Sample records for hemangiomas
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Ressonância magnética dos hemangiomas hepáticos: avaliação das características morfológicas e quantitativas/ Magnetic resonance imaging of hepatic hemangiomas: morphologic and quantitative characteristics

Tiferes, Dario Ariel; D'Ippolito, Giuseppe; Szejnfeld, Jacob
2003-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar as características morfológicas e quantitativas dos hemangiomas hepáticos na ressonância magnética. MATERIAL E MÉTODOS: Foram estudados, prospectivamente, 57 hemangiomas hepáticos presentes em 27 pacientes, com ressonância magnética de alto campo (1,5 T) utilizando seqüência spin-eco, imagens ponderadas em T1 e T2, com tempos de eco de até 160 ms. Foram avaliadas as características morfológicas dos hemangiomas, classificando-os em típicos (mais) ou atípicos. Também foram avaliadas características quantitativas das lesões (relação intensidade de sinal lesão/fígado, valores de tempo de relaxação T2 e índice simplificado T2) e feitas comparações entre tais características nos hemangiomas morfologicamente típicos e atípicos, e naqueles com dimensões £ 2,0 cm e > 2,0 cm. RESULTADOS: Do total de hemangiomas estudados, 78,9% apresentaram características morfológicas típicas. Não houve diferença significante entre as características quantitativas de hemangiomas morfologicamente típicos e atípicos. Hemangiomas com dimensões £ 2,0 cm e > 2,0 cm apresentaram comportamento semelhante em relação ao tempo de relaxação T2 e ao índice simplificado T2. Valores da relação intensidade de sinal lesão/fígado apresentaram diferenças significantes entre esses dois grupos. Os valores do tempo de relaxação T2, do índice simplificado T2 e da relação intensidade de sinal lesão/fígado caracterizaram corretamente 96,5%, 93% e 89,5% de todos os hemangiomas, respectivamente. CONCLUSÃO: A avaliação quantitativa dos hemangiomas hepáticos nas imagens por ressonância magnética é um método simples e, conjuntamente com a análise morfológica, propicia maior confiança para o diagnóstico. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the qualitative (morphological) and quantitative characteristics of hepatic hemangiomas with magnetic resonance imaging. MATERIAL AND METHODS: Twenty-seven patients with 57 hemangiomas were prospectively studied with magnetic resonance imaging using a system operating at 1.5 T. T1- and T2-weighted spin-echo images were obtained, including heavily T2-weighted images with TE of 160 ms. The morphological characteristics of the hemangiomas were studied (mais) and the lesions were classified as typical or atypical. Quantitative parameters (T2 relaxation time, simplified T2 index and lesion/liver signal intensity ratio) were also calculated. The values obtained for typical and atypical hemangiomas were compared as well as for the hemangiomas measuring £ 2.0 cm and > 2.0 cm. RESULTS: 78.9% of hemangiomas showed typical morphological features. There was no difference between the quantitative values for typical and atypical hemangiomas. There was not significant difference in T2 relaxation times and values of simplified T2 index in hemangiomas measuring £ 2.0 cm and > 2.0 cm. Lesion/liver signal intensity ratios showed significant differences between the two groups. T2 relaxation times, the simplified T2 index and the lesion/liver signal intensity ratios correctly characterized 96.5%, 93%, and 89.5% of the hemangiomas, respectively. CONCLUSION: Quantitative analysis of hepatic hemangiomas is a simple technique that in conjunction with morphological evaluation provides a more reliable characterization of these tumors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Hemangiomas hepáticos: aspectos ultra-sonográficos e clínicos/ Liver hemangiomas: ultrasound and clinical features

Machado, Márcio Martins; Rosa, Ana Cláudia Ferreira; Lemes, Marcella Stival; Mota, Orlando Milhomem da; Silva, Osterno Queiroz da; Campoli, Paulo Moacir de Oliveira; Santana Filho, Jales Benevides; Barreto, Paulo Adriano; Nunes, Rodrigo Alvarenga; Barreto, Mariana Caetano; Milhomem, Patrícia Medeiros; Milhomem, Leonardo Medeiros; Oliveira, Gustavo Barboza de; Oliveira, Fernanda Barboza de; Castro, Félix Cristiano Ferreira de; Brito, Alexandre Menezes de; Barros, Nestor de; Cerri, Giovanni Guido
2006-12-01

Resumo em português Os hemangiomas são os tumores hepáticos benignos mais comuns, ocorrem em todos os grupos etários, sendo mais comuns nos adultos. Na grande maioria dos casos os hemangiomas são pequenos, assintomáticos e descobertos incidentalmente. Lesões maiores eventualmente podem produzir sintomas. O aspecto ultra-sonográfico desses tumores varia, sendo que o aspecto usual é o de lesão pequena hiperecogênica bem definida. Neste artigo, os autores fazem uma revisão sobre aspe (mais) ctos clínicos e ultra-sonográficos dos hemangiomas, ressaltando a importância desses aspectos na condução clínica dos pacientes acometidos. Resumo em inglês Hemangiomas are the most common benign tumors of the liver, occurring in all age groups, and more frequently in adults. The vast majority of hemangiomas are small, asymptomatic, and are incidentally discovered. Larger lesions may eventually produce symptoms. The sonographic aspect of these tumors varies, the lesions being typically small, well defined and hyperechoic. In this study the authors review clinical and sonographic features of hemangiomas, highlighting the clinical significance of such features to be taken into consideration in the treatment of affected patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Apresentações incomuns do hemangioma hepático: ensaio iconográfico/ Unusual presentations of hepatic hemangioma: an iconographic essay

D'Ippolito, Giuseppe; Appezzato, Luis Fernando; Ribeiro, Alessandra Caivano R.; Abreu Junior, Luiz de; Borri, Maria Lucia; Galvão Filho, Mário de Melo; Hartmann, Luiz Guilherme C.; Wolosker, Angela Maria Borri
2006-06-01

