Sample records for filariasis
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Filariose bancroftiana no Brasil/ Bancroftian filariasis in Brazil

Rocha, Eliana M. M.; Fontes, Gilberto
1998-02-01

Resumo em português Foi feita revisão dos estudos sobre a distribuição geográfica e prevalências da filariose linfática bancroftiana no Brasil. Entre 1951 a 1958 foram realizados inquéritos hemoscópicos e entomológicos no País, sendo a transmissão autóctone comprovada em apenas 11 Municípios: Ponta Grossa (SC), 14,5%; Belém (PA), 9,8%; Barra de Laguna (SC), 9,4%; Recife (PE), 6,9%; Castro Alves (BA), 5,9%; Florianópolis (SC), 1,4%; São Luís (MA), 0,6%; Salvador (BA), 0,4%; M (mais) aceió (AL), 0,3%; Manaus (AM), 0,2% e Porto Alegre (RS), 0,1%. A distribuição da parasitose era urbana e focal, principalmente em cidades litorâneas. As ações de controle implementadas levaram a uma apreciável queda nas taxas de microfilarêmicos sendo consideradas, a partir de então, áreas endêmicas para filariose linfática no Brasil somente as cidades de Belém e Recife. Estudos recentes mostram transmissão ativa da parasitose, com prevalências superiores às detectadas no passado, em Maceió, cujo foco era considerado extinto, e em Recife. O conhecimento da situação atual da bancroftose no Brasil é de fundamental importância para a implementação de ações de controle da endemia envolvendo o Ministério da Saúde e órgãos de saúde pública. Resumo em inglês The past and present distribution of Bancroftian filariasis in Brazil is reviewed. Parasitological and entomological surveys were conducted between 1951 and 1958, the autochthonous transmission of Wuchereria bancrofti having been found only in 11 places in the country as follows, with the corresponding prevalences: Ponta Grossa (SC), 14.5%; Belém (PA), 9.8%; Barra de Laguna (SC), 9.4%; Recife (PE), 6.9%; Castro Alves (BA), 5.9%; Florianópolis (SC), 1.4%; São Luis (MA), (mais) 0.6%; Salvador (BA), 0.4%; Maceió (AL), 0.3%; Manaus (AM), 0.2% and Porto Alegre (RS), 0.1%. The distribution of infection was urban and focal, occurring mainly along the coast. Control measures carried out against filariasis achieved considerable success, reducing infection and transmission, only Belém and Recife being considered endemic areas. Recent studies show the active transmission of filariasis with higher prevalences than those observed in the past,in Maceió, considered to be free from infection, and in Recife. The knowledge of the present status of Bancroftian filariasis in Brazil is important as baseline information, because it will allow for the establishment of control measures by Public Health organizations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Filariose bancroftiana no Brasil/ Bancroftian filariasis in Brazil

Rocha, Eliana M. M.; Fontes, Gilberto
1998-02-01

Resumo em português Foi feita revisão dos estudos sobre a distribuição geográfica e prevalências da filariose linfática bancroftiana no Brasil. Entre 1951 a 1958 foram realizados inquéritos hemoscópicos e entomológicos no País, sendo a transmissão autóctone comprovada em apenas 11 Municípios: Ponta Grossa (SC), 14,5%; Belém (PA), 9,8%; Barra de Laguna (SC), 9,4%; Recife (PE), 6,9%; Castro Alves (BA), 5,9%; Florianópolis (SC), 1,4%; São Luís (MA), 0,6%; Salvador (BA), 0,4%; M (mais) aceió (AL), 0,3%; Manaus (AM), 0,2% e Porto Alegre (RS), 0,1%. A distribuição da parasitose era urbana e focal, principalmente em cidades litorâneas. As ações de controle implementadas levaram a uma apreciável queda nas taxas de microfilarêmicos sendo consideradas, a partir de então, áreas endêmicas para filariose linfática no Brasil somente as cidades de Belém e Recife. Estudos recentes mostram transmissão ativa da parasitose, com prevalências superiores às detectadas no passado, em Maceió, cujo foco era considerado extinto, e em Recife. O conhecimento da situação atual da bancroftose no Brasil é de fundamental importância para a implementação de ações de controle da endemia envolvendo o Ministério da Saúde e órgãos de saúde pública. Resumo em inglês The past and present distribution of Bancroftian filariasis in Brazil is reviewed. Parasitological and entomological surveys were conducted between 1951 and 1958, the autochthonous transmission of Wuchereria bancrofti having been found only in 11 places in the country as follows, with the corresponding prevalences: Ponta Grossa (SC), 14.5%; Belém (PA), 9.8%; Barra de Laguna (SC), 9.4%; Recife (PE), 6.9%; Castro Alves (BA), 5.9%; Florianópolis (SC), 1.4%; São Luis (MA), (mais) 0.6%; Salvador (BA), 0.4%; Maceió (AL), 0.3%; Manaus (AM), 0.2% and Porto Alegre (RS), 0.1%. The distribution of infection was urban and focal, occurring mainly along the coast. Control measures carried out against filariasis achieved considerable success, reducing infection and transmission, only Belém and Recife being considered endemic areas. Recent studies show the active transmission of filariasis with higher prevalences than those observed in the past,in Maceió, considered to be free from infection, and in Recife. The knowledge of the present status of Bancroftian filariasis in Brazil is important as baseline information, because it will allow for the establishment of control measures by Public Health organizations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Filariose linfática: doença potencialmente eliminável/ Lymphatic filariasis: a potentially eradicable disease

Dreyer, Gerusa; Coelho, Giovanini
1997-09-01

Resumo em português Os resultados obtidos com o uso de esquemas terapêuticos simples, como dose única anual ou bianual de Ivermectina (IV), Dietilcarbamazina (DEC) sozinhas ou combinadas, têm sido surpreendentemente promissores na redução da infecção linfática causada pela Wuchereria bancrofti e Brugia malayi. Assim, perspectivas existem de eliminar a doença dos países endêmicos, se programas de controle forem empregados usando-se o tratamento em massa, complementado ou não pelo (mais) controle do vetor. Uma breve revisão é feita sobre cada droga em relação à eficácia e às reações adversas causadas pela morte dos diversos estágios do parasita no homem infectado. Resumo em inglês The recent demonstration that single-dose ivermectin, diethylcarbamazine, or a combination of these drugs can profoundly suppress Wuchereria bancrofti and Brugia malayi microfilaremia for periods of six months to two years has led to renewed hope that transmission can be interrupted and lymphatic filariasis eradicated. Based in part on the availability of these new chemotherapeutic tools, the International Task Force for Disease Eradication recently identified lymphatic f (mais) ilariasis as one of the few diseases that could potentially be eradicated. Thus, control programs based on mass treatment (whether supplemented or not by vector control) have begun to be implemented in some endemic areas. We provide a brief review of available anti-filarial drugs for use in humans, including their tolerance and efficacy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Filariose linfática: doença potencialmente eliminável/ Lymphatic filariasis: a potentially eradicable disease

Dreyer, Gerusa; Coelho, Giovanini
1997-09-01

Resumo em português Os resultados obtidos com o uso de esquemas terapêuticos simples, como dose única anual ou bianual de Ivermectina (IV), Dietilcarbamazina (DEC) sozinhas ou combinadas, têm sido surpreendentemente promissores na redução da infecção linfática causada pela Wuchereria bancrofti e Brugia malayi. Assim, perspectivas existem de eliminar a doença dos países endêmicos, se programas de controle forem empregados usando-se o tratamento em massa, complementado ou não pelo (mais) controle do vetor. Uma breve revisão é feita sobre cada droga em relação à eficácia e às reações adversas causadas pela morte dos diversos estágios do parasita no homem infectado. Resumo em inglês The recent demonstration that single-dose ivermectin, diethylcarbamazine, or a combination of these drugs can profoundly suppress Wuchereria bancrofti and Brugia malayi microfilaremia for periods of six months to two years has led to renewed hope that transmission can be interrupted and lymphatic filariasis eradicated. Based in part on the availability of these new chemotherapeutic tools, the International Task Force for Disease Eradication recently identified lymphatic f (mais) ilariasis as one of the few diseases that could potentially be eradicated. Thus, control programs based on mass treatment (whether supplemented or not by vector control) have begun to be implemented in some endemic areas. We provide a brief review of available anti-filarial drugs for use in humans, including their tolerance and efficacy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

A filariose bancroftiana no município de Moreno - Pernambuco, Brasil/ Lymphatic filariasis in Moreno, Northeast Brazil

Medeiros, Zulma; Oliveira, Conceição; Quaresma, João; Barbosa, Edna; Aguiar-Santos, Ana Maria; Bonfim, Cristine; Almeida, Jurandir; Lessa, Fabio
2004-03-01

Resumo em português No Brasil, estima-se que 49 mil pessoas estejam infectadas pela Wuchereria bancrofti, residindo em três áreas consideradas endêmicas: Maceió-AL, Belém-PA e Região Metropolitana do Recife-PE; esta última apresenta a maior casuística no país. Este estudo tem como objetivo identificar o limite entre municípios com e sem transmissão ativa, em Pernambuco. Para tal foi realizado um estudo seccional no município de Moreno, localizado na Região Metropolitana do Recif (mais) e. O inquérito epidemiológico foi constituído de entrevistas utilizando questionários fechados contendo informações relacionadas à filariose e à pesquisa parasitológica. Dentre os 2.513 exames realizados, dois casos foram detectados, ambos provenientes do Recife-PE. Quanto à manifestação clínica, 65 (2,6%) indivíduos relataram queixas correlatas com filariose. Em relação ao tratamento prévio para filariose, 24 pessoas (0,9%) afirmaram já terem tomado a dietilcarbamazina. A importância deste trabalho decorre do desconhecimento da extensão da endemia na Região Metropolitana do Recife e da constatação de que Moreno apresenta os componentes para manter o ciclo parasitário. Desta forma, a vigilância epidemiológica municipal deverá identificar as áreas com maior risco de transmissão e assim criar estratégias para evitar sua fixação. Resumo em inglês It is estimated that 49 thousand people in Brazil, living in three endemic areas, may be infected with Wuchereria bancrofti: Maceió-AL, Belém-PA, and the metropolitan area of Recife-PE. This last area presents the highest incidence in the country. This study aims to identify the boundaries between municipalities with and without active transmission in the state of Pernambuco. To that end, a cross-sectional study was performed in the town of Moreno, in the metropolitan a (mais) rea of Recife. The epidemiological survey consisted of interviews using questionnaires with information related to filariasis, and blood sampling for parasitological examination. From the 2,513 thick blood films performed, two microfilaraemic individuals were found, both of them from Recife. Regarding clinical manifestations, 65 individuals (2.6%) reported complaints related to filariasis. As to previous treatment for filariasis, 24 individuals (0.9%) affirmed having already taken diethylcarbamazine. This study shows the extension of filariasis in the metropolitan area of Recife, and has established that Moreno presents the conditions to keep the parasitic cycle. Therefore, municipal disease surveillance should identify the most risky areas for transmission in order to develop measures to avoid the ongoing conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

A filariose bancroftiana no município de Moreno - Pernambuco, Brasil/ Lymphatic filariasis in Moreno, Northeast Brazil

