Sample records for fractures bone
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Avaliação quantitativa ultra-sonográfica do calcâneo permite diferenciar mulheres com e sem fraturas ósseas recentes/ Quantitative calcaneal ultrasound evaluation allows distinguishing women with and without fractures

Velho, Lorena Aguirre Zambrano; Bellangero, William; Bahamondes, Luis
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudos internacionais apontam o ultra-som de calcâneo (QUS) como um excelente método para avaliar a qualidade óssea e o risco de fraturas. O objetivo deste estudo foi comparar o QUS de um grupo de mulheres brasileiras fraturadas com outro de não- fraturadas e verificar se as medidas do pé direito e esquerdo e duas medidas seqüenciais em cada pé eram estatisticamente equivalentes. MÉTODOS: Foram avaliadas 52 mulheres. Vinte e seis eram fraturadas e 26 se (mais) m fraturas, pareadas por idade (± 2), anos de pós-menopausa (± 2), e índice de massa corpórea (kg/m²) (± 2). RESULTADOS: Os resultados foram comparados pelo teste t de Student para amostras pareadas. Os valores (média ± DP) para o índice de elasticidade (SI) foram 54,9 (± 16,6) e 80,4 (± 17,3) e o T Score foi -2,9 (± 0,94) e -1,3 (± 0,95) para o grupo com e sem fraturas, respectivamente. A primeira e segunda medidas do SI para cada pé, bem como as medidas dos pés direito e esquerdo foram similares. Houve significância estatística (p Resumo em inglês OBJECTIVE: International studies have pointed out quantitative ultrasound as an important method to assess bone fragility and risk of fracture. This study was performed to compare quantitative ultrasound (QUS) in two groups of Brazilian women, those with a fracture and those with no previous history of fracture. The aim was to assess whether there was any difference between the right and the left foot s and whether two sequential measurements in each foot were statistical (mais) ly equivalent... METHODS: A total of 52 women, 26 with and 26 with no fractures, matched by age (± 2 years), years since menopause (± 2 years), and body mass index (kg/m²) (± 2) were evaluated. RESULTS: Results were compared by the Student's t test for matched samples. Values (mean ± SD) for the stiffness index (SI) were 54.9 (± 16.6) and 80.4 (± 17.3), and for the T Score were -2.9 (± 0.94) and -1.3 (± 0.95) for the groups with and with no fractures, respectively. The first and second measurements of the SI for the right foot and the mean measurement of each foot were found similar when compared. There was a statistical significance (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Haste intramedular polimérica bioreabsorvível (PLLA/PHBV) para uso na recuperação de fraturas ósseas/ Intramedullary bioresorbable polymeric pin (PLLA/PHBV) for use in bone fracture recuperation

Ferreira, Betina M. P.; Steffen, Alfredo M.; Cardoso, Túlio P.; Alberto-Rincon, Maria do Carmo; Duek, Eliana A. R.
2008-01-01

Resumo em português A crescente utilização de materiais poliméricos bioreabsorvíveis em medicina, tem estimulado pesquisadores na área ortopédica na busca de soluções mais biológicas, substituindo artefatos tais como fios, hastes e placas metálicas por polímeros bioreabsorvíveis no tratamento de fraturas. Para tanto, resolveu-se estudar implantes da blenda de PLLA/PHBV (dois polímeros bioreabsorvíveis) moldados em uma mini-injetora. Esses implantes foram utilizados para recuper (mais) ação de fraturas de fêmur de coelhos e avaliados em comparação ao fio de Steinmann (aço inox, usado comercialmente). Após eutanásia com 6, 12 e 24 semanas de implantação dos artefatos, os ossos foram estudados com radiografias, exame histológico e ensaio mecânico, enquanto os implantes poliméricos foram submetidos a microscopia eletrônica de varredura (SEM), ensaio mecânico e calorimetria diferencial de varredura modular (MDSC). As radiografias mostraram calos ósseos bem formados, tanto com o uso da haste de polímero como com o controle metálico. O estudo histológico mostrou ausência de reações inflamatórias ou osteólise. O ensaio mecânico mostrou que a consolidação óssea ocorreu nos dois grupos. Tanto no ensaio mecânico como na calorimetria observou-se que a haste polimérica apresentou sinais de degradação progressiva no tempo estudado. Com os dados obtidos neste estudo, podemos afirmar que o implante PLLA/PHBV demonstrou ser efetivo na reparação de fraturas do fêmur de coelhos quando comparado com o controle metálico. Resumo em inglês The growing interest in medicine with the use of bioreabsorbable polymeric materials has been stimulating researchers from orthopedic area to develop more biological solutions, substituting threads, stems and metallic plates for bioreabsorbable polymers in the treatment of fractures. So, we decided to study implants of the PLLA/PHBV blends (two bioreabsorbable polymers) moulded in a mini-injector. Those implants were used for recovery of fractures of rabbit femur and asse (mais) ssed in comparison with the thread of Steinmann (stainless steel, commercially used). After euthanasia with 6, 12 and 24 weeks of implantation of the artifacts, the bones were studied with X ray, histological exam and mechanic test, while the polymeric implants were submitted the scanning electron microscopy (SEM), mechanic test and modular differential scanning calorimetry (MDSC). The X ray showed good calluses bone with the use of the polymer stem as well as with the metallic control. The histological study showed absence of inflammatory reactions or osteolysis. The mechanical test showed bone consolidation in the two groups. In the mechanical test and in the calorimetry studies, the polymeric stem presented signs of progressive degradation within the studied time. With the data obtained, we can state that the implant PLLA/PHBV demonstrated to be as effective in repairing fractures of rabbit femur as the metallic control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Utilização da porca PFO® no tratamento de fraturas do terço proximal do úmero em pacientes com fragilidade óssea/ Use of the PFO® nut in the treatment of fractures of the humerus proximal third in patients with bone fragility

Miyazaki, Alberto Naoki; Fregoneze, Marcelo; Santos, Pedro Doneux; Silva, Luciana Andrade da; Pires, Davi Calixto; Mota Neto, Jose da; Rossato, Luis Henrique de Camargo; Checchia, Sergio Luiz
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os resultados clínicos da aplicação de porca para fixação óssea PFO®, que foi desenvolvida para ser usada com parafusos corticais de 4,5mm, analisando eventuais complicações ou reação óssea que a síntese poderia provocar em ossos poróticos. MÉTODO: Entre maio de 1999 e novembro de 2007, a PFO® foi utilizada em 23 pacientes, submetidos à osteossíntese com placa PFS 80® no segmento proximal do úmero para tratamento de fraturas agudas, p (mais) seudartroses ou consolidações viciosas. A média de idade foi de 69 anos e o seguimento médio de 40 meses. RESULTADOS: Apenas um paciente não apresentou consolidação. As complicações observadas foram: dois casos de fratura da cortical medial; um caso de soltura da porca; em três casos verificou-se reabsorção óssea ao redor da PFO®, porém dois sem repercussão clínica, e, em apenas um deles, não houve consolidação da fratura, com consequente soltura da mesma. CONCLUSÃO: Os autores concluem que a utilização da porca se constitui em uma opção prática e efetiva na osteossíntese dos pacientes com fraturas do segmento proximal ou sequelas de fratura do úmero associadas à fragilidade óssea. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the clinical results of the application of the PFO® bone fixation nut, which was developed for use with 4.5 mm cortical screws, analyzing any complications or bone reaction caused by its synthesis in porotic bone. METHOD: From May 1999 to November 2007, the PFO® nut was used on 23 patients submitted to osteosynthesis with a PFS 80® plate in the humerus proximal segment, for the treatment of acute fractures, pseudarthrosis, or defective consolidat (mais) ions. The average age of the patients was 69 years, and the average follow-up time was 40 months. RESULTS: Only one patient presented no complications. The complications observed were: two cases of medial cortical fracture; one case of loosening of the nut; three cases of bone reabsorption around the PFO®, but two of these without clinical repercussions; and one case in which the fracture failed to consolidate, with consequent loosening of the fracture. CONCLUSION: The authors conclude that the use of the PFO® nut is a practical and effective alternative for osteosynthesis in patients with fractures of the proximal segment or complications of fracture of the humerus associated with bone fragility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Influência da ciprofloxacina na consolidação óssea de fraturas de fêmur em ratos/ Influence of ciprofloxacin on femoral fractures healing in rats

Kupczik, Fabiano; Vialle, Luiz Roberto Gomes; Nobre, Leonardo Oliveira; Vieira, Lucas de Almeida; Fernandes, André Eugênio Omine
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar um estudo experimental sobre o efeito da ciprofloxacina na resistência do calo ósseo de fraturas padronizadas de fêmures de ratos. MÉTODOS: Os ratos foram separados em dois grupos de oito animais: o grupo estudo (cipro) e o grupo controle. Os animais foram submetidos à fixação dos fêmures esquerdos com fio metálico intramedular e à confecção de fraturas padronizadas no mesmo osso. O grupo estudo recebeu ciprofloxacina e o grupo controle so (mais) ro fisiológico durante seis semanas. Após este período, realizou-se estudo radiográfico controle e ensaio biomecânico de três pontos para obtenção da força de flexão mensurada em Newtons. RESULTADOS: As radiografias e a análise macroscópica demonstraram consolidação óssea em todas as fraturas. Foram comparados os resultados encontrados no estudo biomecânico entre os dois grupos, sendo que o grupo cipro apresentou resistência à força de flexão média 71,11 e o grupo controle, força de flexão média 74,78, não apresentando significância estatística (p = 0,601, test t). CONCLUSÃO: Não houve diferença estatística significante na resistência do calo ósseo de fraturas padronizadas de fêmur de ratos após o uso de ciprofloxacina em relação ao grupo controle. Resumo em inglês OBJECTIVE: To present an experimental study about the effects of ciprofloxacin on the bone callus strength on femoral fractures in rats. METHODS: The animals were divided in two groups of 8 rats each: the group study (cipro) and the control group. The animals were fixed with an intramedullary nail and submitted to a standardized femoral fracture. The group study was treated with ciprofloxacin and the control group with saline solution for six weeks. After that period, the (mais) femurs were analyzed using X-ray images and biomechanical three-point test, which measured the flexion strength in Newtons. RESULTS: The X-ray images and the macroscopic analysis showed that all fractures healed. The results found in the biomechanical study between the two groups were compared, and the cipro group presented a mean resistance to flexion force of 71.11 and the contol group, mean flexion force of 74,78. There was no statistically significant difference (p = 0.601, t-test). CONCLUSION: The results from the biomechanical tests performed on femoral fractures in rats receiving ciprofloxacin revealed no statistical significance from measures of callus flexion strength when compared to the control group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Densidade mineral óssea, ingestão de leite e atividade física de meninos que sofreram fraturas no antebraço/ Bone mineral density, milk intake and physical activity in boys who suffered forearm fractures

Pires, Luiz Antônio Simões; Souza, Antônio Carlos Araújo de; Laitano, Orlando; Meyer, Flávia
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi comparar meninos com e sem fraturas de antebraço em relação à densidade mineral óssea, consumo diário de produtos derivados de leite e atividade física. MÉTODOS: Participaram do estudo 23 meninos (7 a 13 anos) em cada grupo (caso = 23, controle = 23). Eles foram submetidos à densitometria óssea (dual energy x-ray absorptiometry - DEXA) do antebraço oposto ao lado fraturado. Os participantes preencheram um questionário sobr (mais) e o consumo diário de produtos contendo leite e suas atividades físicas. RESULTADOS: A média±DP da densidade mineral óssea da diáfise distal do rádio e da ulna no grupo caso (0,430±0,038 g·cm-2) foi significativamente menor (p = 0,018) do que o grupo controle (0,458±0,039 g·cm-2). Da mesma forma, a média da metáfise distal foi 0,309±0,033 g·cm-2 no grupo caso e 0,349±0,054 g·cm-2 no grupo controle (p = 0,004). O consumo de leite no grupo caso (1,5±1,2 copos por dia) foi significativamente menor (p = 0,001) do que no grupo controle (2,7±1,2 copos por dia). O número de meninos que praticavam atividade física após a escola foi significativamente menor (p = 0,017) no grupo caso (seis meninos = 26%) do que no grupo controle (15 meninos = 53%). CONCLUSÃO: Meninos com fraturas no antebraço apresentaram menor densidade mineral óssea na região quando comparados com meninos que nunca sofreram fraturas. No grupo que sofreu fratura, o consumo de leite foi menor, e os meninos praticavam menos atividades físicas extra-escolares do que os meninos que nunca tiveram fraturas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare boys with and without forearm fracture in terms of their bone mineral density, intake of milk and dairy products, and physical activity. METHODS: There were 23 boys in each group (aged between 7 and 13 years). They were submitted to bone densitometry with dual-energy x-ray absorptiometry (DEXA) of the forearm (opposite side of the fracture). Participants answered questionnaires about their intake of milk and dairy products, and about their physical a (mais) ctivity. RESULTS: The mean±SD of the bone mineral density of the radial and ulnar distal diaphysis in the case group (0.430±0.038 g·cm-2) was significantly lower (p = 0.018) than that of the control group (0.458±0.039 g·cm-2). Likewise, the mean of the distal metaphysis of the forearm was 0.309±0.033 g·cm-2 in the case group and 0.349±0.054 g·cm-2 in the control group (p = 0.004). Milk intake (1.5±1.2 cups a day) was significantly lower in the case group (p = 0.001) than in the control group (2.7±1.2 cups a day). The number of boys who practiced after-school physical activity was significantly lower (p = 0.017) in the case group (six boys = 26%) than in the control group (15 boys = 53%). CONCLUSION: Boys who suffered forearm fracture showed lower bone mineral density compared with the control group. In the case group, milk intake and physical activity were lower than in the control group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Estudo comparativo entre as osteossínteses com placas e osteossínteses com placas associadas a enxertos de proteína morfogenética óssea (Gen-Tech®) em fraturas distais de rádio-ulna em cães com menos de 6 quilos/ A comparative study of osteosynthesis with plates and plates associated with grafts of bone morphogenic proteins (Gen-Tech®) in distal radio-ulna fractures in dogs with less than 6 quilograms

Ferrigno, Cassio R.A.; Della Nina, Marcos I.; Fantoni, Denise T.
2007-02-01

Resumo em português Sabe-se que Bone morphogenic proteins (BMP) são promotores de osteogênese, mas pesquisas ainda estão sendo feitas no intuito de descobrir sua atuação clínica na reparação de fraturas. As dificuldades inerentes da reparação de fraturas de rádio-ulna de cães abaixo de 6 quilos são conhecidas, principalmente, com a ocorrência freqüente de não-união óssea devido a pouca vascularização da porção distal do radio. Tendo em vista esta realidade objetivou-se (mais) a comparação da velocidade de formação de calo ósseo entre o tratamento com placas e parafusos e tratamento com placas e parafusos associados a BMP. Foram realizadas 33 osteossinteses de regiões distais de rádio-ulna de cães, sendo 17 animais do grupo controle (tratamento com placas e parafusos) e 16 animais do grupo BMP (tratamento com placas e parafusos com adição de proteína morfogenética óssea BMP). Avaliou-se, comparativa-mente, o tempo de formação de calo ósseo, por exames radiográficos, aos 30, 60, 90,120, 180 e 210 dias de pós-operatório. Foi encontrada a média de tempo de cicatrização de 127,5 +/- 34,15 dias no grupo controle e, no grupo tratado com a proteína morfogenética óssea, a média foi de 32 +/- 15 dias. Com isto pode-se concluir que as fraturas distais de rádio e ulna, em cães menos de 6 kg, tratadas com proteína morfogenética óssea sofreram redução significativa do tempo de formação de calo ósseo. Resumo em inglês It is well known that bone morphogenic proteins (BMP) cause osteogenesis, yet clinical research must be performed in order to really show their benefits. Animals weighing less than 6 kg show well known difficulties regarding radius and ulna fracture repair mainly with bone non-union, due to poor vascularization of the distal portion of the radius. Therefore this study aimed to compare the velocity of bone callus formation in the treatment of fracture repair with plates an (mais) d screws alone or with plates and screws plus BMP. Thirty three dogs with radius and ulna fractures were distributed into two groups, where animals of the control group received the conservative treatment performed with screws and plates alone, whilst the other group received the conservative treatment and BMP. The time of bone callus formation was evaluated comparatively through radiographic exams 30, 60, 90, 120, 180 and 210 days after the surgical procedure. Animals treated with BMP showed a healing time of 32±15 days, which was significantly different (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Epidemiologia das fraturas de acetábulo tratadas no instituto nacional de traumatologia e ortopedia (Into)/ Epidemiology of acetabulum fractures treated at the instituto nacional de traumatologia e ortopedia (Into)

Dias, Marcus Vinícius Fernandes; Goldsztajn, Flavio; Guimarães, João Matheus; Grizendi, José Afraneo; Correia, Marcos; Rocha, Tito Henrique
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVOS: O propósito do presente estudo é revisar aspectos epidemiológicos das fraturas desviadas do acetábulo tratadas cirurgicamente no Instituto Nacional de Ortopedia e Traumatologia (INTO). MÉTODOS: Analisamos, retrospectivamente, 126 fraturas de acetábulo tratadas cirurgicamente no INTO, no período de março de 2006 a novembro de 2008. Levamos em consideração: idade; sexo; mecanismo de trauma; classificação da lesão; tempo decorrido entre o trauma e o t (mais) ratamento cirúrgico; lado acometido; lesões ósseas associadas. RESULTADOS: 76,8% são do sexo masculino, a média da idade foi de 39,6 anos; quanto ao mecanismo de trauma, 59% foram por acidente automobilístico; o tempo decorrido entre a lesão e o tratamento cirúrgico foi em média 16,4 dias; 55% casos foram do lado direito; 30% pacientes apresentavam fraturas associadas. CONCLUSÃO: A maior parte dos pacientes é do sexo masculino, na faixa etária economicamente ativa, e vítima de acidente de trânsito, sendo as fraturas da reborda e/ou coluna posterior as mais frequentes. Lesões associadas são comuns e a maior parte das fraturas operadas em nosso serviço é envelhecida. Resumo em inglês OBJECTIVES: The purpose of this study is to review epidemiological aspects of displacement fractures of the acetabulum treated surgically at the Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopoedia (INTO). METHODS: We retrospectively analyzed 126 acetabulum fractures treated surgically at the INTO in the period from March 2006 to November 2008. The following elements were taken in account: age, sex, mechanism of injury, classification, time elapsed between trauma and surgery, (mais) affected side, associated bone injuries. RESULTS: 76.8% were male, the mean age was 39.6 years. 59% of the traumas were due to traffic accidents; time between injury and surgery was on average 16.4 days; 55% of cases were on the right side; 30% of patients had associated fractures. CONCLUSION: Most patients are male, in an economically active age group, and are victims of traffic accidents. Fractures of edge and/or posterior column are the most frequent. Associated injuries are common and most of the fractures operated in our service are delayed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Comprometimento ósseo do joelho pós-trauma: avaliação pela ressonância magnética/ Bone injuries in the post-traumatic knee: evaluation by magnetic resonance imaging

De Grossi, Carla Martins; Marchiori, Edson; Santos, Alair Augusto S.M.D. dos
2001-06-01

Resumo em português Neste trabalho são apresentados 50 casos de trauma do joelho submetidos a ressonância magnética, no período de janeiro de 1996 a dezembro de 1997. Foram avaliados o aspecto e a incidência das principais alterações ósseas, correlacionando-as com os mecanismos de agressão e com os dados clínicos, e demonstrando as principais lesões associadas. As contusões ósseas foram os achados mais comuns, sendo encontradas em 38 indivíduos (76%). As fraturas osteocondrais (mais) ocorreram em cinco pacientes (10%). As fraturas ósseas foram detectadas em cinco casos (10%), sendo três deles associados a contusão de outros compartimentos ósseos adjacentes. A condromalácia da patela mostrou-se presente em apenas dois indivíduos (4%). Concluímos que a ressonância magnética é o método de escolha no estudo por imagem para o diagnóstico das lesões ósseas no trauma do joelho. Resumo em inglês This paper presents the results of 50 patients with trauma of the knee submitted to magnetic resonance imaging in the period of January 1996 to December 1997. The appearance and incidence of the main bone lesions were evaluated and correlated with the mechanisms of aggression and with clinical data. Associated lesions were also evaluated. Bone contusions were the most commonly findings encountered and were observed in 38 patients (76%). Osteochondral fractures occurred in (mais) five patients (10%) and bone fractures were detected in five patients (10%), of which two were associated with contusions in other adjoining bone compartments. Chondromalacia of the patella was observed only in two patients (4%). We concluded that magnetic resonance imaging is the imaging method of choice for the diagnosis of bone lesions in patients with trauma of the knee.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Miniplacas de titânio na redução de fraturas mandibulares em cães e gatos: estudo de seis casos/ Titanium miniplates in mandibular fracture repair in dogs and cats: study of 6 cases

Gomes, Cristiano; Gouvêa, Aline Silva; Alievi, Marcelo Meller; Contesini, Emerson Antonio; Pippi, Ney Luis
2010-05-01

Resumo em português Fraturas de mandíbula e maxila são comuns em cães e gatos, correspondendo a cerca de 3 a 6% de todas as fraturas. Muitos tratamentos são propostos para a correção desse defeito, como o uso de pino intramedular, a fixação esquelética externa, a cerclagem e o uso de acrílicos e placas ósseas. Este estudo teve como objetivo avaliar o uso das mini e microplacas de titânio do sistema 2,0 e 1,5mm no tratamento de fraturas mandibulares, em cães e gatos, respectivame (mais) nte. Os parafusos e as miniplacas utilizadas são compostos de titânio, e o formato dependeu da localização e do tipo de fratura. No total, foram avaliados seis casos, dos quais quatro apresentaram completa consolidação, sendo as placas utilizadas como método único ou associado com fio de aço ou imobilização com focinheira. As causas de insucesso foram a quebra da placa em um dos casos e a contaminação do enxerto, com posterior osteomielite em decorrência da deiscência dos pontos em outro caso. O emprego das miniplacas de titânio mostrou-se eficaz na maioria dos casos testados, promovendo fixação rígida e retorno funcional adequado, sendo utilizado como método único ou associado com outras técnicas de osteossíntese. Resumo em inglês Jaw and maxilla fractures are common in dogs and cats, representing 3-6% of all fractures. Numerous techniques are proposed to reduce the defect such as intramedullary pin, percutaneous skeletal fixation, circumferential wiring, acrylic splints and bone plating. This study aimed to evaluate the use of 2.0mm and 1.5mm titanium microplates in the treatment of mandibular fractures in dogs and cats, respectively. The screws and the mini and microplates used were composed of t (mais) itanium and their format depended on the location and type of fracture. A total of 6 cases were selected and 4 of them had complete consolidation using the mini microplate method alone or associated with steel wire or tie with noseband. In one case the failure occurred due to plate breakage and other implant failed due to dehiscence of the skin suture. The use of mini titanium microplates was effective in most cases, as a single method or combined with other techniques of osteosynthesis, because it promoted rigid fixation and return to the appropriate function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Redução fechada e fixação esquelética externa tipo I para tratamento de fraturas de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia)/ Closed reduction and type-I external skeletal fixation for treatment of tibiotarsus fractures in domestic pigeons (Columba livia)

Alievi, M.M.; Schossler, J.E.; Hippler, R.A.; Alves, A.S.; Silva, J.H.S.
2002-06-01

Resumo em português Estudaram-se a redução fechada e a fixação esquelética externa tipo I para o tratamento de fraturas de tibiotarso em 10 pombos domésticos (Columba livia) adultos. As aves foram anestesiadas com a associação de xilazina e cetamina e em seguida foi realizada fratura do tibiotarso direito por pressão digital sobre a diáfise do membro. Quatro pinos de Kirschner, dois proximais e dois distais à linha da fratura, foram inseridos percutaneamente através de ambas as c (mais) orticais ósseas e, após redução fechada da fratura, conectados externamente por uma barra de acrílico autopolimerizável na face lateral do membro. Em três aves foi observado radiograficamente desvio ósseo angular, porém, a função do membro não foi afetada. O tempo médio e o desvio-padrão para a cicatrização óssea foram 23,4± 3,0 dias. Os resultados demonstram que a redução fechada e a aplicação de fixador esquelético externo tipo I é um método efetivo para o tratamento de fraturas de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia). Resumo em inglês Ten adult domestic pigeons (Columbalivia) were used in order to study closed reduction and type-I external skeletal fixation for tibiotarsus fractures. Anesthesia was induced with xylazine and ketamine hydrochloride and the right tibiotarsus was manually fractured by digital pressure applied at the mid-diaphysis. Kirschner wires were driven percutaneously through the bone, two proximal and two distal to the fracture site, and stabilized by an acrylic bar in the lateral su (mais) rface of the tibiotarsus after closed reduction of the fracture. Abnormalities in bone angulation were observed radiographically in three birds, however, the function of the limb was not noticeably impaired. The mean ± standard deviation for fracture healing was 23.4± 3.0 days. The results showed that closed reduction and application of a type-I external skeletal fixation is an effective method of treating tibiotarsus fracture in domestic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Uso da biocerâmica no preenchimento de falhas ósseas/ Use of bioceramics in filling bone defects

Garrido, Carlos Antônio; Sampaio, Tania Clarete Fonseca Vieira Sales
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar os resultados encontrados com o uso da biocerâmica no preenchimento das falhas ósseas decorrentes de lesões traumáticas ou ortopédicas. MÉTODO: Foram avaliados 36 pacientes, portadores de falhas ósseas de etiologia pós-traumática ou ortopédica, 19 pacientes do sexo masculino (52,8%) e 17 do sexo feminino (47,2%). A idade variou de 19 a 84 anos, com média de 45,7 anos e mediana de 37 anos. Foram incluídos apenas os pacientes com falhas que (mais) necessitaram, no mínimo, cinco gramas de biocerâmica. Foram classificadas como ortopédicas o total de 18 casos; as falhas ósseas observadas nas revisões de artroplastias totais do quadril, 11 casos; artroplastia total do quadril, primária, por coxartrose, um caso; osteotomias de fêmur ou tíbia de cunha aberta, cinco casos, e artrodese do tarso, um caso. Como falhas pós-traumática, 18 casos; as pseudoartroses não infectadas, oito casos; fraturas recentes do planalto tibial com compressão do osso esponjoso, três casos; fraturas expostas tratadas com fixadores externos, sete casos. A técnica cirúrgica utilizada foi o de curetar e desbridar a lesão até se encontrar osso de aspecto viável a enxertia, a seguir utilizou-se a biocerâmica para preenchimento da falha e algum tipo de fixação. RESULTADO: Dos 36 pacientes avaliados, observou-se que 35 (97,2%) apresentaram integração da biocerâmica, um caso de fratura exposta tratada com fixador externo apresentou integração deficiente da biocerâmica. CONCLUSÃO: O tratamento de falhas ósseas de etiologia pós-traumática ou ortopédica, com o uso da cerâmica fosfocálcica composta de hidroxiapatita, se revelou um método prático, eficaz e seguro. Resumo em inglês OBJETIVE: To present the results of the use of biological ceramic in filling bone defects resulting from traumatic or orthopedic injuries. METHODS: We evaluated 36 patients with bone defects caused by trauma or orthopedic injury. Nineteen patients were male (52.8%) and 17 were female (47.2%). Age ranged from 19 to 84 years, with a mean of 45.7 years and median of 37 years. We only included patients with defects which required at least five grams of biological ceramic. Eig (mais) hteen cases were classified as orthopedic; bone defects were observed in 11 of the total hip arthroplasties; one case of primary total hip arthroplasty, by coxarthrosis; femoral or tibial open wedge osteotomies, five cases; and tarsal arthrodesis, one case. There were 18 cases of trauma-related defects; uninfected pseudarthrosis, 8 cases; recent fractures of the tibial plateau with compression of the spongious bone, 3 cases; and fractures treated with external fixators, 7 cases. The surgical technique consisted of curetting and debriding the injury until viable bone for grafting was found. Biological ceramic was used to fill the gap and some kind of fixation was applied. RESULTS: Of the 36 patients evaluated, we observed that 35 (97.2%) showed integration of biological ceramic, 1 case of open fracture treated with external fixation had poor integration of biological ceramic. CONCLUSION: Treatment of bone defects of orthopedic or traumatic etiology with the use of a phospho-calcium ceramic composed of hydroxyapatite, has been proven as practical, effective and safe.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Osteogenesis imperfecta no adulto e resposta ao alendronato

Donangelo, Ines; Coelho, Sabrina M.; Farias, Maria Lucia F. de
2001-06-01

Resumo em português A Osteogênese Imperfecta (OI) é um distúrbio hereditário do tecido conjuntivo, devido a um defeito qualitativo ou quantitativo do colágeno tipo I. Osteopenia, fraturas recorrentes e deformidades ósseas são as principais características da doença. Alguns pacientes também apresentam escleras azuladas. Os bisfosfonatos parecem constituir terapêutica eficiente em crianças, mas há poucos dados sobre o uso dessas drogas em adultos com OI. Descrevemos o caso de uma (mais) paciente de trinta anos com OI e múltiplas fraturas até a puberdade. Durante a primeira gestação as dores ósseas retornaram, piorando após o parto. Os marcadores bioquímicos sugeriam altas taxas de remodelação óssea, sendo iniciado alendronato sódico 10mg ao dia. Em poucos meses houve melhora das dores ósseas. Após o primeiro ano, a densidade mineral óssea aumentou em 10,8% na coluna lombar (CL) e 2,3% no colo femural (CF). No final do terceiro ano, o ganho total foi de 21,7% em CL e 10,9% em CF. Nossos dados sugerem que o alendronato seja boa opção terapêutica em adultos com Osteogenesis Imperfecta. Resumo em inglês Osteogenesis imperfecta (OI) is a heritable disorder of connective tissue, due to a qualitative or quantitative abnormalities of type I collagen. Osteopenia, recurrent fractures and skeletal deformities are the hallmarks of the disease. Some patients also have blue sclera. Bisphosphonates appear to be an effective therapy in children but data on the efficacy of these drugs in adults with OI is limited. We describe a case of a thirty-year-old woman with OI and multiple fra (mais) ctures until puberty. During her first pregnancy bone pains relapsed, and worsened in the post-partum period. Bone markers suggested high bone turnover and the patient was started on alendronate 10mg per day. In a few months bone pain became less intense. Bone mass increased 10.8% at lumbar spine (LS) and 2.3% at femoral neck (FN) after one year, and 21.7% at LS and 10.9% at FN after three years of treatment. Our observations suggest that oral alendronate may be a good therapeutic option for adults with OI.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Fisiopatologia da osteoporose induzida por glicocorticóide/ Pathophysiology of corticosteroid-induced osteoporosis

Lanna, Carla M.M.; Montenegro Jr., Renan M.; Paula, Francisco J.A.
2003-02-01

Resumo em português O hipercortisolismo crônico é a causa mais freqüente de osteoporose secundária, acometendo principalmente o osso trabecular. Aproximadamente 30-35% dos pacientes com síndrome de Cushing apresentam fraturas de vértebras por compressão e o risco de fraturas de colo de fêmur é aumentado em 50% nessa população. Vários mecanismos têm sido propostos para explicar a ocorrência de osteoporose nessa condição, como a ação direta dos glicocorticóides nas paratire� (mais) �ides e nas células ósseas, alterações na produção de prostaglandinas, citocinas, interleucinas, alterações na secreção do hormônio do crescimento (GH), do fator insulina símile-I (IGF-I) e esteróides gonadais. Resultados controversos têm sido apresentados quanto à alteração na secreção do PTH nesta situação, onde níveis normais e elevados têm sido descritos. A elevação da secreção de PTH pode ser secundária a distúrbios do metabolismo mineral induzidos pelo hipercortisolismo, como diminuição na absorção intestinal, aumento da excreção renal de cálcio, diminuição no número de receptores paratireoideanos para a 1,25(OH)2D3, anormalidades no limiar de sensibilidade do cálcio (set point) para a secreção do PTH e alteração na sua atividade. Nesta revisão, são discutidos diversos aspectos fisiopatológicos e possíveis mecanismos envolvidos na associação entre hipercortisolismo e osteoporose. Resumo em inglês Chronic hypercortisolism is the most frequent cause of secondary osteoporosis involving mainly trabecular bone. Approximately 30-35% of the patients with Cushing's syndrome present with compression fractures of vertebrae, and the risk of femoral neck fracture is increased in 50% in that population. Several mechanisms have been proposed to explain the association between hypercortisolism and osteoporosis, as the direct action of glucocorticoids in parathyroid glands and bo (mais) ne cells, alterations in the production of prostaglandins, citokines, interleukines, growth hormone (GH), insulin like growth factor I (IGF-I) and gonadal steroids. Contradictory results have been presented in relation to PTH secretion, where normal and high levels have been described. Elevated PTH secretion can occur as a consequence of disturbances in mineral metabolism, i.e. decrease in the intestinal absortion and elevation in the renal excretion of calcium, decrease in the number of parathyroid receptors for 1,25(OH)2D3, abnormalities in the calcium set point for PTH secretion, and alteration in PTH activity. In this review, several pathophysiologic aspects and possible mechanisms involved in the association between osteoporosis and hypercortisolism are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Retardo de desenvolvimento associado à Osteopetrose

