Sample records for fascia
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Uso da gordura e fáscia muscular autólogas no tratamento da insuficiência glótica/ Glottic insufficiency: the use of fat and fascia grafts

Carneiro, Christiano de Giacomo; Tsuji, Domingos Hiroshi; Sennes, Luiz Ubirajara; Ximenes Filho, João Aragão; Imamura, Rui
2006-02-01

Resumo em português Uma das alterações mais complexas que acometem as pregas vocais é a incompetência ou insuficiência glótica. Pode ser causada por alterações de mobilidade, fibroses, atrofias ou arqueamento das pregas vocais, e pode levar, entre outras situações como aspiração e tosse pouco efetiva, a graus variados de disfonia. A partir do início do século 20, surgiram vários procedimentos cirúrgicos para a reabilitação da competência aerodinâmica e valvular da glote, (mais) por meio da injeção de substâncias heterólogas no espaço paraglótico. Os enxertos autólogos, como a gordura e a fáscia muscular, inseridos ou injetados nas pregas vocais inicialmente mostraram resultados promissores além de segurança e riscos mínimos de reações indesejadas. Neste artigo de revisão, os autores discutem o uso da gordura e da fáscia muscular na incompetência glótica, abordando aspectos históricos, o processo inflamatório gerado após a enxertia, as técnicas cirúrgicas mais utilizadas e o rendimento dos enxertos. Resumo em inglês Glottic insufficiency has been managed since the beginning of the twentieth century. The autologous grafts, as fat and muscular fascia, have shown safety and good results. The authors discuss the advantages and disadvantages of using fat and fascia in the management of glottic insufficiency, regarding historical aspects, inflammatory process and surgical techniques.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Ruptura do ligamento cruzado em cães: estudo retrospectivo da reconstituição com fascia lata/ Managment of cruciate ligament rupture in dogs: a retrospective study fascia lata autograft

Iamaguti, Paulo; Teixeira, Roseli Borges; Padovani, Christianni Ferrari
1998-12-01

Resumo em português Trata-se de um estudo retrospectivo de 35 casos de ruptura de ligamento cruzado atendidos pelo Serviço de Cirurgia de Pequenos Animais da FMVZ-UNESP-Campus de Botucatu, no período janeiro de 1991 a junho de 1997. Os cães foram submetidos à técnica de PAATSAMA (1952), modificada para reconstituição do ligamento cruzado, que consistiu na passagem do retalho de fascia lata através da articulação do joelho e fixação no côndilo medial da tíbia e epicôndilo media (mais) l do fêmur. Pelos resultados obtidos, concluiu-se que esta técnica permite boa estabilização das superfícies articulares, com trans e pós operatório sem complicações, e permite recuperação completa da capacidade funcional do membro afetado. Resumo em inglês This is a retrospectivo study of 35 cases of cruciate ligament rupture, submitted to Small Animal Surgery Service at FMVZ - UNESP - Compus de Botucatu, from January, 1991 to June, 1997. The dogs underwent a modifica techniquefor reconstitution of the cruciate ligament. A flap of fascia lata was placed through the stifle joint andfixed at the medial condyle ofthe tíbia and the medial condyle of the femur. Results showed that this technique was simple and satisfactory, wit (mais) h no trans and post operative complications. The dogs totally recovered the function of the limbs in ali cases submitted to surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Avaliação histoquímica quantitativa do colágeno na fascia transversalis e na bainha anterior do músculo reto abdominal em doentes com hérnia inguinal/ Quantitative histochemical analysis of colagen in fascia transversalis and anterior rectum sheath of patients with inguinal hernias

Gonçalves, Rogério de Oliveira; Silva, Evandro de Moraes e; Marques, Tatiana Cunha; Lopes Filho, Gaspar de Jesus
2003-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a participação do colágeno na etiopatogenia das hérnias inguinais, através da análise quantitativa histoquímica do colágeno na bainha anterior do músculo reto abdominal e na fascia transversalis MÉTODO: Foram operados quarenta doentes do sexo masculino, na faixa etária entre 20 e 60 anos, portadores de hérnia inguinal tipo II e IIIA de Nyhus e realizadas autópsias em dez cadáveres frescos, na mesma faixa etária. Em ambos os grupos, amostra (mais) s da bainha anterior do músculo reto abdominal e da fascia transversalis foram colhidas, coradas pela técnica histoquímica do picrocírius e submetidas a análise morfométrica quantitativa através de sistema computadorizado com a finalidade de identificar possíveis alterações quantitativas do colágeno, em cada um dos dois tipos de hérnias em comparação com indivíduos sem hérnias. RESULTADOS: Encontramos maior concentração do colágeno na bainha anterior do músculo reto abdominal, em comparação a fascia transversalis em todos os grupos estudados, embora esta diferença tenha sido estatisticamente significante apenas no grupo controle. Não encontramos diferenças na concentração do colágeno, na bainha anterior do músculo reto abdominal e na fascia transversalis, entre os doentes com hérnias tipo II e tipo IIIA de Nyhus. Não encontramos diferenças na concentração do colágeno quando comparamos os grupos com hérnias com o grupo controle. CONCLUSÃO: Não encontramos diferenças na quantidade do colágeno na bainha anterior do músculo reto abdominal e na fascia transversalis entre os pacientes portadores de hérnia inguinal tipo II e IIIA de Nyhus em comparação com indivíduos sem hérnias. Resumo em inglês BACKGROUND: To evaluate the role of colagen in etiopathogeny of inguinal hernias through quantitative histochemical analysis of the abdominal rectum sheaths and fascia transversalis. METHODS: Forty male patients with Nyhus type II and IIIa inguinal hernias, were operated, age ranged from 20 to 60 years, and ten control subjects with the same age were autopsied. Samples were collected from rectum sheaths and fascia transversalis from each group, and collored by the histoch (mais) emical technique Picrocirius and morphometric analysis, which was carried out by using the image representation technique. These studies focused mainly on identify the possible quantitative changes in collagen in each of the two types of hernias compared to individuals without hernias. RESULTS: We found an increased collagen concentration in rectum sheath when compared to fascia transversalis in all groups studied. These diferences, however, was only estatistically significant in control group. We found no difference in collagen concentration in rectum sheaths and fascia transversalis from pacients with Nyhus type II or IIIa hernias. No diference in collagen concentration was found in hernias'group compared to control group. CONCLUSION: There was no statistically significant difference between the amount of collagen of abdominal rectum sheaths and of the fascia transversalis among patients with Nyhus type II and IIIa inguinal hernias and the amounts found in individuals without hernias.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Comparação entre a técnica de substituição do ligamento redondo por implante de fascia lata bubalina preservada em glicerina e o uso de pino transarticular na redução e na estabilização da luxação coxofemoral experimentalmente induzida em cães/ Comparation between the technique of substitution of the round ligamentum by glycerin-preserved bubaline fascia lata implant and the use of transarticular pin in the redution and stabilization of experimentally induzed coxofemoral luxation in dogs

Sia, D.B.; Gomes, C.; Contesini, E.A.; Both, A.C.; Souza, E.M.; Ferreira, M.P.; Gomes, H.M.; Colomé, L.M.; Ferreira, R.R.
2009-08-01

Resumo em português Compararam-se duas técnicas cirúrgicas de redução e estabilização da articulação coxofemoral experimentalmente luxada em cães. Dois grupos de animais, submetidos às respectivas técnicas após a indução cirúrgica da luxação, foram acompanhados clínica e radiograficamente por um período de 60 dias, findos os quais, realizaram-se avaliações macroscópica e histológica e teste de tensiometria das articulações. Cada grupo foi constituído por oito animai (mais) s, clinicamente sadios, com pesos entre 5 e 20kg. Os animais submetidos ao implante de fáscia apresentaram, ao exame físico, evolução da deambulação significativamente precoce em relação aos do grupo submetido ao implante de pino de Steinmann, além de menor grau de atrofia muscular. Os testes de tensiometria, as avaliações macroscópicas e radiográficas e os exames histológicos não diferiram entre os grupos, evidenciando também que ambas as técnicas não geraram alterações deletérias à articulação operada. Conclui-se que a técnica de estabilização da articulação coxofemoral com implante de fascia lata foi clinicamente eficaz e vantajosa quando comparada à técnica do pino transarticular. Resumo em inglês It was compared both surgical techniques of reduction and stabilization of experimentally luxated coxofemoral join in dog. Two groups were submitted to the techniques after surgical induction of the luxation. All animals were clinically and radiografically observed during 60 days. After that, a macroscopic study, an histological exam, and a tensiometry test in the articulations were performed. Each group had eight healthy animals, weighting from 5 to 20kg. The most import (mais) ant advantage was related to the deambulation, which the animals submited to the facia lata implant showed a faster evolution after the surgery at the physical exam, and muscular atrophy in a smaller degree. The tensiometry tests, the radiographic and the histological exams did not present important differences between both groups, but they were useful to show that the two techniques did not cause alterations in the studied articulation. It can be concluded that the stabilization of the coxofemoral articulation using bubaline fascia lata implant was clinically efficient and more advantageous compared to the transarticular pin technique.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avaliação acústica e perceptivo-auditiva da voz nos momentos pré e pós-operatório da cirurgia de implante de pré-fáscia do músculo temporal/ Acoustical analysis and perceptual ratings of voice before and after surgery for implantation of pre-fascia temporal muscle

Costa, Juliana de Oliveira; Gama, Ana Cristina Côrtes; Oliveira, João Batista de; Rezende Neto, Antônio Lobo de
2008-03-01

Resumo em português OBJETIVO: analisar os parâmetros vocais acústicos e perceptivo-auditivos que se alteram com a cirurgia de implante de pré-fáscia do músculo temporal para sulco vocal estria maior. MÉTODOS: registraram-se as emissões vocais de 9 pacientes, 6 do sexo feminino e 3 do masculino, nas condições pré e pós-tratamento cirúrgico. As amostras vocais foram submetidas à avaliação perceptivo-auditiva por três fonoaudiólogas com experiência na área de voz, por meio de (mais) consenso utilizando a escala GRBAS e a análise acústica espectrográfica foi realizada por meio de consenso entre três estudantes do curso de Fonoaudiologia após treinamento visual com a duração de três horas, utilizando o programa GRAM 5.1. RESULTADOS: houve tendência de a freqüência fundamental apresentar-se mais grave e o tempo máximo de fonação aumentou. Por meio da análise estatística observou-se que somente o parâmetro B apresentou melhora estatisticamente significante (t>1,734), os outros parâmetros G, R e S não mostraram melhora estatisticamente significante. Na análise espectrográfica observou-se que a forma e a continuidade do traçado permaneceram estáveis, a presença de ruído diminuiu e número de harmônicos aumentou. CONCLUSÃO: os pacientes submetidos à cirurgia de implante de Pré-Fáscia do Músculo Temporal apresentaram melhora no aspecto perceptivo-auditivo de soprosidade (B), na freqüência fundamental, tempo máximo de fonação e nos aspectos espectrográficos de presença de ruído e aumento do número de harmônicos, houve também tendência da freqüência fundamental apresentar-se mais grave após a cirurgia. Resumo em inglês PURPOSE: to analyze the impact of pre-fascia temporal muscle implantation in vocal fold for sulcus vocalis, using perceptual ratings, acoustical analysis and spectrograms analysis. METHODS: it is a retrospective study. We reviewed the records of the nine patients who underwent pre-fascia temporal muscle implantation for sulcus vocalis. Perceptual voice ratings [Grade, Roughness, Breathiness, Asthenia, and Strain (GRBAS)], acoustical analysis and spectrogram analysis were (mais) analyzed. Perceptual voice ratings was carried out by three speech-language pathologists and spectrograms analysis by three speech language pathology students after three hours of training. RESULTS: perceptual ratings (GRBAS): Statistically significant improvement was found just in parameter B (Breathiness) t>1.734. Analysis acoustical: The fundamental frequency decreased and the maximum phonation time increased after surgery. Spectrogram analysis: Harmonic form and periodicity remained without improvement after treatment. The noise of spectrogram decreased and harmonic definition increased after treatment. CONCLUSION: the patients who underwent pre-fascia temporal muscle implantation for sulcus vocalis showed improvement in perceptual rating of Breathiness (B), fundamental frequency, maximum phonation time and spectrograms analysis (noise decreased and harmonic definition increased).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Estudo da técnica da sindesmoplastia extra-articular com fascia lata autógena: modelo em cães/ Study of the extra articulate syndesmoplasty technique with autogenous fascia lata: a model in dogs

Ferreira, Manoel Luiz; Schanaider, Alberto; Silva, Paulo César; Abreu, Antônio Victor de; Costa, Andrei Ferreira Nicolau; Braga, Jalene Meira; Rousso Filho, Raul; Pereira, Lara de Paula M.
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a eficácia da técnica extra-capsular para o tratamento de ruptura do ligamento cruzado anterior em cães. MÉTODOS: Foi realizada a reparação cirúrgica extra-articular, sem artrotomia do ligamento cruzado anterior, com a utilização da fáscia lata autógena para estabilização da articulação do joelho em seis animais que apresentaram claudicação grave e movimento de gaveta positivo. RESULTADOS: A técnica cirúrgica extra-articular foi eficaz (mais) com boa estabilização articular e evolução satisfatória. CONCLUSÃO: A via extra capsular com uso da fáscia lata para correção da ruptura do ligamento cruzado anterior mostrou-se útil haja vista tratar-se de um procedimento simples e de rápida execução, causando o mínimo dano tecidual e recuperação pós-operatória eficiente. Resumo em inglês OBJETIVE: To evaluate extra-capsular technique for the treatment of the anterior cruciate ligament rupture, in dogs. METHODS: It was performed an extra-articulate surgery without arthrotomy of the anterior cruciate ligament by using a strip of the autogenous fascia lata for stabilization of the knee joint in six animals which had severe claudication and drawer movement sign positive. RESULTS: The extra articulate technique was effective with good knee stabilization and sa (mais) tisfactory outcome. CONCLUSION: The use of the fascia lata with an extra capsular technique to fix the rupture of the anterior cruciate ligament seems to be useful once it is a simple and rapid procedure with minimum tissue damage and efficient postoperative recovery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Volumes efetivos de anestésicos locais para o bloqueio do compartimento da fáscia ilíaca: estudo comparativo duplamente encoberto entre ropivacaína a 0,5% e bupivacaína a 0,5%/ Effective volume of local anesthetics for fascia iliac compartment block: a double-blind, comparative study between 0.5% ropivacaine and 0.5% bupivacaine/ Volúmenes efectivos de anestésicos locales para el bloqueo del compartimiento de la fascia ilíaca: estudio comparativo doblemente encubierto entre ropivacaína a 0,5% y bupivacaína a 0,5%

Helayel, Pablo Escovedo; Lobo, Giovanni; Vergara, Roberta; Conceição, Diogo Brüggemann da; Oliveira Filho, Getúlio Rodrigues de
2006-10-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O bloqueio do compartimento da fáscia ilíaca é amplamente empregado como parte das técnicas anestésicas para intervenções cirúrgicas de quadril, coxa e joelho. A maioria dos estudos tem utilizado volumes fixos de ropivacaína ou de bupivacaína. Este estudo teve como objetivo calcular os volumes de ropivacaína a 0,5% e de bupivacaína a 0,5% efetivos em 50% (VE50), 95% (VE95) e 99% (VE99) dos casos para realização de bloqueios do comp (mais) artimento da fáscia ilíaca. MÉTODO: Cinqüenta e um adultos agendados para intervenções cirúrgicas eletivas do quadril, diáfise femoral e joelho foram submetidos ao bloqueio do compartimento da fáscia ilíaca. Os pacientes foram aleatoriamente distribuídos e receberam ropivacaína a 0,5% (n = 25) ou bupivacaína a 0,5% (n = 26). O sucesso do bloqueio foi definido como bloqueio sensitivo completo das regiões anterior, medial e lateral da coxa. O volume anestésico foi determinado pelo método up-and-down de Massey e Dixon e os volumes efetivos foram calculados pelas fórmulas de Massey e Dixon (VE50) e por regressão de probits (VE50, VE95 e VE99). RESULTADOS: Os volumes anestésicos capazes de produzir bloqueio nervoso efetivo em 50% dos casos, calculados pela formula de Massey e Dixon, foram 28,79 mL (IC 95%: 26,31 - 31,5 mL) para ropivacaína e 29,56 mL (IC 95%: 25,22 - 34,64 mL) para bupivacaína (p = 0,62). Os volumes efetivos de ropivacaína capazes de bloquear 50%, 95% e 99% dos casos foram estimados pela regressão de probits como 28,8 mL (27,2 - 30,4), 34,3 mL (32,5 - 37,3) e 36,6 mL (34,3 - 40,5), respectivamente. Os volumes correspondentes de bupivacaína foram 29,5 mL (28,1 - 31,1), 36,1 mL (33,5 - 38,1), e 37,3 mL (35,1 - 41,3) (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El bloqueo del compartimento de la fascia ilíaca es ampliamente empleado como parte de las técnicas anestésicas para intervenciones quirúrgicas de la cadera, muslo y rodilla. La mayoría de los estudios han utilizado volúmenes fijos de ropivacaína o de bupivacaína. Este estudio tuvo como objetivo calcular los volúmenes de ropivacaína a 0,5% y de bupivacaína a 0,5% efectivos en 50% (VE50), 95% (VE95) y 99% (VE99) de los casos para la re (mais) alización de bloqueos del compartimento de la fascia ilíaca. MÉTODO: Cincuenta y un adultos con cirugías marcadas electivas de la cadera, diáfisis femoral y rodilla se sometieron al bloqueo del compartimento de la fascia ilíaca. Los pacientes fueron aleatoriamente distribuidos y recibieron ropivacaína a 0,5% (n = 25) o bupivacaína a 0,5% (n = 26). El éxito del bloqueo fue definido como bloqueo sensitivo completo de las regiones anterior, media y lateral del muslo. El volumen anestésico fue determinado por el método up-and-down de Massey y Dixon y los volúmenes efectivos fueron calculados por las formulas de Massey y Dixon (VE50) y por regresión de probits (VE50, VE95 y VE99). RESULTADOS: Los volúmenes anestésicos capaces de producir bloqueo nervioso efectivo en 50% de los casos, calculados por la formula de Massey y Dixon, fueron 28,79 mL (IC 95% : 26,31 -31,5 mL) para ropivacaína y 29,56 mL (IC 95% : 25,22 - 34,64 mL) para bupivacaína (p = 0,62). Los volúmenes efectivos de ropivacaína capaces de bloquear 50%, 95% y 99% de los casos se estimaron por la regresión de probits como 28,8 mL (27,2 - 30,4), 34,3 mL (32,5 - 37,3) y 36,6 mL (34,3 - 40,5), respectivamente. Los volúmenes correspondientes de bupivacaína fueron 29,5 mL (28,1 - 31,1), 36,1 mL (33,5 - 38,1), y 37,3 mL (35,1 - 41,3) (p > 0,05). CONCLUSIONES: Los volúmenes necesarios de ropivacaína a 0,5% y bupivacaína a 0,5% con adrenalina 1:200.000 para el bloqueo del compartimento de la fascia ilíaca son semejantes. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Fascia iliac compartment block is widely used as one of the anesthetic techniques used for surgical interventions of the hip, thigh, and knee. The majority of the studies have used fixed volumes of ropivacaine or bupivacaine. The objective of this study was to calculate the effective volume of 0.5% ropivacaine and 0.5% bupivacaine in 50% (EV50%), 95% (EV95), and 99% (EV99) of the cases to achieve fascia iliac compartment block. METHODS: Fifty-on (mais) e adults scheduled for elective surgical interventions of the hip, femoral diaphysis, and knee underwent fascia iliac compartment block. Patients were randomly assigned to receive either 0.5% ropivacaine (n = 25) or 0.5% bupivacaine (n = 26). The success of the block was defined as a complete sensitive block of the anterior, medial, and lateral regions of the thigh. The volume of the anesthetic was determined by Massey and Dixon's up-and-down method, while the effective volume was calculated by Massey and Dixon's formula (EV50) and by probits regression (EV50, EV95, and EV99). RESULTS: The volume of anesthetic capable of producing an effective nervous anesthesia in 50% of the cases, calculated by Massey and Dixon formula, were 28.79 mL (CI 95%: 26.31 - 31.5 mL) for ropivacaine, and 29.56 mL (CI 95%: 25.22 - 34.64 mL) for bupivacaine (p = 0.62). The effective volumes of ropivacaine capable of producing a blocking in 50%, 95%, and 99% of the cases were estimated by probits regression as 28.8 mL (27.2 - 30.4), 34.3 mL (32.5 - 37.3), and 36.6 mL (34.3 - 40.5), respectively. The corresponding volumes of bupivacaine were 29.5 mL (28.1 - 31.1), 36.1 mL (33.5 - 38.1), and 37.3 mL (35.1 - 41.3) (p > 0.05). CONCLUSIONS: The volumes of 0.5% ropivacaine and 0.5% bupivacaine with adrenaline 1:200,000 for the fascia iliac block are similar.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Reforço do triângulo inguinal com enxerto de fáscia transversal: técnica/ Inguinal triangular effort with a fascia transversalis graft: technique

Silva, Alcino Lázaro da
2010-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O esforço maior do cirurgião, na operação da hérnia inguinal, é prevenir a recidiva. OBJETIVO: Comunicar o uso de um retalho livre de fáscia transversal. MÉTODO: Operou-se um paciente, portador de hérnia inguinal direta, cuja fáscia transversal era extensa, espessa e elástica. Retirou-se um retalho em forma de calota que foi recolocado, sob a forma de enxerto, após o reforço clássico da fáscia transversal do triângulo inguinal. RESULTADO: Há (mais) dois anos sem recidiva. CONCLUSÃO: Sobre o reforço do triângulo inguinal pode-se colocar um enxerto da própria fáscia transversal se ela for exuberante. Resumo em inglês BACKGROUND: The physician's greatest effort at the inguinal hernia surgery is to prevent its recurrence. AIM: To communicate the use of free flap of "fascia transversalis" added to a triangular inguinal reinforcement. METHODS: It was proceeded a surgery on a patient who carried a direct inguinal hernia, whose "fascia transversalis" was wide, thick and strechful. It was extracted one central round part of the fascia which was replaced as one free graft after the classical (mais) reinforcement of the triangular "fascia transversalis" inguinal. RESULT: In follow-up of two years there is no recurrence. CONCLUSION: A free graft from "fascia transversalis" when abundant may be used in surgery of inguinal hernia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Propriedades biomecânicas da fáscia lata e do ligamento cruzado cranial de cães/ Biomechanical properties of canine fascia lata and cranial cruciate ligament

Brendolan, A.P.; Rezende, C.M.F.; Pereira, M.M.
2001-02-01

Resumo em português Preparações bilaterais do ligamento cruzado cranial e da fáscia lata de 15 cães foram testadas na máquina Instron, modelo 4482. Os animais, de ambos os sexos, idade entre um e quatro anos, pesavam em média 11,80 ± 1,99kg. Os retalhos de fáscia lata foram testados retilíneos e torcidos e o ligamento cruzado cranial foi testado mantendo um ângulo de 135° entre a tíbia e o fêmur e 0°, 15° de rotação externa e 15° de rotação interna da tíbia em relação (mais) ao fêmur. A velocidade dos testes de tração foi de 8,47mm por segundo. A força máxima dos retalhos de fáscia lata foi aproximadamente de 290 Newtons, e a tensão máxima, 28 Megapascal. A torção não influenciou na resistência dos retalhos de fáscia lata. A rotação externa e interna da tíbia de 15º também não influenciou na força máxima do ligamento cruzado cranial, que foi aproximadamente de 660 Newtons, nem na tensão máxima, que foi cerca de 75 Megapascal. Os retalhos de fáscia lata apresentaram 44% da força máxima e 37% da tensão máxima do ligamento, no entanto, os retalhos torcidos mostraram maior deformação do que os retalhos retilíneos, alcançando cerca de 70% da deformação do ligamento, sendo essa forma a mais indicada na substituição do ligamento cruzado cranial. Resumo em inglês Bilateral preparations of fascia lata and cranial cruciate ligament from 15 dogs were tested in Instron machine, model 4482. Dogs were from both sexes, between one and four years of age and weighing in average about 11.80 ± 1.99kg. Fascia lata strips were tested straight and twisted and the cranial cruciate ligaments were tested with an angle of 135° between the femur and tibia and 0°, 15° of external tibial rotation and 15° of internal tibial rotation in relation to (mais) femur. The traction test velocity was 8.47mm per second. The maximum force of fascia lata strips was of approximately 290 Newtons and the maximum stress, 28 Megapascal. Similar results of strength and stress properties were found for the strips of fascia lata straight and twisted, although twisted strips presented a higher deformation than straight ones. External and internal tibial rotation did not influence the maximum force and maximum stress of the cranial cruciate ligament, that were of about 660 Newtons and 75 Megapascal, respectively. Fascia lata strips reached 44% of ligaments maximum force and 37% of maximum strain, and twisted strips reached 70% of ligaments maximum deformation, deserving straight strips to be recommended for cranial cruciate ligament substitution in dogs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