Medeiros, Zulma; Oliveira, Conceição; Quaresma, João; Barbosa, Edna; Aguiar-Santos, Ana Maria; Bonfim, Cristine; Almeida, Jurandir; Lessa, Fabio
2004-03-01

Resumo em português No Brasil, estima-se que 49 mil pessoas estejam infectadas pela Wuchereria bancrofti, residindo em três áreas consideradas endêmicas: Maceió-AL, Belém-PA e Região Metropolitana do Recife-PE; esta última apresenta a maior casuística no país. Este estudo tem como objetivo identificar o limite entre municípios com e sem transmissão ativa, em Pernambuco. Para tal foi realizado um estudo seccional no município de Moreno, localizado na Região Metropolitana do Recif (mais) e. O inquérito epidemiológico foi constituído de entrevistas utilizando questionários fechados contendo informações relacionadas à filariose e à pesquisa parasitológica. Dentre os 2.513 exames realizados, dois casos foram detectados, ambos provenientes do Recife-PE. Quanto à manifestação clínica, 65 (2,6%) indivíduos relataram queixas correlatas com filariose. Em relação ao tratamento prévio para filariose, 24 pessoas (0,9%) afirmaram já terem tomado a dietilcarbamazina. A importância deste trabalho decorre do desconhecimento da extensão da endemia na Região Metropolitana do Recife e da constatação de que Moreno apresenta os componentes para manter o ciclo parasitário. Desta forma, a vigilância epidemiológica municipal deverá identificar as áreas com maior risco de transmissão e assim criar estratégias para evitar sua fixação. Resumo em inglês It is estimated that 49 thousand people in Brazil, living in three endemic areas, may be infected with Wuchereria bancrofti: Maceió-AL, Belém-PA, and the metropolitan area of Recife-PE. This last area presents the highest incidence in the country. This study aims to identify the boundaries between municipalities with and without active transmission in the state of Pernambuco. To that end, a cross-sectional study was performed in the town of Moreno, in the metropolitan a (mais) rea of Recife. The epidemiological survey consisted of interviews using questionnaires with information related to filariasis, and blood sampling for parasitological examination. From the 2,513 thick blood films performed, two microfilaraemic individuals were found, both of them from Recife. Regarding clinical manifestations, 65 individuals (2.6%) reported complaints related to filariasis. As to previous treatment for filariasis, 24 individuals (0.9%) affirmed having already taken diethylcarbamazine. This study shows the extension of filariasis in the metropolitan area of Recife, and has established that Moreno presents the conditions to keep the parasitic cycle. Therefore, municipal disease surveillance should identify the most risky areas for transmission in order to develop measures to avoid the ongoing conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Filariose linfática em Belém, Estado do Pará, Norte do Brasil e a perspectiva de eliminação/ Lymphatic filariasis in Belém, Pará State, North of Brazil and the perspective of elimination

Fontes, Gilberto; Braun, Reinaldo F.; Fraiha Neto, Habib; Vieira, João Batista F.; Padilha, Saturnino S.; Rocha, Raimundo Cândido; Rocha, Eliana M. Mauricio da
2005-04-01

Resumo em português Com o objetivo de caracterizar a situação epidemiológica da filariose linfática em Belém-PA foram analisados dados dos inquéritos hemoscópicos de 1951 a 2003. As informações do período de 1951 a 1994 foram coletadas de relatórios disponibilizados pela Fundação Nacional de Saúde. Os dados de 1995 a 2003 foram obtidos através de inquéritos realizados em 62 bairros, dos oito distritos administrativos da cidade. Observou-se uma queda apreciável ao longo dos a (mais) nos nos índices de microfilarêmicos. As percentagens de parasitados nas décadas de 1950, 1960, 1970, 1980 e 1990, foram respectivamente: 8,2%, 2,6%, 0,7%, 0,16% e 0,02%. Em 2001, foi diagnosticado um único microfilarêmico, interrompendo uma série de dois anos sem registro de exames positivos na cidade. Em 2002 e 2003, inquéritos hemoscópicos e entomológicos foram realizados, simultaneamente, não sendo detectados indivíduos microfilarêmicos ou mosquitos infectados. Para manter essa tendência, medidas de vigilância devem ser observadas, a fim de detectar e tratar precocemente pacientes, para evitar o risco de ressurgimento dos focos, aparentemente já controlados. Resumo em inglês The objective was to characterize the epidemiological situation of lymphatic filariasis in Belém, state of Pará. Hemoscopic data was analyzed from 1951 through 2003. Information for the period from 1951 to 1994 was collected from reports available from the National Health Foundation. Data from 1995 to 2003 was obtained through surveys carried out in 62 city sectors, within the eight administrative districts of the city. An appreciable drop in the microfilaraemic rates w (mais) as observed over the years. The percentages of parasitized individuals in the decades of 1950, 1960, 1970, 1980 and 1990, were respectively: 8.2%, 2.6%, 0.7%, 0.16% and 0.02%. In 2001, a single microfilaraemic case was diagnosed, interrupting a series of two years without registering positive cases in the city. In 2002 and 2003, hemoscopic and entomological surveys were performed simultaneously revealing no microfilariae positive individuals, nor infected mosquitoes. To maintain this trend, surveillance measures must be conducted in order to detect and promptly treat patients, to prevent the risk of resurgence of a focus apparently now controlled.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Filariose bancroftiana em áreas urbanas do Estado de Alagoas, nordeste do Brasil: estudo em população geral/ Bancroftian filariasis in urban areas of Alagoas State, Northeast Brazil: study in general population

Rocha, Eliana M. Mauricio da; Fontes, Gilberto; Brito, Ana C.; Silva, Tatiana R.C.; Medeiros, Zulma; Antunes, Carlos M.F.
2000-12-01

Resumo em português Com objetivo de estudar a situação da filariose linfática em Alagoas, foi realizado um inquérito hemoscópico na população geral de áreas urbanas das três diferentes regiões fisiográficas do estado. Dos 101 municípios, foram pesquisados aleatoriamente 10, sendo a bancroftose detectada somente na capital, Maceió. Em um estudo seccional feito com a população geral de 4 bairros desta cidade foram examinados 10.973 indivíduos sendo detectados 226 microfilarêmi (mais) cos, com prevalências nos bairros variando de 0 a 5,4%. Tanto a prevalência de microfilarêmicos como a microfilaremia média foram significativamente maiores em indivíduos do sexo masculino. Entre os examinados não nascidos em Maceió, o tempo de residência na área endêmica foi significativamente maior entre microfilarêmicos que entre amicrofilarêmicos. Baseado nestes dados, medidas de controle já foram implementadas visando a eliminação da filariose linfática na região. Resumo em inglês In order to assess the present status of lymphatic filariasis in Alagoas State, Brazil, hemoscopic surveys were carried out in the human population of the three different physiographic regions of the State. Blood samples were collected by thick smear technique taken after 10:00 p.m. From a total of 101 cities of the State, 10 were randomly selected, Bancroftian filariasis was only found in Maceió, the capital of Alagoas State. In a cross-sectional survey conducted among (mais) the general population of 4 neighborhoods in the city, 10,973 individuals were examined, 226 were microfilaraemic with prevalence in the city neighborhoods ranging from 0 to 5.4%. Prevalence rates and microfilariae density were significantly higher in males. Among the examined inhabitants born out of Maceió, microfilariae carriers had lived a significantly longer time in endemic areas than the amicrofilaraemic subjects. Based on the data obtained in the present study, measures to avoid expansion of bancroftian filariasis in the region were established.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Situação da filariose bancroftiana na Região Metropolitana do Recife: estudo em uma área endêmica no Município de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, Brasil/ The occurrence and distribution of lymphatic filariasis in Greater Metropolitan Recife: the case of an endemic area in Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, Brazil

Bonfim, Cristine; Lessa, Fábio; Oliveira, Conceição; Evangelista, Maria José; Espírito Santo, Marlene do; Meireles, Elizeide; Pereira, José Costa; Medeiros, Zulma
2003-10-01

Resumo em português Este artigo apresenta os resultados do inquérito epidemiológico que estudou a ocorrência e a distribuição da filariose bancroftiana no Distrito de Cavaleiro, Município de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. O desenho de estudo empregado foi o seccional. Foram analisados 9.520 indivíduos da população residente nos 12 bairros que compõem o distrito. Deste total, detectou-se 213 microfilarêmicos (2,2%). Cerca de 91,7% dos bairros pesquisados apresentaram casos d (mais) e infecção filarial, com prevalências variando de 0% a 5,15%. A população masculina foi a mais acometida pela infecção, com 64,3% dos casos (p Resumo em inglês This article analyzes the results of an epidemiological survey on the occurrence and distribution of lymphatic filariasis in Cavaleiro, a district in the city of Jaboatão dos Guararapes in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil. The district was divided into 12 areas, and a cross-sectional technique was used to examine 9,520 individuals, of whom 2.2% were found to be infected. There were positive cases in 11 of the areas. The prevalence rate ranged from 0% (mais) to 5.15%. The majority (64.3%) of infected individuals were males (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Situação da filariose bancroftiana na Região Metropolitana do Recife: estudo em uma área endêmica no Município de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, Brasil/ The occurrence and distribution of lymphatic filariasis in Greater Metropolitan Recife: the case of an endemic area in Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, Brazil

Bonfim, Cristine; Lessa, Fábio; Oliveira, Conceição; Evangelista, Maria José; Espírito Santo, Marlene do; Meireles, Elizeide; Pereira, José Costa; Medeiros, Zulma
2003-10-01

Resumo em português Este artigo apresenta os resultados do inquérito epidemiológico que estudou a ocorrência e a distribuição da filariose bancroftiana no Distrito de Cavaleiro, Município de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. O desenho de estudo empregado foi o seccional. Foram analisados 9.520 indivíduos da população residente nos 12 bairros que compõem o distrito. Deste total, detectou-se 213 microfilarêmicos (2,2%). Cerca de 91,7% dos bairros pesquisados apresentaram casos d (mais) e infecção filarial, com prevalências variando de 0% a 5,15%. A população masculina foi a mais acometida pela infecção, com 64,3% dos casos (p Resumo em inglês This article analyzes the results of an epidemiological survey on the occurrence and distribution of lymphatic filariasis in Cavaleiro, a district in the city of Jaboatão dos Guararapes in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil. The district was divided into 12 areas, and a cross-sectional technique was used to examine 9,520 individuals, of whom 2.2% were found to be infected. There were positive cases in 11 of the areas. The prevalence rate ranged from 0% (mais) to 5.15%. The majority (64.3%) of infected individuals were males (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Prevalência da filariose canina causada por Dirofilaria immitis e Dipetalonema reconditum em Maceió, Alagoas, Brasil/ Prevalence of canine filariasis by Dirofilaria immitis and Dipetalonema reconditum in Maceió, Alagoas State, Brazil

Brito, Ana Cristina; Vila-Nova, Márcio Cavalcante; Rocha, Deisy Alécia Martins; Costa, Lidiana Gomes; Almeida, Wendell Alexandre Pinheiro de; Viana, Luciana da Silva; Lopes Jr., Ricardo Ramalho; Fontes, Gilberto; Rocha, Eliana Maria Maurício da; Regis, Lêda
2001-12-01

