Sample records for greenhouse gases
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Emissão de gases de efeito estufa no ciclo de vida do etanol: estimativa nas fases de agricultura e industrialização em Minas Gerais/ Greenhouse gas emissions in the life cycle of ethanol: estimation in agriculture and industrialization stages in Minas Gerais, Brazil

Claros Garcia, Juan Carlos; Von Sperling, Eduardo
2010-09-01

Resumo em português O presente estudo apresenta uma estimativa da emissão de gases de efeito estufa (CO2, CH4 e N2O) nas etapas de agricultura e industrialização de cana-de-açúcar para produção de etanol em usinas localizadas no Estado de Minas Gerais. Princípios de Avaliação do Ciclo de Vida foram considerados na quantificação das emissões. Consideraram-se as emissões no consumo de combustíveis, utilização de insumos da agricultura, liberação de N2O no solo, emissões na (mais) queima da cana-de-açúcar e utilização de produtos químicos em 11 destilarias. Os resultados mostram uma emissão total de 1.539,60 kg CO2eq/ha·ano, com maior proporção para as emissões decorrentes da queima de cana-de-açúcar e consumo de combustíveis, os quais, em conjunto, representam mais de 50% do total de emissões. Resumo em inglês This research presents an estimate of greenhouse gas emissions (CO2, CH4 e N2O) in the stages of agriculture and sugarcane industrialization for the production of ethanol in mills located in the state of Minas Gerais, Brazil. Life Cycle Assessment principles were considered in the quantification of emissions. The use of fuels, agricultural inputs, N2O emissions on soil, sugarcane burning emissions and use of chemical products of 11 mills were considered in this study. The (mais) results show a total emission of 1,539.60 kg CO2eq/ha·year, considering as the main key sources: sugarcane burning and use of fuels, which account for more than 50% of the total emissions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Fixação de carbono e a emissão dos gases de efeito estufa na exploração da cana-de-açúcar/ Fixing of carbon and emission of greenhouse gases in the exploitation of sugar cane

Paula, Mauro de; Pereira, Francisco Assis Rolim; Arias, Edison Rubens Arrabal; Scheeren, Bruno Ricardo; Souza, Celso Correia de; Mata, Danúbia Sales da
2010-06-01

Resumo em português A produção de uma tonelada (t) de fitomassa em matéria seca (MS) de cana-de-açúcar fixa, no mínimo, 0,42 t em carbono (C), o que corresponde a mitigar 1,54 t de dióxido de carbono (CO2) da atmosfera. Neste trabalho, objetivou-se efetuar um levantamento da quantidade de fitomassa da cana-de-açúcar produzida em 1 ha anualmente. Além de analisar o total de C fixado e a emissão de diversos gases de efeito estufa (GEE), em CO2 equivalente (eqCO2), em consequência d (mais) a adubação nitrogenada; da queima da fitomassa na colheita e da oxidação de combustíveis fósseis usados na produção, colheita e no transporte da cana até a indústria. Com base na análise dos dados, concluiu-se que ao adotar como procedimento a colheita da cana-de-açúcar crua, o produtor canavieiro estará deixando de emitir 0,286 t ha-1 ano-1 de material particulado, 13,53 t ha-1 ano-1 em eqCO2 de outros gases, além de fixar o C na fitomassa, gerando um ativo ambiental de 52,50 t ha-1 ano-1 de eqCO2. Ao somar-se o total da fixação, mais a redução que deixará de ser emitida, a mitigação total será de 66,03 t ha-1 ano-1 de eqCO2. Resumo em inglês The production of one tonne (t) of phytomass in dry matter (DM) of sugar cane assimilates at least 0.42 t in carbon (C) which corresponds to 1.54 t of carbon dioxide (CO2) from the atmosphere. This work aimed to make a survey of the quantity of phytomass from sugar cane produced in 1 ha annually, and also to examine the total C fixed and the emission of greenhouse gases (GHGs), in CO2 equivalent as a consequence of nitrogen fertilization, burning of phytomass at harvest a (mais) nd the oxidation of fossil fuels during production, harvest, and transport of the sugar cane to the industrial plant. Based on the analysis of data, it was concluded that by harvesting the sugar cane without burning, the farmer will not emit 0.286 t ha-1 year-1 of particulate matter, 13,53 t ha-1 year-1 in eqCO2 of other gases. This will also assimilate carbon in the phytomass, generating an environmental active of 52,50 t ha-1 year-1 of eqCO2. By adding up the total fixation and the reduction of emissions, the mitigation will total 66,03 t ha-1 year-1 of eqCO2.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Modelagem de desmatamento e emissões de gases de efeito estufa na região sob influência da rodovia Manaus-Porto Velho (BR-319)/ Modeling of deforestation and greenhouse-gas emissions in the area of influence of the Manaus-Porto Velho (BR-319) highway

Fearnside, Philip Martin; Graça, Paulo Maurício Lima de Alencastro; Keizer, Edwin Willem Hermanus; Maldonado, Francisco Darío; Barbosa, Reinaldo Imbrozio; Nogueira, Euler Melo
2009-06-01

Resumo em português Uma simulação de desmatamento e emissões de gases de efeito estufa no período 2007-2050 foi executada para a Área sob Limitação Administrativa Provisória (ALAP) ao longo da rota da Rodovia BR-319 (Manaus-Porto Velho); uma área de 153.995 km² que representa aproximadamente 10% do estado do Amazonas. O governo federal, por meio do Ministério dos Transportes, anunciou a sua intenção de reconstruir e pavimentar a Rodovia BR-319, que está abandonada desde 1988. A (mais) Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS), do Governo do Estado do Amazonas, e o Ministério do Meio Ambiente (MMA) têm planos para criar uma série de áreas protegidas dentro da ALAP. Nossa simulação compara cenários com e sem as reservas de proteção propostas. A reconstrução e a pavimentação da rodovia são presumidas a serem finalizadas em 2011, com a abertura de estradas laterais associadas em datas especificadas ao longo do período 2014-2024. A simulação de desmatamento acopla os programas computacionais DINAMICA e Vensim, e incorpora uma série de inovações para permitir que o total de desmatamento responda à melhoria do acesso por estradas, baseado em uma parametrização da relação entre desmatamento e expansão viária observada em imagens de satélite de uma área no noroeste de Rondônia, adjacente à ALAP. A expansão modelada de estradas endógenas não está limitada por uma presunção de um processo de desmatamento puramente "dirigido pela demanda". Esta suposição impediu que outros modelos de desmatamento na Amazônia, representassem o efeito sobre o desmatamento total causado por decisões relativas às reservas (visto que o desmatamento total especificado externamente, baseado na demanda, implica em um "vazamento" de 100% de qualquer benefício de criação de reservas). A mesma limitação se aplica ao efeito de estradas em modelos dirigidos por demanda. Os resultados obtidos pelo nosso modelo foram validados a partir de uma simulação de desmatamento em Santo Antônio do Matupi, que fica situado adjacente à ALAP, no sul do Amazonas. A biomassa florestal na ALAP foi calculada a partir de 306 parcelas de um hectare dos levantamentos do Projeto RADAMBRASIL, em 13 tipos florestais identificados, e incorpora uma série de melhorias recentes na metodologia para a obtenção da estimativa. Estimativas das emissões incluem adições para o efeito de liberações de gases-traço de queimadas e de decomposição, e deduções para carbono seqüestrado pelo recrescimento da vegetação na paisagem de equilíbrio que substitui a floresta. As estimativas de emissões estão restritas à biomassa (fitomassa). O carbono do solo foi excluído. Em um cenário "business-as-usual" para a ALAP com apenas as reservas já existentes em 2007, a simulação indica 5,1 milhões de hectares desmatados até 2050 (33% da ALAP), com uma liberação conseqüente de 0,95 Gt (giga toneladas = Gt, correspondente a um bilhão de toneladas) de carbono equivalente ao carbono de CO2 (CO2-equivalente). Em um "cenário de conservação" com as reservas de proteção existentes e propostas, o desmatamento alcança 3,4 milhões de hectares até 2050 (22% da ALAP), liberando 0,64 Gt de carbono CO2-equivalente. O efeito das reservas propostas produz uma redução de desmatamento de 1,6 milhões de hectares e de 0,31 Gt de carbono CO2-equivalente em emissões de gases de efeito estufa. Como exemplificação do valor potencial desta redução, se o carbono fosse avaliado a US$10 por tonelada, esta redução em emissões equivaleria a US$3,1 bilhões. Como em qualquer simulação, estes resultados dependem de uma série de presunções relativas ao comportamento do desmatamento. Neste caso, largamente influenciado pelas áreas de pequenos agricultores nas quais nosso modelo foi calibrado. Futuras melhorias para melhor representar os papéis dos grandes atores (legais e ilegais), podem resultar em desmatamento mais rápido nas áreas desprotegidas. Resumo em inglês A simulation of deforestation and greenhouse-gas emissions over the 2007-2050 period was performed for theArea of ProvisionalAdministrative Limitation (ALAP) along the BR-319 (Manaus-Porto Velho) Highway route, the 153,995-km² area that represents approximately 10% of the state of Amazonas. The federal Ministry of Transportation has announced its intention of reconstructing and paving the BR-319 Highway, which has been abandoned since 1988. The Amazonas state government' (mais) s State Secretariat for the Environment and Sustainable Development (SDS) and the federal government's Ministry of Environment (MMA) have plans for creating a series of protected areas within the ALAP. Our simulation compares scenarios with and without the proposed reserves. The highway reconstruction and paving is assumed to be complete by 2011, and associated side roads are opened at specified dates over the 2014-2024 period. The deforestation simulation couples the DINAMICA and Vensim software packages and incorporates a series of innovations to allow the deforestation total to respond to improved road access based on parameterization of the relation between deforestation and the expansion of an access road network observed in satellite imagery of an area in northwest Rondônia that is adjacent to the ALAP. The modeled expansion of endogenous roads is not limited by the assumption of a purely "demand driven" deforestation process. This assumption has prevented other models of Amazonian deforestation from representing the effect on total deforestation caused by decisions regarding reserves because an externally specified deforestation total based on demand implies 100% "leakage" of any reserve benefits. The same limitation applies to the effect of roads in demand-driven models. Some validation of our overall deforestation results is provided by simulation of deforestation in Santo Antônio do Matupi, which is located adjacent to the ALAP in southern Amazonas. Florest biomass in theALAP was estimated based on 306 one-hectare plots from the RADAMBRASIL surveys in 13 identified forest types and incorporates a series of recent improvements in estimation methodology. Emissions estimates include additions for the effect of trace-gas releases from burning and decomposition and deductions for carbon sequestered in regrowth in the equilibrium landscape that replaces forest. Emissions estimates are restricted to biomass (soil carbon is excluded). In a "businessas-usual" scenario for the ALAP with only the reserves that already existed in 2007, the simulation indicates 5.1 million ha deforested by 2050 (33% of the ALAP), with a consequent release of 0.95 billion tons (gigatons = Gt) of CO2-equivalent carbon. In a "conservation scenario" with both existing and proposed reserves, deforestation reaches 3.4 million ha by 2050 (22% of theALAP), releasing 0.64 Gt of CO2-equivalent carbon. The effect of the proposed reserves is a reduction of deforestation by 1.6 million ha and of greenhouse-gas emissions by 0.31 Gt of CO2-equivalent carbon. As an illustration of the potential scale of the value of this reduction, if carbon were valued at US$10/ton this reduction in emissions would be worth US$3.1 billion. As in any simulation, these results depend on a series of assumptions regarding deforestation behavior, in this case largely influenced by the small-farmer areas in which our model was calibrated. Future improvements to better represent the roles of large actors, both legal and illegal, may well result in more rapid clearing of unprotected areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Modelo para redistribuição de cotas de emissão de gases do efeito estufa baseado em medidas de eficiência técnica/ Greenhouse gases emission quotas distribution model based on technical efficiency measurements

