Sample records for germination
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Germinação e vigor de sementes de Bauhinia divaricata L./ Germination and vigor of the Bauhinia divaricata L. seeds

Alves, Edna Ursulino; Nascimento, Carlos Demetrius Lima do; Bruno, Riselane de Lucena Alcântara; Alves, Anarlete Ursulino; Braga Júnior, Joel Martins; Cardoso, Edson de Almeida; Galindo, Evio Alves; Silva, Kelina Bernardo
2008-08-01

Resumo em português A pata-de-vaca (Bauhinia divaricata) é uma espécie arbórea, amplamente distribuída no Brasil, de alto valor ornamental e econômico. Sua propagação ocorre por meio de sementes, cuja germinação tem sido pouco investigada. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo definir o tipo de substrato e a temperatura mais adequados para avaliar a germinação e o vigor de sementes de Bauhinia divaricata. O experimento foi realizado no Laboratório de Análise de Sem (mais) entes do CCA-UFPB, em Areia-PB, em delineamento inteiramente casualizado com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 3 x 5, com os fatores temperaturas constantes de 25 e 30°C e alternada 20-30°C e substratos entre papel, sobre papel, rolo de papel, entre areia e entre vermiculita, em quatro repetições de 25 sementes, em câmaras tipo BOD, com fotoperíodo de oito horas. Foram analisadas as seguintes variáveis: porcentagem de germinação, primeira contagem e índice de velocidade de germinação e massa seca de plântulas. Concluiu-se que a temperatura de 25°C, juntamente com os substratos entre papel, sobre papel e rolo de papel, é adequada para condução de testes de germinação e vigor com sementes de Bauhinia divaricata. O substrato areia nas três temperaturas (20-30, 25 e 30°C) foi responsável pelas menores porcentagens de germinação e níveis de vigor das sementes. Resumo em inglês The Bauhinia divaricata is an arboreal species with high ornamental and economical value and distributed throughout Brazil. It is propagated by seeds, from which germination needs more investigation. So, this study was carried out at the Seed Analysis Laboratory pertaining to CCA-UFPB - Areia, in BOD-type chambers with 8h photoperiod in order to determine the most adequate substratum and temperature for evaluating the germination and vigor of the Bauhinia divaricata seeds (mais) . The entirely randomized experimental design in the factorial scheme 3 x 5 was used. The factors were constituted by constant temperatures of 25 and 30°C and alternate 20-30°C, as well as substrata between paper, on paper, paper roll, among sand and among vermiculite, in four replicates of 25 seeds. The following variables were analyzed: percent germination, first counting, germination index and dry matter of the plantlets. The 25°C temperature and the substrata between paper, on paper and paper roll showed to be adequate to the test for germination and vigor of the Bauhinia divaricata seeds. The lowest germination percentages and the seed vigor levels occurred in the sand substratum at three temperatures (20-30, 25 and 30°C).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Germinação de sementes de Stryphnodendron Mart. osmocondicionadas/ Germination of primed seeds of Stryphnodendron Mart

Kissmann, Camila; Scalon, Silvana de Paula Quintão; Mota, Leandro Henrique de Sousa; Vieira, Maria do Carmo
2010-06-01

Resumo em português Objetivou-se com esse trabalho avaliar a germinação de sementes de três espécies de Stryphnodendron Mart. (Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville, S. obovatum Benth. e S. polyphyllum Mart.) osmocondicionadas em diferentes agentes osmóticos, nos potenciais de -1.0 MPa e -0.5 MPa. Sementes escarificadas em ácido sulfúrico durante 40 minutos foram condicionadas nos seguintes tratamentos: 1) PEG 6000; 2) PEG 6000 + KNO3, em partes iguais; 3) KNO3; 4) Água e 5) Te (mais) stemunha, e incubadas em câmara de germinação (BOD) na temperatura de 20 ºC (± 2 ºC) durante 0 h (controle), 6h, 12h e 24 horas, com luz contínua. Para cada espécie, o delineamento estatístico foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 5 (tratamentos de osmocondicionamento) x 4 (tempos de condicionamento) com quatro repetições de 20 sementes. Foram avaliados a porcentagem de germinação (%G), índice de velocidade de germinação (IVG), comprimento médio de raiz (CMR) e de parte aérea (CMPA), e massa fresca (MF) e seca (MS) das plântulas condicionadas a -1,0 MPa e, a %G e IVG daquelas condicionadas a -0,5 MPa. O osmocondicionamento no potencial de -1,0 MPa não alterou significativamente o desempenho fisiológico das sementes de S. obovatum e S. polyphyllum, mas foi prejudicial ao desenvolvimento de S. adstringens. O condicionamento das sementes de S. adstringens e S. polyphyllum em potencial de -0,5 MPa promove maior %G e IVG. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the germination of seeds of three species of Stryphnodendron Mart. (Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville, S. obovatum Benth. and S. polyphyllum Mart.) under priming in different osmotic agents, in osmotic potentials of -1.0 MPa and -0.5 MPa. Seeds scarified in concentrated sulphuric acid for 40 minutes were conditioned in the following treatments: 1) PEG 6000; 2) PEG 6000 + KNO3, in equal parts; 3) KNO3; 4) Water and 5) C (mais) ontrol. Afterwards, they were incubated in a germination chamber (BOD type) at a temperature of 20 ºC (± 2 ºC) during 0 h (control), 6 h, 12 h and 24 hours, under continuous light. For each species, the experiment was carried out in a completely randomized factorial with 5 (priming treatments) x 4 (priming time) factors and four repetitions of 20 seeds. The percentage of germination, germination speed index, length of root and aerial parts, and fresh and dry mass of seedlings obtained from seeds conditioned in -1.0 MPa osmotic potential and the %G and IGS of those conditioned at -0.5 MPa, were evaluated. Priming in the potential of -1.0 MPa did not significantly influence the physiological performance of Stryphnodendron obovatum and S. polyphyllum seeds but the development of S. adstringens seeds was adversely affected. Priming of S. adstringens and S. polyphyllum seeds in potential of -0.5MPa results in higher percentage germination and germination speed index.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Germinação de sementes de Dypsis decaryi (Jum.) Beentje & J. Dransf. (Arecaceae)/ Germination of Dypsis decaryi (Jum.) Beentje & J. Dransf. (Arecaceae) seeds

Luz, Petterson Baptista da; Pimenta, Ricardo Soares; Pizetta, Patricia Unger César; Castro, Amanda de; Pivetta, Kathia Fernandes Lopes
2008-10-01

Resumo em português Dypsis decaryi (Jum.) Beentje & J. Dransf. é uma importante palmeira comercializada para fins ornamentais. Embora seja propagada sexuadamente, não há informações na literatura sobre os fatores que afetam a germinação das sementes dessa espécie. Objetivou-se, neste trabalho estudar o efeito da temperatura e do substrato na germinação de sementes de Dypsis decaryi. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 6 x 2 (seis temperatu (mais) ras: 25ºC, 30ºC, 35ºC, 20-30ºC e 25-35ºC e ambiente combinadas com dois substratos: vermiculita e areia), com 5 repetições de 20 sementes. Anotou-se, diariamente, o número de sementes germinadas adotando como critério de germinação a protrusão do botão germinativo. Após 35 dias houve estabilização dos dados e foi calculado o Índice de Velocidade de Germinação (IVG) e a porcentagem de germinação (dados transformados em arc sen √x/100) cujas médias foram comparadas pelo teste de Scott-Knott, a 5% de probabilidade. Observou-se que maiores porcentagens de germinação de sementes de Dypsis decaryi foram obtidas quando colocadas para germinar em areia nas temperaturas ambiente de laboratório (93%), 25-35ºC (92%) e 25ºC (86%), e em vermiculita, nas temperaturas de ambiente (91%), 20-30ºC (87%), 30ºC (83%), 25-35ºC (80%) e 25ºC (76%). As sementes germinaram mais rápido em condições de ambiente de laboratório independentemente do substrato. Na temperatura de 35ºC a porcentagem de germinação foi bastante reduzida tanto em areia (21%) como em vermiculita (38%); as sementes germinaram mais lentamente e a germinação foi desuniforme. Resumo em inglês Dypsis decaryi (Jum.) Beentje & J. Dransf. is an important palm with ornamental commercial value. Although it reproduces sexually, there are no data available as far as what are the factors that affect this species seed germination. The purpose of this work is to study the potential effects of temperature and substrate in Dypsis decaryi seed germination. The research framework is based on randomization, using a 6 X 2 factorial schema (six different temperatures, 25ºC, 30 (mais) ºC, 35ºC, 20-30ºC, 25-35ºC and room temperature, combined with two types of substratum, sand and vermiculite) with 5 repetitions of 20 seeds. The researcher made daily records on the number of germinated seeds, and the criteria used was protusion of the germination plug. After 35 days data become stable. The Index of Germination Speed (IVG) and germination percentage were then calculated (data were converted to sen). The averages for these two indexes were compared using the Scott-Knott method with a probability of 5%. The data show that the higher percentages of germination were obtained with a sand substratum at temperatures of 25ºC (86%), 25-35ºC (92%) and lab room temperature (93%), and with a vermiculite substratum, at temperatures of 25ºC (76%), 30ºC (83%), 20-30ºC (87%), 25-35ºC (80%) and room temperature (91%). The seeds germinated sooner in the lab environment, for both substrates. The percentage of germination at 35ºC was markedly lower, both on sand (21%) and vermiculite (38%). In this case, the seeds took longer to germinate and germination was not uniform.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Germinação e vigor de sementes de sorgo forrageiro sob estresse hídrico e salino/ Germination and vigor of sorghum seeds under water and salt stress

Oliveira, Alexandre Bosco de; Gomes-Filho, Enéas
2009-01-01

Resumo em português Condições de estresse hídrico e salino durante a fase de germinação afetam a emergência das plântulas no campo e, consequentemente, o estande das plantas e o desenvolvimento vegetativo das culturas. Através de dois experimentos objetivou-se avaliar os efeitos dos estresses hídrico e salino, na germinação e vigor de sementes de dois genótipos de sorgo forrageiro [Sorghum bicolor (L.) Moench]. A semeadura foi realizada no interior de caixas "Gerbox", sobre duas (mais) folhas de papel "germitest" umedecidas com água destilada (controle) ou com soluções de polietileno glicol 6000, de modo a fornecer os potenciais hídricos de -0,2, -0,4 e -0,8 MPa, ou com NaCl a 75, 150 e 300 mM, respectivamente. A germinação e o vigor das sementes foram avaliados através da primeira contagem (PCG), teste padrão (TG), índice de velocidade (IVG) e tempo médio de germinação (TMG). Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial (2x4), totalizando oito tratamentos, com quatro repetições de 50 sementes cada, em ambos os ensaios. O genótipo CSF 18 teve a germinação afetada somente no maior nível de salinidade (300 mM), observando-se aumento no TMG e redução nas variáveis PCG, IVG e TG. O genótipo CSF 20 apresentou comportamento semelhante, exceto para as variáveis IVG e TMG, as quais foram afetadas pelo NaCl a partir da concentração de 150 mM. Os genótipos mostram respostas diferenciadas quanto às condições de déficit hídrico e salinidade, sendo que as sementes de sorgo do genótipo CSF 18 apresentam germinação e vigor superiores em relação às do genótipo CSF 20. Resumo em inglês Salt and water stress during germination affect the emergence of seedlings in the field and, consequently, the stand of the plants and crop growth. Two experiments were conducted to evaluate the effects of water and salt stress on germination and vigor of seeds of two sorghum [Sorghum bicolor (L.) Moench] genotypes. The seeding was done inside "Gerbox" boxes, on two sheets of "germitest" paper dampened with distilled water (control) or with solutions of polyethylene glyco (mais) l 6000 to provide the water potentials of -0.2, -0.4 and -0.8 MPa, or with NaCl at 75, 150 and 300 mM, respectively. The seed germination and vigor were evaluated by the first germination count (FGC), germination test (GT), germination speed index (GSI) and germination average time (GAT). In both studies a randomized complete design in a 2 x 4 factorial arrangement was used, totaling eight treatments, with four replications of 50 seeds each. The CSF 18 genotype germination was affected only at the highest level of salinity (300 mM) with an increase in the GAT and reduction in the FGC, GSI and GT variables. The CSF 20 genotype showed similar performance, except for the GSI and GAT variables, which were affected by NaCl at the 150 mM concentration. The CSF 18 genotype had greater tolerance to water and salt stress during the germination phase than CSF 20.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Germinação de sementes de palmeira-ráfia: efeito de tratamentos pré-germinativos/ Lady palm seed germination: effects of pre-germination treatments

Luz, Petterson Baptista da; Tavares, Armando Reis; Paiva, Patrícia Duarte de Oliveira; Aguiar, Francismar Francisco Alves; Kanashiro, Shoey
2008-10-01

Resumo em português A propagação da palmeira-ráfia (Rhapis excelsa), palmeira ornamental de grande valor comercial, é realizada através de sementes ou divisão de touceiras. Entretanto, a germinação das sementes não é uniforme, e o crescimento da planta é considerado lento. Neste trabalho, objetivou-se comparar a utilização de tratamentos pré-germinativos para acelerar e uniformizar a germinação de sementes de R. excelsa. Avaliou-se o efeito das escarificações mecânica (lix (mais) ar um lado ou dois lados da semente), térmica (imersão em água a 100 ºC durante 1, 2 ou 4 min) e química (imersão em ácido sulfúrico 98%, durante 1, 2 ou 4 min), bem como a sua embebição em soluções contendo BAP (benzilaminopurina) nas concentrações de 0, 25, 50 ou 100 mg L-1 e GA3 (ácido giberélico) nas concentrações de 0, 100, 200 ou 300 mg L-1 na germinação e velocidade de germinação de sementes da espécie. Os resultados evidenciaram que os tratamentos pré-germinativos utilizados não influenciaram a porcentagem de germinação nem o índice de velocidade de emergência das sementes. Resumo em inglês Lady palm (Rhapis excelsa) is an ornamental plant with great commercial value, usually cultivated as vase plant. It is propagated by seed or clump division. Seed germination is not uniform and plant growth is slow, leading to delayed plant production. The research was carried out at the Federal University of Lavras and aimed to compare three scarification methods for a rapid and uniform germination of R. excelsa seeds. The effect of mechanical scarification (with sandpape (mais) r in one or both sides of the seed), thermal scarification (immersion in 100ºC water over 1, 2 or 4 minutes) and chemical scarification (immersion in 98% sulfuric, during 1, 2 or 4 minutes)was evaluated on seed germination, using the parameters germination percentage and the index of emergence speed (IES). The results showed that germination percentage and the index of emergence speed were not affected by seed scarification.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Germinação de sementes de sete espécies medicinais nativas do sul do Brasil/ Seed germination in seven medicinal species native to the south of Brazil

Ferreira, A.G.; Rosa, S.G.T.
2009-01-01

Resumo em português Foram verificadas as condições ambientais de temperatura e de luz para germinação de diásporos de Borreria verticillata, Cayponia martiana, Echinodorus grandiflorus, Ocimum selloi, Plantago australis, Polygonum hydropiperoides e Waltheria douradinha. A germinação foi efetuada em placas de petri usando como substrato agar 1% ou em placas de gerbox com areia, em câmaras BOD, nas temperaturas constantes de 10 e 15ºC na ausência de luz ou nas temperaturas de 20, 25, (mais) 30 e 35ºC na ausência ou presença de luz branca. Foram usadas ainda, temperaturas alternantes de 10-20ºC, 15-25ºC, 20-30ºC, 25-35ºC, sendo a temperatura mais alta, de cada par, com presença de luz por 9 horas. B. verticillata, E. grandiflorus e P. australis se mostraram com sementes fotoblásticas positivas, enquanto O. selloi comportou-se como fotoblástica positiva relativa. C. martiana e W. douradinha foram classificadas como afotoblásticas. P. hydropiperoides revelou possuir sementes termo-dependentes de temperaturas variáveis obrigatórias, enquanto nas demais espécies, a germinação em temperaturas variáveis ou constantes teve desempenho similar. Resumo em inglês Environmental conditions of temperature and light were verified for diaspore germination in Borreria verticillata, Cayaponia martiana, Echinodorus grandiflorus, Ocimum selloi, Plantago australis, Polygonum hydropiperoides and Waltheria douradinha. Germination was carried out in Petri dishes, using 1% agar as substrate, or in gerbox containing sand, which were placed into BOD chambers at constant temperatures of 10 and 15ºC in the absence of light or at 20, 25, 30 and 35� (mais) �C in the absence or presence of white light. Alternate temperatures of 10-20ºC, 15-25ºC, 20-30ºC, 25-35ºC were also tested, as well as the highest temperature in the presence of light during 9 hours/day. B. verticillata, E. grandiflorus and P. australis showed positive photoblastic seeds, whereas O. selloi seeds behaved as relative positive. C. martiana and W. douradinha seeds were classified as non-photoblastic. P. hydropiperoides seeds were obligatorily dependent on variable temperatures, whereas in the remaining species, germination at variable or constant temperatures was similar.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Germinação in vitro de pólen de híbridos interespecíficos entre o caiaué e o dendezeiro/ In vitro pollen germination of interespecifics hybrids between caiaué and oil palm

Chia, Gilson Sanchez; Lopes, Ricardo; Cunha, Raimundo Nonato Vieira da; Rocha, Raimundo Nonato Carvalho da
2009-08-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar a germinação in vitro de pólen de híbridos interespecíficos entre o caiaué e o dendezeiro das variedades dura, pisífera e tenera. O percentual de germinação de pólen (PGP) dos híbridos variou de 54,8 a 58,3%. As médias dos híbridos e do caiaué (73,1%) não diferiram estatisticamente entre si, mas foram inferiores ao do dendezeiro (84,8%). A germinação de pólen dos híbridos é suficiente para o sucesso na realização de cruzamentos, nos programas de melhoramento interespecífico entre as espécies caiaué e dendezeiro. Resumo em inglês The purpose of this study was to evaluate the in vitro pollen germination of interespecifics hybrids between caiaué and oil palm (varieties dura, tenera and pisifera). The percentage of pollen germination (PPG) of hybrids ranged from 54.8% to 58.3%. The averages of hybrids and caiaué (73.1%) did not differ statistically, but were lower than the oil palm (84.8%). The germination of pollen of hybrids is sufficient for the successful of crosses in interespecific breeding programmes between caiaué and oil palm.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Germinação de sementes de cenoura osmoticamente condicionadas e peletizadas com diversos ingredientes/ Germination of carrot seed primed and pelleted with several ingredients

Nascimento, Warley M; Silva, João Bosco C.; Santos, Paulo EC; Carmona, Ricardo
2009-03-01

Resumo em português A semente de cenoura caracteriza-se por ser relativamente pequena, o que dificulta o processo de distribuição, tornando a mecanização por semeadeiras convencionais uma prática difícil. A técnica da peletização tem sido utilizada visando a melhoria da distribuição de sementes e o estabelecimento de plântulas no campo. As sementes peletizadas geralmente apresentam menor velocidade de germinação quando comparadas com as sementes nuas do mesmo lote. O condiciona (mais) mento osmótico tem sido utilizado para aumentar a velocidade de germinação de sementes. Neste estudo foram avaliados materiais cimentantes para a peletização de sementes e verificadas as relações existentes entre o condicionamento osmótico e a germinação das sementes peletizadas de cenoura cv. Alvorada. A peletização foi feita utilizando-se, como material de enchimento, a mistura de microcelulose e areia fina em volumes iguais e, para enchimento foram avaliados cinco materiais cimentantes: bentonita, methocel, opadry, rhoximat e goma arábica. Sementes peletizadas receberam ou não o acabamento com iriodin. Uma testemunha (sementes nuas) foi incluída no ensaio. Em outro estudo, sementes foram osmoticamente condicionadas em solução aerada de polietileno glicol e peletizadas imediatamente após o condicionamento osmótico ou após a secagem. Os produtos rhoximat e opadry apresentaram as melhores características como material cimentante, formando uma fina camada de revestimento, que resultou na formação de péletes com superfície lisa, uniforme e ótima aparência externa. Em geral, péletes apresentaram uma ligeira redução na porcentagem e na velocidade de germinação, em comparação às sementes não peletizadas, com diferenças maiores para os péletes que receberam o acabamento com iriodin. O condicionamento osmótico aumentou a velocidade de germinação das sementes peletizadas de cenoura. Resumo em inglês Carrot seeds are small and the distribution in the field by seeders is generally very difficult. Seed pelleting has been used to improve sowing and consequently the stand establishment. Pelleted seeds generally present lower germination rate than raw seeds from the same seed lot. Seed priming has been used to increase germination rate of several species. Various binder materials for seed pelleting were evaluated and the relation between the osmoconditioning and germinatio (mais) n of pellet seeds verified, using 'Alvorada' carrot cultivar. The pellet was obtained through a mixture of equal parts of microcelulose and sand as filling materials; five binder materials were also evaluated: bentonite, methocel, opadry, rhoximat and arabic gum. Part of the pelleted seeds received an external coat treatment (iriodin). Raw seeds were included as control. In another study, seeds were primed in an aerated solution of polyethylene glycol, dried and then pelleted. Rhoximat and opadry showed better characteristics as binder materials presenting pellets with smooth surface, uniform and excellent external appearance. In general, seed pellets showed a slight decrease of the germination rate and total germination compared to raw seeds, with greather differences for pellets finished with iriodin. Priming enhanced the germination rate of pelleted carrot seeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Germinação de Ternstroemia brasiliensis Cambess. (Pentaphylacaceae) de floresta de restinga/ Germination of Ternstroemia brasiliensis Cambess. (Pentaphylacaceae) from a restinga forest

Pires, Luciana Andréa; Cardoso, Victor José Mendes; Joly, Carlos Alfredo; Rodrigues, Ricardo Ribeiro
2009-03-01

Resumo em português A partir de ensaios de germinação no campo e no laboratório, este trabalho visa contribuir para o conhecimento da ecologia da regeneração de Ternstroemia brasiliensis Cambess. em Floresta de Restinga. As sementes são dispersas com teores de água relativamente altos e apresentam baixa tolerância ao armazenamento, podendo ser consideradas recalcitrantes. A germinabilidade é elevada, indiferente à luz e não é afetada pela presença do arilo. A ausência de dormê (mais) ncia e a pequena resposta ao vermelho extremo devem permitir pronta germinação no sub-bosque, não constituindo banco de sementes no solo da Restinga. As temperaturas de 25 ºC e 30 ºC podem ser consideradas ótimas para a germinação de T. brasiliensis. A luz pode afetar parâmetros da resposta das sementes à temperatura. A aplicação do modelo de graus-dia parece ser um instrumento válido para se estudar a dependência da temperatura da germinação dessa espécie. As características germinativas de T. brasiliensis são semelhantes às de espécies não-pioneiras e ajudam a explicar a distribuição da espécie. Luz e temperatura não devem ser limitantes para sua germinação no ambiente natural da Restinga, a qual pode ser influenciada principalmente pelo nível de água no solo. Resumo em inglês The main purpose of this work was to study the germination of Ternstroemia brasiliensis seeds both in laboratory and field conditions in order to contribute to understanding the regeneration ecology of the species. The seeds were dispersed with relatively high moisture content and exhibit a recalcitrant storage behaviour because of their sensitivity to dehydration and to dry storage. The germinability is relatively high and is not affected either by light or aril presence (mais) . The absence of the dormancy and the low sensitivity to far red light can enable to seeds to promptly germinate under Restinga forest canopy, not forming a soil seed bank. The constant temperatures of 25 ºC and 30 ºC were considered optimum for germination of T. brasiliensis seeds. Temperature germination parameters can be affected by light conditions. The thermal-time model can be a suitable tool for investigating the temperature dependence on the seed germination of T. brasiliensis. The germination characteristics de T. brasiliensis are typical of non pioneer species, and help to explain the distribution of the species. Germination of T. brasiliensis seeds in Restinga environment may be not limited by light and temperature; otherwise the soil moisture content can affect the seed germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Germinação de sementes de Parkia pendula (Willd.) Benth. ex Walp. (fabaceae) em diferentes temperaturas/ Germination of Parkia pendula (Willd.) Benth. ex Walp. (fabaceae) seeds in different temperatures

Rosseto, Jociane; Albuquerque, Maria Cristina de Figueiredo e; Rondon Neto, Rubens Marques; Silva, Ivan Cleiton de Oliveira
2009-02-01

Resumo em português Parkia pendula (Willd.) Benth. ex Walp. é uma espécie arbórea da Amazônia brasileira, pertencente à família Fabaceae, de importância regional, porém pouco conhecida, considerando-se as informações técnicas, mas muito explorada comercialmente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a germinação das sementes em diferentes temperaturas. As sementes foram submetidas às temperaturas constantes de 15, 20, 25, 30, 35 e 40 ºC com quatro repetições de 25 sementes, (mais) colocadas para germinar em papel-toalha, na forma de rolo, mantidos em sacos plásticos transparentes em câmara de germinação sob fotoperíodo de 8 h. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado com seis tratamentos e quatro repetições. A germinação foi avaliada durante sete dias, sendo consideradas germinadas as sementes que emitiram raízes maiores que 5 mm e as que formaram plântulas normais. Analisaram-se as seguintes características: germinação (%), tempo médio de germinação e formação de plântulas normais, comprimento e massa seca de plântulas. Verificou-se que as sementes de Parkia pendula germinaram em todas as temperaturas estudadas. Entretanto, a formação de plântulas foi inibida nas temperaturas de 15, 20 e 40 ºC. A temperatura de 30 ºC foi considerada a mais favorável para a germinação e formação de plântulas dessa espécie. Resumo em inglês The Parkia pendula (Willd.) Benth. ex Walp. is a forest species of the Brazilian Amazon, belonging to the Fabaceae family, of regional importance. However, little is known about its species, despite its common commercial use. The objective of this work was to evaluate the germination of seeds in different temperatures. Temperatures of 15, 20, 25, 30, 35 and 40 ºC were utilized. The six treatments were completely randomized, with four repetitions of 25 seeds kept in paper (mais) towel to germinate and kept in transparent plastic bags in a germination chamber with photoperiod of eight hours. The method used was completely randomized with six treatments and four repetitions. Germination was evaluated during seven days, being considered germinated the seeds that had emitted normal, larger than 5mm roots and that, at the same time, led to seedling formation. The following characteristics were analyzed: germination (%), average time for germination and normal formation of seedlings, seedling height and seedling dry matter. It was verified that the seeds of Parkia pendula can germinate at the temperatures of 15, 20, 25, 30, 35 and 40 ºC; however, temperatures of 15, 20 and 40 ºC reduced the number of seedlings. At 30 ºC, germination and number of seedlings of this species were maximized.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Germinação de urediniósporos de Phakopsora pachyrhizi em diferentes métodos de armazenamento/ Germination of urediniospores from Phakopsora pachyrhizi on different techniques of preservation

Zambenedetti, Elisandra Batista; Alves, Eduardo; Pozza, Edson Ampélio; Araújo, Dejânia Vieira de
2007-03-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes métodos de armazenamento na viabilidade de urediniósporos de P. pachyrhizi. Para isso foram armazenadas folhas herborizadas com urediniossoros (24°C); urediniósporos em dessecador (10°C) + nitrogênio líquido (-196°C) após 60 dias, geladeira (4°C), deep-freezer (de -60 a -80°C) e nitrogênio líquido. A cada trinta dias avaliou-se à porcentagem de germinação em meio ágar-água 2% à (mais) temperatura de 25°C. Urediniósporos armazenados em nitrogênio líquido apresentaram maior porcentagem de germinação ao final das avaliações (270 dias). Urediniósporos armazenados em dessecador apresentaram 0% de germinação aos 60 dias e quando transferidos para o nitrogênio líquido voltaram a apresentar até 30% germinação. Urediniósporos armazenados nas demais condições apresentaram grande redução na germinação no primeiro mês e com 90 dias esta chegou a zero. Concluiu-se que o melhor método de armazenamento para urediniósporos de P. pachyrhizi foi o nitrogênio líquido. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effect of different storage methods on the viability of the urediniospores of P. pachyrhizi. Urediniospores were collected and stored in five different conditions: detached dry leaves (24°C), desiccator (10°C) + liquid nitrogen (-196°C) after 60 days, refrigerator (4°C), deep-freezer (from -60°C to 80°C) and liquid nitrogen (-196°C). The percentage of germination from stored urediniospores was eva (mais) luated every thirty days in water-agar medium. Urediniospores stored in liquid nitrogen presented the highest germination percentage after 270 days of storage. In desiccator, the germination was zero at ninety days of evaluation, and when urediniospores were transferred to and kept in liquid nitrogen, the germination was up to 30%. The urediniospores stored under others conditions presented a decline in germination at sixty days and at the ninety days the germination declined to zero. Based on these results, the most efficient way of storing urediniospores of P. pachyrhizi was using liquid nitrogen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Germinação de Pyrostegia venusta (Bignoniaceae), viabilidade de sementes e desenvolvimento pós-seminal/ Germination of Pyrostegia venusta (Bignoniaceae), seed viability and post-seminal development

Rossatto, Davi Rodrigo; Kolb, Rosana Marta
2010-03-01

Resumo em português O efeito da luz e da temperatura na germinação de Pyrostegia venusta (Ker Gawl.) Miers foi estudado por meio de incubações isotérmicas. As sementes da espécie não são fotoblásticas, podendo germinar igualmente na presença e na ausência de luz. A temperatura mínima para a germinação está entre 10 e 15 °C e a máxima entre 35 e 40 °C. As maiores taxas de germinação foram obtidas na temperatura de 35 °C, apesar de não haver diferenças estatisticamente s (mais) ignificativas na germinabilidade em temperaturas de 25, 30 e 35 °C. A 25 °C, a germinação tem início no 7º dia, enquanto o desenvolvimento do primeiro par foliar ocorre a partir do 22º dia de experimento. A viabilidade das sementes é mais bem mantida quando estas são armazenadas em recipientes de vidro a baixas temperaturas. A germinação em uma ampla faixa de temperatura, e a ausência de fotoblastismo permitem que a espécie germine em áreas abertas e sombreadas, propiciando sua distribuição pelas diferentes fisionomias do bioma Cerrado. Resumo em inglês The effect of light and temperature on the germination of Pyrostegia venusta (Ker Gawl.) Miers was studied by isothermic incubations. The seeds of this species do not present photoblastism, and can germinate equally in the presence and absence of light. The minimum temperature for germination is between 10 and 15 °C and the maximum between 35 and 40 °C. The germination rate was higher at 35 °C, despite the fact that no statistically significant differences in the germi (mais) nability were observed at 25, 30 and 35 °C. At 25 °C, germination initiates at the 7th day, while the development of the first pair of leaves occurs after 22 days of experiment. The seeds viability is better maintained when these are stored in glass containers at low temperatures. Germination in a wide range of temperature, and the absence of photoblastism allow the species to germinate in open areas and under the canopy, favoring its distribution in the different physiognomies of the Cerrado biome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Germinação de sementes de Adenanthera pavonina L. em função de diferentes temperaturas e substratos/ Germination of Adenanthera pavonina L. seeds as a function of different temperatures and substrates