Resumo em português O nosso objetivo foi descrever e ilustrar aspectos incomuns do hemangioma hepático na ultra-sonografia (US), tomografia computadorizada (TC) e ressonância magnética (RM). A partir da análise retrospectiva de 300 casos de pacientes com diagnósticos de hemangioma hepático, por meio da análise combinada de exames de imagem, biópsia ou acompanhamento clínico, selecionamos aqueles com apresentação atípica em um ou mais métodos de imagem ou aqueles com evolução n (mais) ão usual, ilustrando os seus principais aspectos de imagem. Entre os casos apresentados, escolhemos pacientes com hemangiomas: hipoecogênicos na US; hipovasculares ou avasculares na TC e RM; com calcificações grosseiras; gigantes e medindo mais de 20 cm de diâmetro; predominantemente exofíticos; hipointensos em T2; promovendo defeito de perfusão; com cicatriz central e simulando hiperplasia nodular focal; com crescimento evolutivo. O hemangioma hepático é o tumor mais comum do fígado e geralmente tem apresentação típica. Porém, os seus diversos aspectos não usuais precisam ser conhecidos para auxiliar na orientação diagnóstica e conduta. Resumo em inglês In order to evaluate atypical aspects of hepatic hemangiomas at ultrasound (US), computed tomography (CT) and magnetic resonance imaging (MRI), we have retrospectively analyzed 300 cases of patients diagnosed with hepatic hemangiomas by means of combined imaging studies, clinical follow-up and/or biopsy results. Based on this analysis we have selected those cases with atypical findings at one or more imaging methods or those presenting an unusual evolution such as: hypoec (mais) hoic nodules at US; giant, heterogeneous hemangiomas; rapidly filling hemangiomas; calcified hemangiomas; pedunculated hemangiomas; hypointense hemangiomas at T2-weighted images; causing perfusion defect; with central scar simulating focal nodular hyperplasia; hemangiomas with adjacent abnormalities such as arterial-portal venous shunt and capsular retraction as well as hemangiomas enlarging over time. The hepatic hemangioma is the most common benign tumor affecting the liver and usually presents typical aspect. However, atypical findings should be known aiming at supporting diagnosis guidance and clinical decisions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Hemangiomas hipoecogênicos/ Hypoechogenic hemangiomas

Machado, Márcio Martins; Rosa, Ana Cláudia Ferreira; Barros, Nestor de; Azeredo, Letícia Martins; Cerri, Luciana Mendes de Oliveira; Cerri, Giovanni Guido
2003-10-01

Resumo em português Os hemangiomas hepáticos representam tumores hepáticos benignos, que, se corretamente identificados, não necessitariam de remoção cirúrgica na grande maioria dos casos. Usualmente apresentam-se, à ultra-sonografia (US), como lesões hiperecogênicas, entretanto, lesões com aspectos menos usuais, como as hipoecogênicas, também são descritas. Os autores avaliaram, prospectivamente, 15 casos de hemangiomas hipoecogênicos identificados num período de cerca de qua (mais) tro anos. Como estes hemangiomas são atípicos em suas aparências ultra-sonográficas, o diagnóstico definitivo foi estabelecido pela análise, em conjunto, dos dados dos exames de US e tomografia computadorizada (TC) helicoidal. À TC helicoidal, todas as lesões apresentaram o aspecto característico de realce centrípeto pelo meio de contraste iodado endovenoso. Adicionalmente, em todos os pacientes foram realizadas dosagens de antígeno carcinoembrionário e alfa-fetoproteína, além de endoscopia digestiva alta e colonoscopia (ou enema opaco com duplo contraste), não tendo sido identificada qualquer alteração nestes exames. Ademais, todos os pacientes foram avaliados com US e TC-helicoidal de controle, oito meses a um ano após o exame inicial, sem qualquer alteração no aspecto e nas dimensões das lesões. De interesse foi notado que, dos 15 casos de hemangiomas hipoecogênicos, 14 foram identificados em fígados esteatóticos. Os autores concluem que, embora atípico ao ultra-som, os hemangiomas podem se apresentar hipoecogênicos. Isto ocorreria especialmente em fígados com esteatose, sendo que apenas ocasionalmente seriam identificados em fígados sem esteatose. Nestes casos atípicos à US, seria útil a realização de exames complementares de imagem e bioquímicos, além de exames de controle, para maior conforto no seu diagnóstico preciso. Resumo em inglês Hemangiomas are benign hepatic tumors that in most cases require no surgical excision if correctly identified. Ultrasound (US) usually shows hyperechogenic tumors although some unusual hypoechogenic hemangiomas have also been described. Fifteen patients with hypoechogenic hemangiomas, identified in a period of approximately four years, were evaluated prospectively. As the US findings of these hemangiomas were atypical, the final diagnosis was established after a combined (mais) analysis of US and helical computed tomography (helical-CT) findings. Helical-CT showed centripetal enhancement after administration of intravenous iodinated contrast media in all lesions. The levels of carcinoembrionic antigen and alpha-fetoprotein were measured in all patients who were also submitted to endoscopy and colonoscopy (or double contrast enema). No abnormalities were found in any of these tests. Additionally, US and helical-CT examinations were performed 8 to 12 months after the initial investigation in all patients, and no changes were seen in the appearance and dimensions of the lesions. There was associated steatosis in 14 of the 15 patients with hypoechogenic hemangiomas. The authors concluded that atypical hypoechogenic hemangiomas occur mainly in patients with steatosis and only occasionally in patients with nonsteatotic liver. In these atypical cases complementary imaging and biochemical studies, and follow-up tests are necessary to establish an accurate diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Abordagem terapêutica dos hemangiomas cutâneos na infância/ Therapeutic management of skin hemangiomas in children

