Sample records for hospitals
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



3

Hospitais universitários: passado, presente e futuro/ University hospitals: past, present and future

MEDICI, A.C.
2001-06-01

Resumo em português OBJETIVO: O presente artigo discute a evolução dos hospitais universitários, suas características, funcionamento e financiamento, e seu papel no ensino e pesquisa médicos. MÉTODOS: Baseia-se nas informações e conclusões de um seminário organizado pela Organização Mundial da Saúde sobre os hospitais universitários de 22 países. RESULTADOS: O artigo avalia que essas instituições estão crescentemente inadaptadas à realidade do setor saúde em que se insere (mais) m e aos desafios impostos pelas mudanças profundas atualmente em curso no sistema de saúde da maioria dos países. CONCLUSÃO: Conclui-se pela necessidade de reforma dos hospitais universitários, e algumas estratégias para essas reformas são apresentadas e discutidas. Resumo em inglês PURPOSE: This article discusses the evolution of university hospitals, their characteristics, functioning and financing and their role in medical education and research. METHODS: Data come from a workshop organized by the World Health Organization on university hospitals in 22 countries. RESULTS: The main finding is that these institutions are increasingly inadequate to the reality of the health sector in which they operate and to the challenges posed by the profound chan (mais) ges currently taking place in the health system of most countries. CONCLUSION: A reform is needed, and the article presents a few possible strategies for reforming these hospitals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Hospitais gerais filantrópicos: novo espaço para a internação psiquiátrica/ Philanthropic general hospitals: a new setting for psychiatric admissions

Larrobla, Cristina; Botega, Neury José
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar o processo de instalação de enfermarias de psiquiatria em hospitais gerais filantrópicos e descrever suas características e práticas terapêuticas. MÉTODOS: Foram selecionadas 10 instituições em cidades dos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina, no ano de 2002. Realizaram-se 43 entrevistas semi-estruturadas, no mínimo três em cada instituição, com profissionais de saúde, baseadas nos seguintes eixos temáticos: processo de ins (mais) talação do serviço, modelo terapêutico e situação atual. As entrevistas foram gravadas em áudio, transcritas e submetidas a análise de conteúdo. RESULTADOS: As instituições localizam-se em cidades onde não havia hospitais psiquiátricos. Cinco hospitais reservam leitos para pacientes psiquiátricos em enfermarias de clínica médica. Em seis instituições, a proposta terapêutica centra-se numa abordagem farmacológica. Na falta de recursos e de planejamento terapêutico, a internação de pacientes mais agitados aumenta a resistência da comunidade hospitalar. As restrições relativas à realização de exames complementares, quando da internação psiquiátrica, constituem outra barreira a ser superada. Falta intercâmbio entre autoridades e direções dessas instituições, obrigadas a exceder quotas de internação devido à demanda de cidades vizinhas. CONCLUSÕES: Na instalação das enfermarias de psiquiatria em hospitais gerais filantrópicos houve a confluência de demanda local com vontades individuais. Apesar do evidente empenho e flexibilidade dos profissionais, ainda não se pode falar em consolidação desses serviços diante das várias dificuldades a serem superadas: resistência local à internação psiquiátrica, restrições econômicas, capacitação profissional deficitária e ausência de um modelo terapêutico que vá além da abordagem farmacológica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To understand the process that led Brazilian philanthropic general hospitals to implement psychiatric units and to describe the main characteristics and therapeutic approaches of these services. METHODS: Ten institutions in three Brazilian states (Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina) were assessed in 2002. Forty-three semi-structured interviews were carried out with health professionals who worked at the hospitals to collect data on service implementation (mais) process, therapeutic approaches and current situation. The interviews were audio-recorded and their content was analyzed. RESULTS: There was no mental hospital in the cities where the institutions were located. In five hospitals, psychiatric patients were admitted to general medical wards because there was no psychiatric unit. The therapeutic approach in six hospitals was based on psychopharmacological treatment. Due to lack of resources and more appropriate therapeutic planning, the admission of patients presenting psychomotor agitation increases resistance against psychiatric patients in general hospitals. Financial constraints regarding laboratory testing is still a challenge. There is no exchange between local authorities and hospital administrators of these institutions that are compelled to exceed the allowed number of admissions to meet the demand of neighboring cities. CONCLUSIONS: The need for mental health care to local populations combined with individual requests of local authorities and psychiatrists made possible the implementation of psychiatric units in these localities. In spite of the efforts and flexibility of health professional working in these institutions, there are some obstacles to be overcome: resistance of hospital community against psychiatric admissions, financial constraints, limited professional training in mental health and the lack of a therapeutic approach that goes beyond psychopharmacological treatment alone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Hospitais gerais filantrópicos: novo espaço para a internação psiquiátrica/ Philanthropic general hospitals: a new setting for psychiatric admissions

Larrobla, Cristina; Botega, Neury José
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar o processo de instalação de enfermarias de psiquiatria em hospitais gerais filantrópicos e descrever suas características e práticas terapêuticas. MÉTODOS: Foram selecionadas 10 instituições em cidades dos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina, no ano de 2002. Realizaram-se 43 entrevistas semi-estruturadas, no mínimo três em cada instituição, com profissionais de saúde, baseadas nos seguintes eixos temáticos: processo de ins (mais) talação do serviço, modelo terapêutico e situação atual. As entrevistas foram gravadas em áudio, transcritas e submetidas a análise de conteúdo. RESULTADOS: As instituições localizam-se em cidades onde não havia hospitais psiquiátricos. Cinco hospitais reservam leitos para pacientes psiquiátricos em enfermarias de clínica médica. Em seis instituições, a proposta terapêutica centra-se numa abordagem farmacológica. Na falta de recursos e de planejamento terapêutico, a internação de pacientes mais agitados aumenta a resistência da comunidade hospitalar. As restrições relativas à realização de exames complementares, quando da internação psiquiátrica, constituem outra barreira a ser superada. Falta intercâmbio entre autoridades e direções dessas instituições, obrigadas a exceder quotas de internação devido à demanda de cidades vizinhas. CONCLUSÕES: Na instalação das enfermarias de psiquiatria em hospitais gerais filantrópicos houve a confluência de demanda local com vontades individuais. Apesar do evidente empenho e flexibilidade dos profissionais, ainda não se pode falar em consolidação desses serviços diante das várias dificuldades a serem superadas: resistência local à internação psiquiátrica, restrições econômicas, capacitação profissional deficitária e ausência de um modelo terapêutico que vá além da abordagem farmacológica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To understand the process that led Brazilian philanthropic general hospitals to implement psychiatric units and to describe the main characteristics and therapeutic approaches of these services. METHODS: Ten institutions in three Brazilian states (Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina) were assessed in 2002. Forty-three semi-structured interviews were carried out with health professionals who worked at the hospitals to collect data on service implementation (mais) process, therapeutic approaches and current situation. The interviews were audio-recorded and their content was analyzed. RESULTS: There was no mental hospital in the cities where the institutions were located. In five hospitals, psychiatric patients were admitted to general medical wards because there was no psychiatric unit. The therapeutic approach in six hospitals was based on psychopharmacological treatment. Due to lack of resources and more appropriate therapeutic planning, the admission of patients presenting psychomotor agitation increases resistance against psychiatric patients in general hospitals. Financial constraints regarding laboratory testing is still a challenge. There is no exchange between local authorities and hospital administrators of these institutions that are compelled to exceed the allowed number of admissions to meet the demand of neighboring cities. CONCLUSIONS: The need for mental health care to local populations combined with individual requests of local authorities and psychiatrists made possible the implementation of psychiatric units in these localities. In spite of the efforts and flexibility of health professional working in these institutions, there are some obstacles to be overcome: resistance of hospital community against psychiatric admissions, financial constraints, limited professional training in mental health and the lack of a therapeutic approach that goes beyond psychopharmacological treatment alone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Hospitais filantrópicos e a operação de planos de saúde próprios no Brasil/ Philanthropic hospitals and the operation of provider-owned health plans in Brazil

Lima, Sheyla Maria Lemos; Portela, Margareth C; Ugá, Maria Alicia Dominguez; Barbosa, Pedro Ribeiro; Gerschman, Silvia; Vasconcellos, Miguel Murat
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever o desempenho gerencial de hospitais filantrópicos com operadoras de planos de saúde em comparação com o conjunto de hospitais filantrópicos no Brasil. MÉTODOS: Foram comparadas as estruturas gerenciais presentes nos hospitais filantrópicos com operadoras próprias de planos de saúde com aquelas observadas num conjunto representativo do setor hospitalar filantrópico, em seis dimensões: direção e planejamento, econômico-financeira, recursos (mais) humanos, serviços técnicos, serviços logísticos e tecnologia de informações. Consideraram-se os dados de uma amostra aleatória de 69 hospitais, extraída do setor hospitalar filantrópico, e 94 hospitais filantrópicos com operadoras próprias de planos de saúde. Nos dois casos incluíram-se apenas os hospitais com menos de 599 leitos. RESULTADOS: Foram identificados resultados mais positivos para o conjunto de hospitais com operadoras próprias de planos de saúde em todas as dimensões gerenciais comparadas. Em particular, destacaram-se as dimensões econômico-financeira e de tecnologia de informações, nas quais mais de 50% dos hospitais com operadoras apresentaram quase todas as condições consideradas. CONCLUSÕES: O setor hospitalar filantrópico é importante na prestação de serviços ao Sistema Único de Saúde. Os desafios para a sua manutenção e desenvolvimento impõem encontrar alternativas. O fomento de uma parceria público-privado neste segmento, por meio da operação de planos próprios ou prestação de serviços a outros planos de saúde convivendo com o SUS, constitui um campo que merece uma análise mais aprofundada. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe the management performance of philanthropic hospitals that operate their own health plans, in comparison with philanthropic hospitals as a whole in Brazil. METHODS: The managerial structures of philanthropic hospitals that operated their own health plans were compared with those seen in a representative group from the philanthropic hospital sector, in six dimensions: management and planning, economics and finance, human resources, technical services (mais) , logistics services and information technology. Data from a random sample of 69 hospitals within the philanthropic hospital sector and 94 philanthropic hospitals that operate their own health plans were evaluated. In both cases, only the hospitals with less than 599 beds were included. RESULTS: The results identified for the hospitals that operate their own health plans were more positive in all the managerial dimensions compared. In particular, the economics and finance and information technology dimensions were highlighted, for which more than 50% of the hospitals that operated their own health plans presented almost all the conditions considered. CONCLUSIONS: The philanthropic hospital sector is important in providing services to the Brazilian Health System (SUS). The challenges in maintaining and developing these hospitals impose the need to find alternatives. Stimulation of a public-private partnership in this segment, by means of operating provider-owned health plans or providing services to other health plans that work together with SUS, is a field that deserves more in-depth analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Hospitais filantrópicos e a operação de planos de saúde próprios no Brasil/ Philanthropic hospitals and the operation of provider-owned health plans in Brazil

Lima, Sheyla Maria Lemos; Portela, Margareth C; Ugá, Maria Alicia Dominguez; Barbosa, Pedro Ribeiro; Gerschman, Silvia; Vasconcellos, Miguel Murat
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever o desempenho gerencial de hospitais filantrópicos com operadoras de planos de saúde em comparação com o conjunto de hospitais filantrópicos no Brasil. MÉTODOS: Foram comparadas as estruturas gerenciais presentes nos hospitais filantrópicos com operadoras próprias de planos de saúde com aquelas observadas num conjunto representativo do setor hospitalar filantrópico, em seis dimensões: direção e planejamento, econômico-financeira, recursos (mais) humanos, serviços técnicos, serviços logísticos e tecnologia de informações. Consideraram-se os dados de uma amostra aleatória de 69 hospitais, extraída do setor hospitalar filantrópico, e 94 hospitais filantrópicos com operadoras próprias de planos de saúde. Nos dois casos incluíram-se apenas os hospitais com menos de 599 leitos. RESULTADOS: Foram identificados resultados mais positivos para o conjunto de hospitais com operadoras próprias de planos de saúde em todas as dimensões gerenciais comparadas. Em particular, destacaram-se as dimensões econômico-financeira e de tecnologia de informações, nas quais mais de 50% dos hospitais com operadoras apresentaram quase todas as condições consideradas. CONCLUSÕES: O setor hospitalar filantrópico é importante na prestação de serviços ao Sistema Único de Saúde. Os desafios para a sua manutenção e desenvolvimento impõem encontrar alternativas. O fomento de uma parceria público-privado neste segmento, por meio da operação de planos próprios ou prestação de serviços a outros planos de saúde convivendo com o SUS, constitui um campo que merece uma análise mais aprofundada. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe the management performance of philanthropic hospitals that operate their own health plans, in comparison with philanthropic hospitals as a whole in Brazil. METHODS: The managerial structures of philanthropic hospitals that operated their own health plans were compared with those seen in a representative group from the philanthropic hospital sector, in six dimensions: management and planning, economics and finance, human resources, technical services (mais) , logistics services and information technology. Data from a random sample of 69 hospitals within the philanthropic hospital sector and 94 philanthropic hospitals that operate their own health plans were evaluated. In both cases, only the hospitals with less than 599 beds were included. RESULTS: The results identified for the hospitals that operate their own health plans were more positive in all the managerial dimensions compared. In particular, the economics and finance and information technology dimensions were highlighted, for which more than 50% of the hospitals that operated their own health plans presented almost all the conditions considered. CONCLUSIONS: The philanthropic hospital sector is important in providing services to the Brazilian Health System (SUS). The challenges in maintaining and developing these hospitals impose the need to find alternatives. Stimulation of a public-private partnership in this segment, by means of operating provider-owned health plans or providing services to other health plans that work together with SUS, is a field that deserves more in-depth analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Os hospitais de pequeno porte e sua inserção no SUS/ Small hospitals and their insertion in Brazil's National Health System (SUS)

Ugá, Maria Alicia Domínguez; López, Elaine Machado
2007-08-01

Resumo em português Este artigo analisa o segmento dos hospitais de pequeno porte (HPP) brasileiros, considerando sua distribuição geográfica, sua natureza jurídica, tipo de unidade sanitária, estrutura e produção de serviços. Tendo em vista que a Portaria GM/MS No 1.044¹ de 2004 induz estes hospitais a adequar seu perfil ao novo papel que lhe foi definido na rede, foram comparados dados referentes a dezembro de 2005 com os de abril de 2004. Os resultados mostram que os HPP represen (mais) tam 62% da rede hospitalar brasileira e 18% dos leitos existentes, distribuídos, majoritariamente, em municípios de pequeno porte interioranos. São hospitais de baixa complexidade e densidade tecnológica e exibem uma baixa taxa de ocupação (32,8%). Não se observam mudanças no perfil da sua produção entre 2004 e 2006, em função do tempo decorrido desde a implantação da política e fundamentalmente porque esta política não foi acompanhada de uma política de investimentos e de recursos humanos. Trata-se de um segmento estratégico para a integralidade do cuidado no SUS, por sua participação no parque hospitalar e por sua capilaridade para o interior do país e pelo seu potencial de agregar resolubilidade à atenção básica, de garantir continuidade da assistência entre os diferentes níveis de complexidade. Resumo em inglês This paper analyses small hospitals (less than fifty beds) in Brazil, in terms of their geographical distribution, legal status, types of wards and units, structures and service production. Under a directive published in April 2004, the Ministry of Health contracts and encourages these hospitals to adapt their profiles to the new roles assigned to them in the health system; consequently, data from December 2005 is compared to data from April 2004. Results: Small hospitals (mais) represent 62% of Brazil's hospital network, with 18% of current beds. Located mainly in upstate municipalities with less than 300,000 inhabitants, they offer limited complexity and technological density, with a low occupancy rate (32.8%). There are no changes in their production profiles between 2004 and 2006, due to the brief period since the implementation of Brazil's small hospitals policy in 2004, which has not been supported by the corresponding investment plans and human resources policies. This is a strategic hospital segment for providing all-round care in the Brazil's National Health System, due to its nationwide capillarity, endowed with ample potential for providing primary care while ensuring seamless links with other levels of complexity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Os hospitais de pequeno porte e sua inserção no SUS/ Small hospitals and their insertion in Brazil's National Health System (SUS)

Ugá, Maria Alicia Domínguez; López, Elaine Machado
2007-08-01

Resumo em português Este artigo analisa o segmento dos hospitais de pequeno porte (HPP) brasileiros, considerando sua distribuição geográfica, sua natureza jurídica, tipo de unidade sanitária, estrutura e produção de serviços. Tendo em vista que a Portaria GM/MS No 1.044¹ de 2004 induz estes hospitais a adequar seu perfil ao novo papel que lhe foi definido na rede, foram comparados dados referentes a dezembro de 2005 com os de abril de 2004. Os resultados mostram que os HPP represen (mais) tam 62% da rede hospitalar brasileira e 18% dos leitos existentes, distribuídos, majoritariamente, em municípios de pequeno porte interioranos. São hospitais de baixa complexidade e densidade tecnológica e exibem uma baixa taxa de ocupação (32,8%). Não se observam mudanças no perfil da sua produção entre 2004 e 2006, em função do tempo decorrido desde a implantação da política e fundamentalmente porque esta política não foi acompanhada de uma política de investimentos e de recursos humanos. Trata-se de um segmento estratégico para a integralidade do cuidado no SUS, por sua participação no parque hospitalar e por sua capilaridade para o interior do país e pelo seu potencial de agregar resolubilidade à atenção básica, de garantir continuidade da assistência entre os diferentes níveis de complexidade. Resumo em inglês This paper analyses small hospitals (less than fifty beds) in Brazil, in terms of their geographical distribution, legal status, types of wards and units, structures and service production. Under a directive published in April 2004, the Ministry of Health contracts and encourages these hospitals to adapt their profiles to the new roles assigned to them in the health system; consequently, data from December 2005 is compared to data from April 2004. Results: Small hospitals (mais) represent 62% of Brazil's hospital network, with 18% of current beds. Located mainly in upstate municipalities with less than 300,000 inhabitants, they offer limited complexity and technological density, with a low occupancy rate (32.8%). There are no changes in their production profiles between 2004 and 2006, due to the brief period since the implementation of Brazil's small hospitals policy in 2004, which has not been supported by the corresponding investment plans and human resources policies. This is a strategic hospital segment for providing all-round care in the Brazil's National Health System, due to its nationwide capillarity, endowed with ample potential for providing primary care while ensuring seamless links with other levels of complexity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

O relacionamento entre hospitais e operadoras de planos de saúde no âmbito do Programa de Qualificação da Saúde Suplementar da ANS/ The relationship between hospitals and health plans organizations in the scope of ANS Health Insurance Qualification Program

Escrivão Junior, Álvaro; Koyama, Marcos Fumio
2007-08-01

Resumo em português No mercado de saúde suplementar brasileiro, o modelo de remuneração fee-for-service ainda predomina nas relações entre os hospitais e as operadoras de planos de saúde. Com o advento do Programa de Qualificação da Saúde Suplementar (PQSS), uma ótica focada na qualidade da assistência prestada ao beneficiário, as operadoras de planos de saúde serão avaliadas conforme indicadores de desempenho assistenciais estabelecidos por esse programa. O presente estudo dis (mais) cute as implicações desse modelo no relacionamento entre operadoras de saúde e hospitais, a partir de consultas realizadas com dezoito gestores de operadoras a respeito do uso na gestão hospitalar de indicadores de desempenho compatíveis com os adotados pelo PQSS. Na percepção dos entrevistados, apenas três hospitais utilizam esses tipos de indicadores, sendo que dois deles são hospitais pertencentes a operadoras de saúde. O alinhamento de interesses entre a operadora e a sua rede credenciada de prestadores, nos moldes propostos pelo PQSS, implicará em modificações do modelo de remuneração entre esses players do mercado, no sentido da inclusão do desempenho e da qualidade da assistência prestada pela rede credenciada ao beneficiário como um dos componentes da valoração remunerativa. Resumo em inglês In Brazilian health insurance sector, the fee-for-service model still remains the major payment method for health services, and predominates in the relationship between hospitals and private health insurance companies. After the creation of Health Insurance Qualification Program (HIQP), which focuses on the quality of the assistance given to consumers, the health insurance companies will be evaluated by health care performance indicators, established by this program. The (mais) present study discusses the impact of this pattern on the relationship between health insurance companies and hospitals, by analyzing data from interviews carried through with 18 health insurance managers, regarding the use - in hospital management - of performance indicators compatible to those adopted by HIQP. According to the managers perception, only three hospitals use this sort of indicators, two of them which are hospitals managed by the health insurance companies. The alignment of interests between health plans organizations and health care providers, at the HIQP proposed template, will imply changes in payment models between these market players, towards the inclusion of performance and quality of assistance given to users by providers, as components of wage determination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

O relacionamento entre hospitais e operadoras de planos de saúde no âmbito do Programa de Qualificação da Saúde Suplementar da ANS/ The relationship between hospitals and health plans organizations in the scope of ANS Health Insurance Qualification Program

Escrivão Junior, Álvaro; Koyama, Marcos Fumio
2007-08-01

Resumo em português No mercado de saúde suplementar brasileiro, o modelo de remuneração fee-for-service ainda predomina nas relações entre os hospitais e as operadoras de planos de saúde. Com o advento do Programa de Qualificação da Saúde Suplementar (PQSS), uma ótica focada na qualidade da assistência prestada ao beneficiário, as operadoras de planos de saúde serão avaliadas conforme indicadores de desempenho assistenciais estabelecidos por esse programa. O presente estudo dis (mais) cute as implicações desse modelo no relacionamento entre operadoras de saúde e hospitais, a partir de consultas realizadas com dezoito gestores de operadoras a respeito do uso na gestão hospitalar de indicadores de desempenho compatíveis com os adotados pelo PQSS. Na percepção dos entrevistados, apenas três hospitais utilizam esses tipos de indicadores, sendo que dois deles são hospitais pertencentes a operadoras de saúde. O alinhamento de interesses entre a operadora e a sua rede credenciada de prestadores, nos moldes propostos pelo PQSS, implicará em modificações do modelo de remuneração entre esses players do mercado, no sentido da inclusão do desempenho e da qualidade da assistência prestada pela rede credenciada ao beneficiário como um dos componentes da valoração remunerativa. Resumo em inglês In Brazilian health insurance sector, the fee-for-service model still remains the major payment method for health services, and predominates in the relationship between hospitals and private health insurance companies. After the creation of Health Insurance Qualification Program (HIQP), which focuses on the quality of the assistance given to consumers, the health insurance companies will be evaluated by health care performance indicators, established by this program. The (mais) present study discusses the impact of this pattern on the relationship between health insurance companies and hospitals, by analyzing data from interviews carried through with 18 health insurance managers, regarding the use - in hospital management - of performance indicators compatible to those adopted by HIQP. According to the managers perception, only three hospitals use this sort of indicators, two of them which are hospitals managed by the health insurance companies. The alignment of interests between health plans organizations and health care providers, at the HIQP proposed template, will imply changes in payment models between these market players, towards the inclusion of performance and quality of assistance given to users by providers, as components of wage determination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

O Método Mãe Canguru em hospitais públicos do Estado de São Paulo, Brasil: uma análise do processo de implantação/ Kangaroo Mother Care in public hospitals in the State of São Paulo, Brazil: an analysis of the implementation process

Colameo, Ana Júlia; Rea, Marina Ferreira
2006-03-01

Resumo em português Este estudo foi elaborado para analisar a implantação do Método Mãe Canguru em 28 diferentes hospitais públicos do Estado de São Paulo, Brasil. Os hospitais escola, os amigos da criança, os com banco de leite humano e os com mais de 12 profissionais treinados obtiveram melhores escores de implantação. A resistência dos profissionais de saúde à participação da família tem dado um caráter intra-hospitalar ao método. Mudanças no treinamento, incluir os gest (mais) ores no programa e prever recursos orçamentários para a adoção, avaliação e controle do Método Mãe Canguru são necessários. Resumo em inglês This study analyzed the implementation of the Kangaroo Mother method in 28 different São Paulo State public hospitals. Teaching hospitals, Baby-Friendly Hospitals, hospitals with human milk banks, and those with more than 12 trained health professionals showed higher implementation scores. Because of staff resistance to family participation in neonatal care, the Kangaroo Mother method is basically applied in-hospital. Changes in the initial training, including manager aw (mais) areness-raising and proper financial resource allocation, are necessary for implementation, follow-up, assessment, and feedback.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

O Método Mãe Canguru em hospitais públicos do Estado de São Paulo, Brasil: uma análise do processo de implantação/ Kangaroo Mother Care in public hospitals in the State of São Paulo, Brazil: an analysis of the implementation process

Colameo, Ana Júlia; Rea, Marina Ferreira
2006-03-01

Resumo em português Este estudo foi elaborado para analisar a implantação do Método Mãe Canguru em 28 diferentes hospitais públicos do Estado de São Paulo, Brasil. Os hospitais escola, os amigos da criança, os com banco de leite humano e os com mais de 12 profissionais treinados obtiveram melhores escores de implantação. A resistência dos profissionais de saúde à participação da família tem dado um caráter intra-hospitalar ao método. Mudanças no treinamento, incluir os gest (mais) ores no programa e prever recursos orçamentários para a adoção, avaliação e controle do Método Mãe Canguru são necessários. Resumo em inglês This study analyzed the implementation of the Kangaroo Mother method in 28 different São Paulo State public hospitals. Teaching hospitals, Baby-Friendly Hospitals, hospitals with human milk banks, and those with more than 12 trained health professionals showed higher implementation scores. Because of staff resistance to family participation in neonatal care, the Kangaroo Mother method is basically applied in-hospital. Changes in the initial training, including manager aw (mais) areness-raising and proper financial resource allocation, are necessary for implementation, follow-up, assessment, and feedback.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Avaliação das condições de trabalho em Hospitais de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil/ Assessment of the work conditions in hospitals of Natal, Rio Grande do Norte State, Brazil/ Evaluación de las condiciones de trabajo en Hospitales de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil

Lima Júnior, Joel; Alchieri, João Carlos; Maia, Eulália Maria Chaves
2009-09-01

Resumo em português Buscou-se identificar como os profissionais de saúde avaliam as condições de trabalho em hospitais de diferentes naturezas, e verificar como estas condições interferem na satisfação laboral. A amostra foi composta por 213 profissionais de diferentes categorias. A análise dos resultados evidenciou um perfil distinto entre os hospitais no tocante as condições de trabalho. De forma geral, apontou as menores médias no hospital estadual, enquanto as maiores foram ob (mais) servadas no hospital filantrópico; resultado que corrobora o atual cenário da saúde pública do País. Ressalta-se ainda, uma associação significativa entre satisfação no trabalho e as variáveis renda familiar e hospital em que o profissional atua. Acredita-se que os conflitos nesse cenário são inevitáveis, frente à precária estrutura de algumas instituições públicas, contudo, são previsíveis e passíveis de solução se o hospital dispuser de um canal de expressão livre e acessível a todos os agentes. Resumo em espanhol Se buscó identificar como los profesionales de la salud evalúan las condiciones de trabajo en hospitales de diferentes naturalezas y verificar como estas condiciones interfieren en la satisfacción laboral. La muestra estuvo compuesta por 213 profesionales de diferentes categorías. El análisis de los resultados evidenció un perfil distinto entre los hospitales en lo que se refiere a las condiciones de trabajo. De forma general, apuntó los menores promedios en el hos (mais) pital estatal, en cuanto las mayores fueron observadas en el hospital filantrópico; resultado que corrobora el actual escenario de la salud pública del país. También, se resalta una asociación significativa entre la satisfacción en el trabajo y las variables renta familiar y hospital en que el profesional actúa. Se piensa que los conflictos en ese escenario son inevitables, frente a la precaria estructura de algunas instituciones públicas, sin embargo, son previsibles y pasibles de solución si el hospital dispusiese de un canal de expresión libre y accesible a todos los agentes. Resumo em inglês This study identified how health professionals assess work conditions in different hospitals and verified how these conditions affect labor satisfaction. The sample was composed of 213 professionals from several healthcare fields. The analysis of the results indicated a distinct profile among the hospitals when it comes to work conditions. In a general perspective, the study observed low labor quality averages in State-run hospitals, while the highest ones were observed i (mais) n the philanthropic hospital. This result corroborates the current condition of Brazilian public health. It also significantly associates labor satisfaction with the variables of family income and workplace. Therefore, conflicts in this scenario are considered as inevitable due to the precarious structure of some public health institutions; however, these problems can be foreseen and solved if hospitals create a free, accessible expression channel to all agents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

A gestão estratégica dos hospitais na França: balanço e perspectivas/ Strategic management of hospitals in France: balance and perspectives

Crémadez, Michel
2010-08-01

Resumo em português A gestão estratégica é introduzida nos hospitais franceses no final da década de oitenta, num contexto de ineficácia e necessidade de controle das despesas de saúde. Este conceito tem inspirado uma série de reformas do governo, da organização e da dinâmica dos hospitais e do modo de regulação do sistema de saúde francês, pressupondo uma verdadeira mudança da cultura profissional. As mudanças no contexto econômico e no modo de financiamento dos hospitais, (mais) no comportamento dos usuários, o envelhecimento da população, o desenvolvimento das patologias crônicas e a intensificação da concorrência, constituem novos desafios a serem enfrentados. O envolvimento dos atores é fundamental e a gestão estratégica, baseada na mobilização dos atores, torna-se, hoje, um modo de administração particularmente adaptado à área da saúde. Este artigo tem por objetivo apresentar o impacto do conceito de gestão estratégica na evolução do meio hospitalar francês e as consequências desta evolução sobre as perspectivas de difusão da gestão estratégica no setor da saúde. Para isso, examina-se a evolução do contexto francês até 2010, os novos desafios que os hospitais franceses devem enfrentar e, por fim, as consequências destes desafios sobre a maneira de conceber os serviços, de administrar as relações entre os atores do sistema de saúde e de organizar o funcionamento operacional dos hospitais. Resumo em inglês The strategic management was introduced in French hospitals in the late 80s, in a context of inefficiency and the need to control healthcare expenditure. This concept has inspired a series of government reforms, the organization and dynamics of hospitals and the mode of regulating the French health system, assuming a real change of professional culture. The changes in the economic context and in the finance of hospitals, the behavior of users, the population aging, the de (mais) velopment of chronic diseases and increased competition, are the new challenges to be faced. The involvement of stakeholders is crucial and the strategic management, based on mobilizing these actors, is today, a method of administration particularly well adapted to the health area. This article aims to present the impact of the concept of strategic management in the evolution of French hospitals and the consequences of these developments on the outlook for the dissemination of strategic management in the health sector. To do so, it is examined the evolution of the French context until 2010, the new challenges that French hospitals must face and, finally, the consequences of these challenges on how to design services, manage the relationships between the actors of the health system and organize the operational functioning of hospitals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

A gestão estratégica dos hospitais na França: balanço e perspectivas/ Strategic management of hospitals in France: balance and perspectives