Resumo em português A prevalência da filariose canina causada por Dirofilaria immitis e Dipetalonema reconditum, foi estimada após a realização de inquérito hemoscópico em 1.519 cães domiciliados. Foram examinados 1.097 cães nos sete distritos sanitários da cidade de Maceió, Alagoas, 204 na Ilha de Santa Rita e 218 na cidade de Paripueira. Em Maceió, foram detectados 15 (1,3%) cães com microfilárias (MF) de D. immitis e 15 (1,3%) com MF de D. reconditum. Todos os casos positivos (mais) foram considerados autóctones. As MF de D. immitis e de D. reconditum mediram 298,1µm e 249,2µm de comprimento e 7,3µm e 4,4µm de largura, respectivamente. Além do diagnóstico parasitológico pela técnica de gota espessa (100µL), foi utilizado o teste imunológico Witness, para detecção de antígeno filarial circulante, o qual confirmou os dados parasitológicos e permitiu a detecção de casos de infecção oculta. De um total de 6.579 fêmeas examinadas, pertencentes a seis espécies de mosquitos, oito (0,1%) fêmeas de Culex quinquefasciatus foram encontradas naturalmente infectadas com larvas de D. immitis. Estes resultados demonstram a presença simultânea de D. immitis e D. reconditum na mesma área geográfica. Resumo em inglês A survey on the prevalence of Dirofilaria immitis and Dipetalonema reconditum was conducted in 1,519 dogs from Maceió and two coastal areas in the State of Alagoas, Northeast Brazil, from 1995 to 1999, by testing for microfilariae in blood. All blood samples were from exclusively domiciled dogs with a known history, showing that the infections were autochthonous, confirming transmission of canine filariasis in these areas. In Greater Metropolitan Maceió, 15 (1.3%) micro (mais) filaremic dogs were detected with D. immitis and 15 (1,3%) with D. reconditum. In the southern coastal area there was an estimated prevalence of 12.7% for D. immitis. D. immitis and D. reconditum microfilaria were 298.1µm and 249.2µm long and 7.3µm and 4.4µm wide, respectively. A Witness immunotest that detects D. immitis antigen was used to confirm parasitological results and reveal occult dirofilariasis cases. Of the total 6,579 females examined, 8 (0.1%) Culex quinquefasciatus were observed to be naturally infected with D. immitis larvae. These results proved dirofilariasis transmission in Maceió and demonstrated D. reconditum in the same geographic area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Prevalência da filariose canina causada por Dirofilaria immitis e Dipetalonema reconditum em Maceió, Alagoas, Brasil/ Prevalence of canine filariasis by Dirofilaria immitis and Dipetalonema reconditum in Maceió, Alagoas State, Brazil

Brito, Ana Cristina; Vila-Nova, Márcio Cavalcante; Rocha, Deisy Alécia Martins; Costa, Lidiana Gomes; Almeida, Wendell Alexandre Pinheiro de; Viana, Luciana da Silva; Lopes Jr., Ricardo Ramalho; Fontes, Gilberto; Rocha, Eliana Maria Maurício da; Regis, Lêda
2001-12-01

Resumo em português A prevalência da filariose canina causada por Dirofilaria immitis e Dipetalonema reconditum, foi estimada após a realização de inquérito hemoscópico em 1.519 cães domiciliados. Foram examinados 1.097 cães nos sete distritos sanitários da cidade de Maceió, Alagoas, 204 na Ilha de Santa Rita e 218 na cidade de Paripueira. Em Maceió, foram detectados 15 (1,3%) cães com microfilárias (MF) de D. immitis e 15 (1,3%) com MF de D. reconditum. Todos os casos positivos (mais) foram considerados autóctones. As MF de D. immitis e de D. reconditum mediram 298,1µm e 249,2µm de comprimento e 7,3µm e 4,4µm de largura, respectivamente. Além do diagnóstico parasitológico pela técnica de gota espessa (100µL), foi utilizado o teste imunológico Witness, para detecção de antígeno filarial circulante, o qual confirmou os dados parasitológicos e permitiu a detecção de casos de infecção oculta. De um total de 6.579 fêmeas examinadas, pertencentes a seis espécies de mosquitos, oito (0,1%) fêmeas de Culex quinquefasciatus foram encontradas naturalmente infectadas com larvas de D. immitis. Estes resultados demonstram a presença simultânea de D. immitis e D. reconditum na mesma área geográfica. Resumo em inglês A survey on the prevalence of Dirofilaria immitis and Dipetalonema reconditum was conducted in 1,519 dogs from Maceió and two coastal areas in the State of Alagoas, Northeast Brazil, from 1995 to 1999, by testing for microfilariae in blood. All blood samples were from exclusively domiciled dogs with a known history, showing that the infections were autochthonous, confirming transmission of canine filariasis in these areas. In Greater Metropolitan Maceió, 15 (1.3%) micro (mais) filaremic dogs were detected with D. immitis and 15 (1,3%) with D. reconditum. In the southern coastal area there was an estimated prevalence of 12.7% for D. immitis. D. immitis and D. reconditum microfilaria were 298.1µm and 249.2µm long and 7.3µm and 4.4µm wide, respectively. A Witness immunotest that detects D. immitis antigen was used to confirm parasitological results and reveal occult dirofilariasis cases. Of the total 6,579 females examined, 8 (0.1%) Culex quinquefasciatus were observed to be naturally infected with D. immitis larvae. These results proved dirofilariasis transmission in Maceió and demonstrated D. reconditum in the same geographic area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Situação atual da filariose bancroftiana na cidade de Maceió, estado de Alagoas, Brasil/ Present status of bancroftian filariasis in Maceió, State of Alagoas, Brazil

Fontes, Gilberto; Brito, Ana Cristina; Calheiros, Cláudia Maria L.; Antunes, Carlos Mauricio de F.; Rocha, Eliana M. M. da
1994-07-01

Resumo em português Com o objetivo de determinar a prevalência e a distribuição da filariose linfática bancroftiana na área urbana de Maceió, estado de Alagoas, assim como identificar os insetos vetores na região, foram realizados inquéritos hemoscópicos e entomológicos. Foram examinadas, pelo método da gota espessa, amostras de sangue de 10.450 escolares oriundos de diferentes regiões da cidade, sendo detectado 0,66% de indivíduos microfilarêmicos por Wuchereria bancrofti. A p (mais) arasitose tem distribuição focal com 80% dos indivíduos com infecção patente detectados em duas regiões vizinhas, cujas prevalências atingiram 1,24% e 5,25%. Estudos paralelos feitos em amostras populacionais com indivíduos de diferentes faixas etárias mostraram prevalências semelhantes às detectadas entre os escolares. No entanto, o exame dos familiares de indivíduos infectados pela W. bancrofti mostrou prevalência seis vezes mais alta, sugerindo maior transmissão no intradomicílio. A percentagem de parasitados foi maior no grupo etário mais jovem ( Resumo em inglês Epidemiological and entomological surveys were carried out in the human and mosquito populations in Maceió, Alagoas, in order to assess the present status of bancroftian lymphatic filariasis. Examination of thick blood smears of 10,450 students from different areas of the city revealed 0.66% Wuchereria bancrofti microfilaria carriers. The distribution of filariasis is focal in the city, 80% of the individuals with patent infection living in two neighboring areas with 1.2 (mais) 4% and 5.25% prevalence. Parallel studies performed with samples of all age groups in the human population showed similar microfilaria prevalence rates observed previously in the student survey. However, thick blood smears taken from members of families with at least one subject with patent infection gave a prevalence six times greater suggesting, increased transmission in households. The percentage of carriers was higher in the youngest age group (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Situação atual da filariose bancroftiana na cidade de Maceió, estado de Alagoas, Brasil/ Present status of bancroftian filariasis in Maceió, State of Alagoas, Brazil

Fontes, Gilberto; Brito, Ana Cristina; Calheiros, Cláudia Maria L.; Antunes, Carlos Mauricio de F.; Rocha, Eliana M. M. da
1994-07-01

Resumo em português Com o objetivo de determinar a prevalência e a distribuição da filariose linfática bancroftiana na área urbana de Maceió, estado de Alagoas, assim como identificar os insetos vetores na região, foram realizados inquéritos hemoscópicos e entomológicos. Foram examinadas, pelo método da gota espessa, amostras de sangue de 10.450 escolares oriundos de diferentes regiões da cidade, sendo detectado 0,66% de indivíduos microfilarêmicos por Wuchereria bancrofti. A p (mais) arasitose tem distribuição focal com 80% dos indivíduos com infecção patente detectados em duas regiões vizinhas, cujas prevalências atingiram 1,24% e 5,25%. Estudos paralelos feitos em amostras populacionais com indivíduos de diferentes faixas etárias mostraram prevalências semelhantes às detectadas entre os escolares. No entanto, o exame dos familiares de indivíduos infectados pela W. bancrofti mostrou prevalência seis vezes mais alta, sugerindo maior transmissão no intradomicílio. A percentagem de parasitados foi maior no grupo etário mais jovem ( Resumo em inglês Epidemiological and entomological surveys were carried out in the human and mosquito populations in Maceió, Alagoas, in order to assess the present status of bancroftian lymphatic filariasis. Examination of thick blood smears of 10,450 students from different areas of the city revealed 0.66% Wuchereria bancrofti microfilaria carriers. The distribution of filariasis is focal in the city, 80% of the individuals with patent infection living in two neighboring areas with 1.2 (mais) 4% and 5.25% prevalence. Parallel studies performed with samples of all age groups in the human population showed similar microfilaria prevalence rates observed previously in the student survey. However, thick blood smears taken from members of families with at least one subject with patent infection gave a prevalence six times greater suggesting, increased transmission in households. The percentage of carriers was higher in the youngest age group (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Controle integrado do vetor da filariose com participação comunitária, em uma área urbana do Recife, Brasil/ Integrated control of the filariasis vector with community participation in an urban area of Recife, Pernambuco, Brazil

Regis, Lêda; Furtado, André Freire; Oliveira, Cláudia M. Fontes de; Bezerra, Cleidilene Barbosa; Silva, Leny Rodrigues F. da; Araújo, Jandira; Maciel, Amélia; Silva-Filha, Maria Helena; Silva, Sinara B.
1996-12-01

Resumo em português Um projeto piloto para o controle da filariose bancroftiana foi desenvolvido em duas áreas do Recife, com índices iniciais de prevalência de microfilaremia de 10%. Nas duas áreas, foi aplicado tratamento em massa com doses baixas de dietilcarbamazina. Em uma das áreas, esse tratamento foi associado ao controle do vetor, integrando medidas físicas, como o uso de camadas flutuantes de esferas de poliestireno, ao tratamento periódico dos criadouros com a bactéria ent (mais) omopatógena Bacillus sphaericus. Como resultado, a densidade populacional do vetor, da ordem de sessenta a 120 Culex/quarto/noite antes das intervenções, foi drasticamente reduzida, mantendo-se, durante dois anos, em valores entre quatro e 16 Culex/quarto/noite. Neste contexto, as ações para envolver a comunidade escolar local no controle do vetor resultaram na realização de atividades curriculares e extraclasses, culminando com a participação efetiva de grupos de alunos ("Vigilantes de Vetores") na aplicação das medidas de controle e na divulgação de conhecimentos básicos sobre a biologia do Culex quinquefasciatus. O entusiástico envolvimento de professores e alunos mostrou ser a escola um espaço aberto à participação em programas desta natureza. Resumo em inglês A pilot study for the control of Bancroftian filariasis transmission was developed in two areas of Recife, Brazil, where microfilaraemic prevalence was 10% in 1991. Mass treatment with diethylcarbamazine (DEC) using low and spaced doses was employed in both areas. In one such instance, DEC therapy was associated with vector control using physical measures and periodic treatment of Culex breeding sites with the entomopathogen Bacillus sphaericus. The vector population dens (mais) ity, reaching 60 ­ 120 Culex/room /night before the intervention, was drastically reduced to 4 ­ 16 Culex/room/night, and maintained at this level for more than two years. Actions to engage the local school community in the vector control process were implemented, and as a consequence several classroom and extracurricular activities were put into practice, culminating with the effective participation of a team of students called the "Vector Vigilantes", in the application of control measures against the vector. The enthusiastic involvement of schoolteachers and students pointed to schools as a place amenable to programs such as this.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Controle integrado do vetor da filariose com participação comunitária, em uma área urbana do Recife, Brasil/ Integrated control of the filariasis vector with community participation in an urban area of Recife, Pernambuco, Brazil

