Sample records for gastric acid
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Refluxo laringofaríngeo e bulimia nervosa: alterações vocais e larínegas/ Laryngopharyngeal reflux and bulimia nervosa: laryngeal and voice disorders

Cielo, Carla Aparecida; Didoné, Dayane Domeneghini; Torres, Enma Mariángel Ortiz; Lima, Joziane Padilha de Moraes
2010-01-01

Resumo em português TEMA: Características da bulimia nervosa (BN) e do Refluxo Laringofaríngeo (RLF) e alterações vocais e laríngeas que podem decorrer da exposição da laringe ao ácido gástrico. OBJETIVO: Descrever, por meio de revisão de literatura, as características do RLF e da BN, relacionando-os com as alterações vocais e laríngeas que podem se originar da exposição da laringe ao ácido gástrico que ocorre em ambas as condições. CONCLUSÃO: A BN se caracteriza por um (mais) transtorno alimentar de causa principalmente psicológica em que ocorre ingestão compulsiva de grande quantidade de alimentos, seguida de episódios de vômitos auto-induzidos com a finalidade de evitar o ganho de peso. O RLF consiste em uma variação clínica da DRGE, na qual o fluxo retrógrado do alimento e do ácido gástrico entra em contato com a laringe e suas estruturas. Em comum, a BN e o RLF apresentam este mecanismo de regurgitação que pode atingir a laringe. Dentre os sinais e sintomas laríngeos e vocais decorrentes da regurgitação do ácido gástrico sobre a laringe estão: globus faríngeo, disfonia, rouquidão, tosse seca, disfagia, halitose, lesões inflamatórias nas pregas vocais, laringite, amigdalite, edema e eritema glótico posterior e ou de aritenóides, da região retrocricóidea e interaritenóidea, estenose subglótica, irregularidades na mucosa das pregas vocais, hipertrofia de mucosa laríngea, leucoplasia, carcinoma, laringoespasmos, granulomas, úlcera de contato, nódulos vocais, pólipos vocais, edema difuso, granuloma, fixação uni ou bilateral de aritenóides, edema de Reinke, laringomalácia, estridor, e odinofagia. Resumo em inglês BACKGROUND: Characteristics of bulimia nervosa (BN) and laryngopharyngeal reflux (LPR) and laryngeal and voice disorders that can arise from exposure to gastric acid of the larynx. PURPOSE: To describe, through literature review, the characteristics of LPR and the BN, linking them with laryngeal and voice disorders that can stem from exposure to gastric acid of the larynx, occurring in both conditions. CONCLUSION: BN is characterized by an eating disorder, where there is (mais) a mainly psychological compulsive ingestion of large quantities of food, followed by episodes of self-induced vomiting in order to prevent weight gain. LPR consists of a clinical variation of gastro esophageal reflux disease (GERD), in which the retrograde flow of food and stomach acid comes into contact with the larynx and its structures. In common, BN and LPR have this mechanism of regurgitation that may reach the larynx. The signs and symptoms arising from the vocal and laryngeal regurgitation of gastric acid on the larynx are: globus pharynx, dysphonia, hoarseness, dry cough, dysphagia, halitosis, inflammatory lesions on the vocal cords, laryngitis, tonsillitis, swelling and redness and / or posterior glottis of the arytenoids, and the retrocricoid and interarytenoid region, subglottic stenosis, irregularities in the vocal folds mucosa, hypertrophy of the laryngeal mucosa, leukoplakia, carcinoma, laryngospasm, granulomas, contact ulcer, vocal nodules, vocal polyps, diffuse edema, unilateral or fixing bilateral arytenoids, edema, laryngomalacia, stridor and odynophagia

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Propriedades farmacológicas do extrato etanólico de Eremanthus erythropappus (DC.) McLeisch (Asteraceae)/ Pharmacological properties of the ethanol extract from Eremanthus erythropappus (DC.) McLeisch (Asteraceae)

Silvério, Marcelo S.; Sousa, Orlando V.; Del-Vechio-Vieira, Glauciemar; Miranda, Mariza A.; Matheus, Filipe C.; Kaplan, Maria A. C.
2008-09-01

Resumo em português O presente trabalho investigou as propriedades antinociceptiva, antiinflamatória e antiulcerogênica do extrato etanólico dos galhos de E. erythropappus. Foram realizados os testes de contorções abdominais induzidas por ácido acético; tempo da lambida da pata induzida por formalina; placa quente; edema de pata induzido por carragenina; lesões ulcerativas induzidas por indometacina e etanol. As doses de 50, 100 e 200 mg/kg inibiram as contorções em 43,07%, 69,34% (mais) e 70,07%, respectivamente. O tempo da lambida da pata foi reduzido em ambas as fases nas doses testadas, enquanto o tempo de latência da placa quente teve efeito significativo na dose de 200 mg/kg. O edema de pata foi reduzido em 23,81% (100 mg/kg) e 47,62% (200 mg/kg). O índice ulcerativo das lesões induzidas por indometacina foi reduzido na dose de 100 mg/kg e 200 mg/kg, enquanto a dose de 200 mg/kg teve efeito significativo sobre o volume e o pH do suco gástrico. O índice ulcerativo e o volume do suco gástrico, induzidos por etanol, foram reduzidos na dose de 200 mg/kg, enquanto o pH do suco gástrico aumentou nas doses de 100 e 200 mg/kg. Os resultados indicam que o extrato etanólico de E. erythropappus avaliado pode constituir alvo potencial para uso em terapias da dor, da inflamação e de úlcera. Resumo em inglês The present work investigated the antinociceptive, anti-inflammatory and antiulcerogenic activities of Eremanthus erythropappus ethanol extract. The tests were carried out by acetic acid writhing, paw licking induced by formalin, hot plate, indomethacin- and ethanol-induced ulcer. The doses of 50, 100 and 200 mg/kg inhibited the contortions in 43.07, 69.34 and 70.07%, respectively. Both phases of paw lick were reduced at the tested doses, while reaction time at hot plate (mais) had significant effect at 200 mg/kg. The paw edema was decreased in 23.81% (100 mg/kg) and 47.62% (200 mg/kg). The index of ulceration induced by indomethacin was reduced at the doses of 100 and 200 mg/kg, while 200 mg/kg decreased the gastric volume and pH. The index of ulceration and gastric volume induced by ethanol was reduced at 200 mg/kg, while the pH increased at 100 and 200 mg/kg. The results indicate that the ethanol extract from E. erythropappus may constitute a potential target for the use in therapies of the pain, inflammation and ulcer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Estudo da gastrinemia pré e pós-operatória em pacientes submetidos à gastroplastia vertical com banda e reconstrução em Y de Roux por obesidade mórbida/ The behaviour of pre and post operative gastrinemia in patients submitted to vertical banded gastroplasty with Roux-em-Y gastric bypass for morbid obesity

Anderi Jr, Edmundo; Rossi, Felipe Martin Bianco; Souza, Carla Komon de; Silva, Alcino Lázaro da
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as concentrações pré e pós-operatória da gastrina sérica, hormônio fundamental na produção do ácido clorídrico gástrico, correlacionando-as com as complicações cloridropépticas pós-cirúrgicas, em pacientes submetidos à gastroplastia vertical com banda e reconstrução em Y de Roux (GVBYR). MÉTODO: Foram incluídos neste estudo, 20 pacientes com Índice de Massa Corpórea (IMC) superior a 40 Kg/m² selecionados após rigorosa avaliaçã (mais) o psicológica. A dosagem da gastrina foi realizada no pré e no pós-operatório. Neste mesmo período todos os pacientes forma também submetidos a exame endoscópico com biópsia para estudo histopatológico. RESULTADOS: As quantidades de gastrina produzidas antes e após o tratamento cirúrgico não diferiram significativamente (p= 0,4281). Nenhum paciente apresentou alteração endoscópica ou histológica até o 2º mês de pós-operatório. CONCLUSÃO: Após a realização da GVBYR ocorre uma adaptação do tubo digestivo, de modo a manter a sua fisiologia, conduzindo-nos à convicção da segurança dessa técnica no tratamento da obesidade mórbida. Resumo em inglês BACKGROUND: This present study shows the preoperative and postoperative serum gastric, a fundamental hormone in the production of gastric chloridric acid, correlating these findings with postoperative complications, in patients submitted to GVBYR. METHODS: We selected 20 patients with body mass index (BMI) over 40 Kg/m² after a rigorous psychological evaluation. Serum gatrin was measured in the preoperative and postoperative periods. These patients were also submitted to (mais) upper gastrointestinal endoscopy with biopsy for histological analysis. RESULTS: There was no statistically significant difference between preoperative and postoperative serum gastrin (p= 0.4281). CONCLUSION: Our results show that GVBYR leads to a digestive tract adaptation after surgery, in order to maintain its physiology, suggesting that this procedure is safe for the treatment of morbid obesity. Key-words: morbid obesity*, gastric bypass*, gastrin*.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Manifestações extra-esofágicas da doença do refluxo gastroesofágico/ Extraesophageal manifestations of gastroesophageal reflux disease

Gurski, Richard Ricachenevski; Rosa, André Ricardo Pereira da; Valle, Enio do; Borba, Marcelo Antonio de; Valiati, André Alves
2006-04-01