Khawali, Cristina; Rezende, Carmen A.C.; Castro, Marise Lazaretti
1998-12-01

Resumo em português A osteopetrose é uma doença genética rara, com variação na sua expressividade e no seu modo de herança e que caracteriza-se, básicamente, pela esclerose óssea generalizada resultado de um desequilibrio entre formação e reabsorçâo ósseas. Descreveremos um caso desta doença em que um retardo de desenvolvimento associado a fraturas ósseas iniciaram a investigação. E.D.C., 19 anos e 9 meses, foi encaminhado ao serviço médico por alteração esquelética e b (mais) aixa estatura. Iniciou aumento de volume testicular e pilificaçâo pubiana aos 18 anos, com progressão lenta da puberdade. Há 6 meses apresentou fratura de antebraço após queda da própria altura. Ao exame físico apresentava estatura de 141,5 cm; peso 38,5 kg; estadiamento puberal em GIII PII com idade óssea de 13 anos e 6 meses. O exame radiológico do esqueleto apresentou uma hiperdensidade óssea com alterações típicas de osteopetrose , com sinais de fratura em ulna e colo de fémur, ambos à direita. A densitometria óssea encontrava-se 10,65 e 15,55 desvios-padrão acima da média para sua idade em coluna lombar e fêmur respectivamente. As dosagens hormonais revelaram níveis reduzidos de testosterona total para a idade cronológica (245 ng/dl) com gonadotrofinas basais normais; hormônio de crescimento (GH) responsivo à hipoglicemia e níveis de fator de crescimento semelhante a insulina-l (IGF-I) diminuídos para o estádio puberal. Os níveis de cálcio (Ca), fósforo (P), atividade de fosfatase alcalina (FA) e paratormônio intacto (PTH) plasmáticos estavam dentro da normalidade. A incidência de osteopetrose em nosso meio é bastante rara, e sua associação com baixa estatura e retardo puberal é conhecida, sendo provavelmente de origem multifatorial, afetando mais intensamente as formas graves da doença, onde a anemia crônica e infecções de repetição estão presentes. As alterações displásicas do tecido ósseo e das cartilagens de crescimento inerentes a osteopetrose certamente desempenham um papel importante na baixa estatura. Resumo em inglês Osteopetrosis is a rare genetic disease, caracterized by marked radiodensity of the bones throughout the skeleton. Heterogenous clinical, biochemical, and histological features suggest that the disease is multigenic. We will describe a case with severe growth delay and bone fractures. EDO, 19 years and 9 months old, that came to us due to a skeleton alteration and growth failure. His puberty begun at 18 years old, with slow progress. Six months ago, after falling from his (mais) own high he broke his right forearm. He was 141,5 em high and weighted 38,5 kg, with bone age at 13 years and 6 months. The skeleton examination showed hyperdensity of the bones with typical alteration observed in osteopetrosis with signs of fractures in ulna and femur both on the right. The bone density were on lumbar spine and femural neck respectively 10,65 and 15,55 SD higher than the average for his own age. The dosages of the hormones showed total testosterone levels below normal for chronological age (245 ng/dl); normal basal and stimulated gonadotropins levels, GH responsive to hypoglycemia and insulin-like growth factor-I (IGF-I) level low for puberal stage. The plasma calcium (Ca), phosphorus (P), alcaline phosphatase (FA) and intact parathormone (PTH) levels were on the normal range. The incidence of osteopetrosis in our country Is very low and its association with short stature and delayed puberty is well known. The dysplasic bone associated to chronic anemia and repeated infections present mainly in the severe forms of the disease are probably the major causes for the delayed development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Uso do fixador esquelético externo Tipo II para osteossíntese de tibiotarso em galinhas da raça Plymouth Rock Branca: modelo experimental para uso em aves selvagens/ Use of Type II external skeletal fixator for tibiotarsus osteosynthesis in White Plymouth Rock chickens: an experimental model for using in wild birds

De Conti, Juliano B.; Schossler, João E.W.; Alievi, Marcelo M.; Bonfada, Adamas T.; Novosad, Deise; Silva, Danieli; Pachaly, José R.
2007-05-01

Resumo em português Foi avaliada a eficiência do fixador esquelético externo Tipo II para o tratamento de fratura de tibiotarso em oito galinhas adultas da raça Plymouth Rock Branca. As aves foram pré-medicadas com sulfato de morfina e anestesiadas com halotano. Em seguida, foi realizada osteotomia na diáfise do tibiotarso esquerdo, por meio de serra oscilatória. Quatro pinos de Kirschner foram inseridos através das corticais ósseas, dois proximalmente e dois distalmente ao foco da f (mais) ratura. Após a redução desta, as extremidades dos dois pinos proximais e distais foram torcidas em direção distal ou proximal, respectivamente, sendo os pinos conectados externamente por meio de duas barras de acrílico autopolimerizável, nas faces lateral e medial externa do membro. O retorno da plena capacidade de utilização do membro foi observado em 20,00±7,09 dias, e a cicatrização óssea, avaliada por exame radiográfico, ocorreu em 35,12±8,72 dias. Os resultados do experimento demonstraram que redução aberta e aplicação de fixador esquelético externo Tipo II é método efetivo para o tratamento de fraturas de tibiotarso em galinhas da raça Plymouth Rock Branca. Resumo em inglês The efficiency of the Type II external skeletal fixator for the treatment of tibiotarsus fracture in eight adult White Plymouth Rock chickens was evaluated. The individuals were pre-medicated with morphine sulfate and anesthetized with halothane, and submitted to a diaphysary osteotomy in the left tibiotarsus, performed with an oscillatory saw. Four Kirschner wires were inserted through the bone cortices, being two proximally and two distally to the fracture. After the fr (mais) acture reduction the ends of both proximal and distal wires were twisted in distal or proximal direction, respectively, being the wires connected by two bars of autopolymerizing acrylic resin, in the external lateral and medial faces of the limb. The return to full capability to use the member was observed in 20.00±7.09 days, and the bone healing occurred in 35.12±8.72 days. The results of this study showed that open reduction and use of Type II external skeletal fixator is an effective method for the treatment of tibiotarsus fractures in White Plymouth Rock chickens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Indicações de paratireoidectomia no hiperparatireoidismo secundário à insuficiência renal crônica/ Indications for parathyroidectomy in hyperparathyroidism secondary to chronic renal failure

Lacativa, Paulo Gustavo S.; Patrício Filho, Pedro José M.; Gonçalves, Manuel D. Cruz; Farias, Maria Lucia F. de
2003-12-01

Resumo em português O hiperparatireoidismo é uma manifestação comum na insuficiência renal crônica (IRC), com alta morbi-mortalidade e difícil manejo clínico. As indicações clássicas da paratireoidectomia são: hipercalcemia persistente, principalmente após transplante renal, prurido intratável, fraturas patológicas, dor óssea refratária ao tratamento medicamentoso e calcificação metastática. Infelizmente, esta última não responde à paratireoidectomia e a calcificação (mais) dos vasos está relacionada ao aumento da mortalidade. Assim, novos critérios para indicação mais precoce de paratireoidectomia são necessários. Níveis séricos de PTH maiores que 10 vezes o limite da normalidade, apesar da adequada reposição de cálcio e calcitriol, produto cálcio x fósforo maior que 70(mg/dl)2, tumor marrom quando é urgente a regressão da massa, artrite e/ou periartrite incapacitantes e ruptura de tendões estão entre outras indicações a serem consideradas. Alguns cuidados são necessários para excluir doenças ósseas concomitantes, como amiloidose e intoxicação por alumínio. Esta revisão visa a orientar os endocrinologistas sobre as indicações e melhor momento de realizar paratireoidectomia no hiperparatireoidismo da IRC. Resumo em inglês Hyperparathyroidism is a common complication of end-stage renal insufficiency, with a high morbi-mortality and difficult medical control. Classical indications for parathyroidectomy are: persistent hypercalcemia, especially after kidney transplantation, untreatable pruritus, pathologic fractures, bone pain refractory to medical treatment, and metastatic calcifications. Unfortunately, this latter complication does not respond to parathyroidectomy, and blood vessels calcifi (mais) cations are associated with increased mortality. Severe osteitis fibrosa and bone deformities also never disappear. Thus, new criteria for early parathyroidectomy are needed. Serum intact PTH higher than 10 times the upper limit of normality despite adequate calcium and calcitriol supplements, calcium-phosphorus product higher than 70(mg/dL)², ''brown tumor'' whenever a rapid regression is needed, incapacitating arthritis and/or periarthritis, and rupture of tendons are among other indications that should be considered. Care must be taken to exclude concomitant diseases such as amiloidosis and aluminum intoxication. This review intends to advise endocrinologists about the indications and timing of surgery in hyperparathyroidism due to chronic renal failure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Fraturas diafisárias de fêmur em crianças e adolescentes/ Femoral shaft fractures in children and adolescents

Cunha, Fernando Milton da; Figueiredo, Leandro Azevedo de; Coelho, Luís Felipe Albeny; Malheiros, Dorotéa Starling; Terra, Dalton Lopes; Lima, César Luís Ferreira Andrade
2007-01-01

Resumo em português Foram avaliados 71 pacientes com idade abaixo de 16 anos, portadores de 72 fraturas diafisárias do fêmur, ocorridas de 01/1995 a 12/1998. Os objetivos do estudo foram conhecer aspectos descritivos dessas fraturas e avaliar o tratamento empregado. A idade foi o principal critério para escolha do tratamento, sendo aqueles abaixo de 3 anos (Grupo I) tratados com gesso imediato, os de 3 a 10 anos (Grupo II) com gesso após tração e os acima de 11 anos (Grupo III) de modo (mais) conservador ou cirúrgico. A média de idade foi 6,3±3,8 anos, havendo predomínio do gênero masculino e de fraturas fechadas. Acidente de trânsito foi o mecanismo de lesão mais comum. A fratura localizou-se no terço médio, em 60,6% dos casos, no proximal em 23,9% e no distal em 15,5%. Noventa e três porcento eram fraturas de traço simples, 4,2% cominutivas e 2,8% segmentares. Lesões associadas foram identificadas em 35,2% dos pacientes. Todas fraturas nos Grupos I e II e 60% daquelas no Grupo III foram tratadas conservadoramente. As complicações observadas até a união óssea foram: discrepância, infecção no trajeto do fio, consolidação viciosa e limitação de movimento do joelho. O tempo médio de consolidação foi 8,6±3,4 semanas, variando com a idade. Concluiu-se que as características das fraturas estudadas foram semelhantes às citadas na literatura e que o tratamento empregado apresentou bom resultado. Resumo em inglês Seventy one patients below the age of 16, with 72 shaft femur fractures occurred between January 1995 and December 1998, were evaluated. The purpose of the study was to understand the descriptive aspects of the fractures and appraise the employed treatment. Age was the key criterion for treatment choice, with those under 3 years old (Group I) being treated with immediate spica cast; those between 3 and 10 years (Group II) were treated with traction followed by spica cast, (mais) and those over 11 years old (Group III) with conservative or surgical therapy. Mean age was 6.3±3.8 years with a prevalence of males and closed fractures. Traffic accident was the most common injury cause. The fracture was in the middle third in 60.6% of the cases, in the proximal third in 23.9%, and in the distal third in 15.5%. Ninety three percent were simple trace fractures, 4.2% comminutive and 2.8% segmental. Associated injuries were identified in 35.2% of the patients. All fractures in Groups I, II and 60.0% of those in group III were treated conservatively. Complications seen until bone union were: discrepancy, infection at the wire path, vicious union and limited knee motion. The average time for union was 8.6±3.4 weeks, varying with age. We conclude that the studied fractures' characteristics were similar to those described by current literature and that the employed treatment showed good outcomes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Prevalência de fraturas vertebrais e fatores de risco em mulheres com mais de 60 anos de idade na cidade de Chapecó, Santa Catarina, Brasil/ Prevalence of vertebral fractures and risk factors in women over 60 years of age in Chapecó, Santa Catarina State, Brazil

Oliveira, Patricia Pereira de; Marinheiro, Lizanka Paola Figueiredo; Wender, Maria Celeste Osório; Roisenberg, Felipe; Lacativa, Paulo Gustavo Sampaio
2010-09-01

Resumo em português Fraturas são o principal agravo relacionado à fragilidade óssea na pós-menopausa, representando aumento de risco de novas fraturas, mortalidade e custos. Nosso objetivo foi verificar a ocorrência de fratura vertebral por fragilidade e relacioná-la com fatores demográficos, comportamentais e clínicos em uma população brasileira. Foi feito um estudo transversal com seleção por amostragem aleatória estratificada de mulheres idosas residentes em Chapecó, Santa C (mais) atarina, Brasil. A amostra foi constituída por 186 mulheres brancas com idade acima de 60 anos. Destas, 48,9% tinham fraturas vertebrais assintomáticas, com maiores prevalências em T11-12 e L4-5. Na análise ajustada, observa-se que existe gradiente entre idade e fratura vertebral, chegando a ser 2,3 vezes maior a prevalência de fraturas entre as mulheres com idade superior a 80 anos. As sedentárias apresentaram prevalência de fratura 1,44 vez maior do que as não sedentárias. Devido à alta prevalência de fraturas vertebrais encontrada, sugerimos a realização de radiografia de coluna para mulheres idosas para rastreamento e prevenção de agravos. Resumo em inglês Fractures are the main problems related to bone fragility in postmenopausal women and account for the increase in the risk of new fractures, mortality, and costs. This study's objective was to verify the occurrence of vertebral fragility fracture and correlate it with demographic, behavioral, and clinical factors in a Brazilian population. The cross-sectional study was based on a random sample of elderly women living in Chapecó, Santa Catarina State, Brazil. The sample c (mais) onsisted of 186 white women over 60 years of age. Of these, 48.9% had asymptomatic vertebral fractures, with higher prevalence in T11-12 and L4-5. Adjusted analysis showed a gradient between age and vertebral fracture, while fracture prevalence was 2.3 times higher in women over 80 years. Fracture prevalence was 1.44 times higher in sedentary as compared to non-sedentary women. Due to the high prevalence of asymptomatic vertebral fractures, the authors suggest the use of spinal x-rays in elderly women for fracture screening and prevention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Prevalência de fraturas vertebrais e fatores de risco em mulheres com mais de 60 anos de idade na cidade de Chapecó, Santa Catarina, Brasil/ Prevalence of vertebral fractures and risk factors in women over 60 years of age in Chapecó, Santa Catarina State, Brazil

Oliveira, Patricia Pereira de; Marinheiro, Lizanka Paola Figueiredo; Wender, Maria Celeste Osório; Roisenberg, Felipe; Lacativa, Paulo Gustavo Sampaio
2010-09-01

Resumo em português Fraturas são o principal agravo relacionado à fragilidade óssea na pós-menopausa, representando aumento de risco de novas fraturas, mortalidade e custos. Nosso objetivo foi verificar a ocorrência de fratura vertebral por fragilidade e relacioná-la com fatores demográficos, comportamentais e clínicos em uma população brasileira. Foi feito um estudo transversal com seleção por amostragem aleatória estratificada de mulheres idosas residentes em Chapecó, Santa C (mais) atarina, Brasil. A amostra foi constituída por 186 mulheres brancas com idade acima de 60 anos. Destas, 48,9% tinham fraturas vertebrais assintomáticas, com maiores prevalências em T11-12 e L4-5. Na análise ajustada, observa-se que existe gradiente entre idade e fratura vertebral, chegando a ser 2,3 vezes maior a prevalência de fraturas entre as mulheres com idade superior a 80 anos. As sedentárias apresentaram prevalência de fratura 1,44 vez maior do que as não sedentárias. Devido à alta prevalência de fraturas vertebrais encontrada, sugerimos a realização de radiografia de coluna para mulheres idosas para rastreamento e prevenção de agravos. Resumo em inglês Fractures are the main problems related to bone fragility in postmenopausal women and account for the increase in the risk of new fractures, mortality, and costs. This study's objective was to verify the occurrence of vertebral fragility fracture and correlate it with demographic, behavioral, and clinical factors in a Brazilian population. The cross-sectional study was based on a random sample of elderly women living in Chapecó, Santa Catarina State, Brazil. The sample c (mais) onsisted of 186 white women over 60 years of age. Of these, 48.9% had asymptomatic vertebral fractures, with higher prevalence in T11-12 and L4-5. Adjusted analysis showed a gradient between age and vertebral fracture, while fracture prevalence was 2.3 times higher in women over 80 years. Fracture prevalence was 1.44 times higher in sedentary as compared to non-sedentary women. Due to the high prevalence of asymptomatic vertebral fractures, the authors suggest the use of spinal x-rays in elderly women for fracture screening and prevention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Diabetes melito, tiazolidinedionas e fraturas: uma história inacabada/ Diabetes mellitus, thiazolidinediones and fractures: an unfinished story

Silva, André Gonçalves da; Lazaretti-Castro, Marise
2010-06-01

Resumo em português A associação entre diabetes melito e risco aumentado de fraturas é bem estabelecida, sendo observada tanto no diabetes tipo 1 quanto tipo 2, com etiologia multifatorial. Evidências de modelos animais têm indicado que tiazolidinedionas (TZD), por meio da ativação do PPAR-gama, levam a aumento do conteúdo adiposo na medula óssea, em detrimento da osteoblastogênese, resultando em perda óssea. Estudos iniciais em humanos vêm evidenciando maior risco de fraturas na (mais) população em uso dessas medicações em relação a outros antidiabéticos orais. Sendo TZD drogas amplamente prescritas no tratamento do diabetes tipo 2, é necessário melhor entendimento dos seus mecanismos de ação e do seu impacto sobre a massa óssea e risco de fraturas, com o intuito de direcionar a abordagem desses pacientes quanto à profilaxia e ao tratamento adequados. Este artigo sumariza o conhecimento corrente sobre a relação entre diabetes, TZD e risco de fraturas, bem como, baseado nas evidências atuais, tenta propor formas de conduzir a população em uso dessas medicações. Resumo em inglês The association of diabetes mellitus with increased fracture risk is well established, and is observed in both diabetes type 1 and type 2, due to multiple causes. Evidence from rodents suggests that thiazolidinediones (TZD), by activation of PPAR-gamma, cause increased bone marrow adiposity, with decreased osteoblastogenesis resulting in bone loss. Initial studies in humans evidence higher fracture risk in the population using these drugs, in comparison with other oral an (mais) tidiabetic medications. TZD are largely prescribed for the treatment of type 2 diabetes, therefore, better understanding of their mechanisms of action and impact on bone mass and fracture risk is necessary, in order to guide the management of these patients in regards to prophylaxis and adequate treatment. This article summarizes current knowledge about the relationship between diabetes, TZD and fracture risk as well as, based on current evidence, tries to suggest ways to guide the population using these medications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Fraturas em duas e três partes do úmero proximal tratadas com sutura não absorvível/ Two- and three-part fractures of the proximal humerus treated with non-absorbable suture

Veado, Marco Antônio de Castro; Moura, Adher Leonardo Leite
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os resultados clínicos e radiográficos dos pacientes com fraturas em duas e três partes da extremidade proximal do úmero tratados por sutura não absorvível, com incorporação do manguito rotador, o que permite aumentar a estabilidade da fixação, principalmente em pacientes com pobre qualidade óssea. MÉTODOS: Dezenove pacientes foram operados, sendo 15 do sexo feminino e quatro do masculino, com média de idade de 57,4 anos (23-79 anos) e segui (mais) mento médio de 53,4 meses (sete a 144 meses). De acordo com a classificação de Neer, havia 10 fraturas em três partes (colo cirúrgico e tubérculo maior) e nove fraturas em duas partes (duas do tubérculo maior e sete do colo cirúrgico). Todos foram operados na posição " cadeira de praia" , com anestesia endotraqueal e bloqueio do plexo braquial. O acesso deltopeitoral foi utilizado para fraturas em duas partes do colo cirúrgico e fraturas em três partes. Para fraturas em duas partes do tubérculo maior, foi utilizado acesso transacromial. As fraturas foram reduzidas e fixadas com sutura não absorvível nº 5. O ângulo cervicodiafisário foi medido para avaliação da consolidação viciosa. RESULTADOS: Verificou-se consolidação óssea em 95% dos pacientes. A média da elevação anterior nos pacientes com fratura em duas partes foi de 163,3° (90°-180°); a rotação externa média, de 56° (30° a 90°); e a rotação interna média, de T10 (S1-T5). Nos pacientes com fratura em três partes, a média de elevação anterior foi de 163° (100°-180°); a rotação externa média, de 52,5° (5°-70°) e a rotação interna média, de T10 (L4-T7). A força de abdução foi igual à do lado contralateral em 12 pacientes e menor em sete. O tempo necessário para o paciente retornar às atividades anteriores foi, em média, de 5,19 meses (dois a 12 meses). Na avaliação radiológica, o ângulo cervicodiafisário médio foi de 141° (110°-170°) nas fraturas em duas partes e de 150° (106°-210°) nas fraturas em três partes, sendo verificada consolidação em valgo em nove pacientes (59%) e, em varo, em dois pacientes. De acordo com o escore da UCLA, verificaram-se 88,8% de bons e excelentes resultados e 11,2% de maus resultados, para ambos os tipos de fratura. Os últimos, representados por um caso de pseudartrose e outro, por uma capsulite adesiva no pós-operatório. CONCLUSÃO: As fraturas em duas e três partes do úmero proximal podem ser satisfatoriamente tratadas com sutura não absorvível com incorporação do manguito rotador, particularmente nos idosos. Complicações relacionadas aos metais estão afastadas. Pacientes com fraturas do tubérculo maior tratados com suturas podem ter resultados similares aos daqueles com fraturas do colo cirúrgico. Embora o objetivo da cirurgia seja a reconstrução anatômica, alguma deformidade residual não impede resultado satisfatório. O método é pouco invasivo, permite estabilidade razoável dos fragmentos, com altos índices de consolidação óssea e satisfação do paciente. A cooperação do paciente é crucial para o sucesso terapêutico. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the clinical and radiographic results of patients with two- and three-part fractures of the proximal end of the humerus treated with non-absorbable sutures and with incorporation of the rotator cuff, which allows for increased stability of the fixation, mainly in patients with low bone quality. METHODS: 19 patients were operated on, fifteen female and four male, with a mean age of 57.4 years (23-79 years) and a mean follow-up of 53.4 months (seven t (mais) o 144 months). Based on Neer classification, the authors found ten three-part fractures (surgical neck and larger tuberosity), and nine two-part fractures (two of the larger tuberosity and seven of the surgical neck). All of them were operated in the beach chair position with endotracheal anesthesia and brachial plexus blockade. Deltopectoral approach was used for two-part fractures of the surgical neck and for three-part fractures. For two-part fractures of the larger tuberosity, transacromial approach was preferred. The fractures were reduced and fixated with non-absorbable number five sutures. The cervicodiaphyseal was measured to evaluate vicious consolidation. RESULTS: The authors checked bone consolidation in 95% of the patients. The mean anterior elevation in patients with two-part fractures was 163.3º (90º-180º), mean external rotation was 56º (30º to 90º), and the mean internal rotation of T10 (S1-T5). In patients with three-part fractures, mean anterior elevation was of 163°(100°-180°), mean external rotation was 52.5° (5°-70°), and the mean internal rotation of T10 (L4-T7). The abduction strength was equal to that of the contralateral side in twelve patients and lesser in 7 patients. The time required for the patient to go back to prior activities was a mean of 5.19 months (two to 12 months). In the radiological evaluation, the mean cervicodiaphyseal angle was of 141º (110º-170º) in two-part fractures, and it was of 150° (106°-210°) in three-part fractures, valgus consolidation being seen in nine patients (59%), and varus consolidation in two patients. Based on the UCLA score, there were 88.8% good and excellent results, and 11.2% of poor results for both types of fracture. The bad results were represented by a case of pseudoarthrosis and a case of adhesive capsulitis in the postoperative phase. CONCLUSION: Fractures in two- and three-parts of the proximal humerus may be satisfactorily treated with non-absorbable suture incorporating the rotator cuff, specially in the elderly. Metal-related complications are ruled out. Patients with fractures of the larger tuberosity treated with sutures may have similar results to those with surgical neck fractures. Although the objective of the surgery is anatomic reconstruction, some residual deformity does not prevent a satisfactory result. The method is little invasive, allows for a reasonable fragment stability, with high rates of bone consolidation and patient satisfaction. Patient cooperation is a key factor for the therapeutic success.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Imobilização de fraturas femorais em gatos usando pino intramedular conectado ou não ao fixador esquelético externo/ Immobilization of femoral fractures in cats using intramedullary pin tied-in or not with the external skeletal fixator

Rahal, Sheila Canevese; Garib, Maria Isabel; Matsubara, Fabiana Mitie; Vulcano, Luiz Carlos; Louzada, Mario Jefferson Quirino
2004-12-01

Resumo em português O trabalho teve por objetivo comparar a consolidação óssea e a função do membro, em 18 gatos com fraturas transversas femorais tratadas com pino intramedular e fixador esquelético externo tipo Ia (grupo I, n=9) ou com pino intramedular associado ao fixador externo em uma configuração "tie-in" (grupo II, n=9). Independente da configuração utilizada, após a remoção dos implantes, todos os animais apresentaram função normal do membro operado. Não houve difere (mais) nça entre os grupos em relação à densidade mineral óssea do calo externo mensurada pela densitometria óptica por imagens radiográficas. O tempo para consolidação foi significativamente maior para as fraturas tratadas com pino intramedular e fixador tipo Ia. As fraturas que receberam a configuração "tie-in" tiveram menos proliferação de calo ósseo. Resumo em inglês The aim of this study was to compare bone healing and limb function in 18 cats with transverse femoral fractures treated with either intramedullary pin and a type Ia external skeletal fixator (Group 1, n=9) or a tie-in configuration (Group 1, n=9). All animals showed normal function of the operated limb after implant removal, independently of the configuration used. The optic bone densitometry in radiographic images showed no difference in bone mineral density of the exte (mais) rnal bone callus between the groups. Fractures treated with intramedullary pin and type Ia external fixator had significantly more time to fracture healing, and fractures treated with the tie-in configuration had less proliferation of bone callus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Fraturas da patela: uma década de tratamento no IOT-HC-FMUSP - parte 1: análise funcional/ Patellar fractures: a decade of treatment at IOT-HC-FMUSP - part I: functional analysis

Pailo, Alexandre Felicio; Malavolta, Eduardo Angeli; Santos, Alexandre Leme Godoy dos; Mendes, Mateus Tiago Ronchi; Rezende, Márcia Uchoa de; Hernandez, Arnaldo José; Camanho, Gilberto Luis
2005-01-01

Resumo em português As fraturas da patela são prevalentes na faixa etária de 20 a 50 anos e representam 1% das fraturas. São classificadas através de 2 aspectos principais: característica do traço de fratura e presença de exposição óssea, o que dirige a escolha do tratamento dentro das diversas técnicas propostas. Este trabalho objetivou estudar a incidência dos padrões de fraturas patelares e analisar os resultados funcionais encontrados com as diferentes modalidades de tratame (mais) nto no IOT-HC-FMUSP. Levantou-se 103 prontuários de pacientes com fratura de patela tratados no IOT no período de 1988 - 1999 com seguimento mínimo de 5 anos. A média etária foi de 39,4 anos, 68% do sexo masculino, 51,5% de acometimento do lado direito e 2,9% de bilateralidade. Prevaleceram fraturas transversas (36%); 30% de exposição óssea; técnicas mais utilizadas patelectomia parcial (46,6%), banda de tensão (20,4%), imobilização gessada (17,5%), cerclagem (4,8%) e patelectomia total (2,9%); notou-se 57,1% de excelentes e bons resultados com banda de tensão AO e 44,4% nas patelectomias parciais. Concluiu-se que o resultado funcional final do tratamento da fratura de patela é multifatorial; o tipo de fratura, o modo de tratamento - conservador ou cirúrgico, a idade e o mecanismo de trauma não influenciam, isoladamente, o sucesso da terapêutica. Resumo em inglês Patellar fractures are prevalent within the age group of 20 - 50 years old and account for 1% of total fractures. They are classified according to 2 major aspects: fracture trace characteristic and bone exposure presence, which drives treatment selection towards the various proposed techniques. This study aimed to investigate the incidence of patellar fractures patterns and to analyze the functional outcomes found with the different treatment modalities at the IOT-HC-FMUS (mais) P. One hundred and three files of patellar fracture patients treated at IOT during the period of 1988 - 1999 with a minimum follow-up time of 5 years were gathered. Mean age was 39.4 years old, being 68% males, 51.5% with right side affected, and 2.9% bilateral. Transverse fractures were prevalent (36%); 30% with bone exposure; the most used techniques were: partial patellectomy (46.6%), tension band (20.4%), plastered immobilization (17.5%), cerclage (4.8%), and total patellectomy (2.9%). Outcomes were considered as excellent or good in 57.1% for tension band AO, and in 44.4% for partial patellectomies. It was concluded that the end functional outcome in the patellar fracture treatment is multifactorial; the kind of fracture, the treatment approach (conservative or surgical), age, and the mechanism of trauma, alone, do not influence therapy success.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Avaliação epidemiológica e radiológica das fraturas diafisárias do fêmur: estudo de 200 casos/ Epidemiological and radiological evaluation of femoral shaft fractures: study of 200 cases

Moraes, Frederico Barra de; Silva, Luciano Lucindo da; Ferreira, Fábio Vieira; Ferro, Ademar Martins; Rocha, Valney Luís da; Teixeira, Kim-Ir-Sen Santos
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar as características epidemiológicas e radiológicas dos casos de fratura diafisárias de fêmur, ocorridos de 1990 a 2005, tratados cirurgicamente no Hospital de Acidentados - Clínica Santa Isabel - de Goiânia, Goiás, com o propósito de contribuir para o melhor planejamento de medidas preventivas e terapêuticas a adotar em relação a essas fraturas. MÉTODOS: Foram avaliados retrospectivamente 200 prontuários e radiografias seriadas de pacientes (mais) com fraturas diafisárias do fêmur. Não foram incluídos os pacientes com menos de 10 anos de idade, pois o tratamento para esse grupo foi conservador. Foram descartados 25 prontuários por não fornecer todos os dados necessários ao estudo. Os pacientes foram analisados quanto ao sexo, idade, lado da fratura, exposição óssea, mecanismos de trauma, classificação das fraturas, traumas associados, tempo de consolidação e tipos de fixação cirúrgica. A análise estatística foi feita pelos testes do qui-quadrado, exato de Fisher" e t de Student, considerando significância quando p Resumo em inglês OBJECTIVE: to evaluate epidemiological and radiological characteristics of the femoral shaft fractures, surgically treated from 1990 to 2005 at Hospital de Acidentados - Clínica Santa Isabel - in Goiânia, Goiás, aiming to contribute to better preventive and therapeutic measures planning to adopt on those fractures. METHODS: 200 patients' files and x-rays with femoral shaft fractures have been retrospectively evaluated. Patients below the age of 10 years were not includ (mais) ed because the treatment for this group was conservative. 25 files have been discarded for not supplying all the necessary data to the study. The patients were assessed for sex, age, side of the fracture, bone exposure, mechanisms of trauma, classification of the fractures, associated trauma, time for bone healing and types of surgical devices. Statistic analyses were made by chi-squared, Fisher and Student's-t tests, adopting as a significance level p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Tratamento das fraturas da pelve e acetábulo pela via de Stoppa modificada/ Treatment of pelvic and acetabular fractures through modified Stoppa port

