Sample records for fluid injection
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 8 shown.



1

Efeitos cardiovasculares e renais da injeção intra-arterial de contraste radiológico iônico em cães com restrição hídrica/ Cardiovascular and renal effects of intra-arterial injection of ionic radiological contrast in dogs under fluid restriction/ Efectos cardiovasculares y renales de la inyección intra-arterial de contraste radiológico iónico en perros con restricción hídrica

Verderese, Marisa Aparecida Lima; Vianna, Pedro Thadeu Galvão; Castiglia, Yara Marcondes Machado; Vane, Luiz Antonio
2005-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O objetivo desta pesquisa foi estudar os efeitos agudos do contraste radiológico em situações de restrição de volume, avaliando-se os efeitos renais e cardiovasculares após a injeção intra-arterial de contraste radiológico de alta osmolaridade. MÉTODO: Participaram do estudo 16 cães anestesiados com tiopental sódico (15 mg.kg-1) e fentanil (15 µg.kg-1) em bolus, seguido de infusão contínua nas doses de 40 µg.kg-1.min-1 (tiopental (mais) sódico) e 0,1 µg.kg-1.min-1 (fentanil). Foi feita hidratação com solução de glicose a 5% (0,03 mL.kg-1.min-1) e a ventilação pulmonar foi controlada mecanicamente com ar comprimido. Foram verificados os seguintes atributos: freqüência cardíaca (FC); pressão arterial média (PAM); pressão da veia cava inferior (PVI); débito cardíaco (DC); hematócrito (Ht); fluxo plasmático efetivo renal (FPER); fluxo sangüíneo renal (FSR); ritmo de filtração glomerular (RFG); fração de filtração; resistência vascular renal (RVR); volume urinário (VU); osmolaridade plasmática e urinária; depuração osmolar, depuração de água livre e depuração de sódio e de potássio; sódio e potássio plasmáticos; excreção urinária e fracionária de sódio e potássio e temperatura retal. Estes atributos foram avaliados em quatro momentos: 30 (M1), 60 (M2), 90 (M3) e 120 (M4) minutos após o início da infusão de para-aminohipurato de sódio e creatinina (início da experiência). No momento 2, no grupo G1 foi feita injeção intra-arterial de solução fisiológica a 0,9% (1,24 mL.kg-1), e no grupo G2 foi injetado contraste radiológico (1,24 mL.kg-1) pela mesma via. RESULTADOS: O grupo G1 apresentou aumento da FC, do FPER, do FSR, da osmolaridade plasmática, da depuração de sódio e da excreção urinária de sódio; apresentou ainda diminuição da osmolaridade urinária, do potássio plasmático, da depuração de potássio e da temperatura retal. No grupo G2 ocorreu aumento da FC, da RVR, do VU, da depuração osmolar, da depuração de sódio e da excreção urinária e fracionária de sódio; ocorreu também redução do (a): hematócrito, ritmo de filtração glomerular, fração de filtração, osmolaridade urinária, depuração de água livre, sódio e potássio urinários, potássio plasmático e temperatura retal. CONCLUSÕES: Neste estudo, conclui-se que a injeção intra-arterial do contraste radiológico causou efeito bifásico na função renal. Inicialmente, provocou aumento da diurese e da excreção de sódio, mas, posteriormente, houve piora das condições hemodinâmicas e, conseqüentemente, da função renal, com aumento da resistência vascular renal e diminuição do ritmo de filtração glomerular. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El objetivo de esta pesquisa fue estudiar los efectos agudos del contraste radiológico en situaciones de restricción de volumen, evaluándose los efectos renales y cardiovasculares después de inyección intra-arterial de contraste radiológico de alta osmolaridad. MÉTODO: Participaron del estudio 16 perros anestesiadas con tiopental sódico (15 mg.kg-1) y fentanil (15 µg.kg-1) en bolus, seguido de infusión continuada en las dosis de 40 µg (mais) .kg-1.min-1 (tiopental sódico) y 0,1 µg.kg-1.min-1 (fentanil). Fue hecha hidratación con solución de glucosa a 5% (0,03 mL.kg-1.min-1) y la ventilación pulmonar fue controlada mecánicamente con aire comprimido. Fueron verificados los siguientes atributos: frecuencia cardiaca (FC); presión arterial media (PAM); presión de la vena cava inferior (PVI); débito cardíaco (DC); hematocrito (Ht); flujo plasmático efectivo renal (FPER); flujo sanguíneo renal (FSR); ritmo de filtración glomerular (RFG); fracción de