Sample records for hens
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Luz e galinhas como fatores de atração de Nyssomyia whitmani em ambiente rural, Paraná, Brasil/ Light and hens as attraction factors of Nyssomyia whitmani in a rural area, Southern Brazil

Teodoro, Ueslei; Lonardoni, Maria Valdrinez Campana; Silveira, Thaís Gomes Verzignassi; Dias, Alessandra de Cassia; Abbas, Milia; Alberton, Dayane; Santos, Demilson Rodrigues dos
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a influência de armadilhas com luz elétrica e galinhas como fatores de atração de flebotomíneos e comparar os resultados entre métodos de captura. MÉTODOS: O estudo foi realizado na Fazenda Palmital, município de Terra Boa, Paraná, Brasil. As coletas de flebotomíneos foram feitas com armadilhas de Falcão e aspirador elétrico, quinzenalmente, das 20 às 23 horas, na presença ou na ausência de luz e de galinhas, no ambiente peridomiciliar, (mais) de setembro de 1998 a junho de 1999. RESULTADOS: Coletaram-se 43.767 exemplares de oito espécies de flebotomíneos; Nyssomyia whitmani, N. neivai e Migonemyia migonei representando 99,9% do total coletado, com predomínio de N. whitmani. O número de exemplares coletados na presença (21.045) foi maior do que na ausência de galinhas (10.434). Na presença de galinhas, indiferentemente das intensidades de luz, coletou-se maior número de exemplares de N. whitmani com luz de 3W. Na presença de galinhas e luz (3W) o número de N. whitmani coletado com aspirador elétrico (5.141) foi superior ao coletado com armadilha de Falcão (1.675). Na ausência de luz não houve diferença entre o número de N. whitmani coletado com o aspirador elétrico e na armadilha de Falcão, na presença ou na ausência de galinhas. CONCLUSÕES: As galinhas e a luz elétrica juntas atraem mais N. whitmani para o ambiente peridomiciliar. O número de N. whitmani coletado com o aspirador elétrico na presença de galinhas e luz no galinheiro foi maior do que o coletado na armadilha de Falcão, na mesma condição. Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify the influence of traps with electric light and hens as factors that attract sandflies and compare results between capture methods. METHODS: The study was conducted in the Palmital Farm, Southern Brazil. Sandfly collections were conducted with Falcão traps and an electric aspirator, fortnightly, between 8 p.m. and 11 p.m. in the presence or absence of light and hens in peridomiciliary areas, from September 1998 to June 1999. RESULTS: A total of 43,767 (mais) specimens from eight species of sandflies were collected: Nyssomyia whitmani, N. neivai and Migonemyia migonei constituting 99.9% of the total collected, with predominance of N. whitmani. The number of this species collected inside the hen's shed in the presence of hens (21,045) was greater than in their absence (10,434). In the presence of hens, with distinct intensities of light, a larger number of N. whitmani samples were collected with 3W light. In the presence of hens and light (3W), the number of N. whitmani collected with the electric aspirator (5,141) was superior to that collected with the Falcão trap (1,675). In the absence of light, with or without the presence hens, there was no difference between the numbers of N. whitmani collected with the electric aspirator or the Falcão trap. CONCLUSIONS: Hens and electric light together attract more N. whitmani to peridomicilary areas. The number of N. whitmani collected with an electric aspirator inside a hen's shed with the presence of hens and light is greater than those collected with a Falcão trap in the same conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Luz e galinhas como fatores de atração de Nyssomyia whitmani em ambiente rural, Paraná, Brasil/ Light and hens as attraction factors of Nyssomyia whitmani in a rural area, Southern Brazil

Teodoro, Ueslei; Lonardoni, Maria Valdrinez Campana; Silveira, Thaís Gomes Verzignassi; Dias, Alessandra de Cassia; Abbas, Milia; Alberton, Dayane; Santos, Demilson Rodrigues dos
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a influência de armadilhas com luz elétrica e galinhas como fatores de atração de flebotomíneos e comparar os resultados entre métodos de captura. MÉTODOS: O estudo foi realizado na Fazenda Palmital, município de Terra Boa, Paraná, Brasil. As coletas de flebotomíneos foram feitas com armadilhas de Falcão e aspirador elétrico, quinzenalmente, das 20 às 23 horas, na presença ou na ausência de luz e de galinhas, no ambiente peridomiciliar, (mais) de setembro de 1998 a junho de 1999. RESULTADOS: Coletaram-se 43.767 exemplares de oito espécies de flebotomíneos; Nyssomyia whitmani, N. neivai e Migonemyia migonei representando 99,9% do total coletado, com predomínio de N. whitmani. O número de exemplares coletados na presença (21.045) foi maior do que na ausência de galinhas (10.434). Na presença de galinhas, indiferentemente das intensidades de luz, coletou-se maior número de exemplares de N. whitmani com luz de 3W. Na presença de galinhas e luz (3W) o número de N. whitmani coletado com aspirador elétrico (5.141) foi superior ao coletado com armadilha de Falcão (1.675). Na ausência de luz não houve diferença entre o número de N. whitmani coletado com o aspirador elétrico e na armadilha de Falcão, na presença ou na ausência de galinhas. CONCLUSÕES: As galinhas e a luz elétrica juntas atraem mais N. whitmani para o ambiente peridomiciliar. O número de N. whitmani coletado com o aspirador elétrico na presença de galinhas e luz no galinheiro foi maior do que o coletado na armadilha de Falcão, na mesma condição. Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify the influence of traps with electric light and hens as factors that attract sandflies and compare results between capture methods. METHODS: The study was conducted in the Palmital Farm, Southern Brazil. Sandfly collections were conducted with Falcão traps and an electric aspirator, fortnightly, between 8 p.m. and 11 p.m. in the presence or absence of light and hens in peridomiciliary areas, from September 1998 to June 1999. RESULTS: A total of 43,767 (mais) specimens from eight species of sandflies were collected: Nyssomyia whitmani, N. neivai and Migonemyia migonei constituting 99.9% of the total collected, with predominance of N. whitmani. The number of this species collected inside the hen's shed in the presence of hens (21,045) was greater than in their absence (10,434). In the presence of hens, with distinct intensities of light, a larger number of N. whitmani samples were collected with 3W light. In the presence of hens and light (3W), the number of N. whitmani collected with the electric aspirator (5,141) was superior to that collected with the Falcão trap (1,675). In the absence of light, with or without the presence hens, there was no difference between the numbers of N. whitmani collected with the electric aspirator or the Falcão trap. CONCLUSIONS: Hens and electric light together attract more N. whitmani to peridomicilary areas. The number of N. whitmani collected with an electric aspirator inside a hen's shed with the presence of hens and light is greater than those collected with a Falcão trap in the same conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Qualidade do ovo de galinhas poedeiras criadas em galpões no semi-árido paraibano/ Quality of eggs of laying hens reared in poultry houses in the semi-arid Paraiba

Trindade, Jair L.; Nascimento, José W. B.; Furtado, Dermeval A.
2007-12-01

Resumo em português Avaliar índices ambientais dos galpões e os zootécnicos em aves de postura leve da linhagem Lohamann, em condições de verão e inverno de 2005 na região do semi-árida paraibana, foi o objetivo primordial deste trabalho, no qual se utilizaram 34.500 aves com diferentes idades: 32, 50, 60 e 71 semanas, acondicionadas em quatro galpões. Avaliaram-se os índices ambientais temperatura do ar, umidade relativa do ar, índice de temperatura do globo negro e umidade, carg (mais) a térmica de radiação e velocidade do vento; e os produtivos (produção total de ovos, peso do ovo, peso do albúmen, peso da gema e peso das cascas), parâmetros geométricos (área e volume) e a unidade Haugh (UH) do ovo, em função da idade. Quanto ao ambiente no interior dos aviários, não houve diferença significativa na media dos índices ambientais, que ficaram dentro da zona de conforto. A idade das aves teve influência nos índices produção total, peso do ovo e peso da gema. A maior produção foi obtida com aves mais jovens, enquanto o peso do ovo e da gema foi com aves de maior idade. Os parâmetros geométricos volume e área do ovo não foram influenciados pela idade das aves. Conforme a UH os ovos de melhor qualidade se referem aos das aves com 32 e 50 semanas. Resumo em inglês The objective of this research was to evaluate production indexes for laying hens of the Lohamann lineage, under the summer and winter conditions of 2005, in São José da Mata district of Campina Grande, which is located in the Paraíban semi-arid region. 34.500 hens were used with ages of 32, 50, 60 and 71 weeks, and which were reared in four poultry houses. The production indexes (total production of eggs, egg weight, albumen weight, egg yolk weight, and rinds weight), (mais) geometric parameters (area and volume) and Haugh unit of egg were calculated as a function of hen age. The production indexes in all rearing systems followed the technical recommendations. The age of the hens influenced the indexes of total production, egg weight and also egg yolk weight. The highest production of eggs was obtained with the youngest birds. On the other hand, egg weight and the egg yolk weight were obtained with the oldest birds. The geometric parameters (volume and area) were not influenced by the age of the hens. According to Haugh unit index, the best evaluated hen eggs were the ones that were between 32 and 50 weeks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Exigência nutricional de treonina digestível para galinhas poedeiras no período de 34 a 50 semanas de idade/ Nutritional requirement of digestible threonine for light-weight and semi-heavy laying hens in the period from 34 to 50 weeks old

Sá, Luciano Moraes; Gomes, Paulo Cezar; Cecon, Paulo Roberto; Rostagno, Horacio Santiago; D'Agostini, Priscila
2007-12-01

Resumo em português Com o objetivo de estabelecer a exigência nutricional de treonina digestível para poedeiras leves e semipesadas no período de 34 a 50 semanas de idade, 580 poedeiras (metade Lohmann e metade Lohmann Brown) foram submetidas a uma ração basal contendo 2.850 kcal EM/kg, 14.0% PB, suplementada com cinco níveis (0,00; 0,035; 0,07; 0,105 e 0,140%) de L-treonina, de modo a proporcionar 0,410; 0,445; 0,480; 0,515 e 0,550% de treonina digestível nas rações. Foi utilizado (mais) esquema fatorial 5 x 2 (nível de treonina e linhagem de aves), com seis repetições por tratamento e seis aves por unidade experimental, em um delineamento inteiramente casualizado. Foram avaliados a produção de ovos (%), a massa e o peso médio dos ovos (g), o consumo de ração (g/ave.dia), a conversão alimentar (kg ração/dúzia ovos), a mudança de peso corporal (g) e a qualidade interna dos ovos (unidade Haugh e índices de albúmen e gema). Os níveis de treonina não influenciaram a mudança de peso corporal, o consumo de ração, o peso dos ovos e a qualidade interna dos ovos em ambas as linhagens. A conversão alimentar, a produção de ovos, a massa de ovos e a unidade Haugh foram afetadas positivamente pelos níveis de treonina. A exigência de treonina digestível, estimada pelo modelo quadrático, para as poedeiras leves e semipesadas, foi de 0,510 e 0,517% na ração, que corresponde ao consumo diário por ave de 583 e 575 mg treonina/dia, respectivamente. Resumo em inglês With the objective to establish the nutritional requirement of threonine for light and semi-heavy laying hens in the period from 34 to 50 weeks old, 580 laying hens (half Lohmann and half Lohmann Brown) submitted to a basal ration containing 2.850 kcal ME/kg, 14.0% CP, supplemented of five levels (0.00, 0.035, 0.07, 0.105, and 0.140%) of L-threonine, in order to provide 0.410, 0.445, 0.480, 0.515, and 0.550% of digestible threonine in the rations. A 5 x 2 (threonine level (mais) and laying hen strain) factorial arrangement, with six replications per treatment and six hens per experimental unit in a completely randomized design was used. Egg production (%), egg mass and average egg weight (g), feed intake (g/hen.day), feed conversion (kg feed/egg dozen), body weight change (g) and internal egg quality (Haugh Units, albumen and yolk index) were evaluated. The threonine levels did not affect the body weight change, feed intake, egg weight and internal egg quality in both laying hen strains. Feed conversion, egg production, egg mass and Haugh units were positive influenced by the threonine level. The digestible threonine requirement, estimated by the quadratic model, for the light and the semi-heavy laying hens, was 0.510 and 0.517% in the diet, corresponding to the daily intake per hen of 583 and 575 mg lysine/day, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Exigência nutricional de lisina digestível para galinhas poedeiras no período de 34 a 50 semanas de idade/ Nutritional requirement of lysine for laying hens in the period from 34 to 50 weeks old

Sá, Luciano Moraes; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Albino, Luiz Fernando Teixeira; D'Agostini, Priscila
2007-12-01

Resumo em português Com o objetivo de estabelecer a exigência nutricional em lisina para galinhas poedeiras leves e semipesadas, no período de 34 a 50 semanas de idade, 360 poedeiras (metade Lohmann e metade poedeiras Lohmann Brown) foram submetidas à ração basal contendo 2.850 kcal EM/kg, 15,0% PB, suplementada com cinco níveis (0,00; 0,05; 0,10; 0,15 e 0,20%) de L-lisina, de modo a proporcionar 0,584; 0,634; 0,684; 0,734 e 0,784% de lisina digestível nas rações. Foi utilizado esqu (mais) ema fatorial 5 x 2 (nível de lisina e linhagem de aves), com seis repetições por tratamento e seis aves por unidade experimental, em um delineamento inteiramente casualizado. Foram avaliados a produção de ovos (%), a massa e o peso médio dos ovos (g), o consumo de ração (g/ave.dia), a conversão alimentar (kg ração/dúzia ovos), a mudança de peso corporal (g) e a qualidade interna dos ovos (unidade Haugh e índice de albúmen e gema). Os níveis de lisina não influenciaram a mudança de peso corporal, o consumo de ração e a qualidade interna dos ovos em ambas as linhagens. A conversão alimentar e a produção de ovos, o peso médio e a massa dos ovos foram influenciados positivamente pelos níveis de lisina, em poedeiras leves e semipesadas. A exigência em lisina digestível, estimada pelo modelo quadrático, para as aves leves e semipesadas, foi de 0,732 e 0,715% na ração, que corresponde ao consumo diário por ave de 893 e 804 mg lisina/ave.dia, respectivamente. Resumo em inglês With the objective to establish the nutritional requirement of lysine for light and semi-heavy laying hens, in the period from 34 to 50 weeks old, 360 laying hens (half Lohmann and half Lohmann Brown) were submitted to a basal ration containing 2.850 kcal ME/kg, 15.0% CP, supplemented with five levels (0.00, 0.05, 0.10, 0.15 and 0.20%) of L-lysine, to provide 0.584, 0.634, 0.684, 0.734, and 0.784% of digestible lysine in the rations. A 5 x 2 (lysine level and laying hen s (mais) train) factorial arrangement, with six replications per treatment and six hens per experimental unit in a completely randomized design was used. Egg production (%), egg mass and average egg weight (g), feed intake (g/hen.day), feed conversion (kg feed /egg dozen), body weight change (g) and internal egg quality (Haugh unit, albumen and yolk index) were evaluated. The lysine levels did not affect the body weight change, feed intake and egg quality in both laying hen strains. Feed conversion and egg production, average egg weight and egg mass were positive influenced by the lysine level, in light and the semi-heavy. The digestible lysine requirement estimated by quadratic model, for the light and the semi-heavy laying hens, was 0.732 and 0.715% in the ration, corresponding to the daily intake per hen of 893 and 804 mg lysine/day, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Exigência nutricional de metionina + cistina digestível para galinhas poedeiras no período de 34 a 50 semanas de idade/ Nutritional requirements of methionine + cystine for light-weight and semi-heavy laying hens in the period from 34 to 50 weeks of age

Sá, Luciano Moraes; Gomes, Paulo Cezar; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Rostagno, Horacio Santiago; Nascif, Carla Cristina Cardoso
2007-12-01

Resumo em português Com o objetivo de estabelecer a exigência nutricional em metionina + cistina para galinhas poedeiras leves e semipesadas no período de 34 a 50 semanas de idade, 360 poedeiras (metade Lohmann e metade Lohmann Brown) foram submetidas a uma ração basal contendo 2850 kcal EM/kg, 15,0% PB, suplementada com cinco níveis (0,00; 0,052; 0,107; 0,162 e 0,217%) de DL-metionina + cistina, de modo a proporcionar 0,517; 0,569; 0,624; 0,679 e 0,734% de metionina+cistina digestível (mais) nas rações. Foi utilizado esquema fatorial 5 x 2 (nível de metionina + cistina e linhagem de aves), com seis repetições por tratamento e seis aves por unidade experimental, em um delineamento inteiramente casualizado. Foram avaliados a produção de ovos (%), a massa e o peso médio dos ovos (g), o consumo de ração (g/ave/dia), a conversão alimentar (kg ração/dúzia ovos), a mudança de peso corporal (g) e a qualidade interna dos ovos (unidade Haugh e índices de albúmen e gema). Os níveis de metionina+cistina não influenciaram a mudança de peso corporal, o consumo de ração e a qualidade interna dos ovos em ambas as linhagens. A conversão alimentar e a produção de ovos foram influenciados positivamente pelos níveis de metionina+cistina, bem como o peso médio e a massa dos ovos, que apresentaram efeito quadrático, à exceção do peso médio dos ovos das poedeiras semipesadas, que apresentou efeito linear. A exigência em metionina + cistina digestível, estimada pelo modelo quadrático, para as aves leves e semipesadas, foi de 0,693 e 0,692% na ração, que corresponde ao consumo diário por ave de 825 e 793 mg metionina + cistina/dia, respectivamente. Resumo em inglês With the objective to establish the nutritional requirement of methionine + cystine for light and semi-heavy laying hens, in the period from 34 to 50 weeks old, 360 laying hens (half Lohmann and half Lohmann Brown) were submitted to a basal ration containing 2.850 kcal ME/kg, 15.0% CP, supplemented with five levels (0.00, 0.052, 0.107, 0.162, and 0.217%) of DL-methionine, to provide 0.517, 0.569, 0.624, 0.679, and 0.734% of digestible methionine + cystine in the rations. (mais) A 5 x 2 (methionine + cystine level and laying hen strain) factorial arrangement, with six replications per treatment and six hens per experimental unit in a completely randomized design was used. Egg production (%), egg mass and average egg weight (g), feed intake (g/hen.day), feed conversion (kg feed /egg dozen), body weight change (g) and internal egg quality (Haugh Units, albumen and yolk index) were evaluated. The methionine + cystine levels did not affect the body weight change, feed intake and egg quality in both laying hen strains. Feed conversion and egg production were positive influenced by the methionine + cystine level, as well as average egg weight and egg mass that presented a quadratic effect, exception for average eggs weight of semi heavy laying hens that presented linear effect. The digestible methionine + cystine requirement, estimated by quadratic model, for the light and the semi-heavy laying hens, was 0.693 and 0.692% in the ration, corresponding to the daily intake per hen of 825 and 793 mg lysine/day, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Exigência nutricional de metionina+cistina digestíveis para galinhas poedeiras de 54 a 70 semanas de idade/ Nutritional requirement of methionine+cistine digestibles for laying hens during a period of 54 to 70 weeks of age

Cupertino, Edwiney Sebastião; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Donzele, Juarez Lopes; Schmidt, Marlene; Mello, Heloisa Helena de Carvalho
2009-07-01

Resumo em português Objetivou-se determinar a exigência de metionina+cistina digestíveis no período de 54 a 70 semanas de idade. Utilizaram-se 360 aves (180 Lohmann LSL e 180 Lohmann Brown) em esquema fatorial 5 × 2 (5 níveis de metionina+cistina digestíveis e 2 variedades) no delineamento inteiramente casualizado com 6 repetições e 6 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de dietas suplementadas com cinco níveis de DL-metionina (98%), de forma a proporcionar (mais) 0,492; 0,544; 0,596; 0,648 e 0,700% de metionina+cistina digestíveis. Os parâmetros avaliados foram: produção de ovos, peso dos ovos, massa de ovos, consumo de ração, consumo de metionina+cistina digestível, conversão alimentar, componentes dos ovos (albúmen, gema e casca), qualidade interna do ovo (unidades Haugh, índice de albúmen e de gema), percentual de ovos não-comerciais e variação de peso corporal. Os níveis de metionina+cistina digestíveis estudados influenciaram a produção de ovos, o peso dos ovos, a massa de ovos, o consumo de ração, o consumo de metionina+cistina digestíveis, a conversão alimentar, o peso da gema e da casca e a variação de peso corporal. As exigências de metionina+cistina digestíveis foram estimadas pelos modelos de regressão polinomial. O valor estimado para a exigência de poedeiras leves foi de 0,645% de metionina+cistina digestíveis, correspondente a um consumo de 712 mg/ave.dia de metionina+cistina e 12,5 g de metionina+cistina digestível/g de massa de ovo produzida. Para as poedeiras semipesadas, a exigência foi de 0,655% de metionina+cistina digestíveis na dieta, correspondente a um consumo de 723 mg/ave.dia de metionina+cistina e 13,2 g de metionina+cistina digestível/g de massa de ovo produzida. Resumo em inglês This research was carried out using 360 laying hens (180 Lohmann LSL and 180 Lohmann Brown), to establish the nutritional requirement of digestible methionine+cystine in the period from 54 to 70 weeks of age. A completely randomized experimental design, in a 5 × 2 factorial arrangement (5 levels of digestible methionine+cystine and 2 laying hen strain), with 6 replications and 6 hens per experimental unit, was used. The treatments consisted of diets supplemented with (mais) 5 levels of DL-methionine (98%), resulting in 0.492, 0.544, 0.596, 0.648 and 0.700% of digestible methionine+cystine in diets. The parameters analyzed were: egg production, egg weight, egg mass, feed intake, digestible methionine+cystine intake, feed conversion, egg components (albumen, yolk and shell), internal quality (Haugh unit, albumen index and yolk index), the percentage of eggs does not trade and the body weight gain. The levels of methionine+cystine digestibles studied influenced the egg production, egg weight, egg mass, feed intake, digestible methionine+cystine intake, feed conversion, weight yolk and shell, and the body weight gain. The requirements of digestible methionine+cistine were estimated by polynomial regression models. The digestible methionine+cystine requirement, estimated for the laying hens light-weight was of 0.645% in the ration, corresponding to daily intake per hen of 712 mg and 12.5 g of methionine+cystine digestibles/g egg mass produced. For the laying hens semi-heavy was of 0.655% in the ration, corresponding to daily intake per hen of 723 mg and 13.2 g of methionine+cystine digestibles/g egg mass produced.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Exigência nutricional de lisina digestível para galinhas poedeiras de 54 a 70 semanas de idade/ Digestible lysine requirements of laying hens from 54 to 70 weeks of age

Cupertino, Edwiney Sebastião; Gomes, Paulo Cezar; Albino, Fernando Teixeira; Donzele, Juarez Lopes; Mello, Heloisa Helena de Carvalho; Schmidt, Marlene; Calderano, Arele Arlindo
2009-03-01

Resumo em português Um experimento foi realizado com o objetivo de determinar a exigência de lisina digestível no período de 54 a 70 semanas de idade. Utilizaram-se 360 aves com 54 semanas de idade, 180 (Lohmann LSL e 180 Lohmann Brown) em um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 5 × 2, composto de cinco níveis de lisina digestível e duas linhagens (leves e semipesadas), com seis repetições e seis aves por unidade experimental. Utilizou-se uma dieta basal defi (mais) ciente em lisina digestível suplementada com cinco níveis de L-lisina HCl (78%), de forma a resultar em dietas com 0,555; 0,605; 0,655; 0,705 e 0,755% de lisina digestível. Avaliaram-se a produção de ovos, o peso e a massa de ovos, o consumo de ração, a conversão alimentar, os pesos de albúmen, gema e casca, unidades Haugh, os índices de albúmen e de gema, o percentual de ovos não-comerciais e a variação de peso corporal. Nas poedeiras leves, houve efeito linear dos níveis de lisina sobre os consumo de ração e de lisina, o índice de gema e os pesos de albúmen e de gema e efeito quadrático sobre a produção de ovos, o peso e a massa de ovos, a conversão alimentar e o peso da casca. Nas poedeiras semipesadas, houve efeito linear dos níveis de lisina sobre o consumo de lisina e o peso dos ovos e efeito quadrático sobre a produção de ovos, a massa de ovos, a conversão alimentar e o peso da casca. As exigências de lisina digestível para as poedeiras leves e semipesadas no período de 54 a 70 semanas de idade são de 0,724 e 0,692% da dieta, que correspondem a 784 e 748 mg de lisina digestível/ave/dia e 14,9 e 14,5 g de lisina digestível/g de massa de ovo produzida. Resumo em inglês An experiment was performed to determine the dietary digestible lysine requirement of hens (Lohman LSL and Lohman Brown) from 54 to 70 weeks of age. Three hundred and sixty hens were randomly assigned to 5 × 2 factorial arrangement (Lys levels by hen strain), according to the dietary treatments withj six replicates (groups) of 6 birds. An experimental diet was formulated to contain deficient digestible lysine levels in order to be supplemented with lysine (L-Lys-HCL, (mais) 78%) originating the five dietary treatments (0.555; 0.605; 0.655; 0.705 and 0.755% of digestible lysine). The parameters analyzed were egg production, egg weight, egg mass, feed intake, lysine intake, feed conversion, albumen weight, yolk weight and shell weight, Haugh unit, albumen index and yolk index, percentage of non-commercial eggs and body weight gain. There was linear effect of lysine levels to light laying hens on feed intake, lysine intake, yolk index, albumen weight, yolk weight and quadratic effect on egg production, egg weight, egg mass, feed conversion and shell weight. For brown-type laying hens, there was linear effect of lysine levels on lysine intake and egg weight and quadratic effect on egg production, egg mass, feed conversion and shell weight. The digestible lysine requirements were estimated through polynomial regression models. Estimates of digestible lysine requirements were calculated as 0.724 and 0.692% for light laying hens and brown-type laying hens, respectively, which corresponds to 784 and 748 mg/hen/day and 14.9 and 14.5 g of digestible lysine/g egg mass produced, in the period from 54 to 70 weeks of age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Aceitação sensorial de reestruturados empanados elaborados com filé de peito de galinhas matrizes de corte e poedeiras comerciais/ Sensory acceptance of nuggets prepared with broiler breeder and spent layer hens breast meat

Nunes, Tatiana Pacheco; Trindade, Marco Antônio; Ortega, Edwin Moisés Marcos; Castillo, Carmen Josefina Contreras
2006-12-01

Resumo em português Em 2005, no Brasil, o alojamento de galinhas poedeiras comerciais e de matrizes de corte somados foi de 109 milhões de cabeças, sendo que um número próximo a este deve ter sido descartado no mesmo período. Este grande número de galinhas descartadas contrasta com a falta de mercado consumidor e o baixo valor comercial alcançado por estas aves. A utilização da carne de galinhas na elaboração de produtos de conveniência poderia agregar valor e ampliar o consumo d (mais) esta matéria-prima. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho foi elaborar produtos empanados tipo nuggets, utilizando carne de galinhas de descarte (matrizes de corte e poedeiras comercias brancas) e avaliar a aceitação pelo consumidor destes produtos, em comparação com nuggets elaborados com carne de frango. Os produtos desenvolvidos foram avaliados por análise sensorial, utilizando testes de aceitação e de intenção de compra em localização central (400 provadores). Não foram encontradas diferenças (p > 0,05) na aceitação sensorial nem na intenção de compra entre os três diferentes produtos avaliados. Concluiu-se que a elaboração de produtos empanados pode representar uma boa alternativa para a utilização de filés de peito de galinhas, agregando maior valor a estas aves ao final do ciclo de postura. Resumo em inglês In Brazil, the flock size of layer and broiler breeder hens housed in 2005 was 109 million. A similar number of hens might be spent in this period. This great number of spent hens contrasts with the absence of consumer market and the low commercial value reached by these birds. The manufacture of convenience products using spent hens meat could add value and elevate the consumption of this raw material. Thus, the purpose of this study was to develop nuggets made with spen (mais) t hens (white layers and broiler breeders) meat and evaluate the consumer acceptance of these products in comparison to nuggets elaborated with broiler meat. Sensory evaluation of acceptance and purchase intent was carried out in central location (400 consumers). No difference (p > 0.05) were detected by consumers in the acceptance and in the purchase intent tests between the three different nuggets evaluated. It was concluded that nuggets production could represent a good choice for the utilization of hens breast meat at the end their commercial laying cycle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Efeito da suplementação de linhaça, óleo de canola e vitamina E na dieta sobre as concentrações de ácidos graxos poliinsaturados em ovos de galinha/ Effect of dietary supplementation of flaxseed, canola oil and vitamin E upon polyunsaturated fatty acids in chicken eggs

Pita, M.C.G.; Piber Neto, E.; Carvalho, P.R.; Mendonça Junior, C.X.
2006-10-01

Resumo em português Estudou-se o efeito de diferentes fontes de ácidos graxos insaturados (óleo de canola e semente de linhaça), acrescidas de diferentes teores de alfa-tocoferol nas dietas de poedeiras, sobre a composição de ácidos graxos da gema do ovo foi estudado. Foram utilizadas 288 galinhas da linhagem Babcock que receberam dietas com 6% de óleo de canola, 20% de semente de linhaça moída ou 3% de óleo de canola e 10% de linhaça moída com teores de 0, 100 e 200UI/kg de alfa (mais) -tocoferol. As dietas com 20% de semente de linhaça proporcionaram teores mais elevados de ácidos graxos poliinsaturados no ovo com aumento, em particular, dos teores de ácido alfa-linolênico e EPA (ácido eicosapentaenóico) e diminuição de ácido araquidônico na gema. Os teores de vitamina E contidos nas rações experimentais não determinaram alteração significativa na deposição dos diferentes ácidos graxos na gema dos ovos, exceto com relação aos ácidos graxos saturados. Resumo em inglês The effect of dietary sources of polyunsaturated fatty acids - canola oil and flaxseed - with different vitamin E supplementation on the fatty acid deposition into the eggs of 288 Babcock laying hens was investigated. Birds were fed diets containing 6% of canola oil, 20% of flaxseed or a combination of 3% of canola oil and 10% of flaxseed, enriched with 0, 100 or 200Ul of dl-alpha-tocopheril acetate. The inclusion of flaxseed in the diets increased the yolk polyunsaturate (mais) d fatty acids, mainly alpha-linolenic acid and EPA (eicosapentaenoic acid). The concentration of alpha-tocopherol in the diet did not change the egg yolk, fatty acids deposition but changed the saturated fatty acids deposition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Efeito de diferentes níveis de sódio e fósforo sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais/ Effect of different levels of sodium and phosphorus on performance and eggshell quality of laying hens

Faria, Douglas Emygdio de; Junqueira, Otto Mack; Sakomura, Nilva Kazue; Santana, Áureo Evangelista
2000-04-01

Resumo em português Conduziu-se um experimento com o objetivo de verificar o efeito de diferentes níveis de sódio e fósforo (P) sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos e de determinados constituintes sangüíneos, em 144 galinhas Hy-Line W36, com 60 semanas de idade, distribuídas em 36 unidades experimentais com quatro aves cada. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso em arranjo fatorial (3 x 3), níveis de sódio (0,16; 0,20; e 0,24%) e níveis de fósforo total (0 (mais) ,35; 0,45; e 0,55%), totalizando nove tratamentos, dois blocos com duas repetições em cada bloco. As rações experimentais foram isoprotéicas (16,0% de PB), isocalóricas (2800 kcal de EM/kg) e isocálcicas (4,0% de Ca). Consumo de ração, produção e massa de ovos, conversão alimentar, porcentagem e espessura da casca e densidade aparente dos ovos não foram alteradas pelos níveis de sódio. Entretanto, quando as galinhas foram alimentadas com dietas contendo 0,35% de P total, verificou-se comprometimento da produção e massa de ovos e conversão alimentar, sem alteração das características de qualidade da casca. Houve interação entre os fatores para o peso dos ovos. Baixos níveis de P total não foram efetivos em melhorar a qualidade da casca dos ovos, mas prejudicaram o desempenho das galinhas. Resumo em inglês An experiment was carried out to verify the effect of different levels of sodium and phosphorus (P) on the performance, eggshell quality and on some blood constituents of 144 laying hens Hy-Line W36, aged 60 weeks, allotted to 36 experimental units with four hens each. A randomized experimental block design was used in a factorial arrangement (3 x 3), sodium levels (.16, .20 and .24%) and phosphorus levels (.35, .45 and .55%), totalizing nine treatments, two blocks with t (mais) wo replicates each. The experimental diets were isoproteic (16.0% CP), isoenergetic (2,800 kcal ME/kg) and isocalcium (4.0% Ca). Feed intake, egg production, egg mass, feed:gain ratio, shell percentage, shell thickness and egg specific gravity were not affected by sodium levels. However, when the hens were fed diets containing .35% total P, there was impairment of the egg production, egg mass and feed:gain ratio, without modification of the eggshell quality characteristics. There was interaction between the factors for egg weight. Low phosphorus levels were not effective to improve the eggshell quality, but impaired hens performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Farelo de gérmen de milho desengordurado na dieta de poedeiras comerciais de 28 a 44 semanas de idade/ Defatted corn germ meal in diets for laying hens from 28 to 44 weeks of age