SUBSTITUIÇÃO DO LIGAMENTO DA CABEÇA DO FÊMUR COM AUTO-ENXERTO DE FÁSCIA LATA NA LUXAÇÃO COXOFEMORAL EM CÃES/ SUBSTITUTION OF FEMORAL HEAD LIGAMENT IN DOGS WITH FASCIA LATA AUTOGRAFT FOR TREATMENT OF HIP LUXATION

Brandão, Cláudia Valéria Seullner; Iamaguti, Paulo; Figueiredo, Laura Maria Alvarez de
2002-04-01

Resumo em português Uma técnica cirúrgica para o tratamento da luxação coxofemoral que substituiu o ligamento da cabeça do fêmur por fáscia lata associada ao enxerto ósseo foi realizada em 20 cães. Estes foram separados em cinco grupos e submetidos à eutanásia para realização dos exames macro e microscópicos aos 15, 30, 60, 90 e 120 dias do pós-operatório. Na macroscopia, não foi observada luxação da articulação. Em 65% dos animais, o enxerto de fáscia lata estava prese (mais) nte. Microscopicamente, a fáscia lata utilizada como substituto do ligamento da cabeça do fêmur não desenvolveu reações inflamatórias, permanecendo preservada e integrada ao tecido ósseo. O uso da fáscia lata como substituto do ligamento da cabeça do fêmur mostrou-se viável, podendo ser utilizada para reforçar a estabilidade articular. Resumo em inglês This study describes a technique for round ligament's substitution by fascia lata and bone autografts. Experiments were carried out in 20 clinical healthy adult mongrel dogs. The animals were divided in five groups, than they were put down for macro and microscopic analysis performed on 15, 30, 60, 90 and 120 days. None of them reluxated the joint. On gross observation, the fascia lata graft was present in 65% of the dogs. Microscopic examination showed no rejection or in (mais) flammatory reactions on fascia lata used as a femoral head ligament substitute. The fascia was preserved and integrated to the bone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Versatilidade do retalho musculocutâneo do tensor da fáscia lata/ Versatility of the fascia lata tensor musculocutaneous flap

Ramos, Rogério dos Santos; Cunha, Marcelo Sacramento; Jesus, Rodolfo Oliveira de; Basílio, Igor de Almeida; Figuerêdo, Adson; Fadul, Luiza Cavalcanti
2008-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Relatar a experiência com a utilização do retalho musculocutâneo do tensor da fáscia lata (TFL em diferentes situações clínicas, evidenciando suas diversas aplicações, analisando e discutindo as indicações, resultados e complicações. MÉTODO: Entre janeiro de 2003 e dezembro de 2005 dezessete retalhos miocutâneos do TFL foram realizados para cobertura cutânea em uma variedade de defeitos em quinze pacientes.Durante o ato operatório a equipe opto (mais) u pelo posicionamento do paciente em decúbito lateral em oposição ao lado da lesão a ser reparada. RESULTADOS: Houve sucesso com cobertura cutânea adequada em todos os casos. Em quatro destes ocorreu necessidade de enxerto de pele parcial na área doadora. Em dois casos houve isquemia distal do retalho e em um aconteceu pequena deiscência de sutura em zona doadora. CONCLUSÃO: O retalho miocutâneo do tensor da fáscia lata, portanto, possibilita uma excelente cobertura cutânea para tratamento de defeitos em diversos segmentos anatômicos com pouca morbidade em área doadora. Resumo em inglês BACKGROUND: The fascia lata tensor (FLT) musculocutaneous flap holds a great versatility. It is used in countless situations. We present our experience with the use of this flap in several circumstances. We also analyze and discuss about indications, results and complications. METHODS: Between January 2003 and December 2005, 15 patients (10 man and 5 women) underwent 17 FLT flaps to treat many skin defects. Patients were between 18 and 65 years-old. Patients' position dur (mais) ing surgery was lateral decubitus. Follow up has been obtained from 6 months to 3 years. RESULTS: We succeed with fit skin coverage in all cases. Partial skin graft was necessary in four cases. Distal flap ischemia occurred in two patients. Small dehiscence at the donor site was seen (and treated by simple suture) in one case. CONCLUSION: The FLT musculocutaneous flap is extremely reliable and versatile; it has easy and fast execution and relatively few complications. It can successfully be used in many clinical situations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Estudo comparativo entre sling pubovaginal de parede vaginal e sling de fáscia do reto abdominal no tratamento da incontinência urinária de esforço/ Comparative study between vaginal wall sling and rectus fascia pubovaginal sling in the treatment of stress urinary incontinence

Carvalho Júnior, Arlindo Monteiro de; Carretette, Fabrício Borges; Muller, Valter; Vaz, Fernando Pires
2001-06-01

Resumo em português OBJETIVO: A cirurgia de sling pubovaginal é utilizada no tratamento da incontinência urinária de esforço (IUE) do tipo III e como resgate na falha de procedimentos anteriores. Tem índice de sucesso variando de 73 a 89%. Podem ser utilizados diversos materiais autólogos e sintéticos com semelhantes resultados. Nosso objetivo foi comparar o sling de parede vaginal com o de fáscia do reto abdominal quanto à eficácia e às complicações. MÉTODO: Foram estudadas 27 (mais) pacientes no período de 04/98 a 09/00, divididas em dois grupos: grupo I com nove pacientes submetidas a sling de parede vaginal; grupo II com 18 pacientes submetidas a sling de fáscia do reto abdominal. Todas foram submetidas a um estudo urodinâmico completo, classificadas quanto ao tipo de IUE, e seguidas no ambulatório de urologia. RESULTADOS: grupo I com média de idade de 51,4 anos, tempo de seguimento médio de 14,3 meses. Pressão de Perda aos Esforços (PPE) variando de 50 a 100cmH2O com média de 81,1cmH2O. Houve 66% de complicações. Taxa de sucesso de 88,8% e índice de satisfação 85 pontos. Grupo II com média de idade de 54,2 anos, seguimento médio de 19,3 meses. PPE variando de 45 a 92cmH2O, média de 65,5cmH2O. Houve 72% de complicações e sucesso de 88,8%. Índice de satisfação de 74 pontos. CONCLUSÕES: Os dados encontrados estão de acordo com a literatura, sendo os dois grupos comparáveis quanto à eficácia em período curto de seguimento. O grupo II apresentou maior número de complicações, assim como maior tempo de cateter vesical e menor índice de satisfação geral. Resumo em inglês BACKGROUND: Pubovaginal sling is being currently used for the treatment of type III Stress Urinary Incontinence (SUI) and for recurrences after previous procedures. Success rates vary from 73 to 89%. Many autologous and allogênic materials have being used with a variable rate of complications. Our objective was to compare the vaginal wall sling to the rectus fascia pubovaginal sling concerning effectiveness and complications. METHOD: Twenty seven patients submitted to pu (mais) bovaginal sling between 04/98 and 09/00 were divided into two groups: Group I includes 9 patients submitted to vaginal wall sling while Group II with 18 patients submitted to rectus fascia pubovaginal sling. All patients underwent a complete urodinâmic study. They were classified according to the type of SUI and followed at the urology clinic where complications and patient satisfaction index were registered. RESULTS: Group I: The mean age was of 51.4 years. The a mean follow-up period was 14,3 months. The Valsalva leak point pressure (VLPP) varied from 50 to 100cmH2O, with a mean pressure of 81.1cmH2O. Six patients (66%) presented postoperative complications. Curative rate was 88.8% and patient satisfaction index was 85 points. Group II: The mean age was of 54.2 years; the mean follow-up period was 19,3 months. The VLPP varied from 45 to 92cmH2O, with a mean pressure of 65,5cmH2O. Thirteen patients (72%) presented postoperative complications. The curative rate was 88.8% and the patient of satisfaction index was 74 points. CONCLUSIONS: Both techniques have a comparable effectiveness during a short follow-up period. The use of rectus fascia pubovaginal sling was associated with more postoperative complications, longer urethral catheterization and lawer patient satisfaction index.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

RADIOGRAFIA E MACROSCOPIA DO JOELHO APÓS ESTABILIZAÇÃO EXTRA-ARTICULAR UTILIZANDO FÁSCIA LATA, FIO DE POLIÉSTER TRANÇADO OU FIO DE POLIAMIDA PARA CORREÇÃO DA RUPTURA DO LIGAMENTO CRUZADO CRANIAL EM CÃES/ RADIOGRAPH AND MACROSCOPY OF STIFLE JOINT AFTER EXTRA-ARTICULAR STABILIZATION EMPLOYING FASCIA LATA, BRAIDED POLYESTER AND POLYAMIDA TO CORRECT CRANIAL CRUCIATE LIGAMENT RUPTURE IN DOGS

Buquera, Luiz Eduardo Carvalho; Canola, Júlio Carlos; Padilha Filho, João Guilherme; Furlani, Juliana Maziero; Talieri, Ivia Carmem; Selmi, André Luiz
2002-02-01

Resumo em português A ruptura do ligamento cruzado cranial é uma das principais doenças ortopédicas que afetam os cães. Muitas técnicas cirúrgicas foram descritas no intuito de aliviar a dor, restaurar a estabilidade biomecânica do joelho e prevenir a progressão da osteoartrite. Fáscia lata, fio de poliéster trançado e fio de poliamida foram empregados na estabilização do joelho após excisão do ligamento cruzado cranial em cães, os quais foram submetidos à avaliação radiog (mais) ráfica e macroscópica da articulação. Neste estudo, foram utilizados 18 cães com massa corporal superior a 15Kg (peso médio - 19,67kg), separados em 3 grupos eqüitativos correspondentes a cada técnica, avaliados durante 30 e 60 dias. Ao exame radiográfico, independentemente de grupo, os cães apresentaram evidência de efusão articular moderada a severa, distensão da cápsula articular e, na maioria dos casos, ausência de sinais de doença articular degenerativa. Ao exame macroscópico da articulação do joelho observou-se espessamento da cápsula articular e tecidos moles periarticulares, erosão da cartilagem articular dos côndilos femorais em todos os grupos e afrouxamento dos fios nos cães submetidos às técnicas de estabilização extra-articular com fio de poliéster trançado e fio de poliamida. Resumo em inglês The cranial cruciate ligament rupture is one of the main orthopaedic diseases which affect dogs. Many surgical techniques have been described and they aim to relief the pain, restore stifle biomechanical stability and prevent the progression of osteoarthritis. Fascia lata, braided polyester and polyamida were used in lateral fabellar suture to stifle stabilization after induced cranial cruciate ligament rupture in dogs that were submitted to radiographic and macroscopic e (mais) valuation of joint. In this study 18 dogs weighting more than 15kg were used (middleweight - 19.67kg), distributed in three groups corresponding to each technique, evaluated during 30 and 60 days. In the radiographic exam, the dogs had evidence of moderate to severe joint effusion, capsular distension and, in most cases, lacking of degenerative articular disease features. At the macroscopic exam of the stifle joint thickening of the joint capsule and periarticular soft tissues, erosion of the femoral condyles cartilage in all groups and loosening of the suture were observed in dogs submitted to extra-articular stabilization techniques employing braided polyester and polyamida.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Alterações no Sistema de Fibras Elásticas da Fáscia Endopélvica de Paciente Jovem com Prolapso Uterino/ Elastic Fiber System Changes in the Endopelvic Fascia of a Young Patient with Uterine Prolapse - A Case Report

Rodrigues, Consuelo Junqueira; Fagundes Neto, Henrique Oscar; Lucon, Marcos; Lupinacci, Renato; Petti, Domingos; Ramos, Laudelino de Oliveira; Rodrigues Jr, Aldo Junqueira
2001-02-01

Resumo em português É apresentado um caso de prolapso do útero de 2º grau em paciente de 18 anos, virgem. Durante o ato cirúrgico corretivo (cirurgia de Gillian) foram recolhidas amostras dos ligamentos e fáscias para avaliação do sistema de fibras elásticas. Foram demonstradas alterações estruturais nas fibras elásticas semelhantes às que ocorrem no envelhecimento, o que promove o enfraquecimento do tecido conjuntivo induzindo ao defeito de suporte do assoalho pélvico. Resumo em inglês A case report of a young virgin patient with a second-degree uterine prolapse is presented. During the corrective surgery (Gillian surgery) samples of the ligaments and the pelvic fascia were obtained to evaluate the elastic fiber system. There were structural changes of the elastic fibers similar to ageing process, which promotes connective tissue weakness inducing a pelvic support defect.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Avaliação da deposição de colágeno após implante de fáscia lata e de gordura na prega vocal de coelho: estudo histomorfométrico/ Assessment of collagen deposits after implant of fascia lata and fat in the vocal folds of rabbits: histomorphometric study

Carneiro, Christiano de Giacomo; Sennes, Luiz Ubirajara; Saldiva, Paulo Hilário Nascimento; Tsuji, Domingos Hiroshi; Ximenes Filho, João Aragão
2005-12-01

Resumo em português Vários materiais têm sido injetados ou inseridos em pregas vocais na tentativa de solucionar a incompetência glótica. Contudo, poucos são os estudos que avaliam o processo cicatricial decorrente da enxertia destes materiais. OBJETIVO: O objetivo desta pesquisa foi avaliar a concentração de colágeno após enxerto microcirúrgico de fáscia muscular e gordura na prega vocal de coelho FORMA DE ESTUDO: experimental MATERIAL E MÉTODO: Dezenove coelhos foram submetidos (mais) à inserção de enxerto na prega vocal direita, sendo nove de fáscia e dez de gordura. A prega vocal esquerda foi submetida ao mesmo procedimento, sem enxertia. Os coelhos foram sacrificados após 90 e 180 dias. O colágeno foi analisado morfometricamente através do método da Picrossírius-polarização com a utilização do software Image Pro Plus RESULTADOS: Houve aumento do colágeno em todos grupos enxertados quando comparados com o grupo controle. A concentração do colágeno encontrada nos coelhos submetidos a enxerto de gordura foi significativamente maior quando comparados à concentração do colágeno nos coelhos submetidos a enxerto de fáscia muscular, tanto com 90 quanto com 180 dias CONCLUSÃO: A enxertia de gordura e fáscia lata na prega vocal de coelho promoveu maior deposição de colágeno do que no grupo controle, sendo mais exuberante na inserção de gordura. Resumo em inglês Several materials have been injected or introduced in the vocal folds in attempt of solving the glottic insufficiency. However, few studies have evaluated the cicatricial process due to the implantation of these materials. AIM: The objective of this research was to evaluate the concentration of collagen after microsurgery graft of muscular fascia and fat in the vocal folds of rabbit STUDY DESIDN: experimental MATERIAL AND METHOD: Nineteen rabbits were submitted to the gra (mais) ft insert in the right vocal fold, being nine of fascia and ten of fat. The left vocal fold was submitted to the same process, except for the insertion of fat or fascial graft. The rabbits were sacrificed after 90 and 180 days. The collagen was analyzed through the method of the Picrosirius-polarization using the Image Pro Plus software RESULTS: There was prevalence of the collagen in all grafted groups when compared with the group control. The concentration of the collagen found in the rabbits submitted to fat graft was significantly larger when compared to the concentration of the rabbits submitted to graft of muscular fascia, either with 90 as with 180 days CONCLUSION: The fat and muscular fascia implantation in the vocal folds of rabbit promoted production of collagen, being more intense with fat.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

O colágeno em fáscia transversal de pacientes com hérnia inguinal direta submetidos à videolaparoscopia/ The collagen in transversalis fascia of direct inguinal hérnia patients treated by videolaparoscopy

Wolwacz Júnior, Igor; Trindade, Manoel Roberto Maciel; Cerski, Carlos Thadeu
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar quanto à espessura, elementos constitutivos e quantificação do colágeno total amostras de fáscias transversais de pacientes entre 20 e 60 anos de idade, com hérnia inguinal direta, coletadas no momento da correção videolaparoscópica, comparando-as com amostras do mesmo tecido, retiradas de cadáveres. MÉTODOS: Biopsias de 23 pacientes e de 22 cadáveres foram analisadas e comparadas. Utilizaram-se as técnicas de coloração de Hematoxilina-Eo (mais) sina e Picrosirius. As imagens captadas foram analisadas por técnica videomorfométrica assistida por computador. RESULTADOS: Constatou-se uma espessura de fáscia transversal nos controles, em média, de 4.5 milímetros. A espessura da fáscia transversal dos pacientes com hérnia foi, em média, 58 % menor (p Resumo em inglês PURPOSE: To analyse in respect to thickness, constitutive elements and total collagen quantification, samples of transversalis fascia from direct inguinal hernia patients, between twenty and sixty years of age and colected at the moment of laparoscopic repair, compairing with samples of the same tissue, obtained from corpse. METHODS: We collected 23 samples from patients and 22 samples from corpse. The samples were stained for Hematoxiline-eosine and Sirius-Red. The video (mais) captured images were analysed by computer-assisted videomorphometric techenic. RESULTS: We noticed the thickness of normal transversalis fascia to be 4.5 milimetres. Otherwise, the transversalis fascia from patients were 58 % thinner (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Enxerto autólogo de peritônio-fáscia-músculo, no canal inguinal de ratos/ Peritoneal-fascia-muscle autologous graft in the inguinal canal of rats

Lopes, Francisco Bizzi; Lázaro da Silva, Alcino
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar um fragmento de tecido autólogo, constituído por peritônio-fáscia-músculo, implantado no nível da parede do canal inguinal e no funículo espermático de ratos a fim de verificar o comportamento histológico da pega e da integração tecidual. MÉTODOS: Trinta e seis ratos foram distribuídos em quatro grupos. Os ratos do grupo A, B, C e D foram submetidos a laparotomia mediana para obtenção dos espécimes a serem implantados. No grupo A, foi imp (mais) lantado tecido composto por peritônio e fáscia transversal na parede do canal inguinal. No B, o tecido implantado era acrescido de parte do músculo reto do abdome e implantado na parede do canal inguinal. No C, o tecido enxertado era semelhante ao do grupo A, agora enxertado no funículo espermático. No D, o tecido enxertado era semelhante ao grupo B, agora enxertado no funículo espermático. RESULTADOS: Após 21 dias de implante estes tecidos apresentavam histologicamente as seguintes alterações: os grupos A e C, tecido fibroadiposo com vasos dilatados, focos de fibrose e infiltrado linfoplasmocitário e os grupos B e D, tecido fibroadiposo com vasos dilatados, musculatura esquelética e focos de fibrose. A fibrose mostrou-se mais intensa nos grupos B e D. No grupo B, sempre encontramos o músculo esquelético, enquanto no grupo D este tecido estava presente em seis animais, quase que totalmente substituído por tecido fibroso em dois e ausente em um. CONCLUSÃO: Todos os tecidos implantados sobreviveram e incorporaram-se no local, podendo ser útil na correção de defeitos do canal inguinal, nas situações em que o tecido autólogo estiver indicado. Resumo em inglês PURPOSE: To study the fragment of the autologous tissue, built by a peritoneum-fascia-muscle, implanted on the level of the wall of inguinal canal and the spermatic cord of rats aiming to verify the histological behavior of the survive and the tissue incorporation. METHODS: Thirty-six rats were distributed into four groups. The rats of the group A, B, C and D were submitted to the median laparotomy to obtain the species to be implanted. On the group A, was implanted a tis (mais) sue compounded by peritoneum and transversal fascia on the wall of the inguinal canal. On the B, the tissue implanted was added a part of rectum muscle of the abdomen and implanted on the wall of the inguinal canal. On the C, the tissue grafted was similar to the group A, now grafted into the spermatic cord. On the D, the tissue was similar to the group B, now grafted into the spermatic cord. RESULTS: After 21 days of implant, these tissues presented the following histological alteration: the group A and C, fibroadipous tissue with dilated vessel, Focus of fibrosis' and limphoplasmocitary infiltrated and the groups B and D, fibroadipous tissue with dilated vessels, skeletal muscle and focus of fibrosis. The fibrosis displayed on the groups B and D was more intensive. On the group B, we almost always find the skeletal muscle, while on the group D this tissue was presented in six animals, almost replaced by fibrosis in two and not present in one. CONCLUSION: All the implanted grafts displayed survive and local incorporation, what could be useful on the correction of defects on the inguinal canal, on situations when the autologous tissue was indicated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Estudo histoquímico das proteoglicanas da fáscia transversal e bainha anterior do músculo reto abdominal em homens adultos, portadores de hérnia inguinal tipo II e IIIA de NYHUS/ Proteoglicans hystochemical study of fascia transversalis and anterior sheath of abdominal rectus muscle of adult males with NYHUS types II and IIIA inguinal hernias

Silva, Evandro de Moraes e; Lopes Filho, Gaspar de Jesus; Gonçalves, Rogério de Oliveira
2003-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar, de maneira quantitativa, as proteoglicanas na fáscia transversal e na bainha anterior do músculo reto abdominal de pacientes homens, adultos, portadores de hérnia inguinal tipo II e IIIA de NYHUS. MÉTODO: Foram constituídos três grupos de estudo: um grupo controle, composto por dez cadáveres com óbito até 24 horas e de dois grupos, cada um com vinte pacientes, portadores de hérnias tipo II e IIIA de NYHUS. Foram retiradas amostras da fáscia t (mais) ransversal e da bainha anterior do músculo reto abdominal que foram coradas com Alcian Blue, pH 2,5. As lâminas foram analisadas no programa IMAGELAB de avaliação histológica informatizada. RESULTADOS: Observou-se menor quantidade de proteoglicanas nos pacientes com hérnia inguinal, em relação ao grupo controle. Essa diferença foi estatisticamente significante. CONCLUSÃO: A concentração de proteoglicanas na matriz extracelular está diminuída na fáscia transversal e na bainha anterior do músculo reto abdominal de pacientes homens adultos, portadores de hérnia inguinal tipo II e IIIA de NYHUS, em relação ao grupo controle, constituído por cadáveres não portadores de hérnia inguinal. Resumo em inglês BACKGROUND: To quantify the presence of proteoglycans in fascia transversalis and anterior sheath of the abdominal rectus muscle, from males, adults, with Nyhus type II and IIIA inguinal hernia. METHODS: The samples were divided in three groups: Group I - twenty patients with Nyhus type II inguinal hernia; Group II - twenty patients with Nyhus type IIIa inguinal hernias. Group III - control comprised of ten cadavers with no more than 24 hours death and no hernias; Fascia (mais) transversalis and anterior sheath of the abdominal rectus muscle samples were collected and stained with alcian blue pH2,5. Computerized hystological evaluation (IMAGELAB) was used to analyse the samples prepared as described above. RESULTS: A smaller quantity of proteoglycan was found in patients with inguinal hernia as compared to control group and this was stastically significant. CONCLUSION: Patient with Nyhus type II and IIIa inguinal hernias had a smaller amount of proteoglycans in fascia transversalis and anterior sheath of the abdominal rectus muscle. The role of these findings regardind the etiology of inguinal hernias remains to be better evaluated by further research.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Estabilização extra-articular do joelho com fáscia lata autógena em cães de raças de grande porte/ Autogen fascia lata on extra-articular stifle stabilization in large breed dogs joint

Buquera, L.E.C.; Padilha Filho, J.G.; Canola, J.C.; Talieri, I.C.; Furlani, J.M.
2007-06-01

Resumo em português Avaliou-se a sutura fabelar lateral (SFL) com fáscia lata autógena para estabilização dos joelhos de cães de raças de grande porte, acometidos por ruptura do ligamento cruzado cranial (RLCCr). Os animais foram submetidos à avaliação clínica e radiográfica no pré-operatório e aos 60, 180 e, em alguns casos, 360 dias de pós-operatório. A partir do 60º dia, os cães apresentavam-se apoiando o membro normalmente ou com claudicação com apoio contínuo do memb (mais) ro. No 360º dia, quatro joelhos apresentavam-se estáveis, e o restante demonstrava instabilidade leve. No 360º dia, dos seis membros avaliados, três não haviam recuperado a medida da coxa aferida no pré-operatório. Os escores de doença articular degenerativa (DAD) para os períodos de 180 e 360 dias foram significativamente maiores que os atribuídos no pré-operatório. A SFL com fáscia lata foi adequada para o tratamento de RLCCr em cães de raças de grande porte, quando consideradas a estabilidade do joelho e a deambulação, e não impediu ou retardou a evolução da DAD. Resumo em inglês The lateral fabellar suture (LFS) performed with autogenous fascia lata to stabilize the stifles of large breed dogs with cranial cruciate ligament rupture (CrCLR) was evaluated. The dogs were submitted to clinic and radiographic evaluation in the preoperative period and on the 60th, 180th and in some cases 360th day of the postoperative period. After the 60th day, almost every dog presented normal gait or lameness with continuous gait. On the 360th day, four stifles pres (mais) ented themselves as stable and the remainder presented mild instability. On the 360th day, three out of six limbs evaluated did not recover the thigh perimeter of the preoperative period. Stifle degenerative joint disease (DJD) scores on the 180th and 360th day of the postoperative period were significantly higher than those in the preoperative period. LFS is suitable to treat CrCLR on large breed dogs if consider stifle stability and gait, and that did not prevent or delay progression of DJD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Uso da fáscia temporal na suspensão frontal: descrição da técnica cirúrgica - Relato de caso/ Use of temporal fascia in frontalis suspension: description of the surgical technique - Case report

