Sample records for free radicals
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Radicais livres de oxigênio: um software introdutório/ Oxygen free radicals: an introductory software

Yokaichiya, Daniela K.; Galembeck, Eduardo; Torres, Bayardo B.
2000-04-01

Resumo em inglês Though Free Radicals is one of the most frequently explored scientific subjects in mass communication media, the topic is absent of many Biochemistry introductory courses, especially those in which the students do not have a good chemical background. To overcome this contradictory situation we have developed a software treating this topic in a very simple way. The software is divided in four sections: (1) definition and description of free radicals, (2) production pathway (mais) s, (3) mechanism of action and (4) enzymatic and non enzymatic protection. The instructional capacity of the software has been both qualitative and quantitatively evaluated through its application in undergraduate courses. The software is available in the INTERNET at the site: http://www.unicamp.br/ib/bioquimica/ensino.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Radicais livres e os principais antioxidantes da dieta/ Free radicals and the main dietary antioxidants

Bianchi, Maria de Lourdes Pires; Antunes, Lusânia Maria Greggi
1999-08-01

Resumo em português Durante a redução do oxigênio molecular, espécies reativas de oxigênio são formadas e existe a necessidade permanente de inativar estes radicais livres. Os danos induzidos pelos radicais livres podem afetar muitas moléculas biológicas, incluindo os lipídeos, as proteínas, os carboidratos e as vitaminas presentes nos alimentos. As espécies reativas de oxigênio também estão implicadas nas várias doenças humanas. Evidências têm sido acumuladas indicando que (mais) uma dieta rica em antioxidantes reduz os riscos das principais doenças humanas. Esta revisão discute a importância dos antioxidantes da dieta sobre as estratégias de defesa dos organismos contra os radicais livres. Resumo em inglês During the reduction of molecular oxygen, reactive oxygen species are formed and there is a continuous requirement for inactivation of these free radicals. Damage induced by free radicals can affect many biological molecules, including lipids, proteins, carbohydrates and vitamins present in the food. Reactive oxygen species are also thought to be implicated in the pathogenesis of various human diseases. In fact, evidence has been accumulated indicating that a diet rich in (mais) antioxidants reduce the risks of the major human diseases. This review discusses the importance of dietary antioxidants in the defense strategies of organisms against free radicals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Os radicais livres de oxigênio e as doenças pulmonares/ Oxygen free radicals and pulmonary disease

Andrade Júnior, Dahir Ramos de; Souza, Rodrigo Becco de; Santos, Sânia Alves dos; Andrade, Dahir Ramos de
2005-02-01

Resumo em português Os radicais livres de oxigênio são moléculas que apresentam elétrons não pareados em sua órbita externa, capazes de transformar outras moléculas com as quais se encontram, como proteínas, carbohidratos, lípides e o ácido desoxirribonucleico. Essas moléculas são geradas em situações clínicas onde microambientes de hipóxia são seguidos por microambientes de reoxigenação. Nesse grupo estão o choque hemodinâmico, a septicemia, a resposta inflamatória sis (mais) têmica, as hepatites fulminantes, o transplante de órgãos, e a insuficiência respiratória, entre outras condições. Neste trabalho discutimos os principais conceitos sobre os radicais livres de oxigênio: os principais tipos, sua formação e a forma como atuam sobre todas as estruturas celulares provocando lesão tecidual significativa. Os principais sistemas de defesa antioxidante existentes para combater o estresse oxidativo são comentados, com destaque para a glutationa, superóxido dismutase, catalase, glutationa peroxidase e N-acetilcisteína. A influência dos radicais livres de oxigênio sobre as principais doenças pulmonares também é discutida, com ênfase nos produtos do cigarro, doença pulmonar obstrutiva crônica, asma, apnéia obstrutiva do sono e síndrome do desconforto respiratório agudo. Resumo em inglês Oxygen free radicals are molecules that present unpaired electrons in their outer orbit and can transform other molecules such as proteins, carbohydrates, lipids and deoxyribonucleic acid. Oxygen free radicals are produced in various clinical conditions in which hypoxic microenvironments are generated and reoxygenation follows. Such situations include clinical shock, septicemia, systemic inflammatory response, fulminant hepatitis, organ transplant and respiratory failure. (mais) In this review, we discuss the main concepts related to oxygen free radicals: the principal types and their formation, as well as the way in which they affect cellular structures and cause significant tissue damage. We present also the main antioxidants that guard against oxidative stress, including glutathione, glutathione peroxidase, superoxide dismutase, catalase, and N-acetylcysteine. The influence of oxygen free radicals on the principal pulmonary diseases are also discussed, with special emphasis given to oxygen free radicals in cigarette smoke, chronic obstructive pulmonary disease, asthma, sleep apnea syndrome and acute respiratory distress syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Radicais livres de oxigênio e exercício: mecanismos de formação e adaptação ao treinamento físico/ Radicales libres de oxigeno y ejercicio: mecanismos de formación y adaptación al entrenamiento/ Oxygen free radicals and exercise: mechanisms of synthesis and adaptation to the physical training

Schneider, Cláudia Dornelles; Oliveira, Alvaro Reischak de
2004-08-01

Resumo em português O interesse acerca dos mecanismos de geração e adaptação de radicais livres de oxigênio (RLO) ao exercício aumentou significativamente a partir da demonstração de sua relação com o consumo de oxigênio. Os RLO são formados pela redução incompleta do oxigênio, gerando espécies que apresentam alta reatividade para outras biomoléculas, principalmente lipídios e proteínas das membranas celulares e, até mesmo, o DNA. As injúrias provocadas por estresse oxid (mais) ativo apresentam efeitos cumulativos e estão relacionadas a uma série de doenças, como o câncer, a aterosclerose e o diabetes. O exercício físico agudo, em função do incremento do consumo de oxigênio, promove o aumento da formação de RLO. No entanto, o treinamento físico é capaz de gerar adaptações capazes de mitigar os efeitos deletérios provocados pelos RLO. Estas adaptações estão relacionadas a uma série de sistemas, dos quais os mais importantes são os sistemas enzimáticos, compostos pela superóxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase, e o não enzimático, composto por ceruloplasmina, hormônios sexuais, coenzima Q, ácido úrico, proteínas de choque térmico e outros. Tais adaptações, apesar das controvérsias sobre os mecanismos envolvidos, promovem maior resistência tecidual a desafios oxidativos, como aqueles proporcionados pelo exercício de alta intensidade e longa duração. As técnicas de avaliação de estresse oxidativo, na maioria das vezes, não são capazes de detectar injúria em exercícios de curta duração. Dessa forma, esforços estão sendo feitos para o estudo de esforços físicos realizados por longos períodos de tempo ou efetuados até a exaustão. Novos marcadores de lesão por ação dos RLO estão sendo descobertos e novas técnicas para sua determinação estão sendo criadas. O objetivo deste trabalho é discutir os mecanismos da formação dos RLO e das adaptações ao estresse oxidativo crônico provocado pelo treinamento físico. Resumo em espanhol El interés a cerca de los mecanismos de generación y adaptación de radicales libres de oxígeno (RLO) al ejercicio aumentó significativamente a partir de la demostración de su relación con el consumo de oxígeno. Los RLO son formados por la reducción incompleta de del oxígeno, generando especies que presentan una alta reactividad para otras biomoléculas, principalmente lípidos y proteínas de las membranas celulares y, así mismo, el DNA. Las injurias provocadas (mais) por el estrés oxidativo presentan efectos acumulativos y están relacionados a una serie de enfermedades, como el cáncer, la arteriosclerosis o la diabetes. El ejercicio físico agudo, en función del incremento del consumo de oxígeno promueve un aumento en la formación de los RLO. No en tanto, el entrenamiento físico es capaz de generar adaptaciones capaces de mitigar los efectos deletéreos provocados por los RLO. Estas adaptaciones están relacionadas a una serie de sistemas de los cuales los mas importantes son los sistemas enzimáticos, compuestos por la peróxido dismutasa, catalasa y glutation peroxidasa y los sistemas no enzimáticos compuestos por ceruloplasmina, hormonas sexuales, la coenzima Q, ácido úrico, proteínas de choque térmico, y otros. Tales adaptaciones, a pesar de las controversias sobre los mecanismos comprendidos, promueven una mayor resistencia tisular a los desafíos oxidativos, como son aquellos proporcionados por el ejercicio físico de alta intensidad y de larga duración. Las técnicas de evaluación del estrés oxidativo, la mayoría de las veces, no son capaces de detectar injurias en ejercicios de corta duración. De esta forma, los esfuerzos están siendo realizados por largos periodos de tiempo o realizados hasta la extenuación. Nuevos marcadores de lesión por acción de los RLO están siendo descubiertos y nuevas técnicas para su determinación están siendo creadas. El objetivo de este trabajo es discutir los mecanismos de formación de los RLO y de adaptación al estrés oxidativo crónico provocado por el entrenamiento físico. Resumo em inglês The interest about the mechanisms of generation and adaptation of oxygen free radicals (OFR) to exercise has increased significantly from the demonstration of its relation with the oxygen intake. The OFR are formed through the incomplete reduction of oxygen, generating species presenting high reactivity to other biomolecules, especially lipids and proteins of the cell membranes and even DNA. The injuries caused by the oxidative stress present accumulative effects, being r (mais) elated to several diseases such as cancer, arteriosclerosis and diabetes. The acute physical exercise furthers the increase on the formation of OFR in function of the increment on the oxygen intake. However, the physical training generates adaptations able to soften the harmful effects caused by OFR. These adaptations are related to several systems, among which the most important are the enzymatic system, composed by the superoxide dysmutase, catalase and glutathione peroxidase; and the non-enzymatic system, composed by the ceruloplasmine, the sexual hormones, co-enzyme Q, uric acid, thermal shock proteins, among others. Such adaptations, despite the controversies about the mechanisms involved, further a higher tissue resistance and oxidative challenges such as those provided by long-duration high intensity exercises. The evaluations techniques of the oxidative stress, most times are not able to detect injuries in short-duration exercises. Thus, studies of physical efforts performed for long periods or until exhaustion have been conducted. New lesion markers by OFR action have been discovered and new techniques for its determination have been created. The objective of this work is discuss the formation mechanisms of OFR and the adaptations to the chronic oxidative stress caused by physical training.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avaliação do comportamento de radicais livres e desempenho mecânico de compósitos restauradores dentais comerciais por Ressonância Paramagnética Eletrônica (RPE) combinada às análises convencionais/ Evaluation of free radicals behavior and mechanical performance of dental commercial restoring composites by Electron Paramagnetic Resonance combined to conventional analyses

Fontes, Adriana da S.; Mauro, Eduardo Di; Sano, Walter; Lima, Natália C. S. de; Dall'Antonia, Luiz H.
2009-01-01

Resumo em português O presente trabalho demonstra a caracterização de compósitos fotoativáveis, mostrando que a espectroscopia de RPE combinada com as análises convencionais, pode trazer informações importantes sobre o processo de polimerização desse material restaurador estético. Inicialmente foram utilizados oito compósitos restauradores comerciais, dando ênfase à Z100 (3M ESPE) e o compósito restaurador Opallis (FGM), fotoativadas por um aparelho LED (ULTRA BLUE - Dabi Atlan (mais) te). Foram realizadas análises por espectroscopia de Ressonância Paramagnética Eletrônica (RPE), ensaios de resistência mecânica, microdureza superficial, Picnometria a gás, testes de raspagem, medida da translucidez e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Por RPE foi possível identificar as espécies de radicais presentes, sua intensidade relativa. Comparando as análises realizadas para as duas marcas comerciais, os resultados indicaram que o compósito restaurador Z100 gerou um número superior de radicais (Ir = 2,40 u.a) em relação ao outro compósito restaurador (Ir = 1,00 u.a); tendo também apresentado desempenho superior nas demais análises estudadas, corroborando assim com o fato de que o compósito que gerou maior número de radicais livres, identificada por RPE apresentou também as melhores propriedades físicas. Resumo em inglês The present work shows the characterization of photoactivated composites, demonstrating that EPR spectroscopy combined with conventional analyses, can carry important information on the polymerization process of dental composites. Initially eight commercial composites were used, giving emphasis for the Z100 (3M ESPE) and the resin Opallis (FGM), irradiated by a LED unit (ULTRA BLUE - Dabi Atlante). Analyses for Electron Paramagnetic Resonance Spectroscopy, mechanical resi (mais) stance, surface microhardness, gas picnometry, scratching, translucency measurement and Scanning Electron Microscopy (SEM) were accomplished. Based on the EPR results it was possible to identify the present radicals species and their relative intensity. Comparing the analyses accomplished for the two commercial brands, the results indicated that the resin Z100 (3M ESPE) generated a larger number of radicals (Ir = 2.40 u.a) when compared to the other resin (Ir = 1.00 u.a); also presented better performance when compared with other techniques used in the present manuscript, corroborating with the fact of composite which genterated larger number of radials as also the better physical properties.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Interferência da lignina na quantificação de radicais livres no processo de compostagem/ Interference of lignin in the quantification of free radicals in the process of composting

Fialho, Lucimar Lopes; Silva, Wilson Tadeu Lopes da; Milori, Débora M. B. P.; Simões, Marcelo Luiz; Martin-Neto, Ladislau; Saab, Sérgio da Costa
2010-01-01

Resumo em inglês In this work was studied composts and their humic acids (HA) to evaluate the use of EPR in the monitoring of the humification. It was observed increase in the concentration of organic free radical (OFR) in all the composts, but in L1 the increase was more significant than L2 and L3. Research more detailed of L1 showed that the lignin is main source of OFR. Then determination of these radicals in material in nature that contains high amount of lignin isn't a good indicator to monitor the humification process in the composting and yes the fraction HA of the composts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Dureza knoop de resinas compostas em função do número relativo de radicais livres/ Relative number of free radicals and knoop hardness of composites

MENEZES, Marco Aurélio de; MUENCH, Antonio
1998-07-01

Resumo em português A pesquisa teve a finalidade de determinar o número relativo de radicais livres e a dureza Knoop de três resinas compostas (Z100, Silux Plus e Heliomolar RO). Para o ensaio dos radicais livres, as irradiações foram: 110, 180, 300, 580 mW/cm2, pelos tempos de 10, 20, 30, 40, 50, 60, 80 e 90 segundos. As durezas foram determinadas com as cores claras com irradiação de 110 e 300 mW/cm2, por 20, 40, 60 e 80 segundos, nas faces da frente e do fundo, nas idades de 5 minut (mais) os, 1 hora, 1 dia, 1 semana e 1 mês. As conclusões foram: a resina Z100 apresentou cerca de 3 vezes mais radicais livres do que as outras; o número relativo de radicais livres aumenta com a intensidade e tempo de exposição; maior intensidade de luz aumentou a dureza; maior tempo de exposição aumentou as durezas das resinas Silux Plus e Heliomolar, mas não da Z100; a dureza aumentou com a idade até 1 mês; o lado da irradiação apresentou maior dureza do que o do fundo; a resina Z100 foi bem mais dura e sofreu menos a influência da irradiação. Resumo em inglês The present study had the purpose of determining the relative number of free radicals of three composites with clear and dark colors. Intensities of irradiation were: 110, 180, 300, and 580 mW/cm2, for 10, 20, 30, 40, 50, 60, 80 and 90 seconds. Hardness was determined for the clear colors of the composites, using 110 and 300 mW/cm2 irradiation intensities, for 20, 40, 60, and 80 seconds, on front and deep surfaces, at the ages of 5 minutes, 1 hour, 1 day, 1 week, and 1 mo (mais) nth. The conclusions were that: depending on the resin, clear colors present more free radicals; the number of free radicals increases with higher intensity and longer irradiation time; composite Z100 is much richer in free radicals than Silux Plus and Heliomolar RO; higher intensity of irradiation leads to increasing hardness; longer irradiation time increases hardness of Silux Plus and Heliomolar RO, but not that of Z100; hardness increases with age; in depth hardness is very low; Z100 is much harder than the other two resins; Z100 is less sensitive to irradiation intensity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Estresse oxidativo: conceito, implicações e fatores modulatórios/ Oxidative stress: concept, implications and modulating factors

Barbosa, Kiriaque Barra Ferreira; Costa, Neuza Maria Brunoro; Alfenas, Rita de Cássia Gonçalves; De Paula, Sérgio Oliveira; Minim, Valéria Paula Rodrigues; Bressan, Josefina
2010-08-01

Resumo em português O estresse oxidativo decorre de um desequilíbrio entre a geração de compostos oxidantes e a atuação dos sistemas de defesa antioxidante. A geração de radicais livres e/ou espécies reativas não radicais é resultante do metabolismo de oxigênio. A mitocôndria, por meio da cadeia transportadora de elétrons, é a principal fonte geradora. O sistema de defesa antioxidante tem a função de inibir e/ou reduzir os danos causados pela ação deletéria dos radicais li (mais) vres e/ou espécies reativas não radicais. Esse sistema, usualmente, é dividido em enzimático (superóxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase) e não-enzimático. No último caso, é constituído por grande variedade de substâncias antioxidantes, que podem ter origem endógena ou dietética. Objetivou-se revisar os principais mecanismos de geração de radicais livres, bem como a ação dos agentes mais relevantes do sistema de defesa antioxidante, ressaltando suas implicações sobre os marcadores do estresse oxidativo. Também serão abordados os principais fatores exógenos moduladores do estresse oxidativo. Resumo em inglês There is evidence that oxidative stress, defined as a persistent imbalance between the production of highly oxidative compounds and antioxidant defenses, leads to tissue damage. Oxygen metabolism generates free radicals and/or non-radical reactive oxygen species. The mitochondria, through the electron transport chain, are the main generator of these species. The antioxidant defense system has the function of inhibiting and/or reducing the damage caused by the deleterious (mais) free radicals and/or non-radical reactive oxygen species. This system is divided into enzymatic (superoxide dismutase, catalase and glutathione peroxidase), and nonenzymatic. The nonenzymatic system consists of a variety of antioxidant substances, which may be endogenous or dietary. This study proposed to review the main mechanisms of reactive oxygen species generation and the role of the most relevant agents of the antioxidant defense system on the biomarkers of oxidative stress. The main exogenous factors that modulate oxidative stress will also be discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Suplementação de antioxidantes: enfoque em queimados/ Antioxidant supplementation: focusing on burned patients