Macedo, Marco Aurélio; Mello, João Carlos Correia Baptista Soares de; Gomes, Eliane Gonçalves
2010-01-01

Resumo em português O Protocolo de Kyoto representa um importante compromisso ecológico assumido por diversos países, com destaque à questão das cotas de carbono permitidas a cada país emitir. Para decidir de maneira mais justa sobre esta divisão, recorreu-se aos modelos Data Envelopment Analysis - DEA. É aqui proposta uma variante do modelo DEA com Ganhos de Soma Zero (DEA-GSZ), que permite o comportamento híbrido dos retornos de escala na fronteira de eficiência. Este modelo foi u (mais) sado no estudo da redistribuição de cotas de CO2 entre países. Os resultados mostram-se mais adequados do que aqueles obtidos com o modelo DEA-GSZ clássico. Resumo em inglês The Kyoto Protocol is an important ecological compromise undertaken by many countries. One of its most important points is the carbon emission quota allowed to each country. In order to fairly allocate these quotas, we used the DEA models. The Zero Sum Gains Data Envelopment Analysis - DEA (ZSG-DEA) model with hybrid returns to scale was proposed to solve this problem. This model was used to reallocate the CO2 quotas among the countries. The results found were more adequate than those obtained by the classic ZSG-DEA models.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Métodos para avaliação das emissões de gases do efeito estufa no sistema solo-atmosfera/ Methods for the assessment of greenhouse gases emissions in the soil-atmosphere system

Costa, Falberni de Souza; Gomes, Juliana; Bayer, Cimélio; Mielniczuk, João
2006-04-01

Resumo em português A escolha do método para avaliar as emissões de gases do efeito estufa (GEE) é uma etapa importante para o conhecimento e/ou desenvolvimento de práticas agrícolas com potencial de mitigação do aquecimento global. A presente revisão tem por objetivo apresentar vantagens e limitações de métodos utilizados para quantificação dos fluxos de dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e óxido nitroso (N2O) no sistema solo-atmosfera. O balanço dos estoques de C orgân (mais) ico no solo em sistemas conservacionistas de manejo permite avaliar o influxo líquido anual de C-CO2 atmosférico no solo em comparação a sistemas de manejo convencional. Maior sensibilidade na determinação direta das emissões de CO2 in situ pode ser obtida pelo uso de câmaras sobre o solo. Nesse caso, podem ser determinadas taxas diárias com o método da captura do CO2 em solução alcalina e quantificação por titulação, e taxas horárias com o uso de analisadores automáticos de infravermelho ou cromatógrafos a gás. Pelo uso de cromatografia, é possível também a avaliação das emissões de N2O e CH4 os quais apresentam, respectivamente, potencial de aquecimento global 296 e 23 vezes superior ao do CO2. A análise dos três GEE é necessária quando se objetiva avaliar o potencial de um dado sistema de manejo na mitigação do aquecimento global, o qual pode ser expresso em C equivalente. Resumo em inglês The sellection of the method for evaluating greenhouse gases (GHG) emissions is an important step in studies aiming at the development of agricultural practices with potential to mitigate the global warming. The objective of this review was to present advantages and disvantages of available methods to quantify fluxes of carbon dioxide (CO2), methane (CH4) and nitrous oxide (N2O) in the soil-atmosphere system. Carbon sequestration or annual net influx rates of C-CO2 in con (mais) servation tillage systems can be evaluated through the soil carbon budget. In situ evaluations can be carried out with closed chambers, where alkaline traps are used to determination of daily influxes of CO2 while gas chromatography and automatic infrared gas analyzers permit to estimate horary fluxes. In addition to CO2, gas chromatography is able to measure N2O and CH4 emissions, gases that have a global warming potential 296 and 23 times higher than CO2, respectively. Measurement of the three GHG emissions permit to estimate the net effect of soil management systems on atmosphere rodiative forcing in equivalent C.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

O Protocolo de Kyoto e a geração de energia elétrica pela biomassa da cana-de-açúcar como mecanismo de desenvolvimento limpo/ The Kyoto Protocol and the electric power generation for sugar-cane biomass as clean development mechanism/ Le Protocole de Kyoto et l'engendrement de l'energie électrique pour la biomasse de la canne à sucre comment mécanisme de développement net/ El Protocolo de Kyoto y la generación de energía eléctrica por la biomasa del caña de azúcar como el mecanismo de desarrollo limpio

Meneguello, Luiz Augusto; Castro, Marcus Cesar Avezum Alves de
2007-03-01

Resumo em português Este artigo faz uma breve explanação sobre as causas do aquecimento global e suas conseqüências para o clima na Terra e apresenta as exigências necessárias às usinas de açúcar e álcool para a apresentação de projetos com vistas a sua classificação como Mecanismos de Desenvolvimento Limpo conforme estabelecido pelo protocolo de Kyoto. Também faz uma análise das possibilidades de aumento da mitigação dos gases do efeito estufa através da modernização dos processos de produção nas empresas do setor sucroalcooleiro. Resumo em espanhol Este artículo hace una explicación corta en las causas para el calintamiento global y sus consecuencias para el clima en la Tierra y presenta las demandas necesarias para la industria del azúcar y alcohol presentar sus proyectos a fin de obtener su clasificación como Mecanismos de Desarrollo Limpios establecidos por el Protocolo de Kyoto. También hace un análisis de las posibilidades de aumentar la mitigación de los gases de el efecto estufa por medio de la modernización de los procesos de producción en la industria del azúcar y alcohol. Resumo em inglês This article makes an short explanation on the causes for global heating and their consequences for the climate in the Earth and it presents the necessary demands to the sugar and alcohol mills for the presentation projects with views its classification as Clean Development Mechanisms accordingly established for Kyoto Protocol. It also makes an analysis of the possibilities to increase the mitigation of the greenhouse gases through the modernization of the production processes in the sugar and alcohol mills.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Utilização de subprodutos da indústria de biodiesel na alimentação de ruminantes

Abdalla, Adibe Luiz; Silva Filho, José Cleto da; Godoi, Antonio Roberto de; Carmo, Carolina de Almeida; Eduardo, José Luiz de Paula
2008-07-01

Resumo em português Com a introdução de óleo vegetal na cadeia produtiva do biocombustível no Brasil, é esperado o aumento da demanda por plantas oleaginosas e oferta de fibras vegetais resultantes da extração do óleo. Considerando a alimentação animal como elo entre a produção de biodiesel e a pecuária, propomos o estudo da utilização de subprodutos destes empreendimentos na alimentação visando aumentar a produtividade e diminuir a emissão de gases de efeito estufa pelos a (mais) nimais, gerando créditos de carbono e atendendo ao interesse da iniciativa privada. A técnica de produção de gases in vitro tem sido utilizada no LANA-CENA/USP com a finalidade de estudar o efeito de alimentos que possuem metabólitos secundários bioativos, na fermentação ruminal e degradabilidade da matéria orgânica (MOVD), bem como, no estudo da produção de metano. Resultados recentes mostraram que a substituição total do farelo de soja por tortas de algodão, dendê, mamona e pinhão manso proporcionou menor produção total de gases; e que a produção de metano foi significativamente afetada pela inclusão das tortas, sendo que o farelo de soja apresentou produção de metano de 15,3 mL/g MOVD. Diversos trabalhos mostram que as tortas e farelos apresentam características nutricionais adequadas para inclusão na dieta de ruminantes, entretanto, estudos criteriosos desses materiais enquanto matérias-primas para ração animal são necessários para avaliar possíveis efeitos deletérios devido à presença de metabólitos bioativos. Através de análises de cromatografia de alta resolução, podem ser identificadas essas substâncias que, em condições tropicais podem não apresentar a mesma toxicidade. A introdução de tortas com elevado teor de gordura nas dietas de ruminantes pode auxiliar na mitigação de metano entérico, e a produção de algumas oleaginosas pode contribuir com o seqüestro de carbono pelos solos de Cerrado na recuperação de pastagens, reduzindo a necessidade de desmatamentos. Resumo em inglês With the introduction of vegetable oil in the bio-fuel productive chain in Brazil, the increase in the demand of oleaginous plants is expected as well as the offer of the resulting vegetable fibers from the extraction of the oil. Considering the animal feeding as link between the biodiesel production and the livestock, we propose the study of the use of by-products of these enterprises in the feeding system seeking to increase the productivity and to reduce the emission o (mais) f greenhouse gases from the animals, generating carbon credits and assisting to the interest of the private initiative. The in vitro gas technique has been used at LANA-CENA/USP with the purpose of studying the effect of feeds containing secondary bioactive metabolites upon the ruminal fermentation and organic matter degradability (MOVD), as well as, in the study of methane production. The total substitution of the soybean meal for meals of cotton seed, palm oil, castor oil plant and jatropha provided less total gas production and the production of methane was affected significantly by the inclusion of the meals, with soybean meal presenting methane production of 15.3 mL/g MOVD. Literature data also show that meals from biodiesel production present appropriate nutritional characteristics for inclusion in the diet of ruminant, however, discerning studies of those materials while raw materials for animal ration are necessary to evaluate possible harmful effects due to the presence of bioactive metabolites. Through analyses of high resolution chromatography, those metabolites may be identified. The introduction of meals with high fat content in the diets of ruminant can aid in the mitigation of enteric methane, and the production of some oleaginous plants can contribute with the sequestering of carbon for the Cerrado soils in the recovery of pastures, reducing the need of deforestations

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Potencial de sequestro de carbono em diferentes biomas do Brasil/ Potential of soil carbon sequestration in different biomes of Brazil

Carvalho, João Luis Nunes; Avanzi, Junior Cesar; Silva, Marx Leandro Naves; Mello, Carlos Rogério de; Cerri, Carlos Eduardo Pellegrino
2010-04-01

