Sample records for fibrin
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Uso da cola de fibrina na prevenção de sangramento e hematoma pós-operatório em septoplastias/ Use of fibrin glue in the prevention of postoperative bleeding and hematomas after septoplaties

Caldas Neto, Silvio; Oliveira, Roberto L.; Caldas, Nelson
2002-10-01

Resumo em português Introdução: Entre as complicações da septoplastia, o sangramento e o hematoma septal pós-operatório estão entre as mais freqüentes1,2,3. Para prevenir tais problemas, a maioria dos cirurgiões ainda faz uso de tamponamentos nasais ou "splints", que tornam o período pós-operatório imediato extremamente desconfortável para o paciente1,2,4,5,6. Este trabalho se propõe a avaliar a eficácia e a segurança do uso da cola biológica nas septoplastias como profilaxi (mais) a para essas complicações. Forma de estudo: Clínico prospectivo randomizado. Material e método: Os autores observaram 20 pacientes operados de septoplastia entre janeiro e maio de 2002 pelo Real Instituto de Otorrino e Fono, Recife, nos quais foi utilizado selante de fibrina para colar os folhetos septais. Resultados: Nenhum caso de hematoma septal ou epistaxe pós-operatórios foi observado entre os pacientes estudados. Nenhuma complicação intra ou pós-operatória foi relacionada ao uso da cola. Conclusões: A cola de fibrina mostrou ser uma substância eficaz na prevenção das complicações em questão, assim como bem tolerada pelos tecidos das cavidades nasais. Além disso, o recurso assegurou um pós-operatório muito mais tranqüilo e confortável para os pacientes do que o que se costuma observar em pacientes com tampões nasais ou "splints". Resumo em inglês Introduction: Among the complications of septoplaty, postoperative septal bleeding and hematoma are some of the most frequent. In order to avoid such problems, most surgeons still use nasal packing and/or splints that make the postoperative period extremely unpleasant. The purpose of this paper is to evaluate the efficacy and safety of fibrin glue in septoplasties for prophylaxis of these complications. Study design: Clinical prospective randomized. Material and method: W (mais) e observed 20 patients who underwent septoplaties from January to May, 2002, at the Real Instituto de Otorrino e Fono, in whom we used fibrin glue, in order so seal the septal flaps. Results: No case of septal bleeding or hematoma was noticed and no other complications occurred that could have been associated to the fibrin glue. Conclusions: Fibrin glue proved to be efficacious in preventing such complications and well tolerated by the nasal cavity tissues. Besides, it assured a much more comfortable postoperative period then what we see with nasal packings and splints.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

O papel do adesivo de fibrina e da sutura na fixação do transplante de menisco preservado por ultracongelamento em coelhos/ The role of fibrin glue and suture on the fixation of ultra frozen preserved meniscus transplantation in rabbits

Reckers, Leandro José; Fagundes, Djalma José; Raymundo, José Luiz Pozo; Granata Júnior, Geraldo Sérgio de Mello; Moreira, Márcia Bento; Paiva, Vanessa Carla; Fagundes, Anna Luiza Negrini; Cohen, Moises
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a capacidade do adesivo de fibrina em promover a fixação do menisco ao longo de duas, quatro e oito semanas comparando com a técnica convencional de fixação por sutura a tecidos moles. MÉTODOS: 36 meniscos mediais direitos de coelhos preservados a 73°C negativos por 30 dias foram transplantados para os animais da mesma amostra e fixados com sutura ou cola de fibrina. Após duas, quatro ou oito semanas a aparência dos meniscos e a qualidade da fix (mais) ação foram verificadas macroscopicamente e avaliadas por um sistema de escores. Os achados foram submetidos a estudo estatístico de análise de variância por postos (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the ability of fibrin adhesive in promoting the meniscus fixation within two, four and eight weeks compared to the conventional soft-tissue suture technique. MATERIALS AND METHODS: 36 right medial menisci of rabbits preserved at negative 73° Celsius for 30 days were transplanted to animals of the same sample and fixed with soft-tissue suture or fibrin glue. After 2, 4 or 8 weeks, the appearance of the menisci and the quality of fixation were macros (mais) copically checked and evaluated by a scoring system. The findings were subjected to the statistical study of variance analysis (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Uso do adesivo de fibrina na anastomose esôfago-esofágica cervical, em cães/ The use of fibrin adhesive in the esophagus-esophageal cervical anastomosis, in dogs

Prado Filho, Orlando Ribeiro; Fagundes, Djalma José; Nigro, Amaury José Teixeira; Bandeira, César Orlando Peralta; Novo, Neil Ferreira; Juliano, Yara
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar os efeitos da associação do adesivo cirúrgico de fibrina à técnica operatória da invaginação submucosa, em anastomoses esofagianas. MÉTODO: Trinta e dois cães submetidos à anastomose esôfago-esofágica foram alocados em dois grupos: I com sutura em doze pontos e II com sutura em quatro pontos e vedação com adesivo de fibrina. Os animais foram avaliados no sétimo e décimo-quarto dias de pós-operatório. Foram analisados: a evolução pond (mais) eral, o índice de estenose, a incidência de deiscências e fístulas, a presença de secreções na tela subcutânea, a presença de líquido intersticial, matriz protêica, celularidade, fibroblastos, fibras de colágeno e concentração de hidroxiprolina. RESULTADOS: O índice de estenose foi menor para os animais do grupo I no sétimo dia de observação. Nos animais do grupo II a incidência de deiscências, secreção serosa e purulenta foram signitivamente maiores aos sete e quatorze dias, enquanto a presença de fístulas foi maior no sétimo dia. Quanto à concentração tecidual de hidroxiprolina não houve diferença estatística entre os grupos. Os fibroblastos e fibras de colágeno tiveram presença mais acentuada no grupo II no décimo-quarto dia. Ocorreram quatro óbitos em animais do grupo II. CONCLUSÕES: A anastomose por invaginação submucosa-mucosa com vedação com adesivo de fibrina apresentou piores resultados que a anastomose convencional de doze pontos circunferenciais. Resumo em inglês BACKGROUND: The aim of this research was to study the effects of the use of fibrin adhesive with the surgical technique of submucosa invagination, in esophageal anastomosis. METHODS: Thirty two dogs operated on for esophageal anastomosis, were distributed in two groups: group I with encircling suture of twelve stitches, and group II with encircling suture of four stitches and fibrin sealant. The anastomosis was evaluated in the 7th and 14th post-operative day. Weight evol (mais) ution, stenosis rate, presence of dehiscence and fistulae, presence of secretion around the anastomosis, presence of interstitial liquid, protean matrix, number of cells, fibroblasts, collagen fibers and the hydroxyproline concentration in the anastomosis were analysed. RESULTS: The stenosis rate was lower in the group I in the 7th post-operative day. The incidence of fistulae was significant in group II on the 7th day, as well as the presence of dehiscence, serosa secretion and suppurative secretion at the 7th and 14th day. Concerning hydroxyproline tissue concentration there was no statistical difference among the groups. The fibroblasts and collagen fibers were more numerous in group II at 14th day. There were four deaths in animals of group II. CONCLUSION: We concluded that anastomosis performed by submucosa-mucosa invagination with fibrin adhesive presented results less satisfactory than anastomosis performed with twelve encircling stitches.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Adesivo biológico de fibrina na mioescleropexia posterior em coelhos: estudo experimental/ Fibrin biological adhesive for posterior mioscleral fixation of superior rectus muscles: an experimental study in rabbits

Moreira, Ana Tereza Ramos; Bottós, Juliana Mantovani; Bottós, Kátia Mantovani; Buquera, Michele; Anjos, Adilson dos
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: 1. Verificar a capacidade de cola do adesivo biológico de fibrina quando utilizado para reduzir o arco de contato do músculo reto superior com a esclera de coelhos. 2. Comparar a redução da função do músculo reto superior tratado com a função do músculo reto superior contralateral, utilizado como controle. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 30 coelhos, 60 olhos. Em cada coelho, realizou-se mioescleropexia posterior com adesivo biológico em um d (mais) os olhos (30 olhos), enquanto o outro serviu como controle (30 olhos). Todos os animais foram sacrificados após 60 dias pós-operatórios. Avaliaram-se a hipofunção muscular e o tamanho da aderência mioescleral produzida imediatamente pela cirurgia e após 60 dias. RESULTADOS: O coágulo de fibrina formou-se imediatamente à sua aplicação no músculo, e as fibras musculares apresentaram-se aderidas em poucos segundos à esclera. Todos os olhos operados com adesivo bio-lógico de fibrina demonstraram hipofunção muscular após 60 dias, quando comparada ao músculo contralateral. O tamanho do coágulo formado inicialmente, relacionado às medidas obtidas após 60 dias, demonstrou uma porcentagem de redução de 28,48% e uma correlação ascendente e positiva (r=0,367204), porém fraca, elucidando a existência de múltiplas variáveis influenciando nessa redução. Não houve sinais de hiperemia, secreção conjuntival, ou qualquer outra complicação atribuída à cirurgia, ao final de 60 dias. CONCLUSÃO: O adesivo biológico de fibrina provoca adesão músculo-escleral, encurtando o arco de contato, ocasionando a hipofunção desejada. A aplicação do adesivo facilita a mioescleropexia posterior, evitando a possibilidade de perfuração ocular. Resumo em inglês PURPOSES: 1. To evaluate the adhesion capacity of the fibrin biological adhesive in surgery of posterior fixation of the superior rectus muscle, when it is used for the reduction of the arc of contact. 2. To compare the reduction of the superior rectus muscle's action of eyes in which the biological adhesive has been used with those used as a control group. METHODS: The sample consisted of 30 animals, 60 eyes. One of the eyes of each animal was treated with biological adh (mais) esive (30 eyes), while the other was used as a control (30 eyes). All animals were sacrificed on the 60th postoperative day. Muscle reduction was analyzed and the sizes of the adherences produced at surgery and after 60 days were measured. RESULTS: The fibrin clot was produced immediately after applying the biological adhesive and at the end of few seconds all muscle fibers were adhered to the sclera. All muscles treated with biological adhesive showed reduction in motor function on the 60th postoperative day when compared with the control group. The sizes of the initially produced adherence compared with those after 60 days was reduced 28.48%. There was an ascending and positive but weak correlation (r=0.367204). There must exist other variables affecting adherence reduction. There was no significant inflammatory reaction or any other complication related to the surgery. CONCLUSIONS: The clinical results of motor function demonstrated that the biological adhesive of fibrin produced muscle-scleral adhesion, reducing the arc of contact of the superior rectus muscle in rabbits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Utilização de adesivo de fibrina em cirurgias oftalmológicas/ Use of fibrin glue in ocular surgery

Pizzol, Melissa Manfroi Dal; Roggia, Murilo Felix; Kwitko, Sérgio; Marinho, Diane Ruschel; Rymer, Samuel
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as diferentes técnicas cirúrgicas oftalmológicas nas quais se pode utilizar a cola biológica e possíveis complicações relacionadas ao seu uso. MÉTODOS: Estudo de série de casos retrospectivo, não-comparativo. Foram avaliados 161 olhos de pacientes com idade média de 51,8 anos em que foi utilizada cola biológica (Beriplast P® - Aventis Behring, Alemanha) para fixação de tecido ou fechamento incisional. RESULTADOS: Foram avaliados 76 pacient (mais) es com pterígio, 4 com ceratoconjuntivite límbica superior, 4 com tumor limbar, 21 com conjuntivocálase, 31 com ceratopatia bolhosa, 7 com deficiência límbica, 6 com queimadura alcalina, 2 com Stevens-Johnson, 5 com catarata e 5 com glaucoma. Complicações foram relatas em 28 casos (17,4%). Descolamento do tecido fixado e granuloma foram as complicações mais frequentes. Descolamento ocorreu em 10 casos (5,6%) (7 em transplante de membrana amniótica em ceratopatia bolhosa, 2 em transplante de conjuntiva autólogo após exérese de pterígio, 1 após transplante de limbo autólogo por Stevens-Johnson). Granuloma ocorreu em 9 casos (5,6%) (5 em pacientes com queimadura alcalina aguda tratados com transplante de membrana amniótica, 1 em paciente com sequela de queimadura tratado com transplante de limbo autólogo e 3 em pacientes após exérese de pterígio tratados com transplante de conjuntiva autólogo). Todas as complicações ocorreram dentro da primeira semana de pós-operatório. CONCLUSÃO: Embora o presente seja retrospectivo e não-comparativo, podemos observar que a utilização do adesivo de fibrina parece ser segura e efetiva, além de apresentar baixas taxas de complicações nas cirurgias de superfície ocular e de segmento anterior. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the use of fibrin glue and its complications in different ophthalmic surgeries. METHODS: A retrospective and non-comparative case series study. 161 eyes were evaluated. The mean age was 51.8 years. Fibrin glue (BeriplastTM - Aventis Behring, Germany) was used in all patients for tissue adherence or incisional closure. RESULTS: Main preoperatives diseases were pterygium (76 patients), superior limbic keratoconjunctivitis (4 patients), limbal tumor (4 p (mais) atients), conjunctivochalasis (21 patients), bullous keratopathy (31 patients), limbal stem cell deficiency (7 patients), alkali injury (6 patients), Stevens-Johnson syndrome (2 patients), cataract (5 patients) and glaucoma (5 patients). Complications occurred in 28 patients (17.4%). Detachment of the fixed tissue and granulomatous foreign body reaction were the main complications. Detachment occurred in 10 cases (5.6%) (7 in amniotic membrane transplantation in bullous keratopathy, 2 in autologus conjunctival grafting for pterygium surgery, 1 in autologus limbal transplantation in a Stevens-Johnson syndrome). Granulomatous foreign body reaction was described in 9 patients (5.6%) (5 in amniotic membrane transplantation due to acute alkali injury, 1 in autologus limbal graft due to chronic burn injury, and 3 in autologus conjunctival transplant due to pterygium surgery). All the complications described occurred in the first week after surgery. CONCLUSION: Despite the limitations related to the retrospective and non-comparative setting, this study suggests that the use of fibrin glue seems to be safe and effective for tissue fixation or incisional closure presenting low rates of complications in ocular surface and anterior segment surgeries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Estudo comparativo do uso de cola de fibrina e cianoacrilato em ferimento de fígado de rato/ The repair of liver experimental wound with fibrin glue and cianoacrilate

Fontes, Carlos Edmundo R.; Taha, Murched Omar; Fagundes, Djalma José; Ferreira, Marcos Victor; Prado Filho, Orlando R.; Mardegan, Marino Jose
2004-01-01

Resumo em português OBJETIVO: estudar comparativamente o uso de cianoacrilato e cola de fibrina no reparo do ferimento hepático, para evidenciar suas respectivas capacidades de integração aos tecidos à curto prazo. MÉTODOS: 30 ratos Wistar-EPM1 foram separados em 2 grupos e submetidos à anestesia com tiopental na concentração de 40mg/kg EV. Realizada laparotomia com exposição do fígado. Usando um "punch" dermatológico de 3mm foi produzido um ferimento padronizado em lobo direito (mais) hepático. Os animais do grupo A foram tratados com a colocação de cola de fibrina nos ferimentos, os animais do grupo B tiveram os ferimentos tratados com adesivo de cianoacrilato. No 7º de PO, sob anestesia, os animais sofreram a ressecção do lobo hepático direito e foram coletadas amostras para os procedimentos de estudo histológicos (HE e Picro-Sirius). Foram avaliados, por microscopia óptica, os processos inflamatórios (critérios qualitativos da presença de neutrófilos, células gigantes, granuloma tipo corpo estranho, neovascularização) e, por microscopia de polarização, a quantificação de colágeno (Tipo I-jovem e Tipo III-maduro). RESULTADOS: Os dois adesivos levaram ao efeito hemostático em tempos semelhantes. Os ferimentos tratados com cola de fibrina mostraram maior quantidade de colágeno jovem e maduro e uma maior quantidade de neovascularização, enquanto os ferimentos tratados com cianoacrilato mostraram maior reação de granuloma tipo corpo estranho. CONCLUSÃO: O ferimento tratado com a cola de fibrina apresentou maior neovascularização e maior porcentagem de colágeno tipo I e tipo III demonstrando tendência a uma melhor reparação tecidual, sem formação de granuloma tipo corpo estranho. Resumo em inglês PURPOSE: To determinate the role of cianoacrilate and fibrin glue in the repair of the hepatic wound, to evidence the hemostatic capacity of the adhesives and their respective integration to the hepatic tissue. METHODS: 30 rats Wistar-EPM1 were separate in 2 groups and submitted to the anesthesia with tiopental in the concentration of 40mg/kg EV. Laparotomy was made with exhibition of the liver. A punch of 3mm was made in the hepatic right lobe. The animals of group A wer (mais) e treated with the placement of fibrin glue in the wounds, the animals of group B had the wounds treated with cianoacrilate. In the 7th of post-operative period, under anesthesia, the animals suffered the resection of the right hepatic lobe and samples were collected for the histology study procedures (HE and Picro-Sirius). They were appraised for optical microscopy, the inflammatory response (qualitative criteria of the neutrofiles presence, giants cells, granuloma, neovascularization) and for polarization microscopy, the quantification of collagen (I-young Type and III-matureType). RESULTS: The two adhesives had hemostatic effects in similar times.The wounds treated with fibrin glue showed larger amount of young and mature collagen and a larger amount of neovascularization, while the wounds treated with cianoacrilate showed larger reaction of granuloma. CONCLUSION: Fibrin glue and cianoacrilate have similar hemostatic effects.The wound treated with fibrin glue present larger neovascularization and larger percentage of collagen type I and type III showing tendency to a better tissue repair without formation of granuloma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

O emprego da cola de fibrina no tratamento das fístulas anais

Lopes-Paulo, Francisco
2006-03-01

Resumo em português O emprego de cola de fibrina no tratamento de fístulas anais tem sido relatado em diversos estudos, com a finalidade de obliterar o trajeto fistuloso, criando uma matriz para sua cicatrização definitiva. O método consiste na curetagem e lavagem do trajeto fistuloso, seguidas pela injeção da cola. Esse procedimento pode ser associado ao avanço de retalhos endorretais ou outros métodos para obliteração do orifício interno, o que pode aumentar sua eficácia. Os í (mais) ndices de cicatrização descritos variam de 30 a 50 % em média. A sua utilização não prejudica a realização de outros procedimentos, em caso de insucesso, o que pode torná-lo uma opção para o tratamento inicial das fístulas anais. Resumo em inglês The use of fibrin glue in the treatment of anal fistulas has been reported. The aim of this method is to close the fistulous tract, creating a matrix able to promote definitive healing. The thecnique is simple, the fistulous tract is curetted and washed before fibrin glue injection. The procedure can be associated with endorectal advancement flap that enhances cicatrization rates. Healing rates from 30 to 50 % are described. Further treatment options are not compromised by this method.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Anastomose do nervo facial de coelhos com cola de fibrina: estudo da velocidade de condução nervosa/ Rabbit facial nerve anastomosis with fibrin glue: nerve conduction velocity evaluation

Sandrini, Francisco Aurelio Lucchesi; Pereira-Júnior, Edwaldo Dourado; Gay-Escoda, Cosme
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Este estudo tem o objetivo de avaliar através da velocidade de condução nervosa com eletrodos de superfície a utilização da cola de fibrina na anastomose nervosa. MÉTODOS: Neste experimento, foram avaliadas as diferenças entre as velocidades de condução nervosa pré e pós-operatória do nervo facial esquerdo de 12 coelhos. Foi verificada a existência de correlação entre a velocidade de condução nervosa e o número de axônios regenerados no pós- (mais) operatório. Os nervos transeccionados foram unidos com cola de fibrina. O potencial de ação motora foi obtido com o uso de eletrodos de superfície. O eletrodo de estimulação foi colocado imediatamente à frente do pavilhão auditivo (tronco do nervo facial) e o eletrodo de gravação foi colocado no músculo quadrado do lábio inferior. RESULTADOS: A média normal da velocidade de condução nervosa foi de 36,53 m/seg. Ao final do período, a velocidade de condução nervosa atingiu um valor de aproximadamente 81% do valor normal. Não foi observada correlação significativa entre a velocidade de condução nervosa pós-operatória e o número de axônios regenerados (p=0,146). CONCLUSÃO: A anastomose com cola de fibrina pode ser utilizada para anastomose nervosa no modelo animal e nervo estudados. Resumo em inglês AIM: The aim of this study was to evaluate the use of fibrin glue on nerve anastomosis, and study conduction velocity obtained by surface electrodes. METHODS: In this experimental model we evaluated nerve conduction velocity differences in the preoperative and postoperative periods, for the left facial nerve of 12 rabbits. Then, we evaluated whether there were correlations between conduction velocity and the number of postoperative regenerated axons. The sectioned nerves (mais) were anastomosed with fibrin glue. The muscle action potentials were obtained from surface electrodes. The stimulation electrode was placed immediately before the ear pinna (facial nerve trunk) and the recording surface electrode was placed on the quadratus labii inferioris muscle. RESULTS: The facial nerve normal conduction velocity mean value was of 36.53 m/sec. On the postoperative period, the mean conduction velocity was approximately 81% of the normal mean value. A significant correlation was not observed between the postoperative conduction velocity and the number of regenerated axons (p=0.146). CONCLUSION: The fibrin glue can be used on nerve anastomosis in this animal model and nerve.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Anastomose colônica com adesivo de fibrina em ratos diabéticos/ Colonic anastomosis with fibrin glue in diabetic rats

