Sample records for hemoglobin
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Hemoglobina C em homozigose e interação com talassemia beta/ Homozygous hemoglobin C and its interaction with beta thalassemia

Angulo, Ivan L.; Picado, Sandra B. R.
2009-01-01

Resumo em português A hemoglobina C (Hb C) é originária do oeste da África e é detectada por migração lenta na eletroforese alcalina em acetato de celulose. Consiste na mutação do gene da globina beta no códon 6 (GAG-AAG), resultando na substituição do sexto aminoácido da cadeia beta da hemoglobina humana, o ácido glutâmico, pelo aminoácido lisina. A cromatografia de alto desempenho (HPLC) separa completamente as frações C e A2, permitindo caracterizar a presença da intera� (mais) �ão com talassemia beta. Esta entidade (Hb CC, em homozigoze) é considerada benigna em relação à doença falciforme, já que a falcização não faz parte de sua fisiopatologia. A raridade do diagnóstico C homozigoto e C talassemia beta nos pacientes portadores de hemoglobinopatias nos alertou para a necessidade de se conhecer melhor e estudar aspectos clínicos e hematológicos dos casos dessa mutação em homozigose e na interação com a talassemia beta no ambulatório de anemias do Centro Regional de Hematologia e Hemoterapia de Ribeirão Preto, SP, Brasil. Resumo em inglês Hemoglobin C (Hb C) originated in the west of Africa and is detected by alkaline electrophoresis by slow migration in cellulose acetate. It consists of a mutation of the beta globin gene in codon 6 (GAG-AAG), resulting in a substitution of glutamic acid, the sixth amino acid of the beta string of the human hemoglobin, for lysine. High performance chromatography (HPLC) separates the C and A2 fractions completely, allowing the characterization of the presence of interaction (mais) s with thalassemia beta. This entity (Hb CC) is considered benign in respect to sickle cell disease, as sickle cells are not part of its physiopathology. The rarity of the diagnosis of homozygous C and beta thalassemia in patients with hemoglobinopathies showed the necessity of studying clinical and hematologic aspects of the cases of this mutation in homozygosis carriers and the interaction with beta thalassemia in the anemias clinic of the Regional Blood Center in Ribeirao Preto, SP, Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Hemoglobina extracelular gigante de Glossoscolex paulistus: um extraordinário sistema supramolecular hemoproteico/ Giant extracellular hemoglobin of Glossoscolex paulistus: an extraordinary supramolecular hemoprotein system

Moreira, Leonardo Marmo; Moraes, Pedro Claudio Guaranho de; Mendonça, José Paulo Rodrigues Furtado de; Guimarães, Luciana; Lyon, Juliana Pereira; Aimbire, Flávio; Poli, Alessandra Lima; Imasato, Hidetake
2011-01-01

Resumo em inglês Giant extracellular hemoglobins are considered the summit of complexity in systems that carry oxygen, constituting an extraordinary model system to the study of hemoproteins. This class includes the hemoglobin of the annelid Glossoscolex paulistus that presents high cooperativity, great oligomeric and redox stabilities and ability of oligomeric reassociation. These properties have motivated evaluations about its utilization as prototype of artificial blood and biosensor. (mais) Kinetic studies involving autoxidation and detailed spectroscopic characterizations of its ferrous and ferric species have propitiated information about the structure-activity relationship of this macromolecule. The present review analyzes several biochemical issues, evaluating the state-of-art of this subject.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Níveis de hemoglobina, aleitamento materno e regime alimentar no primeiro ano de vida/ Hemoglobin concentration, breastfeeding and complementary feeding in the first year of life

Assis, Ana Marlúcia Oliveira; Gaudenzi, Edileuza Nunes; Gomes, Gecynalda; Ribeiro, Rita de Cássia; Szarfarc, Sophia C; Souza, Sonia B de
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Identificar a relação entre os níveis de hemoglobina e o consumo de leite materno, alimentos complementares e líquidos não nutritivos no primeiro ano de vida. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 553 crianças menores de 12 meses de vida, que freqüentavam os serviços públicos de saúde. A concentração de hemoglobina foi avaliada pelo método cianometahemoglobina, usando-se o sistema HemoCue. Utilizou-se a técnica da regressão linear múltipla para (mais) avaliar as associações de interesse. RESULTADOS: Níveis de hemoglobina compatíveis com a anemia foram identificados em 62,8% das crianças investigadas, com maior ocorrência naquelas de seis a 12 meses de idade (72,6%). O aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida assegurou os mais elevados níveis de hemoglobina. Os demais regimes alimentares declinaram de maneira diferenciada os níveis de hemoglobina, que se tornaram compatíveis com a anemia quando o regime de aleitamento artificial foi adotado (p=0,009). O consumo de chá e/ou água declinou em 0,76 g/dl (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the relationship between hemoglobin concentration and breastfeeding and complementary feeding during the first years of life. METHODS: Cross-sectional study with 553 children under age 12 months, who attended public healthcare facilities. Hemoglobin concentration was measured by the cyanmethaemoglobin method, using the HemoCue system. Associations of interest were analyzed through multiple linear regression. RESULTS: Hemoglobin concentrations compatib (mais) le with anemia were identified in 62.8% of the children studied, with greater occurrence among the 6-12 months age group (72.6%). Exclusive breastfeeding during the first six months of life was associated with the highest levels of hemoglobin. The remaining feeding regimes were associated with different levels of reduction in hemoglobin levels, which became compatible with anemia in children fed with formula (p=0,009). Tea and/or water consumption was associated with a reduction in hemoglobin concentration of 0.76 g/dl (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Níveis de hemoglobina, aleitamento materno e regime alimentar no primeiro ano de vida/ Hemoglobin concentration, breastfeeding and complementary feeding in the first year of life

Assis, Ana Marlúcia Oliveira; Gaudenzi, Edileuza Nunes; Gomes, Gecynalda; Ribeiro, Rita de Cássia; Szarfarc, Sophia C; Souza, Sonia B de
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Identificar a relação entre os níveis de hemoglobina e o consumo de leite materno, alimentos complementares e líquidos não nutritivos no primeiro ano de vida. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 553 crianças menores de 12 meses de vida, que freqüentavam os serviços públicos de saúde. A concentração de hemoglobina foi avaliada pelo método cianometahemoglobina, usando-se o sistema HemoCue. Utilizou-se a técnica da regressão linear múltipla para (mais) avaliar as associações de interesse. RESULTADOS: Níveis de hemoglobina compatíveis com a anemia foram identificados em 62,8% das crianças investigadas, com maior ocorrência naquelas de seis a 12 meses de idade (72,6%). O aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida assegurou os mais elevados níveis de hemoglobina. Os demais regimes alimentares declinaram de maneira diferenciada os níveis de hemoglobina, que se tornaram compatíveis com a anemia quando o regime de aleitamento artificial foi adotado (p=0,009). O consumo de chá e/ou água declinou em 0,76 g/dl (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the relationship between hemoglobin concentration and breastfeeding and complementary feeding during the first years of life. METHODS: Cross-sectional study with 553 children under age 12 months, who attended public healthcare facilities. Hemoglobin concentration was measured by the cyanmethaemoglobin method, using the HemoCue system. Associations of interest were analyzed through multiple linear regression. RESULTS: Hemoglobin concentrations compatib (mais) le with anemia were identified in 62.8% of the children studied, with greater occurrence among the 6-12 months age group (72.6%). Exclusive breastfeeding during the first six months of life was associated with the highest levels of hemoglobin. The remaining feeding regimes were associated with different levels of reduction in hemoglobin levels, which became compatible with anemia in children fed with formula (p=0,009). Tea and/or water consumption was associated with a reduction in hemoglobin concentration of 0.76 g/dl (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Diagnóstico da hemoglobina S: análise comparativa do teste de solubilidade com a eletroforese em pH alcalino e ácido no período neonatal/ S Hemoglobin diagnosis: comparative analysis of the solubility test with the electrophoresis in alkaline and acid pH during the neonatal period

Bandeira, Flavia Miranda Gomes de Constantino; Leal, Mariana de Carvalho; Souza, Rafael Rocha; Furtado, Veridiana Câmara; Gomes, Yara de Miranda
2003-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: avaliar a eficácia do teste de solubilidade como método de triagem na detecção de Hb S no período neonatal, comparando-o com as técnicas de eletroforese em pH alcalino e ácido. MÉTODOS: o sangue de cordão umbilical de 1.988 recém-nascidos (RN) na maternidade do Instituto Materno-Infantil de Pernambuco (IMIP), durante o período outubro de 1996 a março de 1997, foi submetido à eletroforese de hemoglobina em pH alcalino e ao teste de solubilidade. A e (mais) letroforese de hemoglobina em pH ácido foi realizada como teste confirmatório em todos os casos em que a eletroforese em pH alcalino foi positiva para Hb S ou Hb C. RESULTADOS: a eletroforese de Hb em pH alcalino detectou a presença de Hb S em 105 (5,3%) amostras. A análise dessas 105 amostras através da eletroforese em pH ácido mostrou que 98 (93,3%) mantiveram o mesmo padrão eletroforético. O teste de solubilidade detectou apenas um RN portador de Hb S. CONCLUSÕES: a eletroforese de Hb em pH alcalino mostrou-se eficaz no diagnóstico da hemoglobina S no período neonatal, podendo ser utilizada nos locais onde técnicas mais sofisticadas não estão implantadas. O teste de solubilidade não serve como abordagem diagnóstica para a presença de Hb S no período neonatal. Resumo em inglês OBJECTIVES: to evaluate the efficacy of the solubility test as a screening method for hemoglobin S detection in newborns compared to alkaline and acid hemoglobin electrophoresis . METHODS: a total of 1.988 cord blood samples from newborns at Instituto Materno Infantil de Pernambuco (IMIP) during the period of October 1996 to March 1997 were submitted to alkaline hemoglobin electrophoresis and solubility test. Following this, acid hemoglobin electrophoresis was performed a (mais) s a confirmatory test, when Hb S was present in the first two tests mentioned. RESULTS: Hb S was detected in 105 (5,3%) of the 1.988 samples by alkaline electrophoresis and were confirmed by acid electrophoresis in 98 (93,3%). Solubility test has detected Hb S in only one sample. CONCLUSIONS: alkaline hemoglobin electrophoresis has been effective for Hb S screening in newborn period and can be used in places where more sophisticated techniques are not available. Solubility test must not be used as a screening method in this period of life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Ganho de peso, hemoglobina e hematócrito de ratos recebendo dieta de Quissamã, RJ, com ou sem suplemento alimentar alternativo/ Weight gain, hemoglobin and hematocrit of rats receiving the Quissamã's diet with or without an alternative food supplement

Boaventura, Gilson Teles; Silva, Renata Helena de Lima e; Tostes, Laura Fraga; Azeredo, Vilma Blondet de
2003-09-01

Resumo em português Avaliou-se o suplemento alimentar alternativo adicionado à Dieta de Quissamã, consumida por crianças desnutridas inscritas no Subprograma da Multimistura da Secretaria de Saúde do município de Quissamã, RJ. O ensaio biológico foi desenvolvido durante 28 dias com 42 Rattus norvegicus, Wistar, machos (26 dias), do Laboratório de Nutrição Experimental da Universidade Federal Fluminense, divididos em sete grupos: 1) Grupo Controle (dieta à base de caseína) adicion (mais) ado de vitaminas e minerais; 2) GCvm adicionado do Suplemento Alimentar; 3) Grupo Controle adicionado do Suplemento Alimentar; 4) Grupo Quissamã, à base da Dieta de Quissamã; 5) Grupo Quissamã adicionado de vitaminas e minerais; 6) GQvm adicionado do Suplemento Alimentar; e 7) Grupo Quissamã adicionado do Suplemento Alimentar. Água e ração foram ofertados com livre acesso, e o pesos dos animais e o consumo de ração foram medidos a cada dois dias. O sangue foi coletado no 28º dia para análise. O Grupo Controle adicionado do Suplemento Alimentar apresentou perda de peso significativa (p Resumo em inglês This study evaluated an alternative food supplement added to the Quissamã's diet, which is consumed by malnourished children who participate in the Multimixture Subprogram, developed by Quissamã Municipal Health Authority, in the state of Rio de Janeiro. The biological assay was carried out during 28 days with 42 male Rattus norvegicus, Wistar, 26 days old, obtained from the Experimental Nutrition Laboratory at the Fluminense Federal University, divided into seven group (mais) s: 1) Control Group (diet based on casein) added with vitamins and minerals; 2) CGvm added with Food Supplement; 3) Control Group added with Food Supplement; 4) Quissamã Group, based on Quissamã's Diet; 5) QG added with vitamins and minerals; 6) QGvm added with Food Supplement; and 7) QG added with Food Supplement. Water and food were offered ad libitum, and the weight of the animals and the food consumption were measured every two days. Blood was collected on the last day for biochemical analysis. The CGFS showed a significant weight loss (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Concentração de hemoglobina e anemia em crianças no Estado de Pernambuco, Brasil: fatores sócio-econômicos e de consumo alimentar associados/ Hemoglobin level and anemia in children in the State of Pernambuco, Brazil: association with socioeconomic and food consumption factors

Oliveira, Maria Alice Araújo; Osório, Mônica Maria; Raposo, Maria Cristina Falcão
2006-10-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo avaliar a associação entre a concentração de hemoglobina e prevalência de anemia com variáveis sócio-econômicas e de consumo alimentar. O estudo seccional, realizado em Pernambuco, Brasil, no ano 1997, utilizou a amostragem em três estágios. A amostra compreendeu 746 crianças de 6-59 meses, nas quais foram realizados dosagem de hemoglobina e inquérito dietético recordatório de 24 horas. A prevalência de anemia foi de 40,6%, se (mais) ndo maior no Interior Rural e diminuindo com o aumento da idade, da renda e da escolaridade materna. A maioria das crianças (88,9%) consumia leite de vaca. A anemia apresentou tendência de aumento com a elevação da proporção de calorias do leite e de redução com o aumento da densidade de ferro (total, heme e não-heme). A idade da criança, a área geográfica, a renda familiar per capita, a escolaridade materna, a densidade de ferro e a proporção de calorias do leite de vaca na dieta são fatores determinantes da anemia no grupo estudado. Resumo em inglês This study aimed to assess hemoglobin level and anemia prevalence and their association with food-consumption and socioeconomic variables. A cross-sectional survey was conducted in the State of Pernambuco, Brazil, in 1997, using three-stage sampling which included 746 6-to-59-month-old children. Hemoglobin testing and a 24-hour food recall interview were performed. The anemia rate was 40.6% and was higher in the rural area and inversely proportional to age, income, and ma (mais) ternal schooling. Most children (88.9%) consumed cow's milk. Anemia was associated directly with the proportion of calories from cow's milk and indirectly with the iron level. Child's age, geographic area, per capita family income, maternal schooling, iron density (total, heme, and non-heme), and the proportion of calories from cow's milk in the diet were determinants for anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Concentração de hemoglobina e anemia em crianças no Estado de Pernambuco, Brasil: fatores sócio-econômicos e de consumo alimentar associados/ Hemoglobin level and anemia in children in the State of Pernambuco, Brazil: association with socioeconomic and food consumption factors

Oliveira, Maria Alice Araújo; Osório, Mônica Maria; Raposo, Maria Cristina Falcão
2006-10-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo avaliar a associação entre a concentração de hemoglobina e prevalência de anemia com variáveis sócio-econômicas e de consumo alimentar. O estudo seccional, realizado em Pernambuco, Brasil, no ano 1997, utilizou a amostragem em três estágios. A amostra compreendeu 746 crianças de 6-59 meses, nas quais foram realizados dosagem de hemoglobina e inquérito dietético recordatório de 24 horas. A prevalência de anemia foi de 40,6%, se (mais) ndo maior no Interior Rural e diminuindo com o aumento da idade, da renda e da escolaridade materna. A maioria das crianças (88,9%) consumia leite de vaca. A anemia apresentou tendência de aumento com a elevação da proporção de calorias do leite e de redução com o aumento da densidade de ferro (total, heme e não-heme). A idade da criança, a área geográfica, a renda familiar per capita, a escolaridade materna, a densidade de ferro e a proporção de calorias do leite de vaca na dieta são fatores determinantes da anemia no grupo estudado. Resumo em inglês This study aimed to assess hemoglobin level and anemia prevalence and their association with food-consumption and socioeconomic variables. A cross-sectional survey was conducted in the State of Pernambuco, Brazil, in 1997, using three-stage sampling which included 746 6-to-59-month-old children. Hemoglobin testing and a 24-hour food recall interview were performed. The anemia rate was 40.6% and was higher in the rural area and inversely proportional to age, income, and ma (mais) ternal schooling. Most children (88.9%) consumed cow's milk. Anemia was associated directly with the proportion of calories from cow's milk and indirectly with the iron level. Child's age, geographic area, per capita family income, maternal schooling, iron density (total, heme, and non-heme), and the proportion of calories from cow's milk in the diet were determinants for anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Concentração de hemoglobina em crianças do nascimento até um ano de vida/ Hemoglobin concentration in children from birth to one year of age

Szarfarc, Sophia Cornbluth; Souza, Sonia Buongermino de; Furumoto, Rosemeire Aparecida Victória; Brunken, Gisela Soares; Assis, Ana Marlúcia Oliveira; Gaudenzi, Edileuza Nunes; Silva, Rita de Cássia Ribeiro; Souza, José Maria Pacheco de
2004-02-01

Resumo em português Este estudo foi desenvolvido com o objetivo de descrever a evolução da concentração de hemoglobina [Hb], considerando os fatores: peso ao nascer; velocidade relativa de crescimento e alimentação. É um estudo transversal realizado com crianças no primeiro ano de vida, atendidas para acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento em serviços públicos de saúde, em cidades localizadas nas cinco regiões geográficas brasileiras. Verificou-se que 51,7% das crian (mais) ças entre 6 e 12 meses de idade eram anêmicas. A estimativa da Hb, por meio de uma equação teórica, sugeriu que o ferro endógeno permite manter os níveis normais de Hb no primeiro trimestre de vida. A prevalência de baixa Hb foi maior entre as crianças com baixo peso ao nascer. A velocidade relativa de crescimento, avaliada pela diferença do peso atual e peso ao nascer, em unidades de Z escore, não foi fator de relevância para a Hb. A importância do aleitamento materno foi evidente nos primeiros meses de vida. Verificou-se, entretanto, que os alimentos complementares não influenciaram a Hb. A elevada prevalência de níveis baixos de hemoglobina indica a necessidade de enfatizar programas de intervenção para o controle da anemia ferropriva. Resumo em inglês This study aimed to describe the evolution of hemoglobin concentration considering the following factors: birth weight, growth rate, and food intake. The cross-sectional study focused on infants ((mais) that endogenous iron is able to maintain normal Hb levels in the first three months of life. Prevalence of reduced Hb was higher in low birth weight infants. Growth rate, verified by the difference between present weight and birth weight in Z scores, was not the relevant factor for hemoglobin concentration. The relevance of breastfeeding was evident in the initial months of life. However, complementary foods did not influence infant Hb concentration. The high prevalence of low Hb levels calls attention to the need for programs to control anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Concentração de hemoglobina em crianças do nascimento até um ano de vida/ Hemoglobin concentration in children from birth to one year of age

Szarfarc, Sophia Cornbluth; Souza, Sonia Buongermino de; Furumoto, Rosemeire Aparecida Victória; Brunken, Gisela Soares; Assis, Ana Marlúcia Oliveira; Gaudenzi, Edileuza Nunes; Silva, Rita de Cássia Ribeiro; Souza, José Maria Pacheco de
2004-02-01

Resumo em português Este estudo foi desenvolvido com o objetivo de descrever a evolução da concentração de hemoglobina [Hb], considerando os fatores: peso ao nascer; velocidade relativa de crescimento e alimentação. É um estudo transversal realizado com crianças no primeiro ano de vida, atendidas para acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento em serviços públicos de saúde, em cidades localizadas nas cinco regiões geográficas brasileiras. Verificou-se que 51,7% das crian (mais) ças entre 6 e 12 meses de idade eram anêmicas. A estimativa da Hb, por meio de uma equação teórica, sugeriu que o ferro endógeno permite manter os níveis normais de Hb no primeiro trimestre de vida. A prevalência de baixa Hb foi maior entre as crianças com baixo peso ao nascer. A velocidade relativa de crescimento, avaliada pela diferença do peso atual e peso ao nascer, em unidades de Z escore, não foi fator de relevância para a Hb. A importância do aleitamento materno foi evidente nos primeiros meses de vida. Verificou-se, entretanto, que os alimentos complementares não influenciaram a Hb. A elevada prevalência de níveis baixos de hemoglobina indica a necessidade de enfatizar programas de intervenção para o controle da anemia ferropriva. Resumo em inglês This study aimed to describe the evolution of hemoglobin concentration considering the following factors: birth weight, growth rate, and food intake. The cross-sectional study focused on infants ((mais) that endogenous iron is able to maintain normal Hb levels in the first three months of life. Prevalence of reduced Hb was higher in low birth weight infants. Growth rate, verified by the difference between present weight and birth weight in Z scores, was not the relevant factor for hemoglobin concentration. The relevance of breastfeeding was evident in the initial months of life. However, complementary foods did not influence infant Hb concentration. The high prevalence of low Hb levels calls attention to the need for programs to control anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Caracterização de hemoglobina N-Baltimore em doador de sangue de São José do Rio Preto, SP/ Hemoglobin N-Baltimore caracterization in a blood donor of São José do Rio Preto, SP, Brazil

Bonini-Domingos, Claudia Regina; Silveira, Eduardo Lani Volpi da; Viana-Baracioli, Lígia Márcia Silveira; Canali, Andreia Averci
2003-01-01

Resumo em português As alterações que envolvem as globinas devem-se a modificações em genes responsáveis pela seqüência e estrutura das cadeias polipeptídicas, bem como aos genes reguladores da síntese destas cadeias. Hemoglobinas variantes apresentam estrutura química diferente da hemoglobina normal correspondente, resultante de mutações em uma ou mais bases nitrogenadas, ocasionando a troca de aminoácidos nas globinas alfa, beta, delta ou gama. A hemoglobina N-Baltimore é uma (mais) variante de globina beta, com substituição da lisina, na posição 95, por ácido glutâmico, apresentando mobilidade eletroforética mais rápida que a hemoglobina A em pH alcalino. Nas análises eletroforéticas em pH alcalino realizadas em doadores de sangue do Hemocentro de São José do Rio Preto (SP) identificamos a presença de portador de hemoglobina rápida em heterozigose, posteriormente confirmada por focalização isoelétrica e cromatografia líquida de alta pressão (HPLC). Os estudos de hemoglobinas anormais em doadores de sangue permitem a identificação de variantes raras e possibilitam o aconselhamento genético adequado a cada caso com estudo familial. Resumo em inglês The alterations that involve globin chains are due to modifications in genes responsible for the sequence and structures of each polypeptide chain, as well as to regulator genes of the synthesis. Variant hemoglobin presents different chemical structure from the corresponding normal hemoglobin, resultant of mutations in one or more bases, causing change of amino acids in the alpha, beta, delta or gamma chain. The hemoglobin N is a beta globin variant, with substitution of (mais) lisina, in the position 95, for a glutamic acid, promoting electrophoretic mobility faster than the hemoglobin A in alkaline pH. In electrophoretical analysis of blood donor from São José do Rio Preto, SP, a carrier of hemoglobin N was identified in heterozygous, confirmed by isoelectric focusing and HPLC. The hemoglobin studies in blood donors permit the identification of rare variants and facilitate the genetic counseling and familial study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Níveis séricos de hemoglobina em adolescentes segundo estágio de maturação sexual/ Hemoglobin serum levels in adolescents according to sexual maturation stage

Frutuoso, Maria Fernanda Petroli; Vigantzky, Vanessa Alves; Gambardella, Ana Maria Dianezi
2003-06-01

Resumo em português A adolescência constitui etapa de risco para o desenvolvimento da anemia ferropriva, uma vez que ocorre aumento da necessidade de ferro decorrente do crescimento estatural e da maturação biológica. Estudaram-se 130 adolescentes, de ambos os sexos, para verificar os valores de hemoglobina sérica em diferentes fases de maturação sexual. Utilizou-se o método de fotometria para dosar a hemoglobina sérica e realizou-se auto-avaliação do estágio de maturação sexua (mais) l com base nos critérios de Tanner. Os níveis médios de hemoglobina foram semelhantes entre sexos, bem como entre meninas que menstruavam ou não. O nível médio de hemoglobina foi de 13,3g/dL tanto para os meninos como para as meninas (p=0,64), com desvios-padrão de 1,12 e de 0,83, respectivamente. Entre os adolescentes estudados, 7,7% tinham anemia ferropriva. Recomenda-se atenção ao grupo de adolescentes, devido ao aumento da necessidade de ferro durante o estirão de crescimento, principalmente entre as meninas, aumentando a suscetibilidade à anemia. Resumo em inglês During adolescence, the risk of development of iron-deficiency anemia is higher because of the growth spurt and the sexual maturation which increase the iron requirement. One hundred and thirty adolescents (males and females) were studied, in order to assess the serum hemoglobin values in different sexual maturation stages. The photometric method was used and a self-evaluation of the sexual maturation stage based on Tanner's criteria was applied. The average hemoglobin va (mais) lues were similar for both sexes, as well for girls who had menstruated or not. The average hemoglobin values were 13.3 (s.d. 1.12)g/dL for males and 13.3 (s.d. 0.83)g/dL for females (p=0.64). Among the studied adolescents, 7.7% had iron-deficiency anemia. Due to the iron requirement increase during the growth spurt, mainly in females, and the higher susceptibility to iron deficiency anemia, special attention to the adolescents is recommended.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Variação dos níveis de hemoglobina de pacientes em hemodiálise tratados com eritropoetina: uma experiência brasileira/ Hemoglobin levels in hemodialysis patients treated with epoetin: a Brazilian experience

