Sample records for heart failure
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Insuficiência cardíaca de alto débito devida a fístula coronária/ High output heart failure due to a coronary fistula

Petrucci Jr, Orlando; Oliveira, Pedro Paulo M. de; Leme Jr, Cid de Abreu; Coelho, Otávio Rizzi; Schellini, Fernando A. Barca; Nogueira, Eduardo Arantes; Vieira, Reinaldo W.; Braile, Domingo Marcolino
1998-01-01

Resumo em português Em mulher de 45 anos, apresentando quadro de insuficiência cardíaca classe funcional III e dor torácica atípica, foi evidenciada dilatação importante da coronária direita e sua drenagem para o átrio direito, demonstrada na ecocardiografia transtorácica e confirmada pela angiografia coronária. A paciente foi submetida a cirurgia, encontrando-se um ramo único desembocando no átrio direito, que foi ligado. Sua evolução pós-operatória foi boa estando, há três anos, livre de qualquer sintomatologia. Resumo em inglês A 45 year-old woman complaining of heart failure symptoms (New York Heart Association -class III) and a non typical thoracic pain was submitted to a transthoracic echocardiogram which showed a very dilated coronary artery and a fistula to the right atrium. The angiograms confirmed the same findings. She underwent open heart surgery which confirmed the diagnosis. Fistula ligation was then undertaken. She remains symptom-free three years after the operation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Insuficiência cardíaca com fração de ejeção normal/ Heart failure with normal ejection fraction/ Insuficiencia cardíaca con fracción de eyección normal

Roscani, Meliza Goi; Matsubara, Luiz Shiguero; Matsubara, Beatriz Bojikian
2010-05-01

Resumo em português A insuficiência cardíaca com fração de ejeção normal (ICFEN) é uma síndrome complexa que vem sendo largamente estudada, desde a última década. É causada por disfunção ventricular diastólica evidenciada por métodos complementares, como estudo hemodinâmico ou ecocardiograma, na presença de fração de ejeção preservada. Acomete preferencialmente indivíduos mais idosos e com comorbidades, como hipertensão arterial sistêmica, insuficiência coronariana e (mais) obesidade. Os mecanismos fisiopatológicos são complexos e multifatoriais, envolvendo a rigidez passiva do miocárdio, a geometria ventricular, a força de contenção do pericárdio e a interação entre os ventrículos. Os objetivos principais do tratamento são reduzir a congestão venosa pulmonar, a frequência cardíaca e controlar as comorbidades. Ainda não há evidências fortes de que o uso de medicações específicas, como inibidores de enzima de conversão ou betabloqueadores, interfiram na mortalidade. Os fatores de pior prognóstico incluem a idade avançada, presença de disfunção renal, diabete, classe funcional III e IV (NYHA) e estágio avançado de disfunção diastólica, com padrão restritivo ao enchimento ventricular. Outro aspecto que vem ganhando espaço na literatura é o questionamento do papel da disfunção sistólica nos quadros de ICFEN. Todos esses aspectos são abordados detalhadamente na presente revisão. Resumo em espanhol La insuficiencia cardíaca con fracción de eyección normal (ICFEN) es un síndrome complejo que viene siendo ampliamente estudiado desde la última década. Es causado por disfunción ventricular diastólica manifestada por métodos complementarios como estudio hemodinámico o ecocardiograma, en presencia de fracción de eyección preservada. Afecta preferentemente a individuos más añosos y con comorbilidades, como hipertensión arterial sistémica, insuficiencia coro (mais) naria y obesidad. Los mecanismos fisiopatológicos son complejos y multifactoriales, involucrando la rigidez pasiva del miocardio, la geometría ventricular, la fuerza de contención pericárdica y la interacción entre los ventrículos. Los objetivos principales del tratamiento son reducir la congestión venosa pulmonar, la frecuencia cardíaca y controlar las comorbilidades. Todavía no hay evidencias de que el uso de medicaciones específicas, como inhibidores de la enzima de conversión o betabloqueadores, interfieran en la mortalidad. Los factores de peor pronóstico incluyen la edad avanzada, presencia de disfunción renal, diabetes, clase funcional III y IV (NYHA) y estado avanzado de disfunción diastólica, con patrón restrictivo al llenado ventricular. Otro aspecto viene cobrando espacio en la bibliografía es el cuestionamiento del papel de la disfunción sistólica en los cuadros de ICFEN. Todos estos aspectos se abordan detalladamente en la presente revisión. Resumo em inglês Heart failure with normal ejection fraction (HFNEF) is a complex syndrome that has been broadly studied since the last decade. It is caused by diastolic ventricular dysfunction demonstrated by complementary methods, such as hemodynamic study or echocardiogram, in the presence of a normal ejection fraction (EF). It affects primarily elderly individuals with comorbidities, such as systemic arterial hypertension, coronary failure and obesity. The physiopathological mechanism (mais) s are complex and multifactorial, involving the myocardial passive stiffness, the ventricular geometry, the pericardial restraint and the interaction between the ventricles. The main objectives of the treatment were to decrease the pulmonary venous congestion and the heart rate and control the comorbidities. There is no strong evidence that the use of specific medications, such as the angiotensin-converting enzyme inhibitors or beta-blockers can influence mortality. The poorer prognostic factors include advanced age, presence of kidney dysfunction, diabetes, functional class III and IV (NYHA) and advanced-stage diastolic dysfunction, with a restrictive pattern of ventricular filling. Another aspect that has been increasingly cited in the literature is the analysis of the role of the systolic function in HFNEF cases. All these aspects are analyzed in detail in the present review.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Insuficiência respiratória persistente secundária a insuficiência cardíaca diastólica/ Persistent respiratory insufficiency secondary to diastolic heart failure

Lima Neto, José Acylino de; Benchimol, Claudio Buarque; Lima, Ricardo Segadas Acylino de
2004-02-01

Resumo em português Foram estudados 2 pacientes de 85 anos de idade com diagnóstico de insuficiência cardíaca diastólica e insuficiência respiratória persistente, caracterizada por distúrbio ventilatório obstrutivo grave e alterações das trocas gasosas. A possibilidade de que esse comprometimento respiratório decorresse de doença pulmonar primária foi excluída. Sinais radiológicos de edema pulmonar leve foram observados em um dos doentes nos 4 anos anteriores à primeira inter (mais) nação. O quadro respiratório foi atribuído a lesões pulmonares condicionadas à presença de edema pulmonar crônico. A incidência da doença em pacientes muito idosos pode dar origem a uma enfermidade que poderia ser denominada doença pulmonar congestiva. Resumo em inglês This study assessed two 85-year-old patients diagnosed with diastolic heart failure and persistent respiratory insufficiency characterized by severe obstructive ventilatory disorder and gas exchange alterations. The possibility that the respiratory impairment was consequent to primary pulmonary disease was excluded. Radiological signs of mild pulmonary edema had been observed in 1 of the patients during the 4 years preceding the first hospitalization. The respiratory find (mais) ings were attributed to pulmonary lesions conditioned to the presence of chronic pulmonary edema. The incidence of the disease in very elderly patients may create an illness that can be called congestive pulmonary disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Insuficiência cardíaca grave em unidade de terapia intensiva: existe um índice prognóstico ideal?/ Severe heart failure at intensive therapy unit: is there an ideal prognostic index?

Terzi, Cristina Bueno; Lage, Silvia G.; Dragosavac, Desanka; Terzi, Renato G. G.
2006-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a aplicabilidade de três índices prognósticos - APACHE II, SAPS II e Unicamp II, em um subgrupo de pacientes críticos, portadores de insuficiência cardíaca (IC). MÉTODOS: Foram estudados 90 pacientes, sendo 12 do sexo feminino e 78, do sexo masculino, com idade média de 56 (18-83) anos. Os pacientes encontravam-se em classe funcional IV (NYHA) ou choque cardiogênico secundário às cardiomiopatias: dilatada (44%), chagásica (25,5%), isquêmica (mais) (18%), hipertensiva (1,1%), hipertrófica (1,1%), alcoólica (1,1%), e secundário às valvopatias já submetidas à correção cirúrgica (7,7%). Para descrever o perfil da amostra, segundo as diversas variáveis em estudo, foram feitas tabelas de freqüência das variáveis categóricas e estatísticas descritivas das variáveis contínuas. Para analisar a relação entre os valores dos índices prognósticos e a evolução para o óbito, foi realizada a análise da curva ROC, calculadas as estatísticas de bondade do ajuste de Hosmer e Lemeshow, assim como a SMR (Standardized Mortality Ratio). RESULTADOS: A análise estatística mostrou baixa sensibilidade, especificidade e acurácia dos três índices prognósticos para os pacientes com IC, tendo sido subestimada a mortalidade nesse grupo. Na IC refratária, a ocorrência de tromboembolismo pulmonar (TEP) foi um fator importante em relação à mortalidade. CONCLUSÃO: Os três índices prognósticos estudados não foram adequados para avaliação dos cardiopatas internados na Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Nos pacientes com IC, o fator TEP foi importante para a descompensação aguda da IC e para a alta mortalidade do grupo. Índices prognósticos para cardiopatas com IC refratária deverão ser propostos, e a discussão sobre anticoagulação nestes pacientes deve ser ampliada. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the applicability of three prognostic indexes - APACHE II, SAPS II and UNICAMP II - in a subgroup of critical heart failure (HF) patients. METHODS: Ninety patients were studied, being 12 females and 78 males. Mean age was 56 (18-83). Patients were ranked in functional class IV (NYHA) or cardiogenic shock secondary to cardiomyopathies: dilated (44%), chagasic (25.5%), ischemic (18%), hypertensive (1.1%), hypertrophic (1.1%), alcoholic (1.1%), and secon (mais) dary to valvopathies after surgical correction (7.7%). Tables with frequency of categorical variables and descriptive statistics of continuous variables were created in order to describe sample profile for the different variables under study. In order to analyze the relationship between prognostic indexes levels and course towards death, an analysis of the ROC curve, as well as Hosmer and Lemeshow Test of Goodness of Fit calculated, and Standardized Mortality Ratio (SMR) were carried out. RESULTS: The statistical analysis showed low sensitivity, specificity, and accuracy of the three prognostic indexes for HF patients. Mortality was underestimated in this group. Pulmonary thromboembolism (PTE) was a major factor of mortality rate in severe HF. CONCLUSION: The three prognostic indexes under study did not prove to be appropriate for the assessment of cardiopathy patients at Intensive Care Unit (ICU). For HF patients, PTE played a major role in mortality of heart failure. Specific prognostic indexes for cardiopathy patients with severe HF should be proposed, and the discussion on anticoagulation on those patients should be expanded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada e com disfunção sistólica na comunidade/ Heart failure with preserved ejection fraction and systolic dysfunction in the community

Moutinho, Marco Aurélio Esposito; Colucci, Flávio Augusto; Alcoforado, Veronica; Tavares, Leandro Reis; Rachid, Mauricio Bastos Freitas; Rosa, Maria Luisa Garcia; Ribeiro, Mário Luiz; Abdalah, Rosemery; Garcia, Juliana Lago; Mesquita, Evandro Tinoco
2008-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Em países desenvolvidos, a insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada (ICFEP) é o modelo mais prevalente que a insuficiência cardíaca com disfunção sistólica (ICDS) na comunidade. No entanto, não está plenamente estabelecido se tal fato também é observado na nossa comunidade. OBJETIVO: Determinar o tipo mais prevalente de insuficiência cardíaca (ICFEP ou ICDS) e se a prevalência de ICFEP é elevada na comunidade. MÉTODOS: Estud (mais) o transversal de pacientes atendidos na comunidade com diagnóstico clínico de IC, de janeiro a dezembro de 2005. O ecodopplercardiograma foi realizado em todos os pacientes. O tipo de IC foi estratificado pela presença de anormalidades e pela fração de encurtamento ao ecodopplercardiograma. RESULTADOS: O estudo avaliou 170 pacientes (61,0±13,3 anos), a maioria mulheres e idosos. A ICFEP foi o tipo de IC mais prevalente (64,2%, p Resumo em inglês BACKGROUND: In developed countries, heart failure with preserved ejection fraction (HFpEF) is more prevalent than heart failure with reduced ejection fraction (HFrEF) in the community. However, it has not been completely established if this fact is also observed within our community. OBJECTIVE: To determine the most prevalent form of heart failure (HFpEF or HFrEF) and whether the prevalence of HFpEF is higher in the community. METHODS: This is a cross-sectional study cond (mais) ucted with patients clinically diagnosed with HF who were seen in community-based health care centers from January to December 2005. Echodopplercardiograms were performed for all patients. The form of HF was stratified according to the presence of abnormalities and the shortening fraction observed on the echodopplercardiogram. RESULTS: The study evaluated 170 patients (61.0 ± 13.3 years of age), most of them women and elderly. HFpEF was the more prevalent form of HF (64.2%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Insuficiência cardíaca descompensada na unidade de emergência de hospital especializado em cardiologia/ Decompensated heart failure in the emergency department of a cardiology hospital

Mangini, Sandrigo; Silveira, Fábio Serra; Silva, Christiano Pereira; Grativvol, Petherson Suzano; Seguro, Luís Fernando Bernal da Costa; Ferreira, Sílvia Moreira Ayub; Mocelin, Amílcar Oshiro; Cardoso, Luiz Francisco; Bacal, Fernando; Bocchi, Edimar Alcides
2008-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Estudos nacionais em insuficiência cardíaca descompensada (ICD) são fundamentais para o entendimento dessa afecção em nosso meio. OBJETIVO: Determinar as características dos pacientes com ICD em uma unidade de emergência. MÉTODOS: Examinamos prospectivamente 212 pacientes com o diagnóstico de insuficiência cardíaca descompensada, os quais foram admitidos em uma unidade de emergência (UE) de hospital especializado em cardiologia. Estudaram-se variá (mais) veis clínicas, apresentação e causas de descompensação. Em 100 pacientes, foram analisados exames complementares, prescrição de drogas vasoativas, tempo de internação e letalidade. RESULTADOS: Entre os pesquisados houve predomínio de homens (56%) e a etiologia isquêmica foi a mais freqüente (29,7%), apesar da elevada freqüência de valvares (15%) e chagásicos (14,7%). A forma de apresentação e a causa de descompensação mais comuns foram, respectivamente, congestão (80,7%) e má adesão/medicação inadequada (43,4%). Na subanálise dos 100 pacientes, a disfunção sistólica foi a mais freqüente (55%), uso de drogas vasoativas ocorreu em 20% e a letalidade foi de 10%. Análise comparativa entre os pacientes que receberam alta e faleceram durante a internação ratificou alguns critérios de mau prognóstico: pressão arterial sistólica reduzida, baixo débito associado à congestão, necessidade de droga vasoativa, fração de ejeção do ventrículo esquerdo reduzida, diâmetro diastólico do ventrículo esquerdo (DDVE) aumentado e hiponatremia. CONCLUSÃO: Este trabalho apresenta dados sobre o perfil da população com insuficiência cardíaca descompensada atendida na unidade de emergência de um hospital especializado em cardiologia da região sudeste do Brasil. Na avaliação inicial destes pacientes dados clínico-hemodinâmicos e de exames complementares fornecem subsídios para estratificação de risco, auxiliando na decisão de internação e estratégias terapêuticas mais avançadas. Resumo em inglês BACKGROUND: National studies on decompensated heart failure (DHF) are key to the understanding of this condition in our midst. OBJECTIVE: To determine the characteristics of DHF patients in an emergency department. METHODS: A total of 212 patients diagnosed with decompensated heart failure who had been admitted to an emergency department (EU) of a cardiology hospital were prospectively evaluated. Clinical variables, form of presentation and causes of decompensation were s (mais) tudied. In 100 patients, ancillary tests, prescription of vasoactive drugs, length of hospital stay and mortality were also analyzed. RESULTS: There was a predominance of the male gender (56%) and the most frequent etiology was ischemia (29,7%) despite high frequency of valvular (15%) and chagasic (14,7%) etiologies. The most common form of presentation and cause of decompensation were congestion (80.7%) and poor compliance/inadequate medication (43.4%), respectively. In the subanalysis of the 100 patients, systolic dysfunction was the most common cause of decompensation (55%); use of vasoactive drugs occurred in 20%, and mortality was 10%. The comparative analysis between the patients who were discharged and those who died during hospitalization confirmed some criteria of poor prognosis: reduced systolic blood pressure, low cardiac output associated with congestion, need for vasoactive drugs, reduced left ventricular ejection fraction, increased left ventricular diastolic diameter (LVDD) and hyponatremia. CONCLUSION: This study presents information about the profile of decompensated heart failure patients attended on the emergency unit of a brazilian southeast cardiology hospital. Clinical, hemodynamical and ancillary data may provide information for risk assessment in the initial evaluation helping the decision on hospitalization and advanced strategic therapies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Insuficiência Cardíaca: antiga síndrome, novos conceitos e a atuação do enfermeiro/ Heart Failure: old symdrome, new concepts and nurse's role/ Insuficiencia Cardiaca: viejo síndrome, nuevos conceptos y la práctica de la enfermera

Ferreira, Maria Carolina Salmora; Gallani, Maria Cecília Bueno Jayme
2005-02-01

Resumo em português Atualmente, a Insuficiência Cardíaca (IC) é causa de preocupação crescente em todo o mundo, frente a sua prevalência e incidência progressivas e sua repercussão socio-econômica, apontando para a necessidade de revisão do conceito da síndrome e de adoção de medidas para redução dos seus custos econômicos e sociais. Este artigo tem como finalidade contextualizar os avanços na compreensão da fisiopatologia e do tratamento da IC e a atuação de Enfermagem junto aos pacientes portadores desta síndrome. Resumo em espanhol Actualmente, la Insuficiencia Cardíaca (IC) es causa de preocupación creciente en todo el mundo, en vista de su prevalecimiento e incidencias progresivas y su repercusión socioeconómica, indicando la necesidad de revisión del concepto del síndrome y de la adopción de medidas para la reducción de sus costos económicos y sociales. Este artículo tiene como finalidad puntualizar los adelantos del entendimiento de la fisiopatología y del tratamiento de la IC, y la actuación de la enfermería con los pacientes portadores de este síndrome. Resumo em inglês Congestive Heart Failure (CHF) has been cause of increasing concern in the world, face its progressive prevalence and incidence and its social and economic repercussion, pointing to the need of revision of the syndrome concept and adoption of measures to reduce its economical and social costs. The objective of this study is to contextualize the comprehension of the physiopathology and the treatment of CHF and the nursing interventions to patients with this syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Insuficiência cardíaca refratária em um paciente portador de miocárdio não compactado/ Refractory heart failure in a patient with non-compacted myocardium/ Insuficiencia cardiaca refractaria en un paciente portador de miocardio no compactado

Villacorta, Humberto; Sampaio, Jacqueline Miranda; Santos, Fernanda Beatriz Amador Dos; Carrera, Valdo; Pereira, Carlos Cleverson; Mesquita, Evandro Tinoco
2009-12-01

Resumo em português A não compactação do miocárdio caracteriza-se por excessiva trabeculação e recessos dos ventrículos (usualmente o ventrículo esquerdo), devido à interrupção do processo de compactação das fibras miocárdicas durante a fase embriogênica. Essa anormalidade cursa frequentemente com insuficiência cardíaca, fenômenos tromboembólicos e arritmias cardíacas, conferindo mau prognóstico. Neste artigo descrevemos um caso de um rapaz de 26 anos com insuficiência (mais) cardíaca refratária devido a não compactação isolada do miocárdio ventricular esquerdo, que necessitou de transplante cardíaco. Resumo em espanhol La no compactación del miocardio está caracterizada por excesiva trabeculación y recesos de los ventrículos (usualmente el ventrículo izquierdo), debido a la interrupción del proceso de compactación de las fibras miocárdicas durante la fase embriogénica. Esta anormalidad cursa frecuentemente con insuficiencia cardiaca, fenómenos tromboembólicos y arritmias cardiacas, presentando un mal pronóstico. En este artículo describimos un caso de un rapaz de 26 años c (mais) on insuficiencia cardiaca refractaria debido a no compactación aislada del miocardio ventricular izquierdo, que necesitó transplante cardiaco. Resumo em inglês The non-compacted myocardium is characterized by excessive trabeculation and ventricular recesses (usually of the left ventricle) due to the interruption of the myocardial fiber compaction during embryogenesis. This abnormality usually courses with heart failure, thromboembolic phenomena and cardiac arrhythmia, predicting a bad prognosis. We report the case of a 26-year-old male individual with refractory heart failure due to isolated left ventricular non-compacted myocardium that needed a heart transplant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Insuficiência cardíaca com fração de ejeção normal: novos critérios diagnósticos e avanços fisiopatológicos/ Heart failure with normal ejection fraction: new diagnostic criteria and pathophysiological advances/ Insuficiencia cardiaca con fracción de eyección normal: nuevos criterios diagnósticos y avances fisiopatológicos

Mesquita, Evandro Tinoco; Jorge, Antonio José Lagoeiro
2009-08-01

Resumo em português A insuficiência cardíaca (IC) é uma complexa síndrome cardiovascular com elevada prevalência, sendo que seu quadro clínico frequentemente é associado à dilatação do ventrículo, à diminuição da contratilidade e à reduzida fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FE). Porém, nas últimas duas décadas, estudos têm mostrado que muitos pacientes com sintomas e sinais de IC apresentam FE normal (maior que 50%). A grande dificuldade dos médicos estaria na (mais) identificação desses pacientes que apresentam insuficiência cardíaca com fração de ejeção normal (ICFEN). Esta dificuldade parece estar relacionada principalmente a alta complexidade da síndrome e a falta de um método padrão para confirmar ou excluir o diagnóstico, que pudesse ser utilizado rotineiramente na prática clínica. Diferentemente da insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida (ICFER), em que um único parâmetro - a FE menor que 50% - confirma o diagnóstico da síndrome, na ICFEN diferentes índices diastólicos têm sido empregados para caracterizar a presença ou não da disfunção diastólica (DD). Esta revisão tem o propósito de mostrar novos conceitos relacionados à função diastólica que irão auxiliar no entendimento da fisiopatologia cardiovascular presente na ICFEN. O presente trabalho tem também o objetivo de discutir a nova diretriz da Sociedade Européia de Cardiologia para o diagnóstico e exclusão da ICFEN, baseada nos índices de função cardíaca obtidos pelo ecocardiograma com Doppler tecidual (EDT) e na dosagem do peptídeo natriurético. Resumo em espanhol La insuficiencia cardiaca (IC) es un complejo síndrome cardiovascular con elevada prevalencia, y su cuadro clínico se asocia frecuentemente a la dilatación del ventrículo, la disminución de la contractilidad y la reducida fracción de eyección del ventrículo izquierdo (FE). Sin embargo, en las últimas dos décadas, estudios han evidenciado que muchos pacientes con síntomas y señales de IC presentan FE normal (mayor que el 50%). La gran dificultad de los médic (mais) os estaría en la identificación de esos pacientes que presentan insuficiencia cardiaca con fracción de eyección normal (ICFEN). Esta dificultad parece estar relacionada principalmente a alta complejidad del síndrome y la falta de un método estándar para que se confirme o excluya el diagnóstico que pudiera utilizarse rutinariamente en la práctica clínica. Diferentemente de la insuficiencia cardiaca con fracción de eyección reducida (ICFER), en la que un único parámetro - la FE menor que el 50%- confirma el diagnóstico del síndrome, en la ICFEN diferentes índices diastólicos se han empleado para que se caracterice la presencia o no de la disfunción diastólica (DD). Esta revisión tiene el propósito de revelar nuevos conceptos relacionados a la función diastólica que auxiliarán la comprensión de la fisiopatología cardiovascular presente en la ICFEN. El presente trabajo tiene también por objeto que se discuta la nueva directriz de la Sociedad Europea de Cardiología para el diagnóstico y exclusión de la ICFEN, basada en los índices de función cardiaca obtenidos por el ecocardiograma con Doppler tisular (EDT) y en la dosificación del péptido natriurético. Resumo em inglês Heart failure (HF) is a highly prevalent complex cardiovascular syndrome, and its clinical presentation is usually associated with ventricular dilatation, decreased contractility and reduced left ventricular ejection fraction (EF). However, in the past two decades studies have demonstrated that many patients with signs and symptoms of HF have normal EF (higher than 50%). The great challenge for doctors lies in the identification of patients presenting heart failure with n (mais) ormal ejection fraction (HFNEF) and this challenge seems to be mainly related to the high complexity of the syndrome and to the lack of a standardized method to confirm or exclude the diagnosis that could be used in the daily clinical practice. Unlike in heart failure with reduced ejection fraction (HFREF) in which one single parameter - EF lower than 50%, is sufficient to confirm the diagnosis of the syndrome, in HFNEF different diastolic indexes have been used to characterize the presence or absence of diastolic dysfunction (DD). The purpose of this review is to show new concepts related to the diastolic function that will help understand the cardiovascular pathophysiology of HFNEF, and to discuss the new guideline of the European Society of Cardiology for the diagnosis and exclusion of HFNEF based on cardiac function indices obtained using tissue Doppler imaging (TDI) and natriuretic peptide determination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Caso 01/2006: insuficiência cardíaca progressiva em homem de 44 anos de idade/ Case 01/2006: progressive heart failure in a 44-year old man