Barbosa, Eliana; Moreira, Emília Addison Machado; Faintuch, Joel; Pereima, Maurício José Lopes
2007-12-01

Resumo em português Na queimadura, os radicais livres são produzidos durante a reposição de fluídos, alterando numerosos componentes, como os ácidos nucléicos, os lipídios e as proteínas. Sendo assim, se, por um lado, essa restauração do fluxo sanguíneo é, em geral, necessária para recuperar a função celular normal, por outro lado a reintrodução do sangue oxigenado nos tecidos isquêmicos contribui para uma produção excessiva de radicais livres derivados do oxigênio, exac (mais) erbando a lesão mediada pela isquemia. O papel dos neutrófilos ativados na célula após a queimadura também tem recebido atenção especial. A partir do sistema NADPH oxidase os neutrófilos aderidos podem produzir uma explosão de radical superóxido, produzindo um dano tecidual importante. A queimadura, além de aumentar a produção de radicais livres, também é capaz de impedir os mecanismos de defesa antioxidante, submetendo o paciente queimado ao estresse oxidativo, o qual se constitui em fator perpetuante da resposta inflamatória sistêmica, levando à piora progressiva do estado metabólico. Com esses dados, objetiva-se revisar os principais estudos com a suplementação de antioxidantes em pacientes críticos, com ênfase em pacientes queimados, e descrever os possíveis benefícios dessa intervenção. Resumo em inglês In burn injuries, free radicals are produced during fluid replacement, altering multiple components of the organism such as nucleic acids, lipids and proteins. Thus, if on the one hand restoring blood flow is generally necessary to recover normal cell function, on the other hand oxygen reperfusion into ischemic tissues triggers massive production of oxygen free radicals, therefore further exacerbating ischemic injury. The role of neutrophiles activated in the cell after b (mais) urns has also received special attention. By means of the NADPH-oxidase system, adherent neutrophiles may release superoxide radicals inflicting major tissue damage. The burn injury not only increases the production of free radicals but it is also capable of impairing the antioxidant defense mechanism, subjecting the burned patient to oxidative stress, which can be a perpetuating factor of the inflammatory response and lead to progressive metabolic deterioration. Therefore, the purpose of this work is to provide updated information on antioxidant supplementation in burned patients and describe the benefits of this intervention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Licopeno como agente antioxidante/ Lycopene as an antioxidant agent

Shami, Najua Juma Ismail Esh; Moreira, Emília Addison Machado
2004-06-01

Resumo em português Este trabalho constitui uma revisão de dados científicos sobre o consumo de licopeno e sua ação como fator antioxidante. O licopeno é considerado o carotenóide que possui a maior capacidade seqüestrante do oxigênio singlete. Radicais livres agem continuamente no organismo, podendo desencadear danos celulares e serem os responsáveis pelo desenvolvimento de câncer e certas doenças crônicas. Estudos mostram que o licopeno protege moléculas de lipídios, lipoprot (mais) eínas de baixa densidade, proteínas e DNA contra o ataque dos radicais, tendo um papel essencial na proteção de doenças. Como prevenção, preconiza-se o consumo de dietas ricas em alimentos fontes de licopeno: tomates e seus produtos (purê, pasta, catchup), mamão, pitanga e goiaba; que aportem cerca de 35mg de licopeno ao dia. Resumo em inglês This paper is a review of scientific data about lycopene as an antioxidant agent. Lycopene is considered the carotenoid that has the highest capacity of capturing the singlet oxygen. Free radicals are continuously acting on the organism, being capable of promoting cellular damage and development of cancer among other chronic diseases. Studies show that lycopene protects lipid molecules, low-density lipoproteins, proteins and DNA against the attack of free radicals. They h (mais) ave an essential function in the protection against diseases. As a precaution, one should eat foods that are a source of lycopene: tomatoes and tomato-products (purée, pasta, ketchup), papaya, pitanga and guava; to provide approximately 35mg of lycopene a day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Compostos bioativos e atividade antioxidante do café (Coffea arabica L.)/ Coffee (Coffea arabica L.) bioactive compounds and antioxidant activity

Abrahão, Sheila Andrade; Pereira, Rosemary Gualberto Fonseca Alvarenga; Duarte, Stella Maris da Silveira; Lima, Adriene Ribeiro; Alvarenga, Dalila Junqueira; Ferreira, Eric Batista
2010-04-01

Resumo em português Conduziu-se este trabalho, com a proposta de avaliar o potencial antioxidante de dois padrões da bebida do café (rio e mole), verdes e torrados, utilizando modelos in vitro. Foram determinados o teor de fenólicos totais, ácido clorogênico (ácido 5-cafeoilquínico) e cafeína das bebidas. A avaliação in vitro do potencial antioxidante foi investigada pelos métodos de captação do radical DPPH e pelo poder redutor de metais. Os dois padrões de bebida do café ana (mais) lisados não apresentaram diferenças quanto aos parâmetros cor, ácido clorogênico e cafeína. Observou-se que houve redução nos valores de ácido clorogênico à medida que os grãos foram torrados. O café verde bebida rio apresentou maior teor de fenólicos totais que o café bebida mole. Nos grãos torrados não foi observada diferença. A bebida do café independente da qualidade sensorial apresentou alto poder redutor e importante atividade sequestrante de radicais livres. A atividade sequestrante de radicais livres foi significativamente superior nas amostras obtidas a partir dos grãos torrados, quando comparados aos extratos dos grãos verdes. A torração, porém, reduziu o poder redutor das bebidas do café. Os dados obtidos permitem sugerir que, independente da classificação sensorial da bebida, o café apresenta expressiva capacidade sequestrante de radicais livres e poder redutor de metais. Resumo em inglês The present work intended to evaluate the antioxidant potential of two coffee sorts (soft and river), green and roasted, in vitro. Phenolic compounds content, chlorogenic acid (5-cafeoyolquinic) and caffeine of the beverages were evaluated. In vitro evaluation of the antioxidant potential was investigated by DPPH radical scavenging assay and by reducing the power of metals. Both sorts of coffee did not present statistical differences for color, chlorogenic acid and caffei (mais) ne. After roasting, 5-cafeoyolquinic acid levels decreased. River coffee beverage presented greater content of phenolics than the soft coffee beverage. In the roasted coffees no significant difference was observed. All sorts of coffee beverages presented high reducing ability and important scavenging activity of free radicals. The scavenging activity was higher in the roasted samples. The roast process decreased the reducing ability of the coffee beverage. Results allow suggesting that independent of the sort, coffee presents expressive antioxidant activity and reducing ability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

A desferoxamina e seu efeito protetor na preservação pulmonar/ Desferoxamine and its protective effect in pulmonary preservation

Fragomeni, Luiz Sérgio; Bonser, Robert S; Edwards, Brian; Jamieson, Stuard W; Kaye, Michael P
1989-12-01

Resumo em português Há recentes evidências de que radicais livres derivados do oxigênio estáo envolvidos na lesão tecidual decorrente de isquemia e subseqüente reperfusão. A desferoxamina (DF), evitando a produção de radicais hidroxila e eliminando o ânion superóxido, pode atenuar este dano, sendo seus efeitos aqui avaliados após quatro horas de preservação pulmonar hipotérmica. O auto-transplante pulmonar esquerdo foi realizado em 12 cães mestiços. O pulmão foi, inicialmen (mais) te, perfurado com 1000 ml de solução de Collins modificada e mantido insuflado, colocado sob refrigeração (4ºC) em solução salina durante quatro horas. Seis cães receberam 500 mg de DF administrados E.V. durante o período isquémico e imediatamente após iniciar a reperfusão. Após reimplante e ligadura da artéria pulmonar direita, os animais foram mantidos numa FiO2 fixa (49%) e monitorizados por quatro horas. Durante a primeira hora pós-reperfusão, o pO2 arterial foi sifnif¡cativamente superior no grupo tratado com DF (p Resumo em inglês There is increasing evidence that oxygen derived free radicals are involved in the injury that occurs following the reperfusion of ischaemic tissue. Deferoxamine by preventing hydroxyl radical production and scavenging superoxide anion may attenuate this injury and its effects were evaluated following 4 hours of static hypothermic pulmonary preservation. Left lung autotransplantation was performed in 12 mongrel dogs. The autograft was initially flushed with 1000 cc of mod (mais) ified Collins solution and then stored in an inflated state for 4 hours in 4ºC saline. Six dogs received deferoxamine 500 mg intravenously infused before and immediately after the time of reperfusion. Following reimplantation, contralateral pulmonary artery ligation was performed and the animals were then maintained on a fixed FiO2 (40%) and monitored for 6 hours. During the first hour of reperfusion arterial pO2 was significantly better in the deferoxamine treated dogs (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Stress oxidativo na lesão pulmonar neonatal/ Oxidative stress in the neonatal lung disease

Rocha, Gustavo
2008-02-01

Resumo em português O stress oxidativo é um dos factores de risco para o desenvolvimento de displasia broncopulmonar no recém--nascido de pré-termo. Este apresenta deficiente defesa antioxidante. Por outro lado, o stress oxidativo também tem papel no crescimento e desenvolvimento celular. A relação entre stress oxidativo e crescimento celular necessita de ser melhor conhecida antes da introdução de terapêuticas antioxidantes. Várias terapêuticas antioxidantes têm sido tentadas, a (mais) té ao momento sem êxito. Neste artigo é feita uma revisão da evidência do papel dos radicais livres de oxigénio na displasia broncopulmonar. Resumo em inglês Oxidative stress is a risk factor for bronchopulmonary dysplasia in the preterm newborn. Antioxidant defense is impaired in the preterm newborn. Oxidative stress is also involved in cell growth and development. The relationship between oxidative stress and cell growth needs to be understood before antioxidant therapy can be routinely introduced. Several antioxidant therapies have been unsuccessfully tried until now. This review highlights the importance of oxygen free radicals in the pathogenesis of bronchopulmonary dysplasia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Diminuição da humificação da matéria orgânica de um Cambissolo Húmico em plantio direto/ Humification decrease of soil organic matter under no-tillage

Bayer, C.; Martin-Neto, L.; Saab, S. C.
2003-06-01

Resumo em português O ambiente menos oxidativo do solo em plantio direto diminui o grau de humificação da matéria orgânica. Para testar esta hipótese, avaliou-se a concentração de radicais livres semiquinona (RLS) na matéria orgânica da camada superficial (0-25 mm) de um Cambissolo Húmico, cultivado por 8 anos nos sistemas preparo convencional (PC), preparo reduzido (PR) e plantio direto (PD), em Lages (SC). A concentração de RLS na matéria orgânica foi determinada por ressonâ (mais) ncia paramagnética eletrônica (EPR) nas frações granulométricas > 53, 53-20, 20-2 e 53 e Resumo em inglês The less oxidative environment in soils of no-tillage systems decreases the humification degree of organic matter. To test this hypothesis, the concentration of semiquinone free radicals (SFR) of organic matter from the surface layer (0 to 25 mm) of a Humic Cambisol (Lages, Santa Catarina State) was evaluated. The soil had been cultivated for 8 yrs under conventional tillage (CT), reduced tillage (RT), and no-tillage (NT). The SFR concentration in organic matter was asses (mais) sed by electron spin resonance (ESR) in the granulometric fractions (> 53, 53-20, 20-2, and 53 and

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Ação antioxidante de chás e condimentos de grande consumo no Brasil/ Antioxidant action of teas and seasonings more consumed in Brazil

Morais, Selene M. de; Cavalcanti, Eveline S. B.; Costa, Sônia Maria O.; Aguiar, Liza A.
2009-03-01

Resumo em português Antioxidantes são compostos que atuam inibindo e/ou diminuindo os efeitos desencadeados pelos radicais livres e compostos oxidantes. Os chás são bebidas populares e fontes significativas de compostos fenólicos, sendo considerados importantes integrantes das dietas devido às suas propriedades antioxidantes. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a ação antioxidante de uma variedade de chás e condimentos mais consumidos no Brasil. Os chás analisados foram d (mais) as plantas: Pneumus boldus Mold., Matricaria recutita L., Cymbopogon citratus (DC) Stapf, Baccharis trimera (Less.) DC, Camelia sinensis (L) O. Kuntze (fermentado), Camelia sinensis (não-fermentado), Lippia alba N.E. Brown,Mentha arvensis L., e Pyrus malus L. Os condimentos analisados foram: Eugenia aromatica Baill, Cinnamonum zeylanicum Blume, Laurus nobilis L. e Origanum vulgare L. O método utilizado para avaliar a ação antioxidante foi o da atividade seqüestradora de radicais livres DPPH em solução metanólica. Todas as amostras analisadas demonstraram atividade em suas diferentes concentrações. Camelia sinensis (não-fermentada) foi a mais ativa com CI50= 0,14 mg/mL, cujos principais compostos antioxidantes são epigalocatequinas. Os condimentos mais ativos foram Cinnamonum zeylanicum (CI50 = 0,37 mg/mL), Eugenia aromatica Baill (CI50 = 0,46 mg/mL) e Laurus nobilis (CI50 = 0,76 mg/mL), cujo principal antioxidante relatado foi o eugenol. Resumo em inglês Antioxidants are compounds that remove free-radicals or minimize their availability to generate oxidative stress. Teas are popular beverages providing a significant source of phenolic compounds, important components of the human diet due to their antioxidant properties. The present work had the objective of evaluate the antioxidant action of teas and seasonings more consumed in Brazil. The analysed teas were from the plants: Pneumus boldus Mold., Matricaria recutita L., C (mais) ymbopogon citratus (DC) Stapf, Baccharis trimera (Less.) DC, Camelia sinensis (L) O. Kuntze (fermented), Camelia sinensis (not-fermented), Lippia alba N.E. Brown, Mentha arvensis L. and Pyrus malus L. The studied seasonings were: Eugenia aromatica Baill, Cinnamonum zeylanicum Blume, Laurus nobilis L. and Origanum vulgare L. The antioxidant activity was measured by the DPPH free radical scavenging method. All analysed samples demonstrated antioxidant activities. Camelia sinensis (not-fermented) (IC50= 0.14 mg/mL), was the most active and active principles are epicalocatechins. The stronger antioxidant seasonings were Cinnamonum zeylanicum (IC50 = 0.37 mg/mL), Eugenia aromatica Baill (IC50= 0.46 mg/ mL and Laurus nobilis (IC50 = 0.76 mg/mL), which presented as main antioxidant component eugenol.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Ácidos fenólicos como antioxidantes/ Phenolic acids as antioxidants

SOARES, Sergio Eduardo
2002-01-01

Resumo em português Os compostos fenólicos têm sido muito estudados devido a sua influência na qualidade dos alimentos. Englobam uma gama enorme de substâncias, entre elas os ácidos fenólicos, os quais, por sua constituição química, possuem propriedades antioxidantes. Assim, a presente revisão procura reunir diversos estudos que avaliaram o potencial antioxidante dos ácidos fenólicos na conservação de alimentos lipídicos. Além disso, são reunidos também estudos sobre a aç� (mais) �o antioxidante destes compostos no sistema biológico através da neutralização dos radicais livres gerados no organismo, que estão associados a diversas doenças como câncer e doenças cardiovasculares. Resumo em inglês The phenolic compounds have been widely studied due to their influence on food quality. They are constituted by a large amount of substances, among them the phenolic acids, which have antioxidant properties, as a result of their chemical structure. So, the present review collects several papers that evaluated the antioxidant potential of the phenolic acids for the lipid foods preservation. This study also collects papers about the antioxidant action of these compounds in (mais) biological systems through the neutralization of free radicals produced in the organism, which are associated with many pathologies like cancer and heart diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Íon zinco: presença no sistema auditivo/ Zinc ion: its presence in the auditory system

Botti, Anderson S.; Féres, Maria Cristina L. C.
2003-01-01

Resumo em português O íon zinco tem sido muito pesquisado nas últimas décadas, principalmente no que concerne à sua presença e papel na fisiologia do Sistema Nervoso Central. Tem sido bem descrito em regiões do córtex, cerebelo, sistema límbico e, mais recentemente, na cóclea e núcleos cocleares. Parece atuar ligado ao neurotransmissor glutamato, exercendo atividade moduladora sobre o funcionamento das sinapses; também tem sido demonstrada sua participação em atividades protetor (mais) as contra radicais livres. Acredita-se que alterações nos níveis sistêmicos de zinco podem levar ao mau funcionamento das vias auditivas, gerando quadros clínicos como o zumbido e a presbiacusia. Os autores fazem uma revisão sobre o assunto. Resumo em inglês Ion zinc has been studied in the last decades, mainly concerning its presence and role in the Central Nervous System physiology. It has been well described in some cortical, cerebellar and limbic regions, as well as in the cochlea and cochlear nuclei. It seems that the ion acts associated with the neurotransmitter glutamate, as a synaptic modulator; it also takes part in the protection against free radicals. It is believed that alterations in the systemic levels of zinc c (mais) an lead to disorders on the auditory pathways, such as tinnitus or presbycusis. The authors present a review about this topic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Óleos essenciais de uvaia (Eugenia pyriformis Cambess): avaliação das atividades microbiana e antioxidante/ Essential oils of uvaia (Eugenia pyriformis Cambess): evaluation of the microbiologycal and antioxidant activities

