Sample records for geomorphology
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 12 shown.



1

Geomorfologia, cobertura sedimentar e transporte de sedimentos na plataforma continental interna entre a Ponta de Saquarema e o Cabo Frio (RJ)/ Geomorphology, sediment distribution and transpon on the inner continental shelf between Ponta de Saquarema and Cabo Frio (RJ)

Muehe, Dieter; Carvalho, Vânia Guaycuru de
1993-01-01

Resumo em português A plataforma continental interna defronte à restinga da Massambaba - um sistema de duplos cordões litorâneos localizados entre Saquarema e Arraial do Cabo, com 48 km de extensão - apresenta topografia regular, interrompida por raros afloramentos de rochas do embasamento cristalino e por ocorrências localizadas de arenitos de praia. Um amplo afloramento destes últimos ocorre na faixa batimétrica de 48 a 60 m, correspondendo à posição da linha de costa cerca de 10 (mais) .000 anos atrás. Outro afloramento de arenitos de praia, de reduzida dimensão, ocorre próximo ao perfil S-4, à distância de 50 m da face da praia, em profundidade de 4 m. A cobertura sedimentar, sem aporte significativo de sedimentos terrígenos, é constituída predominantemente por areias quartzosas reliquiares. O gradiente batimétrico apresenta declividade elevada, atípica para uma plataforma passiva, atingindo o limite distai da plataforma continental interna, a isobatimétrica de 60 m, a uma distância da ordem de 4 milhas náuticas da linha de praia. O padrão de distribuição granulométrico apresenta gradientes de decréscimo em direção a leste, isto é, em direção ao Cabo Frio, e em direção a maiores profundidades. A diminuição do tamanho granulométrico em direção ao Cabo Frio é atribuída como sendo resultado do aporte de sedimentos terrígenos através de um sistema de drenagem pleistocênico, interrompido pela construção do cordão litorâneo mais interiorizado, e à remobilização dos sedimentos por ação de ondas e correntes com transporte residual em direção a leste. Resumo em inglês The inner continental shelf in front of the Massambaba beach, an East-West striking, 48 km long, double barrier beach, located between the towns of Saquarema and Arraial do Cabo presents a monotonous topography with only few outcrops of crystaline rocks, patches of beach rocks and a sediment cover of mainly relict quartz sand. The topographic gradient, steeper as expected for a passive shelf, reaches the 60 m isobath at a distance of about 4 nautical miles from the shorel (mais) ine. A large outcrop of beach rock occurs at depths between 48 to 60 m, corresponding to the position of the shoreline of possibly 10,000 years ago. A small outcrop, near the profile S-4, at a depth of 4 m and distant 50 m from the beachface, is a good indication of shoreline retreat. The pattern of grain size shows a decreasing gradient both toward the East as also toward deeper waters. Input of continental sediments to the shelf is almost absent. Consequently the pattern of sediment distribution must primarily be due to the introduction of sediments trough an ancient Pleistocene drainage system, interrupted by the construction of a barrier beach, and to the reworking of sediments due to waves and currents. The interpretation of existing current measurements, as also of the grain size distribution parameters, indicate that net sediment movement is directed to the East.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Unidades fitofisionômicas em mesoescala no Pantanal Norte e suas relações com a geomorfologia/ Meso-scale phytophysiognomic units in the Northern Pantanal and their relations with geomorphology

Fantin-Cruz, Ibraim; Girard, Pierre; Zeilhofer, Peter; Collischonn, Walter; Cunha, Cátia Nunes da
2010-06-01