Ammirati, Adriano Luiz; Watanabe, Renato; Aoqui, Cristiane; Draibe, Sergio Antonio; Carvalho, Aloisio Barbosa; Abensur, Hugo; Drumond, Soraia Stael; Moreira, João; Bevilacqua, José Luis; Silva, Anita CM; Tatsch, Fernando; Canziani, Maria Eugenia
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a variabilidade dos níveis de hemoglobina (Hb) em pacientes em hemodiálise (HD) tratados com eritropoetina. MÉTODOS: Foram coletados dados retrospectivos de 249 pacientes que estavam em HD e apresentavam, nos três meses anteriores, média de Hb entre 10,5 g/dL e 12,5 g/dL. O período de observação total foi de 36 meses. A cada mês de coleta, classificaram-se os valores de Hb em: 12,5g/dL. (mais) Além disto, os pacientes foram divididos em seis categorias de variabilidade da Hb: baixo persistente (12,5g/dL), flutuação de baixa amplitude com Hb baixo, flutuações de baixa amplitude com Hb alto e flutuações de alta amplitude. RESULTADOS: Mês a mês, a média da proporção de pacientes com Hb dentro da faixa alvo foi de 50% (variação, 42% a 61%). A proporção de valores de Hb médios acima da faixa alvo (30%) foi mais frequente que a proporção abaixo do alvo (20%). Durante os períodos de seis, 12, e 36 meses, a proporção de pacientes com Hb baixa persistente se reduziu de 3,6% para 0%; de 31,7% para 2,8% naqueles com Hb alta persistente; de 7,6% para 0% naqueles com baixa amplitude com Hb baixo; e de 41,3% para 8,3% nos pacientes com baixa amplitude com Hb alto. Entretanto, houve aumento na proporção de pacientes (de 21,5% a 88,9%) com alta amplitude de Hb. Portanto, à medida que o tempo de observação se alongou observou-se maior variabilidade dos valores de hemoglobina. Nenhum paciente manteve os níveis de Hb dentro do alvo durante todo o período do estudo. CONCLUSÃO: A manutenção da Hb dentro da faixa alvo é difícil, especialmente em períodos longos e a variabilidade ocorre mais frequentemente para valores mais elevados de Hb. Resumo em inglês OBJECTIVE: Correction of anemia using epoetin decreases morbidity and increases survival and quality of life in end-stage renal disease. Maintaining hemoglobin levels within the range proposed by guidelines has become a major challenge, with hemoglobin cycling affecting more than 90% of patients undergoing hemodialysis. The variability of hemoglobin levels over time was assessed in our patients. METHODS: Data were retrospectively collected on 249 patients undergoing hemod (mais) ialysis over a 3-year period at seven centers in Brazil. Hemoglobin was measured at least monthly, and target levels were those between 10.5 g/dL and 12.5 g/dL. Patients were grouped into six categories of variability consistently low (12.5g/dL), low amplitude fluctuation with low hemoglobin levels, low amplitude fluctuation with high hemoglobin levels and high amplitude fluctuation. None of the patients maintained stable hemoglobin levels for the entire 36-month period. RESULTS: The mean monthly proportion of patients that had hemoglobin levels within the target range was 50% (range, 42% to 61%). Mean levels above the target (30%) were more frequent than those below it (20%). During 6, 12, and 36 months, proportions of patients with consistently low levels of hemoglobin decreased from 3.6% to 0%, from 31.7% to 2.8% for those with consistently high, from 7.6% to 0% for those with low amplitude fluctuation with low hemoglobin levels and from 41.3% to 8.3% for those with low amplitude fluctuation with high hemoglobin levels. However, the proportions of patients with high amplitude fluctuation increased from 21.5% to 88.9%. CONCLUSION: Maintaining hemoglobin levels within the target range is difficult, especially for longer periods of time. Missing the target seems more often due to levels above it, but high-amplitude fluctuations eventually occur in the majority of patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Aleitamento materno e níveis de hemoglobina em crianças menores de 2 anos em município do estado de São Paulo, Brasil/ Breastfeeding and hemoglobin concentration in children under 2 years of age in a municipality of São Paulo, Brazil

Duarte, Luciane Simões; Fujimori, Elizabeth; Minagawa, Aurea Tamami; Schoeps, Flavia Antonini; Montero, Rosali Maria Juliano Marcondes
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a relação entre aleitamento materno e níveis de hemoglobina em crianças menores de 2 anos residentes na cidade de Itupeva, SP, Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, realizado em amostra representativa de 254 crianças menores de 2 anos, selecionadas aleatoriamente na área urbana de Itupeva, SP, por procedimento de amostragem por conglomerados em 3 etapas. O aleitamento materno foi classificado utilizando-se as recomendações da (mais) Organização Mundial da Saúde e a hemoglobina foi determinada em hemoglobinômetro portátil (HemoCue). Para o diagnóstico, utilizou-se o ponto de corte de 11,0g/dL. RESULTADOS: A prevalência de anemia foi de 41,7%. Anemia foi mais freqüente entre os menores de 6 meses que não se encontravam em aleitamento materno (p Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study is to assess the relationship between breastfeeding and hemoglobin concentration in children under 2 years of age in Itupeva City, SP, Brazil. METHODS: This cross-sectional population-based study was carried out in a representative sample of 254 children under 2 years of age randomly selected in the urban area of Itupeva, SP. The sampling process was done in three stages. The recommendations made by the World Health Organization were (mais) used to classify breastfeeding. Hemoglobin concentration was measured by the cyanmethemoglobin method, using the HemoCue system and anemia was defined when hemoglobin concentration was below 11.0g/dL. RESULTS: The prevalence of anemia was 41.7%. Anemia was more frequent among children who were weaned before 6 months (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Substâncias carreadoras de oxigênio à base de hemoglobina: situação atual e perspectivas/ Hemoglobin-based blood substitutes: current status and perspectives/ Substancias cargadoras de oxígeno a la base de hemoglobina: situación actual y perspectivas

Tanaka, Pedro Paulo; Tanaka, Maria Aparecida Almeida
2003-08-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Soluções alternativas à transfusão de sangue têm sido estudadas desde a década de 50. O objetivo deste estudo é apresentar a situação atual e as perspectivas futuras das substâncias carreadoras de oxigênio à base de hemoglobina. CONTEÚDO: São apresentadas as potenciais áreas de aplicação, bem como estudos clínicos envolvendo as principais moléculas de hemoglobina desenvolvidas, suas vantagens e limitações. CONCLUSÕES: Vári (mais) os estudos aleatórios demonstraram eficácia com o propósito de evitar ou reduzir a transfusão sangüínea; entretanto, algumas limitações existem, sendo que o futuro substituto sangüíneo deverá, no mínimo, retratar a segurança e a eficácia do sangue em si. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Soluciones alternativas a la transfusión de sangre han sido estudiadas desde la década de 50. El objetivo de este estudio es presentar la situación actual y las perspectivas futuras de las substancias cargadoras de oxígeno a la base de hemoglobina. CONTENIDO: Son presentadas las áreas potenciales de aplicación, bien como estudios clínicos envolviendo las principales moléculas de hemoglobina desarrolladas, sus ventajas y limitaciones. CON (mais) CLUSIONES: Varios estudios aleatorios demostraron eficacia con el propósito de evitar o reducir la transfusión sanguínea; entretanto, algunas limitaciones existen, siendo que el futuro substituto sanguíneo deberá, en lo mínimo, retratar la seguridad y la eficacia de la sangre en si. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Alternatives to red blood cells transfusion have been studied since the fifties. This study aimed at presenting current status and perspectives of hemoglobin-based blood substitutes. CONTENTS: Potential application areas are presented, in addition to clinical studies involving major hemoglobin molecules developed, their advantages and limitations. CONCLUSIONS: Several randomized trials have shown efficacy in avoiding or decreasing red blood cell (mais) s transfusions, however there are some limitations and the future blood substitute shall at least have the same safety and efficacy of blood itself.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

A importância da determinação da hemoglobina glicada no monitoramento das complicações crônicas do diabetes mellitus/ The importance of glycated hemoglobin determination in the management of chronic complications associated with diabetes mellitus

Bem, Andreza Fabro de; Kunde, Juliana
2006-06-01

Resumo em português O diabetes é uma situação clínica muito freqüente que envolve cerca de 7% da população mundial. Por essa razão muitos esforços têm sido empregados na implementação de métodos de monitoramento e no desenvolvimento de terapias efetivas para o seu controle. A hemoglobina glicada (HbA1c) é o teste mais indicado na quantificação do risco de complicações crônicas em pacientes diabéticos. O Diabetes Control and Complications Trial (DCCT) e o United Kingdom Pr (mais) ospective Diabetes Study (UKPDS) concluíram que o risco de complicações em pacientes diabéticos é diretamente proporcional ao controle glicêmico, determinado através dos níveis de HbA1c. A medida exata e precisa da HbA1c é uma questão importante para os laboratórios clínicos, sendo que vários fatores podem afetar as determinações, levando a resultados equivocados. O objetivo deste estudo é demonstrar os diferentes métodos para a quantificação da HbA1c, bem como discutir os problemas mais freqüentes de padronização dessa determinação. Resumo em inglês Diabetes is a widespread disease, involving about 7% of the entire world population. For this reason, many efforts have been devoted to the wide application of valid monitoring procedures and to the development of effective therapeutic approaches. Glycated hemoglobin (HbA1c) is the pre-eminent factor for quantifying the risk of chronic complications in patients with diabetes. The Diabetes Control and Complications Trial (DCCT) and United Kingdom Prospective Diabetes Study (mais) (UKPDS), demonstrated conclusively that risks for complications in patients with diabetes are directly related to glycemic control, as measured by glycated hemoglobin (HbA1c). Accurate determination of HbA1c is an important issue for clinical laboratories and several factors may affect and lead to erroneous results. The main objective of this study is to show the different methods for glycated hemoglobin quantification and to discuss the most frequent problems of standardization glycated hemoglobin measurements.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Importância da avaliação da hemoglobina fetal na clínica da anemia falciforme/ The importance of the evaluation of fetal hemoglobin in the clinical assessment of sickle cell disease

Mousinho-Ribeiro, Rita de Cassia; Cardoso, Greice L.; Sousa, Ítallo E. L.; Martins, Priscila K. C.
2008-04-01

Resumo em português A anemia falciforme está entre as doenças genéticas mais comuns e mais estudadas em todo o mundo. Ela é causada por mutação no gene β, produzindo alteração estrutural na molécula da hemoglobina. As moléculas de HbS, decorrentes da mutação, sofrem processo de polimerização fisiologicamente provocado pela baixa tensão de oxigênio, acidose e desidratação. Com isso, os eritrócitos passam a apresentar a forma de foice, causando vaso-oclusão e outras co (mais) nseqüências. O objetivo desse estudo foi revisar a importância da hemoglobina fetal na clínica de pacientes portadores de anemia falciforme. O significado clínico da associação da elevação da hemoglobina fetal na anemia falciforme mostra-se favorável em termos hematológicos, pois, nessa interação, as células-F têm baixas concentrações de HbS e, com isso, inibem a polimerização da HbS e a alteração da morfologia dos eritrócitos. O tratamento com hidroxiuréia, em função do aumento na expressão da hemoglobina fetal que este fármaco proporciona, traz aos pacientes falcêmicos uma melhora significativa em sua clínica. Portanto, a hemoglobina fetal consiste no maior inibidor da polimerização da desoxi-HbS e, com isso, evita a falcização do eritrócito, a anemia hemolítica crônica, as crises dolorosas vaso-oclusivas, o infarto e a necrose em diversos órgãos, melhorando a clínica e a expectativa de vida dos pacientes. Resumo em inglês Sickle cell disease is one of the commonest and most studied genetic diseases in the world. Caused by a mutation of the β gene, it changes the molecular structure of hemoglobin. Abnormal Hb S molecules suffer polymerization physiologically provoked by a low oxygen tension, acidosis and dehydration. As a result, red blood cells take on a sickle cell form, which causes microvascular occlusion with varying consequences. The objective of this study was to review the impo (mais) rtance of fetal hemoglobin in the clinical assessment of sickle cell disease patients. It has been shown that the association of high levels of fetal hemoglobin with sickle cell disease is favorable in hematological terms. In this interaction, F cells have low Hb S concentrations and thus inhibit Hb S polymerization and the morphological alteration of red blood cells. Treatment with hydroxyurea resulting in an increased fetal hemoglobin expression brings about a significant improvement in the patient's clinical state. Thus, fetal hemoglobin constitutes the greatest inhibitor of desoxi-Hb S polymerization and avoids the morphological alteration of red blood cells, chronic hemolytic anemia, painful microvascular occlusive crises, bone infarction and necrosis of several organs thereby improving the clinical outcome and the patients' life expectancy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Fatores determinantes dos níveis de hemoglobina em crianças aos 12 meses de vida na Zona da Mata Meridional de Pernambuco/ Determinant factors of haemoglobin levels in 12 months old infants in the South of the Zona da Mata of Pernambuco

Lima, Ana Claudia V. M. de S.; Lira, Pedro Israel Cabral de; Romani, Sylvia de Azevedo Mello; Eickmann, Sophie Helena; Piscoya, Maria Dilma; Lima, Marília de Carvalho
2004-03-01

Resumo em português OBJETIVOS: avaliar os fatores determinantes dos níveis de hemoglobina de crianças aos 12 meses de vida, em quatro municípios da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. MÉTODOS: estudo transversal, realizado em uma sub-amostra de 245 lactentes, pertencentes a uma coorte de 652 crianças. A coleta de dados foi realizada no período de janeiro a agosto de 1999. RESULTADOS: a prevalência de anemia foi de 73,2%, sendo a média de hemoglobina de 9,8 g/dL (DP = 1,6 g/dL). A (mais) análise de variância apresentou uma associação estatisticamente significante entre níveis de hemoglobina e escolaridade materna, posse de televisão no domicílio, peso ao nascer, duração do aleitamento materno exclusivo, ocorrência de diarréia e estado nutricional segundo os índices peso/idade e comprimento/idade. A análise de regressão linear múltipla mostrou que as condições socioeconômicas, o peso ao nascer, a duração do aleitamento materno exclusivo e a ocorrência de diarréia tiveram um impacto significante na variação dos níveis de hemoglobina. CONCLUSÕES: os resultados confirmam ser a anemia um relevante problema de saúde pública, especialmente em lactentes, tendo múltiplos fatores que contribuem para o seu surgimento, sendo necessário, portanto, identificar os mais importantes para serem levados em consideração nos programas de saúde da criança. Resumo em inglês OBJECTIVES: to evaluate factors determining hemoglobin levels in 12 months old infants living in four small towns located in the South of Pernambuco. METHODS: a cross-sectional study conducted in a sub-sample of 245 infants belonging to a cohort of 652 children. Data collection was performed from January to August 1999. RESULTS: the prevalence of anemia was 73.2% and mean hemoglobin level 9.8 g/dL (SD = 1.6 g/dL). Variance analysis indicated a significant association betw (mais) een hemoglobin levels and maternal education, absence of a television set at home, birth weight, duration of exclusive breast-feeding, occurrence of diarrhea and nutritional indicators (weight-for-age and length-for-age). Multiple linear regression analysis indicated that socio-economic conditions, birth weight, exclusive breast feeding duration and occurrence of diarrhea had a significant impact on hemoglobin levels. CONCLUSIONS: results confirm that anemia is a severe public health problem, especially during childhood, with multiple factors that contribute to the condition. There is a need to identify the prevailing ones so they can be addressed by programs targeting child health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Avaliar a correlação entre a concentração da hemoglobina e a medida ecográfica do diâmetro biventricular externo em fetos anêmicos de gestantes isoimunizadas/ Assessment of the correlation between hemoglobin concentration and the echographic measurement of biventricular outer diameter in anemic fetuses of isoimmunized women

Rodrigues, Rosangela Lopes Miranda; Pereira, Alamanda Kfoury; Taveira, Marcos Roberto; Melo, Isabela Gomes de; Osanan, Gabriel Costa; Cabral, Antônio Carlos Vieira
2005-05-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar se existe correlação significativa entre a medida ecográfica do diâmetro biventricular externo e a concentração sérica da hemoglobina fetal pré-transfusional e se essa medida ecográfica poderá vir a ser utilizada como marcador não invasivo da anemia fetal. MÉTODOS: Estudo transversal prospectivo, no qual foram selecionadas 65 cordocenteses realizadas em 36 fetos anêmicos de mães portadoras de isoimunização pelo fator Rh. Obteve-se a med (mais) ida do diâmetro biventricular externo (DBVE), por meio do modo M, utilizando-se aparelho de ultra-som convencional. Anterior à transfusão foi obtida amostra de 0,5ml de sangue fetal, para dosagem da hemoglobina, sendo a medida imediatamente realizada através de espectrofotometria, no equipamento Hemocue®. Como análise estatística foi utilizada a regressão dos mínimos quadrados, aceitando-se p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess whether a significant correlation exists between the echographic measurement of biventricular outer diameter and the pretransfusional serum concentration of fetal hemoglobin and whether that echographic measurement can be used as a noninvasive marker of fetal anemia. METHODS: A prospective cross-sectional study was carried out comprising 65 cordocenteses performed in 36 anemic fetuses of mothers with isoimmunization to the Rh antigen. The biventricula (mais) r outer diameter (BOD) was obtained by M-mode evaluation. Previous to the transfusion, a 0.5-mL fetal blood sample was obtained for hemoglobin measurement with spectrophotometry in the Hemocue device. The minimum square regression was used with p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Estudo genético-epidemiológico da hemoglobina S em uma população do Sudeste do Brasil/ Genetic-epidemiological study of hemoglobin S in a population from Southeastern Brazil

Ramalho, Antonio S.; Giraldi, Tiago; Magna, Luís A.
2008-04-01

Resumo em português A anemia falciforme, expressão clínica dos homozigotos do gene da hemoglobina S, é a doença hereditária mais freqüente no Brasil. Apesar disso, a metodologia genético-epidemiológica raramente é usada nos estudos brasileiros sobre essa alteração. No presente estudo foram analisados, por meio de um software específico, os dados de 817 heterozigotos do gene da HbS (513 homens e 304 mulheres), não consangüíneos, com idades entre 18 e 65 anos, detectados volunta (mais) riamente na cidade de Campinas, SP, Sudeste do Brasil. A constituição genômica caucasóide, negróide e indígena foi avaliada na amostra de portadores da hemoglobina S através do estudo das freqüências alélicas do sistema sangüíneo ABO e comparada com a observada na população geral da mesma cidade. A análise dos dados demonstrou que 52% dos portadores da HbS tiveram sua ancestralidade africana evidenciada pelo seu fenótipo e que 36% dos indivíduos eram procedentes do Nordeste do Brasil, sobretudo da Bahia (15%). Essa imigração interna tende a diminuir a proporção do haplótipo Bantu da hemoglobina S (mais grave) na região de Campinas, aumentando a proporção do haplótipo Benin (mais benigno). A amostra possui um componente gênico negróide de 45%, caucasóide de 41%, e indígena de 14%. Essa composição genômica é significativamente diferente da observada na população geral da mesma cidade, apresentando uma participação gênica maior de negróides e de indígenas (influência da imigração nordestina) e menor de caucasóides. A imigração nordestina e a miscigenação alteraram significativamente o perfil genético-epidemiológico dos portadores da hemoglobina S na região de Campinas, SP. Resumo em inglês Sickle cell anemia, the clinical expression of individuals homozygous for the hemoglobin S gene, is the most frequent hereditary disease in Brazil. Nevertheless, a genetic-epidemiological approach is rarely used in Brazilian studies related to this alteration. In the present study, using a specific computer program, data from 817 (513 males and 304 females) non-consanguineous individuals heterozygous for the hemoglobin S gene were studied. The participants, with ages vary (mais) ing from 18 to 65 years old, live from the region of Campinas, Southeastern Brazil. The Caucasoid, Negroid and native Indian genomic backgrounds of this sample were evaluated by a study of allelic frequencies for the ABO blood group system and compared with those observed in the general population from the same city. Data analysis showed that: 52% of the hemoglobin S carriers had African ancestry as shown by their phenotypes and that 36% of the subjects came from North-eastern Brazil, most from the state of Bahia (15%). This internal migration tends to decrease the proportion of the hemoglobin S Bantu (wild) haplotype in the region of Campinas, by increasing the proportion of the Benin haplotype (milder). The frequencies of this sample were Negroes 45%, Caucasians 41%, and native Indians 14%. This genomic constitution is significantly different from that observed in the general population from the same city with greater frequencies of Negroes and native Indians and a lower frequency of Caucasians. Migration from the northeastern and miscegenation have significantly altered the genetic-epidemiological profile of hemoglobin S carriers in the region of Campinas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Prevalência de anemia e níveis séricos de hemoglobina em adolescentes segundo estágio de maturidade sexual/ Prevalence of anemia and hemoglobin serum levels in adolescents according to sexual maturation stage

Mariath, Aline Brandão; Henn, Rosana; Matos, Cristina Henschel de; Lacerda, Leo Lynce Valle de; Grillo, Luciane Peter
2006-12-01

Resumo em português Durante a adolescência o crescimento acelerado promove um aumento nas necessidades nutricionais, inclusive de ferro, tornando os adolescentes um grupo de risco nutricional. O presente estudo objetivou avaliar a prevalência de anemia e os níveis séricos de hemoglobina de acordo com o estágio de maturidade sexual em uma amostra representativa composta por 272 adolescentes matriculados em escolas da rede municipal de ensino de Balneário Camboriú-SC. A auto-avaliação (mais) da maturidade sexual foi realizada segundo os critérios de Tanner (1962). Os níveis sangüíneos de hemoglobina foram medidos através do sistema HemoCue® e o diagnóstico de deficiência de ferro foi baseado no critério proposto pela Organização Mundial de Saúde (2001). Foram consideradas significativas as diferenças ao nível de p Resumo em inglês Accelerated growth spurt during adolescence leads to increased nutritional requirements, including iron, therefore posing a nutritional risk to adolescents. The present study aimed to assess the prevalence of anemia and hemoglobin serum levels according to the sexual maturation stage in a representative sample comprised of 272 adolescents enrolled in public schools in Balneário Camboriú, SC. Self-assessment of sexual maturation was carried out according to criteria defi (mais) ned by Tanner (1962). Hemoglobin serum levels were measured through the HemoCue® system and the diagnosis of iron deficiency was based on the cut off points proposed by the World Health Organization (2001). Differences were considered significant at the level of p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Prevalência de anemia e níveis séricos de hemoglobina em adolescentes segundo estágio de maturidade sexual/ Prevalence of anemia and hemoglobin serum levels in adolescents according to sexual maturation stage

Mariath, Aline Brandão; Henn, Rosana; Matos, Cristina Henschel de; Lacerda, Leo Lynce Valle de; Grillo, Luciane Peter
2006-12-01

Resumo em português Durante a adolescência o crescimento acelerado promove um aumento nas necessidades nutricionais, inclusive de ferro, tornando os adolescentes um grupo de risco nutricional. O presente estudo objetivou avaliar a prevalência de anemia e os níveis séricos de hemoglobina de acordo com o estágio de maturidade sexual em uma amostra representativa composta por 272 adolescentes matriculados em escolas da rede municipal de ensino de Balneário Camboriú-SC. A auto-avaliação (mais) da maturidade sexual foi realizada segundo os critérios de Tanner (1962). Os níveis sangüíneos de hemoglobina foram medidos através do sistema HemoCue® e o diagnóstico de deficiência de ferro foi baseado no critério proposto pela Organização Mundial de Saúde (2001). Foram consideradas significativas as diferenças ao nível de p Resumo em inglês Accelerated growth spurt during adolescence leads to increased nutritional requirements, including iron, therefore posing a nutritional risk to adolescents. The present study aimed to assess the prevalence of anemia and hemoglobin serum levels according to the sexual maturation stage in a representative sample comprised of 272 adolescents enrolled in public schools in Balneário Camboriú, SC. Self-assessment of sexual maturation was carried out according to criteria defi (mais) ned by Tanner (1962). Hemoglobin serum levels were measured through the HemoCue® system and the diagnosis of iron deficiency was based on the cut off points proposed by the World Health Organization (2001). Differences were considered significant at the level of p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Determinação de eletrólitos, gases sanguíneos, osmolalidade, hematócrito, hemoglobina, base titulável e anion gap no sangue venoso de equinos destreinados submetidos a exercício máximo e submáximo em esteira rolante/ Determination of electrolytes, hemogasometry, osmalility, hematocrit, hemoglobin, base concentration, and anion gap in detrained equines submitted a maximum and submaximum exercise on treadmill

Silva, M.A.G.; Martins, C.B.; Gomide, L.M.W.; Albernaz, R.M.; Queiroz-Neto, A.; Lacerda-Neto, J.C.
2009-10-01

Resumo em português Estudaram-se as alterações nos eletrólitos, nos gases sanguíneos, na osmolalidade, no hematócrito, na hemoglobina, nas bases tituláveis e no anion gap no sangue venoso de 11 equinos da raça Puro Sangue Árabe, destreinados, submetidos a exercício máximo e submáximo em esteira rolante. Esses animais passaram por período de três dias de adaptação à esteira rolante e posteriormente realizaram dois exercícios testes, um de curta e outro de longa duração. For (mais) am coletadas amostras de sangue venoso antes, imediatamente após e 30 minutos após o término dos exercícios. Após a realização do exercício máximo, observou-se diminuição significativa no pHv, na PvCO2, no HCO3, na cBase além de elevação no AG. Detectou-se também aumento do K+, do Ht e da Hb. Ao final do exercício submáximo, constatou-se somente aumento significativo no pHv, na cBase, na SatvO2 e na PvO2. Conclui-se que os equinos submetidos a exercício máximo desenvolveram acidose metabólica e alcalose respiratória compensatória, hipercalemia e aumento nos valores de hematócrito e hemoglobina. No exercício submáximo, os animais apresentaram alcalose metabólica hipoclorêmica e não ocorreram alterações no equilíbrio hidroeletrolítico. Resumo em inglês Changes in electrolytes, blood gas, osmolality, hematocrit, hemoglobin, base concentration, and anion gap in 11 detrained Arabian horses during exercise on a high-speed treadmill were investigated. After a period of three days of adaptation on the rolling mat, the animals were submitted to two exercises: one of short (maximum) and other of long duration (submaximum). Venous blood samples were obtained right before, and 30 minutes after the exercise. After the maximum exer (mais) cise, it was observed a significative decrease in pHv, PvCO2, HCO3, and cBase and an increase in AG. It was also observed hypercalemia and increase in Ht and Hb. At the final of the submaximum exercise, it was observed significative increase in pH, cBase, SatvO2, and PvO2. So, maximum exercises can lead equines to present metabolic acidosis with respiratory alkalosis as response, hypercalemia and increase in hematocrit and hemoglobin, values. Submaximum exercises can present hypochloremic metabolic alkalosis but no alterations in the hydroelectrolitic balance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Efetividade da suplementação semanal com ferro sobre a concentração de hemoglobina, estado nutricional e o desenvolvimento de lactentes em creches do Recife, Pernambuco, Brasil/ Effectiveness of weekly iron supplementation on hemoglobin concentration, nutritional status and development of infants of public daycare centers in Recife, Pernambuco State, Brazil

