Sample records for gastric administration
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 18 shown.



1

Avaliação da atividade antiulcerogênica da Maytenus truncata Reiss (Celastraceae)/ Evaluation of antiulcerogenic activity of Maytenus truncata Reiss (Celastraceae)

Silva, J.L.; Silva, R.P.; Jorge, R.M.; Silva, G.D. Fátima; Vieira Filho, S.A.; Fonseca, A.P.N.D.; Tagliati, C.A.
2005-03-01

Resumo em português Maytenus truncata Reiss (Celastraceae) é uma planta nativa da Bahia (Brasil), sendo conhecida como "espinheira-santa". É usada popularmente na forma de decoto das folhas (chás) como antiulcerogênico, similarmente à Maytenus ilicifolia, a verdadeira "espinheira-santa". O objetivo do presente estudo foi avaliar a atividade antiúlcera e cicatrizante, assim como o perfil fitoquímico dos extratos brutos em acetato de etila e metanol da Maytenus truncata. A administraç� (mais) �o per os desses extratos nas doses de 120 mg/kg e 240 mg/kg reduziu a severidade da lesão gástrica induzida pelo estresse ao frio (-18 °C por 45 minutos) em ratos, com resultados mais significativos para o extrato bruto obtido em metanol. A administração dos extratos provocou o aumento do pH. Os resultados obtidos na administração do extrato bruto em metanol não contrariam seu uso popular, não somente pela atividade observada, mas também por se tratar de um extrato de alta polaridade cujos princípios podem ser obtidos a partir de uma infusão, embora estudos clínicos devam ser realizados para confirmação dessa hipótese. Resumo em inglês Maytenus truncata Reiss (Celastraceae) is a native plant from Bahia (Brazil), known as "espinheira-santa". It is popularly used in the form of decoct of leaves (tea) as antiulcerogenic, similarly to Maytenus ilicifolia, the true "espinheira-santa". This study aims to evaluate antiulcerogenic and healing activities, as well as the phytochemical profile, of ethyl acetate and methanol crude extracts of Maytenus truncata. Per os administration of these extracts at 120 mg/kg a (mais) nd 240 mg/kg doses decreased the severity of gastric lesions induced by cold-restraint stress (-18 °C for 45 minutes) in rats, with more significant results for the crude methanol extract. The administration of the extracts caused pH increase. The results obtained with the administration of crude methanol extract are not contrary to its popular use, not only for the activity observed but, also, for its high polarity that enables the obtention of the active principles through infusion, though clinical studies should be performed to confirm this assertion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Esvaziamento gástrico após administração oral de contraste em tomografia computadorizada do abdômen: descrição de seis casos/ Gastric emptying after oral contrast for abdominal tomography: report of six cases/ Vaciamiento gástrico después de la administración oral de contraste en tomografía computadorizada del abdomen: descripción de seis casos

Martins, Fernando Antonio Nogueira da Cruz; Amaral, José Luiz Gomes do
2004-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A lesão pulmonar secundária à aspiração do conteúdo gástrico é complicação associada à perda dos reflexos protetores das vias aéreas. Neste contexto, a realização de exames tomográficos que incluem a contrastação do trato digestivo exige particular atenção em crianças abaixo de cinco anos, que necessitam anestesia geral ou sedação para assegurar imobilidade durante o procedimento. A indução da anestesia ou sedação, apó (mais) s ingestão da solução de contraste pode trazer risco substancial para a broncoaspiração do conteúdo gástrico. Isto faz com que se opte por administrar o contraste por sonda gástrica após a intubação traqueal, uma vez que não se conhece o tempo de esvaziamento gástrico após utilização de solução contrastante. Esta conduta representa aumento do tempo de anestesia, o que resulta em constante questionamento sobre a possibilidade de esvaziamento do conteúdo gástrico em tempo inferior a uma hora. Seis casos de pacientes submetidos à tomografia de abdômen foram avaliados quanto ao esvaziamento gástrico por meio da realização de cortes tomográficos na topografia do estômago, com o objetivo de determinar a presença ou ausência de conteúdo residual líquido nesse órgão, após a administração da solução de contraste. RELATO DOS CASOS: Foram avaliadas seis crianças submetidas à tomografia contrastada do abdômen. Duas, não anestesiadas, apresentaram expressivo resíduo líquido gástrico decorridos 50 e 45 minutos, respectivamente, da ingestão de contraste. Quatro, submetidas à anestesia geral, também apresentaram resíduo líquido gástrico decorridos 40 a 50 minutos da administração de contraste via sonda oro/nasogástrica. Em duas destas persistiu apreciável resíduo líquido no estômago, mesmo após a aspiração do conteúdo pela sonda. CONCLUSÕES: Nos casos observados, o período de 40 a 50 minutos foi insuficiente para o esvaziamento do estômago, após a administração de solução contrastante e mesmo a sucção do conteúdo por sonda nasogástrica resultou em permanência de significante volume residual líquido. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La lesión pulmonar secundaria a la aspiración del contenido gástrico es complicación asociada a la pérdida de los reflejos protectores de las vías aéreas. En este contexto, la realización de exámenes tomográficos que incluyan la contrastación del tracto digestivo, exige particular atención en niños menores de cinco años, que necesitan anestesia general o sedación, para asegurar inmovilidad durante el procedimiento. La inducción d (mais) e la anestesia o sedación después de ingestión de la solución de contraste puede traer riesgo substancial para la broncoaspiración del contenido gástrico. Esto hace con que se opte por administrar el contraste por sonda gástrica después de la intubación traqueal, una vez que no se conoce el tiempo de vaciamiento gástrico después de utilización de solución contrastante. Esta conducta representa aumento del tiempo de anestesia, lo que resulta en constante cuestionamiento sobre la posibilidad de vaciamiento del contenido gástrico en tiempo inferior a una hora. Seis casos de pacientes sometidos a tomografía de abdomen fueron evaluados cuanto al vaciamiento gástrico por medio de la realización de cortes tomográficos en la topografía del estomago, con el objetivo de determinar la presencia o ausencia del contenido residual líquido en ese órgano, después de la administración de la solución de contraste. RELATO DE LOS CASOS: Fueron evaluados seis niños sometidos a tomografía contrastada del abdomen. Dos, no anestesiados, presentaron expresivo residuo líquido gástrico pasados 50 y 45 minutos, respectivamente, de la ingestión de contraste. Cuatro, sometidos a anestesia general, también presentaron residuo líquido gástrico pasados 40 a 50 minutos de la administración de contraste vía sonda oro/nasogástrica. En dos de ellos persistió apreciable residuo líquido en el estomago, igualmente después de la aspiración del contenido por la sonda. CONCLUSIONES: En los casos observados, el tiempo de 40 a 50 minutos fue insuficiente para el vaciamiento del estomago después de la administración de solución contratante e igualmente la succión del contenido por sonda nasogástrica resultó en permanencia de significante volumen residual líquido. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Pulmonary injury due to gastric contents aspiration is a complication related to airway protective reflexes loss. Tomography imaging with digestive tract contrast requires special care for children below five years of age requiring general anesthesia or sedation to assure immobility during the procedure. General anesthesia induction or sedation after contrast ingestion may pose substantial risk for gastric contents bronchoaspiration, so contrast (mais) administration by gastric tube is often used after tracheal intubation, since time elapsed for emptying gastric contrast is unknown. This practice means increased anesthesia duration and leads to issues about the possibility of gastric emptying in less than one hour. Six patients submitted to abdominal tomography were evaluated concerning gastric emptying by tomographic slices in stomach topography to establish whether residual liquid contents remain in that organ after contrast administration. CASES REPORT: Participated in this study 6 children undergoing abdominal tomography. Two conscious children presented expressive gastric liquid residual 50 and 45 minutes, respectively, after oral contrast ingestion. Four anesthetized children have also presented gastric liquid residual 40-50 minutes after contrast administration through gastric tube. In two of them remarkable gastric liquid content remained even after stomach aspiration. CONCLUSIONS: In all studied cases, forty to fifty minutes were not enough for gastric emptying after contrast administration and even stomach aspiration trough gastric tube has resulted in significant residual liquid.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Efeito do lipopolissacarídio bacteriano sobre o esvaziamento gástrico de ratos: avaliação do pré-tratamento com Nw-nitro-L-arginine methyl ester (L-NAME)/ The effect of bacterial lipopolysaccharide on the gastric emptying of rats: a pretreatment evaluation using Nw-nitro-L-arginine methyl ester (L-NAME)

