Sample records for evacuation
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Valor do gradiente de pressão retal e anal na evacuação em megacólon adquirido/ Rectal and anal pressure variation during defecation in patients with acquired megacolon

Fang, Chia Bin; Klug, Wilmar Artur; Aguida, Helly Angela Caram; Ortiz, Jorge Alberto; Capelhuchnik, Peretz
2007-09-01

Resumo em português O megacólon resulta de lesão extensa dos plexos mioentéricos, a qual se traduz por incoordenação motora do cólon com inércia funcional e acalasia do esfíncter anal. Disso resulta duplo distúrbio, em que à dificuldade motora agrega-se o obstáculo para evacuar. Para que haja eliminação fecal é necessário que a pressão retal ultrapasse a anal, havendo um gradiente reto-anal. O objetivo do trabalho foi avaliar este gradiente em 29 pacientes portadores de megac (mais) ólon, em que as pressões retais e anais foram medidas ao evacuar, comparadas com pessoas normais. Os resultados mostraram que havia pressão retal em centímetros de água aumentada em homens (72,2 ± 29,1) e mulheres (64,5 ± 20,1), superando as respectivas pressões anais de evacuação (66,4 ± 23,2 e 62,1 ± 28,7). As pressões de evacuação, por sua vez, eram muito maiores que as do grupo controle. Isto permitiu concluir haver uma reação adaptativa com maior esforço muscular para evacuar, a fim de superar o obstáculo da acalasia. Resumo em inglês Megacolon is the result of an extensive lesion of the mioenteric plexus, with lack of motor coordination and achalasia of the anal sphincter. The motility disorder caused by the muscle contraction problems added to a mechanical obstacle results cause constipation. The defecation rectal pressure increases and reaches its peak with the start of fecal flow, exceeding the anal pressure. The objective of this work was to assess the ratio of rectal / anal pressure on 29 megacol (mais) on sufferers, compared to normal subjects. Results have shown that defecation rectal pressure was higher than expected for both men (72,2 ± 29,1 cm water) and women (64,5 ± 20,1 cm water) exceeding the defecation anal pressure (66,4 ± 23,2 and 62,1 ± 28,7 cm water, for men and women, respectively). The defecation pressures were much higher than those of the control group, what led to the conclusion that as an adaptive reaction, muscular effort increases to make evacuation possible.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Prevalência e fatores associados à constipação intestinal em mulheres na pós-menopausa/ Prevalence and factors associated with intestinal constipation in postmenopausal women

Oliveira, Simone Caetano Morale de; Pinto-Neto, Aarão Mendes; Góes, Juvenal Ricardo Navarro; Conde, Délio Marques; Santos-Sá, Danielle; Costa-Paiva, Lúcia
2005-03-01

Resumo em português RACIONAL: A constipação intestinal é mais freqüente na população feminina, apresentando aumento da prevalência com o passar dos anos. Existem poucos estudos que estimaram sua prevalência em mulheres na pós-menopausa. OBJETIVO: Investigar a prevalência e os fatores associados à constipação intestinal em mulheres na pós-menopausa. PACIENTES E MÉTODOS: Estudo de corte transversal com mulheres na pós-menopausa e idade superior a 45 anos. Foram incluídas 100 m (mais) ulheres atendidas no Ambulatório de Menopausa da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, entre março de 2003 e janeiro de 2004. Avaliou-se a prevalência de constipação intestinal, segundo os critérios de Roma II. Foram estudadas as características sociodemográficas e clínicas. A seguir, realizou-se exame físico para avaliação de distopias genitais e do tônus do esfíncter anal. A análise estatística foi realizada por meio de média, desvio-padrão, mediana, freqüências relativas e absolutas e através da razão de prevalência com intervalo de confiança de 95% e regressão logística múltipla. RESULTADOS A média etária das participantes foi de 58,9 ± 5,9 anos, com média de idade à menopausa de 47,5 ± 5,4 anos. A prevalência de constipação intestinal foi de 37%, sendo o sintoma mais freqüente o esforço ao evacuar (91,9%), seguido da sensação de evacuação incompleta (83,8%), fezes endurecidas ou fragmentadas (81,1%), menos que três evacuações por semana (62,2%), sensação de obstrução à evacuação (62,2%) e manobras digitais para facilitar a evacuação (45,9%). A análise bivariada mostrou como fatores associados à constipação o tônus do esfíncter anal diminuído e o antecedente de cirurgia perianal. Após análise de regressão múltipla, o antecedente de cirurgia perianal associou-se significativamente à constipação intestinal (razão de prevalência: 2,68; intervalo de confiança 95%: 1,18-6,11). CONCLUSÕES: A prevalência de constipação intestinal em mulheres na pós-menopausa foi alta. O antecedente de cirurgia perianal associou-se significativamente à constipação intestinal, mesmo quando se considerou a influência de outras variáveis. Resumo em inglês BACKGROUND: Constipation occurs more frequently in the female population and it becomes more prevalent with increasing age. There are few studies that have assessed the prevalence of constipation in postmenopausal women. AIM: To investigate the prevalence and factors associated with constipation in postmenopausal women. PATIENTS AND METHODS: A cross-sectional study of postmenopausal women aged over 45 years was conducted. It included 100 women who sought medical attention (mais) at the Menopause Outpatient Facility at the State University of Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, Brazil, between March, 2003 and January, 2004. The prevalence of constipation was assessed according to the Rome II criteria. Sociodemographic and clinical features of these patients were studied. Physical examinations were performed to evaluate genital dystopias and anal sphincter tone. Statistical analysis was performed by using the mean, standard deviation, median, relative and absolute frequencies and by using the prevalence ratio with a 95% confidence interval and multiple logistic regression. RESULTS: The mean age of the participants was 58.9 ± 5.9 years and the mean age was 47.5 ± 5.4 years at menopause. The prevalence of constipation was 37%, the most common symptom being excessive straining when defecating (91.9%), followed by a feeling of incomplete evacuation (83.8%), hard or lumpy stools (81.1%), less than three bowel movements per week (62.2%), sensation of anorectal obstruction during defecation (62.2%) and digital maneuvers to facilitate defecation (45.9%). Bivariate analysis showed that anal sphincter tone and the history of perianal surgery were factors associated with constipation. After applying multiple regression analysis, the history of perianal surgery was significantly associated with constipation (prevalence ratio: 2.68; 95% confidence interval: 1.18-6.11). CONCLUSIONS: The prevalence of constipation in postmenopausal women was high. The history of perianal surgery was significantly associated with constipation, even when the influence of other variables were taken into consideration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Ecodefecografia tridimensional dinâmica: nova técnica para avaliação da Síndrome da Defecação Obstruída (SDO)

Murad-Regadas, Sthela Maria; Regadas, Francisco Sérgio Pinheiro; Rodrigues, Lusmar Vera; Escalante, Rodrigo Dorsfeld; Silva, Flavio R.S.; Lima, Doryane M.R.; Soares, Fábio Alves; Barreto, Rosilma Gorete Lima; Regadas Filho, Francisco Sergio Pinheiro
2006-06-01

Resumo em português O objetivo deste estudo é apresentar novas técnicas para avaliação da SDO, utilizando a ultra-sonografia endorretal tridimensional dinâmica e comparando os resultados com a defecografia. Foram incluídas neste estudo 25 mulheres adultas, distribuídas em dois grupos. Grupo I: 15 mulheres normais, idade média de 52,4 anos (23-76) e todas se submeteram ao exame proctológico completo e à ultra-sonografia anorretal tri-dimensional dinâmica para se estabelecer os padr (mais) ões de normalidade do canal anal e reto. Grupo II: 10 pacientes mulheres com evacuação obstruída, idade média de 47,8 anos (33 a 65 anos), apresentando como principais sintomas a sensação de evacuação incompleta, disquezia e digitação vaginal ou perineal. Submeteram-se a exame proctológico completo, seguindo-se defecografia e posteriormente ecodefecografia por dois examinadores que desconheciam o resultado do exame anterior. A ecodefecografia dinâmica foi realizada com um equipamento B-K Medical®, sonda 360º, tipo 2050, com escaneamento automático durante 50 segundos com 6 cm de extensão. O tamanho médio do ângulo formado pelo músculo PR no repouso foi 87,13º (variação 78,9 - 90,8°) (± 1,01) e no esforço evacuatório 99,22º (variação 84,9 - 114,5°) (± 1,84) nas mulheres normais (grupo I). Houve elevação do ângulo em todas as pacientes normais, significando relaxamento normal do PR durante o esforço evacuatório. Com relação à avaliação da anoretocele, a parede posterior da vagina se manteve na posição horizontal durante todo o esforço evacuatório, exceto nas portadoras de anoretocele. Foram diagnosticadas anoretocele (grau I = 1, grau II = 5, grau III = 4) em todas as pacientes do grupo II pelo exame clínico e defecografia. Todos os casos foram confirmados pela ecodefecografia. A partir destes resultados, foram estabelecidos os valores para classificar a anorectocele de acordo com a ecodefecografia (grau I - distância entre as posições da parede vaginal até 5,0mm, grau II de 6,0 a 12,0mm, grau III além de 12,0mm). Foi identificado anismus em uma paciente com anoretocele grau II e em outra com grau III na defecografia e confirmado na ecodefecografia pela redução no ângulo formado pelo PR ao comparar as posições em repouso e durante o esforço evacuatório. A defecografia demonstrou também quatro casos de intussuscepção enquanto a ecodefecografia confirmou estes casos e identificou dois outros. Em conclusão, a ecodefecografia pode ser utilizada como um método alternativo para o diagnóstico da SDO, pois identifica e quantifica todas as disfunções anorretais responsáveis pela evacuação obstruída. Apresenta também a grande vantagem de avaliar os distúrbios da continência, identificando lesões esfincterianas, mesmo ocultas. É minimamente invasivo, bem tolerado, baixo custo, não expondo o paciente à radiação e demonstrando com precisão todas as estruturas anatômicas envolvidas com a defecação. Resumo em inglês The aim of the present study is to show novel techniques to evaluate the ODS using dynamic three-dimensional endorectal ultrasound and comparing the results with defecography. Twenty-five adult women were included and distributed in two groups. Group I: Fifteen normal women, mean age 52,4 years old (range 23-76) submitted to full proctologic exam and dynamic 3D anorectal ultrasonography to establish the normal patterns of the rectum and anal canal. Group II: Ten female pa (mais) tients complaining of obstructed defecation, mean age 47,8 years old (33 a 65). The main symptoms were incomplete evacuation, disquezia and vaginal or perineal digitation. They were submitted to full proctologic evaluation, followed by defecography and lastly echodefecography by two examiners without knowing the defecography results. The dynamic echodefecography was performed using B-K Medical® equipment, 360º endoprobe, type 2050, with automatic scan during 50 seconds. The mean angle size formed by the PR at rest position (group I) was 87,13º (range 78,9 - 90,8°) (± 1,01) and 99,22º (range 84,9 - 114,5°) (± 1,84) during evacuatory effort.. It was observed that the angle size increased in all normal women, demonstrating PR relaxation during the evacuatory effort. Concerning to anorectocele evaluation, the posterior vagina wall was kept at horizontal position during the evacuatory effort, except in patients with anorectocele. All patients from group II had anorectocele ( grade I = 1, grade II = 5, grade III = 4) demonstrated at clinical and defecography evaluation. All cases were also confirmed by echodefecography. Based on such results, it was established the reference parameters to classify anorectocele according to echodefecography. (grade I - distance of the vaginal wall positions until 5,0mm, grade II from 6,0 to 12,0mm, grade III above 12,0mm). Defecography identified anismus in one patient with anorectocele grade II and in another with grade III and both were confirmed at echodefecography by decreasing the PR angle when compared the resting with straining positions. Defecography showed also four cases of rectal intussusceptions while echodefecography confirmed such findings and identified two other cases. In conclusion, echodefecography can be used as an alternative method to assess patients with ODS because it identifies and quantifies all the anorectal dysfunctions associated with the obstructed defecation, with the advantage to evaluate also the continence disturbances, identifying sphincter injuries. It's minimally invasive, well tolerated, low cost, no radiation exposure and demonstrates precisely all the anatomic structures involved with defecation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Retocele posterior em paciente do sexo masculino: qual o significado/ Posterior rectocele in a male patient: what does it mean?