Resumo em português A doença do refluxo gastroesofágico freqüentemente se apresenta com pirose e regurgitação, os chamados sintomas típicos. Porém, um subgrupo de pacientes apresenta um conjunto de sinais e sintomas que não estão relacionados diretamente ao dano esofágico. A esse conjunto dá-se o nome de manifestações extra-esofágicas da doença do refluxo gastroesofágico. Compreendem, principalmente, broncoespasmo, tosse crônica e alterações inflamatórias na laringe (cham (mais) ados manifestações atípicas). Apesar de essas manifestações formarem um grupo heterogêneo, algumas considerações gerais englobam todos os subgrupos: embora a associação entre a doença do refluxo gastroesofágico e as manifestações extra-esofágicas esteja bem estabelecida, uma relação entre causa e efeito definitiva ainda não está elucidada; em relação à patogênese das manifestações extra-esofágicas, os principais mecanismos propostos são a injúria direta do tecido extra-esofágico pelo conteúdo ácido gástrico refluído e o reflexo esôfago-brônquico mediado pelo nervo vago; a doença do refluxo gastroesofágico pode não ser incluída no diagnóstico diferencial do grupo de pacientes que apresenta somente os sintomas atípicos. Este artigo revisa as manifestações extra-esofágicas da doença do refluxo gastroesofágico encontradas na literatura, discutindo a epidemiologia, patogênese, diagnóstico e tratamento, com foco nas apresentações mais estudadas e estabelecidas. Resumo em inglês Gastroesophageal reflux disease often presents as heartburn and acid reflux, the so-called "typical" symptoms. However, a subgroup of patients presents a collection of signs and symptoms that are not directly related to esophageal damage. These are known collectively as the extraesophageal manifestations of gastroesophageal reflux disease. Principal among such manifestations are bronchospasm, chronic cough and laryngitis, which are classified as atypical symptoms. These m (mais) anifestations comprise a heterogeneous group. However, some generalizations can be made regarding all of the subgroups. First, although the correlation between gastroesophageal reflux disease and the extraesophageal manifestations has been well established, a cause-and-effect relationship has yet to be definitively elucidated. In addition, the main proposed pathogenic mechanisms of extraesophageal reflux are direct injury of the extraesophageal tissue (caused by contact with gastric acid) and the esophagobronchial reflex, which is mediated by the vagus nerve. Furthermore, gastroesophageal reflux disease might not be considered in the differential diagnosis of patients presenting only the atypical symptoms. In this article, we review the extraesophageal manifestations of gastroesophageal reflux disease, discussing its epidemiology, pathogenesis, diagnosis and treatment. We focus on the most extensively studied and well-established presentations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Aspectos dos efeitos do sono no aparelho digestório/ Effects of sleep on the gastrointestinal tract

DANTAS, Roberto Oliveira; ABEN-ATHAR, Cynthia Gutierrez
2002-03-01

Resumo em português Racional - Durante o sono ocorrem modificações no funcionamento do aparelho digestório decorrentes da diminuição da influência do sistema nervoso central. Embora haja resultados controversos, decorrentes das dificuldades metodológicas de estudo do aparelho digestório durante o sono, no geral, a atividade está diminuída. Objetivos - Descrever o que é conhecido sobre o efeito do sono nos diferentes órgãos do aparelho digestório. Durante o sono ocorrem: diminui (mais) ção da salivação, da freqüência de deglutições, da pressão do esfíncter superior do esôfago e do número de contrações primárias do esôfago. Dados de fontes de referências - Alguns trabalhos demonstraram esvaziamento gástrico lento, outros indicam que durante o sono REM o esvaziamento é rápido. O ritmo da atividade motora intestinal é mais regular à noite do que durante o dia. Durante o sono a fase II do complexo motor migrante intestinal está bastante diminuída, podendo estar ausente. A velocidade de propagação da fase III está diminuída, bem como o índice de motilidade. Situação semelhante é observada no cólon, que tem o tônus e as contrações diminuídas. A pressão do canal anal diminui durante o sono e a atividade do reto está aumentada. Entretanto, a pressão do canal anal continua maior do que a do reto e as contrações no reto são, em sua maioria, retrógradas. Síntese dos dados - O mais freqüente mecanismo causador do refluxo gastroesofágico é o relaxamento transitório do esfíncter inferior do esôfago. A freqüência deste relaxamento está diminuída durante o sono, o que explica a menor ocorrência de episódios de refluxo durante a noite. Neste período o principal causador de refluxo é a pressão baixa do esfíncter. O refluxo nestas condições é mais grave porque o paciente geralmente está na posição supina, portanto a gravidade não contribui para a retirada do material refluído do esôfago, a salivação está diminuída, dificultando a neutralização do ácido, e as contrações primárias do esôfago também estão diminuídas. Conclusões - Considerando estes fatores é esperado que episódio de refluxo ocorrido durante o sono tenha maior duração do que aquele ocorrido no estado de vigília. É demonstrado que o decúbito lateral direito favorece episódios de refluxo. É conhecido também a possibilidade do refluxo gastroesofágico estar associado a broncoespasmo noturno e apnéia do sono. Resumo em inglês Background - During sleep the gastrointestinal system function is markedly reduced most of the time. Objectives - In this revision we described the effect of sleep on the digestive system. Salivation, swallowing rate, upper esophageal sphincter pressure and number of primary esophageal contractions have all been shown to be reduced during sleep. Data sources - Gastric emptying is slow during sleep but the REM sleep is associated with faster gastric emptying. During the ni (mais) ght we have a more regular intestinal motility than during the day. During sleep, phase II of the migrating motor complex cycle is virtually absent, both during diurnal or nocturnal sleep. The nocturnal velocity of migrating motor complex propagation in the proximal small bowel is slower than the diurnal velocity. The colon has a decrease in tonus and contractions. The anal canal pressure is lower and rectum activity is higher during sleep than during the awake state, but the anal pressure is still higher than the rectum pressure and the rectum contractions are most frequently retrograde. Data synthesis - Transient lower esophageal sphincter relaxation is the most frequent cause of gastroesophageal reflux. The frequency of this transient relaxation is very low during sleep. Gastroesophageal reflux during sleep is more frequently associated with a low lower esophageal sphincter pressure. Conclusions - In this situation the disease is worse because the patient is in the supine position, so gravity does not help the acid esophageal clearance, salivation is decreased and the primary esophageal contraction is not frequent, a fact causing a prolongation of acid clearance during sleep. The right lateral position during sleep causes more reflux episodes than the left lateral position. The gastroesophageal reflux may be associated with nocturnal wheezing, chronic nocturnal cough and sleep apnea.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Úlcera gastroduodenal em potros/ Gastroduodenal ulcer in foals

Dearo, Antonio Cezar de Oliveira; Lopes, Marco Aurélio Ferreira
1995-01-01

Resumo em português Dentre as inúmeras patologias que acometem os eqüinos jovens, as úlceras gástricas situam-se como uma das mais importantes. MURRAY et al. (1987) trabalhando com potros clinicamente normais, constatou uma prevalência de úlceras da ordem de 51%. O mesmo autor realizando gastroscopia em 45 equinos com idade entre 1 e 24 anos, observou a presença de úlceras em 93% dos animais (MURRAY, 1988). De etiologia não completamente definida, acredita-se que inúmeros fatores e (mais) stejam envolvidos na gênese das úlceras gastroduodenais, sendo o estresse um dos mais importantes. Um desequilíbrio entre os fatores de agressão e proteção da mucosa gástrica é sugerido, onde uma vez ocorrendo o predomínio dos fatores de agressão, a formação das úlceras estaria determinada. De acordo com o tipo, presença ou ausência de sinais clínicos, localização das lesões na mucosa gástrica e possíveis complicações de sua ocorrência, quatro síndromes clínicas são reconhecidas em potros: 1) úlceras assintomáticas ou "silenciosas"; 2) úlceras sintomáticas ou "ativas"; 3) úlceras perfuradas e, 4) obstrução gástrica ou duodenal. O diagnóstico deve ser baseado na história clínica, sinais clínicos, resposta à terapia e principalmente nos achados do exame gastroscópico. O tratamento pode ser feito utilizando-se drogas inibidoras da secreção ácida, protetores de mucosas, anti-ácidos, análogos da prostaglandina e estimulantes de motilidade intestinal. Quando indicado emprega-se o tratamento cirúrgico. Resumo em inglês Among the great number of pathologies that affect young horses, gastric ulcers are considered one of the most important. MURRAY et al. (1987) working with clinically normal foals established a prevalence of gastric ulcers of 51%. The same author after carrying out 1988). Although its aethiology hasn't been well established, a variety of factors are suspected to be involved in its genesis, where stress plays an important role. A disruption of the balance between protective (mais) and aggressive factors is suggested and once the last is predominant the ulcer would be established. According to the kind, presence or absence of clinical signs, the locadon of lesions on gastric mucosa and its complications, four clinical syndromes are described in foals: 1) silent ulcers, 2) active ulcers, 3) perforated ulcers and 4) gastric or duodenal obstruction. Diagnosis should be based on history, clinical signs, response to treatment and mainly on endoscopic findings. Gastric ulcers can be treated with drugs such as acid secretions inhibitors, local antacids, mucosal protectants, prostaglandin analogs and motility stimulants. If necessary, the surgical treatment can be used.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Uso de ácido benzoico na dieta de leitões/ Use of benzoic acid for piglets

Gheler, Thais Radaele; Araújo, Lúcio Francelino; Silva, Claudia Cassimira da; Gomes, Gilson Alexandre; Prata, Maurício Frias; Gomide, Catarina Abdalla
2009-11-01

