Sample records for gonorrhea
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Gonorréia/ Gonorrhea

Penna, Gerson Oliveira; Hajjar, Ludhmila Abrahão; Braz, Tatiana Magalhães
2000-10-01

Resumo em português A gonorréia é uma infecção bacteriana freqüente, causada pela Neisseria gonorrhoeae, um diplococo Gram-negativo de transmissão quase que exclusiva através de contato sexual ou perinatal. Primariamente afeta membranas mucosas do trato genital inferior, e mais raramente, as mucosas do reto, orofaringe e conjuntiva. A infecção genital ascendente na mulher leva a uma complicação séria, a salpingite aguda, uma das principais causas de infertilidade feminina. A part (mais) ir dos anos 90, deu-se início a um novo tempo no que se refere a descobertas sobre a patogenia da gonorréia e seu agente etiológico. O controle da gonorréia tem sido difícil na maioria das populações, e essa permanece um exemplo da influência que os fatores sociais, comportamentais e demográficos exercem na epidemiologia de uma doença infecciosa. O manejo da gonorréia e de outras doenças sexualmente transmissíveis requer tanto o tratamento do paciente e de seu parceiro sexual como medidas de saúde pública para interromper a transmissão da infecção e evitar complicações a longo prazo. Resumo em inglês Gonorrhea is a common bacterial infection caused by Neisseria gonorrhoeae, a Gram-negative diplococcus that is transmitted almost exclusively by sexual contact or perinatally. It primarily affects the mucous membranes of the lower genital tract and less frequently those of the rectum, oropharynx, and conjunctivae. Ascending genital infection in women leads to the predominant complication, acute salpingitis, one of the most common causes of female infertility in the world. (mais) Since the 1990s, a remarkable surge of information ensued regarding the pathogenesis of gonorrhea and its agent. Gonorrohea has proven difficult to control in most populations and remains a prime example of the influence that social, behavioral, and demographic factors can have on the epidemiology of an infectious disease. The management of gonorrhea and other sexually transmitted infections requires both treatment of the patient as an individual and of his or her sexual partner(s) as a public health measure to interrupt the onward spread of infection and prevent long-term complications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Aspectos epidemiológicos da gonorréia na clientela do Centro de Saúde "Geraldo H. de Paula Souza", da Faculdade de Saúde Pública de Universidade de São Paulo (1974-1978)/ Epidemiologic aspects of gonorrhea in patients of the Geraldo H. de Paula Souza Health Center of the School of Public Health, University of S. Paulo (1974-1978)

Lombardi, Clovis; Belda, Walter; Fagundes, Luiz Jorge; Marucci, Daniel; Siqueira, Luiz Fernando de Goes; Araújo Filho, Oscar Egidio de
1980-06-01

Resumo em português São descritos os caracteres epidemiológicos de 708 casos de gonorréia aguda, em pacientes de ambos os sexos, atendidos num período de 5 anos no Centro de Saúde "Geraldo H. de Paula Souza" da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, Brasil. São relatadas as distribuições por: sexo, idade, cor, estado civil, ocupação, presença ou não de antecedentes venéreos e de tratamento prévio, além do período de incubação, do tempo decorrido entre o (mais) início da sintomatologia e a procura do serviço e das características da fonte de contágio. Sob um ponto de vista operacional, são descritos ainda os métodos de diagnóstico e o esquema terapêutico utilizados, com especial referência à proporção de casos que apresentaram associação com tricomoníase, ao exame direto a fresco da secreção. Resumo em inglês The epidemiologic aspects of 708 cases of acute gonorrhea in patients of both sexes attended at the Health Center of the School of Public Health, University of S. Paulo, S. Paulo, Brazil, from 1974-1978 were described. Statistics were calculated for the following: sex, age, race, marital status, occupation, venereal antecedents, and prior treatment, if any. The incubation period, the time between the initial symptomatology and the patient's procuring medical help, and the (mais) characteristics of the source of infection are also given. The methods of diagnosis and therapeutic schedules applied are described, with special attention being given to the proportion of cases associated with trichomoniasis, this detected through examination of fresh discharge material.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Aspectos epidemiológicos da gonorréia na clientela do Centro de Saúde "Geraldo H. de Paula Souza", da Faculdade de Saúde Pública de Universidade de São Paulo (1974-1978)/ Epidemiologic aspects of gonorrhea in patients of the Geraldo H. de Paula Souza Health Center of the School of Public Health, University of S. Paulo (1974-1978)

Lombardi, Clovis; Belda, Walter; Fagundes, Luiz Jorge; Marucci, Daniel; Siqueira, Luiz Fernando de Goes; Araújo Filho, Oscar Egidio de
1980-06-01

Resumo em português São descritos os caracteres epidemiológicos de 708 casos de gonorréia aguda, em pacientes de ambos os sexos, atendidos num período de 5 anos no Centro de Saúde "Geraldo H. de Paula Souza" da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, Brasil. São relatadas as distribuições por: sexo, idade, cor, estado civil, ocupação, presença ou não de antecedentes venéreos e de tratamento prévio, além do período de incubação, do tempo decorrido entre o (mais) início da sintomatologia e a procura do serviço e das características da fonte de contágio. Sob um ponto de vista operacional, são descritos ainda os métodos de diagnóstico e o esquema terapêutico utilizados, com especial referência à proporção de casos que apresentaram associação com tricomoníase, ao exame direto a fresco da secreção. Resumo em inglês The epidemiologic aspects of 708 cases of acute gonorrhea in patients of both sexes attended at the Health Center of the School of Public Health, University of S. Paulo, S. Paulo, Brazil, from 1974-1978 were described. Statistics were calculated for the following: sex, age, race, marital status, occupation, venereal antecedents, and prior treatment, if any. The incubation period, the time between the initial symptomatology and the patient's procuring medical help, and the (mais) characteristics of the source of infection are also given. The methods of diagnosis and therapeutic schedules applied are described, with special attention being given to the proportion of cases associated with trichomoniasis, this detected through examination of fresh discharge material.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Ampicilina K em dose única, por via oral, no tratamento da gonorréia/ One single oral dose of Ampicillin K in the tratment of gonorrhea