Regis, Lêda; Furtado, André Freire; Oliveira, Cláudia M. Fontes de; Bezerra, Cleidilene Barbosa; Silva, Leny Rodrigues F. da; Araújo, Jandira; Maciel, Amélia; Silva-Filha, Maria Helena; Silva, Sinara B.
1996-12-01

Resumo em português Um projeto piloto para o controle da filariose bancroftiana foi desenvolvido em duas áreas do Recife, com índices iniciais de prevalência de microfilaremia de 10%. Nas duas áreas, foi aplicado tratamento em massa com doses baixas de dietilcarbamazina. Em uma das áreas, esse tratamento foi associado ao controle do vetor, integrando medidas físicas, como o uso de camadas flutuantes de esferas de poliestireno, ao tratamento periódico dos criadouros com a bactéria ent (mais) omopatógena Bacillus sphaericus. Como resultado, a densidade populacional do vetor, da ordem de sessenta a 120 Culex/quarto/noite antes das intervenções, foi drasticamente reduzida, mantendo-se, durante dois anos, em valores entre quatro e 16 Culex/quarto/noite. Neste contexto, as ações para envolver a comunidade escolar local no controle do vetor resultaram na realização de atividades curriculares e extraclasses, culminando com a participação efetiva de grupos de alunos ("Vigilantes de Vetores") na aplicação das medidas de controle e na divulgação de conhecimentos básicos sobre a biologia do Culex quinquefasciatus. O entusiástico envolvimento de professores e alunos mostrou ser a escola um espaço aberto à participação em programas desta natureza. Resumo em inglês A pilot study for the control of Bancroftian filariasis transmission was developed in two areas of Recife, Brazil, where microfilaraemic prevalence was 10% in 1991. Mass treatment with diethylcarbamazine (DEC) using low and spaced doses was employed in both areas. In one such instance, DEC therapy was associated with vector control using physical measures and periodic treatment of Culex breeding sites with the entomopathogen Bacillus sphaericus. The vector population dens (mais) ity, reaching 60 ­ 120 Culex/room /night before the intervention, was drastically reduced to 4 ­ 16 Culex/room/night, and maintained at this level for more than two years. Actions to engage the local school community in the vector control process were implemented, and as a consequence several classroom and extracurricular activities were put into practice, culminating with the effective participation of a team of students called the "Vector Vigilantes", in the application of control measures against the vector. The enthusiastic involvement of schoolteachers and students pointed to schools as a place amenable to programs such as this.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Recomendações para o tratamento da filariose bancroftiana, na infecção e na doença/ Recommendations for the treatment of bancroftian filariasis in symptomless and diseased patients

Dreyer, Gerusa; Dreyer, Patrícia; Norões, Joaquim
2002-02-01

Resumo em português As bases para se instituir o tratamento da filariose linfática são: prevenir, reverter ou diminuir a progressão da doença e interromper a transmissão do parasita. A escolha das medidas mais adequadas para o tratamento dos pacientes portadores de filariose linfática requer o conhecimento das diversas manifestações clínicas, assim como os seus diferentes mecanismos patogênicos. No passado, o tratamento da filariose era baseado somente na prescrição da droga anti (mais) filarial, porém, para os pacientes apresentando as manifestações agudas ou crônicas da doença, é imperativo que outras medidas sejam indicadas, incluindo higiene e dieta. Assim, essa nova visão multidisciplinar terapêutica é tão ou mais importante do que o início imediato da terapia antifilarial. Independentemente da manifestação clínica do paciente, três componentes estão agora indicados: 1) os cuidados clínicos e higiênico-dietéticos específicos para as diversas manifestações clínicas, 2) a educação e o suporte psicológico e finalmente 3) o tratamento quimioterápico com a dietilcarbamazina (DEC) ou a combinação de DEC e ivermectina. Os autores descrevem também as eficácias relativas macro e microfilaricidas da dietilcarbamazina e da ivermectina sozinhas ou em combinação usadas em programas de tratamento em massa para interrupção da transmissão e comentam sobre a introdução do uso da higiene em programas de saúde pública para a prevenção do linfedema. Resumo em inglês The goals of treatment for lymphatic filariasis are: to prevent, reverse, or halt progression of disease; and to interrupt transmission of the parasite. Selecting the appropriate therapy for the patient with lymphatic filariasis requires knowledge of the various clinical features of filarial disease and their pathogenesis. In the past, treatment of lymphatic filariasis has focused primarily on antiparasitic chemotherapy; however, for many of the acute and chronic manifest (mais) ations of lymphatic filariasis, it is now clear that supportive or other forms of clinical care are even more important than antiparasitic medication in order to prevent worsening of the disease. Regardless of the clinical manifestations of filarial disease in a particular patient, the following three components of treatment should, in general, be considered: supportive or diseasespecific clinical care (including higiene and diet), patient education and counseling and finally, antiparasitic chemotherapy with diethylcarbamazine (DEC) and/or the combination of DEC with ivermectin. The authors also describe the proportional efficacy of diethylcarbamazine and ivermectin, alone or in combination, for use in mass treatment aiming at transmission interruption and the use of hygiene as a public health approach for lymphedema prevention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Estudo comparativo de áreas endêmicas de filariose bancroftiana na região metropolitana do Recife, Brasil/ Comparative studies on endemic areas of bancroftian filariasis in Greater Recife, Brazil

Maciel, Maria Amélia V.; Marzochi, Keyla Belizia F.; Silva, Edite C.; Rocha, Abraham; Furtado, André F.
1994-07-01

Resumo em português Para se realizar o estudo comparativo da filariose bancroftiana na área metropolitana do Recife, foram selecionados dois bairros da cidade do Recife (Santo Amaro e Campo Grande) e dois bairros da cidade de Olinda (Sapucaia e Salgadinho), segundo critério apoiado na semelhança das características sócio-econômicas e demográficas e dos níveis endêmicos de filariose. As áreas foram divididas em conglomerados, com 25 casas em média. A amostra populacional foi estrat (mais) ificada por sexo e faixa etária de 0-4, 5-9, 10-14, 15-19, 20-29, 30-39, 40-49, 50-59 e igual ou superior a 60 anos. Os dados parasitológicos foram obtidos por meio da gota espessa mensurada (60µl de sangue), coletada entre as 20 e 24 horas, processada e corada pelo método de Carrazi. Os dados obtidos foram descritos em tabelas, e a densidade parasitária e freqüência microfilarêmica analisadas através de gráficos com expressão logarítima. De maneira global, Recife apresentou prevalência de 13,5%, e Olinda, 12,3%. Quando comparamos a densidade parasitária, Olinda apresentou valor médio de 70 microfilárias por 60µl de sangue, e Recife, 41. Em relação aos índices microfilarêmicos, o maior ocorreu na faixa etária de 20-29 anos. Em Olinda, por outro lado, situou se entre 30-39 anos e em indivíduos do sexo masculino. Os autores concluem que a endemia apresenta níveis endêmicos do passado, e os dados descritos alertam para uma reavaliação das campanhas de controle realizadas pela Fundação Nacional de Saúde (FNS), já que a endemia atinge dimensões ainda não mensuradas. Resumo em inglês Two districts in Recife (Santo Amaro and Campo Grande) and two districts in Olinda (Sapucaia and Salgadinho), were selected for a comparative study of bancroftian filariasis in Greater Recife. Selection parameters included similar socio-economic, demographic, and endemic levels of lymphatic filariasis. In the districts studied, streets were chosen randomly. These clusters consisted of 110 people each. A population sample was stratified by sex and age: 0-4, 5-9, 10-14, 15- (mais) 19, 20-29, 30-39, 40-49, 50-59 and 60 years old and over. The parasitological data were obtained by measuring thick blood smears (60µl), collected from 8:00 to 12:00 PM and processed and stained with hematoxylin. The data were described in tables, and logarithimic expression graphics were used to analyze parasitic densities. In general, Recife showed a prevalence of 13.5%, and Olinda 12.3%. Mean parasitic densities were 41 and 70 microfilariae/60µl (mf/60µl), respectively. Higher microfilaremic rates were observed in Recife for the 20-29-year age bracket and in Olinda in the 30-39-year bracket. The authors concluded that the disease has returned to former endemic levels, and the data described call for a reevaluation of control campaigns carried out by the Brazilian National Health Foundation, since the endemic has already reached serious proportions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Estudo comparativo de áreas endêmicas de filariose bancroftiana na região metropolitana do Recife, Brasil/ Comparative studies on endemic areas of bancroftian filariasis in Greater Recife, Brazil

Maciel, Maria Amélia V.; Marzochi, Keyla Belizia F.; Silva, Edite C.; Rocha, Abraham; Furtado, André F.
1994-07-01

Resumo em português Para se realizar o estudo comparativo da filariose bancroftiana na área metropolitana do Recife, foram selecionados dois bairros da cidade do Recife (Santo Amaro e Campo Grande) e dois bairros da cidade de Olinda (Sapucaia e Salgadinho), segundo critério apoiado na semelhança das características sócio-econômicas e demográficas e dos níveis endêmicos de filariose. As áreas foram divididas em conglomerados, com 25 casas em média. A amostra populacional foi estrat (mais) ificada por sexo e faixa etária de 0-4, 5-9, 10-14, 15-19, 20-29, 30-39, 40-49, 50-59 e igual ou superior a 60 anos. Os dados parasitológicos foram obtidos por meio da gota espessa mensurada (60µl de sangue), coletada entre as 20 e 24 horas, processada e corada pelo método de Carrazi. Os dados obtidos foram descritos em tabelas, e a densidade parasitária e freqüência microfilarêmica analisadas através de gráficos com expressão logarítima. De maneira global, Recife apresentou prevalência de 13,5%, e Olinda, 12,3%. Quando comparamos a densidade parasitária, Olinda apresentou valor médio de 70 microfilárias por 60µl de sangue, e Recife, 41. Em relação aos índices microfilarêmicos, o maior ocorreu na faixa etária de 20-29 anos. Em Olinda, por outro lado, situou se entre 30-39 anos e em indivíduos do sexo masculino. Os autores concluem que a endemia apresenta níveis endêmicos do passado, e os dados descritos alertam para uma reavaliação das campanhas de controle realizadas pela Fundação Nacional de Saúde (FNS), já que a endemia atinge dimensões ainda não mensuradas. Resumo em inglês Two districts in Recife (Santo Amaro and Campo Grande) and two districts in Olinda (Sapucaia and Salgadinho), were selected for a comparative study of bancroftian filariasis in Greater Recife. Selection parameters included similar socio-economic, demographic, and endemic levels of lymphatic filariasis. In the districts studied, streets were chosen randomly. These clusters consisted of 110 people each. A population sample was stratified by sex and age: 0-4, 5-9, 10-14, 15- (mais) 19, 20-29, 30-39, 40-49, 50-59 and 60 years old and over. The parasitological data were obtained by measuring thick blood smears (60µl), collected from 8:00 to 12:00 PM and processed and stained with hematoxylin. The data were described in tables, and logarithimic expression graphics were used to analyze parasitic densities. In general, Recife showed a prevalence of 13.5%, and Olinda 12.3%. Mean parasitic densities were 41 and 70 microfilariae/60µl (mf/60µl), respectively. Higher microfilaremic rates were observed in Recife for the 20-29-year age bracket and in Olinda in the 30-39-year bracket. The authors concluded that the disease has returned to former endemic levels, and the data described call for a reevaluation of control campaigns carried out by the Brazilian National Health Foundation, since the endemic has already reached serious proportions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Dietilcarbamazina no tratamento da filariose bancroftiana