Balbachevsky, Daniel; Pires, Robinson Esteves Santos; Faloppa, Flávio; Reis, Fernando Baldy dos
2006-01-01

Resumo em português Este estudo descreve a via de acesso de Stoppa modificada no tratamento das fraturas da região anterior da pelve e das fraturas que acometem a coluna anterior do acetábulo. Nesta via de acesso é realizada uma incisão transversal suprapúbica na pele, abertura longitudinal do músculo reto abdominal com afastamento de seus ventres lateralmente e dissecção óssea subperiosteal pela face medial da hemipelve abordada, sendo que os materiais de implante podem então ser (mais) colocados nesta face interna. Esta via de acesso, pouco difundida em nosso meio, apresenta vantagens diante das tradicionais ilioinguinal e iliofemoral, pois é realizada menor incisão cirúrgica e dissecção de partes moles, possibilita a colocação de implantes diretamente na lâmina quadrilátera, obtém uma fixação estável e diminui os riscos de infecção e lesão de estruturas neurovasculares. Diante da literatura atual e da experiência adquirida pelos autores com o uso desta via de acesso, conclui-se que é uma boa alternativa para o acesso a estas fraturas. Resumo em inglês This study describes the modified Stoppa access port for treating fractures on pelvic anterior region and fractures affecting the acetabulum anterior column. In this access port, a suprapubic cross-sectioned incision is performed on skin, longitudinal opening of the abdominal rectus muscle with lateral displacement of venters, and subperiosteal bone dissection through the medial surface of the hemipelvis addressed, so that implant materials can be placed on that inner sur (mais) face. This access port, little used in our area, presents advantages over the traditional ports, such as the ilioinguinal and iliofemoral, due to the potential for a smaller surgical wound and soft parts dissection, enabling implants to be placed directly on quadrilateral layer, achieving a stable fixation and reducing the risks of infection and injuries to neurovascular structures. As a result of current literature and of the experience of the authors with the use of that access port, we can conclude that it is a good alternative for accessing those fractures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Avaliação do efeito do Risedronato Sódico na consolidação de fraturas: estudo experimental em ratos/ The evaluation of the Sodic Risedronate effect in the fractures consolidation: experimental study with rats

Oliveira, Luiz Antonio Alcântara de; Guarniero, Roberto; Rodrigues, Consuelo Junqueira; Santana, Paulo José de; Batista, Marco Antonio
2004-06-01

Resumo em português Realizou-se um estudo experimental com 40 ratos da raça Lewis visando-se avaliar a influência do risedronato sódico na consolidação de fraturas em animais submetidos à dieta aprotéica e dieta protéica, divididos aleatoriamente em quatro grupos, com 10 animais em cada grupo, assim constituídos: grupo I, com dieta protéica, sem risedronato (grupo controle); grupo II, dieta protéica, com risedronato; grupo III, dieta aprotéica, sem risedrionato; grupo IV, dieta a (mais) protéica, com risedronato. Os ratos foram submetidos a fraturas semelhantes, no 15º dia e à eutanásia no 43º dia do experimento. As variáveis analisadas incluíram a evolução ponderal, avaliação radiográfica, densitometria óssea, avaliação histomorfométrica do calo ósseo, dosagens sanguíneas de cálcio, fósforo, fosfatase alcalina, proteínas totais, albumina e osteocalcina. Concluiu-se que o risedronato exerceu influência positiva no processo de consolidação de fraturas em ratos nutridos e desnutridos, e aumentou a densidade mineral óssea. O risedronato ocasionou a formação de tecido ósseo maduro de melhor qualidade e morfologia. Resumo em inglês A experimental study with 40 rats of the Lewis type was done focusing the influence of sodic risedronate on fractures consolidation in the animals. They were submitted to a protein nutrition diet to a non-protein one, divided randomly in four groups, having 10 animals in each group. Like this: group 1, with a protein nutrition diet, without risedronate (control group); group II, protein nutrition diet t with risedronate , group III, non-protein diet, without risedronate; (mais) group IV, non-protein diet with risedronate. The rats were submitted to similar fractures, on the 15º day and to the euthanasia on the 43º of the experiment. The variability analyzed included the ponderous evaluation, radiographic evaluation, the bone densitometry, histomorphometric bone callus evaluation, blood dosage of calcium, phosphorus, alkaline phosphatase, total proteins, albumin and osteocalcin. It was found out the risedronate had positive influence on the fractures consolidation process in nourished rats and malnourished rats and the mineral bone density increased. The risedronate caused the formation of the best nutrition and morphology of the ripen bone tissue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Ultra-som pulsado de baixa intensidade em fraturas diafisárias: aplicação clínica em cães/ Low-intensity pulsed ultrasound in diaphyseal fractures: clinical application in dogs

Sousa, Valéria Lima de; Alvarenga, José de; Padilha Filho, João Guilherme; Canola, Júlio Carlos; Ferrigno, Cássio Ricardo Auada; Alves, José Marcos; Duarte, Luiz Romariz
2008-08-01

Resumo em português Os efeitos da estimulação ultra-sônica sobre a consolidação óssea têm sido demonstrados por trabalhos experimentais e clínicos. Este estudo teve por objetivo investigar a aplicação clínica do ultra-som pulsado de baixa intensidade como tratamento adjuvante de fraturas diafisárias em cães. Foram utilizados 16 cães de raças variadas, com faixa etária entre sete meses e seis anos, peso corpóreo entre 2,5 e 43kg, portadores de fraturas diafisárias fechadas r (mais) ecentes localizadas no rádio e ulna, fêmur ou tíbia e fíbula, estabilizadas por procedimentos de osteossíntese (fixação esquelética externa, pinos intramedulares ou a associação desses métodos). Os cães foram divididos em dois grupos: fraturas estabilizadas tratadas por ultra-som de baixa intensidade (grupo tratado, n=8); fraturas estabilizadas, não tratadas por estimulação ultra-sônica, (grupo controle, n=8). Os animais foram avaliados por exames clínicos e radiográficos nos períodos pré-operatório, pós-operatório imediato e a cada 30 dias posteriores aos procedimentos cirúrgicos. Realizou-se tratamento com ultra-som pulsado (sinal senoidal com freqüência de 1,5MHz, largura de pulso de 200µs e freqüência de repetição de 1kHz) de baixa intensidade (30mW cm-2), aplicado de modo estacionário no foco de fratura. A terapia ultra-sônica foi realizada 20 minutos por dia, durante 21 dias consecutivos, a partir do período compreendido entre o 1° e o 9° dia pós-operatório. O teste t de Student, empregado na análise estatística, mostrou diferença significante (P Resumo em inglês The effects of ultrasound stimulation on bone healing have been demonstrated in experimental and clinical studies. The purpose of this study was to investigate the clinical application of low-intensity pulsed ultrasound as an adjuvant for the treatment of diaphyseal fractures in dogs. Sixteen dogs of different breeds, ages ranging from seven months to six years, weighing from 2.5 to 43kg, were enrolled in the study. All dogs presented fresh closed diaphyseal fractures in (mais) the radius and ulna, femur or tibia and fibula stabilized with osteosynthesis techniques (intramedullary pinning, external skeletal fixation or the combination of both). The dogs were divided into two groups: stabilized fractures treated by low-intensity ultrasound (treatment group, n=8); stabilized fractures not treated by ultrasound stimulation (control group, n=8). The animals were assessed by means of clinical examination and radiographic studies in the preoperative period, immediate postoperative period, and every 30 days after the surgical procedures. The treatment was performed using stationary low-intensity (30mW cm-2) pulsed ultrasound (sine wave signal of 1.5MHz frequency, 200µs pulse width and 1kHz repetition frequency) on the fracture site. Ultrasound therapy was carried out 20 minute per day, for 21 consecutive days, starting between the 1st and the 9th postoperative day. The Student’s t test was used for the statistical analysis and showed a significant difference (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Osteossíntese das fraturas diafisárias da criança com hastes intramedulares flexíveis/ Osteosynthesis of children shaft fractures with flexible intramedullary nails

Volpon, José Batista
2008-07-01

Resumo em português O tratamento de algumas das fraturas da criança tem sofrido modificações nos últimos anos, com o objetivo de obtenção de resultados mais satisfatórios, restrição do tempo de incapacidade e para melhor corresponder às expectativas da família. Isso é especialmente válido para as fraturas diafisárias de alguns ossos longos com o tratamento feito por hastes intramedulares elásticas. Esse tratamento é de baixa morbidade, respeita a biologia e a biomecânica da (mais) fratura e permite consolidação óssea por mecanismo secundário, com a formação de calo ósseo. Entretanto, requer implantes, instrumental e conhecimento técnico do cirurgião, pois os maus resultados relacionam-se diretamente com falhas técnicas. Atualmente, os ossos que mais se prestam para esse tipo de fixação, em relação à prioridade, são: fêmur, rádio, ulna, tíbia e úmero. O objetivo deste texto de atualização foi analisar a literatura e fornecer informações fundamentais para o conhecimento do método. Resumo em inglês The treatment of some fractures in children has changed over the last years aiming at improving results, shortening the time of physical limitation, and meeting family expectations. This is particularly true when long bone shaft fractures are involved and when treatment is carried out with elastic nails. This technique carries low morbidity, respects the biology and the biomechanics of the reparative process and allows secondary healing with osseous callus formation. Neve (mais) rtheless, the technique requires adequate surgical implants, proper instruments and trained surgeons, since complications are related mainly to technical pitfalls. The technique has been used for the following bones: femur, radius and ulna, tibia and humerus. The objective of the present update was to review and to analyze the literature so as to present basic information about the treatment of diaphyseal fractures of some long bones of children with flexible nails.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Fraturas odontomaxilares e mandibulares em eqüídeos tratados por diferentes técnicas de osteossíntese/ Odontomaxillares and mandibularies fractures in equides treated with different osteosynthesis techniques

Alves, G.E.S.; Pagliosa, G.M.; Oliveira, H.P.; Gheller, V.A.; Faleiros, R.R.
2008-12-01

Resumo em português Oito eqüinos e um muar com fraturas odontomaxilares e mandibulares foram tratados com diferentes técnicas de osteossíntese modificadas, consistindo de cerclagens associadas ou não a bandas de tensão, placa de neutralização e pino intraosseo, sendo este aplicado com metodologia não encontrada na literatura consultada. Os procedimentos cirúrgicos nos eqüideos foram realizados com os animais em estação mediante contenção física, em brete, e química, com seda� (mais) �ão ou neuroleptoanalgesia associada a bloqueios anestésicos regionais. Os animais apresentaram capacidade de mastigação e ingestão voluntária no pós-operatório imediato e recuperação óssea adequada. Resumo em inglês Eight equines and one mule with odontomaxillaries and mandibularies fractures were treated with different osteosynthesis modified techniques, consisting of cerclages with or without tension bands, neutralization plates, and intraosseous pin applied by a methodology which was not found in the literature. The surgery procedures in equides were performed with the animals in stand position under physical contention, sedation, or neuroleptoanalgesy and regional nerve block. Al (mais) l animals were able to eat voluntarily in the immediate post-operatory time and had good bone recuperation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Fixação de fraturas ilíacas em cães com parafusos, fios de aço e cimento ósseo de polimetilmetacrilato/ Canine iliac fracture fixation with screws, orthopedic wire and polymethylmethacrylate bone cement

Roehsig, Claudio; Rocha, Leandro Branco; Barauna Junior, Durval; Chioratto, Ricardo; Silva, Sérgio Ricardo Araújo de Melo e; Kemper, Bernardo; Araújo, Felipe Purcell de; Almeida, Ana Carolina Medeiros de; Tuduri, Eduardo Alberto
2008-09-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo verificar a recuperação da locomoção e o tempo para cicatrização óssea de fraturas ilíacas fixadas com parafusos, fios de aço e cimento ósseo de polimetilmetacrilato. Dezesseis cães de ambos os sexos, com peso de 1,8 a 16kg e idade entre sete meses e 11 anos, foram submetidos à osteossíntese da fratura de ílio, provocadas por acidente automobilístico. Em dois animais, realizou-se osteossíntese bilateral, totalizando 1 (mais) 8 ossos ilíacos operados. A abordagem ao ílio foi lateral e quando necessária estendida caudalmente através da osteotomia do trocanter maior. As fraturas foram reduzidas e, em cada segmento ósseo, foram implantados dois a três parafusos e banda de tensão com fio de aço entre os parafusos adjacentes à linha de fratura. Sobre esses implantes aplicou-se cimento ósseo misturado com cefazolina sódica e após o endurecimento prosseguiu-se com a síntese dos tecidos moles com suturas rotineiramente utilizadas na clinica cirúrgica. No período pós-operatório, foram realizadas avaliações até 90 dias após a osteossíntese e observou-se locomoção apropriada em 15 animais. Avaliações radiográficas demonstraram sinais de completa consolidação óssea entre 60 e 90 dias. Falha da estabilização ocorreu em dois casos, obrigando a reintervenção cirúrgica em um deles. A partir dos resultados obtidos, é possível concluir que, em cães com até 16kg de peso, a fixação de fraturas ilíacas utilizando parafusos cimentados com PMMA constitui uma eficiente técnica, que proporciona adequada estabilidade, precoce recuperação funcional e cicatrização óssea. Resumo em inglês The present study aimed to verify the time for locomotion recovery and bone healing in canine iliac fractures fixated with screws, orthopedic wires and methylmetacrylate bone cement. Sixteen dogs from both genders accidentally hit by a car and showing iliac fractures were included. Dogs aged from 7 months to 11 years and weighted between 1.8 and 16.0kg. Two dogs had bilaterally fractures stabilized, totalizing 18 ilium osteosynthesis performed. The ilium was achieved via (mais) lateral approach. The fractures were reduced and on each bone segment was inserted two to three screws connected by a band tension. Over them a mixture of bone cement added with cefalozin was applied as a definitive fixation device. Suture of soft tissues was made as usual. Postoperative evaluations were periodically performed. After 3 months, 15 dogs showed proper use of the operated limb. Radiographic signs of complete bone healing were observed between 60 and 90 days. Stabilization failure occurred in two cases and one of them required another surgery. Both cases showed a good outcome. Based on these results it was possible to conclude that in dogs weighting up to 16.0kg, iliac fracture fixation with screws, orthopedic wires and bone cement is an efficient technique promoting early limb use and complete bone healing as a result of adequate bone stabilization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Fraturas periprotéticas em artroplastia total de joelho/ Periprosthetic fractures in total knee arthroplasty

Alencar, Paulo Gilberto Cimbalista de; De Bortoli, Giovani; Vieira, Inácio Facó Ventura; Uliana, Christiano Saliba
2010-06-01

Resumo em português A associação do maior número de artroplastias totais de joelho com a maior expectativa de vida da população tem levado a mais complicações de longo prazo, que se somam à baixa qualidade óssea dos pacientes mais idosos e culminam, muitas vezes, em fraturas periprotéticas. Este complexo problema ortopédico tem apresentação clínica muito variável, podendo acometer quaisquer dos ossos do joelho e levar a resultados desastrosos, em virtude de sua difícil soluç (mais) ão. O seu tratamento exige do ortopedista amplo conhecimento tanto de técnicas de artroplastia como de osteossíntese, além de elaborado arsenal terapêutico como, por exemplo, acesso a banco de ossos. Resumo em inglês The increasing number of total knee arthroplasties, in combination with the population's longer life expectancy, has led to a greater number of long-term complications. These complications are also correlated with poor bone quality in the elderly and often result in periprosthetic fractures. This complex orthopedic problem has very diverse clinical presentation, possibly afflicting periprosthetic fracture may happen in any bone that constitutes the knee and, due to the di (mais) fficulty of finding a solution, may lead to disastrous outcomes. The treatment demands broad knowledge from the orthopedic surgeon, not only regarding arthroplasty techniques, but also osteosynthesis, as well as an elaborate therapeutic including, for example, access to a bone bank.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Acesso anterior para pacientes com fraturas traumáticas do tipo compressão do segmento toracolombar (T11 a L2) da coluna vertebral/ Anterior approach in patients with traumatic compression fracture type of thoracolumbar spine (T11-L2)

Falavigna, Asdrubal; Righesso Neto, Orlando; Polesso, Maurício Amoretti; Franceschini, Paulo Roberto
2007-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Relatar a experiência com o acesso anterior em fraturas traumáticas do tipo compressão no segmento toracolombar (T11 a L2) que foram submetidos à cirurgia pelo acesso anterior. MÉTODO: Estudo prospectivo de janeiro de 1994 a janeiro de 2004 envolvendo 32 pacientes. A presença da fusão óssea e do alinhamento foram analisadas 6 e 12 meses após a cirurgia. RESULTADOS: A idade média foi 36,53 anos, sendo 23 do sexo masculino. A vértebra mais atingida foi (mais) L1 (n=12). A maioria dos casos que internaram em ASIA/IMSOP C (n=10) e D (n=13) evoluiram para ASIA/IMSOP E. A média da deformidade angular pré-operatória foi 14,9°±7,5°, com diferença estatística (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe experience with anterior access in compression fractures of thoracolumbar segment (T11 to L2) traumatic fractures that undergone anterior access surgery. METHOD: A prospective study was conducted between January 1994 and January 2004 with 32 patients. The bone fusion and thoracolumbar alignment were analyzed 6 months and 12 months after the surgery. RESULTS:The average age was 36.53 years old with 23 male patients. The most compromised vertebrae was (mais) L1 (n=12). The 23 patients that was ASIA/IMSOP C and ASIA/IMSOP D turned to ASIA/IMSOP E after 1 month (n=12) and 12 months (n=5) of surgery. The preoperative angular deformity average was 14.9°±7.5°. Statistical significance was found (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Diagnóstico pré-natal e parto transpelviano na osteogênese imperfeita: relato de caso/ Prenatal diagnosis and vaginal delivery in osteogenesis imperfecta: a case report

Souza, Alex Sandro Rolland de; Cardoso, Alexandre Silva; Lima, Marcelo Marques de Souza; Guerra, Gláucia Virgínia de Queiroz Lins
2006-04-01

Resumo em português A osteogênese imperfeita é doença do tecido conjuntivo devida a anormalidades quantitativas ou qualitativas do colágeno tipo I, transmitida geneticamente, por gene autossômico dominante ou recessivo, que determina fragilidade óssea. Relata-se o caso clínico de paciente de 19 anos, primigesta, encaminhada ao setor de medicina fetal com ultra-sonografia pregressa evidenciando encurtamento de extremidades fetais. Na avaliação morfológica, identificou-se contorno cr (mais) aniano irregular com deformidade à compressão do pólo cefálico, membros com rizo e mesomelia, rarefação óssea e encurvamento de ossos longos (fraturas). A paciente evoluiu com parto transpelviano na 35ª semana de gestação. O recém-nascido apresentou Apgar de 6 no 1ª minuto e 8 no 5ª minuto, sexo masculino, pesando 1.990 gramas. Observado crânio irregular, ossificação diminuída, esclera azulada e fraturas consolidadas com deformidades em todos os membros. O recém-nascido apresentou boa evolução neonatal, recebendo alta hospitalar em boas condições. O diagnóstico pré-natal é de grande importância para adequado acompanhamento da gravidez e a via de parto transpelviana não ocasionou piora do prognóstico neonatal, pois não foram diagnosticadas fraturas recentes. Resumo em inglês Osteogenesis imperfecta is a connective tissue disorder due to quantitative and qualitative anomalies in type 1 collagen, genetically transmitted by a dominant or recessive autosomal gene, leading to bone fragility. We report a case of a 19-year-old G1 PO patient referred to our institution following a screening ultrasound that demonstrated short limb fetal extremities. A level 3 scan was performed which evidenced an irregular cranial shape and compression of the cephalic (mais) pole with moderate transducer pressure. Limb shortening, decreased echoes and fractures of long bones were found on our scan evaluation. A vaginal delivery occurred at 35 weeks of gestation. The male newborn, weighing 1.990 grams had 6 and 8 in Apgar scores. The neonate was clearly abnormal, presenting irregular cranial shape, with poor ossification on X-ray, blue sclera, fractures and limb deformities. Postnatal evaluation was satisfactory and the neonate was discharged in good conditions. Prenatal diagnosis is important for an adequate pregnancy follow-up. Postnatal outcome was not related to vaginal delivery, as there were no recent fractures in the newborn.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Emprego de fixador externo circular no tratamento de complicações de fraturas do rádio e ulna em cães de raças pequenas/ Use of circular external fixator in the treatment of fracture complications of radius and ulna in small breed dogs

Rahal, Sheila Canevese; Volpi, Reinaldo dos Santos; Hette, Khadije; Vulcano, Luiz Carlos; Büttner, Renata Cianni
2005-10-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar o método de Ilizarov no tratamento de complicações de fraturas do rádio e ulna em cães de raças pequenas. Um fixador de Ilizarov miniatura composto por anéis de alumínio e hastes de aço foi usado em três cães da raça poodle miniatura (casos 1, 2 e 3) e em um pinscher (caso 4). Os cães 1 e 4 apresentavam consolidação atrasada das porções médio-distal e distal, respectivamente, devido a prévio tratamento com tala extern (mais) a. Foi aplicada uma montagem constituída por dois anéis proximais e um distal. Ambas as fraturas consolidaram, sendo que a do poodle apresentou leve desvio cranial das extremidades fraturadas. Os outros dois casos (2 e 3) consistiam de fraturas previamente tratadas por procedimento cirúrgico. O caso 2 apresentava rotação lateral do membro torácico e não-união do aspecto distal da diáfise radial com presença de pino intramedular e dois fios de cerclagem. O pino intramedular e um dos fios de cerclagem foram removidos e realizou-se a derrotação do foco da fratura. O aparelho foi montado como nos casos 1 e 4. A consolidação da fratura foi obtida com moderado desvio caudal do eixo ósseo. No caso 3, havia reabsorção óssea na diáfise do rádio e ulna devido ao emprego inadequado de fixador externo resina-pino. Empregou-se o transporte ósseo com o fixador de Ilizarov para induzir a regeneração óssea. Entretanto, este foi interrompido por falta de resposta. Manteve-se o fixador e o defeito ósseo foi tratado com enxerto esponjoso autólogo e biomateriais. A ulna ocupou parte do defeito segmentar do rádio. Foi possível concluir que o método de Ilizarov pode ser usado no tratamento de consolidação atrasada e não-união, mas o fixador externo circular é de difícil aplicação em cães de raças pequenas. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the Ilizarov’s method for treating complications of radius and ulna fractures in small breed dogs. A miniature Ilizarov‘s fixator constructed using aluminum rings and steel rods was used in three Miniature Poodles (cases 1, 2 and 3) and in one Pinscher (case 4). Because of previous treatment with splints, cases 1 and 4 showed delayed union of the mid-distal and distal aspect of the radius-ulna shaft, respectively. The frame was asse (mais) mbled using two proximal rings and one distal ring. Fractures in cases 1 and 4 healed completely. However, case 1 showed a slight cranial deviation of the segments in the fractured site. The other two cases (2 and 3) had complications because of surgically-treated fractures. Case 2 showed forelimb lateral rotation and nonunion of the distal aspect of the radial diaphysis associated with an intramedullary pin and two cerclage wires. The intramedullary pin and one of the cerclage wires were then removed and fracture-derotation was done. The frame was assembled as in cases 1 and 4. Fracture healing was achieved with moderate caudal deviation of the bone shaft. In case 3, bone reabsorption in diaphysis was observed due to inadequate use of pin-resin external fixator. Bone transport with the Ilizarov´s fixator was used to induce bone regeneration. However, this treatment option was interrupted due to lack of response. The Ilizarov´s fixator was maintained and the bone defect was treated using autogenous cancellous bone graft and biomaterials. Ulna filled out part of bone defect of the radius. It was possible to conclude that the Ilizarov´s method may be used in the treatment of delayed union and nonunion, but the circular external fixator is difficult to apply in small breed dogs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Hormônio da paratireóide (1-34) no tratamento da osteoporose/ Parathyroid hormone (1-34 PTH) for the treatment of osteoporosis

Bracco, Oswaldo Luis; Kayath, Márcia Jeha; Vieira, José Gilberto H.
2003-06-01

Resumo em português O hormônio da paratireóide (PTH) é produzido nas glândulas paratireóides e atua no tecido ósseo e rins, controlando a concentração sérica do cálcio e fósforo. Há muito tempo, observou-se que doses intermitentes de PTH poderiam agir anabolicamente no tecido ósseo. Vários estudos clínicos demonstram que o PTH recombinante humano (1-34) aumenta a densidade mineral óssea, promove ganho de tecido ósseo com melhora da conectividade trabecular e reduz o risco de (mais) fraturas vertebrais e extra-vertebrais em mulheres com osteoporose da pós-menopausa, mulheres com osteoporose corticóide-induzida e homens com osteoporose idiopática. A redução do risco de fraturas promovida pelo PTH (1-34) persiste após a suspensão da terapêutica, indicando seu efeito prolongado no tecido ósseo. Revisamos os dados existentes na literatura sobre o efeito anabólico do PTH (1-34) no tecido ósseo e seu uso clínico no tratamento da osteoporose. Resumo em inglês Parathyroid glands produce the parathyroid hormone (PTH) that acts on bone and kidneys controlling calcium and phosphorus serum concentration. It has long been known that PTH can act as an anabolic hormone if it is given by small and intermittent doses. Recently, there are data showing that PTH (1-34) increases bone mineral density, increases bone mass, improves trabecular connectivity, and reduces the risk of vertebral, non-vertebral and hip fractures in women with postm (mais) enopausal or corticoid-induced osteoporosis and in men with idiopathic osteoporosis. The effect of PTH (1-34) is sustained along the time, even when PTH (1-34) is withdrawn. In this article, we looked over the literature data about PTH (1-34) anabolic action in the bone and its use to treat osteoporosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

FRAX TM: construindo uma ideia para o Brasil/ FRAX TM: building an idea to Brazil

Pinheiro, Marcelo de Medeiros; Camargos, Bruno Muzzi; Borba, Victoria Z. C.; Lazaretti-Castro, Marise
2009-08-01

Resumo em português Diferenças genéticas, raciais e antropométricas, bem como da composição corporal, densidade óssea, dieta, atividade física e outros hábitos de vida, contribuem para explicar as divergências na incidência e prevalência de baixa densidade óssea e fraturas em diversos países do mundo. Recentemente, foi desenvolvida uma ferramenta, denominada FRAX TM, para aglutinar os fatores clínicos de risco (genéticos e ambientais) e a densidade óssea, a fim de quantificar (mais) a probabilidade de fratura osteoporótica nos próximos dez anos. Em breve, ela será utilizada para indicação de tratamento em pacientes de risco. No entanto, atualmente, está disponível somente para uso em algumas populações que possuem banco de dados prospectivos e consistentes - o que não inclui o Brasil. Este estudo teve o objetivo de fazer uma revisão dos estudos epidemiológicos nacionais e internacionais para melhor compreender peculiaridades e diferenças de fatores clínicos de risco, densidade óssea e probabilidade de fratura entre essas populações. Os autores concluíram que se faz necessária a obtenção de mais dados epidemiológicos representativos da população brasileira para utilização da ferramenta FRAX TM. Para isso, os estudos brasileiros deverão possuir características adequadas, como o delineamento prospectivo, avaliação da qualidade de vida, mortalidade e incapacidade física após as fraturas, levando em consideração a expectativa de vida da população brasileira e a análise de custos diretos e indiretos relacionados às fraturas por osteoporose. À luz do conhecimento atual, a utilização de qualquer um dos bancos de dados das populações, disponibilizadas pelo FRAX TM, não é recomendada no Brasil. Resumo em inglês Genetic and racial background, body composition, bone mineral density (BMD), diet, physical activity and life style help to explain the wide difference observed in the world prevalence and incidence of osteoporosis. Recently, a fracture assessment tool, named FRAX TM, was developed to integrate clinical risk factors (genetic and environmental conditions) and BMD, in order to quantify the ten-year probability of an osteoporotic fracture. Shortly, it will be used to indicat (mais) e treatment for high risk patients. However, this tool is now available only to those populations with known reliable and prospective epidemiologic data of the osteoporotic fractures - fact that does not include the Brazilian population. The aim of this paper was to review the main national and international epidemiologic studies to better understand the differences between the clinical risk factors, BMD and fracture probability of these populations. The authors concluded that, to use the FRAX TM tool, it is necessary more epidemiological data that could characterize the Brazilian population. The future studies should be prospective, evaluate the quality of life, mortality and morbidity after a fracture, as well the life expectancy of the population and the cost-effectiveness and utility related to the osteoporotic fracture. In fact, it is not recommended to use any of the populations available in the FRAX TM tool, as a substitute for the Brazilian population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Aspectos genéticos, influência do eixo GH/IGF1 e novas possibilidades terapêuticas na osteoporose idiopática/ Genetics aspects, GH/IGF1 axis influence and advance therapeutic alternatives in idiopathic osteoporosis

Lopes, Renata Francioni; Farias, Maria Lucia Fleiuss de
2006-04-01

Resumo em português A osteoporose idiopática é uma condição rara que afeta ambos os sexos, mulheres durante o menacme e homens antes dos 65 anos. O diagnóstico somente pode ser considerado depois de serem descartadas todas as causas conhecidas de osteoporose. A apresentação clínica é heterogênea, variando desde o achado de osteoporose à densitometria em paciente pouco sintomático até múltiplas fraturas por fragilidade, principalmente de corpos vertebrais. A remodelação óssea (mais) encontra-se geralmente no limite inferior da normalidade, mas a reabsorção óssea sempre excede a formação, resultando em perda óssea. A disfunção osteoblástica, descrita na maioria dos artigos, tem sido relacionada a baixas concentrações do fator de crescimento insulina-simile (IGF-1) no sangue e na matriz óssea. Fatores genéticos e hormonais parecem envolvidos na etiopatogenia. Drogas anti-reabsortivas, como os bisfosfonatos, são úteis em reduzir a taxa de fraturas. Drogas anabólicas, tais como o hormônio de crescimento, o IGF-1 e mais recentemente a teriparatida (PTH recombinante), são mais promissoras, uma vez que elas realmente aumentam a massa óssea e melhoram a qualidade do osso. A proposta deste artigo é rever aspectos da fisiopatologia da osteoporose idiopática, rotina diagnóstica e alternativas terapêuticas. Resumo em inglês Idiopathic osteoporosis is a rare condition that affects both sexes, women during menacme and men before 65 years. The diagnosis can only be considered after all known causes of osteoporosis are discarded. The clinical presentation is heterogeneous, ranging from densitometric finding in a patient with few symptoms to multiple fragility fractures, mainly vertebral. Bone turnover is usually in the low-normal range, but bone resorption always exceeds formation, resulting in (mais) net bone loss. The osteoblastic dysfunction, described in almost all papers, has been related to low insulin growth factor-1 (IGF-1) concentrations in blood and bone matrix. Genetic and hormonal factors seem to be involved. Antiresorptive drugs, such as bisphosphonates, are useful in reducing fracture rate. Anabolic drugs, such as growth hormone, IGF-1 and more recently teriparatide (recombinant PTH) are more promising, as they actually increase bone mass and improve bone quality. The purpose of this article is to review pathophysiologic aspects of idiopathic osteoporosis, diagnostic routine and therapeutic alternatives.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Avaliação do uso de haste bloqueada e bloqueio transcortical no reparo de fraturas diafisárias de fêmur em felinos/ Evaluation of the use of interlocking nail and transcortical blockade for the repair of diaphyseal fractures of the femur in cats

Romano, Leandro; Ferrigno, Cássio R. Auada; Ferraz, Vanessa C. Magalhães; Della Nina, Marcos Ishimoto; Ito, Kelly Cristiane
2008-04-01