Souza, Ednaldo Bezerra de; Pacheco, Mauro Vasconcelos; Matos, Valderez Pontes; Ferreira, Rinaldo Luiz Caraciolo
2007-01-01

Resumo em português Este trabalho estudou a germinação das sementes de A. pavonina em diferentes substratos e regimes de temperatura. O delineamento experimental adotado foi inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 6 x 5 (seis substratos: entre e sobre pó de coco, areia e vermiculita; e cinco temperaturas: 25, 30, 35, 20-30 e 20-35 ºC), com quatro repetições de 25 sementes cada. Os parâmetros germinação (%), primeira contagem (%), índice de velocidade de germinação, comprime (mais) nto (cm/plântula) e massa seca (mg/plântula) da plântula foram avaliados. As temperaturas de 30 e 35 ºC proporcionaram às sementes resultados satisfatórios de germinação, em todos os substratos testados. Os substratos pó de coco e areia permitiram bom desempenho germinativo, mostrando-se adequados para a avaliação da qualidade fisiológica de sementes de A. pavonina. Resumo em inglês This work studied the germination of A. pavonina seeds in different conditions of temperature regime and substrate. The experiment was arranged in a 6 x 5 factorial, complete randomized design (6 substrates - sowing in and on: coconut fiber, sand and vermiculite; and 5 temperatures: 25, 30, 35, 20-30 and 20-35ºC), with four replications with 25 seeds each. The following parameters were analyzed: germination (%), first germination count (%), index of germination speed, le (mais) ngth (cm/seedling) and dry matter weight (mg/seedling). The best results of germination were obtained at 30 and 35ºC in all substrates. Coconut fiber and sand substrates allowed satisfactory germinative performance, proving to be suitable for the evaluation of the physiological quality of A. pavonina seeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Germinação de sementes de dalbergia nigra (Vell.) Allemao ex Benth. (Fabaceae-Papilionoideae) no armazenamento/ Germination of Dalbergia nigra (Vell.) Allemao ex Benth. (Fabaceae-Papilionoideae) during storage

Aguiar, Francismar Francisco Alves; Tavares, Armando Reis; Kanashiro, Shoey; Luz, Petterson Baptista da; Santos Júnior, Nelson Augusto dos
2010-12-01

Resumo em português Dalbergia nigra (Vell.) Allemao ex Benth. (jacarandá-da-bahia), espécie de alto valor econômico pela qualidade da madeira e potencial ornamental em razão da copa bem formada e à delicadeza da folhagem, está na lista de espécies ameaçadas de extinção. Em função disso, conduziu-se este trabalho, visando à avaliação da qualidade de suas sementes, submetidas a períodos crescentes de armazenamento. Os frutos foram coletados em outubro de 2003, e as sementes arm (mais) azenadas em geladeira a 6º C ± 2, em sacos de plástico transparente fechados. Mensalmente, durante 690 dias, foram retiradas 200 sementes, sendo que 100 foram utilizadas nos ensaios de germinação (quatro repetições de 25 sementes) e 100 para a determinação do teor de água. Os ensaios germinativos foram conduzidos em estufa tipo B.O.D., a 25º C e com fotoperíodo de 12 horas. As variáveis analisadas foram a porcentagem de germinação, índice de velocidade de germinação e massa seca das plântulas originadas. Os resultados indicaram que, até 360 dias de armazenamento, as sementes apresentaram porcentagem de germinação próxima de 50%, com redução de cerca da metade do índice de velocidade de germinação, porém, com maior comprometimento do acúmulo da massa seca das plântulas. A porcentagem de germinação inicial e final foram de 87% e 36%, respectivamente. As sementes de D. nigra têm comportamento ortodoxo e podem ser armazenadas por um período de até dois anos em sacos de plástico a baixa temperatura, com redução em cerca de 50% de sua capacidade Resumo em inglês Dalbergia nigra (Vell.) Allemao ex Benth. (Brazilian rosewood) is a highly economically valuable species because of its wood quality and ornamental potential, mainly due to its well formed canopy and the delicacy of its foliage. Unfortunately, these features contributed to list it as an endangered Brazilian species (IBAMA Regulation number 06/92). This work had as its objective to study the quality of Dalbergia nigra seeds submitted to increasing storage periods. Fruits f (mais) rom trees located at the Botanical Institute of Sao Paulo were collected in October 2003. After harvested, the fruits were sun dried and the seeds manually separated. The seeds were stored in closed transparent plastic bags under refrigeration (6º C ± 2). Monthly, during 690 days, 200 seeds were removed from the refrigerator. One hundred (100) seeds were used in germination tests, which consisted of four repetitions with 25 seeds each; and the other 100 were used in the determination of water content. The germination tests were conducted in a B.O.D. chamber at 25º C under a 12 hour photoperiod. The analyzed variables were; the germination percentage, germination velocity index, and dry mass of the seedlings. The results indicated that after 360 days of storage, the seeds showed germination percentage close to 50% and reduction of the germination velocity index to half, whereas the dry mass accumulation was the most compromised. The initial and final germination percentages were 87% and 36%, respectively. We concluded that Dalbergia nigra seeds present orthodox behavior and can be stored for a period of approximately two years in plastic bags at low temperature, compromising 50% of their germination capacity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Germinação de Borreria densiflora var. latifolia sob condições controladas de luz e temperatura/ Germination of Borreria densiflora var. latifolia under controlled conditions of light and temperature

Martins, B.A.B.; Chamma, H.M.C.P.; Dias, C.T.S.; Christoffoleti, P.J.
2010-06-01

Resumo em português A germinação é um processo fundamental na dinâmica populacional das plantas daninhas. Sendo assim, a presente pesquisa teve como objetivo analisar a interação entre temperatura e luz sobre a germinação de uma nova variedade da planta daninha vassourinha-de-botão (Borreria densiflora var. latifolia), sob condições de câmara de germinação. Foi estudada a influência de cinco temperaturas (20, 25, 30 e 35 ºC constantes e alternada 20-30 ºC), em presença de f (mais) otoperíodo de 12h e escuro constante sobre a germinação, no delineamento experimental aleatorizado em blocos, com quatro repetições. Avaliaram-se a porcentagem de germinação acumulada e a velocidade do processo, sendo a última avaliada pelo índice de velocidade de germinação. Os dados foram submetidos à análise da variância pelo teste F, seguido do teste de Tukey a 0,05 de probabilidade. A germinação ocorreu preferencialmente na presença de luz, com interação significativa somente entre presença de luz e temperatura. Constatou-se, portanto, o fotoblastismo positivo desta nova variedade de B. densiflora. A maior porcentagem de germinação ocorreu na alternância de 20-30 ºC, seguida das temperaturas de 25, 30 e 35 ºC, e a velocidade de germinação aumentou com o aumento da temperatura. Os resultados deste estudo evidenciam que a dinâmica populacional desta planta daninha é influenciada principalmente por amplitudes térmicas, temperaturas mais elevadas (acima de 25 ºC) e condições de luminosidade, justificando, assim, sua ocorrência nas regiões tropicais do Norte e Nordeste do Brasil. Resumo em inglês Germination is a fundamental process in weed population dynamics. Thus, this research aimed to evaluate the interaction between temperature and light upon the germination of a new variety of the weed vassourinha-de-botão (Borreria densiflora var. latifolia), under germination chamber conditions. The influence of five temperatures (20, 25, 30 and 35 ºC constant and alternated 20-30 ºC), in presence of 12h-photoperiod and constant dark conditions upon the germination was (mais) studied, under a randomized complete-block design, with four replications. Accumulated germination percentage and germination speed were evaluated, being the latter evaluated through the germination speed index. Data were submitted to analysis of variance through F test, followed by Tukey test at probability of 0.05. Germination occurred preferentially in presence of light, with significant interaction only between temperature and presence of light. We observed, thus, the positive photoblastism of this new variety of B. densiflora. The highest germination percentage occurred under the alternated temperature 20-30 ºC, followed by the temperatures 25, 30 and 35 ºC, and the germination speed increased with the increase of the temperature. The results obtained in this research show that the population dynamics of this weed is influenced mainly by thermic amplitudes, higher temperatures (over 25 ºC) and conditions of presence of light, explaining, therefore, its occurrence in the North and Northeastern tropical regions of Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Germinação de sementes de guandu sob efeito da disponibilidade hídrica e de doses subletais de alumínio/ Seed germination of pigonpea (Cajanus cajan (L.) Millsp.) under water stress and aluminum sublethal doses

Marin, Adão; Santos, Durvalina Maria Mathias dos; Banzatto, David Ariovaldo; Ferraudo, Antonio Sergio
2004-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar a germinação de sementes das cultivares de guandu, IAPAR 43-Aratã e IAC Fava Larga, sob efeito da disponibilidade hídrica e de doses subletais de alumínio. Os experimentos foram instalados na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias-UNESP, em Jaboticabal (SP), no período de março a maio de 2002. As sementes foram colocadas em caixas de germinação, previamente esterilizadas, revestidas com uma folha de papel germites (mais) t umedecido com diferentes concentrações de PEG 6000 (0,0; -0,6; -0,9; -1,2 e -1,5 MPa) e de sulfato de alumínio (0,0; 2,5; 5,0; 7,5; e 10,0 mmol.dm-3). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2 x 5 x 5 (cultivares x disponibilidades hídricas x alumínio), com quatro repetições de 50 sementes. Para complementar a análise estatística foram realizadas análises multivariadas de agrupamento e componentes principais. O experimento foi desenvolvido em câmara de germinação, na temperatura de 25 ºC. A porcentagem de germinação foi verificada no 4.º e 10.º dias após a semeadura. No 10.º dia, as plântulas foram separadas em plúmulas e raízes primárias, para determinar a massa seca. A disponibilidade hídrica foi limitante para a germinação e o crescimento inicial. O efeito do alumínio associado ao estresse hídrico foi evidenciado somente até -0,9 MPa. As concentrações menos elevadas de alumínio estimularam o desenvolvimento das plântulas em condições de estresse hídrico até -0,6 MPa. Os efeitos simultâneos da disponibilidade hídrica e do alumínio reduziram a germinação de sementes da cv. IAC Fava Larga e o crescimento das raízes da cv. IAPAR 43-Aratã. Resumo em inglês The aim of the work was to evaluate the effect associated with water stress and aluminum sublethal doses on seed germination of pigeonpea, IAPAR 43-Aratã and IAC Fava Larga cultivars. The experiment was carried out at Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias-UNESP, in Jaboticabal, São Paulo State, from March to May 2002. The seeds germinated in germination boxes lined with blotters moistened with solutions of polyethyleneglycol, PEG 6000 (0,0; -0,6; -0,9, -1,2 e (mais) -1,5 MPa) and aluminum sulphate (0,0; 2,5; 5,0; 7,5; e 10,0 mmol.dm-3). The experimental design was a complete randomized in factorial arrangement 2 x 5 x 5 (2 cultivars; 5 water stresses; 5 aluminum doses) and four replications of 50 seeds. The statistical analysis was complemented with the clustering analysis and principal component analysis. Seed germination was evaluated, four and ten days after sowing. The experiment was conducted in germination chamber at 25 °C ± 1 °C. On the tenth day, the seedlings were separated in plumule and radicle for dry mass determination. The water stress appeared to be the critical limiting factor for germination and seedling establishment. The joint effects of water stress and aluminum were significantly greater at moderate water stress, the effects of aluminum being more pronounced only when severe water stress was absent. The germination of the IAPAR 43-Aratã cultivar and the roots growth of the IAC Fava Larga cultivar were reduced, respectively, by water stress and aluminum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Germinação de sementes e emergência de plântulas de pau-santo: uma análise crítica do uso de correlação/ Seed germination and seedling emergence of Kielmeyera coriacea: a critical analysis of the use of correlation

Santana, Denise Garcia De; Anastácio, Maristela Rosália; Lima, Julia Araújo De; Mattos, Marcela Bueno De
2010-09-01

Resumo em português Pau-santo (Kielmeyera coriacea) é a espécie fornecedora de cortiça mais importante do Cerrado, porém apresenta alto grau de polimorfismo entre os indivíduos, o que pode afetar de forma distinta os testes de germinação de sementes e emergência de plântulas. Diante disso, os objetivos foram correlacionar características de germinação de sementes com a emergência de plântulas da espécie e quantificar o impacto da variabilidade entre os indivíduos na correlaç (mais) ão e no teste de significância. Nos testes de germinação e emergência, o delineamento experimental foi o de blocos casualizados com sete tratamentos correspondentes aos indivíduos, com três repetições em parcelas compostas de 32 sementes. Dois critérios distintos de avaliação foram adotados, o de protrusão da radícula, no teste de germinação, e de plântula normal, no teste de emergência. Os indivíduos de K. coriacea apresentaram alta capacidade de germinação e emergência, com alto grau de incerteza, baixa sincronia e espalhamento em relação ao tempo médio, embora em ambos os testes os indivíduos tenham apresentado classificação distinta quanto a essas características. As correlações entre medidas de germinação e emergência com dados originais e com resíduos foram diferentes, mostrando que a variabilidade intrínseca do indivíduo interfere no resultado da medida. A significância associada à correlação apenas indicou que o valor encontrado não é zero e, portanto, não pode ser interpretado como relevante na associação entre as características da espécie. Resumo em inglês Kielmeyera coriacea is the most important cork supplying species of the Brazilian Savannah but it shows a high degree of individual polymorphism which can affect seed germination tests and seedling emergence. The objectives of this study were to correlate seed germination characteristics with seedling emergence and quantify the impact of individual variability in the correlation and significance tests. A randomized block design was used in the germination and emergence te (mais) sts with seven treatments corresponding to the individuals and three plot replications with 32 seeds each. Two distinct evaluation criteria were adopted: radicle protrusion in the germination test and a normal seedlings in the emergence test. K. coriacea individuals presented high germination and emergence capacities, with a high degree of uncertainty, low synchronization and spread in relation to average time, although in both tests the individuals showed a distinct classification with regards to these characteristics. The correlations between germination and emergence measurements with original data and with residuals were different, showing that the individual's intrinsic variability interferes with the measurement result. The significance associated with the correlation only indicated that the value found is not zero and, therefore, cannot be interpreted as being important in the association among the species characteristics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Germinação in vitro de grãos de pólen em Passiflora suberosa L. para sua utilização em hibridação interespecífica/ In vitro germination of pollen grains in Passiflora suberosa L. for its use in interspecific hybridization

Cruz, Thyane Viana; Souza, Margarete Magalhães; Roza, Francisvaldo Amaral; Viana, Américo José Carvalho; Belo, Gabriela de Oliveira; Fonseca, Josefa Wilma dos Santos
2008-12-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar a performance polínica de Passiflora suberosa, realizou-se a análise de germinação in vitro em grãos de pólen de plantas mantidas em casa de vegetação nas condições de Ilhéus, sul da Bahia, coletados em diferentes horários após a antese. A análise estatística foi realizada no delineamento inteiramente ao acaso, com seis tratamentos que consistiram de horários de coleta, de 7 às 17 h. O meio de germinação foi o recomendado para (mais) o maracujazeiro-amarelo, e as lâminas foram incubadas a 28°C (+ 1°C). Houve diferença significativa (P Resumo em inglês In order to evaluate the pollen performance of Passiflora suberosa, in vitro germination of pollen in plants grown on greenhouse at Ilhéus, South of Bahia, was studied. Statistical analysis was performed considering a randomized experimental design, with six treatments that consisted of collection times, from 7:00 to 5:00. The germination element was the same used for yellow passion fruit, and the slides were incubated at 28°C (+ 1°C). There was a significant differenc (mais) e (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Germinação de sementes de Aristolochia esperanzae O. Kuntze em diferentes temperaturas e condições de luminosidade/ Germination of Aristolochia esperanzae O. Kuntze seeds under different temperatures and light conditions

Maekawa, L; Albuquerque, M.C.F; Coelho, M.F.B
2010-03-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi verificar a influência da temperatura e da luz, em interação com a temperatura e de forma isolada, bem como, determinar a temperatura mais adequada para a condução do teste de germinação de sementes de Aristolochia esperanzae O. Kuntze (cipó mil-homens). Foram realizados três ensaios. No primeiro, as temperaturas utilizadas foram 15, 20, 25, 30, 35 e 40ºC. No segundo, foi avaliada a germinação das sementes nas temperaturas de 25, 30 (mais) e 35ºC, na presença e ausência de luz e no terceiro ensaio, foram testadas quatro condições de luminosidade, de forma isolada: (a) luz branca; (b) luz vermelha; (c) vermelho-distante e (d) ausência de luz, na temperatura de 25ºC. Em ambos os ensaios, foram avaliados, durante 30 dias, as porcentagens de sementes germinadas, de plântulas normais e de sementes não germinadas, e os tempos médios de sementes germinadas e de plântulas normais. Nas temperaturas de 15ºC e de 40ºC, não ocorreram germinação de sementes de A. esperanzae. O melhor resultado para sementes germinadas e para formação de plântulas normais (96%) foi obtido na temperatura de 30ºC. A presença de luz e as temperaturas de 25ºC e 30ºC favoreceram a germinação de sementes e a formação de plântulas normais. As sementes de Aristolochia esperanzae tiveram sua germinação inibida na ausência de luz, caracterizando-as como fotoblásticas positivas. Resumo em inglês The aim of this study was to verify the influence of temperature and light, interacting or separately, as well as to establish the most suitable temperature to conduct the germination test of Aristolochia esperanzae O. Kuntze ("cipó mil-homens") seeds. Three assays were performed. In the first one, temperatures were 15, 20, 25, 30, 35 and 40ºC. In the second assay, seed germination was evaluated at 25, 30 and 35ºC, in the presence and absence of light. In the third ass (mais) ay, four light conditions were tested separately: (a) white light; (b) red light; (c) far-red light; and (d) no light, at 25ºC. In all assays, the percentages of germinated seeds, normal seedlings and non-germinated seeds, besides the mean times of germinated seeds and normal seedlings, were evaluated during 30 days. At 15ºC and 40ºC, there was no A. esperanzae seed germination. The best result for germinated seeds and normal seedlings (96%) was obtained at 30ºC. The presence of light and the temperatures 25ºC and 30ºC favored seed germination and normal seedling formation. Aristolochia esperanzae seeds had their germination inhibited in the absence of light, which characterizes them as positive photoblastic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Germinação de sementes de Platypodium elegans Vog. submetidas a diferentes tratamentos prégerminativos e substratos/ Germination of Platypodium elegans Vog. seeds submitted to different pregerminative treatments and substrates

Pacheco, Mauro V.; Matos, Valderez P.; Barbosa, Mozart D.; Ferreira, Rinaldo L. C.; Passos, Marco A. A.
2007-10-01

Resumo em português Visando o efeito de tratamentos pré-germinativos (testemunha; imersão em ácido clorídrico por 3 min; cortes longitudinais sem e com embebição em água) e substratos (areia e pó de coco) na germinação de sementes de Platypodium elegans Vog avaliou-se, no presente estudo, a porcentagem total, a primeira contagem e a velocidade de germinação das sementes, o comprimento e a massa seca das plântulas. Não houve diferença significativa para a porcentagem de germina (mais) ção (x = 51%), mas os cortes longitudinais proporcionaram maior velocidade de germinação (x = 0,95) e maior porcentagem na primeira contagem (x = 42%). O pó de coco e os cortes longitudinais promoveram maiores comprimento (x = 13,5 cm) e acumulação de massa seca (x = 50,0 mg) das plântulas. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the influence of germinative pretreatments (control; chloridric acid, for 3 min; longitudinal cuts without and with water soaking) and substrates (sand and coconut fiber) in the germination of Platypodium elegans Vog. seeds. The analyzed characteristics were: percentage of germination, first germination count, germination speed index, length and dry mass gain to seedlings. There was no significant difference for the germination percent (mais) age (x = 51%), but the longitudinal cuts promoted higher indices of germination speed (x = 0.95) and first germination count (x = 42%). The coconut fiber and the longitudinal cuts induced greater length (x = 13.5 cm) and dry mass gain (x = 50.0 mg) in the seedlings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

GERMINAÇÃO E VIGOR DE SEMENTES DE CENOURA EM SOLO DE MINERAÇÃO DE CALCÁRIO SOB DIFERENTES INTENSIDADES LUMINOSAS E ADUBAÇÕES/ GERMINATION AND VIGOR OF CARROT SEEDS IN LIMESTONE MINING SOIL UNDER DIFFERENT LIGHT INTENSITIES AND FERTILIZATIONS

C. Cavatte, Paulo; B. Zonta, João; C. Lopes, José; T. de Souza, Leandro; H. Zonta, João; Q. Cavatte, Rithiely P
2009-01-01

Resumo em português Dentre as condições ideais para germinação, o tipo de solo é muito importante, pois, interfere não apenas na germinação das sementes mas, também, no desenvolvimento pós-seminal. Além da adubação, outro fator importante na emergência e crescimento das mudas é a luminosidade devido sua influência em processos como a fotossíntese. Neste trabalho, objetivou-se avaliar a influência da adubação com esterco bovino, torta de filtro e vinhaça, bem como da lumi (mais) nosidade na germinação e vigor de sementes de cenoura, em solo de mineração de calcário. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em 2005, em Alegre-ES. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 13 x 3 (adubações x luminosidades) e 4 repetições. Os tratamentos constaram de solo de mineração de calcário enriquecido ou não com adubação e 3 níveis de luminosidade. A adubação teve influência direta nas plântulas, pois, as menores intensidades (13.8 µmol fótons m-2s-1) aumentaram a germinação e altura destas, enquanto as maiores intensidades (1192.8 µmol fótons m-2s-1) aumentaram a velocidade de germinação e o acúmulo de matéria seca. A adubação com os 3 materiais orgânicos e NPK proporcionou maior altura e matéria seca às plantas Resumo em inglês The ideal conditions for germination such as the soil type are very important in agriculture. Besides interfering into germination of the seeds they also affect their development after germination. Another important factor in emergency and growth of the seedlings is the brightness, due to its influence on the photosynthesis processes. This study was carried out to evaluate the influence of the fertilization with cattle manure, sugarcane powder and vinase, as well as from (mais) the brightness on both germination and vigor of carrot seeds in limestone mining soil. The experiment was conducted during the year 2005, under greenhouse conditions, in Alegre county-ES. The entirely randomized design with a factorial scheme 13 x 3 (fertilizations x brightness) and four replicates was used. The treatments consisted of limestone mining soil either enriched or unenriched with fertilization and subjected to three brightness levels. The brightness directly affected the germination and the development of the carrot plantlets, whereas the lower bright intensities (13.8 µmol photons m-2s-1) increased either germination and plantlet heights and the higher ones (1192.8 µmol photons m-2s-1) increased the germination speed and the dry matter accumulation. The fertilization with those organic materials and NPK provided better results for height and dry matter of the plantlets

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Germinação de sementes de populações de orelha-de-mula (Alisma Plantago-Aquatica) resistentes e susceptíveis ao bensulfurão-metilo/ Seed germination of waterplantain (Alisma Plantago-Aquatica) populations resistant and susceptible to bensulfuron-methyl

Calha, Isabel; Moreira, Ilídio; Rocha, Fátima
2008-01-01

Resumo em português Estudaram-se as condições mais adequadas à germinação de sementes de Alisma plantagoaquatica, susceptíveis (S) e resistentes (R) ao herbicida bensulfurão-metilo, de diferente origem. Analisou-se a taxa de germinação de 11 amostras de sementes provenientes de arrozais do Sado (2), do Sorraia (3) e do Baixo Mondego (6) em dois regimes de temperatura (15 ºC e 15/30 ºC); os estudos foram realizados com amostras de dois anos e incluíram uma amostra com três anos p (mais) roveniente de arrozal do Sorraia. A regressão não linear pelo modelo log-logístico (SSlogis) permitiu caracterizar as populações em estudo e compará-los quanto à idade, origem geográfica e resistência. Verificou-se que as sementes com três anos apresentaram menor capacidade germinativa (CG) do que as sementes com dois anos. Não foi possível ajustar o modelo à população S do Sado nem a duas populações do Baixo Mondego, pela falta de maturidade das sementes. Verificou-se que nas populações S a germinação das sementes era independente do regime de temperatura, enquanto nas populações R, a germinação era favorecida por determinado regime de temperatura, consoante a sua origem geográfica. Assim a germinação das sementes da população do Baixo Mondego (região Centro) foi favorecida pelo regime de alternância (15/30 ºC), enquanto a populações das bacias hidrográficas dos rios Sorraia e Sado (região Centro-Sul) foram favorecidas pelo regime de temperatura constante (15 ºC). Considerando que, à temperatura de 15 ºC, as sementes das populações R dos arrozais do Centro-Sul do País apresentaram maior CG do que as da região Centro, esta característica pode ser aproveitada para implementar, naquela região, medidas de gestão da resistência durante a fase inicial do ciclo cultural do arroz quando as temperaturas são mais baixas. Resumo em inglês Seed germination of bensulfuron-methyl resistant (R) and susceptible (S) Alisma plantagoaquatica biotypes collected in rice fields from Baixo Mondego (6 samples); Sorraia river valey (2 samples) and Sado river valey (2 samples) were compared at 15 ºC and 15/30 ºC. All seed samples were two years old and an extra sample three years old was also included to assess the effect of seed age on germination. Three year seeds reached higher germination rates than two year seeds (mais) at both temperature conditions. Cumulative germination characterized for each biotype using non linear regression (SSlogis) was different according to geographic origin, resistance trait and seed age. The model could not fit data from Sado S biotype and two Baixo Mondego R biotypes due to immature seed. Samples with the highest cumulative germination also have the highest germination rate. Seed germination of S populations was similar at both temperature conditions, whilst for R populations seed germination was favoured by different temperature depending on geographic origin: temperature of 15/30 ºC gave the best results for Mondego river valley (Centre region) and temperature of 15 ºC for Sorraia and Sado river valleys (Centre-South region of Portugal). The resistant trait affects germination of A. plantago-aquatica seeds and may affect resistant-weed management strategies implemented early in the growing season when temperatures are lower.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Germinação e maturidade fisiológica de sementes de Piptadenia Viridiflora (Kunth.) Benth relacionadas a estádios de frutificação e conservação pós-colheita/ Germination and physiological maturity in seeds of Piptadenia Viridiflora (Kunth.) Benth related to fruiting times and forms of post-harvest conservation

Pessoa, Ronaldo Cesário; Matsumoto, Sylvana Naomi; Morais, Otoniel Magalhães; Vale, Rodrigo Silva do; Lima, Jessé Moreira
2010-08-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito dos estádios de frutificação e formas de conservação na germinação e qualidade fisiológica de sementes de surucucu. Em 25 árvores na região de Vitória da Conquista, BA, foram realizadas coletas de frutos no período de 17/05 a 9/07 de 2007, em intervalos de sete dias a partir do início da frutificação, caracterizando oito estádios de desenvolvimento das vagens. Cada período de coleta foi definido por lotes d (mais) iferenciados de sementes, sendo realizadas avaliações de massas fresca e seca de 100 sementes e teor de água. As sementes de cada uma das oito coletas foram mantidas em condições ambientais de laboratório, sendo subdivididas em dois lotes: em um lote, as sementes permaneceram no interior das vagens e, no outro, as vagens foram eliminadas. Após o período de 49 dias a partir do início da frutificação, massas fresca e seca de 100 sementes e teor de água foram determinados. Posteriormente, as sementes foram submetidas a testes de germinação em câmara tipo BOD, com temperatura de 25 ºC, em regime de fotoperíodo de 8 h de luz. Depois de cinco dias foi realizada a primeira contagem de germinação e aos 10 dias, avaliadas as seguintes características: porcentagem de germinação, plântulas anormais e classificação do vigor das plântulas (vigor alto, médio e baixo). A presença das vagens durante o período de conservação das sementes foi fator determinante para a qualidade fisiológica das sementes. A germinação e o acúmulo de matéria seca determinados por ocasião do teste de germinação aumentaram com o período de frutificação, atingindo o máximo aos 37 dias. Resumo em inglês The objective of this study was to investigate the effect of different fruiting stages and conservation techniques on the germination and physiological quality of surucucu seeds. Fruits were collected on eight occasions from 25 trees in the region of Vitória da Conquista - BA, in the period from 05/17 to 07/09 2007, at sevenday intervals from the beginning of the fruiting stage. Each collection period was characterized by distinct seed lots. Evaluations were made for gre (mais) en and dry weight of 100 seeds and water content. The seeds in each of the eight collections were maintained under room conditions in the laboratory, and were subdivided into two lots: in the first, the seeds remained inside their pods, while in the other the pods were eliminated. After a 49-day period from the beginning of fruiting, determinations were made for green and dry weight of 100 seeds and water content. The seeds were then submitted to germination tests in a BOD incubator adjusted to 25ºC, with an 8:16 hr (light:dark) photoperiod. The first germination count was made after five days. At ten days, evaluations were made for germination percentage and abnormal seedlings, and plantlets were classified as to their vigor (high, medium, and low). Germination increased as the fruiting period progressed, and was directly related to dry matter accumulation in the seeds, as determined during the germination test.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Teste de germinação com acondicionamento dos rolos de papel em sacos plásticos/ Germination test with packgaing the rolls of paper in plastic sacks

Coimbra, Rogério de Andrade; Tomaz, Camila de Aquino; Martins, Cibele Chalita; Nakagawa, João
2007-04-01