Serra, Adriana Maria da Silva; Soares, Flávia Machado Gonçalves; Cunha Júnior, Acimar G. da; Costa, Izelda Maria Carvalho
2010-06-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: Hemangioma é um tumor benigno de células endoteliais comum na infância e de involução espontânea. OBJETIVO: Avaliar os tratamentos utilizados em 122 pacientes com hemangiomas cutâneos, tratados no Hospital Universitário de Brasília, de março de 2000 a dezembro de 2006. MÉTODOS: Utilizou-se coleta de dados em prontuários e aplicação de questionários aos pais. Foram analisados gênero, fatores pré-natais e perinatais, características clínicas, (mais) tipo de tratamento e resultados. RESULTADOS: A razão de sexo (F: M) foi de 1,5:1. 42, em pacientes que apresentavam hemangiomas superficiais, 13 profundos e 67 mistos; em 7 pacientes, havia associação com síndromes. Em 79 pacientes, localizavam-se no polo cefálico. Já em 98/122 dos pacientes, foram submetidos a tratamento único e 24/122 a múltiplos. No primeiro grupo, foi utilizada conduta expectante em 38 pacientes, compressão em 3, corticoide sistêmico em 18, corticoide intralesional em 13, corticoide tópico em 4, cirurgia convencional em 12, criocirurgia em 7, luz pulsada em 1 e imiquimod em 2. No segundo grupo, 15 fizeram 2 tipos de tratamentos e 9 necessitaram de 3 ou mais tratamentos. CONCLUSÃO: Os dados obtidos concordam com a literatura mundial, quanto a sexo e localização da lesão. A incidência de hemangiomas presentes ao nascimento foi maior que em outras publicações. Os resultados terapêuticos obtidos foram comparáveis aos publicados na literatura. A identificação dos hemangiomas que necessitam de tratamento, em que momento adequado para intervenção e a melhor opção terapêutica devem ser considerados. Resumo em inglês BACKGROUND: Hemangiomas are benign, self-involuting tumors of endothelial cells that are common in childhood. OBJECTIVES: To evaluate the treatment of 122 patients with skin hemangiomas treated at a teaching hospital in Brasilia, Brazil between March 2000 and December 2006. MATERIAL AND METHODS: Data were collected from the patients' medical records and questionnaires were applied to the children's parents. Variables analyzed were: gender, pre- and perinatal factors, clin (mais) ical characteristics of the lesions, type of treatment and outcome. RESULTS: A male-to-female ratio of 1.5:1 was found. In 42 patients, hemangiomas were superficial, while in 13 cases they were deep and in 67 patients lesions were mixed. In 7 patients, the lesions were associated with syndromes. In 79 patients, hemangiomas were in the cephalic region. Of the 122 patients, 98 were submitted to one single treatment, while 24 required multiple forms of treatment. In the first group, expectant management was the conduct in 38 patients, compression in 3 cases, systemic corticotherapy in 18 patients, intralesional corticotherapy in 13, topical steroids in 4 cases, conventional surgery in 12 patients, cryosurgery in 7, pulsed light in one case and imiquimod in 2 patients. In the second group of 24 patients submitted to multiple treatment modalities, 15 required two types of treatment and 9 needed three or more. CONCLUSIONS: The data obtained in this study were in agreement with results in the literature with respect to gender and the site of the lesions. The incidence of hemangiomas present at birth was higher than rates published in the literature. The therapeutical results obtained were comparable with data from other published studies. Identification of hemangiomas that require treatment, as well as the right moment for intervention and the best therapeutic option for each case, are factors that need to be taken into consideration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Apresentação, evolução e tratamento dos hemangiomas cutâneos: experiência do ambulatório de Dermatologia Infantil do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo/ Presentation, progression and treatment of cutaneous hemangiomas: experience of the outpatients clinic of pediatric dermatology - Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo

Nina, Bianca Ishimoto Della; Oliveira, Zilda Najjar Prado de; Machado, Maria Cecília da Mata Rivitti; Macéa, Juliana Marcondes
2006-08-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: Os hemangiomas, proliferações benignas do tecido endotelial, são os tumores mais comuns da infância, e a maioria possui apresentação e crescimento típicos. OBJETIVOS: Relatar a experiência do Ambulatório de Dermatologia Infantil do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em relação à apresentação, evolução e ao tratamento dos hemangiomas da infância, correlacionando-os com dados da literatura. MÉTODOS: F (mais) oram avaliados retrospectivamente, mediante análise de prontuários e registros fotográficos, 40 casos de hemangiomas atendidos no período de março de 1994 a novembro de 2004. RESULTADOS: Houve predomínio do sexo feminino na razão de 3:1, e maior número de pacientes brancos (75%). O hemangioma estava presente ao nascimento em 77% dos pacientes. As lesões eram únicas em 85% dos casos, e a maior parte se localizava na região da cabeça e pescoço (57%). A conduta expectante foi a mais adotada, e o seguimento dos pacientes mostrou início da involução da lesão antes dos 12 meses de idade em 65% dos casos. A resolução total ocorreu até três anos de idade em 50% dos pacientes, até os seis anos em 58%, até os nove anos em 83% e até os 11 anos em 100%. CONCLUSÕES: A casuística dos autores é superponível à da literatura mundial em relação às variáveis sexo e cor dos pacientes, número e localização dos hemangiomas, porém com maior porcentagem de lesões presentes ao nascimento Resumo em inglês BACKGROUND: Hemangiomas are benign proliferations of endothelial tissue. They are the most common tumors of childhood and the majority has typical presentation and growth patterns. OBJECTIVES: To report the experience of the Outpatients Clinic of Pediatric Dermatology of the Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo regarding presentation, progression and treatment of hemangiomas in childhood and to correlate them with literature data. (mais) METHODS: We retrospectively evaluated 40 cases of hemangioma seen between March 1994 and November 2004, through analysis of medical and photographic records. RESULTS: There was a predominance of females - 3:1 - and white patients (75%). Hemangiomas were present at birth in 77% of patients. In 85% of cases, the lesions were single and the majority was located in the head and neck (57%). The conservative management was adopted in most cases and the follow-up of patients showed involution of lesions started before 12 months of age in 65% of cases. The complete resolution occurred up to 3 years of age in 50% of patients, up to 6 years in 58%, up to 9 years in 83%, and up to 11 years in 100%. CONCLUSIONS: Our cases are similar to those in the international literature in terms of gender and ethnicity, number and location of hemangiomas, although we have a higher percentage of lesions seen at birth.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Hemangioma hepático subcapsular com realce perilesional: achados de RM/ Hepatic subcapsular hemangioma with perilesional enhancement: MRI features

Kim, Young Hoon; Shin, Sang Soo; Burke, Lauren M. B; Lee, Chang Hee; Ku, Young Mi; Vachiranubhap, Busakorn; Semelka, Richard C
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever os achados de imagem de RM no hemangioma hepático com realce perilesional. MATERIAIS E MÉTODOS: Realizou-se uma pesquisa no banco de dados da unidade de RM para identificar todos os casos de hemangioma hepático com realce perilesional entre março de 2008 e julho de 2009. Todos os pacientes foram submetidos a RM pré-contraste em imagens ponderadas em T1 e T2 e em imagens dinâmicas após injeção de gadolínio. Características do hemangioma e do (mais) realce perilesional foram avaliadas nas imagens de RM. RESULTADOS: Sete hemangiomas em sete pacientes (cinco homens, duas mulheres; faixa etária entre 41-69 anos; média de 57 anos) foram incluídos no presente estudo. O tamanho das lesões variou de 7 a 20 mm (média de 12,4 mm). Na fase dominante arterial hepática, todos os sete hemangiomas mostraram realce perilesional cuneiforme que se atenuou nas imagens dois minutos após injeção de gadolínio. Quatro dessas lesões demonstraram realce capsular adjacente. CONCLUSÃO: Todos os hemangiomas hepáticos com realce perilesional eram lesões capsulares medindo menos que 2 cm. Tal localização sugere que esses hemangiomas podem recrutar vasos capsulares responsáveis pelo realce perilesional Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe the MR imaging features of hepatic hemangioma with perilesional enhancement. MATERIALS AND METHODS: A search was performed of the MRI section database to identify all cases of hepatic hemangioma with perilesional enhancement between March 2008 and July 2009. All patients underwent MR examinations including precontrast T1- and T2-weighted images and postgadolinium dynamic images. On MR images, characteristics of the hemangioma and perilesional enhanc (mais) ement were evaluated. RESULTS: Seven hemangiomas in seven patients (five men, two women; age range, 41-69 years; mean, 57 years) were included in this study. Lesion size ranged from 7 to 20 mm (mean, 12.4 mm). On hepatic arterial dominant phase, all seven hemangiomas exhibited wedge-shaped perilesional enhancement which faded on two minutes postgadolinium images. Four of these lesions demonstrated adjacent capsular enhancement. CONCLUSION: All hepatic hemangiomas with perilesional enhancement were