Resumo em português As hastes bloqueadas além de permitirem estabilização rígida de fraturas, possuem vantagens biomecânicas quando comparadas a outras técnicas de imobilização, por atuar ao longo do eixo mecânico central do osso, além de preservar os conceitos de padrões biológicos de osteossíntese . O uso limitado de hastes bloqueadas em gatos se atribui ao fato da cavidade intramedular ser pequena, limitando o tamanho e diâmetro dos pinos. Relatam-se casos de 10 felinos que (mais) apresentavam fraturas fechadas simples ou múltiplas da diáfise femoral. Os animais pesavam entre 3,5 e 5 kg, o que permitiu a utilização de hastes de 4,0mm e 4,7mm de diâmetro. Para inserção da haste, adotou-se a via retrógrada ou a normógrada e foram realizados bloqueios com quatro parafusos de titânio de 2,0 mm de diâmetro. Complicações intra-operatórias não ocorreram, entretanto um animal sofreu fratura de colo femoral e fratura transversa distal ao implante, três dias após o ato cirúrgico, devido a novo trauma. Os animais foram submetidos a exames radiográficos até quatro meses após a intervenção, evidenciando-se formação de calo ósseo secundário e consolidação óssea em período de 61-89 dias. Clinicamente, ocorreu esporadicamente alteração na marcha por leve claudicação de apoio definida por escala de claudicação, entretanto os animais iniciaram o apoio adequado entre três e oito dias após o ato operatório. Complicações pósoperatórias ocorreram referentes ao animal que sofreu novo trauma, entretanto notou-se consolidação do foco primário tratado pelo implante com 61 dias e consolidação da nova fratura num período total de 150 dias do início do tratamento conservativo por penso esparadrapado e tala. Conclui-se que o uso de haste bloqueada em felinos foi adequado uma vez que houve consolidação óssea em todos os casos, com retorno precoce da função do membro, permitindo a deambulação. Resumo em inglês Interlocking nails allow rigid fracture stabilization and present biomechanical advantages when compared to other immobilization techniques. It acts along the central mechanical axis of the bone and preserves biological concept standards for osteosynthesis. The use of interlocking nail in cats is limited because the intramedullary space is relatively small for the available nail sizes. We reported 10 cases of cats that had simple or multiple closed fractures of the femora (mais) l diaphysis. The animals weighed 3.5 to 5 kg , which allowed using nails of 4.0mm and 4.7mm in diameter. For the nail insertion, retrograde and normograde routs were used, and four 2mm titanium screws were used to lock all the perforations. No trans-surgical complication occurred, however, due to a new trauma, one of the animals suffered femoral neck fracture and transversal distal fracture to the nail, three days after surgery. Radiographies were made up to four months after surgery, and in most cases secondary bone formation was seen, showing bone consolidation in 61-89 days, excluding the animal who suffered new trauma, who presented bone healing in 150 days. Clinically, occasional lameness occurred; however, except for the animal that had new trauma, all animals initiated adequate limb support in 3 to 8 days after surgery. In conclusion, the use of 4.0mm and 4.7mm interlocking nails in felines was adequate, with bone healing in all cases, and also return of good limb function after surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Microplacas de titânio em fraturas de tibiotarso em pombos domésticos/ Titanium microplates for treatment of tibiotarsus fractures in pigeons

Gouvêa, Aline Silva; Alievi, Marcelo Meller; Noriega, Verônica; Dal-Bó, Ísis dos Santos; Pinto, Thadeu Mourão; Menezes, Cláudio Leonardo Montassieur de; Silva, Renato Barbosa; Silva, Luciana Machado da; Velasque, Andréa Gonçalves; Pinto, Luciana Andreatta Torelly; Coelho, Ana Júlia Andrade
2011-03-01

Resumo em português Entre os problemas cirúrgicos das aves, as fraturas são os de maior prevalência. Em virtude das variações no tamanho, peso, anatomia óssea peculiar, alta incidência de fraturas complicadas e das diferentes demandas funcionais entre espécies e indivíduos, não foi possível estabelecer ainda um método ideal de osteossíntese para os ossos longos das aves. Microplacas de titânio comumente utilizadas em cirurgias maxilofaciais de humanos foram empregadas recenteme (mais) nte na osteossíntese de aves, porém com poucos resultados disponíveis. O objetivo do presente estudo foi avaliar a utilização das microplacas de titânio no tratamento de fraturas experimentais de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia). Foram utilizadas 30 aves adultas, machos e fêmeas, com 7 meses de idade, pesando entre 400 a 500 gramas. Os animais foram separados em três grupos de dez, sendo que no grupo 1 foi utilizado uma microplaca de titânio com 6 furos e espaçador central; no grupo 2, com oito furos sem espaçador central; e, no grupo 3, com oito furos com espaçador central. Após avaliação clínica, as aves foram submetidas à osteotomia médio-diafisária no tibiotarso direito para colocação das diferentes configurações de microplaca de titânio, sendo fixadas com microparafusos de titânio com 7mm de comprimento. Os animais foram avaliados clínica e radiograficamente até os 90 dias de pós-operatório. Após esse período, foi realizada eutanásia em duas aves de cada grupo. Em todas elas, foi observada a consolidação óssea, sendo que, no grupo 1, o tempo médio e o desvio padrão foram 32,9±9,9; no grupo 2, 30,8±6,7 e, no grupo 3, 26,6±6,4 dias, não havendo diferença estatística entre os grupos. O envergamento do implante foi a complicação mais frequente. A configuração da microplaca resultou em diferença estatisticamente significativa em relação à deambulação e ao grau de envergamento nos diferentes grupos, sendo que, no grupo 3, houve maior precocidade no apoio do membro e menor grau de envergamento em relação aos outros grupos. Histologicamente, foi verificada a formação de calo ósseo em todos os animais e presença de tecido ósseo ao redor da microplaca e dos microparafusos. Apesar das complicações observadas, as microplacas de titânio são uma opção para osteossíntese de tibiotarso em aves de médio porte. Resumo em inglês Among the surgical problems in birds, the fractures are the most prevalent. Due to variations in size, weight, peculiar bone anatomy, high incidence of complicated fractures and functional demands of different species and individuals, it is still not possible to establish an ideal method for osteosynthesis of long bones in birds. Titanium microplates commonly used in human maxillofacial surgery have been recently employed in osteosynthesis of birds, but with few results a (mais) vailable. The aim of this study was to evaluate the use of titanium microplates in the treatment of tibiotarsus fractures in 30 pigeons (Columba livia) , adult males and females, with 7 months old, weighing from 400 to 500. The animals were divided into 3 groups with ten animals each. In group 1, a titanium microplate with 6 holes and a central spacer was used; in group 2, a titanium microplate with 8 holes without a spacer in the center was used; in group 3, a titanium microplate with 8 holes with central spacer was used. After clinical evaluation, the birds were submitted to mid-diaphyseal osteotomy in the right bone for placement of different configurations of the titanium plate, and fixed with titanium microscrews 7mm long. The animals were evaluated clinically and radiographically until 90 days postoperatively. After this period, euthanasia was performed in 2 animals from each group. In all animals was observed bone healing and in group 1 the mean and standard deviation were 32.9±9.9 days, in group 2, 30.8±6.7 days in group 3, 26.6±6.4 days. There was no statistical difference in healing time between groups. The bending of the implant was the most common complication. The configuration of the plate resulted in a statistically significant difference in relation to walking and to the degree of bending in the different groups. Moreover, in group 3 there was higher precocity in the member suppor and a lower degree of bending in relation to other groups. Histologically, it was verified formation of the callus in all animals and presence of bone tissue around the plate and microscrews. Despite the complications of titanium microplates, they are an option for tibiotarsus osteosynthesis in birds of medium size.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Impacto dos nutrientes na saúde óssea: novas tendências/ Nutrients impact on bone health: new trends

Morais, Glaucia Queiroz; Burgos, Maria Goretti Pessoa de Araújo
2007-07-01

Resumo em português A nutrição é fator importante modificável no desenvolvimento/manutenção da massa óssea (MO) e prevenção da osteoporose. Esta é uma doença caracterizada por decréscimo na massa esquelética e elevação da suscetibilidade a fraturas. O desenvolvimento do pico de massa óssea (PMO) é ainda o maior determinante dessa condição. Por isso, alterações com a idade sinalizam a importância da manutenção de nutrição adequada durante o desenvolvimento desse pico (mais) . Indivíduos que atingiram elevado PMO terão, na idade adulta, baixo risco de desenvolver doenças osteometabólicas com o envelhecimento. Os efeitos dos nutrientes sobre as estruturas esqueléticas são intensos e amplos; alguns, há anos, são consistentemente relacionados com a saúde óssea, como o cálcio, fósforo e vitamina D. Entretanto, outros nutrientes vêm sendo sugeridos como essenciais para o metabolismo ósseo normal: proteínas, lipídeos, potássio, vitaminas K e A e cloreto de sódio. A influência das interações entre tais fatores nutricionais, meio ambiente, estilo de vida e hereditariedade auxiliarão na compreensão da complexidade do desenvolvimento da osteoporose e subseqüentes fraturas. Em adição, déficit energético pode acarretar redução da MO, em face dos distúrbios endócrino-metabólicos desencadeados pela privação alimentar. Esta revisão objetiva elucidar o impacto dos nutrientes e ingestão calórica sobre o osso, em diferentes estágios da vida, descrevendo possíveis interações entre nutrientes e como estas poderiam afetar a homeostase óssea e mineral. Resumo em inglês Nutrition is an important factor in bone mass development/maintenance and in osteoporosis prevention. This disease is characterized by decreased skeletal mass and increased susceptibility to fractures. The greatest determinant of this condition is the peak bone mass (PBM). Hence, alterations over time indicate the importance of maintaining adequate nutrition during the development of this peak. In adult age, individuals who reached a high PBM will have a low risk of devel (mais) oping bone metabolic diseases when aging. Nutrients exert intense and wide-ranging effects on skeletal structures. Some of them have been consistently related with bone health, such as calcium, phosphorus and vitamin D. However, it has been suggested that other nutrients are essential for normal bone metabolism: proteins, lipids, potassium, vitamins K and A, and sodium chloride. The influence of interactions between these nutritional factors, environment, lifestyle, and heredity will help understand the complex development of osteoporosis and subsequent fractures. In addition, energy deficits can lead to reduced bone mass, in view of endocrine-metabolic disorders caused by food deprivation. This review aims at clarifying the impact of nutrients and of calories intake on the bones during different stages in life, describing possible interactions among nutrients and how these could affect bone and mineral homeostasis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Densidade mineral óssea em crianças talassêmicas: uma experiência brasileira/ Bone mineral density in thalassemic children: a Brazilian experience

Vicari, Perla; Correa, Margarida M. P.; Szejnfeld, Vera L.; Figueiredo, Maria Stella; Cavalheiro, Rita de Cássia R.; Yamamoto, Mihoko
2008-12-01

Resumo em português A osteoporose, caracterizada por aumento da fragilidade óssea e suscetibilidade a fraturas, é inversamente proporcional ao pico de massa óssea adquirido na infância. Por outro lado, a doença óssea é uma importante causa de morbidade em pacientes portadores de beta-talassemia maior (TM). Apesar de intensamente descrita em pacientes talassêmicos adultos, não existem estudos sobre as alterações de densidade óssea em crianças talassêmicas brasileiras. Foram aval (mais) iados 11 pacientes (idade mediana de 10,0, variando de 5 a 12 anos), portadores de TM, e 24 crianças (idade mediana de 9,5, variando de 6 a 12 anos) saudáveis, utilizando medida de emissão dupla de raios-X para avaliar a densidade mineral óssea (DMO). A análise de marcadores bioquímicos tais como concentração de ferritina sérica, cálcio ionizado, fosfatase alcalina, fósforo, albumina, tempo de protrombina e fator V foi realizada. A estatura foi significativamente diferente entre os dois grupos estudados, p Resumo em inglês Osteoporosis is characterized by low bone mass and disruption of bone architecture, resulting in greater bone fragility with increased risk of fractures. Bone disease is an important cause of morbidity in beta thalassemia major patients. Osteoporosis has been described extensively in adult thalassemia. However, there are no studies describing Brazilian thalassemic children. We evaluated eleven patients with beta thalassemia major (median age of 10.0 years, range from 5 to (mais) 12 years) and twenty-four healthy children (median age of 9.5 years, range from 6 to 12 years), using dual X-ray absorptiometry to assess bone mineral density (BMD). Analysis of biochemical markers such as serum ferritin concentration, ionized calcium, alkaline phosphatase, phosphorus, albumin, prothrombin time and factor V was performed. The height was very different between the groups, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Uso da placa onda no tratamento das fraturas diafisárias do fêmur não consolidadas/ The wave plate method in non union femoral shaft fractures treatment

Jorge, Silvia Regina Nogueira; Cocco, Luiz Fernando; Kawano, Claudio; Fernandes, Helio Jorge Alvachian; Reis, Fernando Baldy dos
2006-01-01

Resumo em português Estudou-se retrospectivamente 25 pacientes com fratura diafisária do fêmur não consolidadas e que foram tratados com placa onda. A consolidação ocorreu em 96% dos pacientes num tempo médio de 5,32 meses, variando entre três e sete meses. Vinte e um pacientes (84%) foram considerados como resultados excelentes e bons nos critérios de avaliação final. O método de tratamento não ocasionou diferença no comprimento dos membros. Não ocorreram desvios rotacionais. (mais) O arco de movimento dos quadris e joelhos não foi acometido, embora em quatro pacientes (16%) tenha-se encontrado limitação na flexão do joelho, esta era prévia ao tratamento com placa onda. Dois pacientes (8%) tiveram infecção profunda durante o tratamento com a placa onda, recidiva de processo infeccioso prévio. Houve soltura da placa no nono mês de pós-operatório em um paciente (4%), embora tenha havido a consolidação óssea. Em outro paciente (4%) a placa onda quebrou um ano e dois meses após a cirurgia, tendo-se trocado a primeira por outra placa onda e posterior consolidação. Mesmo assim, considerou-se falha do método. A placa onda é uma opção de tratamento das fraturas do fêmur não consolidadas pelas suas propriedades biomecânicas favoráveis à consolidação óssea, conferindo estabilidade sem prejudicar o suprimento sangüíneo, com características de síntese biológica. Resumo em inglês Twenty-five patients with non union femoral diaphyseal fractures treated with the wave plate method were retrospectively studied. Union was achieved in 24 patients (96%) in an average time of 5.32 months, ranging from three to seven months. We observed excellent and good results in 21 patients (84%) in the endpoint evaluation. This treatment approach didn't cause leg-length discrepancy. No rotational deviations were seen. The range of motion of hips and knees was not affe (mais) cted, although in four patients (16%) knee flexion restraint was found, but previously to the wave plate treatment. Two patients (8%) presented a deep infection during the treatment with the wave plate, recurrent to previous infectious process. Loosing plate occurred in the ninth post-operative in one patient (4%), although bone union has occurred. In another patient (4%) the wave plate has broken within 14 months postoperatively, leading to the replacement of the first wave plate to a new one with subsequent union. Nevertheless, method failure was considered. The wave plate is a treatment option for non-united femoral fractures due to its biomechanical properties favoring bone union, providing stability without jeopardizing blood intake, with biological synthesis characteristics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Uso de enxerto ósseo homólogo estrutural cortical em cirurgias de reconstrução femoral/ Use of cortical structural homologous bone graft in femoral reconstructive surgery

Roos, Milton Valdomiro; Roos, Bruno Dutra; Giora, Taís Stedile Busin; Taglietti, Thiago Martins
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Realizar uma avaliação clínica e radiográfica dos pacientes submetidos a tratamento cirúrgico com utilização de enxerto ósseo homólogo estrutural cortical em cirurgias de reconstrução femoral secundárias a afrouxamento de artroplastia total do quadril e fraturas periprotéticas. MÉTODOS: Foi realizado estudo retrospectivo com 27 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico de reconstrução femoral secundária a afrouxamento de artroplastia total de (mais) quadril (12 casos) e fratura periprotética (15 casos) utilizando enxerto homólogo estrutural cortical e implante cimentado, no período de junho de 1999 a fevereiro de 2008. Desses, 21 preencheram todos os critérios necessários para este trabalho. Os pacientes foram submetidos a uma avaliação clínica pré e pós-operatória, de acordo com o Harris Hip Score. Foram avaliadas também radiografias pré-operatórias, pós-operatórias imediatas e tardias, comparando a consolidação das fraturas, os sinais radiográficos de consolidação do enxerto, a modificação do estoque ósseo e da qualidade óssea do fêmur e o alinhamento femoral. RESULTADOS: Nove pacientes (42,9%) foram submetidos à reconstrução femoral secundária a afrouxamento de artroplastia total de quadril e 12 (57,1%), à reconstrução femoral secundária à fratura periprotética. Com relação à classificação clínica pós-operatória, os resultados obtidos foram considerados como satisfatórios em 85,7% dos casos e insatisfatórios em 14,3%. Sinais radiográficos de consolidação do enxerto foram visualizados em todos os casos. Houve aumento do estoque ósseo em 90,5% das reconstruções de quadril realizadas, conforme aferição do índice cortical. Além disso, a modificação da qualidade óssea femoral foi considerada boa em 66,7% dos casos. CONCLUSÃO: O uso de enxerto ósseo homólogo estrutural cortical em cirurgias de reconstrução femoral de artroplastias totais do quadril e em fraturas periprotéticas é uma boa opção de tratamento em casos selecionados, permitindo resultados clínicos e radiográficos satisfatórios. Resumo em inglês OBJECTIVE: To perform a clinical and radiographic assessment of patients submitted to cortical structural homologous bone graftsurgical treatment for femoral reconstruction following mechanical failure of total hip arthroplasty and periprosthetic fractures. METHODS: A retrospective study with 27 patients submitted to surgical treatment for femoral reconstruction following mechanical failure of total hip arthroplasty (12 cases) and periprosthetic fractures (15 cases), usin (mais) g cortical structural homologous bone graft and cemented implants, in the period of June 1999 to February 2008 was performed. Of these, 21 fulfilled the criteria required for this study. Patients were submitted to a pre and postoperative clinical assessment according to Harris Hip Score. Pre-operative, immediate and late postoperative radiographs were also evaluated by comparing fracture consolidation, radiographic signs of graft integration, changes in bone stock and femoral bone quality, as well as femoral alignment. RESULTS: Nine patients (42.9%) were submitted to femoral reconstruction following mechanical failure of total hip arthroplasty. The other 12 cases (57.1%), were submitted to femoral reconstruction following periprosthetic fracture. Results were considered satisfactory in 85.7% and unsatisfactory in 14.3% of cases. Radiographic signs of graft integration to the host's bone were seen in all cases. There was an increase of bone stock in 90.5% of hip reconstructions, according to cortical index measurement. Furthermore, changes in femoral bone quality were considered good in 66.7% of cases. CONCLUSION: The use of cortical structural homologous bone grafts for both femoral reconstructive surgeries of total hip arthroplasty and periprosthetic fractures is a good treatment option for selected cases, allowing for satisfactory clinical and radiographic results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Estudo experimental comparativo no uso de enxerto ósseo orgânico e inorgânico no reparo de fraturas cirúrgicas em rádio de coelhos/ Organic and inorganic bone graft use in rabbits' radius surgical fractures rapair: an experimental and comparative study

Miranda, Elson Souza; Cardoso, Fernanda Tércia Silva; Medeiros Filho, João Felipe de; Barreto, Márcio D’Angelo Rodrigues; Teixeira, Ramon Marcello de Macedo; Wanderley, Andrey Leal; Fernandes, Kalyana Eduardo
2005-01-01

Resumo em português Trabalho realizado com proposta de avaliar o resultado na consolidação de fraturas do rádio em coelhos utilizando enxerto ósseo orgânico e enxerto ósseo mineral. No estudo foram utilizados 20 animais adultos, machos e fêmeas pesando entre 3,0 e 3,5 kg, procedentes do Biotério da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Os animais foram divididos em dois grupos iguais e submetidos a osteotomia transversa completa simples na diáfise do rádio direito sendo retira (mais) do 1cm de fragmento ósseo. No grupo I (G1) foi colocado fragmento de enxerto ósseo orgânico retirado da asa ilíaca do mesmo animal no local da osteotomia; no grupo II (G2) foi colocado enxerto ósseo inorgânico Osteosynt, constituído de hidroxiapatita sintética e fosfato de cálcio. Os grupos foram subdivididos em 5 períodos (P15= 15 dias, P30= 30 dias, P45= 45 dias, P60= 60 dias, P75 = 75 dias), para avaliação dos aspectos radiográficos e histológicos do local da osteotomia (fratura cirúrgica) visando observar o processo de consolidação óssea local. Nas avaliações radiográficas constatou-se que o G2 desenvolvia processo de reparação mais rápido em todos os períodos avaliados que o G1; fato esse confirmado na avaliação histológica. Concluímos que o enxerto ósseo inorgânico pode ser usado de rotina em cirurgia ortopédica proporcionando uma cicatrização óssea precoce. Resumo em inglês Study carried out with the purpose of evaluating the outcomes of rabbits’ radius fracture unions by using both organic and mineral bone grafts. For the study, 20 adult animals, both males and females, weighing around 3.0 and 3.5 kg, sourced by Maranhão State University Animal Lab were employed. The animals were divided into two similar groups and subjected to a simple complete transverse osteotomy on the right radius diaphysis, with 1 cm of bone fragment being removed. (mais) In group I (G1), an organic bone fragment from the iliac wing of the same animal was placed at the osteotomy site; in group II (G2), an Osteosynt inorganic bone graft, composed by synthetic hydroxyapatite and calcium phosphate was placed. The groups were subdivided into 5 periods (P15 = 15 days, P30 = 30 days, P45 = 45 days, P60 = 60 days, P75 = 75 days) for evaluating x-ray and histological aspects of the osteotomy site (surgical fracture) aiming to check local bone union process. X-ray studies showed that G2 developed a faster repair process in all observation periods when compared to G1. This fact was confirmed by histological evaluation. We conclude that the inorganic bone graft may be routinely used in orthopaedic surgery, providing an early bone healing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Implantes de biomateriais em falha óssea produzida na fíbula de ratos/ Biomaterial implants in bone fractures produced in rat fibulas

Shirane, Henrique Yassuhiro; Oda, Diogo Yochizumi; Pinheiro, Thiago Cerizza; Cunha, Marcelo Rodrigues da
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a importância do colágeno e hidroxiapatita na regeneração de fraturas provocadas experimentalmente na fíbula de ratos. MÉTODOS: Utilizou-se 15 ratos nos quais foram submetidos à cirurgia para retirada de um fragmento da fíbula sendo o local enxertado com tubos de silicone preenchidos com hidroxiapatita e colágeno. RESULTADOS: Ocorreu pouca neoformação óssea no interior dos tubos preenchidos com os biomateriais sendo em maior quantidade naquel (mais) es com colágeno. CONCLUSÃO: Os biomateriais usados apresentaram biocompatibilidade e capacidade osteocondutora capaz de estimular a osteogênese mesmo nos ossos com funções mecânicas e morfológicas secundárias como a fíbula de ratos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the importance of collagen and hydroxyapatite in the regeneration of fractures experimentally induced in the fibulas of mice. METHOD: 15 rats were submitted to a surgery for the removal of a fragment of the fibula. The fragment was replaced by a silicone tube filled with hydroxyapatite and collagen. RESULTS: Little bone neoformation occurred inside the tubes filled with biomaterials, the largest amount occurring in those with collagen. CONCLUSION: T (mais) he biomaterials used demonstrated biocompatibility and osteoconductive capacity capable of stimulating osteogenesis, even in bones with secondary mechanical and morphological functions such as the fibula of the rat.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Tratamento da doença de Paget óssea: importância do ácido zoledrônico/ Treatment of Paget's disease of bone: importance of the zoledronic acid

Griz, Luiz; Colares, Viviane; Bandeira, Francisco
2006-10-01

Resumo em português A doença de Paget é uma doença esquelética, de distribuição monostótica ou poliostótica, podendo ser causada por uma infecção viral e/ou fatores genéticos. É caracterizada por um aumento da remodelação óssea, resultando em anormalidade da arquitetura óssea. A excessiva reabsorção óssea osteoclástica, seguida secundariamente de aumento da atividade osteoblástica, leva à substituição do osso normal por osso desorganizado, aumentado, e com estrutura e (mais) nfraquecida, propensa a deformidades e fraturas. A doença de Paget pode ser diagnosticada através de exames radiológicos, cintilografia e exames bioquímicos. O objetivo primário do tratamento é reduzir a dor e o risco do aparecimento das complicações a longo prazo. Atualmente dispõe-se de drogas anti-reabsortivas potentes, as quais controlam a reabsorção óssea e proporcionam uma grande melhora no tratamento. O ácido zoledrônico, um bisfosfonato de última geração, tem a vantagem de maior potência e remissão mais prolongada, além de um tempo de infusão curto. Resumo em inglês Paget's disease is a localised monostotic or polyostotic bone disease of unknown origin. It may be caused by a slow viral infection and/or genetic factors. It is characterised by increased bone remodelling and an initially excessive osteoclastic bone resorption, followed by a secondary increase in osteoblastic activity, leading to replacement of the normal bone by a disorganized, enlarged, and weakened osseous structure prone to deformities and fractures. The disease may (mais) be diagnosed by radiography, scintigraphy and biochemical tests. The primary aim of treatment is to reduce pain and risk of developing long-term complications. Potent antiresorptive drugs are now available, which control the increased bone remodelling and have led to a dramatic improvement in treatment. Zoledronic acid, a new generation of bisphosphonates, has the advantage of great potency and long duration of remission and a short infusion time.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Fatores de risco associados à osteoporose em uma população de mulheres brasileiras residentes em São José do Rio Pardo, estado de São Paulo/ Risk factors associated to osteoporosis in Brazilian women from São José do Rio Pardo, São Paulo

Parisi Júnior, Paulo Domingos; Chahade, Wiliam Habib
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVOS: verificar os principais fatores de risco associados à baixa massa óssea e propor algoritmos para a indicação de avaliação da densidade óssea em uma população de mulheres, residentes em São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo. MÉTODOS: foram estudadas 324 mulheres com média de idade de 60 anos. Foi enviado pelo correio um questionário contendo perguntas a respeito de diversos fatores de risco para osteoporose, incluindo histórico pessoal e mat (mais) erno de fraturas. A densidade mineral óssea foi medida utilizando-se a densitometria óssea por densitômetro DXA, sendo analisados os sítios coluna lombar (L2-L4) e/ou fêmur proximal (colo femoral); todas as mulheres foram classificadas de acordo com os critérios da OMS. A análise estatística empregou Análise de Variância (Anova), segundo um critério de classificação e teste "post-hoc" de comparação múltipla, aos pares, de Student - Newman - Keuls; tabelas de contingência 2 x 2 e k x r; teste do Qui-quadrado. Por meio de regressões múltiplas foram estabelecidas as variáveis mais eficientes na identificação de mulheres com baixa massa óssea. Foram também aplicados dois algoritmos descritos em literatura, denominados Osteorisk e Osiris. RESULTADOS: o grupo Normal ficou constituído por 88 (27,2%) indivíduos, o grupo Osteopênico por 160 (49,4%) e o grupo Osteoporótico por 76 (23,5%). A média de idade dos grupos foi: Normal, 56 anos; Osteopenia, 60 anos; e Osteoporose, 65 anos. O peso e a estatura foram, respectivamente, para o grupo Normal 69,5 kg e 1,60 m; Osteopenia, 64,9 kg e 1,59 m; e Osteoporose, 62,1 kg e 1,57 m. Todos esses valores mostraram significância estatística. Outras variáveis que mostraram diferenças significantes foram: número de anos decorridos desde a menopausa, maior no grupo Osteoporose; uso de anticoncepcionais e de terapia de reposição hormonal, que foi menos freqüente no grupo Osteoporose do que nos demais; e a menopausa, sendo que 100% das mulheres do grupo Osteoporose estavam na pós-menopausa, contra 86% das mulheres dos outros grupos. No histórico pessoal de fraturas, as do grupo Osteoporose relatavam maior número de fraturas prévias do que as demais e isso foi estatisticamente significante. A partir da identificação das principais variáveis, por meio de regressões múltiplas, chegou-se a uma equação envolvendo idade, peso e estatura que se mostrou o melhor modelo como preditor de osteoporose. Fez-se, então, uma comparação entre esse modelo, dois algoritmos descritos em literatura, Osteorisk e Osiris, e as variáveis idade e peso isoladamente. CONCLUSÃO: dentre as variáveis estudadas, idade e peso foram as que mostraram maior significância; sua combinação em um único algoritmo mostra desempenho melhor do que a utilização dessas variáveis individualmente. A inclusão de outras variáveis não melhora o desempenho na identificação de mulheres com osteoporose. A utilização de um algoritmo com critérios objetivos possibilita a seleção de candidatos à realização de densitometria óssea. Resumo em inglês OBJECTIVES: to assess the main risk factors associated to low bone mass and to propose algorithms for the indication of the evaluation of bone mineral density in a women population from São José do Rio Pardo, state of São Paulo. METHODS: 324 women (mean age 60 years old) were studied. A questionnaire was sent by regular mail to collect data for several osteoporosis risk factors, as well as both personal and mother’s history of fractures. Bone mineral density was measu (mais) red using DXA, measuring the lumbar spine segment (L2-L4), and/or the proximal femur (femoral neck). Data were classified according to the WHO criteria. Data were analyzed using one-way Anova, and the "post-hoc" Student-Newman-Keuls test for paired multiple comparisons; 2 x2 and k x r contingency tables and chi-square test were also used. The most efficient variables for the identification of women at risk for osteoporosis were determined through multiple regression analysis. The previously described algorithms Osteorisk and Osiris were also applied. RESULTS: there were 88 (27.2%), 160 (49.4%), and 76 (49.4%) women among the normal, osteopenia, and osteoporosis groups, respectively. Mean age was 56, 60, and 65 years-old for the normal, osteopenia, and osteoporosis groups, respectively. Mean weight and height was 69.5 kg/1.60 m, 64.9 kg/1.59 m and 62.1 kg/1.57 m for the normal, osteopenia, and osteoporosis groups, respectively. Differences between these mean values were statistically significant. The number of years of menopause was higher in the osteoporosis group; contraceptive and hormone replacement therapy was less frequent in the osteoporosis group, as well as menopause. All women in the osteoporosis group were post-menopause, compared to 86% in the other groups. Women in the osteoporosis group had more previous fractures, reaching statistical significance. Using multiple regression, based on the main variables identified, we reached a formula considering age, weight, and height as the osteoporosis predicting model that was compared to the two algorithms Osteorisk and Osiris. CONCLUSION: among the variables studied, age and weight showed higher significance. Their combination in an algorithm showed better performance than either of the variables isolated. The inclusion of new variables did not increase the performance of the identification of osteoporotic women. The use of an algorithm with objective criteria makes it possible to better select candidates for bone densitometry analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Diagnóstico e tratamento da osteoporose/ Osteoporosis diagnosis and treatment

Souza, Márcio Passini Gonçalves de
2010-06-01

Resumo em português Um artigo de atualização do conhecimento sobre osteoporose corre o risco de ficar desatualizado precocemente, devido ao grande interesse que o estudo e a pesquisa sobre OP despertam hoje nos pesquisadores, nas indústrias farmacêuticas e de equipamentos, nos governos, e até na OMS. Todo ortopedista conhece a OP pelo seu efeito mais deletério, a fratura osteoporótica (FxOP). Por ser uma patologia de quadro clínico não específico a OP sem fratura não levanta suspe (mais) ita. A FxOP tem um custo econômico (pelo tratamento), social (por suas sequelas) e médico (por óbitos). Muitas fraturas poderiam ser evitadas pelo diagnóstico da OP antes da primeira fratura e, então, muitas incapacidades temporárias e definitivas poderiam ser evitadas, muitas vidas poderiam ser salvas. O conhecimento dos fatores de risco para osteoporose desperta a suspeita e a densitometria óssea ajuda no diagnóstico. O tratamento deve ter por base a fisiopatologia da doença. Assim, na prevenção ou no tratamento da OP, devemos diminuir a atividade do osteoclasto ou aumentar a atividade do osteoblasto, ou os dois. O tratamento ideal é aquele que diminui a incidência de fraturas por melhorar a geometria do osso e sua microarquitetura. O tecido ósseo recém-formado deve ter boa qualidade celular e de matriz, mineralização normal com boa proporção entre osso mineralizado (resistente mecanicamente) e não mineralizado (flexível) e sem acúmulo de danos. O tratamento ideal deve ter taxa de remodelação positiva e efeito terapêutico rápido e duradouro. Este efeito deve ser facilmente detectável. Deve ser seguro. Resumo em inglês An article regarding the latest understanding of osteoporosis (OP) runs the risk of quickly becoming obsolete due to the fact that research and studies about OP today are generating a great amount of interest in researchers, the pharmaceutical and medical equipment industries, governments, and even the WHO. Every orthopedist knows OP by its most deleterious effect, the osteoporotic fracture (FxOP). OP without a fracture does not arouse suspicion because it is a pathology (mais) with a nonspecific clinical profile. The FxOP has an economic cost (for treatment), a social cost (for its sequelae), and a medical cost (for deaths). Many fractures could be avoided by a diagnosis of OP prior to the first fracture and, therefore, many temporary and permanent disabilities could be avoided and many lives saved. Awareness of the risk factors for osteoporosis raises suspicion and bone densitometry aids diagnosis. Treatment should be based on the physiopathology of the disease. Likewise, in prevention or in treatment of OP, we should reduce the activity of osteoclasts or increase the activity of osteoblasts, or both. Treatment that reduces the incidence of fractures by improving bone's geometry and microarchitecture is ideal. Newly formed bone tissue must have good cellular and matrix quality as well as normal mineralization, a good ratio of mineralized (mechanically resistant) bone to non-mineralized (flexible) bone, and no accumulated damage. The ideal treatment should have a positive rate of remodeling and fast and lasting therapeutic effects. This effect must be easily detectable. It must be safe.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Utilização de recursos e custos em osteoporose/ Resource utilization and costs in osteoporosis