Resumo em português Um experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar os efeitos da inclusão de ácido benzoico (Vevovitall®) na dieta sobre o desempenho e a morfologia intestinal do duodeno de leitões de 28 a 70 dias de idade. Foram utilizados 160 leitões Dalland × Penarlan desmamados aos 21 dias de idade, separados por sexo. O experimento foi dividido em fases pré-inicial 1 (28 a 35 dias de idade), pré-inicial 2 (36 a 46 dias de idade) e fase inicial (47 a 70 dias idade). Utili (mais) zou-se o delineamento experimental tipo blocos ao acaso com 5 tratamentos, cada um com 8 repetições de 4 animais, totalizando 40 unidades experimentais. Foram utilizados quatro níveis de ácido benzoico (0; 0,25; 0,50 e 0,75%) e um tratamento testemunha com ácido fumárico. Abateram-se, aos 70 dias de idade, dois animais por repetição para coleta de amostras do duodeno e estudo da morfologia intestinal e um animal por repetição para estudo de lesões gástricas. Foram avaliadas as características de desempenho (ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar) para cada fase e para o período total. Como características morfológicas, foram avaliadas a altura das vilosidades, a profundidade de criptas e a relação altura de vilosidades/profundidade de criptas. Avaliou-se ainda a incidência de diarreia. No período de 28 a 70 dias, o uso de ácido benzoico influencia o desempenho de suínos, que neste estudo foi melhor os níveis de 0,50 e 0,75%, e reduz a incidência de diarreia. Animais alimentados com dietas contendo ácido benzoico apresentam maior altura de vilosidade e profundidade de criptas. Resumo em inglês An experiment was conducted with the objective of evaluating the effects of different levels of benzoic acid (Vevovitall) on the performance and intestinal morphology of the duodenum in piglets from 28 to 70 days of age. One hundred and sixty Dalland × Penarlan piglets weaned at 21 day old, separated by sex, were used. The experiment was divided into pre-initial 1 (28 to 35 days), pre-initial 2 (36 to 46 days) and initial (47 to 70 days) phases. A randomized complete blo (mais) ck design was used with 5 treatments and 8 replications, totaling 40 experimental units. Four levels of benzoic acid (0, 0.25, 0.50 and 0.75%) were used and a control with acid fumaric in the diets. Two animals were slaughtered per replication at 70 days of age to collect duodenum samples to study the intestinal morphology and one animal per replication to study gastric lesions. The following characteristics were assessed: performance (weight gain, feed intake and feed conversion) for each phase and the entire period. The following were assessed as morphological characteristics the villous height, duodenum crypts depth and the villous height/duodenum crypt depth ratio. Diarrhea incidence was also evaluated. The use of benzoic acid improved performance and reduced diarrhea incidence of piglets from 28 to 70 days of age, with the best results obtained by using 0.50 and 0.75%. Animals fed with the diets containing benzoic acid presented greater villous height and crypt depth.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Resultados das cirurgias "floppy nissen rossetti" e "floppy nissen longa " realizadas por videolaparascopia em pacientes com esôfago de barrett: estudo prelimilar/ Results of laparoscopic " floppy nissen rossetti" and "long floppy nissen" surgeries in patients with barrett's esophagus: preliminary study

Madureira Filho, Delta; Madureira, Fábio Athayde Veloso; Madureira, Fernando Athayde Veloso; Lemme, Eponina
2003-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Com base na literatura e estatística pessoal sobre os resultados da Fundoplicatura "Nissen Rossetti" sem ligadura dos vasos curtos(FNR) no tratamento cirúrgico de pacientes com Doença do Refluxo Gastro-esofágico(DRGE) e Esôfago de Barrett (EB), idealizou-se este trabalho com o objetivo de comparar, através de pH metria prolongada pós-operatória e dados clínicos, os resultados desta cirurgia com os alcançados com a Fundoplicatura de Nissen "Longa" com l (mais) igadura dos vasos curtos (FNL). MÉTODO: Durante o período de maio de 2000 e março de 2003, foram avaliados, no pós operatório, 28 pacientes com DRGE e EB, dos quais 12 submetidos a FNR(grupo I) e 16 a FNL(grupo II). Valorizou-se os sintomas, surgimento de disfagia pós-operatória e a persistência do refluxo ácido após a cirurgia, medido através da pH metria pós-operatória. RESULTADOS: Ambas as cirurgias aliviaram os sintomas de pirose e regurgitação no segundo dia de pós-operatório. A disfagia transitória ocorreu mais frequentemente nos casos de FNR que FNL, 41%(6) e 6,25%(1) respectivamente. Disfagia permanente não foi observada em nenhum dos dois grupos. A pH metria pós- operatória seis meses após as cirurgias mostrou que os pacientes do grupo I não ficaram totalmente protegidos do refluxo, com 25% de pH metrias positivas, enquando os do grupo II ficaram quase que totalmente protegidos, com 6,25% de exames positivos. CONCLUSÕES: Embora seja um estudo preliminar e com um período curto de observação, chamamos a atenção para a lembrança do perigo que representa o refluxo persistente após a cirurgia, para um paciente com esôfago de Barrett e apresentamos uma proposta de fundoplicatura longa e frouxa, ou seja diferente da tendência atual(válvula curta e frouxa) para o tratamento cirúrgico dos pacientes com esôfago de Barrett, que acreditamos merecer uma reflexão por parte dos cirurgiões e estudiosos do assunto. Resumo em inglês BACKGROUND: Based on published data and personal statistics about "Floppy Nissen Rossetti Fundoplication" without division of short gastric vessels(NRF) for the sugical treatment of GERD patients, focusing those with Barrett' s esophagus(BE), we compared surgical results of this procedure to a "Floppy Long Nissen Fundoplication" with division of short gastric vessels(NLF), addressing pH measurement and clinical features. METHODS: From march 2000 to march 2003, 28 patients (mais) with GERD and BE, were assessed postoperatively, 12 for NRF and 16 for NLF. Assessment was performed considering the relief or persistence of symptoms, appearance of post operative dysphagia and persistence of acid reflux after surgery, detected by pH measurement. RESULTS: Both surgeries relief heart-burn symptoms, pirosis and regurgitation (overflow) on the second postoperative day. Transitory dysphagia occurred more frequently after NRF surgery than with NLF (41% versus 6.25%). Permanent dysphagia has not been observed on either groups. Postoperative pH measurements six months after surgeries have shown that NRF group patients were not totally free of reflux, 25% of pH measurements presented positive results, while NLF group patients were almost totally protected, 6.25% with positive results. Although this is a preliminary study based on small sample size, authors advice about the risks that a constant reflux after surgery may pose to a patient with Barrett's esophagus and present a new proposal (floppy and long wrap), contrary to current trends (short and floppy wrap) for the treatment of GERD patients with BE, that deserves a special consideration by surgeons and researchers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Reabertura do piloro gastroduodenal após sua cerclagem, em ratos/ Reopening of pylorus after its closure, in rats

César, Jorge Miguel Schettino; Petroianu, Andy; Gouvêa, Agostinho Pinto; Alvin, Dierre Roberto
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: A lesão duodenal é um evento pouco freqüente, que incide em 3% a 12% dos pacientes com trauma de abdome. A sutura dessa ferida e a drenagem adequada da região é o tratamento mais utilizado nas lesões menores. Entretanto, as feridas de maior dimensão continuam sendo um desafio para a escolha do melhor tratamento. O fechamento do piloro e o desvio do trânsito digestório por meio de anastomose gastrojejunal é a conduta mais freqüente nessas situações. (mais) Os objetivos deste estudo foram verificar se há diferença entre o tempo de reabertura pilórica após sua oclusão com diferentes fios e se a vagotomia influencia nas alterações tissulares locais. MÉTODO: Foram estudados 30 ratos, submetidos à cerclagem do piloro gastroduodenal e derivação gastrojejunal. Os animais foram divididos em três grupos (n = 10), de acordo com o tipo de fio utilizado no fechamento pilórico: categute simples, ácido poliglicólico e polipropileno. Metade dos animais de cada grupo (n = 5) foram também submetidos a vagotomia troncular. O estudo pós-operatório consistiu de radiografia abdominal após injeção intragástrica de contraste baritado, semanalmente até a constatação de trânsito gastroduodenal. Em seguida, as regiões pilórica e da anastomose gastrojejunal foram retiradas para análise histológica. A comparação entre os grupos foi feita pelo teste de Kaplan-Meier. RESULTADOS: O fio de polipropileno manteve o piloro fechado por mais tempo (36,3 ± 11,6 dias) em relação aos demais fios (p Resumo em inglês BACKGROUND: The duodenal damage occurs in about 3% to 12% of patients with abdominal traumas. The suture of this wound and local drainage is the most common treatment in minor injuries. The challenge remains choosing the best option to treat larger wounds. The closing of the pylorus and the deviation of the digestive transit through a gastrojejunal anastomosis is the most frequent choice in these situations. The objectives of this study were to observe the differences bet (mais) ween the time of the pyloric reopening after the occlusion with different suture material and the influence of vagotomy on the local tissue changes. METHODS: Thirty rats were studied and submitted to the closure of the gastroduodenal pylorus and gastrojejunal anastomosis. The animals were divided into three groups (n = 10), according to the type of suture material: plain catgut, polyglycolic acid and polypropilene. Half of the animals in each group (n = 5) were submitted to a troncular vagotomy as well. The studies after the operations consisted of abdominal x-ray following intragastric injection of contrast, on a weekly basis until the gastroduodenal transit has been established or during a maximum period of four weeks. At the end of the study, pyloric region and the gastrojejunal anastomosis were removed for histological analysis. The comparison among the groups were performed by the Kaplan-Meier test, with significance for p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Prevalência e fatores associados ao uso de antiinflamatórios não-esteróides por pacientes submetidos a endoscopia digestiva alta, Belo Horizonte, Minas Gerais, 2000/ Prevalence of and factors associated with nonsteroidal anti-inflammatory drug use by patients submitted to upper endoscopy, Belo Horizonte, Minas Gerais, 2000