Stieven, A. C.; Moreira, J. J. S.; Silva, C. F.
2009-01-01

Resumo em português A geração de radicais livres, resultado dos processos metabólicos necessários para a produção de energia, causam um grande número de doenças, o que aumenta o interesse pelos compostos antioxidantes presentes em frutos e vegetais e que são responsáveis pela captura destes radicais. Além disso, a aplicação de óleos e extratos de frutos no controle microbiológico justifica o crescimento dos estudos científicos dessas matérias-primas. Nesse contexto o present (mais) e trabalho analisou o óleo essencial de diferentes partes do fruto de uvaia (Eugenia pyriformis) em relação à atividade microbiológica, fenóis totais e antioxidantes. O óleo essencial apresentou rendimento maior na casca (1,23 %), seguido pela fração casca com polpa, a fração com menor rendimento foi à semente, sendo quantificados a partir do fruto refrigerado. Os resultados obtidos na microbiologia frente as cepas de Scherichia coli ATCC25922, Staphylococcus aureus ATCC 6538, Pseudomonas aeruginosas ATCC 27 853 e Enterococcus faecalis ATCC99212 foram de ação bacteriostática em todas as cepas testadas, exceto a bactéria P. aeruginosas. Intervalo de inibição superior a 24 h foi observado para o óleo essencial da casca frente a bactéria P. aeruginosas. A quantificação de fenóis totais não foi possível pois os valores médios encontrados foram inferiores ao LQ (5 μg/mL), por espectrofotometria a 760 nm e as atividade antioxidante mostraram-se não significativas nas concentrações analisadas, em todas as frações. Resumo em inglês The generation of free radicals, result of the energy production metabolic processes, leads to a high number of illnesses. For that an increased interest is directed to antioxidants that can be found in fruits and vegetables and are responsible for the capture of these radicals. Moreover, application of fruits extracts and oils in the microbiological control justify the growth of the scientific studies of these raw materials. In this context the present work analyzed esse (mais) ntial oils in different parts of uvaia fruit (Eugenia pyriformis) concerning microbiological activity, total phenols and antixidant properties. Frozen fruits were analysed and higher contents of essential oils were found in the rind (1.23%), followed for the fraction rind-pulp. The lower content was found in seeds. Bacteriostatic action was observed for Scherichia coli ATCC25922, Staphylococcus aureus ATCC 6538, Pseudomonas aeruginosas ATCC 27853 and Enterococcus faecalis ATCC99212. Low values for total phenol (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Estudo in vivo de atividade anti-radicalar por quantificação de peróxidos cutâneos/ In vivo antiradicalar activity by skin peroxidies quantification

Pytel, Rodrigo Fuscelli; Silva, Luciana Villa Nova; Nunes, Almir Storck; Gesztesi, Jean-Luc; Costa, Adilson da
2005-12-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: O organismo humano possui eficientes mecanismos de defesa contra os radicais livres. A relação causal observada entre estresse oxidativo e diversos processos degenerativos despertou o interesse para a exploração de diversos antioxidantes. OBJETIVOS: Este trabalho propõe um método in vivo para comprovação da eficácia de um novo complexo de alta atividade anti-radicalar (acetato de tocoferila, licopeno e mistura de ácidos clorogênicos rica em ácido (mais) caféico). MÉTODOS: Neste ensaio, não invasivo e placebo controlado, a medida da taxa de peróxido cutâneo realizou-se em diferentes áreas - três após a incidência da radiação UV, duas tratadas, uma não tratada, e uma não tratada e não irradiada. A presença do peróxido foi detectada pela aplicação de sonda fluorescente em adesivo específico, que retirou uma amostra do estrato córneo dos sítios supracitados. O cálculo da proteção anti-radicalar dá-se em função das unidades fluorimétricas obtidas. RESULTADOS: Tomando-se como base áreas controles não irradiadas, as áreas irradiadas e tratadas com o complexo estudado apresentaram concentrações 116% menores (p=0,02%) de peróxidos cutâneos, com significância estatística em relação às áreas apenas irradiadas. Já as áreas irradiadas e tratadas com o placebo apresentaram concentrações apenas 49% menores (p=0,501), o que não é estatisticamente significativo em comparação às áreas irradiadas. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos indicam que o complexo estudado possui significativa capacidade protetora da pele contra a ação de radicais livres formados a partir da exposição solar. Resumo em inglês BACKGROUND: Our organism has important defense mechanisms against free radicals. The causal relationship observed among the oxidative stress and degenerative problems in humans, are getting attention for the exploration of antioxidant agents. OBJECTIVES: This study proposes an in vivo methodology for proving the efficacy of a new high-activity antioxidant complex (tocopheryl acetate, licopene and a pool of chlorogenic acids rich in cafeic acid). METHODS: In this non-invas (mais) ive and placebo controlled assay, the measure of the peroxide rates was performed in different areas, three after UV radiation, two treated, one non-treated, and an other non-treated and non-irradiated. The peroxide presence was detected through a fluorescent probe on samples stripped form the sites above mentioned. The free-radical scavenger activity is calculated through the fluorimetry results. RESULTS: Based on non-irradiated areas data’s, the irradiated and complex-treated areas presented skin-peroxide concentration 116% lower, statistically significant (p=0,02%) compared to the non-treated irradiated areas. Although, placebo-treated irradiated areas presented skin-peroxide concentration 49% lower, a non-statistically significant rate (p=0,501%) compared to the irradiated areas. CONCLUSION: The results indicate that studied-complex, have significant skin-protective action against the free-radicals, usually formed after sun exposure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Atividade antioxidante de tinturas vegetais, vendidas em farmácias com manipulação e indicadas para diversos tipos de doenças pela metodologia do DPPH/ Antioxidant activity of plant tinctures, commonly sold in pharmacies and indicated for several types of diseases, using the DPPH methodology

Vicentino, Amanda R. R.; Menezes, Fábio de Sousa
2007-09-01

Resumo em português O presente trabalho descreve a avaliação da atividade antioxidante pela metodologia do radical livre DPPH de tinturas comerciais obtidas de farmácias com manipulação indicadas para os mais variados tipos de doença que apresentam em maior ou menor grau, alguma etiologia fundamentada em excesso de radicais livres. Foi interessante notar uma sincronia entre a família a que a planta de determinada tintura pertence, com suas substâncias químicas e a atividade antioxid (mais) ante esperada. Para os casos em que isso não ocorreu, pode-se verificar através de métodos cromatográficos que as tinturas não haviam sido preparadas de forma adequada ou se tratava de falsificações. Resumo em inglês This work describes the antioxidant evaluation through the DPPH free radical methodology of commercial available tinctures indicated for different diseases and purchased in commercial pharmacies. All of those diseases have always being caused by excess or accumulation of free radicals. It was noteworthy the coherence between the botany family in which the plant of each tincture is inserted as well as its chemical composition with the antioxidant activity observed. In the (mais) cases where this statement could not be shown, it was proved by chromatographic methods that the tinctures were not properly prepared or even it constituted a case of adulteration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Estresse oxidativo: revisão da sinalização metabólica no diabetes tipo 1/ Oxidative stress: a review on metabolic signaling in type 1 diabetes

Reis, Janice Sepúlveda; Veloso, Clara Araújo; Mattos, Rafael Teixeira; Purish, Saulo; Nogueira-Machado, José Augusto
2008-10-01

Resumo em português O diabetes melito e suas complicações apresentam origem multifatorial. Mecanismos bioquímicos e patológicos estão associados com hiperglicemia crônica no diabetes e o aumento do estresse oxidativo tem sido postulado com papel central nestas desordens. Evidências sugerem que a lesão celular oxidativa causada pelos radicais livres contribuem para o desenvolvimento das complicações no diabetes tipo 1 (DM1) e a diminuição das defesas antioxidantes (enzimáticas e (mais) não-enzimáticas) parecem correlacionar-se com a gravidade das alterações patológicas no DM1. Nesta revisão, relata-se como o estresse oxidativo pode exercer efeitos deletérios no diabetes e são apresentadas as opções terapêuticas em estudo para modulação da injúria vascular. Resumo em inglês Diabetic complications appear to be multifactorial process. The biochemical and pathological mechanisms are associated with chronic hyperglycemia of diabetes and the increased oxidative stress which has been postulated to play a central role in these disorders. Accumulating evidence suggests that oxidative cell injury caused by free radicals contributes to the development of type 1 diabetes (DM1) complications and decreased efficiency of antioxidant defenses (both enzymat (mais) ic and nonenzymatic) seems to correlate with the severity of pathological tissue changes in DM1. In this review, we report as oxidative stress may exert deleterious effects in diabetes, as well as address current strategies in study to down-regulating vascular injury.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Ações neuroprotetoras da vitamina C no corpo estriado de ratos após convulsões induzidas pela pilocarpina/ Neuroprotective actions of vitamin C in rat striatum after pilocarpine-induced seizures

Freitas, Rivelilson Mendes de; Tomé, Adriana da Rocha
2010-01-01

Resumo em português CONTEXTO: As convulsões podem produzir danos neuronais em diversas áreas e, especialmente, nas estruturas límbicas. OBJETIVOS: O objetivo do presente trabalho foi estudar os efeitos neuroprotetores da vitamina C nas alterações histopatológicas observadas no corpo estriado de ratos convulsivos. MATERIAL E MÉTODOS: Foram utilizados ratos Wistar adultos. Os animais foram divididos em quatro grupos. O primeiro grupo foi tratado com salina 0,9% (grupo controle) e o segu (mais) ndo, com pilocarpina (400 mg/kg, grupo P400). Já o terceiro e o quarto grupo foram tratados com vitamina C (250 mg/kg), e, 30 minutos depois, receberam P400 (grupo VIT C + P400) ou solução salina 0,9% (grupo VIT C), respectivamente. Após os tratamentos, todos os grupos foram observados por 24 horas e, em seguida, sacrificados e seus cérebros removidos para as análises histopatológicas. RESULTADOS: O grupo P400 apresentou convulsões que progrediram para o estado epiléptico em 75% dos animais. O pré-tratamento com vitamina C produziu uma redução de 35% nesse índice. Os grupos P400 e VIT C + P400 apresentaram 80% e 20% de animais com lesão cerebral, respectivamente. No corpo estriado dos animais do grupo P400, houve um comprometimento de 50%. Por sua vez, na região estriatal dos animais do grupo VIT C + P400 foi vista uma redução de 40% nesse comprometimento. DISCUSSÃO: As convulsões induzidas pela pilocarpina são instaladas pelo sistema colinérgico e propagadas pela produção de radicais livres e pelo sistema glutamatérgico, resultado no desenvolvimento de dano cerebral. As drogas antioxidantes podem apresentar um potencial terapêutico para pacientes epilépticos na proteção contra as lesões cerebrais por meio da remoção desses radicais livres formados. Acredita-se, assim, que a vitamina C pode influenciar a epileptogênese e promover ações neuroprotetoras durante as convulsões. Resumo em inglês BACKGROUND: Seizures may produce neuronal damage in several areas and especially in limbic structures. OBJECTIVES: This study aimed to evaluate the neuroprotective effects of vitamin C in the histopathological changes observed in rat striatum after seizures. MATERIAL AND METHODS: Healthy Wistar rats were divided into four groups. The first group was treated with 0.9% saline (control group) and the second one with pilocarpine (400 mg/kg, P400 group). Third and fourth group (mais) s were treated with vitamin C (250 mg/kg), 30 minutes before receiving P400 (P400 + VIT C group) or 0.9% saline (VIT C group), respectively. After the treatments, all groups were observed for 24 hours, sacrificed and dissected out to remove their brains for histopathological analysis. RESULTS: The group P400 presented seizures that progressed to status epilepticus in 75% of the animals. Pretreatment with vitamin C produced a 35% reduction in this index. P400 and P400 + VIT C groups revealed 80% and 20% of animals with brain injury, respectively. In P400 group, lesion severity of the striatum was 50%. In turn, in striatal region of animals treated with P400 + VIT C group, we detected a reduction of 40% in the severity degree. DISCUSSION: Pilocarpine-induced seizures are installed by the cholinergic system and propagated by free radicals and by glutamatergic system, leading to brain damage. The antioxidant drugs may have therapeutic potential for epileptic patients to protect against brain injure through removing free radicals produced, suggesting that vitamin C may influence epileptogenesis and promote neuroprotective actions during seizures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Doença arterial coronariana, exercício físico e estresse oxidativo/ Coronary heart disease, physical exercise and oxidative stress/ Enfermedad arterial coronaria, ejercicio físico y estrés oxidativo

Pinho, Ricardo Aurino de; Araújo, Marília Costa de; Ghisi, Gabriela Lima de Melo; Benetti, Magnus
2010-04-01

Resumo em português As doenças cardiovasculares (DCV) lideram os índices de morbidade e mortalidade no Brasil e no mundo, sendo a doença arterial coronariana (DAC) a causa de um grande número de mortes e de gastos em assistência médica. Inúmeros fatores de risco para a DAC estão diretamente relacionados à disfunção endotelial. A presença desses fatores de risco induz a diminuição da biodisponibilidade de óxido nítrico (NO), o aumento da formação de radicais livres (RL) e o (mais) aumento da atividade endotelial. Essas mudanças podem levar a uma capacidade vasodilatadora prejudicada. Inúmeras intervenções são realizadas no tratamento da DAC, incluindo agentes farmacológicos, mudança nos hábitos alimentares, suplementação nutricional e exercício físico regular, cujos efeitos benéficos sobre a função endotelial vêm sendo demonstrados em experimentos com animais e humanos. Entretanto, a literatura ainda é controversa quanto à intensidade de esforço necessária para provocar alterações protetoras significativas na função endotelial. Da mesma forma, exercícios intensos estão também relacionados ao aumento no consumo de oxigênio e ao consequente aumento na formação de radicais livres de oxigênio (RLO). Resumo em espanhol Las enfermedades cardiovasculares (ECV) lideran los índices de morbilidad y mortalidad en Brasil y en el mundo, siendo la enfermedad arterial coronaria (EAC) la causa de un gran número de muertes y de gastos en asistencia médica. Numerosos factores de riesgo para EAC están directamente relacionados a la disfunción endotelial. La presencia de estos factores de riesgo induce la disminución de la biodisponibilidad de óxido nítrico (NO), el aumento de la formación de (mais) radicales libres (RL) y el aumento de la actividad endotelial. Esos cambios pueden perjudicar la capacidad vasodilatadora. En el tratamiento de la EAC se realizan numerosas intervenciones, incluyendo agentes farmacológicos, cambio en los hábitos alimentarios, suplemento nutricional y ejercicio físico regular, cuyos efectos benéficos sobre la función endotelial han sido demostrados en experimentos con animales y humanos. Sin embargo, la literatura es aún controvertida en cuanto a la intensidad de esfuerzo necesaria para provocar alteraciones protectoras significativas en la función endotelial. De la misma forma, los ejercicios intensos están también relacionados al aumento en el consumo de oxígeno y al consiguiente aumento en la formación de radicales libres de oxigeno (RLO). Resumo em inglês Cardiovascular diseases are the leaders in morbidity and mortality rates in Brazil and worldwide, being coronary heart disease (CHD) the cause of a large number of deaths and high expenditure on medical assistance. Quite a number of risk factors for CHD are directly related to endothelial dysfunction. Those risk factors induce decreased bioavailability of nitric oxide (NO), the increase of free radicals (FR), and increased endothelial activity. Those changes may lead to v (mais) asodilation impairment. Many interventions are performed to treat CHD. Pharmacological agents, a change in eating habits, nutritional supplements and physical exercise on a regular basis are some of those interventions. The benefits of physical exercise on a regular basis over endothelial function have been demonstrated in experiments with animals and humans. However, data in the literature are still controversial as to the required intensity level to result in significantly protective changes in endothelial function. Intense exercising is also related to higher oxygen consumption and to a resulting increase of oxygen free radicals (OFR).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Espécies reativas do oxigênio e as doenças respiratórias em grandes animais/ Reactive oxygen species and the respiratory tract diseases of large animals

Silva, Andreza Amaral da; Gonçalves, Roberto Calderon
2010-04-01

Resumo em português As espécies reativas do oxigênio (ERO) são moléculas instáveis e extremamente reativas capazes de transformar outras moléculas com as quais colidem. As ERO são geradas em grande quantidade durante o estresse oxidativo, condição em que são afetadas moléculas como proteínas, carboidratos, lipídeos e ácido nucleicos. Neste trabalho, são discutidos os principais conceitos sobre os radicais livres e as ERO: principais tipos, sua formação e a forma como atuam s (mais) obre as estruturas celulares, provocando lesão tecidual significativa. Os principais sistemas de defesa antioxidantes e a influência do aumento na produção dessas ERO no trato respiratório de grandes animais também são discutidos, dando ênfase ao envolvimento das ERO em doenças como a pneumonia em ruminantes e na obstrução recorrente das vias aéreas e a hemorragia pulmonar induzida por exercício em equinos. Resumo em inglês The reactive oxygen species (ROS) are unstable and highly reactive molecules capable of transforming other molecules with which they collide. The ROS are generated in large numbers during the oxidative stress, a condition in which molecules are affected such as proteins, carbohydrates, lipids and nucleic acid. This research discussed the main concepts of the free radicals and ROS: main types, their training and how they act on the cellular structures causing significant t (mais) issue injury. The main antioxidant defense systems and the influence of the increase in the production of ROS in the respiratory tract of large animals are also discussed, with emphasis on the involvement of ROS in diseases such as pneumonia in ruminants and recurrent obstruction of the airways and pulmonary hemorrhage induced by exercise in horses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Produtos naturais de algas marinhas e seu potencial antioxidante/ Natural products from marine seaweeds and their antioxidant potential

Rocha, Fabíola Dutra; Pereira, Renato Crespo; Kaplan, Maria Auxiliadora Coelho; Teixeira, Valéria Laneuville
2007-12-01

Resumo em português Os radicais livres e outros derivados ativos do oxigênio são inevitavelmente co-produzidos em algumas reações biológicas e exercem papel fisiológico importante. No entanto, essas espécies reativas têm sido descritas como fatores que participam diretamente dos mecanismos fisiopatológicos relacionados com a continuidade e as complicações de diversos estados patológicos como a aterosclerose, a diabetes, o câncer, a artrite reumatóide, entre outros. Dessa forma, (mais) a terapia antioxidante preveniria o desenvolvimento e a progressão dessas complicações. As algas marinhas representam uma importante fonte de substâncias antioxidantes naturais, uma vez que têm sistemas de defesas antioxidantes bem desenvolvidos. O presente trabalho é uma compilação das pesquisas realizadas sobre a atividade antioxidante de produtos naturais marinhos e extratos de algas marinhas bentônicas. Resumo em inglês Free radicals and other reactive species of oxygen are co-produced in some biological reactions and they play important physiological role, and nevertheless they are reported as factors that take straight part in the pathophysiologic mechanism associated with continuity and complications of the several pathological process such as arteriosclerosis, diabetes mellitus, cancer, and arthritis, among others. In this way, the antioxidant therapy should prevent the development a (mais) nd progress of these complications. Seaweeds can be valuable source of natural antioxidant compounds since they have a well-developed antioxidant defense system. The present work is a compilation of the antioxidant activities of marine natural products and benthonic marine seaweeds crude extracts researches.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Stress oxidativo e dano oxidativo muscular esquelético: influência do exercício agudo inabitual e do treino físico/ Oxidative stress and damage in skeletal muscle: Influence of unusual acute exercise and physical conditioning