KOWALSKI, S.C.; SJENZFELD, V.L.; FERRAZ, M.B.
2001-12-01

Resumo em português A osteoporose é uma doença caracterizada por baixa massa óssea e deterioração da microarquitetura do tecido ósseo, com conseqüente aumento da fragilidade óssea e suscetibilidade a fraturas . Os recursos utilizados no tratamento de fraturas por osteoporose são siginificativos e com custos elevados. OBJETIVO: Dimensionar a utilização de recursos e custo anual por pacientes com osteoporose pós-menopausa. MÉTODOS: Cem pacientes foram consecutivamente selecionados (mais) do ambulatório de doenças osteometabólicas da Universidade Federal de São Paulo-Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM), entre abril de 1997 a agosto de 1998. Os critérios de inclusão foram: osteoporose pós-menopausa (OMS, 1994) há pelo menos um ano; mínimo de um ano em acompanhamento ambulatorial; mínimas condições de entendimento e expressão verbal para responder aos questionários. Características socio-econômicas, clínicas, utilização de recursos e custos no último ano foram levantadas através de entrevistas empregando-se dois questionários. Os custos unitários dos recursos utilizados no Serviço Público de Assistência à Saúde basearam-se na Tabela SUS de agosto de 1998. RESULTADOS: A média de idade foi 65,85 anos e a renda familiar média-mensal, R$ 534,14. Foram realizadas em média sete consultas/paciente/ano. Das pacientes, 77% usaram cálcio e 38% estrógenos por algum período durante o último ano. Os custos médios totais anuais para o tratamento das pacientes com osteoporose pós-menopausa, sob a perspectiva da sociedade, no Sistema Público em São Paulo, foram de R$ 908,18/paciente/ano. CONCLUSÃO: Os custos com o tratamento de osteoporose pagos pelas pacientes representaram 11% da renda familiar mensal média (R$ 534). Em função do envelhecimento da população e aumento da incidência de osteoporose, políticas de alocação racional de recursos basedas em análises econômicas devem ser implementadas. Resumo em inglês BACKGROUND: Osteoporosis is characterized by low bone mass, deterioration of the microarchitecture of the bone tissue and increase susceptibility to fractures. Clinical manifestations are fractures and their complications. The most common fractures are hip,spine and wrist, although any bone is susceptible. OBJECTIVES: To assess the resource utilization and the annual costs incurred by patients with postmenopausal osteoporosis METHODS: One hundred consecutive patients were (mais) studied in the Universidade Federal de São Paulo. The inclusion criteria were: postmenopausal osteoporosis (WHO 1994) for at least one year b) at least one year attending the outpatient clinic, minimal comprehensive and speaking conditions.The socioeconomic and clinical characteristics, the resource utilization and costs in the last year were assessed using 2 questionnaires. The unitary costs were based in the Public Healthcare System Index (1998). RESULTS:The mean age was 66 years and the monthly family income was R$ 534.14 (US$ 456 -in 1998). There was a mean of 7 visits/patient/ year. 77% of the patients used calcium and 38% used estrogens. The mean total annual costs for osteoporosis treatment, considering societal perspective, were R$ 908.18 (US$ 776-in 1998) per patient per year. CONCLUSION: The costs related to osteoporosis treatment represented 11% of the mean monthly household income from the patients' perspective (R$ 534=US$ 456). As the population is ageing and the osteoporosis incidence is increasing, health policy should be implemented to rationally allocate the scarce resources available, based on economic analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Tratamento cirúrgico da fratura instável do anel pélvico em pacientes esqueleticamente imaturos/ Surgical treatment of unstable pelvic ring fracture in skeletally immature patients

Guimarães, João Antonio Matheus; Meirelles, Ricardo de Souza Portes; Tavares Júnior, Luiz Augusto Peçanha; Goldsztajn, Flávio; Rocha, Tito; Mendes, Pedro Henrique Barros
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar o resultado do tratamento cirúrgico definitivo da fratura instável do anel pélvico na criança submetida a redução e estabilização cirúrgica. MÉTODOS: Avaliamos 10 pacientes com esqueleto imaturo que sofreram fraturas instáveis do anel pélvico tratados cirurgicamente no período entre março de 2004 a janeiro de 2008. O estudo foi retrospectivo, baseado na avaliação clínica e radiográfica. RESULTADOS: A média etária na época do traum (mais) a foi de 8,8 anos (dois a 13 anos), sendo sete do sexo feminino e três do sexo masculino. As causas dos traumas foram atropelamento em oito casos, e acidente com motocicleta e queda de altura em um caso cada. Cinco pacientes apresentavam lesões associadas, como fraturas da clavícula, diáfise do fêmur, úmero proximal, ossos da perna, olecrânio e lesão de bexiga. Todos os pacientes avaliados apresentaram excelente evolução clínica. A assimetria pélvica antes do procedimento cirúrgico variava de 0,7 a 2,9cm (média 1,45cm), e caiu para valores entre 0,2 a 0,9cm (média 0,39cm) após a redução. Em nenhum dos casos houve alteração da assimetria pélvica medida no pós-operatório imediato e no fim do seguimento. CONCLUSÃO: A fratura do anel pélvico em pacientes esqueleticamente imaturos é rara e a indicação de tratamento cirúrgico não é usual. Diversos autores questionam o tratamento conservador devido às complicações encontradas. A remodelação óssea não parece suficiente para que ocorra uma melhora da assimetria pélvica, fator que justifica a opção pelo tratamento cirúrgico para a redução e correção das deformidades do anel pélvico. Resumo em inglês OBJECTIVES: To present the outcome of the definitive surgical treatment of unstable fracture of the pelvic ring in children submitted to surgical reduction and stabilization. METHODS: We studied 10 patients with immature skeletons that suffered unstable fractures of the pelvic ring treated during the period between March 2004 and January 2008. The study was retrospective, based on clinical and radiographic evaluations. RESULTS: The mean age at the time of trauma was 8.8 y (mais) ears (2 to 13 years). Seven patients were female and three male. The cause of the trauma was being run over in eight cases, and one case each of a motorcycle accident and falling from a height. Five patients had other associated injuries such as fractures of the clavicle, femur diaphysis, proximal humerus, fibula, olecranon, and bladder injury. All patients showed an excellent clinical outcome. The pelvic asymmetry before surgery ranged from 0.7 to 2.9 cm (mean 1.45 cm), and dropped to values between 0.2 and 0.9 cm (mean 0.39 cm) after reduction. In no cases was a change observed in pelvic asymmetry measured in the immediate postoperative period and at the end of follow-up. CONCLUSION: Pelvic ring fractures in skeletally immature patients is rare and surgical treatment is not usual. Several authors have questioned conservative treatment due to the complications encountered. Bone remodeling is not enough to improve pelvic asymmetry, a factor that justifies the choice of surgical treatment for the reduction and correction of pelvic ring deformities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Avaliação clínica, radiográfica e laboratorial de pacientes com osteogênese imperfeita/ Clinical, radiographic and laboratory evaluation of patients with osteogenesis imperfecta

Santili, Cláudio; Akkari, Miguel; Waisberg, Gilberto; Bastos Júnior, José Olympio Catão; Ferreira, William Martins
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVOS: A osteogênese imperfeita (OI) é uma doença genética, caracterizando-se por alterações no colágeno do tipo I, que determinam um espectro amplo de alterações clínicas, como a dentinogênese imperfeita e escleras azuladas. O objetivo deste estudo é estabelecer uma correlação prática no diagnóstico diferencial intergrupos dentro da classificação de Sillence et al. (1979). MÉTODOS: Foram avaliados 22 pacientes mediante critérios clínicos e radiog (mais) ráficos. Após, a subdivisão de acordo com os tipos de Sillence et al. (1979), os pacientes foram também submetidos à avaliação laboratorial e à densitometria óssea. RESULTADOS: Os dados significantes para diferenciação entre os tipos da doença foram a estatura, o número total de fraturas por indivíduo e a densitometria óssea. O cálcio sérico não diferencia os tipos da doença. CONCLUSÕES: Características como a deambulação, a estatura e a densitometria óssea podem auxiliar na diferenciação entre os subtipos dos portadores da doença, repercutindo diretamente no estabelecimento do seu prognóstico. Resumo em inglês BACKGROUND: Osteogenesis imperfecta is a genetic disorder characterized by defects in type I collagen. The main symptom is bone fragility and susceptibility to fractures. Other clinical findings are dentinogenesis imperfecta, blue sclera, early deafness and joint laxity. The purpose of this paper is to establish a practical relationship of the clinical differences between the Sillence's groups. METHODS: 22 patients were classified according to Sillence et al criteria and (mais) submitted to laboratory tests including blood calcium level and bone densitometry. RESULTS: All clinical and laboratory differences were discussed in the text. CONCLUSIONS: Differences such as results that were found in walking ability, height and bone densitometry were significant and may help to classify patients and to establish prognosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Doença óssea em Mieloma Múltiplo/ Bone disease in Multiple Myeloma

Hungria, Vania T. M.
2007-03-01

Resumo em português As principais manifestações clínicas do mieloma múltiplo estão relacionadas à destruição óssea. Esta doença óssea pode levar a fraturas patológicas, compressão da medula espinhal, hipercalcemia e dor, sendo uma das principais causas de morbidade e mortalidade. Estas complicações resultam do desequilíbrio da reabsorção e formação óssea, decorrente do aumento da atividade osteoclástica. Este aumento é mediado pela liberação de fatores ativadores dos (mais) osteoclastos, que são produzidos no microambiente da medula óssea por células tumorais e não tumorais. Os bisfosfonatos são inibidores específicos da atividade osteoclástica e são eficazes no tratamento da hipercalcemia associada às neoplasias malignas e podem reduzir o aparecimento de complicações esqueléticas. Estudos recentes identificaram novas moléculas como o receptor de ativação nuclear kappa B (RANK), seu ligante (RANKL), osteoprotegerina (OPG), e a proteína inflamatória dos macrófagos-1alfa, que estão envolvidas na ativação e diferenciação dos osteoclastos, enquanto que a proteína dikkopf-1 inibe a formação óssea osteoblástica. Estas novas moléculas parecem não só interferir na biologia da destruição óssea do mieloma, mas também com a sobrevida e crescimento tumoral, sendo novos alvos para o desenvolvimento de drogas antimieloma. Estudos recentes com anticorpo monoclonal anti-RANKL são promissores. O tratamento da doença óssea do mieloma múltiplo inclui principalmente o uso de bisfosfonatos, radioterapia e procedimentos cirúrgicos. Resumo em inglês The major clinical manifestation of multiple myeloma is related to osteolytic bone destruction. Bone disease can lead to pathologic fractures, spinal cord compression, hypercalcemia, and pain, and is a major cause of morbidity and mortality. These complications result from asynchronous bone turnover wherein increased osteoclastic bone resorption is not accompanied by a comparable increase in bone formation. The increase in osteoclast activity in myeloma is mediated by the (mais) release of osteoclast-stimulating factors. These factors are produced locally in the bone marrow microenvironment by cells of tumor and non-tumor origin. Bisphosphonates are specific inhibitors of osteoclastic activity and are effective in the treatment of hypercalcemia associated with malignancies and may reduce the development of skeletal complications. Recent studies have revealed that new molecules such as the receptor activator of nuclear factor-kappa B (RANK), its ligand (RANKL), osteoprotegerin (OPG), and macrophage inflammatory protein-1a are implicated in osteoclast activation and differentiation, while proteins such as dikkopf-1 inhibit osteoblastic bone formation. These new molecules seem to interfere not only with the biology of myeloma bone destruction but also with tumour growth and survival, creating novel targets for the development of new antimyeloma treatment. Recent studies with monoclonal antibodies to RANKL appear promising. The management of the bone disease in multiple myeloma include the bisphosphonates, radiotherapy and surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Evolução da displasia fibrosa óssea na síndrome de McCune Albright

Farhat, Helena L.; Silva, Magnus Régios D. da; Lazaretti-Castro, Marise; Verreschi, Ieda T. N.
1999-10-01

Resumo em português A tríade clássica da Síndrome de McCune Albright (SMA) - displasia fibrosa poliostótica (DFP), máculas cutâneas "café au lait" e hiper-função autônoma de uma ou mais glândulas endócrinas - envolve mutações ativadoras do gene GNAS1, codificador da proteína Galfas e conseqüente aumento da produção do sinalizador intracelular AMPc em diferentes tecidos. Embora a pseudo-puberdade precoce (PPP) seja a manifestação clínica mais freqüente, são as alteraç� (mais) �es ósseas que conferem a maior morbidade à síndrome. Apresentamos o seguimento clínico endocrinológico e a evolução da doença óssea em 4 pacientes portadores da SMA, das quais 3 delas estão sendo tratadas com bisfosfonato (Pamidronato, 2mg/kg). Três das 4 pacientes apresentaram pseudo-puberdade precoce e duas delas desenvolveram hipertiroidismo. A variação do nível de fosfatase alcalina (FA) foi o indicador bioquímico da doença óssea, cujas complicações foram dor e fratura além de obstrução do canal lacrimal em uma e amaurose unilateral em outra como conseqüência das deformidades crânio-faciais. A infusão de pamidronato endovenoso produziu melhora das dores ósseas e reduziu (37% - 54%) os níveis de FA em todas as pacientes. Entretanto, a melhora da qualidade do osso com o uso do bisfosfonato ainda é incerta e para a qual necessitamos de estudos randomizados e com longo prazo de observação. Resumo em inglês McCune Albright syndrome is a rare disorder characterized by polyostotic fibrous dysplasia, café-au-lait spots and some endocrine hyperfunction, mostly precocious puberty. It is caused by activating mutations of the GNAS1 gene that codifies for the Galphas protein, leading to overproduction of cAMP messenger at different tissues. Although pseudo-precocious puberty is the most frequent disfunction, the skeletal lesions are responsible for the highest morbidities such as b (mais) one pain, fractures and deformations. Clinical follow up focusing the bone disease is reported in four patients, three of them been treated with intravenous bisphosphonate (Pamidronate, 2mg/kg). Precocious puberty occurred in three and hyperthyroidism developed in two of the patients. Alkaline phosphatase (AP) levels were used as biochemical markers of the osteolytic lesions, clinically presented by local pain, fracture and bone deformities. In addition, lachrymal obstruction in one patient and unilateral blindness in another appear to be due to deformed skull and facial bones. Intravenous infusion of Pamidronate has been improving bone pain and decreased (37% - 54%) basal AP levels. However, a long-term randomized follow-up study determining improvement in bone quality still needs to be completed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Radiografia panorâmica: instrumento auxiliar no diagnóstico da osteoporose/ Panoramic radiograph: auxiliary tool in the diagnosis of osteoporosis

Leite, André Ferreira; Figueiredo, Paulo Tadeu de Souza; Guia, Cláudio Mares; Melo, Nilce Santos; Paula, Ana Patrícia de
2008-08-01

Resumo em português A osteoporose é considerada um problema de saúde pública pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A identificação de indivíduos com baixa densidade mineral óssea e alto risco para fratura associada à osteoporose e o estabelecimento de estratégias específicas de prevenção de fraturas são o alicerce de qualquer programa preventivo de osteoporose. O passo seguinte a esse reconhecimento seria o encaminhamento destes indivíduos para realização de densitometr (mais) ia óssea, exame considerado padrão-ouro para o diagnóstico da doença. No entanto, o custo e a falta de acesso da população ao exame são fatores que dificultam a utilização da densitometria como método de rastreamento populacional para a osteoporose. A radiografia panorâmica é importante na rotina de pacientes idosos, particularmente antes da colocação de próteses totais e implantes em edêntulos. Existem medidas qualitativas e quantitativas realizadas nas radiografias panorâmicas, denominadas índices radiomorfométricos, que podem ser capazes de identificar mulheres na pós-menopausa com indicação de realização de densitometria óssea. O objetivo principal deste artigo é discutir a importância da radiografia panorâmica como ferramenta auxiliar no diagnóstico da osteoporose e de baixa densidade mineral óssea. Resumo em inglês Osteoporosis is considered as a public health problem by World Health Organization. The identification of subjects at risk of fractures and with low bone mineral density is the basis of any preventive osteoporosis program. Then, high risk individuals should be referred for dual X-ray absorptiometry (DXA). DXA is considered the gold standard of bone mineral density assessment. Nevertheless, bone densitometry has a limited availability for routine use in population screenin (mais) g. Panoramic radiography is conducted routinely in elderly populations, especially for edentulous patients before treating with complete denture or implants. Some panoramic radiographic measurements, also known as panoramic radiomorphometric indices, may identify postmenopausal women that should perform bone densitometry. The main purpose of this paper is to discuss the importance of panoramic radiography as an auxiliary tool in the diagnosis of osteoporosis and low bone mineral density.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Teriparatida (PTH[1-34]rh): uma nova perspectiva no tratamento da osteoporose/ Teriparatide (PTH[1-34]rh): a new perspective in the treatment of osteoporosis

Oliveira, Juliana Helena Abreu de; Bracco, Oswaldo Luís; Kayath, Marcia; Guarniero, Roberto
2003-08-01

Resumo em português No momento, as medicações aprovadas para tratamento da osteoporose agem reduzindo a taxa de perda óssea e diminuindo a reabsorção óssea. A teriparatida é um fragmento recombinante sintético de 34 aminoácidos do hormônio paratireóide humano. A teriparatida se liga ao receptor de PTH da proteína G e estimula a formação e a ação dos osteoblastos, que são as células responsáveis pela formação dos ossos. Assim, a principal diferença entre o tratamento da (mais) osteoporose com teriparatida e o tratamento anti-reabsorção é que a teriparatida promove o crescimento de osso novo. Em estudos pré-clínicos, o uso intermitente de PTH foi associado com um aumento significativo da massa óssea gradeada em diversos locais. A exposição intermitente ao PTH durante 4 a 6 semanas em modelos de animais ovariectomizados leva a um aumento da espessura do osso gradeado. Há estudos clínicos que mostram que a teriparatida aumenta significativamente a densidade óssea e diminui a incidência de fraturas osteoporóticas vertebrais e não-vertebrais nas mulheres com osteoporose pós-menopáusica e têm risco alto de fratura, e aumenta a densidade óssea nos homens com osteoporose, tanto hipogonádica como idiopática. A teriparatida é dada por injeção subcutânea diária e foi associada com um mínimo de efeitos colaterais, além de não apresentar interações medicamentosas. Sendo assim, a teriparatida surge como uma abordagem completamente nova no tratamento da osteoporose, estimulando diretamente a formação do osso. Resumo em inglês Medications currently approved for treatment of osteoporosis act by slowing the rate of bone loss and decreasing bone resorption. Teriparatide is a synthetic recombinant 34-amino-acid fragment of human parathyroid hormone. Teriparatide binds to the G protein PTH receptor and stimulates the action of osteoblasts, which are the cells responsible for bone formation. Thus the main difference between teriparatide and antiresorptive therapy for osteoporosis is that the former p (mais) romotes the growth of new bone. In preclinical studies intermittent PTH has been associated with a significant increase in cancellous bone mass at several sites. Intermitent exposure to PTH for 4-6 weeks in ovariectomized animal models leads to increased cancelous bone thickness. Clinical trials have shown that teriparatide significantly increases bone density and reduces the incidence of vertebral and non-vertebral osteoporotic fractures in women with postmenopausal osteoporosis at high risk of fractures and increases bone density in men with either hypogonadal or idiopathic osteoporosis. It is administrated daily via subcutaneous injection, and has been associated with minimal side effects and no reported drug interactions. Therefore, teriparatide emerges as a completely new approach in the treatment of osteoporosis, directly stimulating new bone formation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Metabolismo do cálcio na fenilcetonúria/ Calcium metabolism in phenilke

Martins, Fabiana Ferreira; Mendes, Andréa Barcellos; Cruz, Wanise Maria de Souza; Boaventura, Gilson Teles
2009-06-01

Resumo em português A Fenilcetonúria é um erro inato do metabolismo do aminoácido fenilalanina. O tratamento é essencialmente dietético e envolve uma restrição severa no consumo de alimentos contendo aminoácido fenilalanina. Embora a alimentação seja complementada com fórmulas a fim de suprir as necessidades de vitaminas, minerais e aminoácidos essenciais, carências nutricionais ainda ocorrem. Isto se deve, principalmente, à restrição de fontes protéicas, que acarreta defici (mais) ência na ingestão de diversos nutrientes, dentre eles o cálcio. O cálcio possui importante relação com a formação mineral óssea. Estudos recentes demonstram que portadores de fenilcetonúria apresentam freqüentemente osteopenia e fraturas, sendo a maior incidência em crianças acima de 8 anos de idade. O rápido aumento da estatura, a dieta deficiente em cálcio e níveis de aminoácido fenilalanina elevados têm sido descritos como os principais fatores para a aquisição de massa óssea inadequada. A suplementação de cálcio em crianças saudáveis mostrou um efeito positivo sobre a aquisição de massa óssea na fase da pré-puberdade. Assim, torna-se relevante compreender a necessidade da suplementação de cálcio em pacientes fenilcetonúria, a fim de favorecer o desenvolvimento ósseo esperado. Resumo em inglês Phenylketonuria is an inborn error of the metabolism of the amino acid phenylalanine. The treatment is essentially dietetic and involves a severe restriction in the consumption of foods containing aminoacid phenylalanine. Although the diet is complemented with supplements in order to meet the vitamin, mineral and essential amino acid requirements, nutritional deficiencies still occur. This is mainly due to restricting the consumption of protein sources, which results in l (mais) ow intake of several nutrients, including calcium. Calcium is strongly related to bone mineral formation. Recent studies have demonstrated that patients with phenylketonuria often present osteopenia and fractures, the greatest incidence being in children older than 8 years. Rapid growth, a calcium-deficient diet and elevated aminoacid phenylalanine plasma levels have been described as the principal factors responsible for inadequate bone formation. It has been shown that calcium-supplementation in healthy children had a positive effect on bone mass acquisition during prepuberty. Therefore, it is pertinent to understand the need of calcium-supplementation in phenylketonuria in order to promote full bone development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Tratamento cirúrgico da fratura-avulsão da inserção tibial do L.C.P. do joelho: experiência de 21 casos/ Surgical treatment of avulsion fractures of the knee PCL tibial insertion: experience with 21 cases

Piedade, Sérgio Rocha; Mischan, Martha Maria
2007-01-01

Resumo em português Avaliamos 21 pacientes, sendo 16 pacientes do sexo masculino e 5 do feminino, com idade média de 30 anos, foram submetidos à tratamento cirúrgico da fratura-avulsão do LCP. Em 57% dos casos a lesão foi secundária a acidente motociclístico e 19% a acidente automobilístico. Em 72% dos casos foi identificada uma lesão na face anterior do joelho. O tratamento cirúrgico consistiu na abordagem posterior do joelho e fixação do fragmento ósseo com parafuso e arruela (mais) em 18 casos; e amarrilhas trans-ósseas em 3 casos, onde o fragmento ósseo era muito pequeno. Em 91% dos casos, a cirurgia foi realizada dentro dos primeiros 15 dias apos a lesão. Os pacientes foram avaliados objetivamente (teste de gaveta posterior) e subjetivamente (Escala de Lysholm), apos um seguimento pós-operatório mínimo de 12 meses. A análise estatística não mostrou diferença significativa, ao nível de 5%, entre as avaliações objetiva e subjetiva. A ausência de lesão ligamentar periférica pode ter contribuído para que os resultados clínicos pós-operatórios tenham avaliação subjetiva satisfatória; entretanto, a presença de uma posteriorização tibial residual sugere que a fratura-avulsão do ligamento cruzado posterior deve ser abordada não como uma lesão óssea pura, mas sim, como uma lesão ósteo-ligamentar. Resumo em inglês We assessed 21 patients (16 males and 5 females), with mean age of 30 years who underwent surgical treatment for PCL avulsion fracture. In 57% of the cases, injuries were secondary to motorcycle accidents and 19% resulted from car accidents. Injuries on knee's anterior surface were detected in 72% of the cases. The surgical procedure involved posterior approach and bone fragment fixation using nut and screw in 18 cases, the trans-bone suture loop fixation in 3 cases with (mais) small bone fragments. In 91% of the cases, surgery was performed within the first two weeks following injury. The patients were objectively (posterior drawer test) and subjectively (Lysholm scale) re-evaluated after a minimum follow-up period of 12 postoperative months. The statistical analysis of objective and subjective assessments did not demonstrate any significant difference (p = 0.05). The satisfactory results of the subjective clinical postoperative evaluation may have been due to the absence of peripheral ligament injury. However, the presence of residual tibial posteriorization suggests that the avulsion fracture of the PCL should be treated as bone-ligament injury, and not just as a bone lesion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Hiperparatireoidismo associado à osteomalacia hipofosfatêmica do adulto: relato de caso e revisão da literatura/ Hyperparathyroidism associated with hypophosphatemic osteomalacia: case report and review of the literature

Moreira, Rodrigo O.; Leal, Christianne T.S.; Lacativa, Paulo Gustavo S.; Figueiredo, João Guilherme; Lima, Maurício B.; Farias, Maria Lucia F.
2006-02-01

Resumo em português A osteomalacia hipofosfatêmica é uma doença rara caracterizada por hipofosfatemia, níveis elevados de fosfatase alcalina e diminuição da densidade óssea. O tratamento é realizado com suplementação oral com fosfato e vitamina D e, nos casos de osteomalacia oncogênica, com a ressecção do tumor. Relatamos o caso de uma paciente que apresentou quadro de osteomalácia hipofosfatêmica de causa indeterminada. Apesar de extensivamente procurado, nenhum tumor produto (mais) r de substância hipofosfatêmica foi localizado. A paciente foi tratada como suplementação de fosfato e vitamina D por longo período, evoluindo com quadro de hiperparatireoidismo terciário. A retirada de três paratireóides não normalizou os níveis de PTH e a paciente recusou-se a continuar a investigação e o tratamento. Após dez anos de tratamento irregular, foi internada por insuficiência respiratória causada por colabamento do arcabouço costal e múltiplas fraturas, evoluindo para o óbito. Os autores discutem a relação entre osteomalácia e hiperparatireoidismo e o curso agressivo da doença. Resumo em inglês Adult-onset hypophosphatemic osteomalacia is a rare disease characterized by hypophosphatemia, increased levels of alkaline phosphatase and decreased bone mass. Oral supplementation with phosphate and vitamin D is the main treatment and, in cases of oncogenic osteomalacia, tumor resection is mandatory. We report the case of a patient with hypophosphatemic osteomalacia of an unknown cause. Despite extensive search, no tumor was found. The patient was treated with phosphate (mais) for a long period and developed tertiary hyperparathyroidism. Serum PTH levels did not return to normal after surgical excision of three parathyroids and the patient refused to continue clinical investigation and treatment. After ten years absent from the hospital, during which medications were used irregularly, she was admitted with multiple fractures and respiratory insufficiency caused by severe thoracic deformities, and died. The authors discuss the relationship between osteomalacia and hyperparathyroidism and the aggressive course of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Avaliação tecnológica em saúde: densitometria óssea e terapêuticas alternativas na osteoporose pós-menopausa/ Technology assessment in health care: bone densitometry and alternatives therapeutical in post-menopausal osteoporosis

Silva, Leticia Krauss
2003-08-01

Resumo em português Este artigo apresenta de forma sucinta os fatores considerados e as metodologias de síntese empregadas em uma avaliação tecnológica, assim como a lógica subjacente à sua elaboração e utilização no campo da saúde pública. O exemplo utilizado focaliza o problema osteoporose na pós-menopausa, analisando a oportunidade da difusão, no momento atual, da densitometria óssea e de tecnologias antiosteoporose em nosso país. Os estudos disponíveis sobre os efeitos d (mais) as tecnologias envolvidas foram revisados, seguindo a metodologia recomendada, a fim de produzir uma síntese das evidências científicas, atualizada e aplicada ao nosso país. Análises de custo-efetividade preliminares de alternativas de intervenção, frente à assistência tradicional, são apresentadas, considerando mulheres na perimenopausa e com 65 anos de idade. A despeito das hipóteses otimistas assumidas, as estimativas de custo incremental por fratura evitada foram elevadas, todas acima de R$ 10.000,00 para quaisquer das alternativas de intervenção examinadas, sendo o custo médio estimado das fraturas assistidas dentro da alternativa tradicional inferior a R$ 2.000,00, o que indica que a implementação no SUS de qualquer uma das alternativas em pauta seria questionável segundo critérios de eficiência no uso de recursos e de eqüidade. Resumo em inglês This article briefly presents the target factors and methods for summarizing evidence employed in a technological evaluation, as well as the underlying logic in their elaboration and utilization in the field of public health. The example is post-menopausal osteoporosis, analyzing the current timeliness of disseminating bone densitometry and technologies to combat osteoporosis in Brazil Available studies on the effects of the respective technologies were reviewed according (mais) to the recommended methodology in order to produce a synthesis of the scientific evidence, updated and applied in Brazil. Preliminary cost-effective analyses of different alternatives for intervention (as compared to traditional care) are presented, considering women in and around menopause and at 65 years of age. Despite the optimistic hypotheses, the incremental cost estimates per averted fracture were high, all above R$ 10,000 for any of the various intervention alternatives, as compared to a mean cost of fractures treated by traditional care estimated at less than R$ 2,000, suggesting that the implementation of any of the target alternatives in the SUS would be questionable according to both efficiency criteria in the use of resources as well as equity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Avaliação tecnológica em saúde: densitometria óssea e terapêuticas alternativas na osteoporose pós-menopausa/ Technology assessment in health care: bone densitometry and alternatives therapeutical in post-menopausal osteoporosis

Silva, Leticia Krauss
2003-08-01

Resumo em português Este artigo apresenta de forma sucinta os fatores considerados e as metodologias de síntese empregadas em uma avaliação tecnológica, assim como a lógica subjacente à sua elaboração e utilização no campo da saúde pública. O exemplo utilizado focaliza o problema osteoporose na pós-menopausa, analisando a oportunidade da difusão, no momento atual, da densitometria óssea e de tecnologias antiosteoporose em nosso país. Os estudos disponíveis sobre os efeitos d (mais) as tecnologias envolvidas foram revisados, seguindo a metodologia recomendada, a fim de produzir uma síntese das evidências científicas, atualizada e aplicada ao nosso país. Análises de custo-efetividade preliminares de alternativas de intervenção, frente à assistência tradicional, são apresentadas, considerando mulheres na perimenopausa e com 65 anos de idade. A despeito das hipóteses otimistas assumidas, as estimativas de custo incremental por fratura evitada foram elevadas, todas acima de R$ 10.000,00 para quaisquer das alternativas de intervenção examinadas, sendo o custo médio estimado das fraturas assistidas dentro da alternativa tradicional inferior a R$ 2.000,00, o que indica que a implementação no SUS de qualquer uma das alternativas em pauta seria questionável segundo critérios de eficiência no uso de recursos e de eqüidade. Resumo em inglês This article briefly presents the target factors and methods for summarizing evidence employed in a technological evaluation, as well as the underlying logic in their elaboration and utilization in the field of public health. The example is post-menopausal osteoporosis, analyzing the current timeliness of disseminating bone densitometry and technologies to combat osteoporosis in Brazil Available studies on the effects of the respective technologies were reviewed according (mais) to the recommended methodology in order to produce a synthesis of the scientific evidence, updated and applied in Brazil. Preliminary cost-effective analyses of different alternatives for intervention (as compared to traditional care) are presented, considering women in and around menopause and at 65 years of age. Despite the optimistic hypotheses, the incremental cost estimates per averted fracture were high, all above R$ 10,000 for any of the various intervention alternatives, as compared to a mean cost of fractures treated by traditional care estimated at less than R$ 2,000, suggesting that the implementation of any of the target alternatives in the SUS would be questionable according to both efficiency criteria in the use of resources as well as equity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Hipovitaminose D em adultos: entendendo melhor a apresentação de uma velha doença/ Vitamin D deficiency in adults: to better understand a new presentation of an old disease