Barros, J. Martins de; Menezes, Jairo P. de; Bassoi, Orlando N.
1970-06-01

Resumo em português Foram tratados 70 pacientes do sexo masculino portadores de uretrite gonocócica aguda com 3,0 g de Ampicilina K por via oral, em dose única. Em 87,1% dos casos houve desaparecimento da secreção uretral; na grande maioria dos casos entre 24 e 72 horas. Considerados mais 3 casos em que houve persistência da secreção pós tratamento, mas com ausência de gonococos aos exames bacteriológicos (cura bacteriológica) o sucesso terapêutico pode ser elevado para 91,4%. Resumo em inglês Seventy male patients with acute gonorrhea with 3.0 g of Ampicillin K in a single oral dose were treated. Discharge disappeared in 87.1% of cases, in an average of 24-72 hours (clinical cure). Three cases (4.3%) showed a light mucous hialine discharge with no N. gonorrhoeae (bacteriological cure). Urethral discharge persisted in 6 patients (8.6%) with N. gonorhoeae in smears and culture (Failure). Clinical and/or bacteriological cure were observed in 64 patients (91.4%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Ampicilina K em dose única, por via oral, no tratamento da gonorréia/ One single oral dose of Ampicillin K in the tratment of gonorrhea

Barros, J. Martins de; Menezes, Jairo P. de; Bassoi, Orlando N.
1970-06-01

Resumo em português Foram tratados 70 pacientes do sexo masculino portadores de uretrite gonocócica aguda com 3,0 g de Ampicilina K por via oral, em dose única. Em 87,1% dos casos houve desaparecimento da secreção uretral; na grande maioria dos casos entre 24 e 72 horas. Considerados mais 3 casos em que houve persistência da secreção pós tratamento, mas com ausência de gonococos aos exames bacteriológicos (cura bacteriológica) o sucesso terapêutico pode ser elevado para 91,4%. Resumo em inglês Seventy male patients with acute gonorrhea with 3.0 g of Ampicillin K in a single oral dose were treated. Discharge disappeared in 87.1% of cases, in an average of 24-72 hours (clinical cure). Three cases (4.3%) showed a light mucous hialine discharge with no N. gonorrhoeae (bacteriological cure). Urethral discharge persisted in 6 patients (8.6%) with N. gonorhoeae in smears and culture (Failure). Clinical and/or bacteriological cure were observed in 64 patients (91.4%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Estudo dos doenças sexualmente transmissíveis no município de Londrina, Paraná, Brasil: III. A prevalência da gonorréia em 1976-1977/ A study of sexually transmittable diseases in Londrina, Paraná, Brazil: III. The prevalence of gonorrhea in 1976-1977

Ito, Ana Misako Y.; Tornero, Nilton; Tornero, Maria Teresinha T.; Takano, Harumi; Okabe, Elza M.; Santini, Eliana
1980-03-01

Resumo em português Estudou-se o problema das doenças sexualmente transmissíveis a nível local, a partir de informações colhidas em 4 grandes laboratórios da cidade. Estimou-se que a prevalência de gonorréia, para um ano compreendido entre 1976 e 1977, foi de 1993,0 casos por 100.000 habitantes, valores esses dezenas de vezes maior àqueles apresentados pelas estatísticas oficiais. Analisando os serviços existentes, concluiu-se que no município não existem condições atuais para um adequado controle da doença. Resumo em inglês This study of the prevalence of gonorrhea in Londrina, Paraná shows - from data obtained from four of the city's major laboratories - that 1993 out of every 100,000 people are infected with gonorrhea. Analysis of public health services found them inadequate for control of this and other venereal diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Estudo dos doenças sexualmente transmissíveis no município de Londrina, Paraná, Brasil: III. A prevalência da gonorréia em 1976-1977/ A study of sexually transmittable diseases in Londrina, Paraná, Brazil: III. The prevalence of gonorrhea in 1976-1977

Ito, Ana Misako Y.; Tornero, Nilton; Tornero, Maria Teresinha T.; Takano, Harumi; Okabe, Elza M.; Santini, Eliana
1980-03-01

Resumo em português Estudou-se o problema das doenças sexualmente transmissíveis a nível local, a partir de informações colhidas em 4 grandes laboratórios da cidade. Estimou-se que a prevalência de gonorréia, para um ano compreendido entre 1976 e 1977, foi de 1993,0 casos por 100.000 habitantes, valores esses dezenas de vezes maior àqueles apresentados pelas estatísticas oficiais. Analisando os serviços existentes, concluiu-se que no município não existem condições atuais para um adequado controle da doença. Resumo em inglês This study of the prevalence of gonorrhea in Londrina, Paraná shows - from data obtained from four of the city's major laboratories - that 1993 out of every 100,000 people are infected with gonorrhea. Analysis of public health services found them inadequate for control of this and other venereal diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Atividade in vitro de cinco drogas antimicrobianas contra Neisseria gonorrhoeae/ Activity of five antimicrobial agents in vitro against Neisseria gonorrhoeae

Belda Júnior, Walter; Siqueira, Luiz Fernando de Góes; Nico, Marcelo Menta S; Fagundes, Luiz Jorge
2002-12-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: A utilização de antimicrobianos no tratamento da gonorréia iniciou-se em 1930 com a utilização das sulfonamidas. No decorrer dos anos outras drogas passaram a ser utilizadas em seu tratamento, como a penicilina, a espectinomicina, as tetraciclinas e outras. Embora altamente eficazes no início, essas drogas, ao longo do tempo, passaram a não mais apresentar o resultado terapêutico esperado em virtude do aparecimento de quadros de resistência cromossô (mais) mica e plasmidial. Assim sendo, para se estabelecer um programa de combate e controle de determinada morbidade bacteriana, é necessária a realização de um programa de vigilância epidemiológica estadiando o comportamento de sensibilidade dos agentes etiológicos aos diferentes agentes terapêuticos. OBJETIVOS E MÉTODOS: Este trabalho teve por objetivo avaliar a sensibilidade das cepas de Neisseria gonorrhoeae às cinco drogas mais utilizadas no tratamento da gonorréia no Brasil (penicilina; cefoxitina; tetraciclina; tianfenicol e espectinomicina), através da concentração inibitória mínima. RESULTADOS E CONCLUSÃO: Concluímos que drogas como a cefoxitina, o tianfenicol e a espectinomicina ainda constituem excelentes fármacos para o tratamento da gonorréia. A penicilina, embora ainda eficaz, enseja maiores cuidados na sua utilização, frente ao surgimento de cepas resistentes, e a tetraciclina deve ser sobremaneira contra-indicada no tratamento da gonorréia. Resumo em inglês BACKGROUND: The use of antimicrobial drugs in the treatment of gonorrhea began in 1930 with the use of sulfonamides. Through the years, other drugs such as penicillin, spectinomycin, tetracycline among others, came into use. Although highly efficient at first, with the passing of time these drugs began to present untoward therapeutic results, because of the appearance of cases with chromosomic and plasmidial resistance. Because of this, in order to establish a program to (mais) combat and control a determined bacterial morbidity, it was necessary to carry out a program of epidemiologic surveillance evaluating the sensitivity behavior of the etiologic agents against the various therapeutic agents. OBJECTIVES AND METHODS: The objective of this work was to evaluate the susceptibility of strains of Neisseria gonorrhoeae to the five drugs which are mostly used for the treatment of gonorrhea in Brazil (pencillin; cefoxitine; tetracycline; thiamphenicol and spectinomycine), by Minimum Inhibitory Concentration. RESULTS AND CONCLUSION: We concluded that drugs such as cefoxitine, thiamphenicol and spectinomycine are still excellent drugs for the treatment of gonorrhea. Although penicillin continues to be effective, its use requires greater care, due to the emergence of resistant strains, and tetracycline must be absolutely avoided for the treatment of gonorrhea.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Neisseria gonorrhoeae: resistência cromossômica à tetraciclina em São Paulo, Brasil/ Neisseria gonorrhoeae: chromosomal resistance to tetracycline in São Paulo, Brazil

