Sample records for heparin
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Heparina/ Heparin

Dallan, Luís Alberto O.; Platania, Fernando; Milanez, Adriano M.
2008-09-01

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Heparina de baixo peso molecular no tratamento da tromboembolia pulmonar/ Low-molecular-weight heparin in the treatment of pulmonary embolism

MACIEL, RENATO
2002-06-01

Resumo em português Este artigo de revisão analisa as propriedades farmacocinéticas das heparinas de baixo peso molecular, compara os resultados do seu uso com heparina não fracionada no tratamento da tromboembolia pulmonar, mostrando que são uma alternativa segura e efetiva. Sugere que as heparinas de baixo peso molecular administradas por via subcutânea uma ou duas vezes ao dia e sem necessidade de monitorização laboratorial freqüente permitem o manejo ambulatorial ou com internaç (mais) ão hospitalar breve de alguns casos de tromboembolia pulmonar, resultando em redução de custos e maior satisfação do paciente. Resumo em inglês This article reviews the pharmacokinetic properties of low-molecular weight heparins, compares the results of their use to that of unfractioned heparin in a pulmonary embolism treatment, showing they are a safe an effective alternative. The authors suggest that low-molecular-weight heparins administered subcutaneously once or twice-daily and without frequent laboratory monitoring have permitted out-of-hospital or short hospitalization management in some cases of pulmonary embolism, resulting in cost savings and increased patient satisfaction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Heparina de alto peso molecular. Uma alternativa nas operações com circulação extracorpórea: estudo experimental/ High molecular weight heparin. An alternative in extracorporeal circulation surgery: an experimental study

CATANI, Roberto; BERTINI Jr., Ayrton; PESSA, Clodualdo J. N.; GOMES, Walter J.; LOURENÇO, Dayse M.; NADER, Helena B.; DIETRICH, Carl P.; BRANCO, João Nelson R.; BUFFOLO, Enio
2001-06-01

Resumo em português Introdução: As síndromes hemorrágicas no intra e pós-operatório de operações com circulação extracorpórea (CEC) constituem motivo de preocupação e, parte delas, pode ser atribuída à heparina não fracionada (HNF), droga indispensável e, até hoje, insubstituível nesse tipo de procedimento. Alguns autores consideram a ação anticoagulante da HNF como o principal responsável pelo sangramento e investem em drogas antifibrinolíticas ou que alteram a ativid (mais) ade plaquetária para tentar substituí-la. Toda HNF contém frações de heparina de baixo peso molecular (HBPM), não neutralizáveis pela protamina, que, em doses elevadas, e/ou em pacientes heparino-sensíveis, podem causar vasoplegia e aumento no sangramento pós-operatório em operações com CEC. Material e Métodos: Isolamos uma heparina de alto peso molecular (HAPM - peso modal de 25.000 Daltons), com 11% de frações de HBPM ( Resumo em inglês Introduction: In surgical procedures, with cardiopulmonary bypass, hemorrhagic syndromes during and after pump constitute a major concern and in a great number of cases they are heparin-related, a substance still without substitute. Most authors point out the anticoagulant action of heparin as the main problem in bleeding situations and research is developing on antifibrinolytic or platelet-like- drugs to try to substitute for usual heparin. Experience with low-molecular (mais) weight heparin, without anticoagulant properties, in cardiopulmonary bypass, was disastrous. High dosage was accompanied by high tube drainage suggesting that postoperative bleeding does not happen just because of the anticoagulant effect of heparin. Material and Methods: Believing in the vascular component of hemostasis and that low-molecular weight heparin non-neutralized by protamin is responsible for the paralysis of small vessels during and after cardiopulmonary bypass surgery, we isolated a high-molecular weight heparin ( modal weight of 25.000 Daltons) to be tested "in vitro" and "in vivo". Results: Its specific anticoagulant activity, by mass, was superior to usual heparin ( modal weight of 15.000 Daltons) "in vitro" (273 ui/mg against 181 ui/mg, respectively) as "in vivo", in dogs, utilizing cardiopulmonary bypass and measuring its activity by activated clotting time, APTT and heparin blood levels. In the experimental laboratory the half-life of usual heparin was of 60 minutes, while for high-molecular weight heparin was above 90 minutes. Conclusion: We believe that this unprecedented experience will lead to its future use in "anima nobile" to further test its neutralization by protamin as well as to confirm the decreased prevalence of bleeding phenomena with its use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Heparina e Na2EDTA como anticoagulantes para surubim híbrido (Pseudoplatystoma reticulatum x P. corruscans): eficácia e alterações hematológicas/ Heparin and Na2EDTA as anticoagulants for hybrid surubim catfish (Pseudoplatystoma reticulatum x P. corruscans): efficacy and hematological changes

Ishikawa, Márcia Mayumi; Pádua, Santiago Benites de; Satake, Fabiana; Hisano, Hamilton; Jerônimo, Gabriela Tomas; Martins, Maurício Laterça
2010-07-01

Resumo em português Este estudo avaliou o efeito da heparina 100UI e do Na2EDTA nas concentrações de 3, 5 e 10% sobre a coagulação sanguínea e os parâmetros hematológicos de surubim híbrido. Foram utilizados 10 peixes, com peso médio de 386,7±24,3g e comprimento total médio de 38,7±6,4cm, para colheita das amostras sanguíneas e determinação do percentual do hematócrito, teor de proteínas plasmáticas totais e teste de fragilidade osmótica dos eritrócitos (FOE). (mais) Os dados foram submetidos à análise de variância, e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. A coagulação foi eficientemente inibida quando utilizado o Na2EDTA; já as amostras com heparina coagularam 10 horas após a coleta. Houve aumento na fragilidade osmótica dos eritrócitos (P Resumo em inglês The effect of heparin 100IU and Na2EDTA in concentration of 3%, 5% and 10% on the blood coagulation and hematological parameters of hybrid surubim catfish were evaluated. We used ten fish weighing 386,7±24,3g and average length of 38,7±6,4cm for collection of blood samples and determination of the percentage of hematocrit, plasma total protein content and osmotic fragility erythrocytes test (OFE). Data were submitted to analysis of variance and averages comp (mais) ared by Tukey test at 5% probability. Coagulation was efficiently inhibited when used the Na2EDTA, while the samples with heparin coagulate ten hours after collection. There was an increase in osmotic fragility of erythrocytes (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Efeito da heparina liofilizada e da líquida sobre a medida do pH do sangue do cordão umbilical/ Effect of lyophilized and liquid heparin on umbilical cord blood pH measure

Madi, José Mauro; Morais, Edson Nunes de; Festugatto, José Roberto; Treméa, Carlos Leonardo; Rigotto, Márcio
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar o efeito da heparina liofilizada e da líquida sobre a medida do pH do sangue do cordão umbilical. MÉTODOS: estudo prospectivo que incluiu cento e duas amostras de sangue arterial do cordão umbilical de recém-nascidos no Serviço de Obstetrícia do Hospital Geral de Caxias do Sul. As amostras foram divididas em 51 seringas previamente preparadas com heparina liofilizada (seringa A) e 51 seringas preparadas com heparina líquida (seringa B) no momento (mais) da coleta sangüínea. A obtenção das amostras foi realizada por duplo clampeamento do cordão entre pinças, imediatamente após o desprendimento fetal. O pH arterial do sangue obtido foi analisado em no máximo 20 minutos, em analisador de pH da marca AVL OMNI (Viena, Áustria). RESULTADOS: a média dos valores de pH no sangue contido nas seringas dos grupos A e B foi de 7,246±0,086 e 7,244±0,084, respectivamente. A análise estatística demonstrou não haver diferença significante entre os valores de pH entre as amostras de sangue contidas em ambos os conjuntos de seringas. CONCLUSÃO: as duas formas de heparinização de seringas assemelham-se quanto aos efeitos sobre o pH do sangue dos vasos umbilicais, o que permite a escolha daquela de menor custo. Resumo em inglês PURPOSE: to evaluate the effect of lyophilized and liquid heparin on umbilical cord blood pH measure. METHOD: we carried out a prospective study with 102 newborn arterial umbilical cord blood samples at the Obstetrics Department of the "Hospital Geral de Caxias do Sul". The authors used 51 syringes previously prepared with lyophilized heparin (syringe A) and 51 syringes prepared with liquid heparin (syringe B) for sample collection. Immediately after delivery a segment of (mais) the umbilical cord was doubly clamped and blood samples were obtained for measurements of pH and gases. The umbilical arterial blood pH was analyzed within 20 minutes by an AVL OMNI pH analyzer (Vienna, Austria). RESULTS: the average values of umbilical cord arterial blood pH in groups A and B were 7.246±0.086 and 7.244±0.084, respectively. The analysis showed no significant differences between blood samples in both syringes. CONCLUSION: we conclude that the two types of syringes have similar effects on blood pH analysis, allowing us to choose the less expensive one.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Efeito da heparina sódica e da enoxaparina na consolidação de fratura da tíbia no rato: avaliação clínica e anatomopatológica e biomecânica/ Effect of heparin-sodium and enoxaparin on rats tibial fracture healing: clinical,anatomopathological, and biomechanical approach

Curcelli, Emilio Carlos; Müller, Sérgio Swain; Ueda, Anete Kinumi; Padovani, Carlos Roberto; Maffei, Francisco Humberto de Abreu; Hossne, William Saad
2005-01-01

Resumo em português Foi realizado estudo experimental em ratos para avaliar o efeito do anticoagulante na consolidação óssea, conforme critérios clínicos, anatomopatológicos e biomecânicos. Manualmente, após perfuração do osso, foi produzida fratura aberta, na diáfise da tíbia direita, mantida sem imobilização, em 72 ratos machos da linhagem Wistar, com 60 dias de idade e peso médio de 242 gramas. Doze horas após a fratura, foi iniciado tratamento anticoagulante, mantido por (mais) 28 dias. Via subcutânea, um grupo recebeu heparina sódica na dose de 200UI/Kg de 12 em 12 horas, enquanto outro, recebeu enoxaparina na dose de 1mg/Kg de 12 em 12 horas, doses preconizadas para tratamento do tromboembolismo em humanos. O terceiro grupo, controle, recebeu água destilada. Durante o experimento, os animais foram avaliados clinicamente e após 28 dias, sacrificados. Nos animais dos três grupos, a evolução clínica foi semelhante. Mediante análise anatomopatológica efetuada por estudo descritivo e quantitativo, foi observada presença de fibrose, cartilagem e osso igualmente nos três grupos, sempre com predomínio de tecido ósseo. O estudo biomecânico, realizado por intermédio de ensaios de flexão, demonstrou coeficiente de rigidez e carga máxima semelhantes nos três grupos. Nenhuma diferença clínica, anatomopatológica e biomecânica foi encontrada, resultando todas as fraturas em consolidação de acordo com os critérios adotados, concluindo-se, portanto, que a heparina sódica e a enoxaparina nas doses, via e tempo de administração utilizados não interfiriram na consolidação da fratura da tíbia do rato. Resumo em inglês An experimental study in rats was accomplished to evaluate the effect of anticoagulant on fracture union, according to clinical, anatomopathological, and biomechanical approaches. Manually, after bone perforation, fracture was produced in the diaphysis of the right tibia, and maintained without immobilization in 72 male rats of Wistar lineage, each 60 days in age with a medium weight of 242 grams. Twelve hours after the fracture, anticoagulant treatment was initiated, and (mais) maintained for 28 days. One group received subcutaneous heparin-sodium in a dose of 200 UI/kg every 12 hours, while another group received enoxaparin in a dose of 1mg/kg every 12 hours, doses preconized for treatment of thromboembolism in humans. The third group, the control, received distilled water. During the experiment, the animals were clinically evaluated and after 28 days, sacrificed. In the animals of the three groups, the clinical evolution was similar. By means of anatomopathological analysis made by descriptive and quantitative study, the presence of fibrosis, cartilage, and bone was homogeneous among in the three groups, always with a prevalence of osseous tissue. The biomechanical study, accomplished through a flexion test, demonstrated a stiffness rate and maximum load similar in the three groups. No clinical, anatomopathological, or biomechanical differences were found, resulting in consolidation of all the fractures in agreement with the adopted approaches, concluding that the heparin-sodium and the enoxaparin in these doses, method, and time of administration used did not interfere with the consolidation of tibia fracture in the rat.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Dosagem da heparina em cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea/ Measurement of heparin in cardiac surgery wilh extracorporea circulation

Moraes, Fernando; Helena, Nader; Carlos P, Dietrich; Ênio, Buffolo
1996-09-01

Resumo em português Com o objetivo de quantificar o nível sérico de heparina, sua atenuação em função do tempo e o valor residual após a neutralização com sulfato de protamina, foram coletadas amostras de sangue em tempos pré-estabelecidos em 27 pacientes submetidos a revascularização do miocárdio com circulação extracorpórea. Após a heparinização (400 Ul/kg) as amostras de sangue foram coletadas nos tempos de 5, 10,30 e 60 minutos e subseqüentemente a cada 30 minutos, de (mais) pendendo do tempo da circulação extracorpórea. A cada hora, após a heparinização, administrava-se nova dose de heparina (200 Ul/kg). As amostras eram armazenadas à temperatura de 4ºC antes do processo de extração da heparina que foi realizado por métodos físico-químicos. As dosagens mostraram que 5 minutos após a heparinização os pacientes apresentaram concentração sangüínea máxima de heparina e, ao tempo de 60 minutos, a sua concentração é de aproximadamente 68% da encontrada aos 5 minutos. Ao tempo de 90 minutos, ou seja, após a reheparinização a concentração de heparina é 96% da evidenciada aos cinco minutos e, após a neutralização com sulfato de protamina (1,5:1), ainda se encontra um valor residual de heparina que corresponde a 4% do observado inicialmente. Observou-se que os pacientes mais idosos têm uma tendência a manter um nível sérico mais prolongado e através da equação (Cone. de heparina = 104,7 + (- 12,85 x minutos (In)) + 0,25 x idade) podemos estimar a concentração de heparina em determinado tempo. Resumo em inglês In order to quantify seric levels of heparin, its attenuation as a time function and its residual value after neutralization with protamine sulfate, blood samples were collected, at pre-set intervals, from 27 patients undergoing myocardial revascularization surgery under extracorporeal circulation. After heparinization (400 Ul/Kg), blood samples were collected at 5, 10, 30 and 60 minutes and subsequently every 30 minutes depending upon the extracorporeal circulation lengh (mais) t. At each hour after heparinization, a new heparin dose (200 Ul/Kg) was administered. The samples were kept at 4ºC prior to the heparin extract process, which was performed by physical/chemical method. The dosages showed that 5 minutes after heparinization the patients show maximal blood concentration of heparin and after 60 minutes it is aproximately 68% of the concentration at 5 minutes. At 90 minutes time, that is, after re-heparinization, the concentration of heparin is 96% of the one showed on the fifth minute and after the protamine sulfate neutralization (1.5:1), a residual value corresponding to 4% of the one initially observed is still found. It was observed that older patients have a tendency to keep longer seric heparin level, and heparin concentration at a given time could be estimated by the Equation Heparin - Concentration = 104.7 + (-12.85 x minutes (In) + 0.25 x age).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Influência da heparina sódica na ocorrência de laminite eqüina induzida por sobrecarga de carboidratos/ Influence of heparin in occurrence of carbohydrate overload-induced equine laminitis

Martins Filho, L.P.; Fagliari, J.J.; Moraes, J.R.E.; Sampaio, R.C.; Oliveira, J.A.; Lacerda Neto, J.C.
2008-12-01

Resumo em português Avaliou-se a eficiência da infusão intravenosa de heparina sódica (100UI/kg/8h, a partir de 24h após o fornecimento de carboidrato, até completar 48h) no controle da laminite eqüina experimentalmente induzida por sobrecarga de carboidrato (17,6g de amido de milho/kg de peso corpóreo). Foram utilizados 15 eqüinos adultos, distribuídos em três grupos experimentais: GI (grupo-controle); GII (grupo laminite) e GIII (grupo laminite+heparina). Posteriormente ao fornec (mais) imento de carboidrato, os animais foram submetidos a exames físicos e laboratoriais durante um período de 48 horas. Ao final do experimento, os animais foram submetidos à eutanásia pela aplicação intravenosa de 5ml de maleato de acepromazina seguida de 1g de tiopental sódico e 1 litro de solução saturada de KCl para a obtenção de amostras de tecidos dos cascos, necessárias ao exame histológico. Os animais de GII e GIII, submetidos à sobrecarga de carboidratos, desenvolveram laminite, exibindo claudicação 12 e 24h após o fornecimento de carboidrato, respectivamente, bem como aumentos da freqüência cardíaca e do tempo de preenchimento capilar. As alterações histológicas, semelhantes em GII e GIII, eram do tipo degenerativo, como adelgaçamento de lâminas epidérmicas, retração, achatamento e deslocamento de lâminas dérmicas, vacuolização epidérmica e desorganização do tecido epidérmico. A infusão da heparina sódica não preveniu ou atenuou a degeneração laminar. Resumo em inglês The efficacy of intravenous heparin administration (100UI/kg/8h, from 24 to 48h after carbohydrate administration) in the control of carbohydrate overload-induced equine laminitis (17.6g of corn starch/kg live weight) was evaluated. Fifteen horses were allocated into three experimental groups: GI (control group), GII (laminitis group), and GIII (laminitis+heparin group). These animals were submitted to physical and laboratorial examination during 48h. After that time, the (mais) y were euthanized with intravenous administration of 5ml of acepromazine followed by 1g of thiopental sodium and 1 liter of saturated solution of KCl to obtain hoof tissues samples for histological examination. GII and GIII horses developed laminitis, showing lameness 12 and 24h after carbohydrate administration, respectively, as well increased heart rate and capillary refill time. The histological alterations, similar in GII and GIII, were degenerative lesions, as thinness of epidermal lamina, retraction, flattening and dislocation of the dermal lamina, epidermal vacuolization, and disruption of the epidermal tissues. The occurrence of laminar degeneration was not prevented or attenuated with intravenous heparin administration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Padronização da dose de heparina sódica utilizada na cirurgia de revascularização do miocárdio sem circulação extracorpórea/ Standardization of the sodium heparin dose used in off-pump myocardial revascularization surgery

Lobo Filho, José Glauco; Leitão, Maria Cláudia; Lobo, Roberto Augusto Mesquita; Lima Júnior, José Mário de; Ribeiro, João Paulo Aguiar; Cavalcante, Fernanda; Rebouças, Glício; Borges, Allison; Sales, Dadson Leandro; Teles Júnior, Newton
2005-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Propor uma metodologia de anticoagulação com heparina sódica monitorizada pelo Tempo de Coagulação Ativada (TCA) nos pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica (RM) sem circulação extracorpórea (CEC), que promova uma anticoagulação segura (TCA >200 segundos), utilizando uma dose inicial de 1mg heparina sódica/kg de peso. MÉTODO: Quarenta pacientes (30 homens e 10 mulheres), entre 41 e 85 anos, foram submetidos à cirurgia de R (mais) M sem CEC, utilizando uma dose inicial de 1mg heparina sódica/kg de peso. Dez minutos após a administração da droga, quando TCA > 200 segundos, iniciava-se a confecção das anastomoses coronarianas. Caso contrário, administrava-se 0,5mg/kg de heparina suplementar. Durante a cirurgia, a cada 30 minutos, novos valores de TCA foram obtidos. Concluídas as anastomoses coronarianas, a heparina foi revertida na proporção de 1:1 utilizando cloridrato de protamina. RESULTADOS: O valor médio de TCA dez minutos pós-heparinização foi de 372,2(+/-104,31) segundos, sem variação estatisticamente significante entre os sexos ou grupos etários (p>0,05). Os valores de TCA, 30 e 60 minutos pós-heparinização, mantiveram-se acima de 200 segundos. Aos 30 minutos, verificou-se diferença estatisticamente significante dos valores do TCA entre os sexos e diferentes idades (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate a methodology of anticoagulation during off pump coronary artery bypass surgery (CABS) that promotes safe anticoagulation during the procedure (Activated Coagulation Time >200 seconds), using an initial dose of 1 mg of sodium heparin/kg weight. METHOD: 40 patients (30 men and 10 women), ages ranging from 41 to 85 years, were submitted to off pump CABS, using an initial sodium heparin dose of 1mg/kg of weight. Ten minutes after that drug was administ (mais) ered, if the ACT was > 200 seconds, we initiated the revascularization procedure. If not, we administered an additional of 0.5mg/kg heparin. During the surgery, the ACT was measured at 30 intervals. After revascularization, heparin reversal was achieved with a dose of protamine chloride equal do the total heparin dose infused during the procedure (1:1). RESULTS: The mean ACT at 10 minutes after heparinization was 372.2 (+/-104.31) seconds, without significant statistical difference between gender and age groups (p>0.05). The ACT values at 30 and 60 minutes remained greater than 200 seconds in all patients. The ACT at 30 minutes showed a significant statistical difference between age groups and gender (p 200s) even after 60 minutes of heparinization, independently of age and gender.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Estudo experimental dos efeitos da heparina de baixo peso molecular (Enoxaparina) na formação de calo ósseo em fêmures de ratos/ The effects of low-molecular-weight heparin (Enoxaparin) on bony callus formation in rats' femurs - an experimental study

Mussi Filho, Salim; Canova, Rodrigo Abbud; Cruz, Henrique Abreu da; Vidigal, Leandro; Zaniolo, Francisco José; Vialle, Luiz Roberto Gomes
2006-01-01

Resumo em português O tromboembolismo venoso é uma complicação grave que pode ocorrer após fraturas. O tratamento anticoagulante mais utilizado é com a heparina de baixo peso molecular (HBPM). Existem estudos que mostram que essa droga pode interferir no metabolismo ósseo. Com o objetivo de avaliar a influência da HBPM no processo de formação de calo ósseo, realizamos um estudo experimental em ratos. A amostra constituiu-se de 22 ratos de linhagem Wistar, machos, que foram submetid (mais) os à fratura diafisária de seus fêmures direitos. Foram divididos em dois grupos de 11. No grupo controle, os animais recebiam soro fisiológico e no grupo de estudo, recebiam HBPM, enoxaparina, diariamente, por 28 dias. Após este período os ratos foram submetidos à eutanásia e os fêmures foram avaliados. No estudo macroscópico foi constatada consolidação em 11 animais (100%) que não receberam enoxaparina, e, em dez animais (90,9%) que receberam a droga em estudo. No estudo histológico foi constatada a formação de calo ósseo em todos os fêmures. Concluiu-se neste experimento que a enoxaparina não altera o processo de consolidação óssea em fêmures de ratos Wistar. Resumo em inglês Venous thromboembolism is a serious complication that may follow fractures. The most commonly used anticoagulant treatment is low-molecular-weight heparin (LMWH). There are some studies showing that this drug may interfere on bone metabolism. With the objective of evaluating the LMWH influence on the process of bony callus formation, we conducted an experimental study on rats. Sample was constituted of 22 Wistar male rats, which were submitted to diaphyseal fracture on th (mais) eir right femurs. They were divided into two groups of 11 subjects each. In the control group, the animals received saline solution and in the study group, they received LMWH - enoxaparin - in a daily basis, during 28 days. After that period, the rats were submitted to euthanasia for femur assessment purposes. At the macroscopic study, union was verified in 11 animals (100%) not receiving enoxaparin, and in 10 animals (90.9%) receiving the study drug. At the histological study, the formation of bony callus was verified in all femurs. It was concluded by this experiment that enoxaparin does not cause changes on the bone union process in Wistar rats' femurs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Trombocitopenia induzida por heparina e necrose cutânea por varfarina: relato de caso/ Heparin-induced thrombocytopenia and warfarin-induced skin necrosis: case report

Kaiber, Flávia Larissa; Malucelli, Tiago Osternack; Baroni, Eloína do Rocio Valenga; Schafranski, Marcelo Derbly; Akamatsu, Hélcio Takeshi; Schmidt, Carolina Cecília Finkler
2010-12-01

Resumo em português É relatado um caso de trombocitopenia induzida por heparina complicada, com necrose cutânea induzida por varfarina em paciente de 74 anos, sexo feminino, internada com diagnóstico de fratura do colo do fêmur, trombose venosa profunda e tromboembolismo pulmonar. A necrose cutânea induzida por varfarina é uma complicação rara da terapia anticoagulante, com alta morbidade e mortalidade, que pode estar associada à trombocitopenia induzida por heparina. Resumo em inglês This paper describes a case of heparin-induced thrombocytopenia complicated by warfarin-induced skin necrosis in a 74-year old female patient hospitalized with diagnoses of a hip fracture, deep vein thrombosis and pulmonary thromboembolism. Warfarin-induced skin necrosis is a rare complication of anticoagulant therapy, with high morbidity and mortality that may be associated with heparin-induced thrombocytopenia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Comparação entre citrato trissódico e heparina como solução para selo de cateter em pacientes em hemodiálise/ Comparison of trisodium citrate and heparin as catheter-locking solution in hemodialysis patients

Bevilacqua, José Luís; Gomes, Jaelson Guilhem; Santos, Vanderson Farley Brito; Canziani, Maria Eugênia Fernandes
2011-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A elevada incidência de pacientes iniciando ou sendo mantidos em tratamento dialítico através de cateteres venosos tem aumentado o número de infecções da corrente sanguínea relacionadas aos cateteres e suas consequências, obrigando a busca de substâncias que tenham propriedades anticoagulantes e que também impeçam a contaminação dos mesmos. OBJETIVOS: Comparar a utilização de heparina e citrato trissódico como selo de cateteres de longa perma (mais) nência quanto à ocorrência de pirogenia, bacteremia, internações hospitalares relacionadas à infecção, trombose e óbito. MÉTODOS: Estudo retrospectivo por meio de dados do registro de infecção do Programa de Controle e Prevenção de Infecções e Eventos Adversos, onde foram incluídos todos os pacientes que entre abril de 2006 e março de 2008 utilizaram cateteres de longa permanência. Nos primeiros 365 dias, o selo do cateter foi feito com heparina (Grupo Heparina) e nos 365 dias seguintes foi feito com citrato trissódico a 46,7% (Grupo Citrato). Sessenta e cinco pacientes fizeram parte do estudo utilizando noventa e dois cateteres. Os grupos foram comparados para ocorrência de pirogenia, bacteremia, hospitalização, trombose de cateter e óbito. RESULTADOS: A ocorrência de bacteremia relacionada ao cateter e o tempo de hospitalização foram significantemente menores no Grupo Citrato. Houve uma tendência a menor ocorrência de hospitalização relacionada à infecção de acesso no Grupo Citrato (p = 0.055), e não houve diferença quanto à trombose de cateteres levando a disfunção. O tempo livre de bacteremia e de hospitalização foram maiores no Grupo Citrato. A ocorrência de bacteremia esteve associada a ser diabético e a pertencer ao Grupo Heparina. Na análise multivariada, apenas pertencer ao Grupo Heparina esteve associada à sua ocorrência. CONCLUSÃO: O uso de citrato a 46,7% reduziu de maneira efetiva episódios de bacteremia e internações hospitalares em pacientes submetidos à hemodiálise através de cateteres de longa permanência. Resumo em inglês INTRODUCTION: The high incidence of patients beginning dialysis treatment with venous catheters, as well as the growing number of patients with permanent catheter access, has increased catheter- related blood infections and their consequences. Thus the search for substances with anticoagulant properties that also prevent catheter contamination is necessary. OBJECTIVE: This study aimed at comparing heparin and trisodium citrate used as long-term catheter locking solutions (mais) regarding the occurrence of pyrogenic reaction, bacteremia, infection- related hospitalizations, thrombosis, and death. METHODS: Retrospective study on the infection data from the Infection and Adverse Event Prevention Control Program registry, which included all hemodialysis patients using long-term catheters from April, 2006 to March, 2008. During the first 365 days, catheters were locked with heparin (Heparin group) and, during the following 365 days, with 46.7% trisodium citrate (Citrate group). Sixty-five patients were included in the study using 92 catheters. The groups were compared regarding the occurrence of pyrogenic reaction, bacteremia, hospitalization, catheter thrombosis, and death. RESULTS: The catheter-related bacteremia episodes were significantly lower and hospitalization time was significantly shorter in the Citrate group when compared with those in the Heparin group. A tendency towards a lower occurrence of access site infection-related hospitalization was observed in the Citrate group (p = 0.055), and no difference was observed in catheter thrombosis leading to dysfunction between groups. Bacteremia-free and hospitalization-free times were longer in the Citrate group. The occurrence of bacteremia was associated with the presence of diabetes and heparin use. In multivariate analysis, being in the Heparin group was the only factor associated with bacteremia. CONCLUSION: The use of 46.7% citrate solution effectively reduced bacteremia episodes and hospitalization in chronic kidney disease patients on hemodialysis with long-term catheters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Capacitação espermática in vitro com heparina e cálcio ionóforo e sua correlação com a fertilidade em touros/ Evaluation of in vitro sperm capacitation with heparin and calcium ionophore in bulls

