Sample records for fermentation alcohol
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Efeito de aditivo químico e inoculantes microbianos na fermentação e no controle da produção de álcool em silagens de cana-de-açúcar/ Chemical additive and microbial inoculants effects on the fermentation and on the control of the alcohol production in sugarcane silages

Sousa, Daniel de Paula; Mattos, Wilson Roberto Soares; Nussio, Luiz Gustavo; Mari, Lucas José; Ribeiro, José Leonardo; Santos, Matteus Castilho
2008-09-01

Resumo em português Avaliou-se a eficácia de aditivo químico e inoculantes microbianos nas alterações fermentativas que inibem a produção de etanol e diminuem as perdas de matéria seca em silagens de cana-de-açúcar. A ensilagem foi realizada em baldes plásticos de 20 litros (minissilos) adaptados com válvulas tipo Bunsen para eliminação dos gases e dispositivo para coleta de efluentes. Utilizou-se uréia (1% na matéria verde) como aditivo e os inoculantes microbianos Lalsil can (mais) a® contendo a bactéria heterolática Lactobacillus buchneri (cepa NCIMB 40788) na razão de 3,65 × 10(5) ufc/g massa verde (MV) e um inoculante não comercial contendo a combinação de bactérias homo e heteroláticas Pedioccocus pentosassus e Lactobacillus buchneri (1 × 10(6) ufc/g de massa verde). As amostragens foram realizadas após 110 dias de fermentação. A utilização de uréia e principalmente do aditivo Lactobacillus buchneri + Pediococcus foi eficaz em diminuir a produção de etanol (1,30 e 2,75% vs 8,27% na silagem controle), as perdas de matéria seca (47 e 60%) e o consumo de carboidratos solúveis (22 e 56%) e em aumentar a digestibilidade in vitro da matéria seca (14,7 e 12,4%) quando comparados à silagem controle, respectivamente. Apesar dos altos teores de ácido acético em todas as silagens, principalmente nas silagens acrescidas da combinação de bactérias homo e heteroláticas, não foram verificados efeitos dos inoculantes sobre a população de leveduras. Os valores de pH e ácido lático da silagem com uréia foram maiores que os obtidos na silagem controle. As silagens com L. buchneri apresentaram neste estudo maior produção de etanol (11,53% vs 8,27%, silagem controle), o que refletiu em perdas significativas e baixa recuperação de matéria seca, além de baixa digestibilidade pela perda de carboidratos solúveis e pelo acúmulo de FDN, que foram similares aos das silagens sem aditivo. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate chemical additive and microbial inoculants effectiveness on fermentative changes that lead to the inhibition of the ethanol production and reduction of dry matter losses in sugarcane silages. Silos were made in 20 liter plastic buckets provided with a Bunsen type valve that allows gas to escape and a device to collect effluents. The applied additives were urea (1% of fresh forage); microbial additive Lalsil cana®, that has hete (mais) rolactic bacteria Lactobacillus buchneri (NCIMB 40788), 3.65 × 10(5) CFU g-1 of fresh forage, and a non-commercial additive with homolactic bacteria Pedioccocus pentosassus and Lactobacillus buchneri (1 × 10(6) CFU g-1 FM) supplied by Lallemand Inc. (Montreal, Quebec). Sampling occurred after 110 days of fermentation. Urea and mainly the additive Lactobacillus buchneri and Pediococcus were efficient on the reduction of ethanol production (1.30 and 2.75% versus 8.27% in the control treatment), on the reduction of dry matter losses (47 and 60%) and soluble carbohydrates (22 and 56%), and increase in vitro dry matter digestibility (14,7 and 12,3%) when compared to the control silages, respectively. Despite the high values of acetic acid in all silages, mainly in silages inoculated with homo and heterolactic bacteria, it was not verified effects on yeast population. The silage with urea had greater values of pH and lactic acid compared to control silage. Silages with L. buchneri had, in this experiment, the largest ethanol production (11.53% vs 8.27% from control silage), resulting in greater losses and lower dry matter recovery. In addition, these silages also showed lower digestibility because of soluble carbohydrates losses and NDF accumulation, similar to the silages without additive.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Efeito do nitrito sobre a fermentação alcoólica realizada por Saccharomyces cerevisiae/ Effect of nitrite on alcoholic fermentation carried out with Saccharomyces cerevisiae

Gutierrez, L.E.; Orelli, V.F. de Martin
1991-01-01

Resumo em português O efeito de concentrações de até 80 ppm de nitrito sobre a fermentação alcoólica foi estudado com levedura de panificação (Saccharomyces cerevisiae). Houve aumento no tempo de fermentação com adição de nitrito sem afetar a produção de etanol. Com a adição de 60 e 80 ppm de NO2-, ocorreu redução na viabilidade celular e brotamento acompanhada por aumento no acúmulo de trealose e glicogênio. Aumentando a concentração de nitrito houve aumento no álcool n-propílico e redução nos teores de álcoois isobutílico e isoamílico. Resumo em inglês The effect of nitrite up to 80 ppm on alcoholic fermentation was studied with baker's yeast (Saccharomyces cerevisiae). There was an increase in fermentation time but not effect on ethanol yield. With the addition of 60 and 80 ppm NO2- there was a reduction on cell viabilitty and budding with correspondent increase on trehalose and glycogen accumulation. Increasing nitrite concentration resulted in increase on n-propilic alcohol level and a reduction on isobutilic and isoamilic alcohols content.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Avaliação da silagem de sete genótipos de sorgo [(Sorghum bicolor (L) Moench)]. II. Padrão de fermentação/ Evaluation of silages from seven sorghum genotypes [(Sorghum bicolor (L) Moench)]. II. Fermentation patterns

Brito, A.F.; Gonçalves, L.C.; Rodrigues, J.A.S.; Rocha Jr., V.R.; Rodriguez, N.M.; Borges, I.
2000-10-01

Resumo em português Foram utilizados quatro genótipos de sorgo de porte alto, colmo suculento e com açúcar e três de porte baixo, colmo seco e sem açúcar com o objetivo de determinar as percentagens de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), nitrogênio amoniacal em relação ao nitrogênio total (N-NH3/NT), pH e carboidratos solúveis em álcool (CHOS). O sorgo CMSXS156, de porte baixo, apresentou, o maior teor de MS (33,6%) aos 28 dias de ensilagem. Os genótipos de porte baixo tiv (mais) eram em média 8,8% de PB e os de porte alto 5%, diferença provavelmente devida à maior proporção de folhas e panícula nos de porte baixo. O pH médio das silagens aos 56 dias de fermentação foi de 3,6 e variou de 3,5 a 3,8, e o teor médio de N-NH3/NT nesse mesmo período foi de 5,3%, mostrando que as silagens apresentaram um adequado processo fermentativo. O teor médio de CHOS no material original foi de 9,7% e a variação de 13,2 a 16,5% e de 2,2 a 4,0% nos genótipos de porte alto e baixo, respectivamente. Resumo em inglês Four sorghums of high size, moist and sugary stem, and three sorghums of small size, dry and sugarless stem and without sugar were used in order to determine the dry matter, crude protein (CP), amoniacal nitrogen, pH and alcohol soluble carbohydrates values. The CMSXS156, a small size sorghum showed the highest value of dry matter (33.6%) on 28 days of ensilage. The low size genotypes had an average 8.8% of CP and the high size 5%, probably due to the higher leaf and pani (mais) cle proportions in small size sorghums. The average pH of the silages on 56th day of fermentation was 3.6 with a range of 3.5 to 3.8, and the mean of ammonia nitrogen was 5.3% showing that the silages had a suitable fermentative process. The mean value of alcohol soluble carbohydrates was 9.7% ranging from 13.2 to 16.5% for high and from 2.2 to 4.0% for small size genotypes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Potencial amilolítico do grão de milho maltado no processo de sacarificação do mesmo cereal/ Amylolytic potential of maize malt in the process of sacarification of the same cereal

Farias, Daniele; Margarites, Ana Cládia; Reinehr, Christian Oliveira; Colla, Luciane Maria; Costa, Jorge Alberto Vieira; Bertolin, Telma Elita
2009-06-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o potencial de sacarificação do malte de milho para produção de álcool deste cereal. Para tal, foi realizada germinação do grão de milho a 20 ºC por 5 dias. O potencial amilolítico do malte de milho foi otimizado por meio de um Planejamento Fatorial Completo 2² com 3 pontos centrais, sendo as variáveis de estudo a temperatura de incubação e concentração de substrato [S]. A sacarificação foi realizada por meio de um Planejamento de Mi (mais) stura com três pontos centrais, sendo as variáveis de estudo a concentração de malte e concentração de substrato, durante 6 horas. A fermentação foi conduzida com a melhor condição de sacarificação, em reator de 5 L e volume útil de 2 L. O pH foi fixado em 4,5-5. O Brix foi acertado para o valor de 14º. O mosto hidrolisado foi esterilizado e inoculado com 5,0 g.L-1 de Saccharomyces cerevisiae proveniente de fermento comercial liofilizado. O sistema foi submetido a 2 horas de aeração inicial (170 L O2.h-1) e mantido na temperatura de 30 ºC. Durante o processo de fermentação, foram realizadas determinações da concentração de células (g.L-1), açúcares redutores (mg.mL-1) e álcool (g.L-1). As variáveis temperatura de incubação e concentração de substrato foram significativos (p Resumo em inglês The aim of this research was the production of maize malt and the evaluation of its use for alcohol production. The maize grain was allowed to germinate at 20ºC for five days. The amylolitic potential of malt was optimized through a Complete Factorial Planning 2² with three central points, where the study variables were the temperature of incubation and the substrate concentration [S]. The sacarification was performed through a Planning of Mixture with three central poi (mais) nts, where the study variables were the malt concentration and [S] during six 6 hours. The fermentation was carried out using the best sacarification condition, in a five-liter reactor and a two-liter working volume. The pH was maintained at 4.5 - 5.0. The Brix was corrected to 14º. The sterile hydrolyzed product was inoculated with 5.0 g.L-1 Saccharomyces cerevisiae. The system was submitted to two hours of initial aeration (170 L O2.h-1) and kept at 30ºC. During the fermentation process, analyses were made to determine the cell concentrations (g.L-1), reducing sugars (mg.mL-1), alcohol (g.L-1) and ºBrix. The temperature of incubation and substrate concentration were significant factors (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Produção de isomaltulose a partir da transformação enzimática da sacarose, utilizando-se Erwinia sp D12 imobilizada com alginato de cálcio/ Production of isomaltulose from enzymatic transformation of sucrose, using Erwinia sp D12 immobilized with calcium alginate

Moraes, Ana Lúcia Leite; Steckelberg, Claúdia; Sato, Hélia Harumi; Pinheiro, Andrelina
2005-03-01

Resumo em português A glicosiltransferase de Erwinia sp D12 é capaz de converter a sacarose em isomaltulose (6-o-alfa-glicopiranosil D-frutofuranose), um açúcar alternativo que apresenta baixo potencial cariogênico, e que pode ser utilizado em chocolates, gomas de mascar e balas. A isomaltulose é também utilizada na produção de isomalte, uma mistura de açúcar álcool, de baixo valor calórico e baixo potencial cariogênico. No estudo da influência dos componentes do meio de cultiv (mais) o, na produção de glicosiltransferase, em frascos agitados, foi obtido maior atividade da enzima (12,8 unidades de atividade/mL do meio de cultura) em meio de cultura A constituído de melaço 12% (p/v) de sólidos solúveis totais, peptona 4% (p/v) e extrato de carne 0,4% (p/v). No estudo do efeito do tempo e da temperatura na fermentação da linhagem de Erwinia sp D12, em fermentador New Brunswick de 3L, contendo meio de cultura A, foi obtida maior atividade de glicosiltransferase (15,6 unidades de atividade/ mL de meio de cultura) na fase exponencial de crescimento após 8 horas de fermentação a 30ºC. Na produção de isomaltulose a partir da sacarose utilizando-se células de Erwinia sp D12 imobilizadas em alginato de cálcio, estudou-se o efeito da temperatura (25 - 35ºC) e da concentração de substrato (12,5 - 60% p/v). Foi obtido um rendimento em torno de 50% de isomaltulose, com soluções de sacarose entre 20-30% (p/v) a 35ºC. Concentrações em excesso de sacarose (ao redor de 40% p/v) afetaram a atividade da célula imobilizada, diminuindo a conversão de sacarose em isomaltulose. O xarope de isomaltulose foi purificado através de cromatografia de troca iônica e o eluato cristalizado por abaixamento de temperatura. Os cristais apresentaram 91,39% de isomaltulose. Resumo em inglês The glucosyltransferase of Erwinia sp D12 is able to convert sucrose into isomaltulose (6-0-alpha-D-glucopyranosyl-D-fructofuranose), an alternative sugar which presents low cariogenic potential, and can be used to produce chocolate, chewing gum and candy. The isomaltulose is also used to produce isomalt, a mixture of alcohol-sugar with a low caloric value and low cariogenicity power. In the study of the influence of the components of the culture medium in the glucosyltra (mais) nsferase production in flasks under shaking conditions, the highest activity (12.8 units of activity /mL of culture medium) was obtained in culture medium A, containing molasses 12% (p/v) of the total soluble solid, peptone 4% (p/v) and meat extract 0,4% (p/v). In the study of the effects of time and temperature on the fermentation of Erwinia sp D12 in a 3L New Brunswick fermentor containing culture medium A. the highest glucosyltransferase activity (15.6 units of activity /mL of culture medium) was obtained during the exponential growth phase after 8 hours of fermentation at 30ºC. In the production of isomaltulose from enzymatic transformation of sucrose by Erwinia sp D12 cells immobilized in calcium alginate, the effects of the temperature (25-35ºC) and substrate concentration (12,5-60%) were evaluated, the yield of isomaltulose was approximately 50%, from sucrose solutions ranging from 20 to 30% at 35ºC. Excess of sucrose affected the activity of the immobilized cell, decreasing conversion of sucrose into isomaltulose. The syrup obtained was purified through Ion Exchange Chromatography, and the crystallization of eluent by the decreasing temperature. The obtained crystals presented 91,39% of isomaltulose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Silagem de sorgo de porte baixo com diferentes teores de tanino e de umidade no colmo. II - Alterações nos carboidratos durante a fermentação/ Forage sorghum silage with different tannin concentration and moisture in the stem. II - Variation on carbohydrates during fermentation

