Sample records for hypertrophy
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Hipertrofia benigna do músculo masseter/ Benign masseter muscle hypertrophy

Rispoli, Daniel Zeni; Camargo, Paulo M.; Pires Jr, José L.; Fonseca, Vinicius R.; Mandelli, Karina K.; Pereira, Marcela A.C.
2008-10-01

Resumo em português A hipertrofia idiopática do músculo masseter (HIM) é uma patologia pouco freqüente e de causa desconhecida. Alguns autores correlacionam tal condição com hábitos de mascar gomas, disfunção da articulação temporomandibular (ATM), hipertrofias congênitas e funcionais, e distúrbios emocionais (nervosismo e ansiedade). A maioria dos pacientes queixa-se da alteração estética decorrente da assimetria facial, também chamada "face quadrada", no entanto, sintomas (mais) como trismo, protrusão e bruxismo também podem ocorrer. Os objetivos deste estudo foram: relatar um caso de HIM e descrever a sintomatologia e o tratamento realizado. O paciente relatava aumento bilateral na região do ângulo da mandíbula de evolução lenta e progressiva. Negava dor ou desconforto, porém se queixava de otalgia bilateral, trismo noturno e ansiedade. Ao exame físico, observou-se hipertrofia bilateral de masseter sem alterações inflamatórias no local. Foi indicado tratamento cirúrgico com abordagem extra-oral. Exames complementares são indicados na dúvida diagnóstica. A conduta terapêutica varia de conservadora a cirúrgica, sendo que esta depende principalmente da experiência e da habilidade do cirurgião. Resumo em inglês Idiopathic hypertrophy of the masseter muscle is a rare disorder of unknown cause. Some authors associate it with the habit of chewing gum, temporo-mandibular joint disorder, congenital and functional hypertrophies, and emotional disorders (stress and nervousness). Most patients complain of the cosmetic change caused by facial asymmetry, also called square face, however, symptoms such as trismus, protrusion and bruxism may also occur. The goals of the present investigatio (mais) n were: to report a case of idiopathic masseter hypertrophy, describe its symptoms and treatment. The patient reported bilateral bulging in the region of the mandible angle, of slow and progressive evolution. He did not complain of pain or discomfort, however there was bilateral otalgia, nighttime trismus and stress. In his physical exam we noticed bilateral masseter hypertrophy without local inflammatory alterations. We indicated surgical treatment with an extraoral approach. Complementary tests are indicated when there is diagnostic doubts. Treatment varies from conservative to surgical, and the later depends on surgeon skill and experience.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Hipertrofia das mediações, internet e empoderamento, no campo da saúde-doença/ Hypertrophy of mediations, internet and empowerment in the health-disease field

Lefèvre, Fernando; Lefèvre, Ana Maria Cavalcanti; Madeira, Wilma
2007-12-01

Resumo em português Busca-se neste trabalho discutir a questão das mediações técnicas que, hoje, no campo da saúde/doença, interpõe-se entre o homem e seu corpo e mente. Trata-se de um trabalho de natureza essencialmente ensaística no qual a questão é analisada considerando que as formações sociais não são entidades auto evidentes, necessitando, portanto, de modelos teóricos para serem entendidas. Assim, adotam-se, como referência teórico-metodológica, os princípios que re (mais) gem a pós-modernidade, especialmente aquele que diz respeito à "separação entre meios e fins". Ainda no plano metodológico, tais princípios são ilustrados utilizando-se como referência dissertação de mestrado defendida em 2006, que explora as possibilidades do uso da internet como instrumento de ação empoderadora. A principal proposta apresentada levanta a necessidade de uma ação empoderadora de controle social sobre as instâncias mediadoras, visando enfrentar o fenômeno da hipertrofia das mediações, que faz com que elas se tornem autônomas, deixando com isso de estar a serviço do homem na sua relação com seu corpo e mente. Resumo em inglês This paper aims to discuss the technical mediations that, today, in the health/disease field, are interposed between man and his body/mind. This paper is an essay based in the fact that societies are not self evident entities, and for this reason demand theoretical frameworks to be explained So, modern society here is analyzed based on some of the principles that command post modernity, especially the one concerning "separation between means and ends". Regarding methodolo (mais) gy, these principles are illustrated using as reference a recent (2006) Master's thesis that analyses the possibility of using the Internet as an instrument for empowerment actions. There is a need for an empowerment action of social control over such mediations, in order to face the phenomenon of hypertrophy of mediations, which renders them autonomous and, therefore, ceases to serve men in his relationship with his body and mind.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Hipertrofia ventricular esquerda do atleta: resposta adaptativa fisiológica do coração/ Left ventricular hypertrophy of athletes: adaptative physiologic response of the heart

Ghorayeb, Nabil; Batlouni, Michel; Pinto, Ibraim M. F; Dioguardi, Giuseppe S
2005-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar se a hipertrofia ventricular esquerda (HVE) de atletas competitivos de resistência (maratonistas) representa processo adaptativo, puramente fisiológico, ou se pode envolver aspectos patológicos em suas características anatômicas e funcionais. MÉTODOS: De novembro de 1999 a dezembro de 2000, foram separados consecutivamente de 30 maratonistas em atividade esportiva plena, idade inferior a 50 anos, com HVE, previamente documentada, e sem cardiopati (mais) a subjacente. Foram submetidos aos exames: clínico, eletrocardiograma, ecodopplercardiograma, e teste ergométrico (TE). Quinze foram sorteados para realizar, também, teste ergoespirométrico e ressonância magnética (RM) do coração. RESULTADOS: Nos TE, todos apresentavam boa capacidade física cardiopulmonar, sem evidências de resposta isquêmica ao exercício, sintomas ou arritmias. No ecodopplercardiograma, os valores do diâmetro e espessura diastólica da parede posterior do ventrículo esquerdo (VE), do septo interventricular, massa do VE e diâmetro do átrio esquerdo, foram significativamente maiores que os do grupo de não atletas, com idades e medidas antropométricas semelhantes. A média da massa do VE dos atletas indexada à superfície corpórea (126 g/m2) foi significativamente maior que a do grupo controle (70 g/m2) (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify whether left ventricular hypertrophy (LVH) of elite competition athletes (marathoners) represents a purely physiological, adaptative process, or it may involve pathological aspects in its anatomical and functional characteristics. METHODS: From November 1999 to December 2000, consecutive samples from 30 under 50-year-old marathoners in full sportive activity, with previously documented LVH and absence of cardiopathy were selected. They were submitted (mais) to clinical exams, electrocardiogram, color Doppler echocardiogram and exercise treadmill test (ETT). Fifteen were assorted to be also submitted to ergoespirometric test and heart magnetic resonance imaging (MRI). RESULTS: In ETT, all of them showed good physical pulmonary capacity, with no evidences of ischemic response to exercise, symptoms or arrhythmias. In Doppler echocardiogram, values of diameter and diastolic thickness of LV posterior wall, interventricular septum, LV mass and left atrium diameter, were significantly higher when compared to non-athlete control group, with similar ages and anthropometric measurements. The mean of LV mass of athletes indexed to body surface (126 g/m2) was significantly greater than the one in control group (70 g/m2) (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Hipertrofia ventricular esquerda em pacientes com doença renal crônica em tratamento conservador/ Left ventricular hypertrophy in patients with chronic kidney disease under conservative treatment

Bregman, Rachel; Lemos, Carla; Pecoits Filho, Roberto; Abensur, Hugo; Draibe, Sergio; Bastos, Marcus Gomes; Canziani, Maria Eugênia
2010-03-01

Resumo em português A doença cardiovascular (DCV) permanece sendo uma das maiores causas de morte em pacientes com doença renal crônica (DRC). A hipertrofia ventricular esquerda (HVE) está presente em 75% dos pacientes ao iniciarem diálise, sugerindo que esta deve estar presente precocemente no curso da DRC. Poucos estudos avaliaram a prevalência de HVE na pré-diálise. Foram avaliados 309 pacientes clinicamente estáveis em acompanhamento por pelo menos três meses em cinco Centros n (mais) o Brasil. Perfil bioquímico e marcadores inflamatórios foram avaliados. Dados são apresentados como media ± DP. Observamos que a HVE esteve presente em 53% dos pacientes, idade = 60 ± 13 anos, e 55 ± 14 anos para aqueles sem HVE. Diabetes mellitus como doença de base esteve presente em 35% dos pacientes em ambos os grupos. Filtração glomerular estimada foi 30 ± 11 e 32 ± 12 mL/min para pacientes com HVE e sem, respectivamente (p = 0,19). A distribuição de pacientes mostrou que 60% com HVE se encontravam no estágio 4. Análise logística multivariada mostrou que eram determinantes independentes para HVE: idade (p Resumo em inglês Cardiovascular disease (CVD) remains the major cause of death in patients with chronic kidney disease (CKD). Left ventricular hypertrophy (LVH) is present in 75% of patients starting dialysis, suggesting that LVH might be present from an early stage of CKD. Few studies have addressed the predialysis prevalence of LVH. This study evaluated 309 clinically stable patients under treatment for at least three months at five Brazilian centers. Biochemical profile and inflammator (mais) y markers were assessed. Data were shown as mean ± SD. Left ventricular hypertrophy was present in 53% of the patients, whose mean age was 60 ± 13years. The mean age of those without LVH was 55 ± 14 years. Diabetes mellitus was the underlying disease in 35% of the patients in both groups. Estimated glomerular filtration rate was 30 ± 11 and 32 ± 12 mL/min for patients with and without LVH, respectively (p = 0.19). The distribution of patients showed that 60% of those with LVH were in stage 4. Multivariate logistic regression analysis indicated the following independent determinants for LVH: age (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avaliação da hipertrofia da camada média nos pacientes com embolia pulmonar: estudo anatomopatológico/ Medial hypertrophy in patients with pulmonary embolism: anatomopathological study

Arnoni, Renato Tambellini; Jatene, Fábio Biscegli; Bernardo, Wanderley Marques; Aiello, Vera Demarchi; Jatene, Tanas; Monteiro, Rosângela; Demarchi, Lea Maria Macruz
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a resposta arterial dos casos de embolia aguda e crônica, procurando associar o remodelamento isquêmico pulmonar à evolução para cronificação. MÉTODOS: Análise retrospectiva de 61 casos de necropsia de pacientes que evoluíram a óbito no Instituto do Coração (31 casos de embolia pulmonar e 30 casos de infarto agudo do miocárdio). Foram obtidas lâminas de tecido pulmonar de todos os casos e análise qualitativa e quantitativa (mensuração (mais) da espessura da camada média das artérias). RESULTADOS: A análise qualitativa permitiu diferenciar os casos de embolia do grupo controle, caracterizando os dois grupos e definindo a escolha adequada do grupo controle. Houve predomínio das alterações nos pacientes com embolia (edema e inflamação alveolar, infarto, vasoconstrição, proliferação intimal concêntrica, presença de trombo). A análise quantitativa demonstrou porcentagem de espessura da camada média mais elevados nos casos de embolia do que no grupo controle; dentre os casos de embolia não houve diferença nas artérias intra (agudo - 19,74 e crônico - 20,04) e pré-acinares (agudo - 18,85 e crônico - 18,68). CONCLUSÃO: A ausência de diferença entre os grupos com embolia e os valores mais elevados de porcentual de espessura nas artérias da periferia permite concluir que a resposta vascular é mais intensa e se inicia nessas artérias. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the arterial response of cases of acute and chronic embolism, seeking to associate ischemic pulmonary remodeling with progression to chronicity. METHODS: Retrospective analysis of 61 necropsies of patients who died in the Instituto do Coração (31 cases of pulmonary embolism and 30 cases of acute myocardial infarction). Slides of pulmonary tissue were obtained from all cases and analyzed qualitative and quantitatively (medial thickness measurement). (mais) RESULTS: Qualitative analysis enabled the differentiation between cases of embolism and the control group, thus characterizing the two groups and defining the adequate choice of the control group. The alterations predominated in patients with embolism (alveolar inflammation and edema, infarction, vasoconstriction, concentric intimal proliferation, presence of thrombus). Quantitative analysis demonstrated higher percent medial thickness in the cases of embolism than in the control group; among the cases of embolism, no differences in intra (acute - 19.74 and chronic - 20.04) and pre-acinar (acute - 18.85 and chronic - 18.68) arteries were observed. CONCLUSION: The lack of difference among the groups with embolism and the higher values of percent medial thickness in the peripheral arteries allow the conclusion that the vascular response is more intense and starts in these arteries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Influência da hipertrofia mamária na capacidade funcional das mulheres/ Influence of breast hypertrophy in the women's functional capacity

Araújo, Carlos Delano Mundim; Gomes, Heitor Carvalho; Veiga, Daniela Francescato; Hochman, Bernardo; Fernandes, Paulo Magalhães; Novo, Neil Ferreira; Ferreira, Lydia Masako
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: investigar a influência da hipertrofia mamária no sistema musculoesquelético por meio da avaliação da capacidade funcional das mulheres. MÉTODO: foram avaliadas 50 mulheres com hipertrofia mamária, e os resultados foram comparados com os de 50 mulheres com mamas normais. Para avaliação da capacidade funcional, utilizou-se o STANFORD HEALTH ASSESSMENT QUESTIONNAIRE 20 (HAQ-20), que consiste de 20 questões sobre atividades do cotidiano em que a entrevist (mais) ada tem quatro opções de resposta, que são pontuadas. Quanto menor a pontuação, melhor a capacidade funcional. RESULTADOS: a média dos escores do grupo-controle foi 0,10 e do grupo-hipertrofia foi igual a 0,71. Esses escores submetidos ao teste de Mann-Whitney mostraram que o grupo-hipertrofia apresentou valores significantemente maiores do que o grupo-controle (p Resumo em inglês OBJECTIVE: to investigate the influence of breast hypertrophy in the musculoskeletal-system through the evaluation of the functional capacity in women. METHOD: 50 women with breast hypertrophy were studied and the results were compared to the 50 women without breast hypertrophy. The STANFORD HEALTH ASSESSMENT QUESTIONNAIRE 20 (HAQ-20) was applied to assess the functional capacity. It contains 20 questions about daily activities in which the patient has four answer options (mais) , which are scored. Lower scores indicate better functional capacity. RESULTS: the mean score in the control group was 0.10, while in the breast hypertrophy group it was 0.71. When Mann-Whitney test was run, hypertrophy group showed statistically higher scores (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Associação entre hipertrofia adenotonsilar, tonsilites e crises álgicas na anemia falciforme/ Association between adenotonsillar hypertrophy, tonsillitis and painful crises in sickle cell disease

Salles, Cristina; Ramos, Regina Terse T.; Daltro, Carla; Nascimento, Valma Maria; Matos, Marcos Almeida
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Determinar a prevalência da hipertrofia adenotonsilar obstrutiva em crianças e adolescentes portadores de anemia falciforme; investigar possível associação entre presença de mais de cinco episódios de tonsilite nos últimos 12 meses e episódios de crise álgica no mesmo período; e comparar a hemoglobina anual média entre os que apresentam e os que não apresentam hipertrofia adenotonsilar obstrutiva. MÉTODOS: Trata-se de estudo prospectivo, observaci (mais) onal do tipo corte transversal, com 85 crianças e adolescentes com anemia falciforme. Todos responderam questionário e avaliação otorrinolaringológica, incluindo endoscopia nasossinusal. Para o diagnóstico da hipertrofia adenotonsilar obstrutiva foram adotados os critérios de Brodsky. RESULTADOS: A prevalência da hipertrofia adenotonsilar obstrutiva foi de 55,3%. A hipertrofia adenotonsilar obstrutiva associou-se à história de dificuldade para alimentar-se (76,7 versus 23,5%; p = 0,003), presença de mais de cinco episódios de tonsilites nos últimos 12 meses (70,6 versus 29,4%; p = 0,021), roncar alto (73,0 versus 27,0%; p = 0,004) e apneia do sono assistida (71,8 versus 28,2%; p = 0,005). Portadores de hipertrofia adenotonsilar obstrutiva apresentaram maior número de infecções das vias aéreas superiores (62,5 versus 37,5; p = 0,010). Também foi observada associação entre presença de mais de cinco episódios de tonsilite nos últimos 12 meses e episódios de crise álgica no mesmo período (mediana = 12 versus 2; p = 0,017). Não houve diferença significante da hemoglobina anual média entre portadores de hipertrofia adenotonsilar obstrutiva versus hipertrofia adenotonsilar não-obstrutiva (7,6 versus 8,2 g/dL; p = 0,199). CONCLUSÃO: A prevalência da hipertrofia adenotonsilar obstrutiva foi de 55,3% em crianças e adolescentes com anemia falciforme. A presença de mais de cinco episódios de tonsilite nos últimos 12 meses associaram-se com episódios de crise álgica no mesmo período; e não houve diferença quanto ao valor da hemoglobina anual média entre os que apresentaram e os que não apresentaram hipertrofia adenotonsilar obstrutiva. Resumo em inglês OBJECTIVES: To determine the prevalence of obstructive adenotonsillar hypertrophy in children and adolescents with sickle cell anemia; to investigate possible association between the presence of more than five episodes of tonsillitis in the last 12 months and episodes of painful crises in the same period; and to compare the mean annual hemoglobin level in children and adolescents with and without obstructive adenotonsillar hypertrophy. METHODS: Prospective, observational, (mais) cross-sectional study involving 85 children and adolescents with sickle cell anemia. All patients answered a questionnaire and underwent a standard otolaryngology examination, including endoscopic endonasal approach. The diagnosis of obstructive adenotonsillar hypertrophy was made according to the Brodsky scale. RESULTS: The prevalence of obstructive adenotonsillar hypertrophy was 55.3%. Obstructive adenotonsillar hypertrophy was associated with history of difficulty in eating (76.7 vs. 23.5%, p = 0.003), presence of more than five episodes of tonsillitis in the last 12 months (70.6 vs. 29.4%, p = 0.021), loud snoring (73.0 vs. 27.0%, p = 0.004), and sleep apnea (71.8 vs. 28.2%, p = 0.005). Patients with obstructive adenotonsillar hypertrophy had more episodes of recurrent upper airway tract infection (62.5 vs. 37.5; p = 0.010). The presence of more than five episodes of tonsillitis in the last 12 months was associated with episodes of painful crises (median = 12 vs. 2, p = 0.017). There was no significant difference between mean annual hemoglobin levels of patients with obstructive adenotonsilar hypertrophy vs. nonobstructive adenotonsillar hypertrophy: 7.6 vs. 8.2 g/dL, p = 0.199. CONCLUSION: The prevalence of obstructive adenotonsillar hypertrophy was 55.3% in children and adolescents with sickle cell anemia; the presence of more than five episodes of tonsillitis in the last 12 months was associated with episodes of painful crises in the same period; and there was no difference in the mean annual hemoglobin value among those with or without obstructive adenotonsillar hypertrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

O eletrocardiograma no diagnóstico da hipertrofia ventricular de pacientes com doença renal crônica/ Electrocardiography in the diagnosis of ventricular hypertrophy in patients with chronic renal disease/ El electrocardiograma en el diagnóstico de la hipertrofia ventricular de pacientes con enfermedad renal crónica

Costa, Francisco de Assis; Rivera, Ivan Romero; Vasconcelos, Mirian Lira Castro de; Costa, André Falcão Pedrosa; Póvoa, Rui Manoel dos Santos; Bombig, Maria Tereza Nogueira; Luna Filho, Bráulio; Lima, Valter Correia de
2009-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A hipertrofia ventricular esquerda (HVE) é um fator preditor independente de risco cardiovascular e sua caracterização e prevalência na doença renal crônica (DRC) carecem de melhor estudo. OBJETIVO: Estabelecer o diagnóstico de HVE em pacientes com DRC em estágio 5 por seis diferentes critérios eletrocardiográficos, correlacionando-os com o índice de massa do ventrículo esquerdo (IMVE) obtido pelo ecocardiograma. MÉTODOS: Estudo transversal que in (mais) cluiu 100 pacientes (58 homens e 42 mulheres, idade de 46,2 ± 14,0 anos) com DRC de todas as etiologias, há pelo menos seis meses em hemodiálise (HD). Foram obtidos eletrocardiograma (ECG) e ecocardiograma dos pacientes, sempre até uma hora após o término das sessões de HD. RESULTADOS: A HVE foi detectada em 83 pacientes (83%), dos quais 56 (67,4%) apresentavam o padrão concêntrico e 27 (32,6%) o padrão excêntrico de HVE. Todos os métodos eletrocardiográficos estudados tiveram sensibilidade, especificidade e acurácia diagnósticas acima de 50%. Pela correlação linear de Pearson com o IMVE, apenas o critério de Sokolow-Lyon voltagem não apresentou coeficiente > 0,50. Já o cálculo da razão de verossimilhança mostrou que o ECG possui poder discriminatório para diagnóstico de HVE na população estudada, com ênfase para os critérios de Cornell produto e Romhilt-Estes. Não houve correlação entre IMVE com o QTc e sua dispersão. CONCLUSÃO: O ECG é um método útil, eficaz e de alta reprodutibilidade no diagnóstico de HVE dos pacientes em HD. Nessa população, o critério de Cornell produto mostrou-se o mais fidedigno para a detecção de HVE. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La hipertrofia ventricular izquierda (HVI) es un factor predictor independiente de riesgo cardiovascular y su caracterización y prevalencia en la enfermedad renal crónica (ERC) carecen de mejor estudio. OBJETIVO: Establecer el diagnóstico de HVI en pacientes con ERC en estadio 5 por seis diferentes criterios electrocardiográficos, correlacionándolos al índice de masa del ventrículo izquierdo (IMVI) que se obtuvo mediante el ecocardiograma. MÉTODOS: Est (mais) udio transversal que incluyó a 100 pacientes (58 varones y 42 mujeres, edad de 46,2 ± 14,0 años) con ERC de todas las etiologías, desde hace al menos 6 meses en hemodiálisis (HD). Se obtuvieron electrocardiograma (ECG) y ecocardiograma de los pacientes, siempre hasta una hora tras el término de las sesiones de HD. RESULTADOS: La HVI se detectó en 83 pacientes (83%), de los que 56 (67,4%) presentaban el estándar concéntrico y 27 (32,6%) el estándar excéntrico de HVI. Todos los métodos electrocardiográficos estudiados tuvieron sensibilidad, especificidad y exactitud diagnósticas superiores al 50%. Mediante la correlación lineal de Pearson con el IMVI, solamente el criterio de Sokolow-Lyon voltaje no presentó coeficiente > 0,50. Sin embargo, el cálculo de la razón de verosimilitud evidenció que el ECG tiene poder discriminatorio para diagnóstico de HVI en la población estudiada, con énfasis para los criterios de Producto de Cornell y Romhilt-Estes. No hubo correlación entre IMVI con el QTc y su dispersión. CONCLUSIÓN: El ECG es un método útil, eficaz y de alta reproductibilidad en el diagnóstico de HVI de los pacientes en HD. En esa población, el criterio de Producto de Cornell fue más fiable para la detección de HVI. Resumo em inglês BACKGROUND: Left ventricular hypertrophy (LVH) is an independent predictor of cardiovascular risk, and its characterization and prevalence in chronic renal disease (CRD) should be further studied. OBJECTIVE: To establish the diagnosis of LVH in patients with stage-5 CRD using six different electrocardiographic criteria, and to correlate them with left ventricular mass index (LVMI) as obtained by echocardiography. METHODS: Cross-sectional study including 100 patients (58 m (mais) en and 42 women, mean age 46.2 ± 14.0 years) with CRD of all causes undergoing hemodialysis (HD) for at least six months. Electrocardiography (ECG) and echocardiography were performed in all patients, always up to one hour after the end of the HD sessions. RESULTS: LVH was detected in 83 patients (83%), of whom 56 (67.4%) had the concentric pattern and 27 (32.6%) the eccentric pattern of LVH. Diagnostic sensitivity, specificity and accuracy of all the electrocardiographic methods studied were higher than 50%. Using Pearson's linear correlation for LVMI, only the Sokolow-Lyon voltage criterion did not show a > 0.50 coefficient. Calculation of the likelihood ratio, in turn, showed that ECG has a discriminatory power for the diagnosis of LVH in the population studied, with emphasis on the Cornell-product and Romhilt-Estes criteria. No correlation was observed between LVMI and QTc and QTc dispersion. CONCLUSION: ECG is a useful, efficient, and highly reproducible method for the diagnosis of LVH in HD patients. In this population, the Cornell-product proved to be the most reliable criterion for the detection of LVH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Estudo da história natural da hipertrofia miocárdica e sua associação com hiperinsulinismo em filhos de mães diabéticas/ Study of the natural history of myocardial hypertrophy and its association with hyperinsulinism in infants of diabetic mothers

Zielinsky, Paulo; Costa, Martha H. Leal da; Oliveira, Leandro Turra; Bonow, Fernanda Paiva; Silva, Nilza Iracema Telles da; Hagemann, Lauro Luís
1997-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Testar a hipótese de associação entre hipertrofia miocárdica e níveis aumentados de insulina no soro de filhos de mães diabéticas, além de determinar a freqüência de regressão espontânea e o momento de sua ocorrência. MÉTODOS: Foram estudados 72 pacientes (54 filhos de mães diabéticas e 18 controles). O diagnóstico de hipertrofia miocárdica foi realizado por ecocardiografia pré-natal, uni e bidimensional. Os registros da insulina amniótica fo (mais) ram obtidos de um estudo pré-natal prévio sobre hipertrofia miocárdica, pois a participação das gestantes era comum aos dois projetos. RESULTADOS: Houve 10 (18,52%) casos de hipertrofia miocárdica entre os filhos de mães diabéticas. As medidas do septo foram significantemente diferentes entre os grupos (filhos de mães diabéticas e controles) na avaliação com 1 mês (p=0,04). A insulina manteve-se elevada nos filhos de diabéticas até 3 meses de idade, período em que era significativamente diferente em relação aos controles (p=0,003 e p=0,001, com 1 mês e 3 meses, respectivamente). A associação entre a regressão do septo interventricular e a regressão dos níveis de insulina ocorreu até 1 mês de idade. CONCLUSÃO: Houve regressão espontânea das medidas do septo interventricular até 6 meses de idade e a associação entre hiperinsulinismo e hipertrofia miocárdica esteve presente até 1 mês de idade. Resumo em inglês PURPOSE: To test the hypothesis that myocardial hypertrophy is associated with increased serum insulin levels in children of diabetic mothers and to determine the frequency and timing of this spontaneous regression. METHODS: Seventy-two patients were studied (54 children of diabetic mothers and 18 controls). Diagnosis of myocardial hypertrophy was made by fetal echocardiography. Amniotic fluid insulin levels were obtained from a previous prenatal study on hypertrophic car (mais) diomyopathy, since the participation of the mothers was common to both projects. RESULTS: There were 10 cases of myocardial hypertrophy among children of diabetic mothers (18.52%). Septal thickness was significantly different between the 2 groups (children of diabetic mothers and controls) in the evaluation performed at the age of 1 month (p=0.04). Insulin levels were still increased in children of diabetic mothers until the age of 3 months. During this period insulin levels were significantly higher than those of controls (p=0.003 and p=0.001, at 1 and 3 months, respectively). The association between regression of ventricular septum thickness and the decrease of insulin levels occurred up to the age of 1 month. CONCLUSION: There was spontaneous regression of ventricular septum thickness in children of diabetic mothers during the first 6 months of life. The association between hyperinsulinism and hypertrophic cardiomyopathy was present up to the first month of life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Enalaprilato na prevenção da hipertrofia ventricular esquerda induzida pelo isoproterenol/ Enalaprilat prevents the left ventricular hypertrophy induced by isoproterenol

Costa, Eduardo A. S.; Luna Fº, Bráulio; Póvoa, Rui; Ferreira Fº, Celso; Murad, Neif; Ferreira, Marcelo; Ferreira, Celso
1997-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar se o enalaprilato, droga inibidora da enzima de conversão da angiotensina I, previne a hipertrofia ventricular esquerda (HVE) induzida pelo isoproterenol. MÉTODOS: Foram divididos em 4 grupos, 72 ratos Wistar-EPM: CON controle; ENA, tratados com enalaprilato (1mg/kg via subcutânea (sc) por 8 dias); ISO, tratados com isoproterenol (0,3mg/kg via sc/8 dias) e ENA+ISO, tratados simultaneamente com ambas as drogas. Em 10 animais de cada grupo foram determi (mais) nadas a freqüência cardíaca (FC) e a pressão arterial (PA) e verificado o peso de ventrículo esquerdo (VE). Em 8 animais de cada grupo, fragmento do VE foi corado com hematoxilina-eosina e picro-sírius e preparado para estudo morfométrico e ultra-estrutural, respectivamente, com microscópio de luz e eletrônico. RESULTADOS: Nos grupos estudados (CON, ENA, ISO e ISO+ENA) não ocorreram variações na PA. Os grupos ISO e ISO+ENA exibiram aumentos significantes na FC. O grupo ISO apresentou aumento significativo do peso do VE (PU= 0,821g e PS= 0,204g), quando comparado ao grupo CON. O grupo ENA não exibiu modificação de peso do VE quando comparado ao grupo CON (PU= 0,590g e PS= 0,139g). No grupo ENA+ISO (PU= 0,737g e PS= 0,177g) constatou-se diferença de peso ao ser comparado aos grupos ISO e CON. A análise morfométrica e ultra-estrutural mostraram que o ISO induziu hipertrofia dos cardiomiócitos e aumento do tecido conjuntivo com depósito de fibras colágenas do tipo I. O enalaprilato associado com isoproterenol atenuou importantemente aquela manifestação. CONCLUSÃO: O enalaprilato inibiu a ação do isoproterenol sobre os cardiomiócitos, evitando parcialmente, na dose utilizada, a HVE e diminuindo também a quantidade de fibras colágenas. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate whether the enalaprilat, angiotensin I enzyme conversion inhibitor, could prevent the left ventricular hypertrophy (LVH) induced by isoproterenol. METHODS: Seventy two adult Wistar-EPM rats were divided into four groups: CON, control; ENA, treated with enalaprilat (1mg/kg via subcutaneous (sc) for 8 days); ISO, treated with isoproterenol (0.3mg via sc for 8 days) e ENA+ISO, treated with both drugs simultaneously. Each group had the arterial blood pres (mais) sure, cardiac rate and the left ventricle (LV) weight determined in 10 animals. In 8 animals from each group a small sample was taken from the LV and stained with hematoxyline-eosine and picrosirius for morphometric and ultra-structural studies with optic and transmission electronic microscopy. RESULTS: The ISO group showed that the LV weight increased 47% in comparison with control. On the other hand the ENA+ISO group showed only 22.1% increase (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Fatores e mecanismos envolvidos na hipertrofia ventricular esquerda e o papel anti-hipertrófico do óxido nítrico/ Factors and mechanisms involved in left ventricular hypertrophy and the anti-hypertrophic role of nitric oxide

Garcia, José Antonio Dias; Incerpi, Erika Kristina
2008-06-01

Resumo em português A hipertrofia ventricular esquerda (HVE) ocorre em reposta à sobrecarga hemodinâmica relatada em várias condições fisiológicas e patológicas. Entretanto, ainda não está completamente elucidado se o estímulo primário para a hipertrofia é o estiramento mecânico do coração, fatores neuro-humorais, ou mesmo a interação de ambos. Esses fatores são traduzidos no interior da célula como alterações bioquímicas que levam à ativação de segundos (citosólico (mais) s) e terceiros (nucleares) mensageiros que irão agir no núcleo da célula, regulando a transcrição, e finalmente determinarão a expressão gênica que induza HVE. A HVE é caracterizada por alterações estruturais decorrentes do aumento das dimensões dos cardiomiócitos, da proliferação do tecido conjuntivo intersticial e da rarefação da microcirculação coronariana. Nos últimos anos, o óxido nítrico (•NO) surgiu como um importante regulador do remodelamento cardíaco, especificamente reconhecido como um mediador anti-hipertrófico. Vários estudos têm demonstrado os alvos celulares, as vias de sinalização anti-hipertrófica e o papel funcional do •NO. Portanto, a HVE parece desenvolver-se em decorrência da perda do balanço entre as vias de sinalização pró e anti-hipertróficas. Esses novos conhecimentos sobre as vias de sinalização pró e anti-hipertróficas permitirão desenvolver novas estratégicas no tratamento das HVE patológicas. Resumo em inglês The left ventricular hypertrophy (LVH) occurs in response to the hemodynamic overload in some physiological and pathological conditions. However, it has not been completely elucidated whether the primary stimulation for the hypertrophy is the mechanical stretching of the heart, neurohumoral factors, or even the interaction of both. These factors are translated inside the cell as biochemical alterations that lead to the activation of second (cytosolic) and third (nuclear) (mais) messengers that will act in the cell nucleus, regulating transcription, and will finally determine the genic expression that induces LVH. The LVH is characterized by structural alterations due to the increase in the cardiomyocyte dimensions, the proliferation of the interstitial connective tissue and the rarefaction of the coronary microcirculation. Recently, nitric oxide (•NO) has appeared as an important regulator of cardiac remodeling, specifically recognized as an anti-hypertrophic mediator. Some studies have demonstrated the cellular targets, the anti-hypertrophic signaling pathways and the functional role of •NO. Thus, the LVH seems to develop as a result of the loss of the balance between the pro and the anti-hypertrophic signaling pathways. This new knowledge about the pro and anti-hypertrophic signaling pathways will allow the development of new strategies in the treatment of pathological LVH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Influência da escolaridade na hipertrofia miocárdica de pacientes em hemodiálise/ Influence of educational level on myocardial hypertrophy of hemodialysis patients