Nunes, Tânia Pereira; Sardinha, Mariluze; Cardoso, Laura; Buzalaf, Flávio; Matayoshi, Suzana
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: Familiarizar o oftalmologista com a anatomia da região temporal, descrever a técnica cirúrgica da retirada da fáscia temporal e da suspensão frontal e analisar as vantagens e desvantagens da fáscia temporal na suspensão frontal. MÉTODOS: Revisão do prontuário de uma paciente com blefaroptose grave que foi submetida à suspensão frontal com fáscia temporal. Revisão da anatomia da fossa temporal e das técnicas cirúrgicas. RESULTADOS: Bom resultado (mais) estético e funcional foi conseguido no caso descrito. CONCLUSÃO: A fáscia temporal é boa opção na suspensão frontal com algumas vantagens: é um tecido autógeno, de fácil obtenção e mínima morbidade no pós-operatório. Resumo em inglês PURPOSE: To familiarize the ophthalmologist with the anatomy of the temporal region, to describe the surgical technique of temporal fascia harvest and frontalis suspension and to demonstrate advantages and disadvantages of temporal fascia in frontalis suspension. METHODS: Review of the clinical and surgical data of one case with severe blepharoptosis who underwent frontalis suspension using temporal fascia. Review of the anatomy of the temporal fossa and the surgical tech (mais) niques. RESULTS: Good esthetic and functional results were obtained in this case. CONCLUSION: Temporal fascia is a good choice for frontalis suspension with some advantages: it is autogenous, it is easily harvested and it yields minimal post-operative morbidity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Fasciíte necrotizante limitada a região pré-peritoneal/ Necrotizing fasciitis limited to the preperitoneal region

Coelho, Júlio Cezar Uili; Vianna, Rodrigo M. de M.; Cunha, Clóvis Arns da; Duarte, Cesar; Milcheski, Dimas
1998-10-01

Resumo em inglês Our objective is to report a case of a patient with necrosis limited to the pre-peritoneal fascia and fat tissue of the abdomen and pelvis. A 34-year-old female presented with fever, chills, nausea, diarrhea and abdominal pain. She denies history of trauma, diabetes mellitus, use of immunosuppressive drugs, smoking, and drug dependence. Laboratory tests revealed hematocrit of 28.7%, white blood count of 12.200/mm3 with 49% of bands, platelets of 317.000/mm3, and sedimenta (mais) tion rate of 65 mm/hr. She was subjected to an abdominal ultrasonography and computed tomography that showed hepatosplenomegaly and muscular thickening on the left flank. Surgical debridment was performed. There was necrosis limited to the pre-peritoneal fascia and fat tissue extending from the pelvis to the left flank. The fascia of the superficial muscles and the subcutaneous fat were normal. The pathologic examination showed suppuration and necrosis of the tissues. Antibiotics were administered and ten debridments were performed. The patient was discharged 30 days after the admission.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Fisioterapia após substituição artroscópica do ligamento cruzado cranial em cães: II - avaliação artroscópica e anatomopatológica/ Physiotherapy after arthroscopic repair of the cranial cruciate ligament in dogs: II - Arthroscopic and anatomopathological evaluations

Muzzi, L.A.L.; Rezende, C.M.F.; Muzzi, R.A.L.
2009-08-01

Resumo em português Avaliou-se o enxerto da fascia lata na substituição artroscópica do ligamento cruzado cranial (LCC), realizou-se a caracterização histológica do enxerto e da interface enxerto-osso e avaliou-se, por meio de exames artroscópicos e anatomopatológicos, o efeito da fisioterapia pós-operatória. Foram utilizados 16 cães, sem raça definida, machos, pesando entre 19,2 e 26,3kg, submetidos à ruptura experimental do LCC e subsequente substituição artroscópica desse (mais) ligamento pelo enxerto autógeno da fascia lata. Os animais foram distribuídos em dois grupos de oito cada: no grupo I, os cães foram submetidos ao programa de fisioterapia pós-operatória e, no grupo II, à imobilização temporária do membro. Os exames artroscópicos e histológicos mostraram alterações articulares sugestivas de processo degenerativo aos 60 dias após a cirurgia, que se apresentavam mais acentuadas nos cães do grupo II. Na análise histológica do enxerto, observou-se reorganização das fibras colágenas, que ocorreu de forma mais intensa e precoce nos animais do grupo I. Houve progressiva integração das fibras colágenas na interface enxerto-osso. Conclui-se que é viável utilizar a fascia lata como substituto do LCC por cirurgia artroscópica, que o enxerto sofre processos de ligamentação e de osteointegração, e que a fisioterapia reduz a progressão das alterações degenerativas e incentiva o processo de ligamentação do enxerto. Resumo em inglês The fascia lata graft in the arthroscopic reconstruction of the cranial cruciate ligament (CCL), the histological characteristics of the graft and the graft-bone interface, and the effects of postoperative physiotherapy by arthroscopic and anatomopathological exams were evaluated. Sixteen male mongrel dogs weighing from 19.2 to 26.3kg had the CCL experimentally ruptured and the stifle joint was stabilized by arthroscopical technique with fascia lata as an autogenous graft (mais) . Eight dogs were included in a postoperative physiotherapy group and the other eight in a temporary immobilization group. Arthroscopic and histological examinations showed articular lesions consistent with degenerative joint disease at 60 days after surgery, which was more severe in dogs from the temporary immobilization group. From histological studies, the graft underwent a collagenic reorganization process that was more intense and earlier in dogs from the physiotherapy group. There was a progressive establishment of collagen fiber continuity in the graft-bone interface. It can be concluded that fascia lata graft can be used to replace the CCL by arthroscopic surgery, the graft undergo a ligamentization and osteointegration process, and the postoperative physiotherapy decrease the degenerative joint disease progression and stimulate the ligamentization of the graft.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

ENXERTO DE FÁSCIA LATA AUTÓGENA EM FERIMENTOS PENETRANTES PROVOCADOS NO ESÔFAGO CERVICAL DE CÃES

Borba Júnior, Claudio de O.; Nigro, Amaury José Teixeira; Gomes, Paulo de Oliveira; Francisco Neto, Acácio
1998-07-01

Resumo em português O objetivo da pesquisa foi estudar a eficácia do enxerto autógeno de fáscia lata, para tratar ferimentos penetrantes provocados no esôfago cervical de cães. Foram estudadoscomparativamente dois procedimentos operatórios para se corrigir lesões orificiais provocadas na parede do esôfago cervical do cão com uma área padronizada de 3,12 cm2 Foram operados 40 cães, divididos em 2 grupos iguais denominados, grupo A (sutura ) e grupo B (enxerto) .Cada grupo foi subdi (mais) vidido em dois sub grupos denominados A1, A2 e B1, B2, com 10 animais cada para serem reoperados no 7° e no 30° P.O.respectivamente.No grupo controle, (A ) foi aplicada a sutura em plano único extramucosa com pontos simples de náilon 5-zeros .No grupo experimento (B) aplicou-se para ocluir o defeito provocado um enxerto de fáscia lata, suturado à borda da parede do esôfago com pontos simples extramucosa em plano único, com fio de náilon 5-zeros. Comparou-se os achados macroscópicos e microscópicos dos dois grupos não se observando diferença estatística significante, mas quanto ao aspecto clínico, os animais do grupo A apresentaram resultados melhores no que se refere a formação de fístulas apresentando um caso, enquanto o grupo B apresentou cinco casos Concluimos que a fáscia lata não é eficaz para tratar ferimentos penetrantes no esôfago cervical de cães. Resumo em inglês The aim of this study was to study the efficiency of autogenus graft of fascia lata to treat experimental wounds at the cervical level of esophagus of dogs. Two operative procedures were used in forty dogs in order to correct the injuries and compared among the groups. The standard area of the injury ranged was 3,12 cm square. The animals were divided in two groups of 20 each, so-called Group A ( suture group ) and Group B ( graft groups ). Group A and B were subdivided i (mais) n two another group, so-called Group A1 A2 and B1,B2 with 10 animals each one with the pourpose of reoperation at seventh and thirtieth past operatives days. The Group A, so-called Control Group was undergone a techinique of extramucous suture with simple points of nylon on transversal plan of esophagus axis. On Group B, so-called Experimental Group it was employed autogenos graft of fascia lata in order to oclud the penetrating injury. The grafts was sutured on the esophagus wal by extramucous technique with the nylon . Macroscopic and microscopic results were compared among the two groups by invariate analysis. No statistical significant differences were observed among the groups besides the animals of Group A had showed a good clinical behavior and lower incidence of fistulae. However on Group B ( undergone a fascia lata graft ) had shouwed five cases of fistulae. In conclusion, the fascia lata not appear to be useful for treat penetrating wounds at the cervical level of esophagus in dogs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

A importância da ultra-sonografia transvulvar na avaliação de parâmetros anatômicos relevantes no tratamento de mulheres com incontinência urinária de esforço/ The value of transvulvar ultrasonography in the assessment of major anatomical parameters in the management of female stress urinary incontinence

Brandt, Frederico Teixeira; Albuquerque, Carla Daisy Costa; Lorenzato, Felipe Rinald Barbosa; Lopes, Daniela Saraiva Guerra; Cunha, Adriana Scavuzzi Carneiro da; Costa, Rosângela Falcão da
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever a importância da ultra-sonografia transvulvar na avaliação das diferenças anatômicas induzidas pelas cirurgias de sling de fáscia lata e tension-free vaginal tape. MATERIAIS E MÉTODOS: Quarenta mulheres com incontinência urinária de esforço, com idades entre 30 e 60 anos, foram tratadas por sling de fáscia lata (20 pacientes) ou tension-free vaginal tape (20 pacientes). A ultra-sonografia transvulvar da junção uretrovesical e da uretra pro (mais) ximal foi a principal ferramenta de investigação pré- e pós-operatória. Os parâmetros estudados foram: distância vertical e distância horizontal da junção uretrovesical, distância pubouretral e comprimento da uretra proximal. RESULTADOS: A distância vertical da junção uretrovesical não variou significativamente após a sling de fáscia lata (p > 0,10). A distância pubouretral e a uretra proximal tornaram-se menores (p Resumo em inglês OBJECTIVE: The aim of this study was to describe the role of transvulvar ultrasonography in the assessment of anatomical changes following fascia lata sling or tension-free vaginal tape procedures. MATERIALS AND METHODS: Forty women in the age range between 30 and 60 years had fascia lata sling (20 patients) or tension-free vaginal tape (20 patients) placement for treating stress urinary incontinence. Transvulvar ultrasonography was utilized, both pre- and post-operativel (mais) y, as the main investigational tool in these cases for evaluating the urethrovesical junction vertical and horizontal distances, pubo-urethral distance and proximal urethra length. RESULTS: The urethrovesical junction vertical distance did not vary significantly after the fascia lata sling surgery (p > 0.10). Both the pubo-urethral distance and the proximal urethra length became shorter (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Aleiphaquilon Martins (Coleoptera, Cerambycidae, Cerambycinae, Neocorini): novas ocorrências, nova espécie e chave

Galileo, Maria Helena M.; Martins, Ubirajara R.
2009-01-01

Resumo em português São apresentados novos registros para Aleiphaquilon plumanni e A. castaneum. Aleiphaquilon tasyba sp. nov. é descrita da Bolívia (Santa Cruz). Acrescenta-se chave para espécies com faixa clara, coplanar com o restante da superfície elitral. Resumo em inglês Aleiphaquilon Martins (Coleoptera, Cerambycidae, Cerambycinae, Neocorini): new records, new species and key. New records are given for A. plaumanni Martins, 1975 and A. castaneum Gounelle, 1911. Aleiphaquilon tasyba sp. nov. is described from Bolivia (Santa Cruz). A key to the species with a clear and not elevated fascia on elytra is added.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Tratamento do cotovelo rígido com artroplastia de interposição associada ao fixador externo articulado/ Stiff elbow treatment by interposing arthroplasty associated to hinged external fixator

Miyazaki, Alberto Naoki; Fregoneze, Marcelo; Santos, Pedro Doneux; Silva, Luciana Andrade da; Gennaro Junior, Nelson; Checchia, Sergio Luiz
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os resultados da técnica de artroplastia de interposição do cotovelo com fascia lata associada ao uso de fixador externo articulado no tratamento do cotovelo rígido. MÉTODOS: Entre 2001 e 2006 foram operados e acompanhados cinco casos de cotovelo rígido pelo Grupo de Ombro e Cotovelo da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa Misericórdia de São Paulo, tendo como critérios de inclusão: pacientes com arco de movimento do cotovelo menor que (mais) o funcional associado a degeneração dessa articulação que não tiveram indicação de prótese total. A idade dos pacientes variou entre 21 e 55 anos (média de 38). Houve predomínio do sexo masculino (quatro casos) e, em todos, o membro dominante foi o operado. Quanto à etiologia, houve dois casos de sequela de artrite infecciosa, um de sequela pós-traumática e dois de artrite reumatoide. O arco de movimento no período pré-operatório variou em torno de 20 a 30º de flexoextensão; em dois casos existia contratura fixa em flexão em 30º e 65º. Os pacientes foram avaliados segundo os critérios da AMA modificados por Bruce. RESULTADOS: O seguimento médio foi de 54 meses. Todos os pacientes obtiveram melhora no índice de Bruce, que no pré-operatório era de 43,5 e foi para 88,2 no pós-operatório. Houve dois casos excelentes, um bom, um regular e um ruim. CONCLUSÃO: A artroplastia de interposição com fascia lata associada ao uso de fixador externo dinâmico no cotovelo rígido é uma alternativa viável para pacientes que não têm indicação de artroplastia total de cotovelo. Resumo em inglês OBJECTIVE: Assess the results of the elbow/ fascia lata interposing arthroplasty technique associated to the use of a hinged external fixator in the treatment of stiff elbow. METHODS: Between 2001 and 2006, five cases of stiff elbow were operated and followed up by the Shoulder and Elbow Group of the Santa Casa Misericórdia de São Paulo Medical Sciences School, establishing the following as inclusion criteria: patients with below-functional elbow range of motion associa (mais) ted to degeneration on that joint, for whom total prosthesis had not been indicated. Patients' ages ranged from 21 to 55 years (mean: 38). Male gender was prevalent (four cases), and, in all cases, the dominant side was operated. Concerning etiology, two cases of infectious arthritis sequels, one post-trauma sequel, and two rheumatoid arthritis were found. Preoperative range of motion ranged from 20° to 30° of flexion-extension; in two cases, fixed contracture existed in flexion at 30º and 65º. The patients were assessed according to Bruce-modified AMA criteria. RESULTS: The mean follow up time was 54 months. All patients showed improvement of the Bruce index, which, preoperatively, was 43.5, increasing to 88.2 postoperatively. We found two excellent cases, one good, one fair, and one poor. CONCLUSION: Fascia lata interposing arthroplasty associated to the use of a dynamic external fixator on stiff elbows is a feasible alternative for patients not indicated to total elbow arthroplasty.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Lesão de Morel-Lavallée no joelho: relato de caso/ Morel-Lavallée lesion in the knee: a case report

Pitrez, Eduardo Hennemann; Pellanda, Roberto Campos; Silva, Mariana Eltz; Holz, Gustavo Garcia; Hertz, Felipe Teixeira; Hoefel Filho, João Rubião
2010-10-01

Resumo em português A lesão de Morel-Lavallée é uma lesão em cisalhamento que ocorre entre o tecido celular subcutâneo e a fáscia profunda. Caracteriza-se pela formação de uma coleção que, originalmente descrita na coxa, vem sendo observada em outros locais. Os autores relatam o caso de paciente com Morel-Lavallée no joelho e descrevem as principais características desta lesão. Resumo em inglês Morel-Lavallée lesion is a degloving injury of the interface between the subcutaneous fat and the underlying fascia. This lesion is characterized by the development of a fluid collection that, although originally described in the thigh, it has also been described in other anatomical sites. The authors report the case of a patient with Morel-Lavallée lesion in the knee after trauma and describe the main characteristics of the lesion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Resistência mecânica do ligamento patelar após a retirada do terço médio com incisão longitudinal ou duas mini-incisões transversas/ Patellar ligament strength after removal of the middle-third through either one longitudinal incision or two mini-transverse incisions

Lazari, Leandro Calil De; Paccola, Cleber Antonio Jansen
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a resistência e a regeneração do ligamento patelar após a retirada de enxerto para reconstrução do ligamento cruzado anterior, utilizando a técnica tradicional de incisão na pele única longitudinal e uma técnica de duas mini-incisões transversas, em ovinos. MÉTODOS: Foram utilizadas 10 ovelhas. No joelho direito, realizamos a retirada do enxerto do ligamento patelar através do método tradicional e, no joelho esquerdo, através do método de (mais) duas incisões. Os animais ficaram em observação por seis meses. O conjunto (ligamento patelar, tíbia e a patela) foi adaptado à máquina de testes mecânicos para testes de resistência do ligamento. RESULTADOS: Não foi encontrada diferença entre as duas técnicas propostas com relação à regeneração e resistência do ligamento patelar. Observamos, porém, o encurtamento do ligamento patelar nos dois grupos, e que a sutura da fascia superficialis do ligamento patelar não influiu na regeneração do ligamento patelar, segundo a histologia. CONCLUSÃO: A técnica utilizando duas incisões na pele apresenta os mesmos padrões de regeneração e resistência do ligamento patelar remanescente, quando comparada à técnica tradicional de incisão única longitudinal. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the mechanical strength and regeneration of the patellar ligament after harvesting the middle-third for reconstruction of the anterior cruciate ligament, using the traditional technique of a single longitudinal skin incision or two small transverse incisions, in sheep. METHODS: Ten sheep were used in this study. In the right knee we removed the graft by the traditional method, and in the left knee, using the two transverse incision method. The anima (mais) ls were observed for six months. The specimens (patellar, tibia and patella) were adapted to the mechanical test machine. RESULTS: No difference was found between the two proposed techniques in relation to regeneration and mechanical strength of the patellar ligament. Shortening of the patellar ligament was also observed in the two groups, and suture of the superficial fascia of the patellar ligament did not influence the regeneration of the patellar ligament, according to the histology. CONCLUSION: The technique using two mini-incisions in the skin does not present the same levels of regeneration or mechanical strength of the remaining patellar ligament as the traditional technique of a single, longitudinal incision.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Avaliação da hernioplastia protética atensional no tratamento das hérnias inguinais/ Valuation of prosthetic tensionless inguinal hernioplasty in the treatment of inguinal hernias

Strassmann, Victor; Santoro, Sérgio; Malzoni, Carlos Eduardo; Velhote, Manoel Carlos Prieto; Macedo, Maurício; Posso, Irimar de Paula
1998-06-01

Resumo em português Apresentam-se 76 pacientes operados devido a hérnias inguinais, com o uso rotineiro de telas de polipropilene colocadas sobre a fascia transversalis, em correção sem tensão, através de uma inguinotomia transversa pequena (média de 6cm). Doze pacientes foram operados bilateralmente, perfazendo 88 intervenções. Entre as intervenções, cinqüenta foram sobre hérnias inguinais indiretas (56,8%), 15 sobre hérnias associadas diretas e indiretas (17,1 %), e 23 sobre h (mais) érnias diretas (26,1%). Praticamente não houve queixas de dor à exceção da dor superficial. Não houve nenhum caso de infecção ou rejeição. Nenhum paciente referiu sentir a sua presença. Após dois dias, os pacientes foram liberados de qualquer tipo de restrição física ou esportiva. Não há qualquer evidência sugestiva de recidiva. Tempo médio de seguimento de trinta meses. Discute-se a técnica empregada. A HIPA é técnica fácil, rápida, de custo baixo, não exige anestesia geral nem materiais especiais, com baixos índices de recidiva e, por não implicar suturas sob tensão, permite restabelecimento pronto, com mínima dor e sem restrições físicas. Resumo em inglês This is the inicial experience in Brazil with the routine use of prosthetic tensionless repair of common inguinal hernias. Before that many groups had been using prosthetic material in selected cases, mostly recurrences. Seventy six patients were operated on, 12 of them bilaterally so that there were 88 procedures over direct (26,1%), indirect (56,8%) and both direct and indirect hernias (17,1 %). The hernia sacs are reduced to the abdominal cavity and the abdominal wall (mais) is reinforced by the placement of a polipropilen mesh on the transversalis fascia. The technique is detailed described. Only minimal pain occurred in the postoperative period. There were no infeccion, no rejection, and until now (30 months of medium follow up), no signs of recurrences. Many aspects of the surgical treatment of inguinal hernias are discussed including results, feseability, risks and costs. It is concluded that prosthetic tensionless repair of inguinal hernias is easy, fast, safe and cheap. It does not require general anaesthesia neither complex material. It has excellent results and as it does not create tension sutures, it causes less pain and allows normal physical activity very soon. It suggests that, in common inguinal hernias, maybe we can spare the patient and community from the higher costs of laparoscopic surgery since we can obtain excellent results with an easier and cheaper method.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Fisioterapia após substituição artroscópica do ligamento cruzado cranial em cães: I - avaliação clínica, radiográfica e ultrassonográfica/ Physiotherapy after arthroscopic repair of the cranial cruciate ligament in dogs: I - clinical, radiographic, and ultrasonographic evaluation

Muzzi, L.A.L.; Rezende, C.M.F.; Muzzi, R.A.L.
2009-08-01

Resumo em português Foram avaliadas a aplicabilidade da cirurgia artroscópica na substituição do ligamento cruzado cranial (LCC) e o efeito da fisioterapia pós-operatória, por meio de exames clínicos, radiográficos e ultrassonográficos, em 16 cães sem raça definida, machos, com pesos entre 19,2 e 26,3kg, submetidos à ruptura experimental do LCC e subsequente substituição deste ligamento pelo enxerto autógeno da fascia lata. Os animais foram distribuídos em dois grupos de oito (mais) cada: no grupo I os cães foram submetidos ao programa de fisioterapia pós-operatória e no grupo II à imobilização temporária do membro. Por meio dos exames citados, não foram verificadas diferenças significativas entre os dois grupos, e ambos demonstraram sinais de processo articular degenerativo. A função do membro foi avaliada com auxílio da plataforma de força, e os animais do grupo I apresentaram melhor apoio do membro operado durante o período de reabilitação. Conclui-se que a cirurgia artroscópica é uma técnica eficaz para substituição do LCC em cães, apesar de não impedir o desenvolvimento da doença articular degenerativa, e que a fisioterapia permite recuperação mais rápida no apoio do membro durante o período de reabilitação. Resumo em inglês The reconstruction of experimentally ruptured cranial cruciate ligament (CCL) under arthroscopic guidance and the effects of an early postoperative rehabilitation program by clinical, radiographic, and ultrasonographic exams were evaluated. Sixteen male mongrel dogs weighing from 19.2 to 26.3kg had the CCL experimentally ruptured and the stifle joint was stabilized by the use of an intracapsular arthroscopical technique with fascia lata as an autogenous graft. Eight dogs (mais) were included in a postoperative physiotherapy group and the other eight in a temporary immobilization group. From serial clinical, radiographic, and ultrasonographic examinations, no differences between groups were observed, although all dogs had showed signs of degenerative joint disease. Limb function was determined after surgery using force platform analysis, and the animals from physiotherapy group had significantly better results during rehabilitation period. It can be concluded that arthroscopic surgery for reconstruction of the cranial cruciate ligament is an efficient method to be used in dogs, in spite of not preventing the degenerative joint disease, and the physiotherapy has beneficial effects on early limb function during the rehabilitation period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Membrana do biopolímero da cana-de-açúcar: avaliação experimental na orelha média/ Sugarcane biopolymer membrane: experimental evaluation in the middle ear

Mayer, Débora Lopes Bunzen; Araújo, Juliana Gusmão de; Leal, Mariana de Carvalho; Caldas Neto, Silvio da Silva; Ataíde, Rafael Figueiredo; Mello, Roberto José Vieria de
2011-02-01

Resumo em português O desenvolvimento dos biomateriais é importante na cirurgia. O comportamento de uma nova membrana derivada da cana-de-açúcar será avaliado na orelha média do rato. OBJETIVOS: Analisar a interação da membrana do biopolímero da cana-de-açúcar na mucosa da orelha do rato. MATERIAL E MÉTODO: Estudo experimental, prospectivo e pareado com 24 ratos Wistar. A membrana do biopolímero da cana-de-açúcar foi inoculada na orelha média direita e a fáscia autóloga na o (mais) relha esquerda. Os ratos foram subdivididos em 3 grupos de 8 e sacrificados com 4, 8 e 12 semanas após a cirurgia. Foi realizada uma análise histológica da mucosa da orelha média e da membrana timpânica. RESULTADOS: Houve reação inflamatória no grupo experimental com exsudato subagudo em 50% dos casos e 30% exsudato crônico; 20% estava normal. A inflamação foi intensa inicialmente, mas diminuiu no decorrer do tempo. No grupo controle houve apenas um caso de exsudato. Miringoesclerose na membrana timpânica foi observada em ambos os grupos. A biomembrana foi absorvida tardiamente em comparação com a fáscia. CONCLUSÕES: A membrana do biopolímero da cana-de-açúcar causou reação inflamatória na orelha média, com regressão no tempo tardio do experimento e fibrose leve. Futuros estudos podem direcionar seu uso na otorrinolaringologia. Resumo em inglês New developments on biomaterials are important in surgery. The behavior of a new membrane produced from sugarcane will be evaluated in the middle ear of rats. AIM: This study analyzed the results from the interaction of the sugarcane-base biopolymer membrane in the middle ear of a rat. MATERIALS AND METHODS: We ran an experimental, prospective, paired study with 24 Wistar rats. The sugarcane-base polymer membrane was inoculated in the right ear; and an autologous fascia i (mais) n the left ear. The rats were divided in 3 groups of 8, and slaughtered at 4, 8 and 12 weeks after surgery. Histological analyses were performed on the rats' middle ear mucosa and their tympanic membranes. RESULTS: There was an inflammatory reaction on the experimental group and middle ear subacute exudate in 50%of the cases; 30% chronic exudate; and 20% was normal. In the control group there was only one case of exudate. The inflammation was initially described as intense, but it decreased over time. Myringosclerosis was observed in both groups. The sugarcane biopolymer membrane was absorbed later when compared with fascia. CONCLUSION: The sugarcane biopolymer membrane induced an inflammatory reaction in the middle ear which decreased over time, and mild fibrosis. Future studies can indicate its use in otolaryngology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

É realmente necessário o uso do estimulador de nervo periférico no bloqueio do nervo femoral?/ Peripheral nerve stimulator for femoral nerve block. Is it really necessary?/ ¿Es realmente necesario el uso del estimulador de nervio periférico en el bloqueo del nervio femoral?