Premaor, Melissa Orlandin; Furlanetto, Tania Weber
2006-02-01

Resumo em português A pré-vitamina D é produzida na pele, onde, através de foto-reação mediada pela luz solar, isomeriza-se em vitamina D. É metabolizada no fígado em 25-hidroxivitamina D. Esta é o substrato para a formação do verdadeiro hormônio, a 1,25-dihidroxivitamina D, que ocorre sob a influência do cálcio sérico e do hormônio da paratireóide. Receptores nucleares mediam suas funções principais. A doença causada pela deficiência de vitamina D em indivíduos adultos (mais) se estabelece de forma sutil, com hipocalcemia leve, hiperparatireoidismo reacional, gerando perda do osso trabecular e estreitamento do osso cortical, o que leva a um risco aumentado de fraturas. Essa doença é muito prevalente na Europa, África, América do Norte e alguns países da América do Sul, como Chile e Argentina. O padrão-ouro para o diagnóstico de hipovitaminose D é a dosagem de 25-hidroxivitamina D no soro, e valores abaixo de 50 nmol/L seriam suficientes para causar aumento na concentração sérica do hormônio da paratireóide e perda óssea. Fatores de risco para esta doença são pouca exposição à luz solar, envelhecimento da pele e doenças que alteram o metabolismo da vitamina D. Seu tratamento é feito através da reposição oral de vitamina D, o que o torna fácil e barato. Resumo em inglês Vitamin D is synthesized in skin through a reaction mediated by sunlight, and it is metabolized to 25-hydroxyvitamin D, in liver, and in 1,25-dihydroxyvitamin D, in kidney. This last reaction has a tight feedback mechanism. 1,25-dihydroxyvitamin D is the active hormone, and its actions are mediated mainly by nuclear receptors. Its major functions are in calcium metabolism and bone mass maintenance. Hypovitaminosis D, as a disease in adult people, manifests itself with hyp (mais) ocalcemia and secondary hyperparathyroidism with subsequent loss of trabecular bone, thinning of cortical bone, and, eventually, a higher risk of fractures. Hypovitaminosis D is a very common condition in Europe, Africa, North America and some South American countries, such as Chile and Argentina. Measurement of serum total 25-hydroxyvitamin D concentration is the gold standard to diagnose vitamin D deficiency. Serum concentrations below 50 nmol/L are associated with an increase in parathyroid hormone concentration, and bone loss. Risk factors for vitamin D deficiency, like poor sunlight exposition, aging skin and factors that interfere with normal vitamin D metabolism, are well established. Oral vitamin D supplementation, an easy and inexpensive treatment, is needed to treat this illness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Conseqüências em longo prazo da deficiência do hormônio de crescimento/ Long time consequences of the growth hormone deficiency

Oliveira, Carla R. P.; Pereira, Rossana M. C.; Barreto-Filho, José A. S.; Aguiar-Oliveira, Manuel H.
2008-07-01

Resumo em português Este artigo descreve as conseqüências puras, em longo prazo, da deficiência isolada e vitalícia do hormônio de crescimento (GH) porque usa um modelo único de resistência ao hormônio liberador do GH (GHRH), em virtude da mutação homozigótica no gene do receptor do GHRH, em uma centena de indivíduos acometidos. Elas incluem baixa estatura grave com estatura final entre -9,6 a -5,2 desvios-padrão abaixo da média, com redução proporcional das dimensões óssea (mais) s, redução do volume da adenohipófise corrigido para o volume craniano e da tireóide, do útero, do baço e da massa ventricular esquerda, todos corrigidos para a superfície corporal, em contraste com o tamanho de pâncreas e fígado, maior que o de controles, quando igualmente corrigidos. As alterações características da composição corporal incluem redução acentuada da quantidade de massa magra (kg) e aumento do percentual de gordura com depósito predominante no abdome. Nos aspectos metabólicos são encontrados aumento de colesterol total e LDL, redução de insulina e do índice de resistência à insulina homeostasis model assessment, acompanhados de aumento da proteína C reativa de alta sensibilidade e da elevação da pressão arterial sistólica nos adultos, embora sem evidências de aterosclerose precoce. Outros achados incluem resistência óssea menor, embora acima do limiar de fraturas, puberdade atrasada, fertilidade normal, paridade diminuída, climatério antecipado e qualidade de vida normal. Resumo em inglês This article describes the long time consequences of the isolated and lifetime growth hormone (GH) deficiency using a single model of GH releasing hormone resistance (GHRH) due to a homozygous mutation in the GHRH receptor gene, in a hundred of subjects. These consequences include severe short stature with final height between -9.6 and -5.2 standard deviations below of the mean, with proportional reductions of the bone dimensions; reduction of the anterior pituitary corre (mais) cted to cranial volume and the thyroid, the uterus, the spleen and left ventricular mass volume, all corrected to body surface, in contrast of pancreas and liver size, bigger than in controls, when equally corrected. Body composition features included marked reduction in the amount of fat free mass (kg) and increase of fat mass percentage, with predominant abdominal deposit. In the metabolic aspects, we find increase in the total cholesterol and LDL cholesterol; reduction of the insulin and the insulin resistance assessed by Homeostasis model assessment; increase of ultra sensitive C reactive protein and systolic body pressure in adults, although without evidences of premature atherosclerosis. Other findings include smaller bone resistance, although above of the threshold of fractures, delayed puberty, normal fertility, small parity, anticipated climacteric and normal quality of life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Avaliação do efeito da glicosamina e condroitina na consolidação de fratura: estudo experimental em ratos/ Evaluating the effects of glucosamine and chondroitin in bone healing: experimental study in rats

Guarniero, Roberto; Molin, Éden Dal; Vaz, Carlos Eduardo Sanches; Santana, Paulo José de; Cinagawa, Fernando Takao; Tatibana, William Shimada
2007-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração da condroitina e da glicosamina na consolidação de fratura em modelo animal. MÉTODOS: Este estudo experimental envolveu a utilização de 40 ratos machos adultos da raça Lewis. Os animais foram randomicamente divididos em quatro grupos de 10 animais cada, assim constituídos: grupo I, com administração de glicosamina; grupo II, com administração de condroitina; grupo III, administração da associação de glicosamina (mais) e condroitina; grupo IV, administração de água destilada (grupo controle). Realizou-se uma fratura fechada médio-diafisária da tíbia e fíbula direitas em cada animal, seguida da administração diária das drogas de acordo com o grupo, durante 30 dias. Após esse período, os animais foram sacrificados para estudo dos calos ósseos formados. Os critérios de avaliação foram a avaliação clínica da consolidação óssea, mensuração da densidade mineral do calo ósseo utilizando-se a densitometria óssea e cálculo da área do calo formado por meio de planigrafia. Os dados coletados foram avaliados com a técnica da análise de variância (ANOVA) para verificar diferenças entre as médias nos quatro grupos estudados e com o teste de Tukey para comparação das médias duas a duas. Adotou-se nível de significância de 5% (alfa = 0,05). RESULTADOS: A utilização da condroitina e da glicosamina, tanto de maneira isolada quanto associadas, não resultou em aumento da área do calo ósseo ou da sua densidade mineral óssea, e não havendo melhora clínica da consolidação óssea. CONCLUSÃO: A administração de condroitina e glicosamina, neste estudo, não influenciou - quer de maneira positiva ou negativa - a consolidação de fraturas experimentais em ratos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the effects of administering chondroitin and glucosamine for bone healing in an animal model. METHODS: This experimental study involved the use of 50 male adult Lewis rats. The animals were randomically divided into four groups of 10 animals each, as follows: group I, with administration of glucosamine; group II, with administration of chondroitin; group III, with the administration of a combination of glucosamine and chondroitin: group IV, with adm (mais) inistration of distilled water (control group). A close fracture was produced in the mid shaft of the right tibia and of the right fibula in each animal, followed by the daily administration of the drugs according to the groups, for 30 days. After such period, the animals were sacrificed to study the bone calluses that formed. Evaluation criteria were a clinical evaluation of bone healing, measurement of the mineral density of the bone callus using bone densitometry and a planigraphic calculation of the callus area that was formed. The data collected were evaluated by the variance analysis technique (ANOVA) to check for differences among the mean values in the four groups of the study, and by the Tukey test to compare the means two by two. A significance level of 5% (alpha = 0,05) was adopted. RESULTS: The use of chondroitin and glucosamine, either alone or in combination, did not yield an increased area of bone callus or of the bone mineral density, and there was no clinical improvement in bone healing. CONCLUSION: The administration of chondroitin and glucosamine in this study did not have any impact - either positive or negative on the healing of experimental fractures in rats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Avaliação do efeito do ibandronato na consolidação de fratura: estudo experimental em coelhos/ Evaluation of ibandronate effects in bone healing: experimental study in rabbits

Guarniero, Roberto; Vaz, Carlos Eduardo Sanches; Santana, Paulo José de; Molin, Éden Dal; Braun, Juliana; Harada, Marcel Shudi
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Determinar a presença de efeito favorável do ibandronato de sódio na consolidação óssea, contribuindo assim para estudos futuros visando sua utilização terapêutica no tratamento de fraturas e pseudartroses. MÉTODOS: Vinte coelhos da raça Nova Zelândia Albino foram submetidos à osteotomia transversa mediodiafisária da fíbula direita e divididos aleatoriamente em dois grupos com 10 animais cada. Os animais do grupo I receberam 2ml de solução conte (mais) ndo ibandronato de sódio e água destilada; os animais do grupo II receberam somente água destilada (grupo controle). Os coelhos foram sacrificados após 30 dias. Os calos ósseos formados no local das osteotomias foram avaliados por densitometria e histomorfometria. Utilizou-se na avaliação estatística dos resultados o teste t para a inferência sobre a diferença das médias de amostras paramétricas e a prova de Mann-Whitney para as amostras não paramétricas. Adotou-se o nível de significância de 5%. RESULTADOS: Observou-se que a quantidade relativa de osso foi maior e a quantidade relativa de fibrose foi menor nos calos ósseos formados no grupo medicado com ibandronato do que no grupo controle. Não houve diferença na quantidade relativa de cartilagem e na densidade mineral dos calos ósseos comparando-se os dois grupos. CONCLUSÃO: Neste experimento a administração do ibandronato de sódio favoreceu a consolidação de osteotomias da fíbula em coelhos, aumentando a quantidade relativa de osso nos calos ósseos formados e diminuindo a quantidade de fibrose. Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine the presence of a favorable sodium ibandronate effect in bone healing, thus contributing for future studies of its clinical use in the treatment of fractures and pseudoarthroses. METHODS: 20 New Zealand white rabbits were submitted to transverse mid-diaphysis osteotomy of the right fibula and divided at random into two groups of 10 animals each. Animals in group I were given 2 ml of a solution containing sodium ibandronate and distilled water; anim (mais) als in group II were given distilled water alone (control group). The rabbits were sacrificed after 30 days. Bone calluses found at the osteotomy site were evaluated by densitometry and histomorphometry. Statistical analysis of the results was made with the "t" test to make inferences about the mean differences of the parametric samples, and the Mann-Whitney for non-parametric samples. The significance level adopted was 5%. RESULTS: The relative amount of bone was greater and the relative amount of fibrosis was lesser in bone calluses formed in the group that was given sodium ibandronate than in the control group. There was no difference in the relative amount of cartilage and in mineral density of bone calluses between the two groups. CONCLUSION: In this experiment, the administration of sodium ibandronate favored the healing of fibula osteotomy in rabbits, as it increased the relative amount of bone in calluses formed and decreased the amount of fibrosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Placas de aço inoxidável 316L aplicadas no reparo de fratura experimental diafisária do rádio e ulna de cães/ Reparing radial and ulnar diaphysial experimental fracture of dogs employing stainless steel plates 316L

Brasil, F.B.J.; Padilha Filho, J.G.; Guastaldi, A.C.; Ramires, I.; Castro, M.B.
2001-02-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi o de estudar a resistência à corrosão em placas de aço inoxidável 316L, com diferentes tipos de acabamento e tratamento superficial, e a possível interferência dessa reação corrosiva na consolidação óssea. Utilizaram-se placas semi-acabadas, polidas, tratadas com jatos de microesferas de vidro e passivadas, as quais foram aplicadas na epífise distal do rádio de cães. Foram utilizados 12 animais, divididos em dois grupos, (mais) nos quais, após osteotomia bilateral do rádio e ulna, foram realizadas osteossínteses do rádio, totalizando 24 procedimentos. Avaliou-se a evolução clínica e radiográfica das regiões que receberam os implantes aos 30, 60, 90, 180, 240 e 360 dias. Os animais do grupo 1 (GI) foram sacrificados aos 180 dias e os do GII aos 360 dias para estudo histológico e de microscopia eletrônica de varredura do local da osteotomia sob a região dos implantes metálicos e para estudo da resistência à corrosão no organismo, pelos implantes metálicos, por meio de análises química e metalográfica (microscopia óptica e eletrônica de varredura e espectroscopia de espalhamento de energia por raios X). Os animais recuperaram a função dos membros operados 24 horas após a cirurgia. Radiograficamente, verificou-se a consolidação óssea em todos os animais. Macro e microscopicamente não foram observados sinais de corrosão nos implantes metálicos, exceto em uma placa passivada, aplicada no rádio esquerdo de um animal, na qual a corrosão foi detectada pela microscopia óptica e eletrônica de varredura. Este estudo permite concluir que as placas de aço inoxidável 316L, independente do acabamento superficial a que foram submetidas, não sofreram corrosão ou reações adversas e foram efetivas no tratamento das fraturas experimentais do rádio e ulna de cães. Resumo em inglês A long-term study was carried out for evaluating 316L stainless steel plates with different types of finish used in the repair of experimetnal radial and ulnar dyaphisial fractures in dogs and the possible interference of this reaction in bone consolidation. Semi-finished, polished, blasted with glass microbeads and passivated plates were applied to the distal epiphysis of the radius of anesthetized dogs. Twelve animals were divided into two groups, GI (six dogs) and GII (mais) (six dogs), which underwent osteosynthesis (OS) in both bones, after bilateral radial and ulnar osteotomy, totaling 24 procedures. The clinical and radiographic evolution of the regions that received the implant was studied at 30, 60, 90, 180, 240 and 360 days after OS. The animals from GI were killed at 180 days and those from GII at 360 days for histopathological analysis of the bones at the implant region (optical and electronic-scanning microscopy) and to study corrosion on the metallic implants, through chemical and metallographic analysis (optical and eletronic-scanning microscopy and scattered-energy spectroscopy). Limb function was recovered 24h after surgery. Upon X-ray examination, bone consolidation was observed in all animals. Both in macroscopic and microscopically, no signs of metallic corrosion were observed, except for one passivated plate implanted in one animal of GII, in which the phenomenon was observed through optical and electronic-scanning microscopy. This study allows to conclude that 316L stainless steel plates, regardless of the surface treatment, did not undergo corrosion or adverse reactions and were effective in the treatment of experimental radial and ulnar fractures in dogs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Osteossíntese de úmero por xenoenxerto ósseo preservado em mel em pombos domésticos (Columba livia)/ Humerus osteosynthesis for xenograft bone preservated in honey in pigeons (Columbia livia)

Gaiga, Leandro Haczkiewicz; Schossler, João Eduardo Wallau
2003-08-01

Resumo em português Este experimento teve por objetivo avaliar clínica, histológica e radiograficamente o emprego de fíbula e tíbia canina, preservadas em mel, no tratamento de fratura transversa diafisária de úmero em pombos domésticos (Columba livia). Foram estudados 14 pombos. A indução e a manutenção da anestesia foi feita com halotano e a fratura foi realizada na diáfise do úmero direito com serra oscilatória, e, logo após, estabilizada por xenoenxerto ósseo inserido den (mais) tro do canal medular e associado a fio de aço interfragmentar. O tempo médio e o desvio padrão para restabelecimento do vôo foi de 24,81 + 3,65 dias.O tempo médio e o desvio padrão para a consolidação óssea foram de 41 + 4,74 dias. Uma ave não apresentou consolidação óssea. Ocorreu reabsorção do xenoenxerto aos 180 dias. A técnica proposta é eficiente para o tratamento de fratura de úmero em pombos domésticos (Columba livia). Os resultados obtidos nesse experimento demonstram que o mel é adequado como meio de preservação de xenoenxerto ósseo cortical. Resumo em inglês In this study an osteosynthesis technique of diaphyseal transverse humeral fractures with preserved canine fibula or tibia in honey was evaluated in pigeons by clinical, histologic and radiographic observations. Fourteen pigeons were studied. Anesthesia was induced and mainteined with halothane. A transverse right midshalft humeral fracture was created using an oscillating bone saw. The fracture was reduced, and the xenograft was inserted intramedullary early and associat (mais) ed with cerclage wire. The mean + standart deviation for bone healing were 41 + 4.74 days. The mean + standart deviation for flight capability were 24.81 + 3.65 days. The bone resorption of the xenograft occured in 180 days. The proposed surgical technique is apropriated for humeral fractures in domestic pigeons (Columba livia) and the results of this study showed that honey is appropriate preservation of xenografts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Manifestações musculoesqueléticas em pacientes submetidos à hemodiálise/ Musculoskeletal manifestations in patients under hemodialysis

Vieira, Walber Pinto; Gomes, Kirla Wagner Poti; Frota, Niedja Bezerra; Andrade, José Eyorand Castelo Branco; Vieira, Rejane Maria Rodrigues de Abreu; Moura, Francisca Edwiges Araújo; Vieira, Francisco José Fernandes
2005-12-01

Resumo em português As anormalidades musculoesqueléticas em pacientes submetidos à hemodiálise são numerosas e freqüentes, sendo mais prevalentes naqueles em tratamento dialítico de longa duração. A artralgia é o sintoma mais comum, ocorrendo em mais de 70% dos pacientes. O hiperparatireoidismo secundário é a principal causa da doença renal óssea, e as manifestações clínicas são: dor óssea, artralgia e prurido. A amiloidose, decorrente da deposição de proteína beta2-micr (mais) oglobulina nos tecidos, manifesta-se pela presença de ombro doloroso, síndrome do túnel do carpo, dedo em gatilho, ruptura espontânea de tendão e fratura patológica. Outras manifestações musculoesqueléticas observadas são a artrite induzida por cristais, necrose avascular, artrite séptica, fraqueza muscular e cãibras musculares. Resumo em inglês Musculoskeletal manifestations in hemodialysis patients are numerous and frequent, being more prevalent in those undergoing long duration dialytic treatment. Arthralgia is the most commom symptom, occurring in more than 70% of patients. Secondary hyperparathyroidism is the main cause of bone renal disease, and clinical manifestations are bone pain, arthralgia and pruritus. Amyloidosis, due to beta2-microglobulin deposition in tissues, manifests as shoulder pain, carpal tu (mais) nnel syndrome, trigger finger, spontaneous tendon rupture and pathological fractures. Other musculoskeletal manifestations observed are crystal-induced arthritis, avascular necrosis, septic arthritis, muscle weakness and muscle cramps.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Gamopatias monoclonais: critérios diagnósticos e diagnósticos diferenciais/ Monoclonal gammopathies: diagnosis criteria and differential diagnosis

Faria, Rosa Malena D.; Silva, Roberta O. Paula e
2007-03-01

Resumo em português As gamopatias monoclonais constituem um grupo de desordens caracterizado pela proliferação monoclonal de plasmócitos, que produzem e secretam imunoglobulina ou fragmento de imunoglobulina monoclonal (proteína M) . Este artigo propõe uma revisão dos critérios diagnósticos das principais gamopatias monoclonais e diagnósticos diferenciais, uma vez que é comum a sobreposição de muitas características clínicas entre suas variantes. A gamopatia monoclonal de signi (mais) ficado indeterminado (MGUS) é definida pela presença de proteína M sérica 30% ou plasmocitoma documentado por biópsia. Se a lesão óssea decorre de plasmocitoma solitário ou somente osteoporose, sem fratura, a plasmocitose medular também precisa ser > 30%, para preencher critérios de MM. As gamopatias monoclonais podem estar associadas a diversas doenças, incluindo desordens linfoproliferativas, reumatológicas, neurológicas, dermatológicas e infecciosas. A definição das características clínicas e laboratoriais de cada entidade, maligna ou benigna, facilita o diagnóstico das gamopatias monoclonais e, como conseqüência, seu manejo clínico pelos médicos assistentes. Resumo em inglês Monoclonal gammopathies are a group of disorders characterized by proliferation of monoclonal plasma cells, which produce and secrete monoclonal immunoglobulin or fragments of monoclonal immunoglobulin (M protein). This paper proposes to review diagnostic criteria of the most important monoclonal gammopathies and their differential diagnosis, because superposition of many clinical characteristics is common between variants. The monoclonal gammopathy of undetermined signif (mais) icance (MGUS) is defined by the presence of serum M protein

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Utilização dos subprodutos da fresagem do osso subcondral em substituição ao enxerto autólogo esponjoso em artrodeses de carpo de cães/ Subproducts of subchondral bone fraising in substitution of autologous cancellous grafts in pancarpal arthrodesis of dogs

Ferrigno, Cássio Ricardo Auada; Schmaedecke, Alexandre; Ferraz, Vanessa Couto de Magalhães
2008-04-01

Resumo em português A artrodese rádio-cárpica é procedimento radical usado no tratamento de fraturas e luxações do carpo, com danos à fibrocartilagem palmar e às estruturas ligamentares de sustentação, decorrentes de hiperextensão. Para este estudo foram selecionados 15 cães, submetidos à artrodese rádio-cárpica, entre abril/02 e julho/04. Foram estudados os casos quanto à formação de calo ósseo e às complicações pós-cirúrgicas. A técnica consistiu na ostectomia da su (mais) perfície articular do rádio, expondo-a e retificando-a. Os subprodutos desta fresagem foram reintroduzidos como enxerto após sua redução em tamanho com rugina. Para a estabilização articular, em todos os casos, foram usadas placas compressivas. Foram realizados exames radiográficos imediatamente à intervenção cirúrgica e em intervalos de 30 dias, até a total fusão articular. Os resultados obtidos neste estudo, com fusão da articulação em até 300 dias de pós-cirúrgico em 80% dos casos estudados, foram semelhantes aos dispostos para as técnicas que utilizam enxertos autólogos esponjosos, sendo que, em 68% dos pacientes, a recuperação se deu sem qualquer complicação significativa. Pequenas complicações, como o aumento de volume, foram observadas em 22% dos casos, não determinando qualquer alteração no resultado final. Tais resultados viabilizam a técnica descrita, demonstrando a exeqüibilidade da utilização dos subprodutos da fresagem do osso subcondral como enxerto em artrodeses de carpo em cães. Resumo em inglês Pancarpal arthrodesis is an extreme procedure, used in the treatment of fractures and carpal luxations, with damage to the palmar fibro cartilage and structural ligaments, after hyperextension. For this study 15 dogs were selected, which underwent pancarpal artrodesis, betwen April/ 2002 and July/ 2004. The cases were studied in regard to bone formation and post-surgical complications. The technique consisted in the ostectomy of the articular surface of the radius, exposi (mais) ng and rectifying it. The byproducts of this reaming were introduced as a graft after their size reduction, with a grinder. In all cases, compressive plates were used for the articular stabilization. Immediately after surgery, radiographic exams were made and in 30 days intervals, until complete articular fusion. The results from this study, with articular fusion before 300 days after surgery in 80% of the cases, were extremely similar to the ones observed with techniques that use autologous cancellous bone grafts, and 68% of the patients recovered without significant complications. Small complications like slight swelling were observed in 22% of the cases, not determining any alterations in the final result. These results show that the technique is viable, demonstrating the possibility of use of the byproducts of subchondral bone reaming as a graft in the arthrodesis of dogs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Tratamento cirúrgico das fraturas articulares desviadas do calcâneo por abordagem minimamente invasiva/ Surgical treatment of displaced intra-articular fractures of the calcaneus using a less invasive approach

Lopes, Fernando Araújo Silva; Pinto, Roberto Zambelli de Almeida; Gonçalves, Eduardo Luiz Nogueira; Melo, Gustavus Lemos Ribeiro; Leal, Renata Tavares dos Reis
2008-10-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar pacientes com fraturas articulares do calcâneo tratados entre dezembro de 2000 e agosto de 2007 por técnica cirúrgica minimamente invasiva, com ênfase nos resultados e complicações. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 21 pacientes com 22 fraturas desviadas do calcâneo, tratadas com redução aberta ou fechada e fixação mínima. Nos 16 pacientes nos quais foi necessária a redução aberta, utilizou-se o acesso lateral direto e em nenhum placas ou (mais) enxerto ósseo. RESULTADOS: O seguimento médio foi de três anos variando de seis a 82 meses. Foram empregados os métodos Maryland Foot Score e o escore de retropé da American Orthopaedic Foot and Ankle Society para avaliação clínica dos pacientes. Dezenove pés (86,4%) tiveram resultados bons/excelentes e três pés (13,6%), resultados regular/ruim. Nenhum paciente apresentou complicação aguda da ferida cirúrgica, seja necrose de partes moles ou infecção. CONCLUSÃO: As técnicas cirúrgicas menos invasivas e fixações mínimas permitem resultados clínicos similares àqueles das técnicas mais agressivas, sem, entretanto, incidir em significativo número de complicações em partes moles e infecções. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate patients with articular fractures of the calcaneus treated between December 2000 and August 2007 by minimally invasive surgical technique, with emphasis on results and complications. METHODS: Retrospective study of 21 patients with 22 displaced fractures of the calcaneus, treated with open or closed reduction and minimal fixation. In the 16 patients for whom open reduction was required, right lateral access was used and plates or bone grafting were (mais) not used at all. RESULTS: Mean follow-up was three years, varying from 6 to 82 months. The Maryland Foot Score and the hindfoot score of the American Orthopedic Foot and Ankle Society were used in the clinical evaluation of the patients. Nineteen feet (86.4%) had good/excellent results and three feet (13.6%) had regular/poor results. No patient had an acute complication of the surgical wound, either soft tissue necrosis or infection. CONCLUSION: Less invasive surgical techniques and minimal fixation allow for clinical results similar to those of more aggressive techniques, but without having a significant number of complications in soft tissues or infections.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Substitutos Ósseos: conceitos gerais e estado actual/ Bone Substitutes: general concepts and "state of the art"

Gutierres, Manuel; Lopes, Maria Ascensão; Hussain, Nandyala Sooraj; Cabral, Abel Trigo; Almeida, Luís; Santos, José Domingos
2005-07-01

Resumo em português Os substitutos ósseos são actualmente objecto de intensa investigação a nível mundial, com vista a ultrapassar as limitações decorrentes da colheita de enxerto ou do recurso a bancos de osso, para preencher defeitos ósseos. Além disso, a utilização de substâncias com capacidade osteogénica abre novas perspectivas no tratamento de fracturas, pseudartroses e nas artrodeses vertebrais. Dada a grande quantidade de informação existente sobre esta matéria, este (mais) artigo pretende não só rever conceitos gerais como também sumarizar o que de mais recente foi publicado na área da aplicação de substitutos ósseos para regeneração óssea. Resumo em inglês Bone grafts are nowadays the subject of extensive research worldwide, aimed at overcoming limitations associated with the use of autografts or bone banks to fill bone defects. Additionally, the use of osteogenic substances opens new perspectives in the treatment of fractures, pseudarthroses and vertebral arthrodeses. Due to the large amount of information available in the area of bone grafts, this paper aims not only to revise general concepts but also to summarize what has been published recently in the area of bone substitutes for bone regeneration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Sistemas osso-implante ex vivo utilizando haste intramedular polimérica para imobilização de fraturas femorais em bovinos jovens/ Ex vivo bone-implant systems using polymeric intramedullary nails for fixation of femoral fractures in young calves

Spadeto Junior, Odael; Rodrigues, Luciano Brito; Carvalho, Wellington Tadeu Vilela; Moreira, Deliene de Oliveira; De Marval, Cyril Alexandre; Costa, Cláudio Gomes da; Alves, Geraldo Eleno Silveira; Las Casas, Estevam Barbosa de; Faleiros, Rafael Resende
2011-02-01

Resumo em português O desenvolvimento de novos aparatos usando materiais disponíveis e de baixo custo pode ser uma alternativa viável para o tratamento cirúrgico de fraturas em ossos longos de bovinos. O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência mecânica de fêmures de bovinos jovens com fratura diafiseal, imobilizados com hastes intramedulares bloqueadas, compostas por diferentes polímeros. Para tanto, testes físicos de compressão e flexão, por meio de uma máquina universal (mais) de ensaios foram realizados em quatro grupos distintos de seis fêmures obtidos de bovinos jovens. Em um dos grupos, os ossos foram mantidos íntegros (grupo controle), enquanto que os outros os ossos, foram fraturados e imobilizados com uma haste intramedular bloqueada, composta por polipropileno, poliacetal ou poliamida (uma para cada grupo). Independente do polímero utilizado, nenhuma das hastes estudadas ofereceu aos fêmures fraturados resistência comparável ao osso íntegro, quando consideradas em conjunto as forças de flexão e compressão. A concordância desses achados com resultados in vivo previamente publicados, demonstra que a metodologia utilizada para testes ex vivo pode ser útil na seleção de materiais mais resistentes para confecção de novos modelos. Resumo em inglês The development of new devices using available and low cost materials may be an useful alternative for the treatment of long bone fractures in large animals. The aim of this study was to evaluate the mechanical strength of young bovine femur with diaphyseal fracture fixed with different polymeric intramedullary nails. Bending and compression tests using a universal machine were carried out in 4 distinct groups of 6 femurs from young calves. In one of the groups bones were (mais) intact while in the other three fractured bones were fixed using an intramedullary nail made of polypropylene, polyacetal or polyamide (one for each group). Considering bending and compression tests together, none of the used polymers offered strength to the fractured bones similar to the intact ones. The agreement of this findings with those from previous published in vivo results indicates that the employed ex vivo methods for mechanical assays may be useful in the search of stronger materials to be used in development of new devices.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Reprodutibilidade da classificação da AO/ASIF para fraturas dos ossos longos na criança/ Reproducibility of the AO / ASIF classification for fractures of long bones in children

Brandão, Gilberto Francisco; Teixeira, Luiz Eduardo Moreira; Américo, Luiz Renato Drumond; Soares, Cláudio Beling Gonçalves; Caldas, Leonardo Ornelas; Azevedo, Ana Flávia Figueiredo; Bouchat, Lucas de Castro
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a reprodutibilidade intraobservador e interobservador da classificação proposta pelo grupo AO/ASIF, para as fraturas dos ossos longos em crianças. MÉTODO: Foram analisadas e classificadas por cinco avaliadores, 100 radiografias convencionais digitalizadas de fraturas dos ossos longos em crianças, utilizando a classificação alfanumérica proposta pelo grupo AO/ASIF. A força de concordância intraobservador (realizada com intervalo de 90 dias) e a (mais) interobservador foram avaliadas através do coeficiente Kappa. RESULTADOS: O índice Kappa para observação intraobservador foi de 0,69 (grande concordância) e na análise interobservador o índice foi de 0,64 (grande concordância) na primeira avaliação e 0,61 (grande concordância) na segunda análise realizada 90 dias após a classificação inicial. CONCLUSÃO: A classificação proposta pelo grupo AO/ASIF mostrou grande concordância intra e interobservador, sendo útil para utilização nas fraturas dos ossos longos em crianças. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the interobserver and intraobserver reproducibility of the classification proposed by the AO/ASIF group for long bone fractures in children. METHODS: One hundred roentgenograms of long bone fractures in children were evaluated and classified according to the alphanumeric AO/ASIF classification by six observers. The strength of theintraobserver(performed with a 90-day interval) and interobserveragreementwere evaluated using the Kappa coefficient. RES (mais) ULTS: The intraobserver Kappa index was 0.69 (good agreement). The interobserver index was 0.64 (good agreement) in the first evaluation and 0.61 (goodagreement) in the second analysisperformed 90 days after the initial classification. CONCLUSION: The classification proposed by the AO/ASIF group for long bone fractures demonstrated good inter- and intraobserver agreement. This classification is useful for describing fractures of long bones in children.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Reconsiderações sobre o tempo de consolidação das fraturas na picnodisostose/ Reconsiderations regarding time of fracture healing in Pycnodysostosis