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Um caso raro de hemangioma esclerosante múltiplo do pulmão/ A rare case of multiple sclerosing hemangiomas of the lung

Boléo-Tomé, José Pedro; Matos, Cristina; Nogueira, Fernando; Maya, Manuela; Lino, José Sena; Abreu, Margarida Cancela de
2008-03-01

Resumo em português O hemangioma esclerosante do pulmão é um tumor benigno raro que se apresenta geralmente como um nódulo solitário do pulmão. A multiplicidade é muito rara. Os autores descrevem um caso de uma mulher de 50 anos, assintomática, com múltiplas lesões nodulares envolvendo todos os lobos de ambos os pulmões, submetida a toracotomia diagnóstica após estudo exaustivo em busca de neoplasia extrapulmonar. As biópsias realizadas permitiram diagnosticar hemangiomas esclerosantes múltiplos. Este é um dos poucos casos descritos até hoje com esta apresentação. Resumo em inglês Sclerosing hemangioma of the lung is an uncommon benign tumour which usually presents as an asymptomatic solitary nodule. Multiplicity is very rare. The authors describe a case of a 50 year-old asymptomatic woman with multiple nodular lesions involving all the lobes of both lungs, which underwent diagnostic thoracotomy after thorough investigation to exclude extra-pulmonary neoplasia. The biopsies obtained led to the diagnosis of pulmonary sclerosing hemangiomas. This is one of the few cases described with this presentation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Hemangioendotelioma hepático: aspectos radiológicos e evolução clínica de um caso/ Hepatic hemangioendothelioma: radiological findings and clinical evolution of a case

Carvalho Neto, Arnolfo de; Albonei, Mara; Souza, Carolina Althoff; Yanaga, Ricardo Hideki
2003-01-01

Resumo em português Os tumores vasculares constituem um espectro de lesões que variam de benignas, os hemangiomas, a altamente malignas, os angiossarcomas, passando por um estágio intermediário de malignidade, no qual se incluem os hemangioendoteliomas. Relatamos um caso de hemangioendotelioma hepático de evolução benigna em um recém-nato do sexo feminino, e mediante revisão da literatura descrevemos os principais aspectos desta afecção. Resumo em inglês Vascular tumors encompass a spectrum of lesions, which may vary from benign hemangiomas to malignant angiosarcomas. Hemangioendotheliomas can be considered intermediary between these two types of lesions. We report a case of hepatic hemangioendothelioma in a newborn female and review the most important aspects of this disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Tratamento de hemangioma gigante com interferon alfa: relato de dois casos/ Treatment of giant hemangioma with interferon-alpha: report of two cases

Balau, Ana Julia; De Nadai, Livia C.; Bressan, Mônica S.; Simão, Josiane L.
2007-12-01

Resumo em português O objetivo do trabalho é descrever o uso de interferon alfa no tratamento de pacientes com hemangioma gigante. Os autores relatam e analisam dois casos de hemangioma gigante em tratamento com interferon alfa. IBS, 3 anos, em acompanhamento no Ambulatório de Hematologia desde um ano de idade com quadro de lesão angiomatosa em praticamente toda hemiface direita, acompanhada de sangramentos gengivais importantes. Após a realização de exames complementares (Angiorresson (mais) ância magnética) e feito o diagnóstico de hemangioma gigante em face, foi iniciado tratamento com prednisona e, posteriormente, associação com interferon alfa e observada importante melhora do quadro, resultando na diminuição dos episódios de sangramento e no tamanho do tumor. C.N.P., 12 anos, apresentando nódulo em região lateral de joelho esquerdo há 2 anos, com aumento progressivo do tamanho e dor local. Fez uso de prednisona e, sem melhora do quadro, introduzido interferon alfa com regressão importante do tamanho do tumor. O tratamento com interferon alfa deve ser considerado no tratamento de hemangiomas, pois apresenta bons resultados em relação à diminuição do tamanho do tumor e, conseqüentemente, reduz as intercorrências clínicas associadas à sua presença, principalmente os sangramentos. Resumo em inglês The aim of this study is to describe the treatment using interferon-alpha of giant hemangiomas in children. The authors report two cases of children presenting with giant hemangiomas treated using interferon-alpha and analyze the results. IBS, 3 years-old, has been followed up in Famema Hemathology Service since she was 1 year-old with a tumor on the face and persistent bleeding. After clinical and radiologic evaluations and suggested the diagnosis of giant hemangioma, sh (mais) e started treatment with interferon-alpha. A great clinical improvement was observed a reducing of the number of episodes of bleedings and a decrease in of the tumor size. CNP, 12 years-old, came to this service in the last year presenting with a small painful tumor on the left knee. She had already tried a treatment with Prednisone with no improvement. Treatment with interferon-alpha was initiated with a significant decrease in its size. The use of interferon-alpha should be considered in the treatment of giant hemangioma due to its favorable results related to a reduction in the tumor size and the episodes of bleeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Síndrome de Klippel-trenaunay: relato de um caso com envolvimento digestivo e revisão da literatura

Ferreira, M.; Mendes, S.; Torres, J.; Ferreira, R.; Agostinho, C.; Panão, E.; Campos, M. J.
2009-08-01

