Sample records for hydrogen storage
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 6 shown.



1

Influência da sanificação sobre a qualidade de melão 'amarelo' minimamente processado: parte II/ Influence of the sanitation on the quality of the fresh cut yellow melon: part II

Santos, Helga Parra dos; Valle, Roberta Hilsdorf Piccoli do
2005-10-01

Resumo em português Visando o melhor aproveitamento, a agregação de valor e a conveniência para o consumo, está sendo empregado o processamento mínimo do melão, colocando no mercado um produto in natura fresco pronto para o consumo. Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a qualidade sensorial de melão 'Amarelo' minimamente processado sanificado com peróxido de hidrogênio (H2O2) e dicloro isocianurato de sódio (NaDCC), armazenado a 4 + 1ºC durante 16 dias. Foram realizadas análise (mais) s de sabor, textura, aparência e cor. Ocorreu redução linear nos valores das notas de sabor e textura ao longo do período de armazenamento. As notas variaram entre 8 (muito boa) e 7 (moderadamente boa) nos períodos iniciais, reduzindo para 6 (ligeiramente boa) e 5 (indiferente) ao final do período de armazenamento, não caracterizando a rejeição destes parâmetros por parte dos provadores. O tratamento com H2O2 a 2% teve menor aceitação quanto ao sabor e textura. A aparência e a cor não foram influenciadas pelos tratamentos, mas receberam notas menores ao longo do período de armazenamento. Os valores das notas para aparência e cor se mantiveram em 8 (muito boa) até o penúltimo dia, recebendo nota 6 (ligeiramente boa) apenas no último dia de armazenamento. De acordo com os resultados obtidos, concluiu-se que o melão 'Amarelo' minimamente processado foi considerado de boa aceitação, não ocorrendo depreciação acentuada na qualidade sensorial. O tratamento com NaDCC 50 ppm obteve melhor aceitação quanto à sabor e textura do que o tratamento com H2O2 a 2%. Resumo em inglês The goal of this research was to evaluate the sensorial quality of fresh cut 'Yellow' melon, sanitized with hydrogen peroxide (H2O2) and sodium dichloroisocyanurate (NaDCC), stored at 4+ 1ºC for 16 days. Flavor, texture, appearance and color analyses were performed. A linear reduction in the values of the scores of flavor and texture was abserverd along the storage period. The scores ranged between 8 (very good) and 6 (fair) in the early periods, falling down to 6 (sligh (mais) tly good) and 5 (indifferent) at the end of the storage period, not characterizing the rejection of the fruit by the tasters. The H2O2 2% treatment was the least accepted regarding flavor and texture. Both appearance and color were not influenced by the treatments, but were given poorer scores along the storage period. The values of the scores for treatment and color remained 8 (very good) untill two days before the end of de experiment, receiving score 6 (slightly good) only on the last storage day. According to the results obtained, the fresh cut 'Yellow' melon was regarded with good acceptability, with no appreciable depreciation in the sensorial quality. The NaDCC 50 ppm treatment gave better acceptance for flavor and texture in comparing with H2O2 2%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Efeito de diferentes sanificantes sobre a qualidade de morango cv. Oso Grande/ Effect of different sanitizing on the quality of strawberry cv. Oso Grande

Reis, Kelen Cristina dos; Siqueira, Heloisa Helena de; Alves, Alessandra de Paiva; Silva, José Daniel; Lima, Luiz Carlos de Oliveira
2008-02-01