Resumo em português O teste de germinação é realizado em laboratório, sob condições de ambiente controlado e favorável, visando a obtenção da mais completa e rápida germinação dos lotes de sementes. O substrato utilizado deve manter umidade suficiente para o processo de germinação, sendo que, muitas vezes os rolos de papel umedecidos necessitam ser acondicionados em sacos plásticos. O excesso de umidade também pode ser prejudicial à germinação, provocando atraso ou paralis (mais) ação do desenvolvimento das plântulas. Essas alterações podem tornar o teste não representativo da verdadeira qualidade do lote. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de embalagens plásticas, no acondicionamento dos conjuntos de rolo de papel mais sementes, durante o teste de germinação conduzido em germinadores de câmara vertical tipo B.O.D., visando a maximização dos resultados. Foram avaliadas duas espessuras (0,033 mm e 0,050 mm) e a presença ou a ausência de perfurações (128 furos de 5mm de diâmetro por face de 60 cm x 40 cm), nos sacos plásticos transparentes utilizados durante a realização do teste de germinação, para as seguintes espécies: milho doce (cv. 'Doce Cristal' e cv. 'Super Doce'), feijão (cv. 'Pérola' e cv. 'IAC-Carioca Tybatã') e soja (cv. 'Embrapa-48' dois lotes). Para sementes de milho doce e feijão, os tratamentos plástico grosso ou fino perfurados e plástico fino inteiro promoveram os melhores resultados do teste de germinação. Concluiu-se que, a espessura do plástico e a presença ou ausência de perfurações são fatores que interferem nos resultados do teste de germinação conduzido em germinadores de câmara vertical tipo B.O.D. Resumo em inglês The germination test is performed in the laboratory under controlled environment aiming for complete and fast germination of the seed lot. During the germination test the substrate used must be kept moist to allow seed germination. Thus, the paper roll used needs to be kept in plastic bags to preserve the moisture required for germination. Excess of moisture may also affect seed germination, cause delay or paralyzation of seedling development. These modifications may give (mais) results that are not reliable, which do not represent the real quality of the seed lot. Therefore, the objective of this study was to identify the conditions of packaging the paper rolls in plastic sacks to optimize the results of the germination test carried out in a vertical B.O.D. type chamber. Two thickness of transparent plastic bags (0,033 mm and 0,050 mm) were evaluated and the presence or absence of perforation (128 holes of 5 mm diameter mm per size of 60 cm x 40 cm). The following species were used: sweet corn (cv. 'Doce Cristal' and cv. 'Super Doce'), bean (cv. 'Pérola' and cv. 'IAC-Carioca Tybatã') and soybean (cv. 'Embrapa-48' two lots). For sweet corn and bean seeds, the treatments perforated thick plastic, whole fine plastic and perforated fine plastic promoted the best results in the germination test. These results led to the conclusion that the thickness of the plastic and the presence of perforations were factors that interfered in the results of the germination test carried out in vertical B.O.D. type chamber.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Teste de germinação sob condições de restrição hídrica para avaliar o vigor de sementes de girassol/ Germination test under water restriction to evaluate sunflower seeds vigor

Barros, Camila Santos; Rossetto, Claudia Antonia Vieira
2009-12-01

Resumo em português Diferentes testes de vigor têm sido utilizados para classificar os lotes de sementes. Assim, os objetivos do presente trabalho foram avaliar o vigor de diferentes lotes de sementes (aquênio = pericarpo mais semente) de girassol, usando o teste de germinação sob restrição hídrica, e correlacionar os resultados dessa metodologia com os de outros testes de vigor. Cinco lotes de girassol da cultivar 'Catissol' foram primeiramente submetidos aos testes de germinação e (mais) de vigor. Posteriormente, os lotes foram submetidos ao teste de germinação sob restrição hídrica. As sementes foram distribuídas em substrato de papel umedecido com solução de PEG 6000 a -0,3 e -0,6MPa. O teste de germinação sob -0,6MPa, aos 10 dias da instalação, foi eficiente na detecção de diferenças na qualidade fisiológica entre lotes de sementes de girassol. O resultado do teste de germinação sob -0,6MPa, aos 10 dias, correlaciona-se significativamente com os resultados dos testes de IVE, emergência de plântulas, primeira contagem e envelhecimento acelerado. Resumo em inglês Different vigour tests have been used to classify seed lot. The aim was to evaluate the effect of different sunflower seeds (achenes= pericarp + seed) using the germination test under water restriction and to correlate the results of this methodology with other vigour tests. Five sunflower lots were studied and were evaluated firstly by the germination test and vigour tests. After, the seed lots was submitted to germination test under water restriction. Seeds were distrib (mais) uted on paper substrate moistened with a PEG 6000 solution by the -0.3 and -0.6MPa. The germination under -0.6MPa, after 10 days, was efficient in the detection of physiological quality differences between sunflower seed lot. The result of the germination test under -0.6MPa by 10 days correlates significantly with the results of the IVE test, seedling emergence test, the first counting test and aging test.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Produção e germinação de sementes de "capim dourado", Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland (Eriocaulaceae): implicações para o manejo/ Production and germination of "capim dourado" seeds, Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland (Eriocaulaceae): implications for management

Schmidt, Isabel Belloni; Figueiredo, Isabel Benedetti; Borghetti, Fabian; Scariot, Aldicir
2008-03-01

Resumo em português A venda de artesanato feito com escapos de S. nitens é uma importante fonte de renda na região do Jalapão, TO. Conhecer a época de produção e dispersão das sementes, bem como seu potencial germinativo, é essencial para propor formas de manejo que garantam a sustentabilidade econômica e ecológica deste extrativismo. Com o intuito de caracterizar a época de produção de sementes foram coletados capítulos entre agosto e dezembro/2003. Foram realizados experiment (mais) os de germinação em câmara a 22-30 ºC, sob foto e termoperíodo de 12 horas, e também em condições de escuro. Caracterizou-se também a germinação em condições de hipóxia (imersão em água) e acidez (pH 4 e 5). A produção de sementes iniciou-se em setembro e a maior parte da dispersão ocorreu entre outubro e novembro. A germinação das sementes coletadas entre setembro e outubro foi de 92 ± 7% (média ± DP), sementes coletadas a partir de novembro tiveram germinação significativamente menor. A acidez e a hipóxia não afetaram negativamente a germinação em relação ao controle. As sementes são fotoblásticas positivas e mantêm a germinação após congelamento a -20 ºC. A colheita de escapos após a frutificação (a partir do final de setembro) e a dispersão manual das sementes pelos próprios extrativistas no momento da colheita são estratégias importantes para o manejo da espécie e não prejudicam a atividade artesanal que está focada nos escapos e não nas flores, como ocorre para outras sempre-vivas. Resumo em inglês The sale of handcraft made from S. nitens' scapes is an important source of income in the Jalapão region, Tocantins state. Understanding seed production and dispersal periods, and germination potential is essential to management strategies that guarantee the ecological and economic sustainability of this activity. To characterize the seed production period, capitula were collected from August to December 2003. Germination experiments were conducted in a germination chamb (mais) er at 22-30 ºC, under white light (12hour photoperiod) and darkness. Germination was also studied under conditions of hypoxia and acidity (pH 4 and 5). Seed production began in September and most dispersal occurred from October to November. The germination of seeds collected in September and October was 92 ± 7% (m ± SD). Seeds collected after November had significantly lower germination capacity. Acidity and hypoxia did not affect seed germination. The seeds are positive photoblastic and maintain high germination even after freezing (-20 ºC). Harvesting and manual seed dispersal by the harvesters just after harvesting are important management strategies to guarantee the sustainability of this important economic activity and have no negative impact on handcraft activity, which is based on the use of scapes and not flowers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Luz e KNO3 na germinação de sementes de Ageratum conyzoides L. sob temperaturas constantes e alternadas/ Light and KNO3 on Ageratum conyzoides L. seed germination at constant and alternating temperature

Ikeda, Fernanda Satie; Carmona, Ricardo; Mitja, Danielle; Guimarães, Renato Mendes
2008-01-01

Resumo em português Ageratum conyzoides é uma planta daninha de origem tropical que apresenta presença expressiva nos bancos de sementes em que ocorre. Considerando-se a importância de conhecer os fatores que afetam a germinação de sementes no manejo das espécies de plantas daninhas, avaliou-se o efeito de luz e KNO3 sob temperatura constante e alternada na germinação de sementes de A. conyzoides. Quatro subamostras de 75 sementes para cada tratamento foram submetidas à combinação (mais) fatorial de luz (escuro; 12 horas de luz) e KNO3 (0% de KNO3; 0,2% de KNO3) para os ensaios a 25°C constante e a 15ºC/35ºC por 12h/12h, em delineamento inteiramente casualizado. Efetuou-se a contagem diária das ocorrências germinativas durante 21 dias. Em temperatura constante, a presença de luz aumentou a porcentagem e a velocidade de germinação e o KNO3 reduziu a porcentagem e a velocidade de germinação de sementes de A. conyzoides no escuro. Na temperatura constante houve ajuste da curva de germinação acumulada ao modelo exponencial. Na temperatura alternada, o KNO3 na presença de luz aumenta a porcentagem e a velocidade de germinação de sementes de A. conyzoides. Em temperaturas alternadas, houve ajuste da curva de germinação acumulada ao modelo logístico, demonstrando maior assincronia na germinação das sementes no tempo do que em temperatura constante. Resumo em inglês Ageratum conyzoides is a weed with tropical origin that shows expressive presence in the seedbanks where it occurs. Considering the importance of knowing the factors that affect seed germination in weed species management, the effect of light and KNO3 at constant and alternating temperature on Ageratum conyzoides seed germination was evaluated. Four sub samples of 75 seeds for each treatment were submitted to the factorial combination of light (darkness; 12 hours light) a (mais) nd KNO3 (0% KNO3; 0,2% KNO3) for the assay at 25°C constant and at 15ºC/35ºC for 12h/12h in a randomized complete block design. Germination occurrence was evaluated daily for 21 days. At constant temperature, light promoted the percentage and the speed of germination and KNO3 reduced the germination percentage and speed of A. conyzoides seeds in darkness. The curve of accumulated germination was adjusted to the exponential model at constant temperature. At alternating temperatures, KNO3 with light increased the germination percentage and speed of A. conyzoides seeds. At alternating temperatures, the cumulative germination curve was adjusted to the logistic model, demonstrating higher asynchrony in seeds germination in time than at constant temperature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Luz e Kno3 na germinação de sementes de Tridax procumbens sob temperatura constante e alternada/ Light and Kno3 on Tridax procumbens seed germination at constant and alternating temperatures

Ikeda, F.S.; Carmona, R.; Mitja, D.; Guimarães, R.M.
2008-01-01

Resumo em português Poucos são os estudos relacionados à germinação de espécies de plantas daninhas tropicais, incluindo-se a de Tridax procumbens, apesar de sua importância como infestante em áreas de lavoura. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de luz e KNO3 sobre a germinação de sementes de T. procumbens em temperatura constante e alternada. Quatro subamostras de 75 sementes foram submetidas ao teste de germinação utilizando-se uma combinação fatorial de luz (es (mais) curo; fotoperíodo de 12 horas diárias de luz) e umedecimento do substrato com solução de KNO3 (0% de KNO3; 0,2% de KNO3) para os ensaios na temperatura de 25 °C constante e alternada de 15 ºC/35 ºC, em delineamento experimental inteiramente casualizado. Efetuou-se a contagem diária da germinação pela emissão da raiz primária, bem como as análises de porcentagem de germinação acumulada, velocidade de germinação e curva de germinação acumulada. Em temperatura constante, a luz contribuiu para aumentar a porcentagem e a velocidade de germinação, enquanto em temperaturas alternadas houve aumento na porcentagem e velocidade de germinação com a aplicação de KNO3, independentemente da presença ou ausência de luz. As curvas de germinação acumulada se ajustaram ao modelo logístico tanto a 25 ºC quanto a 15 ºC/35 ºC, demonstrando assincronia na germinação de sementes no tempo. Resumo em inglês There are few studies available on germination of tropical weed species, Tridax procumbens included, despite its importance as a crop weed. This study was carried out at the Laboratory of Plant Biophysics of Embrapa Cerrados, Planaltina, DF, to evaluate the effect of light and KNO3 on T. procumbens seed germination at constant and alternating temperatures. Four sub-samples of 75 seeds were submitted to a factorial combination of light (darkness; 12 daily hours of light ph (mais) otoperiod) and substrate moistened with KNO3 solution (0% of KNO3; 0.2% of KNO3) for the assays at 25 °C constant and 15 ºC/35 ºC alternating temperatures, arranged in a completely randomized experimental design. Seed germination was daily counted based on emission of primary roots, with accumulated germination percentage, germination speed and accumulated germination curve being evaluated. Light contributed to increase germination percentage and speed at constant temperature, while at alternating temperatures, increase of germination percentage and speed occurred with KNO3 application, regardless of the presence or absence of light. The accumulated germination curves at 25 ºC and 15 ºC/35 ºC were adjusted to the logistic model, showing seed germination asynchrony along time.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Temperaturas para germinação de sementes de Poecilanthe parviflora Bentham (Fabaceae - Faboideae)/ Temperatures for germination of Poecilanthe parviflora Bentham (Fabaceae - Faboideae) seeds

Valadares, Jane; Paula, Rinaldo César de
2008-01-01

Resumo em português Poecilanthe parviflora (coração-de-negro) é uma planta arbórea com potencial para uso em áreas degradadas e no paisagismo. Este trabalho teve por objetivo avaliar condições de temperatura para condução do teste de germinação para as sementes de P. parviflora. Foram realizados dois experimentos paralelos. No experimento 1 foi utilizado o lote denominado de JABOTICABAL que foi submetido à germinação em diferentes temperaturas constantes (10, 15, 20, 25, 30, 35 (mais) e 40 ºC) e alternadas (20-30, 25-35 e 20-35 ºC), totalizando 10 tratamentos. No experimento 2 foram utilizados os lotes denominados de USM, SEMEX e JABOTICABAL que foram submetidos à germinação a 25ºC e a 20-30ºC com fotoperíodo de 12 horas, totalizando seis tratamentos. Em cada experimento, foram utilizadas quatro repetições de 25 sementes por tratamento. A protrusão da raiz primária (> 0,5 cm) foi adotada como critério para considerar a semente germinada. Foram analisados os seguintes parâmetros: porcentagem de germinação e de plântulas normais, índice de velocidade de germinação, comprimento de plântulas, matéria fresca e seca de plântulas. O delineamento estatístico utilizado foi o inteiramente casualizado e as médias foram comparadas pelo teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade. Concluiu-se que o teste de germinação pode ser conduzido a 25 e a 25-35 ºC, com fotoperíodo de 12 horas, por 21 dias. Resumo em inglês Poecilanthe parviflora is a tree with a good potential for revegetation and ornamental purposes. The objective of this research was to determine the best temperatures for the germination test. The work took place during 2005 and was conducted at the UNESP, Campus de Jaboticabal, Jaboticabal, São Paulo state, Brazil. Two experiments were conducted, simultaneously. The first one used the lot termed JABOTICABAL that was submitted to the germination test under different cons (mais) tant temperatures of 10, 15, 20, 25, 30, 35, and 40 ºC and alternate temperatures of 20-30, 25-35, and 20-35 ºC. The second one used the lots termed USM, SEMEX and JABOTICABAL that were submitted to the constant temperatures of 25 ºC and alternate temperatures of 20-30 ºC, at a photoperiod of 12 hours. Four replications of 25 seeds each were used for both experiments. Primary root protrusion (> 0,5 cm) was adopted as criterion of germination. The following parameters were evaluated: germination, speed germination index, seedling length, fresh matter and dry matter of seedlings. The experiment was set according to a completely random design and the means were compared through the Scott-Knott test at the 5% level of probability. Either a constant temperature of 25 ºC or the alternate temperatures of 25-35 ºC were found to be the best ones for the germination test.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Duração do teste de germinação de Brachiaria brizantha cv. marandu (Hochst. ex A. Rich.) Stapf/ Duration of Brachiaria brizantha cv. marandu (Hochst. ex A. Rich.) Stapf. Germination test

Gaspar-Oliveira, Carolina Maria; Martins, Cibele Chalita; Nakagawa, João; Cavariani, Cláudio
2008-01-01

Resumo em português O presente trabalho objetivou determinar o tempo mínimo necessário à realização do teste de germinação para sementes de B. brizantha cv. Marandu, o método de superação de dormência e a condição de temperatura que proporcionem a maior germinação no menor tempo. Numa primeira etapa, realizou-se o teste de germinação em trinta lotes de sementes, sob duas condições de temperaturas (15-35ºC e 20-35ºC), avaliadas em conjunto com três métodos para a supera (mais) ção de dormência (H2SO4, KNO3 e Controle), constituindo seis tratamentos. Realizaram-se contagens diárias da germinação para a determinação da data mais apropriada para o término do teste. Na segunda etapa, realizaram-se testes de germinação em oito lotes de diferentes níveis de vigor, utilizando-se os mesmos seis tratamentos e com encerramento do teste nas datas definidas na primeira etapa. Conclui-se que, para o teste de germinação de B. brizantha, a escarificação com H2SO4 e a temperatura de 20-35ºC são tratamentos que resultam na maior germinação em um menor tempo, possibilitando o encerramento do teste aos 11 dias após a semeadura. Resumo em inglês The research had as objective to define the shortest period necessary to carry out B. brizantha cv. Marandu germination test, and determine the dormancy breaking method and the germination temperature, which provides the largest germination in the shortest period of time. In the first part, 30 lots of seeds were submitted to the germination test, under two temperatures regimes (15-35ºC and 20-35ºC), evaluated with three dormancy breaking methods (H2SO4, KNO3, Control), (mais) forming six treatments. It was carried out daily counting of the seed germination to define the better date for the end of the test. In the second part, germination tests were carried out in eight lots of distinct vigor levels, in the same six treatments and ending on the date indicated in the first part. For the B. brizantha germination test the treatments that provided the highest germination in the shortest period were the seed scarification with H2SO4 and the temperature of 20-35ºC, for those the germination test can be concluded in 11 days after sowing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Temperaturas para a germinação de sementes de capixingui (Croton floribundus - Spreng - Euphorbiaceae)/ Seed germination of Croton floribundus - Spreng - Euphorbiaceae affected by temperature

Abdo, Maria Teresa Vilela Nogueira; Paula, Rinaldo César de
2006-12-01

Resumo em português O presente trabalho objetivou avaliar a influência de diferentes temperaturas e da imersão em água na germinação de sementes de capixingui (Croton floribundus Spreng). Inicialmente, as sementes foram submetidas à germinação a 15, 20, 25, 30, 35, 40, 20-30 e 25-35ºC, com e sem imersão das mesmas em água fria (temperatura ambiente) por duas horas. Posteriormente, sementes sem imersão prévia em água fria foram submetidas à germinação a 20-25, 25-30, 30-35, 2 (mais) 0-30, 25-35 e 20-35ºC. Foram avaliadas a porcentagem e a velocidade de germinação das sementes, a matéria seca e o comprimento de plântulas. Os dados foram submetidos à análise de variância, no delineamento inteiramente casualizado (DIC) e esquema fatorial 8 x 2 no primeiro experimento e no DIC com seis tratamentos no segundo experimento, com quatro repetições de 25 sementes, seguido da comparação de médias (Tukey a 5%). Não houve germinação a 15, 20 e 40ºC e esta foi mínima a 25ºC. As temperaturas alternadas de 20-30 e de 25-35ºC favoreceram o processo germinativo. A imersão das sementes em água fria não favoreceu a taxa de germinação. No segundo experimento, a maior germinação ocorreu a 20-30ºC. Assim, pode-se recomendar a temperatura de 20-30ºC para a condução do teste de germinação de sementes de capixingui, o qual pode ser encerrado aos 28 dias. Resumo em inglês The aim of this research was to evaluate the influence of different temperatures, constant and alternating, on the germination of Croton floribundus­ Spreng (Euphorbiaceae) seeds and also the efficiency of a previous soaking treatment in cold water (room temperature). In the first test, the seeds were submitted to the standard germination test at the following temperatures 15, 20, 25, 30, 35, 40, 20-30 and 25-35ºC, with and without previous soaking treatment. In the (mais) second test, the seeds were submitted to germination at temperatures of 20-25, 25-30, 30-35, 20-30, 25-35 and 20-35ºC. The characteristics evaluated were the percentage and speed of germination and seedling mass and length, with four replications of 25 seeds. A completely randomized design was used with 8x2 treatments in the first essay and six treatments in the second. The averages were compared by the Tukey test (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Dependência térmica da germinação de sementes de Drymaria cordata (L.) Willd. ex Roem. & Schult. (Cariophyllaceae)/ Thermal-dependence of seed germination in Drymaria cordata (L.) Willd. ex Roem. & Schult. (Cariophyllaceae)

Cardoso, Victor José Mendes; Pereira, Fernando Jorge Muniz
2009-06-01

Resumo em português A temperatura representa um importante fator ambiental regulador da germinação de sementes. Procurou-se avaliar a resposta de sementes de D. cordata à temperatura, com base no modelo de graus-dia, testando-se assim a eficiência desse modelo em descrever o comportamento germinativo da semente em diferentes regimes térmicos. Testou-se também a resposta das sementes à luz, concluindo-se que a luz branca promove a germinação. As temperaturas mínima, ótima e máxima (mais) de germinação foram, respectivamente, 17,1, 26 e 33,4 ºC. Considerando-se que a velocidade de germinação de D. cordata variou com a temperatura numa relação aproximadamente linear, o modelo de graus-dia pode ser uma ferramenta válida para se estudar a dependência da temperatura da germinação dessas sementes. Uma possível aquisição de dormência durante a incubação isotérmica pode exigir a aplicação de outros modelos que descrevam melhor o comportamento germinativo de D. cordata em diferentes regimes térmicos. Resumo em inglês Temperature is an important environmental factor controlling seed germination. The temperature response of D. cordata seeds was assessed on a thermal time basis in order to evaluate this model describing germination behavior of the seeds under different thermal regimes. Seed response to light was also tested, and the results led to the conclusion that germination was promoted by white light. Base, optima and ceiling temperatures for germination of D. cordata were, respect (mais) ively, 17.1 ºC, 26 ºC and 33.4 ºC. Since germination rate was linearly related to temperature, the thermal time model can be used to assess temperature dependence of seed germination in D.cordata. Possible acquisition of seed dormancy during imbibition may not allow a good fit of cumulative germination under some temperature regimes, and other models must be used.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Influência da luz na germinação in vitro de sementes de tamareira (Phoenix dactylifera L.)/ Influence of light on date palm (Phoenix dactylifera L.) in vitro seed germination

Costa, Najara Maria de Sena; Aloufa, Magdi Ahmed Ibrahim
2010-12-01

Resumo em português A tamareira (Phoenix dactylifera L.) é uma espécie da família arecaceae que produz frutos comestíveis altamente nutritivos e é de notável importância para muitos países do Norte da África, do Oriente Médio e da Ásia Oriental. Devido aos seus caracteres botânicos e à sua capacidade de desenvolvimento em regiões quentes e áridas e em diversos tipos de solos, a tâmara torna-se uma ótima opção para o Nordeste Brasileiro. Com o presente trabalho, objetivou-s (mais) e estudar a germinação de sementes de tamareira, cv. Khadrawy, focalizando o comportamento fotoblástico das sementes. As sementes foram submetidas ao escuro contínuo e a fotoperíodo de 12 horas. O delineamento experimental utilizado foi completamente casualizado com quatro repetições de 25 sementes. Os parâmetros avaliados foram porcentagem e velocidade de germinação. A germinação das sementes não se restringiu a um dos tratamentos, respondendo positivamente tanto na presença quanto na ausência de luz. A velocidade de germinação, porém, foi sensivelmente mais alta nas sementes expostas ao escuro contínuo. Os resultados obtidos permitiram classificar as sementes de tamareira cv. Khadrawy como indiferentes à luz. Resumo em inglês Date tree (Phoenix dactylifera L.) is a palm (Arecaceae) that produces nutritious fruits and has notable importance for many countries of the North of Africa, the Middle East and Eastern Asia. Due to the botanical characters and for the development in hot and barren regions and diverse types of soil, the date becomes an excellent option for the Brazilian Northeast. This study had as objective to study the seed germination of date palm cv. Khadrawy, being focused the photo (mais) blastic behavior of the seeds. The seeds were submitted to continuous dark and photoperiod of 12 hours. The experimental design used was completely randomized with four replicates of 25 seeds. Percentage and speed of germination were evaluated. Seed germination occurred in the presence of light and the dark, however the speed of germination was significantly higher in seeds submitted to continuous dark. The results allowed to classify the date palm seeds cv. Khadrawy as indifferent to light for germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Temperatura e luz na germinação das sementes de apaga-fogo (Alternanthera tenella)/ Effect of temperature and light on joyweed (Alternanthera tenella) seed germination

Canossa, R.S.; Oliveira JR., R.S.; Constantin, J.; Braccini, A.L.; Biffe, D.F.; Alonso, D.G.; Blainski, E.
2008-01-01

Resumo em português A biologia de plantas daninhas tropicais ainda é, em grande parte, desconhecida, especialmente em relação aos fatos que podem ser aproveitados do ponto de vista do controle cultural. Objetivou-se com este trabalho avaliar a influência da temperatura e da luz na germinação das sementes de Alternanthera tenella. Os tratamentos consistiram em quatro temperaturas (20, 25, 30 e 35 ºC) na ausência de luz e na manutenção da temperatura constante de 25ºC na presença e (mais) ausência de luz. O teste de germinação foi constituído por quatro repetições de 100 sementes para cada tratamento, colocadas para germinar em caixas plásticas do tipo gerbox e mantidas em câmaras de germinação do tipo BOD. As avaliações de germinação foram diárias e no mesmo horário, computando-se as plântulas normais, quando apresentavam radícula e folhas cotiledonares visíveis. Calcularam-se a germinação total e o índice de velocidade de germinação (IVG) após o período de 34 dias, e os resultados correspondem à média de dois experimentos. Foi observado que o aumento da temperatura proporcionou aumento na porcentagem e na velocidade de germinação das sementes até 28,2 ºC, decrescendo a partir dessa temperatura. Na temperatura de 25 ºC, verificou-se que a luz causou incremento na porcentagem e na velocidade de germinação das sementes de apaga-fogo. Resumo em inglês Biology of tropical weeds is still mostly unknown, especially in relation to facts that could be used as cultural tools for weed management. The present work was aimed at evaluating the infuence of temperature and light on germination of Alternanthera tenella seeds. Treatments consisted of four constant temperature regimes (20, 25, 30 and 35 ºC) in absence of light, and constant temperature of 25 ºC in the presence and absence of light. The germination test was conducte (mais) d with four replicates of 100 seeds per treatment, placed in plastic boxes (gerbox) and kept in BOD Germinator. Germination evaluations were performed at the same time daily, by counting normal seedlings, with visible roots and cotyledons. Total germination and speed of germination velocity index (GVI) were calculated after 34 days and the experiment was run twice. Total germination and germination velocity increased as temperature increased up to 28.2 ºC, decreasing from this temperature on. At 25 ºC, germination and GVI of joyweed seeds increased when the seeds were kept under light.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Substrato e luz na germinação das sementes de rainha-do-abismo/ Substratum and light on the germination of Sinningia lineata

Barroso, Cecília M; Franke, Lúcia B; Barros, Ingrid Bergman I de
2010-06-01

Resumo em português Sinningia lineata é uma rupícola ameaçada de extinção e com potencial ornamental. Este trabalho teve como objetivo analisar o comportamento germinativo das sementes de S. lineata em diferentes substratos e condições de luz. Os resultados devem contribuir para a sua propagação sexuada com a finalidade de conservação ex situ e como subsídio para a sua inclusão como planta de uso ornamental. As sementes foram coletadas in situ. Foram testados seis substratos com (mais) e sem incidência de luz: papel para germinação, areia média de rio, substrato comercial, misturas na proporção 1:1 de areia com casca de arroz carbonizada, areia com substrato comercial e casca de arroz carbonizada com substrato comercial. A temperatura utilizada foi 20ºC. Foi adotado o conceito técnico de germinação, o de desenvolvimento de plântulas normais. Os resultados indicaram que o lote tinha alto poder germinativo, o que foi demonstrado pelo alto percentual de germinação sobre o papel (92,5%). Os testes de germinação e vigor indicaram que o papel e areia foram os melhores substratos testados. A germinação na areia foi de 90% e não diferiu estatisticamente da germinação sobre papel. Os demais substratos não foram considerados adequados à germinação da espécie. A análise química do substrato comercial revelou alto nível de salinidade, o que causou a gradual perda de plântulas, indicando que a espécie é sensível a esta condição química. O teste de luz demonstrou que a espécie é fotoblástica positiva. Resumo em inglês Sinningia lineata is a rock growing plant, with ornamental potential, which is in danger of extinction. This study aimed at analyzing the germinative behavior of the S. Ilineata in different substratums and light conditions. The results should contribute to the sexual propagation aiming at the conservation ex situ, as well as to offer a subsidy for its inclusion as an ornamental plant. The seeds were collected in situ. Six substrata were tested in presence and absence of (mais) light incidence: blotting paper, medium river sand, commercial substratum, mixture in the proportion of 1:1 of sand with carbonated rice husk, sand with commercial substratum, and carbonated rice husk with commercial substratum. The temperature was of 20ºC. The technical concept of germination was adopted, development of normal plantlets. The results indicated that the lot had a high germination capability, which was demonstrated by the high germination percentage on the paper (92,5%). The germination and vigor tests indicated that among the studied substrata, the blotting paper and sand were the best. The germination percentage in sand was 90% and did not differ statistically from the percentage of germination on paper. The other substrata were not considered adequate for seed germination of the species. The chemical analyses of the commercial substratum presented high salinity levels, which caused a gradual loss of seedlings, indicating that the species is sensitive to this chemical condition. The test with light demonstrated that the species is a positive photoblastic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Temperatura ótima de germinação de sementes de espécies arbóreas brasileiras/ Optimal temperature for seed germination of brazilian tree species

Brancalion, Pedro Henrique Santin; Novembre, Ana Dionísia Da Luz Coelho; Rodrigues, Ricardo Ribeiro
2010-01-01

Resumo em português O objetivo neste trabalho foi avaliar os aspectos ecológicos e aplicados da temperatura na germinação de sementes de espécies arbóreas brasileiras. Foram analisadas informações, obtidas por meio de dados secundários, sobre o efeito da temperatura na germinação de 272 espécies arbóreas nativas e estabelecidas as relações da temperatura ótima com o bioma de ocorrência e com o grupo sucessional da espécie. As temperaturas de 25 °C e 30 °C foram as mais fav (mais) oráveis para a germinação, havendo relação entre a temperatura ótima e o bioma de ocorrência da espécie, mas não entre essa temperatura e o grupo sucessional. Com base nos resultados, é possível indicar que o teste de germinação com sementes de espécies arbóreas brasileiras seja conduzido mediante o uso de temperatura constante de 25 °C para as espécies dos biomas Cerrado e Mata Atlântica e de 30 °C para as espécies do bioma Amazônia, salvo nos casos de espécies para as quais há requerimentos específicos de temperaturas alternadas para a superação da dormência das sementes. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the ecological and applied aspects of temperature for seed germination of Brazilian tree species. The information obtained from secondary data for temperature effects on the seed germination of 272 Brazilian tree species was analyzed and the relationships between optimal temperature and the biome where the species occur and the species succession group were developed. Temperatures of 25 °C and 30 °C were the most favorable for (mais) seed germination and the optimal germination temperature was related to the biome where the species occur but not to its succession group. Based on these results, a temperature of 25 °C may be recommended for germination tests of Brazilian tree species which grow in the Cerrado and Atlantic Forest biomes, and 30 °C for those species from the Amazon biome, except for species which have specific requirements of alternating temperatures for overcoming seed dormancy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Extração, embebição e germinação de sementes de tucumã (Astrocaryum aculeatum)/ Extraction, imbibition and germination of Astrocaryum aculeatum seeds