Rabelo, Flávio Dorcilo; Prado, Carlos Henrique Ribeiro do; Rabelo, Flávio Leão; Martins, Letícia
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Discutir o que vem sendo descrito na literatura até então a respeito do tempo de consolidação das fraturas na picnodisostose. MÉTODOS: Treze novos casos foram estudados por questão de disponibilidade de prontuários e exames radiográficos, totalizando 44 fraturas englobando pacientes avaliados no período de novembro de 1970 a agosto de 2004, no Hospital Ortopédico de Goiânia. Pesquisa em campo, acompanhamento clínico simultâneo, por novas fraturas, d (mais) e duas pacientes e avaliação retrospectiva de prontuários foram feitos, com base em se determinar o número de fraturas totais de cada paciente e quais destas tinham viabilidade para esta pesquisa. O grupo de pacientes compõe-se de três mulheres e dois homens com idade média de 51,4 anos. A tíbia foi o osso mais acometido, seguido pelo fêmur. Foram excluídas as fraturas cujo acompanhamento tenha sido feito em outro serviço. RESULTADOS: Das 12 fraturas consideradas plenas para o estudo, nove aconteceram em fêmures (seis no fêmur E e três no fêmur D; uma em tíbia (D); uma em clavícula (D) e uma em ulna (E)). Dentre as 12 fraturas, oito evoluíram com pseudartrose em um tempo médio de 29,25 meses; três consolidaram bem em uma média de 5,83 meses e um paciente evoluiu com retardo de consolidação em apenas dois meses. CONCLUSÃO: Associadas à pesquisa gênica e estudos micromorfológicos, aguarda-se novos estudos para reconfirmação diagnóstica numa entidade clínica tão rara. Resumo em inglês OBJECTIVE: To discuss what has been described so far in the literature regarding the time of consolidation of fractures in Pycnodysostosis. MATERIALS AND METHODS: Thirteen new cases were studied, as a matter of the availability of medical records and radiographic examinations, totaling 44 patients in the period from November 1970 to August 2004 in the Hospital Ortopédico de Goiânia. Field research and simultaneous clinical monitoring for new fractures in two patients, a (mais) nd the retrospective evaluation of medical records were made on the basis of determining the total number of fractures for each patient to determine which of these were viable for this study. The group of patients is composed of three women and two men aged 51.4 years. The tibia was the bone most affected, followed by the femur. Fractures the follow-up for which had been done in another facility were excluded. RESULTS: Of the 12 fractures fully considered for the study, nine occurred in femurs (six in the femur E and three in the femur D; one in the tibia (D); one in the clavicle (D); and one in the ulna (E)). Among the 12 fractures, eight developed pseudoarthrosis at an average of 29.25 months, three consolidated well in an average of 5.83 months, and one patient progressed with delayed consolidation in just 2 months. CONCLUSION: In combination with genetic and micromorphological studies, we await further studies to reconfirm the diagnosis of such a rare clinical entity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Pseudartrose do colo do úmero: análise de resultados dos casos tratados pela técnica descrita por walch et al/ Pseudarthrosis of the humeral neck: analysis of the results when using the technique described by walch et al

Checchia, Sérgio Luis; Miyazaki, Alberto Naoki; Fregoneze, Marcelo; Santos, Pedro Doneux; Silva, Luciana Andrade da; Nascimento, Luís Gustavo Prata
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a consolidação e os resultados funcionais obtidos nos casos de pseudartrose do colo cirúrgico do úmero pelo método de tratamento descrito por Walch et al, em 1996, no qual é utilizado, além do enxerto ósseo esponjoso convencional autólogo e osteossíntese interna com placa e parafusos, um enxerto tricortical intramedular, também autólogo. MÉTODOS: Entre julho de 1997 e maio de 2005 foram tratados, pela técnica descrita, 14 pacientes com o di (mais) agnóstico de pseudartrose da extremidade proximal do úmero. Um faleceu no pós-operatório imediato por tromboembolismo pulmonar, sendo reavaliados 13 pacientes. RESULTADOS: Com tempo de seguimento mínimo de 12 e máximo de 130 meses (médio de 51,4 meses), quatro pacientes evoluíram com resultados excelentes, quatro bons e cinco regulares; portanto, houve 61,5% de resultados excelentes e bons e nenhum ruim. Doze casos (92%) evoluíram para consolidação, com tempo médio de 3,5 meses. CONCLUSÕES: O tratamento cirúrgico da pseudartrose do colo cirúrgico do úmero, por meio da técnica descrita por Walch et al, demonstrou-se eficaz, atingindo 92% de consolidação; resultados excelentes e bons em 61,5% dos casos e satisfação dos pacientes, quanto aos resultados finais, em todos os casos; melhor evolução nas pseudartroses decorrentes de fraturas em duas partes do colo cirúrgico quando comparado com as em três partes. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate bone healing and the patient's outcome after open reduction and internal fixation, when using the technique described by Walch et al, in 1996, which uses conventional intramedullary corticocancellous bone graft and internal fixation with plate and screws added by a tricortical intramedullary bone graft, also autologous. METHODS: From July 1997 to May 2005, 14 patients were treated by this technique, 14 of these diagnosed with pseudoarthrosis of the (mais) humeral proximal end. One died at the early postoperative period due to pulmonary thromboembolism; therefore, 13 patients were re-evaluated. RESULTS: The mean follow-up time was 51.4 months (ranging from 12 to 130 months). Four patients evolved with excellent results, four good and five fair results. Therefore, there were 61.5% of satisfactory results according to UCLA functional scale and no poor result. Twelve cases (92%) healed within 3.5 months in average. CONCLUSION: the surgical treatment of the nonunion of the surgical neck of the humerus using this technique showed an effective outcome with 92% of healing; excellent and good results in 61.5% of the cases, as well as satisfaction of all patients with their final results; nonunion resulting from two-part fractures had better results when compared with three-part fractures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Plasma rico em plaquetas combinado a hidroxiapatita na formação do calo ósseo em fraturas induzidas experimentalmente no rádio de cães/ Platelet-rich plasma combined with hydroxyapatite on bone callus formation in experimental radii fractures in dogs

Silva, Silmara Bonomi da; Ferrigno, Cássio Ricardo Auada; Sterman, Franklin de Almeida; Baccarin, Daniel Castelo Branco; Yazbek, Karina Veloso Braga; Muramoto, Caterina; Amaku, Marcos
2007-08-01

Resumo em português Avaliou-se, no presente estudo, os efeitos do plasma rico em plaquetas (PRP) autógeno combinado a hidroxiapatita não-absorvível na formação do calo ósseo em fraturas diafisárias induzidas experimentalmente em rádio de cães e fixadas com placas e parafusos ósseos. Foram utilizados oito cães adultos sem raça definida, machos ou fêmeas, com pesos compreendidos entre 5 e 15kg. Induziu-se na diáfise de ambos os rádios defeito ósseo correspondente a 25% do diâm (mais) etro do mesmo. No rádio direito (grupo HA/PRP), implantou-se plasma rico em plaquetas combinado a hidroxiapatita. No rádio esquerdo (grupo HA), implantou-se somente a hidroxiapatita. Para a obtenção do PRP, empregou-se protocolo simplificado utilizando centrífuga laboratorial comum. Comparou-se entre os grupos a evolução clínica dos animais, o tempo de formação e a densidade do calo ósseo por exames radiográficos simples e pela técnica de densitometria óptica aos 15, 30, 45 e 60 dias de pós-operatório. Tanto na avaliação radiográfica como densitométrica não se observou diferença estatisticamente significante na evolução do calo ósseo entre os grupos (P>0,05). No presente estudo, o PRP autógeno combinado à hidroxiapatita não-absorvível não acelerou o processo de formação do calo ósseo, comparado à hidroxiapatita somente. Resumo em inglês The present study was aimed at evaluating the effects of autologous platelet-rich plasma (PRP) in combination with unabsorbable hydroxyapatite on bone callus formation in an experimental canine diaphyseal radius fracture stabilized with bone plate. Eight mature, male and female mongrel dogs were selected weighed 5 to 15kg. Bone defects were created, bilateral, in both radii diaphysis, corresponding to 25% of bone diameter. On the right radius (group HA/PRP), the defect wa (mais) s filled with PRP and hydroxyapatite. On the left radius (group HA), was placed hydroxyapatite alone. PRP was obtain by a simplified technique using a laboratory centrifuge. Clinical evaluations, bone formation and bone density by use of radiographic and optical densitometry, were compared between group HA/PRP and group HA after 15, 30, 45 and 60 days post surgery. The radiographic and densitometric study did not indicate a significant difference in the bone callus formation between the groups (P>0.05). In the present study the autologous PRP in combination with unabsorbable hydroxyapatite could not accelerated the bone callus in comparison with hydroxyapatite alone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Parafusos bioabsorvíveis na reparação de fraturas experimentais de sesamóides proximais em eqüinos/ Bioabsorbable screws in the healing of experimentally induced fractures of the proximal sesamoid bone in horses

Pyles, Marcelo Damas; Alves, Ana Liz Garcia; Hussni, Carlos Alberto; Thomassian, Armen; Nicoletti, José Luiz de Mello; Watanabe, Marcos Jun
2007-10-01

Resumo em português Avaliou-se a eficácia dos implantes bioabsorvíveis de ácido polilático na fixação interna de fraturas induzidas no osso sesamóide proximal de eqüinos. Osteossínteses foram realizadas em oito eqüinos, distribuídos em dois grupos de quatro animais conforme o implante: aqueles que receberam implantes bioabsorvíveis formaram o grupo GI e os que receberam implantes metálicos do grupo GII. O monitoramento radiográfico foi realizado no 30° dia (D30), no 60° (mais) dia (D60), no 90° dia (D90) e no 120o dia (D120) pós-operatório. Ao exame radiográfico no D30, observou-se preenchimento do foco de fratura de aspecto radiopaco, porém com densidade reduzida nos animais do grupo GII. Tal preenchimento às análises clínica e radiográfica apresentou qualidade superior no grupo GI, quando comparado com o grupo GII. No D120, observou-se, nos animais de ambos os grupos, ao exame radiográfico, o preenchimento do foco de fratura por tecido radiopaco, indicando a reparação da fratura em sua quase totalidade. Contudo, no GI, observaram-se pontos de esclerose ao redor do implante bioabsorvível e, ao exame físico, ausência de claudicação e, nos animais do GII, diminuição da flexão metacarpo-falangeana e claudicação de grau I. Os implantes bioabsorvíveis de PLLA mostram-se eficazes na fixação interna de fraturas induzidas dos ossos sesamóides proximais de eqüinos; os animais submetidos à redução da fratura com implantes bioabsorvíveis apresentaram ao final do experimento grau de claudicação menor quando comparados com os animais que receberam implantes metálicos. À análise radiográfica, os implantes bioabsorvíveis de PLLA possibilitaram remodelamento ósseo de melhor qualidade, quando comparados com os implantes metálicos. Resumo em inglês This study evaluated the efficacy of bioabsorbable polylactic acid implants in internal fixation of induced fractures of the proximal sesamoid bone in horses. Eight horses underwent osteosynthesis; four received bioabsorbable implants (group GI) and other four received metallic implants (group GII). Fractures were experimentally induced by means of osteotomy on the midportion of the lateral proximal sesamoid bone. Subsequently, the fragments were fixed with screws and the (mais) horses were x-rayed and a fiberglass cast was placed (D0). The cast was removed for radiographic examination on the 30th postoperative day (D30), with radiographic follow up on the 60th (D60), 90th (D90) and 120th (D120) days. Radiographs taken on D30 showed radiodense filling of the fracture site; however, horses from group GII had a less dense fracture line; clinical and radiographic analysis showed a better fracture filling in group GI when compared to Group GII. On D120 radiographic examination revealed radiodense filling of the fracture site in both groups, indicating almost complete fracture healing. However, sclerotic spots were observed around the bioabsorbable implant in GI; on physical examination, horses from group GI were not lame, while horses from group GII had reduced flexion of the metacarpo-phalangeal joint and grade I lameness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Osteoporose induzida por glicocorticóide

Borba, Victória Zeghbi C.; Lazaretti-Castro, Marise
1999-12-01

Resumo em português Os glicocorticóides (GC) são substâncias amplamente usadas por sua alta potência anti-inflamatória, porém seu uso é acompanhado de efeitos colaterais sistêmicos importantes. A osteoporose é um dos efeitos deletérios mais previsíveis dos GC e está associada a um alto índice de incapacitação devido a fraturas. Pode ocorrer em 30 a 50% dos pacientes em uso crônico de GC e principalmente em áreas ricas em osso trabecular como a coluna lombar. Na patogênese d (mais) a osteoporose induzida por GC estão envolvidos vários efeitos sistêmicos e locais sobre o osso e metabolismo mineral. Apesar de muitas vezes a osteoporose ser colocada em segundo plano devido a gravidade da doença de base, o tratamento profilático deve ser instituído sempre, para impedirou diminuir os danos dos GC sobre o tecido ósseo. Resumo em inglês Glucocorticoids (GC) are among the most widely used drugs, characterized by their anti-inflammatory potency, nevertheless their use are followed for many deleterious systemic effects. Osteoporosis is a preventable harmful effect of GC that has a high morbidity and mortality associated to the presence of fractures. The incidence of osteoporosis related to GC is between 30 to 50% and occurs mainly in the trabecular bone, particularly at the vertebrae. A multitude of systemi (mais) c and local effects of GC on bone and mineral metabolism is involved in the pathogenesis of the bone loss. Despite frequently forgotten due the severity of the underlying disease, preventive treatment is effective in diminishing the deleterious effects on bone metabolism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Osteopatologias e alterações dentárias em Otaria byronia (Pinnipedia, Otariidae) da costa do Rio Grande do Sul, Brasil/ Osteopathologies and tooth alterations in Otaria byronia (Pinnipedia, Otariidae) from Rio Grande do Sul coast, Brazil

Braunn, Patrícia Rodrigues; Ferigolo, Jorge
2004-06-01

Resumo em inglês Bone diseases and tooth alterations in 47 specimens of Otaria byronia (Blainville, 1820), from southern Brazilian coast, were analized. Tooth wear and the associated bone pathologies were determined, as well as their percentuals. The main infection was osteomyelitis associated with tooth alterations, such as fractures and attrition, both of them exposing the pulp chamber. Tooth attrition increases with age, favoring fractures and their complications, including osteomyelit (mais) is, causing a high frequency of them in specimens presenting more pronounced tooth wear. In one specimen tuberculosis was found in the maxilla, perhaps primarily pulmonary. The high frequency of enamel hypoplasia might reflect cyclic food deficit. Infections and tooth fractures might be related to behaviour, such as fishermen interaction, territorial fighting, and accidents during food capture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Osteomalácia oncogênica: cintilografia com sestamibi-99mTc na localização do tumor/ Oncogenic osteomalacia: localization of underlying peripheral tumor with99mTc-sestamibi scintigraphy

Biagini, Gleyne Lopes Kujew; Coutinho, Priscilla Rizental; Jonasson, Thaisa Hoffman; Ueda, Cristina Emiko; Gama, Ricardo Ribeiro
2008-12-01

Resumo em português A osteomalácia oncogênica hipofosfatêmica (OOH) é uma síndrome paraneoplásica induzida por tumor, de tecidos mole ou ósseo. Apresenta-se com dor e fraturas, acompanhada de hipofosfatemia, hiperfosfatúria e concentrações plasmáticas de 1,25(OH)2D3 inapropriadamente normais/diminuídas. Após a remoção do tumor, a completa resolução das anormalidades clínicas e bioquímicas é sua maior característica. Uma mulher de 44 anos de idade é descrita no caso com (mais) dificuldade para caminhar por causa de dores nos membros inferiores, fraqueza muscular generalizada e hipofosfatemia com relativa hiperfosfatúria. A cintilografia de corpo total com sestamibi-99mTc mostrou acúmulo do radiofármaco no terço superior de coxa esquerda onde pequeno tumor foi detectado no exame pelo ultra-som. Com a retirada do tumor, um lipoma, os sintomas melhoraram após um mês, com recuperação completa ao redor do quarto mês. Neste caso, a cintilografia de corpo inteiro com sestamibi-99mTc foi decisiva na localização do tumor causador da osteomalácia oncogênica. Resumo em inglês Oncogenic osteomalacia is a paraneoplastic syndrome usually induced by bone or soft tissue tumors. It is presented by the development of pain and fractures with hypophosphatemia, hyperphosphaturia, and inappropriate normal/low plasma 1,25(OH)2D3 concentration. After the removal of the tumor the complete resolution of all biochemical and clinical abnormalities is the main characteristic. A case of a 44-year-old female with difficulty in walking due to leg pain and generali (mais) zed muscle weakness and hypophosphatemia, with relative hyperphosphaturia, is described. A whole-body 99mTc-sestamibi scintigraphy showed accumulation in the left thigh region, and a small tumor was detected by ultrasound examination. By removal of the tumor, a lipoma, the symptoms improved significantly after a month, with complete recovery by the fourth month. In this case, 99mTc-sestamibi scintigraphy was useful in identifying the location of the tumor, which caused oncogenic osteomalacia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

O papel da poliuretana de mamona como substituto do enxerto ósseo autógeno em coelhos/ The role of the ricin polyurethane as substitute of the bone autogenous graft in rabbits

Jacques, José Wilson; Fagundes, Djalma José; Figueiredo, Arthur Silveira de; Inouye, Celso Massaschi; Scapulatempo, Rafael Perez; Sassioto, Maria Cristina Pita
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar em animal de experimentação (coelho) a integração da poliuretana de mamona, aplicada na forma de biomassa moldável, como alternativa biológica para substituir o enxerto ósseo autógeno. MÉTODO: Foram utilizados vinte coelhos da raça Nova Zelândia submetidos a um defeito padrão condilar femoral, com dimensões de 6x10mm, e implantação de enxerto ósseo autógeno em um dos lados e poliuretana de mamona no outro, de forma aleatória. Os anima (mais) is foram observados por período de 45 e 90 dias. Aos resultados da avaliação dos aspectos macro e microscópicos aplicaram-se testes estatísticos de McNemar, Fisher, "t" de Student e quiquadrado (p Resumo em inglês BACKGROUND: The aim was to verify the integration of the castor oil plant polyurethane, applied in the form of handmade biomass, as a biological alternative substitute of the autogenous bone graft in rabbits. METHODS: Twenty rabbits (New Zealand) were submitted to a standard femoral condilar defect, with dimensions of 6x10mm, and ramdomly assigned for implantation of autogenous bone graft in one side and castor oil plant polyurethane in the other. The animals were observe (mais) d for a period of 45 and 90 days. Evaluation of the macro and microscopic studies were analysed with statistical tests (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

O emprego de hastes intramedulares bloqueadas no tratamento das fraturas diafisárias do úmero/ Use of blocked intramedullary shaft for the treatment of humeral diaphyseal fractures

Reis, Fernando Baldy dos; Zumiotti, Arnaldo Valdir; Fernandes, Hélio Jorge Alvachian; Chohfi, Milton; Faloppa, Flávio
2005-01-01

Resumo em português Estudamos os resultados clínicos e radiográficos de 31 pacientes portadores de fraturas diafisárias do úmero que foram operados com hastes intramedulares. Destes quatro apresentaram fraturas no local da inserção da haste e foram tratados com outro método. Dos 27 pacientes restantes o índice de consolidação foi de 96,1 % e que durou em média de 63,4 dias. Cinco queixaram-se de dor no ombro e em apenas um apresentou limitação da abdução. Paralisia temporária (mais) do nervo radial foi constatada em dois pacientes e pseudartrose em um que após 5 meses da cirurgia foi submetido a nova intervenção cirúrgica com o emprego de placa e enxerto ósseo autólogo. Concluímos que embora o emprego de hastes intramedulares bloqueadas apresentou alto índice de a via de acesso retrógrada pode levar a fraturas no seu ponto de entrada e via anterógrada com violação do manguito rotador pode gerar dores no ombro. Resumo em inglês Clinical and radiographic outcomes of 31 patients with humeral diaphyseal fractures submitted to surgery with intramedullary shafts were studied. From these, four patients presented fractures at the shaft insertion site and were treated using a different method. From the 27 patients left, the healing rate was 96.1%, with an average duration of 63.4 days. Five of them complained of pain in the shoulder and only one presented abduction limitation. Temporary palsy of the rad (mais) ial nerve was found in two patients and pseudoarthrosis in one of them, who was submitted to a new surgical intervention with plate and autologous bone graft, after 5 months. It was concluded that, although blocked intramedullary shafts presents a high incidence of the retrograde access port leading to fractures in its insertion site and the anterograde port causing pain in the shoulder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Marcadores Bioquímicos da Remodelação Óssea na Prática Clínica/ Biochemical Bone Markers in Clinical Practice

Saraiva, Gabriela Luporini; Lazaretti-Castro, Marise
2002-02-01

Resumo em português Em situações fisiológicas os processos de reabsorção e formação ósseas são fenômenos acoplados e dependentes. O predomínio de um sobre o outro resulta em ganho ou perda de massa óssea. É esta capacidade de avaliação dinâmica que se deseja em um marcador de remodelação óssea. A osteocalcina sérica intacta e fosfatase alcalina óssea melhor representam o processo de formação óssea enquanto as piridinolinas e fragmentos telopeptídeos carboxi e amino-t (mais) erminais do colágeno tipo I melhor refletem a reabsorção óssea. Na avaliação da resposta ao tratamento, marcadores de reabsorção têm grande sensibilidade e especificidade, sendo que a queda de seus valores após tratamento com anti-reabsortivos correlaciona-se com o ganho de massa óssea obtido. Os marcadores de remodelação, apesar de terem trazido grandes avanços no entendimento das doenças ósseas, ainda necessitam de melhor sensibilidade e especificidade para que sua larga utilização na clínica diária seja estimulada. Entretanto, podem auxiliar no diagnóstico e decisão terapêutica em casos difíceis e no acompanhamento do tratamento. Resumo em inglês In physiological circumstances, bone resorption and formation are coupled processes. When, however, one predominates over the other the result is a gain or a loss of bone mass. To study this dynamic process, biochemical bone markers have been developed. Osteocalcin and bone alkaline phosphatase better represent bone formation, while pyridinoline, deoxypyridinoline and collagen type I cross-linking (amino and carboxi-terminal) telopeptides, the bone resorption. In the foll (mais) ow up of osteoporosis treatment, the bone resorption markers are more specific and sensitive than the formation markers. During the treatment of post-menopausal osteoporosis with anti-reabsortive therapy, the rate of fall from basal values of resorption markers at 3 or 6 months are related to the increase on bone mass after long-term treatment. The bone markers have applications in a number of diseases of the skeleton including osteoporosis, and helped to understand the pathophysiological mechanisms of many diseases that affect bone tissue. Although they still need better sensibility and specificity to be strongly recommended in the clinical routine, their use should be encouraged to assess risk of fractures in special cases, to aid treatment decisions, and to monitor treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Haemarthrosis due to fracture through amyloid deposits in bone in Portuguese familial amyloidosis.

Bourke, B E; Allard, S A; Thomas, P K; King, R H

A patient with Portuguese familial amyloid polyneuropathy who developed haemarthroses secondary to pathological fractures is described. Amyloid material was demonstrated on bone biopsy and confirmed immunohistochemically to be transthyretin (prealbumin). Although amyloid deposits in bone have been d...

DRIVER (Portuguese)

86

Grau de desmineralização em osso trabecular e cortical por meio de tomografia computadorizada quantitativa em cães submetidos à terapia com prednisona/ Trabecular and cortical bone demineralization degree by quantitative computed tomography in dogs treated with prednisone

Costa, Lorena Adão Vescovi Séllos; Oliveira, Daniel Capucho de; Gianotti, Juliana Giorgio; Cardoso, Mauro Lahm; Costa, Fabiano Séllos
2010-12-01

Resumo em português Os glicocorticóides são fármacos amplamente utilizados na medicina veterinária, entretanto, além dos efeitos benéficos, o seu emprego pode desencadear uma série de efeitos indesejados. Foi realizado um ensaio clínico em oito cães hígidos com o intuito de avaliar possíveis alterações na densidade mineral óssea após a terapia com prednisona, utilizando a tomografia computadorizada helicoidal. Todos os animais receberam a prednisona via oral na dose diária de (mais) 2mg kg-1 de peso durante 30 dias. A densidade mineral óssea foi determinada a partir da obtenção de valores de radiodensidade da região de osso cortical e osso trabecular do corpo vertebral da segunda vértebra lombar, imediatamente antes e após o período de administração do medicamento. O protocolo experimental permitiu a caracterização de significativa (P Resumo em inglês Glucocorticoids are widely used in veterinary medicine. However, beyond the beneficial effects, their use can trigger a series of unwanted effects. A clinical trial was conducted in eight healthy dogs in order to assess possible changes in bone mineral density after therapy with prednisone using helical computed tomography. All animals received oral prednisone at a daily dose of 2mg kg-1 of body weight for 30 days. Bone mineral density was determined by the obtaining of r (mais) adiodensity values from the cortical region and the trabecular region of the second lumbar vertebra immediately before and after the period of drug administration. The experimental protocol allowed the characterization of a significant (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Falhas na utilização de poliacetal e poliamida em forma de haste intramedular bloqueada para imobilização de fratura femural induzida em bovinos jovens/ Failures in the use of polyacetal and polyamide in the form of intramedullary interlocking nail for immobilization of induced femoral fracture in young cattle

Spadeto Junior, Odael; Faleiros, Rafael Resende; Alves, Geraldo Eleno Silveira; Casas, Estevam Barbosa de Las; Rodrigues, Luciano Brito; Loiacono, Bruno Zambelli; Cassou, Fabiane
2010-04-01

Resumo em português Apesar da expressiva evolução da ortopedia veterinária nos últimos anos, as fraturas de ossos longos em grandes animais são constante desafio para o médico-veterinário. O presente estudo é parte da proposta de desenvolvimento de um sistema de haste intramedular polimérica, de baixo custo e fácil aplicação, para uso em bovinos jovens e neonatos. Os objetivos foram avaliar, in vivo, hastes de poliacetal e poliamida para imobilização de fraturas femorais em bov (mais) inos jovens. Cinco bezerros machos foram submetidos à anestesia geral e tiveram os fêmures esquerdos fraturados e, em seguida, imobilizados, utilizando-se uma haste cilíndrica de poliacetal ou poliamida inserida no canal intramedular e bloqueada por quatro parafusos corticais de aço inoxidável, inseridos na diáfise em seu sentido lateral-medial e igualmente distribuídos distal e proximal à linha de fratura. Durante um período de 60 dias pós-cirúrgico, os animais foram avaliados por meio de exames clínicos e radiográficos. Houve fratura em quatro das cinco hastes de poliacetal implantadas pela primeira vez e em duas das quatro hastes de poliamida que foram implantadas após a quebra das de poliacetal. Todas as falhas ocorrerem nas primeiras duas semanas de imobilização. Não foram verificados quaisquer sinais de rejeição aos materiais usados. Os resultados demonstram que as hastes de poliacetal e poliamida não apresentaram resistência suficiente para, de acordo com o modelo proposto, promover imobilização precoce de fraturas de fêmur em bovinos jovens. Resumo em inglês In spite of the expressive development of veterinary orthopedics in the last years, long bone fractures in large animals remains a challenge for veterinary surgeons. This study is part of a proposal for development of a low-cost and easy-to-use polymeric interlocking nail designed to be used in newborns and young cattle. The objectives were to evaluate, in vivo, polyacetal and polyamide nails for immobilization of femoral fractures in calves. Five calves were submitted to (mais) general anesthesia and the left femur was fractured and then fixed using polyacetal or polyamide rods (nails) interlocked with four cortical screws (stainless steel) equally applied to the distal and proximal fracture line. In the postoperative period, calves were clinically assessed during 60 days by clinical and radiographic exams. Fractures occurred in four of the five polyacetal nails implanted in the first time and in two of the four polyamide nails implanted after the polyacetal nail failures. All failures occurred in the first 14 days after implantation. No rejection signs against the polymers were observed. In conclusion, polyacetal and polyamide did not have enough resistance to be used as intramedullary interlocking nails in this system designed to promote early femoral fractures immobilization in young calves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Evolução das fraturas intra-articulares desviadas do calcâneo com tratamento cirúrgico/ Evolution of calcaneus deviated intra-joint fractures surgically treate

Paula, Sidney Silva de; Biondo-Simões, Maria de Lourdes Pessole; Luzzi, Richard
2006-01-01

Resumo em português Fraturas do calcâneo correspondem a 2% do total de fraturas do corpo humano. Apresentam acentuada importância social e grande impacto econômico, pois ocorrem em indivíduos economicamente ativos. Para reconhecer a evolução das fraturas intra-articulares desviadas do calcâneo, um estudo retrospectivo é apresentado. A amostra constituiu-se de 71 doentes com fratura de calcâneo intra-articular desviada, 63 homens (88,73%) e 8 mulheres (11,27%). A idade esteve entre 1 (mais) 4 e 74 anos. Conforme a escala de ESSEX-LOPRESTI, 55 delas eram do tipo depressão articular (77,46%) e 16 do tipo em língua (22,54%). A incisão mais usada foi a lateral em L (91,55%). Sessenta e uma das fraturas foram fixadas com placa "duplo H" (85,92%), 9 necessitaram apenas de parafusos (12,68%) e uma delas foi fixada com fios de Kirschner. Sete fraturas necessitaram de enxerto ósseo (9,86%). O tempo médio de seguimento foi de 11,59 ± 6,72 meses. Complicações precoces estiveram presentes em 33,82% dos doentes sendo mais comum a infecção e a necrose de pele. Complicações tardias foram identificadas em 63,38% dos doentes, principalmente edema residual e artrose. A incidência de complicações tardias não esteve relacionada ao tipo de fratura. As fraturas do tipo depressão articular contribuíram para a maior limitação das atividades (p=0,0315). O ângulo de Böhler, medido no pós-operatório, apresentou relação direta com o resultado final e ângulos menores do que 20 graus determinam maior incidência de maus resultados (p=0,0111). Observando a escala AOFAS, 59,26% de todos os doentes, evoluíram com bons e excelentes resultados. Resumo em inglês Fractures of the calcaneus account for 2% of all human body fractures. They present a strong social importance and a great economical impact, because they affect economically active individuals. In order to recognize the evolution of calcaneus intra-joint fractures evolution, a retrospective study is presented here. The sample was constituted by 71 patients with deviated intra-joint fractures of the calcaneus, being 63 males (88.73%) and 8 females (11.27%). Ages ranged 14 (mais) to 74 years old. According to the ESSEX-LOPRESTI scale, 55 of them were joint-depression type (77.46%) and 16 of tongue-kind 22.54%). The most commonly used incision was the lateral L-shape kind (91.55%). Sixty one fractures were fixed with a "double H" plate (85.92%), 9 required only screws (12.68%) and one was fixed with Kirschner wire. Seven fractures required bone graft (9.86%). The average follow-up time was 11.59 ± 6.72 months. Early complications were present in 33.82% of the patients, the most common ones were infections and necrosis of the skin. Late complications were identified in 63.38% of the patients, the most common ones being residual edema and arthrosis. The incidence of late complications was not related to the type of fracture. Joint-depression type fractures contributed to a greater restraint of activities (p=0.0315). The Böhler angle, postoperatively measured, showed a direct relationship with the final outcome, and angles smaller than 20 degrees determine a greater incidence of poor results (p=0.0111). According to the AOFAS scale, 59.26% of all patients developed good and excellent results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos/ Dementia as risk factor for severe bone fractures among the elderly