Santos, Tiago Senra Garcia dos; Macedo, Ariane Vieira Scarlatelli; Moffa, Paulo J; Giorgi, Maria Clementina; Demarchi, Léa Maria Macruz Ferreira; Castelli, Jussara Bianchi
2006-02-01

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Tratamento da insuficiência cardíaca com fração de ejeção normal/ Treatment of heart failure with normal ejection fraction

Mesquita, Evandro Tinoco; Jorge, Antonio José Lagoeiro
2010-03-01

Resumo em português Diferente da insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida (ICFER), que grandes estudos têm comprovado a eficácia de medicamentos em melhorar a morbidade e mortalidade, nenhum estudo de tratamento mostrou resultados definitivos em pacientes com insuficiência cardíaca com fração de ejeção normal (ICFEN). A ICFEN é mais prevalente em mulheres e idosos, estando associada a múltiplas comorbidades. Apesar do ótimo tratamento não ter sido ainda definido (mais) , o controle da hipertensão arterial e a redução da sobrecarga liquida são medidas importantes no controle da síndrome. No Brasil, as recomendações no tratamento da IC estão baseadas na Revisão das II Diretrizes da Sociedade Brasileira de Cardiologia para o diagnóstico e tratamento da Insuficiência Cardíaca 2002. Porém, nenhuma das recomendações é especifica para pacientes com ICFEN, já que estão embasadas em medidas gerais propostas por especialistas. Esta revisão objetiva mostrar as evidências científicas provenientes de recentes ensaios clínicos na ICFEN e as perspectivas para o futuro em termo de novos medicamentos. Resumo em inglês Different from heart failure with reduced ejection fraction (HFREF), for which large studies have demonstrated the effectiveness of drug treatment to improve morbidity and mortality, no treatment study has shown definitive results in patients with heart failure with normal ejection fraction (HFNEF). HFNEF is more prevalent in women and the elderly and it is associated with multiple comorbidities. Although the optimum treatment has yet to be defined, the control of arteria (mais) l hypertension and decreased fluid overload are important measures to control the syndrome. In Brazil, the recommendations for the treatment of HF are based on the Review of the II Directives of the Brazilian Society of Cardiology for the diagnosis and treatment of Heart Failure - 2002. However, none of the recommendations is specific for patients with HFNEF, as they are based on general measures proposed by specialists. This review aims at demonstrating the scientific evidence from recent clinical trials in HFNEF and future perspectives in terms of new medications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Prevalência de anemia e insuficiência renal em portadores de insuficiência cardíaca não-hospitalizados/ Prevalence of anemia and renal insufficiency in non-hospitalized patients with heart failure/ Prevalencia de anemia e insuficiencia renal en portadores de insuficiencia cardiaca no hospitalizados

Reis, Francisco José Farias Borges dos; Fernandes, André Maurício Souza; Bitencourt, Almir Galvão Vieira; Neves, Flávia Branco Cerqueira Serra; Kuwano, André Yoichi; França, Victor Hugo Pinheiro; Macedo, Cristiano Ricardo Bastos de; Cruz, Cristiano Gonçalves da; Sahade, Viviane; Aras Júnior, Roque
2009-09-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: Insuficiência cardíaca (IC) é uma doença comum com alta taxa de mortalidade. Anemia e insuficiência renal (IR) são frequentemente encontradas em portadores de IC associadas com maior gravidade da doença cardíaca e pior prognóstico. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de anemia e insuficiência renal, bem como a associação entre esses dois quadros, em portadores de IC não hospitalizados. MÉTODOS: Foram observados pacientes acompanhandos na clínica d (mais) e IC de um hospital universitário de julho de 2003 a novembro de 2006. Anemia foi definida como níveis de hemoglobina abaixo de 13 mg/dl para homens e de 12 mg/dl para mulheres. A função renal foi avaliada por meio da taxa de filtração glomerular (TFG), calculada pela fórmula simplificada do estudo MDRD (Modification of Diet in Renal Disease). RESULTADOS: Dos trezentos e quarenta e cinco pacientes incluídos neste estudo, 26,4% (n = 91) tinham anemia e 29,6% tinham insuficiência renal moderada a grave (TFG Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La insuficiencia cardiaca (IC) es una enfermedad común con alta tasa de mortalidad. La anemia y la insuficiencia renal (IR), encontradas frecuentemente en portadores de IC, son asociadas a mayor severidad de la enfermedad cardiaca y peor pronóstico. OBJETIVO: Evaluar la prevalencia de anemia e insuficiencia renal, así como la asociación entre esos dos cuadros, en portadores de IC no hospitalizados. MÉTODOS: Se observaron a pacientes seguidos en la clínic (mais) a de IC de un hospital universitario de julio de 2003 a noviembre de 2006. Se definió la anemia como niveles de hemoglobina abajo de 13 mg/dl para varones y de 12 mg/dl para mujeres. La función renal se evaluó por medio de la tasa de filtración glomerular (TFG), calculada por la fórmula simplificada del estudio MDRD (Modification of Diet in Renal Disease). RESULTADOS: Teniendo en cuenta los trescientos y cuarenta y cinco pacientes incluidos en este estudio, el 26,4% (n = 91) tenía anemia y el 29,6% presentaba insuficiencia renal de moderada a severa (TFG Resumo em inglês BACKGROUND: Heart Failure (HF) is a common disease with a high rate of mortality. Anemia and renal failure (RF) are often found in patients with HF associated with higher severity of the heart disease and a worse prognosis. OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of anemia and RF, as well as the association between these two conditions, in non-hospitalized patients with HF. METHODS: Patients treated at the HF Outpatient Clinic of a university hospital were followed from Jul (mais) y 2003 to November 2006. Anemia was defined as hemoglobin levels

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Os efeitos da trimetazidina na variabilidade da frequência cardíaca (VFC) em pacientes com insuficiência cardíaca/ The effects of trimetazidine on heart rate variability in patients with heart failure/ Los efectos de la trimetazidina en la variabilidad de la frecuencia cardíaca (VFC) en pacientes con insuficiencia cardíaca

Gunes, Yilmaz; Guntekin, Unal; Tuncer, Mustafa; Sahin, Musa
2009-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Tem sido demonstrado que diminuições na variabilidade da frequência cardíaca (VFC) estão relacionadas com o prognóstico na insuficiência cardíaca (IC). A administração crônica de trimetazidina, além da terapia convencional, tem melhorado a classe funcional e a função ventricular esquerda de pacientes com IC. OBJETIVO: Avaliar os efeitos da trimetazidina na VFC em pacientes com IC de origem isquêmica, recebendo tratamento otimizado. MÉTODOS: Tri (mais) metazidina 20 mg 3 vezes/dia foi adicionada à terapia de 30 pacientes com IC tratados com inibidores da enzima conversora de angiotensinogênio ou bloqueadores do receptor da angiotensina, carvedilol, espironolactona, digital e furosemida. A etiologia da IC era doença arterial coronariana em todos os pacientes. Os pacientes foram avaliados através de ecocardiografia e análise da VFC de 24-horas antes e 3 meses depois da adição de trimetazidina. RESULTADOS: A fração de ejeção ventricular esquerda (FEVE) média aumentou significantemente após a adição da trimetazidina (33,5±5,1% para 42,5±5,8%, p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Se ha demostrado que disminuciones en la variabilidad de la frecuencia cardíaca (VFC) están relacionadas con el pronóstico en la insuficiencia cardíaca (IC). La administración crónica de trimetazidina, además de la terapia convencional, ha mejorado la clase funcional y la función ventricular izquierda de pacientes con IC. OBJETIVO: Evaluar los efectos de la trimetazidina en la VFC en pacientes con IC de origen isquémico, recibiendo tratamiento optimiz (mais) ado. MÉTODOS: Se agregó trimetazidina 20 mg 3 veces/día a la terapia de 30 pacientes con IC tratados con inhibidores de la enzima conversora de angiotensinógeno o bloqueadores del receptor de la angiotensina, carvedilol, espironolactona, digital y furosemida. La etiología de la IC era enfermedad arterial coronaria en todos los pacientes. Los pacientes fueron evaluados mediante ecocardiografía y análisis de la VFC de 24-horas antes y 3 meses después de la adición de trimetazidina. RESULTADOS: La fracción de eyección ventricular izquierda (FEVI) media aumentó significativamente después de la adición de la trimetazidina (33,5±5,1% para 42,5±5,8%, p Resumo em inglês BACKGROUND: Reduced measures of heart rate variability (HRV) have been shown to be related with prognosis in heart failure. Chronic administration of trimetazidine in addition to the conventional therapy has been shown to improve functional class and left ventricular functions of heart failure patients. OBJECTIVE: To assess the effects of trimetazidine on HRV in optimally treated patients with heart failure of ischemic origin. METHODS: Trimetazidine 20 mg three times/day (mais) was added to therapy of 30 patients with heart failure being treated with angiotensinogen converting enzyme inhibitors or angiotensin receptor blockers, carvedilol, spironolactone, digitalis and furosemide. The etiology of heart failure was coronary artery disease in all patients. Patients were evaluated with echocardiography and 24-hour heart rate variability analysis before and 3 months after addition of trimetazidine. RESULTS: Mean left ventricular ejection fraction (LVEF) significantly increased after the addition of trimetazidine (33.5±5.1% to 42.5±5.8%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Comportamento dos quimiorreflexos central e periférico na insuficiência cardíaca/ Behavior of central and peripheral chemoreflexes in heart failure/ Comportamiento de los quimiorreflejos central y periférico en la insuficiencia cardíaca

Guimarães, Guilherme Veiga; Belli, Juliana Fernanda Canhadas; Bacal, Fernando; Bocchi, Edimar Alcides
2011-02-01

Resumo em português A síndrome da insuficiência cardíaca (IC) pode ser definida como via final de qualquer forma de doença cardíaca. Os reflexos cardiovasculares simpatoinibitórios como o reflexo arterial barorreceptor estão significativamente suprimidos na IC. Pacientes com IC apresentam maior ventilação para determinada carga de trabalho quando comparados a indivíduos normais. Esse fato gera baixa eficiência ventilatória e relaciona-se com maior ventilação relativa à produç (mais) ão de gás carbônico, que é um preditor de mau prognóstico, além de ser um fator limitante ao exercício. Há evidências de que o desequilíbrio autonômico contribua para a patogênese e a progressão da insuficiência cardíaca. Os quimiorreflexos são os principais mecanismos de controle e regulação das respostas ventilatórias às mudanças de concentração do oxigênio e gás carbônico arterial. A ativação do quimiorreflexo causa aumento da atividade simpática, frequência cardíaca, pressão arterial e volume minuto. No entanto, o aumento do volume minuto e da pressão arterial, pelo feedback negativo provocam inibição da resposta simpática à ativação do quimiorreflexo. Apesar das alterações funcionais dos reflexos, seu comportamento em condições normais e patológicas, especialmente sua contribuição para o estado simpatoexcitatório encontrado na IC, não tem sido amplamente estudado. Dessa forma, esta revisão tem por objetivo integrar os conhecimentos a respeito dos quimiorreflexos central e periférico na síndrome da insuficiência cardíaca, bem como esclarecer a influência da terapêutica medicamentosa da insuficiência cardíaca nos quimiorreflexos. Resumo em espanhol El síndrome de insuficiencia cardíaca (IC) puede ser definido como vía final de cualquier forma de enfermedad cardíaca. Los reflejos cardiovasculares simpáticoinhibitorios como el reflejo arterial barorreceptor están significativamente suprimidos en la IC. Pacientes con IC presentan mayor ventilación para determinada carga de trabajo cuando son comparados a individuos normales. Ese hecho genera baja eficiencia ventilatoria y se relaciona con mayor ventilación rela (mais) tiva a la producción de gas carbónico, que es un predictor de mal pronóstico, además de ser un factor limitante del ejercicio. Hay evidencias de que el desequilibrio autonómico contribuya a la patogénesis y la progresión de la insuficiencia cardíaca. Los quimiorreflejos son los principales mecanismos de control y regulación de las respuestas ventilatorias a los cambios de concentración del oxígeno y gas carbónico arterial. La activación del quimiorreflejo causa aumento de la actividad simpática, frecuencia cardíaca, presión arterial y volumen minuto. Mientras tanto, el aumento del volumen minuto y de la presión arterial, por el feedback negativo provocan inhibición de la respuesta simpática a la activación del quimiorreflejo. A pesar de las alteraciones funcionales de los reflejos, su comportamiento en condiciones normales y patológicas, especialmente su contribución al estado simpáticoexcitatorio encontrado en la IC, no ha sido ampliamente estudiado. De esa forma, esta revisión tiene por objetivo integrar los conocimientos respecto a los quimiorreflejos central y periférico en el síndrome de insuficiencia cardíaca, así como aclarar la influencia de la terapéutica medicamentosa de la insuficiencia cardíaca en los quimiorreflejos. Resumo em inglês The heart failure (HF) syndrome can be defined as the final pathway of any type of heart disease. The sympatho-inhibitory cardiovascular reflexes, such as the arterial baroreceptor reflex, are significantly decreased in HF. Patients with HF present higher ventilation for a certain workload when compared with normal individuals. This fact generates low ventilatory efficiency and is related to higher ventilation associated with the carbon dioxide production, which is a pred (mais) ictor of bad prognosis, in addition to being a limiting factor for the practice of exercises. There is evidence that the autonomic imbalance contributes to the pathogenesis and the progression of heart failure. The chemoreflexes are the main mechanisms of control and regulation of the ventilatory responses to the changes in concentrations of arterial oxygen and carbon dioxide. The chemoreflex activation causes an increase in the sympathetic activity, heart rate, arterial pressure and minute volume. However, the increase in the minute volume and the arterial pressure, due to negative feedback, cause inhibition of the sympathetic response at the chemoreflex activation. In spite of the functional alterations of the reflexes, their behavior in normal and pathological conditions, especially their contribution to the sympathoexcitatory state observed in HF has not been broadly studied. Therefore, this review aims at integrating the knowledge on central and peripheral chemoreflexes in HF syndrome, as well as clarifying the influence of the heart failure drug therapy on the chemoreflexes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Existe evidência para tratar insuficiência cardíaca baseada na raça ou etnia?/ Is there evidence to treat heart failure based on race or ethnicity?

Latado, Adriana Lopes; Lopes, Marcelo Barreto; Passos, Luiz Carlos Santana; Lopes, Antonio Alberto
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar se existe evidência que apóie diferentes intervenções para tratar insuficiência cardíaca baseada na raça ou etnia. MÉTODOS: Revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados que permitiram comparar negros e brancos com insuficiência cardíaca sistólica crônica quanto à eficácia de inibidores da enzima conversora da angiotensina (ECA), betabloqueadores e combinação hidralazina/nitrato na redução dos riscos de morte e hospitalizaçã (mais) o. A pesquisa foi baseada em artigos publicados entre 1980 e dezembro de 2006, citados no Medline ou Lilacs. RESULTADOS: Três estudos preencheram os critérios da revisão. No SOLVD, enalapril foi eficaz em reduzir similarmente o risco de morte ou hospitalização em brancos (redução relativa do risco(RRR)=18%) e negros (RRR= 17%). No US Carvedilol, carvediol foi também associado a importante redução do risco de morte ou hospitalização tanto em brancos (RRR=49%) quanto em negros (RRR=43%). No V-HeFT II, enalapril foi superior a hidralazina/nitrato em reduzir o risco de morte apenas em brancos. CONCLUSÃO: De acordo com os dados, inibidores da ECA e betabloqueadores devem ser considerados os medicamentos básicos para melhorar o prognóstico da insuficiência cardíaca tanto em negros quanto em brancos. O estudo A-HeFT não foi incluído na revisão por ser restrito a negros; contudo deve ser visto como evidência que a combinação hidralazina e nitrato é eficaz em melhorar a sobrevida de pacientes com insuficiência cardíaca avançada. Os dados apóiam o desenvolvimento de um ensaio clinico especialmente desenhado para avaliar se a combinação hidralazina/nitrato é também eficaz em pacientes com insuficiência cardíaca avançada não classificados como negros. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess if there is evidence to support different interventions for treatment of heart failure based upon race/ethnicity. METHODS: Systematic review of randomized clinical trials permitted comparisons between blacks and whites with systolic heart failure concerning the efficacy of angiotensin converting enzyme (ACE) inhibitors, beta blockers and a combination of hydralazine/ nitrate to reduce the risks of death and hospitalization. The literature search was b (mais) ased on articles published between 1980 and December 2006 cited in MEDLINE or LILACS. RESULTS: Three studies fulfilled the criteria of the reiew. In SOLVD, enalapril was efficient in reducing the risks of death or hospitalization similarly in whites (relative risk reduction (RRR) =18%) and blacks (RRR=17%). In US Carvedilol, carvediol was also associated with significant reduction in the risk of death or hospitalization both in whites (RRR=49%) and blacks (RRR=43%). In V-HeFT II, enalapril was superior to the combination hydralazine with nitrate in reducing the death risk only in whites. CONCLUSION: According to the data ACE inhibitors and beta blockers should be considered as the essential drugs to improve the prognosis of heart failure both in blacks and whites. The A-HeFT study was not included in the review because it was restricted to blacks; however, it should be viewed as evidence that the combination hydralazine/nitrate is beneficial to improve survival in patients with advanced heart failure. Data support development of a clinical trial especially designed to assess if the combination hydralazine/nitrate is also efficient in patients not classified as blacks, with advanced heart failure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Avaliação de fatores prognósticos da insuficiência cardíaca em pacientes encaminhados para avaliação de transplante cardíaco/ Evaluation of heart failure prognostic factors in patients referred for heart transplantation

Areosa, Cleópatra Medina Noronha; Almeida, Dirceu Rodrigues; Carvalho, Antônio Carlos C. de; Paola, Angelo A. V. de
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar a sobrevida dos pacientes com insuficiência cardíaca encaminhados para transplante cardíaco, e identificar os fatores de pior prognóstico a fim de estabelecer um escore para reconhecer os pacientes de maior risco de óbito. MÉTODOS: Foram avaliados 330 pacientes de ambos os sexos, com idade entre 12 e 74 anos, encaminhados para transplante cardíaco no período de janeiro de 1986 a novembro de 2001. Foi feita análise de variáveis clínicas e labo (mais) ratoriais, e de dados de eletrocardiografia, Holter, ecocardiografia e ventriculografia radioisotópica. RESULTADOS: O período mediano de acompanhamento foi de cinco anos e a sobrevida dos pacientes no primeiro ano foi de 84,5%, no segundo ano foi de 74,3%, no terceiro ano foi de 68,9%, no quarto ano foi de 64,8% e, no quinto ano, foi de 60,5%. As variáveis prognósticas selecionadas na análise univariada, estatisticamente significantes, foram: idade, etiologia chagásica, classes funcionais III e IV, ortopnéia, pressão arterial sistólica, pressão arterial média, pressão de pulso, uréia plasmática, sódio plasmático, glicemia, albumina, bilirrubina, hemoglobina e freqüência cardíaca média. As variáveis prognósticas na análise multivariada estatisticamente significantes foram: fração de ejeção, uréia e hemoglobina. O escore de risco foi calculado de acordo com a fórmula: RR = exp[(-0,0942401 x fração de ejeção) + (0,0105207 x uréia) + (-0,2974991 x hemoglobina) + (-0,0132898 x idade) + (-0,0099115 x glicemia)], discriminando a população com maior probabilidade de óbito. CONCLUSÃO: Apesar da sobrevida satisfatória, trata-se de amostra de pacientes com insuficiência cardíaca grave, sugerindo que esses pacientes podem ser mantidos em tratamento clínico otimizado até que apresentem deterioração clínica persistente. A fração de ejeção, os diâmetros ventriculares e a classe funcional não devem ser usados de forma isolada para indicação de transplante cardíaco. O escore de risco pode ser útil para discriminar a população com pior prognóstico. Resumo em inglês OBJECTIVES: To evaluate the survival of patients with heart failure submitted to cardiac transplantation screening as well as identify poor prognostic factors using a risk score to identify patients with higher death risk. METHODS: 330 male and female patients aged 12 to 74 years old, referred for heart transplantation from January 1986 to November 2001 were evaluated. Clinical, laboratory, electrocardiographic, Holter monitoring, echocardiographic and radionuclide ventri (mais) culography data were analyzed. RESULTS: The median follow up period was 5 years; patients' survival rate was 84.5% in the first year, 74.3% in the second year, 68.9% in the third year and 60.5% in the fifth year. The prognostic variables selected through the univariate analysis were: age, Chagas' disease etiology for cardiomyopathy, NYHA functional classes III and IV, orthopnea, systolic blood pressure, mean blood pressure, pulse pressure, plasma urea, sodium, glucose, albumin, bilirubin, hemoglobin, and mean heart rate. The prognostic variables at the multivariate analysis were: ejection fraction, blood urea, and hemoglobin. The risk score: RR=exp[(-0.0942401 x ejection fraction) + (0.0105207 x blood urea) + (-0.2974991 x hemoglobin) + (-0.0132898 x age) + (-0.0099115 x blood glucose)] discriminated the population with a higher death risk. CONCLUSION: Patients' survival was satisfactory despite heart failure severity, suggesting they can be maintained on optimized clinical treatment until persistent clinical deterioration takes place. Ejection fraction, ventricular diameters, and clinical functional class alone should not be used as an indication for heart transplantation. The risk score could help discriminate the population with the poorest prognosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Solução salina hipertônica para prevenção de insuficiência renal em pacientes com insuficiência cardíaca descompensada e hiponatremia/ Hypertonic saline solution for renal failure prevention in patients with decompensated heart failure