Resumo em português Este trabalho teve por objetivo caracterizar e quantificar as unidades fitofisionômicas em mesoescala e estabelecer suas relações com a intensidade e duração da inundação e com a topografia. O estudo foi realizado no Sítio de Amostragem de Longa Duração (SALD), implantado em uma área de 25 km² localizado na planície de inundação do rio Cuiabá, Pantanal de Mato Grosso. As unidades fitofisionômicas foram determinadas a partir da classificação supervisiona (mais) da de imagens CBERS 2B sensor CCD. Os mapas de intensidade e duração da inundação e topografia foram gerados a partir da interpolação espacial de levantamentos planialtimétricos de campos. Foi evidenciada a existência de quatro unidades, sendo o Campo (pastagem inundável) a unidade com maior área de ocorrência, seguido pelas Cordilheiras (savana arbórea densa), Landizal (floresta inundável sempre verde) e Cambarazal (floresta inundável monodominante de Vochysia divergens Pohl.) respectivamente. O Campo apresentou sua maior distribuição em áreas de alta intensidade e duração de inundação e topografia baixa. O Cambarazal predomina em áreas de intensidade média e duração e topografia alta, o Landizal em áreas com intensidade e duração alta e topografia baixa, enquanto as cordilheiras são caracterizadas por intensidade e duração baixa e topografia alta. Testes estatísticos indicaram que a inundação foi o principal fator responsável pela distribuição das unidades fitofisionômicas em mesoescala no Pantanal norte. Resumo em inglês The purpose of this work was to characterize and quantify phytophysiognomic units at mesoscale and evaluate their relationships with flood intensity, flood duration and topography. The study was conducted at a 25 km² Long-Term Sampling Site (LTSS), located within the floodplain of the Cuiabá River in the Pantanal of Mato Grosso. The phytophysiognomic units were determined from the supervised classification of CBERS 2B sensor CCD satellite images. The maps of flood inten (mais) sity, flood duration and of topography were generated from the spatial interpolation of planialtimetric field surveys. Four phytophysiognomic units were identified; Campo inundável (flooded grassland) was the unit with the largest area of occurrence, followed by Cordilheiras (dense arboreal savanna), Landizal (seasonally flooded evergreen forest), and Cambarazal (monodominant Vochysia divergens Pohl. forest), respectively. Campo inundável is distributed mainly in areas of high flood intensity and duration and low topographic positions. Cambarazal predominates in areas of medium flood intensity and duration and intermediate elevation, Landizal in areas of high flood intensity and duration and low topographic position, whereas Cordilheiras are characterized by low flood intensity and duration and location in higher elevations. Statistical tests indicated that flood intensity is the main factor responsible for the mesoscale distribution of phytophysiognomic units in the northern Pantanal.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Mapeamento preliminar de solos com horizonte B textural e B nítico na região de Lavras, MG/ Preliminary mapping of alfisols and ultisols in the region of Lavras, MG

Lacerda, Marilusa Pinto Coelho; Quéméneur, Joel Jean Gabriel; Andrade, Hélcio; Alves, Helena Maria Ramos; Vieira, Tatiana Grossi Chiquiloff
2009-06-01

Resumo em português Estudos de caracterização de solos e estabelecimento de relações entre pedologia, geologia e geomorfologia permitem a elaboração de modelos preditivos da distribuição dos solos na paisagem. Objetivou-se, com o presente trabalho, estudar estas relações, com a finalidade de representar a distribuição de solos com horizonte B textural e B nítico na paisagem da região de Lavras, MG, por intermédio da geração de mapa preliminar de solos, utilizando técnicas d (mais) e geoprocessamento. Os estudos foram realizados em solos com horizonte B textural e B nítico, uma vez que esses solos apresentam características relacionadas à variação da composição geoquímica das rochas ígneas de origem, refletindo-se em vários atributos dos solos, enfatizando a cor e o teor de Fe2O3. Foram realizadas campanhas de campo com avaliações morfológicas, físicas e químicas de perfis de solos representativos, desenvolvidos a partir de unidades geológicas de composições geoquímicas distintas, estabelecendo as relações pedogeológicas. Verificou-se, também, a distribuição dos solos na paisagem, com o estabelecimento das relações pedogeomorfológicas. Foi constatado que tais solos são desenvolvidos na região em relevo caracterizado por classes de declividade de 12 a 45%, originando diferentes classes de solos com horizonte B textural e B nítico, diretamente relacionados à variação do material de origem. Os critérios estabelecidos nas relações entre pedologia, geologia e geomorfologia permitiram avaliar a distribuição dos solos na paisagem estudada e a geração do mapa preliminar de solos, com individualização de solos com horizonte B textural e B nítico. Resumo em inglês Studies of characterization of soils and establishment of relationships among pedology, geology and geomorphology allow the elaboration of models of soil distribution in landscaping. This study aimed at studies of this nature, with the purpose of representing the distribution of soils with argillic horizons in the landscape of Lavras region, MG, through the generation of preliminary soil map, using geoprocessing techniques. The studies were accomplished on Alfisols and Ul (mais) tisols, once these soils present characteristics related to the variation of the geochemistry composition of the igneous rocks of origin, reflecting on several attributes of the soils, emphasizing the color and the content of Fe2O3. Field trips were accomplished with morphological, physical and chemical evaluation of profiles of representative soils, developed from geological units of different geochemical compositions, establishing the pedogeologic relationships and also verifying the distribution of the soils in the landscape, with the establishment of the pedogeomorphologic relationships. It was observed that such soils are developed in the area of relief characterized by slopes from 12% to 45%, originating different soils classes with argillic horizons, directly related to the variation of the parent material. The criteria established in the relationships among pedology, geology and geomorphology allowed evaluating the distribution of the soils in the studied landscape, and the generation of a preliminary soil map, with individualization of soils with argillic horizons.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Os bosques ribeirinhos, fonte de diversidade genética de Vitis vinifera L./ The riverine forests, source of genetic diversity of Vitis vinifera L./ Les forêts marginales, source de diversité génétique de Vitis vinifera L.