Assumpção, Mayra Elena Ortiz D'Avila; Haipeck, Kátia; Lima, Alecsandra Sobreira de; Mello, Marco Roberto Bourg de; Oliveira, Lilian Jesus de; Oliveira, Viviane Purri de; Tavares, Liliam Mara Trevisan; Visintin, José Antônio
2002-01-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar os protocolos de capacitação espermática in vitro com 100 mg/ml de heparina e 5 mM de cálcio ionóforo e correlacionar a capacitação com a fertilidade in vivo. A capacitação espermática foi avaliada pela coloração com iodeto de propídio e diacetato de carboxifluoresceína e pela coloração tripla com vermelho congo, vermelho neutro e giemsa. Os espermatozóides foram avaliados quanto a viabilidade (vivos ou mortos) e a qual (mais) idade do acrossomo (lesados ou íntegros), sendo caracterizados como capacitados (vivos e lesados), não capacitados (vivos e íntegros) e mortos (lesados ou íntegros). A heparina apresentou 64,54% e 39,16% e o cálcio ionóforo 36,41% e 18,11% de espermatozóides capacitados, respectivamente, pela epifluorescência e coloração tripla. Os touros foram divididos em três grupos de fertilidade, sendo o Grupo A 68%. Nos três grupos houve diferença significativa (p0,01) para os espermatozóides capacitados, não capacitados e mortos entre os grupos A, B e C, tanto na epifluorescência quanto na coloração tripla para ambos capacitores (heparina e cálcio ionóforo). Não houve correlação entre os espermatozóides capacitados in vitro e a taxa de fertilidade a campo. A heparina apresentou melhor taxa de espermatozóides capacitados e a epifluorescência mostrou-se mais eficiente na detecção da capacitação espermática (p Resumo em inglês The aim of this particular study was to test in vitro sperm capacitation protocols, using heparin (100mg/ml) and calcium ionophore (5mM). Propidium iodide and carboxifluorescein diacetate (IP/CFDA) in a fluorescence microscope as well as triple stain (congo red, neutral red and Giemsa) in Phase contrast microscope were used as staining. The spermatozoa were classified according to its viability (alive or dead) and acrossome integrity (damaged or intact). They were conside (mais) red as follows: capacitated (alive and damaged); non capacitated (alive and not damaged) and dead (damaged or intact). The heparin group showed a ratio of 64.54% and 39.16% of capacitated spermatozoa in IP/CFDA and triple stain, respectively. In the calcium group, 36.41% and 18.11% of spermatozoa were capacitated in IP/CFDA and triple stain, respectively. Bulls were divided into 3 groups according to their fertility rates as follows: Group A 68%. For all three groups there was significant differences (p0.01), when observed capacitated, non capacitated and dead spermatozoa among groups A and B; A and C; B and C, using heparin and calcium ionophore in both stains. No correlation was seen between capacitation and fertility rates. Therefore heparin treatment showed better sperm capacitation rates than calcium ionophore. The IP/CFDA technique showed itself as being a better method to evaluate sperm capacitation than the triple stain (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Controle da qualidade das preparações de heparina disponíveis no Brasil: implicações na cirurgia cardiovascular/ Heparin quality control in the Brazilian market: implications in the cardiovascular surgery

Melo, Eduardo I.; Pereira, Mariana S.; Cunha, Rodrigo S.; Sá, Mauro Paes Leme de; Mourão, Paulo A. S.
2008-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A mudança na marca da heparina rotineiramente utilizada nas cirurgias cardíacas no Brasil tem sido acompanhada por aumento do número de casos de discrasia sanguínea, aumento de reoperações e efeitos adversos em nossa Instituição e em outras. MÉTODOS: Foram avaliadas no Laboratório de Tecido Conjuntivo do HUCFF/UFRJ, quatro preparações disponíveis e comparadas à heparina retirada do mercado (Liquemine) e ao padrão de controle internacional. As (mais) preparações de heparina foram submetidas à ressonância nuclear magnética para avaliação da integridade estrutural, bem como avaliação de sua eficácia anticoagulante. RESULTADOS: Houve diferença significativa quanto à atividade anticoagulante entre as amostras. Também se observou a presença de contaminação com dermatam sulfato, amostras degradadas quimicamente e com significativa alteração do peso molecular. CONCLUSÃO: Das amostras estudadas, nenhuma atendeu aos requisitos de segurança para utilização em cirurgias cardíacas com circulação extracorpórea. Nenhuma delas apresentou a qualidade semelhante ao Liquemine, não mais disponível no mercado brasileiro. Resumo em inglês INTRODUCTION: The change in the heparin solution trade mark in Brazil that had been commonly used in cardiac surgery has shown increased number in the coagulopathy, re-exploration and other side effects in our Institution and others. METHODS: All four different heparin solutions available in the Brazilian market were studied in the Connective Tissue Lab, HUCFF, UFRJ and compared to the Liquemine (out of the market) and the international control solution. All samples were (mais) evaluated by magnetic nuclear resonance as well as their anticoagulant effectiveness. RESULTS: There were significant differences among them regarding the anticoagulant activity. It was also observed contamination with other dermatan sulfate, samples chemically degraded and with significant change in the molecular weight. CONCLUSION: Among the studied samples, none of them can offer security in cardiac surgeries on pump. None of them has demonstrated similar quality to Liquemine, which is not available in the Brazilian market.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Ocorrência de hematoma peridural após anestesia geral associada à analgesia pós-operatória com cateter peridural em paciente em uso de heparina de baixo peso molecular: relato de caso/ Epidural hematoma after general anesthesia associated with postoperative analgesia with epidural catheter in patient using low molecular weight heparin: case report/ Ocurrencia de hematoma postanestesia general asociada a analgesia postoperatoria con cateter peridural en paciente que usa heparina de bajo peso molecular: relato de caso

Silva, Ranger Cavalcante da; Morais e Silva, André; Laffitte, Fernando Santos; Jamus, Gilbert
2006-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Apresentar um caso de paciente com hematoma peridural, na vigência do uso de cateter peridural e heparina de baixo peso molecular, seu quadro clínico e tratamento. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 75 anos, submetida à fixação de coluna lombar por via anterior, que desenvolveu no pós-operatório quadro clínico de paralisia progressiva nos membros inferiores, com perda de sensibilidade, sem apresentar dor radicular intensa. O trat (mais) amento foi descompressão medular imediata, com drenagem e limpeza cirúrgica de hematoma peridural, que se estendia da quinta até a décima vértebra torácica. Após a drenagem do hematoma a paciente recuperou gradualmente a força nos membros inferiores, recebeu alta em 10 dias com quadro de disfunção esfincteriana. Após três meses o quadro regrediu e não houve seqüela neurológica definitiva. CONCLUSÕES: O rápido diagnóstico com intervenção cirúrgica precoce é o tratamento mais eficaz para redução de lesão neurológica, em pacientes que desenvolvem hematoma peridural no pós-operatório. A utilização de heparina de baixo peso molecular, na vigência do uso de cateter peridural, exige a adesão estrita a protocolos estabelecidos, para que se reduzam os riscos do desenvolvimento de hematoma peridural. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: presentar el caso de una paciente con hematoma peridural, con uso actual de catéter peridural y heparina de bajo peso molecular, su cuadro clínico y tratamiento. RELATO DEL CASO: Paciente de 75 años, sometida a la fijación de columna lumbar por vía anterior, que desarrolló en el postoperatorio un cuadro clínico de parálisis progresiva en los miembros inferiores, con pérdida de la sensibilidad, sin presentar dolor radicular intenso. El t (mais) ratamiento fue descompresión medular inmediata, con drenaje y limpieza quirúrgica de un hematoma peridural, que se extendía desde la quinta hasta la décima vértebra toráxica. Después del drenaje del hematoma la paciente recuperó gradualmente la fuerza en los miembros inferiores, recibió alta en diez días con cuadro de disfunción de esfínteres. Después de tres meses el cuadro remitió y no hubo secuela neurológica definitiva. CONCLUSIONES: El rápido diagnóstico con intervención quirúrgica precoz es el tratamiento más eficaz para la reducción de la lesión neurológica, en pacientes que desarrollan hematoma peridural postoperatorio. La utilización de heparina de bajo peso molecular, con uso actual de catéter peridural, exige la adhesión estricta a protocolos establecidos, para que se reduzcan los riesgos del desarrollo de hematoma peridural. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Presents a patient case with epidural hematoma, in the course of the use of epidural catheter and low molecular weight heparin, her clinical condition and treatment. CASE REPORT: A 75-year old female patient, submitted to the fixation of lumbar spine by anterior route, who, in the postoperative period, developed a clinical condition of progressive paralysis of the lower limbs, with loss of sensitivity and presenting no intense radicular pain. Th (mais) e treatment was the immediate medullar decompression, with drainage and surgical cleaning of a epidural hematoma, which extended from the 5th to the 10th thoracic vertebrae. After the drainage of the hematoma, the patient gradually recovered the strength in the lower limbs, was discharged in ten days with a condition of sphincterian dysfunction. After three months, the condition receded and there was no definitive neurological sequel. CONCLUSIONS: The quick diagnosis with early surgical intervention is the most effective treatment for the reduction of neurological damage, in patients that develop postoperative epidural hematoma. The use of low molecular weight heparin, in the course of the use of epidural catheter, requires the strict compliance with the established protocols so that the risks of epidural hematoma development can be reduced.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Estudo experimental comparativo da eficácia antitrombótica da heparina convencional e da heparina de baixo peso molecular/ A comparative experimental study on the antithrombotic efficacy of conventional heparin and low molecular weight heparin

Silveira, Pierre Galvagni; Galego, Gilberto do Nascimento; d’Acampora, Armando José; Bittencourt, Agamenon; Kestering, Darlan; Philippi, Fernanda Fiorese; Rizzatti, Juliana
2001-12-01

Resumo em português Em estudo randomizado e cego comparou-se a eficácia antitrombótica (redução do peso do trombo) de duas heparinas; uma de baixo peso molecular (HBPM) e outra não fracionada - heparina convencional (HC). Foram utilizados dois procedimentos de trombose venosa experimental: no grupo I a trombose venosa foi induzida injetando-se oleato de etanolamina na veia jugular de 30 coelhos e glicose a 50% em mais 30, todos da raça New Zealand. No Grupo II a trombose venosa foi ind (mais) uzida por estase mediante a ligadura da veia cava de 30 ratos da raça Wistar. Não se encontrou diferenças estatisticamente significantes com relação à redução do peso do trombo em ambos os grupos. Também concluiu-se que a eficácia antitrombótica das drogas estudadas não variou conforme o tipo de estímulo indutor da trombose nos modelos testados, e que o oleato de etanolamina induziu de forma mais significante a formação de trombos no grupo I. Resumo em inglês A prospective randomized blind trial was performed, comparing the antithrombotic efficacy (reduction of weigth thrombi) of two heparines with low molecular weight and unfractionated calcium heparine. It was used two differents models of experimental venous thrombosis: in the first group, a combination of endothelial injury and flow reduction, was used to induce jugular vein thrombosis in New Zealand rabbits, 30 with etanolamine, and other 30 with glucose 50%. In the secon (mais) d group, venous stasis was used to induce cava vein thrombosis in 30 female Wistar rats. No significant differences on reduction of thrombus weigth were found on both groups.There was no relationship betwen thrombotic agents and experimental thrombosis model. Etanolamin induced thrombosis more significantly in group I.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Diminuição do sangramento pós-operatório produzido pela heparina, após aplicação tópica de adenosina trifosfato (ATP) em cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea/ ATP reduce blood lost produced by heparin in cadiopulmonary bypass operation

Hermínio, Vega; Nader, Helena; Dietrich, Carl P; Buffolo, Ênio
1993-06-01

Resumo em português A concentração de heparina doi determinada no sangue de pacientes submetidos a cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea, antes e depois da sua neutralização com protamina. Determinouse também a quantidade de heparina no sangue coletado dos drenos da cavidade torácica 12 horas após a operação. Cerca de 15% da heparina, a despeito de um tempo de coagulação normal, permanece na circulação após a administração de protamina, e também é encontrada no (mais) sangue coletado dos drenos da cavidade torácica. O peso molecular médio dessa heparina circulante, bem como da encontrada nos drenos torácicos, foi ao redor de 7 KiloDaltons (KDa), comparando ao de 15 KDa da heparina dosada no sangue antes da sua neutralização pela protamina. Graças a achados anteriores de que as heparinas de baixo peso molecular, responsáveis pelo sangramento da ferida operatória, podem ser neutralizadas por trifosfato de adenosina (ATP)4, a cavidade torácica de pacientes consecutivos e não selecionados, divididos em 3 grupos de 15, foi lavada com diferentes concentrações, ou de ATP (10-5, 5 x 10-4 M) ou com protamina, ou, ainda, apenas com solução fisiológica (grupo controle). Observou-se uma curva dose-resposta linear entre a diminuição do sangramento com o aumento da dose da ATP utilizada. ATP, numa concentração de 10-4 M, diminuiu significativamente o volume de sangue drenado da cavidade torácica dos pacientes (média de 288 ± 188 ml), quando comparado ao grupo que recebeu protamina (média de 496 ± 210 ml), e ao grupo controle (média 564 ± 288 ml) (p Resumo em inglês It was previously shown that topical application of heparin produces enhanced bleeding from small vesseis and capillaries. Adenosine triphosphate at low concentrations is able to disalodge heparin bound to a receptor, counteracting its antihemostatic activity. This results led us to measure the amounts of heparin remaining in the blood after protamine neutralization of the patients subjected to cardiopulmonary bypass operation and to test the topical application of the nu (mais) cleotide denosine triphosphate at a concentration of 10-4 mol/L significantly reduces the blood volume (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Avaliação da protamina na neutralização da heparina após circulação extracorpórea/ Evaluation of the protamine in the neutralization of heparin after cardiopulmonary bypass

BARROSO, Roberto Cardoso; MENDONÇA, José Teles de; CARVALHO, Marcos Ramos; COSTA, Rika Kakuda; SANTOS, José Edivaldo dos
2002-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A protamina é o antídoto universalmente usado para neutralizar a heparina no final da circulação extracorpórea; porém não existe até o momento consenso sobre uma dose ideal necessária. OBJETIVO: Avaliar a efetividade da neutralização da heparina, com doses variadas de protamina após circulação extracorpórea, com três protocolos diferentes. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Foram randomizados prospectivamente 45 pacientes, no período de abril a agosto (mais) de 2000, e divididos em três protocolos: I, II e III, com 15 pacientes cada. O protocolo I avalia a neutralização da heparina, com dose de protamina calculada pela dose inicial de heparina. O protocolo II avalia a neutralização da dose total de heparina usada durante a circulação extracorpórea. O protocolo III avalia a neutralização da dose total de heparina mais um reforço de 30% dessa dose, administrada em veia periférica durante 4 horas. RESULTADOS: No protocolo I, 60% dos pacientes tiveram necessidade de reforço da dose de protamina e 20% apresentaram complicações hemorrágicas, necessitando de reoperação. Desses 20%, um paciente foi a óbito e outro apresentou acidente vascular cerebral; 53% dos pacientes do protocolo II tiveram necessidade de reforço da dose de protamina. Os pacientes dos protocolos II e III não apresentaram complicações hemorrágicas nem reoperações. CONCLUSÕES: 1- A dose de protamina para neutralizar a heparina na proporção menor que 1:1 não é suficiente. Os pacientes necessitam de doses de reforço, apresentam mais complicações hemorrágicas e maior necessidade de transfusões. 2 - A neutralização da heparina com dose de protamina na proporção de 1:1 não é totalmente eficaz; 53% dos pacientes necessitaram de doses complementares nas primeiras horas do pós-operatório. 3 - Uma dose adicional de 30% da dose de protamina na proporção de 1:1 em infusão contínua nas primeiras horas do pós-operatório reduz a perda sangüínea e a necessidade de transfusões. Resumo em inglês INTRODUCTION: The protamine is the antidote universally used to neutralize the heparin at the end of the cardiopulmonary bypass; however there isn't a consensus about the ideal necessary dosage so far. OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of the neutralization of heparin, with variable dosages of protamine after cardiopulmonary bypass, using three different protocols. MATERIAL AND METHODS: From April to August 2000, 45 patients were randomized prospectively, and divid (mais) ed into three Protocols: I, II e III with 15 patients each. The protocol I evaluates the neutralization of heparin, with dosage of protamine calculated by the initial dosage of heparin. The protocol II evaluates the neutralization of the full dosage of heparin used during cardiopulmonary bypass.The protocol III evaluates the neutrlization of the full dosage of heparin, plus a reinforcement of 30% of this dosage, administered in peripheral vein during four hours. RESULTS: In the protocol I, 60% of the patients had necessity of reinforcement of the dosage of protamine and 20% showed hemorrhagics complications, requiring reoperation. From these 20%, one patient passed away and another had cerebrovascular accident; 53% of the patients of the protocol II had necessity of reinforcement of the dosage of protamine. The patients from protocols II and III didn't have neither hemorrhagics complications nor necessity of reoperation. CONCLUSIONS: 1- The dosage of protamine to neutralize heparin in the proportion less than 1:1, isn't sufficient. The patients that need of doses of reinforcement, have more hemorrhagics complications and greater necessity of blood transfusions. 2 - The neutralization of heparin, with dosage of protamine in the proportion of 1:1 isn't totaly effective; 53% of the pacients needed complementary doses in the frist hours affter surgery. 3 - An additional dose of 30% in the dosage of protame in the proportion of 1:1 in continual infuse in the frist hours after surgery, decreases the loss of blood and the necessity of transfusions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Síndrome antifosfolípide e gestação: tratamento com heparina e aspirina em doses baixas/ Antiphospholipid syndrome and pregnancy: treatment with heparin and low-dose aspirin

Aquino, Marcelo de Amorim; Barros, Venina Isabel Poço Viana Leme de; Kahhale, Soubhi; Lucena, Andrea de Castro; Zugaib, Marcelo
1999-05-01

Resumo em português Objetivos: determinar a eficácia e a segurança do tratamento de gestantes com síndrome antifosfolípide com a heparina associada à aspirina em baixas doses, e determinar possíveis fatores agravantes da síndrome. Métodos: 17 pacientes portadoras da síndrome antifosfolípide foram submetidas a rigoroso acompanhamento pré-natal. A heparina foi utilizada na dose de 10.000 UI/dia e a aspirina na dose de 100 mg/dia. Foram analisados resultados perinatais e maternos, me (mais) diante a utilização do teste do chi² e do teste exato de Fischer. Resultados: o índice de recém-nascidos vivos foi de 88,2% nas gestações tratadas dessas pacientes contra 13,3% nas gestações prévias não-tratadas dessas mesmas pacientes. Foi alta a incidência de complicações gestacionais: oligoidrâmnio (40%), sofrimento fetal anteparto (33,3%), crescimento intra-uterino retardado (33,3%), diabetes mellitus gestacional (29,4%), pré-eclâmpsia (23,5%) e prematuridade (60%). A presença do lúpus eritematoso sistêmico foi indicação de mau prognóstico. Nenhum efeito colateral significativo foi observado durante o tratamento. Conclusões: o tratamento adotado se mostrou efetivo na obtenção de maior índice de recém-nascidos vivos, seguro, mas incapaz de impedir a alta incidência de complicações maternas e perinatais associadas à síndrome. O lúpus eritematoso sistêmico se mostrou um fator agravante da síndrome antifosfolípide. Resumo em inglês Purpose: to determine the effectiveness and the safety of treatment with heparin and low-dose aspirin in pregnant women with antiphospholipid syndrome, and to determine possible deteriorating factors for this syndrome. Methods: 17 patients with antiphospholipid syndrome were submitted to a rigorous antenatal care. Patients were treated with a fixed dose of heparin (10,000 IU/day) associated with low-dose aspirin (100 mg/day). We analyzed perinatal and maternal results, us (mais) ing chi² test and Fischer's exact test. Results: the overall live birth rate was 88.2% in treated pregnancies of these patients versus 13.3% of their previous nontreated pregnancies. The incidence of adverse pregnancy outcomes was very significant: oligohydramnios (40%), fetal distress (33.3%), fetal growth retardation (33.3%), gestational diabetes (29.4%), preeclampsia(23.5%), and preterm delivery (60%). The presence of systemic lupus erythematosus was an indication of poor prognosis. No significant side effects were observed during the treatment. Conclusions: this treatment was effective to improve live birth rate, safe, but it was not able to avoid adverse pregnancy outcomes associated with antiphospholipid syndrome. Systemic lupus erythematosus was a deteriorating factor for this syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Trombocitopenia induzida por heparina/ Heparin-induced thrombocytopenia

Longhi, Fernanda; Laks, Dani; Kalil, Nelson G.N.
2001-08-01

Resumo em português O objetivo deste relato é fazer uma revisão a fim de obter informações atualizadas sobre trombocitopenia induzida por heparina, suas manifestações clínicas, seu diagnóstico e seu manejo terapêutico. Após, concluímos que a trombocitopenia induzida por heparina é uma complicação comum em pacientes submetidos a tratamento com heparina, indiferentemente da doença de base. Complicações trombóticas potencialmente fatais têm sido descritas. Por essa razão, se (mais) houver suspeita de trombocitopenia induzida por heparina, uma abordagem adequada incluindo suspensão precoce da heparina é mandatória. Produtos que substituem a heparina incluem hirudina e danaparóide sódico. Heparina de baixo peso molecular é contra-indicada. Resumo em inglês The aim of this paper is to review current information about the clinical manifestations, diagnosis and management of heparin-induced thrombocytopenia. This was achieved by a bibliographic review using Public Medline and consulting Hematology textbooks. From this study we concluded that heparin-induced thrombocytopenia is a common complication of patients exposed to heparin therapy regardless of underlying conditions. Potentially fatal thrombotic complications have been r (mais) eported. Therefore, if heparin-induced thrombocytopenia is suspected, an adequate approach including early heparin discontinuation is mandatory. Alternative products for heparin include hirudin and danaparoid sodium. Low-molecular-weight heparin is contraindicated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Estudo comparativo entre tratamento convencional e tratamento com heparina tópica para a analgesia de queimaduras/ Comparative study of conventional and topical heparin treatments for burns analgesia

Barretto, Marcos Guilherme Praxedes; Costa, Maria da Graça Nascimento Figueira; Serra, Maria Cristina do Valle Freitas; Afiune, Jorge Barros; Praxedes, Hugo Eduardo Pinheiro; Pagani, Eduardo
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVOS: Este estudo prospectivo, randomizado, aberto e controlado por comparador ativo teve o objetivo de avaliar a eficácia analgésica e tolerabilidade da heparina não-fracionada administrada topicamente no tratamento de queimaduras. MÉTODOS: Cinquenta e oito pacientes do sexo masculino ou feminino foram randomizados para tratamento convencional (C) ou tratamento com heparina tópica (HT). Foram incluídos pacientes com: idade entre 18 e 55 anos, queimaduras de 2� (mais) � e 3º graus por fogo ou escaldo em 10% a 30% da superfície corpórea (SC), sem história de diáteses hemorrágicas ou hipersensibilidade à heparina e com área queimada em 3º grau menor de 10% da SC. O grupo C realizou periodicamente balneoterapia terapêutica para desbridamento das lesões seguida de curativos com sulfadiazina de prata. O grupo HT realizou o primeiro desbridamento e teve suas áreas queimadas deixadas expostas para receber três vezes ao dia heparina não fracionada em spray na dose de 4200 UI para cada 1% de SC queimada. A eficácia analgésica foi avaliada nos 38 pacientes que completaram o estudo pela demanda de medicamentos analgésicos e pela Escala Analógico Visual de Dor (EAV). A tolerabilidade foi avaliada nos 58 pacientes randomizados pela incidência comparativa de reações adversas nos dois grupos. RESULTADOS: O grupo HT solicitou menos analgésicos (11,83 ± 9,38 por paciente no grupo HT contra 33,35 ± 20,63 no grupo C, p Resumo em inglês OBJECTIVE: This was a prospective, randomized, open-label study controlled by active comparator. The aim was to assess analgesic efficacy and overall tolerability of a burn treatment based on topic administration of unfractionated heparin. METHODS: Fifty eight male or female patients were randomized for conventional treatment (group C) or topical heparin treatment (group TH). Ages of patients enrolled ranged from 18 to 55 years. They had 2nd and 3rd degree burns on 10% to (mais) 30% of the body surface (BS) caused by fire or scald, no hemorrhagic diseases, no hypersensitivity to heparin and less than 10% of the BS burned to 3rd degree. The group C had frequent debridement under anesthesia or analgesia and received silver sulfadiazine dressings. The group TH had the first debridement and their wounds left open to receive 4200 IU of unfractionated heparin topically for each 1% of burned BS, three times daily. Efficacy was evaluated from files of the 38 patients who completed the study according to demand of analgesic medications and response to the pain Visual Analog Scale (VAS). Tolerability was evaluated from the files of all 58 randomized patients by the comparative incidence of adverse reactions. RESULTS: The group TH demanded less analgesic medications (11.83 ± 9.38 per patient against 33.35 ± 20.63 for the C group, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Avaliação comparativa da atividade biológica de heparinas não-fracionadas em produtos farmacêuticos/ Comparison of the biological activities of unfractionated heparins in pharmaceutical products

Vaccari, Silvana F.; Brum Júnior, Liberato; Masiero, Silvia M. K.; Fronza, Marcio; Dalmora, Sérgio L.
2003-06-01

Resumo em português Realizou-se a avaliação biológica de potência de heparinas convencionais contra o 5º Padrão Internacional de heparina suína pelos ensaios preconizados da inibição da coagulação do plasma ovino (ICPO), tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA) e anti-fator Xa. Correlacionaram-se os resultados, demonstrando que o ICPO fornece potências em média 10,72%, significativamente superiores aos outros procedimentos. Analisou-se a influência de diferentes lotes de (mais) plasma sobre o resultado do ensaio do ICPO observando-se variação de até 7,32%. Como alternativa, padronizou-se o ensaio do anti-fator IIa e efetuou-se a determinação de potência das amostras obtendo-se valores reprodutíveis, comparáveis ao método do anti-fator Xa, que demonstram a viabilidade da inclusão como ensaio harmonizado para o controle da qualidade. Os resultados de potência, fornecidos lote a lote, em geral, cumprem as especificações farmacopéicas e demonstram a qualidade que garante a segurança e eficácia clínica dos medicamentos. Resumo em inglês The biological evaluation of unfractionated heparins was carried out against the 5th International Standard of porcine heparin using the pharmacopoeial-recommended assays: the sheep plasma coagulation inhibition assay (SPCIA), activated partial thromboplastin time (APTT) and anti-factor Xa activity. The SPCIA method gave mean potencies which were 10.72% significantly higher than the other procedures. The effect of differences in plasma batches revealed potency variations (mais) of up to 7.32%. The anti-factor IIa assay was standardized as an alternative method for the potency assessment of heparin samples. The values obtained were in good agreement with the anti-factor Xa assay results, demonstrating the feasibility of the method as a harmonized assay for the quality control of medicines. Analysis of the potency estimates showed that generally batch-to-batch variations complied with pharmacopoeial specifications, demonstrating the overall quality of the products and assuring their safety and clinical efficacy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Analgesia de parto em paciente portadora de deficiência de proteína S: relato de caso/ Analgesia de parto en paciente portadora de deficiencia de proteína S: relato de caso/ Labor analgesia in protein S deficient patient: case report