Resumo em português Conduziu-se o presente trabalho para estudar o efeito de diferentes sanificantes, na conservação pós-colheita de morangos, armazenados sob refrigeração (9± 1ºC e 99% UR), por um período de 12 dias. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com 3 repetições, constituindo dos seguintes tratamentos: T1) Controle, imersão em água destilada, 15 min, T2) imersão em solução de dicloro s. triazinatriona sódica dihidratada (Sumaveg® (mais) ) a 200 ppm, por 15 min; T3) imersão em solução de peróxido de hidrogênio 10%, por 15 min; T4) imersão em solução de dicloro isocianurato de sódio (Hidrosan®) a 200 ppm, por 15 min. As análises de pH, SS, AT, Cor L*a*b e microbiológicas foram realizadas a cada 3 dias. Os processos de sanificação adotados foram eficientes para manter a qualidade de morangos minimamente processados por 12 dias de armazenamento. Verificou-se, no presente trabalho, que o uso de sanificantes foi de fundamental importância para manter baixas as contagens de fungos filamentosos e leveduras dos morangos minimamente processados. Resumo em inglês The aim of this work was to study the effect of different sanitizing in the conservation postharvest of strawberry, stored in 9ºC and 99% R.H. for 12 days. The experiment was conducted in completely randomized design, with three replicates, the treatments constituted by: T1) Control, immersion in distilled water; T2) immersion in solution of dychlorine s. triazinatriona sodiumdehydrated (Sumaveg®) at 200 ppm, for 15 min; T3) immersion in solution of hydrogen peroxide 10 (mais) %, for 15 min; T4) immersion in solution of dychlorine isocianurate of sodium (Hidrosan®) 200 ppm, for 15 min. The analyses of pH, SS (soluble solids), TA (titrable acidity), Color L*a*b and microbiological was evaluated in 0, 3, 6, 9 and 12 days. The process of sanitizing was efficient to maintain the quality of strawberry minimally processed for 12 days. The use of sanitizing was of fundamental importance to maintain low containing of microorganisms of the group mold and yeasts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Efeito do tipo de corte e sanificantes no amaciamento de pequi (Caryocar brasiliense Camb.) minimamente processado/ Effect of the cut type and sanitizers on the softening of fresh cut pequi fruit (Caryocar brasiliense Camb.)

Rodrigues, Luiz José; Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros; Piccoli, Roberta Hilsdorf; Paula, Nélio Ranieli Ferreira de; Pinto, Daniella Moreira; Vilas Boas, Brígida Monteiro
2007-12-01

Resumo em português Frutos e hortaliças minimamente processados devem apresentar atributos de conveniência e qualidade do produto fresco. Com o presente trabalho, objetivou-se avaliar a influência dos sanificantes hipoclorito de sódio (NaClO) 50 ppm e 100 ppm e peróxido de hidrogênio (H2O2) 4% e 6%, sobre os processos envolvidos no amaciamento de pequi (Caryocar brasiliense Camb.) minimamente processado submetido a dois tipos de processamento: "caroço fatiado" e "caroço inteiro" e ar (mais) mazenado a 6 ± 1ºC e 90% a 95% UR, durante 15 dias. A cada três dias foram avaliados: perda de massa, firmeza, pectina total, pectina solúvel, atividade de pectinametilesterase (PME) e atividade de poligalacturonase (PG). O pequi minimamente processado apresentou perda de massa e decréscimo de firmeza ao longo do período de armazenamento, concomitante ao aumento da atividade da enzima poligalacturonase, bem como solubilização de substâncias pécticas. Não foi verificada atividade de PME no pequi minimamente processado avaliado. Os caroços fatiados apresentaram maior teor de pectina solúvel, do 3° ao 6° dia e atividade da enzima poligalacturonase, do 3° ao 12° dia de armazenamento, em relação aos caroços inteiros. A sanificação com NaClO 50 ppm e 100 ppm, H2O2 4% e 6% determinou maior solubilização péctica em pequis minimamente processados, ao longo do armazenamento, não sendo observada influência dos sanificantes sobre as variáveis firmeza, perda de massa e atividade de poligalacturonase. Resumo em inglês Fresh cut fruits and vegetables should present convenience and quality features of the fresh produce. The present work aimed to evaluate the influence of the sanitizers 50ppm and 100ppm sodium hypochloride (NaClO) and 4% and 6% hydrogen peroxide (H2O2) on the involved processes in the softening of fresh cut pequi fruit (Caryocar brasiliense Camb.) submitted to two types of processing: "sliced stone" and "whole stone" stored at 6 ± 1°C and 90% to 95% of RH during 15 days (mais) . Every three the days mass loss, firmness, total pectin, soluble pectin, pectinmethylesterase activity (PME) and polygalacturonase activity (PG) were evaluated. The fresh cut pequi fruit presented mass loss, firmness decrease along the period of storage, concomitant to the increase of the activity of the enzyme polygalacturonase, as well as the solubilization of substances pectics. Activity of PME was not detected in fresh cut pequi fruit evaluated. The sliced stone showed, higher content of soluble pectins, from 3rd to 6th day and activity of the enzyme polygalacturonase, of 3rd to 12th day of storage, in relation to the whole stones. The sanification with NaClO 50ppm and 100ppm, H2O2 4% and 6% presented greater solubilization of pectic substances in fresh cut pequi fruit, during the storage, but it did not influence of the sanitizers on the variable firmness, loss of mass and activity of polygalacturonase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Uso de peróxido de hidrogênio e ácido cítrico na conservação de cogumelos Pleurotus sajor-caju in natura/ Use of hydrogen peroxide and citric acid for conservation of fresh Pleurotus sajor-caju mushrooms