Ferreira, Sidney Alberto do Nascimento; Gentil, Daniel Felipe de Oliveira
2006-01-01

Resumo em português A pesquisa teve como objetivo avaliar a influência da extração e da embebição das sementes sobre a germinação de tucumã (Astrocaryum aculeatum Meyer, Arecaceae). Após limpeza e secagem dos pirênios, o endocarpo foi quebrado e removido para liberação das sementes que, antes da semeadura, foram submetidas à embebição em água por 0, 3, 6, 9, 12 e 15 dias. A germinação foi superior a 58%, independentemente do período de embebição, confirmando a possibilid (mais) ade de retirar o endocarpo sem agravar prejuízos à viabilidade das sementes. As sementes submetidas a nove dias de embebição, com 30% de água, tiveram maior germinação (70%) e índice de velocidade de germinação, com tempo médio de germinação de 104 dias. A remoção do endocarpo e a embebição das sementes aceleram e aumentam a germinação. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the influence of the extraction and imbibition period on the germination of tucumã (Astrocaryum aculeatum Meyer, Arecaceae) seeds. After cleaning and drying the pyrenes, the endocarp was broken and removed to liberate the seeds that, before sowing, were soaked in water for 0, 3, 6, 9, 12 and 15 days. The germination was superior to 58%, confirming the possibility of extracting the endocarp without damaging the viability of the seeds. (mais) The seeds submitted to nine days of soaking, had a moisture content of 30%, obtained better germination (70%) and index of germination velocity, with mean time of germination of 104 days. The removal of the endocarp and the soaking of seeds accelerated and increased the germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Caracterização dos frutos e germinação de sementes dos porta-enxertos trifoliata Flying Dragon e citrumelo Swingle/ Characterization of fruits and seeds germination of rootstock trifoliata Flying Fragon and citrumelo Swingle

Rodrigues, Filipe Almendagna; Freitas, Gustavo de Faria; Moreira, Rodrigo Amato; Pasqual, Moacir
2010-12-01

Resumo em português Objetivou-se realizar a caracterização fitotécnica dos frutos e avaliar o efeito da remoção do tegumento da semente e do uso do GA3 e do bioestimulante (Stimulate®) sobre a germinação de sementes dos porta-enxertos de citros Flying Dragon e citrumelo Swingle. A caracterização fitotécnica compreendeu a massa do fruto, o diâmetro transversal e longitudinal e a espessura da "casca" e a contagem de sementes viáveis e inviáveis por fruto. Realizou-se um experimen (mais) to para cada porta-enxerto, em casa de vegetação sob nebulização intermitente, e as avaliações foram a cada 3 dias, após o início do processo germinativo, verificando-se porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação. A utilização do GA3 e a retirada do tegumento em sementes do porta-enxerto Flying Dragon aumentam a porcentagem de germinação e o índice de velocidade de germinação, e para o porta-enxerto citrumelo Swingle, a retirada do tegumento das sementes aumenta a porcentagem de germinação e o índice de velocidade de germinação. Resumo em inglês The objective was phytotechnical characterization of fruits, assess the effect of removing the husk of the seed, the influence of GA3 and growth promoter (Stimulate®) on the germination of seeds of rootstock Flying Dragon and citrumelo Swingle. The phytotechnical characterization included the weight of the fruit, transverse and longitudinal diameter and thickness of the "peel" and the counting of viable and unviable seeds per fruit. There was an experiment for each roots (mais) tock in green house under intermitent mist and the evaluations were every 3 days after the beginning of the germination process, there is percentage of germination and germination speed. The use of GA3 and removal of seed husk of the rootstock Flying Dragon increase the germination percentage and germination speed, and the rootstock citrumelo Swingle removal of the husk of seeds increase the germination percentage and the germination speed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Biometria de frutos e sementes e germinação de Plathymenia reticulata benth. e Plathymenia foliolosa benth. (Fabaceae - mimosoideae)/ Biometry of fruits and seeds and germination of Plathymenia reticulata benth. and Plathymenia foliolosa benth. (Fabaceae - mimosoideae)

Lopes, Renata de Melo Ferreira; Freitas, Valéria Lúcia de Oliveira; Lemos Filho, José Pires de
2010-10-01

Resumo em português Este estudo objetivou comparar características biométricas de frutos e sementes e o efeito de diferentes escarificações, temperaturas e luz na germinação de Plathymenia reticulata Benth. e Plathymenia foliolosa Benth. Foram registrados comprimento, largura, espessura, massa da matéria seca e fresca de frutos (n = 100) e sementes (n = 100) de cada espécie. Os diferentes tratamentos foram escarificações mecânica e química e temperaturas (fotoperíodo/nictoperío (mais) do) de 20, 30 e 35/15 °C (12/12 e 0/24) e 25 e 35 °C (12/12). Os frutos de P. foliolosa mostraram-se mais largos, espessos e pesados e as sementes, mais compridas e espessas do que as de P. reticulata. As sementes de ambas as espécies não apresentaram fotoblastismo. A escarificação ácida não aumentou significativamente a germinabilidade das sementes em relação ao grupo-controle, enquanto a escarificação mecânica incrementou significativamente a germinabilidade apenas de P. foliolosa. As germinabilidades a 25 °C das sementes de P. reticulata intactas, escarificadas com ácido e lixa foram, respectivamente, de 55%, 60% e 89%. Para as sementes de P. foliolosa esses valores foram 48%, 37,5% e 83%, respectivamente.Esses resultados apontam limitações na germinação de P. foliolosa impostas pelo tegumento, entretanto o efeito deste restringindo a germinação das sementes intactas decresceu com a elevação da temperatura. Resumo em inglês This study aimed to compare the biometry of fruits and seeds, as well as the effect of different scarification, temperature and light conditions on the germination of Plathymenia reticulata Benth. and Plathymenia foliolosa Benth. We measured the length, width, thickness, and fresh mass of fruits (n= 100) and seeds (n= 100) of each specie. The different treatments were mechanic and acid scarification, temperatures (photoperiod/nictoperiod) of 20, 30 and 35/15 °C (12/12 an (mais) d 0/24) and 25 and 35 °C (12/12). P. foliolosa fruits were wider, thickener and heavier. Its seeds are longer and thicker than those of P. reticulata. Seeds of both species were not photosensitive. Acid scarification did not increase significantly the percentage of seed germination of both species, but mechanic scarification increased significantly the percentage of seed germination for P. foliolosa. The percentage of germination at 25 °C of intact seeds of P. reticulata, scarified with acid and with sandpaper was, respectively, 55%, 60% and 89%. For seeds of P. foliolosa values obtained were, respectively, 48%, 37.5% and 83%. These results indicate limitations of germination of P. foliolosa imposed by the tegument but the effect of tegument restringing the germination of intact seeds decrease with the increase of temperature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Duração do teste de germinação do capim-tanzânia/ Duration of germination test for tanzania grass

Tomaz, Camila de Aquino; Martins, Cibele Chalita; Carvalho, Lidia Raquel de; Nakagawa, João
2010-01-01

Resumo em português O trabalho foi realizado com o objetivo de determinar o tempo necessário para a condução do teste de germinação de Panicum maximum cv. Tanzânia. Trinta lotes de sementes foram avaliados pelo teste de germinação e para a identificação da data de término do teste foram realizadas contagens diárias do número de plântulas normais. No teste de germinação foram utilizados tratamentos de superação de dormência (KNO3 (0,2%), H2SO4 (98% 36N)), temperaturas alter (mais) nadas (20-30 ºC e 15-35 ºC) e foi ajustada uma curva de crescimento para a avaliação da germinação. Foi possível concluir que o teste de germinação do capim-tanzânia conduzido na alternância de temperatura de 15-35 ºC com fotoperíodo de 16 h-8 h (78 μmol s-1 m-2/8 h) em substrato umedecido com KNO3 é o mais indicado por permitir máxima porcentagem de germinação (89%) em menor tempo (quatro dias). Na alternância de temperatura de 20-30 ºC as taxas de germinação atingem valores de 81% a 83% no período de cinco a seis dias e o tratamento com H2SO4 prejudica a taxa de germinação, independente da temperatura utilizada. Resumo em inglês The objective of this study was to determine the time needed to conduct the germination test for Panicum maximum cv. Tanzania. Thirty seed lots were evaluated for germination and to identify the completion date of the test, daily counts of the number of normal seedlings were made. In the germination test, treatments for breaking dormancy (KNO3 (0.2%), H2SO4 (98% 36N)), and alternating temperatures (20-30 °C and 15-35 °C) were used and a growth curve for germination eval (mais) uation was adjusted accordingly. It was concluded that the germination test of Tanzania grass at alternating temperature of 15-35 °C with a photoperiod of 16 h-8 h (78μmol s-1 m-2/8 h), in a substrate containing KNO3, is the most suitable for obtaining the maximum percentage germination (89%) in the shortest time (four days). At the alternating temperature of 20-30 ºC, germination rates reached 81% to 83% in five to six days. Treatment with H2SO4 adversely affected the germination rate regardless of the temperature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Adequação do teste de germinação para sementes de nabo forrageiro/ Adequation of the oil radish seeds germination test

Nery, Marcela Carlota; Carvalho, Maria Laene Moreira de; Fraga, Antonio Carlos
2009-01-01

Resumo em português O estabelecimento de condições ideais para condução do teste de germinação de sementes de nabo forrageiro é extremamente útil para avaliação da qualidade de lotes. Para definir a temperatura ótima e substrato ideal para a avaliação da germinação de sementes de nabo forrageiro, foram utilizadas sementes de diferentes lotes das cultivares CATI AL-1000 e IPR 116. A semeadura foi efetuada nos substratos papel e areia, e as sementes, mantidas em seis regimes de (mais) temperatura constante (15ºC; 20ºC; 25ºC; 30ºC; 35ºC) e um alternado (20ºC-30ºC). A qualidade das sementes de nabo forrageiro foi avaliada pelas determinações do grau de umidade, teste de germinação, primeira contagem da germinação, índice de velocidade de germinação, emergência, estande inicial, índice de velocidade de emergência e teste de sanidade. A temperatura de 20ºC-30ºC e o substrato areia são condições adequadas para a realização do teste de germinação das sementes de nabo forrageiro das cultivares CATI AL-1000 e IPR 116. Resumo em inglês The determination of the ideal conditions to carry out the germination test on fodder radish seeds is extremely useful to evaluate the quality of seed lots. To determine the appropriate temperature and ideal substrate in the germination evaluation of fodder radish. seeds, from different lots of the CATI AL-1000 and IPR 116 A cultivars were used. They were sown on paper and sand substrates, and the seeds were maintained under six constant temperature regimens (15ºC; 20ºC (mais) ; 25ºC; 30º C; 35ºC) and one alternating regimen (20ºC-30ºC). The fodder radish seed quality was evaluated by determining the moisture content, germination test, first germination count, germination speed index and health quality. The temperature of 20ºC-30ºC and the sand substrate were the appropriate conditions to carry out the germination test on fodder radish seeds of the CATI AL-1000 and IPR 116 cultivars.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Caracterização morfológica e germinação de sementes de jalapa (Operculina macrocarpa (L.)Urb.)/ Morfological characterization and germination of jalapa seeds (Operculina macrocarpa (L.)Urb.)

Brasileiro, Beatriz Gonçalves; Bhering, Maria Carmen; Vidigal, Deborah De Souza; Casali, Vicente Wagner Dias
2009-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a presença da dormência tegumentar, identificando tratamentos pré-germinativos que possam acelerar e uniformizar a germinação, bem como conhecer a morfologia do desenvolvimento pós seminal em sementes de Operculina macrocarpa. As sementes foram submetidas aos seguintes tratamentos pré-germinativos: imersão em água por 1 hora; imersão em solução de hipoclorito por 1 hora e testemunha, representada por sementes sem tratament (mais) o prévio. Os testes de germinação e de emergência foram conduzidos com quatro repetições de 25 e de 20 sementes, em laboratório e em casa-de-vegetação, respectivamente. As avaliações foram realizadas diariamente, durante 30 dias, onde foi calculada a porcentagem de plântulas normais aos 15 e 30 dias e o índice de velocidade de germinação/emergência. A germinação de Operculina macrocarpa é epígea-fanerocotiledonar e a semente apesar de apresentar um tegumento duro não se mostra impermeável à entrada de água, dispensando a adoção de tratamentos pré-germinativos. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the presence of tegumentar dormancy and identify pre-germination treatments that can unify and accelerate the germination and know the morphology of the seminal development in post-seed of Operculina macrocarpa. The seeds were subjected to the following pre-germination treatments: immersion in water for 1 hour; immersion in hypochlorite solution for 1 hour and the control, represented by seeds without pretreatment. Germination a (mais) nd emergence tests were conducted with four replications of 25 and 20 seeds, carried out in the laboratory and greenhouse, respectively. Evaluations were conducted daily, for 30 days and the percentage of normal seedlings (15 and 30 days) and the rate of speed germination/emergency were calculated. The germination of Operculina macrocarpa is epigeous-phanerocotylar and the seed, although it has a hard seed coat, was not shown to be impermeable to water and thus does not require pre-germination treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Efeito alelopático de Artemisia annua L. na germinação e desenvolvimento inicial de plântulas de alface (Lactuca sativa L.) e leiteiro (Euphorbia heterophylla L.)/ Allelopathic effect of Artemisia annua L. on the germination and initial development of lettuce (Lactuca sativa L.) and wild poinsettia (Euphorbia heterophylla L.) seedlings

Magiero, E.C.; Assmann, J.M.; Marchese, J.A.; Capelin, D.; Paladini, M.V.; Trezzi, M.M.
2009-01-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi caracterizar o efeito alelopático do extrato aquoso de folhas de A. annua sobre a germinação de sementes e o desenvolvimento de plântulas de alface (Lactuca sativa L.) e leiteiro (Euphorbia heterophylla L.). O extrato aquoso bruto foi preparado a partir de 250 g folhas frescas extraídas em 1 L de água destilada. Este primeiro extrato foi filtrado e centrifugado, sendo utilizado o sobrenadante. Foram utilizadas as seguintes concent (mais) rações de 100% (extrato filtrado e centrifugado); 75%, 50% e 25% (diluições do extrato 100%); e 0% (água destilada). As sementes das espécies testadas foram distribuídas em placas de petri e acondicionadas em câmara de germinação. Foram analisadas as variáveis: germinabilidade (G), velocidade média de germinação (V), tempo médio de germinação (t), comprimento da radícula (CR) e massa seca das plântulas. A elevação da concentração do extrato aquoso de A. annua provocou redução na germinabilidade de alface e, a partir da concentração de 50%, a germinação foi completamente inibida. Para o leiteiro, a germinação foi totalmente inibida a partir da concentração de 75%. Observou-se também redução significativa na velocidade média de germinação de alface com a elevação da concentração do extrato, efeito que não foi observado para o leiteiro. O comprimento radicular do leiteiro foi significativamente reduzido nas concentrações de 25 e 50%, e totalmente inibido em 75 e 100%. Para alface, a concentração de 25% reduziu significativamente o comprimento radicular, e as concentrações de 50, 75 e 100% inibiram completamente a formação de raízes, mostrando ser esta espécie mais sensível que o leiteiro. Extratos aquosos de A. annua apresentaram ação alelopática inibitória sobre a germinação de sementes e o desenvolvimento de plântulas de alface e leiteiro. Resumo em inglês The aim of this work was to study the allelopathic effect of leaf aqueous extract of A. annua on seed germination and seedling development in lettuce (Lactuca sativa L.) and wild poinsettia (Euphorbia heterophylla L.). Crude aqueous extract was prepared from 250 g fresh leaves extracted in 1 L distilled water. This first extract was filtered and centrifuged and the supernatant was used. The following concentrations were employed of 100% (filtered and centrifuged extract), (mais) 75%, 50%, 25% (dilutions of the 100% extract) and 0% (distilled water). Seeds of the tested species were distributed in Petri dishes and placed into germination chambers. The analyzed variables were: germinability (G), germination mean velocity (V), germination mean time (t), radicle length (RL) and seedling dry matter. The increase in the concentration of A. annua aqueous extract reduced lettuce germinability and, from 50% concentration, germination was completely inhibited. For wild poinsettia, germination was completely inhibited from 75% concentration. There was a significant reduction in lettuce germination mean velocity with increasing extract concentrations, which was not observed for wild poinsettia. Radicle length in wild poinsettia significantly reduced at the concentrations 25 and 50% and was totally inhibited at 75 and 100%. As regards lettuce, 25% concentration significantly reduced radicle length, and the concentrations 50, 75 and 100% completely inhibited root formation, indicating this species is more sensitive than wild poinsettia. A. annua aqueous extracts presented inhibitory allelopathic action on seed germination and seedling development in lettuce and wild poinsettia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Efeito da luz e da temperatura na germinação de Alternathera tenella, Conyza bonariensis e Digitaria ciliaris/ Effect of light and temperature on Alternathera tenella, Conyza bonariensis and Digitaria ciliaris germination

Vivian, R.; Gomes JR., F.G.; Chamma, H.M.C.P.; Silva, A.A.; Fagan, E.B.; Ruiz, S.T.
2008-01-01

Resumo em português Este trabalho teve o objetivo de avaliar a influência da luz e da temperatura na germinação de três espécies de plantas daninhas comuns em lavouras brasileiras. As espécies estudadas foram Alternanthera tenella, conyza bonariensis e Digitaria ciliaris, nas quais se testou a influência de quatro variações de temperatura (15/25, 20/30, 20/35 e 30/40 ºC), com e sem a presença de luz, no percentual de germinação e no índice de velocidade de germinação (IVG). A (mais) s sementes foram coletadas em canteiros experimentais, sendo elas selecionadas para permitir a homogeneização amostral. Posteriormente, 50 sementes de cada espécie foram colocadas em caixas do tipo gerbox, previamente preparadas com papel duplo umedecido de germinação "germitest". As caixas foram armazenadas em germinadores verticais tipo BOD, com controle de temperatura. As temperaturas foram mantidas na proporção de 16/8 horas diurna e noturna, respectivamente. As avaliações iniciaram-se aos três dias após incubação, sendo consideradas germinadas as sementes com protusão radicular igual ou superior a 1 mm. Constatou-se efeito significativo da luz para a germinação de todas as espécies, principalmente para D. ciliaris. A. tenella apresentou germinação elevada em todas as variações de temperatura testadas, embora 30/40 ºC tenham restringido a germinação de C. bonariensis. Os tratamentos também afetaram o IVG, cujo comportamento foi similar ao percentual de germinação, sendo o maior efeito constatado em D. ciliaris. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the effect of light and temperature on the germination of three common Brazilian weed species: Alternathera tenella, Conyza bonariensis and Digitaria ciliaris. The influence of four temperature variations (15/25, 20/30, 20/35 and 30/40 ºC) with and without light was tested on germination percentage and germination velocity rate (GVR). The seeds were collected in experimental seedbeds to allow sample homogenization. Fifty seeds o (mais) f each species were placed in gerbox type boxes, previously prepared with humidified "germitest" germination double layer paper. The boxes were stored in temperature-controlled BOD type vertical germinators. The temperatures were maintained at the ratio of 16/8 hours day and night, respectively. Evaluations started three days after incubation, with the seeds displaying roots equal or over 1 mm being considered to have germinated. A significant light effect on germination was confirmed fort all the species, mainly D. ciliaris. A. tenella, presented high germination at all temperatures tested, even though 30/40 ºC restricted C. bonariensis germination. The treatments also affected GVR, whose behavior was similar to the germination percentage, with the highest effect being confirmed in D. ciliaris.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Efeitos da luz e temperatura na germinação de sementes de quatro espécies de plantas daninhas do gênero Digitaria/ Light and temperature effects on the seed germination of four Digitaria weed species

Mondo, Vitor Henrique Vaz; Carvalho, Saul Jorge Pinto de; Dias, Ana Carolina Ribeiro; Marcos Filho, Júlio
2010-01-01

Resumo em português O Brasil é o país das Américas com maior número de espécies nativas do gênero Digitaria, conhecidas como plantas daninhas, constituindo problemas em várias culturas de expressão econômica e encontradas em várias regiões do território brasileiro, sob ampla variação de ambientes. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito da temperatura e presença de luz na germinação de sementes de quatro espécies de plantas daninhas do gênero Digi (mais) taria. O experimento foi conduzido em câmaras de germinação, em esquema fatorial 4 x 2, incluindo quatro temperaturas (25 ºC constantes e alternâncias de 20-30 ºC, 20-35 ºC e 15-35 ºC) em fotoperíodo de 8h e na ausência de luz. Foram estudadas sementes das espécies Digitaria bicornis (Lam.) Roem. & Schult., Digitaria ciliaris (Retz.) Koel. e Digitaria horizontalis Willd de nome comum capim-colchão e, Digitaria insularis (L.) Fedde de nome comum capim-amargoso. Foram avaliadas a porcentagem e a velocidade de germinação até os 21 dias após o início do teste de germinação. Constatou-se que as exigências de temperatura e luz variam de acordo com a espécie, sendo que D. bicornis e D. horizontalis necessitam de luz para a germinação, o que não se verifica para D. ciliaris e a D. insularis. As temperaturas mais adequadas para a germinação das sementes são 20-35 ºC, para D. bicornis e D. ciliaris e 20-35 ºC ou 15-35 ºC, para D. horizontalis e D. insularis. Resumo em inglês Brazil has the largest number of native species of Digitaria in the Americas. This genus is considered as a weed causing problems in various economic crops and can be found throughout Brazil in many different ecological situations. The object of this research was to evaluate the effects of light and temperature on the seed germination of four Digitaria weed species. The experiment was conducted in germination chambers using a factorial 4 x 2 scheme of treatments under fou (mais) r temperatures (25 ºC constant, alternating 20-30 ºC, 20-35 ºC and 15-35 ºC) with alternate light cycles (8h light/16h darkness) or absolute darkness. The weed species studied were Digitaria horizontalis Willd., D. bicornis (Lam.) Roem. & Schult., D.ciliaris (Retz.) Koel. and D. insularis (L.) Fedde. The percentage and speed of germination were evaluated up to 21 days after the start of the germination test. The four species showed differing seed physiological responses. D. bicornis and D. horizontalis required light for germination while D. ciliaris and D. insularis did not. The best temperatures for germination are 20-35 ºC for D. bicornis and D. ciliaris, and 20-35 ºC or 15-35 ºC for D. horizontalis and D. insularis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Efeito da temperatura e do substrato na germinação de sementes de Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. (Leguminosae, Caesalpinoideae)/ Effect of temperature and substrate on seed germination of Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. (Leguminosae, Caesalpinoideae)

Lima, Juliana Domingues; Almeida, Cilene Chaves; Dantas, Vânia Andréa Valente; Silva, Breno Marques da Silva e; Moraes, Wilson da Silva
2006-08-01

Resumo em português Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. é uma leguminosa arbórea tropical que ocorre na região amazônica, sendo muito utilizada como planta medicinal e na arborização e paisagismo urbanos. Para viabilizar a produção de mudas, determinaram-se a melhor temperatura e o melhor substrato para a germinação das sementes. Sementes recém-colhidas apresentaram teor médio de água de 7,46%, porcentagem de germinação de 3,33% e baixo ganho de água durante a embebição, mostr (mais) ando dormência tegumentar. A escarificação mecânica com lixa nº 40 foi um método eficiente para superação da dormência, comprovado pela alta porcentagem de germinação e embebição de água em sementes escarificadas. A porcentagem de germinação dessas sementes foi influenciada pela temperatura, mas não pelo substrato. Com base no tempo médio de germinação, recomenda-se a temperatura de 30 ºC e areia como substrato para germinação mais rápida de sementes escarificadas. Resumo em inglês Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. is a tropical legume tree occurring in the Amazon region, commonly used as medicine plant and in urban landscaping. To make seedling production feasible the best temperature and substrate for seed germination were determined. Recently harvested seeds present 7.46% mean moisture content, 3.33% germination percentage and lower moisture gain during soaking, showing tegument dormancy. Mechanical scarification with 40 grit sandpaper was proven (mais) an efficient method to overcome the dormancy, resulting in higher germination percentage and water imbibition in scarified seeds. The germination percentage of scarified seeds was influenced by temperature, but not by substrate. Based on the mean germination time, it is recommended the temperature of 30ºC and sand like substrate for faster germination of scarified seeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Temperaturas e substratos para germinação e vigor de sementes de Euterpe oleracea Mart/ Temperatures and substrates for germination and vigor of Euterpe oleracea Mart. Seeds

Gama, Juliana Simões Nobre; Monte, Denise Maria de Oliveira; Alves, Edna Ursulino; Bruno, Riselane de Lucena Alcântara; Braga Júnior, Joel Martins
2010-12-01

Resumo em português O conhecimento das condições ótimas para a germinação, principalmente da temperatura e do substrato, é de fundamental importância, tendo em vista que estes fatores variam entre sementes de diferentes espécies. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência de diferentes substratos e temperaturas para condução de testes de germinação e vigor de sementes de Euterpe oleracea. A pesquisa foi realizada no Laboratório de Análise de Sementes do Centro de Ciência (mais) s Agrárias da Universidade Federal da Paraíba. Os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial 4 x 4, com os fatores temperaturas (20-30; 25; 30 e 35 ºC) e substratos (areia, Bioplant®, Plantmax® e vermiculita) e quatro repetições cada. Para avaliação do efeito dos tratamentos foram realizados testes de germinação e vigor (índice de velocidade de germinação, comprimento e massa seca de plântulas). As condições ideais para testes de germinação e vigor em sementes de Euterpe oleracea estão em substrato vermiculita sob temperaturas de 20-30; 30 e 35 ºC, areia a 30 e 35 ºC, plantmax® a 20-30 ºC e bioplant® a 35 ºC. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the influence of different substrates and temperatures for conducting tests of seed germination and vigor in Euterpe oleracea. The work was realized at the Seed Analysis Laboratory of (CCA-UFPB). The treatments were distributed in a factorial 4 x 4, four temperatures (20-30; 25; 30 and 35 ºC) and four substrates (sand, Bioplant®, Plantmax® and vermiculite), used four replications each. Were evaluated the following characteris (mais) tics: germination (%), germination speed index, length and dry mass of seedlings. The ideal conditions for testing the germination and vigor in Euterpe oleracea seeds are in vermiculite under temperatures of 20-30; 30 and 35 ºC, sand to 30 and 35 ºC, plantmax® 20-30 ºC and bioplant® 35 ºC.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Efeito do condicionamento osmótico na germinação e vigor de sementes de sorgo com diferentes qualidades fisiológicas/ Effects of osmoconditioning on the germination and vigor of sorghum seeds with different physiological qualities

Oliveira, Alexandre Bosco de; Gomes-Filho, Enéas
2010-09-01

Resumo em português O objetivo nesta pesquisa foi avaliar o efeito do condicionamento osmótico na germinação e no vigor de sementes de sorgo, cultivar IPA 1011, com diferentes qualidades fisiológicas. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com quatro repetições, no esquema fatorial 2 x 2, constando de quatro tratamentos: 1. sementes envelhecidas; 2. sementes não envelhecidas; 3. sementes envelhecidas e condicionadas osmoticamente e 4. sementes não envelhecidas e c (mais) ondicionadas osmoticamente. A qualidade das sementes foi avaliada por meio do teor de água (TA), massa de mil sementes (MMS), primeira contagem (PCG), teste de germinação (TG), índice de velocidade (IVG) e tempo médio de germinação (TMG), envelhecimento acelerado (TEA), teste de frio (TF), condutividade elétrica (TCE) e lixiviação de potássio (TLK). Os resultados mostraram que o envelhecimento artificial afeta negativamente o desempenho das sementes de sorgo, podendo tais efeitos serem parcialmente revertidos pelo condicionamento osmótico, sendo que essa técnica não influencia a germinação, mas promove benefícios no vigor das sementes de qualidade fisiológica superior e inferior. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effect of osmotic conditioning on the germination and vigor of sorghum seeds with different physiological qualities from the IPA 1011 cultivar. The experimental design was completely randomized with four replications in a factorial 2 x 2, consisting of four treatments: 1. aged seeds, 2. seed not aged, 3. seeds aged and conditioned osmotically and 4. seeds not aged and conditioned osmotically. The seeds quality was evaluated (mais) from the water content (WC), mass of thousand seeds (MTS), the first germination count (FGC) standart germination test (SGT), germination speed index (GSI), germination mean time (GMT ), accelerated aging test (AAT), cold test (CT), electrical conductivity test (ECT) and leaching of potassium test (LPT). The results showed that artificial aging negatively affects the performance of sorghum seeds and such effects can be partially reversed by priming. This technique does not influence germination but further benefits vigor in physiologically superior and inferior seeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Comparação de ambientes na germinação de cariopses de cana-de-açúcar/ Environment comparison in the germination of sugarcane seeds

Silva, Marcelo de Almeida; Caputo, Marina Maitto; Perecin, Dilermando; Bressiani, José Antônio
2010-12-01

Resumo em português A obtenção de cariopses de cana-de-açúcar por meio de cruzamento de parentais é de primordial importância para os programas de melhoramento de cultivares. Objetivou-se, neste trabalho comparar o ambiente de germinação de cariopses da casa de vegetação do Programa Cana IAC com um ambiente de condições controladas, a fim de avaliar sua eficiência, no período de 30/09 a 09/10/2004. Foram desenvolvidos dois experimentos, em delineamento experimental de blocos ca (mais) sualizados com quatro repetições, em Jaú, SP. Um deles foi montado sob condições de laboratório em câmara de germinação e outro em casa de vegetação em condições não controladas, sendo cada tratamento constituído por 100 cariopses por repetição, provenientes de seis cruzamentos. Foram realizadas avaliações do índice de velocidade de germinação (IVG), da porcentagem (%G) e dos dias para emergência (DE), em intervalos de 24 horas, após a instalação dos testes. A massa de 100 sementes de cada cruzamento também foi avaliada com o propósito de verificar sua influência nos demais atributos da germinação. Os resultados foram submetidos à análise de variância e a comparação de médias foi feita pelo teste de Tukey, a 0,05 de significância. A massa de 100 sementes foi diferente entre os cruzamentos, e interferiu, de maneira geral, nos atributos IVG e % G. Concluiu-se que a casa de vegetação utilizada pelo Programa Cana IAC proporciona porcentagens de germinação semelhantes às da câmara de germinação, porém condições controladas favorecem o IVG e os DE. Resumo em inglês The production of true seeds of sugarcane through parental crossing is primordial for the breeding programs of cultivars. With the objective of comparing the efficiency of the environment greenhouse used for seed germination in the IAC Sugarcane Program with an environment with controlled conditions (germination chamber), two experiments were carried out in a completely randomized block with four replicates of 100 seeds each, in Jaú (SP), from 09/30 to 10/09/2004. In bot (mais) h places the treatments were composed of seeds from six crossings. The evaluations accomplished were speed of germination index (SGI), germination percentage (% G) and days for emergence (DE) in 24 h intervals after set up treatments. The mass of 100 seeds of each crossing was also evaluated with the purpose of measuring its influence on other germination attributes. The data were submitted to the analysis of variance and averages were compared by the Tukey test at 0.005 significance. The weight of 100 seeds differed among the crossings, and, in general, it interfered with the attributes SGI and % G. It was concluded that the greenhouse used by the IAC Sugarcane Program provides germination percentages similar to the germination chamber; however, controlled conditions improve SGI and DE.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Temperaturas cardinais para a germinação de sementes de Erythrina variegata L./ Cardinal temperatures for the germination of Erythrina variegata L. seeds