Issa, Victor Sarli; Bacal, Fernando; Mangini, Sandrigo; Carneiro, Rodrigo Moreno Dias; Azevedo, Cristiano Humberto Naves de Freitas; Chizzola, Paulo Roberto; Ferreira, Silvia Moreira Ayub; Bocchi, Edimar Alcides
2007-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Hiponatremia e fenômenos congestivos indicam mau prognóstico na insuficiência cardíaca descompensada. A ocorrência de insuficiência renal está associada a aumento do risco de morte. OBJETIVO: Avaliar a segurança e a eficácia da solução hipertônica em pacientes com insuficiência cardíaca descompensada para prevenção de insuficiência renal. MÉTODOS: Participaram do estudo pacientes com insuficiência cardíaca descompensada, congestão e hipona (mais) tremia. Além do tratamento padrão, os pacientes receberam solução salina hipertônica, e foram submetidos a avaliação tanto clínica como laboratorial. RESULTADOS: Foram incluídos 9 pacientes. A média das idades dos pacientes foi de 55 + 14,2 anos, sendo 5 (55,5%) do sexo masculino e 4 (44,5%), do feminino. Todos apresentavam classe funcional III-IV da New York Heart Association (NYHA), e 5 (55,5%) recebiam dobutamina. Todos apresentaram creatinina inicial acima de 1,4 mg/dl. A tonicidade média da solução foi de 4,39% + 0,018% (2,5% a 7,5%) e a duração do tratamento foi de 4,9 dias + 4,1 dias (1 dia a 15 dias). Não houve efeitos adversos graves; em nenhum caso houve piora clínica ou distúrbios neurológicos; hipocalemia ocorreu em 4 (44,5%) casos. A comparação das variáveis pré- e pós-tratamento demonstrou queda da uréia (105 mg/dl + 74,8 mg/dl vs. 88 mg/dl + 79,4 mg/dl; p = 0,03) e aumento do volume urinário (1.183 ml/dia vs. 1.778 ml/dia; p = 0,03); houve tendência a redução da creatinina (2,0 mg/dl + 0,8 mg/dl vs. 1,7 mg/dl + 1,0 mg/dl; p = 0,08). Apesar da elevação do valor do sódio (131 mEq/l + 2,8 mEq/l vs. 134 mEq/l + 4,9 mEq/l) e da redução do peso (69,5 kg + 18,6 kg vs. 68,2 kg + 17,1 kg), não houve diferença estatisticamente significante. CONCLUSÃO: O uso de solução salina hipertônica em pacientes com insuficiência cardíaca descompensada pode ser método terapêutico seguro e potencialmente relacionado a melhora clínica e de prevenção da insuficiência renal. Resumo em inglês BACKGROUND: Hyponatremia and congestive phenomena indicate a bad prognosis in decompensated heart failure. The occurrence of renal failure is associated to an increased death risk. OBJECTIVE: To evaluate the safety and efficacy of the hypertonic saline solution in patients with decompensated heart failure for renal failure prevention. METHODS: Patients with decompensated heart failure, congestion and hyponatremia participated in the study. In addition to the standard trea (mais) tment, the patients received hypertonic saline solution and were submitted to clinical as well as laboratory assessment. RESULTS: Nine patients were enrolled in the study. Mean age was 55 + 14.2 years, being 5 male (55.5%) and 4 (44.5%) female patients. All of them presented functional class III-IV of the New York Heart Association (NYHA), and 5 (55.5%) received dobutamine. All of them presented initial creatinine > 1.4 mg/dl. The mean tonicity of the solution was 4.39% + 0.018% (2.5% to 7.5%) and the duration of treatment was 4.9 days + 4.1 days (1-15 days). There were no severe adverse effects; none of the patients presented clinical worsening or neurologic disorders; hypokalemia occurred in 4 cases (44.5%). The comparison of the variables before and after treatment showed a decrease in urea (105 mg/dl + 74.8 mg/dl vs. 88 mg/dl + 79.4 mg/dl; p = 0.03) and increase in the urinary volume (1,183 ml/day vs. 1,778 ml/day; p = 0.03); there was no tendency to creatinine decrease (2.0 mg/dl + 0.8 mg/dl vs. 1.7 mg/dl + 1.0 mg/dl; p = 0.08). Despite the elevation in sodium levels (131 mEq/l + 2.8 mEq/l vs. 134 mEq/l + 4.9 mEq/l) and weight decrease (69.5 kg + 18.6 kg vs. 68.2 kg + 17.1 kg), there was no statistically significant difference. CONCLUSION: The use of hypertonic saline solution in patients with decompensated heart failure can be a safe therapeutic method and potentially related to clinical improvement and renal failure prevention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Qualidade de vida e indicadores clínicos na insuficiência cardíaca: análise multivariada/ Quality of life and clinical indicators in heart failure: a multivariate analysis/ Calidad de vida e indicadores clínicos en la insuficiencia cardiaca: análisis multivariado

Santos, Jefferson Jovelino Amaral dos; Plewka, Jony Erwin Andreola; Brofman, Paulo Roberto Slud
2009-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Na Insuficiência Cardíaca (IC), a atenção especial é necessária não somente em relação à aspectos objetivos ou isolados, mas também às percepções de saúde do paciente. Os aspectos subjetivos podem ajudar os profissionais da saúde a entender e a melhor tratar a IC. OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi avaliar simultaneamente os efeitos dos indicadores clínicos da IC na qualidade de vida (QDV). MÉTODOS: Investigamos, através de análise multi (mais) variada, a QDV de 101 pacientes ambulatoriais brasileiros, utilizando o questionário de Minnesota (Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire), incluindo suas sub-escalas, e sua correlação com as variáveis clínicas e psicológicas, tais como idade, etnia, gênero, parâmetros ecocardiográficos, índice de massa corporal, pressão arterial média de repouso, tempo de diagnóstico, Classificação Funcional de acordo com a NYHA, capacidade funcional através de uma Escala de Atividade Específica, comorbidades, Escore de Risco de Framingham (ERF), teste de função pulmonar (espirometria) e composição corporal. RESULTADOS: A QDV mostrou correlações univariadas significantes com o ecocardiograma: fração de ejeção (p=0,0415), diâmetro diastólico do ventrículo esquerdo (DDVE) (p=0,004), diâmetro sistólico do ventrículo esquerdo (DSVE) (p=0,0001); comorbidades (p=0,002) e teste de função pulmonar: Capacidade Vital Forçada (CVF) (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: En la insuficiencia cardiaca (IC), la atención especial es necesaria no solamente en cuanto a aspectos objetivos o aislados, sino también a las percepciones de la salud del paciente. Los aspectos subjetivos pueden ayudar a los profesionales de la salud a comprender a tratar mejor la IC. OBJETIVO: El objetivo de ese estudio fue evaluar simultáneamente los efectos de los indicadores clínicos de la IC en la calidad de vida (CDV). MÉTODOS: Investigamos, por m (mais) edio de análisis multivariado, la CDV de 101 pacientes ambulatorios brasileños, con la utilización del cuestionario de Minnesota (Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire), incluyendo sus subescalas y su correlación con las variables clínicas y psicológicas, tales como edad, etnia, género, parámetros ecocardiográficos, índice de masa corporal, presión arterial promedio de reposo, tiempo de diagnóstico, Clasificación Funcional de acuerdo con la NYHA, capacidad funcional a través de una Escala de Actividad Específica, comorbilidades, Score de Riesgo de Framingham (ERF), prueba de función pulmonar (espirometría) y composición corporal. RESULTADOS: La CDV presentó correlaciones univariadas significantes con el ecocardiograma: fracción de eyección (p=0,0415), diámetro diastólico del ventrículo izquierdo (DDVI) (p=0,004), diámetro sistólico del ventrículo izquierdo (DSVI) (p=0,0001); comorbilidades (p=0,002) y prueba de función pulmonar: Capacidad Vital Forzada (CVF) (p Resumo em inglês BACKGROUND: In Heart Failure (HF), special attention must be given not only to objective or isolated aspects, but also to the patient's health self-perceptions. Subjective aspects can help healthcare providers understand and better treat HF. OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the simultaneous effects of clinical indicators of HF on the Quality-of-Life (QOL). METHODS: We investigated, through a multivariate analysis, the QOL of 101 Brazilian HF outpatie (mais) nts using the Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire (including subscales) and its correlation to clinical and physiological variables such as age, ethnicity, gender, echocardiogram parameters, body mass index, mean blood pressure at rest, time since diagnosis, Functional Classification according to the NYHA, functional capacity by a Specific Activity Scale, comorbidities, Framingham Score of Cardiac Risk (CR), Lung Function Test (spirometry) and Body Composition. RESULTS: QOL showed significant univariate correlations to the echocardiogram: ejection fraction (p=0.0415), left ventricular diastolic diameter (LVDD) (p=0.004), left ventricular systolic diameter (LVSD) (p=0.0001); comorbidities (p=0.002) and Lung Function Test: Forced Vital Capacity (FVC) (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Características clínicas e psicossociais do paciente com insuficiência cardíaca que interna por descompensação clínica/ Clinical and psycossocial features of heart failure patients admitted for clinical decompensation/ Características clínicas y psicosociales del paciente con insuficiencia cardiaca ingresado en hospital por descompensación clínica

Margoto, Gláucia; Colombo, Roberta Cunha Rodrigues; Gallani, Maria Cecília Bueno Jayme
2009-03-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo identificar perfil sociodemográfico e clínico, história de hospitalizações por Insuficiência Cardíaca (IC) e seguimento (consultas regulares, tratamento medicamentoso, fatores facilitadores e dificultadores do seguimento) do paciente internado por quadro de descompensação clínica. Foram entrevistados 61 pacientes com idade média de 58,1 (± 15,9) anos, 3,5 (± 4,4) anos de estudo e renda individual de 1,3 (± 2,4 (mais) ) salários-mínimos. A maioria dos sujeitos se encontrava em classe funcional III ou IV da New York Heart Association, tendo como causa mais freqüente de hospitalização, os sinais/sintomas da forma congestiva da IC. 75,4% dos sujeitos relataram acompanhamento clínico, porém de periodicidade irregular. Constatou-se utilização de terapêutica medicamentosa em proporção inferior à recomendada pela literatura. Os achados devem auxiliar a identificação dos pacientes com maior risco de descompensação da IC e assim, desenhar e implementar intervenções específicas visando a redução das re-hospitalizações por IC. Resumo em espanhol Este estudio tuvo como objetivo identificar el perfil sociodemográfico y clínico, la historia de hospitalizaciones por Insuficiencia Cardiaca (IC) y el seguimiento (consultas regulares, tratamiento medicamentoso, y, los factores facilitadores y dificultadores del seguimiento) del paciente internado por cuadro de descompensación clínica. Fueron entrevistados 61 pacientes con edad promedio de 58,1(±15,9) años, 3,5 (±4,4) años de estudio y renta individua (mais) l de 1,3 (±2,4) salarios mínimos. La mayoría de los sujetos se encontraba en la clase funcional III o IV de la New York Heart Asociation, teniendo como causa más frecuente de hospitalización las señales/síntomas de la forma con-gestiva de la IC; 75,4% de los sujetos relataron acompañamiento clínico, sin embargo este era de una periodicidad irregular. Se constató la utilización de terapéutica medicamentosa en proporción inferior a la recomendada por la literatura. Lo encontrado debe auxiliar a identificar los pacientes con mayor riesgo de descompensación de la IC, y así, proyectar e imple-mentar intervenciones específicas que tengan como objetivo la reducción de las hospitalizaciones por IC. Resumo em inglês This study had the purpose to identify the sociodemographic and clinical profiles, history of hospitalizations due to Heart Failure (HF) and follow-ups (regular appointments, drug treatment, facilities and difficulties for follow-up) of patients admitted for clinical decompensation. Interviews were held with 61 patients, with average age of 58.1 (± 15.9) years, 3.5 (± 4.4) years of education and individual income of 1.3 (± 2.4) times the minimum wage. (mais) Most subjects were in functional classes III or IV of the New York Heart Association, having signs and symptoms of the congestive form of HF as the most frequent cause of hospitalization. Of all subjects, 75.4% reported clinical follow-ups, although they tended to be irregular. The use of drug therapy occurred in lower ratios than that recommended in the literature. The findings must help to identify patients with higher risk of HC decompensation, and, as such, design and implement specific interventions aiming at reducing re-admittances due to HF.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Efeito do bisoprolol sobre a função cardíaca e o exercício em pacientes com insuficiência cardíaca/ Effects of bisoprolol on cardiac function and exercise in patients with heart failure

Issa, Victor Sarli; Guimarães, Guilherme Vieira; Rezende, Marcos Valério Coimbra; Cruz, Fátima das Dores; Ferreira, Silvia Moreira Ayub; Bacal, Fernando; Bocchi, Edimar Alcides
2007-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o efeito do bisoprolol sobre a capacidade de exercício e a função ventricular em pacientes com insuficiência cardíaca. MÉTODOS: Foi feita a análise das variáveis clínicas e hemodinâmicas, da função e do remodelamento ventricular, e da ergoespirometria de pacientes com insuficiência cardíaca com diferentes etiologias, antes e após administração de bisoprolol. RESULTADOS: Foram analisados 22 pacientes, dos quais 1 paciente não tolerou a m (mais) edicação e 14 pacientes alcançaram a meta do estudo. A média das idades foi de 52 anos (36 a 64 anos), 9 pacientes eram do sexo masculino e 5 eram do sexo feminino, com tempo médio de seguimento de 551 dias (238 a 1.109 dias). Foram observados melhora da classe funcional, redução da freqüência cardíaca de repouso (78,8 + 8,7 bpm vs. 63 + 6,4 bpm; p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the effects of bisoprolol on exercise capacity and ventricular function in patients with heart failure. METHODS: Clinical and hemodynamic variables, ventricular function and remodeling, and ergospirometry of patients with heart failure of different etiologies were evaluated before and after the administration of bisoprolol. RESULTS: Twenty-two patients were analyzed; one patient did not tolerate medication and 14 patients reached the study goal. The g (mais) roup consisted of 9 men and 5 women, the mean age was 52 (36-64) years, and patients were followed during 551 days (238-1109). We observed an improvement in NYHA functional class, reduction in resting heart rate (78.8±8.7 vs 63±6.4 bpm, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Disfunção renal e anemia em pacientes com insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida versus normal/ Renal dysfunction and anemia in patients with heart failure with reduced versus normal ejection fraction

Villacorta, Humberto; Saenz-Tello, Bolivar F.; Santos, Eduarda Barcellos dos; Steffen, Ricardo; Wiefels, Christiane; Lima, Luiz Costa; Sales, Ana Luíza F.; Soares, Pedro; Mesquita, Evandro Tinoco
2010-03-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A presença de anemia e de disfunção renal confere mau prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) e fração de ejeção reduzida (ICFER). O impacto em pacientes com IC e fração de ejeção normal (ICFEN) é pouco estudado. OBJETIVOS: Estudar a prevalência e o prognóstico da anemia e da disfunção renal (DR) em pacientes com IC de acordo com o tipo de disfunção ventricular. MÉTODOS: Foram estudados prospectivamente 209 pacientes com (mais) IC crônica estável. Pacientes com fração de ejeção Resumo em inglês BACKGROUND: The presence of anemia and renal dysfunction grants a bad prognosis for patients with heart failure and reduced ejection fraction (HFREF). The impact on patients with heart failure and normal ejection fraction (HFNEF) is not widely studied. OBJECTIVES: To study the prevalence and the prognosis of anemia and renal dysfunction (RD) in patients with heart failure according to the type of ventricular dysfunction. METHODS: A total of 209 patients with chronic and s (mais) table heart failure were prospectively studied. Individuals with ejection fraction

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Redução da prevalência de apneia central em pacientes com insuficiência cardíaca sob uso de betabloqueador/ Reduction of central sleep apnea in heart failure patients with beta-blockers therapy/ Reducción de la prevalencia de apnea central en pacientes con insuficiencia cardiaca bajo uso de betabloqueante

Silva, Christiano Pereira; Lorenzi-Filho, Geraldo; Marcondes, Bianca; Osmundo Junior, Gilmar; Mangini, Sandrigo; Freitas Junior, Aguinaldo Figueiredo; Pires, Phillipe Vieira; Bocchi, Edimar Alcides; Bacal, Fernando
2010-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: As apneias do sono são doenças frequentes em portadores de insuficiência cardíaca (IC). Estimativas da era pré-betabloqueador (BB) apontam para uma prevalência de 45% de apneias centrais nestes pacientes. OBJETIVO: Avaliar a influência dos BB na prevalência das apneias centrais e sua interferência na qualidade do sono e de vida de portadores de IC. MÉTODOS: 65 pacientes portadores de IC foram submetidos a polissonografia diagnóstica.Os resultados da (mais) polissonografia foram avaliados de acordo com o uso ou não de BB. No dia do exame os pacientes responderam ao questionário de Minessota para qualidade de vida com IC. Após 6 e 12 meses da data da polissonografia, houve contato telefônico com todos os pacientes, para a repetição do questionário de Minessota. RESULTADOS: A prevalência de apneia do sono (IAH > 15/h) foi de 46,1% na população total, porém a apneia central foi identificada em apenas 18,4% dos pacientes. O uso de BB, em análise multivariada, foi o único preditor de ocorrência de menor índice de apneia e hipopneia (IAH) central (p=0,002), maior saturação (p=0,02) e menor dessaturação média de oxigênio (p=0,03). Além disso, o uso de BB foi preditor de melhor qualidade de vida após 6 e 12 meses (p=0,002 e 0,001 respectivamente) e de menor número de hospitalizações nestes períodos (p=0,001 e p=0,05 respectivamente). CONCLUSÃO: O uso de BB reduziu a incidência de apneia central na população total, se compararmos com os dados da literatura. Além disto, os BB melhoraram parâmetros da qualidade do sono e de vida de portadores de IC. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Las apneas del sueño son enfermedades frecuentes en portadores de insuficiencia cardiaca (IC). Una estimación de la era pre betabloqueante (BB) señala hacia una prevalencia del 45% de apneas centrales en estos pacientes. OBJETIVO: Evaluar la influencia de los BB en la prevalencia de las apneas centrales y su interferencia en la calidad del sueño y de vida de portadores de IC. MÉTODOS: 65 pacientes portadores de IC fueron sometidos a polisonografía diagn� (mais) �stica. Los resultados de la polisonografía se evaluaron según el empleo o no de BB. El día del examen, los pacientes contestaron el cuestionario de Minnesota para la calidad de vida con IC. Tras 6 y 12 meses de la fecha de la polisonografía, hubo contacto telefónico con todos los pacientes, para la repetición del cuestionario de Minnesota. RESULTADOS: La prevalencia de apnea del sueño (IAH > 15/h) fue de un 46,1% en la población total, además de la apnea central se identificó en solamente un 18,4% de los pacientes. El empleo de BB, en análisis multivariado, fue el único predictor de ocurrencia de menor índice de apnea e hipopnea (IAH) central (p=0,002), mayor saturación (p=0,02) y menor desaturación promedio de oxígeno (p=0,03). Además de ello, el empleo de BB fue predictor de mejor calidad de vida tras 6 y 12 meses (p=0,002 y 0,001 respectivamente) y de menor número de hospitalizaciones en estos períodos (p=0,001 y p=0,05 respectivamente). CONCLUSIÓN: El empleo de BB reduzco la incidencia de apnea central en la población total, si lo comparamos con los datos de la literatura. Además de esto, los BB mejoran parámetros de la calidad del sueño y de vida de portadores de IC. Resumo em inglês BACKGROUND: Sleep apneas are frequent in patients with heart failure (HF). Estimate of the pre-beta blocker age (BB) point out to 45% of central apneas in these patients. OBJECTIVE: Assess the influence of BB in central apneas and their interference in the quality of sleep and life of patients with heart failure. METHODS: 65 patients with heart failure underwent diagnostic polysomnography. Polysomnography have been assessed according to the use or not of BB. On the day of (mais) examination, the patients answered the Minessota questionnaire for quality of life with HF. After 6 and 12 months from the polysomnography date, all patients were contacted by phone, in order to repeat the Minessota questionnaire. RESULTS: The prevalence of sleep apnea (IAH > 15/h) hit 46.1% in the total population, however, central sleep apnea was identified in 18.4% of patients. The use of BB, in a multivariate analysis, was the only predictor of a minor index of central apnea and hypopnea (IAH) (p=0.002), greater saturation (p=0.02) and smaller average desaturation of oxygen (p=0.03). Additionally, the use of BB could predict a better quality of life after 6 and 12 months (p=0.002 and 0.001 respectively) and a smaller number admissions in these periods (p=0.001 and p=0.05 respectively). CONCLUSION: The use BB reduced the rate of central sleep apnea in total population, if we compare to literature data. Additionally, the BB improved parameters of quality of sleep and life of patients with heart failure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Aspectos clínicos e terapêuticos da insuficiência cardíaca por doença de Chagas/ Clinical and therapeutics aspects of heart failure due to Chagas disease

Braga, Julio Cesar Vieira; Reis, Francisco; Aras, Roque; Costa, Nei Dantas; Bastos, Claudilson; Silva, Renata; Soares, Alana; Moura Júnior, Ademir; Ásfora, Silvana; Latado, Adriana Lopes
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever as características clínicas e terapêuticas de pacientes com insuficiência cardíaca (IC) secundária a miocardiopatia chagásica crônica, bem como avaliar se estas são diferentes nas demais etiologias. MÉTODOS: Foram analisados prospectivamente pacientes atendidos no período de agosto de 2003 a junho de 2004, em um ambulatório de referência para IC. RESULTADOS: Foram incluídos 356 pacientes com o diagnóstico de IC. Miocardiopatia chagásica (mais) foi a etiologia mais freqüente, (48% dos casos). Outras etiologias foram miocardiopatia hipertensiva em 19%, dilatada idiopática em 11%, e isquêmica em 9%. Pacientes com IC secundária a miocardiopatia chagásica tinham com maior freqüência etnia não-branca (88 x 75%; p = 0,002), história familiar de doença de Chagas (57 x 21%; p = 0,001), maior tempo de doença (71 x 56 meses; p = 0,034), menor escolaridade (4,4 ± 4,1 x 5,7 ± 4,2 anos de estudo; p = 0,004), menor freqüência cardíaca (69 ± 12 x 73 ± 13; p = 0,03) e pressão arterial sistólica (121 ± 25 x 129 ± 28 mmHg; p = 0,006). Utilizavam com maior freqüência amiodarona (22 x 13%; p = 0,036) marcapassos artificiais (15 x 1%; p = 0,001) e com menor freqüência drogas betabloqueadoras (39 x 59%; p = 0,001). CONCLUSÃO: Nessa amostra de pacientes ambulatoriais com IC, em um estado com alta prevalência de doença de Chagas, miocardiopatia chagásica foi a etiologia mais freqüente, apresentando algumas características clínicas e terapêuticas diferentes dos demais pacientes. Resumo em inglês OBJECTIVE: Describe the clinical and therapeutic characteristics of patients with heart failure (HF) secondary to chronic chagasic cardiomyopathy and evaluate if these characteristics are different from those found in other etiologies. METHODS: A prospective analysis of the patients treated between August 2003 and June 2004 at a HF referral outpatient clinic was conducted. RESULTS: Three hundred and fifty six patients diagnosed with HF were included in the study. Chagasic (mais) cardiomyopathy was the most common etiology (48% of the cases). Other etiologies included hypertensive cardiomyopathy in 19% of the patients, idiopathic dilated in 11% and ischemic in 9%. Patients with HF secondary to chagasic cardiomyopathy were more frequently from non-white ethnic groups (88 vs. 75%; p = 0.002), had a family history of Chagas disease (57 vs. 21%; p = 0.001), had the disease for a longer length of time (71 vs. 56 months; p = 0.034), had lower levels of education (4.4 ± 4.1 vs. 5.7 ± 4.2 years of study; p = 0.004), had a lower heart rate (69 ± 12 vs. 73 ± 13; p = 0.03) and a lower systolic blood pressure (121 ± 25 vs. 129 ± 28 mmHg; p = 0.006). There was also a higher incidence of the use of amiodarone (22 vs. 13%; p = 0.036) and artificial pacemakers (15 vs. 1%; p = 0.001). There was a lower usage of beta-blockers (39 vs. 59%; p = 0.001). CONCLUSION: In this sample of HF outpatients, in a state with a high prevalence of Chagas disease, chagasic cardiomyopathy was the most common etiology and they presented some unique clinical and therapeutic characteristics in comparison to other heart failure patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Vacinação contra influenza e pneumococo na insuficiência cardíaca: uma recomendação pouco aplicada/ Influenza and pneumococcal vaccination in heart failure: a little applied recommendation