Collares, Edgard Ferro; Vinagre, Adriana Mendes
2006-09-01

Resumo em português RACIONAL: Há evidências de que o óxido nítrico participa do mecanismo de retardo do esvaziamento gástrico determinado pelo lipopolissacarídio bacteriano. OBJETIVO: Avaliar o efeito do pré-tratamento com Nw-nitro-L-arginine methyl ester, um inibidor competitivo das óxido nítrico-sintetases, sobre o fenômeno. MATERIAL E MÉTODOS: Utilizaram-se ratos, Wistar, machos, SPF ("specific-pathogen free"), adultos, adaptados às condições do laboratório, que após 24 ho (mais) ras de jejum alimentar foram pré-tratados endovenosamente com veículo (salina) ou Nw-nitro-L-arginine methyl ester nas doses de 0,5, 1, 2,5 e 5 mg/kg. No tratamento, administrou-se endovenosamente veículo (salina) ou lipopolissacarídio (50 µg/kg). O intervalo entre o pré-tratamento e o tratamento foi de 10 minutos, e entre este e a avaliação do esvaziamento gástrico foi de 60 minutos. O esvaziamento gástrico foi avaliado indiretamente através da determinação da retenção gástrica da solução salina marcada com fenol vermelho 10 minutos após administração por via orogástrica. RESULTADOS: Entre os animais pré-tratados com veículo, o tratamento com lipopolissacarídio determinou elevação significativa da retenção gástrica (média = 57%) em relação aos tratados com veículo (38,1%). O pré-tratamento com as diferentes doses de Nw-nitro-L-arginine methyl ester não modificou a retenção gástrica nos animais controles do tratamento. O pré-tratamento com Nw-nitro-L-arginine methyl ester com a dose de 1 mg/kg determinou redução discreta, mas significativa, na retenção gástrica (52%) nos animais tratados com lipopolissacarídio, em relação ao observado naqueles com pré-tratamento e tratamento com veículo (35,9%). Nos animais pré-tratados com 2,5 e 5 mg/kg de Nw-nitro-L-arginine methyl ester e tratados com lipopolissacarídio, houve aumento significante da retenção gástrica (74,7% e 80,5%, respectivamente) em relação aos seus controles pré-tratados com as mesmas doses do inibidor das óxido nítrico-sintetases e tratados com veículo (40,5% e 38,7%, respectivamente) e àqueles pré-tratados com veículo e tratados com a mesma toxina. CONCLUSÃO: O pré-tratamento com Nw-nitro-L-arginine methyl ester numa dose baixa (1 mg/kg) determinou redução discreta no efeito de retardo do esvaziamento gástrico determinado pelo lipopolissacarídio in vivo e aumento significativo do retardo com doses mais elevadas (2,5 e 5 mg/kg), doses estas que, per se, não interferem no esvaziamento. Resumo em inglês BACKGROUND: There is evidence that nitric oxide plays a role in the decrease in gastric emptying induced by bacterial lipopolysaccharide. AIM: To evaluate the effect of pretreatment with Nw-nitro-L-arginine methyl to ester, one competitive inhibitor of the nitric oxide syntases, on the gastric emptying delay induced by lipopolysaccharide. MATERIAL AND METHODS: Male Wistar rats, SPF, were used after 24 h fast and 1 h-water withdrawn. The pretreatment was done intravenously (mais) with vehicle (saline) or Nw-nitro-L-arginine methyl to ester in the doses of 0.5, 1, 2.5 e 5 mg/kg. After 10 min, the animals were treated iv with lipopolysaccharide (50 mg/kg) or received vehicle (saline). The gastric emptying was evaluated 1 h after the lipopolysaccharide administration. A saline solution containing phenol red was used as the test meal. The gastric emptying was indirectly assessed by the determination of percent gastric retention of the test meal 10 min after orogastric administration. RESULTS: The animals pretreated with vehicle and treatment with lipopolysaccharide have significant rise of the gastric retention (average = 57%) in comparison with the controls receiving only vehicle (38.1%). The pretreatment with the different doses of Nw-nitro-L-arginine methyl to ester did not modify per se the gastric retention in comparison with the animals pretreated with vehicle. Pretreatment with Nw-nitro-L-arginine methyl to ester with the dose of 1 mg/kg determined a discrete but significant reduction in the gastric retention (52%) of animals treated with lipopolysaccharide in comparison with vehicle-pretreated rats. Paradoxically, animals pretreated with 2.5 or 5 mg of Nw-nitro-L-arginine methyl to ester/kg followed by treatment with lipopolysaccharide displayed a significantly higher gastric retention (74.7% and 80.5%, respectively) as compared to their controls, pretreated with the same doses of the inhibitor and treated with vehicle (40.5% and 38.7%, respectively) and to those pretreated with vehicle and treated with the same toxin. CONCLUSION: The pretreatment with Nw-nitro-L-arginine methyl to ester at low dose (1 mg/kg) resulted in a discrete inhibition of the gastric emptying delay induced by lipopolysaccharide. Nevertheless, Nw-nitro-L-arginine methyl to ester at higher doses (2.5 and 5 mg/kg) induced an enhancement of the lipopolysaccharide effect on gastric emptying, despite not interfering with the gastric emptying per se.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Atividades antiúlcera e antioxidante do extrato de folhas de Syzygium jambos (L.) Alston (Myrtaceae)/ Antiulcerogenic and antioxidant activities of leaf extract of Syzygium jambos (L.) Alston (Myrtaceae)

Donatini, Raquel S.; Ishikawa, Tati; Barros, Silvia B. M.; Bacchi, Elfriede M.
2009-03-01

