Sample records for forests
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

A paixão das florestas ou as viagens de Mme. van Langendonck/ The forests passion or travels of Mme. van Langendonck

Muzart, Zahidé Lupinacci
2008-12-01

Resumo em português Neste artigo, analiso o diário de viagem ao Brasil da belga Mme. van Langendonck. De pequena nobreza, teve excelente educação, o que se percebe na leitura de suas páginas, cheias de observações inteligentes sobre o País, as colônias, os emigrantes e o governo brasileiro. Foi poetisa e escritora com obras publicadas como Aubepines, poesia, editado em 1841 Heures poétiques, poesia, editado em 1846. Quando ficou viúva, em 1857, decide renunciar à vida confortável (mais) de seu país natal e emigra para o Brasil, aqui permanecendo por dois anos. Sua aventura nas florestas do Rio Grande do Sul originou uma narrativa muito viva e colorida que publicou na Bélgica em 1862, sob o título de Une colonie au Brésil. Resumo em inglês In this article, I analyze the Brazil travel diary written by Belgium writer Mme. van Langendonck. Being of small nobility, she had an excellent education, what can be noticed by reading their texts full of clever observations about the country, the colonies, the emigrants, and the Brazilian government. She was a poet and writer, and published works such as Aubepines, poetry, in 1841, and Heures poétiques, poetry, in 1846. When she became widow, in 1857, decides to renou (mais) nce to the comfortable life in her country and immigrates to Brazil, staying here for two years. Her adventure in the forests of Rio Grande do Sul originated a very vivid and colorful narrative that was published in Belgium in 1862 under the title Une colonie au Brésil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Comparação entre florestas de várzea e de terra firme do Estado do Pará/ Comparision between "várzea" and "terra firme" forests in the state of Para

Gama, João Ricardo Vasconcellos; Souza, Agostinho Lopes de; Martins, Sebastião Venâncio; Souza, Deoclides Ricardo de
2005-08-01

Resumo em português Foram analisados agrupamentos florísticos entre comunidades arbóreas localizadas em diferentes locais do Estado do Pará, por meio de um banco de dados composto por 24 inventários em florestas de terra firme e 10 em floresta de várzea. Utilizaram-se o índice de Jaccard no cálculo da matriz de similaridade florística, que foi transformada em matriz de distância euclidiana, e o Método de Ward na definição dos grupos. Pelos resultados, foi possível concluir que a (mais) s composições florísticas das florestas de várzea e terra firme são bem distintas. Poucas espécies ocorrem nos dois ecossistemas; a floresta de terra firme apresenta maior riqueza de espécies arbóreas que a floresta de várzea; houve tendência das florestas de terra firme em se agruparem mais pela situação antrópica e proximidade geográfica do que as florestas de várzea; em geral, as florestas agruparam-se em ordem decrescente de importância dos fatores: saturação hídrica do solo, situação antrópica e proximidade geográfica. Resumo em inglês Floristic groups among arboreous communities were analyzed in different regions of Pará State, using 34 different forest inventory (24 on "terra firme" and 10 on "várzea" forests) data basis. The Jaccard Index was used to calculate the matrix of floristic similarity, which was turned into a Euclidean matrix of distance, and the Ward Method to define groups. Through the results it was possible to conclude that the floristic composition of varzea and terra firme forests a (mais) re quite different. Few species occur in both ecosystems; terra firme forest shows a higher tree species richness than varzea forest. There was a cluster tendency of terra firme forests, more related to the anthropic situation and geographic proximity than varzea forests; in general, the forests formed clusters according to a decreasing order of importance, such as: soil hydric saturation, anthropic situation and geographic proximity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Diversidade arbórea das florestas alto montanas no Sul da Chapada Diamantina, Bahia, Brasil/ Tree diversity of high montane forests in Southern Chapada Diamantina, Bahia, Brazil

Nascimento, Francisco Haroldo Feitosa do; Giulietti, Ana Maria; Queiroz, Luciano Paganucci de
2010-09-01

Resumo em português A região do extremo Sul da Chapada Diamantina abriga as maiores altitudes do Nordeste brasileiro. Situam-se nessas serras as maiores elevações da região Nordeste, entre elas, o Pico do Barbado (2.033 m.s.n.m.). Dois dos rios mais importantes da Bahia nascem nestas serras: o Rio de Contas e o Rio Paramirim. A região é bem conhecida botanicamente, porém, este foi o primeiro inventário quantitativo realizado enfocando as formações florestais. Comparou-se a composi� (mais) �ão florística de 12 fragmentos de floresta montana, entre 1.350 e 1.750 m.s.n.m., tendo sido amostrados os indivíduos com PAP> 8 cm. Registrou-se a presença de 116 espécies em 84 gêneros de 48 famílias. As famílias com maior número de espécies foram Myrtaceae (N=20) e Lauraceae (N=10). Os gêneros com maior número de espécies foram Ocotea (N=7), Myrcia (N=5), Eugenia (N=4) e Miconia (N=4). A maioria das espécies apresentou padrão de distribuição amplo, mas foram encontradas espécies comuns a formações florestais de altitude do Sudeste e Sul do Brasil, como Drimys brasiliensis Miers (Winteraceae) e Weinmannia paulliniifolia Pohl (Cunnoniacae). A flora dos fragmentos estudados compartilha baixo número de espécies com as formações estacionais deciduais do entorno da Chapada Diamantina, indicando que estas florestas são únicas e merecem atenção especial, para sua conservação. Resumo em inglês The southernmost region of Chapada Diamantina, nearest to Rio de Contas harbours the highest peaks of the Brazilian northeastern region, including Pico do Barbado (2,033 m.a.s.l.) and the source of the two important rivers in Bahia state (Rio de Contas and Rio Paramirim). The region is well known botanically. This was the first quantitative study to survey the floristic composition of 12 fragments of montane forests (1,350 m.a.s.l. to 1750 m.a.s.l.) including trees > 8 cb (mais) h. A total of 117 species, 84 genera and 48 families were found. The richest families were Myrtaceae (N=20) and Lauraceae (N=10). The richest genera were Ocotea (N=7), Myrcia (N=5), Eugenia (N=4) and Miconia (N=4). Most species had wide geographic distributions, but some are found only in montane forests of southeastern and southern Brazil such as Drimys brasiliensis Miers (Winteraceae) and Weinmannia paulliniifolia Pohl (Cunnoniacae). The fragments studied have low similarity with seasonally dry tropical forests that surround Chapada Diamantina, emphasizing the uniqueness of these forests and the need for protection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Composição florística de florestas estacionais ribeirinhas no estado de Mato Grosso do Sul, Brasil/ Floristic composition of seasonal riparian forests in Mato Grosso do Sul state, Brazil

Baptista-Maria, Vivian Ribeiro; Rodrigues, Ricardo Ribeiro; Damasceno Junior, Geraldo; Maria, Fabrício de Souza; Souza, Vinicius Castro
2009-06-01

Resumo em português O presente estudo teve como objetivos caracterizar a composição florística em dois trechos de floresta estacional semidecidual associada ao rio Formoso, Bonito, MS, e em três trechos de florestas estacionais deciduais e semideciduais associadas aos rios Salobra, Salobrinha e Perdido ocorrentes no Parque Nacional da Serra da Bodoquena (76.481 ha) - única unidade de Conservação Federal de Proteção Integral implantada no Estado de Mato Grosso do Sul. O levantamento (mais) florístico foi realizado mensalmente entre o período de outubro/2004 a março/2006, onde foram coletadas fanerógamas em fase reprodutiva (flores e frutos), através do método de tempo de avaliação. O levantamento florístico resultou em 56 famílias, 184 gêneros e 307 espécies. Do total das espécies, 68% apresentaram hábito arbóreo, 17% arbustos, 14% foram lianas e apenas 1% palmeiras. A família Fabaceae (Leguminosae), representada por 51 (16,6%) espécies, foi a de maior riqueza. Os resultados obtidos neste trabalho contribuíram para o conhecimento da flora sul-mato-grossense e sua distribuição geográfica, reforçando a necessidade de conservação destas matas ribeirinhas e fornecendo subsídios para os planos de restauração das áreas degradadas do entorno da unidade de conservação e das áreas de proteção permanente (APP's) dos rios ocorrentes na região. Resumo em inglês This study aimed to characterize the floristic composition in two stretches of seasonal semideciduous forest associated with the Formoso River, Bonito, Mato Grosso do Sul State, and in three stretches of seasonal deciduous and semideciduous forests associated with the Salobra, Salobrinha and Perdido rivers in Bodoquena Plateau National Park (76,481 ha) - the only Federal Conservation unit with Integral Protection in the state of Mato Grosso do Sul. The floristic survey wa (mais) s carried out monthly from October/2004 to March/2006, where flowering and fruiting phanerogams were collected by the method of evaluation time. The floristic survey resulted in 56 families, 184 genera and 307 species. Of the total number of species, 68% were trees, 17% shrubs, 14% lianas and only 1% palms. The Fabaceae family (Leguminosae), represented by 51 (16.6%) species, was the most species-rich. These results increase our knowledge of the Mato Grosso do Sul flora and its geographic distribution, thus emphasizing the need for conservation of these riparian forests and providing subsidies for restoration projects of the degraded areas around the conservation unit and permanent protection areas (APPs) of regional rivers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Comparação florística de florestas inundáveis das regiões Sudeste e Sul do Brasil/ Floristic comparison of wetland forests in Southeast and South Brazil

Silva, Ana Carolina da; Berg, Eduardo Van Den; Higuchi, Pedro; Oliveira Filho, Ary Teixeira de
2007-06-01

Resumo em português Este estudo avaliou a variação da composição florística do componente arbóreo de 35 áreas inundáveis das regiões Sul e Sudeste do Brasil. Foi utilizada uma lista com 602 espécies arbóreas de 23 áreas de florestas aluviais (inundações temporárias) e 12 de florestas paludosas (inundações permanentes). Por meio de um teste de chi2, as espécies foram classificadas de acordo com o habitat em: 1) preferenciais de florestas paludosas, e.g. Magnolia ovata (A. St (mais) .-Hil.) Spreng., Dendropanax cuneatus (DC.) Decne & Planch. e Calophyllum brasiliense Cambess.; 2) preferenciais de florestas aluviais, e.g. Sebastiania commersoniana (Baill.) L.B. Sm. & Downs, Ocotea pulchella Mart. e Sorocea bonplandii (Baill.) W. Burger et al. e 3) espécies não preferenciais, e.g. Luehea divaricata Mart. & Zucc., Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassman e Copaifera langsdorffii Desf. A análise multivariada de gradientes (DCA) demonstrou maior agrupamento das florestas paludosas do que florestas aluviais, indicando maior heterogeneidade florística do último grupo. Os resultados indicaram que a variação, ambiental associada aos diferentes regimes de inundação é determinante na definição dos padrões fitogeográficos de áreas inundáveis. Resumo em inglês This study evaluated the variation of tree species composition of 35 wetland forest areas in Southeast and South Brazil. The analysis of the floristic composition was based on a floristic checklist containing 602 species of 23 alluvial forests (seasonally inundated) and 12 swamp forests (permanently waterlogged). The species were classified, using a chi2 test, according to the habitat preference in: 1) swamp forest species, e.g. Magnolia ovata (A. St.-Hil.) Spreng., Dendr (mais) opanax cuneatus (DC.) Decne & Planch. and Calophyllum brasiliense Cambess.; 2) alluvial forest species, e.g. Sebastiania commersoniana (Baill.) L.B. Sm. & Downs, Ocotea pulchella Mart. and Sorocea bonplandii (Baill.) W. Burger et al. and 3) non preferential species, e.g. Luehea divaricata Mart. & Zucc., Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassman and Copaifera langsdorffii Desf. Multivariate gradient analysis (Detrended Correspondence Analysis) showed higher clustering of swamp forest areas than aluvial forest areas, indicating close florist similarity in the first group. The results indicated that the environmental heterogeneity associated to different flood regimes is determinant in defining the phytogeographic patterns of wetland forest areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Análise da similaridade florística entre florestas do Alto Rio Xingu, da Bacia Amazônica e do Planalto Central/ Analysis of floristic similarity between forests of the Upper Xingu River and forests of the Amazon Basin and of the Planalto Central

Kunz, Sustanis Horn; Ivanauskas, Natália Macedo; Martins, Sebastião Venâncio; Silva, Elias; Stefanello, Daniel
2009-12-01

Resumo em português Por meio de estudos recentes, a identidade fitogeográfica do Alto Rio Xingu foi reconhecida como Floresta Estacional Perenifólia por apresentar características físicas e florísticas próprias, embora situada na área de contato entre a floresta ombrófila e o cerrado. Neste sentido, este estudo apresenta a similaridade florística entre florestas estacionais deciduais e semideciduais, Cerrado do Brasil Central e florestas ombrófilas amazônicas, buscando interpretar (mais) as relações entre a Floresta Estacional Perenifólia do Alto Xingu com uma ou outra formação. Foram selecionadas 32 listagens de espécies arbustivo-arbóreas de estudos florísticos/fitossociológicos. A similaridade florística foi calculada por meio do índice de Jaccard e da construção de dendrograma baseado na média de grupo. A análise de similaridade permitiu identificar a clara distinção florística entre os biomas Cerrado e Floresta Amazônica, bem como as áreas de tensão ecológica entre estes biomas. As áreas de floresta estacional perenifólia foram mais similares com a floresta estacional semidecidual monodominante, o que pode ser explicado por estarem inseridas em uma região ecotonal entre o Cerrado e a Floresta Amazônica. A baixa similaridade da Floresta Estacional Perenifólia com os demais tipos florestais confirma a flora própria desta fitofisionomia, o que evidencia o seu reconhecimento em uma região considerada como área de transição. Resumo em inglês Recent studies have showed that the phytogeographic identity of the Upper Xingu River is as Seasonal Evergreen Forest. The region has peculiar physical and floristic characteristics, located at the contact area between the rain forest and the Brazilian Savannah (Cerrado). This study shows the floristic similarity between deciduous and semideciduous seasonal forests, cerrado of Middle Brazil and Amazonian tropical rain forests, aiming to interpret the relationship of the S (mais) easonal Evergreen Forest of the Upper Xingu with one of these formations. Thirty-two lists of arbustive-arboreal species were taken from floristic and phytosociologic studies. The floristic similarity was estimated by Jaccard's index and the construction of dendrogram based on group mean values. The analysis of similarity allowed the identification of the clear floristic distinction between the Cerrado and the Amazon Forest biomes, as well as the areas of ecological tension between these biomes. The areas of seasonal evergreen forest were more similar to the monodominant semideciduous seasonal forest, which may be a consequence of their location in the ecotone between the Cerrado and the Amazon Forest. The low similarity between the Seasonal Evergreen Forest and the other forest types confirme the unique flora possessed by this phytophysiognomy, that demonstrates its recognition in a region considered as the transition area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Avaliação do impacto da fragmentação de florestas nativas sobre a mesofauna edáfica na região de Dourados-MS/ Evaluation of impact of fragmentation of native forests about the soil mesofauna Dourados-MS

Gomes, Ana Amélia; Mussury, Rosilda Mara; Scalon, Silvana de Paula Quintão; Watthier, Fabiana; Cunha, Keilla Aparecida Almeida; Scalon Filho, Homero
2007-06-01

Resumo em português Este trabalho, objetivou-se avaliar o impacto da fragmentação sobre a dinâmica populacional de indivíduos da mesofauna edáfica em três fragmentos de florestas nativas na região de Dourados, MS, sendo dois deles localizados em área indígena (Jaguapiru e Bororó) e o terceiro em outra área não indígena (fazenda Azulão). Para avaliar o impacto da fragmentação, foi avaliado o número de Acari Oribatida e Gamasida e insetos Collembola nas três áreas de estudo, (mais) utilizando o funil de Berlesse modificado. Observou-se que o fragmento Bororó apresentou um número médio total de 8,42 organismos seguido da Jaguapirú com 11,25 e Azulão com 16,74. Os Acari Oribatida e Gamasida foram os mais numerosos nas três áreas estudadas. Resumo em inglês This work aimed to evaluate the impact of fragmentation on populational dynamic of individual of soil mesofauna in three fragments of native forests in Dourados-MS, from which two of them are located inside indigenous area (Jaguapiru and Bororó) and the third in a non-indigenous area (Azulão farm). For evaluating the impact of fragmentation, number of Oribatid and Gamasida Acari and Collembola insects in these three areas of study was evaluated using a modified Berlesse (mais) funnel. It was observed that Bororó fragment presented a total average number of 8.42 organisms, Jaguapiru with 11.25 and Azulão with 16.74. Oribatida and Gamasida Acari were the most numerous organisms in both three studied areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Análise florística e estrutura de florestas de várzea no estuário amazônico/ Floristic analysis and structure of tidal flooded forests in the amazonian estuary

Almeida, Samuel Soares de; Amaral, Dário Dantas do; Silva, Antonio Sérgio Lima da
2004-12-01

Resumo em português Este trabalho apresenta os resultados de análise fitossociológica e da estrutura, feita em 4 inventários florísticos executados em parcelas de 1 hectare de florestas inundáveis de várzea localizadas na área do estuário e do baixo Amazonas. As florestas de várzea do estuário albergam uma riqueza de espécies relativamente baixa em relação a outras áreas da região como as florestas de terra firme. No entanto a estrutura de tamanho é considerável, com as árv (mais) ores atingindo elevada biomassa vegetal. Provavelmente isto é devido ao aporte constante de nutrientes através dos sedimentos que viajam milhares de quilômetros de distância desde as nascentes andinas até o delta do rio Amazonas. As florestas inundáveis de várzea são dominadas por poucas espécies, algumas com muitos indivíduos, como o açaí (Euterpe oleracea) e o muru-muru (Astrocaryum murumuru), outras com árvores muito grandes como a pitaíca (Swartzia polyphylla), pracuúba (Mora paraensis) e a seringueira (Hevea brasiliensis). A ucuúba (Virola surinamensis), uma espécie que apresenta populações ameaçadas pela exploração madeireira, parece apresentar tanto indivíduos grandes como elevada densidade. As florestas de várzea apresentam baixa similaridade entre si, provavelmente decorrente da imensa variação do ambiente de várzea nos rios, paranás, ilhas e lagos, como os efeitos de zonação, altura de inundação, salinidade, velocidade da água, entre outros fatores. Estratégias de seleção de áreas de várzea para conservação devem levar em conta a variação ambiental, o grau de interferência humana e a diversidade local e entre ambientes. Resumo em inglês This work presents results of the analysis made in four 1-hectare plots of floristic inventory in the flooded forests located in the delta and lower basin of the Amazon river. The flooded forests, so called "várzea" forests, harbor a relatively low species richness in relation to other areas such as "terra firme" forests. However the structure in size is considerable, with trees attaining high plant biomass. Probably that is due to the constant contribution of nutrients (mais) through the sediments that travel thousands of kilometers from the watersheds of the Andes to the delta of the Amazon river. The flooded forests of "várzea" are dominated by very few species (oligarchic forests), some they with so many individuals such us the açaí (Euterpe oleracea) and the muru-muru (Astrocaryum murumuru) palms, another with very big trees like the pitaíca (Swartzia polyphylla), pracuúba (Mora paraensis) and the seringueira (Hevea brasiliensis). The ucuúba (Virola surinamensis), a species whose populations are threatened by the timber logging, it has both large trees and great abundance. The delta flooded forests have low similarity when compared to each other, probably due to the immense variation of the environment in rivers, channels, islands and lakes. Local effects such as topographic gradient, flood height, salinity, velocity of the water can strongly affect the diversity, abundance and distribution of plants. Strategies of selection of várzea areas for conservation should take into account the environmental variation, the degree of human interference and both local and the diversity between habitats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Biomassa e estoque de carbono e nutrientes em florestas montanas da mata atlântica na região norte do estado do Rio de Janeiro/ Biomass, carbon and nutrient pools in montane atlantic forests in the north of Rio de Janeiro state, Brazil

Cunha, Gláucio de Mello; Gama-Rodrigues, Antonio Carlos; Gama-Rodrigues, Emanuela Forestieri; Velloso, Ary Carlos Xavier
2009-10-01

Resumo em português Os estudos sobre balanço de C e nutrientes em florestas naturais permitem avaliar possíveis alterações decorrentes de técnicas de manejo aplicadas e possibilitam inferir a sustentabilidade dessas florestas. Os objetivos deste trabalho foram avaliar o teor de nutrientes de espécies nativas e quantificar a biomassa (parte aérea + serapilheira) e os estoques de C e nutrientes em fragmentos florestais montanos da Mata Atlântica (Floresta Ombrófila Densa Montana) na r (mais) egião norte do Estado do Rio de Janeiro, no período de maio de 1999 a abril de 2001. Foram selecionados dois fragmentos, localizados a 900 e 600 m de altitude, na vertente atlântica do Parque Estadual do Desengano, RJ. O solo de ambos os fragmentos florestais foi classificado como Cambissolo Háplico Tb distrófico. O valor médio de biomassa (parte aérea + serapilheira) foi de 166,8 Mg ha-1. Em consequência, a acumulação média de C na vegetação foi de 67, 2 Mg ha-1. Os estoques médios de N, P, K, Ca e Mg na vegetação foram de 1.152, 44,4, 276,5, 603,5 e 127,9 kg ha-1, respectivamente. Por outro lado, as espécies revelaram distinta capacidade de estoque de nutrientes. O balanço negativo de P, K e Ca {solo - (parte aérea + serapilheira)} indica que esses elementos constituem principais fatores nutricionais limitantes ao crescimento dos fragmentos florestais montanos da Mata Atlântica na região norte-fluminense. Resumo em inglês Nutrient balance in tropical forest allows an evaluation of eventual differences due to management practices and conclusions on forest sustainability. The aim of this study was to evaluate the nutrient concentration in native species and quantify biomass production and C and nutrient balance in tropical montane Atlantic Forest fragments (Dense Montane Ombrophile Forest) in the North of Rio de Janeiro State, from May 1999 to April 2001. Two sites were selected in the State (mais) Park of Desengano, at 900 and 600 m asl. The soil of both forest fragments was classified as Dystrophic Haplic Cambissol. The biomass production (above ground + accumulated litter) was 166.8 Mg ha-1. Consequently, the C accumulation was 67.2 Mg ha-1. The mean N, P, K, Ca and Mg pools were 1,152, 44.4, 276.5, 603.5 and 127.9 kg ha-1, respectively. However, at each forest site, the species differed in nutrient pools. The negative balance {soil - (above ground + litter)} of P, K and Ca indicated that these elements were the most limiting to the growth of montane forest fragments at the study sites.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Síndromes de dispersão de espécies arbóreas de florestas ombrófilas submontanas do estado do Rio de Janeiro/ Dispersal syndromes of woody species in the submountaine ombrophilous forests of the Rio de Janeiro State, Brazil

Carvalho, Fabrício Alvim
2010-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar as diferenças nas proporções das síndromes de dispersão de propágulos de espécies arbóreas entre florestas ombrófilas submontanas secundárias e preservadas no Estado do Rio de Janeiro. Foram utilizadas listas de espécies de sete florestas secundárias e cinco preservadas. Partiu-se da hipótese de que as florestas secundárias apresentariam menor riqueza e densidade de espécies arbóreas com síndrome de dispersão biót (mais) ica (zoocoria). As médias das proporções de árvores com síndrome de dispersão biótica entre florestas secundárias e preservadas foram comparadas pelo teste U. Apesar de preponderarem em ambas, florestas secundárias e preservadas diferiram significativamente em riqueza e densidade de espécies com dispersão biótica (P Resumo em inglês This study aimed to evaluate the differences between propagule dispersal syndromes of woody species in secondary and mature submountaine ombrophilous forests in the State of Rio de Janeiro, Brazil. The hypothesis is that secondary forests will show lower richness and density of woody species with biotic seed dispersal modes (zoocory). Lists of seven secondary and five mature forests were used. The averages of the proportions of biotic modes between secondary and mature fo (mais) rests were compared through U test. Secondary and mature forests differed statistically in richness and density of biotic species (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Classificação fitogeográfica das florestas do Alto Rio Xingu/ Phytogeographical classification of the Upper Xingu River forest

Ivanauskas, Natália Macedo; Monteiro, Reinaldo; Rodrigues, Ricardo Ribeiro
2008-01-01

Resumo em português Este trabalho propõe a inclusão da categoria Floresta Estacional Perenifólia no sistema oficial de classificação da vegetação brasileira, devido às particularidades florísticas e fisionômicas da floresta da borda sul-amazônica, que atinge maior amplitude geográfica na região do Alto Rio Xingu. Para justificar essa inclusão são apresentadas as características ambientais (clima, solo, hidrologia) e diferenças fisionômicas e florísticas entre as florestas (mais) do Alto Xingu e demais florestas ombrófilas da Bacia do Amazonas e estacionais do Planalto Central. Resumo em inglês This paper proposes the inclusion of the "Evergreen Seasonal Forest" category in the official system used to classify Brazilian forests. This proposal is based upon the floristic and physiognomic particularities of the Southern Amazonian forest, which reach a greater magnitude around the Upper Xingu River. In order to justify the inclusion, the paper reports environmental characteristics (climate, soil and hydrology) as well as floristic and physiognomic differences betwe (mais) en the Upper Xingu River forest and both the Ombrophilous Forest from the Amazon Basin and the Seasonal Forest of the Central Plateau.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Estoques de carbono e nitrogênio em solo sob florestas nativas e pastagens no bioma Pantanal/ Carbon and nitrogen stocks in soil in native forests and pasture in the Pantanal biome, Brazil

Cardoso, Evaldo Luis; Silva, Marx Leandro Naves; Silva, Carlos Alberto; Curi, Nilton; Freitas, Diego Antônio França de
2010-09-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto da conversão da floresta nativa em pastagem cultivada, e exposição da pastagem nativa ao sistema de pastejo contínuo, sobre os estoques de C e N no solo, em ecossistemas naturais do Pantanal. Foram avaliados três remanescentes de floresta nativa, três áreas de pastagens de Urochloa decumbens com diferentes idades de formação, e uma pastagem nativa submetida ao sistema de pastejo contínuo e sem pastejo, por 3 e 19 a (mais) nos. Amostras de solo foram coletadas nas profundidades de 0-10, 10-20 e 20-40 cm, com três repetições. A conversão de florestas em pastagens promoveu redução nos estoques de carbono orgânico e carbono microbiano no solo, principalmente nas pastagens cultivadas há mais tempo. Contudo, não houve alteração nos estoques de nitrogênio total. As perdas nos estoques de carbono ocorreram nas três frações húmicas, mas, proporcionalmente, as maiores perdas ocorreram nas frações ácidos húmicos e fúlvicos. As pastagens cultivadas e nativas, sob pastejo contínuo, não são capazes de acumular mais carbono no solo do que os ecossistemas naturais. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the impact of the conversion of native forests into cultivated pasture, and exposure of native pasture to continuous grazing, on the C and N stocks in the soil, in the Brazilian Pantanal wetlands. Three remnants of native forest, three areas with Urochloa decumbens pastures at different ages of formation, and one native pasture submitted to continuous grazing and without grazing for 3 and 19 years were evaluated. Soil samples wer (mais) e collected at 0-10, 10-20 and 20-40 cm depths, with three replications. The conversion of native forests into pastures promoted reduction of organic carbon and microbial carbon stocks in the soil, mainly in cultivated pastures with longer implantation time. However, no alteration in the total N stocks was observed. Carbon stock losses occurred in the three humic fractions but, proportionally, the main losses occurred in the humic and fulvic acid fractions. Cultivated and native pastures under continuous grazing are not capable of accumulating more C in the soil than the natural ecosystems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Comparação entre solos sob uso agroflorestal e em florestas remanescentes adjacentes, no norte de Rondônia/ Comparison of soils used for agroforestry and of remaining forests, in northern Rondônia State, Brazil

Menezes, José Maria Thomaz; van Leeuwen, Johannes; Valeri, Sérgio Valiengo; Cruz, Mara Cristina Pessôa da; Leandro, Raimundo Cajueiro
2008-04-01

Resumo em português A importância e a eficácia dos sistemas agroflorestais na conservação dos solos tropicais necessitam de comprovações demonstrativas localizadas. Atributos físicos e químicos dos solos de sete parcelas com cinco anos e meio de uso agroflorestal, avaliados na camada de 0-0,2 m, foram comparados aos respectivos solos de florestas remanescentes adjacentes no norte do Estado de Rondônia. Não foram constatadas diferenças na composição granulométrica entre os solos (mais) na camada avaliada, sugerindo que os dois sistemas localizam-se sob o mesmo tipo de solo numa mesma propriedade rural. Nos solos sob sistemas agroflorestais, os valores de pH, Ca e Mg foram sempre maiores do que os dos solos das florestas remanescentes adjacentes, o que é atribuído ao aporte de nutrientes que restaram da queima anterior da floresta, ocorrida entre um e oito anos antes da instalação do sistema agroflorestal. Os teores de matéria orgânica, P e K do solo nos sistemas agroflorestais mantiveram-se com valores semelhantes aos da floresta, cinco anos e meio depois de sua instalação, indicando que esses sistemas preservaram algumas propriedades químicas do solo durante o período considerado. Resumo em inglês The importance and efficiency of agroforestry systems in the conservation of tropical soils need to be demonstrated at the local scale. Physical and chemical soil attributes of seven plots used for agroforestry during 5.5 years were evaluated in the 0-0.2 m layer and compared with the respective soils of adjacent forests fragments in the Northern Rondônia State. No differences in texture were found between the soils in the layer evaluated, indicating that the two systems (mais) are located on the same soil type. In the soils under agroforestry systems, the values of pH, calcium and magnesium were always higher than in the soils of the adjacent forest fragments, which are ascribed to the nutrients released by the previous forest slashing and burning, between one and eight years before the installation of the agroforestry systems. The contents of soil organic matter, phosphorus and potassium in the 5.5 years after the installation of the agroforestry systems remained at values similar to those of the forest fragments. These results indicate that the agroforestry systems preserved some chemical soil properties at similar levels as the natural forest in the study period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Estrutura e regeneração de clareiras em florestas pluviais tropicais/ Canopy gap structure and regeneration in tropical rain forests