Ferreira, Filipe; Ferreira, Rita; Duarte, José Alberto
2007-08-01

Resumo em português A designação "espécies reactivas" (ER) é utilizada para englobar os radicais livres e outras moléculas, as quais, apesar de não possuírem átomos com electrões desemparelhados, são potencialmente geradoras desses radicais. Estas substâncias, naturalmente formadas em situações basais pelo metabolismo celular, são capazes, devido à sua elevada reactividade, de modificar a maioria das moléculas biológicas, colocando em risco a funcionalidade e a viabilidade c (mais) elular. Particularmente a nível muscular esquelético, a mitocôndria parece constituir a principal fonte e, simultaneamente, o principal alvo das ER. No entanto, a Xantina Oxidase, a Fosfolipase A2, a desaminação das catecolaminas, assim como a infiltração tecidual pós-exercício de leucócitos, poderão contribuir também como fontes adicionais de ER nos músculos exercitados. A ocorrência e a intensidade do resultante dano oxidativo, tanto no músculo esquelético, como nos restantes órgãos e tecidos corporais, para além da taxa de síntese de ER, estão também dependente da capacidade antioxidante que o tecido expressa, quer à custa de antioxidantes endógenos, quer exógenos provenientes da dieta. Essa capacidade antioxidante depende não só do papel específico de cada um dos mecanismos antioxidantes, enzimáticos e não enzimáticos, como também da cooperação entre os mesmos. Como resultado do exercício físico agudo, as taxas de produção de ER de oxigénio aumentam, tal como o dano muscular causado por estes mesmos compostos. Contudo, com a repetição regular do exercício físico (treino), os resultados da literatura mostram que os músculos aumentam a sua capacidade antioxidante, tornando-os mais protegidos contra as ER formadas, não só em repouso, como também durante os exercícios agudos subsequentes. Resumo em inglês The designation "reactive species" (RS) is currently used to classify the free radicals and other kind of molecules that despite not containing atoms with unpaired electrons are potentially producers of those radicals. These substances are naturally created at basal conditions by the cellular metabolism, and due to its high reactivity are able of modifying the structure of most of the biological molecules, placing in risk the cellular functionality and viability. Particul (mais) arly in the skeletal muscle, the mitochondria seem to be the main source of RS and, simultaneously, the main target of these compounds. Xanthine Oxidase, the Phospholipase A2, the catecholamine deamination, as well as the tissue infiltration by leukocytes after exercise, may also contribute as additional sources of RS in exercised muscles. The occurrence and the intensity of the RS-induced oxidative damage in the skeletal muscle or in the remaining organs and tissues, behind the rate of RS synthesis, are also dependent of the antioxidant capacity of the tissue carried out by endogenous and exogenous substances. This antioxidant capacity, performed by enzymatic and non-enzymatic mechanisms, is dependent of the specific paper of each antioxidant and, moreover, also depends of the cooperation between them. As a consequence of the acute and unusual exercise, the production rate of RS of oxygen in skeletal muscle increases severely as well as the oxidative damage caused by these compounds. However, with the regular practice of physical exercise the recruited skeletal muscles increase their antioxidant capacity, becoming more protected against RS, not only at rest conditions but also during the subsequent practice of acute exercises.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Alterações fisiológicas e enzimáticas durante a maturação de sementes de pimenta (Capsicum annuum L.)/ Physiological and enzymatic changes during pepper seeds (Capsicum annuum L.) maturation

Vidigal, Deborah de Souza; Dias, Denise Cunha F. Santos; Pinho, Edila Vilela de Rezende Von; Dias, Luiz Antônio dos Santos
2009-01-01

Resumo em português O trabalho teve como objetivo avaliar as alterações fisiológicas e enzimáticas em sementes de pimenta, cv. Amarela Comprida, obtidas de frutos colhidos em diferentes estádios de maturação e submetidos ao armazenamento pós-colheita. Os frutos foram colhidos aos 40, 50, 60 e 70 dias após a antese (DAA) e submetidos ao armazenamento por 0, 3, 6, 9, 12 e 15 diaspara, então, proceder à extração das sementes.A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada pelos (mais) testes de germinação, primeira contagem de germinação, deterioração controlada e condutividade elétrica. Avaliaram-se, ainda, as alterações nos sistemas enzimáticos malato desigrogenase (MDH), álcool desidrogenase (ADH), superóxido dismutase (SOD) e peroxidase (PO). Melhores resultados de germinação e vigor e maior atividade de enzimas, envolvidas na respiração e proteção contra radicais livres, são observados em sementes obtidas de frutos colhidos a partir de 60 DAA, não sendo necessário o armazenamento destes após a colheita. Resumo em inglês Physiological and enzymatic changes in sweet pepper seeds obtained from fruits harvested at different maturation stages and submitted to post-harvest storage were assessed. Pepper fruits, 'Amarela Comprida' cultivar, were harvested at 40, 50, 60 and 70 days after anthesis (DAA) and stored for 0, 3, 6, 9, 12 and 15 days before seed extraction. Seeds were evaluated by the germination, first count, controlled deterioration and electrical conductivity tests. Changes in the en (mais) zymatic systems malate desidrogenasis (MDH), alcohol desidrogenasis (ADH), superoxide dismutase (SOD) and peroxidase (PO) were also determined. Pepper seeds obtained from fruits harvested at 60 DAA presented better germination and vigor and higher activity of enzymes involved in respiration and protection against free radicals, and post-harvest storage of these fruits was not necessary.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Oxidação lipídica em alimentos e sistemas biológicos: mecanismos gerais e implicações nutricionais e patológicas/ Lipid oxidation in food and biological systems: general mechanisms and nutritional and pathological implications

Ferrari, Carlos Kusano Bucalen
1998-06-01

Resumo em português Descreve e analisa os avanços no conhecimento das reações de oxidação de lipídios em alimentos e sistemas biológicos e suas implicações sobre a qualidade dos alimentos, a nutrição e a saúde. Mecanismos, fatores e condições associadas à oxidação lipídica são analisadas em alimentos e sistemas biológicos. O problema da deterioração da coloração, da textura e dos atributos sensoriais dos alimentos são avaliados, e são discutidos diversos problemas n (mais) utricionais decorrentes da ingestão crônica de alimentos oxidados e suas implicações fisiopatológicas. Relata papel da oxidação lipídica na ocorrência de diversas doenças como aterosclerose, câncer, diabetes, estresse psicológico, infecções (HIV), intoxicações farmacológicas, deficiências nutricionais, e outros processos que envolvem a formação de radicais livres do oxigênio. Discute-se as perspectivas para a população brasileira e as estratégias de intervenção para a prevenção efetiva destes problemas. Resumo em inglês The objective of this work is to describe and analyze the advances in knowledge concerning lipid oxidation reactions in food and biological systems and their implications in the quality of food, nutrition and health. Thus, mechanisms, factors and conditions associated with these reactions are analyzed in food and human body. So, problems like deterioration of color, texture and sensory characteristics of food are evaluated. Nutritional problems caused by chronic ingestion (mais) of oxidized food and its physiopathological consequences are also discussed. Furthermore, several pathological states like atherosclerosis, cancer, diabetes, psychological stress, infections (HIV), drug intoxications, nutritional deficiencies and other processes involving formation of oxygen free radicals are related. Finally, the Brazilian population perspectives and the strategies of intervention for effective prevention of these problems are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Propriedades redox e grupos funcionais de ácidos húmicos isolados de adubos orgânicos/ Redox properties and functional groups of humic acids isolated from organic residues

Baldotto, Marihus Altoé; Canellas, Luciano Pasqualoto; Canela, Maria Cristina; Simões, Marcelo Luiz; Martin-Neto, Ladislau; Fontes, Maurício Paulo Ferreira; Velloso, Ary Carlos Xavier
2007-06-01

Resumo em português Dependendo das condições do sistema, os ácidos húmicos podem atuar como oxidantes ou redutores. Nos sistemas naturais, o fluxo de elétrons está diretamente associado à quantidade e à qualidade do húmus. O potencial do eletrodo e a capacidade de oxidação informam sobre os fatores intensidade e capacidade dos sistemas redox, respectivamente. Estudos prévios têm aventado a hipótese de que radicais livres nos ácidos húmicos participam dessas reações redox. N (mais) o presente estudo, seis ácidos húmicos isolados de adubos orgânicos foram titulados com um oxidante (I2) em atmosfera inerte e condições especificadas. Os ácidos húmicos apresentaram valores do potencial formal-padrão do eletrodo semelhantes: entre 0,773 e 0,794 V a 25 ºC. A capacidade de oxidação dos ácidos húmicos variou de 3,88 a 4,39 mol c kg-1 a pH 5,0 e de 5,35 a 7,89 mol c kg-1 a pH 7,0. Foi observada correlação positiva e significativa entre a capacidade de oxidação dos ácidos húmicos e as suas concentrações de grupos funcionais fenólicos, quinonas e semiquinonas. Resumo em inglês According to the system conditions, humic acids act as oxidants or as reductants. In natural systems the electron flow is directly associated with humus content and quality. Electrode potential and oxidation capacity inform about the intensity and capacity of the redox systems. In previous studies it has been assumed that free radicals participate in humic acid redox reactions. In our study six humic acids isolated from composed organic residues were titrated with an oxid (mais) ant (I2) in inert atmosphere and specified conditions. Humic acids presented similar standard formal electrode potentials, with values between 0.773 and 0.794 V, at 25 ºC. The oxidation capacity of humic acids varied from 3.88 to 4.39 mol c kg-1 at pH 5.0 and from 5.35 to 7.89 mol c kg-1 at pH 7.0. Positive and significant correlations were observed between the oxidation capacity and the concentrations of the phenolic, quinone and semiquinone functional groups in the humic acids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Cardioplegia sangüínea contínua normotérmica/ Normotermic continuous blood cardioplegy

Braile, Domingo M; Ardito, Roberto V; Zaiantchick, Marcos; Santos, José L. Verde; Soares, Marcelo José F
1989-08-01

Resumo em português Os autores discutem o emprego da cardioplegia, bem como sua composição. A parada imediata dos batimentos pode ser conseguida com soluções cardioplégicas cristalóides ou sangüíneas, oxigenadas ou não. O agente que leva o coração à parada pode ser potássio, magnésio, procaína ou, mesmo, quelantes e bloqueadores de cálcio associados entre si ou não, contando com a edição da hipotermia ou não. Deve-se ficar atento para a falsa sensação de proteção a qu (mais) e a baixa temperatura possa nos induzir, uma vez que o frio, por si só, não é suficiente para manter o miocárdio viável por longos períodos. Substratos, como glicose e oxigênio, devem ser fornecidos durante o período de clampeamento aórtico, para garantir algum metabolismo aeróbio, nesse período. A adição de outros substratos, como glutamato, aspartato e lactato, assim como ATP ou creatina fosfato, precursores de intermediários do ciclo de Krebs, podem melhorar muito a proteção miocárdica. A infusão de cardioplegia sangüínea normotérmica de forma contínua mantém as necessidades metabólicas básicas para a sobrevivência das células. A membrana celular, com todas as suas funções estruturais e secretoras, é o ponto mais sensível à injúria isquêmica. Os removedores de radicais livres (scavengers) são protetores indiretos da membrana celular. A cardioplegia retrógrada permite melhorar a distribuição das soluções na árvore coronariana, sendo muito útil nas reoperações. Ela deve fazer parte da tática cirúrgica, sem esquecermos suas limitações. O momento da reperfusão é o mais importante da proteção miocárdica; é nesse período que ocorre a liberação de radicais livres. O uso de removedores (scavengers) pode melhorar as condições e o resultado da reperfusão. A cardioplegia sangüínea oxigenada e normotérmica enriquecida com substratos, antes usada em casos extremamente graves, por disfunção muscular em isquemia miocárdica severa, ou por ausência de proteção adequada, durante a fase de isquemia e/ou reperfusão, foi expandida para todos os casos. É recomendado que o coração tenha, sempre, suas câmaras drenadas, evitando-se qualquer aumento na tensão da parede, o que levaria a maior consumo de oxigênio. Os autores descrevem a técnica e as soluções cardioplégicas aplicadas no Serviço de Cirurgia Cardíaca do IMC e os resultados obtidos com o uso das mesmas. Concluem ser satisfatório o uso de cardioplegia normotérmica modificada e reperfusão assistólica, enriquecidas por aminoácidos, na preservação da função miocárdica e na reversão dos danos isquêmicos. Resumo em inglês The authors discuss the use of cardioplegic solution as well as its composition. The immediate stop of the heart beats can be obtained with cardioplegic solutions whether they are crystalloid or blood-cardioplegia, oxygen-enriched or not, either in association or alone; hypotermia also can be used or not. The agents to stop the heart can be potassium, magnesium, procaine or calcium blockers. Caution is needed in regard to hypotermia since low temperature itself is not eno (mais) ugh to protect myocardium for long periods. Substrates like glucose and oxygen must be supplied during the aortic clamping period, to provide some aerobic metabolism. The addition of other substrates like aspartate, glutamate and lactate as well as ATP and/or phosphate creatine, Krebs cicle intermediates can improve the myocardium salvage. The cell membrane, with all its structural, selective and secretory functions, is the most sensible region to ischemic injure. The retrograde cardioplegy allows a better difusion of the solutions. We believe that it should be part of any cardiac surgery, although we must be aware of its limitations. Perfusion is the most important step of the myocardium salvage when the delivery of free radicals occurs, so the use of scavengers can improve the results of reperfusion. The normotermic blood oxygenated cardioplegy in enriched with substrates was used initially in extremely severe cases of muscle dysfunction, in severe myocardium ischemia or for lack of adequate protection during ischemia and/or reperfusion, and now has been extended to all cases. It is advisable to have the heart chambers always drained, avoiding any increase of tension on the walls which would lead to a higher oxygen consumption. The authors describe the technique and the solution for cardioplegy used in the Cardiac Service of IMC and the results achieved with its use. They conclude that the use of blood modified normotermic cardioplegy aminoacid-enriched and asystolic reperfusion are satisfactory in myocardium salvage and for reverting the ischemic injures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Peroxidação lipídica em pacientes com insuficiência renal crônica/ Lipid peroxidation in patients with chronic renal failure

Mafra, Denise; Abdalla, Dulcinéia Saes Parra; Cozzolino, Sílvia Maria Franciscato
1999-12-01

Resumo em português Trabalhos demonstram desequilíbrio entre atividade oxidante/antioxidante e um aumento nos níveis de radicais livres em pacientes com insuficiência renal crônica. Várias pesquisas mostram uma maior peroxidação lipídica em eritrócitos e outras células do sangue com implicações importantes na morbidade destes pacientes, principalmente por doenças cardiovasculares. Os níveis de antioxidantes enzimáticos como a glutationa peroxidase, superóxido dismutase e cata (mais) lase estão reduzidos, bem como os dos elementos traço (Selênio, Zinco). A diminuição das defesas antioxidantes permite o aumento da formação de espécies reativas de oxigênio, o que caracteriza a condição de estresse oxidativo. Em decorrência disto, ocorrem lesões oxidativas que podem alterar a fluidez da membrana dos eritrócitos, contribuindo para a hemólise e piora da anemia, além de causar a oxidação das lipoproteínas de baixa densidade do colesterol, a qual tem um papel importante na patogênese da aterosclerose, que ocorre freqüentemente nos pacientes com insuficiência renal crônica. O objetivo deste trabalho é discutir a relação da peroxidação lipídica e da diminuição das defesas antioxidantes do organismo como fatores importantes na patogênese da insuficiência renal crônica e suas complicações. Resumo em inglês Evidence suggests an imbalance between antioxidant and oxidant activities and a hyperproduction of free radicals in patients with chronic renal failure. Researches have observed increased levels of plasma and erythrocyte lipid peroxidation and it has recently been implicated as a causative factor of cardiovascular diseases. Antioxidants, including glutathione peroxidase, superoxide dismutase, catalase and trace elements (Selenium, Zinc), are decreased in chronic renal fai (mais) lure. This may cause deterioration of antioxidant defense of red cells contributing to more active red cell destruction, causing anemia in uremia and peroxidation of low density lipoprotein that may be involved in the development of atherosclerosis. Enhancement of lipid peroxidation and decrease of antioxidant defenses in the course of chronic renal failure progression could promote oxidative damage in the kidneys of chronic renal failure patients. Thus, in the present work the role of lipid peroxidation and reduction of antioxidant defenses in the pathogenesis and complications of chronic renal failure are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Os riscos e danos nas intoxicações por paraquat em animais domésticos/ The risks and injuries in the paraquat intoxication in domestic animals

Almeida, Gisane Lanes de; Schmitt, Gabriela Cristina; Bairros, André Valle de; Emanuelli, Tatiana; Garcia, Solange Cristina
2007-10-01

Resumo em português O paraquat é um herbicida de contato não-seletivo. É amplamente utilizado na agricultura em mais de 100 países, pois apresenta baixo custo, grande eficácia e não possui efeitos poluentes cumulativos para o solo. Porém, ele é um produto muito tóxico para humanos e animais, podendo causar intoxicações fatais, principalmente pela falta de um antídoto eficaz na reversão do quadro clínico. O paraquat atua mediante mecanismos de indução do estresse oxidativo, pr (mais) odução aumentada de radicais livres associada à depleção dos sistemas antioxidantes do organismo. Sua toxicidade acomete rins, fígado, músculos, cérebro, dentre outros. Os pulmões são considerados os órgãos-alvo deste herbicida, levando a severas injúrias como edema, hemorragia, inflamação intersticial e fibrose pulmonar. A falência respiratória grave é a causa comum de morte. O tratamento da intoxicação, atualmente, é baseado em medidas que diminuam a absorção e aumentem a excreção. Entretanto, o uso de agentes antioxidantes e antifibróticos vem sendo estudado, pois há interesse crescente no estudo de substâncias que possam servir como antídoto nas intoxicações, uma vez que o paraquat aumenta os índices de morbidade e mortalidade. Resumo em inglês Paraquat is a nonselective contact herbicide. It is widely used in agriculture because it is inexpensive and highly efficient. Moreover, it is not present cumulative pollutant effects. However, it is a very toxic product both for humans and animals. The intoxication produced can be fatal mainly by the lack of an efficient antidote to revert the clinical state of the subject. Paraquat acts on the oxidative stress-induced mechanisms. Thus, there is the increased production (mais) of the free radicals associated with the depletion of antioxidant systems of the organism. Paraquat toxicity attacks kidneys, liver, muscles, and brain, but lungs are the target organs. Severe injuries are observed such as edema, hemorrhage, interstitial inflammation and pulmonary fibrosis, culminating in serious respiratory failure with death. Nowadays, the treatment of paraquat intoxication is based in decrease of the absorption and increases the excretion. Moreover, the use of antioxidants and antifibrotic agents has being studied. There is an increasing interest in studies about substances that can serve as antidote in the poisonings, once paraquat increases the morbidity and mortality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Mecanismos fisiopatológicos do delirium/ Pathophysiological mechanisms of delirium