Resumo em português Syzygium jambos (L.) Alston, Myrtaceae, é empregado na medicina popular como digestivo e antiinflamatório. A triagem fitoquímica da droga pulverizada (folhas) indicou a presença de flavonóides, taninos e óleo volátil. O extrato hidroetanólico a 70% das folhas de S. jambos foi preparado por percolação e liofilizado. O conteúdo de taninos das folhas e do extrato foi calculado, respectivamente, em 21,9% e 43,3%. O teor de flavonóides foi de 0,6% (folhas) e 1,2% ( (mais) extrato). A administração oral prévia do extrato (400 mg/kg) a ratos Wistar reduziu significativamente as lesões gástricas induzidas por etanol acidificado. No modelo de úlcera subcrônica, com indução de lesão gástrica utilizando ácido acético a 30%, o tratamento com o extrato (400 mg/kg) não apresentou resultado significativo. A atividade antioxidante do extrato foi avaliada através dos modelos de lipoperoxidação e de medida de capacidade seqüestrante de radicais DPPH. Os valores obtidos de Q1/2 (MDA) e CE50 (DPPH) foram, respectivamente, 0,17 μg/mL e 5,68 μg/mL. Resumo em inglês Syzygium jambos (L.) Alston, Myrtaceae, is commonly employed in folk medicine as digestive and anti-inflammatory. Phytochemical screening of the powdered dried leaves indicates the presence of flavonoids, tannins and essential oil. Hydroethanol extracts (70%) were prepared by percolation and freeze-drying. The tannin content of dried leaves and extract was, respectively, 21.9% and 43.3%. The flavonoid content was 0.6% (dried leaves) and 1.2% (extract). Previous oral admin (mais) istration of S. jambos leaves extract (400 mg/kg) to rats reduced significantly gastric injury induced by HCl/ethanol. At the subcronic ulcer model by induction with 30% acetic acid the results were not significant. In vitro antioxidant activity of S. jambos extract was evaluated by malondialdehyde (MDA) and DPPH free radical method. The Q1/2 for MDA assay was 0.17 μg/mL and the EC50 for DPPH assay was 5.68 μg/mL.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Transição alimentar por via oral em prematuros de um Hospital Amigo da Criança/ Oral feeding transition in preterm infants in a Child-Friendly Hospital/ Transición de alimentación oral en bebés prematuros en un Hospital Amigo del Niño

Scochi, Carmen Gracinda Silvan; Gauy, Juliana Silva; Fujinaga, Cristina Ide; Fonseca, Luciana Mara Monti; Zamberlan, Nelma Ellen
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Caracterizar a transição da alimentação gástrica por via oral quanto à maturidade e peso do prematuro, vias e técnicas de administração e duração da transição até a alimentação oral exclusiva. MÉTODOS: Estudo retrospectivo com dados levantados em prontuários de 116 prematuros assistidos nas unidades de cuidados intensivos e intermediários neonatais de um hospital universitário do município de Ribeirão Preto - SP. RESULTADOS: A idade gestaci (mais) onal corrigida média foi de 36 semanas ao início da alimentação oral e de 37 semanas quando a alimentação ocorreu total por via oral. O peso médio foi de 1.743 gramas ao início da alimentação oral e peso médio de 1.934 gramas quando a alimentação ocorreu total por via oral. Durante o período de transição foram utilizadas uma ou mais técnicas de administração do leite. O uso da gavagem em conjunto com outras técnicas (89,5%) predominou em especial, complementada pelo seio materno e copo (56,9%) e a duração da transição alimentar variou de menos de 1 a 47 dias. CONCLUSÃO: A maturidade e o peso ao nascer, além das condições clínicas decorrentes dessas variáveis, podem interferir no processo de transição da alimentação láctea do prematuro. Considerando as vantagens da amamentação materna, sua prática deve ser iniciada o mais precocemente possível neste segmento populacional de risco. Resumo em espanhol OBJETIVO: Caracterizar la transición de la alimentación gástrica por vía oral en lo que se refiere a: madurez y peso del prematuro, vías y técnicas de administración y, duración de la transición hasta la alimentación oral exclusiva. MÉTODOS: Es un estudio retrospectivo con datos levantados en fichas de 116 prematuros asistidos en las unidades de cuidados intensivos e intermedios neonatales de un hospital universitario del municipio de Ribeirao Preto- SP. RESULT (mais) ADOS: La edad de gestación corregida promedio fue de 36 semanas en el inicio de la alimentación oral y de 37 semanas cuando la alimentación ocurrió totalmente por la vía oral. El peso promedio fue de 1.743 gramos en el inicio de la alimentación oral y el peso promedio de 1.934 gramos cuando la alimentación ocurrió totalmente por la vía oral. Durante el período de transición fueron utilizadas una o más técnicas de administración de leche. El uso de alimentación forzada en conjunto con otras técnicas (89,5%) predominó, complementada por el seno materno y mamadera (56,9%); la duración de la transición alimentar varió de menos de 1 día a 47 días. CONCLUSIÓN: La madurez y el peso al nascer, además de las condiciones clínicas provenientes de esas variables, pueden interferir en el proceso de transición de la alimentación láctea del prematuro. Considerando las ventajas del amamantamiento materno, su práctica debe ser iniciada lo más precozmente posible en este segmento poblacional de riesgo. Resumo em inglês OBJECTIVE: To characterize the transition from oral gastric feeding related to: maturity and weight of premature babies, methods and techniques of administration and, duration of the transition to only oral feeding. METHODS: This is a retrospective study of data gathered in records of 116 infants attended in intensive care units and neonatal intermediate in a university hospital in Ribeirao Preto-SP. RESULTS: The mean-corrected of gestational age was 36 weeks at the start (mais) of oral feeding and 37 weeks when the supply came entirely by the oral route. The average weight was 1,743 grams at the start of oral feeding and 1,934 grams when the food came entirely by the oral route. During the transition period were used one or more means of milk administration. The use of forced feeding in conjunction with other techniques (89.5%) predominated, this was complemented by breast feeding and milk bottle (56.9%); the duration of feeding transition ranged from less than 1 day to 47 days. CONCLUSION: The maturity and birth weight, in addition to the clinical conditions from these variables, can interfere in the process of milk feeding transition in preterm babies. Considering the advantages of breastfeeding, the practice should be initiated as early as possible in this risk population segment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Influência da monofenilbutazona associada ou não ao omeprazol sobre o sistema digestório e renal de pôneis hígidos/ Influence of mofebutazone associated or not to omeprazole on the digestive and renal tracts of healthy ponies