Geier, Karl Otto
2003-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Vários são os métodos de localização do nervo femoral no espaço perivascular na região inguinal sendo o mais comum o do estimulador de nervo periférico. O objetivo deste estudo foi o de avaliar a necessidade do bloqueio do nervo femoral com o método do estimulador de nervo periférico, comparando-o com o método da perda de resistência tanto pela técnica de injeção única como pela técnica com catéteres. MÉTODO: Foram realizados (mais) 60 bloqueios do nervo femoral divididos em quatro grupos homogêneos (GA, GB, GC e GD). Trinta bloqueios representaram dois grupos pela técnica de injeção única, quinze com agulha descartável 21G (GA) e quinze com agulha isolada adaptada ao estimulador de nervo periférico (GC) e os restantes trinta bloqueios divididos em quinze bloqueios com cateter venoso (GB) e quinze com cateter longo Contiplex® (GD). Todos os bloqueios do nervo femoral foram realizados no espaço perivascular inguinal. O espaço perifemoral foi identificado após a segunda perda de resistência ao ar (fascia ilíaca) (GA e GC), e com 0,3 a 0,4 mA com o estimulador de nervo periférico (GB e GD). Foram avaliados os seguintes parâmetros: tempo para a realização do bloqueio; presença ou ausência de parestesias ou disestesias; dificuldade de punção e falhas. RESULTADOS: Não foram relatadas parestesias nem disestesias. Duas falhas resultaram no grupo A (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Varios son los métodos de localización del nervio femoral en el espacio perivascular en la región inguinal siendo el más común el del estimulador de nervio periférico. El objetivo de este estudio fue el de evaluar la necesidad del bloqueo del nervio femoral con el método del estimulador del nervio periférico, comparándose con el método de la pérdida de resistencia tanto por la técnica de inyección única como por la técnica con cat (mais) éteres. MÉTODO: Fueron realizados sesenta bloqueos del nervio femoral divididos en cuatro grupos homogéneos (GA, GB, GC y GD). Treinta bloqueos representaron dos grupos por la técnica de inyección única, quince con aguja desechable 21G (GA) y quince con aguja aislada adaptada al estimulador de nervio periférico (GC) y los restantes treinta bloqueos divididos en quince bloqueos con catéter venoso (GB) y quince con catéter largo Contiplex® (GD). Todos los bloqueos del nervio femoral fueron realizados en el espacio perivascular inguinal. El espacio perifemoral fue identificado después de la segunda pérdida de resistencia al aire (fascia ilíaca) (GA y GC), y con 0,3 a 0,4 mA con el estimulador de nervio periférico (GB y GD). Fueron evaluados los siguientes parámetros: tiempo para la realización del bloqueo; tiempo de duración del bloqueo; si hubo o no parestesias o disestesias; se hubo o no dificultad de punción y fallas. RESULTADOS: No fueron relatadas parestesias ni disestesias. Dos fallas resultaron en el grupo A (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: There are several methods to locate the femoral nerve in the perivascular inguinal space, being the most common the use of a peripheral nerve stimulator. This study aimed at evaluating femoral nerve block performed with peripheral nerve stimulator as compared to the loss of resistance to air technique, both by single injection or with catheter insertion. METHODS: Sixty patients undergoing femoral nerve blocks were divided in four homogeneous gro (mais) ups (GA, GB, GC, GD). Thirty blocks were performed with single injection technique: 15 with disposable 21G needle (GA) and 15 with insulated needle adapted to the peripheral nerve stimulator (GC). The remaining 30 blocks were divided in 15 blocks performed with intravenous catheter (GB) and 15 with long Contiplex® catheter (GD). All femoral nerve blocks were performed in the perivascular inguinal space. Perifemoral space was identified after the second loss of resistance to air (iliac fascia, GA and GC), and with 0.3 to 0.4 mA stimuli from peripheral nerve stimulator (GB and GD). The following parameters were evaluated: time to blockade performance, presence or absence of paresthesias or disesthesias, puncture difficulties and failures. RESULTS: There were no paresthesias or disesthesias. There have been two failures (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Fasciíte necrosante: revisão com enfoque nos aspectos dermatológicos/ Necrotizing fasciitis: new insights with a focus on dermatological aspects

Costa, Izelda Maria Carvalho; Cabral, Andrea Leão Santos Veiga; Pontes, Simone Saraiva de; Amorim, Janaina Figueiredo de
2004-04-01

Resumo em português Fasciíte necrosante é infecção bacteriana destrutiva e rapidamente progressiva do tecido subcutâneo e fáscia superficial, associada a altos índices de morbimortalidade, se não tiver tratamento precoce. Recentemente, inúmeros casos publicados têm demonstrado aumento na freqüência e gravidade dessa infecção, particularmente causada pelo Streptococcus do grupo A (GAS) e que acomete até mesmo pessoas jovens e saudáveis. Classifica-se em tipo I, quando causada (mais) por flora mista de anaeróbios e outras bactérias, e tipo II, quando causada pelo GAS isolado ou associado ao Staphylococcus aureus. Os fatores predisponentes incluem: doenças crônicas e malignas, abuso de álcool, uso de drogas endovenosas, lesões da pele como varicela, úlceras crônicas, psoríase, cirurgia, traumas abertos e fechados, entre outros. Clinicamente destacam-se: a dor intensa, o edema grave, a rápida progressão e a resposta pobre à antibioticoterapia. É necessário um alto índice de suspeição para o diagnóstico clínico, que é confirmado à intervenção cirúrgica, com a evidência de necrose da fáscia superficial. Os exames radiológicos são úteis, e o diagnóstico diferencial deve ser feito principalmente com celulite em seu estágio inicial. O tratamento, que deve ser precoce, é feito com antibióticos de amplo espectro, debridamento cirúrgico agressivo e medidas de suporte clínico e nutricional. Resumo em inglês Necrotizing fasciitis is a destructive and quickly progressing bacterial infection of the subcutaneous layer and superficial fascia. It is associated with high levels of unhealthiness and mortality if not treated early. Recently, countless published cases demonstrated an increasing frequency and severity of these infections, especially those caused by Group A Streptococcus (GAS), which afflicts even young and healthy persons. It is classified as type I when caused by a mi (mais) xed anaerobic flora and other bacteria, and type II when caused by GAS alone or in association with Staphylococcus aureus. Predisposing factors include: chronic and malignant diseases, alcohol abuse, intravenous drug use, skin lesions such as chicken pox, chronic ulcers, psoriasis, surgery, and opened or closed traumas, among others. Clinical features are intense pain, severe edema, fast progress and poor antibiotic therapy feedback. A high level of suspicion is necessary to achieve a clinical diagnosis for this disease. Moreover, it is confirmed primarily when surgery takes place and reveals the superficial fascia necrosis. Radiological examinations are useful and the differential diagnosis must be done mainly with cellulitis at its initial stage. Treatment must be done early and with broad spectrum antibiotics, aggressive surgical debridement and clinical and nutritional support measures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Expressão de proteínas de choque térmico na epilepsia do lobo temporal mesial/ Heat shock protein expression in mesial temporal lobe epilepsy

Kandratavicius, Ludmyla; Hallak, Jaime Eduardo Cecílio; Leite, João Pereira
2006-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: Em modelos animais de epilepsia, heat shock protein 70 (HSP70) tem sua expressão proporcional à intensidade de crises. A HSP90, dentre diversas ações, regula a sintase neuronal do óxido nítrico e proteínas do citoesqueleto. Devido ao provável papel protetor de HSP70 e à relação de HSP90 com proteínas envolvidas na epileptogênese, decidimos investigar a expressão imunohistoquímica destas proteínas na epilepsia do lobo temporal mesial (ELTM). MÉT (mais) ODOS: Hipocampos de pacientes ELTM fármaco-resistentes foram obtidos durante o procedimento cirúrgico e hipocampos controle foram obtidos de necrópsias. Os espécimes obtidos foram tratados igualmente e submetidos a imunohistoquímica. Medidas de imuno-reatividade positiva foram obtidas com o software ImageJ. RESULTADOS: Nossas medidas mostraram menor expressão de HSP70 e HSP90 no hipocampo de pacientes epilépticos do que nos controles em praticamente todas as regiões do hipocampo. Para HSP70 as diferenças significativas foram encontradas na região subicular e para HSP90 em todas, exceto fascia dentata e subículo. CONCLUSÃO: Diferente dos achados em modelos animais, nossos resultados indicam que crises crônicas nos pacientes ELTM não são estímulo suficiente para ativação exacerbada de HSP70 e HSP90. Condições inerentes à ELTM podem ser determinantes desta menor expressão. Ainda, nossos achados sugerem que a baixa expressão de HSPs pode estar relacionada a manutenção das crises. Resumo em inglês OBJECTIVE: In animal models of epilepsy, heat shock protein 70 (HSP70) has its expression proportional to seizure severity. Among several functions on biological systems, HSP90 regulates nitric oxide synthase and cytoskeletal proteins. Due to the plausible protective role of HSP70 and the relationship of HSP90 with proteins involved in epileptogenesis, we looked at HSP70 and 90 immunohistochemical expression in temporal lobe epilepsy (TLE). METHODS: Hippocampi were obtain (mais) ed from medically intractable TLE patients and control hippocampi were from necropsy cases. Specimens were equally treated and submitted to imunohistochemistry to HSP70 and HSP90. Positive immunoreactivity was estimated using the software ImageJ. RESULTS: Our results showed significant lower expression of HSP70 and HSP90 in epileptic patients when compared to controls in almost all hippocampal regions. To HSP70 subicular region exhibited significant difference and to HSP90 all regions, except fascia dentata and subiculum. CONCLUSION: Unlike the reports in animal models the present results indicate that chronic seizures in TLE patients are not sufficient to induce HSP70 and HSP90 activation. Typical attributes inherent to TLE condition may be determinants of low HSP expression. In Addition, our results suggest that low expression of HSPs in epileptic groups may be related to seizure maintenance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Avaliação do crescimento de tecidos e órgãos de novilhos mestiços Holandês-Gir durante o ganho compensatório. 2. Tecidos e órgãos/ Evaluation of growth of tissues and organs of crossbreed Holstein-Gyr steers during compensatory growth. 2. Tissues and organs

Almeida, Maria Izabel Vieira de; Fontes, Carlos Augusto de Alencar; Almeida, Fernando Queiroz de; Queiroz, Augusto César de; Guimarães, Rodrigo Furtado
2001-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi analisar os efeitos da restrição alimentar anterior ao confinamento sobre o crescimento e a composição química de tecidos e órgãos corporais em bovinos. Foram utilizados 24 novilhos mestiços Holandês-Gir com idade de 19,3±5,1 meses e peso vivo de 202,1±49,1 kg, ao início do experimento. Quinze animais foram confinados após um período de restrição de pasto (grupo ganho compensatório), enquanto nove deles tiveram livre acesso a (mais) o pasto (grupo ganho contínuo). Foram abatidos três animais de cada grupo, no início, aos 28 e 112 dias do confinamento e, aos 56 e 84 dias de confinamento, foram abatidos três animais do grupo de ganho compensatório. Durante o confinamento, os animais do grupo de ganho compensatório e do grupo de ganho contínuo receberam alimentação ad libitum, composta por silagem de milho e 26% de concentrado, na matéria seca. As taxas de crescimento relativo foram avaliadas por meio de equações alométricas. As taxas de deposição de proteína, gordura e energia na carcaça, em relação ao ganho de peso de corpo vazio (PCVZ), não diferiram entre os tratamentos. A deposição de proteína nos órgãos, em relação ao aumento do PCVZ, foi mais elevada nos animais do grupo ganho compensatório do que nos animais de ganho contínuo, tendo os valores mais elevados sido observados em todas as partes corporais. O crescimento dos músculos Biceps femoris e Tensor fascia latea, o peso e os teores de proteína, cálcio e fósforo do fêmur e da oitava costela não foram afetados pela restrição alimentar anterior ao confinamento. Resumo em inglês The research aimed to analyze the effects of feed restriction prior to the confinement on growth and chemical composition of the tissues and organs in cattle. Twenty-four Holstein-Gyr crossbred steers, with 19,3 ± 5,1 months of age and 202,1 ± 49,1 kg LW, at beginning of the trial were used. Fifteen of the animals were confined after a 104-day period of forage restriction, in which it was intended to keep body weight unchanged (compensatory gain group), while nine of th (mais) em had free access to pasture (continuous gain group). At beginning of the experiment and at days 28 and 112 of confinement, three animals of each group were slaughtered, and at days 56 and 84, three animals of compensatory gain group were slaughtered. During confinement, the animals from the compensatory gain group and continuous gain group were fed ad libitum; composed b y corn silage and 26% of concentrate, as dry matter basis. The relative growth rates were evaluated through allometric equations. The rates of protein, fat and energy deposition in the carcass did not differ between treatments, in relation to empty-body weight gain (EBW). The protein deposition in the organs, in relation to EBW gain, was greater in compensatory growth group than in the continuous gain group, being the high values observed in all body parts. The growth rates of the muscles Biceps femoris and Tensor fascia latea were not affected by the feed restriction prior to the confinement, as well as the growth rate and the content of protein, calcium and phosphorus in the femur and 8th rib.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Aspectos macro e microscópicos da fáscia lata utilizada como substituto autógeno do ligamento cruzado cranial: estudo experimental em cães/ Gross and histologic appearence of autogenous fáscia lata utilized in the reconstruction of cranial cruciate ligament: an experimental study in dogs

Silva, Alessandra Maria da; Del Carlo, Ricardo Junqueira; Fonseca, Cláudio César; Galvão, Simone Rezende; Maia Filho, Alfredo
2000-04-01

Resumo em português A fáscia lata utilizada como auto-enxerto na reparação do ligamento cruzado cranial rompido experimentalmente em cães, macroscopicamente, apresentou-se, aos 90 dias pós-operatórios, espessa na porção intra-articular, com diâmetro superior ao do ligamento normal e com aspecto de tendão. Microscopicamente, o colágeno presente estava envolvido por tecido conjuntivo frouxo, foi mais intenso na porção intra-articular e, ao longo do tempo, apresentou-se em feixes p (mais) aralelos, com fibras onduladas e organizando-se. As fibras elásticas estavam presentes em pequena quantidade, esparsas e ao redor do colágeno, predominando nas extremidades do enxerto. Resumo em inglês The fascia lata was used for the intracapsular reconstruction of experimentally ruptured cranial cruciate ligament in dogs. In gross appearence, 90 days after surgery, the autografts were thick in intracapsular portion, presented bigger diameter than the normal ligament, and showed tendon aspect. Microscopicaly, collagen fibers were involved by slack conjunctive fibers, they were more intense in the intracapsular portion, and, later in time, presented an arragement of lon (mais) gitudinally oriented collagen fiber bundles. The elastic fibers were present in small amount, sparse and around the collagen fibers and prevailed in graft extremities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Miringoplastia com a utilização de um novo material biossintético/ Myringoplasty using a new biomaterial allograft

Oliveira, José Antonio Apparecido de; Hyppolito, Miguel Angelo; Coutinho Netto, Joaquim; Mrué, Fátima
2003-10-01

Resumo em português A miringoplastia é uma cirurgia com a finalidade de controlar a infecção no ouvido médio, reconstruir o mecanismo de transmissão sonora para a janela oval e proteger a janela redonda. São descritos diversos materiais para reconstruir a membrana timpânica, destacando-se a fáscia do músculo temporal, pericôndrio do tragus, cartilagem, dura-máter, tecido placentário, entre outros. OBJETIVO: Este trabalho tem objetivo de demonstrar o efeito de um novo biomaterial, (mais) a membrana de látex natural com polilisina, desenvolvida no laboratório de Neuroquímica do Departamento de Bioquímica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - USP. FORMA DE ESTUDO: Coorte Longitudinal. MATERIAL E MÉTODO: O biomaterial utilizado é estimulante da neovascularização e crescimento tecidual organizado em diferentes órgãos e tecidos, sendo um material inócuo e não rejeitado pelo organismo. Foi usada a biomembrana de látex com polilisina como um implante transitório para o fechamento da perfuração da membrana timpânica. A membrana foi colocada na face externa dos bordos da membrana timpânica e a fáscia temporal na face interna da mesma. Foram estudadas 238 orelhas com perfuração de membrana timpânica por seqüela de otite média crônica, submetidas a miringoplastia com enxerto de fáscia de músculo temporal e a membrana de látex natural, com idades de 7 a 76 anos. Apresentavam uma ou mais miringoplastias anteriores sem sucesso 41 dos casos. RESULTADO: Como ressaltamos preliminarmente, verificamos pega do enxerto em 90,5% das orelhas (181), sendo fechamento de perfuração amplas, 96; médias, 73 e 12 pequenas. Verificamos intensa vascularização em 100% dos enxertos, o que não é habitual quando não se usa a membrana de látex natural. CONCLUSÃO: Conclue-se que o biomaterial usado merece nossa atenção quanto ao seu uso como implante transitório em miringoplastias, melhorando o processo de revascularização da membrana timpânica remanescente. Resumo em inglês Myringosplaty is a surgery that is performed to control infections in middle ear, to reconstruct the sound conducting mechanism for the oval window and protection of the round window. Some materials are used to reconstruct the tympanic membrane like autologous temporalis fascia, cartilage-perichondium graft taken from the tragus, cartilage only, dura mater human placental graft. It is important the vascular support to the graft with well-vascularized flap in wide perforat (mais) ions. AIM: The main goal of this work is shown the use of a new biomaterial, the natural latex membrane with polylysin. STUDY DESIGN: Longitudinal Cohort. MATERIAL AND METHOD: This material was developed from Department of Biochemistry from Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo. The natural latex membrane is used stimulating neovessels and organized tecidual growing in different parts and tissues of the human body. This material promotes any allergic reaction and is innocuous to the human tissue. The 238 ears with tympanic membrane perforation resulted from chronic middle ear infection and thek was going through myringoplasty with autologous temporalis fascia and natural latex membrane. The ages were 7 to 76 years. RESULTS: The first results show 181 (90,5%) healing tympanic membrane perforation, 96 healing of wide perforation 73 medium perforation and 12 small one. Neovessels could be seen in all grafts and remaining tympanic membrane. This is not a habitual funding when the natural latex membrane is not used. CONCLUSION: According to these results we can conclude that the natural latex membrane can be used as a temporary implant in myringoplasty, improving the well vascularized of remaining tympanic membrane.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Reconstrução total de faringe: análise de 69 casos/ Total pharyngeal reconstruction: review of 69 cases

Carvalho, André Lopes; Miguel, Roberto Elias Vilela; Santos, Carlos Roberto dos; Magrin, José; Gonçalves Filho, João; Kowalski, Luiz Paulo
1999-04-01

Resumo em português Os autores analisaram retrospectivamente as reconstruções após faringolaringectomias totais e faringolaringo-esofagectomias totais realizadas num período de 18 anos, com o objetivo de comparar os resultados imediatos e tardios das diversas técnicas empregadas. Foram revistos 69 casos submetidos a reconstruções totais de faringe realizadas no Hospital A.C.Camargo, de 1980 a 1997. Hipofaringe e laringe eram os locais da neoplasia em 57 pacientes (82,6%), o esôfago c (mais) ervical, em sete (10,1 %), e outras localizações em cinco (7,2%). Em 62,4% dos casos, o tumor encontrava-se em estádio avançado, e em 18,8% os pacientes apresentavam recidivas de tumores previamente tratados. As cirurgias consistiram em faringolaringoesofagectomia total e transposição de tubo gástrico (gastric pull-up) em 14 pacientes (20,3%), e com interposição de cólon em cinco (7,3%); e de faringolaringectomia total com reconstrução a partir da rotação de retalho do músculo peitoral maior tubulizado em 16 pacientes (23,2%), com retalho do músculo peitoral maior suturado à fáscia pre-vertebralis em 29 (42,0%) e com outras reconstruções em cinco (7,2%). Das técnicas de reconstrução em faringolaringoesofagectomia, o gastric pull-up apresentou índices menores de complicações e mortalidade pós-operatória. Quando comparamos as reconstruções em faringolaringectomia total, os casos reconstruídos com retalho miocutâneo suturado à fáscia pre-vertebralis apresentaram índices menores de fístula e estenose. No entanto, essas diferenças não foram estatisticamente significativas. Diante destes resultados, nossa conduta em faringolaringectomias totais, quando não é possível a reconstrução da faringe com sutura primária, é realizar a rotação do retalho do músculo peitoral maior suturado à fáscia pre-vertebralis. Quando é necessária a faringolaringoesofagectomia, realizamos reconstrução com gastric pull-up. Resumo em inglês This is a review of 69 patients who underwent total pharyngeal reconstruction after pharyngolaryngoesophagectomy or total pharyngolaryngectomy at A.C.Camargo Hospital over 18 years (1980 to 1996), with the propose of comparing the immediate and late results of the different types of reconstruction. The tumor was sited at the hypopharynx or larynx in 57 cases (82.6%), at cervical esophagus in seven (10.1.%) and other sites in five (7.2%). The surgery was indicated for loca (mais) l advanced disease in 62.4% cases and for tumor recurrence in 18.8%. There were 19 cases of pharyngolaryngoesophagectomy and 50 cases of pharyngolaryngectomy in which the primary suture of the pharynx could not be performed. The surgery type performed after pharyngolaryngoesophagectomy was a reconstruction with "gastric pull-up" in 14 patients and colonic interposition in five patients. Reconstruction after pharyngolaryngectomy was performed with a tubed pectoralis major myocutaneous flap in 16 patients, reconstruction in five patients. Reconstruction with "gastric pull-up" presented less complications than colonic interposition in the cases of pharyngolaryngoesophagectomy. In the cases of pharyngolaryngectomy the reconstruction with the pectoralis major myocutaneous flap suture at pre-vertebralis fascia presented less cases of fistula and stenosis compared with other type of reconstruction. 1n one case, these differences were not statistically significant between the reconstruction after pharyngo- laryngectomy nor between the reconstruction after pharyngolaryngoesophagectomy. 5-years survival was 27.5%, median survival was 17.2 months. According to this experience, we prefer nowadays to perform a pectoralis major myocutaneous flap suture at the pre-vertebralis fascia when, after pharyngolaryngectomy, we can not perform a primary closure of pharynx, in such cases where pharyngolaryngoesophagectomy is necessary, a reconstruction with a "gastric pull-up" is our choice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Abordagem cirúrgica posterior e posterolateral para neurinomas cervicais em ampulheta da raiz de C2/ Posterior and posterior-lateral surgical approach for C2 hourglass-shaped cervical neurinomas/ Posterior y posterolateral enfoque quirúrgico para los neurinomas de la raíz cervical C2