Borges, A.L.C.C.; Gonçalves, L.C.; Nogueira, F.S.; Rodriguez, N.M.; Borges, I.
1999-10-01

Resumo em português Foram estudadas silagens de quatro híbridos de sorgo, com diferentes teores de umidade no colmo combinados com teor alto ou baixo de tanino, feitas em silos de laboratório de tubos "PVC", lacrados com fita crepe e dotados de uma válvula tipo "Bunsen". Usaram-se 24 tratamentos com quatro repetições cada, sendo quatro híbridos (T1=colmo suculento e baixo tanino, T2=colmo seco e baixo tanino, T3=colmo seco e alto tanino, T4= colmo suculento e alto tanino) combinados co (mais) m seis tempos para abertura do silo, sendo o primeiro tempo antes de ensilar (P1), seguido de 1, 7, 14, 28 e 56 dias de ensilagem. Foram determinados os teores de carboidratos solúveis em álcool, de amido e de carboidratos estruturais. Adotou-se um esquema fatorial 4×6 e utilizou-se o teste de Tukey para comparação entre médias. A maior parte dos carboidratos solúveis foi consumida até P3. Foi verificada queda nos valores de amido ao longo da fermentação, assim como de FDN e hemicelulose. Os híbridos de colmo suculento apresentaram maiores teores de FDA. Os híbridos com alto tanino apresentaram maiores concentrações de lignina. Resumo em inglês Four hybrid forage sorghums with different tannin concentrations and moisture in the stem were ensiled in laboratory silos made of "PVC" tubes. The silos were opened 1 (P2), 7 (P3), 14 (P4), 28 (P5) e 56 (P6) days after ensiling, in order to evaluate fermentation patterns and other silage characteristics. Twenty-four treatments were used, with four repetitions each: four hybrids (T1=moist stem/low tannin, T2=not moist stem/low tannin, T3=not moist stem/high tannin, T4= mo (mais) ist stem/high tannin) and with six periods, since the forages before ensiling (P1) were also studied. Alcohol soluble carbohydrates (ASC), starch and structural carbohydrates were determined. Data were evaluated by analysis of variance, with mean separation achieved using Tukey statistical test. The ASC were highly consumed from P1 to P3. The FDA was higher in moist stem hybrids than those in not moist stem. The lignin was higher in high tannin sorghums than those in low tannin sorghums.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Quantificação da floculação de Saccharomyces cerevisiae por bactérias contaminantes da fermentação alcoólica/ Quantification of Saccharomyces cerevisiae flocculation by contaminant bacteria from alcoholic fermentation

LUDWIG, K.M.; OLIVA-NETO, P.; ANGELIS, D.F. de
2001-01-01

Resumo em português O assentamento de células de leveduras no fundo das dornas e perdas de células nas centrífugas podem ser causadas por bactérias floculantes, contaminantes naturais da fermentação alcoólica industrial. Estes problemas levam a queda no rendimento e produtividade do etanol. O presente trabalho visa a caracterização da floculação de Saccharomyces cerevisiae por Lactobacillus fermentum CCT 1396. As células de leveduras e bactérias foram misturadas e a floculação (mais) das células quantificadas por espectrofotometria. Concentrações de bactérias numa faixa de 0,4 a 3,8g/L (biomassa seca) foram testadas a fim de determinar a ótima concentração de bactérias necessária para provocar a floculação das leveduras. O efeito de pH na floculação das células de leveduras e bactérias foi determinado. 1,38g/L de bactéria foi necessário para a floculação, de 65,4g/L de células de levedura com tempo de contato entre as células (sob agitação) de 15 minutos e repouso de 20 minutos. No pH 3,0 pouco efeito na floculação celular foi detectado e as células continuaram floculadas, mas na faixa de pH 2,0 -- 2,5 a floculação foi próxima de zero. Esta técnica pode ser utilizada para o controle da floculação de leveduras de indústrias de produção de álcool, para determinar a origem desta floculação, já que trata-se de uma técnica fácil, econômica e rápida. Resumo em inglês The settling of flocculated yeast cells at the bottom of the industrial reactors and the loss of cells in centrifuges can be caused by flocculating bacteria, natural contaminants of industrial alcoholic fermentation. This causes problems leading to loss in ethanol yield and productivity. The present work aims the characterization of Saccharomyces cerevisiae flocculation by Lactobacillus fermentum CCT 1396. The yeast and bacteria cells were mixing and cells flocculation qu (mais) antified by spectrophotometry. Concentrations of the bacteria in a range from 0.4 to 3.8g/L (dry biomass) were tested in order to determine the optimum bacteria concentration necessary to cause yeast flocculation. The pH effect on the yeast and bacteria cells flocculation was determined. 1.38g/L bacteria was necessary to flocculate, 65.4g/L yeast cells with the contact time betweem the cells (under agitation) for 15 minutes and rest time for 20 minutes. In the pH 3.0 not much effect in the cell flocculation was detected and the cells continued to flocculate, but in the range pH 2.0 -- 2.5 the flocculation was about zero. This technique could be used in yeast flocculation control of alcohol industries, to determine the origen of this flocculation since it is easy and economic with short time demand.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Produção de goma xantana por fermentação do resíduo de suco de maçã/ Xanthan gum production by fermentation from residue of apple juice

Druzian, Janice Izabel; Pagliarini, Ana Paula
2007-03-01

Resumo em português Goma xantana é um heteropolissacarídeo hidrosolúvel, produzida industrialmente por fermentação da sacarose por Xanthomonas campestris. Suas excelentes propriedades reológicas contribuem para o grande número de aplicações na indústria de alimentos e recuperação terciária de petróleo. Economicamnte a utilização petroquímica não é ainda viável em função do custo da sacarose, o que torna interessante estudar fontes de carbonos alternativas, como é o cas (mais) o do resíduo do suco de maçã. As cepas de Xanthomonas campestris pv maniothis foram mantidas em agar YM a 4 °C, e o inóculo foi incubado em meio YM. A produção de goma foi realizada nos meios fermentativos I e II, com sacarose como fonte de carbono padrão, e como fonte alternativa o resíduo de maçã fuji. A fermentação em Incubadora/28 °C/150 rpm produziu goma precipitada em álcool. A condição otimizada de 45 g.L-1 de meio II (0,05% uréia, 0,5% de KH2PO4 e 70% de resíduo) representou um rendimento 10 vezes maior do que o obtido com sacarose. Por CG-EM obteve-se 44,53% de manose, 34,76% de glicose e 20,71% de ácido glucurônico para a composição desta goma. O uso de resíduo de maçã para produção de goma xantana é viável porque pode ser usado com um substrato suplementar e apresentar rendimento de goma muito superior ao obtido com sacarose. Resumo em inglês Xanthan gum is heteropolysaccharide aquosoluble produced industrially for fermentation with sucrose by Xanthomonas campestris. Excellent gum rheological properties contribute to the use in a wide range of applications in the food industry and tertiary recovery of oil. Commercially, the use of petrochemical is no longer viable in the cost of sucrose, which makes it interesting to evaluate alternative carbon sources such as the residue from apple juice processing. The Xanth (mais) omonas campestris pv maniothis was maintained at 4 °C on YM agar slants and innocuous in a medium of YM. Gum production was carried out in fermentations of two mediums (I and II), with sucrose as a carbon source in standard, and apple juice residue as an alternative source. The incubation in Shaker/28 °C/150 rpm produced gum precipitated in alcohol. The conditions to produce the gum were optimized and with 70% of residue in a medium II (0.05% urea e 0.5% of KH2PO4) produced 45 g.L-1, yield 10 times bigger than the one obtained with sucrose. Using GC-MS, mannose 44.53%, glucose 34.76% and glucuronic acid 20.71% for gum composition were obtained. The apple residue used to produce xanthan gum is viable and it can be used as a supplementary substract and to present a higher yield gum than that obtained with sucrose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

IDENTIFICAÇÃO DE LEVEDURAS NO PROCESSO DE FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA EM USINA DO ESTADO DE SÃO PAULO, BRASIL/ YEAST IDENTIFICATION IN ALCOHOLIC FERMENTATION PROCESS IN A SUGAR CANE INDUSTRY UNIT OF SÃO PAULO STATE, BRAZIL

Cabrini, Katia Teresinha; Gallo, Claudio Rosa
1999-01-01

Resumo em português Com o objetivo de se obter um levantamento das espécies de leveduras presentes no processo de fermentação para a produção de álcool, procedeu-se a identificação de leveduras durante um semestre da safra 94/95 na Usina da Pedra no município de Serrana - SP, utilizando-se amostras de caldo primário, mosto e leite de leveduras coletadas mensalmente. A identificação das leveduras isoladas foi realizada de acordo com a taxonomia numérica proposta por Griffiths (19 (mais) 81), sendo que 72 leveduras, pertencentes a 5 gêneros foram identificadas. A espécie Saccharomyces cerevisiae: S. uvarum (S. cerevisiae) foi a levedura dominante na unidade industrial pesquisada e o gênero Saccharomyces, o de maior incidência. Resumo em inglês The aim of this research was the evaluation of yeast species present in the fermentation process for alcohol production. Yeast identification was carried out during a semester in the cropping season of 94/95 in the Usina da Pedra at Serrana - SP . Samples of primary juice, must and yeast cream were monthly collected. The identification of isolated yeasts was carried out according to numerical taxonomy proposed by Griffiths (1981) and 72 yeast species, belonging to 5 gener (mais) a, were identified. The Saccharomyces cerevisiae species: S. uvarum (S. cerevisiae) was the dominant yeast in the sugar cane industry unit studied, and the Saccharomyces genus, was the dominant one.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Ação do extrato de própolis sobre a fermentação in vitro de diferentes alimentos pela técnica de produção de gases/ Effect of the propolis on the in vitro fermentation of different feedstuffs by the technique of gas production

Stradiotti Júnior, Deolindo; Queiroz, Augusto Cesar de; Lana, Rogério de Paula; Pacheco, Cristiana Gama; Camardelli, Maíra Machado Leal; Detmann, Edenio; Eifert, Eduardo da Costa; Nunes, Poliana Mary Magalhães; Oliveira, Marcus Vinícius Morais de
2004-08-01