Pinto, José de Oliveira; Souza, Maria Verônica de; Costa, Paulo Renato dos Santos; Ribeiro Júnior, José Ivo; Maia, Leandro; Monteiro, Gabriel Augusto
2009-02-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram averiguar se a monofenilbutazona causa efeitos colaterais no trato digestório e lesões renais em pôneis hígidos e verificar a capacidade do omeprazol em inibir a gênese de úlceras gástricas. O experimento foi executado em duas etapas. Na primeira foram utilizados seis pôneis, sendo três deles tratados diariamente por via intravenosa (IV) com as doses de 3, 4,5 ou 6mg kg-1 de monofenilbutazona durante 12 dias. Os demais, além de (mais) antiinflamatório, também receberam 3mg kg-1 de omeprazol. Já na segunda etapa foram incluídos quatro pôneis hígidos, sendo dois tratados com doses diárias de 4,5mg kg-1 de monofenilbutazona durante 12 dias e os demais com 5mL de NaCl a 0,9%, por via IV. Todos os pôneis foram submetidos à gastroscopia antes e após cada etapa experimental. Adicionalmente, na primeira etapa, foram realizadas urinálise e determinação dos valores de variáveis hematológicas (hematócrito e proteína plasmática total) e bioquímicas (creatinina, albumina, Ca+2 e P+3). Na primeira etapa, apenas os dois pôneis tratados com 6mg kg-1 de monofenilbutazona apresentaram úlceras na região aglandular, ao longo da margo plicatus. Na segunda etapa, dois animais também apresentaram úlceras gástricas, sendo que um deles havia recebido apenas NaCl a 0,9%. A ocorrência das úlceras não foi influenciada (P>0,05) pela administração e pela dose da monofenilbutazona, nem pela presença do omeprazol. O efeito da monofenilbutazona sobre as variáveis hematológicas e bioquímicas foi inexpressivo (P+3) ou ausente (hematócrito, proteína plasmática total, creatinina, albumina, Ca+2) (P>0,05). Os resultados obtidos permitem concluir que: a ocorrência de úlceras na região aglandular de pôneis hígidos não sofre a influência da aplicação e da dose de monofenilbutazona, quando administrada durante 12 dias; úlceras em grau 4 na região aglandular de pôneis não necessariamente estão acompanhadas de sintomatologia clínica; pôneis hígidos toleram a aplicação de até 6mg kg-1 de monofenilbutazona durante 12 dias sem o aparecimento de lesão renal; o efeito da administração de monofenilbutazona sobre as variáveis hematológicas e bioquímicas é de baixa intensidade ou ausente e não está confirmada a relação entre omeprazol e úlceras gástricas em pôneis tratados com monofenilbutazona. Resumo em inglês This research aimed to investigate whether mofebutazone causes gastrointestinal and renal side effects in healthy ponies as well as to verify the capacity of omeprazole to inhibit the genesis of gastric ulcers. The experiment was carried out in two phases. In the first, six ponies were used, with three of them being treated daily with different doses (3, 4.5 and 6mg kg-1) of intravenous (IV) mofebutazone for 12 days. The other ponies were given 3mg kg-1 of omeprazole in a (mais) ddition to the anti-inflammatory drug. In the second phase, four ponies were included, with two of them being treated daily with 4.5mg kg-1 of mofebutazone for 12 days and the two remainders with 5mL of IV NaCl at 0.9%. All ponies underwent gastroscopy before and after each experimental phase. Additionally, in the first phase, urine, hematological (hematocrit, and total plasma protein) and biochemical (creatinine, albumin, Ca+2 and P+3) analysis were determined. In the first phase, only the two ponies treated with 6mg kg-1 of mofebutazone presented ulcers in the aglandular region along the margo plicatus. In the second phase, two animals also presented gastric ulcers, with one having received only NaCl at 0.9% solution. Ulcers occurrence was neither influenced (P>0.05) by the administration and dose of mofebutazone, nor by the presence of omeprazole. Mofebutazone effect on the hematological and biochemical variables was unremarkable (P+3) or absent (hematocrit, total plasma protein, creatinine, albumin, Ca+2) (P>0.05). Based on these results the following conclusions could be drawn: the occurrence of gastric ulcers in the aglandular region of healthy ponies was not influenced by application and dose of mofebutazone when administered for 12 days; grade four ulcers in the aglandular region of ponies may not be accompanied by clinical signs; healthy ponies tolerate application of up to 6mg kg-1 of IV mofebutazone for 12 days without the occurrence of renal damage; hematological and biochemical variables are not or minimally influenced by mofebutazone and a relation between omeprazole and gastric ulcers could not be confirmed in mofebutazone-treated ponies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Rotura gástrica por barotrauma/ Barogenic rupture of the stomach

Saad-Hossne, Rogerio; Prado, Renê Gaberini; Bakoniy Neto, Alexandre; Pereira, Rodrigo Severo de Camargo; Arashiro, Roberta Thiery Godoy
2007-04-01

Resumo em inglês Barogenic rupture of the stomach is a rare complication following cardiopulmonary resuscitation, administration of nasal oxygen by catheter and diving accidents. We report a case of gastric barotrauma following oroesophageal intubation. In most cases, the tears occur along the lesser curvature, what have been already attributed to Laplace's formula and, more recently, to morphological features of the stomach.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Observações sobre a viabilidade do Trypanosoma cruzi no caldo da cana/ Observations on the viability of Trypanosoma cruzi in sugar cane juice

Pinto, Pedro Luiz Silva; Amato Neto, Vicente; Nascimento, Sérgio Antonio Barbosa do; Souza, Hertha Barbara Wüllert Telles de; Miyamoto, Akimi; Moreira, Antonio Augusto Baillot; Braz, Lucia Maria Almeida
1990-10-01

Resumo em português Em Catolé do Rocha (Estado da Paraíba, Brasil) várias pessoas foram concomitantemente acometidas de doença de Chagas, em fase aguda. A propósito desse evento, houve cogitação de que o Trypanosoma cruzi foi veiculado pela via digestiva, através de ingestão de caldo de cana acidentalmente contaminado. Com o presente estudo, verificamos que o parasita permaneceu viável, durante quatro horas, no líquido em questão mantido em temperatura ambiente. Ao mesmo tempo, c (mais) omprovamos que após uma hora ele pôde promover infecção em camundongo ao ser administrado por meio de sonda gástrica, renovando o interesse já demonstrado quanto a esse mecanismo alternativo de transmissão. Resumo em inglês In Catolé do Rocha, State of Paraíba, Brasil several people were concomitantly contaminated by Chagas' disease and had the acute form of the infection. Because of this event, the hypothesis that Trypanosoma cruzi might have been transmitted by the digestive route, through the ingestion of accidentally contaminated sugar cane juice, was made. In the present study, we verified that the parasite has remained viable for four hours in the liquid, at room temperature. We have (mais) also demonstrated that, after one hour, it was capable of promoting infection in one mouse, by gastric tube administration. These observations enhance the interest on this alternative mechanism of disease transmission.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Intoxicação aguda por nitrogênio através de inalação em paciente com insuficiência respiratória e coma: relato de caso/ Acute nitrogen intoxication by patient inhalation with breathing insufficiency and coma: case report

Torrecillas, Pedro Henrique Masjuan; Barros, Maria Aparecida Nogueira de; Cruz, Valeria Lima; Martins, Audineia Aparecida; Coelho, João Antônio Aidar
2006-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Apresentação de um caso único não encontrado na literatura nacional. O objetivo deste relato foi apresentar um caso de grave intoxicação por nitrogênio líquido (NO), com edema agudo de pulmão e encefalopatia isquêmica, em que se obteve bom desfecho, provavelmente, pela rapidez no atendimento e na administração adequada da terapêutica. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 26 anos, encontrado desacordado havia aproximadamente u (mais) ma hora, em sala fechada onde havia uma máquina utilizada para manutenção do gelo de pista de patinação. Constatou-se aspiração de conteúdo gástrico e edema das vias respiratórias altas. A intubação na emergência foi difícil pelo intenso edema de laringe. O paciente desenvolveu edema agudo de pulmão e sinais de edema encefálico por encefalopatia anóxica. Evoluiu com melhora pulmonar lenta com ventilação protetora para síndrome da angústia respiratória aguda (volume corrente de 5 mL/kg, PEEP de 15 cmH2O) e corticoterapia com hidrocortisona (200 mg) a cada seis horas para tratamento de broncoespasmo. CONCLUSÕES: Trata-se do primeiro caso publicado em nosso meio de intoxicação por nitrogênio. Na literatura internacional encontram-se várias citações de situações semelhantes ao deste caso pelo fato de existir varias pistas de gelo para prática de esportes como por exemplo o hockey. Há relatos de exacerbações de quadros de broncoespasmo nas pessoas que assistem ao jogo, apresentando-se de forma tardia, por vezes até sete a dez horas após a exposição aos vapores que exalam destas pistas que são ricas em nitrogênio. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: To present the first case reported in the Brazilian literature of liquid nitrogen intoxication. The objective of this report was to present a case of severe intoxication by liquid nitrogen, with acute lung edema and ischemic encephalopathy, which a good outcome, due to a fast diligence and a proper therapy administration. CASE REPORT: Male patient, 26 years, unconscious for one hour, in a close room with a machine to keep frozen the ice-roller r (mais) ing. There was evidence of gastric aspiration and laryngeal edema. The intubation was difficult. The patient developed acute lung edema and brain edema due to hypoxia. There was a slow lung resolution with a protective ventilatory strategy for ARDS (VT 5 mL/kg, PEEP de 15 cmH2O) and corticotherapy with hydrocortisone (200 mg) every 6 h to treat bronchospasm. CONCLUSIONS: This the first case published in Brazil of nitrogen intoxication. In the international literature there are several reports of similar cases occurred in gymnasiums for hockey game. There are reports of bronchospasm exacerbations in people after the matches, even up to 10h after exposal to the gases riches in nitrogen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Fatores de risco para a doença por refluxo gastroesofágico em recém-nascidos de muito baixo peso portadores de displasia broncopulmonar/ Risk factors for gastroesophageal reflux disease in very low birth weight infants with bronchopulmonary dysplasia