filtración; resistencia vascular renal (RVR); volumen urinario (VU); osmolaridad plasmática y urinaria; depuración osmolar, depuración de agua libre y depuración de sodio y de potasio; sodio y potasio plasmáticos; excreción urinaria y fraccionaria de sodio y potasio y temperatura rectal. Estos atributos fueron evaluados en cuatro momentos: 30 (M1), 60 (M2), 90 (M3) y 120 (M4) minutos después del inicio de la infusión de para-aminohipurato de sodio y creatinina (inicio de la experiencia). En el momento 2, en el grupo G1 fue dada una inyección intra-arterial de solución fisiológica a 0,9% (1,24 mL.kg-1), y en el grupo G2 fue inyectado contraste radiológico (1,24 mL.kg-1) por la misma vía. RESULTADOS: El grupo G1 presentó aumento de la FC, del FPER, del FSR, de la osmolaridad plasmática, de la depuración de sodio y de la excreción urinaria de sodio; presentó aún disminución de la osmolaridad urinaria, del potasio plasmático, de la depuración de potasio y de la temperatura rectal. En el grupo G2 ocurrió aumento de la FC, de la RVR, del VU, de la depuración osmolar, de la depuración de sodio y de la excreción urinaria y fraccionaria de sodio; ocurrió también reducción del (a): hematócrito ritmo de filtración glomerular, fracción de filtración, osmolaridad urinaria, depuración de agua libre, sodio y potasio urinarios, potasio plasmático y temperatura rectal. CONCLUSIONES: En este estudio, se concluye que, la inyección intra-arterial del contraste radiológico causó efecto bifásico en la función renal. Inicialmente, provocó aumento de la diuresis y de la excreción de sodio, pero, posteriormente, hubo empeoramiento de las condiciones hemodinámicas y, consecuentemente, de la función renal, con aumento de la resistencia vascular renal y disminución del ritmo de filtración glomerular. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: This study aimed at evaluating acute radiological contrast effects in fluid restriction situations, observing renal and cardiovascular effects after intra-arterial injection of high osmolarity radiological contrast. METHODS: Participated in this study 16 dogs anesthetized with sodium thiopental (15 mg.kg-1) and fentanyl (0.03 mL.kg-1), followed by continuous infusion of 40 µg.kg-1.min-1 (sodium thiopental) and 0.1 µg.kg-1.min-1 (fentanyl). Hyd (mais) ration was achieved with 5% glucose solution (0.03 mL.kg-1.min-1) and ventilation was mechanically controlled with compressed air. The following attributes were evaluated: heart rate (HR); mean blood pressure (MBP); inferior vena cava pressure (IVP); cardiac output (CO); hematocrit (Ht); effective renal plasma flow (ERPF); renal blood flow (RBF); glomerular filtration rate (GFR); filtration fraction; renal vascular resistance (RVR), urinary volume (UV); plasma and urinary osmolarity; osmolar clearance; free water clearance; sodium and potassium clearance; plasma sodium and potassium; sodium and potassium urinary fractional excretion and rectal temperature. These attributes were evaluated in four moments: 30 (M1), 60 (M2), 90 (M3) and 120 (M4) minutes after sodium para-aminohipurate and creatinine administration (beginning of experiment). In moment 2, G1 received intra-arterial 0.9% saline (1.24 mL.kg-1) and G2 received intra-arterial radiological contrast (1.4 mL.kg-1). RESULTS: Group G1 has presented increased HR, ERPF, RBF, plasma osmolarity, sodium clearance and sodium urinary excretion, in addition to decreased urinary osmolarity, plasma sodium, potassium clearance and rectal temperature. Group G2 has presented increased HR, RVR, UV, osmolar clearance, sodium clearance and sodium urinary and fractional excretion; there has also been decrease in hematocrit, glomerular filtration rate, filtration fraction, urinary osmolarity, free water clearance, urinary sodium and potassium, plasma potassium and rectal temperature. CONCLUSIONS: This study has concluded that intra-arterial radiological contrast has promoted a two-phase effect on renal function. Initially it has promoted increased diuresis and sodium excretion but then the hemodynamic conditions impaired, and consequently renal function impaired, with increased renal vascular resistance and decreased glomerular filtration rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