Resumo em português Dois experimentos foram realizados procurando-se avaliar in vitro a eficiência do extrato de própolis em inibir a produção de gases oriundos da fermentação ruminal de diferentes alimentos. No primeiro experimento, incubaram-se 100 mg de matéria seca de feno de brachiária moído, em ausência (0,2 mL de solução alcoólica a 70% em água) ou presença de 0,2 mL de extrato de própolis (extração de 3 g de própolis em pedra triturada para cada 10 mL de álcool a (mais) 70%, durante dez dias, posteriormente diluída para 50% da mesma). O extrato de própolis, quando comparado ao tratamento controle, reduziu a produção final total e a produção final de gases para carboidratos fibrosos. A taxa de digestão específica para carboidratos fibrosos e carboidratos não-fibrosos foi superior, quando se utilizou o extrato de própolis. A redução da produção total de gases pode ser atribuída ao efeito da própolis em aumentar a concentração molar de propionato, com conseqüente diminuição da relação acetato:propionato. No experimento 2, procurou-se avaliar diferentes diluições de extrato de própolis (0; 13,7; 33,3; e 66,7%), em analogia à monensina sódica, adicionada para atingir 5,0 µM como concentração final nos tubos de incubação. Observou-se efeito significativo de tratamento, alimento e interação alimento:tratamento sobre o volume de gás proveniente dos carboidratos fibrosos e não-fibrosos. Não houve efeito do menor nível de própolis (13,7%) sobre nenhuma das dietas avaliadas, tanto para volume final de gases oriundos dos carboidratos fibrosos quanto não-fibrosos. Entretanto, o maior nível (66,7%) mostrou-se eficiente em todas as dietas, para ambos os carboidratos, inclusive suplantando a monensina, na maioria das vezes, quanto à menor produção final de gases. Resumo em inglês Two experiments were accomplished with the objective to evaluate the in vitro efficiency of the propolis extract to inhibit the gas production from ruminal fermentation of different feeds. In the first experiment, 100 mg of ground brachiaria dry matter hay was incubated, in absence (0.2 mL of alcoholic solution at 70.0% in water) or presence of 0.2 mL of propolis extract (extraction of 3 g of propolis in triturated stone for each 10 mL of alcohol at 70%, for ten days, lat (mais) er on diluted for 50% of the same). The propolis extract, when compared to the control treatment, reduced the final total production and the final gas production for fiber carbohydrates. The specific digestion rate for fiber carbohydrates and non fiber carbohydrates was superior when the propolis extract was used. The reduction of the total gas production could be attributed to the effect of the propolis in increasing the molar propionate concentration, with consequent decrease of the acetate:propionate ratio. In the experiment 2, the objective was to evaluate different dilutions of the propolis extract (0.0, 13.7, 33.3, and 66.7%), in analogy to sodium monensin, added to reach 5.0 µM as a final concentration in the incubation tubes. It was observed significant effect of treatment, feed and feed:treatment interaction on the gas volume from the fiber and non fiber carbohydrates. There was no effect of the smallest propolis level (13.7%) on none of the evaluated diets, for final gas volume as for the fiber as non fiber carbohydrate. However, the largest level (66.7%) was efficient for all diets, for both types of carbohydrates, in addition to supplanting the monensin most of the time producing the least amount of gas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Avaliação cromatográfica de compostos voláteis de cachaças produzidas com leveduras de diferentes procedências/ Chromatographic evaluation of volatile compounds in brazilian sugar cane spirits produced with yeasts from different locations

Silva, Paulo Henrique Alves da; Santos, Juliana de Oliveira; Araújo, Leandro Dias; Faria, Fernanda Carolina; Pereira, Alexandre Fontes; Oliveira, Valdinéia Aparecida de; Vicente, Maristela de Araújo; Brandão, Rogélio Lopes
2009-03-01

Resumo em português Procurou-se neste trabalho produzir cachaças em escala de laboratório a partir de leveduras isoladas de alambiques de diferentes regiões de Minas Gerais, avaliando-se e comparando-se a composição química destas em relação a cachaças de marcas comerciais. Os alambiques selecionados para isolamento das leveduras produzem tradicionalmente cachaças com características artesanais, cujos procedimentos as diferenciam sensorial e quimicamente das cachaças industriais. (mais) Avaliou-se a cinética de algumas das fermentações com relação ao teor alcoólico e à acidez produzidos durante a fermentação e alguns mostos atingiram concentrações de etanol da ordem de 9 ºGL e acidez de 55 mg.100 mL-1. Os compostos avaliados por cromatografia gasosa foram acetaldeído, acetato de etila, metanol, 1-propanol, álcool isobutílico, álcool isoamílico, furfural e ácido acético. As concentrações mais elevadas foram de alcoóis superiores totais, preponderando o álcool isoamílico, e de ácido acético. A composição mostrou-se bastante variável (40,59 a 671,86 mg de ácido acético.100 mL-1 de álcool anidro e 20,68 a 178,6 mg de acetaldeído.100 mL-1 de álcool anidro), e foi contrastada com os limites legais estabelecidos pela legislação brasileira (Instrução Normativa nº 13, de 30/06/2005, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Resumo em inglês The aim of this study was to produce Brazilian sugar cane spirits (cachaça) in a laboratory scale using yeasts isolated from distilleries of different regions in Minas Gerais state evaluating and comparing their chemical composition to those of commercial brands of cachaça. The selected distilleries are from the segment of cachaça artisanal production, which includes different sensorial and chemical procedures from the ones produced in an industrial scale. Some kinetic (mais) processes were evaluated analyzing the alcoholic content and acidity produced during fermentation. Some fermenting musts showed 9 ºGL of ethanol and 55 mg.100 mL-1 of acidity. The compounds analyzed by gas chromatography were acetaldehyde, ethyl acetate, methanol, 1-propanol, isobutyl alcohol, isoamyl alcohol, furfural, and acetic acid. The concentration of the total higher alcohols were the greatest, mainly the isoamyl alcohol (the, highest) and acetic acid. The chemical profiles of the cachaças varied considerably (40,59 to 671,86 mg of acetic acid.100 mL-1 anhydrous alcohol and 20,68 to 178,6 mg of acetaldehyde.100 mL-1 anhydrous alcohol) and all compositions were contrasted with the legal standards of the Brazilian legislation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Padrão de fermentação da silagem de cinco genótipos de sorgo/ Fermentation pattern of silages from five sorghum genotypes

Ribeiro, C.G.M.; Gonçalves, L.C.; Rodrigues, J.A.S; Rodriguez, N.M.; Borges, I.; Borges, A.L.C.C.; Saliba, E.O.S.; Castro, G.H.F.; Ribeiro Junior, G.O.
2007-12-01

Resumo em português Foram utilizados cinco genótipos de sorgo de colmo seco, sendo dois híbridos comerciais (Volumax e BR 700) e três novos híbridos experimentais desenvolvidos pela Embrapa Milho e Sorgo (0249341, 0249317 e 0249339), com o objetivo de determinar, no material original e em sete tempos de abertura subseqüentes à ensilagem (1, 3, 5, 7, 14, 28 e 56), as porcentagens de matéria seca, proteína bruta, nitrogênio amoniacal em relação ao nitrogênio total, pH e carboidrato (mais) s solúveis em álcool. Os valores de matéria seca dos materiais originais foram semelhantes aos das silagens em todos os dias de abertura. Os valores de matéria seca das silagens variaram entre 26,03 e 41,13% com média 32,65%. Os valores de proteína bruta foram menores no 56° dia de abertura comparados aos dos materiais originais. A degradação dos carboidratos solúveis foi intensa até o quinto dia de fermentação. Os valores de nitrogênio amoniacal foram baixos e estáveis até o 28° dia pós-ensilagem, com pequeno aumento no 56° dia e a variação neste último período foi de 2,01 a 3,66%. Os valores de pH variaram de 3,69 a 4,52 e sua estabilização se deu no quinto dia pós-ensilagem. De maneira geral, os híbridos avaliados apresentaram potencial para serem utilizados na forma de silagem. Resumo em inglês Five sorghum genotypes, two comercial hibrids (Volumax and BR 700) and three experimental hibrids developed by Embrapa Milho e Sorgo (0249341, 0249317 and 0249339), were used in order to determine in both the genotypes and their silages after seven different opening times the contents of dry matter, crude protein, amoniacal nitrogen, pH and alcohol soluble carbohydrates. The dry matter values were not modified during the ensilage. The dry matter values of the silages rang (mais) ed from 26.03 to 41.13%, with an average of 32.65%. The crude protein values were smaller after the 56th day of ensilage than the original genotype. The soluble carbohydrates degradation was intensed on the 5th day of silage fermentation. The amoniacal nitrogen values were small and estabilized on the 28th day after ensilage, with a small increase on the 56th day. The pH values ranged from 3.69 to 4.52, stabilizating on the 5th day after ensilage. According to the results, the hybrids showed high potential for silage use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Efeito dos ácidos fórmico e propiônico sobre a produção de alcoóis superiores durante a fermentação alcoólica/ The effect of formic and propionic acids on higher alcohols production during alcoholic fermentation

Gutierrez, L.E.
1988-01-01

Resumo em português Foi estudado o efeito de concentrações de 250, 500 e 1000 ppm dos ácidos fórmico e propiônico sobre a produção de etanol e alcoóis superiores produzidos pela fermentação alcoólica de mosto sintético. Não foram detectadas diferenças significativas entre os tratamentos tanto para o ácido fórmico como para o ácido propiônico, embora uma redução não significativa no teor do álcool isoamílico foi observada com a dose de 1000 ppm dos ácidos fórmico e propiônico. Resumo em inglês The effect of different concentrations of formic and propionic acids on the ethanol and higher alcohols production was studied with synthetic medium. There were no significant differences among ethanol , n-propilic, isobutilic and isoamilic alcohols in all treatments. However a reduction of isoamilic alcohol content was observed at higher levels of formic and propionic acids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Produção de álcoois superiores por linhagens de Saccharomyces durante a fermentação alcoólica/ Production of higher alcohols by Saccharomyces strains during alcoholic fermentation

Gutierrez, L.E.
1993-12-01

Resumo em português A produção de álcoois superiores pelas leveduras Saccharomyces cerevisiae M-300-A, Saccharomyces uvarum IZ-1904 e levedura de panificação (Saccharomyces cerevisiae) foi estudada em diversas condições de temperatura, concentração de sacarose, pH, fontes de nitrogênio e com inibidor 2-4 dinitrofenol (DNP). Em todas as condições estudadas, a levedura Saccharomyces uvarum IZ-1904 apresentou a menor formação de álcoois superiores enquanto a levedura de panifíca (mais) ção apresentou os teores mais elevados. Com o aumento de temperatura e da concentração de sacarose ocorreu maior formação de álcool isoamílico pelas leveduras estudadas. Em pH 4,5 ocorreu menor produção de álcoois superiores do que em pH 3,0. Na presença do inibidor DNP ocorreu significativa redução (p Resumo em inglês The production of higher alcohols by Saccharomyces cerevisiae M-300-A, Saccharomyces uvarum IZ-1904 and baker's yeast (5. cerevisiae) was studied under several temperature conditions, sucrose level, pH, nitrogen sources and with 2-4 dinitrophenol (DNP). The yeast IZ-1904 showed lower production of higher alcohols than other yeasts in all conditions studied. With the increase of temperature and higher level of sucrose an increase of isoamyl alcohol production was observed. (mais) A lower formation of higher alcohols was observed at pH 4.5 than at pH 3.0. With the addition of DNP occurred a significant reduction in isoamyl alcohol content. The yeasts did not show the sanie production of higher alcohols in relation to urea and ammonium sulfate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Otimização da produção de álcool de mandioca/ Optimizing of alcohol production from manioc starch

Curvelo-Santana, José Carlos; Ehrhardt, Daniela Diniz; Tambourgi, Elias Basile
2010-09-01

Resumo em português Este trabalho objetivou otimizar o processo de hidrólise do amido de mandioca com α-amilase de A. niger e obter o álcool deste xarope. Os ensaios foram realizados a pH 4,8; em que variaram-se a concentração do amido (entre 7-22 g.L-1) e a temperatura (entre 30-59,1 ºC). Durante a fermentação, usaram-se nos mostos 2,2 e 5% de amido de mandioca. Os resultados da hidrólise mostraram que o tempo ficou entre 20-200 minutos; a análise RSM mostrou que o rendimento (mais) diminuiu nas concentrações médias; e as condições ótimas foram encontradas entre 55-59,1 ºC e com a concentração entre 7,9-10 ou 20-22 g.L-1, em que se hidrolisou 80% do amido. A melhor condição de fermentação foi obtida para o mosto contendo 5% de amido. Sua composição final foi de 0,668 g.L-1 de ART, 0,572 g.L-1 e de AR, 3,71 ºGL. O rendimento alcoólico foi de 45%, demonstrando que este processo é uma alternativa eficiente à indústria sucroalcooleira. Resumo em inglês The objective of this study was the optimization of the manioc root starch hydrolysis by α-amylase from A. niger and alcohol production from this starch syrup. Hydrolysis assays were performed at pH 4.8, the starch concentration and the temperature varied from 7 to 22 g.L-1, and 30 to 59.1 ºC, respectively. The starch contents during the syrup fermentation were 2.2 and 5%. The results of the starch hydrolysis showed that the hydrolysis time was between 20-200 minute (mais) s, the RSM analysis showed a decrease in the starch yield at the average concentration and above of 70% at high temperatures, and the optimal conditions were found at temperature between 55-59.1 ºC and concentration between 7.9-10 or 20-22 g.L-1; conditions at which 80% of the starch was hydrolyzed. The best fermentation condition was obtained for the must containing 5% of starch. The final fermentation composition obtained was of 0.68 g.L-1 ART and 0.572 g.L-1 AR. After the fermentation process, an alcohol yield of 45% was obtained showing that this process is a very good alternative for sugar-alcohol industries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Floculação de leveduras por Lactobacillus fermentum em processos industriais de fermentação alcoólica avaliada por técnica fotométrica/ Fotometric method to determine yeast flocculation caused by Lactobacillus fermentum in alcoholic fermentation process

