e dissecção em 5, sendo aguda em 2. Quatro doentes apresentavam afecções c (mais) irúrgicas associadas: aneurisma de aorta ascendente (1), aneurisma de arco (1), insuficiência coronária (1) e insuficiência da valva aórtica (1). Os pacientes foram operados com colocação de prótese intraluminal auto-expansível cirurgicamente através do arco aórtico sob hipotermia profunda e parada circulatória total. Em 4 pacientes foram realizadas operações associadas: troca da valva aórtica (1), substituição da aorta ascendente (2), troca do arco aórtico (1) e revascularização miocárdica (1). Houve um óbito intra-operatório por dissecção da aorta ascendente e dois óbitos hospitalares por associação de complicações. Oito pacientes tiveram alta sendo que 1 faleceu no terceiro mês de pós-operatório. Os sobreviventes estavam bem clinicamente e o estudo por imagem mostrou adequada correção da doença. Os autores concluem que o uso da prótese intraluminal simplifica e corrige adequadamente as afecções da aorta descendente. A morbimortalidade observada nessa série deve-se a outros fatores independentes da técnica. Resumo em inglês The authors report their experience with the treatment of descending aorta aneurysms and dissection with or without arch involvement using an intraluminal auto-expandible prosthesis surgically inserted through the aortic arch. Eleven patients were operated on, nine were male and age varied from 49 to 78. The diagnosis was aneurysm in six (ruptured in two) and dissection in five (acute in two, ruptured in one). Four patients had associated surgical lesions: coronary artery (mais) disease (one), ascending aorta aneurysm (one), arch aneurysm (one) and aortic valve incompetence (one). All patients were operated under deep hypothermia and circulatory arrest and the prosthesis was introduced through longitudinal aortotomy in the arch. In four patients associated procedures were performed: aortic valve replacement (one), ascending aorta replacement (two), arch replacement (one) and coronary artery bypass (one). There was an intraoperative death due to intraoperative ascending aorta dissection and two hospital deaths due to multiple complications. Eight patients were discharged, one of them died three months after the operation. All the survivors were well and underwent image studies through image means that showed adequate correction of the aortic disease. The authors conclude that the use of endoluminal expansible prosthesis technique simplifies the operation and corrects the aortic disease. The morbidity and mortality observed is due to other factor independent of the technique

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Imunidade passiva, ingestão de colostro e mortalidade em cabritos Moxotó criados em sistemas extensivo e intensivo/ Passive immunity, colostrum ingestion, and mortality of Moxotó kids raised under extensive and intensive breeding systems

Soares, C.M.; Simões, S.V.D.; Medeiros, J.M.A.; Riet-Correa, F.; Pereira Filho, J.M.
2010-06-01

Resumo em português Dosou-se a proteína sérica total para avaliar a aquisição de imunidade passiva em cabritos Moxotó. Para tal, formaram-se quatro grupos experimentais, sendo dois sistemas de criação, extensivo e intensivo, e dois manejos de colostro, ingestão natural e artificial. Tanto no sistema intensivo quanto no extensivo, os teores de proteína no soro foram significativamente mais altos nos animais com ingestão natural de colostro, 7,11±0,2g/dL, do que nos com ingestão ar (mais) tificial, 6,35±0,17g/dL. Independentemente da forma de ingestão de colostro, os cabritos do sistema intensivo tiveram teores de proteína sérica total, 7,21±0,19g/dL, mais elevados que os do sistema extensivo, 6,25±0,18g/dL, no entanto a imunidade passiva foi satisfatória nos dois grupos de animais. Ocorreu alta mortalidade de crias no sistema extensivo, 37%, devido ao complexo hipotermia/inanição em decorrência dos baixos níveis de colostro ingeridos. No sistema intensivo de criação não ocorreu mortalidade de cabritos. A produção de colostro das cabras criadas intensivamente, 163,5±14,71mL, foi mais alta que das cabras criadas extensivamente, 53,75±19,12mL. O peso total dos cabritos foi semelhante nos dois sistemas de criação, 2881±252,78g no sistema extensivo, e 2297±194,59g no sistema intensivo. Conclui-se que a ingestão de colostro nos dois sistemas de produção permitiu adequada aquisição de imunidade em cabritos, porém o sistema extensivo determinou severa deficiência nutricional nas mães, com baixa produção de colostro e graves perdas de neonatos. Resumo em inglês The acquisition of passive immunity in Moxotó kids was determined by dosages of total serum proteins. Four experimental groups were formed in two breeding systems - extensive and intensive - and two managements of colostrum intake - suckling from the mother or supplying in bottles. In both breeding systems, the serum protein levels were significantly higher in kids with natural ingestion of colostrum, 7.11±0.2g/dL, than in kids with artificial ingestion, 6.35±0.17g/dL. (mais) The kids of the intensive system had levels of total serum protein of 7.21±0.19 g/dL which was higher than the one of the extensive breeding system, 6.25±0.18g/dL. However, the passive immunity was satisfactory in all groups. There was high mortality of kids, 37%, due to starvation/hypothermia, in the extensive breeding system. This mortality was apparently due to the low levels of colostrum ingestion, 55.83±8.7mL. The production of colostrum by does from intensive breeding sistem, 163.5±14.71mL, was significantly higher than those from extensive breeding system, 53.75±19.12mL. The total weight of the kids born in the extensive breeding system, 2,881±252.78g, was similar to those born in the intensive breeding system, 2,297±194.59g. The colostrum ingestion allowed appropriate immunity acquisition by kid raised under both systems. However, the extensive breeding system determined a severe nutritional deficiency in the does with low colostrum production and high neonatal losses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Correção intracardíaca da tetralogia de Fallot no primeiro ano de vida: resultados a curto e médio prazos/ Intracardiac correction of tetralogy of Fallot in the first year of life: short-term and midium-term results

Moraes Neto, Fernando Ribeiro de; Santos, Cleusa Cavalcanti Lapa; Moraes, Carlos Roberto Ribeiro de
2008-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os resultados a curto e médio prazos da correção intracardíaca da tetralogia de Fallot no primeiro ano de vida. MÉTODOS: De janeiro de 1996 a outubro de 2004, 67 crianças com idade variando de 1 a 11 meses (média: 7,2 meses) e pesando entre 4 a 10 quilos (média: 7,1 kg) foram eletivamente submetidas a correção intracardíaca da tetralogia de Fallot. A cirurgia foi realizada com circulação extracorpórea convencional e hipotermia moderada. Ven (mais) triculotomia direita foi realizada em 60 (89,5%) casos e em sete (10,5%) utilizou-se a abordagem do defeito pela via atriopulmonar. RESULTADOS: O tempo de circulação extracorpórea variou de 35 a 147 minutos (média:78,8 ± 21 minutos), e o tempo de pinçamento da aorta variou de 25 a 86 minutos (média: 51,8 ± 15,6 minutos). Ampliação transanular da via de saída do ventrículo direito foi necessária em 50 (64,1%) casos. O gradiente entre o ventrículo direito e a artéria pulmonar, após a correção, variou de 0 a 54 mmHg (média: 15,5 ± 10,8 mmHg). Ocorreram dois (2,98%) óbitos no pós-operatório imediato. O seguimento tardio variou de 7 a 115 meses (média: 44,0 ± 35 meses). Houve uma morte tardia não-cardíaca. Todos os outros pacientes estão assintomáticos. A curva de sobrevida actuarial, incluindo a mortalidade operatória, revelou que a probabilidade de sobrevida, 12 anos após a operação, é de 97%. Dez pacientes foram avaliados por angiorresonânia magnética nuclear. CONCLUSÕES: A correção intracardíaca da tetralogia de Fallot no primeiro ano de vida pode ser feita com baixas morbidade e mortalidade e bons resultados tardios. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate short-term and medium-term results of intracardiac correction of Tetralogy of Fallot in the first year of life. METHODS: From January 1996 to October 2004, 67 consecutive infants ranging in age from 1 to 11 months (mean: 7.2 months) and weighing from 4 to 10 kilograms (mean: 7.1 kilograms) underwent elective total correction of Tetralogy of Fallot. The surgery was accomplished with conventional cardiopulmonary bypass and moderate hypothermia. Right (mais) ventriculotomy was performed in 60 (89.5%) cases and an atriopulmonary approach was used in the other seven (10.5%) cases. RESULTS: Cardiopulmonary bypass time ranged from 35 to 147 minutes (mean: 78.8 ± 21 minutes), and aortic clamping time ranged from 25 to 86 minutes (mean: 51.8 ± 15.6 minutes). Transannular enlargement of the right ventricular outflow tract was needed in 50 (64.1%) patients. Gradient between the right ventricle and pulmonary artery after correction varied from 0 to 54 mmHg (mean: 15.5 ± 10.8 mmHg). There were two (2.98%) early deaths. Follow-up of the 65 survivors ranged from 7 to 115 months (mean:44.0 ± 35 months). There was one late noncardiac death. All other patients are asymptomatic. The actuarial survival curve at 12 years, including operative mortality, was 97%. Ten patients were evaluated by magnetic nuclear angioresonance. CONCLUSIONS: Intracardiac correction of Tetralogy of Fallot in the first year of life may be performed with low morbidity and mortality and good late results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Desnutrição energético-proteica grave durante a hospitalização: aspectos fisiopatológicos e terapêuticos/ Protein-energy malnutrition during hospital stay: physiopathology and treatment

Lima, Adriana Martins de; Gamallo, Silvia Maria M.; Oliveira, Fernanda Luisa C.
2010-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: Apresentar a conduta para o tratamento da desnutrição energético-proteica grave e os principais aspectos fisiopatológicos da doença. FONTES DE DADOS: Tomando como base o Manual da Organização Mundial da Saúde (OMS, 1999), realizou-se uma busca por trabalhos publicados em inglês, espanhol e português sobre o tratamento hospitalar de crianças com desnutrição grave, nas bases de dados Lilacs, Medline e SciELO, publicados nos últimos dez anos, utiliza (mais) ndo-se as palavras-chave: desnutrição, criança, hospitalização, terapia nutricional, diretrizes, OMS. SÍNTESE DE DADOS: Foram abordadas as principais características fisiopatológicas da desnutrição grave e a conduta recomendada para o tratamento. Identificaram-se as principais complicações clínico-metabólicas, como a hipotermia, a hipoglicemia, a desidratação e as infecções recorrentes, além da má absorção e a fase de estabilização ou de recuperação do desnutrido grave. A compreensão de todos esses conceitos relacionados à fisiopatologia da desnutrição energético-proteica, associada ao adequado planejamento e execução da terapia nutricional, pode reduzir o risco de morbimortalidade em crianças com idade inferior a cinco anos. CONCLUSÕES: As diretrizes da OMS devem ser implantadas levando-se em consideração a realidade de cada região e a capacitação do profissional da saúde quanto ao conhecimento da complexidade e fisiopatologia da desnutrição energético-proteica grave, para adequado diagnóstico e tratamento. O sucesso do tratamento está associado ao cuidado e à atenção ao paciente. Resumo em inglês OBJECTIVE: To identify the main physiopathological aspects of severe protein-energy malnutrition and its treatment. DATA SOURCE: Based on the World Health Organization guidelines (WHO, 1999), an electronic search for papers on hospital treatment of children with severe malnutrition was performed on Lilacs, Medline and SciELO databases. Studies in English, Spanish and Portuguese published in the last ten years were searched by the following key-words: malnutrition, child, (mais) hospitalization, nutrition therapy, practice guidelines, WHO. DATA SYNTHESIS: The main pathological aspects of severe malnutrition and its specific treatment were reviewed. The main clinical and metabolic complications of severe malnutrition were identified such as hypothermia, hypoglycemia, dehydration, usual infections, intestinal malabsorption, as well as stabilization and recovery phases, were defined. Understanding the main concepts of the physiopathology of this condition, associated with appropriate nutrition support planning, can decrease morbidity and mortality risks of children younger than five years old. CONCLUSIONS: The implementation of the 1999 WHO guidelines should take into consideration local economic and cultural aspects, as well as the professional health care training. Due to the complexity of severe malnutrition, adequate knowledge about basic aspects of this condition helps providing adequate diagnosis and treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Tratamento cirúrgico dos aneurismas e dissecções do arco aórtico/ Surgical treatment of aneurysms and dissections of the aortic arch