Cunha, J.; Cunha, J. P.; Lousã, M.; Eiras-Dias, J.E.
2004-01-01

Resumo em português A elevada biodiversidade da fauna e da flora que integram os bosques ripícolas, bem como o seu contributo para a regulação física do meio, estabilização da geomorfologia, controlo das características hidrológicas dos sistemas fluviais e descontaminação das águas, conferem-lhes um importante papel no equilíbrio ecológico dos ecossistemas necessários à vida humana. Apesar disso, assiste-se a um quase total desconhecimento de algumas espécies aí presentes e (mais) de factores com interesse agronómico a elas associadas, como a rusticidade proveniente de gerações muito longínquas. Este trabalho constitui o primeiro contributo científico e técnico dos bosques ripícolas como suporte de diversidade biológica da espécie Vitis vinifera L., nomeadamente da subespécie espontânea (sylvestris). Resumo em inglês The great biodiversity of the fauna and the flora that integrates the riparian forests, as well as their contribution for the physical regulation of the environment stabilization of the geomorphology, control of the hydrological characteristics of the fluvial systems and decontamination of waters, confers an important role to the ecological balance of essential ecosystems for human life. However, one can realize a lack of studies on the species of the riparian forests, na (mais) mely on their agronomic interest and on the rusticity coming from distant generations. Therefore this work can constitute a first scientific and technical approach on the riparian forests as source of biological diversity of the species Vitis vinifera L., namely the spontaneous wild subspecies (sylvestris).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Vulnerabilidade à degradação dos solos da Bacia do Acaraú, Ceará/ Vulnerability to soil degradation in the Acaraú Basin, State of Ceara

Mota, Lydia Helena da Silva de Oliveira; Valladares, Gustavo Souza
2011-03-01

Resumo em português Este trabalho objetivou elaborar um mapa de vulnerabilidade à degradação dos solos da bacia do rio Acaraú, CE, através de Sistema de Informações Geográficas e de metodologia multicritério aditivo. Para a obtenção das classes de vulnerabilidade, foram avaliados os temas geologia, geomorfologia, pedologia, vegetação e clima, definindo-se cinco classes: estável, moderadamente estável, medianamente estável/vulnerável, moderadamente vulnerável e vulnerável. (mais) A classe medianamente estável/vulnerável foi a mais representativa, ocupando 9.776 km² de extensão (67,8% da bacia), seguida da classe moderadamente estável que ocupou 4.180 km² de extensão (mais de 28% da bacia). Os resultados obtidos mostraram a viabilidade da aplicação do método para a elaboração do mapa de vulnerabilidade ambiental que pode ser utilizado na gestão territorial da bacia do Rio Acaraú. Resumo em inglês This work aimed to prepare a map of soil degradation vulnerability in the Acaraú basin, Ceará, through the Geographic Information System and multicriterium additive methodology. For the obtaining of classes of vulnerability, we evaluated information related to geology, geomorphology, pedology, vegetation and climate, resulting in five classes: stable, moderately stable, medium stable/vulnerable, moderately vulnerable and vulnerable. The class medium stable/vulnerable wa (mais) s the most representative, occupying 9,776 km² of extension (67.8 % of the basin), followed by the class moderately stable, which occupied 4,180 km² of extension (more than 28% of the basin). The results showed the viability of the method for preparing the map of environmental vulnerability, which can be applied in the territorial management of the Acaraú basin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Morfodinâmica praial: uma breve revisão/ Beach morphodynamics: a brief review