Campos, Marcos Soares; Lima, Marcílio José Rodrigues; Lacerda-Filho, Antônio
2008-12-01

Resumo em português A retocele é uma projeção sacular anormal da parede retal, de etiologia multifatorial e uma causa muito significativa de sintomas anorretais como plenitude retal, sensação de peso anal durante a defecação, evacuação incompleta e dor retoanal. Muito tem se discutido sobre retoceles em mulheres, mas poucas publicações têm mencionado a presença de retocele em pacientes do sexo masculino e somente um artigo discute os detalhes da retocele em homens com distúrbio (mais) s de defecação. A retocele posterior em homens, em especial, é uma disfunção incomum e possivelmente apresenta como causas a constipação intestinal, o esforço evacuatório longo e excessivo, a síndrome do descenso perineal, a fraqueza do assoalho pélvico e a contração paradoxal do músculo puborretal. É apresentado o caso de um paciente com história de dor anorretal crônica e defecação obstruída associadas à retocele posterior, doença hemorroidária, prolapso e intussuscepção retal. Resumo em inglês Rectocele is an abnormal sac-like projection of the rectum wall with multiple etiologies and an important cause of anorectal symptoms like rectoanal weight sensation during evacuation, incomplete evacuation and anorectal pain. Many reports have discussed rectoceles in women, but few have mentioned rectoceles in male patients and only one report has discussed the details of rectoceles in men with defecation disorders. Posterior rectocele in men, in particular, is an unusua (mais) l disturb and possible causes are intestinal constipation, long and excessive straining, descending perineum syndrome, weakness of the pelvic floor and puborectalis muscle syndrome. We report a case of a male patient with chronic anorectal pain and outlet obstruction associated with posterior rectocele, hemorrhoidal disease, rectal mucous prolapse and intussusception.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Constipação na gravidez/ Constipation in pregnancy

Kawaguti, Fabio Shiguehissa; Klug, Wilmar Artur; Fang, Chia Bin; Ortiz, Jorge Alberto; Capelhucnick, Peretz
2008-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Constipação na gravidez é sintoma comum, mas para seu diagnóstico são necessários dois ou mais sintomas persistentes, como ritmo intestinal mais lento, dificuldade para evacuar, fezes endurecidas ou sensação de evacuação incompleta. Existem múltiplos fatores envolvidos, hormonais, sedentarismo, ingestão de fibras ou líquidos, uso de medicamentos, etc. OBJETIVO DO ESTUDO: analisar a incidência de constipação em 41 gestantes sadias do Ambulató (mais) rio de Obstetrícia da Santa Casa de São Paulo. MÉTODO: a pesquisa se fez através do preenchimento de um questionário sobre ritmo intestinal, hábitos de vida, sintomas digestivos antes e após a gravidez. RESULTADOS: observamos que constipação incidiu em 27,6% daquelas que não sofriam sintomas pregressos. CONCLUSÃO: a incidência de constipação na gestação é menor que o usualmente estimado, começa no início da gravidez, e devido ao baixo índice encontrado não há razão para uso indiscriminado de laxativos. Resumo em inglês BACKGROUND: constipation is a common problem during pregnancy, but for a definitive diagnosis, symptoms such as low motility, defecation difficulties, hard feces and incompletet evacuation should be evaluated. There are a number of factors involved, including hormones, physical activity, water and fiber intake, medication, etc. OBJECTIVE: the objective of the present study was to analyse the occurence of constipation in 41 normal pregnant women from the Ambulatory of Obst (mais) etrics and Gynecology Department at Santa Casa Hospital in São Paulo. METHOD: the patients filled a questionnaire with questions related to the frequency of stools, personal habits, symptoms and any other related conditions, before and after pregnancy. RESULTS: the overall incidence of constipation was 27.6%, excluding the subjects with previous history. CONCLUSION: we concluded that the incidence of constipation is lower than expected and generally occurs since the beginning of pregnancy. There seems to be no reason for the prescription of laxatives in most cases in pregnancy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Videodefecografia: aspectos técnicos atuais/ Defecography: current technical issues

Sobrado, Carlos Walter; Pires, Carlos Eduardo Fonseca; Amaro, Edson; Cerri, Giovanni Guido; Habr-Gama, Angelita; Kiss, Desidério Roberto
2004-08-01

Resumo em português A defecografia é exame de imagem valioso no estudo da fisiologia anorretal e, portanto, com extensa aplicação na avaliação e diagnóstico de diversas afecções coloproctológicas que cursam com sintomas de constipação, sensação de evacuação incompleta, incontinência fecal, dor pélvica obscura, proctalgia e tenesmo, entre outras. Além disso, em algumas situações após cirurgia anorretocólica, pode ser utilizada como método de avaliação do resultado e a (mais) companhamento pós-operatório. Nas últimas décadas tem-se observado aumento do interesse da comunidade médica pelo exame, em parte, pelo melhor entendimento da fisiopatologia dos distúrbios colorretais e, também, pelo aprimoramento da técnica, como é o exemplo da videodefecografia dinâmica computadorizada, que permitiu maior difusão e melhora na qualidade do exame. Diversos aspectos da defecografia são discutidos neste artigo, desde indicações para o exame, metodologia, até interpretação dos resultados. A técnica do exame, incluindo princípios básicos e os avanços mais recentes, também foi abordada. Resumo em inglês Defecography is a valuable imaging method to assess changes within the pelvis and rectum during evacuation. Therefore, it has been extensively used to evaluate colorectal complaints such as constipation, dyschezia, faecal incontinence, interrupted defecation, anorectal pain and others. Furthermore, the technique can be used to evaluate the postoperative results and follow-up. In the last years, physicians' interest in this examination has greatly increased, in part due to (mais) the better understanding of the pathophysiology of colorectal disorders and also to the advances of the technique (e.g. computerized dynamic videodefecography extended the access to the test reducing radiation and improving the image quality). We discuss several aspects of defecography including the indications for the test and the methodology and interpretation of the results. The technique, including the basic principles and advances, are also discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Ovário-histerectomia: estudo experimental comparativo entre as abordagens laparoscópica e aberta na espécie canina. II- Evolução clínica pós-operatória/ Ovariohysterectomy: experimental and comparative study between laparoscopic and conventional approaches. II- Post-operative clinical evolution

Malm, C.; Savassi-Rocha, P.R.; Gheller, V.A.; Oliveira, H.P.; Lamounier, A.R.; Foltynek, V.
2005-09-01

Resumo em português Avaliou-se a evolução clínica pós-operatória de 30 cadelas sem raça definida, durante sete dias, aleatoriamente distribuídas em dois grupos de 15 animais, submetidas à ovário-histerectomia (OVH) pelas abordagens laparoscópica (grupo I) e aberta (grupo II). Avaliaram-se os parâmetros de comportamento, fisiológicos e de complicações na ferida cirúrgica. Foi utilizada uma escala descritiva para avaliação da dor e das complicações pós-operatórias. Não fo (mais) ram encontradas diferenças significativas entre os grupos quanto às variáveis: locomoção, postura, interferência na ferida cirúrgica, tensão abdominal, vocalização, apetite, evacuação, freqüências cardíaca e respiratória e temperatura corporal. Quando as variáveis de comportamento e fisiológicas foram avaliadas em conjunto (escore 1), observou-se maior dor pós-operatória apenas no segundo dia do pós-operatório nas cadelas submetidas à cirurgia aberta. Quando as complicações das feridas cirúrgicas foram avaliadas em conjunto (escore 2), observou-se maior ocorrência dessas nos animais do grupo 1. O escore total (somatória dos escores 1 e 2) mostrou que a recuperação pós-operatória foi semelhante nas duas abordagens estudadas. Resumo em inglês It was compared the post-operative phase (seven days) of 30 bitches, randomly divided in two groups of 15 animals and submitted to laparoscopic (group I) and conventional ovariohisterectomy (group II). Both groups were compared by behavioral and physiological parameters, as well as post-operative complications of the surgical site. A descriptive scale was used to evaluate the behavioral and post operative complications. No statistical differences were observed between the (mais) groups when the locomotion, posture, surgical wound interference, abdominal tension, vocalization, appetite, cardiac and respiratory rates, body temperature and evacuation were individually analyzed. When the behavioral and physiological parameters were evaluated together (score 1), there was evidence of major post-operative pain only in the second day in bitches submitted to conventional surgery. When surgical wound complications were analyzed as a whole (score 2), they were more frequent in group I. The total score (score 1 + score 2) showed similarity to post-operative recovery between the two surgical approaches.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Existe a constipação após histerectomia? Avaliação clínica e manométrica/ Is there constipation after hysterectomy? Clinical and manometric evaluation