Ribeiro, Andréia Queiroz; Sevalho, Gil; César, Cibele Comini
2005-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Determinar a prevalência e os fatores associados ao uso de AINE por pacientes submetidos a endoscopia digestiva alta no Hospital das Clínicas da UFMG. MÉTODOS: Estudo transversal de uma amostra de 533 pacientes com idade igual ou superior a 17 anos, com endoscopia previamente marcada na Seção de Endoscopia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. Os dados foram coletados por meio de entrevistas. Foram considerados quatro grupos de (mais) variáveis exploratórias: sociodemográficas, relacionadas aos hábitos de vida, relacionadas à história de morbidades e relacionadas ao uso de medicamentos. Os dados foram submetidos às análises estatísticas bivariada e multivariada. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Entre os entrevistados, 34,1% relataram algum uso de AINE no período de 1 mês anterior à realização da endoscopia. Os AINE mais utilizados foram o ácido acetilsalicílico e o diclofenaco. Os fatores associados ao uso de AINE foram: sexo feminino (OR = 2,07; IC 95% = 1,28-3,34), renda igual ou superior a 3 salários mínimos (OR = 3,20; IC 95% = 1,74-5,90), uso de álcool (OR = 2,43; IC 95% = 1,39-4,24), presença de sintomas gastrintestinais (OR = 1,82; IC 95% = 1,18-2,80), uso regular de 4 ou mais medicamentos (OR = 4,33; IC 95% = 2,49-7,54) e história prévia de úlcera e/ou hemorragia digestiva (OR = 0,40; IC 95% = 0,22-0,75). Estes resultados mostram semelhanças aos observados em países desenvolvidos. Além disso, alertam para a necessidade de maior atenção por profissionais de saúde para com os subgrupos de uso evidenciados. Resumo em inglês INTRODUCTION: The objective was to determine the prevalence and the factors associated with nonsteroidal anti-inflammatory drugs (NSAID) used by patients submitted to upper endoscopy at Hospital das Clínicas/UFMG, Belo Horizonte, MG. METHODS: Cross-sectional study of a 533 patients, aged 17 or older, whose endoscopies had been previously scheduled at the Endoscopy Section of Hospital das Clinicas, of the Federal University of Minas Gerais. Data were collected in intervie (mais) ws. Study variables were divided into four groups: social and economic, life habits, morbidity, and drug use. Data were submitted to bivariate and multivariate statistical analyses. RESULTS AND CONCLUSIONS: A percentage of 34.1% of the interviewed sample reported the use of NSAID drugs in the period of one month before the endoscopy. The most frequently used NSAID were acetylsalicylic acid and diclofenac. The factors associated with NSAID use were: female gender (OR = 2.07; CI 95% = 1.28-3.34), monthly income > 3 minimum-wages (OR = 3.20; CI 95% = 1.74-5.90), alcohol use (OR = 2.43; CI 95% = 1.39-4.24), gastric symptoms (OR = 1.82; CI 95% = 1.18-2.80), regular use of 4 or more drugs (OR = 4.33; CI 95% = 2.49-7.54) and previous history of peptic ulcer and/or digestive hemorrhage (OR = 0.40; CI 95% = 0.22-0.75). These results are similar to others from developed countries. Moreover, they point towards to the need of greater care by health professionals for the subgroups identified in this study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Prevalência e fatores associados ao uso de antiinflamatórios não-esteróides por pacientes submetidos a endoscopia digestiva alta, Belo Horizonte, Minas Gerais, 2000/ Prevalence of and factors associated with nonsteroidal anti-inflammatory drug use by patients submitted to upper endoscopy, Belo Horizonte, Minas Gerais, 2000

Ribeiro, Andréia Queiroz; Sevalho, Gil; César, Cibele Comini
2005-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Determinar a prevalência e os fatores associados ao uso de AINE por pacientes submetidos a endoscopia digestiva alta no Hospital das Clínicas da UFMG. MÉTODOS: Estudo transversal de uma amostra de 533 pacientes com idade igual ou superior a 17 anos, com endoscopia previamente marcada na Seção de Endoscopia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. Os dados foram coletados por meio de entrevistas. Foram considerados quatro grupos de (mais) variáveis exploratórias: sociodemográficas, relacionadas aos hábitos de vida, relacionadas à história de morbidades e relacionadas ao uso de medicamentos. Os dados foram submetidos às análises estatísticas bivariada e multivariada. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Entre os entrevistados, 34,1% relataram algum uso de AINE no período de 1 mês anterior à realização da endoscopia. Os AINE mais utilizados foram o ácido acetilsalicílico e o diclofenaco. Os fatores associados ao uso de AINE foram: sexo feminino (OR = 2,07; IC 95% = 1,28-3,34), renda igual ou superior a 3 salários mínimos (OR = 3,20; IC 95% = 1,74-5,90), uso de álcool (OR = 2,43; IC 95% = 1,39-4,24), presença de sintomas gastrintestinais (OR = 1,82; IC 95% = 1,18-2,80), uso regular de 4 ou mais medicamentos (OR = 4,33; IC 95% = 2,49-7,54) e história prévia de úlcera e/ou hemorragia digestiva (OR = 0,40; IC 95% = 0,22-0,75). Estes resultados mostram semelhanças aos observados em países desenvolvidos. Além disso, alertam para a necessidade de maior atenção por profissionais de saúde para com os subgrupos de uso evidenciados. Resumo em inglês INTRODUCTION: The objective was to determine the prevalence and the factors associated with nonsteroidal anti-inflammatory drugs (NSAID) used by patients submitted to upper endoscopy at Hospital das Clínicas/UFMG, Belo Horizonte, MG. METHODS: Cross-sectional study of a 533 patients, aged 17 or older, whose endoscopies had been previously scheduled at the Endoscopy Section of Hospital das Clinicas, of the Federal University of Minas Gerais. Data were collected in intervie (mais) ws. Study variables were divided into four groups: social and economic, life habits, morbidity, and drug use. Data were submitted to bivariate and multivariate statistical analyses. RESULTS AND CONCLUSIONS: A percentage of 34.1% of the interviewed sample reported the use of NSAID drugs in the period of one month before the endoscopy. The most frequently used NSAID were acetylsalicylic acid and diclofenac. The factors associated with NSAID use were: female gender (OR = 2.07; CI 95% = 1.28-3.34), monthly income > 3 minimum-wages (OR = 3.20; CI 95% = 1.74-5.90), alcohol use (OR = 2.43; CI 95% = 1.39-4.24), gastric symptoms (OR = 1.82; CI 95% = 1.18-2.80), regular use of 4 or more drugs (OR = 4.33; CI 95% = 2.49-7.54) and previous history of peptic ulcer and/or digestive hemorrhage (OR = 0.40; CI 95% = 0.22-0.75). These results are similar to others from developed countries. Moreover, they point towards to the need of greater care by health professionals for the subgroups identified in this study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Papel da esofagogastroplastia (Thal-Hatafuku) e da gastrectomia parcial com anastomose gastrojejunal em Y (Holt -Large) na prevenção do refluxo gastroesofágico. estudo experimental em cães/ Role of the esofagogastroplasty (Thal-Hatafuku) and of the partial gastrectomy and gastrojejunoanastomosis with excluded loop on Y (Holt & Large) in the gastroesophageal reflux prevention

Castilho Netto, Joaquim Mendes; Bromberg, Sansom Henrique; Zanoto, Arnaldo; Goffi, Fábio Schmidt
2000-03-01

Resumo em português O intento do presente estudo foi avaliar em cães os efeitos de dois tipos de procedimentos na prevenção do refluxo gastroesofágico. Foram utilizados 30 animais, divididos em grupos de 10. No Grupo I (controle) foi realizada a esofagogastrostomia à Gröndhal; no Grupo II praticou-se a esofagogastroplastia à Thal-Hatafuku; no III, a esofagogastrostomia foi associada à gastrectomia dois terços e anastomose gastrojejunal em Y. Foram analisados os seguintes parâmetros (mais) : peso, endoscopia, exame radiológico e estudo morfológico do esôfago. Para estimular a secreção ácida do estômago foi aplicada diariamente injeção de histamina em cera de abelha. Os resultados foram obtidos em três fases: pré-operatório, entre o 30°.e o 40o.pós-operatório e após aplicação de histamina. No Grupo I, houve queda de peso significante entre as duas primeiras fases, que se acentuou na terceira; no Grupo II, a alteração de peso não foi significativa nas três fases; no III, a queda de peso significante foi verificada entre a 1a e a 2a fase, não havendo registro na fase seguinte devido a morte precoce dos animais com a aplicação da droga. À endoscopia, verificou-se intensidade da esofagite significativamente maior nos animais do Grupo I do que nos do II, após estímulo histamínico. Nos cães do Grupo III, não foi possível obter-se este dado pelo mesmo motivo relatado na análise do parâmetro anterior. O estudo radiológico demonstrou que nos cães do Grupo I o refluxo foi franco em 70% dos cães e, moderado em 30%. No Grupo II ,o refluxo foi ausente na maioria dos cães mas, moderado em 30%. No III, o conteúdo gástrico de bário refluiu em todos os animais e de modo significante na maioria deles (70%). Os dados macro e microscópicos não mostraram diferença significativa entre os três grupos, contudo o Grupo II foi o menos acometido. Os resultados do experimento evidenciaram que a esofagogastrostomia, como se esperava, produz intenso refluxo gastroesofágico; a esofagocardioplastia mostrou ter importante eficácia anti-refluxo e menor morbidade; a cirurgia realizada no grupo III teve morbidade elevada e mortalidade precoce com o estímulo histamínico. Acredita-se que a esofagogastroplastia tenha lugar reservado entre os procedimentos destinados ao tratamento de casos selecionados de acalásia e de estenose péptica do esôfago. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate in dogs the effects of two kinds of procedures in the gastroesophageal reflux prevention. Thirty animals divided in three randomized groups of ten were analysed as follow: group I (control) - esophagastrostomy side-to-side ; group II - esophagogastroplasty; group III -esophagogastrostomy side-to-side, partial gastrectomy and gastrojejunoanastomosis with excluded loop on y, The following parameters were used: body weight, endoscopy, ra (mais) diological study and macro and microscopy data of the inner surface of the esophagus. The animals received daily histamine-in-beeswax parenterally for the posoperative stimulation of the gastric acid output until death or sacrifice. The research was carried out in three phases: préoperative phase, between the 35° and the 40° postoperative day and after histamine application. Group I showed sgnificant weight loss between the 1st and 2nd phase, which was intense on the 3rd phase. Group II showed no significative weight changes in any phase. Group III revealed significant weight changes even without histaminic stimulus. Endoscopy brought out significant more intensive esophagitis in group I than in II, after histaminic stimulus. In III, it was not possible to obtain these results, because of the precocious death of the animals. Fluoroscopic examination showed that 70% of the animals from group I, exhibited significative reflux, while in 30% this complication was not present. In group II, the reflux ocurred in few dogs and was not seen in 70% of the dogs.. Group III, revealed reflux in all animals and of significant manner in 70% of then. The macro and microscopic data did not show a significant difference among the groups, however the group II was the least committed. The results of this experiment demonstrated that the esophagogastrostomy side-to-side as expected produce intense esophageal reflux, the esophagogastroplasty showed minor morbidity and efficacy to impede the action of esophageal reflux and the surgery performed in group III, exhibited raised morbidity and early mortality after histamine stimulus. It is believed that the esophagogastroplasty takes reserved place in the procedures suggested to the treatment of achalasia and of peptique stenosis of the esophagus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Lesão aguda esôfago - gástrica causada por agente químico/ Chemically induced esophagogastric acute injury