Crémadez, Michel
2010-08-01

Resumo em português A gestão estratégica é introduzida nos hospitais franceses no final da década de oitenta, num contexto de ineficácia e necessidade de controle das despesas de saúde. Este conceito tem inspirado uma série de reformas do governo, da organização e da dinâmica dos hospitais e do modo de regulação do sistema de saúde francês, pressupondo uma verdadeira mudança da cultura profissional. As mudanças no contexto econômico e no modo de financiamento dos hospitais, (mais) no comportamento dos usuários, o envelhecimento da população, o desenvolvimento das patologias crônicas e a intensificação da concorrência, constituem novos desafios a serem enfrentados. O envolvimento dos atores é fundamental e a gestão estratégica, baseada na mobilização dos atores, torna-se, hoje, um modo de administração particularmente adaptado à área da saúde. Este artigo tem por objetivo apresentar o impacto do conceito de gestão estratégica na evolução do meio hospitalar francês e as consequências desta evolução sobre as perspectivas de difusão da gestão estratégica no setor da saúde. Para isso, examina-se a evolução do contexto francês até 2010, os novos desafios que os hospitais franceses devem enfrentar e, por fim, as consequências destes desafios sobre a maneira de conceber os serviços, de administrar as relações entre os atores do sistema de saúde e de organizar o funcionamento operacional dos hospitais. Resumo em inglês The strategic management was introduced in French hospitals in the late 80s, in a context of inefficiency and the need to control healthcare expenditure. This concept has inspired a series of government reforms, the organization and dynamics of hospitals and the mode of regulating the French health system, assuming a real change of professional culture. The changes in the economic context and in the finance of hospitals, the behavior of users, the population aging, the de (mais) velopment of chronic diseases and increased competition, are the new challenges to be faced. The involvement of stakeholders is crucial and the strategic management, based on mobilizing these actors, is today, a method of administration particularly well adapted to the health area. This article aims to present the impact of the concept of strategic management in the evolution of French hospitals and the consequences of these developments on the outlook for the dissemination of strategic management in the health sector. To do so, it is examined the evolution of the French context until 2010, the new challenges that French hospitals must face and, finally, the consequences of these challenges on how to design services, manage the relationships between the actors of the health system and organize the operational functioning of hospitals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Avaliação da eficiência produtiva de hospitais do SUS de Santa Catarina, Brasil/ Evaluation of productive efficiency in the Unified National Health System hospitals in the State of Santa Catarina, Brazil

Cesconetto, André; Lapa, Jair dos Santos; Calvo, Maria Cristina Marino
2008-10-01

Resumo em português O presente trabalho avaliou a eficiência produtiva de 112 hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado de Santa Catarina, Brasil, com o objetivo de verificar quais são os hospitais eficientes quanto ao aproveitamento de seus recursos. Os dados do estudo são de 2003, obtidos por meio do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH-SUS). Aplicou-se a abordagem DEA (Data Envelopment Analysis) para retornos variáveis às mudanças na escala de pr (mais) odução (modelo DEA-BCC). A abordagem preconizou a avaliação de hospitais gerais com características de especificidade semelhantes. Os resultados do estudo indicaram 23 hospitais eficientes, além de apontar as metas eficientes de produção para cada unidade avaliada. De acordo com o modelo empírico definido, o número de internações com altas poderia ser aumentado em 15% de acordo com o modelo DEA orientado para expansão da produção. Quando se aplica o modelo DEA orientado para a redução de insumos, o número de médicos, técnicos de enfermagem e auxiliares de enfermagem poderia ser reduzido em 25%, o número de leitos em 17% e o valor de AIH em 13% para a rede hospitalar em estudo. Resumo em inglês This study evaluated the productive efficiency of 112 hospitals under the Unified National Health System (SUS) in the State of Santa Catarina, Brazil. The objective was to verify which hospitals apply the available resources efficiently. The research was based on data from 2003 collected from the SUS Hospital Data System (SIH-SUS). Data Envelopment Analysis (DEA) was applied under the assumption of variable returns to scale. The study focused exclusively on general hospit (mais) als with similar characteristics in terms of size and specialization. The results identified 23 efficient hospitals and efficiency targets for each hospital. According to the empirical model, the number of hospitalizations with discharges could be increased by 15%. Application of an input reduction model would result in savings of 25% on human resources (physicians and nurse technicians), 17% on hospital beds, and 13% on admissions costs for the overall hospital system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Avaliação da eficiência produtiva de hospitais do SUS de Santa Catarina, Brasil/ Evaluation of productive efficiency in the Unified National Health System hospitals in the State of Santa Catarina, Brazil

Cesconetto, André; Lapa, Jair dos Santos; Calvo, Maria Cristina Marino
2008-10-01

Resumo em português O presente trabalho avaliou a eficiência produtiva de 112 hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado de Santa Catarina, Brasil, com o objetivo de verificar quais são os hospitais eficientes quanto ao aproveitamento de seus recursos. Os dados do estudo são de 2003, obtidos por meio do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH-SUS). Aplicou-se a abordagem DEA (Data Envelopment Analysis) para retornos variáveis às mudanças na escala de pr (mais) odução (modelo DEA-BCC). A abordagem preconizou a avaliação de hospitais gerais com características de especificidade semelhantes. Os resultados do estudo indicaram 23 hospitais eficientes, além de apontar as metas eficientes de produção para cada unidade avaliada. De acordo com o modelo empírico definido, o número de internações com altas poderia ser aumentado em 15% de acordo com o modelo DEA orientado para expansão da produção. Quando se aplica o modelo DEA orientado para a redução de insumos, o número de médicos, técnicos de enfermagem e auxiliares de enfermagem poderia ser reduzido em 25%, o número de leitos em 17% e o valor de AIH em 13% para a rede hospitalar em estudo. Resumo em inglês This study evaluated the productive efficiency of 112 hospitals under the Unified National Health System (SUS) in the State of Santa Catarina, Brazil. The objective was to verify which hospitals apply the available resources efficiently. The research was based on data from 2003 collected from the SUS Hospital Data System (SIH-SUS). Data Envelopment Analysis (DEA) was applied under the assumption of variable returns to scale. The study focused exclusively on general hospit (mais) als with similar characteristics in terms of size and specialization. The results identified 23 efficient hospitals and efficiency targets for each hospital. According to the empirical model, the number of hospitalizations with discharges could be increased by 15%. Application of an input reduction model would result in savings of 25% on human resources (physicians and nurse technicians), 17% on hospital beds, and 13% on admissions costs for the overall hospital system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Comparação entre solicitações psiquiátricas de dois hospitais gerais universitários brasileiros: uso do protocolo de registro de interconsulta em saúde mental/ A comparison of consultative psychiatric services in two Brazilian university hospitals using a standardized protocol for recording liaison consultations

Nakabayashi, Tatiana Iuriko Kawasaki; Guerra, Karen Aguirres; Souza, Roberto Molina de; Loureiro, Sonia Regina; Contel, José Onildo Betioli; Cabrera, Catalina Camas; Hallak, Jaime Eduardo Cecílio; Osório, Flávia Lima; Leal, Cybele Garcia; Rufino, Armanda Carla T. Brandão Fragata; Crippa, José Alexandre de Souza
2010-06-01

Resumo em português O objetivo do presente estudo foi comparar pedidos de interconsulta psiquiátrica realizados para dois hospitais gerais universitários brasileiros e avaliar a aplicabilidade de um protocolo de registro de interconsulta psiquiátrica (PRISMe). Foi realizada análise dos pedidos de interconsulta, do PRISMe anexado a eles e o número total de pedidos de interconsulta incluídos na amostra foi 541 (438 pedidos de interconsulta do HCFMRP-USP e 103 pedidos de interconsulta do (mais) HU-UFSC). Observou-se maior freqüência de solicitação para pacientes do sexo feminino, caucasianos, entre 31 a 60 anos e casados. Os diagnósticos psiquiátricos mais freqüentes foram depressão, transtornos de adaptação e de personalidade. Os resultados estão de acordo com a literatura nacional e internacional e as diferenças encontradas podem ser atribuídas às diferenças na infra-estrutura das instituições e nos contextos sócio-econômicos nos quais estão inseridas. Achados do presente estudo demonstram a aplicabilidade do PRISMe e sugerem que podem facilitar a sistematização da obtenção de achados clínico-demográficos e a comparabilidade entre as diferenças. Resumo em inglês The objective of the present report was to compare consultative psychiatric services in two Brazilian university hospitals and to evaluate the applicability of a standardized protocol (PRISMe) for recording psychiatric liaison consultations. Analyses of psychiatric consultations and the attached protocol were performed. 541 consecutive liaison consultations were included in the final sample (438 consecutive consultations from the Federal university hospital in São Paulo (mais) and 103 from the Federal university hospital in Santa Catarina). In both hospitals, the majority of patients were female, married, white, and 31 to 60 years of age. Depression and adjustment and personality disorders were the most common psychiatric diagnoses, which could explain the higher referral of female patients. The results are consistent with the Brazilian and international literature, and the differences between the two hospitals could be related to both logistical differences between the consultative psychiatric services and the socioeconomic contexts. The findings confirm the applicability of the PRISMe and suggest that systematization of clinical and demographic information is important for future comparative studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Comparação entre solicitações psiquiátricas de dois hospitais gerais universitários brasileiros: uso do protocolo de registro de interconsulta em saúde mental/ A comparison of consultative psychiatric services in two Brazilian university hospitals using a standardized protocol for recording liaison consultations

Nakabayashi, Tatiana Iuriko Kawasaki; Guerra, Karen Aguirres; Souza, Roberto Molina de; Loureiro, Sonia Regina; Contel, José Onildo Betioli; Cabrera, Catalina Camas; Hallak, Jaime Eduardo Cecílio; Osório, Flávia Lima; Leal, Cybele Garcia; Rufino, Armanda Carla T. Brandão Fragata; Crippa, José Alexandre de Souza
2010-06-01

Resumo em português O objetivo do presente estudo foi comparar pedidos de interconsulta psiquiátrica realizados para dois hospitais gerais universitários brasileiros e avaliar a aplicabilidade de um protocolo de registro de interconsulta psiquiátrica (PRISMe). Foi realizada análise dos pedidos de interconsulta, do PRISMe anexado a eles e o número total de pedidos de interconsulta incluídos na amostra foi 541 (438 pedidos de interconsulta do HCFMRP-USP e 103 pedidos de interconsulta do (mais) HU-UFSC). Observou-se maior freqüência de solicitação para pacientes do sexo feminino, caucasianos, entre 31 a 60 anos e casados. Os diagnósticos psiquiátricos mais freqüentes foram depressão, transtornos de adaptação e de personalidade. Os resultados estão de acordo com a literatura nacional e internacional e as diferenças encontradas podem ser atribuídas às diferenças na infra-estrutura das instituições e nos contextos sócio-econômicos nos quais estão inseridas. Achados do presente estudo demonstram a aplicabilidade do PRISMe e sugerem que podem facilitar a sistematização da obtenção de achados clínico-demográficos e a comparabilidade entre as diferenças. Resumo em inglês The objective of the present report was to compare consultative psychiatric services in two Brazilian university hospitals and to evaluate the applicability of a standardized protocol (PRISMe) for recording psychiatric liaison consultations. Analyses of psychiatric consultations and the attached protocol were performed. 541 consecutive liaison consultations were included in the final sample (438 consecutive consultations from the Federal university hospital in São Paulo (mais) and 103 from the Federal university hospital in Santa Catarina). In both hospitals, the majority of patients were female, married, white, and 31 to 60 years of age. Depression and adjustment and personality disorders were the most common psychiatric diagnoses, which could explain the higher referral of female patients. The results are consistent with the Brazilian and international literature, and the differences between the two hospitals could be related to both logistical differences between the consultative psychiatric services and the socioeconomic contexts. The findings confirm the applicability of the PRISMe and suggest that systematization of clinical and demographic information is important for future comparative studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Impacto da reforma de financiamento de hospitais de ensino no Brasil/ Impact of the funding reform of teaching hospitals in Brazil/ Impacto de la reforma del financiamiento de hospitales de enseñanza en Brasil

Lobo, MSC; Silva, ACM; Lins, MPE; Fiszman, R
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o impacto da reforma de financiamento na produtividade de hospitais de ensino. MÉTODOS: A partir do Sistema de Informações dos Hospitais Universitários Federais, foram construídas fronteiras de eficiência e produtividade em 2003 e 2006 com técnicas de programação linear, por meio de análise envoltória de dados, considerando retornos variáveis de escala e orientação a input. Calculou-se o Índice de Malmquist para identificar mudanças de de (mais) sempenho ao longo dos anos quanto à eficiência técnica (razão entre os escores de eficiência em tempos distintos) e eficiência tecnológica (deslocamento da fronteira no período considerado). RESULTADOS: Houve aumento do aporte financeiro em 51% e da eficiência técnica dos hospitais de ensino (de 11, passaram a ser 17 na fronteira empírica de eficiência), o mesmo não ocorrendo com a fronteira tecnológica. O uso de análise envoltória de dados estabeleceu os benchmarks para as unidades ineficientes (antes e depois da reforma) e os escores de eficiência mostraram uma possível correlação entre a eficiência técnica encontrada e a intensidade e dedicação de ensino. CONCLUSÕES: A reforma permitiu o desenvolvimento de melhorias gerenciais, mas é necessário maior tempo de acompanhamento para observar mudanças mais efetivas do modelo de financiamento. Resumo em espanhol OBJETIVO: Evaluar el impacto de la reforma de financiamiento en la productividad de hospitales de enseñanza. MÉTODOS: A partir del Sistema de Informaciones de los Hospitales Universitarios Federales de Brasil, se construyeron fronteras de eficiencia y productividad en 2003 y 2006 con técnicas de programación linear, por medio de análisis envoltorio de datos, considerando retornos variables de escala y orientación a input. Se calculó el Índice de Malmquist para ide (mais) ntificar cambios de desempeño a lo largo de los años con relación a la eficiencia técnica (cociente entre los puntajes de eficiencia en tiempos distintos) y eficiencia tecnológica (desplazamiento de la frontera en el período considerado). RESULTADOS: Hubo aumento del aporte financiero en 51% y de la eficiencia técnica de los hospitales de enseñanza (de 11, pasaron a ser 17 en la frontera empírica de eficiencia), no ocurriendo el mismo con la frontera tecnológica. El uso del análisis envoltorio de datos estableció los benchmarks para las unidades ineficientes (antes y después de la reforma) y los puntajes de eficiencia mostraron una posible correlación entre la eficiencia técnica encontrada y la intensidad y dedicación de enseñanza. CONCLUSIONES: La reforma permitió el desarrollo de mejoras gerenciales, pero es necesario mayor tiempo de acompañamiento para observar cambios más efectivos del modelo de financiamiento. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the impact of funding reform on the productivity of teaching hospitals. METHODS: Based on the Information System of Federal University Hospitals of Brazil, 2003 and 2006 efficiency and productivity were measured using frontier methods with a linear programming technique, data envelopment analysis, and input-oriented variable returns to scale model. The Malmquist index was calculated to detect changes during the study period: "technical efficiency chan (mais) ge," or the relative variation of the efficiency of each unit; and "technological change" after frontier shift. RESULTS: There was 51% mean budget increase and improvement of technical efficiency of teaching hospitals (previously 11, 17 hospitals reached the empirical efficiency frontier) but the same was not seen for the technology frontier. Data envelopment analysis set benchmark scores for each inefficient unit (before and after reform) and there was a positive correlation between technical efficiency and teaching intensity and dedication. CONCLUSIONS: The reform promoted management improvements but there is a need of further follow-up to assess the effectiveness of funding changes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Impacto da reforma de financiamento de hospitais de ensino no Brasil/ Impact of the funding reform of teaching hospitals in Brazil/ Impacto de la reforma del financiamiento de hospitales de enseñanza en Brasil

Lobo, MSC; Silva, ACM; Lins, MPE; Fiszman, R
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o impacto da reforma de financiamento na produtividade de hospitais de ensino. MÉTODOS: A partir do Sistema de Informações dos Hospitais Universitários Federais, foram construídas fronteiras de eficiência e produtividade em 2003 e 2006 com técnicas de programação linear, por meio de análise envoltória de dados, considerando retornos variáveis de escala e orientação a input. Calculou-se o Índice de Malmquist para identificar mudanças de de (mais) sempenho ao longo dos anos quanto à eficiência técnica (razão entre os escores de eficiência em tempos distintos) e eficiência tecnológica (deslocamento da fronteira no período considerado). RESULTADOS: Houve aumento do aporte financeiro em 51% e da eficiência técnica dos hospitais de ensino (de 11, passaram a ser 17 na fronteira empírica de eficiência), o mesmo não ocorrendo com a fronteira tecnológica. O uso de análise envoltória de dados estabeleceu os benchmarks para as unidades ineficientes (antes e depois da reforma) e os escores de eficiência mostraram uma possível correlação entre a eficiência técnica encontrada e a intensidade e dedicação de ensino. CONCLUSÕES: A reforma permitiu o desenvolvimento de melhorias gerenciais, mas é necessário maior tempo de acompanhamento para observar mudanças mais efetivas do modelo de financiamento. Resumo em espanhol OBJETIVO: Evaluar el impacto de la reforma de financiamiento en la productividad de hospitales de enseñanza. MÉTODOS: A partir del Sistema de Informaciones de los Hospitales Universitarios Federales de Brasil, se construyeron fronteras de eficiencia y productividad en 2003 y 2006 con técnicas de programación linear, por medio de análisis envoltorio de datos, considerando retornos variables de escala y orientación a input. Se calculó el Índice de Malmquist para ide (mais) ntificar cambios de desempeño a lo largo de los años con relación a la eficiencia técnica (cociente entre los puntajes de eficiencia en tiempos distintos) y eficiencia tecnológica (desplazamiento de la frontera en el período considerado). RESULTADOS: Hubo aumento del aporte financiero en 51% y de la eficiencia técnica de los hospitales de enseñanza (de 11, pasaron a ser 17 en la frontera empírica de eficiencia), no ocurriendo el mismo con la frontera tecnológica. El uso del análisis envoltorio de datos estableció los benchmarks para las unidades ineficientes (antes y después de la reforma) y los puntajes de eficiencia mostraron una posible correlación entre la eficiencia técnica encontrada y la intensidad y dedicación de enseñanza. CONCLUSIONES: La reforma permitió el desarrollo de mejoras gerenciales, pero es necesario mayor tiempo de acompañamiento para observar cambios más efectivos del modelo de financiamiento. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the impact of funding reform on the productivity of teaching hospitals. METHODS: Based on the Information System of Federal University Hospitals of Brazil, 2003 and 2006 efficiency and productivity were measured using frontier methods with a linear programming technique, data envelopment analysis, and input-oriented variable returns to scale model. The Malmquist index was calculated to detect changes during the study period: "technical efficiency chan (mais) ge," or the relative variation of the efficiency of each unit; and "technological change" after frontier shift. RESULTS: There was 51% mean budget increase and improvement of technical efficiency of teaching hospitals (previously 11, 17 hospitals reached the empirical efficiency frontier) but the same was not seen for the technology frontier. Data envelopment analysis set benchmark scores for each inefficient unit (before and after reform) and there was a positive correlation between technical efficiency and teaching intensity and dedication. CONCLUSIONS: The reform promoted management improvements but there is a need of further follow-up to assess the effectiveness of funding changes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Caracterização da oferta de serviços especializados em hospitais de referência regional: uma contribuição para a regionalização da assistência à saúde no SUS/ A characterization of the specialized services on offer in regional referral hospitals: a contribution to the regionalization of Brazilian public health care

Dubeux, Luciana Santos; Carvalho, Eduardo Freese de
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: caracterizar a oferta de serviços especializados em hospitais regionais, considerando os tipos de assistência prestada e os fatores limitantes. MÉTODOS: avaliação normativa nos dez hospitais regionais de Pernambuco, mediante entrevistas com diretores e médicos. Foram abordadas questões referentes à assistência nas urgências/emergências, à atenção à gestante de alto risco, à oferta de exames complementares e de cirurgias eletivas, aos profissiona (mais) is e aos tipos de leitos hospitalares. RESULTADOS: observou-se que a assistência hospitalar ofertada não está conforme o preconizado pelo Modelo Estadual de Regionalização da Assistência à Saúde. Na atenção às urgências/emergências há predomínio à assistência aos casos clínicos/cirúrgicos de baixa complexidade, como o atendimento aos ferimentos leves e cirurgias de apendicectomias. A atenção à gestante se limita aos partos sem complicações na maioria dos hospitais, havendo necessidade de contratação de recursos humanos (como cardiologistas e neurologistas) para a adequação da oferta. Quanto aos leitos, o maior coeficiente de leitos hospitalares foi de 0,6 leitos/1.000 habitantes no Hospital Regional de Salgueiro, observando-se ainda a concentração de leitos de UTI em apenas três unidades estudadas. CONCLUSÕES: as limitações na estrutura e nos processos de trabalho comprometeram a oferta, a função dos hospitais regionais e consequentemente a assistência hospitalar nas regionais de saúde do Estado. Resumo em inglês OBJECTIVES: to characterize the specialized services offered in regional hospitals according to the type of care provided and their limitations. METHODS: a normative evaluation was carried out in ten regional hospitals in Pernambuco, by way of interviews with directors and doctors. Questions dealt with emergency/urgent care, care for women with high-risk pregnancies, the provision of complementary tests and elective surgery, and the types of professionals and hospital bed (mais) s available. RESULTS: it was observed that the hospital care offered is not in conformity with the aims of the State Health Care Regionalization Model. Emergency/ urgent care mostly takes the form of clinical cases or low-complexity surgery, such as treatment for light wounds or appendectomies. Health care for pregnant women is restricted to deliveries without complications in most hospitals and there is a need to take on new staff (such as cardiologists and neurologists) in order to ensure that adequate care is provided. With regard to hospital beds, the highest ratio was 0.6 per 1.000 inhabitants at the Salgueiro Regional Hospital, with intensive care being concentrated in only three units. CONCLUSIONS: limitations with regard to infrastructure and work processes impair the provision of services and the functioning of regional hospitals and consequently have an impact on the care provided at the States regional health units.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Viabilidade de unidades psiquiátricas em hospitais gerais no Brasil/ Feasibility of general hospitals psychiatric units in Brazil/ Viabilidad de unidades psiquiátricas en hospitales generales en Brasil

Lucchesi, Maurício; Malik, Ana Maria
2009-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Compreender o estigma voltado aos portadores de transtornos mentais na cultura de hospitais gerais enquanto fator limitante para a implantação de unidades psiquiátricas em hospitais gerais no Brasil. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Foi delineada uma pesquisa social, de natureza qualitativa. Adotou-se como estratégia a pesquisa-ação para a implantação de uma unidade psiquiátrica em um hospital geral em Taubaté, SP, 2005-2006. As evidências foram obtidas (mais) por meio de entrevistas, observação participante e palestras sobre o projeto da unidade psiquiátrica para o corpo clínico do hospital. RESULTADOS: O investimento do órgão gestor possibilitou que as concepções estigmatizantes presentes na cultura do hospital estudado (violência, fraqueza moral e intratabilidade) fossem ressignificadas por meio de discussões clínicas e sanitárias, viabilizando a implantação da unidade psiquiátrica. A análise mostrou que essas concepções eram reatualizadas pelo contexto assistencial, no qual o acesso dos portadores de transtornos mentais era restrito. CONCLUSÕES: A postura assumida pelo órgão gestor, que decidiu pelo financiamento adequado da unidade psiquiátrica e exerceu sua ascendência sobre o hospital prestador, foi decisiva para o desfecho do caso. A principal dificuldade para a implantação das unidades psiquiátricas não é o estigma presente na cultura dos hospitais gerais, mas uma limitação de ordem estratégica: a falta de uma política afirmativa para essas unidades. Resumo em espanhol OBJETIVO: Comprender el estigma dirigido a los portadores de trastornos mentales en la cultura de hospitales generales con relación al factor limitante para la implantación de unidades psiquiátricas en hospitales generales en Brasil. PROCEDIMIENTOS METODOLÓGICOS: Fue delineada una pesquisa social, de naturaleza cualitativa. Se adoptó como estrategia la pesquisa-acción para la implantación de una unidad psiquiátrica en un hospital general en Taubate (Sureste de Bra (mais) sil), 2005-2006. Las evidencias fueron obtenidas por medio de entrevistas, observación participante y palestras sobre el proyecto de la unidad psiquiátrica para el cuerpo clínico del hospital. RESULTADOS: La inversión del órgano gestor posibilitó que las concepciones estigmatizantes presentes en la cultura del hospital estudiado (violencia, debilidad moral e intratabilidad) fueran resignificadas por medio de discusiones clínicas y sanitarias, viabilizando la implantación de la unidad psiquiátrica. El análisis mostró que esas concepciones eran reactualizadas por el contexto asistencial, en el cual el acceso de los portadores de trastornos mentales era restringido. CONCLUSIONES: La postura asumida por el órgano gestor, que decidió por el financiamiento adecuado de la unidad psiquiátrica y ejerció su ascendencia sobre el hospital prestador, fue decisiva para el desenlace del caso. La principal dificultad para la implantación de las unidades psiquiátricas no es el estigma presente en la cultura de los hospitales generales, pero una limitación de orden estratégica: la falta de una política afirmativa para esas unidades. Resumo em inglês OBJECTIVE: To comprehend the stigma against people with mental disorders still persists in the culture of general hospitals and acts as a limiting factor in the implementation of psychiatric units in general hospitals in Brazil. METHODOLOGICAL PROCEDURES: A qualitative social survey was outlined based on action research strategy as of the agreement to adopt a psychiatric unit in a general hospital in Taubaté, Southeastern Brazil. Data was obtained through interviews, par (mais) ticipant observation and talks on the psychiatric unit project given to the hospital's clinical staff. RESULTS: The investment made by the healthcare authority enabled the stigmatizing conceptions (violence, moral weakness and untreatability) present in the hospital culture in question to be resignified by means of clinical and sanitary discussions, which enabled the implementation of the psychiatric unit. The analysis showed that these concepts persist in this context because of a healthcare system that limits the access of people with mental disorders. CONCLUSIONS: The attitude of the healthcare authority, who decided to adequately fund the general hospital's psychiatric unit and exerted his influence over the hospital, was decisive for the outcome of the case. The main difficulty in implementing psychiatric units at general hospitals is not the overcoming the existing stigma in the culture of general hospitals, but rather a difficulty which is strategic in nature: the lack of an affirmative policy for these units.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Viabilidade de unidades psiquiátricas em hospitais gerais no Brasil/ Feasibility of general hospitals psychiatric units in Brazil/ Viabilidad de unidades psiquiátricas en hospitales generales en Brasil

Lucchesi, Maurício; Malik, Ana Maria
2009-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Compreender o estigma voltado aos portadores de transtornos mentais na cultura de hospitais gerais enquanto fator limitante para a implantação de unidades psiquiátricas em hospitais gerais no Brasil. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Foi delineada uma pesquisa social, de natureza qualitativa. Adotou-se como estratégia a pesquisa-ação para a implantação de uma unidade psiquiátrica em um hospital geral em Taubaté, SP, 2005-2006. As evidências foram obtidas (mais) por meio de entrevistas, observação participante e palestras sobre o projeto da unidade psiquiátrica para o corpo clínico do hospital. RESULTADOS: O investimento do órgão gestor possibilitou que as concepções estigmatizantes presentes na cultura do hospital estudado (violência, fraqueza moral e intratabilidade) fossem ressignificadas por meio de discussões clínicas e sanitárias, viabilizando a implantação da unidade psiquiátrica. A análise mostrou que essas concepções eram reatualizadas pelo contexto assistencial, no qual o acesso dos portadores de transtornos mentais era restrito. CONCLUSÕES: A postura assumida pelo órgão gestor, que decidiu pelo financiamento adequado da unidade psiquiátrica e exerceu sua ascendência sobre o hospital prestador, foi decisiva para o desfecho do caso. A principal dificuldade para a implantação das unidades psiquiátricas não é o estigma presente na cultura dos hospitais gerais, mas uma limitação de ordem estratégica: a falta de uma política afirmativa para essas unidades. Resumo em espanhol OBJETIVO: Comprender el estigma dirigido a los portadores de trastornos mentales en la cultura de hospitales generales con relación al factor limitante para la implantación de unidades psiquiátricas en hospitales generales en Brasil. PROCEDIMIENTOS METODOLÓGICOS: Fue delineada una pesquisa social, de naturaleza cualitativa. Se adoptó como estrategia la pesquisa-acción para la implantación de una unidad psiquiátrica en un hospital general en Taubate (Sureste de Bra (mais) sil), 2005-2006. Las evidencias fueron obtenidas por medio de entrevistas, observación participante y palestras sobre el proyecto de la unidad psiquiátrica para el cuerpo clínico del hospital. RESULTADOS: La inversión del órgano gestor posibilitó que las concepciones estigmatizantes presentes en la cultura del hospital estudiado (violencia, debilidad moral e intratabilidad) fueran resignificadas por medio de discusiones clínicas y sanitarias, viabilizando la implantación de la unidad psiquiátrica. El análisis mostró que esas concepciones eran reactualizadas por el contexto asistencial, en el cual el acceso de los portadores de trastornos mentales era restringido. CONCLUSIONES: La postura asumida por el órgano gestor, que decidió por el financiamiento adecuado de la unidad psiquiátrica y ejerció su ascendencia sobre el hospital prestador, fue decisiva para el desenlace del caso. La principal dificultad para la implantación de las unidades psiquiátricas no es el estigma presente en la cultura de los hospitales generales, pero una limitación de orden estratégica: la falta de una política afirmativa para esas unidades. Resumo em inglês OBJECTIVE: To comprehend the stigma against people with mental disorders still persists in the culture of general hospitals and acts as a limiting factor in the implementation of psychiatric units in general hospitals in Brazil. METHODOLOGICAL PROCEDURES: A qualitative social survey was outlined based on action research strategy as of the agreement to adopt a psychiatric unit in a general hospital in Taubaté, Southeastern Brazil. Data was obtained through interviews, par (mais) ticipant observation and talks on the psychiatric unit project given to the hospital's clinical staff. RESULTS: The investment made by the healthcare authority enabled the stigmatizing conceptions (violence, moral weakness and untreatability) present in the hospital culture in question to be resignified by means of clinical and sanitary discussions, which enabled the implementation of the psychiatric unit. The analysis showed that these concepts persist in this context because of a healthcare system that limits the access of people with mental disorders. CONCLUSIONS: The attitude of the healthcare authority, who decided to adequately fund the general hospital's psychiatric unit and exerted his influence over the hospital, was decisive for the outcome of the case. The main difficulty in implementing psychiatric units at general hospitals is not the overcoming the existing stigma in the culture of general hospitals, but rather a difficulty which is strategic in nature: the lack of an affirmative policy for these units.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Caracterização assistencial de hospitais filantrópicos no Brasil/ Characterization of assistance among philanthropic hospitals in Brazil