Lima, Renato A. Ferreira de
2005-12-01

Resumo em português Este trabalho apresenta uma revisão crítica do conhecimento disponível sobre a estrutura e regeneração de clareiras naturais em Florestas Pluviais Tropicais. Separada em diferentes temas como tamanho de clareiras, tipos de queda, ambiente físico, fontes de regeneração e grupos ecológicos, cada tema é explorado em detalhe através dos trabalhos publicados mais relevantes. Assim, conceitos antigos são expostos e discutidos, e as lacunas de conhecimento são desta (mais) cadas para enriquecer e embasar novos trabalhos. Como resultado, observou-se que apesar de mais de três décadas de estudo e do grande número de trabalhos envolvendo estrutura e regeneração de clareiras, a pesquisa científica no tema ainda possui muitas perguntas a serem respondidas. Ela também possui limitações relacionadas à diversidade de métodos existentes e à dificuldade de comparação entre diferentes florestas do mundo. Conclui-se, portanto, que a pesquisa sobre a estrutura e regeneração de clareiras encontra-se em fase de refinamento teórico e que, por isso, é difícil avaliar a real contribuição da abertura de clareiras no entendimento da dinâmica das diferentes formações florestais. Resumo em inglês This paper presents a critic review of the available knowledge on canopy gap structure and regeneration in Tropical Rain Forests. Separated on different issues such as gap size, type of treefall, physical environment, regeneration sources and ecological groups, each issue is explored in detail through the main studies published. Hence, old issues are discussed and gaps of knowledge are pointed out to enhance and ground future researches. As a result, it was observed that (mais) despite of more then three decades of research and several studies involving gap structure and regeneration, the research regarding the theme still has many questions to be answered. It also has limitations linked to the existing plurality of methods and to the difficulty of comparing different forests worldwide. It was concluded that the research involving gap structure and regeneration is on a theoretical refinement phase and, therefore, it is hard to evaluate the real contribution of canopy openings to the understanding of the different forests formations dynamics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Fenologia de espécies do dossel e do sub-bosque de duas Florestas de Restinga na Ilha do Mel, sul do Brasil/ Phenology of canopy and understory species of two Coastal Plain Forests in Southern Brazil

Marques, Márcia C.M.; Oliveira, Paulo Eugênio A.M.
2004-10-01

Resumo em português Devido à ampla distribuição geográfica, a Floresta Atlântica e os ecossistemas associados estão sujeitos a condicionantes ambientais que variam de acordo com a latitude e que devem influenciar nos processos dinâmicos das comunidades. Para avaliar se a fenologia de florestas da região atlântica pode ser determinada por tais variações, plantas do dossel e do subbosque (total 55 espécies) de duas Florestas de Restinga (Floresta não inundável e Floresta inundáv (mais) el) foram acompanhadas por dois anos na Ilha do Mel, localizada em região meridional da distribuição da Floresta Atlântica e com pouca diferença climática entre o período superúmido (setembro a maio) e úmido (junho a agosto). Apesar das diferenças florísticas e estruturais, as duas florestas apresentaram padrões semelhantes, com pico de queda de folhas (outubro a dezembro), brotação (dezembro a janeiro), floração (dezembro a janeiro) e frutificação (março a abril) ocorrendo sucessivamente ao longo da estação superúmida, o que esteve correlacionado principalmente com as variações do comprimento do dia e da temperatura. Dossel e sub-bosque apresentaram padrões fenológicos distintos, sendo que no primeiro houve maior sincronia interespecífica. Os resultados mostraram que mesmo localizadas na situação marginal de distribuição do clima tropical, as Florestas de Restinga da Ilha do Mel apresentam semelhanças fenológicas com outros ecossistemas da região atlântica, o que deve refletir a similaridade florística entre estas áreas. Resumo em inglês The Atlantic Rain Forest is widely distributed in Brazilian coast, and due to environmental differences among sites, ecological processes in plant communities may be different. To test for local and regional effects on plant phenology, we studied during two years the phenology of 55 canopy and understory plant species in two Coastal Plain Forests (Flooded and Unflooded) in Ilha do Mel island one of the most Southern Atlantic Forest area. The study site is one of more sout (mais) hern Atlantic Forest and regional rainfall in the wetter season (September to May) is similar to that of the less wet season (June to August). Flooded and Unflooded Forests showed very similar phenological patterns in which leaf fall (October to December), flushing (December to January), flowering (December to January), and fruiting (March to April) occurred during the wetter season. Almost all phases were correlated with daylength and temperature. Canopy and understory species did not share phenological patterns, and canopy species had a synchronous pattern. The phenology of Coastal Plain Forests of Ilha do Mel is very similar to other ecosystems of Atlantic Rain Forest in Brazil, reflecting floristic links among these areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Análise multivariada de atributos microbiológicos e químicos do solo em florestas com Araucaria angustifolia/ Multivariate analysis of soil microbiological and chemical attributes in forests with Araucaria angustifolia

Baretta, Dilmar; Baretta, Carolina Riviera Duarte Maluche; Cardoso, Elke Jurandy Bran Nogueira
2008-12-01

Resumo em português Araucaria angustifolia é uma espécie de árvore ameaçada de extinção no Brasil e pouco se conhece sobre os atributos edáficos dessas florestas. Este estudo foi realizado com o objetivo de identificar diferenças entre áreas com araucária naturais e reflorestadas, com base em atributos microbiológicos e químicos do solo, por meio de métodos multivariados, como a análise canônica discriminante (ACD) e a análise de correlação canônica (ACC). As áreas estuda (mais) das incluem: 1. floresta nativa com araucária (NF); 2. reflorestamento de araucária (R); 3. reflorestamento de araucária submetido a incêndio acidental (RF); e 4. pastagem natural com araucárias nativas e ocorrência de incêndio (NPF). Foram selecionadas, ao acaso, quinze árvores de araucária por área e sob a copa de cada uma delas foram retiradas três amostras de solo, em três épocas contrastantes. A ACD foi aplicada aos atributos microbianos: C da biomassa microbiana (CBM), respiração basal (C-CO2) e quociente metabólico (qCO2), enquanto a ACC foi aplicada aos atributos microbianos e químicos do solo [pH (CaCl2), C orgânico total (COT) e teores de P, K, Ca, Mg e (H+Al). Os atributos microbianos e químicos do solo apresentaram alta correlação canônica, com destaque para o CBM e C-CO2, entre os atributos microbianos, e para COT e P, entre os atributos químicos do solo. A ACC mostrou que 52 % da variação total dos atributos microbianos é explicada pela variação dos atributos químicos, e 36 % da variação total dos atributos químicos é explicada pelos atributos microbianos do solo das áreas estudadas. A ACD identificou que a contribuição de cada atributo microbiano para a separação das áreas sofreu variação ao longo do tempo, e discriminou o CBM como sendo o atributo microbiano mais importante, seguido pelo C-CO2. ACC e ACD são importantes ferramentas no estudo de indicadores de qualidade do solo. Resumo em inglês Araucaria angustifolia is an endangered tree species in Brazil and little is known about the soil attributes of these pine forests. This study was carried out to identify differences between natural and reforested Araucaria areas, in terms of soil microbiological and chemical attributes, with multivariate canonical discriminant analysis (CDA) and canonical correlation analysis (CCA). The studied areas included: 1. native forest with Araucaria (NF); 2. Araucaria reforestat (mais) ion (R); 3. Araucaria reforestation burnt by an accidental fire (RF); and 4. native grass pasture with native Araucaria and burnt by an intense accidental fire (NPF). In each area, 15 pine trees were selected and three soil samples collected from under each tree crown, in three different seasons. The CDA was applied to the soil microbiological attributes: carbon of microbial biomass (CMB), basal respiration (C-CO2) and metabolic quotient (qCO2), while CCA was performed with the soil microbiological and soil chemical attributes [pH (CaCl2), total organic carbon (TOC), and the contents of P, K, Ca, Mg, and H+Al]. The canonical correlation between soil microbiological and chemical attributes was highly significant, with a higher contribution of CMB and C-CO2 to the microbiological attributes, and of TOC and P to the chemical attributes. The CCA indicated that the variation of the chemical attributes can explain 52 % of the total data variability of the microbiological attributes, and the soil microbiological attributes of the areas 36 % of the total data variability of the chemical attributes. The CDA suggested that the contribution of each microbiological attribute to the discrimination of the areas was season-dependent, and discriminated CMB as the most important microbiological indicator, followed by C-CO2. The tools CCA and CDA proved to be essential in the study of soil quality indicators.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Floristic gradient of the northeast Paraense secondary forests/ Gradiente florístico das florestas secundárias do Nordeste Paraense

Prata, Shirley Soares; Miranda, Izildinha de Souza; Alves, Sérgio Augusto Oliveira; Farias, Flavia cardoso; Jardim, Fernando Cristovam da Silva
2010-09-01

Resumo em português O presente estudo descreve um gradiente florístico de uma cronosequência de florestas secundárias do Nordeste Paraense, a partir de 19 sítios de diferentes idades, avaliados em diferentes anos. Foram usados os dados de densidade e realizada análise de regressão para riqueza, diversidade, densidade, densidade relativa máxima e equibilidade em relação à idade. Foi usado o método de análise de agrupamento hierárquico, sendo a distância euclidiana utilizada como (mais) medida de dissimilaridade e aplicada uma Análise de Componente Principal (PCA) para confirmação dos grupos. Após a definição dos grupos, foi feita a análise indicadora de espécies (IndVal) sobre a mesma matriz utilizada para análise de agrupamento. Encontrou-se um gradiente geográfico na cronosequência analisada e as espécies Tapirira guianensis, Vismia guianensis, Inga alba, Lacistema aggregatum, Croton maturensis, Abarema jupunba, Inga rubiginosa, Guateria poepigiana e Thyrsodium paraense, são indicadoras das florestas secundárias do Nordeste Paraense analisadas neste estudo. Resumo em inglês This study describes a floristic gradient of secondary forest chronosequence in northeast of Pará State - Brazil, from 19 sites of different ages, evaluated in different years. We used density data and carried out regression analysis for richness, diversity, density, maximum relative density and equitability in relation to the age. We used the hierarchic grouping method of analysis and the Euclidean distance as dissimilarity measure, and applied a Principal Component Ana (mais) lysis (PCA) for confirming the groups. After defining the groups, we made an indicating species analysis (IndVal) on the same matrix used for the grouping analysis. We found a geographic gradient in the chronosequence analyzed and the species Tapirira guianensis, Vismia guianensis, Inga alba, Lacistema aggregatum, Croton maturensis, Abarema jupunba, Inga rubiginosa, Guateria poepigiana and Thyrsodium paraense to be indicators of the northeast Para (Brazil) secondary forests analyzed in this study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Instrumentos legais podem contribuir para a restauração de florestas tropicais biodiversas/ Legal instruments can enhance high-diversity tropical forest raestoration

Brancalion, Pedro Henrique S.; Rodrigues, Ricardo Ribeiro; Gandolfi, Sergius; Kageyama, Paulo Yoshio; Nave, André Gustavo; Gandara, Flávio Bertin; Barbosa, Luiz Mauro; Tabarelli, Marcelo
2010-06-01

Resumo em português O insucesso da maioria das iniciativas de restauração de florestas naturalmente biodiversas como a Mata Atlântica desencadeou um movimento intenso de discussão sobre a ciência e prática da restauração ecológica no Estado de São Paulo. Isso convergiu na construção participativa de uma resolução estadual de caráter técnico e orientador para restauração, a qual tem sido revisada e atualizada periodicamente em workshops que reúnem mais de 200 profissionais (mais) em cada evento. Essa resolução objetivou potencializar o estabelecimento de florestas biologicamente viáveis e com riqueza de espécies vegetais condizente com a dos ecossistemas de referência, a fim de garantir a persistência das florestas restauradas e proteger a biodiversidade nativa. As contribuições dessa resolução para o aperfeiçoamento e estímulo das ações de restauração são hoje evidentes. Entre 2003 e 2008, período de discussão dessa resolução, a produção de mudas de espécies arbustivas e arbóreas nativas no Estado cresceu de 13.000.000 (55 viveiros) para 33.000.000 (114 viveiros) por ano, e o número médio de espécies produzidas nos viveiros também aumentou de 30 para mais de 80, refletindo o crescimento das ações de restauração. Do ponto de vista deste estudo, esse instrumento legal tem servido como mecanismo legítimo de política pública ambiental e de proteção dos interesses coletivos da sociedade. Particularmente, ele guia e orienta a maior parte dos investimentos em restauração ecológica e aumenta as perspectivas de maximização dos benefícios para a sociedade, que podem e devem ser obtidos com a restauração, incluindo a persistência da biodiversidade nas paisagens antrópicas tropicais. Resumo em inglês The failure of most efforts undertaken to restore natural high-diversity tropical forests, like the Atlantic Forest, has resulted in a very intense round of discussions on the science and best-practice of ecological restoration in the state of São Paulo, southeastern Brazil. This culminated in the participatory elaboration of a state resolution concerning technical and orientation aspects for restoration activities, which has been reviewed and updated periodically in wor (mais) kshops that bring together more than 200 professionals. The aim of this resolution was to maximize the establishment of biologically viable forests, with plant richness consistent with the reference ecosystem, to ensure the persistence of restored forests and protect native biodiversity. The contributions of this resolution for the improvement and stimulation of restoration actions are evident today. Between 2003 and 2008, when the resolution was heavily discussed, seedling production of native shrubs and trees in the state increased from 13,000,000 (55 nurseries) to 33,000,000 (114 nurseries) per year, and average number of plant species produced in nurseries also increased from 30 to over 80, reflecting the increase of restoration actions. In our view, the existing legal instrument has served well as a mechanism to accompany environmental public policy aimed at protection of the collective interests of society. In particular, it guides and orients the bulk of investments in ecological restoration and enhances the prospects for maximizing the societal benefits that can and should be obtained from restoration activities, including the persistence of biodiversity in human-modified tropical landscapes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Curva de acumulação de espécies e suficiência amostral em florestas tropicais/ Species accumulation curve and sampling sufficiency in tropical forests

Schilling, Ana Cristina; Batista, João Luis Ferreira
2008-03-01

Resumo em português O uso da relação espécie-área, ou curva de acumulação de espécies, para determinar a suficiência amostral em estudos fitossociológicos é uma técnica usual, porém controversa. A definição de um tamanho ótimo de amostra está baseado na idéia de que quanto maior o tamanho da amostra, maior o número de espécies que será encontrado, mas a uma taxa decrescente, até o ponto em que a curva estabiliza e torna-se horizontal. Esse ponto seria a área mínima nec (mais) essária para representar a comunidade. Entretanto, esse conceito assume que a comunidade vegetal é uma entidade espacialmente discreta com composição de espécies fixa e definida. Em florestas tropicais, por sua vez, a definição dos limites das comunidades torna-se particularmente difícil e, devido à alta riqueza de espécies, a curva não apresenta estabilização mesmo com grandes tamanhos de amostra. Assim, a curva de acumulação de espécies é inapropriada como técnica de determinação do tamanho ótimo de amostra em florestas tropicais, por não apresentar o comportamento esperado. Além disso, o conceito de suficiência amostral em si está baseado numa definição problemática de comunidade vegetal. Resumo em inglês The use of the species-area relationship, or the accumulation species curve, to determine sampling sufficiency in phytosociological studies is a current technique, despite of being a controversial issue. The definition of an optimum sample size is based on the idea that the larger the sample size, the greater the number of species in the sample, but the rate of increase becomes progressively smaller so the curve tends to a flat line. The point where the curve becomes hori (mais) zontal is the minimal area to represent the plant community: the sampling sufficiency. This concept assumes that the plant community is a spacially discrete entity with fixed species composition. In tropical forests, the identification of communities boundaries is particularly difficult and, due to their high species richness, the species accumulation curves do not become flat, even with large sample sizes. The species accumulation curve is unsuitable to determine optimum sample size in tropical forests because these curves do not behave as expected, futhermore the concept of sampling sufficiency itself rests upon a problematic definition of plant community.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Mata ciliar do Rio São Francisco como biocorredor para Euglossini(Hymenoptera: Apidae) de florestas tropicais úmidas/ The gallery forests of the São Francisco river as corridors for Euglossine Bees (Hymenoptera: Apidae) from tropical rainforests

Moura, Debora C; Schlindwein, Clemens
2009-04-01

Resumo em português Euglossini são abelhas típicas de florestas Neotropicais úmidas e poucas espécies ocorrem na caatinga. O rio São Francisco, o único perene do semi-árido brasileiro, é margeado por mata ciliar perenifólia. Esse ambiente oferece recursos florais ao longo do ano. Inventários de Euglossini mostraram que espécies da Floresta Atlântica como Euglossa imperialis Cockerel, E. truncata Moure e Eulaema cingulata Fabricius ocorrem na mata ciliar do rio São Francisco. Est (mais) as abelhas são restritas às matas ciliares que funcionam como biocorredores, sendo ausentes em locais onde as matas foram derrubadas. Isto enfatiza a necessidade de proteção das matas ciliares para a manutenção da biodiversidade. Resumo em inglês Euglossini are typical bees of Neotropical rainforests and only a few species occur in the Caatinga. The São Francisco river, which is the only permanent river in the semi-arid NE-Brazil, is bordered by a gallery forest with evergreen leaves. This environment offers flooral rewards along the year. Surveys of euglossine bees by attracting males to scent baits showed that species of the Atlantic Rainforest like Euglossa imperialis Cockerel, E. truncata Moure and Eulaema ci (mais) ngulata Fabricius occur in the gallery forest of the São Francisco river under the semi-arid climate of the caatinga region. These bees are restricted to the gallery forests which function as bio-corridors, and are absent at places where the forests were cut down. This emphasizes the need to protect the threatened gallery forests to maintain biodiversity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Florística vascular da Floresta Ombrófila Densa Altomontana de quatro serras no Paraná/ Floristic composition of four tropical upper montane rain forests in Southern Brazil

Scheer, Maurício Bergamini; Mocochinski, Alan Yukio
2009-06-01

Resumo em português A Floresta Ombrófila Densa Altomontana é uma formação responsável por importantes funções ambientais, entre elas a proteção e manutenção dos fluxos hídricos de cabeceiras de bacias hidrográficas, o estoque de carbono na sua biomassa e na do solo, além da sua biodiversidade e seu elevado endemismo. Apesar de ainda existirem remanescentes primários significativos dessas florestas, apenas alguns estudos descreveram sua estrutura arbórea. O presente trabalho t (mais) em o objetivo de listar e comparar a florística vascular de quatro serras representativas da Floresta Ombrófila Densa Altomontana no Paraná e de comparar a florística arbórea das florestas do presente estudo com a de outras florestas semelhantes nas regiões sul e sudeste do Brasil. Foram detectadas 346 espécies vegetais vasculares, pertencentes a 176 gêneros e a 87 famílias, sendo 72 angiospermas (288 espécies), 14 pteridófitas (57 espécies) e 1 gimnosperma. A família com maior riqueza específica foi Myrtaceae, com 34 espécies (10% do total), seguida por Asteraceae (30; 9%), Orchidaceae (29; 8%), Rubiaceae (17; 5%), Melastomataceae (16; 5%), Poaceae (12; 3%) e Bromeliaceae (11; 3%). A composição florística arbórea das florestas altomontanas da Serra do Mar paranaense apresentou a menor similaridade entre as três grandes serras comparadas, com índices um pouco maiores com as florestas altomontanas da região de Aparados da Serra Geral (SC) e menores com a Serra da Mantiqueira, sudeste do Brasil (SP, RJ e MG). Além de diferenças geológicas, geomorfológicas, pedológicas e fitofisionômicas, as diferenças florísticas encontradas nas florestas altomontanas da Serra do Mar do Paraná em relação às demais serras comparadas pode também ser explicada pela melhor conservação dos trechos amostrados e pela baixa influência de elementos de outros tipos vegetacionais próximos (Floresta Ombrófila Mista, Floresta Ombrófila Densa Montana e vegetação secundária). Resumo em inglês The Cloud Forests have very important environmental functions, among them, the maintenance and protection of the origin of the watersheds and the carbon stocks in its biomass and into the soil, besides its biodiversity and endemism. Despite still exist considerable remnants of primary cloud forests there are few studies that listed species that occur in these ecosystems. The aim of this study was to characterize the floristic composition of four areas of the Upper Montane (mais) Rain Forest of the "Serra do Mar" in the state of Paraná and to compare it with other cloud forests in southern and southeastern Brazil. A total of 346 vascular species were detected. They comprised 87 families including 72 angiosperms (288 species), 14 pteridophytes (57 species) and one gymnosperm. The species richest families were Myrtaceae (34 species; 10% of total), Asteraceae (30; 9%), Orchidaceae (29; 8%), Rubiaceae (17; 5%), Melastomataceae (16; 5%), Poaceae (12; 3%) and Bromeliaceae (11; 3%). The Serra do Ibitiraquire presented the largest area of cloud forests and the highest species richness (231 species). Of the 346 species found in typical cloud forests, 231 species were classified as typical, 41 as transitionals from high altitude grasslands and 68 as transitionals from lower montane forests. Similarities between the studied areas and other Brazilian cloud forests were low (cluster analyses and Sörensen indexes). Besides the geological, geomorphological, pedological and forest structural differences, the conservation status, the lower influence of "Mixed Ombrophyllous forests" (Araucaria Moist forests) species, pioneer and lower montane species, justify this lower similarity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Composição florística de uma floresta estacional semidecidual montana no município de Viçosa-MG/ Floristic composition of a montane seasonal semideciduous tropical forest in Viçosa, MG, Brasil

Meira-Neto, João Augusto Alves; Martins, Fernando Roberto
2002-08-01

Resumo em português O objetivo do presente estudo foi investigar a composição florística arbórea da Mata da Silvicultura (20º45'S e 42º55'W), município de Viçosa, Zona da Mata de Minas Gerais, com o intuito de avaliar sua similaridade com outras florestas. Para comparação florística foi utilizada a análise de agrupamentos pelo método de médias aritméticas não-ponderadas (UPGMA), a partir dos índices binários de similaridade de Sørensen entre as florestas comparadas. Foram (mais) relacionadas 154 espécies de 47 famílias botânicas para a Mata da Silvicultura. Esta mata mostrou-se mais similar às florestas semideciduais de altitude de Lavras (MG) e de Atibaia (SP) e menos similar às florestas submontanas e litorâneas. Estes resultados evidenciam uma importante influência das temperaturas na determinação do tipo florístico das florestas do Sudeste e Sul brasileiros. Resumo em inglês This study aims to investigate the floristic composition of the Silvicultura forest (20º45`S and 42º55´W) by comparing it to other forest compositions. Thus, the cluster analysis method of unweighted pair-group using arithmetic averages (UPGMA) was used, applying the Sørensen binary similarity index found among compared forests. A list of 154 species of 47 families was recorded. The Silvicultura forest is more similar to the montane semideciduous forests of Lavra (mais) s and Atibaia, but less similar to submontane and coastal forests. These results show that temperature plays an important role in the floristic differentiation of the southern and southeastern Brazilian forest types.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Flora vascular não-arbórea de uma floresta de grota na Serra da Mantiqueira, Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil/ Non-arboreal vascular flora of a ravine forest in the Mantiqueira Range, Zona da Mata of Minas Gerais, Brazil

Menini Neto, Luiz; Matozinhos, Carolina Nazareth; Abreu, Narjara Lopes de; Valente, Arthur Sérgio Mouço; Antunes, Kelly; Souza, Filipe Soares de; Viana, Pedro Lage; Salimena, Fátima Regina Gonçalves
2009-12-01

Resumo em português A região da Serra Negra constitui um importante remanescente de floresta atlântica situado no sul da Zona da Mata mineira, na Serra da Mantiqueira, composta por um mosaico de campos rupestres (nos afloramentos de quartzito) a arbustais nebulares, florestas estacionais semideciduifólias a perenifólias e florestas nebulares, de ambientes inferomontanos a superomontanos ripícolas a interfluviais. A área de estudo é um fragmento de floresta de grota (floresta perenifó (mais) lia ripícola), de aproximadamente 0,9 ha, situada no Cânion do Ribeirão do Funil, na Vila do Funil, município de Rio Preto, localizada no sul da Serra Negra. O presente trabalho foi realizado entre os anos de 2004 e 2009 e teve como objetivos o conhecimento da flora vascular não-arbórea, a discussão dos hábitos e habitats das plantas e a descrição da fisionomia do fragmento. Foram registrados 157 táxons de plantas vasculares (sendo 41 pteridófitas e 116 angiospermas), pertencentes a 48 famílias (10 de pteridófitas e 38 de angiospermas). As famílias de maior riqueza específica foram Orchidaceae, dentre as angiospermas, com 27 espécies e Pteridaceae, dentre as pteridófitas, apresentando 11 espécies. O hábito mais representativo foi o herbáceo (124 spp.), destacando-se as espécies epífitas (42 spp.), que perfazem cerca de 25% de todas as espécies registradas na área. Doze espécies estão incluídas na lista de espécies ameaçadas de extinção no estado de Minas Gerais (duas pteridófitas e 10 angiospermas). O elevado número de espécies encontradas em uma área consideravelmente pequena ressalta a importância deste fragmento para a diversidade da Serra Negra e aponta para a necessidade de implantação de um plano de ação para sua conservação. Resumo em inglês Serra Negra is an important remnant of Atlantic Forest located in the southern part of the Zona da Mata of Minas Gerais, in Mantiqueira Range, composed by a mosaic of "campos rupestres" (on quartzite outcrops), cloud scrubs, lower-montane to upper montane seasonal semi-deciduous forests or evergreen cloud forests, and riparian to interfluvial forests. Despite floristic importance of this area, there are only two Natural Patrimony Private Reserves: São Lourenço do Funil (mais) and Serra Negra. The study area is a ravine forest fragment (evergreen forest), comprising ca. 0.9 ha, localized in the Cânion do Ribeirão do Funil, in Funil Village, municipality of Rio Preto, southern of Serra Negra. The present study was carried out from 2004 to 2009 and its goals were: (1) to survey the non-arboreal vascular flora of the area, (2) discuss plant habits and habitats, and (3) describe the physiognomy of this forest fragment. A total of 157 taxa of vascular plants (41 ferns and 116 angiosperms) were recorded, belonging to 48 families (10 of ferns and 38 of angiosperms). The richest families of ferns and angiosperms were Pteridaceae (11 spp.) and Orchidaceae (27 spp.), respectively. The most representative habit was herbaceous (124 spp.), within which epiphyte species (42 spp.) must be emphasized, representing about 25% of all recorded species. Twelve species are cited in the endangered species list of Minas Gerais State (two ferns and 10 angiosperms). The high number of species found in this small area remarks the importance of this fragment for the knowledge of biodiversity of Serra Negra, in particular, and Minas Gerais, in general. In addition, the results reinforce the need of an action plan addressed to the conservation of the region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

A regeneração florestal em áreas de floresta secundária na Reserva Florestal do Morro Grande, Cotia, SP/ Forest regeneration in secondary forest areas at Morro Grande Forest Reserve, Cotia, SP

Alves, Luciana F.; Metzger, Jean Paul
2006-01-01

Resumo em português Apesar de sua complexidade, é necessário um conhecimento mais sintético sobre o processo de regeneração em florestas tropicais sujeitas a diferentes regimes de perturbação, tanto natural como antrópico. Dada a grande extensão de florestas secundárias na região Neotropical, um importante tópico a ser abordado é o potencial dessas manchas de floresta na conservação da diversidade biológica do componente arbóreo típico de manchas de floresta mais antiga, me (mais) nos perturbada. O objetivo principal deste estudo foi avaliar a estrutura da comunidade de plântulas de espécies arbóreas e arbustivas e seu potencial como fonte de regeneração em áreas de floresta secundária na Reserva Florestal do Morro Grande (RFMG), uma das porções mais significativas de Mata Atlântica no Planalto Atlântico. A estrutura e composição da comunidade foram amostradas através de parcelas de 1 m² alocadas em três áreas de floresta secundária localizadas no interior da RFMG. Foram identificadas 106 espécies dentre as 742 plântulas amostradas, distribuídas em 35 famílias e 69 gêneros. As famílias mais ricas (Myrtaceae, Fabaceae, Rubiaceae e Lauraceae) representaram 47,2% do total de espécies, e as cinco espécies mais abundantes foram Myrcia fallax, Ocotea dispersa, Psychotria vellosiana, Psychotria suterella e Matayba elaeagnoides. O estrato de regeneração apresentou-se predominantemente constituído de espécies zoocóricas e tolerantes à sombra, características de estádios mais avançados da sucessão florestal da Mata Atlântica. A comunidade de plântulas não apresentou variação em sua abundância e estrutura de tamanho, mas a composição de espécies e a riqueza variaram significativamente entre as áreas. Os resultados sugerem que o estrato de regeneração nas áreas de floresta secundária da RFMG tem um alto valor potencial na conservação da diversidade biológica do componente arbóreo típico de manchas de floresta mais antiga e, consequentemente, na restauração florestal em escala regional. As diferenças espaciais observadas na composição florística e na riqueza da chuva de sementes e da comunidade de plântulas em áreas de floresta secundária no interior da RFMG, representam componentes importantes que influenciam o processo de sucessão e a manutenção da diversidade de espécies, pois podem funcionar como fontes de recrutamento de novos indivíduos e de espécies. Resumo em inglês Notwithstanding its complexity, a more integrated knowledge of the regeneration process in tropical forests subject to natural as well as human disturbance is necessary. Given the great extent of secondary forests in the Neotropics, an important topic to be considered is the potential of secondary forest patches to preserve the biological diversity of old-growth, less disturbed forests. The main objective of this study was to evaluate tree seedling community structure and (mais) its potential as source of regeneration in areas of secondary forest within the Morro Grande Forest Reserve (RFMG), one of the most important areas of Atlantic Rain Forest on the Atlantic Plateau. The structure and composition of the tree seedling community was sampled in 1 m² plots randomly placed in three areas of secondary forest. We recognized 106 species among 742 sampled tree seedlings, distributed in 35 families and 69 genera. The richest families (Myrtaceae, Fabaceae, Rubiaceae and Lauraceae) represented 47% of the species total, and the five more abundant species were Myrcia fallax, Ocotea dispersa, Psychotria vellosiana, Psychotria suterella, and Matayba elaeagnoides. Woody species regeneration was predominantly composed of zoochoric and shade tolerant species, characteristics of more advanced stages of Atlantic Rain Forest succession. Tree seedling community did not vary in abundance and size structure, but species composition and richness varied significantly among areas. Our results suggest that woody regeneration in secondary forest areas of the RFMG has a high potential of maintaining tree biological diversity of old-growth forests and, consequently, contributing to forest restoration at the regional scale. Spatial heterogeneity in floristic composition and species richness of the seed rain, as well as of the tree seedling community in secondary forest patches, represent important components that influence the sucessional process and the maintenance of species diversity, therefore acting as sources of recruitment of new individuals and species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Estrutura do componente arbóreo de uma floresta estacional na Serra do Sudeste, Rio Grande do Sul, Brasil/ Structure of the arboreal component of a seasonal forest on Serra do Sudeste, Rio Grande do Sul, Brazil