Souza, Marco Antonio de Castro e; Mutton, Márcia Justino Rossini
2004-08-01

Resumo em português Na produção de álcool por fermentação com leveduras, a floculação manifesta-se como um mecanismo natural de agregação de células. Essa condição pode ser induzida por vários fatores, entre eles, a interação entre bactérias floculentas como Lactobacillus fermentum e as leveduras. Esse fato torna-se prejudicial para o processo, pois tanto nas unidades que se utilizam do sistema de recuperação de células por centrifugação, como nas que não o utilizam, oc (mais) orrem perdas excessivas de fermento, em conseqüência dos problemas operacionais decorrentes da floculação, comprometendo seriamente o desempenho industrial. No presente trabalho, avaliou-se a floculação em vinho proveniente de fermentação experimental, sob duas condições de pH de fermento tratado utilizadas como inóculo e temperaturas de fermentação, não se observando diferenças significativas entre elas. Com este estudo, pôde-se ainda avaliar a capacidade de dispersão dos flocos em três condições de pH no tratamento do fermento em fase industrial, mostrando diferenças altamente significativas entre elas. A maior capacidade de dispersão no tratamento do fermento é desejável para o controle da floculação industrial, permitindo a sua centrifugação, com conseqüente separação das bactérias contaminantes do fermento. Essas constatações tornaram-se possíveis pelo emprego da técnica usual de determinação da floculação por espectrofotometria, modificada pela desfloculação prévia das amostras de vinho e fermento, o que conferiu maior estabilidade nas leituras. Resumo em inglês In the production of alcohol by yeast fermentation, flocculation is a natural mechanism of cell aggregation. This mechanism can be induced by several factors, as the interaction with flocculent bacteria like Lactobacillus fermentum which strongly interacts with yeasts. Flocculation means loss to the process because both the mills that recover cells by centrifugation systems and the mills that do not use this system endure excessive yeast loss, as consequence of operationa (mais) l problems because of the flocculation, being the industrial performance sometimes seriously compromised. The present research evaluated the flocculation in fermented wine under two fermentation temperatures and pH's used in treating yeasts, but no statistical difference was found between them. This study also evaluated the dispersion capacity of flakes in three pH conditions for treating yeasts in the industry stage, showing highly significant differences among such conditions. The highest dispersion capacity in treating yeasts is desirable to control industrial flocculation. These evaluations were possible through the usual technique to determine flocculation, modified by the previous de-flocculation of samples, which was responsible for higher stability in spectrophotometer readings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Indução da fermentação maloláctica em vinho Gewürztraminer/ Induction of malolactic fermentation in Gewürztraminer wine

Avila, Larissa Dias de; Daudt, Carlos Eugênio
1997-06-01

Resumo em português Fermentação maloláctica é o processo metabólico de degradação do ácido L-málico em ácido L-láctico e CO2. É responsável pela redução da acidez total, além de contribuir para a estabilidade biológica e modificação de flavor nos vinhos. Em operações normais de vinificação a fermentação maloláctica normalmente ocorre em vinhos tintos, mas recentemente seu uso vem aumentando em alguns vinhos brancos, tal como Chardonnay. O objetivo principal deste tr (mais) abalho foi avaliar o comportamento de duas culturas comerciais de Leuconostoc oenos na indução da fermentação maloláctica. Uvas da cv. Gewürztraminer foram vinificadas e inoculadas com duas culturas lácticas, Viniflora Oenos e Vino, em diferentes níveis de açúcar residual: 55; 21,9; 1,1 e 0,9g/l. Os níveis de açúcares, em duas repetições, foram comparados com a ocorrência espontânea da fermentação maloláctica (controle). A degradação do ácido málico foi acompanhada através de cromatografia em papel. As determinações dos ácidos orgânicos foram realizadas através de cromatografia líquida de alta eficiência. Foram avaliados os açúcares redutores, °Brix, pH, acidez total e álcool. Foi observada uma baixa incidência (22,7 %) de fermentação maloláctica nos vinhos. Naqueles em que ocorreu, foi necessário longo tempo para o término, entre 56 e 92 dias. Nos estágios com 1,1 e 0,9g/l de açúcares redutores, os vinhos inoculados e os controles não realizaram a fermentação maloláctica. Os isolados de bactérias nativas foram identificados como pertencentes ao gênero Leuconostoc e devido algumas características fisiológicas encontradas nos isolados do vinho inoculado suspeitou-se da perda de viabilidade das culturas puras. O comportamento dos ácidos málico, acético, láctico, pirúvico e tartárico foi demonstrado pelos resultados. Resumo em inglês Malolactic fermentation is the metabolic process of L-malic acid degradation in L-lactic acid and CO2. It is responsible by the reduction in total acidity and also contributes to the biological stability and a flavor modification of the wines. In normal winery operation it occurs commonly in red wines. However, recently malolactic fermentation had been also used in some white wines, such as Chardonnay. The main aim of this work was to evaluate the behavior of two commerci (mais) al strains of Leuconostoc oenos in the induction of malolactic fermentation. Gewürztraminer grapes were fermented and inoculated with two lactic cultures, Viniflora Oenos and Vino, in several residual sugar levels: 55.0 - 21.9 - 1.1 e 0.9g/l. The sugar levels were compared with spontaneous malolactic fermentation (control), with two repetitions. Degradation of malic acid was followed by paper chromatography. Organic acids determinations were performed using eficiency high liquid chromatography. Reducing sugars, °Brix, pH, total acidity and alcohol values were evaluated. A low incidence (22.7%) of the malolactic fermentation in wines was observed. However, in those wines in which malolactic fermentation occurred it took a long time to reach the end, between 56 and 92 days. Using 1.1 and 0.9g/l of residual sugar the inoculated wines and the control did not undergo the malolactic fermentation. The wild lactic acid bacterias were identified as being as Leuconostoc genus and, due to some physiologic characteristics observed in the inoculated wine isolated, there was a raised suspicius that the cultures had lost the viability. The behaviour of the malic, acetic, lactic, piruvic and tartaric acids were demonstrates by the results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Estudo da reciclagem de células na produção biológica de etanol/ The study of recycle in the biological production of ethanol

Marques, Tadeu Alcides; Serra, Gil Eduardo
2004-12-01

Resumo em português Nas destilarias de álcool o conteúdo de etanol, na suspensão de levedura reciclada, gira em torno de 2% a 3%. A reciclagem de células é realizada tanto em fermentações em batelada, como nas contínuas. A fermentação alcoólica e a recuperação de células de leveduras foram avaliadas em laboratório. A levedura recuperada, por centrifugação, nos experimentos laboratoriais, foi tratada e novamente inoculada em novo meio fermentativo para avaliar o efeito tóxic (mais) o do etanol e de outros metabólitos nas fermentações subseqüentes. A cepa Saccharomyces cerevisiae IZ-1904 utilizada foi inoculada em meio de melaço diluído contendo 180g L-1 e 310g L-1 de açúcares redutores totais (ART), com três repetições. O tratamento da levedura recuperada constou de dupla centrifugação e ressuspensão em água e vinho. Foram realizadas oito fermentações, a primeira com fermento multiplicado e as demais com a reciclagem de células das fermentações anteriores. O elevado teor de açúcar foi necessário para obtenção da concentração alcoólica desejada no vinho e, assim, conferir inibições e toxicidades detectáveis. Nas fermentações com concentração de etanol menor que 6,4% (v v-1) o efeito tóxico ou inibidor não foi detectado. A inibição pelo etanol e por outros componentes foi detectada sobre as leveduras e os resultados mostraram que a redução dos componentes reciclados com a levedura pode melhorar o processo fermentativo. Resumo em inglês In alcohol distilleries the ethanol content in recycled yeast suspension range from 2% to 3%. Recycling yeast cells is a useful tool to inoculate another fermentation batch or to continuous fermentation. The ethanolic fermentation and yeast recovering were evaluated in laboratory. The yeast suspension recovered from the wine, by centrifugation, was treated before re-inoculation in new fermentation media, to evaluate the ethanol and other metabolites toxic effect influence (mais) s in the next fermentations batch. The Saccharomyces cerevisiae IZ-1904 strain was used to inoculate molasses medium with 180g L-1 and 310g L-1 of total reducing sugars (TRS). The yeasts recovering treatment was made with double centrifugation and yeast suspension in water and wine. Eight sequential batch fermentations were done, each with three replications. The first fermentation with fresh yeast, and others with recycled cells. The high sugar content was necessary to generate elevated ethanol concentration in the wine, and to confer hard fermentation conditions so the effects of any toxic compounds were introduced and more easily detected. In fermentations with less than 6.4% ethanol (v v-1) there was no toxic effect detected. The ethanol and other metabolites inhibition on yeast were detected and the results showed that the reduction of those components from the recycled yeast suspension might optimize the fermentation process. Ethanol production and yeast death rate were affected by the recycling of ethanol.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Melhoria do rendimento e do processo de obtenção da bebida alcoólica de pupunha (Bactris gasipaes Kunth)/ Improvement on beverage volume yield and on process of alcoholic beverage production from pejibaye (Bactris gasipaes Kunth)

Andrade, Jerusa S.; Pantoja, Lílian; Maeda, Roberto N.
2003-12-01

Resumo em português Com frutos de pupunha (Bactris gasipaes Kunth) e fermentação natural, índios na Amazônia produzem uma bebida alcoólica turva, densa, com resíduos de polpa, denominada de "caiçuma". Pesquisas realizadas no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia mostram que com hidrólise enzimática do amido, fermentação por Saccharomyces cerevisiae e filtração adequada, a limpidez e características desejáveis podem ser obtidas. Este experimento teve por objetivo aumenta (mais) r o rendimento em bebida e facilitar o processo pelo aumento da proporção água:polpa no mosto e exclusão da hidrólise enzimática do amido, respectivamente. A composição química da polpa dos frutos in natura e cozidos foi determinada, e com a polpa cozida e autoclavada foi preparado o mosto completando-se a quantidade de substrato com a adição de xarope de sacarose. Após a inoculação com Saccharomyces cerevisiae a fermentação foi monitorada diariamente por sete dias através de análises químicas. A bebida foi caracterizada quanto à composição química, edulcorada e analisada sensorialmente. A cocção e autoclavagem ocasionaram hidrólise parcial do amido presente na polpa. A evolução da fermentação foi mostrada pelo consumo de açúcares e produção de ácidos e álcool. O rendimento em bebida (± 60%), graduação alcoólica de 12,1% (v/v), atraente coloração alaranjada clara, limpidez, sabor e aroma agradáveis e boa aceitabilidade (81,90%), mostraram a viabilidade técnica do processo na utilização da pupunha para produção de bebida. O aumento da proporção água:polpa no mosto contribuiu para o rendimento. A exclusão da hidrólise enzimática e o aumento do rendimento em bebida não interferiram na graduação alcoólica, coloração, sabor, aroma e aceitabilidade da bebida alcoólica fermentada de pupunha. Resumo em inglês Pejibaye (Bactris gasipaes Kunth) fruits and natural fermentation are used by Amazonian natives to produce a thick drink called "caiçuma". The beverage presents high turbidity because of numerous pulp fragments of various sizes. A study done at the National Institute of Amazon Research showed that enzymatic starch hydrolysis, fermentation by Saccharomyces cerevisiae and filtration transformed "caiçuma" into a highly acceptable drink. The experiment was carried out with (mais) the aim of increasing beverage volume yield and process efficiency by increasing the water:pulp ratio of the mash and eliminating the starch enzymatic hydrolysis, respectively. Raw and cooked pejibaye fruits were characterized in terms of their chemical properties. The mash was prepared with pejibaye pulp (previously cooked and autoclaved) and sucrose syrup. After Saccharomyces cerevisiae inoculation, the fermentation process was monitored (every 24 hours) during seven days by physical-chemical analysis. The beverage obtained was analyzed chemically, and, after sweetening, was submitted to a sensory evaluation panel. The cooked and autoclaved fruits presented partially hydrolyzed starch. Fermentation evolution was followed by sugar consumption, and alcohol and acid production. The beverage obtained showed high yield (about 60%), ideal alcoholic content (12.1%, v/v), characteristic color of the fruit, clearness, pleasant flavor and high acceptability (81.9%). The fermentation process without enzymatic hydrolysis of pejibaye starch and increased beverage volume did not affect the good quality and acceptability of the pejibaye beverage. The increased water:pulp ratio of the mash formulation contributed to the high beverage yield.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Efeito da fermentação maloláctica na composição do vinho tinto/ Effect of malolactic fermentation on the composition of red wine