O uso do ultra-som (US) na reumatologia/ Ultrasound (US) use in rheumatology

Azevedo, Ana Beatriz Cordeiro de; Martins, Emiliano Pontes; Holanda, Haroldo Tenório de; Mitraud, Sônia de Aguiar Vilela; Fernandes, Artur da Rocha Correa; Ciconelli, Rozana Mesquita
2005-12-01

Resumo em português Nos últimos anos, a ultra-sonografia tem consolidado o seu papel como importante meio de diagnóstico por imagem na avaliação de doenças com comprometimento do sistema musculoesquelético. O desenvolvimento de novas tecnologias aplicadas na utilização do ultra-som (US), como novos transdutores, softwares e o Doppler, tornou possível a visualização de estruturas intra-articulares e da vascularização sinovial. Atualmente, além de auxiliar no diagnóstico de les� (mais) �es de partes moles e identificação de coleções líquidas, o ultra-som tem sido empregado na avaliação de estruturas articulares comprometidas por doenças reumáticas e como guia para a realização de procedimentos em reumatologia. Resumo em inglês In the past years, ultrasonographic studies achieved a solid position as an important method of imaging diagnosis in the evaluation of musculoskeletal diseases. Visualization of intra-articular structures and synovial vascular flow improved with the development of new ultrasound technologies, as better transducers, software and Doppler techniques. Ultrasound is being applied as an assistant diagnostic tool in the identification of soft tissue lesions and fluid collections (mais) , evaluation of articular structures compromised by rheumatic diseases and also as a guidance tool for invasive procedures in rheumatology, like joint aspiration and injection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Efeito clínico do uso do parecoxib em modelo de sinovite induzida em pôneis/ Clinical effect of parecoxib in induced synovitis in horses

Pozzobon, R.; Brass, K.E.; De La Corte, F.D.; Silveira, E.A.; Abreu, H.C.
2008-08-01

Resumo em português Um modelo experimental de sinovite em pôneis foi usado para avaliar o efeito do parecoxib, um antiinflamatório não-esteroidal (AINE) seletivo injetável. Cinco dias após indução da sinovite, três pôneis foram tratados com 0,55mg/kg/dia (IV) de parecoxib e três receberam solução salina 0,9% (IV) por cinco dias. A avaliação de parâmetros clínicos dos animais e físico-químicos do líquido sinovial foi realizada antes da indução de sinovite, antes e 12, 24, (mais) 48, 72, 96 e 120 horas após o início do tratamento. A injeção intra-articular com adjuvante completo de Freund induziu sinovite de intensidade moderada a grave. Os pôneis tratados com parecoxib apresentaram diminuição do grau de claudicação; manutenção da flexão articular, do comprimento do passo, da temperatura retal e da freqüência cardíaca; e atenuação do grau de efusão articular. Embora o parecoxib, na dose utilizada, não tenha apresentado efeito sobre os parâmetros do líquido sinovial das articulações com sinovite, sua ação antipirética, antiinflamatória e principalmente analgésica foi observada. Resumo em inglês An experimental synovitis model was used in ponies to evaluate the effect of parecoxib, a selective non steroidal anti-inflammatory drug (NSAID). Five days after synovitis induction, three ponies received parecoxib (IV) 0.55mg/kg/day and three ponies received sterile 0.9% saline solution (IV) for five days. Clinical parameters and synovial fluid were evaluated before synovitis induction, prior treatment and 12, 24, 48, 96, and 120 hours after the first treatment. The intr (mais) a-articular injection of Freund's complete adjuvant induced a moderate to severe synovitis. The parecoxib treated ponies showed lameness reduction; maintenance of stride length, articular flexion, temperature, and heart rate; and attenuation of articular effusion. Although the used dosage of parecoxib had no effect on evaluated synovial fluid parameters, antipyretic, anti-inflammatory, and especially analgesic effects were observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Associação do methimazole e do ondansetron à quimioterapia com cisplatina em cães submetidos a quatro diferentes protocolos de fluidoterapia/ Association of methimazole and ondansetron to cisplatin chemotherapy in dogs submitted to four different fluid therapy protocols