Resumo em português O solo é um importante compartimento de C e exerce papel fundamental sobre a emissão de gases do efeito estufa e consequentes mudanças climáticas globais. Mudanças no uso e manejo do solo podem causar tanto efeito negativo como positivo no que se refere à emissão de gases de efeito estufa para a atmosfera. Entretanto, atualmente tem sido constatada a intensificação do aquecimento global, causado pelo aumento das emissões dos gases responsáveis pelo efeito estuf (mais) a, oriundos principalmente da queima de combustíveis fósseis, do desmatamento e do uso inadequado do solo para agricultura. O uso e manejo inadequado do solo, além de contribuir para o efeito estufa, ainda traz problemas relacionados à sua sustentabilidade devido à degradação da matéria orgânica do solo, o que atinge negativamente os seus atributos físicos e químicos, bem como sua biodiversidade. Por outro lado, práticas adequadas de manejo, que visam à manutenção ou mesmo o acúmulo de C no sistema solo-planta, podem atenuar os efeitos do aquecimento global. Essas práticas de manejo podem ser: implementação de sistemas de plantio direto, recuperação de pastagens degradadas, implantação de sistemas integrados de cultivo, reflorestamento de áreas marginais, uso de espécies que tenham alta produção de biomassa, eliminação de queimadas, entre outras. O objetivo desta revisão foi avaliar algumas das principais fontes de gases do efeito estufa relacionadas à agricultura e mudança do uso da terra e, ainda, apresentar estratégias para mitigar tais emissões e aumentar o sequestro de C no sistema soloplanta, em três dos principais biomas do Brasil. Resumo em inglês Soil is an important pool for C stocks and plays a fundamental role in greenhouse gas emissions and consequently in climatic changes. Land use change can cause either a negative or a positive effect in terms of greenhouse gas emissions to the atmosphere. However, the intensification of global warming has been confirmed, related mainly to the increase of greenhouse gas emissions from burning of fossil fuel, deforestation, and adoption of inadequate agricultural land manage (mais) ment practices. An inadequate soil use does not only contribute to intensified greenhouse effects but also creates problems related to soil sustainability due to the degradation of soil organic matter, which negatively reflects on soil physical and chemical attributes, as well as on its biodiversity. On the other hand, best management practices that maintain or even increase soil organic matter contents can minimize the effects of global warming. Examples of such management practices are no-tillage, rehabilitation of degraded pasture, reforestation of marginal lands and elimination of the burning activity among others. The aim of this review was to evaluate some of the main greenhouse gas sources related to agriculture and land use change, to present strategies to mitigate these emissions and to increase C sequestration in the soil-plant system, in three of the main biomes of Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Estudos sobre a oxidação aeróbia do metano na cobertura de três aterros sanitários no Brasil/ Studies on the aerobic methane oxidation at three sanitary landfills covers in Brazil

Teixeira, Cláudia Echevenguá; Torves, Jaqueline Corrêa; Finotti, Alexandra Rodrigues; Fedrizzi, Franciele; Marinho, Fernando Antônio Medeiros; Teixeira, Paula Fernanda
2009-03-01

Resumo em português A oxidação biológica e aeróbia do metano em materiais de cobertura de aterros de resíduos sólidos urbanos é uma das alternativas para se minimizarem as emissões dos gases de efeito estufa. Este artigo tem como objetivo avaliar a oxidação biológica do metano em material de cobertura de três aterros brasileiros (dois municipais e uma célula experimental). O trabalho consistiu na coleta de amostras dos solos, as quais foram caracterizadas através de ensaios geo (mais) técnicos e microbiológicos. Em laboratório, avaliou-se o consumo de metano de uma amostra de cada aterro. Os resultados revelaram a presença de bactérias metanotróficas e consumo de metano em laboratório, o que sugere que exista uma relação inversa entre o grau de saturação no momento da coleta e o número de bactérias metanotróficas. Resumo em inglês The biological and aerobic oxidation of methane within the soil cover of municipal solid waste landfills is one an alternative to minimize emissions of greenhouse effect gases. This study aims at assess the biological oxidation of methane within the final cover of three landfills in Brazil (two municipal ones and one experimental cell). The soil samples obtained from the landfill cover were characterized by geotechnical and microbiological tests. In the laboratory the con (mais) sumption of methane from each sample were evaluated. The results revealed the presence of methanotrophic bacteria and consumption of methane in the laboratory was observed, which also suggest that there is an inverse relation between the degree of saturation at the time of sampling and the number of methanotrophic bacteria.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Produção de biomassa e teores de carbono, hidrogênio, nitrogênio e proteína em microalgas/ Production of biomass and carbon, hydrogen, nitrogen and protein contents in microalgae

Ohse, Silvana; Derner, Roberto Bianchini; Ozório, Renata Ávila; Braga, Maurício Villela Da Costa; Cunha, Paulo; Lamarca, Cláudia Pavan; Santos, Márcia Estevão Dos
2009-09-01

Resumo em português O aumento da emissão de CO2 e de outros gases efeito estufa tem gerado debates em nível mundial sobre alterações climáticas e estimulado o desenvolvimento de estratégias mitigadoras. Trabalhos nessa área incluem sequestro de CO2 por meio da produção de microalgas aquáticas. Por essa razão, desenvolveu-se um estudo visando determinar os teores de carbono, hidrogênio, nitrogênio e proteína e a produção de biomassa seca de nove espécies de microalgas marinha (mais) s (Nannochloropsis oculata, Thalassiosira pseudonana, Phaeodactylum tricornutum, Isochrysis galbana, Tetraselmis suecica, Tetraselmis chuii Chaetoceros muelleri, Thalassiosira fluviatilis e Isochrysis sp.) e uma de água doce (Chlorella vulgaris), em cultivo autotrófico estacionário com objetivo de identificar as mais produtivas e com maior capacidade de fixação de carbono. O experimento foi desenvolvido em sala de cultivo, na Universidade Federal de Santa Catarina, com iluminação contínua e radiação em torno de 150µmol m-2 s-1, temperatura de 25±2°C, suplementação de ar constante, sendo utilizados erlenmeyers com 800mL de meio de cultura. O delineamento experimental foi de blocos casualizados no tempo com três repetições. As espécies C. vulgaris e T. suecica são menos produtivas. Quando se visa à suplementação alimentar, as espécies C. vulgaris e T. Chuii são consideradas interessantes, uma vez que apresentam altos teores de C, N, H e proteína. As espécies N. Oculata, T. pseudonana e C. vulgaris apresentam altos teores de C, demonstrando alta capacidade de fixação de carbono. Resumo em inglês The increase of CO2 emission and other gases greenhouse effect, caused global debates about climatic alterations and stimulated the development of mitigative strategies. Researches in this area includes CO2 kidnapping through the aquatic microalgae production. For this reason, a study was developed aiming to determine the production of dry biomass, carbon content, hydrogen, nitrogen and rate protein growth of nine marine microalgae species (Nannochloropsis oculata, Thalas (mais) siosira pseudonana, Phaeodactylum tricornutum, Isochrysis galbana, Tetraselmis suecica, Tetraselmis chuii, Chaetoceros muelleri, Thalassiosira fluviatilis and Isochrysis sp.) and one freshwater species (Chlorella vulgaris) under stationary autotrophy conditions. Erlenmeyers flasks with 800mL medium culture were exposed to constant light intensity and air flow, photon flux density of about 150µmol m-2 s-1 and 25±2°C temperature were used in the experiment The delineating experiment was carried out in a randomized block over time with three replicates. The species C. vulgaris and T. suecica are less productive. When the aim is the alimentary supplementation, the species C. vulgaris and T. Chuii are considered interesting, since it presents high contents of C, N, H and protein. The species N. Oculata, T. pseudonana and C. vulgaris present high contents of C, demonstrating high capacity of carbon setting.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Quantificação de biomassa e geração de certificados de emissões reduzidas no consórcio seringueira-cacau/ Biomass quantification and emisson reduction certificates for rubber-cocoa intercropping

Cotta, Michele Karina; Jacovine, Laércio Antônio Gonçalves; Paiva, Haroldo Nogueira de; Soares, Carlos Pedro Boechat; Virgens Filho, Adonias de Castro; Valverde, Sebastião Renato
2008-12-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram quantificar a biomassa vegetal e analisar o potencial de geração de Certificados de Emissões Reduzidas (CERs) em um consórcio de seringueira (Hevea brasiliensis) M. Arg. aos 34 anos de idade com cacaueiro (Theobroma cacao L.) aos 6 anos de idade. O experimento foi realizado nas Fazendas Reunidas Vale do Juliana, em Igrapiúna, Bahia. A quantificação da biomassa arbórea foi feita utilizando-se o método direto e destrutivo de cinco (mais) seringueiras e 10 cacaueiros, selecionados em uma área de 2,2 ha. A biomassa da serapilheira foi quantificada por meio da coleta do material sobre o solo. O estoque de carbono no consórcio seringueira-cacau foi de 91,5 Mg C ha-1. Desse total, 84,7 Mg C ha-1 estavam estocados na seringueira, 5,2 Mg C ha-1 no cacaueiro e 1,6 Mg C ha-1 na serapilheira. O carbono contabilizado no consórcio correspondeu a 336 Mg CO2eq. ha-1, que equivalem à geração de 336 CERs ha-1. O consórcio seringueira-cacau apresentou capacidade para estocagem de carbono, podendo trazer grandes contribuições para a redução dos gases de efeito estufa na atmosfera, e isso o credencia como atividade promissora na geração de projetos candidatos ao recebimento de créditos de carbono. Resumo em inglês The objective of this work were to quantify plant biomass and analyze the potential for generating Emission Reduction Certificates (ERCs) of 34-year-old rubber trees (Hevea brasiliensis M.Arg) intercropped with 6-year-old cacao (Theobroma cacao L.). The experiment was conducted on the farms Fazendas Reunidas Vale do Juliana, Igrapiúna, BA. Tree biomass quantification was carried out using the direct destructive method by harvesting five rubber trees and ten cocoa trees, (mais) in an area of 2.2 ha. Litter biomass was quantified by collecting material from the ground. Total carbon storage in rubber - cacao intercropping was 91.5 Mg C ha-1. Of this, 84.7 Mg C ha-1 were stored in rubber trees, 5.22 Mg C ha-1 in cacao trees and 1.67 Mg C ha-1 in the litter. The amount of carbon found in the intercropping corresponds to 336 Mg CO2eq. ha-1, equivalent to 336 CERs ha-1. The rubber-cacao intercropping has carbon stock capacity, and can greatly contribute to the reduction of the greenhouse effect gases, being a promising activity to generate programs to obtain carbon credits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Densidade básica da madeira de um ecossistema de "campina" em Roraima, Amazônia brasileira/ Wood density of trees in a "campina" ecosystem in Roraima, Brazilian Amazonia