Prado Filho, Orlando Ribeiro; Fontes, Carlos Edmundo Rodrigues; Seidel, Amélia Cristina; Tomasi, Monice Dall'Ago; Tomasi, Heloise Dall'Ago
2008-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar aspectos da cicatrização na anastomose colônica com adesivo de fibrina em ratos normais e diabéticos. MÉTODO: Foram utilizados 160 ratos Wistar (Rattus novergicus albinus), machos, com peso variando de 250 a 300g, sendo que oitenta destes animais eram não diabéticos e os outros oitenta animais apresentavam diabetes mellitus induzido pela aloxana, Os animais foram submetidos a procedimento operatório padronizado que consistiu em colectomia parcial (mais) esquerda e anastomose primária por sutura manual ou com adesivo de fibrina. Foram reavaliados no quarto ou sétimo dia de pós-operatório quando se observou a presença de coleção líquida ou purulenta na tela subcutânea; integridade da sutura; presença de aderências; presença de deiscência; resistência da anastomose (pressão máxima de insuflação) em mmHg, e a concentração tecidual de hidroxiprolina. RESULTADOS: Em relação à presença de deiscência de anastomose e mortalidade ocorreram piores resultados nos animais diabéticos no quarto e sétimo dias de observação em comparação ao controle. Nos grupos e subgrupos estudados os resultados com o uso do adesivo de fibrina não foram melhores que os da sutura manual. Em relação à concentração tecidual de hidroxiprolina não houve diferença significativa entre os grupos. CONCLUSÃO: O diabetes mellitus induzido pela aloxana impede a reparação normal da anastomose colônica em ratos e o uso adesivo de fibrina na anastomose colônica em ratos normais e diabéticos não trouxe benefícios na evolução pós-operatória. Resumo em inglês BACKGROUND: The aim of this experimental study was to assess healing in colonic anastomosis with fibrin glue in normal and diabetics rats. METHODS: One hundred and sixty Wistar rats were randomly assigned for two groups (normal and diabetics). The animals underwent a partial left colectomy and after an end-to-end anastomosis or a fibrin glue anastomosis. The rats were submitted to a new operative procedure on the 4th or 7th postoperative day, when the anastomosis were obs (mais) erved. The bursting pressure measurements were recorded. RESULTS: Mortality and anastomosis dehiscence were greater in diabetic animals on 4th and 7th days of observation when compared to controlled rats. There have been no differences between groups and sub-groups regarding the use of fibrine patch or handmade suture. There were no significant differences on hidroxiproline tissue concentration. CONCLUSIONS: Aloxane-induced Diabetes mellitus impairs normal healing in colonic anastomosis in rats, and there were no benefits in normal or diabetic groups with the use of fibrin glue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Transplante autólogo de conjuntiva com uso de cola de fibrina em pterígios primários/ Conjunctival autologous transplantation using fibrin glue in primary pterygium

Coral-Ghanem, Ramon; Oliveira, Renan Ferreira; Furlanetto, Eduardo; Ghanem, Marcielle Abicalaffe; Ghanem, Vinícius Coral
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a taxa de recidiva e complicações pós-operatórias em transplante autólogo de conjuntiva com uso de cola de fibrina para adesão do enxerto conjuntival em pterígios primários. Secundariamente, comparar os resultados obtidos aos de um grupo submetido à mesma técnica cirúrgica, com uso de suturas. MÉTODOS: Foram incluídos prospectivamente 106 olhos de 100 pacientes operados de pterígio com uso de cola de fibrina e retrospectivamente 58 olhos de (mais) 51 pacientes operados com uso de suturas. Avaliaram-se: idade, localização, grau e invasão do pterígio e complicações pós-operatórias. Os pacientes foram acompanhados por um período mínimo de cinco meses. RESULTADOS: Dentre os 106 olhos operados com uso de cola, 12 (11,3%) apresentaram recidiva, sendo 4 (3,8%) conjuntivais e 8 (7,5%) corneanas. Entre os fatores estudados, somente a idade foi estatisticamente inferior nos casos recidivados (média de 34,6 vs. 43,7; P=0,033). O tempo até a recidiva variou de 1,6 a 13,1 meses (média de 4,4). Dentre as recidivas corneanas, dois olhos apresentaram invasão além do limbo de até 0,5 mm e seis olhos de 0,6 a 1,0 mm. Nenhum olho foi submetido a reoperação. Outras complicações incluíram: formação de granuloma transitório em três casos; descolamento parcial ou retração do enxerto em três; e "dellen" em um. Dentre os 58 olhos operados com suturas, 15 (25,9%) apresentaram recidiva, sendo 8 conjuntivais (13,8%) e 7 corneanas (12,1%). O tempo até a recidiva variou de 0,7 a 9,7 meses (média de 4,5). Um caso de recidiva corneana foi reoperado com transplante de membrana amniótica. A taxa de recidiva conjuntival foi estatisticamente inferior nos casos em que se utilizou cola do que naqueles com sutura (P=0,023), porém não se observou esta diferença em relação à recidiva corneana (P=0,232). CONCLUSÃO: O uso da cola de fibrina, como método alternativo à sutura, traz bons resultados cirúrgicos e pequena incidência de complicações. Apesar de resultar em menor taxa de recidiva conjuntival, esta técnica não parece diminuir significativamente a incidência de recidiva corneana. Resumo em inglês PURPOSE: To assess the rate of recurrence and complications after primary pterygium removal with conjunctival autograft using fibrin tissue adhesive. Secondarily, to compare these results with a retrospective series that underwent the same surgery using sutures. METHODS: A hundred and six eyes of 100 patients who underwent surgery with fibrin glue were prospectively studied, while 58 eyes of 51 patients who underwent surgery with sutures were retrospectively evaluated. Da (mais) ta included: age, gender, eye involved, location, grade and pterygium invasion and post-operative complications. Patients were followed for at least 5 months. RESULTS: Among 106 eyes undergoing surgery with fibrin glue, 12 (11.3%) had recurrence, including 4 (3.8%) conjunctival and 8 (7.5%) corneal. Mean age was statistically inferior in the recurrence cases compared to others (mean of 34.6 vs. 43.7; P=0.033). The time for recurrence ranged from 1.6 to 13.1 months (mean of 4.4). Among the corneal recurrences, 2 eyes had invasion beyond the limbus of up to 0.5 mm and 6 eyes from 0.6 to 1.0 mm. No eye underwent reoperation. Other complications included: transitory granuloma formation in 3 cases, partial graft detachment or slippage in 3 and dellen in 1. In the suture group, 15 eyes (25.9%) had recurrence, including 8 conjunctival (13.8%) and 7 (12.1%) corneal. The time for recurrence ranged from 0.7 to 9.7 months (mean 4.5 months). The conjunctival recurrence rate was statistically inferior in the glue group compared to the suture (P=0.023), however no statistically significant difference was observed in relation to corneal recurrence (P=0.232). CONCLUSION: The use of fibrin glue as an alternative to sutures in pterygium surgery was associated with good results and few complications. Despite a decrease in conjunctival recurrence rates, this technique does not appear to significantly decrease corneal recurrences.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Reparação microcirúrgica de nervo periférico por meio de sutura, cola de fibrina ou bainha de BioFill® em ratos Wistar/ Microsurgical repair of peripheral nerve by means of suture, fibrin glue or BioFill® sheath in Wistar rats

Torres, M.F.P.; Graça, D.L.; Farias, E.L.P.
2003-10-01

Resumo em português Com o objetivo de comparar três técnicas de neuroanastomose, foram utilizados 54 ratos fêmeas, distribuídos em três grupos de 18 animais, cujos nervos ciáticos direitos foram transeccionados e, em seguida, tratados mediante o emprego das seguintes técnicas: três pontos de sutura epineural, um ponto de sutura epineural associado à bainha de BioFill® e um ponto de sutura epineural com cola de fibrina. A presença do material de sutura foi responsável pelo mau dir (mais) ecionamento das fibras nervosas e formação de neuroma na área da anastomose devido à colisão das fibras nervosas em regeneração com a reação granulomatosa ao fio de sutura. Alterações como degeneração Walleriana, formação de neuroma e proliferação de tecido fibroso foram observadas nos três tratamentos, sendo mais evidentes no grupo que recebeu três pontos de sutura epineural. Os resultados histológicos superiores obtidos com o emprego da bainha de BioFill® e da cola de fibrina comprovaram a eficiência dessas duas técnicas na reparação de nervos periféricos lesados. O uso da bainha de BioFill® oferece vantagens como disponibilidade, simplicidade técnica e baixo custo, tornando-a a melhor alternativa na reparação microcirúrgica do nervo periférico. Resumo em inglês Aiming to compare three neuroanastomosis techniques, 54 female rats were divided into three groups of 18 animals each. The right-side ciatic nerves of these animals were trans-sectioned and, immediately, treated by means of the following techniques: three plain epineural suture stitches, one epineural suture stitch together with a BioFill® sheath, and one perineural suture stitch with fibrine glue. Analysis of the results was based on histopathological aspects of the ana (mais) stomotic area. It was noted that the presence of the suture material was responsible for the poor directioning of the nerve fibers and formation of a neurome in the anastomosis area, due to the collision of the regenerating nervous fibers with the granulomatous reaction to the suture string. Thus, changes such as Wallerian degeneration, formation of a neurome and proliferation of fibrous tissue were noticed in all three treatments, being more evident in the group that received three stitches of epineural suture. Based on histological results obtained from the use of the BioFill® sheath and the fibrine glue, the efficiency of these techniques for repairing damaged peripheral nerves was evident. However, the use of the BioFill® sheath ensures advantages such as availability, technical simplicity and low cost. Therefore, it becomes a better alternative for microsurgical repair of peripheral nerve.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Avaliação hemodinâmica de anastomoses arteriais reforçadas com selante de fibrina: estudo experimental em suínos/ Hemodinamic behavior of arterial anastomosis using fibrin sealant: experimental study in swine

Rocha, Eduardo Augusto Victor; Souza, Cláudio de
2007-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o fluxo, a pressão de ruptura, a necessidade de pontos de reforço, em artérias suturadas, reforçadas ou não com selante de fibrina após uma secção transversal. MÉTODO: Utilizou-se como selante o Tissucol®. Dezessete suínos, Landrace ligth, pesando entre 15 e 20 kg, tiveram suas artérias femorais e carótidas seccionadas após heparinização, anastomosadas em plano único contínuo de prolene 7-0. Usamos 68 amostras arteriais, 34 no grupo tra (mais) tamento e 34 no grupo controle. Uma artéria carótida e uma femoral receberam, selante de fibrina, aleatoriamente; o lado contralateral foi o controle. Anotava-se a necessidade e o número de pontos de reforço. Após 10 minutos da infusão de protamina, sacrificavam-se os animais, cateterizavam-se as artérias. Estas artérias foram mensuradas, colocadas num fluxômetro, onde se avaliava a velocidade do fluxo. As artérias foram submetidas à infusão de ar, com pressões sucessivamente mais elevadas, mergulhadas em solução de NaCl a 0,9%, observando-se o primeiro vazamento aéreo. Analisaram-se os dados estatisticamente. RESULTADOS: Os diâmetros externos e a espessura das artérias, além da pressão de ruptura e número de amostra com ruptura superior a 200mmHg, foram semelhantes. Contudo, o selante diminuiu o número de pontos de reforço. CONCLUSÃO: O selante de fibrina reduz a necessidade de pontos adicionais. Resumo em inglês OBJECTIVES: To evaluate the flow, tear pressure, the need of reinforcement stitches in sutured arteries reinforced or not using fibrin sealant after a cross-section. METHOD: Tissucol® fibrin sealant was used. The femoral and carotid arteries of seventeen swine from the same breed (weighing from 15 to 20 kg) were cross-sectioned after heparinization and subjected to anastomoses using a single continuous plane of prolene 7-0. We worked with 68 artery samples, 34 in the Tre (mais) atment Group and 34 in the Control Group. For each animal, one carotid and one femoral artery randomly received fibrin sealant with the contralateral side being used as a control. The need and the number of reinforcement stitches were recorded. Ten minutes after protamine infusion, the animals were sacrificed and the arteries were catheterized. The arteries were measured and placed on a flow meter. The arteries were then subjected to air infusion at increasingly higher pressures (stepwise increases of 25 mmHg), the grafts were dipped in saline solution, the first air leakage was observed and the tear pressure recorded. RESULTS: The external diameters and thickness of the arteries were similar in both the Treatment and Control Group. There was no significant difference between the groups regarding the tear pressure (p=0.329), flow rate (p=0.943) and the number of samples with a tear pressure above 200 mmHg. However, the sealant reduced the number of reinforcement stitches necessary (p=0.029). CONCLUSION: Fibrin sealant reduces the need of additional stitches.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Tratamento de linfocele inguinal pós-operatória com injeção de cola de fibrina: relato de caso/ Treatment of postoperative inguinal lymphocele with fibrin glue injection: case report

Boaventura, Priscila Nunes; Sobreira, Marcone Lima; Yoshida, Winston Bonetti; Rollo, Hamilton Almeida
2007-06-01

Resumo em português O paciente desenvolveu linforragia na região inguinal direita, depois de ponte aorto-bifemoral com enxerto de dácron®. Não respondeu ao tratamento conservador com cuidados locais e compressão. Foi realizado exame de ultra-sonografia Doppler, que evidenciou grande linfocele (6,4 x 3,36 x 6,1 cm), tratada pelo esvaziamento da loja por aspiração e injeção de cola de fibrina (1,6 mL) em seu interior. O paciente se recuperou sem intercorrências e sem recidiva, após 3 meses de seguimento. Resumo em inglês The patient developed lymphatic drainage in the right groin after an aortobifemoral bypass with Dacron® graft. Conservative treatment with local wound care and compression was unsuccessful. Duplex scan showed a 6.4 x 3.36 x 6.1 cm lymphocele, which was treated by aspiration and injection of fibrin glue (1.6 mL). The patient recovered uneventfully and without recurrence after a 3-month follow-up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Fixação de enxerto cutâneo em malha de espessura total com sutura ou cola de fibrina/ Fixation of full-thickness mesh skin using suture or fibrin glue

Amaral, M.S.P.; Rahal, S.C.; Dal-Pai, V.; Barraviera, S.R.C.S.; Lima, A.F.M.; Crocci, A.J.
2004-06-01

Resumo em português Avaliou-se a influência da cola de fibrina, derivada do veneno de serpente, na fixação e integração de enxerto de pele. Foram utilizados nove cães, sem raça definida, com peso médio de 15kg. Foi induzida ferida de 4×4cm de área, na face crânio-proximal dos antebraços direito e esquerdo. Um enxerto de espessura total foi colhido da região torácica e expandido por meio de expansor de pele. No membro direito o enxerto foi estabilizado no leito receptor por meio (mais) de pontos isolados simples; no esquerdo foi fixado pela aplicação de cola de fibrina e oito pontos de sutura. O sítio doador foi fechado empregando-se retalho cutâneo bipediculado. As bandagens do leito receptor foram oclusivas e não aderentes e aplicou-se pomada de neomicina com bacitracina. A troca de bandagens ocorreu diariamente até o sétimo dia de pós-operatório e, posteriormente, a cada três dias. A área de sobrevivência do enxerto foi obtida pela subtração das áreas não viáveis e total medidas com fotomicroscópio Nikon conectado a um sistema de análise de imagem KS-300 aos três, sete, 15 e 30 dias de pós-operatório. Para a avaliação microscópica, a área do enxerto foi colhida em três animais aos sete, 15 e 30 dias de pós-operatório. Não houve diferença entre momentos de avaliação e técnicas de fixação quanto à área de enxerto viável. Os enxertos fixados com cola apresentaram estágio de reparação mais avançado em todos os momentos. Concluiu-se que a cola de fibrina derivada do veneno de serpente tem moderado poder adesivo e, pela análise microscópica, favorece a integração do enxerto cutâneo em malha de espessura total. Resumo em inglês The purpose of this study was to evaluate the efficiency of fibrin glue, derived from snake venom, on fixation and integration of skin graft. Nine crossbred dogs, with average weight of 15kg were used. Wounds measuring 4×4 cm were induced at the cranioproximal aspect of the right and left forelimb. Full-thickness skin grafts were harvested from thoracic area, and meshed with a commercial mesh dermatome. The graft was secured to the recipient bed using several simple inte (mais) rrupted sutures on the right forelimb. On the left forelimb fibrin glue and eight simple interrupted sutures were used. The bed was closed using bipedicle advancement flap. The non-adherent occlusive bandage and neomycin-bacitracin ointment were used on receptor bed. The bandage was changed every day until the seventh day postoperative and every three days afterwards. The graft survival area was obtained by subtraction of total and nonviable areas measured with a Nikon Photomicroscope connected to a KS-300 image analysis system at 3, 7, 15 and 30 days postsurgically. For microscopic evaluation, the skin graft, recipient bed and adjacent surrounding skin were collected at 7, 15 and 30 days postsurgery. No statistical difference was detected for the viable graft area, in each evaluation moment and between fixation methods. However, based on microscopic evaluation, fibrin glue enhanced the tissue repair process in all evaluation moments. It was possible to conclude that fibrin glue derived from snake venom has moderate adhesive capacity, and, based on microscopic examination, improves the integration of full-thickness mesh skin grafts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Estudo do reparo do ferimento de colon com o lado seroso da parede de jejuno, utilizando cianoacrilato e cola de fibrina/ Study of repair of rat's colon wound whith serosal of jejunal wall using cyanoacrylate and fibrin glue

Fontes, Carlos Edmundo Rodrigues; Taha, Murched Omar; Fagundes, Djalma José; Prado Filho, Orlando; Ferreira, Marcos Victor; Mardegan, Marino José
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar o efeito do cianoacrilato e da cola de fibrina como adesivo das bordas do ferimento de cólon reparado com o lado seroso da parede de jejuno. MÉTODO: Foram utilizados 45 ratos wistar adultos jovens, machos , com peso médio de 260 gramas procedentes do Biotério Central da Universidade Estadual de Maringá.Os animais foram submetidos a procedimento operatório sob sedação com thiopental para produção de ferimento pradonizado de 0,5 cm distante caud (mais) almente a 2 cm do ceco que foi reparado no grupo I pelo lado seroso da parede de jejuno e sutura, no grupo II, pelo lado seroso da parede de jejuno e cola de fibrina, e o grupo III pelo lado seroso da parede de jejuno e cianoacrilato. No 4º dia de pós-operatório os animais foram submetidos a um enema opaco, para estudo o de estenose. No 7º dia de pós-operatório os animais foram submetidos a laparotomia sob sedação para estudo macroscópico da cavidade , e coleta dos segmentos que foram processados para análise microscópica. RESULTADOS: A cola de fibrina teve uma tendência de ser melhor reparadora, estimulando a proliferação de fibras de colágeno a partir da borda da ferida. CONCLUSÃO: O experimento demonstrou que o ferimento em cólon de rato pode ser reparado pelo lado seroso da parede de jejuno colado às bordas da ferida por cola de fibrina ou cianoacrilato. Resumo em inglês BACKGROUND: The present experiment aimed to compare the effect of the use of cyanoacrylate and fibrine glue as adesive on repared colon's wounds with the serosal side of jejuno's wall. METHODS: Forty five male, young adult Wister rats, weighting about 260 g , from the University of Maringá were used.After having been deeply anaesthetized (thiopental was used), the animals underwent a surgery, and a pattern 0,5 cm wound was made, 2 cm away from the cecum, in the caudal lo (mais) cation. Group one the wound was repaired by using the jejunal serosal wall and suture.On group two the jejunal serosal wall and fibrine glue was used. Finally on group three the repair was made by using the jejunal serosal wall and cyanoacrylate. The animals were submited to roentgenogram with barium enema on the fourth postoperative day to search for stenosis. On the seventh day, after having been anaesthetized, animals were submited to a laparotomy, segments were collected for both macroscopic and microscopic study. RESULTS: Fibrine glue has shown better result on repair, due to the production of collagen fibres. CONCLUSION: The experiment has come to prove that the wound made on rat's colon can be repaired by the jejunal serosal wall joined to the wound either using the fibrine glue or cyanoacrylate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Avaliação do dímero D (D-Di) na doença hipertensiva específica da gravidez (DHEG)/ D-dimer plasma levels assessment in preeclampsia

Dusse, Luci Maria Sant'Ana; Vieira, Lauro Mello; Carvalho, Maria das Graças
2003-09-01

Resumo em português A doença hipertensiva específica da gravidez (DHEG), na sua forma pura, caracteriza-se pelo aparecimento, em grávida normotensa, após a vigésima semana de gestação, da tríade sintomática: hipertensão, proteinúria e edema. A DHEG está associada a vasoconstrição generalizada, anormalidades da coagulação e deposição de fibrina na microcirculação da placenta. A fibrina compromete a perfusão adequada da placenta, contribuindo para a prematuridade, o baixo (mais) peso fetal e a mortalidade neonatal. Os dímeros D (D-Di) constituem os menores fragmentos dos produtos de degradação da fibrina (pdf) e são produzidos após a lise, pela plasmina, da ligação cruzada da fibrina. Níveis plasmáticos aumentados de D-Di indicam tanto uma exacerbação da formação de fibrina como um aumento da ação da plasmina. O presente trabalho teve por objetivo avaliar e comparar os níveis plasmáticos de D-Di, obtido por Elisa (Stago) em gestantes-controle (n = 26), gestantes com DHEG nas formas leve e moderada (n = 23) e gestantes com DHEG na forma grave (n = 20), visando a investigar a possível utilização desse marcador laboratorial para diagnóstico e/ou prognóstico da doença. As médias e os desvios padrões obtidos para os três grupos avaliados foram 1.146,6 ± 311,2; 1.060,3 ± 259,2 e 1.497,8 ± 435,3ng/ml, respectivamente. A análise estatística das médias dos resultados obtidos revelou um aumento significativo de D-Di plasmático no grupo com DHEG grave, comparando-se aos grupos com DHEG leve/moderada (p Resumo em inglês Preeclampsia is associated to a generalized vasoconstriction, clot abnormalities and fibrin deposition within placenta microcirculation. The presence of fibrin hampers the placenta perfusion contributing to prematurity, fetal low weight and neonates' mortality. D-Dimers (D-Di) are the products of degradation of cross-linked fibrin by plasmin. Increased plasma levels of D-Di may indicate either an exacerbated fibrin formation or an increase in plasmin activity. The present (mais) work aimed to assess and compare the plasma levels of D-Di (Elisa, Stago) in normal women (controls, n = 26), preeclamptic women with mild and moderate symptoms (n = 23) and preeclamptic women with severe symptoms (n = 20), in order to investigate the possible usefulness of this laboratory marker for diagnosis and/or prognosis of this disease. The averages and standard deviations observed for the three groups were 1,146.6 ± 311.2; 1,060.3 ± 259.2 and 1,497.8 ± 435.3ng/ml, respectively. A significant difference for D-Di levels was observed between pregnant women with severe and mild/moderate symptoms (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Enterotoxemia em caprinos no Rio Grande do Sul/ Caprine enterotoxaemia in Rio Grande do Sul, Brazil

Colodel, Edson M.; Driemeier, David; Schmitz, Milene; Germer, Marlise; Nascimento, Ricardo A. P.; Assis, Ronnie A.; Lobato, Francisco C.F.; Uzal, Francisco A.
2003-12-01