Belda Junior, Walter; Fagundes, Luiz Jorge; Siqueira, Luis Fernando de Góes
2005-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A utilização de antimicrobianos no tratamento da gonorréia iniciou-se em 1930 com as sulfonamidas. No decorrer dos anos outras drogas passaram a ser utilizadas, entre elas a tetraciclina. Embora eficaz no início, esta droga, ao longo do tempo, passou a não mais apresentar o resultado terapêutico esperado em virtude do aparecimento de quadros de resistência cromossômica e plasmidial em diversos países. Como a tetraciclina ainda continua sendo indicada, (mais) isoladamente ou associada a outras drogas antimicrobianas, para o tratamento da gonorréia no Brasil, tornou-se necessária a realização de um estudo de sensibilidade do gonococo à mesma, no intuito de se estimar a real dimensão da resistência do gonococo à tetraciclina. OBJETIVO: Avaliar a incidência de resistência cromossômica das cepas de Neisseria gonorrhoeae à tetraciclina. MÉTODO: Estudo da concentração inibitória mínima pelo método de diluição em ágar. RESULTADOS: A resistência cromossômica à tetraciclina detectada foi de 40,3% entre todas as cepas estudadas, segundo os critérios estabelecidos pelo Center for Diseases Control. CONCLUSÕES: Desaconselha-se definitivamente o uso isolado ou associado da tetraciclina e derivados, no tratamento da gonorréia no Brasil, no atual momento epidemiológico. Resumo em inglês BACKGROUND: The use of antimicrobials in the treatment of gonorrhoea started in 1930 with sulphonamides. Subsequently other drugs, such as tetracycline and its derivatives, were indicated for treating gonorrhoea. Therapeutic response to these drugs has tended to decline due to chromossomal and plasmidic resistance. However, tetracycline as a monotherapy or in association with other drugs is still prescribed for treating gonorrhea in Brazil. This justifies the need for a c (mais) ritical analysis in order to evaluate the sensitivity of gonococcus to this drug. OBJETIVE: Evaluate the real incidence of chromosomal resistance of Neisseria gonorrhoeae strains to tetracycline in our environment. METHOD: Analysis of the minimal inhibitory concentration in agar dilution. RESULTS: The chromosomal resistance to tetracycline was detected in 40.3% of all analyzed strains. CONCLUSIONS: This finding condemns the use of tetracycline as a mono or combined therapy for the treatment of gonorrhoea in our environment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Detecção de Doenças Sexualmente Transmissíveis em Clínica de Planejamento Familiar da Rede Pública no Brasil/ STD Screening in a Public Family Planning Clinic in Brazil

Codes, José Santiago de; Cohen, Deborah Ann; Melo, Neli Almeida de; Santos, Alessandra Barbosa; Codes, João Jorge Góes de; Silva Júnior, Joaquim Custódio da; Rizzo, Rebeca
2002-03-01

Resumo em português Objetivo: analisar a prevalência da gonorréia, infecção por clamídia, sífilis e infecção por HIV entre as mulheres de uma clínica de planejamento familiar em função da presença de sintomas de DST e de comportamentos de risco. Métodos: mulheres com as idades entre 18 e 30 anos que freqüentavam os serviços de uma clínica de planejamento familiar da rede pública no Brasil foram testadas para a gonorréia e infecção por clamídia, com o uso do teste de ampl (mais) ificação do DNA na urina, para a sífilis e a infecção por HIV por meio de exames de sangue. Foram feitas a todas as participantes perguntas sobre comportamento de demanda de serviços de saúde, a presença de sintomas de DST e comportamentos de risco para as doenças sexualmente transmissíveis. Resultados: a infecção por clamídia foi encontrada em 11,4%, a sífilis em 2%, a gonorréia em 0,5% e a infecção por HIV em 3%. Aproximadamente 60% das mulheres que estavam infectadas por clamídia não apresentavam sintomas. Mulheres que nunca usavam preservativos apresentaram um risco de DST muito mais alto do que aquelas que sempre ou na maioria das vezes usavam preservativos. Houve tendência para as mulheres que nunca haviam feito uso de qualquer método anticoncepcional de apresentar risco mais alto para as DST do que as mulheres que usavam um método anticoncepcional (p=0,09). Muito poucas mulheres reportaram problemas com o uso de álcool ou de drogas ilegais, mas entre aquelas que reportaram tal uso, o risco de DST foi muito alto, particularmente para o uso de maconha. Conclusões: os achados mais significativos foram as altas taxas de doenças numa população de mulheres que reportaram de modo geral comportamentos de baixo risco de saúde. Com base nos nossos achados é essencial que se ofereça o rastreamento de DST/HIV a todas as mulheres com menos de 30 anos que visitam uma clínica de planejamento familiar. Se não se fizer esse rastreamento mais da metade das mulheres infectadas não serão identificadas ou tratadas. Considerando-se a alta sensibilidade e especificidade da nova tecnologia disponível para o rastreamento da infecção por clamídia, gonorréia e infecção por HIV, e a facilidade de se coletarem espécimes de urina para o diagnóstico, mais esforços devem ser dirigidos para a vigilância das populações de risco, para que a prática clínica corrente possa refletir o risco verdadeiro das populações servidas. Resumo em inglês Purpose: to analyze the prevalence of gonorrhea, Chlamydia, syphilis and HIV among patients attending a family planning clinic regarding presence of STD symptoms and risk behaviors. Methods: women between the ages of 18 and 30 years who attended a public family planning clinic in Brazil were tested for gonorrhea and Chlamydia using the urine-based DNA amplification test (LCR, Abbott), and a blood test for syphilis (VDRL) and HIV. All participants were asked questions abou (mais) t their health care seeking behavior, the presence of STD symptoms, and about the STD risk behaviors. Results: Chlamydia was found in 11.4%, syphilis in 2%, gonorrhea in 0.5% and HIV was confirmed positive in 3%. Approximately 61% of the women who were infected with Chlamydia had no symptoms. Women who never used condoms had much higher risks for STD than women who used them always or most of the time. Although not statistically significant, there was a trend for women who never used any contraceptive to have a higher risk for STD than women who used some method of contraception (p=0.09). However, when examining separately each contraceptive, none of them alone offered protection against STD. Very few women reported problems related to the use of alcohol or illegal drugs. But among those who did report such use, the risk for STD was very high, particularly regarding marijuana use. Conclusions: the most significant findings in our study were the high STD rates among a population of women generally reporting low-risk health behaviors. Based upon our findings it is crucial to offer STD/HIV screening to all women under 30 years who visit public family planning clinics. Without screening all women, more than half of the infected women will never be identified or treated. Given the new sensitive and specific technology available to screen for Chlamydia, gonorrhea, and HIV, and the ease of collecting urine specimens for diagnosis, more efforts should be directed to surveillance of populations at risk, so that current clinical practice may reflect the true risk of the populations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Detecção de doenças sexualmente transmissíveis em ambientes clínicos e não clínicos na Cidade de Salvador, Bahia, Brasil/ Screening of sexually transmitted diseases in clinical and non-clinical settings in Salvador, Bahia, Brazil