Matheus, Miele Tallon; Lopes, José Carlos
2009-01-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho determinar as temperaturas cardinais para a germinação das sementes de Erythrina variegata L. Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Análise de Sementes do CCA-UFES, em Alegre-ES. A semeadura foi feita em caixas "gerbox", com areia esterilizada como substrato. Em seguida, as sementes foram incubadas nas temperaturas constantes de 12ºC, 14ºC, 16ºC, 18ºC, 20ºC, 22ºC, 24ºC, 26ºC, 28ºC, 30ºC, 32ºC, 34ºC, 36ºC, 38ºC (mais) e 40ºC, com fotoperíodo de 8 horas. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com quatro repetições de 25 sementes. E. variegata apresentou ampla faixa de tolerância à temperatura, observando-se germinação entre 14ºC e 38ºC. A faixa de temperatura entre 22ºC e 36ºC mostrou-se favorável à germinação, com porcentagens acima de 67%. A faixa ótima de temperatura para a germinação das sementes de E. variegata, com base na velocidade e no tempo médio de germinação, esta situada entre 32ºC e 34ºC e, com base na porcentagem de germinação, a temperatura ótima é de 34ºC. Resumo em inglês The objective of this study was to determine the optimum germination temperature for seeds of the Erythrina variegata L. The experiments were carried out at the Seed Analysis Laboratory at CCA-UFES (Laboratório de Análise de Sementes of CCA-UFES) in Alegre-ES. The seeds were placed in plastic seed germination containers (gerbox), with sterilized sand as the substrate. Random samples of 25 seeds each were incubated separately at constant temperature of 12ºC, 14ºC, 16º (mais) C, 18ºC, 20ºC, 22ºC, 24ºC, 26ºC, 28ºC, 30ºC, 32ºC, 34ºC, 36ºC, 38ºC and 40ºC, with 8-hour photoperiod. This procedure was repeated four times to obtain a meaningful result. It was found that E. variegata seeds have a broad range of temperature tolerance with seed germination observed between 14ºC and 38ºC. Temperatures between 22ºC and 36ºC seemed most favorable with germination in excess of 67%. Temperatures between 32ºC and 34ºC produced the optimum average rate and time for germination. The highest percentage of E. variegata seed germination was found to be at the temperature of 34ºC.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Influência da luz e da temperatura na germinação de cinco espécies de plantas daninhas do gênero Amaranthus/ Influence of light and temperature on germination of five weed species of the Amaranthus genus

Carvalho, Saul Jorge Pinto de; Christoffoleti, Pedro Jacob
2007-01-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a influência da luz e da temperatura na germinação de cinco espécies de plantas daninhas. O experimento foi desenvolvido durante 2005 em câmara de germinação e constou de uma combinação fatorial de quatro condições de germinação e cinco espécies de plantas daninhas do gênero Amaranthus. As quatro condições de germinação foram: fotoperíodo (8 horas de luz/16 horas de escuro) com alternância de tempe (mais) ratura (8 horas a 30 ºC/16 horas a 20 ºC), fotoperíodo com temperatura constante (25 ºC), escuro com alternância de temperatura e escuro com temperatura constante. As espécies de plantas daninhas estudadas foram: Amaranthus deflexus (caruru-rasteiro), A. hybridus (caruru-roxo), A. retroflexus (caruru-gigante), A. spinosus (caruru-de-espinho) e A. viridis (caruru-de-mancha). Avaliou-se a germinação (%) aos 2, 4, 6, 8, 10, 12 e 14 dias após semeadura, bem como, calculou-se o índice de velocidade de germinação das espécies. Os dados foram submetidos ao teste F na análise da variância, seguido do emprego de regressões não-lineares ou teste de Tukey a 5%. Constatou-se que a luz e a temperatura interferem na germinação de todas as espécies, em que as maiores taxas e velocidades de germinação foram obtidas em condição de fotoperíodo com alternância de temperatura (8 horas de luz a 30 ºC/16 horas de escuro a 20 ºC). Em condições menos favoráveis, A. viridis e A. hybridus obtiveram maiores taxas de germinação que as demais espécies. Em geral, A. deflexus e A. spinosus foram as espécies de plantas daninhas com os menores índices de velocidade de germinação. Resumo em inglês This work was carried out with the objective of evaluating light and temperature influence on germination of five weed species. The experiment was accomplished during the year of 2005, in a germination chamber, and was constituted by a factorial combination of four germination conditions and five weed species of the Amaranthus genus. The four germination conditions were: photoperiod (8 hours of light/16 hours of dark) with alternating temperature (8 hours at 30 C/16 hours (mais) at 20 °C), photoperiod at constant temperature (25 ºC); dark at alternating temperature and dark at constant temperature. The weed species studied were: Amaranthus deflexus, A. hybridus, A. retroflexus, A. spinosus and A. viridis. The experimental design was randomized blocks with four replicates. Percentage of germination was evaluated at 2, 4, 6, 8, 10, 12 and 14 days after seeding. Also, the speed of germination rate was calculated for the species. Data were analyzed using the F test of the analyses of variance, followed by non-linear regressions or Tukey's test (5%). It was observed that light and temperature interfere with the germination of all Amaranthus species, and the highest germination and speed rates were reached in the condition of photoperiod and alternating temperature (8 hours of light at 30 ºC/16 hours of dark at 20 ºC). Using less favorable conditions, A. viridis and A. hybridus reached higher germination rates than the other species. In general, A. deflexus and A. spinosus were the species that exhibited the smallest speed of germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Efeitos alelopáticos de extratos vegetais na germinação, colonização micorrízica e crescimento inicial de milho, soja e feijão/ Allelopathic effects of plant aqueous extracts on germination, mycorrhization and Initial growth of corn, soybean and bean

Faria, Tiago Mendes; Gomes Júnior, Francisco Guilhien; Sá, Marco Eustáquio de; Cassiolato, Ana Maria Rodrigues
2009-12-01

Resumo em português Restos vegetais e liteira podem interferir no desenvolvimento de plantas. Este trabalho objetivou avaliar os efeitos alelopáticos de extratos aquosos de Pinus sp., milheto (Pennisetum americanum (L.) Leeke) e mucuna (Stizolobium aterrimum Piper & Tracy) sobre a germinação, colonização micorrízica e crescimento inicial de milho (Zea mays L.), soja (Glycine max L.) e feijão (Phaseolus vulgaris L.). Os extratos foram elaborados utilizando folhas trituradas. O experime (mais) nto in vitro empregou papel Germitest umedecido com extratos ou água destilada por sete dias. O experimento em casa de vegetação teve esquema fatorial 3 x 3 x 4, com quatro repetições: três espécies vegetais (soja, milho e feijão), três extratos aquosos (Pinus, milheto e mucuna) e quatro doses de extrato (0,0; 0,5; 1,0; e 2,0 kg L-1). O substrato foi Latossolo Vermelho coletado no município de Selvíria-MS, no bioma Cerrado. Após a semeadura, os vasos receberam, a cada cinco dias, por 45 dias, 50 mL dos extratos. Para a soja, extratos de mucuna e milheto diminuíram o comprimento do hipocótilo e da radícula e os de Pinus aumentaram esses comprimentos. Em feijão, o extrato de Pinus diminuiu o comprimento do hipocótilo e da radícula, mas os extratos de mucuna e milheto aumentaram-no. O extrato do milheto reduziu a percentagem e a velocidade de germinação em feijão. Todos os extratos reduziram a colonização micorrízica e o número de esporos de fungos micorrízicos arbusculares em soja, milho e feijão. Resumo em inglês Plant residues and litter may affect the plant growth. The objective of this study was to evaluate the allelopathic effects of aqueous extracts of pine (Pinus sp.), millet [Pennisetum americanum (L.) Leeke] and velvet bean (Stizolobium aterrimum Piper & Tracy) on germination, mycorrhizal colonization and initial growth of corn (Zea mays L.), soybean (Glycine max L.) and bean (Phaseolus vulgaris L.). Extracts of ground leaves were prepared. For the in vitro seven day- germ (mais) ination test, pH - neutral paper was previously wetted with the aqueous extracts or distilled water. The greenhouse experiment was arranged in a 3 x 3 x 4 factorial design, with four replications: three plant species (soybean, corn and bean), three aqueous extracts (Pinus, millet and velvet bean) and four extract doses (0.0; 0.5; 1.0 and 2.0 kg L-1). A Red Latossol (Oxisol) collected in Selvíria, state of Mato Grosso do Sul, in the Cerrado biome was used as substrate. After sowing in pots, 50 mL of the aqueous extracts was applied every 5 days, during 45 days. Opposite to pine, extracts of velvet bean and millet reduced the hypocotyl and root length in soybean. In common bean, pine extract reduced hypocotyl and root length, contrasting to velvet bean and millet. Millet extract decreased the germination percentage and germination rate of beans. All plant extracts reduced mycorrhization and the number of spores of arbuscular mycorrhizal fungi on soybean, maize and common bean.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Tolerância à dessecação e influência do tegumento na germinação de sementes de citrumelo 'swingle' (Citrus paradisi MACF X Poncirus trifoliata (L) RAF.)/ Tolerance to desiccation and integument influence on the germination of swingle citrumelo (Citrus paradisi MACF X Poncirus trifoliata (L) RAF.) seeds

Zucareli, Valdir; Bonjovani, Marcio Roberto; Cavariani, Cláudio; Nakagawa, João
2009-03-01

Resumo em português O trabalho teve como objetivo estudar a tolerância à dessecação e a influência do tegumento na germinação de sementes de citrumelo 'Swingle'. As sementes foram extraídas manualmente e, em seguida, foi determinado o grau de umidade das sementes. Foi retirada uma amostra referente ao tratamento com o maior grau de umidade (48%) a ser estudado, e as demais foram submetidas à secagem em estufa com circulação forçada de ar (32±2ºC), visando à obtenção dos outr (mais) os tratamentos com diferentes graus de umidade. O teste de germinação foi instalado em delineamento experimental inteiramente casualizado, num fatorial 6x2 (grau de umidade x presença ou ausência de tegumento), com quatro repetições de 25 sementes por parcela. Após a obtenção de cada tratamento as sementes foram tratadas com o fungicida Thiabendazole (0,4g.kg-1), semeadas em folhas de papel toalha umedecidas e confeccionados rolos que foram mantidos em câmara de germinação a 25ºC sob luz constante. As avaliações foram realizadas a cada sete dias até o 35º dia, sendo determinadas as porcentagens de germinação na primeira contagem, plântulas anormais, sementes mortas, sementes dormentes e germinação total. Também foram calculados o tempo médio e o índice de velocidade de germinação (IVG). Os dados foram submetidos à análise de variância, e as médias, comparadas pelo teste Tukey, a 5% de probabilidade. As sementes toleraram a dessecação até baixos níveis de umidade (16%), e a retirada do tegumento favoreceu o processo germinativo em sementes de citrumelo 'Swingle'. Resumo em inglês The current work aimed to study the tolerance to desiccation and the integument influence on the germination of seeds of Swingle citrumelo. Seeds were manually extracted and their humidity degree was determined. A sample of the group showing the highest humidity degree (48%) was separated to be studied and the remaining samples were subjected to desiccation in an oven with forced air circulation (32±2ºC) in order to obtain other groups with different humidity degrees. G (mais) ermination test was established in completely randomized experimental design, in a 6x2 factorial scheme (humidity degree x integument absence) with four replicates of 25 seeds per plot. After obtaining each group, seeds were treated with fungicide Thiabendazole (0.4 kg.g-1), sown in moist paper towels forming rolls, which were kept in a germination chamber at 25ºC under constant light. The percentages of the first count germination, normal seedlings, dead seeds, dormant seeds and total germination were determined every seven days until the 35th day. Germination mean time and speed germination index (IVG) were also calculated. Data were subjected to variance analysis and the means were compared by the Tukey test at 5% probability. The seeds tolerated the desiccation in low humidity levels and the integument removal favored the germination process in Swingle citrumelo seeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Morfologia da unidade de dispersão e germinação de Cordia sellowiana cham. e Cordia myxa l/ Morphology of the dispersion unit nd germination of Cordia sellowiana cham. and Cordia myxa l

Barroso, Isabel Cristina Ercolini; Oliveira, Fernando de; Ciarelli, Deborah Maria
2009-01-01

Resumo em português As unidades de dispersão das espécies Cordia sellowiana Cham. e Cordia myxa L. (Boraginaceae Jussieu) foram estudadas com ênfase em sua morfologia e no processo de germinação. Os frutos de Cordia sellowiana e de Cordia myxa são do tipo drupóide nuculânio. A protrusão da raiz primária, na primeira espécie, ocorre através de fenda longitudinal do pirênio, e na segunda, através de abertura do opérculo. A germinação, nas duas espécies, é do tipo fanerocotiledonar epígea. As plântulas apresentam cotilédones plicados. Resumo em inglês Cordia sellowiana Cham. and Cordia myxa L. (Boraginaceae Jussieu) had their dispersion units studied, with emphasis on their morphology and seed germination process. The fruits from both Cordia sellowiana and Cordia myxa are of the drupoid nuculanium type. The protrusion of the primary root in the former species occurs through a pyrene longitudinal fissure; in the latter it is one through an opening in the operculum. In both species, seed germination is of the epigel phanerocotylar type. The seedlings have plicate cotyledons.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Umedecimento do substrato e temperatura na germinação e vigor de sementes de Amburana cearensis (All.) A.C. Smith/ Substrate moisture and temperature in the germination and vigor of Amburana cearensis (All.) A.C. Smith seeds

Guedes, Roberta Sales; Alves, Edna Ursulino; Gonçalves, Edilma Pereira; Viana, Jeandson Silva; França, Pablo Radamés Cabral de; Lima, Cosmo Rufino de
2010-09-01

Resumo em português A Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith é uma espécie que apresenta considerável importância econômica para região de Caatinga e é empregada na medicina popular. Atualmente, há necessidade de padronização do teste de germinação nos laboratórios de análises; nesse sentido a definição do volume de água e de temperatura que favoreça a germinação, conforme a espécie, provavelmente minimizaria as variações nos resultados deste teste. O presente trabal (mais) ho foi conduzido com o objetivo de avaliar diferentes volumes de água no substrato e temperaturas para a germinação de sementes de A. cearensis. As sementes foram semeadas em papel toalha umedecido com volume de água equivalente a 2,0; 2,5; 3,0 e 3,5 vezes o peso do substrato, sem adição posterior de água, e mantidas em germinadores (B.O.D.) nas temperaturas constantes de 30 ºC e 35 ºC. Foi analisada a porcentagem de germinação, a primeira contagem de germinação, o índice de velocidade de germinação, o comprimento e a massa seca de plântulas. O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso com os tratamentos em esquema fatorial 4 x 2 (volumes de água e temperaturas). A temperatura de 35 ºC prejudicou a germinação e o vigor das sementes de A. cearensis. A temperatura de 30 ºC e o volume de água de 3,5 vezes o peso do papel é a combinação mais indicada para a condução dos testes de germinação e vigor das sementes de A. cearensis. Resumo em inglês Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith is an important economic species of the Brazilian Caatinga and in popular medicine and germination test procedures for laboratory analyses need to be standardized. The objective of this study was to evaluate the effects of different water volumes in the substrate and also temperatures on A. cearensis germination. The seeds were sown in paper towels wetted with the water equivalent of 2.0; 2.5; 3.0 and 3.5 times the substrate weight (mais) . No more water was added and the seeds were maintained in chambers at constant temperatures of 30 ºC and 35 ºC. The following parameters were analyzed: the germination percentage, first count germination, index of germination speed, length and dry mass of seedlings. A completely randomized design was used with a 4 x 2 factorial (water volumes and temperatures). The 35 ºC temperature impaired the germination and vigor of A. cearensis seeds. A temperature of 30 ºC and a water volume of 3.5 times the weight of paper is the most suitable combination for doing germination tests and evaluating the vigor of A. cearensis seeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Efeitos da luz, temperatura e estresse de água na germinação de sementes de Caesalpinia peltophoroides Benth. (Caesalpinoideae)/ Effects of light, temperature and water stress on seed germination in Caesalpinia peltophoroides Benth. Caesalpinoideae

Ferraz-Grande, Fernanda Gollo A.; Takaki, Massanori
2006-01-01

Resumo em português As sementes de Caesalpinia peltophoroides absorvem água rapidamente e após 9 horas acumulam o conteúdo de 56% de água e perdem mais lentamente, necessitando de cerca de 20 horas para perder completamente a água absorvida. As sementes de Caesalpinia peltophoroides germinam na faixa de temperaturas de 15 a 25 °C, e não possuem fotossensibilidade independentemente dos tratamentos luminosos e das temperaturas testadas. Verificou-se que com a diminuição do potencial d (mais) e água, ocorre nas sementes uma redução na germinabilidade e na velocidade de germinação sob luz branca. Sob condições de estresse de água, observa-se fotossensibilidade, em sementes de Caesalpinia peltophoroides, sendo a germinação inibida pela luz branca mediada pelo pigmento fitocromo. Resumo em inglês Seeds of Caesalpinia peltophoroides absorb water and reach rapidly 56% of their water content after 9 hours. They lose water slowly, requiring 20 hours to completely lose imbibed water. Seeds of Caesalpinia peltophoroides germinated in the temperature range 15 to 25ºC. They did not show light sensitivity under different light types. We observed that low water potential reduced the germinability and germination rate. Under water stress those seeds were inhibited by white light mediated by phytochrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Temperatura, nitrato de potássio e fotoperíodo na germinação de sementes de Hypericum perforatum L. e H. Brasiliense Choisy/ Light, temperature and potassium nitrate in the germination of Hypericum. perforatum L. and H. Brasiliense Choisy seeds

Faron, Maria Luisa Bertelle; Perecin, Maria Beatriz; Lago, Antonio Augusto do; Bovi, Odair Alves; Maia, Nilson Borlina
2004-01-01

Resumo em português Hypericum perforatum L. e H. brasiliense Choisy, da família Clusiaceae, são espécies de plantas de considerável valor medicinal. A primeira é comercialmente cultivada na Europa e largamente utilizada como fitoterápico para tratamento da depressão. A segunda é nativa do Brasil e, recentemente, vem sendo objeto de muitos estudos por possuir o mesmo potencial farmacológico. Neste trabalho, as sementes de ambas as espécies foram investigadas com relação à massa d (mais) e mil sementes e a diversas condições de germinação, combinando-se quatro temperaturas, ou seja, 20, 25, 30 e 20-30 ºC, em presença ou ausência de luz e com ou sem umedecimento do substrato de germinação com solução aquosa de nitrato de potássio a 0,2%. O diminuto tamanho das sementes ficou bem revelado pelos valores da massa de mil sementes que foram de 0,13 g (7.692 sementes por grama) e 0,02 g (50.000 sementes por grama) para H. perforatum e H. brasiliense respectivamente. As temperaturas mais benéficas à germinação foram as alternadas de 20-30 ºC, para as duas espécies, ou as constantes de 20 ºC, para H. perforatum e de 30 ºC, para H. brasiliense. A luz foi necessária para a germinação das sementes das duas espécies, porém seu efeito foi mais pronunciado em H. brasiliense. Em H. perforatum o efeito da luz foi mais evidente a 20-30 ºC enquanto em H. brasiliense esse efeito acentuou-se em todas as temperaturas estudadas. A aplicação de nitrato de potássio a 0,2% foi eficaz para as sementes de H. brasiliense porém não afetou as de H. perforatum. Resumo em inglês Hypericum perforatum L. and H. brasiliense Choisy, both belonging to the Clusiaceae family, are plant species of remarkable medicinal value. The former is commercially grown in Europe, and widely used as a phytotherapic for depression treatment while the latter, native to Brazil, has been recently studied as to its similar pharmacological potential. In this research work, seeds of both species were investigated as to the trait 1.000 seeds weight and the effects of several (mais) germination conditions (four temperature regimes: 20, 25, 30 and 20-30 ºC), presence or absence of light; presence or absence of 0.2% potassium nitrate in the seed germination medium. The results for 1.000 seeds weight were 0.13 g (7,692 seeds/g) and 0.02 g (50,000 seeds /g) for H. perforatum and H. brasiliense, respectively. The highest seed germination rate increases were observed with the following temperature regimes: 20 ºC or 20-30 ºC (H. perforatum) and 30 ºC (H. brasiliense). White light was required for seed germination in both species; moreover, light effect was more pronounced in H. brasiliense. In H. perforatum the light effect was strongly marked only at 20-30 ºC while in H. brasiliense it was present in all studied temperature regimes. Germination substrate moistening with potassium nitrate was effective for H. brasiliense but did not affect H. perforatum seed germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Influência da temperatura e do substrato na germinação de sementes de Cariniana estrellensis (Raddi) Kuntze/ Influence of temperature and substrate on Cariniana estrellensis (Raddi) Kuntze seed germination

Kopper, Ana Caroline; Malavasi, Marlene de Matos; Malavasi, Ubirajara Contro
2010-06-01

Resumo em português Foi quantificado o efeito da temperatura e do substrato na germinação de sementes de Cariniana estrellensis (Raddi) Kuntze. O delineamento adotado foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x2x3 composto por duas temperaturas (25 ºC e 30-20 ºC ambas com fotoperíodo de 8/16 horas), dois substratos (sobre areia e sobre papel filtro), e três lotes, utilizando-se quatro repetições de 25 sementes para cada combinação dos tratamentos. Os parâmetros analisado (mais) s foram porcentagens de germinação (de plântulas normais, de plântulas anormais), velocidade média e tempo médio de germinação. Enquanto a temperatura não interferiu na porcentagem de germinação (sementes que emitiram radícula), maior porcentagem de plântulas normais (65,8%) e menor porcentagem de plântulas anormais (16,5%) foram anotadas com a utilização de temperatura constante de 25 ºC e o substrato sobre papel filtro. Sementes de lote com maior teor inicial de água (10,3%) e massa de mil sementes (8,91 g) resultaram em menor velocidade média e maior tempo médio de germinação. A procedência das sementes de diferentes matrizes interferiu nos resultados indicando a necessária de novos estudos quanto à origem destas diferenças germinativas. Resumo em inglês It was quantified the influence of temperature and substrate on the germination of Cariniana estrellensis (Raddi) Kuntze seeds. The experiments used a completely randomized factorial experimental design involving a constant 25 ºC thermoperiod or alternating 30 ºC / 20 ºC thermoperiod (both with a 8 h light:16 h dark photoperiod), sand or filter paper substrates, and seeds from three mature trees. All experiments used four replicates of 25 seeds each. Evaluations includ (mais) ed percentage germination (radicle > 2 mm), percentages of normal and abnormal seedlings, mean germination, speed and mean germination time. While temperature did not alter the percentage germination a constant temperature of 25 ºC on filter paper resulted in a higher percentage germination of normal seedlings with radical protrusion (65.8%) and a smaller percentage of abnormal seedlings (16.5%). Moreover, seeds with the highest water content (10.3%) and mass of a thousand seeds (8.91 g) resulted in the lowest germination speed and the highest mean germination time. We concluded that the seed lot characteristics interfered with the results, indicating the need for further investigation into germinative differences from different provenances of the same tree species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Bases para a padronização do teste de germinação em três espécies de Solanum L./ Basis for standardization of the germination test in three Solanum L. species

Castellani, Estela Dalpim; Aguiar, Ivor Bergemann de; Paula, Rinaldo César de
2009-01-01

Resumo em português Foi objetivo deste trabalho obter informações básicas sobre a germinação de sementes de três espécies do gênero Solanum: S. granuloso-leprosum (gravitinga), S. lycocarpum (lobeira) e S.pseudoquina (quina-de-são paulo). Dependendo da espécie, foram testados diferentes lotes, bem como sementes de diferentes densidades e colorações. Os testes de germinação foram conduzidos a 25ºC e a 20-30ºC, com fotoperíodo de oito horas sob luz branca, sobre papel de filtr (mais) o. Foram avaliados a porcentagem final e o índice de velocidade de germinação das sementes e determinados os períodos de duração do teste, adotando diferentes critérios de germinação. Os resultados mostraram que as sementes de gravitinga de baixa densidade devem ser descartadas; as sementes de gravitinga de coloração amarela e as de quina-de-são paulo de coloração verde são de maior qualidade fisiológica; houve diferença na germinação das sementes de lobeira e de quina-de-são paulo extraídas de diferentes lotes. A alternância da temperatura e luz beneficiou a germinação das sementes das três espécies. O teste padrão de germinação, teve a duração de 60 dias para as sementes de gravitinga (primeira contagem com 37 dias), de 62 dias para as de quina-de-são paulo (primeira contagem com 33 dias) e de 88 dias para as de lobeira (primeira contagem com 39 dias). Quando o critério botânico para germinação foi adotado (emissão da raiz primária) houve redução no período de duração de germinação em 30 dias para as sementes de gravitinga e de quina-de-são paulo e de 58 dias para as sementes de lobeira. Resumo em inglês This study aimed to obtain basic information about the seed germination of three species of the Solanum genus (Solanaceae), recommended for restoration of degraded lands: S. granuloso-leprosum, S. lycocarpum and S. pseudoquina. Depending on the species, different seedlots were tested as well as seeds of different densities and colours. The germination tests were performed at constant (25ºC) and alternating temperatures (20-30ºC), under eight hours photoperiod and with f (mais) ilter paper as substrate. Both total germination percentage and germination speed index were evaluated and the duration of the tests was determined, considering different criteria for germination. The results showed that seeds of S. granuloso-leprosum with low density should be discarded; yellow seeds of S. granuolo-leprosum and green seeds of S. pseudoquina showed higher physiological quality; difference in seed germination between seedlots of S. lycocarpum and S. pseudoquina was observed. Alternating temperature was beneficial for seed germination of the three studied species. The standard germination test (normal seedlings), lasted for 60 days for S. granuloso-leprosum (first count at 37 days), 62 days for S. pseudoquina (first count at 33 days) and 88 days for S.lycocarpum (first count at 39 days). When the botanical criteria for seed germination (primary root emission) was used there was a decrease in the period of time for germination of 30 days for seeds of S. granuloso-leprosum and S.pseudoquina and in 58 days for seeds of S. lycocarpum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Efeito da temperatura e do tegumento na germinação de sementes de Calophyllum brasiliense/ Effect of temperature and coat in the germination of Calophyllum brasiliense seeds

Nery, Fernanda Carlota; Alvarenga, Amauri Alves de; Justo, Cristina Filomena; Dousseau, Sara; Vieira, Carlos Vinício
2007-12-01

Resumo em português A crescente demanda por informações de espécies com potencial para serem implantadas em ambientes degradados, torna fundamental o conhecimento fisiológico da germinação de sementes, visando sua exploração mais racional. Objetivou-se neste trabalho, estudar o comportamento da embebição das sementes, determinar a temperatura ótima da germinação e o efeito da retirada de tegumento sobre a germinação de sementes de Calophyllum brasiliense Cambess. O teste de ge (mais) rminação foi realizado em rolos de papel, com quatro repetições de 25 sementes, em delineamento inteiramente casualizado. Os resultados da curva de embebição demonstraram que o envoltório (endocarpo + tegumento) dificulta a absorção de água pela semente. Quanto à temperatura, observou-se uma maior germinabilidade nos regimes térmicos de 30ºC (constante) e 30/20ºC (alternada), sendo que, o maior índice de velocidade de germinação (IVG) também ocorreu a 30ºC. As sementes incubadas a 10ºC, 15ºC e 40ºC não germinaram. Menores valores de tempo médio de germinação foram observados nos regimes térmicos de 30ºC, 30/20ºC e 35ºC. Não foram verificadas diferenças significativas quanto à germinabilidade das sementes com e sem tegumento, porém, o tegumento reduziu a velocidade de germinação. Resumo em inglês Due to the increasing demand for informations about species with potential for being introduced in degraded environment, it is important the physiological knowledge of seeds germination, aiming their rational exploration. The objective of this research was to evaluate the behaviour of seed imbibition, to determine the germination optimum temperature and the effect of coat seeds withdrawing in the germination of Calophyllum brasiliense Cambess. The germination was performe (mais) d in paper rolls, with four replicates of 25 seeds each, disposed in a complete randomized design. The results of imbibition curve showed that seed-coat has as hindance for the water absorption by seed. In relation to temperature, it was observed a higher germination percentage at 30ºC (constant) and 30/20ºC (alternate). Higher speed germination index (IVG) was also observed at 30ºC. The seeds incubated at 10ºC, 15ºC and 40ºC did not germinate. The lowest values of germination mean time was at 30ºC, 30/20ºC and 35ºC. No significative differences were verified in relation to germinability with and without tegument, although the tegument reduced the germination rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Aspectos morfológicos de frutos, sementes, germinação e plântulas de Hymenolobium petraeum/ Morphological aspects of fruits, seeds, germination and seedlings of Hymenolobium petraeum

Oliveira, Luciene Zagalo de; Cesarino, Fabiano; Pantoja, Tammya de Figueiredo; Môro, Fabíola Vitti
2010-08-01