Eickmann, Sophie H.; Brito, Cristiana M. M.; Lira, Pedro I. C.; Lima, Marilia C.
2008-01-01

Resumo em português Esse estudo teve como objetivo investigar a efetividade da suplementação semanal de ferro na concentração de hemoglobina, no estado nutricional e no desenvolvimento mental e motor de lactentes em quatro creches municipais do Recife, Pernambuco, Brasil. O estudo consistiu de uma intervenção do tipo antes-depois realizada com suplementação semanal com ferro por seis meses, em uma amostra de 76 crianças com idade entre 4 e 24 meses, no período de fevereiro a dezemb (mais) ro de 2005. Os desenvolvimentos mental e motor foram avaliados pela Escala de Desenvolvimento Infantil de Bayley II. Após a suplementação observou-se um aumento significante na concentração de hemoglobina, apenas no grupo de lactentes com hemoglobina inicial Resumo em inglês This study analyzed the effectiveness of weekly iron supplementation on hemoglobin concentration, nutritional status, and mental and motor development of infants at four public daycare centers in Recife, Pernambuco State, Brazil. This was a before-after intervention study conducted with weekly iron supplementation for six months in a sample of 76 infants in the 4 to 24 month age group, from February to December 2005. Mental and motor development was assessed through the B (mais) ayley Scale of Infant Development II. After supplementation, a significant increase was observed in hemoglobin concentration in the group of infants with initial hemoglobin level

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Efetividade da suplementação semanal com ferro sobre a concentração de hemoglobina, estado nutricional e o desenvolvimento de lactentes em creches do Recife, Pernambuco, Brasil/ Effectiveness of weekly iron supplementation on hemoglobin concentration, nutritional status and development of infants of public daycare centers in Recife, Pernambuco State, Brazil

Eickmann, Sophie H.; Brito, Cristiana M. M.; Lira, Pedro I. C.; Lima, Marilia C.
2008-01-01

Resumo em português Esse estudo teve como objetivo investigar a efetividade da suplementação semanal de ferro na concentração de hemoglobina, no estado nutricional e no desenvolvimento mental e motor de lactentes em quatro creches municipais do Recife, Pernambuco, Brasil. O estudo consistiu de uma intervenção do tipo antes-depois realizada com suplementação semanal com ferro por seis meses, em uma amostra de 76 crianças com idade entre 4 e 24 meses, no período de fevereiro a dezemb (mais) ro de 2005. Os desenvolvimentos mental e motor foram avaliados pela Escala de Desenvolvimento Infantil de Bayley II. Após a suplementação observou-se um aumento significante na concentração de hemoglobina, apenas no grupo de lactentes com hemoglobina inicial Resumo em inglês This study analyzed the effectiveness of weekly iron supplementation on hemoglobin concentration, nutritional status, and mental and motor development of infants at four public daycare centers in Recife, Pernambuco State, Brazil. This was a before-after intervention study conducted with weekly iron supplementation for six months in a sample of 76 infants in the 4 to 24 month age group, from February to December 2005. Mental and motor development was assessed through the B (mais) ayley Scale of Infant Development II. After supplementation, a significant increase was observed in hemoglobin concentration in the group of infants with initial hemoglobin level

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Triagem de hemoglobinopatias e avaliação da degeneração oxidativa da hemoglobina em trabalhadores portadores do traço falciforme (HbAS), expostos a riscos ocupacionais/ Screening of abnormal hemoglobin and the evaluation of oxidative degeneration of hemoglobin among workers with the sickle cell trait (HbAS), exposed to occupational hazards

Silva Filho, Isaac L.; Gonçalves, Marilda S.; Adôrno, Elisângela V.; Campos, Dayse P.; Fleury, Marcos K.
2005-09-01

Resumo em português Desde os anos 40, quando foram realizados os primeiros trabalhos de triagem para hemoglobinas anormais na população brasileira, tem sido descrita uma elevada prevalência destas em nosso meio, especialmente a hemoglobina S que, a despeito da heterogeneidade de sua distribuição geográfica, quase sempre é a mais freqüente nas diversas regiões estudadas. Aliado a este fato, estudos recentes têm demonstrado uma maior susceptibilidade desta a oxidação, tornando-a ma (mais) is sensível ao estresse oxidativo que a hemoglobina normal (HbAA), mesmo em se tratando de portadores heterozigotos (HbAS). Tendo em vista que algumas substâncias químicas são comprovadamente meta-hemoglobinizantes, que alguns fatores ambientais podem influenciar na morbidade da anemia falciforme e também o pouco e controverso conhecimento de que se dispõe a respeito de portadores do traço falciforme, este estudo, além da pesquisa de hemo-globinas anormais, avaliou também a degeneração oxidativa da hemoglobina, através da pesquisa de corpos de Heinz e dosagem de meta-hemoglobina em uma população de trabalhadores portadores do traço falciforme, expostos a riscos ocupacionais. Foram triadas 2.190 amostras sangüíneas entre Outubro de 1999 e Dezembro de 2001. A população estudada foi constituída de trabalhadores de ambos os sexos com idades variando entre 18 e 76 anos. Os resultados evidenciaram 4,7% portadores de hemoglobinas anormais na população analisada, sendo que a hemoglobina S foi a mais freqüente - 3,2% (71). Trabalhadores portadores do traço falciforme apresentaram uma chance 14 vezes maior de possuírem valores aumentados de meta-hemoglobina em relação aos trabalhadores com genótipo AA, porém, esta diferença não foi estatisticamente significativa. Resumo em inglês Hemoglobinopathies are frequent hereditary diseases in Brazilian population and have been a public health problem. This study reports the screening of abnormal hemoglobin among Fiocruz`s employees, as well as the impact of exposure to some factors such as, chemical substances, radiation, excessive cold or heat in sickle cell trait carriers. This impact has been analyzed by measuring methehemoglobin level and the presence of Heinz bodies. The samples were obtained from 219 (mais) 0 (4,7%) individuals presented abnormal hemoglobin. Hemoglobin S was found in 72,3% of individuals with abnormal hemoglobin constituting the most prevalent. The results distribution were: sickle cell trait in 3,2% and associated with thalassemia in 0,2%; thalassemia in 0,7%; AC hemoglobin in 0,4%; thalassemia minor in 0,3% and finally SS and D hemoglobin in 0,05%. Sickle cell trait carriers employees had a 14 times higher risk of increased methehemoglobin increase levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Efeito da duração da amamentação exclusiva e mista sobre os níveis de hemoglobina nos primeiros seis meses de vida: um estudo de seguimento/ Effect of length of exclusive breastfeeding and mixed feeding on hemoglobin levels in the first six months of life: a follow-up study

Oliveira, Andréa Silva de; Silva, Rita de Cássia Ribeiro; Fiaccone, Rosemary Leovigildo; Pinto, Elizabete de Jessus; Assis, Ana Marlúcia Oliveira
2010-02-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da duração da amamentação exclusiva e mista sobre os níveis de hemoglobina de lactentes. Trata-se de um estudo de seguimento com seis meses de duração, envolvendo 150 crianças nascidas na maternidade de Mutuípe, Bahia, Brasil. Mensalmente, as crianças eram submetidas ao exame de sangue para avaliação dos níveis de hemoglobina e realizava-se coleta de dados de consumo alimentar. Foram obtidos, ainda, dados obstétri (mais) cos e sócio-econômicos. Utilizou-se o modelo linear de efeitos mistos para investigar as associações de interesse. Ao final do seguimento, a perda amostral foi de 15,3%, e detectou-se uma prevalência de 71,7% de anemia. Constatou-se um incremento de 0,091g/dL nos níveis de hemoglobina a cada mês de duração de aleitamento materno exclusivo (p = 0,031), enquanto, a cada mês de duração de aleitamento materno misto, os níveis de hemoglobina declinaram em 0,097g/dL (p = 0,017). Concluiu-se que as práticas alimentares inadequadas parecem estar diretamente envolvidas na etiologia da deficiência nutricional de ferro nesse período da vida. Resumo em inglês This six-month follow-up study aimed to assessing the effect of length of both exclusive breastfeeding and mixed feeding on hemoglobin levels in 150 infants born at the Mutuípe maternity facility in Bahia State, Brazil. Blood tests were performed monthly to assess the hemoglobin levels, at which time data were gathered on food intake. Obstetric and socioeconomic data were also collected. The linear mixed effects model was used to investigate the target associations. Loss (mais) to follow-up was 15.3%, and anemia prevalence was 71.7%. An increase of 0.091g/dL (p = 0.031) in hemoglobin levels was found for each month of exclusive breastfeeding, while a decrease of 0.097g/dL (p = 0.017) was shown for each month of mixed feeding. In conclusion, inadequate food practices appear to be directly involved in the etiology of iron deficiency anemia during infancy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Efeito da duração da amamentação exclusiva e mista sobre os níveis de hemoglobina nos primeiros seis meses de vida: um estudo de seguimento/ Effect of length of exclusive breastfeeding and mixed feeding on hemoglobin levels in the first six months of life: a follow-up study

Oliveira, Andréa Silva de; Silva, Rita de Cássia Ribeiro; Fiaccone, Rosemary Leovigildo; Pinto, Elizabete de Jessus; Assis, Ana Marlúcia Oliveira
2010-02-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da duração da amamentação exclusiva e mista sobre os níveis de hemoglobina de lactentes. Trata-se de um estudo de seguimento com seis meses de duração, envolvendo 150 crianças nascidas na maternidade de Mutuípe, Bahia, Brasil. Mensalmente, as crianças eram submetidas ao exame de sangue para avaliação dos níveis de hemoglobina e realizava-se coleta de dados de consumo alimentar. Foram obtidos, ainda, dados obstétri (mais) cos e sócio-econômicos. Utilizou-se o modelo linear de efeitos mistos para investigar as associações de interesse. Ao final do seguimento, a perda amostral foi de 15,3%, e detectou-se uma prevalência de 71,7% de anemia. Constatou-se um incremento de 0,091g/dL nos níveis de hemoglobina a cada mês de duração de aleitamento materno exclusivo (p = 0,031), enquanto, a cada mês de duração de aleitamento materno misto, os níveis de hemoglobina declinaram em 0,097g/dL (p = 0,017). Concluiu-se que as práticas alimentares inadequadas parecem estar diretamente envolvidas na etiologia da deficiência nutricional de ferro nesse período da vida. Resumo em inglês This six-month follow-up study aimed to assessing the effect of length of both exclusive breastfeeding and mixed feeding on hemoglobin levels in 150 infants born at the Mutuípe maternity facility in Bahia State, Brazil. Blood tests were performed monthly to assess the hemoglobin levels, at which time data were gathered on food intake. Obstetric and socioeconomic data were also collected. The linear mixed effects model was used to investigate the target associations. Loss (mais) to follow-up was 15.3%, and anemia prevalence was 71.7%. An increase of 0.091g/dL (p = 0.031) in hemoglobin levels was found for each month of exclusive breastfeeding, while a decrease of 0.097g/dL (p = 0.017) was shown for each month of mixed feeding. In conclusion, inadequate food practices appear to be directly involved in the etiology of iron deficiency anemia during infancy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Impacto do tratamento semanal com sulfato ferroso sobre o nível de hemoglobina, morbidade e estado nutricional de lactentes anêmicos/ Impact of weekly treatment with ferrous sulfate on hemoglobin level, morbidity and nutritional status of anemic infants

Lima, Ana C. V. M. S.; Lima, Marilia C.; Guerra, Miriam Q. F.; Romani, Sylvia A. M.; Eickmann, Sophie H.; Lira, Pedro I. C.
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o impacto do tratamento com sulfato ferroso, administrado semanalmente, sobre o nível de hemoglobina, morbidade e estado nutricional de lactentes anêmicos da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. MÉTODOS: Estudo de intervenção de base comunitária, controlado, realizado com 378 lactentes acompanhados até 18 meses. Foram selecionadas aleatoriamente 245 crianças para avaliação da hemoglobina aos 12 meses. As crianças foram distribuídas em três (mais) grupos de estudo: dois com tratamento semanal de 45 mg de ferro elementar, dos 12 aos 18 meses de vida (69 crianças com anemia moderada/grave e 111 com anemia leve) e um sem tratamento, constituído de 65 crianças sem anemia. As 133 crianças restantes constituíram o grupo controle, utilizado para comparação do estado nutricional e da morbidade. RESULTADOS: A prevalência de anemia foi de 73,5% aos 12 meses de vida. Após 6 meses de tratamento, houve recuperação do nível de hemoglobina para valores > 11,0 g/dL em 42,3% dos lactentes anêmicos. O aumento médio foi de 1,6 g/dL, sendo maior (2,5 g/dL) para o grupo com nível inicial mais baixo de hemoglobina. Das crianças sem anemia e não tratadas, 40,3% tornaram-se anêmicas ao término do acompanhamento, com uma redução média do nível de hemoglobina de 0,5 g/dL. Observou-se um ganho de peso significativamente maior nos grupos com tratamento, o mesmo não ocorrendo para crescimento linear e duração da diarréia. CONCLUSÕES: A redução da prevalência da anemia em menos da metade das crianças recebendo sulfato ferroso em doses semanais e o surgimento de anemia nos lactentes não anêmicos e sem suplementação de ferro são indicativos da necessidade de estratégias eficazes para seu controle. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the impact of weekly treatment with ferrous sulfate on hemoglobin level, morbidity and nutritional status in a sample of anemic infants from Zona da Mata Meridional in the state of Pernambuco, Brazil. METHODS: A controlled, community-based intervention was carried out with 378 infants who were followed-up for 18 months. Hemoglobin level was measured at 12 months in a total of 245 children randomly selected. Participating infants were divided into th (mais) ree groups: two received 45 mg of elemental iron weekly, from 12 to 18 months of life (69 children with moderate/severe anemia, and 111 with mild anemia); the third group was composed of 65 non-anemic children, who received no intervention. The remaining 133 children constituted the control group, for comparisons on nutritional status and morbidity. RESULTS: The prevalence of anemia was 73.5% at 12 months of life. After 6 months of treatment, 42.3% of anemic children reached hemoglobin levels > 11.0 g/dL. The mean increase was 1.6 g/dL, being higher (2.5 g/dL) in the group with lower levels of hemoglobin at baseline. Children without anemia at baseline received no treatment, and 40.3% of them became anemic at the end of follow-up, with a mean decrease of 0.5 g/dL in hemoglobin levels. A significantly greater weight gain was observed in the two treated groups, while no significant improvements were seen in linear growth and duration of diarrhea. CONCLUSIONS: The fact that less than half the children receiving ferrous sulfate recovered from anemia at the end of follow-up, along with the development of anemia in many untreated, previously non-anemic infants, suggests the need for effective control strategies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Hemes férricos pentacoordenados e hexacoordenados dos monômeros d nativo e reconstituído da hemoglobina extracelular de Glossoscolex paulistus: estudos espectroscópicos em meio ácido/ Pentacoordinate and hexacoordinate ferric hemes from the native and reconstituted d monomers of Glossoscolex paulistus extracellular hemoglobin: spectroscopic studies in acid medium

Ribelatto, Julio C.; Poli, Alessandra L.; Moreira, Leonardo M.; Imasato, Hidetake
2005-10-01

Resumo em inglês UV-Vis and fluorescence spectroscopic studies of the native and reconstituted d monomers of Glossoscolex paulistus were performed in acid medium. The coexistence of distinct species shows the complexity of the equilibria. Besides the hexacoordinate low spin hemichrome, with bands at 535 and 565 nm, a pentacoordinate high spin hemichrome is identified by the blue-shifted low intensity Soret band (371 nm) and the LMCT band (643 nm). The pentacoordinate hemichrome must be related to the partial unfolding of the polypeptide.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Efetividade de diferentes estratégias de intervenção com ferro nos níveis de hemoglobina e ferritina em escolares de Teresina, Piauí, Brasil/ Effectiveness of different iron supplementation strategies on hemoglobin and ferritin levels among schoolchildren in Teresina, Piauí State, Brazil

Santos, Marize Melo dos; Nogueira, Nadir do Nascimento; Diniz, Alcides da Silva
2007-07-01

Resumo em português O estudo avaliou o efeito das intervenções com sulfato ferroso e com ferro bisglicina quelato nas concentrações de hemoglobina e ferritina sérica em escolares de 7-11 anos, de ambos os sexos, de Teresina, Piauí, Brasil. Foi desenvolvido ensaio clínico-comunitário, randomizado, envolvendo 138 escolares, com níveis de hemoglobina (mais) o outro (n = 67) 3,8mg de ferro bisglicina quelato, fracionados em biscoitos consumidos três vezes/semana, durante oito semanas. Houve um incremento (p 0,05) na comparação intergrupos. Nenhum impacto foi observado (p > 0,05) nas reservas corporais de ferro. Entretanto, escolares que apresentaram depleção das reservas corporais de ferro ( 0,05) entre os grupos de tratamento. Os resultados confirmam a efetividade das intervenções e ratificam o uso do esquema semanal com sulfato ferroso e com ferro bisglicina quelato no tratamento da deficiência do mineral e da anemia ferropriva. Resumo em inglês This study evaluated the effectiveness of supplementation with ferrous sulfate and iron bis-glycinate chelate on hemoglobin and serum ferritin levels among schoolchildren (7-11 years) of both sexes. A randomized community-based trial including 138 anemic children (hemoglobin (mais) and the other group (n = 67) received 3.8mg of iron bis-glycinate chelate-enriched cookies, 3x/week, for 8 weeks. The interventions showed a significant increase (p 0.05). No effect was observed on body iron for either intervention (p > 0.05). Children with depleted iron stores ( 0.05) was observed. The results confirm the effectiveness of the iron supplementation interventions and corroborate the use of iron salts or ferrous bisglycinate chelate on a weekly basis to overcome iron deficiency and anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Efetividade de diferentes estratégias de intervenção com ferro nos níveis de hemoglobina e ferritina em escolares de Teresina, Piauí, Brasil/ Effectiveness of different iron supplementation strategies on hemoglobin and ferritin levels among schoolchildren in Teresina, Piauí State, Brazil

Santos, Marize Melo dos; Nogueira, Nadir do Nascimento; Diniz, Alcides da Silva
2007-07-01

Resumo em português O estudo avaliou o efeito das intervenções com sulfato ferroso e com ferro bisglicina quelato nas concentrações de hemoglobina e ferritina sérica em escolares de 7-11 anos, de ambos os sexos, de Teresina, Piauí, Brasil. Foi desenvolvido ensaio clínico-comunitário, randomizado, envolvendo 138 escolares, com níveis de hemoglobina (mais) o outro (n = 67) 3,8mg de ferro bisglicina quelato, fracionados em biscoitos consumidos três vezes/semana, durante oito semanas. Houve um incremento (p 0,05) na comparação intergrupos. Nenhum impacto foi observado (p > 0,05) nas reservas corporais de ferro. Entretanto, escolares que apresentaram depleção das reservas corporais de ferro ( 0,05) entre os grupos de tratamento. Os resultados confirmam a efetividade das intervenções e ratificam o uso do esquema semanal com sulfato ferroso e com ferro bisglicina quelato no tratamento da deficiência do mineral e da anemia ferropriva. Resumo em inglês This study evaluated the effectiveness of supplementation with ferrous sulfate and iron bis-glycinate chelate on hemoglobin and serum ferritin levels among schoolchildren (7-11 years) of both sexes. A randomized community-based trial including 138 anemic children (hemoglobin (mais) and the other group (n = 67) received 3.8mg of iron bis-glycinate chelate-enriched cookies, 3x/week, for 8 weeks. The interventions showed a significant increase (p 0.05). No effect was observed on body iron for either intervention (p > 0.05). Children with depleted iron stores ( 0.05) was observed. The results confirm the effectiveness of the iron supplementation interventions and corroborate the use of iron salts or ferrous bisglycinate chelate on a weekly basis to overcome iron deficiency and anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Agentes indutores da síntese de hemoglobina fetal/ Fetal hemoglobin inducing factors

Figueiredo, Maria Stella
2007-09-01

Resumo em português Anemia falciforme é uma doença heterogênea caracterizada por uma grande variabilidade clínica. Desde as primeiras observações desta doença, foi visto que aumento no nível de hemoglobina fetal (HbF) estava associado com manifestações clínicas mais brandas, já que a HbF interfere na polimerização da HbS. A hidroxiuréia é um agente citotóxico que causa vários efeitos nos pacientes com anemia falciforme, tais como: aumento da produção de HbF, aumento do vo (mais) lume corpuscular médio, aumento da hidratação do glóbulo vermelho, melhora da hemoglobina, mielossupressão, produção de óxido nítrico e diminuição de moléculas de adesão. Até o momento, ela é considerada a terapia de maior sucesso para a anemia falciforme e seu uso nesta doença é descrito neste artigo. Resumo em inglês Sickle cell anemia is a heterogeneous disorder with variable severity. Initial observations showed that a high level of fetal hemoglobin (HbF) was associated with minor clinical manifestations, as HbF interferes with HbS polymerization. Hydroxyurea, a cytotoxic agent, has several effects on sickle cell patients, such as: increased HbF production, increased mean corpuscular volume, improved red blood cell hydration, improved hemoglobin, myelosuppression, production of nitr (mais) ic oxide and decreases in adhesion molecules. Till now, hydroxyurea is considered the most successful drug therapy for sickle cell anemia and its use is described in this article.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Correlação entre medidas ultra-sonográficas do coração e o deficit de hemoglobina em fetos de gestantes aloimunizadas/ Correlation between echographic cardiac measurements and hemoglobin deficit in fetus of red cell alloimmunized pregnancies

Hanan, Marília Zicker; Cabral, Antônio Carlos Vieira; Pereira, Alamanda Kfoury; Leite, Henrique Vitor; Reis, Zilma Nogueira
2008-07-01

Resumo em português OBJETIVO: verificar a correlação entre as medidas ultra-sonográficas do coração fetal e o deficit de hemoglobina em fetos de gestantes aloimunizadas. MÉTODOS: estudo transversal, no qual foram incluídos 60 fetos de 56 mulheres aloimunizadas, com idade gestacional entre 21 e 35 semanas. Foram realizados 139 procedimentos. Antes da cordocentese para a coleta de sangue fetal, as medidas cardíacas e o comprimento do fêmur (CF) foram avaliados pela ultra-sonografia. O (mais) diâmetro biventricular externo (DBVE) foi obtido no final da diástole, com o cursor modo-M perpendicular ao septo interventricular, nas válvulas atrioventriculares, medindo-se a distância entre as partes externas dos epicárdios. A medida do diâmetro atrioventricular (DAV) foi obtida posicionando-se o mesmo cursor ao longo do septo interventricular, avaliando-se a distância entre a base e o ápice do coração. O CF foi determinado do trocanter maior à metáfise distal. Foi calculada a circunferência cardíaca (CC). Para ajustar as medidas cardíacas à idade gestacional, dividiu-se cada uma dessas medidas pela medida do CF. A concentração de hemoglobina foi determinada por espectrofotometria no sistema Hemocue®. O deficit de hemoglobina foi calculado baseado na curva de normalidade de Nicolaides. RESULTADOS: observaram-se correlações diretas e significativas entre as medidas cardíacas avaliadas e o deficit de hemoglobina. Para a predição das anemias moderada e grave, a sensibilidade e a especificidade encontradas foram, respectivamente, de 71,7 e 66,3% para a razão DBVE e CF; 65,8 e 62,4% para a DAV e CF e 73,7 e 60,4% para a CC e CF. CONCLUSÕES: nos fetos de gestantes aloimunizadas, as medidas cardíacas ultra-sonográficas avaliadas correlacionam-se diretamente com o deficit de hemoglobina. Resumo em inglês PURPOSE: to verify the correlation between ultrasonography heart measures and hemoglobin deficit in fetuses of alloimmunized pregnant women. METHODS: a transversal study, including 60 fetuses, with 21 to 35 weeks of gestational age, from 56 isoimmunized pregnant women. A number of 139 procedures were performed. Before cordocentesis for the collection of fetal blood, cardiac measures and femur length (FL) were assessed by ultrasonography. The external biventricular diamete (mais) r (EBVD) was obtained by measuring the distance between the epicardic external parts at the end of the diastole, with the M-mode cursor perpendicular to the interventricular septum, in the atrioventricular valves. The measure of the atrioventricular diameter (AVD) was obtained by positioning the same cursor along the interventricular septum, evaluating the distance between the heart basis and apex. The FL was determined from the trochanter major to the distal metaphysis. The cardiac circumference (CC) was also calculated. To adjust the cardiac measure to the gestational age, each of these measures were divided by the FL measure. Hemoglobin concentration has been determined by spectrophotometry with the Hemocue® system. Hemoglobin deficit calculation was based in the Nicolaides's normality curve. RESULTS: direct and significant correlations were observed between the cardiac measures evaluated and the hemoglobin deficit. To predict moderate and severe anemia, the sensitivity and specificity found were 71.7 and 66.3% for EBVD and FL, 65.8 and 62.4% for AVD and FL, and 73.7 and 60.4% for CC and FL, respectively. CONCLUSIONS: ultrasonography cardiac measures assessed from fetuses of isoimmunized pregnant women correlate directly with hemoglobin deficit.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Efeitos do clampeamento tardio do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em lactentes aos três meses de vida/ Effects of delayed cord clamping on hemoglobin and ferritin levels in infants at three months of age