Falavigna, Asdrubal; Righesso Neto, Orlando; Teles, Alisson Roberto; Ruschel, Leonardo; Silva, Pedro Guarise da
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVO: os autores relatam a experiência cirúrgica de 11 neurinomas em ampulheta de C2 comparando à via de acesso posterior com a posterolateral. MÉTODOS: onze pacientes com neurinomas em ampulheta de raiz cervical de C2 foram tratados cirurgicamente. A via de acesso utilizada para a remoção dos tumores foi a abordagem posterior em sete pacientes, e a posterolateral em quatro pacientes. RESULTADOS: houve predominância do sexo feminino (n=6) e a média de idade fo (mais) i de 55,9±8,16 anos. O tempo médio de sintoma até o diagnóstico foi de 16,3 meses (±8,02 meses). Houve ressecção completa do tumor em todos os pacientes. O tempo cirúrgico médio na abordagem posterior foi de 180 minutos (±39,15) e de 192 minutos (±22,17) pela via posterolateral (p=0,52). Não houve diferença estatisticamente significativa entre as abordagens em relação ao sangramento transoperatório (posterior: 70,71±16,93; posterolateral: 65,00±24,15; p=0,64). Ocorreu uma complicação com a via de acesso posterior ligada à presença de uma fístula de líquor, sendo necessária nova intervenção e reconstrução da dura-máter utilizando a fáscia lata. CONCLUSÃO: a retirada completa do tumor em ampulheta da raiz de C2 é possível através das abordagens posterior e posterolateral, entretanto, a abordagem posterior é preferível por ser a via de acesso mais familiar ao cirurgião. Resumo em espanhol OBJETIVO: os autores describen la experiencia quirúrgica de 11 neurinomas en reloj de arena de la raíz de C2 comparando el camino de acceso posterior y el postero-lateral. MÉTODOS: se trataron con cirugía 11 pacientes con neurinoma en reloj de arena de raíz cervical de C2. El camino de acceso utilizado para la retirada de los tumores fue la aproximación posterior en siete pacientes, y la aproximación postero-lateral, en 4. RESULTADOS: hubo predominio del sexo femen (mais) ino (n=6), siendo la edad promedio de 55,9 ± 8,16 años. El tiempo medio de los síntomas hasta su diagnóstico fue de 16,3 meses (±8,02 meses). Hubo resección completa del tumor en todos los pacientes. El tiempo quirúrgico promedio en el abordaje posterior fue de 180 minutos (± 39.15) y 192 minutos (± 22,17) a través de posterolateral (p = 0,52). No hubo diferencia del volumen de sangrado transoperatorio entre los grupos (posterior: 70,71±16,93; posterolateral: 65,00±24,15; p=0.64). Hubo una complicación por el camino posterior que fue la presencia de fístula licuórica, siendo necesaria reintervención y colocación de fascia lata. CONCLUSIÓN: la eliminación completa del tumor en la raíz de reloj de arena C2 es posible mediante el abordaje posterior y posterolateral, sin embargo, el abordaje posterior se demostró preferible por ser un camino de acceso de mayor familiaridad para el cirujano. Resumo em inglês OBJECTIVE: in this study, the authors describe the surgical experience of 11 hourglass-shaped neurinomas at the C2 root, comparing the posterior and posterolateral approaches. METHODS: eleven patients with hourglass-shaped neurinoma of the cervical root of C2 were surgically treated. The approach used to remove the tumors was the posterior in seven patients and posterolateral in four patients. RESULTS: females predominated in this sample (n=6) and the mean age was 55.9±8 (mais) .16 years. The time from onset of the symptoms to diagnosis was 16.3 months (±8,02 months). The mean surgical time was 180 minutes (±39.15) in the posterior approach and 192 minutes (±22.17) in the posterolateral approach (p=0.52). There was no statistically significant difference in the volume of intrasurgical bleeding among the groups (posterior approach: 70.71±16.93; posterolateral approach: 65.00±24.15; p=0.64). The tumor was completely resected in all patients. A complication occurred with the posterior access, which was the presence of a cerebrospinal fluid fistula, and it was necessary to reoperate, being the duramater reconstructed with fascia lata. CONCLUSION: the tumor was completely resected with both surgical approaches, but the posterior approach was preferable because the surgeon is more familiar with it.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Emprego de enxerto biológico na reconstrução de ferida experimental no esôfago cervical de ovinos/ Use of biological graft in the reconstruction of experimental wound of the cervical esophagus in sheep

Stainki, D.R.; Alves, G.E.S.; Sallis, E.S.V.; Cadorin, R.L.; Garcia, F.S.; Beltran, J.E.R.; Razia, L.E.; Silva, N.R.
2001-08-01

Resumo em português Dezoito ovelhas foram divididas em dois grupos (I e II) de nove animais, e cada grupo dividido em dois subgrupos (Ia, Ib e IIa, IIb) conforme o tempo de avaliação, de 45 dias para os subgrupos a e de 60 dias para os subgrupos b. Todos os animais tiveram um segmento esofágico retangular de 2,5×1,5cm removido. Os animais do grupo I receberam enxerto de aorta canina, enquanto os do grupo II receberam enxerto de fáscia lata canina. Todos os enxertos foram previamente con (mais) servados entre 30 e 90 dias em glicerina 98%. A integração dos enxertos foi avaliada por meio de exame clínico (inspeção da ferida cirúrgica, comportamento quanto ao apetite e sede, capacidade de deglutição e regurgitação), hemograma completo, esofagograma contrastado e análises macroscópica e histopatológica. Concluiu-se que os tecidos enxertados foram suficientes para suportar a pressão da passagem do alimento e para a vedação esofágica, oferecendo condições para a regeneração epitelial. Resumo em inglês Eighteen sheep were equally divided into two groups (I and II) and into four subgroups (Ia, Ib, IIa, IIb) according to two distinct periods of time previously set for postoperative observation. Subgroups a and b were maintained under observation for 45 and 60 days, respectively. All animals had undergone an esophageal segment excisions of 1.5×2.5cm which were corrected with a biological graft conserved by a period between 30 and 90 days in glycerin 98%. A thoracic aortic (mais) graft was used in group I and canine fascia lata graft in group II. Postoperative evaluation consisted of clinical observation as well as laboratorial and radiographic exams. At the end of each period, the animals from corresponding groups were euthanized and the esophageal segments were evaluated macro and microscopically. It was observed that these heterografts were resistant to the passage of food and efficient in the closure of esophageal wounds, offering adequate surface for epithelial regeneration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Modelo experimental em ratos para o desenvolvimento de pseudoartrose/ Experimental model in rats for the development of pseudoarthrosis

Ferreira, Manoel Luiz; Silva, Paulo Cesar; Pereira, Lara de Paula Miranda; Franco, Renata Schueler; Mello, Natalia Bernades; Amaral, Alessandra Cintra; Schanaider, Alberto
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Descreve-se a técnica de um novo um modelo de pseudoartrose em Rattus norvegicus albinus livre de espécies patogênicas (SPF). MÉTODOS: Os animais foram aleatoriamente distribuídos em dois Grupos: Grupo 1 - Controle (n =6), Grupo 2 - Experimental (n =6). No grupo Controle realizou-se um acesso ao fêmur, seguido da síntese por planos do músculo e da pele. O grupo Experimental foi submetido à osteotomia do fêmur aduzida da confecção de um retalho pedicu (mais) lado de fáscia lata para interposição entre os segmentos resultantes da fratura induzida cirurgicamente. Prosseguiu-se com o alinhamento e aproximação dos segmentos ósseos, mediante uso de fios de náilon introduzidos em orifícios efetuados na extremidade proximal e distal. RESULTADOS: Estudos radiológico e anatomopatológico evidenciaram a ausência de consolidação óssea com persistência de tecido fibro-osteóide decorridos 120 dias de evolução pós-operatória. CONCLUSÃO: O modelo experimental é adequado para a formação de pseudoartrose em ratos. Resumo em inglês OBJECTIVE: We sought to describe a new model of pseudoarthrosis in rats free of pathogenic species (Rattus norvegicus albinus - SPF). METHODS: The animals were randomly distributed into two groups were used: Group 1 - Control (n =6); Group 2 - Experimental (n =6). In the Control group an access to the femur followed by the synthesis of the muscular and skin layers was done. The Experimental group was submitted to osteotomy of the femur and a pedicle flap of the fascia lat (mais) a was interposed between the segments resulting from the surgically induced fracture. The procedure was carried on with both alignment and approximation of the fractured bone through the use of mononylon thread introduced into holes created in the proximal and distal. RESULTS: Radiological and anatomopathological studies showed the absence of bone consolidation with persistence of fibro-osteoid tissue up to 120 days of follow-up. CONCLUSION: The experimental model is suitable for the development of a pseudoarthrosis in rats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Tratamento cirúrgico das hérnias inguinais recidivadas: modificação da técnica de mc vay pelo uso da malha de polipropileno monofilamentar/ Surgical treatment of recurrent groin hérnias: modification of mc vay's tecnique utilizing polypropylene: monofilament mesh

Lima, José Moreira
2000-02-01

Resumo em português O autor fez revisão da literatura, o que lhe permitiu afirmar que o tratamento cirúrgico das hérnias inguinais contribuiu para o desenvolvimento da cirurgia como um todo. Somente no final do século passado foi alcançado o ponto importante do progresso das técnicas operatórias. Um "fantasma continuou rondando" os pacientes operados de hérnia: a recidiva. Vários grupos de cirurgiões já demonstraram essa preocupação e, a partir de 1913, passou-se a pensar em col (mais) ocação de prótese, visando substituir a fáscia transversal desgastada, nas hérnias recidivadas. Dentre os vários tipos de material de prótese, a malha de polipropileno monofilamentar - marlex®, - tomou-se o mais aceitável. Nesse trabalho propõe-se a modificação da técnica de Mc Vay pelo uso da malha de polipropileno monofilamentar marlex®, que, em 109 hernioplastias para hérnias recidivadas, seguidas durante vinte anos, resultou em recidiva zero. Resumo em inglês Groin hemias are very common to mankind and despite the fact that its knowledge has been originated in the remote past, many issues related to this subject are not fully defined as yet. Many studies proposing differents approaches to the management of the inguinal hernias have been published over the years, leading to a better comprehension of the sugical techniques involved in the repair abdominal wall defects. However; as the recurrence rate was significantly high in a (mais) large number of cases, the surgical repair of recurrent hemias demanded additional skills for a satisfactory outcome. Late 1913 an idea began to grow up - the weakened transversalis fascia could be replaced with aforeign material. Over the following years many different materials were utilized and lately the use of the marlex mesh prosthesis became popular among surgeons worldwide. A study involving 92 patients with recurrent inguinal hernias, operated upon by the same surgeon, utilizing the same technique (marlex mesh prosthesis interposition) in a 20 year period was carried out to stablish the efficacy of this method. The follow-up period ranged from 4 to 23 years and the results were considered to be excellent following a careful analysis of all patients records.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Tratamento cirúrgico das hérnias incisionais: experiência pessoal usando a malha de polipropileno monofilamentar-márlex/ Surgical treatment of incisional hernias: personal experience with polypropylene monofilament mesh-marlex

Lima, José Moreira
2002-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Relatar a experiência pessoal no tratamento cirúrgico de hérnias incisionais com a utilização da malha de polipropileno monofilamentar-márlex. MÉTODOS: Foram operados e seguidos 74 pacientes portadores de hérnia incisional originada de tratamento cirúrgico de diferentes afecções da cavidde abdominal, com idade entre 30 e 94 anos, sendo 39 do sexo feminino e 35 do sexo masculino. Destes 41,9% foram submetidos a hernioplastia incisional pela primeira ve (mais) z e 58,1% já haviam tentado o tratamento sem sucesso. A técnica operatória usada foi a dissecção do saco herniário, ressecção da fibrose resultante de operações anteriores e fixação de tela de márlex substituindo ou reforçando a fáscia transversal por baixo dos músculos da parede abdominal. RESULTADO: 74 pacientes foram operados e seguidos de 1975 a 1995. Na última revisão, em maio de 1998, três pacientes haviam falecido, dois de doenças cardíacas e um de doença neoplasia. Apenas um paciente (1,3%) apresentou recidiva, no início da experiência. Este foi reoperado e terve sua hérnia incisional curada. CONCLUSÃO: o uso da tela de márlex tecnicamente aplicada é o método ideal para a cura definitiva das hérnias incisionais. Resumo em inglês BACKGROUND: Personal experience in the treatment of incisional hernia with the use of polypropylene monofilament mesh - marlex, is discussed. METHOD: Seventy-four patients, with ages ranging from 30 to 94 years (39 females and 35 males), with hernia secundary to surgical abdominal procedures, were studied. Half (41,9%) of these patients were submitted to surgical correction for the first time, however 58,1% were recurrences. Dissection of hernia sac, excision of old fibro (mais) sis and marlex mesh interposition were carried out to reinforce transversalis fascia under the muscles of the abdominal wall. RESULTS: Seventy-four patients were operated uppon from 1975 to 1995. Last follow-up carried out in 1998 disclosed three deaths not related to previous surgery. There was one recurrence (1,3%) at the beginning of our experience, which required second intervention. CONCLUSION: The use of marlex mesh interposition is a reliable method to correct incisional hernia providing adequate technique is utilized for its fixation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Reparo pela técnica de shouldice modificada nas hérnias inguinais primárias/ Modified shouldice technique in primary groin hernia repair

Melo, Renato Miranda de; Cozadi, Artur de Oliveira; Matias, Isamara de Souza; Moreira, Clímaco Cesar
1998-06-01

Resumo em português Os autores apresentam a taxa de recidiva com o reparo de hérnias inguinais primárias, empregando a técnica de Shouldice em três planos, modificada pela inclusão isolada do trato iliopúbico no 2º plano de sutura. A média de idade dos pacientes foi de 43 anos (16-88), com predominância da doença no sexo masculino (88,4%), do lado direito (57,4%) e da modalidade indireta (59,1 %). O seguimento pós-operatório foi de um a oito anos completos, tendo sido revistos pe (mais) ssoalmente pelos autores 112 pacientes, totalizando 115 hérnias, objeto deste trabalho. Houve a ocorrência de um hematoma (0,9%) e de uma infecção da ferida operatória (0,9%). As duas únicas recidivas (1,7%) ocorreram nos primeiros dois anos de pós-operatório, em pacientes do sexo masculino operados no início da série, sendo originalmente uma indireta e a outra direta. Dos resultados aferidos, os autores concluíram que a técnica adotada no reparo das hérnias inguinais primárias, com as modificações propostas neste trabalho, apresentou um índice baixo de recidiva, embora ainda maior se comparado ao procedimento de Shouldice clássico. Mesmo assim, é preciso que o cirurgião saiba executar outras técnicas, sobretudo as que utilizam próteses (telas), no tratamento das hérnias inguinais complexas ou multi-recidivadas. Resumo em inglês The authors presented 115 primary Shouldice groin hernia repairs, in three layers, introducing a new variation in the transversalis fascia overlap: the iliopubic trace was the only structure included in the second suture line, thus avoiding incorporate the inguinal ligament in this set. The patients' mean age was 43 years old (16-88), with a male:female rate of 7.6: 1 and a prevalence of the right side (57.4%) and the indirect modality (59.1%) over the others. The follow (mais) up period averaged from 1 to 8 years postoperativelly and was carried out by personal examination of the patients. There was only one hematoma (0.9%) and granulomatous infection (0.9%). Two male patients showed inguinal recurrence in the first two years after surgery (1.7%) operated on at the begining of this series. Based on this data the authors achieved a low recurrence rate with this anatomically sounder modification in Shouldice operation - although slightly increased. However, it is advisable for the surgeon to be capable in performing other techniques, using prostheses and meshs, in dealing with complex and multi-recurrent abdominal wall hernias.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Diagnóstico por imagem dos tumores da nasofaringe/ Imaging diagnosis of nasopharyngeal tumors

Yamashiro, Ilka; Souza, Ricardo Pires de
2007-02-01

Resumo em português A nasofaringe é a parte mais superior das vias aéreas superiores. Seu limite superior é a base do osso esfenóide e occipital, situa-se anteriormente às duas primeiras vértebras cervicais e à frente do clivo. Seus limites laterais são formados pelas margens do músculo constritor superior da faringe e pela fáscia faringobasilar, recessos faríngeos, toro tubário e tuba auditiva. O limite inferior é um plano horizontal que passa pelo palato duro e pelo músculo p (mais) alatofaríngeo. Anteriormente, comunica-se com a cavidade nasal via coana posterior. Mede cerca de 2,0 cm de diâmetro ântero-posterior e cerca de 4,0 cm de extensão crânio-caudal. O carcinoma de células escamosas compreende aproximadamente 70% a 98% de todas as neoplasias malignas da nasofaringe em adultos. Este tipo de tumor apresenta alta incidência na população asiática, sendo mais comum entre os homens e o terceiro mais comum entre as mulheres. A manifestação clínica do carcinoma da nasofaringe depende do tamanho da lesão e da sua localização, sendo que as lesões de pequenas dimensões são geralmente assintomáticas. A tomografia computadorizada e a ressonância magnética desempenham papel essencial e complementar no estadiamento e no tratamento dos pacientes portadores de câncer da nasofaringe. Resumo em inglês The nasopharynx is located in the upper aerodigestive tract. Its roof is formed by the basisphenoid, basiocciput and the anterior aspect of the first two cervical vertebrae, in front of the clivus. The lateral walls are formed by the margins of the superior constrictor muscle and the pharyngobasilar fascia, pharyngeal recess, torus tubarius and pharyngeal opening of auditory tube. The inferior margin of the nasopharynx is a horizontal plane passing through the hard palate (mais) and palatopharyngeal muscle. Anteriorly, it is in direct continuity with the nasal cavity through the posterior choanae. It is approximately 2.0 cm in anteroposterior diameter and about 4.0 cm in craniocaudal extent. Squamous cell carcinoma accounts for about 70% to 98% of nasopharyngeal malignant lesions found in adults. This tumor presents a high incidence in Asians, most frequently in men, and is the third most frequent cancer in women. The clinical presentation of this disease depends on the size and site of the lesion, with small-sized lesions being asymptomatic. Computed tomography and magnetic resonance imaging play essential and complementary roles in the staging and treatment of patients with nasopharyngeal cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Corpos estranhos caminham pelo corpo em direção ao coração?/ Do foreign bodies migrate through the body towards the heart?

Mamede, Rui Celso Martins; Amaral, Fabiana do; Raimundo, Daniel Garcia; Freitas, Luiz Carlos Conti de; Ricz, Hilton M.A.; Mello Filho, Francisco V.
2009-04-01

Resumo em português A fixação dos CE, principalmente os pontiagudos, favorece a migração pelo corpo, gerando a expressão popular: "os CEs caminham pelo corpo em direção ao coração". OBJETIVO: Descrever os mecanismos envolvidos na migração do CE e a forma de diagnosticá-los. METODOLOGIA: Numa população de 3.000 casos de corpos estranhos, em 40 anos, foram analisados quatro que tiveram deslocamento extraluminal. Foram tomados os dados clínicos, radiológicos, endoscópicos e ult (mais) rassonográficos coletadas no serviço de documentação médica. RESULTADOS: São apresentadas três histórias clínicas em que o CE era de espinha de peixe e uma de cartilagem de peixe. Em todos se analisou o deslocamento. Em dois a migração se iniciou no esôfago, um para a aorta e outro para a região cervical e nos dois outros, o deslocamento ocorreu a partir da faringe: um para a fáscia pré-vertebral e outro se exteriorizou na região submandibular. Discutem os mecanismos pelos quais ocorre a migração dos CEs pelo corpo e os riscos que tais deslocamentos promovem para o paciente e a forma de diagnosticá-los. CONCLUSÕES: Os CE podem caminhar pelo corpo, porém não para o coração. Em casos de histórias arrastadas de ingestão de CEs, o estudo por imagens se faz obrigatório, previamente ao exame endoscópico. Resumo em inglês Fixation of foreign bodies (FB), in the mucosa, can favor its migration, giving origin to the popular saying: "FB walk to the heart". AIM: describe the mechanisms involved in FB migration and how to diagnose them. METHODOLOGY: From a sample of 3,000 foreign bodies, during 40 years, we analyzed four which had extra-lumen migration. We analyzed clinical, radiologic, endoscopic and ultrasound data collected at the medical documentation service. RESULTS: three clinical histor (mais) ies are presented, describing two fish bones and one piece of fish cartilage. FB shifting was analyzed in all of them. Migration started in the esophagus in two, one going to the aorta and the other to the neck area. In the other two, migration started in the pharynx, and the FB moved towards the prevertebral fascia and the other externalized in the submandibular region. The mechanisms and the risks posed to the patient, by FB migration, and the way to diagnose them are hereby discussed. CONCLUSIONS: the study allows us to determine that FB can move through the body but not towards the heart. The study also serves as a warning sign: in cases of prolonged histories of FB ingestion, imaging studies are mandatory before endoscopic examination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Pós-operatório tardio da substituição do ligamento cruzado cranial no cão/ Late postoperative of cranial cruciate ligament replacement in dog

Penha, E.M.; Rezende, C.M.F.; Melo, E.G.; Doretto, J.V.; Araújo, F.A.; Vieira, N.T.
2007-10-01

Resumo em português Realizaram-se avaliações radiográfica e clínica pós-cirúrgica tardia da substituição do ligamento cruzado cranial (LCCr) por fáscia lata autógena em casos de ruptura clínica em 14 cães, de ambos os sexos, com massa corporal média de 28,6kg e idade média de 68 meses. As articulações tratadas constituíram o grupo tratado e as contralaterais o grupo-controle, totalizando 28 articulações estudadas. O tempo médio entre o aparecimento dos sintomas e a cirurg (mais) ia foi de cinco meses e 15 dias e o decorrido entre a cirurgia e a avaliação pós-cirúrgica, 14 meses. Deambulação normal foi vista em 57,1% e claudicação discreta em 32,9% dos casos tratados. Nestes foram observados crepitação, dor, redução da amplitude de movimento articular e do diâmetro da coxa. Ausência de claudicação foi vista em 92,8% dos casos-controle. Doença articular degenerativa foi verificada radiograficamente nos dois grupos. A técnica empregada para substituição do LCCr foi efetiva clinicamente. Os resultados radiográficos, as vezes, mostravam-se diferente dos clínicos. O resultado foi melhor nos pacientes cuja cirurgia foi realizada após curto período do inicio dos sintomas e o intervalo entre a lesão e o tratamento foi o fator que mais influenciou na recuperação pós-operatória. Resumo em inglês After the replacement of the cranial cruciate ligament (CrCL) with an autogenous fascia lata graft, radiographic and clinic post-surgical evaluation were performed. Fourteen male and female dogs averaging 68 month-old and 28.6kg body weight with unilateral rupture of CrCL were selected. Twenty-eight joints were studied. The treated joints consisted of the treated and non-treated animals. The mean time from the initial onset of the symptoms to the surgery was five months a (mais) nd 15 days and the mean interval between the surgery and the follow-up examination was 14 months. No lameness was observed in 57.1% of the treated dogs and mild lameness in 42.9% of them. In this group, articular crepitus, pain, reduced articular motion amplitude and muscular atrophy were observed. No lameness was observed in 98.2% of the non-treated dogs. These joints showed mild arthrosis. Degenerative joint disease was observed in both groups. The surgical technique was efficient, the dogs showed clinical improvement after surgery, regardless of radiographic signs. The results were better in the dogs submitted to surgery soon after the onset of the symptoms. The interval between the injury and the treatment was the most important factor involved in the recovering after surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Suspensão ao músculo frontal com politetrafluoretileno para o tratamento da blefaroptose/ Frontalis suspension with polytetrafluorethylene for the treatment of blepharoptosis

Silvério, Juliana; Sugano, Débora Mayumi; Lucci, Lúcia Miriam Dumont; Rehder, José Ricardo Carvalho Lima
2009-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Relatar a experiência com o uso do fio de politetrafluoretileno nas cirurgias de suspensão ao músculo frontal para correção de blefaroptose. MÉTODOS: Foram estudados todos os casos de blefaroptose grave submetidos à cirurgia pela técnica de suspensão ao músculo frontal como fio de politetrafluoretileno, no período de fevereiro de 2003 a abril de 2007. Foram realizadas 36 cirurgias em 23 pacientes, a média de seguimento foi de 15,8 meses (variando de (mais) 3 a 36 meses). A técnica cirúrgica utilizada foi a descrita por Fox. RESULTADOS: Entre as causas de blefaroptose foram encontradas: congênita em 20 (86,95%) pacientes, blefarofimose em 2 (8,69%) pacientes e traumática em 1 (4,35%) paciente. Na primeira semana de pós-operatório, 6 (26,08%) pacientes referiram assimetria palpebral, 4 (17,39%) notaram edema local, 3 (13,04%) pacientes apresentaram granuloma no local do fio e 1 (4,35%) paciente apresentou celulite facial na região frontal unilateral. Após 3 meses de seguimento, 3 (13,04%) pacientes referiram assimetria palpebral, e em 1 (4,35%) paciente persistia o granuloma. CONCLUSÃO: O politetrafluoretileno - Modelo CV3, 6.0 (Gore-Tex®; W.L. Gore & Associates Inc, Flagstaff, AZ, EUA) é um material adequado com bons resultados funcionais (86,9%), baixos índices de complicação (4,35%) e insatisfação (13,4%), podendo ser uma alternativa em relação à fáscia lata, na cirurgia de suspensão ao frontal para tratamento de ptose palpebral grave. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the functional results and complications of the use of expanded polytetrafluoroethylene in frontalis suspension surgery for the treatment of blepharoptosis. METHODS: Frontalis suspension procedure with polytetrafluoroethylene was performed between 2003 and 2007 on 23 patients (36 eyes) with blepharoptosis. An average follow-up time was 15.8 months (range, 3 to 36). Surgical technique used was described by Fox. RESULTS: The causes of blepharoptosis fou (mais) nd were: congenital in 20 patients (86.95%), blepharophimosis in 2 (8.69%) and traumatic in 1 (4.35%). At the first week of postoperatory 6 (26.08%) patients related palpebral asymmetry, 4 (17.39%) noticed local edema, 3 (13.04%) presented granulomas and 1 (4.35%) presented facial cellulitis on the ipsilateral frontal region. After 3 months of follow-up 3 (13.04%) patients related palpebral asymmetry and 1 (4.35%) persisted the granuloma. CONCLUSION: Polytetrafluoroethylene - Model CV3, 6.0 (Gore-tex®, W.L. Gore & Associates Inc, Flagstaff, AZ, EUA) is an adequate material with good functional results (86.9%), relatively few complications (4.35%) and insatisfaction (13.4%) that could be an alternative for fascia lata in the surgery of frontalis suspension for the treatment of blepharoptosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Tela de polipropileno versus correção sítio-especifica no tratamento do prolapso de parede vaginal anterior: resultados preliminares de ensaio clínico randômico/ Polypropylene mesh vs. Site-specific repair in the treatment of anterior vaginal wall prolapse: preliminary results of a randomized clinical trial

