Sample records for feulgen method
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

Toddia sp., "corpúsculo paranuclear" no sangue de Leptodactylus e Bufo do Brasil: desenvolvimento e citoquímica/ Toddia sp. a paranuclear corpuscle in the blood of Leptodactylus and Bufo of Brazil

Pereira, Neize de Moura; Costa, Sylvio Celso Gonçalves da; Sousa, Maria Auxiliadora de
1973-01-01

Resumo em português O gênero Toddia, criado por França 1911, para um organismo encontrado em eritrõcitos de um anfíbio anuro, tem estrutura particular e o problema de sua natureza (protozoário ou vírus) é discutido. Nosso resultados mostram reações Feulgen e Verde Metila positivas, principalmente no início da infecção. Com o decorrer da infecção as partículas são, geralmente, maiores que aquelas observadas alguns dias após as inoculações, mas as reações citoquímicas cit (mais) adas anteriormente são, em geral, negativas ou fracamente positivas. Os mesmos resultados foram obtidos quando empregamos Laranja de acridina para caracterização do DNA e esta técnica foi negativa para o RNA. Estudando o desenvolvimento deste organismo e seus efeitos infecciosos foram confirmados por inoculações experimentais. As alterações no sangue do hospedeiro foram observadas e notamos que o núclo dos eritrócitos é severamente alterado durante o desenvolvimento da infecção, que é geralmente, muito intensa, terminando com a morte do hospedeiro. As inoculações experimentais demonstraram a especificidade da infecção, e diante dos conhecimentos a respeito dos organismos deste gênero, discutimos o problema da criação de espécies. Resumo em inglês Toddia, a genus created by França 1911 for an organism found in the erythrocytes of an anuran amphibian, has a particular structure and the problem of its viral relationship of protozoa nature is an important point which has recently been discussed. Attempt to resolve this problem must be made using ultrastructure and cytochemical studies. Our results have shown a Feulgen positive reaction and a Methyl-Green positive reaction for this organism, chiefly in the beginning o (mais) f the infection. At the end of the infection the particles are greater than that in the beginning but the reactions above cited are generaly wakly positive or negative. We have also employed the Acridine orange method in the characterization of DNA and the results are positive too. Further histochemical studies are necessary to determine the true nature of the material observed in this study. We have also studied the development of this organism and its pathogenic effects have been confirmed by experimental inoculation. The alterations in the blood of the host were observed and we noted that the nucleus of the red blood cells is severely disturbed during the development of the infection. The experimental inoculation (in Leptodactylus and Bufo) have demonstred specific infectivety which is generaly hard, finishing with the death of the host. The taxonomic aspects related to this genus are discussed and the authors agree to the point of view of Mackerras 1961, and Marquardt 1967, about the identity of Pirhemocyton and Toddia. We need more research to stablish the viral nature of this organism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Consideracões sobre a natureza, desenvolvimento e transmissão de Cytamoeba bacterifera Labbé, 1894 de Leptodactylus ocellatus/ Considerations about the nature, development and transmission of Cytamoeba bacterifera Labbé, 1894 from Leptodactylus ocellatus