Jurinitz, Cristiane F.; Jarenkow, João A.
2003-12-01

Resumo em português A cobertura florestal no Rio Grande do Sul encontra-se fortemente reduzida e fragmentada e, na Serra do Sudeste, particularmente, muito pouco se sabe sobre a estrutura de suas florestas. A localização de um remanescente de floresta primária nas encostas orientais permitiu a realização de um levantamento fitossociológico com o objetivo de descrever a estrutura do componente arbóreo e estabelecer relações com outras florestas estacionais. Foram amostradas todas as (mais) árvores com DAP > 5 cm em uma área de 1 ha, subdividida em 100 parcelas de 10 × 10 m. Foram registrados 2.236 indivíduos, pertencentes a 69 espécies, 55 gêneros e 34 famílias. As famílias que sobressaíram em riqueza foram Myrtaceae, Lauraceae e Euphorbiaceae. A pequena contribuição de Fabaceae nas florestas na Serra do Sudeste contrasta com sua importância em outras florestas estacionais no Rio Grande do Sul e no Brasil. Dentre as espécies com os maiores valores de importância, destacaram-se Gymnanthes concolor Spreng., Esenbeckia grandiflora Mart. e Sorocea bonplandii (Baill.) W.C.Burger et al., pela elevada densidade, Sloanea monosperma Vell. e Ilex paraguariensis A.St-Hil., pela elevada área basal, e com valores intermediários nesses parâmetros Myrsine umbellata Mart., Miconia rigidiuscula Cogn. e Calyptranthes grandifolia O.Berg. A diversidade específica (H') foi estimada em 3,204 (nats) (J' = 0,757), um dos mais altos valores já registrados para as florestas estacionais no Rio Grande do Sul e no mesmo contexto de diversidade encontrado para a formação em outras regiões no Brasil. Resumo em inglês The original forest cover in Rio Grande do Sul is strongly reduced and fragmented and, particularly on Serra do Sudeste, little is known about the structure of its forests. The finding of a primary forest remnant in the oriental slopes allowed a phytosociological survey that aims to describe the structure of the arboreal component and to establish its relations with other seasonal forests. All trees with DBH > 5 cm were recorded in an area of 1 ha, subdivided into 100 plo (mais) ts of 10 × 10 m. On the phytosociological survey 2.236 individuals were sampled, belonging to 69 species, 55 genera and 34 families. Myrtaceae, Lauraceae and Euphorbiaceae were the families with the highest species richness. Fabaceae almost do not appear in forests of Serra do Sudeste, which is contrasting with its participation in other seasonal forests in southern Brazil. Among the species with the highest importance values, some were found in high density, as Gymnanthes concolor Spreng., Esenbeckia grandiflora Mart. and Sorocea bonplandii (Baill.) W.C.Burger et al. Other species presented high values of basal area, as Sloanea monosperma Vell. and Ilex paraguariensis A.St-Hil. Some species showed intermediate values for the estimated parameters, such as Myrsine umbellata Mart., Miconia rigidiuscula Cogn., and Calyptranthes grandifolia O.Berg. Species diversity (H') was estimated as 3.204 (nats) (J' = 0.757), one of highest values recorded for seasonal forests in Rio Grande do Sul, in the same diversity context found for this formation elsewhere in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Análise da estrutura e do estoque de fitomassa de uma floresta secundária da região de Manaus AM, dez anos após corte raso seguido de fogo/ Biomass stock and structural analysis of a secondary forest in Manaus (AM) region, ten years after clear cutting followed by fire

Lima, Adriano José Nogueira; Teixeira, Liliane Marins; Carneiro, Vilany Matilla Colares; Santos, Joaquim dos; Higuchi, Niro
2007-01-01

Resumo em português Na Amazônia, o fogo é ainda o principal trato cultural utilizado no preparo de solo para agricultura e pecuária, tanto pelos pequenos como pelos grandes fazendeiros. Combinando à baixa fertilidade do solo e ao baixo preço da terra, assim que as fontes naturais de nutrientes são exauridas, as áreas são abandonadas e novas florestas primárias são derrubadas e queimadas. Por conta disso, grandes extensões de área da Amazônia são cobertas por florestas secundár (mais) ias originadas de áreas abandonadas pela agricultura ou pastagem. Este estudo foi conduzido em uma área experimental usada em uma pesquisa sobre eficiência de combustão e emissão de gás carbônico da floresta amazônica, localizada aproximadamente 50 km ao norte de Manaus. A vegetação da área experimental foi derrubada e queimada em 1991, simulando as condições em que o pequeno agricultor prepara o solo para plantios de subsistência. Dez anos após a queimada, a floresta secundária ainda é bastante diferente da floresta original. As espécies vegetais dominantes são, principalmente, das famílias botânicas Annonaceae, Arecaceae, Burseraceae, Cecropiaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae, Lecythidaceae, Melastomataceae, Mimosaceae, Sapindaceae e Sterculiaceae. O estoque de biomassa recuperado, dez anos após a formação da capoeira estudada, é de aproximadamente 16%, ou seja, a capoeira apresenta um estoque médio de 56,2 t.ha-1 ± 12 (IC 95%), enquanto que o estoque da floresta primária é de 339,7 t.ha-1 ± 66,7 (IC 95 %). Resumo em inglês In Amazonia, fire is widely used for soil preparation in the agriculture and cattle ranching, either by small or big farmers. The combination of low fertility of the soil and low price of the land usually leads to typical shift cultivation as soon as the natural sources of nutrients are exhausted, when new primary forests are felled and burned. Due to that, secondary forests originated from abandoned agriculture or pasture activity projects cover huge areas in the Brazili (mais) an Amazônia. This study was carried out in the Tropical Forestry Experimental Station (EEST/INPA), around 50 kilometers north of Manaus, the capital of Amazonas State. A secondary forest ("capoeira"), 10 years old, was selected for this study; its land use history includes clear cutting followed by fire. Two different samples of primary forests were included as control plots for the "capoeira". All individuals with diameter at breast height (DBH) greater than 5 cm were measured and recorded in a single area of 0,4 ha for each treatment. Ten years after burning, the secondary forest is still very different in comparison with primary forest, in terms of important parameters of the vegetation structure, such as floristic composition, abundance, frequency, dominance, index of value of importance (IVI) and the diameter distribution. In "capoeira" studied the dominant species are mainly of the following botanical families: Annonaceae, Arecaceae, Burseraceae, Cecropiaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae, Lecythidaceae, Melastomataceae, Mimosaceae, Sapindaceae and Sterculiaceae. The estimates of dry biomass were 56.2 t. ha-1 ± 12 (CI 95%) and 339.7 t.ha-1 ± 66.7 (CI 95%) for "capoeira" and primary forest, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Composição e riqueza florística do componente arbóreo da Floresta Atlântica submontana na região de Imbaú, Município de Silva Jardim, RJ/ Floristic composition and richness of the tree community in a submontane Atlantic Forest in the Imbaú region, Silva Jardim, Rio de Janeiro

Carvalho, Fabrício Alvim; Nascimento, Marcelo Trindade; Braga, João Marcelo Alvarenga
2006-09-01

Resumo em português O presente trabalho teve por objetivo avaliar a composição florística arbórea de um trecho de Floresta Atlântica submontana na região de Imbaú, Silva Jardim, RJ. Esta região formava um contínuo florestal que foi fragmentado há mais de 50 anos por práticas agropecuárias. Cinco fragmentos foram selecionados e em cada um deles foram alocadas quatro parcelas de 100×5 m. Todas as árvores vivas com DAP > 5 cm foram amostradas e identificadas. No hectare amost (mais) rado foram encontradas 161 espécies distribuídas por 39 famílias. A similaridade florística entre os fragmentos foi alta, com índice de Morisita variando de 0,36 a 0,79. As famílias Leguminosae, Lauraceae e Rubiaceae apresentaram a maior riqueza de espécies. A comparação florística com uma floresta madura da região indicou forte decréscimo na riqueza de espécies que, juntamente com a elevada densidade de espécies secundárias iniciais, indicam que estas matas se encontram em estádio sucessional secundário. Analisando a similaridade florística entre a região de Imbaú e outras 17 florestas do Rio de Janeiro, observou-se maior similaridade com as florestas submontanas mais próximas geograficamente. Devido ao avançado processo de fragmentação e à importância ecológica destes fragmentos para a manutenção da flora e fauna, sugere-se que a região de Imbaú deva ser prioritária em programas de conservação e manejo de áreas de Mata Atlântica. Resumo em inglês This study aimed to evaluate tree floristic composition of the submontane Atlantic Forest in the Imbaú region, Silva Jardim, Rio de Janeiro. About 50 years ago, the forest fragmentation process was begun in this region due to farming practices. Five forest remnants were selected and four plots (100×5 m) were systematically located in each one. All trees with dbh > 5 cm were sampled and identified. In the one-hectare sample area, 161 species in 39 families were samp (mais) led. Species similarity was high between fragments (Morisita index ranging from 0.36 to 0.79). The families Leguminosae, Lauraceae and Rubiaceae showed the highest values of species richness. The studied area had a high density of early secondary species and a decrease in canopy species richness when compared to a mature forest nearby. These results indicated characteristics of secondary forests. When compared to 17 forests of Rio de Janeiro State, the Imbaú region showed stronger floristic relationships with submontane forests, especially those geographically closer. Due to its ecological importance for the local flora and fauna, plus the advanced stage of fragmentation in the region, the Imbaú region should be considered as a priority area for adopting conservation and management practices.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Diagnóstico florístico-estrutural do componente arbóreo da floresta da Serra de São José, Tiradentes, MG, Brasil/ Floristic and structural diagnosis of the tree component of a forest at Serra de São José, Tiradentes, Minas Gerais State, Southeast Brazil

Gonzaga, Anne Priscila Dias; Oliveira Filho, Ary Teixeira de; Machado, Evandro Luiz Mendonça; Hargreaves, Peter; Machado, José Nivaldo de Menezes
2008-06-01

Resumo em português O presente estudo descreve a composição de espécies e estrutura fisionômica do componente arbóreo de uma área de Floresta Estacional Semidecídua Inferomontana/Altomontana situada na serra de São José, Tiradentes, Minas Gerais, Brasil. São feitas comparações florísticas e estruturais com outras 23 áreas de floresta da região do Alto Rio Grande, utilizando análise de correspondência canônica e discriminando as relações com variáveis ambientais e espacia (mais) is. As análises florísticas indicaram que, apesar de seu caráter de transição entre florestas inferomontanas e altomontanas, a flora arbórea da serra de São José tem laços mais fortes com as primeiras. As variações florísticas e estruturais entre as 24 florestas se relacionaram significativamente com a altitude, a duração da estação seca e a saturação por base dos solos. Apesar disso, também foi encontrada significativa correlação com a proximidade espacial entre as áreas. Resumo em inglês This work describes species composition and structure of the tree component of an area of lower to upper montane seasonal semideciduous forest located at Serra de São José, Tiradentes, SE Brazil. Floristic and structural comparisons are made with 23 other forest areas of the region using canonical correspondence analysis differentiating environmental and spatial variables. The floristic analyses indicated that, despite the transitional character between lower and upper (mais) montane forests, the tree flora of Serra de São José showed stronger link than the former. Floristic and structural variation among the 24 forests was significantly related to altitude, duration of the dry season and soil saturation of bases. Furthermore, a significant correlation was also found with spatial proximity of the areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Compreensões integradas para a vigilância da saúde em ambiente de floresta: o caso da Chapada do Araripe, Ceará, Brasil/ Integrated understanding for health surveillance in a forest environment: the case of the Araripe Plateau in Ceará State, Brazil

Augusto, Lia Giraldo da Silva; Góes, Lourdes
2007-01-01

Resumo em português São apresentados resultados parciais de estudo para elaboração de modelagem de vigilância da saúde de grupos humanos que vivem do extrativismo vegetal na Floresta Nacional da Chapada do Araripe, Ceará, Brasil. Como principais justificativas do estudo tem-se a importância desta Floresta Nacional para a preservação da qualidade da vida na região do semi-árido nordestino e o contexto de vulnerabilidades das florestas brasileiras. A abordagem metodológica é de um (mais) processo coletivo de compreensões integradas relacionadas à subjetividade dos sujeitos em face do ambiente produtivo na floresta, incluindo questões de gênero. O estudo apontou resultados diversos, alguns já previsíveis, outros surpreendentes, do ponto de vista da visibilidade de questões presentes no cotidiano das populações que trabalham e vivem da floresta. Resumo em inglês Partial results from this study are presented with the objective of developing a health surveillance model for communities living on natural resources in the Araripe National Forest in Ceará State, Brazil. The research is justified primarily on the basis of this forest's importance for quality of life in Northeast Brazil and preservation of the country's forests in general. The study drew on a collective construction of integrated understanding on the subjectivity of soc (mais) ial relations with the environment. Social and environmental health problems in the forest context have generally been overlooked by health policy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Compreensões integradas para a vigilância da saúde em ambiente de floresta: o caso da Chapada do Araripe, Ceará, Brasil/ Integrated understanding for health surveillance in a forest environment: the case of the Araripe Plateau in Ceará State, Brazil

Augusto, Lia Giraldo da Silva; Góes, Lourdes
2007-01-01

Resumo em português São apresentados resultados parciais de estudo para elaboração de modelagem de vigilância da saúde de grupos humanos que vivem do extrativismo vegetal na Floresta Nacional da Chapada do Araripe, Ceará, Brasil. Como principais justificativas do estudo tem-se a importância desta Floresta Nacional para a preservação da qualidade da vida na região do semi-árido nordestino e o contexto de vulnerabilidades das florestas brasileiras. A abordagem metodológica é de um (mais) processo coletivo de compreensões integradas relacionadas à subjetividade dos sujeitos em face do ambiente produtivo na floresta, incluindo questões de gênero. O estudo apontou resultados diversos, alguns já previsíveis, outros surpreendentes, do ponto de vista da visibilidade de questões presentes no cotidiano das populações que trabalham e vivem da floresta. Resumo em inglês Partial results from this study are presented with the objective of developing a health surveillance model for communities living on natural resources in the Araripe National Forest in Ceará State, Brazil. The research is justified primarily on the basis of this forest's importance for quality of life in Northeast Brazil and preservation of the country's forests in general. The study drew on a collective construction of integrated understanding on the subjectivity of soc (mais) ial relations with the environment. Social and environmental health problems in the forest context have generally been overlooked by health policy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Análise florística e estrutural do componente arbustivo-arbóreo de uma floresta de galeria no Município de Cristais Paulista, SP, Brasil/ Floristic and phytosociological analysis of the shrub/tree stratum in a gallery forest in Cristais Paulista, São Paulo State, Brazil

Teixeira, Aloysio de Pádua; Rodrigues, Ricardo Ribeiro
2006-12-01

Resumo em português Remanescentes florestais na porção nordeste do Estado de São Paulo são ainda pouco estudados quanto à composição florística. Foi realizado o levantamento florístico e fitossociológico de uma floresta de galeria no Município de Cristais Paulista visando à caracterização da flora do remanescente e o estudo das relações florísticas com outras formações ribeirinhas. Para o levantamento fitossociológico foi utilizado o método de ponto-quadrante. Em quatro (mais) transeções paralelas ao curso d'água, foram estabelecidos 90 pontos eqüidistantes em 10 metros e amostrados os indivíduos com PAP > 15 cm. Espécies em estágio reprodutivo, não amostradas no levantamento fitossociológico, foram coletadas e identificadas. Foram encontradas 68 espécies, distribuídas em 37 famílias, das quais 53 espécies e 34 famílias foram amostradas no levantamento fitossociológico. O índice de diversidade (H') para as espécies foi de 3,17 nats indivíduo-1 e as espécies mais importantes (em VI) foram Virola sebifera, Protium heptaphyllum, Tapirira guianensis e Copaifera langsdorffii. A comparação com outras florestas ribeirinhas evidenciou uma maior semelhança florística com as florestas situadas principalmente na bacia do Rio Grande, possivelmente devido às condições semelhantes de clima, e no Brasil Central, devido à rede de drenagem que atua como rota migratória das espécies. Foram encontradas também muitas espécies compartilhadas com os cerrados, evidenciando a contribuição da flora desse domínio para a floresta de galeria estudada. Resumo em inglês The floristic composition of forest remnants in northeastern São Paulo, Brazil, is still poorly reported. A floristic and phytosociological survey of a gallery forest in Cristais Paulista Municipality was carried out to characterize the flora and compare it to other riverine forests. The phytosociological aspects of the remnant were obtained by the point-centered quarter technique in four transects running parallel to the river bed, considering 90 points, equidistant ten (mais) meters, and sampling all individuals with pbh > 15 cm. All fertile specimens not included in the phytosociological sample were also identified. A total of 68 species and 37 families were found, with 53 species and 34 families reported in the phytosociological survey. The species diversity index (H') was 3.17 nats individual-1 and the most important species (IV) were Virola sebifera, Protium heptaphyllum, Tapirira guianensis and Copaifera langsdorffii. Comparison to other riverine forests showed greater floristic similarity with those found throughout the Rio Grande basin, possibly because of similar climates, and with forest remnants throughout Central Brazil due to the drainage network that provides a migratory route for the plant species. Many "cerrado" (Brazilian savanna) species were found in the gallery forest and this fact reinforces the role played by Brazilian savanna vegetation in the biodiversity of gallery forests.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Caracterização fisionômica - estrutural de um remanescente de floresta ombrófila montana de Pernambuco, Brasil/ Physiognomic and structural characterization of a montane rain forest remnant in Pernambuco State, Brazil

Ferraz, Elba Maria Nogueira; Rodal, Maria Jesus Nogueira
2006-12-01

Resumo em português As florestas ombrófilas montanas de Pernambuco são pouco estudadas quanto a fisionomia, florística, estrutura e semelhanças com as florestas de terras baixas. Visando este entendimento, foi realizada a caracterização fisionômica-estrutural do maior remanescente (São Vicente Férrer, 600 ha) dessa floresta no Estado e sua comparação com outras florestas ombrófilas nordestinas de terras baixas e montanas. A área estudada localiza-se na encosta oriental do planal (mais) to da Borborema (07º38' S e 35º30' W), em altitudes entre 600 e 640 m, e tem precipitação média anual de 1.103 mm. Foram alocadas 50 parcelas de 10×20 m e incluídos os indivíduos com DAP > 5 cm. Os 1.521 indivíduos amostrados pertenceram a 58 famílias, 96 gêneros e 152 espécies. Cerca de 50% deles tiveram altura entre 6,1 e 12,0 m e diâmetro entre 5 e 10 cm, sendo representados, predominantemente, por Clusiaceae, Quiinaceae, Myrtaceae e Sapindaceae. As famílias de maior valor de importância (Myrtaceae, Clusiaceae, Moraceae, Mimosaceae, Caesalpiniaceae, Vochysiaceae, Myristicaceae, Elaeocarpaceae, Lecythidaceae e Anacardiaceae) foram dominantes em diferentes classes de altura, tiveram número de espécies variado (1 a 10) e, geralmente, as maiores densidades. A floresta estudada foi melhor relacionada em composição de espécies e famílias com as florestas de terras baixas, embora tenha se destacado pela elevada riqueza de taxa, maior altura e principalmente pela abundância de famílias e espécies pouco comuns às florestas ombrófilas de terras baixas de Pernambuco. Resumo em inglês The montane forests of Pernambuco, Brazil, are poorly understood in relation to their flora, physiognomy, structure, and similarity to lowland forests. The physiognomy and structure of the largest ombrophilous forest fragment in the state of Pernambuco (São Vicente Ferrer, 600 ha) were described and compared with other montane and lowland forests in northeastern Brazil. The study site is located on the eastern slope of the Borborema plateau (07º38' S, 35º30' W), at 600 (mais) -640 m altitude. Mean annual rainfall is 1103 mm. Fifty 10×20 m plots were set up and all plants with diameter at breast height (dbh) > 5 cm were identified and measured. The 1,521 plants recorded belonged to 58 families, 96 genera and 152 species. About 50% had heights ranging from 6.1 to 12 m and dbh between 5 and 10 cm. Most belonged to the families Clusiaceae, Quiinaceae, Myrtaceae, and Sapindaceae. Families with greatest importance indexes (Myrtaceae, Clusiaceae, Moraceae, Mimosaceae, Caesalpiniaceae, Vochysiaceae, Myristicaceae, Elaeocarpaceae, Lecythidaceae, and Anacardiaceae) were dominant in different height classes, had different species numbers (1 to 10), and, in general, the highest densities. São Vicente Férrer's montane forest showed a close relationship in composition to lowland forests, in spite of the taller trees, greater richness, and mainly greater abundance of families and species which are not common in lowland forests of Pernambuco.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Estrutura do componente arbóreo e características edáficas de dois fragmentos de floresta estacional decidual no vale do rio Araguari, MG, Brasil/ Tree layer structure and soil characteristics of two deciduous dry forests in the Araguari river valley, Minas Gerais State, Brazil

Siqueira, Ariane de Souza; Araújo, Glein Monteiro de; Schiavini, Ivan
2009-03-01

Resumo em português Este trabalho investigou a estrutura do componente arbóreo e as características edáficas de duas florestas deciduais (doravante Funil 1 e Funil 2) localizadas no vale do rio Araguari, Triângulo Mineiro. Foram demarcadas 60 parcelas de 10×20 m em cada área. Todas as árvores com circunferência a 1,30 m de altura >15 cm foram amostradas. Para o estudo do solo foram realizadas análises físicas e químicas de 20 amostras de cada ambiente. Para verificar possíveis re (mais) lações entre as características do solo e a distribuição das espécies foram realizadas análises de correspondência canônica (CCA). Funil 1 apresentou densidade de 1695 ind./ha e área basal total de 16,25 m²/ha. Foram amostradas 64 espécies, 49 gêneros e 32 famílias nesse ambiente. Funil 2 apresentou densidade de 937,5 ind./ha, área basal total de 14,02 m²/ha e total de 46 espécies, 39 gêneros e 22 famílias. O índice de diversidade de Shannon foi de 2,76 (Funil 1) e 2,59 (Funil 2), sendo a equabilidade semelhante para os dois ambientes (J' = 0,66). As análises químicas evidenciaram fortes semelhanças entre os solos estudados. Em contraste, houve diferença considerável dos parâmetros físicos desses solos. A umidade dos solos de Funil 1 e 2 variou ao longo do ano (ANOVA F = 367,67; gl = 3; p Resumo em inglês This study aimed to analyze the vegetation structure and soil characteristics of two deciduous forests, hereafter referred to as Funil 1 and Funil 2, located in the Araguari river valley, Triângulo Mineiro region. Sixty 10×20 m plots were laid out in each forest. All trees with a minimum circumference of 15 cm at 1.30 m above ground were sampled. Soil samples were collected from 20 plots in each forest. Canonical correspondence analysis (CCA) was used to check relations (mais) hips between species distribution and soil characteristics. Funil 1 had a density of 1695 ind./ha and basal area of 16.25 m²/ha. A total of 64 species, 49 genera and 32 families were found in the area. Funil 2 had a density of 937.5 ind./ha, basal area of 14.02 m²/ha and a total of 46 species, 39 genera and 22 families. Shannon's index for Funil 1 and Funil 2 was 2.76 and 2.59, respectively. Pielou's evenness index was the same in both environments (J' = 0.66). Chemical analysis of forest soils showed high similarity. In contrast, there were significant physical differences between Funil 1 and Funil 2 soils. Soil humidity of Funil 1 and 2 changed during the year (ANOVA F = 367.67; df = 3; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Caracterização florística e fitossociológica do componente arbustivo-arbóreo de uma floresta paludosa no Município de Rio Claro (SP), Brasil/ Floristic and phytosociological characterization of the arboreal and shruby stratum of a swamp forest in Rio Claro (SP), Brazil

Teixeira, Aloysio de Pádua; Assis, Marco A.
2005-09-01

Resumo em português As florestas paludosas ocupam geralmente porções planas de várzeas e fundos de vale. Caracterizouse a flora e a estrutura de uma floresta paludosa estabelecida sobre um declive acentuado no Município de Rio Claro, SP, visando à comparação florística dessa floresta com outras florestas paludosas estudadas no interior do Estado de São Paulo. Os indivíduos (PAP > 15 cm) foram amostrados em 45 parcelas de 10 m × 10 m (0,45 ha). Foram encontrados 1.651 indivíd (mais) uos vivos, pertencentes a 49 espécies e 30 famílias. O índice de diversidade (H') para as espécies foi de 2,10 nats.indivíduo-1 e a eqüabilidade (J) foi de 0,54. As espécies mais importantes (em VI) foram Euterpe edulis Mart., Calophyllum brasiliense Cambess., Talauma ovata A. St.-Hill., Cedrela odorata L., Dendropanax cuneatum Decne & Planch. e Protium spruceanum (Benth.) Engl. O elevado número de espécies, em comparação com as outras florestas, pode ser atribuído aos diferentes períodos de saturação hídrica determinados pelo desnível topográfico, enquanto a baixa diversidade florística é conseqüência da elevada densidade relativa de poucas espécies, como Euterpe edulis (41%). A comparação florística indicou que: i) Calophyllum brasiliense, Cedrela odorata, Dendropanax cuneatum, Protium almecega, Styrax pohlii A. DC., Talauma ovata e Tapirira guianensis Aubl. constituem um importante grupo de espécies que predominam nas florestas paludosas do interior paulista e conferem uma semelhança estrutural a essas formações; ii) a flora dessas florestas mostra-se bastante variada, com muitas espécies exclusivas verificadas em cada estudo. Os resultados sugerem que cada fragmento de floresta paludosa, além de favorecer a ocorrência das principais populações associadas a solos hidromórficos, apresenta peculiaridades florísticas que, somadas, promovem o aumento da diversidade de espécies. Resumo em inglês The flora and structure of a swamp forest occurring in a declivity in the municipality of Rio Claro, SP, was characterized in order to compare its floristic composition with other swamp forests in the countryside of São Paulo state. The trees (CBH >15 cm) were censused in 45 plots of 10 m × 10 m (0.45 ha). A total of 1,651 living plants in 49 species and 30 families were found. The diversity index (H') for species was 2.10 nats.individual-1, whereas the equability (mais) (J) was 0.54. The most important species (IV) were Euterpe edulis Mart., Calophyllum brasiliense Cambess., Talauma ovata A. St.-Hill., Cedrela odorata L., Dendropanax cuneatum Decne & Planch., and Protium spruceanum (Benth.) Engl. The high number of species found in this study can be related with different flooding intensities through the declivity, whereas the low floristic diversity was associated with a high relative density of few species, e.g. E. edulis (41%). The floristic comparison between swamp forests showed that: i) Calophyllum brasiliense, Cedrela odorata, Dendropanax cuneatum, Protium almecega, Styrax pohlii A. DC., Talauma ovata, and Tapirira guianensis Aubl. compose an important group of dominating species that determine a structural resemblance between the swamp forests in the countryside of São Paulo state; ii) the flora of these forests is very variable, with a large number of exclusive species in only one forest. The results indicates that each fragment of swamp forest besides being very important for occurrence of the populations associated to hidromorphic soils and presents floristic peculiarities that altogether, in a high scale, improve the great diversity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Composição florística e estrutura do componente arbóreo de uma área transicional de Floresta Atlântica no sul da Bahia, Brasil/ Floristic composition and structure of the arboreal component of a transitional area of Atlantic forest in southern Bahia, Brazil

Thomas, W. Wayt; Jardim, Jomar G.; Fiaschi, Pedro; Mariano Neto, Eduardo; Amorim, André M.
2009-03-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi averiguar a existência de uma possível transição florística ao longo de um gradiente altitudinal numa floresta serrana do sul da Bahia, Brasil. A área amostrada situa-se em uma zona de transição (leste-oeste) entre florestas ombrófilas e estacionais. Um transecto linear abrangendo um hectare (10 × 1.000 m) foi situado na encosta da serra (de ca. 350 a 750 m.s.m.). Todas as árvores e lianas com DAP > 5 foram numeradas, coletadas e (mais) medidas. Foram calculados valores de densidade, dominância, frequência e valor de importância (VI) para cada espécie amostrada. Foram amostrados 1.400 indivíduos agrupados em 264 espécies e 56 famílias de angiospermas. Cariniana legalis (Mart.) Kuntze teve o maior VI, devido à elevada dominância de poucos indivíduos. Discocarpus pedicellatus Fiaschi & Cordeiro e Ampelocera glabra Kuhlm. foram as espécies mais frequentes, com 90 e 86 indivíduos respectivamente. Noventa e seis espécies foram representadas por apenas um indivíduo. As famílias mais diversas foram Fabaceae e Myrtaceae com 37 e 31 espécies respectivamente. Análises de agrupamento e correspondência (DCA) revelaram que a composição florística da floresta situada na porção mais alta do transecto foi distinta da restante. As florestas de porções mais baixas e mais altas do fragmento puderam ser consideradas respectivamente como semideciduais e ombrófilas. Embora haja diferenças florísticas evidentes entre essas florestas, ambas estão claramente vinculadas ao setor sul-Baiano da Mata Atlântica. Resumo em inglês The purpose of this study was to attempt to detect a floristic transition in forest along an altitudinal gradient on a mountain side in southern Bahia, Brazil. The study site is located at the east-west transition from tropical moist to semideciduous forests. A belt transect of one hectare (10 × 1000 m) was established running up the slope (from ca. 350 m to 750 m elevation). All included trees and lianas > 5 cm in diameter at breast height were numbered, collected, (mais) and measured. Density, dominance, frequency, and importance values (IV) were calculated for each species. We encountered 1400 individuals and 264 species of woody plants in 56 families. Cariniana legalis (Mart.) Kuntze had the highest IV, based on the dominance of a small number of trees. Discocarpus pedicellatus Fiaschi & Cordeiro and Ampelocera glabra Kuhlm. were the most frequent trees, with 90 and 86 individuals respectively. Ninety-six species were represented by a single individual. The Fabaceae and Myrtaceae were the most diverse families with 37 and 31 species respectively. Cluster analysis and correspondence analysis (DCA) revealed that the composition of the forest along the uppermost 30 percent of the transect was distinct from the rest. The lower and upper forests can be considered respectively as semideciduous and moist forests. Although there are some well-marked floristic differences between these forests, both clearly belong to the southern Bahian sector of the Atlantic coastal forests.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Relação entre a altura de inundação, riqueza específica de plantas e o tamanho de clareiras naturais em uma floresta inundável de igapó, na Amazônia Central/ Relationship between flooding level, plant species diversity and tree fall gap size in a seasonally flooded forest in Central Amazonia, Brazil