Portela, Margareth C; Lima, Sheyla M L; Barbosa, Pedro R; Vasconcellos, Miguel M; Ugá, Maria Alícia D; Gerschman, Silvia
2004-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Caracterizar a rede hospitalar filantrópica no Brasil e suas relações com o Sistema Único de Saúde e o mercado de saúde suplementar. MÉTODOS: Estudo do tipo descritivo que considerou a distribuição geográfica, porte de leitos, presença de equipamentos biomédicos, complexidade assistencial e perfil de produção e de clientela. Baseou-se em uma amostra de 175 hospitais de um universo de 1.917, constituindo 102 entidades distintas. Destas, incluíram-s (mais) e 66 entidades prestadoras de serviços ao Sistema único de Saúde (SUS) com menos de 599 leitos selecionadas aleatoriamente, 26 das 27 entidades prestadoras de serviços ao SUS com pelo menos 599 leitos e 10 entidades não prestadoras de serviços ao SUS. O estudo é transversal, com dados obtidos em 2001. A coleta de dados foi feita por pesquisadores treinados, utilizando um questionário, em entrevistas com dirigentes dos hospitais. RESULTADOS: Da amostra aleatória, 81,2% dos hospitais estão localizados em municípios do interior, sendo que 53,6% desses se constituem nos únicos hospitais do município. Na amostra aleatória, predominaram os hospitais de clínicas básicas sem UTI (44,9%). Entre os hospitais individuais das grandes entidades e os hospitais especiais, a maioria - respectivamente 53% e 60% - caracterizou-se como hospital geral nível II, categoria de maior complexidade. A complexidade assistencial mostrou-se associada ao porte do hospital, estando os hospitais mais complexos predominantemente situados em capitais. CONCLUSÕES: Dada a importância do setor hospitalar filantrópico para o Sistema de Saúde no Brasil, identificam-se possíveis caminhos para a formulação de políticas públicas adequadas às especificidades dos seus diferentes segmentos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To characterize the Brazilian philanthropic hospital network and its relation to the public and private sectors of the Sistema Unico de Saude (SUS) [Brazilian Unified Health System]. METHODS: This is a descriptive study that took into consideration the geographic distribution, number of beds, available biomedical equipment, health care complexity as well as the productive and consumer profiles of philanthropic hospitals. It is based on a sample of 175 hospitals (mais) , within a universe of 1,917, involving 102 distinct institutions. Among these, there were 66 Brazilian Unified Health System (SUS) inpatient care providers with less than 599 beds randomly included in this study. Twenty-six of the twenty-seven SUS inpatient care providers with at least 599 beds, as well as ten institutions which do not provide their services to SUS, were also included. This is a cross-sectional study and the data was obtained in 2001. Data collection was conducted by trained researchers, who applied a questionnaire in interviews with the hospital's managers. RESULTS: Within the random sample, 81.2% of the hospitals are located in cities outside of metropolitan areas, and 53.6% of these are the only hospitals within their municipalities. Basic clinical hospitals, without ICUs, predominate within the random sample (44.9%). Among the individual hospitals of the large philanthropic institutions and the special hospitals, the majority - 53% and 60% respectively - are level II general hospitals, a category of greater complexity. It was verified that complexity of care was associated to hospital size, being that hospitals with the greatest complexity are situated predominantly in the capitals. CONCLUSIONS: Given the importance of the philanthropic hospital sector within the SUS [Unified Health System] in Brazil, this paper identifies some ways of formulating appropriate health policies adjusted to the specificities of its different segments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Caracterização assistencial de hospitais filantrópicos no Brasil/ Characterization of assistance among philanthropic hospitals in Brazil

Portela, Margareth C; Lima, Sheyla M L; Barbosa, Pedro R; Vasconcellos, Miguel M; Ugá, Maria Alícia D; Gerschman, Silvia
2004-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Caracterizar a rede hospitalar filantrópica no Brasil e suas relações com o Sistema Único de Saúde e o mercado de saúde suplementar. MÉTODOS: Estudo do tipo descritivo que considerou a distribuição geográfica, porte de leitos, presença de equipamentos biomédicos, complexidade assistencial e perfil de produção e de clientela. Baseou-se em uma amostra de 175 hospitais de um universo de 1.917, constituindo 102 entidades distintas. Destas, incluíram-s (mais) e 66 entidades prestadoras de serviços ao Sistema único de Saúde (SUS) com menos de 599 leitos selecionadas aleatoriamente, 26 das 27 entidades prestadoras de serviços ao SUS com pelo menos 599 leitos e 10 entidades não prestadoras de serviços ao SUS. O estudo é transversal, com dados obtidos em 2001. A coleta de dados foi feita por pesquisadores treinados, utilizando um questionário, em entrevistas com dirigentes dos hospitais. RESULTADOS: Da amostra aleatória, 81,2% dos hospitais estão localizados em municípios do interior, sendo que 53,6% desses se constituem nos únicos hospitais do município. Na amostra aleatória, predominaram os hospitais de clínicas básicas sem UTI (44,9%). Entre os hospitais individuais das grandes entidades e os hospitais especiais, a maioria - respectivamente 53% e 60% - caracterizou-se como hospital geral nível II, categoria de maior complexidade. A complexidade assistencial mostrou-se associada ao porte do hospital, estando os hospitais mais complexos predominantemente situados em capitais. CONCLUSÕES: Dada a importância do setor hospitalar filantrópico para o Sistema de Saúde no Brasil, identificam-se possíveis caminhos para a formulação de políticas públicas adequadas às especificidades dos seus diferentes segmentos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To characterize the Brazilian philanthropic hospital network and its relation to the public and private sectors of the Sistema Unico de Saude (SUS) [Brazilian Unified Health System]. METHODS: This is a descriptive study that took into consideration the geographic distribution, number of beds, available biomedical equipment, health care complexity as well as the productive and consumer profiles of philanthropic hospitals. It is based on a sample of 175 hospitals (mais) , within a universe of 1,917, involving 102 distinct institutions. Among these, there were 66 Brazilian Unified Health System (SUS) inpatient care providers with less than 599 beds randomly included in this study. Twenty-six of the twenty-seven SUS inpatient care providers with at least 599 beds, as well as ten institutions which do not provide their services to SUS, were also included. This is a cross-sectional study and the data was obtained in 2001. Data collection was conducted by trained researchers, who applied a questionnaire in interviews with the hospital's managers. RESULTS: Within the random sample, 81.2% of the hospitals are located in cities outside of metropolitan areas, and 53.6% of these are the only hospitals within their municipalities. Basic clinical hospitals, without ICUs, predominate within the random sample (44.9%). Among the individual hospitals of the large philanthropic institutions and the special hospitals, the majority - 53% and 60% respectively - are level II general hospitals, a category of greater complexity. It was verified that complexity of care was associated to hospital size, being that hospitals with the greatest complexity are situated predominantly in the capitals. CONCLUSIONS: Given the importance of the philanthropic hospital sector within the SUS [Unified Health System] in Brazil, this paper identifies some ways of formulating appropriate health policies adjusted to the specificities of its different segments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Caracterização gerencial dos hospitais filantrópicos no Brasil/ Management characteristics in charity hospitals in Brazil

Lima, Sheyla Maria Lemos; Barbosa, Pedro Ribeiro; Portela, Margareth C.; Ugá, Maria Alicia Dominguez; Vasconcellos, Miguel Murat; Gerschman, Silvia
2004-10-01

Resumo em português Este artigo apresenta uma caracterização gerencial dos hospitais filantrópicos no Brasil, a partir de dados de um estudo nacional desenvolvido ao longo de 2001. Foram incluídas aleatoriamente 66 entidades prestadoras de serviços ao SUS com menos de 599 leitos, 26 entidades com pelo menos 599 leitos e dez não prestadoras de serviços ao SUS. As análises realizadas são descritivas, focalizando a classificação do nível de desenvolvimento gerencial dos hospitais e (mais) aspectos concernentes ao uso de instrumentos gerenciais específicos, recursos humanos, serviços técnicos e terceirização de serviços. Foram identificados distintos níveis gerenciais, merecendo destaque o fato de 83% dos hospitais prestadores de serviços ao SUS com menos de 599 leitos terem sido classificados como incipientes. Discutem-se implicações do quadro observado para as políticas de assistência hospitalar no país, considerando a importância desse parque hospitalar. Resumo em inglês This paper presents the management characteristics of charity hospitals in Brazil, based on data from a national survey developed in 2001. The sample accounted for the random inclusion of 66 Brazilian Unified Health System (SUS) inpatient care providers with less than 599 beds and all 26 hospitals with at least 599 beds. It also included 10 institutions assumed as non-providers of services to the SUS. The analyses are descriptive, focusing on the classification of the hos (mais) pitals according to their managerial development level, as well as selected issues regarding the utilization of specific managerial technologies, human resources, technical services, and services contracting. Distinct managerial levels were identified, but it is important to note that 83% of the SUS providers with less than 599 beds were classified as having incipient management. The authors discuss implications of the findings for inpatient care policies, considering the importance of charity hospitals for the Brazilian Health System.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Caracterização gerencial dos hospitais filantrópicos no Brasil/ Management characteristics in charity hospitals in Brazil

Lima, Sheyla Maria Lemos; Barbosa, Pedro Ribeiro; Portela, Margareth C.; Ugá, Maria Alicia Dominguez; Vasconcellos, Miguel Murat; Gerschman, Silvia
2004-10-01

Resumo em português Este artigo apresenta uma caracterização gerencial dos hospitais filantrópicos no Brasil, a partir de dados de um estudo nacional desenvolvido ao longo de 2001. Foram incluídas aleatoriamente 66 entidades prestadoras de serviços ao SUS com menos de 599 leitos, 26 entidades com pelo menos 599 leitos e dez não prestadoras de serviços ao SUS. As análises realizadas são descritivas, focalizando a classificação do nível de desenvolvimento gerencial dos hospitais e (mais) aspectos concernentes ao uso de instrumentos gerenciais específicos, recursos humanos, serviços técnicos e terceirização de serviços. Foram identificados distintos níveis gerenciais, merecendo destaque o fato de 83% dos hospitais prestadores de serviços ao SUS com menos de 599 leitos terem sido classificados como incipientes. Discutem-se implicações do quadro observado para as políticas de assistência hospitalar no país, considerando a importância desse parque hospitalar. Resumo em inglês This paper presents the management characteristics of charity hospitals in Brazil, based on data from a national survey developed in 2001. The sample accounted for the random inclusion of 66 Brazilian Unified Health System (SUS) inpatient care providers with less than 599 beds and all 26 hospitals with at least 599 beds. It also included 10 institutions assumed as non-providers of services to the SUS. The analyses are descriptive, focusing on the classification of the hos (mais) pitals according to their managerial development level, as well as selected issues regarding the utilization of specific managerial technologies, human resources, technical services, and services contracting. Distinct managerial levels were identified, but it is important to note that 83% of the SUS providers with less than 599 beds were classified as having incipient management. The authors discuss implications of the findings for inpatient care policies, considering the importance of charity hospitals for the Brazilian Health System.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Orientações adotadas nas maternidades dos hospitais-escola do Brasil, sobre posição de dormir/ Instructions from teaching hospital maternity wards to parents concerning the sleeping position of newborns

Nunes, Magda Lahorgue; Martins, Maurer Pereira; Nelson, Edmund Anthony Severn; Cowan, Stephanie; Cafferata, Maria Luisa; Costa, Jaderson Costa da
2002-06-01

Resumo em português A posição prona para dormir, tem sido relacionada como fator de risco para síndrome da morte súbita do lactente (SMSL). Com o objetivo de identificar qual a posição preferencial para dormir adotada nos hospitais, que orientações são fornecidas aos pais de recém-nascidos sobre a posição preferencial para dormir durante o primeiro ano de vida e prevenção de SMSL, realizamos estudo multicentrico por meio de questionário, sendo selecionados hospitais com progra (mais) ma de Residência Médica em Pediatria. Analisamos as informações referentes a 55 instituições, cuja média de nascimentos/ano variou entre 240 e 11.000 (mediana 2.750). O decúbito lateral é a posição preferencial para dormir (44,4%) e a mais orientada para uso domiciliar (67%). Concluímos que, a recomendação da posição supina ao dormir e orientações para prevenção da SMSL, não têm sido realizadas na rotina dos hospitais pesquisados. Entretanto, na alta hospitalar, o incentivo ao aleitamento materno e a importância das imunizações, são enfatizados em 100% das instituições e recomendações sobre evitar fumo, em 85%. Resumo em inglês The prone sleeping position has been causally linked to sudden infant death syndrome (SIDS). This survey aimed to determine whether maternity hospitals in Brazil were promoting the prone sleeping position for newborns. Information was also collected on SIDS prevention messages. The study adopted a multicenter collaborative approach in hospitals with training in pediatrics, using questionnaires. Correctly completed questionnaires were received from 55 hospitals. The number (mais) of deliveries/year varied at the hospitals from 240 to 11,000 (median 2,750). The majority of hospitals encouraged the lateral (side) sleeping position in the normal care nurseries (44.4%) and at discharge (67%). In conclusion, the majority of hospitals surveyed are not promoting the supine sleeping position or any other intervention for SIDS prevention, although verbal information is provided to parents about breastfeeding (100%), immunization (100%), and smoking (85%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Orientações adotadas nas maternidades dos hospitais-escola do Brasil, sobre posição de dormir/ Instructions from teaching hospital maternity wards to parents concerning the sleeping position of newborns

Nunes, Magda Lahorgue; Martins, Maurer Pereira; Nelson, Edmund Anthony Severn; Cowan, Stephanie; Cafferata, Maria Luisa; Costa, Jaderson Costa da
2002-06-01

Resumo em português A posição prona para dormir, tem sido relacionada como fator de risco para síndrome da morte súbita do lactente (SMSL). Com o objetivo de identificar qual a posição preferencial para dormir adotada nos hospitais, que orientações são fornecidas aos pais de recém-nascidos sobre a posição preferencial para dormir durante o primeiro ano de vida e prevenção de SMSL, realizamos estudo multicentrico por meio de questionário, sendo selecionados hospitais com progra (mais) ma de Residência Médica em Pediatria. Analisamos as informações referentes a 55 instituições, cuja média de nascimentos/ano variou entre 240 e 11.000 (mediana 2.750). O decúbito lateral é a posição preferencial para dormir (44,4%) e a mais orientada para uso domiciliar (67%). Concluímos que, a recomendação da posição supina ao dormir e orientações para prevenção da SMSL, não têm sido realizadas na rotina dos hospitais pesquisados. Entretanto, na alta hospitalar, o incentivo ao aleitamento materno e a importância das imunizações, são enfatizados em 100% das instituições e recomendações sobre evitar fumo, em 85%. Resumo em inglês The prone sleeping position has been causally linked to sudden infant death syndrome (SIDS). This survey aimed to determine whether maternity hospitals in Brazil were promoting the prone sleeping position for newborns. Information was also collected on SIDS prevention messages. The study adopted a multicenter collaborative approach in hospitals with training in pediatrics, using questionnaires. Correctly completed questionnaires were received from 55 hospitals. The number (mais) of deliveries/year varied at the hospitals from 240 to 11,000 (median 2,750). The majority of hospitals encouraged the lateral (side) sleeping position in the normal care nurseries (44.4%) and at discharge (67%). In conclusion, the majority of hospitals surveyed are not promoting the supine sleeping position or any other intervention for SIDS prevention, although verbal information is provided to parents about breastfeeding (100%), immunization (100%), and smoking (85%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Indicadores de segurança do paciente para hospitais de pacientes agudos: revisão sistemática/ Patient safety indicators for acute care hospitals: a systematic review

Gouvêa, Carla Simone Duarte de; Travassos, Claudia
2010-06-01

Resumo em português Foi realizada uma revisão sistemática para identificar as estratégias utilizadas no desenvolvimento de indicadores de segurança do paciente para hospitais de pacientes agudos. As fontes de dados utilizadas foram: MEDLINE, EMBASE, sítios na Internet e referências bibliográficas dos documentos selecionados. Foram incluídos 14 projetos de desenvolvimento de indicadores. O uso de diversos termos relacionados à qualidade e segurança do paciente foi observado com defi (mais) nições variadas. A revisão da literatura e a participação de especialistas e outras representações caracterizaram os projetos. Dos 285 indicadores identificados, 125 foram classificados em mais de uma dimensão da qualidade. A combinação mais freqüente foi segurança e efetividade. Identificou-se um número maior de indicadores sobre medicamentos, e a maioria representa informações de resultado. Observou-se a importância de considerar no desenvolvimento dos indicadores variações culturais, da prática clínica, a disponibilidade dos sistemas de informação e a capacidade de hospitais para implementar sistemas de monitoramento efetivos. Resumo em inglês A systematic review was conducted to identify the strategies used in the development of patient safety indicators for acute care hospitals. The data sources were MEDLINE, EMBASE, websites, and reference lists from articles and documents. Fourteen projects on the development of indicators were included. The review showed the use of different terms with varying definitions of quality and patient safety. The literature review and participation by specialists and other stakeh (mais) olders characterized the projects. Of the 285 identified indicators, 125 were classified in more than one quality dimension. The most frequent combination was safety and effectiveness. Most were medication indicators, and more than half were outcome indicators. In developing patient safety indicators, the results show the importance of considering variations in culture and medical practice, the availability of information systems, and the capacity of hospitals and health systems to implement effective monitoring systems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Indicadores de segurança do paciente para hospitais de pacientes agudos: revisão sistemática/ Patient safety indicators for acute care hospitals: a systematic review

Gouvêa, Carla Simone Duarte de; Travassos, Claudia
2010-06-01

Resumo em português Foi realizada uma revisão sistemática para identificar as estratégias utilizadas no desenvolvimento de indicadores de segurança do paciente para hospitais de pacientes agudos. As fontes de dados utilizadas foram: MEDLINE, EMBASE, sítios na Internet e referências bibliográficas dos documentos selecionados. Foram incluídos 14 projetos de desenvolvimento de indicadores. O uso de diversos termos relacionados à qualidade e segurança do paciente foi observado com defi (mais) nições variadas. A revisão da literatura e a participação de especialistas e outras representações caracterizaram os projetos. Dos 285 indicadores identificados, 125 foram classificados em mais de uma dimensão da qualidade. A combinação mais freqüente foi segurança e efetividade. Identificou-se um número maior de indicadores sobre medicamentos, e a maioria representa informações de resultado. Observou-se a importância de considerar no desenvolvimento dos indicadores variações culturais, da prática clínica, a disponibilidade dos sistemas de informação e a capacidade de hospitais para implementar sistemas de monitoramento efetivos. Resumo em inglês A systematic review was conducted to identify the strategies used in the development of patient safety indicators for acute care hospitals. The data sources were MEDLINE, EMBASE, websites, and reference lists from articles and documents. Fourteen projects on the development of indicators were included. The review showed the use of different terms with varying definitions of quality and patient safety. The literature review and participation by specialists and other stakeh (mais) olders characterized the projects. Of the 285 identified indicators, 125 were classified in more than one quality dimension. The most frequent combination was safety and effectiveness. Most were medication indicators, and more than half were outcome indicators. In developing patient safety indicators, the results show the importance of considering variations in culture and medical practice, the availability of information systems, and the capacity of hospitals and health systems to implement effective monitoring systems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Análise Envoltória de Dados na avaliação de hospitais públicos nas capitais brasileiras/ Data envelopment analysis for evaluating public hospitals in Brazilian state capitals

Gonçalves, Antonio C; Noronha, Cláudio P; Lins, Marcos PE; Almeida, Renan MVR
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Aplicar a metodologia de Análise Envoltória de Dados na avaliação do desempenho de hospitais públicos em termos das internações em suas clínicas médicas. MÉTODOS: A eficiência dos hospitais foi medida a partir do desempenho de unidades de decisão nas variáveis estudadas para cada hospital, no ano 2000. Foram analisados dados referentes às internações em clínica médica dos hospitais SUS das capitais estaduais do Brasil e Distrito Federal (taxas (mais) de mortalidade e tempo médio de internação, valor médio da internação e perfil de doenças). A técnica de análise de correlação canônica foi introduzida na restrição do intervalo de variação das variáveis. O modelo Constant Returns to Scale foi utilizado para gerar escores que permitissem avaliar a eficiência das unidades. A partir dos escores obtidos, os municípios foram classificados de acordo com seu desempenho relativo nas variáveis analisadas. Procurou-se correlação entre os escores de classificação com variáveis exógenas: despesas com programas de saúde básica por habitante e índice de desenvolvimento humano das capitais. RESULTADOS: Nos hospitais estudados se destacaram as doenças do aparelho circulatório (23,6% das internações); e a taxa de mortalidade foi de 10,3% das internações. Das 27 capitais, quatro alcançaram 100% de eficiência (Palmas, Macapá, Teresina e Goiânia), sete ficaram entre 85% e 100%, dez entre 70% e 85% e dez com menos de 70%. CONCLUSÕES: A ferramenta utilizada mostrou ser aplicável para a avaliação de desempenho de hospitais públicos, revelando a grande variabilidade entre as capitais brasileiras, no que se refere às internações em clínica médica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To apply the Data Envelopment Analysis (DEA) methodology for evaluating the performance of public hospitals, in terms of clinical medical admissions. METHODS: The efficiency of the hospitals was measured according to the performance of decision-making units in relation to the variables studied for each hospital, in the year 2000. Data relating to clinical medical admissions in hospitals within the public system in Brazilian state capitals and Federal District ( (mais) mortality rate, mean length of stay, mean cost of stay and disease profile) were analyzed. The canonical correlation analysis technique was introduced to restrict the variation range of the variables used. The constant returns to scale model was used to generate scores that would enable assessment of the efficiency of the units. From the scores obtained, these cities were classified according to their relative performance in the variables analyzed. It was sought to correlate between the classification scores and the exogenous variables of the expenditure on primary care programs per inhabitant and the human development index for each state capital. RESULTS: In the hospitals studied, circulatory diseases were the most prevalent (23.6% of admissions), and the mortality rate was 10.3% of admissions. Among the 27 state capitals, four reached 100% efficiency (Palmas, Macapá, Teresina and Goiânia), seven were between 85 and 100%, ten were between 70 and 85% and ten had efficiency of less than 70%. CONCLUSIONS: The tool utilized was shown to be applicable for evaluating the performance of public hospitals. It revealed large variations among the Brazilian state capitals in relation to clinical medical admissions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Análise Envoltória de Dados na avaliação de hospitais públicos nas capitais brasileiras/ Data envelopment analysis for evaluating public hospitals in Brazilian state capitals

Gonçalves, Antonio C; Noronha, Cláudio P; Lins, Marcos PE; Almeida, Renan MVR
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Aplicar a metodologia de Análise Envoltória de Dados na avaliação do desempenho de hospitais públicos em termos das internações em suas clínicas médicas. MÉTODOS: A eficiência dos hospitais foi medida a partir do desempenho de unidades de decisão nas variáveis estudadas para cada hospital, no ano 2000. Foram analisados dados referentes às internações em clínica médica dos hospitais SUS das capitais estaduais do Brasil e Distrito Federal (taxas (mais) de mortalidade e tempo médio de internação, valor médio da internação e perfil de doenças). A técnica de análise de correlação canônica foi introduzida na restrição do intervalo de variação das variáveis. O modelo Constant Returns to Scale foi utilizado para gerar escores que permitissem avaliar a eficiência das unidades. A partir dos escores obtidos, os municípios foram classificados de acordo com seu desempenho relativo nas variáveis analisadas. Procurou-se correlação entre os escores de classificação com variáveis exógenas: despesas com programas de saúde básica por habitante e índice de desenvolvimento humano das capitais. RESULTADOS: Nos hospitais estudados se destacaram as doenças do aparelho circulatório (23,6% das internações); e a taxa de mortalidade foi de 10,3% das internações. Das 27 capitais, quatro alcançaram 100% de eficiência (Palmas, Macapá, Teresina e Goiânia), sete ficaram entre 85% e 100%, dez entre 70% e 85% e dez com menos de 70%. CONCLUSÕES: A ferramenta utilizada mostrou ser aplicável para a avaliação de desempenho de hospitais públicos, revelando a grande variabilidade entre as capitais brasileiras, no que se refere às internações em clínica médica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To apply the Data Envelopment Analysis (DEA) methodology for evaluating the performance of public hospitals, in terms of clinical medical admissions. METHODS: The efficiency of the hospitals was measured according to the performance of decision-making units in relation to the variables studied for each hospital, in the year 2000. Data relating to clinical medical admissions in hospitals within the public system in Brazilian state capitals and Federal District ( (mais) mortality rate, mean length of stay, mean cost of stay and disease profile) were analyzed. The canonical correlation analysis technique was introduced to restrict the variation range of the variables used. The constant returns to scale model was used to generate scores that would enable assessment of the efficiency of the units. From the scores obtained, these cities were classified according to their relative performance in the variables analyzed. It was sought to correlate between the classification scores and the exogenous variables of the expenditure on primary care programs per inhabitant and the human development index for each state capital. RESULTS: In the hospitals studied, circulatory diseases were the most prevalent (23.6% of admissions), and the mortality rate was 10.3% of admissions. Among the 27 state capitals, four reached 100% efficiency (Palmas, Macapá, Teresina and Goiânia), seven were between 85 and 100%, ten were between 70 and 85% and ten had efficiency of less than 70%. CONCLUSIONS: The tool utilized was shown to be applicable for evaluating the performance of public hospitals. It revealed large variations among the Brazilian state capitals in relation to clinical medical admissions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Avaliação de desempenho e integração docente-assistencial nos hospitais universitários/ Assessment of teaching-health care integration and performance in university hospitals/ Evaluación del desempeño e integración docente-asistencial en los hospitales universitarios

Lobo, Maria Stella de Castro; Lins, Marcos Pereira Estellita; Silva, Angela Cristina Moreira da; Fiszman, Roberto
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o desempenho e a integração entre as dimensões de assistência e de ensino dos hospitais universitários brasileiros. MÉTODOS: Um modelo de data envelopment analysis em redes (network DEA) foi elaborado para aferir o desempenho de hospitais universitários federais, o qual permite considerar a relação entre as dimensões de ensino e de assistência, simultaneamente. Foram utilizados os dados do Sistema de Informação dos Hospitais Universitários (mais) do Ministério da Educação, referentes ao segundo semestre de 2003, e os resultados do modelo network foram comparados àqueles dos modelos DEA tradicionais para avaliação das vantagens da nova proposta metodológica. RESULTADOS: A eficiência dos hospitais avaliados variou entre 0,19 e 1,00 (média = 0,54). O escore dimensional mostrou que os hospitais priorizam o ganho de eficiência assistencial. Observou-se que há necessidade de dobrar o número de alunos de medicina e de aumentar os residentes em 14% para que se tornem eficientes na dimensão de ensino. CONCLUSÕES: O modelo mostrou utilidade de aplicação tanto para os gestores das unidades, visando à integração docente-assistencial, como para os órgãos reguladores, na definição de políticas e incentivos. Resumo em espanhol OBJETIVO: Evaluar el desempeño y la integración entre las dimensiones de asistencia y de enseñanza de los hospitales universitarios brasileros. MÉTODOS: Un modelo de data envelopment analysis en redes (network DEA) fue elaborado para contrastar el desempeño de hospitales universitarios federales, permitiendo considerar la relación entre las dimensiones de enseñanza y de asistencia, simultáneamente. Fueron utilizados los datos del Sistema de Información de los Hos (mais) pitales Universitarios del Ministerio de Educación de Brasil, correspondientes al segundo semestre de 2003, y los resultados del modelo network fueron comparados con aquellos modelos DEA tradicionales para evaluación de las ventajas de la nueva propuesta metodológica. RESULTADOS: La eficiencia de los hospitales evaluados varió entre 0,19 y 1,00 (promedio=0,54). El escore dimensional mostró que los hospitales priorizan la ganancia de eficiencia asistencial. Se observó que, para obtener eficiencia en la dimensión de enseñanza, hay necesidad de duplicar el número de alumnos de medicina y de aumentar los residentes en 14% para que se tornen eficientes en la dimensión de enseñanza. CONCLUSIONES: El modelo mostró utilidad de aplicación tanto para los gestores de las unidades, buscando la integración docente-asistencial, como para los órganos reguladores, en la definición de políticas e incentivos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the performance and integration between the health care and teaching dimensions in Brazilian university hospitals. METHODS: A network data envelopment analysis (DEA) model was designed to measure the performance of federal university hospitals, which enables the relationship between the teaching and health care dimensions to be considered simultaneously. Data from the Ministry of Education Information System of University Hospitals, in the second seme (mais) ster of 2003, were used. Results of the network model were compared to those of classical DEA models to assess the advantages of the new methodological proposal. RESULTS: The efficiency of the hospitals assessed varied between 0.19 and 1.00 (mean = 0.54). The dimensional score showed that hospitals prioritize the gain in health care efficiency. It was observed that there was a need to double the number of medical students and increase the number of residents by 14% to obtain efficiency in the teaching dimension. CONCLUSIONS: The model was useful for both unit managers, aiming to integrate teaching and health care, and regulatory organizations, when defining policies and incentives.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Avaliação de desempenho e integração docente-assistencial nos hospitais universitários/ Assessment of teaching-health care integration and performance in university hospitals/ Evaluación del desempeño e integración docente-asistencial en los hospitales universitarios