Stocche, Renato Mestriner; Garcia, Luis Vicente; Reis, Marlene Paulino dos; Klamt, Jyrson Guilherme
2004-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Na deficiência de proteína S, uma glicoproteína com atividade anticoagulante, o risco de eventos tromboembólicos está aumentado. O objetivo deste relato é abordar o manuseio anestésico em paciente obstétrica portadora desta deficiência. RELATO DO CASO: Paciente com deficiência de proteína S, com 25 semanas de gestação, apresentou os seguintes resultados de exames: INR = 0,9, TTPA = 32 s (controle 25,6), proteína S = 35% (normal = 7 (mais) 0% a 130%). Nos dois últimos trimestres de gravidez, fez uso de até 12000 U de heparina, cada 8 horas. Com 38 semanas, foi internada em trabalho de parto. Decorridas 8 horas da interrupção da heparina, já com TTPA 25,8 s (controle 27,8 s), realizou-se anestesia peridural injetando-se 6 ml de bupivacaína a 0,2% e fentanil (20 µg), seguido de infusão contínua. O tempo de infusão foi de 5 horas com dose total de 40 mg de bupivacaína. Não houve intercorrências e, 1 hora após a retirada do cateter, foi reiniciada heparina, por via subcutânea, 10.000 UI, a cada 12 horas. A mãe e o recém-nascido evoluíram bem, recebendo alta no terceiro dia do pós-parto. CONCLUSÕES: Grávidas com deficiência de proteína S devem receber anticoagulantes com o objetivo de manter o TTPA 2 vezes o valor controle. A heparina, por não atravessar a barreira placentária, é o anticoagulante de eleição em obstetrícia. O bloqueio pode ser realizado respeitando um tempo mínimo entre 4 a 6 horas entre a última dose de heparina e a realização da punção lombar, desde que os exames apresentem parâmetros de normalidade. Entretanto, nestes casos, a analgesia peridural pode auxiliar na profilaxia de eventos tromboembólicos. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: En la deficiencia de proteína S, una glucoproteína con actividad anticoagulante, el riesgo de eventos tromboembólicos está aumentado. El objetivo de este relato es abordar el manoseo anestésico en paciente obstétrica portadora de esta deficiencia. RELATO DE CASO: Paciente con deficiencia de proteína S, con 25 semanas de gestación, presentó los siguientes resultados de exámenes: INR = 0,9, TTPA = 32 s (control 25,6), proteína S = 35% ( (mais) normal = 70% a 130%). En los dos últimos trimestres de embarazo, hizo uso de hasta 12000 U de heparina, cada 8 horas. Con 38 semanas, fue internada en trabajo de parto. Pasadas 8 horas de la interrupción de la heparina, y ya con TTPA 25,8 s (control 27,8 s), se realizó anestesia peridural con inyección de 6 ml de bupivacaína a 0,2% y fentanil (20 µg), seguido de infusión continua. EL tiempo de infusión fue de 5 horas con dosis total de 40 mg de bupivacaína. No hubo intercurrencias y, 1 hora después de la retirada del catéter, fue reiniciada heparina, por vía subcutánea, 10.000 UI, a cada 12 horas. La madre y el recién nacido evoluyeron bien, recibiendo alta en el tercero día del pos-parto. CONCLUSIONES: Embarazadas con deficiencia de proteína S deben recibir anticoagulantes con el objetivo de mantener el TTPA 2 veces el valor control. La heparina, por no atravesar a barrera placentaria, es el anticoagulante de elección en obstetricia. El bloqueo puede ser realizado respetando un tiempo mínimo entre cuatro a seis horas entre a última dosis de heparina y la realización de la punción lumbar, desde que los exámenes presenten parámetros de normalidad. Entretanto, en estos casos, la analgesia peridural puede auxiliar en la profilaxis de eventos tromboembólicos. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Deficiency in protein S, which is a glycoprotein with anticoagulant activity, increases the risk for thromboembolic events. This report aimed at addressing anesthetic management of protein S deficient obstetric patient. CASE REPORT: Protein S deficient patient, at 25 weeks gestation, presented the following lab results: INR = 0.9, TTPA = 32 s (control 25.6), protein S = 35% (normal = 70% to 130%). In the last three gestation quarters she has rec (mais) eived up to 12,000 IU heparin every 8 hours. With 38 weeks, she was admitted in labor. After 8 uninterrupted heparin hours, already with TTPA of 25.8 s (control 27.8 s) epidural anesthesia was induced with 6 ml of 0.2% bupivacaine and fentanyl (20 µg), followed by continuous infusion. Infusion time was 5 hours with total 40 mg bupivacaine dose. There have been no intercurrences and 1 hour after catheter removal, subcutaneous 10,000 IU heparin were restarted at 12-hour intervals. Patient and neonate evolved well and were discharged 3 days later. CONCLUSIONS: Protein S deficient pregnant patients should receive anticoagulants to maintain TTPA twice the control value. Heparin, for not crossing placental barrier, is the anticoagulant of choice in obstetrics. Blockade may be induced respecting a minimum period of 4 to 6 hours between last heparin dose and lumbar puncture, provided lab tests are within normal ranges. In these cases, however, epidural analgesia may help in preventing thromboembolic events.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Estudo de vigilância epidemiológica da profilaxia do tromboembolismo venoso em especialidades cirúrgicas de um hospital universitário de nível terciário/ Study of epidemiological surveillance of venous thromboembolism prophylaxis in surgical specialties of a school tertiary referral hospital

Diogo-Filho, Augusto; Maia, Cíntia Prado; Diogo, Débora Miranda; Fedrigo, Larissa dos Santos Paula; Diogo, Priscila Miranda; Vasconcelos, Priscila Meira
2009-03-01

Resumo em português CONTEXTO: O tromboembolismo venoso pós-operatório é uma entidade frequente e grave, que pode levar à embolia pulmonar e à síndrome pós-trombótica. Apesar dos benefícios comprovados pela profilaxia, nota-se uma inadequação na sua indicação. OBJETIVO: Verificar a indicação de heparina profilática entre pacientes de diferentes clínicas cirúrgicas de um hospital universitário de nível terciário. MÉTODOS: Realizou-se avaliação prospectiva, através de b (mais) usca ativa, por 10 dias seguidos, em cada mês, no período de setembro a dezembro de 2005, de pacientes operados nas clínicas: cirurgia geral (aparelho digestório e proctologia), ginecologia, neurocirurgia, ortopedia e traumatologia, urologia e angiologia e cirurgia vascular, com identificação dos fatores de risco para tromboembolismo venoso e o uso profilático de heparina, de acordo com as normas da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. RESULTADOS: Foram avaliados 357 pacientes, 24 (6,7%) classificados como de baixo risco para tromboembolismo venoso, 128 (35,9%) de risco moderado, e a maioria, 205 (57,4%) de alto risco. Do total de pacientes, 184 (51,5%) receberam heparina profilática. A heparina foi utilizada em 73,3% dos pacientes da cirurgia geral, em 16,7% da ginecologia, em 50,0% da neurologia, em 32,5% da ortopedia e traumatologia, em 37,3% da urologia e em 97,7% da clínica de angiologia e cirurgia vascular. Das clínicas avaliadas, apenas 38,3% dos pacientes de risco moderado e 64,4% dos de alto risco receberam heparina profilática. Esta foi utilizada de forma adequada em 77,6% dos pacientes de risco moderado e em 63,6% dos de alto risco. Trombocitopenia, sangramento menor e maior, foram identificados em 3 (1,6%), 12 (6,5%) e 2 (1,1%) pacientes que receberam heparina, respectivamente. Foram diagnosticados clinicamente seis (1,7%) episódios de tromboembolismo venoso. CONCLUSÃO:Apesar das indicações bem definidas da heparina na profilaxia do tromboembolismo venoso, verifica-se adesão incompleta por parte dos profissionais médicos da especialidade, expondo os pacientes a complicações graves. Resumo em inglês CONTEXT: Postoperative venous thromboembolism is a frequent and severe disease that can lead to pulmonary embolism and post thrombotic syndrome. Although the venous thromboembolism prophylaxis is a proven strategy, an unsuitable indication is observed. OBJECTIVE: To verify the indication of prophylaxis with heparin among patients of several surgical specialties of a School Tertiary Referral Hospital. METHODS: It was accomplished a prospective study during 10 consecutive d (mais) ays in each month, from September to December of 2005, with 360 patients surgically treated in the specialties: General Surgery, Gynecology, Neurosurgery, Ortopedy and Traumatology, Urology and Angiology and Vascular Surgery, identifying risk factors for the development of venous thromboembolism (VTE) and the use of heparin prophylaxis according to the recommendations of the Brazilian Society of Angiology and Vascular Surgery. RESULTS: Three hundred and fifty seven patients were evaluated, 24 (6,7%), 128 (35,9%) and 205 (57,4%) were included in low risk, medium risk and high risk for venous thromboembolism, respectively. One hundred and eighty four patients (51,5%) of the sample received prophylactic heparin. Heparin was used in 73,3% of the patients of General Surgery, 16,7% of Gynecology, 50,0% of Neurosurgery, 32,5% of Ortopedy and Traumatology, 37,3% of Urology and 97,7% of Angiology and Vascular Surgery. Only 38,3% of medium risk and 64,4% of high risk patients received prophylactic heparin. Heparin was suitably used in 77,6% of medium risk and in 63,6% of high risk patients. Thrombocytopenia, minor bleeding and major bleeding occurred in 3 (1,6%), 12 (6,5%) and 2 (1,1%) of the patients, respectively. Thromboembolic complications occurred in 6 (1,7%) cases. CONCLUSION: Although the indications of prophylactic heparin to venous thromboembolism are well known, we verify an incomplete adhesion of medical professionals, exposing patients to severe complications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

O uso da estreptoquinase no tratamento da oclusão arterial aguda pós-cateterização da artéria femoral em crianças com menos de 10 kg/ The use of streptokinase in the treatment of acute arterial occlusion after catheterization of the femoral artery in children weighing less than 10 kg

Mandelli, Nilo César Barbosa; Nhuch, Cláudio; Fontes, Paulo Roberto; Paiva, Haroldo Diez; Rossi, Raul; Pereira, Mario Frederico Chagas; Perini, Silvio
2007-03-01

Resumo em português CONTEXTO: O tratamento da oclusão arterial aguda em menores de 5 kg tem constituído tema de discussão. OBJETIVOS: Avaliar o tratamento do quadro da oclusão arterial aguda pós-cateterismo da artéria femoral em crianças com menos de 10 kg com o uso de heparina isolada e também associada com estreptoquinase, e comparar os resultados do exame físico (como diagnóstico), da reversão da oclusão arterial, de complicações e de exames laboratoriais nos dois métodos M (mais) ÉTODOS: Trinta casos de oclusão da artéria femoral foram identificados em 1.583 cateterismos em crianças no Instituto de Cardiologia de Porto Alegre, entre 1992 e 2000. Os pacientes foram divididos em dois grupos: um usou apenas heparina (14 casos), e o outro usou heparina associada com estreptoquinase (16 casos). Os exames laboratoriais (tempo de protrombina, tempo de tromboplastina parcial ativado e fibrinogênio) coletados antes e durante a infusão intravenosa foram avaliados estatisticamente, assim como o tempo de uso da medicação, as complicações e os resultados. RESULTADOS: O exame físico mostrou-se método fidedigno para avaliar a oclusão; no grupo que utilizou a associação de heparina e estreptoquinase, houve a resolução de 87% dos casos de oclusão arterial, e a principal complicação foi sangramento no sítio de punção em 56,3% dos pacientes. Os resultados apresentaram p Resumo em inglês BACKGROUND: The treatment of acute arterial occlusion in children weighing less than 5 kg has been widely discussed. OBJECTIVES: To evaluate the treatment of acute arterial occlusion after catheterization of the femoral artery in children weighing less than 10 kg using heparin alone and associated with streptokinase, and to compare the results of physical examination (such as diagnosis), reversal of the arterial occlusion, complications and laboratory tests between both m (mais) ethods. METHODS: Thirty cases of femoral artery occlusion were identified among 1,583 catheterizations in children at Instituto de Cardiologia de Porto Alegre between 1992 and 2000. The patients were divided into two groups: one used heparin alone (14 cases) and the other used heparin associated with streptokinase (16 cases). The laboratory tests (prothrombin time, activated partial thromboplastin time and fibrinogen) performed before and during the intravenous infusion were statistically analyzed, as well as period of drug administration, complications and results. RESULTS: Physical examination proved to be reliable to evaluate occlusion; in the group using heparin associated with streptokinase, there was resolution of the arterial occlusion in 87% of cases, and the main complication was bleeding at the puncture site, which was present in 56.3% of the patients. These results showed p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Anticoagulantes e bloqueios espinhais/ Anticoagulants and neuro-axis blockades/ Anticoagulantes y bloqueos espinales

Chaves, Itagyba Martins Miranda; Chaves, Leandro Fellet Miranda
2001-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Com o uso de anticoagulantes para tromboprofilaxia, a incidência de hematomas em anestesias espinhais aumentou. O objetivo desta revisão é verificar a ocorrência de casos de hematomas espinhais e sua correlação com o uso de drogas utilizadas na tromboprofilaxia. CONTEÚDO: São feitas algumas considerações clínicas e farmacológicas sobre as drogas utilizadas em tromboprofilaxia (cumarínicos, aspirina e heparina). São ressaltados os f (mais) atores de risco, particularmente aos relatos de casos de pacientes que desenvolveram hematoma peridural decorrente do uso simultâneo de heparina de baixo peso molecular e anestesia peridural. CONCLUSÕES: Existe importante associação entre hematoma peridural e distúrbios hemorrágicos, principalmente em pacientes em tratamento com anticoagulantes. O reconhecimento do aumento do risco da associação da anestesia peridural, da anestesia subaracnóidea, a continuada vigilância e a educação são fundamentais para evitar futuros casos. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Con el uso de anticoagulantes para tromboprofilaxia, la incidencia de hematomas en anestesias espinales aumentó. El objetivo de esta revisión es verificar la ocurrencia de casos de hematomas espinales y su correlación con el uso de drogas utilizadas en la tromboprofilaxia. CONTENIDO: Son hechas algunas consideraciones clínicas y farmacológicas sobre las drogas utilizadas en tromboprofilaxia (cumarínicos, aspirina y heparina). Se destacan l (mais) os factores de riesgo, particularmente a los relatos de casos de pacientes que desenvolvieron hematoma peridural decurrente del uso simultáneo de heparina de bajo peso molecular y anestesia peridural. CONCLUSIONES: Existe importante asociación entre hematoma peridural y disturbios hemorrágicos, principalmente de pacientes en tratamiento con anticoagulantes. El reconocimiento del aumento del riesgo de la asociación de la anestesia peridural, de la anestesia subaracnóidea, la continuada vigilancia y la educación son fundamentales para evitar futuros casos. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: The use of anticoagulants for thromboprophylaxis has increased the incidence of spinal blockades hematomas. This review aimed at checking the incidence of spinal hematomas and its correlation with anticoagulant drugs. CONTENTS: Some clinical and pharmacological considerations are made about thromboprophylactic drugs (cumarinics, aspirin and heparin). Risk factors are highlighted, especially those related to patients developing epidural hematomas (mais) due to the simultaneous use of low molecular weight heparin and epidural anesthesia. CONCLUSIONS: There is an important correlation between epidural hematomas and hemorrhagic disorders, especially in patients under anticoagulant therapy. The awareness of the increased risk associated to epidural and spinal anesthesia, as well as the continuous surveillance and education are fundamental to prevent future cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

INVESTIGAÇÃO DO USO DE HEPARINIZAÇÃO REGIONAL DURANTE ISQUEMIA ARTERIAL TEMPORÁRIA EM COELHOS/ Investigation of the use of regional heparinization during temporary arterial ischemia performed in rabbits

Moreschi Junior, Dorival; Nigro, Amaury José Teixeira; Bandeira, César Orlando Peralta; Seidel, Amélia Cristina; Tormena, Eloísa de Brida
1999-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da heparinização regional durante a isquemia arterial temporária em coelhos. Os parâmetros avaliados foram a medida do tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPa) e a presença ou ausência de trombos ou edema endotelial nos vasos estudados. Foram utilizados 40 coelhos Nova Zelândia, distribuídos em dois grupos de 20 animais. Após dissecção e reparo da artéria ilíaca esquerda, realizou uma arteriotomia e introdu (mais) ziu-se um cateter de polietileno para injeção de solução de heparina no grupo experimento ou de soro fisiológico no grupo controle. O TTPa foi medido no início do experimento e após 90 minutos de isquemia, não sendo encontrado diferenças significantes entre os valores iniciais e ao final do experimento. Na avaliação microscópica não foi encontrada a presença de trombos nos vasos dos animais de ambos os grupos. Em apenas um animal do grupo controle houve a ocorrência de espessamento intimal e desarranjo da camada média, interpretado como edema endotelial, porém este dado não foi significante. Concluiu-se que a injeção intra-arterial de heparina na dose de 60 UI/kg peso não provocou alterações significantes na coagulação sistêmica do coelho, e que na ausência de lesão endotelial não ocorreu trombose dos vasos estudados, com ou sem a utilização de heparina. Resumo em inglês The purpose of this study is to evaluate the effect of the regional heparinization during temporary arterial ischemia performed in rabbits. The evaluated parameters served for measuring were activated partial thromboplastin times (aPTT) as well as the presence or absence of thrombi or endothelial edema in the analyzed vessels. Forty New Zealand rabbits were utilized. They were distributed into two groups of twenty animals. After dissection and repair of the left illiac ar (mais) tery, an arteriotomy was carried out and then a polyethylene catheter was fitted in so that heparin solution could be injected into the experimental group and physiological serum into the control group. The aPTT was measured at the beginning of the experiment and after ninety minutes of ischemia. There were no significant differences found from the initial values to the end of the experiment. Throughout microscopic evaluation the presence of thrombi in the vessels of the animals from both groups was not found. Intimal thickening as well as disruption of the middle layer regarded as endothelial edema ocurred in only one animal from the control group, however it was not considered a significant data. It was concluded that the injection of heparin (60 UI/kg weight) did not provoke significant alterations in the systemic coagulation of the rabbit. Furthermore, in the absence of endothelial lesion thrombosis of the analyzed vessels did not occur, neither with nor without the utilization of heparin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Tromboprofilaxia na colecistectomia videolaparoscópica/ Thromboprofilaxis for videolaparoscopic cholecystectomy

Maciel, Renato; Barreto, Sérgio Saldanha Menna
2004-10-01

Resumo em português Inspirados no caso de um paciente que desenvolveu tromboembolia pulmonar três dias após a realização de uma colecistectomia videolaparoscópica, mesmo tendo feito uso de heparina não fracionada no pré e nas primeiras 24hs de pós-operatório.Os autores analisaram a ocorrência de tromboembolia venosa na colecistectomia videolaparoscópica , os fatores de risco, as medidas de tromboprofilaxia e sugerem a conduta a ser adotada neste tipo de procedimento. Resumo em inglês Based in a case of a patient who developed pulmonary embolism three days after a laparoscopic cholecystectomy in spite of using unfrationated heparin starting before surgery and mantained in the first 24hs postoperatively. The authors have analysed the risk factors and the rate of VTE in laparoscopic cholecystectomy , the use of thromboprofilaxis and suggested procedures that should be adopted

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Inadequação de tromboprofilaxia venosa em pacientes clínicos hospitalizados/ Inadequacy of thromboprophylaxis in hospitalized medical patients

Rocha, Ana Thereza C.; Braga, Priscila; Ritt, Guilherme; Lopes, Antônio Alberto
2006-12-01

Resumo em português O risco de tromboembolismo venoso (TEV) é alto em pacientes internados, mas pode ser reduzido com a utilização adequada de profilaxia. OBJETIVO: Avaliar a utilização e adequação de profilaxia para TEV em pacientes clínicos internados. MÉTODOS: Estudo de coorte transversal em pacientes internados por doenças clínicas em quatro hospitais de Salvador. RESULTADOS: Foram avaliados 226 pacientes: 15,5% em UTIs clínicas, 79% tinham idade > 40 anos e 48% eram homens. (mais) A maioria (97%) apresentava pelo menos um fator de risco (FR) para TEV: mobilidade reduzida em 79% e diagnóstico principal como FR em 62%. Dos 208 candidatos a profilaxia, 54% receberam alguma forma: heparina não fracionada (HNF) em 44%, heparina de baixo peso molecular (HBPM) em 56% e métodos mecânicos em dois pacientes. A taxa de utilização foi semelhante entre hospitais privados e públicos (51% versus 49%), mas HBPM predominou em privados (97%) e sem residência médica e HNF em públicos (86%). HBPM foi usada mais freqüentemente que HNF em pacientes > 40 anos, em brancos que em negros ou mulatos, e menos freqüentemente em pacientes com contra-indicações para heparina. Dos 112 pacientes com profilaxia, 63% receberam dosagem adequada: HBPM em 95,2% e HNF em 20,4%. Profilaxia para TEV foi adequada em apenas 33,6% (70/208) dos pacientes. CONCLUSÃO: FR para TEV são freqüentes em pacientes clínicos. Existe ampla variabilidade da profilaxia prescrita em hospitais públicos e privados. HBPM é utilizada mais adequadamente que HNF, entretanto, apenas a minoria dos pacientes clínicos hospitalizados e candidatos a profilaxia recebem dosagem adequada. Resumo em inglês BACKGROUND: The risk of venous thromboembolism (VTE) is high in hospitalized patients, however it can be reduced by adequate prophylaxis. OBJECTIVE: To evaluate the adequacy of VTE prophylaxis in hospitalized medical patients. METHODS: A cross-sectional study was performed in hospitalized patients with acute medical illnesses in 4 hospitals of Salvador. RESULTS: We evaluated 226 consecutive patients: 15.5% in medical ICU, 79% > 40 years of age and 48% male. The majority ( (mais) 97%) had a least 1 risk factor (RF) for VTE, 79% had reduced mobility and 62% were diagnosed as having a RF at admission. Of the 208 prophylaxis candidates, 54% received some form of prophylaxis: unfractionated heparin (UFH) in 44%, low molecular weight heparin (LMWH) in 56% and mechanical methods in 2 patients. The utilization rate was similar in private and public hospitals. (51% vs. 49%), but LMWH was more common in private hospitals, without a residence program (97%), and UFH in the public ones (86%). LMWH was more frequently used than UFH in patients > 40 years of age, more often in Caucasian than in Black patients, and less frequently in those with contraindications for heparin. Of the 112 patients receiving prophylaxis, 63% received adequate dosages: LMWH in 95.2% and UFH in 20.4%. VTE prophylaxis was adequate in only 33.6% (70/208) of the patients. CONCLUSION: Risk Factors for VTE were frequent in medical patients. There was considerable variability of the VTE prophylaxis prescribed in private and public hospitals. LMWH was used more appropriately than UFH. However, only a minority of patients candidates for prophylaxis, received adequate dosages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Tratamentos anticalcificantes do pericárdio bovino fixado com glutaraldeído: comparação e avaliação de possíveis efeitos sinérgicos/ Anti-calcifying treatment of glutaraldehyde fixed bovine pericardium: comparisons and evaluation of possible synergic effects

Baucia, José Augusto; Leal Neto, Ricardo Mendes; Rogero, José Roberto; Nascimento, Nanci do
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar possível efeito sinérgico dos agentes anticalcificantes mais promissores investigados na literatura, por meio de tratamento seqüencial. MÉTODO: Pericárdios bovinos fixados com glutaraldeído foram tratados com: aquecimento a 50ºC, éter dietílico 80%, quitosana 0,125%, heparina, NaBH4 e formaldeído 4%. Amostras foram avaliadas pela microscopia óptica, determinação da temperatura de desnaturação do colágeno e ensaio mecânico de tração e i (mais) mplantadas subcutaneamente em ratos. Após quatro meses do implante, as amostras foram explantadas e o conteúdo de Ca2+ determinado pela espectrometria de absorção atômica. RESULTADOS: Níveis de Ca2+ (em µg/mg): Controle -194,45; aquecimento a 50ºC - 6,87; éter dietílico - 3,69; quitosana - 68,89; quitosana+heparina - 6,81; formaldeído - 107,34; tratamento seqüencial - 0,17. O comportamento mecânico variou de acordo com os tratamentos empregados. CONCLUSÃO: O tratamento seqüencial foi efetivo na inibição da calcificação e o tecido apresentou comportamento mecânico adequado à confecção de biopróteses. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate a possible synergic effect of the most promising anti-calcifying agents investigated in literature by sequential treatment. METHOD: Glutaraldehyde-fixed bovine pericardium was treated by: heating to 50ºC, 80% ether, 0.125% chitosan, heparin, NaBH4 and 4% formaldehyde. Samples were evaluated by optic microscopy, shrinking and mechanical tests and implanted subcutaneously in rats. Four months later the samples were explanted and Ca2+ levels measured (mais) by atomic absorption spectroscopy. RESULTS: Ca2+ levels were (in µg/mg): control - 194.45; heating at 50ºC - 6.87; ether - 3.69; chitosan - 68.89; heparin - 6.81; formaldehyde - 107.34; sequential treatment - 0.17. The mechanical characteristics changed according to the treatments employed. CONCLUSION: Sequential treatment was effective to inhibit calcification and the tissue showed an adequate mechanical structure for the manufacture of bioprosthesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Proteção medular em cirurgia da aorta descendente com uso de "bio-pump" e exsangüinação controlada/ Spinal protection during descending aortic surgery

Murad, Henrique; Feitosa, José L; Giambroni Filho, Rubens; Azevedo, José Augusto de; Brito, João de Deus e; Palhares, Márcia S; Gomes, Eliane C; Nascimento, Francisco José do; Oliveira, Diniz Alves de; Fonseca, Maria Elisa G; Couto, Amauri Dias do; Sá, Mauro Paes Leme de; Pires, Juscileide M. de Araújo
1994-06-01

Resumo em português Os autores utilizam como método de proteção medular em cirurgia de aorta descendente, circulação extracorpórea átrio esquerdo-femoral esquerda, com baixa dose de heparina (1 mg/kg), bomba centrífuga (bio-pump) e exsangüinação controlada. Operaram 4 doentes com esta metodologia sem que houvesse mortalidade, paraplegia ou sangramento excessivo. Resumo em inglês The authors have used for spinal cord protection during descending aortic surgery, partial extracorporeal circulation from left atrium to left femoral artery, low dose of heparin (1 mg/kg), centrifugal pump (bio-pump) and controlled exsanguination. They have operated upon with this methodology 4 patients without mortality, paraplegia or excessive bleeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Doença de Behçet e gestação: relato de caso e revisão da literatura/ Behçet's disease and pregnancy: case report and literature review

Barros, Venina Isabel Poço Viana Leme de; Barros, Paulo José Leme de; Hacbarth, Elisa Teresinha
2005-06-01

Resumo em português A doença de Behçet (DB) é uma vasculite sistêmica com freqüente ocorrência de fenômenos trombóticos. Os autores relatam o caso de gestação de paciente com DB de difícil controle prévio e concomitante heterozigoze para o fator V, com história prévia de múltiplas erisipelas nos membros inferiores e história familiar de tromboembolismo. A gestação evoluiu com remissão da DB e foi usado heparina fracionada profilática. Os autores discutem os envolvimentos de fatores trombofílicos na gestação de pacientes com DB. Resumo em inglês Behçet's disease (BD) is a systemic vasculitis in which thrombosis is a common clinical complication. We report a case of a pregnant woman with BD and the presence of heterozigous factor V, previous erisipela lesions and family history of thromboembolisms. Her BD evolved to remission during gestation, nevertheless, low molecular weight heparin was maintaned during pregnancy. In this report, we discuss the thrombophilic aspects in pregnant women with BD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Embolia pulmonar: registro multicêntrico da prática clínica em hospitais terciários/ Pulmonary embolism: multicenter registry in tertiary hospitals

Volschan, André; Albuquerque, Denílson Campos de; Tura, Bernardo Rangel; Knibel, Marcos de Freitas; Souza, Paulo César Pereira da Silva e; Toscano, Maria Luiza
2009-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O perfil clínico e as estratégias diagnósticas e terapêuticas nos pacientes com embolia pulmonar demonstram a prática clínica na abordagem da doença. Essas informações, escassas nos estudos nacionais, possibilitam melhor conhecimento da embolia pulmonar. MÉTODOS: Estudo multicêntrico de 727 pacientes admitidos em unidades de emergência ou terapia intensiva, com o diagnóstico de embolia pulmonar confirmado por um ou mais dos seguintes exames: art (mais) eriografia pulmonar angiotomografia computadorizada helicoidal angioressonância magnética, ecodopplercardiograma, cintilografia pulmonar ou duplex-scan venoso. Dados demográficos, comorbidades, manifestações clínicas e métodos complementares foram analisados. RESULTADOS: A média de idade foi 68 anos, sendo 42% homens. Os fatores de risco mais prevalentes foram: idade > 40 anos, repouso no leito e neoplasia. A dispnéia, taquipnéia, taquicardia, dor torácica, foram as manifestações clínicas mais frequentes. O eletrocardiograma apresentou alterações em 30%, a radiografia de tórax em 45%, o duplex-scan venoso em 69% e o ecodopplercardiograma em 37%. O D-dímero a troponina e a CKMB foram positivos em respectivamente 93, 9 e 8%. Os métodos mais utilizados para o diagnóstico foram: tomografia computadorizada: 47%, duplex-scan venoso: 14% e cintilografia pulmonar: 14%. As formas mais freqüentes de tratamento foram: heparina não fracionada 50%, heparina de baixo peso molecular 30% e trombolítico 12%. A mortalidade intra-hospitalar foi de 19,5%. CONCLUSÕES: Observou-se que a idade > 40 anos, imobilização prolongada e neoplasia foram os fatores de risco de maior prevalência e a dispnéia a apresentação clínica mais freqüente. A angiotomografia computadorizada helicoidal foi o método mais utilizado para o diagnóstico e a heparina não fracionada a principal forma de tratamento. Resumo em inglês INTRODUCTION: The clinical profile as well as the therapeutic and diagnostic strategies for patients with pulmonary embolism, describes clinical practice in the approach of the disease. Such information, scarce in national studies, enables a better understanding of pulmonary embolism. METHODS: A multicenter trial included 727 patients with pulmonary embolism who were admitted in emergency or intensive care unit. Diagnostic criteria for inclusion were: 1. Visibility of thr (mais) ombus in the pulmonary artery at pulmonary arteriography, helical computer tomography, magnetic resonance or echocardiogram. 2. High probability at pulmonary scintigraphy. 3. Venous duplex-scan with thrombus and clinical manifestations of pulmonary embolism. Clinical and complementary exams were analyzed. RESULTS: Mean age was 68 years, 42% were male. Most prevalent risk factors were: age>40 years, bed rest and neoplasm. More frequent signs and symptoms were: dyspnea, tachypnea, sinus tachycardia, and chest pain. Changes were observed at electrocardiogram in 30%, at chest X-ray in 45%, at venous duplex-scan in 67%, at transthoracic echocardiogram in 37%. . D-dimer, troponin I and CKMB were positive in, respectively, 93, 9 and 8%. Most frequently used methods to confirm diagnosis were helical computer tomography and non-fractioned heparin was the treatment most used. In-hospital mortality was 19.5%. CONCLUSIONS: It was observed that age>40 years, prolonged rest and neoplasms were the most prevalent risk factors and dyspnea and tachypnea were the more frequent clinical manifestations. Helical computer tomography was the most often used method to confirm diagnosis and non-fractioned heparin was the main form of treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Profilaxia para tromboembolia venosa em uma unidade de tratamento intensivo/ Venous thromboembolism prophylaxis in an intensive care unit

