Sample records for french organizations
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

Crise do projeto de democratização da educação e da formação ou crise de um modelo de democratização? Algumas reflexões a partir do caso francês (1980-2010)/ Crisis of the education and training democratization project or crisis of a democratization project model? Some reflections based on the french case (1980-2010)/ Crise du projet de démocratisation de l'éducation et de la formation ou crise d'un modèle de démocratisation? Quelques réflexions à partir du cas français (1980-2010)

Derouet, Jean-Louis
2010-09-01

Resumo em português Este artigo retoma a análise das dificuldades que as tentativas de democratização da educação conduzidas pelas organizações internacionais, desde o fim da Segunda Guerra Mundial, vêm enfrentando. Trata-se de uma crise do próprio projeto político (a democratização seria uma utopia que não resiste à prova da realidade) ou de uma crise dos dispositivos sobre os quais a implementação do projeto (colégio único,¹ ampliação do tempo de estudo etc.) se apoiou (mais) ? Esta análise salienta uma recomposição paralela das formas da justiça e do Estado. As concepções de justiça diversificaram-se e a igualdade não passa de uma definição entre outras. Outras referências surgiram: a obrigação de resultados, o reconhecimento das diferenças, etc. A tese principal é a de que não há recuo do Estado perante o mercado, mas mudança de forma do Estado: a passagem de um Estado de bem-estar, que prometia chances iguais, a um Estado gerencial, garantia da obrigação de resultados. No seu fim, este artigo tenta ressaltar algumas pistas para uma retomada das políticas de partilha dos benefícios dentro do campo da educação. Resumo em inglês This paper takes up again the analysis of the difficulties faced by the attempts to democratize education led by international organizations since the end of the Second World War. Is it a crisis of the very political project (democratization would be a utopia that does not stand the test of reality) or a crisis of the apparatus (comprehensive schools [collège unique], lengthening of compulsory schooling, etc.) on which the project implementation was built? This analysis (mais) stresses a parallel recomposition of the forms of Justice and State. The conceptions of Justice have become diversified and equality is just a definition among others. Other references have emerged: obligation of results, acknowledgement of differences, etc.. The main argument is that the State did not back down before the market but changed its form. It passed from a welfare State promising equal chances to a managerial State warranting the obligation of results. The text concludes with some clues to resume benefit sharing policies in the field of education.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Mobilidade do trabalho e controle social: trabalho e organizações na era neoliberal/ Labor mobility and social control: work and organizations in neoliberal times/ Mobilité au travail et contrôle social: travail et organisations à l'ère néo-libérale

Gomes, Fábio Guedes
2009-02-01

Resumo em português Este trabalho realiza uma releitura dos capítulos históricos de O capital, de Karl Marx, na perspectiva de trabalhar com o conceito de "mobilidade do trabalho", tal como este é desenvolvido no livro que serve de base teórica ao artigo: "Movilidad del trabajo y acumulación de capital", do autor francês Jean-Paul De Gaudemar. Esta obra é muito pouco conhecida no Brasil, sobretudo na área da economia política, contudo, ela é importante pela capacidade em aprofundar (mais) a concepção daquele conceito e por colaborar para a construção de uma interpretação mais acurada das determinações do capitalismo contemporâneo e de suas novas formas de exploração, tais como a flexibilização, a terceirização, a reengenharia etc. Sendo assim, o artigo procura, a partir do entendimento do conceito de mobilidade do trabalho, realizar algumas incursões em temas centrais do processo de acumulação capitalista, sobretudo em questões como desemprego e processos de trabalho que levam ao aumento da extração da mais-valia relativa e absoluta e que provocam, dessa maneira, a redução dos níveis médios de renda do grosso da população trabalhadora, o aumento da informalidade e a precariedade das condições de vida material. Pode observar-se que o esgotamento do padrão de acumulação capitalista, durante a transição entre a década de 1960 e 1970, promoveu mudanças profundas no modo de funcionamento do sistema, levando a formais mais indiretas de exploração e a controles culturais e ideológicos muito mais sofisticados e eficazes. Resumo em inglês This paper engages in a re-reading of the historical chapters of Karl Marx's Capital, in the interests of working with the concept of "labor mobility" as it has been developed in the book that serves as the underlying theoretical reference for this article: the French scholar Jean-Paul de Gaudemar's "Labor mobility and capital accumulation". The latter work is little known in Brazil, particularly within the area of Political Economy. Nonetheless, it is extremely important (mais) , given its approach to the concept and contribution toward building a more accurate interpretation of the determinants of contemporary capitalism and its new forms of exploitation (flexibilizing, sub-contracting, re-engineering, etc.) Thus, through a heightened understanding of the concept of labor mobility, we seek to make some incursions into central themes on the process of capital accumulation, with particular concern for issues such as unemployment and labor processes that lead to increased extraction of relative and absolute surplus value and that consequently lead to a drop in the wage levels of a large part of the working classes, increasing the informality and precariousness in their material conditions of life. We are able to observe that the exhaustion of patterns of capital accumulation during the transition from the 1960s to the 1970s has promoted profound changes in the way the system functions, leading to more indirect forms of exploitation and to more sophisticated and efficient forms of cultural and ideological control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Os estados-limite nos trabalhos psicanalíticos franceses/ Borderline states in french psychoanalytical studies/ Les états limites dans les travaux psychanalytiques français/ Los estados limitrofes en los trabajos psicoanaliticos franceses