Lobo, Maria Stella de Castro; Lins, Marcos Pereira Estellita; Silva, Angela Cristina Moreira da; Fiszman, Roberto
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o desempenho e a integração entre as dimensões de assistência e de ensino dos hospitais universitários brasileiros. MÉTODOS: Um modelo de data envelopment analysis em redes (network DEA) foi elaborado para aferir o desempenho de hospitais universitários federais, o qual permite considerar a relação entre as dimensões de ensino e de assistência, simultaneamente. Foram utilizados os dados do Sistema de Informação dos Hospitais Universitários (mais) do Ministério da Educação, referentes ao segundo semestre de 2003, e os resultados do modelo network foram comparados àqueles dos modelos DEA tradicionais para avaliação das vantagens da nova proposta metodológica. RESULTADOS: A eficiência dos hospitais avaliados variou entre 0,19 e 1,00 (média = 0,54). O escore dimensional mostrou que os hospitais priorizam o ganho de eficiência assistencial. Observou-se que há necessidade de dobrar o número de alunos de medicina e de aumentar os residentes em 14% para que se tornem eficientes na dimensão de ensino. CONCLUSÕES: O modelo mostrou utilidade de aplicação tanto para os gestores das unidades, visando à integração docente-assistencial, como para os órgãos reguladores, na definição de políticas e incentivos. Resumo em espanhol OBJETIVO: Evaluar el desempeño y la integración entre las dimensiones de asistencia y de enseñanza de los hospitales universitarios brasileros. MÉTODOS: Un modelo de data envelopment analysis en redes (network DEA) fue elaborado para contrastar el desempeño de hospitales universitarios federales, permitiendo considerar la relación entre las dimensiones de enseñanza y de asistencia, simultáneamente. Fueron utilizados los datos del Sistema de Información de los Hos (mais) pitales Universitarios del Ministerio de Educación de Brasil, correspondientes al segundo semestre de 2003, y los resultados del modelo network fueron comparados con aquellos modelos DEA tradicionales para evaluación de las ventajas de la nueva propuesta metodológica. RESULTADOS: La eficiencia de los hospitales evaluados varió entre 0,19 y 1,00 (promedio=0,54). El escore dimensional mostró que los hospitales priorizan la ganancia de eficiencia asistencial. Se observó que, para obtener eficiencia en la dimensión de enseñanza, hay necesidad de duplicar el número de alumnos de medicina y de aumentar los residentes en 14% para que se tornen eficientes en la dimensión de enseñanza. CONCLUSIONES: El modelo mostró utilidad de aplicación tanto para los gestores de las unidades, buscando la integración docente-asistencial, como para los órganos reguladores, en la definición de políticas e incentivos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the performance and integration between the health care and teaching dimensions in Brazilian university hospitals. METHODS: A network data envelopment analysis (DEA) model was designed to measure the performance of federal university hospitals, which enables the relationship between the teaching and health care dimensions to be considered simultaneously. Data from the Ministry of Education Information System of University Hospitals, in the second seme (mais) ster of 2003, were used. Results of the network model were compared to those of classical DEA models to assess the advantages of the new methodological proposal. RESULTS: The efficiency of the hospitals assessed varied between 0.19 and 1.00 (mean = 0.54). The dimensional score showed that hospitals prioritize the gain in health care efficiency. It was observed that there was a need to double the number of medical students and increase the number of residents by 14% to obtain efficiency in the teaching dimension. CONCLUSIONS: The model was useful for both unit managers, aiming to integrate teaching and health care, and regulatory organizations, when defining policies and incentives.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Mortalidade hospitalar e tempo de permanência: comparação entre hospitais públicos e privados na região de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil/ Hospital mortality and length of stay: comparison between public and private hospitals in Ribeirão Preto, São Paulo State, Brazil

Martins, Mônica; Blais, Régis; Leite, Iúri da Costa
2004-01-01

Resumo em português A avaliação de desempenho dos serviços de saúde é essencial. A comparação de indicadores de desempenho requer o uso de estratégias de ajuste de risco. O objetivo deste artigo é avaliar variações no desempenho clínico, mensurado pela mortalidade e pelo tempo de permanência, entre hospitais públicos e privados, levando em conta diferenças nas características dos pacientes tratados. Este estudo é limitado à região de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. En (mais) tre os anos de 1996 e 1998, 32.906 pacientes admitidos com diagnósticos cardiovasculares e respiratórios foram estudados. As variáveis usadas para o ajuste de risco dos indicadores de desempenho foram: sexo, idade, diagnóstico principal e medidas de gravidade baseada em comorbidade. Os resultados mostraram que o desempenho clínico dos hospitais públicos, mensurado pela mortalidade hospitalar ajustada (razão de chance = 0,41), é superior ao dos privados. Os hospitais públicos e privados não foram estatisticamente diferentes com relação ao tempo de permanência dos pacientes. Ainda que problemas conceituais e metodológicos devam ser resolvidos, taxa de mortalidade e outros indicadores de desempenho ajustados devem ser considerados como instrumentos úteis para identificar problemas de desempenho dos serviços de saúde. Resumo em inglês Performance assessment in health services is essential. The comparison of performance indicators requires the use of risk adjustment strategies. The objective of this paper was to assess variations in clinical performance, measured by hospital mortality and length of stay, between private and public hospitals, while taking into account the hospital case mix. This study is located in the Ribeirão Preto region in São Paulo State, Brazil. From 1996 to 1998, 32,906 patients (mais) admitted with cardiovascular and respiratory diagnoses were studied. Variables used for risk adjustment of performance indicators were: sex, age, principal diagnosis, and severity measures based on co-morbidity. Clinical performance in public hospitals as measured by adjusted hospital mortality (OR = 0.41) was better than in private hospitals. Public and private hospitals were not statistically different concerning patients' length of stay. Although some conceptual and methodological problems persist, hospital mortality and other adjusted performance indicators should be considered as useful tools to identify health services' performance problems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Mortalidade hospitalar e tempo de permanência: comparação entre hospitais públicos e privados na região de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil/ Hospital mortality and length of stay: comparison between public and private hospitals in Ribeirão Preto, São Paulo State, Brazil

Martins, Mônica; Blais, Régis; Leite, Iúri da Costa
2004-01-01

Resumo em português A avaliação de desempenho dos serviços de saúde é essencial. A comparação de indicadores de desempenho requer o uso de estratégias de ajuste de risco. O objetivo deste artigo é avaliar variações no desempenho clínico, mensurado pela mortalidade e pelo tempo de permanência, entre hospitais públicos e privados, levando em conta diferenças nas características dos pacientes tratados. Este estudo é limitado à região de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. En (mais) tre os anos de 1996 e 1998, 32.906 pacientes admitidos com diagnósticos cardiovasculares e respiratórios foram estudados. As variáveis usadas para o ajuste de risco dos indicadores de desempenho foram: sexo, idade, diagnóstico principal e medidas de gravidade baseada em comorbidade. Os resultados mostraram que o desempenho clínico dos hospitais públicos, mensurado pela mortalidade hospitalar ajustada (razão de chance = 0,41), é superior ao dos privados. Os hospitais públicos e privados não foram estatisticamente diferentes com relação ao tempo de permanência dos pacientes. Ainda que problemas conceituais e metodológicos devam ser resolvidos, taxa de mortalidade e outros indicadores de desempenho ajustados devem ser considerados como instrumentos úteis para identificar problemas de desempenho dos serviços de saúde. Resumo em inglês Performance assessment in health services is essential. The comparison of performance indicators requires the use of risk adjustment strategies. The objective of this paper was to assess variations in clinical performance, measured by hospital mortality and length of stay, between private and public hospitals, while taking into account the hospital case mix. This study is located in the Ribeirão Preto region in São Paulo State, Brazil. From 1996 to 1998, 32,906 patients (mais) admitted with cardiovascular and respiratory diagnoses were studied. Variables used for risk adjustment of performance indicators were: sex, age, principal diagnosis, and severity measures based on co-morbidity. Clinical performance in public hospitals as measured by adjusted hospital mortality (OR = 0.41) was better than in private hospitals. Public and private hospitals were not statistically different concerning patients' length of stay. Although some conceptual and methodological problems persist, hospital mortality and other adjusted performance indicators should be considered as useful tools to identify health services' performance problems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Sob o domínio da urgência: a prática de diretores de hospitais públicos do Rio de Janeiro, Brasil/ Under the aegis of urgency: management practices by public hospital directors in Rio de Janeiro, Brazil

Azevedo, Creuza da Silva; Fernandes, Maria Inês Assumpção; Carreteiro, Tereza Cristina
2007-10-01

Resumo em português Este artigo apresenta o resultado de uma pesquisa sobre a prática gerencial em hospitais públicos - hospitais gerais com emergência do Município do Rio de Janeiro, Brasil -, desenvolvida mediante a perspectiva psicossociológica de análise das organizações. Em um universo de 12 hospitais, 8 foram incluídos no estudo, realizado entre julho de 2003 e abril de 2004. A investigação, desenvolvida pela narrativa dos diretores de hospitais, identificou três modalidade (mais) s de prática gerencial. Em uma primeira, vislumbram-se processos de mudança, ganhando destaque elementos simbólicos e imaginários envolvidos na construção de uma visão de futuro dos hospitais. Uma segunda modalidade de prática pauta-se por projetos específicos que se tornam objeto de investimento da gestão. Um terceiro modelo, dominante na investigação, estaria marcado pela luta para fazer funcionar o hospital, tendo como motor o imaginário da urgência. A ação contínua se impõe, não havendo brechas para a reflexão. A crise dos hospitais públicos no Rio de Janeiro foi levando a um contexto de "guerra" e de generalização do modelo da urgência. Resumo em inglês This article discusses management practices in public hospitals (general hospitals with emergency services) in the city of Rio de Janeiro, Brazil, based on a psychosociological approach to organizational analysis. Of the 12 existing hospitals, 8 were included in the current study, conducted from July 2003 to April 2004. The research, drawing on hospital directors' narratives, identified three management models. The first focuses on processes of change, highlighting symbol (mais) ic and imaginative elements for building a vision of the future for the hospitals. The second concentrates on specific projects, which absorbs all the management efforts. A third pattern (predominant in the study) is marked by the struggle to keep the hospital working, with the image of urgency as the driving force. The imposition of continuous action leaves no room for reflection. The crisis in Rio de Janeiro's public hospitals has led to a "wartime" environment and thus the dissemination of the urgency-based model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Sob o domínio da urgência: a prática de diretores de hospitais públicos do Rio de Janeiro, Brasil/ Under the aegis of urgency: management practices by public hospital directors in Rio de Janeiro, Brazil

Azevedo, Creuza da Silva; Fernandes, Maria Inês Assumpção; Carreteiro, Tereza Cristina
2007-10-01

Resumo em português Este artigo apresenta o resultado de uma pesquisa sobre a prática gerencial em hospitais públicos - hospitais gerais com emergência do Município do Rio de Janeiro, Brasil -, desenvolvida mediante a perspectiva psicossociológica de análise das organizações. Em um universo de 12 hospitais, 8 foram incluídos no estudo, realizado entre julho de 2003 e abril de 2004. A investigação, desenvolvida pela narrativa dos diretores de hospitais, identificou três modalidade (mais) s de prática gerencial. Em uma primeira, vislumbram-se processos de mudança, ganhando destaque elementos simbólicos e imaginários envolvidos na construção de uma visão de futuro dos hospitais. Uma segunda modalidade de prática pauta-se por projetos específicos que se tornam objeto de investimento da gestão. Um terceiro modelo, dominante na investigação, estaria marcado pela luta para fazer funcionar o hospital, tendo como motor o imaginário da urgência. A ação contínua se impõe, não havendo brechas para a reflexão. A crise dos hospitais públicos no Rio de Janeiro foi levando a um contexto de "guerra" e de generalização do modelo da urgência. Resumo em inglês This article discusses management practices in public hospitals (general hospitals with emergency services) in the city of Rio de Janeiro, Brazil, based on a psychosociological approach to organizational analysis. Of the 12 existing hospitals, 8 were included in the current study, conducted from July 2003 to April 2004. The research, drawing on hospital directors' narratives, identified three management models. The first focuses on processes of change, highlighting symbol (mais) ic and imaginative elements for building a vision of the future for the hospitals. The second concentrates on specific projects, which absorbs all the management efforts. A third pattern (predominant in the study) is marked by the struggle to keep the hospital working, with the image of urgency as the driving force. The imposition of continuous action leaves no room for reflection. The crisis in Rio de Janeiro's public hospitals has led to a "wartime" environment and thus the dissemination of the urgency-based model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Uso da informação na gestão de hospitais públicos/ Information use in public hospital management

Escrivão Junior, Álvaro
2007-06-01

Resumo em português Analisa-se a utilização da informação para a tomada de decisão, segundo a visão dos diretores e dos responsáveis pela área de informações dos 24 hospitais públicos estaduais da administração direta da Região Metropolitana de São Paulo, assim como alguns aspectos relativos aos sistemas de informação existentes. Os resultados mostram que esses hospitais produzem um considerável volume de dados, embora com lacunas importantes, e que muitos gestores desconhe (mais) cem a existência de tais informações ou não as utilizam adequadamente para subsidiar a gestão hospitalar. Resumo em inglês This study investigates managerial perceptions of the use of information in health management and planning in 24 Public Hospitals in the São Paulo Metropolitan Region, analyzing its usefulness for the decision-making process. In addition, some characteristics of the existing information system are studied. The findings show that ample amounts of information and data are available in the hospitals covered by this study, despite some gaps, and that managers do not know about the existing data and do not use this information to guide hospital management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Uso da informação na gestão de hospitais públicos/ Information use in public hospital management

Escrivão Junior, Álvaro
2007-06-01

Resumo em português Analisa-se a utilização da informação para a tomada de decisão, segundo a visão dos diretores e dos responsáveis pela área de informações dos 24 hospitais públicos estaduais da administração direta da Região Metropolitana de São Paulo, assim como alguns aspectos relativos aos sistemas de informação existentes. Os resultados mostram que esses hospitais produzem um considerável volume de dados, embora com lacunas importantes, e que muitos gestores desconhe (mais) cem a existência de tais informações ou não as utilizam adequadamente para subsidiar a gestão hospitalar. Resumo em inglês This study investigates managerial perceptions of the use of information in health management and planning in 24 Public Hospitals in the São Paulo Metropolitan Region, analyzing its usefulness for the decision-making process. In addition, some characteristics of the existing information system are studied. The findings show that ample amounts of information and data are available in the hospitals covered by this study, despite some gaps, and that managers do not know about the existing data and do not use this information to guide hospital management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Consentimento livre e esclarecido em odontologia nos hospitais públicos do Distrito Federal/ Informed consent for dentistry in public hospitals, Federal District, Brazil

Maluf, Fabiano; Carvalho, Gilberto Paiva de; Diniz Júnior, José Caubi; Bugarin Junior, João Geraldo; Garrafa, Volnei
2007-12-01

Resumo em português A individualidade e o poder de decisão dos indivíduos devem ser respeitados. A autonomia manifestada por meio do consentimento livre e esclarecido é a fonte de tal respeito. Este trabalho visou levantar dados sobre a realidade no uso do consentimento livre e esclarecido nos hospitais públicos do Distrito Federal. Um questionário foi encaminhado aos dentistas dos hospitais públicos para ser respondido. Os resultados obtidos demonstram que, no início do tratamento, � (mais) � utilizado o consentimento livre e esclarecido, de forma verbal, na maioria dos hospitais. Observam-se, ainda, equívocos na utilização e conceituação do consentimento livre e esclarecido. Os documentos misturam autorização do uso de imagem, com consentimento livre e esclarecido. Os documentos apresentam poucas informações e não esclarecem aspectos importantes do tratamento. Portanto, os cirurgiões-dentistas atuantes na rede pública hospitalar necessitam de um aprofundamento nos fundamentos bioéticos com o intuito de congregarem, ao princípio da beneficência, já consolidado e normatizado, o princípio da autonomia. Resumo em inglês Personal powers of decision and individuality must be respected, grounded on autonomy expressed through informed consent. This paper examines data on the actual use of informed consent in public hospitals in Brazil's Federal District. A questionnaire was completed by dentists in public hospitals, and its findings show that verbal informed consent is obtained at the start of treatment in most of the hospitals. Errors were noted in the use and conceptualization of informed (mais) consent. Failing to distinguish between image rights authorization and informed consent, the documents provide little information and do not explain important aspects of the treatment. Dentists practicing in the public hospital network thus need more detailed knowledge of basic bio-ethics in order to merge the long-consolidated and regulated principle of welfare with the principle of autonomy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Consentimento livre e esclarecido em odontologia nos hospitais públicos do Distrito Federal/ Informed consent for dentistry in public hospitals, Federal District, Brazil

Maluf, Fabiano; Carvalho, Gilberto Paiva de; Diniz Júnior, José Caubi; Bugarin Junior, João Geraldo; Garrafa, Volnei
2007-12-01

Resumo em português A individualidade e o poder de decisão dos indivíduos devem ser respeitados. A autonomia manifestada por meio do consentimento livre e esclarecido é a fonte de tal respeito. Este trabalho visou levantar dados sobre a realidade no uso do consentimento livre e esclarecido nos hospitais públicos do Distrito Federal. Um questionário foi encaminhado aos dentistas dos hospitais públicos para ser respondido. Os resultados obtidos demonstram que, no início do tratamento, � (mais) � utilizado o consentimento livre e esclarecido, de forma verbal, na maioria dos hospitais. Observam-se, ainda, equívocos na utilização e conceituação do consentimento livre e esclarecido. Os documentos misturam autorização do uso de imagem, com consentimento livre e esclarecido. Os documentos apresentam poucas informações e não esclarecem aspectos importantes do tratamento. Portanto, os cirurgiões-dentistas atuantes na rede pública hospitalar necessitam de um aprofundamento nos fundamentos bioéticos com o intuito de congregarem, ao princípio da beneficência, já consolidado e normatizado, o princípio da autonomia. Resumo em inglês Personal powers of decision and individuality must be respected, grounded on autonomy expressed through informed consent. This paper examines data on the actual use of informed consent in public hospitals in Brazil's Federal District. A questionnaire was completed by dentists in public hospitals, and its findings show that verbal informed consent is obtained at the start of treatment in most of the hospitals. Errors were noted in the use and conceptualization of informed (mais) consent. Failing to distinguish between image rights authorization and informed consent, the documents provide little information and do not explain important aspects of the treatment. Dentists practicing in the public hospital network thus need more detailed knowledge of basic bio-ethics in order to merge the long-consolidated and regulated principle of welfare with the principle of autonomy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Mecanismos de microrregulação aplicados por operadoras de planos de saúde sobre hospitais privados/ Mechanisms of microregulation of private hospitals by health plan operators/ Mecanismos de microregulación aplicados por operadoras de seguros de salud en hospitales privados

Ugá, Maria Alicia Domínguez; Vasconcellos, Miguel Murat; Lima, Sheyla Maria Lemos; Portela, Margareth Crisóstomo; Gerschman, Silvia
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar os mecanismos de microrregulação aplicados pelas operadoras de planos de saúde nas práticas de gestão da clínica e de qualificação assistencial em hospitais prestadores de serviços. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em inquérito de abrangência nacional, cujo universo foi constituído pelos hospitais prestadores de serviços às operadoras de planos de saúde em 2006. Foi construída uma amostra de 83 unidades, estratificada segundo macro (mais) rregião do Brasil e tipo de hospital. Os dados foram obtidos por meio de aplicação de questionário em entrevista aos dirigentes dos hospitais. RESULTADOS: A microrregulação que as operadoras de planos de saúde exercem sobre os hospitais em termos da qualificação da assistência foi muito baixa ou quase nula. A atuação das operadoras foi majoritariamente destinada ao intenso controle da quantidade de serviços utilizados pelos pacientes. Os hospitais que prestavam serviços a operadoras de planos de saúde não constituíam micro-sistemas de saúde paralelos ou suplementares ao Sistema Único de Saúde (SUS). Observou-se que os prestadores hospitalares privados eram majoritariamente vinculados ao SUS. Entretanto, não pertenciam à rede alguma de prestadores privados, ainda que fossem objeto de forte regulação da utilização de seus serviços, exercida pelas operadoras de planos de saúde. A intervenção das operadoras de planos de saúde enquanto gestoras de sistemas de cuidado foi incipiente ou quase ausente. Aproximadamente a metade dos hospitais declarou adotar diretrizes clínicas, enquanto apenas 25,4% afirmaram exercer a gestão da patologia e 30,5% mencionaram a gestão dos casos. CONCLUSÕES: As relações contratuais entre hospitais e operadoras de planos de saúde se constituem em contratos meramente comerciais com pouca ou nenhuma incorporação de aspectos relativos à qualidade da assistência contratada, limitando-se, em geral, a aspectos como definição de valores, de prazos e procedimentos para pagamento. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar los mecanismos de microregulación aplicados por las operadoras de seguro de salud en las prácticas de gestión de la clínica y de calificación asistencial en hospitales prestadores de servicios. MÉTODOS: Estudio transversal realizado en pesquisa de amplitud nacional, cuyo universo fue constituido por los hospitales prestadores de servicios a las operadoras de seguro de salud en 2006. Fue construida una muestra de 83 unidades, estratificada según m (mais) acroregión del Brasil y tipo de hospital. Los datos fueron obtenidos por medio de aplicación de cuestionario en entrevista a los directores de los hospitales.. RESULTADOS: La microregulación que las operadoras de seguro de salud ejercen sobre los hospitales en términos de la calificación de la asistencia fue muy baja o casi nula. La actuación de las operadoras fue mayoritariamente destinada al intenso control de la cantidad de servicios utilizados por los pacientes. Los hospitales que prestaban servicios a operadoras de seguro de salud no constituían micro-sistemas de salud paralelos o suplementarios al Sistema Único de Salud (SUS). Se observó que los prestadores hospitalarios privados eran mayoritariamente vinculados al SUS. Mientras tanto, no pertenecía a alguna red de prestadores privados, aún siendo objeto de fuerte regulación de la utilización de sus servicios, ejercida por las operadoras de seguros de salud. La intervención de las operadoras de seguros de salud con respecto a gestoras de sistemas de cuidado fue incipiente o casi ausente. Aproximadamente la mitad de los hospitales declaró adoptar directrices clínicas, mientras sólo 25,4% afirmaron ejercer la gestión de la patología y 30,5% mencionaron la gestión de los casos. CONCLUSIONES: Las relaciones contractuales entre hospitales y operadoras de seguros de salud se constituyen en contratos meramente comerciales con poca o ninguna incorporación de aspectos relativos a la calidad de la asistencia contratada, limitándose, en general, a aspectos como definición de valores, de plazos y procedimientos para pagamento. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the mechanisms employed by health plan operators for microregulation of clinical management and health care qualification within care-providing hospitals. METHODS: A nation-wide cross-sectional study was carried out. The universe consisted of hospitals which provided care to health plan operators in 2006. A sample of 83 units was selected, stratified by Brazilian macroregion and type of hospital. Data were obtained by means of a questionnaire adminis (mais) tered to hospital managers. RESULTS: Microregulation of hospitals by health plan operators was minimal or almost absent in terms of health care qualification. Operator activity focused predominantly on intense control of the amount of services used by patients. Hospitals providing services to health plan operators did not constitute health micro-systems parallel or supplementary to the Sistema Único de Saúde (SUS - Brazilian National Health System). The private care-providing hospitals were predominantly associated with SUS. However, these did not belong to a private care-provider network, even though their service usage was subject to strong regulation by health plan operators. Operator intervention in the form of system management was incipient or virtually absent. Roughly one-half of investigated hospitals reported adopting clinical directives, whereas only 25.4% reported managing pathology and 30.5% reported managing cases. CONCLUSIONS: Contractual relationships between hospitals and health plan operators are merely commercial contracts with little if any incorporation of aspects related to the quality of care, being generally limited to aspects such as establishment of prices, timeframes, and payment procedures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Mecanismos de microrregulação aplicados por operadoras de planos de saúde sobre hospitais privados/ Mechanisms of microregulation of private hospitals by health plan operators/ Mecanismos de microregulación aplicados por operadoras de seguros de salud en hospitales privados

Ugá, Maria Alicia Domínguez; Vasconcellos, Miguel Murat; Lima, Sheyla Maria Lemos; Portela, Margareth Crisóstomo; Gerschman, Silvia
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar os mecanismos de microrregulação aplicados pelas operadoras de planos de saúde nas práticas de gestão da clínica e de qualificação assistencial em hospitais prestadores de serviços. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em inquérito de abrangência nacional, cujo universo foi constituído pelos hospitais prestadores de serviços às operadoras de planos de saúde em 2006. Foi construída uma amostra de 83 unidades, estratificada segundo macro (mais) rregião do Brasil e tipo de hospital. Os dados foram obtidos por meio de aplicação de questionário em entrevista aos dirigentes dos hospitais. RESULTADOS: A microrregulação que as operadoras de planos de saúde exercem sobre os hospitais em termos da qualificação da assistência foi muito baixa ou quase nula. A atuação das operadoras foi majoritariamente destinada ao intenso controle da quantidade de serviços utilizados pelos pacientes. Os hospitais que prestavam serviços a operadoras de planos de saúde não constituíam micro-sistemas de saúde paralelos ou suplementares ao Sistema Único de Saúde (SUS). Observou-se que os prestadores hospitalares privados eram majoritariamente vinculados ao SUS. Entretanto, não pertenciam à rede alguma de prestadores privados, ainda que fossem objeto de forte regulação da utilização de seus serviços, exercida pelas operadoras de planos de saúde. A intervenção das operadoras de planos de saúde enquanto gestoras de sistemas de cuidado foi incipiente ou quase ausente. Aproximadamente a metade dos hospitais declarou adotar diretrizes clínicas, enquanto apenas 25,4% afirmaram exercer a gestão da patologia e 30,5% mencionaram a gestão dos casos. CONCLUSÕES: As relações contratuais entre hospitais e operadoras de planos de saúde se constituem em contratos meramente comerciais com pouca ou nenhuma incorporação de aspectos relativos à qualidade da assistência contratada, limitando-se, em geral, a aspectos como definição de valores, de prazos e procedimentos para pagamento. Resumo em espanhol OBJETIVO: Analizar los mecanismos de microregulación aplicados por las operadoras de seguro de salud en las prácticas de gestión de la clínica y de calificación asistencial en hospitales prestadores de servicios. MÉTODOS: Estudio transversal realizado en pesquisa de amplitud nacional, cuyo universo fue constituido por los hospitales prestadores de servicios a las operadoras de seguro de salud en 2006. Fue construida una muestra de 83 unidades, estratificada según m (mais) acroregión del Brasil y tipo de hospital. Los datos fueron obtenidos por medio de aplicación de cuestionario en entrevista a los directores de los hospitales.. RESULTADOS: La microregulación que las operadoras de seguro de salud ejercen sobre los hospitales en términos de la calificación de la asistencia fue muy baja o casi nula. La actuación de las operadoras fue mayoritariamente destinada al intenso control de la cantidad de servicios utilizados por los pacientes. Los hospitales que prestaban servicios a operadoras de seguro de salud no constituían micro-sistemas de salud paralelos o suplementarios al Sistema Único de Salud (SUS). Se observó que los prestadores hospitalarios privados eran mayoritariamente vinculados al SUS. Mientras tanto, no pertenecía a alguna red de prestadores privados, aún siendo objeto de fuerte regulación de la utilización de sus servicios, ejercida por las operadoras de seguros de salud. La intervención de las operadoras de seguros de salud con respecto a gestoras de sistemas de cuidado fue incipiente o casi ausente. Aproximadamente la mitad de los hospitales declaró adoptar directrices clínicas, mientras sólo 25,4% afirmaron ejercer la gestión de la patología y 30,5% mencionaron la gestión de los casos. CONCLUSIONES: Las relaciones contractuales entre hospitales y operadoras de seguros de salud se constituyen en contratos meramente comerciales con poca o ninguna incorporación de aspectos relativos a la calidad de la asistencia contratada, limitándose, en general, a aspectos como definición de valores, de plazos y procedimientos para pagamento. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the mechanisms employed by health plan operators for microregulation of clinical management and health care qualification within care-providing hospitals. METHODS: A nation-wide cross-sectional study was carried out. The universe consisted of hospitals which provided care to health plan operators in 2006. A sample of 83 units was selected, stratified by Brazilian macroregion and type of hospital. Data were obtained by means of a questionnaire adminis (mais) tered to hospital managers. RESULTS: Microregulation of hospitals by health plan operators was minimal or almost absent in terms of health care qualification. Operator activity focused predominantly on intense control of the amount of services used by patients. Hospitals providing services to health plan operators did not constitute health micro-systems parallel or supplementary to the Sistema Único de Saúde (SUS - Brazilian National Health System). The private care-providing hospitals were predominantly associated with SUS. However, these did not belong to a private care-provider network, even though their service usage was subject to strong regulation by health plan operators. Operator intervention in the form of system management was incipient or virtually absent. Roughly one-half of investigated hospitals reported adopting clinical directives, whereas only 25.4% reported managing pathology and 30.5% reported managing cases. CONCLUSIONS: Contractual relationships between hospitals and health plan operators are merely commercial contracts with little if any incorporation of aspects related to the quality of care, being generally limited to aspects such as establishment of prices, timeframes, and payment procedures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Aspectos legais do aleitamento materno: cumprimento da lei por hospitais de médio e de grande porte de Maceió/ Legal aspects of breast-feeding: law compliance in medium and large hospitals in Maceió

Oliveira, Roseane Leite de; Silva, Adriana Nobre
2003-03-01

Resumo em português OBJETIVOS: verificar o cumprimento da legislação brasileira sobre o aleitamento materno por hospitais de médio e grande porte no município de Maceió, durante o ano 2000. MÉTODOS: estudo descritivo para o qual foram selecionados os hospitais públicos e privados de médio e grande porte de Maceió em que trabalhassem pelo menos 30 mulheres com mais de 16 anos de idade. As seguintes variáveis foram determinadas: número de funcionárias, disponibilidade de locais de (mais) amamentação e de berços em cada hospital. Os dados foram colhidos através de entrevista semi-estruturada, baseada na legislação vigente, e em visitas aos locais de guarda dos filhos das nutrizes. RESULTADOS: a) 17 hospitais concedem os 120 dias de licença-maternidade e os dois descansos de 30 minutos cada, destinados à amamentação conforme legislação; b) 10 não têm local reservado para os bebês de suas funcionárias; c) em relação as creches, nenhuma segue as normas básicas de funcionamento estabelecidas na legislação. CONCLUSÕES: os hospitais cumprem só parcialmente a legislação e existe descaso dos órgãos competentes na fiscalização do cumprimento das leis de proteção ao aleitamento materno. Resumo em inglês OBJECTIVES: to assess compliance to Brazilian legislation regarding breast-feeding in medium and large hospitals in the municipality of Maceió in 2000. METHODS: descriptive study selecting large and medium sized, public and private hospitals in Maceió employing at least 30 women over 16 years old. The following variables were established: number of employees, availability of breast-feeding facilities and of cribs in each of the hospitals. Data were collected through sem (mais) i-structured interviews based on current legislation, and visitation of locations where children being nursed were kept. RESULTS: a) 17 hospitals grant the 120 days maternity leave and the two 30 minutes break for breast-feeding purposes according to legislation; b) 10 do not have any facilities for the babies or their employees (mothers); c) as for day care centers none follow the basic rules established by law. CONCLUSIONS: hospitals are following only part of the law and there is no interest in the part of authorities in charge of enforcing the laws assuring breast-feeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Uma análise das operadoras de planos próprios de saúde dos hospitais filantrópicos no Brasil/ An analysis of managed care provided by charitable hospitals in Brazil

Ugá, Maria Alicia D.; Lima, Sheyla Maria Lemos; Portela, Margareth Crisóstomo; Vasconcellos, Miguel Murat; Barbosa, Pedro Ribeiro; Gerschman, Silvia
2008-01-01