Calliari, Lauro Júlio; Muehc, Dieter; Hoefel, Fernanda Gemael; Toldo Jr., Elírio
2003-01-01

Resumo em português Desde o início dos anos 30 perfis de praia foram classificados em um dos dois tipos: perfis de tempestade ou perfis de ondulação associados, respectivamente, com ondas de alta e baixa esbeltez. Mudanças no perfil praial envolvem muitas variáveis, tornando muito difícil a formulação de modelos de prediçâo de comportamento praial. Somente a partir da década de 70, as características dos sedimentos c os processos de transformação de ondas operantes na plataform (mais) a interna e antepraia, acoplados com a morfologia tridimensional e a hidrodinâmica da praia, começaram a ser estudados de maneira integrada. Tais estudos levaram a um melhor entendimento do comportamento de sistemas praiais e zonas de arrebentação e também à formulação de modelos seqüenciais de comportamento morfodinâmico daqueles sistemas. Apresenta-se aqui uma breve síntese dos principais trabalhos e modelos introduzidos pela escola australiana de geomorfologia costeira na área de morfodinâmica praial e o resultado de sua aplicação em algumas praias do sul e sudeste do Brasil. Resumo em inglês Since the early 1930's, beach profiles have been broadly classified in one of the two types: storm profiles or swell profiles associated, respectively, with steep or low waves. Changes in beach profiles involves so many variables that becomes very difficult to obtain a model which can account for a sucessfull explanation or prediction of these changes. Only in the early 1970's. the sediment characteristics, the process of wave transformation in shallow waters and the coup (mais) ling between the three-dimensional morphology and the hydrodynamics were sistematically analyzed in order to get a better understanding of the processes responsible for beach changes and its evolutionary sequences. In this paper a brief review about the sucessfull beach morphodynamic models developed by the Australian school of coastal geomorphology is presented as well as some results of this approach applied to some of the southern and southeastern Brazilian beaches.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Mapeamento de ambientes costeiros tropicais (Golfão Maranhense, Brasil) utilizando imagens de sensores remotos orbitais

Teixeira, Sheila Gatinho; Souza Filho, Pedro Walfir Martins e
2009-01-01

Resumo em português Este trabalho apresenta os resultados do reconhecimento e mapeamento dos ambientes costeiros da região do Golfão Maranhense, Brasil, utilizando uma abordagem metodológica que incluiu: (a) análise integrada com base no processamento digital de imagens, ópticas Landsat-4 TM e SPOT-2 HRV, de imagens SAR (Synthetic Aperture Radar) do RADARSAT-1, e dados de elevação da SRTM (Shuttle Radar Topography Mission); (b) sistema de informações geográficas; e (c) levantamento (mais) s de campo relativos à geomorfologia, topografia e sedimentologia. Os ambientes costeiros, assim mapeados foram agrupados em quatro setores: Setor 1, com pântanos salinos, pântanos de água doce, lagos intermitentes e canal estuarino; Setor 2, abrangendo tabuleiro costeiro, planície de maré lamosa, planície fluvial, planície de maré arenosa, praias de macromaré, área construída e lagos artificiais; Setor 3, com manguezal, paleodunas e planície de maré mista; e Setor 4, constituído por dunas móveis. Além disso, foram também reconhecidos lagos perenes, deltas de maré vazante e planícies de supramaré arenosas. O processamento digital e a análise visual das imagens de sensores remotos orbitais, associados ao uso de sistemas de informações geográficas, mostraram-se eficazes no mapeamento de zonas costeiras tropicais, possibilitando a geração de produtos com boa acurácia e precisão cartográfica. Resumo em inglês This paper presents the results of coastal environmental mapping of Golfão Maranhense, Brazil, using a methodological approach that includes: (a) integrated analysis based on digital image processing of Landsat-4 TM, SPOT-2 HRV, RADARSAT-1 SAR (Synthetic Aperture Radar) and SRTM (Shuttle Radar Topography Mission) data; (b) geographic information system; (c) field surveys related to geomorphology, topography and sedimentology. Mapped environments were grouped into four se (mais) ctors: Sector 1, with salt marsh, fresh marsh, estuarine channel and intermittent lake; Sector 2, embracing coastal plateau, fluvial floodplain, sandflats, macrotidal beach, urban areas, artificial lakes and mudflats; Sector 3, including, paleodunes covered with grass, mangroves and mixed intertidal banks; Sector 4, constituted by mobile dunes. In addition, perennial lakes, ebb-tidal deltas and supratidal sandflats were recognized. Digital image processing visual analysis of orbital remote sensing data in association with geographic information system, proved to be effective in tropical coastal mapping, allowing the generation of products with good accuracy and cartographic precision.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Características edafoclimáticas e informações socioeconômicas no diagnóstico de agroecossistemas da região de São Carlos, SP/ Soil and climate characteristics and socio-economic data in the diagnostic of agroecosystems of São Carlos region, SP, Brazil