Venâncio, Sonia Isoyama; Levy, Renata Bertazzi; Saldiva, Sílvia Regina Dias Médici; Mondini, Lenise; Alves, Maria Cecília Goi Porto; Leung, Siu Lum
2008-01-01

Resumo em português Este estudo verificou o efeito do clampeamento tardio (um minuto após o nascimento) do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em crianças aos três meses de vida. Foram alocadas 325 mães e crianças, nascidas a termo, de parto vaginal e sem patologias (164 no grupo do clampeamento imediato e 161 no tardio) em um hospital do Município de São Paulo, Brasil, em 2006. Realizaram-se dosagens de hemoglobina da mãe no pré-parto e de hemoglobina e fe (mais) rritina do cordão umbilical. As crianças (69%) foram acompanhadas no ambulatório, após três meses, ocorrendo coleta de sangue venoso para dosagem de hemoglobina e ferritina. Variáveis sócio-econômicas, reprodutivas, antropométricas e de alimentação da criança foram estudadas. Utilizou-se a regressão linear múltipla para a análise dos dados. O efeito do clampeamento tardio do cordão umbilical foi significativo somente para os níveis de ferritina das crianças aos três meses de idade (p = 0,040), sendo superior em 23,29ng/mL quando comparado às crianças submetidas ao clampeamento imediato. O procedimento pode se constituir em uma estratégia para prevenir a deficiência de ferro em lactentes. Resumo em inglês This study assessed the effect of delayed (1 minute after delivery) clamping of the umbilical cord on hemoglobin and ferritin levels in infants at three months of age. Mothers and their infants born through vaginal delivery, at term, and without congenital anomalies (325 pairs) were recruited at a hospital in São Paulo, Brazil, in 2006 (164 in the delayed clamping subgroup and 161 in the early clamping subgroup). Maternal hemoglobin at delivery, umbilical cord hemoglobin (mais) , and ferritin were recorded. At three months follow-up, venous blood samples were drawn from 224 (69%) infants for hemoglobin and ferritin measurement. Socioeconomic, maternal reproductive, anthropometric, and infant feeding variables were studied. Multiple linear regression models were used to analyze the data. The effect of delayed clamping at birth, measured at three months, was only significant for ferritin (p = 0.040), and the concentration was higher (23.29ng/mL) in this subgroup as compared to the early clamping subgroup. Delayed umbilical cord clamping can serve as a strategy to improve infant iron status and prevent iron deficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Efeitos do clampeamento tardio do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em lactentes aos três meses de vida/ Effects of delayed cord clamping on hemoglobin and ferritin levels in infants at three months of age

Venâncio, Sonia Isoyama; Levy, Renata Bertazzi; Saldiva, Sílvia Regina Dias Médici; Mondini, Lenise; Alves, Maria Cecília Goi Porto; Leung, Siu Lum
2008-01-01

Resumo em português Este estudo verificou o efeito do clampeamento tardio (um minuto após o nascimento) do cordão umbilical sobre os níveis de hemoglobina e ferritina em crianças aos três meses de vida. Foram alocadas 325 mães e crianças, nascidas a termo, de parto vaginal e sem patologias (164 no grupo do clampeamento imediato e 161 no tardio) em um hospital do Município de São Paulo, Brasil, em 2006. Realizaram-se dosagens de hemoglobina da mãe no pré-parto e de hemoglobina e fe (mais) rritina do cordão umbilical. As crianças (69%) foram acompanhadas no ambulatório, após três meses, ocorrendo coleta de sangue venoso para dosagem de hemoglobina e ferritina. Variáveis sócio-econômicas, reprodutivas, antropométricas e de alimentação da criança foram estudadas. Utilizou-se a regressão linear múltipla para a análise dos dados. O efeito do clampeamento tardio do cordão umbilical foi significativo somente para os níveis de ferritina das crianças aos três meses de idade (p = 0,040), sendo superior em 23,29ng/mL quando comparado às crianças submetidas ao clampeamento imediato. O procedimento pode se constituir em uma estratégia para prevenir a deficiência de ferro em lactentes. Resumo em inglês This study assessed the effect of delayed (1 minute after delivery) clamping of the umbilical cord on hemoglobin and ferritin levels in infants at three months of age. Mothers and their infants born through vaginal delivery, at term, and without congenital anomalies (325 pairs) were recruited at a hospital in São Paulo, Brazil, in 2006 (164 in the delayed clamping subgroup and 161 in the early clamping subgroup). Maternal hemoglobin at delivery, umbilical cord hemoglobin (mais) , and ferritin were recorded. At three months follow-up, venous blood samples were drawn from 224 (69%) infants for hemoglobin and ferritin measurement. Socioeconomic, maternal reproductive, anthropometric, and infant feeding variables were studied. Multiple linear regression models were used to analyze the data. The effect of delayed clamping at birth, measured at three months, was only significant for ferritin (p = 0.040), and the concentration was higher (23.29ng/mL) in this subgroup as compared to the early clamping subgroup. Delayed umbilical cord clamping can serve as a strategy to improve infant iron status and prevent iron deficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Efeito da fortificação semanal do arroz com ferro quelato sobre a freqüência de anemia e concentração de hemoglobina em crianças de creches municipais do Rio de Janeiro, Brasil/ Effect of weekly rice fortification with iron on anemia prevalence and hemoglobin concentration among children attending public daycare centers in Rio de Janeiro, Brazil

Bagni, Ursula Viana; Baião, Mirian Ribeiro; Santos, Marta Maria Antonieta de Souza; Luiz, Ronir Raggio; Veiga, Gloria Valeria da
2009-02-01

Resumo em português Trata-se de um ensaio clínico comunitário, duplo-cego, controlado por placebo. Durante 16 semanas, as crianças do grupo intervenção (GI, n = 180) receberam arroz fortificado com ferro, e as do grupo controle (GC, n = 174) receberam arroz com placebo. Considerou-se presença de anemia quando hemoglobina (mais) A concentração de hemoglobina aumentou em ambos os grupos, com incremento médio de 0,42g/dL no GI (11,28±1,23g/dL para 11,75±1,16g/dL; p 53,76mg pelo arroz fortificado tiveram maior aumento na hemoglobina do que aquelas que receberam quantidades inferiores (0,94g/dL vs. 0,39g/dL; p = 0,03). Sugere-se que esse tipo de intervenção pode ser útil no controle da anemia quando o consumo do alimento fortificado é adequado. Resumo em inglês This was a double-blind, placebo-controlled, community-based trial. For 16 weeks, children in the intervention group (n = 180) received iron-fortified rice, while children in the control group (n = 174) received rice with placebo. Anemia was defined as hemoglobin (mais) 28±1.23g/dL to 11.75±1.16g/dL, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Efeito da fortificação semanal do arroz com ferro quelato sobre a freqüência de anemia e concentração de hemoglobina em crianças de creches municipais do Rio de Janeiro, Brasil/ Effect of weekly rice fortification with iron on anemia prevalence and hemoglobin concentration among children attending public daycare centers in Rio de Janeiro, Brazil

Bagni, Ursula Viana; Baião, Mirian Ribeiro; Santos, Marta Maria Antonieta de Souza; Luiz, Ronir Raggio; Veiga, Gloria Valeria da
2009-02-01

Resumo em português Trata-se de um ensaio clínico comunitário, duplo-cego, controlado por placebo. Durante 16 semanas, as crianças do grupo intervenção (GI, n = 180) receberam arroz fortificado com ferro, e as do grupo controle (GC, n = 174) receberam arroz com placebo. Considerou-se presença de anemia quando hemoglobina (mais) A concentração de hemoglobina aumentou em ambos os grupos, com incremento médio de 0,42g/dL no GI (11,28±1,23g/dL para 11,75±1,16g/dL; p 53,76mg pelo arroz fortificado tiveram maior aumento na hemoglobina do que aquelas que receberam quantidades inferiores (0,94g/dL vs. 0,39g/dL; p = 0,03). Sugere-se que esse tipo de intervenção pode ser útil no controle da anemia quando o consumo do alimento fortificado é adequado. Resumo em inglês This was a double-blind, placebo-controlled, community-based trial. For 16 weeks, children in the intervention group (n = 180) received iron-fortified rice, while children in the control group (n = 174) received rice with placebo. Anemia was defined as hemoglobin (mais) 28±1.23g/dL to 11.75±1.16g/dL, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Estudo espectroscópico do equilíbrio entre espécies hexacoordenada e pentacoordenada dos monômero d nativo e reconstituído da hemoglobina extracelular gigante de Glossoscolex paulistus em meio alcalino/ Spectroscopic study of the equilibrium between hexacoordinated and pentacoordinated species of the native and reconstituted d monomers of the Glossoscolex paulistus giant extracellular hemoglobin in alkaline medium

Ribelatto, Julio C.; Poli, Alessandra L.; Moreira, Leonardo M.; Imasato, Hidetake
2006-07-01

Resumo em inglês UV-Vis and fluorescence spectroscopic studies of native and reconstituted d monomers from Glossoscolex paulistus were performed in alkaline pH. In addition to the presence of aquomet and hemichrome hexacoordinated species, a pentacoordinated species occurs. This latter species, which presents an imidazolate group of axial histidine as fifth ligand, is identified by the blue-shifted low-intensity Soret band and LMCT band. The pentacoordinated species must occur due to partial polypeptide unfolding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Consumo de semente de linhaça durante a lactação afeta peso e nível de hemoglobina na prole de ratas/ Maternal consumption of flaxseed during lactation affects weight and hemoglobin level of offspring in rats

Cardozo, Ludmila F. M. F.; Soares, Lavínia L.; Chagas, Maurício A.; Boaventura, Gilson T.
2010-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os efeitos do consumo da semente de linhaça durante a lactação sobre o peso corporal, indicadores hematológicos e massa de gordura visceral dos filhotes de ratas na idade adulta. MÉTODOS: Foram utilizadas 16 ratas Wistar que, após o parto, foram divididas em dois grupos que receberam, durante a lactação, as seguintes dietas: grupo-controle (GC), ração à base de caseína, e grupo linhaça (GL), ração à base de caseína contendo 25% de sement (mais) e de linhaça. Ao desmame, os filhotes machos passaram a receber ração comercial até a idade adulta, quando foram sacrificados aos 170 dias de vida para coleta de sangue e avaliação da massa de gordura visceral. RESULTADOS: Foi encontrado menor peso corporal da prole do GL (GL = 42,69±3,06 g; GC = 47,31±4,72 g; p = 0,036) ao desmame. Aos 170 dias de idade foram observados menores valores na hemoglobina do GL (GL = 12,30±1,28 g/dL; GC = 13,88±0,91 g/dL; p = 0,02). Não foram verificadas diferenças estatísticas na massa de gordura visceral entre os grupos. CONCLUSÕES: O consumo materno da ração à base de semente de linhaça durante a lactação promoveu menor peso ao desmame e níveis menores de hemoglobina na idade adulta quando comparados ao GC. Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate the effects of maternal flaxseed consumption during lactation on the body weight, hematological indicators and visceral fat mass of male offspring in adulthood. METHODS: Sixteen female Wistar rats were divided into two groups after giving birth. During lactation the control group (CG) was fed a casein-based diet and the flaxseed group (FG) was fed a casein-based diet containing 25% flaxseed. After weaning, male offspring were fed on commercial ch (mais) ow until adulthood and euthanized at 170 days for blood collection and visceral fat mass assessment. RESULTS: Offspring of rats in the FG had lower body weight (FG = 42.69±3.06 g; CG = 47.31±4.72 g; p = 0.036) at weaning. At 170 days, lower hemoglobin levels were observed in the FG (FG = 12.30±1.28 g/dL; CG = 13.88±0.91 g/dL; p = 0.02). There was no statistically significant difference in visceral fat mass between groups. CONCLUSIONS: Maternal consumption of a flaxseed-based diet during lactation resulted in lower body weight at weaning and lower hemoglobin levels in adulthood, when compared with the control group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Efetividade do aconselhamento nutricional da Pastoral da Criança sobre a variação de hemoglobina entre menores de seis anos de idade/ Effectiveness of nutritional counseling provided by the Children's Mission on hemoglobin variation in under-six children

Santos, Iná dos; Cesar, Juraci de Almeida; Minten, Gicele; Marco, Paula Lobo; Valle, Neiva
2005-02-01

Resumo em português Para avaliar a efetividade do treinamento das líderes da Pastoral da Criança em aconselhamento nutricional sobre a variação da hemoglobina entre menores de seis anos, foi realizada uma intervenção comunitária. Por sorteio, uma das duas áreas de ação da Pastoral da Criança em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, foi selecionada e as líderes treinadas (Grupo Intervenção). A outra área constituiu o Grupo Controle. Após consentimento, a mãe foi entrevistada so (mais) bre a família, saúde e alimentação da criança. A hemoglobina foi medida com fotômetro portátil ao ingressar no estudo e após seis meses. O desfecho foi a variação da hemoglobina, da primeira para a segunda medida. Ingressaram 183 crianças intervenção e 179 crianças controle, comparáveis quanto ao sexo, idade, características ao nascer, aporte de ferro e nível médio de hemoglobina. Na análise ajustada, a variação no grupo intervenção foi 0,18 ± 0,27g/dl maior do que no controle. Embora a diferença entre os grupos não fosse estatisticamente significativa, a variação foi positiva no grupo intervenção e negativa no grupo controle, sugerindo benefício do treinamento. Resumo em inglês A community intervention was conducted to evaluate the effectiveness of leadership training in the Children's Mission (of the Brazilian Catholic Church) for providing nutritional counseling on hemoglobin variation in children less than six years of age. Two areas of activity by the Children's Mission in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil, were randomly selected and the leaders in one were trained (intervention group). The other area constituted the control group. Af (mais) ter providing consent, mothers were interviewed concerning the family and the child's health and eating. Hemoglobin was measured with a portable photometer upon entry into the study and at six months. The outcome variable was hemoglobin variation between the first and second measurements. The study included 183 intervention children and 179 controls, comparable as to sex, age, characteristics at birth, iron supply, and mean hemoglobin. In the adjusted analysis, variation in the intervention group was 0.18 ± 0.27g/dl greater than in the control group. Although the difference between the two groups was not statistically significant, the variation was positive in the intervention group and negative in the control group, suggesting a beneficial effect from the training.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Efetividade do aconselhamento nutricional da Pastoral da Criança sobre a variação de hemoglobina entre menores de seis anos de idade/ Effectiveness of nutritional counseling provided by the Children's Mission on hemoglobin variation in under-six children

Santos, Iná dos; Cesar, Juraci de Almeida; Minten, Gicele; Marco, Paula Lobo; Valle, Neiva
2005-02-01

Resumo em português Para avaliar a efetividade do treinamento das líderes da Pastoral da Criança em aconselhamento nutricional sobre a variação da hemoglobina entre menores de seis anos, foi realizada uma intervenção comunitária. Por sorteio, uma das duas áreas de ação da Pastoral da Criança em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, foi selecionada e as líderes treinadas (Grupo Intervenção). A outra área constituiu o Grupo Controle. Após consentimento, a mãe foi entrevistada so (mais) bre a família, saúde e alimentação da criança. A hemoglobina foi medida com fotômetro portátil ao ingressar no estudo e após seis meses. O desfecho foi a variação da hemoglobina, da primeira para a segunda medida. Ingressaram 183 crianças intervenção e 179 crianças controle, comparáveis quanto ao sexo, idade, características ao nascer, aporte de ferro e nível médio de hemoglobina. Na análise ajustada, a variação no grupo intervenção foi 0,18 ± 0,27g/dl maior do que no controle. Embora a diferença entre os grupos não fosse estatisticamente significativa, a variação foi positiva no grupo intervenção e negativa no grupo controle, sugerindo benefício do treinamento. Resumo em inglês A community intervention was conducted to evaluate the effectiveness of leadership training in the Children's Mission (of the Brazilian Catholic Church) for providing nutritional counseling on hemoglobin variation in children less than six years of age. Two areas of activity by the Children's Mission in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil, were randomly selected and the leaders in one were trained (intervention group). The other area constituted the control group. Af (mais) ter providing consent, mothers were interviewed concerning the family and the child's health and eating. Hemoglobin was measured with a portable photometer upon entry into the study and at six months. The outcome variable was hemoglobin variation between the first and second measurements. The study included 183 intervention children and 179 controls, comparable as to sex, age, characteristics at birth, iron supply, and mean hemoglobin. In the adjusted analysis, variation in the intervention group was 0.18 ± 0.27g/dl greater than in the control group. Although the difference between the two groups was not statistically significant, the variation was positive in the intervention group and negative in the control group, suggesting a beneficial effect from the training.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Influência do tipo de aleitamento materno e da presença de anemia na mãe na concentração de hemoglobina aos 6 meses de idade/ Influence of breastfeeding type and maternal anemia on hemoglobin concentration in 6-month-old infants

Teixeira, Maria de Lourdes P. D.; Lira, Pedro I. C.; Coutinho, Sonia B.; Eickmann, Sophie H.; Lima, Marília de C.
2010-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a influência do tipo de aleitamento materno e da presença de anemia na mãe no nível de hemoglobina de lactentes aos 6 meses de idade. MÉTODOS: Estudo transversal, aninhado em estudo de intervenção de base comunitária, randomizado, controlado, que objetivou aumentar a duração do aleitamento materno exclusivo nos primeiros 6 meses de vida. O estudo foi realizado em quatro cidades do estado de Pernambuco, sendo os recém-nascidos recrutados no p (mais) eríodo de março a agosto de 2001. Seis meses após o parto, avaliou-se a concentração da hemoglobina de 330 mães/lactentes e o tipo de aleitamento. A identificação dos fatores que, de modo independente, contribuíram na concentração de hemoglobina das crianças foi realizada utilizando análise de regressão linear multivariada. RESULTADOS: O tipo de aleitamento não influenciou a concentração de hemoglobina na amostra como um todo. No entanto, ao se analisar o grupo de crianças em aleitamento exclusivo/predominante, verificou-se uma diferença significante na mediana da hemoglobina de 0,7 g/dL em detrimento das filhas de mães anêmicas. A hemoglobina materna, o tipo de piso da residência, o tipo de parto e o peso ao nascer contribuíram significantemente na variação da concentração de hemoglobina das crianças. CONCLUSÕES: Ao contrário do observado em relação ao tipo de aleitamento materno, a anemia materna exerceu influência sobre os valores de hemoglobina de lactentes aos 6 meses, mesmo quando consideradas apenas as crianças em aleitamento exclusivo/predominante, apontando para a necessidade de prevenção da anemia materna antes da concepção, durante a gravidez e na lactação. Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify the influence of breastfeeding type and of maternal anemia on hemoglobin concentration in 6-month-old infants. METHODS: This was a cross-sectional study nested in a community-based, randomized and controlled intervention study that aimed to prolong the duration of exclusive breastfeeding during the first 6 months of life. This study was conducted in four towns in the Brazilian state of Pernambuco and newborn infants were recruited from March to August (mais) of 2001. The hemoglobin concentrations of 330 mothers and infants were assayed and type of breastfeeding was assessed 6 months after delivery. Multivariate linear regression analysis was used to identify factors that independently contributed to the infants hemoglobin concentration. RESULTS: The type of feeding had no influence on the hemoglobin concentration in the sample as a whole, however, there was a significant difference when the exclusive + predominant breastfeeding” subset of infants was analyzed, with the children of anemic mothers exhibiting a reduction of 0.7g/dL in median hemoglobin. Mothers hemoglobin level, type of flooring at home, type of delivery, and birthweight all significantly contributed to the variation in the infants hemoglobin concentration. CONCLUSIONS: In contrast with type of breastfeeding, maternal anemia did have an influence on the hemoglobin levels of 6-month-old infants, even when only children on exclusive + predominant breastfeeding” were analyzed. These findings highlight the need to prevent maternal anemia before conception, during pregnancy and throughout lactation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Orientação para aplicação de sais de ferro, em gestantes, segundo o uso de curva operacional de hemoglobina ("Curva de uma grama")/ The use of an hemoglobin operational curve ("One gram curve") for the iron therapy of pregnant women

Ciari Jr., Cyro; Almeida, Pedro Augusto Marcondes de; Arnoni, Alfredo; Siqueira, Arnaldo Augusto F. de
1973-12-01

Resumo em português Através das dosagens de hemoglobina realizadas em várias épocas da gravidez, em 553 gestantes, retiradas por amostragem casual simples de um universo de 8120 gestantes no período de 1947 a 1971, testou-se a aplicabilidade da curva de hemoglobina e sua importância em relação ao diagnóstico, conduta e controle do tratamento de pacientes com anemia ferropriva. Resumo em inglês Through hemoglobin determinations carried out in several phases of pregnancy, in 553 pregnant women casually chosen out of a number of 8120 within the period of 1947 to 1971, it was tested the feasibility of the hemoglobin curve previously constructed and its importance regarding diagnosis and control of treatment in patients with iron deficiency anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Orientação para aplicação de sais de ferro, em gestantes, segundo o uso de curva operacional de hemoglobina ("Curva de uma grama")/ The use of an hemoglobin operational curve ("One gram curve") for the iron therapy of pregnant women

Ciari Jr., Cyro; Almeida, Pedro Augusto Marcondes de; Arnoni, Alfredo; Siqueira, Arnaldo Augusto F. de
1973-12-01

Resumo em português Através das dosagens de hemoglobina realizadas em várias épocas da gravidez, em 553 gestantes, retiradas por amostragem casual simples de um universo de 8120 gestantes no período de 1947 a 1971, testou-se a aplicabilidade da curva de hemoglobina e sua importância em relação ao diagnóstico, conduta e controle do tratamento de pacientes com anemia ferropriva. Resumo em inglês Through hemoglobin determinations carried out in several phases of pregnancy, in 553 pregnant women casually chosen out of a number of 8120 within the period of 1947 to 1971, it was tested the feasibility of the hemoglobin curve previously constructed and its importance regarding diagnosis and control of treatment in patients with iron deficiency anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Contribuição para a estimativa da freqüência populacional da Persistência Hereditária da Hemoglobina Fetal no Brasil/ Estimation of the frequency of Hereditary Persistence of Fetal Hemoglobin in Brazil

Costa, Vânia Aparecida da; Acedo, Maria Júlia; Polimeno, Newton Carlos; Bertuzzo, Carmen Sílvia
2002-10-01

Resumo em português Persistência Hereditária de Hemoglobina Fetal (PHHF) é uma condição clinicamente benigna, caracterizada pela síntese contínua da HbF na vida adulta, sem alterações hematológicas. A PHHF funciona como um modulador de gravidade em várias hemoglobinopatias, razão pela qual torna-se importante conhecer a sua freqüência em nosso meio. Desse modo, por intermédio da análise de 1.846 doadores voluntários de sangue da região de Bragança Paulista, São Paulo, pro (mais) curamos contribuir para a estimativa dessa freqüência populacional. Realizou-se uma análise qualitativa das hemoglobinas pela eletroforese em gel de agarose. A análise qualitativa das cadeias gamaG e gamaA foi realizada pela eletroforese em gel de poliacrilamida-Triton-Uréia. Foram encontrados dois indivíduos com alto índice de hemoglobina fetal (0,1%). Em um dos indivíduos encontramos um percentual de HbF de 17% e no outro de 18%. Nos dois casos a eletroforese de cadeias mostrou uma ausência da cadeia gamaG. Os casos triados, pelas suas características laboratoriais, correspondem à forma pancelular de PHHF, por mutação de ponto. Tal resultado nos permitiu estimar a incidência da PHHF em 1/1.000 indivíduos na população estudada. Resumo em inglês Hereditary Persistence of Fetal Hemoglobin (HPFH) is a benign clinical condition characterized by the synthesis of HbF and which continues without hematological alterations during adult life. Since the function of HPFH in many hemoglobinopathies is that of a severity modulator, it is important to learn its frequency. To obtain this information, a study was conducted on 1,846 blood donors from Bragança Paulista, São Paulo State. Hemoglobin was qualitatively analyzed by h (mais) emolytic electrophoresis on agarose gel. Qualitative analysis of gammaG and gammaA chains was performed by electrophoresis in polyacrylamide-triton-urea. Two individuals were found to have a high fetal index (0.1%). The percentage of FHb in one individual was 17% and in the other 18%. The gamma G chain was missing in both electrophoretic chains. Cases screened according to laboratory characteristics were of the pancellular hereditary persistence type due to mutation. The frequency in this sample was thus 1/1,000 individuals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Contribuição para a estimativa da freqüência populacional da Persistência Hereditária da Hemoglobina Fetal no Brasil/ Estimation of the frequency of Hereditary Persistence of Fetal Hemoglobin in Brazil

Costa, Vânia Aparecida da; Acedo, Maria Júlia; Polimeno, Newton Carlos; Bertuzzo, Carmen Sílvia
2002-10-01

Resumo em português Persistência Hereditária de Hemoglobina Fetal (PHHF) é uma condição clinicamente benigna, caracterizada pela síntese contínua da HbF na vida adulta, sem alterações hematológicas. A PHHF funciona como um modulador de gravidade em várias hemoglobinopatias, razão pela qual torna-se importante conhecer a sua freqüência em nosso meio. Desse modo, por intermédio da análise de 1.846 doadores voluntários de sangue da região de Bragança Paulista, São Paulo, pro (mais) curamos contribuir para a estimativa dessa freqüência populacional. Realizou-se uma análise qualitativa das hemoglobinas pela eletroforese em gel de agarose. A análise qualitativa das cadeias gamaG e gamaA foi realizada pela eletroforese em gel de poliacrilamida-Triton-Uréia. Foram encontrados dois indivíduos com alto índice de hemoglobina fetal (0,1%). Em um dos indivíduos encontramos um percentual de HbF de 17% e no outro de 18%. Nos dois casos a eletroforese de cadeias mostrou uma ausência da cadeia gamaG. Os casos triados, pelas suas características laboratoriais, correspondem à forma pancelular de PHHF, por mutação de ponto. Tal resultado nos permitiu estimar a incidência da PHHF em 1/1.000 indivíduos na população estudada. Resumo em inglês Hereditary Persistence of Fetal Hemoglobin (HPFH) is a benign clinical condition characterized by the synthesis of HbF and which continues without hematological alterations during adult life. Since the function of HPFH in many hemoglobinopathies is that of a severity modulator, it is important to learn its frequency. To obtain this information, a study was conducted on 1,846 blood donors from Bragança Paulista, São Paulo State. Hemoglobin was qualitatively analyzed by h (mais) emolytic electrophoresis on agarose gel. Qualitative analysis of gammaG and gammaA chains was performed by electrophoresis in polyacrylamide-triton-urea. Two individuals were found to have a high fetal index (0.1%). The percentage of FHb in one individual was 17% and in the other 18%. The gamma G chain was missing in both electrophoretic chains. Cases screened according to laboratory characteristics were of the pancellular hereditary persistence type due to mutation. The frequency in this sample was thus 1/1,000 individuals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Avaliação semiológica da palidez: concordância entre observadores e comparação com níveis séricos de hemoglobina/ Clinical evaluation of the paleness: agreement between observers and comparison with hemoglobin levels