Barbosa, Reinaldo Imbrozio; Ferreira, Carlos Alberto Cid
2004-12-01

Resumo em português Densidade básica (g.cm-3: peso seco / volume úmido) da madeira foi determinada para 13 das principais espécies arbóreo-arbustivas de um ecossistema de "campina" (caatinga amazônica) situado em Roraima, extremo norte da Amazônia brasileira. As amostras de madeira para o cálculo da densidade básica de cada espécie foram compostas por "discos amostrais" (casca, alburno e cerne) de diferentes classes diamétricas. No total, foram amostrados 98 indivíduos, perfazendo (mais) 150 peças de madeira (52 com diâmetro 4,8cm). A espécie de maior densidade média foi Matayba arborescens (Aubl.) Radlk. (0,68 g.cm-3), seguida de Humiria balsamifera (Aubl.) St. Hill. (0,67 g.cm-3) e Pera schomburgkiana Müel. Arg. (0,64 g.cm-3). As classes de menor diâmetro foram também as de menor valor absoluto: 0,59 ± 0,06 (DP) g.cm-3 ( 4,8cm). A média ponderada pela biomassa do ecossistema foi de 0,64 ± 0,08 g.cm-3. Este resultado é 15,2% inferior ao comumente utilizado para transformação de volume de madeira em biomassa para ecossistemas de "campina" na Amazônia, influenciando diretamente nos cálculos de emissão de gases do efeito estufa. Resumo em inglês Wood density (g.cm-3: oven-dry weight / wet volume) was determined for 13 of the main tree species of a "campina" ecosystem (Amazon caatinga) located in Roraima, north portion of Brazilian Amazonia. The wood samples for calculation of the density of each species were "sample disks" (bark, sapwood and heartwood) of different diameter classes. In total, 98 individuals were sampled in 150 wood pieces (52 with diameter 4.8cm). (mais) The species with the highest wood density was Matayba arborescens (Aubl.) Radlk. (0.68 g.cm-3), followed by Humiria balsamifera (Aubl.) St. Hill. (0.67 g.cm-3) and Pera schomburgkiana Müel. Arg. (0.64 g.cm-3). The smaller diameter classes were also those with lower density: 0.59 ± 0.06 (SD) g.cm-3 ( 4.8cm). The weighted mean by biomass of the ecosystem was 0.64 ± 0.08 g.cm-3. This result is lower by 15.2% than that presently used for transformation of wood volume in biomass for "campina" ecosystems in Amazonia, influencing directly in the calculations of greenhouse gas emissions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Potencial de emissão de metano em lavouras de arroz irrigado/ Methane emission potential in flooded rice fields

Agostinetto, Dirceu; Fleck, Nilson Gilberto; Rizzardi, Mauro Antonio; Balbinot Jr, Alvadi Antonio
2002-12-01

Resumo em português Nos últimos anos, grande atenção tem sido dirigida aos problemas potenciais ocasionáveis pelo "efeito estufa". O homem, através da atividade industrial, consumo de combustíveis fósseis, destruição de florestas e da adoção de certas práticas agrícolas, é o principal responsável pelo fenômeno. Os principais gases que causam o efeito estufa são dióxido de carbono (CO2), metano (CH4), óxido nitroso (N2O) e clorofluorcarbonos (CFCs). O metano destaca-se dent (mais) re eles pela quantidade produzida e pela atividade na absorção do calor atmosférico. As principais fontes produtoras de metano são solos naturalmente alagados ou cultivados sob inundação, os quais respondem por aproximadamente 40% do total de metano emitido; destes, 37% são emitidos a partir do arroz cultivado sob inundação. Neste contexto, a presente revisão de literatura tem como objetivos descrever os processos que governam a produção e a emissão de metano, bem como discutir práticas de manejo e características da cultura que afetam a emissão do gás. Do total de metano originado em lavouras de arroz durante a estação de crescimento, entre 60 e 90% dá-se através das plantas de arroz. Embora o metano não seja o principal responsável pelo efeito estufa e a orizicultura não represente a maior fonte produtora de metano, a redução na emissão do gás poderá ser alcançada através de alterações nas práticas de cultivo do arroz. Dentre as alternativas que podem ser trabalhadas incluem-se os manejos da água de irrigação e da adubação e a utilização de cultivares do cereal que apresentem menor número de aerênquimas e menor produção de fitomassa, mas que mantenham o potencial de rendimento da cultura. Resumo em inglês In the last years, great attention has been directed to potential problems caused by the "greenhouse effect". Man, through industrial activities, fossil fuel consumption, forest destruction, and adoption of some agronomic practices, has been the main responsible for such phenomenon. The main gases that cause the greenhouse effect are carbon dioxide (CO2), methane (CH4), nitrous oxide (N2O), and chlorofluorocarbons (CFCs). Methane stands out amongst them by the amount prod (mais) uced and by its activity in the absorbing atmospheric heat. The main methane producing sources are soils naturally flooded or cultivated under flooding conditions, which represent approximately 40% of the total methane emitted; from this amount, 37% is emitted by rice cultivated under flooding conditions. In this context, the present review has as main purposes to describe processes responsible for methane production and emission, as well as to discuss management practices and rice plant characteristics which affect emission of this gas. From the total methane originated in rice fields during its growth cycle, between 60 to 90% comes from rice plants. Although methane is not the main gas responsible for the greenhouse effect and rice crop does not represent the main methane source, the reduction in the emission could be accomplished through changes in rice cultural practices. Amongst alternatives that can be worked out are management of irrigation water and fertilizer applied, and cropping of rice cultivars that present lower number of aerenchyma and lower biomass production, whereas maintaining rice grain yields potential.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

"Adicionalidade" ambiental do álcool combustível: um benefício ambiental verdadeiro ou somente mais uma matriz energética - um estudo do ciclo de vida deste combustível/ Environmental "additionality" of fuel ethanol: a true environmental benefit or just another energy matrix - a study of this fuel's life-cycle

Junqueira, Marcelo Schunn Diniz
2002-06-01

Resumo em português O desafio atual sobre qual seria a melhor maneira de reduzir a emissão de gases de efeito estufa (GHGs), volta as atenções para o combustível renovável álcool. Este combustível foi a opção utilizada para diminuir os efeitos do choque do petróleo na economia durante a década de 70. Agora, ele apresenta-se como uma solução para diminuir as emissões de GHGs. Embora, qualquer projeto que vise redução nas emissões de GHGs, aplicado em países em desenvolviment (mais) o, esteja apto a receber o Certificado de Redução de Emissão (CER) e no futuro estes certificados poderão ser comercializados é obrigatório que todos os projetos devam ser adicionais em termos de redução de emissão de GHGs. Resumo em inglês The current challenge about what would be the best way to reduce emission of greenhouse gases (GHGs) drives attention to the renewable energy ethanol. It was used to minimise the effect of oil shock in the Brazilian economy during the 70's years. Now it seems a solution to diminish the emission of GHGs. Although a given project which reduce emission of GHGs, supported in a development country, should be able to receive Certified Emission Reduction (CER) and further this C (mais) ER will be tradable it is mandatory that all project must be additional to reduce emission of GHGs. This study gathers information worldwide about what additional ethanol is in terms of reducing emission of GHGs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Rotação de culturas no sistema plantio direto em Tibagi (PR): II - Emissões de CO2 e N2O/ Crop rotation under no-tillage in Tibagi (Paraná State, Brazil): II - CO2 and N2O emissions

Siqueira Neto, Marcos; Piccolo, Marisa de Cássia; Feigl, Brigitte Josefine; Venzke Filho, Solismar de Paiva; Cerri, Carlos Eduardo Pellegrino; Cerri, Carlos Clemente
2009-08-01

Resumo em português A atividade agrícola pode alterar a quantidade e qualidade da matéria orgânica do solo (MOS), resultando em emissões de dióxido de carbono (CO2) e óxido nitroso (N2O) do solo para a atmosfera. O sistema plantio direto (SPD) com a utilização de leguminosas em sistemas de rotação é uma estratégia que deve ser considerada tanto para o aumento da quantidade de MOS como para seu efeito na redução das emissões dos gases de efeito estufa. Com o objetivo de determi (mais) nar os fluxos de gases do efeito estufa (CO2 e N2O) do solo, um experimento foi instalado em Tibagi (PR), em um Latossolo Vermelho distroférrico textura argilosa. Os tratamentos, dispostos em faixas não casualizadas com parcelas subdivididas, foram: sistema plantio direto por 12 anos com sucessões milho/trigo e soja/trigo (PD12 M/T e PD12 S/T, respectivamente) e por 22 anos (PD22 M/T e PD22 S/T, respectivamente). As emissões de CO2 do solo foram aproximadamente 20 % mais elevadas no PD22 em relação ao PD12. As emissões de CO2 apresentaram correlação significativa (R² = 0,85; p Resumo em inglês The agricultural activity can change the quantity and quality of soil organic matter (SOM), resulting in CO2 and N2O emissions from the soil. No-tillage (NT) with legume species in crop rotation is a strategy that should be considered not only to increase the SOM quantity, but also to reduce greenhouse gas emissions. The objective of this study was to determine the soil-atmosphere gas emissions with greenhouse effect (CO2 and N2O). For this purpose, an experiment was inst (mais) alled in Tibagi (Paraná State, Brazil), on a clayey Oxisol (Typic Hapludox). The treatments were conducted in non-random strips with subdivided plots: no-tillage crop successions corn/wheat and soybean/wheat (NT12 M/T and NT12 S/T, respectively) for 12 years and no-tillage (NT22 M/T and NT22 S/T, respectively) for 22 years. The CO2 soil emissions were nearly 20 % higher in NT22 than in NT12. The CO2 emissions were significantly correlated (R² = 0.85; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Protocolos de Montreal e Kyoto: pontos em comum e diferenças fundamentais/ Montreal and Kyoto Protocols: common points and essential differences

Silva, Darly Henriques da
2009-12-01

Resumo em português Os Protocolos de Montreal e Kyoto, tratados internacionais de defesa do meio ambiente e da vida, controlam gases que provocam o buraco na camada de ozônio e o efeito estufa, respectivamente, resultantes de atividades industriais e uso da terra. O artigo enfatiza pontos comuns e diferenças entre eles, fornecendo atualização dos protocolos. Resumo em inglês Montreal and Kyoto Protocols, international treaties, aim at safeguarding the environment and life by controlling the use of gases which deplete the ozone layer and cause the greenhouse effect, respectively, due to industrial and land use activities. The article highlights common points and differences and provides an update discussion about the protocols.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Hidrato de gás submarino: natureza, ocorrência e perspectivas para exploração na margem continental brasileira/ Submarine gas hydrates: nature, occurrence & perspectives for exploration in the brazilian continental margin