Resumo em português As lesões vasculares são uma causa comum de hemorragia gastrointestinal, podendo ocorrer isoladamente ou como parte de uma síndrome ou distúrbio sistémico. Os autores descrevem o caso clínico de uma paciente portadora da síndrome de Klippel-Trenaunay, anomalia vascular congénita rara, de etiologia não esclarecida, e que se caracteriza pela tríade clínica de hemangiomas cutâneos, varicosidades e hipertrofia dos tecidos moles e ossos afectando geralmente um úni (mais) co membro. O envolvimento do tracto gastrointestinal é raro sendo a hemorragia digestiva baixa o sintoma mais frequente resultante do envolvimento do cólon por malformações vasculares. A propósito do caso faz-se uma revisão da literatura no que respeita sobretudo ao diagnóstico e tratamento das complicações gastrointestinais. Resumo em inglês Vascular anomalies are a common cause of gastrointestinal hemorrhage; they can occur separately or as part of a syndrome. The authors describe the clinical case of a patient with the Klippel- Trenaunay syndrome (SKT), a rare, congenital vascular anomaly, of unknown etiology, characterized by the clinical triad of cutaneous hemangiomas, varicosities and hypertrophy of soft tissue and bones, usually affecting one extremity. Gastrointestinal involvement is rare; digestive he (mais) morrhage is the most frequent symptom, as a result of colonic vascular malformations. The authors provide a literature review concerning the most relevant aspects of diagnosis and treatment of the gastrointestinal complications of this syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Angioma cavernoso do meato acústico interno envolvendo o complexo VII e VIII nervos cranianos: relato de caso/ Cavernous hemangioma of the internal auditory canal encasing the VII and VIII cranial nerve complex: case report

Silveira, Roberto Leal; Andrade, Gustavo Cardoso de; Pinheiro Júnior, Nilson; Pittella, José Eymard Homem; Barbosa, Vinícius Cotta
2005-03-01

Resumo em português Relata-se o caso de homem de 21 anos, leucoderma, portador de angioma cavernoso do meato acústico interno direito envolvendo o complexo VII e VIII nervos cranianos tratado cirurgicamente. Apenas 18 casos de angiomas cavernosos dessa localização foram relatados na literatura. São comentados os aspectos clínicos, o diagnóstico diferencial e o tratamento. Resumo em inglês We report the surgically treated case of a 21-year-old caucasian male harboring a cavernous hemangioma of the right internal auditory canal encasing the seventh and eighth cranial nerves complex. Only 18 cases of cavernous hemangiomas of this location have been previously reported. The clinical features, the differential diagnosis and the treatment are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Expressão das iodotironinas desiodases nas neoplasias tireoidianas/ Iodothyronine deiodinases expression in thyroid neoplasias

Meyer, Erika L. Souza; Wagner, Márcia S.; Maia, Ana Luiza
2007-07-01

Resumo em português As iodotironinas desiodases formam uma família de selenoenzimas com propriedades catalíticas distintas que ativam ou inativam os hormônios tireoidianos via desiodação do anel fenólico ou tirosínico da molécula do T4. As desiodases tipo I e II (D1 e D2) são as enzimas responsáveis pela geração do T3 e são amplamente expressas na tireóide normal. A transformação neoplásica benigna ou maligna da glândula tireóide está associada a alterações na expressã (mais) o dessas isoenzimas, sugerindo um possível papel da D1 e da D2 como marcadores de diferenciação celular. Anormalidades na expressão de ambas enzimas e da desiodase tipo III (D3), inativadora do hormônios tireoidianos, são também encontradas em outras neoplasias humanas. Os mecanismos ou implicações do aumento ou diminuição das desiodases na patogênese neoplásica são pouco compreendidas. No entanto, é importante observar que a expressão anormal da D2 pode ser responsável por um quadro de tireotoxicose em pacientes com metástases de carcinoma folicular de tireóide, enquanto que o aumento da D3 em hemangiomas pode causar hipotireoidismo de difícil tratamento. Resumo em inglês The iodothyronine deiodinases constitute a family of selenoenzymes that catalyze the removal of iodine from the outer ring or inner ring of the thyroid hormones. The activating enzymes, deiodinases type I (D1) and type II (D2), are highly expressed in normal thyroid gland. Benign or malignant neoplastic transformation of the thyroid cells is associated with changes on the expression of these enzymes, suggesting that D1 or D2 can be markers of cellular differentiation. Abn (mais) ormalities on the expression of both enzymes and also of the deiodinase type III (D3), that inactivates thyroid hormones, have been found in other human neoplasias. So far, the mechanism or implications of these findings on tumor pathogenesis are not well understood. Nevertheless, it’s noteworthy that abnormal expression of D2 can cause thyrotoxicosis in patients with metastasis of follicular thyroid carcinoma and that increased D3 expression in large hemangiomas causes severe hypothyroidism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Indicações e resultados da ressecção cirúrgica do hemangioma hepático: indications and results/ Hepatic hemangioma surgical ressection

Leonardi, Marília Iracema; Ataíde, Elaine Cristina de; Boin, Ilka de Fátima Santana Ferreira; Leonardi, Luiz Sérgio
2008-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar os resultados do tratamento cirúrgico em pacientes portadores de hemangioma hepático. MÉTODO: Foram estudados 20 pacientes portadores de hemangioma hepático cavernoso, operados entre fevereiro de 1991 e fevereiro de 2005. A idade dos pacientes variou de 16 a 72 anos (média de 42 anos) com predomínio do sexo feminino (80%), sendo que 85% deles eram sintomáticos. Todos os pacientes foram submetidos à ultrassonografia abdominal (US) e à tomograf (mais) ia computadorizada contrastada (TC). Utilizou-se incisão abdominal subcostal bilateral associada à incisão mediana. RESULTADOS: Durante o período de seguimento clínico não se constataram recidiva de sintomas ou de hemangioma. A morbidade pós-operatória representada por infecção da ferida cirúrgica foi observada em um (5%) paciente, insuficiência hepática leve em 40% e moderada em 15% que apresentaram evolução clínica satisfatória com o tratamento clínico instituido; em um (5%) verificou-se a ocorrência de bilioma que necessitou drenagem por punção abdominal. A maioria dos pacientes retornou as atividades habituais até o 3º. mês de pós-operatório. Não ocorreram óbitos nesta série de pacientes. CONCLUSÃO: A ressecção cirúrgica do hemangioma hepático, gigante ou sintomático, é opção de tratamento segura e eficaz, sendo que a extensão da ressecção varia de acordo com a localização e tamanho. Resumo em inglês BACKGROUND: To present the results of the surgical treatment in patient bearers of hepatic hemangioma. METHODS: We studied 20 patients with liver cavernous hemangioma, operated between February 1991 and February 2005. The patients ages ranged from 16 to 72 years (average of 42 years) with a predominance of female (80%), with 85% of them were symptomatic. All patients were undergoing abdominal ultrasonography (U.S.) and computed tomography contrasting (CT). It was used abd (mais) ominal incision bilateral subcostal associated with the median incision. RESULTS: During follow-up neither symptom recurrences occurred nor hepatic hemangiomas were detected. Post-operative morbidity included wound infection in one patient (5%), mild hepatic insufficiency in 40% and moderate hepatic insufficiency in 15% of patients. All recovered well and completely. Biliary leakage was diagnosed in one patient (5%) and external drainage was required. No mortality occurred in this series. Normal patient activities returned after the third post-operative month. CONCLUSION: Surgical treatment of hepatic hemangiomas can be safely performed, with the choice of liver resection depending on lesion location and tumor size.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Papel da criocirurgia no tratamento das neoplasias cutâneas do segmento cabeça e pescoço: análise de 1900 casos/ Role of cryosurgery treatment on cutaneous neoplasms of the head and neck: analysis of 1900 cases