Martin, Rosana dos Santos e Silva; Franco, Roberto Jorge da Silva; Matsubara, Beatriz Bojikian; Zanati, Silméia Garcia; Barretti, Pasqual; Martin, Luis Cuadrado; Balbi, André Luis; Antunes, Aline Araújo; Martins, Antônio Sérgio
2010-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A doença renal crônica apresenta elevado risco cardiovascular. Dados da população geral associam as doenças cardiovasculares a baixo nível de escolaridade, porém nenhum trabalho avaliou essa associação entre pacientes em hemodiálise. OBJETIVO: Avaliar a associação entre nível educacional, hipertensão e hipertrofia do ventrículo esquerdo em pacientes submetidos a hemodiálise crônica. MÉTODOS: Foi aplicado um questionário socioeconômico pad (mais) rão a 79 pacientes em hemodiálise, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (UNESP). Dados clínicos, laboratoriais e ecocardiográficos foram extraídos dos prontuários. Os pacientes foram divididos em dois grupos de acordo com a mediana da escolaridade: o grupo I foi constituído por pacientes com escolaridade Resumo em inglês INTRODUCTION: Chronic kidney disease is associated with a high cardiovascular risk. Data from the general population associate cardiovascular diseases with low educational level, but no study has evaluated this association in patients on hemodialysis. OBJECTIVE: This study aimed at evaluating the association between educational level, hypertension, and left ventricular hypertrophy in patients on chronic hemodialysis. METHODS: A standard socioeconomic questionnaire was app (mais) lied to 79 hemodialysis patients at the Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, state of São Paulo. Clinical, laboratory and echocardiographic data were obtained from medical records. The patients were divided into two groups according to the median educational level, as follows: G1, patients with three or less years of schooling; G2, patients with more than three years of schooling. RESULTS: Blood pressure, interdialytic weight gain, and variables statistically different in the two groups (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Lipoma do corpo caloso associado a hipertrofia do corpo caloso: relato de caso/ Lipoma of the corpus callosum associated with the hypertrophy of the corpus callosum: case report

PIOVESAN, ELCIO JULIATO; TATSUI, CLÁUDIO ESTEVAN; KOWACS, PEDRO ANDRÉ; PRAZERES, RAQUEL F.; LANGE, MARCOS CRISTIANO; ANTONIUK, SERGIO AFONSO; WERNECK, LINEU CESAR
2000-09-01

Resumo em português Apesar dos lipomas serem os tumores que mais comumente ocorrem no corpo caloso (CC), sua incidência na população é rara. Relatamos caso de menino, com 5 anos de idade e história de atraso no desenvolvimento psicomotor associado a dificuldade na marcha secundária a hipotonia generalizada. Na investigação, a ressonância magnética mostrou presença de lipoma curvilinear do CC, associado a hipertrofia do CC. Na literatura, pacientes com lipoma do CC possuem agenesia (mais) ou hipotrofia do CC, sendo que neste caso observamos pela primeira vez uma hipertrofia do CC. Tecemos considerações embriológicas, genéticas, clínicas, radiográficas e terapêuticas sobre pacientes com lipoma do CC relacionando-as à descrição deste caso. Resumo em inglês Despite the lipomas are the tumors that more commonly occur in the corpus callosum (CC), its incidence in the population is not common. We report on a 5-year old boy, with history of retardation in the psychomotor development and disturbs in the gait, secondary to generalized hypotony. Magnetic resonance imaging showed a curvilinear lipoma of the CC related to its hypertrophy. In the literature patients with CC lipoma usually have agenesis or hypotrophy of the CC, but in (mais) the reported case we have seen, by the first time, a hypertrophy of the CC. We made embryologic, genetic, clinical, radiographic and therapeutic considerations about the patients that have CC lipoma comparing to findings in the case we report.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Relações da força muscular com indicadores de hipertrofia após 32 semanas de treinamento com pesos em mulheres na pós-menopausa/ Muscle strength relation with hypertrophy indicators after 32 weeks of resistance training in postmenopausal women

Bonganha, V.; Botelho, R.M.O.; Conceição, M.S.; Chacon-Mikahil, M.P.T.; Madruga, V.A.
2010-01-01

Resumo em português O objectivo do presente estudo foi avaliar o comportamento da força muscular e a participação dos indicadores de hipertrofia, nos ganhos de força após 32 semanas de treinamento com pesos (TP), prescrito por zona alvo de repetições máximas, em mulheres na pós-menopausa. Participaram desta pesquisa 14 mulheres saudáveis e não ativas fisicamente. O TP teve frequência semanal de três vezes, em dias alternados. A composição corporal foi mensurada pela técnica d (mais) as dobras cutâneas. Os indicadores de hipertrofia foram representados pela massa magra total e regional: área muscular do braço (AMB) e coxa (AMC). A força muscular foi avaliada pelo teste de uma repetição máxima nos exercícios leg press horizontal e rosca direta. Para análise estatística foi utilizado o teste de Friedman. Os resultados mostraram que a força muscular apresentou aumentos graduais e significantes durante a intervenção, que houve aumento da AMB e não houve diferença nos valores de AMC. A rosca direta mostrou forte associação com a AMB durante todos os momentos do estudo. Já o leg press pareceu estar mais efetivamente associado ao componente neural de ganhos de força, visto que a AMC não apresentou modificações significantes. Após 32 semanas de TP a força muscular aumentou significantemente, independentemente dos ganhos de massa magra. Resumo em inglês The aim of the present study was to evaluate muscle strength and hypertrophy indicators on increases of strength after 32 weeks of resistance training (RT), prescribed by the target of maximum repetitions in postmenopausal women. Fourteen physically inactive healthy women participated in this study. Three times a week they participated on RT. Body composition was measured by the technique of skinfold thickness. The hypertrophy indicators were represented by total and regi (mais) onal lean mass: arm muscle area (AMA) and thigh muscle area (TMA). Muscle strength was assessed through the test of one maximum repetition in exercises of horizontal leg press and arm curl. Statistical analysis was performed using the Friedman test. Results showed increases in muscle strength, AMA but not in TMA. Arm curl was strongly correlated to AMA. Leg press seemed to be associated to neural components of increases in strength. Muscle strength significantly increased after 32 weeks of RT regardless of increases in lean mass.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Análise da atividade da enzima conversora da angiotensina na hipertrofia aguda do ventrículo direito em modelo experimental de estenose endovascular ajustável do tronco pulmonar/ Evaluation of angiotensin converting enzyme activity in acute right ventricular hypertrophy in an experimental model of adjustable endovascular stenosis of the pulmonary trunk

RABELLO, Renato Rocha; ASSAD, Renato Samy; KRIEGER, José Eduardo; CARMONA, Renata; ABDUCH, Maria Cristina; OLIVEIRA, Sérgio Almeida de
2001-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A bandagem do tronco pulmonar (TP) tem sido aplicada para treinamento do ventrículo esquerdo (VE) em pacientes portadores de transposição das grandes artérias (TGA) com septo íntegro. Este procedimento, além de apresentar alta morbi-mortalidade, pode ocasionar alterações da função ventricular a longo prazo. Com o objetivo de analisar a hipertrofia aguda do ventrículo direito (VD), foi implantado um cateter balão no TP de seis cabritos jovens. MAT (mais) ERIAL E MÉTODOS: A sobrecarga sistólica foi aplicada através de insuflações progressivas do balão, durante 96 horas. Esta hipertrofia foi acompanhada por medidas hemodinâmicas diárias, através de cateteres implantados na aorta, VD e TP, além de ecocardiogramas seriados a cada 24 horas, com medidas das espessuras do septo interventricular e dos ventrículos. Ao final das 96 horas, os animais foram mortos para remoção dos corações. Os ventrículos e o septo foram pesados separadamente. Foram colhidas biópsias musculares de cada câmara para análise da atividade da enzima conversora da angiotensina (ECA). Oito cabritos (idade e peso semelhantes) foram utilizados como controle para os pesos dos ventrículos e para a atividade da ECA. RESULTADOS: Observou-se um aumento do gradiente VD/TP (p=0,001), com conseqüente aumento da razão VD/VE (p=0,005) durante o tempo de sobrecarga sistólica. Ao fim do protocolo, a parede livre do VD apresentou aumento de espessura (p=0,002) e, conseqüentemente, um aumento do peso indexado (p=0,002). A análise da atividade da ECA revelou aumento somente no músculo do VD hipertrofiado (p=0,002). CONCLUSÃO: O cateter balão foi eficiente em induzir a hipertrofia aguda do VD através do protocolo utilizado. Conseqüentemente, um aumento expressivo da atividade da ECA está associado ao processo de hipertrofia miocárdica induzida por sobrecarga pressórica. Resumo em inglês INTRODUCTION: The pulmonary trunk (PT) banding has been used to promote rapid left ventricular (LV) hypertrophy in patients with transposition of the great vessels (TGV) with intact septum, treated after the neonatal period. This procedure carries a high morbidity and mortality rates. Genetic alterations of the cardiomyocytes resulting from acute hypertrophy have not been evaluated in models of variable systolic overload of the subpulmonary ventricle. In order to evaluate (mais) the activity of angiotensin converting enzyme (ACE) in acute right ventricular (RV) hypertrophy, a balloon catheter was implanted in the PT of six young goats. MATERIAL AND METHODS: Systolic overload was carried out throughout progressive balloon insufflations for a period of 96 hours. Hypertrophy was followed by daily hemodynamic and echocardiographic evaluations. At the end of the 96 hours, the animals were killed to harvest the heart. The ventricles and septum were weighted separately. Samples of each cardiac muscle were collected for ACE analysis. Eight goats (with similar age and weight) were used as control for weight and ACE activity. RESULTS: At the end of the protocol, the following parameters were increased: RV/PT gradient (p=0.001), RV to LV ratio (p=0.005), thickness of the free wall of RV (p=0.002) and RV weight (p=0.002). The evaluation of ACE activity showed an increase only in the hypertrophied RV muscle (p=0.002), indicating a high correlation with the increase in the RV to LV ratio (r=0.87). CONCLUSION: The progressive systolic overload in the RV of goats induces ventricular hypertrophy. This hypertrophy is related to a significant increase in ACE activity, an important molecular marker of this process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Análise de dois treinamentos com diferentes durações de pausa entre séries baseadas em normativas previstas para a hipertrofia muscular em indivíduos treinados/ Analysis of two training programs with different rest periods between series based on guidelines for muscle hypertrophy in trained individuals/ Análisis de dos entrenamientos con diferentes duraciones de pausa entre las series basadas en normas previstas para la hipertrofia muscular en individuos entrenados

Lima, Fernando Vitor; Chagas, Mauro Heleno; Corradi, Erica Fischer Fernandes; Silva, Gisele Freire da; Souza, Brenda Bebiano de; Moreira Júnior, Luiz Antônio
2006-08-01

Resumo em português Os programas de treinamento na musculação são comumente prescritos baseando-se em normativas de carga de treinamento sugeridas pela literatura. Dentre as normativas, a prescrição da duração da pausa tem variado normalmente de um a três minutos. Comparações entre intervalos de pausa de um e três minutos mostram diferenças significativas na resposta hormonal, metabólica e no desempenho. Existe carência de estudos que mostram se diferentes pausas são suficient (mais) es para a realização das outras normativas previstas para o treinamento da hipertrofia e se um acréscimo de 30 segundos possibilita melhor recuperação. O objetivo deste estudo foi analisar a realização de dois treinamentos baseados em normativas previstas para a hipertrofia muscular e diferenciadas pelas pausas de 90 e 120 segundos entre séries, no exercício supino executado na barra guiada. Participaram 26 voluntários do sexo masculino, treinados em musculação. Foram realizadas quatro sessões de testes em quatro dias. Após a realização dos procedimentos de familiarização e do teste de 1RM, o grupo realizou o exercício no supino guiado à intensidade de 70% de 1RM em quatro séries com o objetivo de alcançar 12 repetições por série, com pausas de 90 ou 120 segundos distribuídas aleatoriamente em diferentes dias. Não foi verificada diferença significativa no número de repetições nas séries quando comparado o desempenho obtido pelos sujeitos nas duas pausas. Independente da duração da pausa (90 ou 120 segundos) foi observada queda do rendimento no decorrer da realização das séries, caracterizada pela redução significativa no número de repetições realizado. Os resultados mostraram limitação da aplicação das normativas previstas para o treinamento da hipertrofia muscular em indivíduos treinados. Além disso, pode não haver diferenças no desempenho com a alteração da pausa entre séries de 90 para 120 segundos. Resumo em espanhol Los programas de entrenamiento en musculación son comúnmente prescritos basándose en normas de carga de entrenamiento sugeridas por la literatura. Entre las normas, la prescripción de la duración de la pausa ha variado normalmente de uno a tres minutos. Comparaciones entre los intervalos de pausa de uno y tres minutos muestran diferencias significativas en la respuesta hormonal, metabólica y en el desempeño. Existen pocos estudios que muestren si diferentes pausas (mais) son suficientes para la realización de las otras normas previstas para el entrenamiento de la hipertrofia y si un aumento de 30 segundos posibilita una mejor recuperación. El objetivo de este estudio ha sido analizar la realización de dos entrenamientos basados en normas previstas para la hipertrofia muscular y diferenciadas por las pausas de 90 y 120 segundos entre las series, en el ejercicio supino ejecutado en la barra guiada. Participaron 26 voluntarios del sexo masculino, entrenados en musculación. Fueron realizadas cuatro sesiones de tests durante cuatro días. Después de la realización de los procedimientos de familiarización y del test de 1RM, el grupo realizó el ejercicio en el supino guiado a una intensidad de 70% de 1RM en 4 series con el objetivo de alcanzar 12 repeticiones por serie, con pausas de 90 o 120 segundos distribuidas aleatoriamente en diferentes días. No se verificó alguna diferencia significativa en el número de repeticiones en las series cuando se compararon al desempeño obtenido por los individuos en las dos pausas. Independiente de la duración de la pausa (90 o 120 seg.) se observó que hay una baja en el rendimiento en el transcurso de la realización de las series, caracterizado por la reducción significativa en el número de repeticiones realizado. Los resultados mostraron una limitación en la aplicación de las normas previstas para el entrenamiento de la hipertrofia muscular en individuos entrenados. Además de eso, puede ser que no haya diferencias en el desempeño al alterar las pausas entre las series de 90 para 120 segundos. Resumo em inglês The prescription of weight training programs for muscle hypertrophy are usually based on the values recommended by the literature for determining the training load. The prescription of the pause duration ranges from one to three minutes and comparisons between these two durations leads to differences in hormonal and metabolic adaptations and performance. There is a lack of studies investigating if is it possible the realization of the training program for hypertrophy with (mais) different pauses, and the significance of the addition of 30 seconds for recovery. The purpose of the present study was to analyze two different trainings for muscle hypertrophy with the same volume and intensity, but different rest periods between sets, at the bench press exercise. Twenty-six trained male volunteers took part in the training sessions. After the familiarization procedure and the 1 maximum repetition (1RM) test, the group took a four set exercise with 70% of 1 RM on the bench press, aiming to accomplish 12 repetition for each set, with a constant rest period of 90 and 120 seconds. No significant difference was found on the number of repetitions throughout the sets when comparing the results of the 90 and 120 second group. Despite the rest duration (90 or 120 sec) the performance lowered during the sets, registered by significant reduction in the number of repetitions. The results indicated that, even for trained individuals, there is a limitation to apply the reference values presented in the literature for muscle hypertrophy training. Moreover, the performance may be not different despite changing the rest interval from 90 to 120 seconds between sets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

A administração de nandrolona não promove hipertrofia do músculo sóleo em ratos/ Nandrolone administration does not promote hypertrophy of soleus muscle in rats

Cunha, Tatiana S.; Tanno, Ana Paula; Marcondes, Fernanda K.; Perez, Sérgio E.A.; Selistre-Araújo, Heloisa S.
2006-06-01

Resumo em português Os esteróides anabólicos androgênicos (EAA) são compostos formados a partir da testosterona ou um de seus derivados, sendo amplamente utilizados por desportistas amadores e profissionais com o objetivo de melhorar a performance atlética. Entretanto, a literatura a respeito da relação entre EAA e hipertrofia muscular é controversa. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da nandrolona e do treinamento físico sobre a hipertrofia muscular. Ratos Wistar machos (mais) receberam injeção i.m. de Deca-Durabolin® ou veículo durante 6 semanas. Os animais dos grupos treinados foram submetidos a treinamento físico resistido, através de sessões de saltos em meio líquido. Os animais sedentários e treinados foram sacrificados após anestesia e o músculo sóleo retirado para quantificação de proteínas totais e DNA. Ao final do tratamento, os animais treinados tratados com veículo ou EAA apresentaram menor peso corporal do que os respectivos grupos sedentários. Não foram observadas diferenças estatísticas na concentração de proteínas totais e na razão peso muscular/peso corporal entre os grupos experimentais. O grupo treinado tratado com EAA apresentou concentração de DNA significativamente menor do que o grupo treinado veículo. A administração de decanoato de nandrolona não promoveu hipertrofia do músculo sóleo, nem mesmo quando associada ao treinamento físico resistido. Resumo em inglês Anabolic androgenic steroids (AAS) are compounds formed from testosterone or one of its derivatives, which are largely used by amateur e professional athletes to improve the athletic performance. However, the scientific information about the relation between the use of AAS and muscle hypertrophy is controversial. The aim of this study was to evaluate the effects of testosterone and physical training on muscle hypertrophy. Male Wistar rats received i.m. injections of Deca- (mais) Durabolin® or vehicle during 6 weeks. Trained rats were submitted to a resistance physical training, by jumping up and down in water carrying an overload. Sedentary and trained animals were anesthetized and sacrificed. Soleus muscle was removed for the quantification of total protein and DNA concentration. In the end of the treatment, body weight of trained animals treated with vehicle or AAS was lower than the body weight of respective sedentary. Total protein concentration and the ratio muscle weight/body weight of all experimental groups were not altered. Trained group treated with AAS presented lower DNA concentration than trained group treated with vehicle. The administration of nandrolone decanoate did not promote hypertrophy on soleus muscle, not even when the use of AAS was associated to resistance physical training.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

O bloqueio da síntese do óxido nítrico promove aumento da hipertrofia e da fibrose cardíaca em ratos submetidos a treinamento aeróbio/ Nitric oxide synthesis blockade increases hypertrophy and cardiac fibrosis in rats submitted to aerobic training

Souza, Hugo Celso Dutra de; Penteado, Daniel Martins Dias; Martin-Pinge, Marli Cardoso; Barbosa Neto, Octávio; Teixeira, Vicente de Paula Antunes; Blanco, João Henrique Dutra; Silva, Valdo José Dias da
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: O presente estudo avaliou as adaptações teciduais cardíacas em ratos submetidos a treinamento aeróbio, após o bloqueio da síntese de óxido nítrico (NO). MÉTODOS: Os animais (n = 48) foram divididos em quatro grupos: sedentários (grupo CONTROLE), hipertensos após administração de Ng-nitro-L-arginina metil éster durante sete dias (grupo L-NAME), treinados por meio de natação durante oito semanas (grupo TREINADO) e treinados e tratados com L-NAME na (mais) última semana (grupo TREINADO L-NAME). Em todos os animais foi registrada a pressão arterial (PA) e realizada a avaliação morfométrica cardíaca. RESULTADOS: Os grupos L-NAME e TREINADO L-NAME apresentaram-se hipertensos em relação aos demais (p Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of the present study was to evaluate cardiac tissue adaptations in rats submitted to aerobic training after nitric oxide (NO) synthesis blockade. METHODS: The animals (n=48) were divided into four groups: sedentary (CONTROL group); hypertensive after administration of NG-nitro-L-arginine methyl ester for 7 days (L-NAME Group); trained for 8 weeks through swimming exercises (TRAINED Group);trained and treated with L-NAME during the last week (L-NAM (mais) E TRAINED Group). All the animals were submitted to the experiment procedures for blood pressure (BP) readings and cardiac morphometric evaluation. RESULTS: In comparison to the other groups, the L-NAME and L-NAME TRAINED groups were hypertensive (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Hipertensão pulmonar em pacientes com hipertrofia adenoamigdaliana/ Pulmonary hipertension in patients with adenotonsillar hypertrophy

Sebusiani, Bruno Bartolomei; Pignatari, Shirley; Armínio, Giuseppe; Mekhitarian Neto, Levon; Stamm, Aldo E. Cassol
2003-12-01

Resumo em português Apesar de a hipertrofia adenoamigdaliana ser uma moléstia reconhecida desde os primórdios, foi somente descrita como causadora de hipertensão pulmonar e cor pulmonale em 1965 por Menashe e Farrehi. Ainda são poucos os casos apresentados na literatura analisando a existência de hipertensão pulmonar em crianças com aumento do tecido adenoamigdaliano. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de hipertensão pulmonar em crianças com hipertrofia adenoamigdaliana. FORMA DE ESTU (mais) DO: Coorte transversal. MATERIAL E MÉTODO: Foram avaliados 14 pacientes, com idade inferior a 15 anos, de ambos os sexos, com indicação formal para adenoamigdalectomia por hipertrofia adenoamigdaliana. Todos os pacientes foram submetidos à avaliação pré-operatória contendo: questionário, avaliação clínica otorrinolaringológica, Rx simples de cavum, vídeo-nasofibroscopia e ecocardiograma. RESULTADOS: Dos 14 pacientes analisados, um (7,14%) apresentou hipertensão pulmonar. CONCLUSÃO: Com base em nosso estudo, concluímos que a hipertrofia adenoamigdaliana está relacionada com o desenvolvimento de hipertensão pulmonar, sendo o ecocardiograma um exame bastante útil na determinação desta condição clínica. A remoção cirúrgica do tecido adenoamigdaliano pode reverter o quadro de hipertensão pulmonar decorrente do processo obstrutivo crônico. Resumo em inglês Although adenotonsillar hypertrophy is a well-recognized disease since the beginning, it was not described to be cause of pulmonary hypertension until 1965 by Menashe and Ferrehi. There are only few records in the literature, analyzing the existence of pulmonary hypertension in children with obstructive adenotonsillar hypertrophy. AIM: The aim of this study was to evaluate the prevalence of pulmonary hypertension in children with obstructive adenotonsillar hypertrophy. ST (mais) UDY DESIGN: Transversal cohorte. MATERIAL AND METHOD: Fourteen patients with indication for adenotonsillectomy, from both sexs, with age ranging from O to 15 years, were analyzed in this study. AlI patients underwent to a complete pre-surgery evaluation, with questionary, complete ENT evaluation, lateral X ray films, nasofibrolaryngoscopy and echocardiography. RESULTS: From all fourteen patients analyzed, one (7,14%) had pulmonary hypertension in the echocardiography examination. CONCLUSION: Adenotonsillar hypertrophy is a cause of pulmonary hypertension, and echocardiography examination is a very usefull exam to determine to presence of the pathology. Adenotonsillectomy may revert pulmonary hypertension in children with adenotonsillar hypertrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Avaliação da redução de gradientes pressóricos e da hipertrofia ventricular após valvoplastia cirúrgica na estenose aórtica/ Left ventricular hypertrophy regression immediately after aortic valve repair

Hoppen, G. R.; Kalil, R. A.K.; Ludwig, F. B.; D'Avila, A.
2000-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A correção cirúrgica da estenose aórtica resulta em redução significativa do gradiente pressórico transvalvar, sendo acompanhada por regressão da hipertrofia ventricular esquerda(HVE). A intensidade e a rapidez dessa regressão tem sido objeto de avaliações. A associação de valvoplastia aórtica e regressão imediata da HVE é relatada em poucos estudos. MÉTODOS: Foram estudados, prospectivamente, 11 pacientes submetidos à valvoplastia em esten (mais) ose aórtica, utilizando-se ecocardiografia imediatamente antes da cirurgia e no período pós-operatório precoce (6,1±0,9 dias). RESULTADOS: A espessura septal variou de 12,10±1,66mm para 11,36±1,12mm (redução de 6,1%) (NS) enquanto a espessura parietal variou 4,4% (de 11,70±1,41 mm para 11,18±1,16mm) (NS). A fração de ejeção apresentou uma variação de 62,02± 18,59% para 62,50±11,74% (NS). A massa ventricular esquerda variou em 6,7% ( de 277,65±114,80 g passou para 258,93±92,38 g) (NS). O gradiente transvalvular médio regrediu de 53,6±10,3 mmHg para 23,0±9,1mmHg, ou seja, 57% (p Resumo em inglês BACKGROUND: Relief of gradient is followed by myocardial mass reduction in aortic stenosis. Its degree and speed are under evaluation. Aortic valve repair in calcified aortic stenosis is less well studied than replacement. METHODS: We evaluated left ventricular hypertrophy reduction by echocardiogram in 11 patients immediately after valve repair in aortic stenosis at a mean of 6.1 ± 0.9 days post operative. RESULTS: Septal width was 12.10 ± 1.66 mm pre and 11.36 ± 1.12 (mais) mm post operative, 6,1% reduction (NS). Parietal width varied 4.4% from 11.70±1.41 mm to 11.18 ± 1,16 mm (NS). Ejection fraction went from 62.02±18.59% to 62.50±11. 74% (NS). Left ventricular mass varied 6.7%, from 277.65±114.80g to 258.93± 92.38 g (NS). Mean transvalvar gradient reduced 57%, from 53.56±10.30 to 23.0±9.1 mmHg (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Efeitos da suplementação de creatina sobre força e hipertrofia muscular: atualizações/ Effects of creatine supplementation on strength and muscle hypertrophy: current concepts

Gualano, Bruno; Acquesta, Fernanda Michelone; Ugrinowitsch, Carlos; Tricoli, Valmor; Serrão, Júlio Cerca; Lancha Junior, Antonio Herbert
2010-06-01

Resumo em português A suplementação de creatina vem sendo utilizada amplamente na tentativa de aumentar força e massa magra em sujeitos saudáveis e atletas. Além disso, diversos estudos têm sido conduzidos no intuito de desvendar os mecanismos responsáveis pelas eventuais adaptações a esse suplemento. Diante disso, essa revisão teve como objetivos: 1) discutir os principais estudos que investigaram os efeitos da suplementação de creatina na força e hipertrofia; e 2) reunir as ev (mais) idências acerca dos possíveis mecanismos responsáveis pelo aumento de força e massa magra como consequência desse suplemento, enfatizando os mais recentes achados e as perspectivas sobre o tema. De fato, existem fortes evidências demonstrando que a suplementação de creatina é capaz de promover aumentos de força e hipertrofia. Os efeitos desse suplemento sobre a retenção hídrica, o balanço proteico, a expressão de genes/proteínas associados à hipertrofia e ativação de células satélites, podem explicar as adaptações musculoesqueléticas observadas. Diante desses achados, os potenciais efeitos terapêuticos desse suplemento emergem como um futuro e promissor campo de estudo. Resumo em inglês Creatine supplementation has been widely used to increase both muscle strength and lean mass in healthy individuals and athletes. Furthermore, several studies have investigated the mechanisms responsible for such adaptations. Thus, this review aimed at 1) examining the major studies investigating the effects of creatine supplementation on strength and hypertrophy, and 2) exploring the mechanisms underlying these responses, stressing the most recent findings and perspectiv (mais) es regarding creatine supplementation. There is strong evidence demonstrating that creatine supplementation is able to enhance strength and hypertrophy. The effects of creatine on water retention, protein balance, genes/proteins related to hypertrophy, and satellite cells activation may explain the creatine-mediated muscle skeletal adaptations. In light of these findings, the potential therapeutic effects of creatine supplementation might be considered as a promising clinical and research field.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Massa ventricular e critérios eletrocardiográficos de hipertrofia: avaliação de um novo escore/ Ventricular mass and electrocardiographic criteria of hypertrophy: evaluation of new score

Mazzaro, Cléber do Lago; Costa, Francisco de Assis; Bombig, Maria Teresa Nogueira; Luna Filho, Bráulio; Paola, Ângelo Amato Vincenzo de; Carvalho, Antonio Carlos de Camargo; Costa, William da; Fonseca, Francisco Antonio Helfenstein; Póvoa, Rui Manoel dos Santos
2008-04-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A hipertrofia ventricular esquerda (HVE) é um importante e independente fator de risco cardiovascular. Inexistem, no Brasil, estudos desenhados para testar a eficácia do eletrocardiograma (ECG) no diagnóstico desse grave processo patológico. OBJETIVO: Avaliar um novo escore eletrocardiográfico para diagnóstico de HVE pelo ECG: soma da maior amplitude da onda S com a maior da onda R no plano horizontal, multiplicando-se o resultado pela duração do QRS [ (mais) (S+R) X QRS)] e comparando-o com os critérios eletrocardiográficos clássicos. MÉTODOS: Foram analisados os ecocardiogramas e ECG de 1.204 pacientes hipertensos em tratamento ambulatorial. Avaliou-se o índice de massa do ventrículo esquerdo (IMVE) pelo ecocardiograma, firmando-se o diagnóstico de HVE quando > 96 g/m² para mulheres e > 116 g/m² para homens. No ECG analisaram-se quatro critérios clássicos de HVE, além do novo escore a ser testado. RESULTADOS: Todos os índices estudados tiveram correlação estatisticamente significativa com a massa calculada do ventrículo esquerdo (VE). Porém, o novo escore foi o que apresentou maior correlação (r = 0,564). Os outros critérios apresentaram as seguintes correlações: Romhilt-Estes (r = 0,464); Sokolow-Lyon (r = 0,419); Cornell voltagem (r = 0,377); Cornell duração (r = 0,444). Para avaliação da acurácia do índice testado, utilizou-se o ponto de corte de 2,80 mm.s. Com esse valor foram obtidas as seguintes cifras para sensibilidade e especificidade: 35,2% e 88,7%, respectivamente. CONCLUSÃO: Todos os critérios eletrocardiográficos para avaliação da massa do VE apresentaram baixa sensibilidade. O novo escore foi o que apresentou melhor correlação com o IMVE em relação aos outros avaliados. Resumo em inglês BACKGROUND: The left ventricular hypertrophy (LVH) is an important and independent cardiovascular risk factor. There is a scarcity of studies in Brazil designed to test the efficacy of the electrocardiogram (ECG) in the diagnosis of this important pathological process. OBJECTIVE: To evaluate a new electrocardiographic score for the diagnosis of LVH by ECG: the sum of the highest amplitude of the S wave and the highest amplitude of the R wave on the horizontal plane, multi (mais) plied by the result of the QRS duration [(S+R) X QRS)] and comparing it with the classic electrocardiographic criteria. METHODS: The echocardiograms and ECG of 1,204 hypertensive patients receiving outpatient care were evaluated. The left ventricular mass index (LVMI) was assessed by the echocardiogram, with a diagnosis of LVH when the LVMI was > 96 g/m² for women and > 116 g/m² for men. Four classic criteria of LVH were analyzed at the ECG, in addition to the new score to be tested. RESULTS: In general, the studied ECG-LVH criteria showed significant statistical correlation to the echocardiographic LVMI. The (R+S) X QRS index, using 2.80 mm.s as the cutoff value, provided test accuracy regarding sensibility and specificity of 35.2% and 88.71%, respectively, representing the best correlation to LVMI (r=0.564) when compared to the other indexes: Romhilt-Estes (r=0.464); Sokolow-Lyon (r=0.419); Cornell voltage (r=0.377); Cornell product r=0.444). CONCLUSION: All the electrocardiographic criteria used for the assessment of the LV mass presented low sensitivity. The new score presented the best correlation with LVMI when compared to the other indexes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Amiloidose manifestando-se com pseudo-hipertrofia muscular/ Amyloidosis presenting as muscle pseudohypertrophy

Bortoli, Rodrigo; Lima, Isabella Vargas de Souza; Queiroz, Aristides Cheto; Santiago, Mittermayer Barreto
2007-12-01

Resumo em português Amiloidose tipo AL é uma doença rara causada pela deposição extracelular de fragmentos de cadeias leves monoclonais em órgãos e tecidos. Pode apresentar-se com uma ampla variedade de sinais e sintomas, e o acometimento cutâneo-muscular, simulando pseudo-hipertrofia muscular, é um achado muito raro. São descritos dois casos que apresentaram tal manifestação. CASO 1 - Mulher, 61 anos, há quatro meses com história de mialgia e aumento da massa muscular nas cintu (mais) ras pélvica, escapular e região cervical. Não havia alterações significativas ao exame físico, exceto aparente hipertrofia muscular difusa e discreta macroglossia. CASO 2 - Homem, 51 anos, há dois anos com cansaço e espessamento cutâneo progressivo do dorso, pescoço e braços. Em outros serviços levantou suspeitas diagnósticas de esclerodermia ou de escleredema de Buschke; desde fevereiro de 2007 passou a ser acompanhado nesse serviço e referia, havia cerca de um ano, disfagia para sólidos, disartria e dificuldade para movimentar a língua. Chamava atenção em seu exame o porte físico atlético com musculatura torácica proeminente, porém referia não fazer exercícios físicos. Em ambos os casos, a biópsia cutânea foi realizada com identificação do depósito amilóide por meio da coloração de vermelho congo. Resumo em inglês AL amyloidosis is a rare disease secondary to extracellular deposition of light chains fragments in organs and tissues. It can cause a wide variety of signs and symptoms, being the muscular pseudohypertrophy form a very rare finding. CASE 1 - a 61-year-old female had a history of myalgia and increase of muscular mass on pelvic and scapular girdle and cervical region. Besides the generalized muscular hypertrophy and discrete macroglossia, the rest of physical examination w (mais) as normal. CASE 2 - a 51-year-old male complained of tiredness and progressive cutaneous thickening on his thorax, neck and arms for the last two years. Initially, he was misdiagnosed with either scleredema of Buschke or scleroderma. In February 2007 he was referred to our service, reporting symptoms of dysphagia and difficulty to move his tongue. On physical examination, besides the skin thickness, there was an evident muscle hypertrophy out of proportion the reported exercise practice. In both cases, subcutaneous biopsy was undertaken which revealed amyloid deposit by congo red dye.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Alterações morfológicas e funcionais cardíacas e análise dos fatores determinantes de hipertrofia ventricular esquerda em 40 pacientes com acromegalia/ Cardiac morphology and performance alterations and analysis of determinant factors of left ventricular hypertrophy in 40 patients with acromegaly

Casini, Alessandra Ferri; Araújo, Paula Bruna; Fontes, Rosita; Xavier, Sérgio Salles; Gadelha, Mônica R.
2006-02-01