Clennell, Michael B.
2000-01-01

Resumo em português Hidrato de gás, ou clatrato é um sólido cristalino sendo composto de água e gases de peso molecular pequeno. Os hidratos de metano são abundantes em sedimentos submarinhos nas margens continentais. A distribuição dos clatratos pode ser mapeada através de perfilagem sísmica, perfis de poço, e amostragem geoquímica. A quantidade estimada de hidratos de gás submarino no mundo equivale aproximadamente a duas vezes o total de todos os recursos convencionais de óle (mais) o e gás. Entretanto, a exploração de hidratos de gás submarino como fonte de energia ainda não é viável em termos técnicos ou econômicos. Deslizamentos de grandes proporções podem ser desencadeados pela dissociação dos hidratos. O gás liberado durante um evento dessa natureza pode entrar na atmosfera, estimulando o efeito estufa. O talude continental do Brasil mostra em várias localidades assinaturas geofísicas da presença de hidratos de gás, e isto não é incomum, uma vez que as condições geológicas adequadas para a formação deste mineral são encontradas em outras áreas da margem continental. Apesar da existência de recurso como os hidrocarbonetos não-convencionais em águas brasileiras, esses também apresentam um risco desconhecido quanto às operações de exploração e de produção em campos de óleo e gás já em desenvolvimento em águas profundas. Resumo em inglês Gas hydrates or clathrates are crystalline compounds of water and gas. Natural clathrates trapping mostly methane, are widespreads in the sediments of the continental margins between water depths of 500 3500 m. Clathrates, are rarely sampled in cores but can be detected indirectly by geochemical tracers and by the response of downhole well logs. The extent of hydrates can be mapped using characteristic reflectors and amplitude anomalies on seismic lines. Estimated on this (mais) basis, the quantity of methane in marine clathrates is enormous; equivalent in energy value to about twice conventional hydrocarbon resources worldwide. However, exploitation of marine hydrates as a fuel is not as yet technically or economically viable. Major submarine landslides may be triggered by hydrate dissociation due to sea level fall or sea bottom temperature increase. The released gas may enter the atmosphere, and contribute to greenhouse warming. The Brazilian continental margin shows geophysical indicators of gas hydrates in several localities, and geochemical conditions are favourable in others. This gives the possibility of unconventional hydrocarbon plays, but may also pose a geotechnical risk to drilling and production activity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Estimativa de Emissões Atmosféricas Originadas por Fogos Rurais em Portugal/ Estimate of Atmospheric Emissions Originated by Wildfires in Portugal/ Estimation d'Émissions Atmosphériques Découlant des Feux Ruraux au Portugal

Silva, Tiago Pereira da; Pereira, José M. Cardoso; Paúl, José C. P.; Santos, Maria Teresa N.; Vasconcelos, Maria José P.
2006-12-01

Resumo em português Os ecossistemas vegetais terrestres são uma componente importante do ciclo biogeoquímico do carbono. Contudo, persistem incertezas consideráveis quanto à magnitude das trocas de carbono que se estabelecem entre a superfície terrestre e a atmosfera. Os incêndios surgem neste contexto como uma importante fonte de emissão de carbono e outros compostos para a atmosfera, razão pela qual se torna necessário tentar estimar aqueles montantes. Com o presente estudo, que t (mais) omou a década de 90 como referência, tentou-se introduzir conceitos e metodologias que permitissem quantificar as emissões atmosféricas originadas por incêndios em Portugal, contribuindo assim para a redução das incertezas associadas aos fluxos que se estabelecem entre a vegetação e a atmosfera. Para tal, procedeu-se à compilação de dados relativos às áreas ardidas, biomassa média existente por tipo de ocupação do solo, fracções consumidas em incêndios e conversão da biomassa consumida em compostos libertados. Os valores obtidos para a emissão de gases com efeito de estufa variaram entre um mínimo de 0,474 Mt de CO2 eq. em 1997 e um máximo de 3,869 Mt de CO2 eq. em 1998. Com base nos dados da década de 90 construiu-se uma regressão linear simples entre área ardida e emissões, possibilitando, por exemplo, determinar que o montante dos gases com efeito de estufa libertados no Verão de 2003 foi de 7,39 Mt de CO2 eq. Resumo em inglês Terrestrial ecosystems are an important component of the global biogeochemical carbon cycle. However, considerable uncertainties remain regarding the magnitude of carbon exchanges between the land surface and the atmosphere. Vegetation fires are an important source of emissions of carbon and other chemical compounds, whose magnitudes must be estimated. The present study encompasses the 1990s and introduces approaches to quantify atmospheric emissions from wildfires in Por (mais) tugal, thus contributing towards reducing uncertainties associated with land-atmosphere exchanges. We compiled data for area burned, mean biomass per land cover type, combustion factors and emission factors. The values obtained for greenhouse gas emissions varied from a minimum of 0,474 Mt CO2 eq. in 1997 to a maximum of 3,869 Mt CO2 eq. in 1998. We developed a linear regression model to estimate emissions from burned and calculated that 7,39 Mt CO2 eq. were released during the extremely sever fire season of 2003.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Cenários de desmatamento para a Amazônia

Soares-Filho, Britaldo Silveira; Nepstad, Daniel Curtis; Curran, Lisa; Cerqueira, Gustavo Coutinho; Garcia, Ricardo Alexandrino; Ramos, Claudia Azevedo; Voll, Eliane; McDonald, Alice; Lefebvre, Paul; Schlesinger, Peter; McGrath, David
2005-08-01

Resumo em português A AMAZÔNIA está entrando em uma era de rápidas mudanças impulsionadas pela previsão de asfaltamento de rodovias que estimularão a expansão da fronteira agrícola e de exploração madeireira. O declínio do custo de transporte tem importantes implicações para a biodiversidade, emissão de gases que contribuem para o efeito estufa e prosperidade da sociedade da Amazônia a longo prazo. Para analisar esse contexto, foi desenvolvido um modelo de simulação de desma (mais) tamento na bacia Amazônica, sensível a diferentes cenários de políticas públicas frente à expansão da infra-estrutura de transporte pela região. Resultados do modelo indicam que, dentro de um cenário pessimista, o desmatamento projetado pode eliminar, até meados deste século, 40% dos atuais 5,4 milhões de km² de florestas da Amazônia, liberando o equivalente a 32 Pg (10(9) toneladas) de carbono para atmosfera. A modelagem de cenários alternativos aponta que a expansão de uma rede de áreas protegidas, efetivamente implementadas, poderia reduzir em até 1/3 as perdas florestais projetadas. Contudo, outras medidas de conservação são ainda necessárias para se manter a integridade funcional das paisagens e bacias hidrográficas amazônicas. Atuais experimentos em conservação florestal em propriedades privadas, mercados de serviços ambientais e zoneamento agro-ecológico devem ser refinados e multiplicados a fim de se buscar uma conservação extensiva. Resumo em inglês THE AMAZON is entering an era of rapid changes as new transportation corridors traverse the region, stimulating the expansion of logging and agricultural frontiers. The declining cost of transportation has important implications for biodiversity, greenhouse gas emissions, and the long-term prosperity of the Amazon society. To analyze this context, we have developed an empirically based, policy-sensitive model of deforestation for the Amazon basin. Model output for the wor (mais) st-case scenario shows that, by 2050, projected deforestation trends will eliminate 40% of the current 5.4 million km² of Amazon forests, releasing approximately 32 Pg (10(9) tons) of carbon to the atmosphere. Results from intermediate-case scenarios indicate that, although an expanded and enforced network of protected areas could avoid as much as one third of projected forest losses, other conservation measures are still required to maintain the functional integrity of Amazon landscapes and watersheds. Current experiments in forest conservation on private properties, markets for ecosystem services, and agro-ecological zoning must be refined and implemented to achieve comprehensive conservation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Estoques totais de carbono orgânico e seus compartimentos em argissolo sob floresta e sob milho cultivado com adubação mineral e orgânica/ Total stocks of organic carbon and its pools in acrisols under forest and under maize cultivated with mineral and organic fertilization

Leite, L. F. C.; Mendonça, E. S.; Neves, J. C. L.; Machado, P. L. O. A.; Galvão, J. C. C.
2003-10-01

Resumo em português Os estoques de matéria orgânica do solo e seus compartimentos são importantes na disponibilidade de nutrientes, agregação do solo e no fluxo de gases de efeito estufa entre a superfície terrestre e a atmosfera. Os objetivos deste estudo foram: (a) avaliar os efeitos de sistemas de produção de milho sob adubação orgânica e mineral nos estoques totais de carbono orgânico (COT) e nitrogênio (NT) e de compartimentos de carbono (C) orgânico, em um Argissolo Verme (mais) lho-Amarelo, e (b) estimar a contribuição desses sistemas no seqüestro ou emissão de CO2 atmosférico. Os sistemas de produção, durante 16 anos, constaram de combinações entre dois níveis (0 e 1) de composto orgânico, nas doses de 0 e 40 m³ ha-1 (AO), e três níveis (0, 1 e 2) de adubo mineral, nas doses de 0, 250 (AM1), e 500 kg ha-1 (AM2) da fórmula 4-14-8. Uma área sob Floresta Atlântica (FA) adjacente ao experimento foi amostrada e usada como referência de um estado de equilíbrio. Os sistemas de produção em que o composto orgânico foi adicionado apresentaram maiores estoques de COT, NT, carbono da fração leve (C FL) e carbono lábil (C L) do que os sistemas sem adubação ou apenas com adubação mineral, o que confirma a adubação orgânica como estratégia de manejo importante para a melhoria da qualidade do solo. No entanto, no solo sob FA, os estoques de COT, NT e dos compartimentos de C foram maiores do que aqueles observados nos sistemas de produção. Em virtude da maior sensibilidade, os estoques dos compartimentos do C FL e do C L foram reduzidos em maior intensidade do que os estoques de COT, razão por que podem ser usados como indicadores da interferência antrópica ou das mudanças no manejo sobre o estado da matéria orgânica do solo. Resumo em inglês Soil organic matter and its different pools have key importance in nutrient availability, soil aggregation, and in the greenhouse gas fluxes between the earth surface and the atmosphere. The objectives of this study were: a) to evaluate the effect of maize production systems under organic and mineral fertilization on total organic carbon (TOC) and total nitrogen (TN) stocks and on organic carbon pools (C) in an Acrisol; and b) to estimate the contribution of these systems (mais) in the atmospheric CO2 sequestration or emission. The production systems included two levels of organic compost: level 0 (control) and level 1 (40 m³ ha-1); and three levels of mineral fertilizer (0, 1 and 2), which correspond to 0,250 (AM1), and 500 kg ha-1 (AM2) of the 4-14-8 formula. Organic and mineral fertilizer were combined and applied during 16 years. As a reference of the steady state, soil samples were collected from an adjacent area of the same soil type, under secondary Atlantic Forest (AF). Where organic compost was added, the production systems presented higher organic C and N soil storage, light fraction carbon (C LF) and labile carbon (C L) than production systems without fertilization or with mineral fertilizer only. This confirms the importance of organic fertilizer utilization as a management strategy to improve soil quality. However, the soil under AF showed higher values of organic C and N storage and carbon pools than soils under production systems. Due to their higher sensitivity, the stocks of the C LF and C L were more severely decreased than the TOC stocks and thus, may be used as indicators of the anthropogenic impact or the influence of management alterations on the soil organic matter.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Aerossóis, nuvens e clima: resultados do experimento LBA para o estudo de aerossóis e microfísica de nuvens/ Aerosols, clouds and climate: results from LBA on aerosols and cloud microphysics studies