Silva, Rosemeri Maurici da; Machado, Carlos Alexandre
2010-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A palidez é caracterizada pelo descoramento da pele e mucosas, decorrente da pouca quantidade de hemoglobina circulante. OBJETIVO: O objetivo é comparar o grau de palidez, estratificada em cruzes, com os níveis séricos de hemoglobina, e avaliar o grau de concordância entre observadores. MÉTODOS: Foram avaliados, no período de fevereiro a abril de 2009, por meio de estudo transversal observacional, os indivíduos com idade superior a 18 anos internados (mais) em um hospital no sul do estado de Santa Catarina, para os quais haviam sido solicitadas dosagens de hemoglobina. Os pacientes foram avaliados por dois observadores (médicos e estudantes de medicina) quanto à presença e grau de palidez (de ausente a ++++/4) na conjuntiva ocular. O índice de concordância Kappa foi utilizado para avaliar a concordância entre observadores. Foram avaliados 96 pacientes, caucasianos, com idade média de 57,7 anos, sendo 45,8% do gênero masculino e 54,2% do gênero feminino. RESULTADOS: A comparação entre os níveis médios de hemoglobina com a palidez graduada em cruzes não apresentou diferença estatisticamente significativa para os profissionais medicos, sendo a diferença significativa para os estudantes de medicina. O índice de concordância Kappa entre os observadores foi baixo. CONCLUSÃO: Esta pesquisa demonstrou que não houve boa concordância entre os observadores na avaliação de palidez estratificada em cruzes, sendo a avaliação mais fidedigna com relação aos níveis séricos de hemoglobina entre os profissionais médicos. Resumo em inglês INTRODUCTION: Pallor is characterized by discoloring of the skin and mucous membranes due to a reduction in the amount of circulating hemoglobin. The objective of this study was to compare the degree of pallor, stratified using crosses, with hemoglobin levels and to evaluate the correlation between observers. METHOD: From February to April 2009, an observational cross-sectional study was carried out of over 18-year-old individuals admitted to a hospital in the south of th (mais) e state of Santa Catarina, for whom the measurement of hemoglobin levels had been requested. The degree of Pallor (from absent to ++++/4) of the ocular mucosa of 96 patients was evaluated by two types of examiners (physicians and medical students). The Kappa agreement index was used to assess the agreement between observers. RESULTS: All patients (45.8% male and 54.2% female) were Caucasian with a mean age of 57.7 years. There were statistically significant differences on comparing the mean hemoglobin levels with pallor for the medical students but no significant differences were seen for the physicians. The Kappa agreement index between the observers was low. This research demonstrates that the agreement between the observers was not good for the evaluation of pallor. The most reliable evaluation regarding the hemoglobin levels was by the physicians.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Hemoglobinas variantes em doadores de sangue do Centro de Hematologia e Hemoterapia do estado do Piauí (Hemopi): conhecendo o perfil epidemiológico para construir a rede de assistência/ Hemoglobin S variants in blood donors of the Hematology and Hemotherapy Center of the state of Piauí (Hemopi): understanding the epidemiological profile to create a support network

Soares, Leonardo F.; Oliveira, Evaldo H.; Lima, Iraildo B.; Silva, José M.; Mota, Jônathas T.; Bonini-Domingos, Claudia R.
2009-01-01

Resumo em inglês The most highly prevalent inherited disease in Brazil and in the world, sickle cell anemia, is considered a public health problem. Characterized by homozygosis for the hemoglobin S gene, the individual has a range of signs and symptoms that require careful treatment. The sickle cell trait is characterized by heterozygosis for the hemoglobin S gene, however the carrier does not express the disease. In the current study we aimed at verifying the presence of the sickle cell (mais) trait in 1000 blood donors of the Hematology and Hemotherapy Center of the State of Piauí (Hemopi) in the period from October 2007 to April 2008. After analysis by alkaline and acid electrophoresis, positive cases were confirmed by molecular biology. We obtained rates of 3.4% for hemoglobin AS and 5% for hemoglobin AC, with a total frequency of 3.9% in the total of 1,000 blood donors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Avaliação do polimorfismo de grupos sanguíneos e fenótipo de hemoglobinas em um grupo de universitários de São José do Rio Preto, SP/ Evaluation of the blood groups and hemoglobin phenotypes in a group of university students of São José do Rio Preto, SP, Brazil

Alves, Renata T.; Mattos, Luiz C. de; Ferrari, Fernando; Bonini-Domingos, Claudia R.
2003-03-01

Resumo em inglês The studies of the phenotypes of the blood groups are important for blood transfusions, for obstetrics, neonatology and law medicine, apart from its application in anthropology where it can be used as genetic markers in population studies. Works with hemoglobin polymor-phisms as a genetic marker of populations has been increased over the last few years, particularly for different population groups of Brazil. In the investigation the hemoglobin polymorphisms of 200 univers (mais) ity students from São José do Rio Preto, Brazil were studied to establish a possible relation between the different phenotypes. Statistical analysis of the phenotypes showed that the differences observed were not significant, without a relationship among the polymorphisms of blood groups and hemoglobins.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Anemia em adolescentes segundo maturação sexual/ Anemia among adolescents according to sexual maturation

Iuliano, Bianca Assunção; Frutuoso, Maria Fernanda Petroli; Gambardella, Ana Maria Dianezi
2004-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a prevalência de anemia em adolescentes (hemoglobina(mais) étrico de Kruskal-Wallis para comparação de médias e Qui-quadrado para associação entre variáveis (p0,05). Observou-se aparente aumento do nível médio de hemoglobina com o desenvolvimento do adolescente. Detectou-se anemia em 11,0% dos adolescentes, a maioria na fase púbere, classificada como ''prevalência leve'' segundo a World Health Organization. Não foi encontrada associação entre indicadores sociais e anemia. CONCLUSÃO: O estudo apontou baixa prevalência de anemia, mas acima do esperado entre púberes de escola particular e indica tendência de aumento dos níveis de hemoglobina com o desenvolvimento sexual dos adolescentes. Devem ser realizados novos estudos de prevalência de anemia para se determinar sua causa entre adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the prevalence of anemia (hemoglobin level (mais) were the per capita family income and maternal schooling. Student t test and non-parametric Kruskal-Wallis test were used for mean comparison and Chi-square-test for associations (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Anemia e marcadores séricos da deficiência de ferro em grávidas atendidas na rede pública municipal de Manaus, Amazonas, Brasil/ Anemia and serum markers of iron deficiency in pregnant women attended by Public Health Service in Manaus, Amazonas, Brazil

Costa, Carolina Marinho da; Brum, Ione Rodrigues; Lima, Emerson Silva
2009-01-01

Resumo em português O presente estudo teve como objetivo avaliar a anemia em grávidas, associando os resultados da dosagem de hemoglobina e hematócrito com a análise de marcadores do perfil sérico do ferro. Participaram do estudo 92 grávidas que estavam realizando pré-natal em unidades de atendimento à saúde no Município de Manaus, Amazonas, Brasil. Foi aplicado um formulário para obtenção dos dados antropométricos e informações sobre estilo de vida, além de serem realizadas (mais) dosagens dos níveis séricos de ferro, capacidade latente de ligação do ferro (CLLF), capacidade total de ligação do ferro (CTLF), índice de saturação da transferrina (IST), transferrina, ferritina e níveis sanguíneos de hemoglobina e hematócrito por metodologia automatizada utilizando kits comerciais disponíveis. Foram encontradas 26,1% de grávidas com níveis de hemoglobina abaixo de 11 g/dL. Observou-se que 17,4% das grávidas com níveis normais de hemoglobina apresentavam níveis inadequados de ferro sérico e 9,8% apresentavam níveis baixos de ferritina sérica. Os níveis de ferritina e de hemoglobina apresentaram diferença significativa entre os trimestres de gestação (p Resumo em inglês This study aimed to evaluate anemia in pregnant women, comparing results of hemoglobin and hemotocrit dosages with analysis of iron serum status markers. 92 pregnant women, in pre-natal attendance in Public Health Service of Manaus, Amazonas, Brazil, participated in this study. A questionnaire was used to access anthropometric data and life style information. Serum levels of iron, latent iron binding capacity (LIBC), total iron binding capacity (TIBC), transferrin saturat (mais) ion (TS), transferrin, ferritin, and blood levels of hemoglobin and hematocrit were measured by automated methods, using commercially available kits. The study showed that 26.1% of the pregnant women had hemoglobin levels below 11 g/dL. Also, of the pregnant women with normal levels of hemoglobin, 17.4% showed inadequate iron levels and 9.8% low levels of ferritin. Ferritin and hemoglobin levels showed a significant statistical difference among the trimester pregnant women (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Eritrocitose associada a tumor venéreo transmissível em cão: relato de caso/ Erythrocytosis in a dog with transmissible venereal tumor: case report

Duarte, R.; Niero, R.; Doretto, J.S.; Manzan, R.M.; Kogika, M.M.
2006-12-01

Resumo em português Descreve-se um caso de eritrocitose absoluta (hematócrito: 74%, hemoglobina: 24,2g/dl) em um cão com tumor venéreo transmissível cutâneo. A concentração de hemoglobina e o hematócrito retornaram ao valor normal após o tratamento com vincristina. A remissão da eritrocitose após o tratamento é sugestiva de uma associação entre o tumor e a alteração hematológica. Resumo em inglês This report describes a case of absolute erythrocytosis (hematocrit: 74%, hemoglobin: 24.2g/dl) in a dog with transmissible cutaneous venereal tumor. Hemoglobin and hematocrit returned to normal range after the treatment with vincristine. The remission of the erythrocytosis after treatment suggests a relationship between the neoplastic lesions and the hematological abnormality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Valores de referência e influência da idade no eritrograma de fêmeas bovinas da raça Aquitânica/ Reference values and age effect on the erythrogram of bovine females of the Aquitanian breed

Dias Junior, R.F.; Bracarense, A.P.F.R.L.; Marçal, W.S.; Rocha, M.A.; Dias, R.C.F.
2006-06-01

Resumo em português Determinaram-se os valores de referência e estudou-se a influência da idade sobre o eritrograma em fêmeas bovinas da raça Aquitânica. Amostras de sangue de 80 fêmeas bovinas, acima de 12 meses de idade, e não reagentes ao antígeno do vírus da leucose dos bovinos, foram colhidas utilizando-se EDTA como anticoagulante para realização das seguintes provas: contagem global das hemácias, determinação do volume globular, concentração de hemoglobina, cálculo dos (mais) índices hematimétricos absolutos - volume corpuscular médio (VCM), hemoglobina corpuscular média (HCM) e concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM). A idade exerceu influência significativa (P Resumo em inglês The reference values and the influence of the age factor on the erytrogram in bovine females of the Aquitanian breed were evaluated. Blood samples of 80 healthy females, all tested negative for bovine leucose virus, were utilized for the analysis. Erythrocyte counts, determination of the packed cell volume, concentration of hemoglobin, calculation of hematimetric absolute rates of mean corpuscular volume (MCV), mean corpuscular hemoglobin (MCH) and mean corpuscular hemogl (mais) obin concentration (MCHC) were evaluated. Significant influence (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Prevalência e fatores associados à deficiência de ferro em lactentes atendidos em um centro de saúde-escola em Belém, Pará, Brasil/ Prevalence and factors associated with iron deficiency in infants treated at a primary care center in Belém, Pará, Brazil

Neves, Márcia Bitar Portella; Silva, Edina Mariko Koga da; Morais, Mauro Batista de
2005-12-01

Resumo em português Determinar a prevalência de deficiência de ferro e fatores associados em lactentes. Neste estudo transversal, foram estudados 365 lactentes atendidos em um centro de saúde-escola, em Belém, Pará, Brasil. Anemia ferropriva (hemoglobina 11g/dl e ferritina 11g/dl e ferritina > (mais) 12µg/l), em 18,1%. Em 12,5% dos lactentes, não incluídos na avaliação dos fatores associados com a deficiência de ferro, encontraram-se hemoglobina 12µg/l. Os resultados do modelo de regressão logística mostraram associação entre deficiência de ferro (ferritina Resumo em inglês The objective was to verify the occurrence of iron deficiency and associated factors in infants. This cross-sectional study included 365 infants (defined here as 6-24 months of age) treated at a primary care center in Belém, Pará, Brazil. Iron-deficiency anemia (hemoglobin (mais) and ferritin

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Prevalência e fatores associados à deficiência de ferro em lactentes atendidos em um centro de saúde-escola em Belém, Pará, Brasil/ Prevalence and factors associated with iron deficiency in infants treated at a primary care center in Belém, Pará, Brazil

Neves, Márcia Bitar Portella; Silva, Edina Mariko Koga da; Morais, Mauro Batista de
2005-12-01

Resumo em português Determinar a prevalência de deficiência de ferro e fatores associados em lactentes. Neste estudo transversal, foram estudados 365 lactentes atendidos em um centro de saúde-escola, em Belém, Pará, Brasil. Anemia ferropriva (hemoglobina 11g/dl e ferritina 11g/dl e ferritina > (mais) 12µg/l), em 18,1%. Em 12,5% dos lactentes, não incluídos na avaliação dos fatores associados com a deficiência de ferro, encontraram-se hemoglobina 12µg/l. Os resultados do modelo de regressão logística mostraram associação entre deficiência de ferro (ferritina Resumo em inglês The objective was to verify the occurrence of iron deficiency and associated factors in infants. This cross-sectional study included 365 infants (defined here as 6-24 months of age) treated at a primary care center in Belém, Pará, Brazil. Iron-deficiency anemia (hemoglobin (mais) and ferritin

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Tratamento da anemia ferropriva com ferro quelato glicinato e crescimento de crianças na primeira infância/ Treatment of iron deficiency anemia with iron bis-glycinate chelate and growth of young children

Ribeiro, Luciana Cisoto; Sigulem, Dirce Maria
2008-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a resposta à suplementação diária com ferro quelato glicinato e seu impacto sobre o crescimento linear. MÉTODOS: Realizou-se um estudo prospectivo com 790 crianças, de 6 a 36 meses, que freqüentavam creches municipais de São Paulo no período de 1999 a 2003. Ao início e ao final do estudo a hemoglobina, o peso corporal e a estatura/comprimento foram coletados. Utilizou-se suplemento contendo ferro quelato glicinato em gotas na dose de 5mg Fe ele (mais) mentar/kg peso/dia, administrado na própria instituição pelo profissional de saúde da creche, por um período de 12 semanas. RESULTADOS: A suplementação resultou em um significante e positivo efeito sobre os níveis de hemoglobina. A resposta ao tratamento foi positiva em 85,3% das crianças, com um aumento médio de 1,6g/dL nos valores de hemoglobina (p Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate response to daily supplementation with iron bis-glycinate chelate and its impact on linear growth. METHODS: A prospective study was done with 790 children aging from 6 to 36 months who attended daycare in São Paulo from 1999 to 2003. Hemoglobin levels, body weight and height/length were determined at the beginning and end of the study. Liquid iron bis-glycinate chelate was administered in a dosage of 5mg of elemental (mais) iron/kg of body weight/day given by the health provider of the daycare facility for a period of 12 weeks. RESULTS: Supplementation resulted in a significant, positive effect on the hemoglobin levels of 85.3% of the children with a mean increase of 1.6g/dL (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Efeito da fortificação de farinhas com ferro sobre anemia em pré-escolares, Pelotas, RS/ Effect of iron fortification of flour on anemia in preschool children in Pelotas, Brazil

Assunção, Maria Cecília Formoso; Santos, Iná S; Barros, Aluísio J D; Gigante, Denise Petrucci; Victora, Cesar Gomes
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: A fortificação de farinhas com ferro foi estabelecida por lei no Brasil, em 2004. O objetivo do estudo foi avaliar o impacto da fortificação sobre nível de hemoglobina em crianças menores de seis anos. MÉTODOS: O estudo foi realizado em Pelotas, RS, sendo uma série temporal com três avaliações a cada 12 meses. Em maio de 2004, antes da fortificação das farinhas, foram medidos níveis de hemoglobina em amostra probabilística de 453 crianças. Após (mais) 12 e 24 meses, foram estudadas amostras de 923 e 863 crianças, respectivamente. RESULTADOS: Os três grupos estudados foram comparáveis em relação a características demográficas e socioeconômicas. No estudo de linha de base, as médias de hemoglobina foram 11,3±2,8 g/dL. Após a fortificação esses valores foram 11,2±2,8 (12 meses) e 11,3±2,5 g/dL (24 meses), não havendo diferença estatisticamente significativa entre os três momentos estudados (p=0,16). CONCLUSÕES: Nenhum efeito da fortificação foi observado nos níveis de hemoglobina das crianças estudadas, o que pode ser parcialmente explicado pelo consumo insuficiente de farinhas e/ou pela baixa biodisponibilidade do ferro adicionado. Resumo em inglês OBJECTIVE: Iron fortification of flour has been sanctioned by the Brazilian government since 2004. The objective of the study was to assess the impact of flour fortification on hemoglobin level in children under six. METHODS: A time-series study was carried out in Pelotas, southern Brazil, consisting of three assessments at a 12-month interval. In May 2004, before flour fortification, hemoglobin measurements were obtained in a probabilistic sample of 453 children. Twelve (mais) and 24 months later, samples of 923 and 863 children were studied, respectively. RESULTS: The three groups studied were comparable in terms of demographic and socioeconomic characteristics. At baseline, mean hemoglobin was 11.3±2.8 g/dL. In the post-fortification period, means were 11.2±2.8 (at 12 months) and 11.3±2.5 g/dL (at 24 months), with no statistically significant difference among the three time periods studied (p=0.16). CONCLUSIONS: Fortification had no effect on hemoglobin levels of the children studied. This finding could be partially due to inadequate flour intake and/or low bioavailability of dietary iron.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Efeito da fortificação de farinhas com ferro sobre anemia em pré-escolares, Pelotas, RS/ Effect of iron fortification of flour on anemia in preschool children in Pelotas, Brazil

Assunção, Maria Cecília Formoso; Santos, Iná S; Barros, Aluísio J D; Gigante, Denise Petrucci; Victora, Cesar Gomes
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: A fortificação de farinhas com ferro foi estabelecida por lei no Brasil, em 2004. O objetivo do estudo foi avaliar o impacto da fortificação sobre nível de hemoglobina em crianças menores de seis anos. MÉTODOS: O estudo foi realizado em Pelotas, RS, sendo uma série temporal com três avaliações a cada 12 meses. Em maio de 2004, antes da fortificação das farinhas, foram medidos níveis de hemoglobina em amostra probabilística de 453 crianças. Após (mais) 12 e 24 meses, foram estudadas amostras de 923 e 863 crianças, respectivamente. RESULTADOS: Os três grupos estudados foram comparáveis em relação a características demográficas e socioeconômicas. No estudo de linha de base, as médias de hemoglobina foram 11,3±2,8 g/dL. Após a fortificação esses valores foram 11,2±2,8 (12 meses) e 11,3±2,5 g/dL (24 meses), não havendo diferença estatisticamente significativa entre os três momentos estudados (p=0,16). CONCLUSÕES: Nenhum efeito da fortificação foi observado nos níveis de hemoglobina das crianças estudadas, o que pode ser parcialmente explicado pelo consumo insuficiente de farinhas e/ou pela baixa biodisponibilidade do ferro adicionado. Resumo em inglês OBJECTIVE: Iron fortification of flour has been sanctioned by the Brazilian government since 2004. The objective of the study was to assess the impact of flour fortification on hemoglobin level in children under six. METHODS: A time-series study was carried out in Pelotas, southern Brazil, consisting of three assessments at a 12-month interval. In May 2004, before flour fortification, hemoglobin measurements were obtained in a probabilistic sample of 453 children. Twelve (mais) and 24 months later, samples of 923 and 863 children were studied, respectively. RESULTS: The three groups studied were comparable in terms of demographic and socioeconomic characteristics. At baseline, mean hemoglobin was 11.3±2.8 g/dL. In the post-fortification period, means were 11.2±2.8 (at 12 months) and 11.3±2.5 g/dL (at 24 months), with no statistically significant difference among the three time periods studied (p=0.16). CONCLUSIONS: Fortification had no effect on hemoglobin levels of the children studied. This finding could be partially due to inadequate flour intake and/or low bioavailability of dietary iron.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Relação entre deficiência de ferro e anemia em crianças de até 4 anos de idade/ Relationship between iron deficiency and anemia in children younger than 4 years

Bortolini, Gisele Ane; Vitolo, Márcia Regina
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a prevalência de anemia, deficiência de ferro e anemia por deficiência de ferro em uma coorte de crianças. MÉTODOS: Estudo de coorte aninhado a um ensaio de campo randomizado. As crianças foram selecionadas ao nascimento na maternidade do único hospital público da cidade de São Leopoldo (RS), Brasil. O presente estudo avaliou o estado nutricional de ferro (hemoglobina e ferritina sérica) quando essas crianças apresentavam idade de 12-16 meses (mais) e, posteriormente, na idade de 3-4 anos. A anemia foi definida pela concentração de hemoglobina Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of anemia, iron deficiency and iron deficiency anemia in a cohort of children. METHODS: A cohort study nested in a randomized field trial. Children were recruited at birth at the maternity unit of the only public hospital in the city of São Leopoldo, southern Brazil. This study assessed iron status (hemoglobin and serum ferritin) when children were 12-16 months old and later at the age of 3-4 years. Anemia was defined as hemoglobin c (mais) oncentration

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Prevalência de anemia em pré-escolares e resposta ao tratamento com suplementação de ferro/ Prevalence of anemia among preschoolers and response to iron supplementation

Costa, Juliana T.; Bracco, Mario M.; Gomes, Paulo A. P.; Gurgel, Ricardo Q.
2011-02-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar a prevalência de anemia entre os pré-escolares da rede pública de Ilhabela (SP) e a resposta ao tratamento instituído. MÉTODOS: Estudo com 667 pré-escolares, entre 2007 e 2008. As crianças foram avaliadas na escola quanto ao peso, estatura e concentração de hemoglobina. As anêmicas foram tratadas com sulfato ferroso por 12 semanas, com uma consulta intermediária e outra ao final. RESULTADOS: A prevalência de anemia foi de 25,6% (170 criança (mais) s). A concentração de hemoglobina mais baixa foi de 9,5 g/dL. A maior prevalência de anemia (36%) ocorreu em crianças de 60 a 65 meses de idade. A mediana da concentração de hemoglobina evoluiu de 10,5 g/dL para 11,8 g/dL ao final do tratamento, recuperando 76% das crianças. CONCLUSÃO: A identificação de crianças anêmicas nas escolas, o pronto tratamento da anemia e o acompanhamento durante o tratamento mostrou ser estratégia eficaz no combate a esse importante problema de saúde pública. Resumo em inglês OBJECTIVES: To assess the prevalence of anemia among children attending public preschools in Ilhabela, state of São Paulo, Brazil, and their response to a treatment regimen. METHODS: Between 2007 and 2008, the weight, height, and hemoglobin levels of 667 children were measured in the school setting. Anemic children were prescribed a 12-week course of ferrous sulfate, and follow-up assessment visits were scheduled for halfway through this course and the end of treatment. (mais) RESULTS: The prevalence of anemia was 25.6% (N = 170). The lowest hemoglobin level measured was 9.5 g/dL. Anemia was most prevalent (36%) in children between the ages of 60 and 65 months. Median hemoglobin levels rose to 11.8 g/dL from 10.5 g/dL after treatment; 76% of children recovered from anemia. CONCLUSION: Screening for anemia in the school setting and prompt therapy, including mid-treatment follow-up, proved to be an effective strategy for facing this major public health issue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Cálculo do volume de sangue necessário para a correção da anemia fetal em gestantes isoimunizadas/ Blood volume calculation required for the correction of fetal anemia in pregnant women with alloimmunization

Santiago, Mônica Deolindo; Rezende, Cezar Alencar de Lima; Cabral, Antônio Carlos Vieira; Leite, Henrique Vitor; Vitral, Zilma Nogueira dos Reis; Apocalypse, Isabela Melo
2008-04-01