Resumo em português A acromegalia é uma doença de alta mortalidade, especialmente em razão de complicações cardiovasculares. Com o objetivo de avaliar os fatores determinantes da hipertrofia ventricular esquerda (HVE) e as alterações cardíacas na acromegalia, analisamos 40 acromegálicos submetidos a exames clínico-laboratoriais e ao ecocardiograma. As variáveis analisadas foram idade, sexo, duração de doença, hipertensão arterial (HA), intolerância à glicose/DM, uso ou não (mais) de octreotide, GH e %IGF-I. Na análise univariada, pacientes com HVE foram mais idosos (p= 0,031), apresentaram maior prevalência de HA (p= 0,009) e maiores valores da %IGF-I (p= 0,002), comparados aos sem HVE. Na análise multivariada, HA e %IGF-I foram determinantes de HVE (p= 0,035 e p= 0,016). Após a dicotomização da %IGF-I, foi criado um escore e a freqüência de HVE foi 9%, 65%, 92% x 0, 1, 2; p Resumo em inglês Acromegaly has a high mortality rate due mainly to cardiovascular complications. The aim was to evaluate the determinant factors of left ventricular hypertrophy (LVH) and cardiac alterations in 40 acromegalic patients submitted to clinical-laboratorial studies and echocardiogram. The variables analyzed were age, sex, disease duration, arterial hypertension (AH), impaired glucose tolerance/DM, previous treatment with octreotide, GH and %IGF-I. Univaried analysis showed tha (mais) t patients with LVH were older (p= 0.031), had higher prevalence of AH (p= 0.009) and higher %IGF-I (p= 0.002), than those without LVH. Multivaried analysis showed AH and %IGF-I as determinants of LVH (p= 0.035 and p= 0.016). After dichotomizing of %IGF-I, a score was created and the frequency of LVH was 9%, 65%, 92% x 0, 1, 2; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Papel relativo da remodelação geométrica do ventrículo esquerdo, morfológica e funcional do miocárdio na transição da hipertrofia compensada para a falência cardíaca em ratos com estenose aórtica supravalvar/ Relative role of left ventricular geometric remodeling and of morphological and functional myocardial remodeling in the transition from compensated hypertrophy to heart failure in rats with supravalvar aortic stenosis

Bregagnollo, Edson Antonio; Mestrinel, Marco Aurélio; Okoshi, Katashi; Carvalho, Fábio Cardoso; Bregagnollo, Isamara Fernanda; Padovani, Carlos Roberto; Cicogna, Antonio Carlos
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a contribuição relativa da remodelação geométrica do ventrículo esquerdo (VE) e das alterações morfológicas e funcionais do miocárdio, em ratos com estenose aórtica supravalvar (EAS), na fase de transição da hipertrofia compensada para a insuficiência cardíaca congestiva (ICC). MÉTODOS: Vinte e uma semanas após a indução da EAS os ratos foram classificados como controles (GC,n=13), não portadores (GE,n=11) ou portadores de insuficiên (mais) cia cardíaca congestiva (GE-IC,n=12).Todos os grupos foram avaliados com estudo ecocardiográfico, hemodinâmico e morfológico do miocárdio. RESULTADOS: Vinte e uma semanas após EAS: índice de massa (GE-IC>GE>GC,pGC, pGE>GC, pGE>GC,pGE>GC, pGE>GC, p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the relative contribution of left ventricular (LV) geometric remodeling and of morphological and functional myocardial changes in rats with induced supravalvar aortic stenosis (SAS), in the transition from compensated hypertrophy to congestive heart failure (CHF). METHODS: Twenty one weeks after induction of SAS, the rats were classified as controls (CG, n=13), without congestive heart failure (SG, n=11), or with congestive heart failure (SG-HF, n=1 (mais) 2). All groups were evaluated with echocardiographic, hemodynamic and morphological study of the myocardium. RESULTS: Twenty one weeks after SAS: mass index (SG-HF>SG>CG, pCG, pSG>CG, pSG>CG, pSG>CG, pSG>CG, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Revisão dos critérios de Sokolow-Lyon-Rappaport e cornell para hipertrofia do ventrículo esquerdo/ Revision of the Sokolow-Lyon-Rappaport and cornell voltage criteria for left ventricular hypertrophy

Rodrigues, Sérgio Lamêgo; D’Angelo, Lílian; Pereira, Alexandre Costa; Krieger, José Eduardo; Mill, José Geraldo
2008-01-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A hipertrofia do ventrículo esquerdo (HVE) detectada pela eletrocardiografia é um forte preditor de morbidade e mortalidade cardiovasculares. OBJETIVO: Analisar o desempenho dos critérios de Sokolow-Lyon-Rappaport (SLR) e de Cornell, em amostra populacional, em relação ao diagnóstico de HVE à ecocardiografia. MÉTODOS: Entre os 682 participantes da segunda fase do Projeto MONICA-OMS/Vitória, 641 foram avaliados por meio de eletrocardiografia e ecocardi (mais) ografia. O subgrupo de indivíduos saudáveis (n = 269) foi usado para gerar valores de referência da massa do ventrículo esquerdo (MVE). As sensibilidades e especificidades dos critérios eletrocardiográficos foram determinadas pela curva ROC (receptor-operator characteristics) em relação ao diagnóstico de HVE definido pelo critério ecocardiográfico interno (MVE > 48 g/m2,7 e 46 g/m2,7 para homens e mulheres, respectivamente). RESULTADOS: A prevalência de HVE à ecocardiografia foi de 23,7% na amostra global, em que havia 49% de hipertensos. O critério de Cornell apresentou melhor associação com a MVE estimada pela ecocardiografia (r = 0,37; p Resumo em inglês BACKGROUND: Electrocardiographically-detected left ventricular hypertrophy (LVH) is a strong predictor of cardiovascular morbidity and mortality. OBJECTIVE: To assess the performance of the Sokolow-Lyon-Rappaport (SLR) and Cornell voltage criteria in a population sample regarding the diagnosis of LVH on echocardiogram (ECHO). METHODS: A total of 641 out of the 682 participants of the second phase of the MONICA-Vitória project were assessed using electrocardiogram and ech (mais) ocardiogram. A subgroup of healthy individuals (n=269) was used to generate reference values of LV mass (LVM). Sensitivities and specificities of the electrocardiographic criteria were determined by the ROC (receptor-operator characteristics) curve in relation to the diagnosis of LVH, as defined by the internal echocardiographic criterion (LVM > 48 and 46 g/m2.7 for males and females, respectively). RESULTS: The prevalence of LVH as detected by ECHO was 23.7% in the total sample, in which 49% of the individuals were hypertensive. The Cornell criterion showed a better association with the LVM as estimated by ECHO (r= 0.37, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Dores na coluna: avaliação em pacientes com hipertrofia mamária/ Back pain: an assessment in breast hypertrophy patients

Fernandes, Paulo Magalhães; Sabino Neto, Miguel; Veiga, Daniela Francescato; Abla, Luis Eduardo Felipe; Mundim, Carlos Delano Araújo; Juliano, Yara; Ferreira, Lydia Masako
2007-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a influência da hipertrofia mamária sobre as dores na coluna e o quanto poderão comprometer as atividades habituais das pacientes. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal analítico em pacientes dos ambulatórios de Ortopedia e Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Samuel Libânio, Pouso Alegre - MG. Foram examinadas 100 mulheres, 50 com hipertrofia mamária (grupo estudo) e 50 com mamas normais (grupo controle). O tamanho das mamas foi class (mais) ificado conforme critérios de Sacchini.. A Escala Numeral Analógica (NRS) e o questionário de Roland-Morris foram utilizados para avaliar a intensidade das dores na coluna e as limitações resultantes destes sintomas. Realizado teste estatístico comparando os grupos em relação as variáveis analisadas. RESULTADOS: A média da idade das pacientes do grupo estudo e controle foram de 32,2 anos e de 32,7 anos respectivamente, e o IMC foi maior no grupo estudo. Os escores do NRS e do Roland-Morris foram maiores no grupo de estudo em relação ao grupo controle com significância estatística. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos mostraram que as dores nas costas são mais intensas e determinaram maior limitação das atividades habituais em pacientes portadoras de hipertrofia mamária. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the influence of breast hypertrophy on the incidence of back pain and how much they can interfere in patients' daily activities. METHODS: This was a cross-sectional analytic study in patients examined at the Outpatient Orthopedics and Plastic Surgery Departments at Samuel Libânio University Hospital in Pouso Alegre, MG. 100 women were examined, 50 presenting breast hypertrophy (study group) and 50 with normal breast size (control group). Breasts we (mais) re classified according to Sacchini's criteria. The Numerical Rating Scale (NRS) and the Roland-Morris questionnaire were used in order to evaluate the magnitude of back pain and the limitations arising from these symptoms. RESULTS: The mean age of the patients in the study group was 32.2 years and 32.7 for the control group. The scores in the NRS scale and Roland- Morris Questionnaire were higher in the study group when compared to the control group. CONCLUSION: The results achieved showed that back pain is more severe and determined more extensive limitations in the daily activities for patients presenting breast hypertrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Aplicação do retalho labial superior para a correção cirúrgica da hipertrofia de pequenos lábios/ The use of the superior labial flap in the surgical correction of hypertrophy of labia minora

Filassi, José Roberto; Munhoz, Alexandre Mendonça; Ricci, Marcos Desidério; Melo, Nilson Roberto de
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVOS: descrever técnica cirúrgica para tratamento da hipertrofia de pequenos lábios com a utilização do retalho labial superior. MÉTODOS: no período de maio de 1998 a julho de 2002, 10 pacientes com hipertrofia de pequenos lábios foram submetidas à redução do excesso pela ressecção do segmento inferior com incisão em "L". A incisão transversal vai da borda externa do lábio em direção à carúncula himenal e a incisão longitudinal parte dali até pr (mais) óximo à fúrcula. A borda do retalho superior é rebaixada para se fechar o defeito causado pela ressecção inferior. RESULTADOS: com período médio de 45 dias após a cirurgia as pacientes estavam satisfeitas com o aspecto estético e funcional. Não houve mudança na sensibilidade local. Apenas 2 casos apresentaram complicações: um caso de equimose perineal e outro com deiscência unilateral parcial precoce do retalho. Não foram observados casos de infecção, necrose e deiscência tardia. CONCLUSÃO: a utilização do retalho superior para correção de hipertrofia de pequenos lábios produz bom resultado estético e funcional, com poucas complicações e de fácil resolução. Resumo em inglês PURPOSE: to describe the use of a superior labial flap for the treatment of labia minora hypertrophy. METHODS: from May, 1998 to July, 2002 10 patients with labia minora hypertrophy were submitted to reduction of the labial excess through the resection of the inferior segment by an L-shaped incision. The transversal incision was done starting on the labial external border towards the hymenal caruncles, and the longitudinal incision, from that point until near the furcula. (mais) The border of the superior flap was then lowered to eliminate the defect caused by the inferior resection. RESULTS: within an average period of 45 days after surgery, the patients were satisfied with its esthetical and functional aspects. The local sensibility did not change. Only two cases presented complications: one case with perineal ecchymosis and the other with partial, early unilateral dehiscense. Infection, necrosis and late dehiscense were not observed. CONCLUSION: the utilization of the superior flap in the correction of labia minora hypertrophy produces a satisfactory esthetical and functional result with few complications and easy resolution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Avaliação do impacto da adenotonsilectomia sobre a qualidade de vida em crianças com hipertrofia das tonsilas palatinas e faríngeas/ Assessing the impact adenotonsilectomy has on the lives of children with hypertrophy of palatine and pharyngeal tonsils

Beraldin, Bernard Soccol; Rayes, Tatiana Rocha; Villela, Paulo Henrique; Ranieri, Denise Marchi
2009-02-01

Resumo em português A hipertrofia das tonsilas palatinas e faríngeas é extremamente comum na infância, sendo um dos problemas mais freqüentes do consultório do otorrinolaringologista, podendo prejudicar a qualidade de vida das crianças. OBJETIVO: Avaliar o impacto da adenotonsilectomia sobre a qualidade de vida das crianças que apresentam aumento do volume das tonsilas. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo de coorte contemporâneo longitudinal. Foi aplicado a setenta e cinco pais ou responsáv (mais) eis por crianças submetidas a adenotonsilectomia um questionário específico para a avaliação da qualidade de vida, OSD-6, antes do procedimento cirúrgico e trinta dias após. RESULTADOS: A adenotonsilectomia proporcionou significativa diminuição na pontuação obtida no questionário. DISCUSSÃO: Ronco e a obstrução nasal foram os sintomas responsáveis pelas maiores pontuações nos questionários. Existe grande preocupação dos pais com o ronco das crianças e pobre correlação estatística entre o grau de obstrução e a pior qualidade de vida. CONCLUSÃO: A adenotonsilectomia apresenta impacto relevante na qualidade de vida das crianças com hipertrofia das tonsilas. Resumo em inglês The hypertrophy of the palatine and pharyngeal tonsils is extremely common in children, being one of the most frequent causes of visits to otolaryngologists and such problem can impair the child's quality of life. AIM: to evaluate the impact of adenotonsillectomy on the lives of children with hypertrophied tonsils. MATERIALS AND METHODS: Contemporary longitudinal cohort study. A specific questionnaire used to evaluate the quality of life - OSD-6, was given to seventy five (mais) parents or guardians of children previously submitted to adenotonsillectomy, before the surgery and thirty days afterwards. RESULTS: The adenotonsillectomy provided a significant reduction in the questionnaire score. DISCUSSION: Snoring and nasal obstruction were the symptoms with the highest scores. There is a great concern from the parents with the snoring of the children and a poor statistic correlation between the degree of obstruction degree and a worse quality of life. CONCLUSION: Adenotonsillectomy causes a relevant impact in the quality of life of children with tonsil hypertrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Avaliação da radiografia cefalométrica lateral como meio de diagnóstico da hipertrofia de adenoide/ Evaluation of lateral cephalometric radiography as a mean of diagnosing adenoids hypertrophy

Barbosa, Marcelo de Castellucci e; Knop, Luégya Amorim Henriques; Lessa, Marcus Miranda; Araujo, Telma Martins de
2009-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: a hipertrofia de adenoide é uma das principais causas da respiração bucal. Entre os métodos utilizados para o diagnóstico dessa condição, os mais precisos são a endoscopia nasal e a ressonância magnética. No entanto, o método mais utilizado, em Odontologia, é a radiografia cefalométrica lateral. OBJETIVO: determinar a eficácia dessa radiografia no diagnóstico da hipertrofia de adenoide, pela sua comparação com a endoscopia nasal. MÉTODOS: f (mais) oram avaliados 30 indivíduos (7 a 12 anos). Todos fizeram exame de endoscopia nasal e radiografia cefalométrica lateral. Nas endoscopias, foi registrada a porcentagem de obstrução da nasofaringe e, nas radiografias, a menor dimensão anteroposterior livre da nasofaringe. RESULTADOS: os exames se mostraram fortemente correlacionados (r = - 0,793, p-valor Resumo em inglês INTRODUCTION: One of the most usual causes of mouth breathing is adenoids hypertrophy with reduction of the nasopharyngeal space. The most precise diagnostic methods are magnetic resonance and nasal endoscopy, because they make possible a three dimension image of the nasopharynx. However, in Dentistry, cephalometric radiography is the method used in the majority of cases. That is why it is so important the evaluation of the efficacy of this diagnostic method. AIM: The aim (mais) of this paper is to determine the efficacy of the lateral cephalometric radiography in diagnosing adenoids hypertrophy, comparing this method to the nasal endoscopy. METHODS: Thirty patients (7 to 12 years), with no history of otolaryngological surgery, were evaluated. All of them were submitted to a nasal endoscopy and a lateral cephalometric radiography. In the endoscopic exams it was registered the percentage of nasopharyngeal obstruction and in the radiographic exams it was registered the minor nasopharyngeal dimension. RESULTS: The results of the exams showed a strong correlation with each other (r = - 0.793, p-value

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Efeitos da suplementação de b-hidroxi-b-metilbutirato sobre a força e a hipertrofia/ Effects of b-hydroxy-b-methylbutyrate supplementation on strength and hypertrophy

Alvares, Thiago da Silveira; Meirelles, Cláudia de Mello
2008-02-01

Resumo em português O b-hidroxi-b-metilbutirato é um metabólito da leucina estudado devido aos seus efeitos anticatabólicos e possíveis implicações sobre os ganhos de força e massa muscular associados ao treinamento contra-resistência (conhecido como musculação). O objetivo deste trabalho foi revisar a literatura referente à suplementação de b-hidroxi-b-metilbutirato e os seus efeitos sobre força e hipertrofia em adultos jovens e idosos iniciantes ou treinados em treinamento co (mais) ntra-resistência. Estudos em indivíduos iniciando um programa de treinamento contra-resistência sugerem que a suplementação diária de 1,5 a 3,0g de b-hidroxi-b-metilbutirato pode trazer benefício ergogênico durante as primeiras quatro ou cinco semanas. Entretanto, à medida que o programa de treinamento evolui, tais efeitos não permanecem e os ganhos de força e massa muscular são proporcionados apenas pelo treinamento contra-resistência. Em indivíduos treinados, os resultados parecem não ser os mesmos, uma vez que, desde o início da suplementação, o b-hidroxi-b-metilbutirato não demonstra qualquer benefício adicional aos induzidos pelo treinamento contra-resistência. Alguns efeitos do b-hidroxi-b-metilbutirato na redução do colesterol total e lipoproteína de baixa densidade também foram observados, porém, devido às poucas evidências, não há recomendações para tal finalidade. Nenhum efeito adverso da suplementação foi observado, sendo, aparentemente, segura, contudo a maioria dos estudos foi realizada em curto prazo (menos de 4 semanas) e em indivíduos destreinados. Assim, mais estudos são necessários para esclarecer o mecanismo fisiológico por meio do qual o b-hidroxi-b-metilbutirato exerce seus efeitos anticatabólicos em destreinados e para observar possíveis efeitos adversos. Resumo em inglês b-hydroxy-b-methylbutyrate is a leucine metabolite studied for its anticatabolic effects and potential benefits on strength and muscle mass gains associated with resistance training. The aim of this review was to discuss the effects of b-hydroxy-b-methylbutyrate supplementation on strength and hypertrophy in previously trained or untrained young and older adults. Studies undertaken with individuals initiating a resistance training program have suggested that a daily b-hyd (mais) roxy-b-methylbutyrate supplementation dosage of 1.5 to 3.0g may be responsive as an ergogenic aid up to the fourth or fifth week of resistance training. Such effects do not seem to remain afterward, when gains in strength and muscle mass are the result of resistance training only. In resistance trained subjects b-hydroxy-b-methylbutyrate supplementation did not show any additional benefits during resistance training. b-hydroxy-b-methylbutyrate supplementation has been shown to reduce total cholesterol and low-density lipoprotein cholesterol, although there seems to be no available recommendation for its supplementation, since scientific evidence is lacking. No b-hydroxy-b-methylbutyrate adverse effects have been observed, and its supplementation is apparently safe, however, most studies were conducted during a short-term period (less then 4 weeks) and with untrained individuals. There is a need for more studies to elucidate the physiological mechanisms underlying the anticatabolic action of b-hydroxy-b-methylbutyrate supplementation in untrained subjects, and to investigate possible adverse effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Participação do estado contrátil e do relaxamento miocárdico na disfunção ventricular durante a transição hipertrofia-falência cardíaca/ Myocardial function during the transition from compensated left ventricular hypertrophy to failure

Cicogna, Antonio Carlos; Robinson, Kathleen G.; Conrad, Chester H.; Squire, Robin; Okoshi, Marina P.; Bing, Oscar H. L.
1997-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a participação do estado contrátil e do relaxamento miocárdico na disfunção do músculo cardíaco durante a transição hipertrofia-falência cardíaca em ratos espontaneamente hipertensos (SHR). MÉTODOS: Músculos papilares isolados do ventrículo esquerdo de SHR com insuficiência cardíaca (SHR-IC) e sem falência cardíaca (SHR) e de ratos normotensos controle Wistar-Kyoto (WKY) foram estudados em contrações isométrica e isotônica, em solu (mais) ção de Krebs-Henseleit (1,25 mM Ca2+, 28ºC). RESULTADOS: Os valores da tensão máxima desenvolvida (TD) e da velocidade máxima de encurtamento (Vmáx) foram menores nos SHR-IC e SHR, em relação aos WKY (p0,05). A rigidez passiva do músculo aumentou significantemente nos SHR-IC (p0,05). CONCLUSÃO: Os dados obtidos mostram que a transição da fase de hipertrofia estável para insuficiência cardíaca nos ratos espontaneamente hipertensos está associada ao aumento da rigidez passiva do miocárdio e não à piora da função contrátil do músculo cardíaco. Resumo em inglês PURPOSE: To investigate the participation of contractile state and relaxation in cardiac muscle dysfunction during the transition from stable hypertrophy to cardiac decompensation in aging spontaneously hypertensive rats (SHR). METHODS: Isolated left ventricular papillary muscle function was studied in SHR with heart failure (SHR-F), in age-matched SHR without evidence of heart failure (SHR-NF), and in nonhypertensive controls Wistar-Kyoto rats (WKY). Muscles were analise (mais) d in isometric and isotonic contractions in Krebs-Henseleit solution with calcium concentration of 1.25mM at 28ºC. RESULTS: Papillary muscles from SHR-F and SHR-NF demonstrated decreased active tension development and shortening velocity relative to normotensive WKY (p0.05). CONCLUSION: These data suggest that the progression from stable hypertrophy to heart failure is associated with changes in the passive stiffness and is not related to depression of myocardial contractile function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Estudo microbiológico do core e superfície das amígdalas palatinas em crianças portadoras de faringoamigdalites de repetição e hipertrofia adenoamigdaliana/ Microbiologic study of the core and surface of the tonsils in children with recurrent and hypertrophic tonsillitis

Costa, Felipe Neiva; Santos, Odimara; Weckx, Luc Louis Maurice; Pignatari, Shirley S. N.
2003-03-01

Resumo em português OBJETIVO: As faringoamigdalites bacterianas, assim como a hipertrofia das amígdalas palatinas, são extremamente freqüentes na população infantil. Este estudo visa a pesquisa e identificação da flora bacteriana que coloniza as amígdalas palatinas nas crianças portadoras destas afecções. FORMA DE ESTUDO: Clínico prospectivo. CASUÍSTICA E MÉTODO: Neste estudo, os autores avaliam 90 pacientes de ambos os sexos, com idades entre 2 e 6 anos (Pré-escolares) e 6 e (mais) 12 anos (Escolares) com indicação de adenoamigdalectomia; 27 com histórico de faringoamigdalites de repetição (AR), e 63 portadores de hipertrofia adenoamigdaliana obstrutiva (AO), assistidos na Disciplina de Otorrinolaringologia Pediátrica da Universidade Federal de S Paulo, no período de abril de 1999 a 2002. Foram colhidos swabs da superfície das amígdalas palatinas no momento da cirurgia, e após sua remoção cirúrgica, realizados esfregaços do core amigdaliano. O material obtido foi analisado em relação ao crescimento bacteriano. RESULTADOS: De uma forma geral, independentemente da faixa etária e do grupo, as bactérias consideradas patogênicas mais prevalentes foram o Haemophilus sp, 50,5% no grupo AO e 59,2% no grupo AR; Staphilococcus aureus (S. aureus), 50,7% no grupo AO e 33,3% no grupo AR; Streptococcus pyogenes (S.pyogenes), 9,5% no grupo AO e 7,4% no grupo AR; Streptococcus pneumoniae (S. pneumoniae), 4,7% no grupo AO e 0% no grupo AR; e Moraxella sp, 6,3% no grupo AO e 11,1% no grupo AR, não ocorrendo diferença significativa entre a superfície e o core. Tanto nos pré-escolares como nos escolares, o S. aureus foi mais freqüente nas crianças com hipertrofia (AO) em relação às que apresentavam infecções de repetição (AR). Nos escolares, o S. pyogenes foi mais prevalente no grupo AR, e embora presente em pré-escolares do grupo AO, não foi isolado nas crianças com infecção de repetição. O S. pneumoniae só foi isolado em crianças com hipertrofia adenoamigdaliana. CONCLUSÃO: Os resultados do nosso estudo sugerem que a flora bacteriana que coloniza a superfície amigdaliana é semelhante à do core amigdaliano; que a prevalência de S. pyogenes colonizante na orofaringe de crianças é alta, em torno de 10%, e que o S. aureus é mais prevalente em crianças portadoras de hipertrofia adenoamigdaliana. Resumo em inglês AIM: Bacterial pharyngotonsillitis and tonsil hypertrophy are extremely frequent in childhood. This study aims to identify and verify the frequency of the bacterial colonization in tonsils of children with history of recurrent tonsillitis and tonsil hypertrophy. STUDY DESIGN: Clinical prospective. PATIENTS AND METHOD: Ninety children, both female and male, ages between 2 and 6 years (pre-school children) and 6 and 12 years (scholars) scheduled for adenotonsillectomy; 27 w (mais) ith history of recurrent pharyngotonsillitis (AR), and 63 with obstructive adenotonsillar hypertrophy (AO), assisted at Division of Pediatric Otolaryngology, Federal University of Sao Paulo, were evaluated from 1999 to 2002. Material from the surface of the tonsils was taken with swabs at the moment of the surgery. After tonsil removal, material was also taken from the tonsil core. The obtained material were submitted to culture and analyzed according to bacterial growth. RESULTS: Overall, regardless the age and the diagnostic group, the most prevalent pathogenic isolated bacteria were Haemophilus sp, 50.5% in the AO group and 59.2% in the group AR; S. Aureus, 50.7% in the AO group, and 33.3% in group AR; S pyogenes, 9.5% in the AO group and 7.4% group AR; S. pneumoniae, 4.7% in the AO group, and 0% in group AR; and Moraxella sp, 6.3% in the AO group and 11.1% in group AR. No significant difference was noted between the bacteria isolated from surface and the tonsil core. S aureus was more frequent in the AO group compared to the group AR in both, school children and scholars. Scholars presented higher incidence of S pyogenes in the AR group, and although also present in the pre-school children tonsils, it was only isolated in the AO group. S pneumoniae was only isolated in children with obstructive adenotonsillitis (AO). CONCLUSION: The results of our study suggest that the surface and core bacterial colonization of the tonsils is similar. It also seems that the prevalence of S pyogenes colonization is high, around 10%, and that S aureus is more prevalent in children with hypertrophic adenotonsillitis compared to the group with recurrent infections.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Padrão de remodelação e função ventricular em ratos expostos à fumaça do cigarro/ Remodeling pattern and ventricular function in rats exposed to cigarette smoke/ Estándar de remodelación y función ventricular en ratones expuestos al humo del cigarrillo

Azevedo, Paula S.; Minicucci, Marcos F.; Matsubara, Beatriz B.; Matsubara, Luiz S.; Duarte, Daniella R.; Paiva, Sergio A. R.; Zornoff, Leonardo A. M.
2010-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A relevância do padrão de remodelação no modelo de ratos expostos à fumaça do cigarro não é conhecida. OBJETIVO: Analisar a presença de diferentes padrões de remodelação nesse modelo e sua relação com a função ventricular. MÉTODOS: Ratos fumantes (n=47) foram divididos de acordo com o padrão de geometria, analisado pelo ecocardiograma: normal (índice de massa normal e espessura relativa normal), remodelação concêntrica (índice de massa n (mais) ormal e espessura relativa aumentada), hipertrofia concêntrica (índice de massa aumentado e espessura relativa aumentada) e hipertrofia excêntrica (índice de massa aumentado e espessura relativa normal). RESULTADOS: Os ratos fumantes apresentaram um dos quatro padrões de geometria: padrão normal, 51%; hipertrofia excêntrica:,32%; hipertrofia concêntrica, 13% e remodelação concêntrica, 4%. Os grupos normal e hipertrofia excêntrica apresentaram menores valores de fração de ejeção e porcentagem de encurtamento que o grupo hipertrofia concêntrica. Treze animais (28%) apresentaram disfunção sistólica, detectada pela fração de ejeção e pela porcentagem de encurtamento. Na análise de regressão univariada, os padrões de geometria e o índice de massa não foram fator de predição de disfunção ventricular (p>0,05). Por outro lado, o aumento da espessura relativa da parede foi fator de predição de disfunção ventricular na análise univariada (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: No se conoce la relevancia del estándar de remodelación en el modelo de ratones expuestos al humo del cigarrillo. OBJETIVO: Analizar la presencia de diferentes estándares de remodelación en este modelo y su relación con la función ventricular. MÉTODOS: Ratones fumadores (n=47) se dividieron según el estándar de geometría, analizado por el ecocardiograma: normal (índice de masa normal y espesor relativo normal), remodelación concéntrico (índice de (mais) masa normal y espesor relativo aumentado), hipertrofia concéntrica (índice de masa aumentado y espesor relativo aumentado) y hipertrofia excéntrica (índice de masa aumentado y espesor relativo normal). RESULTADOS: Los ratos fumadores presentaron uno de los cuatro estándares de geometría: estándar normal, el 51%; hipertrofia excéntrica: el 32%; hipertrofia concéntrica, el 13% y remodelación concéntrica, el 4%. Los grupos normal e hipertrofia excéntrica presentaron menores valores de fracción de eyección y porcentaje de acortamiento que el grupo hipertrofia concéntrica. Trece animales (28%) presentaron disfunción sistólica, detectada por la fracción de eyección y por el porcentaje de acortamiento. En el análisis de regresión univariado, los estándares de geometría y el índice de masa no fueron factor de predicción de disfunción ventricular (p > 0,05). Por otro lado, el aumento del espesor relativo de la pared fue factor de predicción de disfunción ventricular en el análisis univariado (p Resumo em inglês BACKGROUND: The relevance of the remodeling pattern in the model of rats exposed to cigarette smoke is not known. OBJECTIVE: Analyzing the presence of different remodeling patterns in this model and its relation with the ventricular function. METHODS: Smoking rats (n=47) have been divided according to the geometry pattern, analyzed by echocardiogram: normal (normal mass index and normal relative wall thickness), concentric remodeling (normal mass index and increased relat (mais) ive wall thickness), concentric hypertrophy (increased mass index and increased relative wall thickness) and eccentric hypertrophy (increased mass index and normal relative wall thickness). RESULTS: Smoking rats presented one of the following geometry patterns: normal pattern, 51%; eccentric hypertrophy; 32%; concentric hypertrophy, 13% and concentric remodeling, 4%. The normal and eccentric hypertrophy groups presented smaller ejection fraction values and fractional shortening than the concentric hypertrophy group. Thirteen animals (28%) presented systolic dysfunction detected by the ejection fraction and by fractional shortening. In the single regression analysis, geometry patterns and mass index could not predict ventricular dysfunction (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Respiração oral: causa x audição/ Oral breathing: etiology x hearing

Bianchini, Ana Paula; Guedes, Zelita Caldeira Ferreira; Hitos, Silvia
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: verificar a relação entre a etiologia da respiração oral e os diferentes tipos de alteração de audição. MÉTODOS: coletaram-se 97 prontuários no Centro do Respirador Bucal da UNIFESP. As etiologias foram classificadas em: Hipertrofia de Adenoamígdala, Atopia, Atopia com Hipertrofia e Funcional. Os 97 pacientes realizaram exames audiométricos e foram considerados alterados aqueles que os limiares tonais (nas freqüências de 250 a 8 kHz) e ósseos (de (mais) 500 a 4 kHz) foram superiores a 20 dBNA com Gap aéreo-ósseo maior que 10 dB e com curva timpanométrica desviada apartir de -100dapa. De acordo com o grau de comprometimento, os tipos de perda foram classificadas como leve ou moderada. Na timpanometria, a curva A representou a normalidade; a curva B, Otite média e a C, os casos de disfunção tubária. RESULTADOS: limiares compatíveis à audição normal foram encontrados em 79,5% dos pacientes atópicos; 61,8% dos atópicos com hipertrofia; 57,7% dos com hipertrofia e em 100% dos respiradores orais funcionais. Através da correlação entre as etiologias e achados imitanciométricos verificou-se que em indivíduos atópicos prevaleceu a curva tipo C (29,5 %). Em pacientes atópicos tinham hipertrofia a curva mais encontrada foi a B (32,4%) e nos indivíduos com hipertrofia, somente, observou-se tanto curva tipo B como C, com idêntica prevalência de 21,8%. Todos os respiradores orais funcionais apresentaram curva timpanométrica tipo A. CONCLUSÃO: pôde-se verificar que a freqüência de respiradores orais sem alteração de audição é expressiva, independente da etiologia, porém os pacientes com hipertrofia apresentam maior suscetibilidade á alterações timpanométricas. Resumo em inglês PURPOSE: to check the relation between oral breathing etiology and hearing disorders. METHODS: 97 files were collected from the Mouth Breather Center at UNIFESP. The etiologies had been classified as Tonsils hypertrophy (pharnyx and palatine), Atopy, Atopy associated to hypertrophy and Functional. Tonal and bone thresholds, respectively, in the frequencies from 250 to 8 kHz and from 500 to 4 kHz above 20 dB NA; the gap between these thresholds -above 10 dB; deviated tympa (mais) nic curve from -100 dapa, had been considered as a criteria to set up hearing disorder. According to the tonal thresholds, the hearing losses have been classified as mild or moderate. The tympanograms have been classified as: type A -normality, type B -media otitis and type C - tube dysfunction. RESULTS: normal hearing was present in 79.5% of atopic patients, in 61,8% in the ones with both, atopy and hypertrophy, and in the individuals with hypertrophy it was observed in 57.7%. Every patient with functional etiology had presented normal hearing. Through the data correlation between etiologies and immittance thresholds, it was verified that in atopic individuals there was a prevalence of type C curve (29.5 %). When atopic individuals had hypertrophy, the prevalent curve was B (32.4%) and in individuals with hypertrophy, it was observed both types B and C with an identical prevalence of 21,8%. All the functional oral breathers showed a tympanometrical curve. CONCLUSION: it can be verified that most oral breathers don't have hearing loss, but individuals with hypertrophy showed higher prevalence of hearing disorder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Avaliação ecocardiográfica em obesos graves assintomáticos/ Echocardiography evaluation for asymptomatic patients with severe obesity