Chagnon, Jean Yves
2009-06-01

Resumo em português Após uma breve introdução histórica e um esclarecimento terminológico, o quadro psicopatológico clássico das organizações-limite, descrito por Kernberg, está resumido tanto na sua dimensão clínica, estrutural, como genética. As diferentes correntes psicodinâmicas contemporâneas são lembradas; em seguida, os principais trabalhos psicanalíticos de língua francesa são apresentados, tanto a respeito dos adultos (Bergeret, Green) como das crianças e adolesc (mais) entes (Diatkine, Mises, Jeammet). A especificidade teórica da psicanálise francesa, ligada tanto ao impulso como às relações de objeto, à intra-psíquica como ao intra-subjetivo, é destacada. Uma síntese atual (Brusset, Chabert) é proposta baseada em três problemáticas principais: a patologia do transtorno borderline e a falta de interioridade, a angústia da perda do objeto, as particularidades do conflito edipiano e o masoquismo. O peso das modificações psicossociais e culturais contemporâneas sobre as mudanças da psicopatologia é aqui evocada. Resumo em espanhol Luego de una breve introducción histórica y una clarificación terminológica, el cuadro psicopatológico clásico de las organizaciones limítrofes, descrito por Kernberg, es resumido tanto en su dimensión clínica como estructural y genética. Las diversas corrientes psicodinámicas contemporaneas son visitadas y los principales trabajos psicoanalíticos en francés son presentados, tanto en adultos (Bergeret, Green) como en niños y adolescentes (Diatkine, Mises, Je (mais) ammet). La especificidad teórica del psicoanálisis francés, apegado tanto a la pulsión como a las relaciones de objeto, a lo intra-psíquico como a lo inter-subjetivo, es subrayada. Una síntesis actual (Brusset, Chabert) es propuesta, basada en tres problemáticas principales : la patología de los límites y la falta de interioridad, la angustia de pérdida del objeto, las particularidades del conflicto edipiano y el masoquismo. El peso de las modificaciones psico-sociales y culturales contemporaneas sobre los cambios de la psicopatología es también evocado. Resumo em inglês Following a brief introduction to retrace its history along with a terminological clarification, the classical psychopathological tableau of borderline organizations described by Kernberg is summarized in its clinical, structural and genetic dimensions. After the different contemporary psychodynamic schools are mentioned, the major French-language psychoanalytic works concerning both adults (Bergeret, Green) and children and adolescents (Diatkine, Mises, Jeammet) are pres (mais) ented, The theoretical specificity of French psychoanalysis is emphasized in its particular interest which concerns drive as much as object relations, the intrapsychic and the intersubjective realms. A present-day synthesis (Brusset, Chabert) is proposed, which concerns three main problem configurations: borderline pathology and the difficulty of interiority, object-loss anxiety, and the particularities of the oedipal conflict and masochism. The weight of psychosocial and modern cultural modifications upon the changes in psychopathology are mentioned.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)