Santos, Franklin Santana
2005-06-01

Resumo em português O delirium é uma das síndromes mais fascinantes na medicina, apesar de pobremente compreendida. Apesar de sua ocorrência freqüente e de haver crescente informação sobre o diagnóstico, fenomenologia, epidemiologia e etiologias, estudos sobre os mecanismos que mediam a fisiopatologia são, freqüentemente, ausentes. O desenvolvimento de sofisticadas metodologias de imagem cerebral tem permitido ir além das considerações diagnósticas e investigar a neurobiologia d (mais) os sintomas específicos observados no delirium. Esses avanços na neuropsiquiatria e na neuroimagem têm revelado diferenças entre as regiões cerebrais, incluindo os hemisférios. O delirium é uma síndrome que pode ocorrer como o resultado de múltipla e complexa interação entre sistemas de neurotransmissores e processos patológicos. Os neurotransmissores, acetilcolina e serotonina, podem ter participação importante no delirium devido a condições clínicas comuns, bem como no delirium pós-cirúrgico. Outros neurotransmissores (dopamina e GABA) e fatores neurobiológicos tais como citocinas, hormônios e radicais livres precisarão de mais estudos para definir as suas participações na gênese do delirium. Futuros estudos, centralizados na fisiopatologia do delirium, poderão levar a melhores estratégias de prevenção e tratamento. Resumo em inglês Delirium is one of the most fascinating and poorly understood syndromes in medicine. Despite its frequent occurrence and growing information on diagnosis, phenomenology, epidemiology, and aetiologies, studies on mediating pathophysiological mechanisms in delirium are largely lacking. The emergence of sophisticated brain imaging methodologies has made it possible to move beyond diagnostic consideration and investigate the neurobiology of specific symptom clusters observed (mais) in delirium. Advances in neuropsychiatry and neuroimaging have revealed differences between brain regions, including the hemispheres. Delirium is a syndrome that may occur as the result of multiple complex interacting neurotransmitter systems and pathologic processes. The neurotransmitters acetylcholine and serotonin may play particularly important roles in common medical and surgical delirium. Others neurotransmitters such as dopamine and GABA and neurobiologic factors such as cytokines, cortisol abnormalities, and oxygen free radicals will require further study to define their role in delirium. Distinct neuropathologic processes leading to delirium are beginning to be defined. Further situation-specific studies of delirium pathophysiology should lead more effective prevention and treatment strategies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Effect of alpha-tocopherol on the ischemia/reperfusion lesions induced in the hindlimb of rats/ Efeitos do alfa-tocoferol nas lesões de isquemia-reperfusão induzidas em pata direita de ratos

Bitu-Moreno, José; Gregório, Eliza Aparecida; Maffei, Francisco Humberto A.
2001-06-01

Resumo em português Recentes estudos demonstraram que os radicais livres de oxigênio parecem desempenhar papel importante nas lesões de isquemia-reperfusão. O alfa-tocoferol(AT) age in vivo como um anti-oxidante. Nosso objetivo foi o de verificar se o AT atenuava as lesões de isquemia-reperfusão em pata direita de ratos. Os animais, randomizados, foram divididos nos seguintes grupos(G): G1-controle sem isquemia; G2 e G3 - quatro horas isquemia e duas reperfusão. Os animais do G2 foram (mais) tratados com salina e os do G3 com AT, 50mg/kg. Como parâmetros examinamos as alterações de volume e circunferência do pé direito ao longo do experimento, assim como a captação de 99mTc-pirofosfato e a microscopia eletrônica de transmissão do músculo soleus direito. Os aumentos de volume e circunferência do pé dos animais do G2 foram estatisticamente maiores quando comparados com o G1. As medidas do G3 não diferiram do G1. A captação de 99mTc-pirofosfato foi bem aumentada nos G2 e G3, quando comparados ao G1, porém sem diferenças entre os grupos isquêmicos. As lesões ao MET foram menos intensas em três animais do G3, quando comparados ao G2. Conclusão: O tratamento com AT diminuiu a formação do edema mas só protegeu parcialmente as células musculares contra as lesões de isquemia-reperfusão. Resumo em inglês Studies indicate that oxygen-derived free radicals may play a major role in ischemia-reperfusion injury. Alpha-tocopherol acts in vivo as a free radical scavenger. Our purpose was to elucidate whether alpha-tocopherol could change the evolution of ischemia/reperfusion in the right hindlimb of rats. The animals were randomly allocated in the following groups: Group 1(G1)- control without ischemia. Groups 2 and 3(G2,3): four hours ischemia and two hours reperfusion. The ani (mais) mals of group 2 were treated with saline and those of the group 3, treated with alpha-tocopherol, 50 mg/Kg. Parameters were the foot volume and circumference, 99mTc-Pyrophosfate uptake in the soleus muscle, plasmatic creatine-phosphokinase (CPK), and transmition eletronic microscopy (TEM)of muscle cells. The foot volume and circumference of the animals of G2 were significantly greater than in G1. In the G3 these measurements did not differ from the G1. Pyrophosphate uptake and CPK measurements were increased in G2,G3 when compared to the animals of G1, but there were no differences between the ischemic groups. Cell injury, when examined by TEM, was less severe in two of three animals of G3, when compared to the G2. Conclusion: The treatment with alpha-tocopherol diminuished edema formation, but only partially protected muscle cells from injury.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Avaliação de compostos com atividade antioxidante em células da levedura Saccharomyces cerevisiae/ Evaluation of compounds with antioxidant activity in Saccharomyces cerevisiae yeast cells

Soares, Daniele Grazziotin; Andreazza, Ana Cristina; Salvador, Mirian
2005-03-01

Resumo em português Antioxidantes são compostos que atuam inibindo e/ou diminuindo os efeitos desencadeados pelos radicais livres e compostos oxidantes. Diferentes métodos têm sido desenvolvidos para obter a diferenciação, seja qualitativa ou quantitativa, da capacidade antioxidante de compostos, tanto através de testes sem a utilização de células (testes químicos) ou utilizando culturas celulares (testes biológicos). Os testes químicos são mais rápidos e simples de serem execu (mais) tados. No entanto, não são representativos das condições celulares do homem. Ensaios microbianos `in vivo' utilizando-se, principalmente, células eucarióticas da levedura Saccharomyces cerevisiae têm se mostrado muito adequados para determinação da capacidade antioxidante de diferentes compostos, fornecendo resultados rápidos, reprodutíveis e passíveis de serem correlacionados ao observado no homem. O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade antioxidante do ácido L-ascórbico, vitamina E (alfa-tocoferol) e dos flavonóides hesperidina, naringina, naringenina, quercetina, rutina e sakuranetina, utilizando como modelo de sistema biológico a levedura S. cerevisiae. Para realização dos testes, as células foram tratadas com o agente estressor apomorfina em presença e ausência das amostras. Os resultados mostraram que a rutina, hesperidina, sakuranetina, quercetina e naringina foram os compostos com maior atividade antioxidante, seguidos da naringenina e vitamina E. O ácido L-ascórbico e a mistura de ácido L-ascórbico e vitamina E não mostraram atividade antioxidante frente aos danos gerados pela apomorfina nas concentrações ensaiadas. Resumo em inglês Antioxidants are compounds that remove free-radicals or minimize their availability to generate oxidative stress. There are many methods to determine antioxidant capacity, but microbiological assays, using mainly eukaryotic cells, have shown similar results to man. The purpose of this work was to evaluate, through biological tests, the antioxidant capacity of L- ascorbic acid, vitamin E (alpha-tocoferol) and the flavonoids hesperidin, naringin, naringenin, quercetin, ruti (mais) n and sukuranetin. The study was carried out on eukaryotic cells of the yeast Saccharomyces cerevisiae treated with the above mentioned antioxidants in the presence of the stressing agent apomorphine. The results obtained showed that rutin, hesperidin, sakuranetin, quercetin and naringin were the most effective/potent antioxidant compounds followed by naringenin and a-tocopherol. Vitamin C and a mixture of vitamins C and E did not show antioxidant activity against apomorphine in the performed conditions of this work.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Terapêutica medicamentosa na isquemia e reperfusão mesentérica: revisão da literatura

Santos, Carlos Henrique Marques dos; Pontes, José Carlos Dorsa Vieira; Gomes, Otoni Moreira
2006-03-01

Resumo em português Até pouco tempo atrás se acreditava que na isquemia mesentérica todas as alterações orgânicas desta afecção eram devidas à obstrução total ou parcial do fluxo arterial intestinal. Recentes descobertas quanto à fisiopatologia do processo de isquemia e reperfusão mesentérica demonstraram que os radicais livres, principalmente, atuam durante a reperfusão, levando à lesão tecidual muito mais importante do que as lesões que ocorrem na fase de isquemia isolada (mais) mente. Assim, surge uma nova possibilidade terapêutica além do tratamento cirúrgico, em que uma determinada substância poderia atuar de modo a inibir ou minimizar a cascata de alterações no nível celular que culminam na lesão e morte celular. Realizamos uma ampla revisão da literatura médica atual pelos bancos de dados LILACS e MEDLINE, visando verificar quais os fármacos estudados para este fim e os resultados obtidos nas pesquisas. Constatamos que inúmeras substâncias têm sido avaliadas em estudos experimentais, em sua maioria utilizando ratos e a maioria não apresentou resultados satisfatórios a ponto de permitirem seu emprego na prática clínica; algumas, entretanto, apresentaram resultados promissores, necessitando ainda de novos estudos a fim de se descobrir uma substância que possa ser empregada em seres humanos em situações de isquemia e reperfusão mesentérica, a fim de se evitar tratamentos intervencionistas com altos índices de morbi-mortalidade. Resumo em inglês A short time ago, it was believed that all of the organic alterations in the mesenteric ischemia were due to the total or partial obstruction of the intestinal arterial flow. As for the physiopathology of the ischemia process and mesenteric reperfusion, recent discoveries demonstrated that the free radicals, mainly, act during the reperfusion taking to the lesion much more important tecidual than the lesions that happen in the ischemia phase separately. So a new therapeut (mais) ic possibility appears besides the surgical treatment when a certain substance could act in the way to inhibit or to minimize the cascade of alterations at the cellular level that culminate to the cellular lesion and death. We accomplished a wide revision of the current medical literature for the databases LILACS and MEDLINE looking to verify the studied drugs for this gol and the results obtained in the researches. We verified that countless substances have been appraised in experimental studies and most of them didn't show satisfactory results for their acceptance in practice clinic. Although some presented promising results, new studies are still needed to discover a substance that can be used in ischemia situations and mesenteric reperfusion in human beings to avoid interventionist treatments with high mortality rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Efeito do alopurinol e terapia com oxigênio hiperbárico em modelo de reimplante de membro após isquemia quente em ratos/ Effect of allopurinol and hyperbaric oxygen therapy in a limb replantation model after warm ischemia in rats

Cunha, Marcelo Sacramento; Silva, José Carlos Faes da; Nakamoto, Hugo; Simão, Danielle Tiemi; Ferreira, Marcus Castro
2005-04-01

Resumo em português OBJETIVO: A isquemia prolongada leva a alterações na microcirculação tecidual e liberação de radicais livres do oxigênio conhecidas como fenômeno de não reperfusão. Foi testado um modelo experimental de reimplante de membro após isquemia quente e os efeitos do fármaco alopurinol e da terapia com oxigênio hiperbárico. MÉTODO: Foram realizadas amputações com preservação dos vasos e nervos dos membros posteriores direitos em 95 ratos. Os grupos modelos M1, (mais) M2, M3, M4 e M5 foram submetidos à isquemia quente de 0, 2, 4, 6 e 8 horas. As taxas de viabilidade dos membros isquêmicos após sete dias de avaliação foram 100%, 80%, 63,6%, 50% e 20%. Os grupos experimentais E1 e E2 foram tratados, respectivamente, com alopurinol e terapia com oxigênio hiperbárico após isquemia de 6 horas. As taxas de viabilidade foram 70% e 30%. Os resultados foram analisados estatisticamente pelo teste do Qui-quadrado. RESULTADOS: Os grupos M1, M2, M3, M4 e M5 foram estatisticamente diferentes entre si exceto os grupos M3 e M4. E1 resultou em uma viabilidade de membros maior que M4 e E2 resultou em uma viabilidade de membros menor que M4(resultados estatisticamente significantes). CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que a administração do alopurinol após isquemia do membro por 6 horas aumenta a taxa de viabilidade dos membros isquêmicos, e a terapia com oxigênio hiperbárico diminuiu a viabilidade dos membros isquêmicos. Resumo em inglês BACKGROUND: Prolonged ischemia leads to alterations in tissue microcirculation and oxygen free radicals production. This event is called no reflow phenomenon and its management is a challenge to the surgeon dealing with replantation. It was tested a replantation model after warm ischemia in rats and the effectiveness of allopurinol and hyperbaric oxigen therapy. METHODS: Amputation with preservation of vessels and nerves of the right hind limb was proceeded in 95 rats. Th (mais) e groups M1, M2, M3, M4 and M5 were submitted to 0, 2, 4, 6 and 8 hours of ischemia. The limbs were observed for seven days and the survival limb rates in each group were 100%, 80%, 63,6%, 50% and 20% respectively. M4 was elected control for experimental groups. The groups E1 and E2 were submitted to 6 hours of ischemia and were treated with allopurinol and hyperbaric oxigen therapy. The survival limb rates were 70% and 30% respectively. RESULTS: M1, M2, M3, M4 and M5 were statistically different except for M3 and M4. E1 had a better limb survival than M4. E2 had a worse limb survival than M4. CONCLUSION: Our results suggest that the administration of allopurinol may be helpful to improve limb salvage after ischemia and hyperbaric oxigen therapy may not be helpful and even can be harmful to ischemic limbs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Fotopolimerização: princípios e métodos/ Photopolymerization: principles and methods

Rodrigues, Máira R.; Neumann, Miguel G.
2003-12-01

Resumo em português O interesse na Fotoquímica de Polímeros tem crescido nas últimas décadas devido não somente ao grande número de novas aplicações como também à repercussão do ponto de vista econômico, técnico e ecológico. A fotopolimerização/fotocura tem recebido a atenção especial devido às incontáveis aplicações e a sua importância na área de Materiais. A cinética destes processos necessita de métodos analíticos precisos e rápidos para ser avaliada. Entre os (mais) métodos analíticos convencionais, os mais usados são a gravimetria e a medida de propriedades macroscópicas, como resistência à tração, à deformação e dureza. Entretanto, para determinações mais analíticas é conveniente usar métodos que permitam estudar a cinética de fotopolimerização em tempo real. Neste sentido têm sido usadas técnicas como dilatometria, espectroscopia Raman, calorimetria, e espectroscopia de infravermelho por transformada de Fourier em tempo real. A atividade no campo da polimerização continua a se expandir em muitas áreas e, recentemente, o interesse nos sistemas do fotoiniciação envolvendo a polimerização via radicais livres, iniciada por luz visível, tem recebido atenção especial. Recentemente, estudos sobre fotopolimerização catiônica induzida pela luz visível começaram a ser pesquisados novamente devido à grande variedade de monômeros que são polimerizáveis por via catiônica mas não por via radicar, como, por exemplo, oxiranas e éteres vinílicos. Resumo em inglês The interest for Polymer Photochemistry has been growing in the last decades as a consequence not only of the great number of new applications as well as due to the repercussion of economical, technical and ecological characters. The photopolymerization - photocuring processes have received special attention due to the countless and important applications in the area of Materials. The kinetics of these processes needs fast and precise analytic methods to be evaluated. Amo (mais) ng the conventional analytic methods, the most used are gravimetry and the determination of macroscopic properties, as resistance to traction, deformation and hardness. However, for a better insight in the reactions it is convenient to use more advanced analytic methods, in order to study the photopolymerization kinetics in real time. Dilatometry, Raman spectroscopy, calorimetry, and real time Fourier transform infrared spectroscopy are some of the techniques that have been used. Activity in the field of photopolymerization continues to expand in many areas and recently, the interest in photoinitiation systems involving the initiation of free-radical polymerization with visible light irradiation has been retaken. Additionally, studies on cationic photopolymerization induced by visible light started again to be studied because of the large variety of monomers that can be photopolymerized by via cation initiation, but not by free radicals, such as oxiranes and vinyl ethers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Estudo da ação do extrato de Ginkgo biloba e amido hidroxietílico hipertônico na atenuação de alterações decorrentes de isquemia e reperfusão de órgãos esplâncnicos em ratos/ Ginkgo biloba extract and hypertonic hydroxyethyl starch on attenuating ischemia and reperfusion changes of splanchnic organs in a rat model

Macarenco, Ricardo Silvestre e Silva; Takahagi, Rodrigo Ueno; Bardella, Luiz Carlos; Sequeira, Julio Lopes; Yoshida, Winston Bonetti
2001-09-01