Rocha, Isaura Elaine Gonçalves Moreira; Victor, Edgar Guimarães; Braga, Maria Cynthia; Silva, Odwaldo Barbosa e; Becker, Mônica de Moraes Chaves
2007-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar a função sistólica e diastólica por meio da ecocardiografia Doppler em pacientes assintomáticos com obesidade grave. MÉTODOS: Foram avaliados, por meio de ecocardiograma transtorácico, 30 pacientes candidatos a cirurgia bariátrica, com IMC médio de 49,2±8,8 kg/m², sem história de cardiopatia prévia. RESULTADOS: Observou-se aumento de câmaras esquerdas em 42,9% da amostra, disfunção diastólica em 54,6%, hipertrofia ventricular esquerda em (mais) 82,1%, com padrão geométrico do tipo hipertrofia excêntrica em metade dos casos. A indexação da massa ventricular esquerda com a altura diagnosticou significativamente mais hipertrofia do que a indexação com a superfície corpórea (p = 0,0053), sendo esse índice mais apropriado para determinação de hipertrofia ventricular em obesos. Correlações entre hipertrofia ventricular esquerda com tempo de obesidade e níveis pressóricos foram positivas, bem como correlações entre o índice de massa corpórea e indicadores de disfunção diastólica. CONCLUSÃO: Este estudo mostrou que o ecocardiograma, realizado em portadores de obesidade grave assintomáticos, revelou alterações cardíacas estruturais comuns na miocardiopatia da obesidade, que podem associar-se ao desenvolvimento de insuficiência cardíaca, arritmias e morte súbita, possibilitando a identificação de pacientes sob maior risco cardiovascular. Resumo em inglês OBJECTIVE: To study the systolic and diastolic function of asymptomatic patients with severe obesity using a Doppler echocardiography. METHODS: Thirty candidates for bariatric surgery, with an average BMI of 49.2 ± 8.8 Kg/m² and no previous history of heart disease were evaluated through transthoracic echocardiography. RESULTS: Enlarged left chambers were observed in 42.9% of the sample, diastolic dysfunction in 54.6% and left ventricular hypertrophy in 82.1%, of which (mais) 50% of the cases presented the geometric pattern of eccentric hypertrophy. Indexation of left ventricular mass to height resulted in a significantly higher number of diagnoses for hypertrophy than indexation to body surface area (p = 0.0053), demonstrating that this index is more appropriate to determine ventricular hypertrophy in obese people. Correlations between left ventricular hypertrophy with obesity duration and pressure levels were positive as well as correlations between body mass index and diastolic dysfunction indicators. CONCLUSION: This study demonstrated that echocardiograms performed on asymptomatic severely obese patients can detect alterations in the cardiac structure that are common in cases of obesity cardiomyopathy and can be associated with the development of heart failure, arrhythmias and sudden death, enabling the identification of patients with greater cardiovascular risk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Complicações da hipertensão arterial em homens e mulheres atendidos em um ambulatório de referência/ Complications of hypertension in men and women seen in a referral outpatient care unit

Noblat, Antonio Carlos Beisl; Lopes, Marcelo Barreto; Lopes, Gildete Barreto; Lopes, Antonio Alberto
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar se o sexo se associa à hipertrofia ventricular esquerda, ao acidente vascular cerebral e à insuficiência renal em hipertensos atendidos em ambulatório de referência. MÉTODOS: Dados de 622 hipertensos, admitidos com diagnóstico de hipertrofia ventricular esquerda baseado no eletrocardiograma, de insuficiência renal, na creatinina > 1,4 mg/dl, e de acidente vascular cerebral em história pregressa e exame físico. Regressão logística foi utilizad (mais) a para estimar odds ratio da associação entre sexo e lesão de órgãos-alvo da hipertensão, ajustadas para raça, idade e sua duração. RESULTADOS: A média das idades foi 48,4±13,8 anos, 74,1% eram mulheres, 84,9% mulatos ou negros. Quase a metade dos homens e mais de 40% das mulheres apresentavam pelo menos um evento definido com lesão órgão-alvo. Insuficiência renal foi maior nos homens, OR ajustada (ORa) = 2,73; (p=0,002). Nos pacientes brancos, a freqüência de acidente vascular cerebral foi significantemente (p=0,017) maior nos homens (4/33) do que nas mulheres (0/56) e, na análise para idade > 49 anos, a prevalência de hipertrofia ventricular esquerda foi significantemente maior em homens, ORa = 1,99; (p=0,024). CONCLUSÃO: Os dados obtidos sugerem maior prevalência de insuficiência renal em homens do que em mulheres, de acidente vascular cerebral em homens brancos do que em mulheres brancas, e de hipertrofia ventricular esquerda em homens do que em mulheres com idade > 49 anos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the association between sex and left ventricular hypertrophy, stroke, and renal failure in hypertensive patients in a referral outpatient care unit. METHODS: This study assessed 622 hypertensive patients diagnosed with left ventricular hypertrophy based on electrocardiography, renal failure based on serum creatinine level > 1.4 mg/dL, and stroke based on a previous history and physical examination. Logistic regression was used to estimate the odds rat (mais) io of the association between sex and target-organ lesions in hypertension adjusted for race, age, and duration of the disease. RESULTS: The mean age of the patients was 48.4±13.8 years; 74.1% were women, and 84.9% were mulattos or blacks. Almost half of the men and more than 40% of the women had had at least 1 definite event involving a target-organ lesion. The incidence of renal failure was greater among men [adjusted OR (ORa) = 2.73, P= 0.002]. In white patients, the incidence of stroke was significantly (P= 0.017) greater among men (4/33) than among women (0/56), and, in the age group > 49 years, the prevalence of left ventricular hypertrophy was significantly greater among men (ORa = 1.99, P= 0.024). CONCLUSION: The data obtained suggest a greater prevalence of renal failure in men than in women, of stroke in white men than in white women, and of left ventricular hypertrophy in men than in women aged 49 years and above.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Relevância do padrão de remodelamento ventricular no modelo de infarto do miocárdio em ratos/ Relevance of the ventricular remodeling pattern in the model of myocardial infarction in rats

Minicucci, Marcos F.; Azevedo, Paula S.; Ardisson, Lidiane P.; Okoshi, Katashi; Matsubara, Beatriz B.; Matsubara, Luiz S.; Paiva, Sergio A. R.; Zornoff, Leonardo A. M.
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A relevância do padrão de remodelamento no modelo de ratos infartados não é conhecida. OBJETIVO: Analisar a presença de diferentes padrões de remodelamento nesse modelo e suas implicações funcionais. MÉTODOS: Ratos infartados (n=46) foram divididos de acordo com o padrão de geometria, analisado pelo ecocardiograma: normal (índice de massa normal e espessura relativa normal), remodelamento concêntrico (índice de massa normal e espessura relativa au (mais) mentada), hipertrofia concêntrica (índice de massa aumentado e espessura relativa aumentada) e hipertrofia excêntrica (índice de massa aumentado e espessura relativa normal). Os dados estão em mediana e intervalo interquartil. RESULTADOS: Ratos infartados apresentaram apenas dois dos quatro padrões de geometria: padrão normal (15%) e hipertrofia excêntrica - HE (85%). Os grupos de padrão normal e HE não apresentaram diferenças nos valores de fração de variação de área (Normal = 32,1 - 28,8 a 50,7; HE = 31,3 - 26,5 a 36,7; p=0,343). Dos animais infartados, 34 (74%) apresentaram disfunção sistólica, detectada pela fração de variação de área. Considerando os dois padrões de geometria, 77% dos animais com hipertrofia excêntrica e 57% com geometria normal apresentaram disfunção sistólica (p=0,355). A espessura relativa da parede, os padrões de geometria e o índice de massa não foram fator de predição de disfunção ventricular (p>0,05). Por outro lado, o tamanho do infarto foi fator de predição de disfunção ventricular na análise univariada (p Resumo em inglês BACKGROND: The relevance of the remodeling pattern in the model of infarcted rats is not known. OBJECTIVE: To analyze the presence of different patterns of remodeling in this model and its functional implications. METHODS: Infarcted rats (n=47) have been divided according to the geometry pattern, analyzed by echocardiogram: normal (normal mass index and normal relative thickness), concentric remodeling (normal mass index and increased relative thickness), concentric hyper (mais) trophy (increased mass index and increased relative thickness) and eccentric hypertrophy (increased mass index and normal relative thickness). Data are median and interquartile range. RESULTS: Infarcted rats showed only two of the four geometric patterns: normal pattern (15%) and eccentric hypertrophy - EH (85%). Groups of normal pattern and EH showed no differences in the values of fractional area change (Normal = 32.1 - 28.8 to 50.7; EH = 31.3 - 26.5 to 36.7; p = 0.343). Out of the infarcted animals, 34 (74%) had systolic dysfunction, detected by fractional area change. Considering these two geometry patterns, 77% of animals with eccentric hypertrophy and 57% with normal geometry presented systolic dysfunction (p=0.355). The relative wall thickness, the geometric patterns and the body mass index were not predictors of ventricular dysfunction (p> 0.05). On the other hand, infarct size was a predictive factor for ventricular dysfunction in univariate analysis (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Efeitos da espironolactona sobre as alterações miocárdicas induzidas pelo hormônio tireoideano em ratos/ Spironolactone effects on myocardium changes induced by thyroid hormone in rats

Fernandes, Maria Luiza Mendonça Pereira; Ferro, Eloísa Amália Vieira; Beletti, Marcelo Emilio; Resende, Elmiro Santos
2007-12-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Estudar o papel do sistema renina-angiotensina-aldosterona na hipertrofia miocárdica induzida pelo hormônio tireoideano, utilizando-se a espironolactona. OBJETIVO: Analisar as alterações morfológicas no miocárdio induzidas pelo hormônio tireoideano e os efeitos da espironolactona nesse processo. MÉTODOS: Foram estudados 40 ratos Wistar, divididos em quatro grupos, que receberam: veículo utilizado para a diluição do hormônio tireoideano (C); levotir (mais) oxina sódica (50 µg/rato/dia) (H); espironolactona (0,3 mg/kg/dia) (E) e hormônio tireoideano + espironolactona (HE), nas mesmas doses citadas, durante 28 dias consecutivos. Todos os animais foram submetidos a pesagem, coleta de sangue para dosagens hormonais e realização de ECG no início e no final do experimento. Ao final do período de estudo, os animais foram sacrificados para determinação do peso do ventrículo esquerdo (VE) e obtenção de cortes de VE para análise morfológica. RESULTADOS: Houve aumento dos níveis de T3 no plasma, perda de peso corporal e aumento da freqüência cardíaca nos animais que receberam o hormônio. O peso do VE foi maior nos grupos H e HE. A análise histométrica mostrou maiores diâmetros dos miócitos no grupo H, com os valores decrescentes nos grupos HE, E e C, sendo as diferenças estatisticamente significantes entre todos os grupos. A espironolactona associada ao hormônio tireoideano (HT) diminuiu em 14,6% a hipertrofia transversal dos miócitos. CONCLUSÃO: Em ratos tratados com hormônio tireoideano ocorre hipertrofia cardíaca com aumento do peso do VE e do diâmetro do miócito. A associação de espironolactona ao hormônio tireoideano previne parcialmente essa hipertrofia por mecanismos ainda desconhecidos. Resumo em inglês BACKGROUND: To study the possible role of aldosterone on thyroid hormone-induced myocardium hypertrophy, using spironolactone. OBJECTIVE: To evaluate morphological changes in the myocardium induced by thyroid hormone and the possible effects of spironolactone use on these alterations. METHODS: Forty Wistar rats were studied. The animals were allocated to four groups and were given: the vehicle used for dilution of the thyroid hormone (C); sodium levothyroxin at 50 µg/rat (mais) /day (H); spironolactone, 0.3 mg/kg/day (S); or thyroid hormone plus spironolactone (HS), at the same doses mentioned above, for 28 consecutive days. All the animals were weighed, had blood drawn for hormonal measurements and underwent ECG at the start and the end of the experiment. At the end of experiment all animals were euthanized, the weight of the left ventricle (LV) was determined and LV slices were obtained for morphological analysis. RESULTS: There was an increase in T3 levels, decrease of body weight and higher heart rate in the animals from group H. The LV weight was significantly higher in the H e HS groups. The histometric analyses that measured the diameter of the myocytes showed higher values in group H and a progressive decrease in groups HS, S and C, with a significant difference among all the groups. The addition of spironolactone decreased the transversal myocyte hypertrophy by 14.6%. CONCLUSION: Rats treated with thyroid hormone present cardiac hypertrophy with increased LV weight and greater myocyte diameter. Spironolactone, when associated with thyroid hormone, can partially prevent this hypertrophy through mechanisms that are yet to be determined.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Raça e lesão de órgãos-alvo da hipertensão arterial em pacientes atendidos em um ambulatório universitário de referência na cidade de Salvador/ Race and hypertensive target-organ damage in patients from an university-affiliated outpatient care referral clinic in the city of Salvador

Noblat, Antonio Carlos Beisl; Lopes, Marcelo Barreto; Lopes, Antonio Alberto
2004-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar se a raça do paciente estaria associada à presença de hipertrofia ventricular esquerda, acidente vascular cerebral e insuficiência renal crônica em hipertensos atendidos em ambulatório de referência em Salvador-BA. MÉTODOS: Analisados dados de 622 pacientes com o primeiro atendimento em ambulatório de hipertensão, entre 1982 e 1986, e identificados os com história prévia ou seqüela de acidente vascular cerebral, hipertrofia ventricular esque (mais) rda ou insuficiência renal (creatinina sérica > 1,4 mg/dL). Modelos de regressão logística foram utilizados para estimar odds ratio (OR) da associação entre raça (mulatos ou negros vs brancos) e lesão de órgãos-alvo de hipertensão, ajustadas para sexo e idade. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes foi 53,8±14,3 anos, 74,1% mulheres. Quanto à raça, 15,1% eram brancos, 65,9% mulatos e 19,0% negros. Acidente vascular cerebral foi significantemente mais freqüente em negros ou mulatos do que em brancos (odds ratio ajustada (ORa)=3,44; intervalo de confiança (IC) 95%=1,23-9,67). Quanto às associações envolvendo raça com os eventos hipertrofia ventricular esquerda e insuficiência renal as ORa não foram estatisticamente significantes, mas foram consistentes com maior prevalência de hipertrofia ventricular esquerda e insuficiência renal em negros e mulatos. CONCLUSÃO: Negros e mulatos hipertensos têm maior risco de lesão de órgão alvo do que brancos, com diferença racial maior para acidente vascular cerebral não fatal. Deve ser avaliada se diferenças raciais em mortalidade relacionada a complicações da hipertensão influenciam as associações observadas entre raça e lesão de órgãos-alvo. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess whether a patient's race is associated with the presence of left ventricular hypertrophy, stroke, and renal failure in hypertensive patients from an outpatient care referral clinic in the city of Salvador in the state of Bahia. METHODS: We assessed the data of 622 patients collected during their first visit to the hypertension outpatient care clinic between 1982 and 1986, identifying those with a previous history or sequela of stroke, left ventricular (mais) hypertrophy, or renal failure (serum creatinine > 1.4 mg/dL). Logistic regression models were used to estimate the odds ratio (OR) of the association between race (mulattos or black vs white individuals) and hypertensive target-organ damage adjusted for sex and age. RESULTS: The mean age of the patients was 53.8±14.3 years, and 74.1% were women. In regard to race, 15.1% were white, 65.9% mulatto, and 19.0% black. Stroke was significantly more frequent in blacks or mulattos than in white individuals [adjusted odds ratio (aOR) = 3.44; 95% confidence interval (CI) = (1.23-9.67). In regard to the associations involving race and the events of left ventricular hypertrophy and renal failure, the aORs were not statistically significant but were consistent with a greater prevalence of left ventricular hypertrophy and renal failure in blacks and mulattos. CONCLUSION: Hypertensive mulattos and blacks have a greater risk of target-organ damage than white individuals do, with a greater racial difference for nonfatal stroke. Whether racial differences in mortality related to hypertensive complications influence the associations observed between race and target-organ damage should be assessed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

O aumento em superfície em Adelia membranifolia (Müll. Arg.) Pax & K. Hoffm. e Peltophorum dubium (Spreng.) Taub., em resposta ao estresse por deficiência nutricional e alagamento do substrato/ Surface increase in Adelia membranifolia (Müll. Arg.) Pax & K. Hoffm. and Peltophorum dubium (Spreng.) Taub., in response to stress by flooding and nutritional deficit

Santiago, Etenaldo F.; Paoli, Adelita A.S.
2003-12-01

Resumo em português Foram estudadas as respostas plásticas em plântulas e plantas jovens de duas espécies arbóreas nativas, Adelia membranifolia (Müll. Arg.) Pax & K. Hoffm. (Euphorbiaceae) e Peltophorum dubium (Spreng.) Taub. (Leguminosae-Caesalpinoidae), submetidas ao alagamento do substrado associado ao déficit nutricional. Avaliou-se o acréscimo em superfície no módulo de expressão, definido como a região do eixo da plântula que, sob condições de estresse, sofre rediferenci (mais) ação sendo considerada a hipertrofia lenticelar como a expressão morfogenética mais comum. Em A. membranifolia a associação do estresse nutricional e alagamento do substrato foi a condição mais restritiva tanto para o crescimento em altura e diâmetro do colo quanto para as expressões morfogenéticas. Já em P. dubium o estado nutricional foi mais restritivo que o alagamento para o crescimento do colo. Em geral, para ambas as espécies, plantas nutridas mantidas alagadas restabeleceram seu ritmo de crescimento a partir do terceiro mês de tratamento, além de expressarem respostas plásticas como a hipertrofia lenticelar e a formação de raízes adventícias. Quanto ao aumento em superfície, nos lotes desnutridos, verificou-se que em A. membranifolia de um total de 38% de superfície expressa, 12% corresponderam à hipertrofia lenticelar. Em P. dubium verificou-se as maiores variações de aumento em superfície expressa por hipertrofia lenticelar, elevando de 5% para 13%. Em geral a superfície modular nos lotes tratados foi o dobro em relação ao controle. É possível que o aumento em superfície, para algumas espécies, seja significativo como tendência ao aumento da estabilidade no desenvolvimento a partir de interações fisiológicas. Resumo em inglês Plastic responses in seedlings and young specimens of the native tree species Adelia membranifolia (Müll. Arg.) Paxt. & K. Hoffm. (Euphorbiaceae) and Peltophorum dubium (Spreng.) Taub. (Leguminosae-Caesalpinoidae), submitted to flooding and nutritional deficit, were studied. Surface increase on the expression module, defined as the region on the stem of the seedling which, under stress situations, undertakes re-differentiation, was measured. The lenticels hypertrophy is (mais) seen as its most common morphogenetic expression. In A. membranifolia, both for growth in height and stem diameter and for morphogenic expressions, the association of nutritional stress with flooding represented the most restrictive conditions. In P. dubium nutritional state was more restrictive than flooding for stem growth. In general, nourished plants of both species maintained in a flooded condition reestablished their growth rhythms starting from the third month of treatment, besides evidencing plastic responses such as lenticels hypertrophy and the formation of adventitious roots. In regards to surface increase in the undernourished lots, it was verified that in A. membranifolia, from a total of 38% of surface, 12% corresponded to lenticels hypertrophy. In P. dubium the greatest variation of surface increase by lenticels hypertrophy was observed, an increase from 5% to 13%. Generally, the modular surface in the flooded plants was twice as large when compared to the control group. It is possible that the surface increase, for some species, is significant as a trend towards improving growth stability due to physiological interactions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Uso crônico de decanoato de nandrolona como fator de risco para hipertensão arterial pulmonar em ratos Wistar/ Chronic use of nandrolone decanoate as risk factor for pulmonary arterial hypertension in Wistar rats

Graceli, Jones Bernardes; Gava, Pablo Lúcio; Gomes, Helena Lima; Moscon, Leonardo Moreira; Endlich, Patrick Wander; Gonçalves, Washington Luiz Silva; Moysés, Margareth Ribeiro
2010-02-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O uso indiscriminado de esteróides anabolizantes sintéticos, análogos à testosterona, implica aumento do risco cardiovascular e hipertrofia cardíaca. Assim, o aumento da massa ventricular direita corrigido pelo peso corporal (i.é., hipertrofia ventricular direita - HVD), poderia elevar o risco para o desenvolvimento de hipertensão arterial pulmonar (HAP). OBJETIVOS: Examinar os efeitos do tratamento em longo prazo com decanoato de nadrolona na HVD e s (mais) ua relação com a HAP em ratos. MÉTODOS: 16 ratos Wistar com três meses de idade foram aleatoriamente divididos em dois grupos: 1) controle-sham (CONT, n = 8); 2) tratados com decanoato de nandrolona (DECA, n = 8). O tratamento consistiu na aplicação intramuscular de Deca-durabolin® 6.0mg.kg-1 de peso corporal durante quatro semanas. Após tratamento, os animais foram anestesiados com hidrato de cloral (4.0mL.kg-1, i.p.), submetidos à cateterização da artéria femoral para registro da pressão arterial media (PAM) e frequência cardíaca (FC). O coração, os rins e o fígado foram retirados, pesados e avaliados os índices de hipertrofia, os quais foram calculados pela razão da massa do órgão pelo peso corporal (mg.g-1). RESULTADOS: Os animais tratados com DECA apresentaram aumento (p Resumo em inglês INTRODUCTION: The unsystematic use of anabolic steroids, synthetic analogs of testosterone, implies enhanced cardiovascular risk and cardiac hypertrophy. Thus, increased right ventricular mass corrected by the body weight (e.g.right ventricular hypertrophy -RVH) could raise the risk for development of pulmonary arterial hypertension (PAH). OBJECTIVES: to examine the effects of long-term chronic treatment with nandrolone decanoate on the RVH and its relationship with PAH i (mais) n rats. METHODS: 16 three-month Wistar male rats were treated with nandrolone decanoate (6.0 mg/kg-1 body weight; DECA, n=8) or control vehicle (CONT, n=8). The drug and vehicle were administered by a single injection in the femoral muscle once a week for 4 weeks. After the treatment, rats were anesthetized with chloral hydrate (4.0mL/kg-1, ip), and catheterized in the femoral artery. Twenty-four hours later, mean arterial pressure (MAP) and heart ratio were measured. The heart, kidneys and liver were removed, weighed and the rates of hypertrophy (RH) were measured, which were calculated by the ratio of the weight of the organs by the body weight (mg.g-1). RESULTS: DECA treatment increased body weight (338 ± 6g; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Ptose palpebral associada a paquidermoperiostose: relato de caso/ Eyelid ptosis associated with pachydermoperiostosis: case report

Alves, Ana Paula Ximenes; Holanda Filha, Joana Gurgel; Jerônimo, Fabiane Trindade
2005-06-01

Resumo em português Descreve-se caso clínico de um indivíduo acometido por paquidermoperiostose, cuja queixa principal foi ptose palpebral bilateral. Trata-se de doença hereditária, autossômica dominante, que acomete a pele, os ossos e os tecidos moles, resultando em acentuada hipertrofia tarsal. Discute-se a fisiopatologia da ptose e o tratamento executado no caso. Resumo em inglês We describe a clinical case of a patient with pachydermoperiostosis and bilateral palpebral ptosis. It is a hereditary, dominant autosomic disease, which affects skin, bones and soft tissues. In the eyelid, it causes an important tarsal hypertrophy. We discuss the physiopathology and treatment of the ptosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Valva aórtica quadrivalvular por ecocardiografia transtorácica/ Quadricuspid aortic valve by transthoracic echocardiography

Silva, Erlon Oliveira de Abreu; Iglesias, Alessandro Giralde; Silva, Erlon de Abreu
2008-08-01

Resumo em português Uma mulher de 55 anos procurou atendimento médico com queixas de palpitações, dor torácica atípica e dispnéia ao esforço, com duração de 12 meses. O eletrocardiograma revelou hipertrofia ventricular esquerda. O ecocardiograma Doppler transtorácico confirmou hipertrofia de câmaras esquerdas e detectou a presença de valva aórtica quadri, com válvulas de mesmo tamanho, e fluxo regurgitante central moderado. No ecocardiograma, a valva quadrivalvular é identific (mais) ada por sua forma característica em "X" durante a diástole e aspecto retangular durante a sístole. Os sintomas de insuficiência cardíaca provavelmente são causados por insuficiência valvar, em decorrência de coaptação anormal das válvulas. Em vista da possibilidade de aumento da regurgitação, a paciente foi submetida a controle ecocardiográfico periódico. Observou-se melhora dos sintomas com o tratamento. Resumo em inglês A 55-year-old woman seeks medical attention with palpitations, atypical chest pain and dyspnea upon exertion, lasting for 12 months. ECG showed left ventricular hypertrophy. Transthoracic Doppler echocardiogram confirmed hypertrophy of the left chambers and showed a quadricuspid aortic valve, with equal-sized cusps, in addition to a moderate regurgitant central flow. Upon echocardiography, the quadricuspid valve is identified by its characteristic "X" form during diastole (mais) and rectangular aspect during systole. Heart failure symptoms are presumably caused by valve insufficiency due to abnormal leaflet coaptation. Considering the possibility of progressive regurgitation, follow up on the patient was performed with periodic echocardiographic control. Symptoms responded to treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Associações técnicas conjugadas para correção cirúrgica do ronco e SAOS (periférica)/ Technical associations joined to snoring and SAOS (peripheral) surgical corrections

D'Avila, Jeferson Sampaio; Gois, Carlos R. T.; Santos Jr., Ronaldo C.; Todt Neto, João C.
2003-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Com esta proposta de associação conjunta de técnicas cirúrgicas clássicas objetivamos oferecer de forma mais segura aquilo que cada uma especificamente apresenta de melhor, com a introdução da Microscopia Óptica em todos os procedimentos. MATERIAL E MÉTODO: Realizamos com critérios bem definidos o topodiagnóstico prático periférico, isolando apenas os classificados como Nível I de Fujita. Associamos três grupos específicos de técnica. Grupo A: L (mais) AUP (Kamami) + U.P.F.P. Parcial (Fujita Modificado-FM). Grupo B: LAUP + Criptólise (Krespi) + U.P.F.P. Parcial (Fujita Modificado). Grupo C: LAUP + Microcirurgia Tonsilas (Andréa/Dias) + U.P.F.P. (FM). As indicações cirúrgicas de cada grupo são para: Grupo A: hipertrofia de úvula + rebaixamento de palato + ausência ou atrofia de tonsilas palatinas (TP). Grupo B: quadro anatômico semelhante ao Grupo A + hipertrofia de TP (grau I e II). Grupo C: hipertrofia de úvula e de TP (grau III)+ redundância faríngea. No período de 38 meses, estamos com 60 casos operados, na proporção de: Grupo A: 20, Grupo B: 12 e Grupo C: 28. RESULTADOS: Houve melhora clínica em 46 pacientes (76,67%). Os melhores resultados foram detectados nos Grupos A e C. CONCLUSÃO: A seleção em grupos dos pacientes portadores de ronco e SAOS (periférica) do nível I de Fujita, considerando-se parâmetros anátomo-clínicos, oferece-nos mais segurança na escolha adequada dos métodos de abordagem cirúrgica. Portanto, com esta proposta de associação de técnicas, estamos conseguindo melhorar nossos resultados e sugerimos que este esquema seja efetivado em outros serviços. Resumo em inglês AIM: Associating those classical surgical techniques, we intend to safely provide what each technique has to offer, introducing the Optical Microscopy in all procedures. MATERIAL AND METHOD: The practical peripheral topodiagnosis was made with well-defined criteria, isolating only the ones labeled as Level 1 by Fujita. Three specific types of techniques were associated. Group A: LAUP (Kamami) + Partial U.P.F.P. (modified Fujita). Group B: LAUP + cryptolysis (Krespi) + Par (mais) tial U.P.F.P. (modified Fujita). Group C: LAUP + Tonsils Microsurgery (Andréa/Dias) + Partial U.P.F.P. (Modified Fujita). The surgical indications for each group were the following: Group A: Uvula Hypertrophy + palate low placement + lack of Tonsils (grade I). Group B: anatomical parameters equal to Group A + Tonsils atrophy or hypertrophy (grade I). Group C: Uvula and tonsils hypertrophy (grade II and III) + pharynx redundancy. In 38 months, there were 60 operated cases, divided as follows: Group A: 20; Group B: 12 and Group C: 28. RESULT: Clinical improvement occurred in 46 patients (76.67%). The best results were detected in groups A and C. CONCLUSION: Selection in groups of patients with snoring and SOAS (peripheral) labeled as Level 1 of Fujita, considering anatomical and clinical parameters, is the safest for the choice of surgical methods. Thus, by proposing an association of techniques, we have accomplished better results and so we suggest the effective use of this basic protocol in other services.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Caso para diagnóstico/ Case for diagnosis

Brandão, Flávia Vieira; Silva, Cláudia Márcia Resende; Gontijo, Bernardo; Guedes, Antônio Carlos Martins
2009-12-01

Resumo em português Fibromatose hialina juvenil e hialinose sistêmica infantil são desordens autossômicas recessivas, raras da infância. À histologia, há depósito de material hialino na derme e subcutâneo. As características clínicas principais são: lesões pápulo-nodulares, hipertrofia gengival, contratura articular, lesões ósseas osteolíticas e retardo no crescimento. Mutações no mesmo gene foram identificadas nas duas condições, sugerindo que sejam espectros da mesma doença. Resumo em inglês Juvenile hyaline fibromatosis and infantile systemic hyalinosis are rare autossomal recessive disorders with onset in infancy or early childhood. Histological examination shows deposit of hyaline material in the dermis and subcutaneous tissue. Clinical features include papulonodular skin lesions, gingival hypertrophy, flexion contractures of joints, osteolytic bone lesions and stunted growth. Mutations in the same gene were detected in both conditions, suggesting that they may be variants of the same disorder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Síndrome de Klippel-Trenaunay: relato de caso/ Klippel-Trenaunay syndrome: case report

Leon, Cristiano do Amaral de; Braun Filho, Luiz Roberto; Ferrari, Maigrei Dani; Guidolin, Bruno Luiz; Maffessoni, Bruna Jardim
2010-02-01

Resumo em português A síndrome de Klippel-Trenaunay é caracterizada por uma tríade composta de mancha vinho do porto, veias varicosas com ou sem malformações venosas e hipertrofia óssea e dos tecidos moles, envolvendo, geralmente, apenas uma extremidade (hipercrescimento da extremidade afetada). Sua causa continua a ser pesquisada, embora existam diversas teorias. É uma síndrome sem predileção por sexo e etnia, apresentando-se mais ao nascimento, infância ou adolescência. Apresentamos o relato de um caso de um menino de oito anos com essa síndrome. Resumo em inglês Klippel-Trenaunay syndrome is characterized by a triad of port-wine stain, varicose veins with or without venous malformations, and bony and soft tissue hypertrophy. It usually affects only one extremity. Its cause continues to be investigated, although theories abound. There is no predilection for gender or any particular ethnicity, and it appears more frequently at birth, childhood or adolescence. We report the case of an 8-year-old boy with this syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Síndrome de Isaacs: relato de três casos/ Isaacs' syndrome: report of three cases

SCOLA, ROSANA HERMÍNIA; COMERLATO, ENIO ALBERTO; TEIVE, HÉLIO AFONSO GUIZZONI; GERMINIANI, FRANCISCO; WERNECK, LINEU CÉSAR
1999-06-01

Resumo em português Relatamos três casos de síndrome de Isaacs, que apresentavam mioquímia clínica, cãibras, dificuldades para o relaxamento muscular, hipertrofia muscular e aumento da sudorese. A eletromiografia de agulha mostrou atividade muscular contínua involuntária, caracterizada como descargas mioquímicas. Os estudos da condução nervosa foram normais. Biópsia de músculo, realizado nos três casos, mostrou atrofia de fibras do tipo 2. Dois casos apresentaram melhora clínica com a utilização de carbamazepina e um com prednisona. Resumo em inglês We report two females, and one male with Isaacs' syndrome. The patients presented with clinical myokymia activity, muscle cramps, delayed relaxation, and muscle hypertrophy and increased sweating. Needle electromyography in several muscles showed generalized continuous motor unit discharges, myokymic discharges, and normal nerve conduction studies. Muscle biopsy showed type two fiber atrophy. Treatment with carbamazepine was effective in two cases and prednisone in one.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Estenose de piloro em eqüino adulto/ Pyloric stenosis in a mature horse

Yamada, Ana Lúcia Miluzzi; Nicoletti, José Luiz de Mello; Watanabe, Marcos Jun; Hussni, Carlos Alberto; Alves, Ana Liz Garcia; Carneiro, Rodrigo; Veronezi, Regina de Cássia
2009-02-01

Resumo em português Neste trabalho, é descrito um caso de estenose hipertrófica de piloro diagnosticado por gastroscopia em um eqüino Quarto de Milha, de quatro anos de idade, que apresentava inapetência, emagrecimento progressivo, cólica, bruxismo e sialorréia. A gastroduodenite ulcerativa crônica e os espasmos prolongados foram as supostas causas da hipertrofia da musculatura circular do piloro, causando a estenose. O tratamento com substâncias antiulcerativas é paliativo e o acesso cirúrgico ao piloro no animal adulto é complexo, sendo o prognóstico duvidoso. Resumo em inglês A case of hypertrophic pyloric stenosis diagnosed by gastroscopy was reported in a 4-years-old Quarter Horse gelding, with signs of inappetence, chronic weight loss, colic, bruxism and sialorrhea. Gastroduodenal ulceration and spasms were supposed as causes of pyloric muscular hypertrophy and stenosis. Antiulcerative medications are merely palliative and the complex surgical approach to the site of stenosis makes the prognostic to be doubtful.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Resposta da paratireóide de ratas às variações do cálcio e fósforo plasmáticos no hipertireoidismo e hipogonadismo/ Response of parathyroid to the plasmatic of calcium and phosphorus variations in hyperthyroidism and hypogonadism in the rat