Martins, Wolney de Andrade; Ribeiro, Margarete Domingues; Oliveira, Lucia Brandão de; Barros, Luciana da Silva Nogueira de; Jorge, Ana Cristina da Silva Moreira; Santos, Camila Mirante dos; Almeida, Daniella de Paiva; Cabral, Isaías Fiuza; Souza, Renata Tavares de; Furquim, Thyago Antônio Biagioni
2011-01-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A insuficiência cardíaca (IC) cursa com frequentes descompensações e admissões ao serviço de emergência. Vacinação contra Influenza (INF) e Pneumococo (PNM) são recomendadas nas diretrizes, entretanto, as infecções respiratórias são a terceira causa de hospitalização na IC. OBJETIVO: Avaliar a frequência da vacinação contra INF e PNM em pacientes com IC na rede pública. MÉTODOS: Em estudo observacional realizado em Teresópolis, região se (mais) rrana fluminense, foram utilizadas três estratégias: (I) estudo das requisições para vacina contra INF e/ou PNM na Secretaria Municipal de Saúde, entre 2004 e 2006; (II) inquérito direto a 61 pacientes com IC atendidos na atenção básica sobre sua situação vacinal contra INF e PNM; (III) inquérito direto sobre situação vacinal contra INF e PNM a 81 pacientes com IC crônica descompensada atendidos na única emergência aberta à rede pública. RESULTADOS: Na estratégia I, a vacinação contra INF e/ou PNM foi de 15,3% daqueles com indicações por doenças cardiovasculares e respiratórias. A mediana do tempo entre a indicação e a vacinação foi de 32 dias. Na estratégia II, o percentual de vacinados contra INF, com idade > 60 anos, foi de 23,1%, e de 24,6% contra PMN em todas as idades. Na estratégia III, o percentual de pacientes vacinados contra INF foi de 35,8% e contra PNM foi de 2,5%. CONCLUSÃO: A taxa de vacinação contra INF e PNM em pacientes com IC é muito baixa e ainda menor naqueles descompensados atendidos em serviço de emergência. Resumo em inglês BACKGROUND: Heart failure (HF) is associated with frequent decompensation and admissions to the emergency service. Influenza (INF) and Pneumococcal (pneumonia) vaccinations are recommended in the guidelines, however, respiratory infections are the third leading cause of hospitalization in heart failure. OBJECTIVE: To assess the frequency of vaccination against INF and PNM in patients with HF in government healthcare units. METHODS: An observational study carried out in Te (mais) resópolis, a mountain region in Rio de Janeiro, employed three strategies: (I) study of requests for vaccine against INF and/or PNM in the Health Department of Teresópolis between 2004 and 2006; (II) direct inquiry to 61 patients with heart failure treated in primary care about their vaccination status against INF and PNM; (III) direct inquiry about their vaccination status against INF and PNM to 81 patients with decompensated chronic heart failure treated in the only emergency service open to the public. RESULTS: In strategy I, INF and/or PNM vaccination was 15.3% of those with indications for cardiovascular and respiratory diseases. The median time between indication and vaccination was 32 days. In strategy II, the percentage of patients vaccinated against INF, aged > 60, was 23.1% and 24.6% against PMN at all ages. In strategy III, the percentage of patients vaccinated against INF was 35.8% and against PNM was 2.5%. CONCLUSION: The rate of vaccination against INF and PNM in patients with HF is very low and even lower in those with decompensated HF treated in emergency services.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Os polimorfismos dos receptores adrenérgicos na insuficiência cardíaca: o que a genética explica?/ Adrenergic receptor polymorphisms in heart failure: what can genetics explain?

Pereira, Sabrina Bernardez; Gava, Isabela Ambrósio; Giro, Camila; Mesquita, Evandro Tinoco
2010-06-01

Resumo em português A insuficiência cardíaca (IC) é uma doença complexa, onde diversos mecanismos fisiopatológicos atuam e diferentes polimorfismos genéticos estão envolvidos. O sistema adrenérgico está diretamente relacionado a esta patologia participando da auto-regulação cardiovascular, tendo papel crucial na deteriorização da função cardíaca. Os beta-bloqueadores surgiram como um grande avanço da cardiologia no tratamento da IC, no entanto a resposta medicamentosa varia (mais) para cada paciente podendo estar relacionado a diversos fatores, entre eles o genético. A determinação pela genética do desenvolvimento da IC, da resposta medicamentosa e prognóstico são questões que serão abrangidas nesta revisão.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Interrupção do arco aórtico como causa de insuficiência cardíaca em adulto jovem/ Interrupted aortic arch with cardiac heart failure in young adult

Lobato, Rogério Fortes; Saliba, Luis Augusto R.; Ferreiro, Carlos Regenga; Bacal, Fernando
2008-07-01

Resumo em português A interrupção do arco aórtico é uma cardiopatia rara, com alta morbidade e mortalidade quando o manejo é retardado. Este artigo apresenta um caso com evolução atípica, em paciente de 19 anos. A história e o exame clínico eram compatíveis com insuficiência cardíaca recente, associados a episódios de síncope e diminuição de pulsos em membros inferiores. O eletrocardiograma mostrava sobrecarga biventricular e biatrial. O ecocardiograma mostrou disfunção se (mais) vera dos ventrículos e alteração de fluxo em aorta descendente. Na angiotomografia, visualizou-se oclusão da aorta torácica após a artéria subclávia esquerda. O diagnóstico instituído foi de interrupção de aorta, sendo indicado tratamento cirúrgico. Resumo em inglês The interrupted aortic arch (IAA) is a rare cardiopathy, with high morbimortality when treatment is delayed. This study is a case of IAA with atypical clinical behavior in a 19-year-old patient. The history and the clinical assessment were compatible with recent heart failure, associated to syncope episodes and reduction of pulses in the lower limbs. The electrocardiogram showed biventricular and biatrial overload. The echocardiogram showed severe ventricular dysfunction (mais) and altered blood flow in the descending aorta. The angiotomography disclosed occlusion of the thoracic aorta after the left subclavian artery. The attained diagnosis was interrupted aortic arch and surgical treatment was indicated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Efeito favorável da terapia farmacológica otimizada da insuficiência cardíaca sobre as arritmias ventriculares/ Favorable effects of the optimized drug treatment of heart failure on ventricular arrhythmias

God, Epotamenides Maria Good; Moreira, Maria da Consolação V.; Pereira Barretto, Antonio Carlos
2008-12-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Os eventos arrítmicos ventriculares têm forte impacto na mortalidade dos pacientes com insuficiência cardíaca. O benefício do tratamento farmacológico otimizado da insuficiência cardíaca na redução da arritmia ventricular não foi ainda muito bem documentado. OBJETIVO: Análise dos efeitos do tratamento farmacológico otimizado da insuficiência cardíaca sobre a arritmia ventricular. MÉTODOS: Estudo clínico com desenho não aleatorizado, envolvend (mais) o 85 pacientes consecutivos (coorte aberta), não selecionados, idade média de 63,8±12,2 anos, 42 homens, 43 mulheres, com diagnóstico de insuficiência cardíaca, classes funcionais II a IV (NYHA - New York Heart Association), FE (fração de ejeção) Resumo em inglês BACKGROUND: Ventricular arrhythmic events have a strong impact on the mortality of patients with heart failure. The benefits of the optimized drug treatment of heart failure in reducing ventricular arrhythmia have not been well documented yet. OBJECTIVE: To analyze the effects of the optimized drug treatment of heart failure on ventricular arrhythmia. METHODS: This is a clinical study with a non-randomized design of 85 consecutive (open cohort) non-selected patients, with (mais) a mean age of 63.8±12.2 years; 42 were males and 43 were females. All patients had a diagnosis of heart failure (HF), NYHA Functional Class II to IV, EF

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

VO2 pico e inclinação VE/VCO2 na era dos betabloqueadores na insuficiência cardíaca: uma experiência brasileira/ Peak VO2 and VE/VCO2 slope in betablockers era in patients with heart failure: a brazilian experience

Guimarães, Guilherme Veiga; Silva, Mário Sérgio Vaz da; d'Avila, Veridiana Moraes; Ferreira, Silvia Moreira Ayub; Silva, Christiano Pereira; Bocchi, Edimar Alcides
2008-07-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Estudos têm demonstrado que o consumo de oxigênio de pico (VO2 pico) e a inclinação VE/VCO2 são preditores de sobrevida em pacientes com insuficiência cardíaca (IC). Entretanto, com a adição do betabloqueador no tratamento da IC, os valores de prognóstico do VO2 pico e da Inclinação VE/VCO2 não estão totalmente estabelecidos. OBJETIVO: Avaliar o efeito dos betabloqueadores no valor de prognóstico do VO2 pico e da inclinação VE/VCO2 em paciente (mais) s com IC. MÉTODOS: Estudamos 391 pacientes com insuficiência cardíaca, com idade de 49 ± 14 anos e fração de ejeção do ventrículo esquerdo de 38 ± 10%. Total de pacientes que usavam (grupo I - GI) e não usavam (grupo II - GII) betabloqueadores: 229 e 162, respectivamente. Todos os pacientes foram submetidos a teste de esforço cardiopulmonar, em esteira, usando o protocolo de Naughton. RESULTADOS: O VO2 pico 16 ml.kg-1.min-1 categorizaram pacientes com melhor prognóstico em médio prazo. A faixa do VO2 pico entre > 10 e Resumo em inglês BACKGROUND: Studies have demonstrated that peak oxygen consumption (peak VO2) and the VE/VCO2 slope are predictors of survival in patients with heart failure (HF). However, with the advent of betablockers in the treatment of HF, the prognostic values of peak VO2 and VE/VCO2 slope have not been fully established. OBJECTIVE: To evaluate the effect of betablocker use on the prognostic value of peak VO2 and VE/VCO2 slope in patients with HF. METHODS: We studied 391 patients w (mais) ith heart failure, aged 49 ± 14 years and presenting a left ventricular ejection fraction of 38 ± 10%. The total number of patients that used (Group I - GI) or did not use (Group II - GII) betablockers was 229 and 162, respectively. All patients were submitted to a cardiopulmonary stress test on a treadmill, using the Naughton protocol. RESULTS: A peak VO2 16 ml.kg-1.min-1 categorizes patients with a better mid-term prognosis. Peak VO2 values between > 10 and

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Uso de levosimendana em diversos quadros de insuficiência cardíaca aguda/ Levosimendan use in several scenarios of acute heart failure

Tavares, Miguel; Andrade, Ana Carolina; Mebazaa, Alexandre
2008-03-01

Resumo em português Nos países em que é comercializada, a administração precoce de levosimendana deve ser considerada em pacientes que permanecem sintomáticos e com dispnéia em repouso apesar da terapia inicial, principalmente aqueles com história de insuficiência cardíaca crônica ou em tratamento prolongado com betabloqueadores. Pacientes hipotensos ou com isquemia ativa não são os melhores candidatos para receber infusão de levosimendana e precisam, primeiro, ter esses problemas tratados. Resumo em inglês In countries where it is available, early levosimendan infusion can be considered for patients who remain symptomatic with dyspnea at rest despite initial therapy, particularly those with a history of chronic heart failure or chronically treated with beta-blockers. Hypotensive patients or patients with active ischemia are not the best candidates for levosimendan administration and should have these problems addressed first.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Avaliação clínica e laboratorial hepática em indivíduos com insuficiência cardíaca congestiva/ Clinical evaluation and hepatic laboratory assessment in individuals with congestive heart failure

Vasconcelos, Luiz Antônio Brito Arruda; Almeida, Eros Antônio de; Bachur, Luiz Felipe
2007-05-01

Resumo em português OBJETIVOS: Verificar o perfil de alterações clínicas e, principalmente, laboratoriais hepáticas observadas em pacientes de cada uma das classes de insuficiência cardíaca. MÉTODOS: Por meio de um estudo seccional, foram pesquisados os dados clínicos e laboratoriais (alanina aminotransferase [ALT], aspartato aminotransferase [AST], fosfatase alcalina [FA], gama-glutamil transpeptidase [gama-GT], bilirrubinas e coagulograma) de 50 pacientes internados em 2002 em um h (mais) ospital terciário com diagnóstico de insuficiência cardíaca. Os doentes foram separados de acordo com sua classe de insuficiência cardíaca e seus dados, comparados estatisticamente. Foram excluídos pacientes com hepatopatia de qualquer etiologia. RESULTADOS: A análise das médias de transaminases revelou aumento significativo apenas nos pacientes da classe IV. Por outro lado, a FA e a gama-GT apresentaram aumento progressivo de acordo com a classe de insuficiência cardíaca. CONCLUSÃO: A insuficiência cardíaca é caracterizada por perfil colestático progressivo de alterações laboratoriais, enquanto as transaminases se elevam apenas na insuficiência cardíaca mais avançada. O entendimento dessas alterações é fundamental para que se evite investigação hepática desnecessária em indivíduos com insuficiência cardíaca. Resumo em inglês OBJECTIVES: To verify the clinical alterations and, in particular, hepatic laboratory alterations in patients in each of the heart failure (HF) functional classes. METHODS: The clinical and laboratory data - alanine aminotransferase (ALT), aspartate aminotransferase (AST), alkaline phosphatase (AP), gamma-glutamyl transpeptidase (GGT), bilirubin and coagulogram - of 50 patients admitted in 2002 to a tertiary hospital with the diagnosis of heart failure were researched by (mais) means of a cross sectional study. The patients were separated in accordance with their HF class and their data were compared statistically. Patients with hepatopathy of any etiology were excluded. RESULTS: Analysis of the mean transaminase values revealed a significant increase only for the Class IV patients. On the other hand, alkaline phosphatase and GGT presented a progressive increase in accordance with the HF class. CONCLUSION: HF is characterized by a progressive cholestatic profile of laboratory alterations, while transaminase values are only elevated in advanced HF. It is of utmost importance to understand these alterations in order to avoid unnecessary hepatic investigations in individuals with heart failure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Suporte ventilatório na capacidade funcional de pacientes com insuficiência cardíaca: estudo piloto/ Effect of ventilatory support on functional capacity in patients with heart failure: a pilot study

lima, Eugênia da Silva; Cruz, Cristiano Gonçalves; Santos, Fabiane Costa; Gomes-Neto, Mansueto; Bittencourt, Hugo Souza; Reis, Francisco José Farias Borges dos; Aras, Roque; Guimarães, Armênio Costa; Rodrigues-Junior, Erenaldo de Souza
2011-01-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A insuficiência cardíaca é um importante problema de saúde pública, apresentando a dispneia e a fadiga como principais sintomas clínicos. A utilização do suporte ventilatório não invasivo vem atuando como coadjuvante da reabilitação cardíaca na tentativa de melhorar a capacidade funcional dos pacientes. OBJETIVO: Avaliar a capacidade funcional de pacientes com insuficiência cardíaca submetidos ao suporte ventilatório. MÉTODOS: Foram avaliados (mais) dados sociodemográficos, qualidade de vida, FC, pressão arterial (PA), saturação periférica de oxigênio (SpO2), dispneia, concentração de lactato, antes e depois do teste de caminhada de 6 minutos, e a distância percorrida de pacientes com insuficiência cardíaca crônica (ICC), de ambos os sexos, com fração FEVE Resumo em inglês BACKGROUND: Heart failure (HF) is an important public health problem, of which main clinical symptoms are dyspnea and fatigue. Noninvasive ventilatory support has been used as adjuvant therapy in cardiac rehabilitation in order to improve the functional capacity of patients. OBJECTIVE: To evaluate the functional capacity of patients with HF submitted to ventilatory support. METHODS: We evaluated the sociodemographic information, as well as data on quality of life, blood p (mais) ressure (BP), peripheral oxygen saturation (SpO2), dyspnea, lactate concentration before and after the 6-minute walk test (6MWT) and the distance walked by patients of both sexes with chronic heart failure (CHF), with left ventricular ejection fraction (LVEF)

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Tratamento nutricional em pacientes com insuficiência cardíaca/ Nutritional treatment for heart failure patients

Sahade, Viviane; Montera, Vanessa dos Santos Pereira
2009-06-01

Resumo em português A insuficiência cardíaca é um problema grave e crescente de saúde pública em todo o mundo, sendo a via final comum da maioria das cardiopatias. Apesar dos recentes avanços da medicina, pouca atenção vem sendo dada ao tratamento não farmacológico, em particular à terapia nutricional. A evolução clínica dos pacientes com insuficiência cardíaca, via de regra, caminha para quadros variáveis de desnutrição, de causa multifatorial e que não está necessariam (mais) ente relacionada ao índice de massa corporal. Assim, o objetivo deste trabalho foi revisar a literatura na busca por evidências sobre a composição adequada da dieta no tratamento de pacientes com insuficiência cardíaca. Realizou-se uma revisão sistemática nas bases de dados Medline, Pubmed, Lilacs, SciELO e dos comitês nacionais e internacionais de saúde, dos artigos publicados no período compreendido entre 1981 e 2006. Observou-se que existem poucos estudos bem elaborados, sobre a adequação da dietoterapia na insuficiência cardíaca e que esta ainda é muito restrita ao controle do sal e de líquido, sendo dada pouca atenção à quantidade e à qualidade dos demais nutrientes. Existe uma crescente evidência de que a dieta é um fator importante no prognóstico e no tratamento desses pacientes, porém futuros estudos, incluindo ensaios clínicos com adequado número de participantes, se fazem necessários para que se possa prescrever, com segurança, suplementos nutricionais. Resumo em inglês Heart failure is a serious and increasing public health problem around the world, and is the common endpoint of most heart diseases. Despite recent medical advances, little attention has been given to the non-pharmacological treatments, specifically, to nutritional therapy. The clinical course of patients with heart failure constantly progresses to varying degrees of malnutrition caused by different factors and not necessarily related to body mass index. Thus, the objecti (mais) ve of this study was to search the literature for evidences of a proper diet composition for heart failure patients. The Medline, Pubmed, Lilacs and SciELO databases, and the national and international health committees were systematically searched for articles published between 1981 and 2006. There were few well-designed studies on proper diet therapies for heart failure patients. The ones reviewed focused on restricting table salt and liquids but gave little attention to the amount and quality of other nutrients. There is growing evidence that diet is an important factor in the prognosis and treatment of these patients. However, future studies, including clinical trials with adequate numbers of participants, are necessary if nutritional supplements are to be safely prescribed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Preditores de letalidade hospitalar em pacientes com insuficiência cardíaca avançada/ Predictors of in-hospital lethality in patients with advanced heart failure

Latado, Adriana Lopes; Passos, Luiz Carlos Santana; Braga, Julio C. V.; Santos, Alessandra; Guedes, Rodrigo; Moura, Simone S.; Almeida, Daniela
2006-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever as características clínicas e identificar potenciais fatores de risco para letalidade hospitalar em pacientes com insuficiência cardíaca descompensada, admitidos em unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Pacientes consecutivamente admitidos por insuficiência cardíaca descompensada numa unidade de terapia intensiva, de junho/2001 a dezembro/2003, foram selecionados e seguidos durante a internação. Características clínicas na admissão foram c (mais) oletadas e avaliadas por meio de modelos de regressão logística múltipla como preditores de risco para letalidade hospitalar. RESULTADOS: Foram avaliados 299 pacientes, 54% do sexo masculino, com média de idade de 69±13 anos. Doença arterial coronariana foi a causa principal da falência cardíaca em 49% dos casos. Diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica ocorreram em 37,5% e 78% dos pacientes, respectivamente. Na admissão, 22% dos pacientes apresentavam fibrilação atrial; 21,5%, disfunção renal e 48% dos casos, anemia (16,5% com anemia importante). Encontrou-se disfunção sistólica grave (fração de ejeção do ventrículo esquerdo 70 anos e hiponatremia foram independentemente associados com letalidade hospitalar. CONCLUSÃO: Pacientes internados por insuficiência cardíaca descompensada em unidade intensiva apresentam letalidade hospitalar elevada. Neste estudo, variáveis da admissão puderam predizer letalidade hospitalar, como AVE prévio, fibrilação atrial, hiponatremia, insuficiência renal e idade >70 anos. Resumo em inglês OBJECTIVE: Describe the clinical characteristics and identify potential risk factors for in-hospital lethality in patients with decompensated heart failure admitted to an intensive care unit. METHODS: Decompensated heart failure patients consecutively admitted to an intensive care unit between June 2001 and December 2003 were selected and followed during hospitalization until discharge or death. Clinical characteristics at admission were recorded and evaluated as independ (mais) ent risk predictors for in-hospital mortality by multiple logistic regression analysis. RESULTS: A total of 299 patients (69±13 years of age and 54% men) were enrolled. Coronary artery disease was the main cause of heart failure in 49% of the cases. Diabetes mellitus and systemic arterial hypertension occurred in 37.5% and 78% of the patients, respectively. At admission, 22% of them had atrial fibrillation, 21.5% had renal dysfunction, and 48% anemia (16.5% with severe anemia). Severe systolic dysfunction (left ventricular ejection fraction 70 years, and hyponatremia were independently associated with in-hospital mortality. CONCLUSION: Patients admitted to an intensive care unit due to decompensated heart failure have high in-hospital lethality. In this study, variables recorded at admission, such as previous stroke, atrial fibrillation, hyponatremia, renal failure, and age > 70 years were predictors of in-hospital lethality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Transplante de células de medula óssea para o miocárdio em paciente com insuficiência cardíaca secundária á doença de Chagas/ Bone marrow cell transplantation to the myocardium of a patient with heart failure due to Chagas' disease

Vilas-Boas, Fábio; Feitosa, Gilson Soares; Soares, Milena B. P.; Pinho-Filho, Joel Alves; Mota, Augusto; Almeida, Augusto José Gonçalves; Carvalho, Cristiane; Carvalho, Heitor Ghissoni de; Oliveira, Adriano Dourado de; Santos, Ricardo Ribeiro dos
2004-02-01