BARRETO, SÉRGIO SALDANHA MENNA; SILVA, PAULA MALLMAN DA; FACCIN, CARLO SASSO; THEIL, ALEXANDRO DE LUCENA; NUNES, ALICE HOEFEL; PINHEIRO, CLEOVALDO T. S.
2000-02-01

Resumo em português Objetivos: Identificar o nível de risco e a prática de profilaxia para TEV em pacientes hospitalizados em um centro de tratamento intensivo (CTI). Métodos: A amostra foi constituída por pacientes admitidos no CTI-HCPA entre dezembro de 1997 e fevereiro de 1998. Foram excluídos pacientes em tratamento com anticoagulantes ou que apresentavam contra-indicações para uso de heparina. Os critérios utilizados para determinação dos fatores de risco para TEV e sua estrat (mais) ificação em níveis de risco seguiram parâmetros estabelecidos em consensos internacionais. O estudo não foi de conhecimento do pessoal médico da unidade. Resultados: Foram analisados 180 pacientes, com média de idade de 58 anos (± 16,5). Os fatores de risco mais freqüentes foram: idade ³ 40 anos (85,0%), grande cirurgia (47,8%), infecção torácica ou abdominal (22,8%). Dois ou mais fatores de risco simultâneos estiveram presentes em 146 (81%) casos. Na avaliação do risco para TEV, 142 (79%) foram classificados como risco moderado/alto. Medidas profiláticas foram prescritas para 102 pacientes (57%), sendo a heparina utilizada em 60% dos casos de risco moderado ou alto. Evidenciou-se uma associação significativa entre o aumento do nível de risco e do número de fatores de risco com o aumento do uso de profilaxia (p Resumo em inglês Objectives: To identify the degree of risk and the practice of prophylaxis to venous thromboembolism (VTE) in an intensive care unit (ICU). Methods: The subjects were patients admitted to the ICU between December 1997 and February 1998. Patients were excluded if they were in anticoagulant therapy or presented contra-indication to heparin. Determination of risk factors and classification of the degree of risk for VTE were done according to international consensus. The ICU (mais) medical staff did not know about the study. Results: The authors evaluated one hundred and eighty patients with a mean age of 58 years (±16.5). Risk factors more frequently found were: age ³ 40 years (85.0%), surgery (47.8%), thoracic or abdominal infection (22.8%). Two or more risk factors were present in 146 (81%) cases. In the evaluation of VTE risk, 142 (79%) patients were classified as moderate/high risk. Prophylactic measures were prescribed to 102 patients (57%), and heparin was used in 60% of moderate/high risk cases. There was a significant association between risk level and the number of risk factors with the use of prophylaxis (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Isolamento, fracionamento e atividade anticoagulante de iota-carragenanas da Solieria filiformis/ Isolation, fractionation and anticoagulant activity of iota-carrageenans from Solieria filiformis

Rodrigues, José Ariévilo Gurgel; Araújo, Ianna Wivianne Fernandes de; Paula, Gabriela Almeida de; Bessa, Érika Façanha; Lima, Ticiana de Brito; Benevides, Norma Maria Barros
2010-11-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo isolar, fracionar e avaliar o potencial anticoagulante de iota-carragenanas (i-CARs) da rodofícea Solieria filiformis, quando obtidas por dois métodos de extração (M I e M II). As i-CARs foram isoladas com papaína bruta em tampão acetato de sódio 0,1M (pH 5,0), contendo cisteína 5mM e EDTA 5mM (M I) ou água (80°C) (M II) e, em seguida, determinada sua composição química de carboidratos totais, sulfato livre (SL) e proteínas (mais) contaminantes. As i-CARs foram submetidas à cromatografia de troca iônica (DEAE-celulose) usando um gradiente de cloreto de sódio, sendo avaliado o tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA) e tempo de protrombina das frações obtidas e comparadas à heparina (193UI mg-1). Uma fração anticoagulante também foi submetida ao procedimento de eletroforese em gel de agarose a 0,5%. A diferença no rendimento de i-CARs entre os métodos foi 10,14%. A composição química de SL (29,40%) e o fracionamento, por DEAE-celulose, indicaram o M I mais eficiente na obtenção de i-CARs, comparado ao M II. O TTPA também foi somente alterado para as i-CARs do M I. Contudo, a atividade anticoagulante in vitro de uma fração rica (8,52UI mg-1) foi inferior à da heparina. Resumo em inglês This study aimed to isolate, fractionate and evaluate the anticoagulant potential of iota-carrageenans (i-CARs) from Solieria filiformis when two extraction methods (M I and M II) were used. i-CARs were isolated with papain in 0.1M sodium acetate (pH 5.0) containing 5mM cystein and 5mM EDTA (M I) or water (80°C) (M II), and then their chemical composition of total carbohydrates, free sulfate (FS) and contaminant proteins were determined. i-CARs were submitted to anion (mais) -exchange chromatography (DEAE-cellulose) using a sodium chloride gradient,being evaluated the activated partial thromboplastin time (APTT) and prothrombin time of obtained fractions and compared to heparin (193IU mg-1). A rich fraction of anticoagulant was also submitted to 0.5% agarose gel electrophoresis procedure. The difference of yield between methods was 10.14%. The chemical composition of FS (29.40%) and the fractionation by DEAE-cellulose showed M I more effectiveness in the obtaining of i-CARs compared to M II. The APTT was also modified for i-CARs from M I. However, the in vitro anticoagulant activity of a rich fraction (8.52IU mg-1) was inferior to heparin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Reparo de rotura de ventrículo esquerdo após uso de tenecteplase no tratamento do infarto agudo do miocárdio/ Surgical repair of left ventricular rupture after the use of tenecteplase in the treatment of acute myocardium infarction

Guedes, Marco Antonio Vieira; Cunha Filho, Carlos Edson Campos; Hueb, Alexandre Ciappina; Oliveira, Sérgio Almeida de
2005-06-01

Resumo em português A utilização do trombolítico no tratamento do infarto agudo do miocárdio apresentou um impacto importante na diminuição da mortalidade geral, porém não alterou a incidência da rotura cardíaca. Esta complicação deve ser reconhecida e tratada rapidamente, necessitando um alto nível de suspeição clínica. Os autores relatam um caso de reparo cirúrgico de rotura precoce de ventrículo esquerdo, após utilização de tenecteplase associado à heparina não fracionada, no tratamento do infarto agudo do miocárdio. Resumo em inglês The use of thrombolytic agents in the treatment of acute myocardium infaction represented an important impact in the reduction of overall mortality. But this did not alter the cardiac rupture rate. This complication must be recognized and treated quickly.The authors report on a case of surgical repair of an early left ventricle rupture, after the use of tenecteplase in association with non-fractioned heparin for the treatment of acute myocardium infarction

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Impacto de um programa para profilaxia de tromboembolismo venoso em pacientes clínicos em quatro hospitais de Salvador/ Impact of a program for venous thromboembolism prophylaxis in hospitalized patients in four hospitals in Salvador

Rocha, Ana Thereza C.; Paiva, Edison Ferreira de; Araújo, Danilo Miranda de; Cardoso, Dulceane Natyara; Pereira, Aline Cristina da Hora; Lopes, Antônio Alberto; Darzé, Eduardo S.
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Implementar um programa hospitalar de profilaxia de TEV através da criação de uma comissão, da realização de palestras e da distribuição de algoritmos baseados na Diretriz Brasileira para Profilaxia de TEV em Pacientes Clínicos e avaliar seu impacto na adequação da utilização de profilaxia em quatro hospitais de Salvador, Bahia. MÉTODOS: Foram realizados dois estudos de corte-transversal, um antes e um depois da implementação do programa, e compa (mais) radas as proporções de pacientes em risco de TEV e as mudanças na adequação da profilaxia. RESULTADOS: Foram avaliados 219 pacientes clínicos antes e 292 depois do programa. As taxas daqueles com pelo menos um fator de risco para TEV e daqueles com contra indicação (CI) para heparina foram semelhantes nos dois grupos: 95% vs. 98% (p=0,13) e 42% vs. 34% (p=0,08), respectivamente. Nos dois estudos, 75% vs. 82% (p=0,06) eram candidates para profilaxia, e 44% vs. 55% (p =0,02) eram candidatos sem qualquer CI para heparina. Após o programa, utilizou-se mais profilaxia mecânica, 0,9% vs. 4,5% (p=0,03) e menos profilaxia farmacológica, 55,3% vs. 47,9% (p=0,04), embora tenha havido um aumento significativo na utilização das doses corretas das heparinas, 53% vs. 75% (p Resumo em inglês There is a discrepancy between guideline recommendations and practice of venous thromboembolism (VTE) prophylaxis in hospitals worldwide. OBJECTIVE: To implement a program using a risk-assessment tool (RAT) for VTE and educational lectures based on the Brazilian Guidelines for VTE Prophylaxis for Medical Patients and to evaluate the impact of these tools on adequacy of VTE prophylaxis in 4 hospitals in Salvador, Bahia. METHODS: We performed two cross-sectional surveys bef (mais) ore and after the implementation of the program to compare the proportion of patients at-risk of VTE and the changes in the adequacy of VTE prophylaxis. RESULTS: We compared the data of 219 medical patients before with 292 patients after the program. The rates of patients with at least one risk factor for VTE and with contraindications (CI) for heparins were similar: 95% vs. 98% (p=0.13), and 42% vs. 34% (p=0.08), respectively. In both studies, 75% vs. 82% (p=0.06) were candidates for prophylaxis, and 44% vs. 55% (p =0.02) were candidates for prophylaxis and had no CI for heparin. After the program there was an increase in the use of mechanical prophylaxis 0.9% vs. 4.5% (p=0.03) and a decrease in pharmacological prophylaxis, 55.3% vs. 47.9% (p=0.04). However, there was a significant increase of use of the recommended doses of heparins, 53% vs. 75 (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Trombose de seios venosos cerebrais: Estudo de 15 casos e revisão de literatura/ Cerebral venous thrombosis: Study of fifteen cases and review of literature

Christo, Paulo Pereira; Carvalho, Gustavo Martins de; Gomes Neto, Antonio Pereira
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar uma série de 15 pacientes com trombose venosa cerebral (TVC) e comparar os resultados com dados da literatura. MÉTODOS: Foram avaliados, por meio de estudo retrospectivo, transversal e descritivo, as características epidemiológicas, o quadro clínico, os fatores de risco e o prognóstico de 15 pacientes com TVC admitidos no serviço de Neurologia da Santa Casa de Belo Horizonte no período de abril de 2007 a Dezembro de 2008. RESULTADOS: O diagnóst (mais) ico de TVC foi confirmado por exame de ressonância nuclear magnética de encéfalo em 14 casos e por angiografia cerebral em um caso. Os principais fatores de risco identificados foram o uso do anticoncepcional oral (40%) e uma história prévia ou familiar de trombose venosa profunda. Trombofilia foi encontrada em dois pacientes (13%). O seio mais acometido foi o transverso (73%), seguido pelo sagital superior, em 53%. Quatro pacientes apresentaram acidente vascular cerebral e outros 5 apresentaram-se apenas com cefaleia isolada. Doze pacientes foram tratados com heparina e anticoagulação oral sequencial. CONCLUSÃO: A terapêutica com heparina na fase aguda seguida do anticoagulante oral demonstrou-se segura e eficaz na prevenção da progressão da doença, de sua recidiva e na rápida recuperação do quadro neurológico de todos os pacientes tratados. A TVC deve ser considerada no diagnóstico de cefaleia secundária mesmo em pacientes com ausência de outros sinais ou sintomas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze a series of 15 patients with cerebral venous thrombosis (CVT) who had follow-ups at the neurology service of Santa Casa de Belo Horizonte Hospital from April, 2007 to December, 2008. These results were compared with data in literature. METHODS: Cases were evaluated by retrospective study of the epidemiologic characteristics, signs and symptoms, risk factors and prognosis of 15 patients with cerebral venous thrombosis. RESULTS: Diagnoses were reached (mais) through magnetic resonance imaging of the brain in 14 cases and through an angiography in one. The main risk factors identified were use of birth control pills (40%) and history of family member with deep venous thrombosis. Thrombophilia was found in two patients (13%). The veins more affected were the transverse sinus (73%) followed by the upper sagital sinus (53%). Four patients had strokes and five had only headaches as isolated symptoms. Twelve patients were treated with heparin and oral anticoagulant. CONCLUSION: Treatment with heparin in the acute phase followed by an oral anticoagulant was shown as safe and efficient to prevent worsening of the disease, recurrence and for quick improvement of neurological symptoms of all treated patients. CVT is one of the possible diagnoses of headaches as an isolated symptom.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Efeito da inibição da óxido nítrico sintase induzível na capacitação in vitro de espermatozoides bovinos/ Effect of inhibition of inducible nitric oxide synthase on in vitro capacitation of bovine spermatozoa

Ferreira-Berbari, J.B.P.; Caldas-Bussiere, M.C.; Paes de Carvalho, C.S.; Viana, K.S.; Leal, A.C.S.M.; Quirino, C.R.
2010-06-01

Resumo em português Avaliaram-se o papel do óxido nítrico (NO) por meio da inibição da enzima óxido nítrico sintase induzível (iNOS), após a adição da aminoguanidina (AG), na motilidade, no vigor e na integridade da membrana plasmática nos tempos de 15, 60, 120, 180, 240 e 300min e a atividade mitocondrial e a capacitação de espermatozoides bovinos após 300min de cultivo. Adicionaram-se diferentes concentrações (0,001, 0,01 e 0,1M) de AG durante a capacitação induzida pela (mais) heparina e 500μM de nitroprussiato de sódio (SNP, doador de NO) à concentração deletéria. A adição de 0,1M de AG diminuiu a motilidade e o vigor espermático e a integridade da membrana (P Resumo em inglês The role of nitric oxide (NO) was evaluated by inhibition of inducible nitric oxide synthase (iNOS), with aminoguanidine (AG) on motility, vigor, and plasmatic membrane integrity of bovine spermatozoa culture after 15, 60, 120, 180, 240, and 300min and on mitochondrial activity and capacitation after 300min, respectively. Different concentrations, 0.001, 0.01, and 0.1M of AG were added during the heparin induced capacitation and sodium nitroprusside (SNP, NO donor-500_ (mais) 6;M) to the deleterious concentration. The addition of 0.1M of AG diminished progressive motility, spermatic vigor, and membrane integrity (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Peculiaridades da terapia trombolítica na síndrome nefrótica pediátrica: monitorização do fator anti-Xa/ Particularities of thrombolytic therapy in pediatric nephrotic syndrome: anti-factor Xa monitoring

Meirelles, Patrícia Zambi; Watanabe, Andréia; Carneiro, Jorge David A.; Koch, Vera Hermina K.
2008-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever a importância do tromboembolismo pulmonar (TEP) na síndrome nefrótica pediátrica e o uso da heparina de baixo peso molecular como opção terapêutica segura e eficaz. DESCRIÇÃO DO CASO: Menino de 5,7 anos com síndrome nefrótica córtico-resistente e glomérulo-esclerose segmentar e focal foi internado devido à diarréia, distúrbios eletrolíticos e anasarca. No 11º dia de internação, evoluiu com desconforto respiratório súbito, cuja inv (mais) estigação mostrou área de alta probabilidade de TEP na cintilografia pulmonar ventilação/perfusão e obstrução em veia jugular interna esquerda ao ultra-som doppler. Iniciado suporte ventilatório com nebulização de oxigênio e anticoagulação com enoxaparina (2mg/kg/dia). Após seis dias, evoluiu com sintomas neurológicos compatíveis com episódio isquêmico transitório, sem alteração na tomografia computadorizada de crânio. A monitorização do fator anti-Xa no soro demonstrou nível subterapêutico e a dose de enoxaparina foi ajustada para 3mg/kg/dia. O edema e os sintomas pulmonares melhoraram e o paciente recebeu alta hospitalar após 33 dias. COMENTÁRIOS: Embora o TEP seja raro em crianças, a síndrome nefrótica é uma condição pró-trombótica que favorece a complicação. A heparina de baixo peso molecular pode ser considerada no tratamento e na profilaxia secundária do TEP, sendo importante monitorizar o nível sérico do fator anti-Xa para ajustar sua dose e promover tratamento seguro e eficaz. Resumo em inglês OBJECTIVE: Report the importance of pulmonary thromboembolism (PTE) in pediatric nephrotic syndrome and the use of low molecular weight heparin (LMWH) as an effective and secure therapeutic option. CASE DESCRIPTION: A 5.7 year-old boy with steroid-resistant nephrotic syndrome and focal segmental glomerulosclerosis was admitted to the pediatric unit with diarrhea, electrolyte disturbances and anasarca. On the 11th day of hospital stay, he developed a sudden respiratory dis (mais) comfort. Pulmonary ventilation/perfusion cintilography scan demonstrated high probability of PTE and the doppler ultrasonography showed obstruction of the left internal jugular vein. Oxygen support as well as enoxaparin, at a dose of 2mg/kg/day, were prescribed. Six days later, the patient developed transitory cerebrovascular symptoms without alterations in the cranial CT. The serum anti-Xa factor level was lower than the therapeutic range and enoxaparin was increased to 3mg/kg/day. The edema and the pulmonary symptoms improved and the boy was discharged at the 33rd day of stay. COMMENTS: Although PTE is rare in children, nephrotic syndrome is a prothrombotic condition amenable to this complication. LMWH can be considered for treatment and for secondary prophylaxis of PTE. Anti-factor Xa serum level monitoring is necessary to adjust LMWH dosage and to promote an effective and safe treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Síndrome da classe econômica após longas viagens de ônibus/ Economy class syndrome after long duration bus travel

Oliveira Jr, Múcio Tavares de; Faveri, Marcelo de; Farias, Cíntia Mara Rodrigues; Mansur, Alfredo José; Pereira-Barretto, Antonio Carlos
2006-05-01

Resumo em português Homem de 65 anos com insuficiência cardíaca causada por hipertensão e cardiopatia isquêmica foi internado com dispnéia, escarro sanguinolento e dor pleurítica após uma viagem de ônibus com duração de 52 horas. A avaliação clínica e laboratorial incluiu tomografia helicoidal do tórax, que demonstrou um defeito de enchimento do principal ramo da artéria pulmonar direita e uma opacidade periférica regular de formato triangular no lobo inferior da parte inferi (mais) or do pulmão. Após o diagnóstico de tromboembolia pulmonar, foi instituída terapia com heparina, seguida por varfarina. O paciente recebeu alta hospitalar. O diagnóstico de embolia pulmonar deve ser levado em consideração em pacientes com sintomas semelhantes aos deste paciente após longa viagem de ônibus. Resumo em inglês A 65 year-old man with heart failure due to hypertensive and ischemic heart disease was admitted to the hospital with dyspnea, bloody sputum and pleuritic chest pain after a 52-hour bus trip. Clinical and laboratory evaluation included chest helical tomography that demonstrated a filling defect of the right main branch of the pulmonary artery and a regular peripheral opacity of triangular shape in the inferior lobe of the lower lung. The diagnosis of pulmonary thromboembo (mais) lism was made and therapy with heparin, followed by warfarin was introduced. The patient was discharged from the hospital. The diagnosis of pulmonary embolism should be considered in patients with complaints like this patient after long-distance bus travel.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Trombose venosa profunda de membros superiores: estudo coorte retrospectivo de 52 casos/ Upper-extremity deep vein thrombosis: a retrospective cohort study of 52 cases

Yoshida, Ricardo de Alvarenga; Sobreira, Marcone Lima; Giannini, Mariangela; Moura, Regina; Rollo, Hamilton Almeida; Yoshida, Winston Bonetti; Maffei, Francisco Humberto de Abreu
2005-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Rever os fatores predisponentes e a evolução em série de casos de trombose venosa profunda dos membros superiores de nossa instituição. MÉTODOS: Cinqüenta e dois pacientes consecutivos, com trombose venosa profunda dos membros superiores (29 homens e 23 mulheres), idade média de 52,3 anos, documentados por mapeamento dúplex (71,1%), flebografia (11,1%) ou clinicamente (15,6%), foram incluídos no presente estudo. RESULTADOS: As manifestações clínicas (mais) foram: dor no antebraço (24 casos - 46,1%), dor no braço (27 casos - 51,9%), edema do membro superior (45 casos - 86,5%), dor à compressão do membro superior (36 casos - 70,2%) e dor à movimentação do mesmo (32 casos - 61,7%). Os principais fatores de risco foram: punção ou acesso venoso (20 casos - 39,1%) e câncer (16 casos - 32,6%). As veias envolvidas foram: umeral (n = 18), axilar (n = 27), subclávia (n = 15) e jugular (n = 11). A embolia pulmonar estava inicialmente presente em quatro casos (7,6%). O tratamento inicial foi feito com heparina não-fracionada intravenosa (64,3%), subcutânea (16,7%), ou heparina de baixo peso molecular (17,1%), seguido de varfarina. Doze pacientes morreram antes da alta, em função de causas não relacionadas à embolia pulmonar. Foram acompanhados os 40 pacientes restantes por período de 3 meses a 10 anos, sendo que dois morreram de causas não relacionadas à embolia pulmonar, um paciente desenvolveu seqüelas pós-trombóticas, como edema residual e limitações aos movimentos, e seis ficaram com discretos sintomas residuais (edema e dor). CONCLUSÕES: A trombose venosa profunda dos membros superiores foi mais freqüente em pacientes submetidos a acessos venosos e com neoplasia em atividade. Comparando com dados da literatura, a evolução dos pacientes sob tratamento exclusivo com anticoagulantes foi, no mínimo, similar a outros tratamentos propostos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To review the predisposing factors and the evolution of upper-extremity deep vein thrombosis in a series of cases. METHODS: Fifty-two consecutive patients (29 men and 23 women, mean age of 52.3 years) with upper-extremity deep vein thrombosis documented by duplex scan (71.1%), phlebography (11.1%) or clinically (15.6%) were included in the study. RESULTS: Clinical manifestations were: forearm pain (24 cases - 46.1%), arm pain (27 cases - 51.9%), upper limb edem (mais) a (45 cases - 86.5%), pain to arm compression (36 cases - 70.2%) and to arm movement (32 cases - 61.7%). Main risk factors were: vein puncture (20 cases - 39.1%), and cancer (16 cases - 32.6%). Deep vein thrombosis involved humeral (n = 18), axillary (n = 27), subclavian (n = 15) and jugular (n = 11) veins. Pulmonary embolism was initially present in four cases (7.6%). Initial therapy included unfractionated heparin, intravenous (64.3%), subcutaneous (16.7%) or low molecular weight heparin (17.1%) administration, followed by warfarin. Twelve patients died before discharge from the hospital, due to causes not related to pulmonary embolism. The remaining 40 patients were followed-up for a period of 3 months to 10 years. Two died of causes not related to pulmonary embolism, one developed post-thrombotic sequels, such as residual edema and limitations to upper limb movement, and six had discrete residual symptoms (edema and pain). CONCLUSIONS: Upper-extremity deep vein thrombosis was more frequent in patients submitted to venous access and with active neoplasia. The outcome of patients exclusively treated with oral anticoagulant was at least similar to other treatments proposed in the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Remoção de introdutor arterial pós-intervenção coronária percutânea: médico residente versus enfermeiro especializado/ Arterial sheath removal after percutaneous coronary intervention: resident versus specialized nurse

Solano, José Del Carmen; Meireles, George Cesar Ximenes; Abreu, Luciano Mauricio de; Forte, Antonio Artur da Cruz; Sumita, Marcos Kiyoshi; Hayashi, Jorge Hideki
2006-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar os resultados da retirada de introdutor arterial pelo enfermeiro especializado em Unidade de Hemodinâmica e pelo médico residente em Cardiologia Intervencionista em pacientes submetidos à intervenção coronária percutânea. MÉTODOS: Trata-se de registro prospectivo em 100 pacientes submetidos à intervenção coronária percutânea, no período de setembro a outubro de 2004, divididos em dois grupos: Grupo A (GA) - enfermeiro (n = 48 pacientes) - (mais) e Grupo B (GB) - médico residente (n = 52 pacientes). Hematoma pequeno foi definido como inchaço palpável no local da punção menor que 2 cm; hematoma moderado, com 2 a 6 cm de diâmetro; e hematoma grande, maior que 6 cm de diâmetro. A dose de heparina foi de 100 UI/kg. Os introdutores foram retirados após controle do tempo de coagulação ativado (TCA Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the results of sheath removal by the catheterization lab specialist nurse and by the interventional cardiology resident in patients submitted to a percutaneous coronary intervention. METHODS: Prospective study with 100 patients submitted to percutaneous coronary intervention, from September to October 2004, who were divided into two groups: Group A (GA) - nurse (n = 48) and Group B (GB) - resident (n = 52). Small hematoma was defined as a palpable sw (mais) elling at the access site measuring less than 2 cm; mild hematoma, from 2 to 6 cm in diameter; and large hematoma when it was larger than 6 cm in diameter. The heparin dose was 100 IU/kg. The sheaths were removed after activated coagulation time control (ACT

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Concentração espermática e tempo de incubação na fecundação in vitro usando-se sêmen de touros da raça Guzerá/ Sperm concentration and incubation period on in vitro fecundation using sperm of Guzera bulls

Dias, L.P.B.; Sá, W.F.; Camargo, L.S.A.; Ramos, A.A.; Ferreira, A.M.; Viana, J.H.M.; Nogueira, L.A.G.
2006-06-01

Resumo em português Estudou-se o efeito da concentração espermática e período de incubação e da interação dessas características sobre a fecundação in vitro (FIV) usando-se sêmen de touros Guzerá. Oócitos (n=1146) maturados in vitro foram divididos em tratamentos objetivando a FIV, em esquema fatorial 3×2×2 (três touros - A, B e C, duas concentrações espermáticas - 2 e 4×10(6) espermatozóides/ml e dois tempos de incubação 12 e 18 horas). Utilizaram-se e (mais) spermatozóides viáveis obtidos por swin-up. A FIV foi realizada em meio fert-talp com heparina, em incubadora com 5% de CO2 e 95% de umidade, a 38,5°C. Após incubação, 50% dos oócitos foram fixados e corados para determinação das taxas de penetração, fecundação monoespermática e poliespermia. O restante foi co-cultivado com células da granulosa em meio CR2aa por oito dias, avaliando-se a taxa de clivagem e a produção de blastocisto. Houve maior taxa de penetração (P0,05) entre os demais tratamentos. A taxa de poliespermia foi maior (P Resumo em inglês The effects of sperm concentration, incubation period and their interaction on in vitro fertilization (IVF) using sperm of Guzera bulls were evaluated. In vitro matured oocytes (n=1146) were allotted to IVF treatments in a factorial scheme 3×2×2 - three bulls (A, B and C), two sperm concentrations (2 and 4×10(6) spermatozoa/ml) and two incubation periods (12 and 18h). Viable spermatozoa were obtained by swim-up. The IVF was performed using in Fert-Talp m (mais) edium with heparin, on incubator with 5% CO2 and 95% humidity, at 38.5ºC. After the incubation, 50% of oocytes were fixed and stained to determine penetration, monospermic fecundation and polyspermy rates. The remainder was co-cultured with granulosa cells in CR2 medium for eight days to evaluate cleavage and embryo production rates. The penetration rate was higher (P0.05) among remainder treatments were observed. The polyspermic rate (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Desafios na profilaxia do tromboembolismo venoso: abordagem do paciente crítico/ Challenges in prevention venous thromboembolism: critical ill patient approach

Ribeiro, Marcelo Andrade; Netto, Pedro Garbes; Lage, Silvia Gelas
2006-09-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O tromboembolismo venoso (TEV), que inclui a trombose venosa profunda (TVP) e o tromboembolismo pulmonar (TEP) são complicações comuns em pacientes críticos. A ocorrência de TEV acarreta um substancial aumento da morbimortalidade dos pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTI). CONTEÚDO: A maioria dos pacientes críticos apresenta alto risco para ocorrência de complicações tromboembólicas, entretanto, a prevenção do T (mais) EV muitas vezes não é realizada de maneira adequada para este grupo de pacientes. A heparina de baixo peso molecular (HBPM) parece ser o método mais eficiente para a prevenção do TEV em pacientes de UTI. Entretanto, é patente a escassez de estudos voltados para esta população, cujas particularidades levam a recomendações específicas em relação ao diagnóstico e tratamento. CONCLUSÕES: Esta revisão faz uma análise do risco, discute os principais trabalhos publicados a respeito da profilaxia e sugere estratégias para a diminuição da ocorrência de TEV nos pacientes críticos. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Venous thromboembolism (VTE), with includes deep vein thrombosis (DVT) and pulmonary embolism (PE), is a common complication in critically ill patients, resulting in high morbidity and mortality. CONTENTS: Most patients treated in intensive care units (ICU) face a high risk of thromboembolic complications. Despite these considerations, the prevention of VTE may not be as high a priority in ICU patients as it is in other high-risk patient groups. (mais) Low molecular weight heparin (LMWH) may be the optimal prophylaxis in most ICU patients, but there is a lack of sufficient data including the paucity of VTE consensus and guidelines documents pertaining to critically ill patients. CONCLUSIONS: This article reviews background, current options, and recommendations regarding VTE in intensive care population emphasizing special diagnostic and treatment considerations in the ICU setting.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Necrose cutânea induzida por antagonistas da vitamina K/ Skin necrosis induced by vitamin K antagonists