Resumo em português OBJETIVO: obter uma equação capaz de estimar o volume de concentrado de hemácias a ser infundido para correção da anemia em fetos de gestantes portadoras de isoimunização pelo fator Rh, baseado em parâmetros alcançados durante a cordocentese prévia à transfusão intra-uterina. MÉTODOS: em estudo transversal, foram analisadas 89 transfusões intra-uterinas para correção de anemia em 48 fetos acompanhados no Centro de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas d (mais) a Universidade Federal de Minas Gerais. A idade gestacional mediana, no momento da cordocentese, foi de 29 semanas e a média de procedimentos por feto foi de 2,1. A hemoglobina fetal foi dosada antes e após a cordocentese, sendo verificado o volume de concentrado de hemácias transfundido. Para determinação de uma fórmula para estimar o volume sanguíneo necessário para correção da anemia fetal, tomou-se como base o volume necessário para elevar em 1 g% a hemoglobina fetal (diferença entre a concentração de hemoglobina final e a inicial, dividida pelo volume transfundido) e o volume de quanto seria necessário para se atingir 14 g%, em análise de regressão múltipla. RESULTADOS: a concentração da hemoglobina pré-transfusional variou entre 2,3 e 15,7 g%. A prevalência de anemia fetal (Hb Resumo em inglês PURPOSE: to obtain an equation to estimate the volume of red blood cells concentrate to be infused to correct anemia in fetuses of pregnant women with Rh factor isoimmunization, based in parameters obtained along the cordocentesis previous to intrauterine transfusion. METHODS: a transversal study analyzing 89 intrauterine transfusions to correct anemia in 48 fetuses followed-up in the Centro de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas da Universidade de Minas Gerais. The (mais) median gestational age at the cordocentesis was 29 weeks and the average number of procedures was 2.1. Fetal hemoglobin was assayed before and after cordocentesis, leading to the volume of transfused red blood cells concentrate. The determination of an equation to estimate the blood volume necessary to correct the fetal anemia was based in the blood volume necessary to raise the fetal hemoglobin in 1 g% (the difference between the final and the initial hemoglobin concentration divided by the transfused volume) and in the volume of the amount necessary to reach 14 g%, in the multiple regression analysis. RESULTS: the concentration of pre-transfusion hemoglobin varied between 2.3 and 15.7 g%. The prevalence of fetal anemia (Hb

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Estudo eritroleucométrico e proteinograma sérico do sangue do cordão umbilical e jugular de eqüinos ao nascimento e de suas respectivas mães/ Erythrocytometry and seric proteinogram of umbilical cord and jugular of foals at birth and respective mothers

Godoy, R.F.; Santana, A.E.; Campos Filho, E.; Oliveira, J.V.
2007-12-01

Resumo em português Colheram-se amostras de sangue do cordão umbilical (SCU) e do sangue circulante de cinco eqüinos neonatos, imediatamente após o nascimento, e o sangue da própria mãe, utilizando-se um sistema a vácuo. O material foi submetido à contagem global de hemácias e leucócitos e à determinação do volume globular e da concentração de hemoglobina; à contagem diferencial de leucócitos em esfregaços sangüíneos; e ao cálculo dos índices eritrocitométricos. Foram r (mais) ealizadas a dosagem de proteínas séricas totais e a eletroforese das proteínas séricas em gel de agarose. Não houve diferenças significativas entre os parâmetros do SCU e do sangue da jugular dos potros. No SCU dos potros observaram-se valores mais elevados para contagem global de hemácias (9,75x10(6)/µl), dosagem de hemoglobina (14,65g/dl) e concentração de hemoglobina corpuscular média (37,23g/dl); e valores menores para volume corpuscular médio (40,50fl), proteína total (4,37g/dl), alfa-globulinas (0,65g/dl), beta-globulinas (1,10g/dl), gama-globulinas (0g/dl) e contagens global (5,40 x 10³/µl) e diferencial de leucócitos, exceto contagem de neutrófilos bastonetes e monócitos, quando comparados com os valores obtidos no sangue de suas mães. Resumo em inglês Umbilical cord blood (UCB) and systemic blood samples were collected from five equine neonates, immediately after birth. Systemic blood samples from their mothers were also collected at the same time, using a vacuum system. The samples were submitted to the following analyses: red blood cell and total white blood cell counts; determinations of packed cell volume and hemoglobin concentration; differential white cell count in blood smears; and determination of erythrocytome (mais) tric values. Total serum proteins quantification and serum proteins electrophoresis in agarose gel were done. No significant difference (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Prevalência e fatores associados à anemia e deficiência de ferro em crianças de 18 a 24 meses

Michele Pereira, Netto; Silvia Eloiza, Priore; Pinheiro Sant'Ana, Helena Maria; Gouveia Peluzio, Maria do Carmo; Sabarense, Céphora Maria; Góes da Silva, Danielle; Castro Franceschini, Sylvia do Carmo
2006-09-01

Resumo em português Foi realizado um estudo transversal com 101 lactentes de 18 a 24 meses atendidos em serviços públicos de saúde da cidade de Viçosa, MG, Brasil. Objetivou-se verificar a prevalência e os fatores associados à anemia e deficiência de ferro entre lactentes. As informações foram obtidas através de entrevista aos pais ou responsáveis pelas crianças, realizadas nos domicílios. Foram feitas análises da hemoglobina e ferritina, por um contador automático e pelo mét (mais) odo de doseamento imunométrico, respectivamente. As amostras de fezes foram analisadas pelos métodos de Hoffman, Faust e Ritchie. Caracterizou-se anemia através da concentração de hemoglobina e a deficiência de ferro através da ferritina. Na avaliação da prática alimentar utilizou-se o recordatório de 24 horas. Foram feitas análises de regressão linear e logística para avaliar as variáveis associadas à hemoglobina e a deficiência de ferro, respectivamente. As prevalências de anemia, deficiência de ferro e parasitoses intestinais foram de 30,1; 38,4 e 21%, respectivamente. O número de moradores na casa, idade de introdução de sucos e/ou frutas, escolaridade materna e tempo de aleitamento materno total associaram-se aos níveis plasmáticos de hemoglobina. Para a deficiência de ferro as variáveis associadas foram consumo de leite próximo das refeições e número de moradores na casa. Resumo em inglês A transversal study was carried out with 101 18-to 24-month old infants, attended at public health services in Viçosa, MG, Brazil, The objective of this study was to verify the prevalence and factors associated to anemia and iron deficiency among infants. Data were obtained by interviews of the infants’ parents or guardians at their households. Hemoglobin and ferritin analyses were peformed using an automatic counter and the immunometric dosage method, respectively. Fec (mais) es samples were analyzed by the Hoffman, Faust and Ritchie methods. Anemia was characterized by hemoglobin concentration and iron deficiency by ferritin. For dietary practice, the 24-hour recall was used. Linear regression and logistics analyses were conducted to evaluate the variables associated to hemoglobin and iron deficiency, respectively. Anemia, iron deficiency and intestinal parasite prevalences were 30.1; 38.4, and 21%, respectively. The number of household members, age infants were introduced to juices/or fruit, mother’s level of instruction, and total breastfeeding period were associated to the levels of hemoglobin plasma. The associated variables for iron deficiency were milk consumption near meals and number of household members.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Diversidade clínica e laboratorial no haplótipo bantu da anemia falciforme/ Clinical and laboratorial diversity in the bantu haplotype of sickle cell anemia

Costa, Paulo J. M. S.; Vilela, Rosana Q. B.; Cipolotti, Rosana; Figueiredo, Maria S.
2006-03-01

Resumo em português Muitos fatores são responsáveis pela diversidade de sintomas nos pacientes de anemia falciforme, entre eles: sexo, idade, haplótipos e nível de hemoglobina fetal. O objetivo deste estudo foi verificar a diversidade clínica e laboratorial dentro do haplótipo bantu. Realizou-se um estudo descritivo onde foram avaliados 18 crianças e adolescentes portadores de anemia falciforme e homozigóticos para o haplótipo bantu, relacionando sexo e idade com as características (mais) clínicas e laboratoriais, além de relacioná-las diretamente entre si. As amostras foram do tipo casuais simples. O tamanho da amostra teve uma variação de freqüência para o evento de 30% a 65% e nível de confiança de 99,9%. As análises estatísticas foram realizadas através do programa EPIINFO, versão 6.04b, com erro a de 5%. A faixa etária de 01 a 11 anos teve um maior número de infecções que a faixa de 12 a 19, além de níveis mais altos de hemoglobina fetal. Os valores do hematócrito foram maiores no sexo feminino. Níveis mais elevados de hemoglobina A2 foram relacionados com maior número de infecções, enquanto níveis mais elevados de hemo­globina fetal foram relacionados com maiores valores de hematócrito e menor número de crises álgicas/ano de acompanhamento. O número de transfusões/ano teve correlação positiva com o número de crises álgicas, de infecções e de inter­namentos. Este estudo sugere que há uma diversidade clínica e laboratorial dentro do haplótipo bantu e possivelmente está relacionado com o sexo, a idade e os níveis de hemoglobina fetal e A2 dos pacientes. Resumo em inglês Several factors have been identified as possibly being responsible for the diversity of sickle cell anemia patients’ symptoms, including gender, age, haplotypes and hemoglobin F levels. The aim of this paper is to verify the clinical and laboratorial diversity of the Bantu haplotype. A descriptive study was performed of eighteen children and adolescents with sickle cell anemia and homozygous for the Bantu haplotype. Gender and age were assessed in respect to clinical and (mais) laboratorial features. Statistical analysis of the results was achieved using the EPIINFO program version 6.04. Children from 1 to 11 years old had more infections than adolescents from 12 to 19 and higher levels of hemoglobin F. The hematocrit was higher in girls. Higher levels of hemoglobin A2 were related to more infections, and higher levels of hemoglobin F were related to hematocrit values and lower numbers of infections and periods in hospital. This study suggests that there is diversity within the Bantu haplotype, which is possibly related to gender, age and hemoglobin A2 and hemoglobin F levels of patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Prevalência da apneia obstrutiva do sono em crianças e adolescentes portadores da anemia falciforme/ Prevalence of obstructive sleep apnea in children and adolescents with sickle cell anemia

Salles, Cristina; Ramos, Regina Terse Trindade; Daltro, Carla; Barral, Andréa; Marinho, Jamocyr Moura; Matos, Marcos Almeida
2009-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a prevalência da síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) em crianças e adolescentes com anemia falciforme (AF) e investigar a possível correlação entre hemoglobina anual média e tempo total de sono com SpO2 (mais) rio, foram avaliados por um pediatra e um otorrinolaringologista, e submetidos a estudo polissonográfico. O diagnóstico de SAOS foi definido como IAH > 1. RESULTADOS: A prevalência da SAOS foi 10,6%. Observou-se uma correlação negativa entre hemoglobina anual média e tempo total de sono com SpO2 Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the prevalence of obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) in children and adolescents with sickle cell anemia (SCA); to investigate the possible correlation between mean annual hemoglobin level and total sleep time with SpO2 (mais) nts with SCA. The patients completed a questionnaire, were submitted to polysomnography and underwent clinical evaluation (by a pediatrician and an otolaryngologist). An AHI > 1 was considered indicative of a diagnosis of OSAS. RESULTS: The prevalence of OSAS was 10.6%. We found a negative correlation between mean annual hemoglobin level and total sleep time with SpO2

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Anemia, hipovitaminose A e insegurança alimentar em crianças de municípios de Baixo Índice de Desenvolvimento Humano do Nordeste do Brasil/ Anemia, hypovitaminosis A and food insecurity in children of municipalities with Low Human Development Index in the Brazilian Northeast

Oliveira, Juliana Souza; Lira, Pedro Israel Cabral de; Osório, Mônica Maria; Sequeira, Leopoldina Augusta de Sousa; Costa, Emília Chagas; Gonçalves, Fabiana Cristina Lima da Silva Pastich; Batista Filho, Malaquias
2010-12-01

Resumo em português Determinar a prevalência de anemia e hipovitaminose A e analisar a associação da (in)segurança alimentar com os níveis de hemoglobina e retinol sérico de menores de 5 anos. Estudo transversal, realizado com 501 e 458 famílias em Gameleira e São João do Tigre, respectivamente. A avaliação da (in)segurança alimentar foi realizada através da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar. Os níveis de hemoglobina e retinol sérico foram classificados de acordo com (mais) a OMS. Foram analisadas as associações com os indicadores socioeconômicos, habitação e biológicos sobre os níveis de hemoglobina e retinol sérico. As prevalências de anemia e hipovitaminose A foram mais elevadas em Gameleira quando comparadas com São João do Tigre. A (in)segurança alimentar moderada e grave das famílias foi de 75% em Gameleira e 64% em São João do Tigre. Na análise de regressão para os níveis de hemoglobina em Gameleira foram identificadas como significantes: escolaridade materna, renda familiar per capita, não possuir TV colorida, água de consumo sem tratamento, piso de barro e idade abaixo de 24 meses, enquanto para São João do Tigre o modelo final ficou resumido à falta de motocicleta e idade da criança. Quanto aos teores de retinol sérico, o modelo final de variáveis associadas ficou sendo renda per capita e sexo para Gameleira, e ausência de telefone celular e de esgotamento sanitário para São João do Tigre. A situação nutricional dessas populações, com prevalências semelhantes de insegurança alimentar, pode apresentar grandes diferenciações, sobretudo na prevalência de carências nutricionais específicas, especialmente, em relação aos fatores determinantes. Resumo em inglês The objective of this study was to determine the prevalence of anemia and vitamin A deficiency and to analyze the association of food insecurity with hemoglobin levels and serum retinol in children under 5 years of age. This was a cross-sectional study with 501 families from Gameleira and 458 families from São João do Tigre. Food insecurity was assessed according to the Brazilian Food Insecurity Scale. Hemoglobin and serum retinol levels were classified according to the (mais) WHO. Socioeconomic and environmental conditions and biological indicators of children were analyzed as hemoglobin and serum retinol determinants. The prevalence of anemia and vitamin A was higher in Gameleira compared to São João do Tigre. Moderate and severe food insecurity of families was 75% in Gameleira and 64% in São João do Tigre. Maternal education, per capita family income, not having a color TV, untreated water supply, type of flooring (dirt), and child age (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Anemia, hipovitaminose A e insegurança alimentar em crianças de municípios de Baixo Índice de Desenvolvimento Humano do Nordeste do Brasil/ Anemia, hypovitaminosis A and food insecurity in children of municipalities with Low Human Development Index in the Brazilian Northeast

Oliveira, Juliana Souza; Lira, Pedro Israel Cabral de; Osório, Mônica Maria; Sequeira, Leopoldina Augusta de Sousa; Costa, Emília Chagas; Gonçalves, Fabiana Cristina Lima da Silva Pastich; Batista Filho, Malaquias
2010-12-01

Resumo em português Determinar a prevalência de anemia e hipovitaminose A e analisar a associação da (in)segurança alimentar com os níveis de hemoglobina e retinol sérico de menores de 5 anos. Estudo transversal, realizado com 501 e 458 famílias em Gameleira e São João do Tigre, respectivamente. A avaliação da (in)segurança alimentar foi realizada através da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar. Os níveis de hemoglobina e retinol sérico foram classificados de acordo com (mais) a OMS. Foram analisadas as associações com os indicadores socioeconômicos, habitação e biológicos sobre os níveis de hemoglobina e retinol sérico. As prevalências de anemia e hipovitaminose A foram mais elevadas em Gameleira quando comparadas com São João do Tigre. A (in)segurança alimentar moderada e grave das famílias foi de 75% em Gameleira e 64% em São João do Tigre. Na análise de regressão para os níveis de hemoglobina em Gameleira foram identificadas como significantes: escolaridade materna, renda familiar per capita, não possuir TV colorida, água de consumo sem tratamento, piso de barro e idade abaixo de 24 meses, enquanto para São João do Tigre o modelo final ficou resumido à falta de motocicleta e idade da criança. Quanto aos teores de retinol sérico, o modelo final de variáveis associadas ficou sendo renda per capita e sexo para Gameleira, e ausência de telefone celular e de esgotamento sanitário para São João do Tigre. A situação nutricional dessas populações, com prevalências semelhantes de insegurança alimentar, pode apresentar grandes diferenciações, sobretudo na prevalência de carências nutricionais específicas, especialmente, em relação aos fatores determinantes. Resumo em inglês The objective of this study was to determine the prevalence of anemia and vitamin A deficiency and to analyze the association of food insecurity with hemoglobin levels and serum retinol in children under 5 years of age. This was a cross-sectional study with 501 families from Gameleira and 458 families from São João do Tigre. Food insecurity was assessed according to the Brazilian Food Insecurity Scale. Hemoglobin and serum retinol levels were classified according to the (mais) WHO. Socioeconomic and environmental conditions and biological indicators of children were analyzed as hemoglobin and serum retinol determinants. The prevalence of anemia and vitamin A was higher in Gameleira compared to São João do Tigre. Moderate and severe food insecurity of families was 75% in Gameleira and 64% in São João do Tigre. Maternal education, per capita family income, not having a color TV, untreated water supply, type of flooring (dirt), and child age (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Interação entre Hb B2 e Hb S/ Interaction between Hb B2 and Hb S

Ferreira, Natália; Zamaro, Paula J. A.; Bonini-Domingos, Claudia R.
2010-02-01

Resumo em português As hemoglobinopatias e talassemias constituem as afecções genéticas mais comuns, apresentando-se, na maioria dos casos, em heterozigose. Diante da diversidade de hemoglobinas variantes encontrada na população brasileira, metodologias específicas e complementares para um diagnóstico laboratorial preciso, capaz de elucidar possíveis interações entre estas variantes genéticas, são necessárias. Este relato de caso descreve a interação entre hemoglobina B2 e a h (mais) emoglobina S em um indivíduo do sexo feminino, caucasoide, proveniente da região Sudeste do Brasil, identificada por meio de técnicas eletroforéticas em diferentes pH, cromatografia líquida de alta performance e PCR- RFLP. Visto que a hemoglobina B2 coelui com a hemoglobina S na análise cromatográfica e dificilmente é visualizada em eletroforese pH alcalino, devido à sua baixa concentração, justifica-se a necessidade da associação de testes laboratoriais, inclusive moleculares, na rotina do diagnóstico de hemoglobinas para a correta identificação do perfil de hemoglobinas do indivíduo e real frequência na população brasileira. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. Resumo em inglês Hemoglobinopathies and thalassemias are the most common genetic diseases, and in most cases, present as heterozygous. Due to the diversity of hemoglobin variants, specific and complementary methodologies are necessary for a precise laboratorial diagnosis, able to elucidate possible interactions between genetic polymorphisms. This case report describes an interaction between hemoglobin B2 and hemoglobin S in a Caucasian woman from the southeastern region of Brazil. This in (mais) teraction was identified by electrophoresis in different pHs, high performance liquid chromatography and PCR-RFLP. As hemoglobin B2 is eluted in the same window as hemoglobin S in automatic HPLC systems and is hardly seen in alkaline electrophoresis due to its low concentration, the association must be confirmed using additional laboratorial tests, including molecular biology techniques. These tests should be included in the routine practice of hemoglobinopathy diagnosis in order to correctly identify hemoglobin variants and to know the real frequency of these mutations in the Brazilian population. Rev. Bras. Hematol. Hemoter.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Anemia em gestantes de municípios das regiões Sul e Centro-Oeste do Brasil/ Anemia in pregnant women from two cities in the South and Mid-West Regions of Brazil/ Anemia en mujeres enbarazadas de ciudades de regiones Sur y Centro-Oeste de Brasil

Fujimori, Elizabeth; Sato, Ana Paula Sayuri; Araújo, Claudia Regina Marchiori Antunes; Uchimura, Taqueco Teruya; Porto, Edirene da Silva; Brunken, Gisela Soares; Borges, Ana Luiza Vilela; Szarfarc, Sophia Cornbluth
2009-12-01

Resumo em português Objetivou-se analisar a distribuição da anemia em gestantes da rede básica de saúde de dois municípios, na região Sul e Centro-Oeste do Brasil. Estudo transversal retrospectivo e descritivo desenvolvido a partir de dados de prontuários de 954 e 781 gestantes em Cuiabá-MT e Maringá-PR, respectivamente. Coletaram-se dados de caracterização sociodemográfica, de pré-natal e indicadores sociais. Foram consideradas anêmicas, as mulheres com hemoglobina inferior a (mais) 11g/dL. A desigualdade social existente entre os municípios foi evidente. Gestantes atendidas em Cuiabá-MT apresentavam características sociodemográficas significativamente mais precárias. A prevalência de anemia era significativamente maior e valores médios de hemoglobina menores em Cuiabá-MT, independentemente da idade gestacional. Encontrou-se associação dos níveis de hemoglobina com a idade, situação conjugal, número de gestações anteriores, estado nutricional e trimestre gestacional. As diferenças regionais na ocorrência da anemia gestacional são socialmente determinadas, o que deve ser considerado nas propostas de intervenção em saúde coletiva. Resumo em espanhol Se analizó la distribución de anemia en mujeres embarazadas asistidas en servicios básicos de salud de dos ciudades de las regiones Sur y Centro-Oeste de Brasil. Estudio transversal retrospectivo y descriptivo. Se usó datos de registros médicos de 954 y 781 embarazadas de Cuiabá-MT y Maringá-PR, respectivamente. Se recopilaron datos sobre características sociodemográficas, atención prenatal e indicadores sociales. Hemoglobina-Hb(mais) aldad entre las ciudades fue evidente. Embarazadas de Cuiabá-MT tenían características socio-demográficas más precarias. Prevalencia de anemia fue significativamente más alta y la media de Hb más baja en Cuiabá-MT, independiente del tiempo de embarazo. Se encontró asociación entre niveles de Hb y características sociodemográficas y de prenatal con la edad, estado civil, embarazos previos, estado nutricional y trimestre de embarazo. Diferencias regionales fueron importantes en la incidencia de anemia, en especial los indicadores sociales, facto a considerar en las propuestas de intervención en salud pública. Resumo em inglês We aimed to analyze anemia distribution in pregnant women who were attending health services in two cities in the South and Mid-West Regions in Brazil. This is a retrospective cross-sectional study developed from 954 and 781 medical records data in Cuiabá-MT and Maringá-PR. We collected data of social and demographic features as well as pre-natal care. Women who presented hemoglobin lower then 11g/dL were considered having anemia. Social inequity between the two cities (mais) was evident. Pregnant women from Cuiabá-MT were significantly poorer then those from Maringá-PR. Anemia prevalence was higher and means of hemoglobin were lower in Cuiabá-MT, apart from gestational age. We found that the age, marital status, number of previous pregnancies, nutritional status and gestational trimester were associated with the level of hemoglobin. Regional differences in the occurrence of anemia are social determined and should be considered in the proposal of interventions in the public health field.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Anemia e deficiência de ferro em gestantes adolescentes/ Anemia and iron deficiency in pregnant adolescents

FUJIMORI, Elizabeth; LAURENTI, Daniela; NÚÑEZ DE CASSANA, Luz Marina; OLIVEIRA, Ida Maria Vianna de; SZARFARC, Sophia Cornbluth
2000-12-01

Resumo em português Por meio de dosagem de ferritina sérica, transferrina sérica, hemoglobina e hematócrito, caracterizou-se o estado nutricional de ferro de 79 gestantes adolescentes de primeira consulta pré-natal (£ 20 semanas de gestação), atendidas na Rede Básica de Saúde de um Município da Grande São Paulo. Todos os valores hematológicos estudados foram menores entre as gestantes do segundo trimestre gestacional em relação às do primeiro, sendo a (mais) s diferenças estatisticamente significativas (p Resumo em inglês The objective of this study was to characterize iron nutritional status of 79 pregnant adolescents, at first prenatal consultation ((mais) ficant differences (p.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Diagnóstico não invasivo da anemia fetal pela medida do pico de velocidade sistólica na dopplervelocimetria da artéria cerebral média/ Noninvasive fetal anemia diagnosis by middle cerebral artery peak systolic velocity waveform measurement

Taveira, Marcos Roberto; Cabral, Antônio Carlos Vieira; Leite, Henrique Vítor; Melo, Isabela Gomes de; Lopes, Ana Paula Brum de Miranda
2004-09-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar se existe associação entre a medida do pico de velocidade sistólica (PVS) na dopplervelocimetria da artéria cerebral média (ACM) e a concentração de hemoglobina fetal e determinar a sua capacidade diagnóstica. MÉTODOS: entre janeiro de 2000 e maio de 2003, 44 gestantes isoimunizadas foram submetidas a transfusão intra-uterina. Realizou-se estudo dopplervelocimétrico da ACM antes de cada transfusão fetal, sempre com intervalo inferior a 3 hora (mais) s, antecedendo o procedimento. O PVS da ACM foi considerado alterado quando seu valor era superior a 1,5 múltiplo da mediana para a respectiva idade gestacional. A concentração de hemoglobina do cordão foi aferida antes de se iniciar a infusão de sangue, realizada no Hemocue® (B-Hemoglobin Photometer Hemocue AB; Angelholm, Sweden). O estudo estatístico foi feito pelo teste do chi2 e também foram calculados os valores de sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo. RESULTADOS: foram realizados 83 procedimentos, sendo que em 33 a hemoglobina fetal era inferior a 10,0 g/dL. Houve associação significativa entre as variáveis estudadas, p Resumo em inglês PURPOSE: to assess the correlation between middle cerebral artery peak systolic velocity and umbilical cord blood hemoglobin concentration and to determine its diagnostic value. PATIENTS AND METHODS: a cross-sectional prospective study was performed from January 2000 to May 2003. Forty-four isoimmunized pregnant women underwent a protocol for the identification of fetal hemolysis. When intrauterine transfusions were indicated, the umbilical cord blood hemoglobin concentra (mais) tion was measured at the beginning of the procedure. Each intrauterine transfusion preceded by Doppler velocimetry of the middle cerebral artery was regarded as one case, summing up eighty-three procedures. In all cases, the middle cerebral artery Doppler examinations were performed within the three hours preceding fetal blood sample collection. The systolic velocity peak was recorded and considered abnormal when its value was above 1.5 times the median for the corresponding gestational age. Hemocue® (B-Hemoglobin Photometer Hemocue AB; Angelholm, Sweden) was the device used to measure fetal hemoglobin concentration. The relationship between middle cerebral artery peak systolic velocity and cord blood hemoglobin was obtained by the chi2 test, considered significant at p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

O uso intravenoso de sacarato de hidróxido de ferro III em pacientes com anemia ferropriva/ Evaluation of the efficacy of intravenous iron III-hydroxide saccharate for treating adult patients with iron deficiency anemia