Resumo em português Apresentado o primeiro caso de transplante de célula de medula óssea para o miocárdio de um portador de insuficiência cardíaca de etiologia chagásica. Homem, 52 anos, portador de insuficiência cardíaca crônica, em classe funcional III da NYHA, apesar de terapêutica clínica otimizada. Como procedimento, foi aspirado 50 ml de medula óssea através de punção da crista ilíaca, seguidos de filtragem, separação das células mononucleares, ressuspensão e injeç (mais) ão intracoronariana. A fração de ejeção do ventrículo esquerdo em repouso, medida pela ventriculografia radioisotópica com hemácias marcadas, antes do transplante, era de 24% e, após 30 dias, aumentou para 32% sem alterar o esquema medicamentoso. Foram avaliados, antes e 30 dias após o procedimento, respectivamente, o diâmetro diastólico final do ventrículo esquerdo (82 mm; 76 mm); escore de qualidade de vida de Minnesota (55; 06); distância caminhada no teste de 6min (513 m; 683 m). Achados demonstraram ser possível realizar a injeção intracoronariana de célula de medula óssea, sugerindo que este procedimento é potencialmente seguro e efetivo em pacientes com insuficiência cardíaca chagásica. Resumo em inglês We report the first case of bone marrow cell transplantation to the myocardium of a patient with heart failure due to chagas' disease. The patient is a 52-year-old man with chronic heart failure, NYHA functional class III, despite the optimized clinical therapy. The procedure consisted of aspiration of 50 mL of bone marrow through puncture of the iliac crest, followed by filtration, separation of the mononuclear cells, resuspension, and intracoronary injection. The left v (mais) entricular ejection fraction at rest, measured using radionuclide ventriculography with labeled red blood cells prior to transplantation, was 24%, and, after 30 days, it increased to 32% with no change in the medicamentous schedule. The following measurements were assessed before and 30 days after transplantation: left ventricular end diastolic diameter (82 mm and 76 mm, respectively); Minnesota living with heart failure questionaire score (55 and 06, respectively); and distance walked in the 6-minute walking test (513 m and 683 m, respectively). Our findings show that intracoronary injection of bone marrow cells may be performed, suggesting that this is a potentially safe and effective procedure in patients with due to Chagas' disease heart failure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Hiperpotassemia na vigência de espironolactona em pacientes com insuficiência cardíaca descompensada/ Hyperkalemia during spironolactone use in patients with decompensated heart failure

Lima, Marcelo Villaça; Ochiai, Marcelo Eidi; Cardoso, Juliano Novaes; Morgado, Paulo César; Munhoz, Robinson Tadeu; Barretto, Antonio Carlos Pereira
2008-09-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A incidência de hiperpotassemia relacionada à espironolactona é baixa na insuficiência cardíaca estável, entretanto não foi estudada durante a descompensação. OBJETIVO: Avaliar a influência da espironolactona na insuficiência cardíaca descompensada sobre o potássio sérico. MÉTODOS: Em um estudo de coorte, selecionamos pacientes hospitalizados por descompensação da insuficiência cardíaca, FEVE (mais) Os pacientes foram divididos segundo o uso da espironolactona (grupo E) ou não (grupo C). O desfecho foi aumento do potássio (> 6,0 mEq/l) e uso de poliestireno de cálcio. Realizou-se a análise multivariada pela regressão logística, e p 60,5 mg/dl, durante a internação, apresenta risco relativo de 9,6 (IC 95% 8,03 - 11,20; p = 0,005) para a ocorrência de hiperpotassemia. CONCLUSÃO: A incidência de hiperpotassemia foi duas vezes maior com espironolactona, mas não estatisticamente significante. Elevação da uréia foi associada à hiperpotassemia. Estudos randomizados são necessários para esclarecer o assunto. Resumo em inglês BACKGROUND: The incidence of hyperkalemia related to spironolactone use is low in stable heart failure; however, it has not been studied during decompensation. OBJECTIVE: To evaluate the influence of spironolactone on serum potassium in decompensated heart failure (HF). METHODS: In a cohort study, patients that had been hospitalized due to decompensated HF, with left ventricular ejection fraction (LVEF) (mais) he patients were divided according to spironolactone use (Group S) or no use (Group C). The outcome was potassium increase (> 6.0 mEq/l) and the use of calcium polystyrene. A multivariate analysis through logistic regression was carried out and values of p 60.5 mg/dl during the hospitalization presents a relative risk of 9.6 (95%CI 8.03 - 11.20; p = 0.005) for the occurrence of hyperkalemia. CONCLUSION: The incidence of hyperkalemia was two-fold higher with spironolactone use, but it was not statistically significant. The increase in urea levels was associated to the hyperkalemia. Randomized studies are necessary to clarify this issue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Potenciais tardios ao eletrocardiograma de alta resolução no domínio do tempo em portadores de insuficiência cardíaca de diferentes etiologias/ Time domain analysis of the signal averaged electrocardiogram to detect late potentials in heart failure patients with different etiologies

Grell, Ernani de Sousa; Paula, Rogério Silva de; Tobias, Nancy Maria Martins de Oliveira; Moffa, Paulo Jorge; Grupi, César José; Mansur, Alfredo José
2006-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar freqüência, correlações clínicas e influência prognóstica do potencial tardio no eletrocardiograma de alta resolução, em portadores de insuficiência cardíaca de diferentes etiologias. MÉTODOS: Foi estudado o eletrocardiograma de alta resolução, durante 42 meses, em 288 portadores de insuficiência cardíaca de diferentes etiologias, 215 homens (74,65%) e 73 mulheres (25,35), de idades entre 16 e 70 anos (média 51,5, desvio-padrão 11,24). (mais) As etiologias da insuficiência cardíaca foram: cardiomiopatia hipertensiva, 78(27,1%); cardiomiopatia dilatada idiopática, 73(25,4%); cardiomiopatia isquêmica, 65(22,6%); cardiomiopatia da doença de Chagas, 42(14,6%); cardiomiopatia alcoólica, 9(3,1%); cardiomiopatia periparto, 6(2,1%); valvopatias em 2(4,2%) e miocardite viral, 3(1,04%). Foram avaliadas a duração do QRS Standard, duração do QRS filtrado, duração do sinal abaixo de 40µV e a raiz quadrada nos últimos 40ms quanto a idade, sexo, etiologia, achados do eletrocardiograma de repouso de 12 derivações, do ecocardiograma, do eletrocardiograma de longa duração e mortalidade. Para a análise estatística, foram utilizados os testes: exato de Fisher, t de Student, de Man-Whitney, análise de variância, Log-HanK e o método de Kaplan-Meyer. RESULTADOS: O potencial tardio foi diagnosticado em 90 (31,3%) pacientes e não houve correlação com as etiologias. Sua presença associou-se a: menor consumo máximo de oxigênio a cicloergoespirometria (p=0,001); taquicardia ventricular sustentada e não sustentada ao Holter (p=0,001), morte súbita e mortalidade (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the frequency, clinical correlations and prognosis influence of late potentials on the of heart failure patients with different etiologies using the signal averaged electrocardiogram. METHODS: A 42 month study of the signal averaged electrocardiograms of 288 heart failure patients with different etiologies was conducted. The group of patients included 215 males (74.65%) and 73 females (25.35%) between the ages of 16 and 70 (mean 51.5, standard devia (mais) tion 11.24). The heart failure etiologies were: hypertensive heart disease (78 patients, 27.1%); idiopathic dilated cardiomyopathy (73 patients, 25.4%); ischemic cardiomyopathy (65 patients, 22.6%); Chagas disease (42 patients, 14.6%); alcoholic cardiomyopathy (9 patients, 3.1%); peripartum cardiomyopathy (6 patients, 2.1%); valvular heart disease (2 patients, 4.2%) and viral myocarditis (3 patients, 1.04%). The variables included the duration of the standard QRS complex, duration of the filtered QRS complex, duration of the signal below 40µV and the root mean square of the last 40ms which were analyzed in regard to age, gender, etiology and mortality as well as the findings of the 12-lead electrocardiogram at rest, echocardiogram and ambulatory electrocardiogram. The statistical analysis tests used were: the Fisher exact probability test, Student’s t-test, Mann Whitney test, variance analysis, Log-Hank and the Kaplan-Meyer method. RESULTS: Late potentials were diagnosed in 90 patients (31.3%) and there was no association with the etiologies. The presence of this condition is associated with: a lower maximum oxygen uptake during the ergospirometry (p=0.001); sustained and non-sustained ventricular tachycardia during Holter monitoring (p=0.001), sudden death and mortality (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Exercício resistido na avaliação da disfunção endotelial na insuficiência cardíaca/ Resistive exercise in the evaluation of endothelial dysfunction in heart failure

Carvalho, Ricardo Tavares de; Vieira, Marcelo Luis Campos; Romano, Ângela; Kopel, Liliane; Lage, Silvia G.
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o uso de exercício físico resistido no estudo da disfunção endotelial na insuficiência cardíaca comparativamente à hiperemia reativa (HR). MÉTODOS: Dezoito portadores de insuficiência cardíaca (IC) e 15 voluntários realizaram esforço físico manual de preensão intermitente em bolsa pneumática com intensidade correspondente a 75% da carga máxima previamente avaliada. Foram avaliados por ultra-sonografia vascular de alta resolução para an� (mais) �lise dos diâmetros da artéria braquial e fluxos bem como determinação do débito cardíaco em repouso, após HR e após exercício. Foram calculados o índice de fluxo sistólico na artéria braquial e o índice cardíaco. RESULTADOS: Houve aumento do índice de fluxo sistólico na artéria braquial nas condições HR e exercício físico sendo maior nessa última. Houve aumento do índice cardíaco nas condições de estudo comparativamente ao repouso. CONCLUSÃO: O exercício físico resistido, na carga avaliada, aumenta o fluxo sanguíneo local de forma mais intensa que a HR, constituindo-se numa opção fisiológica à avaliação da disfunção endotelial na IC . Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the use of resistive exercise in the study of endothelial dysfunction in heart failure (HF) comparatively to reactive hyperemia (RH). METHODS: Eighteen patients with heart failure and 15 normal volunteers were submitted to intermittent handgrip exercise in a pneumatic bag, at an intensity that corresponds to 75% of the previously assessed maximum load. Patients underwent high-resolution vascular ultrasonography for brachial artery diameter and flow (mais) evaluation as well as cardiac output determination at rest, RH and after exercise. The systolic flow index in the brachial artery and cardiac index were calculated. RESULTS: Systolic flow index increase in the brachial artery was observed after RH and physical exercise, with the latter presenting the highest increase. There was an increase in the cardiac index after the study conditions in comparison to resting conditions. CONCLUSION: Resistive exercise, performed at the assessed load, increases blood flow more intensively than RH, constituting a physiological option for the evaluation of endothelial function in HF.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Correlações entre variáveis respiratórias e funcionais na insuficiência cardíaca/ Correlations between respiratory and functional variables in heart failure

Naso, Fábio Cangeri Di; Pereira, Juliana Saraiva; Dias, Alexandre Simões; Forgiarini Junior, Luiz Alberto; Monteiro, Mariane Borba
2009-10-01

Resumo em português Fundamento:Alterações respiratórias podem influenciar o desempenho funcional em doentes com insuficiência cardíaca (IC). Objectivo: Correlacionar a força muscular inspiratória máxima (PImax) e as variáveis da função pulmonar com a capacidade funcional em doentes com IC. Métodos: Estudo transversal realizado de Janeiro a Julho de 2007 incluindo 42 doentes com IC crónica (28 homens) que não apresentavam doença pulmonar prévia. Os doentes pertenciam às class (mais) es funcionais I, II e III segundo a NYHA (New York Heart Association). As variáveis respiratórias mensuradas foram a PImax, a CVF (capacidade vital forçada) e o VEF1(volume expiratório forçado no 1.º segundo). A distância percorrida no teste da caminhada dos seis minutos (TC6M), a classe funcional (CF) e o domínio referente à capacidade funcional do questionário de qualidade de vida Short Form -36 (SF -36) foram as variáveis funcionais utilizadas. Resultados: A PImax correlacionou-se com a TC6M (r=0,543 e p Resumo em inglês Background: Respiratory alterations can impact on the functional performance of patients with heart failure. Aim: To correlate maximum inspiratory muscular force and lung function variables with functional capacity in heart failure patients. Methods: A transversal study January-July 2007 with 42 chronic heart disease patients (28 males) with no prior pulmonary illness. The patients were in New York Heart Association Functional Class I, II and III. The variables used were (mais) maximum inspiratory pressure, forced vital capacity and forced expiratory volume in the first second. Respiratory variables measured were distance covered in the six-minute walk test, NYHA functional class and the physical functioning domain of the Short Form-36 Quality of Life Questionnaire. Results: Maximum inspiratory pressure correlated with the six-minute walk test (r=0.543 and p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Correlação entre qualidade de vida e capacidade funcional na insuficiência cardíaca/ Correlation between quality of life and functional capacity in cardiac failure

Nogueira, Ivan Daniel Bezerra; Servantes, Denise Maria; Nogueira, Patrícia Angélica de Miranda Silva; Pelcerman, Amália; Salvetti, Xiomara Miranda; Salles, Fernando; Almeida, Dirceu Rodrigues; Mello, Marco Túlio de; Campos Filho, Orlando; Oliveira Filho, Japy Angelini
2010-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Pacientes com insuficiência cardíaca (IC) apresentam progressiva incapacidade e declínio na qualidade de vida, ambos relacionados com dispneia e fadiga. Dessa forma, há interesse crescente em mensurar a qualidade de vida (QV), seja por instrumento genérico, tal como o 36-item Short-Form Health Survey (SF-36), seja por específico, tal como o Minnesota Living with Heart Failure (MLHFQ). OBJETIVO: Este estudo objetivou correlacionar os questionários de QV, (mais) SF-36 e MLHFQ, com a capacidade funcional de pacientes com IC, expressa pelo teste cardiopulmonar e o TC6M. MÉTODOS: Utilizaram-se os questionários SF-36 e MLHFQ para avaliação da QV. Para avaliação da capacidade funcional, utilizou-se o teste cardiopulmonar, sendo executado em esteira com protocolo de Weber, bem como a distância percorrida no teste da caminhada de seis minutos (TC6M). RESULTADOS: Foram selecionados 46 pacientes com diagnóstico de IC (22 homens, idade média de 52 anos), classes II e III da New York Heart Association. Observou-se correlação fraca entre os domínios aspectos físico e emocional do SF-36 e o VE/VCO2pico (r=-0,3; p Resumo em inglês BACKGROUND: Patients with cardiac failure (CF) present progressive incapacity and decreased quality of life, both related to dyspnea and fatigue. Thus, there is the increasing interest in measring the quality of life (QL), by generic instrument, such as the 36-item Short-Form Health Survey (SF-36), by specific instrument, such as Minnesota Living with Heart Failure (MLHFQ). OBJECTIVE: This study has the objective to correlate the QL surveys, SF-36 and MLHFQ, with the func (mais) tional capacity of patients with CF, expressed by the cardiopulmonary test and the TC6M. METHODS: Using the SF-36 and MLHFQ surveys for QL evaluation, for the evaluation of the functional capacity, it was used the cardiopulmonary test, being executed using a tredmill with Weber protocol, as well sa the distance covered in the walk test of six minutes (TC6M). RESULTS: Forty-six patients were selected with CF diagnosis (22 men, average age of 52 years old), classes II and III of New York Heart Association. It was observed that the mild correlation between the physical and emotional domains of SF-36 and VE/VCO2.peak (r=-0.3; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Valor prognóstico do teste de caminhada de seis minutos na insuficiência cardíaca/ Prognostic value of the six-minute walk test in heart failure

Rubim, Valéria Siqueira Martins; Drumond Neto, Cantídio; Romeo, José Luiz Martins; Montera, Marcelo Westerlund
2006-02-01

Resumo em português OBJETIVOS: Este estudo objetivou avaliar a utilidade do teste de caminhada de seis minutos como indicador prognóstico e sua contribuição na prática clínica diária de pacientes com insuficiência cardíaca. MÉTODOS: O teste de caminhada de seis minutos foi administrado a 179 pacientes (120 homens, 59 mulheres; idade média de 58,32 ± 12,7 anos), portadores insuficiência cardíaca nas classes II e III da New York Heart Association (NYHA), com fração de ejeção d (mais) o ventrículo esquerdo de 34,91 ± 12,4%. Os pacientes realizaram o teste de caminhada de seis minutos e, 4 horas depois, o teste ergométrico convencional sob o Protocolo de Naughton limitado por sintomas, e foram acompanhados por um período médio de dezoito meses. RESULTADOS: A distância média percorrida no teste de caminhada seis minutos foi de 521,11 ± 76,1 metros. Durante o acompanhamento, 66 pacientes (36,9%) morreram. Houve uma correlação significativa entre a distância percorrida no teste de caminhada de seis minutos e a mortalidade (p Resumo em inglês OBJECTIVE: This study aimed to assess the true usefulness of the Six-Minute Walk Test as a prognostic indicator and its contribution to clinical practice with heart failure patients. METHODS: In order to investigate the actual value of the Six-Minute Walk Test as an objective measure of mortality probability in patients with heart failure, the test was applied to 179 stable patients (120 men and 59 women, mean age 58.32 ± 12.7 years, with NYHA class II and III heart fail (mais) ure and an ejection fraction (LVEF) of 34.91 ± 12.4%). Patients were instructed to walk for 6 minutes and then, four hours later, underwent a conventional exercise stress test (as per Naughton Protocol). Patients were followed for an average of eighteen months. RESULTS: The average distance walked was 521.11 ± 76.1 meters. During the follow-up period, 66 patients (36.9%) died. There was a significant correlation between the distance walked during the test and mortality (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Associação entre evolução da função cognitiva e mortalidade após a alta hospitalar em pacientes idosos com insuficiência cardíaca avançada/ Correlation between evolution of the cognitive function and mortality after hospital discharge in elderly patients with advanced heart failure

Ochiai, Marcelo E.; Franco, Luciano L.S.; Gebara, Otávio C.E.; Nussbacher, Amit; Serro-Azul, João B.; Pierri, Humberto; Rays, Jairo; Barretto, Antonio C.P.; Wajngarten, Mauricio
2004-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a associação entre a evolução do desempenho cognitivo e o prognóstico de idosos após compensação de insuficiência cardíaca avançada. MÉTODOS: Selecionados, consecutivamente, 31 pacientes internados com insuficiência cardíaca classe IV da New York Heart Association, com idade > 64 anos (68 ±7) e fração de ejeção (mais) ste de caminhada de 6min, 4 dias antes da alta (T1) e 6 semanas após (T2), cujos desempenhos foram comparados pelo teste T. O valor prognóstico dos escores dos testes cognitivos foram analisados pela regressão logística e o valor de maior acurácia dos testes associado com o prognóstico determinado pela ROC curve. RESULTADOS: Após 24,7 meses, 17 (55%) pacientes faleceram. Os desempenhos ao teste de caminhada e maioria dos testes cognitivos melhoraram entre T1 e T2. O escore do digit span entre os sobreviventes variou de 3,9 para 5,2 (p=0,003), permanecendo inalterado entre os que faleceram (4,1para 3,9; p=0,496). Melhora Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the relation between the evolution of cognitive performance and the prognosis of elderly patients after compensation of advanced heart failure. METHODS: Thirty-one patients older than 64 (68 ± 7) years and admitted with New York Heart Association class IV heart failure and ejection fraction = 0.45 (0.38 ± 0.06) were consecutively selected. They underwent cognitive tests (digit span, digit symbol, letter cancellation, trail making A and B) and the 6- (mais) minute walking test 4 days before (T1) and 6 weeks after (T2) hospital discharge, and their performances were compared using the t test. The prognostic value of the scores of the cognitive tests was analyzed with logistic regression, and the value of greatest accuracy of the tests was associated with the prognosis determined by the ROC curve. RESULTS: After 24.7 months, 17 (55%) patients had died. The performances in the 6-minute walking test and most cognitive tests improved between T1 and T2. The digit span score of the survivors ranged from 3.9 to 5.2 (P=0.003) and remained unaltered among those who died (4.1 to 3.9; P=0.496). An improvement

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Valor preditivo de variáveis ventilatórias e metabólicas para óbito em pacientes com insuficiência cardíaca/ Predictive value of ventilatory and metabolic variables for risk of death in patients with cardiac failure

Braga, Ana Maria F. Wanderley; Rondon, Maria Urbana P. B.; Negrão, Carlos Eduardo; Wajngarten, Maurício
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o valor preditivo de variáveis respiratórias, metabólicas e hemodinâmicas, no teste de esforço cardiopulmonar, para óbito em pacientes com insuficiência cardíaca. MÉTODOS: Foram estudados 87 pacientes em classe funcional II e III da NYHA, faixa etária de 51±0,5 anos, dos quais 26 eram de etiologia chagásica, 30 isquêmica e 31 idiopática. O teste de esforço cardiopulmonar consistiu de protocolo em rampa com incremento de 5 a 15W/min, (mais) realizado em cicloergômetro, até a exaustão. RESULTADOS: A análise dos fatores de controle, realizada com regressão múltipla de Cox, mostrou que a idade, estatura, peso, superfície corporal e sexo não foram estatisticamente significativos. O consumo de oxigênio, o equivalente ventilatório de oxigênio, o equivalente ventilatório de dióxido de carbono, o pulso de oxigênio, a pressão parcial de dióxido de carbono ao final da expiração, no limiar anaeróbio, no ponto de compensação respiratória e no pico do exercício apresentaram-se como importantes preditores de óbito. A relação do aumento de dióxido de carbono como função da elevação da ventilação minuto e a relação do aumento do consumo de oxigênio e da elevação da carga de trabalho do início do exercício até o limiar anaeróbio apresentaram correlação estatisticamente significativa com óbito (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the predictive value of respiratory, metabolic, and hemodynamic variables obtained during the cardiopulmonary stress test for the risk of death in patients with heart failure. METHODS: Eighty-seven NYHA Functional Class II and III patients were analyzed, ages 51 ± 0.5 years, 26 of them with Chagas' disease, 30 with coronary ischemia, and 31 with idiopathic etiology. The cardiopulmonary stress test consisted of a ramp-protocol with 5 to 15 W/mi (mais) n workload increments performed on a bicycle-ergonometer until exhaustion. RESULTS: In this study, the multiple Cox regression analysis of age, height, weight, body surface, and gender showed that these parameters were not statistically significant control factors. Oxygen uptake, ventilatory equivalent of oxygen, ventilatory equivalent of carbon dioxide production, oxygen pulse, and end-tidal partial pressure of carbon dioxide at the anaerobic threshold, respiratory compensation point, and peak exercise proved to be important death predictors in heart failure patients. The relationship between the increase in carbon dioxide output as a function of the increase in minute ventilation, and the association between the oxygen uptake increase and the elevation of the workload from the beginning of exercise to the anaerobic threshold were statistically significant predictors of death in heart failure patients (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Avaliação da força muscular respiratória e da função pulmonar em pacientes com insuficiência cardíaca/ Evaluation of respiratory muscle strength and pulmonary function in heart failure patients