Corsi, P. R.; Hoyos, M. B. L.; Rasslan, S.; Viana, A. de T.; Gagliardi, D.
2000-06-01

Resumo em português O tratamento da ingestão de agentes químicos corrosivos continua controverso. A incidência desses episódios tem aumentado nas últimas décadas por várias razões. OBJETIVO: Analisar a ocorrência, as complicações e os resultados do tratamento da lesão esôfago - gástrica causada por agentes químicos. MÉTODOS: Foram estudados retrospectivamente 21 pacientes adultos com lesão esôfago-gástrica, causada por ingestão de substância química, admitidos até 23 d (mais) ias após o episódio, no Serviço de Emergência da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo num período de 12 anos. A média de idade foi 32,1 anos e 11 doentes pertenciam ao sexo feminino, as quais mais freqüentemente tinham intenções suicidas. A soda cáustica foi o produto mais ingerido (76,2%), ingestão de ácido muriático ocorreu em três casos (14,3%), amoníaco e ácido sulfúrico em um caso (4,8%) cada. RESULTADOS: As lesões faríngeas e laríngeas estiveram freqüentemente associadas às lesões de esôfago, presentes em 18 casos (85,7%). As lesões esofágicas, gástricas e duodenais foram avaliadas e classificadas por endoscopia. Lesões graves esofágicas ou gástricas estiveram presentes em cinco casos cada. CONCLUSÃO: O tratamento e os resultados foram variados, mas sugeriram que a sondagem esofágica foi prejudicial. A mortalidade global foi 28,6%, mais elevada na lesão esofágica grau 3. Resumo em inglês Treatment of chemical agent ingestion remain controversial. The incidence of these episodes has increased over the several last decades due to a variety reasons. PURPOSE: To analise the occurance, complications and results of the treatment of chemically induced esophagogastric injury. METHODS: Twenty-one adult patients with chemically induced esophagogastric injury were retrospectively studied. The patients were admitted up to 23 days after ingestion of a chemical agent t (mais) o the Emergency Department of Santa Casa of Sao Paulo University Hospital from August, in a 12-year period. The mean age was 32,1 years. Eleven patients were of the female gender, which attempted suicide. Soda was the most ingested agent (76,2%), muriatic acid was present in three cases (14,3%) followed by one case of sulfur acid and another one of ammonia (4,8% each). RESULTS: Injuries of the Larynx and Pharynx were frequently associated with those of the esophagus, accounting for 18 cases (85,7%). Esophageal, gastric and duodenal injuries were assessed and classified according to endoscopic features. Five cases each of severe esophageal or gastric lesions were present. CONCLUSION: Teatment and outcome varied and suggested placement of esophageal tube to be harmful. Global mortality rate was 28,6% with the highest rate related to esophageal injuries of the third degree.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Hemorragia digestiva alta associada ao consumo de ácido acetilsalicílico e de anti-inflamatórios não-esteróides em Portugal Resultados do estudo PARAINES/ Upper gastrointestinal bleeding associated with acetylsalicylic acid and non-steroidal antiinflammatory drugs in Portugal Results from PARAINES study

Couto, Gilberto; Macedo, Guilherme; Ribeiro, Filipe
2010-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O ácido acetilsalicílico (AAS) e os anti-inflamatórios não esteróides (AINE) são dos fármacos mais prescritos em todo o mundo e associam-se a um elevado risco de hemorragia digestiva alta por úlcera péptica e morte. MATERIAL E MÉTODOS: O estudo PARAINES, retrospectivo e multicêntrico, avaliou a expressão e consequências da hemorragia digestiva alta associada ao consumo de AAS/AINE, e sua abordagem, no nosso país (9 centros, população de refer (mais) ência: 2,5 milhões), durante o ano de 2006. RESULTADOS: Ocorreram 291 admissões relativas a 280 doentes (incidência estimada: 145,5/100 000 consumidores de AAS/AINE/ano). Dois terços dos doentes eram do sexo masculino; 68,7% tinha mais de 65 anos e 24,1% tinha história prévia de úlcera péptica. O fármaco mais consumido foi o AAS (em baixa dose). Quinze por cento dos doentes de risco dizia fazer protecção gástrica com inibidores da bomba de protões. Fez-se o diagnóstico de úlcera péptica em 237 casos; 51% tinham estigmas endoscópicos de alto risco e foram tratados com terapêutica injectável dupla (77,2%) e inibidores da bomba de protões IV (33% altas doses, perfusão contínua). Faleceram 10 doentes no hospital (3,6%; incidência estimada: 5/100 000 consumidores de AAS/AINE/ano). CONCLUSÕES: As incidências de internamento e de mortalidade por hemorragia digestiva alta associada ao consumo de AAS/AINE em Portugal são inferiores às relatadas noutras séries; são poucos os doentes de risco que fazem protecção gástrica; e existe algum espaço para optimizar a terapêutica da hemorragia digestiva alta por úlcera péptica de acordo com a evidência e recomendações actuais. Resumo em inglês INTRODUCTION: Acetylsalicylic acid (ASA) and non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) are amongst the most prescribed drugs in the world and may lead to peptic ulcer related bleeding and death. PATIENTS AND METHODS: PARAINES study was a multicentre and retrospective study whose objective was to characterize the magnitude and management of ASA/NSAIDs related upper gastrointestinal bleeding in Portugal (9 centres; referral population 2.5 million) in 2006. RESULTS: We (mais) report 291 hospitalizations for 280 patients (estimated incidence 145.5/100000 ASA/NSAIDs consumers/year). Two thirds were male; 68.7% were older than 65 years and 24.1% had a previous history of peptic ulcer. Low-dose ASA was the most prescribed drug. Fifteen per cent of the patients with gastrointestinal risk were taking a proton pump inhibitor for gastric protection. 237 peptic ulcers were diagnosed, 51% with endoscopic high-risk stigmata, usually treated with dual injection therapy (77.2%) and IV proton pump inhibitors (33% high dose continuous infusion). Ten patients died during hospitalization (3.6%; estimated incidence 5/100000 ASA/NSAIDs consumers/year). CONCLUSIONS: Hospitalization and in-hospital mortality incidence of ASA/NSAIDs related upper gastrointestinal bleeding in Portugal were lower than expected; only a few patients with associated risk factors are actually on proton pump inhibitors prophylaxis; peptic ulcer bleeding treatment may be further optimized.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Experiência inicial no tratamento endoscópico de fístulas gastrocutâneas pós-gastroplastia vertical redutora através da aplicação de matriz acelular fibrogênica/ Endoscopic placement of a "plug" made of acellular biomaterial: a new technique for the repair of gastric leak after Roux-en-Y gastric bypass

Maluf-Filho, Fauze; Lima, Marcelo Simas de; Hondo, Fabio; Giordano-Nappi, José Humberto; Garrido, Teresa; Sakai, Paulo
2008-09-01