Repetti, C.S.F.; Daleck, C.R.
2007-06-01

Resumo em português Utilizaram-se 12 cães, machos, distribuídos em quatro grupos (G) experimentais, selecionados de acordo com o tempo de fluidoterapia com solução fisiológica 0,9%: G1 (sem fluidoterapia), G2 (uma hora de fluidoterapia antes da cisplatina), G3 (uma hora de fluidoterapia antes da cisplatina e uma hora após) e G4 (duas horas de fluidoterapia antes da cisplatina e uma após). Todos os animais receberam a cisplatina (70mg/m²), pela via intravenosa, sendo os ciclos de quim (mais) ioterapia realizados em intervalos de três semanas, num total de três ciclos. O ondansetron (0,4mg/kg) foi administrado pela via intravenosa, a cada oito horas, no dia da quimioterapia e, a seguir, a cada 12 horas, por dois dias. O methimazole (40mg/kg) foi pela via oral, 30 minutos antes da cisplatina e quatro horas após. Avaliaram-se os parâmetros hematológicos, bioquímicos, urinários e dosagem de tiroxina e triiodotironina a cada sete dias até o término do experimento. Esse protocolo foi eficaz e seguro em cães que permaneceram sob fluidoterapia durante duas a três horas. Os animais que não receberam fluidoterapia e os que ficaram somente uma hora sob infusão intravenosa de solução fisiológica apresentaram alterações que resultaram em não-recomendação do protocolo. Resumo em inglês Twelve male dogs were divided in four experimental groups (G), which were selected according to the time of 0.9% saline fluid therapy: G1 (without saline therapy), G2 (an hour of saline therapy before receiving cisplatin), G3 (an hour of saline therapy before receiving cisplatin and one hour after) and G4 (two hours of saline therapy before receiving cisplatin and one hour after). All the animals received 70mg/m² cisplatin, via intravenous, and the chemotherapy cycles we (mais) re accomplished in intervals of three weeks, in a total of three cycles. Ondansetron (0.4mg/kg) was administered via intravenous, every 8 hours, on the day of the chemotherapy and, from that, every 12 hours for two days. Methimazole (40mg/kg) was orally administered 30 minutes before the cisplatin injection and four hours after. The hematological, biochemical and urinary parameters and dosages of tiroxin and triiodotironine were evaluated every seven days until the end of the experiment. This protocol was effective and safe in the animals that stayed for a period of two or three hours receiving saline therapy, because they did not present clinical and laboratory alterations of the use of chemotherapy. The animals that did not receive saline therapy and those that received infusion of physiologic solution via IV only during one hour presented alterations that made unfeasible the use of this protocol.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Endotoxemia por lipopolissacarídeo de Escherichia coli, em eqüinos: efeitos de antiinflamatórios nas concentrações sérica e peritoneal do fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa)/ Escherichia coli lipopolisacharide (LPS) induced endotoxemia in horses: effects of anti-inflammatory drugs on seric and peritoneal tumor necrosis factor alpha (TNF-alpha) concentrations

Campebell, R.C.; Peiró, J.R.; Rosa, P.C.S.; Valadão, C.A.A.; Bechara, G.H.
2007-08-01