Codes, José Santiago de; Cohen, Deborah Ann; Melo, Neli Almeida de; Teixeira, Guilherme Gonzaga; Leal, Alexandre dos Santos; Silva, Tiago de Jesus; Oliveira, Miucha Pereira Rios de
2006-02-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar (1) a aceitação de rastreamento para DST em ambientes não clínicos por indivíduos assintomáticos, (2) os fatores de risco e prevalência de DST em ambientes não clínicos e clínicos e (3) o rastreamento não clínico de populações assintomáticas como um método viável para controle das DST. Recrutamos 139 participantes masculinos e 486 femininos entre 18 e 30 anos em clínica de planejamento familiar, escolas e comunidades (mais) de baixa renda. Inquirimos os recrutados sobre sintomas de DST e comportamentos de risco para DST/HIV e os testamos para gonorréia, clamídia, sífilis e HIV. Exceto pelo HIV, as mulheres recrutadas diretamente da comunidade apresentavam maior prevalência de DST do que as que procuravam a clínica. O rastreamento das DST em ambientes não clínicos no Brasil é aceitável e vantajoso para jovens em comunidades de baixa renda. Participantes infectados provavelmente nunca teriam procurado assistência, sido testados ou tratados. Medidas para o controle das DST podem ser implementadas em qualquer lugar onde se alcancem as populações de risco e transformadas em rotina nos serviços de saúde, mesmo entre indivíduos com problemas não relacionados com DST. Resumo em inglês The objectives were to study: (1) acceptance of STD screening in non-clinical settings for asymptomatic individuals; (2) risk factors and STD prevalence among individuals in non-clinical and clinical settings; and (3) non-clinical screening of asymptomatic populations as a feasible method for STD control. We recruited 139 males and 486 females between 18 and 30 years of age from a family planning clinic, schools, and community centers in low-income neighborhoods. We asked (mais) about STD symptoms and STD/HIV risk behaviors and tested the individuals for gonorrhea, Chlamydia, syphilis, and HIV. Except for HIV, women recruited directly from the community had higher STD rates than those who came in for care at the clinic. Screening in non-clinical settings in Brazil is feasible and has a high yield among young adults in low-income communities. Infected participants would likely never have otherwise sought care or been tested or treated. STD control efforts could be implemented in any site that can reach populations at risk and become a routine procedure in health care settings where people report for problems unrelated to STDs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Detecção de doenças sexualmente transmissíveis em ambientes clínicos e não clínicos na Cidade de Salvador, Bahia, Brasil/ Screening of sexually transmitted diseases in clinical and non-clinical settings in Salvador, Bahia, Brazil

Codes, José Santiago de; Cohen, Deborah Ann; Melo, Neli Almeida de; Teixeira, Guilherme Gonzaga; Leal, Alexandre dos Santos; Silva, Tiago de Jesus; Oliveira, Miucha Pereira Rios de
2006-02-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar (1) a aceitação de rastreamento para DST em ambientes não clínicos por indivíduos assintomáticos, (2) os fatores de risco e prevalência de DST em ambientes não clínicos e clínicos e (3) o rastreamento não clínico de populações assintomáticas como um método viável para controle das DST. Recrutamos 139 participantes masculinos e 486 femininos entre 18 e 30 anos em clínica de planejamento familiar, escolas e comunidades (mais) de baixa renda. Inquirimos os recrutados sobre sintomas de DST e comportamentos de risco para DST/HIV e os testamos para gonorréia, clamídia, sífilis e HIV. Exceto pelo HIV, as mulheres recrutadas diretamente da comunidade apresentavam maior prevalência de DST do que as que procuravam a clínica. O rastreamento das DST em ambientes não clínicos no Brasil é aceitável e vantajoso para jovens em comunidades de baixa renda. Participantes infectados provavelmente nunca teriam procurado assistência, sido testados ou tratados. Medidas para o controle das DST podem ser implementadas em qualquer lugar onde se alcancem as populações de risco e transformadas em rotina nos serviços de saúde, mesmo entre indivíduos com problemas não relacionados com DST. Resumo em inglês The objectives were to study: (1) acceptance of STD screening in non-clinical settings for asymptomatic individuals; (2) risk factors and STD prevalence among individuals in non-clinical and clinical settings; and (3) non-clinical screening of asymptomatic populations as a feasible method for STD control. We recruited 139 males and 486 females between 18 and 30 years of age from a family planning clinic, schools, and community centers in low-income neighborhoods. We asked (mais) about STD symptoms and STD/HIV risk behaviors and tested the individuals for gonorrhea, Chlamydia, syphilis, and HIV. Except for HIV, women recruited directly from the community had higher STD rates than those who came in for care at the clinic. Screening in non-clinical settings in Brazil is feasible and has a high yield among young adults in low-income communities. Infected participants would likely never have otherwise sought care or been tested or treated. STD control efforts could be implemented in any site that can reach populations at risk and become a routine procedure in health care settings where people report for problems unrelated to STDs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Consulta coletiva: o espaço da mulher