Silvestre, Jose Manoel da Silva; Thomazinho, Fernando; Sardinha, Wander Eduardo; Perozin, Igor Schincariol; Morais Filho, Domingos de
2009-12-01

Resumo em português Os anticoagulantes orais que atuam através do antagonismo à vitamina K são utilizados na prática clínica há muito tempo, porém ainda há dificuldades no seu manejo e na condução das complicações. Entre as complicações, as mais conhecidas são os transtornos hemorrágicos, mas outras também devem ser reconhecidas, tais como a necrose induzida por varfarina. Esta é uma grave, porém rara complicação, cuja fisiopatologia é ainda obscura e cujas causas são (mais) indefinidas. Dentre as possíveis causas, as mais prováveis são a deficiência de proteína C e de proteína S, reações de hipersensibilidade e deficiência de fator VII. Há maior incidência desta complicação entre mulheres de meia-idade, acometendo preferencialmente mamas e glúteos. As medidas mais importantes para o tratamento são: suspensão imediata da droga, uso de heparina não fracionada ou de baixo peso molecular em doses terapêuticas, emprego da vitamina K e, eventualmente, infusão de plasma fresco congelado ou de proteína C ativada recombinante. Resumo em inglês Oral anticoagulants acting via vitamin K antagonists have long been employed in the clinical practice. However, difficulties related to the management of treatment regimens and complications still persist. Among the complications, bleeding disorders are widely known, but others should also be taken into consideration, such as warfarin-induced skin necrosis. The pathophysiology of this rare but severe complication is still obscure, and its causes remain to be defined. Amon (mais) g possible causes, protein C and protein S deficiency, hypersensitivity reactions and VII factor deficiency are the most probable ones. There is an increased incidence of warfarin-induced skin necrosis among middle-aged women, usually affecting breasts and buttocks. The most important treatment measures are immediate discontinuation of the drug, use of unfractionated or low-molecular-weight heparin at therapeutic doses, use of vitamin K and, eventually, infusion of fresh-frozen plasma or recombinant activated protein C.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Fecundação in vitro com sêmen de bovinos da raça Gir/ In vitro fertilization with bovine semen in Gyr breed

Ramos, A.A.; Camargo, L.S.A.; Sá, W.F; Ferreira, A.M.; Costa, E.P.
2000-08-01

Resumo em português Estudaram-se os efeitos da concentração espermática e do tempo de incubação do sêmen com ovócitos, durante a fecundação in vitro, sobre as taxas de penetração espermática, de fecundação monoespermática e de clivagem, utilizando-se sêmen de touros da raça Gir. Ovócitos (n=817) maturados in vitro foram distribuídos em tratamentos visando à fecundação in vitro (FIV), em um delineamento fatorial 2×2×2, com duas concentrações espermáticas (2 e 4×10( (mais) 6) espermatozóides/ml), dois períodos de incubação (12 e 18h) e dois touros (A e B). Espermatozóides viáveis foram obtidos pela técnica de swin-up. A FIV foi realizada em meio fert-talp com heparina, em incubadora com 5% de CO2 em ar atmosférico e 95% de umidade, a 39ºC. Após inseminação, 359 ovócitos foram fixados e corados para determinação das taxa de penetração e poliespermia. O restante foi co-cultivado com células da tuba uterina e TCM-199 por 72h, avaliando-se a clivagem. As taxas de penetração, fecundação monoespermática e clivagem não foram influenciadas (P>0,05) pela concentração espermática e pelo período de incubação. O touro B produziu maiores taxas (P0,05). O efeito touro sobre a capacidade de fecundação dos espermatozóides deve ser considerado quando da fecundação in vitro. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the effects of differents sperm concentration and incubation time during in vitro fecundation on sperm penetration, monospermic fecundation and cleavage rates, using sperm of Gyr bulls. In vitro matured oocytes (n=817) were distributed into treatments to in vitro fertilization (IVF) in a factorial design, with two sperm concentration (2 and 4×10(6) spermatozoa/ml), two incubation time (12 and 18h) and two bulls (A and B). Viable sper (mais) matozoa were obtained by swin-up. The IVF was realized in Fert-Talp medium with heparin, on incubator with 5% CO2 and 95% humidity in air, at 39ºC. After insemination, 359 oocytes were fixed and stained to determine penetration and polyspermy rates. The remainder were co-cultivated in bovine oviduct epithelial cells and TCM-199, for 72h, to evaluate cleavage rate. The penetration, monospermic fecundation, and cleavage rates were not affected (P>0.05) by sperm concentration and incubation time. Higher (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Mobilização precoce na fase aguda da trombose venosa profunda de membros inferiores/ Early mobilization in acute stage of deep venous thrombosis of the lower limbs

Penha, Geane de Souza; Damiano, Ana Paula; Carvalho, Tales de; Lain, Vinícius; Serafim, João Daniel
2009-03-01

Resumo em português O tratamento convencional da trombose venosa profunda na fase aguda consiste em restrição ao leito. Porém, estudos recentes contestam essa abordagem terapêutica, enfatizando que a mobilização precoce propicia resultados clínicos favoráveis. O objetivo deste estudo foi pesquisar em literatura científica, principalmente ensaios clínicos controlados, sobre a mobilização precoce de pacientes portadores de trombose venosa profunda de membros inferiores na fase agud (mais) a. Utilizou-se como estratégia de pesquisa o site PubMed para a busca de estudos relacionados à mobilização precoce, deambulação e trombose venosa profunda na fase aguda. Os artigos consultados abrangeram o período de 1992 a 2007. Em todos os estudos, a mobilização precoce esteve associada à heparina de baixo peso molecular e a terapia de compressão. Estudos avaliados nesta revisão têm demonstrado os benefícios na redução da dor e edema, com melhora da qualidade de vida, pela estratégia terapêutica de mobilização precoce em combinação com anticoagulação e compressão da perna na trombose venosa profunda, sem que ocorra maior risco de desfechos relevantes, como embolia pulmonar e morte. Resumo em inglês Conventional treatment of deep venous thrombosis in the acute phase includes bed rest. However, recent studies have challenged such therapeutic approach, emphasizing that early mobilization provides favorable clinical outcomes. This study aimed at finding qualified scientific studies, especially controlled clinical trials, on early mobilization of patients with acute deep venous thrombosis of the lower limbs. PubMed was used to search for articles related to early mobiliz (mais) ation, ambulation and acute deep venous thrombosis. Articles covered the period from 1992 to 2007. In all studies, early mobilization was associated with low molecular weight heparin and compression therapy. Studies evaluated in this review showed benefits in reducing pain and edema, with improvement in quality of life, using the therapeutic strategy of early mobilization in combination with anticoagulation and compression of the leg in patients with deep venous thrombosis, without increased risk of relevant outcomes, such as pulmonary embolism and death.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Desenvolvimento de um modelo experimental de hemodiálise em cães/ Development of a dog model of hemodialysis

Meneses, Andre M.C; Caramori, Jacqueline C.T; Brant, João R.A.C; Gonçalves, Raquel C; Souza, Nazaré F. de; Moraes, Carla C.G. de; Takahira, Regina K; Barretti, Pasqual
2010-10-01

Resumo em português Com o objetivo de desenvolver um modelo de hemodiálise (HD) em cães, foram estudados 18 animais, sem raça definida, machos, clinicamente sadios, com peso corporal variando entre sete e 14 kg. O acesso vascular foi obtido através de implantação do cateter de duplo lúmen em veia jugular externa. As sessões de HD, em número de cinco por animal, com até três horas de duração, foram realizadas em hemodialisadora de sistema proporcional com ultrafiltração (UF) co (mais) ntrolada, com solução dialisante padrão e tampão bicarbonato. A UF foi ajustada para HD isovolêmica, utilizou-se perfil de sódio, e para anticoagulação heparina sódica. Os animais foram mantidos anestesiados com cloridrato de levomepromazina e propofol. Foram avaliados dados hematológicos, bioquímicos, hemogasometria, pressão arterial sistêmica e tempo de coagulação ativado. Foi observada diminuição do número global de hemácias, volume globular, hemoglobina e leucócitos. Em relação aos exames bioquímicos, houve manutenção nos níveis de sódio sérico, e quanto à hemogasometria, a manutenção da SO2. A pressão arterial sistêmica manteve-se constante. Os resultados obtidos no presente trabalho permitiram concluir que foi possível o desenvolvimento do modelo proposto e mostrou que a HD em cães é um método viável e seguro, que poderá contribuir para o tratamento clínico da insuficiência renal nesta espécie. Resumo em inglês To develop a model of hemodialysis (HD), 18 healthy dogs, without a defined breed, males, weighing 7-14 kg, were studied. A double lumen catheter was inserted into the jugular vein for vascular access. HD sessions, totalizing 5 for each dog, were performed with a proportional HD machine, controlled isovolemic ultrafiltration, standard dialysis solution and bicarbonate buffer. Sodium profile and sodium heparin were used. During HD sessions the dogs were kept anesthetized ( (mais) levomepromazine and propofol). Hematological and biochemistry data, blood gas analysis, systemic arterial blood pressure, and activated clotting time were evaluated. Serum biochemistry e blood gas analysis showed, respectively, sodium and SO2 maintenance. Systemic blood pressure kept sustained during HD sessions. It could be concluded that it was possible to develop a HD dog model that is a safe and viable technique to be used in chronic renal failure patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Influência do ácido épsilon aminocapróico no sangramento e na hemotransfusão pós-operatória em cirurgia valvar mitral/ Epsilon-aminocaproic acid influence in bleeding and hemotransfusion postoperative in mitral valve surgery

Benfatti, Ricardo Adala; Carli, Amanda Ferreira; Silva, Guilherme Viotto Rodrigues da; Dias, Amaury Edgardo Mont'serrat Ávila Souza; Goldiano, José Anderson; Pontes, José Carlos Dorsa Vieira
2010-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O ácido épsilon aminocapróico é um antifibrinolítico usado em cirurgia cardiovascular a fim de inibir a fibrinólise e reduzir o sangramento após circulação extracorpórea (CEC). OBJETIVO: Analisar a influência do uso do ácido aminocapróico no sangramento e na necessidade de hemotransfusão nas primeiras 24 horas em pós-operatório de cirurgias valvares mitrais. MÉTODOS: Estudo prospectivo, 42 pacientes, randomizados e divididos em dois grupos, (mais) de igual número: grupo I - controle e grupo II - ácido épsilon aminocapróico. No grupo II, foram infundidos 5 gramas de AEAC na indução anestésica, após heparinização plena, no perfusato da CEC, após reversão da heparina e uma hora após o final da cirurgia, totalizando 25 gramas. No grupo I, foi infundido apenas soro fisiológico nestes mesmos momentos. RESULTADOS: O grupo I apresentou volume de sangramento médio de 633,57 ± 305,7 ml e o grupo II média de 308,81 ± 210,1 ml, com diferença estatisticamente significativa (P=0,0003). O volume médio de hemotransfusão nos grupos I e II foi, respectivamente, de 942,86 ± 345,79 ml e de 214,29 ± 330,58 ml, havendo diferença significativa (P Resumo em inglês INTRODUCTION: The epsilon aminocaproic acid is an antifibrinolytic used in cardiovascular surgery to inhibit the fibrinolysis and to reduce the bleeding after CBP. OBJECTIVE: To analyze the influence of the using of epsilon aminocaproic acid in the bleeding and in red-cell transfusion requirement in the first twenty-four hours postoperative of mitral valve surgery. METHODS: Prospective studying, forty-two patients, randomized and divided in two equal groups: group #1 cont (mais) rol and group #2 - epsilon aminocaproic acid. In Group II were infused five grams of EACA in the induction of anesthesia, after full heparinization, CPB perfusate after reversal of heparin and one hour after the surgery, totaling 25 grams. In group I, saline solution was infused only in those moments. RESULTS: Group #1 showed average bleeding volume of 633.57 ± 305,7 ml, and Group #2, an average of 308.81 ± 210.1 ml, with significant statistic difference (P=0.0003). Average volume of red-cell transfusion requirement in Groups 1 and 2 was, respectively, 942.86 ± 345.79 ml and 214.29 ± 330.58 ml, with significant difference (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Adequação de um sistema de hemodiálise em eqüinos/ Adequacy of hemodialysis system in horses

Oliveira, J.; Palhares, M.S.; Frössler, T.C.; Veado, J.C.C.; Meniccuci, L.M.; Leme, F.O. Paes; Silva Filho, J.M.
2008-12-01

Resumo em português Realizou-se a adequação da técnica de hemodiálise com eqüinos, distribuídos em quatro grupos experimentais de seis animais cada. Os animais do grupo I foram submetidos a cateterismo central unilateral (grupo-controle); os do grupo II foram submetidos a cateterismo central unilateral com cateter duplo-lúmen e a uma sessão de hemodiálise de seis horas; os do grupo III a cateterismo central unilateral com cateter duplo-lúmen e duas sessões de hemodiálise de seis (mais) horas e os do grupo IV a cateterismo central bilateral com cateter monolúmen e a uma sessão de hemodiálise de seis horas. Empregaram-se xilazina 10% (0,4mg/kg) e acepromazina 2% (0,008mg/kg) via intravenosa para sedação. Foram utilizados dois hemodialisadores conectados em série, do tipo fibras ocas, baixo fluxo, membrana de polissulfona e área de 1,8m². O fluxo sangüíneo médio foi de 319,18±97,41ml/minuto, associado a um fluxo de dialisato de 500ml/min. A anticoagulação foi feita com heparina sódica em 100UI/kg para primming, repetida na dose de 53,86±18,61UI/kg/hora. Foram avaliados: tempo de coagulação, tempo de protrombina, tempo de tromboplastina parcial ativada e contagem plaquetária, e verificado trombocitopenia nos grupos dialisados. O melhor acesso vascular foi proporcionado pelo cateterismo unilateral com cateter lúmen-duplo (Grupos II e III), podendo a técnica de hemodiálise ser empregada na espécie eqüina, com dialisadores de alta eficiência, em sessão de seis horas de diálise. Resumo em inglês Hemodialysis adequacy was studied in four groups with six horses in each: the treatments: group I animals were submitted to unilateral central venous catheter (control group); group II animals were submitted to unilateral central venous double lumen catheter and one six-hour session of hemodialysis; group III horses were submitted to unilateral central venous double lumen catheter and to two six-hour session of hemodialysis, and group IV horses were submitted to bilateral (mais) central venous mono lumen catheter and to one six-hour session of hemodialysis. Xilazine 10% (0.4mg/kg) and acepromazine 2% (0.008 mg/kg) were iv administrated for sedation. Two hollow fiber, 1.8m² low flux polyssulfone hemodialysis apparatus were used in a connected serie. The mean blood flux was 319.18±97.41ml/min with a dialisate flux of 500ml/min. Anticoagulation was performed with sodium heparin, 100UI/kg for priming at the dose of 53.86±18.61UI/kg/h. Anticoagulation monitoring was performed by clotting time, protrombin time, tromboplastin activated time, and platelet number. Decrease in platelet number was detected in groups submitted to dialysis. The best vascular access was performed with double lumen catheter and the hemodialysis may be used in equine practice, with high performance dialyze used in six- hour session.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Prevalência de anticorpos antifosfolípides em diabéticas gestacionais e pré-gestacionais/ Antiphospholipid antibodies in gestational and pregestational diabetic women

Rehder, Patricia Moretti; Pereira, Belmiro Gonçalves; Couto, Egle Cristina; Amaral, Eliana; Parpinelli, Mary Ângela
2006-03-01

Resumo em português OBJETIVO: identificar e descrever a prevalência de anticorpos antifosfolípides (anticorpo anticardiolipina e anticoagulante lúpico) em gestantes diabéticas. MÉTODOS: estudo prospectivo de prevalência, realizado no período de julho de 2003 a março de 2004. Foram estudadas 56 gestantes diabéticas gestacionais e pré-gestacionais que ingressaram ao pré-natal e aceitaram participar do estudo. Nenhuma gestante foi excluída. Se um ou outro anticorpo estivesse present (mais) e, a gestante seria tratada com heparina e ácido acetilsalicílico. Foram caracterizados os perfis da gestante, a evolução da gestação e o recém-nascido. RESULTADOS: foram diagnosticados anticorpos antifosfolípides em apenas quatro gestantes das 56 estudadas, o que representou prevalência de 7% (IC 95% - 0,1-13,9). Nas gestantes diabéticas com anticorpos antifosfolípides a duração do diabetes foi de cinco anos ou mais. A idade variou de 27 a 38 anos, sendo uma primigesta, outra secundigesta e as outras duas multíparas. As gestantes com anticorpos antifosfolípides, que foram tratadas, tiveram recém-nascidos vivos, de termo, cujos pesos variaram entre 2.650 g e 4.000 g. CONCLUSÃO: a prevalência de anticorpos antifosfolípides em gestantes diabéticas gestacionais é baixa, e similar à população geral de grávidas. Está prevalência aumenta quando a gestante é diabética pré-gestacional. Resumo em inglês PURPOSE: to diagnose and treat diabetic pregnant women with antiphospholipid antibodies and to describe the gestational and perinatal results. METHODS: we evaluated 56 gestational and pregestational diabetic women who were attended at one specialized prenatal care unit, between July 2003 and March 2004. All of them had a blood test to quantify antiphospholipid antibodies. If positive, they were treated with heparin and aspirin at low doses and the usual treatment for diab (mais) etes. We calculated the prevalence and 95% confidence interval for all and also those for the pregestational ones. The characteristics of the pregnancies and the newborns are described. RESULTS: antiphospholipid antibodies prevalence among the diabetic pregnant women was 7% (95% CI - 0.1 to 13.9). Among pregestational diabetic women it was 12% (95% CI - 0.2 to 23.3). Among the diabetic women with antiphospholipid antibodies the duration of disease was five years or more. Maternal age in positive antiphospholipid antibodies diabetics ranged from 27 to 38 years; one was primiparous, another was secundiparous and two were multiparous. CONCLUSION: antiphospholipid antibodies prevalence in diabetic pregnant women was similar to that in the general population and lower than that of the pregestational diabetic women.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Cirurgia da aorta descendente e tóraco-abdominal com técnica de oclusão proximal isolada da aorta ("open distal")/ Surgical treatment of descending thoracic and thoracoabdominal aorta with the "open distal" technique

Gontijo Filho, Bayard; Fantini, Fernando Antônio; Barbosa, Juscelino Teixeira; Silva, João Alfredo Paula e; Oliveira, Carla de; Drumond, Leonardo F; Alcocer, Eduardo P; Vrandecic, Mário O
1995-09-01

Resumo em português O presente relato apresenta a experiência obtida em um período de 4 anos (jan/91 - jan/95) com a técnica "open distal" descrita por Cooley, em 1990³, para tratamento cirúrgico de doenças da aorta torácica descendente e aorta tóraco-abdominal. Nesse período foram realizadas 35 operações (25 para aorta descendente e 10 para aorta tóraco-abdominal). Os aneurismas de origem degenerativa e as dissecções aórticas ocorreram em freqüência semelhante (48,5% e 40%, (mais) respectivamente); em 8 pacientes havia rotura da aorta, parcialmente tamponada pelo pulmão (5 casos), órgãos abdominais (2 casos) e esófago (1 caso). O acesso cirúrgico foi obtido por toracotomia póstero-lateral esquerda ou tóraco-freno-laparotomia. Heparina foi usada na dose de 1,5 mg/kg e todo sangue do campo cirúrgico foi coletado a um reservatório e reinfundido pela veia femoral. Houve 4 (11.4%) óbitos hospitalares e 2 (5,8%) pacientes portadores de aneurisma tóraco-abdominal desenvolveram paraplegia. A morbi-mortalidade do grupo foi diretamente relacionada à condição clínica per-operatória e à extensão do segmento aórtico acometido. Na nossa opinião, a técnica "open distal" é um método alternativo simples e eficaz no tratamento cirúrgico das doenças da aorta descendente e tóraco-abdominal. Em casos de ressecções extensas com períodos longos de oclusão aórtica, métodos para proteção medular deverão ser avaliados Resumo em inglês Since Jan/91 we have been using the "open distal" technique (ODT) described by Cooley, for surgical treatment of diseases of the descending thoracic and thoracoabdominal aorta. From jan/91 to jan/95, the technique was used in 35 instances (25 for descending aorta and 10 for thoracoabdominal aorta). Degenerative aneurysms and aortic dissections had similar incidence in this group (48.5% and 40.0%, respectively). In 8 patients the aorta was ruptured which was partially occl (mais) uded by the lung (5 cases), abdominal organs (2 cases) and esophagus (1 case). Surgical exposure was obtained either by left thoracotomy or thoraco-phreno-laparotomy. Heparin was used in a dosis of 1.5 mg/kg and all the blood was collected from the patient and returned through the femoral vein. There were 4(11.4%) hospital deaths and 2 (5,8%) patients with thoracoabdominal aneurysms developed paraplegia. Morbi - mortality of the group was related to the pre-operative clinical condition and extension of the disease. In our opinion ODT is a simple and effective surgical technique for diseases of the descending thoracic and thoraco-abdominal aorta. Maybe for extensive resections with long aortic cross clamping time, other methods providing a better spinal cord protection should be evaluated

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Hematoma retroesofágico com grave disfagia após estreptoquinase para tratamento da trombose venosa axilo-subclávia/ Severe dysfagia due to retroesophageal hematoma after thrombolytic therapy for right axillosubclavian vein thrombosis

Baruzzi, Antonio Claudio do Amaral; Gadelha, Maria Emília Cardoso; Cirenza, Claudio; Knobel, Elias
1997-08-01

Resumo em português Homem de 72 anos, portador de neoplasia de próstata estádio IV, submetido à osteossíntese da coluna cervical para descompressão metastática da raiz nervosa, responsável por dor intensa no membro superior direito. Após três meses da internação, apresentou trombose total da veia axilo-subclávia direita, complicação da cateterização prolongada da veia subclávia direita para controle de septicemia secundária a pneumonia hospitalar. Foi submetido a terapia tr (mais) ombolítica com estreptoquinase por via venosa, no membro superior contra-lateral, na dose de 250.000UI em 15min, seguida de 100.000UI/h durante cinco dias, com total recanalização do trombo e redução do edema. Após 24h do término da trombólise, apresentou disfagia a líquidos e o esofagograma mostrou extensa compressão extrínseca do esôfago, por provável hematoma retroesofágico. Necessitou de nutrição enteral durante três meses, quando ocorreu normalização da deglutição, reabsorção do hematoma retroesofágico e passagem adequada do contraste pelo esôfago. No seguimento evolutivo não apresentou seqüelas da trombose venosa profunda, não tem disfagia e permaneceu em uso profilático de meias elásticas e heparina de baixo peso molecular. Resumo em inglês We report the case of a 72 year-old man with advanced, stage IV, prostate cancer who underwent osteosynthesis of the cervical spine for nerve root decompression due to metastasis which was causing severe pain in his right upper limb. After three months in the hospital, he developed occlusive thrombosis of the right axillosubclavian vein as a complication of prolonged catheterization of the right subclavian vein for treatment of septicemia secondary to a hospital acquired (mais) pneumonia. The patient received thrombolytic therapy with IV streptokinase in the contralateral arm in the following dosage: 250,000 units in 15 minutes followed by 100,000 units per hour during five days. This led to total recanalization of the thrombus, with significant reduction of the arm edema. Twenty-four hours after the end of the thrombolytic therapy, the patient started to complain of dysfagia to solids and liquids and a contrasted esophagogram revealed extensive extrinsic compression of the esophagus due to a probable retroesophageal hematoma. The patient required enteral nutrition via nasoenteral tube during three months after which swallowing returned to normal and a repeat upper GI series confirmed that the hematoma had been reabsorbed, with normal passage of contrast through the esophagus. On late follow-up, the patient did not show evidence of any sequelae of deep venous thrombosis nor any residual dysfagia and is currently in use of elastic stockings and low molecular weight heparin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Fecundação in vitro de ovócitos bovinos com sêmen submetido a diferentes diluidores/ In vitro fertilization of bovine oocytes with semen submitted to different extenders

Coelho, Lia de Alencar; Esper, César Roberto; Garcia, Joaquim Mansano; Vantini, Roberta; Almeida Junior, Ivo Luis
2000-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do diluidor do sêmen no desenvolvimento in vitro de ovócitos bovinos após a maturação e fecundação in vitro. Ejaculado de um reprodutor foi fracionado e submetido a três diluidores: Lactose/gema de ovo (LG), Citrato/gema de ovo (CG) e Tris/gema de ovo (TG). Amostras deste material foram envasadas, congeladas e estocadas em N² e, posteriormente, descongeladas; a fração móvel foi separada por gradiente descont� (mais) �nuo de Percoll. A concentração espermática foi ajustada para 10 x 10(6)/mL e a capacitação espermática, induzida com 10 µg/mL de heparina. Após 24 horas de cultura para maturação in vitro, os ovócitos, aspirados de folículos ovarianos, foram inseminados com sêmen diluído em meio TALP e, após 48 horas de cultura, os zigotos foram transferidos para gotas de meio TCM 199, com 5% de soro fetal bovino, 5% de soro de vaca em estro e suspensão de células epiteliais do oviduto bovino, cobertas com óleo de silicone, e mantidos em cultura por nove dias. Todas as culturas foram realizadas a 38,5ºC em atmosfera com 5% de CO2. Os dados foram analisados pelo teste do qui-quadrado e houve diferença com relação à taxa de clivagem (TC), sendo as médias de 66,0; 69,3; e 54,4% para LG, CG e TG, respectivamente. Não houve diferença entre tratamentos com relação às taxas de mórulas/blastocistos ou de eclosão. O diluidor do sêmen não teve efeito sobre o desenvolvimento in vitro de embriões bovinos, embora a TC tenha sido afetada. Resumo em inglês This study investigated the effect of semen extender on in vitro development of bovine oocytes after in vitro maturation and fertilization. The ejaculate from one bull was divided in three parts which were diluted with three different extenders: Egg yolk/Lactose (EYL), Egg yolk/Citrate (EYC) and Egg yolk/Tris (EYT). Samples of semen diluted with these extenders were frozen in liquid nitrogen and, after thawing, were filtered by discontinuous Percoll gradient. The sperm co (mais) ncentration was adjusted to 10 x 106 cells/mL and the sperm capacitation was induced with 10 µg/mL of heparin. After 24 hours of culture for in vitro maturation, the oocytes, aspirated from ovarian follicles, were inseminated with semen diluted in TALP medium and 48 h after the zigotes were transferred into droplets prepared with TCM-199 medium containing 5% of bovine fetal serum, 5% of estrous cow serum and bovine oviduct epithelial cells in suspension under silicon oil and were further cultured of 9 days. All the cultures were performed at 38.5ºC in 5% CO2 in air. Data were analyzed by chi-square analysis. There was a significant difference in terms of cleavage rate (CR) with means of 66.0, 69.3 and 54.4% for EYL, EYC and EYT, respectively. There were no differences in terms of the morulae/blastocysts and hatching rates. These results suggest that the semen extender had no effect on in vitro development of bovine, even the CR have been affected.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Erros na prescrição hospitalar de medicamentos potencialmente perigosos/ Errors in hospital prescriptions of high-alert medications/ Errores en la prescripción hospitalaria de medicamentos potencialmente peligrosos