Costa, Alexandre Araújo; Pauliquevis, Theotonio
2009-06-01

Resumo em português Os aerossóis atmosféricos respondem por uma das maiores incertezas na investigação dos cenários de mudança climática. A margem de erro associada às estimativas nas contribuições dos aerossóis no balanço energético global ainda é elevada, particularmente no que diz respeito ao chamado "efeito indireto". Ainda que o nível de compreensão científico, acerca do efeito indireto tenha avançado significativamente nos últimos anos, este ainda é muito baixo, qua (mais) ndo comparado com o entendimento que se tem do papel dos gases de efeito estufa. Particularmente no Brasil, as medidas realizadas dentro do contexto LBA-SMOCC-EMfiN! (Large-Scale Biosphere-Atmosphere Experiment in Amazonia - Smoke Aerosols, Clouds, Rainfall and Climate - Experimento de Microfísica de Nuvens) possibilitaram uma base de dados ampla sobre aerossóis e microfísica de nuvens. Neste trabalho, apresentamos uma revisão de alguns dos principais resultados relacionados a essa base de dados, tanto via análise de resultados experimentais, quanto via modelagem numérica. Conclui-se que alterações significativas no processo de desenvolvimento da precipitação podem ocorrer em associação com a grande quantidade de aerossóis produzidos em queimadas, mas que diversas questões, principalmente referentes ao papel dos núcleos de condensação gigantes e núcleos de gelo ainda precisam ser elucidadas. Resumo em inglês Atmospheric aerosols account for some of the largest uncertainties regarding climate change scenarios. The uncertainties associated to the estimates of the aerosol contributions in the global energy budget is still very high, particularly concerning the so-called "indirect effect". Hence, although the level of scientific understanding on the role of aerosols in climate have advanced significantly in the last few years, it is still very low in comparison to the well establ (mais) ished knowledge concerning the effect of greenhouse gases. Particularly in Brazil, the measurements taken during the LBA-SMOCC-EMfiN! (Large-Scale Biosphere-Atmosphere Experiment inAmazonia - SmokeAerosols, Clouds, Rainfall and Climate - Experimento de Microfísica de Nuvens) provided a comprehensive data base on aerosols and cloud microphysics. In this work, we review some of the major results related to such data base, via both analysis of experimental data and numerical modeling. We conclude that significant changes in precipitation development may occur in association with the large amount of aerosols launched into the atmosphere by forest fires but that several questions, especially those ones concerning giant cloud condensation nuclei and ice nuclei, have to be clarified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Protocolo de Quioto e as possibilidades de inserção do Brasil no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo por meio de projetos em energia limpa/ The Kyoto Protocol and the possibilities for the insertion of Brazil at the Clean Development Mechanism through projects in clean energy

Moreira, Helena Margarido; Giometti, Analúcia Bueno dos Reis
2008-04-01

Resumo em português Este artigo pretende estudar a inserção do Brasil no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) do Protocolo de Quioto, por meio de projetos em energia limpa, enfatizando a cooperação entre países desenvolvidos e em desenvolvimento e visando as ações práticas que esse mecanismo permite desenvolver para se alcançar o desenvolvimento sustentável e para conter o aquecimento global. Para isto, realizou-se extensa revisão bibliográfica dos acordos internacionais refe (mais) rentes às mudanças climáticas e de livros e artigos sobre a inserção brasileira no Protocolo de Quioto e no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo. O Protocolo de Quioto é um acordo internacional que prevê a redução das emissões de gases de efeito estufa por intermédio de mecanismos flexibilizadores. O Mecanismo de Desenvolvimento Limpo é o único que permite a participação de países em desenvolvimento, para que eles reduzam emissões por meio de projetos que busquem o desenvolvimento sustentável. Neste contexto, o Brasil surge como um país atrativo para o recebimento destes projetos, por sua vocação para desenvolver fontes alternativas de energia e pela sua liderança no processo negociador do Protocolo. O MDL configura-se, portanto, em uma grande oportunidade para o Brasil, visto que esses projetos representam uma fonte de recursos financeiros para que o país busque o desenvolvimento sustentável, além de incentivarem um maior conhecimento científico e a adoção de novas tecnologias. Resumo em inglês This article intends to study the insertion of Brazil at the Clean Development Mechanism (CDM) of the Kyoto Protocol, through clean energy projects, emphasizing the cooperation between developed and developing countries, and aiming the practical actions that this mechanism allows to build up in order to reach the sustainable development and to stop the global warming. To achieve this, an intense bibliographic review of the international agreements concerning climate chang (mais) e, and books and articles about the Brazilian insertion on the Kyoto Protocol and on the Clean Development Mechanism was done. The Kyoto Protocol is an international agreement, which predicts the reduction of the greenhouse gases emissions through flexibly mechanisms. The Clean Development Mechanism is the only one that allows the participation of developing countries, for them to reduce emissions through projects that look for sustainable development. In this context, Brazil emerges as an attractive country to receive these projects, due to its vocation to develop alternative sources of energy and for its leadership on the Protocol's negotiation process. The CDM is therefore a great opportunity to Brazil, since these projects represent a source for financial resources for the country to seek the sustainable development, besides encouraging a greater scientific knowledge and the adoption of new and clean technologies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Aquecimento global: efeitos no crescimento, no desenvolvimento e na produtividade de batata/ Global warming: effects on growth, development, and yield of potato

Fagundes, Joelma Dutra; Paula, Gizelli Moiano de; Lago, Isabel; Streck, Nereu Augusto; Bisognin, Dilson Antônio
2010-06-01

Resumo em português A concentração atmosférica dos gases do efeito estufa, principalmente o CO2, tem aumentado nas últimas décadas devido às atividades antrópicas. A concentração de CO2 aumentou de aproximadamente 280 partes por milhão por volume (ppmv) no período pré-industrial para a atual concentração de 380 ppmv. Há registros que, durante o século XX, houve um aumento da temperatura média da superfície global de 0,6±(0,2)°C, e projeções indicam um provável (mais) aumento de 1,1 a 6,4°C na temperatura média global até o final do século XXI, dependendo da região do planeta. O aumento da concentração de CO2 e da temperatura afeta diretamente processos fisiológicos, como fotossíntese e respiração das plantas, o que poderá alterar o desempenho das culturas, incluindo a batata. O objetivo desta revisão foi reunir informações da literatura sobre os possíveis efeitos do aumento na concentração de CO2 e da temperatura do ar no crescimento, no desenvolvimento e na produtividade da cultura de batata. O aumento do CO2, seguido de aumento na temperatura do ar, de maneira geral, resultará em menor crescimento, redução na duração do ciclo de desenvolvimento, menor produtividade e aumento da incidência de doenças da batata. Como estratégia para minimizar os efeitos de um possível aquecimento global sobre essa cultura, sugere-se que sejam desenvolvidas cultivares tolerantes a altas temperaturas, adaptadas as épocas de plantio em cada local, alteradas as práticas de manejo da cultura e até expandidas as áreas de cultivo para regiões mais frias. Resumo em inglês The concentration of atmospheric greenhouse gases, mainly the CO2, has increased in the last decades due to anthropogenic activities. The atmospheric CO2 concentration has increased from about 280 parts per million per volume (ppmv) in the pre-industrial period to the currently 380ppmv concentration. There are reports that during the XX century global average temperature increased 0.6±(0.2)°C and projections indicate a possible 1.1 to 6.4°C increase in temp (mais) erature by the end of the XXI century, depending upon each region. The increase in atmospheric CO2 concentration and air temperature directly affect plant physiological processes, such as photosynthesis and respiration, which may affect crops performance, including potato. The objective of this review was to assemble information from the literature on the possible effects of increasing atmospheric CO2 concentration and air temperature on growth, development and yield of potato. In general, the increase in CO2 concentration followed by an increase in air temperature will result in lower growth, reduction in the duration of the developmental cycle, lower yield and increase of potato diseases. A strategy to minimize the effects of a possible global warming on potato would be to develop cultivars that are tolerant to high temperatures, adapt planting time in each location, change management practices and even, expand growing areas to colder regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Variabilidade do regime de monções sobre o Brasil: o clima presente e projeções para um cenário com 2xCO2 usando o modelo MIROC/ Variability of the monsoon regime over Brazil: the present climate and projections for a 2xCO2 scenario using the MIROC model

Bombardi, Rodrigo José; Carvalho, Leila Maria Véspoli de
2008-03-01

Resumo em português Este trabalho investiga a variabilidade do Sistema de Monções da América do Sul (SMAS) sobre o Brasil com particular interesse na região do cerrado brasileiro. O início, final e total de precipitação durante as monções de verão são examinados utilizando estimativas de precipitação por satélite (pêntadas) do Global Precipitation Climatology Project (GPCP) entre 1979-2004. Analogamente, as características do regime de monção simuladas pelo modelo climátic (mais) o global acoplado MIROC (Model for interdisciplinary Research on Climate) do IPCC (Intergovernmental Panel for Climate Change) são examinadas em dois cenários distintos: o clima do século XX (1981-2000) e o clima em uma condição com o dobro da concentração atual de CO2 (2xCO2) na atmosfera (2061-2080). Mostra-se que a variabilidade espacial do início da monção de verão sobre o cerrado na simulação do clima do século XX pelo MIROC corresponde bem às observações. Além disso, há indicação de uma mudança das caudas da distribuição sazonal da precipitação no Cerrado para um cenário com 2xCO2, comparativamente com o clima presente. Este resultado sugere uma mudança na probabilidade de ocorrência de eventos extremos (secos ou úmidos) em um cenário com 2xCO2 sobre o cerrado, o que de acordo com o MIROC, indica uma maior exposição da região às conseqüências de possíveis mudanças climáticas resultantes do aumento de gases de efeito estufa. Resumo em inglês This study investigates the temporal variability of the South America monsoon system (SAMS) over Brazil with focus on the Brazilian savanna. The onset, end, and total rainfall during the summer monsoon are investigated using precipitation pentad estimates from the Global Precipitation Climatology Project (1979-2004). Likewise, the variability of SAMS characteristics are investigated using the intergovernmental Panel for Climate Change (IPCC) coupled global climate model f (mais) or Interdisciplinary Research (MIROC) in the 20th century (1981-2000) and in a scenario with the double present concentration of CO2 (2xCO2) (2061-2080).. It is shown that the spatial variability of the onsets over central Brazil simulated by MIROC for the 20th century run corresponds very well to the observations. Moreover, there is indication of change in the tails of the seasonal precipitation distributions over the savanna for the scenario with 2xCO2, comparatively to the present climate. This suggests changes in the probability of extremes (dry or wet) events over that region in a scenario with 2xCO2, which indicates according to MIROC the large exposure of the region to possible consequences of climate changes resulting from increasing greenhouse gases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Alterações climáticas na Europa: efeito nas doenças parasitárias humanas/ Climate Change in Europe: Impact on human parasitic diseases

