Sample records for hpd devices
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 1 shown.



1

Músicos de pop-rock: avaliação da satisfação com protetores auditivos/ Pop-rock musicians: assessment of their satisfaction provided by hearing protectors

Santoni, Cristiane Bolzachini; Fiorini, Ana Claudia
2010-08-01

Resumo em português Músicos de pop-rock apresentam risco de perda auditiva e outros efeitos associados à exposição à música amplificada. OBJETIVO: Avaliar o uso de protetores auditivos em músicos de bandas de pop-rock. Forma de Estudo: Coorte contemporânea. MATERIAL E MÉTODO: Estudo com 23 músicos de pop-rock, do sexo masculino, com idades entre 25 e 45 anos. Após a realização de audiometria tonal, imitância acústica, EOAET e EOAPD, os músicos receberam um protetor auditivo u (mais) tilizado por três meses e, após esse período, preencheram a um questionário sobre a satisfação em relação ao uso. RESULTADOS: A prevalência de perdas auditivas foi de 21,7%. As principais queixas durante o uso de protetor foram: voz abafada, pressão no ouvido, interferência na percepção dos sons de frequências altas, ao uso do protetor em tempo integral nas apresentações. Houve correlação positiva entre a percepção da diminuição do zumbido após o uso do protetor auditivo com as seguintes queixas: presença de zumbido após iniciar a profissão (p= 0,044), incômodo com a intensidade sonora em seu local de trabalho (p= 0,009) e intolerância a som forte (p= 0,029). CONCLUSÕES: Houve uma elevada prevalência de perdas auditivas e uma tendência favorável à aceitação do protetor auditivo na população estudada. Resumo em inglês Pop-rock musicians are at risk of developing hearing loss and other symptoms related to amplified music. AIM: The aim of the present study was to assess the satisfaction provided by the use of hearing protection in pop-rock musicians. Study design: Contemporary cohort study. MATERIALS AND METHODS: A study of 23 male pop-rock musicians, aged between 25 to 45 years. After audiological evaluation (pure tone audiometry, middle ear analysis, TEOAE and DPOAE) hearing protective (mais) devices were provided to be used for three months. After that musicians answered a satisfaction assessment questionnaire. RESULTS: The prevalence of hearing loss was of 21.7%. The most common complaints about the hearing protectors were: autophonia, pressure in the ears, interference in high frequencies perception and full time use of the hearing protector during concerts. There was a positive correlation between a reduction in tinnitus after the use of the HPD with the following complaints: tinnitus after beginning the career (p= 0.044), discomfort with the sound intensity in the work place (p= 0.009) and intolerance to loud sound (p= 0.029). CONCLUSIONS: There was a high prevalence of hearing loss and a positive tendency towards the use of the ear protector device among the sample population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)