Pinto, Luís Fernando Guedes; Crestana, Silvio
2001-11-01

Resumo em português O planejamento regional de agroecossistemas é um componente fundamental para a sustentabilidade da atividade agrícola, devendo considerar a realidade biofísica e socioeconômica. A agropecuária cumpre importante papel na região de São Carlos, SP, porém esta localiza-se em grande parte numa área de preservação ambiental. Este trabalho visou delimitar a Zona Agroecológica dessa região e diagnosticar seus agroecossistemas por meio de informações edafoclimática (mais) s e socioeconômicas. A delimitação foi baseada no clima, geomorfologia e divisão administrativa. Da área delimitada estudou-se o clima, pedologia, uso da terra, estrutura fundiária e o manejo dos agroecossistemas. A Zona delimitada ocupa 286.824,08 ha, e é composta pelos municípios de Analândia, Itirapina, Santa Maria da Serra, São Carlos, São Pedro e Torrinha. Há potencial para a atividade agrícola, ocorrendo principalmente solos arenosos e de baixa fertilidade. Pastagens e cana-de-açúcar são os usos predominantes; a distribuição da posse da terra é desigual, e existe risco de degradação ambiental, pois não se empregam práticas compatíveis com as características naturais. Recomenda-se o uso de práticas que maximizem a conservação do solo, sua correção, e o aproveitamento de seus nutrientes, assim como o cultivo de espécies adaptadas a solos arenosos, que sejam pouco exigentes em fertilidade e resistentes a estresse hídrico. Resumo em inglês Regional planning of agroecosystems is a key component in the sustainability of agriculture and it should consider the biophysical and socio-economic reality. Agriculture plays an important role in the region of São Carlos, SP, Brazil, but it is located in an area of environmental conservation. This work aimed to delimit the Agroecological Zone of this region and to diagnose agroecosystems through soil, climate and socio-economic data. The delimitation was based on clima (mais) te, geomorphology and administrative division of the counties. The soils, land use, distribution of land ownership and the management were studied. The Zone delimited occupies 286,824.08 ha, and is composed by the Analândia, Itirapina, Santa Maria da Serra, São Carlos, São Pedro and Torrinha counties. There is potential for agriculture, existing mainly sandy and low fertility soils. Pastures and sugar cane are the main land use, the distribution of the ownership is unequal and there is risk of environmental degradation because the farmers do not use practices compatible with the natural features. It is recommended to adopt practices that emphasize soil conservation and correction and nutrient uptake. Species adapted to sandy soils with low demand for nutrients and resistant to water stress should be cultivated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Estudo da relação pedomorfogeológica na distribuição de solos com horizontes B textural e B nítico na paisagem de Lavras (MG)/ Study of the relationship pedo-geomorphological in the soil distribution with argillic horizons in the landscape of Lavras (MG), Brazil

Lacerda, Marilusa Pinto Coelho; Queménéur, Jean Joel Gabriel; Andrade, Hélcio; Alves, Helena Maria Ramos; Vieira, Tatiana Grossi Chquillof
2008-02-01