Rizzon, Luiz Antenor; Zanuz, Mauro Celso; Miele, Alberto
1997-08-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da fermentação maloláctica (FML) na composição dos vinhos Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Isabel, elaborados em pequena escala na safra de 1995. Dezoito variáveis foram avaliadas antes e após a FML. Os resultados mostraram que houve degradação do ácido málico; diminuição da acidez total, do extrato seco, do extrato seco reduzido e da intensidade de cor; e aumento do pH, da acidez volátil, da relação álcool (mais) em peso/extrato seco reduzido e da relação I420/I520. Entre os compostos voláteis, verificou-se a formação de lactato de etila e da acetoína. Resumo em inglês The objective of the work was to evaluate the effect of malolactic fermentation (MLF) on the composition of Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon and Isabella wines, elaborated on a small scale during the 1995 vintage. Eighteen variables were evaluated before and after MLF. The results showed that MLF degraded the malic acid, decreased the total acidity, the dry extract, the reduced dry extract and color intensity and increased the pH, the volatile acidity, the alcohol in we (mais) ight/reduced dry extract ratio and the A420/A520 ratio. Among the volatile compounds it was observed the formation of ethyl lactate and acetoin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Indução da fermentação maloláctica em vinho tinto com a cultura láctica viniflora oenos/ Induction of malolactic fermentation in red wine with the starter culture viniflora oenos

Avila, Larissa Dias de; Daudt, Carlos Eugenio
1997-06-01

Resumo em português A fermentação maloláctica é responsável pela redução da acidez total, muitas vezes elevada em vinhos tintos jovens, ao mesmo tempo que proporciona maior estabilidade biológica e complexidade de aroma e sabor. No Estado do Rio Grande do Sul, a fermentação maloláctica se torna uma necessidade devido a freqüente elevada acidez das uvas, no entanto a indução por inoculação bacteriana não tem sido prática comum. Este trabalho teve como objetivo principal aval (mais) iar o comportamento de uma cultura láctica na indução da fermentação maloláctica, em relação as bactérias nativas. Um mosto da Vitis vinífera Cabernet Sauvignon foi vinificado e inoculado com a cultura comercial de Leuconostoc oenos, Viniflora Oenos, em diferentes níveis de açúcar residual: 34,1 - 13,8 - 1,7 e 1,5g/l. As inoculações, com duas repetições, foram comparadas com a fermentação maloláctica espontânea (controle). A degradação do ácido málico foi acompanhada através de cromatografia em papel. Os ácidos orgânicos foram determinados através de cromatografia líquida de alta eficiência. Foram também analisados os açúcares redutores (AR), °Brix, pH, acidez total e álcool. Os vinhos inoculados no estádio 34,1 g/l AR fermentaram em 14 dias,enquanto os controles levaram em média 28,5 dias. Nos estádios com 13,8 e 1,7g/l AR, Viniflora Oenos completou a degradação do ácido málico em torno de 13 e 11 dias, enquanto os controles levaram 20,5 e 16,5 dias, respectivamente. No estádio 1,5g/l AR, os vinhos inoculados e os controles não demonstraram diferença significativa e fermentaram entre 8 e 10 dias. Viniflora Oenos completou a fermentação maloláctica em menos tempo que o controle, demostrando que a inoculação pode ser realizada antes do término da fermentação alcoólica com bons resultados. Na maioria dos tratamentos, não houve diferença significativa na produção de ácido acético entre a cultura e o controle. O comportamento dos ácidos málico, acético, láctico, pirúvico e tartárico foi demonstrado. Resumo em inglês Malolactic fermentation is responsible for the reduction of the total acidity, which usually is too high in young red wines. This fermentation provides a higher biological stability and higher complexity of aroma and flavor. In the State of Rio Grande do Sul, malolactic fermentation becomes a necessity because frequently grapes have high acidity and the induction by bacterial inoculation has not been a common practice. This work had as a main aim to evaluate the lactic cu (mais) lture behavior in the induction of malolactic fermentation in relation to the wild bacteria. A must of Cabernet Sauvignon Vitis vinífera was fermented and inoculated with the commercial culture of Leuconostoc oenos, Viniflora Oenos in several residual sugar levels: 34.1 - 13.8 - 1.7 and 1.5g/l. The inoculations, in duplicate, were compared with spontaneous malolactic fermentation (control). Degradation of malic acid was monitored through paper chromatography. Organic acids were determinated by high performance liquid chromatography (HPLC). Reducing sugars (RS), °Brix, pH, total acidity and alcohol were also analysed. The inoculated wine in the 34.1g/l RS stage fermented in 14 days, while the control took 28.5 days in average. In the 13.8 and 1.7g/l RS stages, Viniflora Oenos completed the malic acid degradation around 13 and 11 days, while the controls took 20.5 and 16.5 days, respectively. In the 1.5g/l RS stage, the inoculated wines and the controls did not demonstrate significative difference and fermented between 8 and 10 days. Viniflora Oenos completed the malolactic fermentation in less time. This demonstrates that the inoculation can be made before the end of alcoholic fermentation with good results. In the majority of the treatments there was not significative difference in the acetic acid production between the culture and the control. The behavior of the malic, acetic, lactic, piruvic and tartaric acids were showed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Rendimento e composição das aguardentes de cana, laranja e uva com utilização de lecitina no processo fermentativo/ Yield and composition of sugar cane, orange and grape spirits using lecithin in the fermentation process

Cleto, Francisco Vicente Gaiotto; Mutton, Márcia Justino Rossini
2004-06-01

Resumo em português O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito da adição de lecitina aos mostos de cana, laranja e uva sobre o rendimento e composição das aguardentes. O delineamento empregado para a análise estatística foi o de blocos casualizados, no esquema fatorial 2x3, empregando-se dois fatores - lecitina e mosto - em dois níveis para lecitina: ausência (índice um) e presença (índice dois); e em três níveis para mosto: cana, laranja e uva. A me (mais) todologia empregada foi a recomendada pelo setor aguardenteiro e as análises químicas dos componentes secundários foram realizadas por cromatografia gasosa e espectrofotometria. Pelos resultados, conclui-se que quando se adiciona lecitina aos mostos de cana, laranja e uva, o vinho obtido após a fermentação tem maior concentração de glicerol, e as aguardentes produzidas pela destilação têm maior concentração de isobutanol. Já nos mostos em que foi adicionada a lecitina, o rendimento alcoólico total das aguardentes foi menor do que nos mostos que não a recebeu. Os componentes secundários acetaldeído, acetato de etila e acidez total aumentaram com o aumento da acidez nos vinhos. Por outro lado, o propanol, isobutanol e álcool isoamílico aumentaram com os aumentos dos pH e das concentrações nos mostos, dos aminoácidos treonina, valina e leucina. A concentração do furfural foi maior nas aguardentes provenientes dos mostos de cana e laranja. Resumo em inglês The present research was carried out to evaluate the effect of lecithin addition into sugar cane, orange and grape musts on the spirits yield and composition. The statistical design was randomized blocks, in 2x3 factorial array, using two factors: lecithin and must, two levels for lecithin (absence and presence); and three levels for must (sugar cane, orange and grape). The method used in this work is recommended by mills. The measurement of by-products was made through g (mais) as chromatography and spectrophotometry. The results showed that the lecithin addition into sugar cane, orange and grape increased the concentration of glycerol in these musts as well as the concentration of butyl alcohol in the spirits, and decreased the total alcoholic yield. Acetaldehyde, ethyl acetate and total acidity increased with the elevation of the acidity. On the other hand, propanol-1, butyl and isoamyl alcohols, increased with the elevation of the pH of the fermenting musts and the concentration of the amino acids threonine, leucine and valine in the musts. Furfural content was greater in the spirits made from the sugar cane and orange musts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Propriedades funcionais (tecnológicas) da parede celular de leveduras da fermentação alcoólica e das frações glicana, manana e glicoproteína/ Functional (technological) properties of yeast cellular wall of alcoholic fermentation and its glycan, mannan, and glycoprotein fractions

Chaud, Saula Goulart; Sgarbieri, Valdemiro Carlos
2006-06-01

Resumo em português Foram objetivos do presente trabalho o fracionamento, a caracterização química e o estudo das propriedades funcionais (tecnológicas) da fração parede celular (PC) de leveduras da fermentação alcóolica e das subfrações glicana, manana e glicoproteína. O fracionamento foi realizado por processos físico-químicos de extração, centrifugação e secagem em spray dryer, a caracterização química pela determinação da composição centesimal e as propriedades f (mais) uncionais pelo uso de técnicas apropriadas. Os componentes predominantes da parede celular (PC) foram proteína (19%) e fibra solúvel (74%), da fração glicoproteina, foram as proteínas (35,5%) e fibra solúvel (56%), nas frações manana (M) e glicana solúvel (GS) predominaram as fibras solúveis (~70%) e na fração glicana insolúvel (GI), as fibras insolúveis (70,7%). A solubilidade das várias frações em meio aquoso não mostrou dependência do pH e variou entre 40% e 100%. A fração que apresentou maior capacidade de retenção de água (CRA) foi a glicana solúvel (14,4 g H2O/g de amostra) e os maiores índices de solubilidade em água (ISA) foram os das frações glicoproteina (83,8%) e manana (60%). As frações glicana (GS e GI) apresentaram boas propriedades de geleificação nas concentrações de 12 e 14% de sólidos solúveis. As frações glicoproteína, manana e glicana solúvel apresentaram excelente capacidade de emulsificação (1.500 a 2.000 mL óleo/g amostra) e as emulsões de glicoproteína e glicana solúvel foram as mais estáveis. Adição de igual concentração (0,2%) de ovalbumina aumentou significativamente o poder de emulsificação das frações PC e GS e contribuiu para a estabilidade das emulsões da manana e da glicoproteína (M e GP). Resumo em inglês The objectives of the present work were the fractionation, the chemical characterization and the study of functional (technological) properties of the cell wall (CW) of yeast from alcohol fermentation and the subfractions glycan, mannan and glycoprotein. Fractionation was realized by the physico-chemical processes of extraction, centrifugation and spray drying; chemical characterization, by determination of centesimal composition and the functional properties through well (mais) -known techniques. In the cellular wall (CW), predominated protein (19%) and soluble fiber (74%). Glycoprotein presented 35.5% protein and 56% soluble fiber. In the mannnan (M) and soluble glycan (SG), the soluble fiber (70%) was predominant, whereas in the insoluble glycan (IG) predominated the insoluble fiber (70.7%). Solubility of the various fractions in aqueous media ranged from 40% to 100% and was not pH dependent. Soluble glycan showed the highest water retention capacity (14.4 g H2O/g sample) and the higher water solubility indices (WSI) were found for mannan (60%) and for glycoprotein (83.8%). The glycans (soluble and insoluble) presented good gelling properties at 12 and 14% solid concentrations. Glycoprotein, mannan and soluble glycan presented excellent emulsifying capacity (1,500 to 2,000 ml oil/g sample). The glycoprotein and soluble glycan emulsitions were the most stable. Addition of ovalbumin (0.2%) in the emulsifying media increased significantly the cellular wall and soluble glycan emulsifying capacity. It also contributed for the stabilization of the mannan (M) and glycans (IG and SG) emultions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Padrões de identidade e qualidade de fermentados acéticos comerciais de frutas e vegetais/ Quality pattern and identity of commercial fruit and vegetable vinegar (Acetic acid fermentation)

Marques, Fabíola Pedrosa Peixoto; Spinosa, Wilma; Fernandes, Kátia Flávia; Castro, Carlos Frederico de Souza; Caliari, Márcio
2010-05-01