Mendes, Thaís B.; Mezzacappa, Maria Aparecida M. S.; Toro, Adyléia A. D. C.; Ribeiro, José Dirceu
2008-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Conhecer os fatores de risco para a doença por refluxo gastroesofágico (DRGE) em recém-nascidos de muito baixo peso com displasia broncopulmonar. MÉTODOS: Realizou-se um estudo caso-controle incluindo 23 casos e 23 controles com displasia broncopulmonar, sendo realizada investigação por monitorização prolongada do pH esofágico no período de janeiro de 2001 a outubro de 2005. Para cada caso, selecionou-se um controle, e foram comparados pela idade gesta (mais) cional, peso ao nascimento, gênero, uso de corticóide pré-natal, tempo de ventilação assistida, tempo de oxigenoterapia, tempo de uso de sonda gástrica, uso de xantinas, idade pós-conceptual e peso durante a monitorização do pH esofágico. Realizou-se a análise por regressão logística múltipla para estabelecer o odds ratio (OR) com intervalo de confiança de 95% (IC95%). RESULTADOS: Os dois grupos (com e sem DRGE) não apresentaram diferenças significativas em relação às variáveis demográficas e de evolução pós-natal, uso de corticóide pré e pós-natal, bem como ao tempo de uso de cafeína, ventilação mecânica e oxigenoterapia. Entretanto, as variáveis intolerância alimentar (OR = 6,55; IC95% 1,05-40,8) e tempo de uso de sonda gástrica (OR = 1,67; IC95% 1,11-2,51) comportaram-se como fatores de risco para DRGE. A variável idade pós-conceptual ao exame de monitorização do pH (OR = 0,02; IC95% Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess risk factors for gastroesophageal reflux disease (GERD) in very low birth weight infants with bronchopulmonary dysplasia. METHODS: A case-control study was carried out in 23 cases and 23 control subjects with bronchopulmonary dysplasia submitted to 24-hour esophageal pH monitoring between January 2001 and October 2005. Cases and controls were compared for gestational age, birth weight, gender, use of antenatal steroids, duration of assisted ventilatio (mais) n, duration of oxygen therapy, length of gastric tube use, administration of xanthines, postconceptual age, and weight at esophageal pH monitoring. Multiple logistic regression analysis was used to establish the odds ratio(OR) with a 95% confidence interval (95%CI). RESULTS: None of the groups (with and without GERD) showed statistically significant differences in terms of demographic variables and postnatal outcome, use of antenatal and postnatal corticosteroids, or in terms of caffeine use and duration of mechanical ventilation and oxygen therapy. However, feeding intolerance (OR = 6.55; 95%CI 1.05-40.8) and length of gastric tube use (OR = 1.67; 95%CI 1.11-2.51) turned out to be risk factors for GERD. Postconceptual age at the time of pH monitoring (OR = 0.02; 95%CI

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Estudo histológico e computadorizado das áreas com células parietais e principais no estômago de ratos Wistar tratados com pantoprazol e "N-Nitroso-N-Methylurea"(NMU)/ Histological and computer-assisted analysis of parietal and chief cells stomach areas in Wistar rats treated with pantoprazole and N-Nitroso-N-Methylurea (NMU)

Souza, Iure Kalinine Ferraz de; Silva, Alcino Lázaro da; Misumi, Atsunobu; Savi, Daniela; Custódio, Denílson Santos; Maia, Frederico Fernandes Ribeiro; Canela, Giovanne Guilherme Coutinho; Oliveira, Carlos Henrique Cardoso de
2002-08-01

Resumo em português O uso prolongado dos inibidores da bomba de prótons tem sido considerado uma condição de risco para o desenvolvimento de gastrite atrófica e tumores gástricos. Objetivo: Estudar o efeito do uso de pantoprazol (PTZ) e carcinogênese pela "N-Nitroso-N-Methylurea" (NMU), por 15 semanas, sobre o estômago glandular de ratos Wistar, pela análise histológica e computadorizada das áreas com células parietais (AP), principais (AZ) e da mucosa não oxíntica (ANO), além (mais) do estudo das alterações histopatológicas identificadas. Métodos: Quarenta ratos Wistar machos foram distribuídos em 4 grupos: G1 (controle), G2 (NMU+PTZ), G3 (PTZ) e G4 (NMU). O pantoprazol foi administrado 2x/semana (14mg/kg de peso, i.p.) e a NMU oferecida, ad libitum, diluída na água de beber (100mig/ml). Após o estudo histológico AP, AZ e ANO foram determinadas por análise computadorizada das imagens dos estômagos, utilizando o programa "ImageJ 1.19z". Resultados: Mostraram redução da AP e aumento da ANO, em G2, G3 e G4 (p Resumo em inglês The long-term use of proton bomb inhibitors has been considered a risk condition for the development of atrophic gastritis and gastric tumors. Objective: The aim of this study was to investigate the effects of pantoprazole (PTZ) treatment and N-Nitroso-N-Methylurea (NMU) carcinogenesis, for 15 weeks, in the glandular stomach of rats by histological and computer-assisted analysis of parietal cells area (PA), chief cells area (CP) and non-oxintic mucosal area (ANO), as well (mais) as by histopathological study. Methods: A total of 40 male Wistar rats were divided into four groups on the basis of the treatment: G1 (control), G2 (NMU+PTZ), G3 (PTZ) and G4 (NMU). Pantoprazole was administered twice a week (14mg/kg body wt., i.p.) and NMU was given in the drinking water (100ppm) ad libitum. After histological examination AP, AZ and ANO were investigated by computer-assisted analysis of the stomach image using the program ImageJ1.19z. Results: Showed a reduction of AP and increase of ANO in G2, G3 and G4 (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Estudo da Adesão à Quimioprofilaxia Anti-retroviral para a Infecção por HIV em Mulheres Sexualmente Vitimadas/ Study of Adherence to Antiretroviral Chemoprophylaxis for HIV Infection in Sexually Abused Women

Drezett, Jefferson; Baldacini, Iara; Nisida, Isabelle V. V.; Nassif, Valéria C.; Nápoli, Patrícia C.
1999-10-01