Brunelli, Sandra Regina; Pinheiro, João Waine; Fonseca, Nilva Aparecida Nicolao; Oba, Alexandre; Silva, Caio Abércio da
2010-05-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido para avaliar os efeitos da inclusão de farelo de gérmen de milho desengordurado na dieta de galinhas de 28 a 44 semanas de idade. Foram utilizadas 240 poedeiras Hy-Line W36 distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com seis níveis de farelo de germen de milho desengordurado (0, 6, 12, 18, 24 e 30%),cada um com cinco repetições de oito aves. No período experimental, que durou quatro ciclos de 28 dias, foram avaliados os par� (mais) �metros de desempenho das aves (consumo de ração, produção de ovos, peso médio do ovo, massa de ovo e conversão alimentar) e de qualidade dos ovos (gravidade específica, índice de pigmentação da gema, porcentagem de gema e albúmen, porcentagem e espessura da casca e unidade haugh). Os níveis de farelo de gérmen de milho desengordurado tiveram efeito linear negativo sobre o consumo de ração e o índice de pigmentação da gema e efeito quadrático sobre a conversão alimentar. A inclusão de farelo de gérmen de milho desengordurado na dieta não influenciou as outras variáveis estudadas. O farelo de gérmen de milho desengordurado pode ser incluído em níveis de até 21,2% em rações para galinhas poedeiras. Resumo em inglês This experiment was conducted to evaluate the effect of including defatted corn germ meal in diets for laying hens. It was assigned two hundred and forty laying hens to a randomized design, with six diets and five replicates of eight hens per diet. Experimental diets were formulated by inclusion of defatted corn germ meal at 0, 6, 12, 18, 24 and 30% level. The period experiment was carried out for four 28-day cycles and performance (feed intake, egg production, egg weight (mais) , egg mass and feed conversion) and the egg quality (egg specific gravity, yolk color, yolk and albumen percentages, shell percentages, shell thickness and Haugh unity) were the evaluated parameters. Negative linear effect was observed for feed intake and yolk pigmentation by increasingly including defatted corn germ meal in diets for laying hens. Quadratic effect of defatted corn germ meal for feed conversion was also observed. No statistical differences were observed for any other parameters. Defatted corn germ meal can be included at 21.2% in laying hens diets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Efeito da transformação do ninho manual modelo holandês em mecânico na postura de ovos de cama em matrizes de frangos de corte/ Effect of the transformation of a hand-operated Dutch nest into a mechanical nest on the laying of floor eggs in broiler breeders

Pilotto, Fernando; Ribeiro, Andréa Machado Leal; Cargnelutti Filho, Alberto; Klein, Vilson Antonio
2010-10-01

Resumo em português Este trabalho visou adaptar o ninho manual modelo Holandês, cujo formato é bem aceito por matrizes de frangos de corte, a um modelo que permita fazer a coleta mecânica dos ovos. A adaptação consistiu em substituir a forração de maravalha por uma lâmina de madeira estofada e colocar uma correia de transporte para fazer o recolhimento dos ovos. Esta adaptação foi avaliada em dois experimentos no mesmo galpão, das 25 às 35 semanas de idade. Em ambos os experiment (mais) os, foram disponibilizados 69 módulos, cada um com 24 ninhos (ninho manual), para a coleta dos ovos de 7.690 galinhas e um módulo adaptado com 24 ninhos (ninho mecânico) para a coleta mecânica dos ovos de 110 galinhas. No primeiro experimento, foram comparadas as porcentagens semanais de ovos produzidos e de ovos de cama e, no segundo experimento, além dessas variáveis, foram observadas as porcentagens de ovos trincados e de ovos sujos de ninho. Também no experimento 2, visando reduzir os ovos postos na cama observados no experimento 1, foi colocada maravalha sobre a forração desenvolvida, do alojamento até 26ª semana. Utilizou-se um esquema fatorial 2 õ 11, no qual a parcela principal foi constituída pelos ninhos mecânico e manual e as subparcelas pelas 11 semanas de avaliação. A porcentagem semanal de ovos produzidos foi semelhante entre os dois tipos de ninho, tanto no experimento 1 como no experimento 2. As porcentagens de ovos cama (experimentos 1 e 2), ovos sujos e ovos trincados (experimento 2) obtidas com o ninho mecânico foram maiores que com o ninho manual. No experimento 2, a colocação de maravalha no ninho mecânico não contribuiu para a redução da porcentagem de ovos de cama. A transformação do ninho manual em mecânico aumentou o número de ovos postos na cama, de ovos trincados e de ovos sujos, comprovando pior aceitação desse tipo de ninho pelas galinhas. Resumo em inglês This experiment aimed at adapting the Dutch manual nest model, whose format is well accepted by the parental broiler lines, to a new model aiming the mechanical egg collection. Adaptation consisted on replacing wood shaving by stuffed wood sheet and the placement of a conveyor belt for egg collection. This adaptation was evaluated in two experiments in the same shed with breeders from 25 to 35 weeks of age. In both experiments, there were 69 available modules, each one wi (mais) th 24 nests (manual nest) for collection of eggs from 7,690 hens and one adapted module with 24 nests (mechanical nest) for mechanical collection of eggs from 110 hens. In experiment 1, weekly percentages of produced eggs and floor eggs were compared and in experiment 2, besides those variables, percentages of cracked eggs and dirty eggs in the nest were observed. Also in experiment 2, aiming to reduce floor eggs observed in experiment 1, wood shavings were added on the stuffed wood sheet, from lodging to the 26th week. It was used a 2 õ 11 factorial design, in which the main plot was constituted by the mechanical and manual nests and the sub-plots were composed of the eleven weeks of evaluation. The weekly percentage of produced weeks was similar for the two nest types, in both 1 and 2 experiments. Percentage of floor eggs (experiments 1 and 2), dirty eggs and cracked eggs (experiment 2) obtained with mechanical nest were worse than with manual nest. In experiment 2, placement of wood shavings in the mechanical nest did not contribute for reduction on floor egg percentage. Transformation of manual nest to mechanical nests increased the number of floor, dirty and cracked eggs, showing a worse acceptance of this type of nest by the hens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Sistemas de alimentação e suplementação de farinha de casca de ostras sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais/ Feeding systems and oyster shell meal supplementation on the performance and eggshell quality of laying hens

Faria, Douglas Emygdio de; Junqueira, Otto Mack; Sakomura, Nilva Kazue; Santana, Áureo Evangelista
2000-10-01

Resumo em português O objetivo desta pesquisa foi avaliar diferentes sistemas de alimentação e suplementação de farinha de casca de ostras sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos, determinados constituintes sangüíneos, e sobre a disponibilidade aparente do cálcio e fósforo dietéticos, em 120 galinhas Lohmann LSL, com 70 semanas de idade, distribuídas em 20 unidades experimentais com seis aves cada. O delineamento utilizado foi o inteiramente ao acaso em arranjo fatorial (mais) 2 x 2: sistemas de alimentação (ad libitum e jejum das 7 às 18 h) e suplementação de farinha de casca de ostras (0 e 6,5 g/ave/dia), totalizando quatro tratamentos com cinco repetições cada. Os resultados mostraram menor consumo de ração para as galinhas submetidas à restrição alimentar. Produção, peso e massa de ovos, conversão alimentar, porcentagem de casca, espessura de casca, densidade aparente dos ovos e os coeficientes de disponibilidade aparente do cálcio e fósforo não foram afetados pelos tratamentos. Concluiu-se que o fornecimento de ração após às 18 h e a suplementação de casca de ostras não se mostraram vantajosos para o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais. Resumo em inglês The objective of this experiment was to evaluate different feeding schedule and oyster shell supplementation on the performance and eggshell quality, determined blood constituents, and on the calcium and phosphorus apparent availability using 120 laying hens Lohmann LSL, aged 70 weeks, distributed in 20 experimental units with six hens each. A completely randomized experimental design was used in a factorial arrangement 2 x 2: feeding systems (ad libitum and fasting from (mais) 7 a.m. to 6 p.m.) and oyster shell meal supplementation (0 and 6.5 g/hen/day), totalizing four treatments with five replicates each. The results showed smaller feed intake with fasting. The characteristics egg production, egg weight, egg mass, feed:gain ratio, shell percent, shell thickness, egg specific gravity and apparent availability of the calcium and phosphorus were not altered by treatments. It was concluded that feeding of hens after 6 p.m. and oyster shell meal supplementation was not advantageous for the performance and eggshell quality of laying hens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Qualidade de ovos de consumo submetidos a diferentes condições de armazenamento/ Quality of consume eggs submitted to different storage conditions

Xavier, I.M.C.; Cançado, S.V.; Figueiredo, T.C.; Lara, L.J.C.; Lana, A.M.Q.; Souza, M.R.; Baião, N.C.
2008-08-01

Resumo em português Verificou-se a qualidade interna de ovos de consumo armazenados sob diferentes condições, utilizando-se 768 ovos, provenientes de galinhas Hy-line com 40 semanas de idade. Os tratamentos foram dispostos no delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2x4x8 (ovos embalados em filme plástico e não embalados), quatro períodos de estocagem em temperatura ambiente (zero, cinco, 10 e 15 dias) e oito períodos de armazenamento sob refrigeração (zero, cinco, 1 (mais) 0, 15, 20, 25, 30 e 35 dias). Foram avaliados os valores das Unidades Haugh (UH) e os de pH do albúmem (pH). Os valores de UH diminuíram com a estocagem, e houve uma queda mais acentuada nos ovos que permaneceram em temperatura ambiente. A embalagem das bandejas de ovos mostrou-se eficaz na preservação da qualidade interna dos ovos, pois os valores de UH mantiveram-se altos por um maior período de estocagem. Os índices de pH aumentaram com o período de armazenamento dos ovos (P Resumo em inglês The internal quality of 768 commercial white eggs from 40-week-old Hy-Line laying hens was evaluated after storage under different conditions. The eggs were submitted to treatments in a factorial scheme of 2x4x8, being two types of package (using plastic film or not), four periods of storage (zero, five, 10, and 15 days), and eight refrigerated storage times (zero, five, 10, 15, 20, 25, 30 and 35 days). The values of Haugh Unities (HU) and albumen pH were measured. The HU (mais) values significantly decreased (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Níveis de fósforo disponível e tamanho de partícula do fosfato bicálcico na dieta de poedeiras comerciais de 24 a 58 semanas de idade/ Levels of the available phosphorus and particle size of dicalcium phosphate in brown egg layer hens diet from 24 to 58 weeks of age

Araújo, Lúcio Francelino; Junqueira, Otto Mack; Araújo, Cristiane Soares da Silva; Savietto, Davi; Albuquerque, Ricardo de; Barbosa, Luís Carlos Garibaldi Simon
2010-06-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido para verificar o efeito de níveis de fósforo e do tamanho de partícula do fosfato bicálcico na dieta de poedeiras comerciais na fase de produção. Utilizou-se um delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 × 3 com dois tamanhos de partícula do fosfato (fino e granulado) e três níveis de fósforo disponível (0,28; 0,38 e 0,48%), totalizando seis tratamentos, cada um com cinco repetições de oito aves. As (mais) dietas experimentais foram isoproteicas, isocalóricas e isocálcicas. O consumo de ração, a produção de ovos, a massa de ovos, a conversão alimentar, a porcentagem de casca, a gravidade específica e os teores de cinzas, cálcio, fósforo e magnésio nos ossos não foram afetados pelas dietas. Dietas contendo fosfato bicálcico (fino ou granulado) e 0,28% de fósforo disponível atendem às exigências de fósforo de galinhas poedeiras semipesadas de 24 a 58 semanas de idade. Resumo em inglês An experiment was carried out to verify the effect of levels of phosphorus and the particle size of dicalcium phosphate on diets for brown egg layer hens during production phase. A complete randomized experimental design as a 2 × 3 factorial arrangement, with two sizes of particles of phosphate (fine and granulate) and three levels of available phosphorus (0.28, 0.38 and 0.48%), totalizing six treatements with five replications of eight birds each, was used. The experime (mais) ntal diets were isoproteic, isocaloric, and isocalcium. Feed intake, egg production, egg mass, feed conversion, shell percentage, egg specific gravity, ash, calcium, phosphorus and magnesium levels in the bones were not affected by the diets. Diets with dicalcium phosphate (fine or granulated) and 0.28% available phosphorus level meet the phosphorus requirements in brown egg layer hens from 24 to 58 weeks of age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Comparação de valores de energia metabolizável de alimentos determinados com frangos de corte e com codornas visando à formulação de dietas para codornas japonesas/ Comparison of metabolizable energy values of food determined with broilers and quails aiming at formulation of diets for Japanese quails

Araujo, Marcelle Santana de; Barreto, Sergio Luiz de Toledo; Gomes, Paulo Cezar; Donzele, Juarez Lopes; Balbino, Eric Márcio; Valeriano, Matheus Henrique
2011-02-01

Resumo em português Foram utilizadas 648 codornas japonesas com produção de ovos de 91,1% distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso com nove repetições e oito aves por unidade experimental. As dietas foram avaliadas em arranjo fatorial 3 × 3 (alimento × formulação), por meio de medidas de desempenho das aves e de qualidade dos ovos. A interação entre alimento alternativo e formulação influenciou o consumo de ração; as demais variáveis (desempenho e características i (mais) nternas e externas dos ovos) não foram influenciadas pelos alimentos alternativos avaliados. O ganho de peso, a taxa de postura, o peso médio de ovo, a massa de ovo, a conversão alimentar por massa e a porcentagem de casca variaram de acordo com a formulação. Os valores de energia metabolizável aparente corrigida do milho, do sorgo, do farelo de soja e das farinhas de vísceras de aves, de carne e ossos e de peixe determinados em frangos de corte e em galinhas poedeiras não são apropriados para formulação de dietas para codornas japonesas. Resumo em inglês It was used 648 Japanese quails with 91.1% of egg production in a completely randomized experiment design with nine replicates and eight birds per experimental unit. The diets were evaluated in a 3 × 3 factorial scheme (food × feed formulation) through bird performance measures and egg quality. The interaction among alternative food and formulation influenced feed intake. Both performance and internal and external egg traits were not affected by food alternative. Weight (mais) gain, laying rate, egg average weight, egg mass, feed conversion per mass and shell percentage varied according to the formulation. Values of corrected apparent metabolizable energy of corn, sorghum, soybean meal and poultry by product meal, meat and fish bones determined in broilers and laying hens are not suitable for formulation of diets for Japanese quails.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Avaliação de programas de iluminação sobre o desempenho zootécnico de poedeiras leves/ Evaluation of lightning programs upon the performance of white egg layers

Freitas, Henrique Jorge de; Cotta, Judas Tadeu de Barros; Oliveira, Antonio Ilson Gomes de; Gewher, Clóvis Eliseu
2005-04-01

Resumo em português Foi avaliado o efeito de programas de iluminação sobre o desempenho zootécnico de poedeiras leves ao final de produção, em experimento realizado no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras - UFLA. Foram testados um programa de iluminação intermitente e outro com apenas iluminação natural, em dias de luminosidade crescente, em comparação com um programa contínuo com a utilização de 288 poedeiras leves da linhagem Leghorn branca. As aves for (mais) am alojadas em galpão dividido em 3 ambientes, por lona de plástico preta, de forma que a iluminação de um não interferisse na dos outros. Cada ambiente experimental apresentou 32 gaiolas nas quais foram alojadas 96 galinhas. Foi realizado um período pré-experimental de 28 dias. O período experimental teve duração de 112 dias, em que avaliou-se o consumo de ração, a produção de ovos, o peso e a massa dos ovos e a conversão alimentar por massa de ovos. O delineamento utilizado foi o inteiramente ao acaso, com restrição nos tratamentos, e oito repetições. As aves submetidas ao programa de iluminação intermitente e iluminação natural consumiram (P0,05) nos programas de iluminação testados. A produção e a massa de ovos foi maior (P Resumo em inglês This experiment was conducted with objective to evaluate the effect of lighting programs for light at the Department of Animal Science of the Federal University of Lavras . An intermittent lighting program and another with only natural lighting on days of increasing lighting as compared with a continuous program by utilizing 288 light layers were tested. The hens were keept in a house divided into three environments in such a way the lighting of one did not interfere with (mais) that of the other one. The experimental period lasted 112 days , divided into four periods of 28 days. The design utilized was the completely randomized with restriction in the treatments and eight replicates. The means of the treatments were compared with the SNK test (5%). The hens of the continuous lighting program presented greater feed intake (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Níveis de lisina digestível e zinco quelato sobre os parâmetros produtivos de poedeiras marrons/ Digestible lysine and zinc chelate levels on the production variables of brown laying hens

Pacheco, Bruna Helena Carvalho; Trindade Neto, Messias Alves da; Albuquerque, Ricardo de; Schammass, Eliana Aparecida
2010-11-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a produção de ovos em galinhas Isa Brown alimentadas com dietas com diferentes níveis de lisina digestível e zinco quelato. Utilizaram-se 720 poedeiras marrons, em dois períodos de avaliação, de 24 a 36 e de 48 a 60 semanas de idade. As dietas foram avaliadas em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5 × 3, composto de 5 níveis de lisina digestível (0,482; 0,527; 0,582; 0,644 e 0,732%) e 3 de zinco quelato (20, 40 e 80 pp (mais) m), de modo que cada combinação foi testada em 6 repetições de 8 aves por unidade experimental. Na fase de 24 a 36 semanas de idade, houve influência da interação de lisina digestível e zinco no consumo médio diário de ração e na porcentagem de postura. Na fase de 48 a 60 semanas, a interação foi evidenciada somente no consumo médio diário de ração. O aumento da concentração de lisina digestível favoreceu o consumo de ração em todos os níveis de zinco. Em ambas as fases, a menor concentração de zinco atende às necessidades de produção das aves. O valor médio estimado de lisina digestível ideal foi de 0,732% para a fase de 24 a 36 semanas e de 0,578% para a fase de 48 a 60 semanas de idade. Resumo em inglês This work aimed at evaluating egg production in Isa Brown hens fed diets with different levels of digestible lysine and chelate zinc. It was used 720 brown laying hens, in two evaluation periods, from 24 to 36 and from 48 to 60 weeks of age. The diets were evaluated in a completely randomized design in a 5 × 3 factorial scheme composed of five levels of digestible lysine (0.482; 0.527; 0.582; 0.644 and 0.732%) and three levels of chelate zinc (20, 40 and 80 ppm), so each (mais) combination was tested in 6 repetitions of 8 birds per experimental unit. In the phase from 24 to 36 weeks of age, there was an influence of digestible lysine and zinc on average feed intake of the ration and on laying percentage. During the phase from 48 to 60 weeks of age, the interaction was evidenced only on the average feed intake. The increase of digestible lysine concentration favored feed intake at all zinc levels. In both phases, the lowest zinc concentration meets poultry production needs. The estimated average value of ideal digestible lysine was 0.732% for the phase from 24 to 36 weeks of age and 0.578% for phase from 48 to 60 weeks of age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Influência de diferentes níveis de energia, vitamina D3 e relação sódio:cloro sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais/ Influence of different levels of energy, vitamin D3 and sodium:chloride ratio on performance and eggshell quality of laying hens

Faria, Douglas Emygdio de; Junqueira, Otto Mack; Sakomura, Nilva Kazue; Santana, Áureo Evangelista
2000-04-01

Resumo em português RESUMO - Este experimento foi realizado com o objetivo de verificar a influência de diferentes níveis de energia, vitamina D3 e relação sódio:cloro sobre o desempenho e a qualidade da casca dos ovos e de determinados constituintes sangüíneos, em 192 galinhas Hy-Line W36, com 72 semanas de idade, distribuídas em 48 unidades experimentais com quatro aves cada. O delineamento utilizado foi o inteiramente ao acaso em arranjo fatorial (3 x 2 x 2), níveis de energia me (mais) tabolizável (2900, 3000 e 3100 kcal/kg), níveis de vitamina D3 (500 e 2500 UI/kg) e relação sódio:cloro (0,74:1 e 1,2:1), totalizando 12 tratamentos com quatro repetições cada. As rações experimentais foram isoprotéicas (17% PB), isocálcicas (4,4% Ca), isofosfóricas (0,5% P total) e isosódicas (0,16% Na). Os resultados evidenciaram que o peso dos ovos foi reduzido com o nível de 3100 kcal de EM/kg; a porcentagem de casca e a densidade aparente foram melhoradas com a utilização da relação sódio:cloro 1,2:1; e as características de desempenho e qualidade de casca não foram influenciadas pelos níveis de vitamina D3. Os níveis mais elevados de EM não melhoraram a qualidade da casca dos ovos de poedeiras, na fase final de produção; a relação sódio:cloro 1,2:1 se mostrou efetiva em melhorar essa característica. Resumo em inglês ABSTRACT - An experiment was carried out to verify the influence of different levels of energy, vitamin D3 and sodium: chloride ratio on the performance, eggshell quality and on determined blood constituents of 192 laying hens Hy-Line W36, aged 72 weeks, allotted to a 48 experimental units with four hens each. A completely randomized experimental design was used in a factorial arrangement (3 x 2 x 2), metabolizable energy levels (2900, 3000 and 3100 kcal/kg), vitamin D3 l (mais) evels (500 and 2500 IU/kg) and sodium: chloride ratios (.74:1 and 1.2:1), totalizing 12 treatments with four replicates each. The experimental diets were isoproteic (17% CP), isocalcium (4.4% Ca), isophosphorus (.5% total P) and isosodium (.16% Na). The results showed that egg weight decreased when diets with 3100 kcal ME/kg were used and better values for shell percent and specific gravity were obtaneid when hens were fed diets contained the sodium: chloride ratio 1.2:1. The vitamin D3 levels were not able to influence the performance and egg shell characteristics. The higher levels of energy were not effective to improve eggshell quality of the older hens. The sodium:chloride ratio 1.2:1 improved eggshell quality characteristics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Métodos alternativos de restrição alimentar na muda forçada de poedeiras comerciais/ Alternative methods of feed restriction in the forced molt of laying hens

Souza, Karina Márcia Ribeiro de; Carrijo, Alfredo Sampaio; Allaman, Ivan Bezerra; Fascina, Vitor Barbosa; Mauad, Juliana Rosa Carrijo; Suzuki, Francisco Manabu
2010-02-01

Resumo em português Foram avaliados métodos alternativos de restrição alimentar qualitativa em comparação à técnica convencional de muda forçada. Utilizaram-se 480 galinhas Babcock de 78 semanas distribuídas em três níveis de restrição alimentar (100, 75 e 50%) e três percentuais de redução de peso corporal (15, 20 e 25%), cada um com cinco repetições de 32 aves. Quando as aves atingiram o percentual de redução de peso corporal, determinaram-se o volume globular, os perce (mais) ntuais de ovário, oviduto, moela, intestino e gordura abdominal e o comprimento de oviduto. A partir do 28º dia e durante cinco períodos de 28 dias, observaram-se as características quantitativas e qualitativas de produção pós-muda. O maior período de restrição foi observado no nível de 50% e proporcionou menores percentuais de gordura abdominal (0,66%), ovário (0,60%), oviduto (0,77%) e comprimento de oviduto (32 cm). O percentual de produção de ovos foi maior no primeiro período para as aves submetidas aos métodos de 75 e 100% de restrição com 15 e 20% de redução de peso, respectivamente. Entretanto, para as aves com 50% de restrição e 25% de redução de peso, as maiores produções (86,80 e 83,20%) ocorreram no quarto e quinto períodos. A restrição alimentar qualitativa, em 50% da dieta com ração e casca de arroz, por ser menos agressiva, proporciona melhores condições de bem-estar e facilita o manejo da granja. Resumo em inglês Alternative methods were assessed of qualitative feed restriction compared to the conventional forced molt technique. Four hundred and eighty Babcock hens were used distributed in three levels of feed restriction (100, 75 and 50%) and three body weight reduction percentages (15, 20 and 25%), with five replications of 32 hens. When the birds reached the body weight reduction percentage the packed cell volume, percentages of ovary, oviduct, gizzard, intestine, abdominal fat (mais) and oviduct length were determined. Starting on day 28 and during five 28-day periods the quantitative and qualitative characteristics of production after forced molt were measured. The largest restriction period occurred at 50% of restriction that resulted in the smallest percentages of abdominal fat (0.66%), ovary (0.60%), oviduct (0.77%) and oviduct length (32 cm). The egg production percentage was higher in the first period, for the 75 and 100% restriction methods with up to 15 and 20% body weight reduction, respectively. However, for the birds with 50% restriction and 25% body weight reduction, the highest productions (86.80 and 83.20%) occurred in the 4th and 5th periods. Qualitative feed restriction at 50% of the diet with feed and rice hulls, because it was less aggressive, resulted in better welfare conditions and facilitated farm management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Uso de fosfatos com diferentes relações flúor: fósforo na alimentação de poedeiras semipesadas na fase de produção/ Use of phosphates with different fluorine:phosphorus ratios in diets for brown egg layer hens

Araújo, Lúcio Francelino; Araújo, Cristiane Soares da Silva; Junqueira, Otto Mack; Barbosa, Luís Carlos Garibaldi Simon; Albuquerque, Ricardo de; Faria, Douglas Emygdio de
2009-06-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido para verificar os efeitos de diferentes relações flúor:fósforo (F:P) na dieta sobre o desempenho e as concentrações de cálcio, fósforo, magnésio e flúor na tíbia de poedeiras comerciais semipesadas. Foram utilizadas 160 galinhas poedeiras, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (fontes de fósforo com diferentes relações flúor:fósforo - 1:40; 1:60; 1:80; 1:100) e cinco repetições de oito (mais) aves. No final do experimento, foram abatidas duas aves de cada repetição para coleta da tíbia e análise dos teores de flúor, cálcio, fósforo e magnésio. As relações flúor:fósforo não afetaram o consumo de ração, a produção de ovos, a conversão alimentar, o peso dos ovos e a gravidade específica. Entretanto, a porcentagem de casca e a espessura da casca foram menores quando a relação F:P foi de 1:100. Apesar da ausência de efeitos na produção de ovos, verificou-se redução de 7,3; 5,4 e 9,8% na produção entre as aves que receberam ração com a maior relação F:P (1:100) em comparação àquelas alimentadas com as rações com as relações de 1:40; 1:60 e 1:80, respectivamente. A deposição óssea de flúor reduziu e a de magnésio aumentou nas aves alimentadas com a ração contendo as maiores relação de F:P. As fontes de fósforo, nas relações fluor:fósforo de 1:40 a 1:80, podem ser utilizadas em dietas para poedeiras comerciais, pois não afetam o desempenho e a qualidade da casca dos ovos. Resumo em inglês One experiment was conducted to evaluate the effect of different dietary fluorine:phosphorus (F:P) ratios on the performance and bone parameters of layer hens. One hundred and sixty layer hens were randomly allotted to an experimental design with four treatments (phosphorus sources with different F:P ratios - 1:40, 1:60, 1:80, 1:100) with five replicates of eight layers each. At the end of the experiment, two birds per replicate were slaughtered and their tibias were coll (mais) ected to assess the fluorine, calcium, phosphorus and magnesium contents. The different F:P ratios did not affect the feed intake, egg production, feed conversion, egg weight and specific gravity. However, shell percentage and shell thickness were lower when the F:P ratio was 1:100. Despite the absence of effects on egg production, reductions of 7.3, 5.4 and 9.8% were verified among birds that received diets with higher F:P ratios (1:100) in relation to those fed with diets with 1:40, 1:60 and 1:80 ratios, respectively. The fluorine bone deposition decreased and that of magnesium increased in birds fed diets with the highest F:P ratios. P sources with F:P ratios of 1:40 and 1:80 may be used in diets for commercial layer hens, since they do not affect their performance and egg shell quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Utilização de xilanase em dietas compostas por milho e farelo de soja de poedeiras comerciais em postura/ Use of xylanase in diets composed of corn and soybean meal for comercial laying hens

Viana, Maurício Tárcio dos Santos; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Rostagno, Horacio Santiago; Silva, Eliane Aparecida da; Vieira, Rodolfo Alves; Ribeiro Junior, Valdir
2011-02-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o efeito da adição da enzima xilanase (Econase XT25) sobre o metabolismo de nutrientes e o desempenho de poedeiras no período de 24 a 48 semanas de idade. Foram utilizadas 288 poedeiras, distribuídas em delineamento experimental inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2 × 2, com dois níveis de energia metabolizável (2.900 e 2.755 kcal/kg) combinados ou não com a adição de xilanase (37,5 g/t de ração), totalizando quatro tratamentos (c (mais) ontrole positivo; controle negativo; controle positivo + xilanase; e controle negativo + xilanase), avaliados com 12 repetições de 6 aves por unidade experimental. As dietas controle positivo e controle positivo + xilanase foram formuladas seguindo as recomendações das Tabelas Brasileiras (100% de energia metabolizável), enquanto as dietas controle negativo e controle negativo + xilanase foram calculadas reduzindo 5% da energia metabolizável. A adição da enzima xilanase à dieta controle negativo proporcionou produção de ovos e massa de ovos semelhante às observadas no grupo controle positivo. A redução de 5% de energia metabolizável ocasionou diminuição na produção de ovos, na massa de ovos, piora da conversão alimentar e aumento do consumo de ração. A composição dos ovos não foram influenciada pelas dietas. Os valores médios de energia metabolizável aparente corrigida são maiores em dietas com maior nível de energia metabolizável. A adição de xilanase melhorou a utilização da energia e a produção de ovos em dietas para galinhas poedeiras. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effect of the addition of xylanase enzyme (Econase XT25) on the metabolism of nutrients and the performance of laying hens from 24 to 48 weeks of age. It was used 288 laying hens, distributed in a completely randomized design in a 2 × 2 factorial arrangement, with two levels of metabolizable energy (2,900 and 2,755 kcal/kg) combined or not with addition of xylanase enzyme (37.5 g/t of ration), totaling four treatments (posi (mais) tive control, negative control, positive control + xylanase; and negative control + xylanase), evaluated with 12 replicates of 6 birds per experimental unit. Positive control and positive control + xylanase diets were formulated following the recommendations by Tabelas Brasileiras (100% metabolizable energy) while negative control and negative control + xilanase diets were calculated by reducing 5% of metabolizable energy. The addition of xylanase enzyme to the negative control diet provided egg production and egg mass similar to the ones observed in the positive control group. Reduction of 5% of metabolizable energy resulted in a decrease in egg production, in egg mass, worsening in feed conversion and increase in feed intake. Composition of the eggs was not affected by the diets. The average values of corrected apparent metabolizable energy are higher in diets with higher level of metabolizable energy. The addition of enzyme xylanase improved the use of energy and egg production in diets for laying hens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Vitaminas D e C para poedeiras na fase inicial de produção de ovos/ Vitamins D and C for laying hens at the initial phase of egg production

Salvador, Daniely; Faria, Douglas Emygdio de; Mazalli, Monica Roberta; Ito, Diogo Tsuyoshi; Faria Filho, Daniel Emygdio de; Araújo, Lúcio Francelino
2009-05-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar os efeitos de duas fontes de vitamina D e três níveis de vitamina C sobre as características de desempenho, a qualidade interna e externa dos ovos, os níveis de cálcio total e iônico séricos e a resistência óssea de poedeiras. Foram utilizadas 288 galinhas da linhagem ISA Babcock B300® com 23 semanas de idade, durante um período experimental de 12 semanas. Utilizou-se o delineamento inteiramente ao acaso em (mais) arranjo fatorial 2 × 3, com os fatores: fontes de vitamina D (colecalciferol e 25-hidroxicolecalciferol - 25(OH)D3) e de vitamina C (0, 100 e 200 ppm), totalizando seis tratamentos com oito repetições de seis aves. O nível basal de colecalciferol foi de 2.756 UI/kg, correspondendo a 5,51 g do produto comercial Hy.D®/t de ração, como fonte de 25(OH)D3. Os fatores estudados não influenciaram o consumo de ração, a produção, o peso e a massa de ovos. Observou-se efeito da interação de fontes de vitamina sobre a conversão alimentar, que foi melhor quando utilizado metabólito 25(OH)D3 na ausência de vitamina C. Interações foram observadas para porcentagem de albúmen e porcentagem de gema, que aumentaram na presença de 200 ppm de vitamina C. O peso específico dos ovos, as concentrações de cálcio sérico, cinzas ósseas e a resistência à quebra não foram influenciadas pelas fontes de vitamina D e C. Houve interação para porcentagem e espessura de casca, cujos maiores valores foram obtidos com a suplementação de vitamina C na presença de 25(OH)D3. Em poedeiras na fase inicial de produção, a conversão alimentar é melhor com a utilização do 25(OH)D3 e a espessura e porcentagem de casca também melhoram com a utilização de 25(OH)D3 e a suplementação de vitamina C nas dietas (100 ou 200 ppm, respectivamente). Resumo em inglês An experiment was conducted to evaluate the influence of two vitamin D sources and three vitamin C levels on performance, internal and external egg quality, and bone strength characteristics. In addition, the total and ionic blood calcium concentrations, bone ash and calcium were determined. Two hundred and eighty eight 23-week-old ISA Babcock B-300® laying hens were used during the 12-week study in a 2 × 3 factorial arrangement: vitamin D sources (cholecalciferol a (mais) nd 25-hydroxycholecalciferol - 25(OH)D3) and vitamin C levels (0, 100 and 200 ppm) resulting in six treatments with eight replicates of six hens each. The basal cholecalciferol level was 2,756 IU/kg, corresponding to 5.51 g Hy.D®/t, as source of 25(OH)D3. Feed intake, egg production, egg weight and egg mass were not influenced by the treatments. An interaction was observed for feed conversion, which was improved when 25(OH)D3 was added without vitamin C. Haugh unit and yolk index were not influenced, however, interactions were observed for albumen percent and yolk percent, which were improved when 200 ppm of vitamin C was supplemented. Egg specific gravity, serum calcium, bone ash and bone strength resistance were not influenced by the treatments. There was an interaction for shell percent and shell thickness, which were improved when vitamin C was added in association with 25(OH)D3. It was concluded, for laying hens at initial phase of egg production, that feed conversion is improved when 25(OH)D3 was the vitamin D source, and that shell thickness and shell percent are improved when the vitamin D source was 25(OH)D3 with diets supplemented with vitamin C (100 or 200 ppm, respectively).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Concentração de proteínas em gemas de ovos de poedeiras (Gallus gallus) nos diferentes ciclos de postura e sua interferência na disponibilidade do ferro/ Protein concentration (phosvitin and lipovitelin) in egg yolks of Laying Hens (Gallus gallus) in different posture cycles and its interference in the iron availability

Sartori, Érika Vidal; Canniatti-Brazaca, Solange Guidolin; Cruz, Sandra Helena da; Gaziola, Salete Aparecida
2009-09-01