Ferreira, Leandro Valle; Almeida, Samuel S.
2005-06-01

Resumo em português Apesar do considerável número de estudos publicados sobre clareiras em regiões tropicais, nenhum deles foi publicado sobre a regeneração de espécies de plantas em clareiras naturais nas florestas inundadas da Amazônia. Essas florestas apresentam forte flutuação do nível dos rios, que pode variar em até 15 m, entre as estações de seca e cheia, inundando extensas áreas ao longo de rios e igarapés. O objetivo deste estudo foi determinar se diferenças na posi� (mais) �ão das clareiras no gradiente de inundação e conseqüentemente no tempo de inundação anual poderiam afetar os padrões de tamanho, riqueza e composição específica em clareiras naturais. Também, foram amostradas 10 clareiras naturais situadas em diferentes posições do gradiente de inundação do rio Tarumã-Mirim, um afluente do rio Negro, no Estado do Amazonas, Brasil. Houve aumento significativo na área das clareiras, variando de 101 a 1.001 m², em relação ao aumento do gradiente de inundação. Houve, ainda, incremento significativo no número total de espécies regenerando nas clareiras, variando de 14 a 51 espécies, em relação ao aumento do gradiente de inundação. A composição de espécies regenerando nas clareiras foi bastante relacionada com sua posição no gradiente de inundação, e clareiras situadas em regiões sujeitas a longos períodos de inundação são colonizadas principalmente por espécies com grande tolerância à inundação, enquanto as clareiras situadas em regiões submetidas a períodos curtos de inundação são, sobretudo, colonizadas por espécies pouco tolerantes à inundação. Concluindo, a área total, o número e a composição das espécies nas clareiras da floresta de igapó amostrada neste estudo foram relacionados com o gradiente de inundação, demonstrando que o tempo anual de inundação influiu nos parâmetros analisados. Resumo em inglês Despite the considerable number of studies published about tree gaps in tropical regions, none of them addresses the regeneration of plant species in natural gaps in the Amazonian seasonally flooded forests. These forests undergo a large fluctuation of the water level which may vary up to 15 meters between the high and low water seasons, flooding extensive areas along rivers and streams. The objective of this study was to determine whether differences in the duration of a (mais) nnual flooding could affect the parameters of size, species diversity, and composition in natural gaps. This study sampled 10 natural gaps in black water floodplain forests of different areas and flood levels along the Tarumã-Mirim River, a tributary of the Rio Negro, in the State of Amazonas, Brazil. There was a significant increase in gap size, varying from 101 to 1.001 m2, in relation to the level of flooding. There was also a significant increase in species diversity, varying from 14 to 51 species, depending upon the increase in the level of flooding. The species composition in the gaps was closely related to the level of flooding, resulting in gaps located in areas subjected to a long flooding period being colonized mainly by species with a high flooding tolerance, whereas gaps located in regions of short periods of inundation were mainly colonized by species with a low flooding tolerance. In conclusion, the gap size, diversity, and floristic composition within the gaps of the black water flooded forests sampled in this study were related to the level of flooding, demonstrating that that annual flooding duration influenced these parameters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Aspectos estruturais da comunidade arbórea em remanescentes de floresta estacional decidual, em Corumbá, MS, Brasil

Lima, Michele Soares de; Damasceno-Júnior, Geraldo Alves; Tanaka, Marcel Okamoto
2010-09-01

Resumo em português (Aspectos estruturais da comunidade arbórea em remanescentes de floresta estacional decidual, em Corumbá, MS, Brasil). Um estudo comparativo da estrutura da comunidade arbórea entre dois remanescentes de floresta decídua foi conduzido em diferentes altitudes: florestas deciduais de terras baixas (FEDTB) e submontana (FEDSM), localizados em Corumbá, MS, Centro Oeste brasileiro. Amostraram-se indivíduos arbóreos com CAP ³ 15 cm, utilizando-se método de quadrantes. (mais) Foram demarcados 80 pontos em FEDTB e em FEDSM 78 pontos foram distribuídos por altitude: 180 m (18 pontos), 220, 260 e 300 m de altitude (20 pontos cada). Em FEDTB foram amostradas 34 espécies, sendo que Calycophyllum multiflorum Griseb., Ceiba pubiflora (A. St.-Hil.) K. Schum. e Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan apresentaram os maiores valores de importância. Na área de FEDSM foram amostradas 33 espécies, sendo que Anandenanthera colubrina, Ceiba pubiflora e Acosmium cardenasii H. S. Irwin & Arroyo foram as mais importantes. O padrão de distribuição das espécies variou ao longo do gradiente altitudinal. Em ambas as áreas, o índice de diversidade de Shannon foi de 2,9 e a Equitabilidade de 0,8, onde as famílias mais representativas foram Fabaceae (8 spp.) e Rubiaceae (4 spp). As florestas estudadas apresentaram baixa densidade de indivíduos por hectare em relação a outros estudos, exceto na área a 300 m. A comunidade arbórea apresentou 22,46% de indivíduos perfilhados e em fases iniciais de sucessão. O dossel variou de 6 a 12 m, com indivíduos emergentes de até 18 m. Estes remanescentes representam fonte de diversidade biológica para a região do Pantanal sendo importantes componentes dos corredores naturais da região. Resumo em inglês (Structural features of the arboreal community in remnants of dry forest in Corumbá, MS, Brazil). The structure of the arboreal community of two types of dry forest was compared in an altitudinal gradient of lowland (FEDTB) and submontane (FEDSM) dry forests, in Corumbá, MS, Midwest Brazil. Tree species with circumference at breast height ³ 15 cm were sampled, using the point centered quarter method. In the FEDTB 80 points were demarcated, and in FEDSM 78 points were d (mais) istributed in the following altitudes: 180 m (18 points), 220, 260 and 300 m (20 points each). In FEDTB 34 species were sampled; Calycophyllum multiflorum Griseb., Ceiba pubiflora (A. St.-Hil.) K. Schum. and Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan have the highest VI values. In FEDSM, 33 species were sampled, and Anandenanthera colubrina, Ceiba pubiflora and Acosmium cardenasii H. S. Irwin & Arroyo were the most important. The distribution pattern of the species varied along the altitudinal gradient. In both forests Shannon's diversity and equitability indexes were 2.9 and 0.8, respectively, and the most representative families were Fabaceae (8 species) and Rubiaceae (4 species). The studied forests have low density of individuals in relation to other studies, except for the track at 300 m. About 22.46% of the individuals of arboreal community had basal ramifications and were in the initial phases of succession. The canopy varied from 6 to 12 m, and emergent individuals of up to 18 m. These remnants represent a source of biodiversity for the Pantanal, being an important part of the natural forest corridors of the region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

O uso de recursos florestais e as políticas econômicas brasileiras: uma visão histórica e parcial de um processo de desenvolvimento

Bacha, Carlos José Caetano
2004-06-01

Resumo em português Este artigo analisa o uso de recursos florestais no Brasil, evidenciando que a destruição de nossas florestas e o uso insustentável dos remanescentes florestais sempre se associaram com as políticas desenvolvimentistas adotadas no País. Estas políticas, por sua vez, se fundamentaram nos principais modelos econômicos em voga a cada período. O trabalho apresenta uma discussão acerca da importância das florestas para uma nação e ressalta que o Brasil as está des (mais) truindo em grande escala, enquanto diversos outros países as ampliam. Este processo de desmatamento no Brasil já não se justifica pela necessidade de terra para a produção agropecuária. Por meio de um instrumental analítico, o trabalho verifica as políticas florestais e seus resultados desde o Brasil colônia e as associam com os principais modelos existentes a cada período. O trabalho também analisa o processo de reflorestamento no Brasil, demonstrando que o mesmo não compensa a perda de florestas nativas. Ao seu final, o artigo discute algumas políticas que permitem o uso racional dos recursos florestais no Brasil sem impedir a expansão de outras atividades econômicas. Resumo em inglês This paper analyzes the use of forests in Brazil, pointing out the destruction of native forests and its unsustainable uses are due to development policies. The latter is connected with the main economic models that prevailed during each time period. The paper discusses about the importance of forests for a nation and it points out Brazil is world’s number one in losing forests, while other countries are increasing their forests. That deforestation is not necessary in or (mais) der to keep Brazil’s agriculture growing. The paper makes an analysis of forest policies and their results along Brazil’s history. The paper also analyzed the reforestation in Brazil and shows it is not compensating the deforestation process. At the end, the paper suggests some policies that are able to keep the expansion of agriculture and to conserve native forests in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

O balanço de carbono da Amazônia brasileira

Nobre, Carlos A.; Nobre, Antônio D.
2002-08-01

Resumo em português GLOBALMENTE, a biota terrestre é um sumidouro significativo de dióxido de carbono (CO2) atmosférico. Estudos recentes do IPCC para a década de 1990 estimam a biota terrestre com sendo um sumidouro líquido de aproximadamente 1,4 gigatonelada de carbono por ano (assimilação líquida pela biota terrestre menos as emissões devidas às mudanças dos usos da terra). É provável que a maior parte desse suposto sumidouro aconteça nas florestas das latitudes médias e do (mais) s trópicos. Estudos do ciclo do carbono do Experimento LBA estão mostrando que as florestas não-perturbadas da Amazônia comportam-se com um forte sumidouro de carbono, com taxas na faixa de 1 a 7 toneladas por hectare por ano, ao passo que as áreas inundadas e os rios podem estar agindo como fonte de carbono de até 1,2 tonelada por hectare por ano. O desmatamento e a queima de biomassa representam uma emissão líquida de aproximadamente 0,2 gigatonelada de carbono por ano na Amazônia brasileira. Ainda que se leve em conta as grandes incertezas existentes sobre essas medidas, o balanço das evidências observacionais aponta para a possibilidade de que as florestas tropicais da América do Sul estejam funcionando como sumidouros de carbono da atmosfera. Resumo em inglês GLOBALLY, the terrestrial biota acts as a significant carbon sink for atmospheric carbon dioxide (CO2). The most recent estimate from IPCC for the 1990's puts the terrestrial biota at a net sink of 1.4 gigaton of carbon per year (net carbon uptake by the biota minus emissions from land use changes). It is likely that most of this presumed sink takes place in mid-latitude and tropical forests. Carbon cycle studies in the LBA Experiment indicate that the undisturbed forest (mais) of Amazonia may be a strong sink of carbon, at rates from 1 to 7 tons per hectare per year, whereas the wetlands may act as a source of carbon into the atmosphere of up to 1.2 ton per hectare per year. Deforestation and biomass burning in Brazilian Amazonia alone account for a net carbon dioxide emission of about 0,2 gigaton of carbon per year. Notwithstanding the still large uncertainties of these estimates, the balance of observational evidence points to the possibility that the tropical forests of South America function as a sink of carbon from the atmosphere.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Alterações no Código Florestal Brasileiro: impactos potenciais sobre a ictiofauna/ Changes in the Brazilian Forest Code: potential impacts on the ichthyofauna

Casatti, Lilian
2010-12-01

Resumo em português É apresentada uma análise dos possíveis impactos que a diminuição da vegetação nativa, notadamente das florestas ripárias, pode causar sobre a ictiofauna. Três conjuntos de aspectos funcionais primordiais desempenhados pelas florestas ripárias são discutidos: transferência de energia solar ao ambiente aquático, interceptação de nutrientes e sedimentos que adentram nos rios e trocas de material orgânico entre o sistema terrestre e aquático. Conclui-se que (mais) qualquer alteração que se traduza em mais perdas de vegetação nativa, seja em áreas de preservação permanente ou em reservas legais, pode gerar perdas de espécies, homogeneização faunística e diminuição de biomassa íctica. Resumo em inglês In this paper is presented an analysis of possible impacts that the reduction of native vegetation, especially riparian forests, can have on the fish fauna. Three sets of primary functional aspects performed by riparian forests are discussed: transferring of solar energy to the aquatic environment, trapping nutrients and sediments that enter the rivers and transfer of organic material between the terrestrial and aquatic environments. Any modification which results in furt (mais) her loss of native vegetation, in permanent preservation areas or in protection reserves, may generate losses of species, faunal homogenization and reduction of fish biomass.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Flora de um brejo de altitude na escarpa oriental do planalto da Borborema, PE, Brasil/ Floristics of an upland forest in the oriental slope of the Borborema plateau, Pernambuco State, Brazil

Rodal, Maria Jesus Nogueira; Sales, Margareth Ferreira; Silva, Marcos José da; Silva, Alexandre Gomes da
2005-12-01

Resumo em português Os estudos nas florestas montanas nordestinas (brejos de altitude) indicam que as ombrófilas apresentam elevada riqueza de espécies e são mais relacionadas com a floresta ombrófila de terras baixas. Considerando o desconhecimento sobre as florestas ombrófilas sub-montanas, foi realizado o levantamento do Brejo de Bonito, Pernambuco, com o objetivo de conhecer seu perfil florístico. São apresentadas informações sobre o coletor/número, hábito e padrão de distrib (mais) uição de cada espécie. Os resultados foram comparados a 22 levantamentos da Floresta Atlântica (latu sensu) nordestina. No brejo de Bonito foram coletadas 217 espécies, distribuídas em 65 famílias. Dessas, cerca de 50% são citados em outras florestas montanas de Pernambuco e de terras baixas de Pernambuco e da Bahia. A maior parte das espécies encontradas tem distribuição na América do Sul, ocorrendo desde a porção norte, penetrando na costa leste brasileira e também na porção central do Brasil e, às vezes, no domínio do semi-árido, nos Brejos de Altitude. Outra porção representativa distribui-se desde a América Central até a porção centro-norte da América do Sul, com poucas ocorrendo também na parte sul da América do Norte (Estados Unidos e México). Resumo em inglês Studies in the northeastern upland forests (brejo de altitude) indicate that the humid ones show higher richness of species and have more floristic simalarity with the lowland humid forests. Considering the lack of data about humid sub-montane forests, a survey was carried out in the upland forest of Bonito, Pernambuco, aiming to identify their floristic composition. Voucher, habit, and pattern of distribution of each species are presented. The results were compared with (mais) 22 surveys in the northeastern Atlantic Rainforest (latu sensu). Two hundred and seventeen species, distributed in 65 families, were sampled at the study area. Among those, 50% were cited in other upland forests and lowland forests in Pernambuco and Bahia States. The majority of species are scattered along South America, occurring from the north portion, penetrating through the Atlantic coast, as well as in the Brazilian central plateau, and sometimes reaching the semi-arid regions within the upland forests. Another important group of species are distributed starting at Central America to the middle region of South America, with a few occurring also in the south of North America (United States and Mexico).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Impactos potenciais das alterações do Código Florestal nos recursos hídricos/ Potencial impacts of changes in the Forest Law in relation to water resources

Tundisi, José Galizia; Tundisi, Takako Matsumura
2010-12-01

Resumo em português Florestas ripárias, mosaicos de vegetação e áreas alagadas têm papel fundamental na proteção dos recursos hídricos mantendo a qualidade da água em excelentes condições para abastecimento e recarregado aquíferos repondo, portanto, volumes substanciais de águas para o componente subterrâneo. A remoção de florestas ripárias e áreas alagadas têm um efeito extremamente negativo degradando a qualidade das águas superficiais e subterrâneas, acelerando a sedi (mais) mentação de lagoas, represas e rios, e diminuindo o estoque de água nas nascentes e aquíferos. Todos os serviços ambientais dos ecossistemas aquáticos ficam comprometidos com o desmatamento e remoção de áreas naturalmente alagadas, portanto a preservação destas áreas é essencial para regular tanto o ciclo hidrológicos como os ciclos biogeoquímicos. A remoção destas áreas torna insustentável a agricultura em curto prazo. Resumo em inglês Mosaics of vegetation, riparian forests, and wetlands have an important quantitative and qualitative role on the hydrological cycle. Riparian forests protect the water quality of rivers, lakes and reservoirs. Wetlands control floods, sedimentation and regulate the water quality by enhancing processes such as denitrification, phosphorus and heavy metal retention. Both ecosystems of transition are fundamental. The removal of wetlands and forests (riparian and mosaics of veg (mais) etation) affects environmental services of these ecosystems, causing loss of economic assets of the capital natural and accelerating degradation of rivers, lakes, reservoirs and the watersheds. Protection of these ecosystems of transition is thus fundamental for the development of agriculture. The loss of services affects society, human health, increasing costs of recovery and deteriorating human-ecological relationships.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

As abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal Brasileiro/ Bees, ecosystem services and the Brazilian Forest Code

Imperatriz-Fonseca, Vera Lucia; Nunes-Silva, Patrícia
2010-12-01

Resumo em português As abelhas são consideradas os principais polinizadores em ambientes naturais e agrícolas. Esse serviço ecossistêmico é essencial para a manutenção das populações selvagens de plantas e para a produção de alimento nos ambientes agrícolas e está ameaçado em várias regiões do mundo. O desmatamento é uma das causas principais porque ele afeta as populações de abelhas. A conservação das florestas é necessária para a manutenção das populações de abelhas e da polinização nas paisagens agrícolas. Resumo em inglês Bees are considered the main pollinators in natural and agricultural environments. This ecosystem service is essential to the maintenance of wild plant populations and to food production on agricultural environments and it's threatened in many regions of the world. Deforestation is pointed out as one of the main causes because it affects bee populations. Conservation of forests is necessary for the maintenance of bee populations and pollination services on agricultural landscapes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Conflitos de interesse no ordenamento territorial da Amazônia brasileira

Kohlhepp, Gerd
2002-08-01

Resumo em português A REGIÃO de planejamento "Amazônia Legal", de cinco milhões de Km², sendo a maior área de florestas tropicais do mundo, passou nos últimos 30 anos por seis fases de programas de desenvolvimento regional com ações estatais e privadas: 1 Integração nacional, 2 Polamazônia, 3 Desenvolvimento rural integrado, 4 Grande Carajás, 5 Estratégias de desenvolvimento sustentável no âmbito do Programa Piloto, 6 Avança Brasil. Com exceção do Programa Piloto Internacio (mais) nal, que quer contribuir ao desenvolvimento sustentável e ao manejo dos recursos naturais, todos os programas de desenvolvimento levaram a uma crescente destruição das florestas tropicais, significando 14% da área florestal da Amazônia. O mega-programa Avança Brasil, financiado em grande parte pelo governo, com ampliação da infra-estrutura e atividades econômicas reforçadas, provocará enormes impactos ambientais, o que representa grande desafio para o futuro desenvolvimento da Amazônia. A modificação das estratégias da política regional e o desenvolvimento regional descentralizado deverão satisfazer as condições de vida da população regional, tendo como base o manejo sustentável dos recursos e a preservação da biodiversidade da Amazônia. Resumo em inglês DURING the last three decades, the 5-million square kilometer planning region "Amazônia legal", the world's largest area of tropical forests, endured six phases of regional development programs with far-reaching state and private activities: 1 National integration, 2 Polamazônia, 3 Integrated rural development, 4 Grande Carajás, 5 Sustainable development strategies in the Pilot Program, 6 Avança Brasil. With the exception of the Pilot Program, which contributed to the (mais) sustainable development and management of natural resources, the consequences of all regional development programs have been the increased destruction of tropical forests, comprising 14 % of the total forest area in Amazonia. The new Avança Brasil mega-program, financed mostly by the government, with an enormous expansion of infrastructure and complex economic activities, is causing huge environmental impacts, constituting a major challenge for the future development of Amazonia. Changes in the strategies for regional policy and decentralized regional development will have to satisfy the basic needs of the regional population on the basis of sustainable management of forest resources and the preservation of biodiversity in Amazonia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Uma nova espécie de Passiflora L. (Passifloraceae) para o Brasil/ A new species of Passiflora L. (Passifloraceae) from Brazil

Nunes, Teonildes Sacramento; Queiroz, Luciano Paganucci de
2007-06-01

Resumo em português Uma nova espécie de Passifloraceae é descrita e ilustrada, Passiflora mucugeana T.S. Nunes & L.P. Queiroz. Esta espécie é conhecida até o momento, na região da Chapada Diamantina, Bahia, em áreas próximas aos municípios de Mucugê, Ibicoara e Barra da Estiva, em áreas de florestas estacionais e campo rupestre (Complexo Espinhaço), chegando a uma altitude de 1.200 metros. Passiflora mucugeana é inserida no subg. Passiflora supersect. Stipulata Feuillet & MacDou (mais) gal sect. Granadillastrum Triana & Planch., por apresentar caracteres morfológicos que a assemelham a P. imbeana Sacco. Resumo em inglês A new Brazilian species of Passifloraceae is described and illustrated: P. mucugeana T.S. Nunes & L.P. Queiroz. This species is from the Chapada Diamantina region, state of Bahia, near the towns of Mucugê, Ibicoara and Barra da Estiva, growing in semideciduous forests and "campo rupestre", at 1200 m altitude. The new species is classified in subg. Passiflora supersect. Stipulata Feuillet & MacDougal sect. Granadillastrum Triana & Planch., because it appears to be a close relative of P. imbeana Sacco.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Impactos potenciais das mudanças propostas no Código Florestal Brasileiro sobre as borboletas/ Potential impacts of the proposed Brazilian Forest Act on native butterflies

Freitas, André Victor Lucci
2010-12-01

Resumo em português Este trabalho discute como as mudanças propostas no Código Florestal Brasileiro podem afetar as borboletas do Brasil. Conforme exposto, os impactos principais estão na redução das matas ciliares (com consequente perda de conectividade) e nas alterações maiores nas amplas áreas de florestas de altitude. Adicionalmente, alterações na paisagem regional, com redução das áreas de proteção permanentes (APPS) e conversão de topos de morros, por exemplo, podem ref (mais) letir em profundas mudanças nas assembleias de borboletas já severamente modificadas por quase 500 anos de desmatamento e degradação dos habitats do Brasil. Resumo em inglês This paper discusses how the proposed changes in the Brazilian Forest Act could affect native butterflies. As showed, the main impacts include the reduction in the riparian forests (with consequent loss of connectivity) and the major changes that could take place in the large areas of montane forest. Moreover, changes in the regional landscape, with the reduction of permanently protected areas (Brazilian APPs) and the destruction of hilltop habitats could markedly affect (mais) extant butterfly assemblages, which have been severely modified in the past 500 years of deforestation and degradation in all Brazilian habitats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Revisão taxonômica de Acosmium Schott (Leguminosae, Papilionoideae, Sophoreae)/ Taxonomic revision of Acosmium Schott (Leguminosae, Papilionoideae, Sophoreae)

Rodrigues, Rodrigo Schütz; Tozzi, Ana Maria Goulart de Azevedo
2009-03-01

Resumo em português Este trabalho apresenta uma revisão taxonômica de Acosmium Schott, incluindo chave de identificação, descrições, ilustrações e mapa de distribuição dos táxons. Acosmium é um gênero sul-americano com três espécies reconhecidas: A. cardenasii H.S. Irwin & Arroyo, A. diffusissimum (Mohlenbr.) Yakovlev e A. lentiscifolium Schott. Acosmium fallax (Taub.) Yakovlev é proposto como sinônimo de A. lentiscifolium. Em adição, são discutidos aspectos sobre a morfo (mais) logia e delimitação específica em Acosmium, bem como sobre sua distribuição geográfica, que parece estar fortemente associada com a distribuição das florestas tropicais estacionais secas na América do Sul. Resumo em inglês This work presents a taxonomic revision of Acosmium Schott, including an identification key, descriptions, illustrations, and a distribution map for the taxa. Acosmium is a South American genus with three accepted species: A. cardenasii H.S. Irwin & Arroyo, A. diffusissimum (Mohlenbr.) Yakovlev, and A. lentiscifolium Schott. Acosmium fallax (Taub.) Yakovlev is proposed as a new synonym of A lentiscifolium. In addition, aspects on morphology and specific delimitation in Ac (mais) osmium, as well as on its geographical distribution, which appears to be strongly associated with the distribution of the seasonally dry tropical forests in South America, are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Schizaeales no Parque Estadual do Itacolomi, Minas Gerais, Brasil/ Schizaeales from Itacolomi State Park, Minas Gerais, Brazil

Casarino, Jane Eyre; Mynssen, Claudine Massi; Messias, Maria Cristina Teixeira Braga
2009-12-01

Resumo em português Esse trabalho consiste no estudo taxonômico das Schizaeales no Parque Estadual do Itacolomi, localizado nos municípios de Ouro Preto e Mariana, Estado de Minas Gerais, Brasil. O Parque é constituído principalmente por campos rupestres e florestas estacionais semideciduais. A ordem Schizaeales ocorre essencialmente em ambientes tropicais e temperado meridional, sendo constituída por três famílias: Schizaeaceae, Anemiaceae e Lygodiaceae. Foram encontrados 14 táxons, (mais) distribuídos em três gêneros: Anemia (11 espécies, com reconhecimento de três variedades), Lygodium (uma espécie), Schizaea (uma espécie). Do total de táxons estudados, seis são endêmicos do Brasil. São apresentadas chaves de identificação, descrições, ilustrações e comentários. Resumo em inglês This work presents the taxonomic study of Schizaeales from Itacolomi State Park, located in Ouro Preto and Mariana Municipalities, Minas Gerais State, Brazil. The vegetation of the Park is mostly formed by campos rupestres and semideciduous forests. The Schizaeales is found primarily in tropics and southern temperate zones, consisting of three families: Schizaeaceae, Anemiaceae and Lygodiaceae. Fourteen taxons were found: Anemia (11 species, including three varieties), Ly (mais) godium (one species), Schizaea (one species). Six taxons were recognized as endemics to Brazil. Identification keys, descriptions, illustrations and comments are presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Estrutura e composição florística do estrato arbóreo de um remanescente de Mata Atlântica submontana no município de Rio Bonito, RJ, Brasil (Mata Rio Vermelho)/ Structure and floristic composition of a tree community in a submontane Atlantic Forest remnant in Rio Bonito, RJ, Brazil (Rio Vermelho Forest)

Carvalho, Fabrício Alvim; Nascimento, Marcelo Trindade; Braga, João Marcelo Alvarenga
2007-08-01

Resumo em português Neste trabalho, descreveram-se a composição florística e a estrutura do estrato arbóreo de um remanescente de Floresta Ombrófila Densa Submontana (Mata Rio Vermelho) na região Centro-Norte fluminense, comparando-a com outras florestas da região. Foram alocadas oito parcelas de 5 m x 100 m, e todos os indivíduos vivos e mortos com DAP > 5 cm foram amostrados. Ao todo, foram registradas 106 espécies pertencentes a 77 gêneros e 32 famílias. As famílias com maior (mais) riqueza de espécies foram Leguminosae (13 espécies) e Lauraceae (8), e as mais abundantes foram Monimiaceae (13% dos indivíduos) e Leguminosae (11%). As espécies mais importantes quanto ao valor de cobertura (VC) foram Siparuna guianensis, Apuleia leiocarpa, Cupania oblongifolia e Machaerium brasiliensis, todas características de áreas secundárias. O índice de diversidade de espécies (H' = 3,91 nats.ind-1) foi próximo ao encontrado em outras florestas secundárias. Os resultados (elevado número de árvores mortas, com lianas, perfilhadas e secundárias iniciais; baixo número de árvores de grande porte e área basal) indicaram que a mata em foco se encontrava perturbada e em fase de regeneração intermediária. Ainda assim, permanecia detentora de considerável riqueza e diversidade florística, com espécies arbóreas ameaçadas de extinção, como Melanoxylon brauna e Dalbergia nigra. Devido à importância ecológica desde remanescente para a manutenção da flora e fauna local e ao avançado processo de fragmentação da região, sugere-se que a Mata Rio Vermelho seja prioritária em programas de conservação e manejo. Resumo em inglês This work describes the floristic composition and forest structure of a tree community in a Submontane Ombrofilous Dense Atlantic forest (Rio Vermelho Forest) and compares this forest to other remnant forests in the region. Eight 100 m x 5 m plots were allocated and all trees > 5 cm DBH were sampled. A total of 106 species was sampled, distributed in 77 genus and 32 families. The richest families in number of species were Leguminosae (13 species) and Lauraceae (8). Monimi (mais) aceae (13% of trees) and Leguminosae (11%) had the highest densities. The most important species (cover value) were Siparuna guianensis, Apuleia leiocarpa, Cupania oblongifolia and Machaerium brasiliensis. These species are common in secondary Atlantic forests. The species diversity (H' = 3,91 nats.ind-1) can be considered within the values found for secondary Atlantic forests. Based on the floristic data and the high values found for standing dead trees, trees supporting lianas, number of multiple stems and number of early secondary species and the low number of large trees, this forest can be classified as a secondary forest in an intermediate regenerating status. However, this forest still has a considerable richness and diversity with some endangered tree species such as Melanoxylon brauna and Dalbergia nigra. Due to its ecological importance for the local flora and fauna and the fragmentation process in the region, this remnant forest should be considered as a priority area for establishment of conservation and management practices.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Comunidade de palmeiras no território indígena krahò, tocantins, brasil/ biodiversidade e aspectos etnobotânicos/ Palm communities in the krahò indigenous territory, tocantins, brazil: biodiversity and ethnobotanical features/ Comunidad de palmeras en el territorio indígena krahò, tocantins, brasil: biodiversidad y aspectos etnobotánicos

Terra Nascimento, André R; Amaral dos Santos, Aécio; Martins, Renata C; Borges Dias, Terezinha A
2009-03-01

