Sample records for genes
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



2

Genes e epilepsia I: epilepsia e alterações genéticas/ Genes and epilepsy I: epilepsy and genetic alterations

Gitaí, Daniel L. G.; Romcy-Pereira, Rodrigo N.; Gitaí, Lívia L. G.; Leite, João P.; Garcia-Cairasco, Norberto; Paço-Larson, Maria Luisa
2008-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Epilepsia é uma desordem neurológica caracterizada por crises espontâneas e recorrentes, que afeta de 2% a 3 % da população mundial. As crises epilépticas refletem atividade elétrica anormal e paroxística, preferencialmente em uma ou várias áreas do córtex cerebral, que podem ser causadas por inúmeras patologias estruturais ou neuroquímicas. Dentre os importantes estudos das últimas décadas no campo da epileptologia, destaca-se a identificaç� (mais) �o de genes associados a certos tipos de epilepsia. OBJETIVO: Nesta revisão, descrevemos as principais alterações genéticas associadas ao processo epileptogênico, discutindo as mais recentes descobertas e suas contribuições para a compreensão das bases genéticas das epilepsias idiopáticas monogênicas (EIM) e das epilepsias geneticamente complexas. RESULTADOS E CONCLUSÃO: Estudos de ligação e associação mostram que alterações em genes que codificam canais iônicos são as principais causas genéticas das epilepsias idiopáticas monogênicas e de predisposição nas epilepsias geneticamente complexas. Além disso, as síndromes nas quais a epilepsia é um aspecto importante do quadro clínico podem ser provocadas por genes envolvidos em diferentes vias celulares, tais como: migração neuronal, metabolismo de glicogênio e cadeia respiratória. Portanto, acredita-se que diferentes categorias de genes possam atuar na determinação do traço epiléptico. A identificação de tais famílias de genes não apenas nos ajudará a entender as vias moleculares associadas à hiperexcitabilidade neuronal e ao processo epileptogênico, mas também poderá conduzir ao desenvolvimento de novas e mais precisas estratégias de tratamento da epilepsia. Resumo em inglês INTRODUCTION: Epilepsy is a neurological disorder characterized by spontaneous and recurrent seizures with an estimated prevalence of 2-3 % in the world population. Epileptic seizures are the result of paroxystic and hypersynchronous electrical activity, preferentially in cortical areas, caused by panoply of structural and neurochemical dysfunctions. Recent advances in the field have focused on the molecular mechanisms involved in the epileptogenic process. OBJECTIVES: In (mais) the present review, we describe the main genetic alterations associated to the process of epileptogenesis and discuss the new findings that are shedding light on the molecular substrates of monogenic idiopathic epilepsies (MIE) and on genetically complex epilepsies (GCE). RESULTS AND CONCLUSION: Linkage and association studies have shown that mutations in ion channel genes are the main causes of MIE and of predisposition for GCE. Moreover, mutations in genes involved in neuronal migration, glycogen metabolism and respiratory chain are associated to other syndromes involving seizures. Therefore, different gene classes contribute to the epileptic trait. The identification of epilepsy-related gene families can help us understand the molecular mechanisms of neuronal hyperexcitability and recognize markers of early diagnosis as well as new treatments for these epilepsies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Os genes ERCC1 e RRM1 no carcinoma broncopulmonar/ ERCC1 and RRM1 genes in lung cancer

Carvalho, Lina; Silva, António; Andrade, Cláudia; Barroso, Cláudia; Farinha, Cláudia; Fernandes, José Carlos; Landeiro, Raquel
2009-08-01

Resumo em português No cancro do pulmão, ainda não se obteve sobrevivência expressiva dos doentes que se apresentam em estádios não cirúrgicos. Os doentes com carcinoma de não pequenas células são tratados com platina e outros fármacos, para os quais se podem caracterizar actualmente marcadores preditivos de resposta terapêutica. Procedeu-se a uma revisão da literatura, tendo como alvo o papel dos genes ERCC1 e RRM1 na resposta à quimioterapia baseada na platina e na gemcitabina (mais) . Actualmente, a expressão destes genes é encarada como preditiva de resposta à quimioterapia em doentes com adenocarcinomas e carcinomas epidermóides, orientando a terapêutica personalizada. Dados publicados demonstram a utilidade da quimioterapia individualizada, de acordo com os níveis individuais de ERCC1. Estes também são influenciados por variabilidade genética. Assim, a presença de certos polimorfismos, como são os códãos 118 C/T e C8092A, parecem estar relacionados com a carcinogénese, resistência aos citostáticos, tempo de sobrevida e até com o prognóstico. Estudos clínicos e laboratoriais demonstraram também que a elevada expressão do gene RRM1 no NSCLC tem impacto no fenótipo do tumor e na resposta variável à quimioterapia. Doentes submetidos a ressecção cirúrgica, cujos tumores apresentavam expressão aumentado do gene RRM1, têm maior sobrevivência do que os doentes com baixa expressão. No entanto, os doentes com NSCLC avançado sujeitos a quimioterapia com gemcitabina e cisplatina apresentam um pior prognóstico se o tumor apresentar expressão aumentada do gene RRM1. Resumo em inglês In lung cancer, expressive survival has not yet been achieved in non surgical stages. Non -small cell lung cancer (NSCLC) patients are treated with platinum and other drugs. To choose these agents we can actual ly define predictive biomarkers to preview therapeutic response. A literature revision was done in order to define the role of ERCC1 e RRM1 genes in the response to chemotherapy based in platinum and gemcitabine respectively. The expression of these genes is faced (mais) as a predictive marker to the chemotherapy response in patients with adenocarcinomas and squamous cell carcinomas, providing a personalized therapy. Published data supports this behaviour and is useful to individualize therapy accordingly to individual levels of ERCC1 which are modified by genetic mutations. Polymorphisms in codons 118 C/T and C8092A, seem to influence the carcinogenesis, cytostatic resistance, survival and even the prognosis. Clinical and laboratorial trials showed that high expression of RRM1 gene in NSCLC has impact in the tumoral phenotype. Patients having done surgical ressection and presenting high expression of RRM1 have better survival than those with lower expression. However, patients with advanced NSCLC and treated with chemotherapy with gemcitabine and cisplatin appear to have a poor outcome if the tumor express elevated levels of RRM1 gene.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Genes e epilepsia II: expressão gênica diferencial/ Genes and epilepsy II: differential gene expression in epilepsy

Romcy-Pereira, Rodrigo N.; Gitaí, Daniel L. G.; Gitaí, Lívia L. G.; Leite, João P.; Garcia-Cairasco, Norberto; Paçó-Larson, Maria Luisa
2008-10-01

Resumo em português Nesta revisão, introduzimos abordagens investigativas, assim como discutimos os principais achados de expressão gênica diferencial em tecido epiléptico humano e em modelos experimentais. As alterações observadas no cérebro de indivíduos epilépticos sugerem que eventos moleculares específicos refletem diferentes expressões do quadro fisiopatológico. É possível que diferentes combinações da expressão de genes associados à morte celular, metabolismo de radi (mais) cais livres, transmissão sináptica, resposta imune e de neurotrofinas reflitam propriedades características de diferentes populações neuronais e gliais, que determinam as distintas respostas de cada área cerebral. A compreensão dessas particularidades moleculares será muito importante para o desenvolvimento de uma estratégia de intervenção visando reduzir neurotoxicidade e disfunções sinápticas que ocorrem durante a epileptogênese e a fase crônica em pacientes epilépticos. Resumo em inglês We introduce some investigative appnacher and findings on differential gene expression in human epileptic time as well as in animal models of epilepsy. Molecular alterations observed in the epileptic brain suggest that they may disclose different psychopathological stages. It is possible that different gene expression combinations involved in cell death, reactive oxygen metabolism, synaptic transmission and immune response and of neurotrophins reflect distinct functional (mais) properties of different neuronal and glial populations, which determine specific brain region responses. Understanding the molecular patterns of gene expression following epileptogenic insults will be of great importance for the development of treatments aiming to reduce neurotoxicity and subtle synaptic dyfunctions present in the early stages as well as during the chronic phase of epilepsy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Genes envolvidos na determinação e diferenciação do sexo/ Genes involved in sex determination and differentiation

Mello, Maricilda Palandi de; Assumpção, Juliana de G; Hackel, Christine
2005-02-01

Resumo em português O sexo cromossômico é estabelecido na fertilização pela presença de um cromossomo X ou Y. O desenvolvimento dos sexos masculino e feminino passa, num primeiro momento, pela especialização das gônadas em testículos ou ovários; os demais processos decorrem de efeitos secundários provocados pelos hormônios por elas produzidos. As etapas de determinação e diferenciação das gônadas em testículos ou em ovários e a diferenciação dos genitais externos masculi (mais) nos ou femininos envolvem a expressão específica de uma cascata de genes. Esses genes, seus respectivos padrões de expressão, bem como seus envolvimentos na manifestação de patologias ligadas ao desenvolvimento gonadal e dos genitais externos serão abordados nesta revisão. Resumo em inglês Chromosomal sex is established at fertilization by the presence of an X or Y chromosome. The first step of male and female development is gonadal specialization in testes or ovaries; all other processes that follow result from secondary effects produced by testis and ovary hormones. Gonadal determination and differentiation and the development of external genitalia involve time- and tissue-specific expression of genes forming a gene cascade. Those genes, their expression (mais) profile and their role in the pathological manifestations related to gonadal and external genitalia development will be discussed in this review.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Genes and Parkinson's disease - A clinic-based study in a Portuguese cohort

Bras, JM; Guerreiro, RJ; Morgadinho, AS; Januario, C; Oliveira, CR; Singleton, A

DRIVER (Portuguese)

8

Genes de suscetibilidade no transtorno de déficit de atenção e hiperatividade/ Susceptibility genes in attention/deficit hyperactivity disorder

Roman, Tatiana; Rohde, Luis Augusto; Hutz, Mara Helena
2002-10-01

Resumo em português O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é um dos transtornos mais comuns da infância e adolescência, afetando entre 3% a 6% das crianças em idade escolar. Essa patologia caracteriza-se por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade, apresentando ainda uma alta heterogeneidade clínica. Embora as causas precisas do TDAH não estejam esclarecidas, a influência de fatores genéticos é fortemente sugerida pelos estudos epidemiológico (mais) s, cujas evidências impulsionaram um grande número de investigações com genes candidatos. Atualmente, apesar da ênfase dada a este tópico, nenhum gene pode ser considerado necessário ou suficiente ao desenvolvimento do TDAH, e a busca de genes que influenciam este processo ainda é o foco de muitas pesquisas. O objetivo desse artigo é, portanto, sumarizar e discutir os principais resultados das pesquisas com genes candidatos no TDAH. Resumo em inglês Attention-deficit/hyperactivity disorder (ADHD) is one of the most common psychiatric disorders of childhood and adolescence, affecting 3%-6% of school age children. It is characterized by symptoms of inattention, hyperactivity and impulsivity, showing also a high clinical heterogeneity. Although the precise causes of ADHD are unclear, the influence of genetic factors is strongly suggested by epidemiologic studies, that provide evidences for a large number of investigatio (mais) ns with candidate genes. Nowadays, despite the great attention driven to this subject, no gene can be considered as necessary or sufficient to the development of ADHD, and the search for genes that affect this process is still the focus of many investigations. Thus, the objective of this paper is to summarize and discuss the main results on the research with possible susceptibility genes for ADHD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Genes relacionados ao metabolismo dos fosfolípides como fatores de risco para o transtorno afetivo bipolar/ Genes related to phospholipid metabolism as risk factors related to bipolar affective disorder

Meira-Lima, Ivanor V; Vallada, Homero
2003-03-01

Resumo em português Os estudos de epidemiologia genética fornecem consistente evidência de que o componente genético tem um papel preponderante no risco para o Transtorno Afetivo Bipolar (TAB), embora genes de vulnerabilidade ainda não tenham sido identificados de forma inequívoca. Nesta atualização os autores apresentam dados demonstrando que os fosfolípides exercem um relevante papel nos processos de sinalização intracelular e que estudos da neuroquímica dos estabilizadores do h (mais) umor convergem em apontar para uma ação destas drogas nas vias de transdução de sinais reguladas pelas fosfolipases. Concluem que investigações de variantes nos genes que codificam enzimas do metabolismo dos fosfolípides como potenciais genes de susceptibilidade podem ampliar o conhecimento acerca dos fatores de risco e dos mecanismos fisiopatológicos envolvidos no surgimento destes transtornos do humor. Resumo em inglês The studies of genetic epidemiology provides consistent evidence of genetic factors having a major role on the risk for the bipolar affective disorder, although, vulnerability genes have not yet been identified in unequivocal form. The authors show that phospholipids play an important role in the cellular signalling processes, besides this, some studies with mood-stabilisers neurochemistry suggest that these drugs act in the phospholipase regulated signalling views. They (mais) conclude that analysis of gene variants that code enzymes of the phospholipids metabolism as potential susceptibility genes can extend the knowledge concerning the risk factors and the physiopatological mechanisms underling this mood disturbance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

New genes conferring resistance to Asian soybean rust: allelic testing for the Rpp2 and Rpp4 loci/ Novos genes de resistência à ferrugem-asiática-da-soja: teste de alelismo para os locos Rpp2 e Rpp4

Laperuta, Larissa Di Cássia; Arias, Carlos Alberto Arrabal; Ribeiro, Aliny Simony; Rachid, Breno Francovig; Pierozzi, Pedro Henrique Braga; Toledo, José Francisco Ferraz de; Pípolo, Antonio Eduardo; Carneiro, Geraldo Estevam de Souza
2008-12-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi desenvolver testes de alelismo, inclusive cruzamentos entre um grupo de genótipos resistentes à ferrugem, do banco de germoplasma de soja da Embrapa, e as duas fontes de resistência com os genes Rpp2 e Rpp4. A ferrugem-asiática-da-soja, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, tem gerado perdas significativas na produtividade da cultura e preocupado os agricultores brasileiros. Até recentemente, existiam quatro genes de resistência descr (mais) itos na literatura, mas somente Rpp2 e Rpp4 continuam efetivos no Brasil. Vinte e seis fontes com resistência a P. pachyrhizi foram cruzadas com PI 230970 e PI 459025 (fontes dos genes Rpp2 e Rpp4, respectivamente), e as plantas da geração F2 foram infectadas com uma suspensão com 2,5x10(4) esporos por mililitro e analisadas em casa de vegetação após 20 dias, para verificação da presença de lesões de resistência (RB) ou de suscetibilidade (TAN). Foram aplicados testes de qui-quadrado para investigar as hipóteses de segregação independente ou de alelos de resistência nos locos Rpp2 e Rpp4. Genes de resistência provenientes de PI 197182, PI 230971 e PI 417125 não segregaram em cruzamentos com a PI 230970, o que indica que esses genótipos apresentam um único gene de resistência presente no loco Rpp2. Cruzamentos com os outros 23 genótipos resultaram em populações segregantes, o que indica que estas possuem genes que não pertencem aos locos Rpp2 e Rpp4. Resumo em inglês The objective of this study was to conduct allelic tests including crosses between a group of rust resistant genotypes from Embrapa's soybean germplasm collection and PI 230970 and PI 459025, which carry the Rpp2 and Rpp4 genes, respectively. Asian Soybean rust (ASR) caused by the fungus Phakopsora pachyrhizi has resulted in significant yield losses and concern among Brazilian farmers. Until recently, there were four resistance genes (Rpp1 through Rpp4) described in the l (mais) iterature, but only Rpp2 and Rpp4 are still effective in Brazil. Twenty-six sources of resistance to P. pachyrhizi were crossed with PI 230970 and PI 459025 (Rpp2 and Rpp4 gene sources, respectively) and plants of their F2 generations were infected with a suspension containing 2.5x10(4) spores per milliliter and assessed in a greenhouse after 20 days, for the presence of resistant (RB) or susceptible (TAN) lesions. Chi-square tests were applied to investigate the hypotheses of independent or allelic resistance gene segregations. ASR resistant genes derived from PI 197182, PI 230971 and PI 417125 did not segregate in crosses with PI 230970, which indicates that these genotypes have a single resistance gene in the Rpp2 locus. Crosses with the other 23 genotypes resulted in segregating populations, suggesting that their resistance genes do not belong to Rpp2 or Rpp4 loci.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Amplificação dos genes que codificam a endotelina-1 e seus receptores em valvas mitrais reumáticas/ Amplification of the genes that codify endothelin-1 and its receptors in rheumatic mitral valves/ Amplificación de los genes que codifican la endotelina-1 y sus receptores en válvulas mitrales reumáticas

Moura, Edmilson Bastos de; Gomes, Mariana Ribeiro; Corso, Ricardo Barros; Faber, Cristiano Nicolleti; Carneiro, Fabiana Pirani; Pacheco, Yolanda Galindo
2010-07-01

Resumo em português FUNDAMENTO: As cardiopatias são doenças de alta prevalência, sendo a cardite reumática uma doença de grande relevância em países em desenvolvimento. As alterações em câmaras cardíacas esquerdas se associam à disfunção endotelial, com aumento dos níveis de endotelina-1 (ET-1) e consequências sobre a circulação pulmonar, muitas vezes determinando a hipertensão pulmonar (HP). No entanto, a presença de ET-1 e seus receptores na própria valva mitral, promo (mais) vendo alterações vasculares pulmonares e aumentando a deformação valvar reumática, ainda é um assunto não abordado na literatura. OBJETIVO: Determinar, mediante técnicas moleculares, a expressão dos genes da endotelina e dos seus receptores em valvas mitrais reumáticas. MÉTODOS: 27 pacientes submetidos à troca valvar mitral tiveram seu tecido valvar analisado, a fim de determinar a presença de genes de ET-1 e seus receptores A e B. Foram feitas análises histológica e molecular das valvas (divididas em fragmentos M1, M2 e M3) e colhidos dados clínicos e epidemiológicos dos pacientes. Foram divididos em três grupos: valvopatia mitral, mitroaórtica e pacientes reoperados. RESULTADOS: O estudo mostrou a manifestação do gene da ET-1 em 40,7% dos espécimes e de seu receptor A em todas as amostras, com manifestação minoritária do gene do receptor B (22,2%). CONCLUSÃO: Todos os pacientes expressaram a presença do gene do receptor A. Não houve diferença estatística quanto à gravidade da doença, expressa em classe funcional, e aos subgrupos estudados (valvopatas mitrais, mitroaórticos e pacientes reoperados), ou quanto à expressão dos genes da ET-1 e seus receptores entre os subgrupos estudados (valvopatas mitrais, mitroaórticos e pacientes reoperados). Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Las cardiopatías son enfermedades de alta prevalencia, siendo la carditis reumática una enfermedad de gran relevancia en países en desarrollo. Las alteraciones en cámaras cardíacas izquierdas se asocian a la disfunción endotelial, con aumento de los niveles de endotelina-1 (ET-1) y consecuencias sobre la circulación pulmonar, muchas veces determinando la hipertensión pulmonar (HP). Mientras que, la presencia de ET-1 y sus receptores en la propia válvu (mais) la mitral, promoviendo alteraciones vasculares pulmonares y aumentando la deformación valvar reumática, aún es un asunto no abordado en la literatura. OBJETIVO: Determinar, mediante técnicas moleculares, la expresión de los genes de la endotelina y de sus receptores en válvulas mitrales reumáticas. MÉTODOS: 27 pacientes sometidos a reemplazo valvular mitral tuvieron su tejido valvar analizado, a fin de determinar la presencia de genes de ET-1 y sus receptores A y B. Fueron hechos análisis histológico y molecular de las valvas (divididas en fragmentos M1, M2 y M3) y recogidos datos clínicos y epidemiológicos de los pacientes. Fueron divididos en tres grupos: valvopatía mitral, mitroaórtica y pacientes reoperados. RESULTADOS: El estudio mostró la manifestación del gen da ET-1 en 40,7% de los sujetos y de su receptor A en todas las muestras, con manifestación minoritaria del gen del receptor B (22,2%). CONCLUSIÓN: Todos los pacientes expresaron la presencia de gen del receptor A. No hubo diferencia estadística en cuanto a la gravedad de la enfermedad, expresada en clase funcional, y a los subgrupos estudiados (valvopatías mitrales, mitroaórticos y pacientes reoperados), o en cuanto a la expresión de los genes de la ET-1 y sus receptores entre los subgrupos estudiados (valvopatías mitrales, mitroaórticos y pacientes reoperados). Resumo em inglês BACKGROUND: Cardiopathies are high prevalence conditions. Among them, rheumatic carditis is of high relevance in developing countries. Left cardiac chamber changes are associated to endothelial dysfunction and ET-1 levels increase. Pulmonary circulation is then affected, and not seldom leading to pulmonary hypertension (PH). However, the presence of ET-1 and its receptors in the mitral valve itself - promoting pulmonary vascular changes, with increased rheumatic valvular (mais) deformation - has not been discussed in the literature. OBJECTIVE: To determine the expression of endothelin gene and its receptors in rheumatic mitral valves through techniques of molecular genetics. METHODS: Twenty-seven patients submitted to mitral valve replacement had their valvular tissue examined to determine the presence of ET-1 genes and their A and B receptors. Histological and molecular analysis of the valves was performed (divided into M1, M2 and M3 fragments), with patients' clinical and epidemiological data collected. Patients were divided into 3 groups (mitral valvopathy, mitroaortic valvopathy, and reoperation patients). RESULTS: The study showed endothelin-1 gene expression in 40.7% specimens and A receptor in all samples; receptor gene B had lower expression (22.2%). CONCLUSION: All patients showed A receptor gene expression. No statistically significant difference was observed in regard to condition severity, expressed according to functional class, and subgroups (mitral valvopathy, mitroaortic valvopathy, and reoperation patients).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Descobrindo Genes no Século XXI: Enfoque na Área de Onco-Endocrinologia/ Discovering Genes in the XXI Century: Focus in the Onco-Endocrinology Field

Dahia, Patricia
2002-08-01

Resumo em português A área de endocrinologia genética e oncológica tem sido alvo de enorme avanço nos anos recentes. A descoberta de genes responsáveis por neoplasias hereditárias nas últimas décadas representou uma fonte importante de informações concernentes à avaliação de risco, prevenção e aconselhamento genético. Neste particular, a caracterização do gene responsável pela neoplasia endócrina múltipla tipo 2 (MEN 2) representou a "pedra angular" para o desenvolviment (mais) o do campo de oncogenética clínica. Portanto, estima-se que o estudo genético e funcional das neoplasias hereditárias será igualmente capaz de liderar o avanço para um melhor manuseio clínico e terapêutico destas doenças. Um dos grandes desafios do futuro reside em se entender o intrincado mecanismo de interação entre genes e proteínas no controle do desenvolvimento e regulação dos diferentes sistemas biológicos. Uma das conseqüências mais antecipadas deste avanço é a sua aplicação para o tratamento específico e "individualizado" de todas as doenças humanas. Esta breve revisão tratará de aspectos gerais que envolvem o processo de identificação de novos genes e sua associação com condições clínicas específicas. As técnicas clássicas de clonagem serão apresentadas ao lado de estratégias modernas de identificação e análise de genes. O papel da bioinformática no Projeto Genoma Humano e o imenso potencial que esta informação traz para acelerar o processo de caracterização de novos grupos de genes serão brevemente discutidos. Resumo em inglês The field of endocrine and cancer genetics has grown remarkably in the past few years. The discovery of genes responsible for inherited forms of cancer has already given us powerful tools for cancer risk assessment, pre-morbid prediction and genetic counseling. The discovery of the susceptibility gene for multiple endocrine neoplasia type 2 (MEN 2) was fundamental in developing the field of clinical cancer genetics. It is hoped that further genetic and functional studies (mais) of hereditary cancers, including inherited endocrine neoplasia syndromes, will also lead the way to improved clinical management ability in prevention and treatment areas alike. One of the greatest challenges that lie ahead is to understand the intricate mechanism of gene-protein interactions that control development and regulation of multiple biological systems. One of the most anticipated consequences of this progress is that it will bring further insight and tools that will also enable full translation into therapeutic options that can be tailored to patients according to their most specific "molecular requirements". This brief review covers general aspects of the gene discovery process and further association with specific disease phenotypes. Traditional cloning techniques will be listed side by side with modern strategies for gene discovery and analysis. The role of bioinformatics in the progress of the Human Genome Project and the enormous potential that derives from this information towards the identification of novel genes will be addressed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Detecção de genes toxigênicos em amostras de Staphylococcus spp. isoladas de queijos de coalho/ Detection of toxigenic genes in samples of Staphylococcus spp. isolated from rennet cheese