Resumo em português O ovo é o produto de eficiente transformação biológica feita pela galinha (Gallus gallus) de postura, com alta qualidade nutricional para o consumo humano. Na gema do ovo encontra-se a proteína denominada fosvitina, que atua como carreadora do ferro se ligando a ele. A deficiência de ferro ocorre normalmente devido ao consumo insuficiente de alimentos fontes de ferro ou à baixa biodisponibilidade. O objetivo da pesquisa foi verificar a concentração de proteínas, (mais) em especial a fosvitina/lipovitelina presente em gemas de ovos crus e cozidos nos diferentes ciclos de postura (inicial, intermediário e final) e avaliar a interferência desta proteína na disponibilidade do micronutriente ferro. Os tratamentos foram realizados em diferentes períodos e utilizaram ovos crus e cozidos, sendo gemas cruas de poedeiras em início, meio e fim de postura e gemas cozidas nos três ciclos de postura. Foram realizadas as análises de composição centesimal, concentração de ferro total e dialisável, concentração de proteínas em gemas e eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE). Houve diferença na concentração de proteínas e diferentes níveis de ferro dialisável nos três ciclos de postura, porém em gemas cruas e cozidas. Com o passar dos ciclos (inicial, intermediário e final), as poedeiras mais velhas, apresentaram ovos (gemas) com um teor mais elevado de ferro disponível, porém uma quantidade inferior de proteínas em especial a fosvitina/lipovitelina, comparando-se com os ciclos inicial e intermediário. A disponibilidade de ferro foi mais elevada em gemas que passaram pelo processo de cocção, porém em poedeiras de postura final. Resumo em inglês The egg is the product of efficient biological transformation made by a laying hen. It has high nutritional value for human consumption. Most of the iron in egg yolk is bound by phosvitin, a major protein present in the egg yolk. Iron deficiency normally occurs due to insufficient intake of dietary iron or its low the bioavailability. The objective of this research was to verify the protein concentration, specially the phosvitin/lipovitelin in egg yolks of raw and cooked (mais) eggs in different posture cycles (initial, intermediate, final), and to evaluate the interference of this protein in the availability of the iron micronutrient. The treatments were carried in different periods using raw and cooked eggs. The yolks of raw eggs of laying hens were used in the initial, intermediate and final phases of posture and yolks of cooked eggs in the three posture cycles. Analyses of proximal composition, concentration of total and available iron, protein concentration in egg yolks, and eletrophoresis in poliacrilamida (SDS-PAGE) were performed. There was difference in the protein concentration and in the levels of iron availability in the three posture cycles. After running through the cycle (initial, intermediate, and final), the eggs yolks of the older hens presented an increased amount of available iron and lower amount of proteins, specially the fosvitin/lipovitelin, if compared to the initial and intermediate cycles. The highest iron availability content was found in cooked egg yolks and in hens in the final posture cycle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Valores energéticos e efeitos da inclusão da farinha integral da vagem de algaroba (Prosopis juliflora (Sw.) D.C.) em rações de poedeiras comerciais/ Energy values and effects of integral mesquite pods (Prosopis juliflora (Sw.) D.C.) meal inclusion in commercial laying hens diets

Silva, José Humberto Vilar da; Silva, Edson Lindolfo da; Jordão Filho, José; Toledo, Rodrigo Santana; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Ribeiro, Marcelo Luís Gomes; Couto, Humberto Pena
2002-11-01

Resumo em português Um ensaio de metabolismo foi realizado para determinar os valores de EMV e EMVn da farinha integral de vagem de algaroba (FVA) com galos cecectomizados, utilizando o método Sibbald. Um experimento de desempenho foi realizado para avaliar os efeitos da inclusão da FVA em níveis de 0; 5; 10; 15; 20; 25; e 30% em rações peletizada e farelada para poedeiras comerciais. No experimento 1, foram obtidos valores de EMV e EMVn de 2819 e 2806 kcal, respectivamente, enquanto a (mais) FVA apresentou cinco vezes mais celulose e quatro vezes mais lignina em comparação com o milho. No experimento 2, verificou-se que a peletização aumentou o peso vivo, peso dos ovos e da clara e a porcentagem de clara e reduziu a porcentagem de gema. O nível de 30% da FVA reduziu o peso e a massa de ovos e piorou a conversão alimentar, em comparação ao tratamento controle. Houve efeito quadrático do nível da FVA (como efeito principal) sobre o consumo de ração, a produção de ovos, massa de ovos, conversão alimentar por massa e porcentagens de casca, clara e gema. O consumo da FVA cresceu linearmente nas rações peletizada e farelada em resposta ao seu aumento na ração. A inclusão da FVA até 13,6%, em substituição ao milho, em rações isoprotéicas e isoenergéticas não afetou adversamente o desempenho de poedeiras comerciais. Resumo em inglês An experiment was carried out to determine TME and TMEn values of integral mesquite pods meal (MPM) in cecectomized cockerels by Sibbald method. A second experiment was conducted to examine the effects of MPM inclusion (0, 5, 10, 15, 20, 25 and 30%) in pelleted and mashed diets on laying hens performance. In the experiment 1, values of TME and TMEn in raw MPM were 2819 and 2806 kcal/kg, respectively, while cellulose and lignin contents were five- and four-fold higher than (mais) in corn. Results of experiment 2 showed that pelleting increased live weight, egg and albumen weight and percentage of albumen, and reduced yolk percentage. The 30% MPM level reduced egg and mass weights and affected feed to egg mass ratio when compared to control. There was quadratic effect of MPM levels (as main effect) on feed intake, egg production, egg mass, feed to egg mass ratio, and the percentages of shell, albumen and yolk. The MPM intake increased linearly according to their diet addition level. The inclusion of MPM up to 13.6% in isonitrogen and isoenergy diets did not adversely affect laying hens performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Uso de rações à base de aminoácidos digestíveis para poedeiras/ Use of digestible amino acids based diets for laying hens

Silva, José Humberto Vilar da; Mukami, Flordivina; Albino, Luiz Fernando Teixeira
2000-10-01

Resumo em português O objetivo deste experimento foi comparar o desempenho de poedeiras alimentadas com rações formuladas com diferentes níveis de lisina e aminoácidos sulfurosos digestíveis. Um total de 144 poedeiras leves, com 24 semanas de idade, foi distribuído ao acaso em três tratamentos com oito repetições de seis aves. Uma ração de alta digestibilidade em aminoácidos (AD) à base de milho e farelo de soja, como controle positivo, foi comparada a outras rações contendo a (mais) limentos alternativos em substituição parcial do milho e do farelo de soja. A segunda ração foi formulada com baixa digestibilidade (BD) de lisina e aminoácidos sulfurosos em relação à ração AD. A terceira ração (BD+AA) foi similar à ração BD, mas suplementada com L-Lisina·HCL e DL-Metionina, adicionadas para se obterem níveis de aminoácidos digestíveis iguais à ração AD. As avaliações foram realizadas em três períodos de 28 dias. Não houve efeito das rações sobre consumo de ração, produção, peso e massa de ovos e conversão alimentar por massa de ovo. A qualidade interna do ovo medida pela unidade Haugh e pelos índices de gema e de albúmen também não foi afetada. Os resultados do presente trabalho não confirmaram os benefícios de se formularem rações com base em aminoácidos digestíveis para poedeiras, a partir da informação de aminoácidos digestíveis obtida com galos cecectomizados. Resumo em inglês The objective of this experiment was to evaluate the laying hens performance fed diets with different levels of lysine and sulfur amino acids digestible. A total of hundred and forty-four 24-week-old hens was allotted to a complete randomized design with three treatments, each with eight replicates of six hens. A corn-soybean positive control diet with high amino acids digestibility (HD) was compared to another diet using various by-products to partially replace corn and (mais) soybean meal. The second diet was formulated with low digestibility (LD) of lysine and sulfur amino acids as HD diet. The third diet (LD+AA) was similar to LD diet, but supplemented with L-Lysine·HCL and DL-methionine added to obtain levels of true digestible amino acids equal to HD diet. The evaluations were carried out in three periods of 28 days. There were no differences on feed intake, egg production, egg weight, egg mass and feed:egg mass ratio. The egg quality estimated by Haugh unit and by yolk and albumen index were not affected. The use of digestible amino acids based diet for layers hens was not confirmed in this research from digestible amino acids information obtained with cecectomized roosters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Teores de ácidos graxos em ovos comerciais convencionais e modificados com ômega-3/ Fatty acids levels in conventional and designer omega-3 commercial eggs

Cedro, Thaiz Marinho Magalhães; Calixto, Lígia Fátima Lima; Gaspar, Arlene; Hora, Alessandra Souza
2010-08-01

Resumo em português Objetivou-se comparar os teores de ácidos graxos em ovos comerciais convencionais e em ovos modificados com ômega-3. Foram utilizadas 864 poedeiras da linhagem Isa Brown aleatoriamente distribuídas em dois grupos, de modo que cada gaiola com quatro aves foi considerada uma repetição, totalizando 216 repetições. No grupo para produção de ovos convencionais, as aves foram alimentadas durante toda a vida produtiva com ração à base de milho e farelo de soja, enqua (mais) nto, no grupo para produção de ovos modificados, foram alimentadas, a partir da 22ª semana de idade, com ração contendo 1,5% de substrato de algas marinhas e 1,8% de óleo de peixe. Foram coletados, aleatoriamente, 180 ovos de cada grupo de poedeira (totalizando 360 ovos), que foram distribuídos em delineamento de blocos ao acaso, considerando cada ovo uma repetição. Os ovos modificados com ômega-3 apresentaram menores de índice de gema, mas não diferiram dos ovos convencionais quanto aos demais parâmetros de qualidade. As médias de ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 e de ácidos graxos monoinsaturados foram mais altas nos ovos modificados. As relações entre ácidos graxos poliinsaturados e saturados e entre ômega-6 e ômega-3 nos ovos modificados foram próximas ao ideal estimado para alimentação humana. As médias de ácidos graxos poliinsaturados da série ômega-6 e de ácidos graxos saturados nos ovos convencionais foram significativamente maiores que dos ovos modificados com ômega-3. Resumo em inglês The objective of this work was to compare the levels of fatty acids between conventional commercial eggs and designer omega-3 eggs. It was used 864 Isa Brown line laying hens randomly distributed in two groups, so each cage with four birds was considered a replicate, totalizing 216 repetitions. In the group for production of conventional eggs, birds were fed corn- and soybean-based rations during the entire productive life while in the group for production of designer egg (mais) s, they were fed, from the 22nd week of age, rations with 1.5% of marine algae substrate and 1.8% fish oil. A total of 180 eggs was randomly collected from each group of the laying hens (totalizing 360 eggs), which were distributed in a randomized block design, considering each egg a replicate. Designer omega-3 eggs showed the lowest yolk index, but they did not differ from the conventional eggs regarded to the other parameters of quality. Means of omega-3 polyunsaturated fatty acids and monounsaturated fatty acids were higher for designer eggs. The relationships between polyunsaturated and saturated fatty acids and among omega-6 and omega-3 in designer eggs were close to the ideal estimated for human consumption. Means of the polyunsaturated fatty acids from the omega-6 series and of saturated fatty acids were significantly higher than omega-3 designer eggs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Relação cálcio:fósforo disponível e níveis de fitase para poedeiras semipesadas no primeiro e segundo ciclos de postura/ Calcium:available phosphorus ratio and phytase levels for semi heavy laying hens in the first and second posture cycle

Silva, José Humberto Vilar da; Araujo, José Anchieta de; Goulart, Cláudia de Castro; Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Sakomura, Nilva Kazue; Martins, Terezinha Domiciano Dantas
2008-12-01

Resumo em português Dois experimentos foram realizados para investigar a relação cálcio (Ca):fósforo disponível (Pd) e o nível de fitase (UF) no primeiro e segundo ciclos de postura. No primeiro ciclo de postura, 128 aves foram distribuídas em arranjo fatorial 3 × 2 + 1, composto de três relações Ca:Pd (14:1 = 4,2% Ca e 0,30% Pd; 12:1 = 3,5% Ca e 0,30% Pd; e 9:1 = 3,5% Ca e 0,38% Pd), dois níveis de fitase (0 e 600 UF) e uma relação Ca:Pd controle (11:1 - 4,2% Ca e 0,38% Pd (mais) ). No segundo ciclo de postura, 240 aves foram distribuídas em arranjo fatorial 2 × 2 × 2, composto de dois níveis de cálcio (3,5 e 4,2%), dois de fósforo disponível (0,30 e 0,38%) e dois de fitase (0 e 600 UF). No primeiro ciclo, entre as aves alimentadas com as rações sem fitase, o maior peso dos ovos (PO) foi obtido com a relação 9:1 (3,5% Ca e 0,38% Pd) e o menor, com a relação 12:1 (3,5% Ca e 0,30% Pd). A melhor massa de ovos (MO) e conversão alimentar por massa de ovos (CAMO) foram observadas nas aves alimentadas com a ração com relação Ca:Pd 14:1 e a pior, com a ração formulada com relação 12:1. Nas aves alimentadas com a ração com fitase, a melhor conversão alimentar por massa de ovos foi obtida com a relação 12:1 (3,5% Ca e 0,30% Pd) e a pior, com a relação 9:1 (3,5% Ca e 0,38% Pd). No segundo ciclo, o consumo de ração (CR) reduziu com o aumento dos níveis de cálcio (3,5 para 4,2%), fósforo disponível (0,30 para 0,38%) e fitase (0 para 600). As conversões alimentares por massa de ovos e por dúzia de ovos melhoraram, respectivamente, com o aumento dos níveis de fósforo disponível e de fitase, enquanto a gravidade específica melhorou com o aumento do nível de cálcio da ração. Para poedeiras no primeiro ciclo de postura, recomendam-se as relações 14:1 (4,2% Ca:0,30% Pd) sem fitase e 12:1 (3,5% Ca:0,30% Pd) com 600 UF e, para aves no segundo ciclo de postura, recomenda-se relação correspondente a 4,2% Ca e 0,38% Pd. A suplementação de rações deficientes em fósforo disponível com 600 UF melhora o peso dos ovos no segundo ciclo de postura. Resumo em inglês Two experiments were carried out to investigate the calcium (Ca):available phosphorus (aP) ratio and the level of phytase in the first and second posture cycle. In the first posture cycle, 128 birds were distributed to a 3 × 2 + 1 factorial arrangement, composed of three Ca:aP ratio [14:1 (4.2% Ca and 0.30% aP), 12:1 (3.5% Ca and 0.30% aP), and 9:1 (3.5% Ca and 0.38% aP)], two levels of phytase (0 and 600 Phytase Units - PU) and a Ca:aP control [11:1 (4.2% Ca and 0.3 (mais) 8% aP)]. In the second posture cycle, 240 birds were distributed to a 2 × 2 × 2 factorial arrangement, composed of two Ca (3.5 and 4.2%), two aP (0.30 and 0.38%) levels and two phytase levels (0 and 600 PU). In the first posture cycle, among birds fed diets without phytase, the greater eggs weight was obtained with 9:1 Ca:aP ratio and the smaller, with 12:1 Ca:aP ratio. The best eggs mass and feed conversion by eggs mass (FCEM) were observed in birds fed a diet with 14:1 Ca:Pd ratio and worse, with the ration with 12:1 Ca:aP ratio. In birds fed diet with phytase, the best FCEM was obtained with 12:1 Ca:aP ratio and worse, with 9:1 Ca:aP ratio. In the second posture cycle, the diet consumption decreased with increasing levels of calcium (3.5 to 4.2%), available phosphorus (0.30 to 0.38%) and phytase (0 to 600 PU). Feed conversion by eggs mass or per dozen eggs improved, respectively, with increasing levels of available phosphorus and phytase, while specific gravity improved with the increase of dietary calcium level. For laying hens in the first posture cycle, it is recommended 14:1 (4.2% Ca:0.30% Pd) ratio without phytase and 12:1 (3.5% Ca:0.30% Pd) ratio with 600 PU and, for birds in the second posture cycle, it is recommended 14:1 (4.2% Ca and 0.38% Pd) ratio. The supplementation of diets deficient in available phosphorus with 600 PU improves egg weight in the second posture cycle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Rastreabilidade da farinha de carne e ossos bovinos em ovos de poedeiras alimentadas com ingredientes alternativos/ Traceability of bovine meat and bone meal in eggs from laying hens fed with alternative ingredients

Denadai, Juliana Célia; Ducatti, Carlos; Sartori, José Roberto; Pezzato, Antonio Celso; Móri, Cleusa; Gottmann, Rosana; Mituo, Mariela Akie Okino
2009-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi detectar traços de farinha de carne e ossos bovinos, em ovos de poedeiras alimentadas com dietas comerciais com inclusão de ingredientes vegetais alternativos e leveduras. A detecção foi feita pela técnica dos isótopos estáveis do carbono e do nitrogênio. Foram utilizadas 384 poedeiras, distribuídas aleatoriamente em oito tratamentos. Os tratamentos consistiram de uma dieta-controle - à base de milho e farelo de soja - e sete dietas (mais) com inclusão de farinha de carne e ossos bovinos, acrescidas ou não de outros ingredientes (farelo de trigo, quirera de arroz, farelo de algodão, glúten de milho, levedura de cana e levedura de cerveja). No 35º dia, foram tomados aleatoriamente 24 ovos por tratamento: 12 para análise de ovo e 12 para análise de gema e albúmen, em separado. Após análise isotópica de carbono e nitrogênio, os resultados foram submetidos à análise multivariada de variância. As médias dos pares isotópicos dos ovos, gema e albúmen, em todos os tratamentos, diferiram daquelas do tratamento-controle. A técnica dos isótopos estáveis permite detectar, nos ovos, gema e albúmen, a farinha de carne e ossos bovinos utilizada na dieta de poedeiras, mesmo com a inclusão de outros ingredientes vegetais e leveduras. Resumo em inglês The objective of this work was to detect traces of the bovine meat and bones meal in eggs of laying hens fed on commercial diets including alternative plant ingredients and yeast. The bovine meal detection was performed through carbon and nitrogen stable isotope technique. Three hundred eighty-four laying hens were randomly distributed in eight treatments. Treatments consisted of one control diet - a corn-and-soybean based meal - and seven diets with bovine meat and bone (mais) meal, including or not other ingredients (wheat bran, rice, cottonseed meal, corn gluten meal, sugarcane yeast and brewer yeast). At the 35th day, 24 eggs per treatment were randomly collected, 12 for egg analyses and 12 for yolk and albumen analyses. After isotopic analysis of carbon and nitrogen, the results were submitted to multivariate analysis of variance. The average isotopic pairs of egg, yolk and albumen of all treatments differed from those of the control. The stable isotope technique allowed detection of bovine meat and bone meal in eggs, yolk and albumen, produced by laying hens fed on diets with inclusion of plant ingredients and yeast.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Qualidade físico-química e sensorial da carne de peito de matrizes pesadas de descarte/ Physical, chemical and sensorial breast meat quality of spent breeder hens

Komiyama, Claudia Marie; Mendes, Ariel Antonio; Sanfelice, Cristiane; Cañizares, Marleide Costa; Roça, Roberto de Oliveira; Takahashi, Sabrina Endo; Rodrigues, Luciana; Cañizares, Gil Ignácio Lara; Paz, Ibiara Correia de Lima Almeida; Cardoso, Karen Franco de Godoi
2010-07-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi avaliar as características de qualidade: pH, cor, valor R, perda por exsudação, capacidade de retenção e absorção de água, capacidade de emulsificação, perdas por cocção, força de cisalhamento e análise sensorial da carne de matrizes pesadas de descarte de frangos de corte. A carne de peito de matrizes apresentou valores médios do parâmetro pH, valor R, perda por exsudação e valor de L* de 5,70, 1,43, 2,00 e 50,11, res (mais) pectivamente. Para a capacidade de retenção e absorção de água, perda de peso por cozimento e força de cisalhamento, os valores médios foram de 77, 58, 18% e 4,94kgf cm-2, respectivamente. Na análise sensorial, a carne de matriz apresentou baixa intensidade de maciez (6,9) e menor suculência (3,4) e foi a mais elástica, borrachenta e difícil de deglutir. A carne de matrizes pesadas de descarte apresenta boas características de qualidade tecnológicas que possibilitam sua utilização como matéria-prima para a elaboração de industrializados. Resumo em inglês The aim of this research was evaluate the meat quality broiler breeder hens: pH, color, R value, drip loss, water holding capacity, water absorption capacity, emulsion capacity, cooking loss, shear force and sensorial analysis. The breast meat of broiler hens presents means values for pH, R value, drip loss and L* value parameter of 5.70, 1.43, 2.00 and 50.11, respectively. The means value for water retention capacity, water absorption capacity, cooking loss and shear for (mais) ce, were 77, 58, 18% e 4.94kgf cm-2 respectively. For sensory analysis, the meat of broiler hen present lower tenderness intensity (6.9), lower succulence (3.4), more elasticity, rubbery and swallowing difficulties. The meat of broiler hens presented good technology quality characteristics that make it possible to be used as meat for elaborated industry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Proporções entre ácidos graxos poliinsaturados em ovos comerciais convencionais e enriquecidos com ômega-3/ Proportions between polyunsaturated fatty acids in conventional commercial and enriched eggs with omega-3

Cedro, Thaiz Marinho Magalhães; Calixto, Lígia Fátima Lima; Gaspar, Arlene; Agostinho, Tarcísio Simões Pereira
2011-01-01

Resumo em português Um experimento foi realizado para comparar as proporções entre ácidos graxos (AG) em gemas de ovos comerciais convencionais e enriquecidos com ômega-3 (ω-3). No grupo 1, foram alimentadas 432 aves durante toda vida produtiva com ração à base de milho e farelo de soja (produção de ovos convencionais) e, no grupo 2, a partir da 22a semana de idade, as aves foram alimentadas com ração contendo 1,5% de substrato de algas marinhas e 1,8% de óleo de peixe (prod (mais) ução de ovos enriquecidos com ω-3). Coletaram-se aleatoriamente 180 ovos de cada grupo de poedeira e estes distribuídos em delineamento em blocos ao acaso, considerando um ovo como uma repetição. As relações entre ácidos graxos insaturados/saturados, poliinsaturados das séries ω-6/ ω-3, linoléico/alfa-linolênico, araquidônico/docosahexanóico dos ovos enriquecidos com ω-3 foram inferiores a dos ovos convencionais. As proporções entre AG estudadas dos ovos enriquecidos com ω-3 foram inferiores a dos ovos convencionais, ficando, portanto, dentro do limiar ideal estimado para o consumo de gordura por humanos. Resumo em inglês An experiment was carried out to compare the proportions of fatty acids in conventional and enriched ω-3 commercial yolk eggs. In group 1, 432 birds were fed throughout productive life with basal diet of corn and soybean meal (production of conventional eggs) and in group 2, the others hens, from the 22nd week-old, was added to the basic diet, 1.5% of substrate of marine algae and 1.8% of fish oil (production of designer ω-3 eggs). There were randomly collected (mais) 180 eggs from each group of hens and those distributed in complete randomized blocks design, considering one egg as a replicate. The proportions between unsaturated/saturated fatty acids, polyunsaturated ω-6/ ω-3 series, linoleic/alpha-linolenic acid, arachidonic/docosahexaenoic eggs enriched with ω-3 were lower than conventional eggs. The interrelationships between fatty acid studied of the ω-3 enriched eggs were lower than conventional eggs, and, accordingly, within the ideal threshold value for fat consumption by humans.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Programas de alimentação para matrizes pesadas após o pico de postura, com base em modelos para predizer a exigência energética/ Feeding programs for broiler breeder hens after peak production based on models to predict energy requirements

Sakomura, Nilva Kazue; Santos, Andrea Luciana dos; Freitas, Ednardo Rodrigues; Rabello, Carlos Boa-Viagem
2004-10-01

Resumo em português Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o desempenho de matrizes pesadas, submetidas a diferentes programas de alimentação estabelecidos pela aplicação de modelos para predizer as exigências energéticas, após o pico de postura. O experimento foi conduzido no setor de avicultura da UNESP Campus Jaboticabal, com duração de 84 dias (três períodos de 28 dias). Foram utilizadas 740 matrizes de corte Hubbard Hy-Yield e 80 machos Petterson, com 55 semana (mais) s de idade. O delineamento foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e cinco repetições de 37 aves por repetição (box) e um modelo fatorial 4´3 (quatro tratamentos ´ três períodos). Os programas de alimentação avaliados foram: T1 - Fornecimento de ração de acordo com o padrão da linhagem (428 kcal/ave/dia de 55 a 66 semanas de idade); T2 - Redução semanal de energia (2 kcal de EM/ave em cada semana); T3 - Fornecimento de ração de acordo com o modelo de exigência de EM, UNESP (2000); e T4 - Fornecimento de ração de acordo com o modelo, NRC (1994). O programa de alimentação com redução semanal de energia foi adequado para manter os desempenhos produtivo e reprodutivo das aves, indicando a possibilidade de redução de 2 kcal/ave/dia, em cada semana, na alimentação de matrizes pesadas após 55 semanas de idade. Os modelos UNESP e NRC proporcionaram estimativas mais elevadas das exigências energéticas que o modelo padrão, provavelmente em decorrência do ganho de peso das matrizes, que esteve acima do recomendado para a linhagem, promovendo maiores exigências de energia para mantença. Resumo em inglês This research was carried out to evaluate the performance of broiler breeder hens submitted to different feeding programs applying models to predict the metabolizable energy requirements after peak production. The experiment was conducted during 84 days (three periods of 28 days), at the Sao Paulo State University - Jaboticabal. Seven hundred and forty female broiler breeders Hubbard Hy-Yield, and eighty males Petterson 55-week old were assigned to a randomized design wit (mais) h four treatments and five replicates of 37 birds (box), and a factorial model 4´3 (four treatments and three periods). The feeding programs evaluated were: T1 - feeding according to the lineage recommendation (428 kcal/bird/day from 55 to 66-weeks old); T2 - energy reduction (2 kcal/bird/day for each week); T3 - feeding according to UNESP (2000) model; T4 - feeding according to NRC (1994) Model. The feeding program with weekly energy reduction was suitable to maintain the productive and reproductive performance of the birds, indicating the possibility of reducing 2 kcal/bird/day, at each week, in broiler breeders fed after 55 weeks of age. The UNESP and NRC models promoted higher energy intakes than the lineage recommendation, probably due to the body weight of breeders, that were above the recommended for lineage, providing higher energy requirements of maintenance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Níveis nutricionais de treonina digestível para poedeiras leves no segundo ciclo de produção/ Nutritional levels of digestible threonine for white-egg laying hens in the second cycle of production

Schmidt, Marlene; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Nunes, Christiane Garcia Vilela; Nunes, Ricardo Vianna
2011-01-01

Resumo em português Com o objetivo de determinar a exigência nutricional de treonina digestível para poedeiras comerciais leves de segundo ciclo de produção (79 a 95 semanas de idade), foi conduzido um experimento com 180 poedeiras Lohmann LSL, distribuídas em cinco dietas (0,380; 0,413; 0,446; 0,479; e 0,512% de treonina digestível), seis repetições e seis aves por unidade experimental. Os níveis de treonina na ração tiveram efeito quadrático sobre o consumo de ração, a conver (mais) são alimentar por massa e por dúzia de ovos, a taxa de postura, o peso e a massa de ovos. Não foi observado efeito significativo dos níveis de treonina na ração sobre o ganho de peso, a unidade Haugh, o índice de gema e de albúmen e a porcentagem de gema e de albúmem, com exceção da porcentagem de casca, que sofreu efeito quadrático. Mediante análise estatística e interpretação biológica e tomando-se a conversão alimentar por dúzia de ovos como parâmetro decisório, a exigência de treonina digestível no período de 79 a 95 semanas de idade é de 0,469%, que corresponde a um consumo de treonina de 459 mg/ave/dia. Resumo em inglês In order to determine nutritional requirement of digestible threonine for white-egg laying hens in the second production cycle (from 79 to 95 weeks of age), it was carried out an experiment with 180 commercial Lohmann LSL laying hens, distributed in five diets (0.380; 0.413; 0.446; 0.479 and 0.512% digestible threonine), six replicates and six birds per experiment unit. Levels of threonine in the ration quadratically affected feed intake, feed conversion per mass and per (mais) dozen of eggs, laying rate, weight and mass of eggs. It was not observed significant effect of the levels of threonine in the ration on weight gain, Haugh unity, index of yolk and albumen and percentage of yolk and albumen, except for shell percentage, which was quadratically affected. Through statistic analyzes and biological interpretation and using feed conversion per dozen of eggs as a decision parameter, the requirement of digestible threonine in the period from 79 to 95 weeks of age is 0.469%, corresponding to a threonine consumption of 459 mg/bird/day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Níveis nutricionais de treonina digestível para poedeiras comerciais durante o segundo ciclo de postura/ Nutritional requeriment of threonine digestible for laying hens during the second cycle of production

Cupertino, Edwiney Sebastião; Gomes, Paulo Cezar; Vargas Junior, José Geraldo de; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Schmidt, Marlene; Mello, Heloisa Helena de Carvalho
2010-09-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido com o objetivo de estimar o nível ótimo de treonina digestível para poedeiras leves e semipesadas no segundo ciclo de postura. Foram utilizadas 360 aves, sendo 180 poedeiras leves e 180 poedeiras semipesadas, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, num arranjo fatorial 5 x 2 (5 níveis de treonina x 2 linhagens de poedeiras). Os níveis de treonina digestível utilizados foram de 0,380; 0,413; 0,445; 0,478 e 0,511%. Foram av (mais) aliados os dados de desempenho (produção, peso e massa de ovo), componentes dos ovos (albúmen, gema e casca), a qualidade interna dos ovos (unidades Haugh, índice de albúmen e de gema), percentual de ovos não comerciais e parâmetros de peso corporal. Pelos resultados obtidos, estimou-se para poedeiras leves nível de 0,446% de treonina digestível, correspondendo a um consumo diário de 487 mg/ave e relação treonina/lisina igual a 68, enquanto que para poedeiras semipesadas o nível estimado foi de 0,465% de treonina digestível, com consumo diário de 505 mg/ave e relação treonina/lisina igual a 71. Comparando a relação mg de treonina digestível por grama de ovo produzido, foram estimados valores de 9,5 e 10,0 mg de treonina/grama de ovo produzida. Resumo em inglês An experiment was carried out to estimate the optimum level of digestible threonine for white-egg and brown-egg laying hens in the second laying cycle. It was used 360 laying hens, 180 were white-egg and 180 were brown-egg laying hens which were distributed in a complete randomized design in 5 x 2 factorial arrangement (5 levels threonine x 2 lines of laying hens). The levels of digestible threonine used were the following: 0.380, 0.413, 0.445, 0.478 and 0.511%. It was ev (mais) aluated performance data (production, egg weight and mass), egg components (albumen, yolk and shell), egg internal quality (Haugh units, albumen and yolk indexes) and percentage of non-commercial eggs and body weight parameters. Through the obtained results, it was estimated for white-egg laying hens, levels of digestible threonine of 0.446%, which matches a daily intake of 487 mg/hens and a lysine: threonine relationship equal to 68; for brown-egg laying hens, the estimate level of digestible threonine was 0.465% with a daily intake of 505 mg/hens and a lysine: threonine relationship of 71. By comparing the relationship mg digestible threonine per gram of produced eggs, values of 9.5 and 10.0 mg threonine/gram egg are estimate; gram of produced egg.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Níveis nutricionais de metionina+cistina digestível para poedeiras leves no segundo ciclo de produção/ Nutrition levels of digestible methionine + cystine for white-egg laying hens in the second production cycle

Schmidt, Marlene; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Nunes, Ricardo Vianna; Mello, Heloisa Helena de Carvalho
2011-01-01

Resumo em português Foi conduzido um experimento com o objetivo de estabelecer a exigência nutricional de metionina+cistina para poedeiras leves no segundo ciclo de produção. Foram utilizadas 180 poedeiras leves no período de 79 a 95 semanas de idade, submetidas a uma ração basal deficiente em metionina+cistina e suplementada com 0,00; 0,053; 0,108; 0,161; ou 0,214% de DL-metionina (98%), de forma a proporcionar 0,490; 0,542; 0,594; 0,648; e 0,698% de metionina+cistina digestíveis nas (mais) rações. Os níveis de suplementação obedeceram às relações de metionina+cistina:lisina de 75, 83, 91, 99 e 107 com a lisina fixada em 0,653%. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco níveis de metionina+cistina, seis repetições e seis aves por unidade experimental. Os níveis de metionina+cistina na ração tiveram efeito linear sobre a conversão alimentar por dúzia e por massa de ovos, a taxa de postura, a massa de ovos e o índice de albúmen e efeito quadrático sobre o peso dos ovos e a unidade Haugh. A porcentagem dos componentes dos ovos não foram influenciada pelos níveis de metionina+cistina na ração. A exigência de metionina+cistina para poedeiras leves é superior a 0,698%, valor que corresponde a consumo de pelo menos de 796 mg/ave/dia. Resumo em inglês It was conducted an experiment with the objective of setting the nutritional requirement of methionine+cystine for white-egg laying hens in the second production cycle. It was used 180 white-egg laying hens from 79 to 95 weeks of age submitted to a basal diet deficient in methionine+cystine, supplemented with 0.00; 0.053; 0.108; 0.161 or 0.214% of DL-methionine (98%) to provide 0.490; 0.542; 0.594; 0.648 and 0.698% of digestible methionine+cystine in the rations. Levels o (mais) f supplementation followed ratios of methionine+cystine:lysine of 75, 83, 91, 99 and 107 with lysine fixed at 0.653%. A complete randomized design with five levels of methionine + cystine was used, with six replicates and six birds per experimental unit. Levels of methionine+cystine in the ration linearly affected feed conversion per dozen of eggs and mass of eggs, laying rate, egg mass and albumen index and they quadratically affected weight of eggs and Haugh unity. Percentage of components of the eggs was not affected by levels of methionine+cystine in the ration. Requirement of methionine+cystine for white-egg laying hens is higher than 0.698%, which corresponds to a consumption of at least 796 mg/bird/day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Níveis nutricionais de metionina + cistina digestível para poedeiras semipesadas no segundo ciclo de produção/ Nutrition levels of digestible methionine + cystine for brown-egg laying hens in the 2nd production cycle