Resumo em português As florestas e savanas tropicais possuem uma expressiva diversidade de espécies de palmeiras, recursos genéticos de grande valor econômico e cultural para as várias comunidades tradicionais que habitam estes ecossistemas e utilizam estes recursos. A etnia Krahò é um grupo Timbira do tronco lingüístico Macro-Jê, que ocupam um território de 320000ha situado na região nordeste do Estado do Tocantins, Brasil, e inserido na área core do bioma cerrado. Este estudo o (mais) bjetiva descrever a riqueza de espécies e os aspectos etnobotânicos, com ênfase, no seu potencial de utilização em doze aldeias Krahò. Cadastraram-se também nestas aldeias as palmeiras exóticas cultivadas. Foram percorridas as principais fitofisionomias em torno de cada aldeia: cerrado sensu stricto, campo sujo, florestas de galeria, veredas e florestas estacionais. A comunidade de palmeiras nas aldeias está representada por um total 17 espécies nativas e 3 espécies introduzidas. Os gêneros Attalea (4 espécies), Syagrus (3 espécies) e Astrocaryum (3 espécies) foram os que apresentaram o maior número de espécies dentre os 10 gêneros encontrados. Do total das espécies identificadas Oenocarpus distichus Mart. (bacaba), Mauritia flexuosa L. (buriti) e Attalea maripa (Aubl.) Mart. (Inajá) apresentaram a maior diversificação de usos, sendo principalmente utilizadas para alimentação, construções diversas, artesanato e uso medicinal. O suporte ambiental relacionado a alimentação proporcionado pelas palmeiras destacam-se nas aldeias na época de menor disponibilidade alimentar, no período entre as safras de cultivo agrícolas, devendo ser incorporados em programas de conservação e manejo de recursos naturais no território desta etnia. Resumo em espanhol Los Bosques y sabanas tropicales poseen una expresiva diversidad de especies de palmeras, recursos genéticos de gran valor económico y cultural para las varias comunidades tradicionales que habitan estos ecosistemas y utilizan estos recursos. La etnia Krahò es un grupo Timbira de la raiz lingüística Macro-Jê, que ocupa un territorio de 320.000 ha, situado en la región noreste del Estado Tocantins, Brasil, e inserido en el área core del bioma Cerrado. Este estudio (mais) objetiva describir la riqueza de especies y los aspectos etnobotánicos, con énfasis, en su potencial de utilización en doce aldeas Krahò. Se registraron também en estas aldeas las palmeras exóticas cultivadas. Se percorrieron las principales fitofisionomías alrededor de cada aldea: Cerrado sensu stricto, Campo Sujo, bosques de galería, veredas y bosques estacionales. La comunidad de palmeras en las aldeas está representada por un total de 17 especies nativas y 3 especies introducidas. Los géneros Attalea (4 especies), Syagrus (3 especies) y Astrocaryum (3 especies) fueron los que presentaron el mayor número de especies entre los 10 géneros encontrados. Del total de las especies identificadas, Oenocarpus distichus Mart. (bacaba), Mauritia flexuosa L. (palma de moriche) y Attalea maripa (Aubl.) Mart. (cucurita), presentaron la mayor diversidad de usos, siendo principalmente utilizadas para alimentación, construcciones diversas, artesanato y uso medicinal. El soporte ambiental relacionado con alimentación proporcionado por las palmeras se destaca en las aldeas en la época de menor disponibilidad alimentar, en el período entre safras de cultivo agrícolas, debiendo ser incorporados en programas de conservación y manejo de recursos naturales en el territorio de esta etnia. Resumo em inglês Tropical forests and savannas have a large diversity of palm species, genetic resources of great economical and cultural value for the several traditional communities which inhabit these ecosystems and use these resources. The ethnic group Krahò is a Timbira group belonging to the linguistic stem Macro-Jê and occupies a 320000ha territory in the northeast region of Tocantins State, Brazil, in the core area of the Cerrado bioma. This study aims to describe palm species r (mais) ichness and ethnobotanical features, emphasizing their potential use, in twelve Krahò villages. Exotic cultivated palms were also surveyed. The main physiognomies around the indigenous village were examined: cerrado sensu stricto, grasslands, gallery forests, swampy palm formations and dry seasonal forests. Palm communities around the villages are represented by a total of 17 native species and 3 exotic ones introduced. The genera Attalea (4 species), Syagrus (3 species) and Astrocaryum (3 species) presented the greatest number of species among the 10 genera encountered. Among the species, Oenocarpus distichus Mart. (bacaba), Mauritia flexuosa L. (buriti) and Attalea maripa (Aubl.) Mart. (inajá) presented the greatest use diversification, being utilized for food, constructions, handcraft and as medicine. The environmental support provided by the palms in terms of food supply increases in the villages at times of lower food availability, between agricultural crop periods. This support should to be incorporated on conservation and natural resource management programs in the ethnic group territory.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Características ecológicas e implicações para a conservação da Reserva Florestal do Morro Grande/ Ecological characteristics of the Morro Grande Forest Reserve and conservation implications

Metzger, Jean Paul; Alves, Luciana F.; Pardini, Renata; Dixo, Marianna; Nogueira, André do Amaral; Negrão, Mônica de Faria Franco; Martensen, Alexandre Camargo; Catharino, Eduardo Luís Martins
2006-01-01

Resumo em português Os levantamentos biológicos realizados nos últimos cinco anos na Reserva Florestal do Morro Grande (RFMG) permitiram inventariar mais de 13.000 indivíduos pertencentes a 673 espécies de árvores, mamíferos não-voadores, aves, répteis, anuros e aranhas orbitelas. A comparação dos dados obtidos revela padrões biológicos consistentes que levam a quatro conclusões principais: i) a RFMG se situa numa condição de transição, recebendo influências das florestas o (mais) mbrófilas densas e mistas, das estacionais e até do cerrado; ii) todos os grupos taxonômicos estudados apresentam diferenças significativas na riqueza e/ou na composição de espécies quando comparadas as florestas em estádios sucessionais intermediários/avançados de sucessão (80-90 anos após corte raso) e a floresta madura, mais antiga (onde houve apenas corte seletivo), o que deve contribuir para um aumento da diversidade gama da RFMG, uma vez que esta é um complexo mosaico de vegetação em diferentes estádios sucessionais; iii) dado, em parte, aos dois fatores anteriores, a RFMG apresenta um padrão, consistente para diferentes grupos taxonômicos, de elevada riqueza de espécies quando comparada com outras áreas de Floresta Atlântica; iv) por sua localização numa matriz de alta densidade populacional humana, a RFMG vem sofrendo fortes perturbações, em particular devido à caça, extrativismo vegetal predatório e entrada de espécies exóticas e invasoras. A conservação da singular biota da RFMG dependerá do estabelecimento de um plano de manejo que consiga tirar vantagens da proximidade à cidade de São Paulo, em termos de pesquisa científica e projetos educacionais/turísticos, e estabeleça o controle das espécies exóticas, da caça, do extrativismo vegetal e da ocupação inadequada do seu entorno imediato. Resumo em inglês In the last five years, the Morro Grande Forest Reserve (MGFR) has been systematically surveyed for different taxonomic groups. More than 13.000 individuals from 673 species of trees, nonvolant small mammals, birds, reptiles, anurans and orb-weaver spiders were sampled. The comparative analysis of the results reveals consistent biodiversity patterns which concern four central issues: i) the MGFR is situated in an ecotone location with the influence from the ombrophilous a (mais) nd mesophilous forests and also from the interior savanna region; ii) all taxonomic groups presented significant differences in species composition and/or richness when medium to old secondary forests (80 to 90 years of regeneration) were compared with old-growth forests (or "mature" forests), where only selective logging were observed; this should contribute to a high gamma diversity, given that the MGFR is a complex mosaic of vegetation in different successional stages; iii) partly due to the two first factors, the MGFR presents a consistent pattern of high species diversity when compared with other areas from the Atlantic Forest region; iv) due to its location in a high human density matrix, the MGFR is being submitted to strong disturbances, mostly related with hunting, vegetation exploitation, and alien species invasion. The conservation of this unique biota will depend on the establishment of a management plan that can take advantage of the proximity from the city of São Paulo, specially for projects of education, tourism and scientific research, and that could control the problems of exotic species, hunting, vegetation exploitation and inappropriate use of the MGFR surrounding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Populações de aranhas errantes do gênero Ctenus em fragmentos florestais na Amazônia Central/ Populations of Ctenus wandering spiders in Amazonian forest fragments

Mestre, Luiz Augusto Macedo; Gasnier, Thierry Ray
2008-01-01

Resumo em português Ctenus é um gênero de aranhas errantes abundante em florestas tropicais da América do Sul e da África e está se tornando um organismo modelo para compreensão da biologia de predadores na fauna de serapilheira. Avaliamos os efeitos da fragmentação florestal sobre quatro espécies de aranhas errantes do gênero Ctenus (C. amphora, C. crulsi, C. manauara e C. villasboasi), baseado nas variações das densidades e nos tamanhos de adultos em fragmentos de tamanhos dife (mais) rentes, nas bordas destes e nas florestas secundárias próximas. Este estudo foi realizado de fevereiro a julho de 1999, em floresta tropical úmida de terra firme ao norte de Manaus - AM. As áreas incluíram três locais de mata secundária, quatro fragmentos de 1 ha, três de 10 ha, dois de 100 ha e quatro reservas em floresta contínua (maior que 10.000 ha). As aranhas foram capturadas manualmente, mensuradas e contadas em transectos de 250x5 m ou 500x5 m em áreas de platô, no interior e nas bordas dos fragmentos. Houve predomínio significativo de fêmeas em duas espécies (C. amphora- 74% e C. crulsi- 65%); dimorfismo sexual de tamanho em três espécies (C. amphora, C. crulsi e C. manauara) e variação temporal da abundância significativa para as quatro espécies. Estes resultados corroboraram e complementaram tendências de estudos anteriores e permitem uma interpretação mais completa sobre a ecologia destas espécies. Não observamos diferenças de abundância das aranhas entre centro e bordas e entre reservas de diferentes tamanhos. O efeito de borda ou do tamanho do fragmento sobre o tamanho de aranhas Ctenus neste estudo foi bem menor que as variações anteriormente observadas entre habitats diferentes no interior da floresta. Comparações com um estudo posterior a este, mostram que efeito da fragmentação nesta escala sobre estas aranhas diminui com a regeneração da floresta ao redor dos fragmentos, indicando uma rápida resposta do grupo para estas modificações ambientais. Resumo em inglês Ctenus is a genus of wandering spiders abundant in Neotropical and African rainforests and is becoming a model organism to understand the biology of predators in the leaf litter fauna. We compared abundance, sex ratio, seasonality and size dimorphism in populations of four species of medium sized wandering spiders, Ctenus amphora, C. crulsi, C. manauara and C. villasboasi in primary forests, fragments with different areas, their borders and secondary forests near them. Th (mais) is study was conducted between February and July 1999, in a terra-firme (non-flooded) tropical rain forest, in central Amazonia. The spiders were measured and counted in transects of 250x5 m or 500x5 m in three secondary forest sites, four fragments of primary forest of 1 ha, three of 10 ha, two of 100 ha and four reserves of continuous forest (larger than 10.000 ha). There was a significant predominance of females in two species (C. amphora- 74% and C. crulsi- 65%), sexual dimorphism significant in three species (C. amphora, C. crulsi, and C. manauara), and temporal variation of the abundance for the four species. These results corroborate and complement tendencies from previous studies. There were no statistical differences between spider abundance in interior, borders and between reserves of different areas. Effects of border and size of fragments on the Ctenus spider populations are smaller than the previously observed variations among different habitats in the forest interior. There was no difference in spider size captured in small reserves, large reserves, edges, and continuous forests sites. Comparing these results with other study in the same sites, we conclude that the effects of fragmentation in Ctenus spiders decrease with second grown regeneration, resulting in a rapid reply of these species to habitat modifications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Avaliação do incremento em volume de madeira de Quassia amara L.- Simaroubaceae, em cultivo agroecológico no trópico úmido da Costa Rica/ Evaluation of wood volume increment in Quassia amara L. - Simaroubaceae, under agroecological cultivation in the humid tropic of Costa Rica

Próspero, R.; Ming, L.C.; Rojas, R.D.; Ocampo, R.A.
2009-01-01

Resumo em português Quassia amara é arbusto de 3 a 6 metros de altura, tendo sido retirado indiscriminadamente das florestas para extrair do caule as quassinas usadas na indústria farmacêutica e como inseticida em agricultura orgânica. Não se tem muita informação técnica acerca do crescimento desta espécie para subsidiar estratégias de manejo sustentado. Este trabalho tem como objetivo avaliar o crescimento de Q. amara L. em cultivo agroecológico na Costa Rica. O trabalho consisti (mais) u em realizar avaliações do desenvolvimento de indivíduos de Q. amara em parcelas permanentes de medições, instaladas em meio às plantações desta espécie em consórcio com essências arbóreas. Foram efetuadas medições de diâmetro do caule a 10 cm do solo e altura total. Foi observado que em função das taxas de crescimento vegetal e incrementos médio e corrente anuais (IMA e ICA), mesmo após cinco anos de plantio, a madeira de Quassia amara para extração de quassinas não está pronta para colheita. Resumo em inglês Quassia amara is a 3-6m tall bush which has been indiscriminately removed from forests for extraction of quassins from its stem. These substances have been used in pharmaceutical industry and as insecticide in organic agriculture. There is not much technical information about the growth of this species to subsidize sustainable management strategies. The aim of this study was to evaluate the growth of Quassia amara under agroecological cultivation in Costa Rica. The study (mais) consisted in evaluating the development of Q. amara individuals in permanent plots intercropped with other tree species. Stem diameter at 10 cm from the ground and total height were measured. According to the results concerning growth rates, Mean Annual Increment (MAI) and Current Annual Increment (CAI), even at five years after planting, Q. amara wood is not ready to be harvested.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Potencial ecológico para o manejo de frutos de açaizeiro (Euterpe precatoria Mart.) em áreas extrativistas no Acre, Brasil/ Ecologic potential for the management of açaizeiro fruits (Euterpe precatoria Mart.) in extractive areas in Acre, Brazil

Rocha, Elektra
2004-01-01

Resumo em português Uma das espécies potenciais para a diversificação da produção florestal não-madeireira é Euterpe precatoria Mart., cujo manejo de seus frutos para produção de polpa engloba aspectos sociais, econômicos e ecológicos concernentes à floresta. No presente estudo analisamos a densidade, estrutura, dinâmica e a estabilidade populacional desta espécie em florestas inundadas e de terra firme para avaliar o potencial ecológico de manejo. A densidade média de adulto (mais) s na floresta de baixio foi de 60 indivíduos ha-1 e na terra firme de 23 indivíduos ha-1. A estrutura populacional apresentou-se em forma de J invertido. Houve uma alta produção de frutos e a sua produção por indivíduo não foi diferente entre os tipos florestais. A estabilidade populacional apresentou-se variável entre os tipos florestais e os sítios amostrados. Este estudo sugere que de modo geral Euterpe precatoria possui características ecológicas favoráveis para seu manejo sustentável, tais como alta densidade e freqüência, regeneração abundante e grande produção de frutos. Um maior potencial de manejo apresentou-se na floresta de baixio comparado ao da terra firme. Resumo em inglês One of the species with a diversification potential for non-timber forest products is Euterpe precatoria Mart., whose fruit management for pulp production includes social, economical and ecological aspects. This study analyzes the density, structure, dynamics and stability of a population Euterpe precatoria in terra firme and inundated forests to evaluate the ecological potential of management. The mean adult density in inundated forests was 60 individuals ha-1 and 23 ind (mais) ividuals ha-1 in terra firme forest. Population structure showed an inverse J shape. There was a high fruit production and the population stability was variable among the study sites. These ecological characteristics suggest that this species has a high management potential, such as high density and frequency, abundant regeneration and high fruit production. A greater management potential was observed in inundated forests when compared with terra firme.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Composição, abundância e riqueza de Calliphoridae (Diptera) das matas e clareiras com diferentes coberturas vegetais da Base de Extração Petrolífera, bacia do Rio Urucu, Coari, Amazonas/ Composition, abundance and richness of Calliphoridae (Diptera) in the forests and gaps with different forest covers from the oil extraction field located at Urucu River, Coari, Amazonas

Sousa, José Roberto Pereira de; Esposito, Maria Cristina; Carvalho Filho, Fernando da Silva
2010-06-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado na base de extração petrolífera, bacia do Rio Urucu, Coari, Amazonas, nos meses de abril, junho e outubro de 2007. Um total de 16 áreas foram amostradas, 12 delas de clareiras e quatro de florestas, sendo categorizadas em quatro ambientes (clareiras pouco recuperadas, clareiras semi-recuperadas, clareiras bem recuperadas e floresta preservada). Um total de 7.215 califorídeos foram capturados pertencentes a 16 espécies e uma única delas, (mais) a Chloroprocta idioidea (Robineau-Desvoidy, 1830), representou 88,06% deste total. Os padrões de abundância da família não diferiram entre os ambientes, porém eles diferiram para as seguintes espécies: Eumesembrinella randa (Walker, 1849), Hemilucilia semidiaphana (Rondani, 1850) e Paralucilia adespota Dear, 1985. A riqueza estimada variou significativamente entre os ambientes, formando dois grupos: I, clareiras pouco recuperadas (C1) e clareiras semi-recuperadas (C2); e II, clareiras bem recuperadas (C3) e floresta preservada (MT). Resumo em inglês This research was carried out in the oil extraction field located in Urucu River Basin, Coari, State of Amazonas, Brazil, during the months of April, June and October of 2007. A total of 16 areas were sampled, 12 of them were gaps and four forests, arranged in four environments (gaps litlle-recovered, gaps semi-recovered, gaps well-recovered and preserved forest). A total of 7,215 calliphorid flies was captured belonging to 16 species and only one species, Chloroprocta id (mais) ioidea (Robineau-Desvoidy, 1830), represented 88.06% of this total. The abundance patterns of the family were not different among the environments, however they were different for the following species: Eumesembrinella randa (Walker, 1849), Hemilucilia semidiaphana (Rondani, 1850) and Paralucilia adespota Dear, 1985 The estimated richness was significantly different between the environments and showed two groups: I, gaps litlle-recovered (C1) and gaps semi-recovered (C2); II, gaps well-recovered (C3) and preserved forest (MT).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Estrutura populacional e incremento corrente anual de casca-de-anta (Drimys brasiliensis Miers - Winteraceae) em Caçador, Santa Catarina, Brasil/ Population structure and annual increment in "casca-de-anta" (Drimys brasiliensis Miers - Winteraceae) from Caçador Municipality, Santa Catarina State, Brazil

Mariot, A; Mantovani, A; Bittencourt, R; Ferreira, D.K; Reis, M.S
2010-06-01

Resumo em português Drimys brasiliensis Miers, conhecida como cataia ou casca-de-anta, é árvore nativa da Mata Atlântica e as cascas tem sido utilizadas medicinalmente a partir da exploração de plantas em populações naturais. Este trabalho teve como objetivo estudar a demografia de duas populações naturais de D. brasiliensis, (1) Reserva Genética Florestal de Caçador (RGFC) e (2) Floresta Nacional de Caçador (FLONA), ambas no município de Caçador (SC), visando fundamentar estra (mais) tégias de exploração sustentável e conservação deste recurso florestal não-madeireiro. A maior luminosidade no sub-bosque existente na FLONA atuou positivamente na espécie, aumentado a capacidade de incremento em diâmetro à altura do peito (DAP), altura (H) e área basal (AB), além de antecipar a reprodução em plantas de menor porte. A análise do padrão espacial das plantas reprodutivas na RGFC mostrou padrão agregado, e na FLONA até a distância de 25 metros. Esse comportamento indicou que a espécie apresenta potencial de manejo em florestas secundárias, formação sucessional em que se encontra a maioria dos remanescentes de Mata Atlântica, além de indicar potencial para cultivo em sistemas agroflorestais. Resumo em inglês Known as "cataia" or "casca-de-anta", Drimys brasiliensis Miers is a tree native to the Atlantic Forest and its barks have been medicinally used by exploring natural populations. The present work aimed to study the demography of two D. brasiliensis natural populations, (1) Caçador Forest Genetic Reserve (RGFC) and(2) Caçador National Forest (FLONA), both located in Caçador Municipality, Santa Catarina State, Brazil, in order to establish strategies for sustainable expl (mais) oration and conservation of such non-timber forest resource. The higher luminosity in FLONA understory was beneficial to the species by increasing their increment capability regarding diameter at breast height (DBH), height (H) and basal area (BA), and made the reproduction in smaller plants earlier. The spatial analysis of reproductive plants in RGFC had an aggregate pattern, whereas in FLONA until 25m distance was detected. Such results indicated that this species presents potential for management in secondary forests, the successional formation where the major Atlantic Forest remnants are found, as well as potential for cultivation in agroforestry systems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Consumo de frutos e abundância de Tucano Toco (Ramphastos toco) em dois hábitats do Pantanal Sul/ Toco Toucan (Ramphastos toco) frugivory and abundance in two habitats at South Pantanal

França, Leonardo Fernandes; Ragusa-Netto, Jose; Paiva, Luciana Vieira de
2009-06-01

Resumo em português Tucano Toco (Ramphastos toco) é um dos grandes frugívoros de dossel, tanto de florestas contínuas quanto ambientes semi-abertos. No Pantanal Sul o Tucano Toco é comum em paisagens que intercalam ambientes fechados e abertos. Neste estudo avaliamos a abundância de Tucano Toco em capões de mata e mata ciliar, bem como a produção e consumo de frutos carnosos durante a estação seca. Apenas seis espécies frutificaram em capões de mata, e cinco em mata ciliar. Nos c (mais) apões de mata a maior abundância do gênero Ficus, cuja frutificação foi assincrônica, proporcionou disponibilidade constante de frutos. Na mata ciliar a oferta de frutos carnosos foi variável e as figueiras foram raras e não foram detectadas pelo método de quadrante centrado. Nos dois hábitats os tucanos exploraram frutos de Cecropia pachystachya, Genipa americana e Ficus. A ocorrência de Tucano Toco foi sempre maior em capões de mata do que em mata ciliar, sendo mais elevada em um dado hábitat, quando pelo menos duas espécies disponibilizavam frutos carnosos. A maior regularidade na ocorrência dos tucanos em capões de mata pode ter sido conseqüência da oferta constante de frutos carnosos, a qual ocorreu devido à presença das espécies do gênero Ficus neste hábitat. Porém, a presença da espécie nos hábitats avaliados deve decorrer da combinação de todos os frutos comuns na sua alimentação. Resumo em inglês Toco Toucan (Ramphastos toco) is one of the largest frugivorous birds of canopy, even in continuous forests than in semi-opened habitat. At South Pantanal (Brazil) Toco toucan is common in landscapes that intersperse open and closed habitats. On this research we evaluated the Toco Toucan abundance in capões forest and gallery forest as well as the production and consumption of fleshy fruit during dry season. Only six species produced fruits in capões forests, and five i (mais) n gallery forests. In capões forest the higher presence of Ficus genera, which fructifying was asynchronous, provided constant fruit source. In gallery forests where fig trees were rare, the abundance of fleshy fruits was variable. The toucans explored Cecropia pachystachya, Genipa americana and Ficus fruits at two habitats. The occurrence of Toco Toucan in capões forest always was higher than in gallery forest. The occurrence in each habitat was higher when at least two species produced fleshy fruits at the same time. The regular toucan occurrence at capões forest was potentially a consequence of constant fleshy fruit availability, which occurred due to the presence of Ficus species in this habitat. However, the presence of Toco Toucan at this habitat must result from the combination of all common fruits in bird feed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Atividade microbiana de solo e serapilheira em áreas povoadas com Pinus elliottii e Terminalia ivorensis/ Microbial activity of soil and litter in areas with forest stands of Pinus elliottii e Terminalia ivorensis

Carvalho, André Mundstock Xavier de; Vale, Helson Mário Martins do; Ferreira, Eráclides Maria; Cordero, Alexander Francisco Perez; Barros, Nairam Félix de; Costa, Maurício Dutra
2008-12-01

Resumo em português No Brasil, as espécies Pinus elliottii e Terminalia ivorensis vêm sendo indicadas para reflorestamento. No entanto, pouco se sabe sobre as características ecológicas destas florestas, o ciclo de nutrientes e suas conseqüências sobre a produtividade e sustentabilidade sob condições tropicais. Visando melhor compreender a dinâmica do C nestes ecossistemas, objetivou-se neste trabalho avaliar a atividade microbiana do solo, serapilheira e da mistura solo + serapilhe (mais) ira em povoamentos florestais de P. elliottii e T. ivorensis. Amostras de solos e serapilheira foram incubadas e a atividade microbiana avaliada por meio da evolução de CO2. Ao final da incubação, a respiração acumulada foi superior para a serapilheira de T. ivorensis. Os demais substratos com serapilheira não diferiram entre si, mas diferiram do solo sob T. ivorensis, que, por sua vez, diferiu do solo sob P. elliottii. Nas condições testadas, a incorporação de solo à serapilheira, bem como a incorporação alternada de solo de um povoamento à serapilheira de outro, não promoveu aumentos significativos na respiração da serapilheira, mostrando que as características químicas da própria serapilheira alteram mais fortemente sua velocidade de degradação que as características químicas e microbianas do solo onde é incorporada. Resumo em inglês In Brazil, the species Pinus elliottii and Terminalia ivorensis are being recommended for reforestation. However, little is known about the ecological characteristics of such forests, the nutrient cycle and possible consequences on yields and sustainability under tropical conditions. For a better understanding of the C dynamic in these ecosystems, this study aimed to evaluate the microbial activity of soil, litter, and the mixture of soil + litter in forest stands of P. e (mais) lliottii and T. ivorensis. Samples of soil, litter and mixture were incubated and the microbial activity was evaluated on the basis of CO2 released. At the end of incubation, the accumulated respiration was significantly higher in litter of T. ivorensis. The other substrates with litter did not differ from each other, but differed from the soil under T. ivorensis, which in turn differed from soil under P. elliottii. In the tested conditions, the soil incorporation to litter, as well as the alternate incorporation of soil from one forest with the litter of another did not cause a significant increase in litter respiration. This indicates that the influence of the chemical characteristics of the litter itself on degradation speed is stronger than the chemical and microbiological characteristics of the soil where it is incorporated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Avaliação da qualidade de solos sob diferentes coberturas florestais e de pastagem no sul de Minas Gerais/ Evaluation of soil quality under different forest covers and pasture in southern Minas Gerais state, Brazil

Melloni, Rogério; Melloni, Eliane Guimarães Pereira; Alvarenga, Maria Inês Nogueira; Vieira, Fernanda Bueno Marcondes
2008-12-01

Resumo em português No sul de Minas Gerais faz-se a substituição de florestas de araucária por pastagens ou extensos plantios de eucalipto. No entanto, poucos estudos relacionam, de forma ampla, os impactos nos atributos físicos, químicos, microbianos e visuais do solo causados por esta substituição. Com esse objetivo, selecionaram-se áreas com eucalipto, araucária implantada, mata nativa e pasto implantado em Delfim Moreira, MG, no verão de 2006, de onde se retiraram amostras defo (mais) rmadas e indeformadas de solo para análises químicas (pH, P, K, Ca2+, Mg2+, Al3+, H + Al, SB, t, T, V, m e matéria orgânica), físicas (densidade do solo, densidade de partículas, índice de floculação, diâmetro médio geométrico, macro e microporosidade) e microbianas (atividade microbiana, qCO2, C da biomassa microbiana, relação C da biomassa/C orgânico). Com atributos visuais ligados ao solo, às plantas e aos animais, elaborou-se um indicador da qualidade visual para cada ecossistema, que se destacou pela praticidade, simplicidade e sensibilidade na discriminação das diferentes coberturas vegetais. A grande maioria dos atributos físicos e microbianos mostrou-se eficiente nas avaliações da qualidade ambiental, que revelaram grande disparidade entre a pastagem e os demais ecossistemas, e alta similaridade entre o ecossistema eucalipto com sub-bosque desenvolvido e araucária implantada. Resumo em inglês Native forests have frequently been substituted by Eucalyptus or annual crops cultivation in Brazil. In southern Minas Gerais State the substitution of Araucaria angustifolia forests by agricultural systems or extensive Eucalyptus stands has also been observed. However, few studies are focused on the impacts of such land use changes on soil physical, chemical and microbial and visual aspect of soils. With this goal in mind, different ecosystems were selected, including in (mais) troduced Eucalyptus and Araucaria and native forest and pasture in Delfim Moreira county, state of Minas Gerais, in the summer 2006. Disturbed and undisturbed soil samples were collected to determine chemical (pH, P, K, Ca, Mg, Al, H + Al, SB, t, T, V, m, organic matter), physical (soil bulk density, soil particle density, flocculation index, mean weight diameter, macro and microporosity) and microbial attributes (microbial activity, qCO2, microbial biomass, relation microbial biomass/organic carbon). Based on visual aspects related to soil, plants and animals, a visual quality index was calculated for each ecosystem, which proved practical, simple and sensitive to the different vegetation covers. The great majority of the physical and microbial attributes was efficient to evaluate the environmental quality, and indicated high dissimilarity between the pasture and the other ecosystems, and great similarity between the Eucalyptus ecosystem with a well developed understory and that of planted Araucaria.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Importância dos remanescentes florestais de Embu (SP, Brasil) para a conservação da flora regional/ Importance of Embu (SP, Brazil) forest fragments to conservation of regional flora