Forgiarini Junior, Luiz Alberto; Rubleski, Angélica; Douglas, Garcia; Tieppo, Juliana; Vercelino, Rafael; Dal Bosco, Adriane; Monteiro, Mariane Borba; Dias, Alexandre Simões
2007-07-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O termo insuficiência cardíaca (IC) refere-se à falha do coração em bombear sangue para suprir as necessidades do organismo. A função pulmonar e os músculos respiratórios podem estar afetados e os sintomas típicos apresentados pelos pacientes são desconforto aos mínimos esforços. OBJETIVO: Verificar a função pulmonar e a força dos músculos respiratórios em pacientes com IC em classes funcionais II e III, segundo a New York Heart Association ( (mais) NYHA). MÉTODOS: O estudo foi descritivo e observacional, sendo incluídos 12 indivíduos com IC em classes II e III que estavam em acompanhamento ambulatorial. A função pulmonar (volume expiratório forçado no primeiro segundo - VEF1 - e capacidade vital forçada - CVF) foi avaliada por meio da microespirometria e a força muscular respiratória (pressão expiratória máxima - PEmáx - e pressão inspiratória máxima - PImáx), por meio de manovacuometria (marca Globalmed®). RESULTADOS: Houve diferença entre as classes II e III em relação à função pulmonar (VEF1: II = 91,17 ± 19,87 e III = 68,17 ± 21,78; CVF: II = 68,17 ± 21,78 e III = 73,67 ± 22,94) e à força muscular respiratória (PImáx: II = 71,67 ± 40,70 e III = 53,33 ± 29,27; PEmáx: II = 98,83 ± 34,56 e III = 58,33 ± 15,06). A classe II apresentou valores maiores que a III, em todos os parâmetros avaliados, com diferença estatisticamente significativa na PEmáx. CONCLUSÃO: A função pulmonar e a força muscular respiratória estão prejudicadas na IC, onde os indivíduos da classe III apresentam valores menores que a II, principalmente na PEmáx. Resumo em inglês BACKGROUND: Heart failure (HF) is the inability of the heart to pump enough blood to supply the necessities of the body. Pulmonary function and respiratory muscles can be affected and typical symptoms presented by the patients include discomfort at a minimal exertion. OBJECTIVE: To verify pulmonary function and respiratory muscle strength in patients with class II and III HF as defined by the New York Heart Association (NYHA). METHODS: The study was descriptive and observ (mais) ational, and comprised 12 class II and III HF patients in follow-up at the out-patient. Pulmonary function assessments [Forced Expiratory Volume in the first second (FEV1) and Forced Vital Capacity (FVC)] were performed using microspirometry and respiratory muscle strength [Maximal Expiratory Pressure (MEPmax) and Maximal Inspiratory Pressure (MIPmax)] were evaluated using a pressure transducer (Globalmed™). RESULTS: Differences were found between the functional classes II and III in relation to pulmonary function: FEV1 (II: 91.17±19.87; III: 68.17±21.78); FVC (II: 68.17±21.78; III: 73.67±22.94); and respiratory muscle strength: MIPmax (II: 71.67±40.70; III: 53.33±29.27) and MEPmax (II: 98.83±34.56; III: 58.33±15.06). The class II were higher for all study parameters, only MEPmax revealed a statistically significant difference. CONCLUSION: The pulmonary function and respiratory muscle strength are impaired in heart failure patients class III patients, particularly in relation to MEPmax.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Correlação entre instrumentos de qualidade de vida relacionada à saúde e independência funcional em idosos com insuficiência cardíaca/ Correlation between instruments for measuring health-related quality of life and functional independence in elderly with heart failure

Scattolin, Fátima Ayres de Araújo; Diogo, Maria José D'Elboux; Colombo, Roberta Cunha Rodrigues
2007-11-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo identificar a correlação entre as medidas de qualidade de vida relacionada à saúde e independência funcional em idosos com insuficiência cardíaca. Fizeram parte do estudo 146 idosos com insuficiência cardíaca em tratamento ambulatorial, que responderam ao Minnesota Living With Heart Failure Questionnaire (LHFQ) e à Medida de Independência Funcional (MIF). Foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman para verificar a cor (mais) relação entre as medidas de qualidade de vida relacionada à saúde e MIF, e entre estas e a Classificação Funcional da New York Heart Association (CF-NYHA). Foram constatadas correlações significantes de moderada magnitude entre as dimensões física e emocional do LHFQ e as subescalas total e motora da MIF. Os resultados evidenciaram que a qualidade de vida relacionada à saúde e independência funcional são conceitos correlacionados e influenciados pela CF-NYHA. Os resultados sugerem que ações voltadas à promoção da independência funcional podem otimizar a qualidade de vida relacionada à saúde de idosos com insuficiência cardíaca, especialmente na dimensão física. São necessários novos estudos com ampliação da amostra, inclusão de pacientes de faixa etária mais elevada e com maior gravidade da doença, para verificar a reprodutibilidade destes achados. Resumo em inglês The main purpose of this study was to identify the correlation between health-related quality of life and the Functional Independence Measure (FIM) in elderly patients with heart failure. 146 elderly outpatients completed the Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire (LHFQ) and the FIM. Spearman correlation coefficient was used to identify correlations between health-related quality of life and FIM, and between them and New York Heart Association (NYHA) class. Sta (mais) tistically significant moderate correlations were found between physical and emotional LHFQ and total FIM and motor subscale. The results show that quality of life and functional independence are correlated concepts influenced by NYHA class and suggest that measures to promote functional independence (especially in the physical domain) can improve health-related quality of life in elderly patients with heart failure. Further research should include a larger sample and older patients with greater disease severity in order to verify the reproducibility of these findings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Correlação entre instrumentos de qualidade de vida relacionada à saúde e independência funcional em idosos com insuficiência cardíaca/ Correlation between instruments for measuring health-related quality of life and functional independence in elderly with heart failure

Scattolin, Fátima Ayres de Araújo; Diogo, Maria José D'Elboux; Colombo, Roberta Cunha Rodrigues
2007-11-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo identificar a correlação entre as medidas de qualidade de vida relacionada à saúde e independência funcional em idosos com insuficiência cardíaca. Fizeram parte do estudo 146 idosos com insuficiência cardíaca em tratamento ambulatorial, que responderam ao Minnesota Living With Heart Failure Questionnaire (LHFQ) e à Medida de Independência Funcional (MIF). Foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman para verificar a cor (mais) relação entre as medidas de qualidade de vida relacionada à saúde e MIF, e entre estas e a Classificação Funcional da New York Heart Association (CF-NYHA). Foram constatadas correlações significantes de moderada magnitude entre as dimensões física e emocional do LHFQ e as subescalas total e motora da MIF. Os resultados evidenciaram que a qualidade de vida relacionada à saúde e independência funcional são conceitos correlacionados e influenciados pela CF-NYHA. Os resultados sugerem que ações voltadas à promoção da independência funcional podem otimizar a qualidade de vida relacionada à saúde de idosos com insuficiência cardíaca, especialmente na dimensão física. São necessários novos estudos com ampliação da amostra, inclusão de pacientes de faixa etária mais elevada e com maior gravidade da doença, para verificar a reprodutibilidade destes achados. Resumo em inglês The main purpose of this study was to identify the correlation between health-related quality of life and the Functional Independence Measure (FIM) in elderly patients with heart failure. 146 elderly outpatients completed the Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire (LHFQ) and the FIM. Spearman correlation coefficient was used to identify correlations between health-related quality of life and FIM, and between them and New York Heart Association (NYHA) class. Sta (mais) tistically significant moderate correlations were found between physical and emotional LHFQ and total FIM and motor subscale. The results show that quality of life and functional independence are correlated concepts influenced by NYHA class and suggest that measures to promote functional independence (especially in the physical domain) can improve health-related quality of life in elderly patients with heart failure. Further research should include a larger sample and older patients with greater disease severity in order to verify the reproducibility of these findings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Análise das alterações ventilatórias e hemodinâmicas com utilização de ventilação mecânica não-invasiva com binível pressórico em pacientes com insuficiência cardíaca congestiva/ Analysis of ventilation and hemodynamic changes resulting from noninvasive bilevel pressure mechanical ventilation applied to patients with congestive heart failure

Barros, Ariadne Fernandes de; Barros, Luciana Costa de; Sangean, Márcia Cristina; Vega, Joaquim Minuzo
2007-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Observar na prática como a pressão positiva não invasiva com dois níveis de pressão, aplicada com diferentes valores, pode interferir na pressão arterial sistólica (PAS), pressão arterial diastólica (PAD), pressão arterial média (PAM), freqüência cardíaca (FC), freqüência respiratória (FR) e saturação periférica de oxigênio (SatO2), em pacientes com insuficiência cardíaca congestiva (ICC). MÉTODOS: Analisamos 14 pacientes com ICC que fora (mais) m tratados com ventilação mecânica não invasiva com dois níveis de pressão. A idade média foi de 62,85 anos. Os pacientes foram tratados consecutivamente com EPAP de 5 cmH2O, 10 cmH2O, 15 cmH2O, 10 cmH2O e 5 cmH2O mantendo uma variação de pressão (deltaP) de 5 cmH2O entre a pressão inspiratória (IPAP) e a pressão expiratória (EPAP). Foram coletados os dados ventilatórios e hemodinâmicos em todos esses momentos, e também 5 minutos antes do início do protocolo e 5 minutos após o seu término. RESULTADOS: Houve diferença estatisticamente significante na freqüência respiratória, entre o momento anterior ao do início do protocolo e 5 minutos após a instalação da máscara de pressão positiva (p = 0,022), e na saturação de oxigênio, entre o momento final da utilização de EPAP de 5 cmH2O e depois da retirada da máscara de pressão positiva (p = 0,05). CONCLUSÃO: A ventilação mecânica não invasiva com dois níveis de pressão beneficia os pacientes com insuficiência cardíaca congestiva por meio da melhora da oxigenação e diminuição do trabalho respiratório. Não foi possível observar alterações estatisticamente significantes nos dados hemodinâmicos devido ao pequeno número de pacientes e à presença de outras doenças cardíacas associadas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To observe in practice how noninvasive bilevel positive pressure, applied at different levels, may interfere with systolic arterial pressure (SAP), diastolic arterial pressure (DAP), mean arterial pressure (MAP), heart rate (HR), respiratory rate (RR), and peripheral oxygen saturation (SpO2), in patients with congestive heart failure (CHF). METHODS: Fourteen CHF patients (mean age 62.85 years) were treated with noninvasive bilevel mechanical ventilation. Patien (mais) ts were consecutively treated with an expiratory positive airway pressure (EPAP) of 5 cmH2O, 10 cmH2O, 15 cmH2O, 10 cmH2O, and 5 cmH2O, maintaining a variation in pressure (deltaP) of 5 cmH2O between the inspiratory pressure (IPAP) and the expiratory pressure (EPAP). Ventilation and hemodynamic data were collected at these time points, as well as 5 minutes before the beginning of the protocol and 5 minutes after its completion. RESULTS: A statistically significant difference was observed in the respiratory rate between the moment just before the beginning of the protocol and 5 minutes after positive pressure mask placement (p=0.022), and in oxygen saturation, between the final minute of EPAP at 5 cmH2O and after the removal of the mask (p=0.05). CONCLUSION: Noninvasive bilevel mechanical ventilation improves oxygenation and reduces respiratory work, thus being beneficial for patients with congestive heart failure. It was not possible to observe statistically significant changes in the hemodynamic data due to the small number of patients and to other associated heart diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Demonstração do mecanismo da terapia de ressincronização ventricular com ecocardiografia tridimensional em tempo real em paciente com insuficiência cardíaca/ Mechanism of cardiac resynchronization therapy by real-time three-dimensional echocardiography in patients with heart failure

Vieira, Marcelo Luiz Campos; Maddukuri, Prasad V.; Phang, Robert S.; Pandian, Natesa G.; Mathias Júnior, Wilson; Ramires, José A. F.
2005-11-01

Resumo em português Relatamos caso de homem de 66 anos de idade portador de insuficiência cardíaca classe funcional (NYHA) IV que foi submetido a terapia de ressincronização cardíaca por implante de marcapasso biventricular. O paciente foi avaliado antes e 48 horas após o implante do marcapasso com o emprego da ecocardiografia tridimensional transtorácica em tempo real. A utilização da ecocardiografia tridimensional contribuiu para o entendimento do mecanismo envolvido na ressincron (mais) ização cardíaca através da demonstração da melhor sincronização dos segmentos cardíacos, o que resultou em melhora clínica do paciente. Resumo em inglês We report the case of a 66-year-old man with heart failure NYHA class IV treated with biventricular pacing for cardiac resynchronization. The patient was evaluated by real-time three-dimensional transthoracic echocardiography before and 48 hours after pacemaker implantation. The use of three-dimensional echocardiography contributed to understanding the underlying mechanism involved in cardiac resynchronization therapy by demonstrating enhanced synchrony of myocardial segments, which resulted in the patient's clinical improvement.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Insuficiência renal aguda após uso de imunoglobulina intravenosa para tratamento de miocardite/ Acute renal failure after intravenous use of immunoglobulin to treat myocarditis

Pordeus, Vitor; Tostes, Andréa; Mesquita, Cláudio Tinoco; Mady, Charles; Mesquita, Evandro Tinoco
2005-02-01

Resumo em português Mulher de 60 anos com quadro de insuficiência cardíaca classe funcional III/IV (NYHA) de etiologia imuno-mediada (miocardite autoimune). Após tentativas terapêuticas sem sucesso, foi utilizada imunoglobulina intravenosa, deteriorando a função renal, complicação rara desta terapia. Após hemodiálise a paciente recuperou a função renal e ocorreu melhora da insuficiência cardíaca crônica para classe funcional I. Resumo em inglês The patient is a 60-year-old female with functional class III/IV (NYHA) heart failure of an immunomediated etiology (autoimmune myocarditis). After unsuccessful therapeutic attempts, intravenous immunoglobulin was used, leading to deterioration in renal function, a rare complication of that therapy. After hemodialysis, the patient's renal function was restored, and the chronic heart failure improved to functional class I.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Miocárdio não compactado, Doença de Chagas e disfunção: relato de caso/ Noncompaction of the myocardium, Chagas' disease and dysfunction: a case report/ Miocardio no compactado, Enfermedad de Chagas y disfunción: caso clínico

Mello, Ronaldo Peixoto de; Szarf, Gilberto; Nakano, Edson; Dietrich, Cristiano; Cirenza, Claudio; Paola, Angelo A.V. de
2010-07-01

Resumo em português Relatamos a associação entre a cardiopatia associada ao miocárdio não compactado do ventrículo esquerdo (MNCVE) à cardiopatia chagásica crônica (CCC) em paciente com clínica de insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral isquêmico e arritmia cardíaca. As imagens típicas de MNCVE e CCC foram documentadas pela ressonância magnética cardíaca (RMC). Resumo em espanhol Relatamos la asociación entre la cardiopatía asociada al miocardio no compactado del ventrículo izquierdo (MNCVI) con la cardiopatía chagásica crónica (CCC) en paciente con clínica de insuficiencia cardíaca, accidente vascular cerebral isquémico y arritmia cardíaca. Las imágenes típicas de MNCVI y CCC fueron documentadas por resonancia magnética cardíaca (RMC). Resumo em inglês We report the association between heart disease associated with noncompaction of the left ventricular myocardium (NCLVM) and chronic Chagas' heart disease (CCHD) in a patient with heart failure, ischemic stroke and cardiac arrhythmia. Images typical of NCLVM and CCHD were documented by cardiac magnetic resonance imaging (CMRI).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Cardiomiopatia dilatada reversível relacionada a hipertireoidismo/ Reversible dilated cardiomyopathy related to hyperthyroidism

Wildemberg, Luiz Eduardo A.; Sousa, Luciana Lopes de; Fonseca, Lara P. Monteiro da; Souza, Marcus V. Leitão de
2007-12-01

Resumo em português A insuficiência cardíaca é uma das complicações mais conhecidas do hipertireoidismo, sendo mais comumente de alto débito, mas alguns pacientes evoluem com miocardiopatia dilatada e baixa fração de ejeção. Apresentamos paciente de 35 anos, sexo masculino, com hipertireoidismo, fibrilação atrial (FA) e insuficiência cardíaca grave com disfunção sistólica e fração de ejeção de 43%. Após o tratamento definitivo do hipertireoidismo com radioiodo, houve re (mais) versão da insuficiência cardíaca, com melhora clínica e ecocardiográfica, incluindo normalização da fração de ejeção (69%). Vários são os casos descritos de reversão da insuficiência cardíaca com o tratamento do hipertiroidismo, porém na sua maioria de insuficiência cardíaca de alto débito. Os mecanismos pelo qual o hipertireoidismo pode levar à disfunção sistólica, assim como seu tratamento, são discutidos. Concluímos que o tratamento do hipertireoidismo pode recuperar a miocardiopatia tireotóxica, mesmo em casos mais graves com comprometimento da função sistólica. Resumo em inglês Heart failure is one of the most known complications of hyperthyroidism, more commonly high-output heart failure, but some patients may develop dilated cardiomyopathy with low ejection fraction. We report a 35-year-old man, with hyperthyroidism, atrial fibrillation, and severe heart failure with 43% of ejection fraction. After the definitive treatment of the hyperthyroidism with radioiodine, heart failure was reverted, with symptomatic improvement and echocardiographic no (mais) rmalization including a normal ejection fraction (69%). There are several cases of reversion of heart failure due to hyperthyroidism treatment, but most of them with a high-output heart failure. Mechanisms by which hyperthyroidism can lead to heart failure and its treatment are discussed. We conclude that treatment of hyperthyroidism may reverse this thyroid related heart failure, even in severe cases with systolic dysfunction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Cardiomiopatia restritiva por cisticercose miocárdica/ Restrictive cardiomyopathy due to myocardial cysticercosis

Melo, Rodrigo Morel Vieira de; Melo Neto, Almiro Vieira de; Corrêa, Luís Cláudio L.; Melo Filho, Almiro Vieira de
2005-12-01

Resumo em português Não há descrição na literatura de comprometimento da função cardíaca associado à cisticercose. Os autores relatam o caso de uma mulher de 46 anos, portadora de cisticercose e insuficiência cardíaca, cujo ecocardiograma é compatível com cardiomiopatia restritiva e o aspecto miocárdico é de microcalcificações, sugerindo infiltração cardíaca pela doença. Resumo em inglês There is no description of cysticercosis affecting heart function. In the present report, the authors describe the case of a 46-year-old woman with cardiac cysticercosis and heart failure, presenting with echocardiographic findings suggestive of restrictive cardiomyopahy and myocardial microcalcifications suggestive of cardiac infiltration by the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Indivíduo do sexo masculino XYY com retorno venoso pulmonar anômalo total e baixa estatura/ XYY male with total anomalous pulmonary venous return and short stature

Nagasawa, Hiroyuki; Okumura, Noriko; Uchiyama, Atsushi; Wakazono, Akihiro; Ichihashi, Hiroshi
2003-02-01

Resumo em português Objetivo: relatar o caso de um neonato masculino 47 XYY com doença cardíaca congênita e baixa estatura. Resultados: este é o primeiro relato de caso de um neonato masculino 47 XYY, pequeno para a idade, com doença cardíaca congênita (retorno venoso pulmonar anômalo total). O neonato nasceu com 32 semanas de gestação e peso de 1.134 g. Uma hemorragia intracraniana e um alto fluxo pulmonar foram descobertos no período neonatal inicial. Havia grande retardo de des (mais) envolvimento neuromotor. A criança recebeu uma ligadura paliativa do ductus arteriosus e a colocação de um shunt ventriculoperitoneal, mas morreu com 19 meses de vida de insuficiência cardíaca. Comentários: esta combinação de menino XYY e doença cardíaca congênita pode ser fortuita. Entretanto, pensamos que é importante relatar que houve este caso de prognóstico pobre de um indivíduo XYY do sexo masculino com doença cardíaca congênita e baixa estatura. Resumo em inglês Objective: to report a case of a 47 XYY male neonate with congenital heart disease and short stature. Description: this is the first case report of a 47 XYY male neonate associated with congenital heart disease (total anomalous pulmonary venous return) and small for gestational age. The infant was born at around 32 weeks of gestation with 1,134g. Intracranial hemorrhage and pulmonary high flow were discovered in the early neonatal period. Retarded physical and mental deve (mais) lopment was observed. The infant underwent a palliative ligation of the ductus arteriosus and a ventriculoperitoneal shunt operation, but died due to consequent heart failure at 19 months of age. Comments: this combination of XYY male and congenital heart disease may be fortuitous. However, we think it is important to report that there was a poor prognosis case of XYY male with congenital heart disease and short stature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Transplante de Células-tronco marcadas para o miocárdio de paciente com doença de chagas/ Labeled stem cells transplantation to the myocardium of a patient with chagas' disease

Jacob, José Luiz Balthazar; Salis, Fernando Vilela; Ruiz, Milton A.; Greco, Oswaldo Tadeu
2007-08-01

Resumo em português O transplante de células-tronco é uma nova terapia com objetivo de produzir regeneração cardíaca pela diferenciação ou aumento dos miócitos cardíacos ou proliferação neovascular em pacientes no estágio final de insuficiência cardíaca congestiva secundária a cardiomiopatia dilatada¹, mas os resultados são desconhecidos2,3. Resumo em inglês Stem cell transplantation is a new therapy applied to produce cardiac regeneration through differentiation or increase of heart myocytes or neovascular proliferation in patients in the end stage of congestive heart failure secondary to dilated cardiomyopathy¹, but the results are still unknown2,3.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Três casos de hipertensão e Fístula Arteriovenosa Renal: com uma fístula de novo/ Three cases of hypertension and Renal Arteriovenous fistula with a de novo fistula/ Tres casos de hipertención y Fístula Arteriovenosa Renal: con una fístula de novo

Melo, Natalia Correa Vieira; Mundim, Juliano Sacramento; Costalonga, Elerson Carlos; Lucon, Antonio Marmo; Santello, Jose Luiz; Praxedes, Jose Nery
2009-05-01

Resumo em português Fístula Arteriovenosa Renal (FAVR) é uma causa rara e potencialmente reversível de hipertensão e insuficiência renal e/ou cardíaca. O tratamento da FAVR visa preservar o máximo de parênquima renal e, concomitantemente, erradicar os sintomas e efeitos hemodinâmicos decorrentes da FAVR. No presente estudo, serão relatados três casos de FAVR, incluindo um caso de FAVR idiopática de novo, que se apresentaram com hipertensão e insuficiência renal e/ou cardíaca, e descrever a terapêutica adotada e os resultados obtidos. Resumo em espanhol La Fístula Arteriovenosa Renal (FAVR) es una causa rara y potencialmente reversible de hipertensión e insuficiencia renal y/o cardíaca. El tratamiento de la FAVR busca preservar el máximo de parénquima renal y, concomitantemente, erradicar los síntomas y efectos hemodinámicos resultantes de la FAVR. En el presente estudio, se relatarán tres casos de FAVR, incluyendo un caso de FAVR idiopática de novo, que se presentaron con hipertensión e insuficiencia renal y/o cardíaca, y describir la terapéutica adoptada y los resultados obtenidos. Resumo em inglês The Renal Arteriovenous Fistula (RAVF) is a rare and potentially reversible cause of hypertension and kidney and/or heart failure. The treatment of RAVF aims at preserving the most of the renal parenchyma and, concomitantly, eradicating the symptoms and hemodynamic effects caused by the RAVF. The present study reports three cases of RAVF, including one case of a de novo idiopathic RAVF, which presented with hypertension and kidney and/or heart failure and describes the therapeutic measures used to treat these patients as well as the outcomes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Ecocardiografia e teste de caminhada de 6 minutos na disfunção sistólica do ventrículo esquerdo/ chocardiography and 6-minute walk test in left ventricular systolic dysfunction/ Ecocardiografía y prueba de caminata de 6 minutos en la disfunción sistólica del ventrículo izquierdo