Cesar, Maria Auxiliadora Prolungatti; Antunes, Lilian Borghetti; Aguiar, Renata Martinuzzo de
2010-06-01

Resumo em português A histerectomia é procedimento cirúrgico ginecológico de grande porte mais comum, sendo a maioria das indicações por doença benigna. Dentre as complicações desse procedimento cirúrgico estão a constipação, dispareunia, incontinência para gases e fezes, urgência evacuatória, escapes fecais e distensão abdominal. A constipação tem sido encontrada freqüentemente após a histerectomia principalmente em trabalhos retrospectivos. Objetivo: estudar a incidênc (mais) ia de constipação após a histerectomia e as alterações manométricas a ela relacionadas. Métodos: Estudo prospectivo em nove pacientes submetidas à histerectomia total abdominal por mioma. Foi realizado estudo manométrico e aplicação do escore de constipação adotado pela sociedade brasileira de motilidade digestiva no pré e sessenta dias de pós-operatório. Resultados: Os autores encontraram a presença de evacuação incompleta que não ocorria no pós-operatório. Não foram encontradas alterações manométricas e duas pacientes apresentaram dor abdominal à distensão da ampola retal na aferição do volume máximo tolerável. Conclusões: Os achados deste estudo sugerem que alterações intestinais ocorrem após a histerectomia e são principalmente relacionadas ao reto. Resumo em inglês Hysterectomy is the most common gynecologic surgical procedure of great bearing being the majority of the indications due to being disease. Among the complications of this surgical procedure are constipation, dyspareunia, gas and feces incontinence, evacuatory urgency, fecal escapes and abdominal distension. Constipation has been frequently found after a hysterectomy, especially in retrospective studies. Objective: Study the incidence of constipation after hysterectomy an (mais) d the manometrical alterations related to them. Methods: Prospective study in nine patients subjected to total abdominal hysterectomy due to myoma. A manometrical study and application of the constipation score adopted by "Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva" was performed in the pre and sixty days of post-operative. Results: The autors found presence of incomplete evacuation that did not occur in the pre-operative. Manometrical alterations were found and two of the patients presented abdominal pain to the rectal ampule distension in the tolerable maximum volume checking. Conclusions: The findings of this study suggest that intestinal alterations occur after hysterectomy and are specially related to the rectum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Retalhos de avanço no tratamento da fissura anal crônica: experiência inicial/ Advancement flap in the treatment of chronic anal fissure: inicial experience

Cesar, Maria Auxiliadora Prolungatti; Uemura, Lívia Alkmin; Passos, Mariah Prata Soldi
2009-12-01

Resumo em português A fissura anal é uma laceração do canal anal relacionada ao trauma, hipertonia esfincteriana e isquemia. A maioria cicatriza espontaneamente ou com tratamento conservador, e poucas requerem tratamento cirúrgico. O objetivo deste trabalho é verificar os resultados clínicos e alterações manométricas de pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico da fissura anal com avançamento de retalhos em v-y. Métodos: Estudo prospectivo, realizado nos anos de 2007, 2008 e 2 (mais) 009, que abrangeu nove pacientes portadores de fissura anal crônica submetidos ao avançamento de retalho anal. Foram avaliadas as pressões do canal anal ao repouso, contração e esforço evacuatório; no pré e pós-operatório. Resultados: Na amostra, todos os pacientes apresentaram hipertonia esfincteriana prévia. seis (66,6%) obtiveram resolução total dos sintomas e das lesões. Um (11,11%) sofreu deiscência parcial do retalho, sem sintomas clínicos; e outros dois (22,22%), infecção com perda dos mesmos e persistência da fissura. A análise manométrica das pressões de repouso, contração e evacuação nos grupos não mostrou alteração estatisticamente significativa (p>0,05), o que comprova que a cirurgia não incluiu manipulação dos esfíncteres. Conclusão: Os retalhos anais mostraram-se efetivos no tratamento da fissura anal, com cicatrização da lesão, sem que ocorram alterações nas pressões anais desses pacientes. Resumo em inglês The anal fissure is a laceration of the anal canal related to trauma, hypertonic sphincter and ischemia. The majority heals spontaneously or with conservative treatment and only a few requires surgical treatment. The objective of this study is to verify the clinical results and manometric alterations of patients submitted to the surgical treatment of the anal fissure with advance of v-y skin flaps. Methods: Prospective study, accomplished in 2007,2008 and 2009, in witch n (mais) ine patients with chronic anal fissure were submitted to v-y advance. The pressures of the anal canal at rest, contraction and at evacuation effort were evaluated in the pre and postoperative. Results: In the sample, all the patients had presented previous hypertonic sphincter. six (66.6%) had gotten total resolution of the symptoms and the injuries. One (16.6%) suffered partial dehiscence of the flap, without clinical symptoms; and another two (22,2%), infection with loss of the same and persistence of the fissure. The manometric analysis of the pressures at rest, contraction and evacuation did not show significant statistical alteration (p> 0,05), what proves that the surgery did not manipulated the sphincters. Conclusion: The anal flap had revealed an effective treatment of the anal fissure with total healing of the injury, without alterations in the pressures of the sphincters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Reprodutibilidade de laudos de uma mesma manometria segundo diferentes examinadores/ Reproducibility of manometric test results according to different examiners

Cesar, Maria Auxiliadora Prolungatti; Klug, Wilmar Artur; Capelhuchnick, Peretz; Ortiz, Jorge Alberto; Mantovani, Anandréa Piva; Antunes, Carlos André de Barros; Souza, Ruy Charles Cardoso de; Vasconcelos, Cyntia Daniela Resende de
2007-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A manometria anal é um método para estudo do esfíncter anal, incluindo os músculos esfíncter anal interno e externo responsáveis pelas pressões de repouso e contração. MÉTODO: estudo retrospectivo através da análise de exames de manometria anal de 10 pacientes com diagnóstico de constipação atendidos no ambulatório de Fisiologia Anal do Serviço de Coloproctologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo no período de j (mais) aneiro de 2004 a julho de 2004. Todos os exames foram analisados por 3 diferentes examinadores sendo um preceptor em fisiologia anal, um médico em aprendizado recente e um médico residente em treinamento e cada um fornece um laudo para cada exame. RESULTADO: os examinadores são diferentes estatisticamente na avaliação da pressão de contração e de evacuação. Em algumas situações o examinador 1 é diferente dos outros examinadores e em uma situação o examinador 3 é diferente dos demais. Não houve diferença em relação aos laudos de presença de anismus, comprimento do canal anal, falha esfincteriana e laudo final do exame. CONCLUSÃO: diferenças estatísticas foram observadas entre os examinadores, porém, estas diferenças não modificaram o laudo final do exame. Seu resultado final não é influenciado pela reprodução do mesmo por diferentes profissionais. Resumo em inglês INTRODUCTION: The anal manometry is an approach for the study of the anal sphincter including the muscles internal and external anal sphincter being responsible for the pressures of rest and contraction. METHOD: retrospective study through the analysis of examinations of anal manometry of 10 patients with diagnosis of constipation taken care of in the clinic of Anal Physiology of the Service of Coloproctologia of the College of Medical Sciences of the Casa Saint of São P (mais) aulo in the period of January of 2004 the July of 2004. All the examinations had been analyzed by 3 different examiners being a teacher in anal physiology, a doctor in recent learning and a resident doctor in training and each one supply a finding each examination. RESULT: the examiners are different statistical in the evaluation of the evacuation and contraction pressure. In some situations examiner 1 is different of the other examiners and in a situation examiner 3 is different of excessively. It did not have difference in relation to the findings of presence of anismus, length of the anal canal, final finding of the examination fails esfincteriana and. CONCLUSION: statistical differences had been observed between the examiners, however, these differences had not modified the final finding of the examination. Its final result is not influenced by the reproduction of it by different professionals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Existe importância na utilização de exames de fisiologia ano retal no diagnóstico da sindrome do intestino irritável?/ Is there importance in the use of anorectal physiologic tests in the diagnosis of the irritable bowel syndrome?

Cesar, Maria Auxiliadora Prolungatti; Oliveira, Camila Carneiro de
2009-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Em alguns pacientes a síndrome do intestino irritável e a constipação funcional se confundem, principalmente quando o sintoma predominante na síndrome do cólon irritável é a constipação. Dentre os vários exames alguns testes fisiológicos ano retais avaliam a função esfincteriana e sensibilidade retal OBJETIVO: Verificar se existem diferenças entre as manometrias anais dos pacientes com constipação funcional e síndrome do intestino irritáve (mais) l. MÉTODO: Trata-se de estudo de 55 manometrias e testes de sensibilidade anais realizadas em pacientes atendidos no ambulatório de Fisiologia Anal do Serviço de Clínica Cirúrgica do Hospital Universitário de Taubaté com diagnóstico de constipação intestinal ou síndrome do intestino irritável no período de janeiro de 2006 a maio de 2007. Todos os pacientes possuíam colonoscopia a normal e foram incluídos nos critérios diagnósticos de Roma II para Constipação Funcional e Síndrome do Intestino Irritável. As manometrias foram realizadas com aparelho ALACER, de perfusão com 8 canais. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças entre as manometrias quanto às pressões de repouso, contração e evacuação, assim como nos valores de sensibilidade retal. Encontramos diferenças quanto à dor abdominal desencadeada nos pacientes com síndrome do intestino irritável no momento do volume máximo tolerável em que 69,2% destes pacientes apresentaram dor abdominal. CONCLUSÃO: Os pacientes com a síndrome do intestino irritável apresentam dor à distensão da ampola retal, que não ocorre nos pacientes constipados, na aferição do volume máximo tolerável, não houve diferença em relação aos outros dados da manometria. Resumo em inglês INTRODUCTION: In some patients the irritable bowel syndrome and the functional constipation is confuse, mainly when the predominant symptom in the irritable bowel syndrome is the constipation. Amongst some examinations the anal manometry evaluates the esfincter function and retal sensitivity. METHOD: A study of 55 anal manometry was performed at the clinic of anal physiology of the Service of Surgical Clinic of the University of Toubate Hospital in patients with diagnosis (mais) of intestinal constipation or irritable bowel syndrome from january 2006 to may 2007. All the patients presented normal colonoscopy and were included in the diagnostic criteria of Rome II for Functional Constipation and Irritable Bowel Syndrome. Manometry was performed with Alacer a perfusion device with 8 channels. RESULTS: There had not been found differences between the manometry about the pressures of rest, contraction and evacuation, as well as in the values of rectal sensitivity. We find differences in abdominal pain in patients with irritable bowel syndrome at the moment of the tolerable maximum volum where 69.2% of these patients had presented abdominal pain. CONCLUSION: Patients with the irritable bowel syndrome present pain with rectal tolerable maximum volume, that does not occur in constipated patients, in the gauging of the tolerable maximum volume, which did not have difference in relation to the other data of the manometry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Utilização do método videolaparoscopico na reconstituição do trânsito intestinal após a operação de Hartmann/ The use of videolaparoscopic approach in the intestinal transit restoration after Hartmann's procedure