Resumo em português Hymenolobium petraeum Ducke é uma espécie arbórea pertencente à família Leguminosae conhecida popularmente por angelim-pedra. Apresenta alto valor comercial, com madeira muito utilizada na construção civil e marcenaria. Este trabalho teve por objetivo descrever morfologicamente o fruto, a semente e as plântulas, assim como, determinar as temperaturas cardeais para a germinação de sementes de angelim-pedra. Foram determinados o comprimento, a largura e a massa fr (mais) esca de frutos e sementes. Para os testes de germinação foram utilizadas três repetições de 50 sementes, colocadas em placas de Petri e mantidas em germinadores nas temperaturas de 15, 20, 25, 30, 35 e 40°C e fotoperíodo de 12 horas. Os frutos são legumes-samaróides, indeiscentes, oblongos e unicarpelares. As sementes são de coloração castanho-escura, oblongas, estenospérmicas, exalbuminosas e com plúmula inconspícua. A raiz primária é branca e pubescente na região próxima ao colo; a parte aérea das plântulas possui pilosidade branca, protófilos compostos imparipinados e com inserção oposta, epicótilo verde, ereto, cilíndrico e piloso e os metáfilos imparipinados e com inserção alterna-espiralada. A germinação é semi-hipógea criptocotiledonar. Para de sementes de angelim-pedra as temperaturas máximas de germinação estão acima de 35°C e a mínima abaixo de 15°C, enquanto a faixa de temperatura ótima para germinação está entre 25 e 35°C. Resumo em inglês Hymenolobium petraeum Ducke is a tree belonging to the family Leguminosae popularly known angelim-pedra. Possesses high commercial value, with wood widely used in construction and carpentry. The objective of the present work was to describe morphologically the fruit, the seed and the post-seminal development and to determine the cardinal temperatures for germination of angelim-pedra seeds. The length, width and dry mass of fruits and seeds were measured. For the germinati (mais) on tests, three repetitions of 50 seeds were placed in Petri dishes, in germination chambers at the temperatures of 15, 20, 25, 30, 35 and 40°C and 12 hours photoperiod. The fruits are samaroid-legumes, indehiscent, oblong, unicarpelate. The seeds are chestnut-dark, oblong, stenospermic, unalbuminous and with inconspicuous plumule. The primary root is white and pubescent near to the col; the shoot seedlings possess white pilosity and compound pinnate protophylum with opposite phyllotaxis, epicotyls green, erect, cylindrical and pilose, pinnate metaphylls with spiral pattern phyllotaxis. The germination is hypogeal cryptocotilar. The maximum germination temperature are above 35°C and the minimum below 15°C, while, the optimum temperature for germination of the seed is between 25 and 35°C.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Influência da temperatura e da luz na germinação da semente de calêndula/ Influence of temperature and light on the germination of marigold seed

Koefender, Jana; Menezes, Nilson L; Buriol, Galileo A; Trentin, Roberto; Castilhos, Graciela
2009-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da luz e da temperatura sobre a germinação das sementes e o comprimento e produção de massa seca das plântulas de calêndula (Calendula officinalis L.). As sementes foram colocadas para germinar a temperaturas constantes de 15; 20; 25; 30 e 35ºC, na presença e na ausência de luz. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado com quatro repetições. Constatou-se que a percentagem de germinação (mais) das sementes é maior à temperatura de 20ºC, e que temperaturas de 30 e 35ºC são prejudiciais à germinação, e afetam significativamente o comprimento das plântulas e a sua produção de massa seca. Resumo em inglês The effects of light and temperature were evaluated on seed germination and on the length and dry matter of marigold seedlings (Calendula officinalis L.). The seeds were placed to germinate at constant temperatures of 15; 20; 25; 30 and 35ºC, in the presence and absence of light. The experimental design used was of complete randomized plots with four replications. The percentage of seed germination was higher at 20ºC, and temperatures of 30 and 35ºC were harmful to germination and affected significantly the length of seedlings and their dry matter production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Efeito da luz e da quebra de dormência na germinação de sementes de espécies de plantas daninhas/ Effect of light and dormancy break on weed species seed germination

Salvador, F.L.; Victoria Filho, R.; Alves, A.S.R.; Simoni, F.; San Martin, H.A.M.
2007-01-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho verificar a quebra de dormência, utilizando ácido sulfúrico (H2SO4) e escarificação mecânica, e o efeito da luz na germinação das espécies Euphorbia heterophylla, Ipomoea nil, Sida glaziovii e Brachiaria plantaginea. Para avaliar a germinação, os tratamentos foram realizados no escuro e no claro. Não foram constatadas diferenças entre eles nas condições avaliadas, indicando que as espécies em estudo germinam em ambiente com d (mais) iferentes luminosidades. Quanto a quebra de dormência, observou-se que o tratamento submetido à quebra de dormência aumentou a porcentagem de germinação em algumas espécies. Desse modo, concluiu-se que a quebra de dormência viabiliza condições para germinação de algumas espécies de plantas daninhas e, sob qualquer condição de luminosidade, há germinação das sementes das espécies estudadas. Resumo em inglês This research evaluated dormancy break using sulfuric acid (H2SO4), mechanical scarification and the effect of light on the seed germination rate of Euphorbia heterophylla, Ipomoea nil, Sida glaziovii and Brachiaria plantaginea. To evaluate the germination rate, treatments were performed in the dark and light; no differences were observed between both treatments under these conditions, indicating that these species germinate under different light conditions. Dormancy brea (mais) k increases the percentage of germination rate in some species. Thus, dormancy break makes the germination of some species viable. The germination can occur both under light or dark conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Temperatura e substrato para o teste de germinação de sementes de pinhão-manso/ Temperature and substrate for the germination test of physic nut seeds

Martins, Cibele Chalita; Machado, Carla Gomes; Cavasini, Raquel
2008-06-01

Resumo em português Não existem critérios para a execução de testes de germinação para sementes de pinhão manso publicados nas normas oficiais para análise de sementes. Assim, objetivou-se com esta pesquisa determinar o substrato, temperatura e tempo de contagem para o teste de germinação de sementes de pinhão-manso. Para o teste de germinação utilizaram-se quatro repetições de 20 sementes, contabilizando-se diariamente as plântulas normais até que a germinação cessasse. I (mais) nicialmente, foram avaliados os substratos em semeaduras entre vermiculita, em rolo de papel, entre areia e entre solo na temperatura alternada 20-30ºC. Os substratos mais favoráveis à germinação foram avaliados numa etapa seguinte, nas temperaturas constantes de 25, 30 e 35°C e alternadas de 15-35°C; 20-35°C e 20-30°C. Concluiu-se que o teste de germinação de sementes de pinhão-manso deve ser realizado na temperatura alternada 20-30ºC, em substrato areia ou papel e com contagem final aos 10 dias da semeadura. Resumo em inglês Official rules for seed analysis don't establish criteria to execute germination tests for all species. This way, the aim of this research was to determinate the substrate, temperature and counting time for the germination test of physic nut seeds. For the germination test, four replications of 20 seeds were used, evaluating daily the normal seedlings until the end of germination. Initially, the substrates with sowing in vermiculite, were evaluated in rolled paper towels, (mais) in sand and in soil using alternating temperature of 20-30ºC. The most favorable substrates for germination were evaluated with another stage, using constant temperatures of 25, 30 and 35ºC and alternating ones, of 15-35ºC, 20-35ºC and 20-30ºC. One concluded that the germination test of physic nut seeds must be performed with the alternating temperature of 20-30ºC in sand or paper towel and with final counting 10 days after sowing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Fotoperíodo, temperatura e reguladores vegetais na germinação de sementes de Passiflora cincinnata Mast./ Photoperiod, temperature and plant growth regulators on germination of Passiflora cincinnata seeds

Zucareli, Valdir; Ferreira, Gisela; Amaro, Amanda Cristina Esteves; Araújo, Francisco Pinheiro De
2009-01-01

Resumo em português A espécie Passiflora cincinnata Mast., pertencente à família Passifloraceae, é silvestre e popularmente conhecida como maracujá-do-mato, sendo considerada importante na produção de porta-enxertos, uma vez que é tolerante à seca, a doenças causadas por bactérias e a nematóides, além de poder ser utilizada em programas de melhoramento genético. O trabalho teve como objetivos estudar o efeito da luz e da temperatura e a interação entre temperatura e regulador (mais) es vegetais na germinação de sementes de Passiflora cincinnata Mast. Foi constituído de três experimentos: no primeiro, estudou-se o efeito da luz e da temperatura na germinação de sementes; no segundo, o efeito de diferentes concentrações dos reguladores vegetais GA4+7 + N-(fenilmetil)-aminopurina na germinação das sementes e, no terceiro, a interação entre temperatura e reguladores vegetais na germinação das sementes. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado para todos os experimentos e os dados foram submetidos à análise de variância e comparação das médias pelo teste Tukey, a 5% de probabilidade. É possível observar que a luz exerce efeito inibitório sobre a germinação das sementes, e que os reguladores vegetais, GA4+7 + N-(fenilmetil)-aminopurina, são eficientes na superação da dormência, além de ampliarem os limites de temperatura da germinação. A temperatura alternada 20-30ºC mostra-se a mais adequada para a germinação de sementes dessa espécie. Resumo em inglês The species Passiflora cincinnata Mast., which belongs to the Passifloraceae family, is wild and commonly known as Crato Passion Fruit and it is also considered potentially important for rootstock production due to its tolerance to drought, bacterial diseases and nematodes. It can also be used in genetic breeding programs. This objective of this research was to study the effect of light and temperature and the interaction between temperature and plant growth regulators, o (mais) n Passiflora cincinnata Mast. seed germination. Three experiments were developed: the first verified the effect of light and temperature on seed germination; the second, the effect of different concentrations of GA4+7 + N-(phenylmethyl)-1H-purine-6-amine plant growth regulators on seed germination; and the third, the interaction between temperature and plant growth regulators on seed germination. A randomized complete design was used in all the experiments and data were subjected to analysis of variance followed by mean comparison by the Tukey test, at 0.05 significance. Light had an inhibitory effect on seed germination, and GA4+7 + N-(phenylmethyl)-1H-purine-6-amine were efficient in breaking dormancy and increasing temperature limits. Alternating temperatures, 20-30ºC, were the most appropriate for seed germination in this species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Alelopatia intra-específica de extratos aquosos de folhas e raízes de alfafa na germinação e no crescimento inicial de plântulas de dois materiais de alfafa: crioulo e melhorado/ Intra-specific allelopathy of leaves and roots aqueous extracts on germination and early seedling growth of two alfalfa materials: crioulo and improved

Pereira, Betânia Fraga; Sbrissia, André Fischer; Serrat, Beatriz Monte
2008-04-01

Resumo em português A alfafa é uma das culturas conhecidas que apresentam um tipo específico de alelopatia denominado autotoxicidade. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da concentração de extratos aquosos de partes (folhas e raízes) da planta de alfafa (material Crioulo) na germinação e no crescimento inicial de plântulas de dois materiais de alfafa (Crioulo e P5454). Placas de Petri contendo 50 sementes de cada variedade foram umedecidas com 10ml dos extra (mais) tos em duas concentrações: 50% e 100% (extrato puro). Água deionizada foi usada como controle. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco repetições para cada variedade. Após seis dias da germinação, procedeu-se à contagem do número de sementes germinadas, bem como à medição do comprimento do hipocótilo e da radícula de cada plântula. Os extratos aquosos das folhas inibiram a germinação e o comprimento da radícula e do hipocótilo das duas variedades. No entanto, para o material Crioulo, a inibição na germinação e no desenvolvimento inicial só ocorreu com o uso do extrato puro das folhas, enquanto que na P5454 o extrato diluído a 50% já reduziu tanto a germinação quanto o comprimento das plântulas. Os extratos aquosos das raízes não causaram inibição na germinação nem no comprimento das plântulas. Os resultados sugerem variações intra-específicas na tolerância aos compostos aleloquímicos e uma produção preferencial dos mesmos na parte aérea da planta de alfafa, material Crioulo. Resumo em inglês Alfalfa is one of the known crops that present a specific type of allelopathy called autotoxicity. Hence, this research was aimed at evaluating the concentration effects of aqueous extracts of plant parts (leaves and roots) of alfalfa (var. Crioula) on germination and early development of seedlings of two alfalfa (Crioula and P5454) varieties. Fifty seed of each variety were placed in Petri dishes with moistened filter paper. Aliquots (ten ml) from each part extracts at t (mais) wo concentrations, 50 or 100% (pure extract), were added to petri dishes, and distilled water was used as a control. Treatments placed in Petri dishes were randomly arranged in a completely randomized design with five replicates. Measurements included: germination, and radicle and hypocotyl lengths taken six days after germination. The aqueous extracts of leaves inhibited germination and radicle and hypocotyl length of the two alfalfa varieties. However, on the var. Crioula germination and early development was inhibited only when it was used pure extracts of leaves, while in var. P5454 leaves extracts diluted to 50% already had some reduction on germination and seedlings length. The aqueous extracts of the alfalfa roots did not cause inhibition on germination and seedlings lengths. The results suggest intra-specific variations on tolerance to the allelochemicals and a preferential production of them in the aerial part of the alfalfa plant, var. Crioula.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Interferência alelopática de Raphanus raphanistrum L. sobre a germinação de Lactuca sativa L. e Solanum lycopersicon L./ Allelopathic interference of Raphanus raphanistrum L. on the germination of Lactuca sativa L. and Solanum lycopersicon L.

Wandscheer, Alana Cristina Dorneles; Pastorini, Lindamir Hernandez
2008-08-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo verificar os possíveis efeitos alelopáticos de Raphanus raphanistrum L. sobre a germinação de sementes de alface e tomate. Para isso, prepararam-se extratos aquosos de folhas e raízes de nabiça, após serem trituradas em liquidificador industrial e o extrato bruto diluído em água destilada até as concentrações de 5 e 10% (m/v). Os testes de germinação foram realizados colocando-se 25 sementes de alface e tomate em placas (mais) de Petri, umedecidas com os extratos obtidos, com quatro repetições em cada tratamento. O tratamento controle foi regado somente com água destilada. As sementes foram mantidas em câmara de germinação a 25°C por cinco dias. Após este período, observou-se que todas as concentrações de extrato de nabiça reduziram a porcentagem, a velocidade, o índice de velocidade de germinação e o comprimento radicular de sementes de alface, sendo maior o efeito nos tratamentos com folhas. Em sementes de tomate, somente o extrato de folha 10% reduziu a porcentagem de germinação e o comprimento radicular e do epicótilo. No entanto, extratos de folhas e raiz 10% causaram atraso no processo germinativo e no número de plântulas germinadas por dia, sendo o extrato de folha 10% mais ativo. Resumo em inglês This article aims at verifying the possible allelopathic effects of Raphanus raphanistrum L. on the germination of lettuce and tomato seeds. For that, we prepare aqueous extracts of nabiça leaves and roots. After the leaves and roots were triturated in industrial blender, we diluted the raw extract in distilled water, until the concentrations of five and ten percent (m/v). The germination tests were accomplished by putting twenty-five lettuce and tomato seeds in Petri pl (mais) ates, which were humidified with the obtained extracts, accomplishing four repetitions in each treatment. The control treatment was only watered with distilled water. The seeds were kept in germination camera at twenty-five degrees Celsius for five days. After that period, we observed that all the concentrations of nabiça extract reduced the percentage, speed, index of germination speed and radicular length of lettuce seeds, being larger the effect in the treatments with leaves. In tomato seeds, only the ten-percent extract of leaves reduced the germination percentage, radicular and epicotyl length. However, ten-percent extracts of leaves and roots caused delay in the germination process and number of plantules germinated a day, being the ten-percent extract of leaves more active.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Influência do estresse hídrico simulado com manitol na germinação de sementes e crescimento de plântulas de canola/ Influence of manitol-induced water stress on canola seed germination and seedling growth

Ávila, Marizangela Rizzatti; Braccini, Alessandro de Lucca e; Scapim, Carlos Alberto; Fagliari, Júlio Roberto; Santos, Joselito Lins dos
2007-04-01

Resumo em português O presente trabalho teve por objetivo avaliar a germinação de sementes e o crescimento de plântulas de canola do híbrido Hyola 401 sob condições de estresse hídrico induzidas por soluções de manitol. Para tanto, os testes de germinação (primeira contagem e contagem final); classificação do vigor das plântulas; velocidade de germinação, comprimento da raiz primária e do hipocótilo, biomassa seca das plântulas e taxa de crescimento relativo foram conduzid (mais) os em substrato embebido com soluções de manitol + 0,2% de fungicida Vitavax-Thiram, utilizando os potenciais osmóticos de 0 (controle), -0,25; -0,5; -1,0 e -1,5MPa. Observou-se que potenciais osmóticos mais negativos promoveram redução acentuada na germinação das sementes e no crescimento das plântulas. As características primeira contagem e contagem final de germinação, biomassa seca das plântulas e taxa de crescimento relativo foram afetadas na mesma proporção com o aumento da concentração das soluções osmóticas. O potencial osmótico de -1,0MPa foi considerado crítico para a germinação das sementes. Resumo em inglês The present research was carried out to evaluate the germination of Hyola 401 Hybrid canola seeds and seedling growth under manitol-induced water stress. Germination (first and final count); seedling vigor classification; speed of germination; primary root and hypocotyl length; seedling dry weight and average growth rate tests were performed in manitol solutions plus 0.2% of Vitavax-Thiram fungicide at the osmotic potentials of 0 (control); -0.25; -0.5; -1.0; and -1.5MPa. (mais) Results showed that lower (more negative) osmotic potentials reduced significantly seed germination and seedling growth. First and final counts of germination, seedling dry biomass and seedling relative growth rate were affected in the same proportion as the concentration of osmotic solutions increased. The -1.0MPa osmotic potential level was considered critical to seed germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Efeito da freqüência de rega e da umidade do solo sobre a germinação carpogênica de sclerotinia sclerotiorum/ Effect of watering frequency and soil moisture status on carpogenic germination of Sclerotina sclerotiorum

Napoleão, Reginaldo; Café Filho, Adalberto Correa; Lopes, Carlos Alberto; Nasser, Luiz Carlos Bhering; Marouelli, Waldir Aparecido
2007-03-01

Resumo em português Os efeitos da freqüência de rega e da umidade do solo na germinação carpogênica de Sclerotinia sclerotiorum foram estudados em condições ambientais controladas. Solo e escleródios foram acondicionados em caixas tipo gerbox e umedecidos uma, duas, três e cinco vezes por semana até os níveis de 75 e 100% da saturação. O solo regado uma vez por semana até 75% da saturação não permitiu a germinação dos escleródios, enquanto o solo molhado até 100% da satu (mais) ração permitiu a germinação de até 70% dos escleródios, assim como um grande número de apotécios. Regas mais freqüentes, nos dois níveis de umidade do solo, aumentaram a germinação de escleródios e a produção de apotécios. Tão importante quanto a umidade do solo foi o intervalo entre regas, pois regas mais freqüentes, mesmo com volumes menores de água, favoreceram a maior germinação carpogênica do patógeno. Resumo em inglês The effects of watering frequency and soil moisture status on the carpogenic germination of Sclerotinia sclerotiorum were studied under controlled environmental conditions. Soil and sclerotia were placed in gerbox and periodically watered up to 75 and 100% of saturation, one, two, three and five times a week. There was no sclerotium germination when the soil was watered up to 75% of saturation once a week. On the other hand, soils saturated frequently allowed higher perce (mais) ntage of sclerotia germination, until 70%, as well as higher numbers of apothecia. Independently of the soil water content, germination of sclerotia and production of apothecia increased with watering frequency. Important factors on the carpogenic germination of S. sclerotiorum were the soil moisture and the watering frequency. Frequent watering, even with low water volumes applied, also increased the carpogenic germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Substratos alternativos e tratamentos pré-germinativos na germinação in vitro de sementes de Pinus taeda L./ Alternative substrates and pre-germinative treatments in the in vitro germination of Pinus taeda L. seeds

Golle, Diego Pascoal; Reiniger, Lia Rejane Silveira; Curti, Aline Ritter; Hanauer, Joana Graciela; Waldow, Daniel Arthur Gaklik
2010-02-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram desenvolver protocolos para a obtenção de plântulas in vitro de P. taeda, avaliar o uso de substratos alternativos e analisar o efeito de tratamentos pré-germinativos na otimização da germinação. Foram testados tratamentos de desinfestação à base de etanol e hipoclorito de sódio (NaOCl), a influência do fotoperíodo, de tratamentos pré-germinativos e a possibilidade de uso de substratos alternativos (amido de milho, papel-fi (mais) ltro, algodão hidrófilo, vermicultita, ágar-água e adição de carvão ativado ao meio nutritivo) na germinação. Foram avaliadas a germinação in vitro e a contaminação fúngica e bacteriana. O melhor tratamento para a desinfestação das sementes foi etanol 70% por 30 s, seguido de imersão em hipoclorito de sódio a 3% por 5 min, no entanto apresentou efeito tóxico. Os substratos alternativos conferem condições físicas adequadas à cultura de tecidos, mas não favorecem a germinação. Contudo, o uso de algodão hidrófilo associado à embebição das sementes por 72 h, na ausência de desinfestação, otimiza a germinação e possibilita a obtenção de plântulas in vitro com baixa contaminação. Resumo em inglês The aims of this paper were to develop protocols to obtain in vitro seedlings of P. taeda, evaluate the use of alternative substrates as well as analyze the effect of pre-germinative treatments for optimizing germination. Disinfestation treatments using sodium hypochlorite, influence of photoperiod and pre-germinative treatments, and the possibility of using alternative substrates (maize starch, filter paper, hydrophile cotton, vermiculite, agar-water and addition of acti (mais) vated charcoal into the nutritive medium) were tested for germination. In vitro germination, fungal and bacterial contamination were evaluated. The best seed disinfestation treatment was ethanol at 70 % for 30 seconds + sodium hypochlorite at 3 % for 5 minutes. However, it caused a toxic effect. Alternative substrates provide adequate physical conditions to tissue culture, but do not favor germination. Nevertheless, the use of hydrophile cotton associated with seed soaking for 72 hours, without disinfestation, enhances germination and provides in vitro seedlings with low contamination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Efeito alelopático de frutos de umbu (Phytolacca dioica L.) sobre a germinação e crescimento inicial de alface e picão-preto/ Allelopathic effects of fruits of Phytolacca dioica L. on the germination and early growth of lettuce and beggartick

Borella, Junior; Pastorini, Lindamir Hernandez
2010-10-01

Resumo em português As plantas produzem substâncias por meio do metabolismo secundário. Quando liberadas no meio ambiente são capazes de interferir na germinação e no desenvolvimento de outras plantas. Objetivou-se, nesta pesquisa investigar os efeitos alelopáticos de umbu (Phytolacca dioica L.) sobre a germinação e o crescimento inicial de alface e picão-preto, em laboratório, utilizando-se extratos aquosos de frutos de umbu nas concentrações 0, 1, 2, 4 e 8%; foi realizada anál (mais) ise fitoquímica dos frutos e testes de pH e potencial osmótico dos extratos de frutos. Analisaram-se, para a germinação os parâmetros: porcentagem de germinação (PG), velocidade de germinação (VG) e índice de velocidade de germinação (IVG); para o crescimento inicial analisaram-se os parâmetros: comprimento (radicular e da parte aérea) e biomassa (fresca e seca) das plântulas de alface e picão-preto. Os dados foram submetidos ao teste de Tukey, a 1% de probabilidade. Os parâmetros PG, VG e IVG foram alterados significativamente, proporcionais ao aumento da concentração dos extratos de frutos do umbu. O comprimento (radicular e da parte aérea) e a biomassa (fresca e seca) das plântulas de alface e picão-preto foram reduzidos significativamente com o aumento da concentração dos extratos aquosos de frutos de umbu. O pH e potencial osmótico dos extratos mantiveram-se dentro de padrões adequados e a análise fitoquímica revelou a presença de flavonoides. Pelos resultados os frutos de umbu apresentaram-se com efeito alelopático sobre a alface e o picão-preto. Resumo em inglês Plants produce substances through secondary metabolism. When these chemicals are released into the environment they can interfere in the germination and development of other plants. The objective of this research was to investigate the effects of allelopathic Phytolacca dioica L. on the germination and early growth of lettuce and beggartick, under laboratory conditions, using aqueous extracts of fruits of Phytolacca dioica at concentrations of 0, 1, 2, 4 and 8%. Phytochem (mais) ical analysis of the fruit was performed; and pH and osmotic potential of extracts of fruit were tested. We analyzed the following germination parameters: percentage of germination (PG), speed of germination (VG) and speed of germination index (IVG), for the initial growth parameters examined are: length (root and shoot) and biomass (fresh and dry) of seedlings of lettuce and beggartick. The data were submitted to Tukey's test at 1% of probability. Parameters PG, VG and IVG were significantly affected, with increase in concentration of the extracts of fruits of Phytolacca dioica. The length (root and shoot) and biomass (fresh and dry) of seedlings of lettuce and beggartick were reduced significantly with increasing concentration of the aqueous extracts of fruits of Phytolacca dioica. The pH and osmotic potential of the extracts were maintained within appropriate standards and phytochemical analysis revealed the presence of flavonoids. The results showed that the fruits of Phytolacca dioica presented allelopathic effect on the lettuce and beggartick.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Características morfométricas de frutos e sementes e germinação de Thespesia populnea/ Morphometric characteristics of fruits and seeds and germination of Thespesia populnea

Camara, Celene de Albuquerque; Araujo Neto, João Correia de; Ferreira, Vilma Marques; Resende, Leila de Paula; Costa, Silvia Sanielle da
2009-01-01

Resumo em português Thespesia populnea (L.) Soland. ex Correa é espécie arbórea pertencente à família Malvaceae, característica dos estágios iniciais da sucessão, com potencial para uso em reflorestamento visando à recuperação de áreas degradadas, particularmente em regiões costeiras. O presente trabalho foi desenvolvido durante no período de 2005 e 2006, com objetivo de estudar a biometria e morfologia de frutos e sementes dessa espécie, bem como avaliar diferentes tratamento (mais) s para acelerar e/ou uniformizar a germinação das sementes, nas temperaturas de 25 e 30 ºC. O fruto é esquizocarpico, indeiscente, contendo, em média, 8 sementes angulares, dotadas de estrias e pelos em toda a superfície, com 6,3 mm de comprimento por 4,3 mm de largura, em média. O embrião é do tipo axial plicado, com eixo hipocótilo-radícula cilíndrico. A imersão das sementes em ácido sulfúrico concentrado por 30 minutos foi eficiente na superação da dormência dessa espécie, promovendo aumento na porcentagem e velocidade de germinação a 30 ºC. Resumo em inglês Thespesia populnea (L.) Soland. ex Correa is a tree species of the Malvaceae family typical of the initial period of plant succession, with high potential for reforestation and recovery of degraded areas, particularly in coastal regions. This work evaluated the biometry and morphology of fruits and seeds of this species, as well as treatments to speed up and/or to synchronize seed germination at temperatures of 25 and 30 ºC. The results showed that the fruit is schizocar (mais) pic with eight angular seeds with 6,3 mm length and 4,3 mm width. The embryo is axial folded, with a cylindrical hypocotyl-radicle axis. The immersion of seeds in a concentrated solution of sulfuric acid for 30 minutes was efficient to overcome the dormancy of this species as well as to improve and to speed up the germination percentage. The temperature of 30 ºC conferred maximum germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Tempo de estratificação e temperatura na porcentagem e velocidade de germinação do marmeleiro 'Japonês'/ Stratification time and temperature on the percentage and speed of germination of 'Japonês' quince tree

Pio, Rafael; Abucarma, Vânia Márcia; Höring, Carla Franciele; Chagas, Edvan Alves; Barbosa, Wilson
2008-01-01

Resumo em português Os marmeleiros sempre foram propagados comercialmente através de enraizamento de estacas. Devido à falta de vigor das mudas, principalmente nos primeiros anos após o plantio, uma série de trabalhos foi desenvolvida no Brasil a fim de viabilizar a utilização do marmeleiro 'Japonês' como porta-enxerto para marmelos. No entanto, ainda algumas metodologias, na fase de produção desses porta-enxertos, necessitam de investigação para preconizar o sistema de produção (mais) de mudas. Assim, realizou-se esse trabalho com o intuito de determinar o tempo ideal de estratificação e o efeito da temperatura na porcentagem e velocidade de germinação do marmeleiro 'Japonês'. Sementes foram colocadas em placas de Petri, entre camadas de algodão umedecido e submetidas a diferentes tempos de estratificação (0, 15 e 30 dias), em câmara tipo B.O.D., a 4º C de temperatura e, posteriormente, semeadas em bandejas plásticas contendo areia autoclavada como substrato (120 º C por 20 minutos), em câmara tipo B.O.D., sob diferentes temperaturas (15, 20, 25 e 30 ºC). As contagens das plântulas normais foram realizadas diariamente, por 30 dias e no fim calculou-se o índice de velocidade de germinação (IVG) e a porcentagem de germinação. Concluiu-se que as sementes do marmeleiro 'Japonês' devem ser estratificadas por 30 dias a frio e semeadas quando as temperaturas externas estiverem entre 15 e 20 ºC para se obter máxima germinação das sementes. Resumo em inglês The quince tree has always been commercially propagated by cuttings. Due to low vigor of the young plants, mainly in the first years in the orchard, a series of works was developed in Brazil in order to make possible the use of the 'Japonês' quince as a rootstock. The results were satisfactory but due to lack of other informations on the propagation process, the present work aimed to of verify the ideal stratification time and germination temperature on the percentage an (mais) d speed of germination of 'Japonês' quince tree. Seeds were placed in Petri dishes, between moistened cotton layers in a B.O.D. type chamber at 4 ºC followed by planting in sand substrate inside plastic trays, using the same B.O.D. type chamber maintained at different temperatures (15, 20, 25 and 30 ºC). Counting of normal seedlings were made daily until 30 days, and at the end the speed of germination index and germination percentage were calculated. Seeds of 'Japonês' quince tree should be stratified for 30 days in cold temperature and sowed when the ambient temperatures are between 15 and 20 ºC, to obtain maximum germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Validação do aplicativo computacional SEEDSOLVE para previsão das perdas de germinação e vigor de sementes armazenadas/ Validation of the software SEEDSOLVE for predicting losses of germination and vigor of stored seeds

Sinício, Roberto; Bhering, Maria Carmem; Vidigal, Deborah de Souza; Dias, Denise Cunha F. Santos
2009-01-01