Resumo em português Este artigo caracteriza os hospitais filantrópicos com operadoras de planos de saúde, as operadoras em si, considerando seu nível de autonomia em relação aos hospitais e seu grau de desenvolvimento gerencial a partir de um estudo nacional. Foi constituída uma amostra aleatória de hospitais individuais e considerado o universo dos conglomerados hospitalares. Considerando as recusas e substituições restaram 112 hospitais individuais e dez conglomerados hospitalares (mais) . As operadoras de hospitais filantrópicos não operam exatamente dentro do mercado de planos, onde se encontra a maior parte das operadoras - seguradoras, empresas de medicina de grupo e cooperativas médicas. Não se constituem como operadoras típicas, mas funcionam a partir de "dentro da própria entidade ou hospital", quase sempre em condições limitadas de estruturas de gestão e com pouca autonomia em relação às entidades que as abrigam. Observa-se um peso maior dos planos individuais em relação aos produtos coletivos, diferentemente do resto do mercado, o que além de outras determinações pode também ser decorrente de sua limitada capacidade gerencial. Resumo em inglês This article describes charitable hospitals in Brazil that provide managed care and the health management organizations themselves, considering the level of autonomy by the latter in relation to the hospitals and their degree of management development, based on a nationwide study. A random sample of individual hospitals was drawn from the hospital groups. After refusals and replacements, the final sample consisted of 112 individual hospitals and 10 hospital groups. The ch (mais) aritable hospitals' managed care plans do no operate precisely according to the overall Brazilian health plan market, in which most of the managed care is situated in insurance companies, group medicine, and medical cooperatives. Rather than operating as typical plans, they function "inside the organization or hospital itself", almost always with a limited management infrastructure and with little autonomy in relation to the organizations harboring them. Individual plans were more common than collective products, unlike the rest of the market, which may also result from the limited management capacity of these arrangements.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Uma análise das operadoras de planos próprios de saúde dos hospitais filantrópicos no Brasil/ An analysis of managed care provided by charitable hospitals in Brazil

Ugá, Maria Alicia D.; Lima, Sheyla Maria Lemos; Portela, Margareth Crisóstomo; Vasconcellos, Miguel Murat; Barbosa, Pedro Ribeiro; Gerschman, Silvia
2008-01-01

Resumo em português Este artigo caracteriza os hospitais filantrópicos com operadoras de planos de saúde, as operadoras em si, considerando seu nível de autonomia em relação aos hospitais e seu grau de desenvolvimento gerencial a partir de um estudo nacional. Foi constituída uma amostra aleatória de hospitais individuais e considerado o universo dos conglomerados hospitalares. Considerando as recusas e substituições restaram 112 hospitais individuais e dez conglomerados hospitalares (mais) . As operadoras de hospitais filantrópicos não operam exatamente dentro do mercado de planos, onde se encontra a maior parte das operadoras - seguradoras, empresas de medicina de grupo e cooperativas médicas. Não se constituem como operadoras típicas, mas funcionam a partir de "dentro da própria entidade ou hospital", quase sempre em condições limitadas de estruturas de gestão e com pouca autonomia em relação às entidades que as abrigam. Observa-se um peso maior dos planos individuais em relação aos produtos coletivos, diferentemente do resto do mercado, o que além de outras determinações pode também ser decorrente de sua limitada capacidade gerencial. Resumo em inglês This article describes charitable hospitals in Brazil that provide managed care and the health management organizations themselves, considering the level of autonomy by the latter in relation to the hospitals and their degree of management development, based on a nationwide study. A random sample of individual hospitals was drawn from the hospital groups. After refusals and replacements, the final sample consisted of 112 individual hospitals and 10 hospital groups. The ch (mais) aritable hospitals' managed care plans do no operate precisely according to the overall Brazilian health plan market, in which most of the managed care is situated in insurance companies, group medicine, and medical cooperatives. Rather than operating as typical plans, they function "inside the organization or hospital itself", almost always with a limited management infrastructure and with little autonomy in relation to the organizations harboring them. Individual plans were more common than collective products, unlike the rest of the market, which may also result from the limited management capacity of these arrangements.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Avaliação da existência de controle de infecção oral nos pacientes internados em hospitais do estado do Rio de Janeiro/ Evaluating the existence of oral infection control in patients admitted in state hospitals in Rio de Janeiro

Kahn, Sérgio; Garcia, Carlos Henrique; Galan Júnior, João; Namen, Fátima Maria; Machado, Walter Augusto Soares; Silva Júnior, Joel Alves da; Sardenberg, Eleanor Mobley Scofield; Egreja, André Medina
2008-12-01

Resumo em português O objetivo do presente estudo foi verificar a existência de um protocolo de controle de infecção oral nos hospitais do Estado do Rio de Janeiro. Foram avaliados 62 hospitais da rede pública e privada. Quando questionados se existia na instituição algum procedimento destinado aos pacientes internados (no caso de UTIs), 39% dos hospitais pesquisados responderam positivamente. Das instituições pesquisadas, apenas 15% possuem um protocolo regular para o controle de pl (mais) aca nos pacientes internados. Pesquisas têm demonstrado a inter-relação da doença periodontal com doenças sistêmicas, como doenças cardiovasculares, osteoporose, nascimento de bebês de baixo peso e parto prematuro, diabetes e doenças respiratórias. A cavidade oral tem sido considerada como um potente reservatório de patógenos respiratórios. Diante destes fatos, evidencia-se a importância da higiene bucal como um meio de se prevenir patologias diversas. Desta forma, existe a necessidade de se criar um protocolo de controle de infecção da cavidade oral para contribuir para a redução da mortalidade de pacientes internados e propor medidas preventivas para este fim. Resumo em inglês The aim of the present study is to ascertain whether an oral infection control protocol is being used in Rio de Janeiro State hospitals. Sixty two hospitals, both public and private have been surveyed. When asked whether any procedure was being adopted with admitted patients (in case of ICU patients), 39% of the hospitals responded positively. Among all institutions surveyed, only 15% conduct a regular plaque control protocol in admitted patients. Studies have shown that (mais) there is an inter-relationship between periodontal disease and systemic diseases, such as cardiovascular disease, osteoporosis, preterm births and low birthweight, diabetes and respiratory diseases. The oral cavity is considered a potent reservoir of respiratory pathogens. Based on these findings, it has become evident that oral hygiene is an important means of preventing a number of diseases. Thus the need arises not only to create an oral cavity infection control protocol that will contribute to reduce mortality in admitted patients but also to propose preventive measures towards this end.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Avaliação da existência de controle de infecção oral nos pacientes internados em hospitais do estado do Rio de Janeiro/ Evaluating the existence of oral infection control in patients admitted in state hospitals in Rio de Janeiro

Kahn, Sérgio; Garcia, Carlos Henrique; Galan Júnior, João; Namen, Fátima Maria; Machado, Walter Augusto Soares; Silva Júnior, Joel Alves da; Sardenberg, Eleanor Mobley Scofield; Egreja, André Medina
2008-12-01

Resumo em português O objetivo do presente estudo foi verificar a existência de um protocolo de controle de infecção oral nos hospitais do Estado do Rio de Janeiro. Foram avaliados 62 hospitais da rede pública e privada. Quando questionados se existia na instituição algum procedimento destinado aos pacientes internados (no caso de UTIs), 39% dos hospitais pesquisados responderam positivamente. Das instituições pesquisadas, apenas 15% possuem um protocolo regular para o controle de pl (mais) aca nos pacientes internados. Pesquisas têm demonstrado a inter-relação da doença periodontal com doenças sistêmicas, como doenças cardiovasculares, osteoporose, nascimento de bebês de baixo peso e parto prematuro, diabetes e doenças respiratórias. A cavidade oral tem sido considerada como um potente reservatório de patógenos respiratórios. Diante destes fatos, evidencia-se a importância da higiene bucal como um meio de se prevenir patologias diversas. Desta forma, existe a necessidade de se criar um protocolo de controle de infecção da cavidade oral para contribuir para a redução da mortalidade de pacientes internados e propor medidas preventivas para este fim. Resumo em inglês The aim of the present study is to ascertain whether an oral infection control protocol is being used in Rio de Janeiro State hospitals. Sixty two hospitals, both public and private have been surveyed. When asked whether any procedure was being adopted with admitted patients (in case of ICU patients), 39% of the hospitals responded positively. Among all institutions surveyed, only 15% conduct a regular plaque control protocol in admitted patients. Studies have shown that (mais) there is an inter-relationship between periodontal disease and systemic diseases, such as cardiovascular disease, osteoporosis, preterm births and low birthweight, diabetes and respiratory diseases. The oral cavity is considered a potent reservoir of respiratory pathogens. Based on these findings, it has become evident that oral hygiene is an important means of preventing a number of diseases. Thus the need arises not only to create an oral cavity infection control protocol that will contribute to reduce mortality in admitted patients but also to propose preventive measures towards this end.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Primeira avaliação do cumprimento dos "Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno" nos Hospitais Amigos da Criança do Brasil/ First assessment of the "Ten Steps for the Maternal Breast-Feeding Success" compliance in Baby-Friendly Hospitals in Brazil

Araújo, Maria de Fátima Moura de; Otto, Ana Flávia Nascimento; Schmitz, Bethsáida de Abreu Soares
2003-12-01

Resumo em português RESUMO OBJETIVOS: avaliar o cumprimento dos "Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno" nos hospitais "Amigos da Criança" (HAC) no Brasil. MÉTODOS: estudo descritivo transversal de avaliação dos "Dez Passos..." dos HAC, realizado nos anos de 1999 e 2000, por avaliadores da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC), credenciados pelo Ministério da Saúde, usando o formulário de pré-avaliação da IHAC. RESULTADOS: foram analisados os questionários de 137 (mais) HAC (90%) do total de 152 HAC credenciados na época no país. Observou-se que 92% dos HAC atenderam todos os "Dez Passos..." Os passos um, três, seis, sete, oito e nove apresentaram mais de 98% de cumprimento. O passo cinco foi o menos atendido. Comparando as regiões do país, observou-se que, no Nordeste, no Sul e no Sudeste, 90% dos hospitais foram aprovados em todos os "Dez Passos..." Na região Norte, apenas 50% dos hospitais cumpriram todos os "Dez Passos..." CONCLUSÕES: analisando a folha de dados gerais dos hospitais com pendências na avaliação dos passos, observa-se que 73,7% foram credenciados antes de 1997, sugerindo a necessidade de avaliações periódicas. A implantação de um sistema de monitoramento dessa iniciativa, contribuirá para a melhoria da qualidade da assistência e dos índices de aleitamento materno no país. Resumo em inglês OBJECTIVES: to assess compliance of the "Ten Steps towards Maternal Breast-Feeding Success" in "Child Friendly Hospitals" (CFH) in Brazil. METHODS: assessment of the 10 steps of CFH was accomplished in 1999 and 2000 by evaluators of the CFH Initiative, accredited by the Ministry of Health through the pre-assessment form CFHI form. RESULTS: one hundred and thirty seven CFH questionnaires of 152 of accredited Child Friendly Hospitals were analized and 92% of them met all of (mais) the "Ten Steps..." Steps one, three, seven, eight and nine had compliance rates of over 98%. Step five was the least observed. Comparing the regions of the country, it was noted that in the Northeast, South and Southeast, 90% of the hospitals were approved in all of the "Ten Steps..." In the Northern region, only 50% of the hospitals complied with all of the "Ten Steps..." CONCLUSIONS: analysis of the general data sheet of the hospitals with shortcomings in the assessment of the steps, indicated that 73,7% had been accredited before 1997 which is suggestive of the need of periodic evaluations. The implementation of a monitoring system for this type of institution will contribute to improve service quality and rates of breastfeeding in the country.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

A perspectiva dos profissionais de saúde sobre a promoção do brincar em hospitais/ The standpoint of healthcare practitioners on the promotion of play in hospitals

Mitre, Rosa Maria de Araujo; Gomes, Romeu
2007-10-01

Resumo em português O presente artigo busca investigar e analisar quais os limites e possibilidades da promoção do brincar em hospitais, na perspectiva dos profissionais envolvidos nestas ações. Esta investigação poderá contribuir para o campo da saúde coletiva, uma vez que o debate sobre a perspectiva dos profissionais de saúde acerca da promoção do brincar nos hospitais influencia a construção de novos modelos de atenção à saúde da criança. A discussão se ancora numa per (mais) spectiva de pesquisa qualitativa acerca da dinâmica das relações que ocorrem no espaço hospitalar e sobre o papel do brincar no hospital. Foram realizadas 33 entrevistas com profissionais de três hospitais, localizados em diferentes regiões do Brasil, que realizam algum tipo de atividade lúdica. A análise dos dados baseia-se na articulação de temáticas que emergem das falas dos sujeitos com o referencial teórico. Como resultado, ressalta-se o reconhecimento deste tipo de intervenção por parte da instituição, podendo facilitar ou dificultar estas ações. Nas conclusões, destaca-se que conferir à promoção do brincar o status de instrumento terapêutico, no espaço da hospitalização infantil, pode subverter as regras e as hierarquias da instituição hospitalar. Resumo em inglês This study examines and analyzes the limits and possibilities of the promoting play in hospitals. This investigation can contribute to the collective health field, as discussions about the views of healthcare practitioners on promoting play in hospitals may well influence the development of new childcare models. This discussion is grounded on a qualitative approach to the dynamics of relationships and the role of play in a hospital setting. Drawn from interviews with 33 p (mais) ractitioners from three hospitals located in different parts of Brazil, the data analysis is based on linking up issues that emerge from their comments, together with theoretical references. In terms of findings, the acknowledgment of this type of intervention by the institution could facilitate or complicate these actions. The conclusions clearly indicate that assigning play promotion the status of a therapeutic tool within a healthcare environment may subvert the rules and hierarchies of the institution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

A perspectiva dos profissionais de saúde sobre a promoção do brincar em hospitais/ The standpoint of healthcare practitioners on the promotion of play in hospitals

Mitre, Rosa Maria de Araujo; Gomes, Romeu
2007-10-01

Resumo em português O presente artigo busca investigar e analisar quais os limites e possibilidades da promoção do brincar em hospitais, na perspectiva dos profissionais envolvidos nestas ações. Esta investigação poderá contribuir para o campo da saúde coletiva, uma vez que o debate sobre a perspectiva dos profissionais de saúde acerca da promoção do brincar nos hospitais influencia a construção de novos modelos de atenção à saúde da criança. A discussão se ancora numa per (mais) spectiva de pesquisa qualitativa acerca da dinâmica das relações que ocorrem no espaço hospitalar e sobre o papel do brincar no hospital. Foram realizadas 33 entrevistas com profissionais de três hospitais, localizados em diferentes regiões do Brasil, que realizam algum tipo de atividade lúdica. A análise dos dados baseia-se na articulação de temáticas que emergem das falas dos sujeitos com o referencial teórico. Como resultado, ressalta-se o reconhecimento deste tipo de intervenção por parte da instituição, podendo facilitar ou dificultar estas ações. Nas conclusões, destaca-se que conferir à promoção do brincar o status de instrumento terapêutico, no espaço da hospitalização infantil, pode subverter as regras e as hierarquias da instituição hospitalar. Resumo em inglês This study examines and analyzes the limits and possibilities of the promoting play in hospitals. This investigation can contribute to the collective health field, as discussions about the views of healthcare practitioners on promoting play in hospitals may well influence the development of new childcare models. This discussion is grounded on a qualitative approach to the dynamics of relationships and the role of play in a hospital setting. Drawn from interviews with 33 p (mais) ractitioners from three hospitals located in different parts of Brazil, the data analysis is based on linking up issues that emerge from their comments, together with theoretical references. In terms of findings, the acknowledgment of this type of intervention by the institution could facilitate or complicate these actions. The conclusions clearly indicate that assigning play promotion the status of a therapeutic tool within a healthcare environment may subvert the rules and hierarchies of the institution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Adequação do suporte nutricional na terapia nutricional enteral: comparação em dois hospitais/ Adequacy of nutritional support provided by enteral feeding: a comparison of two hospitals

Nozaki, Vanessa Taís; Peralta, Rosane Marina
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de pacientes hospitalizados e comparar as condutas nutricionais enterais adotadas em dois hospitais gerais da região metropolitana de Maringá (PR), Brasil. MÉTODOS: O estudo foi realizado com 62 pacientes de ambos os sexos, em uso apenas de nutrição enteral. Os dados foram coletados em dois hospitais gerais. As necessidades energéticas dos pacientes foram calculadas por meio das equações propostas por Harris & Benedict e pela (mais) recomendação da European Society for Clinical Nutrition and Metabolism. O estado nutricional dos pacientes foi avaliado utilizando-se medidas antropométricas. RESULTADOS: Altos índices de desnutrição foram encontrados em ambos os hospitais, especialmente avaliando-se a Área Muscular do Braço. A prescrição energética mostrou-se adequada para 45,71% e 40,74% dos pacientes dos hospitais 1 e 2, respectivamente. CONCLUSÃO: Inadequações na terapia nutricional enteral, associadas a elevados índices de desnutrição, foram detectadas em ambos os hospitais. Os dados obtidos neste estudo demonstram a necessidade de melhoras nos dois serviços de nutrição enteral, sendo necessária a adoção de medidas de padronização e avaliação periódica dos pacientes. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to assess the nutritional status of inpatients and compare the enteral feeding practices of two general hospitals in the metropolitan region of Maringá (PR), Brazil. METHODS: The study included 62 patients of both sexes on exclusive enteral feeding. The data were collected in two general hospitals. The energy requirements of the patients were estimated using the equations proposed by Harris & Benedict and the European Society fo (mais) r Clinical Nutrition and Metabolism recommendation. The nutritional status of the patients was determined by anthropometric assessment. RESULTS: High rates of malnutrition were found in both hospitals, especially when the mid-arm muscle area was used as the indicator of nutritional status. The energy prescription was adequate for 45.71% and 40.74% of the patients of hospitals 1 and 2, respectively. CONCLUSION: Inadequate enteral feeding associated with high rates of malnutrition was found in both hospitals. The data obtained in this study show that both enteral feeding services need improvements. Standardization of enteral feeding practices and regular patient assessment are also needed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Gomes, António Rui; Cruz, José Fernando A.; Cabanelas, Susana

Este trabalho analisa o estresse ocupacional em 286 enfermeiros de hospitais e centros de saúde portugueses. Avaliaram-se as fontes de estresse, o burnout, os problemas de saúde física, a satisfação e a realização profissional. Os resultados apontaram 30% de enfermeiros com experiências significativ...

DRIVER (Portuguese)

64

Estrutura e qualidade assistencial dos prestadores de serviços hospitalares à saúde suplementar no Brasil/ Healthcare structure and quality among inpatient care providers for health plans in Brazil

Portela, Margareth Crisóstomo; Lima, Sheyla Maria Lemos; Ugá, Maria Alícia Dominguez; Gerschman, Silvia; Vasconcellos, Maurício Teixeira Leite de
2010-02-01

Resumo em português Este trabalho objetivou caracterizar os prestadores de serviços hospitalares no setor de saúde suplementar, uma vez que o conhecimento sobre tais prestadores ainda é incipiente, particularmente em relação à estrutura e à qualidade assistencial. Foi realizado um inquérito nacional, tendo como universo de interesse 3.817 hospitais. Uma amostra estratificada de 83 hospitais foi selecionada. A coleta de dados ocorreu entre setembro e dezembro de 2006, por meio de entr (mais) evistas com os dirigentes dos hospitais. Para a caracterização assistencial dos hospitais, foram contempladas variáveis relativas à capacidade instalada e produção de serviços, bem como às práticas e estruturas de garantia e monitoramento da qualidade do cuidado. A amostra final pesquisada resultou em 74 hospitais, correspondendo a um universo estimado de 3.799 unidades. Os hospitais prestadores de serviços para operadoras, majoritariamente provedores de serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS), apresentaram baixa presença de estruturas e práticas de qualificação da gestão e de monitoramento da qualidade assistencial. Resumo em inglês This study aimed to characterize inpatient care providers for health plans in Brazil, considering that knowledge on healthcare providers is still incipient, particularly in relation to healthcare structure and quality. A national survey was performed, focusing on 3,817 hospitals. A stratified sample of 83 hospitals was selected, and data were collected from September to December 2006 using interviews with hospital administrators. Hospital care was characterized using vari (mais) ables related to installed capacity and services output, as well as practices and structures for healthcare quality assurance and control. The final sample consisted of 74 hospitals, representing an estimated universe of 3,799 hospitals. Inpatient care providers for health plans, mainly for the Unified National Health System (SUS), showed limited presence of structures and practices for improving management and healthcare quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Estrutura e qualidade assistencial dos prestadores de serviços hospitalares à saúde suplementar no Brasil/ Healthcare structure and quality among inpatient care providers for health plans in Brazil

Portela, Margareth Crisóstomo; Lima, Sheyla Maria Lemos; Ugá, Maria Alícia Dominguez; Gerschman, Silvia; Vasconcellos, Maurício Teixeira Leite de
2010-02-01

Resumo em português Este trabalho objetivou caracterizar os prestadores de serviços hospitalares no setor de saúde suplementar, uma vez que o conhecimento sobre tais prestadores ainda é incipiente, particularmente em relação à estrutura e à qualidade assistencial. Foi realizado um inquérito nacional, tendo como universo de interesse 3.817 hospitais. Uma amostra estratificada de 83 hospitais foi selecionada. A coleta de dados ocorreu entre setembro e dezembro de 2006, por meio de entr (mais) evistas com os dirigentes dos hospitais. Para a caracterização assistencial dos hospitais, foram contempladas variáveis relativas à capacidade instalada e produção de serviços, bem como às práticas e estruturas de garantia e monitoramento da qualidade do cuidado. A amostra final pesquisada resultou em 74 hospitais, correspondendo a um universo estimado de 3.799 unidades. Os hospitais prestadores de serviços para operadoras, majoritariamente provedores de serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS), apresentaram baixa presença de estruturas e práticas de qualificação da gestão e de monitoramento da qualidade assistencial. Resumo em inglês This study aimed to characterize inpatient care providers for health plans in Brazil, considering that knowledge on healthcare providers is still incipient, particularly in relation to healthcare structure and quality. A national survey was performed, focusing on 3,817 hospitals. A stratified sample of 83 hospitals was selected, and data were collected from September to December 2006 using interviews with hospital administrators. Hospital care was characterized using vari (mais) ables related to installed capacity and services output, as well as practices and structures for healthcare quality assurance and control. The final sample consisted of 74 hospitals, representing an estimated universe of 3,799 hospitals. Inpatient care providers for health plans, mainly for the Unified National Health System (SUS), showed limited presence of structures and practices for improving management and healthcare quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Avaliação da promoção do aleitamento materno nas maternidades públicas e privadas do Município de São Paulo/ Assessment of the promotion of breastfeeding in public and private maternities, Brazil

Toma, Tereza Setsuko; Monteiro, Carlos Augusto
2001-10-01

Resumo em português OBJETIVO: A OMS (Organização Mundial da Saúde) e o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) lançaram, em 1992, uma estratégia para implementar os "dez passos para o sucesso da amamentação": a Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC). No Brasil, até junho de 2001, foram credenciados 183 hospitais como Amigos da Criança. Assim, objetivou-se avaliar e comparar as práticas de proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno em hospitais públicos (mais) e privados, tendo como referência os "dez passos". MÉTODOS: Foram pesquisados 45 hospitais do Município de São Paulo, SP. Foram colhidos dados sobre as práticas de alimentação infantil mediante entrevista com chefias de berçário de todos os hospitais públicos do município (26); dos hospitais privados, foi estabelecida uma amostra de 19, correspondentes a 1/3 do total. RESULTADOS: Mais de 1/4 dos hospitais públicos e mais de 1/3 dos privados não cumpriam qualquer passo da IHAC. Em apenas dois hospitais, ambos públicos, observou-se a adoção de pelo menos sete dos "dez passos". De modo geral, rotinas de proteção, promoção e apoio ao aleitamento foram encontradas com mais freqüência nos hospitais públicos do que nos privados. CONCLUSÕES: O estudo mostrou que práticas consideradas prejudiciais ao início e ao estabelecimento da amamentação -- separação desnecessária de mães e recém-nascidos, restrição na duração e freqüência das mamadas, uso de alimentos pré-lácteos e suplementos -- continuavam sendo observadas com alta freqüência nos hospitais públicos e privados do Município de São Paulo. Para alcançar os benefícios da amamentação para a saúde materno-infantil e o importante papel desempenhado pelas maternidades para o início precoce e para o sucesso da prática de amamentar, é necessário que os padrões estabelecidos pela IHAC sejam adotados Resumo em inglês OBJECTIVE: The World Health Organization (WHO) and the United Nations Children's Fund (UNICEF) carried out a study to compare and evaluate the practices of protecting, promoting and supporting breastfeeding in public and private hospitals using the "ten steps" of the Hospital Initiative (BFHI) as a reference parameter. METHODS: Forty-five hospitals of the municipality of São Paulo participated in the study. Data on the practices of infant feeding were collected by interv (mais) iewing nurseries' supervisors of all public hospitals (26), and from a random sample of private hospitals (19), corresponding to a third of the total, during the years 1996-1997. RESULTS: More than a quarter of the public hospitals and more than one third of the private hospitals did not comply with any of the BFHI steps. Seven of the "ten steps" were observed in only two public hospitals. In general, practices of protection, promotion, and support of breastfeeding were seen at a higher frequency in public hospitals. CONCLUSIONS: The present study shows that practices considered detrimental to the onset and progressing of breastfeeding - unnecessary separation of the mother and her newborn, restrictions regarding the length of time and frequency of breastfeeding, use of pre-lacteal foods and supplements - are still quite frequently observed in public and private hospitals within the city of São Paulo. Given the benefits of breastfeeding for both the mother's and their children's health, and the important role maternities play for an early and successful onset of breastfeeding, it is paramount that the BFHI patterns be adopted by hospitals within the municipality of São Paulo.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Avaliação da promoção do aleitamento materno nas maternidades públicas e privadas do Município de São Paulo/ Assessment of the promotion of breastfeeding in public and private maternities, Brazil

Toma, Tereza Setsuko; Monteiro, Carlos Augusto
2001-10-01

Resumo em português OBJETIVO: A OMS (Organização Mundial da Saúde) e o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) lançaram, em 1992, uma estratégia para implementar os "dez passos para o sucesso da amamentação": a Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC). No Brasil, até junho de 2001, foram credenciados 183 hospitais como Amigos da Criança. Assim, objetivou-se avaliar e comparar as práticas de proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno em hospitais públicos (mais) e privados, tendo como referência os "dez passos". MÉTODOS: Foram pesquisados 45 hospitais do Município de São Paulo, SP. Foram colhidos dados sobre as práticas de alimentação infantil mediante entrevista com chefias de berçário de todos os hospitais públicos do município (26); dos hospitais privados, foi estabelecida uma amostra de 19, correspondentes a 1/3 do total. RESULTADOS: Mais de 1/4 dos hospitais públicos e mais de 1/3 dos privados não cumpriam qualquer passo da IHAC. Em apenas dois hospitais, ambos públicos, observou-se a adoção de pelo menos sete dos "dez passos". De modo geral, rotinas de proteção, promoção e apoio ao aleitamento foram encontradas com mais freqüência nos hospitais públicos do que nos privados. CONCLUSÕES: O estudo mostrou que práticas consideradas prejudiciais ao início e ao estabelecimento da amamentação -- separação desnecessária de mães e recém-nascidos, restrição na duração e freqüência das mamadas, uso de alimentos pré-lácteos e suplementos -- continuavam sendo observadas com alta freqüência nos hospitais públicos e privados do Município de São Paulo. Para alcançar os benefícios da amamentação para a saúde materno-infantil e o importante papel desempenhado pelas maternidades para o início precoce e para o sucesso da prática de amamentar, é necessário que os padrões estabelecidos pela IHAC sejam adotados Resumo em inglês OBJECTIVE: The World Health Organization (WHO) and the United Nations Children's Fund (UNICEF) carried out a study to compare and evaluate the practices of protecting, promoting and supporting breastfeeding in public and private hospitals using the "ten steps" of the Hospital Initiative (BFHI) as a reference parameter. METHODS: Forty-five hospitals of the municipality of São Paulo participated in the study. Data on the practices of infant feeding were collected by interv (mais) iewing nurseries' supervisors of all public hospitals (26), and from a random sample of private hospitals (19), corresponding to a third of the total, during the years 1996-1997. RESULTS: More than a quarter of the public hospitals and more than one third of the private hospitals did not comply with any of the BFHI steps. Seven of the "ten steps" were observed in only two public hospitals. In general, practices of protection, promotion, and support of breastfeeding were seen at a higher frequency in public hospitals. CONCLUSIONS: The present study shows that practices considered detrimental to the onset and progressing of breastfeeding - unnecessary separation of the mother and her newborn, restrictions regarding the length of time and frequency of breastfeeding, use of pre-lacteal foods and supplements - are still quite frequently observed in public and private hospitals within the city of São Paulo. Given the benefits of breastfeeding for both the mother's and their children's health, and the important role maternities play for an early and successful onset of breastfeeding, it is paramount that the BFHI patterns be adopted by hospitals within the municipality of São Paulo.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Hospital: valores éticos que expressam sua missão/ Hospital: values expressed as a mission

Anunciação, Alan Lira da; Zoboli, Elma
2008-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O hospital é uma organização com responsabilidades éticas especiais que não podem ser comprometidas quando da incorporação de traços empresariais em sua estruturação. Este artigo traz resultados de pesquisa documental, qualitativa, exploratória, descritiva que teve como objeto valores institucionais dos hospitais. OBJETIVOS: Identificar, na literatura, valores esperados para hospitais; identificar valores declarados pelos hospitais em suas página (mais) s na internet e compará-los com a literatura. MÉTODOS: Leitura crítica de artigos, teses e livros e busca dos valores declarados pelos hospitais em suas páginas na internet. Os dados foram organizados por análise de conteúdo. RESULTADOS: Os valores encontrados na literatura e nas páginas dos hospitais foram agrupados nas categorias: assistência, administração e compromisso social. Os resultados revelam que os hospitais reconhecem, nos valores declarados em suas páginas, a expectativa social em relação a uma instituição que, embora possa ter estrutura burocrática e organizacional com muitas semelhanças para com as empresas, diferencia-se destas por lidar com a saúde e vida das pessoas, que são, ao mesmo tempo, bens e direitos. Expressam o zelo que o hospital tem de dedicar a estes bens e direitos, por intermédio dos administradores e demais profissionais da instituição para que, assim, a organização hospitalar imprima sua marca e compromisso social e transmita confiança aos pacientes. Resta o desafio de sua prática. Resumo em inglês INTRODUCTION: The hospital, as a unique type of social organization requires elevated values for management. This paper shows the result of a documental, qualitative, exploratory and descriptive survey about hospitals and their value statements. OBJECTIVE: Identify values expected for hospitals by a search of literature; identify values expressed by hospitals on their web pages and compare results of both. METHODS: Critical reading of theses, books and articles. A bibliog (mais) raphic search was carried out on BVS (Health Virtual Library) using keywords such as ethics and healthcare management. The values stated by hospitals on web pages were found in sections such as social responsibility, mission, view, principles, and our values. The categories care, healthcare management and accountability were defined after content analysis of empirical data. RESULTS: Values stated by hospitals on web pages express social expectations for an organization that deals with issues as elevated as health and life. Although hospitals have a bureaucratic and organizational structure that resembles those of business enterprises, they are different due to their `duties to patients' rights and life. Healthcare managers, as well as health professionals, must imprint an ethical attitude on their job and daily work. Only such an attitude will permit patients to trust the hospital and its services.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Avaliação dos recursos hospitalares para assistência perinatal em Belo Horizonte, Minas Gerais/ Evaluation of hospital resources for perinatal assistance in Brazil