Regadas, Francisco Sérgio P.; Regadas, Sthela M. Murad; Rodrigues, Lusmar Veras
2000-02-01

Resumo em português O objetivo é apresentar a padronização da técnica operatória e os resultados obtidos com a utilização do acesso videolaparoscópico na reconstituição do trânsito intestinal em pacientes previamente submetidos à operação de Hartmann por causas diversas. Foram analisados prospectivamente 32 pacientes, no período de dezembro de 1991 a junho de 1997, com distribuição semelhante com relação ao sexo e com idade média de 42,4 anos. Todos os pacientes foram sub (mais) metidos ao mesmo preparo pré-operatório e à mesma técnica cirúrgica. Ocorreram três (9,3%) complicações transoperatórias. Uma (3,1 %) anastomose mecânica incompleta, necessitando de endossutura manual, uma (3,1 %) laceração do reto com o grampeador mecânico e uma (3,1 %) lesão da artéria epigástrica direita. Ocorreram ainda três (9,3%) conversões, sendo uma (3,1 %) devido à laceração do reto com o grampeador mecânico, outra (3.1 %) pela invasão tumoral na pelve e outra (3,1 %) pela presença de excessivas aderências intraperitoneais. O tempo operatório variou de 30 a 240 minutos, na média de 126,2 minutos (2,1 horas). A evolução clínica pós-operatória foi satisfatória. Nove (31,0%) pacientes não referiram dor, enquanto 13 (44,8%) a referiram em pequena intensidade, e apenas sete (24,0%) queixaram-se de dor com maior intensidade. A dieta líquida via oral foi instituída no período médio de 1,6 dias, e a primeira evacuação ocorreu na média de 3,2 dias de pós-operatório. O período médio de hospitalização foi de 4,7 dias. Ocorreram complicações pós-operatórias em oito (27,5%) pacientes. Duas (6,8%) infecções da ferida do estoma, dois pacientes (6,8%) com dor no ombro direito, uma (3,4%) deiscência de anastomose, um (3,4%) caso de peritonite por provável contaminação do material cirúrgico, uma coleção líquida pélvica e uma hérnia incisional. Em conclusão, a reconstituição do trânsito intestinal por videolaparoscopia apresentou-se segura e eficaz, podendo constituir-se no método cirúrgico de escolha, pois foi utilizada com sucesso em 90,6% dos pacientes. Resumo em inglês We present the operative technique and the results of the laparoscopic approach for Hartmann's colostomy reversal. Thirty two patients were prospectively analysed from december 1991 to june 1997. They presented a similar incidence regarding sex distribution, and a median age of 42.4 years old. Ali patients underwent the same preoperative preparation and operative technique. Three (9.3%) intraoperative complications were observed: an uncompleted anastomosis (3.1%), requiri (mais) ng an endosuture, a rectal perforation by the mechanical stapler and a right epigastric artery lesion. There were convertion to open surgery in three (9.3%) patients: one (3.1%) due to rectal perforation by the mechanical staple1; one (3.1%) for tumoral pelvic invasion and another because of excessive intra-peritoneal adhesions. Operative time varied from 30 to 240 minutes, with a mean time of 126;2 minutes. Nine (31.0%) patients didn't present pain, while 13 (44.8%) referred minimal pain and seven (24.0%) complained severe pain. Oral liquid diet intake occurred within a mean time of 1.6 days and the first evacuation observed after a mean 3.2 postoperative days. Mean hospitalization time was 4.7 days. Postoperative complications occurred in eight (27.5%) patients. Two (6.8%) stoma wound infections, right shoulder pain in two (6.8%) patients, one (3.4%) anastomotic dehiscence, one peritonitis probably due to contaminationfrom surgical instruments, a liquid pelvic coliection and an incisional haernia. 1n conclusion, videolaparoscopic restoration of the intestinal transit demonstrated to be safe and effective. It could be the method of choice because of its success in 90.6 per cent of the patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Avaliação experimental da recuperação o do íleo paralítico pós-operatório após colectomia convencional e laparoscopica/ Experimental evaluation of the postoperative ileus after conventional and laparoscopic colectomy

Ferraz, Álvaro Antônio Bandeira; Mathias, Carlos Augusto
1999-12-01

Resumo em português A cirurgia laparoscópica tem determinado reavaliações de muitos dogmas cirúrgicos. Dentre esses dogmas, está a aparente ausência de íleo paralítico na cirurgia laparoscópica. O objetivo do autor foi avaliar, de maneira experimental, em cães , as diferenças de recuperação da motilidade do cólon após uma colectomia tradicional e uma colectomia videolaparoscópica assistida, determinando ainda as características do íleo paralítico pós-operatório, em cães (mais) , após uma cirurgia laparoscópica. Foram utilizados dez cães mestiços, sadios, pesando de 20 a 30 kg, com idade entre 4 e 5 anos. Após uma noite de jejum, os eletrodos foram implantados, através de uma laparotomia, sob condições assépticas e anestesia geral. Cada animal teve implantado oito eletrodos bipolares. Quatro desses eletrodos foram implantados no intestino delgado, e os quatro eletrodos restantes, localizados no cólon, estando o mais distal a 20 cm da reflexão peritoneal do reto. Foi estabelecido um período de dez dias para a total recuperação do íleo paralítico pós-operatório. Após a aquisição de traçados controles, os animais foram randomizados para a realização de uma colectomia laparoscópica ou uma colectomia através de laparotomia. Após uma noite de jejum, a colectomia foi realizada sob condições assépticas e anestesia geral. Após a extubação iniciou-se a aquisição dos dados. A aquisição foi realizada até a completa recuperação do íleo paralítico, de maneira ininterrupta. Nenhum dos animais recebeu analgésicos no período pós-operatório. Não houve diferença entre o final da colectomia e o surgimento do primeiro complexo motor migrante (CMM), no intestino delgado. Com relação ao final das colectomias e o retorno à fase 11, também não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos. Os intervalos de tempo entre as ressecções colônicas e o aparecimento da primeira contração colônica migrante (CCM) não foram estatisticamente diferentes, assim como não foram os intervalos entre o final da colectomia e o surgimento da primeira contração migratória gigante do cólon. Quando relacionamos o final da cirurgia e a primeira evacuação, não houve diferença entre os grupos. O autor concluiu que a colectomia laparoscópica cursa com íleo paralítico, e que não houve diferenças entre os grupos, com relação ao período de recuperação do íleo paralítico pós-operatório, nos cães estudados. Resumo em inglês Laparoscopic surgery has gained a wide acceptance, determining a review in many surgical dogmas. One of those dogmas is the apparent lack of postoperative ileus. The patterns and lhe difference between laparoscopic assisted colectomy and the traditional open colectomy, of colonic motility were determined experimentally. Ten, healthy, dogs, weighting 20 to 30 kg, were instrumented with bipolar electrodes. Each animal was instrumented with 8 bipolar recording electrodes, 4 (mais) on the small bowel and 4 on the colon. Dogs were allowed to recover for ten days, when baseline myoelectric recordings were obtained. Then, the dogs were randomized to open or laparocopic colectomy. Operations were carried out after an overnight fast, under sterile conditions and general anesthesia. Myoelectric recording resumed immediately following operations and was continued until the complete resolution of lhe postoperative ileus. None of lhe dogs received analgesics. There were no significant differences between the groups regarding the end of the colectomy and the first Migrating Myoelectric Complex (MMC), the end of the colectomies and the return of the phase lI, the time division between the end of the colectomies and the first Migrating Colonic Contraction, the end of the colectomies and the first Giant Migrating Colonic Contraction, and the relation between the end of the colectomy and the first evacuation. The authors concluded that laparoscopic assisted colectomy produces postoperative ileus and there was no difference between the groups, relating the period of time of recovery from postoperative paralytic ileus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Estudo clínico comparativo entre anastomose colocólica com anel anastomótico biofragmentável e com sutura manual não absorvível/ A clinical trial to compare colonic anastomosis with biofragmentable anastomotic ring and manual suture