Rosa, Mário Borges; Perini, Edson; Anacleto, Tânia Azevedo; Neiva, Hessem Miranda; Bogutchi, Tânia
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO:Os erros de medicação são atualmente um problema mundial de saúde pública, sendo os mais sérios os de prescrição. O objetivo do estudo foi analisar a prática da prescrição de medicamentos de alto risco e sua relação com a prevalência de erros de medicação em ambiente hospitalar. MÉTODOS:Estudo transversal retrospectivo abrangendo 4.026 prescrições com medicamentos potencialmente perigosos. Durante 30 dias de 2001, foram analisadas todas as pres (mais) crições recebidas na farmácia de um hospital de referência de Minas Gerais. As prescrições foram analisadas quanto a: legibilidade, nome do paciente, tipo de prescrição, data, caligrafia ou grafia, identificação do prescritor, análise do medicamento e uso de abreviaturas. Os erros de prescrição foram classificados como de redação ou decisão, sendo avaliada a influência do tipo de prescrição na ocorrência de erros. RESULTADOS: Houve predomínio da prescrição escrita à mão (45,7%). Em 47,0% das prescrições escritas à mão, mistas e pré-digitadas ocorreram erros no nome do paciente, em 33,7% houve dificuldades na identificação do prescritor e 19,3% estavam pouco legíveis ou ilegíveis. No total de 7.148 medicamentos de alto risco prescritos, foram observados 3.177 erros, sendo mais freqüente a omissão de informação (86,5%). Os erros se concentraram principalmente nos medicamentos heparina, fentanil e midazolam; e os setores de tratamento intensivo e a neurologia apresentaram maior número de erros por prescrição. Observou-se o uso intensivo e sem padronização de abreviaturas. Quando computados todos os tipos de erros, verificou-se 3,3 por prescrição. A prescrição pré-digitada apresentou menor chance de erros do que as mistas ou escritas à mão. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem a necessidade da padronização no processo de prescrição e a eliminação daquelas feitas à mão. O uso de prescrições pré-digitadas ou editadas poderá diminuir os erros relacionados aos medicamentos potencialmente perigosos. Resumo em espanhol OBJETIVO:Los errores de medicación son actualmente un problema mundial de salud pública, siendo los más serios los de prescripción. El objetivo del estudio fue analizar la práctica de la prescripción de medicamentos de alto riesgo y su relación con la prevalencia de errores de medicación en ambiente hospitalario. MÉTODOS: Estudio transversal retrospectivo abarcando 4.026 prescripciones con medicamentos potencialmente peligrosos. Durante 30 días de 2001, fueron a (mais) nalizadas todas las prescripciones recibidas en la farmacia de un hospital de referencia del estado de Minas Gerais (Sureste de Brasil). Las prescripciones fueron analizadas con relación a: legibilidad, nombre del paciente, tipo de prescripción, fecha, caligrafía o grafía, identificación del prescriptor, análisis del medicamento y uso de abreviaturas. Los errores de prescripción fueron clasificados como de redacción o decisión, siendo evaluada la influencia del tipo de prescripción en la ocurrencia de errores. RESULTADOS: Hubo predominio de la prescripción escrita a mano (45,7%). En 47,0% de las prescripciones escritas a mano, mixtas y pre-digitadas ocurrieron errores en el nombre del paciente, en 33,7% hubo dificultades en la identificación del prescriptor y 19,3% estaban poco legibles o ilegibles. En un total de 7.148 medicamentos de alto riesgo prescritos, fueron observados 3.177 errores, siendo más frecuente la omisión de información (86,5%). Los errores se concentraron principalmente en los medicamentos heparina, fentanil y midazolam; y los sectores de tratamiento intensivo y la neurología presentaron mayor número de errores por prescripción. Se observó el uso intensivo y sin estandarización de abreviaturas. Cuando se computaron todos los tipos de errores, se verificó 3,3 por prescripción. La prescripción pre-digitada presentó menor probabilidad de errores en comparación con las mixtas o escritas a mano. CONCLUSIONES:Los resultados sugieren la necesidad de la estandarización en el proceso de prescripción y la eliminación de aquellas hechas a mano. El uso de prescripciones pre-digitadas o editadas podrá disminuir los errores relacionados a los medicamentos potencialmente peligrosos. Resumo em inglês OBJECTIVE:Medication errors are currently a worldwide public health issue and it is one of the most serious prescription errors. The objective of the study was to evaluate the practice of prescribing high-alert medications and its association with the prevalence of medication errors in hospital settings. METHODS: A retrospective cross-sectional study was conducted including 4,026 prescription order forms of high-alert medications. There were evaluated all prescriptions re (mais) ceived at the pharmacy of a reference hospital in the state of Minas Gerais, southeastern Brazil, over a 30-day period in 2001. Prescription were checked for legibility, patient name, type of prescription, date, handwriting or writing, prescriber identification, drug prescribed, and use of abbreviations. Prescription errors were classified as writing or decision errors and how the type of prescription affected the occurrence of errors was assessed. RESULTS: Most prescriptions were handwritten (45.7%). In 47.0% of handwritten, mixed and pre-typed prescriptions had patient name errors; the prescriber name was difficult to identify in 33.7%; 19.3% of them were hardly legible or illegible. Of a total of 7,148 high-alert drugs prescribed, 3,177 errors were found, and the most frequent one was missing information (86.5%). Errors occurred mostly in prescriptions of heparin, phentanyl, and midazolam. Intensive care and neurology units had the highest number of errors per prescription. Non-standard abbreviations were frequent and widespread. Overall it was estimated 3.3 errors per prescription order form. Pre-typed prescriptions were less likely to have errors compared to mixed or handwritten prescriptions. CONCLUSIONS: The study results show there is a need for standardizing the prescription process and eliminating handwritten prescriptions. The use of pre-typed or edited prescriptions may reduce errors associated to high-alert medications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Erros na prescrição hospitalar de medicamentos potencialmente perigosos/ Errors in hospital prescriptions of high-alert medications/ Errores en la prescripción hospitalaria de medicamentos potencialmente peligrosos

Rosa, Mário Borges; Perini, Edson; Anacleto, Tânia Azevedo; Neiva, Hessem Miranda; Bogutchi, Tânia
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO:Os erros de medicação são atualmente um problema mundial de saúde pública, sendo os mais sérios os de prescrição. O objetivo do estudo foi analisar a prática da prescrição de medicamentos de alto risco e sua relação com a prevalência de erros de medicação em ambiente hospitalar. MÉTODOS:Estudo transversal retrospectivo abrangendo 4.026 prescrições com medicamentos potencialmente perigosos. Durante 30 dias de 2001, foram analisadas todas as pres (mais) crições recebidas na farmácia de um hospital de referência de Minas Gerais. As prescrições foram analisadas quanto a: legibilidade, nome do paciente, tipo de prescrição, data, caligrafia ou grafia, identificação do prescritor, análise do medicamento e uso de abreviaturas. Os erros de prescrição foram classificados como de redação ou decisão, sendo avaliada a influência do tipo de prescrição na ocorrência de erros. RESULTADOS: Houve predomínio da prescrição escrita à mão (45,7%). Em 47,0% das prescrições escritas à mão, mistas e pré-digitadas ocorreram erros no nome do paciente, em 33,7% houve dificuldades na identificação do prescritor e 19,3% estavam pouco legíveis ou ilegíveis. No total de 7.148 medicamentos de alto risco prescritos, foram observados 3.177 erros, sendo mais freqüente a omissão de informação (86,5%). Os erros se concentraram principalmente nos medicamentos heparina, fentanil e midazolam; e os setores de tratamento intensivo e a neurologia apresentaram maior número de erros por prescrição. Observou-se o uso intensivo e sem padronização de abreviaturas. Quando computados todos os tipos de erros, verificou-se 3,3 por prescrição. A prescrição pré-digitada apresentou menor chance de erros do que as mistas ou escritas à mão. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem a necessidade da padronização no processo de prescrição e a eliminação daquelas feitas à mão. O uso de prescrições pré-digitadas ou editadas poderá diminuir os erros relacionados aos medicamentos potencialmente perigosos. Resumo em espanhol OBJETIVO:Los errores de medicación son actualmente un problema mundial de salud pública, siendo los más serios los de prescripción. El objetivo del estudio fue analizar la práctica de la prescripción de medicamentos de alto riesgo y su relación con la prevalencia de errores de medicación en ambiente hospitalario. MÉTODOS: Estudio transversal retrospectivo abarcando 4.026 prescripciones con medicamentos potencialmente peligrosos. Durante 30 días de 2001, fueron a (mais) nalizadas todas las prescripciones recibidas en la farmacia de un hospital de referencia del estado de Minas Gerais (Sureste de Brasil). Las prescripciones fueron analizadas con relación a: legibilidad, nombre del paciente, tipo de prescripción, fecha, caligrafía o grafía, identificación del prescriptor, análisis del medicamento y uso de abreviaturas. Los errores de prescripción fueron clasificados como de redacción o decisión, siendo evaluada la influencia del tipo de prescripción en la ocurrencia de errores. RESULTADOS: Hubo predominio de la prescripción escrita a mano (45,7%). En 47,0% de las prescripciones escritas a mano, mixtas y pre-digitadas ocurrieron errores en el nombre del paciente, en 33,7% hubo dificultades en la identificación del prescriptor y 19,3% estaban poco legibles o ilegibles. En un total de 7.148 medicamentos de alto riesgo prescritos, fueron observados 3.177 errores, siendo más frecuente la omisión de información (86,5%). Los errores se concentraron principalmente en los medicamentos heparina, fentanil y midazolam; y los sectores de tratamiento intensivo y la neurología presentaron mayor número de errores por prescripción. Se observó el uso intensivo y sin estandarización de abreviaturas. Cuando se computaron todos los tipos de errores, se verificó 3,3 por prescripción. La prescripción pre-digitada presentó menor probabilidad de errores en comparación con las mixtas o escritas a mano. CONCLUSIONES:Los resultados sugieren la necesidad de la estandarización en el proceso de prescripción y la eliminación de aquellas hechas a mano. El uso de prescripciones pre-digitadas o editadas podrá disminuir los errores relacionados a los medicamentos potencialmente peligrosos. Resumo em inglês OBJECTIVE:Medication errors are currently a worldwide public health issue and it is one of the most serious prescription errors. The objective of the study was to evaluate the practice of prescribing high-alert medications and its association with the prevalence of medication errors in hospital settings. METHODS: A retrospective cross-sectional study was conducted including 4,026 prescription order forms of high-alert medications. There were evaluated all prescriptions re (mais) ceived at the pharmacy of a reference hospital in the state of Minas Gerais, southeastern Brazil, over a 30-day period in 2001. Prescription were checked for legibility, patient name, type of prescription, date, handwriting or writing, prescriber identification, drug prescribed, and use of abbreviations. Prescription errors were classified as writing or decision errors and how the type of prescription affected the occurrence of errors was assessed. RESULTS: Most prescriptions were handwritten (45.7%). In 47.0% of handwritten, mixed and pre-typed prescriptions had patient name errors; the prescriber name was difficult to identify in 33.7%; 19.3% of them were hardly legible or illegible. Of a total of 7,148 high-alert drugs prescribed, 3,177 errors were found, and the most frequent one was missing information (86.5%). Errors occurred mostly in prescriptions of heparin, phentanyl, and midazolam. Intensive care and neurology units had the highest number of errors per prescription. Non-standard abbreviations were frequent and widespread. Overall it was estimated 3.3 errors per prescription order form. Pre-typed prescriptions were less likely to have errors compared to mixed or handwritten prescriptions. CONCLUSIONS: The study results show there is a need for standardizing the prescription process and eliminating handwritten prescriptions. The use of pre-typed or edited prescriptions may reduce errors associated to high-alert medications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Profilaxia para tromboembolismo venoso em um hospital de ensino/ Venous thromboembolism prophylaxis at a teaching hospital

Franco, Rafael de Melo; Simezo, Victor; Bortoleti, Rafael Rodrigo; Braga, Elias Lobo; Abrão, Ana Rita; Linardi, Fábio; Costa, José Augusto
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar se a profilaxia da trombose venosa profunda está sendo utilizada de maneira correta e rotineira em um hospital de ensino. MÉTODOS E CASUÍSTICA: Foi realizado um estudo transversal de pacientes internados em sete setores (enfermarias) do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (Hospital de Ensino), no período de agosto de 2004 a agosto de 2005. Para estratificação do risco de trombose venosa profunda de cada paciente, foram pesquisados fatores clínicos e (mais) cirúrgicos, segundo o protocolo preconizado pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. No período estudado, foram analisados 216 prontuários, dos quais 30 eram da cirurgia abdominal, 30 da cirurgia vascular, 30 da urologia, 31 da clínica médica, 31 da unidade de terapia intensiva, 31 da ortopedia e 33 da ginecologia/obstetrícia. RESULTADOS: Do total de pacientes, foi efetuada profilaxia para trombose venosa profunda em 57 (26%), sendo que, em 51 (89%), a execução foi de maneira correta e, em 6 (11%), não-preconizada. O método profilático mais utilizado foi o medicamentoso; 49 de 57 pacientes fizeram uso de heparina de baixo peso molecular. Também foi verificada a utilização de meias elásticas em cinco pacientes e deambulação precoce em sete. Já a compressão pneumática intermitente não foi utilizada em nenhum deles. CONCLUSÃO: De acordo com os resultados e com base no protocolo, concluiu-se que, no período da pesquisa, a profilaxia para trombose venosa profunda, no Conjunto Hospitalar de Sorocaba, foi executada rotineiramente e de forma adequada em apenas 23,6% (51 do total de 216 pacientes). Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify whether deep venous thrombosis prophylaxis is being correctly and routinely used at a teaching hospital. METHODS: A cross-sectional study of hospitalized patients on seven sectors at Conjunto Hospitalar de Sorocaba (Hospital de Ensino) was performed from August 2004 to August 2005. For the deep venous thrombosis risk stratification of each patient, clinical and surgical factors were investigated, according to the protocol recommended by Sociedade Bras (mais) ileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. During the period, 216 medical charts were analyzed. Of these, 30 were from abdominal surgery, 30 from vascular surgery, 30 from urology, 31 from medical clinic, 31 from intensive care unit, 31 from orthopedics and 33 from obstetrics/gynecology. RESULTS: Out of the total number of patients, deep venous thrombosis prophylaxis was performed in 57 (26%), considering that in 51 (89%) the procedure was correct and in six (11%) it did not follow the standard. The most used type of prophylaxis was drug treatment; 49 out of 57 patients used low-molecular-weight heparin. We also observed the use of elastic socks in five patients and early ambulation in seven. On the other hand, intermittent pneumatic compression was not used for any patient. CONCLUSION: According to the results and based on the protocol, we concluded that, during the period of the research, deep venous thrombosis prophylaxis, at Conjunto Hospitalar de Sorocaba, was routinely and correctly performed in only 23.6% of the patients (51 out of 216).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Anticoagulação em terapias contínuas de substituição renal/ Anticoagulation in continuous renal replacement therapies (CRRT)

Garcés, Erwin Otero; Victorino, Josué Almeida; Veronese, Francisco Verisimo
2007-10-01

Resumo em português As terapias contínuas de substituição renal (TSRC) são comumente usadas na maioria de pacientes criticamente enfermos com indicação de diálise. O sucesso das TSRC depende de um protocolo de anticoagulação eficiente para manter permeável o circuito de diálise, minimizando complicações como sangramento por anticoagulação excessiva ou a necessidade da troca do sistema por coagulação do mesmo, por anticoagulação insuficiente. Vários fatores podem contribui (mais) r para a trombose do circuito de diálise, como a velocidade do fluxo de sangue através do circuito, o cateter de diálise, o tipo de membrana utilizada no filtro dialisador e, também, o tipo de terapia prescrita. A heparina não fracionada (HNF) é o anticoagulante mais utilizado para as diferentes técnicas de diálise e, mais recentemente, as heparinas de baixo peso molecular (HBPM) têm se mostrado seguras e efetivas para TRSC. Em pacientes criticamente enfermos que freqüentemente têm contra-indicação para anticoagulação sistêmica, existe a alternativa da anticoagulção regional com citrato trissódico, método eficiente e seguro, se aplicado com controle metabólico estrito. A anticoagulação regional com HNF/protamina tem seu uso limitado, atualmente, por apresentar muitas complicações decorrentes de efeitos adversos da protamina. Na impossibilidade do paciente ser anticoagulado, ou se a anticoagulação regional com citrato não for disponível, a lavagem freqüente do circuito de diálise com solução salina é a única alternativa aplicável. Novas drogas ainda não disponíveis no Brasil, como prostaglandinas, hirudina recombinante, argatroban e nafamostat podem ser utilizadas em pacientes com contra-indicação para heparinização. Resumo em inglês Continuous renal replacement therapies (CRRT) are commonly used in the majority of critically ill patients who need dialysis. Treatment success depends on an efficient anticoagulation protocol devised to maintain the dialysis circuit unclotted, with minimal complications such as bleeding due to excessive anticoagulation. Several features can contribute to dialysis circuit thrombosis, such as the speed of pump blood flow, dialysis catheter, type of dialyzer membrane and al (mais) so, the type of technique prescribed. Unfractioned heparin (UFH) is the anticoagulant most used in CRRT. Recently, low-molecular weight heparins (LMWH) have been shown to be safe and effective drugs for this purpose. In critically ill patients, who frequently have contraindications to systemic anticoagulation, regional anticoagulation with trisodium citrate is an increasingly accepted method due to its safety and efficiency if applied under strict metabolic control. Regional anticoagulation with UFH/protamin now has limited use because of side effects related to protamin. If the patient has contraindication to systemic anticoagulation or if regional anticoagulation with citrate is not available, continuous flushing of circuit dialysis with saline is the only applicable alternative. In patients with contraindication to heparinization, new drugs not yet available in Brazil, such as prostaglandins, recombinant hirudin, argatroban and nafamostat can be used.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Angioplastia carotídea com reversão do fluxo em octogenários: relato de caso/ Carotid angioplasty with flow reversion in octogenarians: a case report

Massière, Bernardo; Ristow, Arno von; Vieira, Rafael Dias; Cury, José Mussa; Gress, Marcus; Vescovi, Alberto; Peixoto, Carlos; Marques, Marcos Areas
2010-09-01

Resumo em português Pacientes octogenários submetidos à angioplastia carotídea apresentam maior incidência de eventos neurológicos quando comparados a grupos de pacientes mais jovens e a grupos da mesma faixa etária submetidos à endarterectomia carotídea. A maior taxa de complicações pode ser explicada por fatores anatômicos e anatomopatológicos que aumentam a dificuldade técnica e o risco de ateroembolismo do procedimento endovascular. O procedimento foi realizado no centro cir (mais) úrgico, com o paciente em decúbito dorsal e sob anestesia geral. Realizamos acesso cirúrgico transverso limitado, na base do pescoço à direita, com dissecção, identificação e reparo da artéria carótida comum e veia jugular interna. Foram administradas 10.000 U de heparina e puncionada a carótida comum pela técnica de Seldinger com introdução de bainha 8F em sentido cranial. Na sequência, foi puncionada a veia jugular interna com instalação de bainha 8F em sentido caudal. Em seguida, ambas as bainhas foram conectadas, utilizando-se um segmento de equipo de soro. A carótida comum foi fechada por cadarço duplo de silicone e o fluxo retrógrado pela carótida interna foi estabelecido. Subsequentemente, foi introduzido fio guia 0.014 x 190 cm com cruzamento da lesão, realizando-se angioplastia com balão 5 x 20 mm e em seguida stent (Wallstent® 7 x 50 - Boston Scientific) foi introduzido, posicionado e liberado. A angioplastia carotídea com reversão de fluxo, por via transcervical, constitui estratégia de proteção cerebral custo-eficiente e com menor potencial emboligênico em pacientes octogenários com anatomia desfavorável. Resumo em inglês Octogenarian patients submitted to carotid angioplasty present higher incidence of neurological events when compared to younger patients and to patients in this same age submitted to carotid endarterectomy. The higher complication rate could be related to anatomic and anatomopathological factors that increase technical difficulties and atheroembolic risk associated with the endovascular procedure. At the operating room, the patient was in dorsal decubitus position and sub (mais) mitted to general anesthesia. Limited transversal surgical access was carried out on the right neck base, with dissection, identification and restoration of the common carotid artery and internal jugular vein. A 8F sheath was implanted cranially oriented into the common carotid by Seldinger technique after endovenous injection of 10.000 UI of heparin. Another 8F sheath was implanted into the internal jugular vein in caudal orientation. Both sheath were connected by the use of infusion set segment. The common carotid artery was clamped with a silastic double lace, establishing reversion of blood flow in the internal carotid artery. The lesion was crossed by 0.014 x 190 cm wire and the carotid angioplasty was performed employing a 5 x 20 mm ballon and a stent (Wallstent® 7 x 50 - Boston Scientific) was introduced, positioned and released. Carotid angioplasty with transcervical flow reversal is a cost effective brain protection strategy, associated to low embolic potential in octagenarian patients with unfavorable anatomy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Como são tratadas as fraturas diafisárias fechadas do fêmur no Brasil? Estudo transversal/ How are closed femoral diaphyseal fractures treated in Brazil? A cross-sectional study

Pires, Robinson Esteves Santos; Fernandes, Hélio Jorge Alvachian; Belloti, João Carlos; Balbachevsky, Daniel; Faloppa, Flávio; Reis, Fernando Baldy dos
2006-01-01

Resumo em português Realizou-se um estudo transversal no 36º Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, onde foi pesquisada a opinião de ortopedistas brasileiros sobre aspectos do tratamento de fraturas diafisárias do fêmur no adulto. Quinhentos e sete questionários foram respondidos integralmente e encontrou-se concordância entre os ortopedistas em relação aos seguintes aspectos: configuração do traço de fratura e lesão de partes moles ou de estruturas neurovasculares co (mais) mo parâmetros principais para decisão sobre o tratamento; classificação das fraturas, em que a AO foi a mais adotada; haste intramedular anterógrada bloqueada fresada para tratamento das fraturas transversas e oblíquas curtas no istmo; placa ponte para o tratamento das fraturas com traço complexo; tração esquelética pré-operatória; infecção como complicação mais freqüente e uso de heparina de baixo peso molecular no pós-operatório. Houve conflito de opiniões nas seguintes questões: uso de mesa de tração para realização de osteossíntese intramedular; intervalo de tempo entre o trauma e a cirurgia; tempo de utilização de antibióticos e tempo médio de hospitalização. Em relação à literatura, houve concordância em relação aos parâmetros principais para decisão sobre o tratamento; método de fixação das fraturas com traço simples no istmo; classificação adotada; profilaxia antitrombótica. Diferiram da literatura questões como o método de fixação das fraturas com traço complexo; tempo de utilização dos antibióticos, intervalo médio entre o trauma e a osteossíntese e tempo de internação. Resumo em inglês A cross-sectional study was performed during the 36th Brazilian Congress of Orthopaedics and Traumatology, where the opinions of Brazilian orthopaedic surgeons addressing the treatment of femoral diaphyseal fractures in adults were surveyed. Five hundred and seven questionnaires were fully completed and the results show agreement in the following topics: fracture trace configuration and injuries of soft parts or neurovascular structures as key parameters for determining t (mais) reatment; fractures classification, in which AO was most frequently adopted; milled blocked anterograde intramedullary nail for treating cross-sectioned and short oblique factures at the isthmus; bridge plate for treating complex trace fractures; pre-operative skeletal traction; infection as the most frequent complication, and; postoperative low molecular weight heparin. There were opinion conflicts for the following topics: use of traction table for performing intramedullary osteosynthesis, time interval between trauma and surgery; time of antibiotics use, and; mean hospitalization time. Regarding literature, there was agreement concerning key parameters for determining treatment; fixation method for simple-traces fractures at the isthmus; adopted classification; antithrombotic prophylaxis. Issues such as fixation method for complex-traced fractures; time of antibiotics use; average interval between trauma and osteosynthesis, and; hospitalization time were different from literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Prevalência e fatores associados à hepatite C em pacientes de hemodiálise/ Prevalence and associated factors to hepatitis C in hemodialysis patients in Brazil

Medeiros, Maria Teresa Gonçalves de; Lima, José Milton de Castro; Lima, José Wellington de Oliveira; Campos, Henry de Holanda; Medeiros, Marta Maria das Chagas; Coelho Filho, João Macedo
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVO: A prevalência da infecção pelo vírus da hepatite C (VHC) é maior em pacientes submetidos à hemodiálise que na população em geral, possivelmente refletindo maior exposição a situações de risco. O estudo realizado teve por objetivo determinar a prevalência de anticorpos anti-VHC em pacientes em hemodiálise e identificar fatores relacionados às clínicas e aos pacientes, associados à transmissão do VHC. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal em (mais) 752 pacientes em hemodiálise em todas as 12 clínicas de Fortaleza, Ceará. Eles foram testados com anticorpos anti-VHC por ELISA de terceira geração. Foram entrevistados 663 pacientes quanto a aspectos sociodemográficos, clínicos e epidemiológicos. Fatores nosocomiais foram investigados utilizando-se questionário específico. Para a análise estatística foram aplicados o teste t de Student, o odds ratio e a regressão logística univariada e multivariada. RESULTADOS: A prevalência de anti-VHC foi de 52% (390/746; variando de 6% a 72%). A freqüência de infecção foi maior em pacientes previamente submetidos à diálise peritoneal (OR=1,76; IC 95% 1,12-2,76) e a transfusões de sangue (OR=2,75; IC 95% 1,25-6,03). O tempo de hemodiálise associou-se com positividade do anti-VHC (OR=1,47; IC 95% 1,35-1,61). Procedimentos nas clínicas associados à positividade do anti-VHC foram preparo prévio de heparina (OR=2,92; IC 95% 1,23-6,92), falha no uso ou troca de luvas (OR=5,73; IC 95% 1,75-18,72), desinfecção de máquinas de diálise (OR=2,79; IC 95% 1,57-4,96) e segregação em sala de diálise (OR=0,18; IC 95% 0,05-0,61). CONCLUSÕES: Os resultados mostraram elevada prevalência de anti-VHC em pacientes sob hemodiálise e a associação de fatores de transmissão nosocomial com a infecção pelo VHC. Resumo em inglês OBJECTIVE: The prevalence of hepatitis C virus (HCV) is higher in patients on hemodialysis than in the general population, probably due to greater exposure to risk situations. The purposes of the study were to determine anti-HCV antibodies prevalence among hemodialysis patients and dialysis clinics and patients factors associated with HCV transmission. METHODS: A cross-sectional study was conducted in 752 hemodialysis patients in all 12 dialysis clinics of Fortaleza, Braz (mais) il, and were screened using third generation ELISA. Sociodemographic, clinical, and epidemiological data of 663 patients were collected through interviews. Nosocomial factors were assessed using a specific questionnaire tool. Statistical analysis was conducted using Student's t test, odds ratio and multivariate analysis. RESULTS: The prevalence of anti-HCV was 52% (390/746; ranged from 6% to 72%). The anti-HCV positivity was higher in patients who had previous peritoneal dialysis (OR=1.76; 95% CI 1.12-2.76) and blood transfusion (OR=2.75; 95% CI 1.25-6.03). Dialysis age has been associated with anti-HCV positivity (OR=1.47; 95% CI 1.35-1.61). Clinics practices associated with anti-HCV positivity were: previous preparing of heparin (OR=2.92; 95% CI 1.23-6.92), failure in gloves use or change (OR=5.73; 95% CI 1.75-18.72), unsatisfactory dialysis machine disinfection (OR=2.79; 95% CI 1.57-4.96), and patient isolation in dialysis room (OR=0.18; 95% CI 0.05-0.61). CONCLUSIONS: The results show high anti-HCV prevalence among hemodialysis patients and the association of nosocomial factors with new HCV infection cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Prevalência e fatores associados à hepatite C em pacientes de hemodiálise/ Prevalence and associated factors to hepatitis C in hemodialysis patients in Brazil

Medeiros, Maria Teresa Gonçalves de; Lima, José Milton de Castro; Lima, José Wellington de Oliveira; Campos, Henry de Holanda; Medeiros, Marta Maria das Chagas; Coelho Filho, João Macedo
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVO: A prevalência da infecção pelo vírus da hepatite C (VHC) é maior em pacientes submetidos à hemodiálise que na população em geral, possivelmente refletindo maior exposição a situações de risco. O estudo realizado teve por objetivo determinar a prevalência de anticorpos anti-VHC em pacientes em hemodiálise e identificar fatores relacionados às clínicas e aos pacientes, associados à transmissão do VHC. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal em (mais) 752 pacientes em hemodiálise em todas as 12 clínicas de Fortaleza, Ceará. Eles foram testados com anticorpos anti-VHC por ELISA de terceira geração. Foram entrevistados 663 pacientes quanto a aspectos sociodemográficos, clínicos e epidemiológicos. Fatores nosocomiais foram investigados utilizando-se questionário específico. Para a análise estatística foram aplicados o teste t de Student, o odds ratio e a regressão logística univariada e multivariada. RESULTADOS: A prevalência de anti-VHC foi de 52% (390/746; variando de 6% a 72%). A freqüência de infecção foi maior em pacientes previamente submetidos à diálise peritoneal (OR=1,76; IC 95% 1,12-2,76) e a transfusões de sangue (OR=2,75; IC 95% 1,25-6,03). O tempo de hemodiálise associou-se com positividade do anti-VHC (OR=1,47; IC 95% 1,35-1,61). Procedimentos nas clínicas associados à positividade do anti-VHC foram preparo prévio de heparina (OR=2,92; IC 95% 1,23-6,92), falha no uso ou troca de luvas (OR=5,73; IC 95% 1,75-18,72), desinfecção de máquinas de diálise (OR=2,79; IC 95% 1,57-4,96) e segregação em sala de diálise (OR=0,18; IC 95% 0,05-0,61). CONCLUSÕES: Os resultados mostraram elevada prevalência de anti-VHC em pacientes sob hemodiálise e a associação de fatores de transmissão nosocomial com a infecção pelo VHC. Resumo em inglês OBJECTIVE: The prevalence of hepatitis C virus (HCV) is higher in patients on hemodialysis than in the general population, probably due to greater exposure to risk situations. The purposes of the study were to determine anti-HCV antibodies prevalence among hemodialysis patients and dialysis clinics and patients factors associated with HCV transmission. METHODS: A cross-sectional study was conducted in 752 hemodialysis patients in all 12 dialysis clinics of Fortaleza, Braz (mais) il, and were screened using third generation ELISA. Sociodemographic, clinical, and epidemiological data of 663 patients were collected through interviews. Nosocomial factors were assessed using a specific questionnaire tool. Statistical analysis was conducted using Student's t test, odds ratio and multivariate analysis. RESULTS: The prevalence of anti-HCV was 52% (390/746; ranged from 6% to 72%). The anti-HCV positivity was higher in patients who had previous peritoneal dialysis (OR=1.76; 95% CI 1.12-2.76) and blood transfusion (OR=2.75; 95% CI 1.25-6.03). Dialysis age has been associated with anti-HCV positivity (OR=1.47; 95% CI 1.35-1.61). Clinics practices associated with anti-HCV positivity were: previous preparing of heparin (OR=2.92; 95% CI 1.23-6.92), failure in gloves use or change (OR=5.73; 95% CI 1.75-18.72), unsatisfactory dialysis machine disinfection (OR=2.79; 95% CI 1.57-4.96), and patient isolation in dialysis room (OR=0.18; 95% CI 0.05-0.61). CONCLUSIONS: The results show high anti-HCV prevalence among hemodialysis patients and the association of nosocomial factors with new HCV infection cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Recomendações para o manejo da tromboembolia pulmonar, 2010/ Recommendations for the management of pulmonary thromboembolism, 2010