Schmidt, Marlene; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Nunes, Ricardo Vianna; Brumano, Gladstone
2009-10-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido com o objetivo de estabelecer a exigência nutricional de metionina + cistina (met + cist) para poedeiras semipesadas no segundo ciclo de produção. Utilizaram-se 180 poedeiras semipesadas no período de 79 a 95 semanas de idade alimentadas com uma ração basal deficiente em met + cist (0,490%) suplementada com 0,00; 0,053; 0,108; 0,161; e 0,214% de DL-metionina (98%), de forma a proporcionar 0,490; 0,542; 0,594; 0,648; e 0,698% de met + cis (mais) t digestível. Os níveis de suplementação de met + cist obedeceram, respectivamente, às relações de 75, 83, 91, 99 e 107 com lisina. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com cinco níveis de met + cist, seis repetições e seis aves por unidade experimental. Avaliaram-se os consumos de ração e de met + cist, a conversão alimentar por dúzia e por massa de ovos, o ganho de peso, a taxa de postura, o peso e a massa de ovos, a porcentagem dos componentes dos ovos e a qualidade interna dos ovos. Os níveis de met + cist tiveram efeito linear positivo sobre a conversão alimentar por dúzia de ovos, efeito quadrático sobre o consumo de ração, o ganho de peso e a conversão alimentar. Os níveis de met + cist tiveram efeito linear positivo sobre a taxa de postura e efeito quadrático sobre o peso e a massa de ovos. Observaram-se ainda efeito quadrático sobre a unidade Haugh e efeito linear sobre o índice de gema. A exigência de met + cist é igual ou superior a 0,698%, que corresponde a consumo mínimo de 786 mg de met + cist digestível/ave.dia. Resumo em inglês An experiment study was carried out to establish the nutritional requirement of methionine + cystine (met + cyst) for brown-egg laying hens, in the second production cycle. One hundred and eighty Lohmann Brown birds from 79 and 95 weeks of age were used fed a base diet deficient in met + cyst, supplemented with 0.00; 0.053; 0.108; 0.161 and 0.214% DL-Methionine (98%), providing 0.490; 0.542; 0.594; 0.648 and 0.698% digestible met + cyst. The levels supplementation of met (mais) + cyst followed the lysine relations (0.653%) of 75, 83, 91, 99 and 107. A complete randomized design with five levels of met + cyst, six replications/treatment and six birds per experimental unit was used. The feed intake, met + cyst intake, feed conversion per dozen eggs and egg mass, weight gain, egg production, egg weight, egg mass, percentage of the egg components and the internal quality of the eggs were evaluated. A positive linear effect was obtained for food conversion per dozen eggs. A quadratic effect was observed of the met + cyst levels on diet intake, weight gain and food conversion. The met + cyst levels had a positive linear effect on the laying rate and quadratic effect on egg weight and mass. A quadratic effect was also observed of the on the Haugh unit and linear effect on yolk index. The requirement of met + cyst is higher or equal to 0.698%, that corresponds to a minimum intake of at least 786 mg digestible met + cyst/bird/day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Níveis de sódio para poedeiras comerciais no primeiro e segundo ciclos de produção/ Sodium levels for commercial laying hens in the first and second production cycles

Murakami, Alice Eiko; Figueiredo, Denise Fontana; Peruzzi, Adriana Zeponi; Franco, José Rodrigo Galli; Sakamoto, Márcia Izumi
2003-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar os níveis de sódio e balanços eletrolíticos da dieta (BED) sobre desempenho produtivo e a qualidade externa dos ovos de poedeiras comerciais no primeiro e segundo ciclos de produção. Foram realizados dois experimentos com duração de 112 dias cada, divididos em quatro ciclos de 28 dias. No experimento I, utilizaram-se 160 poedeiras Lohmann com 25 semanas de idade e no experimento II, 160 poedeiras Babcok pós-muda forçada, com (mais) 80 semanas de idade. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco tratamentos, quatro repetições e oito aves por unidade experimental. As rações foram formuladas à base de milho e farelo de soja, utilizando-se os valores de composição química e energética dos alimentos, segundo Rostagno et al. (1985), e o balanço eletrolítico da dieta foi calculado segundo Mongin (1980). Os tratamentos consistiram de cinco níveis de sódio provenientes do bicarbonato de sódio e sal comum, sendo que para o experimento I os níveis de sódio empregados foram de 0,12; 0,15; 0,18; 0,21 e 0,24% e os balanços eletrolíticos calculados, de 205, 218, 231, 243 e 246 mEq/kg; para o experimento II, foram de 0,13; 0,15; 0,17; 0,19 e 0,21% e 174, 183, 192, 200 e 209 mEq/kg, respectivamente. Foram avaliados os dados referentes ao desempenho produtivo, à qualidade externa dos ovos e porcentagem de umidade das excretas, a qual foi avaliada somente no primeiro experimento. Os níveis de sódio estudados e os balanços eletrolíticos das dietas não influenciaram as variáveis analisadas nos dois experimentos. Portanto, conclui-se que o nível de 0,12% de sódio, em dietas com 205 mEq/kg, para poedeiras no primeiro ciclo de produção, e de 0,13% de sódio, em dietas com 174 mEq/kg, para poedeiras no segundo ciclo de produção, foram suficientes para proporcionarem bom desempenho produtivo e boa qualidade externa dos ovos. Resumo em inglês The aim of this experiment was to verify the sodium levels and electrolyte balance of diets for commercial laying hens on the first and second production periods. Two experiments with 112 days each, divided in four periods of 28 days, were carried out. One hundred and sixty Lohmann laying hens (25 weeks old) and 160 Babckok forced molting laying hens (80 weeks old), in the first and second experiments, respectively, were used. The laying hens were assigned to a completely (mais) randomized design, with five treatments, four replicates and eight birds each. The diets were formulated based on corn and soybean meal and the values of chemical and energy feeds composition were calculated according to Rostagno et al. (1985) and the electrolyte balance of diet was calculated according to Mongin (1980). Five sodium levels, from common salt and sodium bicarbonate, were used. For the first experiment, the sodium levels were 0.12; 0.15; 0.18; 0.21; 0.24% and the calculated electrolyte balance was 205, 218, 231, 243, 246 mEq/kg and for the second one 0.13; 0.15; 0.17; 0.19; 0.21% and 174, 183, 192, 200, 209 mEq/kg, respectively. At the end of each experimental period, data of productive performance, eggshell quality and excreta moisture were evaluated, and the last one was evaluated only in the first trial. The evaluated variables, in all experiments, were not influenced by sodium levels and dietary electrolyte balance. Therefore, it can be concluded that sodium level of .12%, for 205 mEq/kg diets, for laying hens in the first production period and the sodium level of 0.13%, for 174 mEq/kg diets, for laying hens in the second production cycle, were sufficient to provide a good productive performance and good egg shell quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Níveis de sódio em rações de poedeiras comerciais no segundo ciclo de postura/ Sodium levels in laying hen diets in the second phase of egg production

Rodrigues, Eliana Aparecida; Junqueira, Otto Mack; Valério, Maurício; Andreotti, Marcelo de Oliveira; Cancherini, Luciana Cardoso; Faria, Douglas Emygdio de; Filardi, Rosemeire da Silva
2004-04-01

Resumo em português O objetivo deste experimento foi determinar o efeito de diferentes níveis de sódio para poedeiras nos períodos de repouso e segundo ciclo de postura. Foram utilizadas 216 poedeiras da linhagem Hy line W-36, pós-muda forçada, com 60 semanas de idade. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial 3 x 3 (três níveis de sódio no período de repouso x três níveis de sódio no período de postura), totalizando nove tratamentos com três r (mais) epetições de oito aves cada. Foram avaliadas, em quatro ciclos de 28 dias, as seguintes variáveis: produção e peso dos ovos, consumo de ração, conversão alimentar, massa de ovos, qualidade do albúmen, percentagem de casca, gravidade específica e espessura das cascas. Não foram encontrados efeitos significativos dos níveis de sódio sobre as variáveis estudadas, entretanto, para a espessura de casca, o menor resultado foi obtido com o nível de 0,15% de sódio. Os níveis de sódio de 0,15% no período de repouso e de 0,25% no período de postura foram suficientes para atender às exigências nutricionais de poedeiras no segundo ciclo de postura. Resumo em inglês One experiment was conducted to evaluate the effects of sodium levels on performance of laying hens in second phase of egg production. Two hundred and sixteen laying hens (Hy-line W-36), after forced molt at 60 weeks of age, were used. The experimental design was a factorial with three sodium levels (.15, .25, and .35%) during 30 days after fasting period and the same levels on the production period. Four periods of 28 days each were evaluated concerning the following par (mais) ameters: egg production, feed intake, feed conversion, egg mass, albumen quality, egg percentage, egg specific gravity and shell thickness. No significant effect of the sodium levels on studied parameters was observed. However, the smaller result for shell thickness was found at .15% sodium level. The level of .15% sodium in the fasting period and .25% sodium in the production period were enough to met the nutritional requirement of laying hens at the second cycle of egg production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Níveis de proteína e de vitamina E para matrizes de frango de corte. 2. Efeito sobre a concentração de alfa-tocoferol na gema e nos tecidos e balanço de nitrogênio/ Protein and vitamin E levels for broiler breed hens. 2. Effects on yolk and tissue alpha-tocopherol concentration and nitrogen balance

Barreto, S.L.T.; Ferreira, W.M.; Gonçalves, T.M.
1999-04-01

Resumo em português Foram utilizadas 16 matrizes de frangos de corte com o objetivo de avaliar o efeito de dois níveis de proteína bruta (NPB), 14 e 16%, e dois níveis de vitamina E (NVE), 25 e 250mg/kg, na dieta sobre a concentração de alfa-tocoferol (AT) na gema, no fígado, no soro sangüíneo e na excreta, e sobre a retenção de AT e de nitrogênio (N). O período experimental foi de 25 dias, sendo 15 dias para a adaptação das aves à dieta e 10 dias para a coleta de ovos e da ex (mais) creta para análise de vitamina E (VE) e N. O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso, formado por quatro tratamentos em esquema fatorial 2 × 2 (NVE × NPB), constituído cada um por quatro repetições, e cada unidade experimental representada por uma ave. Houve aumento linear (P Resumo em inglês Sixteen broiler breed hens were used with the objective of evaluating the effects of supplementation of two crude protein (14 and 16% CP) and two vitamin E levels (25 and 250mg VE/kg) in the diet on the alpha-tocopherol (AT) concentration in the egg yolk, liver, blood serum and feces, and on the AT and nitrogen (N) retentions. The experiment lasted 25 days, in which 15 days were used for hens adaptation and 10 days for egg and fecal collection for AT and N analyses. The e (mais) xperimental design was a complete randomized design with a 2 × 2 factorial arrangement (CP × VE levels) with four repetitions per treatment. The increasing of VE in the diet resulted in increase (P0.05). Thus, it could be concluded that the increasing of VE levels in the diet increased the AT concentrations in the egg yolk and body tissues, and decreased the AT and increased the N retention in broiler breed hens during the laying peak period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Níveis de proteína e de vitamina E para matrizes de frango de corte. 1. Efeito sobre o desempenho das matrizes, composição do ovo e desempenho da progênie/ Protein and vitamin E levels for broiler breed hens. 1. Effects on broiler breed performance, egg composition and performance of their progeny

Barreto, S.L.T.; Ferreira, W.M.; Gonçalves, T.M.
1999-04-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da suplementação de dois níveis de proteína bruta (PB), 14 e 16%, e dois de vitamina E (VE), 25 e 250mg/kg, na dieta sobre o desempenho e composição do ovo de matrizes de frangos de corte, entre 24 e 54 semanas de idade e sobre o desempenho de suas progênies. Foram alojadas 480 fêmeas e 48 machos da linhagem Ross, com 18 semanas de idade, em 16 boxes com 30 fêmeas e 3 machos em cada um. As dietas foram à base de milho e farelo de soja, sendo (mais) todas isocalóricas (2750kcal de EM/kg). O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso, constituído de quatro tratamentos em esquema fatorial 2×2, sendo dois níveis de PB (NPB) e dois níveis de VE (NVE), representados por quatro repetições cada um. A produção de ovos/ave/dia, o número de ovos/ave-alojada, o peso do ovo, a viabilidade, o peso corporal das fêmeas no final do experimento e a percentagem de gema no ovo não foram influenciados (P>0,05) pelos tratamentos e nem pela interação entre NVE × NPB. Menor percentagem de casca (P0,05) dos NPB e dos NVE, representados pelo peso do ovo incubado, pela taxa de eclosão, pela razão entre o peso do ovo e o peso da progênie e pelo desempenho da progênie até a idade de abate. Porém, maior peso ao nascer (P Resumo em inglês This study was carried out with the objective of evaluating the effects of supplementation of two levels of crude protein (14 and 16% CP) and vitamin E (25 and 250mg VE/kg) in the diet on the performance and egg composition of broiler breed hens and on the performance of their progeny during the laying period (24-to-54 weeks of age). Thus 480 female and 48 male Ross breeder 18-week-old birds were randomly distributed in 16 floor pens, with 30 females and three males in ea (mais) ch one. The diets were based on corn and soybean meal, and all them were isoenergetics (2750kcal ME/kg). The experimental design was a complete randomized block and the treatments were arranged in 2 × 2 factorial (CP × VE levels) with two repetitions each. Egg production/hen/day, egg weight, egg number/hen housed, viability, final female body weight and egg yolk percentage were not affected (P>0.05) by the treatments, and no interaction between CP and VE was observed. Hens fed diet with 16% CP, supplemented with 25 or 250mg VE/kg, had smaller egg shell and greater albumen percentage (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Níveis de proteína bruta e energia metabolizável na produção e qualidade dos ovos de poedeiras da linhagem Lohmann Brown/ Levels of crude protein and metabolizable energy on the production and eggs quality of Lohmann Brown layers strain

Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Souza, Humberto Cardoso de; Gomes, Carlos Alan Vieira; Barros, Leilane Rocha; Brandão, Patrícia Araújo; Nascimento, Germano Augusto Jerônimo do; Santos, Albert Wagner Ribeiro dos; Amarante Junior, Valene da Silva
2004-12-01

Resumo em português O experimento foi realizado no Setor de Avicultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal da Paraíba, com o objetivo de avaliar o desempenho de 324 poedeiras Lohmann Brown submetidas a diferentes níveis protéicos e energéticos entre a 43ª e 55ª semana de idade. As aves foram distribuídas em delineamento experimental inteiramente casualizado num esquema fatorial 3x3, sendo 3 níveis protéicos (15,50, 16,50 e 17,50%) e 3 níveis energéticos (2700, 280 (mais) 0 e 2900 Kcal EM/kg), com 6 repetições e 6 aves por unidade experimental. As variáveis avaliadas foram produção de ovos, massa de ovos, conversão alimentar por massa de ovos, peso do ovo, peso do albúmen, peso da gema e peso da casca e suas respectivas porcentagens. Os níveis de proteína bruta e energia metabolizável não influenciaram significativamente (P>0,05) nenhum dos parâmetros estudados. Os níveis de proteína bruta e energia metabolizável apresentaram efeito linear (P Resumo em inglês The experiment was conducted in the Section of Aviculture, of the Department of Animal Science at the Federal University of Paraiba to study the acting of 324 laying hens Lohmann Brown, submitted to different proteins and energy levels among of the 43ª and 55ªweek of age. The laying hens were distributed in randomly experimental design in a factorial model 3x3, being 3 crude protein levels (15.50, 16.50 and 17.50%) and 3 energy levels (2700, 2800 and 2900 Kcal ME/kg), w (mais) ith 6 replicates and 6 laying hens for experiment unit. The parameters evaluated were production of eggs, mass of eggs, feed conversion for mass of eggs, weight of the egg, weight of albumen, weight of the yolk and weight of the shell, and their respective percentages. The crude protein and metabolizable energy levels had any significantlive influency (P>0.05) on the studied parameters. Crude protein and metabolizable energy levels shown linear effect (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Níveis de proteína bruta e de aminoácidos sulfurados totais sobre o desempenho, a qualidade dos ovos e a excreção de nitrogênio de poedeiras de ovos marrons/ Levels of protein and sulfur amino acids on performance, egg quality and nitrogen excretion of brown egg laying hens

Pavan, Ana Cláudia; Móri, Cleusa; Garcia, Edivaldo Antônio; Scherer, Miriani Rosa; Pizzolante, Carla Cachoni
2005-04-01

Resumo em português O experimento foi conduzido com o objetivo de maximizar a produção e a qualidade dos ovos e minimizar a excreção de nitrogênio nas excretas de poedeiras no final do primeiro ciclo de produção, por meio do fornecimento de aporte adequado de proteína bruta (PB) e aminoácidos sulfurados totais (AAST) na dieta. Foram utilizadas 432 poedeiras Isa Brown, com 52 semanas de idade, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 3 (PB e AAS (mais) T) e nove tratamentos (14 e 0,57; 14 e 0,64; 14 e 0,71; 15,5 e 0,57; 15,5 e 0,64; 15,5 e 0,71; 17 e 0,57; 17 e 0,64; 17 e 0,71 % de PB e AAST, respectivamente), com seis repetições de oito aves cada. A duração do experimento foi de 140 dias. Foram avaliadas as características de desempenho, qualidade dos ovos e excreção de nitrogênio nas excretas. A única característica de desempenho influenciada pelos tratamentos foi o peso dos ovos, que apresentou os maiores valores para as combinações de 15,5 e 0,71; 17 e 0,71; 15,5 e 0,64; 14 e 0,71 e 17 e 0,64% de PB e AAST, respectivamente. Não foram observadas diferenças significativas para consumo de ração, porcentagem de postura e de ovos quebrados, massa de ovos, conversão alimentar por dúzia e por massa de ovos e mortalidade. Para os parâmetros de qualidade dos ovos, foram observadas diferenças significativas apenas para as porcentagens de gema e de albúmem. A excreção de nitrogênio foi maior nas aves alimentadas com as rações contendo 17% de PB. Pode-se sugerir que a ração contendo 14% de PB e 0,57% de AAST pode ser utilizada, sem prejuízos no desempenho e na qualidade dos ovos, e ainda contribui para a redução da excreção de nitrogênio no ambiente e do custo da ração. Resumo em inglês The aim of the study was to maximize the egg production and quality and minimize nitrogen excretion of laying hens in the end of the first production cycle through the supply of adequate levels of crude protein (CP) and total sulfur amino acids (TSAA) in the diet. Four hundred and thirty two Isa Brown hens 52-w old were assigned to a completely randomized experiment design in a 3 x 3 factorial arrangement (CP and TSAA), with nine treatments (14 and 0.57; 14 and 0.64; 14 a (mais) nd 0.71; 15.5 and 0.57; 15.5 and 0.64; 15.5 and 0.71; 17 and 0.57; 17 and 0.64; 17 and 0.71% of CP and TSAA, respectively) and six replicates of eight birds each. The experiment lasted 140 days. Characteristics of performance, egg quality and nitrogen excretion in excreta was evaluated. There was significant difference just for egg weight with the combinations of 15.5 and 0.71; 17 and 0.71; 15.5 and 0.64; 14 and 0.71 e 17 and 0.64% of CP and TSAA, respectively, showing the highest values. There was no differences for feed consumption, percentage of egg production, percentage of broken eggs, egg mass, feed efficiency per mass and dozen of eggs and mortality. Concerning egg quality, significant differences were observed just for the percentages of yolk and albumen. Nitrogen excretion was higher for the layers fed with a 17% CP diet. The results obtained in this work suggest that the diet containing 14% of CP and 0.57% of TSAA can be used without causing a decrease on performance and egg quality, besides contributing to the reduction of nitrogen excretion on the environment and reducing the costs with the diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Níveis de metionina+cistina digestível em rações para poedeiras leves no período de 24 a 40 semanas de idade/ Digestible methionine + cystine level in meals for light-weight laying hens from 24 to 40 weeks of age

Brumano, Gladstone; Gomes, Paulo Cezar; Donzele, Juarez Lopes; Rostagno, Horacio Santiago; Rocha, Tatiana Cristina da; Almeida, Rodrigo Lopes de
2010-06-01

Resumo em português Objetivou-se determinar os níveis de aminoácidos sulfurosos digestíveis para se estabelecer a relação ideal metionina+cistina:lisina em rações para poedeiras leves no período de 24 a 40 semanas de idade. Utilizaram-se 216 aves Hy-Line W36 em delineamento de blocos casualizados com seis níveis, cada um com seis repetições de seis aves por unidade experimental. Os níveis de aminoácidos sulfurosos digestíveis foram obtidos a partir de uma dieta basal com baixo (mais) nível de metionina+cistina digestível (0,65%) e suplementada com 0,00; 0,05; 0,10; 0,15; 0,20 e 0,25% de DL-metionina 99,2%, de forma a apresentar relações metionina + cistina:lisina de 84, 91, 97, 104, 110 e 117%. O período experimental teve duração de 16 semanas e foi subdividido em quatro subperíodos de coleta dos ovos, cada um com 28 dias de duração. Os níveis de metionina+cistina digestível influenciaram a produção de ovos e a eficiência de utilização de lisina por produção total de ovos, atingindo um platô em 0,811 e em 0,772% de metionina+cistina digestível, respectivamente. O nível de metionina+cistina digestível considerado exigência para poedeiras leves no período de 24 a 40 semanas de idade é de 0,772%, que corresponde a consumo de 682 mg/ave/dia de metionina+cistina digestível e a relação metionina+cistina:lisina de 100%. Resumo em inglês The objective of this work was to determine digestible sulfurous amino acids levels to establish the ideal methionine+cystine:lysine relationships in meals of light-weight laying hens in the period from 24 to 40 weeks of age. It was used 216 Hy-Line W36 birds distributed in a randomized block design with 6 levels each one with 6 repetitions and 6 birds per experimental unit. The digestible sulfurous amino acids levels were obtained from a basal diet with low levels of dig (mais) estible metionin+cistine (0.65%) supplemented with 0.00; 0.05; 0.10; 0.15; 0.20 and 0.25% of DL-methionine (99.2%) to provide a relationship methionine+cystine:lysine of 84, 91, 97, 104, 110 and 117%. The experimental period lasted 16 weeks and it was subdivided in 4 subperiods of collection of the eggs, each one corresponding to 28 days. Levels of digestible methionine+cistine affected egg production and lysine utilization efficiency per total egg production, reaching a plateau in 0.811 and 0.772% of digestible methionine+cistine, respectively. The digestible methionine+cystine level considered as a requirement for light-weight laying hens in the period from 24 to 40 weeks of age is of 0.772%, corresponding to digestible methionine+cystine consumption of 682 mg/hen/day, and the relationship methionine+cystine:lysine of 100%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Níveis de metionina + cistina digestível para poedeiras leves no período de 42 a 58 semanas de idade/ Digestible methionine + cystine levels for light-weight laying hens from 42 to 58 weeks of age

Brumano, Gladstone; Gomes, Paulo Cezar; Donzele, Juarez Lopes; Rostagno, Horacio Santiago; Rocha, Tatiana Cristina da; Mello, Heloisa Helena de Carvalho
2010-09-01

Resumo em português Com o objetivo de determinar os níveis de aminoácidos sulfurosos digestíveis para estabelecer a relação ideal metionina + cistina/lisina em rações para poedeiras leves no período de 42 a 58 semanas de idade, 216 aves da marca comercial Hy-Line W36 foram distribuídas em delineamento de blocos casualizados com seis dietas, seis repetições e seis aves por unidade experimental. O nível de lisina utilizado na dieta experimental foi de 0,770% para consumo médio esp (mais) erado de 731 mg/ave/dia de lisina e de 95 g/ave/dia de ração. Os níveis de aminoácidos sulfurosos digestíveis foram obtidos a partir de uma dieta basal deficiente em metionina + cistina digestível (0,65%), suplementada com 0,00; 0,05; 0,10; 0,15; 0,20 e 0,25% de DL-metionina (99,2%), de forma a proporcionar relações metionina + cistina/lisina de 84, 91, 97, 104, 110 e 117%. O período experimental teve duração de 16 semanas e foi subdividido em quatro ciclos de coleta dos ovos, cada um de 28 dias. Houve efeito quadrático dos níveis de 0,826% e 0,775% de metionina + cistina digestível sobre a produção de ovos e a eficiência de utilização de lisina por produção total de ovos, respectivamente. O nível de metionina + cistina digestível considerado exigência para poedeiras leves no período de 42 a 58 semanas de idade foi de 0,775%, que corresponde a consumo de 708 mg/ave/dia de metionina + cistina digestível e relação metionina + cistina/lisina de 101%. Resumo em inglês Aiming at determining levels of digestible sulfurous amino acids to establish the ideal methionine + cystine/lysine relationship in rations for light-weight laying hens in the period from 42 to 58 weeks of age, 216 birds of the commercial brand Hy- Line W36 were distributed in a randomized block design with 6 diets, 6 repetitions and 6 birds per experimental unit. The level of digestible lysine used in the experimental diet was 0.770% for an expected average consumption o (mais) f 731 mg/hen/day of lysine and 95 g/hen/day of ration. Levels of digestible sulfurous amino acids were obtained from a basal diet deficient in digestible methionine + cystine (0.65%), supplemented with 0.00; 0.05, 0.10, 0.15, 0.20 and 0.25% of DL-methionine (99.2%), so to provide a methionine + cystine/lysine relationship of 84, 91, 97, 104, 110 and 117%. The experimental period lasted for 16 weeks and it was subdivided in 4 cycles of egg collection, each one corresponding to 28 days. There was a quadratic effect of the digestible methionine + cistine levels of 0.826% and 0.775% on the egg production and lysine utilization efficiency for total egg production, respectively. The digestible methionine + cystine level considered as a requirement for light-weight laying hens in the period from 42 to 58 weeks of age were 0.775%, corresponding to digestible methionine + cystine consumption of 708 mg/hen/day, and a methionine + cystine/lysine relationship of 101%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Níveis de metionina + cistina digestíveis em rações para poedeiras no pico de produção/ Digestible methionine plus cystine levels in diets for laying hens at the production peak

Geraldo, A.; Bertechini, A.G.; Fassani, E.J.; Rodrigues, P.B.
2010-10-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos de níveis de aminoácidos sulfurados digestíveis (AASD) sobre o desempenho e a qualidade interna e externa de ovos de 360 poedeiras de 25 a 41 semanas de idade. Foram formuladas seis dietas experimentais: cinco continham 0,578; 0,636; 0,694; 0,752 ou 0,810% de AASD, e em uma o nível de AASD foi o usualmente recomendado, cada tratamento com cinco repetições de 12 aves, em quatro períodos de avaliação de 28 dias cada. Melhores resultados para (mais) produção de ovos, conversão alimentar, massa de ovos e ovos viáveis foram obtidos com as aves que consumiram 729; 751; 801 e 730mg AASD/dia, respectivamente. A elevação dos níveis de AASD resultou em aumentos lineares no consumo de ração, no ganho de peso, nas porcentagens de gema e no extrato etéreo na gema. Nos ovos armazenados por sete dias, houve aumento linear da porcentagem de gema e decréscimo linear da porcentagem de casca, unidade Haugh e peso específico com a elevação dos níveis de AASD. Conclui-se que, para melhores produção e qualidade interna e externa de ovos, é necessário o consumo de 752mg de AASD ou de 864mg de aminoácidos sulfurados totais por ave/dia. Resumo em inglês An experiment was conduct using 360 laying hens to evaluate the dietary levels of digestible sulfur amino acids (DSAA) on performance and egg quality of hens from 25 to 41 weeks of age. Five experimental diets were formulated containing 0.578, 0.636, 0.694, 0.752, and 0.810% of DSAA and one additional diet using the recommend level. Each treatment was replicated five times with 12 birds per replicate during four evaluation periods of 28 days each. The best results for egg (mais) production, feed conversion, egg mass yield, and viable eggs were obtained by birds that consumed 729, 751, 801, and 730 DSAA mg/day, respectively. Feed intake, weight gain, percentage of yolk, and lipid yolk linearly increased with increasing levels of DSAA. A linear increase in the percentage of yolk and a linear decrease on the percentage of shell weight, Haugh unit, and specific weight were observed with increasing levels of DSAA for eggs stored during seven days. It is concluded that for the best production and egg quality, a consumption of 752 mg of DSAA or 864 mg of total sulfur amino acid per bird per day is required.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Níveis de lisina digestível para poedeiras Hy-Line W-36 em produção/ Levels of digestible lysine for Hy-Line W-36 hens in production period

Jardim Filho, Roberto de Moraes; Stringhini, José Henrique; Andrade, Maria Auxiliadora; Café, Marcos Barcellos; Leandro, Nadja Susana Mogyca; Carvalho, Fabyola Barros de
2010-04-01

Resumo em português Objetivou-se determinar os melhores níveis de lisina digestível para poedeiras em produção. Avaliaram-se o desempenho, o consumo de nutrientes, o metabolismo, a qualidade de ovos, os parâmetros sanguíneos e o desenvolvimento do aparelho reprodutor de 160 poedeiras Hy-Line W-36 com 25 semanas de idade. As aves foram distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com quatro níveis de lisina digestível (600, 700, 800 ou 900 mg de lisina/kg de ração) e quat (mais) ro repetições, utilizando-se o esquema de parcelas subdivididas na avaliação do balanço de nitrogênio, dos parâmetros sanguíneos e do aparelho reprodutor. Os níveis de lisina da dieta influenciaram os consumos de alimento, proteína e energia, cujo ponto de máximo foi observado no nível de 720 mg de lisina. Para produção de ovos, o melhor nível foi 800 mg de lisina; para conversão alimentar, 900 mg; e, para balanço de nitrogênio, 700 mg. A digestibilidade de extrato etéreo, a qualidade dos ovos, o desenvolvimento do aparelho reprodutor e os parâmetros sanguíneos não foram influenciados pelos níveis de lisina digestível da dieta. Recomendam-se níveis de 700 a 800 mg de lisina digestível para metabolismo e desempenho e 600 mg para qualidade dos ovos e melhor desenvolvimento do aparelho reprodutor. Resumo em inglês In this experiment it was aimed to determine the best levels of digestible lysine for laying hens in production period. Performance, nutrients intake, metabolism, egg quality, blood parameters and development of reproductive tract for 160 Hy-Line W-36 hens at 25 weeks of age. Hens were distributed in a completely randomized design with four levels of digestible lysine (600, 700, 800 or 900 mg of Lys/kg) and four replicates by using a split spot scheme was used at evaluati (mais) on of nitrogen balance, blood parameters and reproductive tract. Lysine levels in the diet affected food, protein and energy intakes whose maximum point was noted at the level of 720 mg of Lysine. For egg production, food conversion, and nitrogen balance, the best levels of lysine was 800 mg, 900 mg, and 700 mg, respectively. The digestibility of ethereal extract, egg quality, development of reproductive tract and blood parameters were not affected by levels of digestible lysine in the diet. It is suggested 700 and 800 mg of digestible lysine for metabolism and performance, respectively, and 600 mg for egg quality and better development of the reproductive trait.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Níveis de lisina digestível em rações para poedeiras no período de 24 a 40 semanas de idade/ Digestible lysine levels in feed for 24 to 40-week old laying hens

Rocha, Tatiana Cristina da; Gomes, Paulo Cezar; Donzele, Juarez Lopes; Barreto, Sergio Luiz de Toledo; Mello, Heloisa Helena de Carvalho; Brumano, Gladstone
2009-09-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido com o objetivo de determinar a exigência de lisina digestível para poedeiras leves no período de 24 a 40 semanas de idade. Foram utilizadas 216 poedeiras Hy-Line W36 em delineamento em blocos casualizados com seis tratamentos, seis blocos e seis aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de uma ração basal, com 14,54% de proteína bruta, deficiente em lisina digestível (0,545%), e suplementada com seis níveis de L-lisina (mais) HCl (78%): 0,00; 0,059; 0,118; 0,177; 0,237 e 0,295%. Considerando a digestibilidade da lisina de 97,6%, a quantidade de L-lisina.HCl adicionada em cada ração forneceu 0,00; 0,045; 0,090; 0,135; 0,180 e 0,225% de lisina digestível respectivamente, resultando em rações com 0,545; 0,590; 0,635; 0,680; 0,725 e 0,770% de lisina digestível. Os consumos de ração e de lisina, a produção de ovos, o peso médio dos ovos, a massa de ovos, a conversão alimentar/dúzia de ovos, o índice de albúmen e o peso final das aves apresentaram resposta linear ao aumento dos níveis lisina digestível. Os níveis de lisina digestível tiveram efeito quadrático sobre a conversão alimentar/massa de ovos, mas não tiveram efeito significativo sobre a unidade Haugh, o índice de gema e os componentes dos ovos. A exigência de lisina digestível foi estimada em, no mínimo, 0,770% na ração, que corresponde a consumo de 759 mg de lisina digestível/ave/dia. Resumo em inglês The objective of this study wast to determine the requirement of digestible lysine for light-weight laying hens 24 to 40 weeks of age. Two hundred and sixteen Hy-Line W36 light-weight laying hens were allotted to a randomized complete blocks with six treatments, six blocks and six hens per experimental unit. The treatments consisted of a basal diet, with 14.54% crude protein, deficient in digestible lysine (0.545%), supplemented with six levels of L-lysine HCl (78%) 0.00; (mais) 0.059; 0.118; 0.177; 0.237 and 0.295%. Considering the digestibility of the lysine to be 97.6%, the amount of L-lysine. HCl added in each diet supplied 0.00; 0.045; 0.090; 0.135; 0.180 and 0.225 digestible lysine, respectively, resulting in diets with 0.545; 0.590; 0.635; 0.680; 0.725 and 0.770% digestible lysine. Feed intake, lysine intake, egg production, average egg weight, egg mass, feed conversion (kg feed/egg dozen), albumen index and final weight gain of the chickens showed a linear response with increase in the digestible lysine levels. There was a quadratic effect for the levels of digestible lysine on feed conversion/egg mass but no significant effect on Haugh Units, yolk index and egg components was detected. The digestible lysine requirement was estimated to be at least 0.770% of the diet, corresponding to the intake of 759 mg of lysine digestible/hen/day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Níveis de cálcio em dietas para poedeiras semipesadas após o pico de postura/ Levels of calcium in diets for brown layers post-peak production

Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Oliveira, Cleber Franklin Santos de; Dourado, Leilane Rocha Barros; Lima Neto, Raul da Cunha; Campos, Miguel Ângelo da Silva Fernandes; Lima, Anny Graycy Vasconcelos de Oliveira
2008-04-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido com o objetivo de estudar os efeitos dos níveis de cálcio nas rações sobre o desempenho e a qualidade de ovos de poedeiras comerciais. Foram utilizadas 216 poedeiras da linhagem Lohmann Brown no período de 39 a 55 semanas de idade. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, composto de seis níveis de cálcio (3,0; 3,4; 3,8; 4,2; 4,6; 5,0%) e seis repetições de seis aves por parcela. Os níveis de cálcio avaliados não infl (mais) uenciaram os parâmetros produtivos, mas afetaram significativamente as porcentagens de albúmen e casca do ovo. O aumento do cálcio na dieta promove incremento na qualidade da casca do ovo em relação aos demais componentes do ovo. Recomenda-se nível de 4,3% de cálcio em dietas para poedeiras semipesadas após o pico de postura. Resumo em inglês Two hundred and sixteen layers were raised from 39 to 55 weeks of age to study the effects of levels of calcium in the rations on performance and eggs quality of brown commercial layers. A completely randomized experimental design were used with six levels of calcium (3.0; 3.4; 3.8; 4.2; 4.6 and 5.0%) and six replicates of six layers hens. There was no effect of calcium levels on hen performance, however significantly affected the percentage of albumen and egg shell. The (mais) increase of calcium in the diet promoted increment in egg shell quality in relationship to other eggs components. The calcium level of 4.3% is recommended for brown layer hens after production peak.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Níveis de cálcio e granulometrias do calcário para frangas e seus efeitos sobre a produção e qualidade de ovos/ Effects of calcium levels and particle sizes of limestone on egg production and quality in pullets

Geraldo, Adriano; Bertechini, Antônio Gilberto; Kato, Reinaldo Kanji; Brito, Jerônimo Ávito Gonçalves de; Fassani, Édison José
2006-08-01

Resumo em português Realizou-se um experimento com o objetivo de avaliar os efeitos dos níveis nutricionais de cálcio e das granulometrias do calcário em rações para frangas nas fases de cria e recria sobre a produção de ovos. Utilizaram-se 600 poedeiras da linhagem Lohmann LSL, alimentadas nos períodos de cria e recria com rações experimentais suplementadas com fitase (500 FTU/kg) e calcário em granulometrias fina (DGM = 0,135 mm) e grossa (DGM = 0,899 mm) para atender os níveis (mais) de 0,60; 0,75; 0,90; 1,05 e 1,20% de Ca total na ração. Os tratamentos foram dispostos em esquema fatorial 2 x 5, com cinco repetições e 12 aves por unidade experimental e quatro períodos de 21 dias. Na fase de postura (18 a 30 semanas de idade), as aves receberam a mesma ração com 3,60% de Ca. O nível de 0,60% de Ca e as granulometrias do calcário fornecido nas fases de cria e recria foram suficientes para proporcionar bom desempenho na postura e não afetaram a qualidade externa e interna dos ovos no período estudado. Resumo em inglês This experiment was conducted to evaluate the effects of calcium levels and particle sizes of limestone on egg production. Six hundred Lohman LSL laying hens were randomly assigned to 10 treatments: two particle sizes of limestone (DGM = 0.135 mm and 0.899 mm) combined with five dietary calcium levels (0.60, 0.75, 0.90, 1.05, and 1.20% Ca), supplemented with phytase (500 FTU/kg). This experiment was analyzed as a 2 x 5 factorial arrangement with five replicates, with 12 h (mais) ens per experiment unit and four periods of 21 days each. During the laying period (18 to 30 weeks of age), the hens were fed the same diet containing 3.6% Ca. Both particle sizes tested and 0.60% calcium level showed good results of performance in the laying period with no effect on internal or external egg quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Morfometria do oviduto de poedeiras comerciais semipesadas submetidas a diferentes métodos de muda forçada/ Morphometry of the oviduct of the brown egg layer hens submitted different methods of molt induction

Araújo, Cristiane Soares da Silva; Artoni, Silvana Martinez Baraldi; Araújo, Lúcio Francelino; Junqueira, Otto Mack; Barbosa, Luis Carlos Garibaldi Simon; Lima, César Gonçalves de
2007-02-01

Resumo em português Este experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar a morfometria do oviduto de poedeiras submetidas a diferentes métodos de indução de muda forçada. Duzentas e oito aves com 58 semanas de idade foram distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (método Califórnia, dieta com alto teor de zinco, dieta com baixo cálcio e com baixo sódio) e quatro repetições de 12 aves cada. Avaliou-se a biometria do oviduto no início do e (mais) xperimento, no 28°. dia e em três períodos subseqüentes à realização da muda forçada, analisando-se o peso corporal da ave, a percentagem do oviduto e do ovário, o número de pregas do magno e do istmo e o comprimento das diferentes partes que compõem o oviduto. No período pós-muda, as características macroscópicas do oviduto não sofreram influência dos tratamentos estudados. Resumo em inglês This experiment was aimed at evaluating the performance, oviduct morphometric, hormone concentration and bone density in laying hens submitted of the different methods of molt induction. Two hundred-eight laying hens, 58 weeks of age, were randomly divided into four treatments groups (california method, diet of high-zinc, diet of low-calcium and diet of low-sodium) and four replicates. The experiment evaluated biometrics characteristics on day 1, 28 of the experiment and (mais) in three periods postmolt: body weight, ovary percentage, oviduct percentage, number of folds of the magnum and isthmus, and length of the different parts of oviduct. In the postmolt period, the morphometric analysis of the birds were not affected by any of the experimental treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Modelos para estimar as exigências de energia metabolizável para poedeiras/ Model for metabolizable energy requirements of laying hens

Sakomura, Nilva Kazue; Basaglia, Roberta; Sá-Fortes, Cristina M. L.; Fernandes, João Batista K.
2005-04-01

Resumo em português Objetivou-se, com este trabalho, elaborar um modelo para estimar as exigências de energia metabolizável (EM) para poedeiras leves da linhagem Lohmann LSL, utilizando-se o método fatorial. Para determinar o efeito da temperatura sobre as exigências de EM para mantença, foram conduzidos experimentos em câmaras climáticas com temperaturas constantes de 12, 22 e 31ºC, utilizando a técnica do abate comparativo. A exigência de energia líquida para o ganho de peso foi (mais) determinada por meio da regressão do conteúdo de energia da carcaça em função do peso corporal, enquanto a exigência de EM para o ganho de peso foi estimada considerando-se a eficiência de utilização da energia da dieta. Com base no teor de energia nos ovos, determinou-se a exigência de energia para produção de ovos e a eficiência de deposição de energia no ovo. A partir dos valores das exigências para manutenção, para ganho e produção, foram elaborados modelos para predizer as exigências diárias de EM (kcal/ave/dia): EM1=P0,75(165,74 - 2,37 .T)+6,68.G+2,4.O e EM2=P0,75 (163,67-2,09.T)+6,68.G+2,4.O, em que P é o peso corporal (kg), T, a temperatura ambiente (ºC), G, o ganho de peso (g/dia) e O, a massa de ovos (g/dia). Resumo em inglês The objective of this work was to establish a model to estimate the metabolizable energy (ME) requirements for laying hens from Lohmann LSL line, by the factorial method. To determine the influence of ambient temperature on ME requirements for the maintenance, experiments were accomplished in environmental controlled rooms at constant temperatures of 12, 22 and 31 ºC, by the comparative slaughtering technique. The net energy for weight gain was determined by regression o (mais) f carcass energy content in function of body weight. While ME requirements for weight gain was determined considering the energy utilization efficiency the diet. The energy requirement for egg production was determined considering the energy content of eggs and efficiency of energy deposition in the egg. Considering the requirements for maintenance, weight gain and egg production, it was elaborated two models to predict the daily ME requirements (kcal/bird/day): ME1=W.75(165.74-2.37.T)+6.68.G+2.4.E and ME2=W.75(163.67-2.09.T)+6.68.G+2.4.E, where W=body weight (kg), T=environment temperature(oC), G=daily weight gain (g/day) and E=egg mass (g/bird/day).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Milheto-grão (Pennisetum glaucum (L.) R.Br.) como substituto do milho em rações para poedeiras comerciais/ Pearl millet grain as corn substitute in laying hen rations

Café, M.B.; Stringhini, J.H.; Mogyca, N.S.; França, A.F.S.; Rocha, F.R.T.
1999-04-01

Resumo em português Avaliaram-se o desempenho produtivo e a qualidade dos ovos de poedeiras comerciais alimentadas com milheto como substituto do milho em rações de postura. Duzentas poedeiras comerciais, da linhagem LSL Lohmann branca, com 30 semanas de idade, receberam rações com níveis crescentes de substituição da energia metabolizável fornecida pelo milho por milheto. As aves foram distribuídas em um delineamento inteiramente ao acaso com cinco tratamentos, cinco repetições e (mais) 10 aves por repetição. Foram avaliados a porcentagem de postura, o consumo de ração, a conversão alimentar em termos de dúzias e de massa de ovos, o peso médio de ovos, a porcentagem de casca e de gema, e a porcentagem de clara. Não se observou diferença estatística significativa em todas as características. O índice de coloração de gema, pelo leque colorimétrico Roche, apresentou pior coloração à medida que os níveis de milheto foram crescentes nas rações. Os resultados indicam que o milheto não afetou o desempenho produtivo das aves, devendo-se recomendar o seu uso com pigmentantes sintéticos ou naturais. Resumo em inglês The production performance and egg quality of laying hens receiving increasing levels of pearl millet grain in rations were studied. Two hundred 30-week-old LSL Lohmann white hens, allotted in a completely randomized design with five treatments, five replicates with 10 hens, were fed with 0, 25, 50, 75 and 100% of pearl millet grain in rations as corn substitute. The performance was evaluated by egg production, feed intake, feed conversion in terms of dozen eggs and egg m (mais) ass, and egg quality measured as egg weight, shell, albumen and yolk porcentages. No differences among treatments were observed for all characteristics, but the yolk color index measured by the Roche fan indicated decreasing in yolk colour as the level of pearl millet increased. Pearl millet did not affect the production performance, and a synthetic or natural pigment should be included in rations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Influência do óleo de linhaça sobre o desempenho e a qualidade dos ovos de poedeiras semipesadas/ Influence of linseed oil on performance and egg quality of semi-heavy laying hens

Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Souza, Janete Gouveia de; Silva, José Humberto Vilar da; Rabello, Carlos Bôa-Viagem; Goulart, Cláudia de Castro; Lima Neto, Raul da Cunha
2008-05-01

Resumo em português O experimento foi conduzido para avaliar a influência da adição de óleo de linhaça em substituição ao óleo de soja em rações para poedeiras semipesadas sobre o desempenho e a qualidade interna e externa dos ovos. Utilizaram-se 192 poedeiras da linhagem Bovans Godline com 29 semanas de idade, distribuídas em seis tratamentos, que consistiram de uma dieta controle (sem óleo vegetal) e de cinco dietas contendo 0,0; 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0% de óleo de linhaça em sub (mais) stituição, respectivamente, a 100, 75, 50, 25 ou 0% do óleo de soja. Avaliaram-se a produção (PROD), o peso (PO) e a massa de ovo (MO), as conversões por massa (CMO) e por dúzia de ovos (CDZ), os pesos e as porcentagens de albúmen, gema e casca, a gravidade específica, os teores de matéria seca, cinzas e proteína do albúmen e da gema e o teor de colesterol e a coloração da gema. A produção, o peso do ovo, a massa de ovo e as conversões por massa e por dúzia de ovos, bem como a qualidade interna e externa dos ovos, não foram influenciados pelos níveis de óleo de linhaça na ração. Do mesmo modo, não houve efeito da inclusão de óleo de linhaça sobre a composição química dos ovos e somente a coloração da gema foi intensificada quando utilizados níveis acima de 1% de óleo de linhaça na dieta. A adição de até 2% de óleo de linhaça na ração não altera o desempenho de poedeiras semipesadas nem a qualidade interna e externa e o teor de colesterol dos ovos. Resumo em inglês This experiment was carried out to evaluate the influence of the linseed oil addition in replacement of soybean oil in laying hens diets on performance and internal and external egg quality. A total of 192 laying hens Bovans Godline line with 29 week-old, were distributed to six treatments, that consisted of a control diet (without vegetal oil) and of five diets containing 2% of linseed oil in replacement of 0, 25, 50, 75 and 100% of soybean oil, generating levels of 0.0, (mais) 0.5, 1.0, 1.5 and 2.0 % of linseed oil in the diets. The evaluated parameters were: production (PROD), egg weight (EW) and mass (EM), feed:egg mass ratio (FEM) and feed:egg dozen ratio (FED), albumen, yolk and shell weights and percentages, specific gravity, albumen and yolk dry matter, ashes and protein, yolk cholesterol and coloration. The production , EW, EM, FEM and FED, as for internal and external egg quality, were not influenced by the linseed oil levels in the diet. Likewise, no effect was observed on egg chemical composition and only yolk coloration was intensified with the levels above 1% of linseed oil in the diet. The addition of up to 2% f linseed oil on diet did not alter the performance on semi-heavy laying hens, and the internal and external egg quality and cholesterol.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Influência do sistema de criação nos parâmetros comportamentais de duas linhagens de poedeiras submetidas a duas condições ambientais/ Influence of breeding systems on behavior of two lineages of laying hens exposed to two environmental conditions

Silva, Iran José Oliveira da; Barbosa Filho, José Antonio Delfino; Silva, Marco Aurélio Neves da; Piedade, Sônia Maria de Stefano
2006-08-01

Resumo em português Este estudo foi realizado com os objetivos de avaliar o comportamento e o bem-estar de aves em um sistema de criação em cama e ninho, em comparação a um sistema de criação convencional (bateria de gaiolas), e estudar a influência das condições ambientais (estresse e conforto) no comportamento de poedeiras. Dois grupos de dez aves (dez Hy-line W36 e dez Hy-line Brown) em início de postura foram submetidos a duas condições ambientais (26°C e 60% UR e 35° (mais) C e 70%UR) e dois sistemas de criação (bateria de gaiolas e cama) durante duas semanas consecutivas. Durante o período de avaliação, um sistema de câmeras de vídeo instaladas no teto da câmara climática registrava o comportamento das aves. Os parâmetros comportamentais foram avaliados durante 2 horas no período da manhã e 2 horas no período da tarde, com gravações feitas a cada segundo. Para melhor avaliação individual do comportamento, as aves foram marcadas com tinta atóxica. Pela análise do comportamento, verificou-se que o sistema de criação em cama propiciou a expressão de todos os comportamentos naturais e de conforto das aves, fornecendo melhores condições de bem-estar. No sistema de criação convencional (gaiolas), mesmo sem nenhuma condição, as aves tentaram executar seus hábitos naturais e, certamente, a impossibilidade de expressarem esses comportamentos agravou o estresse provocado por este sistema de criação. Resumo em inglês This study aimed to evaluate the behavior and the welfare of hens comparing a conventional housing system (laying cages in battery) with another system using litter + nest. The effects of environmental conditions (stress or comfort) on behavior responses of laying hens were also analyzed by precision techniques. Two groups of 10 birds of Hy-line W36 and Hy-line Brown stains, at the beginning of the production phase, were submitted to two environmental conditions (26°C (mais) with 60% RU or 35°C with 70% RU) and two housing systems (cages in battery or litter), during two weeks. The birds were marked with non-toxic paint and their behavior was evaluated by tape recorded by video cameras installed on the roof of the climatic chambers. Behavior parameters such as eating, drinking or dustbathing were recorded during 2 hours, in the morning and in the afternoon, in intervals of 1s in order to investigate the frequency and lenght of each parameter. Housing system in litters allowed the expression of all natural behaviors of birds and those related to their comfort, which lead to improve the welfare conditions. The conventional housing system (laying cages) increased stress because birds tried to manifest their natural behavior in the absence of conditions for it.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Influência da interação fósforo disponível × fitase da dieta sobre o desempenho, os níveis plasmáticos de fósforo e os parâmetros ósseos de poedeiras comerciais/ Available phosphorus and phytase interaction in the diet on performance, plasma phosphorus levels and bone parameters of commercial laying hens

Silva, José Humberto Vilar da; Araujo, José Anchieta de; Goulart, Cláudia de Castro; Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Sakomura, Nilva Kazue; Furtado, Dermeval Araújo
2008-12-01

Resumo em português Dois experimentos foram realizados para avaliar a interação fósforo disponível (Pd) × fitase (UF) da dieta sobre o desempenho, os níveis plasmáticos de fósforo e os parâmetros ósseos de poedeiras. No experimento 1, utilizaram-se 240 aves com 40 semanas de idade distribuídas em esquema fatorial 5 × 2, composto de cinco níveis de fósforo disponível (0,094; 0,194; 0,294; 0,394 e 0,494%) e dois de fitase (0 e 300 unidades de fitase - UF). No experimento (mais) 2, utilizaram-se 288 aves com 44 semanas de idade, distribuídas também em esquema fatorial 3 × 4, composto de três níveis de fósforo disponível (0,094; 0,294 e 0,494%) e quatro de fitase (0; 300; 600 e 1.200 UF). No experimento 1, não houve interação fósforo disponível × fitase, mas o nível de fósforo disponível influenciou, de forma quadrática, a produção (PR) e a massa (MO) de ovos, os níveis plasmáticos de fósforo e a conversão por massa de ovos (CMO) e, de forma linear, o teor de cinzas na tíbia (CT) e a resistência óssea (RO). A adição de 300 UF elevou a disponibilidade do fósforo (de 4,034 para 4,784 mg/dL), o teor de CT (de 41,55 para 42,90%) e a resistência óssea (de 9,678 para 11,135 kgf/mm). No experimento 2, a produção aumentou de forma linear com os níveis de fósforo disponível da ração, que aumentaram linearmente com o aumento do nível de fitase. Os teores de cinzas na tíbia aumentaram até o nível de 567 UF. O aumento do fósforo disponível no nível de 600 UF melhorou de forma linear a massa de ovos, a conversão por massa de ovos e a conversão por dúzia de ovos. A suplementação da ração com menor teor de fósforo disponível (0,094%) com 300 a 1.200 UF melhorou a resistência óssea das aves. Poedeiras exigem em média 0,31 a 0,34% Pd. A adição de 300 UF ou o aumento do fósforo disponível em rações com 600 UF melhora a conversão por massa de ovos. A suplementação de rações deficientes em fósforo disponível com pelo menos 300 UF aumenta os níveis plasmáticos de fósforo, os teores de cinzas na tíbia e a resistência óssea de poedeiras comerciais. Resumo em inglês Two experiments were carried out to evaluate available phosphorus (aP) × phytase interaction of the diet on performance, phosphorus plasma levels and bone parameters of laying hens. In experiment 1, 240 birds with 40 weeks old, were distributed in a 5 × 2 factorial arrangement, composed of five levels of available phosphorus (0.094; 0.194; 0.294, 0.394 and 0.494%) and two of phytase levels (0 and 300 Phytase Units - PU). In experiment 2, 288 birds with 44 weeks (mais) old were distributed in a 3 × 4 factorial arrangement, composed of three levels of available phosphorus (0.094, 0.294 and 0.494%) and four phytase levels (0, 300, 600 and 1,200 PU). In experiment 1, there was no available phosphorus × phytase interaction, but available phosphorus level quadraticaly influenced egg production and egg mass, phosphorus plasma levels and feed conversion by egg mass (FCEM) and, in a linear fashion, tibia ashes content and bone strength. The addition of 300 PU increased the availability of phosphorus (from 4.034 to 4.784 mg/dL), tibia ashes content (from 41.55 to 42.90%) and bone strength (from 9.678 to 11.135 kgf/mm). In experiment 2, egg production increased in a linear fashion with dietary available phosphorus levels, which increased linearly with the increased phytase level. Tibia ashes content increased up to 567 PU. The increase in available phosphorus in of 600 PU level improved in a linear fashion the egg mass, FCEM or feed conversion dozen eggs. The supplementation of diet with lower of available phosphorus (0.094%) levels with 300 to 1,200 PU improved bone strength of the birds. Laying hens require on average 0.31 to 0.34% aP. Addition of 300 PU or increasing dietary available phosphorus with 600 PU improves FCEM. Supplementation of diets deficient in available phosphorus with at least 300 PU increases phosphorus plasma levels, tibia ash content and bone strength of commercial laying hens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Formulação de rações para poedeiras com base em aminoácidos totais e digestíveis utilizando diferentes estimativas da composição de aminoácidos em alimentos/ Diet formulation based on the total and digestible amino acids and different estimates of amino acid ingredient composition, for laying hens

Filardi, Rosemeire da Silva; Casartelli, Elenice Maria; Junqueira, Otto Mack; Laurentiz, Antonio Carlos de; Assuena, Vinícius; Rodrigues, Eliana Aparecida
2006-06-01

Resumo em português Foram utilizadas poedeiras comerciais com 27 semanas de idade, distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 3 x 3, com três repetições de seis aves por tratamento. Os fatores consistiram de três métodos de estimativa da composição de aminoácidos em ingredientes (tabelas brasileiras, equações de predição e fator para correção de aminoácido em função do teor de proteína do ingrediente) e três recomendações de aminoácidos, se (mais) ndo duas de aminoácidos digestíveis e uma de aminoácidos totais. Os métodos de estimativa da composição de aminoácidos nos ingredientes afetaram apenas a conversão alimentar e a espessura de casca, que apresentaram os melhores resultados com a utilização das tabelas brasileiras. Embora as recomendações de aminoácidos tenham determinado diferenças em todos os parâmetros de desempenho, não afetaram a qualidade dos ovos. O desempenho das aves foi prejudicado pelos níveis de aminoácidos digestíveis, entretanto, ambas as recomendações promoveram desempenho semelhante e inferior ao de aminoácidos totais. O pior desempenho das aves alimentadas com as rações formuladas com aminoácidos digestíveis pode ser atribuído à deficiência em nitrogênio para a síntese de aminoácidos não-essenciais, visto que o nível protéico foi reduzido (12,5% PB), ou ainda à deficiência nos aminoácidos arginina, histidina, isoleucina, leucina e valina, cujos requerimentos mínimos não foram considerados na formulação das rações. Resumo em inglês Twenty-seven week-old commercial laying hens were allotted to a completely randomized design with a 3x3 factorial arrangement with three replicates of six birds per treatment. The factors consisted of hree methods for estimatingamino acid ingredient composition (Brazilian tables, prediction equations and factor for correcting amino acid in function of ingredient protein level) and three amino acid recommendations, being two for digestible amino acids and one for total ami (mais) no acid. Methods for estimation amino acid ingredients composition had effect only on feed conversion and shell thickness. The better results were found by using Brazilian tables for calculating amino acid values of ingredients used in diet formulation. Although, amino acid recommendations affected all performance parameters, they did not affect egg quality. Bird performance was prejudiced by digestible amino acid recommendation. The two digestible amino acid recommendations led to similar performances, which were lower than those reached after following total amino acid recommendation. The worst performance observed in birds fed diets balanced according to digestible amino acid recommendations might be a consequence of nitrogen lacking for synthesis of non essential amino acids, once protein level was reduced (12.5% CP), and also explained by the deficiency in arginine, histidine, isoleucine, leucine and valine because their requirements were not considered in the diet formulation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Fontes de lipídios na dieta de poedeiras: desempenho produtivo e qualidade dos ovos/ Lipids sources on layer hen diet: performance and egg quality

Oliveira, D.D.; Baião, N.C.; Cançado, S.V.; Figueiredo, T.C.; Lara, L.J.C.; Lana, A.M.Q.
2010-06-01

Resumo em português Os efeitos de fontes de lipídios na dieta de poedeiras sobre o desempenho produtivo e a qualidade do ovo foram verificados em dois experimentos. Foram utilizados quatro tratamentos, definidos de acordo com a fonte lipídica adicionada nas rações: óleo de soja, óleo de girassol, óleo de linhaça e ração controle (sem adição de óleo). Os experimentos foram realizados com poedeiras de 20 e 54 semanas de idade, respectivamente, com duração de oito semanas. Avalia (mais) ram-se os parâmetros produtivos - consumo de ração, conversão alimentar, produção e peso dos ovos - e de qualidade do ovo - porcentagens de gema, albúmen e casca, sólidos da gema, unidades Haugh, pH do albúmen, e cor da gema. Somente o peso do ovo de poedeiras jovens foi afetado pela inclusão de óleos vegetais na ração. Esses ovos apresentaram maior peso e maior porcentagem de gema que os produzidos pelas poedeiras jovens alimentadas com ração-controle. Concluiu-se que a utilização de diferentes fontes de lipídios na ração de poedeiras não altera o desempenho produtivo e a qualidade interna dos ovos, com exceção do peso do ovo de poedeiras novas, que aumenta com a utilização de óleos vegetais. Resumo em inglês The effects of different sources of fat in the diet of layer hens on performance and egg quality were recorded in two experiments. Four treatments were defined by the lipid source added to the diets: soybean oil, sunflower oil, linseed oil and control diet (without oil added). The experiments were carried out with layers from 20 to 54 weeks of age, respectively, for eight weeks. Production parameters (feed intake, feed conversion, egg production, and egg weight) and quali (mais) ty of eggs (percentages of yolk, albumen, and shell; total solids of yolk; Haugh units; pH of albumen; and yolk color) were evaluated. Among the parameters of production and quality of the eggs, only the weight of eggs and percentage of yolk of young hens were affected by the inclusion of vegetable oils in the diet. These eggs were significantly heavier and had higher percentage when compared with the eggs of hens fed the control diet. It was concluded that the utilization of different sources of oils in layers diet did not change performance and egg quality , except egg weigh of young layers, that increased with the utilization of vegetables oils.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Farelo de trigo e complexo enzimático na alimentação de poedeiras semipesadas na fase de produção/ Wheat bran and enzymatic complex in the feeding of laying hens in the production phase

Araujo, Daniel de Magalhães; Silva, José Humberto Vilar da; Miranda, Edma Carvalho de; Araujo, José Anchieta de; Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Teixeira, Elisanie Neiva Magalhães
2008-05-01

Resumo em português O estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar os efeitos da inclusão de farelo de trigo (FT) na ração com ou sem a suplementação de um complexo enzimático (CE) sobre o desempenho e a produção de ovos de frangas semipesadas na fase de produção. Foram utilizadas 288 frangas Lohmann Brown, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 × 2, composto de quatro níveis de farelo de trigo (0, 3, 6 e 9%) na ração e da suplementaçã (mais) o de complexo enzimático (0 ou 100 g/100 kg de ração), com oito tratamentos e seis repetições de seis aves. O complexo enzimático continha as enzimas beta-galactosidase, galactomananase, xilanase e alfa-glucanase. O consumo de ração, o peso vivo final, a produção de ovos, o peso e a massa de ovos e a conversão por massa e por dúzia de ovos não foram afetados pela inclusão do farelo de trigo nas rações. A gravidade específica da casca dos ovos piorou com o aumento dos níveis de farelo de trigo nas dietas. Nenhuma característica foi afetada pela adição do complexo enzimático na ração, com exceção do peso do ovo, que melhorou de 62,74 para 64,28 g. Recomenda-se o uso de até 9% de farelo de trigo em rações para poedeiras em produção. A adição de alfa-galactosidase, galactomananase, xilanase e alfa-glucanase aumenta o peso dos ovos. Resumo em inglês The study was carried out with the objective to evaluate the effects of the inclusion of the wheat bran (WB) with or without supplementation of an enzymatic complex (EC) on the performance of semi-heavy hens in the egg-production phase. A total of 288 Lohmann Brown pullets were used, distributed to a completely randomized design in 4 × 2 factorial arrangement, composed by four WB levels (0, 3, 6 and 9%) in the ration and enzymatic complex supplementation (0 or 100g/100 k (mais) g diet), with eight treatments and six replicates of six birds. The enzymatic complex contained the enzymes beta-galactosidase, galactomananase, xilanase and alpha-glucanase. Feed intake, final body weight, egg production, egg weight, egg mass, egg mass feed conversion or egg dozen feed conversion was not affected by WB inclusion in the diets. Egg shell specific gravity deteriorated as WB levels increase in the diets. None of the characteristics was affected by the enzymatic complex supplementation, except for egg weight, that improved from 62.74 to 64.28 g. Then, the use up to 9.0% of wheat bran in the ration is recommended for semi-heavily chickens in the production phase. The supplementation of alpha-galactosidase, galactomannanase, xylanase and alpha-glucanase improve egg weight.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Farelo de coco na ração de poedeiras comerciais: digestibilidade dos nutrientes, desempenho e qualidade dos ovos/ Coconut meal in laying hens diets: nutrients digestibility, performance and egg quality

Lima, Raffaella Castro; Fuentes, Maria de Fátima Freire; Freitas, Ednardo Rodrigues; Sucupira, Francislene Silveira; Moreira, Rafaele Ferreira; Braz, Nádia de Melo
2007-10-01

Resumo em português Um experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da inclusão de farelo de coco (FC) sobre a digestibilidade dos nutrientes da ração, o desempenho e as características dos ovos de poedeiras comerciais. Cento e cinqüenta poedeiras com 76 semanas de idade foram pesadas e distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos, cada um com cinco repetições de seis aves por unidade experimental. Foram avaliadas cinco rações, uma (mais) testemunha, sem FC, e as demais com 5, 10, 15 e 20% de farelo de coco. As rações foram calculadas para serem isoprotéicas e isocalóricas. A inclusão do FC nas rações aumentou a quantidade de EE, FB e EB da ração. Os níveis de inclusão de FC tiveram efeito quadrático sobre os coeficientes de digestibilidade de MS, N e EB e nos valores de energia metabolizável aparente (EMA) e aparente corrigida para N (EMAn), que atingiram o máximo no nível de 15% de inclusão. As rações contendo 10, 15 e 20% de farelo de coco apresentaram valores de EMA e EMAn superiores aos obtidos com a ração sem FC. Os níveis de FC utilizados não afetaram a porcentagem de postura, o peso do ovo e a massa de ovo. O consumo de ração diminuiu e a conversão alimentar melhorou com a inclusão de 15 e 20% de FC. Considerando os resultados de digestibilidade da energia das rações, recomenda-se que a inclusão de farelo de coco em rações para poedeiras não deve ultrapassar o nível de 15%. Resumo em inglês This experiment was conducted to evaluate the effect of inclusion of coconut meal (CM) in diets on nutrients digestibility, performance and egg characteristics of commercial laying hens. A total of 150 laying hens, with 76 weeks of age was weighed and allotted to a completely randomized design with five treatments and five replicates of six birds in each experimental unit. Five diets were evaluated, one control, without CM and the others with 5, 10, 15, and 20% of CM. Die (mais) ts were formulated to be isoprotein and isonitrogenous. Amounts of EE, CF and GE increased with inclusion of CM in diets. A quadratic effect was observed for the inclusion levels of CM on digestibility coefficients for DM, N, GE and the values of apparent metabolizable energy (AME) and N corrected apparent metabolizable energy (AMEn) that reached the maximum at 15% of inclusion. Values of AME and AMEn were higher in diets containing 10, 15, and 20% of CM than that for diet without CM. Egg production, egg weight and egg mass were not affected by the inclusion levels of CM. Feed intake decreased and feed conversion improved as CM level increased in diets. Considering the results of dietary digestible energy, it could be recommended that coconut meal inclusion in the laying hen diet should not exceed the level of 15%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Exigências nutricionais de treonina digestível para poedeiras semipesadas no segundo ciclo de produção/ Nutritional requirement of digestible threonine to brown-egg laying hens on the 2nd cycle of production

Schmidt, Marlene; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Nunes, Ricardo Vianna; Cupertino, Edwiney Sebastião
2010-05-01

Resumo em português Com o objetivo de determinar a exigência nutricional de treonina digestível para poedeiras comerciais de segundo ciclo de produção, período de 79 a 95 semanas de idade, foi conduzido um experimento com 180 poedeiras semipesadas, distribuídas em cinco níveis de treonina digestível (0,380; 0,413; 0,446; 0,479; e 0,512%), cada um com seis repetições de seis aves. Os níveis de treonina na ração tiveram efeito quadrático sobre o consumo de ração, a conversão a (mais) limentar por massa e por dúzia de ovos, a taxa de postura, o peso e a massa de ovos. O consumo de treonina digestível aumentou linearmente de acordo com os níveis de treonina na ração. Não foi observado efeito dos níveis de treonina digestível na ração sobre o ganho de peso, os índices de gema e de albúmen e as porcentagens de casca, gema e albúmen do ovo, com exceção da unidade Haugh, que aumentou de forma quadrática conforme os níveis de treonina digestível da ração. Considerando a conversão alimentar por dúzia de ovos, a exigência de treonina digestível para poedeiras comerciais no período de 79 a 95 semanas de idade é de 0,467%, que corresponde a um consumo de 462 mg de treonina/ave/dia. Resumo em inglês The objective of this work is to determine the nutritional requirement of digestible threonine for brown-egg laying hens between 79 to 95 weeks of age. For this experiment, 180 commercial Lohmann Brown laying hens were used, distributed in five digestible threonine levels (0.380; 0.413; 0.446; 0.479 and 0.512%), each one with six replicates and six hens/replicate. It was observed a quadratic effect of threonine levels on the feed intake, egg mass conversions, egg dozen co (mais) nversions, egg production, egg weight, and egg mass. The digestible threonine intake increased linearly in function of diet threonine levels. It was not observed effect of diet threonine levels for weight gain, yolk index, albumen index, shell percentage, yolk percentage and albumen percentage, except for the Haugh units, which increased in a quadratic way according to digestible threonine levels in the feed. Regarded to the food conversion per egg dozen, the requirement of digestible threonine for commercial hens in the period between 79 to 95 weeks of age is 0.467%, which corresponds to an intake of 462 mg threonine/hen/day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Exigências nutricionais de metionina+cistina para poedeiras semipesadas do início de produção até o pico de postura/ Methionine + cystine requirements of semi-heavy laying hens from the starter to peak of egg production

Jordão Filho, José; Silva, José Humberto Vilar da; Silva, Edson Lindolfo da; Ribeiro, Marcelo Luis Gomes; Martins, Terezinha Domiciano Dantas; Rabello, Carlos Bôa-Viagem
2006-06-01