Berisha, Venera; Bajraktari, Gani; Dobra, Dritero; Haliti, Edmond; Bajrami, Reshat; Elezi, Shpend
2009-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Insuficiência cardíaca crônica é um grave distúrbio cardiovascular. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar prospectivamente se o resultado do teste de caminhada de 6 minutos (TC-6M) se correlaciona com as variáveis ecocardiográficas em pacientes portadores de disfunção sistólica do ventrículo esquerdo e insuficiência cardíaca crônica estável. MÉTODOS: Foram estudados prospectivamente 52 pacientes (65% homens; média de idade de 60±11 an (mais) os) portadores de insuficiência cardíaca crônica secundária à cardiopatia isquêmica ou miocardiopatia idiopática. Todos os pacientes apresentavam disfunção sistólica do ventrículo esquerdo (fração de ejeção Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La insuficiencia cardiaca crónica es un grave disturbio cardiovascular. OBJETIVO: El objetivo de este estudio fue evaluar prospectivamente si el resultado de la prueba de caminata de 6 minutos (PC-6M) se correlaciona con las variables ecocardiográficas en pacientes portadores de disfunción sistólica del ventrículo izquierdo e insuficiencia cardiaca crónica estable. MÉTODOS: Se estudiaron prospectivamente a 52 pacientes (el 65% varones; promedio de edad (mais) de 60±11 años) portadores de insuficiencia cardiaca crónica secundaria a la cardiopatía isquémica o la miocardiopatía idiopática. Todos los pacientes presentaban disfunción sistólica del ventrículo izquierdo (fracción de eyección Resumo em inglês BACKGROUND: Chronic heart failure is a major cardiovascular disorder. OBJECTIVE: The aim of this study was to prospectively examine whether a 6-min walk test (6-MWT) result correlates with echocardiographic variables in patients with left ventricular systolic dysfunction and stable chronic heart failure. METHODS: We prospectively studied 52 patients (65% male; mean age 60±11 years) who had chronic heart failure secondary to ischemic heart disease or idiopathic cardiomyop (mais) athy. All patients had left ventricular systolic dysfunction (ejection fraction

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Transplante de células da medula óssea no tratamento da cardiopatia chagásica crônica/ Bone marrow cells transplant in the treatment of chronic chagasic cardiomyopathy

Santos, Ricardo Ribeiro dos; Soares, Milena Botelho Pereira; Carvalho, Antônio Carlos Campos de
2004-12-01

Resumo em português A cardiopatia chagásica crônica é ainda uma das maiores causas de óbito por insuficiência cardíaca na América Latina e para a qual não há nenhum tratamento eficaz até o momento. Enquanto a população de indivíduos com doença de Chagas aguarda o desenvolvimento de novos quimioterápicos mais eficientes e de menor toxicidade para a eliminação do Trypanosoma cruzi, uma nova estratégia surgiu na tentativa de reparar ou diminuir os danos causados ao miocárdio (mais) de pacientes com forma crônica cardíaca. Trata-se do transplante de células de medula óssea obtidas do próprio indivíduo a ser tratado, que pode levar à melhora funcional e da qualidade de vida dos pacientes, como ocorreu em estudos utilizando esta abordagem para o tratamento de pacientes com insuficiência cardíaca de etiologia isquêmica. Os possíveis efeitos de terapias celulares e sua utilização em pacientes cardiopatas chagásicos crônicos são discutidos no presente artigo. Resumo em inglês Chronic chagasic cardiomyopathy remains a major cause of death due to heart failure in Latin American countries and for which there is currently no effective treatment. While chagasic patients wait for the development of more efficient and less toxic chemotherapeutics for the elimination of Trypanosoma cruzi, a new strategy has appeared in an attempt to repair or ameliorate the damage caused to the myocardium of patients with chronic chagasic cardiomyopathy. This therapy, (mais) involving the transplant of bone marrow cells obtained from the patient to be treated, may lead to improvement in heart function and in life quality of patients with severe chagasic cardiopathy, similar to that obtained with this approach in the treatment of patients with heart failure of ischemic etiology. The possible effects of cell therapies and its applications in chronic chagasic cardiopaths are discussed in the present report.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Por que os portadores de cardiomiopatia chagásica têm pior evolução que os não-chagásicos?/ Why do patients with chagasic cardiomyopathy have worse outcomes than those with non-chagasic cardiomyopathy?

Silva, Christiano Pereira; Del Carlo, Carlo Henrique; Oliveira Junior, Mucio Tavares de; Scipioni, Airton; Strunz-Cassaro, Celia; Ramirez, José Antonio Franchini; Pereira Barretto, Antonio Carlos
2008-12-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A insuficiência cardíaca é uma doença de alta prevalência, com prognóstico dependente de diferentes fatores preditores. OBJETIVO: A doença de Chagas é um preditor de mau prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) crônica. O objetivo deste estudo é analisar se ela também prediz pior evolução para pacientes agudamente descompensados. MÉTODOS: Estudamos 417 pacientes hospitalizados por IC descompensada. A idade média foi de 51,8 an (mais) os, sendo 291 (69,8%) homens. Os pacientes foram divididos em dois grupos: 133 (31,9%) chagásicos (CH) e 284 com outras etiologias. Num subgrupo de 63 pacientes (15,1% com doença de Chagas), dosaram-se citocinas e noradrenalina. RESULTADOS: Na internação, 24,6% necessitaram de inotrópicos, e em um ano a mortalidade foi de 54,7%. Os CH apresentaram maior mortalidade (69,2% vs. 47,9%, p Resumo em inglês BACKGROUND: Heart failure is a highly prevalent disease, the prognosis of which depends on different predictive factors. OBJECTIVE: Chagas disease is a predictor of poor prognosis in patients with chronic heart failure (HF). The purpose of this study is to investigate whether this condition also predicts poor outcome in acutely decompensated patients. METHODS: Four hundred and seventeen patients admitted for decompensated heart failure were studied. Mean age was 51.8 year (mais) s, and 291 (69.8%) were male. They were divided into two groups: 133 (31.9%) patients with Chagas heart disease (CH) and 284 patients with heart failure of other etiologies. Cytokine and norepinephrine plasma levels were measured in a subgroup of 63 patients (15.1% with Chagas disease). RESULTS: At admission, 24.6% of the patients needed inotropic support, and one-year mortality was 54.7%. Mortality rates were higher in the CH group (69.2% vs. 47.9%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Papel relativo da remodelação geométrica do ventrículo esquerdo, morfológica e funcional do miocárdio na transição da hipertrofia compensada para a falência cardíaca em ratos com estenose aórtica supravalvar/ Relative role of left ventricular geometric remodeling and of morphological and functional myocardial remodeling in the transition from compensated hypertrophy to heart failure in rats with supravalvar aortic stenosis

Bregagnollo, Edson Antonio; Mestrinel, Marco Aurélio; Okoshi, Katashi; Carvalho, Fábio Cardoso; Bregagnollo, Isamara Fernanda; Padovani, Carlos Roberto; Cicogna, Antonio Carlos
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a contribuição relativa da remodelação geométrica do ventrículo esquerdo (VE) e das alterações morfológicas e funcionais do miocárdio, em ratos com estenose aórtica supravalvar (EAS), na fase de transição da hipertrofia compensada para a insuficiência cardíaca congestiva (ICC). MÉTODOS: Vinte e uma semanas após a indução da EAS os ratos foram classificados como controles (GC,n=13), não portadores (GE,n=11) ou portadores de insuficiên (mais) cia cardíaca congestiva (GE-IC,n=12).Todos os grupos foram avaliados com estudo ecocardiográfico, hemodinâmico e morfológico do miocárdio. RESULTADOS: Vinte e uma semanas após EAS: índice de massa (GE-IC>GE>GC,pGC, pGE>GC, pGE>GC,pGE>GC, pGE>GC, p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the relative contribution of left ventricular (LV) geometric remodeling and of morphological and functional myocardial changes in rats with induced supravalvar aortic stenosis (SAS), in the transition from compensated hypertrophy to congestive heart failure (CHF). METHODS: Twenty one weeks after induction of SAS, the rats were classified as controls (CG, n=13), without congestive heart failure (SG, n=11), or with congestive heart failure (SG-HF, n=1 (mais) 2). All groups were evaluated with echocardiographic, hemodynamic and morphological study of the myocardium. RESULTS: Twenty one weeks after SAS: mass index (SG-HF>SG>CG, pCG, pSG>CG, pSG>CG, pSG>CG, pSG>CG, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Papel da Titina na Modulação da Função Cardíaca e suas Implicações Fisiopatológicas/ The Role of Titin in the Modulation of Cardiac Function and its Pathophysiological Implications

Ferreira, Ricardo Castro; Carvalho, Ricardo Fontes; Pires, Inês Falcão; Moreira, Adelino Leite
2011-01-01

Resumo em português A titina é uma proteína sarcomérica gigante que se estende desde a linha Z até a linha M. Em razão de sua localização, representa um importante sensor biomecânico com um papel fundamental na manutenção da integridade estrutural do sarcômero. A titina funciona como uma "mola bidirecional" que regula o comprimento sarcomérico e realiza ajustes adequados da tensão passiva sempre que o comprimento varia. Dessa forma, não só determina a rigidez ventricular e a f (mais) unção diastólica, como também influencia a função cardíaca sistólica, modulando o mecanismo de Frank-Starling. O miocárdio expressa duas isoformas dessa macromolécula: a N2B, mais rígida, e a isoforma N2BA, mais complacente. As alterações na expressão relativa das duas isoformas da titina ou alterações do seu estado de fosforilação têm sido implicadas na fisiopatologia de várias doenças como a insuficiência cardíaca diastólica, a cardiomiopatia dilatada, a cardiomiopatia isquêmica e a estenose aórtica. Neste artigo pretende-se descrever sumariamente a estrutura e localização da titina, a sua relação com diferentes cardiomiopatias, e compreender de que forma as alterações dessa macromolécula influenciam a fisiopatologia da insuficiência cardíaca diastólica, salientando o potencial terapêutico da manipulação dessa macromolécula. Resumo em inglês Titin is a giant sarcomeric protein that extends from the Z-line to the M-line. Due to its location, it represents an important biomechanical sensor, which has a crucial role in the maintenance of the sarcomere structural integrity. Titin works as a "bidireactional spring" that regulates the sarcomeric length and performs adequate adjustments of passive tension whenever the length varies. Therefore, it determines not only ventricular rigidity and diastolic function, but a (mais) lso systolic cardiac function, modulating the Frank-Starling mechanism. The myocardium expresses two isoforms of this macromolecule: the N2B, more rigid and the isoform N2BA, more compliant. The alterations in the relative expression of the two titin isoforms or alterations in their state of phosphorylation have been implicated in the pathophysiology of several diseases, such as diastolic heart failure, dilated cardiomyopathy, ischemic cardiomyopathy and aortic stenosis. The aim of this study is to describe, in brief, the structure and location of titin, its association with different cardiomyopathies and understand how alterations in this macromolecule influence the pathophysiology of diastolic heart failure, emphasizing the therapeutic potential of the manipulation of this macromolecule.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Avaliação nutricional subjetiva global em pacientes cardiopatas/ Subjective global assessment of nutritional status in cardiac patients

Yamauti, Aurea Kaoru; Ochiai, Marcelo Eidi; Bifulco, Paula Sofia; Araújo, Moab Alves de; Alonso, Rosiris Roco; Ribeiro, Regina Helena Cunha; Pereira-Barretto, Antonio Carlos
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a Avaliação Nutricional Subjetiva Global (ANSG) para o diagnóstico de desnutrição em pacientes cardiopatas. MÉTODOS: Em 106 pacientes hospitalizados (53 com insuficiência cardíaca), aplicou-se o questionário de ANSG com histórico nutricional (peso, dieta, sintomas gastrointestinais, capacidade funcional física e diagnóstico) e exame físico. Depois aferiram-se medidas antropométricas (peso, circunferência do braço, prega cutânea tricipta (mais) l e circunferência muscular do braço). Para a avaliação objetiva dos pacientes com insuficiência cardíaca consideraram-se albumina sérica, contagem de linfócitos e antropometria. A curva ROC analisou sensibilidade, especificidade e acurácia da ANSG em relação à avaliação objetiva. RESULTADOS: A idade dos pacientes era de 57,7 ± 15,7 anos, e a maioria era de homens (67,9%). A curva ROC indicou o escore 16 como ponto de corte da ANSG com maior sensibilidade (62,2%) e especificidade (55,7%). A área sob a curva foi de 0,601 (IC 95%: 0,487 - 0,715). A prevalência de desnutrição foi de 51,9% pela ANSG e 42,5% pela avaliação antropométrica, com acurácia de 65,3% nos homens e 44,1% nas mulheres. Nos pacientes com insuficiência cardíaca, a prevalência de desnutrição foi de 60,4% pela ANSG e 32,1% pela avaliação objetiva, com acurácia de 67,6% nos homens e 31,3% nas mulheres. CONCLUSÃO: A ANSG identificou maior número de desnutridos do que a avaliação objetiva. O desempenho da ANSG na identificação de desnutrição foi maior nos homens. A ANSG detectou pacientes cardiopatas com risco nutricional. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the performance of Subjective Global Assessment of Nutritional Status (SGA) in diagnosing malnutrition in patients with heart disease. METHODS: One hundred and six hospitalized patients (53 with heart failure) completed an SGA questionnaire on their nutritional history (changes in body weight, dietary intake, gastrointestinal symptoms, functional capacity, and diagnosis) and underwent physical examination. Then, anthropometric measurements were obtai (mais) ned (body weight, mid-arm circumference, triceps skinfold thickness, and arm muscle circumference). Serum albumin, total lymphocyte count and anthropometric measurements were determined for the objective assessment of patients with congestive heart failure. An ROC curve was used to analyze sensitivity, specificity and accuracy of SGA compared to the objective assessment. RESULTS: Patients' age was 57.7 ± 15.7, and the majority was male (67.9%). The ROC curve showed score 16 as SGA cut-off point with the highest sensitivity (62.2%) and specificity (55.7%). The area under the curve was 0.601 (95% CI: 0.487 - 0.715). Anthropometric assessment showed malnutrition prevalence at 51.9% by SGA and 42.5% by, with accuracy of 65.3% in men and 44.1% in women. In patients with congestive heart failure, SGA assessed malnutrition prevalence was 60.4%, while objective assessment was 32.1% with accuracy of 67.6% in men and 31.3% in women. CONCLUSION: SGA detected a greater number of malnourished patients than the objective evaluation. Its performance in identifying malnutrition was better in men. It also detected cardiac patients at nutritional risk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Bloqueio simpático esquerdo por videotoracoscopia no tratamento da cardiomiopatia dilatada/ Endoscopic left sympathetic blockade in the treatment for dilated cardiomyopathy/ Bloqueo simpático izquierdo por videotoracoscopia en el tratamiento de la cardiomiopatía dilatada

Pêgo-Fernandes, Paulo M.; Moreira, Luiz Felipe P.; Souza, Germano Emílio C.; Bacal, Fernando; Bocchi, Edimar Alcides; Stolf, Noedir Antônio G.; Jatene, Fábio Biscegli
2010-12-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O nível da atividade nervosa simpática é um dos mais importantes determinantes prognósticos em pacientes com insuficiência cardíaca. OBJETIVO: O propósito dessa investigação foi realizar um estudo de viabilidade do emprego do bloqueio simpático esquerdo por toracoscopia em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) para avaliar a segurança e os efeitos imediatos. MÉTODOS: Quinze pacientes com cardiomiopatia dilatada e fração de ejeção do ventr (mais) ículo esquerdo (FEVE) Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El nivel de la actividad nerviosa simpática es uno de los más importantes determinantes pronósticos en pacientes con insuficiencia cardíaca. OBJETIVO: El propósito de esta investigación fue realizar un estudio de viabilidad del empleo del bloqueo simpático izquierdo por toracoscopia en pacientes con insuficiencia cardíaca (IC) para evaluar la seguridad y los efectos inmediatos. MÉTODOS: Quince pacientes con cardiomiopatía dilatada y fracción de eyec (mais) ción del ventrículo izquierdo (FEVI) Resumo em inglês BACKGROUND: The level of sympathetic nervous activity is a major determinant of prognosis in patients with heart failure. OBJECTIVE: The purpose of this investigation was to perform a proof-of-principle trial of therapeutic endoscopic left thoracic sympathetic blockade in heart failure patients to assess safety and immediate effects. METHODS: Fifteen patients with dilated cardiomyopathy and left ventricular ejection fraction (LVEF) (mais) onal class II or III, and heart rate > 65 bpm, despite either adequate betablocker use or intolerant to it, were enrolled. Ten patients underwent left infra-stellate ganglion plus T3-T4 interspinal space clipping through videothoracoscopy, while the other five patients were randomized to a control group. RESULTS: None of the treated patients had any procedure-related adverse cardiovascular events at the perioperative period. Two patients from the surgical group died due to pulmonary thromboembolism or myocardial infarction within 6 months of the initial follow-up, while three patients from the control group had heart failure progression and died or developed cardiogenic shock during the same period. Treated patients presented improvement in quality of life, level of physical activity and LVEF (from 25 ± 9% to 32 ± 8%, p=0.024) at 6 months of follow-up, whereas these parameters did not change in control patients. CONCLUSION: Endoscopic left thoracic sympathetic blockade is feasible and appears to be safe in severe heart failure patients. This initial study suggests that this procedure might be an effective alternative approach to sympathetic blockade in the treatment of dilated cardiomyopathies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Validação da versão em português do Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire/ Validation of the Portuguese version of the Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire/ Validación de la versión en portugués del Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire

Carvalho, Vitor Oliveira; Guimarães, Guilherme Veiga; Carrara, Dirceu; Bacal, Fernando; Bocchi, Edimar Alcides
2009-07-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire (MLHFQ) é uma importante ferramenta de avaliação da qualidade de vida em pacientes com insuficiência cardíaca. Apesar de amplamente usado em nosso meio, não contávamos com a sua tradução e validação em língua portuguesa. OBJETIVO: Este estudo pretendeu traduzir e validar a versão em português do MLHFQ em pacientes com insuficiência cardíaca. MÉTODOS: Quarenta pacientes com insuficiência card (mais) íaca (30 homens, FEVE 30±6%, 55% de etiologia isquêmica, NYHA I a III) com estabilidade clínica e terapia medicamentosa otimizada realizaram teste cardiopulmonar máximo para avaliação da capacidade física. Logo após, o MLHFQ, devidamente traduzido, foi aplicado por um mesmo pesquisador. A classe funcional NYHA foi encaminhada pela equipe medica. RESULTADOS: A versão em português do MLHFQ apresentou-se com a mesma estrutura e métrica da versão original. Não houve dificuldade na aplicação e compreensão do questionário por parte dos pacientes. A versão em português do MLHFQ mostrou-se concordante com o pico de VO2, o tempo de exercício do teste cardiopulmonar e com a classificação funcional da NYHA. Não houve diferença da média do escore do questionário entre os grupos de etiologia isquêmica e não-isquêmica. CONCLUSÃO: A versão em língua portuguesa da MLHFQ, proposta no presente estudo, demonstrou ser válida em pacientes com insuficiência cardíaca, constituindo uma nova e importante ferramenta para avaliar a qualidade de Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire (MLHFQ) es un importante instrumento de evaluación de la calidad de vida en pacientes con insuficiencia cardiaca. A pesar de su amplio empleo en nuestro medio, no contábamos con su traducción y validación en lengua portuguesa. OBJETIVO: Este estudio tuvo por objeto traducir y validar la versión en portugués del MLHFQ en pacientes con insuficiencia cardiaca. MÉTODOS: Se realizó la prueba de ejercicio (mais) cardiopulmonar máximo en 40 pacientes con insuficiencia cardiaca (30 varones, FEVE 30±6%, el 55% de etiología isquémica, NYHA I a III) con estabilidad clínica y terapia medicamentosa optimizada, para evaluarse la capacidad física. Acto seguido, un investigador aplicó el MLHFQ debidamente traducido. La clase funcional NYHA fue referida por el equipo médico. RESULTADOS: La versión en portugués del MLHFQ se presentó con la misma estructura y estándares de medición de la versión original. No hubo dificultad en la aplicación y compensación del cuestionario por parte de los pacientes. La versión en portugués del MLHFQ resultó concordante con el pico de VO2, el tiempo de ejercicio de la prueba de ejercicio cardiopulmonar y con la clasificación funcional de la NYHA. No hubo diferencia del promedio del score del cuestionario entre los grupos de etiología isquémica y no isquémica. CONCLUSIÓN: La versión en lengua portuguesa de la MLHFQ, propuesta en el presente estudio, resultó válida en pacientes con insuficiencia cardiaca, constituyendo un nuevo e importante instrumento para evaluar la calidad de vida. Resumo em inglês BACKGROUND: The Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire (MLHFQ) is an important measurement instrument for assessing the quality of life of heart failure patients. Despite being largely used within our context, the questionnaire had not yet been translated and validated into the Portuguese language. OBJECTIVE: Of this study was to translate and validate the Portuguese version of the MLHFQ for use in heart failure patients. METHODS: Forty patients with heart fail (mais) ure (30 men, LVEF 30±6%, 55% ischemic etiology, classified as NYHA I to III), clinically stable and on optimized drug therapy underwent maximal cardiopulmonary stress testing to assess their physical capacity. Right after the test, the MLHFQ duly translated into Portuguese was administered by the same investigator. The NYHA functional classification was provided by the medical team. RESULTS: The Portuguese version of the MLHFQ had the same structure and metrics of the original version. There was no difficulty in the administration of the questionnaire or in the patient's understanding of the questions. The Portuguese version of the MLHFQ was consistent with peak VO2, duration of the cardiopulmonary test, and NYHA functional classification. There was no difference in the score mean for the questionnaire between the group of patients with ischemic etiology and the group with non-ischemic etiology. CONCLUSION: The Portuguese version of the MLHFQ proposed in this study proved to be valid for heart failure patients, and constitutes a new and important instrument for assessing quality of life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Miocardiopatia diabética/ Diabetic cardiomyopathy

Okoshi, Katashi; Guimarães, Julliano F. Campos; Di Muzio, Bruno Paulino; Fernandes, Ana Angélica H.; Okoshi, Marina Politi
2007-03-01

Resumo em português A miocardiopatia diabética é uma doença do músculo cardíaco causada pelo diabetes mellitus e não relacionada às patologias vascular e valvular ou à hipertensão arterial sistêmica. Observações experimentais e clínicas têm demonstrado hipertrofia, necrose, apoptose e aumento do tecido intersticial miocárdico. Acredita-se que a miocardiopatia diabética seja decorrente de anormalidades metabólicas como hiperlipidemia, hiperinsulinemia e hiperglicemia, e de al (mais) terações do metabolismo cardíaco. Tais alterações podem causar aumento do estresse oxidativo, fibrose intersticial, perda celular e comprometimento do trânsito intracelular de íons e da homeostase do cálcio. Clinicamente, é possível a detecção de disfunção diastólica assintomática na fase inicial. No momento em que surgem os sinais e sintomas de insuficiência cardíaca, observamos disfunção diastólica isolada, sendo que o comprometimento da função sistólica, habitualmente, é tardio. O tratamento da miocardiopatia diabética com insuficiência cardíaca não difere das miocardiopatias de outras etiologias e deve seguir as diretrizes de acordo com o comprometimento da função ventricular, se diastólica isolada ou diastólica e sistólica. Resumo em inglês Diabetic cardiomyopathy is a myocardial disease caused by diabetes mellitus unrelated to vascular and valvular pathology or systemic arterial hypertension. Clinical and experimental studies have shown that diabetes mellitus causes myocardial hypertrophy, necrosis, and apoptosis, and increases interstitial tissue. The pathophysiology of diabetic cardiomyopathy is incompletely understood. It appears that metabolic perturbations such as hyperlipidemia, hyperinsulinemia, hype (mais) rglycemia, and changes in cardiac metabolism are involved in cellular consequences leading to increased oxidative stress, interstitial fibrosis, myocyte death, and altered intracellular ions transient and calcium homeostasis. Clinically, an early detection of asymptomatic diastolic dysfunction is possible. When patients develop signals and symptoms of heart failure, isolated diastolic dysfunction is usually detected. Systolic dysfunction is a late finding. Treatment of heart failure due to diabetic cardiomyopathy is not different from myocardiopathies of other etiologies and must follow the guidelines according to ventricular function, whether diastolic or diastolic and systolic impairment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Doenças associadas à resistência à insulina/hiperinsulinemia, não incluídas na síndrome metabólica/ Insulin resistance/hyperinsulinemia associated diseases not included in the metabolic syndrome