Freitas, Manuela Figueiroa Lyra de; Luz, Isabelle da Silva; Pinheiro Júnior, José Wilton; Duarte, Dalila Angélica Moliterno; Vasconcelos, Ana Mercia Mendes; Ribeiro, Aldemir Reginato; Mota, Rinaldo Aparecido; Balbino, Tereza Cristina Leal; Stamford, Tânia Lúcia Montenegro
2009-06-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho isolar quantificar e investigar em amostras de Staphylococcus spp. isoladas de queijos de coalho, a presença dos genes toxigênicos sea-see, seg-sej, tst, eta e etb através da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR). Foram verificadas contagens de Staphylococcus coagulase positiva (SCP) variando de 10² a 10(6) UFC.g-1. Os genes toxigênicos tst, sec, sed, seg, seh, sei e sej foram identificados em 18 dos 20 isolados de Staphylococcus spp. (mais) com os seguintes percentuais 5, 11, 9, 20, 16, 25 e 14% respectivamente. A presença de elevado percentual de isolados contendo diferentes genes toxigênicos é preocupante para a saúde do consumidor pela possibilidade de produzirem toxinas responsáveis por intoxicações alimentares. A ocorrência de vários genes toxigênicos em amostras de Staphylococcus coagulase negativa é outro fato importante, pois no Brasil não existe legislação com determinação de limites para Staphylococcus coagulase negativa em alimentos. Resumo em inglês The aim of this study was to isolate, quantify, and investigate samples of Staphylococcus spp from rennet or coalho cheese (a firm but very lightweight cheese produced in Brazil) and determine the presence of the toxigenic genes sea-see, seg-sej, tst, eta, and etb by the polymerase chain reaction (PCR). Counts of coagulase-positive Staphylococcus (CPS) were found varying from 10² to 10(6) CFU.g-1. The toxigenic genes tst, sec, sed, seg, seh, sei, and sej were identified (mais) in 18 of the 20 isolates of Staphylococcus spp at the following percentages: 5, 11, 9, 20, 16, 25, and 14%, respectively. The presence of a high percentage of isolates containing different toxigenic genes is a matter of concern for the health of the consumer due to the possible production of toxins responsible for food poisoning. The presence of various toxigenic genes in samples of coagulase-negative Staphylococcus is another important fact because there are no laws in Brazil regarding limitations on the presence of coagulase-negative Staphylococcus in foods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Detecção de genes do cluster egc em Staphylococcus aureus isolados de alimentos de origem animal/ Detection of genes of egc cluster in Staphylococcus aureus isolated from foods of animal origin

Zocche, Fernando; Bastos, Caroline Peixoto; Silva, Wladimir Padilha da
2010-05-01

Resumo em português Os objetivos deste estudo foram detectar, por PCR, genes codificadores de enterotoxinas estafilocócicas, pertencentes ao cluster egc (genes seg, sei, selm, seln e selo) em Staphylococcus aureus isolados em diferentes alimentos de origem animal, e relacionar sua presença com a fonte de isolamento. Quarenta e uma cepas de S. aureus de diferentes origens (carne de frango, leite cru, embutidos cárneos e queijo) foram avaliadas por PCR, por meio da amplificação de um frag (mais) mento de 3375pb (denominado egc parcial), que foi utilizado como marcador da presença do cluster, e fragmentos de cada um dos genes pertencentes ao cluster egc. Há presença de genes do cluster egc em isolados de S. aureus isoladas em alimentos de origem animal; entretanto, diferentes genótipos puderam ser observados em função da fonte de isolamento. A ocorrência de S. aureus isolados em carne de frango que possuíam todos os genes do cluster foi elevada; no entanto, nos isolados oriundos dos demais alimentos, essa ocorrência foi reduzida. Resumo em inglês The aim of this study was to detect, through PCR usage, the genes which encodes staphylococcal enterotoxins and which belongs to egc cluster (seg, sei, selm, seln and selo) in S. aureus isolated from different foods of animal origin and correlate their presence with the strain origin. Forty-one strains of S. aureus from different sources (chicken meat, raw milk, sausage meat and cheese) were evaluated through PCR by amplifying a fragment of 3375bp (called partial egc), wh (mais) ich was used as a marker for the presence of cluster, and fragments of individual genes belonging to egc cluster. There is presence of the egc cluster in strains of S. aureus isolated from foods of animal origin, however, different genotypes could be observed depending on the isolation source. The occurrence of strains isolated from chicken meat that had all the genes of the cluster was high; however, in the strains isolated from the other foods, such occurrence has been reduced.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Detecção dos genes da toxina citoletal distensiva em estirpes de Campylobacter jejuni isoladas de carcaças de frangos/ Detection of cytolethal distending toxin genes in strains of Campylobacter jejuni isolated from broiler carcasses

Carvalho, A.F.; Silva, D.M.; Azevedo, S.S.; Piatti, R.M.; Genovez, M.E.; Scarcelli, E.
2010-10-01

Resumo em português Foram analisadas 80 amostras de sobrecoxas de frangos de corte resfriados provenientes de feiras livres e hipermercados do município de São Paulo, SP. Treze estirpes de Campylobacter spp. foram isoladas em 10 (12,5%) sobrecoxas, sendo cinco amostras originárias de feiras livres e cinco de hipermercados. Onze estirpes foram identificadas como Campylobacter jejuni e duas como Campylobacter coli. As 11 estirpes foram confirmadas como C. jejuni pela PCR do gene da hipurica (mais) se (hip), e destas, quatro (36,4%) apresentaram os três genes (cdtA, cdtB e cdtC) codificantes da toxina citoletal distensiva pela multiplex-PCR, sendo três estirpes provenientes de hipermercados e uma de feira livre. Observou-se a presença de estirpes virulentas de C. jejuni, portadoras do complexo de genes cdt, nas amostras de frango resfriado, não só na linha de abate, mas até o ponto final da cadeia de distribuição, nos dois principais centros de venda a varejo. Resumo em inglês Eighty samples of refrigerated broiler thighs purchased in street markets and supermarkets in the city of São Paulo, SP, were analyzed. Thirteen Campylobacter spp. strains were isolated in 10 (12.5%) thighs, five of them from street market samples and other five from supermarkets. Eleven strains were identified as Campylobacter jejuni and two of them as Campylobacter coli. The 11 strains were confirmed to be C. jejuni using PCR for hippuricase (hip) gene. From these, mul (mais) tiplex-PCR showed that four (36.4%) strains presented the three genes (cdtA, cdtB, and cdtC) encoding cytolethal distending toxin: three strains from supermarket and one from street market samples. These results are important, because they demonstrate the presence of virulent C. jejuni strains in refrigerated broiler thigh samples, not only in the slaughterhouse but in the final point of the distribution chain, at the two most important food retail commercer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Expressão dos genes que codificam as proteínas anexina-1 e galectina-1 nos pólipos rinossinusais e sua modulação pelo glicocorticoide/ Expression of genes that encode the annexin-1 and galectin-1 proteins in nasal polyposis and their modulation by glucocorticoid

Fernandes, Atílio Maximino; Babeto, Erica; Rahal, Paula; Provazzi, Paola Jocelan Scarin; Hidalgo, Claudia Augusta; Anselmo-Lima, Wilma T
2010-04-01

Resumo em português A fisiopatologia da polipose rinossinusal não é totalmente compreendida, apesar de várias hipóteses em relação ao seu processo inflamatório. OBJETIVOS: Estudo prospectivo da expressão dos genes das proteínas, anexina-1 e a galectina-1, que têm ação anti-inflamatória, e sua modulação pelo glicocorticoide. MATERIAL E MÉTODOS: Onze pacientes portadores de polipose rinossinusal tiveram biopsiados seus pólipos em dois momentos: na ausência de glicocorticoide (mais) sistêmico, e na sua presença. Nas duas amostras, foi avaliada a expressão desses genes e comparada com a expressão na mucosa nasal normal do meato médio. RESULTADOS: Verificou-se que a média de expressão dos genes que codifica a anexina-1 e galectina-1 estava predominantemente aumentada, independente do uso do glicocorticoide em relação à mucosa nasal controle. Entretanto, nos pólipos sem uso de corticoide, a média de expressão do gene da anexina-1 foi significativamente maior do que nos pólipos que estavam sob uso de glicocorticoide. Com relação à galectina-1 não houve diferença significativa entre as médias de expressão antes e após o uso de glicocorticoide sistêmico. CONCLUSÃO: Os genes apresentaram um aumento da expressão na mucosa nasal polipoide, independente do uso do glicocorticoide, porém a relação destes dois genes das proteínas anti-inflamatórias com o glicocorticoide não ocorreu da mesma maneira. Resumo em inglês Rhinosinusal polyps physiopathology is not fully understand, despite numerous hypotheses regarding its inflammatory process. AIMS: a prospective study regarding the gene expression of proteins: anexin-1 and galectin-1, which has an anti-inflammatory action and is modulated by steroids. MATERIALS AND METHODS: eleven patients with rhinosinusal polyps suffered a biopsy of their polyps at two moments: in the absence of systemic steroids and during its use. In the two samples (mais) we assessed the expression of these genes and compared it to the normal nasal mucosa in the middle meatus. RESULTS: We noticed that the mean expression of the genes which code anexin-1 and galectin-1 was predominantly increased, regardless of the use of steroids in relation to the control nasal mucosa. Notwithstanding, in polyps without the use of steroids, the mean gene expression of anexin-1 was significantly higher than in the polyps which were under the use of steroids. Regarding galectin-1, there was no significant difference between the expression mean values before and after the use of systemic steroids. CONCLUSION: The genes present an expression increase in the polyp mucosa, regardless of the use of steroids; nonetheless, the relationship of these two genes of anti-inflammatory proteins with steroids did not happen the same way.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Expressão dos genes nodC, nodW e nopP em Bradyrhizobium japonicum estirpe CPAC 15 avaliada por RT-qPCR/ Expression of nodC, nodW and nopP genes in Bradyrhizobium japonicum CPAC 15 strain evaluated by RT-qPCR

Bortolan, Simone; Barcellos, Fernando Gomes; Marcelino, Francismar Corrêa; Hungria, Mariangela
2009-11-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a expressão, por RT-qPCR, dos genes de nodulação nodC e nodW e do gene nopP da estirpe CPAC 15, que provavelmente atuam na infecção das raízes da soja. Foram realizados dois experimentos. No primeiro, a expressão dos genes foi avaliada nas células após a incubação com genisteína por 15 min, 1, 4 e 8 horas. Os resultados revelaram que os três genes apresentaram maior expressão imediatamente após o contato com o indutor ( (mais) 15 min). No segundo experimento, a bactéria foi cultivada na presença de indutores (genisteína ou exsudatos de sementes de soja) por 48 horas. A expressão dos três genes foi maior na presença de genisteína, com valores de expressão para nodC, nodW e nopP superiores ao controle. Os resultados obtidos confirmam a funcionalidade dos três genes na estirpe CPAC 15, com ênfase para o nopP, cuja funcionalidade em Bradyrhizobium japonicum foi descrita pela primeira vez. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate, by RT-qPCR, the expression of the nodC and nodW nodulation genes and of the nopP gene of the CPAC 15 strain, which probably play a role in the infection of soybean roots. Two experiments were done. In the first, the gene expression was evaluated in cells after incubation with genistein for 15 min, 1, 4 and 8 hours. Results showed that the three genes showed higher expression immediately after contact with the inducer (15 min). I (mais) n the second experiment, the bacterium was grown in the presence of inducers (genistein or soybean seed exudates) for 48 hours. The expression of the three genes was greater when induced by genistein, and the expression of nodC, nodW and nopP had higher values than the control. The results confirm the functionality of the three genes in the CPAC 15 strain, with an emphasis on the nopP, whose functionality in Bradyrhizobium japonicum was described for the first time.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Postulação de genes (Lr) de resistência à ferrugem da folha em cultivares brasileiras de trigo/ Postulation of genes (Lr) for resistance to leaf rust in Brazilian wheat cultivars

ZOLDAN, SANDRA M.; BARCELLOS, AMARILIS L.
2002-09-01

Resumo em português Vinte e dois isolados que diferem quanto aos genes de avirulência/virulência de Puccinia triticina foram inoculados em 55 genótipos de trigo (Triticum aestivum) selecionados entre os recomendados e em experimentação na região sul e centro sul do Brasil nos anos de 1996 e/ou 1997 e em linhas monogênicas para genes (Lr) de resistência à ferrugem da folha, no estádio de plântula. Os tipos de infecção dos genótipos portadores, cada um de distinto gene Lr conheci (mais) do foram comparados com os dos genótipos brasileiros, para determinar a existência de possíveis genes de resistência nestes. Os genes de plântula identificados com mais freqüência nas cultivares e linhagens brasileiras foram: Lr26, Lr23, Lr10 e Lr24. O gene Lr16, que confere resistência moderada à maioria das raças, foi encontrado em apenas dois genótipos. Muitos dos trigos analisados possuem um ou mais genes Lr provavelmente ainda não descritos. Resumo em inglês In 1996 and 1997 in the southern and central-southern regions of Brazil, a field trial evaluation was peformed on 55 wheat (Triticum aestivum) genotypes representing the recommended cultivars or the advanced inbred lines, as well as differentials for Lr known genes which confer resistance to leaf rust. The wheat genotypes were inoculated at seedling stage with 22 isolates having different avirulent/virulent genes of Puccinia triticina. The types of infection resulting fro (mais) m these inoculations were examined and by comparison, the occurrence of resistance genes in the tested Brazilian genotypes was determined. The seedling resistance gene more frequently identified in the Brazilian genotypes were Lr26, Lr23, Lr10 and Lr24. The Lr16 gene, that confers moderate resistance to most of the fungus races, was only found in two genotypes. Many of the analyzed wheat genotypes have one or more Lr genes probably not yet described.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Distribuição de genes cry de Bacillus thuringiensis isolados de solos do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil/ Distribution of cry genes of Bacillus thuringiensis isolated from soils of the State of Rio Grande do Sul, Brazil

Pinto, Laura Massochin Nunes; Fiuza, Lidia Mariana
2003-08-01

Resumo em português A bactéria Bacillus thuringiensis (Bt) caracteriza-se pela produção de proteínas tóxicas a representantes de diversas ordens de insetos, as quais são codificadas por genes cry. Devido a esta característica, mais de 40.000 cepas de Bt foram isoladas e cerca de 190 genes cry, caracterizados. Como os dados sobre Bt são limitados no Rio Grande do Sul, essa pesquisa objetivou avaliar a distribuição de seis famílias de genes cry de Bt, desse estado, que codificam pro (mais) teínas ativas contra insetos-praga. O perfil dos 46 isolados de solos do Rio Grande do Sul foi avaliado, por PCR com os primers que detectam os genes cry1, cry2, cry3, cry7 cry8 e cry9 e suas respectivas proteínas foram analisadas por SDS-PAGE a 10%. A presença de genes cry9 foi detectada em 47,82% dos isolados, seguido de cry3 (15,21%), cry1 e cry7 (ambos com 6,52%) e cry2 (2,17%). Oito perfis genéticos foram identificados, sendo o perfil cry9 (39,13%) o mais freqüente. A análise protéica de Bt identificou 14 famílias de proteínas Cry possivelmente codificadas por genes presentes nos isolados, além de proteínas desconhecidas que podem caracterizar novos genes cry. Esses isolados revelam a presença de genes que codificam proteínas específicas contra lepidópteros e coleópteros, as quais poderão ser avaliadas quanto à toxicidade in vivo contra insetos-praga das plantas cultivadas. Resumo em inglês The Bacillus thuringiensis (Bt) bacterium is characterized by the production of toxic protein to representatives of several insect orders, which are coded by cry genes. Due to this characteristic, more than 40.000 Bt strains were isolated and around 190 cry genes characterized. As the data on Bt are limited in Rio Grande do Sul, this research aimed the evaluation of the distribution of six Bt families of cry genes, in this state, that codify active proteins against insect (mais) -pest. The 46 isolates profiles of soil samples from Rio Grande do Sul were evaluated, by PCR with primers that detect cry1, cry2, cry3, cry7, cry8 and cry9 genes, and its respective proteins were analyzed by SDS-PAGE 10%. The presence of cry9 genes were detected in 47.82% of the isolates, followed by cry3 (15.21%), cry1 and cry7 (both with 6.52%) and cry2 (2.17%). Eight genetic profiles were identified, being the profile cry9 (39.13%) the most frequent one. The Bt proteic analysis identified 14 families of Cry protein that are possibly coded by the genes in these isolates, besides the unknown proteins that can characterize new cry genes. These isolates reveal the presence of genes that codify specific proteins against lepidopterans and coleopterans, which can be evaluated for its in vivo toxicity against insect-pest of the cultivated plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Identificação de genes cry de Bacillus thuringiensis no controle de Sphenophorus levis, o bicudo da cana-de-açúcar/ Identification of cry genes from Bacillus thuringiensis effective against Sphenophorus levis, the sugar-cane borer

Cícero, Elaine Aparecida Silva; Ferraudo, Antonio Sergio; Lemos, Manoel Victor Franco
2009-01-01

Resumo em português A bactéria B. thuringiensis caracteriza-se pela produção de proteínas tóxicas a representantes de diversas ordens de insetos, as quais são codificadas por genes cry. Este trabalho foi realizado com objetivo de selecionar isolados de B. thuringiensis, por meio da caracterização morfológica e molecular, identificando as diferentes subclasses dos genes cry3 e cry35 e determinar a patogenicidade contra Sphenophorus levis, uma das mais importantes pragas da cultura da (mais) cana-de-açúcar. Foram utilizados 1163 isolados de B. thuringiensis e com a observação em microscópio com contraste de fases foram confirmadas como pertencentes à espécie de B. thuringiensis. O material genético foi purificado pela matriz de troca iônica "Instagene Matrix" e submetido a PCR com iniciadores gerais cry3 e cry35 identificando-se 30 isolados contendo genes com potencial para o controle de coleópteros, os quais juntamente com as linhagens-padrão de B. thuringiensis var. tenebrionis, B. thuringiensis var. morrissone e B. thuringiensis var. tolworthi foram utilizados para a realização do bioensaio. Através de análise discriminante alocaram-se os isolados em quatro grupos quanto à toxicidade de B. thuringiensis. Os grupos ficaram assim definidos: um grupo que promovem até 10% de mortalidade contendo as testemunhas e duas linhagens;um grupo que causou 39% de mortalidade contendo três linhagens padrão e dez isolados; um grupo com 52% de mortalidade contendo treze isolados e um grupo com 70% de mortalidade contendo cinco isolados, os quais devem ser considerados promissores no controle biológico de S. levis. Resumo em inglês Bacillus thuringiensis is well known for its ability to produce toxic proteins to different insect orders which are encoded by the cry genes. This work was carried out aiming to select among different B. thuringiensis isolates, by morphological and molecular characterization, identifying different classes of cry3 and cry35 genes, and to determine the level of pathogenicity against Sphenophorus levis larvae, which is one of the most important sugar-cane pests in Brazil. A (mais) total of 1163 bacterial isolates were used in this survey in which phase microscopy and molecular markers were used for evaluation that resulted in 30 isolates positive for cry3 and cry35 genes potentially active against coleopterans. These bacterial isolates together with type strains such as B. thuringiensis var. tenebrionis, B.t. var. morrissone e B.t. var. tolworthi were used in bioassays using Sphenophorus levis larvae. Using discriminating analysis four groups of isolates were produced when B. thuringiensis toxicity was taken into account. These groups involved one set of two isolates with up to 10% mortality; another set caused mortality of up to 39% and was made up of ten isolates and three type strains; another set caused mortality of up to 52% containing thirteen isolates and a last set of isolated whose mortality index was 70% containing only five isolates which were considered promising bacterial strains for biological control of S. levis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Silenciamento de genes com RNA interferência: um novo instrumento para investigação da fisiologia e fisiopatologia do córtex adrenal/ Gene silencing with RNA interference: a novel tool for the study of physiology and pathophysiology of adrenal cortex

Barbosa, Angela Silva; Lin, Chin Jia
2004-10-01

Resumo em português A inativação de genes por knock-out ou por bloqueio da tradução de seus transcritos (silenciamento) constitui uma estratégia extremamente poderosa tanto para atribuir função aos genes como para mapear a inter-relação dos diferentes componentes das vias regulatórias intracelulares. Um dos meios para se obter o silenciamento pós-transcricional consiste na ativação de um mecanismo mediado por RNAs fita-dupla (dsRNA) conhecido como RNA interferência (RNAi). O RN (mais) Ai se mostrou um instrumento extremamente versátil em pesquisa biomédica, podendo ser utilizado em experimentos de silenciamento pontual de genes ou ser adaptado para estudos em larga escala de genômica funcional, podendo, inclusive, ser utilizado como meio de terapia gênica. Neste trabalho, os autores discutem as vias intracelulares envolvidas no RNAi, bem como as principais estratégias e limitações técnicas para se obter o silenciamento em células de mamíferos. Fazem, também, uma revisão das principais aplicações do RNAi na terapêutica de doenças humanas e na investigação de fenômenos fisiológicos e fisiopatológicos do córtex adrenal. Resumo em inglês Loss-of-function approaches such as gene knock-out or gene silencing are extremely powerful strategies for assigning function to a gene and for mapping the interconnections of intracellular regulatory pathways. Post-transcriptional gene silencing can be obtained via activation of a double-stranded RNA (dsRNA) mediated mechanism termed RNA interference (RNAi). RNAi has revealed an extremely versatile tool in Biomedical research that can be used in both single silencing gen (mais) e experiments and in large-scale Functional Genomics studies and has been used as a tool for gene therapy. In the present paper the authors discuss the intracellular mechanisms underlying the RNAi phenomenon, as well the different strategies and their limitations for RNAi gene silencing in mammalian cells. The use of RNAi in the treatment of human diseases and in the investigation of both physiology and pathophysiology of adrenal cortex has also been reviewed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Pesquisa de marcadores para os genes da cadeia pesada da beta-miosina cardíaca e da proteína C de ligação à miosina em familiares de pacientes com cardiomiopatia hipertrófica/ Research of markers for the genes of the heavy chain of cardiac beta-myosin and myosin binding protein C in relatives of patients with hypertrophic cardiomyopathy

Tirone, Adriana Paula; Arteaga, Edmundo; Pereira, Alexandre da Costa; Krieger, José Eduardo; Buck, Paula de Cássia; Ianni, Barbara Maria; Mady, Charles
2005-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar os marcadores moleculares para os genes da cadeia pesada da beta-miosina cardíaca e da proteína-C de ligação à miosina em familiares de portadores de cardiomiopatia hipertrófica. MÉTODOS: Foram estudadas 12 famílias que realizaram anamnese, exame físico, eletrocardiograma, ecocardiograma e coleta de sangue para o estudo genético através da reação em cadeia da polimerasse. RESULTADOS: Dos 227 familiares 25% eram acometidos, sendo 51% do sexo (mais) masculino com idade média de 35±19 (2 a 95) anos. A análise genética mostrou ligação com o gene da b-miosina cardíaca em uma família e, em outra, ligação com o gene da proteína C de ligação à miosina. Em cinco famílias foram excluídas ligações com os dois genes; em duas, a ligação com o gene da proteína C de ligação à miosina, porém para o gene da b-miosina os resultados foram inconclusivos; em duas famílias os resultados foram inconclusivos para os dois genes e em uma foi excluída ligação para o gene da b-miosina mas ficou inconclusivo para o gene da proteína C de ligação à miosina. CONCLUSÃO: Em nosso meio, talvez predominem outros genes que não aqueles descritos na literatura, ou que existam outras diferenças genéticas relacionadas com a origem de nossa população e/ou fatores ambientais. Resumo em inglês OBJECTIVE: To study the molecular markers for the genes of the heavy chain of cardiac beta-myosin and the myosin binding protein C in relatives of carriers of hypertrophic cardiomyopathy. METHODS: Twelve families who had anamnesis, physical exam, electrocardiogram, echocardiogram and blood collection for the genetic study through the chain reaction of polymerase. RESULTS: From the 227 relatives, 25% were ill-taken, with 51% men, with an average age of 35±19 (2 to 95) yea (mais) rs old. The genetic analysis showed a connection with the gene of the cardiac b-myosin in a family and, in another, a connection with the gene of the myosin-binding protein C. In five families, the connections with the two genes were excluded; in two, the connection with the gene of the myosin-binding protein C, but for the b-myosin gene the results were non-conclusive; in two families, the results were non-conclusive for both genes and in one the connection for the b-myosin gene was excluded. The results were non-conclusive for the gene of the myosin-binding protein C. CONCLUSION: In our environment, other genes, different from those described in the literature, may prevail, or there are other genetic differences related to the origin of our population and/or environmental factors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Detecção do vírus da cinomose canina por RT-PCR utilizando-se oligonucleotídeos para os genes da fosfoproteína, hemaglutinina e neuraminidase/ Detection of canine distemper virus by RT-PCR using oligonucleotides targeted to the phosphoprotein, hemagglutinin and neuraminidase genes

Pozza, M.; Simonetti, A.B.; Esteves, P.A.; Rijsewijk, F.A.M.; Roehe, P.M.
2007-10-01

Resumo em português Empregou-se a técnica de reação em cadeia pela polimerase precedida de transcrição reversa para detecção do vírus da cinomose canina (CC). Para a padronização da técnica foram selecionados quatro pares de oligonucleotídeos (P1, P2, N1, H1), baseados em seqüências dos genes da fosfoproteína, neuraminidase e hemaglutinina, sendo utilizadas três cepas vacinais de vírus da CC como controles positivos. Foram analisadas três amostras isoladas de cães com cino (mais) mose e quatro amostras provenientes de cães com suspeita clínica de cinomose. Não houve amplificação nas amostras com suspeita clínica da doença. Os resultados obtidos com os oligonucleotídeos P1 e N1 foram superiores aos de H1. Os oligonucleotídeos P2 foram considerados inapropriados para a detecção do vírus da CC. Os amplicons obtidos com os oligonucleotídeos P1, N1 e H1 foram clivados com endonucleases de restrição, sendo os perfis das amostras virais comparados aos da amostra vacinal Lederle, utilizada como referência. Um padrão similar de restrição foi observado em todas as amostras analisadas. Resumo em inglês The reverse transcription-polymerase chain reaction was used to detect canine distemper virus (CDV). Four oligonucleotide pairs were selected (P1, P2, N1, H1), based on the sequences of the phosphoprotein, hemagglutinin and nuraminidase genes for assay standardization, and three CDV vaccine strains were used as positive controls. Three viral isolates from dogs with canine distemper and four samples from animals clinically suspected of distemper were analysed. No amplifica (mais) tion was detected in suspected samples. Results obtained by using P1 and N1 oligonucleotides were superior to those with H1 ones. P2 oligonucleotides were considered inadequate for CDV detection. Amplicons resulting from amplification of P1, N1 and H1 oligonucleotides were submitted to cleavage by restriction endonucleases and restriction patterns of viral samples were compared to that of Lederle strain used as reference. A similar restriction pattern was observed in all analysed samples.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Validação de marcadores moleculares associados a genes de resistência à ferrugem-da-folha do trigo/ Validation of molecular markers associated to leaf rust resistance genes in wheat