Antunes, Antonio Azoubel; Antunes, Antonio Pessoa; Silva, Polliana Vilaça
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Demonstrar a experiência dos autores na utilização da criocirurgia como tratamento de lesões benignas e malignas da pele e mucosa no segmento cabeça e pescoço. MÉTODO: Os autores realizam um estudo retrospectivo multicêntrico de 1900 casos de pacientes portadores de neoplasias benignas e malignas da cabeça e do pescoço, atendidos e tratados no Centro de Oncologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (CEON/HUOC/UPE), Hospital de Câncer de Pernambuco (mais) (HCP) e clínica privada, no período de abril de 1977 a abril de 2002 (25 anos). Comparam, ainda, os dados obtidos com a revisão bibliográfica realizada, bem como sua experiência pessoal na utilização de tal modalidade terapêutica. RESULTADOS: Do total de pacientes, 57,9% eram do sexo masculino e a quinta e sexta décadas de vida foram as mais frequentemente acometidas (58,9%). O Carcinoma basocelular foi o tipo histológico predominante (63,1% - 1200 casos), seguido dos hemangiomas (14,2% - 270 casos). O tempo médio de exposição das lesões ao nitrogênio líquido foi de 15 e 35 segundos, e o tempo médio de cicatrização de 14 e 21 dias para as lesões benignas e malignas respectivamente. CONCLUSÕES: A indicação da criocirurgia deve obedecer alguns critérios de avaliação como o aspecto macroscópico e tamanho da lesão, tipo histológico, localização, idade e perfil social de cada paciente. Quando indicada e executada corretamente, oferece idênticos índices de cura aos outros métodos terapêuticos convencionais. Resumo em inglês BACKGROUND: To demonstrate the authors’ experience on cryosurgery treatment for malignant and benign skin neoplasms on head , neck including mucosa. METHODS: The authors review a multicentric retrospective study of 1900 cases of patients with benign and malignant head and neck neoplasms attended and treated at CEON/HUOC/UPE, HCP and private clinic, from April 1977 to April 2002 (25 years). They also compare the data obtained with the literature review, and show thei (mais) r personal experience on its use. RESULTS: Within all cases registered, 57.9% were male and the fifth and sixth decades of life were most common (58.9%). The most prevalent histologica type was basal cell carcinoma (63.1% - 1200 cases), followed by hemangiomas (14.2% - 270 cases). The mean time of lesions exposure to liquid nitrogen was 15 and 35 seconds and the mean cicatrisation time were 14 and 21 days, for benign and malignant lesions, respectively. CONCLUSION: Cryosurgery indication must obey a few evaluation criteria, such as macroscopic aspect and lesion size, histological type, location, age and social profile. When correctly indicated and executed, it obtains identical cure rates as other conventional therapeutic methods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Importância do exame oftalmológico na doença de von Hippel-Lindau/ The importance of the ophthalmological examination in von Hippel-Lindau disease

Aragão, Ricardo Evangelista Marrocos de; Barreira, Iêda Maria Alexandre; Bezerra, Andreya Ferreira Rodrigues; Ramos, Régia Maria Gondim; Pereira, Felipe Bezerra Alves
2009-08-01

Resumo em português Von Hippel-Lindau (VHL) é uma síndrome tumoral autossômica dominante. Esses tumores incluem hemangioblastoma da retina e sistema nervoso central (CSN), carcinoma de células renais, feocromocitoma, tumores de pâncreas, cistoadenoma de rins, pâncreas e epidídimo. Os sintomas mais comuns são perda da visão, aumento da pressão intracraniana, déficits neurológicos, aumento da pressão arterial sistêmica paradoxal e dor local. Relatamos o caso de um paciente com pe (mais) rda de visão e história de hemangiomas cerebelares cujo diagnóstico de VHL foi feito após exame oftalmológico. Resumo em inglês Von Hippel-Lindau (VHL) disease is an autossomical, dominant inherited tumour syndrom. These tumours may include haemangioblastoma in the retina and central nervous system (CNS), renal cell carcinoma, phaeochromocytoma, islet cell tumours of the pancreas, cystadenoma in the kidney, pancreas, and epididymis. The most common symptoms include: loss of vision, raised intracranial pressure, neurological deficits, paroxysmal raised blood pressure and local pain. We report herei (mais) n a 29-year-old man with visual loss and cerebellar haemangioblastoma that despite neurological manifestations the diagnosis of VHL was established after the ophthalmological examanination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Ressonância magnética dos cavernomas intraventriculares: aspectos diagnósticos/ Magnetic resonance imaging of the intraventricular cavernomas: diagnostic aspects

Tatsui, Cláudio Esteves; Koerbel, Andrei; Prevedello, Daniel Monte-Serrat; Hanel, Ricardo Alexandre; Grande, César Vinícius; Moro, Marlus Sidney; Araújo, João Cândido
2003-03-01

Resumo em português Cavernomas são malformações vasculares que frequentemente acometem a substância branca dos hemisférios cerebrais e tronco encefálico. São angiograficamente ocultas e têm como principal método diagnóstico a ressonância magnética, em que tipicamente se observa nas sequências ponderadas em T2, um halo perilesional hipointenso devido a deposição de hemossiderina no tecido adjacente. A localização ventricular é considerada rara, e suas características de ima (mais) gem na ressonância magnética diferem, podendo não apresentar tal halo. Apresentamos dois casos nos quais o diagnóstico foi feito somente com exame histopatológico, devido a ausência dos critérios de imagem que permitiriam a suspeita de tal lesão. Os cavernomas devem ser incluidos no diagnóstico diferencial dos processos expansivos intraventriculares, sendo a ressecção cirurgica completa a melhor modalidade de tratamento para estas lesões. Resumo em inglês Cavernomas are vascular malformations that typically affect the white matter of cerebral hemispheres and brain stem. They are angiographically occult lesions that depend on magnetic resonance imaging (MRI) for their diagnosis, presenting a hypointense perilesional ring caused by hemossiderin deposition as seen in T2 sequences. The ventricular location is rare, and image features may differ. We present two cases with diagnosis made only by histopathologic examination, due (mais) to a lack of classic image findings. Cavernous hemangiomas must be included in the differential diagnosis of intraventricular tumors, and total surgical resection is the treatment of choice. Perilesional ring as demonstrated by MRI, must not be expected when dealing with such lesions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Hiperplasia endotelial papilar intravascular oral: uma entidade rara/ Intravascular papillary endothelial hyperplasia: a rare entity