Lunardelli, Jacqueline Leme; Auge, Antonio Pedro Flores; Lemos, Nucélio Luiz de Barros Moreira; Carramão, Silvia da Silva; Oliveira, André Lima de; Duarte, Eliana; Aoki, Tsutomu
2009-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar o uso de tela de polipropileno e correção sitio-específica no tratamento cirúrgico do prolapso vaginal anterior. MÉTODOS: Estudo prospectivo randômico comparativo em que foram operadas 32 pacientes com idades entre 50 e 75 anos, que apresentavam prolapso vaginal anterior estádio III ou IV, ou recidivado. A estática pélvica foi avaliada segundo as recomendações da International Continence Society (ICS), o sistema POP-Q e pelo Índice de Quanti (mais) ficação de Prolapso (POP-Q-I) Absoluto e Relativo. Para o rastreamento da incontinência urinária de esforço oculta todas as pacientes, sintomáticas ou não, foram submetidas a estudo urodinâmico em posição semi-ginecológica e semi-sentada, com redução do prolapso com pinça de Cheron. Registrou-se o tempo cirúrgico, o volume de sangramento intra-operatório e as complicações intra e pós-operatórias. O tempo de seguimento médio do estudo foi de 8,5 meses. RESULTADOS: Em relação aos resultados anatômicos ocorreu melhores resultados com a utilização de tela de polipropileno sobre o reparo sitio-específico. Em relação à morbidade cirúrgica, observou-se menor tempo cirúrgico no grupo em que utilizou-se tela. CONCLUSÃO: Houve superioridade dos resultados anatômicos obtidos com a utilização de tela de polipropileno sobre o reparo sitio-específico. Resumo em inglês OBJECTIVE: Pelvic organ prolapse is a disorder caused by the imbalance between the forces responsible for supporting the pelvic organs in their normal position and those that tend to expel them from the pelvis. Anterior vaginal wall prolapse, known as cystocele, is the most common form of prolapse and can result from lesions in different topographies of the endopelvic fascia. Currently, a woman has an 11% risk of being submitted to a surgical procedure to correct pelvic f (mais) loor disorder, and a 29% chance of being reoperated due to failure in the first surgery. METHODS: A prospective randomized study was conducted to compare the use of polypropylene mesh with site-specific repair in the surgical treatment of anterior vaginal prolapse. Thirty-two patients aged between 50 and 75 years, who had previous vaginal prolapse at stage III or IV, or prolapse recurrence, were operated. Mean follow-up was 8.5 months. RESULTS: The results demonstrate the superiority of the anatomical outcomes with the use of polypropylene mesh over site-specific repair. Regarding surgical morbidity, shorter operative time was observed for the mesh group. CONCLUSION: The results observed in this study indicate the superiority of anatomical results obtained with the use of polypropylene mesh over site-specific repair.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Utilização de pericárdio bovino no sling pubovaginal para o tratamento da incontinência urinária de esforço/ The use of bovine pericardium in the pubovaginal sling for the treatment of stress urinary incontinence

Cândido, Eduardo Batista; Triginelli, Sérgio Augusto; Silva Filho, Agnaldo Lopes da; Noviello, Maurício Bechara; Santos Filho, Admário Silva; Silva, Lucas Barbosa da
2003-08-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar os resultados do uso do pericárdio bovino na cirurgia de sling pubovaginal para o tratamento da incontinência urinária genuína de esforço. MÉTODOS: avaliação prospectiva de cinco pacientes, com diagnóstico de incontinência urinária genuína de esforço submetidas à cirurgia de sling pubovaginal com utilização de faixa de pericárdio bovino, no período de outubro/2001 a dezembro/2001. A média de idade foi de 48,2±11,5 anos (33-69 anos). R (mais) ESULTADOS: o tempo cirúrgico médio foi de 45±35,3 minutos, com média de 36±12,4 horas de internação (24-48 horas). Não ocorreram complicações per-operatórias ou no período pós-operatório recente. Todas as pacientes apresentaram resultado inicial satisfatório, apresentando micções normais e sem perda. Ocorreram complicações pós-operatórias em todas as pacientes, sendo evidenciadas deiscência da ferida operatória vaginal com expulsão total da faixa em duas pacientes e exteriorização de parte da faixa em três pacientes. Todas as pacientes evoluíram com incontinência urinária de esforço, sendo submetidas à nova cirurgia de sling, com a utilização de fáscia do reto abdominal. Após a segunda cirurgia as pacientes evoluíram sem intercorrências e com melhora da perda involuntária de urina em quatro delas. CONCLUSÃO: o sling pubovaginal com uso de pericárdio bovino associa-se a altas taxas de complicações, não devendo ser mais utilizado no tratamento da IUE. Resumo em inglês PURPOSE: to evaluate the results of the use of bovine pericardium in the pubovaginal sling procedure for treatment of stress urinary incontinence. METHODS: a prospective analysis of five patients who underwent pubovaginal sling with the use of bovine pericardium strip for stress urinary incontinence in the "Hospital das Clínicas of UFMG" from October/2001 to December/2001. The mean age was 48.2±11.5 years (33 to 69 years). RESULTS: the mean surgical time was 45±35.3 mi (mais) n and the mean hospital stay was 36±12.4 h (24 to 48 h). Complications in the periperative or immediate postoperative period did not occur. All patients initially presented satisfactory results with normal voiding and without stress incontinence. Postoperative complications occurred in the 5 patients (100%), with dehiscence of the vaginal wound and total expulsion of the strip in 2 patients (40%) and partial expulsion in 3 patients (60%). All patients presented stress urinary incontinence and were submitted to a new sling procedure using the rectus fascia. The patients then progressed without complications and with improvement of urinary continence in 4 patients (80%). CONCLUSIONS: pubovaginal sling with the use of bovine pericardium was associated with high rates of complications. Therefore, its use is not recommended in the treatment of stress urinary incontinence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Hernioplastia experimental em coelhos por meio de cartilagem auricular bovina conservada em glutaraldeído/ Rabbits experimental hernioplasty by means of bovine auricular cartilage preserved in glutaraldehyde

Silva, L.A.F.; Franco, L.G.; Menezes, L.B.; Moura, V.M.B.D.; Bernardes, K.M.; Souza, M.A.
2009-06-01

Resumo em português Avaliou-se a viabilidade do emprego da cartilagem auricular bovina conservada em glutaraldeído a 4% na hernioplastia experimental, empregando-se seis coelhos adultos, machos, da raça Nova Zelândia. Para obtenção da hérnia incisional, removeu-se um segmento elíptico de 3cm de comprimento por 1cm de largura, no ponto central à primeira incisão, envolvendo fáscia e tecido muscular, na região da cicatriz umbilical. Dois animais de cada vez foram sacrificados aos 15 (mais) , 30 e 45 dias após a cirurgia. Nos sacrificados aos 15 dias, observaram-se áreas focais de inflamação, caracterizadas por abscesso e fístula. À microscopia, observou-se área de inflamação e necrose próxima à periferia do implante. Nas amostras colhidas dos animais sacrificados aos 30 dias, não foram evidenciadas alterações clínicas relevantes. Desses, um animal apresentou à microscopia intensa proliferação fibroblástica, moderada neovascularização e células inflamatórias predominantemente mononucleares. Dos sacrificados aos 45 dias, em um ocorreu aderência de alça intestinal ao implante. É possível inferir que o material implantado apresentou satisfatória compatibilidade com o tecido receptor. Conclui-se que o implante de cartilagem auricular bovina conservada na hernioplastia experimental em coelhos apresentou evidências de boa integração tecidual e cicatrização, não havendo eliminação do material implantado. Resumo em inglês The auricular cartilage preserved in 4% glutaraldehyde was used for experimental hernioplasty in six male, adult, New Zealand rabbits. To create an incision hernia, an elliptic tissue fragment three centimeter-long and one-centimeter wide was removed at a point centrally located from the first incision, embracing fascia and muscle tissue, from the area of umbilical scar. Animals were euthanized, two at a time, 15, 30, or 45 days after surgery. In the animals euthanized af (mais) ter 15 days focal areas of inflammation were observed, characterized by abscesses and fistulas. The histological section showed areas of inflammation and necrosis next to the periphery of the graft. In the animals euthanized after 30 days, there was no evidence of clinical alterations. Microscopic diagnosis of one of these animals showed intense fibroblastic proliferation, moderate neovascularization and inflammatory cells, predominantly mononuclear. One of the animals submitted to euthanasia at 45 days presented at necropsy adherence of bowel to the graft and impaired reconstitution of the parietal peritoneum. It is possible to infer that the grafted material presented satisfactory compatibility with the receptor tissue. Thus, it may be concluded that auricular bovine cartilage grafts preserved in 4% glutaraldehyde in experimental hernioplasty in rabbits presented evidence of good tissue integration and healing, with no elimination of the grafted material.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho em cirurgiões-dentistas/ Work related musculoskeletal disorders in dentists

Regis Filho, Gilsée Ivan; Michels, Glaycon; Sell, Ingeborg
2006-09-01

Resumo em português As patologias denominadas genericamente de Lesões por Esforços Repetitivos (LERs)/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORTs), apresentando sinais e sintomas de inflamações dos músculos, tendões, fáscias e nervos dos membros superiores, cintura escapular e pescoço, entre outros, têm chamado a atenção não só pelo aumento da sua incidência mas por existirem evidências de sua associação com o ritmo de trabalho. O exercício profissional obri (mais) ga que cirurgiões-dentistas utilizem na execução das tarefas os membros superiores e estruturas adjacentes, freqüentemente com repetitividade de um mesmo padrão de movimento, compressão mecânica das estruturas localizadas na região, assumindo posturas incorretas, utilizando força excessiva e ainda, na maioria dos casos, trabalhando sob pressão temporal. O presente estudo utilizou o método epidemiológico transversal para buscar evidências da existência da relação entre as tarefas executadas pelo cirurgião-dentista e as LERs/DORTs. Os estudos empíricos revelaram presença de associação estatisticamente significante entre os dois sexos e as patologias. O sexo feminino apresenta mais lesões que o masculino. Ombro/braço (39,40%), punho/mão (18,30%) e pescoço (17,20%) são as regiões mais afetadas. Finalmente, o presente estudo é mais um indicativo de que as tarefas executadas estão expondo esses profissionais a um risco considerável de adquirir LERs/DORTs. Resumo em inglês Conditions generally named Cumulative Trauma Disorders (CTD) / Work Related Musculoskeletal Disorders (WRMD), that present with signs and symptoms of inflammation in the muscles, tendons, fascia and nerves of the upper limb, shoulder girdle and neck, among others, have been observed not only on account of their incidence but also for their association with work. Dentists are forced to use upper and adjacent structures during their professional activities and frequently pe (mais) rform the same movement pattern, or cause mechanical compression of structures in that area, because of adopting incorrect postures and excessive force, and in most cases due time pressure. This study has employed a cross-sectional epidemiological method to look for evidence on the relation between the tasks dentists perform and CTD/WRMD. Empirical studies have shown the presence of a statistically significant association between both genders and the conditions. Women have presented a greater number of lesions compared to men. Shoulder/arm (39.40%), wrist/hand (18.30%), and neck (17.20%) are the most frequently affected regions. In the present study, analysis of cinematic data has revealed that the main activities dentists perform force two or more regions of the body to positions considered of medium and high risk. Analysis of electromyography signs showed great compromise of flexor and extensor muscle groups of carpi and trapezius. Finally, the present study is one more indication that the tasks carried out are exposing professionals to a considerable risk of acquiring CTD/WRMD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho em cirurgiões-dentistas/ Work related musculoskeletal disorders in dentists

Regis Filho, Gilsée Ivan; Michels, Glaycon; Sell, Ingeborg
2006-09-01

Resumo em português As patologias denominadas genericamente de Lesões por Esforços Repetitivos (LERs)/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORTs), apresentando sinais e sintomas de inflamações dos músculos, tendões, fáscias e nervos dos membros superiores, cintura escapular e pescoço, entre outros, têm chamado a atenção não só pelo aumento da sua incidência mas por existirem evidências de sua associação com o ritmo de trabalho. O exercício profissional obri (mais) ga que cirurgiões-dentistas utilizem na execução das tarefas os membros superiores e estruturas adjacentes, freqüentemente com repetitividade de um mesmo padrão de movimento, compressão mecânica das estruturas localizadas na região, assumindo posturas incorretas, utilizando força excessiva e ainda, na maioria dos casos, trabalhando sob pressão temporal. O presente estudo utilizou o método epidemiológico transversal para buscar evidências da existência da relação entre as tarefas executadas pelo cirurgião-dentista e as LERs/DORTs. Os estudos empíricos revelaram presença de associação estatisticamente significante entre os dois sexos e as patologias. O sexo feminino apresenta mais lesões que o masculino. Ombro/braço (39,40%), punho/mão (18,30%) e pescoço (17,20%) são as regiões mais afetadas. Finalmente, o presente estudo é mais um indicativo de que as tarefas executadas estão expondo esses profissionais a um risco considerável de adquirir LERs/DORTs. Resumo em inglês Conditions generally named Cumulative Trauma Disorders (CTD) / Work Related Musculoskeletal Disorders (WRMD), that present with signs and symptoms of inflammation in the muscles, tendons, fascia and nerves of the upper limb, shoulder girdle and neck, among others, have been observed not only on account of their incidence but also for their association with work. Dentists are forced to use upper and adjacent structures during their professional activities and frequently pe (mais) rform the same movement pattern, or cause mechanical compression of structures in that area, because of adopting incorrect postures and excessive force, and in most cases due time pressure. This study has employed a cross-sectional epidemiological method to look for evidence on the relation between the tasks dentists perform and CTD/WRMD. Empirical studies have shown the presence of a statistically significant association between both genders and the conditions. Women have presented a greater number of lesions compared to men. Shoulder/arm (39.40%), wrist/hand (18.30%), and neck (17.20%) are the most frequently affected regions. In the present study, analysis of cinematic data has revealed that the main activities dentists perform force two or more regions of the body to positions considered of medium and high risk. Analysis of electromyography signs showed great compromise of flexor and extensor muscle groups of carpi and trapezius. Finally, the present study is one more indication that the tasks carried out are exposing professionals to a considerable risk of acquiring CTD/WRMD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho de cirurgiões-dentistas: aspectos biomecânicos/ Cumulative trauma disorders/work related musculoskeletal disorder affecting surgeon-dentists: biomechanical aspects

Regis Filho, Gilsée Ivan; Michels, Glaycon; Sell, Ingeborg
2009-01-01

Resumo em português As patologias denominadas genericamente Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LERs/DORTs) e que apresentam sinais e sintomas de inflamações dos músculos, tendões, fáscias e nervos dos membros superiores, cintura escapular e pescoço, entre outros, têm chamado a atenção não só pelo aumento de sua incidência mas por também existirem evidências de sua associação com o ritmo de trabalho. O exercício profissiona (mais) l obriga que cirurgiões-dentistas utilizem na execução de suas tarefas os membros superiores e estruturas adjacentes, frequentemente com repetitividade de um mesmo padrão de movimento, compressão mecânica das estruturas localizadas na região e a adoção de posturas incorretas, utilizando força excessiva e, na maioria dos casos, trabalhando, ainda, sob a pressão do tempo de realização. O presente estudo utilizou a análise biomecânica, através da cinemetria e da eletromiografia, para buscar evidências da relação entre as tarefas executadas pelo cirurgião-dentista e as LERs/DORTs. A análise dos dados cinemáticos revelou que as principais atividades realizadas pelos cirurgiões-dentistas submetem duas ou mais regiões do corpo do profissional a posturas consideradas de risco médio e alto, sendo que a análise dos sinais eletromiográficos revelou um grande comprometimento dos grupamentos musculares flexores e extensores do carpo e do trapézio. Finalmente, o presente estudo é mais um indicativo de que a atividade desses profissionais os expõe a risco considerável de adquirir LERs/DORTs. Resumo em inglês Pathologies generally named Cumulative Trauma Disorders/Work Related Musculoskeletal Disorders (CTDs/WRMDs), presenting signs and symptoms of inflammation of muscles, tendons, fascia and nerves of the upper members, shoulder girdle and neck, among others, have been observed not only on account of their incidence but also their association with work rhythms. Professional activities oblige dental surgeons to use, during their treatment procedures, the upper body and adjacen (mais) t structures, where frequently the same pattern of movement is repeated, or mechanical compression of structures in that area occur, due to the adoption of incorrect postures and the use of excessive force, exacerbated in most cases due to time pressures. This study used biomechanical analysis to look for evidence of a relationship between those tasks a dental surgeon performs and the CTDs/WRMDs. The analysis of video data revealed that the main activities dental surgeons perform, force two or more regions of the body to adopt postures considered to be of medium or high risk, and the analysis of electromyographic readings showed that the flexor and extensor muscle groups of the carpi and trapezius are subject to great risk. Finally, the present study is a further indication that the tasks carried out expose the professional to a considerable risk of acquiring CTDs/WRMDs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Fatores de risco para infecções de sítio cirúrgico em pacientes operadas por câncer de mama/ Risk factors for wound infection in operated breast cancer patients

Barbosa, Hermes de Freitas; Reis, Francisco José Candido dos; Carrara, Hélio Humberto Angotti; Andrade, Jurandyr Moreira de
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVO: identificar os fatores de risco associados à ocorrência de infecção de sítio cirúrgico (ISC) em cirurgias para tratamento do câncer de mama. MÉTODOS: foram incluídas 140 pacientes submetidas à cirurgia para tratamento do câncer invasor de mama, no período de janeiro de 2001 a dezembro de 2002. A infecção do sítio cirúrgico foi definida como aquela que ocorreu em até 30 dias após a cirurgia e esteve relacionada à mesma, segundo critérios-padr� (mais) �o adotados pelo CDC (Centers for Disease Control and Prevention - USA). As ISC foram consideradas superficiais quando envolviam somente pele e tecido subcutâneo, e profundas quando envolviam tecidos profundos da incisão, como fáscias e musculatura. Foram estudados fatores de risco associados às pacientes (idade, status hormonal, estadiamento, índice de massa corporal (IMC) e hemoglobina). Os fatores relacionados à cirurgia foram: tipo, tempo de internação, duração e formação de seroma e hematoma. A análise estatística foi feita com o teste de Mann-Whitney (variáveis numéricas não paramétricas) e teste exato de Fisher para variáveis quantitativas. RESULTADOS: do total de 140 pacientes incluídas, 29 (20,7%) apresentaram ISC, sendo 19 (13,6%) superficiais e 10 (7,1%) profundas; 111 pacientes não apresentaram ISC, sendo consideradas como grupo controle. Os fatores de risco associados à paciente e à doença foram o estádio localmente avançado (odds ratio = 2,7; IC 95%: 1,1-6,5) e a obesidade representada pelo IMC médio de 32,2 kg/m² nas pacientes com ISC e 27,2 kg/m² no grupo controle (p Resumo em inglês PURPOSE: to identify the risk factors associated with the occurrence of surgical site infection (SSI) in surgeries for the treatment of breast cancer. METHODS: the study was conducted on 140 women submitted to treatment of invasive breast cancer during the period from January 2001 to December 2002. SSI was defined as infection occurring up to 30 days after surgery and was related to the operation, according to the standard criteria adopted by the Centers for Disease Contr (mais) ol and Prevention (CDC), USA. SSI were considered to be superficial when they involved only the skin and subcutaneous tissue and deep when they involved deep tissues at the site of incision, such as fascia and muscles. The risk factors related to patient were age, hormonal status, staging, body mass index (BMI) and hemoglobin, and the factors related to surgery were type of operation, time of hospitalization, duration of surgery, and formation of seroma and hematoma. Data concerning numerical nonparametric variables were analyzed by the Mann-Whitney test and quantitative variables were analyzed by the Fisher exact test. RESULTS: of the 140 patients studied, 29 (20.7%) presented SSI, which were superficial in 19 (13.6%) and deep in 10 (71%); 111 patients did not present SSI and represented the control group. The risk factors associated with the patient and the disease were locally advanced stage (odds ratio = 27; 95% CI: 1.1-6.5) and obesity, represented by a mean BMI of 32.2 kg/m² in the patients with SSI and a mean BMI of 27.2 kg/m² in the control group (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Veias soleares: bases anatômicas e seu papel na origem da trombose venosa profunda em membro inferior/ Soleus veins: anatomic basis and their role in the origin of deep venous lower limb thrombosis

Sequeira, Carlos Miguel Gomes; Juliano, Yara; Novo, Neil Ferreira; Mayall, Rubens Carlos; Miranda Junior, Fausto
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar o número, a setorização e a terminação das veias soleares. MÉTODOS: Em 100 pernas de 50 cadáveres, excluídos aqueles com alterações congênitas ou adquiridas dos membros inferiores, foram realizadas, a fresco, na região crural posterior, dissecções anatômicas minuciosas, estratigráficas. Após o rebatimento da pele, foram realizadas a individualização das veias superficiais e perfurantes, rebatimento da tela subcutânea e da fáscia, ind (mais) ividualização e rebatimento dos músculos gastrocnêmio e plantar, desinserção tibial do músculo sóleo, individualização das veias soleares e o estudo morfométrico. A região foi dividida em seis setores: súpero-medial, súpero-lateral, médio-medial, médio-lateral, ínfero-medial e ínfero-lateral. No estudo estatístico utilizaram-se os testes não-paramétricos Wilcoxon e Friedman. RESULTADOS: Foram encontradas 4.679 veias soleares. O setor com maior número de veias soleares foi o súpero-lateral com 1.529 veias (32,7%), seguido do médio-medial com 1.256 veias (26,8%) e do médio-lateral com 975 veias (20,8%). As terminações ocorreram em veias comunicantes (1.207 veias - 25,8%), veias tibiais posteriores (964 veias - 20,6%), veias fibulares (709 veias - 15,2%) e em mais 32 tipos (1799 veias - 38,4%). CONCLUSÃO: A drenagem venosa do músculo sóleo é realizada por um grande número de veias soleares, freqüentemente localizadas nos setores súpero-lateral, médio-medial e médio-lateral, terminando comumente em veias tibiais posteriores e fibulares e, em veias comunicantes. Resumo em inglês OBJECTIVE: Study of the number, sectorization and termination of the soleus veins. METHODS: Meticulous, stratigraphical, anatomical dissections were carried out in the posterior crural region of 100 legs of 50 fresh cadavers. Those belonging to subjects with congenital or acquired pathologies in the lower limbs were disregarded. After the skin was reflected on both sides, dissection of superficial and perforating veins, was performed. Then reflection of the subcutaneous t (mais) issue and fascia, detachment and reflection of the gastrocnemius and plantaris muscles, detachment of the tibial origin of the soleus muscle, differentiation of the soleus veins and study of morphometric parameters were carried out. The region was divided into six sectors: superior-medial, superior-lateral, medio-medial, medio-lateral, inferior-medial and inferior-lateral. Data obtained from Wilcoxon and Friedman nonparametric tests were utilized for statistical analysis. RESULTS: In the dissected legs 4679 soleus veins were found. The sector with the greatest number of soleus veins was the superior-lateral (1529 veins - 32.7%), followed by the mediomedial (1.256 veins - 26.8%) and the mediolateral sectors (975 veins - 20.8%). The extremities drained into communicant veins (1.207 veins - 25.8%), posterior tibial veins (964 veins - 20.6%), peroneal veins (709 veins - 15.2%) and into 32 other types (1.799 veins 38.4%). CONCLUSION: The venous drainage of the soleus muscle is carried out by a great number of soleus veins which are frequently located in the superior-lateral, mediomedial and mediolateral sectors, more often going into the posterior tibial, peroneal and communicant veins.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

CONSEQÜÊNCIAS DA LAMINECTOMIA DORSAL DO TIPO FUNKQUIST A EM CÃES NORMAIS/ CONSEQUENCES OF THE FUNKQUIST A DORSAL LAMINECTOMY, IN NORMAL DOGS

Tudury, Eduardo Alberto; Rahal, Sheila Canevese; Graça, Dominguita Lühers; Haddad, Jamile Neto; Arias, Mônica Vicky Bahr; Pedro Neto, Otávio
2001-02-01