Sousa, Maria Auxiliadora de; Freire, Eliane Guimarães
1975-01-01

Resumo em português Com o objetivo de fornecer dados para o esclarecimento do controvertido problema da natureza de Cytamoeba bacterifera freqüentemente encontrada nos eritrócitos de Leptodactylus ocellatus, realizamos alguns testes citoquímicos. Demonstramos a presença do ácido ribonucleico e polissacarídeos não digeríveis pela ptialina em sua estrutura. Com o método de Feulgen, teste de referência para a caracterização do ácido desoxirribonucleico, obtivemos principlemnte resu (mais) ltados negativos; porém, um parasito com fraca e difusa positividade e algumas reações duvidosas também foram encontrados. Ao emrpegarmos o Verde Metila-Pironina, mesmo após o tratamento pela ribonuclease, e o Azul de Toluidina, também depois da ação desta enzima, não conseguimos confimar a presença de ADN. Como os elementos constituintes de C. bacterifera são minúsculos e, às vezes, não evidenciáveis, é possível que seu teor de ADN, porventura existente, seja muito pequeno e, conseqüentemente, de difícil demonstração por métodos cujos resultados são observados sob microscopia ótica, além de poder ficar facilmente encoberto por outras substâncias. Não estamos propensos a admitir uma provável natureza virótica para Cytamoeba baseados, principalmente, em alguns de seus aspectos estruturais (figs. 8, 15, 17 e 18) e na ausência de alteração no núcleo das células parasitadas. Apesar de não termos comprovado a presença de ADN, achamos possível que C. bacterifera seja um aglomerado intracitoplasmático de organismos modificados, cujas dimensões situam-se nas proximidades do limite de resolução do microscópio ótico, relacionados com as bactérias, assim como são, por exemplo, os Clamídios e as Riquétsias. Observamos o desenvolvimento de Cytamoeba em rã mantida em cativeiro por três meses e semanalmente examinada; constatamos decréscimo paulatino da parasitemia inicial e também que os seus tipos estruturais e medidas não estavam relacionadas com a etapa da infecção. Não conseguimos transmitir, por inoculação intra-peritoneal, Cytamoeba de L. ocellatus para Bufo crucifer. Resumo em inglês In view to furnish data to elucita the controversial problem of the nature of Cytamoeba bacterifera, which it is often found in erythrocytes of the frog Leptodactylus ocellatus, we have done some cytochemical tests. We displayd in its structure the contents of RNA and polysaccharides that do not undergo digestion by ptyalin. With the Feulgen's method we mainly obtained negative results, but one parasite showed a faintly diffused positivity and a few doubtful reaction were (mais) also observed. When we employed the Methyl Green-Pyronin, even after the ribonuclease treatment, and the Toluidin Blue, likewise subsequent to the activity of this enzime, we did not evidence the DNA. Taking into account that the components of C. bacterifere are usually very small and sometimes undiscernible, it is probable that their contents of DNA, perhaps existent, would be difficultly demonstrated under the light microscope, and also that it would be easily dissimulated by other substances. We do not believe in a viral nature of Cytamoeba mainly regarding some aspects of its structure (figs. 8, 15, 17 and 18) and the absence of damage on the nucleous of the infected cells. Although we did not prove the presence of DNA, we think that it is possible that C. bacterifera is an intracytoplasmic clump of modified organisms wich sizes are just within the nearness of th limit of visibility with optical microscopes, related with the bacteria, such as are, by exemple, the Chlamydiae and Rickettsiae. The development of Cytamoeba was followed in a frog maintained int he laboratory during three months and weekly examined; we observed progressive decrease of the parasitismo. Its structural types and sizes were not related with the phasis of the infection. We did not get transmission by intraperitonela inoculation of C. bacterifera from L. ocellatus to Bufo crucifer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Coloração de núcleos de esporos e hifas do cogumelo Agaricus blazei/ Nucleus stain of spores and hifas Ofagaricus blazei

Labory, Cláudia Regina Gontijo; Dias, Eustáquio Souza; Davide, Lisete Chamma; Schawan, Rosane Freitas; Wenzel, Inajá Marchizeli
2003-04-01

Resumo em português Com o objetivo de se estudar o comportamento nuclear durante o ciclo sexual do cogumelo Agaricus blazei , técnicas de coloração e a utilização de fluorocromos foram testadas, visando a uma padronização metodológica para estudos citogenéticos futuros. Das técnicas avaliadas neste trabalho (método de Feulgen, coloração com Giemsa e fluorescência-DAPI), a coloração com Giemsa e o fluorocromo DAPI apresentaram os melhores resultados para evidenciar núcleos. O (mais) corante Giemsa permitiu a visualização de compartimentos multinucleados. Com o DAPI, não foi possível a visualização dos septos, sendo necessária a utilização adicional de calcofluor, que tem a propriedade de corar a quitina que delimita os compartimentos das hifas. Resumo em inglês In order to study the nuclear behavior during the sexual cycle of Agaricus blazei , some coloration and fluorescent stain techniques were tested for a method standardization for fut ure cytogenetical works. Among the studied techniques (Schiff reactive, Giemsa, and fluorescent stain - DAPI), the Giemsa and fluorescent DAPI technique provided the best results. With Giemsa stain, it was possible to visualize multinucleate cell compartments. It was not possible to stain comp (mais) artmental delimitation with DAPI stain, which was possible only with an additional fluorescent stain - calcofluor, which is specific for chitin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)