Silva, Paulo Roberto Da; Milach, Sandra Cristina Kothe; Sortica, Vinicius de Albuquerque; Boff, Tatiana; Brammer, Sandra Patussi; Federizzi, Luiz Carlos
2008-10-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi validar marcadores moleculares previamente associados a genes que conferem resistência à ferrugem-da-folha, em genótipos brasileiros de trigo. Cinco marcadores STS e SCAR, identificados como associados aos alelos de resistência dos genes Lr1, Lr9, Lr10 e Lr24, foram avaliados por PCR, em 25 genótipos de trigo com conhecida presença ou ausência desses alelos. O marcador STS, associado ao alelo de resistência do gene Lr1, não foi efici (mais) ente em identificar genótipos brasileiros que possuem este alelo de resistência. Os marcadores STS e SCAR, associados a Lr9, Lr10 e Lr24, foram eficientes na identificação de plantas que possuem o alelo de resistência desses genes, e podem ser utilizados na seleção por marcadores da resistência à ferrugem-da-folha, em genótipos brasileiros de trigo. Resumo em inglês The objective of this work was to validate molecular markers previously associated to leaf rust resistance genes in Brazilian wheat genotypes. Five STS and SCAR markers identified as associated to the resistance alleles of the genes Lr1, Lr9, Lr10 and Lr24 were tested by PCR in 25 Brazilian wheat genotypes with known presence or absence of these alleles. The STS marker associated to Lr1 was not efficient in identifying Brazilian genotypes carrying its resistance allele. T (mais) he STS and SCAR markers associated to Lr9, Lr10 and Lr24 are efficient in identifying plants carrying the resistance alleles for these genes, and therefore, can be used for marker-assisted selection of leaf rust resistance in Brazilian wheat genotypes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Estudos de associação entre transtorno obsessivo-compulsivo e genes candidatos: uma revisão/ Studies of association between the obsessive-compulsive disorder and candidate genes: a review

Rocha, Felipe Filardi da; Sousa, Karla Cristhina Alves de; Teixeira, Antônio Lúcio; Fontenelle, Leonardo F.; Romano-Silva, Marco Aurélio; Corrêa, Humberto
2006-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Nos últimos anos, o papel dos genes dos sistemas serotoninérgicos e dopaminérgicos tem sido sistematicamente investigado em pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), uma vez que esses neurotransmissores apresentam uma provável implicação na fisiopatologia do TOC. Este artigo objetiva revisar os principais resultados de estudos de associação entre genes candidatos e TOC. MÉTODOS: Revisão da literatura na base de dados Medline até agosto de 2 (mais) 006, utilizando as palavras-chave obsessive-compulsive disorder (OCD) e/ou gene(s), polymorphism(s), genetics. RESULTADOS: Inúmeros estudos têm apresentado resultados negativos ao compararem pacientes com TOC e controles, entretanto resultados positivos têm sido observados em pacientes com TOC com características clínicas particulares (sexo, idade de início, dimensão ou gravidade dos sintomas obsessivos ou compulsivos e presença de tiques). CONCLUSÃO: Para garantir a continuidade do avanço de estudos genéticos, é necessária a identificação de subgrupos homogêneos de pacientes com TOC. Diante desses grupos, será possível delinear endofenótipos confiáveis que permitam explorar de forma mais específica a contribuição dos diferentes genes na patogênese da doença. Resumo em inglês OBJECTIVE: The obsessive compulsive-disorder (OCD) is a psychiatric disorder characterized by the presence of obsessions and compulsions. Its prevalence is of approximately 2%-3% in the general population. In the last years, genes of the serotoninergic and dopaminergic systems have been investigated as these neurotransmitters are probably involved in the pathophysiology of the OCD. This article aims at revising the results of studies of association between candidate genes (mais) and OCD. METHODS: Review of the literature in the Medline database until August of 2006, using the key words: obsessive-compulsive disorder, OCD and/or gene(s), polymorphism(s), genetics. RESULTS: A series of studies presented negative results when comparing OCD patients and controls. Nevertheless, positive results have been observed, when studying among OCD patients, distinct clinical features (gender, age of beginning, dimension and/or severity of the obsessive and/or compulsive symptoms, presence of tics). CONCLUSION: For the advance of genetic studies in OCD, it would be necessary to identify homogeneous subgroups of OCD patients. Based on these subgroups, it may be possible to define reliable endophenotypes that could lead to a more rational search for genes possibly involved in OCD pathogenesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Importância de polimorfismos de genes reguladores de citocinas em transplantes de células progenitoras hematopoiéticas/ Importance of regulatory cytokine gene polymorphisms in hematopoietic stem cell transplantation

Visentainer, Jeane Eliete Laguila; Sell, Ana Maria; Franceschi, Danilo Alessio; Lieber, Sofia Rocha; Souza, Cármino Antonio de
2008-12-01

Resumo em português A compatibilidade genética HLA entre doador e receptor é um fator importante para o sucesso do transplante de células progenitoras hematopoiéticas (TCPH). No entanto, outros genes não-HLA estão sendo investigados em relação ao seu papel na incidência e gravidade da doença do enxerto contra o hospedeiro e na sobrevida, por modularem a intensidade da inflamação e os danos teciduais. Estes genes, não-HLA, incluem os genes de citocinas com polimorfismos dentro da (mais) s seqüências 5' ou 3' regulatórias dos genes. Os polimorfismos ou microssatélites podem alterar a ligação dos fatores de transcrição aos sítios dentro dos genes promotores e a quantidade de citocina produzida. Este estudo revisa o papel potencial destes polimorfismos genéticos relativos às citocinas em prever o curso do TCPH. Resumo em inglês HLA genetic matching of donor and recipient is an important requirement for optimizing outcome following hematopoietic stem cell transplantation (HSCT). However, other non-HLA genes are being investigated for their role in graft-versus-host disease incidence and severity and in survival, by modulating the intensity of inflammation and tissue injury. These non-HLA-encoded genes include cytokine genes with polymorphisms within the 5' or 3' regulatory sequences of the genes. (mais) The polymorphisms or microsatellites may alter the transcription factor binding sites within the gene promoters and the amount of cytokine produced. This chapter summarizes the potential role of these genetic polymorphisms regarding the cytokines in predicting outcome of HSCT.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Algoritmo para cálculo da proporção de genes idênticos por descendência, para mapear QTL em famílias de meio-irmãos/ Algorithm to calculate proportion of genes identity by descent, to map QTL in half-sibs families

Martinez, Mario Luiz; Vukasinovic, Natascha
2000-04-01

Resumo em português O desenvolvimento de mapas de ligação tem estimulado a procura por métodos que permitam mapear genes responsáveis por variação em loci de características quantitativas (QTL). O método de pares-de-irmãos com base na relação entre indivíduos idênticos por descendência (IBD) tem sido utilizado para mapear QTLs. O objetivo deste trabalho foi estender o método de HASEMAN e ELSTON (1972) para se estimar a proporção (pi) de genes IBD em famílias de meio-irmãos (mais) . Os resultados obtidos sugerem que os procedimentos usados foram eficientes para se estimar p, mesmo quando os genótipos dos pais foram parcial ou totalmente desconhecidos. Resumo em inglês The development of linkage maps has stimulated the search for methods to map genes involved with quantitative trait loci (QTL). A sib par method based on the relation between individuals identic by descent (IBD) has been used to map QTLs. The objective of this paper was to extend the HASEMAN and ELSTON (1972) method to estimate the proportion (pi) of genes IBD in half-sib families. The obtained results suggested that the used procedures were efficient to estimate p even when parents genotypes were partial or totally unknown.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Estimação de componentes de variância sob influência de genes de efeito principal, comparando-se metodologias Bayesiana e clássica sob diferentes cenários/ Estimation of variance components under major genes influence, comparing Bayesian and classical methodologies under different scenarios

Assis, Giselle Mariano Lessa de; Carneiro Júnior, José Marques; Euclydes, Ricardo Frederico; Torres, Robledo de Almeida; Lopes, Paulo Sávio
2007-10-01

Resumo em português Quatro diferentes tipos de população foram simulados com o objetivo de verificar a influência de genes de efeito principal e do tamanho da população na estimação de componentes de variância sob seleção. A estimação foi realizada por meio da utilização e comparação das metodologias clássica e Bayesiana (a Bayesiana com três níveis de informação a priori). As metodologias REML e Bayesiana com prior não-informativo, em geral, produziram resultados basta (mais) nte semelhantes. Em populações cuja característica é governada por genes de efeito principal, as estimativas dos componentes de variância genética aditiva foram pouco acuradas, exceto quando se utilizou metodologia Bayesiana com prior informativo. A inclusão das informações de parentesco e dos registros de todos os indivíduos até a população-base mostrou-se necessária, exceto para populações grandes cuja característica é governada por elevado número de genes. Resumo em inglês This study aimed to evaluate the effects of major genes and population size on variance components estimation using four different types of selected populations. Variance components were estimated by classical and Bayesian methodologies, with three a priori information levels. In general, results from REML and Bayesian analyses with flat priors were similar. Except for Bayesian analysis with an informative prior, additive genetic variance estimates were not accurate in po (mais) pulations in which the trait is controlled by major genes. The use of pedigree information and records of all individuals back to the base-population was necessary to improve accuracy of variance component estimates, except for large populations in which the trait is controlled by a large number of genes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Resistência à sulfadoxina-pirimetamina em Maputo, Moçambique: presença de mutações nos genes dhfr e dhps do Plasmodium falciparum/ Sulfadoxine-pyrimethamine resistance in Maputo, Mozambique: presence of mutations in the dhfr and dhps genes of Plasmodium falciparum

Fernandes, Natércia Emília Pedro; Cravo, Pedro; Rosário, Virgílio E. do
2007-08-01

Resumo em português Foram analisadas a freqüência e distribuição de mutações nos genes dihidrofolato redutase e dihidropteroato sintetase do Plasmodium falciparum, usando a metodologia de reação em cadeia da polimerase e polimorfismos de hidrólise por enzimas de restrição, em amostras de sangue infectado proveniente de crianças moçambicanas, residentes em Maputo. A análise foi feita antes e 7 dias após o tratamento com sulfadoxina-pirimetamina (S/P). Os resultados mostraram a (mais) ocorrência de mutações pontuais nos genes estudados e a presença de combinações de três alelos em dhfr (51Ile, 59Arg e 108Asn) e do quintúplo mutante (dhfr 51Ile, 59Arg, 108Asn e dhps 437Gly, 540Glu), ambas situações associadas à falha terapêutica no sétimo dia após tratamento com S/P. Esses achados mostram a importância de se estudar a resistência à S/P em Moçambique, e como os marcadores moleculares de resistência aos antimaláricos podem fornecer dados importantes para a política nacional de controlo da malária. Resumo em inglês The frequency and distribution of mutations in Plasmodium falciparum, dihydrofolate reductase and dihydropteroate synthase genes were analyzed, using the polymerase chain reaction and restriction fragment length polymorphism methodology, in infected blood samples from Mozambican children living in Maputo, before and seven days after treatment with sulfadoxine/pyrimethamine (S/P). The results showed the occurrence of point mutations in the genes studied and the presence of (mais) combinations of three alleles in dhfr (51Ile, 59Arg and 108Asn) and "quintuple" mutant (dhfr 51Ile, 59Arg, 108Asn and dhps 437Gly, 540Glu). Both of these situations were associated with seven-day therapeutic failure, following treatment with S/P. These findings show the importance of studying S/P resistance in Mozambique, and how molecular markers for antimalarial resistance can provide important data for national malaria control policy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Dissemination of Sulfonamide Resistance Genes (sul1, sul2, and sul3) in Portuguese Salmonella enterica Strains and Relation with Integrons

Peixe, Luísa; Antunes, Patrícia; Sousa, João Carlos; Machado, Jorge

In 200 sulfonamide-resistant Portuguese Salmonella isolates, 152 sul1, 74 sul2, and 14 sul3 genes were detected. Class 1 integrons were always associated with sul genes, including sul3 alone in some isolates. The sul3 gene has been identified in isolates from different sources and serotypes, which a...

DRIVER (Portuguese)

42

The mef(A) Gene Predominates among Seven Macrolide Resistance Genes Identified in Gram-Negative Strains Representing 13 Genera, Isolated from Healthy Portuguese Children

Luis, H.; Ojo, K. K.; Van Kirk, N.; Ulep, C.; Bernardo, M.; Leitao, J.; Roberts, M. C.

Of the 176 randomly selected, commensal, gram-negative bacteria isolated from healthy children with low exposure to antibiotics, 138 (78%) carried one or more of the seven macrolide resistance genes tested in this study. These isolates included 79 (91%) isolates from the oral cavity and 59 (66%) iso...

DRIVER (Portuguese)

46

Sistema Glutation-S-Transferase como fator prognóstico no carcinoma papilífero da tireoide/ GST genes expression as prognostic factor in papillary thyroid cancer

Gonçalves, Antonio Jose; Monte, Osmar; Morari, Eliane Cristina; Ward, Laura Sterian; Nakasako, Diana Shimoda; Nieto, Juliana; Nakai, Marianne Yumi
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar se existe relação entre os fatores moleculares dos genes GTS e a mortalidade dos pacientes com câncer de tireoide dado pelo índice AMES de prognóstico clínico. MÉTODOS: Foram coletadas amostras da tireoide de 66 pacientes com carcinoma papilífero (53 mulheres e 13 homens), de modo a permitir extração do material genético das enzimas. Foram constituídos dois grupos, segundo os fatores prognósticos clínicos de alto e baixo risco, de acordo a (mais) classificação AMES. Cada grupo foi avaliado pela presença ou não do genótipo nulo para as enzimas estudadas, correlacionando-os com os fatores prognósticos clínicos (AMES). RESULTADOS: Foram analisados os resultados de 17 doentes com alto risco (grupo A) e 49 com baixo (grupo B). Todas combinações de genótipos do GSTT1 e GSTM1 foram encontrados. O genótipo nulo dos dois genes do grupo de alto risco foi encontrado em 5,8% e no de baixo risco em 6,1%. CONCLUSÃO: A presença ou deleção dos genes GST (GSTT1 e GSTM1) não são bom fatores prognósticos no câncer papilífero da tireoide. Resumo em inglês PURPOSES: Analyze the relationship between the AMES classification and molecular factors from Glutation-S-Transferase System, specifically the GSTT1 and GSTM1 in patients with well differentiated thyroid cancer. METHODS: Samples of thyroid tissue of 66 patients with papillary thyroid carcinoma were obtained (53 women and 13 men). Patients were divided in two groups (high and low risk) according to the AMES classification. In each group, presence of the null genotype of bo (mais) th GST enzymes system was studied. These results were compared with the AMES classification. Samples were obtained in the operating room immediately after thyroidectomy, placed in cryotubes, immersed in liquid nitrogen and stored in a freezer at -80ºC. DNA of this enzymes was extracted by the fenol-cloroformium method. RESULTS: There were 17 high risk patients and 49 low risk patients. The null genotype of the high risk group was 5.8% and in the other group was 6.1%. CONCLUSION: There was no relationship between absence of genes GSTT1 and GSTM1 and prognosis of the papillary thyroid carcinoma when compared to the AMES classifications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Investigação de variantes gênicas de canais iônicos em pacientes com síndrome do QT longo/ Investigation of ion channel gene variants in patients with long QT syndrome

Ernesto, Curty; Cruz, Fernando Eugênio dos Santos; Lima, Fabiane Santos; Coutinho, Jorge Luiz Albuquerque; Silva, Rosane; Ürményi, Turán Peter; Carvalho, Antônio Carlos Campos; Rondinelli, Edson
2011-01-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A síndrome do QT longo (SQTL) é uma síndrome arrítmica herdada com aumento do intervalo QT e risco de morte súbita. Mutações nos genes KCNQ1, KCNH2 e SCN5A respondem por 90% dos casos com genótipo determinado, e a genotipagem é informativa para aconselhamento genético e melhor manejo da doença. OBJETIVO: Investigação molecular e análise computacional de variantes gênicas de KCNQ1, KCNH2 e SCN5A associadas à SQTL em famílias portadoras da doen� (mais) �a. MÉTODOS: As regiões codificantes dos genes KCNQ1, KCNH2 e SCN5A de pacientes com SQTL e familiares foram sequenciadas e analisadas utilizando o software Geneious ProTM. RESULTADOS: Foram investigadas duas famílias com critérios clínicos para SQTL. A probanda da Família A apresentava QTC = 562 ms, Escore de Schwartz = 5,5. A genotipagem identificou a mutação G1714A no gene KCNH2. Foi observado QTC = 521 ± 42 ms nos familiares portadores da mutação contra QTC = 391 ± 21 ms de não portadores. A probanda da Família B apresentava QTc = 551 ms, Escore de Schwartz = 5. A genotipagem identificou a mutação G1600T, no mesmo gene. A análise dos familiares revelou QTC = 497 ± 42 ms nos portadores da mutação, contra QTC = 404 ± 29 ms nos não portadores. CONCLUSÃO: Foram encontradas duas variantes gênicas previamente associadas à SQTL em duas famílias com diagnóstico clínico de SQTL. Em todos os familiares portadores das mutações foi observado o prolongamento do intervalo QT. Foi desenvolvida uma estratégia para identificação de variantes dos genes KCNQ1, KCNH2 e SCN5A, possibilitando o treinamento de pessoal técnico para futura aplicação na rotina diagnóstica. Resumo em inglês BACKGROUND: The long QT syndrome (LQTS) is an inherited arrhythmia syndrome with increased QT interval and risk of sudden death. Mutations in genes KCNQ1, KCNH2 and SCN5A account for 90% of cases with genotype determined, and genotyping is informative for genetic counseling and better disease management. OBJECTIVE: Molecular investigation and computational analysis of gene variants of KCNQ1, KCNH2 and SCN5A associated with LQTS, in families with the disease. METHODS: The (mais) coding regions of genes KCNQ1, KCNH2 and SCN5A in patients with LQTS and their family members were sequenced and analyzed using Geneious ProTM software. RESULTS: Two families with clinical criteria for LQTS were investigated. The proband of Family A had QTC = 562 ms, Schwartz Score = 5.5. The genotyping identified the G1714A mutation in the KCNH2 gene. QTC = 521 ± 42 ms was observed in family members carrying the mutation against QTC = 391 ± 21 ms for non-carriers. The proband of Family B had QTc = 551 ms, Schwartz Score = 5.5. The genotyping identified the G1600T mutation, in the same gene. The analysis of family members revealed QTC = 497 ± 42 ms in mutation carriers, compared with QTC = 404 ± 29 ms in non-carriers. CONCLUSION: Two gene variants previously associated with LQTS were found in two families clinically diagnosed with LQTS. The prolongation of the QT interval was observed in all family members carrying the mutations. A strategy was developed to identify variants of genes KCNQ1, KCNH2 and SCN5A, making it possible to train technical staff for future application to diagnosis routine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Family association study between DRD2 and DRD3 gene polymorphisms and schizophrenia in a Portuguese population

Ambrósio, Alda M.; Kennedy, James L.; Macciardi, Fabio; Macedo, António; Valente, José; Dourado, Ana; Oliveira, Catarina R.

Schizophrenia is a highly heritable condition, as demonstrated in family, twin and adoption studies. Candidate genes from the dopaminergic system have long been hypothesized to be involved in the etiology of this disorder. In the present study, we investigated the genetic association between polymor...

DRIVER (Portuguese)

49

Genética do transtorno bipolar/ Genetics of bipolar disorder

Michelon, Leandro; Vallada, Homero
2004-10-01

Resumo em português O Transtorno bipolar (TB) possui alta prevalência na população mundial e causa perdas significativas na vida dos portadores. É uma doença cuja herança genética se caracteriza por mecanismos complexos de transmissão envolvendo múltiplos genes. Na tentativa de identificar genes de vulnerabilidade para o TB, várias estratégias de investigação genética têm sido utilizadas. Estudos de ligação apontam diversas regiões cromossômicas potencialmente associadas a (mais) o TB, cujos marcadores ou genes podem ser candidatos para os estudos de associação. Genes associados aos sistemas monoaminérgicos e vias de sinalização intracelulares são candidatos para investigação da etiologia genética do TB. Novas técnicas de mapeamento de expressão gênica em tecidos especializados apontam para novos genes cujas mutações possam ser responsáveis pelo aparecimento da doença. Em virtude da complexidade do modo de transmissão do TB e de sua heterogeneidade fenotípica, muitas dificuldades são encontradas na determinação desses genes de vulnerabilidade. Até o momento, há apenas resultados preliminares identificando alguns genes associados à vulnerabilidade para desenvolver o TB. Entretanto, a compreensão crescente dos mecanismos epigenéticos de controle da expressão gênica e a abordagem dimensional dos transtornos mentais podem colaborar nas investigações futuras em genética psiquiátrica. Resumo em inglês Bipolar disorder (BD) is a worldwide highly prevalent mental disease. This disorder has a genetic inheritance characterized by complex transmission mechanisms involving multiple genes. Many investigation strategies have been put forward in order to identify BD susceptibility genes. Linkage studies reveal markers and candidate genes for the association studies. Monoaminergic system genes and intracellular signaling pathway genes are also important candidates to be investig (mais) ated in the etiology of this disorder. Recent techniques of gene expression mapping suggest novel genes whose mutations may be responsible for BD. Due to the complexity of the transmission pattern for BD and its phenotypic heterogeneity many difficulties have emerged to exactly define bipolar susceptibility genes. There is currently only preliminary results of genes associated with BD. However, the increasing understanding of gene expression regulation by epigenetic mechanisms and the dimensional approach to mental disorders can give directions for further research in psychiatric genetics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Biotecnologia animal

Coutinho, Luiz Lehmann; Rosário, Millor Fernandes do
2010-01-01

Resumo em português A biotecnologia animal tem fornecido novas ferramentas para os programas de melhoramento e, dessa forma, contribuído para melhorar a eficiência da produção dos produtos de origem animal. No entanto, os avanços têm sido mais lentos do que antecipados, especialmente em razão da dificuldade na identificação dos genes responsáveis pelas características fenotípicas de interesse zootécnico. Três estratégias principais têm sido utilizadas para identificar esses g (mais) enes - mapeamento de QTL, genes candidatos e sequenciamento de DNA e mRNA - e cada uma tem suas vantagens e limitações. O mapeamento de QTL permite determinar as regiões genômicas que contêm genes, mas o intervalo de confiança do QTL pode ser grande e conter muitos genes. A estratégia de genes candidatos é limitada por causa do conhecimento ainda restrito das funções de todos os genes. Os sequenciamentos de genomas e de sequências expressas podem auxiliar na identificação da posição de genes e de vias metabólicas associadas à característica de interesse. A integração dessas estratégias por meio do desenvolvimento de programas de bioinformática permitirá a identificação de novos genes de interesse zootécnico. Assim, os programas de melhoramento genético se beneficiarão pela inclusão da informação obtida diretamente do DNA na avaliação do mérito genético dos plantéis disponíveis. Resumo em inglês Animal biotechnology is providing new tools for animal breeding and genetics and thus contributing to advances in production efficiency and quality of animal products. However, the progress is slower than anticipated, mainly because of the difficulty involved in identifying genes that control phenotypic characteristics of importance to the animal industry. Three main strategies: QTL mapping, candidate genes and DNA and mRNA sequencing have been used to identify genes of e (mais) conomic interest to animal breeding and each has advantages and disadvantages. QTL mapping allows identification of the genomic region that contains the genes, but the confidence interval of the regions is usually large and may contain several genes. Candidate gene approach is limited to our restricted knowledge of the biological function of the genes. Sequencing of genomes and expressed sequences tags can provide identifying gene position and metabolic pathways associated with phenotypic trait. Integrating these strategies using bioinformatics software will allow identifying of novel genes for animal production. Then, animal breeding programs will include the information from DNA directly on evaluation of genetic value of livestock production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

PCR Multiplex para detecção de staphylococcus aureus enterotoxigênicos isolados de alimentos de origem animal no sul do rio grande do sul, Brasil/ Multiplex PCR for detection of enterotoxigenic staphylococcus aureus isolated from food of animal origin in south of rio grande do sul, Brasil/ PCR Multiplex para detección de staphylococcus aureus enterotoxigénicos aislados de alimentos de origen animal en el sur de río grande do sul, Brasil

Zocche, Fernando; Correa França, Rodrigo; Guimarães Aleixo, José Antônio; Nunes Moreira, Ângela; Padilha Da Silva, Wladimir
2009-07-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo desenvolver duas PCR multiplex (PCRm) para a detecção dos genes das enterotoxinas estafilocócicas (EE) A (sea), B (seb), C (sec) e D (sed) em Staphylococcus aureus isolados de alimentos de origem animal, bem como relacionar a presença desses genes com a origem do microrganismo. As duas PCRm foram padronizadas utilizando-se cepas de S. aureus cuja capacidade toxigênica foi previamente confirmada através de ELISA indireto, com o uso de (mais) toxinas e soros antitoxinas de referência. Em seis (12%) dos 50 isolados de S. aureus foi possível detectar um ou mais genes de EE, sendo que um isolado albergava os genes sea e seb, três isolados albergavam seb e dois albergavam sed. As duas PCRm desenvolvidas são eficientes para a detecção dos genes sea, seb, sec e sed e, considerando-se a associação existente entre S. aureus enterotoxigênicos portadores dos genes sea e seb e humanos, e genes sec e sed com outros animais, a origem mais provável da maioria dos isolados foram os manipuladores de alimentos. Resumo em espanhol Este estudio tuvo como objetivo desarrollar dos PCR multiplex (mPCR) para la detección de los genes de enterotoxinas estafilococicas (EE) A (sea), B (seb), C (sec) y D (sed) en Staphylococcus aureus aislados de alimentos de origen animal, y relacionar la presencia de los genes con el origen del microorganismo. Las mPCR fueron estandarizadas utilizando cepas toxigénicas de S. aureus, cuya capacidad fue previamente confirmada por ELISA indirecto, con la utilización de to (mais) xinas y sueros de referencia. En seis (12%) de los 50 S. aureus aislados fue posible detectar uno o mas genes de EE, siendo que un aislado albergaba sea y seb, tres aislados albergavam seb y dos albergavam sed. Los dos conjuntos de mPCR desarrollados son eficaces en la detección de los genes sea, seb, sec y sed, y, teniendo en cuenta la asociación entre S. aureus enterotoxigénicos con genes sea y seb y humanos, y los genes sec y sed con otros animales, el origen más probable de la mayoría de los aislados son los manipuladores de alimentos. Resumo em inglês The object of this work was to develop two multiplex PCR (mPCR) for the detection of genes of staphylococcal enterotoxins (EE) A (sea), B (seb), C (sec) and D (sed) of Staphylococcus aureus isolated from food of animal origin and to relate the presence of the genes with the origin of the microorganism. The two mPCR were standardized using strains of S. aureus whose toxigenic capacity was previously confirmed through indirect ELISA, with the use of reference toxins and ser (mais) um antitoxins. In six (12%) out of 50 isolates of S. aureus it was possible to detect one or more genes of EE; one isolate harbored sea and seb genes, three isolates harbored seb and two harbored sed. The two sets of mPCR developed are efficient for the detection of the sea, seb, sec and sed, and, considering the existing association of enterotoxigenic S. aureus genes sea and seb with human beings and genes sec and sed with other animals, the most likely origin of the majority of the isolates are the food handlers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

O enigma da determinação gonadal: o que existe além do cromossomo Y?