Dreyer, Gerusa; Norões, Joaquim
1997-06-01

Resumo em português Os autores realizaram uma ampla revisão sobre o tratamento da filariose bancroftiana com a droga dietilcarbamazina. Os aspectos interessantes sobre o histórico de sua descoberta e os conceitos básicos de sua farmacologia foram relatados de forma resumida. Ênfase especial, por outro lado, foi dada às especulações feitas pelos diversos autores sobre os achados intrigantes descritos na literatura. Foram trazidos os novos avanços sobre o conhecimento da doença, como (mais) por exemplo, a visualização pela ultra-sonografia do verme vivo de Wuchereria bancrofti, no seu hospedeiro natural, o homem. Isso possibilitou a compreensão de muitos dos achados aparentemente paradoxais encontrados na literatura sobre o tratamento da infeção com a DEC. Assim, devido à inexistência de uma droga sucessora que reunisse efeitos micro e macrofilaricidas ideais e aos novos conhecimentos sobre a bancroftose e sobre a própria dietilcarbamazina, foi-lhe conferido um novo realce. Esses aspectos a colocaram numa posição de destaque no cenário da infecção, à época do seu quase cinqüentenário de existência. Resumo em inglês The authors presented a detailed review about the tratment of bancroftian filariasis with diethylcarbamazine. The interesting aspects about the drug discovery and the basic concepts about its pharmacology were reported in a summarised form. On the other hand, emphasis was made about the speculation done by several authors about the intringuing findings regarding its efficacy reported in the literature. Latter, it was brought the new advances about the disease, as for exam (mais) ple, the visualization by ultrasound of living Wuchereria bancrofti adult worm on its natural host3/4the human being. This made possible the comprehension of several paradoxical issues reported, focusing the treatment of infection using diethylcarbamazine. So far, because of the lack of ideal drug with micro and macrofilaricidal properties, together with the new understand about the disease and the new parameters for monitoring the efficacy of the drug, diethylcarbamazine has back its importance conquered at the begin of its discovery, almost fifth years ago.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Mudanças de paradigmas na filariose bancroftiana/ Paradigm shift in bancroftian filariasis

Dreyer, Gerusa; Mattos, Denise; Figueredo-Silva, José; Norões, Joaquim
2009-01-01

Resumo em português Ao longo do tempo, a maneira como se entende um determinado assunto passa por modificações através da pesquisa científica. Na maioria das vezes, essas mudanças causam pequenas diferenças na estrutura total do tópico em questão. Outras vezes, entretanto, ocorrem mudanças revolucionárias que não só alteram a compreensão do assunto em si, mas promovem a abertura de diferentes perspectivas que podem desencadear o início de novas etapas de interpretações e de n (mais) ovos caminhos de conhecimento. Exemplo disso foram os estudos de Gregor Johann Mendel que levaram à descoberta de leis da hereditariedade que, por sua vez, revolucionaram a biologia e traçaram as bases da genética. Em algumas situações, as mudanças não só modificam a forma de pensar, mas também têm implicações práticas ao melhorar a qualidade de vida de muitos seres humanos. No seu livro A Estrutura de Revoluções Científicas, Thomas Kuhn se refere às ruturas nessa evolução científica como "mudanças de paradigma", um termo que hoje é usado de uma forma genérica para descrever uma modificação profunda em nossos pontos de referência. O paradigma de que o estágio adulto da Wuchereria bancrofti causava a obstrução do vaso linfático e desencadeava uma reação imunológica inevitável em indivíduos predispostos, provocando a elefantíase, foi substituído pela esperança de que ser infectado não mais significa, necessariamente, ser um potencial portador da forma mais deformante da disfunção linfática. A infecção bacteriana secundária de repetição (semelhante clinicamente à erisipela) é hoje reconhecida como o fator mais importante para a instalação e a progressão do linfedema crônico, nos indivíduos que vivem em áreas endêmicas de filariose linfática. Evitar ou minimizar os episódios agudos bacterianos é um processo factível para a maioria dos habitantes das comunidades endêmicas, através do uso regular de água e sabão: a forma mais simples de higiene já conhecida pelo ser humano. Resumo em inglês The way a particular subject is understood changes over time as a result of scientific research. In most cases, these changes are minor, with limited effect on the overall knowledge on the subject. Sometimes, however, revolutionary changes occur and not only modify the understanding of the subject but open perspectives that can trigger new interpretations and new ways for expansion of scientific knowledge. The studies of Gregor Johann Mendel were a good example. They led (mais) to discovery of the laws of inheritance which, in turn, have revolutionized biology and provided the foundation for genetics. In certain situations, changes not only alter ways of thinking, but have practical implications, also improving the quality of life for many people. In his book The Structure of Scientific Revolutions, Thomas Kuhn refers to discontinuities in scientific development as a "change of paradigm", a term now used in a generic manner to describe a profound changes in our reference points. For lymphatic filariasis the old paradigm stated that Wuchereria bancrofti at the adult stage causes lymphatic vessel obstruction, triggering an inevitable immune response in predisposed individuals and leading to elephantiasis. This has been replaced by a new paradigm, which offers hope that W. bancrofti infection does not necessarily predispose to the disfiguring outward manifestation of lymphatic dysfunction. Repeated secondary bacterial infections (erysipela-like) are now recognized as the most important factor for initiation and progression of chronic lymphedema in individuals living in filariasis-endemic areas. Most inhabitants of endemic communities can prevent and minimize the acute bacterial episodes by regular use of soap and water, the simplest form of hygiene already well known to human beings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Terapia complementar em área endêmica de filariose bancroftiana, pelos Clubes da Esperança/ Hope Clubs as adjunct therapeutic measure in bancroftian filariasis endemic areas

Dreyer, Gerusa; Norões, Joaquim; Mattos, Denise
2006-08-01

Resumo em português Em 1997, a Organização Mundial de Saúde anunciou um ambicioso projeto de eliminação global da filariose linfática como problema de saúde pública. Esse projeto baseia-se em dois pilares: interrupção da transmissão e controle da morbidade. Experiência em Recife-Brasil, área endêmica de filariose bancroftiana, mostrou que a criação pioneira de Clubes da Esperança pode contribuir, a baixo custo, como terapia coadjuvante importante na melhoria da qualidade de (mais) vida dos portadores de linfedema e de quilúria. Os pacientes compreendem os fundamentos básicos e os utilizam na prevenção dos episódios agudos bacterianos de pele (erisipelas) e na manutenção da urina sem o componente quiloso. Eles sentem que não estão sós e, através de ações especializadas e do trabalho em grupo, readquirem o potencial para o trabalho produtivo, realizando também mudanças substancialmente positivas dentro de suas comunidades, agindo, assim, como amplificadores do processo. Resumo em inglês In 1997 the World Health Organization announced an ambitious project called the Global Program to Eliminate Lymphatic Filariasis, as a Public Health Problem. The program is based on two pillars: interruption of transmission and morbidity control. Experience in Recife, Brazil, an endemic area for bancroftian filariasis, showed that an innovative approach called Hope Clubs, can equip lymphedema patients with the skills, motivation, and enthusiasm to sustain effective, low-c (mais) ost and convenient self-care to prevent acute skin bacterial episodes and milky urine in the case of chyluria carriers. They feel they are not alone, they regain their potential for productive work and are able to amplify these activities throughout filariasis-endemic communities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Perspectivas da municipalização do controle da filariose linfática na região metropolitana do Recife/ Views on the municipalization of lymphatic filariasis control in greater metropolitan Recife

Maciel, Amélia; Furtado, André F.; Marzochi, Keyla B. F.
1999-01-01

Resumo em português A filariose linfática resulta da infecção por três nematódeos: Brugia malayi, Brugia timori e Wuchereria bancrofti. Atingindo países considerados em desenvolvimento, é mais distribuída em áreas urbanas. Estima-se que quatro bilhões de pessoas vivem em áreas de risco. No Brasil, a endemia é causada por W. bancrofti e foi documentada em 1878; na cidade do Recife, foi detectada em 1952. Atualmente, apenas na região metropolitana do Recife e Belém, esta endemia (mais) é considerada um problema de saúde pública. Neste trabalho objetivamos abordar e discutir a questão da epidemiologia e controle da filariose linfática e revisar o histórico de seu controle desde sua notificação em 1952 por Rachou, até nossos dias. Analisamos o modelo campanhista do programa institucional da Sucam/FNS e os métodos alternativos atuais propostos como inovadores. Apresentamos estratégias viáveis para o controle da filariose, através da rede primária de saúde, da municipalização e do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (Pacs). Resumo em inglês Lymphatic filariasis is caused by the nematodes Brugia malayi, Brugia timori, and Wuchereria bancrofti. The disease occurs in developing countries and is more frequent in urban areas. An estimated 4 billion people live in at-risk areas. In Brazil the endemic is caused by W. bancrofti and was first documented in 1878. It was first detected in Recife in 1952. Currently, Recife and Belém are the only cities in Brazil where the endemic is considered a public health problem. (mais) The objectives of this study are to discuss the epidemiology and control of lymphatic filariasis and review its control since it was reported by Rachou in 1952. We analyze the "campanhista" or campaign-oriented model employed by the Sucam/FNS institutional program, as well as several proposed innovative methods. We present available strategies for control of filariasis through primary health care services, decentralization to the local level (or "municipalization"), and community-based health programs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Perspectivas da municipalização do controle da filariose linfática na região metropolitana do Recife/ Views on the municipalization of lymphatic filariasis control in greater metropolitan Recife