Serakides, R.; Ocarino, N.M.; Cardoso, T.G.S.; Moraes, J.R.C.; Nunes, V.A.; Silva, A.E.
2005-02-01

Resumo em português Foram estudadas 84 paratireóides de ratas Wistar com cinco meses de idade, castradas ou não, e mantidas em hipertireoidismo por períodos de 30, 60 e 90 dias. Dois grupos eutireóideos, um castrado e o outro não, foram mantidos nas mesmas condições e serviram de controle. Ao final de cada período, foram colhidos o plasma, para determinação da concentração de T4 livre, o cálcio e o fósforo e as paratireóides, para análise morfológica e determinação da porc (mais) entagem de núcleo, citoplasma e estroma. Aos 90 dias houve reversão da hipocalcemia observada aos 60 dias nos animais eutireóideos castrados e não castrados, graças à hipertrofia da paratireóide. O mesmo não ocorreu com os grupos hipertireóideos que apresentaram hipocalcemia e hiperfosfatemia progressivas e não compensadas até os 90 dias. Na castração há pronta reversão da hipocalcemia em resposta ao aumento da atividade funcional da paratireóide. No estado hipertireóideo com gônadas funcionais, apesar da hipertrofia da paratireóide, não há retorno à isocalcemia e isofosfatemia. Na associação hipertireoidismo-castração, a paratireóide não responde satisfatoriamente à hipocalcemia e hiperfosfatemia intensas e progressivas. Resumo em inglês Eighty four parathyroids of castrated and intact adult female Wistar rats kept under hyperthyroidism state for 30, 60 or 90 days were studied. Two euthyroid goups, one castrated and another intact were used as controls. At the end of each period, blood was collected and the concentrations of free T4, calcium and phosphorus were determined. The parathyroids were analysed microscopically and % of nuclei, cytoplasm and stroma were determined. Hypocalcemia that was observed i (mais) n castrated and intact euthyroid rats at 60 days was reverted after 90 days due to parathyroid hypertrophy. In hyperthyroid groups, hypocalcemia and hyperphosphatemia were progressive and did not revert at 90 days. In conclusion, castration revert hypocalcemia due to the increase of parathyroid activity. In spite of parathyroid hypertrophy, hyperthyroid state with functional gonads did not return to isocalcemia and isophosphatemia state. In addition, under the association of hyperthyroidism-castration, parathyroid did not respond to progressive hypocalcemia and hyperphosphatemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Otorrinolaringologia pediátrica no Sistema Público de Saúde de Belo Horizonte/ Pediatric (Otolaryngology) at the Public Health System of a city in Southeastern Brazil

Guerra, Angela Francisca Marques; Gonçalves, Denise Utsch; Côrtes, Maria da Conceição Juste Werneck; Alves, Claudia Regina Lindgren; Lima, Tânia Mara Assis
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a adequação dos encaminhamentos da atenção primária para a secundária em otorrinolaringologia pediátrica. MÉTODOS: Estudo realizado em Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, de março de 2004 a maio de 2005. Foram avaliadas 408 crianças pré-escolares encaminhadas da atenção primária para a secundária do setor de otorrinolaringologia com otite, faringoamigdalite, rinossinusite, rinite alérgica e hipertrofia de amígdala/adenóide. As vari (mais) áveis analisadas foram: concordância dos diagnósticos na atenção primária e secundária, tempo de espera pela consulta, acompanhamento e especialista (médico de família ou pediatra) que examinou a criança na atenção primária. A concordância dos diagnósticos foi avaliada pela análise estatística de kappa. RESULTADOS: Os pacientes tinham em média cinco anos de idade, dos quais 214 (52,5%) eram meninos, o tempo médio de espera pela consulta foi de 3,7 meses. Os diagnósticos na atenção primária e secundária foram, respectivamente: otite (44%, 49%), hipertrofia de amígdala/adenóide (22%, 33%), faringoamigdalite (18%, 23%), rinossunusite (13%, 21%), rinite alérgica (3%, 33%). Análise de concordância kappa foi 0,15 para otite com efusão, 0,35 para otite recorrente, 0,04 para hipertrofia de amígdala/adenóide, 0,43 para faringoamigdalite, 0,05 para rinite alérgica; 0,2 para rinossinusite. Os diagnósticos na atenção primária para encaminhamento à secundária, definidos pelo médico de família ou pelo pediatra que avaliou a criança foram concordantes. CONCLUSÕES: A inadequação dos encaminhamentos da atenção primária para a secundária em otorrinolaringologia foi expressa pelo longo tempo de espera pela consulta e pela baixa concordância de diagnósticos firmados entre os níveis de atenção para os mesmos pacientes avaliados. A atenção primária poderia se tornar mais eficiente se os profissionais fossem mais bem capacitados em otorrinolaringologia. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the suitability of referral from primary to secondary care in pediatric Otolaryngology. METHODS: The study was performed in the city of Belo Horizonte, in the state of Minas Gerais, from March 2004 to May 2005. A total of 408 pre-school children referred from primary care to secondary care in the department of Otolaryngology presenting with otitis, tonsillitis, sinusitis, allergic rhinitis, and tonsillar/adenoidal hypertrophy was assessed. The studied (mais) variables were: agreement between diagnoses in primary and secondary care; waiting time for doctor's appointment; follow-up, and professional (pediatrician or family physician) that examined children in primary care. Agreement of diagnoses was assessed using kappa statistics. RESULTS: Patients were five years old on average, 214 (52.5%) were boys, mean waiting time for appointment was 3.7 months. Diagnoses in primary and secondary care were respectively: otitis (44%, 49%), tonsillar/adenoidal hypertrophy (22%, 33%), tonsillitis (18%, 23%), sinusitis (13%, 21%), allergic rhinitis (3%, 33%). Agreement analysis of kappa was 0.15 for otitis with effusion, 0.35 for recurrent otitis, 0.04 for tonsillar/adenoidal hypertrophy, 0.43 for tonsillitis, 0.05 for allergic rhinitis, and 0.2 for sinusitis. Diagnoses in primary care referred to secondary care were in agreement when given either by pediatrician or family physician. CONCLUSIONS: Unsuitability of referrals from primary to secondary care in otolaryngology was expressed by the long time waiting for appointments and by the low agreement between diagnoses in different level of care for the same patients. Primary health care could be more efficient if professionals were better qualified in Otolaryngology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Otorrinolaringologia pediátrica no Sistema Público de Saúde de Belo Horizonte/ Pediatric (Otolaryngology) at the Public Health System of a city in Southeastern Brazil

Guerra, Angela Francisca Marques; Gonçalves, Denise Utsch; Côrtes, Maria da Conceição Juste Werneck; Alves, Claudia Regina Lindgren; Lima, Tânia Mara Assis
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a adequação dos encaminhamentos da atenção primária para a secundária em otorrinolaringologia pediátrica. MÉTODOS: Estudo realizado em Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, de março de 2004 a maio de 2005. Foram avaliadas 408 crianças pré-escolares encaminhadas da atenção primária para a secundária do setor de otorrinolaringologia com otite, faringoamigdalite, rinossinusite, rinite alérgica e hipertrofia de amígdala/adenóide. As vari (mais) áveis analisadas foram: concordância dos diagnósticos na atenção primária e secundária, tempo de espera pela consulta, acompanhamento e especialista (médico de família ou pediatra) que examinou a criança na atenção primária. A concordância dos diagnósticos foi avaliada pela análise estatística de kappa. RESULTADOS: Os pacientes tinham em média cinco anos de idade, dos quais 214 (52,5%) eram meninos, o tempo médio de espera pela consulta foi de 3,7 meses. Os diagnósticos na atenção primária e secundária foram, respectivamente: otite (44%, 49%), hipertrofia de amígdala/adenóide (22%, 33%), faringoamigdalite (18%, 23%), rinossunusite (13%, 21%), rinite alérgica (3%, 33%). Análise de concordância kappa foi 0,15 para otite com efusão, 0,35 para otite recorrente, 0,04 para hipertrofia de amígdala/adenóide, 0,43 para faringoamigdalite, 0,05 para rinite alérgica; 0,2 para rinossinusite. Os diagnósticos na atenção primária para encaminhamento à secundária, definidos pelo médico de família ou pelo pediatra que avaliou a criança foram concordantes. CONCLUSÕES: A inadequação dos encaminhamentos da atenção primária para a secundária em otorrinolaringologia foi expressa pelo longo tempo de espera pela consulta e pela baixa concordância de diagnósticos firmados entre os níveis de atenção para os mesmos pacientes avaliados. A atenção primária poderia se tornar mais eficiente se os profissionais fossem mais bem capacitados em otorrinolaringologia. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the suitability of referral from primary to secondary care in pediatric Otolaryngology. METHODS: The study was performed in the city of Belo Horizonte, in the state of Minas Gerais, from March 2004 to May 2005. A total of 408 pre-school children referred from primary care to secondary care in the department of Otolaryngology presenting with otitis, tonsillitis, sinusitis, allergic rhinitis, and tonsillar/adenoidal hypertrophy was assessed. The studied (mais) variables were: agreement between diagnoses in primary and secondary care; waiting time for doctor's appointment; follow-up, and professional (pediatrician or family physician) that examined children in primary care. Agreement of diagnoses was assessed using kappa statistics. RESULTS: Patients were five years old on average, 214 (52.5%) were boys, mean waiting time for appointment was 3.7 months. Diagnoses in primary and secondary care were respectively: otitis (44%, 49%), tonsillar/adenoidal hypertrophy (22%, 33%), tonsillitis (18%, 23%), sinusitis (13%, 21%), allergic rhinitis (3%, 33%). Agreement analysis of kappa was 0.15 for otitis with effusion, 0.35 for recurrent otitis, 0.04 for tonsillar/adenoidal hypertrophy, 0.43 for tonsillitis, 0.05 for allergic rhinitis, and 0.2 for sinusitis. Diagnoses in primary care referred to secondary care were in agreement when given either by pediatrician or family physician. CONCLUSIONS: Unsuitability of referrals from primary to secondary care in otolaryngology was expressed by the long time waiting for appointments and by the low agreement between diagnoses in different level of care for the same patients. Primary health care could be more efficient if professionals were better qualified in Otolaryngology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Associação do eletrocardiograma com diabete melito e síndrome metabólica em nipo-brasileiros/ Relationship between electrocardiogram with diabetes mellitus and metabolic syndrome in Japanese-Brazilians/ Asociación del electrocardiograma con diabetes mellitus y síndrome metabólico en nipobrasileños

Brollo, Luigi; Bombig, Maria Teresa Nogueira; Mazzaro, Cleber do Lago; Francisco, Yoná Afonso; Fonseca, Francisco Antonio Helfenstein; Carvalho, Antonio Carlos Camargo; Harima, Helena; Hirai, Amélia; Povoa, Rui
2009-05-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Ao migrarem para as Américas, os japoneses submeteram-se a processo de ocidentalização, com estilo de vida, especialmente dieta, muito diferente, podendo explicar o aumento de diabete melito (DM), síndrome metabólica (SM) e doenças cardiovasculares. OBJETIVO: Analisar a presença de necrose miocárdica e hipertrofia ventricular esquerda (HVE) pelo ECG e sua relação com DM e SM em população de nipo-brasileiros. MÉTODOS: Estudo transversal que avaliou (mais) 1.042 nipo-brasileiros acima de 30 anos, 202 nascidos no Japão (isseis) e 840 nascidos no Brasil (nisseis), provenientes da segunda fase do estudo Japanese-Brazilian Diabetes Study Group iniciado em 2000. A SM foi definida pelos critérios da NCEP-ATP III modificados para os japoneses. A presença de DM e SM se associou ao encontro de necrose miocárdica pelo critério de Minnesota e de HVE pelo critério de Perugia no ECG. Utilizou-se o método estatístico do qui-quadrado para rejeição da hipótese de nulidade. RESULTADOS: Dos 1.042 participantes 35,3% tinham DM (38,6% entre os isseis e 34,5% nos nisseis); 51,8% tinham SM (59,4% nos isseis e 50,0% nos nisseis). A presença de zona inativa nos isseis diabéticos não foi estatisticamente significante quando comparada com os não-diabéticos, porém entre os nisseis diabéticos a zona inativa estava presente em 7,5%. Houve correlação estatisticamente significante entre a SM e HVE nos isseis e nisseis. CONCLUSÃO: Distúrbios metabólicos tiveram alta prevalência em nipo-brasileiros com correlações significantes com necrose e hipertrofia pelo ECG. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Al migrar hacia las Américas, los japoneses se sometieron a un proceso de occidentalización, con estilo de vida, y especialmente dieta, muy diferente, lo que puede explicar el aumento de diabetes mellitus (DM), síndrome metabólico (SM) y enfermedades cardiovasculares. OBJETIVO: Analizar la presencia de necrosis miocárdica e hipertrofia ventricular izquierda (HVI), indicada en ECG, y su relación con DM y SM en población de nipobrasileños. MÉTODOS: Estu (mais) dio transversal que evaluó a 1.042 nipobrasileños con edad superior a 30 años: 202 nacidos en Japão (iseis) y 840 nacidos en Brasil (niseis), provenientes de la segunda fase del estudio Japanese-Brazilian Diabetes Study Group iniciado en 2000. Se definió el SM desde los criterios de la NCEP-ATP III, modificados para los japoneses. La presencia de DM y SM se asoció a la formación de necrosis miocárdica, según el de Minnesota, y de HVI según el criterio de Perugia, ambas reveladas en el ECG. Se utilizó el método estadístico del Chi-cuadrado para rechazo de la hipótesis de nulidad. RESULTADOS: De los 1.042 participantes, el 35,3% presentaba DM (el 38,6% entre los iseis y el 34,5% en niseis); el 51,8% tenían SM (el 59,4% entre iseis y el 50,0% en niseis). La presencia de zona inactiva en los iseis diabéticos no se mostró estadísticamente significante, si se la compara a los no diabéticos; sin embargo, entre los niseis diabéticos la zona inactiva se presentaba en el 7,5%. Hubo correlación estadísticamente significante entre el SM y la HVE entre iseis y niseis. CONCLUSIÓN: Disturbios metabólicos tuvieron alta prevalencia en nipobrasileños con correlaciones significantes con necrosis e hipertrofia reveladas por el ECG. Resumo em inglês BACKGROUND: When the Japanese immigrated to the Americas, they were subjected to Westernization, with a great change in lifestyle, specially in dietary habits, and this may explain the increase in the incidence of diabetes mellitus (DM), metabolic syndrome (MS) and cardiovascular disease among them. OBJECTIVE: To study the presence of myocardial necrosis and left ventricular hypertrophy (LVH) in a population of Japanese-Brazilians, using the ECG and its relationship with (mais) DM and MS. METHODS: This was a cross-sectional study which evaluated 1,042 Japanese-Brazilians aged 30 or over, 202 of them born in Japan (Issei) and 840 of them born in Brazil (Nissei), from the second phase of the Japanese-Brazilian Diabetes Study Group initiated in 2000. MS was defined according to the NCEP-ATP III criteria modified for the Japanese. DM and MS were associated with the presence of myocardial necrosis (according to the Minnesota criteria) and LVH (according the Perugia score on the ECG). The statistic chi square method was used to reject the null hypothesis.? RESULTS: Of the 1,042 participants, 35.3% had DM (38.6% of the Issei and 34.5% of the Nissei); 51.8% had MS (59.4% of the Issei and 50.0% of the Nissei). The presence of an inactive zone in the diabetic Issei group was not statistically significant when compared to the non-diabetic group, but among the diabetic Nissei group an inactive zone was present in 7.5% of them. There was a statistically significant correlation between MS and LVH in the Issei and Nissei groups. CONCLUSION: Metabolic disorders presented a high prevalence in Japanese-Brazilians with significant correlations with necrosis and hypertrophy on the ECG.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Realce tardio e perfusão miocárdica em cardiomiopatia hipertrófica (comparação entre grupos)/ Late enhancement and myocardial perfusion in hypertrophic cardiomyopathy (comparison betw een groups)/ Realce tardío y perfusión miocárdica en cardiomiopatía hipertrófica (comparación entre grupos)

Barbosa, Clarissa Almeida Sarmento; Castro, Cláudio Campi de; Ávila, Luiz Francisco Rodrigues de; Parga Filho, José Rodrigues; Hattem, Domingos Mohanad; Fernandez, Edmundo Arteaga
2009-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A ressonância magnética é um método eficaz para estudo da cardiomiopatia hipertrófica. OBJETIVO: Avaliar, pela ressonância magnética, os parâmetros de função sistólica, perfusão e viabilidade miocárdica em pacientes portadores de cardiomiopatia hipertrófica, comparando os grupos com e sem obstrução na via de saída do ventrículo esquerdo. MÉTODO: Vinte e um pacientes com diagnóstico de cardiomiopatia hipertrófica realizaram estudos de funç (mais) ão, viabilidade e perfusão miocárdica nas fases de estresse e de repouso pela ressonância magnética. RESULTADOS: Os segmentos ventriculares mais comprometidos pela hipertrofia foram os da região septal. O grupo obstrutivo apresentou distribuição segmentar de espessura miocárdica semelhante ao não-obstrutivo, porém com maiores médias que o primeiro grupo. A média da fração de ejeção dos pacientes do grupo obstrutivo foi maior que o grupo não-obstrutivo, enquanto as médias dos volumes sistólico e diastólico finais foram menores no grupo obstrutivo. Houve correlação positiva entre a espessura segmentar do ventrículo e a massa segmentar do realce tardio. A indução de estresse determinou aumento do número de segmentos com alteração de perfusão e essa alteração foi mais evidente no grupo obstrutivo. CONCLUSÃO: Os segmentos ventriculares com maior espessura são os septais. As regiões hipertróficas estão associadas à maior extensão de realce tardio. Houve correlação positiva entre as áreas de hipertrofia ventricular e perfusão miocárdica alterada, e esses achados foram mais evidentes no grupo obstrutivo. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La resonancia magnética es un método eficaz para estudio de la cardiomiopatía hipertrófica. OBJETIVO: Evaluar, por la resonancia magnética, los parámetros de función sistólica, perfusión y viabilidad miocárdica en pacientes portadores de cardiomiopatía hipertrófica, comparando los grupos con y sin obstrucción en la vía de salida del ventrículo izquierdo. MÉTODO: Veinte y un pacientes con diagnóstico de cardiomiopatía hipertrófica realizaron (mais) estudios de función, viabilidad y perfusión miocárdica en las fases de estrés y de reposo por la resonancia magnética. RESULTADOS: Los segmentos ventriculares más comprometidos por la hipertrofia fueron los de la región septal. El grupo obstructivo presentó distribución segmental de espesor miocárdico semejante al no obstructivo, pero con mayores promedios que el primer grupo. El promedio de la fracción de eyección de los pacientes del grupo obstructivo fue mayor que el grupo no obstructivo, mientras que los promedios de los volúmenes sistólico y diastólico finales se hallaron menores en el grupo obstructivo. Hubo correlación positiva entre el espesor de los segmentos del ventrículo y la masa segmental del realce tardío. La inducción de estrés determinó aumento del número de segmentos con alteración de perfusión, y esa alteración fue más evidente en el grupo obstructivo. CONCLUSIÓN: Los segmentos ventriculares con mayor espesor son los septales. Las regiones hipertróficas están asociadas a la mayor extensión de realce tardío. Hubo correlación positiva entre las áreas de hipertrofia ventricular y perfusión miocárdica alterada, y estos hallazgos fueron más evidentes en el grupo obstructivo. Resumo em inglês BACKGROUND: The magnetic resonance imaging (MRI) is an effective method to study hypertrophic cardiomyopathy (HCM). OBJECTIVE: To evaluate, using MRI, the parameters of systolic function, perfusion and myocardial viability in patients with HCM, comparing the groups with and without obstruction of the left ventricular outflow tract. METHODS: Twenty-one patients with a diagnosis of HCM underwent the assessment of myocardial function, viability and perfusion under stress and (mais) at rest through MRI. RESULTS: The ventricular segments most severely impaired by hypertrophy were those of the septal region. The obstructive group presented segmental myocardial thickening distribution similar to the non-obstructive group, but with higher means than the first group. The mean ejection fraction of the patients in the obstructive group was higher than in the non-obstructive group, whereas the means of the end systolic and diastolic volumes were lower in the obstructive group. There was a positive correlation between the ventricular segmental thickening and the late enhancement segmental mass. The stress induction resulted in an increase in the number of segments with perfusion alterations and this alteration was more evident in the obstructive group. CONCLUSION: The thickest ventricular segments are the septal ones. The hypertrophic regions are associated to a greater extension of late enhancement. There was a positive correlation between the areas of ventricular hypertrophy and altered myocardial perfusion and these findings were more evident in the obstructive group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Atualização em síndrome da apnéia obstrutiva do sono na infância/ Update in obstructive sleep apnea syndrome in children

Balbani, Aracy P. S.; Weber, Silke A. T.; Montovani, Jair C.
2005-02-01

Resumo em português A prevalência de SAOS em crianças é de 0,7-3%, com pico de incidência nos pré-escolares. Fatores anatômicos (obstrução nasal severa, más-formações craniofaciais, hipertrofia do tecido linfático da faringe, anomalias laríngeas, etc.) e funcionais (doenças neuromusculares) predispõem à SAOS na infância. A principal causa da SAOS em crianças é a hipertrofia adenotonsilar. As manifestações clínicas mais comuns são: ronco noturno, pausas respiratórias, (mais) sono agitado e respiração bucal. A oximetria de pulso noturna, a gravação em áudio ou vídeo dos ruídos respiratórios noturnos e a polissonografia breve diurna são métodos úteis para triagem dos casos suspeitos de SAOS em crianças, e o padrão-ouro para diagnóstico é a polissonografia em laboratório de sono durante uma noite inteira. Ao contrário dos adultos com SAOS, as crianças costumam apresentar: menos despertares associados aos eventos de apnéia, maior número de apnéias/hipopnéias durante o sono REM e dessaturação mais acentuada da oxihemoglobina mesmo nas apnéias de curta duração. O tratamento da SAOS pode ser cirúrgico (adenotonsilectomia, correção de anomalias craniofaciais, traqueostomia) ou clínico (higiene do sono, pressão positiva contínua nas vias aéreas - CPAP). Resumo em inglês The prevalence of OSAS in children is 0.7-3%, with peak incidence in pre-schoolers. It is characterised by partial or complete upper airway obstruction during sleep, causing intermittent hypoxia. Both anatomical (severe nasal obstruction, craniofacial anomalies, hypertrophy of the pharyngeal lymphoid tissue, laryngeal anomalies, etc.) and functional factors (neuromuscular diseases) predispose to OSAS during childhood. The main cause of OSAS in children in adenotonsillar h (mais) ypertrophy. The most common clinical manifestations of OSAS are: nocturnal snoring, respiratory pauses, restless sleep and mouth breathing. Nocturnal pulse oximetry, nocturnal noise audio/videotape recording and nap polysomnography are useful tools for screening suspected cases of OSAS in children, and the gold-standard for diagnosis is overnight polysomnography in the sleep laboratory. On the contrary of SAOS adults, children usually present: less arousals associated to apnea events, more numerous apneas/hypopneas during REM sleep, and more significant oxihemoglobin dessaturation even in short apneas. The treatment of OSAS may be surgical (adenotonsillectomy, craniofacial abnormalities correction, tracheostomy) or clinical (sleep hygiene, continuous positive airway pressure - CPAP).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Lipodistrofia generalizada congênita/ Congenital generalized lipodystrophy

Figueiredo Filho, Paulo P.; Val, Alexandre Costa; Diamante, Rosângela; Cunha, Cristiane F.; Norton, Rocksane C.; Lamounier, Joel A.; Leão, Ênnio
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar as principais características clínicas e bioquímicas da lipodistrofia generalizada congênita, desordem rara e pouco conhecida dos pediatras. DESCRIÇÃO: Nos ambulatórios de Doenças Nutricionais e de Endocrinologia do Serviço de Pediatria do Hospital das Clínicas da UFMG, foram identificados oito pacientes com lipodistrofia generalizada congênita. As características clínicas comuns a todos os casos foram hipertrofia muscular, lipoatrofia ge (mais) neralizada e aparência acromegálica. Manifestações clínico-laboratoriais associadas incluíram acantose nigricans em cinco pacientes, hepatoesplenomegalia em seis, hipertrigliceridemia com baixas concentrações de HDL em sete, hipertrofia cardíaca em um e diabetes melito secundário em dois pacientes. Todos os pacientes estão em controle clínico e dietético, visando à correção ou prevenção dos distúrbios metabólicos. COMENTÁRIOS: As características fenotípicas da lipodistrofia generalizada congênita são bem identificadas, possibilitando o diagnóstico clínico na maioria dos casos. Trata-se de uma síndrome rara que ilustra a importância do funcionamento normal do tecido adiposo para a maioria dos processos metabólicos vitais do organismo. O seu melhor conhecimento poderá abrir novos horizontes em estudos de doenças mais prevalentes como o diabetes melito e a obesidade. Resumo em inglês OBJECTIVE: To present the major clinical and biochemical characteristics of congenital generalized lipodystrophy. DESCRIPTION: Eight infants with congenital generalized lipodystrophy were identified at the Endocrine and Nutritional Pediatric Disease Outpatient Clinics at Hospital de Clínicas, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Clinical manifestations common to all patients included muscle hypertrophy, generalized lipoatrophy, and acromegalic physical appearance (mais) . Acanthosis nigricans was identified in five patients, hepatosplenomegaly in six, hypertriglyceridemia and low levels of HDL cholesterol in seven, cardiac hypertrophy in one and diabetes mellitus in two patients. All patients are under dietetic and clinical control. COMMENTS: The phenotypic characteristics of congenital generalized lipodystrophy are well identified, which, in most cases, favors the clinical diagnosis. The congenital generalized lipodystrophy is a very unusual syndrome that illustrates the importance of the adipose tissue for the majority of metabolic processes. A better understanding of this syndrome may open new horizons in the research of more prevalent diseases such as diabetes mellitus and obesity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Estudo das medidas pôndero-estaturais em crianças adenotonsilectomizadas/ Study of weight and height development in children after adenotonsillectomy

Fernandes, Alexandre Augusto; Alcântara, Thiago Alves; D'Ávila, Daniel Vasconcelos; D'Ávila, Jeferson Sampaio
2008-06-01

Resumo em português A observação clínica diária do retardo de crescimento pôndero-estatural em crianças portadoras de hipertrofia obstrutiva das tonsilas faríngeas e palatinas é prática rotineira na otorrinolaringologia pediátrica e a correção cirúrgica dessa condição, em tempo hábil, através da adenotonsilectomia permite a retomada desse crescimento ("catch up growth"). OBJETIVO: Investigar o real ganho pôndero-estatural presente nessa população quando tratadas cirurgica (mais) mente. MATERIAL E MÉTODO: Através de um estudo clínico prospectivo, acompanhou-se durante 6 (seis) meses dois grupos de crianças portadoras de hipertrofia tonsilar faringopalatina, sendo o grupo 1 submetido à intervenção cirúrgica e o grupo 2, não. Todos os pacientes passaram pela aferição das medidas antropométricas (peso e altura), incluindo seus percentis para idade, no início e ao fim dos 6 (seis) meses. RESULTADOS: Enquanto o grupo 1 aumentou sua média final de altura em relação à média inicial em 6,66cm, o grupo controle aumentou sua média em 1,9cm (p=0,0004). Em relação ao peso, o grupo 1 aumentou em média 2150g, sendo que o grupo 2 apresentou aumento médio de 690g (p=0,0010). CONCLUSÃO: As crianças submetidas à adenotonsilectomia adquirem um maior potencial de crescimento pôndero-estatural em relação às crianças que não foram tratadas cirurgicamente. Resumo em inglês The daily clinical observation of weight-height growth delays in children with obstructive hypertrophy of the pharyngeal and palatine tonsils is a workaday practice in pediatric otorhinolaryngology, and the surgical correction of this condition, when properly done in time, through adenotonsillectomy, can lead to a "catch up growth". AIM: To investigate the real weight-height gain present in this population when they are surgically treated. MATERIALS AND METHODS: Through a (mais) clinical prospective study, two groups of children carrying pharyngopalatine hypertrophy were followed up: group 1 was submitted to surgical intervention, and group 2 was not. All patients underwent standardization of anthropometrical measurements (weight and height), including their age-related percentiles, in the beginning and at the end of 06 (six) months. RESULTS: While group 1 increased its height average in relation to the initial average in 6.66cm, the control group increased its average in 1.9cm (p=0.0004). In relation to weight, group 1 increased 2150g in average, while group 2 presented an average increase of 690g (p=0.0010). CONCLUSIONS: The children that underwent adenotonsillectomy acquired a higher weight-height growth potential in relation to those children who were not operated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Dismorfia muscular/ Muscle dysmorphia

Assunção, Sheila Seleri Marques
2002-12-01

Resumo em português Preocupações mórbidas com a imagem corporal eram tidas até recentemente como problemas eminentemente femininos. Atualmente estas preocupações também têm sido encontradas no sexo masculino. A dismorfia muscular é um subtipo do transtorno dismórfico corporal que ocorre principalmente em homens que, apesar da grande hipertrofia muscular, consideram-se pequenos e fracos. Além de estar associada a prejuízos sociais, ocupacionais, recreativos e em outras áreas do f (mais) uncionamento do indivíduo, a dismorfia muscular é também um fator de risco para o abuso de esteróides anabolizantes. Este artigo aborda aspectos epidemiológicos, etiológicos e padrões clínicos da dismorfia muscular, além de tecer comentários sobre estratégias de tratamento para este transtorno. Resumo em inglês Morbid concern over body image was considered, until recently, a female issue. Nowadays, it has been viewed as a common male disorder. Muscle dysmorphia, a subtype of a body dysmorphic disorder, affects men who, despite having clear muscular hypertroph,y see themselves as frail and small. Besides being associated to major social, leisure and occupational dysfunction, muscle dysmorphia is also a risk factor for the abuse of steroids. This article describes epidemiological, etiological and clinical characteristics of muscle dysmorphia and comments on its treatment strategy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Escolares submetidos a videonasofaringoscopia na escola: achados e aceitação/ Schoolchildren submitted to nasal fiber optic examination at school: findings and tolerance

Santos, Rubens S.; Cipolotti, Rosana; D'Ávila, Jeferson S.; Gurgel, Ricardo Q.
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a aceitação da videonasofaringoscopia por crianças, no ambiente escolar, para avaliação de vegetações adenoideanas e determinar a sua prevalência nessa população MÉTODO: Estudo transversal realizado em amostra proporcional (n = 368) de escolares da primeira série do ensino fundamental de Aracaju (SE), com idades entre 6 e 13 anos, submetidos a videonasofaringoscopia flexível. Todas se submeteram à mesma rotina de exame, feito na própria (mais) escola, sem a necessidade de contenção ou qualquer tipo de sedação. RESULTADOS: As crianças que foram submetidas a avaliação nasofibroscópica aceitaram bem o procedimento, permitindo a adequada avaliação das cavidades do nariz e nasofaringe. A prevalência de hipertrofia adenoideana grau I foi de 50,6%, a de grau II foi de 35,1% e a de grau III foi de 14,3%. As hipertrofias adenoideanas graus II e III apresentam maior número de sintomas obstrutivos. CONCLUSÃO: A videonasofaringoscopia flexível pode ser realizada, com excelente aceitação, fora do ambiente hospitalar ou consultório, como mostra este estudo realizado em ambiente escolar, indicando que sua utilização pode ser mais ampla, tornando-a mais acessível a um maior número de pessoas. A prevalência dos três graus de hipertrofia adenoideana encontrada em Aracaju difere de alguns estudos por ter sido realizada em crianças não triadas para sintomas respiratórios. Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify children's acceptance of nasal fiber optic examination in a school setting and to evaluate hypertrophy of adenoid vegetation and to determine its prevalence in this population. METHODS: A survey was performed of a representative (n = 368) sample of school age children at elementary school (aged 6 to 13 years old) who had been subjected to fiber optic examination, in Aracaju (SE), Brazil. All students were subjected to the same study protocol, carried (mais) out at school and with no need for sedation or restraint. RESULTS: All of the children tolerated the nasal fiber optic examination well, making possible a good evaluation of pharynx and nasal cavities. The prevalence of adenoid hypertrophy grade I was 50.6%, of grade II 35.1% and of grade III 14.3%. Grades II and III hypertrophy were related to an increase in obstructive symptoms. CONCLUSION: As this study performed in a school setting demonstrates, nasal fiber optic examination can be performed with excellent tolerance in settings other than hospitals and outpatient clinics, indicating that its usage could be increased and made available for an extended range of populations. The prevalence of adenoid hypertrophy in Aracaju is not comparable with prevalence rates observed in earlier studies because it this was a study of children without respiratory symptoms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Avaliação diagnóstica da cardiomiopatia hipertrófica em fase clínica e pré-clínica/ Diagnostic evaluation of hipertrophic cardiomyopathy in its clinical and preclinical phases

Mattos, Beatriz Piva e; Torres, Marco Antonio Rodrigues; Freitas, Valéria Centeno de
2008-07-01