Goulart Filho, João Augusto Vianna; Pereira, Karuza Maria Alves; Galvão, Hébel Cavalcanti
2006-02-01

Resumo em português A hiperplasia endotelial papilar intravascular (HEPI) é uma lesão vascular reativa caracterizada pela proliferação endotelial excessiva localizada no interior de vasos sangüíneos comumente dilatados, associada a trombos em organização, ou secundária a outras lesões vasculares, como hemangiomas e granulomas piogênicos. A HEPI é um achado incomum na cavidade oral, onde os lábios são o principal sítio de acometimento, e surge clinicamente sob a forma de nódul (mais) os azulados de aspecto clínico semelhante ao de lesões como hemangioma, mucocele e varicosidades. Sob o aspecto histopatológico, observam-se projeções papilares de tecido conjuntivo fibroso revestidas por uma ou duas camadas de células endoteliais no interior de um lúmen vascular. A principal peculiaridade da HEPI reside em sua semelhança histológica com o angiossarcoma e na possível interpretação errônea como neoplasia maligna. Neste artigo, os autores descrevem um caso de HEPI oral e realizam uma breve revisão da literatura, enfatizando suas características histopatológicas e o diagnóstico diferencial. Resumo em inglês Intravascular papillary endothelial hyperplasia (IPEH) is a reactive vascular lesion characterized by excessive endothelial proliferation within a vascular lumen of commonly dilated vessels, associated to organizing thrombi or even secondary to other vascular lesions, such as hemagiomas and pyogenic granulomas. Oral lesions of IPEH are uncommon, being lips the most frequent site, followed by, in decreasing frequency, tongue and buccal mucosa. Clinically, IPEH appears as b (mais) luish nodules that resembles clinical features of lesions as hemangioma, mucocele and varice. On histopathological examination, IPEH presents as papillary projections composed by a fibrous core lined by one or two layers of plump endothelial cells, without evidence of celullar pleomorphism, mitotic activity or necrosis. The mean peculiarity of IPEH is its histologic similarity to angiosarcoma and possible misinterpretation with malignant neoplasm. In this article, the author describe a rare case of oral IPEH and review of literature, emphasizing its histopathologic features and diferencial diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Cavernoma gigante: relato de dois casos/ Giant cavernous angioma: report of two cases

Andrade, Guilherme Cabral de; Prandini, Mirto Nelso; Braga, Fernando Menezes
2002-06-01

Resumo em português Angiomas cavernosos ou hemangiomas ou ainda cavernomas são malformações do sistema nervoso central, classificadas como lesões cerebrais vasculares ocultas, frequentemente assintomáticas, sendo relativamente raras. Definidas histologicamente como massas compactas cavernosas ou canais sinusoidais de vários tamanhos, com paredes finas no interior do parênquima cerebral e sem intervenção do tecido glial. Podem ocorrer em qualquer faixa etária inclusive em neonatos. (mais) Na maioria das vezes são lesões de tamanho reduzido, localizadas no interior do parênquima encefálico. Angiograficamente não mostram alterações com circulação patológica, podendo mesmo não ser diagnosticados pela tomografia, sendo o exame ideal para o seu diagnóstico a ressonância magnética de crânio. Os cavernomas são lesões histologicamente benignas mas, dependendo de sua localização, podem trazer grandes transtornos neurológicos e ser irressecáveis. A exérese cirúrgica da lesão é o tratamento de escolha se a lesão for única e em localização favorável e estiver desencadeando sintomatologia neurológica prejudicial ao paciente. Apresentamos dois casos de cavernomas gigantes que apresentaram boa evolução após ressecção cirúrgica completa. Descritos como gigantes, foram encontrados apenas três casos individuais na literatura . Resumo em inglês Cavernous angiomas or haemangiomas or yet cavernomas are malformations of the central nervous system classified as occult vascular brain lesions. These rare lesions are clinically silent. They are defined by the presence of abnormally large vascular cavities or sinusoids channels of variable size, with sharp walls, located inside but not invading the brain parenchyma. They can occur at any age, including the neonatal period. Most of the small lesions are located inside th (mais) e brain parenchyma. No abnormal circulation can be demonstrated in angiography and CT scan can be helpful for diagnosis only in rare occasions. Magnetic resonance is the best exam to demonstrate the lesion. Despite the benign character some lesions may cause neurologic dysfunction when their removal may be difficult. Complete extirpation is the best treatment if the lesion is favorable located and is causing neurological dysfunction. Two cases of giant cavernomas with good outcome after total removal are present. Only three cases of giant cavernomas were reported in the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Tratamento do hemangioma de coróide e descolamento total da retina com vitrectomia posterior: relato de caso/ Choroidal hemangioma with extensive retinal detachment treated with posterior vitrectomy: case report

Rodrigues, Luciana Duarte; Serracarbassa, Luciana Lucci; Nakashima, Yoshitaka; Serracarbassa, Pedro Durães
2007-06-01