Maciel, Amélia; Furtado, André F.; Marzochi, Keyla B. F.
1999-01-01

Resumo em português A filariose linfática resulta da infecção por três nematódeos: Brugia malayi, Brugia timori e Wuchereria bancrofti. Atingindo países considerados em desenvolvimento, é mais distribuída em áreas urbanas. Estima-se que quatro bilhões de pessoas vivem em áreas de risco. No Brasil, a endemia é causada por W. bancrofti e foi documentada em 1878; na cidade do Recife, foi detectada em 1952. Atualmente, apenas na região metropolitana do Recife e Belém, esta endemia (mais) é considerada um problema de saúde pública. Neste trabalho objetivamos abordar e discutir a questão da epidemiologia e controle da filariose linfática e revisar o histórico de seu controle desde sua notificação em 1952 por Rachou, até nossos dias. Analisamos o modelo campanhista do programa institucional da Sucam/FNS e os métodos alternativos atuais propostos como inovadores. Apresentamos estratégias viáveis para o controle da filariose, através da rede primária de saúde, da municipalização e do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (Pacs). Resumo em inglês Lymphatic filariasis is caused by the nematodes Brugia malayi, Brugia timori, and Wuchereria bancrofti. The disease occurs in developing countries and is more frequent in urban areas. An estimated 4 billion people live in at-risk areas. In Brazil the endemic is caused by W. bancrofti and was first documented in 1878. It was first detected in Recife in 1952. Currently, Recife and Belém are the only cities in Brazil where the endemic is considered a public health problem. (mais) The objectives of this study are to discuss the epidemiology and control of lymphatic filariasis and review its control since it was reported by Rachou in 1952. We analyze the "campanhista" or campaign-oriented model employed by the Sucam/FNS institutional program, as well as several proposed innovative methods. We present available strategies for control of filariasis through primary health care services, decentralization to the local level (or "municipalization"), and community-based health programs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Avaliação do teste de imunofluorescência indireta para diagnóstico da filariose bancroftiana usando a microfilária de W. bancrofti como antígeno, em Recife-PE, Brasil/ Evaluation of indirect immunofluorescence test for bancroftian filariasis using Wuchereria bancroft microfilariae as the antigen in Recife, Brazil

Dreyer, Gerusa; Andrade, Luiz; Espírito Santo, Marlene; Medeiros, Zulma; Moura, Isolda; Tenório, Jocelene; Rocha, Abraham; Casimiro, Maria Itecir; Galdino, Eliane; Dreyer, Elisabeth; Béliz, Fátima; Rangel, Antonio; Coutinho, Amaury
1991-10-01

Resumo em português Analisou-se o teste de imunofluorescência indireta com microfilárias de W. bancrofti tratadas pela papaína, como antígeno, amplamente utilizado em Recife para o imunodiagnóstico da filariose linfática. Foram testados soros de 50 pacientes portadores das diversas formas clínicas da doença, incluindo microfilaremia assintomática, eosinofilia pulmonar tropical, elefantíase de membros inferiores, linfagite aguda e quilúria. Para o grupo controle, foram selecionados (mais) 50 indivíduos vivendo pelo menos há 5 anos em área endêmica, sem nenhuma evidencia clínica e/ou laboratorial da doença, constituindo os chamados endêmicos normais. A sensibilidade e especificidade do teste, segundo diferentes pontos de corte, mostraram a impossibilidade de diferenciação entre o grupo controle e o grupo sabidamente infectado. Também não foi possível estabelecer correlação entre os títulos encontrados e as diferentes formas clínicas. Foi considerada a existência de reações cruzadas relacionadas a helmintíases intestinais, porém nenhuma relação direta foi encontrada. Resumo em inglês The authors analysed the indirect immunofluorescence assay, for the diagnosis of bancroftian filariasis using papain treated W. bancrofti microfilariae as antigen, widely used in Recife - Brazil. Sera from 50 patients with several clinical forms of the disease including asymptomatic carriers, tropical pulmonary eosinophilia, elephantiasis, filarial fever and chyluria were analysed. For the control group, 50 individuals were selected, living at least 5 years in endemic are (mais) a, with neither previous DEC treatment nor clinical-laboratory evidences of the disease, called normals endemic. The sensitivity and specificity were analised taking into account different cut off values. It was not possible to differentiate infected individuals from the control group. It was not even possible to establish any correlation with IMF titers among different clinical presentation of the disease. Crossed reactions with various intestinal helminths were considered, but no relationship was found.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Urbanização, favelas e endemias: a produção da filariose no Recife, Brasil/ Urbanization, slums, and endemics: the production of filariasis in Recife, Brazil

Albuquerque, Maria de Fátima P. M.
1993-12-01

Resumo em português Neste artigo discutimos a ocorrência da filariose como um problema de saúde pública na cidade do Recife, capital do Estado de Pernambuco, que apresenta ainda hoje, em algumas áreas, níveis de prevalência preocupantes. Procura-se mostrar o papel da evolução urbana da cidade, caracterizada por um crescimento desordenado e pela formação de um número crescente de favelas, na criação de condições propícias para a transmissão desta parasitose. Identificamos cat (mais) egorias de análise, ligadas à organização social do espaço urbano, que devem ser incluídas como "mediadoras" em um modelo compreensivo da transmissão da filariose. Os aglomerados de habitações inadequadas, construídas em favelas superpovoadas, sem saneamento básico e sem sistema de drenagem de águas, propiciam as condições adequadas à proliferação dos mosquitos vetores da infecção e à manutenção da endemia. Resumo em inglês In this article the filariasis endemic is discussed as a public health problem in the city of Recife, capital of the state of Pernambuco, Brazil. Prevalence figures for this parasitic disease in some urban settings are cause for concern. The urban development process, characterized by disordered growth of cities and an increase in the number of slums, is pointed out as an important factor for the maintenance of conditions favouring disease transmission. Some analytical ca (mais) tegories linked to urban social organization are identified and included in a comprehensive filariasis transmission model. Clusters of inadequate houses built in overcrowded slums without basic sanitation or a proper drainage system produce adequate conditions for proliferation of infection vectors and maintenance of the endemic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Urbanização, favelas e endemias: a produção da filariose no Recife, Brasil/ Urbanization, slums, and endemics: the production of filariasis in Recife, Brazil

Albuquerque, Maria de Fátima P. M.
1993-12-01

Resumo em português Neste artigo discutimos a ocorrência da filariose como um problema de saúde pública na cidade do Recife, capital do Estado de Pernambuco, que apresenta ainda hoje, em algumas áreas, níveis de prevalência preocupantes. Procura-se mostrar o papel da evolução urbana da cidade, caracterizada por um crescimento desordenado e pela formação de um número crescente de favelas, na criação de condições propícias para a transmissão desta parasitose. Identificamos cat (mais) egorias de análise, ligadas à organização social do espaço urbano, que devem ser incluídas como "mediadoras" em um modelo compreensivo da transmissão da filariose. Os aglomerados de habitações inadequadas, construídas em favelas superpovoadas, sem saneamento básico e sem sistema de drenagem de águas, propiciam as condições adequadas à proliferação dos mosquitos vetores da infecção e à manutenção da endemia. Resumo em inglês In this article the filariasis endemic is discussed as a public health problem in the city of Recife, capital of the state of Pernambuco, Brazil. Prevalence figures for this parasitic disease in some urban settings are cause for concern. The urban development process, characterized by disordered growth of cities and an increase in the number of slums, is pointed out as an important factor for the maintenance of conditions favouring disease transmission. Some analytical ca (mais) tegories linked to urban social organization are identified and included in a comprehensive filariasis transmission model. Clusters of inadequate houses built in overcrowded slums without basic sanitation or a proper drainage system produce adequate conditions for proliferation of infection vectors and maintenance of the endemic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

A complexidade do custo socioeconômico da filariose linfática/ The complexity of the socioeconomic costs of lymphatic filariasis

Mattos, Denise; Dreyer, Gerusa
2008-08-01

Resumo em português A falta de conhecimento do impacto socioeconômico das diversas doenças é, geralmente, um dos maiores obstáculos para a obtenção de verbas para investimentos em pesquisa aplicada, assim como para iniciar a implementação de programas de controle necessários aos países em desenvolvimento. Os autores analisam e ressaltam aspectos relevantes da complexidade de quantificação do impacto socioeconômico da filariose linfática e enfatizam as lacunas existentes em algu (mais) mas áreas do conhecimento, que ainda não foram devidamente exploradas para os portadores da doença. Aos dados de literatura aliam os ecos do aprendizado adquirido através do atendimento de pacientes portadores de infecção e doença bancroftiana em serviço terciário de referência do Núcleo de Ensino Pesquisa e Assistência em Filariose (NEPAF), Recife, Brasil. O impacto social, no seu sentido mais abrangente, mostra indícios fortes de perdas na qualidade de vida dos pacientes, infelizmente ainda pouco documentadas e, até certo ponto, de muito difícil contabilização, pelo tão peculiar abandono social das comunidades endêmicas. Resumo em inglês Lack of knowledge of the socioeconomic impact of various diseases is generally one of the biggest obstacles to obtaining funds for investment in applied research and for starting to implement control programs that are needed in developing countries. The authors analyze and emphasize important aspects of the complexity of quantifying the socioeconomic impact of lymphatic filariasis. They highlight the gaps that exist within some fields of knowledge and that these gaps have (mais) still not been properly explored with regard to individuals with this disease. They bring together the data in the literature and echoes from their own experience gained through caring for patients with Bancroftian infection and disease at a tertiary referral service (NEPAF - Filariasis Care, Research and Teaching Center, Recife, Brazil). The social impact, in its broadest sense, consists of strong indications of losses of quality of life among patients. Unfortunately, this is still poorly documented and, up to a certain point, very difficult to quantify because of the very particular social abandonment of the endemic communities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Conhecendo alguns modelos mentais infantis sobre Filariose Linfática/ Exploring some mental models of children about Bancroftian filariasis

Motta, Micheline Barbosa da; Teixeira, Francimar Martins
2007-12-01

Resumo em português A Filariose linfática é uma parasitose endêmica em Pernambuco desde 1918, com focos persistentes e em expansão na Região Metropolitana do Recife, tornando-se um desafio premente a ser encarado tanto pelas autoridades de saúde pública, como pela população e escolas de áreas de risco. Como subsídio para o planejamento de estratégias pedagógicas que estimulem os alunos a vivenciarem medidas preventivas para controle da doença, identificamos modelos mentais de c (mais) inqüenta alunos (nove-dez anos), residentes em áreas endêmicas da região metropolitana. Os resultados indicaram que as crianças: (a) acreditam que a filariose é evitável, tratável, causada por fator externo, e que o cumprimento das recomendações médicas é fundamental para o sucesso do tratamento; (b) têm dificuldades em identificar os sintomas e as etapas do processo de adoecimento; (c) apóiam seus modelos no que podem observar, o que possibilita a estruturação de ações pedagógicas que simulem, na escola, situações reais vividas pelas crianças em sua comunidade. Resumo em inglês Bancroftian filariasis has been an endemic parasite in Pernambuco since 1918 expanding into the metropolitan region of Recife, and becoming a permanent challenge to be faced by the public health authorities as well as by the population and schools in the risk areas. As support in creating pedagogic strategies that stimulate pupils to put into practice preventative measures against the disease, we identified the mental models of 50 pupils aged from 9 to 10, living at endem (mais) ic areas of the Recife Metropolitan Region. The results indicated that the children: (a) believe that the filariasis can be avoided and treated, that it is caused by external factors and that the observance of medical recommendations is fundamental to the success of the treatment; (b) have difficulties in identifying the symptoms and phases of the disease; (c) they based their models on features they can see. This makes it possible to build pedagogical activities that simulate, in school, real situations lived by the children in its community.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Aspectos da realidade social de crianças e adolescentes atendidos em serviço de referência para filariose bancroftiana, Recife, estado de Pernambuco/ Aspects of the social realities of children and adolescents seen at a reference service for bancroftian filariasis in Recife, state of Pernambuco