Terra-Filho, Mario; Menna-Barreto, Sérgio Saldanha
2010-03-01

Resumo em português A tromboembolia pulmonar constitui, juntamente com a trombose venosa profunda, a condição denominada tromboembolismo venoso. Apesar dos avanços, a morbidade e a mortalidade atribuídas a essa doença ainda são elevadas, pois os pacientes apresentam doenças mais complexas, são submetidos a um maior número de procedimentos invasivos e sobrevivem por mais tempo. Embora existam inúmeras diretrizes internacionais disponíveis, optou-se por redigir estas recomendações (mais) para sua aplicação na prática médica nacional, embasadas nas melhores evidências na literatura e na opinião do grupo de consultores. Este documento é apenas uma ferramenta para o atendimento dos pacientes, e, embora possa ser aplicado na maioria das situações, o médico deve adaptar as informações a sua realidade local e ao caso específico. O diagnóstico de tromboembolia pulmonar é realizado através da combinação da probabilidade clínica pré-teste (escores) com o resultado dos exames de imagem, sendo atualmente o método de eleição a angiotomografia computadorizada. É fundamental a estratificação do risco de desfecho desfavorável, sendo a instabilidade hemodinâmica o preditor mais importante. Pacientes de baixo risco devem ser tratados com heparina, comumente as de baixo peso molecular. Pacientes de alto risco requerem vigilância intensiva e uso de trombolíticos em alguns casos. A longo prazo, os pacientes devem receber anticoagulantes por no mínimo três meses, sendo sua manutenção decidida pela presença de fatores de risco para a recorrência e a probabilidade de sangramento. A profilaxia é altamente eficaz e deve ser amplamente utilizada, tanto em pacientes clínicos como cirúrgicos, conforme os grupos de risco. Finalmente, são feitas recomendações relacionadas ao diagnóstico, tratamento e prevenção da tromboembolia pulmonar. Resumo em inglês Pulmonary thromboembolism and deep vein thrombosis together constitute a condition designated venous thromboembolism. Despite the advances, the morbidity and the mortality attributed to this condition are still high, because the patients present with more complex diseases, are submitted to a greater number of invasive procedures and survive longer. Although there are various international guidelines available, we decided to write these recommendations for their applicatio (mais) n in medical practice in Brazil. These recommendations are based on the best evidence in the literature and the opinion of the advisory committee. This document is only a tool for use in the management of patients. Although the recommendations it contains can be applied to most situations, physicians should adapt its content depending on their local context and on a case-by-case basis. Pulmonary thromboembolism is diagnosed by evaluating pre-test clinical probability (scores) together with the results of imaging studies, the current method of choice being CT angiography. Stratification of the risk for an unfavorable outcome is fundamental. Hemodynamic instability is the most important predictor. Low-risk patients should be treated with heparin, commonly low-molecular-weight heparins. High-risk patients require intensive monitoring and, in some cases, thrombolytic therapy. In the long term, patients should receive anticoagulants for at least three months. The decision to prolong this treatment is made based on the presence of risk factors for the recurrence of the condition and the probability of bleeding. Prophylaxis is highly effective and should be widely used in clinical and surgical patients alike, according to their risk group. Finally, we include recommendations regarding the prevention, diagnosis and treatment of pulmonary thromboembolism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Transporte de oócitos bovinos em meio de maturação sem controle de atmosfera gasosa/ Transport of bovine oocytes in maturation medium without a controlled gaseous atmosphere

Leivas, Fábio Gallas; Brum, Daniela dos Santos; Mezzalira, Alceu; Pilla, Luis Fernando Cáceres; Bernardi, Mari Lourdes; Rubin, Mara Iolanda Batistella; Silva, Carlos Antonio Mondino
2004-02-01

Resumo em português Oócitos (n=1177) bovinos obtidos da aspiração de folículos com diâmetro entre 2 e 8mm, de ovários de matadouro foram divididos aleatoriamente em quatro tratamentos com 11 repetições. Os oócitos foram maturados por 24h em TCM-199 Sais de Earle, acrescido de 25mM de bicarbonato de sódio, 25mM de HEPES, rFHS-h, Soro de Vaca em Estro (SVE) e piruvato, em estufa a 39ºC, com 5% de CO2 em ar e umidade saturada (Grupo Controle, n=296) ou, submetidos ao transporte simul (mais) ado por 6 (T6, n=286), 12 (T12, n=294) ou 18h (T18, n=301) em meio de maturação TCM+HEPES, em banho-maria a 39ºC, com os mesmos componentes utilizados para o Grupo Controle, porém com apenas 1mM de bicarbonato. Decorrido cada período de transporte, os mesmos foram transferidos para placas com meio de maturação, completando o período de 24h em estufa, nas mesmas condições do Grupo Controle. O período de fecundação foi de 18h em condições semelhantes de temperatura e atmosfera gasosa, em FERT-TALP acrescido de heparina, sendo a dose inseminante de 1x106 espermatozóides/mL, selecionados por migração ascendente. Os prováveis zigotos foram cultivados em meio SOF + 5% SVE por 8 dias, em estufa a 39ºC, em bolsas gaseificadas com 5% CO2, 5% O2 e 90% N2. Na avaliação da clivagem, não houve diferença entre os tratamentos. As taxas de desenvolvimento embrionário no dia 7 foram semelhantes para os grupos Controle (20,9%), T6 (19,2%) e T12 (21,4%), com uma redução (P0,05) na taxa de eclosão. O número médio de células dos blastocistos eclodidos não diferiu (P>0,05) entre os grupos Controle (136), T6 (125,5) e T12 (126,8). Esses resultados indicam a possibilidade do transporte de oócitos bovinos em meio de maturação TCM+HEPES, sem controle da atmosfera gasosa, a 39ºC, pelo período de até 12h. Esta técnica oferece uma alternativa prática e eficiente para o transporte dos oócitos bovinos destinados à produção in vitro de embriões bovinos (PIV). Resumo em inglês Oocytes (n=1177) aspirated from 2 to 8mm follicles obtained from bovine slaughterhouse ovaries (11 replications) were randomly distributed in four treatments. Oocytes were matured for 24h with modified TCM-199 Earle salts, plus 25mM bicarbonate, 25 mM HEPES, rFSH-h, Estrus Cow Serum (ECS), and piruvate at 39ºC, in incubator with 5% CO2 and saturated humidity (Control Group, n=296) or exposed to a simulated transport for 6 (T6, n=286), 12 (T12, n=294) or 18h (T18, n=301) (mais) in maturation medium containing TCM + HEPES, in a 39ºC water bath, with the same components used in the Control Group, but with 1mM bicarbonate. At the conclusion of each transport period, oocytes were transferred to dishes with maturation medium to reach 24h in incubator, under the same conditions described for the Control group. Fertilization was accomplished during 18h, with the same temperature and gaseous atmosphere, in FERT-TALP plus heparin. The insemination dose was 1x106 spermatozoa/mL, sorted by swim-up. Presumptive zygotes were cultured in SOF medium + 5% ECS for 8 days, in incubator at 39ºC using gasified bags with 5% CO2, 5% O2 and 90% N2. Cleavage rates did not differ between treatments. Embryonic development rates at D7 were similar for Control (20.9%), T6 (19.2%) and T12 (21.4%) groups, with a reduction (P0.05) in hatched blastocyst rate. The average number of cells of hatched blastocysts was similar (P>0.05) in Control (136), T6 (125.5) and T12 (126.8) groups. These results indicate the possibility of transporting bovine oocytes in maturation medium containing TCM + HEPES, without controlled gaseous atmosphere environment, at 39ºC, for up to 12 hours. This technique offers a practical and efficient alternative for the transport of bovine oocytes for in vitro production of bovine embryos (IVP).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

TEMPO DE VIABILIDADE DE AMOSTRAS DE SANGUE VENOSO BOVINO DESTINADAS AO EXAME HEMOGASOMÉTRICO, QUANDO MANTIDAS SOB CONSERVAÇÃO EM ÁGUA GELADA/ VIABILITY TIME OF BLOOD GAS ANALYSIS IN BOVINE VENOUS BLOOD SAMPLES STORED IN ICE WATER BATH

Lisbôa, Júlio Augusto Naylor; Benesi, Fernando José; Maruta, Celso Akio; Mirandola, Regina Mieko Sakata; Teixeira, Cynthia Maria Carpigiani
2001-04-01

Resumo em português Com o objetivo de verificar o tempo de viabilidade de amostras de sangue venoso bovino destinadas ao exame hemogasométrico, quando conservadas em banho de água gelada, selecionaram-se 14 bovinos (7 machos e 7 fêmeas), clinicamente sadios, entre 1 e 5 anos de idade. Colheram-se, de cada animal, 2 amostras de sangue (10ml cada), por punção da veia jugular, com o emprego de seringas plásticas contendo cerca de 1.000UI de heparina sódica, tomando-se os cuidados de elim (mais) inar quaisquer bolhas de gás presentes, e de manter vedada a extremidade da agulha com rolha de borracha. Cada uma do par de seringas foi mantida, distintamente, à temperatura ambiente (entre 23 e 30ºC) ou submersa em água gelada (entre zero e 4ºC). As determinações do pH, pressões parciais venosas de dióxido de carbono (PvCO2) e de oxigênio (PvO2), bicarbonato (HCO3-), total de dióxido de carbono (TCO2), excesso ou déficit de bases (BE), bicarbonato padrão (StB), saturação de oxigênio (SatO2) e do conteúdo de oxigênio (O2) foram realizadas imediatamente e com 1, 2, 3, 4, 5, 6, 8, 10, 12 e 24 horas após a colheita. Em cada um dos critérios de manutenção do material, os resultados foram avaliados por meio da análise de variância de medidas repetidas. Consideradas as diferenças entre os valores médios obtidos em cada tempo e aquele da avaliação inicial, os resultados indicaram que as alterações "in vitro" das amostras não conservadas já eram marcantes a partir de 2 ou 3 horas, caracterizando-se por reduções contínuas do pH, PvO2, BE, StB, Sat O2 e O2, e por elevação gradativa da PvCO2. No sangue conservado, ao contrário, o valor de pH não exibiu diferença do original durante as primeiras 4 horas, e os de PvCO2, BE e StB mantiveram-se inalterados por até 6 horas após a colheita. A análise dos resultados permitiu concluir que as amostras de sangue venoso bovino destinadas ao exame de hemogasometria podem permanecer viáveis por até 6 horas, quando adequadamente conservadas em banho de água gelada, mantendo, assim, o seu valor diagnóstico. Resumo em inglês In order to verify the viability of blood gas analysis in bovine venous blood stored on ice water bath, two samples (10ml each) were taken from the jugular vein of 14 healthy animals (7 males and 7 females), 1- to 5-year-old, using plastic syringes and attached needles filled with sodium heparin (1,000IU). The blood samples were obtained anaerobically, the air bubbles observed were immediately removed, and the needle was maintened capped with a rubber stopper. Each syring (mais) e of the pair was distinctally stored at room temperature (23-30ºC) or in ice water bath (0-4ºC) during the experimental period. Values of pH, carbon dioxide (PvCO2) and oxigen (PvO2) tensions, bicarbonate (HCO3-), total carbon dioxide (TCO2), base excess (BE), standard bicarbonate (StB), oxigen saturation (SatO2), and oxigen content (O2) were determined soon after sampling and after 1, 2, 3, 4, 5, 6, 8, 10, 12 and 24 hours. According to the type of storage temperature, the results were analysed through repeated measurements ANOVA, considering the contrast between the mean value of each time and the initial one. On the storage at room temperature, the in vitro changes were characterized from continuous decreases in pH, PvO2, BE, StB, SatO2, and O2 values, and gradual increase in PvCO2, starting at 2- or 3-hour after the collection. In the samples stored at 0-4ºC, on the other hand, the changes in pH occurred only at the 4th hour, and the stability of the PvCO2, BE, and StB values were maintened for up to the 6th hour. These results indicated that the diagnostic utility of blood gas analysis is conserved in bovine venous blood samples adequately stored up to 6 hours in ice water bath, at 0-4ºC.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Prevenção de aderências pélvicas: estudo experimental em ratas com diferentes modalidades terapêuticas/ Pelvic adhesion prevention: experimental study on rats with different therapeutic agents

Pacheco, José Fernando; Dias, Rogério; Silva, Márcia Guimarães da; Tristão, Andréa da Rocha; De Luca, Laurival Antônio
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: avaliar o grau de aderências pélvicas em função do tempo e da utilização de diferentes substâncias empregadas na sua profilaxia. MATERIAL E MÉTODOS: estudo prospectivo com 120 ratas Wistar, albinas, virgens, 3 a 4 meses de idade, pesando aproximadamente 250 gramas, divididas aleatoriamente em 10 grupos de 12 animais cada: controle, sem lesão; lesões e sem tratamento; lesões + solução fisiológica 0,9%; lesões + Ringer-lactato; lesões + dextrano 7 (mais) 0 a 32%; lesões + Ringer-lactato/heparina; lesões + Ringer-lactato/dexametasona; lesões + Ringer-lactato/hidrocortisona/dexametasona/ampicilina; lesões + Ringer-lactato/albumina e lesões + carboximetilcelulose 1%. Após anestesiados os animais, realizaram-se dois tipos de lesões nos cornos uterinos (escarificação e eletrocauterização), seguidos de tratamento profilático intraperitoneal com as soluções citadas. No 7º, 14º e 28º dia pós-operatório, momentos M1, M2 e M3, respectivamente, avaliaram-se quatro ratas de cada grupo quanto à presença de aderências. Os métodos empregados na quantificação das aderências encontradas basearam-se na classificação de Cohen, com escores variando de 0 a 4+ de acordo com a quantidade, características e localização das aderências. Foram usadas provas paramétricas para análise da variância e Kruskal-Wallis. RESULTADOS: os melhores tratamentos para prevenção de aderência pélvica em ratas foram: Ringer-lactato/dexametasona (predomínio do escore 1+), dextrano 70 a 32% (predomínio do escore 2+) e Ringer-lactato/hidrocortisona/dexametasona/ampicilina (predomínio do escore 2+). O período pós-operatório, representado pelo momento M3, e a técnica cirúrgica, predominantemente com escore 0, influíram na adesiólise e manutenção de aderências pélvicas em ratas. CONCLUSÕES: a prevenção de aderências pélvicas em ratas inicia-se no processo cirúrgico de baixo dano tecidual; o uso de substâncias profiláticas (soluções) tem eficácia variada, sendo que algumas mostraram-se mais eficazes que outras. Resumo em inglês PURPOSE: to evaluate the degree of pelvic adhesions in function of time and the different substances used in its prophylaxis. MATERIAL AND METHODS: prospective study with 120 female, albino, virgin Wistar rats, 3 to 4 months of age, weighing approximately 250 g, randomly divided into 10 groups of 12 animals each: control, without lesion; lesions and without treatment; lesions + 0.9% physiologic saline, lesions + Ringer lactate; lesions + 32% dextran 70; lesions + Ringer l (mais) actate/heparin; lesions + Ringer lactate/dexamethasone; lesions + Ringer lactate/hydrocortisone/dexamethasone/ampicillin; lesions + Ringer lactate/albumin, and lesions + 1% carboxymethylcellulose. The animals were anesthetized and two types of lesions (scarification and electrocauterization) were performed in the uterine horns, followed by treatment with the solutions, intraperitoneally, to prevent pelvic adhesions. On the 7th, 14th and 28th postoperative days, moments M1, M2 and M3, respectively, the presence of adhesions was evaluated in 4 rats of each group. The methods applied to the quantification of the adhesions were based on Cohen's classification, with scores varying from 0 to 4+ according to the amount, characteristics and location of the adhesions. Statistical analysis was performed by parametric tests for analysis of variance and the Kruskal-Wallis test. RESULTS: the best treatments for prevention of pelvic adhesions in female rats were Ringer lactate/dexamethasone (score 1+ prevalence), 32% dextran 70 to (score 2+ prevalence) and Ringer lactate/hydrocortisone/dexamethasone/ampicillin (score 2+ prevalence). The postoperative period, represented by moment M3, and the surgical technique, predominantly with score 0, influenced adhesiolysis and maintenance of pelvic adhesions in female rats. CONCLUSIONS: the prevention of pelvic adhesions in female rats begins with the surgical process at a smaller extent of tissue damage. The use of prophylactic substances (solutions) had a varied effectiveness, since some were more efficient than others.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Valor da Taxa de Eritroblastos no Sangue da Veia Umbilical de Recém-Nascidos como Marcador Hematológico da Hipóxia Perinatal/ Importance of Erythroblast Count in the Newborn's Umbilical Vein as a Hematological Marker for Perinatal Hypoxia

Behle, Ivo; Fernandes, Rogério Carapeto; Peres, Celze Clarde Mousquer Calderon; Wildholzer, Débora; Espinosa, Sérgio Moreira; Zimmer, Lucia Pellanda; Zilz, Cristiane Kopaceck
2001-02-01

Resumo em português Objetivo: examinar se a taxa de eritroblastos, no sangue da veia umbilical de recém-nascidos, tem relação com a hipoxia perinatal, analisada pelos parâmetros que expressam o equilíbrio ácido-básico (EAB) do sangue funicular. Métodos: de recém-nascidos vivos com pelo menos 37 semanas de gestação, assistidos no Hospital de Alvorada-RS, foram coletadas amostras de sangue da veia umbilical antes da instalação da respiração. Parte do sangue foi coletado em frasc (mais) o contendo EDTA, determinando-se as séries vermelha e branca. No sangue coletado em seringa com heparina, foram determinados valores do pH, pO2, pCO2 e calculado o EAB. Em lâmina corada pelo corante panótico, procedeu-se à contagem manual do número de eritroblastos. A taxa de eritroblastos foi calculada em relação ao número de leucócitos. Resultados: dos 158 casos que compõem o estudo, em 55 as condições perinatais permitiram considerá-los como isentos de acometimento de processo hipóxico. A média da taxa de eritroblastos foi 3,9%, com o desvio-padrão de 2,8%. Os valores mínimo e máximo foram 0% e 10%, respectivamente. Dentre os 158 casos, a taxa dos eritroblastos foi 5,7%, com desvio-padrão de 5,3%. Os valores mínimo e máximo foram 0% e 28%, respectivamente. A aplicação do teste de Pearson a taxa dos eritroblastos e valores dos parâmetros do EAB mostrou correlação significativa para o pH e pCO2. A elaboração da curva ROC revelou que 5% de eritroblastos e pH de 7,25 representam pontos de corte que contrabalançam a sensibilidade e especificidade (54% e 56%), respectivamente. Dos 23 conceptos com taxa de eritroblastos maior que 10%, 7 (30,4%) estavam acidóticos, 11 (48,7%) eram grandes para a idade gestacional, 3 (13%) eram pequenos para a idade gestacional, 7 (30,4%) tinham anemia e em 3 (13%) não foram constatadas anormalidades. Conclusões: em recém-nascidos de gestações e partos sem complicações, a taxa de eritroblastos ao nascimento foi menor do que 10%. Quando a taxa de eritroblastos foi maior do que 10% houve correlação principalmente com acidemia, distúrbios do crescimento intra-uterino e anemia fetal. Resumo em inglês Purpose: nucleated red blood cell counts are increased in several hypoxic conditions. The authors aimed to establish if there is a correlation between erythroblast counts in the umbilical vein of newborns and the presence of perinatal hypoxia detected by acid-base balance parameters. Methods: blood samples were obtained from the umbilical vein of pregnant subjects with at least 37 weeks of gestation attended at the Hospital de Alvorada-RS, just before the newborns' first (mais) breathing movement. Part of the blood was placed in an EDTA-containing vial and white and red blood cells were analyzed. The remaining amount of blood was aspirated into insulin type syringe previously washed with heparin and pH, pO2, pCO2 and acid-base excess/deficit were analyzed. Slides were also prepared with the panoptic stain for visual identification and count of the erythroblast number. The erythroblast/leukocyte ratio was calculated. Results: of the 158 cases included in the study, 55 were considered free of perinatal hypoxia. In this population, the average erythroblast rate was 3.9% with a standard deviation of 2.8%. The minimum and maximum values were 0% and 10%, respectively. When considering all the cases, the average was 5.7%, with a standard deviation of 5.3%. The minimum and maximum values were 0% and 28%, respectively. Application of Pearson's test for the analysis of the erythroblast rate and acid-base parameters showed a significant correlation for pH and pCO2. The construction of a Receiver Operation Curve showed that for an erythroblast rate of 5%, a 7.25-pH cutoff yields a sensitivity of 54% and a specificity of 56%. Out of the 23 newborns whose normoblast rate was greater than 10%, there was acidemia in 7 (30.4%), 11 (48.7%) were large for gestational age, 3 (13%) were small for gestational age, 7 (30.4%) were anemic, and in 3 (13%) there were no abnormalities. Conclusions: in newborns from uncomplicated pregnancies and deliveries, the erythroblast rate was less than 10%. When it was greater than 10%, a correlation was found mainly with large or small for gestational age, fetal anemia and acidemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Alguns aspectos da função endotelial em cirurgia cardíaca/ Some aspects of the enothelial function in cardiac surgery

Évora, Paulo Roberto B; Pearson, Paul J; Schaff, Hartzell V
1993-09-01

Resumo em português Este estudo mostra alguns aspectos da função endotelial relacionados, diretamente, com a cirurgia cardíaca: 1) Após isquemia miocárdica global seguida de reperfusão, o endotélio coronariano perde a habilidade de expressar vasodilatação endotélio-dependente mediada por receptores, ao passo que o relaxamento endotélio-dependente mediado pelo cálcio ionóforo A23187 e a fosfolipasec C, que não dependem de estimulação de receptores, encontra-se inalterada. O re (mais) laxamento produzido pelo fluoreto de sódio, o qual atua através de G-proteína(s), encontra-se comprometido. Estes experimentos indicam que o comprometimento da produção de EDRF/NO mediada por receptores após a lesão de reperfusão possa ser devido a uma disfunção de G-proteínas que liga os receptores da célula endotelial à via da síntese de EDRF/ NO; 2) Quarenta e cinco minutos de parada cardioplégica de corações de cães, pela solução St.Thomas não comprometem a produção de EDRF/NO em artérias epicárdicas coronárias. Estudos farmacológicos in vitro semelhantes, testando-se os efeitos da solução UW, suportaram o conceito de que ela não lesa o endotélio coronariano sendo segura para a preservação cardíaca durante transplantes cardíacos; 3) Em segmentos de artérias coronárias, renais, femorais, e em segmentos de artéria pulmonar, a protamina induziu vasodilatação endotélio-dependente, mediada pela estimulação da liberação de EDRF/NO. Nas circulações coronariana e sistêmica, ao contrário do que se verificou nos experimentos envolvendo a circulação pulmonar, este efeito foi independente da presença de heparina; 4) Em 83% dos ensaios biológicos, o efluente da AMI esquerda induziu um relaxamento maior do anel coronariano bioensaiado do que o efluente da AMI direita,por liberação basal de EDRF/NO. Este inibe a adesividade e a agregação plaquetárias e a aterogêne, contribuindo para os resultados superiores obtidos quando se utiliza esta artéria para a revascularização do miocárdio. Quando expostos à hipoxia, as atividades vasodilatadoras da AMI e da veia safena foram maiores. Esta acentuação da vasodilatação causada pela hipoxia foi inibida pelo tratamento com a indometacina, e, rapidamente, revertida, quando se restabeleceu a normóxia. Resumo em inglês This study shows some aspects of endothelial function closely related with cardiac surgery: 1) Following global myocardial ischemia and reperfusion, the coronary endothelium has an impaired ability to express endothelium-dependent vasodilation to the receptor-dependent agonists while endothelium-dependent relaxation to the receptor-independent A23187 and phospholipase C is unaltered. The relaxation to sodium fluoride, which acts on a pertussis toxin-sensitive G-protein is (mais) impaired. These experiments indicate that impaired receptor-mediated production of EDRF/NO following reperfusion injury could be due to G-protein dysfunction in the pathway which links endothelial cell receptors to the pathway of EDRF/NO synthesis; 2) Forty-five minutes of cardioplegic arrest of the canine heart does not alter the production EDRF/NO in the epicardial coronary artery. Similar experiments support the concept that UW solution is safe for cardiac preservation during heart transplantation; 3) In coronary, renal, femoral and pulmonary arterial segments, protamine induced endothelium-dependent vasodilation mediated by the stimulated release of EDRF/NO. In the pulmonary circulation, differently of the coronary, renal and femoral arteries, protamine-induced endothelium-dependent vasodilation could be inhibited by comparable amounts of heparin, and this effect was overcome by adding additional protamine; 4)ln 83% of the superfusion experiments, effluent from the left IMA induced greater relaxation of the bioassay ring than did the right IMA due to the basal release of EDRF/NO. Because EDRF/NO induces vasodilation and also inhibits platelet adhesion, platelet aggregation, and atherogenesis, luminal release of EDRF/NO by the IMA could contribute to superior results when the artery is used in bypass grafting. Upon exposure of the grafts to hypoxia, the vasodilator activity of effluent from both IMA and saphenous vein grafts was augmented.This hypoxic augmentation could be inhibited by indomethacin treatment and the relaxation was quickly reversed with return to normoxia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Cirurgia de revascularização do miocárdio minimamente invasiva: resultados com o uso da videotoracoscopia e do estabilizador de sutura

JATENE, Fabio B.; PÊGO-FERNANDES, Paulo M.; ASSAD, Renato S.; DALLAN, Luís Alberto; HUEB, Wady; ARBULU, Hector Edward Van Dyck; HAYATA, André Luis Shinji; STOLF, Noedir A. G.; OLIVEIRA, Sérgio Almeida de; JATENE, Adib D.
1997-07-01