Resumo em português Avaliou-se a inibição da produção do fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa) devido ao pré-tratamento com antiinflamatório esteroidal (dexametasona) e não esteroidal (diclofenaco sódico) em eqüinos com endotoxemia induzida experimentalmente. Foram utilizados 15 cavalos machos não castrados, distribuídos em três grupos de cinco animais: controle (C), diclofenaco sódico (DS) e dexametasona (DM). A endotoxemia subletal foi induzida pela infusão intravenosa (IV (mais) ) de 0,1mg/kg/pv de lipopolissacarídeo (LPS) de Escherichia coli 055:B5, administrado em 250ml de solução estéril de cloreto de sódio a 0,9%, durante 15min. Os cavalos do grupo-controle foram tratados com solução de cloreto de sódio a 9% IV. Nos animais do grupo DS, administraram-se, por via oral, 2,2mg/kg de diclofenaco sódico e, nos do grupo DM, 1,1mg/kg de dexametasona IV, respectivamente, 60 e 30min antes da infusão da endotoxina. Mensurou-se, por meio de ensaio de toxicidade com células da linhagem L929, a concentração de TNF-alfa no soro e no líquido peritoneal às 0, 1¼, 3 e 6 horas após injeção do LPS. No grupo-controle, observou-se aumento significativo de TNF-alfa sérico, em relação ao valor basal e aos grupos DS e DM, 1,15 horas após a indução da endotoxemia. No líquido peritoneal, as concentrações observadas estavam abaixo daquelas da curva padrão de TNF-alfa, não havendo diferença entre os grupos (P>0,05). Resumo em inglês The inhibition of tumor necrosis factor alpha (TNF-alpha) production due to pre-treatment with steroidal (dexamethazone) and non-steroidal (sodium diclofenac) anti-inflammatories was studied in horses under experimentally induced endotoxemy. Fifteen stallions were allotted into three groups of five animals each: control (C), sodium diclofenac (SD) and dexamethazone (DM). Sublethal endotoxemy was induced with 0.1mg/kg/bw Escherichia coli 055:B5 lipopolysaccharide (LPS), IV (mais) , administrated in 250ml of 0.9% sterile sodium chloride, during 15 minutes. Control group horses received 9% sodium chloride, IV. SD group animals were orally administrated 2.2mg/kg sodium diclofenac and DM horses received 1.1mg/kg dexamethazone, IV, 30 and 60 minutes before endotoxin infusion, respectively. TNF-alpha concentration was measured in serum and peritoneal fluid by toxicity assay using L929 lineage cells at 0, 1¼, 3 and 6 hours after LPS injection. Ninety minutes after endotoxemy induction, it was verified a significant increase of serum TNF-a concentration in horses from control group in relation to the basal values as well as results of horses from SD and DM groups. In peritoneal fluid, the measured concentrations were lower than those from TNF-a standard curve and difference among the groups was not verified (P>0.05).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Estudo comparativo das inclusões do alastrim e da vacina no macaco (Macacus rhesus)/ A comparison of the inclusion bodies of alastrim and vaccinia in the monkey (Macacus rhesus)