Moda, Evelise Moncaio; Spoto, Marta Helena Fillet; Horii, Jorge; Zocchi, Sílvio Sandoval
2005-06-01

Resumo em português Os cogumelos comestíveis Pleurotus sajor-caju apresentam uma delicada consistência, alto teor de umidade e aroma característico, sendo comercializados no varejo, preferencialmente in natura. Sua vida útil pode variar entre 2 a 7 dias, em função da umidade relativa e tmperatura de armazenamento. Neste trabalho, os cogumelos frescos foram imersos durante 2 minutos nas soluções de peróxido de hidrogênio, ácido cítrico e água destilada, drenados, acondicionados e (mais) m bandejas de poliestireno e embalados em filme plástico. As bandejas foram mantidas sob refrigeração a 4°C e avaliou-se a cor, firmeza e variação de massa dos cogumelos no primeiro, quinto e décimo dia de armazenamento, após os tratamentos. Ocorreram perdas de firmeza e massa, bem como o escurecimento dos cogumelos em todos os tratamentos nas avaliações do quinto e décimo dia. Portanto, os tratamentos utilizados não apresentaram resultados satisfatórios na manutenção da firmeza, cor e massa dos cogumelos Pleurotus sajor-caju in natura nas concentrações utilizadas. Resumo em inglês The mushrooms Pleurotus sajor-caju are usually avaliable in natura and according to the storage conditions, it's shelf life varies from 3 to 7 days. The objectives of this study were to evaluate the increase of fresh mushrooms'shelf life by immersion into citric acid solution, hydrogen peroxide solutions and distilled water. Fresh mushrooms were immersed in these solutions for 2 minutes, dried, packed in trays and kept under refrigeration (4°C) for 10 days. Color, tex (mais) ture and loss mass of the mushrooms were evaluated in the first, fifth and tenth days. A yellowish colour in the mushrooms appeared and their texture and mass decreased. The global aspect of the immersed mushrooms had no difference compared to the control; thus the process of immersion into different solutions did not extend the shelf life of fresh mushrooms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avaliação de diferentes sanificantes na qualidade microbiológica de mandioquinha-salsa minimamente processada/ Evaluation of different sanitizers on the microbiological quality of fresh-cut peruvian carrot

Nunes, Elisângela Elena; Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros; Xisto, Andréa Luiza Ramos Pereira; Leme, Suzana Chitarra; Botelho, Marisa Carvalho
2010-08-01

