Sample records for hydra
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 5 shown.



1

Esmagando a Hydra da discórdia: o enquadramento do pensamento exaltado pela moderação mineira/ Crushing the Hydra of the discord: the framing of the thought exalted by the mining moderation

Silva, Wlamir
2006-01-01

Resumo em português Na construção da identidade moderada mineira, fundamental para a confecção de sua hegemonia, foi inestimável a sua delimitação pelos elementos que lhes eram potencialmente perigosos ou que se lhes opunham. Dentre estes destacamos aqui o liberalismo exaltado. O liberalismo exaltado mineiro foi, essencialmente, uma ausência. Para isso, porém, concorreu a pedagogia liberal-moderada, caracterizando-o como violento e irracional, apaixonado, vingativo e ambicioso, em o (mais) posição à razão moderada, e veículo de uma revolução sangrenta, envolvendo gente de cor e incautos e ignorantes. Desta forma, interpretando e influenciando a sociedade de abastecimento mineira, os liberais moderados lograram isolar o "vírus exaltado", impondo a sua lógica e exercendo a sua hegemonia. Resumo em inglês In the construction of the mining moderate identity, basic for its hegemony composition, its delimitation by the elements that were potentially dangerous to it or that were opposed to it was inestimable. Among them we point out the exalted liberalism, which was essentially an absence. This, however, counted on the liberal-moderate pedagogy contribution, which has classified it as violent and irrational, passionate, revengeful and ambitious, in opposition to the moderate r (mais) eason, and vehicle of a bloody revolution, involving color people, incautious ones and ignorants. Thus, interpreting and influencing the productive mining society, the moderate-liberal ones could isolate the "exalted virus", imposing its logic and exercising its hegemony.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Pré-hidratação de sementes de ervilha e sua interferência na avaliação do potencial fisiológico/ Pea seed pre-hydra and its interference with the evaluaion of the physiological potential

Costa, Caroline Jácome; Villela, Francisco Amaral; Bertoncello, Mirela Rossetto; Tillmann, Maria Ângela André; Menezes, Nilson Lemos de
2008-01-01

Resumo em português O presente trabalho teve o objetivo de estudar alterações bioquímicas e fisiológicas decorrentes da pré-hidratação de sementes de ervilha, com ênfase à lixiviação de eletrólitos. Foram utilizados lotes de sementes de ervilha, cultivares Axé e Maria, caracterizados quanto ao teor de água, geminação, primeira contagem de germinação, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica e emergência de plântulas em campo. As sementes de cada lote foram pré-h (mais) idratadas empregando atmosfera saturada e substrato umedecido, até atingirem teores de água de 10, 12 e 14%. Após a pré-hidratação, as sementes foram avaliadas pelos testes de condutividade elétrica e lixiviação de cálcio, potássio e magnésio. A pré-hidratação de sementes de ervilha empregando atmosfera saturada ou substrato umedecido afeta diferentemente o processo de reestruturação do sistema de membranas celulares das sementes, refletindo-se em alterações no padrão de lixiviação de eletrólitos. Discrepâncias são observadas entre resultados obtidos pelo teste de condutividade elétrica para avaliação do potencial fisiológico de sementes de ervilha, dependendo do procedimento adotado para a pré-hidratação das sementes. Resumo em inglês The objective of the present research was to study biochemical and physiological changes caused by pea seed pre-hydration with emphasis on electrolyte leakage. Seed lots of the cvs. Axé and Maria were characterized for their water content, germination, first germination counting, accelerated aging, electrical conductivity and seedling emergence in the field. The seeds of each lot were pre-hydrated using two methods: saturated atmosphere and humidified substratum, until t (mais) hey reached 10, 12 and 14% water content. Afterwards, the seeds were evaluated regarding calcium, potassium and magnesium leakage and electrical conductivity. The two pre-hydration methods caused changes in the electrolyte leakage pattern. Hence, both affect in different ways the seed cellular membrane restructuring system. Also, discrepancies occurred among the results from the electrical conductivity test, in which the physiological potential of the seeds was evaluated, depending on which pre-hydration process was adopted.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Atualizando a Hidra? O estágio supervisionado e a formação docente inicial em História/ Updating Hydra? Supervised internship and teaching qualification programs in History

Silva, Cristiani Bereta da
2010-04-01

Resumo em português Este artigo tem por objetivo pensar o currículo e a formação docente inicial em História, sobretudo a partir do lugar construído para a prática de ensino e estágio supervisionado. As novas diretrizes aumentaram a carga horária das práticas e do estágio, o que, em teoria, exigiu amplas reformas, a partir de 2001, nos programas curriculares dos cursos de licenciatura. Para além dessas mudanças e reformas, o que se observa na formação docente são algumas perma (mais) nências que seguem atualizando velhos problemas. A presente discussão retoma esses problemas a partir de elementos da trajetória histórica da disciplina nos últimos 30 anos, utilizando também alguns dados empíricos - como narrativas de professores egressos dos cursos de História da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), formados entre o final da década de 1970 e a década de 1990, com a intenção de contribuir para o debate sobre a formação docente em História nos dias atuais. Resumo em inglês This article aims to be a reflection on the curriculum and the teaching programs in History, taking into consideration the place reserved to the teaching practice and the supervised internship. The new Brazilian laws increased the amount of time dedicated to practice and internship, which theoretically demanded wide reforms in the teaching curricular programs of undergraduate courses since 2001. In spite of those transformations and reforms, we see in qualification progra (mais) ms for teachers some permanencies that continually update old problems. This discussion reviews these problems considering the historical background of the internship in the last thirty years. Empirical data, like the narratives by teachers majored in History from Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) and Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC) obtained between the late 1970's and the 1990's are also used to contribute to the discussion about the current qualification program for History teachers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