Cançado, Rodolfo Delfini; Brasil, Sérgio Augusto Buzian; Noronha, Tatiana Gomes; Chiattone, Carlos Sérgio
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a eficácia do uso intravenoso de sacarato de hidróxido de ferro III no tratamento de pacientes adultos com anemia ferropriva que não obtiveram resposta satisfatória à terapia com ferro oral. MÉTODOS: No período de janeiro de 2003 a janeiro de 2004, estudamos 25 pacientes com anemia ferropriva que apresentaram intolerância e/ou resposta inadequada ao tratamento com ferro por via oral e/ou valor de hemoglobina (mais) oriais realizados foram: hemograma completo, contagem de reticulócitos, ferro sérico, capacidade total de ligação de ferro e ferritina sérica. Os pacientes receberam uma dose semanal de 200 mg de sacarato de hidróxido de ferro III diluído em 250 ml de soro fisiológico 0,9% administrado por via intravenosa em 30 minutos. O tratamento foi realizado até a obtenção dos valores de hemoglobina =12 g/dl para mulheres e =13 g/dl para homens, ou até a administração da dose total de ferro parenteral recomendada para cada paciente. RESULTADOS: A idade mediana dos 25 pacientes estudados foi de 45 anos, variando entre 31 e 70 anos; 19 (76%) eram do sexo feminino. A causa mais comum de anemia ferropriva no sexo feminino foi sangramento uterino anormal observado em 13/19 pacientes (68%) e, no sexo masculino, gastrectomia parcial observada em 4/6 (67%). Dezessete (68%) pacientes foram incluídos neste estudo por falta de resposta à terapia com ferro oral, 6/25 (24%) por intolerância ao ferro oral e 2/25 (8%) por hemoglobina Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the efficacy of intravenous iron III-hydroxide saccharate for treating adult patients with iron deficiency anemia lacking satisfactory response to oral iron therapy. METHODS: Between January 2003 and January 2004, 25 patients with iron deficiency anemia who presented intolerance or inadequate response to iron oral therapy, or hemoglobin level (mais) nt, serum iron, total iron-binding capacity, serum ferritin. Patients received a weekly dose of 200 mg of iron diluted in 250 mL of 0.9% sodium chloride solution administered intravenously for 30 minutes. Treatment continued until a hemoglobin level = 12 g/dL for women and = 13 g/dL for men were obtained or until full administration of the total dose of parenteral iron recommended for each patient. RESULTS: Edian age of the patients studied was 45 years (ages ranging from 31 to 70). Nineteen out of 25 patients (76%) were women. The most common cause of iron deficiency anemia was abnormal uterine bleeding observed in 68% of the female patients (13 out of 19) and partial gastrectomy observed in 67% of the male patients (4 out of 6). Seventeen (68%) patients were included in this study because they did not respond to oral iron therapy, 24% (6 out of 25) showed intolerance to oral iron and 8% (2 out of 25) presented hemoglobin level

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Budesonida inalatória em crianças com asma aguda/ Nebulized budesonide to treat acute asthma in children

Milani, Geórgia K. M.; Rosário Filho, Nelson A.; Riedi, Carlos A.; Figueiredo, Bonald C.
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a eficácia de budesonida na forma de suspensão, em dose única para inalação, como tratamento adjunto ao b2 inalatório, comparada com dose única de prednisona por via oral, em pacientes com crise aguda de asma. MÉTODO: Estudo prospectivo, randômico, paralelo, duplo-cego, duplo-placebo. Foram selecionadas 49 crianças, com idade entre 2 e 7 anos, em crise aguda de asma, que, após inalação com salbutamol (0,15 mg/kg), foram divididas em três gr (mais) upos. O grupo I foi tratado com placebo via oral e inalatório; o grupo II, com prednisona via oral (1 mg/kg) e placebo inalatório; e o grupo III, budesonida inalatória (2 mg) e placebo via oral. As avaliações foram realizadas pela aplicação de um escore clínico e medida da saturação transcutânea da hemoglobina, seqüencialmente até 72 horas. Caso o escore clínico fosse igual ou superior ao da avaliação inicial, e a saturação inferior à primeira avaliação, a inalação com b2 adrenérgico era repetida. RESULTADOS: A melhora do escore clínico foi progressiva a partir de 30 minutos, e não houve diferença significativa nos três grupos estudados. Ocorreu aumento significativo da saturação da hemoglobina em relação ao valor inicial, com 2 horas no grupo prednisona, 4 horas no grupo budesonida e 24 horas no grupo placebo. CONCLUSÃO: O número de inalações com broncodilatador foi semelhante nos três grupos, com uma média de 2,9 no grupo placebo; 2,7 no grupo prednisona; e 2,5 no grupo budesonida. Em geral, as drogas estudadas foram bem toleradas, com efeitos colaterais semelhantes ao placebo. A administração de dose única de budesonida inalatória associada ao salbutamol, na crise moderada de asma, promoveu melhora clínica comparável à da prednisona oral. A recuperação da saturação transcutânea da hemoglobina foi mais rápida com prednisona. Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate the efficacy of a single dose of inhaled budesonide as compared to oral prednisone in patients with acute asthma. METHODS: Randomized double-blind, double-dummy and placebo-controlled clinical trial. Forty-nine children aged 2 to 7 years with acute asthma were randomized in three groups after receiving nebulized salbutamol (0.15 mg/kg). Group I received placebo both as tablets and nebulization, group II was treated with a single dose of oral pred (mais) nisone (1 mg/kg) and inhaled placebo, and group III received a single dose of placebo tablet and nebulized budesonide (2 mg). Patients were evaluated in terms of symptom score and transcutaneous hemoglobin saturation. Nebulized salbutamol was repeated in case of increasing symptom score or lower saturation. RESULTS: Progressive clinical improvement was observed in all three groups. However, a significant increase in hemoglobin saturation was observed after 2 hours with prednisone, 4 hours with budesonide, and 24 hours with placebo. CONCLUSION: A combination of single-dose nebulized budesonide and salbutamol may be as effective as oral prednisone to improve symptom severity, but the latter increases hemoglobin saturation in exacerbation of asthma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Absorção do ferro da fórmula para lactentes e do leite de vaca fortificado: modelo experimental em ratos recém-desmamados/ Iron absorption from infant formula and iron-fortified cow's milk: experimental model in weanling rats

Costa, Mariana de L.; Freitas, Karine de C.; Amancio, Olga M. S.; Paes, Ângela T.; Silva, Sylvia M. A. da; Luz, Jacqueline; Morais, Mauro B. de
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a absorção do ferro da fórmula de partida e do leite de vaca integral fortificado. MÉTODOS: Foram utilizados 24 ratos machos Wistar recém-desmamados, mantidos em gaiolas metabólicas durante todo o período do experimento (10 dias). No primeiro dia, os animais foram distribuídos em três grupos semelhantes quanto ao peso, comprimento, hematócrito e hemoglobina: 1) fórmula de partida para lactentes; 2) leite de vaca integral em pó fortificado co (mais) m a mesma quantidade e tipo de sal de ferro da fórmula; e 3) controle - leite de vaca integral em pó não fortificado com ferro. Água e dieta foram oferecidas ad libitum com mensuração do volume consumido. Peso, hematócrito e hemoglobina foram mensurados no quinto e no 10º dia do experimento, quando foram analisados também comprimento, sangue oculto nas fezes e teor de ferro hepático. RESULTADOS: O grupo 1 ingeriu menor volume de dieta (450,5±26,50 mL) que os grupos 2 (658,8±53,73 mL) e controle (532,7±19,06 mL; p Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare iron absorption from infant formula and iron-fortified cow's milk. METHODS: Twenty-four weanling Wistar rats were maintained in metabolic cages during the whole experiment (10 days). On the first day, the animals were divided into three similar groups according to their weight, length, hematocrit and hemoglobin levels: 1) infant formula; 2) powdered whole cow's milk fortified with iron in the same quantity and type as the formula; 3) control - powder (mais) ed whole cow's milk not fortified with iron. Deionized water and diet were offered ad libitum, and the volume consumed was measured. Weight, hematocrit, and hemoglobin levels were measured on the fifth and 10th days when length, fecal occult blood, and hepatic iron levels were also analyzed. RESULTS: Group 1 consumed less diet (450.5±26.50 mL) than group 2 (658.8±53.73 mL) and control group (532.7±19.06 mL, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Valores de referência e influência da idade no eritrograma de bubalinos da raça Murrah/ Reference values and influence of age on erythrogram of Murrah buffaloes

Gomes, Viviani; Moura, Jéssica A.; Madureira, Karina M.; Baptistella, Fernanda; Kitamura, Sandra S.; Blagitz, Maiara G.; Benesi, Fernando J.
2010-04-01

Resumo em português O eritrograma é uma avaliação que representa um auxílio ao clínico no diagnóstico de afecções que acometem os animais domésticos. No entanto, estudos hematológicos em bubalinos são escassos, havendo poucas informações na literatura a respeito de valores de referência dos constituintes sanguíneos desta espécie. Assim, este trabalho teve como objetivo a análise do eritrograma de búfalos de diferentes faixas etárias da raça Murrah, machos e fêmeas. Os an (mais) imais em estudo foram distribuídos em quatro grupos experimentais, de acordo com as idades: Grupo 1: animais com idade entre o nascimento e 3 meses (n=15); Grupo 2: animais com idade entre 4 e 6 meses (n=50); Grupo 3: animais com idade entre 7 e 12 meses (n=50); e Grupo 4: animais com idade superior a 12 meses (n=50). Como resultados das análises foram encontrados os seguintes valores médios, no Grupo 1: 7,9x106 hemácias/mL de sangue (He); 13,0 g/dL de hemoglobina (Hb); hematócrito (Ht) de 38,9%; Volume Corpuscular Médio (VCM) de 49,0 fl; Concentração Hemoglobínica Corpuscular Média (CHCM) de 33,6 %, e Hemoglobina Corpuscular Média (HCM) de 16,4 pg; no Grupo 2: He: 7,1 x10(6)/mL; Hb: 12,5 g/dL; Ht: 36,8%; VCM: 52,4 fl; CHCM: 33,9%, e HCM: 17,8 pg; no Grupo 3: He: 7,9 x10(6)/mL; Hb: 12,0 g/dL; Ht: 33,8%; VCM: 43,1 fl; CHCM: 35,4%, e HCM: 15,34 pg; e no Grupo 4: He: 6,7 x10(6)/mL; Hb: 11,7 g/dL; Ht: 34,4%; VCM: 53,4 fl; CHCM: 34,4%. e HCM: 17,4 pg. A análise estatística dos resultados encontrados para as diferentes faixas etárias permitiu concluir que ocorreram variações determinadas pela evolução da idade, caracterizadas por diminuição do número médio de hemácias (He), da concentração de hemoglobina (Hb) e do valor do hematócrito (Ht). Os índices hematimétricos apresentaram variações significativas no G3. Resumo em inglês Erythrograms aid the veterinary practitioner in the diagnosis of diseases that affect domestic animals. However, hematological studies involving buffaloes are scarce, with little information in the literature on reference values for blood components in this species. Therefore, the objective of this study was analyze erythrograms of Murrah breed buffaloes of different ages, both males and females. Buffaloes in the study were distributed into four experimental groups, accor (mais) ding to their ages: Group 1, animals from birth to 3 months of age (n=15); Group 2, animals from 4 to 6 months of age (n=50); Group 3, animals from 7 to 12 months of age (n=50); and Group 4, animals from 13 months to five years of age (n=50). The following values were obtained, for Group 1: 7.9x10(6) erythrocytes/mL (He), 13.0g/dL hemoglobin (Hb), hematocrit (Ht) 38.9%, Mean Corpuscular Volume (MCV) 49.0 fl, Mean Hemoglobin Corpuscular Concentration (MCHC) 33.6%, and Mean Corpuscular Hemoglobin (MCH) 16.4 pg; for Group 2: He7.1x10(6)/mL, Hb12.5g/dL, Ht 36.8%, MCV 52.4 fl; MCHC 33.9%; and MCH 17.8 pg; for Group 3: He 7.9x10(6)/mL, Hb12.0g/dL, Ht 33.8%, MCV 43.1 fl, MCHC 35.4%, and MCH 15.34pg; for Group 4: He 6.7x10(6)/mL, Hb 11.7g/dL, Ht 34.4%, MCV 53.4 fl, MCHC 34.4%, and MCH 17.4 pg. Statistical analysis of the results for the different age ranges permitted the conclusion that when the animals got older there was a decrease in the mean red cell counts (He), hemoglobin concentration (Hb) and hematocrit values (Ht). Although hematometric indexes showed significant variations in G3.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Densidade de estocagem e parâmetros eritrocitários de pacus criados em tanques-rede/ Stocking density and erythrocytic parameters of pacu raised in cages

Bittencourt, Fábio; Feiden, Aldi; Signor, Arcangelo Augusto; Boscolo, Wilson Rogério; Lorenz, Evandro Kleber; Maluf, Márcia Luzia Ferrarezi
2010-11-01

Resumo em português O objetivo neste trabalho foi avaliar o manejo, as características eritrocitárias e o nível de glicose sanguínea de pacus (Piaractus mesopotamicus) estocados em diferentes densidades em tanques-rede. Foram utilizados 2.700 peixes com peso inicial de 142,11 ± 10,54 g, distribuídos em nove tanques-rede de 5 m³ de volume útil durante 240 dias. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, com três densidades (200, 300 e 400 peixes por tanque), cada uma co (mais) m três repetições. Somente o peso final e o ganho de peso diminuíram com o aumento da densidade de estocagem. A biomassa final aumenta de acordo com o número de animais estocados por unidade produtiva. As densidades de criação não influenciaram o rendimento de carcaça, mas afetaram o comprimento total, que foi maior nos peixes criados em baixa densidade, que não diferiram daqueles cultivados em densidade intermediária. Os peixes criados em menor densidade apresentaram maior deposição lipídica, mas não diferiram significativamente daqueles estocados em densidade intermediária. As variáveis eritrocitárias, como eritrócitos totais, hemoglobina, hematócrito, volume corpuscular médio e concentrações de hemoglobina corpuscular média e de hemoglobina corpuscular média, não apresentaram diferenças estatísticas entre as densidades utilizadas e permaneceram na faixa normal para a espécie. Os níveis de glicose no sangue não diferiram significativamente entre as densidades trabalhadas. A densidade de estocagem não influencia os parâmetros eritrocitários, o nível de glicose nem o rendimento de carcaça de pacus. A densidade de 200 peixes/tanque resulta em maior peso final e ganho de peso, porém reduz a produtividade por área e aumenta a deposição lipídica dos peixes. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate management, erythrocyte features and blood glucose level of pacu (Piaractus mesopotamicus), stocked at different densities in cages. It was used 2,700 fish with initial average weight of142.11 ± 10.54 g distributed in nine cages of 5 m³ of useful volume during 240 days. A complete random design was used, with three densities (200, 300 and 400 fish per cage), each one with three replicates. Only final weight and weight gain decreased (mais) with the increase of stocking density. Final biomass increase according to the number of animals stocked per productive unit. Densities of farming did not influence carcass yield, but they affected total length, which was higher in fish raised in low density, which did not differ from those raised in intermediate density. Fish raised in lower density showed the greatest lipid deposition, but they did not significantly differ from those stocked in intermediate density. Erythrocyte variables like total erythrocytes, hemoglobin, hematocrit, average corpuscular volume, average corpuscular hemoglobin concentrations and average corpuscular hemoglobin did not present statistical differences among the used densities and they remain in the normal range for the species. Levels of glucose in the blood did not differ significantly among the analyzed densities. Stocking densities do not influence erythrocyte parameters, glucose level neither carcass yields of pacu fish. Density 200 fish/cage results in higher final weight and weight gain; however, it reduces productivity per area and increases lipid deposition of the fish.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Avaliação de fatores prognósticos da insuficiência cardíaca em pacientes encaminhados para avaliação de transplante cardíaco/ Evaluation of heart failure prognostic factors in patients referred for heart transplantation

Areosa, Cleópatra Medina Noronha; Almeida, Dirceu Rodrigues; Carvalho, Antônio Carlos C. de; Paola, Angelo A. V. de
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar a sobrevida dos pacientes com insuficiência cardíaca encaminhados para transplante cardíaco, e identificar os fatores de pior prognóstico a fim de estabelecer um escore para reconhecer os pacientes de maior risco de óbito. MÉTODOS: Foram avaliados 330 pacientes de ambos os sexos, com idade entre 12 e 74 anos, encaminhados para transplante cardíaco no período de janeiro de 1986 a novembro de 2001. Foi feita análise de variáveis clínicas e labo (mais) ratoriais, e de dados de eletrocardiografia, Holter, ecocardiografia e ventriculografia radioisotópica. RESULTADOS: O período mediano de acompanhamento foi de cinco anos e a sobrevida dos pacientes no primeiro ano foi de 84,5%, no segundo ano foi de 74,3%, no terceiro ano foi de 68,9%, no quarto ano foi de 64,8% e, no quinto ano, foi de 60,5%. As variáveis prognósticas selecionadas na análise univariada, estatisticamente significantes, foram: idade, etiologia chagásica, classes funcionais III e IV, ortopnéia, pressão arterial sistólica, pressão arterial média, pressão de pulso, uréia plasmática, sódio plasmático, glicemia, albumina, bilirrubina, hemoglobina e freqüência cardíaca média. As variáveis prognósticas na análise multivariada estatisticamente significantes foram: fração de ejeção, uréia e hemoglobina. O escore de risco foi calculado de acordo com a fórmula: RR = exp[(-0,0942401 x fração de ejeção) + (0,0105207 x uréia) + (-0,2974991 x hemoglobina) + (-0,0132898 x idade) + (-0,0099115 x glicemia)], discriminando a população com maior probabilidade de óbito. CONCLUSÃO: Apesar da sobrevida satisfatória, trata-se de amostra de pacientes com insuficiência cardíaca grave, sugerindo que esses pacientes podem ser mantidos em tratamento clínico otimizado até que apresentem deterioração clínica persistente. A fração de ejeção, os diâmetros ventriculares e a classe funcional não devem ser usados de forma isolada para indicação de transplante cardíaco. O escore de risco pode ser útil para discriminar a população com pior prognóstico. Resumo em inglês OBJECTIVES: To evaluate the survival of patients with heart failure submitted to cardiac transplantation screening as well as identify poor prognostic factors using a risk score to identify patients with higher death risk. METHODS: 330 male and female patients aged 12 to 74 years old, referred for heart transplantation from January 1986 to November 2001 were evaluated. Clinical, laboratory, electrocardiographic, Holter monitoring, echocardiographic and radionuclide ventri (mais) culography data were analyzed. RESULTS: The median follow up period was 5 years; patients' survival rate was 84.5% in the first year, 74.3% in the second year, 68.9% in the third year and 60.5% in the fifth year. The prognostic variables selected through the univariate analysis were: age, Chagas' disease etiology for cardiomyopathy, NYHA functional classes III and IV, orthopnea, systolic blood pressure, mean blood pressure, pulse pressure, plasma urea, sodium, glucose, albumin, bilirubin, hemoglobin, and mean heart rate. The prognostic variables at the multivariate analysis were: ejection fraction, blood urea, and hemoglobin. The risk score: RR=exp[(-0.0942401 x ejection fraction) + (0.0105207 x blood urea) + (-0.2974991 x hemoglobin) + (-0.0132898 x age) + (-0.0099115 x blood glucose)] discriminated the population with a higher death risk. CONCLUSION: Patients' survival was satisfactory despite heart failure severity, suggesting they can be maintained on optimized clinical treatment until persistent clinical deterioration takes place. Ejection fraction, ventricular diameters, and clinical functional class alone should not be used as an indication for heart transplantation. The risk score could help discriminate the population with the poorest prognosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Avaliação do estado nutricional de ferro e anemia em crianças menores de 5 anos de creches públicas/ Nutritional assessment of iron status and anemia in children under 5 years old at public daycare centers

Vieira, Ana Cláudia F.; Diniz, Alcides S.; Cabral, Poliana C.; Oliveira, Rejane S.; Lóla, Margarida M. F.; Silva, Solange M. M.; Kolsteren, Patrick
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de ferro e a prevalência de anemia em crianças menores de 5 anos de creches públicas da cidade do Recife (PE). MÉTODOS: Estudo transversal, com amostra aleatória sistemática de 162 crianças, de 6 a 59 meses. O estado nutricional de ferro foi avaliado em termos de reservas corporais (ferritina sérica), transferrinemia (ferro sérico, capacidade total de ligação do ferro e % de saturação da transferrina), eritropoiese (prot (mais) oporfirina eritrocitária livre) e hemoglobinogênese (hemoglobina). RESULTADOS: A prevalência de anemia (hemoglobina 40 µmol/mol heme) em 69,6% (IC95% 61,0-77,1) das crianças. Os parâmetros de ferro não apresentaram correlação com o gênero (p > 0,05). No entanto, crianças 24 meses. A significante correlação observada entre reserva, transferrinemia e eritropoiese representa achado compatível com o esperado ciclo de vida do ferro no organismo. CONCLUSÕES: A deficiência de ferro e a anemia parecem ser um importante problema de saúde pública entre as crianças menores de 5 anos de creches públicas do Recife. Logo, ações efetivas direcionadas à prevenção e ao controle dessa deficiência são fortemente recomendadas nesse contexto ecológico. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess nutritional iron status and anemia prevalence in children less than 5 years old at public daycare centers in the city of Recife, PE, Brazil. METHODS: A cross-sectional study, with a systematic random sampling of 162 children aged 6 to 59 months. Nutritional iron status was assessed in terms of body iron reserves (serum ferritin), transferrinemia (serum iron, total iron binding capacity, and transferrin saturation %), erythropoiesis (free erythrocyte p (mais) rotoporphyrin) and hemoglobin production (hemoglobin). RESULTS: The prevalence of anemia (hemoglobin 40 µmol/mol heme) in 69.6% (95%CI 61.0-77.1) of the children. Iron parameters were not correlated with sex (p > 0.05). However, children 24 months. The significant correlation observed between reserves, transferrinemia and erythropoiesis is a finding that is compatible with the expected lifecycle of iron in the body. CONCLUSIONS: Iron deficiency and anemia appear to be an important public health problem among children less than 5 years old at public daycare centers in Recife. Therefore, effective actions aimed at the prevention and control of this deficiency are strongly recommended in this ecological context.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Associação entre hipertrofia adenotonsilar, tonsilites e crises álgicas na anemia falciforme/ Association between adenotonsillar hypertrophy, tonsillitis and painful crises in sickle cell disease

Salles, Cristina; Ramos, Regina Terse T.; Daltro, Carla; Nascimento, Valma Maria; Matos, Marcos Almeida
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Determinar a prevalência da hipertrofia adenotonsilar obstrutiva em crianças e adolescentes portadores de anemia falciforme; investigar possível associação entre presença de mais de cinco episódios de tonsilite nos últimos 12 meses e episódios de crise álgica no mesmo período; e comparar a hemoglobina anual média entre os que apresentam e os que não apresentam hipertrofia adenotonsilar obstrutiva. MÉTODOS: Trata-se de estudo prospectivo, observaci (mais) onal do tipo corte transversal, com 85 crianças e adolescentes com anemia falciforme. Todos responderam questionário e avaliação otorrinolaringológica, incluindo endoscopia nasossinusal. Para o diagnóstico da hipertrofia adenotonsilar obstrutiva foram adotados os critérios de Brodsky. RESULTADOS: A prevalência da hipertrofia adenotonsilar obstrutiva foi de 55,3%. A hipertrofia adenotonsilar obstrutiva associou-se à história de dificuldade para alimentar-se (76,7 versus 23,5%; p = 0,003), presença de mais de cinco episódios de tonsilites nos últimos 12 meses (70,6 versus 29,4%; p = 0,021), roncar alto (73,0 versus 27,0%; p = 0,004) e apneia do sono assistida (71,8 versus 28,2%; p = 0,005). Portadores de hipertrofia adenotonsilar obstrutiva apresentaram maior número de infecções das vias aéreas superiores (62,5 versus 37,5; p = 0,010). Também foi observada associação entre presença de mais de cinco episódios de tonsilite nos últimos 12 meses e episódios de crise álgica no mesmo período (mediana = 12 versus 2; p = 0,017). Não houve diferença significante da hemoglobina anual média entre portadores de hipertrofia adenotonsilar obstrutiva versus hipertrofia adenotonsilar não-obstrutiva (7,6 versus 8,2 g/dL; p = 0,199). CONCLUSÃO: A prevalência da hipertrofia adenotonsilar obstrutiva foi de 55,3% em crianças e adolescentes com anemia falciforme. A presença de mais de cinco episódios de tonsilite nos últimos 12 meses associaram-se com episódios de crise álgica no mesmo período; e não houve diferença quanto ao valor da hemoglobina anual média entre os que apresentaram e os que não apresentaram hipertrofia adenotonsilar obstrutiva. Resumo em inglês OBJECTIVES: To determine the prevalence of obstructive adenotonsillar hypertrophy in children and adolescents with sickle cell anemia; to investigate possible association between the presence of more than five episodes of tonsillitis in the last 12 months and episodes of painful crises in the same period; and to compare the mean annual hemoglobin level in children and adolescents with and without obstructive adenotonsillar hypertrophy. METHODS: Prospective, observational, (mais) cross-sectional study involving 85 children and adolescents with sickle cell anemia. All patients answered a questionnaire and underwent a standard otolaryngology examination, including endoscopic endonasal approach. The diagnosis of obstructive adenotonsillar hypertrophy was made according to the Brodsky scale. RESULTS: The prevalence of obstructive adenotonsillar hypertrophy was 55.3%. Obstructive adenotonsillar hypertrophy was associated with history of difficulty in eating (76.7 vs. 23.5%, p = 0.003), presence of more than five episodes of tonsillitis in the last 12 months (70.6 vs. 29.4%, p = 0.021), loud snoring (73.0 vs. 27.0%, p = 0.004), and sleep apnea (71.8 vs. 28.2%, p = 0.005). Patients with obstructive adenotonsillar hypertrophy had more episodes of recurrent upper airway tract infection (62.5 vs. 37.5; p = 0.010). The presence of more than five episodes of tonsillitis in the last 12 months was associated with episodes of painful crises (median = 12 vs. 2, p = 0.017). There was no significant difference between mean annual hemoglobin levels of patients with obstructive adenotonsilar hypertrophy vs. nonobstructive adenotonsillar hypertrophy: 7.6 vs. 8.2 g/dL, p = 0.199. CONCLUSION: The prevalence of obstructive adenotonsillar hypertrophy was 55.3% in children and adolescents with sickle cell anemia; the presence of more than five episodes of tonsillitis in the last 12 months was associated with episodes of painful crises in the same period; and there was no difference in the mean annual hemoglobin value among those with or without obstructive adenotonsillar hypertrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Níveis de farinha de peixe em rações para juvenis de tilápia/ Levels of fish meal in diets for Nile tilapia juveniles