Saad, Sarhan Sydney; Matos, Delcio
2000-06-01

Resumo em português A anastomose com sutura é método consagrado, apresentando desvantagens teóricas representadas pelo trauma tecidual, edema e alteração da microcirculação. Além disso, o fio de sutura, sendo corpo estranho, determina reação inflamatória, propiciando a aderência e a proliferação de bactérias, assim como de células neoplásicas que seriam evitadas ao se usar método de anastomose sem sutura. A procura por método de anastomose em que não se utilizasse fio de (mais) sutura vem sendo realizada desde o início deste século. Com o advento das novas aquisições tecnológicas foi desenvolvido método de anastomose sem sutura através do anel biofragmentável. Esse anel sofre desintegração por hidrólise, sendo eliminado com a evacuação, não permanecendo corpo estranho na anastomose. Esse instrumento permite a realização de anastomose sem sutura, por meio da compressão das paredes intestinais justapostas. O objetivo desse estudo prospectivo e casualizado, foi o de comparar os resultados clínicos e endoscópicos de anastomoses colocólicas, eletivas e de baixo risco, realizadas com anel biofragmentável e com fio de sutura não absorvível. CASUÍSTICA E MÉTODOS: A casuística foi composta por 36 doentes, divididos em dois grupos de 18, que foram denominados Grupo I (anel biofragmentável ) e Grupo II (sutura com fio não absorvível ), constituídos de doentes comparáveis. RESULTADOS: Os parâmetros de avaliação do período intra-operatório, revelaram que a anastomose com anel biofragmentável despende menor tempo para sua realização. Não se detectou diferença estatisticamente significante entre os dois grupos com relação à incidência de complicações pós-operatórias, mortalidade e avaliação clínica ambulatorial. A incidência de deiscência anastomótica só ocorreu no Grupo I. A análise endoscópica da anastomose no período pós-operatório não demonstrou diferença quanto à perviedade, contratilidade, elasticidade e grau de epitelização. O Grupo II apresentou maior incidência de fio de sutura na anastomose em relação ao Grupo I sendo esta diferença estatística significante. CONCLUSÕES: O anel biofragmentável permite a realização de anastomose de colo mais rápida do que aquela realizada com fio de sutura. Este método de anastomose determinou, na análise global da complicações clínicas, resultados semelhantes ao uso de fio de sutura. O método de anastomose sem sutura apresentou o inconveniente de determinar maior incidência de deiscência anastomótica e como vantagem estabeleceu presença de corpo estranho na anastomose em menor porcentagem. Resumo em inglês The use of suture in anastomosis presents some theoretical disadvantages that they would be avoided by using sutureless intestinal anastomosis. The biofragmentable ring idealized by Hardy et al.(1985), is composed by polyglycolic acid and barium sulfate. It is constituted by two identical components that are coupled, not returning to the original position after its occlusion. This ring suffers desintegration in 2 to 3 weeks, and is eliminated with evacuation. This device (mais) allows a sutureless anastomosis by the compression of intestinal walls. The purpose of this prospective and randomized study was to compare the clinical and endoscopic results in eletive and low risk colonic anastomosis accomplished with biofragmentable anastomosis ring and with non absorbable suture. MATERIAL: Thirty-six patients were stratified in two groups of 18 that were denominated Group I (biofragmentable anastomosis ring) and Group II (non absorbable suture). The average age for Group I was 36 years and for Group II was 42. The most frequent surgical indication in both groups was reconstruction of the intestinal flow after colostomy. All patients were submitted to biochemical blood tests, nutritional and surgical risk evaluation. The statistical analysis used for comparison between groups demonstrated that they were homogeneous. RESULTS: Comparative analysis of the intraoperative period parameters revealed that the anastomosis with biofragmentable anastomosis ring is faster ant there are no significant differences regarding intraoperative complications rate, period of ileus, time to reintroduce the oral diet, mortality and long term folloow-up. The incidence of anastomotic leak was higher in the Group I . The endoscopic analysis demonstrate no difference because there was the same results for both groups . There was a significant higher incidence of exposed suture in suture anastomosis when compared to biofragmentable anastomosis ring. CONCLUSIONS: It can be concluded that the biofragmentable anastomosis ring allowed the accomplishment of colon anastomosis more quickly, and regarding clinical complications, similar to the use of non absorbable suture. This anastomosis method presented the inconvenience of determining higher incidence of anastomotic leak while as advantage it established presence of exposed suture in the anastomosis in smaller percentage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Bloqueio bilateral do nervo pudendo para hemorroidectomia em paciente acondroplásico: relato de caso/ Bilateral blockade of the pudend nerve to hemorrhoidectomy in achondroplasic patient: case report/ Bloqueo bilateral del nervio pudendo para hemorroidectomía en paciente acondroplásico: relato de caso

Morais, Bruno Salomé de; Cruvinel, Marcos Guilherme Cunha; Silva, Yerkes Pereira; Diniz, Dener Augusto; Castro, Carlos Henrique Viana de
2006-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O nanismo acondroplásico ou acondroplasia é a forma mais comum de nanismo e ocorre na maioria dos casos por alteração genética espontânea. A anestesia desses pacientes apresenta várias particularidades. O objetivo do presente relato foi descrever um caso de paciente acondroplásico, com história prévia de intervenção cirúrgica da coluna para descompressão medular, submetido a hemorroidectomia através de bloqueio bilateral dos nervo (mais) s pudendos. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 47 anos, acondroplásico, internado para realização de hemorroidectomia.Ao exame físico apresentava pescoço encurtado com extensão limitada da cabeça, Mallampati classe IV, distância tireomentoniana de 6 cm e abertura da boca de 3,5 cm. A coluna vertebral apresentava cifose torácica e lordose lombar acentuada, além de cicatriz cirúrgica na região lombar. Foi realizado bloqueio bilateral dos nervos pudendos com ropivacaína a 1%, por via transperineal, com agulha isolada 0,8 mm x 100 mm 21G (Stimuplex A100 BBraun, Melsungen, Germany) conectada ao estimulador de nervos periféricos (Stimuplex-DIG, BBraun).O paciente foi posicionado em decúbito ventral e a cirurgia iniciada após 15 minutos da administração do anestésico. Durante todo o procedimento o paciente permaneceu consciente e não relatou dor ou desconforto. Até o momento da alta hospitalar (22h após a realização do bloqueio) o paciente não referiu dor, desconforto, náusea, vômito, bloqueio motor, retenção ou incontinência urinária. Após a alta, evoluiu bem, apresentando evacuação após 31 horas da cirurgia. CONCLUSÕES: O caso ilustrou o uso do bloqueio bilateral dos nervos pudendos, com auxílio do neuroestimulador como técnica anestésica isolada para hemorroidectomia. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El enanismo acondroplásico o acondroplasia es la forma más común de enanismo y ocurre en la mayoría de los casos por alteración genética espontánea. La anestesia de esos pacientes presenta varias particularidades. El objetivo del presente relato fue el de describir un caso de paciente acondroplásico, con previo historial de intervención quirúrgica de la columna para descompresión medular, sometido a Hemorroidectomía a través de bloq (mais) ueo bilateral de los nervios pudendos. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino, 47 años, acondroplásico, que fue ingresado para la realización de hemorroidectomía.Al hacérsele el examen físico presentaba el cuello acortado con extensión limitada de la cabeza, Mallampati clase IV, distancia tireomentoniana de 6 cm y abertura de la boca de 3,5 cm. La columna vertebral presentaba cifosis torácica y lordosis lumbar acentuada, además de cicatriz quirúrgica en la región lumbar. Fue realizado el bloqueo bilateral de los nervios pudendos con ropivacaina a 1%, por vía transperineal, con una aguja aislada de 0,8 mm x 100 mm 21G (Stimuplex A100 BBraun, Melsungen, Germany) conectada al estimulador de nervios periféricos (Stimuplex-DIG, BBraun).El paciente fue colocado en decúbito ventral y la cirugía iniciada después de 15 minutos da administración del anestésico. Durante todo el procedimiento, el paciente permaneció consciente y no relató ningún dolor o incomodidad. Hasta el momento del alta hospitalaria (22h después de la realización del bloqueo), el paciente no refirió dolor, incomodidad, náusea, vómito, bloqueo motor, retención o incontinencia urinaria. Después del alta, evolucionó bien presentando evacuación después de 31 horas de efectuada la cirugía. CONCLUSIONES: El caso mostró el uso del bloqueo bilateral de los nervios pudendos, con el auxilio del neuroestimulador como técnica anestésica aislada para la hemorroidectomía. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: The achondroplasic dwarfism or achondroplasia is the most common form of dwarfism and occurs, in most of the cases, as a result of spontaneous genetic alteration. The anesthesia in these patients presents several particularities. The objective of the present report was to describe an achondroplasic patient case, with a previous history of surgical procedure of the vertebral column for medullar decompression, submitted to haemorrhoidectomy throug (mais) h the bilateral blockade of the pudend nerves. CASE REPORT: Male patient, 47 years old, achondroplasic, hospitalized to perform hemorrhoidectomy. Upon physical examination, he presented a shortened neck with limited extension of the head, Mallampati class IV, thyromental distance of 6 cm and opening of the mouth of 3.5 cm. The vertebral column presented thoracic kyphosis and severe lumbar lordosis, in addition to a surgical scar in the lumbar region. A bilateral blockade of the pudend nerves was performed with ropivacaine at 1%, via transperineal, with isolated needle measuring 0.8 mm x 100 mm 21G (Stimuplex A100 BBraun, Melsungen, Germany) connected to the peripheral nerve stimulator (Stimuplex-DIG, BBraun).The patient was positioned in ventral decubitus and the surgery started after 15 minutes of anesthetic administration. During the entire procedure, the patient remained conscious and did not report pain or discomfort. Up to the moment his hospital discharge (22 hours after the performance of the blockade), the patient did not mention pain, discomfort, nausea, vomit, motor blockade, urinary retention or incontinence. After his discharge from the hospital, he evolved well presenting evacuation after 31 hours from surgery. CONCLUSIONS: The case illustrated the use of the bilateral blockade of the pudend nerves, with the help of the neurostimulator, as an isolated anesthetic techniques for hemorrhoidectomy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Uso da aspiração manual a vácuo na redução do custo e duração de internamentos por aborto incompleto em Fortaleza, CE, Brasil/ Adoption of manual vacuum aspiration for treatment of incomplete abortion reduces costs and duration of patient's hospital stay in an urban area of Northeastern Brazil

Fonseca, Walter; Misago, Chizuru; Fernandes, Lucília; Correia, Luciano; Silveira, Dirlene
1997-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O uso de aspiração a vácuo (AV) no tratamento do aborto incompleto é prática bastante difundida em países desenvolvidos. Vários estudos nesses países indicam que o uso da técnica de aspiração manual a vácuo (AMV) pode conservar recursos do sistema de saúde e melhorar a qualidade do tratamento do aborto. No Brasil, o uso da AMV é procedimento de rotina nos hospitais e clínicas privados. Entretanto, na maioria dos hospitais da rede pública é u (mais) tilizada somente a técnica de dilatação e curetagem (D&C). METODOLOGIA: Foram utilizados métodos de avaliação rápida para estimar a variação do custo médio do tratamento e duração da estadia hospitalar, em um grupo de 30 pacientes admitidas com aborto incompleto em hospital público de Fortaleza, CE (Brasil). Participantes foram alocadas, randomicamente, em um dos dois grupos de tratamento investigados (AMV ou D&C). RESULTADOS E CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que o uso da AMV, em substituição a D&C, no tratamento do aborto incompleto, pode reduzir em até 41% o custo médio do tratamento e em 77% o tempo médio de hospitalização. Recomenda-se a realização de estudos confirmatórios, como também que se aprofunde os conhecimentos sobre a percepção do aborto e seu tratamento por parte do pessoal de saúde e da população feminina. Resumo em inglês INTRODUCTION: In most developed countries vacuum aspiration has been shown to be safer and less costly than sharp curettage (SC) for uterine evacuation. In many of the developing countries, including Brazil, sharp curettage (SC) is the most commonly used technique for treating cases of incomplete abortion admitted to hospital. The procedure often involves light to heavy sedation for pain control and an overnight hospital stay for patient recuperation and monitoring. Two h (mais) ypotheses are examined: the first, that the use of manual vacuum aspiration (MVA) - a variation of the vacuum aspiration, would be less costly than SC for the treatment of cases of incomplete abortion admitted to hospital; and the second, that the treatment of incomplete abortion with MVA would substantially reduce the length of hospital stay. METHODOLOGY: Thirty women with diagnosis of first trimester incomplete abortion were randomly allocated to the SC or MVA group. Rapid-assessment data collection techniques were used to identify factors that contributed to cost reduction and hospital stay. RESULTS AND CONCLUSION: The results of the study show that, overall, patients treated for incomplete abortion with MVA spent 77% less time in the hospital and consumed 41% fewer resources than similarly diagnosed patients treated with SC. Recommendations are made as to the need of certain changes in patient management. Particularly necessary is information regarding cultural perception and concepts of abortion treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Uso da aspiração manual a vácuo na redução do custo e duração de internamentos por aborto incompleto em Fortaleza, CE, Brasil/ Adoption of manual vacuum aspiration for treatment of incomplete abortion reduces costs and duration of patient's hospital stay in an urban area of Northeastern Brazil