Resumo em português Este trabalho objetivou identificar padrões de identidade e qualidade de vinagres e quantificar a presença de compostos fenólicos totais em vinagres produzidos a partir de frutas e vegetais. Analisaram-se, em triplicata, vinagres de cana-de-açúcar, cana-de-açúcar com milho, kiwi, laranja, laranja com mel, maçã, arroz, manga, maracujá, milho, tangerina, tangerina com milho, vinagre de vinho tinto e vinagre de vinho branco. Foram realizadas análises de extrato se (mais) co, densidade, acidez volátil, pH, cinzas, grau alcoólico, açúcares redutores e polifenóis totais. Os resultados foram submetidos à ANOVA e as médias destes ao teste de Tukey ao nível de 5%. Houve correlação estatística entre extrato seco e densidade. Todas as amostras apresentaram valores de 0% de álcool. A presença do mel na formulação do vinagre de laranja com mel (43,27 mg EAG 100.mL-1) contribuiu para o aumento do conteúdo de polifenóis totais em relação ao de laranja (28,83 mg EAG.100 mL-1) em 50%. O fermentado de laranja com mel apresentou teor de polifenóis totais (43,27 mg EAG.100 mL-1) maior que o vinagre de vinho tinto (31,86 mg EAG.100 mL-1), assim como os de laranja e tangerina (34,36 mg EAG.100 mL-1). Conclui-se que houve diferenças entre as amostras para os parâmetros analisados e que os fermentados acéticos de laranja com mel, laranja e tangerina apresentam maior conteúdo de polifenóis totais que o de vinho tinto. Resumo em inglês This work aimed to identify the patterns of identity and quality of vinegars and quantify the presence of total phenolics compounds in fruit and vegetable vinegars, Vinegars made from sugar cane, sugar cane and corn, kiwi, orange, orange and honey, apple, rice, mango, passion fruit, corn, tangerine, tangerine and corn, red wine, and white wine were analyzed in triplicates. Analyses of dry extract, density, volatile acidity, pH, ashes, alcoholic content, reducing sugars, a (mais) nd total polyphenols were performed. The results were submitted to ANOVA followed by the Tukey's test at 5% significance. There was a statistical correlation between the dry extract and density. All samples presented values of 0% of alcohol. The presence of honey in the vinegar formulation made from orange and honey (43.27 mg EAG.100 mL-1) contributed to the increase of total polyphenols content by 50% in relation to the vinegar made from orange (28.83 mg EAG.100 mL-1). The orange and honey vinegar presented total polyphenols content (43.27 mg EAG.100 mL-1) higher than that of the red wine vinegar (31.86 mg EAG.100 mL-1), the orange vinegar, and the tangerine vinegar (34.36 mg EAG.100 mL-1). It can be concluded that there were differences among the samples and the analyzed parameters, and that the vinegars made from orange and honey, orange, and tangerine presented higher total polyphenols contents than those of the red wine vinegar.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Influência das variáveis nitrogênio, fósforo e ºBrix na produção dos metabólicos secundários contaminantes totais da fermentação alcoólica/ Influence of nitrogen, phosphorus and ºBrix on the production of total secondary contaminant metabolites (MSCT) of alcoholic fermentation

Silva, José Alexsandro; Silva, Flávio Luiz Honorato da; Alves, Rômulo Romeu da Nóbrega; Santana, Davi Pereira de
2006-07-01

Resumo em inglês The present study evaluated the influence of nitrogen, phosphorus and ºBrix on the production of MSCT through a factorial design methodology and analysis of response surface. The objective was to propose a statistically significant probabilistic model for the alcoholic fermentation. In order to obtain less MSCT, the medium under fermentation needs to present low sugar concentration. It was observed that phosphorus and nitrogen, even with no significant individual effects (mais) , presented interactions with each other decreasing the production of MSCT, which improves alcohol quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Estudo da fermentação alcoólica de soluções diluídas de diferentes açucares utilizando microcalorimetria de fluxo/ Study of the alcoholic fermentation of sugars diluted solutions through flow microcalorimetry

Volpe, Pedro L. O.
1997-10-01

Resumo em inglês The present study shows that with liquid nitrogen stored inocula of Saccharomyces cerevisiae, and standardized experimental procedure, flow microcalorimetry can be a valuable tool for monitoring in real time the alcoholic fermentation processes on line. The avaliation of cultural conditions contained different carbon sources for alcohol fermentation (sucrose, glucose, fructose, manose, maltose, galactose, molasses, honey and sugar cane) and their effects on the heat outpu (mais) t recording is discussed. Some examples of diauxic growth is given, where the microcalorimeters serves to detect the temporal order of succession of alternating metabolic pathways.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Efeitos do cádmio sobre o crescimento das leveduras Saccharomyces cerevisiae PE-2 e Saccharomyces cerevisiae IZ-1904, e a capacidade da vinhaça em atenuar a toxicidade/ Effect of cadmium on the growth of two Saccharomyces cerevisiae strains, and the vinasse capacity to atenuate the toxicity

Mariano-da-Silva, Samuel; Basso, Luiz Carlos
2004-03-01

Resumo em português O presente trabalho teve por finalidade estudar os efeitos do cádmio sobre a levedura Saccharomyces cerevisiae, bem como avaliar a possibilidade de se utilizar a vinhaça como fornecedora de agentes ligantes, visando minimizar os efeitos deletérios do mesmo. Primeiramente montou-se um ensaio visando observar a ação tóxica de diferentes concentrações de cádmio (0; 0,05; 0,1 e 0,5mM), avaliada pelo crescimento de duas cepas da levedura S. cerevisiae (PE-2 e IZ-1904) (mais) em meio YED. O meio foi inoculado com 1mL de uma suspensão a 1% (m/v) das respectivas cepas e incubado por 18 horas. Em tempos determinados durante o crescimento anaeróbio, alíquotas da suspensão de células foram retiradas e a concentração celular foi determinada. No final do ensaio, foram determinadas a viabilidade celular, a taxa de brotamento e a contaminação bacteriana. Os teores de trealose para cada tratamento, de ambas as cepas, foram dosados no início e no final do ensaio. Em uma segunda etapa, montou-se um ensaio visando avaliar a capacidade da vinhaça (0,15 e 30% do volume do meio) em atenuar os efeitos tóxicos de duas doses de cádmio (0,1 e 0,5mM), empregando-se a levedura S. cerevisiae PE-2 em meio YED. O meio foi inoculado com 2mL de uma suspensão a 1% (m/v) da levedura e incubado por 18 horas. Em tempos determinados durante o crescimento anaeróbio, alíquotas da suspensão de células foram retiradas e a concentração celular foi determinada. No final do ensaio, foram determinadas a viabilidade celular, a taxa de brotamento, a contaminação bacteriana e a produção de etanol. Os teores de trealose, para cada tratamento, foram dosados nas leveduras no início e no final do ensaio. O cádmio prejudicou o crescimento e a viabilidade celular das duas cepas da levedura S. cerevisiae. A vinhaça apresentou um discreto efeito tóxico, traduzido pela redução do crescimento. Porém, nos tratamentos contaminados com cádmio, apresentou um efeito protetor, minimizando os efeitos deletérios do metal. Resumo em inglês The present study was carried out in order to evaluate the capability of different cadmium concentration (0; 0,05, 0,10 and 0,50mM) to affect the growth of two S. cerevisiae strains (PE-2 and IZ-1904) in YED (yeast extract 1% and dextrose 2%) medium, and to evaluate the three vinasse concentration capability (0,15 and 30%) to attenuate the two cadmium concentration toxicity (0,1 and 0,5mM), using S. cerevisiae PE-2 strain in YED medium. In the first assay, the medium was (mais) inoculated in aseptic conditions with 1mL of 1% yeast suspension (PE-2 or IZ-1904) and incubated at 30ºC, 70 RPM for 18 hours. During anaerobic growth (0, 2, 4, 6, 8, 10, 12, 14, 16 and 18 hours), portions of cell suspension were taken out and biomass concentration was determined. At the end of fermentation, yeast viability, budding rate and bacterial contamination were determined. Both, initial and final trehalose, was measured. In the second assay, the medium was inoculated in aseptic conditions with 2mL of 1% PE-2 suspension and incubated at 30ºC, 120 rpm for 18 hours. During the anaerobic growth (0, 2, 4, 6, 8, 10, 12,14, 16 and 18 hours) portions of cell suspension were taken out and biomass concentration was determined. At the end of fermentation, alcohol production, yeast viability, budding rate and bacterial contamination were determined. Both, initial and final trehalose, was measured. The increase of cadmium levels showed a reduction on yeast growth and cell viability. Vinasse showed low toxicity, but protected yeast cells very effectively against the toxic effects of cadmium.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Efeitos da adição de inoculantes microbianos sobre a composição bromatológica e perfil fermentativo da silagem de sorgo produzida em silos experimentais/ Effects of microbial inoculants on chemical composition and fermentation characteristics of sorghum silage

Rodrigues, Paulo Henrique Mazza; Senatore, Ana Lúcia; Andrade, Stefano Juliano Tavares de; Ruzante, Juliana Martins; Lucci, Carlos de Sousa; Lima, Felix Ribeiro de
2002-11-01

Resumo em português Foram estudados os efeitos de três inoculantes microbianos, na silagem de sorgo (Agroceres 2005), em 16 silos experimentais, confeccionados a partir de baldes plásticos portando válvulas. O sorgo, cortado aos 97 dias de crescimento (35,9% de MS), foi homogeneizado e submetido a quatro tratamentos, com quatro repetições: controle, Sil-All (Streptococcus faecium, Pediococcus acidilactici, Lactobacillus plantarum, amilase, hemicelulase e celulase), Silobac (L. plantarum (mais) , S. faecium e Lactobacillus sp) e Pioneer 1174 (S. faecium e L. plantarum). Os silos foram abertos após 120 dias para análise da composição bromatológica e perfil fermentativo. Os três inoculantes diminuíram o teor de MS e aumentaram a concentração de etanol e as perdas de MS, em relação ao grupo controle. O Sil-All aumentou o teor de FDN, em relação ao grupo controle, e diminuiu a concentração de amido, em relação ao Silobac, enquanto que o Pioneer 1174 diminuiu a estabilidade aeróbia, em relação ao grupo controle. Não foram observados efeitos sobre os teores de PB, NIDA, carboidratos solúveis, FDA, lignina, hemicelulose, celulose, a digestibilidade in vitro da matéria seca, o poder tampão e as concentrações dos ácidos acético, propiônico, butírico e lático, bem como sobre o pH ou sobre as concentrações de nitrogênio amoniacal. Resumo em inglês Sorghum Agroceres 2005 (35.9% DM) was ensiled in 16 plastic experimental silos, forming four treatments: control, Sil-All (Streptococcus faecium, Pediococcus acidilactici, Lactobacillus plantarum, amylase, hemicellulase, and cellulase), Silobac (L. plantarum, S. faecium, and Lactobacillus sp), and Pioneer 1174 (S. faecium and L. plantarum). Silos were opened 120 days after ensiling and silage was sampled to proceed chemical analyses. Sil-All, Silobac and Pioneer decreased (mais) dry matter content and increased ethylic alcohol concentration and DM losses compared to control. Sil-All increased NDF content compared to control and decreased starch content compared to Silobac, but not as compared to control. Pioneer decreased aerobic stability of silage compared to control. The CP, ADIN, soluble carbohydrates, ADF, lignin, hemicellulose, and celullose contents, in vitro digestibility, buffering capacity, acetic, propionic, butyric and lactic acids, pH and ammonia concentration did not suffer influence of treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Efeitos da Adição de Inoculantes Microbianos sobre a Composição Bromatológica e sobre a Fermentação da Silagem de Girassol Produzida em Silos Experimentais/ Effects of Microbial Inoculants on Chemical Composition and Fermentation Characteristics of Sunflower Silage Produced in Experimental Silos

Rodrigues, Paulo Henrique Mazza; Almeida, Tatiana Ferrante de; Melotti, Laércio; Andrade, Stefano Juliano Tavares de; Peixoto Júnior, Kleber da Cunha
2001-12-01