Resumo em português Objetivou-se validar o aplicativo computacional SEEDSOLVE para previsão das perdas de germinação e vigor de sementes ortodoxas armazenadas. A validação foi realizada comparando-se valores calculados com valores experimentais das perdas de germinação e vigor de sementes de três cultivares de milho e de soja armazenadas em laboratório, durante um período de 210 dias. Sementes de milho e soja, com três níveis de grau de umidade (11, 13 e 15% para o milho e 9, 11 (mais) e 13% para a soja), foram acondicionadas em embalagens de plástico polietileno e armazenadas em câmaras BOD sob três temperaturas (15, 25 e 35ºC). Os resultados das comparações dos dados calculados e experimentais de germinação e vigor durante o armazenamento de sementes dos três lotes de cada espécie, sob diferentes condições de armazenagem, permitiram concluir que o SEEDSOLVE prediz com razoável precisão as perdas de germinação e vigor de sementes de milho e de soja armazenadas. Resumo em inglês The objective of this study was validate the software SEEDSOLVE for predicting the germination and vigor losses in stored orthodox seeds. The validation was accomplished by comparing the calculated and experimental values of the germination and vigor losses in three seed lot sof corn and soybean stored in the laboratory, during a period of 210 days. The corn and soybean seeds, with three levels of moisture content (11, 13, and 15% for corn and 9, 11, and 13% for soybean), (mais) were packed in polyethylene bags and stored in incubators at three temperatures (15, 25, and 35ºC). The results of the comparisons of the calculated and experimental data of germination and vigor that occurred during the storage of the three seed lots, under different storage conditions, allowed the conclusion that the SEEDSOLVE predicted the germination and vigor losses in stored corn and soybean seeds with reasonable precision.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Tratamento com hipoclorito de sódio para remoção do pergaminho e aceleração da germinação de sementes de café conilon/ Sodium hypochlorite treatment to remove the parchment and accelerate germination of conilon coffee seeds

Rubim, Raquel Fialho; Vieira, Henrique Duarte; Araújo, Eduardo Fontes; Viana, Alexandre Pio; Coelho, Fábio Cunha
2010-01-01

Resumo em português Este trabalho foi desenvolvido com objetivo de avaliar o efeito do hipoclorito de sódio na remoção do pergaminho e na aceleração da germinação de sementes de café conilon. As sementes, cultivar Vitória, foram obtidas de frutos colhidos no estádio cereja e despolpados manualmente. As sementes foram secadas em estufa de ventilação forçada até atingirem os graus de umidade de 35, 30 e 25% em base úmida. Em seguida, as sementes com pergaminho foram submetidas � (mais) � solução de hipoclorito de sódio nas concentrações de 4, 5, 6 e 7% de cloro ativo por períodos de 3 e 6 horas. Para cada grau de umidade foram acrescentados três tratamentos adicionais, constituídos por sementes intactas com pergaminho e sementes cujo pergaminho foi removido mecânica e manualmente. As sementes foram avaliadas pelas seguintes determinações: grau de umidade, germinação, primeira contagem do teste de germinação e índice de velocidade de germinação. O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 3 (graus de umidade inicial) x 4 (concentrações de hipoclorito de sódio) x 2 (tempos de imersão) + 9 (tratamentos adicionais), com quatro repetições. O hipoclorito de sódio na concentração de 6% por 3 horas proporciona germinação e índice de velocidade de germinação estatisticamente igual ao método de remoção manual do pergaminho, o qual é usado em laboratório. A remoção mecânica do pergaminho danifica as sementes de café, prejudicando a germinação. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effect of sodium hypochlorite on the removal of the parchment and the acceleration of conilon coffee seed germination. Seeds of the Vitoria cultivar were obtained from fruits harvested at the cherry stage and pulped by hand. They were dried in a forced ventilation oven until 35, 30 and 25% moisture content on a wet basis. Sodium hypochlorite solution in concentrations of 4, 5, 6 and 7% active chlorine was applied to those se (mais) eds with parchment for periods of 3 and 6 hours. For each moisture content, there were three additional treatments consisting of seeds with parchment and seeds whose parchments had been removed mechanically and manually. The seeds were evaluated for: moisture content, germination, first count of the germination test and speed of the germination index. The experiment was a completely randomized design in a factorial 3 (degrees of water content) x 4 (concentrations of sodium hypochlorite) x 2 (time of immersion) + 9 (additional treatments) with four replications. Sodium hypochlorite at a concentration of 6% for 3 hours caused germination and a speed of germination index similar to the method of manual removal of the parchment, which is used in the laboratory. The mechanical removal of the parchment damaged coffee seeds, reducing their germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Condicionamento osmótico de sementes de berinjela visando a germinação sob temperaturas baixas/ Eggplant seed priming to improve germination at low temperature

Nascimento, Warley M.; Lima, Liana B.
2008-01-01

Resumo em português Baixas temperaturas por ocasião da semeadura podem atrasar ou inibir a germinação das sementes de berinjela. O condicionamento fisiológico de sementes tem sido utilizado com o objetivo de acelerar a germinação e uniformizar a emergência das plântulas em campo, especialmente em condições adversas. Sementes de berinjela 'Ciça' foram condicionadas em soluções aeradas de KNO3 (0,35 M) ou de polietileno glicol -PEG (30%) durante 24 a 96 horas a 15 e 20°C. As seme (mais) ntes foram colocadas para germinar a 15 e 25°C. Baixas temperaturas diminuíram a velocidade e a percentagem de germinação das sementes. Sementes condicionadas apresentaram germinação superior à das não condicionadas, principalmente em condições de baixas temperaturas. Sementes condicionadas em soluções de KNO3 tiveram melhor desempenho do que as condicionadas com PEG. Não houve efeito da temperatura sobre a resposta das sementes ao condicionamento osmótico, mas períodos de 48 horas em solução de KNO3 favoreceram a germinação das sementes a baixa temperatura. O condicionamento osmótico pode beneficiar a germinação de sementes de berinjela expostas a temperaturas relativamente baixas. Resumo em inglês Eggplant seed germination can be erratic or completely inhibited by relatively low temperatures. Seed priming has been used to increase germination rate and seedling uniformity, mainly under unfavorable environmental conditions. Eggplant seeds, cv. Ciça, were primed for periods of 24 to 96 hours at either 15 or 20°C in aerated solution of KNO3 (0.3M) or polyethylene glycol (PEG) (30%). Seeds were incubated in a germination chamber at 15 and 25°C. Primary root protrusio (mais) n was scored daily. Low temperatures affected germination percentage and germination rate. Primed seeds showed higher germination compared to unprimed seeds, especially at low temperatures. Seeds primed in KNO3 solution showed better performance than seeds primed in PEG solution. Priming temperature did not affect germination percentage and periods of 48 hours in KNO3 solution improved germination at low temperatures. Priming may be used to improve seed germination performance of eggplant seed especially under low temperatures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Alelopatia do extrato aquoso e do óleo essencial de folhas do manjericão "Maria Bonita" na germinação de alface, tomate e melissa/ Allelopathy of aqueous extract and essential oil of leaves from basil "Maria Bonita" on lettuce, tomato and melissa germination

Rosado, L.D.S.; Rodrigues, H.C.A.; Pinto, J.E.B.P.; Custódio, T.N.; Pinto, L.B.B.; Bertolucci, S.K.V.
2009-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito alelopático do extrato aquoso e do óleo essencial de folhas frescas de Ocimum basilicum L. 'Maria Bonita' no índice de velocidade de germinação, comprimento de raízes e porcentagem de germinação da alface (Lactuca sativa L.), de tomate (Lycopersicum esculentum Mill.), e de melissa (Melissa officinalis L.). Os extratos foram obtidos pela trituração das folhas frescas e o óleo essencial extraído por hidrodestilaçã (mais) o das folhas durante 90 min. Foram utilizadas duas formas de aplicação, extrato aquoso e óleo essencial, cinco concentrações (0,0; 0,001; 0,01; 0,1 e 1,0% v/v), em delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições, com 25 sementes de cada espécie por placa, totalizando 25 parcelas para cada espécie. Através dos resultados obtidos pode-se concluir que os extratos aquosos de manjericão apresentaram efeito significativo apenas para o índice de velocidade de germinação das sementes de tomate e para comprimento de raízes da alface e da melissa. O óleo essencial do manjericão apresentou potencialidades alelopáticas inibitórias em sementes de alface, de tomate e de melissa afetando o índice de velocidade de germinação, o comprimento das raízes e a porcentagem de germinação. Resumo em inglês The aim of this work was to study the allelopathic effect of aqueous extract and essential oil of fresh leaves from Ocimum basilicum L. 'Maria Bonita' on germination velocity index, root length and germination percentage of lettuce (Lactuca sativa L.), tomato (Lycopersicum esculentum Mill.), and melissa (Melissa officinalis L.). The extracts were obtained by grounding fresh leaves and the essential oil was extracted through hydrodistillation of the leaves during 90 min. T (mais) wo application forms were used, aqueous extract and essential oil, five concentrations (0.0; 0.001; 0.01; 0.1 and 1.0% v/v), in completely randomized design, with five replicates including 25 seeds of each species per plot, totaling 25 plots for each species. The obtained results indicated that the aqueous extracts of basil presented a significant effect only for the germination velocity index of tomato seeds, as well as for lettuce and melissa root length. Basil essential oil presented allelopathic inhibitory potential in lettuce, tomato and melissa seeds, affecting germination velocity index, germination percentage and seedling root length.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Prospecção fitoquímica do arilo de sementes de maracujá amarelo e influência em germinação de sementes/ Phytochemical screening of the arils of yellow passion fruits seeds and influence on the seed germination

Martins, Cristiane Miranda; Vasconcellos, Marco Antonio da Silva; Rossetto, Claudia Antonia Vieira; Carvalho, Mario Geraldo de
2010-09-01

Resumo em português O maracujazeiro amarelo é propagado por sementes que apresentam problemas na sua germinação devido à presença do arilo que pode conter substâncias inibidoras. O trabalho foi realizado com o objetivo de identificar as classes de metabolitos especiais contidas no arilo das sementes de maracujá amarelo. Para isso, após a extração do arilo das sementes de maracujá amarelo, foram obtidos os extratos de diclorometano e metanol. As classes foram identificadas por meio (mais) de prospecção fitoquímica aliada à análise de espectros de infravermelho e ressonância magnética nuclear de hidrogênio (RMN 1H) de frações dos extratos obtidas com fracionamento em coluna de gel de sílica. Para avaliação da sensibilidade das sementes a essas substâncias, foram instalados testes de germinação com sementes de alface. No extrato de arilo obtido com diclorometano, identificaram-se esteróides e triterpenóides, verificou-se inibição da germinação das sementes. No extrato metanólico, identificaram-se açúcares redutores e verificou-se redução da germinação das sementes. Resumo em inglês The passion fruit is propagated by seeds that have problems in their germination due to the presence of aryl which may contain inhibitory substances. The aim of this research was to identify the metabolites classes contained on the aril of yellow passion fruit. For this, after arils extraction, dichlorometane and methanol extracts were obtained. The Classes of metabolites were identified by phytochemical screening coupled with infrared spectroscopy and nuclear magnetic re (mais) sonance (1H NMR) and extract fractions were obtained by fractionation on a column of silica gel. To evaluate the sensitivity of seeds to these substances, germination tests with lettuce seeds were installed. In aril extract obtained with dichloromethane, steroids and triterpenoids were identified and inhibition of seeds germination observed. In the methanol extract, reducing sugars were found and it was verified reduction of seeds germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Testes para avaliação do potencial fisiológico de sementes de alface e sua relação com a germinação sob temperaturas adversas/ Evaluation of lettuce seed physiological quality under adverse temperatures

Nascimento, Warley Marcos; Pereira, Roseane Sousa
2007-01-01

Resumo em português A avaliação rotineira da qualidade fisiológica de sementes tem sido baseada no teste de germinação. Os testes de vigor podem estimar mais detalhadamente o desempenho de lotes em campo (semeadura direta) ou casa de vegetação (produção de mudas). Cinco lotes de sementes de alface ‘Everglades’ foram testados com o objetivo de estudar a eficiência de alguns testes de vigor para a avaliação da qualidade fisiológica das sementes e estabelecimento de relações co (mais) m a germinação sob temperaturas adversas. As sementes foram submetidas aos testes de germinação (20°C), primeira contagem de germinação, envelhecimento acelerado (41°C/48 h), comprimento da raiz primária, germinação sob temperaturas adversas (10° e 35°C) e emergência das plântulas em casa de vegetação. A germinação, quando conduzida a 20°C, foi superior a 81%, com diferenças pouco acentuadas entre os lotes. Pelos resultados obtidos, pode-se concluir que a primeira contagem de germinação e comprimento da raiz primária acusaram diferenças significativas entre os lotes. O teste de envelhecimento acelerado foi o mais eficiente na separação dos lotes com diferentes níveis de vigor. Este teste, juntamente com o teste de primeira contagem pode ser utilizado na escolha dos lotes de sementes de alface para a semeadura sob altas temperaturas. Resumo em inglês Evaluation of seed physiological quality has been routinely based on standard germination test. Vigor tests have shown more sensitivity in detecting the potential performance of seedlots in the field (direct seeding) or greenhouse (transplant production) conditions. Five seedlots of ‘Everglades’ lettuce were tested to determine the efficiency of some vigor tests and their relation to germination under adverse temperatures. Seeds were submitted to the germination test (2 (mais) 0°C), germination first count, accelerated aging (41°C/48 h), primary root length, germination under adverse conditions (10° and 35°C) and seedling emergence under greenhouse conditions. Seed germination at 20°C was higher than 80% thus showing similarity among the seed lots evaluated. The germination first count and primary root length tests detected significant differences among seedlots. The accelerated aging test was the most efficient in ranking seedlots with different seed vigor. This test and the germination first count and the primary root length may be used for selecting lettuce seedlots for sowing under high temperature conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Atividade biológica do lapachol e de alguns derivados sobre o desenvolvimento fúngico e em germinação de sementes/ Biological activity of lapachol and some derivatives as antifungal and in seed germination

Souza, Marco Andre Alves de; Silva, Andrea Rosane da; Ferreira, Marcio Alcântara; Lemos, Marcela Jacques de; Ramos, Rafael Gonçalves; Ferreira, Aurélio Baird Buarque; Souza, Sonia Regina de
2008-01-01

Resumo em inglês The natural quinones lapachol, α-lapachone and β-lapachone, and the synthetic derivative β-lapachone-3-sulfonic-acid were assayed for inhibition of fungal growth (Fusarium oxysporum) and germination of lettuce seeds (Lactuca sativa L.). β-Lapachone has the strongest activity as a germination inhibitor and lapachol shows no effect. β-Lapachone, followed by lapachol, are the most active in reducing fungal growth.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Avaliação da qualidade fisiológica de sementes de açaí/ Assai seeds physiological quality evaluation

Martins, Cibele Chalita; Nakagawa, João; Bovi, Marilene Leão Alves
2009-03-01

Resumo em português Quarenta lotes de sementes de açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) colhidos na coleção de germoplasma de palmeiras do Instituto Agronômico de Campinas (Ubatuba, Estado de São Paulo) foram submetidos aos seguintes testes para a avaliação de qualidade fisiológica das sementes: grau de umidade, germinação, primeira contagem de germinação (emissão do botão germinativo aos quatro dias da semeadura), índice de velocidade de germinação (IVG) e condutividade elétr (mais) ica. O grau de umidade das sementes apresentou valores de 32,2 a 45,5%. A avaliação da qualidade das sementes de açaizeiro pode fundamentar-se nos testes de germinação, de primeira contagem de germinação, de IVG e de condutividade elétrica quando interpretados em conjunto. Resumo em inglês Forty seed lots of assai (Euterpe oleracea Mart.), harvested into the palms germplasm collection of Agronomic Institute of Campinas (Ubatuba, State of São Paulo) were submitted to seed physiological quality evaluation by the following tests: moisture content, germination, germination first counting (emission of germinative button at four days after sowing), germination speed and electrical conductivity. Seeds moisture content of the lots was from 32,2 to 45,5%. The evalu (mais) ation of assai seeds quality can be based by tests of germination, germination first counting, germination speed and electrical conductivity when interpreted as a whole.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Tratamentos pré-germinativos em sementes de mamona (Ricinus communis L.)/ Pre-germinative treatments in castor bean (Ricinus communis L.) seeds

Mendes, Rita de Cássia; Dias, Denise Cunha Fernandes dos Santos; Pereira, Marcio Dias; Berger, Paulo Geraldo
2009-01-01

Resumo em português As sementes de mamona têm germinação lenta e irregular, resultando, muitas vezes, em estande desuniforme no campo, o que pode ser atribuído à provável dificuldade de absorção de água pelas sementes. O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de tratamentos pré-germinativos no desempenho de sementes de mamona. Foram utilizados cinco lotes de sementes de mamona, cultivar AL-Guarany, que foram submetidos aos seguintes tratamentos: testemunha (sementes intactas) (mais) , escarificação com lixa, remoção da carúncula, remoção do tegumento, imersão em água por 12 e 24 horas, remoção da carúncula + imersão em água por 12 e 24 horas, escarificação com lixa + imersão em água por 12 e 24 horas, germinação a 10ºC/7 dias e a 25ºC/5 dias, germinação a 10ºC/7 dias e a 30ºC/5 dias e envelhecimento acelerado a 41ºC/48h e 100% UR. Após cada tratamento, com exceção dos tratamentos de germinação a 10ºC, as sementes foram submetidas ao teste de germinação, a 25ºC, avaliando-se a porcentagem de plântulas normais aos sete e 14 dias após a semeadura. Em geral, todos os tratamentos pré-germinativos contribuíram para aumentar a porcentagem de germinação das sementes de mamona em relação à testemunha. Os tratamentos mais eficientes para acelerar a germinação das sementes foram a escarificação com lixa e a remoção da carúncula ou de todo o tegumento. No entanto, considerando a praticidade de aplicação, a escarificação com lixa pode ser recomendada para acelerar e aumentar a germinação das sementes de mamona. Resumo em inglês Castor bean seeds have slow and irregular germination that frequently results in irregular seedling emergence in the field. This fact has been attributed to their probable impermeability to water. The objective of this study was to evaluate the effect of pre-germination treatments on seed performance. Five seed lots, AL-Guarany cultivar, were submitted to the following treatments: control (untreated seeds), scarification with sandpaper, caruncle removal, tegument removal, (mais) immersion in water for 12 and 24h, caruncle removal + immersion in water for 12 and 24h, scarification with sandpaper + immersion in water for 12 and 24h, germination at 10ºC/7 days and at 25ºC/5 days, germination at 10ºC/7 days and at 30ºC/5 days, accelerated aging at 41ºC/48h and 100% RH. After each treatment, with exception of the germination at 10ºC, the seeds were submitted to the germination test, at 25ºC. Counts were performed at 7 and 14 days after sowing. In general, all the pre-germination treatments contributed to increasing the germination percentage of castor bean seeds in relation to the control. The most efficient treatments to speed up germination were scarification with sandpaper and caruncle or tegument removal. However, considering the practical application, scarification can be recommended to increase the percentage and speed of seed germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Osmocondicionamento de sementes de salsa (Petroselinum sativum Hoffm.) em diferentes potenciais hídricos/ Osmopriming of parsley seeds (Petroselinum sativum Hoffm.) under different water potentials

Rodrigues, Adriana Paula D'Agostini Contreiras; Laura, Valdemir Antônio; Chermouth, Katyuce da Silva; Gadum, Juliana
2009-10-01

Resumo em português A germinação de sementes de salsa (Petroselinum sativum Hoffm.) é lenta e desuniforme, sendo a contagem do teste padrão de germinação recomendada aos 10 e 28 dias e a emergência em campo é relativamente longa, justificando o uso de técnicas que acelerem e uniformizem o processo germinativo: um método promissor é o osmocondicionamento. No presente trabalho, objetivou-se avaliar os efeitos dos diferentes potenciais de osmocondicionamento, com PEG 6000, na germina (mais) ção de sementes de salsa e identificar o potencial osmótico ótimo para aumentar a germinação destas sementes. Sementes das cultivares Lisa e Portuguesa de dois lotes, adquiridas no comércio local foram osmocondicionadas pelo método de imersão direta das mesmas em soluções aquosas com potencial hídrico: 0,0, -0,5, -1,0 e -1,5 MPa, obtidos com a adição de PEG 6.000, sob aeração constante a 25ºC por 144 horas, como testemunha utilizaram-se sementes não osmocondicionadas. As variáveis analisadas foram: porcentagem de germinação (10 e 28 dias), velocidade de germinação e índice de velocidade de germinação. O osmocondicionamento aumenta a porcentagem e a velocidade de germinação de sementes de salsa, sendo que, o potencial osmótico indicado situa-se entre -1,0 e -1,5 MPa. Resumo em inglês The germination of parsley seeds (Petroselinum sativum Hoffm.) is slow and asynchronous, being that the counting of the test germination standard is recommended on the 10th and 28th day. In field emergence is relatively long; which justifies the use of techniques that increase germination speed and uniformity. A promising method is osmopriming. In the present study, our goal was to evaluate the effect of different potentials of osmopriming, with PEG 6000, in the germinati (mais) on of parsley seeds, and to identify optimum osmotic potential to increase the germination of these seeds. Parsley seeds of the Lisa and Portuguesa cultivars from two lots were bought locally and were primed by the method of direct immersion of the seeds in water solutions with osmotic potential: 0.0, -0.5, -1.0 and -1.5 MPa, obtained with the addition of PEG 6,000, under constant aeration at 25ºC for 144 hours, with one control (unprimed seeds). Percentage of germination (at 10 and 28 days), index of germination speed, and speed of germination were evaluated. Osmopriming increased the speed and percentage of germination of parsley seeds, being that the indicated osmotic potential is between -1.0 and -1.5 MPa.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Infecção de goiabas por Colletotrichum gloeosporioides e Colletotrichum acutatum sob diferentes temperaturas e períodos de molhamento/ Infection of guava by Colletotrichum gloeosporioides and Colletotrichum acutatum under different temperatures and wetting periods

Soares, Ana R.; Lourenço, Silvia A.; Amorim, Lilian
2008-08-01

Resumo em português A antracnose, causada por Colletotrichum gloeosporioides e Colletotrichum acutatum, é uma das principais doenças pós-colheita em goiabas. Este trabalho teve por objetivo determinar a influência de fatores ambientais na germinação e na formação de apressórios de Colletotrichum gloeosporioides e C. acutatum e na infecção de goiabas 'Kumagai' por estes patógenos. A germinação e a formação de apressórios in vitro foram determinadas sob temperaturas de 10, 15, (mais) 20, 25, 30, 35 e 40ºC, com períodos de molhamento de 6, 12 e 24 horas. A infecção de goiabas foi determinada sob temperaturas de 15, 20, 25 e 30ºC e período de molhamento de 24 horas. Não houve germinação a 40ºC em nenhuma das duas espécies. A germinação e formação de apressórios foram bastante elevadas no intervalo de 15 a 30ºC para C. gloeosporioides, com máximo a 25ºC. Para a espécie C. acutatum, a germinação e a formação de apressórios foram mais sensíveis a variações da temperatura, com máximo a 20ºC. Os períodos de molhamento testados pouco influenciaram a germinação de C. gloeosporioides, enquanto que em C. acutatum a germinação foi significativamente menor com 6 horas de molhamento em relação a 12 e 24 horas. A infecção de goiabas, pelas duas espécies fúngicas, foi crescente com a temperatura, diferentemente da germinação de conídios e formação de apressórios. Incidências de 100% de frutos doentes ocorreram a 30ºC, para ambas as espécies, aos 10 dias após a inoculação. Resumo em inglês Anthracnose, caused by Colletotrichum gloeosporioides and C. acutatum, is one of the main post-harvest diseases in guavas. This study aimed to determine the influence of environmental variables on germination and appressorium formation of Colletotrichum gloeosporioides and C. acutatum and infection of "Kumagai" guavas by these pathogens. The germination rate and the apressorium formation rate in vitro were determined under temperatures of 10, 15, 20, 25, 30, 35 and 40ºC, (mais) with wetting periods of 6, 12 and 24 hours. The infection of guavas was determined under temperatures of 15, 20, 25 and 30ºC and wetting period of 24 hours. There was no germination at 40ºC for either species. The germination and apressorium formation rate were rather high in the range of 15 to 30ºC for C. gloeosporioides, with a maximum at 25ºC. For the species C. acutatum, germination and apressorium formation rates were more sensitive to variations in temperature, with a maximum at 20ºC. The wetting periods tested somewhat influenced the germination of C. gloeosporioides, whereas in C. acutatum the germination was significantly lower with 6 hours of wetting than 12 and 24 hours. The infection of guavas, for both fungal species, increased with the temperature, unlike conidium germination and apressorium formation. Incidences of 100% occurred with 30°C, at 10 days after the inoculation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Comportamento germinativo de sementes de talisia subalbens (mart.)radlk. (sapindaceae) submetidas a diferentes temperaturas e condições de secagem/ Behaviour of germination of Talisia subalbens (Mart.) Radlk. (Sapindaceae) seeds submitted to different temperatures and drying conditions

Oliveira, Hilton Morbeck; Nery, Fernanda Carlota; Alvarenga, Amauri Alves de; Barbosa, João Paulo Delfino; Carvalho, Daniel Diego Costa
2009-04-01

Resumo em português A Talisia subalbens (Mart.) Radlk. (Sapindaceae) é uma espécie arbustiva apontada como endêmica do Mato Grosso. Objetivou-se neste estudo avaliar os efeitos da temperatura e condições de secagem sobre a germinação de sementes de T. subalbens. No primeiro experimento avaliou-se a germinação das sementes em diferentes regimes térmicos: 15ºC-25ºC e 25ºC-35ºC (alternadas), 25ºC e 35ºC (constante), e no segundo experimento, as sementes foram submetidas à difer (mais) entes condições de secagem: rápida (estufa à 35ºC) e lenta (temperatura ambiente à 28±2ºC). Os testes de germinação foram realizados em câmaras do tipo B.O.D., sob fotoperíodo de 12 horas, utilizando-se vermiculita como substrato. O delineamento foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições de 25 sementes cada amostra. Os valores médios de porcentagem de germinação e índice de velocidade de emergência (IVE) foram comparados pelo teste de Tukey (5%). As sementes germinadas a 25ºC, 35ºC e 25ºC-35ºC apresentaram maiores porcentagens de germinação, não diferindo entre si, contudo, maior vigor foi observado à 35ºC, sendo esta considerada a temperatura ótima de germinação da espécie. Os menores valores de germinação e IVE ocorreram a 15ºC-25ºC. O grau de umidade inicial das sementes foi de 48%. A velocidade de secagem das sementes afeta negativamente a porcentagem de germinação, sendo o teor crítico de grau de umidade de 25%, e a secagem rápida mais favorável para a espécie. Resumo em inglês Talisia subalbens (Mart.) Radlk. (Sapindaceae), a shrubby species, is considered endemic to Mato Grosso. The aim of this study was to evaluate the responses of its seeds to factors such as the optimum germination temperature and the effect of different drying conditions on the physiological quality of the seeds. In the first experiment, seed germination under different temperatures was evaluated: 15ºC-25ºC and 25ºC-35ºC (alternate), 25ºC and 35ºC (constant). In the (mais) second experiment, the seeds were submitted to different drying conditions: fast (oven at 35ºC) and slow (room temperature at 28±2ºC). The germination tests were performed in a B.O.D-type chamber, under a photoperiod of 12 hours, using vermiculite as the substrate. The experimental design was the completely randomized with four replications of 25 seeds for each sample, and the average values of germination at the different temperatures compared by the Tukey test (5%). Seeds germinated at 25ºC, 35ºC, and 25ºC-35ºC presented higher percentages of germination, not differing from each other. However, greater vigor was found at 35ºC, this being considered the optimum temperature. The lowest values of germination and germination index (GI) occurred at 15ºC-25ºC. The initial moisture of the seeds was 48%. The drying of the seeds negatively affected the germination, with the critic moisture content of 25% and the fast drying being more favorable to the germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Escarificação ácida, temperatura e luz no processo germinativo de sementes de Senna alata (L.) Roxb/ Acid scarification, temperature and light on the germination process of Senna alata (L.) Roxb. seeds

Braga, L.F; Sousa, M.P; Braga, J.F; Delachiave, M.E.A
2010-03-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi determinar o tempo ótimo de escarificação das sementes de Senna alata em ácido sulfúrico e verificar o efeito da temperatura, em condição de luz e escuro, na germinação de sementes dessa espécie. As sementes foram imersas em ácido sulfúrico concentrado por períodos de 0, 15, 30 e 60 minutos, e o teste de germinação realizado em BOD a 25ºC, utilizando quatro repetições de 50 sementes em cada período de tempo, sendo o delinea (mais) mento estatístico inteiramente casualizado com 4 tratamentos. No segundo experimento, para verificar o efeito da temperatura e da condição de luz mais adequada a germinação, utilizou-se temperaturas de 10 a 45ºC, com intervalos de 5ºC, em condição de luz fluorescente branca ou escuro contínuo (gerbox preto). Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, disposto em esquema fatorial 8x2, com 4 repetições, de 50 sementes cada. Em todos os testes as avaliações da porcentagem e índice de velocidade de germinação foram feitas diariamente, durante 10 dias, onde as sementes foram consideradas germinadas quando apresentaram 2 mm de raiz. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. A escarificação do tegumento com ácido sulfúrico durante 60 minutos, foi ideal para as sementes de Senna alata, por proporcionar maiores valores na porcentagem e velocidade de germinação. A germinação ocorre entre 15 e 40ºC, sendo consideradas fotoblásticas neutras entre 20 e 40ºC e fotoblásticas negativas preferenciais a 15ºC. O melhor desempenho germinativo foi obtido nas temperaturas de 25, 30 e 35ºC, onde ocorreram maior porcentagem e velocidade de germinação. Resumo em inglês The aim of this study was to establish the optimum scarification time for Senna alata seeds in sulfuric acid, as well as to verify the effect of temperature on seed germination for this species under conditions of light and darkness. Seeds were immersed in concentrated sulfuric acid for periods of 0, 15, 30 and 60 minutes, and the germination test was carried out in a BOD chamber at 25ºC, using four replicates of 50 seeds for each time period. Experimental design was com (mais) pletely randomized with 4 treatments. In the second experiment, temperatures from 10 to 45ºC, with 5ºC intervals, were used under conditions of fluorescent white light or continuous darkness (black "gerbox") in order to verify the temperature effect and the most suitable light condition for germination. Experimental design was completely randomized, in an 8x2 factorial arrangement, with 4 replicates of 50 seeds each. In all tests, germination percentage and speed index were daily evaluated for 10 days. Seeds were considered germinated when the radicle length was 2 mm. Data were subjected to analysis of variance and means were compared by Tukey's test at 5% significance. The tegument scarification with sulfuric acid for 60 minutes was optimal for Senna alata seeds since it led to higher values of germination percentage and speed. Germination occurs between 15 and 40ºC, and seeds are considered neutral photoblastic between 20 and 40ºC and negative photoblastic especially at 15ºC. The best germination performance was observed at 25, 30 and 35ºC, at which germination percentage and speed were higher.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Aspectos germinativos de capim-camalote (Rottboellia cochinchinensis)/ Germination aspects of itchgrass (Rottboellia cochinchinensis)