Pontes, Edvânia da Conceição; Oliveira, Marinez Moraes de; Rosa, Priscila Vieira e; Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de; Pimenta, Maria Emília de Sousa Gomes; Rodrigues, Paulo Borges
2010-08-01

Resumo em português Avaliou-se a influência do uso na ração de farinha de peixe suplementada com aminoácidos sobre o desempenho, as características de carcaça e a análise hematológica de juvenis de tilápia-do-nilo. Utilizaram-se 140 juvenis com peso médio de 14,0 ± 0,14 g, distribuídos aleatoriamente em delineamento inteiramente casualizado, com cinco níveis de farinha de peixe (0; 1,5; 3,0; 4,5 e 6,0%) na ração, cada um com quatro repetições. As rações foram isoenergétic (mais) as (3.000 kcal de energia digestível) e isocálcicas, e os peixes foram alimentados três vezes ao dia, até saciedade aparente, durante 60 dias. Foram avaliados o ganho de peso, o consumo de ração, a conversão alimentar aparente, a taxa de eficiência protéica, o índice hepatossomático, o peso da carcaça, o rendimento de carcaça, a retenção de nitrogênio e as taxas de hematócrito e hemoglobina. Os níveis de farinha de peixe não influenciaram o ganho de peso, a conversão alimentar, o consumo de ração, o índice hepatossomático, o rendimento de carcaça, o peso da carcaça e a taxa de hemoglobina, mas tiveram efeito quadrático sobre a retenção de nitrogênio, o teor de umidade e de gordura na carcaça e a taxa de hematócrito. Quanto maiores os níveis de farinha de peixe, menor a taxa de eficiência proteica e mais altos os teores de proteína e cinzas na carcaça. O nível de 3% de farinha de peixe não afeta o desempenho nem as características de carcaça de juvenis de tilápia-do-nilo. Resumo em inglês This study was conducted to evaluate, in the ration, the use of fish meal supplement with amino acids on performance, carcass characteristics, and on hematological analysis in Nile tilapia juvenils. It was used 140 juveniles with an average weight of 14.0 ± 0.14 g, randomly distributed in a complete random design with five levels of fish meal (0; 1.5; 3.0; 4.5; and 6.0%) in the ration, each one with four replicates. The rations were isoenergetic (3,000 kcal of digestible (mais) energy) and isocalcium and fish were fed three times a day until apparent satiety for 60 days. It was evaluated the weight gain, feed intake, apparent feed conversion, protein efficiency rate, hepatosomatic index, carcass weight, carcass yield, nitrogen retention, and hematocrit and hemoglobin rates. The levels of fish meal did not change the weight gain, food conversion, ration intake, hepatosomatic level, carcass yield, carcass weight and hemoglobin rate, but they had a quadratic effect on nitrogen retention, humidity, and fat content on the carcass, and on the hematocrit rate. The higher the levels of fish meal, the lowest the protein efficiency rate and the higher the protein and ash levels in the carcass. The 3% level of fish meal does not affect performance neither carcass characteristics of Nile tilapia juveniles.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Efeito da suplementação de zinco a crianças de 1 a 5 anos de idade/ Effects of zinc supplementation on 1- to 5-year old children

Silva, Adriana P. R.; Vitolo, Márcia Regina; Zara, Luis Fabrício; Castro, Carlos Frederico S.
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o impacto da suplementação com zinco sobre os parâmetros nutricionais e bioquímicos entre crianças de 12 a 59 meses de idade. MÉTODOS: Foi realizado um estudo clínico randomizado unicego com 58 crianças entre 12 e 59 meses participantes do Programa Governamental de Combate a Carências Nutricionais, que fornecia mensalmente 2 kg de leite fortificado com ferro. O grupo intervenção (n = 28) foi suplementado com 10 mg/dia de sulfato de zinco por 4 (mais) meses, e o grupo controle (n = 30) recebeu solução placebo. Para avaliação do estado nutricional, utilizaram-se os indicadores peso por estatura e estatura por idade, expressos em escores z, do padrão de referência NCHS (National Center for Health Statistics), parâmetros bioquímicos de ferro e zinco séricos e concentração de hemoglobina e hematócrito. RESULTADOS: A suplementação com zinco não interferiu significativamente sobre as condições antropométricas das crianças. Ambos os grupos apresentavam concentrações iniciais baixas de zinco sérico. Após o término do período de intervenção, a variação nos níveis médios de hemoglobina (p = 0,002) e as concentrações de hematócrito (p = 0,001), zinco (p = 0,023) e ferro séricos (p = 0,013) foram significativamente mais elevadas no grupo suplementado. CONCLUSÃO: A suplementação com zinco promoveu melhora na resposta hemoglobínica e normalizou a concentração sérica de zinco. Os resultados mostram a importância de se estabelecer políticas de combate a carências nutricionais que também possam dar atenção à carência de zinco. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the impact of zinc supplementation on nutritional and biochemical parameters among children aged 12 to 59 months. METHODS: A blinded randomized clinical trial was carried out with 58 children aged 12 to 59 months included in the National Child Nutritional Program, which provided them with 2 kg of iron-fortified milk. The supplementation group (n = 28) received 10 mg/day of zinc sulfate for four months, and the control group (n = 30) received placebo. (mais) The following parameters were used to assess the nutritional status: weight-for-height and height-for-age expressed as z scores, according to National Center for Health Statistics (NCHS) standards, biochemical measurements of serum iron and serum zinc, and hemoglobin and hematocrit levels. RESULTS: Zinc supplementation did not have a remarkable influence on anthropometric parameters. Baseline serum zinc levels were low in both groups. After supplementation, variations in mean hemoglobin (p = 0.002), hematocrit (p = 0.001), serum zinc (p = 0.023), and serum iron (p = 0.013) levels significantly increased in the zinc supplementation group. CONCLUSION: Zinc supplementation improved hemoglobin response and normalized serum zinc concentration. The results show the importance of establishing policies for nutritional care that can tackle zinc deficiency as well.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Parâmetros hematológicos do roedor fossorial Ctenomys lami (Rodentia, Ctenomidae) no estado do Rio Grande do Sul/ Hematological parameters of fossorial rodent Ctenomys lami (Rodentia, Ctenomidae) in Rio Grande do Sul, Brazil

Stein, Gisele G.; Lacerda, Luciana A.; Hlavac, Nicole; Stolz, José F.B.; Stein, Ingrid V.; Freitas, Thales R.O.; Carissimi, André S.
2010-08-01

Resumo em português O perfil hematológico sanguíneo foi determinado em três populações de Ctenomys lami, em áreas denominadas A e B, impactadas pela bovinocultura, e C, sem impacto antrópico, ambas no sul do Brasil. Sessenta e dois animais foram coletados ao total. Os valores de hematócrito (Ht), hemoglobina (Hb) e eritrócitos apresentaram diferenças significativas entre machos e fêmeas. Os valores médios de Ht e a Hb encontrados na espécie foram mais baixos em comparação com (mais) os de outras espécies de roedores subterrâneos, podendo estes valores estarem relacionados ao habitat de forrageio ou às características do solo. Também foram encontradas diferenças significativas nas médias de hemoglobina, CHCM e linfócitos em animais das áreas A e B em relação à área C. O valor da média dos hematócritos dos animais entre as áreas foi mais elevado nas áreas A e B, porém significativamente diferentes entre A e C. Algumas dessas alterações sugerem a relação dos valores encontrados com o estresse dos animais em relação a áreas impactadas. Variações significativas no VCM foram encontradas entre os animais das áreas A e C, e também nas plaquetas destes entre as áreas A e B. Não foram observados Corpúsculo de Kurloff no sangue dos animais analisados. Os valores hematológicos encontrados nesses espécimes de Ctenomys lami fornecem informações importantes sobre a espécie e podem ser úteis em outras pesquisas. Resumo em inglês The hematological profile was determined in three populations of Ctenomys lami that inhabits three different areas nominated as A and B, affected by cattle production, and C, without human impact, all of them in southern Brazil, under the same geologic formation. Sixty two individuals were collected. The packed cell volume (PCV) values, hemoglobin (Hb) and red blood cell (RBC) count presents statistic significant differences between males and females. PCV and Hb values we (mais) re lower in comparison with other subterranean rodents, which could be related to the food searching behavior or soil characteristic of the species. Significant statistic differences were found to for Hb, mean corpuscular hemoglobin concentration (MCHC) and lymphocytes between animals belonging to A and C areas. The PCV values were higher for animals from areas A and B, with significance only between A and C. Some of these alterations may suggest a modification on stress levels of the animals inhabiting areas A and B with anthropic alterations, or maybe just an inherited characteristic. Significant statistic differences were found either in mean corpuscular volume (MCV) between A and C areas, and platelets between A and B areas. No Kurloff cells were observed in the blood smear from analyzed individuals. The hematological values founded for Ctenomys lami are an important information for this species, which can be used for future research and management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Intoxicação por Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae) em bovinos/ Poisoning by Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae) in cattle

Salvador, Islaine de Souza; Medeiros, Rosane M.T; Pessoa, Clarice R.M; Dantas, Antônio F.M; Sucupira Júnior, Gerôncio; Riet-Correa, Franklin
2010-11-01

Resumo em português Em uma propriedade do Município de Aparecida, no sertão da Paraíba, foi diagnosticada intoxicação por Indigofera suffruticosa em um rebanho de 25 vacas e um boi que foram colocados em um piquete que continha predominantemente I. suffruticosa onde permaneceram durante 10 dias. No quinto dia de pastejo o proprietário observou urina com coloração vermelho escura em uma vaca e ao final de dez dias de pastejo havia seis vacas doentes apresentando hemoglobinúria e dimi (mais) nuição na produção leiteira. No quinto dia após serem retiradas do pasto uma vaca apresentou agressividade e no sétimo dia foi encontrada morta pela manhã. Na necropsia o fígado apresentava coloração amarelada com pontos avermelhados e aumento do padrão lobular. A bexiga encontrava- se repleta com urina de cor vermelho escura. Os rins estavam escuros e com áreas hemorrágicas, de até 2mm, que se estendiam radialmente para dentro do córtex e parte da medula. Na histologia, os rins apresentavam áreas multifocais de necrose tubular isquêmica aguda com deposição de hemoglobina nas células epiteliais e cilindros de hemoglobina nos túbulos. No fígado havia necrose de coagulação difusa paracentral e ocasionalmente centrolobular. Os demais bovinos afetados se recuperaram espontaneamente 3-8 dias após serem retirados da pastagem. Conclui-se que a intoxicação por I. suffruticosa apesar de apresentar recuperação espontânea na maioria dos bovinos, mesmo se estes continuam ingerindo a planta, pode causar a morte de alguns animais por anemia aguda. Resumo em inglês Poisoning by Indigofera suffruticosa was diagnosed on a farm in the state of Paraíba, in the Brazilian semiarid region, in a herd of 25 cows and one bull. The herd was grazing for ten days in a paddock severely invaded by I. suffruticosa. Five days after the introduction into the paddock some cows showed red urine, and in ten days, when the herd was removed from the pastures, six cows had decreased milk production and hemoglobinuria. Five days after being withdrawn from (mais) the pastures, one cow showed aggressiveness and two days later was found death. At necropsy, the liver was yellowish with petechial hemorrhages on the surface and had increased lobular pattern. The kidneys were dark and with red spots up to 2mm in diameter in the surface, which extended radially into the renal cortex. The urinary bladder was full of dark red urine. Upon histologic examination the kidneys had multifocal areas of ischemic tubular necrosis with hemoglobin deposition in the epithelial cells and hemoglobin casts in the tubules. The liver had diffuse paracentral and occasionally centrolobular coagulative necrosis. The other affected cows recovered spontaneously within 3-8 days after having been moved from the paddock. It is concluded that poisoning by I. suffruticosa, despite the spontaneous recovering of most cattle, can cause the death of some affected animals by acute hemolytic anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Efeito do exercício físico nos fatores de risco de doenças crônicas em mulheres obesas/ Effect of physical exercise on risk factors for chronic diseases in obeses women

Rocca, Silvia Vieira da Silva; Tirapegui, Julio; Melo, Camila Maria de; Ribeiro, Sandra Maria Lima
2008-06-01

Resumo em português O presente estudo teve por objetivo avaliar os efeitos do exercício físico em um programa de emagrecimento. Durante 12 semanas, 22 mulheres obesas (IMC>30 kg/m²) foram submetidas a um programa de exercícios físicos. Ao início e ao final do programa foram avaliados: IMC, circunferências da cintura (CC) e do quadril (CQ), e a relação cintura/quadril (RCQ); composição corporal por DEXA; hemoglobina, eritrócitos, colesterol total, HDL, LDL, triacilgliceróis e gli (mais) cose; potência aeróbia. Ao final do programa, os valores de potência aeróbia, hemácias e eritrócitos foram significativamente elevados, comprovando os efeitos do treinamento. Nos valores de antropometria e composição corporal, apenas os valores relacionados à gordura visceral (CC, CQ e RCQ) sofreram redução significativa. O exercício mostrou-se um importante coadjuvante nos processos de emagrecimento, não por promover redução da massa corporal total, mas em diminuir fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas. Resumo em inglês This study aimed to evaluate the effects of physical exercise on body weight reduction. For 12 weeks, 22 obese women (BMI>30 kg/m²) were submitted to a physical exercise program. At the beginning and at the final of the program there were evaluated: BMI, waist (WC) and hip circumferences (HC), and waist-hip ratio (WHR); body composition by DEXA; hemoglobin and erythrocyte, total cholesterol, HDL and LDL, triacylglycerol and blood glucose; aerobic power. At the final of t (mais) he program, aerobic power, hemoglobin and erythrocyte values were significantly increased, confirming the physical training effects. Related to anthropometric values, only the visceral fat (WC, HC and WHR) were reduced. The exercise shows to be an important supporting in the body weight loss program, not exactly promoting body weight loss, but lowering risk factors to develop chronic diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Perfil hematológico de equinos submetidos à prova de Team Penning/ Hematologic profile of horses subjected to Team Penning

Miranda, Renata Lima de; Mundim, Antonio Vicente; Saquy, Ana Carolina Silveira; Costa, Álisson Souza; Guimarães, Ednaldo Carvalho; Gonçalves, Felipe César; Silva, Frederico Ozanam Carneiro e
2011-01-01

Resumo em português As variações nos parâmetros hematológicos são utilizadas com intuito de avaliar o grau de treinamento ou estado clínico do animal. A avaliação hematológica de eqüinos em repouso tem sido objeto de estudo, a fim de estabelecer uma relação com treinamento ou capacidade atlética. Objetivou-se avaliar o perfil hematológico de eqüinos submetidos à prova de Team Penning, correlacionando o sexo e freqüência da atividade física. Mediante punção da veia jugula (mais) r externa coletaram-se dois mL de sangue de 29 eqüinos, 18 machos e 11 fêmeas, em repouso (Momento I) e após o exercício (Momento II). As amostras de sangue foram processadas em analisador hematológico automático veterinário (ABC VET - Horiba ABX Diagnostics). Os animais foram divididos em Grupos A, B, C e D, de acordo com o número de participações na prova. Observou-se que os valores de volume globular, hemoglobina, hemácias, leucócitos, neutrófilos em bastonetes e segmentados, e monócitos aumentaram após o exercício físico, ao contrário do número de linfócitos e eosinófilos, que reduziram. Não existiram diferenças significativas (p Resumo em inglês Variations in hematologic parameters are used to assess the degree of training or clinical state of the animal. The hematologic evaluation of horses at rest has been an object of study in order to establish a correlation with training or athletic capacity. The purpose of this study was to evaluate the hematologic profile of horses subjected to Team Penning competitions, correlating sex and frequency of physical activity. Two milliliters of blood were drawn through a punct (mais) ure made in the external jugular vein from 29 horses, 18 males and 11 females, at rest (Moment I) and after exercising (Moment II). The blood samples were processed in an ABC VET automated veterinary hematology analyzer (Horiba ABX Diagnostics). The animals were divided into Group A, B, C and D according to the number of times they participated in the competition. The values of globular volume, hemoglobin, erythrocytes, rod-shaped segmented neutrophils and monocytes increased after the physical exercise, unlike the number of lymphocytes and eosinophils, which decreased. A comparison of the before/after exercise correlations showed no significant differences (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Triagem neonatal para hemoglobinopatias: experiência de um ano na rede de saúde pública do Rio Grande do Sul, Brasil/ Neonatal screening for hemoglobinopathies: a one-year experience in the public health system in Rio Grande do Sul State, Brazil

Sommer, Camila K.; Goldbeck, Ana Stela; Wagner, Sandrine C.; Castro, Simone M.
2006-08-01

Resumo em português As hemoglobinopatias são as desordens hereditárias mais comuns nos seres humanos, sendo que as mais freqüentes são as hemoglobinas S e C (Hb S e Hb C). Estudos realizados no Brasil mostram a alta prevalência de heterozigotos para Hb S e Hb C, indicando a necessidade de seu diagnóstico, permitindo o atendimento médico e o aconselhamento genético adequados. O presente estudo avaliou a prevalência dos padrões hemoglobínicos em diferentes regiões do Estado do Rio (mais) Grande do Sul, Brasil, obtidos de recém-nascidos atendidos pela rede de saúde pública. Amostras de sangue coletadas sob papel filtro de 117.320 recém-nascidos e de 2.389 pais de recém-nascidos foram avaliadas por FIE e HPLC. Dentre os recém-nascidos, 1.629 (1,4%) apresentaram padrão hemoglobínico alterado: 1.342 FAS, 225 FAC, 45 FAD, 2 FSC, 1 FS e 26 heterozigotos para variantes raras. Concluiu-se que os métodos utilizados são capazes de identificar com alta especificidade e sensibilidade uma grande variedade de padrões hemoglobínicos. As informações são importantes para tornar possível o planejamento e alocação de recursos, além de ser um mecanismo de transmissão de conhecimentos para profissionais de saúde. Resumo em inglês Hemoglobinopathies are the most common inherited disorders in humans; the most frequent are hemoglobins S and C (Hb S and Hb C). Studies in Brazil show the high prevalence of Hb S and Hb C heterozygotes, indicating the need for diagnosis to allow medical care and suitable genetic counseling. This study evaluates the prevalence of hemoglobin patterns in different areas of Rio Grande do Sul State, Brazil, using neonatal data from the public health system. Blood samples from (mais) 117,320 newborns, obtained by heel stick, and 2,389 blood samples from parents of newborns, obtained by venopuncture, were submitted to IEF and HPLC. Among the newborns, 1,629 (1.4%) showed abnormal hemoglobin patterns: 1,342 FAS; 225 FAC; 45 FAD; 2 FSC; 1 FS and 26 variant hemoglobin heterozygotes. We conclude that the methods used are able to identify a broad variety of hemoglobin patterns with high specificity and sensitivity. The information is of paramount importance for transmitting knowledge in the public health field, besides facilitating planning and resource allocation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Triagem neonatal para hemoglobinopatias: experiência de um ano na rede de saúde pública do Rio Grande do Sul, Brasil/ Neonatal screening for hemoglobinopathies: a one-year experience in the public health system in Rio Grande do Sul State, Brazil

Sommer, Camila K.; Goldbeck, Ana Stela; Wagner, Sandrine C.; Castro, Simone M.
2006-08-01

Resumo em português As hemoglobinopatias são as desordens hereditárias mais comuns nos seres humanos, sendo que as mais freqüentes são as hemoglobinas S e C (Hb S e Hb C). Estudos realizados no Brasil mostram a alta prevalência de heterozigotos para Hb S e Hb C, indicando a necessidade de seu diagnóstico, permitindo o atendimento médico e o aconselhamento genético adequados. O presente estudo avaliou a prevalência dos padrões hemoglobínicos em diferentes regiões do Estado do Rio (mais) Grande do Sul, Brasil, obtidos de recém-nascidos atendidos pela rede de saúde pública. Amostras de sangue coletadas sob papel filtro de 117.320 recém-nascidos e de 2.389 pais de recém-nascidos foram avaliadas por FIE e HPLC. Dentre os recém-nascidos, 1.629 (1,4%) apresentaram padrão hemoglobínico alterado: 1.342 FAS, 225 FAC, 45 FAD, 2 FSC, 1 FS e 26 heterozigotos para variantes raras. Concluiu-se que os métodos utilizados são capazes de identificar com alta especificidade e sensibilidade uma grande variedade de padrões hemoglobínicos. As informações são importantes para tornar possível o planejamento e alocação de recursos, além de ser um mecanismo de transmissão de conhecimentos para profissionais de saúde. Resumo em inglês Hemoglobinopathies are the most common inherited disorders in humans; the most frequent are hemoglobins S and C (Hb S and Hb C). Studies in Brazil show the high prevalence of Hb S and Hb C heterozygotes, indicating the need for diagnosis to allow medical care and suitable genetic counseling. This study evaluates the prevalence of hemoglobin patterns in different areas of Rio Grande do Sul State, Brazil, using neonatal data from the public health system. Blood samples from (mais) 117,320 newborns, obtained by heel stick, and 2,389 blood samples from parents of newborns, obtained by venopuncture, were submitted to IEF and HPLC. Among the newborns, 1,629 (1.4%) showed abnormal hemoglobin patterns: 1,342 FAS; 225 FAC; 45 FAD; 2 FSC; 1 FS and 26 variant hemoglobin heterozygotes. We conclude that the methods used are able to identify a broad variety of hemoglobin patterns with high specificity and sensitivity. The information is of paramount importance for transmitting knowledge in the public health field, besides facilitating planning and resource allocation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Referências hematológicas para a jararaca de rabo branco (Bothrops leucurus) recém capturadas da natureza/ Hematological references for wild recently-caught white-tailed lancehead (Bothrops leucurus)

Grego, K.F.; Alves, J.A.S.; Albuquerque, L.C. Rameh de; Fernandes, W.
2006-12-01

Resumo em inglês The hematological values for the specie Bothrops leucurus, recently captured from nature, were determined from blood samples of 29 snakes (11 males and 18 females). The performed hematological tests were: total red blood cell count (TRBCC), total white blood cell count (TWBCC), total trombocyte blood cell count (TTBCC); packed cell volume (PCV); hemoglobin content; and mean corpuscular volume (MCV), mean corpuscular hemoglobin (MCH) and mean corpuscular hemoglobin concent (mais) ration (MCHC). The mean values for TRBCC was 4.23cellsx10(5)/mm³, for TWRCC was 8.92cellsx10³/mm³ and for TTBCC was 8.60cellsx10³/mm³. The mean for packed cell volume was 22.3%. The intraerythrocytic hemoparasite Hepatozoon sp was found on 58.6% of the studied animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Parâmetros hematológicos de jumentas gestantes em diferentes períodos/ Hematological parameters of pregnant donkeys in different periods

Gravena, K; Sampaio, R.C.L; Martins, C.B; Dias, D.P.M; Orozco, C.A.G; Oliveira, J.V; Lacerda-Neto, J.C
2010-12-01

Resumo em inglês The hematological parameters and total protein concentration in healthy donkeys during pregnancy, under grass handling conditions in tropical weather, were evaluated. Fifth-two Marchador Brasileiro breed healthy donkeys, ranging from 8 to 16 years old, were evaluated, 36 of which were pregnant. The animals were separated in four groups: non pregnant (control), pregnancy from 25 to 110 days (first phase), from 111 to 210 days (second phase), and from 211 to 340 days (third (mais) phase). Total protein, erythrocyte, and leukocytes counts; packed cell volume; hemoglobin concentration; hematimetric absolute rates of mean corpuscular volume (MCV); mean corpuscular hemoglobin (MCH); and mean corpuscular hemoglobin concentration (MCHC) were evaluated. Total protein and eosinophils count decreased in the first phase. Red blood cells, hemoglobin concentration, and MCHC increased in the third phase of pregnancy. However, MCV and MCH decreased in the same phase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Eritrograma, metabolismo do ferro e concentração sérica de eritropoetina em fêmeas caprinas da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto/ Erithrogram, iron metabolism and serum erythropoietin concentration in female Saanen caprine in the pregnancy, parturition and postpartum periods

Fonteque, Joandes Henrique; Takahira, Regina Kiomi; Saito, Mere Erika; Valente, Ana Cláudia dos Santos; Barioni, Graziela; Kohayagawa, Aguemi
2010-11-01

Resumo em português As alterações hematológicas durante o período de gestação, parto e pós-parto são de grande importância em humanos e têm sido estudadas em várias espécies de animais domésticos. O objetivo do trabalho foi determinar as alterações no eritrograma, no metabolismo do ferro e na concentração sérica de eritropoetina durante os períodos de gestação, parto e pós-parto em fêmeas nulíparas Saanen. Foram colhidas amostras de sangue de 20 fêmeas, clinicamente (mais) sadias, aos 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), sete (M7), três (M8) dias antes do parto, no dia do parto (M9), três (M10) e sete (M11) dias após o parto, para a realização do eritrograma, proteína plasmática total, e dosagens séricas de eritropoetina, ferro, capacidade total de ligação do ferro, índice de saturação da transferrina e ferritina. Os dados foram analisados pelo teste de análise de variância (ANOVA) ao nível de 5% de significância (P Resumo em inglês Hematological changes during the pregnancy and parturition are of great importance in humans and have been studied in several species of domestic animals. The objective was to determine changes in erythrogram, iron metabolism and the serum concentration of erythropoietin in nuliparous female Saanen caprine during periods of pregnancy, parturition and postpartum. Blood samples were collected from 20 goats, clinically healthy, the 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5) (mais) , 14 (M6), seven (M7), three (M8) days in the pregnancy, parturition (M9), three (M10) and seven (M11) days postpartum for the erythrogram, plasma total protein and the serum of erythropoietin, iron, total iron binding capacity, transferrin saturation index and ferritin determination. The data were analyzed by analysis of variance (ANOVA) at 5% level of significance (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)