Resumo em português Foram estudados os efeitos de três inoculantes microbiológicos na ensilagem do girassol em 16 silos de laboratório confeccionados a partir de baldes plásticos portando válvulas. O girassol, cortado aos 123 dias de crescimento (20,0% de MS e 10,0% de PB), foi homogeneizado e submetido a quatro tratamentos com quatro repetições: controle, Sil-All (S. faecium, P. acidilactici, L. plantarum, amilase, hemicelulase e celulase), Silobac (L. plantarum, S. faecium e Lactoba (mais) cillus sp.) e Pioneer 1174 (S. faecium e L. plantarum). Os silos foram abertos após 125 dias para análise da composição bromatológica e fermentação. O Pioneer aumentou a concentração de carboidratos solúveis, a concentração de etanol e o poder tampão, diminuiu a concentração de nitrogênio amoniacal, a concentração de ácido acético e o pH, em relação ao grupo controle. Este produto também aumentou a concentração de amido em relação ao grupo controle, enquanto o Sil-All diminuiu. Não foram observados efeitos dos inoculantes sobre a MS, PB, NIDA, FDN, FDA, lignina, digestibilidade in vitro da matéria seca, perdas de matéria seca, estabilidade aeróbia ou sobre as concentrações dos ácidos propiônico, butírico e lático. Resumo em inglês Sunflower (20.0% DM and 10.0% CP) was ensiled in 16 plastic experimental silos, forming four treatments: control, Sil-All (S. faecium, P. acidilactici, L. plantarum, amylase, hemicellulase, and cellulase), Silobac (L. plantarum, S. faecium, and Lactobacillus sp.), and Pioneer 1174 (S. faecium and L. plantarum). Silos were opened 125 days after ensiling and sampled to proceed chemical analyses. Pioneer increased soluble carbohydrates, ethylic alcohol concentration, and buf (mais) fering capacity. This inoculant decreased pH, ammonia, and acetic acid concentration compared to control. Pioneer also increased starch content compared to control, but Sil-All decreased. The DM, CP, ADIN, NDF, ADF, and lignin contents, In vitro digestibility of the DM, DM losses, aerobic stability, propionic, butyric and lactic acids did not suffer influence of treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Efeito residual da vinhaça na população autóctone de Rhizobium do solo/ Residual effects of sugar cane vinasse on indigenous Rhizobia

Lopes, Eli Sidney; Perón, Sonia Cristina; Portugal, Edilberto Princi; Giardini, Antonio Roberto
1986-01-01

Resumo em português A adição de vinhaça na cultura canavieira tem sido praticada em áreas próximas às usinas de cana. Seria de interesse a avaliação do efeito da vinhaça no Rhizobium presente no solo (autóctone), uma vez que leguminosas têm sido indicadas para cultivo intercalar com a cana. Um experimento foi conduzido em casa de vegetação, com o objetivo de verificar a influência da aplicação contínua, durante três anos, de concentrações crescentes de vinhaça (0, 100 e (mais) 1.000 m³/ha/ano), com intervalos de seis meses entre aplicações, na população autóctone de Rhizobium que nodula amendoim, soja, feijão e crotalária. Em cada cultura, foram usados controle com solo sem adição da vinhaça e um tratamento inoculado com uma estirpe de Rhizobium de conhecida eficiência, recomendada para a cultura. Uma análise do efeito de uma dose adicional de 1,5 ppm do herbicida 2,4-D no tratamento com 100 m³/ha/ano foi também efetuada. Apesar de os resultados serem variados entre as culturas, ocorreram efeitos da vinhaça sobre a população de Rhizobium, causando aumentos de nodulação na crotalária e diminuição no amendoim. Não foram observados efeitos na nodulação do feijoeiro em nenhum dos tratamentos com a vinhaça, nem na soja, que nodulou somente com a dose mais elevada, sugerindo que o Rhizobium japonicum no solo estudado estava presente em baixo número. O tratamento com herbicida mostrou tendência de favorecer a nodulação e, conseqüentemente, a fixação biológica de N2, medida através do N na planta. Resumo em inglês The addition of vinasse on sugar cane plantations nearby alcohol fermentation plants is a common practice. Legumes are recommended to be intercropped with sugar cane. A greenhouse experiment was carried out with the objective of verifying the influence of continuous application of vinasse (0; 100 and 1000 m³/ha/year) at six month interval during three years on soil rhizobia which nodulate peanuts, soybeans, dry-beans and crotalaria. Controls without vinasse and with effi (mais) cient Rhizobium sp. strain were maintained. The effect of 2,4 D application on the 100 m³ vinasse/ha treatment was also studied. Although results were variable and dependent on crop, the addition of vinasse influenced the rhizobia population, causing for instance, reductions on nodulation of peanuts and increases on that of crotalaria; no effects were observed either on drybeans or soybeans. Indigenous population of soybean Rhizobiun was inexpressive. The herbicide treatment showed tendency to favour nodulation and consequently N2 fixation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Efeito da inclusão de polpa cítrica peletizada na confecção de silagem de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum.)/ Effect of pelleted citrus pulp inclusion on elephantgrass (Pennisetum purpureum, Schum.) ensiling

Rodrigues, Paulo Henrique Mazza; Lobo, José Ricardo; Silva, Estela Jorge Alves da; Borges, Luis Felipe Onofre; Meyer, Paula Marques; Demarchi, João José Assumpção de Abreu
2007-12-01

Resumo em português Objetivou-se com esta pesquisa avaliar os efeitos da idade de corte do capim-elefante cv. Napier (Pennisetum purpureum Schum.) e da inclusão da polpa sobre a qualidade fermentativa e a estabilidade aeróbia da silagem, além de elaborar um índice de recomendação da inclusão de polpa cítrica, em função do teor de umidade do capim, para reduzir os custos com esta tecnologia. Foram confeccionados silos de laboratório (capacidade de 6 litros) e testados 20 tratamento (mais) s (quatro repetições), correspondentes a cinco idades de crescimento do capim (40, 60, 80, 100 ou 120 dias após corte de nivelamento) e quatro níveis de inclusão de polpa cítrica peletizada (0, 3, 6 ou 9%, com base na matéria natural do capim), em arranjo fatorial 5 x 4. Houve efeito da interação idade de corte × nível de polpa sobre as concentrações de ácidos acético, propiônico, butírico e lático, a relação lático/acético, o pH, o nitrogênio amoniacal e a temperatura máxima, mas não para a concentração de álcool, a digestibilidade in vitro da MS, o tempo para atingir a temperatura máxima, a taxa para elevação da temperatura e o tempo para elevação da temperatura em 2ºC. A inclusão de polpa melhorou o perfil fermentativo das silagens, com efeito mais pronunciado em silagens produzidas com capins mais novos. Com base no teor de ácido acético e em derivações da equação de superfície gerada, foi possível obter a recomendação de inclusão de 0,7% de polpa cítrica (com base na matéria natural do capim) para cada unidade percentual de MS que o capim possuir abaixo de 32. Portanto, o nível ótimo de inclusão de polpa que otimiza a qualidade da silagem é igual a (32 - MS) x 0,7. Resumo em inglês The objectives of this trial were to evaluate the effects of regrowth age of elephantgrass (Pennisetum purpureum Schum. cv. Napier), and citrus pulp addition on the fermentation pattern and aerobic stability of their silage. In addition to that, this research also aimed to create a recommendation index of citrus pulp addition taking into account the moisture concentration of the grass, in order to decrease costs of technology adoption. Laboratory silos (6 L-capacity each) (mais) were used and 20 treatments were tested, corresponding to 5 different grass regrowth ages (40, 60, 80, 100, or 120 days after harvesting) and four levels of citrus pulp pellets (0, 3, 6, or 9%, based on grass fresh matter) in a factorial arrangement 5 x 4, with four replicates. Regrowth age and citrus pulp addition level interacted for acetic, propionic, butyric, and lactic acid concentrations, lactic/acetic acid ratio, pH, ammoniacal nitrogen, and maximum temperature, but did not for alcohol concentration, in vitro DM digestibility, time to achieve the maximum temperature, rate for increasing temperature, and time for increasing temperature in 2ºC. In general, the addition of citrus pulp improved fermentation pattern of silages, with greater effect when silages were produced with high moisture grasses. Based on acetic acid concentration and using derivations from the surface equation, it was possible to recommend the addition of 0.7% of citrus pulp (based on grass fresh matter) for each percentage unit of grass DM lower than 32%. Therefore, the optimum addition level of citrus pulp which optimizes silage quality is equal to (32 - DM) x 0.7.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Compostos Secundários em Cachaças Produzidas no Estado de Minas Gerais/ Secundary Compounds in Brazilian Sugar-Cane Spirits (“Cachaça”) Manufactured in Minas Gerais State

Pereira, Norma Eliane; Cardoso, Maria das Graças; Azevedo, Sebastião Márcio de; Morais, Augusto Ramalho de; Fernandes, Welington; Aguiar, Priscila Mendes
2003-10-01

Resumo em português Os componentes da cachaça classificados como secundários constituem um grupo de produtos minoritários oriundos do processo de fermentação. Esses, especialmente os ésteres e aldeídos, são responsáveis pelo aroma e sabor dos destilados em geral, porém, quando se encontram acima dos limites estabelecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), podem comprometer a qualidade da cachaça e ser prejudicial à saúde. Com o intuito de avaliar (mais) os compostos secundários de aguardentes provenientes de várias localidades do Estado de Minas Gerais, foram coletadas 45 amostras aleatoriamente e conduzidas ao Laboratório de Análise Físico-Química de Aguardente (LAFQA) da UFLA, no período de agosto de 2000 a julho de 2001. Pelos resultados, verificou-se que há diferenças altamente significativas entre as amostras analisadas para acidez volátil, ésteres, aldeídos e álcoois superiores. De todas as amostras analisadas, sete apresentaram excesso de álcoois superiores, duas de aldeídos e três de acidez volátil; portanto, 24,44% das aguardentes encontravam-se fora dos padrões de qualidade estabelecidos pelo MAPA (1997). Resumo em inglês The Brazilian sugar-cane spirit chemical compounds classified like secondary compounds are one group of Brazilian sugar-cane spirit minor compounds formed during the fermentation process. That compounds are important for the taste and flavor of spirits in general, mainly esters and aldehydes. However, that compounds are above the standard quality established by Agriculture Ministry (MAPA), they can affect the Brazilian sugar-cane spirit quality and be harmful to the healt (mais) h. Aiming to evaluate the sugar-cane spirit secondary compounds from diverse sites at Minas Gerais State, 45 samples were randomized sampled and taken to the Brazilian Sugar-Cane Spirit Analysis Laboratory of UFLA during the period of August of 2000 to July of 2001. The results showed that there were high and significant statistical difference between the samples analyzed regarding higher alcohol, esters, aldehydes and volatile organic acids. Among 45 Brazilian sugar-cane spirits analyzed, 7 showed excess of higher alcohol, 2 showed excess of aldehydes and 3 showed excess of organic acids, therefore 24,4% of Brazilian sugar-cane spirits analyzed were out of the standard quality established by MAPA (1997).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Avaliação de inoculante microbiano na composição bromatológica, fermentação e estabilidade aeróbia da silagem pré-seca de alfafa/ Evaluation of microbial inoculant on chemical composition, fermentation characteristics and aerobic stability of alfalfa haylage