Mattos, Denise; Mota, Solange; Dreyer, Gerusa
2008-02-01

Resumo em português Os autores abordam aspectos da realidade social de crianças e adolescentes residentes em Jaboatão dos Guararapes/PE, diagnosticados como portadores de infecção filarial bancroftiana e tratados no Núcleo de Ensino, Pesquisa e Assistência em Filariose da Universidade Federal de Pernambuco (Centro de Ciências da Saúde), um serviço terciário de referência para filariose. Quantificam e classificam as condições de moradia como subumanas, estando em relação direta (mais) com a manutenção da transmissão da bancroftose, e alertam para a necessidade de decisão política quanto à implementação de obras de saneamento básico. Resumo em inglês The authors report on aspects of the social realities of children and adolescents living in Jaboatão dos Guararapes, State of Pernambuco, who were diagnosed with Bancroftian filariasis infection and were treated at the Filariasis Teaching, Research and Care Center of the Federal University of Pernambuco (Health Sciences Center), which is a tertiary-level reference service for filariasis. The patients’ housing conditions were quantified and classified as subhuman, with a (mais) direct relationship with the maintenance of Bancroftian filariasis transmission, and the authors highlight the need for political decisions regarding the implementation of basic sanitation projects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Avaliação de indicador sócio-ambiental utilizado no rastreamento de áreas de transmissão de filariose linfática em espaços urbanos/ Evaluation of a social and environmental indicator used in the identification of lymphatic filariasis transmission in urban centers

Braga, Cynthia; Ximenes, Ricardo A. de A.; Albuquerque, Maria de Fátima P. Militão de; Souza, Wayner V. de; Miranda, Janaína; Brayner, Fábio; Alves, Luis; Silva, Lânia da; Dourado, Inês
2001-10-01

Resumo em português O conceito de espaço socialmente organizado, subsidiado por novas técnicas de análise, mapeamento e espacialização da ocorrência de eventos, tem orientado desenvolvimentos metodológicos inovadores no campo das intervenções de saúde pública. Este estudo teve por objetivo avaliar a utilização de um indicador sócio-ambiental, construído através da metodologia de aplicação de escores, na estratificação do Município de Olinda, Pernambuco, em áreas com dif (mais) erentes riscos de transmissão da filariose bancroftiana. Procedeu-se ao mapeamento das áreas, localização dos domicílios amostrados e identificação de todos os moradores com idade entre 5 e 65 anos para realização do inquérito parasitológico. Dentre as 3.232 pessoas examinadas, 42 foram positivas, obtendo-se prevalência de microfilaremia de 1,3%. A análise estatística global da distribuição dos casos mostrou evidências de agregação espacial. Nos dois estratos de mais alto risco de transmissão residiam 85,7% dos positivos. A alta sensibilidade do indicador proposto justifica a sua utilização para o planejamento e execução de intervenções ao predizer o local de ocorrência da maioria dos casos de filariose. Resumo em inglês The concept of a "socially organized space" supported by new analytical techniques and mapping of health events has guided innovative methodological developments in public health interventions. This study aimed to evaluate a social/environmental indicator constructed with a scoring methodology to stratify areas in the city of Olinda by different levels of risk for Bancroftian filariasis transmission. The study mapped areas and the location of sample households and identif (mais) ied all residents ages 5 to 65 years as part of the parasitological survey. Among the 3,232 individuals who had blood samples taken, 42 were microfilaremic (1.3% prevalence). Global statistical analysis of filarial case distribution has suggested spatial clustering. Some 85.7% of positive individuals resided in the two strata with the highest transmission risk. The high sensitivity of the proposed indicator for predicting the places where the vast majority of filariasis cases occurred justifies its use in planning and implementing interventions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Avaliação de indicador sócio-ambiental utilizado no rastreamento de áreas de transmissão de filariose linfática em espaços urbanos/ Evaluation of a social and environmental indicator used in the identification of lymphatic filariasis transmission in urban centers

Braga, Cynthia; Ximenes, Ricardo A. de A.; Albuquerque, Maria de Fátima P. Militão de; Souza, Wayner V. de; Miranda, Janaína; Brayner, Fábio; Alves, Luis; Silva, Lânia da; Dourado, Inês
2001-10-01

Resumo em português O conceito de espaço socialmente organizado, subsidiado por novas técnicas de análise, mapeamento e espacialização da ocorrência de eventos, tem orientado desenvolvimentos metodológicos inovadores no campo das intervenções de saúde pública. Este estudo teve por objetivo avaliar a utilização de um indicador sócio-ambiental, construído através da metodologia de aplicação de escores, na estratificação do Município de Olinda, Pernambuco, em áreas com dif (mais) erentes riscos de transmissão da filariose bancroftiana. Procedeu-se ao mapeamento das áreas, localização dos domicílios amostrados e identificação de todos os moradores com idade entre 5 e 65 anos para realização do inquérito parasitológico. Dentre as 3.232 pessoas examinadas, 42 foram positivas, obtendo-se prevalência de microfilaremia de 1,3%. A análise estatística global da distribuição dos casos mostrou evidências de agregação espacial. Nos dois estratos de mais alto risco de transmissão residiam 85,7% dos positivos. A alta sensibilidade do indicador proposto justifica a sua utilização para o planejamento e execução de intervenções ao predizer o local de ocorrência da maioria dos casos de filariose. Resumo em inglês The concept of a "socially organized space" supported by new analytical techniques and mapping of health events has guided innovative methodological developments in public health interventions. This study aimed to evaluate a social/environmental indicator constructed with a scoring methodology to stratify areas in the city of Olinda by different levels of risk for Bancroftian filariasis transmission. The study mapped areas and the location of sample households and identif (mais) ied all residents ages 5 to 65 years as part of the parasitological survey. Among the 3,232 individuals who had blood samples taken, 42 were microfilaremic (1.3% prevalence). Global statistical analysis of filarial case distribution has suggested spatial clustering. Some 85.7% of positive individuals resided in the two strata with the highest transmission risk. The high sensitivity of the proposed indicator for predicting the places where the vast majority of filariasis cases occurred justifies its use in planning and implementing interventions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Bases para o tratamento da morbidade em áreas endêmicas de filariose bancroftiana/ Rational for morbity management in bancroftian filariasis endemic areas

Dreyer, Gerusa; Dreyer, Patrícia
2000-04-01

Resumo em português A escolha da terapia mais apropriada para o paciente com bancroftose requer um conhecimento das diversas características clínicas da doença filarial e de sua patogênese. Como resultado de novos testes diagnósticos e avanços clínicos, não apenas nosso entendimento sobre a filariose bancroftiana mudou rapidamente de forma, como as nossas idéias sobre o tratamento. No passado, acreditava-se que a elefantíase era causada pela reação imunológica do hospedeiro ao p (mais) arasita filarial. Posta dessa maneira, essa forma da doença seria o ponto final de uma inter-relação hóspede-hospedeiro imutável, dada a inexistência de medicamentos ou de condutas que possibilitassem a sua involução nos denominados "indivíduos imunologicamente predispostos". Entretanto, nos últimos anos, surgiram evidências de que o linfedema e a elefantíase tinham outro agente etiológico. O principal fator de evolução para os quadros de linfedema e elefantiásicos seria o desenvolvimento de infecções bacterianas secundárias de repetição. Hoje, é perfeitamente claro que outras formas de terapia de suporte (incluindo a educação e o aconselhamento psicológico) são necessárias e são, muitas vezes, mais importantes que a terapia antiparasitária. Resumo em inglês Selection of the most appropriate therapy for the patient with bancroftian filariasis requires a knowledge of the diverse clinical characteristics of filarial disease and their pathogenesis. As a result of new diagnostic tests and clinical advances, our understanding of bancroftian filariasis has changed rapidly, as have our ideas about treatment. In the past, it was believed that elephantiasis was caused by an immunologic reaction of the host to the filarial parasite. Fr (mais) om this perspective, elephantiasis was seen as the endpoint of an unalterable relationship between the host and the parasite, and given the absence of effective medication or procedures, affected individuals were considered "immunologically predisposed" to this end-stage disease. In the last few years, however, new evidence has suggested that lymphedema and elephantiasis have another etiologic agent. Namely, the principal factor in the evolution of lymphedema and elephantiasis is the involvement of recurrent secondary bacterial infections. Today, it is clear that other forms of supportive therapy (including education and psychological counseling) are necessary and are often more important than antiparasitic drugs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

A produção do conhecimento científico e as políticas de saúde pública: reflexões a partir da ocorrência da filariose na cidade do Recife, Pernambuco, Brasil/ Scientific knowledge and public health policies: reflections on the occurrence of filariasis in Recife, Pernambuco, Brazil

Braga, Cynthia; Albuquerque, Maria de Fátima P. Militão; Morais, Heloísa Mendonça de
2004-04-01

Resumo em português O artigo discute a relação entre a produção científica sobre a ocorrência da filariose bancroftiana no Brasil e o processo de formulação e implementação da política de saúde voltada ao seu controle. Para tanto, realiza uma revisão da produção do conhecimento e das políticas específicas, no período compreendido desde a criação do Programa de Combate à Filariose, em meados do século passado, até a criação do SUS, no marco da descentralização do co (mais) ntrole das endemias. Centrando suas observações empíricas na ambiência da cidade do Recife, espaço urbano no qual ainda prevalece a filariose, ressalta os processos institucionais e destaca o papel dos distintos atores neles envolvidos. Partindo da hipótese de que se até à primeira metade do século vinte faltavam o conhecimento científico e o desenvolvimento tecnológico para o controle do problema, a seguir, quando esses avanços são disponibilizados, outros requerimentos, agora do campo da política, irão se impor, atuando como determinantes da persistência da endemia na cidade. Resumo em inglês This article discusses the relationship between the production of scientific knowledge on filariasis in Brazil and health policy-making and implementation related to control of the disease. The study presents a review of scientific output on filariasis from the creation of the Program to Combat Filariasis in the mid-20th century until the creation of the Unified National Health System (SUS) within the framework of decentralized control of endemic diseases in the country. (mais) The focus on empirical observations in Recife, a city where filariasis is present, highlights the relevant institutional processes and the role of various players. The hypothesis is that in the first half of the 20th century there was a lack of scientific knowledge and technological development to control the problem, but that after these advances were obtained, new requirements of a political nature came into play and acted as determinants for persistence of the endemic in the city.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

A produção do conhecimento científico e as políticas de saúde pública: reflexões a partir da ocorrência da filariose na cidade do Recife, Pernambuco, Brasil/ Scientific knowledge and public health policies: reflections on the occurrence of filariasis in Recife, Pernambuco, Brazil

Braga, Cynthia; Albuquerque, Maria de Fátima P. Militão; Morais, Heloísa Mendonça de
2004-04-01