Costa, José Orleans; Xavier, César Coelho; Proietti, Fernando Augusto; Delgado, Margarida S
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a adequação de recursos hospitalares no atendimento às gestantes/neonatos, no ano de 1996. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal abrangendo 28 hospitais-maternidade em funcionamento no município de Belo Horizonte, MG. Utilizou-se um modelo de avaliação denominado "níveis de complexidade e segurança em potencial de unidades perinatais de hospitais-maternidade", elaborado a partir da avaliação de três grandes áreas hospitalares: infra-e (mais) strutura geral, infra-estrutura clínica-perinatal e recursos das unidades perinatais. Foram desenvolvidos dois escores de pontos envolvendo essas áreas hospitalares, totalizando 1.000 pontos quando considerada a assistência perinatal de risco habitual e 2.000 pontos para assistência perinatal de médio/alto risco. A partir de 500 pontos, os hospitais foram classificados em dois níveis: I-A e I-B (para risco habitual) e seis níveis de I-A a III-B (para médio/alto risco). RESULTADOS: Na avaliação com o escore proposto para risco habitual, cinco hospitais foram considerados inadequados para realizarem atendimento a qualquer tipo de parto, classificados como nível zero; esse número aumentou para sete, quando se utilizou o escore para parto de médio/alto risco. CONCLUSÃO: O modelo de avaliação utilizado mostrou-se adequado para classificar os hospitais de acordo com a infra-estrutura disponível para assistência perinatal. Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify the adequacy of hospital resources for perinatal care in Belo Horizonte, MG, Brazil in 1996. METHODS: This is a cross-sectional study conducted encompassing all the 28 maternity-hospitals in the city of Belo Horizonte, capital of the State of Minas Gerais, Brazil. A model of evaluation denominated "Níveis de Complexidade e Segurança em Potencial de Unidades Perinatais de Hospitais-Maternidade" [Levels of Complexity and Potential Safety in Maternity- (mais) Hospitals]. This model is based on the evaluation of three major areas in the hospital: general structure, perinatal clinical infra-structure and resources available in perinatal units. Two scores involving these three areas were created. When evaluating low risk perinatal care, the score may sum to a total of 1,000 points. On the other hand, when high to medium perinatal risk care is considered, the score may sum to 2,000 points. Hosptals that scored more than 500 points were classified in two levels: I-A and I-B (for low risk); and six levels I-A through III-B (for medium/high risk). RESULTS: Five hospitals were classified as level 0 according to the low risk score, that is, they were not considered adequate to assist any delivery. When the medium/high risk score was employed, a total of seven hospitals were considered inadequate to assist any delivery. CONCLUSIONS: This evaluation model was capable of classifying hospitals according to available infra-structure for perinatal care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Avaliação dos recursos hospitalares para assistência perinatal em Belo Horizonte, Minas Gerais/ Evaluation of hospital resources for perinatal assistance in Brazil

Costa, José Orleans; Xavier, César Coelho; Proietti, Fernando Augusto; Delgado, Margarida S
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a adequação de recursos hospitalares no atendimento às gestantes/neonatos, no ano de 1996. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal abrangendo 28 hospitais-maternidade em funcionamento no município de Belo Horizonte, MG. Utilizou-se um modelo de avaliação denominado "níveis de complexidade e segurança em potencial de unidades perinatais de hospitais-maternidade", elaborado a partir da avaliação de três grandes áreas hospitalares: infra-e (mais) strutura geral, infra-estrutura clínica-perinatal e recursos das unidades perinatais. Foram desenvolvidos dois escores de pontos envolvendo essas áreas hospitalares, totalizando 1.000 pontos quando considerada a assistência perinatal de risco habitual e 2.000 pontos para assistência perinatal de médio/alto risco. A partir de 500 pontos, os hospitais foram classificados em dois níveis: I-A e I-B (para risco habitual) e seis níveis de I-A a III-B (para médio/alto risco). RESULTADOS: Na avaliação com o escore proposto para risco habitual, cinco hospitais foram considerados inadequados para realizarem atendimento a qualquer tipo de parto, classificados como nível zero; esse número aumentou para sete, quando se utilizou o escore para parto de médio/alto risco. CONCLUSÃO: O modelo de avaliação utilizado mostrou-se adequado para classificar os hospitais de acordo com a infra-estrutura disponível para assistência perinatal. Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify the adequacy of hospital resources for perinatal care in Belo Horizonte, MG, Brazil in 1996. METHODS: This is a cross-sectional study conducted encompassing all the 28 maternity-hospitals in the city of Belo Horizonte, capital of the State of Minas Gerais, Brazil. A model of evaluation denominated "Níveis de Complexidade e Segurança em Potencial de Unidades Perinatais de Hospitais-Maternidade" [Levels of Complexity and Potential Safety in Maternity- (mais) Hospitals]. This model is based on the evaluation of three major areas in the hospital: general structure, perinatal clinical infra-structure and resources available in perinatal units. Two scores involving these three areas were created. When evaluating low risk perinatal care, the score may sum to a total of 1,000 points. On the other hand, when high to medium perinatal risk care is considered, the score may sum to 2,000 points. Hosptals that scored more than 500 points were classified in two levels: I-A and I-B (for low risk); and six levels I-A through III-B (for medium/high risk). RESULTS: Five hospitals were classified as level 0 according to the low risk score, that is, they were not considered adequate to assist any delivery. When the medium/high risk score was employed, a total of seven hospitals were considered inadequate to assist any delivery. CONCLUSIONS: This evaluation model was capable of classifying hospitals according to available infra-structure for perinatal care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Aplicação da mortalidade hospitalar após a realização de cirurgia de revascularização do miocárdio para monitoramento do cuidado hospitalar/ Use of hospital mortality rates following coronary artery bypass graft surgery to monitor hospital care

Noronha, José Carvalho de; Martins, Mônica; Travassos, Claudia; Campos, Mônica R.; Maia, Paula; Panezzuti, Rogério
2004-01-01

Resumo em português Este estudo classificou os hospitais vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil com base no desempenho para a realização de cirurgia de revascularização do miocárdio, entre 1996 e 1998, com o uso da taxa de mortalidade hospitalar ajustada pelo risco de morrer. Foram estudados 76 hospitais (58,00% do total) que realizaram mais de 150 cirurgias no período, correspondentes a 38.962 cirurgias (92,10% do total), que foram classificados como desviantes altos o (mais) u baixos, de acordo com a razão entre o número observado e o esperado de óbitos para cada hospital. A taxa global de mortalidade hospitalar foi de 7,20%. Para o grupo de pacientes operados nos hospitais desviantes baixos, foi de 3,48%, e, de 13,96% para os desviantes altos. A metodologia tem utilidade para discriminar os hospitais brasileiros com relação à mortalidade pós cirurgia de revascularização do miocárdio e pode ser um instrumento útil para identificação daqueles que possam apresentar problemas de qualidade. Resumo em inglês Brazilian hospitals performing coronary artery by-pass graft surgery (CABG) from 1996 to 1998 and covered by the Ministry of Health were ranked according to their risk-adjusted hospital mortality rates. Seventy-six hospitals that performed more than 150 CABGs (total of 38,962 surgical interventions) were classified as low or high outliers according to the ratio between observed and expected hospital mortality rates. Overall hospital mortality rate was 7.20%. The rate was (mais) 3.48% among patients treated in the low outliers and 13.96% among the high outliers. The methodology was useful for discriminating Brazilian hospitals according to their post-CABG mortality rates and may be a useful tool for identifying hospitals with possible quality-of-care problems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Aplicação da mortalidade hospitalar após a realização de cirurgia de revascularização do miocárdio para monitoramento do cuidado hospitalar/ Use of hospital mortality rates following coronary artery bypass graft surgery to monitor hospital care

Noronha, José Carvalho de; Martins, Mônica; Travassos, Claudia; Campos, Mônica R.; Maia, Paula; Panezzuti, Rogério
2004-01-01

Resumo em português Este estudo classificou os hospitais vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil com base no desempenho para a realização de cirurgia de revascularização do miocárdio, entre 1996 e 1998, com o uso da taxa de mortalidade hospitalar ajustada pelo risco de morrer. Foram estudados 76 hospitais (58,00% do total) que realizaram mais de 150 cirurgias no período, correspondentes a 38.962 cirurgias (92,10% do total), que foram classificados como desviantes altos o (mais) u baixos, de acordo com a razão entre o número observado e o esperado de óbitos para cada hospital. A taxa global de mortalidade hospitalar foi de 7,20%. Para o grupo de pacientes operados nos hospitais desviantes baixos, foi de 3,48%, e, de 13,96% para os desviantes altos. A metodologia tem utilidade para discriminar os hospitais brasileiros com relação à mortalidade pós cirurgia de revascularização do miocárdio e pode ser um instrumento útil para identificação daqueles que possam apresentar problemas de qualidade. Resumo em inglês Brazilian hospitals performing coronary artery by-pass graft surgery (CABG) from 1996 to 1998 and covered by the Ministry of Health were ranked according to their risk-adjusted hospital mortality rates. Seventy-six hospitals that performed more than 150 CABGs (total of 38,962 surgical interventions) were classified as low or high outliers according to the ratio between observed and expected hospital mortality rates. Overall hospital mortality rate was 7.20%. The rate was (mais) 3.48% among patients treated in the low outliers and 13.96% among the high outliers. The methodology was useful for discriminating Brazilian hospitals according to their post-CABG mortality rates and may be a useful tool for identifying hospitals with possible quality-of-care problems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Opinião de mulheres e médicos brasileiros sobre a preferência pela via de parto/ Brazilian women and physicians' viewpoints on their preferred route of delivery

Faúndes, Aníbal; Pádua, Karla Simônia de; Osis, Maria José Duarte; Cecatti, José Guilherme; Sousa, Maria Helena de
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Conhecer a preferência de mulheres quanto às vias e formas de parto, e a opinião de médicos a respeito dessa preferência. MÉTODOS: Foram entrevistadas 656 mulheres atendidas no Sistema Único de Saúde, em hospitais de São Paulo e Pernambuco incluídos no Estudo Latino-Americano de Cesárea (ELAC): 230 em três hospitais de intervenção, em que a estratégia da segunda opinião diante da decisão de realizar uma cesárea foi adotada como rotina, e 426 mu (mais) lheres em quatro hospitais de controle, onde não houve intervenção. Os médicos responderam a um auto-questionário, sendo 77 dos hospitais de intervenção e 70 dos de controle. Para análise dos dados foram utilizados o qui-quadrado de Mantel-Haenszel, o teste Yates ou o Exacto de Fischer. RESULTADOS: Nos dois tipos de hospital, a grande maioria das mulheres declarou preferir o parto vaginal à cesárea. Essa preferência foi significativamente maior entre as entrevistadas que já haviam experimentado as duas formas de parto (cerca de 90% nos dois tipos de hospital), comparadas às que haviam tido só cesáreas (72,8% nos hospitais de intervenção e 77,8% nos de controle). Na opinião de 45% dos médicos dos hospitais de intervenção e de 55% dos de hospitais de controle, a maioria das mulheres submetidas a uma cesárea sentia-se satisfeita; 81 e 85% dos médicos, respectivamente, consideraram que as mulheres solicitam cesariana, porque têm medo do parto vaginal. CONCLUSÕES: O conceito de que a principal causa do aumento na taxa de cesárea é o respeito dos desejos das mulheres por parte dos médicos não tem sustentação na opinião declarada pelas mulheres. Uma melhor comunicação entre médicos e mulheres grávidas talvez possa contribuir para melhoria da situação atual. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe women's preferred route of delivery and physicians' viewpoint on that. METHODS: A total of 656 women who gave birth in the National Health System hospitals of the state of São Paulo and Pernambuco and were enrolled in the Latin American Cesarean Section Study (ELAC) were interviewed. Of them, 230 women were selected from three intervention hospitals where patients routinely sought a second opinion when faced with the decision of undergoing a cesare (mais) an section, and 426 women were selected from control hospitals. Also, 72 physicians in the intervention hospitals and 70 in the control hospitals filled out a self-administered structured questionnaire. Data analysis was carried out using Mantel-Haenszel's chi-square test, Yates' test and Fischer's exact test. RESULTS: The majority of women reported preferring vaginal delivery than a cesarean section in both groups of hospitals. This preference was significantly higher among women who had had both vaginal delivery and cesarean section (nearly 90% in both groups of hospitals) compared to those who had cesarean sections only (72.8% in intervention hospitals and 77.8% in control hospitals). According to 45% physicians from intervention hospitals and 55% from control hospitals, most women who underwent cesarean sections are satisfied with that; 81% and 85% physicians from intervention and control hospitals, respectively, believed women prefer a cesarean sections out of fear of vaginal deliveries. CONCLUSIONS: The belief that the main reason for increasing cesarean section rates is fulfilling women's desire by their doctors seems to have no support. Better communication between physicians and pregnant women could possibly contribute to improve the current situation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Opinião de mulheres e médicos brasileiros sobre a preferência pela via de parto/ Brazilian women and physicians' viewpoints on their preferred route of delivery

Faúndes, Aníbal; Pádua, Karla Simônia de; Osis, Maria José Duarte; Cecatti, José Guilherme; Sousa, Maria Helena de
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Conhecer a preferência de mulheres quanto às vias e formas de parto, e a opinião de médicos a respeito dessa preferência. MÉTODOS: Foram entrevistadas 656 mulheres atendidas no Sistema Único de Saúde, em hospitais de São Paulo e Pernambuco incluídos no Estudo Latino-Americano de Cesárea (ELAC): 230 em três hospitais de intervenção, em que a estratégia da segunda opinião diante da decisão de realizar uma cesárea foi adotada como rotina, e 426 mu (mais) lheres em quatro hospitais de controle, onde não houve intervenção. Os médicos responderam a um auto-questionário, sendo 77 dos hospitais de intervenção e 70 dos de controle. Para análise dos dados foram utilizados o qui-quadrado de Mantel-Haenszel, o teste Yates ou o Exacto de Fischer. RESULTADOS: Nos dois tipos de hospital, a grande maioria das mulheres declarou preferir o parto vaginal à cesárea. Essa preferência foi significativamente maior entre as entrevistadas que já haviam experimentado as duas formas de parto (cerca de 90% nos dois tipos de hospital), comparadas às que haviam tido só cesáreas (72,8% nos hospitais de intervenção e 77,8% nos de controle). Na opinião de 45% dos médicos dos hospitais de intervenção e de 55% dos de hospitais de controle, a maioria das mulheres submetidas a uma cesárea sentia-se satisfeita; 81 e 85% dos médicos, respectivamente, consideraram que as mulheres solicitam cesariana, porque têm medo do parto vaginal. CONCLUSÕES: O conceito de que a principal causa do aumento na taxa de cesárea é o respeito dos desejos das mulheres por parte dos médicos não tem sustentação na opinião declarada pelas mulheres. Uma melhor comunicação entre médicos e mulheres grávidas talvez possa contribuir para melhoria da situação atual. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe women's preferred route of delivery and physicians' viewpoint on that. METHODS: A total of 656 women who gave birth in the National Health System hospitals of the state of São Paulo and Pernambuco and were enrolled in the Latin American Cesarean Section Study (ELAC) were interviewed. Of them, 230 women were selected from three intervention hospitals where patients routinely sought a second opinion when faced with the decision of undergoing a cesare (mais) an section, and 426 women were selected from control hospitals. Also, 72 physicians in the intervention hospitals and 70 in the control hospitals filled out a self-administered structured questionnaire. Data analysis was carried out using Mantel-Haenszel's chi-square test, Yates' test and Fischer's exact test. RESULTS: The majority of women reported preferring vaginal delivery than a cesarean section in both groups of hospitals. This preference was significantly higher among women who had had both vaginal delivery and cesarean section (nearly 90% in both groups of hospitals) compared to those who had cesarean sections only (72.8% in intervention hospitals and 77.8% in control hospitals). According to 45% physicians from intervention hospitals and 55% from control hospitals, most women who underwent cesarean sections are satisfied with that; 81% and 85% physicians from intervention and control hospitals, respectively, believed women prefer a cesarean sections out of fear of vaginal deliveries. CONCLUSIONS: The belief that the main reason for increasing cesarean section rates is fulfilling women's desire by their doctors seems to have no support. Better communication between physicians and pregnant women could possibly contribute to improve the current situation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Avaliação dos serviços de urgência e emergência da rede hospitalar de referência no Nordeste Brasileiro/ Evaluation of urgent and emergency services in the hospital referral system in Northeast Brazil

Dubeux, Luciana Santos; Freese, Eduardo; Reis, Yluska Almeida Coelho dos
2010-08-01

Resumo em português Este artigo avalia o grau de implantação de dez serviços de urgência/emergência hospitalar, que compõem a rede de referência macro e microrregional em Pernambuco, Nordeste brasileiro. Aborda critérios relativos à estrutura (física-organizacional, recursos materiais e humanos) e ao processo (atividades de rotina e de referência/contra-referência); classificando os hospitais como satisfatório, aceitável e deficiente. Aponta que a maioria dos hospitais se class (mais) ifica como deficiente, estando entre estes todas as unidades de referência microrregionais e uma macrorregional. Estas últimas apresentam melhor desempenho quanto ao processo de trabalho; e a dimensão estrutura apresenta-se mais bem implantada nos hospitais microrregionais. Os resultados evidenciam como prioridade a qualificação dos hospitais avaliados, mediante o fortalecimento de políticas descentralizadas de recursos humanos e tecnológicos, direcionados à melhoria das práticas de trabalho consensuais aos contextos regionais do estado. Resumo em inglês This article evaluates the degree of implementation of ten urgent and emergency hospital services comprising the macro and micro-regional referral system in Pernambuco State, Northeast Brazil. The study analyzes criteria related to structure (physical and organizational, and material and human resources) and process (routine and referral/counter-referral activities), classifying the hospitals as satisfactory, acceptable, and deficient. The majority of the hospitals were c (mais) lassified as deficient, including all the micro-regional units and one macro-regional referral unit. Macro-regional units show better performance in the work process, while implementation of the structural dimension is better in the micro-regional hospitals. The results highlight the priority of upgrading these hospitals by strengthening decentralized human resources and technology policies, oriented towards the improvement of work processes in keeping with the State's regional contexts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Avaliação dos serviços de urgência e emergência da rede hospitalar de referência no Nordeste Brasileiro/ Evaluation of urgent and emergency services in the hospital referral system in Northeast Brazil

Dubeux, Luciana Santos; Freese, Eduardo; Reis, Yluska Almeida Coelho dos
2010-08-01

Resumo em português Este artigo avalia o grau de implantação de dez serviços de urgência/emergência hospitalar, que compõem a rede de referência macro e microrregional em Pernambuco, Nordeste brasileiro. Aborda critérios relativos à estrutura (física-organizacional, recursos materiais e humanos) e ao processo (atividades de rotina e de referência/contra-referência); classificando os hospitais como satisfatório, aceitável e deficiente. Aponta que a maioria dos hospitais se class (mais) ifica como deficiente, estando entre estes todas as unidades de referência microrregionais e uma macrorregional. Estas últimas apresentam melhor desempenho quanto ao processo de trabalho; e a dimensão estrutura apresenta-se mais bem implantada nos hospitais microrregionais. Os resultados evidenciam como prioridade a qualificação dos hospitais avaliados, mediante o fortalecimento de políticas descentralizadas de recursos humanos e tecnológicos, direcionados à melhoria das práticas de trabalho consensuais aos contextos regionais do estado. Resumo em inglês This article evaluates the degree of implementation of ten urgent and emergency hospital services comprising the macro and micro-regional referral system in Pernambuco State, Northeast Brazil. The study analyzes criteria related to structure (physical and organizational, and material and human resources) and process (routine and referral/counter-referral activities), classifying the hospitals as satisfactory, acceptable, and deficient. The majority of the hospitals were c (mais) lassified as deficient, including all the micro-regional units and one macro-regional referral unit. Macro-regional units show better performance in the work process, while implementation of the structural dimension is better in the micro-regional hospitals. The results highlight the priority of upgrading these hospitals by strengthening decentralized human resources and technology policies, oriented towards the improvement of work processes in keeping with the State's regional contexts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Mastite lactacional e a iniciativa Hospital Amigo da Criança, Feira de Santana, Bahia, Brasil/ Lactational mastitis and Baby-Friendly Hospital Iniciative, Feira de Santana, Bahia, Brazil

Vieira, Graciete Oliveira; Silva, Luciana Rodrigues; Mendes, Carlos Maurício Cardeal; Vieira, Tatiana de Oliveira
2006-06-01

Resumo em português O objetivo desse estudo foi estimar se o acompanhamento das lactantes nos hospitais credenciados como Amigos da Criança demonstrou ser fator de proteção contra a mastite no Município de Feira de Santana, Bahia, Brasil. Trata-se de um estudo transversal, com avaliação de 2.543 mães de crianças menores de um ano, entrevistadas por 104 universitários, em unidades de vacinação, selecionadas por estratificação simples. Foram calculadas medidas de associação (raz (mais) ão de prevalência, com IC95%) e de significância estatística, através do teste do qui-quadrado com respectivo valor de p. Realizou-se análise multivariada através do modelo de regressão logística. Foi observada prevalência significantemente menor de mastite entre as mulheres que pariram nos hospitais com o programa (3,6% versus 5,3%) (RP = 0,68; IC95%: 0,46-1,01). As variáveis associadas a menores probabilidades de mastite foram: nascimento em hospitais com o programa (RP = 0,71; IC95%:0,48-1,06), ausência de fissura mamilar (RP = 0,27; IC95%:0,19-0,40) e ausência de trabalho materno fora do lar (RP = 0,64; IC95%:0,44-0,94). Notou-se, assim, efeito protetor contra a mastite nas mulheres atendidas nos hospitais com o programa. Resumo em inglês This study aimed to evaluate whether follow-up of breastfeeding mothers at maternity hospitals classified as "Baby-Friendly Hospitals" in Feira de Santana, Bahia, Brazil, was a protective factor against mastitis. This was a cross-sectional study in which 2,543 mothers of infants ((mais) were calculated by the chi-square test and respective p values. Multivariate analysis was performed using the logistic regression model. Women who delivered in "Baby-Friendly Hospitals" had a lower prevalence of lactational mastitis (3.6% vs. 5.3%; OR = 0.68; 95%CI: 0.46-1.01). Additionally, delivery in Baby-Friendly Hospitals (OR = 0.71; 95%CI: 0.48-1.06), absence of nipple fissure (OR = 0.27; 95%CI: 0.19-0.40), and no maternal outdoor work (OR = 0.64; 95%CI: 0.44-0.94) were also associated with a decreased prevalence of lactational mastitis. Prevalence of lactational mastitis was observed to be lower in women delivering in "Baby-Friendly Hospitals" with breastfeeding counseling programs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Mastite lactacional e a iniciativa Hospital Amigo da Criança, Feira de Santana, Bahia, Brasil/ Lactational mastitis and Baby-Friendly Hospital Iniciative, Feira de Santana, Bahia, Brazil

Vieira, Graciete Oliveira; Silva, Luciana Rodrigues; Mendes, Carlos Maurício Cardeal; Vieira, Tatiana de Oliveira
2006-06-01

Resumo em português O objetivo desse estudo foi estimar se o acompanhamento das lactantes nos hospitais credenciados como Amigos da Criança demonstrou ser fator de proteção contra a mastite no Município de Feira de Santana, Bahia, Brasil. Trata-se de um estudo transversal, com avaliação de 2.543 mães de crianças menores de um ano, entrevistadas por 104 universitários, em unidades de vacinação, selecionadas por estratificação simples. Foram calculadas medidas de associação (raz (mais) ão de prevalência, com IC95%) e de significância estatística, através do teste do qui-quadrado com respectivo valor de p. Realizou-se análise multivariada através do modelo de regressão logística. Foi observada prevalência significantemente menor de mastite entre as mulheres que pariram nos hospitais com o programa (3,6% versus 5,3%) (RP = 0,68; IC95%: 0,46-1,01). As variáveis associadas a menores probabilidades de mastite foram: nascimento em hospitais com o programa (RP = 0,71; IC95%:0,48-1,06), ausência de fissura mamilar (RP = 0,27; IC95%:0,19-0,40) e ausência de trabalho materno fora do lar (RP = 0,64; IC95%:0,44-0,94). Notou-se, assim, efeito protetor contra a mastite nas mulheres atendidas nos hospitais com o programa. Resumo em inglês This study aimed to evaluate whether follow-up of breastfeeding mothers at maternity hospitals classified as "Baby-Friendly Hospitals" in Feira de Santana, Bahia, Brazil, was a protective factor against mastitis. This was a cross-sectional study in which 2,543 mothers of infants ((mais) were calculated by the chi-square test and respective p values. Multivariate analysis was performed using the logistic regression model. Women who delivered in "Baby-Friendly Hospitals" had a lower prevalence of lactational mastitis (3.6% vs. 5.3%; OR = 0.68; 95%CI: 0.46-1.01). Additionally, delivery in Baby-Friendly Hospitals (OR = 0.71; 95%CI: 0.48-1.06), absence of nipple fissure (OR = 0.27; 95%CI: 0.19-0.40), and no maternal outdoor work (OR = 0.64; 95%CI: 0.44-0.94) were also associated with a decreased prevalence of lactational mastitis. Prevalence of lactational mastitis was observed to be lower in women delivering in "Baby-Friendly Hospitals" with breastfeeding counseling programs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Modelo preditivo de óbito a partir de dados do Sistema de Informações Hospitalares/ Mortality prediction model using data from the Hospital Information System/ Modelo predictivo de óbito a partir de datos del Sistema de Informaciones Hospitalarias

Gomes, Andréa Silveira; Klück, Mariza Machado; Riboldi, João; Fachel, Jandyra Maria Guimarães
2010-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Desenvolver um modelo preditivo de óbito hospitalar com base nos dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com dados de 453.515 autorizações de internação de 332 hospitais do Rio Grande do Sul no ano de 2005. A partir da razão entre óbitos observados e óbitos esperados elaborou-se um ranking ajustado dos hospitais que foi comparado ao ranking bruto da taxa de mortalidade. Utilizou-se regress� (mais) �o logística para desenvolvimento do modelo preditivo de probabilidade para óbito hospitalar segundo sexo, idade, diagnóstico e uso de unidade de terapia intensiva. Foram obtidos os intervalos com 95% de confiança para 206 hospitais com mais de 365 internações por ano. RESULTADOS: Obteve-se um índice de risco para mortalidade hospitalar. A ordenação dos hospitais utilizando apenas a taxa de mortalidade bruta diferiu da ordenação quando se utiliza o ranking ajustado pelo modelo preditivo de probabilidade. Dos 206 hospitais analisados, 40 hospitais apresentaram mortalidade observada significativamente superior à esperada e 58 hospitais com mortalidade significativamente inferior à esperada. Uso de unidade de terapia intensiva apresentou maior peso para a composição do índice de risco, seguida pela idade e diagnóstico. Quando os hospitais atendem pacientes com perfis muito diferentes, o ajuste de risco não resulta numa indicação definitiva sobre qual prestador é o melhor. Os hospitais de grande porte apresentaram, no conjunto, maior número de óbitos do que seria esperado de acordo com as características das internações. CONCLUSÕES: O índice de risco de óbito hospitalar mostrou-se preditor adequado para o cálculo dos óbitos esperados, podendo ser aplicado na avaliação do desempenho hospitalar. Recomenda-se que, ao comparar hospitais, seja utilizado o ajuste pelo modelo preditivo de probabilidade de risco, estratificando-se pelo porte do hospital. Resumo em espanhol OBJETIVO: Desarrollar un modelo predictivo de óbito hospitalario con base en los datos del Sistema de Informaciones Hospitalarios del Sistema Único de Salud de Brasil. MÉTODOS: Estudio transversal con datos de 453.515 autorizaciones de internación de 332 hospitales de Rio Grande do Sul (Sur de Brasil) en el año 2005. A partir de la tasa de óbitos observados y óbitos esperados se elaboró un ranking ajustado de los hospitales que fue comparado al ranking bruto de la (mais) tasa de mortalidad. Se utilizó regresión logística para desarrollo del modelo predictivo de probabilidad para óbito hospitalario según sexo, edad, diagnóstico y uso de unidad de terapia intensiva (UTI). Se obtuvieron los intervalos con 95% de confianza para los 206 hospitales con más de 365 internaciones por año. RESULTADOS: Se obtuvo un índice de riesgo para mortalidad hospitalaria. La ordenación de los hospitales utilizando sólo la tasa de mortalidad bruta difirió de la ordenación al utilizarse el ranking ajustado por el modelo predictivo de probabilidad. De los 206 hospitales analizados, 40 hospitales presentaron mortalidad observada significativamente superior a la esperada y 58 hospitales con mortalidad significativamente menor a la esperada. El uso de UTI presentó mayor peso para la composición del índice de riesgo, seguida por la edad y diagnóstico. Cuando los hospitales atienden pacientes con perfiles muy diferentes, el ajuste de riesgo no resulta en una indicación definitiva sobre cual prestador es mejor. Los hospitales de gran porte presentaron, en conjunto, mayor número de óbitos del que sería esperado de acuerdo con las características de las internaciones. CONCLUSIONES: El índice de riesgo de óbito hospitalario se mostró predictivo adecuado para el cálculo de los óbitos esperados, pudiendo ser aplicado en la evaluación del desarrollo hospitalario. Se recomienda que, al comparar hospitales, sea utilizado el ajuste por el modelo predictivo de probabilidad de riesgo, estratificándose por el porte del hospital. Resumo em inglês OBJECTIVE: To develop a hospital mortality prediction model based on data from the Hospital Information System of the Brazilian National Health System. METHODS: This was a cross-sectional study using data from 453,515 authorizations for hospital admission relating to 332 hospitals in Rio Grande do Sul, Southern Brazil in the year 2005. From the ratio between observed and expected deaths, the hospitals were ranked in an adjusted manner, and this was compared with the crude (mais) ranking of the mortality rate. Logistic regression was used to develop a predictive model for the likelihood of hospital mortality according to sex, age, diagnosis and use of an intensive care unit. Confidence intervals (95%) were obtained for the 206 hospitals with more than 365 hospital admissions per year. RESULTS: An index for the risk of hospital mortality was obtained. Ranking the hospitals using only the crude mortality rate differed from the ranking when it was adjusted according to the predictive likelihood model. Among the 206 hospitals analyzed, 40 of them presented observed mortality that was significantly greater than what was expected, while 58 hospitals presented mortality that was significantly lower than expected. Use of an intensive care unit presented the greatest weight in making up the risk index, followed by age and diagnosis. When the hospitals attended patients with widely differing profiles, the risk adjustment did not result in a definitive indication regarding which provider was best. Among this group of hospitals, those of large size presented greater numbers of deaths than would be expected from the characteristics of the hospital admissions. CONCLUSIONS: The hospital mortality risk index was shown to be an appropriate predictor for calculating the expected death rate, and it can be applied to evaluate hospital performance. It is recommended that, in comparing hospitals, the adjustment using the predictive likelihood model for the risk should be used, with stratification according to hospital size.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Modelo preditivo de óbito a partir de dados do Sistema de Informações Hospitalares/ Mortality prediction model using data from the Hospital Information System/ Modelo predictivo de óbito a partir de datos del Sistema de Informaciones Hospitalarias