Damiani, Durval; Dichtchekenian, Vaê; Setian, Nuvarte
2000-06-01

Resumo em português Os autores revisam os vários fatores envolvidos no complexo processo de determinação gonadal, passando pelo já clássico SRY (fator de determinação testicular, no braço curto do cromossomo Y) e ressaltando os principais genes candidatos a participarem desta verdadeira "cascata" de determinação gonadal. Os genes candidatos se avolumam e têm mostrado os vários caminhos por que passa o processo-chave da diferenciação sexual, qual seja, a diferenciação de um te (mais) stículo ou de um ovário. Genes localizados upstream em relação ao SRY (WT1, SF-1, DAX-1 e SOX9), suas interdependências e a ativação de promotores de outros genes, como o promotor do gene do hormônio anti-mülleriano são abordados neste artigo. Apesar de a lista de genes candidatos ter crescido, ainda restam muitas interrogações e ainda resta muito trabalho a ser desenvolvido para que se esclareça com maior precisão este passo crucial no mecanismo de diferenciação sexual. Resumo em inglês This paper reviews the many steps involved in the complex process of gonadal differentiation, starting with the already "classic" SRY (sex-determining region on the Y chromosome) and highlighting the main candidate genes to this "cascade" of sexual determination. The number of candidate genes has grown showing the complexity involved in the path from a bipotential gonad to reach its destiny as a testis or as an ovary. We discuss the interdependency of the genes located up (mais) stream of SRY, such as WT1, SF-1, DAX-1, and SOX9, and how one gene can activate the promoter of other genes in the process (SF-1 + WT1 activate the promoter of AMH). Although the list of candidate genes has increased, many questions remain unanswered and a lot of work is still needed to clarify this complex step of sexual differentiation, namely, gonadal determination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Distribution of mef(A) in Gram-Positive Bacteria from Healthy Portuguese Children

Roberts, Marilyn C.; Ulep, Catherine; Luna, Vicki A.; Judge, Kathleen; Heiken, Marc; Van Kirk, Nicole; Leitao, Jose

We screened 615 gram-positive isolates from 150 healthy children for the presence of the erm(A), erm(B), erm(C), erm(F), and mef(A) genes. The mef(A) genes were found in 20 (9%) of the macrolide-resistant isolates, including Enterococcus spp., Staphylococcus spp., and Streptococcus spp. Sixteen of t...

DRIVER (Portuguese)

54

Detecção de cepas patogênicas pela PCR multiplex e avaliação da sensibilidade a antimicrobianos de Escherichia coli isoladas de leitões diarréicos/ Detection of pathogenic strains by multiplex PCR and antimicrobial sensitivity of Escherichia coli isolated from piglets

Macêdo, N.R.; Menezes, C.P.L.; Lage, A.P.; Ristow, L.E.; Reis, A.; Guedes, R.M.C.
2007-10-01

Resumo em português Avaliou-se a freqüência dos genes de fímbrias (K88, K99, 987P, F18 e F41) e toxinas (LT, Stb, StaP e Stx2e) de cepas de E. coli isoladas de leitões com diarréia usando a técnica de PCR multiplex com primers específicos para esses genes, e estudou-se o padrão de sensibilidade das cepas patogênicas pelo método de difusão em disco ao florfenicol, ceftiofur sódico, colistina, fosfomicina, neomicina, norfloxacina, sulfa + trimetoprim, doxiciclina, tetraciclina e li (mais) ncomicina. Foram utilizadas 144 amostras de E.coli isoladas de leitões com diarréia, provenientes de granjas localizadas no estado de Minas Gerais. Dessas, 42 (29,2%) foram positivas para pelo menos um dos fatores de virulência testados. Dentre essas 42 amostras, 23 (54,8%) apresentaram genes de fímbria e toxina, sete (16,6%) apresentaram somente genes de toxinas e 12 (28,6%) amostras somente genes de fímbria. O resultado do teste de sensibilidade aos antimicrobianos demonstrou que o florfenicol (89,5 %) e o ceftiofur sódico (84,2%) foram as drogas de melhor eficácia in vitro sobre cepas de E. coli com fatores de virulência. Resumo em inglês The frequency of virulence determinants genes for fimbrial adhesions (K88, K99, 987P, F18 and F41) and toxins (LT, Stb, StaP and Stx2e) in E. coli strains isolated from diarrheic piglets using the multiplex polymerase chain reaction assay with specific primers for these genes was studied. The antimicrobial sensitivity pattern of pathogenic isolates for florfenicol, sodium ceftiofur, colistin, fosfomycin, neomycin, norfloxacin, sulfa + trimetoprim, doxycycline, tetracyclin (mais) e and lincomycin was also tested using the disk diffusion method. E. coli were isolated from 144 diarrheic piglets from farms in the state of Minas Gerais. Forty-two out of 144 studied samples (29.2%) were positive for at least one tested virulence factor. Out of these 42, 23 samples (54.8%) contained fimbria and toxin genes, seven (16.6%) samples had genes for toxins only and 12 (28.6%) samples just fimbria genes. Disk diffusion in vitro antimicrobial sensitivity test demonstrated the best results for florfenicol (89.5%) and sodium ceftiofur (84.2%) against virulent E. coli strains.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Aspectos Moleculares da Determinação e Diferenciação Sexual/ Molecular Aspects of Sexual Determination and Differentiation

Domenice, Sorahia; Costa, Elaine M.F.; Corrêa, Rafaela V.; Mendonça, Berenice B.
2002-08-01

Resumo em português Embora muitos eventos que participam do processo de desenvolvimento sexual normal não estejam elucidados, está estabelecido que a determinação do sexo gonadal é a responsável pela diferenciação sexual durante a vida fetal. Deste processo participam vários genes que interagem entre si, como SRY e DAX1, localizados nos cromossomos sexuais e os autossômicos WT-1, SF-1 e SOX9. Sua ação na determinação gonadal ainda não está esclarecida, mas mutações identifi (mais) cadas nestes genes resultaram na ausência da formação gonadal ou na presença de gônadas disgenéticas. A diferenciação da genitália interna masculina incluindo a descida testicular, requer secreção e ação local normal da testosterona nos ductos de Wolf e do hormônio anti mülleriano (HAM) nos ductos de Müller, impedindo sua diferenciação. Os genes Insl3 e HOX participam da descida intra-abdominal dos testículos na espécie humana, e a descida inguino-escrotal é controlada pelos andrógenos, sendo os principais genes envolvidos nessa fase da embriogênese o do receptor de andrógenos, o do HAM e o do seu receptor. Mutações em um desses genes resultam em ambigüidade e/ou subdesenvolvimento da genitália interna masculina. No sexo feminino, os genes da família Wnt (Wnt-7a e Wnt-4) parecem ter um papel no desenvolvimento dos ductos Müllerianos e na supressão da diferenciação das células de Leydig no ovário. A ambigüidade genital pode resultar da deficiência da produção de testosterona pelas células de Leydig, de distúrbios no receptor androgênico ou de defeito na metabolização da testosterona pela 5alfa-redutase 2. Estão envolvidos nesta fase da diferenciação os seguintes genes: do receptor do LH/hCG, do CYP11A1, do P450scc, do CYP17, do HSD3B2 e do HSD17B3 que codificam as respectivas enzimas envolvidas na síntese de testosterona, além do gene do receptor androgênico e do gene SRD5A2. Avanços na compreensão dos mecanismos envolvidos nos processos da determinação e diferenciação sexual foram possíveis com os novos conhecimentos de biologia molecular. Diversas etapas deste processo serão ainda esclarecidas com a identificação de novos genes, que também participam deste complexo mecanismo de interações gênicas. Resumo em inglês Many of the events that influence the process of normal sexual development have not been completely clarified, however it is well established that gonadal sex determination is responsible for sexual differentiation during fetal life. Several interacting genes participate in this process, and the most important are: SRY and DAX-1 genes located in the sexual chromosomes and the autosomic genes WT1, SF-1, and SOX9. The precise action of these genes on gonadal determination i (mais) s yet to be clarified, but their participation is fundamental since mutations identified in these genes result in the absence of gonadal development or the presence of dysgenetic gonads. The differentiation of male internal genitalia including testicular descent, require both normal secretion and local action of testosterone on Wolffian ducts and anti-müllerian hormone gene (AMH) on Müllerian ducts, preventing their differentiation into uterus, vagina and tubes. The genes Insl3 and HOX participate of the transabdominal descent of testes, and inguinal-scrotal descent is controlled by androgens. Nonetheless, the main genes involved in this early embryogenic phase are: the androgen receptor gene, AMH gene and the AMH receptor gene. Mutations in one of these genes result in genital ambiguity and/or partial development of male internal genitalia. In the female sex there has been recent evidence that genes from the Wnt family (Wnt-7a and Wnt-4) have a role in the development of Müllerian ducts and the suppression of Leydig cell differentiation in the ovaries. The ambiguous external genitalia result in testosterone production deficiency by Leydig cells, androgen receptor impairment, or a defect in peripheral testosterone metabolism by 5-alpha-reductase type 2. The genes involved in this phase of male sex differentiation are: LH /hCG receptor gene, CYP11A1 gene, P450scc gene, CYP17 gene, HSD3B2 gene and HSD17B3 gene that codify the respective enzymes involved in testosterone synthesis, along with the androgen receptor gene and SRD5A2. The new achievements of molecular biology determined a better comprehension of the process of sexual determination and differentiation. Several steps of this process will be clarified, with the identification of new genes that also participate of this complex mechanism of gene interactions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Mitochondrial haplogroup H1 is protective for ischemic stroke in Portuguese patients.

Rosa, A; Fonseca, B; Krug, T; Manso, H; Gouveia, L; Albergaria, I; Gaspar, G; Correia, M; Viana-Baptista, M; Simões, R

BACKGROUND: The genetic contribution to stroke is well established but it has proven difficult to identify the genes and the disease-associated alleles mediating this effect, possibly because only nuclear genes have been intensely investigated so far. Mitochondrial DNA (mtDNA) has been implicated in...

DRIVER (Portuguese)

57

Ocorrência de cepas de Pseudomonas aeruginosa multirresistentes produtoras de metalo-β-lactamase blaSPM-1 em amostras clínicas/ Occurrence of multiresistant strains of Pseudomonas aeruginosa producing metallo-β-lactamase blaSPM-1 in clinical samples

Gräf, Tiago; Fuentefria, Daiane Bopp; Corção, Gertrudes
2008-06-01

Resumo em português Este estudo avaliou a ocorrência de genes para metalo β-lactamases em isolados clínicos de Pseudomonas aeruginosa do Hospital São Vicente de Paulo, RS. Os genes foram pesquisados por PCR e o perfil de susceptibilidade foi avaliado por disco-difusão. Foram analisadas 46 cepas, sendo que cinco apresentaram o gene blaSPM-1. Resumo em inglês This study analyzed the occurrence of metallo-β-lactamase genes in clinical samples of Pseudomonas aeruginosa from the Hospital São Vicente de Paulo, RS. The genes were analysed by PCR and the susceptibility profiles were studied by diffusion-disk. Forty six strains were analyzed and five strains were positive for blaSPM-1 gene.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Farmacogenética do tratamento da depressão: busca de marcadores moleculares de boa resposta aos antidepressivos

Lima, Ivanor Velloso Meira; Sougey, Everton Botelho; Vallada Filho, Homero Pinto
2004-01-01

Resumo em português Os autores revisam os estudos que buscam determinantes genéticos para uma boa ou má resposta ao tratamento farmacológico da depressão, incluindo a verificação de diferenças interindividuais nos mecanismos farmacocinéticos - estudos de variantes gênicas das enzimas metabolizadoras das drogas - e farmacodinâmicos - estudos de variantes funcionais dos genes que codificam os sítios envolvidos no mecanismo de ação das drogas. Concluem que o conhecimento acerca da (mais) presença de variantes funcionais nos genes das isoformas envolvidas no metabolismo dos antidepressivos como o CYP2D6, ou nos genes codificando seus sítios de ação como a proteína transportadora de serotonina (5-HTT), podem fornecer importantes subsídios para a personalização da escolha de medicações e dosagens utilizadas no tratamento da depressão. Resumo em inglês The present article reviews the studies on genetic determinants for drug response to the treatment of depression. These investigations assess the individual differences in the pharmacokinetic mechanisms - such as the genetic variants of genes coding for drug-metabolizing enzymes - and in the pharmacodynamics, looking at the genetic variants of genes coding for drug targets. The authors conclude that the knowledge about the functional variants of the genes coding for antid (mais) epressant metabolizing enzymes such as CYP2D6, or genes coding for antidepressant targets such as the serotonin transporter protein (5-HTT), could assist in individualizing the selection of medication and dosage for depression treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Bases Genéticas dos Distúrbios de Crescimento/ The Genetic Bases of Growth Abnormalities

Marui, Suemi; Souza, Silvia Leão Corral; Carvalho, Luciani R. S. de; Jorge, Alexander A. de Lima; Mendonça, Berenice B. de; Arnhold, Ivo J. Prado
2002-08-01

Resumo em português A integridade do eixo GHRH-GH-IGF-I é fundamental para o crescimento normal de um indivíduo. Mutações nos genes responsáveis por cada uma das etapas deste eixo resultam em baixa estatura grave. Podemos dividir os distúrbios de crescimento em: 1. Deficiência de GH associada a deficiências de outros hormônios hipofisários por alterações em fatores de transcrição envolvidos na organogênese hipofisária (HESX1/RPX, LHX3 e LHX4, PROP-1, PIT-1); 2. Deficiência i (mais) solada de GH (receptor do GHRH:GHRHR, GH-1, GH bioinativo); e 3. Insensibilidade ao GH (receptor de GH:GHR, gene da IGF-I e receptor da IGF-I:IGFR). Serão discutidos também os genes implicados na baixa estatura da Síndrome de Turner (SHOX) e Síndrome de Noonan (PTPN11). Atualmente estamos analisando no Laboratório de Hormônios e Genética Molecular da Disciplina de Endocrinologia da FMUSP - LIM 42 os genes HESX-1, LHX3, LHX4, PROP-1, GHRHR, GH-1, GHR, SHOX e PTPN11 em pacientes com baixa estatura e características clínicas e laboratoriais que sugerem o envolvimento destes genes. Resumo em inglês The integrity of the GHRH-GH-IGF-I axis is important for normal growth. Mutations in genes involved in any of the steps result in short stature. Disorders of this axis can be divided in: 1) GH deficiency combined with deficiencies of other pituitary hormones due to alterations in transcription factors involved in pituitary organogenesis (HESX1/RPX, LHX3 e LHX4, PROP-1, PIT-1); 2. Isolated GH deficiency (GHRH receptor, GH-1, bioinactive GH); and 3. GH insensitivity (GH rec (mais) eptor, IGF-I gene and IGF-I receptor). Genes involved in the short stature of Turner Syndrome (SHOX) and Noonan Syndrome (PTPN11) will be discussed. Presently our laboratory is studying HESX-1, LHX3, LHX4, PROP-1, GHRHR, GH-1, GHR, SHOX and PTPN11 genes in patients with short stature with clinical and hormonal features suggesting involvement of these genes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Genética dos transtornos afetivos

Lima, Ivanor Velloso Meira; Sougey, Everton Botelho; Vallada Filho, Homero Pinto
2004-01-01

Resumo em português Os autores revisam neste artigo o conjunto de evidências genético-epidemiológicas que indicam a presença de fatores genéticos na vulnerabilidade para os transtornos afetivos. Apresentam também os dados obtidos até o momento, através de estratégias de genética molecular na busca de genes de susceptibilidade para o transtorno afetivo bipolar e para a depressão. Resumo em inglês In this article the authors review the body of genetic-epidemiological evidences for the role of genes in mood disorders. Current molecular genetic studies searching for susceptibility genes for bipolar affective disorder and depression are also presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Contaminação ambiental e perfil toxigênico de Bacillus cereus isolados em serviços de alimentação/ Environmental contamination and enterotoxigenic profile of Bacillus cereus isolated in food services

Soares, Celina Mara; Valadares, Geórgio Freesz; Azeredo, Raquel Monteiro Cordeiro de; Kuaye, Arnaldo Yoshiteru
2008-04-01

Resumo em português A avaliação da contaminação ambiental por Bacillus cereus foi realizada em 90 amostras de ar ambiente e em 96 amostras de superfícies de bancadas e de equipamentos, de dois restaurantes institucionais. O microrganismo foi detectado em 84,4% e 44,8% das amostras de ar ambiente e de superfícies, respectivamente. O potencial enterotoxigênico dos isolados foi investigado através da reação da polimerase em cadeia (PCR) para os genes hblA, hblD e hblC (que codificam a (mais) hemolisina BL) e para os genes nheA, nheB e nheC (que codificam a enterotoxina não hemolítica - NHE). De um total de 70 isolados investigados, 14,3% foram positivos para os três genes da HBL e 12,8% foram positivos para os três genes da NHE. A produção de NHE também foi verificada através do Bacillus Diarrhoeal Enterotoxin Visual Immunoassay (kit BDE-VIA; Tecra). Os resultados obtidos com o kit revelaram que 61,4% dos 70 isolados são produtores de NHE. Resumo em inglês Ninety air samples and ninety six samples from benches and equipments surfaces were collected in two food services for investigation of Bacillus cereus contamination sources and characterization of strains toxin profiles. B. cereus was detected in 84.4% and 44.8% from air samples and samples from benches and equipments surfaces, respectively. The potential of enterotoxin production was investigated using polymerase chain reaction (PCR) methods for genes hblA, hblD e hblC (mais) (encoding hemolysin BL) and for genes nheA, nheB and nheC (encoding non-hemolytic enterotoxin - NHE). From 70 isolates investigated 14.3% were positive for the three HBL encoding genes and 12.8% were positive for the three NHE encoding genes. The Bacillus Diarrhoeal Enterotoxin Visual Immunoassay (BDE-VIA; Tecra) also was used for NHE detection. The results obtained with BDE-VIA revealed that 61.4% from the 70 strains are NHE producers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Doença de Alzheimer

Smith, Marília de Arruda Cardoso
1999-10-01

Resumo em português O artigo apresenta uma revisão sucinta dos aspectos genéticos da doença de Alzheimer e da metodologia empregada. Três genes distintos foram responsabilizados pela afecção até o momento: o da APP- responsável pela substância precursora da b-amilóide, a qual se deposita intensamente no cérebro dos afetados e está associada ao quadro demencial -, o gene da presenilina 1 (PS1) e o da presenilina 2 (PS2), prote� (mais) �nas de membrana celular. O gene da PS1 é responsável por cerca de 40% dos casos familiares e de acometimento precoce da DA . Os genes da ApoE4, da a-2-macroglobulina e da catepsina D, envolvidos no metabolismo da b-amilóide, foram caracterizados como fatores de risco para a DA. O gene da ApoE4 é fator de risco em cerca de 50% dos casos de DA esporádicos e de acometimento tardio. Muitos outros genes foram ainda associados à DA e são apresentados brevemente. São discutidas a conduta - quanto ao aconselhamento genético para familiares de afetados - e a utilização de diagnóstico molecular na predisposição genética à afecção. É apresentado como mecanismo comum às síndromes progeróides genéticas, como a DA, a alteração da atividade dos genes ribossômicos. Resumo em inglês This paper concisely reviews the genetics of Alzheimer Disease (AD). So far, three different genes have been implicated in AD. Specifically, the gene that codes for APP - the amyloid beta precursor protein, which is associated to dementia through intense brain deposition - the presenilin 1 gene (PS1) and the presenilin 2 gene (PS2). Both presenilin genes code for cellular membrane proteins and PS1 are responsible for a (mais) pproximately 40% of the early-onset familial cases. Genes that code for ApoE4, alpha-2 macroglobulin and cathepsin D, which are all involved in APP metabolism, have been considered as risk factors for AD. The ApoE4 gene is a risk factor in about 50% of the AD sporadic and late-onset cases. Several other genes that have been associated to AD are briefly discussed. Different strategies for genetic counseling of relatives are considered, and finally, ribosomal gene alterations are discussed as possible mechanisms underlying genetic progeroid syndromes such as AD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Os factores genéticos da asma/ Asthma genetic factors

Videira, Paula Alexandra; Borrego, Luís Miguel; Trindade, Hélder
2006-11-01

Resumo em português A asma brônquica é uma doença inflamatória crónica das vias aéreas, de prevalência crescente, particularmente na infância, sendo considerado um importante problema de saúde pública. É reconhecidamente uma doença de transmissão familiar, sendo um desafio a descrição e potencial identificação dos genes envolvidos na sua génese. Pretende-se com o presente artigo de revisão explicitar exaustivamente os genes associados a esta patologia, bem como esclarecer os métodos laboratoriais que permitem a sua identificação. Resumo em inglês Asthma is a chronic inflammatory airways disease, with a rising prevalence, particularly in childhood, and is considered an important Public Health problem. It’s familial transmission is recognised, while the description and identification of the genes implicated in this disease are a challenge. In this revision paper the authors give a comprehensive explanation of the associated genes as well as the laboratorial methods that allow their identification.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Alterações moleculares associadas à hemocromatose hereditária/ Molecular changes associated with hereditary hemochromatosis

Santos, Paulo C. J. L.; Cançado, Rodolfo D.; Terada, Cristiane T.; Guerra-Shinohara, Elvira M.
2009-01-01