O darwinismo e seu outro, a teoria transformacional da evolução/ Darwinism and its other, the transformational theory of evolution

Caponi, Gustavo
2005-06-01

Resumo em português O programa darwiniano sempre teve que enfrentar o desafio de uma plêiade de teorias alternativas que, por compartilhar um conjunto de pressupostos fundamentais, podem ser consideradas como formulações distintas de um único programa de pesquisa dirigido para o objetivo de articular aquilo que, seguindo a Richard Lewontin e a Elliot Sober, podemos caracterizar como uma explicação transformacional da evolução, alternativa à explicação de tipo variacional ou seleci (mais) onal proposta por Darwin. Antes de 1859, a teoria transformacional já tinha sido entrevista, de diferentes ângulos, por Lamarck, Geoffroy Saint-Hilaire e Chambers. Paradoxalmente, é somente depois da publicação de A origem das espécies que ela parece adquirir maior plausibilidade. O próprio Owen se atreve inclusive a sugeri-la; e, a partir daí, desde Spencer e Häeckel, passando pelos defensores da ortogênese, pelos neo-lamarkianos americanos, e chegando até Brian Goodwin, essa obstinada hidra epistemológica nunca cessou de se insinuar como sendo ou uma genuína alternativa ou um necessário complemento da teoria da seleção natural. Resumo em inglês The darwinian program has always had to face the challenge of a constellation of alternative theories that, for having a common set of fundamental presuppositions, they can considered, all of them, as modifications of only one research program directed to the objective of articulate what, following Richard Lewontin and Eliot Sober, we can characterize as a transformational explanation of evolution alternative to the variational or selectional explanation proposed by Darwi (mais) n. Before 1859, that transformational theory had been suggested, from a diferent point of view, by Lamarck, Geoffroy Saint-Hilaire and Chambers; but, paradoxically, it is only after the publication of On the origin of the species that this theory won greater plausibility. Owen himself suggested it; and from Spencer and Häeckel, passing through the defenders of the orthogenesis, the American neolamarckists, and arriving to Brian Goodwin, that obstinate epistemological hydra never stopped to be presented as a genuine alternative or as a necessary complement of natural selection theory.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Cavidade natural subterrânea: natureza jurídica/ Cnderground natural caves: juridical status/ Cavité naturelle souterraine: nature juridique/ Cavidad natural subterránea: naturaleza jurídica