Resumo em português São descritos surtos de enterotoxemia em caprinos em cinco propriedades no Estado do Rio Grande do Sul. Os animais afetados eram, normalmente, encontrados mortos ou apresentavam evolução aguda de 2 a 3 horas com acentuada depressão, cólicas abdominais e diarréia profusa com fibrina. Em duas propriedades relataram-se casos com a evolução de até 12 horas. Em treze animais necropsiados observaram-se aumento de líquidos nas cavidades abdominal, torácica e pericárd (mais) ica, congestão e hiperemia da serosa e mucosa do intestino, conteúdo do cólon líquido com fibrina além de hemorragias de serosa e fibrina. Em um animal constatou-se microangiopatia cerebral caracterizada por acúmulo de material homogêneo e eosinofílico no espaço perivascular. No conteúdo intestinal, colônias com bastonetes morfológica e bioquimicamente sugestivos de Clostridium perfringens foram caracterizadas no estudo bacteriológico. A soroneutralização em camundongos com conteúdo intestinal dos animais afetados, revelou a presença da toxina épsilon. Estes achados evidenciam a enterotoxemia como doença de importância para criação de caprinos no Rio Grande do Sul. Resumo em inglês Five outbreaks of caprine enterotoxaemia in Rio Grande do Sul, Brazil, were studied. The animals were found dead or had a clinical course that usually lasted 2-3 hours. From two farms a clinical manifestation period of 12 hours was reported. Clinical signs were characterized by depression, marked abdominal discomfort, profuse watery diarrhea with fibrin clots, and death. Thirteen necropsies were performed and hydropericardium, hydrothorax and hydroperitoneum were commonly (mais) found. The mucosa and serosa of the colon were congested, and its contents was watery with multiple fibrin clots. Serosal hemorrhages and fibrin clots in the gallbladder were also seen. Fibrinous colitis and thyphilitis were the most frequent histological changes. Cerebral microangiopathy was observed in one case, which was characterized by acute perivascular proteinaceous edema around arterioles of the nucleus caudatus and thalamus. Large numbers of Gram-positive rods, often in clumps and with morphology consistent with Clostridium perfringens, were seen in intestinal smears. The intestinal contents of six goats were positive for epsilon toxin by mouse neutralization test. These findings suggest that enterotoxaemia is an important disease of goat flocks in southern Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Trombose em artérias pulmonares pequenas e médias em granulomatose de Wegener: um estudo com microscopia confocal por varredura a laser/ Thrombosis in small and medium-sized pulmonary arteries in Wegener's granulomatosis: a confocal laser scanning microscopy study

Santana, Alfredo Nicodemos Cruz; Ab'Saber, Alexandre Muxfeldt; Teodoro, Walcy Rosolio; Capelozzi, Vera Luiza; Barbas, Carmen Silvia Valente
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVO: A granulomatose de Wegener (GW) pode causar dano nas células endoteliais e fenômenos tromboembólicos. Entretanto, poucos estudos analisaram a microcirculação pulmonar - artérias pulmonares de pequeno/médio calibre (APPMC) - em pacientes com GW. O objetivo deste estudo foi quantificar trombos de fibrina em amostras de APPMC de pacientes com GW. MÉTODOS: Analisamos 24 APPMC de seis pacientes com GW e 16 APPMC de quatro pacientes controles sem WG. Utilizamo (mais) s CD34 para a marcação do endotélio em todas as amostras e microscopia confocal a laser para detectar trombos de fibrina intravasculares. Calculamos a área total do vaso, a área livre do lúmen e a área trombótica. RESULTADOS: A média da área total do vaso foi similar no grupo GW e no grupo controle (32.604 µm² vs. 32.970 µm², p = 0,8793). Trombos foram identificados em 22 das 24 APPMC (91,67%) no grupo GW, e em nenhuma do grupo controle (p Resumo em inglês OBJECTIVE: Wegener's granulomatosis (WG) can cause endothelial cell damage and thromboembolic events. Nevertheless, there have been few studies on the pulmonary microcirculation-small and medium-sized pulmonary arteries (SMSPA)-in patients with WG. The objective of this study was to quantify fibrin thrombi in the SMSPA of patients with WG. METHODS: We analyzed 24 SMSPA samples collected from six patients with WG and 16 SMSPA samples collected from four patients without WG (mais) . In all samples, we used the endothelial cell marker CD34 and confocal laser scanning microscopy in order to detect intravascular fibrin thrombi. We calculated the total vessel area, the free lumen area, and the thrombotic area. RESULTS: The mean total vessel area was similar in the WG and control groups (32,604 µm² vs. 32,970 µm², p = 0.8793). Thrombi were present in 22 (91.67%) of the 24 WG group samples and in none of the control group samples (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Associação de bronquite plástica com enteropatia perdedora de proteínas após operação de Fontan/ Association of plastic bronchitis to protein-losing enteropathy after fontan operation/ Asociación de bronquitis plástica a la enteropatía perdedora de proteínas tras operación de fontan

Guimarães, Vanessa Alves; Atik, Edmar; Castelli, Jussara Bianchi; Ikari, Nana Miura; Thomaz, Ana Maria; Lopes, Antonio Augusto Barbosa
2010-04-01

Resumo em português Relatamos um caso incomum de associação de bronquite plástica (BP) com enteropatia perdedora de proteínas (EPP) em menina de 4 anos e 9 meses de idade. com dupla via de entrada de ventrículo único tipo esquerdo e concordância ventrículo-arterial submetida à cirurgia cavopulmonar total. com túnel lateral intracardíaco aos três anos. Tornaram-se chamativas a eliminação de molde brônquico de fibrina de 10 cm (BP) e a elevação de alfa-1-antitripsina de 52 mg/ (mais) g de fezes. Em uso de sildenafila. programou-se. em caso de continuidade do processo. a ligadura do ducto torácico e transplante cardíaco. Resumo em espanhol Referimos el caso atípico de asociación de bronquitis plástica (BP) con enteropatía perdedora de proteínas (EPP) en una menina de 4 años y 9 meses de edad, con doble vía de entrada de ventrículo único tipo izquierdo y concordancia ventrículo-arterial sometida a la cirugía cavopulmonar total, con túnel lateral intracardiaco a los 3 años. Se consideraron como llamativas la eliminación de molde bronquial de 10 cm formado por fibrina (BP) y la elevación de alfa (mais) -1-antitripsina de 52 mg/g de heces. En uso de sildenafila, se programó, en caso de continuidad del proceso, la ligadura del conducto torácico y trasplante cardíaco. Resumo em inglês We report an unusual case of association of plastic bronchitis (PB) to protein-losing enteropathy (PLE) in a girl of 4 years and 9 months of age with double inlet single left ventricle and ventriculoarterial concordance. submitted to total cavopulmonary surgery. with an intracardiac lateral tunnel at the age of three. The elimination of the 10 cm fibrin bronchial mold (PB) and the alpha-1-antitrypsin elevation of 52 mg/g in feces had both become outstanding. Using sildenafil. the thoracic duct ligature and the cardiac transplant were programmed in case of continuity of the process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Caso para diagnóstico/ Case for diagnosis

Costa, Francine Batista; Duquia, Rodrigo Pereira; Souza, Paulo Ricardo Martins; Vettorato, Gerson; Almeida Jr, Hiram Larangeira de
2009-08-01

Resumo em português O eritema elevatum diutinum é vasculite cutânea rara. Caracteriza-se por pápulas e nódulos eritêmato-acastanhados, que podem coalescer formando placas. A região extensora dos membros é a mais acometida, e lesões antigas apresentam aspecto xantomatoso. O exame histopatológico apresenta infiltrado neutrofílico perivascular com depósito dérmico de fibrina, edema endotelial e leucocitoclasia. Apresenta-se um caso de eritema elevatum diutinum sem doença secundária associada. Resumo em inglês Erythema elevatum diutinum is a rare presentation of cutaneous vasculitis. Typical lesions are papules, plaques, and nodules that may coalesce and later turn to yellow-brown color. The extensor surface of the extremities is the most involved area and older lesions may present xanthomatous appearance. Light microscopy of acute lesions shows neutrophilic, perivascular infiltrate with dermal fibrin deposits, endothelial expansion, and leukocytoclasis. We present a case of erythema elevatum diutinum without associated disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Fechamento de perfuração septal nasal em coelhos com celulose bacteriana/ Nasal septal perforation closure with bacterial cellulose in rabbits

Martinez Neto, Eulógio Emílio; Dolci, Jose Eduardo Lutaif
2010-08-01

Resumo em português Biomateriais podem ser válidos à somação de tecido e estrutura para o fechamento da perfuração do septo nasal. OBJETIVO: Testar celulose produzida pela bactéria Acetobacter xylinum associada à cola biológica no fechamento de perfurações septais em coelhos. Comparar histologicamente fibrose, inflamação, congestão vascular, integridade do enxerto e fechamento da perfuração septal. MATERIAL E MÉTODO: Quinze coelhos foram distribuídos em dois grupos: Control (mais) e (5 coelhos) e celulose - Bionext® associado à cola de fibrina - Tissucol® (10 coelhos). Foi realizada uma perfuração cirúrgica no septo nasal em todos os coelhos. Nos animais do grupo Bionext® foi realizado o fechamento da perfuração com a colocação de celulose e aplicação de cola de fibrina. RESULTADOS: Dois coelhos foram a óbito. No grupo com celulose ocorreu o fechamento de duas perfurações e em 4 casos a celulose manteve-se impactada entre os bordos das perfurações. No grupo controle não ocorreu fechamento da perfuração septal em nenhum dos coelhos operados. CONCLUSÃO: Não houve diferença estatística significante nos quesitos inflamação aguda, congestão vascular e fibrose, avaliado histologicamente. Nos casos onde o enxerto se manteve posicionado, não houve alteração quanto à sua integridade. Pode ser útil à somação do arsenal terapêutico como base para re-epitelização dos bordos da perfuração. Resumo em inglês Alloplastic materials can be used together with tissue and structure to close nasal septal perforation. AIM: to test cellulose use in the closure of septal perforation in rabbits and to compare fibrosis, inflammation, vascular congestion and graft integrity. MATERIALS AND METHODS: Fifteen rabbits. The rabbits were divided into two groups: Control: Five rabbits and Bionext® and fibrin glue Tissucol®: Ten rabbits. Septal perforations were done in all of them. In the Bione (mais) xt® group the closure was performed with the placement of cellulose. RESULTS: Two rabbits died in the first week. Cellulose group: 2 closures without the cellulose in between the septum membrane and in 4 cases the graft stood in the middle of the perforation locked in place by the edges. No closure in the control group. CONCLUSION: There was no closure of the perforation of the nasal septum with the graft between the septum membranes. There was no statistically significant difference concerning acute inflammation, vascular congestion and fibrosis between the 2 groups. In cases in which the graft remained in place, there was no change in its integrity. It may be used as a substructure for reepithelization of the perforation edges.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Colite por citomegalovirus em paciente transplantada renal: relato de caso e revisão da literatura/ Citomegalovirus colitis in kidney transplant patient: case report and literature review

Hossne, Rogério Saad; Prado, Renê Gamberini; Bakonyi Neto, Alexandre
2007-06-01

Resumo em português A infecção do citomegalovírus ocorre geralmente em pacientes imunocomprometidos sejam pós-transplantados ou pelas doenças que comprometem o sistema imune (AIDS); apresentamos um caso de um paciente do sexo feminino de 49 anos de idade, que se encontrava em pós-operatório tardio de transplante renal (14 anos), fazendo uso de medicações imunossupressoras. Evolui com quadro de dor abdominal, perda do peso e diarréia não sanguinolenta na fase inicial, necessitando (mais) de hospitalização, durante a qual desenvolveu severos quadros de hematoquezia e hipotensão. Submetida a colonoscopia que revelou mucosa de aspecto friável, com úlceras do tipo aftóides, fibrina e formação de pseudopólipos; a biopsia revelou tratar-se de citomegalovírus. Evolui sem melhora com o uso do foscarnet r, necessitando de tratamento cirúrgico, indo a óbito após 5 dias. Resumo em inglês Cytomegalovirus infection frequently develops in immunocompromised patients, either in post-transplanted patients or in patients with diseases that affects the immune system, such as AIDS; we present a case of a 49 year old female patient in late post surgery (14 years) of a kidney transplant, using immunosuppressing medication. The patient presented abdominal pain, weight loss and initial diarrhea, she was hospitalized and developed severe hematochezia and hypotension. T (mais) he patient was submitted to a colonoscopy and presented friable aspect mucosa, with aphthoid ulcers, fibrin and pseudopolyp formation; biopsy revealed cytomegalovirus. Her condition did not improve after the use of foscarnet, and surgical treatment was necessary. The patient died 5 days later.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Estudo morfológico das entero-anastomoses com suturas em pontos separados complementados com adesivo sintético ou biológico em coelho/ Morphologic study of enteroanastomosis with sutures in separated stitches supplementeds with synthetical adhesive or biological adhesive

Amaral, Ademir Teixeira do; Taha, Murched Omar; Fagundes, Djalma José; Simões, Manuel de Jesus; Novo, Neil Ferreira; Juliano, Yara
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a eficácia dos adesivos de fibrina e cianoacrilato como coadjunvantes nas anastomoses de intestino delgado de coelhos. MÉTODOS: Oitenta coelhos, linhagem Nova Zelândia, machos, adultos, foram submetidos a enterectomia de 3cm e enterorrafia e distribuídos em quatro grupos: Grupo A (dois pontos eqüidistantes); Grupo B (quatro pontos eqüidistantes); Grupo C (seis pontos eqüidistantes); Grupo D (oito pontos eqüidistantes). No 14º dia de observaç� (mais) �o, os animais foram submetidos a uma laparotomia mediana para estudo macroscópico da cavidade abdominal para identificação e avaliação de aderências, deiscências e/ou fístulas. O segmento intestinal anastomosado foi retirado e feito um molde de alginato para posterior avaliação do índice de estenose. As peças retiradas foram processadas para estudo histológico e avaliação de fibras colágenas, macrófagos, neovascularização e granuloma tipo corpo estranho. RESULTADOS: Não houve diferença significante na avaliação de deiscência e fístulas com os dois adesivos entre os quatros sub-grupos. A aderência ocorreu em maior número nos sub-grupos do adesivo sintético. O índice de estenose foi maior nos animais do adesivo sintético somente nos sub-grupos com dois e oito pontos. A análise histológica mostrou que em todos os parâmetros avaliados (macrófago, neovascularização e granuloma) não houve diferença significante entre os dois tipos de adesivos. Em relação a porcentagem de colágeno verificou-se que houve diferença significante somente no grupo B em que o adesivo sintético foi menor que o biológico. CONCLUSÃO: O adesivo biológico de fibrina mostra mais eficácia que o adesivo sintético como complemento de suturas nas anastomoses intestinais. Resumo em inglês PURPOSE: The aim of the research was to verify the efficacy of the fibrin or cianoacrylate glue as coadjuvant in the intestinals anastomosis of rabbits. METHODS: Eighty rabbits, lineage New Zealand, males, adults, were submitted to enterectomy of 3cm and enteroraphy distributed in four groups: Group A (two equidistants stitches); Group B (four equidistants stitches); Group C (six equidistants stitches); Group D (eight equidistants stitches). In 14 days of observation, the (mais) animals were submitted to median laparotomy for macroscopic study of the abdominal cavity for identification and evaluation of adherence, dehiscence and fistula. The segment anastomosed was removed and was maked mould of alginate for later evaluation of the index of stenosis. The parts removed were processed for histological study and evaluation of collagen, macrofages, vessels and granulomas. RESULTS: Significant difference was not presented in the evaluation of dehiscence and fistula with the two adhesives between the four subgroups. The adherence occurred in higher number in the subgroups of the synthetical adhesive. The index of stenosis was higher in the animals of the synthetical adhesive only in the subgroups with two and eight stitches. The histological analysis showed that in all the parameters evaluated (macrofages, vessels and granulomas) did not present significant difference between the two kinds of adhesives. In relation the percentagem of collagen was verified that presented significant difference in group B in that the synthetical adhesive was smaller that the biological adhesive. CONCLUSION: The biological adhesive of fibrin show more efficacy that the synthetical adhesive as coadjunvants of suture in the intestinals anastomosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Pneumonia aguda fibrinosa e organizante/ Acute fibrinous and organizing pneumonia

Damas, C; Morais, A; Moura, C S; Marques, J A
2006-09-01

Resumo em português A designação acute fibrinous and organizing pneumonia (AFOP) foi proposta por Beasley et al para os casos em que as características histopatológicas das lesões não se enquadravam em outras situações clínicas (agudas ou subagudas) conhecidas. A presença de fibrina intra alveolar e de pneumonia organizativa, com distribuição difusa, é a principal alteração histológica associada a esta entidade. Os autores descrevem o caso de um doente do sexo masculino, com (mais) o diagnóstico de AFOP, por biópsia pulmonar cirúrgica. O doente teve uma apresentação subaguda, apresentando por queixas principais tosse, dor torácica e febre. TAC torácica mostrou infiltrados bilaterais, difusos. Após início de corticoterapia sistémica e ciclofosfamida, o doente apresentou melhoria clínica significativa. Ao elaborar este caso, os autores esperam acrescentar mais alguns dados sobre esta nova entidade. Resumo em inglês The term Acute Fibrinous and Organizing Pneumonia (AFOP) has been proposed by Beasley et al for cases that not fit into the histopathologic criteria of the recognized entities described as acute or subacute clinical presentations. The presence of intra-alveolar fibrin in the form of fibrin ‘balls’ and organizing pneumonia with patchy distribution are the main histological features of this entity. We describe the case of a male patient with the diagnostic of AFOP made by (mais) surgical lung biopsy. He had a subacute presentation of symptoms consisting of productive cough,chest pain and fever. Bilateral infiltrates with patchy and diffuse distribution were the predominant features in his chest HRCT scan. The patient had a good clinical course after a treatment with prednisone and cyclophosphamide. Our hope in reporting this case study is to add some more data to the discussion of this new entity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Estudo macroscópico das aderências peritoneais provocadas experimentalmente em cães/ Experimental peritoneal adhesions in dogs. A macroscopic study

Del Carlo, Ricardo Junqueira; Galvão, Simone Rezende; Tinto, Jorge José Rio; Pontini, Andressa Cristina Gusmão; Lopes, Marco Aurélio Ferreira
1997-06-01

Resumo em português O trabalho objetivou comparar procedimentos cirúrgicos habituais nas laparotomias como fatores etiopatogênicos de aderências. Justifica-se por ser importante para o cirurgião poder reduzir ou prevenir sua formação naquelas situações em que tal mecanismo possa eventualmente criar novas condições patológicas. Os resultados da pesquisa permitem concluir que potencialmente as áreas isquêmicas são os maiores participantes da gênese de aderências. Foi verificado (mais) também que a utilização de medidas hemostáticas induziram a formação de aderências, mas em menor intensidade que a isquemia. A abrasão promovida pela hemostasia com gaze cirúrgica, promoveu irritação que se manifestou pela exsudação e deposição de fibrina, traduzindo-se por aderências observadas aos sete e 15 dias. A lesão cruenta, por não interferir com o mecanismo fibrinolítico, permitiu que o exsudato fibroso fosse lisado, e apenas um animal apresentou, aos 15 dias, aderência de pouca intensidade. Resumo em inglês This research was performed in order to study the adhesion formation induced by injury to the peritoneum at the time of surgery. In the present study ischemia by ligation appears to be the most potent adhesiogenic factor. Serosal injury and drying and the lesions cauterized by electric cautery were forms of serosal injury that induced fibrinous or irreversible adhesions. Adhesions were stimulated when drying was combined with rubbing the tissue with dry gauze. The combina (mais) nt drying with fibrin enhanced the inicial adhesion. Comparing the four factors, serosal injury was posibly the least likely to cause adhesions. In this type of injury the fibrinolitic mechanism was not inhibited.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Avaliação anatomopatológica de cicatrizes uterinas de acordo com o tipo de sutura cirúrgica (modelo experimental)/ Anatomopathological evaluation of uterine scars according to the type of surgical suture (experimental model)

Guidoni, Rogério Gomes dos Reis; Toledo, Sérgio Floriano de; Saito, Maurício; Buzzini, Rodrigo Ferreira; Pontes, Cesar Cilento; Souza, Eduardo de; Camano, Luiz
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: comparar, macro e microscopicamente, cicatrizes uterinas pós-cesáreas, nas quais foram feitas suturas com pontos separados, contínuos e contínuos ancorados. MÉTODOS: utilizamos três coelhas prenhes, realizando parto cesáreo no 26º dia de prenhez, com três incisões em cada corno uterino. As histerorrafias foram realizadas com fio Vicryl® 00, com suturas distintas (pontos separados, sutura contínua e contínua ancorada). No 60º dia pós-parto, realiza (mais) mos histerectomia total abdominal e anexectomia bilateral, para avaliação das cicatrizes cirúrgicas. Na macroscopia, avaliamos o grau de retração cicatricial (longitudinal e transversal), o depósito de fibrina, presença de aderências e integridade dos fios de sutura. Na microscopia, utilizamos coloração de hematoxilina-eosina, para contagem de vasos sangüíneos e fibroblastos, e a coloração do tricômio de Masson, para quantificação do colágeno. Para a análise comparativa das cicatrizes, utilizamos os testes de Friedman e exato de Fisher, adotando nível de significância de 5%. RESULTADOS: foram obtidas 18 cicatrizes, seis para cada tipo de sutura. Obtivemos as seguintes médias 0,5/0,4/0,5 (p=0,069) para os graus de retração longitudinal e 0,3/0,4/0,3 (p=0,143) para os graus de retração transversal, respectivamente para as suturas com pontos separados, contínuo e contínuo ancorado. Todas as suturas apresentaram depósito de fibrina regular, ausência de aderência e reabsorção integral dos fios. Na microscopia, apuramos a média de vasos sangüíneos (158,5/139,3/172,1; p=0,293), de fibroblastos (351,6/345,8/354,3; p=0,311) e da porcentagem de tecido colágeno (44,0/45,5/48,5; p=0,422), respectivamente para as suturas com pontos separados, contínuo e contínuo ancorado. CONCLUSÕES: a técnica de histerorrafia na cesárea de coelhas (pontos simples, sutura contínua e contínua ancorada) não determinou diferenças estatísticas significantes em relação aos parâmetros macroscópicos e microscópicos avaliados. Resumo em inglês PURPOSE: to compare macro and microscopically, surgical uterine sutures in female rabbits, after caesarean section utilizing separate, continuous and continuous anchored suture stitches. METHODS: three New Zealand female rabbits in their first pregnancy were used. The caesarean section was carried out at the 26th day of gestation and three incisions were performed in each uterus. The hysterorrhaphy was performed with a 00 Vicryl® thread, and a different suture technique (mais) was employed for each incision. Total hysterectomy and adnexectomy were done at the 60th day post-delivery with the preservation of eventual adhesions for the evaluation of the surgical scars. The extent of scar retraction, amount of fibrin deposit and the suture integrity were evaluated through macroscopy. For the evaluation through microscopy, hematoxylin eosin technique was used for cellular colorimetry, and Masson's trichrom to evidence collagen. The statistical non-parametric Friedman's test was employed for the matching hypothesis, and Fisher's exact test to verify the homogeneity of the techniques (level of significance: 5%). RESULTS: a total of 18 scars were obtained (six scars per suture). The following mean values were obtained for the longitudinal (0.5/0.4/0.5, p=0.069) and transversal retraction degrees (0.3/0.4/0.3, p=0.143) respectively for separate, continuous and continuous anchored suture techniques. All sutures presented regular fibrin deposit, no adhesions and integral absorption of the stitches. The mean value of the blood vessels (158.5/139.3/172.1; p=0.293), fibroblasts (351.6/345.8/354.3; p=0.311) and of collagen percentage (44.0/45.5/48.5; p=0.422) were calculated through microscopy, respectively for separate, continuous and continuous anchored suture techniques. CONCLUSIONS: the type of hysterorrhaphy technique of caesarean section in female rabbits did not generate any significant statistical difference in the macroscopic and microscopic parameters evaluated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Fístula gastrobrônquica como complicação rara de gastroplastia para obesidade: relato de dois casos/ Gastrobronchial fistula as a rare complication of gastroplasty for obesity: a report of two cases