Resumo em português A hemocromatose hereditária (HH) é a mais comum doença autossômica em caucasianos e caracteriza-se pelo aumento da absorção intestinal de ferro, o qual resulta em acúmulo progressivo de ferro no organismo. A classificação da HH é realizada de acordo com a alteração genética encontrada, sendo os casos divididos em tipos 1, 2A, 2B, 3 e 4, quando a sobrecarga de ferro for associada aos genes HFE, HJV, HAMP, TFR2 e SLC40A1, respectivamente. Não existem estudos b (mais) rasileiros que avaliaram a presença de mutações em genes relacionados à fisiopatologia da HH (genes HJV, HAMP, TFR2 e SLC40A1), além da pesquisa das três mutações no gene HFE (C282Y, H63D e S65C). Porém, está descrito, nos estudos realizados no Brasil, que alguns pacientes com sobrecarga de ferro primária não são portadores da HH tipo 1 (associada ao gene HFE). Portanto, é de suma importância a identificação das características genéticas dessa população, uma vez que outras mutações nos genes HJV, HAMP, TFR2 e SLC40A1 podem estar associadas à fisiopatologia da doença, podendo haver interações entre os genes alterados, de forma que possa auxiliar no entendimento da fisiopatologia da HH em pacientes brasileiros. Resumo em inglês Hereditary Hemochromatosis (HH) is the most common autosomal disease in Caucasians. It is characterized by an increase in intestinal absorption of iron, which results in a progressive accumulation of iron in the body. The classification of HH is carried out according to the genetic alteration found; thus cases of HH are divided into Types 1, 2A, 2B, 3 and 4, when the iron overload is associated to the HFE, HJV, HAMP, TFR2 and SLC40A1 genes, respectively. There is research (mais) on the three HFE gene mutations (C282Y, H63D and S65C) in the Brazilian population however there are no Brazilian studies that evaluate the presence of mutations in other genes related to the pathophysiology of HH (HJV, HAMP, TFR2 and SLC40A1 genes). Nevertheless, studies conducted in Brazil have described that some patients with primary iron overload are not carriers of the Type 1 HH (associated with the HFE gene). Hence, it is very important to identify the genetic characteristics of this population, as mutations of the HJV, HAMP, TFR2 and SLC40A1 genes may be associated with the pathophysiology of the disease, and there may be interactions between mutations. These findings will help in understanding the pathophysiology of patients with HH in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Esquizofrenia

Chowdari, K V; Nimgaonkar, V L
1999-10-01

Resumo em português Neste artigo revisamos e resumimos os avanços atuais sobre o mapeamento de genes relacionados à esquizofrenia. Listamos as regiões de interesse identificadas até o momento e discutimos as dúvidas pertinentes, bem como as perspectivas para o sucesso futuro. Resumo em inglês Current progress in efforts to map susceptibility genes for schizophrenia are reviewed and summarized. Regions of interest identified to date are listed and reasons for inconsistencies discussed. Prospects for future success are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Transtorno bipolar

Alda, Martin
1999-10-01

Resumo em português Os resultados de estudos de famílias sugerem que o transtorno bipolar tenha uma base genética. Essa hipótese foi reforçada em estudos de adoção e de gêmeos. A herança do transtorno bipolar é complexa, envolve vários genes, além de apresentar heterogeneidade e interação entre fatores genéticos e não-genéticos. Achados, que já foram replicados, já implicaram os cromossomos 4, 12, 18 e 21, entre outros, na busca por genes de suscetibilidade. Os resultados m (mais) ais promissores foram obtidos através de estudos de ligação. Por outro lado, os estudos de associação geraram dados interessantes, mas ainda vagos. Os estudos de populações de pacientes homogêneos e a melhor definição do fenótipo deverão contribuir para avanços futuros. A identificação dos genes relacionados ao transtorno bipolar irá permitir o melhor entendimento e tratamento dessa doença. Resumo em inglês Family studies of bipolar disorder have suggested that the illness might have a genetic basis. This hypothesis has been also supported by twin and adoption studies. The inheritance of bipolar disorder follows a complex pattern likely including a contribution of several genes, heterogeneity, and interaction of genetic and non-genetic factors. The search for specific susceptibility genes has now generated replicated findings on chromosomes 4, 12, 18 and 21, and possibly sev (mais) eral others. The most promising results have been obtained using the linkage strategy, while the association studies have generated perhaps stimulating, but less definitive findings. Further progress may benefit from studies of homogeneous patient populations and an improved phenotype definition. Identification of bipolar-disorder genes will contribute to better understanding and treatment of this illness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Diversidade e estrutura genética para virulência de três populações sul brasileiras de Puccinia coronata/ Genetic diversity and structure for virulence of three southern Brazilian Puccinia coronata f. sp. avenae Fraser & Led population

Vieira, Eduardo Alano; Carvalho, Fernando Irajá Félix de; Chaves, Márcia Soares; Oliveira, Antônio Costa de; Martins, Andreza Figueirola; Silva, José Antônio Gonzalez da; Hartwig, Irineu; Silva, Giovani Olegário da; Carvalho, Marcos Fontoura de; Busato, Cyrano Cardoso
2006-01-01

Resumo em português Estudos de diversidade e estrutura genética de populações de patógenos por meio de genes de resistência conhecidos são importantes, por permitirem o acesso de forma direta aos genes de virulência/avirulência dos indivíduos das diferentes populações-alvo. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi caracterizar a diversidade e a estrutura genética de três populações de Puccinia coronata f. sp avenae Fraser & Led do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da uti (mais) lização do padrão fenotípico de virulência/avirulência de 40 isolados a 25 genes Pcs. Os resultados obtidos evidenciaram que apesar da elevada variabilidade em virulência dos isolados sul-brasileiros, a população apresenta diversidade genética moderada, principalmente em função da alta virulência dos isolados. Praticamente, não existem diferenças nas freqüências dos genes de virulência nos isolados coletados em Capão do Leão, Eldorado do Sul e Passo Fundo, ou seja, não existe estruturação entre as populações, o que implica na necessidade da adoção de uma estratégia única de controle da moléstia nos três locais. Resumo em inglês Studies on the genetic diversity and structure of pathogen populations by mean of known resistance genes are important as they allow the direct access to virulence/avirulence genes of individuals in target populations. Therefore, the goal of this work was to characterize the genetic diversity and structure of three Puccinia coronata f. sp avenae Fraser & Led populations from the State of Rio Grande do Sul by using a standard phenotypical assay of virulence/avirulence of 4 (mais) 0 isolates to 25 Pcs genes. The results indicated that despite of the high variability for virulence of Southern brazilian isolates, the population showed a moderate genetic diversity, mainly as a function of the high virulence presented by the isolates. Basically, no difference was found in the frequency of virulence genes among the isolates collected in Capão do Leão, Eldorado do Sul and Passo Fundo counties, suggesting that the pathogen populations are not structured. The results indicated the need of a strategy for disease control in these three locations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Fatores genéticos e ambientais na manifestação do transtorno bipolar/ Genetic and environmental factors in bipolar disorder

Michelon, Leandro; Vallada, Homero
2005-01-01

Resumo em português O transtorno bipolar (TB) possui alta prevalência na população mundial e causa perdas significativas na vida dos portadores. É uma doença com importante fator genético, cuja herança se caracteriza por mecanismos complexos de transmissão envolvendo múltiplos genes que estão sob influência de inúmeros fatores ambientais. Várias estratégias de investigação genética têm sido utilizadas para identificar genes determinantes de vulnerabilidade ao TB. Estudos co (mais) m gêmeos, de ligação e de associação permitiram caracterizar a herdabilidade dessa doença, identificar regiões cromossômicas potencialmente associadas ao TB e avaliar a contribuição de genes candidatos na sua etiologia. Em virtude da complexidade do modo de transmissão do TB e de sua heterogeneidade fenotípica muitas dificuldades são encontradas na identificação desses genes. Paralelamente, estudos psicossociais apontam para fatores ambientais de relevância no desencadeamento do TB. Com a compreensão crescente dos mecanismos epigenéticos de controle da expressão gênica, incluindo a interação do genoma com fatores ambientais, e a abordagem dimensional dos transtornos mentais, abrem-se perspectivas promissoras de pesquisas futuras para elucidar os fatores envolvidos na manifestação do transtorno bipolar. Resumo em inglês Bipolar disorder (BD) is a highly prevalent mental disease worldwide. This disorder has a genetic inheritance characterized by complex transmission mechanisms involving multiple genes under the influence of several environmental factors. Many investigation strategies have been put forward in order to identify BD susceptibility genes. Twin, linkage and association studies have contributed to the characterization of its herdability through the identification of genomic regi (mais) ons potentially linked to BD and the candidate genes investigation approach. Because of the complexity of the transmission pattern for BD and its phenotypic heterogeneity many difficulties have emerged in defining exact bipolar susceptibility genes. On the other hand, psychosocial studies point out to relevant environmental factors in the etiology of BD. The increasing understanding of gene expression regulation by epigenetic mechanisms, including gene-environment interaction, and the dimensional approach to the mental disorders offer promissing directions to future researches in order to uncover the factors envolved in the etiology of Bipolar disorder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

A predisposição genética para o desenvolvimento da microangiopatia no DM1/ Genetic susceptibility to microangiopathy development in Type 1 diabetes mellitus

Corrêa-Giannella, Maria Lúcia; Vieira, Suzana Maria
2008-03-01

Resumo em português Acredita-se que o controle glicêmico e a duração do diabetes sejam os fatores de risco mais importantes para o desenvolvimento das microangiopatias diabéticas, contudo, as velocidades de progressão da nefropatia, da retinoaptia e da polineuropatia variam consideravelmente entre os pacientes. Além da presença de fatores de risco, como a hipertensão arterial, a dislipidemia e o fumo, existem evidências sugerindo que uma predisposição genética desempenha um papel (mais) na susceptibilidade para as complicações microvasculares. Com base na patogênese dessas complicações crônicas do diabetes, polimorfismos de vários genes candidatos que atuam em diferentes vias desse processo têm sido investigados, como os genes relacionados aos mecanismos dos danos induzidos pela hiperglicemia (os produtos finais de glicação avançada, o aumento na formação de espécies reativas de oxigênio e a atividade aumentada da via da aldose-redutase), os genes relacionados ao sistema renina-angiotensina; os genes que codificam a síntese das citoquinas, dos fatores de crescimento e dos seus receptores e dos transportadores de glicose entre muitos outros. Este artigo discute alguns estudos que corroboram com a importância da predisposição genética no desenvolvimento da microangiopatia diabética. Resumo em inglês Glycemic control and diabetes duration are believed to be the most important risk factors for the development of diabetic microangiopathy; however, the rate of progression of nephropathy, retinopathy and polyneuropathy varies considerably among patients. Besides the presence of risk factors such as hypertension, dyslipidaemia and smoking, there is evidence suggesting that genetic predisposition plays a role in the susceptibility to microvascular complications. Based on un (mais) derlying pathogenesis, polymorphisms of several candidate genes belonging to multiple pathways have been investigated, like the genes related to mechanisms of hyperglycaemia-induced damage (such as advanced glycation end-products and reactive oxygen species increased formation, augmented activity of the aldose reductase pathway); genes related to the renin-angiotensin system; genes coding for cytokines, growth factors and its receptors, glucose transporter; among many others. This article reviews some studies that corroborate the importance of the genetic background in the development of diabetic microangiopathy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Características fotossintéticas de batata cv. Baronesa e seu genótipo transformado geneticamente para resistência ao PVY/ Photosynthetic characteristics of potato plants, cv. Baronesa and its genetically transformed genotype for PVY resistance

Bacarin, Marcos Antonio; Schmitz, Douglas Damé; Falqueto, Antelmo Ralph; Cassol, Daniela; Torres, Antonio Carlos; Peters, José Antonio; Braga, Eugenia Jacira Bolacel
2008-09-01

Resumo em português O melhoramento genético da batata é complexo e requer uma grande demanda de tempo e energia. A tecnologia do DNA recombinante, com sua capacidade potencial de isolar e transferir genes a partir de qualquer organismo, permite incorporar nas plantas novos caracteres de interesse agrícola. No entanto, as conseqüências da inserção de determinados genes em relação às características fisiológicas da planta são, muitas vezes desconhecidas. O presente trabalho teve c (mais) omo objetivo avaliar as características fotossintéticas de plantas de batata cultivar Baronesa modificadas geneticamente com genes de resistência a vírus. Para isso, tubérculos de batata cultivar Baronesa e seu respectivo genótipo transformado foram plantados em vasos e mantidos em casa de vegetação. Durante o ciclo de vida das plantas foram avaliados parâmetros da fluorescência das clorofilas, fotossíntese líquida e fotossíntese potencial. As plantas de batata cv. Baronesa transformadas com genes de resistência ao vírus PVY apresentaram maior eficiência fotoquímica máxima e maior taxa de liberação de oxigênio do que plantas da mesma cultivar não modificadas geneticamente, embora tivessem mantido os demais parâmetros de fluorescência das clorofilas e a taxa de fotossíntese líquida iguais. Resumo em inglês Potato breeding is difficult and requires a great deal of time and energy. The use of recombinant DNA technology, with its potential capacity of isolating and transferring genes from any organism, allows incorporating in plants new characters of agricultural interest. However, consequences of the incorporation of determined genes on physiological characteristics are sometimes unknown. In this study we evaluated photosynthetic characteristics of potato plants genetically m (mais) odified with resistance genes to PVY. Potato tubers of cv. Baronesa and its respective transformed genotype were planted in pots and kept in greenhouse. During the plant life cycle, parameters of chlorophyll fluorescence, net photosynthesis and potential photosynthesis were evaluated. Plants transformed with PVY resistant genes showed higher maximum photochemical efficiency and higher oxygen evolution rate, however the parameters of chlorophyll fluorescence and net photosynthesis were the same.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Aplicação de marcadores SCARs para seleção de linhagens resistentes à antracnose em feijoeiro/ Use of SCAR markers in common bean breeding for anthracnose resistance

Beraldo, Ana Luiza Ahern; Colombo, Carlos Augusto; Chiorato, Alisson Fernando; Ito, Margarida Fumiko; Carbonell, Sérgio Augusto Morais
2009-01-01

Resumo em português No Brasil, a produtividade do feijoeiro (Phaseolus vulgaris) é baixa, decorrente principalmente de doenças, como a antracnose, causada pelo patógeno Colletotrichum lindemuthianum Sacc & Magnus. Já foram descritas no Brasil 50 raças fisiológicas do patógeno sendo as raças 31, 65 e 89 as mais importantes no Estado de São Paulo. No presente trabalho, seis marcadores do tipo SCAR (Sequence-Characterized Amplified Regions) foram avaliados em 42 genitores e 76 linhagen (mais) s derivadas do Programa de Melhoramento do Instituto Agronômico - IAC. Os objetivos do trabalho foram: avaliar o potencial dos SCARs na identificação de genótipos contendo genes de resistência ao C. lindemuthianum e detectar os prováveis genes de maior freqüência nos genótipos avaliados. Com base nas avaliações, foram identificados três genitores e nove linhagens com quatro genes de resistência, sendo o gene Co-6 o mais freqüente, seguido por Co-4², Co-3³, Co-5, e Co-4. Resumo em inglês Low yield of common bean, in Brazil, occurs mainly due to diseases such as anthracnose caused by Colletotrichum lindemuthianum Sacc & Magnus. Fifty physiological strains of this fungus have already been described races 31, 65 and 89 being the most important in the State of São Paulo. In the present work, six SCAR (Sequence-Characterized Amplified Regions) markers were evaluated in 42 parental lines and in 76 lines of the bean breeding program of Instituto Agronômico (IA (mais) C) aiming at to identify genotypes carrying resistance genes to C. lindemuthianum and the probable most frequent genes. Based on the SCAR markers, three parents and nine derived lines were identified as carrying four resistance genes, demonstrating the effectiveness of the markers for the on going breeding program. Co-6 was the most frequent resistance gene followed by Co-4², Co-3³, Co-5, and Co-4.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Testes genéticos na eqüideocultura

Coelho, Eduardo Geraldo Alves; Oliveira, Denise Aparecida Andrade de
2008-07-01

Resumo em português Nos últimos anos a equideocultura deu um salto qualitativo, havendo hoje, no mercado, animais de alto valor e geneticamente superiores. Isso é possível, em grande parte, devido aos avanços na área da genética animal, os quais permitem identificar, não apenas anomalias, mas também diversos genes de interesse econômico. Com o auxílio da citogenética pode-se identificar indivíduos com alterações no número ou na estrutura dos cromossomos, o que em muitos casos (mais) afeta principalmente a reprodução. Também a confirmação de genealogia, anteriormente feita por tipagem sangüínea e atualmente por testes de DNA, tem papel extremamente importante, não apenas por garantir a ascendência dos animais, mas também porque um pedigree confiável pode permitir ao criador identificar a origem de problemas genéticos em seu rebanho e reduzi-los ou mesmo, eliminá-los. Ainda com as ferramentas da biologia molecular, podemos hoje, identificar indivíduos que apresentam genes desejáveis ou indesejáveis, o que nos permite selecioná-los precocemente, reduzindo assim, os custos do produtor e aumentando o valor agregado dos animais. Entre tais genes podemos destacar os que identificam portadores ou afetados por mutações genéticas indesejáveis como: SCID (Síndrome da Imunodeficiência Combinada), HYPP (Parilisa Hipercalêmica), HERDA (Astenia Dérmica Regional Hereditária Eqüina), etc. Também a identificação dos genes que determinam a cor ou padrão da pelagem já pode ser feita direta ou indiretamente (por meio de marcadores genéticos), como é o caso dos genes para as pelagens Overo, Tobiano, etc. Com os avanços no estudo do genoma eqüino muito mais estará disponível em breve, o que certamente só trará maiores contribuições à equideocultura mundial. Resumo em inglês In the last few years the horse breeding industry is achieving significant progresses producing animals of high commercial value and genetically superior. It was possible, mainly due to the progresses in the area of the animal genetics, which allow identifying, not only anomalies, but also several genes of economical interest. With the aid of the cytogenetics, individuals with alterations in the number or in the structure of the chromosomes can be identified, which in man (mais) y cases affect mainly the reproduction. Also the genealogy confirmation, previously done by blood type and now by DNA tests, has extremely important role, not just for guaranteeing the origin of the animals. Due to a reliable pedigree, the breeder can identify the origin of genetic problems and can reduce or even eliminate them. With the tools of the molecular biology, today, we can identify individuals that present desirable or undesirable genes, allowing us to select them early, reducing the costs of the producer and increasing the joined value of the animals. Among those genes we can detach the ones that identify carriers or affected animals for undesirable genetic mutations such as: SCID (Severe Combined Immunodeficiency Disease), HYPP (Hyperkalemic Periodic Paralysis), HERDA (Hereditary Equine Regional Dermal Asthenia), etc. Also the identification of the genes that determine the coat color or coat pattern can already be made directly or indirectly (through genetic markers), as it is the case of the genes for the coat colors Overo, Tobiano, etc. With the progresses in the study of the equine genoma much more will be available soon, which will certainly bring larger contributions to the world horse breeding industry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Aumento da expressão do proto-oncogene ras no bócio multinodular: possível envolvimento na patogênese/ Proto-oncogene ras expression in multinodular goiter

Golbert, Lenara; Kolling, João Henrique; Leitão, Aline H.; Posser, Mirele; Lobato, Rafael; Maia, Ana Luiza
2003-12-01

Resumo em português A transformação neoplásica resulta de uma série de alterações genéticas, envolvendo ativação de proto-oncogenes e inativação de genes supressores tumorais. Ativação do proto-oncogene ras por mutações em ponto é a alteração genética mais freqüente em tumores espontâneos da tireóide. Avaliamos a expressão do gene ras no bócio nodular. Fragmentos de tecido tireoidiano normal e neoplásico foram coletados durante o ato cirúrgico, sendo que 79 paciente (mais) s tiveram diagnóstico histopatológico de bócio colóide e foram incluídos no estudo. O RNA total foi extraído pelo método de Trizol e o cDNA sintetizado através do Reverse Trancriptidase. Os genes H-ras e K-ras foram amplificados através de PCR com primers específicos. Do total da amostra, 62% apresentaram aumento da expressão de um dos genes ras estudados. Evidenciou-se aumento da expressão do H-ras em 9 dos 29 (31%) casos e do K-ras em 12 dos 32 (37,5%) tumores estudados. Os resultados demonstraram aumento da expressão do ras na doença nodular da tireóide e sugerem um papel importante desses genes na transformação neoplásica da tireóide. Resumo em inglês Neoplastic transformation results from a series of genetic alterations involving activation of protooncogenes and inactivation of tumor suppressor genes. Activation of ras protooncogenes by point mutation is the most frequent genetic alteration in spontaneous thyroid neoplasias. The goal of this study was to evaluate ras gene expression in the nodular goiter. Seventy-nine patients submitted to thyroidectomy and with a histological diagnosis of nodular goiter were included (mais) in the study. Tissues were obtained from both tumor and normal thyroid during surgery and frozen in liquid N2. Total RNA was isolated using TRIzol reagent and the cDNA was synthesized by reverse transcription. Twenty-one of the 34 (62%) nodules showed elevated expression of at least one of the ras genes studied. H-ras exhibited overexpression in 9 of 29 (31%) and K-ras in 12 of 32 (37.5%) tumor samples examined. Our results showed ras over expression in nodular disease, with different pattern of expression between H and K-ras genes, suggesting that control of these proto-oncogenes expression might play an important role on neoplastic transformation in thyroid cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Etiopatogênese Molecular dos Tumores Corticotróficos/ Molecular Etiopathogenesis of Corticotrophic Tumors

Antonini, Sonir R.; Castro, Margaret de
2002-08-01

Resumo em português Os corticotrofinomas representam aproximadamente 80% dos casos de síndrome de Cushing de origem endógena em adultos. Na última década, foram feitos avanços consideráveis na compreensão do desenvolvimento da hipófise anterior, na patogênese dos tumores hipofisários e nos fatores envolvidos na progressão tumoral. A aplicação do conceito geral de tumorigênese é adequada aos tumores corticotróficos, sendo este um processo que envolve várias etapas, resultante (mais) s da interação de eventos iniciadores e subseqüentemente de fatores promotores, sendo portanto multifatorial. De modo geral, oncogenes e genes de supressão tumoral freqüentemente relacionados a outros tipos de tumores não parecem contribuir neste processo, embora alteração na expressão de alguns destes genes, como p53, p16 e PTTG, possa estar relacionada a um comportamento fenotípico mais agressivo. A investigação das vias regulatórias específicas dos corticotrofos, principalmente a estrutura e a expressão dos genes dos receptores do CRH, AVP e GR também não evidenciou a presença de mutações. Entretanto, é possível que alterações em regiões promotoras ou em co-fatores que regulam estes genes possam estar presentes. Estudos futuros sobres os mecanismos de regulação da célula corticotrófica normal e tumoral deverão contribuir na definição de marcadores prognósticos e no desenvolvimento de novas modalidades de tratamento. Resumo em inglês Corticotropinomas represent approximately 80% of the etiology of Cushing's syndrome in adults. In the past decade remarkable advances in the knowledge of the normal anterior pituitary development, in the pathogenesis of the pituitary tumors, as well as in the factors involved in the tumoral progression have been made. General principles of tumorigenesis are valid in corticotrophic tumors and it is clear that this is a multistep and multifactorial process, resulting from t (mais) he interaction of initiating and promoting events. Most of the oncogenes and tumor suppressor genes related to other tumor types do not seem to contribute in this process, although abnormal expression of some of these genes, like PTTG, p53 and p16 can be related to a more aggressive phenotypic behavior. Investigation of the corticotrophic-specific regulatory pathways, mainly the structure and expression of the CRH, AVP, and GR receptor genes has also not shown significant abnormalities. However, it is possible that disruption in regulatory regions of these genes or in their transcription factors could be involved. Future studies in the regulatory mechanisms of both normal and tumoral corticotrophic cells could contribute in defining better prognostic markers and eventually in the development of new therapeutic strategie

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Novos aspectos da genética e dos mecanismos moleculares da morfogênese da tiróide para o entendimento da disgenesia tiroidiana/ New aspects of genetics and molecular mechanisms on thyroid morphogenesis for the understading of thyroid dysgenesia

Ramos, Helton E.; Nesi-França, Suzana; Maciel, Rui M. B.
2008-12-01

Resumo em português A organogênese da tiróide ainda não está completamente elucidada, assim como também não se conhece o mecanismo patogenético da maioria dos casos de disgenesias tiroidianas. Vários genes têm sido identificados como importantes para a sobrevivência, a proliferação e a migração dos precursores das células tiroidianas e tem-se demonstrado que eles atuam de modo integrado. Além disso, por meio da geração de camundongos geneticamente modificados, diversos estu (mais) dos têm trazido melhor entendimento para o papel destes genes na morfogênese tiroidiana. Finalmente, tem-se também evidenciado que mutações em alguns destes genes são responsáveis pelo desenvolvimento de disgenesias tiroidianas em crianças com hipotiroidismo congênito. O objetivo desta revisão é sumarizar os aspectos moleculares do desenvolvimento tiroidiano, descrever os modelos animais e respectivos fenótipos e oferecer novas informações sobre a ontogenia e a patogênese das disgenesias tiroidianas humanas. Resumo em inglês The elucidation of the molecular mechanisms underlying the very early steps of thyroid organogenesis and the etiology of most cases of thyroid dysgenesis are poorly understood. Many genes have been identified as important contributors to survival, proliferation and migration of thyroid cells precursors, acting as an integrated and complex regulatory network. Moreover, by generation of mouse mutants, the studies have provided better knowledge of the role of these genes in (mais) the thyroid morphogenesis. In addition, it is likely that a subset of patients has thyroid dysgenesis as a result of mutations in regulatory genes expressed during embryogenesis. This review summarizes molecular aspects of thyroid development, describes the animal models and phenotypes known to date and provides information about novel insights into the ontogeny and pathogenesis of human thyroid dysgenesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Regulação do desenvolvimento de micorrizas arbusculares/ Regulation of arbuscular mycorrhizae development

Kiriachek, Soraya Gabriela; Azevedo, Lucas Carvalho Basilio de; Peres, Lázaro Eustáquio Pereira; Lambais, Marcio Rodrigues
2009-02-01