Silva, C.E.B.; Parreira, M.C.; Alves, P.L.C.A.; Pavani, M.C.M.D.
2009-06-01

Resumo em português O capim-camalote (Rottboellia cochinchinensis), originário da Índia, é encontrado em várias regiões do mundo, sendo uma espécie temida pelos agricultores devido ao seu difícil controle e avanço crescente. Objetivou-se com este trabalho estudar os fatores que afetam a germinação das sementes dessa espécie. Foram avaliados os métodos de superação de dormência: 1 - escarificação mecânica, 2 - escarificação química, 3 - tratamento pré-semeadura, 4 - trat (mais) amento químico, 5 - tratamento hormonal e 6 - sementes não tratadas. Foram estudados os efeitos da temperatura (5, 10, 15, 20, 25, 30, 35 e 40 ºC), do fotoperíodo (6, 8, 10, 12, 14 e 16 horas de luz), da qualidade da luz incidente (branca, vermelha, vermelha distante, amarela, verde, azul e ausência de luz), da disponibilidade de água (0,0, -0,2, -0,3, -0,4, -0,5, -0,6, -1,2 e -2,4 MPa) e da viabilidade de suas sementes quando armazenadas sob condições de câmara fria e seca e sob condições naturais. Todos os ensaios foram conduzidos por 30 dias em câmara de germinação, com os tratamentos arranjados em delineamento experimental inteiramente casualizado, em quatro repetições. Verificou-se que as sementes apresentaram elevado índice de germinação, praticamente não apresentaram dormência e não se mostraram fotoblásticas. A disponibilidade de água foi indispensável para a germinação, com temperatura ideal de 25 °C. As sementes recém-coletadas são inviáveis para o estudo da germinação, apresentando redução na germinação quando armazenadas sob condição de câmara fria e seca. Resumo em inglês Itchgrass (Rottboellia cochinchinensis), is native to India and it is found in several regions of the world. It is feared by farmers because of its difficult control and progress. The aim of this work was to study the factors that affect the germination of this weed's seeds. The methods of overcoming dormancy evaluated were: 1 - mechanical scarification, 2 - chemical scarification, 3 - treatment pre-sowing, 4 - chemical treatment, 5 - hormonal treatment, 6 - untreated see (mais) ds. The effects of temperature (5, 10, 15, 20, 25, 30, 35 and 40 °C), photoperiod (6, 8, 10, 12, 14 and 16 hours of light), the quality of light (white, red, red bell, yellow, green, blue and absence of light), availability of water (0.0, -0.2, -0.3, -0.4, -0.5, -0 , 6, -1.2, -2.4 MPa), viability of its seeds when stored under cold, dry and natural conditions were studied. All bioassays were carried out in camera for thirty germination days, with the treatments arranged in a completely randomized design in four repetitions. The seeds had high germination index under our climatic conditions, without dormancy and were not photoblastic. The water deficit from water availability is essential for germination, with optimum temperature of 25 °C. The newly-collected seeds are not viable for the germination study, presenting reduction in germination when stored under cold and dry conditions, showing that cold may be an agent of dormancy induction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Viabilidade polínica de Carica papaya L.: uma comparação metodológica/ Pollen viability of Carica papaya L.: a methodological comparison

Munhoz, Márcia; Luz, Cynthia Fernandes Pinto da; Meissner Filho, Paulo Ernesto; Barth, Orthud Monika; Reinert, Fernanda
2008-06-01

Resumo em português A viabilidade polínica do mamoeiro cultivar 'Sunrise Solo' (Carica papaya L.) foi estudada utilizando germinação in vitro e testes colorimétricos, assim como a validade dos testes colorimétricos como estimativa de viabilidade comparada àquela do teste germinativo. Os dois meios de cultura, descritos na literatura como meios eficientes para germinação da espécie, diferem basicamente pela presença de nutrientes essenciais e concentração de ágar. O meio de cultu (mais) ra sem elementos essenciais e com maior concentração de ágar forneceu o melhor índice de germinação polínica (65%). Os cinco corantes testados foram: 2,3,5-cloreto de trifeniltetrazólio (TTC), Alexander, carmim acético, lugol e Sudan IV. O teste de coloração com TTC forneceu estimativa de viabilidade (67,5%) equivalente ao teste de germinação in vitro e, portanto, confiável de viabilidade polínica. Os demais corantes testados superestimaram a viabilidade polínica (> 90%), porém são eficientes na determinação de constituintes celulares e da integridade do grão de pólen. Resumo em inglês Pollen viability of Carica papaya L. 'Sunrise Solo' cultivar was estimated using in vitro germination and pollen stain tests. Two culture media described in the literature as efficient for pollen in vitro germination of C. papaya were used. Germination was higher in the media without essential elements but with a higher concentration of agar (65% compared with 51.5%). These results were compared with viability estimates based on staining pollen. The five stains used to te (mais) st for pollen viability were: 2,3,5-triphenyl tetrazolium chloride - TTC, Alexander's stain, acetocarmine, iodine-potassium iodide and Sudan IV. Pollen viability estimated with TTC was 67.5% and similar to germination results providing a reliable estimate of in vitro germination. The four other stains overestimated pollen viability (> 90%), and their use should be restricted to determining cell constituents, and pollen grain integrity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Comportamento germinativo de espécies epífitas e rupícolas de Bromeliaceae do Parque Estadual do Ibitipoca, Minas Gerais, Brasil/ Germination behaviour of epiphyte and rupicolous Bromeliaceae species from Ibitipoca State Park, Minas Gerais, Brazil

Pereira, Alba Regina; Andrade, Antônio Carlos Silva De; Pereira, Tânia Sampaio; Forzza, Rafaela Campostrini; Rodrigues, Angela Saade
2009-12-01

Resumo em português Estudou-se o comportamento germinativo de quatro espécies de Bromeliaceae [Alcantarea imperialis (Carrière) Harms, Pitcairnia flammea Lindl., Vriesea heterostachys (Baker) L. B. Sm. e Vriesea penduliflora L. B. Sm.], oriundas do Parque Estadual do Ibitipoca - MG, com preferências contrastantes de habitat e representando duas formas de vida diferentes. Os objetivos do presente estudo foram: a) caracterizar as sementes quanto ao tipo de germinação e descrever a morfolo (mais) gia do desenvolvimento pós-seminal; b) avaliar o efeito das temperaturas constantes (10 °C a 40 °C) e alternada (20-30 °C); c) da razão vermelho:vermelho-extremo (V:VE) e d) dos diferentes potenciais de água na porcentagem e na velocidade de germinação das sementes. Os resultados demonstraram que todas as espécies produzem sementes pequenas e muito leves, variando de 0,2 a 1,7 mg; a germinação é epígea com plântulas criptocotiledonares e apresentaram valores ótimos de temperatura entre 20 °C e 30 °C. Vriesea heterostachys e V. penduliflora foram as únicas que germinaram com sucesso no escuro, mas as sementes das quatro espécies requerem luz para a máxima germinação. Os valores de V:VE que resultaram em 50% da máxima germinação variaram entre as espécies. As condições de estresse hídrico reduziram a porcentagem e a velocidade de germinação de forma distinta entre as espécies. A. imperialis e P. flammea foram menos sensíveis aos baixos potenciais hídricos. Os requerimentos germinativos contrastantes entre as espécies estudadas estão relacionados à preferência de habitat de cada uma delas. Resumo em inglês The germination behaviour of four Bromeliaceae species [Alcantarea imperialis (Carrière) Harms, Pitcairnia flammea Lindl., Vriesea heterostachys (Baker) L. B. Sm. and Vriesea penduliflora L. B. Sm.] from Ibitipoca State Park with contrasting habitat preferences, and representing two different plant growth forms were investigated. The aims of this study were: a) to characterize the seeds, providing information about germination type to describe the post-seminal developmen (mais) t morphology; b) to evaluate percentage and rate of germination response to the effect of constant (from 10 °C to 40 °C) and fluctuating (20 °C-30 °C) temperatures; c) the ratio of red:far-red light (R:FR) and d) to different water potentials. The results showed that all species have very light seeds, ranging from 0.2 to 1.7 mg; the germination is epigeal with cryptocotylar seedlings. All species presented high germination under temperatures between 20 °C and 30 °C. Under darkness germination was successful only for Vriesea species, but seeds of all species required light for maximum germination. The R:FR value that resulted in 50% of maximum germination varied among species. Water stressed conditions reduced the percentage and rate of germination in all bromeliad species. A. imperialis and P. flammea were less sensitive to low water potentials. These contrasting germination requirements among the species studied were related to their habitat preferences.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Receptividade do estigma e ajuste de protocolo para germinacÃo in vitro de grÃos de pólen de citros/ Stigma receptivity and in vitro citrus pollen grains germination protocol adjustment/ Receptivadad del estigma y ajuste del protocolo para la germinación in vitro de granos del polen en cítricos

Darlan Ramos, José; Pasqual, Moacir; Aparecida Salles, Leila; Alves Chagas, Edvan; Pio, Rafael
2008-01-01

Resumo em português Dados sobre a viabilidade e a germinação de grãos de pólen são fundamentais para o sucesso das hibridações controladas realizadas a campo. Objetivou-se estudar o período de receptividade dos estigmas de flores de citros em diferentes estádios e ajustar protocolo para a germinação in vitro dos grãos de pólen. Foram realizados seis experimentos com a finalidade de definir o melhor estágio para coleta e realização das polinizações e estabelecer o valor de p (mais) H, a concentração ideal de sacarose, cálcio e boro, e a temperatura para germinação de grãos de pólen. Para as variedades de laranja doce Pêra, Natal e Valência, a polinização manual pode ser realizada utilizando-se flores no estádio "balão". Para germinação dos grãos de pólen das variedades Natal, Pêra e Valência, o meio deve ser constituído de 100g·l-1 de sacarose, 800mg·l-1 de cálcio, 200mg·l-1 de ácido bórico e pH 6,5, exceção da variedade Pêra cuja germinação foi maior em pH 5,0. A temperatura de 25ºC proporcionou maior porcentagem de germinação do grão de pólen para todas as variedades. Resumo em espanhol Datos sobre viabilidad y germinación de granos del polen son básicos para el éxito de los cruzamientos controlados retirados en campo. Se estudió el período de receptividad de los estigmas de flores de cítricos en diversos estadios y ajustar un protocolo para la germinación in vitro de los granos de polen. Se realizaron seis experimentos con el propósito de definir el período óptimo de colecta, realización de las polinizaciones y para establecer el valor del pH (mais) , la concentración ideal de sacarosa, calcio, boro y la temperatura para la germinación de los granos de polen. Para las variedades de naranjas dulce ‘Pêra’, ‘Natal’ y ‘Valência’, la polinización manual se puede llevar a cabo con la utilización de flores en el estadio "globo". Para la germinación de los granos de polen de las variedades Pêra, Valência y Natal el medio debe estar constituido de 100g·l-1 de sacarosa, 800mg·l-1 de calcio, 200mg·l-1 de ácido bórico y pH 6,5, con excepción de la ‘Pêra’ cuya germinación fue mayor en pH 5,0. La temperatura de 25ºC proporcionó al mayor porcentaje de germinación de granos de polen para todas las variedades. Resumo em inglês Data about the viability and germination of pollen grains are essential for the success of on-field controlled hybridizing. The purpose of this work was to study the stigmas receptivity period of citrus flowers under different stages and adjust the protocol to the in vitro pollen grain germination. Six essays were carried out with the aim to define the stages for collection and pollinizations, and to establish the pH and ideal sucrose, agar, calcium and boron concentratio (mais) ns, and temperature, for germination. For the Pêra, Natal and Valência sweet orange varieties, manual pollinization can be performed using flowers at the "balloon" stage. For the pollen grains germination of the Natal, Pêra and Valência varieties, the medium should be made of 100g·l-1 sucrose, 800mg·l-1 calcium, 200mg·l-1 boric acid and pH= 6.5, exception made of the Pêra variety, whose germination was better at pH 5.0. A temperature of 25ºC provided the best percentage of germinated pollen grains for all varieties.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Desempenho de sementes de algodoeiro submetidas a diferentes tipos de estresses/ Performance of cotton seeds submitted to different types of stress

Mattioni, Fabio; Albuquerque, Maria Cristina de Figueiredo e; Mendonça, Elisabeth Aparecida Furtado de
2009-01-01

Resumo em português As variações de temperatura e umidade durante o período de emergência das plântulas são as condições de estresses mais importantes e que apresentam maiores riscos para a emergência do algodoeiro. Os objetivos deste trabalho foram verificar a influência do tipo de estresse no desempenho germinativo de sementes de algodoeiro e determinar a eficiência do teste de germinação, a baixa temperatura. Foram utilizados cinco lotes de sementes, submetidos previamente a (mais) determinação do grau de umidade, germinação e vigor (germinação a baixa temperatura). As sementes de cada lote foram submetidas a condições de estresses de temperatura de 18ºC e 35ºC e de disponibilidade hídrica de 40% e 80%. Após a germinação em situação de estresse, foram avaliadas a porcentagem e velocidade de emergência de plântulas e o comprimento de raiz e de parte aérea. As avaliações dos comprimentos de raiz e de parte aérea a 18ºC foram mais eficientes do que a porcentagem de emergência de plântulas para a diferenciação de lotes quanto ao potencial fisiológico. A exposição das sementes a estresses ocasionados pela alta disponibilidade hídrica e baixa temperatura proporciona menor desempenho germinativo dos lotes de sementes de algodoeiro e podem representar os maiores riscos durante a emergência das plântulas. O teste de germinação a baixa temperatura e eficiente para estimar o desempenho das plântulas em condições de baixa e alta temperatura e de baixa umidade. Resumo em inglês Temperature and moisture variations during the plantlet emergence period are the most important types of stress, representing the greatest hazards in cotton emergence. The objective of this study was to investigate the influence of type of stress on the germination performance of cotton seeds and determine germination test effectiveness at low temperature. Five seed lots were previously submitted to moisture content, germination, and vigor tests (germination at low temper (mais) ature). The seeds from each lot were then submitted to temperature (18ºC and 35ºC) and water availability (40% and 80%) stresses conditions. After germination was conducted under a stress situation, evaluations were made for plantlet emergence percentage and velocity, and root length and above-ground part length. Root length and above-ground part length at 18ºC were more effective than plantlet emergence percentage in discriminating the seed lots with respect to their physiological potential. Seed exposure to stress produced by high water availability and low temperature cause reduced germination performance of the cotton seed lots and may represent the greatest hazards during plantlet emergence. The germination test at low temperature is effective to estimate plantlet performance under low and high temperature and low moisture conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Época de colheita e capacidade germinativa de sementes de Tibouchina mutabilis (Vell.) Cogn. (Melastomataceae)/ Harvest period and germination capacity of Tibouchina mutabilis (Vell.) Cogn. (Melastomataceae) seeds

Simão, Edson; Nakamura, Adriana Tiemi; Takaki, Massanori
2007-01-01

Resumo em português O estudo dos aspectos reprodutivos é um importante passo para entendermos a dinâmica das espécies em seu ambiente natural. Tibouchina mutabilis (Vell.) Cogn. (Melastomataceae), espécie característica da Serra do Mar, apresenta potencial para recuperação de áreas degradadas e para fins paisagísticos. Objetivou-se investigar a aquisição da capacidade germinativa das sementes e o estabelecimento da melhor época para colheita de frutos da espécie por meio de cole (mais) tas semanais, onde as características morfológicas e a capacidade germinativa foram observadas, em quatro estádios de desenvolvimento. A capacidade germinativa foi observada com 14 dias pós-antese e a máxima germinação foi observada aos 21 dias. As sementes T. mutabilis germinaram somente na luz. Além da necessidade da luz para a germinação, as mesmas não apresentaram nenhum tipo de dormência na fase final de maturação, apresentando alta porcentagem de germinação, A velocidade de germinação aumentou progressivamente em função do dessecamento das sementes nas subseqüentes fases avaliadas, sugerindo que a alta umidade foi o fator limitante para a germinação. O melhor indicador de maturação fisiológica e de fácil observação, para a espécie, é o início da abertura natural das cápsulas, entretanto, devido às sementes anemocóricas pequenas, propomos que as colheitas dos frutos sejam realizadas 21 dias pós-antese e antes da abertura das cápsulas, neste caso, as sementes devem ser mantidas dentro do fruto para secagem, em condição ambiente. Resumo em inglês An important step for understanding the dynamic of plant species in their environment is the study of their reproductive feature. Tibouchina mutabilis (Vell.) Cogn. (Melastomataceae) is a characteristic species of Serra do Mar, with potential for recovery of degraded areas and with landscaping purpose. The aim of this study was to investigate the acquisition of germination capacity of seeds and establishment of the best period for fruit harvest by weekly harvests, when mo (mais) rphological and germination capacity features were observed in four stages of development. The T. mutabilis seeds germinated only under white light. Besides the necessity of light for germination, seeds of T. mutabilis did not show another type of dormancy at the end of the ripening, with high germination percentage. The germination rate increases progressively in the function of lose of moisture in the subsequent stages of development, suggesting that the high moisture was the factor that restricted the germination. The best indicator of physiological maturation of seeds is the natural opening of the capsule. The advantage of this parameter is that it can be widely utilized and it is easy to recognize it. Due to the anemochoric dispersion of seeds, we propose that the harvest must be done, with good results, of fruit with 21 days after anthesis, and drying the fruit for capsule opening for seed extraction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Potencial alelopático de extratos aquosos foliares de aveia sobre azevém e amendoim-bravo/ Effect of extracts from the above-ground part of oat genotypes on ryegrass and wild poinsettia

Hagemann, Thaís Raquel; Benin, Giovani; Lemes, Cristiano; Marchese, José Abramo; Martin, Thomas Newton; Pagliosa, Eduardo Stefani; Beche, Eduardo
2010-01-01

Resumo em português O trabalho teve por objetivo avaliar o efeito alelopático de extratos aquosos de cinco cultivares de aveia branca (Avena sativa L.) e quatro de aveia preta (Avena strigosa Schreb), nas concentrações de 0, 25%, 50% e 100%, sobre a germinação e o desenvolvimento das plântulas de azevém (Lolium multiflorum Lam.) e amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla L.). O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado distribuído em um trifatorial (genótipos de aveia x pl (mais) antas infestantes x concentrações do extrato). Utilizaram-se placas de Petri contendo 25 sementes de plantas infestantes que foram umedecidas com extrato da parte aérea dos genótipos de aveia. As variáveis observadas foram: percentual de germinação, comprimento de radícula e de hipocótilo, avaliados aos 14 dias após a instalação do experimento. Os extratos aquosos das cultivares de aveia branca e preta inibiram o potencial alelopático sobre a germinação e o desenvolvimento das plantas daninhas testadas, e os genótipos de aveia branca 'IPR 126', 'UTF Iguaçu' e 'Fundacep FAPA 43' e de aveia preta 'UPFA 21 Moreninha' e 'UTG 9715' foram mais efetivos na inibição da germinação e no desenvolvimento do azevém e amendoim-bravo. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the allelopathic effect of aqueous extracts from five common oat (Avena sativa L.) and four black oat (Avena strigosa Schreb) cultivars, at concentrations of 0, 25, 50, and 100%, on the germination and development of ryegrass (Lolium multiflorum Lam.) and wild poinsettia (Euphorbia heterophylla L.) plantlets. A completely randomized design was adopted, distributed as a triple factorial arrangement (oat genotypes × weeds × conc (mais) entrations). The experiment consisted of Petri dishes containing 25 weed seeds moistened with extract from the above-ground part of the oat genotypes. The following variables were observed: germination percentage, radicle length, and hypocotyl length, evaluated at 14 days after the experiment was installed. The aqueous extracts from common oat and black oat cultivars showed allelopathic potential on the germination and development of the weeds tested. Common oat genotypes 'IPR 126', 'UTF Iguaçu', and 'Fundacep FAPA 43', and black oat genotypes 'UPFA 21 Moreninha' and 'UTG 9715' were the most effective to inhibit ryegrass and wild poinsettia germination and development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Recobrimento de sementes de brócolos e salsa com coberturas e filmes biodegradáveis/ Covering broccoli and parsley seeds with biodegradable films and coatings

Tanada-Palmu, Patrícia Sayuri; Proença, Paula de Salles Penteado; Trani, Paulo Espíndola; Passos, Francisco Antonio; Grosso, Carlos Raimundo Ferreira
2005-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi a comparação do desempenho de sementes de brócolos e de salsa cobertas ou aderidas a filmes biodegradáveis de quitosana e gelatina. Inicialmente, determinou-se o número ótimo de camadas de cobertura e a espessura do filme, para não comprometer a germinação das sementes. O desempenho foi avaliado por meio da capacidade de germinação e do vigor, e pelas massas de material fresco e seco de plantas com cerca de 30 dias. Observou-se ger (mais) minação inferior ao controle nas sementes inseridas às fitas. O recobrimento de sementes obteve bons resultados em termos de vigor e desenvolvimento das plantas. Pelos resultados indicados, verificou-se que o recobrimento de sementes, com coberturas biodegradáveis, pode ser promissor, devido à melhoria na germinação das sementes recobertas e também no desenvolvimento das plantas quando comparadas às sementes sem tratamento. Resumo em inglês The objective of this work was to compare the performance of broccoli and parsley seeds coated or adhered to biodegradable films of gelatin and chitosan. Initially, the optimum number of coating layers and the thickness of the film were determined in order not to affect the germination of seeds. The performance was evaluated by germination capacity and vigor, and by fresh and dry weight of plants with 30 days. The seeds inserted into the films of gelatin and chitosan show (mais) ed lower germination results than the control seeds. The coating of the seeds with gelatin and chitosan coatings of had good results in terms of vigor and development of plants. The results indicated that coating the seeds with biodegradable coatings can be promising due to the improvement of the germination of the coated seeds and the development of the plants when compared to the seeds with not treated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Superfosfato triplo como via de distribuição de sementes de Brachiaria brizantha para renovação de pastagens na Amazônia/ Triple superphosphate as a means to distribute Brachiaria brizantha seeds for pasture renovation in the Amazon Region

Lima, Eduardo do Valle; Tavares, José Cláudio de Sousa; Silva, Eliane Carvalho; Leitão-Lima, Patrícia da Silva
2009-05-01

Resumo em português Objetivou-se estudar o efeito de dez tempos de contato (0, 3, 6, 12, 24, 36, 48, 72, 96 e 120 horas) do fertilizante químico granulado superfosfato triplo com sementes de Brachiaria brizantha, cv. Marandu, na sua qualidade fisiológica (germinação e vigor). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições, tanto para a condição de laboratório quanto para a condição de viveiro. O tempo de contato do fertilizante com as s (mais) ementes teve efeito significativo sobre todas as variáveis analisadas, portanto, provavelmente o resíduo do ácido fosfórico do fertilizante teve influência direta e negativa na germinação e no vigor, comprovada pelos resultados de germinação, primeira contagem, teor de água, condutividade elétrica, emergência e índice de velocidade de emergência. Assim, para obtenção de uma população adequada de plantas, pode-se misturar as sementes da forrageira com o superfosfato triplo, desde que a semeadura seja imediata, o que diminui as perdas na qualidade fisiológica. Resumo em inglês This study aimed to determine the effect of 10 contact times of a granular triple superphosphate chemical fertilizer with Brachiaria brizantha, cv. Marandu seeds on seed physiological quality (germination and vigor). Contact times were: 0, 3, 6, 12, 24, 36, 48, 72, 96, and 120 hours. A completely randomized experimental design was used, with four replicates, under both laboratory and nursery conditions. In all variables studied, a significant effect of the treatments empl (mais) oyed was observed: as contact time with the fertilizer increased, the phosphoric acid residue from the fertilizer probably had a direct and negative effect on germination and vigor, as observed by germination, first count, water content, electric conductivity, emergence, and emergence velocity index results. Therefore, in order to obtain an adequate population of plants, the forage seeds can be mixed with the triple superphosphate since seeding is performed immediately, reducing physiological quality losses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Morfologia e desenvolvimento germinativo de Oenocarpus bacaba mart. (arecaceae) da Amazônia Ocidental/ Morphology and germination development of Oenocarpus bacaba mart. (arecaceae) of the Western Amazon

Queiroz, Maria Sílvia de Mendonça; Bianco, Rosemary
2009-12-01

Resumo em português Foram descritos o processo germinativo e o desenvolvimento plantular de Oenocarpus bacaba, com observações diárias e semanais para caracterização da germinação das sementes até a formação das plântulas. A germinação teve início após sete dias de semeadura, com o aparecimento do botão germinativo, e terminou aos 35 dias após a completa formação da primeira bainha. O desenvolvimento das plântulas completou-se aos 125 dias, com a emergência do primeiro e (mais) ófilo e o esgotamento das reservas do haustório, apresentando limbo de coloração verde-escura e base arroxeada. O processo de obtenção de plântulas apresentado neste trabalho constitui indicador para que a referida espécie seja implantada em sistemas agroflorestais. Resumo em inglês The process of germination and the seedling development of O. bacaba were presented in this work. The germination follow-up was made through the collections of several phases of the development. The germination began after seven days of sowing, with the appearance of the button seedling and ended 35 days after the formation of the first full sheath. The seedling development was complete 125 days after the emergence of the first eophylls, and the depletion of the haustoria (mais) l reserves, with dark green leaf blade and reddish base. The process of seedling achievement presented for O. bacaba indicates that this species should be implanted in agroforest systems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Avaliação de diferentes substratos na qualidade fisiológica de sementes de melão de caroá [Sicana odorifera (Vell.) Naudim]/ Evaluation of different substrates in the physiological quality of caroá melon [Sicana odorifera (Vell.) Naudim] seeds

Lima, J.F; Silva, M.P.L; Teles, S; Silva, F; Martins, G.N
2010-06-01

Resumo em português O melão de caroá é da família das curcubitáceas encontrada de forma nativa na região do Recôncavo Baiano, onde é muito utilizada pela medicina popular para diversas enfermidades, porém é espécie muito pouco explorada pela pesquisa. O trabalho teve por objetivo estudar diferentes substratos para avaliar o índice de germinação e vigor de sementes de melão de caroá (Sicana odorifera) na produção de mudas. Utilizaram-se como substratos areia lavada, areia la (mais) vada com húmus de minhoca (2:1) e substrato comercial Plantmax®. Foram realizadas as seguintes avaliações: teste de germinação, índice de velocidade de emergência (IVE), diâmetro de haste, altura de planta, comprimento da raiz, massa seca da raiz, haste e folhas. O substrato comercial Plantmax®promoveu melhor desempenho das sementes em relação aos demais, porém, o mais adequado e de baixo custo para produção de mudas através de sementes de melão de caroá (Sicana odorifera) foi a mistura de areia lavada e húmus de minhoca na proporção 2:1. Resumo em inglês Caroá melon is a curcubitaceae found in its native form in the Recôncavo Region of Bahia, where it is used by popular medicine for many diseases. However, this species is little explored in research. The objective of the present work was to study different substrates in order to evaluate the germination index and seed vigor in caroá melon (Sicana odorifera) during seedling production. The following substrates were used: washed sand, sand washed with worm humus (2:1) an (mais) d commercial substrate, Plantmax®.The following evaluations were carried out: germination test, speed of germination index (SGI), stem diameter, plant height, root length and root, stem and leaf dry matter. The commercial substrate Plantmax® presented the best performance compared to the others; however, the most adequate and least costly in seedling production using caroá melon (Sicana odorífera) seeds, was the mixture of washed sand and worm humus in the 2:1 ratio.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Potencial alelopático de catequinas de Tachigali myrmecophyla (leguminosae)/ Allelopathic potential of catechins of the Tachigali myrmecophyla (Leguminosae)

Lôbo, Lívia T.; Castro, Kelly Christina Ferreira; Arruda, Mara Silvia P.; Silva, Milton N. da; Arruda, Alberto C.; Müller, Adolfo Henrique; Arruda, Giselle Maria Skelding P.; Santos, Alberdan Silva; Souza Filho, Antonio Pedro da Silva
2008-01-01

Resumo em inglês Two compounds, (+)-catechin and epicatechin, were isolated from leaves of T. myrmecophyla, using chromatographic techniques. The structural identification was carried out on the basis of ¹H and 13C NMR spectral data and comparison with literature data. The compounds (+)-catechin and epicatechin were submitted to germination inhibition and radicle and hypocotyl growth assays. Results showed some significant activities confirming the initial hypothesis about allelopathic properties of that plant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Número de anteras por flor, grãos de pólen por antera e capacidade germinativa do pólen de diferentes cultivares de macieiras/ Number of anthers per flower, pollen grains per anther and pollen germination capacity of different cultivars of apple trees

Albuquerque Junior, Celso Lopes de; Denardi, Frederico; Dantas, Adriana Cibele de Mesquita; Nodari, Rubens Onofre
2010-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o número de anteras por flor, grãos de pólen por antera e capacidade germinativa do pólen de diferentes cultivares de macieiras. O trabalho foi executado no Laboratório de Fisiologia do Desenvolvimento e Genética Vegetal da Universidade Federal de Santa Catarina, e as coletas a campo foram realizadas na Epagri/Estação Experimental de Caçador-SC, em outubro de 2005. Foram utilizadas as seguintes cultivares comerciais de maciei (mais) ra desenvolvidas no Brasil: Primícia, Princesa, Fred Hough, Catarina, Baronesa, Lisgala, Suprema, Condessa, Daiane, Duquesa, Imperatriz e Joaquina. As cultivares de macieira Condessa, Princesa, Eva, Duquesa, Imperatriz, Gala, Fred Hough, Daiane, Baronesa e Suprema produzem pólen em quantidade suficiente e com boa capacidade germinativa. A cv. Condessa, embora apresente alta capacidade germinativa de pólen, produz menos anteras e grãos de pólen por antera que as demais. A cv. Princesa é a que apresenta o melhor perfil como polinizadora, por conjugar número de anteras/flor, número de grãos de pólen/antera e capacidade germinativa do pólen mais satisfatórios. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the number of anthers per flower, the number of pollen grains per anther and the pollen germination capacity of different cultivars of apple trees. The study was performed at the Physiology and Plant Genetics Laboratory of Federal University of Santa Catarina. The field collecting were performed at Epagri / Caçador Experimental Station, in Santa Catarina State during October, 2005. It was used the following apple cultivars deve (mais) loped in Brazil: Primícia, Princesa, Fred Hough, Catarina, Baronesa, Lisgala, Suprema, Condessa, Daiane, Duquesa, Imperatriz and Joaquina. It was concluded that the apple cultivars Condessa, Princesa, Eva, Duquesa, Imperatriz, Gala, Fred Hough, Daiane, Baronesa and Suprema produce pollen grains of satisfactory quantity and of good germination capacity. The cv. Condessa, although having high pollen germination capacity, produces less anthers and less pollen grains per anther than the others. Princesa is the cultivar of best pattern as pollinizer, once it combines number of anthers/flower, number of pollen grains/anther and pollen germination capacity in a better satisfactory level.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)