GONTIJO FILHO, Bayard; FANTINI, Fernando Antônio; COLLUCI, Flávio; VRANDECIC, Mario O.
1999-10-01

Resumo em português No período de jan/1990 a mar/1999, foram realizados 354 operações para tratamento de lesões da aorta torácica em nosso Serviço. Destas, 47 foram relacionadas a procedimentos no arco aórtico; 31 (66,0%) pacientes eram do sexo masculino e a idade variou de 26 a 74 anos (m = 54,9 ± 10,9). A dissecção aórtica foi responsável pela indicação cirúrgica em 33 (70,2%) pacientes e os aneurismas fusiformes ou saculares em 14 (29,8%). A operação foi indicada em cará (mais) ter de urgência em 10 (21,3%) pacientes, havendo 4 casos com sinais de rotura; 11 (23,4%) pacientes já haviam sido submetidos a operação cardíaca prévia. O acesso cirúrgico foi a esternotomia mediana (42 casos) ou a toracotomia esquerda ou bilateral (5 casos). Hipotermia profunda com parada circulatória (PC) foi empregada em 97,8% dos casos com o tempo PC variando de 15 a 60 minutos (m = 30,6 ± 12,6). A técnica do tipo hemiarco anterior foi empregada em 19 (40,4%) pacientes, o hemiarco posterior em 5 (10,6%), a substituição total em 18 (38,3%), plastia em 4 (8,5%) e derivação extra-anatômica em 1 (2,1%). Foram realizados os seguintes procedimentos concomitantes: substituição da aorta ascendente por conduto valvulado (15), revascularização miocárdica (9), tromba de elefante (5) e troca valvar aórtica (3). A mortalidade hospitalar foi de 12,3% (6 pacientes) sendo a complicação não fatal mais freqüente a insuficiência respiratória (7 casos). A análise dos fatores determinantes de mortalidade hospitalar demonstraram tendência estatística para idade acima de 60 anos (p = 0,17) e para portadores de dissecção aguda (p = 0,07). Dos 41 pacientes que receberam alta, 39 foram seguidos por um período de 1 mês a 9 anos. Houve 3 óbitos, sendo 1 por AVC e 2 em reoperações, necessárias em 5 pacientes. A sobrevida de 9 anos é de 80,85%. Resumo em inglês From Jan/1990 to Mar/1999 we performed 354 operations on the thoracic aorta in our hospital. Among these, 47 procedures involved the aortic arch; 31 patients were male (66.0%) and ages ranged from 26-74 years (mean = 54.9 ± 10.9). Aortic dissection was present in 33 patients (70.2%) and fusiform or sacular aneurysms in 14 (29.8%). Previous cardíac procedures had been performed in 11 patients (23.4%), rupture with cardíac tamponade was present in 4 patients. Median ster (mais) notomy was used in 42 cases and bilateral thoracotomy in 5. Deep hypothermia with circulatory arrest was used in 97.8% of cases with the arrest period ranging from 15 to 60 minutes (m = 30.6 ± 12.6). Anterior hemiarch reconstruction was used in 19 patients (40.4%), posterior hemiarch in 5 (10.6%), total arch replacement in 18 (38.3%) aortoplasty in 4 (8.5%) and extra-anatomic bypass with exclusion in 1 (2.1%). The main associated procedures were: myocardial revascularization (9), ascending aorta replacement by a valved conduit (15), elephant trunk (5) and aortic valve replacement (3). Hospital mortality was 12,3% (6 patients) and respiratory insufficiency was the most common non-fatal complication (7 cases). Determinant factors for hospital mortality showed a statistical tendency for age over 60 years (p = 0.17) and for acute aortic dissection (p = 0.07). Late follow-up was achieved in 95.12% of the hospital survivors. There were 3 late deaths (1 cerebro-vascular accident, 2 reoperations). The 9 year survival rate is 80.85%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Aortoscopia no tratamento das dissecções agudas da aorta/ Aortoscopy in the treatment of acute dissecting aneurysms of the aorta

SOUTO, Gladyston; TINOCO, Luiz Antônio; CAETANO, Celmi da Silva; SOUZA, José Bruno; PAULA, Ari Getúlio de; TEIXEIRA, Marco Antônio; CARVALHO, Márcio Roberto; BOTELHO, Antônio Carlos; REIS, Elisangela S. V.; PAULA, João Batista de
1999-07-01

Resumo em português No período de janeiro a dezembro de 1998 , foram operados 10 pacientes portadores de dissecção aguda da aorta (DA Ao) 4 do tipo A e 6 do tipo B. O sexo masculino predominou e a idade dos pacientes variou de 34 a 78 anos. Em todos foram realizadas aortoscopias usando hipotermia profunda com parada circulatória total. Usou-se um gastroscópio, obtendo visão do lume da Ao, sendo que todos os pacientes tinham menos que 15 dias da doença. No tipo A, havia re-entrada abai (mais) xo da subclávia esquerda em 2 pacientes e, nos outros 2, na bifurcação das ilíacas. No tipo B, havia re-entrada ao nível das renais em 2 pacientes e, ao nível da bifurcação da Ao e das ilíacas, em 4. Em 2 pacientes do tipo A, a aortoscopia orientou na colocação de uma "Tromba de Elefante" como complemento. Nos outros 2, orientou na inversão do sentido da linha arterial. No tipo B, orientou na perfeita colocação da "Tromba de Elefante" e, em 4 pacientes, utilizamos a aortoscopia como complemento diagnóstico. O tempo utilizado na aortoscopia não alterou a morbimortalidade. Podemos concluir que a aortoscopia é um método de diagnóstico rápido, com boa definição das alterações anatômicas da Ao, permitindo um tratamento efetivo. Nos casos agudos instáveis podemos dispensar alguns exames pré-operatórios para não retardarmos a operação. O diagnóstico da re-entrada nos seguimentos inferiores da Ao ajuda a evitar a dissecção retrógrada. Acreditamos que a aortoscopia poderá, no futuro, ser de grande ajuda no diagnóstico e tratamento das DA Ao, bem como de outras lesões da Ao. Resumo em inglês From January to December 1998, ten patients with dissecting aneurysms of the Aorta (ADA Ao) were operated on, 4 type A and 6 type B. Males predominated and ages ranged from 34 to 78 years. In all of them aortoscopy was performed with deep hypothermia and circulatory arrest. A gastroscope was used with visualization of the aortic lumen and all patients had less than 15 days of disease. In type A group, there was re-entrance below the left subclavian artery in 2 patients an (mais) d on the iliac bifurcation in the other 2. In the type B group, there was re-entrance at the renal arteries level in 2 patients and at the aorta bifurcation level of the iliac in 4 patients. The aortoscopy guided us in implanting an elephant trunk supplement in two patients in group type A. In the other 2, it guided us in the inversion of arterial line direction. It directed us in the correct elephant trunk placement in the type B group. In 4 patients we used the aortoscopy as a diagnostic complement. The time spent with the aortoscopy did not alter morbidity concluding that aortoscopy is a rapid diagnostic method with good definition of anatomic changes of the aorta, leading to an efficient treatment. In acute unstable cases we can dispense with some diagnostic scans that could delay surgery, once the re-entrance is on the end of the aortoscopy helps avoid retrograde dissection. We belive that aortoscopy can, in the future, be of great value in the diagnosis and treatment of A D A Ao, as well as in other aortic diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Anestesia para ressecção transuretral de próstata: comparação entre dois períodos em hospital universitário/ Anesthesia for transurethral resection of the prostate: comparison between two periods in a university hospital/ Anestesia para resección transuretral de próstata: comparación entre dos períodos en un hospital universitario

Araújo, Liana Maria Torres de; Klamt, Jyrson Guilherme; Garcia, Luís Vicente
2005-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia para Ressecção Transuretral de Próstata (RTU) é objeto, há anos, de diversos estudos devido às singularidades do procedimento cirúrgico. Este estudo teve a finalidade de comparar as técnicas anestésicas utilizadas e as possíveis intercorrências peri-operatórias em dois períodos de tempo distintos, com intervalo de 10 anos, visando detectar evolução da técnica anestésica e redução da morbimortalidade neste tipo de p (mais) rocedimento. MÉTODO: De modo retrospectivo, foram avaliados os prontuários de todos os pacientes submetidos à RTU de próstata no HC-FMRP-USP em dois períodos distintos, de quatro anos: GI - ressecções transuretrais de próstata (RTU) realizadas entre os anos de 1989 a 1992; GII - ressecções transuretrais de próstata (RTU) realizadas entre os anos de 1999 a 2002. Foram excluídos os pacientes portadores de neoplasias malignas de próstata ou bexiga. Foram analisados os prontuários de 300 pacientes, sendo 120 no GI e 180 no GII. RESULTADOS: Observou-se que a anestesia regional predominou em ambos os grupos, sendo a raquianestesia a mais freqüentemente utilizada. A duração média do procedimento foi maior no grupo II e a incidência de eventos adversos no período intra-operatório, como hipotensão, disritmias cardíacas e hipotermia, não divergiu significativamente entre os grupos. Entretanto, observou-se maior número de pacientes do grupo I com diagnóstico de infarto agudo do miocárdio nas primeiras 24 horas do período pós-operatório, provavelmente atribuídos à escassez de exames complementares e de avaliação cardiológica prévia nos pacientes submetidos à cirurgia naquele período. O tempo de permanência dos pacientes na sala de recuperação pós-anestésica foi semelhante nos dois grupos, mas a incidência de complicações foi maior no grupo I. O número de transfusões sangüíneas e a mortalidade peri-operatória não diferiram nos dois grupos. CONCLUSÕES: Embora, após este intervalo de 10 anos, tenha havido melhora em relação ao instrumental cirúrgico, à monitorização anestésica e à técnica anestésica (novas drogas e equipamentos), não se pôde observar redução no número de complicações (intra ou pós-operatórias), transfusões sangüíneas ou mortalidade nas primeiras 24 horas após a cirurgia. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia para Resección Transuretral de Próstata (RTU) hace años, es objeto de diversos estudios debido a las singularidades del procedimiento quirúrgico. Este estudio tuvo la finalidad de comparar las técnicas anestésicas utilizadas y las posibles intercorrencias peri-operatorias en dos períodos de tiempo distintos, con intervalo de 10 años, visando detectar la evolución de la técnica anestésica y reducción de la morbimortalidad (mais) en este tipo de procedimiento. MÉTODO: De modo retrospectivo, fueron evaluados los prontuarios de todos los pacientes sometidos a la RTU de próstata en el HC-FMRP-USP en dos períodos distintos, de cuatro años: GI - resecciones transuretrales de próstata (RTU) realizadas entre los años de 1989 a 1992; GII - resecciones transuretrales de próstata (RTU) realizadas entre los años de 1999 a 2002. Fueron excluidos los pacientes portadores de neoplasias malignas de próstata o vejiga. Fueron analizados los prontuarios de 300 pacientes, siendo 120 en el GI y 180 en el GII. RESULTADOS: Se observó que la anestesia regional predominó en ambos grupos, siendo la raquianestesia la más frecuentemente utilizada. La duración media del procedimiento fue mayor en el grupo II y la incidencia de eventos adversos en el período intra-operatorio, como hipotensión, disritmias cardíacas e hipotermia, no discrepó significativamente entre los grupos. Mientras, se observó mayor número de pacientes del grupo I con diagnóstico de infarto agudo del miocardio en las primeras 24 horas del período postoperatorio, probablemente atribuidos a la escasez de exámenes complementarios y de evaluación cardiológica previa en los pacientes sometidos a la cirugía en aquel período. El tiempo de permanencia de los pacientes en la sala de recuperación pos-anestésica fue semejante en los dos grupos, pero la incidencia de complicaciones fue mayor en el grupo I. El número de transfusiones sanguíneas y la mortalidad peri-operatoria no difirieron en los dos grupos. CONCLUSIONES: Aunque, después de este intervalo de 10 años, haya habido mejora con relación al instrumental quirúrgico, a la monitorización anestésica y a la técnica anestésica (nuevas drogas y equipos), no se pudo observar reducción en el número de complicaciones (intra o postoperatorias), transfusiones sanguíneas o mortalidad en las primeras 24 horas después de la cirugía. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Anesthesia for transurethral resection of the prostate (TURP) has been studied for years due to the uniqueness of the surgical procedure. This study aimed at comparing TURP anesthetic techniques and possible surgical complications in two different time periods with a ten-year interval, to detect evolution of those techniques and decrease in morbidity-mortality rates. METHODS: Medical records of all patients submitted to TURP in HC-FMRP-USP in tw (mais) o different 4-year periods were retrospectively evaluated: GI - surgical procedures (TURP) performed between 1989 and 1992; GII - surgical procedures (TURP) performed between 1999 and 2002. Malignant prostate and bladder neoplasias were excluded. A total of 300 medical records were included: 120 in GI and 180 in GII. RESULTS: Regional anesthesia was predominant in both groups and spinal anesthesia was more frequently used. Mean procedure length was higher in GII and the incidence of intraoperative adverse events such as hypotension, arrhythmias and hypothermia was not statistically different between groups. In the first 24 postoperative hours however, more GI patients had acute myocardial infarction, probably due to lack of preoperative exams and cardiologic evaluation of patients submitted to surgery during this period. Length of stay in post-anesthetic care unit was similar between groups, but complications were more frequent in GI. Blood transfusions and perioperative mortality were not different between groups. CONCLUSIONS: Although there was improvement in anesthetic techniques (new drugs and equipment) and in surgical apparatus after this 10-year interval, decrease in blood transfusions, surgical complications (intra or postoperative) or mortality rates could not be observed in the first 24 postoperative hours.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Processo modificado de reprodução e amplificação de imagem para mensuração de área por planimetria: Aplicação em feridas planas produzidas em cães, tratadas por curativos oclusivos de pele de rã/ Modified process of image reproduction and amplification for measurement of area by planimetry: Application in plain wounds produced in dogs treated by occlusive skin frog dressings