Resumo em português O artigo discute a relação entre a produção científica sobre a ocorrência da filariose bancroftiana no Brasil e o processo de formulação e implementação da política de saúde voltada ao seu controle. Para tanto, realiza uma revisão da produção do conhecimento e das políticas específicas, no período compreendido desde a criação do Programa de Combate à Filariose, em meados do século passado, até a criação do SUS, no marco da descentralização do co (mais) ntrole das endemias. Centrando suas observações empíricas na ambiência da cidade do Recife, espaço urbano no qual ainda prevalece a filariose, ressalta os processos institucionais e destaca o papel dos distintos atores neles envolvidos. Partindo da hipótese de que se até à primeira metade do século vinte faltavam o conhecimento científico e o desenvolvimento tecnológico para o controle do problema, a seguir, quando esses avanços são disponibilizados, outros requerimentos, agora do campo da política, irão se impor, atuando como determinantes da persistência da endemia na cidade. Resumo em inglês This article discusses the relationship between the production of scientific knowledge on filariasis in Brazil and health policy-making and implementation related to control of the disease. The study presents a review of scientific output on filariasis from the creation of the Program to Combat Filariasis in the mid-20th century until the creation of the Unified National Health System (SUS) within the framework of decentralized control of endemic diseases in the country. (mais) The focus on empirical observations in Recife, a city where filariasis is present, highlights the relevant institutional processes and the role of various players. The hypothesis is that in the first half of the 20th century there was a lack of scientific knowledge and technological development to control the problem, but that after these advances were obtained, new requirements of a political nature came into play and acted as determinants for persistence of the endemic in the city.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Mosquitos antropofílicos de atividade matutina em Mata Atlântica, Florianópolis, SC/ Mosquitoes with morning biting activity in the Atlantic forest, Brazil (Diptera, Culicidae)

Paterno, Uéslei; Marcondes, Carlos Brisola
2004-02-01

Resumo em português Como os trabalhos sobre Culicidae em Santa Catarina foram restritos a anofelíneos e a Culex quinquefasciatus, pela ocorrência, no passado, de malária e de filariose, a fauna de mosquitos em áreas de mata é pouco conhecida. Assim, foi realizado um levantamento dos culicídeos que atacam o homem pela manhã em trilha situada numa unidade de conservação da Mata Atlântica na Ilha de Santa Catarina, freqüentada por estudantes e turistas. Foram coletados 358 exemplares (mais) de 22 espécies, das quais 14 são relatadas pela primeira vez no Estado. Runchomyia reversa e Ochlerotatus scapularis foram as espécies predominantes, com grande diversidade de espécies de Wyeomyia (Phoniomyia). Resumo em inglês Previous studies on Culicidae in the state of Santa Catarina, Brazil, were limited to Anophelinae and Culex quinquefasciatus due to the past occurrence of malaria and filariasis but the mosquito fauna in forested areas is still almost unknown. It was carried out a survey of mosquitoes with morning biting activity in a tourist trekking trail of an Atlantic forest reserve area in the island of Santa Catarina. There were collected 358 specimens of 22 species, 14 of them repo (mais) rted for the first time in the state. Runchomyia reversa and Ochlerotatus scapularis were the predominant species. There was a great diversity of Wyeomyia (Phoniomyia) species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Mosquitos antropofílicos de atividade matutina em Mata Atlântica, Florianópolis, SC/ Mosquitoes with morning biting activity in the Atlantic forest, Brazil (Diptera, Culicidae)

Paterno, Uéslei; Marcondes, Carlos Brisola
2004-02-01

Resumo em português Como os trabalhos sobre Culicidae em Santa Catarina foram restritos a anofelíneos e a Culex quinquefasciatus, pela ocorrência, no passado, de malária e de filariose, a fauna de mosquitos em áreas de mata é pouco conhecida. Assim, foi realizado um levantamento dos culicídeos que atacam o homem pela manhã em trilha situada numa unidade de conservação da Mata Atlântica na Ilha de Santa Catarina, freqüentada por estudantes e turistas. Foram coletados 358 exemplares (mais) de 22 espécies, das quais 14 são relatadas pela primeira vez no Estado. Runchomyia reversa e Ochlerotatus scapularis foram as espécies predominantes, com grande diversidade de espécies de Wyeomyia (Phoniomyia). Resumo em inglês Previous studies on Culicidae in the state of Santa Catarina, Brazil, were limited to Anophelinae and Culex quinquefasciatus due to the past occurrence of malaria and filariasis but the mosquito fauna in forested areas is still almost unknown. It was carried out a survey of mosquitoes with morning biting activity in a tourist trekking trail of an Atlantic forest reserve area in the island of Santa Catarina. There were collected 358 specimens of 22 species, 14 of them repo (mais) rted for the first time in the state. Runchomyia reversa and Ochlerotatus scapularis were the predominant species. There was a great diversity of Wyeomyia (Phoniomyia) species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Quilúria/ Chyluria

Dreyer, Gerusa; Mattos, Denise; Norões, Joaquim
2007-10-01

Resumo em português A ruptura ou fistulização de vasos linfáticos para o interior do sistema excretor urinário dá origem à quilúria, que tem na bancroftose a sua principal etiologia. Pode ser, raramente, também causada por neoplasia, malformação linfática, traumatismo abdominal, assim como outras doenças infecciosas como a tuberculose. Os autores propõem as diretrizes gerais para a condução do portador de "urina leitosa" em áreas endêmicas e não endêmicas de filariose banc (mais) roftiana. Ressaltam a importância dos exames de triagem e de outros mais sofisticados para uma investigação etiológica a partir da realização de anamnese e de exame físico criteriosos. Enfatizam a necessidade de que a doença deve ser conduzida através de uma abordagem mais abrangente, que compreenda, além da médica, a assistência social e a nutricional. Na grande maioria dos casos, o controle da quilúria está basicamente fundamentado na educação e na adequação do paciente a uma dieta hipolipídica/hiperprotéica e rica em líquidos. Resumo em inglês The rupture or fistulization of lymph vessels into the urinary system, known as chyluria (milky urine), is caused mainly by bancroftian filariasis. On rare occasions chyluria may also be caused by neoplasia, lymphatic malformation, abdominal trauma, as well as other infectious diseases such as tuberculosis. The authors proposed general guidelines to manage patients suffering from milky urine in Bancroftian filariasis endemic and non-endemic areas. They emphasized the impo (mais) rtance of a careful diagnostic process accomplished using screening procedures, evaluating a detailed history of illness and performing a careful physical examination, targeting on the most suitable diagnostic tools for each case. In addition, they emphasized the need to manage the patient from a broader perspective, which goes beyond the medical aspect, involving also social and nutritional contexts. In the great majority of cases, controlling chyluria is fundamentally based on patient education and adjustment to a low lipid, high protein diet in addition to increased fluid intake.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Registro de Culicidae de importância epidemiológica na área rural de Manaus, Amazonas/ Record of epidemiologically important Culicidae in the rural area of Manaus, Amazonas

Barbosa, Maria das Graças Vale; Fé, Nelson Ferreira; Marcião, Alexandre Herculano Ribera; Silva, Ana Paula Thomé da; Monteiro, Wuelton Marcelo; Guerra, Marcus Vinitius de Farias; Guerra, Jorge Augusto de Oliveira
2008-12-01

Resumo em português A biodiversidade da Região Amazônica inclui diversas espécies de vetores artrópodes em seus diferentes ecótopos, possibilitando o surgimento de doenças como malária, filarioses e arboviroses. De agosto de 2001 a julho de 2002, realizou-se coletas de culicídeos no domicílio, peridomicílio e nas matas da Comunidade São João, área rural de Manaus, Amazonas. Foram capturados 1.240 culicídeos, pertencentes às subfamílias Culicinae (99%) e Anophelinae (1%), soma (mais) ndo 50 espécies. O predomínio entre as tribos foi nitidamente de Culicini, com 904 (72,9%) exemplares, destacando-se as espécies Culex usquatus (22,6%) e Culex quinquefasciatus (17,7%). Do total de culicídeos, 1.077 (86,9%) exemplares foram capturados no interior das matas, 101 (8,1%) no peridomicílio e 62 (5%) no intradomicílio. O ecótopo com maior diversidade de espécies foi a mata. Assinalou-se a presença de Anopheles darlingi, Anopheles triannulatus, Aedes aegypti, Haemagogus janthinomys e outros vetores comprovados ou potenciais. Resumo em inglês The biodiversity of the Amazon region includes many species of arthropod vectors in different ecotopes, thus enabling occurrences of diseases like malaria, filariasis and arbovirosis. From August 2001 to July 2002, we gathered culicids from inside homes, from areas surrounding these homes and from forested areas of the São João Community, in the rural zone of Manaus, State of Amazonas. 1240 specimens were collected, belonging to the Culicinae (99%) and Anophelinae (1%) (mais) subfamilies, with 50 species. The Culicini tribe clearly predominated, with 904 specimens (72.9%), and the species Culex usquatus (22.6%) and Culex quinquefasciatus (17.7%) were prominent. Out of the total number of culicids, 1,077 (86.9%) were caught in the forests, 101 (8.1%) in the areas surrounding homes and 62 (5%) inside homes. Forests were the ecotope that presented the highest species diversity. The presence of Anopheles darlingi, Anopheles triannulatus, Aedes aegypti, Haemagogus janthinomys and other proven or potential vectors was recorded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Perfil protéico e reconhecimento antigênico de extratos de larvas infectantes (L3) de Wuchereria bancrofti/ Proteic profile and antigenic recognition of extracts from Wuchereria bancrofti L3 infective larvae

Miranda, Janaina; Maciel, Amélia; Souza, Renata Maria Costa; Furtado, André Freire; Malagueno, Elizabeth
2005-02-01

Resumo em português A caracterização protéica dos extratos de larvas infectantes (L3) de Wuchereria bancrofti foi realizada por eletroforese em gel de poliacrilamida, em presença de dodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE) e o reconhecimento antigênico das proteínas por Western-blot. O maior número de bandas protéicas reconhecidas foi evidenciado nos extratos AgSE (105, 100, 76, 55, 49, 39 e 32 kDa) e AgS (100, 76, 55, e 49 kDa) na presença de soros de indivíduos endêmicos normais. As (mais) bandas de 49 e 55 kDa foram reconhecidas pelos soros dos microfilarêmicos, endêmicos normais (residentes de área endêmica livres de infecção filarial) e portadores da forma crônica da doença. As larvas infectantes foram obtidas pela dissecção de mosquitos Culex quinquefasciatus infectados com sangue microfilarêmico de voluntários portadores de microfilaremia, residentes do Município de Olinda-PE. Nos 792 indivíduos investigados pela técnica da gota espessa mensurada (60µl de sangue) 87 foram positivos (11%). A diferenca da positividade entre homens e mulheres não foi significativa e a faixa etária de 11 a 19 anos foi a de maior prevalência. Resumo em inglês A study of protein characterization and recognition of the antigenic profile was accomplished in extracts of infective larvae (L3) from Wuchereria bancrofti. Two proteins of relative molecular weight of 49 and 55 kDa were recognized as antigenic in all extracts by the tested sera. The secretory/excretory antigen presented the largest number of recognized bands (105, 100, 76, 55, 49, 39 and 32 kDa) followed by the somatic antigen (100, 76, 55 and 49 kDa) when incubated wit (mais) h pools of sera from healthy individuals resident in endemic areas (normal endemics). Human sera and parasitized blood used to infect mosquitoes in order to obtain L3, were collected from microfilaraemic individuals living in a filariasis endemic area. From 792 persons screened with the thick smear technique, 87 (11%) were positive. No statistical significance was observed between genders. The group between 11 and 19 years of age presented higher percentage of infection (36.8%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)