Resumo em português RACIONAL: A gastroplastia redutora à Capella, que combina técnicas restritiva e disabsortiva, é o procedimento bariátrico mais realizado no Brasil. Uma das complicações mais temidas desta operação é a fístula gastrocutânea que ocorre na linha de grampeamento vertical da neocâmara. O tratamento inicial consiste em drenagem adequada, suporte nutricional, bloqueio da produção de ácido e antibioticoterapia. Em 20% a 30% dos casos, a fístula tomará curso crôn (mais) ico. Nestes casos, vários tratamentos endoscópicos têm sido sugeridos. OBJETIVO: Descrever a técnica e os resultados do tratamento endoscópico das fístulas gastrocutâneas decorrentes de operações bariátricas através da aplicação de matriz acelular fibrogênica. MÉTODOS: Nesta série de casos, descrevem-se 25 pacientes com esta complicação tratados de maneira pioneira através da aplicação endoscópica de matriz acelular fibrogênica. O tempo entre o diagnóstico da fístula e a primeira sessão do tratamento endoscópico variou de 4 a 25 semanas, mediana: 7 semanas). RESULTADOS: Dos 25 pacientes, 20 (80%) tiveram a fístula fechada pelo método. Seis deles com uma única sessão (30,0%), 11 necessitaram de duas aplicações (55,0%) e 3 pacientes, de uma terceira sessão (15,0%) para a obliteração do trajeto fistuloso. Não houve complicações relacionadas ao procedimento. CONCLUSÃO: O uso de matriz fibrogênica para o tratamento endoscópico da fístula gástrica após operação de Capella é método seguro e eficaz, sendo sua principal limitação o número de sessões necessárias. Resumo em inglês BACKGROUND: Roux-en-Y gastric bypass is one of the most commonly performed bariatric surgeries in Brazil. Gastric leaks are relatively uncommon and potentially dangerous complications. The initial management of gastric leaks consists in adequate drainage, nutritional support, antibiotics and acid suppression. In almost 30% of the cases the fistula will become chronic. AIM: A novel peroral endoscopic treatment of gastric leaks in Roux-en-Y gastric bypassed patients is pres (mais) ented. METHODS: An acellular biomaterial was endocopically placed in the fistulous orifice in order to promote healing and avoid surgery in 25 patients. The time between fistula diagnosis and endoscopic treatment varied from 4 to 25 weeks (median: 7 weeks). RESULTS: Endoscopic treatment was successful in 20 (80%) patients. Fistula closure was obtained after one, two and three sessions in 6 (30%), 11 (55%) and 3 (15%) patients, respectively. No procedure related complications were observed. CONCLUSION: Endoscopic repair of gastric leak after Roux-en-Y gastric bypass by using an acellular biomaterial is safe and effective. However two or three endoscopic sessions are usually needed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Estudo da concentração salivar do fator de crescimento epidérmico em indivíduos com laringite crônica por refluxo laringofaríngeo/ Salivary EGF concentration in adults with chronic laryngitis caused by laryngopharyngeal reflux

Eckley, Claudia A.; Costa, Henrique O.
2003-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE), chegando até a faringe e laringe, pode cursar com intensa inflamação local e rica sintomatologia (Refluxo Laringofaríngeo RLF). Os estudos atuais não foram capazes de provar que o ácido refluído é o causador das alterações visualizadas na laringite crônica. O Fator de Crescimento Epidérmico (EGF) é um polipeptídeo produzido pelas glândulas salivares, sendo implicado na indução do crescimento epit (mais) elial, na inibição da secreção gástrica e na aceleração da cicatrização. Deficiência salivar deste fator foi encontrada na esofagite de refluxo, mas não há relatos sobre a concentração salivar de EGF em indivíduos com RLF. OBJETIVO: Determinar a concentração salivar do EGF em indivíduos com RLF. FORMA DE ESTUDO: Caso controle. CASUÍSTICA E MÉTODO: A concentração salivar de EGF de 39 indivíduos com RLF e 20 controles normais foi estudada pela técnica de ELISA. O RLF foi diagnosticado por história e exame videolaringoscópico característicos. Os 39 pacientes com RLF foram estratificados de acordo com os achados de endoscopia digestiva (com ou sem esofagite associada) e de acordo com a intensidade da laringite crônica. Foram, também, submetidos a manometria esofágica e pH-metria esofágica de 24 horas com dois canais. RESULTADOS: Constatou-se uma concentração de EGF significativamente menor nos indivíduos com RLF quando comparados aos controles normais (p=0,002). Não houve diferença estatisticamente significante na concentração salivar de EGF entre os indivíduos com RLF, nem em relação à presença de esofagite, nem quanto à intensidade da laringite. CONCLUSÕES: Este estudo sugere que uma deficiência na concentração salivar do Fator de Crescimento Epidérmico pode estar associada à patogenia da DRGE, e que este polipeptídeo poderia ser um co-fator na gênese do RLF. Resumo em inglês INTRODUCTION: Gastroesophageal Reflux Disease (GERD) may cause intense inflammation and symptoms in the larynx and pharynx (Laryngopharyngeal Reflux LPR). Studies have not been able to establish a direct link between the refluxed acid and the typical laryngeal findings in LPR. The Epidermal Growth Factor (EGF) is a polypeptide produced by the salivary glands and shown to induce epithelial development, inhibit gastric acid secretion and accelerate wound healing. This facto (mais) r is decreased in the saliva of patients with reflux esophagitis, but there are no reports of its behavior in LPR. AIM: The objective of this study was to determine the salivary concentration of EGF in adults with LPR compared to normal controls. STUDY DESIGN: Control study. MATERIAL AND METHOD: The salivary EGF concentration of 39 patients with LPR and 20 healthy controls was determined using a commercially available ELISA kit. LPR was diagnosed based on history and typical laryngopharyngeal signs. The 39 patients with LPR were graded according to endoscopic (presence of associated esophagitis) and laryngoscopic criteria (severity of laryngitis). Patients with LPR were also submitted to esophageal manometry and 24-hour double probe pH-metry. RESULTS: Salivary EGF concentration was significantly lower in the LPR group when compared to controls (p= 0,002). No correlation between the severity of laryngeal findings or presence/absence of esophagitis and salivary EGF concentration could be determined. CONCLUSIONS: This study suggests that a decreased salivary concentration of Epidermal Growth Factor could be associated to the pathogenesis of GERD and that this same deficiency could also be related to LPR.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Estudo anatômico dos gânglios celíaco, celiacomesentérico e mesentérico cranial e de suas conexões no gato doméstico (Felix domestica, Linnaeus, 1758)/ Anatomic study of the celiac, celiac mesenteric and cranial mesenteric ganglia and its connections in the domestic cat (Felix domestica, Linnaeus, 1758)

RIBEIRO, Antonio Augusto Coppi Maciel; SOUZA, Romeu Rodrigues de; BARBOSA, José; FERNANDES FILHO, Antonio
2000-01-01

Resumo em português O gânglio celíaco é um dos principais responsáveis pela inervação do estômago, intestinos, fígado, pâncreas e ainda contribui para a inervação do baço, sendo desta forma essencial ao controle da motilidade gastrointestinal. O conhecimento do suprimento nervoso endereçado a estes órgãos é fundamental na clínica médica e cirúrgica no tocante às atonias digestivas, gastroenterites hemorrágicas, torções gástricas e invaginações intestinais. Neste tra (mais) balho, estudou-se a anatomia macro e microscópica dos gânglios celíaco, celiacomesentérico e mesentérico cranial. Foram utilizados trinta gatos domésticos, adultos, 10 machos e 20 fêmeas. A aorta torácica desses gatos foi injetada com solução de Neoprene látex 650 corada, sendo os animais congelados por no mínimo 48 horas. A fixação foi feita posteriormente com solução aquosa de formol a 10%. Nos estudos microscópicos, utilizaram-se as seguintes colorações: hematoxilina-eosina, tricrômico de Masson, reticulina e hematoxilina ácida fosfotúngstica. O gânglio celíaco ocorreu 7 vezes, sendo 4 direitos e 3 esquerdos, predominando a forma elíptica (23,3%) e a situação periarterial. Os gânglios celiacomesentéricos foram contados em número de 24, sendo 11 independentes; 2 apresentando as porções direita e esquerda e 11 gânglios celiacomesentéricos direitos com uma porção mesentérica cranial esquerda, tendo formato semilunar assimétrico. Esses achados sugerem o predomínio da fusão do gânglio celíaco ao mesentérico cranial, constituindo assim o gânglio celiacomesentérico. Este é formado por neurônios imersos em abundante matriz conjuntiva fibrosa, envoltos por uma cápsula contendo fibras elásticas, colágenas e reticulares, apresentando uma continuidade nos pontos de fusão ganglionar. Resumo em inglês The celiac ganglion plays a major role in the innervation of the stomach, intestines, liver and pancreas and also contributes to the innervation of the spleen and is therefore essential for the control of gastrointestinal motility. Clinicians and surgeons should be familiar with the nervous supply to these organs, specially in regard to digestive atonies, hemorrhagic gastroenteritis, gastric torsion and intestinal invaginations. We studied the gross and microscopic anatom (mais) y of the celiac, celiacmesenteric and cranial mesenteric ganglia. We carried out 30 adults domestic cats, 10 males and 20 females. Red neoprene latex was injected into the thoracic aorta. Following this procedure, the animals were frozen for at least 48 hours. After unfreezing, fixation was concluded in 10% aqueous formaldehyde solution. Light microscopic studies were conducted using hematoxylin-eosin, Masson’s stain, the reticulin method and acid hematoxylin fosfotungstic. Located in periarterial position we observed 7 celiac ganglions, 4 to the right and 3 to the left. Most of them (23.3%) were elliptic. We also observed 24 celiac mesenteric ganglions. In two cases, the celiac mesenteric ganglion was composed of two portions: a right and a left portion, which join caudally to the cranial mesenteric artery. In 11 samples we noticed a right celiac mesenteric ganglion with a left cranial mesenteric portion surrounded the left face of the cranial mesenteric artery, thus contributing to its asymmetric semilunar form. These findings suggest that the fusion of the celiac and the mesenteric ganglions prevails. The result of this fusion is the celiac mesenteric ganglion that was formed of the neurons immersed in an abundant connective tissue matrix and are involved by a capsule which contains elastic, collagens and reticular fibers and continues at the ganglion’s fusion sites.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Deficiência de ferro no paciente submetido à ressecção gástrica ou intestinal: prevalência, causas, repercussões clínicas, abordagem diagnóstica e prevenção/ Iron deficiency anemia in patients submitted to gastric or small intestine resection: prevalence, cause, clinical outcome, diagnostic workup and prevention