Gomes, Andréa Silveira; Klück, Mariza Machado; Riboldi, João; Fachel, Jandyra Maria Guimarães
2010-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Desenvolver um modelo preditivo de óbito hospitalar com base nos dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com dados de 453.515 autorizações de internação de 332 hospitais do Rio Grande do Sul no ano de 2005. A partir da razão entre óbitos observados e óbitos esperados elaborou-se um ranking ajustado dos hospitais que foi comparado ao ranking bruto da taxa de mortalidade. Utilizou-se regress� (mais) �o logística para desenvolvimento do modelo preditivo de probabilidade para óbito hospitalar segundo sexo, idade, diagnóstico e uso de unidade de terapia intensiva. Foram obtidos os intervalos com 95% de confiança para 206 hospitais com mais de 365 internações por ano. RESULTADOS: Obteve-se um índice de risco para mortalidade hospitalar. A ordenação dos hospitais utilizando apenas a taxa de mortalidade bruta diferiu da ordenação quando se utiliza o ranking ajustado pelo modelo preditivo de probabilidade. Dos 206 hospitais analisados, 40 hospitais apresentaram mortalidade observada significativamente superior à esperada e 58 hospitais com mortalidade significativamente inferior à esperada. Uso de unidade de terapia intensiva apresentou maior peso para a composição do índice de risco, seguida pela idade e diagnóstico. Quando os hospitais atendem pacientes com perfis muito diferentes, o ajuste de risco não resulta numa indicação definitiva sobre qual prestador é o melhor. Os hospitais de grande porte apresentaram, no conjunto, maior número de óbitos do que seria esperado de acordo com as características das internações. CONCLUSÕES: O índice de risco de óbito hospitalar mostrou-se preditor adequado para o cálculo dos óbitos esperados, podendo ser aplicado na avaliação do desempenho hospitalar. Recomenda-se que, ao comparar hospitais, seja utilizado o ajuste pelo modelo preditivo de probabilidade de risco, estratificando-se pelo porte do hospital. Resumo em espanhol OBJETIVO: Desarrollar un modelo predictivo de óbito hospitalario con base en los datos del Sistema de Informaciones Hospitalarios del Sistema Único de Salud de Brasil. MÉTODOS: Estudio transversal con datos de 453.515 autorizaciones de internación de 332 hospitales de Rio Grande do Sul (Sur de Brasil) en el año 2005. A partir de la tasa de óbitos observados y óbitos esperados se elaboró un ranking ajustado de los hospitales que fue comparado al ranking bruto de la (mais) tasa de mortalidad. Se utilizó regresión logística para desarrollo del modelo predictivo de probabilidad para óbito hospitalario según sexo, edad, diagnóstico y uso de unidad de terapia intensiva (UTI). Se obtuvieron los intervalos con 95% de confianza para los 206 hospitales con más de 365 internaciones por año. RESULTADOS: Se obtuvo un índice de riesgo para mortalidad hospitalaria. La ordenación de los hospitales utilizando sólo la tasa de mortalidad bruta difirió de la ordenación al utilizarse el ranking ajustado por el modelo predictivo de probabilidad. De los 206 hospitales analizados, 40 hospitales presentaron mortalidad observada significativamente superior a la esperada y 58 hospitales con mortalidad significativamente menor a la esperada. El uso de UTI presentó mayor peso para la composición del índice de riesgo, seguida por la edad y diagnóstico. Cuando los hospitales atienden pacientes con perfiles muy diferentes, el ajuste de riesgo no resulta en una indicación definitiva sobre cual prestador es mejor. Los hospitales de gran porte presentaron, en conjunto, mayor número de óbitos del que sería esperado de acuerdo con las características de las internaciones. CONCLUSIONES: El índice de riesgo de óbito hospitalario se mostró predictivo adecuado para el cálculo de los óbitos esperados, pudiendo ser aplicado en la evaluación del desarrollo hospitalario. Se recomienda que, al comparar hospitales, sea utilizado el ajuste por el modelo predictivo de probabilidad de riesgo, estratificándose por el porte del hospital. Resumo em inglês OBJECTIVE: To develop a hospital mortality prediction model based on data from the Hospital Information System of the Brazilian National Health System. METHODS: This was a cross-sectional study using data from 453,515 authorizations for hospital admission relating to 332 hospitals in Rio Grande do Sul, Southern Brazil in the year 2005. From the ratio between observed and expected deaths, the hospitals were ranked in an adjusted manner, and this was compared with the crude (mais) ranking of the mortality rate. Logistic regression was used to develop a predictive model for the likelihood of hospital mortality according to sex, age, diagnosis and use of an intensive care unit. Confidence intervals (95%) were obtained for the 206 hospitals with more than 365 hospital admissions per year. RESULTS: An index for the risk of hospital mortality was obtained. Ranking the hospitals using only the crude mortality rate differed from the ranking when it was adjusted according to the predictive likelihood model. Among the 206 hospitals analyzed, 40 of them presented observed mortality that was significantly greater than what was expected, while 58 hospitals presented mortality that was significantly lower than expected. Use of an intensive care unit presented the greatest weight in making up the risk index, followed by age and diagnosis. When the hospitals attended patients with widely differing profiles, the risk adjustment did not result in a definitive indication regarding which provider was best. Among this group of hospitals, those of large size presented greater numbers of deaths than would be expected from the characteristics of the hospital admissions. CONCLUSIONS: The hospital mortality risk index was shown to be an appropriate predictor for calculating the expected death rate, and it can be applied to evaluate hospital performance. It is recommended that, in comparing hospitals, the adjustment using the predictive likelihood model for the risk should be used, with stratification according to hospital size.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Fatores associados à mortalidade hospitalar na rede SUS do Rio Grande do Sul, em 2005: aplicação de modelo multinível/ Factors associated with hospital mortality in Rio Grande do Sul SUS network in 2005: application of a Multilevel Model

Gomes, Andréa Silveira; Klück, Mariza Machado; Fachel, Jandyra M. Guimarães; Riboldi, João
2010-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a mortalidade hospitalar por meio de análise multinível utilizando dados disponíveis no Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com dados de internações obtidas das Autorizações de Internação Hospitalar do Rio Grande do Sul no ano de 2005. A modelagem foi realizada por meio de regressão logística multinível, utilizando variáveis do nível individual (internações) e do nível contextua (mais) l (hospitais). Analisou-se a variabilidade causada por variáreis individuais no nível hospitalar, bem como a participação do perfil dos hospitais na taxa de mortalidade hospitalar. RESULTADOS: A taxa bruta de mortalidade calculada para o conjunto de hospitais foi de 6,3%. As variáveis uso de Unidade de Terapia Intensiva e idade foram os principais preditores para óbito hospitalar no nível individual. As variáveis de contexto que se relacionaram mais intensamente com o óbito hospitalar foram: porte do hospital, natureza jurídica e média de permanência. A chance de óbito em hospital de grande porte é 1,85 vezes a chance do hospital de pequeno porte e no hospital de médio porte é 1,69 vezes a chance do hospital de pequeno porte. Os hospitais públicos apresentam 67% mais chances de óbito hospitalar do que os privados. CONCLUSÕES: O perfil hospitalar tem papel importante na mortalidade hospitalar do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde. A análise multinível deve ser empregada para a estimação da contribuição do perfil dos hospitais na mortalidade hospitalar. Resumo em inglês OBJECTIVE: To use a multilevel analysis methodology to evaluate hospital mortality from the data available in the Hospital Information System of the National Unified Health System. METHODS: Cross-sectional study with data obtained from Authorization Forms for Hospital Admissions in Rio Grande do Sul, Brazil in 2005. The modeling was performed using multilevel logistic regression, with variables from the individual level (hospital admissions) and the context level (hospita (mais) l profile). The variability originated from individual variables was analyzed as well as the participation of the profile of hospitals in the rate of hospital mortality. RESULTS: The crude death rate calculated for all hospitals was 6.3%. The variables "Use of Intensive Care Unit" followed by "Patient Age" were the main predictors for hospital death at the individual level. The context variables that were related most closely to hospital death (outcome) were: size of hospital, legal nature, and average length of stay. The OR for deaths at large hospitals was 1.85 times the odds for small hospitals and the OR for medium hospitals was 1.69 times the odds for small ones. The chance of deaths in public hospitals was 67% higher than in private ones. CONCLUSIONS: The hospital profile has an important role in hospital mortality in the Hospital Information System of the National Unified Health System. Multilevel analysis should be used to estimate the contribution of the profile of mortality in hospitals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Fatores associados à mortalidade hospitalar na rede SUS do Rio Grande do Sul, em 2005: aplicação de modelo multinível/ Factors associated with hospital mortality in Rio Grande do Sul SUS network in 2005: application of a Multilevel Model

Gomes, Andréa Silveira; Klück, Mariza Machado; Fachel, Jandyra M. Guimarães; Riboldi, João
2010-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a mortalidade hospitalar por meio de análise multinível utilizando dados disponíveis no Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com dados de internações obtidas das Autorizações de Internação Hospitalar do Rio Grande do Sul no ano de 2005. A modelagem foi realizada por meio de regressão logística multinível, utilizando variáveis do nível individual (internações) e do nível contextua (mais) l (hospitais). Analisou-se a variabilidade causada por variáreis individuais no nível hospitalar, bem como a participação do perfil dos hospitais na taxa de mortalidade hospitalar. RESULTADOS: A taxa bruta de mortalidade calculada para o conjunto de hospitais foi de 6,3%. As variáveis uso de Unidade de Terapia Intensiva e idade foram os principais preditores para óbito hospitalar no nível individual. As variáveis de contexto que se relacionaram mais intensamente com o óbito hospitalar foram: porte do hospital, natureza jurídica e média de permanência. A chance de óbito em hospital de grande porte é 1,85 vezes a chance do hospital de pequeno porte e no hospital de médio porte é 1,69 vezes a chance do hospital de pequeno porte. Os hospitais públicos apresentam 67% mais chances de óbito hospitalar do que os privados. CONCLUSÕES: O perfil hospitalar tem papel importante na mortalidade hospitalar do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde. A análise multinível deve ser empregada para a estimação da contribuição do perfil dos hospitais na mortalidade hospitalar. Resumo em inglês OBJECTIVE: To use a multilevel analysis methodology to evaluate hospital mortality from the data available in the Hospital Information System of the National Unified Health System. METHODS: Cross-sectional study with data obtained from Authorization Forms for Hospital Admissions in Rio Grande do Sul, Brazil in 2005. The modeling was performed using multilevel logistic regression, with variables from the individual level (hospital admissions) and the context level (hospita (mais) l profile). The variability originated from individual variables was analyzed as well as the participation of the profile of hospitals in the rate of hospital mortality. RESULTS: The crude death rate calculated for all hospitals was 6.3%. The variables "Use of Intensive Care Unit" followed by "Patient Age" were the main predictors for hospital death at the individual level. The context variables that were related most closely to hospital death (outcome) were: size of hospital, legal nature, and average length of stay. The OR for deaths at large hospitals was 1.85 times the odds for small hospitals and the OR for medium hospitals was 1.69 times the odds for small ones. The chance of deaths in public hospitals was 67% higher than in private ones. CONCLUSIONS: The hospital profile has an important role in hospital mortality in the Hospital Information System of the National Unified Health System. Multilevel analysis should be used to estimate the contribution of the profile of mortality in hospitals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Avaliação dos serviços hospitalares de emergência do programa QualiSUS/ Evaluation of emergency services of the hospitals from the QualiSUS program

O'Dwyer, Gisele Oliveira; Oliveira, Sergio Pacheco de; Seta, Marismary Horsth de
2009-12-01

Resumo em português A assistência prestada nos serviços hospitalares de emergência é o objeto deste artigo, que pretende avaliar as emergências do programa QualiSUS. O estudo é descritivo, com aplicação de questionário aos responsáveis pela emergência de oito hospitais. A superlotação das emergências é constante e as causas apontadas são a baixa resolutividade da atenção básica e a precariedade da rede hospitalar. Seis hospitais não gerenciam a superlotação. A porta de (mais) entrada não é organizada e apenas três hospitais fazem classificação de risco. Foram verificadas dificuldades de relacionamento internas e externas, demonstrando um isolamento da emergência em relação à rede e ao próprio hospital. As patologias difíceis de encaminhar para o sistema são as crônicas, neurológicas e sociais. Em relação às equipes, a precariedade dos vínculos dificulta a fixação do profissional e sua qualificação Os profissionais não têm capacitação específica e só um serviço utiliza protocolos. Constatou-se pouca influência do QualiSUS nos hospitais. A falência da rede interfere com a superlotação e com o perfil do paciente atendido. O investimento QualiSUS não pode restringir-se ao hospital. A emergência deve estar mais integrada ao sistema e ao hospital. A capacitação de recursos humanos é imprescindível, assim como a regulação de leitos. Resumo em inglês The aid lent by the emergency services is the object of this paper, which aims to assess the emergency service of the QualiSUS program. The study is descriptive with the application of a questionnaire to the responsible of the emergency services in eight hospitals. The emergency services were always overcrowded, and the causes pointed were the low resolutivity of basic attention and the precariousness of the hospital network. Contributing to this there is the primary care (mais) decreased resolutivity and the precariousness of the hospital network. Six hospitals do not manage the emergency service. The entrance system is not organized and only three hospitals work with risk classification. All of them refer difficulties with internal and external services. The hardest pathologies to refer to other services are the chronicles, neurological and social. The professionals do not have specific qualification and the precariousness job contracts do not contribute neither for the professional's fixation nor for his qualification. Clinical protocols are used by one service. It was noticed the influence of the QualiSUS in the hospitals. The failure of the health services network interferes with the emergency patient's profile. The investment of the QualiSUS cannot be restrained to the hospital. Emergency should be more integrated to the system and hospital. The qualification of human resources is indispensable as well as the bed's regulation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Avaliação dos serviços hospitalares de emergência do programa QualiSUS/ Evaluation of emergency services of the hospitals from the QualiSUS program

O'Dwyer, Gisele Oliveira; Oliveira, Sergio Pacheco de; Seta, Marismary Horsth de
2009-12-01

Resumo em português A assistência prestada nos serviços hospitalares de emergência é o objeto deste artigo, que pretende avaliar as emergências do programa QualiSUS. O estudo é descritivo, com aplicação de questionário aos responsáveis pela emergência de oito hospitais. A superlotação das emergências é constante e as causas apontadas são a baixa resolutividade da atenção básica e a precariedade da rede hospitalar. Seis hospitais não gerenciam a superlotação. A porta de (mais) entrada não é organizada e apenas três hospitais fazem classificação de risco. Foram verificadas dificuldades de relacionamento internas e externas, demonstrando um isolamento da emergência em relação à rede e ao próprio hospital. As patologias difíceis de encaminhar para o sistema são as crônicas, neurológicas e sociais. Em relação às equipes, a precariedade dos vínculos dificulta a fixação do profissional e sua qualificação Os profissionais não têm capacitação específica e só um serviço utiliza protocolos. Constatou-se pouca influência do QualiSUS nos hospitais. A falência da rede interfere com a superlotação e com o perfil do paciente atendido. O investimento QualiSUS não pode restringir-se ao hospital. A emergência deve estar mais integrada ao sistema e ao hospital. A capacitação de recursos humanos é imprescindível, assim como a regulação de leitos. Resumo em inglês The aid lent by the emergency services is the object of this paper, which aims to assess the emergency service of the QualiSUS program. The study is descriptive with the application of a questionnaire to the responsible of the emergency services in eight hospitals. The emergency services were always overcrowded, and the causes pointed were the low resolutivity of basic attention and the precariousness of the hospital network. Contributing to this there is the primary care (mais) decreased resolutivity and the precariousness of the hospital network. Six hospitals do not manage the emergency service. The entrance system is not organized and only three hospitals work with risk classification. All of them refer difficulties with internal and external services. The hardest pathologies to refer to other services are the chronicles, neurological and social. The professionals do not have specific qualification and the precariousness job contracts do not contribute neither for the professional's fixation nor for his qualification. Clinical protocols are used by one service. It was noticed the influence of the QualiSUS in the hospitals. The failure of the health services network interferes with the emergency patient's profile. The investment of the QualiSUS cannot be restrained to the hospital. Emergency should be more integrated to the system and hospital. The qualification of human resources is indispensable as well as the bed's regulation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Avaliação da implantação do cuidado humanizado aos recém-nascidos com baixo peso: método canguru/ Evaluation of implementation of humanized care to low weight newborns: the Kangaroo Method

Gontijo, Tarcísio L.; Meireles, Adriana L.; Malta, Deborah C.; Proietti, Fernando A.; Xavier, César C.
2010-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a implantação do método canguru em hospitais capacitados pelo Ministério da Saúde (MS). MÉTODO: Estudo transversal que avaliou 176 (60,1%) dos 293 hospitais maternidades (HM) capacitados entre 2000 e 2003 no Brasil. O estudo foi conduzido em duas fases. A primeira consistiu no envio de um questionário para os 293 HM, e a segunda fase realizou-se mediante visita in loco em uma amostra de 29 destes HM. O instrumento de coleta de dados da primeira fa (mais) se foi enviado por correio, fax ou e-mail via Ministério da Saúde a todos os hospitais capacitados e abordava as dimensões da avaliação normativa: estrutura, processos e resultados. A segunda fase consistiu exclusivamente na avaliação de processo utilizando-se roteiro de observação não participante e estruturado. Para estimar a confiabilidade da variável “implantação das etapas do método”, entre o questionário e a visita local utilizou-se o teste de kappa. RESULTADOS: A primeira etapa do método canguru foi implantada em 84,9% dos hospitais, porém apenas 47,3% implantaram as três etapas conforme regulamenta a norma brasileira. Os resultados do teste de kappa indicam concordância moderada para a primeira etapa e substancial para a segunda e terceira etapas do método. CONCLUSÃO: A capacitação foi importante para o início do processo de implantação do método canguru, mas não suficiente para promover a implantação das três fases do método. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the implementation of the kangaroo mother method in hospitals trained by the Brazilian Ministry of Health. METHOD: Cross-sectional study, evaluating 176 (60.1%) out of 293 hospitals that were trained by the Brazilian Ministry of Health from 2000 to 2003 in Brazil. This study was conducted in two phases. The first phase consisted of sending a questionnaire to 293 hospitals; in the second phase an in loco visit was made in a sample of 29 among those h (mais) ospitals. The instrument for data collection was sent to all hospitals by mail, fax or e-mail through the Ministry of Health and they addressed the three dimensions of the normative assessment: structure, processes, and results. The second phase consisted of an evaluation of the process, using a structured guide of non-participant observation. To estimate the reliability of the variable “deployment of the steps of the method” between questionnaire and site visit, we used the kappa test. RESULTS: The first stage of the kangaroo mother method was implemented in 84.9% of the hospitals, but only 47.3% of them implemented the three stages according to the Brazilian norm. The kappa test results indicated a moderate agreement for the first stage, and substantial for the second and third stages of the method. CONCLUSION: Hospital training was important for triggering the implementation process of the kangaroo mother method. However, they were not enough to promote the implementation of the three phases of the method.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Avaliação do grau de implantação do Programa de Qualificação da Atenção Hospitalar de Urgência (Qualisus)/ Implementation degree assessment of the Hospital Urgency Care Qualification Program (Qualisus)

Gusmão-filho, Fernando Antônio Ribeiro de; Carvalho, Eduardo Freese de; Araújo Júnior, José Luiz do Amaral Correia de
2010-06-01

Resumo em português O presente artigo tem por objetivo avaliar o grau de implantação do Programa de Qualificação da Atenção Hospitalar de Urgência (Qualisus) em três hospitais de alta complexidade do SUS do município do Recife, Pernambuco. Foi realizada uma avaliação normativa, levando-se em conta atributos estruturais e do processo de trabalho relativos às dimensões do acolhimento e direitos dos usuários e da resolutividade diagnóstica e terapêutica dos serviços. O grau de (mais) implantação do programa foi avaliado como intermediário nos três hospitais. O artigo detalha e discute os achados referentes ao grau de implantação das ações que compõem o programa nos três serviços. Resumo em inglês This study aims to assess the implementation degree of the Hospital Urgency Care Qualification Program (Qualisus) in three high complexity hospitals of Recife municipality, Pernambuco State. A normative assessment was conducted based on structural and work process attributes concerning to user rights and embracement and to health services diagnostic and therapeutic resolubility. The program implementation degree was evaluated as intermediate at the three hospitals. Result (mais) s referred to the implementation degree of program actions are described and discussed in detail in this article.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Avaliação do grau de implantação do Programa de Qualificação da Atenção Hospitalar de Urgência (Qualisus)/ Implementation degree assessment of the Hospital Urgency Care Qualification Program (Qualisus)

Gusmão-filho, Fernando Antônio Ribeiro de; Carvalho, Eduardo Freese de; Araújo Júnior, José Luiz do Amaral Correia de
2010-06-01

Resumo em português O presente artigo tem por objetivo avaliar o grau de implantação do Programa de Qualificação da Atenção Hospitalar de Urgência (Qualisus) em três hospitais de alta complexidade do SUS do município do Recife, Pernambuco. Foi realizada uma avaliação normativa, levando-se em conta atributos estruturais e do processo de trabalho relativos às dimensões do acolhimento e direitos dos usuários e da resolutividade diagnóstica e terapêutica dos serviços. O grau de (mais) implantação do programa foi avaliado como intermediário nos três hospitais. O artigo detalha e discute os achados referentes ao grau de implantação das ações que compõem o programa nos três serviços. Resumo em inglês This study aims to assess the implementation degree of the Hospital Urgency Care Qualification Program (Qualisus) in three high complexity hospitals of Recife municipality, Pernambuco State. A normative assessment was conducted based on structural and work process attributes concerning to user rights and embracement and to health services diagnostic and therapeutic resolubility. The program implementation degree was evaluated as intermediate at the three hospitals. Result (mais) s referred to the implementation degree of program actions are described and discussed in detail in this article.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

O hospital e a formação em saúde: desafios atuais/ Hospitals and health professional education: contemporary challenges

Feuerwerker, Laura Camargo Macruz; Cecílio, Luiz Carlos de Oliveira
2007-08-01

Resumo em português O lugar do hospital na formação em saúde e as demandas dos próprios hospitais em relação à formação de profissionais para atenção e gestão hospitalares estão em processo de redefinição, tendo em vista a busca por qualidade, integralidade, eficiência e controle de custos nos sistemas de saúde. O artigo procura contextualizar os dilemas e tensões em cada um desses campos, reconhecendo a complexidade da organização hospitalar, seu lugar crítico na presta (mais) ção de serviços e seu profundo envolvimento no engendramento do modelo médico-hegemônico no âmbito das práticas e da formação em saúde. Resumo em inglês Both the role of hospitals in health professionals education and hospital's needs in terms of professionals for health care and hospital management are changing as health systems move towards quality, comprehensiveness, efficiency and costs control. The article intends to analyze dilemmas and challenges in each of these fields, acknowledging hospitals' complexity, their critical role on healthcare delivery and their deep involvement in the hegemonic orientation for health education and practice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

O hospital e a formação em saúde: desafios atuais/ Hospitals and health professional education: contemporary challenges

Feuerwerker, Laura Camargo Macruz; Cecílio, Luiz Carlos de Oliveira
2007-08-01

Resumo em português O lugar do hospital na formação em saúde e as demandas dos próprios hospitais em relação à formação de profissionais para atenção e gestão hospitalares estão em processo de redefinição, tendo em vista a busca por qualidade, integralidade, eficiência e controle de custos nos sistemas de saúde. O artigo procura contextualizar os dilemas e tensões em cada um desses campos, reconhecendo a complexidade da organização hospitalar, seu lugar crítico na presta (mais) ção de serviços e seu profundo envolvimento no engendramento do modelo médico-hegemônico no âmbito das práticas e da formação em saúde. Resumo em inglês Both the role of hospitals in health professionals education and hospital's needs in terms of professionals for health care and hospital management are changing as health systems move towards quality, comprehensiveness, efficiency and costs control. The article intends to analyze dilemmas and challenges in each of these fields, acknowledging hospitals' complexity, their critical role on healthcare delivery and their deep involvement in the hegemonic orientation for health education and practice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Intervenção coronariana percutânea no Brasil: resultados do Sistema Único de Saúde/ Percutaneous coronary intervention in Brazil: results from the Brazilian Public Health System

Piegas, Leopoldo Soares; Haddad, Nagib
2011-01-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O Sistema Único de Saúde (SUS) realiza aproximadamente 80% das intervenções coronarianas percutâneas (ICP) no Brasil. O conhecimento desses dados permitirá planejar adequadamente o tratamento da doença arterial coronariana (DAC). OBJETIVO: Analisar e discutir os resultados das ICP realizadas pelo SUS. MÉTODOS: Foram avaliados os dados do SIH/DATASUS disponibilizados para consulta pública. RESULTADOS: Entre os anos de 2005 a 2008 foram realizados 166.5 (mais) 14 procedimentos em 180 hospitais. A mortalidade hospitalar média foi de 2,33%, variando de 0% a 11,35%, sendo mais baixa no Sudeste, 2,03% e mais alta na região Norte, 3,64% (p Resumo em inglês BACKGROUND: The Brazilian Public Health System (SUS) holds approximately 80% of percutaneous coronary interventions (PCI) in Brazil. Being aware of these data will enable to design a proper plan for the treatment of coronary artery disease (CAD). OBJECTIVE: To review and discuss the results of PCIs performed by the SUS. METHODS: We reviewed data from SIH/DATASUS available for public consultation. RESULTS: From 2005 to 2008, 166,514 procedures were performed in 180 hospita (mais) ls. Average hospital mortality was 2.33%, ranging from 0% to 11.35%, being lower in the Southeast, 2.03% and higher in the northern region, 3.64% (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Avaliação da qualidade da informação do Sistema de Informação Perinatal (SIP-CLAP /OPAS) para monitoramento da assistência perinatal hospitalar, Belo Horizonte, 2004/ Assessment of the quality of information from the Perinatal Information System (SIP-CLAP/OPAS) used to monitor hospital perinatal care, Belo Horizonte, 2004

Rego, Maria Albertina Santiago; França, Elisabeth Barboza; Afonso, Deise Campos Cardoso
2009-09-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar a qualidade da informação do SIP-CLAP/OPAS em maternidades de Belo Horizonte. MÉTODOS: para avaliação da completude foi analisada amostra aleatória sistemática de 562 formulários SIP e prontuários médicos correspondentes, coletados durante a assistência em duas maternidades, em 2004. Uma subamostra de 20% foi utilizada para avaliação da confiabilidade do banco de dados eletrônico do programa. Foram calculadas proporções de completude ante (mais) s e após resgate da informação disponível em prontuário, e o índice Kappa e o coeficiente de correlação intraclasse (ICC), com nível de significância de 5%, para análise da concordância. RESULTADOS: a completude de variáveis do SIP durante a assistência foi em média 72% no Hospital 1 e 86% no Hospital 2. O ganho médio percentual após busca da informação em prontuários foi de 18% e 7%, respectivamente. Foram observados índices muito bons de concordância nos dois hospitais. CONCLUSÕES: o SIP-CLAP representa uma alternativa para monitoramento da assistência hospitalar perinatal, mas apresenta problemas para sua utilização adequada, pois a completude avaliada durante a assistência não foi satisfatória. São necessários investimentos para o aprimoramento do programa nos hospitais, fundamentais para obtenção de indicadores essenciais para a qualificação da assistência hospitalar ao parto e nascimento. Resumo em inglês OBJECTIVE: to assess the quality of information from the SIP-CLAP/OPAS in maternity hospitals in Belo Horizonte. METHODS: completeness was assessed by analyzing a systematic random sample of 562 SIP forms and the corresponding medical records, collected while care was being given at two maternity hospitals in 2004. A sub-sample of 20% was used to evaluate the reliability of the program's electronic database. Proportions were calculated for completeness before and after re (mais) covery of information available on medical records, along with the kappa index and the intra-class correlation coefficient (ICC), with a level of significance of 5%, for analysis of agreement. RESULTS: the completeness of SIP variables while care was being given was on average 72% in Hospital 1 and 86% in Hospital 2. The average increase after recovering the information in medical records was of 18% and 7%, respectively. A good level of agreement was found at both hospitals. CONCLUSIONS: although the SIP-CLAP represents an alternative way of monitoring perinatal hospital care, there are still some problems regarding it's adequate use, as completeness of the data evaluated during care was not completely satisfactory. Investments are necessary to improve the program's use in hospitals, in order to obtain essential indicators to qualify perinatal hospital care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Óbitos perinatais evitáveis e ambiente externo ao sistema de assistência: estudo de caso em município da Região Metropolitana do Rio de Janeiro/ Avoidable perinatal deaths and the environment outside the health care system: a case study in a city in Greater Metropolitan Rio de Janeiro

Rosa, Maria L. G.; Hortale, Virginia Alonso
2002-06-01

Resumo em português Este artigo visa compreender a contribuição de fatores do ambiente externo ao sistema de assistência na ocorrência de óbitos perinatais em maternidades, que em 1994, compunham a rede de atendimento obstétrico em um município da região metropolitana do Rio de Janeiro. Dividiram-se os elementos em quatro grupos de variáveis, para entender a relação entre falhas no atendimento e deficiências no ambiente externo e institucionalizado: repasse de recursos para custe (mais) io, fatores geográficos e temporais, características organizacionais e administrativas e ação/participação de grupos de interesse. Entrevistas semi-estruturadas foram realizadas. Os resultados indicaram as seguintes falhas: repasses de recursos para custeio insuficientes para manter cuidados de qualidade, sobretudo nos casos das maternidades privadas; nenhuma regionalização ou hierarquização formal ou informal dos cuidados obstétricos no município; desconhecimento das normas do Ministério da Saúde nas maternidades estudadas e as adotadas em três das quatro maternidades não faziam referência nem aos procedimentos para a admissão, nem ao seguimento do trabalho de parto, nem ao seguimento fetal e o nível de participação não era o efetivamente implementado. Resumo em inglês This paper focuses on the role of environmental factors external to the health care system in the occurrence of perinatal deaths in maternity hospitals belonging to the local health system in a city in Greater Metropolitan Rio de Janeiro in 1994. Elements from the political and administrative context that contribute to an understanding of the relationship between failures in health care and structural deficiencies in these maternity hospitals were divided into four groups (mais) of variables: distribution of resources, spatial and temporal factors, organizational and managerial features, and action by interest groups. Semi-structured interviews were conducted. The study concluded that poor performance in four groups of variables may have contributed to perinatal mortality: distribution of resources was insufficient to provide quality in health care, especially in private maternity hospitals; there was no formal or informal regional or hierarchical organization of obstetric care in the city; Ministry of Health guidelines were ignored in all four maternity hospitals, while in three of the hospitals there were no admissions procedures and delivery and fetal follow-up listed in their own rules; and the level of actual participation was low.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Óbitos perinatais evitáveis e ambiente externo ao sistema de assistência: estudo de caso em município da Região Metropolitana do Rio de Janeiro/ Avoidable perinatal deaths and the environment outside the health care system: a case study in a city in Greater Metropolitan Rio de Janeiro

Rosa, Maria L. G.; Hortale, Virginia Alonso
2002-06-01

Resumo em português Este artigo visa compreender a contribuição de fatores do ambiente externo ao sistema de assistência na ocorrência de óbitos perinatais em maternidades, que em 1994, compunham a rede de atendimento obstétrico em um município da região metropolitana do Rio de Janeiro. Dividiram-se os elementos em quatro grupos de variáveis, para entender a relação entre falhas no atendimento e deficiências no ambiente externo e institucionalizado: repasse de recursos para custe (mais) io, fatores geográficos e temporais, características organizacionais e administrativas e ação/participação de grupos de interesse. Entrevistas semi-estruturadas foram realizadas. Os resultados indicaram as seguintes falhas: repasses de recursos para custeio insuficientes para manter cuidados de qualidade, sobretudo nos casos das maternidades privadas; nenhuma regionalização ou hierarquização formal ou informal dos cuidados obstétricos no município; desconhecimento das normas do Ministério da Saúde nas maternidades estudadas e as adotadas em três das quatro maternidades não faziam referência nem aos procedimentos para a admissão, nem ao seguimento do trabalho de parto, nem ao seguimento fetal e o nível de participação não era o efetivamente implementado. Resumo em inglês This paper focuses on the role of environmental factors external to the health care system in the occurrence of perinatal deaths in maternity hospitals belonging to the local health system in a city in Greater Metropolitan Rio de Janeiro in 1994. Elements from the political and administrative context that contribute to an understanding of the relationship between failures in health care and structural deficiencies in these maternity hospitals were divided into four groups (mais) of variables: distribution of resources, spatial and temporal factors, organizational and managerial features, and action by interest groups. Semi-structured interviews were conducted. The study concluded that poor performance in four groups of variables may have contributed to perinatal mortality: distribution of resources was insufficient to provide quality in health care, especially in private maternity hospitals; there was no formal or informal regional or hierarchical organization of obstetric care in the city; Ministry of Health guidelines were ignored in all four maternity hospitals, while in three of the hospitals there were no admissions procedures and delivery and fetal follow-up listed in their own rules; and the level of actual participation was low.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

What Explains Doctors’ Usage of Mobile Information and Communication Technologies? A Comparison of US and Portuguese Hospitals

Martins, Henrique MG; Jones, Matthew R

Doctors, either as a result of individual initiative or departmental policy, may use a number of different mobile computers. The relationship between device ownership/provision and usage is, however, rarely discussed. This paper therefore presents survey data (N=267) on mobile computer ownership and...