FALCÃO, Suyiene Cordeiro; COELHO, Antonio Roberto de Barros; ALMEIDA, Edvaldo Lopes de; GALDINO, Carlos Alberto Pessoa de Mello
2001-01-01

Resumo em português Análise digital de imagem e planimetria são importantes instrumentos de avaliação de áreas de feridas planas submetidas a tratamento local. No processo proposto, os perímetros das áreas das feridas foram obtidos in loco por decalque sobre folha transparente e reproduzidos com ampliação por copiadora a laser, prescindindo-se do uso de fotografia e revelação. As áreas de contração e granulação foram medidas utilizando-se um planímetro. As áreas de epiteliz (mais) ação foram determinadas por diferença entre as referidas áreas. Os dados de áreas foram transformados em percentuais acumulados de Contração da Ferida (PCF), Epitelização da Ferida (PEF) e Cicatrização da Ferida (PCiF). Tal processo foi aplicado em feridas planas quadradas (400 mm²) produzidas nas regiões toracodorsal direita e esquerda de cães. Dezessete lesões da região toracodorsal direita foram tratadas com peles de Rana catesbeiana, previamente preservadas por hipotermia (Grupo Teste). As 17 lesões da região toracodorsal esquerda foram tratadas com gaze umedecida (Grupo Controle). Os dados de PCF, PEF e PCiF foram avaliados no 7º, 14º, 21º e 28º DPO. Estudos macro e microscópicos revelaram destruição da pele, sugerindo fenômeno de rejeição. Conclui-se que: 1. O processo de reprodução e ampliação de imagem permitiu economizar custos. O erro de leitura do planímetro foi de ± 0,5%; 2. Os PCF, PEF e PCiF não apresentaram diferenças significativas entre os Grupos. Esta equivalência foi atribuída à destruição da pele de rã, sugestiva de rejeição. Resumo em inglês Digital image analysis and planimetry are important tools for evaluation of plain wound areas submitted to local treatment. In the proposed process, perimeters of wound areas were obtained in loco by tracing over transparent sheet and further reproduced and amplified by laser copier, precluding the use of photography and developing. The contraction and granulation areas were then measured by planimeter. Epitelization area were determined by difference between the above me (mais) ntioned areas. Data from measurements and determinations of areas were further transformed in cumulative Percentage of Wound Contraction (PWC), Wound Epitelization (PWE) and Wound Healing (PWH). The proposed process was tested in square shaped lesions (400 mm²), produced in both right and left thoraco-dorsal surfaces of dogs. Seventeen lesion localized in the right thoraco-dorsal region were treated by Rana catesbeiana skin, previous preserved by hypothermia (Test Group). Another 17 lesions in left thoraco-dorsal surface were treated by moistened gauze (Control Group). PWC, PWE and PWH were evaluated at the 7th, 14th, 21th and 28th POD. Macro and microscopic studies showed skin frog destruction, suggestive of rejection phenomenon. It follows that: 1. Changes in reproducing image process permitted to save costs. The reading error of planimeter was ± 0.5%; 2. PWC, PWE and PWH showed non significant differences between Groups. Such equivalence was attributed to destruction of frog skin, suggestive of rejection process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Controle de danos: uma opção tática no tratamento dos traumatizados com hemorragia grave/ Damage control: a tactical alternative for the management of exanguinating trauma patients

Parreira, José Gustavo; Soldá, Silvia; Rasslan, Samir
2002-07-01

Resumo em português RACIONAL: O choque hemorrágico persistente cursa com alta mortalidade. Grande importância tem sido dada para o "controle de danos" como opção terapêutica nestes casos. OBJETIVO: Avaliar a definição, indicações, técnicas e resultados do controle de danos no tratamento dos traumatizados com hemorragia grave. MÉTODO: Revisão bibliográfica. RESULTADOS: Como "controle de danos" entende-se a interrupção da operação antes que o choque hemorrágico alcance a sua (mais) fase irreversível, mesmo que as lesões encontradas não tenham o tratamento definitivo neste primeiro momento. Esta alternativa envolve três tempos: a operação abreviada, a recuperação na unidade de terapia intensiva e a reoperação programada. Desta forma, frente à acidose metabólica, hipotermia e coagulopatia, a operação é abreviada através do controle temporário da hemorragia e contaminação. São empregadas técnicas como o tamponamento hepático com compressas e ligadura de eventuais cotos intestinais. Na unidade de terapia intensiva são realizados o aquecimento do doente, restauração da volemia e débito cardíaco, e adequada oferta de oxigênio, além da reposição dos fatores de coagulação. Somente após a estabilização, o traumatizado é levado novamente ao centro cirúrgico para o tratamento definitivo das lesões. Trata-se de uma tática com bons resultados, mas que deve ser restrita a centros especializados, com supervisão cirúrgica contínua e recursos disponíveis para o tratamento de doentes graves. CONCLUSÃO: O controle de danos é opção prática nos casos de hemorragia grave, contudo deve ser empregado com julgamento crítico devido a complicações que podem decorrer da sua indicação. Resumo em inglês BACKGROUND: Despite the advances in the treatment of exanguinating patients, hemorrhage remains as the leading cause of early deaths. A great deal of attention has been given to "damage control" as a therapeutic alternative in this scenario. AIM: To appraise the definition, indications, operative techniques and results of damage control for the treatment of exanguinating trauma patients. METHOD: Bibliographic review. RESULTS: Damage control introduces the concept of break (mais) ing the vicious cycle of metabolic acidosis, hypothermia and coagulopathy which results from hemorrhagic shock. Thus, the operation has to be interrupted before this irreversible stage, even if the injured organs were not given the definitive treatment at this moment. So, damage control involves three steps: an abbreviated operation, a recovering period in the intensive care unit, and the reoperation for the definitive treatment. At the abbreviated operation, operative techniques as stapling intestinal injuries or packing liver wounds are applied, allowing rapid control of the bleeding and spillage. In the intensive care unit, the patient is warmed, oxygen delivery and consumption are restored and coagulation factors administered. As soon as the hemodynamic stability, ideal body temperature and coagulation status are reached, the definitive operation is carried out. Damage control is a helpful option if correctly used. However, there are also severe complications that can occur. Therefore, it should be employed only in centers that could provide optimum resources. CONCLUSION: Damage control is an important tactical alternative for the treatment of exanguinating trauma patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Defeito do septo atrioventricular forma total associado a tricuspidização da valva atrioventricular esquerda na infância

DOBRIANSKYJ, Aleksander; GEBRIN, Marta C.; RODRIGUES, Maria S.; BITENCOURT, Ricardo; BRANCO, Rita F.; RORIZ, Márcio A.; RAPOSO, Railda E. L.
1997-10-01

Resumo em português Entre maio de 1987 e dezembro de 1996, o reparo do defeito do septo atrioventricular, forma total (DSAVT), com duplo retalho de pericárdio bovino e tricuspidização da valva atrioventricular (VAV) esquerda, foi realizado em 34 pacientes consecutivos com mortalidade global de 5 (14,7%) pacientes (pac.). Grupo I: abaixo de 6 meses (m) com 12 pac. (1 óbito; 8,3%); Grupo II: entre 7m e 12m, com 15 pac. (4 óbitos; 26,6%) e Grupo III: entre 1 e 5 anos (a) com 7 pac. sem ób (mais) itos. Ocorreram 2 óbitos tardios (1 por Insuficiência mitral residual + insuficiência cardíaca congestiva e outro por pneumonia + insuficiência respiratória). Duas crianças receberam implante de marcapasso definitivo (após 45 dias e 4 anos). Nenhum paciente foi reoperado, apesar de mais 2 apresentarem insuficiência da VAV esquerda e 1 VAV direita, controlada clinicamente, e as restantes encontram-se nos graus I e II da New York Heart Association (NYHA). Apesar de 29 pacientes apresentarem peso abaixo de 10 kg, utilizou-se circulação extracorpórea (CEC) e hipotermia a 25°C sem parada circulatória total. Iniciou-se o reparo pela zona de "aposição" da VAV única com um ou dois pontos em "x", mantendo tricúspide. Sutura-se o primeiro retalho de pericárdio bovino (PB) em forma de "gota", insinuando-o entre as cordas do lado direito do septo; a seguir, sutura-se o segundo retalho, fazendo uma aposição concomitante com a VAV única, septando-se, desta forma, as quatro cavidades. As vantagens desta técnica são: preservação da integridade valvar, maior durabilidade funcional da VAV esquerda, menor possibilidade de reoperação mesmo em pacientes mais jovens e que devem ser preferencialmente operados em torno de 6º mês de vida. Resumo em inglês Between May 1987 and December 1996, repair of the "Ostium Atrioventricularis Communis" (OAVC), with total shaping by means of a double bovine pericardial patch and tricuspidation of the left atrioventricular valve (AVV) was performed on 34 consecutive patients with overall mortality of 5 patients (pat.) (14.7%). Group I: Less than 6 months (m) 12 pat. (1 death: 8.3%); Group II: 7m to 12m, 15 pat. (4 deaths: 26.6%) and Group III: between 1 and 5 years (y) 7 pat. (no deaths (mais) ). Two deaths occurred later (residual mitral insufficiency + congestive heart failure and pneumonia + respiratory insufficiency). Two children received implants of definitive pacemakers (after 45 days and 4 years). Despite the fact that 2 registered insufficiency of the left AVV and one showed insufficiency of the right AVV, these cases were controlled clinically and no children were reoperated. The remaining children are classified between degree I and II of the New York Heart Association (NYHA). Although 29 patients weighted less than 10 kg, extracorporeal circulation was utilized together with hypothermia at 25°C without total circulatory interruption. The repair was inillated at the apposition zone of the single AVV with one or two stitches in figure-of-8s, preserving the tricuspid. Suturing the first bovine pericardial patch in drop-shape and fifting it between the chordae tendineae of the right side of the septum, followed by suturing of the second patch with simultaneous apposition with the single AVV and in this way, septing the 4 cavities. The advantages of this technique are: preservation of valve integrity, greater functional durability of the left AVV and reduced possibility of reoperation even in younger patients. The operation is performed preferably at the age of about 6 months.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Dissecção aguda da aorta ascendente no per-operatório/ Intraoperative acute dissection of the ascending aorta

Castro, Marcelo F; Fantini, Fernando A; Gontijo Filho, Bayard; Barrientos, Arturo; Peredo, Eduardo; Drumond, Leonardo F; Oliveira, Carla de; Paula e Silva, João Alfredo de; Barbosa, Juscelino Teixeira; Vrandecic, Mário O
1996-03-01