Martins, Dulcéa Machado; Amaral, Josinéa Lima do; Dourado, Marli T. Lisboa; Gomes, Norma Cali de C.
1991-06-01

Resumo em português Este trabalho foi desenvolvido no S/CMS "Píndaro de Carvalho Rodrigues", Rio de Janeiro, 1988, por assistente social, nutricionista, enfermeira e médica. Teve como objetivos: melhorar a qualidade de atendimento; discutir os resultados dos exames, o tratamento e a importância do preventivo para a saúde da mulher; propiciar à mulher um fórum de discussões de suas questões; contribuir para a reciclagem dos profissionais, através da troca de experiências e de inform (mais) ações. A metodologia utilizada constou de agendamento para consulta subseqüente; avaliação dos resultados dos exames; estabelecimento da terapêutica; discussão coletiva dos resultados dos exames entre equipe e usuárias; discussão livre sobre temas de interesse das mulheres. Obtivemos como resultados: o aumento da oferta de consultas de primeira vez em 42,7%; do tempo de consulta em dez minutos por cliente; da cobertura de exame preventivo e de mamas; rastreamento de sífilis e gonorréia; melhora na qualidade do atendimento à mulher, enquanto ser integral: valorização de suas experiências e vivências, seja na discussão de queixas e problemas, seja na avaliação dos serviços de saúde. A relevância deste trabalho pode ser evidenciada no fato de ser uma experiência pouco comum, podendo servir como ponto de referência para a discussão sobre o aumento da oferta de consultas, aliado à qualidade no atendimento. Resumo em inglês This experience took place in a Medical Center, in Rio de Janeiro, in 1988. The group responsible for it included a social worker, a nutritionist, a nurse and a gynecologist. The aims were: to offer better health care; to discuss the importance, the results and the appropriate therapies of the Pap smear; to offer women an opportunity to meet and discuss their problems, experiences, desires, expectations; and to offer to the health professionals the opportunity to re-think (mais) their own practices. The methodology used was characterized by making appointments for a medical exam subsequent to a Pap smear; evaluation of each Pap smear result and its appropriate treatment, previous to the group consultation; group discussion about the Pap smear results; and about themes brought up by women clients. The main results were: an increase of 42.7% in the number of women who went for their first medical exam; an increase of ten minutes in the length of each medical exam; better screening for syphilis and gonorrhea, better quality of health care within the perspective of women as integral beings (greater appreciation of a woman s own experiences, be it in terms of her complaints and problems be it in her evaluation of the medical care system). This kind of consultation is of rather recent date and if it becomes more wide-spread it could result in an increase in the number and quality of the medical exam.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Consulta coletiva: o espaço da mulher

Martins, Dulcéa Machado; Amaral, Josinéa Lima do; Dourado, Marli T. Lisboa; Gomes, Norma Cali de C.
1991-06-01

Resumo em português Este trabalho foi desenvolvido no S/CMS "Píndaro de Carvalho Rodrigues", Rio de Janeiro, 1988, por assistente social, nutricionista, enfermeira e médica. Teve como objetivos: melhorar a qualidade de atendimento; discutir os resultados dos exames, o tratamento e a importância do preventivo para a saúde da mulher; propiciar à mulher um fórum de discussões de suas questões; contribuir para a reciclagem dos profissionais, através da troca de experiências e de inform (mais) ações. A metodologia utilizada constou de agendamento para consulta subseqüente; avaliação dos resultados dos exames; estabelecimento da terapêutica; discussão coletiva dos resultados dos exames entre equipe e usuárias; discussão livre sobre temas de interesse das mulheres. Obtivemos como resultados: o aumento da oferta de consultas de primeira vez em 42,7%; do tempo de consulta em dez minutos por cliente; da cobertura de exame preventivo e de mamas; rastreamento de sífilis e gonorréia; melhora na qualidade do atendimento à mulher, enquanto ser integral: valorização de suas experiências e vivências, seja na discussão de queixas e problemas, seja na avaliação dos serviços de saúde. A relevância deste trabalho pode ser evidenciada no fato de ser uma experiência pouco comum, podendo servir como ponto de referência para a discussão sobre o aumento da oferta de consultas, aliado à qualidade no atendimento. Resumo em inglês This experience took place in a Medical Center, in Rio de Janeiro, in 1988. The group responsible for it included a social worker, a nutritionist, a nurse and a gynecologist. The aims were: to offer better health care; to discuss the importance, the results and the appropriate therapies of the Pap smear; to offer women an opportunity to meet and discuss their problems, experiences, desires, expectations; and to offer to the health professionals the opportunity to re-think (mais) their own practices. The methodology used was characterized by making appointments for a medical exam subsequent to a Pap smear; evaluation of each Pap smear result and its appropriate treatment, previous to the group consultation; group discussion about the Pap smear results; and about themes brought up by women clients. The main results were: an increase of 42.7% in the number of women who went for their first medical exam; an increase of ten minutes in the length of each medical exam; better screening for syphilis and gonorrhea, better quality of health care within the perspective of women as integral beings (greater appreciation of a woman s own experiences, be it in terms of her complaints and problems be it in her evaluation of the medical care system). This kind of consultation is of rather recent date and if it becomes more wide-spread it could result in an increase in the number and quality of the medical exam.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Inquérito do preservativo em ribeirinhos do Rio Acre: porte, acondicionamento, uso e risco para infecção pelas DSTs/ Inquiry of the preservative in the basin of Rio Acre: carriage, package, use and the infection risk for DST/ Inquerito del preservativo en la bacia fluvial del Rio Acre: porte, guarda, uso y el riesgo de infección por las EST