Resumo em português Objetivos: embora não existam dados apropriados para estabelecer sua eficácia, alguns serviços tem utilizado, profilaticamente, a terapia anti-retroviral para o HIV nos casos de violência sexual. O objetivo deste estudo foi avaliar a aceitabilidade, tolerância e adesão a um esquema quimioprofilático para o HIV. Pacientes e método: foram avaliadas 62 mulheres vítimas de estupro e/ou atentado violento ao pudor com coito ectópico anal. Os agressores foram referidos (mais) como desconhecidos. A profilaxia foi iniciada dentro das primeiras 48 h da violência e mantida por 4 semanas, sendo administrados diariamente: zidovudina, 600 mg; indinavir, 2.400 mg e lamivudina, 300 mg. Resultados: a taxa de descontinuidade foi de 24,2%, sendo em 12 casos (80%) decorrente de intolerância gástrica. Os efeitos colaterais estiveram presentes em 43 casos (69,4%), sendo as náuseas e vômitos os mais freqüentes. A complexidade posológica e o tempo de uso foram fatores possivelmente associados ao uso inadequado das drogas, ocorrendo em 10,6% dos casos. Conclusão: a taxa de descontinuidade da quimioprofilaxia foi semelhante à observada em outras indicações. Resumo em inglês Purpose: some medical institutions have been prophylactically ministrating anti-HIV therapy in cases of sexual violence, although there are no appropriate basic facts to establish its efficacy. The aim of the present study was to evaluate the acceptance, tolerance and adhesion of these women under a chemoprophylaxis plan for HIV. Methods: sixty-two women victims of rape and/or anal intercourse with unknown aggressors have been evaluated. Prophylaxis has been started withi (mais) n the first 48 h after violence and maintained for 4 weeks, with daily administration of zidovudine, 600 mg; indinavir, 2,400 mg and lamivudine, 300 mg. Results: the discontinuance rate was 24.2%, withe 12 cases (80%) due to gastric intolerance. The side effects were present in 43 cases (69.4%), including nausea and vomitting as the most frequent. Complex dosage and time of administration were factors possibly related to the inadequate use of the drugs in 10.6% of the cases. Conclusion: the authors concluded that the chemoprophylaxis discontinuance rate was similar to that observed in other indications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Efeito da administração de vitamina C sobre a colonização do estômago por Helicobacter pylori/ Effect of vitamin C administration on gastric colonization by Helicobacter pylori

Kamiji, Mayra Mayumi; Oliveira, Ricardo Brandt de
2005-09-01

Resumo em português RACIONAL: O tratamento convencional de Helicobacter pylori consiste na utilização de antimicrobianos, aos quais uma minoria expressiva de pacientes não responde. Tratamentos alternativos para a infecção têm sido propostos, incluindo o uso de antioxidantes. Destaque crescente tem sido atribuído à vitamina C ao se demonstrar que concentrações da mesma no estômago de indivíduos infectados com H. pylori são substancialmente menores do que as de indivíduos saudá (mais) veis. Doses farmacológicas de vitamina C foram investigadas na erradicação de H. pylori com resultados controversos. OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração via oral de vitamina C sobre a colonização de estômago por H. pylori em pacientes infectados, com gastrite crônica ou com úlcera péptica cujos tratamentos convencionais não resultaram em erradicação. MATERIAL E MÉTODOS: Protocolo I: estudo aleatório, duplo-cego, controlado por placebo em pacientes com gastrite crônica, sem tratamento prévio para a infecção. Protocolo II: estudo aberto, não controlado em pacientes com úlcera péptica e pelo menos dois tratamentos prévios de erradicação. O tratamento consistiu em vitamina C 5 g/dia durante 28 dias consecutivos. Seu efeito foi avaliado pelo teste respiratório com 14C-uréia quanto à taxa de erradicação, à variação de radioatividade e à supressão da infecção. RESULTADOS: No protocolo I, 38 pacientes completaram o estudo, 21 recebendo vitamina C e 17 recebendo placebo durante 28 dias. A taxa de erradicação "por protocolo" com vitamina C foi zero, intervalo de confiança de 95%: 0%-15%. No protocolo II, oito pacientes completaram o tratamento. A taxa de erradicação foi zero, com intervalo de confiança de 95%: 05-32%. Não houve diminuição da carga bacteriana. CONCLUSÕES: A administração de vitamina C na dosagem diária de 5 g durante 28 dias não é eficaz na erradicação de infecção por H. pylori, nem altera quantitativamente sua carga no estômago dos pacientes infectados. Resumo em inglês BACKGROUND: The conventional treatment of Helicobacter pylori infection consists on antibiotics, to which a small but significant number of patients are non-responders. Alternative treatments to the infection have been suggested, including the use of antioxidants. There has been such increasing interest upon vitamin C since it was demonstrated vitamin C concentrations in the stomach of infected patients are significant lower compared to healthy subjects. Pharmacological d (mais) oses of vitamin C have been investigated for eradication of H. pylori, with controversial results. AIM: To evaluate the effect of oral administration of vitamin C on H. pylori colonization in the stomach of patients with chronic gastritis and patients with peptic ulcer who had experienced antimicrobial treatment failures. MATERIAL AND METHODS: Protocol I: randomized, double-blinded, placebo controlled study, with patients with chronic gastritis, with no previous treatment for eradication. Protocol II: open, uncontrolled study, with patients with peptic ulcer, with at least two previous treatments for eradication. Treatment consisted of 5 g vitamin C for 28 consecutive days. The effect of the treatment was evaluated by 14C-urea breath test concerning eradication rate, radioactivity variation and infection suppression. RESULTS: In Protocol I, 38 patients completed the study - 21 received vitamin C and 17 received placebo 28 consecutive days. Eradication rates per-protocol analysis with vitamin C were 0, with 95% confidence interval of 0-15%. In Protocol II, eight patients completed treatment. Eradication rate was 0%, with 95% confidence interval of 0-12%. H. pylori load was not decreased. CONCLUSION: Administration of vitamin C, in a 5 g/day dosage during 28 days is neither effective for H. pylori eradication nor quantitatively alters the bacteria load in the stomach of infected patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Deficiência de ferro no paciente submetido à ressecção gástrica ou intestinal: prevalência, causas, repercussões clínicas, abordagem diagnóstica e prevenção/ Iron deficiency anemia in patients submitted to gastric or small intestine resection: prevalence, cause, clinical outcome, diagnostic workup and prevention

Traina, Fabíola
2010-06-01

Resumo em português Anemia ferropriva é frequente em pacientes submetidos à ressecção gástrica, para o tratamento de úlcera péptica ou câncer gástrico, e à cirurgia bariátrica, para o tratamento de obesidade. As cirurgias bariátricas podem ter como consequência a restrição do estômago, sem necessariamente ressecção gástrica, ou ressecção gástrica associada ou não a ressecção intestinal. As causas da deficiência de ferro nestes pacientes são multifatoriais e incluem (mais) : (1) baixa ingestão de ferro oral por intolerância a alimentos ricos em ferro; (2) redução da acidez gástrica pela perda de células parietais, dificultando a conversão do ferro férrico para a forma ferrosa; (3) exclusão do duodeno com consequente exclusão do principal sítio de absorção do ferro e restrição da ação das enzimas pancreáticas na liberação do ferro ligado ao heme. A investigação e a reposição de ferro de forma eficaz e precoce pode evitar essa complicação. Pacientes refratários ao ferro oral podem necessitar de reposição de ferro parenteral e todos os pacientes requerem acompanhamento periódico com hemograma e estoques de ferro por toda a vida. Resumo em inglês Iron deficiency anemia is associated with gastrectomy used in the treatment of peptic ulcers and gastric cancer, and also in bariatric surgery for the treatment of obesity. Bariatric surgery involves restrictive and bypass procedures, gastrectomy and small intestine resection. There are several reasons why iron deficiency occurs in these patients including: (1) diminished iron intake due to meat intolerance (2) diminished gastric acid secretion due to loss of parietal cel (mais) ls which impairs the solubilization of ferric iron to form ferrous iron and (3) exclusion of the duodenum with consequent elimination of the main site of iron absorption and restriction in the action of pancreatic enzymes to release iron bound to the heme. Early clinical evaluation and use of iron supplements may be effective to prevent iron deficiency anemia in this population. Patients who remain refractory to oral supplementation may require parenteral iron administration. All patients require periodical and lifelong follow-up of hematological and iron parameters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Clonidina como droga adjuvante no tratamento da síndrome de abstinência alcoólica em unidade de terapia intensiva: relato de caso/ Clonidine as adjuvant therapy for alcohol withdrawal syndrome in intensive care unit: case report/ Clonidina como droga coadyuvante en el tratamiento de la síndrome de abstinencia alcohólica en unidad de terapia intensiva: relato de un caso