Resumo em português Apresentar a evolução de um caso de hemangioma circunscrito da coróide associado a descolamento total da retina tratado com vitrectomia posterior e endofotocoagulação. Relato de caso intervencional. Paciente do sexo feminino, com 41 anos, apresentava mancha escura na visão do olho direito há uma semana, com progressão da mancha para o campo inferior e diminuição súbita da acuidade visual há dois dias. Ao exame oftalmológico, apresentava acuidade visual menor (mais) que 20/400 no olho direito. À fundoscopia do olho direito, observava-se elevação da retina neurossensorial nos quatro quadrantes e uma lesão sub-retiniana avermelhada no pólo posterior, com bordas pouco nítidas. O ultra-som do olho direito mostrava membranas móveis de alta refletividade na cavidade vítrea (retina) aderidas ao nervo óptico e presença de lesão sólida hiperecogênica, homogênea, no pólo posterior, com picos de média refletividade no seu interior, sugestiva de hemangioma de coróide Todos os exames sistêmicos foram normais. Optou-se pela vitrectomia posterior com endodrenagem, retinopexia, endofotocoagulação do tumor e colocação de gás C3F8. A retina manteve-se aplicada nos quinze primeiros dias da cirurgia, quando então apresentou novo descolamento inferior da retina sobre o tumor. Optou-se por nova vitrectomia posterior com endofotocoagulação e colocação de óleo de silicone. A paciente encontra-se no 6º mês de pós-operatório com a retina aplicada, óleo de silicone na cavidade vítrea, hemangioma com marcas de fotocoagulação (inativo?), acuidade visual igual a 20/400 no olho direito. A vitrectomia posterior surge como opção no tratamento do hemangioma da coróide associado a descolamentos extensos da retina, visando restabelecer a anatomia e diminuir as complicações funcionais tardias na retina. Resumo em inglês To describe a case of circumscribed choroidal hemangioma with extensive retinal detachment treated with vitrectomy and endolaser photocoagulation. Interventional case report. A 41-year-old female patient was examined with a 7-day history of blurred vision and progression of visual loss in the right eye in the last 2 days. Ophthalmologic examination showed 20/400 visual acuity in the right eye and an extensive retinal detachment with an elevated red lesion on the posterior (mais) pole. Ocular ultrasound showed high a reflective membranes in the vitreous cavity (retinal detachment) and an homogeneous hiperecogenic solid lesion suggestive of choroidal hemangioma. Systemic investigation showed no abnormalities. Posterior pars plana vitrectomy with endophotocoagulation and injection of C3F8 gas was performed. After 15 days, an inferior retinal detachment was observed and the patient was submitted to a second vitrectomy with endophotocoagulation and silicon oil implant. After six months, the retina remains attached and the hemangioma shows no signs of exudation. Visual acuity remains 20/400. Posterior vitrectomy appears as an option for the treatment of circumscribed choroidal hemangiomas with extensive retinal detachment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Eficácia terapêutica do interferon alfa em criança com hemangioma gigante craniofacial: relato de caso/ Therapeutical effectiveness of interferon alpha in a child with craniofacial giant hemangioma: case report

Fonseca Junior, Nilson Lopes da; Cha, Sung Bok; Cartum, Jairo; Rehder, José Ricardo Carvalho Lima
2008-06-01

Resumo em português O hemangioma é o tumor benigno mais freqüente da infância. O hemangioma capilar geralmente apresenta-se como uma mancha ou tumoração violácea bem delimitada. O diagnóstico destas lesões é clínico. O hemangioma gigante é rara e extensa variação do hemangioma capilar, que geralmente ocorre em recém-nascidos e lactentes. Várias são as modalidades terapêuticas, como a injeção intralesional de corticóide, laserterapia, injeção intralesional de soluções (mais) esclerosantes, corticoterapia sistêmica, cirurgia, radioterapia e embolização. Novas modalidades terapêuticas têm sido desenvolvidas, com o objetivo de se obter melhores resultados e possibilitar o tratamento de lesões de difícil acesso cirúrgico e refratárias às modalidades terapêuticas utilizadas rotineiramente. Os melhores resultados tem sido obtidos com o interferon alfa. Este é um caso de uma paciente com três meses de idade, que apresentava desde o nascimento, tumoração arroxeada e amolecida em pálpebra superior do olho direito, lesões cutâneas planas e arroxeadas em região temporal e parietal direita. Realizada tomografia computadorizada de crânio evidenciando processo expansivo orbitário vascularizado com extensão para fossa média, seio cavernoso e fossa posterior. O tratamento inicial foi a corticoterapia oral durante quarenta dias, com redução progressiva por quatro semanas. Com o quadro praticamente inalterado, foi iniciado o tratamento com interferon alfa, na dose de 3.000.000 U/m², subcutâneo, três vezes por semana. Após 9 meses de tratamento, observa-se apenas uma pequena lesão orbitária residual. Neste caso, o interferon alfa apresentou-se como boa opção no tratamento do hemangioma gigante craniofacial. Resumo em inglês Hemangiomas are the most commom benign tumors of infancy. Capillary hemangioma generally is presented as a spot or well-defined purple lesion. The diagnosis of these tumors is based on physical examination. Giant hemangioma is a rare and extensive variation of capillary hemangioma, that generally occurs in newborns and suckling infants. There are several therapeutical modalities, as the intralesional injection of steroids, laser therapy, intralesional injection of scleros (mais) ing solutions, surgery, radiotherapy and embolization. New therapeutical modalities have been developed, with the objective of getting better results and to make possible the treatment of the lesions of difficult surgical access or refractory cases to the used therapeutical modalities. The best results have been observed with interferon-alpha. This is a case of a patient with three months of age, that presented since birth, a purplish tumor in the superior eyelid of the right eye, plain and purplish cutaneous lesions in the temporal and parietal right region. On computed tomography of the skull, an orbital expansive vascularized process with intracranial extension could be observed. Systemic therapy with steroids was the initial treatment, during forty days, with gradual reduction for four weeks. With the practically unchanged clinical findings, the treatment with interferon-alpha was indicated, in the dose of subcutaneous 3.000.000 U/m², three times a week. After 9 months of treatment, a small residual orbital lesion was observed. In this case, interferon-alpha is presented as a good option for the treatment of craniofacial giant hemangioma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Diferenciação entre cisto simples e hemangioma hepático utilizando seqüência de ressonância magnética ponderada em T2 com técnica gradiente-eco (B-FFE)/ Differentiation between simple cyst and hepatic hemangioma utilizing T2-weighted magnetic resonance imaging with gradient-echo (b-FFE) technique

Burim, Carolina Valente; Pecci Neto, Luiz; Torlai, Fabiola Goda; Tiferes, Dario Ariel; D'Ippolito, Giuseppe
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Estabelecer o valor das seqüências ponderadas em T2 para diferenciar cistos simples de hemangiomas hepáticos. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo prospectivo, observacional, transversal e duplo-cego em 52 pacientes com 91 lesões hepáticas (34 cistos simples e 57 hemangiomas) submetidos a ressonância magnética de abdome. A análise conjunta de todas as seqüências realizadas foi considerada o padrão-ouro. Dois observadores independentes avaliaram, subjetivament (mais) e, as seqüências TSE com TE longo e B-FFE, procurando diferenciar cistos de hemangiomas. Foram calculadas a eficácia das seqüências e a concordância interobservador e intra-observador por meio do teste kappa (κ) (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To establish the role of MRI T2-weighted sequences in the differentiation between simple cysts and hepatic hemangiomas. MATERIALS AND METHODS: A double-blinded, prospective, observational, cross-sectional study evaluated 52 patients with 91 hepatic lesions (34 simple cysts and 57 hemangiomas) submitted to abdominal magnetic resonance imaging. The combined analysis of all sequences was considered as the golden-standard. TSE sequences with long echo trains and b- (mais) FFE sequences were subjectively analyzed by two independent observers for differentiating cysts from hemangiomas. The kappa test (κ) was utilized in the analysis of the methods accuracy and inter- and intra-observer agreement (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)