Carvalho, Aline de Mesquita; Coutinho, Evandro da Silva Freire
2002-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por (mais) idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR) ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25). Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23). CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes. Resumo em inglês INTRODUCTION: Falls among elderly represent an important public health concern due to its high incidence, health implications, and medical care costs. The study aims to assess the association between dementia and bone fracture risk after falls among the elderly. METHODS: A case-control of 404 subjects aged 60 years old or more living in Rio de Janeiro, Brazil, was carried out. Cases and controls were matched by age, sex, and hospital. Data were collected using structured (mais) interviews. Elderly people who scored 2 or more points in the BOAS (Brazil Old Age Schedule) scale were considered as having dementia. Odds ratios (OR) adjusted for potential confoundings were calculated using conditional logistic regression. RESULTS: Falls occurred at the same frequency in the morning, afternoon and night, but they were less common at dawn. Among those who fell at home, 78% had dementia against 55% with no dementia. The crude OR for the association between dementia and severe bone fracture was 2.0 (95% CI: 1.23-3.25). After adjustment for confounders there was a small reduction in the strength of this association (OR=1.82; 1.03-3.23). CONCLUSIONS: Dementia elderly people showed a higher risk of falling and being hospitalized due to bone fracture. This stresses the importance of special care for those individuals to reduce the occurrence of these accidents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos/ Dementia as risk factor for severe bone fractures among the elderly

Carvalho, Aline de Mesquita; Coutinho, Evandro da Silva Freire
2002-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por (mais) idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR) ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25). Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23). CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes. Resumo em inglês INTRODUCTION: Falls among elderly represent an important public health concern due to its high incidence, health implications, and medical care costs. The study aims to assess the association between dementia and bone fracture risk after falls among the elderly. METHODS: A case-control of 404 subjects aged 60 years old or more living in Rio de Janeiro, Brazil, was carried out. Cases and controls were matched by age, sex, and hospital. Data were collected using structured (mais) interviews. Elderly people who scored 2 or more points in the BOAS (Brazil Old Age Schedule) scale were considered as having dementia. Odds ratios (OR) adjusted for potential confoundings were calculated using conditional logistic regression. RESULTS: Falls occurred at the same frequency in the morning, afternoon and night, but they were less common at dawn. Among those who fell at home, 78% had dementia against 55% with no dementia. The crude OR for the association between dementia and severe bone fracture was 2.0 (95% CI: 1.23-3.25). After adjustment for confounders there was a small reduction in the strength of this association (OR=1.82; 1.03-3.23). CONCLUSIONS: Dementia elderly people showed a higher risk of falling and being hospitalized due to bone fracture. This stresses the importance of special care for those individuals to reduce the occurrence of these accidents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Cirurgia das fraturas do seio frontal: estudo epidemiológico e análise de técnicas/ Surgery of frontal sinus fractures: epidemiologic study and evaluation of techniques

Montovani, Jair Cortez; Nogueira, Emanuel Araújo; Ferreira, Fabricio Dominici; Lima Neto, Arlindo Cardoso; Nakajima, Victor
2006-04-01

Resumo em português O trauma do seio frontal não é raro, correspondendo a 8% das fraturas faciais. Pode afetar a lâmina anterior e/ou posterior, com ou sem envolvimento do ducto nasofrontal. Tem alto potencial para complicações e seu manejo ainda é controvertido em algumas situações. OBJETIVO: Apresentar a epidemiologia, o diagnóstico e tratamento clínico e cirúrgico de 24 pacientes com fratura do seio frontal. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo retrospectivo, não randomizado, de 24 pac (mais) ientes com fratura de seio frontal operados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, São Paulo, Brasil. RESULTADOS: Dos 24 pacientes, 16 tinham fraturas da lâmina externa e 8, da lâmina interna e externa. Em 2 casos havia lesão do ducto nasofrontal. Vinte (83,4%) pacientes tiveram fraturas faciais associadas e em 13 (54,2%) foram observadas complicações intracranianas. A incisão em asa de borboleta, abaixo da sobrancelha, foi empregada na maioria dos casos cirúrgicos com bom resultado estético. Fixação dos fragmentos ósseos com diferentes materiais (fio de aço, mononylon, miniplacas de titânio) e, se necessário, reconstrução da tábua anterior com material aloplástico ou osso parietal. CONCLUSÃO: A causa principal das fraturas do seio frontal é acidente com veículos. O tratamento depende de sua complexidade, pois comumente há lesões cranioencefálicas associadas. As técnicas cirúrgicas utilizadas são as incisões, retalho bicoronal ou na sobrancelha, infra-orbital (em asa de borboleta), associadas à cirurgia endoscópica em casos de infecção fístula liquórica e complicações orbitárias. Resumo em inglês The frontal sinus trauma is not rare and it is 8% of the facial fractures. It can affect the anterior and/or posterior plates, with or without hitting the nasofrontal duct. It has a large potential of complications and its management still being a controversy. OBJECTIVE: To present the casuistic of fractures frontal sinus, the epidemiology and clinical and surgical management of frontal sinus fractures. MATERIALS AND METHODS: Not randomized retrospective study of 24 patie (mais) nts with frontal sinus fractures Hospital of Clinics, School of Medicine Botucatu, São Paulo, Brazil. RESULTS: From the 24 patients, we had 16 (66,6%) fractures of the extern plate and 8 (33,4%) of both. In 2 patients the nasofrontal duct was involved. Others facial fractures were associated in 20 (83,4%) cases and major lesions of the cerebral segment were found in 13 (54,2%). Subpalpebral incision was performed in the majority with satisfactory aesthetic results. The basis of the surgical treatment was reduction and fixation with different materials (steel wire, mononylon, titanium miniplates) and if necessary we used alogen implants or parietal bone to reconstruct the anterior plate. CONCLUSION: The principal cause of frontal sinus fractures is crashed car. The management depends of the complexity, because commonly there are cranioencephalic lesions associated. The surgical thecniques used are the incisions, bicoronal flap or brow-glabella, infra-orbital rim ("butterfly"), associated a endoscopy sinus surgery in cases of infection, cerobrospinal fluid leak and orbital complications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Avaliação radiográfica e de função de vôo após fixação de osteotomias distais do úmero em pombas (Columba livia), com modelo de fixador externo articulado/ Radiologic and flight function evaluation after fixation of distal humeral osteotomies in pigeons, with model of articulated external fixator

Ferraz, Vanessa C.M.; Ferrigno, Cássio R.A.; Cortopassi, Silvia R.G.; Lopes, Ricardo S.; Isaza, Ramiro; Kim, Stanley
2008-08-01

Resumo em português O tratamento de fraturas umerais distais em aves impõe grande dificuldade para tratamento e cura, pois estes ossos são pneumáticos, sendo suas córtices muito finas. A anquilose da articulação úmero-rádio-ulnar com fixador externo, é inviável para aves que se pretende a reintrodução ao meio ambiente. Em todas as aves, o fixador experimental foi colocado sobre o úmero, com sua articulação sobre a articulação úmero-rádio-ulnar e a extensão do fixador sobr (mais) e a ulna. As aves foram divididas em dois grupos: cirurgias bilaterais com anquilose de um lado (asa estática) e manutenção da articulação do outro (asa dinâmica) (Grupo 1), e cirurgia unilateral, com manutenção da articulação (asa dinâmica) (Grupo 2). O calo ósseo foi avaliado através de radiografias pós-cirúrgicas, às 3, 6 e 9 semanas. Os animais do Grupo 2 foram avaliados quanto à capacidade de vôo entre 11 e 15 semanas após a cirurgia. Todos os animais foram avaliados quanto à amplitude da asa e quanto ao comprimento do úmero, após a eutanásia. Às 6 semanas, todos os animais do Grupo 2 e quatro animais do Grupo 1, apresentavam fraturas consolidadas radiografica e clinicamente. Dois animais do Grupo 1 somente apresentaram consolidação das asas dinâmicas às 9 semanas e das estáticas às 12 semanas. Todos os animais do Grupo 2 apresentaram capacidade de vôo adequada, até 13 semanas após a cirurgia. Devido a poucos trabalhos na literatura mundial, o presente trabalho visou o estudo da utilização inédita de fixador externo articulado para a estabilização de fraturas distais de úmero, evitando a anquilose da articulação do cotovelo, e portanto mantendo viável a função de vôo; usando como modelo experimental, pombas (Columba lívia). O método proposto de técnica para fixação de fraturas umerais distais, sem a anquilose da articulação úmero-rádio-ulnar, demonstrou ser efetivo em manter o comprimento ósseo, a amplitude da asa bem como a viabilidade de músculos e tendões, e assim, garantindo a capacidade de vôo das aves tratadas, sendo um método adequado para a reparação de fraturas distais de úmero em aves quando se pretende a reabilitação destes animais. Resumo em inglês The treatment of distal humeral fractures in birds is very difficult, technically and for consolidation and maintenance of normal function of the wing, because theses bones are pneumatic, and its cortices very thin. The ankylosis of the humerus-radius-ulnar joint with external fixator is unviable for birds intended for rehabilitation and release. In all animals, the experimental fixator was placed over the humerus, with its articulation over the humerus-radial-ulnar joint (mais) e the extension of the fixator was placed over the ulna. The animals were divided in two groups: bilateral surgeries with ankylosis in one wing (static wing) and maintenance of the joint function in the other (dynamic wing) (Group 1), and unilateral surgery, with maintenance of the joint function (dynamic wing) (Group 2). The bonny callus was evaluated with radiographs: post-surgical, at 3, 6 and 9 weeks. The birds in Group 2 were evaluated as of their flight abilities between 11 and 15 weeks after surgery. The wing amplitude and humeral length was evaluated in all animals, after euthanasia. At 6 weeks, all the animals in Group 2, that underwent unilateral surgery, without ankylosis, and four animals in Group 1, that underwent bilateral surgeries: ankylosis of one elbow (static wing) and not of the other (dynamic wing), presented radiographic and clinical consolidation of the fractures. Two animals in Group 1 only presented consolidation of the dynamic wing at 9 weeks and of the static wing at 12 weeks. All the animals in Group 2 presented adequate flight capacity, in at least 13 weeks after surgery. There are few published papers on bird osteosynthesis, and therefore we studied the use of articulated external fixator for the stabilization of distal humeral fractures, avoiding ankylosis of the elbow joint, and, therefore keeping flight function viable, using as a model, rock pigeons (Columba lívia). The proposed method of maintenance of wing function in the dynamic wing, demonstrated being effective in maintaining the length of the bone, the amplitude of the wing as well as viability of muscles and tendons, guaranteeing flight capacity of the studied birds, being a good method for the repair of distal humeral fractures of birds, when rehabilitation and release are intended.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Avaliação por imagem das lesões da placa de crescimento/ Imaging of growth plate injuries

Yanaguizawa, Matiko; Taberner, Gustavo Sobreira; Aihara, André Yui; Yamaguchi, Cláudia Kazue; Guimarães, Maria Carolina; Rosenfeld, André; Fernandes, João Luiz; Fernandes, Artur da Rocha Corrêa
2008-06-01

Resumo em português As estruturas responsáveis pelo crescimento do osso incluem a fise (também chamada placa de crescimento) e as epífises. Afecções que acometem pacientes com o esqueleto imaturo, ou seja, com a placa de crescimento ainda aberta, podem interferir no crescimento ósseo, resultando em complicações como parada do crescimento, encurtamento dos membros ou deformidades angulares. Condições traumáticas que resultam muitas vezes em fraturas epifisárias são a causa mais c (mais) omum das lesões da placa de crescimento. A avaliação cuidadosa desses pacientes pelos métodos de diagnóstico por imagem atualmente disponíveis, sobretudo a radiografia, a tomografia computadorizada e a ressonância magnética, permite o reconhecimento precoce do comprometimento das estruturas relacionadas ao crescimento ósseo, além de tratamento adequado, diminuindo a possibilidade do desenvolvimento de tais complicações. Resumo em inglês The structures responsible for the growth of bones include the physis (also called growth plate) and the epiphysis. Affections involving patients with immature skeletons, i.e., with a still open growth plate, may affect the bone growth, resulting in complications such as growth arrest, limb shortening and angular deformities. Traumatic conditions, many times resulting in epiphyseal fractures, are the most frequent cause of growth plate injuries. A careful evaluation of th (mais) ese patients by means of currently available imaging methods, especially radiography, computed tomography and magnetic resonance imaging, allows an early diagnosis of the involvement of structures related to the bone growth, besides an appropriate management, reducing the probability of secondary complications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Avaliação funcional retrospectiva de pacientes com fratura proximal de úmero fixada com placa com parafusos de ângulo fixo para região proximal no úmero/ Retrospective functional assessment of patients with humerus proximal fractures internally fixed with a fixed-angle plate for proximal humerus area

Barbosa, Rafael Inácio; Marcolino, Alexandre Márcio; Fonseca, Marisa de Cássia Registro; Mazzer, Nilton; Zatiti, Salomão Chade
2008-01-01

Resumo em português As fraturas do úmero proximal são lesões comuns, levando seus pacientes a importantes limitações funcionais além de algumas complicações. Atualmente existem algumas opções de tratamentos cirúrgicos visando à melhor estabilização da lesão através de técnicas de ostessíntese, dependendo do grau de gravidade da lesão. Dentre eles, tem-se utilizado a placa com parafusos de ângulo fixo para região proximal do úmero, a qual possui o intuito de preservar a (mais) integridade biológica da cabeça umeral associada à redução anatômica segura utilizando múltiplos parafusos de fixação com estabilidade angular, permitindo assim a mobilização precoce do membro fraturado. Foram estudados retrospectivamente 11 pacientes com fratura proximal do úmero, tratados com esse modelo de placa entre os anos de 2004 e 2005. Na avaliação funcional foram utilizados o questionário de Constant e o índice DASH. Os resultados sugerem o aparecimento de perda funcional residual no membro superior após esse tipo de trauma, apesar da fixação estável e o tratamento fisioterapêutico. Resumo em inglês Proximal humeral fractures are common injuries leading to severe functional restrictions and complications for patients. Today, there are several surgical alternatives aimed at achieving better injury stabilization by means of osteosynthesis techniques, depending on injury severity. One of these is the fixed-angle plate fixation of the proximal humerus. This bone fixation system is intended to preserve the biologic integrity of the humeral head associated with a safe anat (mais) omical reduction, employing several fixating screws with angle stability, thereby allowing an early mobilization of the fractured limb. Eleven patients with proximal humeral fractures treated with the method of fixed-angle plate fixation of the proximal humerus in the period of 2004 to 2005 were retrospectively studied. The patients were subjected to the Constant questionnaire and the DASH index for functional assessment. The results showed some residual dysfunction at the upper end after this type of trauma, even using a fixed-angle plate fixation of the proximal humerus, which notably provides a safe fixation, associated to physical therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Avaliação do tratamento cirúrgico das fraturas em duas ou três partes do úmero proximal com o "sistema paraquedas"/ Evaluation of surgical treatment of fractures in two or three parts of the proximal humerus with the "parachute technique"

Tenor Junior, Antonio Carlos; Ribeiro, Fabiano Rebouças; Brasil Filho, Rômulo; Filardi Filho, Cantidio Salvador; Costa, Guilherme Leme da; Menniti, Eduardo Libório
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar, através dos resultados clínicos, a eficácia e a segurança da técnica cirúrgica denominada "sistema paraquedas" aplicada em pacientes adultos que sofreram fraturas desviadas e instáveis em duas ou em três partes do úmero proximal. MÉTODOS: Durante o período de janeiro de 1995 a junho de 2006, 59 pacientes adultos com fraturas em duas ou em três partes desviadas e instáveis foram operados pelo Grupo de Ombro e Cotovelo do Serviço de Ortopedi (mais) a e Traumatologia do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo com a técnica do "sistema paraquedas". Este método consiste em uma banda de tensão intramedular e fixação extra medular em "8" unindo os fragmentos da fratura, utilizando um parafuso esponjoso de 6,5mm com rosca parcial, arruela e dois fios inabsorvíveis, produzindo uma síntese estável, com mínima agressão às partes moles vizinhas, não requerendo a posterior retirada do material. A forma final desta síntese lembra a figura de um paraquedas aberto. Os pacientes tiveram um seguimento pós-operatório mínimo de seis meses. Para o diagnóstico foram realizadas radiografias nas incidências da série trauma de ombro. As fraturas foram classificadas de acordo com o sistema proposto por Neer. Utilizamos a escala da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) na avaliação dos resultados. RESULTADOS: Obteve-se 47% de bons e 26% de excelentes resultados com a técnica do "sistema paraquedas" de acordo com o escore da UCLA. CONCLUSÃO: A técnica do "sistema paraquedas" é opção segura e eficaz de tratamento das fraturas desviadas e instáveis em duas ou três partes do úmero proximal. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate, through clinical outcomes, the efficacy and safety of the surgical technique called the "parachute technique" as applied to adult patients who suffered displaced and unstable fractures in two or three parts of the proximal humerus. METHODS: During the period from January 1995 to June 2006, 59 adult patients with two or three displaced and unstable fractures were operated by the Shoulder and Elbow Group of the Orthopedics and Traumatology Service of (mais) the Servidor Público Estadual de São Paulo´s Hospital using the "parachute technique". This method consists of an internal bone tension band and a settling external bone in "8" joining the pieces of the fractures, using a 6.5-millimeter spongy screw with a partial thread, a washer and two nonabsorbable sutures, creating a stable synthesis with little aggression to the surrounding soft tissue , requiring no posterior material ressection. The final shape of this synthesis is reminiscent of the shape of an opened parachute. The patients had a minimum of 6 months follow-up post-operation. For diagnosis, trauma series radiographs of the shoulder were taken. The fractures were classified according to the system proposed by Neer. We used the scale of the University of California, Los Angeles (UCLA), in the evaluation of results. RESULTS: There were 47% good and 26% excellent results using the "parachute technique" according to the UCLA score. CONCLUSION: the "parachute technique" is a safe and effective treatment for two or three part displaced and unstable fractures of the proximal humerus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Avaliação da qualidade de vida dos pacientes idosos com fratura do colo do fêmur tratados cirurgicamente pela artroplastia parcial do quadril/ Assessment of quality of life among elderly patients with femoral neck fractures surgically treated by partial hip arthroplasty

Chikude, Takeshi; Fujiki, Edison Noboru; Honda, Emerson Kiyoshi; Ono, Nelson Keike; Milani, Carlo
2007-01-01

Resumo em português Foram analisados 30 pacientes, cuja idade variou de 70 a 95 anos, sendo 24 (80%) do sexo feminino e seis (20%) do masculino, que sofreram fratura do colo do fêmur e foram operados de artroplastia parcial do quadril entre 2001 e 2003, nos seguintes hospitais: Hospital Ipiranga SUS-SP e Hospital Estadual Mário Covas de Santo André-SP. A artroplastia parcial foi realizada nas fraturas do colo de fêmur instáveis Garden III e Garden IV, sendo utilizada a prótese parcial (mais) de Thompson cimentada. Foi aplicado o questionário de qualidade de vida SF-36. Os pacientes foram entrevistados no décimo primeiro mês de pós- operatório, com o objetivo de avaliar a qualidade de vida de pacientes idosos que sofreram fratura do colo do fêmur, tratados cirurgicamente com prótese parcial do quadril. Com relação à saúde física, os pacientes apresentaram baixa pontuação na capacidade funcional e alta nos quesitos referentes aos aspectos físicos, dor e estado geral de saúde. A saúde mental foi moderada quanto à vitalidade e alta nos aspectos sociais, emocionais e na saúde mental propriamente dita. Podemos concluir que a artroplastia parcial de Thompson, pós-fratura do colo do fêmur, em pacientes acima de 80 anos, analisados no período pós-operatório de 11 meses, permite uma boa qualidade de vida. Resumo em inglês Thirty patients with ages ranging from 70 to 95 years, 24 (80%) females and six (20%) males with femoral neck bone fracture were assessed. They were submitted to partial hip arthroplasty between 2001 and 2003, in the following hospitals: Hospital Ipiranga SUS-SP and Mario Covas State Hospital- Santo André-SP. Partial arthroplasty was performed in unstable Garden III and Garden IV fractures, using the partial cemented Thompson's prosthesis. The SF-36 questionnaire on heal (mais) th-related quality of life was applied. Patients were interviewed at the eleventh month after surgery, aiming to evaluate quality of life in elderly patients who had femoral neck fractures and surgically treated with partial hip prosthesis. Regarding their physical health, patients presented low scores related to functional capacity and high scores regarding physical aspects, pain and overall health status. Mental health was shown to be moderate regarding vitality and high in terms of social and emotional aspects, as well as mental health itself. We may conclude that Thompson's partial arthroplasty, after femoral neck fracture in patients over the age of 80 years, followed-up for 11 months after surgery, enables a good quality of life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Análise de 126 fraturas de face em crianças menores de 12 anos/ Analyses of 126 facial fractures in children under 12 years old

Morano, Fernando Giovanetti; Sampaio, Marcelo Moura Costa; Freitas, Renato da Silva; Alonso, Nivaldo; Ferreira, Marcus Castro
1998-06-01

Resumo em português As fraturas da face em crianças são infreqüentes e a melhor forma de tratamento ainda é a prevenção. Com isso nosso estudo busca caracterizar epidemiologicamente as fraturas de face em crianças enfatizando os sítios principais. Analisamos 126 fraturas de face em 98 crianças atendidas no HC-FMUSP, entre janeiro de 1990 e julho de 1996. A causa mais freqüente foi a queda de alturas e o osso da face mais acometido foi a mandíbula (29%), seguida do osso nasal (24%) (mais) . Das fraturas da mandíbula, o corpo foi a região mais envolvida (31%), seguido do côndilo (27%). Traumas associados estiveram presentes em 24% dos casos, sendo traumatismo crânio-encefálico o mais freqüente. Os acidentes domésticos são as principais causas de fraturas de face em crianças, portanto, medidas preventivs simples podem ser adotadas objetivando diminuir o número desses acidentes. Resumo em inglês Fractures of facial skeleton in children are uncommon and the prevention is the best measure to combat it, until now. Therefore, this study has the objective of characterise the epidemiologic profile of the facial fractures in children in our environment and show the bone most account. We analyses the results of 126 facial fractures in 98 children who were admited to the "HC-FMUSP" between January 1990 and July 1996. The major cause of facial fractures was falls and in th (mais) is group 85% occurred from over the home. Mandibular fractures occurred most frequently (29%), following by nasal fractures (24%0. In regard to the mandibular fractures, the body had been showed most injuries (31 % ) following by the condyle (27%). Associated injuries happened in 24% of the victims and the most frequently was the neurocraniun injury. Domestic accidents are the main cause of facial fractures in children in our environment, therefore simple preventive care can be taken to decrease the number of these accidents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

A visão do ortopedista brasileiro sobre a descarga parcial de peso em ortostase nas fraturas expostas da diáfise da tíbia após osteossíntese/ The view of Brazilian orthopedists on partial weight bearing in open fractures of the tibial shaft following osteosynthesis

Sella, Valéria R. G.; Machado, Paula C. D.; Fernandes, Hélio J. A.; Limonge, William R.; Reis, Fernando B.; Faloppa, Flávio
2009-12-01

Resumo em português CONTEXTUALIZAÇÃO: As fraturas da diáfise da tíbia são as mais frequentes dentre as dos ossos longos. Há descrições na literatura, de acordo com o método e dispositivo de tratamento, com recomendações que vão desde a descarga total até a proibição do suporte de peso corporal em ortostase. Existem estudos comparando os dispositivos de osteossíntese e os diversos aspectos cirúrgicos, porém não são encontradas referências que descrevam como e quando se de (mais) ve liberar a descarga sobre o membro acometido na posição ortostática. OBJETIVOS: Verificar, entre os ortopedistas brasileiros, qual ou quais são os métodos de osteossíntese adotados para o tratamento de fraturas expostas de tíbia, se indicam o tratamento fisioterápico, quando e quais fatores influem para liberar a descarga parcial em ortostase, tanto para a função quanto para a fisioterapia. MÉTODOS: 235 ortopedistas responderam a um questionário durante o XIV Congresso Brasileiro de Trauma Ortopédico. RESULTADOS: Os resultados mostraram que, no Brasil, o dispositivo de osteossíntese mais utilizado é o fixador externo (FE), porém a descarga de peso em pé ocorre mais precocemente quando são utilizadas as hastes intramedulares. A grande maioria dos ortopedistas indica fisioterapia, e o período para liberação de descarga de peso parcial em ortostatismo varia de acordo com o material de síntese utilizado. Conclusões: Concluiu-se que há preferência pelos FEs, a grande maioria indica tratamento fisioterápico e o material de síntese influencia o tempo de liberação de descarga parcial de peso em ortostatismo. Resumo em inglês BACKGROUND: Tibial shaft fractures are the most frequent among long bone fractures. They are described in the literature according to the device and method of treatment, with recommendations that range from full weight bearing to non-weight bearing restrictions. There are studies comparing osteosynthesis devices and surgical aspects, but no references were found on how or when to allow weight bearing on the affected limb in the standing position. OBJECTIVES: The present s (mais) tudy learned from Brazilian orthopedists which methods of osteosynthesis they use to treat open tibial fractures, whether they refer patients to physical therapy, when and why they allow partial weight bearing for both physical activity and therapy. METHODS: Two hundred and thirty-five orthopedists answered a questionnaire during the 14th Brazilian Conference of Orthopedic Trauma. Results: The results showed that, in Brazil, the most widely used osteosynthesis device is the external fixator, but earlier weight bearing while standing occurs when intramedullary nails are used. Most orthopedists refer patients to physical therapy and allow partial weight bearing in the standing position according to the material used for synthesis. CONCLUSIONS: It was concluded that there is a preference for external fixation, that most orthopedists refer patients to physical therapy and that the synthesis material influences restrictions on partial weight bearing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Fraturas expostas: estudo epidemiológico e prospectivo/ Open fractures: prospective and epidemiological study

Arruda, Luciano Rodrigo Peres; Silva, Marco Aurélio de Campos; Malerba, Frederico Galves; Fernandes, Miguel de Castro; Turíbio, Flávio Moral; Matsumoto, Marcelo Hide
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Traçar o perfil epidemiológico dos pacientes atendidos em uma unidade de urgência com diagnóstico de fratura exposta. MATERIAIS E MÉTODOS: O trabalho é do tipo epidemiológico, prospectivo, descritivo, observacional, das fraturas expostas atendidas por amostra de conveniência na instituição, no período de 1 setembro de 2005 a 31 de março de 2007. A coleta dos dados foi através de questionário com diversas variáveis. RESULTADOS: Obtivemos 342 pacien (mais) tes portadores de 346 fraturas, sendo a maioria do sexo masculino (86,84%), com idade média de 30,41 anos e tempo médio de internação de 6,87 dias. As profissões encontradas foram os estudantes (21,92%), seguido dos "motoboys" (11,40%). Os acidentes ocorreram em vias públicas (57,30%), acometendo os ossos da perna (37,86%) e classificadas como grau III (45,36%). Lesões associadas ocorreram em 27,19%, apresentando 11,11% de complicações. Houve consumo de bebida alcoólica (12,86%) e drogas (1,46%) nas 6 horas que antecederam o trauma. CONCLUSÃO: Houve o predomínio do paciente jovem do sexo masculino, com ensino fundamental incompleto, acidentes de trânsito, no período das 19hs às 0hs, acometendo os ossos da perna e classificadas como grau III. As lesões associadas e complicações precoces estão mais relacionadas às lesões de maior gravidade. Resumo em inglês OBJECTIVE: to delineate the epidemiological profile of patients attended by an emergency unit, diagnosed with open fractures. MATERIALS AND METHODS: This is an epidemiological, prospective, descriptive, observational study of open fractures attended at the institution, selected by convenience sampling, in the period September 1, 2005 to March 31, 2007. The data were collected from patients using a questionnaire with multiple variables. RESULTS: we obtained 342 patients wi (mais) th 346 open fractures. The majority of the patients were male (86.84%), with an average age of 30.41 years and average hospitalization time of 6.87 days. The main professions were students (21.92%), followed by motorcycle couriers (11.40%). The accidents occurred on public roads (57.30%), affecting mainly the leg bones (37.86%) and classified as level III (45.36%). Associated injuries occurred in 27.19%, with 11.11% complications. There was evidence of alcohol consumption (12.86%) and drug use (1.46%) in the six hours prior to the trauma. CONCLUSION: The patients were mainly young, male, with incomplete school education. The main cause of the traumas was road accidents, occurring at night (between 7 pm and midnight), with leg bone injuries classified as level III. The associated injuries and early complications were predominantly related to injuries of greater severity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Fraturas do planalto tibial/ Tibial plateau fractures

Kfuri Júnior, Maurício; Fogagnolo, Fabrício; Bitar, Rogério Carneiro; Freitas, Rafael Lara; Salim, Rodrigo; Paccola, Cleber Antonio Jansen
2009-01-01

Resumo em português As fraturas do planalto tibial são lesões articulares cujos princípios de tratamento envolvem a redução anatômica da superfície articular e a restauração funcional do eixo mecânico do membro inferior. Contribuem para a tomada de decisões no tratamento dessas fraturas o perfil do paciente, as condições do envelope de tecidos moles, a existência de outros traumatismos associados e a infraestrutura disponível para abordagens cirúrgicas. Para as fraturas de al (mais) ta energia, o tratamento estagiado, seguindo o princípio do controle de danos, tem como prioridade a manutenção do alinhamento do membro enquanto se aguarda a resolução das más condições de tecidos moles. Já nos traumas de baixa energia, desde que os tecidos moles não sejam um fator adverso, o tratamento deve ser realizado em tempo único, com osteossíntese definitiva. Fixação estável e movimento precoce são variáveis diretamente relacionadas com os melhores prognósticos. Desenvolvimentos recentes, como os implantes com estabilidade angular, substitutos ósseos e imagens tridimensionais para controle intraoperatório, deverão contribuir para cirurgias menos invasivas e melhores resultados. Resumo em inglês Tibial plateau fractures are joint lesions that require anatomical reduction of joint surface and functional restoration of mechanical axis of a lower limb. Patient profile, soft tissue conditions, presence of associated injuries and the available infrastructure for the treatment all contribute to the decision making about the best treatment for these fractures. High-energy fractures are usually approached in a staged manner respecting the principle of damage control, and (mais) are primarily targeted to maintain limb alignment while the resolution unfavorable soft tissue conditions is pending. Low-energy trauma can be managed on a single-stage basis, provided soft tissues are not an adverse factor, with open reduction and internal f-ixation. Stable fixation and early painless joint movement are related to a better prognosis. New developments as locked plates, bone replacements, intraoperative 3D imaging are promising and will certainly contribute for less invasive procedures and better outcomes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Fratura com afundamento craniano em crianças com menos de dois anos de idade: estudo retrospectivo de 43 casos/ Depressed skull fractures in children under two years old: retrospective study of 43 cases

Miura, Flávio K.; Plese, José Píndaro P.; Ciquini Jr, Orildo; Martinez, Jorge A. G.; Matushita, Hamilton
1995-09-01

Resumo em português As fraturas com afundamento da calota craniana (FAC) são relativamente frequentes e seu tratamento neurocirúrgico está bem estabelecido, porém pouca atenção tem sido dada a esta patologia na faixa etária de 0 a 2 anos de idade. Este estudo baseia-se na análise retrospectiva de 43 pacientes com FAC e idade entre 0 e 2 anos. As principais causas da FAC foram as quedas, seguidas pelos atropelamentos. A maioria dos pacientes foi admitida em estado de alerta. O osso cr (mais) aniano mais frequentemente acometido foi o parietal (55,8%). A maioria apresentava FAC tipo 1, isto é, aquela na qual o osso deprimido permanece conectado à calota craniana. Tratamento cirúrgico foi instituído em 69,8% dos casos. A incidência de lesões encefálicas associadas foi mais baixa do que a relatada na literatura. Resumo em inglês Depressed skull fractures (DSF) in infancy and childhood are frequent but only a few articles make an analysis in children with age between 0 and 2 years. This is a retrospective study of 43 patients with DSF and age ranged from 0 to 2 years. Falls and traffic accidents were the most common causes. Most patients were admitted in alert state. 69.8% of the patients were submitted to surgical treatment. The parietal bone was more frequently injured (55.8%). Most of the patie (mais) nts had type 1 DSF (the depressed bone remains connected to the cranial vault). The incidence of associated lesions of nervous system was lower than reported in the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)