Resumo em português As micorrizas arbusculares (MAs) são associações simbióticas mutualistas entre fungos do filo Glomeromycota e a maioria das plantas terrestres. A formação e o funcionamento das MAs depende de um complexo processo de troca de sinais, que resulta em mudanças no metabolismo dos simbiontes e na diferenciação de uma interface simbiótica no interior das células das raízes. Os mecanismos que regulam a formação das MAs são pouco conhecidos, mas sabe-se que a concen (mais) tração de fosfato (P) na planta é um fator determinante para o desenvolvimento da simbiose. A disponibilidade de P na planta pode afetar o balanço de açúcares e de fitormônios (FHs), além da expressão de genes de defesa vegetal. Com o advento da genômica e proteômica, vários genes essenciais para o desenvolvimento das MAs já foram identificados e seus mecanismos de regulação estão sendo estudados. Até o presente, sabe-se que as plantas secretam substâncias que estimulam a germinação de esporos e o crescimento de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs). Há evidências também de que os FMAs sintetizam moléculas sinalizadoras, que são reconhecidas pelas plantas hospedeiras. Pelo menos três genes são essenciais para o reconhecimento dessa molécula e a transdução do sinal molecular. Discutem-se os papéis desses genes e os possíveis mecanismos que regulam sua expressão, bem como os papéis dos FHs na regulação de MAs são discutidos. Resumo em inglês Arbuscular mycorrhizae (AM) are mutualistic symbiotic associations between fungi of the phylum Glomeromycota and most terrestrial plants. The formation and functioning of AM depend on a complex signal exchange process, which ultimately results in shifts in the metabolism of the symbionts and differentiation of a symbiotic interface in cortical root cells. The mechanisms regulating AM development are not well understood, but it is known that phosphate (P) concentration in (mais) plants plays a key role in this process. Plant P concentration may affect the balance of sugars and phytohormones (PH), as well as the expression of plant defense-related genes. With the advent of genomics and proteomics, several genes essential for the development of AM have been identified and their regulation mechanisms are being elucidated. Hitherto, it is known that plants secrete several compounds that stimulate spore germination and the growth of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF). There is also evidence that AMF synthesize molecules that are recognized by the host plants. At least three genes are essential for the recognition of this molecule and the transduction of the molecular signal. The roles of these genes and the possible mechanisms regulating their expression, as well as the role of PH in controlling AM development are discussed in this review.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Influência de combinações genéticas nos níveis de HDL-c em uma população do sul do Brasil/ Influence of genetic combinations on HDL-C levels in a Southern Brazilian population/ Influencia de combinaciones genéticas en los niveles de HDL-c en una población del sur del Brasil

Andrade, Fabiana Michelsen de; Fiegenbaum, Marilu; Almeida, Silvana de; Hutz, Mara Helena
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Baixos níveis de HDL-c são importantes preditores de doença coronariana, a primeira causa de morte no mundo todo. Muitos fatores afetam os níveis de HDL-c, tais como os polimorfismos de genes que codificam proteínas-chave para a via de transporte reverso de colesterol. OBJETIVO: Investigar a influência de sete polimorfismos dos genes CETP, APOA1, ABCA1 e SCARB1 genes nos níveis de HDL-c em uma população da região sul do Brasil. MÉTODOS: Os polimorfi (mais) smos foram investigados em uma amostra de 500 indivíduos de descendência europeia, mas os níveis de HDL-c de somente 360 indivíduos foram ajustados para cofatores usando regressão linear múltipla no estudo de associação. A amostra foi dividida em tercis de acordo com os níveis ajustados de HDL-c e frequências de alelos e haplótipos foram comparadas entre o 1º e o 3º tercis dos níveis ajustados de HDL-c. RESULTADOS: Quando as combinações dos alelos de risco foram testadas, a frequência de combinações alélicas em três genes (haplótipo 1 do gene APOA1, variante 2S do gene SCARB1, e alelo B1 do gene CETP) foi significantemente mais alta no tercil inferior dos níveis ajustados de HDL-c (28,3%) do que no tercil superior (14,9%; p=0,008), o que indica que a presença dessas variantes aumentou 2,26 vezes a chance de ter níveis de HDL-C Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Bajos niveles de HDL-c son importantes predictores de enfermedad coronaria, la primera causa de muerte en todo el mundo. Muchos factores afectan los niveles de HDL-c, tales como los polimorfismos de genes que codifican proteínas-clave para la vía de transporte reverso de colesterol. OBJETIVO: Investigar la influencia de siete polimorfismos de los genes CETP, APOA1, ABCA1 y SCARB1 genes en los niveles de HDL-c en una población de la región sur del Brasil. M (mais) ÉTODOS: Los polimorfismos fueron investigados en una muestra de 500 individuos de descendencia europea, pero los niveles de HDL-c de solamente 360 individuos fueron ajustados para cofactores usando regresión lineal múltiple en el estudio de asociación. La muestra fue dividida en terciles de acuerdo con los niveles ajustados de HDL-c y frecuencias de alelos y haplotipos fueron comparadas entre el 1º y el 3º terciles de los niveles ajustados de HDL-c. RESULTADOS: Cuando las combinaciones de los alelos de riesgo fueron probadas, la frecuencia de combinaciones alélicas en tres genes (haplotipo 1 del gen APOA1, variante 2S del gen SCARB1, y alelo B1 del gen CETP) fue significativamente más alta en el tercil inferior de los niveles ajustados de HDL-c (28,3%) que en el tercil superior (14,9%; p=0,008), lo que indica que la presencia de esas variantes aumentó 2,26 veces la posibilidad de tener niveles de HDL-C Resumo em inglês BACKGROUND: Low HDL-C levels are important predictors of coronary disease, the first cause of death worldwide. Many factors affect HDL-C levels, such as polymorphisms of genes encoding for key proteins of the reverse cholesterol transport pathway. OBJECTIVE: To investigate the influence of seven polymorphisms of the CETP, APOA1, ABCA1 and SCARB1 genes on HDL-C levels in a southern Brazilian population. METHODS: The polymorphisms were investigated in a sample of 500 indivi (mais) duals of European descent, but HDL-C levels from only 360 individuals were adjusted for cofactors using multiple linear regressions in the association study. The sample was divided in tertiles according to adjusted HDL-C levels, and allele and haplotype frequencies were compared between the 1st and 3rd tertiles of adjusted HDL-C levels. RESULTS: When combinations of risk alleles were tested, the frequency of allele combinations in three genes (haplotype 1 of APOA1 gene, variant 2S of SCARB1 gene, and allele B1 of CETP gene) was significantly higher in the lower tertile of adjusted HDL-C (28.3%) than in the upper tertile (14.9%; p=0.008), which indicated that the presence of these variants increased 2.26 times the chances of having HDL-C levels below 39.8 mg/dl. CONCLUSION: These markers, when studied separately, are expected to have a small influence on the characteristic under analysis, but greater influence was detected when the markers were studied in combination. In a population of southern Brazilians, our data showed a significant influence of variant combinations of APOA1, SCARB1 and CETP genes on HDL-c levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Fatores de risco para retinopatia diabética/ Diabetic retinopathy risk factors

Esteves, Jorge; Laranjeira, Andréia F.; Roggia, Murilo F.; Dalpizol, Melissa; Scocco, Caio; Kramer, Caroline K.; Azevedo, Mirela J.; Canani, Luís H.
2008-04-01

Resumo em português A retinopatia diabética (RD) acomete cerca de 95% dos pacientes com diabetes melito tipo 1 (DM1) e 60% dos pacientes com diabetes melito tipo 2 (DM2), sendo a principal causa de cegueira legal em adultos. O objetivo desse manuscrito foi revisar os principais fatores de risco para RD. Os fatores de risco ambientais mais importantes são a hiperglicemia sustentada, os valores elevados de pressão arterial e a longa duração de DM. Entretanto, nem todos os pacientes desenv (mais) olvem RD, o que sugere a presença de fatores genéticos, em especial para as formas graves de RD. Diferentes estratégias têm sido utilizadas para avaliar o papel da genética na RD. Estudos de famílias demonstraram agregação familiar de RD. Genes candidatos têm sido estudados (RAGE; VEGF; PPAR-delta; ICAM-1; ECA; ENPP 1; eNOS), observando-se associações positivas ou negativas com a RD. Também alguns cromossomos, em populações selecionadas, foram associados à RD. Finalmente, estudos de expressão genética reforçam a associação de genes candidatos, ou determinam a participação de outros, com a presença da RD. A RD é uma complicação freqüente do DM e junto com os fatores não-genéticos ou ambientais, a identificação de genes relacionados à RD poderá resultar tratamentos mais específicos e eficazes para a RD. Resumo em inglês Diabetic retinopathy (DR) occurs in about 95% of patients with type 1 diabetes mellitus (DM) and in 60% of type 2 DM patients and it is the main cause of legal blindness in adult people. The aim of this manuscript was to review the main risk factors for DR. The major environmental risk factors are hyperglycemia, high blood pressure levels, and long-term duration of DM. However, not all patients will not develop DR, suggesting the presence of a genetic predisposition to DR (mais) , especially for severe forms of DR. Special strategies has been used to evaluate the genetic role in DR. Family studies shown that there is a familial aggregation of DR. Candidates genes have been studied (RAGE; VEGF; PPAR-delta; ICAM-1; ECA; ENPP 1; eNOS) and positive or negative associations with DR were demonstrated. Some chromosomes were also associated to DR in selected populations. Finally, genetic expression studies reinforce the association of candidate genes, or participation of others genes, with the presence of DR. DR is a common complication of DM and, along with non-genetic or environmental risk factors, the identification of genes related to DR could result in more specific and efficient DR treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

O papel dos receptores das gonadotrofinas na reprodução feminina

Kohek, Maria Beatriz da Fonte; Latronico, Ana Claudia
2001-08-01

Resumo em português As ações fundamentais das gonadotrofinas hipofisárias na vida sexual reprodutiva de ambos os sexos dependem da integridade estrutural e funcional dos seus respectivos receptores. Os receptores das gonadotrofinas localizados na membrana citoplasmática são membros da grande família dos receptores acoplados à proteína G e apresentam uma estrutura comum caracterizada por uma extensa porção extracelular e setes hélices transmembranas. A recente identificação de mu (mais) tações inativadoras e ativadoras de ocorrência natural nos genes dos receptores do LH e do FSH contribuíram para a maior compreensão de estados patológicos gonadais. Neste trabalho, revisamos os aspectos moleculares dos defeitos dos genes dos receptores das gonadotrofinas e suas implicações fenotípicas no sexo feminino. Nas mulheres com mutações inativadoras em homozigose nestes genes, sintomas freqüentes como alterações menstruais (amenorréia secundária e oligoamenorréia) e infertilidade podem alertar o endocrinologista para o estabelecimento do diagnóstico definitivo da resistência ovariana ao LH ou ao FSH. Resumo em inglês The critical actions of the pituitary gonadotropins in the sexual reproductive life in both sexes depend on the structural and functional integrity of their respective receptors. Gonadotropin receptors located within the cytoplasmic membrane are members of the G-protein coupled receptor superfamily which displays a common structure composed by a large extracellular region and seven-transmembrane helices. The recent identification of natural-occurring inactivating and acti (mais) vating mutations in the LH and FSH receptor genes has contributed to our better understanding of gonadal disorders. In the present study, we reviewed the molecular aspects of the defects of these genes and their phenotypic implications in females. In women with homozygous inactivating mutations in these genes, frequent symptoms, such as menstrual irregularities (secondary amenorrhea or oligoamenorrhea) and infertility can drive the endocrinologist to establish the final diagnosis of LH or FSH ovarian resistance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Estudo molecular de Vibrio cholerae não-O1 isolado de zooplâncton da Baía de São Marcos/São Luis - MA, Brasil/ Molecular study of Vibrio cholerae non-O1 isolated from zooplankton of São Marcos Bay/São Luis - MA, Brasil

Gonçalves, Eloisa da Graça do Rosario; Leal, Nilma Cintra; Hofer, Ernesto
2004-08-01

Resumo em português O estudo foi desenvolvido com o objetivo de analisar o perfil plasmidial, pesquisar genes de virulência e identificar os perfis genéticos de 31 cepas de Vibrio cholerae não O1 isoladas de zooplâncton dos estuários dos rios Anil e Bacanga em São Luis MA. O estudo do DNA plasmidial revelou a presença de 2 a 3 plasmídeos em 10 cepas, com pesos moleculares variando de 5,5 a 40 kilobases. A ribotipagem revelou um perfil comum a todas as cepas. A amplificação do DNA g (mais) enômico por PCR não revelou os genes ctxA, ace e zot, mostrando tratar-se de cepas não patogênicas, enquanto a RAPD-PCR identificou múltiplos perfis genéticos, achado compatível com o grande potencial de variabilidade desta espécie. Resumo em inglês The study was developed to analyze the plasmidial DNA, research virulence genes and identify genetic diversity of 31 strains of Vibrio cholerae non-O1 isolated from zooplankton of the Bacanga and Anil rivers in São Luis-MA. The study of plasmidial DNA showed 2 or 3 plasmids from 10 strains between 5.5 and 40 kilobasis. There was only single ribotype pattern. PCR methods did not show the genes ctxA, ace and zot, while RADP-PCR identified genetic diversity in the strains, showing the potential for variability in this species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Uma tecnologia com múltiplas aplicações/ A technology with multiple applications

Pinheiro, Márcia Margis; Gerhardt, Liliane; Margis, Rogério
2000-10-01

Resumo em português O melhoramento vegetal vem sendo praticado pelo homem há milhares de anos. Entretanto, esse processo de domesticação tornou os vegetais mais susceptíveis a pragas e doenças. O melhoramento clássico permitiu, por cruzamento, a manipulação genética dos vegetais com conseqüente aumento na produtividade agrícola. Recentemente, a tecnologia do DNA recombinante ampliou as possibilidades de integração de genes exógenos ao genoma vegetal, resultando na produção da (mais) s plantas transgênicas. Apesar das grandes discussões em torno do assunto, essas plantas representam hoje um caminho promissor para o melhoramento vegetal. Inúmeros exemplos de estratégias de transferência de genes conferiram, com sucesso, resistência a herbicidas, vírus, fungos, bactérias e insetos ou produziram um aumento na qualidade dos alimentos. Além das aplicações biotecnológicas, as plantas transgênicas têm contribuído significativamente para o estudo do funcionamento dos genes, tais como a análise da regulação da expressão gênica e o estudo das funções das proteínas codificadas pelos diferentes genes da planta. Resumo em inglês Plant breeding has been a human practice for some thousands of years. However, this process of domestication has made plants more vulnerable to pests and diseases. Classical plant breeding has allowed the genetic manipulation of plants through crossings with a resulting increase in crop productivity. Recently, the recombinant DNA technology has increased the possibilities of integration of exogenous genes to the plant genome, resulting in the production of transgenic plan (mais) ts. Despite the great debate on this issue, such plants represent to date a promising avenue for plant breeding. There are many examples of gene transference strategies which have been successful in promoting resistance to herbicides, viruses, fungi, bacteria and insects, or in producing an increase in food quality. In addition to biotechnological applications, transgenic plants have made a significant contribution to the study of gene functioning, such as the analysis of genic expression regulation and the study of protein functions codified by distinct plant genes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Biologia molecular das neoplasias de próstata/ Molecular biology in the prostate neoplasia

Brum, Ilma Simoni; Spritzer, Poli Mara; Brentani, Maria Mitzi
2005-10-01

Resumo em português O câncer de próstata (CP) é uma das principais causas de doença e morte, representando no Brasil a segunda causa de óbitos por câncer em homens. A hiperplasia prostática benigna (HPB) é uma doença progressiva de alta prevalência, com evidências histológicas em 50% dos homens aos 50 anos e 90% aos 80 anos de idade. A patogênese das neoplasias prostáticas tem sido associada à ação dos androgênios e a seu receptor nuclear específico, embora os mecanismos m (mais) oleculares que envolvem os processos de proliferação, diferenciação e apoptose não estejam bem estabelecidos, assim como os mecanismos de transformação neoplásica e carcinogênese. Co-ativadores e co-repressores podem também contribuir para a carcinogênese prostática, ligando-se diretamente aos receptores nucleares, recrutando proteínas adicionais e interagindo com a maquinaria transcricional para aumentar a transcrição de genes-alvo. Polimorfismos do receptor de androgênios e da 5alfa redutase tipo 2 foram identificados e poderiam estar associados com risco para CP. Genes reguladores do ciclo celular e da apoptose, bem como fatores de crescimento, também participam de processos relacionados com a tumorigênese prostática. Assim, alterações no padrão da expressão gênica do tecido normal podem levar ao desenvolvimento do fenótipo maligno e potencialmente estes genes podem servir como marcadores de prognóstico. Com o advento de novas tecnologias moleculares, o número de genes marcadores potenciais para o CP cresce dia a dia, mas os dados atuais requerem ainda validação com maior número de amostras e correlação com o processo da doença. Trazê-los do ambiente de laboratório para o uso clínico requer uma análise rigorosa e há, portanto, um longo caminho ainda a percorrer. Resumo em inglês Prostate cancer (PC) is one of the main causes of disease and death and represents the second cause of death among men in Brazil. Benign prostate hyperplasia is a progressive and prevalent disease. It is estimated that men present around 50% and 90% of histological evidences of prostate hyperplasia at 50 and 80 years, respectively. While the pathogenesis of prostate neoplasias has been closely related to androgen and their specific nuclear receptor, the molecular mechanis (mais) ms of cell growth, differentiation and apoptosis processes are still not clearly established. Co-activators and co-repressors could also contribute to prostate carcinogenesis by their binding to nuclear receptors or by interacting with the transcriptional machinery in order to increase the transcription of target genes. AR and type 2 5alpha reductase polymorphisms seem to be associated to the risk for PC. In addition, apoptosis and cellular cycle regulator genes, as well as growth factors, have been reported to be associated with the prostate tumorigenesis. Therefore, changes on the gene expression of normal tissue may be associated to the development of malign phenotype and these genes could be regarded as candidates of prognosis markers. The number of these genes increases every day but the present data needs further studies and correlation with the disease progression.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Contribuição dos efeitos de genearcas e de famílias sobre a probabilidade de permanência em rebanhos da raça Nelore/ Breeders and family effects in stayability in Nellore herds

Marcondes, C.R.; Vozzi, P.A.; Araújo, R.O.; Glória, W.P.; Lôbo, R.B.
2007-08-01

Resumo em português Foram preditas diferenças esperadas na progênie para probabilidade de permanência no rebanho (stayability) de 4180 touros com filhas na base de dados do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore, utilizando-se modelo de limiar unicaráter de touro-avô materno, sob metodologia bayesiana. Os touros foram classificados em ordem decrescente e aqueles com diferenças esperadas na progênie acima de 57,6%, considerados como TOP1%, foram analisados quanto à genealo (mais) gia visando avaliar a existência de efeito de família, bem como a contribuição dos genearcas e ancestrais da raça Nelore para a característica considerada. Os principais fundadores, que juntos somaram 18,8% dos genes presentes nos touros TOP1%, foram Karvadi IMP (com 8,2% dos genes, essencialmente via seu filho Chummak), Godhavari IMP (com 6% de contribuição, via Kurupathy e Neófito), Rastã IMP e Falo da BV (2,5 e 2,1%, respectivamente, via materna, pois não apresentaram parentesco com touros ancestrais). O touro Rolex, da variedade mocha, esteve presente em 12 linhas (maternas ou paternas), via seu neto Cardeal. Dos sete ancestrais da raça Nelore com maiores contribuições genéticas (que somaram 15,3% dos genes), cinco foram da variedade mocha. Somente 28 animais aportaram 50% da variabilidade genética, evidenciando o baixo número de animais utilizados como reprodutores na raça Nelore. Resumo em inglês Expected progeny differences (EPD) for stayability were estimated for 4,180 sires with daughters in the Program for Genetic Improvement of the Nellore Breed. The univariate threshold sire-maternal grandsire model was used, following a Bayesian methodology. The sires were ranked for stayability in descending order, and those whose EPD were higher than 57.6% were regarded as TOP1%. Pedigree analysis was then conducted in order to establish whether a family tendency was pres (mais) ent, as well as the contribution of Nellore founders and ancestors for the trait under consideration. The main founders, which together were responsible for 18.8% of the genes in TOP1% sires, were Karvadi IMP (with 8.2% of genes, basically through its son Chummak), Godhavari IMP (with 6% of genes, through Kurupathy and Neofito), Rastã IMP and Falo da BV (respectively with 2.5% and 2.1%, through mothers, since they are not related to the ancestor sires). Rolex, a polled sire, stayed in twelve lineages - paternal or maternal - through its grandson Cardeal. Among the seven Nellore ancestors with the highest genetic contributions (15.3% of genes when put together), five were of the polled variety. Only 28 animals apportioned 50% of the total genetic variability, which is indicative of the small number of animals used as Nellore reproducers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

O componente genético da determinação dos lipídeos séricos/ The genetic component of serum lipid determination

Andrade, Fabiana M. de; Hutz, Mara H.
2002-01-01

Resumo em português Os níveis de lipídeos séricos são características multifatoriais determinadas por um grande número de fatores genéticos e ambientais. A identificação do componente genético dessas características tem sido intensamente investigada nos últimos anos. Esses estudos têm enfocado principalmente polimorfismos nos genes que codificam proteínas estruturais e enzimas relacionadas com o metabolismo de lipídeos. Estudos mais recentes mostraram que o efeito desses polim (mais) orfismos depende em parte das interações dos diferentes genótipos com os fatores de risco clássicos tais como tabagismo, sobrepeso ou sedentarismo. A variabilidade encontrada nesses genes parece também influir na resposta a fármacos comumente utilizados no tratamento das hiperlipidemias. Resumo em inglês Serum lipid levels are multifactorial traits determined by a high number of genetic and environmental factors. The identification of the genetic component of this traits have been intensively investigated in the last years. These studies focused mainly on polymorphisms in genes coding for structural proteins and enzymes related to lipid metabolism. More recent studies showed that the effect of these polymorphisms depend in part on the interactions of different genotypes w (mais) ith classic risk factors like tabagism, overweight or physical inactivity. The variability observed in these genes seems to influence drug response of those commonly used in hyperlipidemia treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

O componente genético da determinação dos lipídeos séricos/ The genetic component of serum lipid determination

Andrade, Fabiana M. de; Hutz, Mara H.
2002-01-01

Resumo em português Os níveis de lipídeos séricos são características multifatoriais determinadas por um grande número de fatores genéticos e ambientais. A identificação do componente genético dessas características tem sido intensamente investigada nos últimos anos. Esses estudos têm enfocado principalmente polimorfismos nos genes que codificam proteínas estruturais e enzimas relacionadas com o metabolismo de lipídeos. Estudos mais recentes mostraram que o efeito desses polim (mais) orfismos depende em parte das interações dos diferentes genótipos com os fatores de risco clássicos tais como tabagismo, sobrepeso ou sedentarismo. A variabilidade encontrada nesses genes parece também influir na resposta a fármacos comumente utilizados no tratamento das hiperlipidemias. Resumo em inglês Serum lipid levels are multifactorial traits determined by a high number of genetic and environmental factors. The identification of the genetic component of this traits have been intensively investigated in the last years. These studies focused mainly on polymorphisms in genes coding for structural proteins and enzymes related to lipid metabolism. More recent studies showed that the effect of these polymorphisms depend in part on the interactions of different genotypes w (mais) ith classic risk factors like tabagism, overweight or physical inactivity. The variability observed in these genes seems to influence drug response of those commonly used in hyperlipidemia treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Alterações genéticas na doença de Alzheimer

Fridman, Cintia; Gregório, Sheila P.; Dias Neto, Emmanuel; Ojopi, Élida P. Benquique
2004-01-01

Resumo em português Com o aumento da expectativa de vida, visto hoje em todo o planeta, um maior número de indivíduos alcança uma idade avançada em que a manifestação de doenças neurodegenerativas é mais freqüente. Entre essas, a doença de Alzheimer (DA) é a causa mais freqüente de demência. Os achados mais marcantes na DA, em cérebros de pacientes acometidos pela doença, são as placas senis, os emaranhados neurofibrilares e a extensa perda neuronal. No entanto, existe uma ca (mais) rência generalizada de marcadores biológicos preditivos ou com valor diagnóstico para a DA. Estudos de genética molecular permitiram identificar quatro genes consistentemente associados com o maior risco de desenvolvimento da doença: APP, apoE, PSEN1 e PSEN2. No entanto, inúmeros estudos apontam para papel importante de outros genes, fortalecendo a hipótese de uma doença poligênica e multifatorial. Neste sentido, novas abordagens de estudo têm um futuro promissor, podendo indicar uma vasta população de genes ou alterações moleculares que possam explicar o surgimento da doença, vindo a fornecer as bases para a compreensão da DA e também para o delineamento de novas e mais eficazes abordagens de tratamento ou prevenção da doença. Resumo em inglês With the increase of the life expectancy that is seen today in the entire planet, a larger number of individuals reaches an advanced age when the manifestation of neurodegenerative illnesses is more frequent. Among these, the Alzheimer's disease (AD) is the most common cause of dementia. The most substantial findings in the brains of patients suffering from AD are the senile plaques, the neurofibrillary tangles and an extensive neuronal loss. However, a general deficiency (mais) of predictive biological markers for AD impairs the correct diagnosis and the better understanding of the disease. Studies of molecular genetics allowed the identification of four genes that are consistently linked to AD: APP, apoE, PSEN1 and PSEN2. However, diverse studies demonstrate that other genes also play important roles in the development of AD, strengthening the notion that it is a polygenic illness. Modern large-scale techniques can now be applied in the study of AD, permitting the study of a vast population of genes or molecular alterations that can explain the origin of the illness, offering the basis for the understanding of the pathogenesis of AD and enabling the delineation of new and more efficient approaches to treat and to prevent the sprouting of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