Campos, Josemberg Marins; Siqueira, Luciana Teixeira de; Meira, Marconi Roberto de Lemos; Ferraz, Álvaro Antônio Bandeira; Ferraz, Edmundo Machado; Guimarães, Murilo José de Barros
2007-08-01

Resumo em português A fístula gastrobrônquica é uma condição rara como complicação decorrente de cirurgia da obesidade. O seu manejo exige a participação ativa de um pneumologista, o qual deve conhecer alguns aspectos dos principais tipos de cirurgia bariátrica. Neste relato, descrevemos dois casos de pacientes que apresentaram abscessos subfrênico e pulmonar recidivantes secundários a fístula no ângulo de His durante 19,5 meses, em média. Após o insucesso das relaparotomias, (mais) a cura foi obtida por meio da antibioticoterapia e, principalmente, por meio da estenostomia e da dilatação endoscópica, além do uso de clipes e cola de fibrina na fístula. Estas complicações pulmonares não devem ser tratadas isoladamente sem uma avaliação gastrintestinal pois isso pode resultar em piora do quadro respiratório, dificultando o manejo anestesiológico durante procedimentos endoscópicos. Resumo em inglês Gastrobronchial fistula is a rare condition as a complication following bariatric surgery. The management of this condition requires the active participation of a pulmonologist, who should be familiar with aspects of the main types of bariatric surgery. Herein, we report the cases of two patients who presented recurrent subphrenic and lung abscess secondary to fistula at the angle of His for an average of 19.5 months. After relaparotomy was unsuccessful, cure was achieved (mais) by antibiotic therapy and, more importantly, by stenostomy and endoscopic dilatation, together with the use of clips and fibrin glue in the fistula. These pulmonary complications should not be treated in isolation without a gastrointestinal evaluation since this can result in worsening of the respiratory condition, thus making anesthetic management difficult during endoscopic procedures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Estudo sobre a aplicabilidade de adesivos biológicos à reinserção de músculo ocular externo em coelhos - II. Experimento II - Medida das distâncias das bordas nasal e temporal do músculo ao limbo e da extensão da adesão tecidual/ A study of the applicability of biological adhesives to the insertion of an external ocular muscle in rabbits - II. Experiment II - Measurement of the distances from the nasal and temporal muscles to the limbus and of the extent of tissue adhesion

Corrêa, Beatriz Simões; Bicas, Harley Edson Amaral
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Medir a extensão de aderências mioesclerais no quadragésimo dia de pós-operatório. MÉTODOS: Quinze coelhos da raça Nova Zelândia foram distribuídos em três grupos de cinco coelhos, submetidos à operação de desinserção do músculo reto superior de ambos os olhos, e reposicionamento no local da inserção original: o Grupo SP para o controle, sutura com fio de poliglactina 910 (Vicryl® 6-0), Grupo AF, adesivo de fibrina (Beriplast-P®), e Grupo AC, (mais) adesivo de cianoacrilato (Histoacryl®). Antes da desinserção muscular, foram medidas as distâncias do gancho sob o músculo ao limbo, borda medial e lateral. Após quarenta e cinco dias, estes olhos foram reoperados e as medidas realizadas novamente. RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre os adesivos estudados, quanto à adesão tecidual e às distâncias encontradas do músculo ao limbo nos pré- e pós-operatórios. CONCLUSÕES: As aderências teciduais encontradas foram provavelmente devidas aos processos de cicatrização, não dependendo dos materiais estudados. Resumo em inglês PURPOSE: Measure the extent of mioscleral adhesion on the fourtieth postoperative day. METHODS: Fifteen New Zealand rabbits were divided into three groups of five rabbits. They were operated on to server the insertion of the rectus muscle in the eye and then to reinsert it. Group SP, polyglactin (Vicryl®) was used as control. In group AF, fibrin adhesive (Beriplast-P®) was used, and in group AC, cyanoacrylate adhesive (Histoacryl®). Before severing muscle insertion, th (mais) e distances between the muscle attachments of the limbus to the medial and lateral borders were measured. After forty-five days, the operation was again performed and the measurements were taken once more. RESULTS: There was no significant difference between the studied adhesives in terms of tissue adhesion and of the distances from the muscle to the limbus before and after surgery. CONCLUSION: The found tissue adhesion was probably due to the scarring process and was not dependent on the studied materials.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Efeito cicatrizante e atividade antibacteriana da Calendula officinalis L. cultivada no Brasil/ Healing effect and antibacterial activity of Calendula officinalis L. cultivated in Brazil

Parente, L.M.L.; Silva, M.S.B.; Brito, L.A.B.; Lino-Júnior, R.S.; Paula, J.R.; Trevenzol, L.M.F.; Zatta, D.T.; Paulo, N.M.
2009-01-01

Resumo em português Desde a antiguidade propriedades medicinais são atribuídas às flores da Calendula officinalis L. (Asteraceae) destacando-se a atividade cicatrizante. Estudos sobre a atividade geral de plantas medicinais na cicatrização vêm sendo realizados, sem especificar sobre qual das fases da cicatrização a planta atua. Neste trabalho a atividade cicatrizante e antiinflamatória do extrato etanólico das flores da C. officinalis cultivada no Brasil foi avaliada em feridas cut (mais) âneas de ratos Wistar, por meio de avaliação macroscópica e histológica. A atividade antimicrobiana do extrato e das frações hexânica e diclorometano também foi avaliada. A atividade antiinflamatória do extrato etanólico da calêndula foi atribuída à diminuição da exsudação serosa, da hiperemia, da deposição de fibrina e da hiperplasia epidermal, além de resultar em crostas mais delgadas e umedecidas. Observaram-se também aumento de colágeno no tecido de granulação e efeito antibacteriano. Assim, o extrato etanólico da calêndula atuou de forma positiva sobre a atividade cicatricial em feridas cutâneas de ratos, bem como apresentou atividade antibacteriana in vitro. Resumo em inglês Since ancient history medicinal properties are attributed to flowers of Calendula officinalis L. (Asteraceae), mainly concerning its healing activity. Studies about the general activity of medicinal plants in healing wounds have been conducted without specifying in which healing phase the plant acts. In this work, the anti-inflammatory and healing activity of the ethanolic extract of C. officinalis flowers cultured in Brazil was evaluated in cutaneous wounds of Wistar rat (mais) s through macroscopic and histological evaluation. The antibacterial activity of the extract and dichloromethane and hexane fractions was also evaluated. The anti-inflammatory activity of calendula ethanolic extract led to a reduction in plasmatic exudation, hyperemia, fibrin deposition and epidermal hyperplasia, besides resulting in less edematous crusts. There was also an increase in collagen in the granulation tissue and an antibacterial effect. Therefore, calendula ethanolic extract positively acted on the healing process of cutaneous wounds of rats and presented in vitro antibacterial activity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

O novo modelo da cascata de coagulação baseado nas superfícies celulares e suas implicações/ A cell-based model of coagulation and its implications

Ferreira, Cláudia Natália; Sousa, Marinez de Oliveira; Dusse, Luci Maria Sant'Ana; Carvalho, Maria das Graças
2010-01-01

Resumo em português O conceito da cascata da coagulação descreve as interações bioquímicas dos fatores da coagulação, entretanto, tem falhado como um modelo do processo hemostático in vivo. A hemostasia requer a formação de um tampão de plaquetas e fibrina no local da lesão vascular, bem como a permanência de substâncias procoagulantes ativadas nesse processo no sítio da lesão. O controle da coagulação sanguínea é realizado por meio de reações procoagulantes em superfí (mais) cies celulares específicas e localizadas, evitando a propagação da coagulação no sistema vascular. Uma análise crítica do papel das células no processo hemostático permite a construção de um modelo da coagulação que melhor explica hemorragias e tromboses in vivo. O modelo da coagulação baseado em superfícies celulares substitui a tradicional hipótese da "cascata" e propõe a ativação do processo de coagulação sobre diferentes superfícies celulares em quatro fases que se sobrepõem: iniciação, amplificação, propagação e finalização. O modelo baseado em superfícies celulares permite um maior entendimento de como a hemostasia funciona in vivo e esclarece o mecanismo fisiopatológico de certos distúrbios da coagulação. Resumo em inglês The concept of a coagulation cascade describes the biochemical interactions of the coagulation factors, but it is flawed as a model of the in vivo hemostatic process. Hemostasis requires both platelet and fibrin plug formation at the site of vessel injury and that the procoagulant substances activated in this process remain at the site of injury. This control of blood coagulation is accomplished as the procoagulant reactions only exist on specific cell surfaces to keep co (mais) agulation from spreading throughout the vascular system. A model of coagulation that better explains bleeding and thrombosis in vivo created after considering the critical role of cells. The cellbased model of hemostasis replaces the traditional "cascade" hypothesis, and proposes that coagulation takes place on different cell surfaces in four overlapping steps: initiation, amplification, propagation and termination. The cell-based model allows a more thorough understanding of how hemostasis works in vivo, and sheds light on the pathophysiological mechanism for certain coagulation disorder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Avaliações ultra-sonográfica, macroscópica e histológica da biopsia testicular em ovinos/ Assessment of ultrasonographic images and gross and microscopic lesions of the testicular biopsy in sheep

Sartori, R.; Prestes, N.C.; Canavessi, A.M.O.; Kempinas, W.G.; Rosa, G.J.M.
2002-06-01

Resumo em português Devido ao fato da biopsia testicular poder acarretar hemorragia, inflamação, degeneração, aderência e fibrose, especialmente com as técnicas incisionais ou abertas, este trabalho avaliou a aplicabilidade de uma técnica menos invasiva (biopsia com agulha Tru-Cut) em ovinos na obtenção de material para histologia e acompanhou as lesões testiculares posteriores. Trinta carneiros foram igualmente divididos em três grupos: 1) controle, animais não submetidos à bio (mais) psia; 2) submetidos à biopsia + cola de fibrina nos locais da biopsia testicular e incisões da pele; e 3) submetidos à biopsia + sutura da pele escrotal após a biopsia. Exames ultra-sonográficos foram realizados pré e pós biopsia. No centésimodia, os testículos foram avaliados macro e microscopicamente após orquiectomia. A ultra-sonografia permitiu mapear as alterações ocorridas e acompanhar a evolução das seqüelas. Ao exame macroscópico, pequenas áreas de calcificação foram observadas em 55 e 70% dos testículos nos grupos 2 e 3, respectivamente. A biopsia com agulha Tru-Cut forneceu material suficiente para histologia mas ocasionou lesões focais restritas à área biopsiada. Apesar da possível ocorrência de calcificação e outras lesões mínimas, foi demonstrado que a biopsia com agulha Tru-Cut em ovinos é um procedimento seguro por não ter comprometido significativamente as características estruturais e funcionais dos testículos. Resumo em inglês Because testicular biopsy can cause hemorrhage, inflammation, degeneration, adhesion, and fibrosis, especially if using the incisional or open biopsy techniques, the present study evaluated if testicular biopsy with Tru-Cut needle (a less invasive technique) in rams provides enough material for histology, and followed the subsequent testicular lesions. Thirty rams were evenly assigned to three groups: 1) control, no biopsy; 2) biopsy + fibrin glue on biopsy sites and skin (mais) incisions; and 3) biopsy + scrotal skin suture after biopsy. Ultrasonographic examinations were performed before and after biopsy. Orchiectomy was carried out on day 100 and the testicles were examined for gross and microscopic lesions. Ultrasonography permitted to map testicular alterations and to follow the evolution of the lesions. Small areas of calcification were observed in 55 and 70% of testicles from groups 2 and 3, respectively. Testicular biopsy with Tru-Cut needle provided enough material for histology but induced small and focal areas of testicular lesions close to the biopsy site. In spite of the potential occurrence of calcification and other minimal lesions, it was shown that testicular biopsy with Tru-Cut needle in rams is safe because did not significantly compromise the functional and structural testicular characteristics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Síndrome hemolítico-urêmica relacionada à infecção invasiva pelo Streptococcus pneumoniae/ Hemolytic-uremic syndrome complicating invasive pneumococcal disease

Cestari, Anna Leticia de O.; Vilela, Ricardo; Kunisawa, Juliana; Lopes, Carlos Eduardo
2008-03-01

Resumo em português OBJETIVO: A doença pneumocócica é importante problema de saúde pública e raramente há associação desta infecção com a síndrome hemolítico-urêmica (SHU) grave. O objetivo deste artigo é relatar o caso de um paciente com esta associação. DESCRIÇÃO DO CASO: Criança do sexo masculino, com 17 meses de idade, admitida no hospital com insuficiência respiratória aguda e necessitando de suporte ventilatório. O exame radiológico mostrava extensa opacidade hom (mais) ogênea em hemitórax direito. A hemocultura foi positiva para Streptococcus pneumoniae. Nos exames de admissão, notaram-se: hemoglobina de 6,5g/dL, 38.000 plaquetas/mm³, uréia de 79mg/dL e creatinina de 1,64mg/dL. No primeiro dia, apresentou oligoanúria e hipervolemia, necessitando de hemodiafiltração. Evoluiu com disfunção de múltiplos órgãos e óbito no sétimo dia. A necrópsia mostrou áreas extensas de necrose cortical e tubular renal, com depósito de fibrina nas arteríolas. COMENTÁRIOS: A SHU associada ao pneumococo apresenta morbidade e mortalidade elevadas. Em crianças com doença pneumocócica invasiva e acometimento hematológico ou renal grave, deve-se estar atento a esta rara complicação. Merecem investigação os seguintes aspectos relacionados à doença: a função da detecção precoce de antígenos T ativados no diagnóstico e terapêutica, o papel do fator H na patogênese, o método ideal de substituição renal e a definição do prognóstico em longo prazo. Resumo em inglês OBJECTIVE: Pneumococcal diseases are a major public health problem. Severe hemolytic-uremic syndrome is an uncommon complication. The aim of this study is to report a child with this complication. CASE DESCRIPTION: A male child with 17 months old was admitted to the hospital, due to acute respiratory failure, needing ventilatory support. Roentgenogram demonstrated massive condensation of right lung and Streptococcus pneumonia was isolated from blood cultures. Laboratory t (mais) ests showed hemoglobin level of 6.5g/dL, 38,000 platelets/mm³, blood urea nitrogen of 79mg/dL and creatinine of 1.64mg/dL. On the first day, patient developed oliguria and hypervolemia and needed hemodiafiltration. Multiple organs dysfunction syndrome was followed by death on the seventh day. Necropsy showed extensive renal cortical and tubular necrosis with fibrin deposits on arterioles. COMMENTS: Hemolytic-uremic syndrome complicating invasive pneumococcal disease has high morbidity and mortality rates. Children with pneumococcal infection and severe hematologic or renal abnormalities should be investigated. The usefulness of early recognition of T-antigen activation on diagnosis and therapeutics, the role of complement factor H in the pathology, the ideal renal replacement method and the definition of long term outcome are issues to be investigated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Anatomia patológica da sinóvia de pacientes submetidos à liberação do túnel do carpo/ Pathological study of the synovial tissue of patients who underwent open carpal tunnel release

Pires Neto, Pedro José; Pires, Robinson Esteves Santos; Condé, Leonardo Gomes; Rezende, Franz Moreira de; Andrade Filho, José de Souza
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar se a biópsia da sinóvia do túnel do carpo é capaz de identificar patologias sistêmicas que não foram diagnosticadas clinicamente ou por exames laboratoriais. MÉTODO: 46 exames anatomopatológicos da sinóvia dos tendões flexores no túnel do carpo de pacientes submetidos à liberação aberta para o tratamento desta síndrome compressiva foram, retrospectivamente, analisados. Os autores propuseram uma nova classificação para a lesão de acord (mais) o com a intensidade do processo inflamatório. RESULTADOS: O exame anatomopatológico mostrou que 56,6% das lâminas foram classificadas como grau I (sem alterações inflamatórias), 32,6%, grau II (infiltrado leucocitário e fibrose discretos, além de hialinose), 4,3%, grau III (infiltrado leucocitário e fibrose intensos, presença de fibrina e neoformação vascular) e 6,5%, grau IV (as alterações acima descritas associadas à presença de calcificação local e células gigantes). Dois pacientes com amiloidose foram classificados como graus I e II e não foram encontrados depósitos de material amilóide em suas lâminas. Dois pacientes portadores de hiperparatireoidismo e outro com insuficiência renal crônica foram classificados como grau IV. CONCLUSÃO: A realização da biópsia da sinóvia do túnel do carpo, além de agregar custos adicionais ao procedimento, não possibilitou o diagnóstico precoce de doenças sistêmicas em pacientes portadores de síndrome do túnel do carpo. Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine whether a biopsy of the synovia of the carpal tunnel is able to identify systemic diseases that were not diagnosed by clinical examination and laboratory tests. METHODS: Anatomical pathology P examinations of synovial tissue were performed in 46 patients that underwent open carpal tunnel release. Anatomical pathology examination with hematoxylin-eosin staining determined the intensity of the inflammatory process and the authors proposed a new class (mais) ification of the injury according to the intensity of the inflammatory process. RESULTS: The anatomical pathology examination showed that 56.6% were classified as grade I (unchanged inflammation), 32.6%, grade II (leukocyte infiltration and discreetmoderate fibrosis), 4.3%, grade III (leukocyte infiltrate and intense fibrosis, the presence of fibrin and vascular neoformation) and 6.5%, grade IV (changes described above associated with the presence of local calcification and giant cells). Two patients with amyloidosis were classified as grade I and II and no stockpiles of amyloid material were found on their slides. Two patients with hyperparathyroidism and another with chronic kidney failure were classified as grade IV. CONCLUSION: Synovial biopsy of the carpal tunnel did not make early diagnosis of potential systemic diseases possiblein patients with carpal tunnel syndrome, and adds extra costs to the procedure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Efeitos do contraceptivo oral contendo 20 µg de etinilestradiol e 150 µg de desogestrel sobre os sistemas de coagulação e fibrinólise/ Effects of the oral contraceptive containing 20 µg of etinilestradiol and 150 µg of desogestral on the coagulation and fibrinolise systems

Ferreira, Ana C.P.; Montes, Marlise B.A.; Franceschini, Silvio A.; Toloi, Maria R.T.
2000-08-01

Resumo em português O uso de contraceptivos orais está associado a um risco aumentado de doenças tromboembólicas, o que pode ser explicado pelos seus efeitos sobre o sistema hemostático. Tem sido descrito que o uso de contraceptivos orais promovem alterações pró-coagulantes, e que essas alterações são acompanhadas dos aumentos da atividade fibrinolítica e dos inibidores naturais da coagulação, o que causaria um restabelecimento do equilíbrio hemostático. O objetivo deste estud (mais) o foi avaliar os efeitos do contraceptivo oral contendo 20 µg de etinilestradiol e 150 µg de desogestrel sobre os sistemas de coagulação e fibrinólise. Participaram do estudo 11 voluntárias que foram avaliadas antes e após seis meses de uso do contraceptivo oral. Os parâmetros analisados foram: atividades dos fatores VII, VIII, IX, X e XII (plasmas deficientes em fatores com detecção foto-óptica do coágulo), atividades da antitrombina, plasminogênio e a2-antiplasmina (ensaios cromogênicos), quantificação dos antígenos t-PA, produtos de degradação da fibrina e proteínas C e S (ELISA), TP, TTPA e concentração plasmática de fibrinogênio (detecção foto-óptica do coágulo). Observamos as seguintes alterações estatisticamente significantes (nível de significância de p Resumo em inglês The aim of this work is to evaluate the effects on coagulation and fibrinolysis of the oral contraceptives of third generation in Brazilian women and the impact on these effects by reducing ethinyl estradiol dosage. Eleven Brazilian women taking monophasic oral contraceptive containing 20 µg of ethinyl estradiol combined with 150 µg of desogestrel for six cycles consecutively entered this study. The effects on parameters pro-coagulants, anticoagulants, pro-fib (mais) rinolytics and fibrin turnover index were evaluated. The results from oral contraceptive increased significatively the factors VIII, IX, X and XII. With respect to coagulation inhibitors, no antithrombin changes were noted in both groups, increase in the levels of protein C and decrease in the levels of protein S total were noted. Concerning the fibrinolytic parameters, the oral contraceptive increased the plasminogen activity, although no changes on t-PA, and alpha-2-antiplasmin were observed. Similary, no changes on the levels of fibrin degradation products were observed, thus indicating that oral contraceptives did not interfere with generation and degradation of fibrin. The results obtained indicate that the oral contraceptives studied did not promote enough pro-fibrinolytic changes so as to state that a re-establishment occurs on haemostatic balance. Therefore, we suggest the use of this oral contraceptive can result in thromboembolic episode mainly in association with other factors such as congenital deficiency of natural clotting inhibitor antithrombin, protein C or protein S.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Alterações morfológicas placentárias de recém-nascidos pequenos para a idade gestacional/ Changes in placental morphology of small for gestational age newborns