Resumo em português O experimento foi realizado com a finalidade de determinar as exigências nutricionais de metionina+cistina (M+C) de poedeiras semipesadas. Foram utilizadas 360 aves distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e 12 repetições de seis aves. As rações experimentais com 17,2% PB (isoprotéicas) e 2.800 kcal EM/kg (isocalóricas) foram formuladas à base de milho e farelo de soja para atender às exigências de todos os nutrientes, exceto (mais) M+C, sendo suplementadas com DL-metionina (99%) em substituição ao amido de milho para proporcionar cinco níveis (0,61; 0,68; 0,75; 0,82 e 0,89%) de M+C total. As características de desempenho foram avaliadas no período de 20 a 44 semanas de idade das aves. Os níveis de M+C afetaram o desempenho das aves, com efeito quadrático sobre o peso dos ovos, a massa de ovos e a conversão por massa de ovos. As estimativas encontradas foram de 0,73; 0,69 e 0,69% de M+C total ou 0,66; 0,63 e 0,63% de M+C digestível respectivamente. Portanto, recomenda-se 0,70 e 0,64%, ou consumo de 762 e 697 mg, respectivamente, de M+C total e digestível/ave/dia para poedeiras semipesadas do início de produção até o pico de postura. Resumo em inglês A trial was carried out to determine the nutritional requeriments of methionine + cystine (M+C). A total of 360 laying hens was allotted to a completely randomized design with five treatments and 12 replicates of six birds. The corn-soybean meal based diets were formulated to be isonitrogenous (17.2% CP) and isoenergy (2,800 kcal ME/kg) to meet the bird requeriment in all nutrients, except for M+C, that was supplemented with DL-methionine (99%) in replacement with corn st (mais) arch. The following total M+C levels were obtained: 0.61, 0.68, 0.75, 0.82, and 0.89%. All variables were evaluated from 20 to 44 weeks old. Egg weight, egg mass and egg mass:feed ratio were all affected quadratically by the M+C levels. The estimates obtained were: 0.73, 0.69, and 0.69% of total lysine and 0.66, 0.63, and 0.63% of digestible M+C, respectively. Therefore, it is recommended levels of 0.70 and 0.64% or intake of 762 and 697 mg total and digestible M+C/bird/day, respectively, for semi-heavy laying hens from the starter to peak of egg production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Exigências de triptofano e padrão de recuperação do desempenho de poedeiras comerciais após alimentação com rações deficientes em triptofano/ Tryptophan requirements and recovery performance pattern of commercial laying hens after feeding tryptophan-deficient diets

Deponti, Bruno José; Faria, Douglas Emygdio de; Faria Filho, Daniel Emygdio de; Rombola, Luiz Gustavo; Araujo, Lúcio Francelino; Junqueira, Otto Mack
2007-10-01

Resumo em português Este experimento foi conduzido para avaliar as exigências de triptofano e o padrão de recuperação do desempenho de poedeiras alimentadas com rações deficientes em triptofano. Foram utilizadas 160 poedeiras comerciais da linhagem Hisex White distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado com cinco níveis de triptofano nas dietas (0,13; 0,15; 0,17; 0,19 e 0,21%), com oito repetições de quatro aves. As poedeiras permaneceram por duas semanas em adaptaçã (mais) o (51 a 52 semanas), por seis semanas para avaliação da exigência de triptofano (53 a 58 semanas) e por quatro semanas para determinação do padrão de recuperação do desempenho (59 a 62 semanas). A produção e a massa de ovos foram prejudicadas quando as poedeiras foram alimentadas com rações contendo 0,13% de triptofano, no entanto, o desempenho foi recuperado após uma semana de alimentação com ração contendo 0,21% desse aminoácido. A qualidade interna dos ovos não foi influenciada pelos níveis de triptofano estudados (ingestão de 137,1 a 228,0 mg triptofano/dia). As exigências de triptofano foram estabelecidas entre 161 e 188 mg/dia, dependendo da característica avaliada (produção ou massa de ovos) e do modelo de regressão aplicado (polinomial, exponencial ou segmentado). Resumo em inglês This experiment was carried out to evaluate the tryptophan (Trp) requirements and the recovery performance pattern of laying hens fed Trp-deficient diets. One hundred sixty Hisex White commercial laying hens were randomly distributed in five Trp levels in the diets (0.13, 0.15, 0.17, 0.19 and 0.21% ) with eight replicates of four birds. The laying hens remained for two weeks in adaptation (51 to 52 weeks), for six weeks for evaluation of Trp requirements (53 to 58 weeks) (mais) and for four weeks for the determination of the recovery performance pattern (59 to 62 weeks). Egg production and egg mass were impaired when laying hens were fed diets containing 0.13% of Trp, however, the performance was recovered after one week of feeding under a diet containing 0.21% of this amino acid. Internal egg quality was not influenced by the Trp levels studied (intake among 137.1 to 228.0 of Trp mg/day). Tryptophan requirements ranged from 161 to 188 mg/ay, depending on the characteristics evaluated (egg production or egg mass) and the regression model applied (polynomial, exponential or broken line).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Exigência nutricional de lisina para poedeiras leves e semipesadas nos períodos de 1 a 3 e de 4 a 6 semanas de idade/ Nutritional requirement of lysine for white-egg and brown-egg laying hens from 1 to 3 and 4 to 6 weeks of age

Rodrigueiro, Ramalho José Barbosa; Rostagno, Horacio Santiago; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Gomes, Paulo Cezar; Nunes, Ricardo Vianna; Neme, Rafael
2007-10-01

Resumo em português Com o objetivo de determinar a exigência nutricional de lisina para poedeiras leves e semipesadas em crescimento nos períodos de 1 a 3 e de 4 a 6 semanas de idade, foram utilizadas 480 aves no período de 1 a 3 semanas de idade e 432 aves no período de 4 a 6 semanas de idade. Em ambos os períodos, foram utilizadas aves Hy Line, 50% Hy-line W 36 (leves) e 50% Hy-line Brown (semipesadas), em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 6 × 2, compost (mais) o de seis níveis de lisina (0,00; 0,06; 0,12; 0,18; 0,24 e 0,30%) e duas linhagens de aves de postura. Considerando os resultados obtidos para as variáveis analisadas, a exigência de lisina total para o período de 1 a 3 semanas de idade foi 1,052% para aves leves e de 0,981% para aves semipesadas ou 207,38 mg de lisina total/dia para aves leves e 198,63 mg de lisina total/dia para aves semipesadas. Para o período de 4 a 6 semanas, a exigência de lisina foi de 0,939% de lisina para aves leves e de 0,889% de lisina para aves semipesadas ou 323,30 mg de lisina total/dia para aves leves e 300,29 mg de lisina total/dia para aves semipesadas. Resumo em inglês With the objective of determine the nutritional requirement of lysine for growing white-egg and brown-egg laying hens in the period from 1 to 3 and 4 to 6 weeks of age, 480 birds were used in the period from 1 to 3 weeks of age and 432 birds in the period from 4 to 6 weeks of age. In both periods, Hy-line birds were used; 50% Hy-line W 36 (White) and 50% Hy-line Brown in completely randomized design in a 6 × 2 factorial arrangement (level of lysine [0.00, 0.06, 0.12 (mais) , 0.18, 0.24, and 0.30%] and strains of laying hens). Based on the obtained results for the analyzed variable, the total lysine requirement for the period from 1 to 3 weeks of age was 1.052% for white birds and 0.981% brown birds or 207.38 mg of total lysine/day for white birds and 198.63 mg of total lysine/day for brown birds. For the period from 4 to 6 weeks of age the lysine requirement was 0.939% for white birds and 0.889% for brown birds or 323.30 mg of total lysine/day for white birds and 300.29 mg of total lysine/day for brown birds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Exigência nutricional de lisina digestível para poedeiras semipesadas no segundo ciclo de produção/ Nutritional requirement of digestible lysine for brown-egg laying hens in the 2nd production cycle

Schmidt, Marlene; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Nunes, Ricardo Vianna; Cupertino, Edwiney Sebastião
2009-10-01

Resumo em português Com o objetivo de determinar a exigência nutricional de lisina digestível para poedeiras de segundo ciclo de produção no período de 79 a 95 semanas de idade, conduziu-se um experimento utilizando 180 poedeiras Lohmann Brown, distribuídas em cinco níveis de lisina digestível (0,555; 0,605; 0,655; 0,705; e 0,755%), seis repetições e seis aves por unidade experimental. O consumo de ração e a conversão alimentar por dúzia de ovos não foram influenciados pelos n (mais) íveis de lisina. O efeito foi linear positivo sobre o consumo de lisina e quadrático sobre a conversão alimentar por massa de ovos. O peso e a massa de ovos apresentaram resposta quadrática aos níveis de lisina. A porcentagem dos componentes dos ovos e a qualidade interna não foram influenciadas pelos níveis de lisina, com exceção do índice de gema, que sofreu efeito quadrático. A exigência de lisina digestível para poedeiras semipesadas no segundo ciclo de postura foi estimada em 0,681%, o que equivale a consumo diário de 783 mg de lisina digestível. Resumo em inglês With the objective of determining the nutritional requirement of digestible lysine for brown-egg laying hens from 79 to 95 weeks of age, an experiment was carried out using 180 commercial Lohmann Brown laying hens, distribuited in five treatments (0.555; 0.605; 0.655; 0.705 and 0.755%), six replications and six birds birds/replication. The feed intake and the food conversion per dozen of eggs were not influenced by the lysine levels. There was a positive linear effect on (mais) lysine intake and quadratic on feed conversion for egg mass. Egg mass and weight presented a quadratic response to the lysine levels. The egg component percentage and the internal quality were not influenced by the levels of lysine, except for the yolk index, which showed quadratic effect. The digestible lysine requirement for brown-egg laying hens on the 2nd production cycle of production was 0.681% lysine, that corresponds to a daily intake of 783 mg digestible lysine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Exigência nutricional de lisina digestível para poedeiras leves no segundo ciclo de produção/ Nutritional requirement of digestible lysine to white-egg laying hens on the second cycle of production

Schmidt, Marlene; Gomes, Paulo Cezar; Rostagno, Horacio Santiago; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Nunes, Ricardo Vianna; Calderano, Arele Arlindo
2008-06-01

Resumo em português Com o objetivo de determinar a exigência nutricional de lisina digestível para poedeiras de segundo ciclo de produção, no período de 79 a 95 semanas de idade, foi conduzido um experimento utilizando 180 poedeiras Lohmann LSL leves, distribuídas em cinco níveis de lisina digestível (0,555; 0,605; 0,655; 0,705; e 0,755%), seis repetições e seis aves por unidade experimental. Foi observado efeito quadrático dos níveis de lisina sobre consumo de ração, ganho de (mais) peso, conversão alimentar/massa de ovos, peso e massa de ovos. Para as características consumo de lisina, conversão alimentar/dúzia e taxa de postura, foi observado efeito linear positivo dos níveis de lisina. A porcentagem dos componentes dos ovos e a qualidade interna não foram influenciadas pelos tratamentos, com exceção da porcentagem de casca e do índice de gema, que apresentaram efeito linear negativo. Embora tenha sido obtido efeito quadrático para massa de ovos e conversão alimentar/massa de ovos, estas características não foram utilizadas para determinação da exigência de lisina digestível para as aves leves, visto que não atenderiam à exigência de lisina encontrada para os demais parâmetros. Deste modo, a exigência estimada de lisina digestível para as poedeiras leves, mediante efeito linear, foi maior ou igual a 0,755%, o que corresponde a um consumo de pelo menos 885 mg de lisina digestível/ave/dia. Resumo em inglês The nutritional requirement of digestible lysine was determined in 180 Lohmann LSL white-egg laying hens raised from 79 to 95 weeks of age. The birds were allotted to five levels (0.555; 0.605; 0.655; 0.705 and 0.755%) of digestible lysine, six replicates and six birds per experimental unit. Quadratic effect of digestible lysine levels on feed intake, average weight gain, feed conversion/egg mass, the egg weight and the egg mass was observed. For the characteristics diges (mais) tible lysine intake, feed conversion/dozen eggs and egg production a positive linear effect of digestible lysine levels was observed. The percentage of the components of the eggs and the internal quality were not affected by the digestible lysine levels, except for percentages of shell and yolk index, which showed linear negative effect. Although it was observed quadratic effect on egg mass and feed conversion/egg mass, these characteristics were not used to determine digestible lysine requirements for the white-egg birds, since these traits did not meet the requirement of digestible lysine observed for the other traits. Thus, the estimated requirement of digestible lysine for the white-egg laying hens, using linear effect was higher or equal to 0.755%, corresponding to an intake of at least 885 mg of digestible lysine/bird/day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Exigência de sódio para poedeiras no final do primeiro ciclo e durante o segundo ciclo de postura/ Sodium requirements for laying hens in the late first and during second egg-production cycle

Ribeiro, Marcelo Luís Gomes; Silva, José Humberto Vilar da; Araujo, José Anchieta de; Martins, Terezinha Domiciano Dantas; Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Givisiez, Patrícia Emília Naves
2008-07-01

Resumo em português Dois experimentos foram realizados para estimar as exigências de sódio para poedeiras semipesadas no final do primeiro e durante o segundo ciclo de postura. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com sete níveis de sódio (0,08; 0,13; 0,18; 0,23; 0,28; 0,33 e 0,38%), cada um com seis repetições de seis aves no final do primeiro ciclo de postura e cinco repetições de seis aves no segundo ciclo de postura. No final do primeiro ciclo, não houve e (mais) feito dos níveis de sódio sobre o consumo de ração (CR), o peso dos ovos (PO), a conversão por dúzia de ovos (CDZ) e a gravidade específica (GE), mas a produção de ovos (PR), a massa de ovos (MO) e a conversão por massa de ovos (CMO) foram afetadas de forma quadrática. As exigências de sódio foram estimadas em 0,21; 0,22 e 0,21%, respectivamente. No segundo ciclo, os níveis de sódio não tiveram efeito sobre o peso e a gravidade específica dos ovos, entretanto, influenciaram de forma quadrática a PR, MO, CMO e CDZ. Nesse ciclo, as exigências de sódio foram estimadas em 0,20; 0,19; 0,18 e 0,19%, respectivamente. Considerando as estimativas de exigências de sódio pela produção de ovos e pela conversão por massa de ovos, sugerem-se 0,22 e 0,20% como níveis máximos de sódio, respectivamente, para o final do primeiro ciclo e para o segundo ciclo de postura. Resumo em inglês Two experiments were carried out to estimate sodium requirements for brown-eggs laying hens in the late first and during second egg-production cycle. A completely randomized design was used, with seven sodium levels (0.08, 0.13, 0.18, 0.23, 0.28, 0.33 and 0.38%), six replications of six birds in the late first egg-production cycle and five replications of six birds in the second egg-production cycle. In the late first egg-production cycle, sodium levels (SL) had no effect (mais) on feed intake (FI), egg weight (EW), egg dozen feed conversion (EDC) and egg-shell specific gravity (SG). The SL showed quadratic effect on egg production (EP), egg mass (EM) and egg mass feed conversion (EMC), that resulting in sodium requirements (SR) of 0.21, 0.22 and 0.21%, respectively. In the second egg-production cycle, SL had no effect on EW and SG. However, EP, EM, EMC and EDC improved when the levels of sodium were 0.20, 0.19, 0.18 and 0.19%, respectively. Considering the estimates of sodium requirements to egg production and egg mass feed conversion, could be suggests 0.22% e 0.20% as maximum sodium levels, respectively, to late first and second egg-production cycle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Exigência de lisina para poedeiras semipesadas durante o pico de postura/ Lysine requeriment of semi-heavy laying hens during the peak of egg production

Filho, José Jordão; Silva, José Humberto Vilar da; Silva, Edson Lindolfo da; Ribeiro, Marcelo Luís Gomes; Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Rodrigues, Paulo Borges
2006-08-01

Resumo em português Objetivando determinar as exigências nutricionais de lisina para 252 poedeiras semipesadas, foi conduzido um experimento em delineamento inteiramente ao acaso, com sete tratamentos, constituídos de seis repetições de seis aves. As dietas, isoprotéicas (17,1% de PB) e isocalóricas (2.800 kcal/kg-EM), foram formuladas para atender às exigências das aves em todos os nutrientes, exceto lisina, que foi suplementada com L-lisina • HCl (78,4% de lisina), resultando nos (mais) seguintes níveis: 0,79; 0,83; 0,87; 0,91; 0,95; 0,99 e 1,03% de lisina total. As características de desempenho foram avaliadas no período de 30 a 46 semanas de idade, que corresponde ao pico de postura. Foi observado efeito quadrático dos níveis de lisina sobre a produção, o peso e a conversão alimentar por dúzia de ovos. As exigências de lisina total foram de 0,92; 0,91 e 0,90%, que correspondem, respectivamente, a 0,84; 0,83 e 0,82% de lisina digestível. Recomenda-se 0,92 ou 0,84%, ou 996 ou 910 mg, de lisina total e digestível/ave/dia para poedeiras semipesadas durante o pico de postura. Resumo em inglês An experiment was carried out as a completely randomized design, with seven treatments, and six replicates of six birds to determine the lysine nutritional requeriments for 252 semi-heavy laying hens. The diets were formulated to be isonitrogenous (17.1%CP) and isoenergy (2,800 kcal/kg-ME) and to meet all bird nutrient requeriments, with the exception of lysine, that was supplemented with L-lysine • HCl (78.4% of lysine) and resulted in the following levels: 0.79, 0.83, (mais) 0.87, 0.91, 0.95, 0.99, and 1.03% of total lysine. The performance variables were evaluated from 30 to 46 weeks of age, that correspond to the peak of egg production in commercial hens. Quadract effect of treatments on egg production, egg weight and egg dozen:feed ratio was observed. The total lysine requeriments were of 0.92, 0.91, and 0.90, that was correspondent to the estimate of 0.84, 0.83, and 0.82% of digestible lysine, respectively. It is recommended levels of 0.92 or 0.84% or intake of 996 or 910 mg of total and digestible lysine/bird/day, during the peak of egg production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Equação de predição da exigência de proteína bruta para aves reprodutoras pesadas na fase de produção/ Prediction equation of crude protein requirements for broiler breeders hens

Rabello, Carlos Bôa-Viagem; Sakomura, Nilva Kazue; Longo, Flavio Alves; Resende, Kleber Tomaz de; Couto, Humberto Pena
2002-06-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi determinar as exigências de proteína para aves reprodutoras pesadas através do método fatorial. A exigência de proteína bruta para mantença (PBm) foi determinada por intermédio da técnica do balanço de nitrogênio por meio de ensaio de metabolismo com aves submetidas a quatro dietas com níveis decrescentes de proteína, proporcionando balanço positivo, próximo a zero e negativo. Para determinar a exigência de proteína bru (mais) ta para o ganho de peso (PBg) dois experimentos foram conduzidos, sendo que em um, determinou-se as exigências líquidas de nitrogênio e no outro, a eficiência de utilização do nitrogênio para o ganho, por meio de abates semanais de aves no período de 26 a 33 semanas de idade. A exigência de proteína bruta para produção de ovos (PBo) foi determinada através de análises semanais de proteína bruta dos ovos coletados, no período de 31 a 37 semanas de idade, considerando a eficiência de deposição da proteína no ovo. A exigência e eficiência de utilização da proteína para mantença foram 2.282 mg PB/kg0,75/dia e 60,79%; respectivamente. As exigências de PBg e PBo determinadas foram: 356 mg PB/g e 262 mg PB/g, respectivamente, e as eficiências de utilização do nitrogênio, 40 e 46,80%, respectivamente. A equação de predição elaborada para aves reprodutoras pesadas na fase de produção foi: PB=2,282.P0,75+0,356.G+0,262.MO, onde PB é a exigência de proteína bruta (g/ave/dia), P o peso corporal (kg), G o ganho de peso (g/dia) e MO a massa de ovos (g/dia). Resumo em inglês The objective of this study was to determine the protein requirement for broiler breeder hens using factorial method. The requirement of crude protein for maintenance (CPm) was determined using nitrogen balance technique in metabolism assay. The birds were fed with four protein levels in order to get a positive, a close to zero and a negative nitrogen balance. To determine the crude protein weight gain requirement (CPg), two experiments were carried out. The first was cal (mais) culate to determine the net nitrogen requirement and the other to determine nitrogen use efficiency for body deposition, from 26 to 33 weeks old. The crude protein requirement for egg production (CPe) was determined by content of crude protein of eggs measured in birds from 31 to 37 weeks old. The protein requirement for maintenance was 2,282 mg CP/kg0.75/day and the protein efficiency 60.79%. The nitrogen requirement for weight gain and egg production were: 356 mgCP/g and 262 mg of CP/g, respectively, and the protein efficiency utilization were: 40 and 46.80% for weight gain and egg production, respectively. The prediction equation for broiler breeder hens was : CP = 2,282W0.75 + 0.356G + 0.262 EM, where CP is crude protein requirement (g/bird/day), W is body weight (kg), G is weight gain (g/day) and EM is egg mass (g/day).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Efeitos do tipo de bebedouro sobre a qualidade da água e o desempenho e a qualidade dos ovos de poedeiras comerciais/ Effect of the drinking system on water quality and laying hen performance and egg quality

Togashi, Cristina Kimie; Angela, Henrique Lopes da; Freitas, Ednardo Rodrigues; Guastalli, Elisabete Aparecida Lopes; Buim, Marcos Roberto; Gama, Nilce Maria Soares Queiroz
2008-08-01

Resumo em português Um experimento foi realizado para avaliar os efeitos da forma de fornecimento de água sobre o desempenho e a qualidade de ovos de poedeiras comerciais. Utilizaram-se 100 poedeiras comerciais com 44 semanas de idade distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado com dois tratamentos (tipos de bebedouros: taça e nipple), cada um com dez repetições de cinco aves. O experimento foi conduzido durante 63 dias, divididos em três períodos de 21 dias. As aves que (mais) utilizaram bebedouro tipo nipple apresentaram maior porcentagem de postura e melhor conversão alimentar. A qualidade dos ovos não foi influenciada pelo tipo de bebedouro utilizado. O uso de bebedouro tipo nipple possibilita o fornecimento de água com melhor qualidade microbiológica para as poedeiras e, conseqüentemente, favorece o desempenho das aves. Resumo em inglês An experiment was carried out to evaluate the effect of different forms of water supply for laying hens on performance and egg and water quality. Two types of drinking system were evaluated: cup and nipple. In each treatment 10 replicates had been used, composed for five hens. The experiment lasted 63 days, divided in three periods of 21 days. Data of performance and egg quality were submitted to variance analysis and, when the differences were significant, they were comp (mais) ared by F test. Data of microbiological quality were compared by qui-square test. Hens submitted to nipple drinking system showed greater egg production and better feed conversion. No treatment differences on egg quality were detected. However, in the evaluations of the water bacteriological quality it was evident that the nipple drinking system provides better water quality and performance of laying hens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Efeitos das fontes e níveis de sódio, cloro e potássio e da relação (Na + K)/Cl, sobre o desempenho e características do plasma sangüíneo de poedeiras comerciais/ Effects of the source and levels of sodium, chlorine and potassium and (Na + K)/Cl ratio on performance and plasma blood characteristics of laying hens

Junqueira, Otto Mack; Camargo Filho, Benedito de; Araújo, Lúcio Francelino; Araújo, Cristiane Soares da Silva; Sakomura, Nilva Kazue
2000-08-01

Resumo em português Dois experimentos foram realizados para estudar os efeitos da relação (Na + K)/Cl na dieta de poedeiras comerciais no final do ciclo de postura, pela adição de bicarbonato de sódio (NaHCO3), cloreto de sódio (NaCl), cloreto de potássio (KCl) e cloreto de amônia (NH4Cl), avaliando-se os parâmetros produtivos e características do plasma sangüíneo. O primeiro experimento envolveu cinco tratamentos: 0,30% de NaCl; 0,30% de NaCl + 0,95% de NaHCO3; 0,38% de KCl + 0, (mais) 67% de NaHCO3; 0,38% de KCl + 1,62% de NaHCO3; e 0,38% de KCL + 2,56% de NaHCO3. A relação (Na + K)/Cl foi, respectivamente, 3,46; 4,46; 4,46; 5,46; e 6,46. O segundo experimento envolveu quatro tratamentos: 0,30% NaCl; 0,47% de NaHCO3 + 0,19 de NH4Cl; 1,17% NaHCO3 + 0,19% de NH4Cl; e 1,88% de NaHCO3 + 0,19% de NH4Cl. A relação (Na + K)/Cl foi 3,46; 4,46; 5,46; e 6,46, respectivamente. No primeiro experimento, o maior consumo alimentar foi observado nas aves alimentadas com dietas contendo 0,30% de NaCl. As aves que consumiram KCl apresentaram melhor conversão alimentar. Foi observado aumento no fósforo e pH do plasma sangüíneo. Aves que receberam dietas em que a relação (Na +K)/Cl foi de 5,46 apresentaram maiores níveis de fósforo no plasma sangüíneo. O aumento do pH no plasma sangüíneo foi observado em aves que receberam dietas com relações de (Na + K)/Cl de 4,46 e 6,46. No segundo experimento, o peso do ovo diminuiu com o aumento do NaHCO3 da dieta. Resumo em inglês Two experiments were conducted to study the effects of (Na + K)/Cl ratio on the diet of commercial laying hens, at the end of egg production by the addition of sodium bicarbonate (NaHCO3), sodium chloride (NaCl), potassium chloride (KCl) and ammonium chloride (NH4Cl), with regard to productive parameters and plasma blood characteristics. The first experiment involved five treatments: 0.30% NaCl; 0.30% NaCl + 0.95% NaHCO3; 0.38% KCl + 0.67% NaHCO3; 0.8% KCl + 1.62% NaHCO3 (mais) and 0.38% KCl + 2.56% NaHCO3. The (Na + K)/Cl ratios were respectively, 3.46; 4.46; 4.46, 5.46 e 6.46. The second experiment involved four treatments: 0.30% NaCl; 0.47% NaHCO3 + 0.19 NH4Cl; 1.17% NaHCO3 + 0.19% NH4Cl and 1.88% NaHCO3 + 0.19% NH4Cl. The (Na+K)/Cl ratios were 3.46; 4.46; 5.46 and 6.46, respectively. In the first experiment, the greatest feed intake was observed in the hens fed diet with 0.30% NaCl. The birds fed KCl presented better feed conversion. It was observed an increase in the plasma blood phosphorus and plasma blood pH. The birds fed diets with 5.46 of (Na +K)/Cl ratio presented the highest plasma blood phosphorus. The hens receiving the diets with the 4.46 and 6.46 (Na+K)/Cl ratios presented an increase in the plasma blood pH. In the second experiment, the egg weight decreased as NaHCO3 increased in the diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Efeitos da umidade relativa do ar na incubadora e da idade da matriz leve sobre o rendimento da incubação/ Effects of relative air humidity in the hatchery and breeder hen age on the incubation yield

Barbosa, V.M.; Cançado, S.V.; Baião, N.C.; Lana, A.M.Q.; Lara, L.J.C.; Souza, M.R.
2008-06-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos da umidade relativa do ar na incubadora (URI) e da idade da matriz leve sobre o rendimento de incubação, sobre o peso absoluto do coração e do saco vitelino e sobre a relação desses dois órgãos com o peso do pinto ao nascer. Foram utilizados 10.836 ovos de matrizes da linhagem Lohmann LSL, com 26, 41 e 56 semanas de idade, incubados com níveis de URI de 48, 56 e 64%. A perda de peso do ovo foi maior à medida que diminuiu a URI ou à medid (mais) a que aumentou a idade da matriz. A maior taxa de eclosão foi obtida quando se utilizaram 56% de URI, e os ovos das matrizes mais velhas apresentaram eclodibilidade reduzida. A maior relação saco vitelino/peso do pinto foi obtida quando os ovos foram incubados com URI de 48% e com ovos de matrizes com idade de 41 semanas. Os pintos de matrizes com 41 e 56 semanas de idade apresentaram os maiores pesos absolutos do coração e os das matrizes com 56 semanas, a maior relação peso coração/peso pinto. Resumo em inglês The effects of hatchery relative air humidity (RAH) and age of breeder hen on incubation yield, on heart weight, on yolk sac and on the ratio of these organs and the newly-hatched chick weight were evaluated. A total of 10,836 eggs of Lohmann LSL of 26, 41 and 56 week-old breeder hens were incubated in three hatchery relative humidity (48, 56 and 64%). Egg weight loss was higher for eggs incubated at lower RAH and for older breeder hens. The hatchability was higher for RA (mais) H lower than 56% and lower for eggs of older hens. Higher yolk sac/chick weight ratio was observed for eggs of 41 week-old breeder hens and for eggs incubated at lower RAH (48%).Chicks hatched from eggs of 41 to 56 week-old breeder hens had the highest heart weight/chick weight ratio.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Efeitos da relação metionina + cistina: lisina sobre os desempenhos produtivo e econômico e a qualidade interna e externa dos ovos antes e após 28 dias de armazenamento/ Effects of methionine + cystine: lysine ratio on the productive and economic performance and internal and external egg quality, before and 28 days after storage

Jordão Filho, José; Silva, José Humberto Vilar da; Silva, Edson Lindolfo da; Araujo, Daniel de Magalhães; Ribeiro, Marcelo Luís Gomes; Lima, Matheus Ramalho de
2006-08-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito de diferentes relações metionina + cistina (Met+Cis):lisina (Lis) total sobre o desempenho e a qualidade de ovos para poedeiras semipesadas. Foram utilizadas 120 aves da linhagem Lohmann Brown com 44 semanas de idade, alimentadas com rações isonutritivas (17% PB, 2.774 kcal EMAn, 4,28% de Ca e 0,375% Pd) e distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições e quatro tratamentos, constituídos da seguinte forma: T1 = re (mais) lação 0,76 ou 0,70% de Met+Cis e 0,92% de Lis total; T2 = relação 0,83 ou 0,71% de Met+Cis e 0,85% de Lis total; T3 = relação 0,85 ou 0,64% Met+Cis e 0,75% de Lis total; T4 = relação 0,86 ou 0,70% de Met+Cis e 0,81% de Lis total. As variáveis de desempenho e o resultado da análise econômica foram estudadas no período de 44 a 56 semanas de idade das poedeiras. Ao término do experimento, dez ovos por tratamento foram coletados e armazenados por 28 dias para avaliação da qualidade interna e externa dos ovos antes e após a armazenagem. À exceção da massa de ovos, os tratamentos não afetaram o consumo de ração, a produção, o peso, a conversão por massa e por dúzia de ovos e a gravidade específica da casca. A relação Met+Cis: Lis de 0,76 ou a estimativa de 0,70% de Met+Cis total e 0,92% de Lis total podem ser recomendadas para alimentação de poedeiras semipesadas. Concluiu-se que o armazenamento afeta a qualidade interna dos ovos. Resumo em inglês The effect of different methionine + cystine (Met+Cis):total lysine (Lis) ratios on performance and egg quality for semi-heavily laying hens was evaluated. One hundred and twenty Lohmann Brown hens with 44 weeks old were allotted to a completely randomized design with with five replicates and four treatments, as follows: T1= 0.76 Met+Cys:total Lys ratio or 0.70% of Met+Cys and 0.92% of total Lys; T2 = 0.83 Met+Cys: total Lis ratio or 0.71% of Met+Cys and 0.85% of total Ly (mais) s; T3 = 0.85 Met+Cys: total Lys ratio or 0.64% of Met+Cys and 0.75% of total Lys; T4 = 0.86 Met+Cys: total Lys ratio or 0.70% of Met+Cys and 0.81% of total Lys. The performance variables and economical analysis were evaluated from 44 to 56 weeks old. At the end of trial, ten eggs per treatment were collected ad stored during 28 days for evaluation of internal/external egg quality before and after storage. With the exception of egg mass, no treatment effect on feed intake, egg production, egg weight and egg:mass ratio and egg:dozen ratio and egg shell specific quality was observed. The Met+Cys:Lys ratio of 0.76 or the estimate of 0.70% of total Met+Cys and 0.92% of total Lys can be recommended for the feeding of semiheavily laying hens. It was concluded that the storage affect internal egg quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Efeitos da idade da matriz leve e do período de armazenamento de ovos incubáveis no rendimento de incubação/ Effects of ages of light breeder hens and storage period of hatchable eggs on the incubation efficiency

Tanure, C.B.G.S.; Café, M.B.; Leandro, N.S.M.; Baião, N.C.; Stringhini, J.H.; Gomes, N.A.
2009-12-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos da idade das matrizes leves e do período de armazenamento dos ovos sobre o rendimento de incubação. Foram utilizados 7.224 ovos da linhagem Dekalb, distribuídos de acordo com delineamento experimental inteiramente casualizado, sendo a altura de bandeja uma covariável. Os tratamentos foram definidos pelas idades das matrizes (32 e 57 semanas de idade) e o período de armazenamento dos ovos (três, cinco e sete dias), totalizando seis tratamento (mais) s com 14 repetições. A idade das aves influenciou o peso do ovo. Houve aumento na perda de peso dos ovos das matrizes de 32 e 57 semanas de idade, durante o armazenamento (10,48 e 14,16%, respectivamente) e na transferência (10,40 e 12,07%, respectivamente). Verificou-se maior taxa de eclosão (86,90%) em ovos produzidos pelas matrizes novas. Independentemente da idade da matriz, à medida que aumentou o período de armazenamento, houve diminuição na taxa de eclosão dos ovos férteis (86,06 e 82,39%, para as matrizes de 32 e 57 semanas de idade, respectivamente). As matrizes com 57 semanas de idade produziram pintos mais pesados e com menor relação peso do pinto/peso do ovo. Resumo em inglês The effects of ages of light breeder hens and storage period of hatchabe eggs on the incubation efficiency were evaluated. A total of 7,224 Dekalb hatching eggs were assigned according to the sample random design, and the hatching tray height was considered a co-variable. The treatments were defined according to the breeder hens ages (32 and 57-week-old) and the period of storage of eggs (three, five, and seven days), with 14 replications. The age of the hen affected the (mais) weight of the eggs. There was loss of weight of the eggs of 32 and 57-week-old breeder hens during storage (10.48 and 14.16%, respectively) and transference (10.40 and 12.07%, respectively) according to the aging of the breeder hen. Eggs produced by the younger breeder hens had a higher hatching rate; however, no matter the age of the breeder hen, there was a decrease of the hatching rate of fertile eggs (86.06 and 82.39%, for the 32 and 57-week-old breeder hens, respectively) whenever the storage period was increased. The 57-weekold breeder hens produced heavier chicks and lower chick/egg weight coefficient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Efeito dos teores de cálcio para poedeiras semipesadas durante a fase de pré-postura e no início da postura/ Effect of feeding increasing calcium levels for semi-heavy laying hens during the prelay phase and the beginning of the laying