Traina, Fabíola
2010-06-01

Resumo em português Anemia ferropriva é frequente em pacientes submetidos à ressecção gástrica, para o tratamento de úlcera péptica ou câncer gástrico, e à cirurgia bariátrica, para o tratamento de obesidade. As cirurgias bariátricas podem ter como consequência a restrição do estômago, sem necessariamente ressecção gástrica, ou ressecção gástrica associada ou não a ressecção intestinal. As causas da deficiência de ferro nestes pacientes são multifatoriais e incluem (mais) : (1) baixa ingestão de ferro oral por intolerância a alimentos ricos em ferro; (2) redução da acidez gástrica pela perda de células parietais, dificultando a conversão do ferro férrico para a forma ferrosa; (3) exclusão do duodeno com consequente exclusão do principal sítio de absorção do ferro e restrição da ação das enzimas pancreáticas na liberação do ferro ligado ao heme. A investigação e a reposição de ferro de forma eficaz e precoce pode evitar essa complicação. Pacientes refratários ao ferro oral podem necessitar de reposição de ferro parenteral e todos os pacientes requerem acompanhamento periódico com hemograma e estoques de ferro por toda a vida. Resumo em inglês Iron deficiency anemia is associated with gastrectomy used in the treatment of peptic ulcers and gastric cancer, and also in bariatric surgery for the treatment of obesity. Bariatric surgery involves restrictive and bypass procedures, gastrectomy and small intestine resection. There are several reasons why iron deficiency occurs in these patients including: (1) diminished iron intake due to meat intolerance (2) diminished gastric acid secretion due to loss of parietal cel (mais) ls which impairs the solubilization of ferric iron to form ferrous iron and (3) exclusion of the duodenum with consequent elimination of the main site of iron absorption and restriction in the action of pancreatic enzymes to release iron bound to the heme. Early clinical evaluation and use of iron supplements may be effective to prevent iron deficiency anemia in this population. Patients who remain refractory to oral supplementation may require parenteral iron administration. All patients require periodical and lifelong follow-up of hematological and iron parameters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Avaliação da interferência in vitro do extrato seco de berinjela (Solanum melongena L.) em testes laboratoriais/ Evaluation of the in vitro interference from dry eggplant extract (Solanum Melongena L.) on laboratory tests

Brietzig, E. G.; Falkenberg, M. B.; Freitas, S. F. T.
2005-12-01

Resumo em português Cápsulas com berinjela têm sido usadas para reduzir colesterol. Estudos em animais apontaram significativa redução do colesterol total ou do LDL-colesterol, contudo em humanos os resultados não são conclusivos. Dada a presença na berinjela de antocianinas, de comprovada atividade antioxidante, seria possível que estes interferirem em determinações laboratoriais. Avaliou-se a interferência in vitro nas determinações de glicose, colesterol, triglicerídeos e á (mais) cido úrico. Os testes foram realizados com extrato seco de berinjela comercial, adicionado a soro calibrador comercial, em concentrações supraterapêuticas, e depois em concentrações terapêuticas para os analitos que apresentaram interferência significativa na concentração supraterapêutica. Como controles utilizou-se soro puro e adicionado de amido, quercetina ou solvente. No soro com extrato não tratado foram detectadas interferências significativas nas determinações de glicose, triglicerídeos e AST em concentrações supraterapêuticas e para glicose em concentrações terapêuticas. Noutra etapa, testes foram feitos com o conteúdo das cápsulas após simulação de digestão gástrica, também nas duas concentrações. Na concentração supraterapêutica, detectou-se interferência em todos os analitos e na terapêutica apenas para glicose. Alguns controles apresentaram interferências não esperadas. Os resultados sugerem um potencial de interferência analítica para o extrato de comercial de berinjela, sendo necessários estudos adicionais com outras preparações para uma conclusão definitiva. Resumo em inglês Eggplant capsules have been used by the population to reduce cholesterol. Studies with animals indicated significant reduction in total cholesterol or LDL cholesterol; however in humans the results are not conclusive. Due to the presence of anthocyanins with confirmed antioxidant activity in the eggplant, interference might be possible in the laboratory tests. In vitro interference has been analysed on glucose, cholesterol, triglycerids and uric acid determinations. The t (mais) ests have been performed with commercial dry eggplant extract, added to the commercial calibrator serum in supratherapeutic concentrations and after that, in therapeutic concentrations for the analytes that presented significant interference in its supratherapeutic concentration. As a control, pure serum was used, and then starch, quercetin or solven were added. In the serum with non treated extract, significant interferences have been detected on glucose, triglycerids and AST determinations in supratherapeutic concentrations and in therapeutic concentrations on glucose. In another stage, were performed with the capsules content after a gastric digestion simulation, also in both concentrations. In the supratherapeutic concentration, interference in all analytes was detected, and in the therapeutic concentration, only on glucose. Some controls showed unexpected interferences. The results suggest an analytic interference potential for the eggplant commercial extract needing additional studies with other preparations for a definitive conclusion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Avaliação da eficácia, segurança e tolerabilidade de rabeprazol no tratamento de doenças ácido-pépticas/ Efficacy, safety and tolerability of rabeprazole in treatment of acid-peptic diseases

FREITAS, José Alves de; LIMA, Lúcia Maria Praciano; RANIERI, José Luiz; OLIVIERI Jr., Cláudio; FRAGOSO, Hélio José; CHINZON, Décio
2002-03-01

Resumo em português Racional - Rabeprazol sódico é um derivado benzimidazólico com potente ação inibidora da bomba de prótons. Aprovado na maioria dos países do mundo, inclusive no Brasil, a substância tem se mostrado muito eficaz para o tratamento das doenças ácido-pépticas, especialmente a doença por refluxo gastroesofágico. Objetivos - Avaliar a eficácia e tolerabilidade de rabeprazol em pacientes com esofagite por refluxo e/ou úlcera péptica gástrica e/ou duodenal na pr� (mais) �tica clínica, bem como avaliar o tempo necessário para a obtenção de alívio dos sintomas. Pacientes/Métodos - Foram avaliados 171 pacientes que procuraram consulta com gastroenterologista e que tiveram como diagnóstico a doença por refluxo ou úlcera péptica. Todos os pacientes eram ambulatoriais, de ambos os sexos, com idade superior a 18 anos. O diagnóstico, assim como o controle pós-tratamento foi obtido através do exame endoscópico. Todos os pacientes receberam 20 mg de rabeprazol ao dia por 4 a 8 semanas, dependendo do diagnóstico e a critério do médico. Os pacientes receberam um diário para registro do início do alívio dos sintomas. Os dados obtidos no inicio e ao final do tratamento foram analisados através do teste não-paramétrico de Wilcoxon para amostras pareadas. Resultados - Dos 171 pacientes iniciais 162 completaram o estudo. Destes, 78 (48,1%) tiveram como diagnóstico a doença por refluxo. Onze (6,8%) apresentaram associação desta com úlcera duodenal e 7 (4,3%) associado à úlcera gástrica. Em 39 (24,1%) o diagnóstico foi de úlcera duodenal. A úlcera gástrica isoladamente estava presente em 24 (14,8%) e associada à úlcera duodenal em 3 (1,9%) casos. O tratamento foi de 4 semanas em 94,2% dos pacientes. Apenas 7 necessitaram 6 semanas e 3 foram tratados por 8 semanas. Mais da metade dos pacientes obtiveram alívio dos sintomas após o 1 dia de tratamento e após 7 dias, 89,5% estavam totalmente assintomáticos. O índice de cicatrização das lesões foi de 88,3% dos casos. Vinte e sete pacientes (15,2%) relataram eventos adversos leves que não necessariamente estavam relacionados à medicação, sendo os mais freqüentes: diarréia, cefaléia e tonturas. Conclusões - O rabeprazol mostrou-se altamente eficaz para o alívio dos sintomas de pacientes com doenças ácido-pépticas. Da mesma forma, a droga proporcionou altos índices de cicatrização das lesões. O medicamento mostrou ser seguro, com efeitos colaterais transitórios e sem maiores conseqüências para os pacientes. Resumo em inglês Background - Rabeprazole, a substituted benzimidazole, represents a new generation of proton pump inhibitors that has recently been approved by the FDA and European Union for treatment of acid-related diseases. Objectives - To assess the efficacy and tolerability of rabeprazole 20 mg in actual conditions of use in everyday clinical practice on subjects with diagnosis of erosive gastroesophageal reflux disease and/or gastric and/or duodenal ulcer. Patients/Methods - A tota (mais) l of 171 outpatients (55% men, 45% women) with a mean age of 42.5 years were enrolled in this trial. The majority of subjects (81.0%) were Caucasians. Patients with endoscopically confirmed erosive/ulcerative gastroesophageal reflux disease (Savary-Miller classification), duodenal ulcer and/or benign gastric ulcer were eligible to receive rabeprazole 20 mg once daily for 4 to 8 weeks, depending on the diagnosis and at investigators' discretion. Patients were requested to record their symptoms in a diary card in a daily basis. Results - One hundred and sixty two patients completed the study in accordance with the protocol. Reflux esophagitis was diagnosed in 78 (48.1%) patients, duodenal ulcer in 39 (24.1%) and gastric ulcer in 24 (14.8%). Eleven (6.8%) patients presented reflux esophagitis associated with duodenal ulcer and 7 (4.3%) associated with gastric ulcer. Finally, 3 (1.9%) presented both gastric and duodenal ulcer. Fifty-three percentage of patients were free of symptoms on the first day of treatment and 89.5% after a week. The healing rate was 84.4 % for patients with reflux esophagitis, 90.6% for duodenal ulcer and 90.9% for gastric ulcer. The adverse effects were minimal and transitory. Conclusions - Rabeprazole is highly effective and well tolerated in acute healing of reflux esophagitis and peptic ulcers. In adittion, it provides fast symptoms relief .