Silva, Andréa Ramos da; Lopes, Creso Machado; Muniz, Pascoal Torres
2005-02-01

Resumo em português Estudo do tipo exploratório - descritivo, desenvolvido junto a 168 ribeirinhos do Rio Acre - Brasil, para investigar o uso do preservativo e o risco por doenças sexualmente transmissíveis. Fez-se uso de um formulário, com participação espontânea e garantia do anonimato. Como resultado destaca-se os 64,3% do gênero masculino, 75,0% casados/juntados, 57,1% possuíam o primeiro grau incompleto e 31,0% eram analfabetos. Na época 78,0% não traziam preservativo consig (mais) o ao vir a cidade e apenas 6,0% saíram a procura por atividade sexual; 62,0% já haviam usado o preservativo masculino, com 67,2% de aceitação e 77,8% o guardavam no bolso traseiro da calça, com perigo de maceração e risco de infecção e gravidez indesejada; 8,9% haviam tido doença venérea, sendo 80,0% para a gonorréia. Destes 46,7% trataram com farmacêutico e médico respectivamente. Assim, 89,3% consideraram a s campanhas de prevenção como ótima/boa. Resumo em espanhol Estudio del tipo exploratorio - descriptivo, desarrollado con 168 riverine cercano de Rio Acre - Brasil, para investigar el uso del preservativo y el riesgo para las enfermedades sexualmente trasmisibles. Para la colecta de datos se há utilizado un fomulario, con participación espontánea y garantizó de la anonimidad. Como posiciones del resultado fuera los 64,3% del género masculino, 75,0% casado / unió, 57,1% poseyeron el primer grado incompleto y 31,0% eran analfa (mais) betos. En ese momento 78,0% no trajeron preservativo consigo al venir a la ciudad y 6,0% sólo salió a la búsqueda para la actividad sexual; 62,0% ya habían usado el preservativo masculino, con 67,2% de aceptación y 77,8% lo guardó en el bolsillo de la parte de atrás de los pantalones, con peligro de dañar y riesgo de infección y embarazo no deseado; 8,9% habían tenido enfermedad venérea y habían sido 80,0% para la gonorrea. De estos, 46,7% negociaron respectivamente con farmacéutico y doctor. Así, 89,3% consideraron las campañas de la prevención como grande/bueno. Resumo em inglês Descriptive-exploratory type study, carried with 168 inhabitants of the basin of Rio Acre - Brazil, which aimed to investigate preservative use and the risk for Sexually Transmited Diseases. For data collection it was used an application form with spontaneous participation and anonymate guaranty. As result, stands out the 64,3% masculine gender, 75,0% married/joined, 57,1% had incomplete first degree and 31,0% were illiterate. At that time 78,0% did not bring preservative (mais) when coming to the city, and 6,0% just came out seeking for sexual activity; 62,0% had already used the masculine preservative, with 67,2% of acceptance and 77,8% had kept it in the back pocket of the pants, with danger of damaging and infection risk and undesired pregnancy; 8,9% had had venereal disease, being 80,0% for the gonorrhea. Of these, 46,7% had negotiated respectively with pharmacist and doctor. Thus, 89,3% considered the prevention campaigns as great/good.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Há aumento de dst no carnaval? Série temporal de diagnósticos em uma clínica de DST/ Is there increase of std during carnival? Time series of diagnoses in a STD clinic

Passos, Mauro Romero Leal; Arze, Wilma Nancy Campos; Mauricio, Cagy; Barreto, Nero Araujo; Varella, Renata de Queiroz; Cavalcanti, Silvia Maria Baeta; Giraldo, Paulo Cesar
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: As doenças sexualmente transmissíveis (DST) são causas frequentes de procura por serviços de saúde. As campanhas de mídia sobre DST/Aids apoiam-se na hipótese de que há maior exposição às práticas de risco para DST na época do Carnaval. Nosso objetivo é estudar a distribuição temporal dos atendimentos de primeira vez em uma clínica de DST no período de janeiro de 1993 a dezembro de 2005, visando verificar se há um aumento sazonal após o Carna (mais) val. MÉTODOS: Selecionamos 2.646 prontuários com diagnóstico de gonorreia, sífilis e tricomoníase de pacientes que procuraram o Setor de DST da Universidade Federal Fluminense em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Na análise estatística, utilizamos observação da média padronizada do número de atendimentos para os 13 anos, mês a mês, ano a ano, observação da série suavizada pelo método Lowess e pelo método determinístico da média móvel. RESULTADOS: Os meses de julho e agosto concentraram o maior número de diagnósticos de gonorreia e sífilis e os de junho e julho, os de tricomoníase. A gonorreia apresentou um valor máximo em maio, tendendo a se reduzir até agosto. Com relação à sífilis, observou-se um número de diagnósticos constantes entre maio e agosto, havendo menor número em janeiro e fevereiro com pico em novembro. O comportamento sazonal para a tricomoníase exibiu um máximo de diagnóstico em julho com tendência consistente de redução até o mês de dezembro, e elevação a partir de janeiro. CONCLUSÃO: O Carnaval não influencia no aumento da ocorrência de gonorréia, sífilis e tricomoníase em pacientes atendidos em uma clínica de DST em Niterói, Rio de Janeiro. Resumo em inglês OBJECTIVE: Sexually Transmitted Diseases (STD) are often the cause for search for medical assistance. Media campaigns on STD/Aids presume that exposure to sexual risk practices during Carnival is greater than in other periods of the year. The objective here is to study the temporal distribution of first consultations in a STD clinic, from January, 1993, to December, 2005, to verify whether there is a seasonal increase of STD after Carnival. METHODS: Two thousand, six hund (mais) red and fifty six (2,656) records of patients who had received a diagnosis of gonorrhea, syphilisor trichomoniasis were selected. These patients at the time had looked for assistance at the STD Division of the Universidade Federal Fluminense, in Niterói, State of Rio de Janeiro, Brazil. The standardized mean of the number of consultations during those 13 years, month by month, and year by year was observed in the statistical analysis and also smoothed series by the Lowess method and by the deterministic method of the variable mean was considered. RESULTS: July and August showed an increased number of diagnoses for gonorrhea and syphilis, while in June and July there was a concentration of trichomoniasis diagnoses. Gonorrhea presented its highest value in May, tending to a reduction until August. A constant number of syphilis diagnoses was noted between May and August, with a decreased number in January and February, reaching a peak in November. The seasonal behavior of trichomoniasis showed the greatest number of diagnoses in July, with a consistent reduction tendency until December, and an increase from January on. CONCLUSION: The Carnival period has no influence on the increase of gonorrhea, syphilis and trichomoniasis diagnoses in patients observed in a STD clinic in Niterói, Rio de Janeiro.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Prevalência da infecção por clamídia e gonococo em gestantes de seis cidades brasileiras/ Prevalence of Chlamydia and Neisseria gonorrhoeae infections in pregnant women in six Brazilian cities

