Sample records for geometric sensitivity
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 2 shown.



1

Resultados preliminares de um sistema computadorizado e estereoscópico para pupilometria in vivo/ Preliminary results of a computerized and stereoscopic system for in vivo pupillometry

Carvalho, Luis Alberto Vieira de; Paranhos Júnior, Augusto
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: Desenvolver um sistema digital, com capacidade de induzir acomodação, para medida do diâmetro e formato da pupila para dez diferentes níveis de iluminação (LUX), variando do nível mesópico ao fotópico. MÉTODOS: Um sistema óptico para conjugar imagens da pupila iluminada por LED infravermelho e branco foi projetado e montado usando um capacete típico de oftalmoscópio e uma máscara típica de mergulhador como suporte e uma câmera CCD de alta resolu (mais) ção e sensibilidade. Algoritmos usando princípios de processamento de imagens foram implementados para leitura do arquivo de vídeo e a detecção automática do centro geométrico e diâmetro da pupila para cada quadro. RESULTADOS: Apresentamos dados preliminares deste sistema para um paciente voluntário. Os dados sobre posição horizontal (x), vertical (y) do centro geométrico e do diâmetro da pupila foram exportados para arquivos texto que podem ser impressos usando um programa convencional de planilha (Excel). O processo de acomodação é garantido por uma mira virtual (LED branco) localizada a 6 metros do olho do paciente e o nível de iluminação é precisamente controlado por uma placa eletrônica que alimenta o LED central que tem sua potência controlada pelo "software". CONCLUSÕES: Com o instrumento desenvolvido dados precisos da posição e tamanhos da pupila podem então ser obtidos estereoscopicamente (para ambas as pupilas e ao mesmo tempo) para qualquer paciente. Acreditamos que tal instrumento possa ser útil em algumas práticas oftálmicas onde as características geométricas da pupila sejam importantes. Resumo em inglês PURPOSE: We developed a digital system with accommodation capacities for measurement of the diameter and shape of the in vivo pupil for 10 different levels of illumination intensity, varying from mesopic to photopic. METHODS: An optical system for conjugating images from an infrared and white light illuminated pupil was designed and mounted using an ophthalmoscope helmet and a typical diving mask as support for a high-resolution and sensitivity CCD. Using an IBM compatibl (mais) e computer sequences of video in AVI format were digitized for several seconds at a mean rate of 30 Hz. Algorithms using principles of image processing were implemented for detection of the pupil edges. RESULTS: We present preliminary results of this system for a voluntary patient. Data for the horizontal (x) and vertical (y) central position and for the diameter of the pupil were then exported to files that could be read by typical spread sheet programs (Excel). CONCLUSIONS: In this manner, precise data can be obtained stereoscopically (for both pupils at the same time) for any patient, given that the accommodation process is guaranteed by using a white LED virtual mire located 6 meters from the patient's eye. An electronic board precisely controls the level of illumination. We believe here developed instrument may be useful in certain ophthalmic practices where precise pupil geometric data are needed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Diagnóstico de alergia a baratas no ambiente clínico: estudo comparativo entre o teste cutâneo e IgE específica/ Use of the skin prick test and specific immunoglobulin E for the diagnosis of cockroach allergy

Lopes, Maria Isabella L.; Miranda, Paulo J.; Sarinho, Emanuel
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Comparar a prevalência da sensibilização a baratas (Blattella germanica e Periplaneta americana) em crianças com e sem asma, verificando a concordância entre testes cutâneos e IgE específica bem como determinar a relação entre a sensibilização a baratas e níveis séricos de IgE total. MÉTODOS: Foi realizado um estudo caso-controle, envolvendo 76 crianças asmáticas e 42 não asmáticas, entre 6 e 14 anos de idade, em Recife, Brasil. Todas as crian (mais) ças submeteram-se ao teste cutâneo e dosagem sérica de IgE específica para B. germanica e P. americana e determinação sérica da IgE total. RESULTADOS: As crianças asmáticas apresentaram maior positividade aos testes cutâneos para B. germanica (27,6 versus 4,8%) e P. americana (27,6 versus 2,4%) que aquelas do grupo controle. A concordância entre o teste cutâneo e a IgE específica foi razoável para B. germanica (Kappa = 0,25) e fraca para P. americana (Kappa = 0,17). A média geométrica da IgE total foi 591,70 kU/L entre pacientes asmáticos e 345,85 kU/L entre os controles, não havendo diferença estatisticamente significante. Em pacientes com testes positivos para baratas, a média geométrica da IgE total foi significativamente maior em comparação aos pacientes cujos exames foram negativos. CONCLUSÃO: A sensibilização a baratas foi associada à asma. O teste cutâneo pode refletir mais apropriadamente uma sensibilização a baratas clinicamente relevante que a IgE específica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the prevalence of allergy to cockroaches (Blattella germanica and Periplaneta americana) in asthmatic and non-asthmatic children and to determine the degree of agreement between the skin prick test and serum specific IgE levels, as well as to establish the relationship between cockroach allergy and total IgE levels. METHODS: A case-control study involving 76 asthmatic and 42 non-asthmatic children aged between 6 and 14 years was conducted in Recife, (mais) Brazil. All individuals were submitted to the skin prick test and to the measurement of specific IgE for B. germanica and P. americana, as well as to the determination of total IgE concentration. RESULTS: Asthmatic children showed a higher frequency of positive skin reactions to B. germanica (27.6 vs. 4.8%) and P. americana (27.6 vs. 2.4%) than non-asthmatic ones. The agreement between the skin prick test and the specific IgE results was reasonable for B. germanica (kappa = 0.25 ) and weak for P. americana (kappa = 0.17). Those patients who tested positive for cockroaches had a significantly higher geometric mean for total IgE than those who tested negative. The agreement between specific IgE and the skin prick test increased as total IgE levels rose, although some skin tests were negative even when total IgE levels were as high as 5000 kU/l. All determinations of cockroach-specific IgE were positive for total IgE levels greater than 2500 kU/l, even among asymptomatic patients. CONCLUSION: Allergic sensitivity to cockroaches was a predictive factor for asthma severity. The skin prick test is more appropriate for the detection of clinically relevant sensitivity to cockroaches than specific IgE determination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)