Oliveira, Lúcio H.; Xavier, César C.; Lana, Ana M.A.
2002-09-01

Resumo em português Objetivo: verificar a morfologia placentária de recém-nascidos a termo pequenos para a idade gestacional, tendo como hipótese a existência mais freqüente de alterações placentárias em recém-nascidos pequenos para a idade gestacional do que em adequados para a idade gestacional. Métodos: realizou-se estudo transversal, na maternidade Terezinha de Jesus, em Juiz de Fora, MG, no período compreendido entre fevereiro e novembro de 1996, no qual foram coletados dados (mais) referentes a cinqüenta recém-nascidos a termo, estimados como pequenos para a idade gestacional. Como grupo controle, foram incluídos recém-nascidos a termo, estimados como adequados para a idade gestacional, randomizados na proporção de um controle para cada caso. Dos 100 recém-nascidos participantes do estudo, foram obtidas as placentas, cordão umbilical e membranas, que foram examinados no Laboratório de Histologia e Embriologia do Departamento de Morfologia da UFJF e no Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal da UFMG. As mães foram entrevistadas, e os recém-nascidos avaliados quanto à idade gestacional, peso, comprimento e perímetro cefálico. Resultados: as placentas dos recém-nascidos pequenos para a idade gestacional apresentaram maior incidência de corioamnionite, infarto placentário, deposição perivilosa extensa de fibrina e vilosite crônica em focos múltiplos de localização parabasal, além de mostrarem menor peso e menores diâmetros em relação às placentas do grupo de recém-nascidos adequados para a idade gestacional (p Resumo em inglês Objective: to verify changes in placental morphology of small for gestational age newborns, considering that the occurrence of placental alterations is more frequent in small for gestational age (SGA) infants than in appropriate for gestational age (AGA) infants. Methods: fifty SGA newborns were included in a cross-sectional study, which involved gross anatomy and light microscopy of placenta, membranes and umbilical cord. An equal size sample of randomized AGA newborns w (mais) as used. All children were born at Maternidade Terezinha de Jesus, Juiz de Fora - MG, between February and November, 1996. After an informed consent was given by the mothers, the newborns were weighted at birth with assessment of length and head circumference. Every child's placenta, membranes and umbilical cord were sent to the laboratory of histology and embryology of the Department of Morphology of Universidade Federal de Juiz de Fora and Department of Pathology and Forensic Medicine of Universidade Federal de Minas Gerais. Results: placentas of SGA newborns differed significantly with greater incidence of chorioamniotitis, placental infarction, extensive perivillous fibrin deposition and multiple foci of parabasal chronic villitis. They were also lighter and had smaller diameters. Placentary index (placental weight/newborn's weight ratio) was also significantly greater, indicating that although both placenta and small for gestational age newborn presented low weight, placentas impairment was smaller. Conclusions: placentas of small for gestational age newborns differed significantly if compared to those of adequate gestational age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Avaliação da captura de fragmentos por meio da filtração intra-aórtica em pacientes submetidos à troca valvar aórtica/ Particulate emboli capture by an intra-aortic filter device during aortic valve replacement

Leite Filho, Osanan Amorim; Brandão, Carlos Manuel de Almeida; Pomerantzeff, Pablo Maria Alberto; Guedes, Marco Antônio Vieira; Higuchi, Maria de Lourdes; Stolf, Noedir Antônio Groppo
2008-09-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade embólica de pacientes portadores de estenose aórtica calcificada submetidos a troca valvar aórtica por meio da filtração intra-aórtica com dispositivo EMBOL-X® System (Edwards Lifesciences Inc., Mountain View, CA, USA). MÉTODOS: De janeiro de 2007 a julho de 2007, foi utilizado o filtro intra-aórtico EMBOL-X após o despinçamento aórtico em 13 portadores de estenose aórtica calcificada submetidos a troc (mais) a valvar aórtica consecutivamente. A média de idade dos pacientes foi 63,7 anos (34-79) e 61,5% eram do sexo feminino. A média do tempo de CEC foi 60,2±7,5 (45-72) minutos e a média do tempo despinçamento aórtico foi 50±7,5 (35-63) minutos. Após a retirada dos filtros, eles foram fixados em formalina, analisados macroscopicamente e quantificados os fragmentos capturados. Foi realizado exame histológico do material capturado. RESULTADOS Não foi observado nenhum caso de complicação neurológica. Nenhum paciente apresentou insuficiência renal pós-operatória. Não houve óbitos hospitalares. Partículas embólicas foram encontradas em cinco (38,5%) dos filtros. Das partículas embólicas capturadas, em dois (40%) filtros havia fibrina, dois (40%) apresentavam tecido conjuntivo, um (20%) continha hemácias e em um não foi possível determinar a natureza. CONCLUSÃO: O dispositivo EMBOL-X® System foi efetivo na captação de fragmentos intra-aórticos na substituição da valva aórtica em pacientes com estenose aórtica calcificada. Resumo em inglês OBJECTIVE: This study aims to analyze the embolic activity in patients with calcified aortic stenosis who underwent aortic valve replacement using intra-aortic filtration with an EMBOL-X® System device (Edwards Lifesciences Inc., Mountain View, CA, USA). METHODS: From January 2007 to July 2007, 13 consecutive patients with calcified aortic stenosis, who underwent isolated aortic valve replacement using intra-aortic filtration by an EMBOL-X® System for 5 minutes after ao (mais) rtic clamp release, were evaluated. Mean patient age was 63.7 years (range 34 to 79 years) and 61.5% were female. The mean bypass time was 60.2 ± 7.5 minutes (range 45 to 72 minutes) and the mean cross-clamp time was 50 ± 7.5 minutes (range 35 to 63 minutes). Following removal, each filter was fixed in formalin and analyzed macroscopically with the captured fragments being counted. Histological examinations of the captured material were performed. RESULTS: There were no strokes or gross neurological events. There were no cases of postoperative renal failure. No deaths were reported during hospitalization. Particulate emboli were found in five (38.5%) of the filters. On histological analysis of the particulate emboli captured, two (40%) contained fibrin, two (40%) presented conjunctive tissue, one (20%) contained red blood cells and in one it was not possible to determine the nature of the particulates captured. CONCLUSION: The EMBOL-X® System device was effective in particulate emboli capture in aortic valve replacement surgery of patients with calcified aortic stenosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Relato de caso: otoliquorreia espontânea em adulto/ Case study spontaneous otoliquorrhea in adult

Rossi, Amanda Costa; Bertoncello, Juliana Martins de Araujo Cardoso; Scachetti, Luiz Carlos; Schäffer, Carolina; Catanoce, Aguinaldo Pereira; Marone, Silvio Antonio Monteiro
2010-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: As fístulas liquóricas otológicas espontâneas (FLOEs) são entidades raras. Geralmente manifestam-se em crianças com meningite e perda sensorioneural profunda e em adultos com quadro de otite média com efusão. OBJETIVO: Descrever o quadro clínico, o diagnóstico e o tratamento cirúrgico de uma paciente com FLOE. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 57 anos, com história de hipoacusia, plenitude aural e tinnitus à direita há 10 anos. Após c (mais) olocação de tubo de ventilação à direita em outro serviço, iniciou otorreia líquida, transparente e constante em grande quantidade. O diagnóstico foi realizado através da cisternocintilografia, sugestiva de fístula liquórica; e da isternotomografia que mostrou área de deiscência óssea em região de tegmen tympani à direita, velamento parcial de células mastóideas e de orelha média à direita, além concentração do meio de contraste no espaço sub-aracnoídeo à direita menor em relação ao lado esquerdo. Através de via transmastoídea foi localizada fístula liquórica e meningoencefalocele na região de tegmen tympani à direita. O fechamento da fístula foi realizado através do uso de retalho de músculo temporal, cola de fibrina e Surgicel®. COMENTÁRIOS FINAIS: Em adultos com história clínica sugestiva de otite média com efusão recorrente, a hipótese diagnóstica de fístula liquórica deve ser levantada. A investigação deve prosseguir com exames de imagem, destacando-se a cisternotomografia. O tratamento cirúrgico nesta paciente, através da técnica transmastoídea, se revelou eficaz a curto e a longo prazo. Resumo em inglês INTRODUCTION: The spontaneous otological CSF leaks are rare entities. Usually they manifest themselves in children with meningitis and deep sensorineural hearing loss and in adults with middle otitis and effusion clinical picture. OBJECTIVE: To describe the clinical picture, diagnosis and surgical treatment of a patient with CSF otological. CASE REPORT: A female sex patient, 57 years old, with hearing loss, aural fullness and right ear tinnitus case history 10 years ago. (mais) After insertion of tympanostomy tubes on the right in another service, it began liquid, transparent and constant otorrhea in large quantities. The diagnosis was performed by suggestive cisternoscintigraphy of CSF leak, and by cisternography that showed that the area of bone dehiscence in the tegmen tympani region to the right, partial opacification of mastoid cells and middle ear to the right, besides concentration of contrast medium in sub-arachnoid space to the lower right compared to the left side. Through transmastoid via was located the CSF leak and meningoencephalocele in the region of the right tegmen tympani. The closure of the fistula was accomplished through the use of the temporal muscle flap, fibrin glue and Surgicel®. FINAL COMMENTS: In adults with symptoms suggestive of recurrent otitis media with effusion, the diagnosis of CSF fistula should be raised. The research should proceed with imaging, highlighting the CTC. Surgical treatment in this patient using the transmastoid technique has proved effective in the short and long term.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Lipoproteína(a) e inibição da fibrinólise na doença arterial coronariana/ Lipoprotein(a) and fibrinolysis inhibition in coronary artery disease

Lima, Luciana M.; Carvalho, Maria G.; Sabino, Adriano P.; Sousa, Marinez O.
2006-03-01

Resumo em português O envolvimento da lipoproteína(a) nas doenças ateroscleróticas tem sido alvo de muitos estudos que têm demonstrado que esta lipoproteína é um fator de risco independente para a doença arterial coronariana (DAC). Devido à semelhança estrutural com o plasminogênio, a Lp(a) pode competir com os sítios de ligação deste, diminuindo a geração de plasmina e inibindo a fibrinólise. O trombo formado numa placa aterosclerótica rompida dispara a maioria dos eventos (mais) cardiovasculares isquêmicos. Como o trombo é dissolvido através do sistema fibrinolítico, surgiu a hipótese de que uma diminuição da atividade fibrinolítica poderia ser um fator de risco para eventos isquêmicos. Entretanto, alguns estudos demonstraram ausência de associação entre Lp(a) e DAC, enquanto alguns atribuem o real valor preditivo à uma sub-população de Lp(a) com alta afinidade por fibrina. Essa hipótese sugere que alguns fenótipos de Lp(a) não estão associados à aterotrombose. Sendo assim, as pesquisas envolvendo Lp(a) e DAC apresentam resultados controversos, altamente dependentes da população estudada. Na população brasileira, a qual apresenta uma heterogeneidade de etnias, são raros os estudos deste tipo. Diante das notáveis controvérsias, espera-se que a presente revisão possa contribuir para suscitar ânimos no sentido da realização de estudos adicionais envolvendo a dosagem da Lp(a) em pacientes com DAC na nossa população. O conhecimento acumulado ao longo do tempo sobre a associação entre Lp(a) e DAC foi obtido através de estudos conduzidos fora do nosso meio. Assim, estudos fundamentados dentro da nossa realidade poderão trazer respostas mais fidedignas e adequadas para a nossa população. Resumo em inglês The role of lipoprotein(a) [Lp(a)] in atherogenesis has been the target of many studies that have demonstrated that this lipoprotein is an independent risk factor for coronary artery disease (CAD). Due to the structural likeness with plasminogen, Lp(a) can compete with binding sites, reducing the plasmin generation and inhibiting fibrinolysis. Thrombus formed due to ruptured atherosclerotic plaque trigger most ischemic cardiovascular events. As the thrombus are dissolved (mais) by the fibrinolytic system, the hypothesis that a decrease in fibrinolytic activity might be a risk factor for ischemic events has been suggested. However, some studies have not demonstrated any correlation between Lp(a) and CAD while others attribute the real predictive value to a subpopulation of Lp(a) with high affinity for fibrin. This hypothesis suggests that some Lp(a) phenotypes are not associated with atherothrombosis. Furthermore, research on Lp(a) and CAD is controversial and highly dependent on the studied population. In the Brazilian population, which presents heterogeneity of the ethnic groups, studies of this type are rare. Based on the controversies, it is expected that a contribution of the present review will motivate investigators to develop studies involving the measurement of Lp(a) in patients with CAD in the Brazilian population. The accumulated knowledge on the association between Lp(a) and CAD was obtained through foreign studies. Thus, such studies must be performed in our setting in order to bring a better understanding for a more adequate management of CAD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Ação local do alendronato sódico na reparação óssea de ratos espontaneamente hipertensos (SHR)/ Local action of sodium alendronate in bone repair of spontaneously hypertensive rat (SHR)

Nobre, Mônica Dal Pian; Fernandes, Raquel Guedes; Chin, Chung Man; Faig-Leite, Horácio
2008-04-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A hipertensão arterial é uma desordem caracterizada por alterações relevantes no tecido ósseo. O alendronato sódico tem indicação no tratamento de doenças ósseas, por causa de sua afinidade pela hidroxiapatita, inibindo as reabsorções ósseas. OBJETIVO: Analisar a ação local do alendronato sódico na reparação óssea de ratos espontaneamente hipertensos (SHR). MÉTODOS: Um defeito ósseo foi criado no fêmur esquerdo de 80 ratos. De acordo com (mais) o material utilizado no local, criaram-se quatro grupos: controle (C), amido (Am), alendronato 1 mol (A1) e alendronato 2 mol (A2). Após 7 e 21 dias, os animais foram sacrificados. Foram realizadas análises histológicas e histomorfométricas e os dados foram submetidos a análise de variância (ANOVA) e teste de Tukey (5%). RESULTADOS: Aos 7 dias, observou-se, na área do defeito, tecido conjuntivo com hemorragia e inflamação em todos os grupos. Alguns apresentavam matriz osteóide. Os grupos A1 e A2 apresentaram, ainda, uma rede de fibrina. Aos 21 dias, as trabéculas ósseas fechavam praticamente a extensão do defeito nos grupos C e Am. No grupo A1 de animais machos, observaram-se trabéculas que se irradiavam do canal medular até a área do defeito. Nos grupos A1 e A2, constatou-se apenas a presença de tecido conjuntivo com mínima deposição de osteóide. Um achado histológico marcante foi a formação de tecido ósseo extracortical subperiosteal nos animais dos grupos A1 e A2. CONCLUSÃO: Concluiu-se que a administração do alendronato sódico não contribuiu para o reparo ósseo nos ratos SHR, mas possivelmente tenha sido responsável pelas formações ósseas extracorticais observadas. Resumo em inglês BACKGROUND: The arterial hypertension is a disorder characterized by relevant alterations in the bone tissue. The sodium alendronate is indicated in the treatment of bone diseases, because of its affinity with the hydroxyapatite, inhibiting the bone reabsorptions. OBJECTIVE: To analyze local action of the sodium alendronate in the bone repair of spontaneously hypertensive rat (SHR). METHODS: A bone defect was created in the left femur of 80 rat. In agreement with the mate (mais) rial used at the place, four groups were created: control (C), starch (St), alendronate 1 mol (A1) and alendronate 2 mol (A2). After 7 and 21 days, the animals were sacrificed. Histomorfometrical and histological analyses were accomplished and the data were submitted the variance analysis (ANOVA) and test of Tukey (5%). RESULTS: At 7 days, in the area of the defect, conjunctive tissue with hemorrhage and inflammation in all of the groups was observed. Some presented osteoid matrix. The groups A1 and A2 presented, further, a fibrin net. At 21 days, the bone trabeculae practically closed the extension of the defect in the groups C and St. In the group A1 of male animals, trabeculae were observed that irradiated from the medullary canal to the area of the defect. In the groups A1 and A2, only presence of conjunctive fabric with low osteoid deposit was observed. An outstanding histological discovery was the formation of extracortical subperiosteal bone tissue in animals of the groups A1 and A2. CONCLUSION: The administration of sodium alendronate did not contribute to bone repair in SHR rat, but possibly has been responsible for the extracortical bone formation observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Anestesia para correção intra-útero de mielomeningocele: relato de caso/ Anesthesia for intrauterine myelomeningocele correction: case report/ Anestesia para corrección intra-útero de mielomeningocele: relato de caso

Braga, Angélica de Fátima de Assunção; Rousselet, Monique Sampaio; Zambelli, Helder; Sbragia, Lourenço; Barini, Ricardo
2005-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia fetal constitui tratamento de malformações no período pré-natal, que não são adequadamente corrigidas após o nascimento e tem como objetivo tratar ou evitar a progressão das anomalias. O objetivo deste relato é apresentar um caso de anestesia para correção intra-útero de mielomeningocele. RELATO DO CASO: Paciente com 19 anos, 23 semanas de idade gestacional, sem antecedentes anestésicos, estado físico ASA I, submetida à (mais) cirurgia fetal intra-uterina, sob anestesia geral associada à peridural contínua. No pré-operatório utilizaram-se indometacina (50 mg por via retal), metoclopramida (10 mg por via venosa), cimetidina (50 mg por via venosa), e como medicação pré-anestésica midazolam (2 mg por via venosa). No espaço peridural injetou-se bupivacaína a 0,25% com adrenalina (25 mg) associada à fentanil (100 µg), seguida de passagem de cateter cefálico, para analgesia pós-operatória. O útero foi mantido deslocado para esquerda com auxílio da cunha de Crawford. Indução anestésica em seqüência rápida, com fentanil, propofol e rocurônio e manutenção com isoflurano em concentração de 2,5% a 3% veiculado em O2 e N2O (50%). Após histerotomia, realizada com staplin (grampeadores) para promover hemostasia, a região fetal a ser operada foi exposta e a analgesia e imobilidade fetal, foram obtidas com a associação fentanil (10 µg.kg-1) e pancurônio (0,1 mg.kg-1) administrada na região glútea fetal. A pressão arterial sistólica materna foi mantida acima de 100 mmHg, com efedrina em bolus (5 mg), colóides e cristalóides. O líquido amniótico perdido foi substituído por solução fisiológica aquecida. Após correção do defeito fetal, procedeu-se ao fechamento uterino e da membrana amniótica em dois planos, com fio de vicryl e cola de fibrina. Seguiu-se a diminuição gradativa da concentração do isoflurano, e para a manutenção do relaxamento uterino utilizou-se sulfato de magnésio (4 g/20minutos), seguido de infusão contínua (2 g/hora). Ao final da cirurgia injetou-se morfina (2 mg) pelo cateter peridural para analgesia pós-operatória. CONCLUSÕES: A anestesia para cirurgia fetal envolve dois seres, mãe e feto, e o manuseio anestésico exige segurança materno-fetal, anestesia e imobilidade fetal, relaxamento uterino, prevenção do trabalho de parto prematuro e analgesia pós-operatória. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La cirugía fetal constituye tratamiento de malformaciones en el período prenatal, que no son adecuadamente corregidas después del nacimiento y tiene como objetivo tratar o evitar la progresión de las anomalías. El objetivo de este relato es presentar un caso de anestesia para corrección intra-útero de mielomeningocele. RELATO DEL CASO: Paciente con 19 años, 23 semanas de edad gestacional, sin antecedentes anestésicos, estado físico ASA (mais) I, sometida a cirugía fetal intrauterina, bajo anestesia general asociada a la peridural continuada. En el pre-operatorio se utilizaron indometacina (50 mg por vía rectal), metoclopramida (10 mg por vía venosa), cimetidina (50 mg por vía venosa), y como medicación pre-anestésica midazolam (2 mg por vía venosa). En el espacio peridural se inyectó bupivacaína a 0,25% con adrenalina (25 mg) asociada al fentanil (100 µg), seguida del pasaje de catéter cefálico, para analgesia postoperatoria. El útero fue mantenido dislocado para la izquierda con auxilio de la cuña de Crawford. Inducción anestésica en secuencia rápida, con fentanil, propofol y rocuronio y mantenimiento con isoflurano en concentración del 2,5% a 3% vehiculado en O2 y N2O (50%). Después de la histerotomía, realizada con staplin (grapadoras) para promover hemostasia, la región fetal a ser operada fue expuesta y la analgesia e inmovilidad fetal, fue lograda con la asociación fentanil (10 µg.kg-1) y pancuronio (0,1 mg.kg-1) administrada en la región glútea fetal. La presión arterial sistólica materna fue mantenida arriba de 100 mmHg, con efedrina en bolus (5 mg), coloides y cristalóides. El líquido amniótico perdido fue sustituido por solución fisiológica entibiada. Después de la corrección del defecto fetal, se procedió al encerramiento uterino y de la membrana amniótica en dos planos, con hilo de vicryl y cola de fibrina. Se siguió la disminución gradativa de la concentración del isoflurano, y para el mantenimiento del relajamiento uterino se utilizó sulfato de magnesio (4 g/20minutos), seguido de infusión continuada (2 g/hora). Al final de la cirugía se inyectó morfina (2 mg) por el catéter peridural para la analgesia postoperatoria. CONCLUSIONES: La anestesia para cirugía fetal envuelve dos seres, madre y feto, y el manoseo anestésico requiere: seguridad materno-fetal, anestesia e inmovilidad fetal, relajamiento uterino, prevención del trabajo de alumbramiento prematuro y analgesia postoperatoria. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Fetal surgery is the treatment of choices for prenatal malformations that are not adequately corrected after birth and aims at treating or preventing the progression of the abnormalities. This report describes a case of anesthesia for intrauterine correction of a myelomeningocele. CASE REPORT: Pregnant patient, 19 years old, 23 weeks of gestational age, without previous anesthetic history, physical status ASA I, submitted to intrauterine fetal s (mais) urgery under general anesthesia associated to continuous epidural continuous anesthesia. The patient was premedicated with rectal indomethacin (50 mg), intravenous metoclopramide (10 mg) and cimetidine (50 mg), in addition to intravenous midazolam (2 mg). The patient received 0.25% bupivacaine with epinephrine (25 mg) associated to fentanyl (100 µg) epidurally, followed by cephalic catheter insertion for postoperative analgesia. The uterus was left-displace with a Crawford's wedge. Rapid sequence anesthesia was induced with fentanyl, propofol and rocuronium, and was maintained with 2.5% - 3% isoflurane in O2 and N2O. After stapling hysterectomy to promote homeostasis, fetal operative site was exposed and fetal analgesia and immobility was obtained with the association of fentanyl (10 µg.kg-1) and pancuronium (0.1 mg.kg-1) administered on fetal gluteus muscle. Maternal systolic blood pressure was maintained above 100 mmHg with bolus ephedrine (5 mg), colloids and crystalloids. Lost amniotic fluid was replaced with warm saline. After correction of the fetal defect, both uterus and amniotic membrane were closed in two planes with vicryl suture and fibrin glue. Afterwards, isoflurane concentration was gradually decreased and bolus magnesium sulfate (4 g/20 minutes) followed by continuous infusion was administered to maintain uterine relaxation (2 g/hour). Morphine (2 mg) was administered via epidural catheter at the end of surgery for postoperative analgesia. CONCLUSIONS: Anesthesia for fetal surgery involves two individuals the mother and the fetus, an anesthetic management requires: maternal-fetal safety, fetal anesthesia and immobility, uterine relaxation, prevention of premature labor and postoperative analgesia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Ocorrência de pneumonia associada à infecção por Mannheimia haemolytica em ovinos de Minas Gerais/ Occurrence of pneumonia associated to infection by Mannheimia haemolytica in sheep of Minas Gerais