Resumo em português Objetivo: No sentido de associar os maiores benefícios da operação de revascularização do miocárdio tradicional com a utilização da anastomose da artéria interventricular anterior, com vários dos benefícios da angioplastia, alguns grupos têm começado a realizar a cirurgia de revascularização do miocárdio minimamente invasiva. O objetivo deste trabalho é o relato de nossa experiência inicial com essa abordagem técnica, especialmente com a utilização de (mais) videotoracoscopia (VDT) e do estabilizador de sutura (ES). Métodos: Foram operados 73 pacientes, sendo 51 do sexo masculino, com idades variando de 37 a 83 anos, com média de 61,2 anos, portadores de lesão isolada do ramo interventricular anterior acima de 80%. Foi utilizada intubação orotraqueal com sonda de duplo lume. O paciente foi colocado em decúbito lateral direito com 30 graus de rotação. A minitoracotomia anterior, com 8 a 10 cm de extensão, foi realizada no quarto espaço intercostal. Através dessa incisão foram colocados a ótica da videotoracoscopia e os instrumentos cirúrgicos. O pericárdio foi aberto longitudinalmente e reparado para facilitar a exposição do RIA. Não foi utilizada circulação extracorpórea e a freqüência cardíaca foi diminuída no momento da anastomose com o uso de betabloqueador endovenoso. Para a realização da anastomose ATI-RIA, foi utilizado torniquete proximal e distal, além de uso de CO2 para manter o campo operatório livre de sangue. Previamente ao fechamento dos torniquetes, foi feita a administração de 1,5 mg/kg de peso de heparina endovenosa. A anastomose da ATI com o RIA foi realizada com fio de Polipropilene 7-0. O ES, dispositivo metálico acoplado ao afastador foi utilizado na parede anterior do coração, nos últimos 15 casos, para reduzir a movimentação cardíaca, criando condições para uma anastomose mais segura. Resultados: Todos os pacientes apresentaram boa evolução pós-operatória, sem complicações isquêmicas, estando em condições de alta hospitalar entre 2 e 13 dias após reavaliação da operação (média de 4 dias). Cineangiocoronariografia pós-operatória foi realizada em 48 (65,7%) pacientes, sendo que 2 (4,2%) mostraram oclusão na anastomose e 1 (2,1%) oclusão pós anastomose. Os pacientes estão assintomáticos, com seguimento médio de um ano após a cirurgia. No pós-operatório tardio, ocorreram duas mortes: uma devido a pneumonia e a outra a provável tromboembolismo. Conclusões: A cirurgia de revascularização do miocárdio minimamente invasiva mostrou ser uma boa alternativa para determinado grupo de pacientes com insuficiência coronária. Torna possível a operação com melhor estética, menor custo e possibilita uma recuperação mais rápida do que a operação convencional. O uso da VDT e do ES constitui avanço que busca trazer maior apoio técnico ao procedimento. Resumo em inglês Purpose: In order to associate the major benefits of the coronary artery bypass graft (CABG), with a less aggressive procedure, minimally invasive coronary artery bypass graft (MICABG) has begun to be utilized. The aim of this work is to report our initial experience with this technical approach, using video assisted thoracic surgery (VATS) to facilitate the operation. Methods: Seventy three patients, 51 males, ranging ages from 37 to 83, and with an isolated lesion in t (mais) he anterior descending artery were operated upon. Left anterior minithoracotomy, of 8-10 cm was performed at the fourth intercostal space. Through this incision the optical device for VATS as well as the surgical instruments were placed in order to provide the complete left internal mammary artery (LIMA) dissection. Bypass circulation was not used and cardiac rate decreased with the use of intravenous betablockers. For LIMA - anterior descending artery anastomosis, proximal and distal tourniquets were used and 1.5 mg/kg of heparin was intravenously administered, besides the restrained device in the 15 last cases. Results: The 73 patients presented satisfactory postoperative progress, being released from hospital between 2 and 13 days after their operation, with a mean of 4 days. Cinecoronary angiography, which was carried out in 48 (65,7%) patients during the postoperative period, before discharge, showed occlusion of anastomosis in 2(4,2%) patients, and occlusion after anastomosis in 1 (2,1%) patient. During the follow-up, there was one death due to pneumonia and another due to thromboembolysm. The other patients remained asymptomatic during a mean period of one year. Conclusions: Surgery with MICABG is possible with better esthetic effect, lower cost and faster recovery than the conventional one in a group of patients. The use of VATS through the thoracotomy itself and restrained device are good methods in this surgical approach.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Investigação da trombose venosa na gravidez/ Deep vein thrombosis during pregnancy work up

Kalil, Jorge Agle; Jovino, Marco Antonio C.; Lima, Marcelo Arriaga de; Kalil, Renato; Magliari, Maria Elisa Ruffolo; Di Santo, Marcelo K.
2008-03-01

Resumo em português CONTEXTO: A trombose venosa profunda (TVP) na gravidez é fator determinante no aumento da morbidade e da mortalidade maternofetal. Pode ocorrer na presença de trombofilias, por compressão da veia cava inferior, estase venosa ou alterações hormonais. OBJETIVOS: Analisar pacientes grávidas e no pós-parto imediato portadoras de TVP em membros inferiores, pesquisar as possíveis causas de trombofilia e realizar revisão de literatura. MÉTODOS: Foram analisadas gestant (mais) es e puérperas encaminhadas por ginecologistas e obstetras com quadro clínico suspeito de TVP, de janeiro de 2004 a novembro de 2006, período em que foram realizados 24.437 partos no Hospital e Maternidade São Luiz (HMSL), sendo 89% cesarianas, 7,5% partos normais e 3,5% fórceps. Do total de pacientes encaminhadas com quadro clínico sugestivo, foram realizados 42 diagnósticos clínicos de TVP em gestantes com idade entre 21 e 39 anos, confirmados por duplex scan venoso. Imediatamente antes da introdução da terapia anticoagulante, foram colhidos exames para pesquisa de trombofilia, os quais foram repetidos após o período de tratamento. RESULTADOS: Das 42 pacientes portadoras de TVP, 32 eram primigestas (três gemelares sem alterações trombofílicas, duas por fecundação in vitro), oito secundigestas e duas tercigestas. Em quatro pacientes, a TVP ocorreu no primeiro trimestre da gestação (9,5%); em 11, no segundo trimestre (26,2%); em 27, no terceiro trimestre (64,3%). Dos 42 casos de diagnóstico de TVP, 18 (42,8%) ocorreram nas veias infrapatelares. Houve um caso de tromboembolismo pulmonar (TEP) em paciente de 37 anos que havia realizado fecundação in vitro, com gestação gemelar, e TVP (ausência de trombofilia) diagnosticada após a cesariana. Das 42 pacientes, 16 (38,1%) tiveram a causa da TVP estabelecida, com prevalência de mutação heterozigótica do fator V de Leiden (FVL) em seis pacientes (14,2%), seguida pela síndrome antifosfolípide e outras. A maioria das pacientes foi tratada com heparina de baixo peso molecular. CONCLUSÃO: A TVP na gravidez, apesar de sua baixa freqüência, aumenta consideravelmente a morbidade maternofetal. A pesquisa de trombofilia deve ser realizada em casos selecionados, tais como antecedentes pessoais ou familiares de fenômenos trombóticos e/ou trombofilia. A gestação gemelar, a cesariana e a inseminação artificial também foram fatores predisponentes para a ocorrência de TVP. Resumo em inglês BACKGROUND: Deep venous thrombosis (DVT) during pregnancy is a determining factor that contributes to increased maternal-fetal morbidity and mortality. It may occur when there is thrombophilia, due to compression of the inferior vena cava, venous stasis or hormonal changes. OBJECTIVES: To assess patients who are pregnant or have just given birth and who have a DVT condition in the lower limbs, to search for possible causes of thrombophilia and to perform a review of the l (mais) iterature. METHODS: Pregnant and puerperal patients were assessed by gynecologists and obstetricians when there was suspicion of DVT, from January 2004 through November 2006, during which time there were 24,437 childbirths at Hospital e Maternidade São Luiz; of these, 89% were cesarean, 7.5% were normal births and 3.5% were forceps deliveries. Of the total number of patients referred with a clinical status suggesting DVT, 42 cases were clinically diagnosed as DVT, in pregnant women aged between 21-39 years, confirmed by venous duplex scan. Right before the introduction of anticoagulant therapy, samples were collected to investigate thrombophilia, which were repeated after the treatment. RESULTS: Of the 42 patients with DVT, 32 were primigravid (three twin pregnancies with no thrombophilic changes, two resulting from in vitro fecundation), eight were mothers at second birth and two were at third birth. In four patients, DVT occurred in the first trimester of pregnancy (9.5%), in 11 patients DVT was present in the second trimester (26.2%) and in 27 patients the disease developed in the third trimester of pregnancy (64.3%). Of the 42 patients diagnosed with DVT, 18 (42.8%) occurred in infrapatellar veins. There was a case of pulmonary thromboembolism in a 37-year-old patient, who had been submitted to in vitro fecundation, with twin pregnancy and a diagnostic of DVT (no thrombophilia) after a cesarean section. Of the 42 patients, 16 (38.1%) had the cause of their DVT determined, with a prevalence of heterozygous mutation of factor V Leiden in six patients (14.2%), followed by phospholipid syndrome and other causes. Most patients were treated with low-molecular-weight heparin. CONCLUSION: DVT during pregnancy, despite having low frequency, is a major cause of increased maternal-fetal morbidity. Investigation of thrombophilia should be conducted in selected cases, such as personal or family history of thrombotic phenomena and/or thrombophilia. Twin pregnancy, cesarean birth and artificial insemination were also found as factors leading to DVT.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Uso do adesivo butilcianoacrilato no controle da hemorragia após punções hepáticas em ratos/ Use of tissue adhesive butylcyanocrylate for hemorrhage control after hepatic puncture in rats

Capua Junior, Armando de; Taha, Mohamed Ibrahim Ali
2002-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o uso do adesivo butilcianoacrilato no controle da hemorragia em punções hepáticas de ratos. MÉTODO: Foram utilizados 40 ratos distribuídos em dois grupos, um deles heparinizado e o outro não, submetidos à punção hepática com jelco 14. Metade dos animais de cada grupo foi tratado com o adesivo butilcianoacrilato e a outra metade não recebeu nenhum tipo de tratamento. RESULTADOS: Os animais heparinizados e tratados com adesivo mantiveram os ní (mais) veis de hematócrito e hemoglobina e uma mínima quantidade de sangue livre na cavidade. Já os animais heparinizados e sem tratamento apresentaram queda significativa dos níveis hematimétricos com moderada quantidade de sangue livre na cavidade (p Resumo em inglês BACKGROUND: The objective of this study was to assess the effectiveness of tissue adhesive butylcyanocrylate in liver biopsy. METHOD: Forty rats were divided in two groups: one group included heparin-injected rats; the second group was not injected with heparin. Liver punction was performed with a 14-gauge needle. Half of the animals in each group was treated with tissue adhesive butylcyanocrylate and the other half had no treatment. RESULTS: The heparin-injected rats tre (mais) ated with adhesive kept their initial hemoglobin and hematocrit levels and had minimal amount of blood in the abdominal cavity. On the other hand, non treated heparin-injected rats presented a significant drop in hemoglobin and hematocrit levels and had a moderate volume of blood in the cavity. CONCLUSIONS: The tissue adhesive butylcyanocrylate showed be efficient as a hemostatic agent.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Trombose de seio venoso cerebral e trombose sistêmica associadas à mutação do gene 20210 da protrombina: relato de caso/ Cerebral and systemic venous thrombosis associated to prothrombin G20210 mutation: case report

Milano, Jerônimo Buzetti; Arruda, Walter Oleschko; Nikosky, Jeziel Gilson; Meneses, Murilo Sousa de; Ramina, Ricardo
2003-12-01

Resumo em português Trombose venosa cerebral é entidade de grande gravidade se não identificada e tratada precocemente. As etiologias são diversas e seu reconhecimento pode ditar o tratamento e o prognóstico dos pacientes. Mutações genéticas têm sido envolvidas, principalmente a mutação do gene 20210 da protrombina. Relatamos o caso de homem, 53 anos, admitido em estado de mal convulsivo. Não apresentava antecedentes mórbidos pessoais ou familiares. Negava vícios. Após controle (mais) das crises, apresentava papiledema bilateral, e exame neurológico normal. Tomografia computadorizada revelou transformação hemorrágica de área de infarto venoso parieto-temporal direita. Punção lombar com manometria de 500 mmH2O revelou exame de líquor normal. Angiografia por ressonância magnética demonstrou trombose de seio sagital superior, transverso e sigmóide à direita. Mesmo em vigência de anticoagulação, apresentou trombose venosa profunda de membro inferior direito dois meses após o primeiro evento. A investigação etiológica foi totalmente negativa, e teste genético revelou mutação do gene 20210 da protrombina. A anticoagulação foi ajustada para RNI de 3,5 às expensas de 25mg diários de warfarin. Exames de controle revelaram reperfusão da circulação venosa cerebral, e paciente encontra-se assintomático. Resumo em inglês Cerebral venous thrombosis is a clinical condition of difficult diagnosis, and poor prognosis when treatment is not started early. There is a long list of causes, and hereby we describe a case associated to prothrombin G20210 mutation. A 53-year-old man, white, was admitted with status epilepticus. After seizures control, he developed intracranial hypertension, with headache and vomiting, and bilateral papilledema. His past medical and familial history were unremarkable. (mais) He was a nonsmoker, no drug and alcohol user. CT scan and MRI showed right temporal and parietal infarct with hemorrhagic transformation. Spinal tap with opening pressure of 500 mH2O showed normal CSF examination. MRI angiography disclosed superior sinus, right transverse and sigmoid sinus complete thrombosis. He was started with heparin and oral warfarin. In spite of anticoagulation, two months later he developed deep right inferior limb thrombosis. All the initial tests were normal, and test for prothrombin G20210 mutation was positive. He needed a much higher than conventional daily dose of warfarin to keep him asymptomatic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Rotura traumática da aorta torácica: tratamento cirúrgico

SAMPAIO, Dielson Teixeira; SANTOS, João Marcos de Vasconcellos; LOBO Jr, Nílcio Cunha; FIGUERÓ, João Virgílio Uchoa; LOPES, Caetano S; NOVAES, Fernando R; PAULA FILHO, Maurício Cleber de; VERSIANI, Giovani Cardoso; FIGUEROA, Carlos Camilo Smith
1997-01-01

Resumo em português No período de julho de 1986 a dezembro de 1995, foram operados 12 pacientes com rotura traumática da aorta torácica. Nove pacientes apresentavam rotura aguda da aorta e 3 rotura crônica. Em todos os pacientes a lesão localizava-se logo abaixo da emergência da artéria subclávia esquerda (istmo). Onze pacientes foram operados sob pinçamento aortico simples e em apenas 1 associamos shunt não heparinizado entre a artéria subclávia esquerda e a aorta descendente. O (mais) tempo médio de pinçamento aórtico foi de 33,2 minutos. Onze pacientes sobreviveram. Um paciente faleceu no pós-operatório imediato, devido a sangramento, e outro apresentou paresia de membros inferiores. Dez pacientes evoluíram sem complicações no pós-operatório. Concluímos que a correção da rotura traumática da aorta torácica, sob pinçamento aórtico simples, é técnica aceitável no tratamento cirúrgico desta lesão. Resumo em inglês From July 1986 to December 1995 twelve patients with traumatic rupture of the thoracic aorta were operated on. Nine patients had an acute injury and three had chronic injury. In all patients the lesion was located in the isthmus. Eleven patients were operated on with simple cross-clamp and in just one patient a shunt without heparin, between the left subclavian artery and thoracic aorta, was done. Medium aortic occlusion time was 33.2 minutes. Eleven patients are alive. T (mais) here was one hospital death (8.3%) due to bleeding. One patient developed paresis of the lower limbs. Ten patients survived without complications. In our opinion the simple cross clamp technique is acceptable in the surgical repair of the traumatic rupture of the thoracic aorta.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Prevenção de isquemia hepática normotérmica durante perfusão hepática in situ com três diferentes soluções de preservação: análise experimental através de termografia por radiação infravermelha em tempo real/ Prevention of normothermic hepatic ischemia during in situ liver perfusion with three different preservation solutions: experimental analysis by realtime infrared radiation thermography

Matias, Jorge Eduardo Fouto; Morais, Felipe Augusto; Kato, Daniel Massamatsu Pianovski; Koziak, Vanessa; Brioschi, Marcos Leal; Tambara, Elizabeth Milla; Agulham, Miguel Ângelo; Coelho, Júlio César Uili
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Determinar a aplicabilidade da termografia por radiação infravermelha no monitoramento da perfusão hepática in situ com diferentes soluções de preservação. MÉTODOS: 24 ratos Wistar machos adultos, foram distribuidos aleatoriamente em quatro grupos de seis animais: grupo EC; ®grupo CUST; ®grupo CEL e grupo RL. Todas as soluções estavam resfriadas à exatamente 4ºC e posicionadas 20 cm acima do nível do fígado. As imagens infravermelhas, com as res (mais) pectivas avaliações de temperatura da superfície hepática, foram captadas em tempo real : imediatamente após a laparotomia; após a canulação dos vasos e imediatamente antes da infusão; a cada minuto cronometrado após início da infusão até o quinto minuto de infusão. As médias de temperaturas de cada momento foram comparadas intra e intergrupos através do teste da Diferença entre médias de distribuição normal, com nível de significância p 0,05. RESULTADOS: Houve diferença entre as temperaturas do momento da laparotomia e imediatamente após a canulação; entre este último e após o primeiro minuto de perfusão; e entre as medidas ao final do primeiro e do quinto minutos de perfusão em todos os grupos. O grupo CEL mostrou diferença significativa adicional entre as temperaturas medidas ao final do primeiro e do segundo minutos. CONCLUSÃO: Foi possível avaliar o resfriamento hepático durante a perfusão das soluções de preservação utilizando-se a radiação infravermelha. As soluções tiveram comportamento semelhante entre si, com a solução Celsior® mostrando potencial adicional de resfriamento significativo até ao final do segundo minuto. Resumo em inglês OBJECTIVE: To establish the usefulness of infrared radiation thermography on monitoring in situ liver perfusion with different preservation solutions during liver harvesting. METHODS: Twenty-four adult male Wistar rats, weighing 385.31g were randomly divided into four groups of six animals each according to the solution used to perfuse the liver (Euro-Collins® solution - EC group; Custodiol® solution - CUST group; Celsior® solution - CEL group and Ringer-Lactate soluti (mais) on - RL group). Under inhalatory ether anesthesia, animals were submitted to upper transversal laparotomy, exposure of median and left-lateral hepatic lobes, heparin injection (500 UI/Kg) through infrahepatic vena cava, portal vein infusion through 18G catheter of cold (4°C) solution according to the group of study. Infrared images, with respective temperature avaliations from hepatic surface, were picked up in real time by Therma CAM SC500® infrared camera positioned at constant distance from three fixed points of the diaphragmatic surface of median and left lateral lobes at the following moments regarding liver perfusion: immediately after laparotomy; after portal vein cannulation and immediately before solution infusion; at each minute from the beginning of liver perfusion during five minutes. Mean temperatures of each moment were compared intra and intergroups with the difference between means test with normal distribution, with significance level of 5% (p=0.05). RESULTS: There was statistically significant difference of means temperatures between the moment of laparotomy and immediately after cannulation; between this later and after the first minute of perfusion; and between the first and fifth minutes of infusion in all groups of study in a similar way. CEL group showed additional difference between the first and second minutes means temperatures. Intergroup comparison showed Euro-Collins solution with significant less cooling power when compared to all others solutions. CONCLUSION: It was possible to follow the liver cooling process during preservation solutions perfusion using infrared radiation images. Preservation solutions had similar behaviors, with Celsior® solution showing additional cooling power until the second minute of perfusion. Euro-Collins solution had less cooling power than other solutions studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Modelo experimental de aneurisma sacular de artéria ilíaca comum com pericárdio bovino em suínos/ Experimental model of saccular aneurysm of the common iliac artery with bovine pericardium in pigs

França, Luís Henrique Gil; Pereira, Adamastor Humberto; Perini, Sílvio César; Argenta, Rodrigo; Aveline, Celso Curcio; Mollerke, Roseli de Oliveira; Soares, Marcos Eugenio; Nóbrega, Fernanda; Ferreira, Márcio Poletto
2005-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Desenvolver um novo modelo experimental de pseudoaneurisma sacular de artéria ilíaca comum com o uso de remendo de pericárdio bovino em suínos. MÉTODO: Foram utilizados dois suínos da raça Landrace, com peso de 30 kg e do sexo feminino. Os animais foram submetidos a anestesia geral e a laparotomia com acesso extraperitoneal da aorta infra-renal e artérias ilíacas. Após heparinização sistêmica e pinçamento, foram efetuadas arteriotomia longitudinal (mais) e sutura do pericárdio bovino em formato de bolsa previamente confeccionada. Os animais permaneceram confinados por 3 semanas e então foram submetidos a arteriografia para avaliação da perviedade do aneurisma e, posteriormente, sacrificados. RESULTADO: Os animais sobreviveram ao experimento e apresentaram aneurismas pérvios no momento do sacrifício. Não houve ocorrência de ruptura de aneurismas. CONCLUSÃO: O modelo proposto é viável e tem potencial para ser utilizado no estudo e desenvolvimento de novas próteses endovasculares. Resumo em inglês OBJECTIVE: To develop an experimental model of saccular pseudoaneurysm of the common iliac artery with bovine pericardium in pigs. METHOD: The animals used were two 30-kg female pigs from the Landrace specimen. The animals were submitted to general anesthesia and laparotomy with extraperitoneal access to infrarenal aorta and the iliac arteries. After systemic heparin and clamping, the iliac artery was opened and the pericardium sutured to the vessel wall. All animals were (mais) confined for 3 weeks and were sacrificed after performing an arteriography to verify the patency of the aneurysm. RESULT: All animals survived the procedure and the aneurysms were patent. No rupture was detected. CONCLUSION: This is a feasible pig model of iliac artery aneurysm with potential for further studies to develop new endovascular prostheses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Gradiente SpO2 - SaO2 durante ventilação mecânica em anestesia e terapia intensiva/ SpO2 - SaO2 gap during mechanical ventilation in anesthesia and intensive care/ Gradiente SpO2 - SaO2 durante ventilación mecánica en anestesia y terapia intensiva

Helayel, Pablo Escovedo; Oliveira Filho, Getúlio R de; Marcon, Lúcia; Pederneiras, Flávio Hülse; Nicolodi, Marcos Antônio; Pederneiras, Sérgio Galluf
2001-01-01

Resumo em português JUSTIFICATIVAS E OBJETIVOS: A saturação periférica da oxihemoglobina (SpO2) é freqüentemente utilizada para guiar alterações do regime ventilatório. Valores de SpO2 iguais ou superiores a 96% são necessários para garantir saturação arterial da oxihemoglobina (SaO2) superiores a 90%, em pacientes de terapia intensiva. Este estudo teve por objetivo determinar concordância entre valores de SpO2 e SaO2 e delimitar a menor SpO2 associada a valores de SaO2 iguais o (mais) u superiores a 90%. MÉTODO: Foram incluídos prospectivamente 120 pacientes adultos, de ambos os sexos, submetidos à anestesia geral com ventilação mecânica ou em tratamento intensivo. Amostras de sangue arterial foram coletadas por punção arterial ou por aspiração de linha arterial, utilizando técnica anaeróbia, em seringas heparinizadas. As amostras foram analisadas imediatamente após a coleta. A SpO2 foi medida por oxímetro de pulso durante a coleta, no indicador da mão contra-lateral, utilizando a onda dicrótica de pulso arterial como parâmetro de adequação. RESULTADOS: Foram analisadas 228 amostras. A diferença entre os valores de SpO2 e SaO2 variou entre -7,10% e 15,20%, sendo a diferença média igual a -0,20% ± 2,02%. SpO2-SaO2 maiores que 4,04% (dois desvios padrão da diferença) ocorreram em 4,72% das amostras. A determinação gráfica da SpO2, mínima para garantir a SaO2 acima de 90%, mostrou que somente valores de SpO2 iguais ou superiores a 99% não se associaram à ocorrência de nenhum valor de SaO2 inferior a 90%. CONCLUSÕES: Embora a diferença entre os valores de SpO2 e SaO2 tenham se localizado entre mais e menos 5% em 97% dos pares analisados, somente valores acima de 99% excluíram pacientes com SaO2 menor que 90%. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVAS Y OBJETIVOS: La saturación periférica de la oxihemoglobina (SpO2) es frecuentemente utilizada para guiar alteraciones del régimen ventilatorio. Valores de SpO2 iguales o superiores a 96% son necesarios para garantizar saturación arterial de la oxihemoglobina (SaO2) superiores a 90%, en pacientes de terapia intensiva. Este estudio tuvo por objetivo determinar concordancia entre valores de SpO2 y SaO2 y delimitar la menor SpO2 asociada con valores de SaO2 (mais) iguales o superiores a 90%. MÉTODO: Fueron incluidos prospectivamente 120 pacientes adultos, de ambos sexos, sometidos a anestesia general con ventilación mecánica o en tratamiento intensivo. Muestras de sangre arterial fueron colectadas por punción arterial o por aspiración de línea arterial, utilizando técnica anaeróbia, en jeringas heparinizadas. Las muestras fueron analizadas inmediatamente después de la colecta. La SpO2 fue medida por oxímetro de pulso durante la colecta, en el indicador de la mano contra-lateral, utilizando la onda dicrótica de pulso arterial como parámetro de adecuación. RESULTADOS: Fueron analizadas 228 muestras. La diferencia entre los valores de SpO2 y SaO2 varió entre -7,10% y 15,20%, siendo la diferencia media igual a -0,20% ± 2,02%. SpO2-SaO2 mayores que 4,04% (dos desvíos padrones de la diferencia) ocurrieron en 4,72% de las muestras. La determinación gráfica de la SpO2, mínima para garantizar la SaO2 arriba de 90%, mostró que solamente valores de SpO2 iguales o superiores a 99% no se asociaron con la ocurrencia de ningún valor de SaO2 inferior a 90%. CONCLUSIONES: Aun cuando la diferencia entre los valores de SpO2 y SaO2 se hallan localizados entre más y menos 5% en 97% de los pares analizados, solamente valores arriba de 99% excluyeron pacientes con SaO2 menor que 90%. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Peripheral oxy-hemoglobin saturation (SpO2) is commonly used to guide ventilator settings. SpO2 values equal to, or higher than 96% are necessary to assure arterial oxy-hemoglobin saturation (SaO2) higher than 90% in intensive care patients. This study aimed to determine SpO2 - SaO2 gap and to establish the lowest SpO2 associated to SaO2 values equal to, or higher than 90%. METHODS: Participated in this prospective study 120 adult patients of bo (mais) th genders submitted to general anesthesia and mechanical ventilation or under intensive care. Arterial blood samples were obtained by arterial puncture or central line aspiration using the anaerobic technique and heparin-containing syringes. Samples were analyzed immediately after collection. SpO2 was measured during collection with the pulse oximeter placed on the opposite second finger and using arterial pulse dichroic wave as the adequacy parameter. RESULTS: Two hundred and twenty-eight samples were analyzed. The difference between SpO2 and SaO2 ranged between -7.10% and 15.2%, being -0.20% ± 2.02% the mean difference (bias). SpO2-SaO2 higher than 4.04% (two standard deviations of the difference) was observed in 4.72% of samples. Graphical analysis of the lowest SpO2 to assure an SaO2 higher than 90% has shown that only SpO2 values equal to, or higher than 99% were not associated to SaO2 values below 90%. CONCLUSIONS: Although SpO2-SaO2 gap remaining between plus or minus 5% for 97% of the samples, only SpO2 values higher than 99% excluded patients with SaO2 values below 90%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Concentração espermática na fecundação in vitro, com sêmen de touro da raça Guzerá/ Sperm concentration in the in vitro fertilization of Guzera bull semen

Camargo, L.S.A.; Sá, W.F.; Ferreira, A.M.; Viana, J.H.M.; Freitas, C.
2000-02-01

Resumo em português Estudou-se o efeito de diferentes concentrações espermáticas de sêmen de touro da raça Guzerá, durante a fecundação in vitro, sobre a taxa de clivagem embrionária. Ovócitos (n=356) obtidos de folículos de ovários oriundos de matadouro foram maturados in vitro e divididos aleatoriamente em quatro tratamentos visando a fecundação in vitro, de acordo com as concentrações espermáticas: TI (0,5× 10(6) espermatozóides/ml), TII (1,0× 10(6) espermatozóides/ml (mais) ), TIII (2,0x10(6) espermatozóides/ml) e TIV (4,0× 10(6) espermatozóides/ml). Utilizou-se sêmen congelado de um único touro da raça Guzerá, preparado pela técnica de swim up, seguida de centrifugação, antes de ser adicionado ao meio de fecundação in vitro. Ao término do período de fecundação, os ovócitos foram cultivados por três dias em TCM 199, com células da tuba uterina, nas mesmas condições da fecundação. Após o swim up, foram recuperados 10,21± 0,98% dos espermatozóides inicialmente colocados e a motilidade aumentou de 67,5± 2,5% para 81,25± 2,4%. A taxa de clivagem foi de 31,0% (n=71), 44,7% (n=85), 55,9% (n=127) e 52,0% (n=73) em TI, TII, TIII e TIV, respectivamente. O TI apresentou taxa de clivagem inferior aos tratamentos TIII e TIV (P Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the effect of different sperm concentrations of Guzera bull semen during in vitro fertilization on the cleavage rate. Oocytes (n=356) obtained from a slaughterhouse ovaries, were in vitro matured and randomly divided into four treatments for in vitro fertilization, according to sperm concentrations: TI (0.5× 10(6) spermatozoa/ml); TII (1.0× 10(6) spermatozoa/ml); TIII (2.0× 10(6) spermatozoa/ml) e TIV (4.0× 10(6) spermatozoa/ml). (mais) Frozen semen from one Guzera bull was used for in vitro fertilization. The live sperms were separated by swim up, washed once by centrifugation, and then placed in in vitro fertilization media. The in vitro fertilization was performed in tubes in media with heparin and incubated in 5% CO2, at 39ºC for 20h. Thereafter, the oocytes were washed in Talp Hepes medium and cultured during three days in TCM 199 and bovine oviduct epithelial cells, at the same conditions of in vitro fertilization. From the spermatozoa used at the beginning of swim up, 10.21± 0.98% were recovered, and the motility increased from 67.5± 2.5% to 81.25± 2.4%. The cleavage rates were 31,0% (n=71), 44.7% (n=85), 55.9% (n=127), and 52.0% (n=73) for TI, TII, TIII, and TIV, respectively. The cleavage rate in TI was lower than in TIII and TIV (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)