Resumo em português A oclusão e reperfusão das artérias esplâncnicas ocasiona choque circulatório, causado principalmente pelo aumento de permeabilidade vascular e pela agressão celular provocada por radicais livres derivados do oxigênio. Este estudo tem por finalidade verificar a ação do extrato de Ginkgo biloba (Egb-761) e do amido hidroxietílico (AHH) na prevenção do choque circulatório produzido pela isquemia e reperfusão de órgãos esplâncnicos. O Egb-761 tem propriedade (mais) s antioxidantes relatadas na literatura. O AHH, tem sido utilizado como recurso terapêutico do choque hipovolêmico. Ratos anestesiados receberam infusão contínua de Egb-761 ou AHH, sendo submetidos à isquemia (oclusão do tronco celíaco, artéria mesentérica superior e artéria mesentérica inferior por 30 minutos) e reperfusão (por 90 minutos) dos órgãos esplâncnicos. Foram feitas: análise histopatológica ileal, dosagem de malondialdeído ileal e determinação contínua da pressão arterial média (PAM). A PAM ao final do período de reperfusão foi significativamente mais elevada nos animais tratados com Egb-761 e AHH, que no grupo controle (F=18,29; p0,10) e quanto às alterações histológicas (H=6,003; p>0,10). Em conclusão, houve melhora nas condições hemodinâmicas, com atenuação do choque nos ratos que receberam Egb-761 ou AHH. Novos estudos serão necessários para se avaliar melhor as alterações histológicas e para esclarecer a formação de produtos finais da peroxidação lipídica. Resumo em inglês Splanchnic artery occlusion and reperfusion causes circulatory shock, due mainly to increased capillary permebility and cellular injury precipitated by oxygen derived free-radicals. The purpose of this study was to verify if Ginkgo biloba extract (Egb-761) and hypertonic hydroxyethyl starch (HHS) would be able to prevent hypovolemic shock at the splanchnic artery occlusion (SAO). Egb-761 is known for its antioxidant property, which is well documented by the literature. HH (mais) S has been used successfully in hypovolemic shock treatment. Anesthetized rats received Egb-761 and HHS infusion and had their celiac, superior mesenteric and inferior mesentereic arteries occluded for 30 minutes followed by reperfusion by 90 minutes. Ileal histology and malondialdehyd (MDA) were determinated, as well as, mean arterial blood pressure (MABP) records were performed. Treated animals exhibited higher MABP than the controls (F=18,29;p 0,10) and histology (H=4,61; p> 0,10) did not show statistical differences among the groups. In conclusion, Egb-761 and HHS, have improved the rats hemodinamics attenuating significantly the SAO shock. Further studies must be proceeded to clarify the histological changes and the lipid peroxidation final products formation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

A preservação do intestino delgado para transplante: a contribuição da oxigenação hiperbárica/ Small bowel preservation for transplantation: the contribution of the hyperbaric oxygenation

Guimarães, Fernando Augusto Garcia; Taha, Murched Omar; Fagundes, Djalma José
2008-06-01

Resumo em português RACIONAL: Não há ainda um método que mantenha adequadamente e por tempo prolongado a qualidade e a função do intestino delgado a ser transplantado, apesar da existência de várias modalidades de preservação. Há necessidade de se desenvolver e aprimorar novas opções técnicas. OBJETIVO: Recuperar os artigos que estudaram a aplicação da oxigenação hiperbárica (OHB) como técnica de preservação do intestino delgado destinado para transplante, procurando det (mais) erminar qual a contribuição do método no prolongamento do tempo e qualidade dessa preservação. MÉTODOS: Utilizou-se a base de dados do Medline e da Scielo consultada nos sites www.pubmed.com e www.bireme.br tendo sido selecionados 58 trabalhos pertinentes. A revisão mostrou que a preservação intestinal está associada ao uso de soluções que fornecem substrato oxidativo para a célula assim como acrescentam substâncias que evitam ou reduzem a formação de espécies reativas de oxigênio. A hipotermia e a oxigenação destas soluções preservadoras é de uso corrente e consensual. Nove trabalhos ativeram-se ao uso específico da OHB. Não há consenso sobre sua utilização em trabalhos experimentais. Contudo os estudos não são comparáveis, pois utilizam metodologias diversas e diferentes tipos de avaliação. Discute-se também a complexidade e os custos da OHB. Apesar disto, há indicações que a OHB pode prevenir o edema da hipotermia, manter a oxigenação tecidual durante a preservação e impedir ou diminuir a formação de radicais livres. CONCLUSÃO: A OHB deve ser avaliada como alternativa exclusiva ou complementar às técnicas de preservação, sendo campo fértil de investigação. Resumo em inglês INTRODUCTION: In spite of the existence of several modalities of preservation, up to now a method that adequately keeps for a long time the quality and the functioning aspects of the small bowel to be transplanted is lacking. AIM: To gather articles using hyper baric oxygenation (HBO) as technique of small bowel preservation for transplant and quality of the preservation. METHODS: Database Medline and Scielo were checked at www.pubmed.com and www.bireme.br, with 58 works (mais) selected. Solutions supplying oxidative substratum to the cells and adding substances to prevent or reduce the formation of reactive oxygen, is the main source of preservation. The hypothermia and solutions oxygenation are in current use. Nine papers studied the specific use of the HBO. There is no consensus on its use in experimental works. However, these papers are not comparable, due to different methodologies and types of evaluation. One also argues the complexity and the costs of the HBO. In spite of that, there are evidences that the HBO can prevent hypothermia edema, keep the tecidual oxygenation during the preservation and hinder or diminish the formation of free radicals. CONCLUSION: HBO must be considered as the unique alternative or complementary technique in the preservation of the small bowell for transplant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Compostos bioativos presentes em amora-preta (Rubus spp.)/ Bioactive compounds of blackberry fruits (Rubus spp.) grown in Brazil

Ferreira, Daniela Souza; Rosso, Veridiana Vera de; Mercadante, Adriana Zerlotti
2010-09-01

Resumo em português A amora-preta (Rubus spp.), pequena fruta de clima temperado, possui coloração atraente, variando do vermelho púrpura ao azul, devido ao elevado teor de antocianinas. As antocianinas, juntamente com os carotenoides, compõem os pigmentos naturais, majoritários encontrados em diversas frutas. Diversos estudos têm relatado a importância destes pigmentos naturais como protetores e/ou inibidores de doenças degenerativas, porém são escassos os estudos sobre compostos (mais) bioativos presentes em amora-preta cultivada no Brasil. Os objetivos do presente estudo foram identificar as antocianinas e os carotenoides presentes em amora-preta, determinar os conteúdos totais de compostos fenólicos, carotenoides, flavonoides, antocianinas totais, monoméricas, poliméricas e copigmentadas, e a capacidade antioxidante frente aos radicais livres ABTS e DPPH. O teor total de carotenoides foi baixo (86,5 ± 0,2 µg/100 g), com all-trans-β-caroteno (39,6 %) e all-trans-luteína (28,2 %) como os majoritários. As amoras-pretas apresentaram elevado potencial antioxidante principalmente pelo teor representativo de antocianinas monoméricas (104,1 ± 1,8 mg/100 g de fruto), presença de antocianinas poliméricas (22,9 ± 0,4 %), baixa porcentagem de antocianinas copigmentadas (1,6 ± 0,1 %) e altos teores de compostos fenólicos (241,7 ± 0,8 mg equivalente de ácido gálico/100 g) e de flavonoides totais (173,7 ± 0,7 mg equivalente de catequina/100 g). Cianidina 3-glucosídeo foi a antocianina majoritária (92,9 %). Diante destes resultados, a amora-preta pode ser considerada uma fonte natural rica em antioxidantes e pigmentos. Resumo em inglês The blackberry (Rubus spp.), a small fruit grown in temperate climate, shows an attractive color ranging from purple red to blue, due to the high content of anthocyanins. The anthocyanins, along with carotenoids, are the major natural pigments found in several fruits. Many studies have reported the importance of these natural pigments as protectors and, or, inhibitors of degenerative disorders; however, data regarding the bioactive compounds in blackberry cultivated in Br (mais) azil are rare. Thus, the objectives of the present study were to identify the anthocyanins and carotenoids in blackberry (Rubus spp.), to determine the total contents of phenolic compounds, flavonoids, carotenoids, and total, monomeric, polimeric and co-pigmented anthocyanins, and the antioxidant capacity against the free radicals ABTS and DPPH. The total carotenoids level was low (86.5 ± 0.2 µg/100 g), with all-trans-β-carotene (39.6 %) and all-trans-lutein (28.2 %) as the major ones. The blackberries showed high antioxidant status mainly due to the high level of monomeric anthocyanins (104.1 ± 1.8 mg/100 g de fruta), presence of polimeric anthocyanins (22.9 ± 0.4 %), low percentage of co-pigmented anthocyanins (1.6 ± 0.1 %) and high contents of phenolic compounds (241.7 ± 0.8 mg gallic acid equivalent/100 g) and total flavonoids (173.7 ± 0.7 mg catechin equivalent/100 g). Cyanidin 3-glucoside was the major anthocyanin (92.9 %). These results indicate that the blackberry cultivated in Brazil can be considered a rich natural source of antioxidants and pigments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Caracterização de adubos orgânicos por espectroscopia de ressonância paramagnética eletrônica/ Characterization of organic fertilizers by electron paramagnetic resonance

Simões, Marcelo Luiz; Silva, Wilson Tadeu Lopes da; Saab, Sergio da Costa; Santos, Larissa Macedo dos; Martin-Neto, Ladislau
2007-12-01

Resumo em português O aumento do interesse na produção dos alimentos denominados orgânicos fez crescer a demanda por insumos com características adequadas para atender a esse sistema de produção. Contudo, a qualidade dos denominados adubos orgânicos disponíveis para comercialização é, em alguns casos, questionável devido à falta de uma metodologia de análise que avalie o produto. Neste trabalho é apresentada uma proposta de metodologia baseada na avaliação do grau de humific (mais) ação inferido por meio da quantificação dos radicais livres orgânicos (RLO), presentes na matéria orgânica, e que podem ser detectados por meio da espectroscopia de ressonância paramagnética eletrônica (RPE). Foram utilizadas nove amostras de adubos orgânicos de diferentes procedências e, como possíveis fontes de adulteração, dois solos e carvão vegetal. Os resultados mostraram significativa variação na concentração de RLO entre os diferentes adubos orgânicos analisados (de 0,10 × 10(18) spins g-1 a 1,84 × 10(18) spins g-1). A análise de componentes principais (PCA) confirmou a significância estatística entre as amostras com relação a esse parâmetro, podendo este ser utilizado para diferenciar os adubos orgânicos. Possíveis adulterações, provindas da adição de solos e carvão vegetal, foram detectadas pela observação de alterações nos espectros de RPE, como concentração de spins, largura de linha do sinal, fator g, forma de linha e surgimento de novos sinais. O limite de detecção de impurezas variou em torno de 5 e 10 %, dependendo do tipo de impureza adicionada e do parâmetro espectral analisado. Resumo em inglês The growing interest in the production of organic foods has intensified the demand for fertilizers with suitable characteristics to supply this production system. However, the quality of commercial organic fertilizers is, in some cases, doubtful due to the lack of analytical methodology to evaluate the products. Our study proposes a methodology based on the evaluation of the humification degree obtained by quantification of organic free radicals (OFR), which are naturally (mais) present in organic matter and can be detected by electronic paramagnetic resonance (EPR). Nine samples of organic fertilizers of different origins were analyzed and two soils and vegetal coal were used as possible sources of adulteration. The results showed substantial variations in the OFR concentration in the samples (from 0.10 × 10(18) to 1.84 × 10(18) spins g-1). The Principal Component Analysis (PCA) confirmed the statistically significant difference among samples for this parameter. This indicates that OFR concentration can be used to differentiate organic fertilizers. Analyzing spectral alterations in the EPR signals such as spin concentration, line width, g value, line shape and detection of new signals, it was also possible to detect adulterations in the samples caused by soil and vegetal coal additions. The detection limits of the adulterations were around 5 % and 10 %, depending on the type of impurity and EPR parameter under study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Componentes do rendimento, teores de isoflavonas, proteínas, óleo e qualidade de sementes de soja/ Isoflavone, protein and oil contents and soybean seed quality

Ávila, Marizangela Rizzatti; Braccini, Alessandro de Lucca e; Scapim, Carlos Alberto; Mandarino, José Marcos Gontijo; Albrecht, Leandro Paiola; Vidigal Filho, Pedro Soares
2007-01-01

Resumo em português A soja, além de ser utilizada na alimentação animal vem sendo incluída na alimentação humana, pois possui na sua composição química, proteínas, lipídios, algumas vitaminas e compostos polifenólicos, como as isoflavonas. A atividade antioxidante das isoflavonas pode ser considerada um mecanismo de garantia da qualidade das sementes, em virtude da teoria de deterioração, em detrimento da ação de radicais livres na membrana celular. Desta forma, conduziu-se u (mais) m experimento durante o ano agrícola de 2004/05 em dois locais de semeadura (Maringá e Umuarama), com o objetivo avaliar os componentes de produção, a qualidade fisiológica das sementes de soja produzidas em dois locais de semeadura e determinar os seus teores de óleo, proteínas e de isoflavonas, bem como correlacionar o conteúdo de isoflavonas com os componentes de rendimento, qualidade fisiológica, teores de óleo e proteínas das sementes de soja. As cultivares estudadas foram de ciclo precoce (EMBRAPA 48 e BRS 213) e semiprecoce (BR 36, BRS 133, BRS 184 e BRS 214). Avaliou-se o rendimento e a massa de mil sementes, a qualidade das sementes por meio dos testes de germinação (primeira contagem e contagem final), tetrazólio (vigor e viabilidade) e o teor de óleo, proteínas e isoflavonas. Verificou-se que as cultivares BRS 133 e EMBRAPA 48 apresentaram os maiores conteúdos de isoflavonas, ao passo que, para a cultivar BR 36, foi constatada a menor quantidade, em ambos os locais. Para todas as cultivares avaliadas em Maringá, a germinação das sementes foi superior a 80%. A correlação entre isoflavonas e massa de mil sementes foi negativa para as duas localidades. Resumo em inglês Soybean seeds have been used not only for animal, but also for human nutrition because of the presence of proteins; lipids; some vitamins and polyphenolic compounds, such as isoflavones, in their chemical composition. The antioxidant activity of isoflavones may be considered a safe mechanism of seed quality. This is due to the deterioration theory which leads to a cellular detriment because of the action of free radicals on cell membranes. Experiments were carried out dur (mais) ing the 2004/05 agricultural year in two different sowing locations (Maringá and Umuarama). The objective of this study was to evaluate the yield, physiological quality of seeds produced in two sowing locations; to determine oil, protein and isoflavone contents; as well as to correlate isoflavone contents to the yield, physiological quality and oil-protein contents of soybean seeds. The seed quality was evaluated by the germination test (first count and final count); the tetrazolium test (vigor and viability) and the concentration of oil, protein and isoflavone tests. Analysis of the isoflavone contents showed that the BRS 133 and EMBRAPA 48 cultivars presented the highest isoflavone contents whereas the BR 36 cultivar showed the lowest isoflavone contents in both places. Germination was above 80% in all cultivars tested in Maringá. The correlation between isoflavones and the weight of one thousand seeds was negative for both locations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Avaliação do dano oxidativo ao DNA de células normais e neoplásicas da mucosa cólica de doentes com câncer colorretal/ Evaluation of DNA oxidative damage in normal and neoplastic cells of colonic mucosa in patients with colorectal cancer

Ribeiro, Marcelo Lima; Priolli, Denise Gonçalves; Miranda, Daniel Duarte da Conceição; Paiva, Demétrius Arçari; Pedrazzoli Júnior, José; Martinez, Carlos Augusto Real
2007-12-01

Resumo em português O estresse oxidativo ao DNA de células da mucosa cólica decorrente de radicais livres de oxigênio presentes na luz intestinal, induz mutações de genes relacionados ao controle do ciclo celular, representando um dos fenômenos iniciais da carcinogênese colorretal. A quantificação do dano oxidativo ao DNA em portadores de câncer colorretal foi pouco estudada até o momento. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi mensurar os níveis de dano oxidativo ao DNA de (mais) células isoladas da mucosa cólica de doentes com câncer colorretal comparando o tecido normal e o neoplásico e correlacionando-os a variáveis anatomopatológicas. MÉTODO: Estudou-se 32 enfermos (19 mulheres) com média de idade de 60,6 ± 15,5 anos, portadores de adenocarcinoma colorretal operados consecutivamente, entre 2005 e 2006. A avaliação do dano oxidativo ao DNA foi realizada pela da versão alcalina do ensaio cometa (eletroforese e gel de célula única), a partir de fragmentos de tecido cólico normal e neoplásico obtidos imediatamente após a extirpação do espécime cirúrgico. Avaliou-se a extensão das rupturas das hélices do DNA com método de intensificação de imagem, em 200 células escolhidas aleatoriamente (100 de cada amostra de tecido) com o programa Komet 5.5. A mensuração da cauda obtida de cada célula (Tail Moment) representava, quantitativamente, a extensão do dano oxidativo ao DNA. A análise estatística das variáveis consideradas foi realizada pelos testes t de Student, qui-quadrado e Kruskal-Wallis, adotando-se nível de significância de 5% (p Resumo em inglês Oxidative stress on mucosal cells of the colon, resulting from the action of free radicals present in the intestinal lumen, represents one of the initial phenomena in colorectal carcinogenesis, because it may induce gene mutations relating to cell cycle control. Quantification of the oxidative damage to the DNA in colorectal cancer patients has been little studied so far. OBJECTIVE: To measure the levels of oxidative damage to the DNA in cells isolated from the colon muco (mais) sa in colorectal patients, and to compare normal and neoplastic tissues and make correlations with anatomopathological variables. METHOD: Thirty colorectal adenocarcinoma patients (eighteen women) of mean age 60.6 ± 15.5 years who consecutively underwent operations performed by the same surgical team between 2005 and 2006 were studied. The oxidative damage to the DNA was evaluated by means of the alkaline version of the comet assay (single-cell gel electrophoresis), from fragments of normal and neoplastic colon tissue that were obtained immediately after removal of the surgical specimen. The extent of breakages of the DNA helices was assessed using an image intensification method, on 200 randomly chosen cells (100 from each tissue sample), by means of the Komet 5.5 program. The Tail Moment (T.M) measured in each cell quantitatively represented the extent of the oxidative damage to the DNA. The statistical analysis on the variables considered was performed by means of the Student t, chi-squared and Kruskal-Wallis tests, with a significance level of 5% (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Associação da concentração plasmática de cobre com metaloproteínas cobre-dependentes em atletas de elite/ Association between copper plasma concentration and copper-dependent metaloproteins in elite athletes

Koury, Josely Correa; Oliveira, Cyntia Ferreira de; Donangelo, Carmen Marino
2007-08-01