Araújo, Marina Rios de; Costa, Mirella Carvalho; Ecco, Roselene
2009-09-01

Resumo em português O trabalho descreve um surto de pneumonia em ovinos em uma propriedade na região central de Minas Gerais. Clinicamente os animais apresentavam apatia, mostravam dificuldade respiratória durante dois ou três dias ou morriam subitamente. À necropsia as alterações pulmonares eram similares em todos os ovinos. Havia consolidação dos lobos craniais e da parte ventral dos lobos caudais e ao corte fluía exsudato mucopurulento da traquéia e dos brônquios. No parênquim (mais) a dos lobos craniais havia áreas brancas multifocais a coalescentes com 0,2-0,5cm de diâmetro, levemente proeminentes e intercaladas por áreas vermelho-escuras. Pleurite fibrinosa foi observada nos Ovinos 1, 2 e 3. As lesões de consolidação ocupavam cerca de 70-80% da extensão pulmonar. Microscopicamente, as alterações eram de broncopneumonia fibrinopurulenta com intensa hiperemia, áreas com hemorragia intra-alveolar e espessamento dos septos interlobulares por inúmeros neutrófilos, restos celulares e intensa exsudação de fibrina. Áreas multifocais com necrose de liquefação contendo numerosas colônias bacterianas foram observadas no Ovino 3. Nos lobos craniais dos Ovinos 1, 2 e 3, haviam áreas com neutrófilos degenerados formando aglomerados de células alongadas com formato de "grãos de aveia" associados a colônias bacterianas. As alterações histológicas foram características de pneumonia causada por Mannheimia (M.) haemolytica. Amostras dos lobos craniais de todos os ovinos foram encaminhadas para cultivo bacteriológico e M. haemolytica foi isolada e identificada em todos os animais. Este é o primeiro relato correlacionando os achados patológicos e o isolamento de M. haemolytica como causa de broncopneumonia em ovinos no Brasil. Resumo em inglês This paper describes an outbreak of pneumonia in a sheep herd in the central region of Minas Gerais, Brazil. Clinically, the animals presented apathy, exhibited respiratory difficulty during 2 to 3 days or sudden death. The animals were not medicated and found dead. Grossly, the pulmonary findings were similar in all sheep. The pulmonary cranial lobes and the ventral portion of caudal lobes were consolidated and purulent exsudate streamed out of the airways. In the parenc (mais) hyma of the cranial lobes there were white slightly prominent multifocal to coalescent areas with 0.2 to 0.5cm in diameter intercalated with dark red areas. Consolidated lesions occupied 70 to 80% of the lungs. Fibrinous pleuritis was observed in sheep 1, 2 and 3. Microscopically, the findings were fibrinopurulent bronchopneumonia with intense hyperemia, areas with intra-alveolar hemorrhage and thickening of interlobular septa with numerous neutrophils, cellular rests and scattering fibrin. Multifocal areas with liquefaction necrosis containing numerous bacterial colonies were observed in sheep 1, 2 and 3. In the cranial lobes of these sheep, there were areas with degenerated neutrophils forming clusters of basophilic cells with alongated nuclei ("oat cells") associated with bacterial colonies. The histological findings were characteristic of pneumonia caused by Mannheimia (M.) haemolytica. Samples of the cranial lobes were sent for bacterial culture, and M. haemolytica was isolated and identified in all animals. This is the first report correlating pathological findings and the isolation of M. haemolytica as cause of bronchopneumonia in sheep in the country.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Estudo sobre a aplicabilidade de adesivos biológicos à reinserção de músculo ocular externo em coelhos - I Experimento I - Medidas dos tempos dos procedimentos, das forças de adesão mioescleral e estudos clínico e histopatológico/ A study of the applicability of biological adhesives to the reinsertion of an external ocular muscle in rabbits - I Experiment I - Measurements of duration of procedures, and clinical and histopathologic studies

Corrêa, Beatriz Simões; Bicas, Harley Edison Amaral
2005-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Medir o tempo da operação, as forças de adesão tecidual e fazer estudo clínico e histopatológico de reinserções oculares de retos superiores de coelho com quatro diferentes adesivos teciduais, como alternativa à utilização de sutura de poliglactina em operações de estrabismo. MÉTODOS: Cem coelhos da raça Nova Zelândia foram distribuídos em dois experimentos, I-A e I-B, de cinqüenta coelhos cada, e estes em cinco grupos de dez coelhos (vinte olh (mais) os), submetidos à operação de desinserção do músculo reto superior de ambos os olhos, e reinserção com sutura (controle) com poliglactina 910, 6-0 ou adesivos teciduais, de fibrina, cianoacrilato, albumina-glutaraldeído e gelatina-resorcinol-formaldeído-glutaraldeído. Os coelhos do experimento I-A foram submetidos à dinamometria nos dez minutos após o reposicionamento muscular. Os coelhos do experimento I-B foram submetidos à avaliação clínica e histopatológica. RESULTADOS: Verificou-se melhor desempenho dos adesivos teciduais no tempo gasto para realizar a operação. Quanto à força de adesão, nenhum dos adesivos apresentou 100% de casos com resistência à tensão igual ou maior que 100 gf. Com relação às avaliações clínica e histopatológica, quanto à presença dos sinais inflamatórios e suas intensidades o adesivo fibrínico utilizado neste trabalho apresentou melhor desempenho do que a sutura de poliglactina 910, tendo os demais adesivos apresentado resultados piores, quando comparados aos do grupo controle (sutura). CONCLUSÃO: Os adesivos estudados mostraram-se inadequados para as operações de estrabismo. Resumo em inglês PURPOSE: To measure the duration of the operation, the strength of tissue adhesion, and to perform a clinical and histopathological study of ocular reinsertion of superior rectus muscles of rabbits with four different tissue adhesives, as an alternative to the use of polyglactin suture in strabismus surgeries. METHODS: One hundred New Zealand rabbits were used for two experiments: I-A and I-B, with fifty rabbits for each experiment. These groups were further divided into (mais) five groups of ten rabbits (twenty eyes), which were subjected to the removal of the superior rectus muscle of both eyes, either with suture (control) or tissue adhesive: polyglactin 910, 6-0 suture and tissue adhesives made of fibrin, cyanoacrylate, albumin-glutaraldehyde and gelatine-resorcinol-formaldehyde-glutaraldehyde. The rabbits in experiment I-A were subjected to dynamometry for ten minutes following repositioning of the muscle. The rabbits in experiment I-B were subjected to clinical evaluation and to histopathologic evaluation. RESULTS: Better performance of the tissue adhesives in relation to the time taken to carry out the surgery was observed. None of the adhesives met the parameters used for strength, that is, in some cases the reinserted muscle did not resist to the application of forces up to 100 gf. The clinical and histopathologic evaluations showed that only the fibrin adhesive presented a better performance than the polyglactin suture while the other results were worse than those of the controls (suture). CONCLUSION: It was observed that the adhesives studied are not suitable for strabismus surgeries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Esofagite ulcerativa associada ao uso de alendronato de sódio: achados histopatológicos e endoscópicos/ Ulcerative esophagitis associated with the use of alendronate sodium: histopathological and endoscopic features

Fernandes, Paula Ávila; Pires, Marcelo Soares; Gouvêa, Agostinho Pinto
2002-07-01

Resumo em português RACIONAL: A esofagite induzida por drogas pode ser decorrente do contato prolongado do medicamento com a mucosa ou de alterações das condições locais da mucosa esofágica. O uso de alendronato de sódio, um inibidor da reabsorção óssea utilizado na prevenção e tratamento da osteoporose, tem sido recentemente citado como causa de lesões no trato gastrointestinal superior. OBJETIVO: Descrever os achados clínicos, endoscópicos e histopatológicos de pacientes com (mais) esofagite ulcerativa associada ao uso de alendronato de sódio. PACIENTES: Quatro pacientes do sexo feminino e um do sexo masculino, em tratamento de osteoporose com alendronato de sódio, submetidos a endoscopia digestiva alta seguida de biopsia esofágica. RESULTADOS: Os pacientes apresentavam idade entre 64 e 84 anos e sintomatologia dispéptica após um período de 2 a 12 meses de uso de alendronato de sódio. A endoscopia digestiva mostrou área de mucosa friável, com erosão e/ou ulceração recobertas por fibrina, localizadas no terço distal do esôfago. O exame histopatológico mostrou esofagite ulcerativa caracterizada por material necrofibrinopurulento e tecido de granulação, além de material amarelado e refringente à luz polarizada. Os pacientes evoluíram com remissão completa dos sintomas após suspensão da droga. CONCLUSÕES: As lesões esofágicas associadas ao uso de alendronato de sódio não são freqüentes e parecem estar relacionadas ao uso incorreto da medicação. Os endoscopistas e patologistas devem ficar atentos à possibilidade do uso de alendronato de sódio diante do diagnóstico de úlceras esofágicas em pacientes idosos, principalmente do sexo feminino. Esta identificação implicaria em melhor tratamento dos pacientes. Resumo em inglês BACKGROUND: Drug-induced or "pill-induced" esophagitis may be secondary to the prolonged contact of the drug with the esophageal mucosa or secondary to the drug ability to alter the local conditions. The alendronate sodium, a bone resorption inhibitor used in the treatment and prevention of osteoporosis, has been cited, recently, as one of the causes of adverse upper gastrointestinal tract injury. AIM: To describe the clinical, endoscopic and histopathological features of (mais) patients with ulcerative esophagitis associated with alendronate sodium. PATIENTS: Four women and one man with osteoporosis were treated with alendronate sodium and submitted to endoscopy followed esophageal biopsy. RESULTS: The age range of the patients was from 64 to 84 years old. The patients showed dyspeptic symptoms after taking alendronate sodium during a period of 2-12 months. At endoscopic evaluation, the mucosa was friable, with erosion and/or ulceration covered by fibrin in the distal esophagus. The pathological examination of the esophageal biopsies revealed ulcerative esophagitis characterized by necrofibrinpurulent material, granulation tissue, and yellow refractile polarizable crystal. The patients' symptoms resolved after stopping alendronate sodium use. CONCLUSIONS: The esophagus injuries associated with alendronate sodium are not frequent and seem to be associated with the incorrect use of medication. The endoscopists and pathologists should be alert to the possibility of alendronate sodium therapy in cases of diagnosis of ulcerative esophagitis in ancient patients, particularly in women. The recognition of this condition would improve the patient care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Fragmento 1+2 da protrombina em indivíduos submetidos à angiografia coronariana/ Prothrombin fragment 1+2 in subjects undergoing coronary angiography

Lima, Luciana M.; Sousa, Marinez O.; Fernandes, Ana P.; Loures-Vale, Andréia A.; Fonseca Neto, Cirilo P.; Garcia, José C. F.; Saad, Jamil A.; Carvalho, Maria G.
2005-09-01

Resumo em português A trombina exerce um papel fundamental na conversão do fibrinogênio em fibrina, no processo de coagulação. O fator X ativado transforma a protrombina em trombina e fragmento 1+2 da protrombina (F1+2). Os níveis plasmáticos de F1+2 refletem a geração de trombina e podem ser usados como um marcador de hipercoagulabilidade in vivo, já que a trombina é uma substância instável e facilmente degradada, que não pode ser medida diretamente no plasma. O presente estudo (mais) teve como objetivo determinar os níveis plasmáticos do F1+2 de um grupo de indivíduos submetidos à angiografia coronariana, buscando estabelecer a possível correlação entre este parâmetro e a gravidade da doença arterial coronariana (DAC). Os níveis plasmáticos do F1+2 foram determinados em amostras de sangue de 17 indivíduos com ausência de ateromatose nas coronárias (controles), 12 indivíduos apresentando ateromatose leve/moderada e 28 indivíduos apresentando ateromatose grave, utilizando-se o conjunto diagnóstico Enzignost F1+2 (Behring® Diagnostics GmbH, Marburg, Germany). Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre as médias dos três grupos para o parâmetro avaliado. Portanto, as médias obtidas nos três grupos para os níveis plasmáticos de F1+2 não sinalizam para a existência de um estado de hipercoagulabilidade na população estudada. Entretanto, 73,7% dos indivíduos faziam uso regular de ácido acetilsalicílico, o que pode ter influenciado nos resultados de F1+2, uma vez que este medicamento promove a inibição da enzima ciclooxigenase, diminuindo a liberação de tromboxane A2 e a agregação plaquetária. Portanto, presume-se que a redução da ativação plaquetária poderia estar contribuindo para uma menor formação de trombina e, conseqüentemente, diminuindo o potencial de hipercoagulabilidade. Resumo em inglês Thrombin plays a basic role in the conversion of fibrinogen to fibrin in the coagulation process. Activated factor X transforms the prothrombin into thrombin and breaks up prothrombin fragment 1+2 (F1+2). F1+2 plasma levels reflect the thrombin generation and can be used as in vivo markers of hypercoagulability since the thrombin is an unstable and easily degraded substance that cannot be directly measured in the plasma. The present study aims at determining the F1+2 plas (mais) ma levels of a group of subjects undergoing coronary angiography, attempting to establish a possible correlation between this parameter and the severity of the coronary artery disease. F1+2 plasma levels were determined in blood samples of 17 subjects with absence of atheromatosis in coronary arteries (controls), 12 subjects presenting mild/moderate atheromatosis and 28 subjects presenting severe atheromatosis, using the Enzignost F1+2 (Behring® Diagnostics GmbH, Marburg, Germany) diagnostic Kit. Significant differences between the averages for the three groups in respect to the evaluated parameters were not found. Therefore, F1+2 plasma level averages for the three groups did not point to a state of hypercoagulability in the studied population. However, 73.7% of the individuals were taking acetylsalicylic acid, which may have influenced the F1+2 plasma levels, considering that this medicine promotes the inhibition of the enzyme cyclo-oxygenase, diminishing the release of thromboxane A2 and the platelet aggregation. Therefore, it is presumed that platelet activation reduction could be contributing to a lower formation of thrombin and, consequently, diminishing the hypercoagulability potential.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Identificação do vírus da Diarréia Viral Bovina tipo 2 (BVDV-2) no sul do Brasil/ Identification of bovine virus diarrhea virus type-2 (BVDV-2) in southern Brazil

Flores, Eduardo F.; Weiblen, Rudi; Scherer, Charles F.C.; Gil, Laura H.V.G.; Pilati, Célso; Driemeier, David; Moojen, Valéria; Wendelstein, Ana Cristina
2000-06-01

Resumo em português Amostras do vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV), denominadas de BVDV tipo 2 (BVDV-2), foram inicialmente identificadas em surtos de BVD aguda e enfermidade hemorrágica e têm sido isoladas predominantemente na América do Norte. O presente artigo descreve dois casos de enfermidade gastroentérica/respiratória seguidos de isolamento e identificação de amostras de BVDV tipo 2 no sul do Brasil. Os vírus foram isolados de duas novilhas de diferentes rebanhos. Um dos (mais) animais apresentou enfermidade aguda, cursando com anorexia, atonia ruminal, diarréia escura ou muco-sanguinolenta, tenesmo e descarga nasal muco-purulenta. O outro animal desenvolveu enfermidade de longa duração (7 meses), caracterizada por crescimento retardado, anorexia, quadros recorrentes de diarréia, dermatite interdigital, hemorragias digestivas e genitais ocasionais, conjuntivite, artrite e pneumonia crônica. Congestão disseminada das mucosas, ulcerações extensivas e profundas na língua, palato e esôfago, áreas necróticas na mucosa do rúmen, áreas de congestão e ulcerações cobertas com fibrina no intestino delgado foram os achados mais proeminentes. Antígenos do BVDV foram demonstrados por imunohistoquí-mica no epitélio da língua, nos pulmões e em linfonodos mesentéricos. Amostras não-citopáticas do BVDV foram isoladas em cultivo celular a partir de leucócitos e do baço dos animais afetados e identificadas por imunofluorescência. Caracterização antigênica e análise filogenética desses isolados, e de outras duas amostras de BVDV isoladas de fetos coletados em matadouros, revelou tratar-se de BVDV tipo 2. A presença do BVDV tipo 2 na população bovina do Brasil possui um significado epidemiológico importante e pode ter conseqüências para o diagnóstico, estratégias de imunização e produção de vacinas. Resumo em inglês Highly virulent bovine viral diarrhea virus (BVDV) isolates, named BVDV type-2 (BVDV-2), were initially identified in outbreaks of acute and hemorrhagic BVD and have been previously isolated mainly in North America. The present article describes two cases of gastroenteric/respiratory disease in southern Brazil from which BVDV type 2 viruses were isolated. The viruses were isolated from two heifers belonging to different herds. One animal developed an acute disease, charac (mais) terized by anorexia, ruminal atony, dark to bloody diarrhea, tenesmo and mucopurulent nasal discharge. The other animal developed a long lasting disease (7 months), characterized by retarded growth, anorexia, recurrent episodes of diarrhea, interdigital dermatitis, occasional digestive and genital bleeding, conjuntivitis, arthritis and chronic pneumonia. Disseminated mucosal congestion, extensive and deep ulcerations in the tongue, palate and esophagus, necrotic areas in the ruminal mucosa, areas of congestion covered with fibrin in the small intestine were the most prominent findings. BVDV antigens were detected by immunohistochemistry in the tongue epithelium, lungs and in mesenteric lymph nodes. Non-cytopathic BVD viruses were isolated from white blood cells and spleen from the affected animals through inoculation of cultured cells and demonstration of viral antigens by immunofluorescence. Subsequently, antigenic characterization and phylogenetic analysis of these – plus two BVD viruses that have been isolated from healthy fetuses – allowed their classification into the genotype 2. The presence of BVDV-2 among Brazilian cattle is epidemiologically relevant and may have important implications for diagnosis, immunization strategies and vaccine production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Endotelização in vivo das biopróteses cardíacas: preservação convencional versus não-aldeídica/ In vivo endothelialization of cardiac bioprostheses: conventional versus non-aldehyde preservation

Nina, Vinicius José da Silva; Pomerantzeff, Pablo Maria Alberto; Casagrande, Ivan Sérgio Joviano; Chung, David; Brandão, Carlos Manuel de Almeida; Nascimento, Sérgio Antonio Barbosa do; Benvenuti, Luiz Alberto; Oliveira, Sérgio Almeida de
2004-06-01

Resumo em português OBJETIVO: O revestimento endotelial in vitro das biopróteses com células do hospedeiro parece ter ação protetora contra a calcificação, trombose, inflamação e o desgaste mecânico. O objetivo deste estudo é analisar o potencial para endotelização in vivo com um processo alternativo de preservação tecidual (L-HydroTM). MÉTODO: A preservação L-Hydro consiste na extração controlada de substâncias antigênicas pela ação do polietilenoglicol e na incorpora (mais) ção de um agente antiinflamatório e antitrombótico. Para testar a re-endotelização in vivo, foram implantadas em posição mitral de ovelhas jovens sete próteses porcinas L-Hydro (grupo teste) e três convencionais preservadas com glutaraldeído (GA - grupo controle). Estas próteses foram explantadas com 150 dias após avaliação ecocardiográfica e angiográfica. A avaliação histológica consistiu em microscopia de varredura e transmissão, e imuno-histoquímica (von Willebrand) para detecção da presença e viabilidade das células endoteliais, respectivamente. Utilizou-se o teste-t não pareado para análise estatística. RESULTADOS: Não houve diferença hemodinâmica significativa nos dois grupos (p>0.05). Entretanto, a microscopia mostrou no grupo teste um revestimento endotelial quase completo formado por células confluentes, viáveis com expressão do fator vW, as quais encontravam-se em contato direto com a matriz colagênica subjacente. No grupo controle (GA), as superfícies valvulares estavam recobertas por fibrina, macrófagos, cálcio, material trombótico e células endoteliais esparsas com expressão fraca do fator vW, e com pouco contato direto com o colágeno. CONCLUSÕES: Estes dados indicam que o processo L-HydroTM permite endotelização espontânea com boa adesividade celular à matriz colagênica, o que favoreceria maior durabilidade às biopróteses porcinas. Resumo em inglês OBJECTIVE: A protective layer of endothelial cells (EC) of host origin on the entire surface of bioprosthetic heart valves has never been reported. Current commercial bioprosthetic heart valves are commonly preserved in glutaraldehyde (GA) and are cytotoxic to host cells preventing spontaneous endothelialization. The aim of this study is to demonstrate the potential for in vivo endothelialization of heart valves treated by the L.-Hydro™ preservation process. METHOD: (mais) L-Hydro™ preservation process consists of mild extraction of antigenic substances by the action of polyethyleneglycol and incorporation of an anti-inflammatory and a anti-thrombotic agent. Seven stented porcine valves treated by the L-Hydro™ process and three GA-fixed porcine valves were implanted in the mitral position of juvenile sheep. The valves were evaluated by echocardiography and angiography prior to sacrifice at five months. Recovered valves were also histologically and histo-chemically evaluated. RESULTS: There were no hemodynamic differences between the groups. However, scanning and transmission electron microscopy showed a nearly complete coverage of EC on the surfaces of all leaflets in the L-Hydro™ treated valves. The EC were in direct contact with the underlying collagen layer and expressed von Willebrand-related antigens (vW). The surfaces of the GA-treated valves were covered by fibrin deposition, macrophages, calcium and thrombotic material. Only sparse EC were observed and contact of the EC where the underlying tissue was incomplete. CONCLUSION: These data indicate that L-Hydro™ treated porcine valve tissues are capable of inducing spontaneous endothelialization with evidence of strong cell attachment of the new endothelium to the collagen matrix.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Hepatite infecciosa canina: 62 casos/ Infectious canine hepatitis: 62 cases

Inkelmann, Maria A.; Rozza, Daniela B.; Fighera, Rafael A.; Kommers, Glaucia D.; Graça, Dominguita L.; Irigoyen, Luiz F.; Barros, Claudio S.L.
2007-08-01