Resumo em português Com o objetivo de demonstrar a experiência cirúrgica do Hospital Biocor com as dissecções agudas da aorta torácica no per-operatório, foram analisados, retrospectivamente, 7.251 pacientes submetidos a cirurgia cardíaca com o emprego de circulação extracorpórea, no período de janeiro de 1988 a janeiro de 1995. Onze pacientes apresentaram dissecção aórtica no per-operatório, sendo que 54,5% (6 pacientes) eram homens e 45,5% (5 pacientes) mulheres. A idade var (mais) iou de 54 a 80 anos (média de 66,73 ± 7,54 anos). Os procedimentos cirúrgicos nos quais ocorreu a dissecção incluíram: revascularização miocárdica em 9 (81,8%) pacientes, revascularização miocárdica + aneurismectomia do VE em 1 (9,1 %) e troca valvar aórtica em 1 (9,1%) paciente. Todos apresentavam hipertensão arterial sistêmica. Em 9 (81,8%) pacientes a aorta ascendente anormal foi observada durante a cirurgia. A correção cirúrgica da dissecção incluiu: substituição da aorta ascendente por conduto tubular de pericárdio bovino em 7 (63,6%) pacientes, substituição por conduto valvulado de pericárdio bovino em 1 (9,1 %) e plastia aórtica com retalho de pericárdio bovino em 3 (27,3%) pacientes. A técnica de hipotermia profunda com parada circulatória total foi empregada em 90,9% dos casos. A mortalidade hospitalar foi de 45,5% (5 pacientes), sendo: em 2 casos devido à impossibilidade de descontinuação da CEC; hemorragia maciça em 1 e síndrome de baixo débito no pós-operatório imediato em 2 pacientes. Dos 6 pacientes sobreviventes, 5 encontram-se em seguimento e livres de sintomas cardíacos. Concluímos que a dissecção aórtica aguda no per-operatório continua sendo uma complicação grave e altamente letal, sendo que o emprego de medidas preventivas e técnicas cirúrgicas adequadas em pacientes de risco podem diminuir a incidência dessa complicação. Resumo em inglês In order to demonstrate the surgical experience of Biocor Hospital with intraoperative acute dissection of the ascending aorta, we reviewed retrospectively 7 251 patients who underwent a cardiac procedure with cardiopulmonary bypass, from January 1988 through January 1995; 11 patients who developed this complication were identified. There were 6 men (54.5%) and 5 women (45.5%), aged 54 to 80 years (mean 66.73±7.54 years). The primary cardiac procedure were: myocardial re (mais) vascularization in 9 patients: myocardial revascularization plus left ventricular aneurismectomy in 1 (9.1%) and aortic valve replacement in 1 (9.1%) patient. All patients had a previous history of systemic arterial hypertension. In 9 (81.8%) an abnormal ascending aorta was observed during the operation. The surgical repair included: replacement of the ascending aorta with interposition of bovine pericardial graft in 7 (63.6%); replacement of ascending aorta with interposition of valved bovine pericardial graft in 1 (9.1%); aortic reconstruction with bovine pericardial patch in 3 (27.3%) patients. In 90.9% of the cases, deep hypothermia and circulatory arrest was employed. Hospital mortality was 45.5% (5 patients): 2 patients could not be weaned from cardiopulmonary bypass; massive hemorrhage in 1 and postoperative low cardiac output in 2 patients. Follow-up information was available on 5 of 6 hospital survivors, and all are free of cardiac symptoms. We concluded that intraoperative acute aortic dissection is a strongly fatal complication of cardiac procedures. The use of preventive measures when an abnormal ascending aorta is noted must be taken to reduce it's incidence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Reconstrução da artéria pulmonar na operação de Jatene/ Reconstruction of the pulmonary artery in Jatene's operation

GONTIJO FILHO, Bayard; FANTINI, Fernando A.; LORA, Harold M.; MARTINS, Cristiane; LOPES, Roberto Max; HAYDEN, Eliane; VRANDECIC, Mario O.
2001-09-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: A operação de Jatene é a técnica de escolha para correção da transposição das grandes artérias (TGA). A estenose da via de saída do ventrículo direto é a principal complicação encontrada no pós-operatório destas crianças. OBJETIVOS: Avaliar os resultados obtidos em uma série de pacientes portadores de TGA submetidos a operação de Jatene, nos quais a reconstrução da artéria pulmonar (AP) foi realizada com dois remendos de pericárdio aut (mais) ólogo, procurando-se preservar ao máximo a parede aórtica nativa. CASUÍSTICA E MÉTODOS: No período de Janeiro de 1998 a Fevereiro de 2000, foram operadas consecutivamente 52 crianças portadoras de TGA (38 TGA simples/14 TGA + CIV) pela técnica de Jatene, com idade variando de 3 dias a 17 meses (m=30,3 dias). Houve predomínio do sexo masculino (n=30 ou 57,7%) e peso variou de 2,400 kg a 7,400 kg (m=3,377 kg). Todos os pacientes foram operados com CEC em hipotermia moderada, normofluxo e com dose única de cardioplegia sangüínea para proteção miocárdica. O tempo médio de CEC foi de 110,6 min e o tempo médio de pinçamento aórtico de 72,5 min. A transferência coronária foi realizada em "botão", retirando-se o mínimo possível de parede aórtica nativa. A reconstrução foi realizada com dois remendos de pericárdio autólogo, ampliando-se a neo-artéria pulmonar. A avaliação da técnica foi feita através de estudo ecocardiográfico em 20 crianças com seguimento pós-operatório superior a 5 meses(m=12,7 meses). RESULTADOS: Houve 3 (5,8%) óbitos hospitalares, sendo 2 causados por infecção pulmonar (16º e 29º DPO) e 1 por obstrução do tubo endotraqueal (8º DPO). Em todos os casos a técnica foi efetiva para ampliação da neopulmonar, mesmo nos casos de TGA + CIV com importante desproporção dos vasos. O estudo ecocardiográfico pós-operatório apresentou evidências de estenose pulmonar supravalvar em apenas 1 (5%) criança e evidência de crescimento uniforme da AP em todas as outras. CONCLUSÃO: A técnica de reconstrução da AP, preservando-se ao máximo a parede aórtica nativa foi capaz de igualar as artérias mesmo na presença de desproporção significativa, além de propiciar resultados hemodinâmicos satisfatórios em período de até 2 anos de evolução pós-operatória. Resumo em inglês INTRODUCTION: We describe our experience with Jatene's operation in the surgical treatment of transposition of great arteries (TGA) where pulmonary artery reconstruction was performed with two autologous pericardial patches in order to spare the maximum amount of native aortic tissue. MATERIAL AND METHODS: There were 52 children (38 simple TGA, 14 TGA + VSD) and their age ranged from 3 days to 17 months. Body weight ranged from 2.400 to 7.400 kg (m=3.377 kg). All patients (mais) were operated under moderate hypothermia with a single infusion of blood cardioplegia. Average extracorporeal circulation time was 110.6 min and average aortic cross-clamping time was 72.5 min. RESULTS: There were 3 (5.8%) early deaths caused by pulmonary infection in 2 of them and by obstruction of the endotracheal tube in 1. There were 2 late deaths; one in a reoperation of severe coronary ostial stenosis (6 months p.o.) and another owing to pneumonia (1 year p.o.). Late echocardiography was performed in 20 children who were operated in the neonatal period and had a minimum of 5 months follow-up (m=12.7). Supravalvular pulmonary stenosis was found in only 1 (5%) patient and results were consistent with an uniform pulmonary artery development. CONCLUSION: Reconstruction of the pulmonary artery in Jatene's operation for TGA should be carried out with maximal preservation of the native aortic tissue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Novas terapias para hipertensão endocraniana/ New therapies for intracranial hypertension

Barbosa, Arnaldo Prata; Cabral, Sérgio Augusto
2003-11-01

Resumo em português OBJETIVOS: São revistos os principais conceitos envolvidos na abordagem terapêutica da hipertensão endocraniana, desde a abordagem tradicional até a apresentação das novas terapias preconizadas. FONTES DOS DADOS: Foram revistas as principais bases de dados da literatura médica, particularmente o Medline e o Lilacs, nos últimos 10 anos, além de livros textos consagrados e teses dedicadas ao assunto. SÍNTESE DOS DADOS: A hipertensão endocraniana pode estar associ (mais) ada a diversas lesões neurológicas cerebrais, sejam de origem traumática, infecciosa ou metabólica, podendo, nos casos graves, se constituir em importante fator de morbimortalidade. O aumento da pressão intracraniana interfere com o fluxo sangüíneo cerebral, de modo que para se manter uma pressão de perfusão cerebral adequada, é necessário tanto a redução e o controle da hipertensão endocraniana, como o combate agressivo à hipotensão arterial, desde as fases iniciais do atendimento. A monitorização adequada é fundamental, e as principais medidas adotadas no tratamento convencional envolvem a elevação da cabeceira do leito a 30 graus, o posicionamento centrado da cabeça, a hipocapnia otimizada, o perfeito equilíbrio hidroeletrolítico e metabólico, a sedação, a terapia anticonvulsiva, a drenagem liquórica, o uso de barbitúricos, manitol e furosemida. As novas terapias que vêm sendo estudadas incluem, principalmente, o dexanabinol, as soluções salinas hipertônicas, a hipotermia moderada, a craniotomia descompressiva, a otimização da pressão de perfusão cerebral e a redução da pressão na microvasculatura cerebral (terapia de Lund). CONCLUSÕES: O uso de novas terapias para o controle eficaz da hipertensão endocraniana, particularmente em casos refratários ao tratamento usual, representam um cenário promissor na abordagem destes quadros. Resumo em inglês OBJECTIVE: The main concepts involved in the therapeutic management of intracranial hypertension are revisited, including pathophysiology, monitoring, the traditional approach, and also the presentation of recently proposed therapies. SOURCE OF DATA: The main medical literature data bases (especially Medline and Lilacs) were searched for articles published in the last 10 years, and traditional text books and dissertations focusing the subject were consulted. SUMMARY OF TH (mais) E FINDINGS: Intracranial hypertension may be associated with several cerebral neurologic lesions from traumatic, infectious or metabolic origin, and in severe cases may represent an important factor for morbidity and mortality. Increases in intracranial pressure interfere with cerebral blood flow; in order to maintain an adequate cerebral perfusion pressure, it is necessary to both reduce and control intracranial hypertension and combat low blood pressure from the very beginning of treatment. Adequate monitoring is essential, and the main points addressed in conventional management include elevation of the head of bed to 30° C, central positioning of the head, optimization of hypocapnia, perfect metabolic and hydro-electrolyte balance, sedation, anti-convulsive therapy, liquor drainage, and the use of barbiturics, mannitol and furosemide. New therapies currently under investigation include the use of dexanabinol, hypertonic saline solutions, moderate hypothermia, decompressive craniectomy, optimization of cerebral perfusion pressure, and reduction in cerebral microvasculature pressure (Lund therapy). CONCLUSIONS: The use of new therapies to effectively control intracranial hypertension, especially in cases that are refractory to the usual treatment, represent a promising scenario in the management of this problem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Padronização da técnica para cirurgia cardíaca videoassistida: experiência inicial/ Standardization of video-assisted cardiac surgery technique: initial experience