Jalil, Emilia Moreira; Pinto, Valdir Monteiro; Benzaken, Adele Schwartz; Ribeiro, Denis; Oliveira, Eduardo Campos de; Garcia, Enrique Galban; Moherdaui, Fábio; Barbosa, Marcelo Joaquim
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: este trabalho buscou estimar a prevalência das infecções pela Chlamydia trachomatis e pela Neisseria gonorrhoeae em gestantes de seis cidades brasileiras e identificar sua associação com variáveis socioeconômicas e demográficas. MÉTODOS: este estudo faz parte de uma pesquisa multicêntrica, de âmbito nacional, transversal, com amostra de gestantes atendidas entre 2004 e 2005 nos serviços de pré-natal da atenção básica de seis cidades brasileiras ( (mais) Manaus, Fortaleza, Goiânia, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre). Amostras cérvico-vaginais foram coletadas de todas as gestantes e submetidas posteriormente à técnica de captura híbrida para identificação da clamídia e do gonococo. As informações sociodemográficas, médicas, sexuais e obstétricas foram coletadas por meio de questionários específicos. Para avaliar os fatores de risco associados à infecção por gonorréia e clamídia, foi utilizado o Odds Ratio (OR). A análise estatística foi feita com a utilização do teste t de Student, o χ2 e o teste exato de Fischer. RESULTADOS: foram recrutadas 3.303 gestantes, cuja idade média foi 23,8 anos (±6,9). As prevalências da infecção por clamídia e pelo gonococo foram, respectivamente, 9,4 e 1,5%. Dez por cento das gestantes com infecção por clamídia apresentaram presença simultânea do gonococo. O risco de apresentar uma dessas infecções foi duas vezes maior para as gestantes com menos de 20 anos. Os principais preditores da infecção foram: idade menor de 20 anos, raça/cor negra, ser solteira ou separada e relato de mais de um parceiro no último ano. CONCLUSÕES: este estudo observou prevalências elevadas da infecção pela Chlamydia trachomatis e pela Neisseria gonorrhoeae em gestantes brasileiras. O principal fator de risco para a infecção foi ter menos de 20 anos de idade. Resumo em inglês PURPOSE: This paper has aimed at estimating the prevalence of infections by Chlamydia trachomatis and by Neisseria gonorrhoeae in pregnant women from six Brazilian cities, identifying its association with socio-economical and demographic variables. METHODS: This study has been part of a multicentric nationwide transversal research, with samples of pregnant women attended from 2004 to 2005 in basic attention pre-natal services from six Brazilian cities (Manaus, Fortaleza, (mais) Goiânia, Rio de Janeiro, São Paulo and Porto Alegre). Cervico-vaginal samples have been collected from all the pregnant women, and have afterwards been submitted to the hybrid capture technique in order to identify chlamydia and gonococcus. Socio-demographic, medical, sexual and obstetric information have been collected through specific questionnaires. The Odds Ratio (OR) has been used to evaluate risk factors associated to infection by gonorrhea and chlamydia. Statistical analysis has been done with the t-Student, χ2 and Fisher's exact tests. RESULTS: Three thousand and three pregnant women with an average age of 23.8 years old (±6.9) took part in the study. Infection prevalence by chlamydia and gonococcus were 9.4 and 1.5, respectively. Ten per cent of the pregnant women with chlamydia have presented gonococcus simultaneously. The risk of presenting one of those infections was two times higher for the women under 20. The infection main predictors have been: age under 20, race/black, single/separated and report of over one partner in the previous year. CONCLUSIONS: This study has observed high prevalence of infection by Chlamydia trachomatis and by Neisseria gonorrhoeae in Brazilian pregnant women. The main risk factor for the infection has been to be under 20 years old.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Infecções genitais em mulheres atendidas em Unidade Básica de Saúde: prevalência e fatores de risco/ Genital infections in women attending a Primary Unit of Health: prevalence and risk behaviors

Barcelos, Mara Rejane Barroso; Vargas, Paulo Roberto Merçon de; Baroni, Carla; Miranda, Angélica Espinosa
2008-07-01

Resumo em português OBJETIVO: descrever a prevalência e o perfil comportamental para infecções genitais em mulheres atendidas em uma Unidade Básica de Saúde em Vitória, Espírito Santo. MÉTODOS: estudo em corte transversal, realizado em mulheres de 15 a 49 anos, atendidas numa área atendida pelo Programa Saúde da Família (PSF). Os critérios de exclusão foram: ter sido submetida a um exame ginecológico há menos de um ano e ter histórico de tratamento recente (nos últimos três (mais) meses) para infecções genitais. Foi aplicada entrevista contendo dados sócio-demográficos, clínicos e comportamentais. Espécimes genitais foram coletados para citologia, bacterioscopia pelo Gram e cultura; e amostra de urina para teste de biologia molecular para Chlamydia trachomatis. RESULTADOS: participaram do estudo 299 mulheres. A mediana de idade foi de 30,0 (intervalo interquartil: 24;38) anos; a média de idade do primeiro coito foi de 17,3 (dp=3,6) anos. A média de idade da primeira gravidez foi de 19,2 (dp=3,9) anos. Aproximadamente 70% relataram até oito anos de escolaridade; 5% relataram infecção sexualmente transmissível prévia e 8% uso de drogas ilícitas. Somente 23,7% relataram uso consistente de preservativo. As queixas clínicas relatadas foram: úlcera genital (3%); disúria (7,7%); fluxo vaginal (46,6%); prurido (20%) e dor pélvica (18%). As taxas de prevalência foram: Chlamydia trachomatis com 7,4%; gonorréia 2%; tricomoníase 2%; vaginose bacteriana 21,3%; candidíase 9,3%; e alterações citológicas sugestivas de vírus 3,3%. No modelo final de regressão logística, os fatores independentemente associados a infecções genitais foram: muco cervical anormal, OR=9,7 (IC95%=5,6-13,7); realização de teste de HIV prévio, OR=6,5 (IC95%=4,0-8,9); ter mais de um parceiro no último ano, OR=3,9 (IC95%=2,7-5,0) e ter mais de um parceiro na vida, OR=4,7 (IC95%=2,4-6,8). CONCLUSÕES: os resultados mostram alta freqüência de infecções genitais e a necessidade de medidas de prevenção, como o rastreamento de infecções sexualmente transmissíveis e programas de redução de risco em mulheres que procuram o serviço ginecológico de rotina. Resumo em inglês PURPOSE: to describe the prevalence and behavioral profile of genital infections in women attended at a Primary Health Unit in Vitoria, ES. METHODS: a transversal study including 14 to 49-year-old women attended by the Family Health Program (FHP). Exclusion criteria were: having been submitted to gynecological examination in less than one year before, and history of recent treatment (in the last three months) for genital infections. An interview including socio-demographi (mais) c, clinical and behavioral data was applied. Genital specimens were collected for cytology, GRAM bacterioscopy and culture, and urine sample for molecular biological test for Chlamydia trachomatis. RESULTS: two hundred and ninety-nine women took part in the study. The median age was 30.0 (interquartile interval: 24;38) years old; the average age of the first intercourse was 17.3 (sd=3.6) years old. The first pregnancy average age was 19.2 (3.9) years old. About 70% reported up to 8 years of schooling; 5% reported previous Sexually Transmitted Diseases (STD), and 8%, the use of illicit drugs. Only 23.7% reported consistent use of condoms. Clinical complaints were: genital ulcer (3%); dysuria (7.7%); vaginal discharge (46.6%): pruritus (20%) and pelvic pain (18%). Prevalence rates were: Chlamydia trachomatis 7.4%; gonorrhea 2%; trichomoniasis 2%; bacterial vaginosis 21.3%; candidiasis 9.3%; and cytological changes suggestive of HPV 3.3%. In the final logistic regression model, the factors independently associated to genital infections were: abnormal cervical mucus, OR=9.7 (CI95%=5.6-13.7), previous HIV testing, OR=6.5 (CI95%=4.0-8.9), having more than one partner during the previous year, OR=3.9 (CI95%=2.7-5.0), and having more than one partner in life, OR=4.7 (CI95%=2.4-6.8). CONCLUSIONS: results show a high rate of genital infections and the need of preventive measures, such as STD surveys and risk reduction programs for women that look for routine gynecological service.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Doenças sexualmente transmissíveis na gestação: uma síntese de particularidades/ Sexually transmitted diseases during pregnancy: a synthesis of particularities