Franco, Geraldo Antônio Daher Corrêa; Souza, Flaviana Maluf de; Ivanauskas, Natália Macedo; Mattos, Isabel Fernandes de Aguiar; Baitello, João Batista; Aguiar, Osny Tadeu; Catarucci, Amanda de Fátima Martin; Polisel, Rodrigo Trassi
2007-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o grau de conservação e a importância dos remanescentes florestais situados em Embu - SP para a manutenção da diversidade da flora local. Para tanto, realizou-se o mapeamento e a classificação prévia da cobertura vegetal da área, a fim de se selecionarem os fragmentos a serem avaliados. Para determinar o grau de conservação desses fragmentos, efetuou-se levantamento expedito, com ênfase na vegetação arbórea, no qual for (mais) am registrados a composição florística e alguns descritores fisionômicos e estruturais. Foram caracterizados nove fragmentos, cujas áreas variaram de aproximadamente quatro a 35 ha, totalizando 140 ha. Apesar de curto, o levantamento possibilitou o registro de 197 espécies, das quais 172 arbóreas e em sua maioria da Floresta Ombrófila Densa mas com algumas espécies da Floresta Estacional Semidecidual. Comparando a composição de espécies arbóreas encontradas nos fragmentos àquela presente na Reserva Florestal do Morro Grande - unidade de conservação localizada próxima à área de estudo - constatou-se a ocorrência de 95 espécies em comum às duas áreas e 65 espécies com ocorrência exclusiva nos fragmentos. Além disso, foram registradas sete espécies enquadradas em alguma das categorias estabelecidas pela lista de espécies ameaçadas no Estado de São Paulo, no Brasil e no mundo. Embora tenham ocorrido predominantemente nos fragmentos mais bem conservados, algumas dessas espécies também foram encontradas em fragmentos degradados, indicando que mesmo com o predomínio de florestas secundárias, a manutenção dos remanescentes de Embu contribui para a conservação de espécies ainda não protegidas na região. A presença de estrutura florestal também pode auxiliar na proteção dos recursos hídricos e edáficos, além de contribuir para a conectividade de áreas de floresta nativa, facilitando o fluxo gênico de espécies vegetais e animais e, conseqüentemente, a manutenção da biodiversidade da Floresta Atlântica. Resumo em inglês The objective of this research was to evaluate the conservation status and the importance of forest remnants at Embu (SP, Brazil) for the maintenance of the local plant diversity. A previous classification of the vegetation cover was made with aerial photographs interpretation in order to guide the selection of the forest fragments to be evaluated. In a quick survey, the floristic composition (focused on tree species) and some structural and physiognomic descriptors were (mais) recorded to assess the conservation status of the vegetation. Nine remaining forests with areas between four and 35 ha were characterized, totaling 140 ha. Despite of the short time, 197 species were recorded, being 172 trees typical of the Ombrophilous Dense Forest and some species from the Seasonal Semideciduous Forest. Comparing the tree and shrub species between the remaining forests and the Morro Grande Reserve Forest - conservation unit located next to the study site - 95 species were found in common and 65 species exclusively occurring at Embu forests. Moreover, seven threatened species according to the state, national and world red lists were recorded. Although these seven species were mostly found in the more mature fragments, some were also found in disturbed ones, indicating that even with the massive occurrence of secondary forests, the maintenance of the forest remnants of Embu may help to preserve some species still not protected in the region. The forest can also contribute to protect water and soil resources and to connect native forest patches, facilitating the gene flow of plant and animal species and, consequently, promoting the maintenance of the Atlantic Forest biodiversity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Colêmbolos (Hexapoda: Collembola) como bioindicadores de qualidade do solo em áreas com Araucaria angustifolia/ Springtails (Hexapoda: Collembola) as soil quality bioindicators in areas with Araucaria angustifolia

Baretta, Dilmar; Ferreira, Cristina Seabra; Sousa, José Paulo; Cardoso, Elke Jurandy Bran Nogueira
2008-12-01

Resumo em português Não existem informações sobre a diversidade de colêmbolos associados às florestas com Araucaria angustifolia (Bert.) O. Kuntze no Brasil. Este estudo teve o objetivo de avaliar o potencial da diversidade de famílias de colêmbolos como bioindicadores da qualidade do solo e para separar diferentes áreas com araucária, utilizando atributos químicos e microbiológicos do solo como variáveis explicativas. O estudo foi realizado em quatro áreas: 1. floresta nativa c (mais) om predominância de araucária (NF); 2. reflorestamento de araucária (R); 3. reflorestamento de araucária submetido a incêndio acidental (RF); e 4. pastagem natural com araucárias nativas e ocorrência de incêndio acidental (NPF). Na captura dos organismos, utilizaram-se dez armadilhas, distribuídas ao acaso em cada área, nos mesmos pontos de coleta dos atributos químicos e microbiológicos do solo. O número de colêmbolos de cada família, extraído por armadilhas (abundância), o índice de diversidade de Shannon (H) e a riqueza de famílias foram submetidos à Análise de Variância (ANOVA). A abundância de cada família de Collembola foi submetida à Análise de Componentes Principais (ACP). Considerando as quatro áreas, foram identificadas oito famílias de colêmbolos (Brachystomellidae, Entomobryidae, Hypogastruridae, Isotomidae, Katiannidae, Paronellidae, Sminthuridae e Tomoceridae). A diversidade de famílias de colêmbolos foi maior nas áreas NF e R, em comparação com as áreas RF e NPF. Os atributos químicos e microbiológicos do solo foram eficientes como variáveis explicativas, pois auxiliaram na interpretação das modificações das famílias de colêmbolos. A ACP mostrou que a identificação ao nível de família de Collembola é suficiente para separar as áreas estudadas, além de indicar quais foram as famílias de colêmbolos mais associadas a cada área, o que possibilita sua utilização como bioindicadores de intervenções antrópicas, bem como da qualidade do solo. Resumo em inglês There is no information about the diversity of springtails associated with Araucaria angustifolia (Bert.) O. Kuntze forests in Brazil. This study was carried out to evaluate the potential of springtail family diversity as a soil quality indicator and to separate different Araucaria areas, using soil chemical and microbiological attributes as explanatory variables. The study was conducted in four areas of: 1. native forest with predominance of Araucaria (NF); 2. Araucaria (mais) reforestation (R); 3. Araucaria reforestation burnt by an accidental fire (RF); and 4. native grass pasture with native Araucaria and burnt by an intense accidental fire (NPF). In the capture of the organisms, ten Araucaria trees were randomly selected and pitfall traps were distributed around the selected Araucaria trees, at the same sampling points as for soil chemical and microbiological attributes. The number of springtails of each family extracted per trap (abundance), Shannon's diversity index (H) and family richness in the different areas were evaluated by analysis of variance (ANOVA). The abundance of springtails of each family was analyzed by Principal Components Analysis (PCA). Eight springtail families (Brachystomellidae, Entomobryidae, Hypogastruridae, Isotomidae, Katiannidae, Paronellidae, Sminthuridae and Tomoceridae) were identified in the four areas. The diversity of springtail families was always higher in the NF and R areas, in comparison with RF and NPF. The soil chemical and microbiological attributes were effective as explanatory variables, and useful in the interpretation of modifications occurring in springtail families. The PCA showed that the identification at the family level for Collembola was sufficient to separate the four studied areas, and also indicated which springtail families were most associated with each area. This variable can therefore be considered an indicator of soil quality and anthropogenic disturbance in these forests.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Impactos potenciais das mudanças propostas no Código Florestal Brasileiro sobre os répteis brasileiros/ Potential impacts of changes in the Brazilian Forest Code on reptiles

Marques, Otavio Augusto Vuolo; Nogueira, Cristiano; Martins, Marcio; Sawaya, Ricardo Jannini
2010-12-01

Resumo em português Avaliamos os impactos potenciais sobre a fauna brasileira de répteis (721 espécies descritas até o momento), caso sejam adotadas mudanças propostas por um substitutivo do atual Código Florestal Brasileiro. A possibilidade de compensação ambiental (obrigação legal no caso de degradação de habitats naturais) em bacias ou microbacias distintas daquelas degradadas seria uma das modificações do código vigente que prejudicaria a manutenção da diversidade de rép (mais) teis. Alguns gêneros de répteis são compostos por espécies que raramente co-ocorrem em uma mesma área. Assim, ações de conservação em escalas reduzidas, em unidades naturais como microbacias, seriam mais adequadas para representar a variação da composição de espécies entre áreas. O substitutivo prevê a exclusão de topos de montanhas como Área de Preservação Permanente (APP), bem como a redução da largura das matas marginais a cursos d´água (que também são APPs). Diversos répteis brasileiros estão restritos a áreas de altitude, ao passo que outros vivem somente ou principalmente em matas de galeria ou áreas ripárias. Assim, a perda de habitat nessas áreas deve tornar alguns répteis vulneráveis a extinção. A proposta também autoriza a recuperação de Reservas Legais (RL) usando espécies de plantas exóticas. Há evidências que muitos répteis brasileiros não conseguem sobreviver em ambientes alterados pelo homem, incluindo as florestas constituídas por espécies exóticas. A proposta também tornará possível compensar RL dentro de unidades de conservação. Entretanto, as unidades de conservação existentes não seriam suficientes para a manutenção da diversidade de répteis no Brasil (principalmente porque muitas espécies têm distribuição restrita). Se adotadas, as mudanças propostas ao Código Florestal Brasileiro terão fortes impactos sobre a fauna de répteis brasileira, um importante componente do patrimônio natural do país. Além disso, moléculas com potencial farmacêutico, presentes nos venenos de muitas espécies, poderão ser perdidas. Resumo em inglês We evaluate the potential impacts on Brazilian reptiles (721 species already described), if the proposed changes in the Brazilian Forest Code are approved. The possibility of environmental compensation (a legal obligation in case of disturbance of natural habitats) in basins or micro basins different from that in which the disturbance occurred would have harmful effects on reptile diversity. Some reptile genera include species that rarely co-occur in space. Thus, conserva (mais) tion action planning based on naturally smaller scales, such as micro basins, is most suitable to maintain species composition across large regions. The proposed changes also include the removal of mountaintops as Areas of Permanent Preservation (APP, areas which must be permanently protected, despite the fact that they are not part of a park), as well as a reduction in the width of gallery forests and protected riparian habitats (which are APPs). Many Brazilian reptiles are restricted to high elevation areas, whereas others dwell only or mostly in gallery forests and riparian areas. Thus, the habitat loss that would result from these two changes could make some reptiles vulnerable to extinction. The proposed changes also include allowing the restoration of the Legal Reserves (LR, the reserves of natural vegetation which landowners have to keep in private areas) using exotic plant species. There are evidences that many Brazilian reptiles are not able to persist in human-modified environments like forests composed of exotic trees. The proposed changes also allow the compensation of disturbances imposed on LR inside existing protected areas. However, existing protected areas are not sufficient for the maintenance of reptile diversity in Brazil (mainly because many species have restricted distributions). If approved, the proposed changes in the code will impose significant negative effects on the Brazilian reptile fauna, an important component of the country's natural heritage. Furthermore, unknown molecules with potential for pharmaceutical use could also be lost.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Anfíbios Anuros do Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus, sudeste do Brasil, e suas relações com outras taxocenoses no Brasil/ Anuran amphibians of Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus, Southeastern Brazil, and its relationships with other assemblages in Brazil

Araujo, Cybele de Oliveira; Condez, Thais Helena; Sawaya, Ricardo Jannini
2009-06-01

Resumo em português Apresentamos as 24 espécies de anfíbios anuros que ocorrem no Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus (PEFBJ), Pedregulho, São Paulo, sudeste do Brasil. Barycholos ternetzi, Rhinella rubescens, Scinax canastrensis e Phyllomedusa ayeaye correspondem a novos registros para o estado de São Paulo, sendo a última espécie incluída na lista de espécies ameaçadas de extinção do Ibama e IUCN. Para caracterizar a taxocenose de anuros do PEFBJ, comparamos sua composição (mais) de espécies com a de outras 66 localidades em diversos biomas e fitofisionomias do Brasil. As 67 taxocenoses foram ordenadas e agrupadas por meio de uma Análise de Coordenadas Principais (ACOP) e uma Análise de Agrupamento (Cluster Analysis). As análises multivariadas permitiram a identificação de quatro grupos: um de taxocenoses amazônicas; dois de taxocenoses de Mata Atlântica, sendo um composto por floresta ombrófila densa dos estados da Bahia e Espírito Santo e sua transição com a floresta estacional semidecidual (Minas Gerais), e o outro por localidades de floresta ombrófila densa dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná e suas transições com a floresta ombrófila mista, floresta estacional semidecidual, além de taxocenoses do Bioma Pampa; no quarto grupo foram incluídas as taxocenoses de biomas que apresentam fitofisionomias mais abertas, como Caatinga, Cerrado, Pantanal e a Mata Atlântica (floresta estacional semidecidual). Os agrupamentos faunísticos obtidos indicam que as composições de espécies das 67 localidades analisadas estão fortemente relacionadas com o tipo de vegetação onde ocorrem. A grande diversidade observada entre as fisionomias vegetais pode ser relacionada às variações topográficas e climáticas encontradas nos diferentes biomas examinados (Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal). A taxocenose de anuros do PEFBJ foi agrupada àquelas presentes em biomas com fitofisionomias abertas (quarto grupo), apresentando grande similaridade com as faunas de Cerrado e da floresta estacional semidecidual presente no Bioma Mata Atlântica do estado de São Paulo. Resumo em inglês We present the 24 anuran species occuring in Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus (PEFBJ), municipality of Pedregulho, São Paulo state, southeastern Brazil. Barycholos ternetzi, Rhinella rubescens, Scinax canastrensis, and Phyllomedusa ayeaye correspond to new records to the São Paulo state species list, the latter species considered as threatened in IBAMA and IUCN lists. In order to characterize the PEFBJ anuran assemblage we compare its species composition with 66 (mais) localities from different biomes in Brazil. The 67 assemblages were ordinated and grouped by Principal Coordinates Analysis (ACOP) and Cluster Analysis. The multivariate analysis allowed the identification of four groups: one from Amazonian forest assemblages; two from Atlantic forest assemblages, being one consisting of dense Atlantic rain forest of Bahia, Espírito Santo states and its transitions with seasonal semideciduous forests (Minas Gerais state), and the other one consisting of localities of dense Atlantic rain forest of Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná states and its transitions with araucaria rain forest (Atlantic rain forest with Araucaria angustifolia), seasonal semideciduous forests, and Pampas Biome assemblages; assemblages from more open physiognomies, as Caatinga (semiarid steppe of Northeast Brazil), Cerrado (Brazilian savanna), Pantanal (Brazilian wetlands), and the Atlantic forest (seasonal semideciduous forests) were included in the fourth group. The faunistic groups obtained indicate that species composition of the 67 localities are strongly related to the vegetation types where they occur. The great diversity observed among the physiognomic vegetation types could be related to the topographic and climatic variations found in the different biomes considered in our analysis (Amazon, Caatinga, Cerrado, Atlantic forest, Pampas and Pantanal). The anuran assemblage of PEFBJ was grouped among the biomes with open phytophysiognomies (fourth group), showing great similarity to the faunas of Cerrado and semideciduous forests in the Atlantic forest Biome of São Paulo state.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Novas espécies de Staurogyne Wall. (Acanthaceae) para o Brasil/ New species of Staurogyne Wall. (Acanthaceae) from Brazil

Braz, Denise Monte; Monteiro, Reinaldo
2006-12-01

Resumo em português O gênero Staurogyne Wall. reúne cerca de 140 espécies tropicais, com 28 destas reconhecidas para os neotrópicos, encontradas principalmente em áreas florestais preservadas. A revisão atualizada do gênero para as Américas revelou quatro espécies inéditas para o território brasileiro, aqui descritas. Os novos táxons são conhecidos para os Estados de Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina, três na Floresta Pluvial Atlântica, e uma nas matas de galeria, nos domínios do cerrado. Resumo em inglês The genus Staurogyne Wall. comprises about 140 tropical species, and in the Neotropics 28 species are recognized, especially found in preserved forested areas. A recent revision of the genus for the Americas revealed four new species in Brazil, which are here described. The new taxa are known from Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná and Santa Catarina States, three of them occurring in the Atlantic Rain Forest, and one in the gallery forests of the cerrado domain.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Distribuição de Lutzomyia whitmani em fitorregiões do estado do Maranhão, Brasil/ Distribution of Lutzomyia whitmani in phytoregions of the state of Maranhão, Northeastern Brazil/ Distribución de Lutzomyia whitmani en fitoregiones del estado de Maranhão, Norte de Brasil

Rebêlo, José Manuel Macário; Rocha, Roseno Viana; Moraes, Jorge Luiz Pinto; Alves, Gildário Amorim; Leonardo, Francisco Santos
2009-12-01

Resumo em português O estudo teve por objetivo caracterizar a distribuição geográfica de Lutzomyia whitmani s.l. no estado do Maranhão. De 1992 a 2005, foram capturados 9.600 espécimes (machos: 65,1% e fêmeas: 34,9%) nas zonas rurais e urbanas de 35 municípios situados em áreas de floresta, cerrado e vegetação mista com cocal, restinga e caatinga. A abundância foi maior no peridomicílio (91,6%) do que no intradomicílio (8,4%). A ocorrência do vetor em diferentes fitorregiões e (mais) nas áreas rurais e urbanas favorece a transmissão da leishmaniose tegumentar nesses ambientes. É possível que esse táxon constitua um complexo de espécies no Maranhão, o que poderá ser confirmado mediante estudos de biologia molecular. Resumo em espanhol El estudio tuvo por objetivo caracterizar la distribución geográfica de Lutzomyia whitmani s.l. en el estado de Maranhão, en Norte de Brasil. De 1992 a 2005, fueron capturados 9.600 especimenes (machos: 65,1% y hembras: 34,9%) en las zonas rurales y urbanas de 35 municipios situados en áreas de bosque, sabana y vegetación mixta con cocal, restinga y caatinga. La abundancia fue mayor en el peri domicilio (91,6%) con respecto al intra domicilio (8,4%). La presencia del (mais) vector en diferentes fitoregiones y en las áreas rurales y urbanas favorece la transmisión de la leishmaniasis tegumentar en esos ambientes. Es posible que ese taxón constituya un complejo de especies en el Maranhão, lo que podrá ser confirmado mediante estudios de biología molecular. Resumo em inglês The study had the aim of characterizing the geographical distribution of Lutzomyia whitmani s.l. in the state of Maranhão, Northeastern Brazil. Between 1992 and 2005, 9,600 specimens (65.1% males and 34.9% females) were caught in the rural and urban zones of 35 municipalities in regions consisting of forests, savanna and mixed vegetation with coconut plantations, sandbanks and heath. Greater abundance was observed in areas surrounding dwellings (91.6%) than inside the dw (mais) ellings (8.4%). The presence of the vector in different phytoregions and in rural and urban areas favors the transmission of tegumentary leishmaniasis in these environments. This taxon may constitute a complex of species in Maranhão, which can be confirmed by molecular biology studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Distribuição de Lutzomyia whitmani em fitorregiões do estado do Maranhão, Brasil/ Distribution of Lutzomyia whitmani in phytoregions of the state of Maranhão, Northeastern Brazil/ Distribución de Lutzomyia whitmani en fitoregiones del estado de Maranhão, Norte de Brasil

Rebêlo, José Manuel Macário; Rocha, Roseno Viana; Moraes, Jorge Luiz Pinto; Alves, Gildário Amorim; Leonardo, Francisco Santos
2009-12-01

Resumo em português O estudo teve por objetivo caracterizar a distribuição geográfica de Lutzomyia whitmani s.l. no estado do Maranhão. De 1992 a 2005, foram capturados 9.600 espécimes (machos: 65,1% e fêmeas: 34,9%) nas zonas rurais e urbanas de 35 municípios situados em áreas de floresta, cerrado e vegetação mista com cocal, restinga e caatinga. A abundância foi maior no peridomicílio (91,6%) do que no intradomicílio (8,4%). A ocorrência do vetor em diferentes fitorregiões e (mais) nas áreas rurais e urbanas favorece a transmissão da leishmaniose tegumentar nesses ambientes. É possível que esse táxon constitua um complexo de espécies no Maranhão, o que poderá ser confirmado mediante estudos de biologia molecular. Resumo em espanhol El estudio tuvo por objetivo caracterizar la distribución geográfica de Lutzomyia whitmani s.l. en el estado de Maranhão, en Norte de Brasil. De 1992 a 2005, fueron capturados 9.600 especimenes (machos: 65,1% y hembras: 34,9%) en las zonas rurales y urbanas de 35 municipios situados en áreas de bosque, sabana y vegetación mixta con cocal, restinga y caatinga. La abundancia fue mayor en el peri domicilio (91,6%) con respecto al intra domicilio (8,4%). La presencia del (mais) vector en diferentes fitoregiones y en las áreas rurales y urbanas favorece la transmisión de la leishmaniasis tegumentar en esos ambientes. Es posible que ese taxón constituya un complejo de especies en el Maranhão, lo que podrá ser confirmado mediante estudios de biología molecular. Resumo em inglês The study had the aim of characterizing the geographical distribution of Lutzomyia whitmani s.l. in the state of Maranhão, Northeastern Brazil. Between 1992 and 2005, 9,600 specimens (65.1% males and 34.9% females) were caught in the rural and urban zones of 35 municipalities in regions consisting of forests, savanna and mixed vegetation with coconut plantations, sandbanks and heath. Greater abundance was observed in areas surrounding dwellings (91.6%) than inside the dw (mais) ellings (8.4%). The presence of the vector in different phytoregions and in rural and urban areas favors the transmission of tegumentary leishmaniasis in these environments. This taxon may constitute a complex of species in Maranhão, which can be confirmed by molecular biology studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Caracterização de solos em uma topoclimossequência no maciço de triunfo - sertão de pernambuco/ Soil characterization along a climatic gradient in the triunfo mountain range, semi-arid region of pernambuco state, Brazil

Souza, Rômulo Vinícius Cordeiro Conceição de; Ribeiro, Mateus Rosas; Souza Junior, Valdomiro Severino de; Corrêa, Marcelo Metri; Almeida, Maria da Conceição de; Campos, Milton César C.; Ribeiro Filho, Mateus Rosas; Schulze, Sheila Maria Bretas Bittar
2010-08-01

Resumo em português Os brejos de altitude nordestinos constituem uma disjunção da mata atlântica, formando ilhas de floresta úmida em plena região semiárida, tendo uma condição climática bastante atípica, favorecida pela ocorrência de chuvas orográficas, com precipitação pluvial que pode atingir valores superiores a 1.200 mm por ano. No Estado de Pernambuco, a maioria dos estudos em brejos de altitude abrange os aspectos botânicos e faunísticos, sendo, portanto, importante a (mais) realização de estudos para caracterização dos recursos edáficos. Com intuito de estudar os solos de brejos de altitude no Sertão Pernambucano e avaliar a influência dos diversos fatores pedogenéticos na sua formação e evolução, foi feita a caracterização morfológica, física, química e mineralógica de três perfis no maciço de Triunfo, em diferentes altitudes, localizados nos municípios de Serra Talhada (P1), Santa Cruz da Baixa Verde (P2) e Triunfo (P3), formando uma topoclimossequência. Os perfis estudados apresentam características morfológicas similares, relacionadas com o pequeno grau de desenvolvimento pedogenético, principalmente nos perfis P3 (Triunfo) e P2 (Santa Cruz), classificados, respectivamente, como Cambissolo Háplico Tb Eutrófico latossólico e Cambissolo Háplico Tb Eutrófico típico. O perfil P1 (Serra Talhada), localizado no sopé, apresentou menor teor de argila e acentuado gradiente textural, resultante de descontinuidade litológica, sendo classificado como Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico abrúptico (cambissólico). Todos os solos deste estudo são oriundos de rochas sieníticas, sendo, pelo menos em parte, influenciados pelo transporte e pela deposição de materiais oriundos da parte superior do relevo. O perfil de Triunfo, em local mais úmido, apresentou o maior grau de desenvolvimento em relação aos demais. O clima, atuando principalmente pela variação de umidade, não foi, entretanto, o único fator de formação responsável pela diferenciação dos solos ao longo da topoclimossequência, devendo-se ressaltar, também, a influência do material de origem e do relevo. Resumo em inglês Highland forests in mountains of Northeast Brazil are islands of humid Atlantic forest in the midst of the semi-arid region. The climatic conditions are rather atypical, improved by the occurrence of orographic rainfall, which can reach 1,200 mm per year. In the state of Pernambuco, most of the scientific studies in these humid highland forests are focused on botanical and zoological aspects only, with very little information about soils. Aiming to study the soils of the (mais) humid mountains in the semi-arid region and to evaluate the influence of the various soil-forming factors on formation and evolution, three soil profiles were characterized for morphological, physical, chemical, and mineralogical properties in the Triunfo mountain range, at different altitude levels. The soil profiles were located in the municipalities of Serra Talhada (P1), Santa Cruz da Baixa Verde (P2) and Triunfo (P3), along a moisture and altitude gradient (topo-climatic sequence). The soils were morphologically similar, due to the low development degree, mainly in the soil profiles P3 (Triunfo) and P2 (Santa Cruz), classified, respectively, as Oxic Haplustept and Typic Haplustept. In the lower part of profile P1 (Serra Tallhada), a low clay content and greater textural gradient classified the soil as Typic Haplustult. The results showed that all studied soils were developed from syenitic rocks, with influence of sediments from the upper part of the relief. The development degree of the soil of Triunfo, with the highest rainfall levels, was higher than of the others. Climate, acting mainly by the variation in moisture, was however not the only soil forming factor responsible for soil differentiation along the sequence, but parent material and relief were important as well.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Violências fundadoras: o Pontal do Paranapanema entre 1850 e 1930/ Founding violences: Pontal do Paranapanema between 1850-1930

Leonidio, Adalmir
2009-06-01

Resumo em português Este trabalho tem por objetivo central entender o cenário de violência que correlaciona, em uma mesma totalidade histórica, grilagem de terras, destruição das matas, dizimação das populações indígenas e expulsão de posseiros, durante a ocupação inicial do Pontal do Paranapanema, entre 1850 e 1930. Para este fim, baseia-se em um conjunto de fontes bastante variado, tais como relatos de viagem, dados geográficos e estatísticos da região. Resumo em inglês Based on travellers' reports as well as geographical and statistical information this paper aims mainly at grasping the scenery of violence which correlates to seizing land, destroying forests, decimating the native population and last but not least evicting landless country-dwellers while occupying the land in Pontal do Paranapanema between 1850-1930.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Sobre a ocorrência de Callistomys pictus (Pictet) (Rodentia, Echimyidae)/ On the occurrence of Callistomys pictus (Pictet) (Rodentia, Echimyidae)

Vaz, Sergio Maia
2002-09-01

Resumo em inglês A study on lhe geographical distribution of Callistomys pictus (Pictet, 1843) based on specimens conserved in museums, bibliography informations, and field observations is presented. The species is endemic to the Atlantic forest of the State of Bahia, Brazil. The destruction of the forests for pasture represents a serious threat to the survival of C. pictus and other species in southern Bahia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Registro de Culicidae de importância epidemiológica na área rural de Manaus, Amazonas/ Record of epidemiologically important Culicidae in the rural area of Manaus, Amazonas

Barbosa, Maria das Graças Vale; Fé, Nelson Ferreira; Marcião, Alexandre Herculano Ribera; Silva, Ana Paula Thomé da; Monteiro, Wuelton Marcelo; Guerra, Marcus Vinitius de Farias; Guerra, Jorge Augusto de Oliveira
2008-12-01

Resumo em português A biodiversidade da Região Amazônica inclui diversas espécies de vetores artrópodes em seus diferentes ecótopos, possibilitando o surgimento de doenças como malária, filarioses e arboviroses. De agosto de 2001 a julho de 2002, realizou-se coletas de culicídeos no domicílio, peridomicílio e nas matas da Comunidade São João, área rural de Manaus, Amazonas. Foram capturados 1.240 culicídeos, pertencentes às subfamílias Culicinae (99%) e Anophelinae (1%), soma (mais) ndo 50 espécies. O predomínio entre as tribos foi nitidamente de Culicini, com 904 (72,9%) exemplares, destacando-se as espécies Culex usquatus (22,6%) e Culex quinquefasciatus (17,7%). Do total de culicídeos, 1.077 (86,9%) exemplares foram capturados no interior das matas, 101 (8,1%) no peridomicílio e 62 (5%) no intradomicílio. O ecótopo com maior diversidade de espécies foi a mata. Assinalou-se a presença de Anopheles darlingi, Anopheles triannulatus, Aedes aegypti, Haemagogus janthinomys e outros vetores comprovados ou potenciais. Resumo em inglês The biodiversity of the Amazon region includes many species of arthropod vectors in different ecotopes, thus enabling occurrences of diseases like malaria, filariasis and arbovirosis. From August 2001 to July 2002, we gathered culicids from inside homes, from areas surrounding these homes and from forested areas of the São João Community, in the rural zone of Manaus, State of Amazonas. 1240 specimens were collected, belonging to the Culicinae (99%) and Anophelinae (1%) (mais) subfamilies, with 50 species. The Culicini tribe clearly predominated, with 904 specimens (72.9%), and the species Culex usquatus (22.6%) and Culex quinquefasciatus (17.7%) were prominent. Out of the total number of culicids, 1,077 (86.9%) were caught in the forests, 101 (8.1%) in the areas surrounding homes and 62 (5%) inside homes. Forests were the ecotope that presented the highest species diversity. The presence of Anopheles darlingi, Anopheles triannulatus, Aedes aegypti, Haemagogus janthinomys and other proven or potential vectors was recorded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Os bosques ribeirinhos, fonte de diversidade genética de Vitis vinifera L./ The riverine forests, source of genetic diversity of Vitis vinifera L./ Les forêts marginales, source de diversité génétique de Vitis vinifera L.