Torres, C. Magarinos; Teixeira, J. de Castro
1934-02-01

Resumo em português Vesiculas e pustulas contendo numerosas inclusões citoplasmicas nas celulas epidermicas, foram regularmente produzidas no macaco (Macacus rhesus), quer com o virus do alastrim, quer com o da vacina, após inoculação endovenosa e sem previa escarificação. O virus do alastrim parece menos virulento para essa especie de macaco que o da vacina. Ao passo que 12 macacos rhesus injetados por via endovenosa com sete amostras diferentes de virus do alastrim, após apresentare (mais) m com regularidade um infecção experimental, sobreviveram e se conservaram em boa saúde, a injecção endovenosa do virus da vacina recentemente preparado (polpa bruta) produziu a morte em 2, dentre 4 animais experimentados. 2. - Foram notadas diferenças pequenas, mas nitidas, na morfologia das inclusões do alastrim e da vacina, em material fixado no liquido de Helly, incluido em parafina e corado pela hematoxilina-eosina. Dizem elas respeito ao numero de inclusões encontradas em cada celula epidermica e às suas reações de coloração. 3. - As inclusões do alastrim, quando apresentam grandes dimensões, conservam-se unicas ou solitarias no citoplasma das celulas epidermicas do macaco rhesus, e coram-se em tonalidade que varia do azul escuro ao cinzento-azulado. Comtudo, em celulas que sofreram necrose, ou naquelas contendo 2 a 4 inclusões de pequenas dimensões, por vezes elas se mostram coradas em roseo. 4. - As inclusões da vacina, quando em faze adeantada de desenvolvimento, são multiplas nas celulas epidermicas do macaco rhesus e mostram, regularmente, uma policromatofilia caracteristica. Resumo em inglês 1. - Vesicles and pustules containing numerous cytoplasmic inclusion bodies within the epidermal cells were regularly produced in monkeys (Macacus rhesus) by intravenous inoculation either of alastrim virus or of recently prepared vaccine emulsion, no previous scarifications being required. Alastrim virus seems less virulent for this species of monkey than the virus of vaccinia is. While 12 rhesus monkeys injected intravenously with seven strains of alastrim virus develop (mais) ed regularly an experimental infection and finally recovered and remained well, the intravenous injection of vaccine virus was followed by death in two from four rhesus monkeys injected. 2. Slight but definite and regular differences were noticed between alastrim and vaccine bodies after fixation in Helly's fluid, embedding in paraffin and staining with alum hematoxylin and eosin. They are related to the number of inclusions within the cell and to their staining. 3. - In each cell of the epidermis of Macacus rhesus there is usually a single alastrim body when late stages are considered, and quite a few (2-4) when early stages are observed. Alastrim bodies stain a deep blue to grayish-blue. Nevertheless, in necrotic epidermal cells or in cells provided with a few small inclusions they sometimes present a pink staining. 4. - Vaccine bodies in late stages of development are numerous in each epidermal cell of the rhesus monkey and present regularly a characteristic polychromatophilia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Emprego da ultra-sonografia cervical no seguimento de pacientes com carcinoma diferenciado de tireóide/ Usefulness of neck ultrasonography in the follow-up of patients with differentiated thyroid cancer

Rosário, Pedro W.; Tavares Júnior, Wilson C.; Biscolla, Rosa Paula M.; Purisch, Saulo; Maciel, Rui M.B.
2007-06-01

Resumo em português A ultra-sonografia (US) cervical é recomendada na avaliação de todos pacientes com carcinoma de tireóide após a terapia inicial, pois mesmo indivíduos de baixo risco com tireoglobulina (Tg) estimulada indetectável podem apresentar metástases cervicais. Para estas metástases, a US é o método mais sensível, superior à pesquisa de corpo inteiro (PCI) com 131I. Linfonodos cervicais com diâmetro > 5 mm com calcificações finas e/ou degeneração cística quase s (mais) empre são de etiologia maligna. Na ausência destas características, o formato arredondado e a ausência do hilo ecogênico são achados "suspeitos", enquanto linfonodos alongados e com hilo ecogênico visível são considerados benignos. A avaliação do fluxo, através do doppler, auxilia no diagnóstico diferencial, usualmente revelando hipervascularização periférica ou mista nos casos malignos. Na presença de linfonodos "suspeitos" na US, a avaliação citológica do material obtido através da punção aspirativa por agulha fina (PAAF) e a dosagem da Tg, obtida do lavado da agulha, são testes úteis e complementares para definir a etiologia, com elevada sensibilidade quando combinados e especificidade de 100%. A US também é útil antes da tiroidectomia, auxiliando e até, em alguns casos, modificando o planejamento cirúrgico; e antes da ablação, para mensuração dos remanescentes tireoidianos e pesquisa de metástases linfonodais persistentes. Outra aplicação desse método de imagem é guiar a injeção de etanol (escleroterapia) ou a introdução de eletrodos para ablação com radiofreqüência em casos selecionados de metástases linfonodais isoladas, como alternativa às terapias convencionais. Resumo em inglês Neck ultrasonography (US) is recommended for the assessment of all patients with thyroid carcinoma after initial therapy, since even low-risk patients with undetectable stimulated thyroglobulin (Tg) may present cervical metastases. In the case of these metastases, US is the most sensitive method and is superior to whole-body 131I scanning. Cervical lymph nodes with a diameter > 5 mm presenting thin calcifications and/or cystic degeneration have almost always a malignant e (mais) tiology. In the absence of these characteristics, a round shape and the absence of an echogenic hilum are "suspicious" findings, whereas elongated lymph nodes with a visible echogenic hilum are considered benign. Doppler flow analysis helps with the differential diagnosis, usually revealing peripheral or mixed hypervascularization in malignant cases. In the presence of "suspicious" lymph nodes upon US, fine-needle aspiration cytology and measurement of Tg in the needle lavage fluid are useful and complementary exams for the definition of the etiology, with the combination of the two methods showing elevated sensitivity and 100% specificity. US is also useful before thyroidectomy, even contributing in some cases to modify the surgical planning, and before ablation for the measurement of thyroid remnants and detection of persistent lymph node metastases. Another application of this imaging method is to guide the injection of ethanol (sclerotherapy) or the introduction of electrodes for radiofrequency ablation in selected cases of isolated lymph node metastases as an alternative to traditional therapies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Estudo da ação inflamatória aguda do tiopental intraperitoneal em ratos/ Acute inflammatory action of tiopental intraperitoneal in rats