Fonseca, Walter; Misago, Chizuru; Fernandes, Lucília; Correia, Luciano; Silveira, Dirlene
1997-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O uso de aspiração a vácuo (AV) no tratamento do aborto incompleto é prática bastante difundida em países desenvolvidos. Vários estudos nesses países indicam que o uso da técnica de aspiração manual a vácuo (AMV) pode conservar recursos do sistema de saúde e melhorar a qualidade do tratamento do aborto. No Brasil, o uso da AMV é procedimento de rotina nos hospitais e clínicas privados. Entretanto, na maioria dos hospitais da rede pública é u (mais) tilizada somente a técnica de dilatação e curetagem (D&C). METODOLOGIA: Foram utilizados métodos de avaliação rápida para estimar a variação do custo médio do tratamento e duração da estadia hospitalar, em um grupo de 30 pacientes admitidas com aborto incompleto em hospital público de Fortaleza, CE (Brasil). Participantes foram alocadas, randomicamente, em um dos dois grupos de tratamento investigados (AMV ou D&C). RESULTADOS E CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que o uso da AMV, em substituição a D&C, no tratamento do aborto incompleto, pode reduzir em até 41% o custo médio do tratamento e em 77% o tempo médio de hospitalização. Recomenda-se a realização de estudos confirmatórios, como também que se aprofunde os conhecimentos sobre a percepção do aborto e seu tratamento por parte do pessoal de saúde e da população feminina. Resumo em inglês INTRODUCTION: In most developed countries vacuum aspiration has been shown to be safer and less costly than sharp curettage (SC) for uterine evacuation. In many of the developing countries, including Brazil, sharp curettage (SC) is the most commonly used technique for treating cases of incomplete abortion admitted to hospital. The procedure often involves light to heavy sedation for pain control and an overnight hospital stay for patient recuperation and monitoring. Two h (mais) ypotheses are examined: the first, that the use of manual vacuum aspiration (MVA) - a variation of the vacuum aspiration, would be less costly than SC for the treatment of cases of incomplete abortion admitted to hospital; and the second, that the treatment of incomplete abortion with MVA would substantially reduce the length of hospital stay. METHODOLOGY: Thirty women with diagnosis of first trimester incomplete abortion were randomly allocated to the SC or MVA group. Rapid-assessment data collection techniques were used to identify factors that contributed to cost reduction and hospital stay. RESULTS AND CONCLUSION: The results of the study show that, overall, patients treated for incomplete abortion with MVA spent 77% less time in the hospital and consumed 41% fewer resources than similarly diagnosed patients treated with SC. Recommendations are made as to the need of certain changes in patient management. Particularly necessary is information regarding cultural perception and concepts of abortion treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Tempo de escape em edificações: os desafios do modelamento de incêndio no Brasil

Gouveia, Antônio Maria Claret de; Etrusco, Paula
2002-10-01

Resumo em português Nesse trabalho, discute-se a formulação, dada na moderna normalização baseada em desempenho, do tempo necessário para o escape em edificações. Em paralelo, demonstra-se a necessidade de desenvolver ensaios nacionais que viabilizem o modelamento de incêndios no País, o que permitirá a determinação do tempo disponível para o escape seguro nas edificações brasileiras. As conclusões mostram a necessidade de atuar nessas duas direções para assegurar níveis aceitáveis de risco de incêndio nas edificações brasileiras. Resumo em inglês In this work, the modern performance based formulation of escape time in buildings is discussed. In parallel, Brazilian fire safety institutions have shown that they must acquire capability to do some essential fire experiments needed to model compartment fires in Brazil. Conclusions show that it is important to develop proper actions to reduce the evacuation time needed and to evaluate the available safe escape time to assure adequate fire risks in Brazilian buildings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Pseudo-aneurisma gigante de artéria axilar esquerda/ Giant pseudoaneurysm of left axilary artery

Farret, Abdo; Chacon, Dâmaso de Araújo; Duarte, Haroldo Amaral; Almeida, Isabel Cristina Pinheiro de
1998-02-01

Resumo em inglês A case of a gunshot of the left axilary artery with a giant pseudoaneurism formation with sixteen years of evolution is presented. The 61- years-old male patient present since them a small assintomatic tumoration in infraclavicular localization. In the last eight months the tumor became symptomatic and volumous, reaching 20 cm in diameter, with signals of infection and imminent rupture. The patient was operated on with ligature of the axilary artery and evacuation of the (mais) pseudoaneurysm. The surgical handling and endovascular therapeutic options available in the present time are discussed. A short review about the disease as well as a bibliographic update are present. The authors also call attention for the necessity of a correct management of the vascular injures in the event of the first management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Processo de congelamento em túnel portátil com convecção forçada por exaustão e insuflação para paletes/ Freezing process evaluation using a portable forced air system with air evacuation and air blowing in pallets

Barbin, Douglas Fernandes; Neves Filho, Lincoln Camargo; Silveira Junior, Vivaldo
2009-09-01

Resumo em português Este trabalho propôs a montagem experimental de um túnel portátil de congelamento por ar forçado composto por um ventilador que produz uma região de alta ou baixa pressão em um palete com produto, onde se pode avaliar o processo com a utilização de insuflação, exaustão de ar e uma combinação mista destes dois processos. O equipamento foi alocado no interior de uma câmara de estocagem de produtos congelados, buscando-se melhorar a distribuição do ar, potenc (mais) ializando-se a troca térmica entre o ar e o produto. Durante o congelamento, foram comparados os processos e analisada a transferência de calor entre o ar de resfriamento e o produto em diferentes posições e camadas do palete, bem como a distribuição do ar de resfriamento em circulação ao redor do produto. O processo de exaustão apresentou uma redução de 14% do tempo para o congelamento em relação à insuflação e 10% em relação ao misto. Resumo em inglês The objective of this work is to build an experimental portable forced-air freezing tunnel which creates a low or high pressure region surrounding the product. Comparative studies with air exhausting and blowing were conducted. The tunnel was built and placed inside a freezing product storage chamber, and the objective was to improve the air circulation and the thermal distribution between the product and cold air for a sample batch left inside the chamber. A heat transfe (mais) r analysis comparing the process and the air distribution around the product was performed. The air evacuation process reduced up to 14% of the freezing time in relation to the blowing system and 10% in relation to the mixed system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Mundar o sertão: ou quando o Jaguaribe virou açude no Ceará

Lima, Roberto
2008-07-01

Resumo em português Partindo dos conflitos gerados pela implementação da barragem do Castanhão no rio Jaguaribe, sertão do Ceará-BR, proponho uma leitura do relocamento da população de 20.000 pessoas que ali moravam, a partir dos significados associados ao termo mundar, cunhado por Gayatri Spivak, confrontado-o a entrevistas realizadas com moradores de várias comunidades às margens do rio Jaguaribe que tiveram suas terras alagadas pela barragem do Castanhão. Isso implicará discuti (mais) r o processo de silenciamento de vozes que se deu em paralelo à desocupação da área e construção da referida barragem, e, ao mesmo tempo, tentar pensar nas possibilidades levantadas por um movimento social atuante no local - o Movimento de Atingidos por Barragens, MAB - de produzir outra versão dessa história através das falas e cartografias locais, que foram violentamente demolidas, desmatadas e submersas em nome de uma estranha entidade chamada progresso. Resumo em inglês Starting form the conflicts for the implementation of the Castanhão dam in Jaguaribe river, sertão of Ceará-BR, I propose a reading of the displacement and resettlement of the population of 20.000 people who used to live there, beginning from the associated meanings to the term worlding, coined by Gayatri Spivak, confronting it to interviews carried through dwellers of many communities along Jaguaribe river margins that had their lands submerged by Castanhão dam. This (mais) is going to implicate the discussion of the process of silence of voices that happened parallel to the evacuation of the area and construction of the referred dam, and at the same time, try to think in the rising possibilities by an active social movement in this region - the "Movimento dos atingidos por Barragens, MAB" - to produce other version of this history through speeches and local cartography, that were violently demolished, deforest and submersed in name of a strange deity called progress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Mola hidatiforme completa e eclâmpsia: relato de caso/ Complete hydatidiform mole and eclampsia: a case report

Maestá, Izildinha; Peraçoli, José Carlos; Passos, José Raimundo; Borges, Vera Therezinha Medeiros; Pedrazzani, Carolina Diaz; Rudge, Marilza Vieira Cunha
2003-07-01

Resumo em português O desenvolvimento de pré-eclâmpsia ou eclâmpsia antes da 20ª semana deve levar à suspeita de mola hidatiforme. Descrevemos um caso de mola hidatiforme completa (MHC) e eclâmpsia concomitante em paciente com 20 anos que apresentava sangramento genital, anemia, tamanho uterino excessivo e cistos de ovário, associados a hipertensão arterial e proteinúria. Os níveis de b-hCG estavam elevados e a função tiroidiana, alterada. A ultra-sonografia mostrou-se compatíve (mais) l com MHC. Após o esvaziamento uterino apresentou cefaléia e alterações visuais, seguidas por convulsões tônico-clônicas que cessaram com sulfato de magnésio hepta-hidratado a 50%. No seguimento pós-molar foi diagnosticado tumor trofoblástico gestacional (TTG) prontamente tratado com quimioterapia. A associação de MHC e eclâmpsia determina esvaziamento uterino imediato e seguimento pós-molar rigoroso, pelo risco aumentado de desenvolvimento de TTG. Resumo em inglês Development of preeclampsia/eclampsia prior to 20 weeks of pregnancy should raise the suspicion of hydatidiform mole. We report a case of complete hydatidiform mole (CHM) concurrent with eclampsia in a 20-year-old patient with vaginal bleeding, anemia, large uterine size, and ovary cysts associated with hypertension and proteinuria. Plasmatic b-hCG levels were high and there was abnormal thyroid function. The ultrasonographic findings were compatible with CHM. After uteri (mais) ne evacuation, the patient had headache and visual alterations, followed by tonic-clonic seizures, which ceased with the administration of 50% magnesium sulfate. At post-molar follow-up, a gestational trophoblastic tumor (GTT) was diagnosed and promptly treated with chemotherapy. Association between CHM and eclampsia requires immediate uterine evacuation and strict post-molar follow-up, due to increased risk of GTT development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Incapacidade funcional para atividades básicas e instrumentais da vida diária em idosos/ Disability relating to basic and instrumental activities of daily living among elderly subjects/ Incapacidad funcional para actividades básicas e instrumentales de la vida diaria en ancianos