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Atividades antiúlcera e antioxidante do extrato de folhas de Syzygium jambos (L.) Alston (Myrtaceae)/ Antiulcerogenic and antioxidant activities of leaf extract of Syzygium jambos (L.) Alston (Myrtaceae)

Donatini, Raquel S.; Ishikawa, Tati; Barros, Silvia B. M.; Bacchi, Elfriede M.
2009-03-01

Resumo em português Syzygium jambos (L.) Alston, Myrtaceae, é empregado na medicina popular como digestivo e antiinflamatório. A triagem fitoquímica da droga pulverizada (folhas) indicou a presença de flavonóides, taninos e óleo volátil. O extrato hidroetanólico a 70% das folhas de S. jambos foi preparado por percolação e liofilizado. O conteúdo de taninos das folhas e do extrato foi calculado, respectivamente, em 21,9% e 43,3%. O teor de flavonóides foi de 0,6% (folhas) e 1,2% ( (mais) extrato). A administração oral prévia do extrato (400 mg/kg) a ratos Wistar reduziu significativamente as lesões gástricas induzidas por etanol acidificado. No modelo de úlcera subcrônica, com indução de lesão gástrica utilizando ácido acético a 30%, o tratamento com o extrato (400 mg/kg) não apresentou resultado significativo. A atividade antioxidante do extrato foi avaliada através dos modelos de lipoperoxidação e de medida de capacidade seqüestrante de radicais DPPH. Os valores obtidos de Q1/2 (MDA) e CE50 (DPPH) foram, respectivamente, 0,17 μg/mL e 5,68 μg/mL. Resumo em inglês Syzygium jambos (L.) Alston, Myrtaceae, is commonly employed in folk medicine as digestive and anti-inflammatory. Phytochemical screening of the powdered dried leaves indicates the presence of flavonoids, tannins and essential oil. Hydroethanol extracts (70%) were prepared by percolation and freeze-drying. The tannin content of dried leaves and extract was, respectively, 21.9% and 43.3%. The flavonoid content was 0.6% (dried leaves) and 1.2% (extract). Previous oral admin (mais) istration of S. jambos leaves extract (400 mg/kg) to rats reduced significantly gastric injury induced by HCl/ethanol. At the subcronic ulcer model by induction with 30% acetic acid the results were not significant. In vitro antioxidant activity of S. jambos extract was evaluated by malondialdehyde (MDA) and DPPH free radical method. The Q1/2 for MDA assay was 0.17 μg/mL and the EC50 for DPPH assay was 5.68 μg/mL.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Achados histológicos na parede posterior da laringe em pacientes com refluxo gastroesofageano (GERD)/ Histological findings in the posterior wall of larynx in patients with GERD

Gomes, Guilherme F.; M. Filho, Evaldo D.; Coelho, Júlio C. U.; Salvalaggio, Paolo R. O.; Sebastião, Ana Paula M.; Gums, Suzana Detoie
2001-11-01

Resumo em português Introdução: O mecanismo de manifestações otorrinolaringológicas da doença do refluxo gastroesofageano é provavelmente o resultado de refluxo faringogastroesofageano noturno intermitente. O contato da faringe e laringe com o suco gástrico resulta em inflamação e edema, mesmo com pouca ou mínima exposição ácida. Porém, estudos histológicos na parede posterior da laringe, em pacientes com exposição crônica ao suco gástrico, não têm sido realizados mas p (mais) odem representar importante informação diagnóstica. Este estudo tem como objetivo descrever biópsias de parede posterior de laringe em pacientes portadores de doença do refluxo gastroesofageano. Forma de estudo: Prospectivo não randomizado. Material e método: No período compreendido entre junho de 1998 a setembro de 1998, foram realizadas biópsias da parede posterior da laringe em sete pacientes portadores de doença do refluxo gastroesofageano (GERD), que apresentavam sintomas crônicos de faringe e laringe. Todos os pacientes realizaram investigação do refluxo gastroesofageano através da endoscopia digestiva alta, e também laringoscopias diretas na procura de lesões laringológicas sugestivas de etiologia relacionada à GERD,e foram classificados em grupo I e grupo II, respectivamente: grupo com laringoscopia normal e grupo com laringoscopia com lesão. Resultados: Os resultados mostraram que 42,85% dos pacientes estudados apresentavam epitélio escamoso como revestimento da parede posterior da laringe; 42,85% apresentaram áreas de metaplasia escamosa em permeio ao epitélio pseudoestratificado respiratório; e apenas 28,57% dos pacientes apresentaram epitélio respiratório. Além do mais, 71,4% dos pacientes apresentaram alterações histológicas decorrentes da GERD que são encontradas no esôfago. Conclusões: Os resultados deste estudo sugerem que o refluxo gastroesofageano pode estar relacionado com a mudança do epitélio da parede posterior da laringe, assim como estar também relacionado com alterações histológicas inflamatórias dessa região. Resumo em inglês Introduction: The mechanisms of the otolaryngologic manifestations of GERD are most likely the result of intermittent nocturnal gastroesophageal-pharyngeal reflux and contact or upper airway structures with refluxate. The contact of the gastric juice with the pharynx and larynx, result in edema and inflammation, even with minimal acid exposition. Although, histological findings in the posterior wall of the larynx in patients with GERD, may be a important diagnostic tool i (mais) n these patients. The aim of this study is to describe the results of the biopsies of the posteiror wall of the larynx in patients with GERD. Study design: Prospective no randomized. Material and method: We performed biopsies in the laryngeal posterior wall in seven patients complaints of cronical pharyngeal symptoms with gastroesophageal reflux disease (GERD). All the patients were investigated with digestive endoscopy and all had erosive esophagitis. Laryngoscopy were performed looking for lesions sugestive of GERD. Two groups were created: group I - normal laryngoscopy; and group II - laryngoscopy with posterior laryngitis. Results: The results showed that 42.85% of the patients presented with scamous epithelim in the laryngeal posterior wall, 42.85% presented areas of scamous metaplasia among the respiratory epithelium and 28.57% of the patients presented with respiratory epithelium. 71.4% of the patients presented with histologic alterations of the GERD that are found in the mucosal esophagus. Conclusions: The results ot this study suggest that the GERD can be related to the epithelium changes in the laryngeal posterior wall and inflamatory histologic alterations in this region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

A inter-relação das sialomucinas (antígenos Tn e Stn) com o adenocarcinoma no esôfago de Barrett/ Relationship of the sialomucins (Tn and Stn antigens) with adenocarcinoma in Barrett's esophagus

Faria Júnior, Plínio Conte de; Andreollo, Nelson Adami; Trevisan, Miriam Aparecida da Silva; Lopes, Luiz Roberto
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: O esôfago de Barrett (EB) é conseqüência do refluxo gastroesofágico crônico e considerado fator de risco para o desenvolvimento de adenocarcinoma. Estudos do muco, em especial das mucinas ácidas representadas pelas sialomucinas presentes nas células caliciformes, mostraram que na metaplasia do tipo intestinal, o epitélio do órgão pode expressar antígenos denominados Tn e Stn. Estes antígenos já foram analisados em tumores gástricos e colônicos, p (mais) orém não foram encontradas referências à sua utilização no EB. Este trabalho objetivou analisar estes antígenos em doentes com EB e em adenocarcinoma associado ao EB. MÉTODOS: Foram estudados, utilizando testes imunohistoquímicos, os antígenos Tn e Stn, nas biópsias endoscópicas de 29 doentes com EB, sete com adenocarcinoma no EB, além de oito indivíduos com epitélio esofágico normal. RESULTADOS: Nas células caliciformes, foi observada positividade para Stn em 100% dos casos e para Tn em 48% dos casos. Nas células colunares, o Stn foi sempre negativo, enquanto o Tn foi positivo em 100% dos casos. Entretanto, nos doentes com adenocarcinoma no EB, a positividade para ambos os antígenos foi de 100%. Nos indivíduos normais, houve positividade para o antígeno Tn e negatividade para Stn em todos os casos (100%). CONCLUSÃO: É provável que nos doentes com EB a positividade para o Tn, à semelhança do ocorrido quanto à positividade do mesmo antígeno nos portadores de adenocarcinoma, possa significar maior suscetibilidade para ocorrência futura de câncer. Assim, a pesquisa das sialomucinas poderá ser rotineiramente utilizada, contribuindo como fator prognóstico para desenvolvimento de adenocarcinoma no EB. Resumo em inglês OBJECIVE: Barrett's esophagus (BE) is a consequence of chronic gastroesophageal reflux and is considered a risk factor for adenocarcinoma. The study of the mucus, especially acid mucins, such as the sialomucins in the goblet cells which characterize BE, showed that in intestinal metaplasia, frequent in the digestive tract, the organ's original epithelium could express Tn and Stn antigens. These antigens have already been detected in gastric and colonic tumors, however ref (mais) erences in BE were not found. This research aimed to analyze these antigens in patients with BE and in adenocarcinoma associated with BE. METHODS: Utilizing immunohistochemistry tests, Tn and Stn antigens were studied in the endoscopic biopsies of 29 patients with BE and seven with adenocarcinoma in BE, as well as eight individuals with normal esophageal epithelium at upper digestive endoscopy.. RESULTS: The Stn antigen was positive in the goblet cells of patients with BE in 100% of the cases and the Tn was positive in 48%. In the columnar cells, Stn was always negative, while Tn was positive in 100% of the cases. However, in adenocarcinoma in BE, both antigens were 100% positive. In normal individuals, the Tn antigen was positive and the antigen Stn negative in all cases. CONCLUSION: It is probable that the BE group in which the Tn antigens in the goblet cells are positive, similarly to the same antigen in the adenocarcinoma group, might indicate a higher susceptibility for potential occurrence of cancer. In the future, trials with sialomucins could be used routinely, thereby contributing as a prognostic factor of adenocarcinoma in BE.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)