Resumo em português Os protocolos de necropsias realizadas em 5.361 cães durante um período de 43 anos (1964-2006) foram revisados em busca de casos de hepatite infecciosa canina (HIC) e sessenta e dois (1,2%) casos foram encontrados. A maioria dos 62 cães afetados tinha dois anos de idade ou menos (91,9%). Os sinais clínicos foram anotados nos protocolos de necropsia de 45 cães afetados por HIC e incluíam anorexia (55,6%), apatia (35,6%), diarréia (35,6%), freqüentemente com sangue (mais) (43,8% dos casos de diarréia), distúrbios neurológicos (33,3%), vômito (26,7%), petéquias e equimoses nas membranas mucosas e/ou pele (24,4%), hipotermia (20,0%), dor abdominal (15,6%), icterícia (13,3%), aumento de volume e congestão das tonsilas (11,1%), febre (11,1%) e ascite (6,7%). A duração do curso clínico variou de poucas horas a 15 dias. Os principais achados de necropsia incluíram alterações hepáticas (87,1%), linfonodos edematosos, congestos e hemorrágicos (51,6%), líquido sanguinolento, líquido claro ou sangue na cavidade abdominal (35,5%), víbices, sufusões e petéquias sobre a pleura visceral (27,4%) e superfície serosa das vísceras gastrintestinais (24,2%). Em 12,9% dos casos a serosa do intestino tinha aspecto granular. Hemorragias cerebrais nas leptomeninges e na substância do encéfalo foram observadas em 9,7% dos casos. As alterações hepáticas macroscópicas incluíam fígados moderadamente aumentados de volume, mais friáveis, com acentuação do padrão lobular, congestos e com múltiplos focos de necrose pálidos ou hemorrágicos. Películas e filamentos de fibrina cobriam a superfície hepática em 20,4% dos casos e em 27,8% dos casos a parede da vesícula biliar estava espessada por edema. Necrose hepática zonal ou aleatória (93,5% dos casos) associada a corpúsculos de inclusão intranucleares foi a lesão histológica mais regularmente encontrada. Os corpúsculos de inclusão intranucleares ocorreram no fígado em todos os casos e esse foi o critério para confirmação do diagnóstico. As lesões histológicas extra-hepáticas mais importantes incluíram hemorragias e corpúsculos de inclusão em células endoteliais do tufo glomerular renal (50,0%) dos linfonodos (47,8%) , do encéfalo (27,8%), das tonsilas (25,0%) e do baço (10,0%). Resumo em inglês Necropsy reports from 5,361 dogs necropsied over a 43-year period (1964-2006) were reviewed in search for cases of infectious canine hepatitis (ICH). Sixty two (1.2%) cases of the disease were found. Most of the 62 affected dogs (91.9%,) were 2-year-old or less. Clinical signs were recorded in the necropsy files of 45 ICH affected dogs and included anorexia (55.6%), apathy (35.6%), diarrhea (35.6%) (often with blood [43,8%]), neurological signs (33.3%), vomiting (26.7%), (mais) petechiae and echymosis in the mucous membranes and/or skin (24.4%), hypothermia (20.0%), abdominal pain (15.6%), icterus (13.3%), enlargement and congestion of the tonsils (11.1%), fever (11.1%) and ascites (6.7%). The clinical courses lasted from few hours to 15 days. The most frequent necropsy findings included hepatic changes (87.1%), edematous, congested and hemorrhagic lymph nodes (51.6%), bloodstained fluid, clear fluid or whole blood in the abdominal cavity (35.5%), and petechial or paint-brush hemorrhages over the pleural (27.4%) and gastrointestinal (24.2%) serosal surfaces. In 12.9% of the cases there was a granularity to the intestinal serosa. Hemorrhages in the leptomeninges and in the substance of the brain were observed in 9.7% of the cases. Hepatic gross changes included moderately enlarged and more friable livers with marked lobular pattern, congestion and multifocal pale or hemorrhagic foci of necrosis. Films and strands of fibrin covered the hepatic surface in 20.4% of the cases and in 27.8% of the cases the gall bladder was thickened by edema. Zonal or randomly distributed multifocal hepatic necrosis (93.5%) associated with intranuclear inclusion bodies were the most consistent microscopic findings. Intranuclear inclusion bodies were found in the liver in every case and their detection was the criterium for confirmation of the diagnosis. The most significant microscopic extra-hepatic lesions included hemorrhages and intranuclear inclusion bodies in endothelial and reticuloendothelial cells of the renal glomeruli (50.0%) lymph nodes (47.8%), brain (27.8%), tonsils (25.0%) and spleen (10.0%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Prótese de carbono de disco basculante com revestimento de material biológico em posição mitral com baixa dose de anticoagulante oral: 3 anos de experiência

MAGALHÃES, Hélio Pereira de; MACHADO, Ana Lúcia; RAOUL, Artur J.; SOUTELLO FILHO, Ary Fernandes; VAIDERGORN, Jairo
1998-01-01

Resumo em português Introdução: Análise clínica após três anos de observação com a válvula de disco Magalhães - HP. Casuística e métodos: Receberam alta hospitalar, a partir de 1994, um total de 34 pacientes. Todos os sobreviventes foram contatados nos últimos três meses e o tempo médio de observação foi de 24,5 meses (variação de 2 a 35 meses), somando 834 meses-paciente (69,5 anos-paciente). Resultados: A curva atuarial de sobrevida foi de 85,3%. Houve uma complicaçã (mais) o fatal não relacionada com a válvula (insuficiência renal) (0,98 por 100 pacientes-ano) (PCPA) e três complicações fatais relacionadas com a válvula (trombose - 2,9 PCPA) (1 caso em outro hospital, 1 caso reoperado e 1 caso tratado por estreptoquinase com bom resultado inicial evoluindo com complicação pulmonar). Houve três complicações hemorrágicas (2,94 PCPA) de importância, sendo uma fatal (0,98 PCPA), uma complicação de grau moderado (0,98 PCPA) e 8 casos de menor importância (7,8 PCPA). Houve nove complicações não fatais relacionadas com a válvula (8,8 PCPA): sopros, 6 casos (5,8 PCPA); Tromboembolismo sem seqüela, 2 casos (1,96 PCPA); trombose, 1 caso (0,98 PCPA), reoperado com boa evolução. Conclusão: O revestimento da válvula de disco com material biológico heterólogo com uso de menor dose de anticoagulante parece reduzir após o 1º ano a incidência de trombose, tromboembolia e acidentes hemorrágicos. Nos três primeiros meses houve maior incidência de trombose e acidentes hemorrágicos devido a desvios no protocolo de anticoagulação, quando há necessidade de anticoagulação plena e efetiva para propiciar mínima deposição de fibrina e cicatrização lenta e fina. A dose média semanal segura de fenprocumona foi de 4,5 comprimidos (mínimo de 2,5 e máximo de 7 comprimidos). O excelente resultado nos três últimos anos de observação clínica justifica plenamente o uso da válvula, porém redobrada atenção deve ser tomada nos três primeiros meses para proteção anticoagulante efetiva. Resumo em inglês Introduction: Clinical analysis after three years of observation of the Magalhães-HP pivoting disc valve. Material and Methods: Since 01/94, 34 patients were discharged from the hospital. All the survivors were contacted during the last three months and the average time of observation was 24.5 months (ranging from 2 to 35 months), with a total of 834 months-patient (69.5 years patient). Results: The survival actuarial curve was 85.3%. There was a fatal complication unr (mais) elated to the valve (kidney insufficiency) (0.98 PCPY) (percent patient per year) and three fatal complications related to the prosthesis (thrombosis - 2.94 PCPY) (one case in another hospital, one case reoperated, and one case treated with streptokinase with initial good results and fatal pulmonary complications). There were three significant hemorrhagic episodes (2.94 PCPY), one of them fatal (0.98 PCPY), one moderate complications (0.98 PCPY), and eight cases of lesser importance (7.8 PCPY). There were nine non-fatal complications related to the valve (8.8 PCPY), heart murmurs - six cases (5.8 PCPY), small thromboembolism without sequelae - two cases (1.96 PCPY), and thrombosis - one case (0.98 PCPY) (reoperated with success, maintaining the same prosthesis with excellent evolution). Conclusion: The covering of the pivoting disc valve with heterologous biological material with a minor dose of anticoagulant seems to reduce, after one year, the incidence of thrombosis (zero cases), thromboembolism (two cases with low repercussion, transitory, and without sequelae) and hemorrhagic events (two small epistaxe cases). In the first three months after the operation, occured the major incidence of thrombosis and hemorrhagic events due to deflections in the anticoagulant protocol. In this period there must be a full and effective anticoagulation to allow the least of fibrin deposit, and a thin slow cicatrization. The secure weekly average dose of phenprocoumon was 4.5 tablets (minimum of 2.5 and maximum of 7 tablets). The excellent results in the last two years of clinical observation completely justify the use of the valve, but double attention must be taken in the first three months to have an effective anticoagulant protection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Uso de fator VII recombinante ativado para tratamento e profilaxia de grandes sangramentos/ Use of recombinant activated factor VII for treatment and prophylaxis of major bleeding

Vince, Flávio Augusto Henriques; Brandão, Maria José Nascimento
2009-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O fator VII recombinante ativado (rFVIIa) é uma proteína produzida por engenharia genética, cuja estrutura é muito semelhante à do fator VII intrínseco ativado (FVII). Sua ação se baseia no conhecimento do mecanismo de coagulação in vivo agindo na ativação direta do fator X resultando em formação independente de trombina no local da lesão e contribuindo dessa forma para formação de coágulo estável de fibrina sem a ação dos fatores VIII e (mais) IX. MÉTODOS: Foi realizada ampla revisão da literatura com o objetivo de determinar os achados recentes relacionados ao uso de fator VII recombinante ativado em pacientes com sangramento severo. RESULTADOS: Constatou-se que o uso de rFVIIa foi iniciado na década de 80 para profilaxia e tratamento de sangramento em pacientes com antecedente de hemofilia A ou B com inibidores de fator VIII e IX, deficiência de fator VII e trombastenia de Glanzmann refratários à reposição plaquetária. Em 1999 seu uso foi ampliado para outras situações clínicas e dessa forma, começaram a ser publicados diversos trabalhos mostrando a eficácia do rFVIIa como agente pró-hemostático em paciente com outras coagulopatias ou pacientes previamente hígidos com história de sangramento agudo de grande monta. Trauma é a principal causa de mortalidade no mundo sendo sangramento incontrolado o principal desafio no atendimento a estes pacientes. É comum a associação de trauma com coagulopatia, necessitando em algumas situações de terapia específica para o tratamento da mesma. Neste momento a terapia adjuvante com rFVIIa deve ser considerada. Outras causas comuns de sangramento são as operações cardíacas e ginecológicas/ obstétricas e doenças envolvendo o fígado. A coagulopatia nesses casos ocorre por deficiência dos fatores dependentes de vitamina K, sendo o FVII o com menor meia-vida. CONCLUSÃO: O uso de rFVIIa tem sido sugerido como opção terapêutica promissora para esses pacientes. Dessa forma, o recente aumento do uso de rFVIIa em situações ainda não aprovadas levou ao crescente questionamento sobre eficácia e segurança desta específica medicação em tais situações. Resumo em inglês INTRODUCTION: Recombinant activated factor VII (rFVIIa) is a protein produced by genetic engineering, the structure is very similar to the structure of intrinsic activated factor VII (FVII). Its action is based on knowledge of the coagulation mechanism in vivo by acting in direct activation of factor X independent resulting in formation of thrombin at the injury site and thereby contributing to the formation of stable fibrin clots without the action of factor VIII and fac (mais) tor IX. METHODS: Was conducted extensive review of the literature in order to determine the new findings related to the use of recombinant activated factor VII in patients with severe bleeding. RESULTS: It was found that the use of rFVIIa started in the 80's for prophylaxis and treatment of bleeding in patients with a history of hemophilia A or B with inhibitors to factor VIII and IX, factor VII deficiency and Glanzmann's thrombasthenia refractory to replacement platelet. In 1999 its use was expanded to other clinical situations and thus began to be published several studies showing the efficacy of rFVIIa as a pro-hemostatic agent in patients with bleeding disorders or other previously healthy patients with a history of acute bleeding of major consequence. Trauma is the leading cause of mortality worldwide and uncontrolled bleeding the main challenge in caring for these patients. It is common for the association of trauma with coagulopathy, requiring in some cases specific therapy to treat it. At this point in adjuvant therapy with rFVIIa should be considered. Other common causes of bleeding are the heart, gynecologic/obstetric surgeries and diseases involving the liver. The coagulopathy in these cases is deficiency of factors dependent on vitamin K, and the FVII factor with smaller half life. CONCLUSION: The use of rFVIIa has been suggested as a promising therapeutic option for these patients. Thus, the recent increase in the use of rFVIIa in situations not approved has led to growing questions about efficacy and safety of this specific medication in such situations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Histomorfologia do gânglio de Gasser, da rete mirabile carotídea e da hipófise de bovinos: estudo de 199 casos/ Histomorphology of the Gasserian ganglion, carotid rete mirabile and pituitary gland in cattle: a study of 199 cases

Rech, Raquel R.; Rissi, Daniel R.; Silva, Marcia C.; Inkelmann, Maria A.; Barros, Claudio S.L.
2006-06-01

Resumo em português O complexo heterogêneo de tecidos formado pelo gânglio de Gasser, rete mirabile carotídea e hipófise (GRH) de 199 bovinos foram macro e microscopicamente avaliados. Vinte e um GRH eram de casos confirmados de raiva, 19 com diagnóstico de meningoencefalite por herpesvírus bovino-5 (BoHV-5), 11 casos de febre catarral maligna (FCM), 7 tinham abscesso de pituitária, 17 apresentaram lesões de encefalopatia hepática (status spongiosus) atribuído à fibrose crônica p (mais) or intoxicação por Senecio sp; e os 124 GRH restantes eram provenientes de bovinos que não apresentaram sinais neurológicos e que morreram ou foram eutanasiados por causas diversas. Nenhuma alteração histológica significativa foi observada no GRH dos 124 bovinos que não tinham sinais neurológicos, nos 17 bovinos com encefalopatia hepática, nem nos 19 bovinos afetados por meningoencefalite por BoHV-5. Alterações inflamatórias foram encontradas em 20 dos 21 casos de raiva e consistiam de proliferação de células satélites, nódulos gliais e infiltrado linfo-plasmocitário; alterações degenerativas incluíam cromatólise central, vacuolização neuronal e necrose neuronal com neuronofagia. Corpúsculos de inclusão eosinofílicos intracitoplasmáticos (de Negri) foram encontrados em 19 dos 21 casos de raiva; neurite do nervo trigêmeo em 11 casos e neuroipofisite em 4 casos. O complexo GRH de 9 de 11 casos de FCM apresentava arterite necrosante, que afetava as artérias da rete mirabile carotídea. Em 7 dos 199 GRH examinados havia abscessos de pituitária caracterizados por agregados de neutrófilos e detritos celulares circundados por infiltrado mononuclear e cápsula fibrosa. Vários achados incidentais foram observados nos 199 GRH examinados histologicamente e não foram correlacionados com alterações ligadas a doenças. Estes incluíam cistos na cavidade hipofisária, agregados de fibrina e neutrófilos no seio cavernoso da rete mirabile carotídea, leve aumento do número de células satélites ao redor dos neurônios do gânglio de Gasser e ocasional vacuolização e lipofuscinose neuronal. O exame histológico do complexo GRH é uma ferramenta importante e confiável no diagnóstico das principais encefalites em bovinos no Brasil. Resumo em inglês The complex of heterogenous tissues formed by the Gasserian ganglia, carotid rete mirabile and pituitary gland (GRH) from 199 cattle were grossly and histologically evaluated. Twenty one of the GRH were from comfirmed cases of rabies, 19 were diagnosed as cases of meningoencephalitis caused by bovine herpesvirus-5 (BoHV-5), 11 were confirmed cases of malignant catarrhal fever (MCF), 7 had pituitary abscesses, 17 had lesions of hepatic encephalopathy (status spongiosus) at (mais) tributable to chronic liver failure due to Senecio sp poisoning; and the remaining 124 GRH were from cattle which did not present neurological signs and died or were euthanatized due to various causes. No significant histologic changes were observed in the GRH from the 124 cattle which did not present neurological signs, in the GRH of the 17 cattle that had hepatic encephalopathy neither in the GRH of the 19 cattle diagnosed with BoHV-5 meningoencephalitis. Inflammatory changes were found in the Gasserian ganglia of 20 out of 21 cases of rabies and consisted of proliferation of sattelite cells, glial nodules and lymphoplasmacytic infiltrate; degenerative changes included central chromatolysis, neuronal vacuolation, and neuronal death with neuronophagia. Characteristic eosinophilic intracytoplasmatic inclusion (Negri) bodies were found in 19 out of 21 cases of rabies, neuritis of the fifth nerve in 11, and neurohypophysitis in 4 cases. The GRH from nine of the eleven cases of MCF had characteristic necrotizing arteritis affecting the arteries of the carotid rete mirabile. In seven cases pituitary abscesses were found; they were characterized by large aggregates of neutrophils admixed with cellular debris and surrounded by mononuclear cells and were walled by a fibrous capsule. Several incidental findings were observed equally in the 199 histologically examined GRH and consequently were non specific for any disease entity. These include cysts in the pituitary cleft, fibrin and neutrophilic aggregates in the cavernous sinus of the carotid rete mirabile, mildly increased numbers of sattelite cells around neurons of the Gasserian ganglia and occasional neuronal vacuolation and lipofuscinosis. It was concluded that the histological examination of the GRH is an important and reliable tool in the diagnosis of the main forms of encephalitis occurring in cattle in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Intoxicação por Ramaria flavo-brunnescens (Clavariaceae) em bovinos/ Poisoning by Ramaria flavo-brunnescens (Clavariaceae) in cattle

Barros, Ricardo R.; Irigoyen, Luiz F.; Kommers, Glaucia D.; Rech, Raquel R.; Fighera, Rafael A.; Barros, Claudio S.L.
2006-06-01

Resumo em português Dois surtos de intoxicação pelo cogumelo Ramaria flavo-brunnescens são relatados em bovinos de duas fazendas localizadas nos municípios de Santa Maria e São Gabriel, no Rio Grande do Sul, no período de abril-maio de 2005. De um total de 180 bovinos de sobreano que tiveram acesso a bosques de eucaliptos, 19 adoeceram e 10 morreram. A evolução clínica foi de 8-15 dias e os sinais clínicos incluíam depressão, perda de peso, desidratação, salivação excessiva, (mais) afrouxamento e perda dos pêlos longos da cauda, alisamento da superfície dorsal da língua com ocasional ulceração, afrouxamento do estojo córneo dos chifres, fezes em forma de cíbalos e recobertas por película de muco, hipópion, hifema e opacidade da córnea. Dois novilhos tinham leucocitose devido a leve desvio regenerativo à esquerda. Os achados de necropsia confirmaram as observações clínicas e adicionalmente incluíam esofagite fibrinonecrótica, principalmente no terço distal do esôfago. Alterações histopatológicas na pele da cauda incluíam hiperqueratose ortoqueratótica, folículos pilosos com contornos irregulares, espessamento da camada de queratina tricolemal e formação ocasional de tampões de queratina; degeneração e necrose da bainha radicular externa também era observada. Nos cascos havia hemorragia, fibrina e infiltrado neutrofílico nas lâminas dérmicas, hiperplasia do topo das lâminas epidérmicas com queratinização irregular e retenção dos núcleos; várias lâminas epidérmicas estavam encurtadas e fundidas. Na mucosa da língua o epitélio de revestimento estava adelgaçado, com atrofia e perda das papilas filiformes, áreas multifocais de disqueratose e espongiose das células da camada basal. Em algumas porções havia perda do epitélio e a superfície da língua era formada por tecido de granulação e infiltrado inflamatório misto. A mucosa esofágica de seis novilhos apresentava vários graus de necrose epitelial e inflamação. A perda do epitélio de revestimento revelava uma área subjacente de tecido de granulação com marcado infiltrado inflamatório predominantemente neutrofílico e macrofágico. Em seis novilhos, o bulbo, na altura do óbex, apresentava áreas focais bilaterais e simétricas de malacia que afetava a substância branca e partes do núcleo dorsal do vago e do núcleo hipoglosso. São discutidos a epidemiologia, os sinais clínicos, a patologia e a patogênese da intoxicação por R. flavo-brunnescens em bovinos. Resumo em inglês Two oubreaks of poisoning by the mushroom Ramaria flavo-brunnescens are reported in cattle from two farms located in the municipalities of Santa Maria and São Gabriel, state of Rio Grande do Sul, during April-May 2005. Out of a total of 180 yearling calves that had access to a pasture with eucalyptus woods, 19 were affected and 10 died. The clinical courses were 8-15 days and clinical signs included depression, weight loss, dehydration, drooling, loosening and loss of th (mais) e long hairs of the tip of the tail, smoothening of the dorsal surface of the tongue with occasional ulceration, loosening of the corneal encasement of horns, hard and ball-shaped feces covered with a film of mucous, hypopion, hyphema and corneal opacity. Two calves had leucocytosis due to mild regenerative left shift. Nine calves were necropsied. Necropsy findings confirmed the clinical observation and additionaly included fibrinonecrotic esophagitis, mainly in the distal third of the esophageal mucosa. Histopathological changes in the skin of the tail included orthokeratotic hyperkeratosis; hair folicles with irregular contours, thickening of the tricolemmal keratin layer with occasional formation of keratin plugs, and degeneration and necrosis of the outer root sheath. At the laminar region of the hooves, there was hyperplasia of the top of epidermal laminae with irregular keratinization and retention of nuclei; several epidermal laminae were shortened and fused. There was hemorrhage, fibrin and neutrophilic infiltrate in the dermal laminae. In the mucosa of the tongue there was thinning of the covering epithelium, atrophy and loss of filiform papillae, multifocal areas of dyskeratosis, and spongiosis of the basal cell layer. In some parts the epithelium was lost and the surface consisted of granulation tissue and mixed inflammatory cell infiltrate. The esophageal mucosae of six calves had varying degree of epithelial necrosis and inflammation. The loss of the covering epithelium revealed an underneath area of granulation tissue with heavy inflammatory infiltrate composed predominantly of neutrophils and macrophages. In six calves there were focal symmetric bilateral areas of malacia observed at the level of obex in the medulla oblongata and affecting the white matter and parts of the dorsal nucleus of the vagus and of the hypoglossal nucleus. The epidemiology, clinical signs, pathology, and pathogenesis of poisoning by R. flavo-brunnescens in cattle are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Válvula mecânica em carbono, de disco basculante, com revestimento de material biológico: princípios e desenvolvimento/ Pivoting disc carbon mechanical valve covered with biological material: principles and development