A biologia molecular contribuindo para a compreensão e a prevenção das doenças hereditárias/ Molecular biology contribution to the understanding and prevention of genetic disorders

Zatz, Mayana
2002-01-01

Resumo em português O fim do seqüenciamento do genoma humano levanta inúmeras questões: Como o projeto genoma humano vai influenciar nossas vidas? Como a medicina tem se beneficiado do estudo dos genes? Quais são as aplicações práticas imediatas e o que se espera para o futuro? Quais são as implicações éticas? Este capítulo ilustra como as doenças genéticas têm contribuído para a compreensão do genoma humano. Ajuda-nos a entender como nossos genes funcionam quando normais e (mais) por que causam doenças quando alterados. Do ponto de vista prático, o estudo dos genes tem permitido o diagnóstico molecular para um número crescente de patologias, o que é fundamental para evitar outros exames invasivos, identificar casais em risco, e prevenir o nascimento de novos afetados. Além disso, discute-se quais são as perspectivas futuras em relação ao tratamento destas e de outras patologias genéticas incluindo a clonagem para fins terapêuticos e a utilização de células-tronco. Finalmente aborda as implicações éticas relacionadas ao uso de testes genéticos. Os benefícios de cada teste, principalmente para doenças de início tardio para as quais ainda não há tratamento, têm que ser discutidos exaustivamente com os consulentes antes de sua aplicação. Resumo em inglês The sequencing of the human genome raised many questions such as: How the human genome project will influence our lives? How the medicine will benefit from the study of genes ? What are the application in practice and what can we expect from the future? What are the ethical implications? This chapter illustrates how genetic diseases, such as neuromuscular disorders are contributing to our understanding of the human genome. It helps us to start to understand how our genes (mais) work and why they cause diseases when mutated. One of the practical application of studying genes is the improvement of molecular diagnosis for a growing number of disorders which is of utmost importance to avoid other invasive exams, identify "at risk" couples and prevent the birth of new cases (through genetic counseling and prenatal diagnosis). Potential new treatments for neuromuscular and other genetic disorders including therapeutic cloning, the use of stem cells and the ethical implication of genetic tests are also discussed. The benefit of each test, in particular for disorders of late onset for which there is still no treatment have to be exhaustively discussed with the consulents before their application

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

A biologia molecular contribuindo para a compreensão e a prevenção das doenças hereditárias/ Molecular biology contribution to the understanding and prevention of genetic disorders

Zatz, Mayana
2002-01-01

Resumo em português O fim do seqüenciamento do genoma humano levanta inúmeras questões: Como o projeto genoma humano vai influenciar nossas vidas? Como a medicina tem se beneficiado do estudo dos genes? Quais são as aplicações práticas imediatas e o que se espera para o futuro? Quais são as implicações éticas? Este capítulo ilustra como as doenças genéticas têm contribuído para a compreensão do genoma humano. Ajuda-nos a entender como nossos genes funcionam quando normais e (mais) por que causam doenças quando alterados. Do ponto de vista prático, o estudo dos genes tem permitido o diagnóstico molecular para um número crescente de patologias, o que é fundamental para evitar outros exames invasivos, identificar casais em risco, e prevenir o nascimento de novos afetados. Além disso, discute-se quais são as perspectivas futuras em relação ao tratamento destas e de outras patologias genéticas incluindo a clonagem para fins terapêuticos e a utilização de células-tronco. Finalmente aborda as implicações éticas relacionadas ao uso de testes genéticos. Os benefícios de cada teste, principalmente para doenças de início tardio para as quais ainda não há tratamento, têm que ser discutidos exaustivamente com os consulentes antes de sua aplicação. Resumo em inglês The sequencing of the human genome raised many questions such as: How the human genome project will influence our lives? How the medicine will benefit from the study of genes ? What are the application in practice and what can we expect from the future? What are the ethical implications? This chapter illustrates how genetic diseases, such as neuromuscular disorders are contributing to our understanding of the human genome. It helps us to start to understand how our genes (mais) work and why they cause diseases when mutated. One of the practical application of studying genes is the improvement of molecular diagnosis for a growing number of disorders which is of utmost importance to avoid other invasive exams, identify "at risk" couples and prevent the birth of new cases (through genetic counseling and prenatal diagnosis). Potential new treatments for neuromuscular and other genetic disorders including therapeutic cloning, the use of stem cells and the ethical implication of genetic tests are also discussed. The benefit of each test, in particular for disorders of late onset for which there is still no treatment have to be exhaustively discussed with the consulents before their application

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Patogênese das doenças tiroidianas autoimunes/ Pathogenesis of autoimmune thyroid diseases

Sgarbi, José Augusto; Maciel, Rui M. B.
2009-02-01

Resumo em português A doença tiroidiana autoimune (DAIT), que afeta de 2% a 5% da população ocidental, é o transtorno autoimune órgão-específico mais comum. Sua apresentação clínica varia do hipertiroidismo da doença de Graves (DG) ao hipotiroidismo associado à tiroidite de Hashimoto (TH). A exata etiologia da DAIT permanece desconhecida, mas a interação entre suscetibilidade genética e fatores ambientais desencadeadores parece ser de fundamental importância no seu desenvolvi (mais) mento. Postula-se que fatores genéticos responderiam por 79% da suscetibilidade à DAIT e os ambientais por 21%. Genes imunomoduladores, como o complexo maior de histocompatibilidade (MHC), antígeno-4 associado ao linfócito T citotóxico (CTLA-4), a molécula CD40 e a proteína tirosina fosfatase-22 (PTPN22) e os genes específicos da glândula tiróide, como receptor do TSH (TSHR) e tiroglobulina (TG) têm sido identificados. A natureza exata do envolvimento do meio ambiente no desenvolvimento da DAIT não é bem conhecida, mas vários fatores ambientais têm sido envolvidos, como o conteúdo de iodo na dieta, estresse, drogas e infecções. Entretanto, não há evidência clara de causalidade e os mecanismos pelos quais fatores ambientais desencadeariam a autoimunidade tiroidiana, em indivíduos geneticamente predispostos, ainda permanecem não completamente entendidos. O conhecimento dos mecanismos precisos de interação entre fatores ambientais e genes na indução da autoimunidade tiroidiana poderia resultar desenvolvimento de novas estratégias de prevenção e tratamento. Resumo em inglês Autoimmune thyroid disease (AITD) is the most common organ-specific autoimmune disorder affecting 2% to 5% of the population in Western countries. Clinical presentation varies from hyperthyroidism in Graves' Disease to hypothyroidism in Hashimoto's thyroiditis. While the exact etiology of thyroid autoimmunity is not known, interaction between genetic susceptibility and environmental factors appears to be of fundamental importance to initiate the process of thyroid autoimm (mais) unity. It has been postulated that 79% of the susceptibility to develop AITD is attributed to genetic factors, while environmental factors contribute to 21%. The identified AITD susceptibility genes include immune-modulating genes, such as the major histocompatibility complex (MHC), cytotoxic T lymphocyte antigen-4 (CTLA-4), CD40 molecule, and protein tyrosine phosphatase-22 (PTPN22), and thyroid-specific genes, including TSH receptor (TSHR) and thyroglobulin (TG). The exact nature of the role environmental factors play in AITD is still not well known, but the involvement of several factors such as iodine diet content, stress, drugs and infections has been reported. However, there is no clear evidence of causality and the mechanisms by which environmental factors trigger thyroid autoimmunity in genetically predisposed individuals remain not fully understood. Knowledge of the precise mechanisms of interaction between environmental factors and genes in inducing thyroid autoimmunity could result in the development of new strategies for prevention and treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Influência genética sobre a doença de Alzheimer de início tardio/ Genetic influence on late onset Alzeimer's disease

Barros, Alessandra Chiele; Lucatelli, Juliana Faggion; Maluf, Sharbel Weidner; Andrade, Fabiana Michelsen de
2009-01-01

Resumo em português CONTEXTO: A doença de Alzheimer de início tardio (DAIT) representa a maior parte dos casos de doença de Alzheimer (DA). OBJETIVO: Revisar resultados relevantes para genes candidatos e de suscetibilidade para a DAIT. MÉTODOS: Revisão bibliográfica, a partir de 1990, empregando os bancos de dados PubMed e SciELO. RESULTADOS: Polimorfismos genéticos são mais relevantes para a DAIT que mutações, sendo que o alelo E*4 do gene APOE é o maior fator de risco conhecido (mais) até o momento. No entanto, outros genes vêm sendo investigados e existem dados disponíveis sobre a relação com DAIT para os genes da apolipoproteína CI, alfa-1-antiquimiotripsina, receptor sigma tipo 1, enzima conversora de angiotensina, alfa 2-macroglobulina, proteína relacionada ao receptor de LDL, interleucina 1 alfa e beta, paraoxonase, transportador de serotonina e receptores de serotonina. CONCLUSÕES: A DAIT tem etiologia multifatorial e um grande número de marcadores genéticos influencia em seu desenvolvimento. Essas variantes precisam ser investigadas na população brasileira, cuja formação étnica é distinta daquela de populações norte-americanas e europeias. Somente assim será possível a determinação do perfil genético de risco, que facilitará a detecção de indivíduos com maior probabilidade de desenvolver a doença. Resumo em inglês BACKGROUND: Late Onset Alzheimer's disease (LOAD) represents the majority of cases of Alzheimer's disease. OBJECTIVES: To review relevant results to candidate and susceptibility genes related to LOAD. METHODS: Bibliographic review, starting from 1990, utilizing PubMed and SciELO data banks. RESULTS: Genetic polymorphisms are more relevant for LOAD than mutations, and E*4 allele of APOE gene is the major risk factor known until now. Neverthless, other genes are being inves (mais) tigated and data are available about the relation with LOAD to the genes coding for apolipoprotein CI, antichymotrypsin, sigma receptor type 1, angiotensin converting enzyme, alfa 2-macroglobulin, LDL receptor related protein, interleucin 1 alfa and beta, paraoxonase, serotonin transporter and serotonin receptors. CONCLUSIONS: LOAD presents multifactorial etiology, and a broad number of genetic markers interferes with its development. They should be further pursued in the Brazilian population, in which ethnic background is distinct from North-american and European populations. Only with this data, a determination of the genetic risk profile will be feasible, and will improve the detection of the individuals at greater probability of developing the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Entendendo o Processo Molecular da Tumorigênese/ Understanding the Molecular Process of Tumorigenesis

Ward, Laura Sterian
2002-08-01

Resumo em português Nos últimos 25 anos, o reconhecimento dos mecanismos genético-moleculares implicados na gênese e na progressão do câncer tem permitido obter novos métodos de diagnóstico e de acompanhamento, redirecionando de forma drástica a terapêutica do paciente com neoplasia. Alguns marcadores moleculares já estão sendo utilizados na rotina e deverão prover testes sensíveis e específicos para o diagnóstico precoce, estadiamento e acompanhamento do paciente com câncer. (mais) As características moleculares de cada tumor deverão permitir predição do seu comportamento, ajudando a delinear estratégias terapêuticas mais efetivas. Apresentamos de forma didática os principais mecanismos controladores do ciclo celular e do crescimento, definindo a importância de oncogenes erroneamente ativados e de genes supressores tumorais perdidos ou não-funcionantes, dos genes envolvidos na programação e manutenção da vida celular e de outros genes que atuam no processo de tumorigênese. Os mecanismos de progressão tumoral, invasão e metastatização à distância são revistos enfatizando-se a aplicação prática do conhecimento a respeito de tais mecanismos. Lembramos o papel da instabilidade genética e dos fenômenos epigenéticos na definição fenotípica do câncer, sugerindo as aplicações da genética molecular na terapia gênica do câncer. Resumo em inglês Over the past 25 years, knowledge of the genetic-molecular mechanisms involved in the genesis and progression of cancer have helped to obtain new diagnostic and follow up methods that have drastically redirected the therapeutics used in patients with neoplasia. Some molecular markers are already being routinely used and should provide sensitive and specific tests for early diagnosis, staging and follow up of cancer patients. The molecular characteristics of each tumor sho (mais) uld help in predicting its behavior and outlining more effective therapeutic strategies. We have used a didactic manner of presenting the main mechanisms that control the growth and cellular cycle, defined the importance of erroneously activated oncogenes and tumor suppressor genes that are lost or non-functioning, genes involved in programming and maintaining cell life as well as other genes that participate in the tumorigenic process. The mechanisms of tumor progression, invasion and metastasis are reviewed placing an emphasis on the practical application of the knowledge related to these mechanisms. The role of genetic instability and epigenetic changes in the definition of cancer phenotype have been underscored, suggesting the application of molecular genetics in the gene therapy of cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Bases Genéticas do Diabetes Mellitus Tipo 2/ The Genetic Bases of Type 2 Diabetes Mellitus

Reis, André F.; Velho, Gilberto
2002-08-01

Resumo em português A patogênese do diabetes mellitus tipo 2 (DM2) é complexa, associando fatores genéticos e fatores ambientais. A hiperglicemia é secundária à combinação de defeitos tanto na sensibilidade à insulina quanto na disfunção das células beta-pancreáticas. Vários estudos estabeleceram claramente a importância dos fatores genéticos na predisposição ao DM2. No momento, conhecemos alguns genes implicados em formas monogênicas de diabetes (MODY, diabetes mitocondri (mais) al). No entanto, nas formas mais comuns da doença de caráter poligênico, conhecemos apenas poucos genes que são associados à doença de uma forma reprodutível nos diferentes grupos populacionais estudados. Cada um destes poligenes apresenta um papel isolado muito pequeno, atuando na modulação de fenótipos associados ao diabetes. Nestas formas tardias poligênicas de DM2 é evidente a importância dos fatores ambientais que modulam a expressão clínica da doença. Nesta revisão abordamos os avanços mais relevantes das bases genéticas do DM2. Resumo em inglês The pathogenesis of type 2 diabetes mellitus (T2DM) is complex, but it is secondary to a combination of insulin resistance and pancreatic beta-cell dysfunction that manifests itself as inadequate insulin secretion in the face of hyperglycemia. Several studies have established a clear genetic predisposition for T2DM. Some genes for monogenic forms of diabetes have been identified (MODY, mitochondrial diabetes). However, few genes were found to be associated with diabetes i (mais) n the more common forms of T2DM. In these T2DM forms, a variety of environmental factors play a major role in the clinical expression of disease. This article addresses the clinical and genetic advances in the genetic bases of T2DM.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Extração de DNA a partir de sangue humano coagulado para aplicação nas técnicas de genotipagem de antígenos leucocitários humanos e de receptores semelhantes à imunoglobulina/ DNA extraction from coagulated human blood for application in genotyping techniques for human leukocyte antigen and immunoglobulin-like receptors

Cardozo, Daniela Maira; Guelsin, Gláucia Andréia; Clementino, Samaia Laface; Melo, Fabiano Cavalcante de; Braga, Marco Antônio; Souza, Cleonice de; Moliterno, Ricardo Alberto; Visentainer, Jeane Eliete Laguila
2009-12-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi padronizar uma metodologia de extração de DNA de alta qualidade a partir de amostras de sangue coagulado. Quarenta e oito amostras de sangue humano coagulado foram utilizadas para a extração de DNA pelo kit comercial EZ-DNA® (Biological Industries, Beit Haemek, Israel), pelo kit de coluna Neoscience® (One Lambda Inc., San Diego, CA) e pelo método modificado de salting out. Apenas o método de salting out foi capaz de extrair altas concen (mais) trações de DNA (média, 180ng/µL), as quais foram medidas pelo detector de fluorescência Qubit® (Invitrogen, USA). Este método permitiu a amplificação dos genes HLA (human leukocyte antigens) pela tecnologia PCR-SSO (polymerase chain reaction - specific sequence of oligonucleotides) Luminex, a qual exige DNA de boa qualidade, e de genes KIR (killer cell immunoglobulin-like receptors) pela técnica made in house PCR-SSP (polymerase chain reaction-sequence specific of primers), a qual demanda uma concentração específica de DNA (10ng/µL). Concluímos que a técnica de salting out modificada foi muito eficiente, simples e rápida para a extração de DNA de amostras de sangue humano coagulado, com o objetivo de realizar a genotipagem de genes HLA e KIR. Resumo em inglês The objective of this study was to standardize a method for extracting high-quality DNA from samples of coagulated blood. Forty-eight samples of human coagulated blood were used for DNA extraction by means of the EZ-DNA® commercial kit (Biological Industries, Beit Haemek, Israel), the Neoscience® column kit (One Lambda Inc., San Diego, CA, USA) and a modified salting-out method. Only the salting-out method was able to extract high concentrations of DNA (mean, 180 ng/¼l (mais) ), which were measured using the Qubit® fluorescence detector (Invitrogen, USA). This method enabled amplification of HLA (human leukocyte antigen) genes using the Luminex PCR-SSO (polymerase chain reaction - sequence-specific oligonucleotide) technology, which demands good quality DNA, and amplification of KIR (killer-cell immunoglobulin-like receptor) genes using an in-house PCR-SSP (polymerase chain reaction - sequence-specific primer) technique, which demands a specific concentration of DNA (10 ng/¼l). We concluded that the modified salting-out technique was very efficient, simple and fast for DNA extraction from human coagulated blood samples, with the aim of genotyping the HLA and KIR genes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Genética molecular do eixo hipotálamo-hipófise-gonadal/ Molecular genetics of the hypothalamic-pituitary-gonadal axis

Costa, Elaine M. Frade; Domenice, Sorahia; Correa, Rafaela Vieira; Marui, Suemi; Latronico, Ana Claudia; Mendonça, Berenice B. de
2003-08-01

Resumo em português Nessa revisão, descrevemos os genes que codificam uma rede de fatores de transcrição, proteínas, hormônios, enzimas e receptores expressos nos diversos níveis do eixo hipotálamo-hipófise-gonadal (HHG), e relatamos nossa experiência na identificação e caracterização das mutações identificadas em pacientes com alterações do eixo HHG, incluindo o hipogonadismo hipergonadotrófico e o hipogonadismo hipogonadotrófico isolado ou associado a outras deficiência (mais) s hormonais hipofisárias, e alterações do desenvolvimento puberal e sexual. Até o momento, foram identificados 15 genes que atuam no desenvolvimento e função do eixo HHG: KAL, SF1, DAX1, LEPTINA, PC1, GnRH, GnRHR, HESX1, LHX3, PROP1, FSHR, LHR, FSHb, LHb e FGFR1. A maioria das mutações identificadas em nossa casuística foi descrita pela primeira vez na literatura e freqüentemente esteve associada a novos aspectos clínicos e hormonais das doenças. As conseqüências dessas mutações, caracterizadas por estudos in vitro, contribuíram para um melhor entendimento da estrutura e função das proteínas codificadas por esses genes. A união do diagnóstico clínico, hormonal e molecular dos distúrbios do eixo HHG contribui significantemente para aprimorar o conhecimento e, conseqüentemente, o diagnóstico e a terapêutica destes pacientes. Resumo em inglês In this review, we described the genes that encode an array of transcription factors, matrix proteins, hormones, enzymes and receptors that are expressed at multiple levels of the hypothalamic-pituitary-gonadal axis (HPG). In addition, we reported our experience in the identification and characterization of naturally occurring mutations in patients affected by HPG disorders, including hypergonadotropic hypogonadism and hypogonadotropic hypogonadism, isolated or associated (mais) with others pituitary hormonal deficiencies, and abnormalities of pubertal and sexual development. To date, fifteen distinct genes implicated with HPG axis development and function were identified: KAL, SF1, DAX1, LEPTIN, PC1, GnRH, GnRHR, HESX1, LHX3, PROP1, FSHR, LHR, LHb, FSHb and FGFR1. Most mutations identified in our cohort were described for the first time in literature and they frequently were associated with new clinical and hormonal aspects of the diseases. Characterization of the consequences of these mutations in in vitro studies have provided increased understanding of the structure and function of the proteins encoded by these genes. The combined clinical, hormonal and molecular diagnosis of HPG disorders have helped significantly to improve the knowledge and, consequently, the diagnosis and treatment of these patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Variabilidade genética de búfalos em rebanho-núcleo com base na análise de pedigree/ Genetic variability in water buffalo from nucleous herd by pedigree analysis

Marcondes, C.R.; Vozzi, P.A.; Cunha, B.R.N.; Lôbo, R.B.; Araújo, C.V.; Marques, J.R.F.
2010-06-01

Resumo em português Parâmetros baseados na probabilidade de origem do gene foram usados para descrever a variabilidade em uma população de búfalos da Embrapa Amazônia Oriental. A magnitude dos resultados foi de média a baixa (por volta de 20 animais), sugerindo que poucos fundadores contribuiriam para a formação da população. Dentre os 20 ancestrais que mais aportam genes aos machos - representando ao todo 71% dos alelos -, 39%, 26% e 5%, respectivamente, são as contribuições ma (mais) rginais das raças Murrah e Mediterrâneo e seus mestiços. Para as fêmeas, em que os 20 ancestrais aportam 67,5% dos genes, 42% e 26%, respectivamente, são as contribuições marginais das raças Murrah e Mediterrâneo. Resumo em inglês Parameters based on the probability of gene origin were used to describe genetic variability in a buffalo population from the Embrapa Amazônia Oriental, Belém, Pará, Brazil. The parameters generated medium to low values (around 20 animals) and suggested low founder representativeness. From the 20 ancestors that gave more genes to males (with 71% of alleles), genetic contributions were 39%, 26%, and 5%, respectively, for Murrah, Mediterraneo, and crossbreds. For females, these values were 42% and 26% for Murrah and Mediterraneo breeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Genética molecular da deficiência auditiva não-sindrômica/ Molecular genetics of non-syndromic deafness

Piatto, Vânia B.; Nascimento, Ellen C.T.; Alexandrino, Fabiana; Oliveira, Camila A.; Lopes, Ana Cláudia P.; Sartorato, Edi Lúcia; Maniglia, José Victor
2005-04-01

Resumo em português Aproximadamente 1/1000 recém-nascidos apresentam deficiência auditiva congênita, sendo 60% dessas de etiologia genética. Na maioria dos casos, a deficiência auditiva é uma doença multifatorial causada por ambos os fatores, genéticos e ambientais. A genética molecular da deficiência auditiva tem apresentado grandes avanços na última década, pois os genes responsáveis pela deficiência auditiva hereditária vêm sendo progressivamente mapeados e clonados. Esta (mais) revisão enfatiza a deficiência auditiva não-sindrômica, uma vez que, os genes envolvidos nesse tipo de deficiência foram identificados recentemente. Resumo em inglês One in every 1,000 newborn suffers from congenital hearing impairment. More than 60% of the congenital cases are caused by genetic factors. In most cases, hearing loss is a multifactorial disorder caused by both genetic and environmental factors. Molecular genetics of deafness has experienced remarkable progress in the last decade. Genes responsible for hereditary hearing impairment are being mapped and cloned progressively. This review focuses on non-syndromic hearing loss, since the gene involved in this type of hearing loss have only recently begun to be identified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Analysis of Parkinson disease patients from Portugal for mutations in SNCA, PRKN, PINK1 and LRRK2.

Brás, JM; Guerreiro, R; Morgadinho, A; Januário, C; Dias, M; Calado, A; Semedo, C; Oliveira, CR; Hardy, J; Singleton, A

BACKGROUND: Mutations in the genes PRKN and LRRK2 are the most frequent known genetic lesions among Parkinson's disease patients. We have previously reported that in the Portuguese population the LRRK2 c.6055G > A; p.G2019S mutation has one of the highest frequencies in Europe. METHODS: Here, we fol...

DRIVER (Portuguese)

98

Analysis of Parkinson disease patients from Portugal for mutations in SNCA, PRKN, PINK1 and LRRK2

Bras, J; Guerreiro, R; Ribeiro, M; Morgadinho, A; Januario, C; Dias, M; Calado, A; Semedo, C; Oliveira, C; Hardy, J; Singleton, A

Background: Mutations in the genes PRKN and LRRK2 are the most frequent known genetic lesions among Parkinson's disease patients. We have previously reported that in the Portuguese population the LRRK2 c.6055G > A; p.G2019S mutation has one of the highest frequencies in Europe.Methods: Here, we foll...