Nunes, Ricardo Vianna; Pozza, Paulo Cezar; Scherer, Carina; Campestrini, Evandro; Rocha, Leonardo Dornelles da; Nunes, Christiane Garcia Vilela; Costa, Fernando Guilherme Perazzo
2006-10-01

Resumo em português O fornecimento de diferentes teores de cálcio para poedeiras semipesadas durante a fase de pré-postura e seus efeitos nas quatro semanas subseqüentes foram avaliados neste experimento. Foram utilizadas 288 aves da linhagem Isabrown com 16 semanas de idade, distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos, oito repetições e nove aves por unidade experimental. As rações, à base de milho e farelo de soja, foram formuladas para atender (mais) às exigências nutricionais das aves, à exceção dos níveis de cálcio. O experimento teve duração de seis semanas, nas quais as aves receberam quatro rações pré-postura contendo diferentes teores de cálcio (0,6; 1,2; 1,8; e 2,4%) no período de 16 a 17 semanas de idade. Nas quatro semanas subseqüentes, foi fornecida uma ração de postura contendo 3,8% de cálcio para todas as aves. Não foi observado efeito dos tratamentos sobre o ganho de peso, a idade ao primeiro ovo e o teor de matéria mineral nas cascas dos primeiros ovos. Contudo, verificou-se efeito linear sobre a quantidade de cálcio depositado na casca. Nas quatro semanas subseqüentes, os diferentes teores de cálcio fornecidos na fase pré-postura não afetaram o consumo de ração, a produção de ovos, a conversão alimentar, os pesos dos ovos e da casca, a espessura da casca e a concentração de cálcio na casca, mas influenciaram linearmente o peso da casca em relação ao peso do ovo, o peso da casca por unidade de superfície de área e a quantidade de cinzas na casca. Os níveis nutricionais de cálcio nas rações pré-postura não afetaram a qualidade interna e externa dos ovos no início da postura. O nível nutricional de 0,6% de cálcio nas rações foi adequado para frangas semipesadas na fase pré-postura. Resumo em inglês The effect of feeding increasing calcium levels for semi-heavy laying hens during the prelay phase and its effects in the four subsequent weeks were evaluated in this trial. Two hundred and eighty-eight Isabrown birds with 16 weeks of age were allotted to a complete randomized design with four treatments, eight replicates and nine birds per experimental unit. The corn and soybean meal-based diets were formulated to meet the bird nutrient requirements, with the exception o (mais) f calcium levels. The experiment lasted six weeks, when the birds were fed four prelay diets with increasing calcium levels (0.6, 1.2, 1.8, and 2.4%) in the period from 16 to 17 weeks of age. During the four subsequent weeks, a diet with 3.8% of calcium was fed for all birds. No treatment effect on weight gain, age at first egg and ash content in the shell of first egg was observed, however linear effect on calcium level retained in the shell was detected. In the four subsequent weeks, the different calcium levels fed in the prelay phase did not affect feed intake, egg production, feed:gain ratio, weights of eggs and shell, shell thickness and calcium concentration in the shell. Shell weight in relation to egg weight, shell weight per unit of area surface and ash content in the shell were affected linearly by treatments. The calcium levels in the prelay diet not affect egg internal and external quality during the first four weeks of laying. The 0.6% calcium nutritional level is recommended for semi-heavy laying hens in the prelay phase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Efeito dos níveis de metionina da dieta sobre o desempenho de poedeiras comerciais/ Effect of methionine levels on performance of laying hens

Baião, N.C.; Ferreira, M.O.O.; Borges, F.M.O.; Monti, A.E.M.
1999-06-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da adição de níveis crescentes de DL-metionina na dieta sobre o desempenho de poedeiras comerciais. Foram utilizadas 960 poedeiras comerciais de linhagem Lohmann, distribuídas em quatro tratamentos, com quatro repetições de 60 aves cada, em um delineamento experimental inteiramente ao acaso. O tratamento A foi utilizado como controle, sem adição de DL-metionina, representando 0,29% do aminoácido na ração. Para os tratamentos B, C e D as raç (mais) ões foram suplementadas com 0,03, 0,05 e 0,07% de metionina, respectivamente, o que representou de 0,32, 0,34 e 0,36% do aminoácido na ração. Foram avaliadas as seguintes características: produção de ovos (%), consumo de ração (g), conversão alimentar (kg/dz), peso dos ovos (g), massa de ovo (g) e espessura da casca do ovo (mm). Não houve diferenças significativas (P Resumo em inglês The aim of this experiment was to evaluate the effects of addition of increasing levels of DL-methionine in diet on the performance of laying hens. Nine hundred and sisty Lohmann laying hens, randomly distributed into four treatments with four replicates were used. The control treatment (A) was not supplemented with DL-methionine and contained 0.29% of total methionine. The treatments B, C and D were supplemented with 0.03, 0.05 and 0.07% of methionine respectively, with (mais) total methionine being 0.32, 0.34 and 0.36%. The following characteristics were evaluated: egg production (%), feed intake (g), feed conversion (kg/dz), egg weight (g), egg mass (g/day) and eggshell thickness (mm). There were no differences (P>0.05) in terms of feed conversion and eggshell thickness among treatments. The treatments B, C and D produced better egg production, feed intake, egg mass and egg weight as compared to treatment A.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Efeito do uso de enzimas sobre o desempenho e metabolismo de poedeiras/ Effect of the use of enzymes on the performance and metabolism of laying hens

Viana, Maurício Tárcio dos Santos; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Rostagno, Horacio Santiago; Silva, Eliane Aparecida da; Messias, Rodrigo Knop Guazzi; Pereira, João Paulo Leles
2009-06-01

Resumo em português Objetivou-se verificar o efeito da adição do complexo enzimático (CE) sobre o desempenho e o metabolismo de poedeiras. Foram utilizadas 216 poedeiras da linhagem Bovans Goldline, distribuídas em delineamento experimental inteiramente casualizado, com 12 repetições de seis aves por unidade experimental e 3 tratamentos: controle positivo; controle negativo; e controle negativo + Rovábio® Max (100 g/t). A dieta controle positivo foi formulada segundo recomendações (mais) das tabelas brasileiras e a dieta controle negativo foi calculada reduzindo os nutrientes presentes na matriz nutricional da enzima de acordo com a empresa produtora. Avaliaram-se o consumo de ração, a produção de ovos, o peso dos ovos, a massa de ovo, a conversão por massa de ovo, a conversão alimentar por dúzia (CAD) e os componentes do ovo no período de 24 a 36 semanas de idade. No ensaio de metabolismo, calcularam-se os valores do coeficiente de digestibilidade da matéria seca, da energia metabolizável aparente (EMA) e da energia metabolizável corrigida (EMAn), bem como seus coeficientes de metabolizabilidade e a retenção de nitrogênio e do balanço de P e Ca das dietas. Nas aves mantidas com a dieta controle negativo, a adição de complexo enzimático na dieta melhorou o percentual de postura e a conversão alimentar por dúzia. A redução dos níveis nutricionais das dietas resultou em menores valores de EMA e EMAn. A suplementação de complexo enzimático às dietas com menores níveis nutricionais melhorou os valores de EMA, resultando em valores similares aos obtidos nas aves alimentadas com a ração controle positivo. Poedeiras alimentadas com a ração controle positivo apresentam maior ingestão, excreção e retenção de fósforo (mg/ave/dia), entretanto, quando a ração é suplementada com complexo enzimático, ocorre maior retenção de fósforo pelas aves. Resumo em inglês The effect of the addition of multienzymatic complex on performance and metabolism of laying hens was estimated. Two hundred and sixteen Bovans Goldline hens were assigned to a completely randomized design, with 12 replicates of 6 birds per unit and three experimental treatments arranged as follows: positive control (PC), negative control (NC), NC + Rovábio® Max (100 g/t). The positive control diets were formulated to contain adequate levels of nutrients according to th (mais) e recommendations of the Brazilian tables. Diets of NC and NC + Rovábio® Max were calculated with reduced contents of nutrients present in the nutritional contribution of the enzyme complex evaluated according to the recommendations from the manufacturer. The parameters evaluated were: feed intake, egg production, egg weight, egg mass, feed:gain ratio (per g of egg mass and per dozen of egg) in the period from 24 to 36 weeks of age. In the metabolism trial, feed intake and total excreta production per replicate were measured to determine the metabolizable energy values (apparent ME and apparent Nitrogen Corrected MEn), metabolizability coefficients of gross energy and nitrogen retention and P and Ca balance. When compared to hens fed both negative and positive control diets, the addition of Rovábio® Max to the NC diet improved the hen day egg production an the feed:gain ratio (kg/dz). The reduction in the levels of nutritional diets resulted in lower ME and MEn values. The supplementation of the enzyme complex to diets with lower nutritional levels improved the ME values, resulting in values similar to those presented by hens fed PC diet. The addition of the enzyme complex to the NC diet increase P retention and resulte in lower P excretion when compared to the hens fed NC diet. Layers fed PC diet show higher P intake, excretion and retention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Efeito do cálcio na qualidade óssea e de ovos de poedeiras/ Calcium effect in bone and egg quality of the hens

Almeida Paz, I.C.L.; Mendes, A.A.; Balog, A.; Komiyama, C.M.; Takahashi, S.E.; Almeida, I.C.L.; García, E.A.; Vulcano, L.C.; Ballarin, A.W.; Silva, M.C.; Cardoso, K.F.G.
2009-06-01

Resumo em português Um experimento foi realizado com duração de 27 semanas, com poedeiras da linhagem Shaver Brown em produção, seu objetivo foi avaliar a mobilização de cálcio e fósforo ósseos para a formação da casca dos ovos, assim como, acompanhar as variações na qualidade óssea ao longo do ciclo de produção. Foram utilizadas 64 aves. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com dois tratamentos (porcentagem de cálcio na dieta) e quatro repetições de (mais) oito aves cada. As dietas utilizadas foram isoprotéicas e isocalóricas, com níveis adequados (3,8%) e baixos (1,8%) de cálcio. Realizaram-se análises densidade mineral óssea (DMO) das tíbias e fêmures às 16, 22, 28, 34 e 40 semanas de idade. Após cada coleta radiográfica 4 aves por tratamento, foi abatida para realização de análise de resistência óssea (RO), índice Seedor (IS), teor de matéria seca (MS), teor de minerais totais (MIN) e os teores de cálcio e fósforo (Ca e P). Os valores de produção de ovos, produção de massa de ovos e qualidade da casca também foram avaliados. Foi possível concluir que as aves mobilizaram minerais ósseos para a produção de ovos, independentemente do tratamento e que as aves que receberam dietas com níveis baixos de cálcio tiveram a qualidade das cascas dos ovos prejudicadas. Resumo em inglês The experiment was carried out, with hens of the Shaver Brown strain in production, during 27 weeks. The objective was to evaluate the mobilization of bone calcium and phosphorus for the formation of the shell eggs, as well as to follow the variations in the bone quality along the production cycle. 64 birds had been used. The experimental desing was entirely randomized with two treatments (calcium percentage in the diet) and four repetitions of eight birds each. The used (mais) diets were isoproteic and isoenergetic adequate (3.8%) and low (1.8%) calcium levels. Analysis of bone (tibiae and femurs) mineral density (DMO) were done at 16, 22, 28, 34 and 40 weeks of age were developed. After each radiographic collection, 4 birds/treatment, were abated for the analysis of bone resistance (RO), Seedor index (IS), dry matter (MS), total mineral (MIN) and calcium and phosphorus (Ca and P). The values of egg production, production of egg mass and quality of the egg shell were also evaluated. It was possible to conclude that the birds mobilized bone minerals for the egg production, independently of the treatment and the birds receiving diets with low levels of calcium had the quality of the eggs shell damaged.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Efeito do alho (Allium sativum Linn.), probiótico e virginiamicina antes, durante e após o estresse induzido pela muda forçada em poedeiras semipesadas/ Effect of bulb garlic (Allium sativum Linn.), probiotic and virginiamycin before, during and after induced forced molt stress in semi-heavily laying hens

Silva, José Humberto Vilar da; Jordão Filho, José; Silva, Edson Lindolfo da
2003-12-01

Resumo em português Foram realizados três experimentos com 336 poedeiras no segundo ciclo de produção e 24 meses de idade, alojadas em condições de criação comercial (550 cm²/ave). O objetivo foi avaliar o alho (5 kg/t), probiótico (300 g/t) e a virginiamicina (20 g/t) como aditivos de rações antes, durante e após o estresse induzido pela muda forçada (MF). O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso e os tratamentos usados foram: dieta controle (DC); DC+alho (A); DC (mais) +probiótico (P); DC+virginiamicina (V); DC+A+V; DC+A +P; DC+P+V; DC+A+P+V, constituídos por sete repetições de seis aves. O período pré-experimental foi de 15 dias e o fotoperíodo, de 17 horas de luz/dia. O ensaio 1 foi realizado em quatro semanas antes da MF, com as aves recebendo 110 g de ração contendo os aditivos. O ensaio 2 foi realizado durante os doze dias de MF, com as aves recebendo 10 g de milho moído, usado como veículo para diluir a dose dos aditivos consumida em 110 g de ração. O ensaio 3 foi realizado em seis semanas, durante o terceiro ciclo de produção, com as aves recebendo 110 g de ração, sem os aditivos, e as coletas tiveram início após as aves terem atingido 50% de postura. Antes da MF, o alho reduziu a massa de ovos em relação ao probiótico (48,2 vs. 39,8 g) e, durante a MF, a virginiamicina e a mistura P+V reduziram a porcentagem de intestinos em relação ao alho (7,51 e 7,72 vs. 9,43), mas o peso e a porcentagem de baço não foram alterados. Após a MF, as variáveis não foram afetadas pelos tratamentos. Nas condições do experimento, os antimicrobianos usados não melhoram o desempenho de poedeiras antes, durante e após o estresse induzido pela MF em relação à ração sem aditivos. Resumo em inglês Three trials were carried out with 336 laying hens, aging 24 weeks and after second forced molt, caged in commercial conditions (550 cm²/bird) to evaluate the use of bulb garlic (5 kg/t), probiotic (300 g/t) and virginiamycin (20 g/t) as additives in laying hens diet before, during and after the induced forced molt stress (FM). A completely randomized design, with seven replicates of six brids each, was used. The treatments consisted of a control diet (CD) supplemented w (mais) ith bulb garlic (G), probiotic (P) and virginiamycin (V,) resulting in treatments: CD+G; CD+P; CD+V; CD+G+V; CD+P+G; CD+P+V; CD+G+P+V. The pre-experimental period lasted 15 days, where the birds were under a photoperiod of 17 h of light: 7 h of dark.The trial 1 was carried out during four weeks before FM, where the birds were fed 110 g of diet with the additives. The trial 2 was conducted during FM (12 days), where the birds were fed diet with 10 g of corn ground, used to reduce the amount fed in 110 g of diet. The trial 3 was carried out in the postmolt period, where the birds were fed 110 g of diet without additive, and the collection period began when birds showed over 50% of egg production. Before FM, bulb garlic decreased the egg mass in comparison to probiotic (48.2 vs. 39.8). During FM, virginiamycin and P+V mixture decreased intestinal percentage in relation to bulb garlic (7.51 and 7.72 vs. 9.43), but weight and percentage of spleen were not affected. After FM, the variables were not affected by the treatments. Bulb garlic, probiotic and virginiamycin showed no effect on semi-heavily laying hens performance, before, during and after induced FM stress in relation to the diet without additives.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Efeito da temperatura e estocagem em ovos/ Effect of temperature and storage of eggs

Santos, Maria do Socorro Vieira dos; Espíndola, Gastão Barreto; Lôbo, Raimundo Nonato Braga; Freitas, Ednardo Rodrigues; Guerra, José Lúcio Lima; Santos, Adriano Barreto Espíndola
2009-09-01

Resumo em português A pesquisa foi desenvolvida objetivando avaliar o efeito da temperatura e período de estocagem de ovos de poedeiras comerciais submetidas a dietas à base de milho, soja e óleo vegetal com nível de energia de 2.850 kcal EM/kg e proteína de 18%. O ensaio envolveu um plantel com 224 poedeiras comerciais da linhagem Hy-line W-36, com 23 semanas de idade, dividido em 5 ciclos de 28 dias. Foi avaliado o efeito isolado e a interação de dois fatores: temperatura de conserv (mais) ação (ambiente e de refrigeração) e período de estocagem (7, 14 e 21 dias). As variáveis estudadas foram: perda de peso dos ovos (%), percentagem de gema, percentagem de clara, percentagem de casca, gravidade específica, unidades Haugh e escore de coloração da gema crua. O aumento do período de estocagem, independente da temperatura de conservação, ocasionou perda de peso dos ovos e reduções na gravidade específica, nas unidades Haugh e na coloração da gema crua. Os ovos mantidos em temperatura de refrigeração apresentaram (p Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effect of temperature and period of storage on the quality of eggs of commercial laying hens submitted to diets with corn, soy, and vegetal oils with energy level of 2850 kcal ME/kg and 18% of protein. The experimental procedure involved 224 commercial laying hens of the HY-LINE W-36 line, which were 23 weeks of age, divided into 5 cycles of 28 days. The isolated effect and the interaction of storage temperature (ambient and (mais) refrigeration) and storage period (7, 14 e 21 day) were evaluated. The variables studied were loss of weight, percentage of the yolk, percentage of the white, specific gravity, Haugh units, and coloration of raw egg yolk. The increase in the period of the storage of eggs, independent of the maintenance temperature, caused egg weight loss and reduced the specific gravity, Haugh unit values, and coloration of the raw egg yolk. The eggs kept under refrigeration presented (p 0.05) according to the storage temperature and period of storage, mainly for the following parameters: weight loss, percentages of the yolk and, specific gravity, and Haugh units.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Efeito da suplementação enzimática em rações à base de milho/farelo de soja sobre o desempenho de poedeiras comerciais/ Effect of the enzyme supplementation of corn/soybean meal based diets on the performance of commercial laying hens

Freitas, Ednardo Rodrigues; Fuentes, Maria de Fátima Freire; Espíndola, Gastão Barreto
2000-08-01

Resumo em português O experimento foi realizado com o objetivo de estudar o efeito do uso de um complexo enzimático comercial (alfa-amilase, xilanase e protease) específico para dietas à base de milho e farelo de soja sobre o desempenho de poedeiras comerciais. Cento e vinte e oito poedeiras da linhagem Hy-Line, com 68 semanas de idade e no segundo ciclo de postura, foram alojadas em um delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições de quatro aves por bloco, totalizando 32 aves p (mais) or tratamento. Duas dietas isoprotéicas, porém com diferentes níveis de EM, foram formuladas à base de milho, farelo de soja, farelo de trigo e suplementadas ou não com enzimas. Os tratamentos foram: T1 - dieta contendo 2850 kcal EM/kg; T2 - dieta contendo 2850 kcal EM/kg, com 0,1% enzima; T3 - dieta contendo 2750 kcal EM/kg; e T4 - dieta contendo 2750 kcal EM/kg, com 0,1% enzima. O experimento teve duração de 112 dias, divididos em quatro períodos de 28 dias, e as variáveis estudadas foram: porcentagem de postura (ave/dia), consumo de ração (g/ave/dia), peso dos ovos (g), conversão alimentar (kg de ração/kg de ovo), ganho de peso das poedeiras (g) e custo com alimentação (R$). A análise de variância dos dados demonstrou que não existiu efeito dos tratamentos sobre as variáveis estudadas. A suplementação enzimática das dietas nos níveis estudados não afetou o desempenho das poedeiras. Resumo em inglês This experiment was conducted to study the effect of the inclusion of a commercial enzyme complex (alpha-amylase, xylanase and proteases) especific for corn and soybean meal based diets, on laying hens performance. One hundred and twenty eight Hy-line White Leghorns hens with 68 weeks of age, in the 2nd cycle of production were assigned to a completely randomized block design with four replications of four birds per block, totalizing 32 birds per treatment. Two isonitroge (mais) nous diets with different levels of metabolizable energy (ME) were formulated based on corn, soybean meal, wheat bran and supplemented or not with enzyme. The treatments were: T1 - diet with 2850 kcal ME/kg; T2 - diet with 2850 kcal ME/kg and 0.1% enzyme; T3 - diet with 2750 kcal ME/kg; T4 - diet with 2750 kcal ME/kg and 0.1% enzyme. The experiment was run for 112 days divided in four periods of 28 days each. The studied variables were: egg production (% hen/day), feed intake (g/bird per day), egg weight (g), feed:egg mass (kg feed/kg egg), weight gain (g) and feed cost. Analysis of variance showed no effect of the enzyme supplementation on any of the studied variables. Diets supplemented with enzyme at the evaluated levels did not affect laying hens performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Efeito da suplementação de enzima fitase sobre o metabolismo de nutrientes e o desempenho de poedeiras/ Effect of dietary supplementation of phytase on laying hens performance and nutrient metabolism

Viana, Maurício Tárcio dos Santos; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Rostagno, Horacio Santiago; Barreto, Sergio Luiz de Toledo; Silva, Eliane Aparecida da; Florentino, Wenderson Magno
2009-06-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da adição da enzima fitase sobre o desempenho e o metabolismo de poedeiras comerciais. Foram utilizadas 360 poedeiras da linhagem Bovans Goldline, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com 12 repetições de 6 aves por unidade experimental e 5 tratamentos, que consistiram de cinco dietas: controle positivo; controle negativo (CN) com 0,15% de fósforo disponível; CN + 200 FTU de fitase; CN + 400 FTU de fitase; CN + 600 FTU de fitas (mais) e. A dieta controle positivo foi formulada segundo recomendações das Tabelas Brasileiras e a dieta controle negativo com fósforo disponível foi calculada reduzindo os nutrientes presentes na matriz nutricional da enzima, de acordo com recomendação da empresa produtora. Os parâmetros avaliados foram: consumo de ração, produção de ovos, peso dos ovos, massa de ovo (MO), conversão por massa de ovo (CAMO), conversão alimentar por dúzia e componentes do ovo no período de 24 a 36 semanas de idade. No ensaio de metabolismo, calcularam-se os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca, da energia metabolizável aparente e da energia metabolizável corrigida, bem como seus coeficientes de metabolizabilidade, além da retenção de nitrogênio e do balanço de P e Ca das dietas experimentais. A adição da enzima fitase (200, 400 e 600 FTU) proporcionou produção de matéria orgânica e conversão por massa de ovo semelhante à das poedeiras alimentadas com a ração controle positivo. Os componentes de ovo não foram influenciados pelas rações, com exceção do peso da casca, que aumentou com a suplementação de fitase nas dietas. A adição de 600 FTU de fitase melhora o metabolismo dos nutrientes da dieta em poedeiras comerciais. Resumo em inglês The effect of the addition of phytase enzyme on performance and metabolism of laying hens was evaluated. Three hundred and sixty Bovans Goldline hens were allotted to a completely randomized design, with 12 replicates of 6 birds per unit and 5 experimental treatments as follows: T1 = positive control (PC), T2 = Negative control (NC by 0.15% phosphorus available), T3 = NC + 200 FTU of phytase, T4 = NC + 400 FTU of phytase, T5 = NC + 600 FTU of phytase. The positive control (mais) diets were formulated to contain adequate nutrient levels according to recommendations of the Brazilian Tables. Diet of treatments 2, 3, 4 and 5 (Negative Control) were calculated with reduced contents of nutrients present in the nutritional contribution of the enzyme complex evaluated according with recommendations from the manufacturer. The parameters evaluated were: feed intake, egg production, egg weight, egg mass and feed:gain ratio (per g of egg mass and per dozen of egg). In the metabolism trial, feed consumption and total excreta production per replicate were measured to determine the metabolizable energy values (apparent ME and apparent nitrogen corrected ME), metabolizability coefficients of gross energy and nitrogen retention and P and Ca balance of the experimental layer diets. The addition of phytase (200, 400 and 600 FTU) to the negative control diet resulted in layers with egg mass production, feed:gain ratio per egg mass similar to layers fed the positive control diet. The egg components parameters were not affected by treatments, except the eggshell weight, which increased with the addition of phytase in the diets. The addition of 600 FTU of phytase improve the metabolism of nutrients in nutritionally deficient diets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Efeito da inclusão do farelo de coco em rações para poedeiras comerciais/ Effect of inclusion of coconut meal in diets for laying hens

Braga, Carlla Vivianny de Paula; Fuentes, Maria de Fátima Freire; Freitas, Ednardo Rodrigues; Carvalho, Luiz Euquério de; Sousa, Francisco Militão de; Bastos, Silvana Cavalcante
2005-02-01

Resumo em português Um experimento (112 dias) foi conduzido para avaliar o efeito da inclusão do farelo de coco (FC) na ração de 240 poedeiras com 43 semanas de idade, distribuídas em cinco tratamentos com oito repetições de seis aves por tratamento. Os tratamentos consistiram da inclusão de FC (0, 5, 10, 15 e 20%) em dietas isoprotéicas (16,5% PB) e isocalóricas (2.800 kcal EM/kg). Consumo de ração (g/ave/dia), porcentagem de postura (%), peso do ovo (g), massa de ovo (g/ave/dia) (mais) , conversão alimentar (kg de ração/kg de ovo) e cor da gema (leque colorimétrico da Roche) foram avaliados. O aumento do nível de FC na ração de 5 a 20% reduziu o consumo de ração, porém, apenas o nível de 20% foi significativamente menor que o controle. A produção de ovos e a massa de ovos diminuíram com o aumento do FC, mas esses resultados não diferiram daqueles obtidos com o nível zero de inclusão. A cor da gema diminuiu linearmente com a inclusão do FC e apresentou cor menos amarela que a dos ovos do grupo controle. Conclui-se que, em rações de poedeiras, o FC pode ser incluído em níveis de até 15%, desde que seja utilizada uma fonte de pigmentos. Resumo em inglês An experiment was conducted to evaluate the effect of inclusion of coconut meal (CM) in diets for laying hens. Two hundred and forty laying hens at 43 weeks of age were assigned to a randomized block design, with five treatments and eight replicates of six birds per treatment. The treatments consisted of five isoprotein (16.5% CP) and isocaloric (2,800 kcal ME/kg) diets containing 0%, 5%; 10%; 15% and 20% CM. The experiment was carried out for 112 days and the variables s (mais) tudied were: feed intake (g/bird/day), egg production (%), egg weight (g), egg mass (g/bird/day), feed conversion (kg feed/ kg egg) and yolk color (Roche color fan). Birds feed intake decreased as CM increased in the diet. However this effect was significantly only among birds fed diets containing 0% and 20% CM. Although not significantly egg production and egg mass decreased as CM level increased in diets. Eggs yolk yellowness decreased linearly as CM increased in diets. Coconut meal can be included in levels of up to 15% in laying hens diets along with a source of pigment, without affecting hen performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Divergência genética entre linhagens de matrizes de corte por meio de análise de agrupamento/ Genetic divergence in meat-type hens using cluster analysis

Yamaki, Marcos; Menezes, Gilberto Romeiro de Oliveira; Teixeira, Rafael Bastos; Barbosa, Leandro; Paiva, André Luis da Costa; Torres, Robledo de Almeida
2008-05-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a divergência genética de três linhagens de matrizes de corte do Programa de Melhoramento Genético da UFV. Foram avaliados dados de 270 aves, 90 de cada linhagem, para estudo das características dias para o primeiro ovo (DPPO), taxa de postura da 22ª à 56ª semana (TP), peso médio individual na 32ª (PMI1), 40ª (PMI2), 48ª (PMI3), 56ª (PMI4) e 64ª semanas de idade (PMI5); e peso médio do ovo, obtido pela m (mais) édia da pesagem de três ovos na 32ª (PMO1), 40ª (PMO2), 48ª (PMO3), 56ª (PMO4) e 64ª semanas de idade (PMO5). Para avaliar a divergência, foram utilizados dois métodos: hierárquico do vizinho mais próximo e otimização de Tocher. Pelo método hierárquico do vizinho mais próximo, utilizando-se a distância de Mahalanobis ao quadrado (D²) como medida de dissimilaridade, formou-se um único grupo. Pelo método de otimização de Tocher, foram formados dois grupos, comprovando que os dois métodos foram discordantes na avaliação da divergência genética de linhas de aves de corte. As características que apresentaram as contribuições relativas mais expressivas para a divergência foram, respectivamente, PMO1 (25,71%), DDPO (21,76%), PMI4 (17,65%) e PMI2 (13,04%). Resumo em inglês Genetic divergence among three lineages of meat-type hens from the Genetic Breeding Program of the Universidade Federal de Viçosa was evaluated for the following traits: days at first egg (DPPO), egg production rate (TP) from 22nd to 56th week, body weight on the 32nd (PMI1), on 40th (PMI2), at 48th (PMI3), at 56th (PMI4) and at the 64th week (PMI5), egg weight on the 32nd (PMO1), on 40th (PMO2), at 48th (PMO3), at 56th (PMO4) and at the 64th week (PMO5). Traits were mea (mais) sured on 270 hens (90 of each lineage) and two different methods were used to evaluate genetic divergence. For the single linkage hierarchical method, using the squared Mahalanobis distance (D²) as the dissimilarity measure, only one single group was formed. When using Tocher's optimization method, two groups were formed, thus indicating a disagreement between the results of the two methods. PMO1 (25.71%), DDPO (21.76%), PMI4 (17.65%) e PMI2 (13.04%) were the traits with the most expressive relative contributions to genetic divergence among the lineages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Determinação da exigência nutricional de treonina para poedeiras leves e semipesadas/ Determination of threonine nutritional requirement for white-egg and brown-egg laying hens

Valerio, Sandra Roselí; Soares, Paulo Rubens; Rostagno, Horacio Santiago; Silva, Martinho de Almeida e; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Lana, Geraldo Roberto Quintão; Goulart, Cláudia de Castro; Kill, João Luís
2000-04-01

Resumo em português Desenvolveu-se este experimento com o objetivo de determinar a exigência nutricional de treonina para poedeiras leves e semipesadas no período de 21 a 36 semanas. Foram utilizadas 576 aves, 288 poedeiras leves e 288 semipesadas, durante quatro períodos experimentais de 28 dias cada. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 6 x 2 (níveis x marcas), com seis repetições e oito aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram (mais) em uma ração basal contendo 14,2% de proteína bruta, suplementada com cinco níveis de L-treonina (0,025; 0,050; 0,075; 0,100; e 0,125%), resultando em um total de 0,510; 0,535; 0,560; 0,585; 0,610; e 0,635% de treonina. O desempenho produtivo e a qualidade interna dos ovos foram avaliados. Consumo de ração, produção de ovos massa de ovos e o ganho de peso foram superiores para as poedeiras semipesadas. A produção e qualidade interna dos ovos, a conversão alimentar e o ganho de peso não foram influenciados pelos níveis de treonina utilizados. O nível de 0,510% de treonina, que corresponde a 515 mg/ave/dia (0,423% de treonina digestível) e 535 mg/ave/dia (0,440% de treonina digestível), foi suficiente para atender, satisfatoriamente, o desempenho e a qualidade interna dos ovos das poedeiras leves e semipesadas, respectivamente, para as características avaliadas. Resumo em inglês An experiment was carried out to determine the nutritional threonine requirement for white-egg and brown-egg laying hens, during a period from 21 to 36 weeks. Five hundred and seventy six laying hens, 288 from white-egg and 288 from brown-egg, were used during four experimental periods of 28 days each. A complete randomized blocks design in a fatorial arangement (level x trademarks), with six replicates (eight birds/replicate), was used. The treatments consisted on a basa (mais) l diet with 14.2% crude protein supplemented with 0.025, 0.050, 0.075, 0.100, and 0.125% of L-threonine providing a total of 0.510, 0.535, 0.560, 0.585, 0.610, and 0.635% of threonine. The productive performance and internal egg quality were evaluated. Feed intake, egg production, egg mass and weight gain were superior for the brown-egg laying hens. Egg production and internal egg quality, feed: gain ratio, body weight gain were not influenced by the used threonine levels. The level of 0,510% of threonine, that correspond to 515 mg/hen·day (0,423% of digestible threonine) and 535 mg/hen·day (0,440% of digestible threonine), was sufficient to meet the performance and to the internal egg quality for the studied characteristics of both white-egg and brown-egg laying hens, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Desempenho, qualidade dos ovos e balanço de nitrogênio de poedeiras comerciais alimentadas com rações contendo diferentes níveis de proteína bruta e lisina/ Performance, egg quality and nitrogen balance of commercial laying hens fed diets with different levels of crude protein and lysine

Silva, Mayra Fernanda Rizzo; Faria, Douglas Emygdio de; Rizzoli, Paula Wick; Santos, Andréa Luciana dos; Sakamoto, Márcia Izumi; Souza, Henrique Rosa Baltazar de
2010-06-01