Resumo em português O cobre é um elemento-traço essencial para a manutenção de vários processos biológicos, tais como metabolismo energético, homeostase de ferro e mecanismos de proteção antioxidante através da atividade da cobre-zinco superóxido dismutase (Cu-Zn SOD), da ceruloplasmina e da metalotioneína. No entanto, o cobre também participa de reações oxidativas que promovem a liberação de radicais livres, podendo prejudicar a integridade e a funcionalidade celular. A ati (mais) vidade física afeta a homeostase do cobre e promove maior utilização de oxigênio, favorecendo a instalação do estresse oxidativo quando mecanismos naturais de proteção antioxidante, incluindo os dependentes de cobre, não atuam adequadamente. Não há relatos na literatura sobre a associação de diferentes níveis de concentração plasmática de cobre com indicadores antioxidantes cobre-dependentes em atletas de elite. O presente estudo objetivou verificar a associação entre diferentes níveis plasmáticos de cobre e metaloproteínas cobre-dependentes, com atividade antioxidante, em atletas de elite. Os indicadores bioquímicos (metalotioneína e Cu-Zn SOD eritrocitárias, ceruloplasmina e cobre plasmáticos) foram avaliados em 50 atletas, homens e adultos, utilizando metodologias já consolidadas. Os resultados mostraram que 32% dos atletas apresentaram níveis de cobre plasmático inferiores a 11µmol/L, 38% entre 11-13µmol/L e 30% > 13µmol/L. As associações encontradas entre cobre plasmático e ceruloplasmina (r = 0,31; p = 0,04) e Cu-Zn SOD (r = 0,32, p = 0,02); metalotioneína eritrocitária e ceruloplasmina (r = 0,40, p = 0,006) e Cu-Zn SOD (0,73, p = 0,001) e entre Cu-Zn SOD e ceruloplasmina (r = 0,37, p Resumo em inglês Copper is a trace element essential in several biological processes, some of them important for physical activity, such as energy metabolism, iron homeostasis and antioxidant protection through the plasma ceruloplasmin, erythrocyte Cu-Zn superoxide dismutase (Cu-Zn SOD) and metallothionein. However, copper also participates in oxidative reactions releasing free radicals, which may adversely affect cell integrity and function. Physical activity is known to affect copper ho (mais) meostasis and may interfere in the copper antioxidant capacity. Intense physical activity results in higher oxygen consumption, which favors the release of free radicals and may cause irreversible damage to the body when the natural mechanisms of protection, including those copper-dependent, are not properly stimulated. Few studies related exercise with plasma copper level and copper-dependent metalloproteins in elite athletes. The present study aimed at evaluating the association between different levels of plasma copper and copper-dependent metalloproteins in male elite athletes (n = 50). The biochemical indices studied were plasma copper and ceruloplasmin, and erythrocyte Cu-Zn superoxide dismutase and metallothionein by validated methods. The results showed that 32% of the athletes had plasma copper levels lower than 11µmol/L, 38% between 11-13 µmol/L and 30% higher than 13 µmol/L. Plasma copper was associated with plasma ceruloplasmin level (r = 0.31, p = 0.004), and with Cu-Zn SOD (r = -0.32, p = 0.02); metallothionein erythrocyte were associated with Cu-Zn SOD (r = 0.73, p = 0.001) and with ceruloplasmin (r = 0.40, p = 0.006). These results suggest that both plasma and erythrocyte antioxidant capacity favor homeostatic adjustments in agreement with plasma copper levels in elite athletes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Avaliação da expressão tecidual do gene de reparo MLH1 e dos níveis de dano oxidativo ao DNA em doentes com câncer colorretal/ Evaluation of expression of mismatch repair gene MLH1 and levels of oxidative DNA damage in normal and neoplastic tissues of patients with colorectal cancer

Martinez, Carlos Augusto Real; Cordeiro, Adriana Teixeira; Priolli, Denise Gonçalves; Miranda, Daniel Duarte da Conceição; Bartchewsky Júnior, Waldemar; Margarido, Nelson Fontana; Ribeiro, Marcelo Lima
2009-09-01

Resumo em português O dano oxidativo ao DNA provocado por radicais livres de oxigênio representa um dos principais mecanismos responsáveis pelas etapas iniciais da carcinogênese colorretal. O estresse oxidativo ocasiona erros de pareamento de bases possibilitando o aparecimento de mutações em genes controladores do ciclo celular. As células possuem um sistema de defesa representado pelos genes de reparo do DNA que corrigindo os erros de pareamento impedem o desenvolvimento de mutaçõe (mais) s. Poucos estudos avaliaram a relação entre dano oxidativo ao DNA e a expressão tecidual do gene de reparo MLH1. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi avaliar os níveis de estresse oxidativo ao DNA e a expressão tecidual do gene de reparo MLH1 nas células da mucosa cólica normal e neoplásica de doentes com câncer colorretal. MATERIAL E MÉTODO: Foram estudados 44 doentes com diagnóstico de adenocarcinoma colorretal. Foram excluídos os doentes com câncer colorretal hereditário, portadores de câncer relacionado às doenças inflamatórias intestinais e os submetidos à radioquimioterapia neoadjuvante. Para a avaliação dos níveis de dano oxidativo ao DNA utilizou-se a técnica da eletroforese alcalina em gel de célula isolada (ensaio do cometa) avaliando 100 células obtidas dos tecidos normal e neoplásico. Para a avaliação da expressão do gene MLH1 utilizou-se a técnica de reação de polimerase em cadeia em tempo real (RT-PCR) com primer especificamente desenhados para amplificação do gene. A comparação dos resultados encontrados para os níveis de estresse oxidativo ao DNA, e expressão do gene MLH1 nos tecidos normais e neoplásicos foi feito pelo teste t de Student, adotando-se nível de significância de 5% (p Resumo em inglês The oxidative DNA damage caused by oxygen free radicals is one of the most important mechanisms responsible for the initial steps of colorectal carcinogenesis. The oxidative stress can cause errors in the pairing of nitrogenous bases that form the DNA, allowing mutations in controlling genes of the cell cycle. The cells have a defense system represented by the DNA mismatch repair genes that correct the errors of matching prevent the development of DNA mutations. Few studi (mais) es have evaluated the relationship between oxidative DNA damage and the tissue expression of mismatch repair genes. AIM: The aim of the present study was evaluate the levels of oxidative DNA and the tissue expression of MLH1 mismatch repair gene in the cells of normal and neoplastic colonic mucosa of patients with colorectal cancer. MATERIAL AND METHODS: Were studied 44 patients with diagnosis of colorectal adenocarcinoma. Were excluded patients with hereditary colorectal cancer, with colorectal cancer associate with inflammatory bowel diseases and those undergoing neoadjuvant radioquimiotherapy. To evaluate the levels of oxidative DNA damage was used the single cell gel electrophoresis (comet assay) evaluating 100 cells obtained from normal and neoplastic tissues. For the evaluation of the tissue expression of MLH1 gene was employed the technique of polymerase chain reaction in real time (RT-PCR) with primer specifically designed for MLH1 gene. The comparison among the levels of DNA oxidative stress and expression of MLH1 mismatch repair gene in normal and neoplastic tissues was done by Student t test adopting a significance level of 5% (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Ácidos Húmicos em solo fertirrigado no Vale do São Francisco/ Humic acids in a fertirrigated soil in the São Francisco River Valley, Brazil

Cunha, Tony Jarbas Ferreira; Bassoi, Luís Henrrique; Simões, Marcelo Luiz; Martin-Neto, Ladislau; Petrere, Vanderlise Giongo; Ribeiro, Paula Rose de Almeida
2009-12-01

Resumo em português A aplicação de ácidos orgânicos, principalmente húmicos (AH), associada à adubação mineral e orgânica pode levar a alterações nas propriedades dos AH do solo. No Vale do São Francisco, o uso de ácidos orgânicos vem despertando o interesse de produtores que usam sistema de irrigação. Entretanto, não são conhecidas as modificações que podem ocorrer nas características das substâncias húmicas do solo quando são aplicados ácidos orgânicos associados (mais) à fertilização mineral e estercos. Os objetivos deste trabalho foram avaliar e caracterizar, por métodos espectroscópicos (UV-Vis, Infravermelho, Fluorescência e RPE), as possíveis mudanças qualitativas no AH extraído de solo fertirrigado com duas fontes de fertilizantes (orgânica e mineral), associadas à aplicação de ácidos orgânicos comerciais na cultura da goiabeira. O experimento foi conduzido na Embrapa Semiárido, em Petrolina - PE. Os tratamentos utilizados foram: F - fertirrigação com fertilizantes minerais (ureia, fosfato monoamônio, cloreto de potássio); FE - F + aplicação de 20 dm³/planta de esterco; FH - F + fertirrigação com 30 dm³ ha-1 de Codahumus 20®; FEH - fertirrigação mineral + aplicação de 20 dm³/planta de esterco + fertirrigação com 30 dm³ ha-1 de Codahumus 20®, e R- tratamento testemunha, sem adubação. A relação E4/E6 dos AH variou de 4,8 a 5,4 para os tratamentos FEH e F. Os dados obtidos por meio da espectroscopia FTIR sugerem mistura de características aromático-alifáticas, grande quantidade de grupos carboxílicos e menor número de grupos nitrogenados para os AH dos tratamentos FEH, FH e FE. Os valores obtidos do índice A465 variaram de 1,04 a 1,74, referentes aos AH dos tratamentos FEH e FE. Verificou-se uma concentração de radicais livres orgânicos no AH do tratamento FEH (2,66 spins g-1 10(17)) três vezes maior do que o AH do tratamento F (0,95 spins g-1 10(17)). O esterco foi o responsável pelo maior de policondensação e grau de humificação do ácido húmico dos tratamentos FE e FHE. Resumo em inglês The use of humic (HA) acids together with mineral and organic fertilizers probably modifies the natve soil humic acids'In the São Francisco Valley, Northeast Brazil, organic acids have gain interest of growers using irrigated agriculture. But so far, the possible modifications of the native soil humic substances under application of organic acids along with mineral and organic fertilizers are not known. The objective of this study was to evaluate and characterize the qua (mais) litative changes in humic acids extracted from a soil fertirrigated with different sources of mineral and organic fertilizers, together with the commercial organic acid application to guava trees. The experiment was carried out at Embrapa Tropical Semi-Arid, in Petrolina, State of Pernambuco, Brazil. The treatments were: F - mineral fertirrigation (urea, monoammonium phosphate, potassium chloride); FE - F + 20 L/plant manure; FH - F + fertirrigation with 30 L Codahumus 20® ha-1; FEH - mineral fertigation + 20 L/plant manure + fertirrigation with 30 L Codahumus 20® ha-1; and R - reference (without fertilizer, manure or organic acid applications). The E4/E6 ratio of HA ranged from 4.8 to 5.4 for the treatments FEH and F. Results of the Fourier-transform infrared spectroscopy suggest a mixture of aromatic and aliphatic characteristics, a large abundance of carboxylic groups and a lower number of nitrogen groups for humic acids in the treatments FEH, FH and FH. The A465 index ranged from 1.04 to 1.74 for HA in the treatments FEH and FE. The concentration of organic free radicals in HA in the treatment FEH (2.66 Spins g-1 10(17)) was three times higher than the HA concentration in treatment F (0.95 Spins g-1 10(17)). Manure accounted for the highest level of HA polycondensation and humification degree in the treatments FE and FHE.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Comportamento da produção de espécies reativas de oxigênio em miocárdio de ratos submetidos a treinamento de baixa intensidade em diferentes temperaturas/ Behavior of oxygen reactive species production in myocardium of rats submitted to low intensity training under different temperatures

Netto Jr., Jayme; Braile, Domingo Marcolino; Cecchini, Rúbens; Cicogna, Antonio Carlos; Guarnier, Flávia Alessandra; Pastre, Carlos Marcelo; Oliveira Jr., Silvio Assis de; Sugisaki, Mário; Pastre, Eliane Cristina
2007-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A prática de exercício físico proporciona aumento da produção de espécies reativas de oxigênio (ERO) resultantes do metabolismo aeróbio e, gera uma quantidade significativa de calor, em conseqüência da produção de energia, resultando em sobrecarga orgânica. A associação entre ERO e exercício, e entre exercício e variações da temperatura ambiente têm sido estudadas, contudo, há escassez de informações que considere a associação entre (mais) produção de radicais livres no miocárdio e atividade física em temperatura elevada. OBJETIVO: Comparar a produção de ERO em miocárdio de ratos submetidos ao treinamento de baixa intensidade em diferentes temperaturas. MÉTODOS: Foram utilizados 20 ratos Wistar, machos, jovens, peso (250 a 280g), divididos em quatro grupos: G1 (n = 5) expostos ao treinamento e calor (39º ± 1C); G2 (n = 5) expostos somente ao calor durante o mesmo período de G1, sem treinamento; G3 (n = 5) expostos ao treinamento em temperatura ambiente (22º ± 1C); G4 (n = 5) expostos à temperatura ambiente sem treinamento. O treinamento foi realizado em esteira rolante climatizada por cinco semanas, evoluindo 5 minutos a cada duas sessões finalizando em 60 minutos em baixa intensidade 8m/min. O ambiente foi controlado entre 39 ± 1ºC e 22 ± 1ºC e entre 40 e 60 % de umidade relativa. A lipoperoxidação foi avaliada por Quimiluminescência (QL). A análise dos dados foi realizada a partir do teste Two Way ANOVA para análise da QL e t de student para a Capacidade Antioxidante Total (TRAP). RESULTADOS: A análise da QL revelou uma curva de emissão de luz significantemente mais baixa para o grupo exposto ao exercício em normotermia comparado aos sedentários mantidos no calor. A análise da TRAP mostrou diminuição em todos os grupos experimentais em relação ao G4. CONCLUSÃO: Concluiu-se que houve níveis menores de produção de ERO nos grupos submetidos somente ao calor ou somente ao exercício. Resumo em inglês INTRODUCTION: The practice of physical exercise causes increase in production of oxygen reactive species (ORS), derived from the aerobic metabolism, creating a significant amount of heat due to the energy production resulting in organic overload. The associations between ORS and exercise, as well as exercise and air temperature variations have been studied; however there is a lack of information on the scientific literature concerning the association between the myocardiu (mais) m free radicals production and physical activity under high temperature. OBJECTIVE: The goal of this study was to compare the myocardium ORS production in rats submitted to low intensity training at different temperatures. METHODOLOGY: Twenty Wistar young male rats, with weight rage from 250 and 280 grams were used. They were divided in four groups: (G1 n = 5) exposed to training and heat (39 ± 1°C); (G2 n = 5) exposed to heat without training; (G3 n = 5) exposed to training and air temperature (22 ± 1°C); (G4 n = 5) exposed to air temperature without training. The training was performed on a treadmill in a controlled temperature room during 5 weeks, increasing 5 minutes every two sessions, reaching a total of 60 minutes under low intensity effort, 8 m/min. Room temperature was controlled between 39 ± 1° and 22 ± 1°, as well as between 40 to 60% of relative humidity. Lipoperoxidase was evaluated by Chemiluminescense (QL). Data analysis was accomplished using Two-Way ANOVA test. RESULTS: The QL analysis results revealed a light emission curve significantly lower for the animals exposed to room temperature exercise, compared to the sedentary ones kept under heat. TRAP analysis has showed a decrease in every experimental group in relation to G4. CONCLUSION: It can be concluded that there were lower levels of ORS production in the groups submitted either to heat only or exercise only.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Hepatite crônica por vírus C: Parte 1. Considerações gerais/ Hepatitis C virus: Part 1. General considerations

CONTE, Vinício Paride
2000-07-01

Resumo em português O vírus da hepatite C foi identificado em 1989 como sendo o principal agente causador das hepatites não-A não-B e o seu reconhecimento como agente de alta prevalência nas infecções pós-tranfusionais e/ou uso de derivados do sangue ou em associação com o abuso de drogas endovenosas. A descoberta e a maior disponibilidade de novas técnicas para a seleção adequada de doadores de sangue, reduziu sensivelmente a incidência das hepatites pós-transfusionais. Cerca (mais) de 95% dos indivíduos infectados pelo vírus da hepatite C podem ser identificados pelos testes anti-vírus da hepatite C de terceira geração. Os estudos retrospectivos de infecções pelo vírus da hepatite C iatrogênicas, são as principais fontes de reconhecimento da história natural da doença. A distribuição dos diferentes genótipos do vírus da hepatite C varia de acordo com as regiões geográficas. Na América do Sul, Europa, Estados Unidos e Japão 1, 2, e 3 representam a maioria das infecções, sendo o subtipo 1-b o mais prevalente. Os parâmetros epidemiológicos (idade, fatores de risco e duração da infecção) podem estar associados com os genótipos do vírus da hepatite C, sendo os tipos 1-a e 3-a mais freqüentes nos drogaditos endovenosos e o 1-b nas hepatites pós-transfusionais. O subtipo 1-b ocasiona lesões hepáticas mais graves e prolongadas, com alterações ultraestruturais mitocondriais freqüentes e grande comprometimento dos processos de fosforilização oxidativa. A produção aumentada de radicais livres pode influenciar negativamente a evolução da doença hepática pelo reforço da ação citopática do vírus da hepatite C que provoca. O significado clínico dos níveis de vírus C no interior do fígado, nesses pacientes, não é determinado pelos fatores hospedeiro (idade, tipo e duração da infecção) ou pelos fatores virais (genótipos) e os repetidamente vírus da hepatite C RNA RT-PCR negativos no soro, não indicam necessariamente ausência de vírus da hepatite C no fígado. A associação de autoimunidade à hepatite C é questionável. Os marcadores imunes são freqüentemente detectados em baixos níveis. A modulação da resposta imune ao envelope protéico E2, após injeção de plasmídios DNA, tem sido usada para induzir respostas imunes específicas ao vírus da hepatite C. O espectro de tais respostas poderia ser ampliada mediante combinação de plasmídios, vias de administração e outras formas de imunógenos codificados (vacinas a base de peptídios). Tais estratégias podem vir a ser importantes, em breve, no combate aos altamente mutantes vírus da hepatite C. O papel patogênico dos novos vírus G e TT das hepatites está em estudos, porém é de consenso que suas associações com doença hepática ativa é fortuita. Resumo em inglês Hepatitis C virus was identified in 1989 as the main causative agent of non-A, non-B and was followed by the recognition of a high prevalence of hepatitis C virus infection after transfusion of infected blood or blood products and in association with intravenous drug abuse. The availability of sensitive and reliable techniques to screen blood for hepatitis C virus has reduced the incidence of post-transfusion hepatitis. True healthy carriers of hepatitis C virus did not e (mais) xist. Aproximately 95% of hepatitis C virus infected individuals can be identified by third generation anti- hepatitis C virus testing. Retrospective studies of iatrogenic hepatitis C virus infection are the main source of the natural history of the disease. The distribution of different hepatitis C virus genotypes varies according to the grographic region. In South America, Europe, The United States and Japan hepatitis C virus genotypes 1, 2 and 3 account for the majority of the infections, being (sub)type 1b the most prevalent. Epidemiological parameters (age, risk factors and duration of infection) may be associated with hepatitis C virus genotypes (intravenous drug abuse with types 1-a and 3-a and 1-b with post-transfusion hepatitic C). Subtype 1-b, lead to a more severe course of viral infection, with ultrastructural alterations of the mitochondria, and greater impairment of the process of oxidative phosphorylation. No increased production of free radicals may influence the evolution of the liver disease by an enhancement of the cytopathic effect of hepatitis C virus. The clinical significance of intrahepatic hepatitis C virus level in patients with chronic hepatitis C virus infection is not determined by host factors (age of patient, mode or duration of infection) or by virus factors (hepatitis C virus genotypes) and, repeatedly negative RT-PCR for hepatitis C virus RNA in serum does not indicate absence of hepatitis C virus from the liver. The association between autoimmunity and hepatitis C virus is questioned. Markers of its does occur with high frequency in these patients. Modulation of immune responses to hepatitis C virus envelope E2 protein following injection of plasmid DNA, has been used for induction of specific response to hepatitis C virus. The spectrum of such responses could likely be broadened by combining plasmids, delivery routes, and other forms of encoded immunogens (peptide vaccines). These may be important to the development of a vaccine against the high mutable hepatitis C virus. The pathogenic role of novel DNA virus (TTV) is under spotlight. As with hepatitis G, however, the association of TTV with disease is far from clear.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Tocopherols composition of Portuguese wild mushrooms with antioxidant capacity

Heleno, Sandrina A.; Barros, Lillian; Sousa, Maria João; Martins, Anabela; Ferreira, Isabel C.F.R.