Cunha, J.; Cunha, J. P.; Lousã, M.; Eiras-Dias, J.E.
2004-01-01

Resumo em português A elevada biodiversidade da fauna e da flora que integram os bosques ripícolas, bem como o seu contributo para a regulação física do meio, estabilização da geomorfologia, controlo das características hidrológicas dos sistemas fluviais e descontaminação das águas, conferem-lhes um importante papel no equilíbrio ecológico dos ecossistemas necessários à vida humana. Apesar disso, assiste-se a um quase total desconhecimento de algumas espécies aí presentes e (mais) de factores com interesse agronómico a elas associadas, como a rusticidade proveniente de gerações muito longínquas. Este trabalho constitui o primeiro contributo científico e técnico dos bosques ripícolas como suporte de diversidade biológica da espécie Vitis vinifera L., nomeadamente da subespécie espontânea (sylvestris). Resumo em inglês The great biodiversity of the fauna and the flora that integrates the riparian forests, as well as their contribution for the physical regulation of the environment stabilization of the geomorphology, control of the hydrological characteristics of the fluvial systems and decontamination of waters, confers an important role to the ecological balance of essential ecosystems for human life. However, one can realize a lack of studies on the species of the riparian forests, na (mais) mely on their agronomic interest and on the rusticity coming from distant generations. Therefore this work can constitute a first scientific and technical approach on the riparian forests as source of biological diversity of the species Vitis vinifera L., namely the spontaneous wild subspecies (sylvestris).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

O Jequitinhonha dos viajantes, séculos XIX e XX: olhares diversos sobre as relações sociedade - natureza no nordeste mineiro/ The voyagers' Jequitinhonha, Nineteenth and Twentieth centuries: different views over the society - nature relations in northeast Minas Gerais

Martins, Marcos Lobato
2008-12-01

Resumo em português Este trabalho analisa as mudanças ambientais no Médio Jequitinhonha entre o início do século XIX e o início do XX, através da releitura de relatos de viajantes e textos de memorialistas. São indicadas as principais formas de degradação ambiental presentes na região e avaliados os seus impactos sobre as caatingas e as matas virgens. Conclui-se que: a) houve aumento expressivo da velocidade de alteração das paisagens regionais na primeira metade do século XX e; b) essa alteração fortaleceu a tendência de pecuarização na economia do Médio Jequitinhonha. Resumo em inglês This paper analyzes the environmental changes in the Middle Jequitinhonha between the nineteenth and twentieth centuries beginnings, through the reading of the memoirialists and voyagers reports. The major environmental degradating actions that take place in the region are indicated and its impacts over the caatingas and forests are evaluated. It concludes: a) an expressive increase in the velocity of the regional landscapes change in the first half of twentieth century; b) and this change annealed the tendency of cattle's predominance in Middle Jequitinhonha economy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Musgos pleurocárpicos das matas de galeria da Reserva Ecológica do IBGE, RECOR, Distrito Federal, Brasil/ Pleurocarpous mosses from the gallery forests at the IBGE Ecological Reserve, RECOR, Distrito Federal, Brazil

Câmara, Paulo Eduardo Aguiar Saraiva
2008-06-01

Resumo em português A Reserva Ecológica do IBGE, localizada a 35 km ao sul do centro da cidade de Brasília é possuidora de área representativa do bioma cerrado sendo uma das Áreas Núcleo da Reserva da Biosfera do Cerrado, criada em 1993, pela UNESCO. Neste trabalho são apresentados os musgos pleurocárpicos que ocorrem na reserva e que estão representados por nove famílias e 15 espécies. A família com maior número de especies encontrada é Sematophyllaceae (quatro). Foram encontr (mais) adas cinco novas ocorrências para o Distrito Federal e seis para a região CentroOeste. São apresentadas chaves e diagnoses. Resumo em inglês IBGE's Ecological Reserve is located 35 km from downtown Brasilia. It contains an important area of the cerrado biome and is a core area of the Cerrado Biosphere Reserve created by UNESCO in 1993. Here we present the pleurocarpous mosses found in the reserve, with nine families and 15 species. The family with most species is Sematophyllaceae (four). We found six new occurrences for Midwest Brazil and five for the Federal District. Keys and descriptions are provided.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Musgos acrocárpicos das matas de galeria da Reserva Ecológica do IBGE, RECOR, Distrito Federal, Brasil/ Acrocarpous mosses of the gallery forests at IBGE Ecological Reserve, RECOR, Distrito Federal, Brazil

Câmara, Paulo Eduardo Aguiar Saraiva
2008-12-01

Resumo em português A Reserva Ecológica do IBGE, localizada a 35 km ao sul do centro da cidade de Brasília é uma das Áreas Núcleo da Reserva da Biosfera do Cerrado, criada pela UNESCO. Neste trabalho são apresentados os musgos acrocárpicos que alí ocorrem e que são representados por 12 famílias e 26 espécies sendo Bryaceae (cinco) a de maior riqueza específica. Foram encontradas quatro novas ocorrências para o Distrito Federal e duas para a região Centro-Oeste. São apresentadas chaves, cometários, distribuição geográfica e diagnoses. Resumo em inglês The IBGE Ecological reserve, located 35 km from downtown Brasilia, is one of the core areas of the Cerrado Biosphere Reserve created by UNESCO. This article lists 26 species of acrocarpous mosses representing 12 families. Bryaceae (five) was the most species-rich family. Four new occurrences for the Midwestern Region and three for the Distrito Federal are presented. Keys, comments, geographic distribution and diagnoses are provided.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Morbidade da doença de Chagas em pacientes autóctones da microrregião do Rio Negro, Estado do Amazonas/ Morbidity of Chagas disease among autochthonous patients from the Rio Negro microregion, State of Amazonas

Brum-Soares, Lucia Maria; Xavier, Sérgio Salles; Sousa, Andréa Silvestre de; Borges-Pereira, José; Ferreira, João Marcos Bemfica Barbosa; Costa, Inez Ribeiro; Junqueira, Angela Cristina Verissimo; Coura, José Rodrigues
2010-04-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Foi realizado um estudo soroepidemiológico e clínico em 152 indivíduos residentes no município de Barcelos, Estado do Amazonas. Avaliou-se a soroprevalência da infecção chagásica e a morbidade da doença de Chagas. MÉTODOS: Os testes sorológicos foram a imunofluorescência indireta, ELISA convencional e recombinante e o Tesa-blot. Foram considerados soropositivos 38 pacientes, duvidosos 31 e soronegativos negativos 83. Os 38 casos soropositivos for (mais) am pareados com 38 controles soronegativos da mesma idade, sexo e submetidos à avaliação epidemiológica, clínica, eletro e ecocardiográfica, sendo que, 29 pares fizeram exame radiológico do esôfago. RESULTADOS: A soropositividade foi 19,9 vezes mais frequente nos trabalhadores do extrativismo em geral e 10,4 vezes mais frequente no extrativismo da piaçaba. Aplicou-se o teste de reconhecimento com o vetor local do gênero Rhodnius e 86,7% dos pacientes soropositivos o reconheceram, enquanto somente 34,2% dos soronegativos o fizeram. O ECG mostrou-se alterado em 36,8% nos soropositivos e em 21,5% nos soronegativos, enquanto o ecocardiograma mostrou alterações em 31,6% nos soropositivos e 18,4% nos soronegativos. Precordialgia e palpitações foram mais frequentes nos soropositivos. O estudo clínico do aparelho digestivo e radiológico do esôfago não mostrou alterações significativas. CONCLUSÕES. A doença de Chagas na região estudada pode ser considerada uma doença ocupacional. Resumo em inglês INTRODUCTION: A seroepidemiological and clinical study was conducted on 152 autochthonous individuals living in the district of Barcelos, State of Amazonas, to evaluate the seroprevalence of Chagas infection and morbidity of Chagas disease. METHODS: The serological tests used were indirect immunofluorescence, conventional and recombinant ELISA and immunoblot (Tesa-blot). Thirty-eight patients were considered seropositive; 31 were considered serodoubtful; and 83 were consi (mais) dered seronegative. The 38 seropositive cases were paired with 38 seronegative controls of the same age and sex, and underwent epidemiological and clinical evaluations, electrocardiograms and echocardiograms. Twenty-nine pairs underwent radiological examinations of the esophagus. RESULTS: Seropositivity was 19.9 times more frequent among workers gathering plant materials from the forests and 10.4 times more frequent among piassaba gatherers. Eighty six point seven percent of the seropositive individuals recognized the genus Rhodnius as the local vector, while only 34.2% of the seronegative individuals recognized this. The EKG was abnormal in 36.8% of the seropositive individuals and in 21.5% of the seronegative individuals, while the echocardiogram showed abnormalities in 31.6% of the seropositive and 18.4% of the seronegative individuals. Precordialgia and palpitation were more frequent among the seropositive individuals. Clinical evaluation on the digestive system and X-ray on the esophagus did not show significant abnormalities. CONCLUSIONS: Chagas disease in the study region can be considered to be an occupational disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Modeling lichen communities : ecological key factors in a changing environment

Lopes, Pedro António Pinho, 1976-

O fenómeno das alterações globais influencia o funcionamento de muitos dos sistemas planetários. Embora os factores ambientais associados a esse fenómeno funcionem numa escala global, os seus efeitos nos ecossistemas têm de ser estudados localmente. Este estudo é complexo não só pela necessidade de ...

DRIVER (Portuguese)

78

Microbiota cloacal aeróbia de cracídeos cativos no Rio Grande do Sul e sua susceptibilidade a antimicrobianos/ Cloacal microbiota identification and evaluation of the antimicrobial resistance in captive cracids from Rio Grande do Sul, Brazil

Santos, Helton Fernandes; Flôres, Maristela Lovato; Lara, Valéria Maria; Silva, Mariana Sá e; Battisti, Luciano; Lovato, Luciane T.
2010-12-01

Resumo em português Os cracídeos são aves silvestres que habitam as matas tropicais da América. Foram coletadas, no ano de 2007, amostras cloacais de 51 aves de dez espécies diferentes de cracídeos mantidos em cativeiros no Estado do Rio Grande do Sul. A partir dos swabs, colhidos assepticamente, foi realizado o isolamento e a caracterização bacteriana e o teste de susceptibilidade antimicrobiana dos isolados. Foram identificadas 93 cepas de bactérias. As bactérias mais frequentemen (mais) te isoladas foram Escherichia coli, Staphylococcus spp. e Streptococcus spp. Todas as amostras foram negativas para o isolamento de Salmonella spp. O resultado do teste de sensibilidade mostrou que dentre as 93 cepas isoladas, todas foram sensíveis apenas ao imipinem. Adicionalmente, os menores percentuais de resistência foram observados frente ao cloranfenicol e ciprofloxacina. Os gêneros e espécies bacterianas com maior percentual de resistência a diferentes antibióticos testados foram Escherichia coli, Serratia marcescens, Staphylococcus aureus e Streptococcus spp. Com os resultados obtidos no presente trabalho, concluí-se, que a população de cracídeos estudada apresenta sua microbiota cloacal composta por vários gêneros e espécies bacterianas e que a multirresistencia pode ser um problema no futuro, uma vez que algumas cepas isoladas mostraram percentuais elevados de resistência a diferente antimicrobianos. Resumo em inglês Cracids are wildlife Galliformes which inhabits the America's tropical forests. Fifty one cloacal swabs were collected from 10 different species of captive cracids from the Rio Grande do Sul State during 2007. The cloacal swab samples were submitted to bacterial isolation, identification and, subsequently; antimicrobial susceptibility testing. Ninety three bacterial isolates were obtained from the cracid population examined. The most prevalent among the isolates were Esch (mais) erichia coli, and bacteria from the Staphylococcus and Streptococcus genera. All samples tested in this study were negative for Salmonella spp. The antimicrobial susceptibility tests showed that none of the 93 strains presented resistance to the antimicrobial imipinem. In addition, the lower percentages of resistance were observed against cloranfenicol and ciprofloxacine. The bacteria genus and species with the highest percentage of resistance to the different antimicrobials examined were E. coli, Serratia marcescens, Staphylococcus spp. and Streptococcus spp. In conclusion, the data presented in this article demonstrate that the cloacal microbiota of the reported cracid population is composed of several bacterial genera and species and multi-drug resistance may be a problem for the future, since some strains showed elevated percentage of resistance against several different antimicrobials.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Leishmaniose tegumentar americana no Litoral Norte Paulista, período 1993 a 2005/ American cutaneous leishmaniasis on the northern coastline of the State of São Paulo, 1993 to 2005

Condino, Maria Lúcia Fadel; Galati, Eunice Aparecida Bianchi; Holcman, Márcia Moreira; Salum, Maria Rafaela Braga; Silva, Diogo Correa da; Novaes Júnior, René Antonio
2008-12-01

Resumo em português A leishmaniose tegumentar americana adquiriu caráter epidêmico no Litoral Norte Paulista, desde a década de 1990. A partir de dados secundários, realizou-se estudo descritivo da doença no período de 1993 a 2005 nos quatro municípios que compõem a região e analisou-se a freqüência dos flebotomíneos capturados nos locais prováveis de transmissão. Foram notificados 689 casos autóctones de leishmaniose tegumentar, com casos isolados e agrupados, determinando um (mais) a distribuição espacial heterogênea, com sincronismo na manifestação e ciclicidade, em intervalo de seis a oito anos. Todas as faixas etárias foram acometidas, com ligeiro predomínio do sexo masculino, sem associação com uma ocupação. Capturou-se 2.758 flebotomíneos e a espécie Nyssomyia intermedia predominou (80,4%), no peri e intradomicílio. A doença apresentou perfil de transmissão peri e intradomiciliar, entre o periurbano e a mata, e no interior da mata. Neste caso, a transmissão estaria mais relacionada com os focos enzoóticos. Resumo em inglês American cutaneous leishmaniasis acquired epidemic characteristics on the northern coastline of the State of São Paulo beginning in the 1990s. From secondary data, a descriptive study of the disease in the four municipalities making up this region over the period from 1993 to 2005 was conducted. The frequency of phlebotomine capture in the probable transmission locations was analyzed. 689 autochthonous cases of cutaneous leishmaniasis were notified, with single and group (mais) ed cases, thus determining that the spatial distribution was heterogenous. There was synchronism and cyclicity of disease manifestation, at intervals of six to eight years. All ages were affected, with slight predominance among males, without association with any specific occupation. Among the 2,758 phlebotomines captured, Nyssomyia intermedia predominated (80.4%) inside homes and in areas surrounding them. The disease presented a transmission profile inside homes and in areas surrounding them, between the urban fringe and forests, and inside forests. In such cases, transmission would be more related to enzootic foci.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Leishmaniose tegumentar americana humana e canina no Município de Mariluz, Estado do Paraná, Brasil/ Human and canine American cutaneous leishmaniasis in Mariluz, Paraná State, Brazil

Lonardoni, Maria Valdrinez Campana; Silveira, Thaís Gomes Verzignassi; Alves, Waneska Alexandra; Maia-Elkhoury, Ana Nilce Silveira; Membrive, Umberto Assis; Membrive, Norberto Assis; Rodrigues, Gesse; Reis, Nélio; Zanzarini, Paulo Donizete; Ishikawa, Edna; Teodoro, Ueslei
2006-12-01

Resumo em português Relata-se a ocorrência de um surto de leishmaniose tegumentar americana no ano de 2002, no Município de Mariluz, mesorregião noroeste do Estado do Paraná, Brasil. Das 38 pessoas investigadas, quatro tinham lesões cicatrizadas, 10 em cicatrização e 24 tinham lesões ativas. Dos 126 cães investigados, 20 (15,9%) tinham lesões sugestivas e 24 (19%) tiveram sorologia positiva. Os parasitos isolados de dois pacientes e de três cães foram identificados como Leishmani (mais) a (Viannia) braziliensis serodema I. Os flebotomíneos coletados foram identificados como Nyssomyia whitmani, N. neivai e Migonemyia migonei. Considerando que a área onde ocorreram os casos é semelhante a outras de colonização antiga no Estado do Paraná, acredita-se que as alterações ambientais e as matas remanescentes propiciam a manutenção do ciclo enzoótico do parasito e a transmissão para o homem e para os animais domésticos, mantendo o caráter endêmico da leishmaniose tegumentar americana. Resumo em inglês An outbreak of American cutaneous leishmaniasis was reported in 2002 in Mariluz, northwestern Paraná State, Brazil. Of 38 humans who were investigated, four had healed lesions, ten showed lesions in the healing process, and 24 had active lesions. Of the 126 dogs, 20 (15.9%) presented suggestive lesions and 24 (19%) had positive serology. Parasites isolated from two patients and three dogs were identified as Leishmania (Viannia) braziliensis serodeme I. The captured sand (mais) flies were identified as Nyssomyia whitmani, N. neivai, and Migonemyia migonei. Considering that the region where the cases occurred is similar to other old human settlements in Paraná State, the environmental alterations and remaining forests facilitate the maintenance of the parasite's enzootic cycle and transmission to humans and domestic animals, thereby maintaining the endemicity of American cutaneous leishmaniasis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Leishmaniose tegumentar americana humana e canina no Município de Mariluz, Estado do Paraná, Brasil/ Human and canine American cutaneous leishmaniasis in Mariluz, Paraná State, Brazil

Lonardoni, Maria Valdrinez Campana; Silveira, Thaís Gomes Verzignassi; Alves, Waneska Alexandra; Maia-Elkhoury, Ana Nilce Silveira; Membrive, Umberto Assis; Membrive, Norberto Assis; Rodrigues, Gesse; Reis, Nélio; Zanzarini, Paulo Donizete; Ishikawa, Edna; Teodoro, Ueslei
2006-12-01

Resumo em português Relata-se a ocorrência de um surto de leishmaniose tegumentar americana no ano de 2002, no Município de Mariluz, mesorregião noroeste do Estado do Paraná, Brasil. Das 38 pessoas investigadas, quatro tinham lesões cicatrizadas, 10 em cicatrização e 24 tinham lesões ativas. Dos 126 cães investigados, 20 (15,9%) tinham lesões sugestivas e 24 (19%) tiveram sorologia positiva. Os parasitos isolados de dois pacientes e de três cães foram identificados como Leishmani (mais) a (Viannia) braziliensis serodema I. Os flebotomíneos coletados foram identificados como Nyssomyia whitmani, N. neivai e Migonemyia migonei. Considerando que a área onde ocorreram os casos é semelhante a outras de colonização antiga no Estado do Paraná, acredita-se que as alterações ambientais e as matas remanescentes propiciam a manutenção do ciclo enzoótico do parasito e a transmissão para o homem e para os animais domésticos, mantendo o caráter endêmico da leishmaniose tegumentar americana. Resumo em inglês An outbreak of American cutaneous leishmaniasis was reported in 2002 in Mariluz, northwestern Paraná State, Brazil. Of 38 humans who were investigated, four had healed lesions, ten showed lesions in the healing process, and 24 had active lesions. Of the 126 dogs, 20 (15.9%) presented suggestive lesions and 24 (19%) had positive serology. Parasites isolated from two patients and three dogs were identified as Leishmania (Viannia) braziliensis serodeme I. The captured sand (mais) flies were identified as Nyssomyia whitmani, N. neivai, and Migonemyia migonei. Considering that the region where the cases occurred is similar to other old human settlements in Paraná State, the environmental alterations and remaining forests facilitate the maintenance of the parasite's enzootic cycle and transmission to humans and domestic animals, thereby maintaining the endemicity of American cutaneous leishmaniasis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Leishmaniose tegumentar americana em municípios da região noroeste do estado do Paraná: utilização de sensoriamento remoto para análise do tipo de vegetação e os locais de ocorrência da doença/ American cutaneous leishmaniasis in municipalities in the northwestern region of Paraná State: use of remote sensing for analysis of vegetation types and places with disease occurrence

Arraes, Sandra Mara Alessi Aristides; Veit, Renata Tonon; Bernal, Marcos Vinícius Zandonadi; Becker, Tânia Cristina Alexandrino; Nanni, Marcos Rafael
2008-12-01

Resumo em português A leishmaniose tegumentar americana, doença endêmica da região noroeste do Paraná, é transmitida por flebotomíneos ao homem e a animais como cães, tatu, gambá e roedores silvestres. A doença vem ocorrendo em locais de derrubadas de matas e às margens de rios e lagoas com vegetação arbórea, onde o homem entra em contato com o inseto infectado. Esta doença constitui-se num problema de saúde pública devido à ocorrência de surtos epidêmicos em todo o Paran� (mais) �. Em decorrência da importância de se conhecer áreas endêmicas, este trabalho utilizou dados de fichas epidemiológicas de pacientes atendidos no período de 1999 a 2004 associado às áreas de desmatamento identificadas por técnicas e produtos de sensoriamento remoto por satélite. Os resultados mostraram que a ocorrência de casos em municípios da região coincidem com as prováveis áreas supostas de infecção dos pacientes. Resumo em inglês American cutaneous leishmaniasis, an endemic disease in the northwestern region of Paraná, Brazil, is transmitted by phlebotomines to man and animals like dogs, armadillos, opossums and wild rodents. This disease has been occurring in places where forests have been felled and on the banks of rivers and lakes with arboreal vegetation, where man comes into contact with infected insects. This disease is a public health problem because of the occurrence of epidemic outbreaks (mais) throughout Paraná. Because of the importance of finding out about endemic areas, this study used epidemiological file data on patients attended between 1999 and 2004. These data were correlated with areas of forest felling that were identified by means of satellite remote sensing techniques and products. The results showed that the occurrences of cases in the municipalities of this region coincided with the presumed likely areas for patient infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Inquérito soroepidemiológico de leishmaniose canina em áreas endêmicas de Cuiabá, Estado de Mato Grosso/ Seroepidemiological survey of canine leishmaniasis in endemic areas of Cuiabá, State of Mato Grosso

Almeida, Arleana do Bom Parto Ferreira de; Faria, Renata Pereira; Pimentel, Maria Fernanda Aranega; Dahroug, Magyda Arabia Araji; Turbino, Nívea Clarice Monteiro Rocha; Sousa, Valéria Régia Franco
2009-04-01

Resumo em português As leishmanioses são zoonoses em expansão no Brasil, tendo o cão importância na transmissão e dispersão da doença, principalmente em áreas de leishmaniose visceral. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a soroprevalência de leishmaniose em cães domiciliados na zona urbana de Cuiabá. Para a pesquisa foram selecionados quatro bairros de Cuiabá, sendo um em cada regional administrativa. A amostragem canina foi definida estatisticamente, considerando-se a prevalê (mais) ncia de 8,4%. Dos 468 cães analisados, 16 foram reagentes na imunofluorescência indireta, obtendo-se uma prevalência geral de 3,4%. Não foi observada predisposição racial, sexual e etária para a ocorrência da leishmaniose canina. Os principais fatores de risco identificados na ocorrência da infecção canina na Cidade de Cuiabá, foram a localização dos cães no peridomicílio, bem como a proximidade das residências de matas, evidenciando mudanças na ocorrência da doença no ambiente urbano. Resumo em inglês Leishmaniases are zoonoses that are undergoing expansion in Brazil. Dogs are of importance regarding transmission and dispersion of the disease, especially in areas presenting visceral leishmaniasis. The aim of this study was to evaluate the seroprevalence of leishmaniasis among domestic dogs in the urban area of Cuiabá. For this investigation, four districts of Cuiabá were selected, one in each administrative region. The dog sampling was defined statistically, taking t (mais) he prevalence to be 8.4%. Among the 468 dogs examined, 16 presented an indirect immunofluorescence reaction, thus resulting in an overall prevalence of 3.4%. There was no predisposition towards canine leishmaniasis occurrences in relation to breed, sex or age. The main risk factors for occurrences of canine infection identified in the city of Cuiabá were the presence of dogs living in areas surrounding homes and the proximity of homes to forests. Thus, there have been changes in leishmaniasis occurrences within the urban environment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Informações preliminares sobre flebotomíneos do norte do Paraná/ Preliminary information on sandflies in the north of Paraná State, Brazil

Teodoro, Ueslei; Santos, Demilson R dos; Santos, Ademar R dos; Oliveira, Otílio de; Poiani, Luís Paschoal; Silva, Allan Martins da; Neitzke, Herintha Coeto; Monteiro, Wuelton Marcelo; Lonardoni, Maria V Campana; Silveira, Thaís G Verzignassi
2006-04-01

Resumo em português São relatados os resultados de coletas de flebotomíneos feitas em localidades de 10 municípios do Estado do Paraná, com armadilhas de Falcão em domicílios, abrigos de animais domésticos e nas matas, de 1999 a 2002. Coletaram-se 13.653 flebotomíneos de 10 espécies dos gêneros Brumptomyia, Expapillata, Evandromyia, Migonemyia, Pintomyia, Nyssomyia, Psathyromyia. A espécie Nyssomyia neivai predominou em cinco municípios, e N. whitmani nos demais, a qual foi numer (mais) icamente superior à primeira. Verificou-se maior freqüência de flebotomíneos nas matas, residências, pocilgas e galinheiros. As investigações sobre a participação de animais domésticos e da fauna de flebotomíneos na epidemiologia da leishmaniose tegumentar deveriam fazer parte da rotina dos serviços de saúde, especialmente nas áreas onde a doença é endêmica. Resumo em inglês The results from sandfly collections in 10 municipalities in Paraná State, Brazil are reported. The captures were done using Falcão traps in homes, domestic animal shelters and forested areas, from 1999 to 2002. A total of 13,653 sandflies were collected from 10 species of the genera Brumptomyia, Expapillata, Evandromyia, Migonemyia, Pintomyia, Nyssomyia and Psathyromyia. The species Nyssomyia neivai was predominant in five municipalities. N. whitmani predominated in th (mais) e other five, in greater numbers than for N. neivai in the first five municipalities. High frequencies of sand flies were found in forests, homes, pigpens and henhouses. Investigations on the participation of domestic animals and phlebotomine fauna in the epidemiology of tegumentary leishmaniasis should be routine in health surveillance, especially where this disease is endemic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Informações preliminares sobre flebotomíneos do norte do Paraná/ Preliminary information on sandflies in the north of Paraná State, Brazil

Teodoro, Ueslei; Santos, Demilson R dos; Santos, Ademar R dos; Oliveira, Otílio de; Poiani, Luís Paschoal; Silva, Allan Martins da; Neitzke, Herintha Coeto; Monteiro, Wuelton Marcelo; Lonardoni, Maria V Campana; Silveira, Thaís G Verzignassi
2006-04-01

Resumo em português São relatados os resultados de coletas de flebotomíneos feitas em localidades de 10 municípios do Estado do Paraná, com armadilhas de Falcão em domicílios, abrigos de animais domésticos e nas matas, de 1999 a 2002. Coletaram-se 13.653 flebotomíneos de 10 espécies dos gêneros Brumptomyia, Expapillata, Evandromyia, Migonemyia, Pintomyia, Nyssomyia, Psathyromyia. A espécie Nyssomyia neivai predominou em cinco municípios, e N. whitmani nos demais, a qual foi numer (mais) icamente superior à primeira. Verificou-se maior freqüência de flebotomíneos nas matas, residências, pocilgas e galinheiros. As investigações sobre a participação de animais domésticos e da fauna de flebotomíneos na epidemiologia da leishmaniose tegumentar deveriam fazer parte da rotina dos serviços de saúde, especialmente nas áreas onde a doença é endêmica. Resumo em inglês The results from sandfly collections in 10 municipalities in Paraná State, Brazil are reported. The captures were done using Falcão traps in homes, domestic animal shelters and forested areas, from 1999 to 2002. A total of 13,653 sandflies were collected from 10 species of the genera Brumptomyia, Expapillata, Evandromyia, Migonemyia, Pintomyia, Nyssomyia and Psathyromyia. The species Nyssomyia neivai was predominant in five municipalities. N. whitmani predominated in th (mais) e other five, in greater numbers than for N. neivai in the first five municipalities. High frequencies of sand flies were found in forests, homes, pigpens and henhouses. Investigations on the participation of domestic animals and phlebotomine fauna in the epidemiology of tegumentary leishmaniasis should be routine in health surveillance, especially where this disease is endemic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Influência do uso e ocupação do solo nos recursos hídricos do Córrego Três Barras, Marinópolis/ Influence of land use and occupation on water resources of the Três Barras stream (Marinópolis, SP, Brazil)

Vanzela, Luiz. S.; Hernandez, Fernando B. T.; Franco, Renato A. M.
2010-01-01

Resumo em português O uso e a ocupação dos solos exercem influência marcante no escoamento superficial e aporte de sedimentos no leito dos mananciais, podendo alterar a qualidade e a disponibilidade da água. Com isto se objetivou com o presente trabalho, verificar a influência do uso e ocupação dos solos sobre os recursos hídricos do córrego Três Barras, município de Marinópolis, SP. Para constatar esta influência, realizou-se uma análise de correlação de Pearson entre os par (mais) âmetros de qualidade e disponibilidade de água e o uso e ocupação dos solos, cujos dados foram coletados entre 18/01/2006 a 10/12/2007. Concluiu-se que as áreas ocupadas por matas e pastagens (com menor intensidade) favoreceram a disponibilidade e a qualidade da água na Sub-Bacia. De maneira geral, as áreas habitadas, agricultadas e as matas degradadas, reduziram a disponibilidade e a qualidade da água da Sub-Bacia. Resumo em inglês Land occupation and its use have a remarkable influence on the superficial water flow and the carrying of sediments to the riverbed and may change the quality and availability of water. The current study aimed to check the influence of the land occupation and use on the Três Barras stream resources, in Marinópolis, SP, Brazil. To check this influence, an analysis of Pearson's correlation between the parameters of quality and availability and use of water and land was de (mais) veloped. The samples covered the period of January, 2006 until December, 2007. It may be concluded that areas occupied by forests and pastures (in less intensity) favoured the availability and quality of water of the watershed. The inhabited areas and those used for agriculture, and the degraded forests in general, reduced the availability and quality of water in the watershed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

História natural e biologia reprodutiva de marsupiais no Pantanal, Mato Grosso, Brasil/ Natural history and reproductive biology of marsupials from Pantanal, Mato Grosso, Brazil

Aragona, Mônica; Marinho-Filho, Jader
2009-06-01

Resumo em inglês Three forested habitats at Pantanal of Poconé (Mato Grosso) were sampled during 17 months, with an effort of 38,635 trap-nights, resulting in a 6.3% of trapping success. Six marsupial and eight rodent species were recorded. Natural history, reproductive biology, behavior and habitat use are described for six marsupial species from the Pantanal floodplain: Caluromys philander (Linnaeus, 1758), Didelphis albiventris Lund, 1840, Gracilinanus agilis (Burmeister, 1854), Micou (mais) reus demerarae (Thomas, 1905), Monodelphis domestica (Wagner, 1842) and Philander opossum (Linnaeus, 1758). Micoureus demerarae was the species with the highest number of captured individuals (n = 240) and with the highest number of capture events (n = 1287). Reproduction of most species begins at the end of the dry season, being intensified during the wet season. The flooded forest locally known as 'landis' showed the highest marsupial species richness (six species), whereas the forests that are never flooded, locally known as 'cordilheiras', and the seasonally flooded forest, locally known as 'cambarazais', showed the lowest species richness, with three species each.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Florística, fitossociologia e diversidade da vegetação arbórea nas matas de galeria do Parque Nacional de Sete Cidades (PNSC), Piauí, Brasil/ Floristics, phytosociology and diversity of tree vegetation in gallery forests of Sete Cidades National Park (PNSC), Piauí, Brazil