Carvalheira, José B.C.; Saad, Mario J.A.
2006-04-01

Resumo em português Nos últimos anos, no Brasil e em países do mundo desenvolvido, a obesidade se tornou um problema de saúde pública mais importante que a desnutrição. Com o aumento de prevalência de obesidade, identificou-se que, além do DM2 e da síndrome metabólica, outras entidades clínicas também estavam associadas à resistência à insulina. Nesta revisão, abordaremos algumas destas alterações, com destaque para a doença hepática gordurosa não alcoólica, mas incluin (mais) do também a SOP, a hiperuricemia, a doença renal crônica, a insuficiência cardíaca, alterações cognitivas e câncer. Resumo em inglês In the past years, in Brazil and in developed countries, obesity has become a major public health problem. It was identified that besides DM2 and metabolic syndrome other clinical entities were associated with insulin resistance. In this review we describe some of these alterations emphasizing nonalcoholic fatty liver disease, but also including polycistic ovary disease, hyperuricemia, chronic renal failure, heart failure, cognitive decline and cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Deficiência de tiamina como causa de cor pulmonale reversível/ Thiamin deficiency as a cause of reversible cor pulmonale

Coelho, Liana S.; Hueb, João C.; Minicucci, Marcos F.; Azevedo, Paula S.; Paiva, Sergio A. R.; Zornoff, Leonardo A. M.
2008-07-01

Resumo em português A deficiência de tiamina pode apresentar quatro formas clássicas de apresentação clínica: polineuropatia periférica, anorexia e fraqueza muscular (beribéri seco); insuficiência cardíaca de alto débito com sinais congestivos (beribéri úmido); beribéri associado ao choque (Shoshin beribéri) e encefalopatia de Wernicke. Neste relato, descrevemos quadro sugestivo de hipertensão pulmonar grave e cor pulmonale, com estase jugular, hepatite congestiva e edema generalizado, que apresentou reversão completa após administração de tiamina. Resumo em inglês Thiamine deficiency may present four classic clinical forms: peripheral polyneuropathy, anorexia and muscular weakness (dry beriberi); high output heart failure with signs of congestion (wet beriberi); beriberi associated with shock (Shoshin beriberi) and Wernicke's encephalopathy. In this report we describe a picture that is suggestive of severe pulmonary hypertension and cor pulmonale, with jugular stasis, congestive hepatitis and generalized edema that reversed completely after the administration of thiamine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Doppler tecidual como índice prognóstico em longo prazo na disfunção sistólica do ventrículo esquerdo/ Tissue doppler imaging as a long-term prognostic index in left ventricular systolic dysfunction

Saraiva, Roberto Magalhães; Rocha, Rita de Cássia Castelli da; Martins, Adriana Ferraz; Duarte, Dario Marins; Peixoto, Renata da Silva; Castro, Simone Henriques de; Gallicchio, Carla Tavares; Araújo, Andréa Lúcia de; Kaiser, Sérgio Emanuel
2008-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Parâmetros derivados do Doppler tecidual correlacionam-se com a pressão diastólica final do ventrículo esquerdo (VE) e podem servir como índice prognóstico na insuficiência cardíaca. OBJETIVO: Determinar se parâmetros do Doppler tecidual podem predizer eventos em longo prazo em pacientes ambulatoriais com disfunção sistólica do VE. MÉTODOS: Estudo retrospectivo envolvendo 73 pacientes (60,9±12,1 anos) que realizaram ecocardiograma Doppler entre m (mais) arço de 2001 e maio de 2004. O evento primário pesquisado foi morte ou hospitalização por piora da insuficiência cardíaca. RESULTADOS: O período de seguimento médio foi de 1.367±665 dias. Após análise logística multivariada "stepwise" incluindo os parâmetros ecocardiográficos, a razão entre as velocidades máximas de enchimento do VE e miocárdica no início da diástole (razão E/E'; p=0,0007) e a fração de ejeção do VE (FE; p=0,01) permaneceram como preditores do evento primário. Os pontos de corte ótimos para a previsão do evento primário para a razão E/E' (AUC 0,77; p=0,0001) e FE (AUC 0,68; p=0,006) foram, respectivamente, 12,7% e 30%. Assim, pacientes com razão E/E' > 12,7 (razão de risco=3,8, p=0,001) ou FE Resumo em inglês BACKGROUND: Tissue Doppler parameters correlate with left ventricular (LV) filling pressure and can be useful as prognostic indexes for patients with heart failure. OBJECTIVE: Determine whether tissue Doppler parameters can predict events during long term follow-up of outpatients with LV systolic dysfunction. MeTHODS: Retrospective study with 73 patients (aged 60.9±12.1 years) who underwent Doppler echocardiogram between March 2001 and May 2004. The primary endpoint stud (mais) ied was death or hospitalization due to heart failure worsening. RESULTS: The mean follow-up period was 1,367±665 days. After logistic stepwise multivariate analysis, including echocardiographic parameters, the ratio of maximal early diastolic filling wave velocity to maximal early diastolic myocardial velocity (E/E` ratio; p=0.0007), and LV ejection fraction (EF; p=0.01) remained significant predictors of the primary outcome. The optimal cutoffs for primary endpoint prediction for E/E' ratio (AUC 0.77; p=0.0001) and EF (AUC 0.68, p=0.006) were respectively 12.7 and 30%. Accordingly, patients with E/E' ratio > 12.7 (hazard ratio=3.8, p =0.001) or EF

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Cardiopatia congênita no recém-nascido: da solicitação do pediatra à avaliação do cardiologista/ Congenital heart diseases in the newborn: from the pediatrician's request to the cardiologist's evaluation

Rivera, Ivan Romero; Silva, Maria Alayde Mendonça da; Fernandes, José Maria Gonçalves; Thomaz, Ana Claire Pimenteira; Soriano, Cláudio Fernando Rodrigues; Souza, Maria Goretti Barbosa de
2007-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a importância dos sintomas, como motivo de interconsulta com o cardiologista pediátrico, no diagnóstico de cardiopatias congênitas (CC) em recém-nascidos (RN). MÉTODOS: Estudo prospectivo de RN vivos encaminhados para avaliação cardiológica, com realização de eletrocardiografia, radiografia de tórax e ecocardiografia. Solicitação de interconsulta mediante preenchimento de ficha de múltipla escolha, constando os sintomas e sinais sugestivo (mais) s de CC. Persistência do canal arterial (PCA) sem repercussão clínica e/ou hemodinâmica não foi considerada cardiopatia. RESULTADOS: Entre 1999 e 2002, foram estudados 358 dentre 3.716 RN, demonstrando 49 casos de CC e 128 de PCA. A prevalência de CC foi de 13,2:1.000 RN. O principal motivo para interconsulta com o cardiologista foi sopro em 256 (72%) dos RN, dentre os quais 39 (15%) eram portadores de CC e 91% dos 128 casos, de PCA. Em 14 (4%) dos RN, o motivo de interconsulta foi cianose, dentre os quais 8 (57%) eram portadores de CC. Insuficiência cardíaca foi o motivo de interconsulta em 37 (10%) dos RN, dentre os quais 17 (46%) eram portadores de CC. Arritmia, malformações congênitas associadas ou cromossomopatias foram os motivos de interconsulta em 14% dos casos. CONCLUSÃO: O principal motivo da interconsulta foi ausculta de sopro. Apesar de cianose e insuficiência cardíaca serem pouco freqüentes como motivo de interconsulta, sua presença indicou alta probabilidade de diagnóstico de cardiopatia. A triagem pediátrica tem papel importante para o diagnóstico. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the importance of symptoms as a reason for referral to pediatric cardiologists in the diagnosis of congenital heart diseases (CHD) in the newborn (NB). METHODS: Prospective study on live NB referred for cardiac evaluation, with performance of electrocardiogram, chest radiography and echocardiography. Cardiology consultation was requested by means of a multiple-choice form including signs and symptoms suggestive of CHD. Patent ductus arteriosus (PDA) (mais) without clinical and/or hemodynamic consequences was not considered a heart disease. RESULTS: From 1999 to 2002, 358 out of 3716 NB were studied, and 49 cases of CHD and 128 of PDA were found. The prevalence of CHD was 13.2:1000 NB. The main reason for referral to the cardiologist was heart murmur in 256 (72%) NB, of which 39 (15%) had CHD, and in 91% of the 128 cases of PDA. In 14 (4%) NB, the reason for referral was cyanosis, and eight of these patients (57%) had a CHD. Heart failure was the reason for referral in 37 (10%) NB, of whom 17 (46%) had CHD. Arrhythmia, associated congenital malformations, or chromosome disorders were the reasons for referral in 14% of the cases. CONCLUSION: The main reason for referral was detection of a heart murmur on cardiac auscultation. Although cyanosis and heart failure were uncommon reasons for referral, their presence indicated a high probability of the diagnosis of heart disease. Pediatric screening plays a key role in this diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Transplante cardíaco em portadora de endomiocardiofibrose/ Heart transplantation in a patient with endomyocardial fibrosis

Freitas, Humberto F.G. de; Castro, Pedro Paulo Neves de; Chizzola, Paulo Roberto; Bocchi, Edimar Alcides
2005-01-01

Resumo em português A endomiocardiofibrose é uma doença comum em países tropicais, particularmente Uganda e Nigéria, e pode acometer tanto o ventrículo esquerdo como direito, gerando uma insuficiência cardíaca restritiva que, além dos sintomas clássicos, manifesta-se por ascite desproporcional ao edema periférico. Apresentamos o caso de uma portadora de endomiocardiofibrose refratária ao tratamento clínico, submetida ao tratamento cirúrgico com melhora clínica por curto períod (mais) o, voltando a apresentar sintomas incapacitantes três meses após a cirurgia de ressecção de fibrose endomiocárdica e plastia tricúspide. A paciente foi então submetida a transplante cardíaco ortotópico bicaval, com boa evolução clínica. É o primeiro caso de transplante cardíaco nesta doença, mostrando-se uma alternativa de tratamento promissora. Resumo em inglês Endomyocardial fibrosis is a common disease in tropical countries, particularly Uganda and Nigeria. It may affect the right and left ventricles, creating restrictive heart failure, which, in addition to the classical symptoms, manifests as ascites disproportional to peripheral edema. We report the case of a female patient with endomyocardial fibrosis refractory to clinical treatment, who underwent surgical treatment with clinical improvement for a short period. Three mont (mais) hs after the surgery for resection of the endomyocardial fibrosis and tricuspid valvuloplasty, the disabling symptoms reappeared. Then the patient underwent bicaval orthotopic heart transplantation, which had a good clinical outcome. This was the first case of heart transplantation for the treatment of endomyocardial fibrosis, which proved to be a promising alternative.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Distúrbios cardiovasculares na acromegalia/ Cardiovascular disturbances in acromegaly

Fedrizzi, Daniela; Czepielewski, Mauro Antonio
2008-12-01

Resumo em português A acromegalia acarreta uma série de distúrbios ao sistema cardiovascular, decorrentes da exposição crônica a níveis elevados de GH e IGF-1. Estes distúrbios são os principais responsáveis pelo aumento da mortalidade de acromegálicos. Entre as várias formas de acometimento cardiovascular, destaca-se a miocardiopatia acromegálica, entidade caracterizada, inicialmente, pelo estado hiperdinâmico, seguido de hipertrofia ventricular esquerda concêntrica e disfunç (mais) ão diastólica por déficit de relaxamento, culminando com disfunção sistólica e, por vezes, insuficiência cardíaca franca. Além disso, são também relevantes as arritmias, as valvulopatias, sobretudo mitral e aórtica, a cardiopatia isquêmica, a hipertensão e os distúrbios dos metabolismos glicêmico e lipídico. Nesta revisão são abordados os principais aspectos clínicos e prognósticos destas entidades, os efeitos do tratamento da acromegalia sobre elas e as repercussões correspondentes sobre a sobrevida dos pacientes. Resumo em inglês Acromegaly causes a number of disorders in the cardiovascular system, resulting from chronic exposure to high levels of GH and IGF-1. Such disorders are the main responsible for increased mortality rates among acromegalic patients. Among several forms of cardiovascular impairment is acromegalic cardiomyopathy, an entity that is initially characterized by a hyperdynamic state, followed by concentric left ventricular hypertrophy and diastolic dysfunction due to relaxation d (mais) eficit, culminating in systolic dysfunction and sometimes heart failure. In addition, arrhythmias and heart valve diseases are also relevant, especially mitral and aortic, ischemic heart disease, hypertension, and glucose and lipid metabolism disorders. This review approaches the main clinical and prognostic aspects of these entities, the effects of acromegaly treatment on them, and the respective consequences on patient survival.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Importância da toxicidade pulmonar pela amiodarona no diagnóstico diferencial de paciente com dispnéia em fila para transplante cardíaco/ The importance of amiodarone pulmonary toxicity in the differential diagnosis of a patient with dyspnea awaiting a heart transplant

Silva, Christiano Pereira; Bacal, Fernando; Pires, Philippe Vieira; Drager, Luciano F.; Souza, Germano Emílio Conceição; Fajardo, Ginny Michele G.; Demarchi, Léa Maria Macruz F.; Bocchi, Edimar Alcides
2006-09-01

Resumo em português A amiodarona é um antiarrítmico da classe III, amplamente utilizado em arritmias ventriculares¹. Farmacologicamente é classificado como uma drogra ampifílica catiônica, pelos seus constituintes polares e apolares. Nos últimos anos, a amiodarona obteve destaque pelo seu uso em portadores de disfunção ventricular por qualquer etiologia, em especial a chagásica, quando ocorrem arritmias ventriculares². Entretanto, a despeito de seus benefícios hemodinâmicos e el (mais) etrofisiológicos, a amiodarona produz efeitos colaterais relevantes, como coloração azulada da pele, fotossensibilidade, disfunção tireoidiana, depósito corneal, neuropatia periférica, supressão da medula óssea, hepatite, bloqueios cardíacos, pneumonites e outros³. Este relato de caso se propõe a abordar uma de suas mais sérias complicações, a toxicidade pulmonar, aqui especialmente descrita como diagnóstico diferencial em um paciente chagásico que aguardava em fila de transplante cardíaco. Pneumonite por amiodarona constitui-se em um importante diagnóstico diferencial entre os pacientes que se apresentam na sala de emergência com dispnéia, quando estes são portadores de insuficiência cardíaca (IC) e estão em uso dessa droga. Resumo em inglês Amiodarone is a class III antiarrhythmic medication used extensively to treat ventricular arrhythmias¹. It is pharmacologically classified as a cationic amphiphilic drug due to its polar and apolar components. During the past few years, amiodarone has proved to be an effective treatment therapy for patients with ventricular dysfunctions, regardless of the etiology, and in particular ventricular arrhythmia associated with Chagas disease². Nevertheless, despite its hemody (mais) namic and electrophysiological benefits, amiodarone produces serious collateral effects such as a bluish skin discoloration, photosensitivity, thyroid dysfunction, corneal deposit, peripheral neuropathy, bone marrow suppression, hepatitis, heart blocks, pneumonitis, among others³. The objective of this case report is to discuss one of the most serious complications related to amiodarone, pulmonary toxicity, which is described as a differential diagnosis for a chagasic patient that was on the waiting list for a heart transplant. Amiodarone pneumonitis is a relevant differential diagnosis for heart failure (HF) patients using amiodarone that are admitted to the emergency ward with dyspnea.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

O peso do baço em chagásicos crônicos/ Weight of the spleen in chronic chagasic patients

Pereira, Sanívia Aparecida de Lima; Corrêa, Beatriz Soares; Minicucci, Gisela Paludeto; Lopes, Glauce Marlei Aires; Castro, Eumênia Costa da Cunha; Reis, Marlene Antônia dos; Teixeira, Vicente de Paula Antunes
1999-04-01

Resumo em português O baço pode aumentar de tamanho nas inflamações com repercussões sistêmicas e na congestão venosa crônica, denominando-se respectivamente, hiperplasia reacional e esplenomegalia congestiva. Sendo a doença de Chagas uma doença infecciosa com repercussões hemodinâmicas, possivelmente o baço responda não só ao envolvimento cardíaco, como também ao processo inflamatório. O objetivo deste trabalho é avaliar comparativamente o peso do baço em chagásicos ou n (mais) ão-chagásicos, com ou sem insuficiência cardíaca congestiva (ICC). Em estudo retrospectivo foram coletados nos protocolos de necropsias de adultos, a idade, o sexo, a cor e o peso do baço. Os 88 casos selecionados foram divididos em quatro grupos: 1) chagásicos com ICC, 2) chagásicos sem ICC, 3) não-chagásicos com ICC e 4) não-chagásicos sem ICC. A idade média foi 44,9 ± 15,4 anos, sendo 53,4% brancos e 70,5% do sexo masculino, não havendo diferença significante destas variáveis entre os grupos. O peso do baço nos grupos com ICC foi de 183,7 ± 85,9g para os chagásicos e de 206,3 ± 101,0g para os não-chagásicos. Nos grupos sem ICC o peso foi de 173,7 ± 118,9g para os chagásicos e de 117,2 ± 52,0g para os não-chagásicos. O peso foi significantemente maior nos chagásicos sem ICC quando comparados aos não-chagásicos sem ICC. Estes resultados sugerem que o componente inflamatório na doença de Chagas desempenharia papel importante no aumento do peso do baço, associado às alterações hemodinâmicas decorrentes da ICC. Resumo em inglês During the course of systemic inflammatory reactions and chronic venous congestion, the documented phenomenon of increased spleen size is respectively called reactional hyperplasia and congestive splenomegaly. In Chagas' disease, the inflammatory process observed in the heart of chronically infected patients can result in heart failure and ultimately in congestive failure. In order to evaluate the spleen response to both inflammatory and cardiac processes, in this retrosp (mais) ective study we compare the weight of spleens from normal and chagasic patients, with or without congestive failure. Information about patient age, sex, race and spleen weight was collected from autopsy reports. Eighty-eight selected cases were divided into four groups: 1) chagasic patients with congestive failure, 2) chagasic patients without congestive failure, 3) non-chagasic patients with congestive failure, 4) non-chagasic patients without congestive failure. The average age was 44.9 ± 15.4 years, 53.4% were Caucasians and 70.5% were males, and no significant difference in these parameters was observed between the four groups. The spleen weight for the groups presenting congestive failure was 183.7 ± 85.9g for chagasic and 206.3 ± 101.0g for non-chagasic patients; for the groups without congestive failure the average spleen weight was 173.7 ± 118.9g for the chagasic and 117.2 ± 52.0g for non-chagasic patients. The spleen weight was significantly higher for the chagasic patients without congestive failure when compared to the non-chagasic group without congestive failure. These results suggest that the inflammatory component in Chagas' disease plays an important role in the increase of spleen weight together with hemodynamic alterations arising from congestive heart failure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Uso de células-tronco no tratamento de pacientes com miocardiopatia dilatada de diferentes etiologias, associada à ressincronização cardíaca artificial/ Stem cell to treat heart disease in association with artificial cardiac ressyncronization

Greco, Oswaldo Tadeu; Greco, Rafael Lois; Abreu, Ana Carolina de
2007-12-01

Resumo em inglês In spite of the development of pharmacological strategies, technology and more sophisticated surgical alternatives, incidences of death from cardiopathies remains high throughout the world, in particular in relation to dilated heart disease. Many of these patients benefit from recent strategies of early myocardial perfusion which significantly reduces mortality rates; even so past-infarction heart failure is common. Recent studies have shown that the infusion of autologou (mais) s stem cells is a possible treatment to reverse ventricular dysfunction. However, frequently there is an associated electrical conduction defect. Thus, an infusion of stem cells may produce a mechanical correction with heart resynchronization correcting the electrical conduction defect thereby improving the left ventricle ejection fraction. Our institution has been combining stem cell transplantation with resynchronization and, when necessary, cardiofibrilation, to treat these patients giving improvements in the Functional Class, ejection fraction and left ventricle and right ventricle-left ventricle synchrony.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Morte encefálica: cinquenta anos além do coma profundo/ Brain death: deep coma fifty years on

Corrêa Neto, Ylmar
2010-12-01

Resumo em português Mollaret e Goulon, há cinquenta anos, descreveram o coma dépassé, alteração irreversível da consciência que passou a ser chamada de morte encefálica e igualada à morte cardiorespiratória. Foram revisados a evolução dos critérios diagnósticos sobre morte encefálica, seus fundamentos éticos e científicos, e, principalmente, sua regulação ética e legal no Brasil. Resumo em inglês Fifty years ago, Mollaret and Goulon described the dépassé coma, an irreversible alteration in consciousness that later came to be known as brain death and equated with heart and respiratory failure. This article presents an overview of the evolution of diagnostic criteria for brain death, its ethical and scientific basis, and, above all, its ethical and legal regulation in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Fatores associados ao insucesso no desmame ventilatório de crianças submetidas a cirurgia cardíaca pediátrica/ Factors associated with failure in ventilatory weaning of children undergone pediatric cardiac surgery

Silva, Zuleica Menezes; Perez, Angela; Pinzon, Anelise Dentzien; Ricachinewsky, Claudia Pires; Rech, Daniele Ruzzante; Lukrafka, Janice Luisa; Rovedder, Paula Maria Eidt
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar os fatores associados ao insucesso no desmame de crianças submetidas a correção cirúrgica de cardiopatias congênitas. MÉTODOS: Estudo de coorte. A amostra foi composta de 29 crianças. As cardiopatias foram divididas em cianóticas (nove crianças) e acianóticas (20 crianças). Foram estudadas crianças de 0 a 5 anos, submetidas a cirurgia cardíaca com permanência em ventilação mecânica invasiva. RESULTADOS: O grupo insucesso apresentou val (mais) or menor na SpO2 e valores maiores nos dias de permanência em VMI e na FiO2 quando comparados ao grupo sucesso (P Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess factors associated with failure in ventilatory weaning of children undergone surgical correction of congenital heart diseases. METHODS: Cohort study with 29 children. The heart diseases were divided into cyanotic (nine children) and acyanotic (20 children). We studied children from 0 to 5 years who underwent heart surgery with invasive mechanical ventilation. RESULTS: The failure group presented smaller value in SpO2 and higher values during days of s (mais) tay in IMV and FiO2 when compared to the success group (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Aplicação da assistência circulatória mecânica em casos de falência cardíaca aguda irrecuperável/ Use of mechanical circulatory support in cases of end-stage acute heart failure

Colafranceschi, Alexandre Siciliano; Monteiro, Andrey José de Oliveira; Barbosa, Rodrigo Minati; Côrtes, Denise Castro de Souza; Correa, Celso Musa; Canale, Leonardo Secchin; Fernandes, Marcelo Ramalho; Botelho, Eduardo; Campos, Luiz Antonio de Almeida
2007-11-01

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)