Magalhães, Hélio Pereira de; Machado, Ana Lúcia; Raoul, Artur J; Soutello Filho, Ary Fernandes; Vaidergorn, Jairo; Santos, José Alberto dos; Souza, Márcia Valéria A. P; Cruz, Maria Paula
1995-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: após estudo experimental de implante de material biológico e carbono em átrio esquerdo e aorta, foi desenvolvida uma nova prótese, primeira válvula de carbono feita inteiramente no País. A finalidade foi conseguir uma válvula de sistema mecânico durável, de boa aceitação orgânica para facilitar a cicatrização a partir do anel e isolar o máximo de material sintético da corrente sangüínea; o objetivo é conseguir menores índices de morbidade (mais) e mortalidade, alterando a história natural da prótese mecânica em relação a trombose, tromboembolismo, reoperações e menor uso de anticoagulante. MATERIAL E MÉTODOS: a válvula é do tipo disco basculante perfurado, fabricada em Carbolite (carbono polimérico endurecido). O anel apresenta haste com pino central para guiar e reter a movimentação do disco, batente e dois pinos para limitação do grau de abertura. O anel tem perfurações para fixação do material biológico (pericárdio e veia). O conjunto é colocado entre dois anéis lisos acoplados revestidos de Poliéster com aba de sutura externa. O batente tem aspecto denteado, formando plataformas onde se apoia o disco e entre os dentes existe continuidade do revestimento biológico. A prótese é toda revestida, exceto o pino, o disco, as plataformas do batente e a face interna do orifício menor. A prótese foi testada em duplicador de pulso em teste equivalente a dez anos, sem desgaste aparente com disco de carbono e poliacetal. Cada prótese, antes do implante, é testada individualmente durante cinco dias a 1.000 pulsações por minuto com pressão média de 12 cmHg. Então, é feita limpeza, esterilização, revestimento de material biológico processado em glicerina, montagem e esterilização final em formol ou gás ETO (conservação em glicerina). Existem 7 pacientes mitrais em observação com tempo médio de 7,8 meses (mínimo de 4 meses e máximo de 13 meses), sendo mantidos com anticoagulação oral. RESULTADOS INICIAIS: como o número de pacientes é pequeno, destacam-se apenas algumas observações iniciais: ausência de tromboembolismo, ausência de disfunção mecânica primária, ocorrência de dois acidentes hemorrágicos maiores e um episódio de trombose em paciente com dois meses de evolução, por anticoagulação inadequada, com reoperação e mantendo a mesma prótese com achado de depósito difuso de fibrina e boa evolução após dez meses. CONCLUSÕES: os resultados dos testes mecânicos do material e da válvula e os aspectos clínicos iniciais são favoráveis, devendo-se ampliar a casuística, com proteção anticoagulante mais efetiva e uniforme nos três primeiros meses. Após três meses, a presença do material biológico e as baixas doses de anticoagulante parecem ser eficientes no controle das complicações pós-operatórias da válvula mecânica, contra a trombose, o tromboembolismo e os acidentes hemorrágicos. Resumo em inglês INTRODUCTION: a hybrid valve was developed for improving a durable mechanic disc valve with good biocompatibility, by promoting easy healing around the ring valve and making the maximum isolation of the synthetic material in the blood stream. Lining the mechanical valve with porcine biologic tissue (pericardium and vein) is a tentative to reduce the morbidity and mortality on respect of thrombosis, thromboembolism, reoperations and minor use of anticoagulants to reduce th (mais) e hemorrhagic events. Some principles were established on hybrid valve: durable mechanical system, points of contact without biologic material, use of biological material with minor organic reaction, movable parts without biologic material outside its perimeter, preferential closing system with superposition on a track seat and loose joints for accept biologic material limited growth. MATERIAL AND METHOD: the valve is the type of perforated tilting disc and all made of Carbolite (hardened polymeric carbon). The prosthesis is all covered except the central pivot, the disc and the internal part of the minor orifice, with 65% amount of surface recovered. The disc extends over thetnajor orifice with a track seat. The valve is processed in glycerol and sterilized in ETO and preserved in glycerol preferentially. There are seven mitral patients in observation with a mean time of 7,8 months (4 to 13 months) with oral anticoagulation. INITIAL RESULTS: in the first three months the mean Prothrombin Value (PV) was 60% and a case of valvular thrombosis occurred after two months with a PV of 70%, history of tachycardia and dyspnea. The patient was reoperated and was seen a good healing on Polyester ring and diffuse fibrin deposit. The fibrin was removed and the valve is going well after ten months. Two majors of hemorrhagic episodes occurred in two patients with a PV of 10% and 20% with good evolution. After three months the group has the mean PV of 51 % with no cases of hemolysis, thromboembolism, dysfunction or hemorrhagic events. CONCLUSIONS: the mechanical tests of the valve and the initial clinical aspects are favorables. It is necessary to augment the number of cases with more effective and uniform anticoagulant protection in the first three months to avoid thrombosis and hemorrhagic events. After three months the biolization of the valve with low anticoagulant doses seems to be efficient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Intoxicação experimental aguda por samambaia (Pteridium aquilinum) em bovinos/ Experimental acute poisoning by bracken fern (Pteridium aquilinum) in cattle

Anjos, Bruno L.; Irigoyen, Luiz F.; Piazer, José Vitor M.; Brum, Juliana S.; Fighera, Rafael A.; Barros, Claudio S.L.
2009-09-01

Resumo em português Este experimento foi delineado para investigar os seguintes pontos em relação à intoxicação aguda por samambaia (Pteridium aquilinum) em bovinos: 1) a intensidade da trombocitopenia em diferentes momentos da intoxicação e sua relação com possíveis déficits na hemostasia secundária, 2) a relação da neutropenia com as manifestações morfológicas de septicemia ocasionalmente observadas na necropsia, e 3) o mecanismo da anemia e sua relação com a perda de sa (mais) ngue, a vida média eritróide e a evolução da doença. As hastes superiores mais verdes de P. aquilinum foram administradas a quatro bovinos sem raça definida, com idade média de 1,5 ano e pesos entre 190-215 kg. Um bovino de idade e peso semelhantes foi usado como controle e, exceto por não ter recebido P. aquilinum, foi mantido nas mesmas condições que os outros quatro. Os quatro bovinos que receberam a planta morreram com quadro característico da intoxicação aguda por samambaia após receberem durante 53-58 dias, doses diárias de 8,0, 8,6, 10,2 e 10,6g/kg de peso corporal, que totalizaram, ao final do experimento, respectivamente, 112,7, 107,6, 85,7, 90,15 kg da planta, o que corresponde, respectivamente, a 59,3%, 63,3%, 47,4%, 47,5% da planta em relação ao peso dos bovinos. A doença caracterizou-se por febre de até 42,5°C e diversos graus de hemorragias observadas clinicamente, na necropsia e na histopatologia. A morte ocorria 6-7 dias após o início do quadro febril. As alterações hematológicas revelaram trombocitopenia e neutropenia acentuadas. Em dois dos quatro bovinos havia anemia leve. Não houve variações significativas nos tempos de coagulação dos bovinos intoxicados, quando avaliados os fatores de coagulação (secundária), excluindo-se assim a possibilidade da participação de distúrbios da hemostasia secundária na patogênese das hemorragias nessa intoxicação. A determinação dos produtos da degradação da fibrina no soro revelou dados conflitantes, não permitindo concluir se a coagulação intravascular disseminada tem participação na patogênese das hemorragias nessa intoxicação. A citopatologia e histopatologia da medula óssea dos quatro bovinos intoxicados revelaram acentuada diminuição no número de células hematopoéticas das três linhagens medulares, caracterizando insuficiência medular por aplasia; conclui-se que apenas eventos da hemostasia primária devidos a trombocitopenia são responsáveis pelas hemorragias. Na hemocultura de três dos bovinos intoxicados houve crescimento de Klebsiella oxytoca, Staphylococcus hyicus e Staphylococcus aureus, indicando que a septicemia, facilitada pela neutropenia, pode ter participação na causa da morte de bovinos na intoxicação aguda pela ingestão de P. aquilinum. Aspectos adicionais de interesse na reprodução da intoxicação aguda por samambaia em bovinos deste relato incluem o desenvolvimento de hematúria na doença aguda e a apresentação da chamada forma laríngea da doença. Resumo em inglês This experiment was design to address the following points in relation to the acute poisoning by bracken fern (Pteridium aquilinum) in cattle: 1) the severity of the thrombocytopenia in different stages of the intoxication and its relationship to possible deficits in the secondary hemostasis, 2) the relationship between neutropenia and the morphological signs of septicemia occasionally found at necropsy, and 3) the mechanism of anemia and its relationship with blood loss, (mais) medium life of erythrocytes and the progress of the disease. The fresh green upper parts of P. aquilinum were fed to four mixed breed calves with average age of 18 months and weights ranging from 190 to 215 kg. A calf of similar age and weight was kept together with the other four under the same conditions, except for the ingestion of P. aquilinum. The four fern-fed calves died with typical features of acute bracken fern poisoning after being fed with the plant for 53-58 days daily doses of 8.0, 8.6, 10.2, and 10.6g/kg body weight totaling at the end of the experiment, respectively, 59.3%, 63.3%, 47.4%, and 47.5% of bracken fern in relation to their body weight. The disease was characterized by fever up to 42.5°C and varying degrees of hemorrhages observed clinically, at necropsy and on histological examination. Death occurred 6-7 days after the onset of fever. The hematological changes consisted mainly of marked thrombocytopenia and neutropenia. Two of the four affected calves had mild anemia. The deficits in secondary hemostasis were mild in each case. There were no significant changes thus permitting to rule out the role of secondary hemostasis in the pathogenesis of the hemorrhages in the bracken fern poisoning. The measurement of fibrin degradation products in the serum showed conflicting results and did no allow for a solid conclusion regarding the role of disseminated intravascular coagulation in the pathogenesis of the hemorrhages in fern poisoning. The cytology and the histopathology of bone marrow from the four poisoned calves revealed marked decrease in the numbers of hematopoietic cells from the three marrow lineages, which characterizes marrow failure due to aplasia; it was concluded that the events of the primary hemostasis due to thrombocytopenia are responsible for the hemorrhages. In blood culture from three affected calves there was growth of Klebsiella oxytoca, Staphylococcus hyicus and Staphylococcus aureus, indicating that septicemia, facilitated by neutropenia could have a role in the death of cattle acutely poisoned due to the ingestion of P. aquilinum. Additional points of the interest in the acute experimental poisoning by bracken fern in cattle reported here were the development of hematuria and the so called laryngeal form.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Utilização do adesivo fibrínico em LASIK/ The use of fibrin adhesive in LASIK

Molinari, Hamleto; Muranaka, Claudio
2001-06-01

Resumo em português Objetivo: Avaliar a utilização do adesivo fibrínico em LASIK, com o intuito de minimizar as complicações relacionadas ao disco. Métodos: Foi realizado LASIK em 312 pacientes (624 olhos). Ambos os olhos foram operados no mesmo dia, sendo utilizada a técnica convencional em um olho e a técnica com o uso do adesivo fibrínico no olho contralateral. Resultados: O uso do adesivo fibrínico demostrou uma redução significativa das complicações relacionadas ao disco. (mais) Comentários: A utilização do adesivo fibrínico mostrou também ser muito útil em casos de LASIK pós-ceratotomia radial, adesão de disco com corte total e hemostasia na borda do disco. Resumo em inglês Purpose: To evaluate the use of fibrinogen adhesive in LASIK for minimization of flap complications. Method: LASIK was performed in 312 patients (624 eyes). Both eyes were operated on the same day, one eye with the conventional technique and the other with adhesive application. Results: A significant decrease of flap complications was shown. Conclusion: The use of fibrinogen adhesive showed to be efficient in the decrease of flap complications. Comments: This technique se (mais) ems to be useful in LASIK following radial keratotomy and astigmatism keratotomy, in gluing free cap, and in interface hemostasis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Tratamento de feridas cutâneas extensas usando tecido dérmico acelular porcino com e sem cobertura impermeável/ Porcine acellular dermal graft with and without impermeable dressing to treat extensive wounds

Hoyama, Erika; Schellini, Silvana Artioli; Pellizon, Claudia H.; Marques, Mariângela Esther Alencar; Padovani, Carlos Roberto; Rossa, Romualdo
2005-08-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: O tecido dérmico acelular porcino é alternativa para o tratamento de feridas cutâneas. OBJETIVOS: Avaliar a resposta clínica e inflamatória do implante de tecido dérmico acelular porcino, com e sem cobertura impermeável. MÉTODOS: Estudo pareado, longitudinal, criando-se duas feridas cutâneas no dorso de 16 ratos (quatro animais/grupo), em que foi implantado tecido dérmico acelular coberto ou não por impermeável. Os animais foram avaliados e sacrif (mais) icados sete, 15, 30 e 60 dias após a cirurgia, sendo removidos os tecidos acelulares e adjacentes para avaliação histológica e morfométrica. RESULTADOS: A cobertura impermeável permaneceu sobre o tecido acelular porcino até cerca de 15 dias. O grupo sem impermeável apresentou maior desidratação, com crosta fibrinoleucocitária, edema e reação inflamatória na derme. Sessenta dias após a cirurgia, animais do grupo sem impermeável ainda apresentavam ulcerações, afinamento do epitélio e ausência de queratina, enquanto nos do grupo com impermeável a pele já se encontrava normal. CONCLUSÃO: O tecido dérmico acelular porcino com cobertura impermeável apresentou resultados clínicos e histológicos melhores do que os do tecido dérmico acelular porcino sem impermeável para tratamento de feridas cutâneas extensas. Resumo em inglês BACKGROUND: The porcine acellular dermal graft is an alternative for the treatment of skin wounds. OBJECTIVE: To evaluate the clinical and inflammatory response elicited by a porcine derived acellular dermal graft with or without an impermeable dressing. METHODS: A matched-pair longitudinal study was conducted by creating two skin wounds along the dorsal midline of 16 rats (4 rats/group) with implantation of a porcine acellular dermal graft with or without an impermeable (mais) dressing. At the 7th, 15th, 30th and 60th postoperative days the animals were evaluated and sacrificed. The acellular tissue and surrounding tissues were removed for histological and morphometric analysis. RESULTS: The impermeable dressing persisted on the wounds for up to approximately 15 days. The group without impermeable dressing presented more desiccation, fibrin crust, edema, and inflammatory reaction in the dermis. At the 60th postoperative day, the group without the impermeable dressing still showed ulcerations, epithelium thinning and lack of keratin, whereas in the group with impermeable dressing the skin was already normal. CONCLUSION: The porcine acellular dermal tissue associated with the impermeable dressing presented better clinical and histological results compared to the porcine acellular dermal tissue without the impermeable dressing in extensive wound healing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Facoemulsificação e ciclofotocoagulação endoscópica como tratamento primário para catarata e glaucoma coexistentes/ Phacoemulsification and endoscopic cyclophotocoagulation as primary surgical procedure in coexisting cataract and glaucoma

Lima, Francisco Eduardo Lopes; Carvalho, Durval Moraes de; Ávila, Marcos Pereira de
2010-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a eficácia e segurança da facoemulsificação associada à ciclofotocoagulação endoscópica (CFE) no tratamento cirúrgico primário para catarata e glaucoma coexistentes. MÉTODOS: Trezentos e sessenta e oito olhos de 243 pacientes portadores de glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA) e catarata foram incluídos no estudo. Todos os pacientes submetidos à facoemulsificação e CFE, no mesmo ato cirúrgico, no Centro Brasileiro de Cirurgia de Olh (mais) os, entre outubro de 1998 e dezembro de 2006 com, no mínimo, dois anos de seguimento, foram retrospectivamente avaliados. As cirurgias foram realizadas por um único cirurgião (FEL). Os pacientes eram excluídos se apresentassem história de qualquer cirurgia ocular ou laserterapia para o glaucoma, prévia ao procedimento. Sucesso qualificado foi definido como 5 mmHg Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the safety and efficacy of phacoemulsification and endoscopic cyclophotocoagulation (ECP) as a primary surgical treatment for glaucoma and cataract. METHODS: Three hundred and sixty-eight eyes from 243 patients with primary open-angle glaucoma and cataract from the Centro Brasileiro de Cirurgia de Olhos that underwent an uncomplicated surgery from October, 1998 to December, 2006 with at least 2 years of follow-up were retrospectively enrolled. The pat (mais) ients were excluded if presented a previous ocular history of any intraocular surgery or glaucoma laser treatment. Qualified success was defined as 5 mmHg

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Aumento no material fibrinoide perivilositário nas placentas de gestações com pré-eclâmpsia/ Increase in perivillous fibrinoid material in placentas from pregnancies with preeclampsia

Souza, Diego Agra de; Bezerra, Antonio Fernando de Sousa; Wanderley, David Campos; Souto, Claudia Maria Barbosa
2011-02-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A pré-eclâmpsia responde por alta morbimortalidade no Brasil e no mundo. A sua etiologia ainda não foi totalmente esclarecida. Entre as alterações placentárias na pré-eclâmpsia citam-se: infartos, aumento de nós sinciciais, hipotrofia vilositária, espessamento da membrana basal trofoblástica e deposição de material fibrinoide. OBJETIVO: Analisar quantitativamente imagens do material fibrinoide perivilositário presente em placentas de gestaçõe (mais) s com e sem pré-eclâmpsia. MATERIAL E MÉTODOS: Foi realizado estudo de caso-controle no Serviço de Anatomia Patológica do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA). Realizou-se análise histomorfométrica de 840 imagens provenientes de 14 placentas de gestações com pré-eclâmpsia (casos) e 14 placentas de gestações sem pré-eclâmpsia (controles). RESULTADOS: A média da área do material fibrinoide no grupo pré-eclâmpsia foi de 168,46 pixels, e no grupo sem pré-eclâmpsia, de 89,63 pixels. Foi observada uma quantidade menor da área total dos núcleos na pré-eclâmpsia, 89,51 pixels, do que no grupo controle, 113,34 pixels. CONCLUSÃO: Nas placentas de gestações com pré-eclâmpsia a área ocupada pelo material fibrinoide está aumentada em 1,8 vez em comparação com as placentas de gestações normais. As áreas dos núcleos e citoplasmas foram maiores no grupo controle. Não houve diferença estatisticamente significativa quanto à área do estroma. Observou-se também redução do espaço ocupado pelas vilosidades na pré-eclâmpsia, sendo este fato compatível com hipotrofia vilositária. Resumo em inglês INTRODUCTION: Preeclampsia is responsible for high maternal mortality in Brazil and worldwide. Its etiology has not been fully elucidated. Placental changes in preeclampsia include: infarcts, increase in syncytial knots, villous hypotrophy, thickening of trophoblastic basement membrane and fibrin deposition. OBJECTIVE: To analyze quantitatively images of perivillous fibrinoid material present in placentas from pregnancies with and without preeclampsia. MATERIAL AND METHOD (mais) S: A case-control study was carried out at the Anatomical Pathological Service of Professor Alberto Antunes University Hospital. It was performed the histomorphometric analysis of 840 images comprising 14 placenta samples from pregnancies with preeclampsia (cases) and 14 placenta samples from pregnancies without preeclampsia (controls). RESULTS: In the preeclampsia group the mean area of fibrinoid material was 168.46 pixels and in the group without preeclampsia it was 89.63 pixels. The nuclei total area was smaller in preeclampsia (89.51 pixels) in comparison with the control group (113.34 pixels). CONCLUSION: In placentas from preeclampsia pregnancies the fibrinoid material area is larger (1.8x) compared to normal pregnancies. Nuclei and cytoplasm areas were larger in the control group. There was no statistical difference regarding the stromal area. There was also a reduction in villous space in preeclampsia, which is consistent with villous hypotrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Achados clínicos e patológicos em cães infectados naturalmente por herpesvírus canino

Oliveira, Eduardo C.; Sonne, Luciana; Bezerra Júnior, Pedro S.; Teixeira, Elisa M.; Dezengrini, Renata; Pavarini, Saulo P.; Flores, Eduardo F.; Driemeier, David
2009-08-01

Resumo em português Descrevem-se os achados clínicos e patológicos e os exames laboratoriais de filhotes de cães com diagnóstico post mortem de infecção por herpesvírus canino. Os casos ocorreram em duas propriedades da Cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em abril de 2007 e julho de 2008. Clinicamente, os cães apresentaram anorexia, apatia, choro e dispneia. A morte dos cães ocorreu após 24-72 horas do início dos sinais clínicos. Na necropsia observaram-se hemorragia multi (mais) focal renal e hepatomegalia com petéquias e pontos brancos na superfície natural do fígado. Os pulmões se apresentaram não-colapsados e vermelhos. Havia esplenomegalia e, em alguns cães, petéquias na superfície capsular do baço. Aumento dos linfonodos mesentéricos e do timo foi observado. Lesões microscópicas incluíram hemorragia e necrose multifocal em células epiteliais tubulares renais, hepatócitos e tecidos linfoides. Nos pulmões, havia necrose alveolar multifocal acentuada com abundante material fibrinoso e infiltrado inflamatório misto de intensidade variada. Ocasionais corpúsculos de inclusão intranucleares em áreas periféricas à necrose foram identificados em hepatócitos, células epiteliais de túbulos renais e células alveolares. Amostras de fígado, rim e pulmão foram positivas na imunofluorescência direta para herpesvírus canino tipo 1 (CHV-1). O diagnóstico de infecção por herpesvírus foi baseado nos achados de necropsia, histológicos e de imunofluorescência positiva em tecidos usando anticorpo anti-CHV-1. De nosso conhecimento, este é o primeiro relato da identificação do CHV-1 no Brasil, embora achados clínico-patológicos anteriores já sugerissem a presença do agente na população canina do país. Resumo em inglês The clinic and pathological findings and laboratorial testing of puppies with postmortem diagnosis of canine herpesvirus infection are described. The cases occurred in two households of Porto Alegre, RS, in April 2007 and July 2008. The puppies presented anorexia, depression, cry and dyspnea, followed by death about 24-72 hours after the onset of clinical signs. At necropsy multifocal pin point hemorrhages were observed in the kidneys. The liver was enlarged with petechia (mais) e and white foci on the surface. The lungs were red and did not collapse. The spleen was enlarged and, in some cases, with petechiae on the capsular surface. Mesenteric lymph nodes and thymus were enlarged. Microscopic lesions included hemorrhages and multifocal necrosis of the renal tubular epithelial cells, hepatocytes and lymphoid tissues. In the lungs there was severe multifocal alveolar necrosis with abundant fibrin deposits and a mixed inflammatory infiltrate of variable intensity. Intranuclear inclusion bodies were identified in the periphery of necrotic areas in hepatocytes, renal tubular epithelial cells and alveolar cells. Samples of liver, kidney and lung were positive in the direct immunofluorescence test for canine herpes virus type 1 (CHV-1). The diagnosis was based on epidemiological data, necropsy findings, histological lesions and positive immunofluorescence results using CHV-1 antibody in tissue samples. To our knowledge, this is the first report of the identification of CHV-1 in Brazil, although previous clinic and pathological findings already suggested the presence of the virus in Brazilian canine population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)