Del Duca, Giovâni Firpo; Silva, Marcelo Cozzensa da; Hallal, Pedro Curi
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a prevalência e os fatores associados à incapacidade funcional para atividades básicas e instrumentais da vida diária em idosos. MÉTODOS: Estudo transversal com 598 indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos, selecionados em amostragem por conglomerado em dois estágios na cidade de Pelotas, RS, entre 2007 e 2008. Para a avaliação das atividades básicas e instrumentais foram empregados o Índice de Katz e a Escala de Lawton, respectivament (mais) e. Definiu-se como incapacidade funcional para cada domínio a necessidade de ajuda parcial ou total para a realização de, no mínimo, uma atividade da vida diária. Empregou-se a regressão de Poisson com variância robusta nas análises bruta e ajustada levando-se em consideração a amostragem por conglomerados. RESULTADOS: A prevalência de incapacidade para as atividades básicas foi de 26,8% (IC 95%: 23,0; 30,8) e a menor proporção de independência foi para controlar funções de urinar e/ou evacuar. Para as atividades instrumentais, a prevalência de incapacidade funcional foi de 28,8% (IC 95%: 24,5; 33,1), sobretudo para realizar deslocamentos utilizando algum meio de transporte. Elevado percentual de idosos (21,7%) apresentou mais de uma atividade com incapacidade nas atividades instrumentais; já nas atividades básicas, a maior parte apresentou dependência para apenas uma atividade (16,6%). Na análise ajustada, a incapacidade para as atividades básicas associou-se com cor da pele parda/preta/outras (p=0,01) e com o aumento da idade (p Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la prevalencia y los factores asociados a la incapacidad funcional para actividades básicas e instrumentales en la vida diaria de ancianos. MÉTODOS: Estudio transversal con 598 individuos con edad igual o superior a 60 años, seleccionados en muestreo por conglomerado en dos fases en la ciudad de Pelotas, RS, entre 2007 y 2008. Para evaluación de las actividades básicas e instrumentales fueron utilizados el Índice de Katz y la Escala de Lawton, resp (mais) ectivamente. Se definió como incapacidad funcional para cada dominio la necesidad de ayuda parcial o total para la realización de, como mínimo, una actividad de la vida diaria. Se empleó la regresión de Poisson con varianza robusta en los análisis bruto y ajustado considerándose el muestreo por conglomerados. RESULTADOS: La prevalencia de incapacidad para las actividades básicas fue de 26,8% (IC 95%:23,0;30,8) y la menor proporción de independencia fue para controlar funciones de orinar y/o evacuar. Para las actividades instrumentales, la prevalencia de incapacidad funcional fue de 28,8% (IC 95%:24,5;33,1), sobre todo para realizar traslados utilizando algún medio de transporte. Elevado porcentual de ancianos (21,7%) presentó más de una actividad con incapacidad en las actividades instrumentales; ya en las actividades básicas, la mayor parte presentó dependencia para solo una actividad (16,6%). En el análisis ajustado, la incapacidad para las actividades básicas se asoció con color de la piel parda/negra/otras (p=0,01) y con el aumento de la edad (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the prevalence of disability and associated factors in elderly, by focusing on basic and instrumental activities of daily living. METHODS: This was a cross-sectional study on 598 subjects aged 60 years or over who were selected through two-stage cluster sampling in Pelotas, Southern Brazil, between 2007 and 2008. Basic and instrumental activities were evaluated using the Katz Index and the Lawton Scale, respectively. Disability relating to each domain (mais) was defined as the need for partial or total assistance to perform at least one activity of daily living. Poisson regression with robust variance was used in the crude and adjusted analyses, taking the cluster sampling into account. RESULTS: The prevalence of disability relating to basic activities was 26.8% (95% CI: 23.0; 30.8). The lowest proportion of independence was in relation to controlling the urination and/or evacuation functions. In relation to instrumental activities, the prevalence of disability was 28.8% (95% CI: 24.5; 33.1), particularly in relation to moving around using means of transportation. A high proportion of the elderly subjects (21.7%) presented more than one instrumental activity with disability. In relation to basic activities, the greatest proportion presented dependence for only one activity (16.6%). In the adjusted analysis, disability relating to basic activities was associated with non-white skin color (p=0.01) and increasing age (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Incapacidade funcional para atividades básicas e instrumentais da vida diária em idosos/ Disability relating to basic and instrumental activities of daily living among elderly subjects/ Incapacidad funcional para actividades básicas e instrumentales de la vida diaria en ancianos

Del Duca, Giovâni Firpo; Silva, Marcelo Cozzensa da; Hallal, Pedro Curi
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a prevalência e os fatores associados à incapacidade funcional para atividades básicas e instrumentais da vida diária em idosos. MÉTODOS: Estudo transversal com 598 indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos, selecionados em amostragem por conglomerado em dois estágios na cidade de Pelotas, RS, entre 2007 e 2008. Para a avaliação das atividades básicas e instrumentais foram empregados o Índice de Katz e a Escala de Lawton, respectivament (mais) e. Definiu-se como incapacidade funcional para cada domínio a necessidade de ajuda parcial ou total para a realização de, no mínimo, uma atividade da vida diária. Empregou-se a regressão de Poisson com variância robusta nas análises bruta e ajustada levando-se em consideração a amostragem por conglomerados. RESULTADOS: A prevalência de incapacidade para as atividades básicas foi de 26,8% (IC 95%: 23,0; 30,8) e a menor proporção de independência foi para controlar funções de urinar e/ou evacuar. Para as atividades instrumentais, a prevalência de incapacidade funcional foi de 28,8% (IC 95%: 24,5; 33,1), sobretudo para realizar deslocamentos utilizando algum meio de transporte. Elevado percentual de idosos (21,7%) apresentou mais de uma atividade com incapacidade nas atividades instrumentais; já nas atividades básicas, a maior parte apresentou dependência para apenas uma atividade (16,6%). Na análise ajustada, a incapacidade para as atividades básicas associou-se com cor da pele parda/preta/outras (p=0,01) e com o aumento da idade (p Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la prevalencia y los factores asociados a la incapacidad funcional para actividades básicas e instrumentales en la vida diaria de ancianos. MÉTODOS: Estudio transversal con 598 individuos con edad igual o superior a 60 años, seleccionados en muestreo por conglomerado en dos fases en la ciudad de Pelotas, RS, entre 2007 y 2008. Para evaluación de las actividades básicas e instrumentales fueron utilizados el Índice de Katz y la Escala de Lawton, resp (mais) ectivamente. Se definió como incapacidad funcional para cada dominio la necesidad de ayuda parcial o total para la realización de, como mínimo, una actividad de la vida diaria. Se empleó la regresión de Poisson con varianza robusta en los análisis bruto y ajustado considerándose el muestreo por conglomerados. RESULTADOS: La prevalencia de incapacidad para las actividades básicas fue de 26,8% (IC 95%:23,0;30,8) y la menor proporción de independencia fue para controlar funciones de orinar y/o evacuar. Para las actividades instrumentales, la prevalencia de incapacidad funcional fue de 28,8% (IC 95%:24,5;33,1), sobre todo para realizar traslados utilizando algún medio de transporte. Elevado porcentual de ancianos (21,7%) presentó más de una actividad con incapacidad en las actividades instrumentales; ya en las actividades básicas, la mayor parte presentó dependencia para solo una actividad (16,6%). En el análisis ajustado, la incapacidad para las actividades básicas se asoció con color de la piel parda/negra/otras (p=0,01) y con el aumento de la edad (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the prevalence of disability and associated factors in elderly, by focusing on basic and instrumental activities of daily living. METHODS: This was a cross-sectional study on 598 subjects aged 60 years or over who were selected through two-stage cluster sampling in Pelotas, Southern Brazil, between 2007 and 2008. Basic and instrumental activities were evaluated using the Katz Index and the Lawton Scale, respectively. Disability relating to each domain (mais) was defined as the need for partial or total assistance to perform at least one activity of daily living. Poisson regression with robust variance was used in the crude and adjusted analyses, taking the cluster sampling into account. RESULTS: The prevalence of disability relating to basic activities was 26.8% (95% CI: 23.0; 30.8). The lowest proportion of independence was in relation to controlling the urination and/or evacuation functions. In relation to instrumental activities, the prevalence of disability was 28.8% (95% CI: 24.5; 33.1), particularly in relation to moving around using means of transportation. A high proportion of the elderly subjects (21.7%) presented more than one instrumental activity with disability. In relation to basic activities, the greatest proportion presented dependence for only one activity (16.6%). In the adjusted analysis, disability relating to basic activities was associated with non-white skin color (p=0.01) and increasing age (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Hematoma subdural crônico: análise de 35 casos/ Chronic subdural hematoma: analysis of 35 cases

Araújo, João Flavio M.; Iafigliola, Maria Gracia; Balbo, Roque José
1996-03-01

Resumo em português Os autores relatam 35 casos com diagnóstico de hematoma subdural crônico, operados no período de janeiro-1988 a março-1995. A idade dos pacientes variou entre 19 e 80 anos. Foram eles agrupados retrospectivamente segundo a escala de Bender. Quanto ao tratamento cirúrgico, foram empregadas duas técnicas: craniotomia com membranectomia e dupla trepanação com instilação de solução salina na cavidade ocupada pelo hematoma. O índice de mortalidade entre os pacient (mais) es submetidos à craniotomia foi 16,6% e nos pacientes submetidos à trepanação foi nulo. Dentre os pacientes que faleceram, 80% encontravam-se em grau III ou IV na escala de Bender. O hematoma subdural crônico apresenta até os dias atuais alguns aspectos controversos, como quanto à sua fisiopatologia e ao tratamento cirúrgico adequado. Resumo em inglês Thirty five patients with chronic subdural hematoma were treated surgically between 1988 and 1995. The patients, aged 19 to 80 years, were graded retrospectively according to the Bender scale. The clots were removed via burr-holes with irrigation of the subdural space to ensure as complete an evacuation of subdural colletion, and craniotomy with membranectomy. The mortality rate was 16.6% with craniotomy and 0% with burr-hole. The patients who died, 80% were in grade III (mais) or IV. The pathogenesis and surgical treatment of chronic subdural hematoma has been controversial, and still remains obscure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Fatores de risco para doença trofoblástica gestacional persistente/ Risk factors for persistent gestational trophoblastic disease