Resumo em português A cardiomiopatia hipertrófica é uma doença de origem genética e caráter familiar, causada por mutações em genes codificantes de proteínas do sarcômero. Determina hipertrofia ventricular esquerda de grau variável, geralmente difusa, com predominante acometimento do septo interventricular. A ocorrência de formas assintomáticas com hipertrofia segmentar, de grau leve ou ausente, dificulta o diagnóstico e o rastreamento de formas familiares. A penetrância elevad (mais) a costuma ser incompleta, o que faz com que 20% a 30% dos adultos carreadores de mutações gênicas não expressem o fenótipo. A suscetibilidade à morte súbita e a possibilidade de expressão tardia tornam relevante o diagnóstico em fase pré-clínica. A investigação por meio do ecocardiograma Doppler e da ressonância magnética adicionada à análise detalhada do eletrocardiograma pode contribuir nesse processo. O diagnóstico genético-molecular identifica mutações em 60% a 80% dos casos. A complexidade, a demora e o elevado custo, aliados à insuficiente avaliação das relações genótipo/fenótipo restringem sua aplicação de rotina. O aprimoramento dos métodos de imagem e a introdução de técnicas moleculares mais simplificadas devem favorecer o diagnóstico clínico e pré-clínico da cardiomiopatia hipertrófica e possibilitar a futura introdução de medidas terapêuticas que possam impedir ou retardar o desenvolvimento da doença. Resumo em inglês Hypertrophic cardiomyopathy is a familial, genetic disease caused by mutations in genes encoding sarcomeric proteins. It is characterized by various deGrees of left ventricular hypertrophy, usually diffuse, predominantly involving the interventricular septum. The asymptomatic forms with mild or no segmental hypertrophy makes it difficult to establish the diagnosis and screening for familial forms. Its high penetrance is often incomplete and, as a result, 20% to 30% of adu (mais) lts who carry disease-causing gene mutations do not express the phenotype. The susceptibility to sudden death and likelihood of late expression makes establishing a preclinical diagnosis all the more important. The use of Doppler echocardiography and magnetic resonance imaging, in conjunction with a detailed ECG analysis, may be useful in this process. Molecular genetic studies can identify mutations in 60% to 80% of the cases. However, its complex, time-consuming and costly nature, coupled with an inadequate assessment of genotype-phenotype relationships, limits its routine application. Major advances in imaging methods and the introduction of more simplified molecular techniques may contribute to clinical and preclinical diagnosis of hypertrophic cardiomyopathy, in addition to allowing implementation of therapeutic strategies to prevent or delay the development of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Avaliação polissonográfica da síndrome da apnéia obstrutiva do sono em crianças, antes e após adenoamigdatomia/ Polysomnographic evaluation of obstructive sleep apnea syndrome in children, before and after adenotonsillectomy

Avelino, Melissa A.G.; Pereira, Fabiana C.; Carlini, Daniela; Moreira, Gustavo A.; Fujita, Reginaldo; Weckx, Luc L.M.
2002-05-01

Resumo em português Introdução: Nos últimos anos a Síndrome da Apnéia/Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) tem despertado muito interesse por tratar-se de uma condição não totalmente estabelecida. Muitos critérios usados para definir SAHOS em adultos e crianças são diferentes entre si. Em 1995 Sabe-se que a história clínica do paciente não era suficiente para estabelecer o diagnóstico de SAHOS. Na criança a causa mais comum de SAOS é a hipertrofia adenoamigdaliana, normalme (mais) nte caracterizada clinicamente pela presença de roncos noturnos, episódios de apnéia, sono agitado, respiração bucal e hipersonolência diurna4. Objetivo: Este estudo tem o intuito de comprovar de forma objetiva a melhora da SAHOS em crianças submetidas a adenoamigdalectomia. Forma de estudo: Clínico prospectivo. Material e método: Para isso, foram avaliadas 23 crianças entre 2 e 13 anos (1999-2001), com hipertrofia adenoamigdaliana, que após nasofibroscopia e polissonografia foram submetidas a cirurgia de adenoamigdalectomia. A polissonografia foi repetida após 2 meses de pós-operatório. Foi então realizado estudo estatístico dos dados obtidos na polissonografia pré- e pós-operatória. Resultado: Observamos que todos os pacientes tiveram melhora importante após adenoamigdalectomia. Duas crianças (8,69%) persistiram com SAOS leve, que anteriormente eram de grau moderado e acentuado. Conclusão: Concluímos assim que SAOS é uma indicação precisa para cirurgia de adenoamigdalectomia em crianças. Resumo em inglês Introduction: In the last years the Obstructive Sleep Apnea/Hypopnea Syndrome (OSAHS) has much interested because it has not been completed established. Many criteria defined for OSAS in adults and children are different. We know that patient's clinical story is not sufficient for the diagnosis of OSAHS. In childhood, the most common cause of OSAHS is adenotonsillar hypertrophy, clinically characterised by snoring, apnea episodes, restless sleep, mouth breathing and dayti (mais) me somnolence. Aim: This study has the purpose of comprovating, by objective way, the OSAS improving in children who underwent adenotonsillectomy. Study design: Clinical prospective. Material and method: For that, 23 children, among 2 and 13 years old, with adenotonsillar hypertrophy, were analysed. After endoscopy and polysomnography, they were submitted to adenotonsillectomy. Results: The polysomnography was repeated 2 months after surgery. The polysomnographic findings were compared through statistic study. Conclusion: All the patients had an important improve after adenotonsillectomy. Only two children (8.69%) persisted with light OSAHS, but they had moderate and important OSAHS before. We concluded that OSAHS is a precise indication for adenotonsillectomy in children.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Correção cirúrgica da estenose aórtica supravalvar com modificação da técnica de Sousa/ Supravalvular aortic stenosis surgical repair using modified Sousa's technique

Bonini, Rômulo César Arnal; Palazzi, Eugenio Molina; Chaccur, Paulo; Sousa, Luiz Carlos Bento de
2010-06-01

Resumo em português Relato de uma paciente de sete anos apresentando progressiva intolerância ao esforço. A criança apresentava taquicardia e sopro pansistólico de maior intensidade no foco aórtico. O ecocardiograma evidenciava hipertrofia ventricular esquerda e estenose aórtica supravalvar com gradiente sistólico de 190 mmHg. A angioressonância e o cateterismo cardíaco confirmaram o diagnóstico, sugerindo estenose do óstio da artéria coronária esquerda. A correção foi realiza (mais) da modificando a técnica descrita por Sousa. A evolução pósoperatória transcorreu sem intercorrências, com gradiente pós-operatório de 23 mmHg e boa mobilidade da valva aórtica. Resumo em inglês Report of a patient with seven years old and effort intolerance progressing. The child had tachycardia, pansystolic murmur in the aortic focus. Echocardiography showed left ventricle hypertrophy and aortic narrowing at the level of sinotubular junction with sistolic gradient of 190 mmHg. Cardiac catheterization confirmed the diagnostic suggesting left coronary ostium stenosis. The surgery was performed modification the technique, described by Sousa. Immediate post-operative has presented no complications, with gradient of 23 mmHg, and good leaflets mobility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Estudo comparativo radiológico e nasofibroscópico do volume adenoideano em crianças respiradoras orais/ Comparison between radiological and nasopharyngolaryngoscopic assessment of adenoid tissue volume in mouth breathing children

Lourenço, Edmir Américo; Lopes, Karen de Carvalho; Pontes Jr., Álvaro; Oliveira, Marcelo Henrique de; Umemura, Adriana; Vargas, Ana Laura
2005-02-01

Resumo em português A tonsila faríngea ou adenóides é a extensão superior do anel linfático de Waldeyer e está localizada na porção alta da cavidade nasofaríngea, próxima à tuba auditiva e à coana. Ela desempenha um papel relevante nas otites médias recorrentes e freqüentemente sua hipertrofia é responsável pela obstrução das vias aéreas superiores. A tonsilectomia é um tratamento comumente realizado para doenças crônicas das tonsilas e ainda é o procedimento cirúrgic (mais) o mais freqüente e mais antigo realizado em crianças e adultos jovens. Os critérios para a realização da tonsilectomia, o efeito da mesma na integridade imunológica do paciente e seus riscos inerentes à cirurgia são muito discutíveis e controversos em todo o mundo. Estudos de imagem utilizando-se o raio-X do cavo é um método simples, fácil e confortável para avaliar o tamanho das adenóides e o grau de obstrução das vias aéreas superiores. Um estudo nasofibroscópico da nasofaringe pode fornecer uma informação melhor sobre essa região, tendo em vista que ele mostra todas as estruturas presentes na nasofaringe e o grau de obstrução das vias aéreas superiores de forma dinâmica. FORMA DE ESTUDO: Clínico não randomizado. MATERIAL E MÉTODO: Este estudo comparou o grau de hipertrofia e de obstrução das vias aéreas superiores, usando os dois métodos acima, em crianças de 3 a 10 anos de idade, constatando que a nasofibroscopia flexível é um método diagnóstico excepcionalmente mais fidedigno do que o raio-x do cavo, na avaliação volumétrica da adenóide. Resumo em inglês The pharyngeal tonsil (adenoid) constitutes the upper portion of the Waldeyer's ring and is located at the top of the nasopharynx, next to the auditory tube and choana. It plays an important role in recurrent otitis of the middle ear and many times its enlargement is responsible for upper airway obstruction. Tonsillectomy is often the treatment of choice for tonsillar diseases. So far, it is the most frequent and one of the oldest surgical procedures performed in children (mais) and young adults. The criteria for tonsillectomy, its effect on patient's immunological integrity and the surgical risks are widely controversial. Image study using paranasal sinuses x-ray is a very simple, easy and comfortable method to evaluate the sizes of adenoids and the grade of upper airway obstruction. Cohen et al. supported that paranasal sinuses x-ray is the best way to determine pharyngeal tonsil hypertrophy. On the other hand, nasopharyngolaryngoscopy can provide more accurate data on the nasopharynx, as it can dynamically reveal its structures and the obstruction status of the upper airway. This study compared the grade of adenoid hypertrophy, as well as upper airway obstruction, using the above-mentioned approaches in children ranging from 3 to 10 years old. The study came to the conclusion that nasopharyngolaryngoscopy is a much more accurate diagnostic procedure than radiological evaluation of the nasopharynx.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

SAHOS em crianças: perfil clínico e respiratório polissonográfico/ OSAS in children: clinical and polysomnographic respiratory profile

Ramos, Regina Terse Trindade; Daltro, Carla Hilário da Cunha; Gregório, Paloma Baiardi; Souza, Leda Solano de Freitas; Andrade, Nilvano Alves de; Andrade Filho, Antônio de Souza; Machado Júnior, Almerio de Souza
2006-06-01

Resumo em português A Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) em crianças conta com uma prevalência estimada de 1-3% e poderá estar associada a alterações neurocognitivas, comportamentais e cardiovasculares. Entretanto, alguns pediatras desconhecem o problema e este estudo poderá facilitar o reconhecimento de SAHOS pelos mesmos. OBJETIVO: Descrever as características clínicas e os índices respiratórios polissonográficos de crianças com SAHOS, em um laboratór (mais) io de sono, entre janeiro de 2002 a julho de 2003. FORMA DE ESTUDO: Série de casos. MATERIAL E MÉTODO: Avaliaram-se 93 crianças, de 2 a 10 anos de idade, com diagnóstico polissonográfico de SAHOS. Analisaram-se idade, gênero, grupo racial e dados referentes à saúde e sono das crianças. Os dados polissonográficos estudados foram índice de apnéia-hipopnéia, dessaturação da oxihemoglobina e índice de microdespertar. RESULTADOS: O gênero masculino correspondeu a 61,3% dos casos. A média da idade foi de 5,2 ± 2,1 anos. As queixas que mais motivaram a realização do exame foram roncos, em 24,7% e sono inquieto em 24,7%. Condições médicas mais associadas foram rinite alérgica (98,9%) e hipertrofia de adenóides (50,6%). Apnéia leve ocorreu em 66% das crianças. A média e o desvio-padrão da saturação mínima de O2 foi de 89,1 ± 3,5 e a do número de microdespertares de 8,4 ± 3,5/hora de sono. CONCLUSÃO: Os resultados chamam atenção para a possibilidade de SAHOS em crianças com rinite alérgica e hipertrofia adenotonsilar, com queixas de ronco e sono inquieto. Resumo em inglês Obstructive sleep apnea and hypopnea syndrome in children (osas) has an estimated prevalence of up to 3% and can be associated with neurocognitive and behavioural abnormalities, and also cardiovascular complications. This study may help pediatricians, who are unaware of the problem, to recognize osas. STUDY DESIGN: series of cases. AIM: to describe the clinical characteristics and polysomnographic respiratory findings in a population of children with obstructive sleep apn (mais) ea and hypopnea syndrome referred to the sleep laboratory from january 2002 up to july 2003. METHODS: we studied 93 patients between 2 and 10 years of age with polysomnographic diagnosis of obstructive sleep apnea and hypopnea syndrome. Age, gender, racial group and questions about the children’s health and sleep related disorders were evaluated. Apnea-hypopnea index, oxyhemoglobin desaturation, and arousal index were evaluated too. RESULTS: males represented 61.3%, With a mean age of 5.2 ± 2.1 (Years-old). The complaints that most commonly lead to the exams were snoring in 24.7% And restless sleep in 24.7%. Associated medical conditions frequently reported were allergic rhinitis (98.9%) And adenoid hypertrophy (50.6%). Mild apnea was found in 66%. The mean and sd of spo2 nadir was 89.1 ± 3.5% And the mean and sd of the number of arousals was 8.4 ± 3.5/ Hour of sleep. CONCLUSION: the results suggest the possibility that obstructive sleep apnea and hypopnea syndrome should be suspected in children with allergic diseases and adenoid and tonsil hypertrophy with snoring and restless sleep complaints.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Efeito da administração oral de arginina sobre a pressão arterial e parâmetros cardíacos em ratos submetidos ao bloqueio crônico da síntese de óxido nítrico/ Effect of oral arginine administration over blood pressure and cardiac parameters in rats submitted to chronic inhibition of nitric oxide synthesis/ Efecto de la administración oral de arginina sobre la presión arterial y los parámetros cardiacos en ratones sometidos al bloqueo crónico de síntesis de óxido nítrico

Ramos, Luciano; Labat, Rodrigo; Carvalho, Flávio Aimbire S.; Martin, Airton Brandão; Lopes-Martins, Rodrigo Álvaro B.
2006-08-01

Resumo em português Já está claramente estabelecido, que a inibição crônica da síntese de óxido nítrico resulta em hipertensão sustentada, remodelamento cardíaco e fibrose. Além disso, resultados de nosso grupo demonstraram que a suplementação oral com L-arginina foi capaz de aumentar a resistência da musculatura esquelética a fadiga muscular localizada em humanos. O tratamento experimental de ratos com L-NAME é um dos modelos mais comumente utilizados para se induzir hiperte (mais) nsão. A resposta compensatória esperada contra o aumento da resistência vascular sistêmica seria a hipertrofia ventricular esquerda; entretanto, isso tem sido um ponto bastante controverso na literatura. O objetivo do presente estudo foi verificar os efeitos da inibição do óxido nítrico pela administração oral de L-NAME sobre o tecido cardíaco de ratos e a possível reversão pela L-arginina. Foram utilizados 30 ratos Wistar machos (250-350g), mantidos em condições de temperatura, luz e umidade controlada, e com água e comida ad libitum. Ao final de quatro semanas, os animais foram sacrificados por inalação de CO2 e os corações foram removidos e imediatamente dissecados, sendo separados átrios e ventrículos, obtendo-se os pesos total e parcial. Os valores foram corrigidos em função do peso corporal obtido na última semana de tratamento e expressos como índice cardíaco. O L-NAME foi capaz de induzir hipertensão e aumento significativo do duplo produto, porém sem resultados significativos sobre os pesos cardíacos, não sendo observada hipertrofia do órgão. Os aumentos de pressão arterial e duplo produto foram revertidos pela administração concomitante de arginina, de maneira dependente da dose. Dados preliminares não publicados demonstraram a reversão da fibrose cardíaca induzida pelo L-NAME, nos animais que receberam tratamento com arginina. Podemos concluir que a arginina pode vir a ser uma ferramenta valiosa na prevenção da hipertensão e do remodelamento cardíaco, principalmente nos casos relacionados a disfunções vasculares e, ainda, produzindo efeitos adicionais em atividades atléticas. Resumo em espanhol Está claramente establecido que la inhibición crónica de la síntesis de óxido nítrico resulta en hipertensión sustentada, remodelación cardiaca y fibrosis. Además de esto, los resultados de nuestro grupo demostraron que el suplemento oral con L-arginina fue capaz de aumentar la resistencia de la musculatura esquelética a la fadiga muscular localizada en humanos. El tratamiento experimental de ratones con L-NAME, es uno de los modelos más utilizado para inducir (mais) hipertensión. La respuesta compensatoria esperada contra el aumento de la resistencia vascular sistémica sería la hipertrofia ventricular izquierda, sin embargo, esto ha sido un punto bastante controversial en la literatura. El objetivo del presente estudio ha sido el de verificar los efectos de la inhibición del óxido nítrico por la administración oral de L-NAME sobre el tejido cardiaco de ratones, y la posible reversión por la L-arginina. Fueron utilizados 30 ratones Wistar machos (250-350g), mantenidos en condiciones de temperatura, luz y humedad controlada, y con agua y comida "ad libitum". Al final de 4 semanas, los animales fueron sacrificados por inhalación de CO2 y los corazones fueron removidos e inmediatamente disecados, siendo separados atrios y ventrículos, obteniéndose los pesos total y parcial. Los valores fueron corregidos en función del peso corporal obtenido en la última semana de tratamiento y expresados como índice cardiaco. El L-NAME fue capaz de inducir hipertensión y aumento significativo del doble producto, pero sin resultados significativos sobre los pesos cardiacos, no siendo observada hipertrofia del órgano. Los aumentos de presión arterial y el doble producto fueron revertidos por la administración concomitante de arginina, de manera dependiente de la dosis. Datos preliminares no publicados demostraron la reversión de fibrosis cardiaca inducida por L-NAME, en los animales que recibieron tratamiento con arginina. Podemos entonces concluir que la arginina puede venir a ser una herramienta valiosa en la prevención de la hipertensión y de la remodelación cardiaca, principalmente en los casos relacionados a las disfunciones vasculares, y más aún, produciendo efectos adicionales en actividades atléticas. Resumo em inglês It has been clearly established that chronic inhibition of nitric oxide synthesis results in a sustained increase in blood pressure, cardiac remodeling and fibrosis. It was also demonstrated by our group that arginine supplementation was able to increase the skeletal muscle resistance to fatigue, but its mechanism remains uncertain. The experimental treatment of rats with L-NAME is one of the most common models employed to induce hypertension. The expected compensatory re (mais) sponse against increases in systemic vascular resistance would be ventricular hypertrophy. However, the presence of cardiac hypertrophy still controversial. The aim of the present study was to verify the effects of nitric oxide inhibition through oral L-NAME administration on the cardiac tissue of rats, and the possible reversion by L-arginine. Thirty male Wistar rats (250-350 g) were kept in controlled conditions of temperature, light, humidity, with water and food "ad libitum". At the end of 4 weeks or treatments the animals were sacrificed by CO2 inhalation and the hearts were removed. Soon after, the hearts were dissected, to separate atria and ventricules, obtaining the total heart weight. After the retreat of the right ventricule, the remaining part was weighed, to obtain the left ventricular weight (LVW, mg); the difference between the total heart weight and the LVW was considered the right ventricular weight (RVW, mg). These values were corrected in function of the corporal weight obtained in the last week of treatment. L-NAME was able to induced hypertension and increases in double product but without any heart hypertrophy. The increase arterial pressure and double product were reversed by L-arginine administration in a dose-dependent way. Preliminary findings demonstrated a reversion of heart fibroses induced by L-NAME, after arginine treatment. We concluded that arginine may constitute a valuable tool in preventing hypertension and cardiac remodeling mainly related to vascular dysfunctions and maybe also in athletic activities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Síndrome de Klippel-trenaunay: relato de um caso com envolvimento digestivo e revisão da literatura

Ferreira, M.; Mendes, S.; Torres, J.; Ferreira, R.; Agostinho, C.; Panão, E.; Campos, M. J.
2009-08-01

Resumo em português As lesões vasculares são uma causa comum de hemorragia gastrointestinal, podendo ocorrer isoladamente ou como parte de uma síndrome ou distúrbio sistémico. Os autores descrevem o caso clínico de uma paciente portadora da síndrome de Klippel-Trenaunay, anomalia vascular congénita rara, de etiologia não esclarecida, e que se caracteriza pela tríade clínica de hemangiomas cutâneos, varicosidades e hipertrofia dos tecidos moles e ossos afectando geralmente um úni (mais) co membro. O envolvimento do tracto gastrointestinal é raro sendo a hemorragia digestiva baixa o sintoma mais frequente resultante do envolvimento do cólon por malformações vasculares. A propósito do caso faz-se uma revisão da literatura no que respeita sobretudo ao diagnóstico e tratamento das complicações gastrointestinais. Resumo em inglês Vascular anomalies are a common cause of gastrointestinal hemorrhage; they can occur separately or as part of a syndrome. The authors describe the clinical case of a patient with the Klippel- Trenaunay syndrome (SKT), a rare, congenital vascular anomaly, of unknown etiology, characterized by the clinical triad of cutaneous hemangiomas, varicosities and hypertrophy of soft tissue and bones, usually affecting one extremity. Gastrointestinal involvement is rare; digestive he (mais) morrhage is the most frequent symptom, as a result of colonic vascular malformations. The authors provide a literature review concerning the most relevant aspects of diagnosis and treatment of the gastrointestinal complications of this syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Cutis verticis gyrata primária essencial/ Essential primary Cutis verticis gyrata

Schenato, Letícia K.; Gil, Tatiane; Carvalho, Lauro A.; Ricachnevsky, Nelson; Sanseverino, Alberto; Halpern, Ricardo
2002-02-01

Resumo em português Objetivo: relatar um caso raro de uma criança portadora da forma primária essencial de Cutis verticis gyrata.Descrição: menino de 9 anos, apresenta importante hipertrofia da pele do couro cabeludo, com dobras que se assemelham aos giros cerebrais. Não apresenta retardo mental, nem alterações oftalmológicas e não há relatos semelhantes na família.Comentários: o diagnóstico de Cutis verticis gyrata primária essencial foi estabelecido pela presença de redundâ (mais) ncia da pele do couro cabeludo e ausência de alterações neurológicas e oftalmológicas, tendo-se feito o diagnóstico diferencial com as formas secundárias que incluem: nevo intradérmico cerebriforme, paquidermoperiostose, acromegalia e doenças inflamatórias do couro cabeludo. Trata-se do único relato na literatura de uma criança com esta forma de Cutis verticis gyrata. Resumo em inglês Objective: to report a rare case of a child with essential primary Cutis verticis gyrata.Report: nine-year-old boy with extensive hypertrophy of scalp skin, with a cerebriform appearance. No underlying neurologic and ophthalmologic disorders were found, and no other cases were described in his family. Comments: the diagnosis of primary Cutis verticis gyrata was established by thickening of the scalp and absence of neurologic and ophthalmologic abnormalities. Differential (mais) diagnosis comprises secondary conditions such as: cerebriform intradermal nevus, pachydermoperiostosis, acromegaly, and inflammatory diseases of the scalp. This is the first report of a child with this form of Cutis verticis gyrata.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Análise histopatológica de produtos de adenotonsilectomia de janeiro de 2001 a maio de 2003/ Histological analysis of tonsillectomy and adenoidectomy specimens - January 2001 to May 2003

Dell'Aringa, Alfredo R.; Juares, Antônio J. C.; Melo, Cinthia de; Nardi, José C.; Kobari, Kazue; Perches Filho, Renato M.
2005-02-01

Resumo em português As tonsilas palatinas e faríngeas são agregados encapsulados incompletos de nódulos linfóides em contato direto com o epitélio de revestimento do trato aerodigestivo. TIPO DE ESTUDO: Estudo retrospectivo baseado na revisão de prontuários dos pacientes submetidos a adenotonsilectomias no Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília durante o período de janeiro de 2001 a maio de 2003. OBJETIVO: Relatar o perfil dos pacientes e as principais alteraçõe (mais) s histopatológicas em 250 pacientes com hipertrofia de tonsilas palatinas e faríngea, infecções de repetição ou ambos. MATERIAL E MÉTODOS: Análise histopatológica de 250 pacientes submetidos a adenotonsilectomia ou tonsilectomia entre adultos e crianças. RESULTADOS: Dos 250 pacientes, 117 (46,8%) são do sexo feminino e 133 (53,2%) masculino. A idade média foi de 7,3 anos e variou de 2 a 34 anos. A principal indicação cirúrgica foi a concomitância de infecções de repetição e hipertrofia de tonsilas palatinas e faríngea, sendo que em 160 (64%) foram classificadas em 3+/4+. Em 205 (82%) pacientes foi encontrada hiperplasia linfóide ou linfóide folicular. 45 (18%) também apresentaram inflamação aguda supurativa focal. Dentre estes, 2 pacientes tiveram cistos de inclusão epidermóide, outros 2 com colônias de Actinomyces sp e 1 paciente com lesão compatível com Doença da Arranhadura de Gato. DISCUSSÃO: Os dados apresentados neste trabalho nos mostram uma possível relação das tonsilites de repetição com as hipertrofias tonsilas palatinas e faríngea. CONCLUSÃO: O exame anatomopatológico de rotina das tonsilectomias apresenta uma relação custo/benefício negativa, no entanto, por problemas de ordem legal, ético, fica o médico sujeito à solicitação desse exame. Resumo em inglês Palatine and nasopharyngeal tonsils are nonencapsulated nodular masses of lymphoid tissue of the respiratory and digestive tract epithelium. STUDY DESIGN: Retrospective clinical study based on the revision of medical records of patients who underwent tonsillectomy and adenoidectomy at Hospital das Clínicas, Medical School, Marília in the period between January 2001 and May 2003. AIM: Analysis of patients' profile and main pathological changes in 250 patients with palati (mais) ne and nasopharyngeal tonsil hypertrophy, recurrent infections or both. MATERIAL AND METHOD: Histological review of 250 patients who underwent tonsillectomy and adenoidectomy among adults and children. RESULTS: Out of 250 subjects, 117 (46.8%) were female and 133 (53.2%) were male patients. Mean age was 7.3 years, ranging from 2 to 34 years. Main surgical indication was concomitant presence of recurrent infections and hypertrophy of nasopharyngeal and palatine tonsils. Among these patients, 160 (64%) were classified as grades III to IV hypertrophy. Lymphatic or follicular lymphatic hyperplasia was observed in 205 patients (82%); focal inflammation was verified in 45 (18%) subjects. Among those, 2 patients presented squamous cell cysts, 2 had Actinomyces sp colonies and 1 cat scratch disease. DISCUSSION: The results presented in this study suggested a possible correlation between recurrent tonsillitis and palatine tonsil hypertrophy. CONCLUSION: Routine histological study of tonsillectomy and adenoidectomy specimens has a low cost-benefit rate, although, due to legal and ethical issues, physicians may request this type of examination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Estenose aórtica grave em pacientes assintomáticos: o dilema do tratamento clínico versus cirúrgico/ Severe aortic stenosis in asymptomatic patients: the dilemma of clinical versus surgical treatment/ Estenosis aórtica grave en pacientes asintomáticos: el dilema del tratamiento clínico versus quirúrgico

Katz, Marcelo; Tarasoutchi, Flávio; Grinberg, Max
2010-10-01

Resumo em português A estenose valvar aórtica é cada vez mais prevalente concordante com o envelhecimento populacional. Por conseguinte, torna-se mais comum o atendimento de pacientes assintomáticos com estenose aórtica grave. Embora os pacientes com estenose aórtica grave sem sintomas façam parte de um mesmo grupo, são heterogêneos sob o ponto de vista clínico, laboratorial e ecocardiográfico. A abordagem desses pacientes traz à tona o dilema do tratamento clínico versus cirúrg (mais) ico: submeter o paciente aos riscos da cirurgia ou mantê-lo em observação clínica sob o perigo do dano miocárdio irreversível ou mesmo da morte súbita? Sob esta perspectiva, baseando-se na literatura atual, este artigo fornece ferramentas que auxiliam na estratificação dos pacientes. A área valvar, grau de calcificação, velocidade de fluxo transvalvar aórtico, hipertrofia ventricular esquerda e teste de esforço alterado são os fatores que colocam os portadores de estenose aórtica grave assintomáticos em um grupo denominado de muito alto risco, em que a estratégia cirúrgica passa a ser considerada. Resumo em espanhol La estenosis valvular aórtica es cada vez más prevalente concordante con el envejecimiento poblacional. Por consiguiente, se vuelve más común la atención de pacientes asintomáticos con estenosis aórtica grave. Aunque los pacientes con estenosis aórtica grave sin síntomas hagan parte de un mismo grupo, son heterogéneos bajo el punto de vista clínico, de laboratorio y ecocardiográfico. El abordaje de esos pacientes trae a cuento el dilema del tratamiento clínic (mais) o versus quirúrgico: someter el paciente a los riesgos de la cirugía o mantenerlo en observación clínica bajo el peligro de daño miocárdico irreversible o aun de muerte súbita? Bajo esta perspectiva, basándose en la literatura actual, este artículo provee herramientas que auxilian en la estratificación de los pacientes. El área valvar, grado de calcificación, velocidad de flujo transvalvar aórtico, hipertrofia ventricular izquierda y test de esfuerzo alterado son los factores que colocan a los portadores de estenosis aórtica grave asintomáticos en un grupo denominado de muy alto riesgo, en que la estrategia quirúrgica pasa a ser considerada. Resumo em inglês Aortic valve stenosis has become increasingly prevalent, in agreement with the aging of the population. Thus, it has become increasingly common to treat asymptomatic patients with severe aortic stenosis. Although the patients with asymptomatic aortic stenosis belong to the same group, they are heterogeneous from a clinical, laboratory and echocardiographic point of view. The treatment of these patients raises the dilemma of the clinical versus the surgical treatment: shou (mais) ld we submit the patient to the risks of surgery or keep the patient under clinical observation, running the risk of irreversible myocardial damage or even sudden death? Under this perspective and based on the current literature, this study supplies tools that help to stratify the patients. The valvular area, degree of calcification, transvalvular aortic flow velocity, left ventricular hypertrophy and stress test alterations are the factors that place asymptomatic individuals with severe aortic stenosis in a group called very-high risk, in which the surgical approach starts to be considered.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Proteção miocárdica ao coração hipertrofiado: o eterno desafio/ Myocardial protection to the hypertrophied heart: the eternal challenge

Cressoni, Elthon Silveira; Avanci, Luiz Ernesto; Braile, Domingo Marcolino; Cicogna, Antonio Carlos; Lima-Oliveira, Ana Paula Marques; Gerez, Milena Alonso Egéa; Martins, Antonio Sérgio
2008-03-01

Resumo em português A proteção miocárdica permitiu enorme avanço na moderna cirurgia cardíaca, reduzindo a mortalidade e permitindo que operações cada vez mais complexas pudessem ser realizadas. A alteração na população eleita para procedimentos cirúrgicos cardiológicos mudou significativamente nas últimas décadas, com o aumento de pacientes mais idosos, com função ventricular deprimida e miocárdio hipertrofiado. Essa última condição, desde os primórdios da cirurgia car (mais) díaca, constituiu-se em grande desafio. Diversas técnicas de proteção ao miocárdio hipertrofiado foram descritas, porém com resultados não alentadores. As características da hipertrofia miocárdica no adulto com cardiopatia cirúrgica apresentam particularidades desafiadoras. Nesse artigo, procuramos atualizar o estado da arte sobre a proteção miocárdica ao coração hipertrofiado. Resumo em inglês The myocardial protection allowed great advance in cardiac surgery, decreasing the mortality and making more feasible complex surgeries. Latterly, the patient population elected for cardiac procedures has been changing towards elderly patients with ventricular function depressed and myocardial hypertrophy. The myocardial hypertrophy condition represents a great challenge since the beginning of the cardiac surgery. Several techniques have been described to protect the myoc (mais) ardial hypertrophy, however with no satisfactory results. In this manuscript we present the state of the art technique of myocardial protection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Ocorrência da síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) em crianças respiradoras orais/ Obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) in mouth breathing children

Izu, Suemy Cioffi; Itamoto, Caroline Harumi; Pradella-Hallinan, Márcia; Pizarro, Gilberto Ulson; Tufik, Sérgio; Pignatari, Shirley; Fujita, Reginaldo Raimundo
2010-10-01

Resumo em português É bem estabelecido que a respiração oral em crianças está relacionada à hipertrofia adenoamigdaliana, que é a principal causa de apneia do sono nesta população. Apesar da importância deste tema, há poucos estudos que comprovam a relação entre SAOS e respiração oral. OBJETIVO: Determinar a prevalência de distúrbios respiratórios do sono em crianças respiradoras orais e sua correlação com achados otorrinolaringológicos. MATERIAL E MÉTODO: Foram avalia (mais) dos retrospectivamente 248 prontuários de crianças respiradoras orais do serviço de Otorrinolaringologia Pediátrica de uma grande instituição entre 2000 e 2006, analisando os achados otorrinolaringológicos, polissonografia, nasofibroscopia e/ou radiografia em perfil do Cavum. O principal dado polissonográfico utilizado foi o índice de apneia (IA). Classificou-se como ronco primário aqueles com IA Resumo em inglês It is well known that mouth breathing is associated with adenotonsillar hypertrophy - which is the main cause of obstructive sleep apnea among children. Despite the importance of this matter, there are only a handful of studies showing the relationship between OSAS and mouth breathing. AIM: to determine the prevalence of obstructive sleep disorders in mouth breathing children and study its correlation with otorhinolaryngological findings. STUDY DESIGN: Retrospective cohor (mais) t study. METHOD: Data analysis from 248 medical charts of mouth breathing children seen at the Pediatric Otolaryngologic Division of a large medical institution between the years of 2000 and 2006. All patients had nasofibroscopy and or Cavum radiographs and polysomnographic exams. According to the Apnea index, patients were classified as primary snorers (AI

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Distúrbios cardiovasculares na acromegalia/ Cardiovascular disturbances in acromegaly