Resumo em português O entendimento das relações entre geologia, geomorfologia e pedologia auxilia nas atividades de classificação dos solos e na avaliação da distribuição pedológica de uma área. Este trabalho foi motivado pela escassez de estudos dessa natureza na região de Lavras (MG), onde ocorrem várias classes de solos, relacionados com a grande variedade petrológica do material de origem e com a ocorrência de domínios geomorfológicos distintos. O objetivo deste trabalho (mais) foi estudar as relações entre material de origem (relação pedogeológica), classes de relevo (relação pedogeomorfológica) e solos com horizontes B textural e B nítico, visando propor um modelo da distribuição desses solos na paisagem de Lavras. Os solos com horizontes B textural e B nítico de ocorrência regional foram selecionados de acordo com o estádio de evolução, que permite preservar características das rochas parentais. Esses solos são desenvolvidos nessa região em relevos ondulados a forte ondulados, originando diferentes classes de solos com horizontes B textural e B nítico relacionados ao material de origem. Para desenvolvimento deste estudo, foram realizadas a interpretação petrológica do substrato rochoso e a individualização do relevo, por meio de classes de declividade. Mediante campanhas de campo, foram selecionados e caracterizados perfis representativos das principais classes dos solos em estudo e foram avaliadas as relações pedogeológicas associadas às relações pedogeomorfológicas, permitindo a proposição de um modelo preditivo de distribuição de solos com horizontes B textural e B nítico na paisagem de Lavras (MG). Resumo em inglês The understanding of the relationships between geology, geomorphology and pedology underlies activities of soil classification and the evaluation of the pedological distribution of an area. This study was motivated by the lack of reports of this nature for the region of Lavras (MG), where several soil classes occur, related to a great petrological variety in the parent material and different geomorphological domains. The objective was to study the relationships between pa (mais) rent materials (pedogeological relationship), relief classes (pedogeomorphological relationship) and soils with argillic horizons, to propose a distribution model of these soils in the said landscape. Soils with argillic horizons of regional occurrence were selected due to the evolution stage with preserved parent rock characteristics. Such soils are developed in this region on slopes between 12 and 45 %, generating different soil classes with argillic horizons related to the parent material. For this study, the rock substratum petrology was interpreted and the geomorphology individualized, by means of slopes classes. In field trips, representative profiles of the main soil classes were selected and characterized and the pedogeological and pedogeomorphological relationships were evaluated, underlying the proposal of a soil distribution model for the landscape of Lavras (MG).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Relações pedomorfogeológicas nas chapadas elevadas do Distrito Federal/ Pedomorphogeological relations in the chapadas elevadas of the Distrito Federal, Brazil

Barbosa, Inara Oliveira; Lacerda, Marilusa Pinto Coelho; Bilich, Marina Rolim
2009-10-01

Resumo em português A caracterização pedológica e o entendimento das relações entre pedologia, geologia e geomorfologia são importantes para a compreensão da distribuição dos solos numa paisagem. O objetivo deste estudo foi avaliar as relações pedomorfogeológicas na região das Chapadas Elevadas do Distrito Federal (DF), mediante caracterização química, física, mineralógica e geoquímica dos solos de ocorrência nesse compartimento da paisagem. Foram selecionadas duas toposs (mais) equências representativas da distribuição pedológica nas Chapadas Elevadas do DF, cujos solos foram formados a partir de rochas metassedimentares do Grupo Paranoá, representados por Latossolos Vermelhos (LV), Latossolos Vermelho-Amarelos (LVA) e Cambissolos (C). Os Latossolos das duas topossequências apresentaram a maioria dos atributos físicos, químicos e mineralógicos semelhantes. A variação da cor nesses Latossolos é proveniente da mineralogia diferenciada dos óxidos de Fe - hematita predominante nos LV e goethita nos LVA. No entanto, as análises por meio de ICP-AES apresentaram teores de Fe2O3 similares nos Latossolos, demonstrando material de origem (rochas metassedimentares) de composição geoquímica semelhante. A formação da goethita nos LVA foi considerada dependente da sua posição geomorfológica de desenvolvimento, nas bordas das chapadas, onde a oscilação do lençol freático proporcionou a formação de horizonte litoplíntico, com consequente deficiência das condições de drenagem. Os Cambissolos apresentaram-se quimicamente semelhantes aos Latossolos em razão do material de origem, que são rochas metassedimentares já pré-intemperizadas. O estudo das relações pedomorfogeológicas permitiu constatar que a distribuição dos solos nas Chapadas Elevadas do Distrito Federal é condicionada pela evolução geomorfológica e pela geologia da região. Resumo em inglês Detailed studies of pedologic characterization, as well as of relationships between pedology, geology and geomorphology are important for the comprehension of the soil distribution in a landscape. The objective of this study was to evaluate the pedomorphogeological relationships in the Chapadas Elevadas of the Distrito Federal, by the chemical, physical, mineralogical and geochemical characterization of the soils found in this landscape compartment. Two representative top (mais) -sequences of the pedologic distribution were selected in this geomorphologic unit, whose soils were formed from metasedimentary rocks of the Grupo Paranoá, represented by Red Oxisols (Latosols), Yellow-Red Oxisols and Cambisols. The physical, chemical and mineralogical properties of the Oxisols of the two top-sequences were mostly similar. The color variation in the Oxisols was due to the differentiated Fe oxide mineralogy - predominantly hematite in LV and goethite in LVA. However, the ICP-AES analysis showed similar Fe2O3 levels in Oxisols, indicating a material of origin (metasedimentary rock) with similar geochemical composition. The goethite formation in LVA was related to the geomorphological position of development, on the edges of the plateau, where the water table oscillation resulted in the formation of a lithoplintic horizon, with consequently deficient drainage conditions. The Cambisols were chemically similar to Oxisols, due to the source material, consisting of pre-weathered sedimentary rock. The pedomorphogeological relations showed that the soil distribution in the Chapadas Elevadas of the Distrito Federal is linked to the geomorphologic evolution and regional geology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