Braz, Leandro Gobbo; Camacho Navarro, Lais Helena; Braz, José Reinaldo Cerqueira; Silva, Ubirajara Teixeira da; Yamaguti, Fábio Akio; Cristovan, José Carlos
2003-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A sedação de dependentes de álcool e drogas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) é um desafio pela elevada incidência de tolerância às drogas sedativas e da elevada freqüência de síndromes de abstinência. O objetivo deste relato é mostrar um caso de paciente jovem admitido na UTI que desenvolveu síndrome de abstinência alcoólica e tolerância às drogas sedativas, solucionadas somente após o uso de clonidina. RELATO DO CASO: Pa (mais) ciente do sexo masculino, 18 anos, dependente de álcool, tabaco, cocaína e maconha, vítima de acidente por arma de fogo, foi admitido na UTI no 1º dia de pós-operatório de enterectomia, após aspiração de conteúdo gástrico durante reintubação traqueal. Evolução clínica: drogas vasoativas até o 4º dia de internação e broncopneumonia bilateral com derrame pleural e necessidade de ventilação artificial até o 15º dia. O esquema de sedação inicial utilizado foi a associação de midazolam e fentanil. A partir do 4º dia, o paciente apresentou vários episódios de agitação psicomotora, mesmo com a associação de lorazepam no 6° dia. No 9° dia, o paciente recebeu as maiores doses dos fármacos, mas permanecia agitado. Optou-se pela associação de dexmedetomidina, que reduziu as doses das outras drogas em 35% e diminuiu a agitação. No 12° dia, o midazolam e a dexmedetomidina foram substituídos pela infusão de propofol, com piora do quadro. No 13° dia, foi associada clonidina ao esquema de sedação, com resolução do quadro de agitação. No 14° dia, o propofol foi suspenso, sendo mantida a infusão de fentanil e reintroduzida a infusão de midazolam, com doses respectivamente 75% e 65% menores em relação ao pico de uso destas drogas. No 15° dia, o paciente foi extubado e teve alta da UTI. CONCLUSÕES: A droga de escolha para o tratamento da síndrome de abstinência alcoólica é o benzodiazepínico. Entretanto, no presente relato, somente o uso adjuvante de clonidina conseguiu proporcionar tratamento adequado ao paciente. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La sedación de dependientes de alcohol y drogas en Unidades de Terapia Intensiva (UTI) es un desafío por la elevada incidencia de tolerancia a las drogas sedativas y de la elevada frecuencia de síndromes de abstinencia. El objetivo de este relato es mostrar un caso de un paciente joven admitido en la UTI que desarrolló síndrome de abstinencia alcohólica y tolerancia a las drogas sedativas, solucionadas solamente después del uso de clonidi (mais) na. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino, 18 años, dependiente de alcohol, tabaco, cocaína y mariguana, víctima de accidente por arma de fuego, fue admitido en la UTI en el 1º día de post-operatorio de enterectomía, después de aspiración de contenido gástrico durante reintubación traqueal. Evolución clínica: drogas vasoactivas hasta el 4º día de internación y broncopneumonia bilateral con derrame pleural y necesidad de ventilación artificial hasta el 15º día. El esquema de sedación inicial utilizado fue la asociación de midazolan y fentanil. A partir del 4º día, el paciente presentó varios episodios de agitación psicomotora, mismo con la asociación de loracepam en el 6° día. En el 9° día, el paciente recibió las mayores dosis de los fármacos, más permanecía agitado. Se optó por la asociación de dexmedetomidina, que redujo las dosis de las otras drogas en 35% y diminuyó la agitación. En el 12° día, el midazolan y la dexmedetomidina fueron substituidos por la infusión de propofol, con empeoramiento del cuadro. En el 13° día, fue asociada clonidina al esquema de sedación, con resolución del cuadro de agitación. En el 14° día, el propofol fue suspenso, siendo mantenida la infusión de fentanil y reintroducida la infusión de midazolan, con dosis respectivamente 75% y 65% menores en relación al pico de uso de estas drogas. En el 15° día, el paciente fue extubado y tuvo alta de la UTI. CONCLUSIONES: La droga escogida para el tratamiento del síndrome de abstinencia alcohólico es el benzodiazepínico. No obstante, en el presente relato, solamente el uso coadyuvante de clonidina consiguió proporcionar tratamiento adecuado al paciente. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Sedation of patients with past history of alcohol and drug abuse in Intensive Care Units (ICU) is a challenge due to the high incidence of sedative drugs tolerance and withdrawal syndromes. This report aimed at describing a case of a young patient admitted to the ICU who developed alcohol withdrawal syndrome and tolerance to sedatives, resolved only after clonidine administration. CASE REPORT: Male patient, 18 years old, alcohol, tobacco, cocain (mais) e and marijuana abuser, victim of firearm accident, who was admitted to the ICU in the first post-enterectomy day, after gastric content aspiration during tracheal re-intubation. Clinical evolution was: vasoactive drugs up to the 4th day; bilateral bronchopneumonia with pleural effusion and need for artificial ventilation up to the 15th day. Initial sedation scheme was the association of midazolam and fentanyl. As from the 4th day, patient presented with several psychomotor agitation episodes, even after the association of lorazepam in the 6th day. In the 9th day, patient received the largest doses but remained agitated. Dexmedetomidine was associated, which has decreased other drug doses in 35% and has improved agitation. In the 12th day, midazolam and dexmedetomidine were replaced by propofol infusion with worsening of agitation. In the 13th day, clonidine was associated to the sedation scheme with total resolution of agitation. Propofol was withdrawn in the 14th day, fentanyl was maintained and midazolam infusion was restarted, with doses 75% and 65% lower as compared to peak doses of such drugs. Patient was extubated in the 15th day and was discharged from ICU. CONCLUSIONS: Benzodiazepines should remain the drugs of choice for the treatment of acute alcohol withdrawal syndrome. However in this report, only adjuvant clonidine was able to adequately treat the patient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Ação do citrato de sildenafil sobre a função uretral de ratas com desnervação vesical/ Effect of sildenafil citrate in the urethral function in rats with denervated bladder

Suaid, Haylton Jorge; Cologna, Adauto José; Martins, Antonio Carlos Pereira; Tucci Jr, Silvio; Rodrigues, Antonio Antunes; Dias Neto, José Anastácio
2003-01-01