Abrantes, Patrícia; Silveira, Henrique
2009-07-01

Resumo em português O clima da Terra não é constante e a sua variação natural obedece a ciclos relativamente bem definidos. O aumento anormal da temperatura que tem sido observado recentemente tem excedido largamente as variações climáticas naturais dos últimos 1000 anos. Segundo os estudos mais recentes, a origem do aquecimento global tem estado associada ao aumento da emissão de gases com efeito de estufa resultantes da actividade antropogénica. Para a Europa, estima-se que os pr (mais) incipais impactes das alterações no sistema climático global sejam a continuação do aumento da temperatura, o aumento do nível do mar e o aumento da intensidade e frequência de fenómenos meteorológicos extremos, tais como tempestades, ondas de calor, cheias e secas. A compreensão dos principais impactes das alterações climáticas nos diversos sectores da sociedade, a médio e longo prazo, é fundamental para o desenvolvimento de medidas de adaptação que permitam ao Homem precaver-se e minimizar esses impactes. Dada a importância do tema para o sector da saúde humana, o presente trabalho teve como principal objectivo fazer uma revisão da literatura científica, com vista a determinar quais os impactes da mudança global do clima nas doenças parasitárias humanas na Europa. Ao nível da saúde, estima-se que os principais impactes resultem do aumento da ocorrência de fenómenos extremos com consequências na taxa da mortalidade, do aumento da poluição atmosférica e consequente aumento de doenças cardio-respiratórias e do aumento da incidência de doenças infecciosas, principalmente de doenças transmitidas pela água e por vectores. O presente trabalho concentrou-se nestas duas últimas, analisando em particular as doenças parasitárias que se estima que venham a sofrer um impacte climático mais significativo: Criptosporidiose, Malária e Leishmaniose. Na sequência de episódios de pluviosidade intensa e de cheias prevê-se que o risco de doenças transmitidas pela água aumente, principalmente por surtos de Criptosporidiose. Na Europa, no entanto, as boas condições de saneamento básico e de abastecimento público actuais indicam que este risco se mantenha reduzido. Estima-se, igualmente, que o risco de doenças transmitidas por vectores venha a aumentar na sequência quer da alteração da distribuição geográfica dos vectores, quer da extensão do período de época de transmissão. As maiores preocupações para a Europa estão focadas na potencial reintrodução de Malária na Europa de Leste, na introdução do vector do Dengue no Sul da Europa, nomeadamente em Portugal, no aumento do risco de infecções por Leishmania e no aumento do risco de infecções transmitidas por carraças, como a Encefalite e Doença de Lyme. A Malária, pela sua história de endemismo recente na Europa e pela sua reintrodução em alguns países da Europa de Leste, tem sido motivo de preocupação. Com as alterações climáticas, estima-se que aumente o risco de transmissão de Malária na Europa de Leste e os casos de Malária de «aeroporto» na Europa Ocidental. A Leishmaniose Visceral, por ser endémica em alguns países da bacia mediterrânica, e face ao aumento da temperatura global, corre o risco de vir a estender os limites actuais da distribuição do vector e da doença para o Norte da Europa. Para além destes factores, a situação pode ser agravada pelo facto da Leishmaniose ser uma infecção oportunista importante em doentes infectados pelo VIH. Relativamente ao impacte das alterações climáticas nas doenças parasitárias em Portugal, a literatura existente aponta para que, nos casos em que as doenças são endémicas, o principal factor de risco seja a temperatura e, para aquelas que não o são, seja a introdução de vectores infectados. O risco actual de ocorrer transmissão de Malária em Portugal é muito baixo, estimando-se que no futuro, a não ser que haja introdução focal de vectores infectados, o risco se mantenha baixo. No caso da Leishmaniose, o risco actual de ocorrer transmissão em Portugal é médio, prevendo-se, no futuro, que se torne elevado devido ao aumento do número de dias com condições favoráveis à sobrevivência dos seus vectores e à possível expansão da distribuição geográfica dos mesmos no país. Apesar dos avanços conseguidos com o protocolo de Quioto, em termos de redução das emissões de gases com efeito de estufa este será pouco eficaz em evitar o aumento da temperatura nos próximos 50 anos, e como tal, torna-se crucial que as populações procurem adaptar-se a fim de minimizar os efeitos negativos que daí possam advir para a saúde e sociedade. Resumo em inglês The Earth’s climate is not constant and its natural changes obey to relatively well defined cycles. The abnormal increase that has recently been observed in temperature largely exceeds the natural climate changes from the last 1000 years. The most recent studies state that the causes of global warming are associated with the increase of anthropogenic emissions of greenhouse gases to the atmosphere. Future climate change scenarios indicate that the major impacts on Europe (mais) will be the increase of temperature, sea-level rise and higher frequency and intensity of extreme events, such as storms, heat waves, floods and droughts. In order to develop adaptation policies that allow an adequate prevention and minimize major climate change impacts it is fundamental to understand their impact on different sectors of society. Having in mind the importance to the human health sector, the aim of the present work was to review scientific literature in order to assess the impacts of climate change on human parasitic diseases in Europe. The main climate change impacts expected on health are associated with the occurrence of meteorological extreme events probably causing an increase of mortality, the intensification of air pollution with consequences on cardiorespiratory diseases, and the increase of infection diseases, especially water and vector-borne diseases. On the present work we focused on parasitic diseases that are estimated to suffer a more significant climate impact: Cryptosporidiosis, Malaria and Leishmaniasis. Following intense rainfall events and floods the risk of waterborne disease is estimated to increase mainly by Cryptosporidiosis outbreaks. Nevertheless, the good current sewage and public water supply conditions in Europe are expected to remain waterborne diseases at low risk. The risk of vectorborne diseases is also expected to increase due to vector geographic distribution changes and longer transmission seasons. The major concerns in Europe are focused on the potential re-introduction of Malaria on Eastern Europe, the introduction of Dengue vector on South of Europe, namely on Portugal, the increase of infection by Leishmania and on the increase of tick-borne diseases, like European Encephalite and Lyme disease. Due to a history of endemism and recent re-introduction in some Eastern Europe countries, Malaria is becoming a concern in Europe. It is expected that the Malaria risk of transmission increases on Eastern Europe and that «airport» Malaria cases increase on Western Europe. Due to current endemism situation of Visceral Leishmaniasis in the Mediterranean Region and global warming, the current limits of vector distribution and of the disease are expected to extend to North of Europe. Furthermore, this might be aggravated by the fact that Leishmaniasis is an opportunist infection among HIV patients. In Portugal it is estimated that air temperature will be the major determinant of endemic parasitic diseases whereas of non-endemic ones it will be the introduction of infected vectors. The current risk of Malaria transmission in Portugal is very low, and it is not expected to change in the near future, unless there would be a focal introduction of infected vectors. Leishmaniasis current risk of transmission in Portugal is medium. As both significant increase in days with favorable temperatures to vector survival and possible expansion of vector distribution in Portugal are expected, the risk of contracting Leishmaniasis may become higher in the country. Although the advances on reducing greenhouse gases emission achieved with Kyoto Protocol, this protocol will have low efficiency in avoiding the temperature increase of the next 50 years. Thus the development of adaptation policies to attenuate the negative impacts of climate change on human health is a major demand.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Biomassa acima do solo de um ecossistema de "campina" em Roraima, norte da Amazônia brasileira/ Aboveground biomass of a "campina" ecosystem in Roraima, Northern of Brazilian Amazonia

Barbosa, Reinaldo Imbrozio; Ferreira, Carlos Alberto Cid
2004-12-01

Resumo em português Foi estimada a biomassa (viva + morta) acima do solo de um ecossistema de "campina" localizado em Roraima, norte da Amazônia brasileira. A biomassa foi determinada a partir de um inventário fitossociológico (1 ha amostral) e distribuída em dois estratos: (1) gramíneo-lenhoso, composto de "ervas + liquens" (Poaceae, Cyperaceae, Eriocaulaceae, Cladonia spp), Bromeliaceae, plântulas, "litter" fino e grosso e, (2) arbóreo-arbustivo, composto por árvores e arbustos. O (mais) estrato gramíneo-lenhoso foi estimado pelo método direto (corte e pesagem) através de 10 quadras de 1m², aproveitando os transectos do inventário. O estrato arbóreo-arbustivo foi estimado pelo método indireto com o corte de 98 indivíduos de diferentes espécies e diâmetros. Foi gerado um modelo para expressar a relação entre a biomassa seca total (kg), a circunferência de base (cm) e a altura total (m) para os indivíduos deste estrato. A equação foi aplicada nos 3.966 indivíduos.ha-1 observados no inventário. A biomassa total foi estimada em 15,91 t.ha-1, sendo 2,20 ± 0,23 t.ha-1 (13,8%) do estrato gramíneo-lenhoso e 13,70 ± 7,13 t.ha-1 (86,2%) do arbóreo-arbustivo. A espécie arbórea de maior biomassa foi Humiria balsamifera (Aubl.) St. Hill. (8,43 t.ha-1), seguida de Pagamea guianensis Aubl. (1,14 t.ha-1). Estes resultados são importantes para refinar os cálculos de emissão de gases do efeito estufa pela queima e decomposição da biomassa acima do solo em ecossistemas de campinas na Amazônia. Resumo em inglês The aboveground biomass of a "campina" ecosystem was estimated in Roraima, in the northern portion of Brazilian Amazonia. The biomass was determined from a phytosociological inventory (1 ha) and distributed between two categories: (1) grassy-woody, composed of "herbs+lichens" (Poaceae, Cyperaceae, Eriocaulaceae, Cladonia spp), Bromeliaceae, seedlings, fine and coarse litter and, (2) woody, composed of trees and bushes. The grassy-woody category was estimated by the direct (mais) method (cutting and weighing) in 10 1-m² plots, taking advantage of transects of the inventory. The category woody was estimated by the indirect method cutting 98 individuals of different species and diameters. A model was generated to express the relationship among total dry above-ground biomass (kg), base circumference (cm) and total height (m) for the individuals in this category. The equation was applied to the 3,966 ind.ha-1 observed in the inventory. The total biomass was estimated at 15.91 t.ha-1, of which 2.20 ± 0.23 t.ha-1 (13.8%) was in the grassy-woody category and 13.70 ± 7.13 t.ha-1 (86.2%) in woody category. The tree species with the highest biomass was Humiria balsamifera (Aubl.) St. Hill. (8.43 t.ha-1), followed by Pagamea guianensis Aubl. (1.14 t.ha-1). These results are important for refining the calculations of greenhouse-gas emissions from burning and decomposition of above-ground biomass in "campina" ecosystems in the Amazon region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Mudança climática e seus efeitos na cultura do arroz/ Climate change and its effects on rice

Walter, Lidiane Cristine; Streck, Nereu Augusto; Rosa, Hamilton Telles; Krüger, Cleusa Adriane Menegassi Bianchi
2010-11-01