Tiezzi, Daniel Guimarães; Andrade, Jurandyr Moreira de; Reis, Francisco José Candido dos; Lombardi, Wellington; Marana, Heitor Ricardo Cosiski
2005-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: avaliar o impacto dos fatores de riscos na evolução para doença trofoblástica gestacional persistente (DTGP) e selecionar grupos de pacientes para seguimento intensivo e os que poderiam se beneficiar de quimioterapia profilática. MÉTODOS: foram incluídas prospectivamente 214 pacientes com diagnóstico de mola hidatiforme completa (MHC) submetidas a esvaziamento uterino no período de 1980 a 2001. Todas as pacientes foram seguidas semanalmente com avalia� (mais) �ão clínica e dosagem de bHCG. Consideramos como DTGP as pacientes que necessitaram tratamento adicional além do esvaziamento uterino para a resolução do caso. Foram analisados parâmetros epidemiológicos (idade, antecedentes obstétricos, raça e tipagem sanguínea) bem como indicadores de volume e agressividade da doença (volume uterino, presença de cistos teca-luteínicos e dosagem sérica de betaHCG). Os diversos fatores de risco foram avaliados isoladamente e em conjunto, sendo o risco expresso em odds ratio (OR). RESULTADOS: dentre os fatores epidemiológicos e características pessoais apenas a ausência do fator Rh foi significante (com OR de 2,3). Todos os sinais indicativos de hiperplasia do trofoblasto, representados pela altura uterina maior que a esperada para a idade gestacional, o volume uterino estimado pela ultra-sonografia, a presença de cistos teca-luteínicos e a dosagem sérica elevada de bHCG, estiveram associados ao risco de DTGP. A presença de pelo menos um destes achados mostrou sensibilidade de 82% e valor preditivo positivo de 35,1% (OR 4,8). A regressão logística identificou os parâmetros altura uterina maior que o esperado para a idade gestacional e os níveis séricos de betaHCG como fatores de risco para DTGP com OR de 4,1 e 5,5, respectivamente. CONCLUSÕES: os sinais de hiperplasia do trofoblasto apresentam boa sensibilidade na predição de DTGP, no entanto o baixo valor preditivo positivo impede que se empreguem estes fatores para selecionar pacientes que não necessitariam de seguimento na forma realizada atualmente e impede também a seleção com precisão de casos com indicação de quimioterapia profilática. Resumo em inglês PURPOSE: to evaluate the epidemiologic data and signs of trophoblastic hyperplasia in patients with complete hydatidiform mole (CHM) and to estimate the risk associated with the persistence of the disease. METHODS:: we evaluated 214 patients with CHM submitted to uterine evacuation between 1980 and 2001. The patients were included prospectively. All patients were followed until negative bHCG with weekly clinical evaluation and bHCG quantification. We considered persistenc (mais) e when the patient needed another treatment after uterine evacuation. The risk factors for persistence were evaluated through univariate and multivariate analysis, and the odds ratio (OR) was calculated for each one. RESULTS: among the epidemiologic factors, only negative Rh was significant (OR=2.28). All signs of trophoblastic hyperplasia, represented by uterine size larger than expected, sonographic uterine volume, tecaluteinic cysts, and betaHCG higher than 10(5) were associated with risk for the presistence of the disease. The presence of at least one sign of trophoblastic hyperplasia showed sensitivity of 82% and predictive positive value of 35.1% (OR=4.8). The logistic regression identified larger uterine size than expected and bHCG higher than 10(5) as risk factors for persistence of the gestational trophoblastic disease (OR=4.1 and 5.5, respectively). CONCLUSIONS: the signs of trophoblastic hyperplasia showed good sensitivity to predict persistence of the disease; however, the low predictive positive value does not allow using these criteria to change treatment. It is very important to reinforce the importance of serial betaHCG quantification in these high-risk patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Decorticação pleural precoce no tratamento do empiema pleural complicado na criança/ Early decortication in the management of complicated empyema in children

Velhote, Carlos Eduardo Prieto; Velhote, Manoel Carlos Prieto; Velhote, Tais Franco de Oliveira
2000-02-01

Resumo em português Os autores avaliam dez casos de empiema pleural tratados inicialmente pela drenagem pleural fechada e que tiveram evolução desfavorável e arrastada. Pacientes que evoluíram com septação do empiema, persistência de fístula broncopleural de alto débito ou de falta de expansão pulmonar após a drenagem pulmonar foram submetidos a estudo pela tomografia computadorizada e encaminhados para a decorticação pleural precoce como alternativa para o tratamento. Todos os (mais) pacientes tratados desta forma tiveram uma rápida melhora clínica, evoluindo com boa expansão pulmonar, recebendo alta hospitalar num prazo máximo de dez dias após a cirurgia. Concluem os autores que tal procedimento é seguro devendo ser considerado para o tratamento do empiema pleural de má evolução. Resumo em inglês Despite the use of broad spectrum antibiotics and pleural drainage, thoracic empyema in children sometimes fails to improve, being responsible for long hospital stay and mortality rates ranging from 1,5% to 5%. To minimize these problems Kosloske proposed early lung decortication in selected patients. Those patients with empyema septation, persistent bronchopleural fistula or failure of pulmonary expansion were considered to early lung decortication. Reviewing 150 patient (mais) s at different ages, with thoracic empyema, in a 5 year period, the authors proceeded early decortication in ten. Eighty-one boys and 64 girls aged 1 month to 13 years were first managed with broad spectrum antibiotics and pleural drainage with failure to improve. After a thoracic CT scan evaluation these patients were operated on through a limited thoracotomy having evacuation of intrapleural debris, gelatinous and fibrinous material. The devitalized lung parenchima was resected and the raw surface sewn with 4-0 synthetic absorbable sutures. Good pulmonary expansion and clinical improvement were achieved in all patients. They were discharged home before the tenth postoperative day, in good clmical conditions. There were no deaths and no significant morbidity among those children. The authors conclude that in selected cases early decortication must be considered as a possibility to the treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Consumo de capim-elefante com diferentes idades fornecido para vacas leiteiras/ Intake of elephant-grass with different ages offered to dairy cows

Soares, J.P.G.; Deresz, F.; Salman, A.K.D.; Aroeira, L.J.M.; Oliveira, A.D.; Verneque, R.S.; Berchielli, T.T.
2009-06-01

Resumo em português O capim-elefante com 30, 45 e 60 dias de idade foi avaliado por meio do monitoramento das características nutricionais do capim e do consumo de MS (CMS) e de FDN (CFDN) por vacas mestiças lactantes em um experimento em quadrado latino 3 x 3 em que as sub-parcelas foram os horários de esvaziamento ruminal: 0, 2, 4 e 6 h após a refeição. A composição química e a digestibilidade in vitro da MS e o conteúdo ruminal variaram em relação à idade do capim. As médias (mais) (em kg/vaca/ dia) do CMS e do CFDN do capim cortado com 30 dias (8,0 e 5,3) foram inferiores em relação àquelas do capim com 45 (10,0 e 6,6) e 60 dias (11,0 e 7,3). O conteúdo ruminal máximo ocorreu nos horários de 4:22, 3:55 e 3:49 h após o oferecimento do capim cortado com 30, 45 e 60 dias, respectivamente. O enchimento físico do rúmen não limitou o consumo do capim-elefante, o qual pode ter sido afetado pelo maior teor de umidade do capim cortado com 30 dias. Resumo em inglês The 30, 45 and 60 day-old elephant grasses were evaluated by monitoring their nutritional profile and DM (DMI) and NDF (NDFI) intake by crossbred lactating cows in a 3 x 3 Latin square trial, where the split-plots were the rumen evacuation times: 0, 2, 4 and 6 h after meal. Chemical composition, in vitro dry matter digestibility and ruminal content ranged with grass age. Means (in kg/cow/day) of DMI and NDFI of 30 day-old grass (8.0 and 5.3) were lower than those of grass (mais) es with 45 days (10.0 and 6.6) and 60 days (11.0 and 7.3). The maximum of rumen fill was observed at 4:22, 3:55 and 3:49 hours after feeding for treatments with 30, 45 and 60 day-old elephant grass, respectively. Rumen fill did not limit the DMI and NDFI of elephant grass, but the dry matter intake of 30 day-old grass may be affected by the wet content.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Aquisição do controle esfincteriano em uma coorte de nascimentos: situação aos 2 anos de idade/ Toilet training: situation at 2 years of age in a birth cohort

Mota, Denise M.; Barros, Aluisio J. D.
2008-10-01

Resumo em português OBJETIVOS: O aprendizado do controle esfincteriano é influenciado por fatores fisiológicos, psicológicos e socioculturais. O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de crianças sem fraldas aos 24 meses e seus fatores associados. MÉTODOS: Um total de 3.281 crianças nascidas no ano de 2004 em Pelotas (RS) foi incluído em um estudo longitudinal. Aos 24 meses, as mães responderam a um questionário domiciliar com questões sociodemográficas, características (mais) dos hábitos miccionais e intestinais das crianças, com atenção ao treinamento esfincteriano. Foi empregada a regressão de Poisson para as análises multivariáveis. RESULTADOS: Do total, 24,3% estavam sem fraldas durante o dia, com predomínio do sexo feminino (27,8 versus 21,1%, p Resumo em inglês OBJECTIVES: Acquisition of bladder and bowel control is influenced by physiological, psychological and sociocultural factors. The objective of this study was to evaluate the prevalence of children out of diapers by 24 months of age and the factors associated with this finding. METHODS: A total of 3,281 children born in Pelotas, RS, Brazil in 2004 were enrolled on a longitudinal study. At 24 months their mothers were visited at home and replied to a questionnaire containin (mais) g questions about sociodemographic data and the characteristics of their children's urinary and intestinal evacuation habits, with special attention to toilet training. Multivariate analyses were carried out using Poisson regression. RESULTS: From the total, 24.3% were out of diapers during the day, with the female sex predominating (27.8 vs. 21.1%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)