DRIVER (Portuguese)

96

Spread of Extended-Spectrum β-Lactamase CTX-M-Producing Escherichia coli Clinical Isolates in Community and Nosocomial Environments in Portugal▿

Ferreira, Eugénia; Mendonça, Nuno; Manageiro, Vera; Leitão, Joana; Caniça, Manuela

Of the 181 unduplicated Escherichia coli strains isolated in nine different hospitals in three Portuguese regions, 119 were extended-spectrum β-lactamase (ESBL)-CTX-M producers and were selected for phenotype and genotype characterization. CTX-M producer strains were prevalent among community-acquir...

DRIVER (Portuguese)

97

O brincar no contexto hospitalar : um olhar sobre os aspectos mediadores realizados por educadores em hospital oncológico em Portugal

Chaves, Fabiana Maria Roque, 1977-

A dissertação O brincar no contexto hospitalar: Um olhar sobre os aspectos mediadores realizados por educadores em hospital oncológico em Portugal , abarca o conjunto de actividades que emergem e se desenvolvem em ambiente hospitalar na tentativa de amenizar o stress e a rotina vividos pelas crianç...

DRIVER (Portuguese)

98

Molecular Characterization of Glycopeptide-Resistant Enterococcus faecium Isolates from Portuguese Hospitals

Peixe, Luísa V.; Novais, Carla; Coque, Teresa M.; Sousa, João C.

Fifty-one pulsed-field gel electrophoresis types and 17 Tn1546 variants were identified among 101 Enterococcus faecium isolates recovered in three distant Portuguese hospitals. Intra- and interhospital dissemination of specific strains and Tn1546 types was detected, which might largely contribute to...

DRIVER (Portuguese)

100

Maior letalidade e morbidade por infarto agudo do miocárdio em hospital público, em Feira de Santana - Bahia/ Increased mortality and morbidity due to acute myocardial infarction in a public hospital, in Feira de Santana, Bahia/ Mayor letalidad y morbilidad por infarto agudo de miocardio en hospital público, en Feira de Santana - Bahía

Ferreira, Graça Maria Tavares de Melo; Correia, Luis Cláudio; Reis, Helena; Ferreira Filho, Carlos Brandão; Freitas, Francisco; Ferreira, Guilherme Melo; Júnior, Ivan; Oliveira, Nelson; Guimarães, Armênio Costa
2009-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Fatores relacionados ao nível sócio-econômico, à qualidade e à gestão assistencial podem influenciar na letalidade e morbidade por infarto agudo do miocárdio (IAM). OBJETIVO: Comparar letalidade e morbidade por IAM entre hospital público e privado. MÉTODOS: Estudo observacional, com grupos de comparação. Avaliação clínica na admissão e registro de dados diagnósticos, terapêuticos e evolutivos até a alta ou o óbito. Comparação das caracter� (mais) �sticas clínicas por análise univariada seguida de análise bivariada, avaliando a associação de preditores com óbito e morbidade (Killip >I), SPSS, versão 13,0. RESULTADOS: Avaliados 150 pacientes, 63 (42,0%) privados e 87 (58,0%) públicos, com 63,1% e 62,1% de homens e idades de 61,1±13,8 e 60,0±11,6 anos, respectivamente. A letalidade por IAM foi de 19,5% nos públicos vs 4,8% nos privados (p=0,001) e a morbidade (Killip classe >1) de 34,3% nos públicos vs 15,0% nos privados (p=0,012). Houve diferença significativa nos públicos devido à menor renda familiar e escolaridade (70,1% com um a dois salários vs 19,0%, p1 hora: 76,9% vs 48,6%; p=0,003) e maior tempo para ser medicado (THM>15 minutos: 47,1% vs 8,0%, p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Factores relacionados al nivel socioeconómico, a la calidad y a la gestión asistencial pueden influir en la letalidad y la morbilidad por infarto agudo de miocardio (IAM). OBJETIVO: Comparar letalidad y morbilidad por IAM entre hospital público y privado. MÉTODOS: Estudio observacional, con grupos de comparación. Evaluación clínica al ingreso y registro de datos diagnósticos, terapéuticos y evolutivos hasta el alta u óbito. Comparación de las caract (mais) erísticas clínicas por análisis univariado, seguida de análisis bivariado, evaluando la asociación de predictores con óbito y morbilidad (Killip >I), SPSS, versión 13,0. RESULTADOS: Se evaluaron a 150 pacientes, 63 pacientes privados (42,0%) y 87 públicos (58,0%), con un 63,1% y un 62,1% de varones y edades variando de 61,1±13,8 a 60,0±11,6 años, respectivamente. La letalidad por IAM fue de un 19,5% en los pacientes públicos vs. un 4,8% en los privados (P=0,001), y la morbilidad (Killip classe >1) de un 34,3% en los públicos vs. el 15% en los pacientes privados (P=0,012). Hubo diferencia significativa en los pacientes públicos por culpa de la menor renta familiar y de la baja escolaridad (un 70,1% con uno a dos salarios vs. el 19%, P1 hora: un 76,9% vs. un 48,6%; P=0,003) y un mayor tiempo transcurrido hasta la administración de los medicamentos (THM>15 minutos: 47,1% vs. 8,0%, P Resumo em inglês BACKGROUND: Factors related to socioeconomic status and health care quality and management may influence mortality and morbidity rates due to acute myocardial infarction (AMI). OBJECTIVE: To compare mortality and morbidity in patients with AMI hospitalized in public and private hospitals. METHODS: An observational study, with comparison groups. Clinical evaluation on admission, and recording of diagnostic, therapeutic and evolution data until discharge or death. Compariso (mais) n of clinical characteristics by univariate analysis followed by bivariate analysis, evaluating the combination of predictors with death and morbidity (Killip> I), SPSS, version 13.0. RESULTS: 150 patients were evaluated, 63 (42.0%) of private hospitals and 87 (58.0%) of public hospitals, with 63.1% and 62.1% of males, aged 61.1 ± 13.8 and 60.0 ± 11.6 years, respectively. The mortality from AMI was 19.5% in public hospitals vs 4.8% in private hospitals (p = 0.001), and morbidity (Killip class> I) was 34.3% in public hospitals vs 15.0% in private hospitals (p = 0.012). There was a significant difference between public and private patients, due to lower family income and education (70.1% with one to two salaries vs 19.0%, p 1 hour: 76.9% vs 48.6%, p = 0.003); and a longer period of time before being medicated (AMT > 15 minutes: 47.1% vs 8.0%; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Local Genetic Patterns within a Vancomycin-Resistant Enterococcus faecalis Clone Isolated in Three Hospitals in Portugal

Baquero, Fernando; Novais, Carla; Sousa, João Carlos; Coque, Teresa M.; Peixe, Luisa

Eight pulsed-field gel electrophoresis subtypes and six Tn1546 variants were identified among Enterococcus faecalis isolates of a single clone recovered in three geographically separate Portuguese hospitals. Some clonal subtypes were found in particular hospitals, and Tn1546 variants were either wid...

DRIVER (Portuguese)

102

Intercontinental Spread of a Multidrug-Resistant MethicillinResistant Staphylococcus aureus Clone

Vaz, M. J.; de Sousa, M. Aires; Ferro, M. L.; Sanches, I. Santos; Saraiva, Z.; de Lencastre, H.; Tendeiro, T.; Serra, J.

Two hundred ten methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) isolates recovered between 1990 and 1997 from three Portuguese hospitals located in Lisbon and Oporto were analyzed by molecular fingerprinting techniques. The hybridization of ClaI restriction digests with the mecA- and Tn554-specif...

DRIVER (Portuguese)

105

Fatores associados à morbi-mortalidade perinatal em uma amostra de maternidades públicas e privadas do Município do Rio de Janeiro, 1999-2001/ Factors associated with perinatal morbidity and mortality in a sample of public and private maternity centers in the City of Rio de Janeiro, 1999-2001

Leal, Maria do Carmo; Gama, Silvana Granado Nogueira da; Campos, Mônica Rodrigues; Cavalini, Luciana Tricai; Garbayo, Luciana Sarmento; Brasil, Carla Lopes Porto; Szwarcwald, Célia Landmann
2004-01-01

Resumo em português Este estudo compara os fatores sócio-demográficos, características biológicas das mães e a qualidade da assistência prestada em maternidades do Município do Rio de Janeiro. Participaram da amostra 10.072 gestantes que se hospitalizaram para o parto em 47 instituições selecionadas, no período 1999-2001. Dados foram coletados de entrevistas com as mães no pós-parto e de consulta aos prontuários médicos. Utilizou-se o teste chi2 para analisar a homogeneidade da (mais) s proporções. São diferenciadas as condições de vida, de atenção ao parto e nascimento no Município do Rio de Janiero, sendo mais favoráveis no grupo social que utiliza os serviços de saúde das maternidades privadas, embora persistindo ali uma excessiva proporção de cesáreas e de transferência de recém-nascidos. O estrato composto pelas maternidades federais e municipais recebe a clientela materna e infantil com maior morbi-mortalidade, oferece acompanhamento de familiares na internação, obtendo das mães uma avaliação da atenção recebida mais positiva do que o outro segmento do SUS. As maternidades do estrato 2, representadas majoritariamente pelas instituições particulares conveniadas com o SUS, são as que mais recusam parturientes, produzindo um retardo no acompanhamento do trabalho de parto. Resumo em inglês This study compares socio-demographic factors, mothers' biological characteristics, and quality of care at maternity hospitals in the City of Rio de Janeiro, Brazil. A sample of 10,072 post-partum women in 47 hospitals was selected. Data were collected by interviewing mothers in the immediate post-partum and from medical records. The chi2 test was used to analyze homogeneity of ratios. Significant differences were found between patients in public and private hospitals in (mais) relation to family support, healthy habits during pregnancy, reproductive history, access to and satisfaction with prenatal care and delivery, and particularly adverse effects in the newborns. Private maternity hospitals showed better results, although they displayed excessive cesarean and neonatal inter-hospital transfer rates. The stratum consisting of public Federal and State maternity hospitals received women with greater morbidity, had lower neonatal transfer rates, and received a more positive assessment by clients of the Unified National Health System (SUS). Private maternity centers contracted out by the SUS were the ones that most refused treatment to patients, leading to delays in patient care for delivery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

106

Fatores associados à morbi-mortalidade perinatal em uma amostra de maternidades públicas e privadas do Município do Rio de Janeiro, 1999-2001/ Factors associated with perinatal morbidity and mortality in a sample of public and private maternity centers in the City of Rio de Janeiro, 1999-2001

Leal, Maria do Carmo; Gama, Silvana Granado Nogueira da; Campos, Mônica Rodrigues; Cavalini, Luciana Tricai; Garbayo, Luciana Sarmento; Brasil, Carla Lopes Porto; Szwarcwald, Célia Landmann
2004-01-01

Resumo em português Este estudo compara os fatores sócio-demográficos, características biológicas das mães e a qualidade da assistência prestada em maternidades do Município do Rio de Janeiro. Participaram da amostra 10.072 gestantes que se hospitalizaram para o parto em 47 instituições selecionadas, no período 1999-2001. Dados foram coletados de entrevistas com as mães no pós-parto e de consulta aos prontuários médicos. Utilizou-se o teste chi2 para analisar a homogeneidade da (mais) s proporções. São diferenciadas as condições de vida, de atenção ao parto e nascimento no Município do Rio de Janiero, sendo mais favoráveis no grupo social que utiliza os serviços de saúde das maternidades privadas, embora persistindo ali uma excessiva proporção de cesáreas e de transferência de recém-nascidos. O estrato composto pelas maternidades federais e municipais recebe a clientela materna e infantil com maior morbi-mortalidade, oferece acompanhamento de familiares na internação, obtendo das mães uma avaliação da atenção recebida mais positiva do que o outro segmento do SUS. As maternidades do estrato 2, representadas majoritariamente pelas instituições particulares conveniadas com o SUS, são as que mais recusam parturientes, produzindo um retardo no acompanhamento do trabalho de parto. Resumo em inglês This study compares socio-demographic factors, mothers' biological characteristics, and quality of care at maternity hospitals in the City of Rio de Janeiro, Brazil. A sample of 10,072 post-partum women in 47 hospitals was selected. Data were collected by interviewing mothers in the immediate post-partum and from medical records. The chi2 test was used to analyze homogeneity of ratios. Significant differences were found between patients in public and private hospitals in (mais) relation to family support, healthy habits during pregnancy, reproductive history, access to and satisfaction with prenatal care and delivery, and particularly adverse effects in the newborns. Private maternity hospitals showed better results, although they displayed excessive cesarean and neonatal inter-hospital transfer rates. The stratum consisting of public Federal and State maternity hospitals received women with greater morbidity, had lower neonatal transfer rates, and received a more positive assessment by clients of the Unified National Health System (SUS). Private maternity centers contracted out by the SUS were the ones that most refused treatment to patients, leading to delays in patient care for delivery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

107

Estrutura de maternidades do Sistema Único de Saúde do Rio de Janeiro: desafio à qualidade do cuidado à saúde/ The structure of Brazilian National Health Service Maternity Hospitals in Rio de Janeiro: the challenge of providing quality health care

Magluta, Cynthia; Noronha, Marina Ferreira de; Gomes, Maria Auxiliadora Mendes; Aquino, Leda Amar de; Alves, Camila Aloísio; Silva, Raulino Sabino da
2009-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: avaliar a estrutura de maternidades pertencentes ao Sistema Único de Saúde (SUS) do Estado do Rio de Janeiro. MÉTODO: REalizou-se uma avaliação normativa, com corte transversal de maternidades selecionadas, vinculadas ao SUS no ano de 2005. Foram selecionadas 67 maternidades por amostragem de conveniência. Foram empregados um roteiro de observação e um de entrevistas com chefes de serviço e profissionais. Aspectos da estrutura destes serviços foram an (mais) alisados, utilizando-se como referência a conformidade com as normas disponibilizadas pelo Ministério da Saúde e preconizadas na literatura. Esses aspectos foram: instalação, equipamentos, equipe de saúde, capacitação de profissionais e disponibilidade de diretrizes clínicas. RESULTADOS: a presença dos requisitos da estrutura avaliados difere entre os estratos de complexidade, sendo menos frequente nas maternidades de menor complexidade. Os aspectos da estrutura física, disponibilidade de diretrizes clínicas e a presença dos profissionais nos serviços foram mais adequados do que a capacitação oferecida pelos serviços. CONCLUSÕES: SÃo necessários investimentos na capacitação dos profissionais, ampliação da disponibilidade de diretrizes clínicas e melhoria da estrutura física, visando qualificar o cuidado perinatal e adequá-lo às regulamentações nacionais. Resumo em inglês OBJECTIVES: to evaluate the structure of Brazilian National Health Service (SUS) maternity hospitals in the State of Rio de Janeiro. METHODS: a normative cross-sectional evaluation was carried out of selected SUS maternity hospitals in the year 2005. Sixty-seven maternity hospitals were selected as a sample for reasons of convenience. Hospitals were observed and interviews conducted with health service managers and health workers. Various aspects of the structure of these (mais) services were examined, taking as a point of reference the norms provided by the Ministry of Health and outlined in the literature. These aspects included: installations, equipment, health team, training of health workers and availability of clinical guidelines. RESULTS: the presence of the structural requirements under evaluation varied according to the level of complexity, being less frequently found in maternity hospitals undertaking lower complexity procedures. The physical structure, availability of clinical guidelines and the presence of trained health workers in these services were more adequate than the training offered. CONCLUSIONS: there is a need to invest more in professional training, to extend the availability of clinical guidelines, and to improve the physical structure of hospitals as a way of providing better quality perinatal care in conformity with national regulations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

110

Comparison of Genetic Backgrounds of Methicillin-Resistant and -Susceptible Staphylococcus aureus Isolates from Portuguese Hospitals and the Community

de Lencastre, H.; de Sousa, M. Aires; Simas, C.; Conceição, T.

In order to understand the origins of the dominant methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) clones in Portuguese hospitals, we compared the genetic backgrounds of nosocomial MRSA with methicillin-susceptible S. aureus (MSSA) isolates from the same hospitals (n = 155) and from the community...

DRIVER (Portuguese)

111

Carcinoma in situ and early breast carcinoma survey of the Portuguese Senology Society on treatment in Portugal and its evolution between 1985 and 2000

Oliveira, CF; Rodrigues, V; Gervásio, H; Pereira, JM; Albano, J; Amaral, N

By means of a questionnaire sent to Portuguese hospitals which diagnose and treat most female patients with breast cancer, it was intended to assess the situation regarding the treatment of carcinoma in situ and early breast cancer (T1 or T2, N0 or N1), as well as their evolution between 1985 and 20...

DRIVER (Portuguese)

112

Biomassa residual para remoção de íons uranilo/ Residual biomass for removal of uranyl ions

Boniolo, Milena Rodrigues; Yamaura, Mitiko; Monteiro, Raquel Almeida
2010-01-01

Resumo em inglês Activities related to nuclear industry, production of phosphoric acid and hospitals have generated considerable volumes of radioactive waste containing uranyl ions. Banana pith was characterized by Scanning Electron Microscopy and Fourier Transform Infrared Spectroscopy and was investigated as a biosorbent for uranyl ions from nitric solutions by batch experiments. Influences of adsorbent size, kinetics and equilibrium adsorption were studied. The biosorption of the urany (mais) l ions followed pseudo-second-order kinetics. The adsorption isotherm data were closely fitted to the Freundlich equation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

113

Avaliação das ações de prevenção da transmissão vertical do HIV e sífilis em maternidades públicas de quatro municípios do Nordeste brasileiro/ Evaluation of measures to prevent vertical transmission of HIV and syphilis in public maternity hospitals in four municipalities in Northeast Brazil

Macêdo, Vilma Costa de; Bezerra, Adriana Falangola Benjamin; Frias, Paulo Germano de; Andrade, Carla Lourenço Tavares de
2009-08-01

Resumo em português Este artigo avalia a assistência às mulheres em quatro maternidades públicas do Nordeste brasileiro quanto às medidas de intervenção adotadas pelo Projeto Nascer para redução da transmissão vertical do HIV e sífilis, em 2005. Trata-se de um estudo de casos múltiplos, abrangendo uma abordagem retrospectiva e outra transversal. O modelo lógico da intervenção tem cinco componentes: prevenção, vigilância epidemiológica, assistência farmacêutica, laboratori (mais) al e clínica. Para cada componente selecionaram-se indicadores de estrutura e processo. As maternidades foram classificadas em: aceitável, parcialmente implantado, inaceitável e não implantado. A maior aderência às normas foi observada na maternidade A (62,5%), classificada em parcialmente implantada, e a menor na maternidade C (30,6%), enquadrada como inaceitável. O estudo destaca a importância das ações de prevenção, vigilância epidemiológica, assistência farmacêutica, laboratorial e clínica para redução da transmissão vertical do HIV e da sífilis. Resumo em inglês This article evaluates the care provided to women in four public maternity hospitals in Northeast Brazil in relation to interventions adopted by the Projeto Nascer to reduce vertical transmission of HIV and syphilis in 2005. This was a multiple case study including one retrospective and another cross-sectional approach. The logical model for the intervention has five components: prevention, epidemiological surveillance, and pharmaceutical, laboratory, and clinical care. F (mais) or each component, structure and process indicators were selected. The maternity hospitals were classified as: acceptable, partially implemented, unacceptable, and not implemented. The highest adherence to the standards was in maternity hospital A (62.5%), classified as partially implemented, and the lowest in maternity hospital C (30.6%), considered unacceptable. The study highlights the importance of preventive measures, epidemiological surveillance, and pharmaceutical, laboratory, and clinical care to reduce vertical transmission of HIV and syphilis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

114

Avaliação das ações de prevenção da transmissão vertical do HIV e sífilis em maternidades públicas de quatro municípios do Nordeste brasileiro/ Evaluation of measures to prevent vertical transmission of HIV and syphilis in public maternity hospitals in four municipalities in Northeast Brazil

Macêdo, Vilma Costa de; Bezerra, Adriana Falangola Benjamin; Frias, Paulo Germano de; Andrade, Carla Lourenço Tavares de
2009-08-01

Resumo em português Este artigo avalia a assistência às mulheres em quatro maternidades públicas do Nordeste brasileiro quanto às medidas de intervenção adotadas pelo Projeto Nascer para redução da transmissão vertical do HIV e sífilis, em 2005. Trata-se de um estudo de casos múltiplos, abrangendo uma abordagem retrospectiva e outra transversal. O modelo lógico da intervenção tem cinco componentes: prevenção, vigilância epidemiológica, assistência farmacêutica, laboratori (mais) al e clínica. Para cada componente selecionaram-se indicadores de estrutura e processo. As maternidades foram classificadas em: aceitável, parcialmente implantado, inaceitável e não implantado. A maior aderência às normas foi observada na maternidade A (62,5%), classificada em parcialmente implantada, e a menor na maternidade C (30,6%), enquadrada como inaceitável. O estudo destaca a importância das ações de prevenção, vigilância epidemiológica, assistência farmacêutica, laboratorial e clínica para redução da transmissão vertical do HIV e da sífilis. Resumo em inglês This article evaluates the care provided to women in four public maternity hospitals in Northeast Brazil in relation to interventions adopted by the Projeto Nascer to reduce vertical transmission of HIV and syphilis in 2005. This was a multiple case study including one retrospective and another cross-sectional approach. The logical model for the intervention has five components: prevention, epidemiological surveillance, and pharmaceutical, laboratory, and clinical care. F (mais) or each component, structure and process indicators were selected. The maternity hospitals were classified as: acceptable, partially implemented, unacceptable, and not implemented. The highest adherence to the standards was in maternity hospital A (62.5%), classified as partially implemented, and the lowest in maternity hospital C (30.6%), considered unacceptable. The study highlights the importance of preventive measures, epidemiological surveillance, and pharmaceutical, laboratory, and clinical care to reduce vertical transmission of HIV and syphilis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

115

Assessing Hospital Efficiency: Non-parametric Evidence for Portugal

Afonso, António; Fernandes, Sónia

We compute DEA efficiency scores and Malmquist indexes for a panel data set comprising 68 Portuguese public hospitals belonging to the National Health System (NHS) in the period 2000-2005, when several units started being run in an entrepreneurial framework. With data on hospital services' and resou...

DRIVER (Portuguese)

116

Analysis of noise in infant incubators and within neonatal intensive care units


This paper presents an analysis of noise in infant incubators and within surrounding intensive care nurseries. Sound level measurements were obtained in several incubators in use at Portuguese hospitals and in their surrounding nurseries. In each incubator the microphone was placed on a crib mattres...

DRIVER (Portuguese)

117

An analysis of hospital efficiency and productivity growth using the Luenberger productivity indicator

Pestana Barros, Carlos; Gomes de Menezes, António; Vieira, José Cabral; Peypoch, Nicolas; Solonandrasana, Bernardin

We analyze the efficiency and productivity growth of a representative sample of Portuguese hospitals from 1997 to 2004, using an innovative approach by employing the directional distance function and the Luenberger productivity indicator. The primary advantage of our approach is that both input cont...

DRIVER (Portuguese)

118

A utilização da Internet na notificação dos defeitos congênitos na Declaração de Nascido Vivo em quatro maternidades públicas do Município de São Paulo, Brasil/ Use of the Internet to report congenital malformations on birth certificates at four public maternity hospitals in the city of São Paulo, Brazil

Nicola, Pablo Domingos Rodrigues de; Cernach, Mirlene Cecília Soares Pinho; Perez, Ana Beatriz Alvarez; Brunoni, Decio
2010-07-01

Resumo em português O objetivo foi aumentar a freqüência da notificação de anomalias congênitas no campo 34 da Declaração de Nascido Vivo em quatro maternidades do Município de São Paulo, Brasil, ao longo do ano de 2008. Utilizamos o banco de dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos da Secretária Municipal de Saúde de São Paulo para acompanhar a evolução dos registros dos defeitos congênitos. Mediante prontuário eletrônico, via Internet, os casos suspeitos eram (mais) enviados para um centro de referência em genética médica. O prontuário eletrônico contém anamnese, exame físico e fotos do recém-nascido. O estudo ocorreu em quatro maternidades com uma amostra total de 10 mil nascimentos no ano e que não apresentam médico geneticista. Houve aumento da notificação dos defeitos congênitos nas quatro maternidades onde o estudo foi realizado quando comparado com os anos anteriores e com o registro do Município de São Paulo. O método de referência e contra-referência utilizando a Internet mostrou-se eficaz. Resumo em inglês The aim of this study was to improve the completion of item 34 on birth certificates at four maternity hospitals in the city of São Paulo, Brazil, in the year 2008. The database of the Municipal Health Department's Information System on Live Births was used to monitor trends in reporting birth defects. An electronic web-based medical record was used to refer indeterminate cases to a leading medical genetics referral center. The electronic medical record contained the pat (mais) ient history, physical examination, and photographs of the newborn. Four maternity hospitals were assessed, with a total of 10,000 births during the year. None of the four hospitals had a staff geneticist. According to the Information System on Live Births, there was an increase in the number of birth defects reported by the four maternity hospitals when compared to previous years and to records for the city of São Paulo as a whole. Based on the findings, the web-based referral and counter-referral method proved efficient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

119

A utilização da Internet na notificação dos defeitos congênitos na Declaração de Nascido Vivo em quatro maternidades públicas do Município de São Paulo, Brasil/ Use of the Internet to report congenital malformations on birth certificates at four public maternity hospitals in the city of São Paulo, Brazil

Nicola, Pablo Domingos Rodrigues de; Cernach, Mirlene Cecília Soares Pinho; Perez, Ana Beatriz Alvarez; Brunoni, Decio
2010-07-01

Resumo em português O objetivo foi aumentar a freqüência da notificação de anomalias congênitas no campo 34 da Declaração de Nascido Vivo em quatro maternidades do Município de São Paulo, Brasil, ao longo do ano de 2008. Utilizamos o banco de dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos da Secretária Municipal de Saúde de São Paulo para acompanhar a evolução dos registros dos defeitos congênitos. Mediante prontuário eletrônico, via Internet, os casos suspeitos eram (mais) enviados para um centro de referência em genética médica. O prontuário eletrônico contém anamnese, exame físico e fotos do recém-nascido. O estudo ocorreu em quatro maternidades com uma amostra total de 10 mil nascimentos no ano e que não apresentam médico geneticista. Houve aumento da notificação dos defeitos congênitos nas quatro maternidades onde o estudo foi realizado quando comparado com os anos anteriores e com o registro do Município de São Paulo. O método de referência e contra-referência utilizando a Internet mostrou-se eficaz. Resumo em inglês The aim of this study was to improve the completion of item 34 on birth certificates at four maternity hospitals in the city of São Paulo, Brazil, in the year 2008. The database of the Municipal Health Department's Information System on Live Births was used to monitor trends in reporting birth defects. An electronic web-based medical record was used to refer indeterminate cases to a leading medical genetics referral center. The electronic medical record contained the pat (mais) ient history, physical examination, and photographs of the newborn. Four maternity hospitals were assessed, with a total of 10,000 births during the year. None of the four hospitals had a staff geneticist. According to the Information System on Live Births, there was an increase in the number of birth defects reported by the four maternity hospitals when compared to previous years and to records for the city of São Paulo as a whole. Based on the findings, the web-based referral and counter-referral method proved efficient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

120

A tale of two markets : a survey of disposables versus reusables in hospitals Nonwovens markets

Abreu, Maria José Araújo Marques; Silva, Maria Elisabete; Schacher, Laurence; Adolphe, Dominique

DRIVER (Portuguese)