Magalhães, Vanessa Jaime de Almeida; Rodrigues, Paulo Henrique Mazza
2004-02-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do inoculante microbiano Silobac® (L. plantarum, P. pentosaceus), na silagem pré-seca de alfafa, em 22 silos, distribuídos em dois tratamentos, sendo 11 silos com inoculante e 11 controle, segundo o delineamento inteiramente casualizado. A alfafa foi cortada quando em estádio do meio do florescimento e os silos, confeccionados com aproximadamente 600 kg e revestidos com película de PVC branca. Amostras foram coletadas, (mais) logo após a abertura de cada silo, para análise bromatológica e perfil fermentativo. O inoculante diminuiu o teor de MS (inoculada = 44,7 vs. controle = 51,2%) e aumentou a concentração de ácido acético (2,35 vs. 0,89% MS), em relação ao grupo controle. O inoculante também revelou diminuição no escore de bolor obtido a 10 cm de profundidade, mas não a 30 ou 50 cm. Não foram observados efeitos sobre os teores de PB (15,9 vs. 16,4% MS), NIDN (14,7 vs. 16,2% do N total), NIDA (11,2 vs. 11,6% do N total), FDN (47,1 vs. 46,7% MS), FDA (40,2 vs. 39,8% MS), celulose (29,7 vs. 28,6% MS), hemicelulose (6,94 vs. 6,89% MS), LDA (10,4 vs. 11,1% MS), carboidratos solúveis (2,97 vs. 2,44% MS) e amido (0,82 vs. 0,69% MS), DIVMS (61,6 vs. 62,5% MS), poder tampão (52,9 vs. 51,7 meq./100g MS), as concentrações de etanol (0,018 vs. 0,024% MS) e dos ácidos propiônico (0,00 vs. 0,00% MS), butírico (0,00 vs. 0,00% MS) e lático (5,62 vs. 4,45% MS), a relação lático:acético (4,57 vs. 4,87), bem como sobre o pH (4,96 vs. 5,33), as concentrações de N-NH3 (8,19 vs. 5,21% do N total) e a estabilidade aeróbia. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effects of microbial inoculant Silobac® (L. plantarum, P. pentosaceus) on alfalfa haylage, in twenty-two big bales, allotted to two treatment, eleven with inoculant and eleven control, assigned to a totally randomized design. Alfalfa crop was harvested at middle bloom stage and conditioned in silage bales of about 600 kg capacity and covered with white tube plastic film. Silage was sampled to proceed chemical analyses after (mais) each silo was opened. The inoculation decreased DM content (inoculated = 44.7 vs. control = 51.3%) and increased acetic acid content (2.35 vs. 0.89% DM), compared to control. Inoculant also showed decreasing mould on depth 10 cm, but not on depth 30 or 50 cm. Treatments did not influence crude protein (15.9 vs. 16.4% DM), NDIN (14.7 vs. 16.2% of total N), ADIN (11.2 vs. 11.6% of total N), NDF (47.1 vs. 46.7% DM), ADF (40.2 vs. 39.8% DM), cellulose (29.7 vs. 28.6% DM), hemicellulose (6.94 vs. 6.89% DM), ADL (10.4 vs. 11.1% DM), WSC (2.97 vs. 2.44% DM) and starch contents (0.82 vs. 0.69% DM), IVDMD (61.6 vs. 62.5% DM), buffering capacity (52.9 vs. 51.7 meq./100g DM), ethylic alcohol (0.018 vs. 0.024% DM), propionic (0.00 vs. 0.00% DM), butyric (0.00 vs. 0.00% DM) and lactic acids contents (5.62 vs. 4.45% DM), lactic:acetic ratio (4.57 vs. 4.87), pH (4.96 vs. 5.33), NH3-N content (8.19 vs. 5.21% of total N) or aerobic stability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Aplicação da metodologia de planejamento fatorial e análise de superfícies de resposta para otimização da fermentação alcoólica/ Application of the factorial design and response surface methodology for optimization of alcoholic fermentation

Silva, José Alexsandro; Damasceno, Bolívar Ponciano Goulart de Lima; Silva, Flávio Luiz Honorato da; Madruga, Marta Suely; Santana, Davi Pereira de
2008-01-01

Resumo em inglês In the present work, the influence of the amount of nitrogen and phosphorus and degrees Brix on the yield and productivity of alcoholic fermentation has been evaluated. The methodology used was factorial design and response surface analysis. Within the range studied only for phosphorus a statistically significant effect was observed. The broth of sugar cane of the CB 453 variety already possessed enough nitrogen for the fermentation. The mathematical and empirical model w (mais) as validated for productivity and not for yield. The concentration of alcohol produced in the fermentation was not enough to cause cellular growth inhibition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

ACÚMULO DE CÁDMIO POR Saccharomyces cerevisiae FERMENTANDO MOSTO DE MELAÇO

PRADO-FILHO, L.G. do; DOMINGOS, R.N.; SILVA, S.M.G. da
1998-01-01

Resumo em português O presente trabalho visou o estudo do acúmulo de cádmio (Cd) por Saccharomyces cerevisiae, fermentando mosto de melaço com contaminações controladas em níveis sub-tóxicos do citado metal. As condições de fermentação foram similares às reinantes na produção industrial de etanol. O mosto, não esterilizado, continha 12% de açúcares redutores totais (ART) e pH 4,5. Para a contaminação controlada empregou-se dois sais de cádmio, cloreto e acetato e, quatro (mais) níveis de contaminação 0,5; 1,0; 2,0 e 5,0 mg Cd.kg-1 mosto. A inoculação do mosto foi executada com fermento de panificação (10% p/p). Após a fermentação (4 horas) foram determinados, porcentagem de fermento no vinho centrifugado e teor alcoólico. Na levedura separada foram determinados peso úmido, matéria seca, proteína bruta e teores de cádmio por espectrofotometria de absorção atômica. Em todos os níveis de contaminação estudados houve acúmulo de Cd pela levedura e diminuição do rendimento em etanol. Resumo em inglês The aim of this paper was to study the cadmium (Cd) accumulation by Saccharomyces cerevisiae fermenting wort of molasses, under sub-toxic levels of controlled cadmium contamination. Fermentation conditions were similar to industrial alcohol production. Non-sterelized wort had 12% of total reducing sugars (w/w) and pH 4.5. For the controlled contamination, two cadmium salts were used (chloride and acetate), at four levels of contamination: 0.5; 1.0; 2.0 and 5.0 mg Cd.kg-1 (mais) wort. The inoculation of the wort was carried out with commercial bread yeast (10% w/w). After fermentation (4 hours), samples were evaluated for cellular viability, alcohol content and yeast percentage in the centrifuged wine. The centrifuged yeast cells were evaluated for total fresh and dry weight, total protein, and cadmium concentration by atomic absortion spectroscopy. In all Cd levels, there was cadmium accumulation by yeast and a decrease in ethanol yield.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

ACÚMULO DE CÁDMIO POR Saccharomyces cerevisiae FERMENTANDO MOSTO DE CALDO DE CANA/ ACCUMULATION OF CADMIUM BY Saccharomyces cerevisiae FERMENTING MUST OF SUGAR-CANE

SILVA, S.M.G. da; PRADO-FILHO, L.G. do
1998-10-01

Resumo em português O presente trabalho estudou o acúmulo de cádmio (Cd) por Saccharomyces cerevisiae, fermentando mosto de caldo de cana com contaminações controladas, em níveis sub-tóxicos, do citado metal. O ensaio de fermentação foi conduzido em erlenmayers de 500 mL, acondicionados em estufa B.O.D. O mosto, não esterilizado, continha 12% de açúcares redutores totais (ART) e pH 4,5. Para a contaminação controlada empregou-se cloreto de cádmio em quatro níveis de contamina� (mais) �ões: 0,5; 1,0; 2,0 e 5,0 mg Cd kg-1 mosto. A inoculação do mosto foi executada com fermento de panificação (10% p/p). Após a fermentação (4 horas) foram determinados, porcentagem de fermento no vinho centrifugado e teor alcoólico do mesmo. Na levedura separada por centrifugação, foram determinados peso úmido, matéria seca, proteína bruta e teores de cádmio por espectrofotometria de absorção atômica. Em todos os níveis de contaminação estudados houve acúmulo de Cd pela levedura. Resumo em inglês The aim of this paper is to study the absorption and cadmium (Cd) concentration by Saccharomyces cerevisiae, fermenting must of sugar-cane, with control contamination, under toxic levels of cadmium (mg Cd kg-1 must). The fermentation was performed in 500 mL erlemmayers. Non-sterilized must showed 12% of total reducing sugar (w/w) e pH 4,5. For the control contamination, was applied cadmium chloride, with four levels of contamination: 0,5; 1,0; 2,0 and 5,0 mg Cd kg-1 must. (mais) The inoculation of must was carried out with bread yeast (10% w/w). After fermentation (4 hours), samples were colected to evaluate cellular viability and yeast percentage. Fermenting mid was centrifuged and analysis of mid without yeast and raw yeast were performed. The alcohol content was measured , as well as the total humid weight for the yeast material, raw protein and heavy metal by atomic absorption spectroscopy. Watch all level studied have accumulation of cadmium at yeast.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

ACÚMULO DE CÁDMIO POR Saccharomyces cerevisiae EM CALDO DE CANA-DE-AÇÚCAR CONTAMINADO COM ACETATO DE CÁDMIO/ ACCUMULATION OF CADMIUM BY Saccharomyces cerevisiae IN SUGAR-CANE MUST CONTAMINATED WITH CADMIUM ACETATE

Mariano-da-Silva, Samuel; Prado-Filho, Luíz Gonzaga do
1999-01-01

Resumo em português O presente trabalho visou estudar o acúmulo de cádmio (Cd) por Saccharomyces cerevisiae, fermentando mosto de caldo de cana-de-açúcar com contaminações controladas, em níveis sub-tóxicos do citado metal. As condições de fermentação foram similares às reinantes na produção industrial de etanol. O mosto, não esterelizado, continha 12% de açúcares redutores totais (ART) e pH 4,5. Para a contaminação controlada empregou-se acetato de cádmio em quatro nív (mais) eis de contaminações (0,5; 1,0; 2,0 e 5,0 mg Cd kg-1 mosto). A inoculação do mosto foi executada com fermento de panificação (10% p/p). Após a fermentação (4 horas) foram determinados, porcentagem de fermento no vinho centrifugado e teor alcoólico do mesmo. Na levedura separada foram determinados peso úmido, matéria seca, proteína bruta e teores de cádmio por espectrofotometria de absorção atômica. Em todos os níveis de contaminação estudados houve acúmulo de Cd pela levedura. Resumo em inglês The aim of this paper was to study accumulation of cadmium (Cd) by Saccharomyces cerevisiae fermenting sugar-cane must, with sub-toxic additions of cadmium. Fermentation conditions were the same as those used in industrial production of alcohol, using non-sterilized must at pH 4.5 containing 12% total reducing sugar (w/w). Using cadmium acetate, four levels of contamination were applied, as follows: 0.5; 1.0; 2.0 and 5.0 mg Cd kg-1 must. The must was inoculated with baker (mais) 's yeast (10% w/w). After 4 hours of fermentation, the wine was centrifuged and alcohol content and percent of yeast in the wine were determined. The separated yeast was analyzed for wet weight, solid and crude protein contents. Cadmium content was determined by atomic absorption spectrophotometry. Accumulation of cadmium by the yeast was shown at all levels of contamination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Fermentação do caldo da cana de açúcar (Saccharum officinarum L.) var. Co. 290. Influência da adição de sais de amônio e farelo de arroz sôbre o rendimento alcoólico(*)/ The influence of adding ammonium salts and rice polishings on the rate of alcoholic fermentaion in juice of Co. 290 sugar cane

Teixeira, C. G.; Salati, A.
1954-01-01

Resumo em português Foi realizado um estudo comparativo para verificar a influência da adição de sais de amônio e de farelo de arroz sôbre o rendimento alcoólico obtido pela fermentação do caldo de cana de açúcar da variedade Co. 290. Os dados obtidos nos levaram às seguintes conclusões: 1. O caldo de cana da variedade Co. 290 é pobre em elementos nutritivos para o fermento alcoólico. 2. A adição de 0,1% de sulfato ou fosfato de amônio melhora o processo de fermentação. 3. (mais) Os rendimentos alcoólicos mais elevados são obtidos quando o caldo de cana é enriquecido com 0,1% de sulfato ou fosfato de amônio e 0,1% de farelo de arroz. O farelo de arroz parece ter sua atividade ligada ao seu alto teor em vitaminas, principalmente a B1. Resumo em inglês The sugar cane variety Co. 290 is widely distributed in the State of São Paulo. Its juice does not ferment very well because it seems to be deficient in nutrients for the yeast. Comparative tests were carried out to determine the influence of ammonium salts and rice polishings on the alcohol yield when these substances were added to the juice of this variety prior to fermentation. The following conclusions are based on the results of these tests : 1. The juice from plant (mais) s of the variety Co. 290 is poor in nutrient elements for the yeast. 2. The addition of 0.1 per cent ammonium sulphate or phosphate improves the process of fermentation. 3. The best alcohol yields are obtained when the juice is enriched with 0.1 per cent ammonium sulphate or phosphate, plus rice polishings at the same rate. The rice polishings seem to be active because of their high content in vitamins, mainly vitamin B1.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Fermentação de mosto de uva com leveduras regionais selecionadas/ Grape juice fermentation with pure culture of native wine yeasts

Toledo, Odette Zardetto de; Teixeira, Cybo G.
1959-01-01

Resumo em português Com o fim de selecionar fermentos que produzissem vinhos com grau alcoólico satisfatório e com baixo teor de acidez volátil e aldeído acético, estudou-se o comportamento de cinco leveduras, escolhidas dentre 25 já ensaiadas anteriormente. Os fermentos I.A. 78 e I.A. 199 mostraram-se bastante promissores, podendo ser utilizados com sucesso nas cantinas industriais. Resumo em inglês Experiments were accomplished on laboratory scale, to observe the behavior of five yeast strains in the wine fermentation. The statistical analysis of the results point out that two of them are very promising to be used on a large scale by the winemakers. The strains I. A. 78 and I.A. 199 produce wines with a reasonable alcohol concentration, besides a low degree of volatile acidity and acetaldehyde.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)