Fortunato Júnior, Jeronimo Antonio; Branco Filho, Alcides A.; Branco, Aníbal; Martins, André Luiz M.; Pereira, Marcelo L.; Ferraz, João Gustavo G.; Paludo, Luciana
2008-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Cirurgias cardíacas videoassistidas minimamente invasivas têm sido realizadas em grandes centros mundiais, incluindo procedimentos valvares, coronários e congênitos. OBJETIVO: Apresentar nossa primeira casuística com videocirurgia cardíaca, por meio da experiência adquirida com cirurgia geral e torácica. MÉTODOS: Sempre que houve possibilidade de se realizar uma cirurgia cardíaca por acesso minimamente invasivo, esta foi a abordagem inicialmente ut (mais) ilizada. A toracoscopia esquerda foi utilizada em quatro casos: (1) ligadura de fistula coronário-pulmonar sintomática, (2) implante de eletrodo epicárdico em ventrículo esquerdo para ressincronização ventricular, (3) retirada de lipoma gigante de pericárdio com pedículo em átrio esquerdo e (4) ressecção de hemangio-lipoma de mediastino. Toracoscopia direita com bypass cardiopulmonar via artéria e veia femorais e parada cardíaca em fibrilação ventricular com hipotermia moderada, foram realizados nos seguintes casos: (5) paciente com estenose mitral pós-plastia, com anel de Carpentier 12 anos antes. Foi realizada comissurotomia anterior e posterior com sucesso, sem toracotomia, (6) paciente com miocardiopatia dilatada idiopática, fibrilação atrial de alta resposta e insuficiência mitral importante, realizada plastia mitral com anel de Gregori e ablação de veias pulmonares com cateter de radiofreqüência (MAZE modificada). Neste caso, uma minitoracotomia ântero-lateral direita de 6 cm foi utilizada. RESULTADOS: Nenhum óbito ocorreu nesta série e o resultado cirúrgico em todos os casos foi altamente satisfatório, sendo que todos os pacientes receberam alta hospitalar com média de 5,5 + 5 dias após a intervenção. CONCLUSÃO: Nossa experiência inicial neste campo demonstra a eficácia e exeqüibilidade de introdução deste tipo de técnica em nosso meio. Resumo em inglês INTRODUCTION: Minimally invasive cardiac surgery has been performed in major worldwide centers, including procedure such as valves, coronary and congenital surgery. OBJECTIVE: To demonstrate our first works with noninvasive cardiac surgery by mean of the experience gained with general and thoracic surgery. METHODS: Whenever possible to carry out a minimally invasive cardiac surgery, this was the approach of choice. The left thoracoscopy was used in four cases: (1) symptom (mais) atic coronary-pulmonary fistula ligation; (2) implant of an epicardial electrode into the left ventricle for resynchronization; (3) excision of pericardial giant lipoma in the left atrium, and (4) resection of hemangiolipoma in the mediastinum. Right thoracoscopy with extracorporeal circulation through cardiopulmonary bypass via femoral vein and artery and cardiac arrest in ventricular fibrillation with moderate hypothermia were carried out in the following cases: (5) patient with mitral stenosis after surgical repair with Carpentier ring 12 years before. An anterior and posterior commissurotomy without thoracotomy was successfully made; (6) patient with idiopathic dilated cardiomyopathy, high-response atrial fibrillation, and severe mitral insufficiency, underwent mitral repair surgery with Gregori's ring and ablation of the pulmonary veins with radio-frequency catheter. (MAZZE modified). RESULT: No death occurred in this series and the surgical result in all cases was highly satisfactory. All patients were discharged from hospital with a mean time of 5.5 ± 5 days after intervention. CONCLUSION: Our initial experience in this field proves the effectiveness and the viability in introducing this type of technique.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Hepatite infecciosa canina: 62 casos/ Infectious canine hepatitis: 62 cases

Inkelmann, Maria A.; Rozza, Daniela B.; Fighera, Rafael A.; Kommers, Glaucia D.; Graça, Dominguita L.; Irigoyen, Luiz F.; Barros, Claudio S.L.
2007-08-01

Resumo em português Os protocolos de necropsias realizadas em 5.361 cães durante um período de 43 anos (1964-2006) foram revisados em busca de casos de hepatite infecciosa canina (HIC) e sessenta e dois (1,2%) casos foram encontrados. A maioria dos 62 cães afetados tinha dois anos de idade ou menos (91,9%). Os sinais clínicos foram anotados nos protocolos de necropsia de 45 cães afetados por HIC e incluíam anorexia (55,6%), apatia (35,6%), diarréia (35,6%), freqüentemente com sangue (mais) (43,8% dos casos de diarréia), distúrbios neurológicos (33,3%), vômito (26,7%), petéquias e equimoses nas membranas mucosas e/ou pele (24,4%), hipotermia (20,0%), dor abdominal (15,6%), icterícia (13,3%), aumento de volume e congestão das tonsilas (11,1%), febre (11,1%) e ascite (6,7%). A duração do curso clínico variou de poucas horas a 15 dias. Os principais achados de necropsia incluíram alterações hepáticas (87,1%), linfonodos edematosos, congestos e hemorrágicos (51,6%), líquido sanguinolento, líquido claro ou sangue na cavidade abdominal (35,5%), víbices, sufusões e petéquias sobre a pleura visceral (27,4%) e superfície serosa das vísceras gastrintestinais (24,2%). Em 12,9% dos casos a serosa do intestino tinha aspecto granular. Hemorragias cerebrais nas leptomeninges e na substância do encéfalo foram observadas em 9,7% dos casos. As alterações hepáticas macroscópicas incluíam fígados moderadamente aumentados de volume, mais friáveis, com acentuação do padrão lobular, congestos e com múltiplos focos de necrose pálidos ou hemorrágicos. Películas e filamentos de fibrina cobriam a superfície hepática em 20,4% dos casos e em 27,8% dos casos a parede da vesícula biliar estava espessada por edema. Necrose hepática zonal ou aleatória (93,5% dos casos) associada a corpúsculos de inclusão intranucleares foi a lesão histológica mais regularmente encontrada. Os corpúsculos de inclusão intranucleares ocorreram no fígado em todos os casos e esse foi o critério para confirmação do diagnóstico. As lesões histológicas extra-hepáticas mais importantes incluíram hemorragias e corpúsculos de inclusão em células endoteliais do tufo glomerular renal (50,0%) dos linfonodos (47,8%) , do encéfalo (27,8%), das tonsilas (25,0%) e do baço (10,0%). Resumo em inglês Necropsy reports from 5,361 dogs necropsied over a 43-year period (1964-2006) were reviewed in search for cases of infectious canine hepatitis (ICH). Sixty two (1.2%) cases of the disease were found. Most of the 62 affected dogs (91.9%,) were 2-year-old or less. Clinical signs were recorded in the necropsy files of 45 ICH affected dogs and included anorexia (55.6%), apathy (35.6%), diarrhea (35.6%) (often with blood [43,8%]), neurological signs (33.3%), vomiting (26.7%), (mais) petechiae and echymosis in the mucous membranes and/or skin (24.4%), hypothermia (20.0%), abdominal pain (15.6%), icterus (13.3%), enlargement and congestion of the tonsils (11.1%), fever (11.1%) and ascites (6.7%). The clinical courses lasted from few hours to 15 days. The most frequent necropsy findings included hepatic changes (87.1%), edematous, congested and hemorrhagic lymph nodes (51.6%), bloodstained fluid, clear fluid or whole blood in the abdominal cavity (35.5%), and petechial or paint-brush hemorrhages over the pleural (27.4%) and gastrointestinal (24.2%) serosal surfaces. In 12.9% of the cases there was a granularity to the intestinal serosa. Hemorrhages in the leptomeninges and in the substance of the brain were observed in 9.7% of the cases. Hepatic gross changes included moderately enlarged and more friable livers with marked lobular pattern, congestion and multifocal pale or hemorrhagic foci of necrosis. Films and strands of fibrin covered the hepatic surface in 20.4% of the cases and in 27.8% of the cases the gall bladder was thickened by edema. Zonal or randomly distributed multifocal hepatic necrosis (93.5%) associated with intranuclear inclusion bodies were the most consistent microscopic findings. Intranuclear inclusion bodies were found in the liver in every case and their detection was the criterium for confirmation of the diagnosis. The most significant microscopic extra-hepatic lesions included hemorrhages and intranuclear inclusion bodies in endothelial and reticuloendothelial cells of the renal glomeruli (50.0%) lymph nodes (47.8%), brain (27.8%), tonsils (25.0%) and spleen (10.0%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Necrose isquêmica hepática e diabete melito: relato de caso/ Liver ischemic necrosis and diabetes mellitus: case report

Paes, Ticiana; Gazoni, Fernanda Martins; Pinheiro Junior, Nathanael de Freitas; Guimarães, Hélio Penna; Lopes, Renato Delascio; Lanzoni, Valéria Pereira; Vendrame, Letícia Sandre; Lopes, Antônio Carlos
2007-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O infarto hepático é definido como necrose isquêmica do parênquima hepático envolvendo pelo menos dois ácinos. Trata-se de evento considerado raro devido ao duplo suprimento sangüíneo, arterial e venoso. O objetivo deste estudo foi relatar um caso de paciente não sabidamente diabética que desenvolveu extensas áreas isquêmicas de infarto hepático, após quadro de descompensação aguda da diabete. RELATO DO CASO: Paciente do sexo fem (mais) inino, 67 anos, hipertensa, procurou o Pronto Socorro com queixas de polidipsia, poliúria, turvação visual, náuseas e vômitos, dificuldade para deambular, havia aproximadamente 10 dias. Ao exame físico foi observado desidratação, palidez cutânea, cianose periférica, hipotermia, taquicardia, hipotensão, dor abdominal leve e difusa. Exames laboratoriais mostraram: leucócitos: 16800, creatinina (Cr): 3,7, uréia (Ur): 167, Na: 133, K: 6.9, glicose: 561; gasometria arterial (cateter de oxigênio: 2 L/min): pH: 6.93, pCO2: 12.1, pO2: 107, BE: -28,8, HCO3: 2,4, Sat 91,3%, lact: 79; urina I: pH: 6,0; leucócitos: 13; densidade: 1015; eritrócitos: 19; proteína: ++; glicose: +++; bilirrubina: negativa; corpos cetônicos: + denotando cetonemia. Eletrocardiograma com onda T apiculada, bloqueio de ramo direito. A paciente foi tratada com insulina, hidratação, bicarbonato de sódio e introduzido antibioticoterapia. Após o tratamento inicial, os exames laboratoriais mostraram: Cr: 2,2, Ur: 122, Na: 162, K: 4,3, Ca: 6,4, glicose: 504, pH: 7,01, HCO3: 7.1, BE: - 22. Um dia após, a paciente apresentou importante dor abdominal acompanhada de irritação peritoneal, além de sonolência e dificuldade para falar; exames laboratoriais mostraram: pH: 7,4, pCO2 : 31, pO2: 68, BE: -4,4, HCO3: 19, Sat.O2: 93,5%; Ur: 95; Cr: 1,4, albumina: 2,4, Ca: 0,95, Na: 166, K:4, bilirrubina: 0,5, bilirrubina D/I: 0,2/0,3, amilase: 1157, Gama-GT: 56, AST 7.210, ALT: 2.470, VHS: 15, lipase: 84. Ultrasonografia abdominal não apresentou alterações significativas. Evoluiu com importante piora clínica, parada cardiorrespiratória e óbito. A necrópsia evidenciou múltiplas áreas de infarto hepático, trombose vascular, infarto esplênico, congestão visceral e aterosclerose de aorta e seus ramos e pâncreas normal. CONCLUSÕES: Os mecanismos de infarto hepático e esplênico neste caso não foram bem elucidados. Alguns fatores devem ter contribuído, tais como: desidratação e hipotensão devido a episódios de vômitos e febre que contribuem para diminuição do fluxo sanguíneo da veia porta e artéria hepática; o nível elevado de catecolaminas que ocorre em estado de hiperglicemia e cetoacidose metabólica pode induzir à vasoconstrição; aterosclerose difusa que é comumente vista em pacientes diabéticos e hipertensos. Este caso enfatiza a necessidade de investigar infarto hepático em pacientes diabéticos com cetonemia e com aumento de enzimas hepáticas. Anticoagulantes devem ser prontamente instituídos se houver trombose vascular. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Hepatic infarction is characterized by parenchyma ischemic necrosis involving at least two acinis. It is extremely uncommon due to the arterial and portal venous blood supply. We report a case of a patient not know to have diabetes who developed massive areas of ischemic infarcts of the liver after episode of acutely diabetes decompensated. CASE REPORT: A 67 year-old hypertensive female who has been presenting, for the last 10 days, polydipsia, (mais) high urinary volume, visual and gait impairment, nausea and vomiting was admitted to the emergency room (ER). During the physical examination it was observed dehydration, skin discoloration, peripheral cyanosis, hypothermia, tachycardia, hypotension and mild diffuse abdominal pain. Admissional laboratory exams demonstrated total leukocytes: 16.800, Cr: 3.7, Ur: 167, Na: 133, K: 6.9, glucose: 561; arterial gasometry (O2 catheter: 2 L/min): pH: 6.93, pCO2: 12.1, pO2: 107, B.E.: -28.8, HCO3: 2.4, Sat 91.3%, lactato: 79; urinalysis: pH: 6; leukocytes: 13; density: 1015; erythrocytes: 19; protein: ++; glucose: +++; bilirubin: negative; ketonic bodies: + denote ketonemia. EKG: sharp T wave, right branch block. Patient was treated with intravenous insulin, hydration, sodium bicarbonate and ceftriaxone. After initial treatment, the laboratory exams showed Cr: 2.2, Ur: 122, Na: 162, K: 4.3, Ca: 6.4, glucose: 504, pH: 7.01, HCO3: 7.1, B.E.: -22. One day after admission the patient presented with important abdominal pain and peritoneal irritation, followed by difficulty for talking and somnolence; routine laboratory exams showed arterial gasometry: pH: 7.4, pCO2: 31, pO2: 68, BE: -4.4, HCO3: 19, SatO2: 93.5%; Ur: 95,Cr: 1.4, albumin: 2.4, Ca: 0.95, Na: 166, K:4, bilirubin: 0.5, bilirubin D/I: 0.2/0.3, Amylase: 1157, Gamma-GT: 56, AST 7.210, ALT: 2.470, SR (sedimentation rate): 15, Lipase: 84. Abdominal ultrasound was unremarkable. Patient respiratory function and conscience level worsened, requiring intubation. Despite all resuscitation efforts, she died. Necropsy showed multiple ischemic infarcts of the liver with vascular thrombosis, splenic infarcts, generalized visceral congestion and atherosclerosis of aorta and its branches. Pancreas was normal. CONCLUSIONS: The mechanisms of hepatic and splenic infarctions in this case were unclear. The following factors may have contributed to necrosis: vomiting and fever should be considered to induce dehydration and hypotension, which further decreased portal and hepatic arterial inflows; elevated level of catecholamine in hyperglycemic states might induce vasoconstriction effects; widespread atherosclerosis is commonly seen in diabetic and hypertensive patients. This case underlies the importance of searching for hepatic necrosis or infarction in any diabetic patient with elevated liver enzymes. Anticoagulation therapy should be instituted promptly upon recognition of vascular thromboses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Utilização de células-tronco de medula óssea para tratamento de isquemia crítica de membro inferior/ Use of bone marrow stem cells to treat critical ischemic limbs