Matos, Mariana de Queiroz; Felfili, Jeanine Maria
2010-06-01

Resumo em português O presente estudo foi realizado nas matas de galeria do Parque Nacional de Sete Cidades (PNSC), área prioritária para conservação do Cerrado. Teve como objetivos estudar a composição florística, fitossociologia e diversidade das matas de galeria que se distribuem ao longo dos cursos d’água localizados no PNSC e avaliar a similaridade florística destas com outras matas em diversas localidades do Cerrado. A vegetação arbórea (DAP > 5 cm) foi amostrada em quatro (mais) trechos de mata ao longo do Parque, cada um subdividido em transectos (equidistantes em 50 m e perpendiculares ao leito do córrego principal), onde sistematicamente foram alocadas 56 parcelas de 10 x 10 m (0,01 ha). Foram encontradas 75 espécies arbóreas pertencentes a 64 gêneros e 30 famílias. A família de maior riqueza na amostragem foi Fabaceae (14 espécies). Virola surinamensis foi a espécie de maior valor de importância (VI) na amostragem.Estimou-se uma densidade absoluta de 1.146,43 ind ha-1 e área basal de 26,55 m² ha-1. A diversidade alfa, obtida por meio do Índice de Shannon (H’), foi de 3,53 e a equabilidade de Pielou (J’) de 0,82. A diversidade beta entre o Parque e outras localidades do bioma Cerrado foi elevada. As matas de galeria do PNSC apresentam alta riqueza e diversidade florística, compartilham espécies com matas em localidades diversas e contêm espécies típicas a outros biomas, evidenciando a localização geográfica do Parque em "área de tensão ecológica". Resumo em inglês This study was undertaken in the gallery forests of Sete Cidades National Park (PNSC), a priority area for conservation of the Cerrado. The objective was to study the floristic composition, phytosociology and diversity of the gallery forests distributed along the river courses located in PNSC and also evaluate floristic similarity between these forests and others in the Cerrado biome. The tree vegetation (DAP > 5 cm) was sampled in four sections of forest in the Park, eac (mais) h subdivided into transects (50 m apart and perpendicular to the main stream), where 56 plots (10 x 10 m) were systematically sampled totaling 0.01 ha. 75 tree species were found belonging to 64 genera and 30 families. The Fabaceae (with 14 species) was the richest family in the sample. Virola surinamensis was the main species, according to the importance value index (IVI). Absolute density was 1,146.43 ind haֿ¹ and basal area was 26.55 m² haֿ¹. Alfa diversity obtained by the Shannon index (H’) was 3.53 and Pielou equability (J’) was 0.82. Beta diversity between the Park and other locations in the Cerrado was high. The PNSC gallery forests had high levels of richness and floristic diversity, sharing species with forests in different locations and with typical species of other biomes, proving that the Park is geographically located in an ecotone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Florística e estrutura do componente arbóreo de matas de Restinga arenosa no Parque Estadual de Itapuã, RS, Brasil/ Floristic and structure of the tree component of sandy Restinga forests in Parque Estadual de Itapuã, Rio Grande do Sul State, Brazil

Scherer, Adriano; Maraschin-Silva, Fabiana; Baptista, Luís Rios de Moura
2005-12-01

Resumo em português Para ampliar o conhecimento sobre as matas de Restinga arenosa no Rio Grande do Sul, foi realizado o estudo florístico e fitossociológico do componente arbóreo de cinco capões de Restinga do Parque Estadual de Itapuã. Neste estudo comparativo foi usado o método de parcelas, incluindo todos os indivíduos com DAP mínimo de 5 cm e totalizando uma área de 1,02 ha. A composição florística resultou em uma riqueza total de 31 espécies, 26 gêneros e 20 famílias, co (mais) nsiderando os cinco capões juntos. A densidade total arbórea nos capões teve uma média de 1.023 ind/ha. A família com a maior riqueza de espécies foi Myrtaceae e, entre as espécies com maior valor de importância, foram encontradas Sebastiania serrata (Baill. ex Müll. Arg.) Müll. Arg. e Ficus organensis Miq. A diversidade específica foi baixa, variando de 1,08 a 2,38 nats.ind-1. Os resultados obtidos indicam a existência de diferenças na composição e na estrutura arbórea dos capões que podem ser oriundas de diferentes estágios sucessionais e da distância de áreas fontes de sementes. Resumo em inglês To improve the knowledge about sandy Restinga forests in Rio Grande do Sul, the floristic and phytosociological study of the tree component of five Restinga woods from Parque Estadual de Itapuã was accomplished. In this comparative study, the plot method was used, including all individuals with minimum DBH of 5 cm and totaling an area of 1,02 ha. The floristic composition resulted in a total richness of 31 species, 26 genera and 20 families, considering the five woods to (mais) gether. The total tree density in the woods had a media of 1,023 ind/ha. The richest family was Myrtaceae and, among the most important species, Sebastiania serrata (Baill. ex Müll. Arg.) Müll. Arg. and Ficus organensis Miq. were found. Species diversity was low, varying from 1,08 to 2,38 nats.ind-1. The results obtained point to the existence of differences in the forests tree composition and structure that may outcome from different sucessional stages and from the seed source area distance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Fitossociologia de dois trechos inundáveis de Matas de Galeria no Distrito Federal, Brasil/ Phytosociology of two swamped portions of gallery forests in Distrito Federal, Brazil

Guarino, Ernestino de Souza Gomes; Walter, Bruno Machado Teles
2005-09-01

Resumo em português As Matas de Galeria do bioma Cerrado possuem peculiaridades fisionômicas e florísticas que permitem separá-las em dois subtipos: "não-inundável", quando em solos bem drenados; e "inundável", o subtipo menos estudado, em solos mal drenados. O presente trabalho objetivou caracterizar estrutural e floristicamente dois trechos inundáveis das matas dos córregos Acampamento (15°35'S; 48°10'W) e Riacho Fundo (15°55'S; 48°02'W) no Distrito Federal (DF). Pa (mais) ra isso foi alocada em cada Mata uma grade de 160×50 m (0,8 ha), composta por 40 parcelas de 10×20 m (200 m²). Todos os indivíduos com diâmetro a 1,30 m da altura do solo (DAP > 3,0 cm) foram amostrados, incluindo aqueles mortos ainda em pé. Foram amostrados 6.078 indivíduos, sendo 3.030 no trecho do Acampamento (33 famílias, 49 gêneros e 60 espécies) e 3.048 no Riacho Fundo (30 famílias, 41 gêneros, 53 espécies). A área basal e a diversidade (H') calculada para os trechos foram de 47,96 m²/ha e 2,99 nats/ind. (Acampamento), e 41,28 m²/ha e 2,84 nats/ind. (Riacho Fundo), respectivamente. Se comparados com matas anteriormente estudadas no DF os valores de diversidade são baixos, estando na mesma magnitude indicada para as Matas de Brejo (Higrófilas) do sudeste brasileiro. Os índices de similaridade indicaram alta semelhança qualitativa (Sørensen 58,0%) e quantitativa (Morisita 70,6%) entre os trechos estudados, embora uma classificação por TWINSPAN tenha gerado dois grupos distintos, cada qual vinculado a um dos trechos. Os resultados reforçam indicações anteriores de que as Matas de Galeria do DF, ou trechos similares destas, inundáveis ou não, possuem comunidades arbóreas particulares, as quais estão relacionadas à bacia hidrográfica na qual a Mata esta inserida e ao padrão determinante da drenagem do solo. Resumo em inglês Gallery forests in the Cerrado biome possess physiognomic and floristic peculiarities that allow its division in two subtypes: "non-swamp" located in well drained soils; and "swamp" the less studied subtype, located in badly drained soils. The present study aimed to characterize the structure and the flora of two swamped portions in the gallery forests of the Acampamento stream (15°35'S; 48°10'W) and the Riacho Fundo stream (15°55'S and 48°02'W), both in D (mais) istrito Federal (DF). In each forest it was allocated a grid of 160×50 m (0.8 ha), composed by 40 plots of 10×20 m (200 m²). All the individuals with DBH > 3.0 cm were surveyed, including the standing dead plants. It was sampled 6,078 individuals, being 3,030 in the swamped portion of Acampamento stream (33 families, 49 genera and 60 species) and 3,048 in the Riacho Fund portion (30 families, 41 genera, 53 species). The basal area (dominance) and the diversity (H') for the studied portions were 47.96 m²/ha and 2.99 nats/ind. (Acampamento) and 41.28 m²/ha and 2.84 nats/ind. (Riacho Fundo), respectively. If compared to others gallery forests previously studied in Distrito Federal, such diversity values are considered low, although they are similar to that indicated for the "Swamp Forests" ("Matas de Brejo") of southeastern Brazil. The similarity indexes of Sørensen (58.0%) and Morisita (70.6%) point to high qualitative and quantitative similarity among portions. However the classification accomplished by TWINSPAN generated two distinct groups, each one linked to one of the portions studied (Acampamento and Riacho Fundo). These results reinforce previous indications that distinct gallery forests in Distrito Federal, or even similar portions on that, show different floristic patches. This variation are related to the hydrographic basin in which the gallery forest is inserted, and the soil drainage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Fauna de Culicidae em municípios da zona rural do estado do Amazonas, com incidência de febre amarela/ Culicidae insect fauna from rural zone in Amazonas State with incidence of sylvatic yellow fever

Fé, Nelson Ferreira; Barbosa, Maria das Graças Vale; Fé, Flávio Augusto Andrade; Guerra, Marcus Vinitius de Farias; Alecrim, Wilson Duarte
2003-06-01

Resumo em português Em 1996, foi realizado um levantamento da fauna de Culicidae (coleta de adultos e imaturos) em cinco dos dez municípios onde foram registrados 14 casos de febre amarela silvestre (Rio Preto da Eva, Iranduba, Manacapuru, Manaquiri e Careiro). Os mosquitos foram coletados utilizando-se armadilhas de luz CDC, inspeções domiciliares e captura com tubos coletores para isca humana. Foram identificadas entre adultos e imaturos 36 espécies de Culicidae, entre estas, nove fora (mais) m encontradas apenas na fase imatura. Dentre os adultos, coletou-se espécies de Haemagogus janthinomys, Ha. leucocelaenus e Aedes fulvus, incluídas entre os vetores de febre amarela silvestre. Resumo em inglês After the occurrence of 14 sylvatic yellow fever cases in 10 cities in the State of Amazonas during 1996, an investigation into the presence of sylvatic yellow fever vectors was carried out. The material of larvae and adult insects was collected around residences and canopy trees within forests, using a light trap (CDC) and human bait. A total of 424 insects was collected. Thirty seven species were identified, some of which were sylvatic yellow fever vectors: Haemagogus janthinomys, Ha. leucocelaenus, Aedes fulvus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Diversidade, distribuição e abundância de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) no Paraná/ Diversity, distribution and abundance of sandflies (Diptera: Psychodidae) in Parana State, Southern Brazil

Silva, Allan M. da; Camargo, Natal J. de; Santos, Demilson R. dos; Massafera, Rubens; Ferreira, Adão C.; Postai, Claudomiro; Cristóvão, Edilson C.; Konolsaisen, José F.; Bisetto Jr., Alceu; Perinazo, Roque; Teodoro, Ueslei; Galati, Eunice A.B.
2008-04-01

Resumo em português Devido à crescente expansão da leishmaniose visceral americana (LVA) no Brasil, o presente estudo teve como objetivo identificar as espécies de flebotomíneos em áreas vulneráveis à transmissão dessa parasitose, bem como em outras sem qualquer informação sobre a presença desses dípteros no Paraná. As coletas de flebotomíneos foram realizadas em 46 localidades distribuídas em 37 municípios do Paraná, no período de março de 2004 a novembro de 2005. Em cada (mais) uma das localidades foram instaladas armadilhas de Falcão, durante três noites consecutivas, em vegetação natural e ambientes antrópicos (intra e peridomicílio). Ocasionalmente, foram instalas armadilhas de Shannon e feitas inspeções de paredes e aspiração em domicílio, peridomicílio e extradomicílio. O tratamento dos dados baseou-se na estimativa das freqüências e abundância das espécies, segundo cinco regiões de distintas paisagens originais. Coletaram-se 38.662 flebotomíneos de 23 espécies. Predominaram Nyssomyia neivai (Pinto) (75.6%), Ny. whitmani (Antunes & Coutinho) (10.1%), Migonemyia migonei (França) (7.8%), Expapillata firmatoi (Barreto et al.) (2.1%) and Pintomyia fischeri (Pinto) (1,6%); representando juntas 97,2% dos flebotomíneos coletados. Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva) o principal vetor da LVA não foi encontrado. No entanto, capturou-se Lu. gaminarai (Cordero et al.), cujas fêmeas são morfologicamente semelhantes às de Lu. longipalpis. As espécies mais freqüentes e abundantes têm sido apontadas como vetores da leishmaniose tegumentar no Paraná e em outras áreas das Regiões Sudeste e Sul do Brasil. A presença de Lu. gaminarai no Paraná suscita a necessidade de estudos do seu comportamento, inclusive em relação à sua competência vetorial do agente da leishmaniose visceral. Resumo em inglês Due to the spread of the Visceral leishmaniasis in Brazilian territory, this research was undertaken with the objective to identify the sandfly fauna and aspects of the species’ behavior in forest and anthropic environments in Paraná State, Brazil. The sandfly captures were sporadically carried out in 37 municipalities of the Paraná state, during the period from March 2004 to November 2005. Each municipality was once visited, when Falcão traps were installed during th (mais) ree consecutive nights in forested fragments and anthropic environments; captures with Shannon traps installed in forests and edge of forests, inspection of walls and electric aspiration in domiciles and forested areas were sporadically undertaken. The data analysis was based on estimates of frequency and abundance of the species, by five native landscapes. A total of 38,662 specimens belonging to 23 species were captured. Nyssomyia neivai (Pinto) (75.6%), Ny. whitmani (Antunes & Coutinho) (10.1%), Migonemyia migonei (França) (7.8%), Expapillata firmatoi (Barreto et al.) (2.1%) and Pintomyia fischeri (Pinto) (1.6%) together constituted 97.2% of the phlebotomine colletcted. High frequencies of sand flies were found in forests, henhouses, pigpens and domiciles. The three most frequent species have been implicated in transmission of tegumentary leishmaniasis in Paraná and in the Brazilian Southeastern and Southern Regions. Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva), the visceral leishmaniasis vector was no found, however Lutzomyia gaminariai (Cordero et al.), female of which is similar to that of Lu. longipalpis was captured, raising the need to investigate its behavior, including as regard to the vectorial competence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Diversidade de Calliphoridae (Insecta: Diptera) na base de extração petrolífera da Bacia do Rio Urucu, na Amazônia brasileira/ Diversity of Calliphoridae flies (Insecta: Diptera) in the oil extraction field of Rio Urucu basin, in brasilian Amazonian

Esposito, Maria Cristina; Sousa, José Roberto Pereira de; Carvalho-Filho, Fernando da Silva
2010-09-01

Resumo em português A diversidade e abundância de dípteros califorídeos de três ambientes (clareira artificial, clareira natural e mata) de Porto Urucu/AM foram avaliadas em coletas anuais realizadas em 2004, 2005 e 2006. Ao longo destes três anos foram coletados 2.121 exemplares pertencentes a 14 espécies. As espécies mais abundantes foram Chloroprocta idioidea (Robineau- Desvoidy), Eumesembrinella randa (Walker) e Hemilucilia semidiaphana (Rondani). Os habitats de matas e clareiras (mais) naturais apresentaram maior abundância de califorídeos quando comparados às clareiras artificiais, com índices de diversidade e equitabilidade também maiores do que em clareiras artificiais, onde a dominância foi mais elevada. Resumo em inglês The diversity and abundance of blow flies in three environments (anthropic gaps, tree-fall gaps, and primary "terra firme" forest) of Porto Urucu/AM were evaluated in annual collects realized in 2004, 2005, and 2006. During these three years were collected 2,121 specimens belonging to 14 species. The most abundant species were Chloroprocta idioidea (Robineau- Desvoidy), Eumesembrinella randa (Walker), and Hemilucilia semidiaphana (Rondani). Primary forests and tree-fall g (mais) aps enviroments, showed higher blow flies abundance than anthropic gaps, with diversity and equitability index higher than anthropic gaps, when the dominance value was high.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Dinâmica espaço-temporal de taxocenoses de crisopídeos (Neuroptera: Chrysopidae) em ecossistemas naturais/ Spatio-temporal dynamic of green lacewings (Neuroptera: Chrysopidae) taxocenosis on natural ecossystems

Costa, Renildo I F; Souza, Brígida; Freitas, Sérgio De
2010-08-01

Resumo em inglês In order to study the interactions of green lacewings toxocenosis on natural ecossystems, samplings were carried out in the Parque Ecológico Quedas do Rio Bonito, located in Lavras, Alto Rio Grande region, South of Minas Gerais, Brazil. The species inventory was accomplished in two vegetation types: semi-evergreen forest and open field formations, including areas of montane grassland, rocky montane grassland and "cerrado". Insects were captured with a butterfly net durin (mais) g 2h, walking through each vegetation formation. Sampling resulted in 1,948 specimens belonging to 30 species, of which 14 were Chrysopini and 16 Leucochrysini. Representatives of these tribes were observed both in forest and in open field formations. Species of the genera Ceraeochrysa, Chrysoperla, Chrysopodes, Plesiochrysa and Leucochrysa were found in forests and in open field formations, except for Plesiochrysa. The highest richness and diversity of species were observed in the forest. The similarity index among the communities of green lacewings in the studied areas was 27%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Desenvolvimento e projeto de colhedora de babaçu (Orbignya phalerata Mart.) para agricultura familiar nas regiões de matas de transição da Amazônia/ Design and development of babaçu (Orbignya phalerata Mart.) harvest for small farms in areas of forests transition of the Amazon

Albiero, Daniel; Maciel, Antonio José da Silva; Gamero, Carlos Antonio
2011-03-01

Resumo em português O babaçu (Orbignya phalerata) é uma típica palmeira das matas de transição dos ecossistemas Amazônia/Cerrado e Amazônia/Caatinga, sendo de grande importância econômica, social e ambiental nestas regiões. Os produtos advindos dos babaçuais possibilitam renda para uma das camadas mais pobres da região amazônica e um dos entraves para a obtenção eficiente destes produtos é a colheita dos cocos de babaçu, que atualmente se faz no sistema extrativista. O objet (mais) ivo deste trabalho foi realizar o desenvolvimento e projeto de uma colhedora de babaçu adaptável ao ambiente de trabalho da agricultura familiar e as características das matas de transição amazônicas. Para tal foram realizados estudos de literatura que nortearam as decisões e simplificações de projeto, assim como foram realizados os cálculos e desenhos da nova colhedora. O projeto foi realizado através de ferramentas de engenharia que apresentaram como resultados o memorial de cálculo que descreve o caminho técnico para o dimensionamento dos elementos constituintes da colhedora e a partir destes os desenhos detalhados dos elementos da nova máquina. Pelos desenhos detalhados suas considerações e decisões concluí-se que a colhedora de babaçu apresenta-se passível de ser construída com materiais nacionais de baixo custo, além de fácil operação, manutenção e com mínimo efeito sobre os babaçuais naturais. Resumo em inglês The babaçu (Orbignya phalerata) is a typical palm of transition forests of Amazon/Savana and Amazon/Caatinga econsystems; it is very important economically, socially and environmentally in this region. Products derived from babaçu provide income for the poor of these regions. One of the problems for obtaining this product efficiently is the extractivist system of harvesting. The objective of this work is to set up a self-propelling project of babaçu harvesting, for fam (mais) ily farmers of the Amazonian transition forest region, which would not interfere in natural babaçu forests, and would contribute to harvesting efficiency. The project was carried out with engineering tools. We obtained the calculus memorial, definition of machine elements, which substantiates the technical of the project.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Biomassa e energia/ Biomass and energy

Goldemberg, José
2009-01-01

Resumo em inglês Biomass was the dominating source of energy for human activities until the middle 19th century, when coal, oil, gas and other energy sources became increasingly important but it still represents ca. 10% of the worldwide energy supply. The major part of biomass for energy is still "traditional biomass" used as wood and coal extracted from native forests and thus non-sustainable, used with low efficiency for cooking and home heating, causing pollution problems. This use is (mais) largely done in rural areas and it is usually not supported by trading activities. There is now a strong trend to the modernization of biomass use, especially making alcohol from sugar cane thus replacing gasoline, or biodiesel to replace Diesel oil, beyond the production of electricity and vegetable coal using wood from planted forests. As recently as in 2004, sustainable "modern biomass" represented 2% of worldwide energy consumption. This article discusses the perspectives of the "first" and "second" technology generations for liquid fuel production, as well as biomass gaseification to make electricity or syngas that is in turn used in the Fischer-Tropsch process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Biologia e ecologia de Anthodioctes moratoi Urban (Hymenoptera, Megachilidae, Anthidiini) em matas contínuas e fragmentos na Amazônia Central, Brasil/ Biology and ecology of Anthodioctes moratoi Urban (Hymenoptera, Megachilidae, Anthidiini) in continuous forests and forest fragments in Central Amazonia, Brazil

Morato, Elder Ferreira
2001-09-01

Resumo em inglês Anthodioctes moratoi Urban, 1999 was described based on specimens collected in tlhe state of Amazonas during a study of the ecology of trap-nesting bees and wasps. Sampling was done between 1988 and 1990 north of Manaus, in areas of the "Forest Fragment Biological Dynamics Project". Wooden trap-nests were set in different heights inside continuous forests, forest fragments of different sizes, natural gaps inside continuous forest, and in cleared areas between forest fragm (mais) ents. A total of 61 nests were collected from which 33 males and 46 females emerged. The majority of nests was collected in continuous forests, at 15 m height, in holes 4.8 mm in diameter. No nest was collected in cleared areas. There was no correlation, neither between number of nests and monthly precipitation, nor between the monthly number of nests constructed in the two consecutive years. No nest was constructed between January and June 1989. Overall, this coincided with the period of least activity of other trap-nesting bees in the studied areas. The nests consisted of a linear series of brood cells with walls made of resinous material mixed with small wood chips. The average length of the provisioned cell was 13,4 mm. Half of this length was occupied by a pollen mass. The number of provisioned cells varied between two and nine. In 52% of the nests there was brood mortality in at least one cell. The phorid fly Phalacrotophora (Omapanta) sp. was the only nest associate, emerged, from just one cell.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Avaliação rápida da diversidade de formigas em sistemas de uso do solo no sul da Bahia/ Rapid evaluation of ant diversity in land use systems in southern Bahia, Brazil

Braga, Danielle L; Louzada, Júlio N C; Zanetti, Ronald; Delabie, Jacques
2010-08-01

Resumo em inglês We aimed to compare the soil ant diversity in different land use systems from Atlantic Forest area, in Southern Bahia state, Brazil. The ants were sampled in 16 sites: two primary forest sites (un-logged forest); three young secondary forests ((mais) sampling points 15 m apart, and distant over 50 m from the site edge. In each sampling point we gathered the litter from a 1 m² and extracted the ants with Winkler extractors during 48h. We found 103 ant species from 29 genera and eight subfamilies. The five richest genera were Pheidole (19 species), Solenopsis (8), Apterostigma (10), Hypoponera (7) e Paratrechina (5). The highest ant richness density was found in the primary forest (7.4 species/sample; S = 37; n = 5); followed by the old secondary forest (5.33 species/sample; S = 48; n = 9); young secondary forest (5.25 species/sample; S = 42, n = 8); eucalyptus plantation (4.22 species/sample; S = 38, n = 9), intermediate secondary forest (3.5 species/sample; S = 35, n = 10, and introduced pasture (2.67 species/sample; S = 16, n = 6). The ecosystems with higher structural complexity showed the highest ant richness density by sample. Therefore, in the Atlantic Forest region, the eucalyptus plantation is a better alternative of land use to conserve the ant biodiversity than pastures, and quite similar to native secondary forests in ant community characteristics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Aspectos ambientais e sócio-econômicos relacionados à incidência de acidentes ofídicos no Estado do Rio de Janeiro de 1990 a 1996: uma análise exploratória/ Exploratory analysis of environmental and socioeconomic factors related to snakebite incidence in Rio de Janeiro from 1990 to 1996

Bochner, Rosany; Struchiner, Claudio José
2004-08-01

Resumo em português Neste trabalho foram analisadas, de forma exploratória, as relações existentes entre algumas variáveis ambientais e sócio-econômicas com a incidência de acidentes ofídicos ocorridos no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, no período de 1990 a 1996. Concluiu-se como possíveis fatores de risco as regiões Baía da Ilha Grande, Serrana, Médio Paraíba, Noroeste Fluminense e Centro-Sul Fluminense, a porcentagem de crianças de 10 a 14 anos que trabalham, a carência d (mais) e alfabetização de jovens, a porcentagem de renda insuficiente, a porcentagem de domicílios rurais, áreas plantadas de feijão, café, banana e cana-de-açúcar, a taxa total de pessoal ocupado em atividades agropecuárias, as lavouras em descanso e produtivas não utilizáveis, as matas naturais e plantadas e o total de suínos. Resumo em inglês This article reports on an exploratory analysis of potential associations between snakebite incidence and environmental and socioeconomic variables in Rio de Janeiro from 1990 to 1996. Specific geographic locations in the State of Rio de Janeiro, the percentage of working children aged 10 to 14 years, illiteracy, low income, the proportion of households in agricultural areas, the proportion of crops such as beans, coffee, banana, and sugar cane, the proportion of the popu (mais) lation working in farming activities, fallow arable land areas, natural and secondary forests, and total swine population appeared as risk factors for snakebites.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Aspectos ambientais e sócio-econômicos relacionados à incidência de acidentes ofídicos no Estado do Rio de Janeiro de 1990 a 1996: uma análise exploratória/ Exploratory analysis of environmental and socioeconomic factors related to snakebite incidence in Rio de Janeiro from 1990 to 1996

Bochner, Rosany; Struchiner, Claudio José
2004-08-01

Resumo em português Neste trabalho foram analisadas, de forma exploratória, as relações existentes entre algumas variáveis ambientais e sócio-econômicas com a incidência de acidentes ofídicos ocorridos no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, no período de 1990 a 1996. Concluiu-se como possíveis fatores de risco as regiões Baía da Ilha Grande, Serrana, Médio Paraíba, Noroeste Fluminense e Centro-Sul Fluminense, a porcentagem de crianças de 10 a 14 anos que trabalham, a carência d (mais) e alfabetização de jovens, a porcentagem de renda insuficiente, a porcentagem de domicílios rurais, áreas plantadas de feijão, café, banana e cana-de-açúcar, a taxa total de pessoal ocupado em atividades agropecuárias, as lavouras em descanso e produtivas não utilizáveis, as matas naturais e plantadas e o total de suínos. Resumo em inglês This article reports on an exploratory analysis of potential associations between snakebite incidence and environmental and socioeconomic variables in Rio de Janeiro from 1990 to 1996. Specific geographic locations in the State of Rio de Janeiro, the percentage of working children aged 10 to 14 years, illiteracy, low income, the proportion of households in agricultural areas, the proportion of crops such as beans, coffee, banana, and sugar cane, the proportion of the popu (mais) lation working in farming activities, fallow arable land areas, natural and secondary forests, and total swine population appeared as risk factors for snakebites.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

102

Arbóreas medicinais das matas ciliares do Rio Canoas: potencialidade de uso em projetos de restauração/ Medicinal trees from riparian forests along Canoas River: potential use in restoration projects

Chaves, C.L.; Manfredi, C.S.
2010-09-01

Resumo em português Este estudo objetivou identificar as espécies arbóreas medicinais das matas ciliares de três pequenas propriedades rurais do município de Urubici-SC, e estabelecer relações entre as características ecológicas das mesmas com as possibilidades de emprego para restauração de ambientes ciliares degradados. Empregou-se o método dos quadrantes, para levantamento dos indivíduos com CAP>15 cm. Os indivíduos amostrados foram herborizados, depositados no Herbário LUSC (mais) e categorizados quanto ao uso medicinal, parte usada, freqüência, síndrome de dispersão (anemocórica, autocórica e zoocórica), grupo ecológico (pioneira, secundária inicial, secundária tardia) e uso para restauração florestal. Dos 240 indivíduos amostrados, 197 indivíduos pertencentes a 22 espécies de 15 famílias botânicas apresentaram potencialidades medicinais. As famílias Euphorbiaceae, Rosaceae, Myrtaceae, Sapindaceae, Lauraceae e Anacardiaceae foram as mais abundantes. Mais de 85% das espécies com potencial medicinal amostradas apresentaram síndrome de dispersão zoocórica; cerca de 78% foram incluídas nos grupos ecológicos das secundárias iniciais e pioneiras e cerca de 88% são recomendadas para restauração. As espécies arbóreas medicinais são bastante freqüentes nas matas ciliares degradadas do Rio Canoas, podendo ser fonte de recursos genéticos para a restauração e adequação das APPs à legislação ambiental, além de se constituírem em produtos florestais não madeireiros passíveis de exploração. Resumo em inglês This study aimed to identify the medicinal arboreal species from riparian forests at three small farms in Urubici Municipality, Santa Catarina State, Brazil, and relate their ecological features to the possibilities of their use for restoration of degraded riparian environments. In order to survey individuals with circumference at breast height (CBH) >15 cm, the quadrant method was adopted. The sampled specimens were herborized, incorporated into the Herbarium LUSC and ca (mais) tegorized according to their medicinal use, employed part, frequency, dispersal syndrome (anemochory, autochory and zoochory), ecological group (pioneer, early secondary, late secondary) and use for forest restoration. Of the 240 sampled specimens, 197 belonging to 22 species of 15 families were potentially medicinal. The most abundant families were Euphorbiaceae, Rosaceae, Myrtaceae, Sapindaceae, Lauraceae and Anacardiaceae. More than 85% potentially medicinal species had zoochoric dispersal syndrome, around 78% were categorized as early secondary and pioneer, and around 88% were recommended for restoration. Medicinal arboreal species are quite common in degraded riparian forests along Canoas River. They can provide genetic resources for restoration and adequacy of permanent preservation areas (PPAs) to the environmental legislation; moreover, they are exploitable non-timber forest products.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)