O baixo Vouga em tempos medievos : do preâmbulo da Monarquia aos finais do reinado de D.Dinis

Bastos, Maria Rosário da Costa

Resumo - A evolução da linha de costa do Baixo Vouga entre os finais do século IX e 1325 foi profundamente dependente do crescimento de uma restinga arenosa, enraizada a sul de Espinho, que, ao desenvolver-se de Norte para Sul, separou a costa do oceano e condicionou a emergente laguna de Aveiro. A ...

DRIVER (Portuguese)

12

Evolução do Uso Solo e Avaliação do Valor Paisagístico e de Recreio na Área de Paisagem Protegida da Serra do Açor

Gaspar, José; Fidalgo, Beatriz
2002-12-01

Resumo em português Factores sociais, ecológicos, culturais e económicos conjugam-se com factores climáticos e geomorfológicos para imprimir uma dinâmica de alteração à paisagem da Área Protegida da Serra do Açor, cujos resultados não foram até hoje avaliados. Neste trabalho estudam-se as mudanças de uso do solo e os seus efeitos na paisagem num período de 30 anos, e operacionaliza-se o cálculo de um índice de valor paisagístico e de recreio baseado em atributos espaciais, c (mais) omo a acessibilidade, visibilidade e diversidade visual, e outras características intrínsecas das manchas que potenciam o recreio. Conclui-se que a área possui uma grande dinâmica de alteração caracterizada pela diminuição da área agrícola e da área de pinheiro bravo e pelo aumento da área de incultos e de folhosas diversas. O índice apresentado, tornou possível a discriminação de áreas com diferentes valores de recreio e paisagem, o que constitui informação indispensável a gestão táctica e estratégica da área. São identificadas e delimitadas zonas críticas em termos de gestão da paisagem, e sugeridas modificações. A metodologia utilizada é discutida em termos da sua adequação à determinação das consequências das mudanças e da sua utilização como ferramenta de apoio à tomada de decisão. Resumo em inglês Changes in the Landscape Protected Area of Serra do Açor, occurred as a consequence of the interaction of environmental factors such as climate and geomorphology, with cultural social and economic driven forces. This work studied the extent of the changes in land use that occurred in the area during a thirty year period and proposes an operational way of computing an amenity index for the area, based on spatial attributes such as visibility, accessibility and visual dive (mais) rsity, and other intrinsic attributes of the different patches. We came to the conclusion that the studied area has high dynamics in what concerns land use changes. The main evidence is the fact that the area of broadleaved increased whereas the area of pine forests and agricultural areas decreased dramatically. That index, with a quantitative and spatial dimension, allowed the discrimination of areas with different recreation and landscape potential values, as well as the identification of the sensitive areas from the landscape point of view. Additionally it can be used in decision aid at tactical and strategic planning levels. The methodological aspects are discussed in terms of their ability to quantify landscape change and usefulness for management purposes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)