Araújo, José Dalmo de; Araújo Filho, José Dalmo de; Ciorlin, Emerson; Greco, Oswaldo Tadeu; Ardito, Roberto Vito; Ruiz, Lílian Piron; Ruiz, Milton Artur
2006-09-01

Resumo em português Relatamos o caso de um paciente masculino de 49 anos, portador de oclusão embólica de todas as artérias da perna esquerda. Após múltiplas e fracassadas tentativas de revascularização e, também, simpatectomia lombar em outros serviços, chegou a nós com indicação de amputação no nível de perna. Propusemos o implante de células-tronco autógenas de medula óssea na panturrilha. Obteve-se um excelente resultado, com a supressão da dor em repouso, melhora da h (mais) ipotermia e palidez, elevação do índice tornozelo/braço, da velocidade sistólica de pico, dos índices cintilográficos e angiográficos e sensível melhora na granulação no local da amputação do quarto e quinto pododáctilo. Resumo em inglês We report on the case of a 49-year-old male patient who presented with embolic occlusion of all left leg arteries. After multiple and unsuccessful revascularization attempts and lumbar sympathectomy, he was referred to us with an indication of amputation at the upper third of the leg. We suggested implanting autogenous bone marrow stem cells in his calf. Excellent immediate results were obtained with suppression of rest pain, hypothermia and paleness, elevation of ankle/b (mais) rachial index, peak systolic velocities and scintigraphic and angiographic indices. There was also a considerable enhancement of healing at the amputation site of the fourth and fifth toes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Traumatismos de veia cava inferior/ Inferior vena cava injuries

Costa, Cleinaldo de Almeida; Baptista-Silva, José Carlos Costa; Rodrigues, Lana Márcia Esteves; Mendonça, Fabiana Lo Presti; Paiva, Thiago Silveira; Burihan, Emil
2005-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a incidência, o perfil clínico e as estratégias operatórias dos ferimentos de Veia Cava Inferior (VCI). MÉTODOS: Foram analisados retrospectivamente os prontuários de 76 doentes com ferimento de VCI atendidos nos dois prontossocorros de Manaus, no período de janeiro de 1997 a julho de 2002. Mecanismo de lesão, mortalidade, estado hemodinâmico, índice de trauma abdominal penetrante (PATI), achados intra-operatórios e conduta cirúrgica foram es (mais) tudados. RESULTADOS: Quarenta e nove (65%) doentes sofreram lesão por arma branca, 26 (34%) por arma de fogo e um por traumatismo abdominal fechado. Quarenta e um (54%) doentes sobreviveram. Quase todos chegaram acordados, entretanto 40% estavam hipotensos (pressão arterial sistólica Resumo em inglês BACKGROUND: Injuries of inferior vena cava (IVC) require immediate and definitive action. Our objective is to evaluate the incidence, the clinical findings and the operative approach to IVC injuries. METHODS: We retrospectively studied 76 patients with IVC injuries treated in two Emergency Hospitals of Manaus, AM, Brazil, from January 1997 to July 2002. Mechanisms of injuries, mortality, hemodynamic status, penetrating abdominal trauma index (PATI), intraoperative finding (mais) s and surgical approach were among assessed data. RESULTS: Fourty-nine patients (65%) had stab wounds, 26 (34%) gunshot wounds, and one had blunt abdominal trauma. Fourty-one (54%) patients survived. Almost all patients entered the emergency room awake, although 40% were hypotensive (systolic blood pressure

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Micrométodo para quantificação de cefuroxima em plasma através da cromatografia líquida de alta eficiência: aplicação na profilaxia de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca/ Micromethod for plasma cefuroxime quantification through high performance liquid chromatography: application to the prophylaxy of patients submitted to cardiac surgery

Nascimento, Jorge Willian Leandro; Omosako, Célia Etsuco; Carmona, Maria José; Auler Junior, José Otávio; Santos, Silvia Regina Cavani Jorge
2003-09-01

Resumo em português O objetivo desta investigação foi desenvolver metodologia analítica adequada, simples e precisa para quantificação da cefuroxima plasmática para controle de pacientes cirúrgicos em profilaxia com esse antimicrobiano. Realizou-se a quantificação da cefuroxima na matriz biológica através da cromatografia líquida de alta eficiência CLAE-UV. Apenas 200 µL de plasma foram requeridos para a precipitação das proteínas com acetonitrila. Empregou-se coluna de fase (mais) reversa (NovaPak C18, 150 x 3,9 mm, 4 µm) e os picos foram eluídos isocraticamente com fase móvel (tampão acetato 0,375 M, pH 5,0 e acetonitrila, 96:4, v/v, 0,8 mL/min) em 12,5 min (cefuroxima) e 4,0 min (vancomicina, padrão interno) sendo os picos monitorados a 280 nm. Os limites de confiança são referidos a seguir: 0,2-100 µg/mL (linearidade, r² 0,9963), 0,1 µg/mL (sensibilidade: LD), 98,2% e 96,9% (exatidão intra- e inter-dias), 3,2% e 4,2% (precisão intra- e inter-dias), e boa estabilidade e recuperação (99,2%). A metodologia analítica foi aplicada para quantificação de cefuroxima no plasma de pacientes em profilaxia no período transoperatório de cirurgia cardíaca. Administraram-se 6 g i.v. bolus de cefuroxima nas 24 horas, divididas em 4 doses de 1,5 g; após a última dose no início do pós-operatório tardio, as concentrações plasmáticas médias foram de 108,0 µg/mL (zero), 32,8 µg/mL (3ª hora), 9,9 µg/mL (6ª hora), 3,4 µg/mL (9ª hora) e 0,8 µg/mL (12ª hora). O método analítico descrito mostrou-se simples, rápido e seguro garantindo sensibilidade e seletividade suficientes para a quantificação da cefuroxima plasmática e monitoramento da antibioticoprofilaxia no paciente cirúrgico. Resumo em inglês An improved, simple, selective and sensitive micromethod based on HPLC-UV is described to determine cefuroxime plasma levels, a second generation cephalosporin. Once changes on pharmacokinetics of drugs in patients submitted to heart surgery with cardiopulmonary bypass and hypothermia (CPB-H) were reported previously, the objective of the present study was to investigate cefuroxime plasma levels for antimicrobial prophylaxis of infections in those patients after surgery u (mais) sing HPLC-UV. Only 200 µL of plasma were required, and cefuroxime was determined by a chromatographic method using reversed phase system, after a simple clean up of plasma samples. Peaks monitored at 280 nm were eluted isocratically at 12.5 min (cefuroxime) and at 4.0 min (vancomicyn, internal standard,) from a 4 µm, NovaPak column (150 x 3.9 mm) using a binary mobile phase at flow rate 0.8 mL/min, consisting of 0.375 M acetate buffer, pH 5,0 and acetonitrile, 96:4 (v/v). The method validated with basis of parameters evaluated for the confidence limits of cefuroxime measurements in spiked blank plasma, presents 0.1 µg/mL sensitivity, 0.2 - 200 µg/mL linearity, (r² 0.998), systematic error of 98.2% and 96.9% (intra- and interday accuracy), intra- and interday precision (CV %: 3.2 % and 4.2 %). A good stability and high percentage of recovery (99.2%) were obtained. Patients received cefuroxime 6 g i.v. bolus (1,5 g, 4 times in 24 hours), showed in the first postoperative day plasma levels of 108.0 µg/mL (zero), 32.8 µg/mL (3rd h), 9.9 µg/mL (6th h), 3.4 µg/mL (9th h) and 0.8 µg/mL (12th h), after the last dose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Intoxicações natural e experimental por amitraz em eqüídeos: aspectos clínicos/ Natural and experimental poisoning by amitraz in horses and donkey: clinical aspects

Duarte, Marcos Dutra; Peixoto, Paulo Vargas; Bezerra Júnior, Pedro Soares; Oliveira, Krishna Duro de; Loretti, Alexandre Paulino; Tokarnia, Carlos Hubinger
2003-09-01