Resumo em português O objetivo desta pesquisa foi verificar os efeitos da laminectomia dorsal do tipo Funkquist A em cães normais. A técnica realizada consistiu em abordagem dorsal à coluna vertebral; remoção (com ou sem a ajuda da elevação dos corpos vertebrais) das lâminas dorsais de T13 e L1; manutenção do ligamento supra-espinhal; colocação de gordura subcutânea como coxim supramedular; sutura da fáscia toracolombar, subcutâneo e pele; e bandagem compressiva por sete dias. (mais) Quarenta e oito horas após a cirurgia, todos os 10 cães submetidos a essa técnica exibiram perda das reações posturais e paresia de moderada a grave nos membros pélvicos. Hipoalgesia foi constatada em cinco deles. Tentando descobrir as causas, foram realizados estudos histológicos de medulas espinhais, coletadas 4 e 48 horas após a realização da laminectomia, porém com modificações como: não elevação dos corpos vertebrais durante a cirurgia e prevenção de qualquer tipo de compressão medular após a laminectomia. Analisando esses resultados, foi possível concluir que as disfunções neurológicas decorreram de lesões medulares ocasionadas possivelmente por: elevações dos corpos vertebrais durante a laminectomia, danificação de vasos espinhais, desestabilização da coluna vertebral e uma somatória de forças compressivas atuantes sobre a medula espinhal desprotegida. Na necropsia de cinco cães, acompanhados por quarenta e cinco dias, foi possível constatar: a permanência do ligamento supra-espinhal; que o enxerto de gordura não evita a penetração do tecido fibroso no canal vertebral nem sua aderência à dura- máter; notório (P Resumo em inglês The purpose of this research was to check the effects of the Funkquist A dorsal laminectomy in normal dogs. The technique accomplished consisted in dorsal approach to the spine; removal of T13-L1 laminae with or without vertebral bodies elevation; mantainement of the supraspinous ligament; placement of subcutaneous fat as supramedulary pad; suture of thoracolumbar fascia, subcutaneous and skin; and compressive bandage for seven days. Fourty-eight hours latter all the dogs (mais) (10) submitted to this technique showed loss of the postural reactions and paraparesis classified of moderated to serious. Hypalgesia was ascertained in five of them. Trying to discover the causes, was accomplished histologic studies of spinal cord collected 4 and 48 hours after the accomplishment of the laminectomies were conducted, however with modifications as: non-elevation of the vertebral bodies during the surgery and prevention of any type of compression spinal after the laminectomie. Examining these results was possible to conclude that the neurologic dysfunctions were originated from cord lesions caused for: elevation of the vertebral bodies during the laminectomy, possible damage of spinal vessels, destabilization of the spine and a somatory of compressive forces acting upon an uncovered spinal cord. At the necropsy of five dogs realized forty - five days latter were possible to verify: the permanence of the supraspinous ligament; that the fat grafts do not avoid the penetration of the fibrous tissue into the vertebral canal neither its adherency to the dura mater; notorious (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Aspectos técnicos na esqueletização da artéria torácica interna com bisturi ultra-sônico/ Technical aspects in skeletonization of the internal thoracic artery using an ultrasonic scalpel

Menezes, Alexandre Motta de; Vasconcelos, Frederico Pires de; Lima, Ricardo de Carvalho; Costa, Mário Gesteira; Escobar, Mozart Augusto Soares de
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever a técnica e avaliar os resultados imediatos da utilização do bisturi ultra-sônico nas esqueletizações da artéria torácica interna, na cirurgia de revascularização do miocárdio. MÉTODO: Foram operados com essa técnica 188 pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio, no período de janeiro de 2000 a outubro de 2006. Setenta e um (37,8%) pacientes eram do sexo feminino. A idade variou de 28 a 81 anos. A técnica utili (mais) zada na dissecação consistiu em expor toda artéria torácica interna, abrindo-se a fáscia endotorácica com tesoura o mais próximo possível da adventícia da artéria. Com o bisturi ultra-sônico é feita a secção dos ramos colaterais e sua respectiva hemostasia, dispensando-se o uso de "clips" metálicos na artéria torácica interna. RESULTADOS: As artérias torácicas internas esqueletizadas com bisturi ultra-sônico apresentaram fluxos excelentes, não sendo necessárias manipulações intraluminais para vasodilatação. No pós-operatório imediato, dois pacientes apresentaram paralisia temporária da hemicúpula diafragmática esquerda. Não houve infecção do esterno nesta série. O tempo de dissecação foi de aproximadamente 33 minutos, mas com o aumento da experiência esse tempo pôde ser reduzido. CONCLUSÃO: Essa técnica facilita e abrevia o procedimento da esqueletização da artéria torácica interna, não promove espasmos e a cauterização dos ramos colaterais com o bisturi ultra-sônico é eficiente, dispensando o uso de "clips" metálicos. É um procedimento de fácil reprodução, podendo ser recomendado para sua realização de maneira preferencial. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe the technique and evaluate the immediate results of using an ultrasonic scalpel in the skeletonization of the internal thoracic artery for coronary artery bypass grafting surgery. METHODS: From January 2000 to October 2006, 188 patients were submitted to coronary artery bypass grafting with the internal thoracic artery skeletonized using an ultrasonic scalpel. Seventy-one patients (37.8%) were women. The patients' ages varied from 28 to 81 years old (mais) . The entire internal thoracic artery was exposed opening the endothoracic fascia using scissors as close as possible to the arterial adventitia. An ultrasonic scalpel was used to transect and coagulate all the intercostal branches, thereby minimizing the use of metallic clips. RESULTS: The skeletonized internal thoracic arteries presented with excellent flow, obviating the need for intraluminal manipulation for vasodilatation. In the immediate postoperative period, two patients were found to have temporary left-sided diaphragmatic paralysis. There were no sternal wound infections in this series. The dissection can be performed in approximately 33 minutes however with more experience this time may be reduced. CONCLUSION: This technique facilitates and shortens the internal thoracic artery skeletonization procedure and does not cause arterial spasms. Cauterization of the collateral branches with an ultrasonic scalpel is efficient and the use of metallic clips is almost unnecessary. It is a procedure that is easy to reproduce and may be recommended as the first-choice technique for the dissection of the internal thoracic artery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Análise da relação entre dor lombar e desequilíbrio de força muscular em bailarinas/ Analysis of the relationship between low back pain and muscle strength imbalance in ballet dancers

Aquino, Cecília Ferreira de; Cardoso, Vanessa Aparecida; Machado, Naia Chaves; Franklin, Janayna Silveira; Augusto, Viviane Gontijo
2010-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar a relação entre dor lombar e desequilíbrio de força muscular na região lombopélvica em bailarinas clássicas. MÉTODOS: O estudo foi do tipo exploratório transversal e desenvolvido nas academias de dança das cidades de Divinópolis e Oliveira, MG. Foram selecionadas 42 bailarinas, divididas em dois grupos (Grupos Dor e Sem Dor) de acordo com a presença ou não de queixas de dor na região lombar. Inicialmente, as bailarinas foram submetidas, (mais) por um único examinador, a quatro testes para avaliação do desequilíbrio de força muscular na região lombopélvica: músculos glúteo máximo × isquiossurais e glúteo máximo × paravertebrais no movimento de extensão de quadril; glúteos máximo e médio × tensor da fáscia lata no movimento de abdução de quadril; abdominais e flexores de quadril no movimento de flexão de quadril. Em seguida, um segundo examinador aplicou os testes de força muscular para os músculos abdominais e paravertebrais. Para verificar a associação entre a queixa de dor lombar e a presença de desequilíbrios musculares foi utilizado o teste qui-quadrado. O nível de significância estabelecido foi de α = 0,05. RESULTADOS: A maioria das bailarinas, independente do grupo do qual participavam, apresentou desequilíbrios de força muscular na região lombopélvica, porém apenas o desequilíbrio entre abdominais × flexores de quadril teve associação significativa com a dor lombar (p = 0,043). CONCLUSÃO: Desequilíbrios musculares lombopélvicos são frequentes em bailarinas clássicas. Entretanto, não é possível afirmar se tais desequilíbrios são adaptações específicas do balé clássico ou disfunções associadas a quadros álgicos resultantes de falhas no treinamento. Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate the relationship between low back pain and muscle strength imbalance in the lumbopelvic region of classical ballet dancers. METHODS: This cross-sectional exploratory study was developed in the ballet academies of Divinópolis and Oliveira, Minas Gerais State. Forty-two ballet dancers were selected and then divided into two groups (Pain and Painless Groups), according to the presence or absence of pain complaints in the low back. Firstly, the ball (mais) et dancers were submitted, by one examiner, to four tests of muscle strength imbalance in the lumbopelvic region: gluteus maximus × hamstrings muscles and gluteus maximus × paraspinal muscles in the hip extension movement; gluteus maximus and medius × tensor fascia latae muscles in the hip abduction movement; abdominal × hip flexors in the hip flexion movement. After that, a second examiner applied the muscular strength tests for the abdominal and paraspinal muscles. Chi-square tests were used to verify the association between low back pain and muscle imbalances. The level of significance was set at α = 0.05. RESULTS: Most of the ballet dancers, independently of the group, showed muscle strength imbalances in the lumbopelvic region. The abdominal × hip flexors test demonstrated a significant association with low back pain (p = 0.043). CONCLUSION: Muscle imbalances in the lumbopelvic region are common in classical ballet dancers. However, it is not possible to assure that these muscle imbalances are specific adaptations to the classical ballet or dysfunctions associated to algic symptoms resulted from training faults.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Sulfato de condroitina e hialuronato de sódio no tratamento da doença articular degenerativa experimental em cães: aspectos clínicos e radiológicos/ Chondroitin sulfate and sodium hialuronate in treatment of the degenerative joint disease in dogs: clinical and radiological aspects

Melo, E.G.; Rezende, C.M.F.; Gomes, M.G.; Freitas, P.M.; Arias S., S.A.
2003-02-01

Resumo em português Avaliaram-se clínica e radiograficamente os efeitos do sulfato de condroitina e do hialuronato de sódio no tratamento da articulação femorotibiopatelar de cães com doença articular degenerativa (DAD) induzida experimentalmente. Foram utilizados 15 cães, sem raça definida, de ambos os sexos, pesando entre 18 e 25 kg, submetidos à secção artroscópica do ligamento cruzado cranial (LCCr) para desestabilização articular e indução da DAD. Após três semanas de (mais) instabilidade articular, o LCCr foi substituído utilizando-se a técnica intra-articular com emprego da fáscia lata. Os animais foram divididos em três grupos de cinco. Nos do grupo I fez-se somente a substituição do LCCr. Os do grupo II receberam 24mg/animal de sulfato de condroitina, via IM, de cinco em cinco dias, totalizando seis aplicações. Os do grupo III foram tratados com hialuronato de sódio na dose de 20mg/animal, via IV, de cinco em cinco dias, num total de três aplicações. Os animais foram observados por 90 dias, e avaliados clinicamente quanto à claudicação, à capacidade de suportar peso no membro afetado, à mensuração da atrofia muscular e à amplitude de movimento articular. Ao final, foram encaminhados para novo exame radiográfico. Os resultados demonstraram que os animais que receberam hialuronato de sódio apresentaram menor grau de claudicação quando comparados com os demais. Ao exame radiográfico observaram-se osteofitose periarticular e esclerose óssea subcondral. Essas alterações foram evidenciadas de forma mais acentuada nos animais tratados com hialuronato de sódio. Clinicamente, pôde-se observar melhor resultado com o hialuronato de sódio do que nos demais grupos, possivelmente devido à sua maior ação na membrana sinovial, reduzindo a dor e o grau de claudicação. O exame radiográfico não foi compatível com a sintomatologia clínica nos cães tratados com hialuronato de sódio. Resumo em inglês The aim of this study was the evaluation of the effects of chondroitin sulfate and sodium hyaluronate in the knee joint of dogs with experimentally induced degenerative joint disease (DJD). Fifteen mongrel dogs, weighing 18 to 25kg were used. DJD was induced by cranial cruciate ligament (CCL) arthroscopical transection. After three weeks, CCL was repaired by an intrarticular technique, which uses fascia lata. The dogs were then divided into three groups as follows: group (mais) I received no other treatment, but the CCL reconstitution, group II received 24mg/animal of chondroitin sulfate/IM every five days, totaling six injections, and group III received 20mg/animal of sodium hyaluronate /IV every five days, totaling three injections. All dogs were examined clinically and radiographically for 90 days after the repairment surgery. The clinical evaluation was performed by assessment of lameness, weight-bearing, limb muscle atrophy and range of motion. The results demonstrated that the group treated with sodium hyaluronate had lower degree of lameness in comparison with other groups. The radiographic evaluation showed marginal osteophytes and subchondral bone sclerosis. These changes were more severe in the group treated with sodium hyaluronate. The better clinical results observed in this group, compared with the others, was probably due to the greater action of the drug in the synovium, decreasing the pain and lameness. Radiographic findings correlated poorly with the clinical signs in the group treated with sodium hyaluronate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Membranas biológicas homólogas preservadas em solução alcalina seguida de liofilização, glicerina a 98% e por liofilização para implantação em eqüinos/ Homologous biological membranes persevered in alkaline solution and lyophilized, glycerin 98% and by lyophilization for equines implantation

Vulcani, Valcinir Aloisio Scolla; Macoris, Delphim da Graça; Plepis, Ana Maria de Guzzi
2008-08-01

Resumo em português Objetivou-se, neste trabalho, avaliar as alterações físico-químicas proporcionadas pelo tratamento de centros tendinosos diafragmáticos homólogos em solução alcalina seguida de liofilização, para implantação na fáscia interna do músculo reto do abdome de eqüinos. As amostras foram tratadas em períodos de 24, 48, 72, 120 e 144 horas, liofilizadas e analisadas quanto à homogeneidade, flexibilidade e resistência à sutura das amostras. Posteriormente foram (mais) caracterizadas por calorimetria exploratória diferencial e microscopia eletrônica de varredura. Para a implantação nos eqüinos, foram utilizadas amostras tratadas por 72 horas seguidas de liofilização, amostras conservadas em glicerina 98% e amostras apenas liofilizadas, que foram retiradas após uma, nove e 18 semanas para avaliar a existência de aderências. Verificou-se que a homogeneidade e a flexibilidade são diretamente proporcionais ao aumento do tempo de tratamento em solução alcalina, enquanto que a resistência é inversamente proporcional ao aumento de tempo, sendo o tratamento por 72 horas intermediário para estas características. A calorimetria exploratória diferencial mostrou que o tratamento não desnatura o colágeno presente nas amostras. Na microscopia eletrônica de varredura, observou-se que o aumento de tempo de tratamento proporciona expansão de zonas menos densas do material. Em relação à formação de aderências, as amostras apenas liofilizadas apresentaram grau máximo na formação da classificação proposta, seguida pelas amostras conservadas em glicerina 98% com grau médio e as amostras tratadas em solução alcalina e liofilizadas, que foram classificadas em grau mínimo. Concluiu-se que o tratamento por 72 horas seria mais apropriado para implantação e que a integração tissular com a parede abdominal foi melhor em relação às amostras apenas liofilizadas e às conservadas em glicerina. Resumo em inglês The objectives in this research were to evaluate physicist-chemistries alterations in equines diaphragmatic tendineous centers implants submitted to alkaline solution and lyophilization treatment. The samples had been treated in alkaline solution for 24, 48, 72, 120 and 144 hours and lyophilized. It was analyzed the homogeneity, flexibility and resistance to the suture. After that, they had been submitted to the differential scanner calorimetry and to the scanner electron (mais) ic microscopy. Samples of 72 hours in alkaline treatment, conserved in glycerin 98% and only lyophilized were implanted in recto abdominis internal fascia of equines. They were removed one, nine and 18 weeks post-implantation to evaluate the existence of tacks. It was verified that the homogeneity and flexibility are directly proportional to the increase of time of treatment in alkaline solution while the resistance is inversely proportional to the time increase, being 72 hour treatment intermediate for these characteristics. The differential scanner calorimetry showed that the treatment do not denature the present collagen in samples. The electronic microscopy showed that the increase of treatment time provides expansion of less dense zones of the material. In relation to the formation of tacks, the samples only lyophilized had presented maximum degree in the proposal classification followed for the conserved in glycerin 98% samples with average degree and the treated in alkaline solution and lyophilized samples had been classified in minimum degree. It was concluded that the treatment for 72 hours would be more appropriate for implantation and that the tissue integration with abdominal wall was better in relation to the samples lyophilized only and to the conserved in glycerin ones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

O papel do tamanho dos poros na biocompatibilidade de duas próteses de polipropileno usadas na retopexia pré-sacra estudo experimental em cães/ The role of different pore sizes in the biocompatibility of two polypropylene meshes used in pre-sacral rectopexy: experimental study in dogs

Greca, Fernando Hintz; Biondo-Simões, Maria de Lourdes Pessole; Santos, Eduardo Antônio Andrade dos; Chin, Eduardo Wei Kin; Stalhschmidt, Fábio Lúcio; Ramos, Eduardo José Brommelstroet; Collaço, Luiz Martins
2000-01-01

Resumo em português A sacropromonto-fixação no tratamento do prolapso retal é freqüentemente realizada através do uso de telas, suturas ou associações destas com ressecções. O objetivo deste trabalho foi comparar a reação da parede retal em contato com duas telas macroporosas de polipropileno, bem como determinar a incorporação de colágeno às telas. Dezoito cães adultos, pesando entre 10 e 15 kg, divididos em 2 grupos de 9 animais, foram submetidos à laparotomia e retopexia (mais) pré-sacra, sendo a tela fixada com pontos de fio monofilamentar de náilon 3.0. No primeiro grupo utilizou-se a tela denominada X (porosidade = 4 mm x 3 mm, espessura = 0,2 mm) e no segundo a tela de Prolene® (porosidade = 164 m x 96 m, espessura = 0,7 mm). No 30º dia de pós-operatório os animais foram sacrificados. A reação tissular foi avaliada macro e microscópicamente. Os parâmetros macroscópicos analisados foram: presença de seroma, hematoma, abscesso, fístula, estenose, aderência e não incorporação da tela. Na avaliação microscópica foram verificados: reação inflamatória, fibrose, presença de células gigantes e infiltração fibroblástica além da incorporação qualitativa e quantitativa de colágeno à tela. Verificou-se que na análise macroscópica e histológica as telas se comportaram de maneira semelhante. Já a densitometria do colágeno revelou maior incorporação de colágeno I (maduro) na tela X, não havendo diferença significante quanto ao colágeno III (imaturo). Concluiu-se não haver diferença de parâmetros macroscópicos, histopatológicos ou de incorporação de colágeno III entre as duas telas. A tela com poros maiores incorporou mais colágeno I e consequentemente mais colágeno total. Resumo em inglês Rectal prolapse is a socially disabling condition afflicting both the young and old individuals. Among the most used surgical procedures are the rectopexies with polypropylene meshes. To compare the biological behavior of two polypropylene, macroporous and monofilament meshes, of different pore size and manufactured with different structural configurations, when fixed on the pre-sacral fascia. Prolene® mesh, a woven mesh with pore size of 164 x 96µ; and T mesh, a non-wo (mais) ven experimental test mesh, with pore size of 4 x 3 mm and pore area 762 times larger than that of Prolene®. Eighteen mongrel dogs, weighing between 8 and 15 kg, were divided in two groups: Prolene® mesh (n=9) and T mesh (n=9). A 4,5 x 2 cm patch of mesh was used to perform the pre-sacral rectopexy by placing nonabsorbable sutures. On the 30th post-operative day, the animals were re-operated and a fragment of the rectal wall including its mesh patch was removed. The macroscopic study evaluated the presence of seroma, hematoma, abscess, fistula, stricture, adhesions and the degree of incorporation of the mesh. The microscopic analysis estimated the inflammatory reaction, foreign body reaction, fibroblastic penetration and the collagen densitometry. One dog of the Prolene® mesh group developed seroma and the mesh was not incorporated. Adhesions were present in all dogs. The other macroscopic parameters were absent in both groups. The microscopic analysis showed lesser inflammatory reaction and higher migration of fibroblasts, attesting the favorable incorporation of the prosthesis. Low foreign body reaction was present, implying satisfactory biological acceptation of the prosthetic material. The densitometry of collagen revealed that the T mesh, with pore area 762 x larger than that of the Prolene® mesh, incorporated a greater amount of total collagen. Whereas the amount of type III or immature collagen was similar in both meshes, the type I or mature collagen was greater in T mesh group. There was no difference between the two groups in macroscopic and histologic studies. Both meshes presented successful incorporation and good biological acceptation. There was a significantly greater incorporation of total collagen and type I (mature) collagen in the T mesh.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Revisão de Anyphaeninae Bertkau a nível de gêneros na Região Neotropical (Araneae, Anyphaenidae)/ Revision of Anyphaeninae Bertkau at genera level in the Neotropical Region (Araneae, Anyphaenidae)

Brescovit, Antonio Domingos
1996-12-01

Resumo em inglês The subfamily Anyphaeninae is revised at genera level in the Neotropical region. Anyphaeninae is diagnosed by the tracheal spiracle approximately in the midway of venter or between the midway of venter and the epigastric groove; retromargin of chelicerae with more than four denticles; and male palp with tegulum basket-like or cup-like, without the basal lightly sclerotized area. The subfamily contais 32 genera, 14 of which are new: Aljassa (type species Teudis annulipes C (mais) aporiacco), Buckupiella (type species B. imperatriz sp.n., from Brazil and Argentina), Hatitia (type species H.yhuaia sp.n., from Peru) Iguarima (type species Anyphaena censoria Keyserling), Ilocomba (type species I. marta sp.n., from Colombia), Italaman (type species I. santamarina sp.n., from Brazil, Colombia and Argentine), Jessica (type species Osoriella osoriana Mello-Leitão), Katissa (type from Jamaica), Otoniela (type species O. adisi sp.n., from Brazil), Pippuhana (type species P. gandu sp.n., from Brazil), Timbuka (type species T. boquete sp.n., from Costa Rica, Panamá and Colômbia), Umuara (type species Clubiona fasciata Blackwall), Xiruana (type species Aysha gracilipes Keyserling). Other new species and the male of Bromelina zuniala are described: Iguarima pichinha and Lepajan edwardsi from Ecuador; Temnida rosário, Umuara pydanieli and U. juquia from Brazil; Umuara junin, Hatitia conchaque from Peru; Ilcomba perija from Colombia. Twelve new synonyms are presenteei: Wuljilopsis keyserlingi soares & Camargo witn W. tenuips (Keyserling); Teudis foliatus Schmidt with Patrera ruber (F.O.P. - Cambridge); Teudis moreirae Mello-Leitão with Teudis angusticeps (Keyserling); Anyphaena rufibarbis Mello-Leitão with Jessica osoriana (Mello-Leitão); Aysha cinereoviítata Mello-Leitão with Iguarima censoria (Keyserling); Teudis bucolicus Chickering with Katissa simplicipalpis (Simon); Gayenna minutissima Petrunkevitch with Lupetíiana mordax (O.P.-Cambridge); Teudis adfabilis (Keyserling) and Teudis leucochlorus Mello-Leitão with Umuara fasciata (Blackwall); Aysha fulviceps Keyserling with Xiruana gracilipes (Keyserling); Aysha mandibularis (Keyserling) with Aljassa subpallida (L. Koch). Seventy new combinations are presented: Wulfilopsis frenata (Keyserling); W. pygmaea (Keyserling); W. tenuipes (Keyserling); W. tripunctata (Mello-Leitão); Patrera apora (Chamberlin); P.armata (Chickering); P.auricoma (L. Koch); P. cita (Keyserling); P. lauta (Chickering); P. longipes (Keyserling); P. procera (Keyserling); P. puta (O.P.-Cambridge); P. ruber (F.O.P.-Cambridge); P. stylifer (F.O.P.-Cambridge); P. virgata (Keyserling); Teudis bicornutus (Tullgren); T. buelowae (Mello-Leitão); T. comstocki (Soares & Camargo); T. morenus (Mello-Leitão); Jessica campesina (Bauab-Vianna); J. glabra (Keyserling); J. goodnight (Soares & Camargo); J. osoriana (Mello-Leitão); J. erythrostoma (Mello- Leitão); J. rubricephala (Mello-Leitão); Iguarima censoria (Keyserling); Katissa delicatula (Banks); K. elegans (Banks); K. lycosoides (Chickering); K. simplicipalpis (Simon); K. zimarae (Reimoser); Otoniella quadrivittata (Simon); Lupettiana mordax (O.P.-Cambridge); L. parvula (Banks); L. perpusilla (Banks); L. spinosa (Bryant); Timbuka bogotensis (L. Koch); T. granadensis (Keyserling); T. larvata (O.P.-Cambridge), T. masseneti (Berland); T.meridiana (L. Koch); Tafana quelchii (pocock); T. silhavyi (Caporiacco); T. straminea (L. Koch); Umuara fascia J(Blackwall); Aysha basilisca (Mello-Leitâo); A. diversicolor (Keyserling); A. heraldica (Mello-Leitão); A. gentilis (Keyserling); A. helvola (Keyserling); A. robusta (Keyserling); A. rubro- maculata (Keyserling); A. striolata (Keyserling); A. subruba (Keyserling); Xiruana affinis (Mello-Leitão); X. gracilipes (Keyserling); X. hirsuta (Mello-Leitão); X. tetraseta (Mello-Leitão); Aljassa annulipes (Caporiacco); A. notata (Keyserling); A. poicila (Chamberlin); A. subpallida(L. Koch); A. venezuelica (Caporiacco); Pippuhana calcar (Bryant); H. donaldi (Chickering); P. unicolor (Keyserling); Hatitia defolonguei (Berland); H. riveti (Berland); H. sericea (L. Koch). Two spedes are revalidated: Sillus dubius (Chickering) and Hatitia defolongli (Berland). Lectotypes and paralectotypes are here designated for eigth species: Anyphaena censoria Keyserling, 1891; A. adfabilis Keyserling, 1891. A simplicipalpis Simon, 1897; Aysha septena Franganillo, 1935; A. cinereovittata Mello-Leitão, 1945; Osoriella osoriana Mello-Leitão, 1922; Teudis sordidus Mello-Leitão, 1941 e Temnida simplex Simon, 1896. A key to 32 genera of Anyphaeninae are provided. Diagnoses, descriptions and illustrations are provided for the genera and species included in this work.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Intoxicação experimental por narasina em bovinos/ Experimental narasin poisoning in cattle