Fedrizzi, Daniela; Czepielewski, Mauro Antonio
2008-12-01

Resumo em português A acromegalia acarreta uma série de distúrbios ao sistema cardiovascular, decorrentes da exposição crônica a níveis elevados de GH e IGF-1. Estes distúrbios são os principais responsáveis pelo aumento da mortalidade de acromegálicos. Entre as várias formas de acometimento cardiovascular, destaca-se a miocardiopatia acromegálica, entidade caracterizada, inicialmente, pelo estado hiperdinâmico, seguido de hipertrofia ventricular esquerda concêntrica e disfunç (mais) ão diastólica por déficit de relaxamento, culminando com disfunção sistólica e, por vezes, insuficiência cardíaca franca. Além disso, são também relevantes as arritmias, as valvulopatias, sobretudo mitral e aórtica, a cardiopatia isquêmica, a hipertensão e os distúrbios dos metabolismos glicêmico e lipídico. Nesta revisão são abordados os principais aspectos clínicos e prognósticos destas entidades, os efeitos do tratamento da acromegalia sobre elas e as repercussões correspondentes sobre a sobrevida dos pacientes. Resumo em inglês Acromegaly causes a number of disorders in the cardiovascular system, resulting from chronic exposure to high levels of GH and IGF-1. Such disorders are the main responsible for increased mortality rates among acromegalic patients. Among several forms of cardiovascular impairment is acromegalic cardiomyopathy, an entity that is initially characterized by a hyperdynamic state, followed by concentric left ventricular hypertrophy and diastolic dysfunction due to relaxation d (mais) eficit, culminating in systolic dysfunction and sometimes heart failure. In addition, arrhythmias and heart valve diseases are also relevant, especially mitral and aortic, ischemic heart disease, hypertension, and glucose and lipid metabolism disorders. This review approaches the main clinical and prognostic aspects of these entities, the effects of acromegaly treatment on them, and the respective consequences on patient survival.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Sobrecarga sistólica intermitente promove melhor desempenho miocárdico em animais adultos/ Intermittent systolic overload promotes better myocardial performance in adult animals/ Sobrecarga sistólica intermitente promueve mejor desempeño miocárdico en animales adultos

Miana, Leonardo Augusto; Assad, Renato S.; Abduch, Maria C. D.; Gomes, Guilherme Seva; Nogueira, Ananda Rigo; Oliveira, Fernanda Santos; Telles, Bruna Lopes; Souto, Maria Teresa; Silva, Gustavo J.; Stolf, Noedir A. G.
2010-09-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A transposição corrigida das grandes artérias frequentemente evolui com disfunção ventricular direita. O preparo ventricular para a correção anatômica em pacientes adultos apresenta resultados desapontadores. OBJETIVO: Analisar a hipertrofia do ventrículo direito (VD) induzida por dois tipos de bandagem pulmonar (BP), convencional e intermitente em animais adultos. MÉTODOS: Dezenove cabras adultas foram divididas em três grupos: Convencional (seis a (mais) nimais), Intermitente (seis animais) e Controle (sete animais). O grupo Convencional foi submetido à BP fixa com fita cardíaca, enquanto no grupo Intermitente foi usado dispositivo de BP ajustável, que gerava sobrecarga sistólica por 12 horas, alternada com 12 horas de descanso do VD. As pressões de VD, tronco pulmonar e aorta foram medidas durante todo o estudo. Ecocardiograma foi realizado semanalmente. Após quatro semanas, os animais foram eutanasiados para avaliação morfológica dos ventrículos. O grupo Controle foi submetido a eutanásia para análise em condições basais. RESULTADOS: A sobrecarga pressórica foi menor no grupo Intermitente (p=0,001), comparada ao grupo Convencional. Houve aumento na espessura do VD do grupo Intermitente, medida pelo ecocardiograma, comparado ao seu momento basal (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La transposición corregida de las grandes arterias frecuentemente evoluciona con disfunción ventricular derecha. La preparación ventricular para la corrección anatómica en pacientes adultos presenta resultados desalentadores. OBJETIVO: Analizar la hipertrofia del ventrículo derecho (VD) inducida por dos tipos de vendaje pulmonar (VP), convencional e intermitente en animales adultos. MÉTODOS: Diecinueve cabras adultas fueron divididas en tres grupos: Con (mais) vencional (seis animales), Intermitente (seis animales) y Control (siete animales). El grupo Convencional fue sometido al VP fijo con cinta cardíaca, mientras que en el grupo Intermitente fue usado dispositivo de VP ajustable, que generaba sobrecarga sistólica por 12 horas, alternada con 12 horas de descanso del VD. Las presiones de VD, tronco pulmonar y aorta fueron medidas durante todo el estudio. Ecocardiograma fue realizado semanalmente. Después de cuatro semanas, los animales fueron eutanasiados para evaluación morfológica de los ventrículos. El grupo Control fue sometido a eutanasia para análisis en condiciones basales. RESULTADOS: La sobrecarga presórica fue menor en el grupo Intermitente (p=0,001), comparada al grupo Convencional. Hubo aumento en el espesor del VD del grupo Intermitente, medida por el ecocardiograma, comparado a su momento basal (p Resumo em inglês BACKGROUND: Corrected transposition of great arteries often evolves with right ventricular dysfunction. The ventricular preparation for anatomic correction in adult patients has produced disappointing results. OBJECTIVE: To assess right ventricular hypertrophy (RV) induced by conventional and intermittent pulmonary banding (PB) in adult animals. METHODS: Nineteen adult goats were divided into three groups: conventional (six animals), intermittent (six animals) and control (mais) (seven animals). The Conventional group underwent fixed PB with cardiac tape, while the intermittent group received PB adjustable device, which generated systolic overload for 12 hours, alternated with 12 hours of rest of RV. The pressures of the RV, pulmonary artery and aorta were measured throughout the study. Echocardiography was performed weekly. After four weeks, the animals were euthanized for morphological evaluation of the ventricles. The Control group was put to euthanasia for analysis at baseline. RESULTS: Pressure overload was lower in the intermittent group (p = 0.001), compared to the conventional group. There was an increase in the thickness of the RV of the Intermittent group measured by echocardiography compared to their baseline values (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Estudo químico e da atividade biológica cardiovascular do óleo essencial de folhas de Alpinia zerumbet (Pers.) B.L.Burtt & R.M.Sm. em ratos/ Phytochemistry and cardiovascular biological activity of the essential oil from leaves of Alpinia zerumbet (Pers.) B.L. Burtt & R.M.Sm. in rats

Barcelos, F.F; Oliveira, M.L; Giovaninni, N.P.B; Lins, T.P; Filomeno, C.A; Schneider, S.Z; Pinto, V.D; Endringer, D.C; Andrade, T.U
2010-03-01

Resumo em português A espécie vegetal Alpinia zerumbet (Pers.) B.L.Burtt & R.M. Sm. é popularmente empregada para o tratamento de diversas enfermidades, entre elas a hipertensão. Avaliar a composição química, a atividade antihipertensiva e ação na hipertrofia cardíaca do óleo essencial das folhas de Alpinia zerumbet (OEAZ) em ratos foram os objetivos deste estudo. O OEAZ, obtido por hidrodestilação em aparelho Clevenger, teve sua composição química analisada em cromatografia g (mais) asosa acoplada à espectrometria de massas (CG-EM). Foram identificados 14 constituintes, sendo terpinen-4-ol (37,45%) o majoritário, seguido pelos óxido de cariofileno (7,56%), trans-hidrato de sabineno (6,61%) e 1,8-cineol (4,02%). A avaliação cardiovascular foi feita após o tratamento crônico de ratos espontaneamente hipertensos (SHR) e seus respectivos controles, ratos Wistar-Kyoto (WKY). Os dados hemodinâmicos revelaram redução da pressão arterial média (PAM) no grupo tratado (SHRP: 160 ± 7 mm Hg; p Resumo em inglês Alpinia zerumbet (Pers.) B.L. Burtt & R.M.Sm. is traditionally employed to treat several diseases such as hypertension. The aim of this study was to evaluate the chemical composition, the anti-hypertensive activity and the capacity to reduce cardiac hypertrophy of the essential oil of A. zerumbet leaves (EOAZ) in rats. EOAZ was obtained through hydrodistillation in Clevenger apparatus and its chemical composition was analyzed by gas chromatography-mass spectrometry (GC-MS (mais) ). Several constituents (14) were identified, terpen-4-ol (37.45%) being the major component, followed by caryophyllene oxide (7.56%), trans-sabinene hydrate (6.61%) and 1,8-cineol (4.02%). The cardiovascular effect was investigated after chronic treatment with spontaneously hypertensive rats (SHR) and their respective controls, Wistar-Kyoto rats (WKY). The treated group showed a lower mean arterial pressure (MAP) (SHRP: 160 ± 7 mm Hg; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Dacriocistografia na propedêutica da via lacrimal excretora de adultos/ Dacryocystography in adult lacrimal system evaluation

Schellini, Silvana Artioli; Hercules, Laura A.; Padovani, Carlos Roberto; Nascimento, Sammy Mendes do; Lopes, Paula Sian; Schellini, Ricardo de Campos
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os achados dacriocistográficos em indivíduos suspeitos de obstrução de vias lacrimais excretoras. MÉTODOS: O estudo foi retrospectivo, tendo sido avaliadas as dacriocistografias de 100 indivíduos adultos, suspeitos de obstrução nasolacrimal, atendidos na Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP. Os dados obtidos foram submetidos à análise estatística descritiva e teste do qui-quadrado. RESULTADOS: A maioria dos pacientes era do sexo feminino (mais) e maiores de 60 anos, apresentando obstrução baixa, localizada no seio de Arlt, com saco lacrimal graus 2 ou 3. Vias lacrimais pérvias, com e sem dilatação, também foram encontradas, assim como alterações nasais, como hipertrofia de cornetos. CONCLUSÃO: A dacriocistografia foi importante para diagnosticar o local da obstrução, o grau de dilatação das vias lacrimais, assim como as alterações de estruturas vizinhas. Estas informações sem dúvida são úteis para o planejamento cirúrgico e como indício prognóstico. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate dacrycystographic examination in patients with suspicion of lacrimal apparatus obstruction. METHODS: A retrospective study was performed to evaluate dacryocystographies of 100 adults suspected of nasolacrimal duct obstruction at the "Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP". The data were submitted to descriptive statistical analysis and chi-square test. RESULTS: The patients were mainly female, over 60 years old, presenting a low obstruction locate (mais) d at Arlt's sinus, with a grade 2 or 3 lacrimal sac. Lacrimal pathways with normal tear drainage, with or without dilatation and nasal alterations such as concha hypertrophy were also observed. CONCLUSION: Dacryocystographic evaluation was important to show the level of obstruction, the presence of dilatation of the lacrimal sac, as well as alterations in nearby structure. This information might influence the adopted surgical technique and the final treatment results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Alterações histológicas em brânquias de tilápia nilotica Oreochromis niloticus causadas pelo cádmio/ Histological alterations in gills of Nile tilapia Oreochromis niloticus caused by cadmium

Garcia-Santos, S.; Monteiro, S.M.; Carrola, J.; Fontainhas-Fernandes, A.
2007-04-01

Resumo em português Os efeitos histopatológicos do cádmio nas brânquias de tilápia Oreochromis niloticus foram estudados por microscopia óptica, usando 25mgl-1 de CdCl2 durante quatro dias, com o objetivo de identificar seus efeitos agudos na estrutura das brânquias. A morfologia geral das brânquias de O. niloticus é idêntica à de outros teleósteos, apresentando quatro pares de arcos branquiais com filamentos bem desenvolvidos. Situadas lateralmente, encontram-se as lamelas proven (mais) ientes do eixo central dos filamentos. No epitélio filamentar foi possível identificar células de cloro, pavimentosas e mucosas. Os peixes expostos ao cádmio mostraram sinais de lesões epiteliais; edema intersticial, vasodilatação das lamelas, destacamento do epitélio lamelar e proliferação do epitélio filamentar. As alterações observadas também incluíram fusão nas lamelas como resultado de hiperplasia e hipertrofia epitelial, ruptura do sistema de células pilar, aneurismas e necroses. Resumo em inglês The histopathogical effects of cadmium on the gills of tilapia Oreochromis niloticus were studied by light microscopy, using 25mgl-1 of CdCl2 during four days to identified the effects of short-term exposure on gills structure. The general morphology of O. niloticus gills is similar to the other teleostean fishes, showing four pairs of gills arches with well developed filaments. Bilaterally situated, secondary lamellae branches are found from the central axis of the filam (mais) ents. The filamentar epithelium showed the chloride cells, the pavement cells and mucous cells. Fish exposed to cadmium showed signs of epithelial lesion, namely the interstitial edema, swollen of the lamellae, lifting and cellular proliferation of the filamentar epithelium. The changes of the gills also included lamellar fusion as a result of epithelial hyperplasia and hypertrophy, the breakdown of pillar cell system, and aneurisms with some ruptures and necrosis, especially in the filamentar epithelium.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Obesidade visceral, hipertensão arterial e risco cárdio-renal: uma revisão/ Visceral obesity, hypertension and cardio-renal risk: a review

Rosa, Eduardo Cantoni; Zanella, Maria Teresa; Ribeiro, Artur Beltrame; Kohlmann Junior, Osvaldo
2005-04-01

Resumo em português A maior parte da adversidade atribuída à obesidade é dada pelo risco cardiovascular/coronariano imputado à mesma, particularmente presente nos obesos com distribuição visceral de gordura corporal. O acúmulo de gordura visceral está sabidamente associado à maior prevalência de desarranjos metabólicos, hormonais, inflamatórios e hemodinâmicos, que no conjunto implicarão em maior acometimento da microvasculatura e impacto negativo sobre os órgãos-alvo, partic (mais) ularmente sobre o eixo cárdio-renal. Neste sentido, além da associação clássica com a doença coronariana, têm-se verificado uma associação maior da obesidade visceral com a hipertrofia ventricular esquerda e microalbuminúria, ambos fatores de risco cardiovascular e nefrológico reconhecidos. Assim, a abordagem terapêutica dos pacientes obesos, particularmente dos hipertensos, deve levar em conta a estratificação de risco baseada na distribuição de gordura corporal, o que permitirá uma terapêutica mais adequada, visando-se não só o controle dos fatores de risco como a monitorização do acometimento de órgãos-alvo nestas populações. Resumo em inglês Great part of obesity adversity is due to its cardiovascular/coronary risk, particularly present in obese with visceral adiposity distribution. Visceral fat deposition is known to be associated with a greater prevalence of metabolic, neurohormonal, inflammatory and hemodynamic disorders, which together will be implicated in microvascular and target organ involvement, particularly to the cardio-renal axis. In this aspect, beyond its classical association with coronary dise (mais) ase, visceral obesity has been associated with left ventricular hypertrophy and microalbuminuria, which are known cardiac and nephrologic risk factors. So, therapeutic tools for obese patients, specially for those with hypertension, must accomplish the risk stratification based on body fat distribution, which will allow a more adequate therapy in terms of risk factors control as well as target organ damage monitoring.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Estudo epidemiológico das alterações estruturais da cavidade nasal associadas à síndrome da apnéia e hipopnéia obstrutiva do sono (SAHOS)/ Epidemiological analysis of structural alterations of the nasal cavity associated with obstructive sleep apnea syndrome (OSA)

Mekhitarian Neto, Levon; Fava, Antonio Sérgio; Lopes, Hugo Canhete; Stamm, Aldo
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Mostrar que alterações estruturais da cavidade nasal, como desvio do septo do nariz e a hipertrofia dos cornetos inferiores, são altamente incidentes em pacientes com síndrome da apnéia e hipopnéia do sono e devem ser abordados associados aos procedimentos específicos da síndrome. FORMA DE ESTUDO: Clínico retrospectivo. CASUÍSTICA E MÉTODO: Realizamos um estudo retrospectivo em 200 pacientes, 196 homens e 4 mulheres, atendidos no ambulatório de otorr (mais) inolaringologia do Hospital Prof. Edmundo Vasconcelos e Unidade Paulista de Otorrinolaringologia, todos com controle polissonográfico, exame físico otorrinolaringológico, endoscópico e o tratamento cirúrgico com procedimentos nasais e faríngeos. RESULTADOS: Todos tiveram procedimento cirúrgico faríngeo: uvulopalatofaringoplastia ou uvulopalatoplastia, e no nariz: 176 septoplastias com turbinectomia parcial (88%) e 24 turbinectomias isoladas (12%), com resultados satisfatórios. CONCLUSÃO: Podemos concluir que as alterações estruturais da cavidade nasal têm alta incidência nos pacientes com SAHOS. Resumo em inglês AIM: The objective of this paper is to demonstrate that structural alterations of the nasal cavity, e.g. septal deviation and conchal hypertrophy have high incidence in patients with sleep apnea and hypopnea syndrome and must be addressed with associated specific procedures of the syndrome. TYPE OF STUDY: Clinical retrospective. CASUISTIC AND METHOD: A retrospective study of 200 patients was performed, with 196 male and 4 female, attended at the otorhinolaryngology ambula (mais) tory of Hospital Prof. Edmundo Vasconcelos and Unidade Paulista de Otorrinolaringologia, all of them subjected to polysomnography, otorhinolaryngological physical exam, endoscopy exam, and surgical treatment with nasal and pharyngeal procedures. RESULTS: All of them were subjected to pharyngeal procedure: uvulopalatopharyngoplasty or uvulopalatoplasty and nose procedure: 176 septoplasty with partial turbinectomy (88%) and 24 isolated turbinectomy, with satisfactory results. CONCLUSION: We can see that structural alterations of the nasal cavity have high incidence in patients with OSA.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Cardiomiopatia Hipertrófica: atualização e assistência de enfermagem/ Hypertrophic Cardiomyophaty: update and nursing assistance/ Cardiomiopatía Hipertrófica: actualización y atención de enfermería

Mariano, Samanta; Marques, Isaac Rosa
2007-10-01

Resumo em português Trata-se de uma atualização cujo objetivo foi descrever aspectos da fisiopatologia da Cardiomiopatia Hipertrófica (CMH) e suas terapêuticas, relacionando-as com a assistência de enfermagem. A fonte de dados considerou a Base de Dados LILACS, usando-se como expressão de pesquisa os unitermos "miocardiopatia hipertrófica" e "cuidados de enfermagem". A CMH é uma doença que surge a partir de alteração cromossômica causando hipertrofia do ventrículo esquerdo, tend (mais) o progressão rápida e podendo ocasionar insuficiência cardíaca classe funcional III e IV. O tratamento consiste do uso de medicações paliativas ou outros procedimentos como o implante de Marca-Passo, ventriculoplastia e transplante cardíaco. A assistência de enfermagem baseada em Diagnósticos e Intervenções de Enfermagem são apresentadas. Resumo em espanhol Tratase de una actualización que objetivó describir algunos aspectos fisiopatológicos sobre la Cardiomioplatía Hipertófica y corelacionar con la atención de enfermería. La basis para la recogida de datos fue la basis de datos bibliograficos LILACS usandose la expresión de busqueda "Cardiomiopatía Hipertrófica" y "atención de enfermería". La CMH es una enfermedad que empeza con alteraciones cromosómicas teniendo rápida progresión y podiendo causar insuficien (mais) cia cardiaca clase funcional III o IV. El tratamiento consiste del uso de medicaciones paliativas o otros procedimientos como el implante de Marca-Paso, ventriculoplastia y transplante cardiaco. La atención de enfermería basada en Diagnósticos y Intervenciones de Enfermería son presentadas. Resumo em inglês This is an update that aimed to describe some aspects of physiopathology of Hypertrophic Cardiomyopathy (HCM) and its therapeutics correlating them to nursing assistance. Data source was based on LILACS bibliographical database using the search expression "hypertrophic cardiomiopathy" and "nursing care". The HCM is a disease that appears from cromossomic alterations that causes hypertrophy of the left ventricule and can cause heart failure, functional class III and IV. Tr (mais) eatment consists in using palliative medications or other procedures like Pace-Maker implantation, ventriculoplasty and heart transplantation. Nursing assistance based on Nursing Diagnoses and Intereventions are presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Miocardiopatia diabética/ Diabetic cardiomyopathy

Okoshi, Katashi; Guimarães, Julliano F. Campos; Di Muzio, Bruno Paulino; Fernandes, Ana Angélica H.; Okoshi, Marina Politi
2007-03-01

Resumo em português A miocardiopatia diabética é uma doença do músculo cardíaco causada pelo diabetes mellitus e não relacionada às patologias vascular e valvular ou à hipertensão arterial sistêmica. Observações experimentais e clínicas têm demonstrado hipertrofia, necrose, apoptose e aumento do tecido intersticial miocárdico. Acredita-se que a miocardiopatia diabética seja decorrente de anormalidades metabólicas como hiperlipidemia, hiperinsulinemia e hiperglicemia, e de al (mais) terações do metabolismo cardíaco. Tais alterações podem causar aumento do estresse oxidativo, fibrose intersticial, perda celular e comprometimento do trânsito intracelular de íons e da homeostase do cálcio. Clinicamente, é possível a detecção de disfunção diastólica assintomática na fase inicial. No momento em que surgem os sinais e sintomas de insuficiência cardíaca, observamos disfunção diastólica isolada, sendo que o comprometimento da função sistólica, habitualmente, é tardio. O tratamento da miocardiopatia diabética com insuficiência cardíaca não difere das miocardiopatias de outras etiologias e deve seguir as diretrizes de acordo com o comprometimento da função ventricular, se diastólica isolada ou diastólica e sistólica. Resumo em inglês Diabetic cardiomyopathy is a myocardial disease caused by diabetes mellitus unrelated to vascular and valvular pathology or systemic arterial hypertension. Clinical and experimental studies have shown that diabetes mellitus causes myocardial hypertrophy, necrosis, and apoptosis, and increases interstitial tissue. The pathophysiology of diabetic cardiomyopathy is incompletely understood. It appears that metabolic perturbations such as hyperlipidemia, hyperinsulinemia, hype (mais) rglycemia, and changes in cardiac metabolism are involved in cellular consequences leading to increased oxidative stress, interstitial fibrosis, myocyte death, and altered intracellular ions transient and calcium homeostasis. Clinically, an early detection of asymptomatic diastolic dysfunction is possible. When patients develop signals and symptoms of heart failure, isolated diastolic dysfunction is usually detected. Systolic dysfunction is a late finding. Treatment of heart failure due to diabetic cardiomyopathy is not different from myocardiopathies of other etiologies and must follow the guidelines according to ventricular function, whether diastolic or diastolic and systolic impairment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Prognóstico da esclerose valvar aórtica na mortalidade cardíaca de pacientes atendidos no instituto de cardiologia do Rio Grande do Sul/ Prognosis of aortic valve sclerosis in cardiovascular mortality of patients seen at the cardiology institute of Rio Grande do Sul

Rosa, Eduardo Maffini da; Sant'anna, João Ricardo Michielin; Oppermann, Luciana Pimentel; Castro, Iran
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o efeito prognóstico da esclerose valvular aórtica na mortalidade e morte de causa cardíaca de pacientes atendidos no Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul nos anos de 1996 a 2000. MÉTODOS: Estudo de coorte histórico que utilizou informações contidas nos bancos de dados do laboratório de ecocardiografia do Hospital de Cardiologia e nos Registros de Óbitos da Secretária da Saúde do Rio Grande do Sul. O período de avaliação foi de 199 (mais) 6 a 2000. Os desfechos foram morte e morte de causa cardíaca. RESULTADOS: Foram analisados 8.585 casos, dos quais 2.154 (25%) eram portadores de esclerose valvular aórtica. O tempo de seguimento médio foi de 41±6 meses, e a ocorrência de morte e morte cardíaca foram respectivamente, de 299 (3,5%) e 95 (1,1%). O grupo de pacientes com esclerose valvular aórtica apresentou mais miocardiopatia segmentar, disfunção ventricular, aumento ventricular e hipertrofia ventricular, e não apresentou, entretanto, maior risco de morte ou morte de causa cardíaca quando feita análise de multivariança. CONCLUSÃO: A presença de esclerose valvular aórtica não aumentou o risco de morte e de morte de causa cardíaca na população estudada. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the prognostic effect of aortic valve sclerosis on all-cause and cardiovascular mortality of patients seen at the Cardiology Institute of the Brazilian state of Rio Grande do Sul from 1996 to 2000. METHODS: A historical cohort study using information from both the database of the Echocardiography Laboratory of the Cardiology Hospital and the Death Registry of Rio Grande do Sul Health Department. The evaluation was carried out from 1996 to 2000. Stud (mais) y endpoints were all-cause and cardiovascular mortality. RESULTS: A total of 8585 patients were analyzed, 2154 (25%) of whom had aortic valve sclerosis. Mean follow-up was 41±6 months, and all-cause and cardiovascular deaths were 299 (3.5%) and 95 (1.1%), respectively. The group of patients with aortic valve sclerosis had more segmental cardiomyopathy, ventricular dysfunction, ventricular enlargement, and ventricular hypertrophy; yet, they did not show higher risk for all-cause or cardiovascular mortality in the multivariate analysis. CONCLUSION: The presence of aortic valve sclerosis was not associated with increased risk for all-cause and cardiovascular mortality in the population studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Características cardíacas e metabólicas de corredores de longa distância do ambulatório de cardiologia do esporte e exercício, de um hospital terciário/ Cardiac and metabolic characteristics in long distance runners of sport and exercise cardiology outpatient facility of a tertiary hospital

Azevedo, Luciene Ferreira; Brum, Patrícia Chakur; Rosemblatt, Dudley; Perlingeiro, Patrícia de Sá; Barretto, Antônio Carlos Pereira; Negrão, Carlos Eduardo; Matos, Luciana Diniz Nagem Janot de
2007-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Caracterizar parâmetros cardíacos, eletrocardiográficos e funcionais, e respostas cardiopulmonares ao exercício em corredores de longa distância brasileiros, acompanhados no Ambulatório de Cardiologia do Esporte e Exercício de um hospital terciário. MÉTODOS: De uma população inicial de 443 atletas, de ambos os sexos, de diferentes modalidades esportivas, foram avaliados 162 (37%) corredores de longa distância, do sexo masculino, com idade variando en (mais) tre quatorze e 67 anos. Registros eletrocardiográficos (doze derivações) e ecocardiográficos (modos mono e bidimensional) foram realizados em repouso. Respostas cardiopulmonares foram avaliadas durante teste em esteira rolante, com protocolo em rampa. RESULTADOS: Alterações metabólicas e doenças cardiovasculares foram diagnosticadas em 17% e 9% dos corredores, respectivamente. Bradicardia sinusal e hipertrofia ventricular esquerda foram verificadas em 62% e 33% dos corredores, respectivamente. Alterações estruturais, como cavidade ventricular > 55mm, espessura relativa de parede > 0,44 e índice de massa ventricular > 134g/m2 foram encontradas em 15%, 11% e 7% dos corredores, respectivamente. Fração de ejeção Resumo em inglês OBJECTIVE: To characterize electrocardiographic and functional cardiac parameters and cardiopulmonary responses to exercise in long-distance Brazilian runners monitored at the Sport and Exercise Cardiology Outpatient Facility of a tertiary care hospital. METHODS: Of an initial population of 443 male and female athletes of different sport modalities, we assessed 162 (37%) long-distance male runners, aged from 14 to 67. Electrocardiographic (12 leads) and echocardiographic (mais) (M-mode and two-dimensional) parameters were recorded at rest. Cardiopulmonary responses were evaluated on a treadmill with a ramp protocol. RESULTS: Metabolic alterations and cardiovascular diseases were diagnosed in 17% and 9% of the runners, respectively. Sinus bradycardia and left ventricular hypertrophy were observed in 62% and 33% of the runners, respectively. Structural alterations such as ventricular cavity > 55mm, relative wall thickness > 0.44, and ventricular mass index > 134g/m2 were found in 15%, 11% and 7% of the runners, respectively. Ejection fraction

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Dismorfia muscular e o uso de suplementos ergogênicos em desportistas/ Muscle dysmorphia and the use of ergogenic supplements in athletes

Lima, Litiane Dorneles de; Moraes, Cristina Machado Bragança de; Kirsten, Vanessa Ramos
2010-12-01

Resumo em português A dismorfia muscular (DM) é um transtorno da imagem corporal que acomete principalmente homens que, apesar da grande hipertrofia muscular, consideram-se pequenos e fracos. Tendo em vista o crescente uso de substâncias ergogênicas para o aumento de massa muscular e o elevado número de indivíduos com transtornos corporais, o objetivo deste trabalho foi avaliar a presença de DM e o uso de suplementos ergogênicos em desportistas frequentadores de academia. Foram avalia (mais) dos 23 indivíduos do sexo masculino com média de idade de 24 ± 3,8 anos, praticantes de treinamento de força, com idades entre 18 e 35 anos. Para a avaliação corporal foi realizado o teste de bioimpedância, com o qual se obteve os dados de massa magra e gorda, respectivamente, de 66,5 ± 10,1kg e 10,5 ± 3,1kg. Para detectar o risco de DM, foi usada uma escala (MASS - Muscle Appearance Satisfaction Scale); se o resultado desta fosse acima de 52 pontos, estes apresentavam o risco de DM. Juntamente, foi respondido outro questionário para o conhecimento do uso de suplementos. A análise dos resultados identificou que, dos avaliados, 17,4% (n = 4) apresentaram risco positivo para o desenvolvimento deste transtorno corporal; porém, destes, apenas 25% declararam fazer uso de suplementos alimentares. Conclui-se que não houve relação entre o uso de suplementos e a presença de dismorfia muscular. Resumo em inglês Muscle Dysmorphia (MD) is a body image disorder that affects especially men, who despite the large muscular hypertrophy, consider themselves tiny and weak. Considering the increasing use of ergogenic substances to increase muscular mass and the large number of individuals with body disorders, this research aim was to evaluate the presence of MD and the use of ergogenic supplements by athletes who go to health clubs. The study sample was formed by 23 male individuals with (mais) mean age of 24±3.8 years, who practice strength exercises and and aged between 18 and 35 years. Body was assessed through a bioimpedance test from which it was possible to get the data of lean and fat mass, which were 66.5±10.1Kg and 10.5±3.1Kg, respectively. DM risk was detected with a scale (MASS- Muscle appearance satisfaction scale). If the result was above 52 points, it presented DM risk. Additionally, a questionnaire was answered to provide information about the use of supplements. The results analysis showed that among the evaluated sample, 17.4% (n=4) demonstrated positive risk to the development of body disorders, but only 25% of them declared the use of food supplements. It was concluded that there was not correlation between use of supplements and presence of muscle dysmorphia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Estudo comparativo de pacientes submetidos à cauterização submucosa com ou sem fratura lateral do corneto inferior/ Comparative study of the effects of submucosal cauterization of the inferior turbinate with or without outfracture

Nassif Filho, Antonio Celso Nunes; Ballin, Carlos Roberto; Maeda, Carlos Augusto Seiji; Nogueira, Gustavo Fabiano; Moschetta, Matheus; Campos, Danielle Salvatti de
2006-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar os efeitos da cauterização submucosa do corneto inferior com e sem a fratura lateral. FORMA DE ESTUDO: Clínico prospectivo. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram selecionados 20 pacientes aleatoriamente com diagnóstico de hipertrofia crônica dos cornetos nasais, e divididos em dois grupos. O primeiro foi submetido à cauterização submucosa com fratura lateral do corneto, e o segundo sem a fratura. Foram avaliados cinco quesitos, comparando-se os dois méto (mais) dos: dor, sangramento nasal, cicatrização, formação de crostas e perviedade nasal. O seguimento pós-operatório foi realizado no 1º, 7º, 14º e 30º dias. RESULTADOS: Quanto à dor, sangramento nasal e formação de crostas o resultado foi semelhante para ambos os grupos. Em relação à cicatrização, houve melhores resultados no grupo submetido à fratura lateral nas primeiras duas semanas do seguimento. Quanto à perviedade nasal, 80% dos pacientes submetidos à cauterização submucosa com a fratura lateral referiram boa perviedade. Por outro lado, 30% dos pacientes não submetidos à fratura lateral relataram boa perviedade. CONCLUSÃO: A realização da cauterização submucosa do corneto inferior associada à fratura lateral é mais eficaz que a realização da cauterização isoladamente. Resumo em inglês AIM: The objective of this study was to compare the effects of submucosal cauterization of the inferior turbinate with or without outfracture. STUDY DESIGN: clinical prospective. METHOD: Twenty patients with inferior turbinate hypertrophy were randomized and divided into two groups. The first one was submitted to submucosal cauterization associated with outfracture, and the second one without fracture. Five items were assessed to compare both methods: pain, nasal bleeding (mais) , scarring - analyzed through anterior rhinoscopy, observing edema, hyperemia and seropurulent secretion; crust formation (seen through anterior rhinoscopy); and nasal airway patency. Follow-up was performed on days 7, 14, 30. RESULTS: In both groups crusting formation was similar. Scarring showed better results in the outfracture group in the first two weeks postoperative. The analysis of nasal airway patency showed good results in 80% of the patients submitted to submucosal cauterization with outfratcture on day 30 postoperatively. CONCLUSIONS: We concluded that submucosal cauterization of inferior turbinate with outfracture is better than the procedure without outfracture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Benefícios do treinamento aeróbio e/ou resistido em indivíduos HIV+: uma revisão sistemática/ Benefits of aerobic and/or resistance training in HIV-positive patients: a systematic review