Resumo em português A administração oral e a aspersão com amitraz reproduziram experimentalmente em 17eqüinos e um asinino um quadro de intoxicação muito similar a outro que vinha ocorrendo em cavalos no Estado do Rio de Janeiro. O início dos sintomas após a administração oral variou entre 15min. e 2h05min., na aplicação por aspersão variou entre 6h28min. e 8h38min. A evolução nos casos de administração oral foi de 4 a 9 dias, nos de aspersão de 5 a 6 dias. Somente morreram (mais) animais que receberam a administração oral. Um animal aspergido com o amitraz foi sacrificado. Por via oral foram usadas dosagens de 5,5 mg/kg (uma administração), 5,8 mg/kg (duas administrações) e num terceiro animal, doses que variaram entre 7,2 e 36,4 mg/kg (cinco administrações). Nas aplicações por aspersão, a intoxicação foi reproduzida com soluções nas concentrações de 0,1 e 0,2%. Com relação ao sistema nervoso, os principais sinais observados foram apatia, sonolência, ptoses palpebral e auricular, dificuldade de apreensão, mastigação e deglutição do alimento, arrastar das pinças dos cascos no solo, exposição do pênis, sensibilidade cutânea diminuída/ausente, instabilidade em estação, abdução dos membros, cabeça baixa, incoordenação, bocejos, flacidez labial, exposição da língua, cruzamento dos membros ao caminhar, resposta postural diminuída após cruzar e abduzir os membros, reflexos do lábio superior, palatal, lingual, de deglutição e flexor diminuídos/ausentes, reflexos auricular, palpebral e de ameaça diminuídos e resposta ambulatória diminuída ao teste de girar em círculo de pequeno raio. No que se refere ao sistema digestivo, foram evidenciados, principalmente, hipomotilidade/atonia intestinal, edema dos lábios, distensão abdominal, deitar e levantar com freqüência, rolar no solo, olhar para o flanco, gemer e impactação do intestino grosso. Observaram-se ainda taquicardia, aumento do tempo de preenchimento capilar e mucosas congestas, estridor, taquipnéia, dispnéia, secreção nasal, bradipnéia e respiração abdominal. Todos os três casos naturais ocorreram após aspersão do amitraz. Os primeiros sintomas foram observados 2 e 3 dias após o banho. A evolução foi de 6, 7 e 17 dias. Um animal manifestou a maioria dos sinais referentes ao sistema nervoso observados nos experimentos, com exceção dos sinais de cruzamento dos membros ao caminhar, bocejos, lábios flácidos e exposição do pênis. Outro animal, intoxicado espontaneamente, manifestou somente sintomas digestivos como rolar, ''patear'', hipomotilidade/atonia intestinal e impactação do intestino grosso. Um terceiro animal, inicialmente manifestou sintomas digestivos caracterizados por patear, rolar, atonia intestinal e impactação do intestino grosso, com conseqüente desenvolvimento de laminite; na fase final exibiu acentuada sintomatologia nervosa mostrando compressão da cabeça contra obstáculos, incoordenação motora com cruzamento dos membros ao caminhar e relutância em se movimentar. Baseados no quadro clínico observado, são sugeridos possíveis locais de lesão no sistema nervoso. Resumo em inglês Poisoning by amitraz was experimentally reproduced in 17 horses and a donkey. First symptoms were observed between 15 min. and 2 h 5 min. after oral administration, and between 6 h 28 min. and 8 h 38 min. after spraying with amitraz. The course of poisoning after oral administration was 4 to 9 days, and after spraying 5 to 6 days. Death of experimental animals occurred only after oral administration. One animal was euthanized after spraying. Doses of 5.5 mg/kg (1 administ (mais) ration), 5.8 mg/kg (2 administrations) and doses which varied between 7.2 and 36.4 mg/kg (5 administrations) were used when amitraz was given by mouth, all causing symptoms of poisoning. When the administration of amitraz was by spraying, poisoning was reproduced with solutions of 0.1 and 0.2 % . Regarding the nervous system, the main signs observed were recumbency, somnolence, palpebral and auricular ptosis, difficulties in apprehension, chewing and swallowing of food, dragging of the hooves, exposure of the penis, diminished or absent cutaneous sensibility, instability, abduction of the legs, lowering of the head, incoordination, jawning, labial flacity, exposure of the tongue, crossing of the legs when walking, diminished postural response after crossing or abducting the legs, diminished/absent reflex of the upper lip, palatal, tongue, flexor and swallowing reflex, diminished auricular, palpebral and menace reflex. The ambulatory response was diminished when tested by walking in circles of small radius. Regarding the digestive system, the signs were mainly intestinal hypomotility/atony, edema of the lips, abdominal distention, frequent lying down and standing up, rolling on the ground, looking at the flancs, groaning and impaction of the large bowel. Regarding the circulatory system, the main clinical signs were tachycardia, increase of the refilling time of capillaries, congested mucosa and splitting of the cardiac sounds. Regarding the respiratory system, stridor, tachypnoea, dyspnoea, nasal discharge, bradypnoea and abdominal respiration was observed. Beside these signs, there were alterations of the general condition, as apathy and hypothermia. All natural cases occurred after spraying with amitraz. First symptoms were seen 2 to 3 days after the application of amitraz. The course was 6, 7 and 17 days. One animal showed mainly the nervous signs as seen in the experiments, with exception of the signs of crossing the legs when walking, yawning and exposure of the penis. Another animal had only digestive symptoms as rolling, pawing, intestinal hypomotility/atony and impaction of the large bowel. A third animal initially showed digestive symptoms characterized by pawing, rolling, intestinal atony and impaction of the large bowel, followed by laminitis; in the final stage this animal showed severe nervous signs as pressing the head against obstacles, incoordination with crossing the legs when walking and reluctance to move. Possible location of lesions in the nervous system according to the clinical signs are suggested.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Intoxicação aguda por aldrin: relação dos níveis séricos com efeitos tóxicos no homem/ Acute intoxication by aldrin: relationship between clinical signs and serum levels in man

Carvalho, Wilson Andrade; Matos, Graciela Brige; Cruz, Sergio Lima Barros; Rodrigues, Daisy Schwab
1990-02-01

Resumo em português Para correlacionar o quadro clínico com níveis séricos de aldrin e dieldrin, foram acompanhados 16 pacientes com intoxicação aguda por formulação de aldrin. Oito deles, de ambos os sexos, com idade de 1 a 37 anos, apresentaram apenas sintomas leves como náusea e desconforto, e alguns permaneceram assintomáticos. No soro de um deles foi encontrado 16,6 ppb de aldrin e em outro 1,41 ppb de dieldrin. Grupo de cinco pacientes apresentou sintomas de moderada severidad (mais) e, incluindo náusea, vômitos, sonolência, dispnéia, sudorese, abalos musculares, elevação da tensão arterial e episódios isolados de convulsão, a maioria com restabelecimento do estado de saúde em 24 h. A idade deste grupo variou de 2 a 30 anos e os níveis séricos de aldrin se situaram entre 6,98 ppb e 26,3 ppb, enquanto o dieldrin variou entre 82,00 ppb e 314,18 ppb. Os três outros pacientes desenvolveram um quadro grave de intoxicação, correspondendo a duas tentativas de suicídio e um de origem ocupacional, com idades de 21 a 35 anos; dois deles foram a óbito, um apresentando dor abdominal, arreflexia, sudorese, dispnéia, hipertermia, leucocitose no início do internamente que evoluiu para leucopenia severa, convulsões generalizadas, coma, insuficiência renal aguda, edema agudo de pulmão e morte no sétimo dia de decorrida a intoxicação; outro apresentou níveis séricos de aldrin de 30,00 ppb e 720 ppb de dieldrin; e outro, com intoxicação mais severa, com êxito letal no terceiro dia de internação, apresentou níveis séricos de 747,3 ppb de aldrin e 1.314,00 ppb de dieldrin. O último paciente, com quadro de alteração do ritmo de sono, desorientação e convulsões, tinha um teor de aldrin sérico de 31,05 ppb e 147,11 ppb de dieldrin. Os resultados encontrados sugerem que não ocorre grande correlação entre os níveis séricos de aldrin ou de seu metabolito dieldrin com os sinais e sintomas clínicos em intoxicações agudas por este inseticida. Resumo em inglês In the attempt to correlate clinical findings with serum levels of aldrin, sixteen patients were followed-up after acute intoxication by this agent. Eight of them, males and females, aged from 1 to 37 years, presented no or light symptoms (some discomfort and nausea). The serum of one of these patients was found to contain 16.6 ppb of aldrin and that of another, 1.41 ppb of dieldrin. A group of five patients, aged from two to 30 years, showed symptoms of moderate severity (mais) , reporting nausea, vomiting, drowsiness, dyspnea, sweating, mild jerking, rise in blood pressure and convulsions. Of these cases, two were accidental and three were attempted suicides, the majority achieving complete recovery within 24 hours. Serum levels of aldrin were between 6.98 ppb and 26.3 ppb and of dieldrin between 82.00 and 314.18 ppb. We found three severe cases, aged from 21 to 35 years, two attempted suicides and one occupational case. Two of these patients died and one of them presented hypothermia, coma, absence of reflexes and generalized convulsions, and another presented abdominal pain, paleness, sweating, cold extremities, dyspnea, hyperthermia and generalized convulsions. In the first one that died the serum levels were: of aldrin 30.00 ppb and of dieldrin 720 ppb. In the other levels of 747.3 ppb of aldrin and 1,314.00 ppb of dieldrin were found. The third had less serious symptoms and presented serum levels of aldrin of 31.05 ppb and of dieldrin 147.11 ppb. These data seem to indicate that the serum levels of aldrin or of its metabolite dieldrin do not show great correlation between clinical signs and acute toxicity, because patients were found that presented serious symptoms, such as convulsions, without presenting other prior clinical signs and in whom the blood levels of aldrin and dieldrin were found to be as low as 7.2 ppb and 90.40 ppb, respectively. The lethal blood levels were 700 ppb of aldrin and raged from 720 ppb to 1,314.00 ppb of dieldrin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Intoxicação aguda por aldrin: relação dos níveis séricos com efeitos tóxicos no homem/ Acute intoxication by aldrin: relationship between clinical signs and serum levels in man

Carvalho, Wilson Andrade; Matos, Graciela Brige; Cruz, Sergio Lima Barros; Rodrigues, Daisy Schwab
1990-02-01

Resumo em português Para correlacionar o quadro clínico com níveis séricos de aldrin e dieldrin, foram acompanhados 16 pacientes com intoxicação aguda por formulação de aldrin. Oito deles, de ambos os sexos, com idade de 1 a 37 anos, apresentaram apenas sintomas leves como náusea e desconforto, e alguns permaneceram assintomáticos. No soro de um deles foi encontrado 16,6 ppb de aldrin e em outro 1,41 ppb de dieldrin. Grupo de cinco pacientes apresentou sintomas de moderada severidad (mais) e, incluindo náusea, vômitos, sonolência, dispnéia, sudorese, abalos musculares, elevação da tensão arterial e episódios isolados de convulsão, a maioria com restabelecimento do estado de saúde em 24 h. A idade deste grupo variou de 2 a 30 anos e os níveis séricos de aldrin se situaram entre 6,98 ppb e 26,3 ppb, enquanto o dieldrin variou entre 82,00 ppb e 314,18 ppb. Os três outros pacientes desenvolveram um quadro grave de intoxicação, correspondendo a duas tentativas de suicídio e um de origem ocupacional, com idades de 21 a 35 anos; dois deles foram a óbito, um apresentando dor abdominal, arreflexia, sudorese, dispnéia, hipertermia, leucocitose no início do internamente que evoluiu para leucopenia severa, convulsões generalizadas, coma, insuficiência renal aguda, edema agudo de pulmão e morte no sétimo dia de decorrida a intoxicação; outro apresentou níveis séricos de aldrin de 30,00 ppb e 720 ppb de dieldrin; e outro, com intoxicação mais severa, com êxito letal no terceiro dia de internação, apresentou níveis séricos de 747,3 ppb de aldrin e 1.314,00 ppb de dieldrin. O último paciente, com quadro de alteração do ritmo de sono, desorientação e convulsões, tinha um teor de aldrin sérico de 31,05 ppb e 147,11 ppb de dieldrin. Os resultados encontrados sugerem que não ocorre grande correlação entre os níveis séricos de aldrin ou de seu metabolito dieldrin com os sinais e sintomas clínicos em intoxicações agudas por este inseticida. Resumo em inglês In the attempt to correlate clinical findings with serum levels of aldrin, sixteen patients were followed-up after acute intoxication by this agent. Eight of them, males and females, aged from 1 to 37 years, presented no or light symptoms (some discomfort and nausea). The serum of one of these patients was found to contain 16.6 ppb of aldrin and that of another, 1.41 ppb of dieldrin. A group of five patients, aged from two to 30 years, showed symptoms of moderate severity (mais) , reporting nausea, vomiting, drowsiness, dyspnea, sweating, mild jerking, rise in blood pressure and convulsions. Of these cases, two were accidental and three were attempted suicides, the majority achieving complete recovery within 24 hours. Serum levels of aldrin were between 6.98 ppb and 26.3 ppb and of dieldrin between 82.00 and 314.18 ppb. We found three severe cases, aged from 21 to 35 years, two attempted suicides and one occupational case. Two of these patients died and one of them presented hypothermia, coma, absence of reflexes and generalized convulsions, and another presented abdominal pain, paleness, sweating, cold extremities, dyspnea, hyperthermia and generalized convulsions. In the first one that died the serum levels were: of aldrin 30.00 ppb and of dieldrin 720 ppb. In the other levels of 747.3 ppb of aldrin and 1,314.00 ppb of dieldrin were found. The third had less serious symptoms and presented serum levels of aldrin of 31.05 ppb and of dieldrin 147.11 ppb. These data seem to indicate that the serum levels of aldrin or of its metabolite dieldrin do not show great correlation between clinical signs and acute toxicity, because patients were found that presented serious symptoms, such as convulsions, without presenting other prior clinical signs and in whom the blood levels of aldrin and dieldrin were found to be as low as 7.2 ppb and 90.40 ppb, respectively. The lethal blood levels were 700 ppb of aldrin and raged from 720 ppb to 1,314.00 ppb of dieldrin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Efeito hipotérmico da morfina por via subaracnóidea/ Hypothermia secondary to subarachnoid administration of morphine