DRIVER (Portuguese)

99

Células natural killer e vigilância imunológica/ Natural killer cells and immune surveillance

Jobim, Mariana; Jobim, Luiz F. J.
2008-08-01

Resumo em português OBJETIVOS: Analisar a importância das células natural killer, de seus receptores killer immunoglobulin-like receptors e correspondentes genes (KIR) na vigilância imunológica do organismo contra agentes infecciosos, transplantes de células-tronco hematopoiéticas, assim como sua participação na auto-imunidade. As características e o polimorfismo dos genes e receptores KIR na população brasileira serão descritos. FONTES DOS DADOS: Livros, artigos de revisão e ar (mais) tigos científicos recentes são citados e listados na bibliografia. A experiência pessoal é também apresentada. SÍNTESE DOS DADOS: Identificamos o perfil de genes e haplótipos KIR na população caucasóide brasileira, sendo de importância esse conhecimento para a análise da relação desse sistema com doenças. Examinamos 116 indivíduos doadores voluntários de medula óssea, identificando-se 32 genótipos e a presença de 51 e 49% de haplótipos A e B, respectivamente. Foi realizado estudo comparativo entre os nossos genótipos e os de outras populações. CONCLUSÕES: A imunidade inata é uma barreira antiinfecciosa de importância em pediatria. Ela atua de maneira independente da imunidade celular e humoral, sendo mais rápida que as demais fontes de proteção do organismo. Ao mesmo tempo, ela estimula os linfócitos T CD8 a agirem e amplificarem a rede de proteção imunológica. Entretanto, como na maioria das vezes em que a imunidade atua, ela também pode ser prejudicial, agredindo o organismo por mecanismos auto-imunes ou mesmo, na sua ausência, oferecer espaço aos agentes infecciosos para agirem de forma impune. Resumo em inglês OBJECTIVES: To analyze the importance of natural killer cells, their killer immunoglobulin-like receptors (KIR) and genes in autoimmunity and in the immune surveillance against infectious agents and stem cells transplantation. The characteristics and polymorphisms of the KIR genes and receptors in the Brazilian population is described. SOURCES: Textbooks, review articles and recent scientific articles are cited and listed in the references. SUMMARY OF THE FINDINGS: KIR ge (mais) nes and haplotypes within a Brazilian Caucasian population were surveyed and analyzed to assess the future relationship of this system with diseases. Of 116 voluntary bone marrow donors, we identified 32 genotypes with frequencies of A and B haplotypes of 51 and 49%, respectively. A comparative analysis was performed between these genotypes and those from other populations. CONCLUSIONS: Innate immunity is an important anti-infectious barrier in newborns. It is independent of both cellular and humoral immunity, can be faster and confers great advantage in early age. At the same time, it stimulates CD8 T lymphocytes to act and amplify the immunological protection network. Nevertheless, as in the majority of situations in which immunity is activated, it can also be harmful, damaging the body through autoimmune mechanisms or even, through its absence, creating space for infectious agents to act free. Our study of a control group for KIR genotype and haplotypes in Brazilian Caucasoids could be used in future analyse of diseases related to these genes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

O impacto da genética na asma infantil/ Impact of genetics in childhood asthma

Pinto, Leonardo A.; Stein, Renato T.; Kabesch, Michael
2008-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar os resultados dos estudos mais importantes e recentes sobre a genética da asma. Estes dados devem auxiliar os clínicos gerais a compreender o impacto da genética sobre este distúrbio complexo e como os genes e polimorfismos influenciam a asma e a atopia. FONTES DOS DADOS: Os dados foram coletados do banco de dados MEDLINE. Os estudos de associação genética foram selecionados do Genetic Association Database, um repositório de estudos de associa (mais) ção genética de doenças e distúrbios complexos organizado pelo National Institutes of Health. SÍNTESE DOS DADOS: Considerando os dados de diversos importantes estudos de gêmeos sobre a genética da asma, a heritabilidade, que mensura a contribuição dos fatores genéticos para a variância da asma, pode ser estimada entre 0,48 e 0,79. Uma grande quantidade de estudos de associação genética tentou identificar genes de susceptibilidade à asma. Os resultados mais replicados nos estudos de associação genética envolvem as cinco regiões do genoma humano a seguir: 5q31-32, 6p21, 11q12-13, 16p11-12, e 20p13. Recentemente, outro gene de susceptibilidade à asma (ORMDL3), considerado determinante crítico para a asma infantil, foi identificado por um estudo genômico de associação. CONCLUSÕES: É possível estimar que a contribuição genética à asma varia entre 48 e 79%. Diversos loci parecem influenciar a susceptibilidade à asma. Os genes localizados no cromossomo 5q (ADRB2, IL13 e IL4) e o gene ORMDL3, no cromossomo 17, identificado recentemente, parecem ser determinantes para a asma infantil. O diagnóstico e a farmacogenética podem ser as primeiras implicações clínicas de estudos extensivos sobre a genética da asma. Resumo em inglês OBJECTIVE: To present the most important and recent results of studies on asthma genetics. These data may help general physicians understand the impact of genetics on this complex disorder and how genes and polymorphisms influence asthma and atopy. SOURCES: Data were collected from MEDLINE. Genetic association studies were selected from the Genetic Association Database, which is an archive of human genetic association studies of complex diseases and disorders organized by (mais) the National Institutes of Health. SUMMARY OF THE FINDINGS: Considering the data from several important twin studies on asthma genetics, heritability, which measures the contribution of genetic factors to the variance of asthma, may be estimated in 0.48-0.79. A huge number of genetic association studies have been trying to identify asthma susceptibility genes. The most replicated results in the genetic association studies involve the following five regions of the human genome: 5q31-32, 6p21, 11q12-13, 16p11-12, and 20p13. Only recently a new asthma susceptibility gene (ORMDL3) has been identified by a whole genome association study, considered to be a major determinant for childhood asthma. CONCLUSIONS: Genetic contribution to asthma may be estimated ranging from 48 to 79%. Several different loci seem to influence asthma susceptibility. Genes located on chromosome 5q (ADRB2, IL13 and IL4) and the recently identified ORMDL3, on chromosome 17, seem to be determinants of childhood asthma. Diagnostics and pharmacogenetics may be the first clinical implication of extensive studies on asthma genetics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

A genética dos distúrbios do sono na infância e adolescência/ The genetics of sleep disorders in childhood and adolescence

Nunes, Magda Lahorgue; Bruni, Oliviero
2008-08-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo deste artigo é revisar a literatura sobre a genética dos distúrbios do sono na infância e adolescência. FONTES DOS DADOS: As palavras-chave "sono" e "genética" foram usadas para pesquisar por artigos publicados nos últimos cinco anos no banco de dados MEDLINE. A seguir, seus resumos foram analisados. A pesquisa também incluiu artigos clássicos, com a primeira descrição dos genes. SÍNTESE DOS DADOS: A recorrência familiar de muitos distúr (mais) bios do sono é um achado freqüente, mas loci genéticos foram descobertos para poucos deles. Descrevemos aqui distúrbios do sono transmitidos por herança genética e também aqueles que apresentam altos índices de recorrência familiar, apesar de nenhum gene específico haver sido encontrado. CONCLUSÕES: Apesar da maioria dos distúrbios do sono ainda não terem uma base molecular identificada, técnicas modernas são cada vez mais utilizadas para determinar a contribuição dos genes ao sono e aos seus distúrbios associados. A importância clínica destas descobertas pode estar relacionada com a melhoria de métodos diagnósticos, mas também como alvo para o desenvolvimento de medicações específicas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To review the literature regarding the genetics of sleep disorders in childhood and adolescence. SOURCES: Articles published in the past 5 years were searched on MEDLINE using the keywords sleep and genetics. Abstracts were then analyzed. Classical articles with the first description of genes were also included. SUMMARY OF THE FINDINGS: We often find familial recurrence in many sleep disorders. However, gene loci were discovered for only a few of them. We descr (mais) ibe sleep disorders transmitted by genetic heritance and also those in that, although a gene was not found, familial recurrence is high. CONCLUSION: Although most of the sleep disorders do not have by now an identified molecular basis, modern techniques are being increasingly applied to determine the contribution of genes to sleep and its associated disorders. The clinical importance of these discoveries may relate not only to improving diagnostic methods but also as a target for drug development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

102

Aspectos genéticos do hipotireoidismo congênito/ Genetic aspects in congenital hypothyrodism

Perone, Denise; Teixeira, Silvânia S.; Clara, Sueli A.; Santos, Daniela C. dos; Nogueira, Célia R.
2004-02-01

Resumo em português Hipotireoidismo congênito (HC) afeta cerca de 1:3000 a 1:4000 recém-nascidos (RN). Numerosos genes são essenciais, tanto para o desenvolvimento normal do eixo hipotálamo-hipófise-tireóide quanto para a produção hormonal, e estão associados ao HC. Cerca de 85% do hipotireoidismo primário é denominado disgenesia tireoidiana e evidências sugerem que mutações nos fatores de transcrição (TTF2, TTF1 e PAX-8) e no gene do receptor de TSH podem ser responsáveis p (mais) ela doença. Os defeitos hereditários da síntese hormonal podem ser devidos a mutações nos genes NIS (natrium-iodide symporter), pendrina, tireoglobulina (TG), peroxidase (TPO). Mais recentemente, mutações no gene THOX-2 têm sido descritas para defeitos na organificacão. O hipotireoidismo central afeta cerca de 1:20.000 RN e tem sido associado com mutações nos fatores transcricionais hipofisários (POUIF1, PROP1, LHX3, HESX1). A síndrome de resistência periférica ao hormônio tireoidiano é uma doença rara que cursa com hipotireoidismo em alguns tecidos e, freqüentemente, está associada a mutações autossômicas dominantes no receptor beta (TRß). Resumo em inglês Congenital hypothyroidism (CH) affects between 1:3,000 and 1:4,000 newborns. Many genes are essential for normal development of the hypothalamus-pituitary-thyroid axis and hormone production, and are associated with CH. About 85% of primary hypothyroidism is called thyroid digenesis and evidence suggests that mutations in transcription factors (TTF2, TTF1, and PAX-8) and TSH receptor gene could be responsible for the disease. Genetic defects of hormone synthesis could be (mais) caused by mutations in the following genes: NIS (natrium-iodide symporter), pendrine, thyreoglobulin (TG), peroxidase (TPO). Recently, mutations in the THOX-2 gene have also been related to organification defects. Central hypothyroidism affects about 1:20,000 newborns and has been associated with mutations in pituitary transcriptional factors (POUIF1, PROP1, LHX3, and HESX1). The syndrome of resistance to thyroid hormone is rare, implies a hypothyroidism state for some tissues and is frequently associated with dominant autosomal mutations in the beta-receptor (TRß).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

103

Aspectos genéticos e imunopatogênicos da doença celíaca: visão atual/ Genetics and immunopathogenics aspects of the celiac disease: a recent vision

Utiyama, Shirley Ramos da Rosa; Reason, Iara José Taborda de Messias; Kotze, Lorete Maria da Silva
2004-06-01

Resumo em português RACIONAL: A doença celíaca ou enteropatia por sensibilidade ao glúten, é uma forte condição hereditária. Embora a associação genética da doença celíaca com os haplótipos HLA-DQ2 e DQ8 seja conhecida há muito tempo, outros genes HLA e não-HLA também são importantes no desenvolvimento da afecção. A doença celíaca resulta de um efeito combinado de produtos de diferentes genes funcionantes normalmente. A lesão intestinal é imunologicamente mediada e mú (mais) ltiplos mecanismos efetores são responsáveis pela sua expressão. A interação entre fatores genéticos, imunológicos e ambientais explicam o amplo espectro de alterações clínicas, histológicas e sorológicas observadas nos diferentes estágios de desenvolvimento da doença, ressaltando a natureza poligênica da mesma. CONCLUSÃO: Os avanços recentes na compreensão da imunopatogenia, genética e diagnóstico da doença celíaca têm permitido que rígidos conceitos e critérios pré-estabelecidos sejam revistos e adequados às novas evidências, visando melhor diagnóstico e orientação para pacientes celíacos e familiares. Resumo em inglês BACKGROUND: Celiac disease, or gluten-sensitive enteropathy, is a strongly inherited condition. Although the genetic association of CD with the DQ2 and DQ8 HLA haplotypes has been known for long, others HLA and non-HLA genes are also important in the development of the disease. Celiac disease results of the combined effect of different normally functioning genes' products. The tissue damage in celiac disease is immunologically mediated and several effector mechanisms are (mais) responsible for the disease expression. The interplay between genetic, immunological and environmental factors explains the large spectrum of clinical, histological and serological alterations observed in the different stages of the disease development, pointing out to the polygenic nature of celiac disease. CONCLUSION: The recent advances in the understanding of the immunopathogenesis, genetics and diagnoses of celiac disease have allowed the revision of strict concepts and previous criteria and their adequation to the new evidences, aiming a better diagnostic and orientation to celiac patients and relatives.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

104

O efeito molecular e estrutural do hormônio tiroideano no esqueleto/ The molecular and structural effects of thyroid hormone in the skeleton

Gouveia, Cecília H.A.
2004-02-01

Resumo em português O hormônio tiroideano é essencial para o desenvolvimento, maturação e metabolismo ósseos normais. Durante o desenvolvimento, a deficiência do hormônio tiroideano resulta em atraso na maturação do esqueleto e disgênese das epífises, resultando em redução do crescimento e anormalidades esqueléticas. O hormônio tiroideano também tem efeito no osso do adulto. A tirotoxicose é freqüentemente associada ao aumento do metabolismo ósseo e diminuição da massa � (mais) �ssea. Embora a importância do hormônio tiroideano no desenvolvimento e metabolismo ósseos seja clara, os mecanismos que medeiam os efeitos desse hormônio no tecido ósseo apenas começam a ser desvendados. O hormônio tiroideano pode atuar indiretamente no esqueleto, aumetando a secreção de hormônio do crescimento (GH) e insulin-like growth factor-1 (IGF-1); ou diretamente, modulando genes alvo via receptores nucleares específicos. Não se sabe, entretanto, se os principais efeitos do hormônio tiroideano no osso são resultado de ações diretas ou indiretas. Achados in vitro, tais como a presença de receptores de hormônio tiroideano (TR) e a indução de genes e proteínas em células esqueléticas pelo hormônio tiroideano, evidenciam a importância de ações diretas. Esta revisão tem como meta sumarizar os achados in vivo e in vitro relacionados aos efeitos do hormônio tiroideano no esqueleto. Resumo em inglês During development, thyroid hormone deficiency results in delayed skeletal maturation and epiphyseal dysgenesis, resulting in reduced growth and skeletal abnormalities. Thyroid hormone also has effects on bones of adults. Thyrotoxicosis is frequently associated with increased bone turnover and decreased bone mass. However, the mechanisms that mediate its effects on bone tissue are poorly understood. Thyroid hormone acts indirectly in the skeleton, by increasing the secret (mais) ion of growth hormone and insulin-like growth factor-1; or directly, by modulating target genes via specific nuclear receptors. In vitro findings, such as the presence of thyroid receptors (TRs) and the induction of genes and proteins in skeletal cells by thyroid hormone, emphasize the importance of direct actions. The aim of this review is to summarize the in vivo and in vitro findings related to the effects of thyroid hormone on the skeleton.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

105

Moléculas que marcam o tempo: implicações para os fenótipos circadianos/ Timekeeping molecules: implications for circadian phenotypes

Pereira, Danyella Silva; Tufik, Sergio; Pedrazzoli, Mario
2009-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Revisar resumidamente a literatura dos últimos 36 anos de pesquisa em cronobiologia molecular a fim de informar aos profissionais de saúde os avanços obtidos nesta área e os potenciais para aplicação na clínica médica. MÉTODO: Buscas na literatura foram realizadas utilizando as bases de dados PubMed e Scopus usando como palavras-chave "clock genes, circadian rhythms, diurnal preference, delayed sleep phase syndrome, advanced sleep phase syndrome, photop (mais) eriod and mood disorder". DISCUSSÃO: Atualmente, o mecanismo molecular da regulação da ritmicidade circadiana é compreendido em grande detalhe. Muitos estudos publicados mostram associações de polimorfismos nos genes relógio com transtornos do ritmo circadiano e com transtornos do humor. CONCLUSÕES: De maneira geral, o progresso obtido na área de cronobiologia molecular traz um melhor entendimento da regulação do sistema de temporização biológico. O desenvolvimento de estudos nesta área tem o potencial de ser aplicável ao tratamento dos transtornos dos ritmos circadianos e certos transtornos do humor, além de prevenir riscos à saúde causados por viagens intercontinentais (Jet Lag) e por trabalhos noturnos e por turnos. Resumo em inglês OBJECTIVE: The aim of this study was to review the molecular chronobiology studies in the last 36 years in order Eto point out the advances in this area to health professionals. METHOD: We searched in the PubMed and Scopus data banks for articles related with human molecular chronobiology. The keywords used were "clock genes, circadian rhythms, diurnal preference, delayed sleep phase syndrome, advanced sleep phase syndrome, photoperiod and mood disorder". DISCUSSION: The (mais) knowledge about molecular mechanism of circadian rhythms increased a lot in the last years and now we are able to better understand the details of molecular processes involved in circadian and sleep regulation. Studies show that polymorphisms in clock genes are associated with sleep and mood disorders. These studies will be helpful to further elucidate the regulation of molecular mechanisms of circadian rhythms. CONCLUSIONS: The development of these studies in molecular chronobiology can be helpful to treat circadian and mood disorders and to prevent health risks caused by intercontinental flights (Jet Lag), nocturnal or shift work schedule.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

106

Bases moleculares dos adenomas hipofisários com ênfase nos somatotropinomas/ Molecular basis of pituitary adenomas with emphasis on somatotropinomas

Donangelo, Ines; Gadelha, Mônica
2004-08-01

Resumo em português Esta revisão descreve as bases moleculares dos adenomas hipofisários com ênfase nos tumores secretores de GH (somatotropinomas). São discutidos os papéis de genes de supressão tumoral (como RB1, MEN-1) e de oncogenes (como gsp, PTTG) na iniciação e progressão destes tumores. A caracterização destes marcadores moleculares pode ajudar na compreensão do comportamento tumoral, auxiliando a conduta terapêutica. Entretanto, apesar dos recentes avanços, ainda não (mais) é totalmente conhecida a seqüência de alterações genéticas envolvidas na patogênese destes adenomas. Resumo em inglês This review describes the molecular basis of pituitary adenomas with emphasis on GH-secreting tumors (somatotropinomas). The roles of tumor suppressor genes (such as RB1 and MEN-1) and oncogenes (such as gsp and PTTG) in tumor initiation and promotion are discussed. The characterization of these molecular markers may contribute to the understanding of tumor behavior, helping in the therapeutical management. However, despite recent advances, the sequence of genetic abnormalities participating in the pathogenesis of these adenomas is not completely known.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

107

Terapia gênica: o que é, o que não é e o que será

Linden, Rafael
2010-01-01

Resumo em português Terapia gênica é o tratamento baseado na introdução de genes sadios com uso de técnicas de DNA recombinante. O primeiro teste clínico bem-sucedido dessa técnica foi divulgado em 1990. Em que pese a ocorrência, em certos estudos clínicos, de efeitos adversos, alguns dos quais graves, laboratórios de pesquisa e empresas vêm continuamente desenvolvendo novos materiais e procedimentos mais seguros e eficazes. Embora ainda em estágio experimental, progressos recent (mais) es indicam oportunidades crescentes de investimento pela indústria, bem como justificam a expectativa de que, em alguns casos, essa tecnologia poderá chegar à prática clínica dentro de poucos anos. Resumo em inglês Gene therapy is the therapeutic procedure based on the introduction of healthy genes using recombinant DNA techniques. The first successful clinical trial of this technique was published in 1990. Despite the occurrence, in certain clinical trials, of adverse effects, some of which serious, both laboratories and companies are continuously developing novel materials and establishing both safer and more effective procedures. Although still in experimental stages, recent prog (mais) ress both points to growing opportunities for investment by industry, as well as justify the expectation that, in some cases, this technology may reach clinical practice within a few years.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

108

Abordagem terapêutica da obesidade na Síndrome de Prader-Willi/ Therapeutical approach of obesity in Prader-Willi Syndrome

Carvalho, Daniel F. de; Cercato, Cíntia; Almeida, Madson Q.; Mancini, Marcio C.; Halpern, Alfredo
2007-08-01

Resumo em português A Síndrome de Prader-Willi (SPW) é uma doença complexa, multissistêmica, caracterizada por hipotonia, retardo mental, características dismórficas, hiperfagia e compulsão alimentar devido à disfunção hipotalâmica. SPW ocorre pela perda de função de genes localizados no cromossomo 15q11-13, região que sofre imprinting genômico. Obesidade é a principal causa de morbidade e mortalidade entre pacientes com SPW. O objetivo desta revisão é analisar as opções (mais) terapêuticas disponíveis para o tratamento da obesidade na SPW, incluindo a terapia farmacológica e o tratamento cirúrgico. Resumo em inglês Prader-Willi Syndrome (PWS) is a multisystemic genetic disease characterized by hypotonia, mental retardation, characteristic facial appearance, hyperphagia, and compulsive eating due to hypothalamic dysfunction. PWS is caused by loss of function of genes located in chromosome 15q11-q13, an area subject to genomic imprinting. Obesity is a major cause of increased morbidity and mortality among patients with PWS. The objective of this study was to analyze the therapeutic op (mais) tions available for the treatment of the obesity in PWS including pharmacological and surgical strategies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

109

Citoqueratinas/ Cytokeratins

Almeida Jr., Hiram Larangeira de
2004-04-01

Resumo em português As citoqueratinas (CQ) são constituintes do citoesqueleto das células epiteliais, pertencendo aos filamentos intermediários; sua distribuição é específica para cada subtipo de epitélio, permitindo que sejam utilizadas como importantes marcadores de sua diferenciação. Anticorpos monoclonais permitem sua localização nos tecidos e são utilizados no diagnóstico de tumores. Na última década inúmeras mutações foram descritas em seus genes, levando a alteraç� (mais) �o em sua estrutura molecular, esclarecendo várias enfermidades cutâneas, como epidermólise bolhosa simples (CQ 5 ou 14), hiperqueratose epidermolítica (CQ 1 ou 10), hiperqueratose palmoplantar epidermolítica (CQ 9) e paquioníquia congênita (CQ 6, 16 ou 17). Resumo em inglês Cytokeratins (CK) belong to the intermediate filament group and are expressed in epithelial cells. Their expression is tissue specific and for this reason they are the most important markers of epithelial differentiation. Monoclonal antibodies, which specifically mark one CK, are used in the diagnosis of many tumors. In the last decade, several mutations were described in CK genes, which lead to structural changes in its molecule. As a result, the pathogenesis of many ski (mais) n diseases has been clarified, such as Epidermolysis bullosa simplex (CK 5 or 14), Epidermolytic hyperkeratosis (CK 1 or 10), Epidermolytic palmoplantar keratoderma (CK 9) and Pachyonychia congenita (CK 6, 16 or 17).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

110

Pesquisa de Acinetobacter sp e Pseudomonas aeruginosa produtores de metalo-β-lactamase em hospital de emergência de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil/ Investigation of metallo-β-lactamase-producing Acinetobacter sp and Pseudomonas aeruginosa at an emergency hospital in Porto Alegre, State of Rio Grande do Sul, Brazil

Laranjeira, Vani Dos Santos; Marchetti, Desiree Padilha; Steyer, Juçara Rodrigues; Corção, Gertrudes; Picoli, Simone Ulrich
2010-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O aparecimento de Pseudomonas aeruginosa e Acinetobacter sp produtores de metalo-β-lactamases (MBLs) é um desafio para os hospitais. MÉTODOS: Verificou-se a produção de MBL em cepas clínicas de Pseudomonas aeruginosa e Acinetobacter sp de um hospital de emergência de Porto Alegre pelo método de aproximação de disco e E-test MBL. Os genes bla foram pesquisados pela PCR. RESULTADOS: Duas cepas de Pseudomonas aeruginosa e oito Acinetobacter sp dem (mais) onstraram fenótipo de MBLs. A amplificação do gene blaSPM-1 confirmou a enzima em P. aeruginosa.. CONCLUSÕES: Deve-se ter cautela ao avaliar testes fenotípicos utilizados na detecção rotineira de metalo-enzima. Resumo em inglês INTRODUCTION: The appearance of metallo-β-lactamase (MBL)-producing Pseudomonas aeruginosa and Acinetobacter sp. is a challenge for hospitals. METHODS: The production of MBL in clinical isolates of Pseudomonas aeruginosa and Acinetobacter sp. From an emergency hospital in Porto Alegre was investigated using the disk approximation test and MBL E-test. The bla genes were determined using PCR. RESULTS: Two strains of Pseudomonas aeruginosa and eight of Acinetobacter sp (mais) were shown to be MBL phenotypes. Amplification of the blaSPM-1 gene confirmed the presence of the enzyme in P. aeruginosa. CONCLUSIONS: Caution is needed in evaluating phenotype tests used for routine detection of metallo-β-lactamases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

111

Germline MUTYH (MYH) mutations in Portuguese individuals with multiple colorectal adenomas

Isidro, G; Laranjeira, F; Pires, A; Leite, J; Regateiro, FJ; Castro e Sousa, F; Soares, J; Castro, C; Giria, J; Brito, MJ

Germinal mutations in the base excision repair (BER) gene MUTYH (MYH) have recently been described in association with predisposition to multiple colorectal adenomas and cancer. In contrast to the classic dominant condition of familial adenomatous polyposis (FAP) due to germinal mutations in the APC...

DRIVER (Portuguese)

114

Analysis of Parkinson disease patients from Portugal for mutations in SNCA, PRKN, PINK1 and LRRK2

Brás, José; Guerreiro, Rita; Ribeiro, Maria; Morgadinho, Ana; Januario, Cristina; Dias, Margarida; Calado, Ana; Semedo, Cristina

DRIVER (Portuguese)

115

A whole genome screen for association with multiple sclerosis in portuguese patients

Santos, M.; Pinto-Basto, J.; Rio, M. E.; Valença, Angela; Sá, Alfredo; Dinis, J.; Figueiredo, J.; Bigotte de Almeida, Luís

DRIVER (Portuguese)

116

Patrícia Antunes; Jorge Machado; João Carlos Sousa; Luísa Peixe

DRIVER (Portuguese)