Resumo em português A partir da revolução industrial, houve um aumento da emissão de gases de efeito estufa na atmosfera terrestre, como o dióxido de carbono (CO2), o que poderá levar a um aumento na temperatura global até o final do século XXI. O efeito direto do incremento na concentração de CO2 nas plantas é a possibilidade de aumento da taxa de crescimento das plantas e produtividade das culturas, uma vez que o CO2 é o substrato para fotossíntese. Se o aumento da concentraç� (mais) �o de CO2 for acompanhado de aumento da temperatura do ar, poderá haver encurtamento do ciclo e aumento da respiração do tecido vegetal, reduzindo ou anulando os efeitos benéficos do CO2. No entanto, a resposta aos aumentos na concentração de CO2 e temperatura do ar varia de acordo com a cultura considerada. Assim, o objetivo desta revisão foi reunir informações da resposta ecofisiológica da cultura do arroz, um dos três cereais mais produzidos e consumidos pela população mundial, à mudança climática. Plantas com metabolismo C3, como o arroz, são mais beneficiadas pelo aumento da concentração de CO2 atmosférico do que plantas com metabolismo C4. Altas temperaturas diurnas e noturnas podem reduzir drasticamente o potencial produtivo da cultura do arroz devido ao encurtamento do ciclo da cultura e à esterilidade de espiguetas. Essa tendência pode ser mitigada com a seleção de genótipos mais resistentes às condições de alta temperatura do ar durante o florescimento, bem como a alteração da época de semeadura. Resumo em inglês Since the industrial revolution there was an increase in the atmospheric greenhouse gases, such as the carbon dioxide (CO2), which may lead to an increase in global temperature by the end of the 21th century. The direct effect of the increase in the CO2 concentration on plants is the possibility of increasing plant growth rate and crop yield, once CO2 is the substrate for photosynthesis. If the increase in CO2 concentration will be accompanied by an increase in air temper (mais) ature, there may not be an increase in plant growth and crop yield because of a shortening of the developmental cycle an increase in plant tissue respiration. However, the response to elevated CO2 and temperature varies depends upon the crop. Thus, the objective of this review is to assemble information about the ecophysiological response of rice crop, one of the tree major cereals produced and consumed by the world population, to climate change. Plants with the C3 metabolism, as rice, are more benefitted from the increase in atmospheric CO2 concentration than plants with the C4 metabolism. High daytime and nighttime temperatures may drastically reduce the yield potential of rice crop due to shortening of the developmental cycle and spikelet sterility. Such a trend can be mitigated by selecting genotypes more resistant to conditions of high air temperature during flowering and by changing the sowing date.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Meio ambiente, saúde e desenvolvimento sustentável/ Environment, health and sustainable development

Rattner, Henrique
2009-12-01

Resumo em português Os problemas do meio ambiente e seus impactos na saúde e bem-estar das populações, sobretudo dos mais carentes e excluídos do acesso a bens materiais e simbólicos proporcionados apenas a uma minoria privilegiada, devem ser analisados no contexto da crise econômica e financeira que varre o sistema capitalista, com seus desdobramentos na queda da produção, do emprego e de renda e a perda de inúmeros ativos fixos e de poupanças populares.A crise do paradigma capita (mais) lista evidencia a natureza predatória do sistema, levando a humanidade à beira de uma catástrofe, cujos impactos são sentidos em nível local, nacional e global. O ensaio aponta os principais aspectos da deterioração ambiental - o efeito estufa, a poluição de rios, lagos e águas costeiras, a contaminação dos solos por agrotóxicos e pesticidas; a erosão de solos e a desertificação pelo desmatamento de florestas; a ausência de saneamento básico nas regiões metropolitanas, onde se concentra uma parcela crescente da população carente e deserdada.Ao discutir as disfunções e paradoxos da acumulação e concentração do capital, o ensaio aponta para a necessidade de construir um novo paradigma de desenvolvimento, baseado na cooperação e solidariedade, na distribuição equitativa do produto social e na reformulação do sistema político, superando os padrões autoritários, através da construção de um modelo participativo e de cogestão. Resumo em inglês Environmental problems and their impact on health and welfare of the population, mainly the most deprived and excluded, from access to material and symbolic goods, provided only to a privileged minority, must be analyzed within the context of the global economic and financial crisis which swept the whole world since 2008. The collapse of the capitalist system and its negative impacts on production, income and employment provide evidence to the predatory nature of the unde (mais) rlying social and political relations which lead humanity to a catastrophic abyss whose consequences are felt on local, national and global levels. Appointing to the main aspects of environmental deterioration - greenhouse gases; pollution of rivers, lakes and oceans; the erosion and intoxication of soils; the lack of basic sanitation and fresh water supply in metropolitan areas, this essay refers to official health indicators published recently by the Ministry of Health of Brazil which documents destructive trends. Discussing the dysfunction and the paradoxes of capital accumulation the essay points out to the need for building a new development paradigm based on cooperation and solidarity; an equitable distribution of the social product and the reform of the political system leading from the present authoritarian patterns of social relations to a participative and a true democratic model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Meio ambiente, saúde e desenvolvimento sustentável/ Environment, health and sustainable development

Rattner, Henrique
2009-12-01

Resumo em português Os problemas do meio ambiente e seus impactos na saúde e bem-estar das populações, sobretudo dos mais carentes e excluídos do acesso a bens materiais e simbólicos proporcionados apenas a uma minoria privilegiada, devem ser analisados no contexto da crise econômica e financeira que varre o sistema capitalista, com seus desdobramentos na queda da produção, do emprego e de renda e a perda de inúmeros ativos fixos e de poupanças populares.A crise do paradigma capita (mais) lista evidencia a natureza predatória do sistema, levando a humanidade à beira de uma catástrofe, cujos impactos são sentidos em nível local, nacional e global. O ensaio aponta os principais aspectos da deterioração ambiental - o efeito estufa, a poluição de rios, lagos e águas costeiras, a contaminação dos solos por agrotóxicos e pesticidas; a erosão de solos e a desertificação pelo desmatamento de florestas; a ausência de saneamento básico nas regiões metropolitanas, onde se concentra uma parcela crescente da população carente e deserdada.Ao discutir as disfunções e paradoxos da acumulação e concentração do capital, o ensaio aponta para a necessidade de construir um novo paradigma de desenvolvimento, baseado na cooperação e solidariedade, na distribuição equitativa do produto social e na reformulação do sistema político, superando os padrões autoritários, através da construção de um modelo participativo e de cogestão. Resumo em inglês Environmental problems and their impact on health and welfare of the population, mainly the most deprived and excluded, from access to material and symbolic goods, provided only to a privileged minority, must be analyzed within the context of the global economic and financial crisis which swept the whole world since 2008. The collapse of the capitalist system and its negative impacts on production, income and employment provide evidence to the predatory nature of the unde (mais) rlying social and political relations which lead humanity to a catastrophic abyss whose consequences are felt on local, national and global levels. Appointing to the main aspects of environmental deterioration - greenhouse gases; pollution of rivers, lakes and oceans; the erosion and intoxication of soils; the lack of basic sanitation and fresh water supply in metropolitan areas, this essay refers to official health indicators published recently by the Ministry of Health of Brazil which documents destructive trends. Discussing the dysfunction and the paradoxes of capital accumulation the essay points out to the need for building a new development paradigm based on cooperation and solidarity; an equitable distribution of the social product and the reform of the political system leading from the present authoritarian patterns of social relations to a participative and a true democratic model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Análise do impacto nos custos de transporte de um modelo de seleção de fornecedores baseado em variáveis socioambientais e de competitividade/ Suppliers selection model and its transportation cost impacts

Carmo, Breno Barros Telles do; Barros Neto, Julio Francisco; Dutra, Nadja Glheuca da Silva
2011-01-01

Resumo em português Observa-se uma demanda mundial crescente por energias ditas renováveis. Dentre essas energias, encontra-se o biodiesel, derivado de biomassa renovável. Porém, para que essa cadeia seja competitiva, deve satisfazer alguns critérios de competitividade. Existe também a possibilidade de exportação desse combustível, porém é necessário seguirem-se algumas diretrizes que estão sendo elaboradas para certificação da cadeia de valor dos biocombustíveis, baseada em c (mais) ritérios de sustentabilidade. Assim, o presente artigo tem por objetivo apresentar um modelo de seleção de fornecedores para as usinas de biodiesel, levando em consideração os critérios de certificação e competitividade identificados na cadeia. Foi utilizada a metodologia Smarter para a realização desse modelo. Ele foi agregado em conjunto com um modelo de otimização de transporte para a minimização dos custos envolvidos. Observou-se que o modelo apresenta aumento no custo de transporte, se forem levadas em consideração as imposições de selo social do governo federal. Resumo em inglês Nowadays, there is a world demand for renewable energies. These kinds of energy must be sustainable to be considered renewable. The consumption of diesel has increased and so has the emission of greenhouse gases. Bio-diesel is an alternative to reduce this kind of emission. But, when the matter is bio-diesel, there are some challenges to be overcome. This first one is that this chain must be competitive. There are some criteria to evaluate the competitiveness of chains. A (mais) lso, it is known that Brazil has a big potential to export this kind of fuel. However, some countries are developing norms to evaluate whether this fuel is sustainable and whether it has positive impacts in society. The present work creates a model to evaluate bio-diesel chain suppliers using competitiveness and certification criteria identified in this chain. Smarter methodology was used in order to do so. This model was put together along with a transport optimization model. It could be observed that the "selo social" has an important impact in transportation costs. When we analyzed competitiveness and certification evaluation models, we could observe that these suppliers evaluation model changes this relationship.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

A influência dos gases estufa no oceano Atlântico Sul: estudo climatológico/ The effect of greenhouse gases on South Atlantic Ocean: a climatological study

Taschetto, Andréa S.; Wainer, Ilana
2003-01-01

Resumo em português O presente trabalho tem como objetivo analisar os impactos climáticos no oceano Atlântico Sul causados pela industrialização e conseqüente aumento da emissão de gases estufa para a atmosfera. Para isso utilizou-se o modelo numérico acoplado National Center for Atmospheric Research - Community Climate System Model, sob duas condições climáticas: a primeira para o período pré-industrial e, a segunda, para o pós-industrial. Os resultados mostraram aquecimento da (mais) superfície do mar na climatologia do período pós-industrial em relação ao pré-industrial, principalmente durante a primavera quando alcança 2,5°C ao sul do continente sulamericano. O comportamento climatológico do transporte barotrópico e da pressão ao nível do mar também mostraram diferenças significativas de um período para o outro, sugerindo a intensificação da Alta Subtropical, Giro Subtropical e Corrente Circumpolar Antártica. Sazonalmente, as diferenças no transporte barotrópico foram maiores no outono, exibindo valores superiores a 25 Sv, em torno de 0°E, 55°S. A pressão atmosférica ao nível do mar foi levemente fortalecida no verão e outono, com intensificação máxima de 2mbar, e enfraquecida no inverno do período pré-industrial para a simulação do presente. Resumo em inglês The purpose of this study is to analyze the impact of the increase in greenhouse gases caused by the industrialization in the climate of the South Atlantic Ocean. We used the National Center for Atmospheric Research - Community Climate System Model. Two climate conditions were used to force the model, one relative to the pre-industrial levels of greenhouse gases emissions and the other to the levels of the present days. The results have shown a significant sea surface war (mais) ming in pos-industrial climatology in relation to the pre-industrial one, mainly during the spring season when it reaches 2.5°C south of South America. The climatological behavior of the barotropic streamfunction and the sea level pressure also showed relevant differences from one period to the next. This suggests an intensification of the subtropical high, the subtropical gyre and the Antarctic Circumpolar Current. Seasonally, the differences in the barotropic streamfunction were larger in autumn with values as high as 25 Sv around 0°E, 55°S. The sea level pressure for present simulation shows a straightening in summer and autumn with an intensification of 2mbar, and a weakening in winter in relation to the pre-industrial period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)