Cruvinel, Marcos Guilherme Cunha; Bicalho, Gustavo Prosperi; Castro, Carlos Henrique Viana de; Bessa Júnior, Roberto Cardoso
2006-08-01

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Correção cirúrgica do aneurisma roto do seio de Valsalva: relato de dois casos/ Surgical repair of ruptured sinus of Valsalva aneurysms: report of two cases

BONATELLI FILHO, Lourival; RAMPINELLI, Amandio; COLLAÇO, Jauro
1999-10-01

Resumo em português O objetivo deste estudo é relatar a técnica cirúrgica empregada na correção de aneurisma do seio de Valsalva roto para dentro do ventrículo direito, em 2 pacientes adultos, tendo um deles, concomitantemente, leve coarctação da aorta. No primeiro caso, mulher de 22 anos com dispnéia progressiva, cuja avaliação ecocardiográfica revelou rotura do aneurisma do seio de Valsalva para dentro do ventrículo direito e coarctação da aorta leve, com gradiente de 25 mmH (mais) g. O cateterismo cardíaco confirmou o diagnóstico. No segundo caso, homem de 35 anos, com piora de dispnéia há 2 meses. Ecocardiograma e cateterismo cardíaco confirmaram o diagnóstico de aneurisma roto do seio de Valsalva para o ventrículo direito. Ambos foram operados através de esternotomia mediana; circulação extracorpórea convencional e cardioplegia sangüínea fria. No primeiro caso a valva aórtica era bivalvulada, com o aneurisma do seio de Valsalva anterior, relacionado à coronária direita, roto para dentro do VD, medindo 6 mm de diâmetro, foi fechado com sutura direta com fio 5-0. No segundo caso a valva aórtica era trivalvulada e o aneurisma do seio de Valsalva direito que rompeu, também, dentro do VD, media 12 mm de diâmetro e o fechamento foi feito com retalho de pericárdio bovino, suturado com pontos separados de polipropileno 5-0. Ambos os pacientes tiveram evolução pós-operatória sem intercorrências. Alta hospitalar ao final de uma semana. No controle ambulatorial, 120 e 60 dias após, respectivamente, estavam assintomáticos. Resumo em inglês The purpose of this article is to report the surgical treatment of ruptured sinus of Valsalva aneurysms in two patients. First case was a young woman whose aneurysm originated in the right sinus and entered the right ventricle, besides a mild coarctation of the aorta. Surgical repair was carried out using cardiopulmonary bypass with moderate hypothermia. After aortotomy the ruptured sinus of Valsalva was directly closed with interrupted pledgeted sutures. The second case, (mais) a 35 years old man with symptoms for six months, including dyspnea and chest pain. Diagnosis was established by echocardiogram and cardiac catheterization findings. It was a ruptured aneurysm of the right sinus of Valsalva which drained into the right ventricle. There was no ventricular septal defect or aortic regurgitation. Surgical approach was made through ascending aortotomy. Aortic valve had three practically normal leaflets. A patch of bovine pericardium was used to close the defect by means of interrupted fine monofilament sutures. Postoperative period in both cases was uneventful. Both patients were discharged one week later. After a short follow-up, they are completely asymptomatic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Cirurgia para controle do dano: uma revisão/ Damage control surgery: a review

Lima, Ricardo Antônio Correia; Rocco, Patricia Rieken Macêdo
2007-08-01

Resumo em inglês Damage control surgery is one of the major advances in surgical practice in the last 20 years. The indications for damage control surgery are: the need to terminate a laparotomy rapidly in an exsanguinating, hypothermic patient who had developed a coagulopathy and who is about to die on the operating table; inability to control bleeding by direct hemostasis; and inability to close the abdomen without tension because of massive visceral edema and a tense abdominal wall. Da (mais) mage control surgery has three phases: 1) laparotomy to control hemorrhage by packing, shunting, or balloon tamponade, or both; control of intestinal spillage by resection or ligation of damaged bowel, or both; 2) physiological resuscitation to correct hypothermia, metabolic acidosis, and coagulopathy. 3) planned reoperation for definitive repair. Damage control surgery is appropriate in a small number of critically ill patients who are likely to require substantial hospital resources. However, there are many questions that need to be answered. Who is the patient elected for this surgery? When is the ideal time to make the decision? Which are the parameters that indicate to the surgeons the moment to re-operate the patient? How to treat the long-term complications? In the present review we described some historical aspects, indications, technical aspects, advantages and disadvantages of this procedure, as well as its physiological consequences and morbidity and mortality rates of damage control surgery. Damage control surgery offers a simple effective alternative to the traditional surgical management of complex or multiple injuries in critically injured patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Aspectos da função tireóidea em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea/ Thyroid function profile in infants submitted to cardiac surgery with cardiopulmonary bypass/ Aspectos de la función tiroidea en lactantes sometidos a cirugía cardíaca con circulación extracorpórea

Cruz, Paula Maria da; Bello, Carmem Narvaes; Marcial, Miguel Lorenzo Barbero; Auler Júnior, José Otávio Costa
2004-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea (CEC) relaciona-se à doença eutireóidea ou à depressão do eixo hipotálamo-hipofisário-tireóideo. O estado hemodinâmico incomum imposto pela CEC é responsável por diversas alterações endócrino-metabólicas, acarretando complexa resposta inflamatória sistêmica. Esta investigação teve como objetivo analisar o comportamento da triiodotironina (T3), tetraiodotironina (T4) e tireot (mais) rofina (TSH) em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com CEC. MÉTODO: Foram estudados 15 lactentes. As amostras de sangue para pesquisa de T3, T4 e TSH foram obtidas em 4 momentos designados: M1 - após a indução da anestesia; M2 - após o final da cirurgia; M3 - 6 horas após o final da cirurgia e M4 - 24 horas após o M1. Para complementar esta investigação, foram estudadas as variações dos seguintes parâmetros: pressão arterial média (PAM), temperatura sangüínea central (ºC), atributos da oxigenação tecidual e do equilíbrio ácido-base (M1, CEC, M2, M3 e M4). RESULTADOS: As médias de idade, peso, altura e superfície corpórea dos pacientes foram 3,9 meses; 4,708 kg; 0,65 m e 0,3 m², respectivamente. As concentrações plasmáticas de T3 (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La cirugía cardíaca con circulación extracorpórea (CEC) relacionase a la enfermedad eutiroidea o a la depresión del eje hipotálamo-hipofisário-tiroideo. El estado hemodinámico incomún impuesto por la CEC es responsable por diversas alteraciones endócrino-metabólicas, acarreando compleja respuesta inflamatoria sistémica. Esta investigación tuvo como objetivo analizar el comportamiento de la triiodotironina (T3), tetraiodotironina (T4 (mais) ) y tireotrofina (TSH) en lactantes sometidos a cirugía cardíaca con CEC. MÉTODO: Fueron estudiados 15 lactantes. Las muestras de sangre para pesquisa de T3, T4 y TSH fueron obtenidas en 4 momentos designados: M1 - después de la inducción de la anestesia; M2 - después del final de la cirugía; M3 - 6 horas después del final de la cirugía y M4 - 24 horas después del M1. Para complementar esta investigación, fueron estudiadas las variaciones de los siguientes parámetros: presión arterial media (PAM), temperatura sanguínea central (ºC), atributos de la oxigenación del tejido y del equilibrio ácido-base (M1, CEC, M2, M3 y M4). RESULTADOS: Las medias de edad, peso, altura y superficie corpórea de los pacientes fueron 3,9 meses; 4,708 kg, 0,65 m y 0,3 m²respectivamente. Las concentraciones plasmáticas de T3 (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Cardiac surgery with cardiopulmonary bypass (CPB) is related to euthyroid disease or hypothalamic-pituitary-thyroid system depression. Abnormal hemodynamic status induced by CPB is responsible for several endocrine-metabolic changes, triggering complex systemic inflammatory response. This study aimed at evaluating triiodothyronine (T3), tetraiodothyronine (T4) and thyrotrophin (TSH) behavior in infants submitted to cardiac surgery with CPB. METH (mais) ODS: Participated in this study 15 infants. Blood samples for T3, T4 and TSH evaluation were collected in four moments: M1 - after anesthetic induction; M2 - at surgery completion; M3 - six hours after surgery completion; M4 - 24 hours after M1. To complete this study the following parameters were evaluated: mean blood pressure (MBP), central blood temperature (ºC), tissue oxygenation and acid-base attributes (M1, CPB, M2, M3 and M4). RESULTS: The patients' means aged, weigh, height and body surface were 3.9 months; 4.708 kg; 0.65 m and 0.3 m² respectivety. Plasma T3 (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Anestesia com cetamina, midazolam e óxido nitroso em cães submetidos à esofagoplastia cervical/ Ketamine, midazolam and nitrous oxide anesthesia in dogs submitted to cervical esophagoplasty

Brondani, Juliana Tabarelli; Natalini, Cláudio Corrêa; Pippi, Ney Luis; Mazzanti, Alexandre; Prati, Luciana; Bertin, Adriana Paula
2003-12-01

Resumo em português Este estudo foi realizado para avaliar a anestesia intravenosa com cetamina e midazolam (K-M) em cães ventilados mecanicamente com 66% de óxido nitroso e 33% de oxigênio ou 100% de oxigênio. Foram utilizados 16 cães sem raça definida, hígidos, com peso médio de 14,2 ± 3,78kg, submetidos a jejum sólido de 12 horas prévio ao procedimento. A anestesia foi induzida com a associação de cetamina (10mg.kg-1) e midazolam (0,5mg.kg-1) administrados na mesma seri (mais) nga por via intravenosa (IV). Para manutenção anestésica, foi utilizada cetamina (5mg.kg-1) e midazolam (0,25mg.kg-1) administrados por via IV em intervalos de 10 minutos. Os animais foram distribuídos em dois grupos: N2O e O2. No grupo N2O, os cães foram ventilados mecanicamente com 66% de óxido nitroso e 33% de oxigênio. No grupo O2, somente o oxigênio foi utilizado para ventilação artificial. Em ambos os grupos, os animais foram submetidos à esofagoplastia cervical. As variáveis fisiológicas utilizadas para comparação entre os grupos foram: freqüência cardíaca, pressões arteriais sistólica, média e diastólica, saturação de oxigênio da hemoglobina e temperatura corporal. A necessidade ou não de doses adicionais da associação cetamina e midazolam também foi registrada para comparação. A análise estatística dos resultados não demonstrou diferenças significativas nas variáveis fisiológicas entre os grupos. No grupo O2, foram necessárias doses maiores da associação K-M para manutenção anestésica nos 30 minutos iniciais (p Resumo em inglês This study was conducted to evaluate the effects of ketamine, midazolam, and nitrous oxide anesthesia (K-M) in dogs artificially ventilated with 66% nitrous oxide and 33% oxygen or 100% oxygen. These dogs were submitted to experimental cervical esophagoplasty. Sixteen clinically healtly mixed breed dogs with mean body weight of 14.2 ± 3.78kg were studied. A 12-hour fasting period was established for each dog. Anesthesia was produced with 10mg.kg-1 ketamine and 0.5m (mais) g.kg-1 midazolam administered intravenously. Anesthesia was maintained with 5mg.kg-1 and 0.25mg.kg-1 midazolam IV as a bolus injection every 10 minutes after induction. Two groups were studied: N2O and O2. In one group (N2O) 8 dogs were artificially ventilated with 66% nitrous oxide (N2O) and 33% oxygen (O2). In the other group (O2) 8 dogs were artificially ventilated with 100% O2. Both groups were submitted to an experimental cervical esophagoplasty. In order to compare both treatments heart rate, systolic, diastolic, and mean blood pressure, pulse oximetry and body temperature were recorded. Analgesia was compared between groups as the need of supplementary doses of K-M. The results demonstrated that K-M injectable anesthesia do not produce cardiovascular depressant effects and hypothermia, promotes quiet induction and satisfactory recovery with salivation and produces adequate analgesia and muscular relaxation to cervical esophagus in dogs. Additional doses of K-M were necessary (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)