Souza, Hugo Fábio; Marques, Débora Cristina
2009-12-01

Resumo em português A aids é uma doença crônica, caracterizada pela depleção dos linfócitos T, sendo o vírus HIV o seu agente causador. A sua infecção e tratamento farmacológico estão ligados às alterações físicas e fisiológicas, que podem diminuir a qualidade de vida. Sendo assim, o objetivo do estudo foi elaborar uma revisão sistemática sobre os estudos publicados no PubMed e Capes entre 1998 e 2008, com humanos soropositivos e que investigaram os impactos do treinamento (mais) aeróbio e/ou resistido nos aspectos fisiológicos, metabólicos, psicológicos, imunológicos e físicos. Foram discutidos protocolos que utilizaram apenas treinamento de força ou aeróbio e os que utilizaram ambos e a grande maioria encontrou resultados favoráveis às variáveis pesquisadas. Quanto ao modelo de prescrição para essa população, este deve ser composto por exercícios de força, de oito a 15 repetições máximas (trabalho de hipertrofia) e por exercícios aeróbios (contínuo ou intervalado), com duração de 20 a 60 minutos e intensidade variando de 50 a 85% da frequência cardíaca máxima ou 45-85% do consumo máximo de oxigênio, ambos três a cinco vezes por semana. Dessa forma, ao elaborar um programa de atividade física, é importante conhecer a atual condição física e fisiológica do indivíduo HIV+, para que a sua condição de esforço não seja superestimada ou subestimada. Resumo em inglês AIDS is considered a chronic disease, characterized for depletion of the lymphocyte T CD4+, caused by the HIV virus. The HIV infection and its pharmacological treatment are linked to physiological and physical disorders, which can induce to lower quality of life. Therefore, the purpose of this work was to elaborate a systematic review about studies published in Pubmed and Capes between 1998 and 2008, which investigated physiological, metabolic, psychological and immunolog (mais) ical changes mediated by aerobic and strength training in seropositive individuals. Protocols which only used either aerobic or strength training and both of them were discussed. Most of the research found favorable results about those variables studied. Concerning the prescription model for this population, it should be composed of strength exercises, from 8 to 15 maximum repetitions (hypertrophy) and of aerobic exercises (continuous or interval) with duration of 20 to 60 minutes, the intensity must be between 50-85% of maximum heart rate or 45-80% of maximum oxygen consumption, both three to five times a week. Therefore, in order to develop a program of physical activity it is very important to know the present physical and physiological condition of the HIV+ subject, so that his exertion condition is not under or overestimated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Avaliação do processamento auditivo em crianças com síndrome da apnéia/hipopnéia obstrutiva do sono/ Auditory processing assessment in children with obstructive sleep apnea syndrome

Ziliotto, Karin Neves; Santos, Maria Francisca Colella dos; Monteiro, Valeria G.; Pradella- Hallinan, Márcia; Moreira, Gustavo A.; Pereira, Liliane Desgualdo; Weckx, Luc L. M.; Fujita, Reginaldo Raimundo; Pizarro, Gilberto Ulson
2006-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: síndrome da apnéia/hipopnéia obstrutiva do sono (SAHOS) é uma desordem de respiração durante o sono e tem sido descrita como uma condição relativamente comum em crianças. OBJETIVO: Verificar se existe relação entre a presença da Síndrome da Apnéia/Hipopnéia Obstrutiva do Sono e alteração de processamento auditivo. MÉTODOS: Foram avaliados 3 grupos de crianças na faixa etária de 5 a 11 anos, incluindo um grupo controle. Vinte indivíduos q (mais) ue constituíram o grupo de estudo foram submetidos à avaliação otorrinolaringológica e ao exame de polissonografia (PSG) e foram divididos em dois grupos: Grupo I (RO) constituído por 10 indivíduos respiradores orais e PSG normal e Grupo II (SAS) constituído por 10 indivíduos respiradores orais e PSG alterado. O desempenho destes indivíduos foi comparado a um terceiro grupo - Grupo III (REN) composto de 10 crianças sem queixas otorrinolaringológicas. Todos os sujeitos foram submetidos à avaliação audiológica básica e à avaliação do PA. RESULTADOS: Quanto à avaliação otorrinolaringológica, houve diferença estatisticamente significante no que se refere à avaliação dos cornetos nasais e das tonsilas palatinas. No grupo II, verificou-se maior número de indivíduos com hipertrofia de cornetos nasais grau II e III (p Resumo em inglês INTRODUCTION: The obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) is a respiratory disorder that occurs during sleep and it is relatively common in children. AIM: The goal of this paper is to verify if there is a relationship between the obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) and auditory processing. METHOD: In order to do that, three groups of children ranging in age from 5 to 11 were studied, including a normal group. Twenty subjects who made up the study group were submitted (mais) to ear, nose and throat (ENT) exams and to polysomnography (PSG), and were divided in two groups: GROUP I (RO) comprised of 10 children who presented oral breathing and displayed normal PSG, and GROUP II (SAS) comprised of 10 children who presented oral breathing and displayed abnormal PSG. Their performance was compared to the performance of the third group - GROUP III (REN) comprised of 10 children who did not refer ENT difficulties. All the subjects completed a basic audiometric assessment as well as an auditory processing diagnosis. RESULTS: The analyses of the results revealed a statistically significant difference in ENT exams related to the turbinate and the palatine tonsils. Group II presented a higher incidence of turbinate hypertrophy levels II and III (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Padrões de acumulação setorial: finanças e serviços nas transformações contemporâneas da saúde/ Capital accumulation patterns: capital and services in the current transformations of the health system

Andreazzi, Maria de Fátima Siliansky de; Kornis, George Edward Machado
2008-10-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é introduzir elementos da reprodução econômica da sociedade capitalista na avaliação da dinâmica contemporânea da acumulação da saúde. São identificadas a direção e o sentido da acumulação de capital e o ambiente onde se desenvolvem os atuais processos de competição.O trabalho considerou a hipótese da hipertrofia da órbita financeira como um modo de estruturação da economia capitalista desde o último quartel do século XX, on (mais) de ficam embaçadas e corroídas antigas delimitações entre produção de bens e prestação de serviços. Mudam os padrões de competição entre as empresas, bem como as contradições internas e externas ao setor saúde. A abordagem é teórico-histórico-conceitual, visando aportar elementos para uma abordagem contemporânea do tema "complexo médico-industrial". São identificadas transformações internacionais e nacionais referentes à dinâmica do capital no complexo, com destaque para o crescente papel dos serviços. A nova abordagem é elaborada a partir do pensamento econômico de Marx, acrescido da discussão contemporânea sobre financeirização e novas configurações produtivas da grande empresa. Ao final, o caráter das contradições existentes no interior do complexo produtivo da saúde é problematizado. Resumo em inglês The purpose of this article is to introduce elements of the capitalist society economic reproduction to the discussion around the current dynamics of health accumulation. It identifies the direction and significance of capital accumulation in the health area as well as the characteristics of the economic environment where the competition currently takes place. The hypothetic hypertrophy of the financial sphere is seen as a means for structuring the capitalist economy sinc (mais) e the late twentieth century. The former delimitations between industrial production and service delivery are blurred and weakened; the competition process shows new features and the contradictions - internally between the different elements of the health industry and externally with other sectors - are changing. This article aggregates elements for a contemporary analysis of the "medical-industrial complex" on the basis of a theoretical-historical-conceptual approach. We identify changes in the capital dynamics of this complex at international and national level and stress the increasing role of the health services as a forefront of capital accumulation. The new approach is based on the economic thinking of Marx in addition to the current discussions about the theory of financial capital accumulation and the new productive configurations of the large corporations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Padrões de acumulação setorial: finanças e serviços nas transformações contemporâneas da saúde/ Capital accumulation patterns: capital and services in the current transformations of the health system

Andreazzi, Maria de Fátima Siliansky de; Kornis, George Edward Machado
2008-10-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é introduzir elementos da reprodução econômica da sociedade capitalista na avaliação da dinâmica contemporânea da acumulação da saúde. São identificadas a direção e o sentido da acumulação de capital e o ambiente onde se desenvolvem os atuais processos de competição.O trabalho considerou a hipótese da hipertrofia da órbita financeira como um modo de estruturação da economia capitalista desde o último quartel do século XX, on (mais) de ficam embaçadas e corroídas antigas delimitações entre produção de bens e prestação de serviços. Mudam os padrões de competição entre as empresas, bem como as contradições internas e externas ao setor saúde. A abordagem é teórico-histórico-conceitual, visando aportar elementos para uma abordagem contemporânea do tema "complexo médico-industrial". São identificadas transformações internacionais e nacionais referentes à dinâmica do capital no complexo, com destaque para o crescente papel dos serviços. A nova abordagem é elaborada a partir do pensamento econômico de Marx, acrescido da discussão contemporânea sobre financeirização e novas configurações produtivas da grande empresa. Ao final, o caráter das contradições existentes no interior do complexo produtivo da saúde é problematizado. Resumo em inglês The purpose of this article is to introduce elements of the capitalist society economic reproduction to the discussion around the current dynamics of health accumulation. It identifies the direction and significance of capital accumulation in the health area as well as the characteristics of the economic environment where the competition currently takes place. The hypothetic hypertrophy of the financial sphere is seen as a means for structuring the capitalist economy sinc (mais) e the late twentieth century. The former delimitations between industrial production and service delivery are blurred and weakened; the competition process shows new features and the contradictions - internally between the different elements of the health industry and externally with other sectors - are changing. This article aggregates elements for a contemporary analysis of the "medical-industrial complex" on the basis of a theoretical-historical-conceptual approach. We identify changes in the capital dynamics of this complex at international and national level and stress the increasing role of the health services as a forefront of capital accumulation. The new approach is based on the economic thinking of Marx in addition to the current discussions about the theory of financial capital accumulation and the new productive configurations of the large corporations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Alterações histopatológicas em girinos de rã-touro alimentados com rações comerciais de diferentes níveis protéicos/ Histopathological alterations in bullfrog tadpoles fed commercial diets with three levels of crude protein

Seixas Filho, José Teixeira de; Hipolito, Marcio; Carvalho, Vinicius de Frias; Martins, Ana Maria Cristina Rabello Pinto da Fonseca; Silva, Lilian Nogueira da; Castagna, Airton Antonio
2008-12-01

Resumo em português Realizaram-se necropsia e exame histopatológico de girinos de rã-touro (Rana catesbeiana) alimentados com rações comerciais formuladas com 32, 36, 45 ou 55% de proteína bruta (PB) visando estabelecer a relação entre o nível de proteína bruta da ração e a sanidade do animal. Na necropsia, os girinos não apresentaram externamente nenhuma alteração aparente, no entanto, o fígado dos animais, em todos os níveis de proteína bruta, apresentou-se de cor palha e (mais) manchado. Na análise histopatológica, observaram-se fígados com rarefação e degeneração celular protéica, intestinos com colite e achatamento das microvilosidades; baço com hiperplasia linfocitária; coração sem nenhuma alteração; rins com glomerulonefrite e áreas de tubulonefroses; gastrite mononuclear e hiperplasia e hipertrofia dos linfonodos regionais. Em todos os órgãos, verificou-se depósito de hemossiderina. Essas lesões sugerem quadro degenerativo nutricional, com desenvolvimento de processos inflamatórios, se difundindo para todos os órgãos. Os resultados sugerem que os animais foram alimentados com rações com proteínas de baixo valor biológico, portanto, de má qualidade, o que comprometeu a sanidade e o desempenho dos animais. Estudos complementares são necessários para compreensão do comportamento bioquímico de rãs-touro na fase de girino visando à nutrição adequada desses animais. Resumo em inglês Necropsy and histological examination were made on bullfrog (Rana catesbeiana) tadpoles fed commercial rations with 32, 36, 45 or 55% crude protein (CP) to establish the relationship between dietary crude protein and health of the animal. In the necropsy, the tadpoles did not show externally any changes, however, the liver of animals at all crude protein levels, presented a straw color and stained. Histological analysis showed livers with rarefaction and degeneration of c (mais) ell protein, intestines, with colitis and flattening of microvilli, spleen with lymphocyte hyperplasia, heart, without alterations, kidneys with glomerulonephritis and areas of tubulonefroses; mononuclear gastritis and hyperplasia and hypertrophy of regional lymph nodes. In all organs, there was hemossiderin deposit. These injuries suggest degenerative nutritional condition, with development of inflammatory processes, spreading to all organs. The results suggest that the animals were fed diets with low biological value proteins, therefore, poor quality, which affects health and performance of the animals. Further studies are necessary to understanding the biochemical behavior of bullfrogs in the tadpole stage, aiming to adequate nutrition of these animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Terapia floral em gatos domésticos (Felis catus, Linnaeus, 1758) portadores do complexo da doença respiratória felina: estudo clínico e hematológico/ Flower therapy in domestic cats (Felis catus, Linnaeus, 1758) with feline respiratory disease complex: clinical and hematological study

Araújo, R.F.; Rêgo, E.W.; Lima, E.R.; Coelho, M.C.O.C.; Vasconcelos, K.F.; Baptista, R.I.A.A.; Nascimento, R.C.
2010-12-01

Resumo em português A terapia floral é considerada, atualmente, prática médica alternativa utilizada em diversas situações clínicas, constituindo possibilidade a mais de prevenção e cura de muitas doenças de natureza física e emocional. Este estudo objetivou pesquisar o efeito das essências do Sistema Brasileiro de Florais Compostos de Joel Aleixo num mesmo grupo de gatos domésticos com sinais clínicos sugestivos de Doença Respiratória Felina (DRF), tratados em diferentes mome (mais) ntos (M0, M1, M2, M3). Foram utilizados 20 gatos domésticos, de ambos os sexos, sem raça definida, com idade média de 5,63 ± 3,02 anos criados em gatil na UFRPE. Os animais foram submetidos ao tratamento com os florais por via oral em duas etapas. Na primeira etapa com os florais Desintus Total e Helminthus Total por 14 dias, e na segunda etapa com os florais Antibius e Regius por 28 dias. Os resultados observados, quanto aos aspectos clínicos, foram redução de secreção nasal, secreção ocular e estertores pulmonares; desaparecimento de sinais clínicos como fezes alteradas, úlceras na cavidade oral, pêlos eriçados e permanência da hipertrofia dos linfonodos. Quanto aos aspectos hematológicos houve interferência nas variáveis relacionadas ao hemograma (hemoglobina, VCM, CHCM, leucócitos, linfócitos e monócitos). Conclui-se que a terapia floral mostrou-se eficaz em gatos domésticos com sinais sugestivos de DRF criados nas mesmas condições de manejo. Resumo em inglês Flower therapy is currently considered an alternative medical practice used in several clinical situations, providing another way to prevent and cure many diseases of physical and emotional nature. This study aimed to investigate the effect of essences of the Brazilian Compound Flower System of Joel Aleixo in one same group of domestic cats showing suggestive clinical signs of Feline Respiratory Disease (FRD), treated in different moments (M0, M1, M2, M3). Twenty domestic (mais) cats, males and females, of mixed breed, with average age 5.63 ± 3.02, raised in the UFRPE's cattery, were used. The animals were orally treated with flower essences in two steps. Firstly with Total Desintus and Total Helminthus flower for 14 days and in the second step with Antibius and Regius for 28 days. The obtained results related to clinical aspects were a decrease in nasal and ocular discharge, and lung stertors; disappearance of clinical signal such as altered stool, ulcers in the oral cavity, bristling and hypertrophy of lymph nodes. Regarding hematological aspects, there was interference in the variables related to the blood (hemoglobin, MCV, MCHC, leucocytes, lymphocytes and monocytes). It can be concluded that flower therapy was effective in cats with signs suggestive of FRD raised under the same management conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Papel do sistema endotelina na nefropatia diabética/ Endothelin system function in diabetic nephropathy

Zanatta, Claudete Maria; Canani, Luís Henrique; Silveiro, Sandra Pinho; Burttet, Lucas; Nabinger, Gustavo; Gross, Jorge Luiz
2008-06-01

Resumo em português A nefropatia diabética (ND) é uma importante complicação crônica do diabetes melito (DM), sendo uma das principais causas dos novos casos de diálise e está associada ao aumento da mortalidade. Os principais fatores de risco são a hiperglicemia, a hipertensão arterial sistêmica (HAS), a dislipidemia e a susceptibilidade genética. O sistema renina-angiotensina (SRA) tem papel importante na gênese e na progressão da ND e existem evidências de interação entre (mais) este sistema e as endotelinas. As endotelinas são peptídeos com potente ação vasoconstritora que atuam modulando o tono vasomotor, a proliferação celular e a produção hormonal. Estes peptídeos agem por meio de dois receptores (ET-A e ET-B), que são expressos nas células endoteliais e no músculo liso vascular. A ativação destes receptores nas células renais leva à complexa cascata de alterações, resultando proliferação e hipertrofia das células mesangiais, vasoconstrição das arteríolas aferentes e eferentes e acúmulo de matriz extracelular. Essas alterações hemodinâmicas renais estão associadas com o aparecimento e a progressão da doença renal no DM. Níveis plasmáticos elevados de endotelina-1 (ET-1) têm sido relatados em pacientes com DM e há algumas evidências que sugerem que o aumento da produção de ET-1 poderia levar a dano glomerular. O uso de drogas antagonistas do receptor da ET-1 em situações de DM experimental tem mostrado propriedades nefroprotetoras, reforçando a importância deste sistema na ND. Resumo em inglês Diabetic Nephropathy (DN) is a major chronic complication of diabetes mellitus (DM), and one of the main causes of new cases for dialysis, being associated with increasing mortality. The main risk factors for DN are hypertension, hyperglycemia, dyslipidemia, and genetic susceptibility. The renin-angiotensin system (RAS) plays an important role in genesis and progression of DN and there is evidence of an interrelationship between this system and the endothelins. Endothelin (mais) s are powerful vasoconstrictor peptides and act as modulators of vasomotor tone, cell proliferation, and hormone production. These peptides act through two types of receptors (ET-A and ET-B) and are expressed on endothelial cells and vascular smooth-muscle cells. Activation of this receptor in renal cells leads to a complex signaling cascade resultanting in stimulation of mesangial cell hypertrophy, proliferation, contraction, and extracellular matrix accumulation. These hemodinamic renal alterations are associated with the onset and progress of renal disease in DM. Elevated endothelin-1 (ET-1) levels have been reported in patients with DM. There is evidence suggesting that an increase in the production of ET-1 leads to glomerular damage. The use of ET receptor antagonists has been reported as renoprotective, correcting the early hemodynamic abnormalities in experimental DM, reinforcing the importance of this system in DN.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Avanços recentes do impacto da apneia obstrutiva do sono na hipertensão arterial sistêmica/ Recent advances of the impact of obstructive sleep apnea on systemic hypertension

Pedrosa, Rodrigo P.; Krieger, Eduardo M.; Lorenzi-Filho, Geraldo; Drager, Luciano F.
2011-01-01

Resumo em português A apneia obstrutiva do sono (AOS) é uma condição clínica comum na população em geral, principalmente entre os pacientes portadores de doenças cardiovasculares. Mais do que um fenômeno local de obstrução das vias aéreas superiores, a AOS traz repercussões sistêmicas que podem incluir a hipóxia intermitente, a redução abrupta da pressão intratorácica e a ocorrência de microdespertares com fragmentação do sono. Nas últimas décadas, inúmeras evidência (mais) s apontam de forma consistente a AOS como um importante fator envolvido na ocorrência de doenças cardiovasculares. Particularmente, a relação entre a AOS e a hipertensão arterial sistêmica (HAS) é a que encontra um maior conjunto de evidências. Atualmente, encontram-se dados que consideram a AOS uma importante causa secundária de HAS. Mais do que isso, a AOS está independentemente associada a um pior controle pressórico, alteração do descenso noturno da pressão arterial e à presença de lesões de órgãos-alvo, tais como a hipertrofia do ventrículo esquerdo e a microalbuminúria. Estudos randomizados sugerem que o tratamento da AOS, especialmente com a pressão positiva contínua de vias aéreas superiores (CPAP), considerado o tratamento padrão para a AOS, promove redução significante da pressão arterial nas 24 horas, efeito esse mais significante no subgrupo de pacientes com HAS não controlada e nos pacientes com HAS resistente. A despeito de todas essas evidências, a AOS ainda continua sendo subdiagnosticada. O objetivo desta revisão é discutir os recentes avanços nos mecanismos fisiopatológicos, na apresentação clínica e no tratamento da AOS, e o benefício sobre a pressão arterial. Resumo em inglês Obstructive sleep apnea (OSA) is a common clinical condition in the general population, especially among patients with cardiovascular diseases. More than just a local phenomenon of upper respiratory tract obstruction, OSA leads to systemic consequences that may include intermittent hypoxia, sudden reduction of the intrathoracic pressure, and the occurrence of micro-awakenings with sleep fragmentation. In the past decades, innumerous evidences have consistently pointed to (mais) OSA as an important factor related to the presence of cardiovascular diseases. In particular, the relationship between OSA and systemic hypertension (SH) is the one supported by the largest body of evidence. Currently, there are data suggesting that OSA is an important secondary cause of SH. More importantly, OSA is independently associated with poorer blood pressure control, changes in sleep dip, and presence of target-organ damage such as left ventricular hypertrophy and microalbuminuria. Randomized studies suggest that the management of OSA, especially with continuous positive airway pressure (CPAP) - which is considered the standard treatment for OSA - promotes a significant 24-hour blood pressure reduction, and this effect is more significant in the subgroup of patients with uncontrolled SH and drug-resistant SH. Despite all those evidences, OSA has still been underdiagnosed. The objective of this review is to discuss the recent advances in the pathophysiological mechanisms, clinical presentation, and treatment of OSA, as well as the benefits this treatment can bring on blood pressure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Troponina: Estrutura, Fisiopatologia e Importância Clínica para Além da Isquemia Miocárdica/ Troponins

Martins, Carla Soa
2009-11-01

Resumo em português As troponinas cardíacas (I e T), introduzidas, na definição de enfarte agudo do miocárdio (EAM), inicialmente em 2000, pelas directrizes conjuntas da American College of Cardiology (ACC) e da European Society of Cardiology (ESC), e actualizadas em 2007, são consideradas, actualmente, os biomarcadores bioquímicos padrão de necrose miocárdica, dada a sua cardio-selectividade e ratio sinal / ruído elevado (o ruído depende do limiar de detecção da troponina, (mais) que com os testes actuais é muitíssimo baixo). A ânsia de diagnosticar enfarte do miocárdio nas primeiras 4h do início dos sintomas, levou ao aperfeiçoamento dos testes de doseamento da troponina (Tp), de tal forma que, presentemente, é possível detectar níveis extremamente baixos dessa proteína no plasma, com a consequência inevitável do aparecimento de indivíduos (incluindo pessoas saudáveis) com níveis detectáveis de Tp cujo significado fica por esclarecer. Uma possível interpretação é que essa Tp resulte de lesão, não isquémica, dos miocardiócitos, subsequente a certas agressões hemodinâmicas / químicas, como a hipoxia, a hipertensão arterial sistémica ou pulmonar, a insuficiência renal ou a hipertrofia ventricular esquerda, entre outros. Resumo em inglês Cardiac troponins (I and T), introduced, into acute myocardial infarction definition, formerly in 2000, by the joint task force of American College of Cardiology (ACC) and European Society of Cardiology (ESC), and updated in 2007, are considered, nowadays, the standard chemical biomarkers of myocardial necrosis, in face of their cardio-selectivity and high sign/noise ratio (the noise depending on troponina detection threshold, which is actually very low with current assay (mais) s). The urge to diagnose myocardial infarction in the first 4h of symptoms presentation conducted to improvements in troponin assays, in such a way that currently is possible to detect extremely low levels of that protein in plasma, which leads inevitably to appearance of people (including those formerly named healthy) with detectable levels of troponina, whose meaning remains to be clarified. One possible explanation is that this troponina results from non-ischaemic myocardiocytes injury, in response to certain homodynamic/chemical stress, like hypoxia, systemic or pulmonary hypertension, renal failure or left ventricular hypertrophy, among others.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Remodelação miocárdica após infarto agudo do miocárdio experimental em ratos: efeito do bloqueio do sistema renina angiotensina aldosterona/ Myocardial remodeling after experimental acute myocardial infarction in rats: effect of renin-angiotensin-aldosterone system blockade

Epifanio, Hindalis Ballesteros; Zornoff, Leonardo Antonio Mamede; Matsubara, Beatriz Bojikian; Paiva, Sergio Alberto Rupp de; Inoue, Roberto Minoru Tani; Matsubara, Luiz Shiguero
2005-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a ação do lisinopril e do losartan sobre a remodelação miocárdica no infarto experimental em ratos. MÉTODOS: Ratos machos Wistar foram submetidos a infarto e tratados com lisinopril 20 mg/kg/dia (LIS, n=13) ou losartan 20 mg/kg/dia (LOS, n=11), ou mantidos sem tratamento (NT, n=11), por três meses e os resultados comparados com grupo controle (CONT, n=11) de ratos sem infarto. Após a eutanásia, o ventrículo esquerdo foi separado e pesado. For (mais) am medidas a área seccional dos miócitos (AC), fração de colágeno intersticial (CVF) e a hidroxiprolina (HOP) miocárdica. As variáveis foram comparadas pela ANOVA de uma via, para nível de significância de p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the effect of lisinopril and losartan on myocardial remodeling in experimental infarction in rats. METHODS: Male Wistar rats underwent myocardial infarction and were either treated with lisinopril [20 mg/kg/day (LIS, n=13)] or losartan [20 mg/kg/day (LOS, n=11)], or kept without any treatment (NT, n=11) for 3 months. Their results were compared with those of a control group (CONT, n=11) comprising noninfarcted rats. After euthanasia, the left ventricl (mais) e was isolated and weighed. The following measurements were taken: the sectional area of myocytes (AC), interstitial collagen fraction (CVF), and myocardial hydroxyproline (HOP). The variables were compared by using 1-way ANOVA, with a significance level of P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Caracterização clínico-laboratorial de chagásicos hipertensos sem insuficiência cardíaca manifesta/ Clinical and laboratory characterization of hypertensive Chagas' disease patients without evident heart failure

Bertanha, Laura; Guariento, Maria Elena; Magna, Luís Alberto; Almeida, Eros Antonio de
2008-04-01

Resumo em português Este estudo avaliou as características de 125 chagásicos, > 25 anos, atendidos no Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas, SP, considerando-se: pressão arterial, idade, gênero, cor, cardiopatia, índice de massa corporal, perfil lipídico, glicemia, etilismo, tabagismo, dislipidemia, diabetes, distúrbio de ansiedade e obesidade. Apresentavam hipertensão arterial 69 (55,2%) pacientes. Verificou-se que os chagásicos hipertensos eram mais idosos que (mais) os não hipertensos (p = 0,028). Entre os hipertensos havia: mais mulheres (p = 0,015); níveis mais elevados de glicemia, LDL-colesterol e colesterol total (p = 0,005; p = 0,024; p = 0,017); mais diabéticos (p = 0,006), dano cardíaco (p = 0,04) e sobrecarga ventricular esquerda (p = 0,003). Apenas a idade mostrou-se mais elevada nos pacientes com dano cardíaco (p = 0,003). Os chagásicos hipertensos apresentaram características clínico-laboratoriais semelhantes à população hipertensa, em geral. Dessa associação pode haver somatória de efeitos deletérios para o aparelho cardiovascular. Resumo em inglês This study evaluated the characteristics of 125 Chagas disease patients aged > 25 years or over who were attended at the Clinical Hospital of the State University of Campinas, State of São Paulo. Arterial pressure, age, gender, skin color, heart disease, body mass index, lipid profile, blood glucose level, alcohol and tobacco dependence, dyslipidemia, diabetes, anxiety disorders and obesity were investigated. It was found that the hypertensive Chagas disease patients wer (mais) e older than the non-hypertensive ones (p = 0.028). Among the hypertensive patients, there were more women (p = 0.015); higher blood glucose, LDL cholesterol and total cholesterol levels (p = 0.005, p = 0.024 and p = 0.017); more diabetics (p = 0.006); and more cardiac damage (p = 0.04) and left ventricular hypertrophy (p = 0.003). Only the age of patients with cardiac damage was shown to be higher (p = 0.003). The hypertensive Chagas disease patients presented clinical and laboratory characteristics that were similar to those of the general hypertensive population. This association may compound the harmful effects on the cardiovascular system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Alterações eletrocardiográficas e sua relação com os fatores de risco para doença isquêmica do coração em população da área metropolitana de São Paulo/ Electrocardiographic abnormalities and cardiovascular risk factors for ischemic heart disease in an adult population from São Paulo, Brazil

CARDOSO, ELISABETH; MARTINS, IGNEZ SALAS; FORNARI, LUCIANA; MONACHINI, MARISTELA C.; MANSUR, ANTONIO DE PÁDUA; CARAMELLI, BRUNO
2002-09-01

Resumo em português OBJETIVO: A doença isquêmica do coração apresenta altas taxas de mortalidade e é a mais prevalente entre as doenças cardiovasculares. É uma doença multifatorial, cuja prevenção depende do controle dos fatores de risco. O eletrocardiograma de repouso pode ser utilizado para detectar manifestações da doença isquêmica do coração quando o indivíduo ainda é assintomático. O objetivo do estudo foi o de analisar a relação entre as anormalidades eletrocardiog (mais) ráficas e os fatores de risco para doença isquêmica do coração em uma população adulta residente na área metropolitana de São Paulo. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal com população do município de Cotia (SP). A amostra constou de 1067 indivíduos com idade acima de 20 anos, de ambos os sexos. Os dados foram obtidos por meio de entrevista com utilização de um questionário padronizado. As variáveis estudadas foram: sexo, idade, tabagismo, atividade física, índice de massa corpórea, relação cintura/quadril, pressão arterial, diabetes melito, dislipidemia (colesterol total, LDL-colesterol, HDL-colesterol e triglicérides) e alterações eletrocardiográficas. As alterações eletrocardiográficas foram agrupadas em três categorias: alterações de repolarização ventricular (ARV), sobrecarga do ventrículo esquerdo (SVE) e alterações não relacionadas à isquemia miocárdia ou sem alterações (NRI). RESULTADOS: A população de estudo era predominantemente jovem, sendo 79% abaixo de 50 anos, com idade de 39,8 anos ± 13,2 anos. Cerca de 59,3% dos indivíduos eram do sexo feminino. O eletrocardiograma mostrou que 9,5% da população apresentava ARV e 3,3% apresentava SVE. O sexo feminino, a idade de risco (acima de 65 anos para mulheres e acima de 55 anos para homens), a presença de diabetes, hipertensão arterial, colesterol total ³ a 200 mg/dl, LDL-colesterol ³ a 130 mg/dl, triglicérides acima de 200 mg/dl, índice de massa corpórea indicativo de sobrepeso ou obesidade (³25 Kg/m2),relação cintura/quadril alterada correlacionaram-se positivamente com ARV. O sexo masculino, diabetes, hipertensão arterial e o tabagismo foram correlacionados positivamente com SVE. Na presença de ARV no ECG encontramos uma razão de chance de 3,54 para a ocorrência do diagnóstico de hipertensão sistólica e de 1,83 para colesterol total ³ a 200 mg/dl. Na presença de SVE no ECG, a razão de chance para a ocorrência do diagnóstico de hipertensão sistólica observada foi de 5,92. Dos três fatores de risco correlacionados às alterações eletrocardiográficas associadas à isquemia miocárdia, dois são controláveis e ligados a condições nutricionais (hipertensão e colesterol ³ a 200 mg/dl), o que demonstra a importância da sua detecção precoce. Em estudos epidemiológicos e de intervenção nutricional, o eletrocardiograma, método simples e de baixo custo, pode auxiliar na identificação de fatores de risco cardiovascular. Seria importante que estas informações fossem confirmadas por estudos prospectivos que incluíssem a determinação dos valores preditivos do ECG nesta situação. Resumo em inglês OBJETIVE: Ischemic heart disease is associated with high rates of mortality and it is the most prevalent among cardiovascular diseases. It is a multifactorial disease, and its prevention depends on control of risk factors. Resting electrocardiogram can be used to detect manifestations of ischemic heart disease, since some electrocardiographic abnormalities are indicative of coronary disease in asymptomatic subjects. The aim of the study was to analyze the relationship bet (mais) ween electrocardiographic abnormalities and risk factors for ischemic heart disease in an adult population from the metropolitan area of São Paulo. METHODS: A cross-sectional study was carried out in an adult population (age 20 years and over) from Cotia, near São Paulo, southeastern of Brazil. The study population comprised 1067 subjects. The subjects were interviewed using a questionnaire. The variables studied were: gender, age, smoking behaviour, physical activity, body mass index, waist-to-hip ratio, blood pressure, diabetes mellitus, blood lipids (total cholesterol, LDL-cholesterol, HDL-cholesterol and triglycerides) and electrocardiographic abnormalities. Electrocardiographic abnormalities were grouped according to the classification: ST-T changes, left ventricular hypertrophy and abnormalities non related to ischemic myocardial disease or without abnormalities. RESULTS: The population was relatively -young (79% younger than 50 years, mean age 39.8 ± 13.2 years old), and 59.3% were female. The resting electrocardiogram showed ST-T changes in 9.5% of the subjects and left ventricular hypertrophy in 3.3%. Female gender, age over 65 years for women and 55 years for men, diabetes, hypertension, total cholesterol > or = 200 mg/dl, LDL-cholesterol > or = 130 mg/dl, Triglycerides > or = 200 mg/dl, body mass index > or = 25 Kg/m² and abnormal waist-to-hip ratio, were positively related to ST-T changes. Male gender, diabetes, hypertension and smoking behaviour were positively related to left ventricular hypertrophy. In the presence of ST-T changes on the ECG, we observed an odds ratio of 3.54 for the diagnosis of systolic hypertension an of 1.83 for total cholesterol > or = 200 mg/dl. In the presence of left ventricular hypertrophy on the ECG, we found an odds ratio of 5.92 for systolic hypertension diagnosis. Among the three most important risk factors correlated to electrocardiographic abnormalities indicative of myocardial ischemia, two can be controlled by nutritional intervention (hypertension and total cholesterol > or = 200 mg/dl). This findings suggest the importance of its early detection. Future studies should determine the predictive value of the electrocardiogram, a simple and inexpensive method, suggesting the presence of cardiovascular risk factors in epidemiologycal and nutritional studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

A universidade e a pós-modernidade: o panorama brasileiro/ The university and postmodernity: the Brazilian panorama/ L’université de la postmodernité face au panorama brésilien

Lessa, Carlos
1999-01-01

Resumo em inglês The article examines the panorama currently facing the Brazilian university. In the postmodern era, the process that has transformed knowledge and nature into wealth has brought with it the hypertrophy of mass culture and the spread of telecommunications and computer technology. These latter phenomena act as vectors that have shifted the university away from the central position it held in the nineteenth century. The atrophy of the State and hypertrophy of audiovisual lan (mais) guage have reduced the institution’s significance and visibility. In Brazil, these vectors have all been reinforced by a choice to enter the globalization process in passive fashion. This explicit relinquishing of an affirmation of the nation has reduced the university’s space. The article ends by examining current issues in institutional definition, where any eventual format will be vital to the future of the Brazilian university.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)