Carregaro, A.B.; Castro, M.B.; Martins, F.S.
2005-04-01

Resumo em português Determinou-se a ação inflamatória aguda do tiopental intraperitoneal (IP) utilizando-se 72 ratos, divididos em grupo-tratado (40mg/kg de tiopental a 2,5% IP) e grupo-controle (0,25ml de solução fisiológica IP). Para determinar o processo inflamatório, colheu-se o lavado peritoneal às 2, 6, 12, 24 e 48h após a inoculação. Os animais foram anestesiados com isoflurano e submetidos à eutanásia por secção dos vasos cervicais. Administraram-se 5ml de solução fi (mais) siológica heparinizada por via IP e, após homogeneização, divulsionou-se o peritôneo e colheu-se a amostra. Determinaram-se a dosagem de proteínas plasmáticas (PP), a contagem global (CGL) e a diferencial (CDL) de leucócitos. Não foi observada diferença na PP entre os grupos em nenhum momento exceto às 2h. Entre os momentos, a dosagem foi superior às 6 e 12h nos dois grupos. Não houve diferença entre os grupos para a CGL. Entre os momentos, a CGL diferiu dos demais às 6h em ambos os grupos. Verificou-se o mesmo perfil para a CDL entre os grupos exceto para os eosinófilos às 6h. Entre os momentos, os valores foram diferentes em relação aos neutrófilos em ambos os grupos, às 6 e 12h. Observou-se reação inflamatória aguda no processo provavelmente desencadeada pela ação mecânica da injeção. A eosinofilia observada no grupo-tratado após 6h sugere uma certa ação irritante do tiopental. Resumo em inglês The acute inflammatory action of thiopental intraperitoneal (IP) in rats was studied. Seventy two animals were divided in treated (40mg/kg of thiopental, 2.5% IP) and control (0.25ml of saline solution IP) rats. In order to evaluate the inflammatory process, peritoneal fluid was taken at 2h, 6h, 12h, 24h e 48h after drug administration. The animals were anesthetized with isoflurane and submitted to euthanasia through cervical vessels section. Five millilitres of hepariniz (mais) ed saline solution were injected IP, homogenized by abdomen massage and then withdrawn. Plasma protein (PP), global leukocyte count (GLC) and differential leukocyte count (DLC) were analysed. No difference in PP intergroup at any moment was observed, but at 2h. Intragroup, PP was higher between 6 and 12h in both groups. There was no statistical difference of GLC intergroup. There was a difference (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)