Resumo em português O experimento foi conduzido para avaliar os efeitos de rações com diferentes níveis de proteína bruta (PB) e lisina sobre as características de desempenho, a qualidade interna dos ovos e o balanço/retenção do nitrogênio. Foram utilizadas 160 poedeiras Hisex White com 48 semanas de idade, alojadas individualmente em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 × 2, com quatro níveis de PB (12, 14, 16 e 18%) e dois de lisina (0,85 e 1,00%), totaliz (mais) ando oito rações com cinco repetições de quatro aves. O consumo de proteína bruta, o peso dos ovos, a massa de ovos e a porcentagem de albúmen apresentam resposta linear crescente aos níveis de PB na dieta. O balanço de nitrogênio não é alterado pelos níveis de proteína das rações. Resumo em inglês The experiment was carried out to evaluate the effects of diets with different levels of crude protein (CP) and lysine (LYS) on characteristics of performance, egg internal quality, and nitrogen balance/retention. It was used 160 Hisex White laying hens at 48 weeks of age, individually accomodated in a complete random design in a 4 × 2 factorial scheme with four levels of crude protein (12, 14, 16 and 18%) and two levels of lysine (0.85 and 1.00%), totalizing eight treat (mais) ments with five replicates of four birds each. Crude protein intake, egg weight, egg mass and percentage of the albumen show increasing linear response to the levels of crude protein in the diet. Nitrogen balance is not altered by the levels of proteins in the diets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Desempenho e qualidade dos ovos de poedeiras semipesadas alimentadas com dietas contendo óleos de soja e canola/ Performance and eggs quality in laying hens fed diets with soybean and canola oils

Costa, Fernando Guilherme Perazzo; Souza, Cristóvão Joaquim de; Goulart, Cláudia de Castro; Lima Neto, Raul da Cunha; Costa, Janaine Sena da; Pereira, Walter Esfrain
2008-08-01

Resumo em português Objetivou-se analisar a influência da adição de níveis crescentes de óleo de soja e canola sobre os índices de desempenho e qualidade interna e externa dos ovos de poedeiras comerciais semipesadas da linhagem Bovans Goldline durante cinco períodos de 28 dias. Foram utilizadas 280 aves com 18 semanas de idade, em um delineamento inteiramente casualizado, com sete tratamentos em um esquema fatorial 2 × 3 + 1 (dois tipos de óleo e três níveis de óleo mais um test (mais) emunha adicional) com cinco repetições e oito aves por unidade experimental. Os níveis de óleo de soja e de canola não alteraram o consumo de ração, os pesos dos ovos, de albúmen, de gema e de casca, as porcentagens de albúmen, de gema e de casca e a gravidade específica dos ovos. Houve influência significativa da interação tipo × nível de óleo sobre a produção de ovos e a conversão por massa e por dúzia de ovos. Com o aumento do nível de óleo de soja, os resultados obtidos para estas variáveis melhoraram, entretanto, a conversão por massa de ovo piorou com o aumento dos níveis de óleo de canola. A adição de óleo de soja promoveu desempenho melhor que o obtido com óleo de canola. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the influence of soybean and canola oil added in crescent levels on production performance indexes and internal and external egg quality of brown commercial layers of the strain Bovans Goldline during five periods of 28 days. Two hundred and eighty hens with 18 weeks old were distributed in a completely randomized design, with seven diets in a 2 × 3 + 1 factorial arrangement (oil type and oil level, and an additional control), (mais) with 5 replicates of 8 hens per experimental unit. The soybean and canola oil levels did not affect the feed consumption; egg, albumen, yolk and shell weights; albumen, yolk and shell percentages, neither the specific gravity. There was an interaction between type and oils levels on egg production and mass conversion and per egg dozen. Better results for those characteristics were obtained as soybean oil increased. However, the egg mass conversion was negatively influenced by increase of canola oil. The addition of soybean oil promoted better performance as compared to canola oil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Desempenho e qualidade dos ovos de poedeiras comerciais no segundo ciclo de produção consumindo gérmen integral de milho/ Performance and egg quality of laying hens after molting (78 to 90 weeks of age) fed corn germ meal

Brito, Alexandre Barbosa de; Stringhini, José Henrique; Xavier, Suzany Aparecida Gomes; Café, Marcos Barcellos; Leandro, Nadja Susana Mogyca
2009-10-01

Resumo em português O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o desempenho e a qualidade dos ovos de poedeiras comerciais no segundo ciclo de produção consumindo gérmen integral de milho em substituição ao milho da dieta. O procedimento de muda forçada foi adotado em 250 aves Lohmann LSL durante a 66ª e a 74ª semanas de idade. Na 75ª semana de idade, 192 aves foram uniformizadas pelo peso. O período experimental correspondeu ao intervalo da 78ª a 90ª semana de idade d (mais) as aves. Foram avaliados quatro níveis de substituição do milho pelo gérmen integral de milho na dieta (0, 25, 50 e 75%). As variáveis avaliadas foram os parâmetros de desempenho e qualidade interna e externa de ovos. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado e os dados foram analisados utilizando-se regressão polinomial. De acordo com os resultados obtidos, a utilização do gérmen integral de milho é recomendável até o nível de 25% de substituição ao milho, o que significa inclusão de 16% de gérmen integral de milho em dietas para poedeiras comerciais no segundo ciclo de produção. Resumo em inglês This experiment was carried to evaluate the performance and egg quality of laying hens in the second production cycle consuming whole corn germ in substitution of corn in the diet. The forced molting procedure of 250 Lohmann LSL laying hens was accomplished in the 66th to 74th weeks of age. In 75th week of age, 192 birds were standardized by weight. The experimental period coreresponded to the interval between the 78th and 90th weeks of age of the hens. Four levels were e (mais) valuated of replacing corn with corn germ meal in the diets (0, 25, 50 and 75%). The variables assessed were internal and external egg quality and performance. A randomized complete design was used and statistical analyses were performed using polynomial regression analysis. The level recommended was up to 25% of substitution for corn, that means 16% corn germ meal included in diets for molted hens in the second cycle production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Desempenho e qualidade dos ovos de poedeiras comerciais alimentadas com rações contendo diferentes níveis de metionina e lisina/ Performance and egg quality of commercial laying hens fed diets with different levels of methionine and lysine

Silva, Mayra Fernanda Rizzo; Faria, Douglas Emygdio de; Rizzoli, Paula Wick; Santos, Andréa Luciana dos; Sakamoto, Márcia Izumi; Souza, Henrique Rosa Baltazar de
2010-10-01

Resumo em português Foram avaliados os efeitos dos níveis de metionina e lisina sobre o desempenho e a qualidade interna e externa dos ovos de poedeiras comerciais. Foram utilizadas 256 poedeiras Hisex White com 68 semanas de idade, alojadas individualmente em delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial 4 õ 4, com quatro níveis de lisina (0,482; 0,682; 0,882 e 1,082%) e metionina (0,225; 0,318; 0,411 e 0,505%), totalizando 16 dietas, cada uma com quatro repetições de q (mais) uatro aves. O desempenho foi avaliado por meio das características consumos de ração, lisina, metionina, proteína bruta e de energia, peso, produção e massa de ovos e conversão alimentar. A qualidade interna dos ovos foi avaliada por meio das características peso e porcentagem de albúmen e gema e pela unidade Haugh. As aves apresentaram máxima produção de ovos quando alimentadas com rações contendo 0,444% de metionina total e 0,872% de lisina total. A classificação dos ovos por tipo e as características de qualidade interna e externa dos ovos não foram influenciadas pelos níveis de metionia e lisina da dieta. Resumo em inglês This experiment was carried out to evaluate the effects of levels of methionine and lysine on performance and on the internal and external egg quality of commercial laying hens. It was used 256 Hisex White laying hens at 68 weeks of age, which were individually housed in a complete random design in a 4 õ 4 factorial scheme with four levels of lysine (0.482, 0.682, 0.882, and 1.082%) and of methionine (0.225, 0.318, 0.411, and 0.505%) totaling sixteen diets with four (mais) replicates with four birds each. Performance was evaluated through the following characteristics: feed intake, consumption of lysine, methionine, crude protein and energy, weight, production and mass of eggs and feed conversion. Internal quality of eggs was evaluated through the characteristics of weight and yolk percentage and by Haugh unit. Birds showed maximal egg production when fed rations with 0.444% of total methionine and 0.872% total lysine. Rating of eggs by their types and internal and external quality of eggs were not influenced by levels of methionine and lysine in the diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Desempenho de poedeiras comerciais submetidas ou não a diferentes métodos de debicagem/ Performance of layer hens submitted or not to different methods of the beak trimming

Araújo, Lúcio Francelino; Café, Marcos Barcelos; Leandro, Nadja Susana Mogyca; Junqueira, Otto Mack; Araújo, Cristiane Soares da Silva; Cunha, Maria Inês Rodrigues da; Silva, Claudia Cassimira da
2005-02-01

Resumo em português Foram utilizadas 288 aves da linhagem Isa Babcock avaliando o efeito da debicagem leve, severa e da não debicagem sobre o desempenho de poedeiras, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 3x3 (primeira debicagem x segunda debicagem), com quatro repetições de oito aves cada. A primeira debicagem foi realizada aos nove dias e a segunda debicagem às 12 semanas. Avaliou-se consumo de ração, peso das aves, percentagem de postura e conver (mais) são alimentar em quatro períodos de 28 dias cada. De acordo com os resultados, aves com debicagem severa apresentaram menor consumo de ração e menor percentagem de postura(P Resumo em inglês One experiment was conducted using 288 Isa Babcock laying hens, to study the effects of beak trimming (not trimming, light and severe). The hens were distributed in an at random experimental design, in factorial arrangement 3x3 ( first x second beak trimming ). The first one was done at nine days of age and the second at twelve weeks of age. Feed intake, body weight, egg production and feed conversion in four periods of twenty eight days each was evaluated. According to the results, the birds at severe beak trimming showed less feed intake and worst egg production (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Cor, betacaroteno e colesterol em gema de ovos obtidos de poedeiras que receberam diferentes dietas/ Color, beta-caroten and cholesterol in yolks of eggs by different diets of laying hens

Biscaro, Luciana Marino e; Canniatti-Brazaca, Solange Guidolin
2006-12-01

Resumo em português O ovo é um alimento considerado nutricionalmente completo, e contém quantidade significativa de nutrientes. Para os consumidores, a qualidade deste alimento está relacionada com o prazo de validade do produto e com as características sensoriais, como cor da gema e da casca. Poucos estudos foram efetuados no Brasil sobre a utilização de agentes pigmentantes e seus efeitos sobre a coloração das gemas e proporção e qualidade química dos componentes do ovo. Com bas (mais) e nisso, objetivou-se com este trabalho relacionar diferentes dietas com cor, quantidade de betacaroteno e teor colesterol das gemas dos ovos. Foram coletados ovos de poedeiras que receberam 4 diferentes tipos de ração. A cor foi medida em colorímetro Minolta, o beta-caroteno separado em coluna e medido em espectrofotômetro e o colesterol extraído com clorofórmio e quantificado por método colorimétrico. Os resultados mostraram que não há relação entre a cor e aumento do teor de betacaroteno das gemas dos ovos, mas a alimentação alterou a cor da gema. O teor de colesterol foi diferente (p Resumo em inglês Egg is a nutritional complete food, and content significant quantity of nutrients. For the consumers, the food quality is related with validity date of product and with sensorial characteristics, like yolk color and hull. Few studies were done in Brazil about utilization of colorfull agents and theirs effects in yolk color and chemical quality of egg compounds. The objective of this research was related different feeds with the color, beta-carotene and cholesterol amount (mais) of egg yolk. Eggs were caught of laying hens that received 4 feed types. The color measure was done by Minolta colorimeter, beta-carotene separated by column and spectrophotometer and cholesterol separated with chloroform and measured by colorimetric method. The results showed that there is not a relation between the color an increase of beta-carotene amount in the yolks, but feed altered the yolk color. Cholesterol amount was different (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Contaminação por Salmonella spp. em uma cadeia de produção de ovos de uma integração de postura comercial/ Salmonella contamination in an egg production chain of a laying hens integration

Kottwitz, L.B.M.; Back, A.; Leão, J.A.; Alcocer, I.; Karan, M.; Oliveira, T.C.R.M.
2008-04-01

Resumo em inglês Contamination of ISA BROWN layer hens by Salmonella spp. and serotyping of the isolated strains were performed in 30 farms. Salmonella detection was done from feces and cloaca swabs. Eggs produced in the farms contaminated by Salmonella spp. were analyzed by culturing the shell rinsing and egg yolk. Salmonella spp. was isolated in eight (23.0%) farms, but was not detected from eggs. S. Enteritidis, which is the most prevalent sorotype associated to human salmonelosis in P (mais) araná State, was not isolated either from birds or eggs analyzed. The sorotypes isolated were Salmonella enterica subsp. enterica (0:3.10) (67.0%), Mbandaka (11.0%), Infantis (11.0%), and Newport (11.0%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Biodisponibilidade de fontes de metionina para poedeiras leves na fase de produção mantidas em ambiente de alta temperatura/ Bioavailability of methionine sources for laying hens in the production period, in a high temperature environment

Carvalho, Débora Cristine de Oliveira; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Rostagno, Horacio Santiago; Pinheiro, Sandra Regina Freitas; Brito, Claudson Oliveira; Viana, Maurício Tárcio dos Santos
2009-12-01

Resumo em português Objetivou-se determinar se a biodisponibilidade de metionina análoga ácido livre (MHA-AL) é igual ou superior a 65%, na base de produto, para poedeiras leves no período de 24 a 40 semanas de idade. Durante quatro períodos experimentais de 28 dias, utilizaram-se 640 poedeiras comerciais com 24 semanas de idade, em um delineamento inteiramente casualizado, com dez tratamentos, oito repetições e oito aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de uma ra� (mais) �ão basal farelada deficiente em metionina, contendo 2.830 kcal de energia metabolizável (EM)/kg, 14,5% de proteína bruta (PB) e 0,23% e 0,21% de metionina total e digestível, respectivamente, suplementada com DL-metionina 99%, DLM (0,0325; 0,05; 0,065; 0,0975; 0,10 ou 0,15%) e com MHA-AL 88% (0,05; 0,10 e 0,15%). As características avaliadas foram peso corporal (kg), produção de ovos (%), massa de ovos (g), peso médio dos ovos (g), consumo de ração (g) e conversão alimentar (g de ração/g de ovo). Com base nos dados de produção de ovos, massa de ovo e conversão alimentar, a biodisponibilidade da MHA-AL foi calculada em 74,66; 73,97; e 71,17%, respectivamente, conferindo à MHA-AL biodisponibilidade média de 73,22% em relação à DLM, na base do produto. A biodisponibilidade da MHA-AL é superior a 65% na base do produto. Resumo em inglês The objective of the study was to determine whether bioavailability of methionine hydroxy analogue free acid (MHA-FA) is higher than 65%, in product basis, for 24 to 40 week-old laying hens. Six hundred and forty 24-week commercial laying hens were used in four 28-day experimental periods in a randomized complete design with ten treatments, eight replications and eight birds per experimental unit. The treatments were based on a basal feed deficient in methionine, containi (mais) ng 2,830 kcal metabolizable energy (EM)/kg and 14.5% crude protein (CP), with 0.23% and 0.21% total and digestible methionine, respectively, supplemented with DL-methionine 99% - DLM (0.0325; 0.05; 0.065; 0.0975; 0.10 and 0.15%) and MHA-FA (0.05; 0.10 and 0.15%). The following variables were assessed: body weight (kg), egg production (%), egg mass (g), egg weight (g), feed intake (g), feed conversion (g/feed/egg). Based on the egg production evaluation, egg mass and feed conversion, the bioavailability of MHA-FA was estimated at 74.66, 73.97 and 71.17%, respectively, giving MHA-FA an average bioavailability of 73.22% compared to DLM on product basis. The MHF-FA bioavailability was higher than 65% on product basis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Avaliação técnica e econômica da matriz nutricional da enzima fitase em rações contendo farelo de girassol para poedeiras comerciais/ Technical and economical evaluation of the nutritional matrix of phytase enzyme diets with sunflower meal for laying hens

Junqueira, Otto Mack; Filardi, Rosemeire da Silva; Ligeiro, Elaine Cristina; Casartelli, Elenice Maria; Sgavioli, Sarah; Assuena, Vinícius; Duarte, Karina Ferreira; Laurentiz, Antonio Carlos de
2010-10-01

Resumo em português Cento e oitenta poedeiras comerciais Isa Brown, com 60 semanas de idade, foram distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 2 õ 2, com dois níveis de fitase (0 e 500 ftu/kg de ração) e dois de farelo de girassol (4 e 8%), totalizando cinco dietas, avaliadas com seis repetições de seis aves. As dietas foram formuladas a partir de uma ração controle, à base de milho e farelo de soja, isenta de fitase e farelo de girassol, valorizando (mais) na formulação das dietas a matriz nutricional da fitase. O período experimental foi dividido em quatro ciclos de 28 dias cada. A matriz nutricional preconizada para fitase permitiu o atendimento pleno das exigências das aves, mesmo quando as dietas foram formuladas com níveis nutricionais reduzidos, isso quando desconsiderados os nutrientes presentes na matriz nutricional da enzima, de acordo com recomendação da empresa produtora. A adição de fitase na dieta reduz a excreção de fósforo pelas aves e melhora os parâmetros econômicos. A inclusão de farelo de girassol no nível de 8% prejudica a produção de ovos, mas não afeta os demais parâmetros de desempenho e qualidade dos ovos. Resumo em inglês One hundred and eighty Isa Brown laying hens at 60 weeks of age were arranged in a completely randomized design in a 2 õ 2 factorial scheme, with two levels of phytase (0 and 500 ftu/kg ration) and two levels of sunflower meal (4 and 8%) totalizing five diets, evaluated with six replicates with six birds. Diets were formulated from a control ration based on corn and soybean meal free from phytase and sunflower meal, valuing the nutritional phytase matrix in diets for (mais) mulation. The experimental period was divided in four 28-day cycles. The nutritional matrix suggested for phytase completely met the requirement by hens, even when diets were formulated with reduced nutritional levels when the nutrients present in the enzyme nutritional matrix were not considered accordingly to recommendations by the manufacturer. Addition of phytase in the diet reduces excretion of phosphorus by the birds and it improves the economical parameters. Inclusion of sunflower meal at 8% level negatively affects egg production, but it does not affect the other performance parameters and egg quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Avaliação dos comportamentos de aves poedeiras utilizando seqüência de imagens/ Behavior evaluation of laying hens using image sequences

Barbosa Filho, José A. D.; Silva, Iran J. O.; Silva, Marco A. N.; Silva, Caio J. M.
2007-04-01

Resumo em português A grande preocupação com o uso de gaiolas dá-se quanto ao espaço oferecido às aves poedeiras, o qual, certamente, afeta seu bem-estar. Sendo assim, este trabalho teve o objetivo de avaliar aspectos relacionados ao comportamento e bem-estar animal, comparando o sistema de criação alternativo (com cama e ninho) com o sistema convencional em gaiolas. Para isso, dois grupos de 20 aves (10 Hy-Line W36 e 10 Hy-Line Brown) em início de produção foram divididos em dois (mais) sistemas de criação (cama+ninho e gaiolas) e colocadas em câmara climática: um grupo a 26 °C e 60% UR (condição de conforto térmico), e outro a 35 °C e 70% UR (condição de estresse térmico), onde eram constantemente monitoradas por câmeras de vídeo. Com base na análise dos comportamentos, verificou-se que o sistema de criação em cama propiciou a expressão de todos os comportamentos naturais relacionados ao conforto das aves, evidenciando o estado de bem-estar das mesmas. Para o sistema em gaiolas, pôde ser constatado que as aves tentavam expressar seus comportamentos naturais, mesmo não tendo condições para isso. Essa impossibilidade de expressão dos comportamentos agravou as condições de estresse provocadas por esse sistema de criação e pela condição ambiental a que as aves foram submetidas. Resumo em inglês The concern about the use of cages is related to barren environment and the minimal space offered to the laying hens, which negatively affects bird welfare. The present study focused on the aspect evaluation related to the behavior and welfare of birds, making a comparison between the alternative housing system (with litter and nests) and the conventional cage system. Two groups of 20 laying hens (10 Hy-Line W36 and 10 Hy-line Brown) at the beginning of the production wer (mais) e divided in two breeding systems (litter+nest and cages). Both of them were kept in climatic controlled chambers: one group with an ambient temperature of 26 °C and 60% RH (Thermal Comfort Condition) and the other in a temperature of 35 °C and 70% RH (Heat Thermal Stress Condition). A system of video cameras recorded the behavior of the laying hens. According to the behavior analysis, it was verified that the housing system on litter led to the expression of all natural behaviors related to bird comfort, which permitted to improve welfare conditions. In conventional system (laying cages) it was verified that birds tried to show their natural behavior in spite of lacking condition for it. This impossibility for expressing natural behaviors may have increased stress caused by the housing system and ambient condition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Avaliação do bem-estar de aves poedeiras comerciais: efeitos do sistema de criação e do ambiente bioclimático sobre o desempenho das aves e a qualidade de ovos/ Laying hens welfare evaluation: effects of rearing system and bioclimatic environment on performance and egg quality

Alves, Sulivan Pereira; Silva, Iran José Oliveira da; Piedade, Sônia Maria de Stefano
2007-10-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar os efeitos de dois sistemas de criação (gaiolas e cama) no desempenho produtivo e na qualidade de ovos de aves poedeiras. O experimento foi conduzido durante cinco períodos experimentais de 28 dias. Foram utilizadas 64 poedeiras da linhagem Isabrown e 64 da linhagem Hy-line W-36 com 19 e 21 semanas de idade, respectivamente. Avaliou-se a combinação dos dois sistemas de criação (gaiolas convencionais e sistema de criação em cama) e de duas lin (mais) hagens em um delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2 × 2 com quatro repetições. A avaliação térmica foi realizada por meio das temperaturas de bulbo seco e da umidade relativa. Para a avaliação do desempenho produtivo, foram avaliadas a produção de ovos e a conversão alimentar. Na análise da qualidade dos ovos, foram avaliados o peso, a unidade Haugh, a gravidade específica, a espessura, a integridade e a limpeza da casca dos ovos. Não foram observadas diferenças no desempenho produtivo entre sistemas de criação e linhagens. O sistema de criação em cama, quando devidamente projetado, pode ser compatível ao de criação em gaiolas quanto ao desempenho produtivo e à qualidade de ovos produzidos. Além disso, quando em condições menos favoráveis ao conforto térmico, esse sistema de criação pode propiciar melhores resultados de qualidade da casca, com menores perdas de ovos, no entanto, pode resultar em maior porcentagem de ovos sujos, principalmente para a linhagem semipesada. Resumo em inglês This work aimed to evaluate the effect of two different rearing systems (cages and litter) on productive performance and egg quality of laying hens. The trial was conducted for five experimental periods of 28 days each. Sixty four pullets of the laying strain Isabrown and 64 pullets of the laying strain Hy-Line W-36, with ages of 19 and 21 weeks, respectively, were used. The combination of two rearing systems (conventional cages and floor system with litter) and two layer (mais) strains was evaluated using a completely randomized design, with a 2 × 2 factorial arrangement, and four replicates. The thermal evaluation was performed by analysis of dry air and black globe temperature and relative humidity. For the productive performance analysis, egg production and feed conversion ratio were evaluated. For the egg quality analysis, egg weight, Haugh unit, specific gravity, integrity, clearness and shell thickness were evaluated. No differences on the productive performance between rearing systems were observed. The floor system, when properly projected, can be comparable to the cage system with respect to the productive performance and the egg quality. Moreover, this rearing system could provided better results for egg quality with lesser egg losses although in less favorable thermal comfort conditions. However, mainly for the semi heavy strain, it could result in larger dirty egg percentage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Avaliação de óleos, carvão vegetal e vitamina E no desempenho e nas concentrações lipídicas do sangue e dos ovos de poedeiras/ Evaluation of oil, vegetal charcoal and E vitamin on performance and on blood and egg lipid concentrations of laying hens

Fanchiotti, Flavia Escapini; Moraes, George Henrique Kling de; Barbosa, Anderson de Almeida; Albino, Luiz Fernando Teixeira; Cecon, Paulo Roberto; Moura, Adolpho Marlon Antoniol de
2010-12-01

Resumo em português Foram estudados os efeitos de duas fontes de óleo vegetal, de carvão e de vitamina E sobre o desempenho e os níveis lipídicos do sangue e dos ovos de poedeiras comerciais. Utilizaram-se poedeiras Lohmann Brown e Lohmann LSL com 58 semanas de idade. O experimento teve duração de 84 dias, divididos em três períodos de 28 dias, e foi realizado em delineamento inteiramente casualizado em esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas um esquema fatorial 8 x 2, c (mais) om oito dietas e duas marcas comerciais, e nas subparcelas os períodos. Para avaliação das características produtivas, colesterol total, triglicérides e HDL sanguíneos, utilizaram-se quatro repetições de seis aves por unidade experimental e, para determinação do colesterol total das gemas, duas repetições. As dietas foram acrescidas de 2,0% de óleo de soja ou de linhaça em combinação ou não com vitamina E (60 mg/kg de ração) e/ou carvão (2,0%). Os resultados não evidenciaram diferenças entre as dietas experimentais sobre as variáveis de desempenho. Consumo de ração, espessura da casca, colesterol total e triglicerídios no sangue foram influenciados pelas marcas comerciais e peso médio dos ovos, espessura da casca, colesterol total e triglicerídios no sangue, pelos períodos experimentais. O uso de óleos vegetais, carvão e vitamina E nas dietas experimentais não influencia as características de desempenho nem o perfil lipídico do sangue e de colesterol total da gema dos ovos. Aves Lohmann LSL apresentam maiores consumos de ração e níveis mais altos de colesterol e triglicérides no sangue. Resumo em inglês This experiment was carried out to evaluate the effects of two vegetal oils sources, charcoal and vitamin E on performance and lipid levels in blood and eggs of commercial laying hens. It was used Lohman Brown and Lohman LSL laying hens at 58 weeks of age. The experiment lasted 84 days split in three 28-day periods and it was carried out in a complete random design in a split-plot scheme, in a 8 x 2 factorial scheme in the plots with eight diets an two commercial brands, (mais) and the periods in the subplots. For evaluation of productive characteristics, total cholesterol, blood tryclecydes and HDL, it was used four repetitions of six birds per experimental unit and, for determination of total yolk cholesterol, two repetitions were used. Diets were added with 2% soybean oil or linseed oil combined or not with E vitamin (60 mg/kg ration) and/or charcoal (2%). No diet effects on the performance variables were observed. Commercial strain effects on feed intake, shell thickness, total cholesterol and blood triglycerides and experimental period effects on egg weight, shells thickness, total cholesterol and blood triglycerides were observed. Use of vegetal oil, charcoal and vitamin E in experimental diets do not affect characteristics of performance neither blood lipid and egg yolk total cholesterol profiles. Lohmann LSL birds show higher feed intake and higher levels of cholesterol and triglycerides in the blood.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Avaliação da matriz nutricional da enzima fitase em rações contendo sorgo para poedeiras comerciais/ Evaluation of the nutritional matrix values for phytase enzyme in laying hens diets with sorghum

Ligeiro, Elaine Cristina; Junqueira, Otto Mack; Filardi, Rosemeire da Silva; Laurentiz, Antonio Carlos de; Duarte, Karina Ferreira; Marchizeli, Patricia de Cassia Andrade
2009-10-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos da inclusão de fitase e de sua matriz nutricional em rações contendo sorgo sobre o desempenho das aves, a qualidade dos ovos, a ingestão e a excreção e retenção de fósforo e nitrogênio em poedeiras comerciais. Utilizaram-se 180 poedeiras comerciais, distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso em esquema fatorial 2 × 2 + 1, com dois níveis de fitase (0 e 500 FTU/kg de ração) e dois níveis de substituição do milho pelo so (mais) rgo (50 e 100%) e uma ração testemunha (isenta de sorgo e fitase), constituindo cinco tratamentos com seis repetições de seis aves. As rações foram à base de milho e farelo de soja, sem fitase e sorgo, considerando a matriz nutricional da fitase. O desempenho e a qualidade dos ovos foram avaliados em quatro períodos de 28 dias. Ao final do experimento, um ensaio de metabolismo foi realizado para quantificar a ingestão, excreção e retenção aparente de fósforo e nitrogênio e avaliar a viabilidade econômica das rações. Ao considerar a matriz nutricional da fitase, as exigências em energia, cálcio, fósforo, proteína e aminoácidos foram atendidas, mesmo com a redução dos níveis nutricionais da dieta, e o desempenho e a qualidade dos ovos não foram comprometidos. A adição de fitase nas rações possibilitou reduzir todos os parâmetros econômicos avaliados. O sorgo pode substituir totalmente o milho e ser o único grão energético da dieta. Resumo em inglês The effects were assessed of including phytase and its nutritional matrix in diets containing sorghum on the performance of the birds, egg quality, intake and phosphorus excretion and retention in laying hens. One hundred and eighty laying hens were arranged in a randomized complete design in a 2 × 2 + 1 factorial arrangement with two phytase levels (0 and 500 FTU/kg diet), two levels of corn replacement for sorghum (50 and 100%) and a control diet (without phytase a (mais) nd sorghum) forming five treatments and six replications of six birds. The diets were based on corn and soybean meal, without phytase and sorghum, considering the phytase nutritional matrix. Performance and egg quality were determined in four 28-day periods. At the end of the experiment, a metabolism trial was carried out to quantify intake, excretion and apparent retention of phosphorus and nitrogen and to assess the economic viability of the diets. When the phytase nutritional matrix was considered, the energy, calcium phosphorus, protein and amino acid requirements were met, even with a reduction in the nutritional levels of the diet, and performance and egg quality were not affected. Adding phytase to the diets decreased all the economic parameters. Sorghum can be used to totally replace corn, and can be the only energy grain in the diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Aspectos produtivos e econômicos de poedeiras comerciais submetidas a diferentes densidades de alojamento/ Productive and economical aspects of laying hens submitted to different housing densities

Menezes, Pasquoal Carrazzoni de; Cavalcanti, Verônica Fernandes Tenório; Lima, Evilda Rodrigues de; Evêncio Neto, Joaquim
2009-11-01

Resumo em português Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar os aspectos produtivos e econômicos de poedeiras comerciais (Gallus gallus) submetidas a diferentes densidades de alojamento. Foram alojadas 264 poedeiras em gaiolas com dimensões de 100 cm × 50 cm × 40 cm em delineamento inteiramente casualizado, com quatro grupos distribuídos em esquema fatorial 4 × 4, com 8, 10, 12 e 14 aves por gaiola, correspondendo a 625, 500, 416,6 e 357,14 cm²/ave. As características av (mais) aliadas foram: produção de ovos, peso médio dos ovos, consumo de ração, massa dos ovos, conversão alimentar por dúzia e ovos imprestáveis para consumo humano. A densidade na gaiola teve efeito apenas sobre os ovos tipos extra e segunda e sobre a produção diária dos ovos tipo segunda, mas não influenciou as demais variáveis estudadas. Para poedeiras comerciais da linhagem Dekalb White, a utilização de gaiolas com a densidade de alojamento de 625, 500, 416,6 e 357,14 cm²/ave na fase de produção não prejudica os parâmetros de qualidade da produção, sob os aspectos zootécnico e econômico. Resumo em inglês The objective of this research was to study productive and economical aspects of laying hens (Gallus gallus) submitted to different housing densities. Two hundred and sixty-four laying hens were housed in cages with dimensions of 100 cm × 50 cm × 40 cm in a randomized complete design with four groups distributed in a 4 × 4 factorial arrangement, with 8, 10, 12 and 14 animals/cage, corresponding to 625, 500, 416,6 and 357,14 cm²/animal. The following characteristics we (mais) re assessed: egg production, medium egg weight, feed intake, egg mass, feed conversion per dozen and inappropriate eggs for human consumption. Cage density only had an effect on the extra large and medium type eggs and on the daily production of medium type eggs, but did not influence the other variables studied. For laying hens of the Dekalb White lineage, the use of cages with housing densities of 625, 500, 416,6 and 357,14 cm²/animal in the production phase did not harm the quality parameters under the productive and economical aspects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Análise de componentes principais em características de produção de aves de postura/ Principal component analysis in laying hen production traits

Paiva, André Luis da Costa; Teixeira, Rafael Bastos; Yamaki, Marcos; Menezes, Gilberto Romeiro de Oliveira; Leite, Carla Daniela Suguimoto; Torres, Robledo de Almeida
2010-02-01

Resumo em português Para avaliar a possibilidade de descarte de variáveis de produção em 942 aves de postura por meio de componentes principais, visando eliminar características redundantes e de difícil mensuração, foram utilizados os dados obtidos de linhagens de aves de postura do Programa de Melhoramento Genético da Universidade Federal de Viçosa. As características analisadas foram: taxa de postura da 26ª à 58ª semana de idade (TP); peso médio individual na 34ª (PMI1), na (mais) 42ª (PMI2), na 50ª (PMI3), na 58ª (PMI4) e na 66ª semana (PMI5); e peso médio do ovo na 34ª (PMO1), na 42ª (PMO2), na 50ª (PMO3), na 58ª (PMO4) e na 66ª semana de idade (PMO5). Dos 11 componentes principais, oito apresentaram variância inferior a 0,7 (autovalor inferior a 0,7), o que sugere oito variáveis para descarte. As variáveis descartadas foram aquelas com maiores coeficientes, em valor absoluto, a partir do último componente principal, uma vez que variáveis altamente correlacionadas aos componentes principais de menor variância representam variação praticamente insignificante. As variáveis descartadas apresentaram correlação linear simples significativa com as demais, ou seja, foram redundantes. Com base nesses resultados, recomendam-se as seguintes variáveis para utilização em experimentos futuros: TP, PMI1 e PMO4. Resumo em inglês To assess the possibility of discarding production variables in 942 laying hens by principle component analysis to eliminate unnecessary and difficult to measure characteristics, data were obtained from laying hen lines of the genetic breeding program of the Universidade Federal de Viçosa. The traits analyzed were egg production rate (TP) from the 26th to the 58th week, individual mean weight at the 34th (PMI1), 42th (PMI2), 50th (PMI3), 58th (PMI4) and 66th week (PMI5); (mais) egg mean weight at the the 34th (PMO1), 42nd (PMO2), 50th (PMO3), 58th (PMO4) and 66th weeks of age (PMO5). Eight of the 11 principal components showed variance lower than 0.7 (eigenvalue lower than 0.7), suggesting 8 variables to discard. The discarded variables were those that showed the highest coefficients, in absolute value, from the last principal component because variables highly correlated with the principal components of smaller variance represent practically insignificant variation. The discarded variables presented significant simple linear correlation with the others, therefore, they were redundant. Based on these results, the following variables are recommended for use in future experiments: TP, PMI1, PMO4.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)