DRIVER (Portuguese)

51

Propriedades redox da matéria orgânica isolada de material ultrafiltrado das águas do rio Paraíba do Sul/ Redox properties of organic material present in ultrafiltrated water samples taken from the Paraíba do Sul river, Brazil

Baldotto, Marihus Altoé; Canellas, Luciano Pasqualoto; Velloso, Ary Carlos Xavier; Rosa, Raul Castro Carriello; Maciel, Marcelo dos Santos; Rezende, Carlos Eduardo; Canela, Maria Cristina
2009-01-01

Resumo em inglês Previous studies indicated that free radicals control organic matter redox activities. In the present study, organic matter of an ultra-filtrated material collected from seven samples taken seasonally from the Paraiba do Sul River for two years were titrated with an oxidizer (I2) in an inert atmosphere. Standard formal potential values for the electrode MO Ox, MO Red ranged from 0.754 to 0.786 V at a 25 ºC temperature. Organic matter oxidation capacity (COx) per carbon mass varied according to pH values, and changes in COx were related to rainfall and river flow intensities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Nanoestruturas em fotocatálise: uma revisão sobre estratégias de síntese de fotocatalisadores em escala nanométrica/ Nanostructures in photocatalysis: a review about synthesis strategies of photocatalysts in nanometric size

Mourão, Henrique A. J. L.; Mendonça, Vagner R. de; Malagutti, Andréa R.; Ribeiro, Caue
2009-01-01

Resumo em inglês Advanced oxidative processes (AOPs) are based on chemical processes that can generate free radicals, such as hydroxyl radicals (.OH) which are strong, non-selective oxidant species that react with the vast majority of organic compounds. Nanostructured semiconductors, especially titanium dioxide (TiO2) in the anatase phase, are well-established photocatalysts for this process, which have proved to be useful in the degradation of dyes, pesticides and other contaminants. Res (mais) earch in different strategies for the synthesis of nanostructured semiconductors, with particular characteristic is currently a topic of interest in many studies. Thus, this paper presents a review about various synthesis strategies of nanostructured photocatalysts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Mecanismo e aplicações da reação de fenton assistida por compostos fenólicos redutores de ferro/ Mechanism and applications of the fenton reaction assisted by iron-reducing phenolic compounds

Aguiar, André; Ferraz, André; Contreras, David; Rodríguez, Jaime
2007-06-01

Resumo em inglês The mechanism and applications of the Fenton reaction assisted by iron-reducing phenolic compounds (IRPC) is reviewed. The presence of IRPC leads to the formation of a larger number of free radicals. The relationship between the redox potential and the IRPC structure is discussed. The effect of humic substances in the degradation of xenobiotics is also included, since these substances are able to reduce metallic ions. The natural occurrence of Fe3+/H2O2/IRPC in wood biode (mais) gradation processes, as well as their application is also discussed. The review concludes with the advantages of the Fe3+/H2O2/IRPC systems and some considerations for further process optimization and their applications at industrial levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Influência do antibiótico nas lesões de isquemia e reperfusão intestinal: estudo experimental em ratos/ The influence of antibiotics on intestinal ischemia and reperfusion: experimental study in rats

Biondo-Simões, Maria de Lourdes Pessole; Greca, Fernando Hintz; Ioshi, Sergio; El Tawil, Imad Izat; Menini, Carla Martinez; Rampazzo, Júlio Cesar
2000-01-01

Resumo em português Muito se tem questionado sobre os efeitos da isquemia intestinal seguida de reperfusão (I/R), chamando a atenção para o papel dos leucócitos na patobiologia da I/R. A fisiopatogenia das lesões está intimamente ligada à geração de radicais de oxigênio durante o período em que se processa a reperfusão. A ruptura da barreira intestinal permitindo a translocação bacteriana agravaria ainda mais estas lesões. Este estudo tem por objetivo avaliar as lesões intest (mais) inais na vigência de isquemia e na reperfusão com e sem antibioticoterapia. Submeteram-se 42 ratos Wistar à anestesia e laparotomia mediana. Obteve-se isquemia intestinal por clampeamento das artérias mesentéricas cranial e caudal por 30 minutos. Após reperfundiu-se por igual tempo. Metade destes animais receberam 50 mg/kg de eritromicina por via oral nas 24 horas que antecederam o procedimento. Cada um destes grupos foi subdividido em outros 3, constituíndo os subgrupos de controle, isquemia e isquemia/reperfusão. Ao final, ressecaram-se segmentos do intestins delgado para processamento histológico. Avaliaram-se os resultados pela escala de CHIU e col. e submeteram-se os resultados à tratamento estatístico. Observou-se que a mucosa intestinal apresentava-se com padrão normal nos grupos de controle, tanto com antibioticoprofilaxia como sem. Os intestinos submetidos à isquemia com ou se antibioticoprofilaxia mostraram, lesões com descolamento e perda de vilosidades até infartamento transmucoso. Os intestinos reperfundidos apresentavam lesões semelhantes. Verificou-se que os intestinos reperfundidos que receberam antibioticoprofilaxia apresentavam lesões mais graves do que os que sofreram isquemia sem antibioticoprofilaxia (p=0,0303). Concluiu-se que o uso de antibióticos pré-isquemia não diminui a gravidade das lesões histopatológicas da mucosa intestinal, não protegendo das lesões após a reperfusão. Resumo em inglês The role of the white blood cells in the ischemia and reperfusion have been studied. Free radicals appear to be envolved in the phisiopathology of the ischemia and reperfusions lesions. The intestinal barrier disruption would allow bacterial translocation and increase in the severity of such lesions. The aim of the present study was to evaluate intestinal injury after ischemia and reperfusion with and without antibiotic coverage. Under ether anesthesia forty-two Wistar ma (mais) le rats were submitted to an abdominal midline incision. The mesenteric arteries were clamped for 30 minutes. After this period of ischemia, reperfusion was induced for equal period of time. Twenty-one rats received eritromicin, 50mg/kg orally, 24 hours before the operation. The remain animals were operated without antibiotics coverage. Each of the two groups animals were divided into 3 others groups: control, ischemia and ischemia-reperfusion groups. After the reperfusion period, a intestinal segment was excised for histopathological studies. Results were evaluated according to the criteria of CHIU and col. and were submitted to statical analysis. In the control group any difference was found in the intestines of the animals with and without antibiotic coverage. The ischemia group, with or without antibiotic, showed lesions that ranged from vilos loss to mucosal infarction. The lesions were similar in the ischemia-reperfusion group. We verified that intestines submitted to reperfusion under antibiotic coverage showed more severe lesions than ischemic intestines without antibiotics coverage (p= 0,0303). We can conclude that the administrations of antibiotics before the induction of ischemia or ischemia-reperfusion does not improve the severity of histological lesions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55
57

Fotoiniciação de polimerização vinílica/ Photoinitiation of vinyl polymerization

Gehlen, Marcelo H.; Buchviser, Silmara F.; Rodrigues, Maira R.; Neumann, Miguel G.
1998-11-01

Resumo em inglês The initiation step of the light-induced polymerization kinetics of vinyl monomers using dye-sensitized photoinitiators to generate active radicals is discussed. The photoredox processes of basic dyes with amines and sulfinates are described as photochemical systems capable of starting free-radical polymerization of vinyl monomers in homogeneous and microheterogeneous media. Photophysical techniques like laser flash photolysis and time-correlated single photon counting are used to investigate the excited-state kinetics of the dyes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Fotofísica de carotenóides e o papel antioxidante de b-caroteno/ Photophysics of carotenoids and the antioxidant role of b-carotene

Cardoso, Sergio Luis
1997-10-01

Resumo em inglês Carotenoid polyenes play a wide role in nature and their photophysical properties make of these pigments a focus of research in photochemistry, photobiology and photomedicine. Some aspects of the singlet and triplet states and, their interaction with molecular and singlet oxygen and free radicals are briefly reviewed in this article.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Carotenóides: propriedades, aplicações e biotransformação para formação de compostos de aroma/ Carotenoids: properties, applications and biotransformation in flavor compounds

Uenojo, Mariana; Maróstica Junior, Mário Roberto; Pastore, Gláucia Maria
2007-06-01

Resumo em inglês Carotenoids are widely distributed in nature, providing yellow, orange or red color in a great number of vegetables, microorganisms and in some animals. Carotenoids act as biological antioxidants and seem to play an important role in human health by protecting cells and tissues from the damaging effects of free radicals and singlet oxygen. Several authors describe the oxidative cleavage of carotenoids in flavor compounds as occuring through chemical or photochemical degra (mais) dations or through biotechnological processes. Biotransformation of carotenoids seems to be a reasonable alternative to produce flavor compounds since these compounds are considered 'natural' ingredients. In this work we describe the properties of some carotenoids, as well as biotechnological approaches to obtain its oxyfunctionalized derivatives.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Caracterização das frações das substâncias húmicas de diferentes tamanhos moleculares/ Characterization of the fractions of humics substances of differents molecular sizes

Sanches, S. M.; Campos, S.X. de; Vieira, E. M.
2007-01-01

Resumo em português Neste trabalho realizou-se a extração das substâncias húmicas (SH) provenientes da turfa coletada às margens do rio Mogi-Guaçu, segundo metodologia descrita por Rosa et al., 2000. As SH foram fracionadas em um equipamento de ultrafiltração em três faixas de tamanhos moleculares 30 - 100 KDa, 100 KDa. As frações foram caracterizadas por diferentes técnicas analíticas, infravermelho (IV), análise elementar, espectroscopia na região do ultravioleta/ (mais) visível (UV/Vis) e ressonância paramagnética eletrônica (EPR). Verificou-se que as frações de menor tamanho molecular (30 - 100 KDa e 100 KDa) apresentou um maior número de moléculas aromáticas. Através dos resultados das análises elementares e de ressonância paramagnética eletrônica, constatou-se que a fração Resumo em inglês In this work have been realized the extration of húmic substances (SH) proceeding from the peat collected to the edges of the river Mogi-Guaçu, according to described methodology for Rosa et al., 2000. The SH had been fractions in an equipment of ultrafiltration in three molecular sizes: between molecular sizes 30 -100 KDa, less than 30 KDa molecular sizes and more than 100 KDa. The fractions had been characterized by different analytical techniques such electron parama (mais) gnetic resonance (EPR), infrared spectroscopy, elemental analysis and spectroscopy in the region visible (UV/Vis). It was verified that the fractions of lesser molar mass between 30 - 100 KDa molecular sizes and less than molecular sizes presented a bigger on molecule number with oxygen while that the fraction of bigger molar mass more than100 KDa molecular sizes presented a bigger number aromatical molecules. Through the results of the elementary analyses and eletronic paramagnetic resonance, the fraction evidenced less than 30 KDa showing smaller percentagens of carbon, nitrogen and hydrogen and a smaller amount of free radicals in relation to the othess, indicating that this fraction possess a smaller number of conjugated aromatical rings. Already in the analyses for IV characteristic bands of the SH had been observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Avaliação do potencial antioxidante de extratos ativos de plantas obtidos por extração com fluido supercrítico/ Evaluation of the antioxidant potential of plant extracts obtained by supercritical fluid extraction

Justo, Oselys Rodriguez; Moraes, Ângela Maria; Barreto, Gisela Pizarro de Mattos; Mercadante, Adriana Zerlotti; Rosa, Paulo de Tarso Vieira e
2008-01-01

Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the antioxidant properties of ginger and rosemary extracts, obtained by supercritical extraction. The extracts were characterized by HPLC, GC-MS, phenolic compounds content and antioxidant activity. The main active compounds were identified and high content of phenolic compounds was observed. The extracts presented high antioxidant activity against the free radicals ABTS•+ (350 and 200 mM Trolox/g, for ginger and rosemary, respectivel (mais) y) and DPPH•+ (145 and 80 mM Trolox/g, for ginger and rosemary, respectively). These results suggested that the attained extracts are potential substitutes of synthetic antioxidants used in chemical, food and pharmaceutical industries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Avaliação de um modelo experimental de enterocolite necrosante neonatal em ratos/ Evaluation of an experimental model of necrotizing enterocolitis in rats

Meyer, Karine Furtado; Martins, José Luiz; Freitas Filho, Luiz Gonzaga de; Oliva, Maria Luiza Vilela; Patrício, Francy Reis da Silva; Macedo, Maurício; Wang, Lina
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar um modelo experimental de enterocolite necrosante em ratos proposto por Okur e colaboradores em 1995. MÉTODOS: Utilizou-se 28 ratos da raça EPM-Wistar no primeiro dia de vida, com peso entre 4 a 6 gramas. Os animais foram submetidos a hipóxia (H) colocando os filhotes em uma câmara de gás CO2 para sacrifício de roedores onde receberam um fluxo de ar contendo 100% de CO2 durante 5 minutos. Após a hipóxia os animais foram reanimados (R) com fluxo d (mais) e ar contendo O2 a 100%, também durante 5 minutos. Os animais divididos em dois grupos: G1: controle (n=12): ratos não submetidos a H-R; G2: (n=16): ratos submetidos a H-R. Segmentos de intestino delgado e cólon foram preparados para análise histológica. O restante do intestino foi utilizado para dosagem de malondialdeído tecidual. RESULTADOS: Dosagem de malondialdeído do G1 foi em média 1,05 (0,44-2,03) e do G2 foi em média 2,60 (0,59- 6,4) nmol MDA/mg proteína. O G2 teve média significativamente maior do que a do grupo controle (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate an experimental model of necrotizing enterocolitis in rats proposed by OKUR e col. in 1995. METHODS: On their first day of life, 28 EPM-Wistar rats weighing between 4 and 6 grams were submitted to hypoxia (H) by placing them in a CO2 gas chamber for rodents' sacrifice, where they received a 100% CO2 air flow for 5 minutes. After the hypoxia the animals were reanimated (R) with a 100% O2 air flow, also for 5 minutes. The animals were allocated in two (mais) groups: G1: control (n=12): rats not submitted to H-R; G2: (n=16): rats submitted to H-R. Segments of the small intestine and colon were prepared for histological analysis. The remaining intestine was used to measure tissular malondialdehyde. RESULTS: Mean malondialdehyde dosages were 1.05 (0.44-2.03) and 2.60 (0.59- 6.4) nmol MDA/mg protein for G1 and G2, respectively. G2's mean value was significantly higher than in the control group (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Anéis aromáticos condensados e relação E4/E6: estudo de ácidos húmicos de gleissolos por RMN de 13C no estado sólido utilizando a técnica CP/MAS desacoplamento defasado/ Condensed aromatic rings and E4/E6 ratio: humic acids in gleysoils studied by NMR CP/MAS13C, and dipolar dephasing

Saab, Sérgio da Costa; Martin-Neto, Ladislau
2007-04-01

Resumo em inglês In this work, seven samples of humic acids extracted from gleysoils were investigated. These studies, using NMR CP/MAS 13C techniques, did not show significant correlation between the E4/E6 ratio and the degree of aromaticity. However, dipolar dephasing (DD) measurements of condensed aromatic or substituted carbons showed a negative correlation of 0.94. Also, there was a good correlation between the amount of semiquinone free radicals measured by the EPR technique and con (mais) densed aromatic rings measured by NMR CP/MAS 13C with the DD technique. The content of semiquinone free radicals was quantified by EPR spectroscopy and was correlated with the humification (degree of aromaticity) of the humic substances. The results indicated that the E4/E6 ratio identifies the degree of aromatic rings condensation. It was also found that the degree of aromaticity, measured by NMR, as frequently presented in the literature (by conventional CP/MAS), underestimates aromatic rings in condensed structures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Antioxidants in Portuguese wild mushrooms: a phenolic profile

Heleno, Sandrina A.; Vaz, Josiana A.; Barros, Lillian; Martins, Anabela; Sousa, Maria João; Morais, Jorge Sá; Ferreira, Isabel C.F.R.

The implication of oxidative and nitrosative stress in the etiology and progression of several acute and chronic clinical disorders such as cancer, cardiovascular and neurodegenerative diseases, has led to the suggestion that natural antioxidants can have health benefits as prophylactic agents (1). ...

DRIVER (Portuguese)