Resumo em português O óxido nítrico atua como neurotransmissor não adrenérgico e não colinérgico na bexiga e na uretra. Sua forma de ação se faz pela ativação da guanilatociclase responsável pela transformação de GMP em GMPc que promove o relaxamento da fibra muscular lisa. O citrato de sildenafil causa aumento do GMPc, através da inibição de fosfodiesterases, que hidrolisam o GMPc. Assim, o objetivo do experimento foi verificar sua ação na uretra. MÉTODOS: Estudou-se 6 ra (mais) tas com peso aproximado de 200g. A anestesia foi com uretana na dose de 1,25 mg/kg. As cistometrias, em número de 3, foram realizadas através de cistostomia com cateter P50. A primeira logo após a cistostomia; a segunda depois da desnervação cirúrgica da bexiga e a terceira uma hora após a infusão gástrica do citrato de sildenafil. O sistema de registro das pressões constou de uma bomba de infusão contínua regulada para 0,3ml/minuto conectada em Y com o cateter P50 e a um polígrafo Narco-Bioystem. Nas cistometrias avaliou-se as pressões vesicais máxima e mínima nos momentos: normais-(I); desnervadas (II) e desnervadas com citrato de sildenafil na dose de 1 mg/kg (III). A análise estatística foi feita pelo método de Wilcoxon. RESULTADOS: As médias das pressões máximas (pma) foram: momentos I (x=86,6 - SD=10,1) ; momentos II (x=42,6 - SD=15,0) e momentos III (x=30,8 - SD=12,4). As médias das pressões mínimas (pmi) foram: momentos I (x=72,1 - SD=18,9); momentos II (x=31,1 - SD=9,8); momentos III ( x=14,5 - SD=9,5). A análise estatística entre as pma e pmi no mesmo grupo mostrou p Resumo em inglês BACKGROUND: Nitric oxide acts as a non-adrenergic and non-cholinergic neurotransmitter in the bladder and urethra. It activates the guanilatocyclase that transforms GMP in cGMP which promotes muscle relaxation. Sildenafil citrate increases the cGMP concentration by inhibiting the phosphodiesterase responsible for its hydrolysis. METHODS: 6 female rats weighing 200g were anesthetized with urethane at a dosage of 1.25mg/kg. All animals underwent cystostomy with a catheter P (mais) 50 connected by a Y to an infusion pump and to a polygraph Narco-Biosystem. The cystometry was performed trice in each animal: right after the cystostomy, after surgical of bladder denervation and 1h after gastric infusion of 1mg/kg of sildenafil citrate. Maximum (MaP) and minimum (MiP) vesical pressure were compared in the following moments: I - before bladder denervation, II - after bladder denervation and III - after bladder denervation and sildenafil administration. Wilcoxon test was used for a level of significance of 5%. RESULTS: Mean values of MaP were: I - 86.6±10.1, II - 42.6±15.0 and III - 30.8±12.4. The corresponding values of MiP were: : I - 72.1±18.9, II - 31.1±9.8 and III - 14.5±9.5. The comparison between MaP and MiP in each moment showed difference only in moment III (p0.05 in IIxIII. For MiP the p values were

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Aspectos clínicos e hematológicos em cães submetidos à fluidoterapia intravenosa, nutrição enteral e parenteral/ Clinical and hematological aspects in dogs allotted to intravenous fluid therapy, enteral and parenteral nutrition

Valadares, R.C.; Palhares, M.S.; Bicalho, A.L.F.; Turchetto Jr., C.R.; Freitas, M.D.; Silva Filho, J.M.; Carvalho, A.U.
2006-08-01

Resumo em português Avaliaram-se peso vivo, temperatura retal, comportamento, escore fecal e hemograma em 20 cães, sem raça definida, distribuídos aleatoriamente em quatro grupos experimentais com cinco animais cada, duas fêmeas e três machos, submetidos ao arraçoamento padrão (grupo I - controle), à fluidoterapia intravenosa (grupo II), à nutrição enteral por gastrostomia (grupo III) e à nutrição parenteral total (grupo IV). Os tratamentos duraram sete dias, precedidos por doi (mais) s dias de jejum alimentar. Os animais do grupo II apresentaram a maior perda de peso (P0,05). Os animais do grupo II apresentaram valores abaixo dos de referência para hemácias, hemoglobina e hematócrito, sugerindo anemia normocítica normocrômica. A fixação da sonda gástrica, via endoscopia, levou a alterações no número total de leucócito (P Resumo em inglês Body weight, rectal temperature, behavior, fecal score and hemogram were evaluated in 20 crossbred dogs, randomly alloted in four experimental groups, being five animals in each group, two females and three males. Those animals were alloted to standard feeding (group I - control), intravenous fluid therapy (group II), enteral nutrition through gastrotomy (group III) and total parenteral nutrition (group IV). The treatments lasted seven days, preceded by two days of fastin (mais) g. The animals of group II showed the highest weigth loss (P0.05), however, the animals of group II showed lower values of erythrocytes, hemoglobin and hematocrit, suggesting normocytic normochromic anemia. The gastric tube placement, through endoscopy, led to alteration of the total number of leukocytes (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Aspectos biofarmacêuticos da formulação de medicamentos para neonatos: fundamentos da complexação de indometacina com hidroxipropil-beta-ciclodextrina para tratamento oral do fechamento do canal arterial/ Biopharmaceutical aspects of drug formulation for neonatology: rational for indomethacin's complexation with hydroxypropyl-beta-cyclodextrin to treat patent ductus arteriosus

Rama, Ana Cristina Ribeiro; Veiga, Francisco; Figueiredo, Isabel Vitória; Sousa, Adriano; Caramona, Margarida
2005-09-01

Resumo em português A terapêutica farmacológica em recém-nascidos confronta-se, por um lado, com um organismo sujeito a marcadas alterações biológicas, resultantes da composição orgânica e da maturação funcional, que decorre a diferentes graus em crianças com a mesma idade, determinando modificações no perfil farmacocinético e farmacodinâmico e, por outro lado, com a necessidade efetiva da utilização de fármacos. Para dar resposta à necessidade de tratamento destes doente (mais) s, recorre-se à utilização de medicamentos "off label", sendo esta uma prática com um elevado risco de segurança e de eficácia, na ausência de informação acerca da estabilidade, solubilidade e biodisponibilidade. Considerou-se, assim, que a utilização de derivados das ciclodextrinas altamente solúveis em água seria uma alternativa para a formulação de preparações líquidas aquosas de fármacos fracamente solúveis, aliada à melhoria de biodisponibilidade e de segurança. Esta revisão pretende fundamentar a possibilidade de recurso à complexação de indometacina com hidroxipropil-beta-ciclodextrina, com o objetivo de melhorar as características de biodisponibilidade e de segurança e permitir a administração por via oral para o tratamento farmacológico do fechamento do canal arterial em prematuros ou em recém-nascidos com esta patologia. Resumo em inglês Pharmacological therapy for newborns is faced on one hand, with an organism characterized by biological differences and functional immaturity with various grades of evolution for the same age, implying changes on the pharmacokinetic and pharmacodinamic medicine profiles. On the other hand, there is the effective need for pharmacotherapy. The "off label" use of medicines is therefore the only thing left to do, having in mind the risk of using therapeutic agents not studied (mais) for this special group of people. On this context it has been considered the use of cyclodextrin derivatives like hydroxypropyl-beta-cyclodextrin as an alternative to prepare oral formulations. With this review we intend to evaluate the rational for using indomethacin's complexation with hydroxypropyl-beta-cyclodextrin, to enhance bioavailability and reduce gastric toxicity characteristics, allowing its oral administration to treat patent ductus arteriosus on preterm and full-term newborns.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)