Resumo em português Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a eficiência dos sanificantes hipoclorito de sódio, peróxido de hidrogênio e dicloro isocianurato de sódio aplicados antes e após o processamento mínimo de mandioquinha-salsa. Foram utilizadas raízes de mandioquinhasalsa da cultivar Amarela de Senador Amaral adquiridas no comércio local. Para limpeza superficial das raízes foram utilizados detergente e água. Após, as raízes foram divididas em dois grupos: controle (não s (mais) anificado) e sanificado, por imersão em dicloro isocianurato de sódio 100 mg.L-1, por 15 minutos. Em seguida foram descascadas, fatiadas em rodelas e imersas nos seguintes sanificantes: hipoclorito de sódio (25, 50 e 100 mg.L-1, por 10 minutos), peróxido de hidrogênio (3 e 6%, por 5 minutos) e dicloro isocianurato de sódio (50, 100 e 200 mg.L-1, por 10 minutos); embaladas e armazenadas em câmara fria ( 5 ± 1ºC e 98% UR), durante 15 dias. As análises realizadas a cada 3 dias foram pH, acidez titulável, sólidos solúveis, colimetria e pesquisa de Salmonella sp.. As variáveis pH, AT e SS não foram influenciadas pelos tratamentos utilizados. A presença de coliformes 45 ºC e Salmonella sp. não foi detectada, durante o armazenamento de mandioquinha-salsa minimamente processada, controle ou sanificada e foram observadas contagens baixas para coliformes 35 ºC. A sanificação do produto antes do processamento com dicloro isocianurato de sódio 100 mg.L-1 e condições higiênico-sanitárias adequadas, durante o processamento, possibilita a obtenção de um produto com padrão microbiológico de acordo com a legislação de alimentos, até o 15º dia de armazenamento. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the efficiency of the sanitizers sodium hypochlorite, hydrogen peroxide and sodium dichloro isocianurate applied before and after the minimum processing of the Peruvian carrot. Peruvian carrots of the cultivar Amarela de Senador Amaral purchased in the local commerce were utilized. Detergent and water were used for the surface cleaning of the roots. Afterwards, the roots were divided into two groups: control (not sanitized) and s (mais) anitized, for immersion into 100mg.L-1 sodium dichloro isocyanurate for 15 minutes. They were then peeled, sliced into rings and immersed into the following sanitizers: sodium hypochlorite (25, 50 and 100 mg.L-1 for 10 minutes), hydrogen peroxide (3 and 6%, for 5 minutes) and sodium dichloro isocyanurate (50, 100 and 200 mg.L-1 for 10 minutes); packed and stored in cold chamber ( 5 ± 1ºC and 98% RH) for 15 days. The following analyses were performed every 3 days: pH, titrable acidity, soluble solids, coliforms determination and search for Salmonella. The pH, AT and SS variables were not affected by the used treatments. The presence of coliforms at 45ºC and Salmonella was not detected during the storage of either control or sanitized fresh-cut Peruvian carrots and low counts for coliforms at 35ºC were found. The sanitization of the produce before processing with 100mg.L-1 sodium dichloro isocyanurate and hygienic-sanitary conditions during processing allow obtaining a produce with microbiological standard according to the food legislation until the 15th day of storage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Biocompósitos de matriz glioxal-fenol reforçada com celulose microcristalina/ Biobased composites from glyoxal-phenol matrices reinforced with microcrystalline cellulose

Ramires, Elaine C.; Megiatto Jr., Jackson D.; Gardrat, Christian; Castellan, Alain; Frollini, Elisabete
2010-06-01

Resumo em português Glioxal pode ser obtido a partir de biomassa (como da oxidação de lipídeos) e não é tóxico ou volátil, tendo sido por isso utilizado no presente trabalho como substituto de formaldeído na preparação de resina fenólica do tipo novolaca, sendo usado como catalisador o ácido oxálico, que também pode ser obtido de fontes renováveis. A resina glioxal-fenol foi utilizada na preparação de compósitos reforçados com celulose microcristalina (CM, 30, 50 e 70% em (mais) massa), uma celulose com elevada área superficial. As imagens de microscopia eletrônica de varredura (MEV) das superfícies fraturadas demonstraram que os compósitos apresentaram boa interface reforço/matriz, consequência da elevada área superficial da CM e presença de grupos polares (hidroxilas) tanto na matriz como na celulose, o que permitiu a formação de ligações hidrogênio, favorecendo a compatibilidade entre ambas. A análise térmica dinâmico-mecânica (DMTA) demonstrou que todos os compósitos apresentaram elevado módulo de armazenamento à temperatura ambiente. Além disso, o compósito reforçado com 30% de CM apresentou baixa absorção de água, comparável à do termorrígido fenólico, que é utilizado em escala industrial. Os resultados demonstraram que compósitos com boas propriedades podem ser preparados usando elevada proporção de materiais obtidos de biomassa. Resumo em inglês Glyoxal, which can be obtained from biomass (as by lipids oxidation), is non-toxic and non-volatile. It was used as a substitute of formaldehyde, which does not have these properties, in the synthesis of a novolac-type phenolic resin, using oxalic acid as a catalyst, which can also be obtained from renewable sources. The glyoxal-phenol resin was used in the preparation of composites reinforced with microcrystalline cellulose (MCC 30, 50, and 70% w/w). Scanning electron mi (mais) croscopy (SEM) images of the fractured surfaces showed that the composites presented a good reinforcement/matrix interface. This can be attributed to the high surface area of the MCC and also to the presence of polar groups (hydroxyl) in both cellulose and matrix, which allowed the formation of hydrogen bonds, leading to a good adhesion between the components present at the interface. Dynamic mechanical thermoanalysis (DMTA) showed that all of the obtained composites have high storage modulus at room temperature. Moreover, the composite reinforced with 30% of MCC showed the lowest water absorption, almost the same as that of the phenolic thermoset, which is used in industrial applications. The results showed that composites with good properties can be prepared using high proportions of materials obtained from biomass.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)