Wouters, Angelica T. B.; Wouters, Flademir; Barros, Claudio S. L.
1997-04-01

Resumo em português Intoxicação por narasina foi induzida pela administração oral da droga a 11 bovinos. Desses, cinco tiveram morte espontânea, um foi sacrificado in extremis e outros cinco apresentaram sinais clínicos da toxicose, mas se recuperaram. Os sinais clínicos iniciaram entre 12 horas e 4 dias após ingestão da narasina e a duração do curso clínico variou de 24 horas até 9 dias. Houve anorexia, redução na intensidade e número de movimentos ruminais, fezes pastosas, (mais) ressequidas ou diarréicas. Os animais apresentavam relutância em movimentar-se, tinham andar incoordenado e rígido, e caminhavam arrastando as pinças dos membros posteriores. Em alguns a mastigação era lenta, com salivação abundante e havia disfagia. A intensidade dos sons cardíacos estava aumentada e, em um caso, ocorreu discreto pulso positivo da jugular. Alguns animais apresentaram depressão, gemidos, dispnéia, respiração abdominal e polidipsia. Em um caso houve mioglobinúria. As principais alterações observadas à necropsia localizavam-se no miocárdio e consistiam de áreas pálidas irregulares focais ou palidez difusa. Sinais de insuficiência cardíaca como edema pulmonar, hidrotórax, edema subcutâneo de declive e sangue coagulado no ventrículo esquerdo foram também observados. Alterações degenerativas representadas por áreas pálidas foram vistas nos músculos esqueléticos de 3 bovinos, mas de forma marcada somente em um. Os músculos mais envolvidos foram masseter, extrínsecos da língua, tensor da fáscia lata, semitendíneo, semimembranáceo, psoas, quadriceps femoris, músculos da face medial da escápula, grande dorsal e gastrocnêmio. A histopatologia consistiu de miopatia e cardiomiopatia degenerativas. Regeneração de miofibras e fibrose foram observadas, respectivamente, nos músculos esqueléticos e no miocárdio. Resumo em inglês Experimental poisoning by narasin was induced in 11 calves through oral administration of the drug. Five calves died, one was killed in extremis and 5 recovered after presenting mild clinical signs of the toxicosis. The onset of clinical signs was 12 hours to 4 days after the administration of the drug and clinical courses lasted from 24 hours to 9 days. Clinical signs were anorexia, decreased intensity and frequency of ruminal movements. Consistency of the feces varied f (mais) rom dry to semiliquid or liquid. Affected calves were reluctant to move, had incoordinated and stiff gait, and dragged the point of the hooves while walking. There was sluggish masticatory movements with drooling of saliva and dysphagia. The intensity of cardiac sounds were increased and, in one case, the jugular was distended and pulsating. Some animals were depressed, presented dyspnea, polydipsia and groanings. One calf presented myoglobinuria. Main necropsy findings were in the myocardium and consisted of focal or diffuse pale irregular areas. Signs of heart failure such as pulmonary edema, hydrotorax and clotted blood in the left ventricle of the heart were also observed. Degenerative lesions characterized by pale areas were seen in the skeletal muscles of three calves, but were marked in only one. Most affected muscles were masseter, extrinsec muscles of the tongue, tensor fasciae latae, semitendinosus, semimembranosus, psoas, quadriceps femoris, infraspinatus and gastrocnemius. Main histopathological changes consisted of degenerative myopathy and cardiomyopathy characterized by vacuolization of myofibers, hyalin and flocular necrosis either associated or not with reparative events. Myofiber regeneration and fibrosis were observed respectively in the skeletal muscles and in the myocardium.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Tratamento cirúrgico da ginecomastia com pedículos lateral e medial/ Surgical treatment of the gynecocomastia with lateral and medial pedicles

Modolin, Miguel; Cintra Júnior, Wilson; Friedhofer, Henri; Baisch, Maurício Beskow; Ferreira, Marcus Castro
1999-06-01

Resumo em português Ginecomastia é o aumento da mama masculina que pode acometer até 65% dos indivíduos deste sexo na fase infanto-puberal, compreendida entre 13 e 16 anos. Tem como principais causas hepatite ou cirrose hepática, carcinoma ou doenças inflamatórias pulmonares crônicas, carcinomas ou disfunções testiculares, tumores glandulares (pituitária, supra-renal), alterações dos níveis séricos de testosterona, síndromes genéticas (síndrome de Klinefelter, p.ex.), uso de (mais) drogas como heroína, maconha ou anabolizantes e hanseníase. Podemos classificar a ginecomastia quanto ao volume, quanto aos tecidos que a compõem (gordurosa ou pseudoginecomastia, glandular e mista), ou quanto ao tratamento necessário para sua correção cirúrgica (pequena, moderada e grave). O tratamento das formas mais graves de ginecomastia é muito diferente daquele aplicado às formas mais suaves, pois nas formas graves, além da ressecção dos tecidos gorduroso e glandular, existe a necessidade de ressecção da pele em excesso e o reposicionamento do complexo aréolo-mamilar. O objetivo deste trabalho é descrever uma técnica cirúrgica específica para estes pacientes portadores de formas graves de ginecomastia, através de dois pedículos dermogordurosos, um lateral e um medial, com aproximadamente 2cm de espessura, mantendo assim a nutrição do complexo aréolo-mamilar. Esses pedículos são delimitados entre as bissetrizes dos quadrantes súpero-lateral e ínfero-lateral, e súpero-medial e ínfero-medial, tendo o mamilo como vértice. Na área de pele excessiva periareolar, obtida através do pinçamento interdigital, é realizada a desepidermização dos pedículos lateral e medial e ressecção de toda pele e tecido celular subcutâneo até a fáscia peitoral nas regiões superior e inferior aos pedículos; a síntese é realizada em dois planos, sendo periareolar a cicatriz resultante. Foram operados com esta técnica vinte pacientes com forma grave de ginecomastia, com média etária de 23,3 anos; sendo seis pacientes da raça negra. O bom posicionamento do complexo aréolo-mamilar e uma cicatriz periareolar resultante, bem como a retirada de conteúdo suficiente, foram as principais vantagens observadas. Como complicações, tivemos assimetria das placas aréolo-mamilares em dois casos, nos quais havia acentuada diferença entre os dois lados na avaliação pré-operatória; cicatrização hipertrófica em um paciente da raça negra, cuja cicatriz foi atenuada com injeções intracicatriciais de triancinolona; necrose parcial de aréola em um caso, cuja ferida cicatrizou por segunda intenção, dispensando qualquer tratamento local posterior; deiscência de sutura periareolar em um caso, no qual foi feita a ressutura, com bom resultado, e quatro pacientes apresentaram coleção sero-hemática subcutânea, que foram drenadas e não apresentaram recidiva. Resumo em inglês Gynecomastia is the growth of the male breast and it can appear in 65% of the patients between I3 and I6 years old. The most common causes are hepatitis or liver cirrosis, lung carcinoma or chronic inflammatory lung disease, testicular disfunction or carcinoma, endocrinologic tumors (pituitary or adrenal glands), alterations of the serum leves of testosterone, genetic syndromes (Klinefelter Syndrome, p.ex.), drug abuse (heroine, marijuana or anabolic steroids) and Hansen (mais) Disease. It can be classified according its volume, to the tissues that are enlarged (fat, glandular or both) or to the surgical treatment that is required (small, moderate or severe). The treatment of the larger forms of gynecomastia is very different from that of the less severe forms. In the larger forms, beside the need of ressection of the glandular and/or fat tissues, the surgeon may have to ressec redundant skin and reposition the nipple-areola complex. This paper describes a specific surgical technique for this situation, by using two flaps based on lateral and medial pedicles, with 2cm thickness, that maintain the nutrition of the flaps. The pedicles are limited by dividing the four quadrants of the gynecosmastia with 45 degrees lines, using the nipple as the central point. The epidermis of the redundant skin area seen by the pinch test is then ressected, and the two-layer suture is made. The final scar is periareolar. Twenty patients with severe forms of gynecomastia underwent this surgical procedure. The mean age of 23,3 years old, and six patients had dark skin. The good positioning of the nipple-areola complex and a periareolar scar were the goals. The complications were: assimetry of the nipple-areola complex in two cases, both having severe assimetry on the pre-operative evaluation; one patient with dark skin had a hypertrophic scar; that was treated with intra-lesional applications of triancinolone; partial necroses of the areola occurred in one case, which led to secondary healing with good results; one case of dehiscence of the periareolar suture was observed, which was sutured again, with no further problems. Additionally, four patients had hemato-serous fluid collection, that resolved completely after percutaneous drainage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Sulfato de condroitina e hialuronato de sódio no tratamento da doença articular degenerativa em cães: estudo histológico da cartilagem articular e membrana sinovial/ Chondroitin sulfate and sodium hyaluronate in the treatment of the degenerative joint disease in dogs: histological features of articular cartilage and synovium

Melo, E.G.; Nunes, V.A.; Rezende, C.M.F.; Gomes, M.G.; Malm, C.; Gheller, V.A.
2008-02-01

Resumo em português Quinze cães, sem raça definida, de ambos os sexos, de peso entre 18 e 25kg, foram submetidos à secção artroscópica do ligamento cruzado cranial (LCCr) para indução da doença articular degenerativa (DAD). Após três semanas de instabilidade articular, o LCCr foi substituído pela fáscia lata segundo a técnica de Schwalder (1989) e os animais foram distribuídos em três grupos de cinco. Os animais do grupo I, controle, não receberam tratamento medicamentoso; o (mais) s do grupo II, 24mg/animal de sulfato de condroitina, por via IM, de cinco em cinco dias, totalizando seis aplicações; e os do grupo III foram tratados com hialuronato de sódio na dose de 20mg/animal, por via IV, de cinco em cinco dias num total de três administrações. Ao final de 90 dias, os animais foram eutanasiados e procedeu-se à colheita e ao processamento histológico da membrana sinovial e da cartilagem articular para avaliações morfológica e morfométrica. No grupo I foram observadas alterações degenerativas de DAD mais acentuadas que nos demais grupos, como redução do número de condrócitos, presença de pânus, fibrilações, fissuras, erosões e irregularidades na superfície articular. No grupo II observou-se elevação do número de condrócitos com aumento da atividade de síntese da matriz e redução das lesões na superfície da cartilagem. No grupo III houve aumento do número de condrócitos que eram, muitas vezes, morfologicamente inviáveis. Todos os grupos apresentaram proliferação da membrana sinovial e presença de infiltrado linfoplasmocitário na subíntima e na perivascular. Nos grupos I e III, a proliferação da membrana sinovial era exuberante com formação de pânus, presença de sinoviócitos achatados ou ausência de sinóvia com tecido de granulação. Os resultados sugerem que o sulfato de condroitina estimulou a cartilagem articular, diminuindo ou retardando as alterações da DAD e o hialuronato de sódio não interferiu no processo degenerativo da cartilagem articular. Não foi constatada ação favorável das drogas na membrana sinovial. Resumo em inglês Fifteen mongrel dogs, both genders, weighting from 18 to 25kg were used and Degenerative Joint Disease (DJD) was induced through cranial cruciate ligament (CCrL) artroscopical section. After three weeks, CCrL was reconstructed by Schawalder's (1989) technique. Then, dogs were distributed in three groups and the following protocols were used: group I, control, no other treatment but the CCrL reconstruction; group II received chondroitin sulfate 24mg per animal every fi (mais) ve days, intramuscularly, in a total of six injections; and group III received sodium hyaluronate 20mg per animal every five days, intravenously, in a total of three injections. Clinical observation was done until 90 days after treatments. By that time, the articular cartilage and synovium were collected and their morphology was evaluated. In group I, the degenerative alterations of the DJD were the most intense. Thus, decrease of chondrocytes number, pannus, fibrillations, grooves, erosion, and irregular articular surface were observed on the cartilage. In group II, raise of chondrocytes number was observed, with increase of synthesis activity of matrix and decrease of lesions on the articular surface. There was an increase of chondrocytes in group III, but the cells were morphologically unviable. All the groups showed proliferation of the synovial membrane, with limpho-plasma cells infiltrated in subintim and perivascular. In groups I and III, the proliferation of synovium was abundant, with formation of pannus, flattened synoviocytes or synovium absent with granulation tissue. Those results suggest that the chondroitin sulfate stimulated the articular cartilage; decreasing or delaying the alterations of DJD, as well as, the sodium hyaluronate did not interfere on degenerative process in articular cartilage. No favorable action of these drugs in the synovial membrane was verified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Osteossarcoma extra-esquelético primário da região frontal/ Extraskeletal primary osteosarcoma of the frontal region

Lima, M.A.; Rivas, L.G.; Grecco, M.A.S.; Drumond, J.M.N.
1998-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Osteossarcoma extra-esquelético (OSEE) primário de partes moles da cabeça é raro e não há, ao que nos parece, relato dele originando na região frontal. MÉTODOS: Homem de 78 anos, italiano, com história de tumoração em partes moles de região frontal há um mês. Tomografia computadorizada mostrou massa de densidade irregular ocupando tecido celular subcutâneo e fáscia. Nenhum tumor ósseo foi encontrado. A tumoração foi completamente ressecada, me (mais) dia 0,8x0,6x0,5cm, e a superfície de corte era sólida. Diagnosticou-se osteossarcoma osteoblástico extra-esquelético. A neoplasia recorreu quatro meses após o diagnóstico e foi novamente ressecado. O paciente foi submetido também a radioterapia de baixa penetração, e nove meses depois da primeira biópsia tinha sintomas em decorrência da infiltração neoplásica na base do crânio. O óbito ocorreu dez meses após a primeira biópsia. CONCLUSÃO: Os autores descrevem o primeiro caso de OSEE da região frontal sem uma condição preexistente ou história de irradiação. Resumo em inglês BACKGROUND: Extraskeletal osteosarcoma (ESOS) in the head as a primary site has seldom been re-ported and none in the frontal region. METHODS: A 78-year-old Italian man presented with one month history of a frontal soft tissue mass. A CT scan showed a mass of uneven density occupying the subcutaneous soft tissue and involving fascial planes. No primary bone tumor was found. The entire mass was excised. The mass was solid measuring 0.8 x 0.6 x 0.5cm. Extraskeletal osteobla (mais) stic osteosarcoma was diagnosed by ligh microscopy. The tumor recurred four months after the diagnosis. The tumor was again ressected. The patient was also submitted to low penetration radiation therapy. Nine months after the first biopsy the patient had symptoms due to infiltration to the base of the cranium. He died 10 months after the first biopsy. CONCLUSIONS: The first case with ESOS of the frontal region without a pre-existing condition or a history of irradiation is described.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

O centro instantâneo de movimento e vetor velocidade em joelhos submetidos a incisuroplastia troclear e estabilização articular após transecção do ligamento cruzado cranial em cães/ Instantaneous center of motion and velocity vector in stifle of dogs undergoing intercondylar notchplasty and articular repair following transection of the cranial cruciate ligament

Selmi, André Luis; Padilha Filho, João Guilherme; Lins, Bruno Testoni; Mendes, Guilherme Maia; Eimantas, Gisleine Cristina
2007-06-01

Resumo em português Avaliou-se o centro instantâneo de movimento e vetor velocidade após a transecção do ligamento cruzado cranial (LCCr), seguida da substituição ligamentar por retalho de fáscia lata, associada ou não a incisuroplastia troclear (ITR) em nove cães adultos. O joelho direito (GI) foi submetido a ITR e posterior estabilização articular, e o joelho esquerdo submetido somente a substituição ligamentar (GC). Os animais foram avaliados nos períodos pré-operatório, p (mais) ós-operatório imediato e aos 30, 90 e 180 de pós-operatório, correspondente ao momento de eutanásia de subgrupos de três animais. O centro instantâneo de movimento (CIM) e o vetor velocidade (Vv) resultante foram determinados por meio do deslocamento de pontos a partir da análise radiográfica dos joelhos. Todas as articulações apresentavam CIM e Vv normais antes da transecção do ligamento cruzado cranial. Após a estabilização articular, acompanhada ou não de ITR, observou-se o posicionamento normal do CIM e Vv resultante, em todos os períodos de avaliação, apesar da presença de movimento de gaveta em três animais de GC e dois de GI no pós-operatório imediato, em dois animais de cada grupo, aos 30 dias de avaliação, e em um animal em cada grupo nas avaliações subseqüentes. Conclui-se que a estabilização articular com retalho de fáscia lata, associada ou não a ITR, mantém a integridade biomecânica do joelho, quando considerados o CIM e o Vv. Resumo em inglês The instantaneous center of motion (ICM) and velocity vector (Vv), after transection of the cranial cruciate ligament (CCL) followed by a fascial strip reconstruction in association with intercondylar notchplasty (IN), were studied in nine adult dogs. The right stifle was submitted to IN followed by fascial strip reconstruction of the CCL (GI) while in the left stifle IN was not performed (GC). Dogs were evaluated the day prior to surgery, immediately after surgery and at (mais) 30, 90 and 180 days postoperatively (po), time at which a subgroup of three dogs were euthanatized. The ICM and resulting Vv were determined by radiographic examination of the stifle. All the stifles presented normally positioned ICM and Vv before surgery. No changes were observed in ICM or Vv in all stifles following intra-articular repair, in association or not with IN, throughout the evaluation period, despite the fact that three dogs in GC and two in GI presented a positive cranial drawer sign immediately following surgery, two dogs in GC and GI at 30 days po, and one single dog in each group thereafter until 180 days po. It is concluded that articular repair, in association with IN or not, did not alter stifle biomechanics, in respect to ICM and Vv.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Incisuroplastia troclear e estabilização articular após transecção do ligamento cruzado cranial: Estudo clínico e radiográfico em cães/ Intercondylar notchplasty and fascial strip repair following transection of the cranial cruciate ligament: Clinical and radiographic aspects in the dog

Selmi, André Luis; Padilha Filho, João Guilherme; Lins, Bruno Testoni; Mendes, Guilherme Maia; Eimantas, Gisleine Cristina
2007-10-01

Resumo em português Avaliaram-se as alterações clínicas e radiográficas em nove cães adultos, após a transecção do ligamento cruzado cranial (LCCr) seguida da substituição ligamentar por retalho de fáscia lata, associada ou não à incisuroplastia troclear (ITR). O joelho direito (GI) foi submetido à ITR e posterior estabilização articular, e o esquerdo somente à substituição ligamentar (GC). Os animais foram avaliados nos períodos pré-operatório, pós-operatório (po) im (mais) ediato e aos 30, 90 e 180 dias de po, período coincidente com o momento de eutanásia de subgrupos de três cães. A instabilidade articular e o grau de claudicação diminuíram significativamente durante o período de avaliação, apesar da instabilidade persistir durante a flexão articular. Observou-se decréscimo significativo do perímetro muscular da coxa aos 30 e 90 dias p.o. em ambos os grupos. Não foram evidenciadas alterações nos graus de extensão e flexão articulares, na rotação interna da tíbia, na amplitude de movimento articular ou de doença articular degenerativa (DAD) durante o período de avaliação em ambos os grupos. Conclui-se que a ITR, associada à técnica de estabilização articular, não produz alterações em nenhuma das variáveis estudadas em cães, quando comparada à estabilização intra-articular, isoladamente. Resumo em inglês Clinical and radiographic changes associated with intercondylar notchplasty (IN) after transection of the cranial cruciate ligament (CCL) followed by a fascial strip reconstruction were studied in nine adult dogs. The right stifle was submitted to IN followed by fascial strip reconstruction of the CCL (GI) while in the left IN was not performed (GC). Dogs were evaluated the day prior to surgery, on the immediate postoperative day and at 30, 90 and 180 days after surgery, (mais) time at which a subgroup of three dogs were euthanatized. Instability and lameness significantly decreased throughout the evaluation period, although instability was observed during flexion. There was a significant decrease in muscle perimeter at 30 and 90 days po in both groups. Changes in degree of extension, flexion, internal rotation of the tibia, range of motion, or DAD were not observed throughout the evaluation period in any group. It is concluded that IN, followed by a fascial strip reconstruction of the CCL does not cause any change in the variables studied in dogs, when compared to a fascial strip reconstruction alone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Emprego do saco herniário no reforço parietal nas hérnias inguinais indiretas do adulto/ Repair of inguinal indirect hernia using the hernial sac in reinforcement wall of adult

Souza, Pedro Lúcio de; Silva, Alcino Lázaro da
1998-06-01

Resumo em português O estudo prospectivo de oitenta pacientes com hérnia inguinal indireta primária teve como objetivo determinar as possíveis vantagens e desvantagens do uso do saco herniário próprio como um reforço adicional da fáscia transversal e do anel interno, no reparo cirúrgico da hérnia inguinal indireta, num período de acompanhamento de 24 meses após a operação. Todos os pacientes eram do sexo masculino, na faixa etária de 18 a 65 anos, com o diâmetro do anel inguin (mais) al variando de 1,0cm a 3,5cm, correspondente ao tipo 2 da classificação de Nyhus para hérnias ínguino-femorais. Foram divididos em dois grupos de quarenta cada e operados pelo mesmo cirurgião, de março de 1993 a março de 1995. No grupo A, o reforço parietal posterior foi feito pela sutura do arco do transverso ao ligamento iliopúbico. No grupo B, acrescentou-se o saco herniário próprio, aberto e livre, fixado sobre o citado reforço às estruturas músculo-aponeuróticas do triângulo inguinal. A preparação e sutura do saco herniário foi de fácil execução, acrescentando um tempo médio de nove minutos à operação. Na comparação entre os grupos A e B, os testes estatísticos demonstraram não haver diferença significativa entre as médias de idade, peso, altura e de diâmetro do anel inguinal interno. As complicações pós-operatórias foram semelhantes nos dois grupos, sendo estas de fácil resolução. A diferença na recidiva precoce de dois casos (5%) no grupo A para um caso (2,5%) no grupo B não é estatisticamente significativa. No exame histopatológico dos sacos herniários, verificou-se que suas paredes constituem-se de tecido conjuntivo, vasos sangüíneos, células adiposas e, em 25% dos casos, de fibras musculares lisas. Na reoperação do paciente número 12, do grupo B, observou-se que o saco herniário suturado, há 19 meses na região inguinal, apresentava-se como uma camada espessa e resistente, firmemente aderida à fáscia transversal. A proposta de utilização do saco herniário, como um reforço da hérnia inguinal, mostrou-se um recurso de fácil e rápida execução, com custo operacional baixo, não expondo o paciente ao aumento do número de complicações. Resumo em inglês This prospective study reports 80 repairs of inguinal indirect hernias of groin. All patients were men, 18-65 years old, with internal inguinal ring ranging from 1cm to 3.5cm in diameter, corresponding to type 2 in Nyhus'classification of inguinal- femoral hernias. The objective was to investigate the probable advantages of using the hernial sac as an additional reinforcement, together with the usual, of posterior wall of the inguinal canal. The internal ring was encircle (mais) d by a sling from the hernial sac graft. The patients were divided into two groups. In both groups, the statistical texts showed no siginificant diferences between averages of age, weight and height of the patients and between diameter of infernal ring. In the group A, the reinforcement was made by means of the iliopubic tract repair. In the group B, the hernial sac was applied as a reinforcing patch. the graft would then fit snugly against the cord to form a new internal ring. This technique is easy and spends, in average, nine minutes. Hernial sac is a tissue constituted predominantly of conjunctive fibers, fatty cels, blood vessels and straight muscular fibers until 25% of the cases. In the only patient who underwent reoperation, the graft was found to be transformed into a thick fibrous tissue barrier at the floor of the inguinal canal. After a 24-month follow-up, the author concluded that hernioplasty using the hernial sac in repair of inguinal indirect hernia offers a simplified, rapid and inexpensive solution. In addition, the operative means do not cause increase of post-operative complications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)