Ribas, Lídia Maria L. R.; Carvalho, Luciani Coimbra de
2009-06-01

Resumo em português As cavidades naturais subterrâneas são bens que apresentam um ecossistema frágil e delicado, contendo, normalmente, além do corpo rochoso, conteúdo mineral e hídrico, fauna, flora, sítios arqueológicos e paleontológicos. Apresenta uma grande importância ambiental, cultural e econômica e um forte apelo turístico, face à beleza cênica dos espeleotemas, dos rios e lagos subterrâneos, das cachoeiras e dos vestígios históricos. Todavia, são escassas as produ� (mais) �ões jurídicas que têm por objeto analisar a natureza jurídica do bem. A pequena literatura tem se restringido a analisar aspectos das cavidades como a preservação do patrimônio natural, o aspecto cultural ou mesmo econômico. Este artigo tem por finalidade apresentar uma contribuição para a análise da natureza jurídica do bem, pois pouco se escreve sobre o assunto; até as literaturas mais especializadas referentes aos bens públicos ou ambientais não se detiveram em analisar as cavidades. A pesquisa desenvolvida é bibliográfica exploratória e, para se atingir o objetivo, foram analisadas as posições doutrinárias existentes sobre a classificação dos bens, sacando-se as notas principais. Nesse ponto foram apresentadas as teorias que se baseiam na titularidade do bem e as que adotam o regime jurídico. Posteriormente, foram levantadas as principais fundamentações para adoção de classificação dicotômica e tricotômica. Tendo por base a legislação e os atos normativos relacionados ao bem objeto de estudo, procurou-se sacar as semelhanças e diferenças entre as possibilidades de subsunções. Por fim, optou-se por uma classificação tricotômica, esposada por Silva (1997), que classifica os bens entre público, privado e de interesse público. As cavidades pertenceriam aos bens de interesse público, pois, embora pertencentes à União, possuem um regramento que as diferenciam dos bens de uso comum, de uso especial e de uso dominical. A diferença tem por base a necessidade de forte regramento expedido pelo poder público com o objetivo de preservar o bem, o que impede o seu uso de forma indistinta e concorrente por todos, sem necessidade de autorização prévia. Da mesma forma, não podem ser caracterizadas como bem de uso especial, pois não se prestam ao funcionamento de repartição pública ou à prestação de um serviço público. Também não se enquadram como bem dominical, pois são bens que possuem uma finalidade de interesse público, cabendo ao Estado a obrigação de preservá-los. São bens indisponíveis e, ainda que se possibilite a exploração sustentável pelo particular, como no caso do turismo, a relação será regida por normas de direito público e não de direito privado. Resumo em espanhol Las cavidades naturales subterráneas son bienes que presentan un ecosistema frágil y delicado, conteniendo, normalmente, allá del cuerpo rocoso, contenido mineral e hídrico, fauna, flora, sitios arqueológicos y paleontológicos. Presenta una gran importancia ambiental, cultural y económica y una fuerte invocación turística, en razón de la belleza escénica de los paisajes espeleológicos, de los ríos y lagos subterráneos, de las cascadas y de las huellas histó (mais) ricas. Todavía, son raras las producciones jurídicas que tienen por objeto analizar la naturaleza jurídica del bien. La poca literatura se ha restringido en analizar aspectos de las cavidades como la preservación del patrimonio natural, el aspecto cultural o mismo económico. Este artículo tiene por finalidad presentar una contribución para el análisis de la naturaleza jurídica del bien, pues poco se escribe sobre el asunto; hasta las literaturas más especializadas que se refieren a los bienes públicos o ambientales no se detuvieron en analizar las cavidades. La investigación desarrollada es bibliográfica exploratoria y, para que se alcance el objetivo, fueron analizadas las posiciones doctrinarias existentes sobre la clasificación de los bienes, sacándose los apuntes principales. En ese punto fueron presentadas las teorías que se basan en la titularidad de los bienes y las que adoptan el régimen jurídico. Más adelante, fueron levantadas las principales razones para la adopción de clasificación dicotómica y tricotómica. Teniendo por base la legislación y los actos normativos relacionados al bien objeto del estudio, se ha buscado sacar las semejanzas y las diferencias entre las posibilidades de adecuaciones. Finalmente, fue optado por una clasificación tricotómica, adoptada por Silva (1997), que clasifica los bienes como públicos, privados y del interés público. Las cavidades pertenecerían a los bienes de interés público, pues, mismo pertenecientes a la Unión, tienen una reglamentación que las diferencian de los bienes de uso común, de uso especial y de uso dominical. La diferencia tiene por base la necesidad de fuerte regalamiento remitido por el poder público con el objetivo de preservar el bien, lo que obstaculiza su uso de forma indistinta y concurrente por todos, sin necesidad de autorización anterior. De la misma forma, no pueden ser caracterizados como bien de uso especial, puesto que no son útiles al funcionamiento de la secretaría pública o a la prestación de un servicio público. También no caben como bien dominical, pues son bienes que poseen un propósito de interés público, cabiendo al Estado la obligación de preservarlo. Son bienes indisponibles y, mismo que sea posible la exploración sustentable por el particular, como en el caso del turismo, la relación será conducida por normas de derecho público y no del derecho privado. Resumo em inglês Underground natural caves are assets that present a tender and fragile ecosystem, usually containing not only the rocky part, but also mineral and hydra content, fauna, flora, archeological and paleontological sites. They are important from the environmental, cultural and economic points of view and constitute an impressive tourist appeal, because of the beauty of speleothems, of the underground rivers and lakes, waterfalls and historical vestiges. However, there are few (mais) law writings that aim to analyze the juridical nature of the asset. The scarce literature has been restricted to the analysis of the caves in relation to the preservation of their natural heritage, their cultural and even their economic value. This article aims to present a contribution to the analysis of the juridical nature of the asset, because very little has been written about it so far; even more specialized literature dealing with public or environmental assets has not been concerned with the cave study. Research developed here is bibliographical and exploratory and, to reach the goal, the doctrinal positions about the classification of the assets have been analysed, enhancing the main notes. The theories based on the asset titularity and the ones that adopt the juridical regime have been presented. Later, the main fundaments for the adoption of the two-fold and three-fold classifications were taken into account. On the basis of the legislation and of the normative acts related to the asset at issue, the similarities and differences between the possibilities of subsumptions have been studied. At last, the choice fell on a three-fold classification, supported by Silva (1997), that categorizes the assets into public, private and of public interest. The caves would thus fit into the last group because, although belonging to the Union, they have a system of rules that makes them different from the assets of common use, the assets of special use and the assets of dominical use. The difference is based on the necessity of a consistent system of rules expelled by the government with the objective of preserving the asset, which inhibits its use in a concurrent and indistinctive way by everybody, dispensing with previous authorization. Likewise, they cannot be characterized as assets of special use because they cannot be used as public buildings or be lent to render public service. They cannot fit into dominical asset either, because they are assets that have a purpose of public interest, and it is the State that has the obligation to preserve them. They are non-disposable assets and, even if it is possible the have a sustainable exploration by private ownership, tourism for example, the relation will be ruled by norms of public rather than private law.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)