Costa, Mariana Carvalho; Demarch, Eduardo Bornhausen; Azulay, David Rubem; Périssé, André Reynaldo Santos; Dias, Maria Fernanda Reis Gavazzoni; Nery, José Augusto da Costa
2010-12-01

Resumo em português As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) apresentam prevalência significativa tanto na população geral quanto nas gestantes. Nestas, em especial, devem-se considerar as alterações fisiológicas em seu organismo que podem, inclusive, alterar o curso dessas doenças. Complicações obstétricas e neonatais podem ocorrer em decorrência delas, acarretando aumento da morbimortalidade materno-infantil. Abordam-se, neste artigo, as particularidades da história natur (mais) al e terapêutica no período gestacional das principais DSTs: cancro mole, donovanose, gonorreia, clamidíase, hepatites virais, herpes genital, infecção pelo papilomavírus humano (HPV), linfogranuloma venéreo, sífilis e vulvovaginites. As DSTs devem ser enfrentadas com extrema atenção e conscientização por parte dos profissionais de saúde, principalmente, no tocante ao diagnóstico, que deve ser o mais precoce possível, e ao tratamento, que apresenta limitações na terapêutica durante a gestação, pela toxicidade de muitos dos medicamentos comumente empregados. A prevenção e o tratamento do parceiro são importantes para que as ações sejam efetivas. Resumo em inglês Sexually transmitted diseases (STDs) have a significant prevalence in both the general population and pregnant women. Accordingly, we consider the physiological changes of the maternal organism that can alter the clinical course of these diseases. In addition, obstetric and neonatal complications may occur, resulting in increased maternal and infant morbidity and mortality. We explore features of the natural course and treatment during pregnancy of the major STDs: soft ch (mais) ancre, donovanosis, gonorrhea, chlamydia, viral hepatitis, genital herpes, human papillomavirus (HPV) infection, lymphogranuloma venereum, syphilis, and vulvovaginitis. We believe that health professionals should pay careful attention to STDs, particularly in relation to early diagnosis and precautions on the use of drugs during pregnancy. Prevention and partner treatment to achieve effective results are also extremely relevant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Atividade sexual e doenças sexualmente transmissíveis em escolares do 2º grau de Rio Branco-Acre, Brasil/ Sexual activity and sexually transmissible diseases of high school students in Rio Branco-Acre, Brasil/ La actividad sexual y las enfermedades sexualmente trasmisibles en estudiantes de segundo grado (estudios secundarios) de Rio Branco-Acre, Brasil

Nascimento, Luiz Carlos Souza do; Lopes, Creso Machado
2000-01-01

Resumo em português Este estudo foi realizado junto a 2.684 alunos do Segundo Grau de Rio Branco¾Acre, Brasil, para verificar aspectos da atividade sexual e a ocorrência de DST/AIDS. Dos alunos pesquisados, 48,9% tiveram relações sexuais, sendo que para o sexo masculino o início mais freqüente foi aos 13 anos, representando 34,3% e para o feminino foi aos 16 anos, com 31,6%. Da ocorrência de DST/AIDS mencionadas 58,4% foi para a Hepatite B, 39,4% para a Monilíase e 2,2% para a Gonorr (mais) éia. Dos que tiveram relações sexuais 47,6% foi com o/a namorado/a, 25,8% com o/a vizinho/a e 10,5% com a empregada doméstica. Como conclusão, 52,3% dos alunos das escolas particulares, 50,0% da federal, 45,7% das estaduais e 41,8% da municipal, tiveram relação sexual. Resumo em espanhol Este estudio se realizó con 2.684 estudiantes de secundaria de Rio Branco-Acre, Brasil, para verificar los aspectos de la actividad sexual y la incidencia de ETS/SIDA. De los estudiantes investigados 48,9% tuvieron relaciones sexuales. De ellos el 34,3% pertenecen al sexo masculino y empezaron a los 13 años de edad. 31,6% son del sexo femenino e iniciaron su vida sexual a los 16 años. De la incidencia referida de ETS/SIDA el 58,4% fue para Hepatitis B, el 39,4% para Ca (mais) ndidiasis y el 2,2% para Gonorrea. De los que tuvieron relaciones sexuales, el 47,6% fue con el novio (¾a); el 25,8% con el vecino (-a) y el 10,5% con la empleada domestica de la casa. Por lo tanto, se concluye que el 52,3% de los alunnos de las escuelas privadas, el 50,0% de la federal, el 45,7% de las estatales y el 41,8% de las municipales (provinciales) tuvieron relación sexual. Resumo em inglês This study was realized with 2.684 students of the high school in Rio Branco¾Acre, Brazil, to verify aspects of the sexual activity and the occurrence of DST/AIDS. From the researched students, 48,9% had sexual intercourses, and the largest frequency was 34,3% for male sex, with the beginning at 13 years old, and for female sex 31,6%, with the beginning at 16 years old. The occurrence of mentioned DST/AIDS was: 58,4% for Hepatite B, 39,4% for Monilíase and 2,2% for Gono (mais) rrhea. Among those ones who had their first sexual intercourse, 47,6% were with the boyfriend, 25,8% with the neighbor and 10,5% with the domestic maid. Concluding, the students who had sexual intercourses were 52,3% of private schools, 50,0% of federal ones, 45,7% of state ones and 41,8% of municipal ones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)